Page 1

C/ 0400

SEGUNDA-FEIRA | 09.JULHO.2018 | N.º 654 Ano V | 4.ª Série www. issuu.com/osetubalense

Preço € 0,50 | Director João Abreu

 ARQUIVO 

Desporto

PÁG. 12

Vitória apresenta-se hoje à noite na Praça de Bocage

Abertura

C/018

PÁG. 04

Festas em homenagem à Nossa Senhora da Arrábida começam amanhã

PÁG. 03

Números do Ministério da Educação revelam decréscimo de insucesso escolar no concelho Cultura

PÁG. 09

Festival Internacional de Teatro de Setúbal regressa em Agosto


02

BLOCO CLÍNICO/ÚTEIS

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

Farmácia Marques

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS

DIRECÇÃO TÉCNICA Dr. Valter Manuel C. Gomes De Segunda a Sexta das 9h às 19h Sábado das 9h às 13h R ua A rronche s J un qu eiro, 109 Te l . 26 5 5 2 2 7 8 3 • Setú bal C/1595

DRA. MARIA FILOMENA LOPES PERDIGÃO DR. ALFREDO PERDIGÃO

Farmácia Portugal DIRECTOR TÉCNICO Fernando Gamito Rodrigues Av. J ai me Cort e são, 77-B Te l . 26 5 5 3 9 0 6 0 • Setú bal Horário: 09h00 - 13h00; 14h00 - 20h00 Sábado: 09h00 - 13h00 C/1354

Dra. Teresa Bertolo Dra. Nélia Alegria

Horário 2ª a 6ª-feira: 08.00/12.30 - 14/18.00h Sábado: 09.00/12.00h Rua Jorge de Sousa, 8 | 2900-428 Setúbal www.precilab.pt | tel. 265 529 400/1 telm.: 910 959 933 | Fax: 265 529 408

C/261

C/259

Dra. Anabela Nabais

Medicina Geral e Familia

Neurocirurgia

Medisete - Centro Médico, Lda. Setúbal - Telf: 265 239 390

Medisete - Centro Médico, Lda. Setúbal - Telf: 265 239 390

C/1821

C/1821

Farmácias de Serviço

Dra. Maria José Leitão Psicologia | Hipnoterapia Medisete - Centro Médico, Lda. Setúbal - Telf: 265 239 390

Dra. Estefânia Campos Tratamentos de Incontinência Urinária e Fecal Medisete - Centro Médico, Lda. Setúbal - Telf: 265 239 390

C/1821

C/1821

Hora

FARMÁCIA NOVA R. Dr. António Manuel Gamito, 25 A 265 522 052

32º 16º

Céu pouco nublado Amanhã

AMANHÃ

01:43 07:49 14:07 20:14

FARMÁCIA AVENIDA Avenida Av. Prof. Bento de Jesus Caraça , 148 265 522 709

Altura (m)

3.01 0.94 3.12 0.94

Preia-mar Baixa-mar Preia-mar Baixa-mar

AMANHÃ Hora

FARMÁCIA ARANGUEZ Av. Bento Gonçalves, 25 C 265 523 330

8 • 30 • 33 • 38 • 48 + 2 • 10

HOJE

Hoje

HOJE FARMÁCIA SÁLIA Praça do Bocage, 98-9 265 547 890

EUROMILHÕES

Marés

Tempo

27º 17º

Céu pouco nublado

02:28 08:31 14:48 20:57

3.04 0.89 3.19 0.87

Preia-mar Baixa-mar Preia-mar Baixa-mar

Touro 21/4 a 21/5 Conselho Do Dia: Sinta a energia do Universo a fluir na sua vida. Amor: Dia positivo, em que tudo estará a seu favor. Aproveite para namorar bastante. Trabalho: Terá óptimas notícias. Dinheiro: Poderá ganhar um bónus. Saúde: Dores nos joelhos. Gémeos 21/5 a 20/6 Conselho Do Dia: Seja mais confiante nas suas escolhas. Amor: O seu coração pede algo, mas a sua cabeça não deixa que se mantenha fiel aos seus desejos. Decida-se. Trabalho: Terá que se dividir entre vários projectos. Assente as ideias. Dinheiro: Ganhos vindos de várias áreas. Saúde: Especial atenção aos órgãos duplos. Caranguejo 21/6 a 22/7 Conselho Do Dia: Confie no Universo e Ouça-o mais vezes.

Leão 23/7 a 22/8

Balança 23/9 a 22/10

Capricórnio 22/12 a 19/1

Conselho Do Dia: Seja consciente dos seus actos. Amor: Poderá perder facilmente a paciência perante a sua carametade. Não diga o que não sente. Trabalho: Terá dificuldade em desenvolver um projecto. Hoje não será um bom dia para dar continuidade. Dinheiro: Gastos desmedidos. Saúde: Sujeito a estados depressivos.

Conselho Do Dia: Não desespere perante a contrariedade. Amor: Estará conflituoso e poderá dizer o que não sente à sua carametade. Cuidado, para não ser injusto. Trabalho: Uma situação poderá chegar ao fim. Abra os seus caminhos a novas aventuras. Dinheiro: Gastos inesperados. Saúde: Convalescenças difíceis.

Conselho Do Dia: Abrace quem o rodeia. Há quem precise da sua energia. Amor: Aproveite o dia para passear e fazer actividades a dois. Trabalho: Conte com ajudas de colegas para desenvolver um projecto. Dinheiro: Faça doações. Saúde: Especial cuidado com queimaduras.

Conselho Do Dia: O tempo é o seu melhor amigo. Amor: Dia calmo. Não espere desenvolvimentos, mas está protegido. Trabalho: Conseguirá fazer o seu trabalho com segurança e sem problemas. Dinheiro: Estável. Saúde: Beba mais água.

Virgem 23/8 a 22/9

Sagitário 22/11 a 21/12

Conselho Do Dia: Não espere, nem pense muito. Agarre a vida ao máximo. Amor: Um pequeno problema poderá deixá-lo instável, mas facilmente conseguirá virar o jogo a seu favor. Trabalho: Terá um convite inesperado. Aceite-o. Dinheiro: Oscilações. Saúde: Estabilize as suas energias.

7 • 15 • 20 • 29 • 49 + 4 Esta informação não dispensa a consulta dos resultados na página oficial dos Jogos Santa Casa da Misericórdia

Centro de Saúde S. Sebastião Urb. Vale do Cobro, Av. das Descobertas - Tel. 265 708 000

Aconselhamentos e Cursos de Tarot presenciais, em Setúbal e Quinta do Conde, por telefone e online para Todo o Mundo • Contacto: 961 093 788 • Email: tarot.online2011@gmail.com - www.tarologamargaridafernandes.com • www.facebook.com/TCEMF

Conselho Do Dia: Apresse-se. A felicidade não espera por si. Amor: Corra atrás do seu amor. Não o deixe fugir. Conseguirá o que deseja. Trabalho: Os projectos terão evolução rápida. Dinheiro: Entradas. Saúde: Dores na zona lombar.

XWF 33071

Telefones Úteis

Taróloga - Margarida Fernandes

Amor: Deve repensar sobre o que o levou a ter determinada atitude com a pessoa amada. Está certo dos seus sentimentos? Trabalho: Poderão colocar em causa as suas decisões. Pedirão explicações, mas conseguirá responder de forma firme e ciente. Dinheiro: Não gaste de forma impensada. Saúde: Peça um diagnóstico ao seu médico.

M1LHÃO

TOTOLOTO

Altura (m)

Horóscopo | 09 de Julho

Carneiro 21/3 a 20/4

Anuncie aqui Contacto: 265 094 354

Escorpião 23/10 a 21/11

Conselho Do Dia: Se sente, diga! Amor: Entregue os seus sentimentos à pessoa amada. Conseguirá ser muito feliz e ver uma relação desenvolver-se. Trabalho: Ninguém conseguirá pará-lo. Não terá mãos a medir e os seus projectos serão bem sucedidos. Dinheiro: Prosperidade. Saúde: Dores de garganta.

Aquário 20/1 a 18/2 Conselho Do Dia: Seja correcto com os outros. Amor: A sua vida sentimental pede-se lealdade. Poderá manter-se frio perante questões relacionadas ao amor. Trabalho: Poderá firmar um acordo. Finalmente obterá a definição de uma situação, que há muito aguarda. Dinheiro: Seja mais regrado nos gastos. Saúde: Oscilação de peso.

Peixes 19/2 a 20/3 Conselho Do Dia: Mostre-se mais ao Mundo. Amor: Sentir-se-á confortável no seu espaço. Não deixará que o invadam. Trabalho: Dia de concretizações. Um projecto pode ser finalizado e ter sucesso. Dinheiro: Ganhos. Saúde: Cuide de si.

Centro de Saúde Bonfim Praça do Brasil, 14, 1º Tel. 265 536 570 Ext. de Saúde do Sado Rua Manuel Francisco Novo, Santo Ovídio - Tel. 265 790 460 Ext. de Saúde Bairro Santos Nicolau Rua Prof. Augusto Gomes , 25 Tel. 265 545 200 Ext de Saúde S. Sebastião Urb. Vale do Cobro, Av. das Descobertas Tel. 265 708 000 Ext. de Saúde S. Filipe Rua Batalha do Viso, 46 Tel. 265 572 572 Ext. de Saúde Azeitão Rua Artur Horta, 18 Tel. 212 199 500 Extensão de Saúde Praça da República Praça da República Tel. 265 544 320 Centro Diagnóstico Pneumológico Urb. Vale do Cobro, Av. das Descobertas Tel. 265 708 000 Serviço de Saúde Pública Rua Luís Gonzaga Nascimento, 2, R/C Dto - Tel. 265 544 129/7 Hospital de São Bernardo R. Camilo Castelo Branco Tel. 265 549 000 Hospital Ortopédicodo Outão Tel. 265 543 900 Hospital da Luz - Setúbal (Hospor) EN 10 Km 37 Tel. 265 509 200

Câmara Municipal de Setúbal 265 541 500 Capitania Porto de Setúbal 265 548 270 CP de Setúbal 265 526 845 GNR de Setúbal 265 242 500 Cruz Vermelha Portuguesa 265 522 578 Intoxicações 808 250 143 Piquete Águas do Sado 265 549 300 Piquete EDP 800 506 506 Polícia de Segurança Pública 265 522 022 Polícia Marítima 265 105 123 Protecção Civil de Setúbal 800 212 216 Protecção à Floresta 177 Táxis 913 201 015 | 935 910 222 | 962 012 727 TST Setúbal 265 009 721 LINHA DE EMERGÊNCIA Bomb. Sapadores de Setúbal 265 522 122 Bombeiros Voluntários 265 523 523 Protecção Civil 265 523 223 Cruz Vermelha Portuguesa 918 500 112

Título registado na ERC sob o n.º 107552; Propriedade: Carlos Bordallo -Pinheiro; Director: João Abreu; N.º Registo Legal 8/84; Jornalistas: (Cf. n.º 3 do art.º 14.º do Dec.-Lei n.º 56/2001 de 19/2); Redacção: Tel: 265 092 633; redaccao@ osetubalense.com; Editor - Humberto Lameiras - C.P.J. 2321 A - humberto.lameiras@osetubalense.com, Ana Martins Ventura - C.P.J. nº 7230 A - ana.ventura@osetubalense.com; Inês Antunes Malta - C.P.J. nº 7226 A - ines.malta@osetubalense. com; Miguel Nunes Azevedo - T.P. nº 2608 - miguel.azevedo@osetubalense.com; Colaboradores: Fátima Brinca - C.P.J. n.º 2574 - fatima.brinca@osetubalense.com; Rogério Matos - C.P.J. n.º 9929 - rogerio.matos@osetubalense.com; Departamento Comercial: Tel: 265 092 725; Mauro Sérgio - mauro.sergio@osetubalense.com; Célia Felix - celia.felix@osetubalense.com; Paulo Maldonado - paulo.maldonado@setupress.pt; Filipe Tavares - filipe.tavares@osetubalense.com; Departamento Administrativo: Tel: 265 094 354 • geral@osetubalense.com; Dulce Lança - dulce.lanca@osetubalense.com; Branca Belchior - branca.belchior@osetubalense.com; Fotografia: André Areias; Mário Prata; Logística: Luís Kaiseler; Cessionário e Editor: Setupress - Soc. Editora, Lda. - Pessoa Colectiva com o n.º 510 965 423 com domicílio na Travessa Gaspar Agostinho n.º 1 - 1º Andar - 2900-389 Setúbal; Gerentes: Carlos Bordallo-Pinheiro; Maria Luisa Bordallo-Pinheiro; Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro; Sócios com mais de 5 % do capital social: Bordalo Pinheiro Holding, Lda., Carlos Dinis BordalloPinheiro e Rafael Bordallo-Pinheiro; Tiragem: 5000 ex.; Paginação: Tel: 265 098 405; Sónia Bordallo-Pinheiro; Marisa Batista; Maria João Besugo - paginacao@osetubalense.com; Impressão: Tipografia Rápida de Setúbal, Lda - Travessa Jorge D'Aquino, 7 - 2900-427 Setúbal - geral@tipografiarapida.pt

O Setubalense publica os trabalhos dos seus jornalistas e colaboradores de acordo com a ortografia por eles escolhida.


ABERTURA

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

03

Chumbos e abandono escolar diminuem em Setúbal Educação As crianças e jovens estudantes setubalenses chumbaram menos durante o ano lectivo de 2015/2016 face ao anterior em todo o concelho. Segundo os dados mais recentes do Ministério da Educação, Setúbal regista assim resultados de sucesso, com a taxa de reprovações e o insucesso escolar a diminuir na sua generalidade.  DR 

Sala de Aula do Futuro causa queda de chumbos na D. Manuel Martins

POR ROGÉRIO MATOS

A

s crianças e jovens estudantes setubalenses chumbaram menos durante o ano letivo de 2015/2016 face ao anterior em todo o concelho de Setúbal. Na plataforma infoescolas, do

Ministério da Educação, que apresenta dados de sucesso escolar entre os anos lectivos 2012/13 e 2015/16, pode-se observar que a taxa de reprovações diminuiu na generalidade entre o segundo e 12º anos de escolaridade no espaço do último ano de análise.

Numa análise mais detalhada, foi no oitavo ano onde se verificou a maior queda na percentagem de chumbos e abandono escolar. Dos 14 para os nove por cento, entre 2014/15 e 2015/16. Esta foi mesmo a taxa mais baixa nos últimos cinco anos e parte do resultado deve-se ao con-

Chumbo no nono ano na D. João II caiu para metade “Estes resultados só mostram que as escolas públicas estão a fazer um bom trabalho com um bom corpo docente empenhado no trabalho com os alunos”. É assim que Ramiro Sousa, diretor da Escola Secundária D. João II reage aos dados do Ministério da Educação. O estabelecimento escolar no Bairro da Camarinha registou uma diminuição do insucesso escolar em todos os anos

de escolaridade, à exceção do sétimo e 12º ano. O nono ano foi mesmo o que mais desceu, dos 41% em 2014/2015 para os 20% em 2015/2016. “Fazemos o trabalho durante anos e progressivamente os resultados melhoram”, mas, de acordo com o diretor, não se pode baixar os braços, principalmente em casa. “Insistimos para que os pais se envolvam a partir de casa, no percurso escolar do

aluno e vemos que isso apresenta mais valias para o futuro do mesmo”, analisa Ramiro Sousa, que assume ainda que “todas as escolas do concelho têm um corpo docente que é dos mais bem preparados para dar resposta aos desafios. Mesmo com as recentes manifestações de desagrado relativamente ao descongelamento de carreiras, não baixam os braços perante os alunos”.

tributo futurista providenciado pela Escola Secundária Dom Manuel Martins. No mesmo registo de queda estão os segundo, terceiro, quinto, nono, décimo, 11º e 12º em todas as escolas do concelho. O sexto ano manteve a mesma percentagem e os restantes registaram um aumento, sendo que o maior aumento deu-se no sétimo ano, dos 17 para os 19 por cento. A escola onde se sentiu mais este fenómeno foi na Escola Secundária Lima de Freitas, que dos 17 passou para os 28 por cento em termos de alunos retidos no sétimo ano. Por outro lado, na Escola Secundária do Bocage, apenas um por cento dos alunos chumbou neste ano e na Escola da Aranguez, a taxa diminuiu dos 32 para os 26 por cento. Os mesmos dados mostram que o insucesso escolar em Setúbal, em grande parte dos anos de escolaridade, é superior à mé-

A Sala de Aula do Futuro, primeira do país, instalada na Escola Secundária Dom Manuel Martins desde 2014, já está a colher os frutos. As taxas de retenção dos oitavos e nonos anos, os que mais utilizam a sala, caiu dos 28 para os onze por cento e dos 20 para os seis por cento, respetivamente. Estes resultados colocam mesmo a média de chumbos do nono ano abaixo da média nacional (nove por cento). Carlos Cunha, docente responsável pela instalação deste equipamento denominado oficialmente como ambiente inovador de aprendizagem, responsabiliza não só a sala mas também os docentes que “dela tiraram conhecimento para aplicar nas salas de aula tradicionais”. O docente conclui assim que “a sala de aula do futuro foi uma boa aposta para a escola”. No que diz respeito aos restantes anos de escolaridade na Escola Secundária Dom Manuel Martins, registaram-se quedas nas percentagens de chumbos no décimo e 11º ano e aumentos nos sétimo e 12º ano.

dia nacional. A título de exemplo, no 12º ano, no ano letivo de 2015/16, a média de reprovações nas nove escolas do concelho era de 39 por cento, enquanto a média nacional se colocou no 30. Na plataforma electrónica da infoescolas pode-se ainda analisar que a esmagadora maioria dos jovens que entram no décimo ano escolhem o agrupamento Ciências e Tecnologias (51 por cento) seguido de Línguas e Humanidades (27 por cento), Ciências Económicas (11 por cento) e por último, Artes Visuais (dez por cento).


04

CIDADE

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

3 Reparos Reparámos que que na Avenida São Francisco Xavier, junto ao supermercado Mini-Preço, no Bairro do Viso, se encontra uma viatura abandonada, com seguro e inspeção caducados, há já algum tempo.

Setúbal mantém tradição com Novo Círio da Arrábida

 ARQUIVO 

Reparámos que na cave do edifício da Rua Tenente Aviador Carlos Alves, na zona do Bairro do Liceu, encontra-se a funcionar uma oficina, com ocupação de muito espaço no logradouro traseiro, que está a provocar prejuízos e a causar incómodo aos vizinhos e moradores da zona.

Reparámos que na Avenida Mestre Lima de Freitas finalmente começaram as obras para tapar a vala a céu aberto que se encontrava no local. É esperado que nasça, naquele local, um passeio depois destas obras, para que as pessoas lá possam circular em segurança. Para fazer reparos, pode contactar O Setubalense através do telefone 265 092 633 ou enviar para o email: redaccao@ osetubalense.com

Rectificação Na edição da última sexta-feira do jornal O Setubalense, o artigo de opinião “Uma nova Lei de Bases da Saúde para todos, mas com todos”, que saiu na página 14, é da autoria de Eugénio Fonseca, e não de Mário Moura como, por lapso, foi publicado.

U

m cortejo marítimo de barcos engalanados de regresso a Setúbal representa o ponto alto do programa das Festas do Novo Círio de Nossa Senhora da Arrábida, tradição popular da comunidade piscatória setubalense que começa amanhã e decorre até dia 15, domingo. O programa, organizado por uma comissão de festa com a União das Freguesias de Setúbal, com diversos apoios, incluindo a Câmara Municipal, recuperou nos últimos anos os círios marítimos de barcos de pesca engalanados que marca-

vam as festividades que começam já amanhã. O círio marítimo, um dos momentos altos do programa das festas, está agendado para o dia 14, com saída às 13h30 da Doca dos Pescadores para a Praia do Creiro. As festas incluem um tríduo em honra de Nossa Senhora da Arrábida, dias 10, 11 e 12, às 18h30, com missa seguida de recitação de Ofício de Vésperas na Igreja da Anunciada. No dia 13, igualmente na igreja, há nova missa, de sufrágio, às 18h30, a que se segue, às 21h00, uma procissão de velas, com saída da Ca-

pela do Carmo. O círio marítimo em honra de Nossa Senhora da Arrábida decorre no dia 14, após concentração, às 13h30, na Igreja de Nossa Senhora da Anunciada, e procissão em direcção à Doca dos Pescadores, de onde as embarcações partem. O desfile fluvial tem passagens pelo Nicho de Nossa Senhora do Cais e pelo Hospital do Outão. Após a chegada à Praia do Creiro, há cortejo automóvel para o Convento da Arrábida, lanche comunitário e quermesse. Em Setúbal, no último dia, domingo, 15 de julho, pelas 08h30,

os festeiros que entretanto regressaram à cidade e outros concentram-se junto do Largo da Palmeira, na Fonte Nova, para transporte em autocarro para o Convento da Arrábida. Uma hora depois, realizam uma romagem ao Senhor dos Aflitos, depois da qual se celebra uma missa, às 11h30, seguida de procissão e almoço-convívio. O regresso a Setúbal, em cortejo automóvel, está agendado para as 15h30 de domingo, com partida do Convento da Arrábida. I.A.M.


SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

05

P/2847

PUBLICIDADE


06

SOCIEDADE

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

 FOTOS: CMS 

Ateliers animam tempos livres dos mais novos… e também dos mais velhos Actividades Crianças, jovens e população sénior do concelho participam em perto de meia centena de oficinas lúdicas e pedagógicas promovidas nos Ateliers de Verão 2018, iniciativa da Câmara Municipal de Setúbal, a decorrer até ao dia 3 de Agosto.

A

vigésima segunda edição dos Ateliers de Verão volta a proporcionar, em tempo de férias, a ocupação dos tempos livres de forma activa, com grande diversidade de propostas gratuitas destinadas a crianças e jovens, entre os 6 e os 18 anos, e também aos munícipes com mais de 65 anos, em diversos períodos, horários e locais. A iniciativa, que promove a

ocupação das férias lectivas, aliando momentos de aprendizagem, diversão e troca de conhecimentos entre gerações, proporciona actividades para a população sénior, como informática, artes plásticas, moda, teatro e jogos, enquanto os mais novos podem optar por perto de quarenta actividades diferentes. As actividades ao ar livre, como paddle, canoagem, windsurf, vela e remo, mas também as danças,

artes plásticas, moda e culinária, são alguns dos ateliers mais procurados por crianças e jovens que procuram viver novas experiências durante as suas férias lectivas. Os Ateliers de Verão 2018, com oficinas disponibilizadas até 3 de Agosto, incluem actividades de ocupação das férias lectivas em vários locais da cidade, organizadas pela Câmara Municipal com diversas parcerias, que aliam

momentos de aprendizagem, de diversão e de troca de conhecimentos entre gerações. Os participantes podem escolher até seis ateliers, por ordem de preferência, e devem indicá-los na ficha de inscrição, disponível na página de internet da autarquia, que deve ser entregue pessoalmente na Divisão de Inclusão Social da autarquia, na Rua Amílcar Cabral, nº6, devidamente preenchida. O critério de selecção para

estes ateliers de verão, com capacidade para envolver cerca de 800 pessoas, é a ordem de inscrição, sendo que cada participante pode ficar seleccionado para um máximo de três actividades. No ano passado, o projeto envolveu a participação de perto de cinco centenas de pessoas participaram em 54 oficinas lúdicas e pedagógicas para ocupação de tempos livres de crianças e jovens e, também, de idosos.

Opinião

Política

A Intervenção Social, um contínuo desafio

P

ortugal percorreu um longo caminho nas últimas décadas, apesar de avanços e recuos, delineando uma trajetória de desenvolvimento que transformou a face de um país não apenas do ponto de vista económico, mas também social. As políticas sociais são uma evidência e um dos instrumentos dessa positiva mudança. No campo social, a cobertura universal de um sistema público de pensões e todas as medidas relacionadas com a proteção no desemprego, na doença, na invalidez, bem como, o sistema público de saúde e educação, muito têm contribuído para um

bem-estar comum. A Ação Social, sendo uma área de intervenção que tem por objetivo promover o bemestar dos mais desfavorecidos, como forma de promover uma maior elevação e coesão social em prol de uma sociedade alicerçada nos valores da dignidade, justiça, solidariedade e igualdade, constitui um dos maiores desafios dos nossos dias. A sua atualidade no nosso país é relevante e tem sido alvo de merecidas reflexões políticas, nomeadamente, ao nível da hipótese da transferência desta competência do Estado para os Municípios. Apesar da riqueza

do tema, não será este o espaço para tão complexa reflexão. É sim, e sempre, o momento para recordar quem trabalha nesta área do social, todas aquelas e todos aqueles que construíram e que renovam esta rede em constante crescimento e parceria, bem como, o seu imenso saber que nos conduziu ao ponto em que nos encontramos. Neste contexto, é ainda de relembrar o caminho percorrido para dai retirar a devida aprendizagem e os relevantes ensinamentos, com o objetivo de não nos centrarmos apenas no imediato e deixar para traz as trajetórias de longo prazo e

das profundas transformações estruturais que fomos vivendo. Nestas circunstâncias, parece fazer sentido a prossecução de políticas inclusivas no nosso sistema de proteção social, a contínua procura do investimento na promoção de (novas) dinâmicas entre os diversos parceiros sociais e a (re)contrução de uma resposta social integrada para as necessidades dos cidadãos. A vida de quem procura ajuda não é seguramente fácil e este é um aspeto fulcral e que deverá estar sempre presente em qualquer decisão no âmbito da intervenção social. Caberá, assim, a todos

Isabel Conde PSD Setúbal os intervenientes sociais a responsabilidade de aperfeiçoar a intervenção, desenvolver metodologias e melhorar instrumentos de trabalho, tendo como meta conseguir que cada família, que cada cidadão, possa encontrar soluções e dinâmicas de forma a, cada vez mais, integrar-se socialmente.


AZEITÃO

07

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

Festas da Arrábida e de Azeitão juntam centenas no Rossio de Vila Nogueira Tradição De quinta-feira a domingo, Azeitão recebeu as Festas da Arrábida e de Azeitão. Entre música, muita animação e o Círio, a tradição vingou mais uma vez na vila azeitonense, que se encheu de conterrâneos e não só para fazer a festa. A transmissão do programa da RTP “Aqui Portugal” foi um dos pontos altos do certame.  DR 

 FOTOS: IAM 

POR INÊS ANTUNES MALTA

A

s Festas da Arrábida e de Azeitão animaram a vila azeitonense durante os últimos dias. Entre música, artesanato e muita animação, a tradição levou a melhor e mais uma vez reuniu centenas de pessoas no Rossio de Vila Nogueira de Azeitão. Na tarde de sábado, houve transmissão em directo do programa da RTP “Aqui Portugal” a partir do Rossio para mostrar o que de melhor existe e se faz em Azeitão. Com apresentação de Joana Teles e Hélder Reis, o programa contou ainda com a presença de Toy, Mónica Sintra, Herman José, Mila Ferreira, Ricardo e Henrique, Ricardo Costa, Irmãos Verdade, o grupo de Cavaquinhos da Universidade Sénior, e do Grupo de Teatro de Manuel da Horta que animou a tarde, Pelas 16h00 de sábado, realizou-se missa, seguida da partida do Cí-

A vila azeitonense viveu, durante os dias da festa, momentos de animação e convívio

Herman José foi um dos participantes na transmissão do programa “Aqui Portugal” da RTP

rio da Nossa Senhora da Arrábida, que regressou ontem à tarde, cumprindo em mais um ano a tradição. No que diz respeito ao cartaz deste ano, Herman José, Alia Clark, Não há 2 sem 3, Solidó Big Band, um tributo aos ABBA, a banda BigUp e o DJ Monchique foram alguns dos nomes que animaram as noites de Azeitão.

O variado cartaz musical do evento juntou miúdos e graúdos à volta do palco

Opinião

Pensar Setúbal

Portugal, a Coreia do Norte e o Mundial de Futebol de 1966

C

om o recente acordo assinado entre Donald Trump e Kim Jong un, espera-se que se proceda à desmilitarização da península coreana e que se dêem passos significativos em direcção à paz, com todas as reservas que a personalidade e as políticas de Trump, mas, sobretudo, as do regime comunista norte-coreano me suscitam. Numa altura em que decorre o Mundial da Rússia, vou contar uma história, decorrida durante o Mundial de 1966 e após essa data. Estávamos em Julho de 1966. Na Inglaterra disputava-se a fase final do Campeonato do Mundo de Futebol. Portugal estava lá pela primeira vez. Antes dessa data, nunca tínhamos chegado a uma fase final. Na fase de grupos, Portugal venceu a Hungria e o Brasil. Nesse Mundial, esteve presente o

nosso grande, lendário e saudoso Jaime Graça, em representação do Vitória Futebol Clube. Seguiu-se a Coreia do Norte. Decorriam 70 segundos de jogo, quando os norte-coreanos se adiantaram no marcador, por intermédio da sua principal vedeta, Park Seung-jin, também conhecido como o “Di Stefano da Ásia”. Aos 22 minutos a Coreia do Norte aumentou para 0-2 e no minuto seguinte, 0-3. Daí para a frente, Portugal encetou uma reviravolta espectacular, passando o resultado para de 0-3 para 5-3, com uma exibição memorável de Jaime Graça e de Eusébio. Portugal viria a conseguir um muito honroso terceiro lugar, perdendo somente com a Inglaterra por 1-2, nas meias finais. Após a reviravolta portuguesa contra a Coreia do Norte, com Kim II Sung no poder, a prestação da

equipa nacional norte-coreana foi muito criticada e toda a equipa foi detida quando regressou ao país. Park Seung-jin foi enviado para o campo de concentração de Yodok, no Nordeste do país, e em 1978, doze anos após o Mundial de 1966, ainda se encontrava no campo, comendo toda a variedade de insectos, sendo conhecido por “barata”. No livro “Os Aquários de Pyongyang”, de Kang Chol-hwan, editado em 2007, que relata os dez anos que este passou no campo de concentração de Yodok, refere que conheceu Park Seung-jin, testemunho esse corroborado por outro prisioneiro que também o conhecia e que conseguiu contar a sua história, já em liberdade. Este tipo de histórias colide com a nossa sensibilidade, com o nosso sentido de humanidade e com o nosso bom-senso. Portanto a primeira reacção é a

de incredulidade. Como é que se prendem pessoas, por causa de um simples jogo de futebol? A mesma incredulidade deve ter ocorrido no passado, quando começaram a surgir os primeiros relatos da barbárie nazi, nomeadamente contra os judeus, precursora do Holocausto. Contudo, lendo estes livros e conhecendo o modus operandi comunista, a lógica perversa associada à omnipresença dos seus líderes, com o estatuto de semi-deuses, o pai, Kim-Il-sung, o filho, Kim Jong II e o neto, Kim Jong un, a brutalidade dos campos, a fome, a miséria, a desumanização, a constante auto-crítica, o rapto de pessoas de outros países, sancionado pelo Estado, o cinismo atroz de uma sociedade hermética, fechada sobre si própria, sem qualquer contacto com o exterior. Na Coreia do Norte, as

Giovanni Licciardello

movimentações de pessoas de um local para outro não se podem fazer livremente, carecendo de autorizações especiais, e onde impera a estagnação económica, a economia paralela e a corrupção endémica. Se dermos especial atenção ao nível de detalhe que Kang Chol-hwan nos apresenta no seu livro, bem como em toda uma bibliografia existente, encontramos toda uma sequência conhecida, não só na Coreia do Norte, mas em todos os países que estiveram, ou ainda estão sob influência comunista. Quanto a Portugal e o Mundial 2018...fica para a próxima.


08

PUBLICIDADE

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

Publireportagem

M.H.A.S. Centro Geriátrico prima pelo bem-estar sénior

L

ocalizado na Avenida do Alentejo, o M.H.A.S Centro Geriátrico constitui um complexo residencial de luxo direcionado ao apoio sénior, tendo como principal premissa o bem-estar biopsicossocial dos seus residentes. Dispondo de condições técnicas e humanas para proporcionar uma prestação de cuidados de excelência, com actividades de apoio social e alojamento para pessoas

idosas, o centro situa-se numa zona de serviços, comércio e lazer. “Somos um complexo de luxo, pelas valências que temos, pela nossa equipa e também pela própria estrutura do edifício, que foi pensada especificamente para esta população sénior e para servir adequadamente as suas necessidades”, começa por explicar Bárbara Silva, directora técnica do centro e gerontóloga social, a O Setuba-

lense. “Temos deste cabeleireiro a espaço de culto, carrinha de passeios, casas de banho integradas nos quartos, várias salas de convívio e espaço administrativo para dar a melhor resposta possível a todos os casos que nos chegam. Tratamos cada caso de forma independente e respeitamos cada um”, adianta, esclarecendo que “no que diz respeito às pessoas mais activas, tentamos envolvê-las ao máximo, para que

tenham um envelhecimento activo e saudável”. Para além disso, há ainda um espaço exterior, um terraço muito amplo, e uma vista privilegiada para a Serra da Arrábida. Quando o utente chega ao centro geriátrico, é feita uma avaliação multidimensional, e depois é realizado um plano de cuidados posto em prática por toda a equipa, composta pela directora técnica, que é também gerontóloga social,

animadora sociocultural, médicos, fisioterapeutas, enfermeiras, psicóloga, encarregada e auxiliares durante 24h00. Os corredores largos, o facilitado acesso e muitos espaços de lazer fazem do espaço, que tem capacidade para 80 utentes, um local “pensado para o bem-estar dos nossos residentes, visto que esta é a segunda casa deles”. Em suma, de forma a promover todos os dias o conforto dos residentes e

visitantes, entre os vários serviços de que a instituição, que conta com uma equipa multidisciplinar, dispõe destaca-se então o alojamento, a alimentação equilibrada, adequada e adaptada às necessidades e preferências de cada utente, cuidados de higiene, lavagem e tratamento de roupa, assistência médica e de enfermagem, apoio social, apoio psicológico e animação sociocultural, fisioterapia, entre outros.

C/0235

CONSULTE O NOSSO SITE VEJA AS NOTÍCIAS DA REGIÃO


CULTURA

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

09

Festival Internacional de Teatro de Setúbal chega em Agosto  DR 

O

Festival Internacional de Teatro de Setúbal – XX Festa do Teatro chega entre os dias 23 de Agosto e 2 de Setembro para mais uma edição. Com espectáculos cénicos de sala e de rua, cinema, concertos, exposições e palestras, a Festa do Teatro realiza-se em vários espaços e equipamentos públicos da cidade. Na edição deste ano, serão mais uma vez apre-

sentados espectáculos de companhias nacionais e estrangeiras. Por cá, o anfitrião Teatro Estúdio Fontenova estreia “Ah! Minha Dinamene!” e “Lugar de Túbal”, uma performance/instalação em construção progressiva que culmina na edição de 2019. Além da secção oficial, é mantida a secção off Mais Festa, em que jovens criadores e novos projetos usufruem da logística e promoção do certame, este ano com

mais espetáculos. Além do anfitrião Teatro Estúdio Fontenova, que nesta edição estreia duas produções e que é responsável pela organização do evento, a par da Câmara Municipal de Setúbal, o certame conta com a participação de companhias portuguesas e estrangeiras, que proporcionarão espectáculos em vários espaços do concelho. Inês Antunes Malta

E

sta sexta-feira, dia 13 de Julho, pelas 18h00, no Museu do Trabalho Michel Giacometti de Setúbal, a Associação Conquistas da Revolução fará a apresentação do livro “Diário da Contra-Revolução”, estando esta a cargo do Coronel José Manuel Baptista Alves, presidente da ACR, António Quintas e Américo Nunes, sindicalistas da CGTP-IN. O volume, assumindo-se como o 1º de uma série que há-de prosseguir, entre outra documentação, contém 17 contributos que abraçam as mais

variadas esferas do período logo após o 25 de Abril, objecto da acção destruidora sobre as grandes transformações políticas, económicas e sociais que se seguiram de imediato à Revolução na sequência do golpe militar do 25 de Novembro de 1975, bem como os resultados de pesquisa no Diário da República sobre as alterações, adulterações e revogações da legislação produzida nos Governos Provisórios, especialmente nos 2º, 3º, 4º e 5º do General Vasco Gonçalves, que a Associação Conquis-

tas da Revolução assume como patrono desde que foi constituída em 2011. A associação tem por objectivo preservar, divulgar e promover o apoio dos cidadãos aos valores e ideais da Revolução, iniciada em 25 de Abril de 1974, cultivando o espírito revolucionário e a consciência social progressista, com a construção de uma democracia política, económica, social e cultural amplamente participada, que a Constituição da República Portuguesa, aprovada em 2 de Abril de 1976, viria a consagrar.

C/0257

“Diário da Contra-Revolução” apresentado no Museu do Trabalho Michel Giacometti


10

PALMELA

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

Feira Agrícola renovada apostou em novos espaços Certame A renovação da Feira apostou em novos espaços e aumentou o sucesso deste ano. Os animais e as máquinas agrícolas foram instalados no espaço do mercado, proporcionando melhores condições para os utentes e visitantes. Apesar da redução de stands do movimento associativo e das adegas, a Feira contou com a participação de uma nova associação e apostou na inovação dos drones.

C

POR FÁTIMA BRINCA

avalos, vacas, bois, ovelhas, cabras e muita maquinaria encheram o espaço do mercado, com notórios benefícios para os animais e para os visitantes. A presidente da União de Freguesias de Poceirão e Marateca, Cecília de Sousa, revelou “ter sido uma boa iniciativa a mudança de local, pois os animais têm melhores condições e estão mais resguardados” e os “visitantes podem percorrer o espaço que tem maior visibilidade”. Também o presidente da Feira,

João Neto, confessou que “tinha este sonho há quatro anos e, finalmente, contámos com a boa vontade da União de Freguesias para separar os animais da parte restante da Feira”. O Parque Mário Bento recebeu os pavilhões institucionais, os stands do movimento associativo, o artesanato e as adegas. Na edição deste ano houve menos adesão das coletividades e das adegas, mas os espaços de restauração apostaram nos petiscos, na sopa caramela e nos leitões. A prata da casa foi a aposta na animação e inovação com os drones a serem o destaque com os

 FOTOS: DR 

A Feira contou com a presença de uma nova associação

Os visitantes foram brindados com arroz do Sado

batismos de voo. O folclore, a dança, as atividades equestres e o cortejo et-

João Neto apostou na mudança

A típica picota recebeu a companhia de uma criativa garrafa

nográfico complementaram o programa deste ano, onde se assinalou o primeiro concurso de

gastronomia, que teve como principal ingrediente o arroz produzido no vale do Sado.

 DR 

Toy está de regresso à Festa das Vindimas

O

cantor setubalense residente no concelho de Palmela, Toy, está de regresso à Festa das Vindimas, sendo um dos cabeças de cartaz do evento que começa dia 30 de Agosto. Para além de Toy, o programa contempla actuações de Maria Leal, Sara Tavares, Azeitonas, Blaya, Tiago Nacarato, The Black Mamba, Bossa & Morna, Cla-

rabóia e Slow J. A noite de Eleição da Rainha das Vindimas, a 29 de Agosto, conta com a participação de Celina da Piedade, que cantará também a Marcha das Vindimas. As candidatas a Rainha das Vindimas podem inscrever-se até ao dia 15 de Julho e têm que ser naturais ou residentes no concelho de Palmela.  DR 

Acidente aparatoso provoca ferimentos na condutora

U

m desastre aparatoso de uma viatura ligeira provocou apenas ligeiras escoriações no pescoço da condutora. A viatura danificou outras três antes do capotamento fi-

cando de rodas para o ar, na Rua Vasco da Gama, artéria de sentido único, no lado sul da vila de Pinhal Novo. Os Bombeiros de Pinhal Novo e a GNR foram chamados ao local, mas a

condutora não conseguiu explicar o que provocou o acidente. O trânsito esteve proibido durante várias horas para limpeza do local e retirada da viatura que capotou.


DESPORTO

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

11

Email: desporto@osetubalense.com

 DR 

‘Placard.pt Bancada’ instalado no Jardim do Monte Belo

CTS recebeu campeonato nacional sub-16  DR 

U

m espaço dinamizado pela digressão ‘Placard. pt Bancada’ chega no dia 10 a Setúbal para transmitir em direto a meia-final do Rússia 2018 entre Bélgica e França. A plataforma de apostas online, fruto de uma iniciativa da ‘SAS Apostas Sociais, Jogos e Apostas Online’, tem percorrido o país com esta ação e Setúbal será a penúltima paragem antes de dia 15, quando será transmitida a final em Faro. Além de ser possível assistir à transmissão do encontro num ecrã instalado para a ocasião, haverá animação a decorrer entre as 10 e as 19 horas, tal como a atuação de cheerleaders, demonstrações de futebol ‘freestyle’ e até um relvado.

Neuza Besugo renova com o Sporting

N

euza Besugo, futebolista setubalense que na época passada se juntou ao plantel do Sporting, renovou o contrato que a liga à equipa de Alvalade e fica assim vinculada aos ‘leões’ até ao final da próxima temporada, com mais um ano de opção. Em declarações ao site do clube, a médio de 19 anos mostrou-se satisfeita por prolongar a ligação e apontou para mais conquistas no futuro. “O tricampeonato é sempre a meta máxima a atingir. Queremos sempre ganhar tudo, seja o campeonato ou taças”, afirmou.  DR 

O

Clube de Ténis de Setúbal organizou, pelo segundo ano consecutivo e em parceria com a Federação Portuguesa de Ténis, mais uma edição do Campeonato Nacional de Equipas Sub-16 nas vertentes masculino e feminino. A prova começou no passado dia 2 e terminou no último sábado, levando aos courts setubalenses um total de dezasseis equipas – onze masculinas e cinco femininas – representadas por 92 atletas. Das cinco equipas masculinas que estiveram no quadro de qualificação no primeiro dia de prova, conseguiram integrar o quadro principal as equipas CT Paço de Lumiar e a Associação Académica de Coimbra. As grandes vencedoras foram as equipas da ET Jaime Caldeira, na vertente masculina, e do CT do Colégio Amor de Deus, na

vertente feminina, que se sagraram campeões nacionais. No jogo da final masculina, a equipa ET Jaime Caldeira venceu CT Paço do Lumiar por 3-2, revalidando assim o título conquistado em 2017. Já na competição feminina, em sistema de ‘round robin’, a equipa CT do Colégio Amor de Deus venceu todos os jogos disputados, totalizando 12 pontos, levando para casa o troféu nacional. Em segundo lugar ficou a equipa da ET Maia, vencedora da edição de 2017, que com um total de 10 pontos sagrou-se vice-campeã. Esta é a segunda competição consecutiva organizada pelo CTS, depois de, no fim-de-semana de 30 de junho e 1 de julho, ter terminado o Setúbal Open, uma competição internacional vencida pelo francês Crepatte Baptiste.

Vitória vence Marginal do Rio Azul POR MIGUEL NUNES AZEVEDO

A

Marginal do Rio Azul fez o seu regresso na passada sexta-feira e terminou com um triunfo coletivo do Vitória. A ‘jogar em casa’, os vitorianos foram a equipa mais bem classificada, beneficiando das boas prestações de Mark Ribeiro (2º), David Fernandes (3º), Hernani Francisco (6º), Florival Bacalhau (8º) ou José Seabra (18º) na geral. Destaque para os resultados de David Fernandes, Hernani Francisco e Florival Bacalhau que, além de uma boa classificação geral, foram os vencedores dos respetivos escalões.

A prova de 10 quilómetros teve partida e chegada no Parque Urbano de Albarquel e começou por volta das 21 horas. Em primeiro lugar ficou Rodrigo Carrilho, da Casa do Benfica das Vendas, que cortou a meta com um tempo de 33m07s. Já a vertente feminina foi vencida por Ana Margarida Correia, da Margil, que terminou com a marca de 42m37s. No evento participaram 278 atletas, muitos dos quais em representação de equipas setubalense tais como os organizadores Lebres do Sado, Vitória, Tãlentos Team, Remo Clube Lusitano, APPACDM, Comércio e Indústria, entre outros.

Especial Futebol de Praia 2018

São Domingos regressa às vitórias

D

epois de duas derrotas nas últimas jornadas, o São Domingos voltou a somar um triunfo nos areais. A equipa sadina esteve no último sábado em Sesimbra para a 4ª jornada do Campeonato Nacional de futebol de praia e venceu o Quarteira por 7-5. Num jogo muito renhido entre setubalenses e algarvios, o triunfo sorriu à formação orientada por Meca Ribeiro, que conseguiu dar a volta depois de ter estado a perder por 3-1. Pedro Queijeira (2), Luís Costa (2), Monteiro, Frazão e Jacks Lima foram os marcadores de serviço e valeram mais três

 DR 

pontos ao grupo, que neste momento ocupa o 7º lugar da Zona Sul, liderada pelo Alfarim. A equipa sadina volta à competição já na próxima semana, medindo forças com o Pescadores da Costa da Caparica, pelas 18h45 de sábado. Quem também se prepara para voltar ao ativo é o Vitória, que procura o primeiro triunfo na Divisão de Elite depois das derrotas frente a Braga e Leixões. A equipa orientada por Nuno Tavares regressa aos areais de Buarcos no sábado, pelas 18h15, para um duelo difícil frente ao Sporting, atual campeão em título.


12

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

 FOTOS: ARQUIVO 

Bonfim recebe jornada inaugural VFC O calendário da I Liga foi conhecido na passada sexta-feira e determinou que o Vitória jogará em casa na primeira jornada. Aves é o adversário no encontro inaugural do campeonato. Bronca no sorteio obrigou a uma repetição. POR MIGUEL NUNES AZEVEDO

J

á é conhecido o calendário da Liga NOS, com o Vitória a entrar em 2018/19 com um jogo no Bonfim, à semelhança do que aconteceu na temporada passada. Os sadinos subirão ao relvado pela primeira vez nesta época para medir forças com o Desportivo das Aves, vencedor da Taça da Portugal, e terminarão a campanha contra o Rio Ave, também em Setúbal. Ao contrário da época anterior, esta divisão de encontros parece ser mais tranquila para a equipa de Lito Vidigal. Os jogos contra algumas das equipas mais fortes estão separados, ao contrário de 2017/18. Os sadinos jogam contra o Sporting na

2ª e 19ª jornadas, contra Porto na 5ª e 22ª e contra o Benfica na 12ª e 29ª. No lado negativo, o destaque vai para os dois jogos seguidos contra Porto e Guimarães, habitualmente equipas que ocupam os lugares cimeiros da tabela classificativa. De destacar também as partidas contra os recém-promovidos Nacional e Santa Clara. Os primeiros jogarão em Setúbal na 3ª jornada, com o cenário e inverter-se na 20ª. Já os segundos sobem ao relvado do Bonfim na 14ª jornada e recebem a visita da comitiva vitoriana na 31ª.

Bronca obrigou a segundo sorteio Um erro de leitura nos algarismos – um seis foi lido como um nove – obrigou o que o primeiro

Calendário do Vitória 1ª jornada/18ª jornada VITÓRIA - Aves 2ª jornada/19ª jornada Sporting - VITÓRIA 3ª jornada/20ª jornada

VITÓRIA - Nacional 4ª jornada/21ª jornada Belenenses - VITÓRIA 5ª jornada/22ª jornada VITÓRIA - Porto

sorteio fosse anulado e que fosse novamente sorteada a ordem dos jogos. O primeiro calendário, que terminou invalidado, ditava que o Vitória iniciasse a época contra o Belenenses, no Estádio do Jamor (onde os azuis jogarão em 2018/19 por conflitos entre clube e SAD), e terminasse a época em casa, contra o Rio Ave, o que, por coincidência, se mantém.

D

assim a jogar em Portugal e terá oportunidade de enfrentar a an-

...defronta o campeão Porto à quinta jornada...

Apresentação hoje na baixa O plantel principal será apresentado hoje a sócios, adeptos e simpatizantes do clube em plena Praça de Bocage, pelas 21h30. Além do momento de convívio que será proporcionado, serão também conhecidos os novos equipamentos para a época que se aproxima.

...e fecha a época contra o Rio Ave

10ª jornada/27ª jornada VITÓRIA - Feirense 11ª jornada/28ª jornada Marítimo – VITÓRIA 12ª jornada/29ª jornada VITÓRIA - Benfica 13ª jornada/30ª jornada Portimonense - VITÓRIA

6ª jornada/23ª jornada Guimarães - VITÓRIA 7ª jornada/24ª jornada VITÓRIA - Moreirense 8ª jornada/25ª jornada Tondela - VITÓRIA 9 ª jornada/26 ª jornada Braga - VITÓRIA

Frederico Venâncio no Vitória… de Guimarães epois de muita especulação, está conhecido o futuro de Frederico Venâncio. O antigo capitão dos sadinos é reforço do Guimarães, assim um contrato válido por quatro épocas com a equipa vimaranense. Lembre-se que o futebolista esteve emprestado ao Sheffield Wednesday na última temporada e manifestou vontade de continuar em Inglaterra. Na altura, os ingleses não acionaram a cláusula de compra fixada em três milhões de euros e o defesa-central ruma agora ao Guimarães por um valor que não foi revelado. Frederico Venâncio continuará

Vitória joga primeira jornada contra o Aves...

tiga equipa na 6ª e 23ª jornadas do campeonato.  DR 

14ª jornada/31ª jornada VITÓRIA – Santa Clara 15ª jornada/32ª jornada Boavista - VITÓRIA 16ª jornada/33ª jornada VITÓRIA - Chaves 17ª jornada/34ª jornada Rio Ave - VITÓRIA

Triunfo no primeiro teste da época

D

epois de uma semana em Espanha, o Vitória terminou o estágio em Islantilla no sábado passado e rumou à Guia para disputar o primeiro jogo amigável da pré-época. Os sadinos mediram forças com os ingleses do Mansfield Town, da II Liga, o equivalente a uma quarta divisão nacional, e venceram por 1-0, com Nuno Valente a marcar o único golo da partida na conversão de um livre direto (75’). Com adeptos vitorianos nas

bancadas do Complexo Municipal Arsénio Catuna, o técnico Lito Vidigal lançou três reforços e Leandro Resida (avançado holandês que treina à experiência) no onze inicial - Cristiano, Mano, Vasco Fernandes, Pedro Pinto, Nuno Pinto, Semedo, Éber Bessa, Costinha, Alex Freitas, Leandro Resida e Allef. Jogaram ainda Artur Jorge, André Pedrosa, Victor Veloso, Valdú Té, Nuno Valente, Ruben Micael, Cascardo, André Sousa e Luís Cortez.


SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

1kg de camarão 5 dentes de alho 1/2 malagueta “chilli” vermelha 5 colheres de sopa de azeite la Vera 1 colher de chá de Pimenton de (paprika fumada) sal e pimenta q.b. 100ml de vinho branco

Camarão no Forno com Pimentão Fumado e Vinho Branco

OP/1956

Ingredientes

Onde vamos hoje?

Especialidades: Peixe Assado e Pizzas Morada: Praça Machado dos Santos, nº 7 - 10 • 2900-178 Setúbal Contacto: 265 553 493 • tascakefish@hotmail.com Encerra à segunda-feira

C/0023

Sabores de Setúbal

13

[ FOTOS: DR 

AGENDA GASTRONÓMICA

C/ 1786

Especialidades: Peixe Assado, Cataplana de Peixe e Fondue de Vitela Morada: Rua da Saúde, 34 • 2900-633 Setúbal Contacto: 265 237 738 tascadasmarés@hotmail.com

Especialidades: Comida Vegetariana e Macrobiótica Morada: Av. Luísa Todi, 123 – Setúbal Contacto: 265 233 482 Período de Encerramento: Fim-de-semana

C/0265

Restaurante D’u Portinho

C269

Especialidades: Peixe Assado, Arrroz de Marisco, Feijoada de Choco Morada: Praceta Portinho da Arrábida, 2925-378 Setúbal, Portugal Contacto: 218 084 963 info@restaurantedoportinho.com

Especialidades: Cozinha Portuguesa, carnes e peixes grelhados Morada: Parque Urbano de Albarquel, (Estrada da Rasca - N10-4) Contacto: (+351) 265 523 046 facebook.com/avelabrancasetubal | www.avelabranca.pt

finas. Retire as sementes à malagueta e corte-a em tirinhas finas. Numa frigideira coloque o azeite e acrescente a alho e a malagueta laminados. Deixe começar a fritar e acrescente o Pimenton de la Vera.

Mexa bem e acrescente o vinho branco e deixe levantar fervura. Regue os camarões com esta mistura e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC até que os camarões estejam rosados.

Retire, polvilhe com ervas frescas e sirva. C/0092

Preparação: Descasque os camarões, mantendo a cabeça e o rabo e coloque-os numa assadeira. Tempere com um pouco de sal. Descasque os dentes de alho e corte-os em rodelas

Bom apetite! Fonte: Joana Roque http://paracozinhar. blogspot.pt

Especialidades: Peixe Assado no Carvão, Caldeirada, Fritada de Peixe, Diversos Pratos de Carne, Pratos do Dia Morada: Rua Faustino José Santana, 4 – 2900-362 Setúbal Contacto: 265 234 398 – 961 821 333


14

REGIÃO

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

Visitas guiadas com Arte e Património

Festival de Almada traz teatro, dança, marionetas e animação de rua

Turismo Para assinalar o Ano Europeu do Património Cultural a autarquia do Montijo aposta em visitas guiadas para ajudar a descobrir as riquezas do emblemático território.  DR 

A

Câmara do Montijo desafia os participantes a conhecerem diversos espaços museológicos e a viverem com arte os locais que o concelho tem para descobrir. A iniciativa dura até 31 de Agosto e desafia a descobrir, partilhar, recriar e proteger o património do concelho do Mon-

tijo em visitas guiadas. Este ano celebra-se o Ano Europeu do Património Cultural e câmara montijense criou um programa para os participantes usufruírem de várias experiências nos espaços museológicos, bem como nos lugares que a cidade tem para descobrir.

A iniciativa contempla visitas à Casa do Nosso Senhor dos Aflitos, ao Moinho de Maré e ao Moinho de Vento, ao Museu Agrícola da Atalaia, para ficar a conhecer a história do concelho. Os visitantes podem participar em percursos pedestres pela cidade e visitar exposições.

A

té ao dia 18, Almada é a capital do teatro mas também da dança, das marionetas humanas e da animação de rua. Amanhã, o Festival de Almada começa, pelas 18h00, com uma conversa com Jean Bellorini sobre o espectáculo Liliom, na Esplanada da Escola D. António da Costa. À mesma hora pode optar ainda por três espectáculos que se mantêm em cena: Final do amor, no Teatro-Estúdio António Assunção; Colónia penal, no Teatro do Bairro; e Nada de mim, no Teatro da Politécnica. No Teatro Municipal Joaquim Benite, a Sala Principal apresenta Liliom, às 19h00, e na Sala Experimental pode-se assistir a Bonecos de luz, às 20h00. 00. Ao jantar na Esplanada da Escola cola D.António da Costa pode ouvir uvir Rini & Bastolini, a partir dass 20h30, e esperar do prato fortee da noite: Philip Seymour Hoff offman, por exemplo, de Rafael Spregelburd, numa encenação colectiva da companhia belga Transquinquinquennal que sobe ao Palco Grande da Escola D. António da Costa pelas 22h00. 2h00. O público do Festival val de Almada já conhecee Rafael Spregelburd de peças como A estupidez: no universo do dramaturgo argentino gentino abundam as histórias ias paralelas, bem como persona-

gens que, à partida, nunca se deveriam ter encontrado. Também neste texto, escrito de propósito para o colectivo Transquinquennal, os 45 papéis desempenhados pelos cinco actores belgas alteram-se constantemente. A companhia belga Transquinquennal, que desde 1989 já estreou 44 espectáculos, é composta por Bernard Breuse, Stéphane Olivier, Miguel Decleire e Brigitte Neervoort e anunciou o seu fim para o dia 1 de Janeiro de 2023. Os próprios dizem que não têm encenador, e que funcionam “como uma hidra de quatro cabeças”.

D

R

Opinião

Migrações: como evitar o inevitável?

A

União Europeia realizou uma cimeira sobre migrações com carácter de urgência, isto numa altura em que a Europa vive um momento dilemático para o qual parece não vislumbrar saída. As conclusões não agradaram nem a gregos, nem a troianos. Adensam-se os populismos, o que significa que as populações de acolhimento não estão a ver com bons olhos a chegada, nalguns casos maciça, de imigrantes. Os partidos no poder espelham esta situação – alguns, radicalizam-se, outros,

implodem, dando lugar a novas organizações que acolhem princípios isolacionistas. Quando se chega a esta situação e as perguntas são mais do que as respostas, é bom ouvirmos quem avisadamente nos alertou para as “trompetes” que anunciavam a chegada das novas hordas humanas, que erram sem destino, mas com a esperança de encontrar um porto de abrigo onde uma vida digna possa ter lugar. Como num dos seus últimos escritos escreveu o ilustre filósofo Zigmund Bauman é

bom que os termos se não confundam: falamos de emigração ou i migração, quando falamos de um movimento *de* ou *para* respectivamente. E há migração (de, mas para onde?). Diferentes são as motivações, mas os seus efeitos são semelhantes. O fenómeno da imigração, tal como Umberto Eco realçou muito antes da actual migração de povos ter começado, «pode ser controlado politicamente, restrito, encorajado, planeado ou aceite. O mesmo não se

pode dizer da migração.» Eco levanta então a questão fulcral: «Será possível distinguir imigração de migração quando todo o planeta estiver a tornarse o palco de movimentos populacionais que se intersectam?» E como o próprio sugere na sua resposta: «O que a Europa ainda está a tentar abordar como sendo emigração é, na verdade, migração. O Terceiro Mundo está a bater-nos à porta, e irá entrar, mesmo que não estejamos de acordo (…) A Europa irá tornar-se um

Arlindo Mota Presidente da UNISETI

continente multirracial –ou um continente de cor. (…) Goste-se ou não se goste, assim será.». E, permitam-me que acrescente, independentemente de todos «eles» gostarem e ou de todos «nós» nos ressentirmos, pontua Bauman.




CLASSIFICADOS/NECROLOGIA

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

Funeraria

Armindo

Gertrudes Guerreiro de Palma (1930 – 2018)

EMERGÊNCIA FUNERÁRIA

800 217 217 LIGUE GRÁTIS

Paulo das Neves Ribeiro

Maria Fernanda da Costa Lemos e Sousa

Mário da Silva Neves

(1925 – 2018)

(1940 – 2018)

(1935 – 2018)

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Gertrudes Guerreiro de Palma. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Paulo das Neves Ribeiro. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Maria Fernanda da Costa Lemos e Sousa. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Mário da Silva Neves. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

Funeraria

Armindo

OPE/000

15

Funeraria

Funeraria

Armindo

Armindo

Funeraria

Armindo

Manuel Augusto Pereira Neves

João José Joaquim Silva

Manuel Borges Gomes

Joaquim António Costa Ferreira

(1944-2018)

(1923-2018)

(1936-2018)

(1934 – 2018)

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Manuel Augusto Pereira Neves. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de João José Joaquim Silva. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Manuel Borges Gomes. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Joaquim António Costa Ferreira. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

Funeraria

Armindo

Funeraria

Funeraria

Armindo

Armindo

Necrologia

Funeraria

Armindo

Classificados Aluga-se para férias R/C

Maria Graciete Inocêncio Taia Cascais

Precisa-se

Anuncie aqui Contacto: 265 094 354

de vivenda ao dia ou semana, Fonte da Lavra, 100 metros vista para Troia/Arrábida.

Tlm 964 555 164 OP/ 2836

ANÚNCIOS DE NECROLOGIA

Faleceu a 04/07/2018

Missa 7º Dia

Seu esposo, filhas, genro, netos, e restante familia, têm o doloroso dever de participar o falecimento da sua ente muito querida. Mais informam que será celebrada missa, terça-feira, 10 de Julho, pelas 18:00 horas, na igreja de Santa Maria (a Sé), em Setúbal. Agradecendo desde já a todos quantoa queiram participar neste ato religioso. OP/ 2849

Contacte o

AGÊNCIA FUNERÁRIA A COSTA

C/ 1799

Serviço Permanente e 265 523 496 Facilidades de pagamento Entrega direta de documentos os na Segurança Social em Lisboa boa

ardina Telefone: 265 094 354

Jornal O Setubalense Telefone 265 094 354 Email: geral@osetubalense.com


16

A FECHAR

SEGUNDAFEIRA 09.JULHO.2018

APPDA-Setúbal debate “Desafios do Autismo ao longo da vida”

N

a sexta-feira, realiza-se o XI seminário da APPDA-Setúbal, com o tema “Desafios do Autismo ao longo da vida”, no Auditório Nobre da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Setúbal. A começar pelas 08h30, com a abertura do secretariado, o evento destina-se a familiares de pessoas com m perturbação do espectro o do autismo, psicólogos, as-sistentes sociais, terapeu-tas, professores, educado-res e estudantes. A sessão o de abertura terá lugar pe-las 09h00, contando com a participação de Jorge Ber-nardo, da APPDA de Se-túbal, José Luís, do IEFP, P, Isabel Cottinelli Telmo, da a Federação Portuguesa dee Autismo, Ana Sofia Antu-nes, Secretária de Estado o Inclusão Pessoas com defi-

ciência, Natividade Coelho, directora do Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal e António Canhão, do Centro de Formação da Ordem de Santiago. O painel 1, denominado “Autismo ao longo da vida”, contará com Isabel Cottinelli Telmo como moderadora. O programa segue pelas 09h30, com o mote “Autismo: diagnóstico, características na infância e adolescência”, com o médico Neu ropediatra José Paulo Monteiro. Pelas 10h15 há pausa para café, a q u e se segue “Autismo e Comorbilidades”, com Pedro Cabral.

O debate inicia-se pelas 11h30, com Elisabete Ferreira como moderadora. “Inclusão em contexto de trabalho”, com Diogo Silva e Pedro Oliveira, da ATEC, começa pelas 11h45. Sobre formação profissional, falarão de seguida João Pedro Almeida, jovem com PEA na área da informática, Mauro Cascalho, jovem com PEA na área da restauração, o psicólogo João Barbosa e a monitora de hotelaria Gisela s la Martins. se Há espaço

para debate às 1 2h 1 5 , ante s da pausa para almoço. O painel

2, “Desafios da intervenção no autismo”, começa pelas 14h00, com Vânia Guerreiro, terapeuta educacional e mãe de criança com PEA como moderadora. “As famílias como parceiros: que intervenção”, com Joaquim Gronita, “Inclusão: o dever da democracia como uma escola completa”, com Joaquim Colôa, “Práticas de Integração ao longo da I vida, vida o Autismo na 1ª pessoa”, soa” com Pedro Antunes e Rita Nolasco, “Do diagnóstico à intervenção na PEA: treino de competências trein em psicologia, com Mariana Ribeiro e Mariana CresR po, psicólogas da APPDA, e “Comunicando no autis“C mo”, com Ana Dias e João Torres, terapeutas da fala Torr também da APPDA, preentam chem o programa da tarde, para o qual se prevê que a sessão de encerramento se aconteça pelas 16h15. acon

Autarquia cede instalações à Cruz Vermelha

A

Câmara Municipal de Setúbal aprovou no dia 4, em reunião pública, a celebração de um contrato para cedência, em regime de comodato, de instalações à Cruz Vermelha Portugal – Delegação de Setúbal. O imóvel permitirá à instituição humanitária transferir-se de instalações localizadas na Bela Vista, que se encontram degradadas, para prosseguir as suas actividades de incremento social e promoção da saúde no âmbito do programa mu-

nicipal Nosso Bairro, Nossa Cidade. O edifício a ceder pela autarquia, localizado na Avenida da Bela Vista, foi em tempos utilizado pela Associação da Velha Guarda e dos Amigos da CBSS, igualmente no âmbito do um contrato de comodato, o qual é agora revogado, uma vez que o uso cessou há mais de um ano. O contrato de comodato a celebrar agora cede o imóvel, a título gratuito, à Cruz Vermelha, por um período de quatro anos, com início na data de assinatura.  DR 

Edição nº 654 dia 09 de Julho de 2018  

Telefone 265094354 geral@osetubalense.com

Edição nº 654 dia 09 de Julho de 2018  

Telefone 265094354 geral@osetubalense.com

Advertisement