Page 1

____________Gestos Abrasivos, Hisoka Ă–stertag ___________

_________1_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Ă–stertag ___________

_________2_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Ă–stertag ___________

GESTOS ABRASIVOS

Agosto, 2013 _________3_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Hisoka Östertag Gestos Abrasivos

104p.; il. Luanda – Angola _________4_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Hisoka Östertag

GESTOS ABRASIVOS

_________5_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Hisoka Östertag Esta obra foi publicada sob uma licença Creative Commons

Você pode: Copiar, compartilhar, distribuir, exibir e executar a obra sob as seguintes condições:

Atribuição. Você deve dar crédito ao autor original, conforme estabelecido por ele nesta licença. Uso Não Comercial. Você não pode utilizar esta obra com finalidades comerciais. Não à Obras Derivadas. Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta. Para usos não previstos nesta licença, contate o autor rajah353ostertag@hotmail.com raja353ostertag@gmail.com

_________6_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo? (Fernando Pessoa)

_________7_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Ă–stertag ___________

_________8_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

SUMÁRIO A Cada Dia O Amor Renasce, 13 Eu Creio, 14 Por Detrás De Tudo Escondo O Amor, 15 Místico Sentimento, 16 Olhando P'ro Vazio, 17 Diletante, 18 Singularidade, 19 Anjo, 20 Quando Ninguém, 21 Celestiais Lábios, 22 A Máscara Diz Mais Do Que A Face, 23 Inenarrável Separação, 24 Desabafo, 25 Todos Nós Precisamos De Alguém, 27 Estou Preparado, 28 Meu Universo, 29 Descobertas (Soneto Quebrado) I, 30 Descobertas (Soneto Quebrado) II, 31 Defeitos Sentimentais, 32 Metamorphosis, 33 Medo Versus Coragem, 34 Reflexos, 35 Palavras, 36 Nem Tudo É O Que Parece Ser, 37 Tu Em Mim, 38 Inclinação Da Alma E Do Coração, 39 Desculpa-me, Perdoa Por Te Amar, 40 Nunca Alguém Me Amou Assim, 41 Dirias Que Me Amas?, 42 Emoções, 43 Eu Voo Em Pensamentos Abstractos, 44 _________9_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Lisonjeio 45 Estrela De Brilho Áureo 46 Joeirando, 48 Sou Assim, 50 Liberdades, 52 Penso Em Ti (És Minha Fantasia), 53 Meu Sonho Impossível, 54 Mulher Ideal, 55 Quem Dera Poder Um Dia…, 56 Amor Realístico, 57 Desespero E Desejos, 58 Sem Ti Sou…, 59 Sinto-me Só, 60 Amar (Amor), 61 Minhas Palavras Mágicas, 62 Paixão, 63 Conhecer-me, 64 Ser Amigo…, 65 Quero Ser (A Tua Roupa Interior), 66 Medo De Te Amar, 67 Se Fores Eu Serei (Complemento), 68 Às Vezes Penso…, 70 Desculpa-me…, 71 No Silêncio Da (Calada) Noite, 73 Completas O Meu Ser, 74 Sem Inspiração, 75 (Con)Versão, 76 Peça! Que Eu Realizo!, 77 Inculpo-te, 79 Mulher, 80 Um Soneto P'ra Lua, 81 Nunca, 82 Queria Ser Poeta, 83 Todo Mundo chora…, 84 _________10_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Ser Normal Ou Natural?, 85 Fantástica Traição, 86 Quem Te Ama!?, 88 Beijo Imaginário, 89 Penso E Sinto P'ra Não Falar, 90 Talvez Um Dia Canses De Dizer NÃO!, 91 Nunca, 92 Se Meu Amor (Por Ti) Acabasse…, 93 Amor…, 94 Nada É Impossível, 95 Olhares, 96 Lisonjeio, 97 O Lado Vil Do 14 De Fevereiro, 98

_________11_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Ă–stertag ___________

_________12_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

“ A Cada Dia O Amor Renasce ” Cada pessoa tem a sua maneira de amar Eu tenho a minha Toda gente tem um modo de expressar o Amor Tu tens o teu Cada um tem seu jeito de sentir o Amor Tu tens o teu Toda gente tem a sua maneira de experimentar o Amor Eu tenho a minha Cada pessoa tem a sua maneira de perceber o Amor Eu tenho a minha, tu tens a tua Eu tenho o meu jeito de viver o Amor Todo Mundo tem A cada dia o Amor renova-se, renasce A cada dia o Amor sente-se de maneira diferente A cada dia o Amor vive-se de um novo jeito Mas todos os dias eu te amo de um só jeito: o meu!

_________13_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

“ Eu Creio ” … Na beleza do Amor … Na certeza da existência da dor ... No poder da amizade e na grandeza dos corações Creio também no que pode ser O maior determinante de emoções … Nas palavras dos olhares … Na força que tem muitos lugares … No sentimento que vivo me manteve Creio também no rancor de quem já e nunca me teve … Nas palavras cheias de incerteza do que se sente … Nos dizeres balbuciantes de quem mente … Na calma voz de quem a alma entregar medo não tem Creio também no verdadeiro sonho que a muitos não convém … No ser, no ego, no âmago … Na fé, na conquista, no pecado … No princípio, no meio e no fim Creio também no que a Vida, o Amor e o Mundo fazem de mim

_________14_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

“ Por Detrás De Tudo Escondo O Amor ” Escondido em meus pensamentos Mostro que sou difícil, um tormento Escondido em minhas lágrimas Mostro que sou duro, reservado Escondido em meus sentimentos Mostro que sou seguro, impaciente Escondido em meus ideais Mostro que sou exclusivista, medíocre e superior Escondido em meus modos de expressão Mostro que sou alguém que vive ilusões Escondido em meu coração Mostro que sou alguém inspirado pela Vida Escondido em na insensibilidade e teimosia Mostro que sou atencioso, compreensivo e terno Escondido em meu ser, meu sentir Escondo um Grande Amor

_________15_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Místico Sentimento " Ontem lembrei-me de algo Que nunca vivi Voltei a sentir algo Que nunca senti 'Tô com saudades do que Nunca tive Penso em algo que Não existe Hoje desejo algo que Raramente aparece Anseio por algo que Nunca algum homem teve Espero por algo que Homem algum pensa ser real Pois é-me difícil descrevê-lo O irreal, o mítico e fantástico Amor

_________16_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Olhando P'ro Vazio " Olhando p'ro vazio Sinto-me fora de mim Encontrando-me distante num varandim Percorrendo em pensamentos Olhando p'ro vazio Vejo meu eu flutuando no espaço Carregando do meu ser cada pedaço Deixando somente comigo algum regaço Olhando p'ro vazio Descubro um sentimento cada vez mais estranho Fazendo-me sentir-se perdido e mais acanhado Olhando p'ro vazio Vejo você de mim cada vez mais perto E assim eu sinto meu Amor mais certo

_________17_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Diletante " Sou um Diletante, mas Raramente sirvo-me do melhor Modo de expressão: a palavra, mas Sei transformar minha imaginação Da forma que mais uso: a escrita Que por um estilo significativo Em harmonia com o sentimento Faz-me ancilo da Poesia Posso ser Diletante mas vejo A Poesia como uma forma obrigatória D'expressão de sentimentos relativos A relacionamentos, Amor e pela Vida A Poesia liberta a alma, faz-nos Viajar em vidas imaginárias, faz-nos Também ver, viver e sentir a realidade De sentimentos que pode mostrar-nos a verdade Da Belas Artes, a Poesia é a mais Bela Arte, com ela vivo as mais Belas emoções, tem criatividade E nobreza na sua mensagem com originalidade A Poesia é a verdade artística Ou a beleza resultante da harmonia Da expressão com a ideia, por isso dela Sou escravo, nela vivo, por Ela amo

_________18_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Singularidade " Cada um é único Como o diamante Não pode ser feito Mas sim encontrado Tu és única como o Sol Singular como a Terra És rara como pedras preciosas E original como o brilho galáctico Todo Mundo é um só Em todo Universo e Tu és, sem plurissemelhança Na minha Vida, a única

_________19_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Anjo " Deixei de ser o que sempre fui Há muito tempo p'ra contigo ficar… Te perdi mas agradeço Por ter-te por perto Foi maravilhoso e Miraculoso poder Sentir o cheiro De teus cabelos… Prefiro ter podido sentir Um beijo da tua boca O toque da tua mão Te sentir em mim Mas antes tu poderes sentir O meu Amor foi melhor Do que ter vivido Uma eternidade sem ti

_________20_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Quando Ninguém " Quando ninguém me dá atenção Sinto-me rejeitado Sinto-me perdido na solidão Sinto-me entregue ao descuido Quando ninguém me dá o amparo Sinto-me esquecido no regalo Sinto-me possuído pela ausência Sinto-me a viver uma Vida de agonia Quando ninguém acredita em meu sentimento Penso em expor meu pensamento Penso em expressá-lo de maneira escrita Penso em exprimir algo que minh'alma levita Quando alguém dá valor ao que penso Quando alguém dá atenção à minha presença Quando alguém acredita no que sinto Sinto-me vivo e sem ter à volta desavença

_________21_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Celestiais Lábios " Quando teus lábios com tanta suavidade Tocam meu rosto, sinto com tamanha intensidade Tocar meu eu e deixam-no com vaidade Quando tua mão áspera toca minha pele Sinto uns alívios físico-espiritual que me deixam Atónito sentindo uma espécie de liberdade Quando com mais calma sinto o teu toque Apercebo-me que minh'alma levita Fazendo meu coração bater com mais intensidade E quando de repente lembro-me do toque suave De teus lábios nos meus, faço um pedido: Poder ter sempre a aspereza celestial dos teus lábios

_________22_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" A Máscara Diz Mais Do Que A Face " Eu estava mascarado com rancor Secreto e com empedernimento Mas meu rosto real é sensível Voluptuoso, lhano e monólogo Eu estava mascarado de obscuridade De rabugice, restrição e temibilidade Mas meu coração real é judicioso Sensitivo e ético, jeitoso e enamorado Eu estava mascarado com diferença De ignoto, timidez e ânsia Mas minha mente real é zelosa e afectiva Realista, inocente e autêntica Posso parecer o que sou Mas sou diferente ou muito Melhor do que vêm em mim, pois Embora oscilante sempre fui o mesmo que sou

_________23_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Inenarrável Separação " O Ódio é capaz de ver O lado bom da pessoa odiada Mas o Amor é incapaz de ver O lado mau da pessoa amada Quando separados estávamos Desprezados nos sentíamos Pois não tínhamos a certeza de Voltar a ter igual uma igual amizade A felicidade suprema da Vida É a convicção de que somos amados Pois se não nos sentimos verdadeiramente amados Passamos por uma experiência sem saída Mas… Saiba que por estarmos separados Por muito tempo, nunca deixei de ser O que sempre fui até hoje sinto Remorsos por ter tantos defeitos sem valor

_________24_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Desabafo " Penso em te esquecer quando Mais penso em ti, mas Meu desejo de te ter não deixa Sempre que te vejo ausente Dos meus pensamentos, dá-me Vontade de criar alguém à tua semelhança Às vezes quando te vejo distante Passo a sentir o que sentia Antes de te conhecer: nostalgia de viver Tenho até notado que sempre que Desejo te falar de meus sentimentos Por ti meu coração bate de medo Às vezes quando sinto a tua falta Sinto um desamparo sentimental Que me faz dolente e escopo da solidão Tenho tido e vivido várias mágoas Que tornam minh'lma suja como lagoa Sem Vida que faz-me morrer por dentro Minhas feridas não são nunca Partilhadas com pessoas alguma Pois penso que nunca seriam entendidas Até meus desejos nunca são concretizados Porque meus sentimentos por ti não são Alimentados o que não os torna realizados _________25_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Meu Amor é dúbio mas desejo Ardentemente mudá-lo e contigo Passar a desenvolvê-lo com muita dedicação Não tenho muito p'ra dar… Tenho um coração cheio de Amor E tenho ninguém para amar

_________26_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Todos Nós Precisamos De Alguém " Todos nós precisamos de alguém P'ra nos fazer felizes P'ra estar sempre connosco P'ra dar-nos todos os dias o alento Todos nós precisamos de alguém Alguém que toca nossos corações Alguém que sinta nossos corações batendo P'ra nos fazer perder-se em novas emoções Todos nós precisamos de alguém Que nos toque por dentro Que nos faça sentir e saber que Somos melhores que muitos Todos nós precisamos de alguém P'ra mostrar-nos a alegria De viver a Vida com Amor E dar o que mais necessitamos: o Amor

_________27_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Estou Preparado " Estou passando por um escarmento dolente Mas estou pronto p'ra te amar Estou pronto p'ra me perdoar Estou também pronto p'ra atingir o meu escopo Temos estado muito distantes Mas estou pronto p'ra te abraçar Mesmo que nosso medo tende A nos separar Estou pronto p'ra te segurar Mesmo que tentes te afastar Dos meus abstractos sentimentos Mas p'ra te amparar estarei sempre pronto Temos ideais que às vezes são Fastos que causam em mim embaraço De sentir o que por mim tens sentido Mesmo que talvez não tenho notado Mas sei que também estou pronto P'ra viver o que vier, mesmo que seja doce Ou amargo, feliz ou infeliz, bom Ou ruim mas vencerei como um Soldado Perfeito Estou preparado p'ra no meu eu Um grande rio de pensamentos abrir E em sentimentos de bel-prazer nadares Assim terei e te amarei com muita correnteza

_________28_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

“ Meu Universo " Meu Universo é composto Pela gravidade atractiva do teu ser Por estrelas do teu sorriso E por forças cósmicas do teu perfume Do meu Universo faz parte a Luz resplandecente da tua Lua O Sol do meu Universo está Na ponta dos teus cabelos No meu Universo os corpos Têm gravidade zerada Nunca movem-se os desejos A não ser pequenos intentos Quem dera poder um dia Chegar ao teu longínquo Urano Passear na cintura Da tua esplêndida anatomia Hodierno, penso em chegar Ao Marte da tua consciência Fazer parte da tua consciência E nascer do teu Ninho da Águia Mas p'ra conhecer o meu Universo Devo fazer uma longa e demorada Esplêndida viagem Ao Buraco Negro do teu coração

_________29_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Descobertas (Soneto Quebrado) " I Sou alguém que muitos nem Desejariam ter do lado, aquele De que muitos falam e desejam O bem ou o mal, sem identidade nem vaidade Mas tenho cultura e personalidade Sou alguém que ama, sonha e sente Se entristece, este sou eu Eu sou esta palavra: Apenas Apesar de tudo e todos sei que Estou vivo e luto p'ra sobreviver Tristezas e tentações são barreiras Desilusões, desespero e tempo são receios Pensamentos e desejos são ideais Incerteza e ilusões, apenas medos

_________30_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Descobertas (Soneto Quebrado) " II Tudo isto faz parte do meu viver Sem remorsos, sem rancor, sei que Tudo o que vivo vale à pena porque O fracasso persuade na luta pela sobrevivência Algumas vezes tive de muitos machucar Tentar desistir, desesperar-me e resmungar Inocentemente pois não sabia quem sou Pedir desculpas de nada adianta Mas fica gravado na memória que um dia Soube ser assim, tudo o que vivo vale à pena Vale à pena porque vivo pela Vida E sei que de nada adianta Cedo desistir, ainda há muito pela frente Mas na Vida já não sou inocente

_________31_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Defeitos Sentimentais " Assim como faltam As palavras quando Quero exprimir algo de si Também faltam os pensamentos quando Quero pensar em ti Falta-me das mãos as Letras quando sobre ti Quero escrever e no papel Exprimir ou narrar o que Eu vejo em ti e sobre ti penso Faltam-me palavras e pensamentos Ideias, letras e expressões Mas nunca, em momento algum, faltam Os sentimentos que por ti tenho e servem De alimento para minha pobr'alma

_________32_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Metamorphosis " Sou como o barro, não tenho Forma, estilo, comportamento Nem respeito pelo usuário Fácil e rapidamente mudo de estrutura E quando sou mal usado sou nojento Mas sujo só quem me vier tocar P'ra nada sirvo, mas tenho muitas utilidades Naqueles momentos sei ser um barro Mas também consigo ser um bastão Tomo forma e estrutura consoante as adversidades E circunstâncias, por isso não me causem ira Porque se pensam que me conhecem, pensam errado Só pensam que me conhecem Mas não sou aquilo que vêem, sou o que quero O que posso ser e não o que pensam ver Sou pior que o mistério e consigo Ser mais rápido que o pensamento E causo ao adversário a perda do Norte…

_________33_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Medo Versus Coragem " Sou um erro brilhante Numa Vida cheia de maravilhas Mas eu sou dela o mais fascinante Sinto-me alguém sem valor Sendo pessoa assumida num eu E que vive a Vida mesmo com temor Sou quem medo de viver tem Mas com uma coragem enorme de males ultrapassar E sem receio de aceitar um eu como ninguém Sou a parte má da Vida Sou uma mistura de mal necessária Eu sou quem a Vida ainda deseja viver

_________34_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Reflexos " Quando te vejo, me vejo em ti Quando pensas em mim, em ti penso Quando te sinto em mim, me sentes tu Quando te tenho por perto, pertences-me Me vejo ao espelho e percebo você Experimentas a solidão e eu fico só Transformo a tristeza em alegria Vives em escassez e levo-te à fartura Me acho ausente e tu estás presente Tu sem direcção, sou teu Norte Sou o silêncio e tu minha voz És a lembrança e eu o olvido Reflectes em tudo que faço, em tudo que sou Tudo que és, tudo que mostras ser Reflecte-se em meu viver Tudo o que tu e o eu se tornou: o espelho…

_________35_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Palavras " Penso e sinto, com palavras exprimo o que percebo Palavras formam frases Com e sem sentidos na alma minha Que são exteriorizadas sob forma subjectiva Com palavras traço linhas, que tudo ou nada Falam de mim, do que vivo, do que sou Palavras tortas e absortas, mudas E ruidosas dão Vida e forma àquilo que eu crio Palavras silenciosas falam por mim Palavras frias e verdadeiras põe-me no varandim Palavras escritas e alegóricas, nuas e cruas Dão-me a certeza de que são só para Poesia

_________36_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Nem Tudo É O Que Parece Ser " Nem sempre um olhar fixo é interessado Nem sempre um caloroso amplexo é protector Nem sempre um ósculo é sincero Até um andar na solidão não é estar só Nem sempre um princípio tem um fim Nem sempre o que ouvimos é um som, uma voz Nem sempre um segredo é fechado Até um caminho pode não ter direcção Nem sempre um sonho é fantasia Nem sempre o que vemos ao espelho é nosso reflexo Nem sempre o que queremos é nosso desejo Até um sorriso pode não ser de alegria Nem sempre a Morte é um descanso Nem sempre viver torna-se cansaço Nem sempre ser sempre o mesmo é o melhor E nem tudo é o que parece ser

_________37_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Tu Em Mim " Teu sorriso ilumina meu Mundo Dá cor e Vida aos meus pensamentos Teu olhar inquieto mira meus Líricos poemas cheios de egotismo Tua visão agrega meus pensamentos Numa folha de papel sem cor Teu excêntrico ardor Faz de dor meu lírico sentimento Mas, não importa o que você faz de mim Mas sim o que faço com o que Você faz de mim Meus líricos poemas tornam-te Ideal em todos os sentidos vivos Que te transformam em letras superlativas

_________38_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Inclinação Da Alma E Do Coração " Amor é algo que se enraíza dentro de nós Tornando-nos tolerantes, faz-nos Passar por experiencias boas e más Mas sempre sem duvidar que O sentimento é forte e verdadeiro Amar é sofrer um instante de saudade É sentir um segundo de ciúme É viver um momento de paixão É tatuar alguém no coração Amor é sentir dois tempos num só espaço É duas Vidas numa só alma É dois sentidos numa direcção É dois olhares numa só vista É ser sempre um ser de imortalidade intemporal Amor é construir uma ponte invisível Que liga os corações para sempre É fazer alguém sentir-se Única, especial e insubstituível Amor é a razão pela qual me deito Me levanto e me faz eu ser Amor é a razão que me faz continuar A, por ti, viver

_________39_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Desculpa-me, Perdoa Por Te Amar " Desculpa-me pelas coisas que não disse Desculpa-me pelas coisas que não fiz Desculpa-me também pelo que não aconteceu Perdoa (-me) por te amar Desculpa-me pelos meus desejos e pensamentos Desculpa-me pelos meus ideais e sentimentos Desculpa-me por precisar o que sinto no teu olhar Perdoa (-me) te amar Desculpa-me por em ti despertar o Amor Desculpa-me por te mostrar o que não posso dar Perdoa (-me) por fazer com que não acontecesse o que deveria Desculpa-me por não ter forças e dar-te meu coração Desculpa-me por fazer-te viver uma fraca emoção Perdoa (-me) por te amar

_________40_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Nunca Alguém Me Amou Assim " Por mais defeitos que eu tenha Pelos erros que sabendo errados cometo Pelos males que me acompanham todo dia Pelo desejo de ter mais do que tenho… Pelos mandamentos que raramente cumpro Pelas Leis que estupro Pelas dúvidas e razões em que acredito Pelo desejo de poderes sobre-humanos que busco… Pelo Amor que não sou capaz de retribuir Pela lealdade que facilmente consigo ruir Pelas ofertas e dádivas pelas quais raramente agradeço Até pela Vida maravilhosa que vivo e não mereço… Há quem diga que errar é humano… Mas errar conscientemente passa a ser estupidez É como saber que é um caminho sem volta e mesmo assim trilhar Por isso busco pelo Seu Amor, misericórdia, compaixão e amparo… Além de minha família, amigos, antigos amores e o Meu Grande Amor Conhecidos e pessoas passageiras Alguns vizinhos e poucos admiradores Nunca alguém me amou como Ele, Deus

_________41_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Dirias Que Me Amas? " Se eu a pedisse desculpas… Se me arrependesse… Se me recaísse a culpa do meu ser… Se a ti dissesse tudo que me vai à alma… Se pudesse te mostrar os caminhos p'ra me entender… Se me dedicasse de corpo e alma a ti… Se eu dissesse "te amo" com palavras e actos… Se com todas as forças eu gritasse, diante do Mundo, que te quero… Se te disser que do meu Universo és o Centro… Se mostrasse que és a única em minha Vida… Se dissesse tudo o que quero ouvir de ti… Se te desse tudo de mim… Se tornasse teus sonhos realidade… Se te perguntasse que me queres quanto eu te quero… Se mudasse meu passado… Se fosse tudo ou parte do que sempre sonhaste… – Dirias que me amas?

_________42_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Emoções " Cada momento da Vida Tem um capítulo no nosso livro Escrito com sorrisos, lágrimas ... Gargalhadas e até com silêncio Mas mesmo o silêncio não é tudo As emoções transparecem também no olhar Acredito haver emoção em tudo… Em gestos, dizeres, olhares e toques Mas nenhuma emoção é igual à primeira A que nos marca e é tatuada na memória As emoções são eternas, nunca falecem Basta apenas querer e poder lembrar para revivê-las Por isso não importam os acontecimentos Nem a falta deles, elas os acompanham Intencional(mente) ou não vivemos delas e para elas Por esta razão transpareço a emoção de viver a Vida

_________43_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Eu Voo Em Pensamentos Abstractos " Eu voo em pensamentos abstractos Pouso em minhas poesias líricas Eu voo em distintos versos Que fazem parte das minhas Vidas inversas Eu voo no mais ideal Amor E pouso em pétalas de dor Eu voo no mais simpático temor E pouso no mais dolente clamor Eu voo na mais livre razão E pouso num ufano clarão Eu voo na úlcera de Amor E me perco no destemor ulterior Eu tenho voado no Amor ululante Que me torna um amante de valor Mas um valor com vaidade E me fez cheio de deidade Eu voo na feérica meiguice Que me leva ao transe Eu voo no regaço da paixão E me dá a regalia da rememoração Eu voo em pensamentos abstractos Pouso em minhas poesias líricas Eu voo em distintos versos Que fazem parte das minhas Vidas inversas

_________44_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Lisonjeio " Teus olhos cor de âmbar Fazem meus pensamentos abrandar Tua pele macia e cheirosa Faz uma abstinência e me apressa Tua beleza é capaz De me tornar capataz De você me fazer carecer E minha mente perecer Sua formosura é esplêndida Que me parece ser desusada Tuas tranças parecem flor Que te dão aparência de destemor Por mim és adorada e amada Por mim és lisonjeada Por mim és desejada Por mim serás sempre apreciada e venerada (…)

_________45_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Estrela De Brilho Áureo " És minha Estrela, Estrela Aquela que brilha mais que a Estrela-d'Alva És minha Estrela de brilho áureo Por seres a minha Estrela guia Faço p'ra ti uma apoteose abstracta Estrela aprazível és, porque Causas-me indiferença És a Estrela mais próxima que tenho Razão pela qual faço p'ra ti um Adito, adito que nem os deuses Possam ou conseguem saber És a Estrela que ilumina o Acme de minha Vida amorosa És a minha sorte que Esvaece meu amor-próprio O teu brilho provoca tento em mim Quando penso que um dia deixarás De iluminar minha Vida Vida que é nada sem tua Luz Estrela dos meus desejos és Tua iluminação torna-me vidente Estrela dos meus sonhos és Tua magnificência faz-me perplexo

_________46_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

A origem de teu resplandecer Torna meus pensamentos um latim A tua vivacidade é inseparável Da sua mais que divina beleza A tua luz cria-me insânia no Amor Com uma paixão insanável Teu resplendor faz-me dócil por teus desejos Teu esplendor é inquestionável

_________47_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Joeirando " Nestas pequenas e escassas linhas Tento joeirar na minha Vida Vida esta que transformo E crio da vivência diária e complexa Tenho um coração quase de pedra, mas Tento sempre trocá-lo por um áureo Mas minha solidão torna-me Corrosivo como espirra-canivetes Sou rancoroso mas tenho tentado Mudar para ser alguém radiante Tento, mas sem sucessos, deixar De ser um homem receoso Já pensei em deixar de ser malquisto Mas o dúbio que tenho torna-me Desesperança e angustia, o que me Torna cada vez mais enigmático Cansadamente tentei deixar de ser Abstraído e desconfiado mas Sem êxito sou afastado pelas Divergentes opiniões das pessoas Já vezes infinitas tentei Separar o bem do mal, o bom do mau Mas sozinho, penso que não conseguirei Mas não perco a esperança

_________48_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

E nessas linhas não chegam As tentativas que já fiz para me Tornar mais sociável e simpático Sensível, agregado e menos balbuciante (…) Inferindo… É difícil joeirar Do meu ser que é cada vez Mais separado da Vida Material Mas continuarei a tentar

_________49_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Sou Assim " Como homem sou enigmático Eu sou quem sou porque cresci só Sem socialização, destruindo Assim minha parte sociável Consigo viver mais só do que com Monte de gente à minha volta tentando Saber, entender e conhecer a minha Pessoa real, a recôndita Como todos homens tenho um enigma – Na mente – Que muitos não compreendem Por causa só meu comportamento Que dizem ser mui estranho De princípio sou rebarbativo Com as pessoas em volta, mostrando-lhes A rabugem que tenho sempre acompanhada De palavras duras e insensíveis A regalia que obtenho da ignorância Que tenho é a persuasão que crio Da dissociação e o raciocínio Que me recolhem do mundo material O rebuço que uso é a simulação De simpatia e inflexibilidade do coração Mas o que radia em mim é a sinceridade O respeito e franqueza que crio

_________50_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

A pessoa que criei e continuo a criar Jamais será conhecida por alguém Não se pode me conhecer por completo Pois meu ser é octaedro e tenebroso

_________51_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Liberdades " Liberdade… É o que quero Mas que tipo de liberdade? Talvez liberdade psíquica ou mental Porque sinto-me só como a Lua E não tenho luz própria para além Das minhas opiniões divergentes Porque sem liberdade psíquica e mental Não consigo mostrar o que sou Pois os mais próximos Julgam que sou leviano e misterioso Tornando, assim, a minha psique Excêntrica, sem ajuste social e moral É a liberdade psíquica que realmente Ando à procura para poder ser Supérfluo com personalidade Mais composta do que a que tenho E cheia de balbúrdia nos Pensamentos que me tornarão um ádito

_________52_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Penso Em Ti (És Minha Fantasia) " Tento escrever mas não consigo Me encontrar, devia dormir mas fico Acordado até tarde, quando devia Fazer todas as coisas que devia fazer Fico a pensar em ti Tenho pensado em ti, és minha fantasia És a única em quem penso És a única com quem sonho Não consigo viver com a tua ausência Porque já fazes parte de mim Os dias passam e sabes Que nunca paro de pensar em ti Dás-me fé quando tento desistir Fazes-me crescer no Amor Quando faço coisas que devo Nunca paro de pensar em ti Lembrando como és a sorrir Imaginando o teu andar, olhar, és minha Imaginação quando distraído estou Pensando em ti, fico indiferente Com desavença dos meus próprios Pensamentos que me abstraem De tanto pensar em ti, sou egoísta Em meus pensamentos és minha Vida Mais real, mais alegre, menos enigmática Mas prefiro ter-te na minha Vida Real onde podes não ser só minha Mas onde podes ser mais distante _________53_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Meu Sonho Impossível " Tive um sonho: Sonhava que o gelo queimava Quando eu te amava Sonhava que o fogo gelava Quando eu te acariciava Sonhava que a chuva subia Quando eu me abstraia Sonhava que o tempo parava Quando contigo acordava Depois de sonhar coisas Impossíveis, sonhei que Me amavas e depois de acordado Jurei fazer de tudo p'ra te ter e amar

_________54_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Mulher Ideal " Não é feia, embora não se Possa dizer que seja uma beleza Toda sua beleza consiste em Pequenos olhos negros e brilhantes E uma graciosa aparência, mas esplêndida Carece de discernimento mas possui Esse saudável senso comum suficiente Para que uma mulher tenha Qualidades de amiga e amada-amante Não é dada ao luxo Mas está acostumada a andar bem vestida Porque o pouco que ela pode fazer É cuidar de sua beleza exterior e interior Que a tornam aprazível com os seus É certo que gosta de Andar bem apresentada E bem arrumada, porem, não espalhafatosamente Tem um perfil bem composto e atraente Tem o melhor coração do mundo E amo-a e me ama com todas as forças Digam-me: acaso posso Desejar melhor mulher?

_________55_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Quem Dera Poder Um Dia… " Quem dera poder eu estar Um dia contigo à beira mar À luz do luar, à volta da fogueira Ao teu colo e teus braços me afagando Quem dera poder dizer-te com Todas as letras do alfabeto a palavra "Amo-te", e dizer que te amarei p'ra sempre Mesmo que não acreditasses em mim Quem dera poder sentir um dia O calor do teu Amor, o bater do teu Coração, a suavidade do teu fôlego O teu hálito misturar-se com o meu Quem dera um dia poder sentir Teu corpo no meu, nossos corações Sendo um só, respirando o mesmo ar E partilhar e retribuir o nosso Amor Quem dera poder um dia Sentir nosso Amor queimando em Nossos peitos como o Sol ardente Sentir o calor dos teus beijos

_________56_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Amor Realístico " O Amor é demonstrado por gestos Palavras e olhares duros e incompreensíveis O Amor nem sempre é entendido E correspondido pela pessoa amada O que é então o Amor…? O Amor é doce ou amargo? Feliz ou triste? Longânime ou temporário? Só sei que o Amor é um doce-amargo É festivo, é fetiche É infiável, é fiel É trivial, é incomum No Amor há fedúcia e desconfiança Há esperança e desespero Há lubricidade e aleivosia No Amor há disputa e harmonia Mas p'ra mim… Amor é: ¬ Bem e o mal ¬ Guerra e coerência ¬ O doce e o doloroso ¬ O mistério místico e pasmo O Amor é misterioso e vulgar Mas nem todos encontram O verdadeiro que é necessário À Vida Humana _________57_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Desespero E Desejos " Desesperado estou Nesta noite fria E cheia de insónia Desesperado estou pelo Teu Amor que me cala Sempre que em ti penso O desespero pelo teu Amor Enfraquece o meu desejo Sempre que penso em dizer "te amo" O desejo do teu Amor Enfraquece meus pensamentos Sempre que penso em dar-te um abraço O desejo do teu Amor Atormenta minha tranquilidade Quando te desejo O desejo do teu Amor Desnorteia meus sentimentos Sempre que p'ra ti me dirijo O desejo do teu Amor Obstrui quando tento sem Pressuposição dar-te um beijo

_________58_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Sem Ti Sou… " Sem ti sou como Deserto sem areia Céu sem estrelas Água sem oxigénio Dia sem Sol Sol sem calor Célula sem núcleo Livro sem letras Morte antes da Vida Mar sem água Terra sem Vida Vida sem Amor… Sem ti sou como Amor sem dedicação

_________59_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Sinto-me Só " Sinto-me só por não ter Tua atenção, confiança Teu carinho Por me dares desânimo Sinto-me só por não seres Aprazível comigo Por não me dares afeição Por não ter teus abraços Sinto-me só por não ter Teus conselhos, tua simpatia Por não ter tua campainha Sinto-me só por não ter Teu consolo, tua filáucia Por não ter tua firmeza Sinto-me só por não ter Tua fidelidade Por não poder partilhar das tuas alegrias

_________60_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Amar (Amor) " Amar (Amor) … é importar-se pelo outro Amar (Amor) … é a atracção pela Personalidade de outra pessoa Amar (Amor) … é sentir-se alguém melhor Amar (Amor) … é ser realístico vendo os Defeitos de outrem e amando-o mesmo assim Amar (Amor) … é o diálogo sobre desacordos Amar (Amor) … é o desejo de dar à outro O coração e partilhar a Vida Amar (Amor) … é dar tempo ao tempo Amar (Amor) … é confiar em nossa própria mente É estar interessado pelos interesses dos outros Amar (Amor) … é longânime e benigno Amar (Amor) … não é ciumento, não se gaba Não se enfuna, não fica encolerizado

_________61_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Minhas Palavras Mágicas " Quando dizes que minhas palavras Não bastam, penso em… Em dar-te um amoroso amplexo E citar p'ra ti um madrigal Quando dizes que minhas palavras Não bastam, penso em… Em tornar-me ancilo dos Seus desejos persuasivos e absconsos P'ra mim a magia cria-se durante toda Vida A magia exibe-se somente nos Momentos mais especiais Como quando contigo estou Por isso mostrar-te-ei a magia que Venho a criar num doce, inesperado Delicado ósculo balsâmico Das nossas almas mágicas

_________62_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Paixão " Paixão é estar atraído Por alguém (como tu) Paixão é desejar ter Sempre uma pessoa grudada A paixão é definida por Um circunlóquio, por olhares Por gestos, por desejos e ambições Persuasivas que nem sempre São entendidos e correspondidos A paixão é um desejo pertinaz Na senda da desilusão, da aventura Que nos leva a acreditar que no Amor tudo é possível, até o impossível A paixão torna-nos ancilos Dos seus desejos absconsos Que nos pode levar à tribulação De uma toda Vida amorosa (romântica)

_________63_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Conhecer-me " Para conhecer-me é preciso percorrer Um imenso labirinto cabalístico Cheio de obstáculos como a Vida Levar-me ao balsâmico, à calidez… Estou absconso da humanidade Absorto e abstendo de viver A Vida com maior abertura e sensatez Que me leva à abstracção e abstrusidade Para conhecer-me tem de saber conhecer O meu eu absconso e persuadi-lo Na (sua) vontade de me conhecer mais Do que o pérfido coração que tenho

_________64_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Ser Amigo… " Ser Amigo é estar ligado À uma pessoa por sentimentos De afeição, ser companheiro Ser sensato, aberto e sincero Ser Amigo é mostrar interesse Por outrem, é estar nos tristes Alegres, bons e maus momentos Ser Amigo é dar ao outrem o necessário Ser Amigo é ser confiante É ser feliz, carinhoso, honesto É ser sensível, claro e amoroso É ser aliado nos momentos difíceis Ser Amigo é ser animoso ante tudo É dar Vida a quem precisa É intuir a odisseia É ser lépido, lesto, lhano e liberal Para ser realmente um verdadeiro Amigo É preciso ser aprazível e apoteótico É ser magnânimo, perspicaz e mirífico E ter uma miríade de boas qualidades

_________65_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Quero Ser (A Tua Roupa Interior) " Quero ser um ídolo quando rezares Ser o consolo para tuas amarguras Ser a tua fantasia quando pensares Ser a água molhando teu corpo Quero ser teu código digital Ser o teu talismã da sorte Ser o prazer do teu êxtase Ser o teu sonho quando sonhares Quero ser uma tatuagem em tua pele Ser (como) a tua mancha Ser o teu templo Ser o ar que respiras Quero ser o sangue nas tuas veias Ser o teu firmamento Ser o teu coração batendo Quero ser a tua roupa interior… Para contigo sempre poder estar!

_________66_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Medo De Te Amar " É com pequenas palavras Escritas que consigo fazer Com que saibas que te amo É com meu olhar que te amo É no meu pensamento que te amo É com letras que escrevo "te amo" Mas não consigo abrir o meu coração Para dizer-te o que me vai à alma Mostrar-te com palavras ditas o meu Amor Por ti o meu Amor existe apenas Em palavras, às vezes, porque tenho Medo de não te fazer feliz Tenho medo de ter seu coração Medo de um dia poder feri-lo Por não ser capaz de amá-lo Fico com medo de te perder Num instante com medo de não Te fazer sorrir as alegrias da Vida

_________67_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Se Fores Eu Serei (Complemento) " Se fores a chuva Eu serei a Terra Se fores flor Eu serei a semente Se fores cravo Eu serei a rosa Se fores o Sol Eu serei a Lua Se fores escuridão Eu serei luz Se fores dia Eu serei aurora Se fores noite Eu serei as estrelas Se fores fruta Eu serei o prazer Se fores céu Eu serei as nuvens Se fores moradia Eu serei o alicerce Se fores árvore Eu serei as folhas Se fores livro Eu serei as letras

_________68_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Se fores o corpo Eu serei oxigénio Se fores o Amor Eu serei o coração

_________69_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Às Vezes Penso… " Às Vezes penso em dizer-te coisas Palavras lindas de Amor, mas Sem saber qual seria tua reacção Fico apenas pelo pensar Às vezes penso em fazer-te sorrir E ser feliz mas nada faço com medo De que não sorrias e fico apenas Te observando em silêncio Às vezes penso em ficar contigo à toda Hora mas como o tempo não permite fico Apenas pelo pensar, pensar no que sou Quando não te vejo e estou só Às vezes penso em confessar-te todo Meu sentimento mas com receio De me dizeres "NÃO", resposta que jamais Esperei ouvir de uma pessoa desejada e fico pensando Às vezes penso em mostrar-te Quem sou realmente mas como sou Tão fechado não consigo dar-te O meu coração por completo Às vezes penso em dar-te tudo De mim mas é-me difícil expressar O meu Amor por ti e fico apenas A pensar, a pensar… A pensar

_________70_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Desculpa-me… " Desculpa-me… Por Não te ter dado a atenção Por não ser compreensível Desculpa-me por ser tão egoísta e estúpido Desculpa-me… Por Não fazer o que devia fazer Por não te entender Desculpa-me por não me desculpar Desculpa-me… Por Fazer nada do nada Por fazer o que não devia fazer Desculpa-me por ser duro, insensível e cruel Desculpa-me… Por Dizer o que não devia Por não dizer o que devia Desculpa-me por ser rancoroso e convencido Desculpa-me… Por Minha ignorância e negligência Por não aceitar ser repreendido Desculpa-me por tudo o que é necessário Desculpa-me… Por Ser fechado, deprimido e ter tantos defeitos Por não saber distinguir o certo do errado Desculpa-me por ocultar meus sentimentos

_________71_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Desculpa-me… Por Não decidir o que devia Por acreditar e desacreditar no coração Desculpa-me… Desculpa-me por ser quem sou! " Solidão " Solidão não é estar só, é estar Entre mil pessoas e sentir A falta de apenas uma: a tua! Solidão não é sinónimo De sentir a falta a falta de alguém Por se estar separados, mas sim Sentir-se só porque um dia Estiveram juntos e foram felizes Às vezes a solidão faz bem: Porque pensamos na pessoa Desejada, querida, amada e contemplada… Solidão é sentir-se preso à Um desejo realizável ou não; Embora na solidão… Eu tenho você sempre comigo (no coração)

_________72_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" No Silêncio Da (Calada) Noite " No silêncio da noite… Penso no que sou quando estou contigo Penso em estar sempre a ti agarrado Penso também nos tristes e alegres momentos Que passo quando estás comigo Mesmo sem dar conta que No silêncio… No silêncio estou No silêncio da noite… Penso em pensar em você Mas de tanto pensar no nada nada decido E sem decisão alguma procuro-te… … Na mente somente Para não cair no maior Dos meus silêncios: o pensamento!

_________73_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Completas O Meu Ser " Pensava no que seria estar Com você, mas agora que comigo Estás, acho que seria Melhor se não a tivesse Conhecido, pois com você Vejo que sou o homem mais Infeliz do Mundo, tua Presença importava-me mais Do que tudo à nossa volta E quando te vejo partir penso No significado que tens tu p'ra Mim até agora, vejo que és A parte que me encaixa, a Parte que faltava em mim E completa o meu ser e não ser

_________74_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

“ Sem Inspiração “ Disse que voltava logo voltava logo das longas caminhadas longas caminhadas de busca de busca e de inspiração de inspiração para esculpir para esculpir na verdade na verdade perdi um poema Perdi um poema um poema que se escreve sozinho escreve sozinho verdades por dizer por dizer a ti e ao mundo ao mundo que me acolhe e encolhe e encolhe pisando nas flores nas flores e meus amores meus amores e minhas dores minhas dores sem poema sem poema por faltar inspiração Por faltar inspiração não há respiração nem coração...

_________75_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" (Con)Versão " Talvez melhor do que alguém sei eu Do valor que tem a mentira E do que nada vale a verdade… Eu creio na mentira da amizade Acredito na mentira do Amor E sei o quão duro é saber a verdade Às vezes é melhor crer na mentira Acreditar em qualquer falsidade Ao saber da (pura) verdade Agora vou apenas acreditar em mim Crer naquilo que nasce de mim e em mim Do que ouvir doutra pessoa seja o que for E assim deduzo: Não existe mentira alguma… Apenas uma versão da verdade!

_________76_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Peça! Que Eu Realizo! " Por hoje sou teu Gênio A lâmpada é hoje teu prémio Realizar desejos é meu forte Por isso não temas a tua sorte Tens as seguintes ofertas como opções: − O Sol p'ra ter sempre o dia − A Lua p'ra iluminar tuas noites escuras − As Estrelas p'ra alindarem tuas alvoradas − As Flores p'ra perfumarem teus caminhos − O Arco-íris p'ra colorir teu céu − O Orvalho p'ra refrescar tua pele Cada vontade tua Sem importar o momento Mesmo que seja p'ra afastar o tormento Será realizada, tal qual pensares E apesar de tudo poder te dar Pergunto: "O que queres afinal?" O céu ou a terra? O horizonte ou o zénite O sol ou a lua? O fruto ou a semente? O vinho ou a embriaguez? O Amor ou o prazer? A uva ou a pinga?

_________77_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Depois de tantas indagas Ela responde num tom suave, quase sem voz: − "De todas as coisas que me ofereces Eu prefiro apenas uma: Você!"

_________78_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Inculpo-te " Tu, estúpido coração Que de mole cedeu Que quase tudo perdeu Hoje aí estás, largado no chão Baixaste a guarda Subestimaste o inimigo Que carrega desprendida sua espada Hoje derrotar ele não mais consigo Fizeste o que nunca quis: entregaste-te Perdeste o encanto E o que encontrei foi só pranto E de mim, o mais importante, esqueceste-te Culpo-te por amar Por ir sem pensar em voltar Por entrar sem querer sair E também por teimar

_________79_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Mulher " Mulher é aquela que se sacrifica Aquela que luta p'ro que quer Aquela que cai mas 'tá sempre em pé; Mulher é aquela que ama Aquela que sofre e não desiste Mulher não é só aquela que tem fama Mulher é toda Mãe feliz É uma doce palavra que se diz Mulher é do melhor que Deus fez; Mulher é sinónimo de Vida Mulher é criança ou não Mulher é também ser apreciada e admirada Mulher é a mulher rica É a pobre, a mísera Mas só há uma mulher: a que sorri e chora; Mulher é ter o que se merece É ser vendada pelo Mundo É o nome, o ser que não se esquece Mulher é isto e muito mais É ser capaz do que se faz Mulher é ter, é ser paz

_________80_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Um Soneto P'ra Lua " Mais uma vez como sempre Estou apreciando a Lua… Lua que ilumina quando não há Sol… Lua que desperta as memórias quando o Sol se vai A Lua aclara os mais escuros caminhos Faz da terra despertar a esperança Faz ter lembranças e saudades de velhos moinhos Da Vida, os desfeitores e construtores da esperança A Lua brilha, mas só quando não há Sol Mas em minha Vida sempre esteve presente P'ra me animar, me fazer recordar e nunca me deixa só A Lua tremeluz, a Lua vai e vem Dá esperança, alegria, momentos tristes e felizes Mas a Lua nunca pensou em me dar o desdém

_________81_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Nunca " Nunca digas que não te amei Nunca penses que por ti não esperei Sempre te vou querer Sempre por ti vou viver Jamais te esquecerei Jamais do meu coração te tirarei Jamais voltarei a te ver Jamais porque por ti deixei de viver Sempre acreditei Sempre por meus sonhos lutei Nunca me substituirás Nunca outro Amor terás

_________82_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Queria Ser Poeta " Queria ser Poeta P'ra lindos versos escrever Excelentes odes compor Um Poeta como ninguém Eu queria escrever o Poema da Vida Ter um soneto imorredoiro Inventar novas letras Eu queria ser Poeta Eu queria viver dos meus dedos Viver no tempo, nas memórias Ter um Universo versejado Eu queria escrever mágicas palavras Quero ver o Mundo na Poesia Encarar karmas, dilemas e até fantasias Poder ter uma diva para inspiração Eu quero ser Poeta

_________83_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

“ Todo Mundo chora… ” Uns choram sorrindo Outros riem chorando E outros vivem sofrendo E uns sofrem mas não deixam de viver A tristeza é só mais uma… Das partes vivas da Vida É apenas o lado mau da alegria Por isso, chorar faz bem… … Desabafa, liberta o ser Renova o sorriso Levita a alma Chorar é mais uma forma de extrair o ego Só não chora quem não sente Como a alegria, a lágrima não mente Todo Mundo chora, pois Não é proibido chorar!

_________84_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Ser Normal Ou Natural? " Ser natural é Ser único, como ninguém Ser eu mesmo, somente eu Ser normal é Deixar ser levado Deixar que o Mundo nos domine Sou sempre eu Às vezes um pouco diferente do Mundo e até de mim Mas nunca deixei de ser eu; Ser natural é Ser genuíno, simplesmente original Ser o que de nós o Mundo não espera Ser normal é Viver de leis alheias Não poder ser donos de nós Não deixemos de ser nós, nunca Aprendamos a surpreender a nós e ao Mundo Melhor (antes) ser natural do que normal

_________85_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Fantástica Traição " Era eu quando com uma estava A tocar outra imaginava Que o perfume enganava E no suor doce me embriagava Sem notar percebi tua presença Vieste até mim com eloquência Meu corpo carente não disse não E assim começou o furacão Tuas mãos sedosas percorriam Meu corpo que já estava nu Cada centímetro explorado Aflorava em mim novas sensações Permiti que em outras áreas navegasses Deixei-me levar pela curiosidade Com intuito de saber até onde irias E fui surpreendido com tua boca em minha virilidade No climax chamaste-me nomes Me arranhaste, mordeste e berraste Eu me sentia o mais poderoso dos homens Pois a ti dava o que nunca encontraste antes Tudo fazíamos em medidas desiguais Parecia ser um teste académico Na arte do Kamasutra éramos rivais E nessa guerra eu vencia, pois era veterano

_________86_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Era eu quando com uma estava A tocar outra imaginava Que o perfume enganava E no suor doce me embriagava Me surpreendeste com o Tantra Fiquei boquiaberto com tamanho conhecimento Fizeste de mim cobaia de teus experimentos E sobre mim caiu o véu de tua fama de santa Nada era proibido entre nós Sabíamos p que fazer no exacto momento Como quem do outro lê o pensamento Tudo era diferente, e eram só os preparatórios Então começou o acto Sem pressa nem tampouco curiosidade Chegou o momento em que completa te entregarias Era quente, molhado e apertado, qual encanto Levámos o tempo necessário Pusemos o Kamasutra em prática Mas fazíamos tudo ao contrário Pois assim era diferente e na medida perfeita Fiz-te minha escrava, minha ninfa E quando chegavam os oito miraculosos segundos A dona do meu corpo apareceu Desmoronou sobre nós o céu… Era eu quando com uma estava A tocar outra imaginava Que o perfume enganava E no suor doce me embriagava _________87_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Quem Te Ama!? " Você é a dor do meu Amor O Amor que se transformou Neste ódio Que em mim tudo dominou Te esquecer não dá Te perder seria loucura Por isso te amo como Nunca alguém amou … Como ninguém sonhou Eu juro te amar até à Morte Te amarei enquanto viver Contudo, diz-me amor: Como eu, quem mais te ama?

_________88_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Beijo Imaginário " Na ausência do teu humano calor Busco o que um dia tive de ti com fulgor Aquele teu toque aconchegante Que fez daquele momento o mais marcante Tua língua me envolvia todo Teu braço me apertava até ao espírito Depois, como raio, senti tua outra mão em outro sítio Senti-me em outros ares, como que possuído Depois sem roupas nos vi Em outro Mundo já estávamos, envolvidos Eu a realizar tuas fantasias e tu teus sonhos E eu sem medo como escravo te servi O êxtase era nada, o orgasmo também Fazíamos amor enquanto não respirávamos Naquele momento tudo nos ensinávamos E hoje o fogo só as memórias mantém Fico um pico, perante privado cenário Te tive inteira, mas tapei o sol com a peneira Quando despertei e os olhos abri sem maneiras E senti o poder do teu beijo imaginário

_________89_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Penso E Sinto P'ra Não Falar " Sinto e penso (calado) Já que penso no que sinto Falo do que penso (do esperado) E pensando já não existo Às vezes sinto mas não penso Penso e nem sequer sinto P'ra meus pensamentos eu minto E mentindo não sinto (até o meu senso) Por vezes apetece-me exprimir o que sinto E na impossibilidade de sentir o que penso Fico pela metade do que medito E falo calado do que sinto (e não explico) Sinto para pensar Penso para me calar Sinto para já não pensar E por isso no silêncio me calo

_________90_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Talvez Um Dia Canses De Dizer NÃO! " Sempre te dei meu Amor Em estado puro Mas você é como diamante duro Que esmaga meu ardor Sei que me amas, sabes que sim O coração te entreguei e ainda assim fugiste de mim Disseste ser pouco e então te dei minha Vida Mesmo assim não ficaste derretida Querias mais, mas mais eu não poderia dar Pois não teria com que ficar Então desisti sem rendição O tempo passa, mas meu querer e Amor não mudam O tempo e as memórias de mim cuidam Por isso vou insistir até que te canses de dizer NÃO

_________91_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Nunca " Nunca digas que não te amei Nunca penses que por ti não esperei Sempre te vou querer Sempre por ti vou viver Jamais te esquecerei Jamais do meu coração te tirarei Jamais voltarei a te ver Jamais porque por ti deixei de viver Sempre acreditei Sempre por meus sonhos lutei Nunca me substituirás Nunca outro Amor terás

_________92_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Se Meu Amor (Por Ti) Acabasse… " Se meu Amor acabasse Eu seria vazio, um nada Eu seria vadio ou vagabundo Eu deixaria de viver Se meu Amor acabasse Tudo perderia o valor que tem O nada seria minha maior pertença A Vida não teria sentido sem Ele Se meu Amor acabasse A morte eu desejaria Pois vivo de nada valeria Se meu Amor acabasse Tudo seria sonho, uma existência nula E assim viveria, sendo um nada

_________93_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Amor… " Amo sem medo de críticas Amo sem coragem de mentir Amo-te por mim Amo-te por ti e pela Vida Amo-te porque sinto-te em mim Amo-te porque te vejo em meu jeito Rasgando meu peito e abraçando Minh'alma quebrantada Te amo sem me enganar Te amo sem cessar Te amo p'ra casar Amo-te porque necessito, necessito por te ver, te sentir Amo-te pelo Amor que pela Vida e por ti tenho Mas amo-te mais ainda por fazeres parte de mim e minha Vida

_________94_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Nada É Impossível " Nada é impossível Mas sim matemática e logicamente inadmissível O mais importante é em nós mesmos confiar E com paciência saber esperar O que aconteceu esteva p'ra acontecer E o que não aconteceu nunca esteve p'ra acontecer Pois a probabilidade e a possibilidade De um acontecimento dependem de nossa vontade O impossível só existe em nossos pensamentos Pensar que algo é impossível é sinal de fraqueza O que pensamos ser impossível só obstrui nossos sentimentos É mais impossível e inadmissível Pensar o que aconteceu e o que não aconteceu são obras do acaso Pois a probabilidade de ter teu Amor é mais possível

_________95_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Olhares " Os olhares alcançam Mais do que podem Ultrapassam a carne E penetram na alma Há olhares que denunciam sentimentos Uns dizem nada ou tudo Dão Vida e cor ao Mundo E deixam o homem ir mais além Os olhares desnudam o ser Invadem o eu Penetram no querer, no desejo E tornam-se o elo com o Mundo O olhar é a primeira carícia Que os apaixonados tímidos Se permitem… O olhar é a janela p'ro Universo

_________96_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" Lisonjeio " Teus olhos cor de âmbar Fazem meus pensamentos abrandar Tua pele macia e cheirosa Faz uma abstinência e me apressa Tua beleza é capaz De me tornar capataz De você me fazer carecer E minha mente perecer Sua formosura é esplêndida Que me parece ser desusada Tuas tranças parecem flor Que te dão aparência de destemor Por mim és adorada e amada Por mim és lisonjeada Por mim és desejada Por mim serás sempre apreciada e venerada (…)

_________97_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

" O Lado Vil Do 14 De Fevereiro " (Advirto de antemão que não assumo nem confirmo os factos aqui descritos, apenas transcrevi alguns conhecimentos impíricos, para mostrar que o Dia dos Namorados não é apenas feito de lingerie, peluches, bombons, chocolates e champanhe, presentes caros e fixes, sexo furtivo, também é "tudo isso aí"; se quiserem culpar alguém que culpem o meu EU POÉTICO ou a própria Vida, NÃO ASSUMO NADA DISSO!) Melhor momento p'ra compra do presente: hora de ponta Pois antes dela você ainda não decidiu o que comprar Você sabe do que ela gosta mas não sabe como a agradar E se for jantar fora coitado de quem assume a conta Alguns os telemóveis desligam Outros com seus parceiros brigam P'ra no dia D não oferecer e apenas receber E muitos exigem o que querem mesmo sem merecer Desde flores, champagne, peluches Bombons, pedido de mão, mais sexo e alguns fetiches A peixe, chandula, casas, carros ou núpcias sem casamento São alguns brindes que abrem portas e pernas e dão tormento Uns juram e prometem fundos e mundos Mesmo que a alma vendessem à pena não valeria Sacrifícios são necessários mas queimam muitas calorias E mais magras do que muitas relações estão (são) só sobrevivem os sortudos Não esqueçamos que existe também o triângulo, ou quadrado, amoroso E brigar com uma p'ra com outra estar é menos dispendioso _________98_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Menos um coração p'ra alegrar ou magoar ou dar tento Pois não se fica em dois espaços ao mesmo tempo Neste dia alguns se unem outros se separam E até hoje, com certeza, muitas histórias por esse dia acabaram Muitas mulheres, as solteiras, dão o SIM por medo da solidão Ou com a intenção de receber presentes, ter alguém especial no coração Existem casais que apenas celebram o namoro em tal dia Que também deveria ser chamado de dia das coloridas mentiras Muitas verdades são descobertas, vidas de sátiras Complexas, sem entendimento, qual fantasias Há quem só pode oferecer ou antes ou depois Ou por que é a namorada ou amante Uma safa, um caso passageiro ou uma ficante Ficam com os restos, as sobras e o calor nos seus lençóis Querendo ou não devem se contentar Nada podem exigir, é só já aguentar Marido ou mulher de outro(a) é de outro(a) E cabrito de dois donos morre mesmo na corda Hoje que seja celebrado o Amor E não alguma ou várias trocas de favor Amem, mas amem quem vos ama de verdade Mas garanto que o dia de 14 é também de falsidade Eu já ficarei por cá, talvez dê um SIM a quem me corteja Ou volte àquele Amor antigo Mas sei que de alguma forma não estarei mesmo estando sozinho E espero receber um presente de forro bonito que ninguém mais queira

_________99_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Ă–stertag ___________

_________100_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Östertag ___________

Microbiografia

Hisoka Östertag, nascido a 3 de Maio de 1987, natural de Luanda, Angola. Amante da Literatura desde que se “conhece como gente”. Estudante de Língua Inglesa e formando em diversas áreas da vida. Membro de vários grupos literários no Facebook, com destaque o Movimento Berço Literário, onde é Coordenador Administrativo, faz das Artes Literárias seu maior percurso para atingir a imortalidade com que tanto sonha.

_________101_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Ă–stertag ___________

_________102_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Ă–stertag ___________

_________103_________


____________Gestos Abrasivos, Hisoka Ă–stertag ___________

_________104_________

GESTOS ABRASIVOS  

Poesia Angolana. Literatura Africana. Livro de poemas universais, onde as coisas dos coração, como amor, desamor, partida, chegada, nutrem o...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you