Issuu on Google+

O Sudoeste

Francisco Beltrão, 12 a 18 de Novembro de 2010

MOMENTO.C COM

Ir Para o céu Pag.2

EDIT TORIAL

Dilma e o fetiche da mulher no poder Pag.2

OPIN NIÃO

Tributo: investimento incerto

WWW.OSUDOESTE.COM

Ano VII - Edição 379 - R$ 2,50

PLANEJAMENTO

População do Paraná aumenta em 700 mil habitantes desde 2000

Lançamento de produtos para embelezamento automotivo

A população do Paraná aumentou em 703.279 habitantes nos últimos dez anos, segundo dados parciais do Censo Demográfico 2010, divulgados nesta quinta-feira, 4 de Novembro. Pag.3

TEMPO

Sudoeste sofre com temporal Casa do Pintor, PPG e Lava Car trazem treinamento e demonstração de marcas importadas para polimentos e espelhamentos em automóveis. Pag.3

Pag.2

COLUNA ESP PORTE

Unioeste tem quase 15 mil inscritos ao Vestibular 2011

Esporte com mais energia no Paraná Pag.4

EDUCAÇÃO

Secretaria encerra Pro Letramento em Matemática Pag.5

CONQUIS STA!

Beltrão terá curso de Medicina na Unioeste

Destroços na Rua Dom Pedro I em Santo Antônio. Pag.4

Ilmar Antônio Auth

Aeroporto Paulo Abdala é reinaugurado Evento foi marcado por discursos de desenvolvimento regional e vôo inaugural

O campus de Francisco Beltrão recebeu 1.276 inscritos. Pag.8

Reichembach discute novas alterações no trânsito

Pag.8

VESTIBULAR

Unioeste tem quase 14 mil inscritos no Vestibular 2011 Pag.8

Solange Franzoni, presidnete da ACEFB, Ivo Santos, presidente da Câmara Municipal, Dr. Kit Abdala filho de Paulo Abdala que leva o nome do aeroporto e o Prefeito Reichembach. Pag.5

PLANETA ÁGUA ÁGUA MINERAL

F: 46 35236601

O prefeito Wilmar Reichembach reuniu, na manhã desta quarta-feira, 10, o vice-prefeito Antonio Carlos Bonetti, o secretário municipal de Obras e Urbanismo, Arilson Sabadin, a diretora do Departamento de Trânsito -Debetran, Elaine Stalbaum, o diretor do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Francisco Beltrão -IPPUB, Dalcy Salvati. Pag.5


2

EDITORIAL

O Sudoeste - Ano VII - Edição 379 www.momento.com.br

Dilma e o fetiche da mulher no poder Por Guilherme Fiuza

Ir para o céu O instinto de conservação é bastante forte no ser humano. Naturalmente, ele visa preservar ao máximo a existência terrena. Entretanto, o advento da morte do corpo físico constitui uma certeza inexorável. A ideia de morrer suscita um certo temor generalizado. Muitos evitam falar e mesmo pensar nesse tema. Mas a Espiritualidade superior costuma estimular reflexões em torno do término da experiência física. Com frequência, toma-se a morte como um fenômeno renovador e redentor. Há quem afirme que morrer é descansar. Em momentos de angústia, muitos dizem desejar a morte para parar de sofrer. É como se ela automaticamente transformasse a natureza humana. Nessa linha, ao morrer, todas as mesquinharias e vícios humanos cessariam. As almas com alguma sorte iriam para o céu, viver de forma beatífica e ociosa. Ocorre que só se leva da vida a vida que se leva. Hábitos longamente cultivados compõem a essência do ser e o acompanham aonde quer que vá. A morte não transforma homens em anjos ou demônios. Eles persistem qual se construíram ao longo do tempo. Alguém que não soube construir a própria paz não se pacificará apenas porque cessou a vitalidade de seu corpo de carne. Almas torturadas de vícios seguem viciosas, enquanto não se depurarem. Para quem carrega um inferno no peito, trocar de endereço é irrelevante. Na carne ou fora dela, o Espírito é o mesmo. Somente suas sensações são mais fortes quando liberto dos grilhões da matéria. No plano espiritual, a vida moral é muito mais intensa. O júbilo pela consciência tranquila constitui algo maravilhoso. Por outro lado, remorsos, ciúmes e desgostos íntimos tornam-se lancinantes. Os Espíritos realmente se dirigem a alguns locais, após o evento da morte. Eles se agrupam conforme seu merecimento e suas afinidades de gostos e tendências. Contudo, o relevante não é o local. Como o céu e o inferno residem no íntimo do ser, o primordial é pacificar-se e purificar-se. Para isso, viver de forma honrada constitui o único meio eficaz. As tormentas da vida não são tragédias e nem castigos. Elas representam santas oportunidades de redenção. Nos longos embates, é possível lentamente modificar a própria visão de mundo. Por entre subidas e descidas, o homem pode compreender sua fragilidade e tornar-se generoso com o próximo. Ele pode entender a imensa bobagem que é viver ofendido e magoado e valorizar em excesso coisas transitórias. Assim, não espere morrer para ir para o céu. Construa um céu em sua consciência e viva nele desde já. Trata-se do único caminho para a verdadeira felicidade. Pense nisso.

O discurso da vitória da presidente eleita Dilma Rousseff foi surpreendente. Principalmente pelo que não foi dito. Ou pelo que não foi chorado. Dilma resistiu à tentação do brado emocional, contrariando o estilo canastrão de seu padrinho e de sua própria candidatura. Fez um discurso sóbrio, sem nenhum vestígio do “nós contra eles” – onipresente nos palanques de Lula e sua trincheira imaginária contra as elites. Não foi uma fala de quem quer impressionar, mas de quem quer trabalhar. E Dilma vai precisar trabalhar muito – antes de tudo, para descobrir quem é esse personagem que Lula criou para ela. A “presidenta” parece levemente desnorteada. Em seu bom discurso, expressou compromisso claro com a estabilidade econômica. Mas como se faz isso na prática? Aí as estações começam a se misturar entre os brindes da festa e as medidas de governo – que não podem mais ser aquelas que o marqueteiro dá uma embelezada e joga no ar. A presidente eleita decidiu defender, então, o controle dos gastos públicos. Um compromisso importante, depois da farra fiscal que se viu na DisneyLula. Declarou Dilma: “O povo brasileiro não aceita que governos gastem acima do que seja sustentável”. No dia seguinte, porém, ela estava propondo um remendo no cálculo do salário mínimo para aumentar seu valor em 2011. Disse também que quer criar mais um ministério, só para as pequenas empresas. Por enquanto, com esses jeitinhos e gambiarras administrativas, é a austeridade do crioulo doido. O governo que virá à luz em 1º de janeiro ainda não sabe, evidentemente, como vai domar a gastança pública. Ainda mais tendo de saciar o PT e o PMDB, as maiores bocas do fisiologismo nacional. Dilma fez o movimento certo, corajoso, ao incluir o controle fiscal em sua primeiríssima fala. Falta agora conversar com alguém que entenda do assunto, deixando para trás sua tecnologia de madrinha de Erenice e mãe da companheirada na máquina estatal. A conta precisa fechar. Em matéria de economia, falta entender, também, que os remendos populistas um dia estouram – como se vê na Venezuela chavista e na Argentina dos Kirchners. Aí só resta amordaçar os jornais, principal medida dos dois vizinhos contra a derrocada econômica. É por isso que chega a causar arrepios o anúncio, pela presidente eleita, de um Fundo Social do Pré-Sal. A primeira mulher presidente rende boas manchetes. Mas o melhor é arregaçar as mangas É o velho truque orçamentário de criar uma rubrica politicamente correta para lavar a gastança. Pode parecer uma saída esperta, mas no final o tombo é o mesmo. Se a economia pega um vento de través – o que Lula não soube o que é –, não há populismo que segure os navegantes. Talvez Dilma só compreenda essa equação no dia em que tiver de cortar Bolsa Família. Espera-se que a ficha caia antes. O bom discurso da presidente eleita, na verdade, começou mal. Antes de expressar de forma firme e serena seus compromissos com a sociedade, sem partidarismos, ela piscou um olho para a demagogia. “Gostaria muito que os pais e as mães de meninas olhassem hoje nos olhos delas e lhes dissessem: sim, a mulher pode!” Não, a mulher não pode. Não pode usar sua condição

• Charge

Reuniões Públicas Quarta-feira 18:30h Atendimento Fraterno 20:00h Palestra e Fluidoterapia Quinta-feira 08:30h Palestra e Fluidoterapia Sexta-feira 18:30h Atendimento fraterno

20:00h Palestra e Fluidoterapia Sábados 14:00h Evangelização Infantil - Musicalização / Estudo Sistematizado 15:00h Juventude Epírita / Estudo sistematizado

Rua Antônio Carneiro Neto, 1212 - Francisco Beltrão Fone: 46 3524 6934

natural como escudo retórico para a ação política. Já basta o debate artificial sobre o aborto, do qual a própria Dilma foi vítima na campanha. Essa mistificação é perigosa, como o mundo acaba de ver no outro fenômeno do “sim, nós podemos” – o negro como fetiche da felicidade social. Barack Obama foi eleito em meio a uma apoteose histérica de redenção política. Tratava-se de um bom candidato, mas qual era a grande credencial mágica que o planeta lhe atribuía? Ser negro. Agora seu país está em crise, e ele se diz humilhado pela derrota nas eleições parlamentares. A cor de sua pele continua a ser um grande símbolo, mas administrativamente não quer dizer nada. A primeira mulher presidente do Brasil rende boas manchetes. Mas o melhor é abortar o fetiche e arregaçar as mangas. Guilherme Fiuza é jornalista formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Atua como repórter, editor e articulista desde 1987. Trabalhou para os jornais “O Globo” e “Jornal do Brasil”, é colunista da revista “Época”

Tributo: investimento incerto Um estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário ( IBPT) revelou que no Brasil são editadas 46 normas tributárias, por dia útil. De um total de 4.155.915 normas editadas em 22 anos de Constituição Federal, 541.100 estão em vigor. Relativamente ás normas tributárias, foram editados 249.124 atos legais e estão em vigor 18.409, dessas publicações, apontou o estudo. No Brasil, fala-se muito em reforma tributária em razão do peso da carga tributária na economia brasileira. Entretanto, a questão é um pouco mais abrangente: o sistema tributário, além de oneroso é complexo quando a questão diz respeito ás formalidades a que estão obrigadas as empresas. São tantos prazos a cumprir, tantas declarações a transmitir que os especialistas se vêem enlouquecidos com as chamadas ”obrigações acessórias”. É um emaranhado de exigências e temas, muitas das vezes, de difícil entendimento. O fato é que é quase impossível que o cidadão brasileiro consiga entender o assunto. Para tanto, se vê, muitas vezes, em situações desconfortáveis diante do fisco. É triste, mas é a nossa realidade nos dias de hoje e, observem que o caos já dura faz algum tempo. Afinal, quem nunca soube de alguém encrencado com o “leão” porque ouviu falar, não sei por quem, que não era necessário entregar a declaração? Ou mesmo nas empresas de menor porte, sem estrutura que lhe possibilite um acompanhamento mais rigoroso da legislação, uma autuação fiscal por falta de recolhimento de um tributo? Pois é, esses são apenas pequenos exemplos do que acontece no cotidiano dos brasileiros. Além de ter que trabalhar 150 dias para pagar imposto, a sociedade ainda precisa se preocupar em traduzir o “economês tributário”. O fato é que a situação precisa mudar. Afinal, se o país conseguiu se tornar visível aos olhos do mundo, se os estudos demonstram que os índices de informalidade estão caindo e que, de um modo geral, a vida está melhor, ainda nos resta questionar investimentos altos, sem retorno e muita confusão tributária. É hora de “reformar”. Pra finalizar, se cada cidadão investiu 5,2 mil reais em tributos, até o presente momento, qual seria sua rentabilidade no “mercado de ações fiscais”? Vamos refletir sobre o tema.

Há seis anos integrando o sudoeste do Paraná pela informação e formando conhecimento. Diretor Geral: Lucas Augusto Peruffo Diretor de Redação: Carlos Eduardo Peruffo Editoração e Composição: ACTIO Comunicação Impressão: Gráfica Berzon

Redação do Momento Espírita. Em 05.11.2010.

Centro Espírita Mensageiros da Paz

Francisco Beltrão, 12 a 18 de Novembro de 2010

• Datas Comemorativas 12 . Dia do Diretor de Escola; Dia do Supermercado 14 · Dia Nacional da Alfabe zação 15 · Proclamação da República

16 · Semana da Música 17 . Dia da Cria vidade 18 . Dia do Conselheiro Tutelar 19 · Dia da Bandeira 20 · Dia do Auditor Interno

Redação: redacao@osudoeste.com Marketing: comercial@osudoeste.com Sudoeste Negócios: classificados@osudoeste.com www.osudoeste.com Av. Antônio de Paiva Cantelmo, 998 - Sala 03 - Centro Francisco Beltrão - Paraná - CEP 85601-270 Fone/Fax: (46) 3055 4488 *Os artigos e colunas publicados(as) são de responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião deste jornal.


Francisco Beltrão, 12 a 18 de Novembro de 2010

SUDOESTE

Lançamento de produtos para embelezamento automotivo Casa do Pintor, PPG e Lava Car trazem treinamento e demonstração de marcas importadas para polimentos e espelhamentos em automóveis Nesta quarta-feira, 10, aconteceu a primeira parte do treinamento e demonstração dos produtos de duas marcas importadas para embelezamento automotivo, Menzerna (Alemã), e Mothers (Americana). Estas marcas são líderes no segmento de polimentos e embelezamento automotivo no mundo inteiro, mas é novidade no Brasil. Marinaldo Ballão, representante comercial e técnico das marcas fez demonstrações práticas com sua equipe para um público de empresários do ramo de chapeação, pintura e serviços para embelezamento de automóveis de Francisco Beltrão e região. A PPG juntamente com a Casa do Pintor trouxeram o evento para a região e estarão também fazendo a distribuição dos produtos destas marcas que acabam de desembarcar no Brasil. O Lava Car Serviços automotivos cedeu o espaço para a realização do evento. “As duas marcas são de extrema qualidade, para se ter uma idéia a marca Mothers tem um apelo muito grande

Demonstração do produto da Mothers e Menzerna

pois é usada pelo Chip Foose do programa Overhaulin, um programa do canal Discovery Chanel que mostra modificações e embelezamento em automóveis, ou seja são marcas de extrema qualidade que poderão ser usadas pelos empresários aqui da região” destacou Marinaldo. Há uma variedade de produtos, ceras, polidores,

shampoos, não só para profissionais, mas para consumidor final, são voltados para quem quer fazer polimentos e espelhamentos com qualidade e embelezamento automotivo. O Lava Car Serviços informa que já está trabalhando com esta linha de produtos e fazendo polimentos e espelhamentos com qualidade internacional.

Representantes da Casa do Pintor, PPG, Lava Car e técnicos da Mothers e Menzerna

O Sudoeste - Ano VII - Edição 379

3

PLANEJAMENTO

População do Paraná aumenta em 700 mil habitantes desde 2000 A população do Paraná aumentou em 703.279 habitantes nos últimos dez anos, segundo dados parciais do Censo Demográfico 2010, divulgados nesta quinta-feira (04). O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) recenseou 10.266.737 pessoas em todo o Paraná entre 1º de agosto e 31 de outubro. Em uma análise feita pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) a população do Paraná cresceu a uma taxa geométrica de 0,71% ao ano entre 2000 e 2010, inferior a taxa registrada na década anterior (1991-2000) que foi de 1,40% ao ano. A taxa de crescimento de 0,71% ao ano está abaixo da Estimativa Populacional do IBGE para 2009 e a Projeção de População do IBGE para 2010 (revisão 2008), que acreditava a existência de 10.686.247 pessoas vivendo no estado. A diferença entre a estimativa de 2009 e o Censo parcial de 2010 é de 423.510 pessoas. “Esta diferença sugere queda acentuada na taxa de fecundidade e diminuição dos fluxos migratórios que, na década de 1991/2000, contribuíram para as altas taxas de crescimento nos municípios da Mesorregião Metropolitana de Curitiba”, observou a demógrafa do Ipardes, Marisa Magalhães. A taxa de crescimento da população do Paraná, embora positiva, está abaixo da linha de reposição. Para garantir que haja cada vez mais pessoas morando no estado, a taxa deveria ser igual ou superior a 2,1% ao ano. “Estimamos que, entre 2040 e 2050, tanto o Brasil como o Paraná parem de ter crescimento populacional, embora o Paraná dependa muito mais do fluxo de migrantes. Caso haja uma revitalização econômica muito grande no estado, pode ser que o Paraná retarde esta previsão”, projetou Marisa Magalhães. As mesorregiões que mais contribuíram para o crescimento populacional são a Metropolitana de Curitiba (327.716), Norte Central (177.802) e Oeste (69.469). Observa-se, porém, que a participação da Mesorregião Metropolitana de Curitiba no crescimento de mais de 703,2 mil pessoas caiu de 65,8% no período 1991/2000 para 46,6% no período 2000/2010. Ainda assim, a Metropolitana de Curitiba, que representava 27% do total da população do Paraná em 1991 passou a concentrar 33% dos habitantes do estado em 2010. Na outra ponta, as mesorregiões Centro-Ocidental e Norte Pioneiro mantém

perdas de população, ainda que em ritmos menores na última década. As mesorregiões Noroeste e a Sudoeste reverteram a tendência de perda populacional registrada na década anterior e nesta década cada passaram a ter crescimento de população. MUNICÍPIOS - Entre os dados divulgados pelo IBGE, observa-se um crescimento expressivo da população de dois municípios do Litoral do Paraná, Matinhos e Pontal do Paraná, quando se compara com os dados populacionais da Estimativa do IBGE de 2009. A população recenseada do município de Matinhos, até o momento, é de 29.172 habitantes (22% superior à estimativa), enquanto que Pontal do Paraná é de 20.839 (17% superior à estimativa). Parte significativa deste crescimento pode ser explicada pelo impacto da influência da UFPR – Litoral na economia dos municípios do litoral paranaense. A diminuição populacional mais acentuada no Paraná, quando comparada com a Estimativa do IBGE para 2009, é observada no município de Foz do Iguaçu. A população recenseada até o momento é de 250.918 habitantes e situa-se 23% abaixo da população estimada (325.137 hab.). Observa-se aí forte inversão na tendência de crescimento nas últimas décadas. No período 1991/2000 a população do município cresceu 3,5% ao ano, ao passo que na década 2000/2010, Foz do Iguaçu atinge um decréscimo populacional de -0,3% ao ano. FPM - Os primeiros resultados do Censo Demográfico 2010 foram publicados hoje no Diário Oficial da União, para atender à legislação federal relacionada às estimativas populacionais que servirão de base para o cálculo das cotas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Os resultados definitivos da população total do Censo Demográfico 2010 devem ser divulgados, segundo o IBGE, no dia 29 de novembro, com informações detalhadas por sexo e situação do domicílio (urbana e rural). Segundo o IBGE, os resultados serão apresentados às prefeituras por meio de ofício e em reuniões das Comissões Censitárias Estaduais (CCE) e das Comissões Municipais de Geografia e Estatística (CMGE), quando eventuais dúvidas sobre eles deverão ser esclarecidas. A partir de hoje, as prefeituras terão 20 dias para apresentar suas avaliações sobre os números divulgados e, no dia 29 de novembro, o IBGE divulgará os resultados finais das populações dos municípios.

Vem aí Campeonato Individual de Bocha Masculino Inscrições na Portaria do Clube até o dia 10 de Novembro. Jogos nas quartas e quintas-feiras á partir das 19:30 horas, sorteio dos jogos no dia 10/11 no Clube.

Sorteio TV 42” Associado, participe da Chamada de Capital mantenha suas mensalidades em dia e concorra aos nossos prêmios. Próximo sorteio será uma TV 42’’ Plasma Samsung no dia 12 de Novembro.


4

O Sudoeste - Ano VII - Edição 379

GERAL

Francisco Beltrão, 12 a 18 de Novembro de 2010

TEMPO

Sudoeste sofre com temporal

A Copel estará na jogada, concentrando esforços na formação de atletas e no patrocínio de clubes amadores e profissionais do estado. Trata-se de um projeto de 7 milhões em apoio ao esporte paranaense em 2011. O assunto foi discutido em agosto passado e, agora, parece que vai sair do papel para a realidade. Em outras épocas, já houve quem falasse que se a Copel debitasse 1,00 em cada conta de consumidor, só de Francisco Beltrão, isso poderia render perto de 80 mil mensais para o nosso esporte. Mas isso está fora de qualquer cogitação. Vamos ao caso do projeto de 7 milhões que a companhia e o governo anunciam que até o final deste ano tudo estará resolvido. Esse seria o principal benefício da Copel nessa investida para ajudar o esporte do Paraná, especialmente visando a formação de atletas, que pelo sistema atual, depois que se formam saem para outros centros, e o Paraná fica apenas com o título de celeiro de craques. Essas informações que a imprensa da capital está divulgando partem do Sr. Ronald Ravedutti, presidente da empresa de capital misto. Desde a assinatura do protocolo de intenções, a companhia vem realizando reuniões com a Paraná Esportes para a definição dos objetivos, metas e regulamentação para a destinação dos recursos. São seis opções sugeridas pela autarquia estadual. A Copel deverá mesmo concentrar os esforços na formação de atletas e no patrocínio de clubes de futebol do estado desde que estejam em divisões nacionais – pelo maior retorno de mídia. Mauro Cachel, diretor de esportes da Paraná Esportes, disse que o Paraná tem perdido muitos talentos para outros estados, exatamente pela falta de apoio financeiro. O futebol terá negociação direta com a Copel, porém os valores ainda não foram estipulados, mas anuncia-se que os patrocínios serão iguais para times das Séries A e B do Brasileiro e um pouco menores para os das Séries C e D. Os primeiros times a estamparem a “logo” da Copel poderão ser Coritiba, Atlético e Paraná. Será que o beltrãozinho do Kincas terá uma pequena fatia desse bolo? “Espera-se que com mais energia o pessoal vai correr mais”, brinca Ravedutti, que em tempos outros chegou a jogar futebol profissional como goleiro da Platinense. Qual a sua opinião caro leitor, sobre o assunto? A Copel é uma empresa pública – do povo, portanto, e do governo; você está de acordo? Se puder, se tiver espaço na mídia, manifeste-se sobre o assunto. Eu, na condição de observador do esporte estou de pleno acordo. Que esse patrocínio se confirme e, que – sem dúvida - a cidade de Beltrão esteja nesse mapa da Copel e da Paraná Esportes.

Salão de festas da Igreja Assembléia de Deus em Santo Antônio do Sudoeste Ilmar Antônio Auth

Esporte com mais energia no Paraná

O temporal da última terça-feira que atingiu todas as regiões no Estado afetou, diretamente, 2.183 pessoas, conforme balanço da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. Pelo menos 18 municípios paranaenses enviaram relatórios com os danos provocados pela chuva forte que veio acompanhada de ventos fortes e granizo. O vendaval provocou estragos em quase 500 residências. Em Paranaguá, o palco central montado para a Festa do Rocio, neste final de semana, também sofreu avarias. Na Região Metropolitana de Curitiba foram verificados danos em Araucária, Lapa, Mandirituba, Pinhais, Piraquara, São José dos Pinhais e Curitiba, onde cerca de quatro mil unidades ficaram sem energia elétrica até a manhã de ontem. O município mais atingidos no Paraná foi Santo Antônio do Sudoeste, que terve 178 casas danificadas pelo vento e pelo granizo, e Irati — com 65 casas parcialmente destelhadas. Com pouco menos de dez minutos, trovoadas e os ventos assustadores, árvores foram derrubadas, casas e prédios destelhados, vidros temperados de lojas e bares foram estourados e muita bagunça, foram 2 horas sem energia devido ao intenso vendaval que foi suficiente para derrubar árvores e alagar alguns pontos da cidade. O Corpo de Bombeiros e a defesa civil informaram a queda de pelo menos 60 árvores na cidade. A região central da cidade de Santo Antônio bastante atingida com dezenas de casas e prédios danificados. Prédios do Cine Piratini, que ficou parcialmente destruído, Banco Sicredi, Sorveteria João Paulo, Igreja Assembléia de Deus, Ervateira Entre Rios, Bairro Jardim Arisi e residências da região entre 3ª Cia de Policia Militar e o Parque de Exposições tiveram prejuízos de grande monta. Segundo a defesa civil do município ninguém ficou ferido. A Defesa civil, coordenada pelo chefe de gabinete da prefeitura municipal, Claudimar Milani, Bombeiros Comunitários, Polícia Militar, a sociedade civil organizada, Rotary

Ilmar Antônio Auth

Temporal de terça-feira afetou 2.183 pessoas em todo o Paraná. 500 casas ficaram danificadas

Árvores caídas no centro da cidade de Santo Antônio

Club, Lions Club e demais entidades existentes no município se mobilizaram para ajudar as famílias desabrigadas. De acordo com a Coordenadoria da Defesa Civil, o vendaval e a tempestade afetaram 565 pes-

soas, sendo que 13 estão desalojadas. Na cidade, 178 residências tiveram destelhamento parcial. Um prédio foi interditado, porque teve a cobertura arrancada e ameaçava desabar. Meteorologista do SIMEPAR, consultado sobre o fenôme-

no afirmou que pelas informações recebidas a cidade de Santo Antonio do Sudoeste, pode ter sido atingida por um tornado, na tarde de hoje. A foto é de uma árvore que foi derrubada, na Avenida Brasil, próximo a agência dos correios.


Francisco Beltrão, 12 a 18 de Novembro de 2010

FRANCISCO BELTRÃO

Aeroporto Paulo Abdala é reinaugurado Evento foi marcado por discursos de desenvolvimento regional e vôo inaugural

O Sudoeste - Ano VII - Edição 379

5

Prefeito Reichembach reúne imprensa e discute novas alterações no trânsito Administração municipal reúne imprensa e apresenta alterações no trânsito

Na manhã da última terça-feira (9), o antigo sonho da população e das lideranças beltronenses em ver reativado ao Aeroporto Municipal finalmente decolou. Após receber reformas e ampliações, o Terminal de Embarque do Aeroporto Paulo Abdala volta a ativa e reascende a esperança de um dia ver operando no município uma linha aérea regular até Curitiba. Coisa que não deve demorar muito, segundo adiantou o prefeito Reichembach, que afirma manter conversas com empresas como a Sol, NHT, Trip e Aero Sigma, a mais entusiasmada em assumir a linha aérea. Juntamente com a reinauguração do aeroporto aconteceu a reunião semanal da Associação Empresarial de Francisco Beltrão, uma das entidades que sempre esteve articulando a reabertura do local, bem como a operação de uma linha regular. De acordo com as palavras do prefeito, agora que o Aeroporto Paulo Abdala está credenciado junto a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), contatos já estão sendo feitos para que a partir do início de 2011 a linha comercial entre em funcionamento. A homologação de funcionamento do aeroporto somente foi possível após alguns ajustes de infraestrutura, como aumento do tamanho da pista, que agora

possui 1.400 metros; construção de estacionamentos; iluminação e ajardinamento do local; cerca em todo o aeroporto, além das obras no terminal de embarque. A presidente da ACEFB, Solange Franzoni, destacou o quanto uma linha aérea ligando o Sudoeste a Curitiba irá beneficiar a população, principalmente o empresariado que, comumente viaja a negócios até a capital do estado. “A falta de uma linha regular era uma ausência, uma carência, que necessitava ser suprida e, agora, com certeza, irá colaborar muito para o desenvolvimento de toda a região e não somente de Beltrão”, frisou ela em seu pronunciamento. Várias lideranças da região estiveram presentes ao evento, como o prefeito de Pato Branco, Roberto Viganó, que elogiou Francisco Beltrão pela reabertura do aeroporto, ao contrário de seu município; o empresário Edson Flessak, um dos maiores entusiastas da aviação sudoestina e que lembrou que um próximo desafio agora é pleitear a concretização do Aeroporto Regional; e doutor Kit Abdala, pioneiro da aviação beltronense e pai do homenageado com o nome do aeroporto. O diretorpresidente da Aero Sigma, Rubens Correia, demonstrou em seu pronunciamento o

O prefeito Wilmar Reichembach reuniu, na manhã desta quarta-feira, 10, o vice-prefeito Antonio Carlos Bonetti, o secretário municipal de Obras e Urbanismo, Arilson Sabadin, a diretora do Departamento de Trânsito -Debetran, Elaine Stalbaum, o diretor do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Francisco Beltrão -IPPUB, Dalcy Salvati e profissionais de imprensa, para fazer uma explanação sobre as mudanças de trânsito que já ocorreram e algumas que estão para ser implantadas em Francisco Beltrão. Antes de apresentar as novas alterações previstas, comentou-se sobre rotatórias, semáforos, faixas elevadas, estacionamento regulamentado e alteração de sentido do trânsito - passando para mão única - em alguns trechos de ruas. Segundo o arquiteto Dalcy Salvatti, tanto as rotatórias, quanto a mudança para mão única, têm como principal objetivo agilizar o fluxo de veículos e aumentar as vagas de estacionamento, de forma regulamentada, através do controle dos agentes de trânsito que atuam no Faixa Azul. O prefeito Reichembach citou alguns exemplos de alterações que no primeiro momento não foram bem aceitas, porém, em poucos dias a população percebeu as vantagens e passou, inclusive, a elogiá-las. “Toda a mudança traz algum transtorno no início, porém, as alterações são necessárias e importantes para melhorar, um pouco, o trânsito de nossa cidade. Além disso, todas são muito bem analisadas antes de serem autorizadas, como é o caso das próximas alterações que estão sendo amplamente debatidas, inclusive com a participação de vocês que trabalham na imprensa”. interesse da empresa em estar atuando no transporte de passageiros em voos regulares e foi elogiado pelo prefeito Reichembach por ter colaborado junto a administração municipal de Beltrão para a liberação do aeroporto. Também estiveram presentes ao evento o deputado estadual Luiz Fernandes Litro e o prefeito de Dois Vizinhos, Zezinho Ramuski. Após os pronunciamentos das autoridades, as várias lideranças presentes puderam ver que realmente agora o sonho deve decolar. Cerca de 25 crianças do Programa Pró Jovem Adolescente puderam fazer parte do vôo inaugural do aeroporto, indo em duas viagens de Francisco Beltrão até Pato Branco. Autoridades e imprensa também tiveram a oportunidade de testar que agora o Aeroporto Paulo Abdala, de fato, funciona.

EDUCAÇÃO

Secretaria encerra Pro Letramento em Matemática Durante toda a quarta-feira, dia 10, uma equipe da secretaria municipal de Educação de Francisco Beltrão desenvolveu atividades de encerramento do Pró Letramento de Matemática. A Formação Continuada teve a duração de dois anos e envolveu 200 professores que atuam na rede municipal de Ensino. Todo o curso da Formação Continuada foi coordenado pelos professores da secretaria, Adriana Ebert, José Celso Soares, Sonia Walter e Sidinara Alabora. Para o encerramento foi elaborada uma gincana cultural e recreativa. Segundo a professora Adriana Ebert, a gincana evolveu todos os aspectos que foram estudados e trabalhados nos encontros. “Desenvolvemos essa gincana com conteúdos relativos ao nosso trabalho de dois anos,” reforça Adriana. De acordo com Sonia Walter, o objetivo é fazer um enceramento descontraído, mas, ao mesmo tempo reforçar as atividades estudadas. “Nossos professores poderão usar todas as atividades da gincana na sala de aula,” explica Sonia.


6

SOCIAL

O Sudoeste - Ano VII - Edição 379

Francisco Beltrão, 12 a 18 de Novembro de 2010 Festa do Frango na Laranja será neste dia 12 de Dezembro no Centro de Eventos da Cango. A festa será em comemoração ao aniversário de Francisco Beltrão. Mesas para 10 pessoas a R$ 160,00. Reservas e informações: 46 3523 2794. A promoção é do Rotary com apoio da Administração Municipal

por Lucas Augussto Peruff ffo

lfotodigital.com Rafael Mello - perfi

Ensaio Fotográfico e de Ana Paula Baldo lva Alexandre José Sa alianBorges que trocam bro ças dia 06 de novem ora nh Se a ss na Igreja No o irr Aparecida do Ba Alvorada.

Rafael Mello - perfilfotodigital.com

Maria, Lucimar e Vanessa fazem parte da equipe Imobiliária SL, de Francisco Beltrão.

A modelo fotográfica Isabela Guindani nas lentes de Rafael Mello, em um belissimo ensaio no Úrio Parque em Marmeleiro.

Ju ,Thais, Dani, Polly, Cassi, Thamy. Parabéns a Pollyana que fez aniversário nesta quinta-feira, 11 de Novembro. As amigas lhe desejam tudo de bom, muitas felicidades e sucesso!

A nova atração do Allure Deck Bar“ Friends House”. A festa acontecerá duas vezes ao mês e você poderá desfrutar de DJ`s de alta performance da região e também nomes renomados da musica eletrônica. Junte um ó mo ambiente, drinks e bebidas diversas, excelente atendimento, house music de qualidade e o melhor, na compania dos seus amigos, assim serão as sextas-feiras no Allure Deck Bar. Neste dia 19 quem anima a festa é o DJ Flávio Ceni de Pato Branco tocando Deep Tech House, e Dj Colt com Progressive House. Traga seus amigos e venha se diver r!

Feliz Aniversário a Jaqueline Medeiros Miguel que faz 21 anos também neste dia 11 de Novembro. Parabéns e felicidades!

• Receita

Torta Gelada de Bis Ingredientes Massa: • 2 caixas de chocolate Bis • ½ colher (sopa) de margarina Creme: • 1 e ½ latas (medida de lata) de leite • 2 colheres (sopa) de amido de milho • 1 lata de leite condensado • 1 gema • 1 colher (sopa) de manteiga Mousse: • 200 g de chocolate meio amargo picado • 1 lata de creme de leite • 2 claras em neve • 3 colheres (sopa) de açúcar

Modo de Preparo 1. Massa:No processador, triture todas as unidades de uma caixa de bis e a manteiga até formar uma pasta 2. Com a pasta, forre o fundo de uma fôrma de aro

removível com 22cm de diâmetro. Reserve. Creme:Em uma panela, misture o leite e o amido, acrescente o leite condensado, a gema e a manteiga. 2. Leve ao fogo mexendo até engrossar. 3. Deixe esfriar e coloque sobre a pasta de bis reservada Mousse: Derreta o chocolate em banho-maria, acrescente o creme de leite e misture. 2. Reserve. 3. Bata as claras em neve, junte o açúcar e bata mais. 4. Misture as claras batidas ao chocolate reservado. 5. Por cima do creme branco distribua o restante de bis picado e coloque a mousse por cima. 6. Leve ao freezer por 2 horas. 7. Conserve na geladeira até servir. 8. Decore com bis


VARIEDADES

Francisco Beltrão, 12 a 18 de Novembro de 2010

• Você sabia?

O Sudoeste - Ano VII - Edição 379

HORÓSCOPO

• Música - Por Badih Bittar Jr.

Porque o vaga-lume acende?

Na certa uma questão intrigante que nem damos tanto valor pode ser uma coisa primordial na natureza Quem nunca viu, pessoalmente, na TV ou em fotos, uns bichinhos muito curiosos que brilham no escuro? São os vaga-lumes ou pirilampos. Eles produzem luz principalmente por dois motivos: 1) Para se defender e se reproduzir. Imagine um louva-a-deus aproximando-se de um pequeno vagalume “apagado”. Este não teria chance de escapar. Mas, quando ele acende sua “lanterna”, acaba assustando esse predador. 2) Os lampejos também são utilizados para atrair o sexo oposto na hora da reprodução. Para gerar luz, várias reações químicas acontecem no corpo do inseto, consumindo uma grande quantidade de energia e também oxigênio, que são usados como combustível. A cor da luz varia de acordo com a espécie do vagalume e é determinada por pequenas variações nos compostos que participam das reações químicas. Na reação química, cerca de 95% aproximadamente da energia produzida transforma-se em luz e somente 5% aproximadamente se transforma em calor. O tecido que emite a luz é ligado na traquéia e no cérebro dando ao inseto total controle sobre sua luz. Infelizmente, os vaga-lumes estão ameaçados pela forte iluminação das cidades, pois quando entram em contato com essa forte iluminação, sua bioluminescência é anulada interferindo fortemente na reprodução podendo até serem extintos.

• Para assistir

Esquadrão Classe A (The A-Team) Gênero: Aventura Duração: 121 min Direção: Joe Carnahan Elenco: Liam Neeson , Bradley Cooper , Sharlto Copley , Quinton Jackson , Jessica Biel Classificação: 14 anos Sinopse: O Coronel Hannibal Smith (Liam Neeson) e seus amigos mercenários são acionados para fazer um serviço secreto para um agente do Governo americano, mas uma militar de alta patente, a Tenente Sosa (Jessica Biel), antigo caso de Cara de Pau (Bradley Cooper), os proíbe de prosseguir na missão, que envolve falsificação de dólares em Bagdá e uma provável conspiração.

Jimi Hendrix – O Gênio maior das Guitarras! Por Badih Bittar Jr. - Quem o conheceu criança talvez não imaginasse o sucesso e tudo que ocorreria na carreira de Jimi Hendrix. Muito novo teve que cuidar de seu irmão mais novo devido ao divórcio dos pais, e um pouco mais tarde com 16 anos teve a infelicidade ainda maior de perder sua mãe. Seu primeiro instrumento musical foi um ukelele, instrumento que os portugueses trouxeram para o Havaí, o instrumento tinha quatro cordas. Pouco tempo depois Hendrix ganhou sua primeira guitarra, uma guitarra acústica. Hendrix ainda jovem tocou com algumas bandas sem expressão principalmente em sua cidade natal, e acabou se alistando como voluntário para a Guerra do Vietnã, porém nunca entrou em combate, porém suas músicas tornaram-se muito famosas entre os soldados de combate da guerra. Jimi Hendrix assinou seu primeiro contrato profissional em 1966, e em um curto espaço de tempo seu sucesso foi tornandose gigantesco, o que tornou-o um fenômeno mundial. O que ninguém imaginava é que assim como o rápido sucesso desde o início de carreira, a carreira de Jimi Hendrix foi rápida também, aliás a vida dele foi curta, 4 anos após assinar seu primeiro contrato profissional, no dia 18 de setembro de 1970, Jimi Hendrix foi encontrado morto num hotel da Inglaterra, onde realiza uma turnê mundial, que não vinha dando muito certo pode-se dizer. Jimi Hendrix morreu asfixiado por seu próprio vomito após ter ingerido nove pílulas de Vesperax. Jimi Hendrix de nome verdadeiro Johnny Allen Hendrix, nasceu no dia 27 de novembro de 1942, em Seattle, e morreu em Londres no dia 18 de setembro de 1970. Jimi Hendrix apesar da curta carreira, é um verdadeiro fenômeno e gênio da guitarra, Hendrix é até hoje considerado por muitos especialistas e revistas respaldadas como o “Melhor e Maior Guitarrista de Todos os Tempos”. Além de guitarrista, Jimi Hendrix

• Humor

7

era um exímio compositor, cantor e produtor, e suas contribuições para o Rock N’ Roll são de extrema importância, o que faz de Jimi Hendrix até hoje um dos principais nomes da História do Rock N’ Roll. Curiosidade: Jimi Hendrix sempre chamou a atenção por ser canhoto e usar uma guitarra para destros virada ao contrário e com suas cordas invertidas. Apesar de ter tido diversas guitarras, a sua preferida e que é sempre associada a sua imagem é a Fender Stratocaster. A lendária Strato Branca de 1968 é totalmente associada ao cantor, guitarra que Hendrix tocou no Woodstock e mais tarde após a sua morte foi leiloada. “Machine Gun” é um clássico do cantor e uma das canções que demonstram o tamanho talento de Hendrix, pois música tinha nada mais nada menos que “18 Minutos de Duração”. Dicas de Música: Hey Joe, Little Wing, Purple Haze, Foxy Lady, Voodoo Child, Castles Made Of Sand, Machine Gun, entre outras

SEMANAL

Áries - Coloque em prática o que está

em seu coração. Não fique só na esperança ou nutrindo sentimentos sem expressá-los. Nesta fase os relacionamentos ganham grande importância em seu cotidiano. isso significa aceitar a participação de outras pessoas em sua vida. Minimize as críticas e tente achar um lado suave em prol do bem viver. Touro - Toda mudança no cotidiano será positiva, ainda mais agora em que você busca novidades. Sem receio e sem rodeios, siga em frente. Quanto mais objetiva for sua atitude, mais rápido terá resultado concreto. Comece pelo ambiente doméstico. Perceba o que pode ser modificado e procure agir com determinação e perseverância de propósito. Gêmeos - Neste período sentirá um desejo irresistível de promover mudanças fundamentais no dia a dia. Comece pelo ambiente de trabalho. Ouça sugestões de colegas e altere a rotina. Envolva-se somente o nessário com a família. No relacionamento amoroso, fase de participação e criatividade. Exponha ideias sem medo de críticas. Mostre sua alegria. Câncer - Renovação energética. Várias situações poderão ser transformadas com sucesso. Siga os impulsos do coração e coloque os projetos de crescimento em primeiro lugar. todo movimento que realizar em prol do progresso pessoal receberá uma carga de energia positiva. Viva com intensidade o período. Essa é a chave do sucesso. Leão - Pare e medite sobre o que deu certo e o que deu errado nos últimos tempos. Avaliese profundamente para saber, com certeza, onde deseja chegar com seus sentimentos, sonhos e planos profissionais. Fase fundamental para estabelecer um novo parâmetro de vida. Não perca a oportunidade de reflexão sobre suas ações. Boa sorte. Virgem - Continue buscando estímulos cada vez maiores na área profissional. Oportunidades estão surgindo na medida em que expõe sua alta capacidade de gerenciamento de situações. A responsabilidade aumenta, mas também eleva a confiabilidade em sua capacidade de estruturação. Cuide de seus objetivos e não deixe de lado os antigos sonhos. Libra - Modifique o modo de tratar os assuntos cotidianos. isso significa adotar atitudes mais positivas e diretas, afastando as indecisões e qualquer tipo de receio. Só há resultado se houver ação, mesmo que você não aja com segurança em relação às consequências futuras. É importante agir e seguir em frente. Tenha certeza que o caminho está correto. Escorpião - Momento de firmar convicções e estabelecer parâmetros seguros. Você vem aprendendo com seus erros e acertos e adquirindo crescimento e amadurecimento. Estruture o cotidiano afastando qualquer tipo de energia negativa ou sentimento de derrota. O que passou deve ser enterrado e esquecido. Daqui para a frente é outra história. Sagitário - Nos próximos dias sentirá necessidade de trabalhar em grupo. Faça contatos e busque aliados nas áreas pessoal e profissional. Exponha o que deseja com cuidado. Quem vive a seu redor vai entender onde deseja chegar e pode até colaborar de maneira espontânea e dinâmica. No amor, tente controlar a ansiedade. Você está no rumo certo. Capricórnio - Os relacionamentos afetivos ganham grande importância nesta fase. Conviver e compartilhar emoções com amigos, família e par amoroso lhe trará forte estímulo criativo. Esclareça qualquer dúvida do passado e renove os compromissos emocionais de maneira suave. Você está atraindo um tipo de energia especial, muito mais magnética. Aquário - Você é capaz de transformar com criatividade e dinamismo qualquer tipo de problema. isso causa a admiração de quem vive ao redor por sua personalidade. Neste período terá resultados positivos em algumas pendências. Sua boa estrela brilha como nunca, atraindo pessoas interessantes e boas oportunidades. Seja feliz. Sucesso. Peixes - Leve em consideração opiniões de outras pessoas. Porém, dê mais atenção as suas convicções e a seu estilo de vida. Nem sempre aceitar significa crescer. O senso de discernimento é o grande guia nesta jornada de vida. Aceite de bom coração aquilo que faz sentido prático no dia a dia. Não carregue uma carga maior do que pode suportar.


8

O Sudoeste - Ano VII - Edição 379

Francisco Beltrão terá curso de Medicina na Unioeste Conselho Universitário votou e aprovou: 33 votos a favor, 02 contra e uma abstenção. Grande conquista

Agora é oficial: Campus de Francisco Beltrão da Unioeste terá curso de Medicina. Na manhã desta quinta-feira o Conselho Universitário da Universidade Estadual do Oeste do Paraná -Unioeste votou e aprovou a instalação do curso de Medicina. Participaram da votação 36 conselheiros, sendo que 33 votaram a favor, 02 contra e 01 se absteve. Foi uma grande vitória da união, da persistência e do empenho da administração municipal, direção do campus de Fco Beltrão, entidades, associações, especialmente a ACEFB, autoridades regionais, deputados estaduais, federais, prefeitos, Amsop, administração municipal de Francisco Beltrão. Prefeito Reichembach participou da reunião em Cascavel e reagiu euforicamente quando saiu o resultado da votação. “É um dia para ficar na história do Sudoeste. Essa conquista é de todos. É um presente de aniversário para Fco Beltrão. Estamos de parabéns. Obrigado a todos que lutaram pela oficialização do curso no campus de Francisco Beltrão”

GERAL

Francisco Beltrão, 12 a 18 de Novembro de 2010

Unioeste tem quase 15 mil inscritos ao Vestibular 2011 A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) registrou 14.709 candidatos inscritos ao Concurso Vestibular 2011 que oferece 2.329 vagas. Para os cursos oferecidos no Campus de Cascavel estão inscritos 7.615 candidatos; em Foz do Iguaçu foram 2.551; Francisco Beltrão 1.276; Marechal Cândido Rondon 2174 e Toledo 1.102. Neste ano, o Vestibular terá sua primeira etapa realizada no dia 28 de novembro e a segunda no dia 12 de dezembro. Conforme o Diretor de Concurso Vestibular, João Carlos Cattelan, “com relação aos preparativos para o Concurso Vestibular 2011, tudo está correndo na mais absoluta normalidade e tudo está devidamente pensado para que as etapas do concurso sejam realizadas sem atropelos ou polêmicas desnecessárias”. Sobre o número de inscritos o diretor comenta que, “a quantidade de candidatos está dentro da expectativa, já que a previsão a cada ano, e que já se tornou quase rotineira, gira em torno de 15 mil vestibulandos e o número deste ano gira em torno desta previsão”. A diretoria de Concurso ainda lembra que a divulgação dos locais de provas com os nomes dos candidatos será feita no próximo dia 12. Os inscritos poderão obter mais informações pelos telefones (45) 3220-3099 e (45) 3220-3100 ou acessando o site do Concurso Vestibular no endereço: www.unioeste.br/vestibular. Reserva de Vagas - Neste Concurso foi mantida a reserva de vagas de, no mínimo, 40% para alunos oriundos de

escola pública, os quais, para poderem concorrer como cotistas, devem atender à exigência de terem feito as quatro séries finais do Ensino Fundamental (5ª a 8ª séries) e o Ensino Médio integral e exclusivamente em escola pública. Os candidatos inscritos no Concurso da Unioeste farão provas de Literatura, Português, História, Geografia, Matemática, Química, Física, Biologia, Filosofia, Sociologia e Geografia, Língua Estrangeira, das quais o candidato pode fazer opção por Alemão, Espanhol, Inglês ou Italiano, e Redação. A primeira etapa do Concurso Vestibular para ingresso constará de uma prova de Conhecimentos Gerais, com a seguinte distribuição: Biologia, Física, Geografia, História, Língua Estrangeira (Alemão, Espanhol, Inglês ou Italiano), Literatura Brasileira, Matemática, Português e Química, e Filosofia e Sociologia. A segunda etapa terá prova de Redação e a de Conhecimentos Específicos. Obras Literárias - Para o Vestibular 2011 a Unioeste exige as seguintes obras literárias: Lucíola (José de Alencar); Quincas Borba (Machada de Assis); Antologia Poética (Carlos Drumond de Andrade); Memorial de Maria Moura (Rachel de Queiroz); Os Tambores Silenciosos (Josué Guimarães); Conto: “Desenredo” (João Guimarães Rosa); Conto: “Venha ver o pôr do sol” (Ligia Fagundes Telles); Conto: “Penélope” (Dalton Trevisan); Conto: “Feliz Aniversário” (Clarice Lispector) e Conto: “Teresa” (Rubem Fonseca).


Edição 379 - Jornal O Sudoeste