Page 1

PÁG. 11

Casa Ermelinda Freitas vence Mostra de Vinhos Fernando Pó

C/ 0400

C/ 088

Palmela

SEGUNDA-FEIRA 14.MAIO.2018 N.º 631| Ano V | 4.ª Série www. issuu.com/osetubalense

Preço € 0,50 | Director João Abreu

Sadinos garantem permanência na I Liga Couceiro revela estar de saída do clube

C/018

PÁGS. 03 a 06

 ANDRÉ AREIAS 

VITÓRIA DE PRIMEIRA


02

BLOCO CLÍNICO/ÚTEIS

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

CENTRO MÉDICO E DE ENFERMAGEM DA PORTELA NO CENTRO E NO DOMICÍLIO Relatório pericial médico de avaliação de incapacidade / deficiência, de acordo com a tabela nacional de incapacidades para atestado de incapacidade multiusos

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS DRA. MARIA FILOMENA LOPES PERDIGÃO DR. ALFREDO PERDIGÃO

Todos os serviços de enfermagem e médicos. Injeções Massagista Lino Freire Reumatologia, Ortopedista, Saúde Familiar, Psicologia

Horário 2ª a 6ª-feira: 08.00/12.30 - 14/18.00h Sábado: 09.00/12.00h Rua Jorge de Sousa, 8 | 2900-428 Setúbal www.precilab.pt | tel. 265 529 400/1 telm.: 910 959 933 | Fax: 265 529 408

centro.portela@sapo.pt | Tel. 265 234 520 Av. Bento Gonçalves, 6 D - 2910-431 Setúbal

C/ 1943

C/1762

Farmácia Marques DIRECÇÃO TÉCNICA Dr. Valter Manuel C. Gomes De Segunda a Sexta das 9h às 19h Sábado das 9h às 13h R ua A rronche s J unqu eiro, 109 Te l . 26 5 5 2 2 7 8 3 • Setú bal C/1595

C/1127

Farmácia Portugal DIRECTOR TÉCNICO Fernando Gamito Rodrigues Av. Jaime C ortesã o , 77-B Tel. 265 539 060 • Set ú ba l Horário: 09h00 - 13h00; 14h00 - 20h00 Sábado: 09h00 - 13h00 C/1354

Farmácias de Serviço

Dra. Teresa Bertolo Dra. Nélia Alegria

Dra. Anabela Nabais

Medicina Geral e Familia

Neurocirurgia

Medisete - Centro Médico, Lda. Setúbal - Telf: 265 239 390

Medisete - Centro Médico, Lda. Setúbal - Telf: 265 239 390

C/1821

C/1821

Hora

FAR. TAVARES DA SILVA Av. Bento Jesus Caraça, 70 B 265 711 031

FAR. FARINHA PASCOAL Av. D. João II, 2 B 265 547 770

24º 11º

Céu pouco nublado Amanhã

AMANHÃ

02:22 08:37 14:36 21:03

FARMÁCIA BOCAGIANA Av. Ant. Rodrigues Manito, 107-A 265 546 610

FAR. CUNHA PINHEIRO Rua da Camarinha, 32 265 528 251

28º 11º

Céu limpo

03:35 09:53 15:59 22:19

1.33 2.50 1.49 2.64

Baixa-mar Preia-mar Baixa-mar Preia-mar

1.41 2.44 1.54 2.61

Baixa-mar Preia-mar Baixa-mar Preia-mar

Caranguejo 21/6 a 22/7 Conselho Do Dia: A sorte estará do seu lado. Saiba aproveitá-la. Amor: Será importante sair da rotina. Não faça planos e saboreie a vida ao segundo. Trabalho: Esteja atento a contratempos. Não se deixe influenciar por pessimismos. Dinheiro: Faça movimentos financeiros. Saúde: Tratamentos devem ser continuados.

Leão 23/7 a 22/8

Touro 21/4 a 21/5 Conselho Do Dia: Confie mais em si. Amor: Terá medo de avançar. Assuntos do passado irão deixá-lo melindrado. Trabalho: Conte com dissabores. Há quem se queira intrometer no seu trabalho. Dinheiro: Sujeito a desonestidades. Saúde: Insónias.

Gémeos 21/5 a 20/6 Conselho Do Dia: Confie no Universo. Amor: Dia feliz. Terá momentos bem passados a dois. Aproveite para se distrair e passear mais. Trabalho: Conseguirá obter ajudas. Será fundamental colaborar também com colegas. Dinheiro: Estão protegidos créditos.

TOTOLOTO

Esta informação não dispensa a consulta dos resultados na página oficial dos Jogos Santa Casa da Misericórdia

Centro de Saúde S. Sebastião Urb. Vale do Cobro, Av. das Descobertas - Tel. 265 708 000

Aconselhamentos e Cursos de Tarot presenciais, em Setúbal e Quinta do Conde, por telefone e online para Todo o Mundo • Contacto: 961 093 788 • Email: tarot.online2011@gmail.com - www.tarologamargaridafernandes.com • www.facebook.com/TCEMF

Conselho Do Dia: Não deixe escapar os momentos certos para resolver uma questão. Amor: Poderá colocar em causa uma relação. Deve pensar bem antes de tomar qualquer decisão. Trabalho: Será posto à prova. Os seus superiores querem saber até que ponto conseguirá ser capaz de solucionar problemas. Dinheiro: Faça uma gestão às suas finanças. Saúde: Sintomas deverão ser analisados pelo seu médico.

TWW 23602

Telefones Úteis

Taróloga - Margarida Fernandes

Saúde: Previna-se de resfriados.

M1LHÃO

22 • 23 • 25 • 28 • 34 + 9

Altura (m)

Horóscopo | 14 de Maio

Carneiro 21/3 a 20/4

Dinheiro: Conte com uma despesa inesperada. Saúde: Pequenas complicações. Esteja atento.

Balança 23/9 a 22/10 Conselho Do Dia: Seja mais coerente. Amor: Poderá sentir-se divido entre a razão e o coração. O importante é usufruir de todos os momentos, sem pensar demais. Trabalho: Poderá ser colocado à sua frente um novo caminho. Dinheiro: Entradas. Saúde: Ouça uma segunda opinião acerca de um assunto de assunto que o melindre.

Conselho Do Dia: A vida é uma dádiva. Aproveite-a ao máximo. Amor: Namore mais e aprenda a descontrair. Evite falar de assuntos que o aborreçam. Trabalho: Seja criativo. O dia de hoje exige mais ideias e dinamismo. Dinheiro: Instável. Saúde: Controle a tensão arterial.

Escorpião 23/10 a 21/11 Conselho Do Dia: Ouça conselhos de quem lhe quer bem. Amor: Deve ser mais calmo quanto às suas investidas. Trabalho: Terá cansaço acrescido. A desmotivação estará presente. Dinheiro: Estagnado. Saúde: Falta de força anímica.

Virgem 23/8 a 22/9

Sagitário 22/11 a 21/12

Conselho Do Dia: Evite pessimismos. Amor: Poderá zangar-se. Seja mais comedido nas palavras e respire fundo antes de falar. Trabalho: Um projecto poderá chegar ao fim. Comece a planear o próximo objectivo a alcançar.

Conselho Do Dia: Faça mais por si. Amor: Poderá sentir ciúmes da sua cara-metade. Não demonstre, sob pena de aborrecimentos. Trabalho: Terá que manipular uma situação para alcançar os seus objectivos. Dinheiro: Gastos supérfluos.

Tlf. 265 094 354 Email: geral@osetubalense.com

Altura (m)

AMANHÃ Hora

C/1821

Anuncie Aqui O Seu Bloco Clínico

3 • 22 • 34 • 49 • 50 + 8 • 11

HOJE

Hoje

HOJE

Psicologia | Hipnoterapia Medisete - Centro Médico, Lda. Setúbal - Telf: 265 239 390

EUROMILHÕES

Marés

Tempo

Dra. Maria José Leitão

Saúde: Ansiedade.

Capricórnio 22/12 a 19/1 Conselho Do Dia: Desprenda-se do passado. Amor: Estará demasiado obcecado com assuntos pendentes. Viva a vida com mais atrevimento e sem preocupações, nem receios. Trabalho: Deve ser mais activo. As propostas não lhe cairão a seus pés, sem procurar. Dinheiro: Sujeito a gastos. Saúde: Dores de cabeça. Aquário 20/1 a 18/2 Conselho Do Dia: O Universo estará a seu favor. Aproveite o dia para investir na sua felicidade. Amor: Terá um dia romântico e feliz. Aproveite para sair bastante e viver momentos únicos. Trabalho: Uma nova oportunidade poderá surgir. Dinheiro: Entrada extra. Saúde: Dores nos joelhos.

Peixes 19/2 a 20/3 Conselho Do Dia: Antes de seguir o seu caminho, saiba que terreno pisa. Amor: Faça uma reflexão sobre as suas atitudes. Serão as mais viáveis que o levam à felicidade? Trabalho: Procure algo novo para si. Precisa de se sentir realizado. Dinheiro: Entradas lentas. Saúde: Dores na coluna.

Centro de Saúde Bonfim Praça do Brasil, 14, 1º Tel. 265 536 570 Ext. de Saúde do Sado Rua Manuel Francisco Novo, Santo Ovídio - Tel. 265 790 460 Ext. de Saúde Bairro Santos Nicolau Rua Prof. Augusto Gomes , 25 Tel. 265 545 200 Ext de Saúde S. Sebastião Urb. Vale do Cobro, Av. das Descobertas Tel. 265 708 000 Ext. de Saúde S. Filipe Rua Batalha do Viso, 46 Tel. 265 572 572 Ext. de Saúde Azeitão Rua Artur Horta, 18 Tel. 212 199 500 Extensão de Saúde Praça da República Praça da República Tel. 265 544 320 Centro Diagnóstico Pneumológico Urb. Vale do Cobro, Av. das Descobertas Tel. 265 708 000 Serviço de Saúde Pública Rua Luís Gonzaga Nascimento, 2, R/C Dto - Tel. 265 544 129/7 Hospital de São Bernardo R. Camilo Castelo Branco Tel. 265 549 000 Hospital Ortopédicodo Outão Tel. 265 543 900 Hospital da Luz - Setúbal (Hospor) EN 10 Km 37 Tel. 265 509 200

Câmara Municipal de Setúbal 265 541 500 Capitania Porto de Setúbal 265 548 270 CP de Setúbal 265 526 845 GNR de Setúbal 265 242 500 Cruz Vermelha Portuguesa 265 522 578 Intoxicações 808 250 143 Piquete Águas do Sado 265 549 300 Piquete EDP 800 506 506 Polícia de Segurança Pública 265 522 022 Polícia Marítima 265 105 123 Protecção Civil de Setúbal 800 212 216 Protecção à Floresta 177 Táxis 913 201 015 | 935 910 222 | 962 012 727 TST Setúbal 265 009 721 LINHA DE EMERGÊNCIA Bomb. Sapadores de Setúbal 265 522 122 Bombeiros Voluntários 265 523 523 Protecção Civil 265 523 223 Cruz Vermelha Portuguesa 918 500 112

Título registado na ERC sob o n.º 107552; Propriedade: Carlos Bordallo -Pinheiro; Director: João Abreu; N.º Registo Legal 8/84; Jornalistas: (Cf. n.º 3 do art.º 14.º do Dec.-Lei n.º 56/2001 de 19/2); Redacção: Tel: 265 092 633; redaccao@ osetubalense.com; Editor - Humberto Lameiras - C.P.J. 2321 A - humberto.lameiras@osetubalense.com, Ana Martins Ventura - T.P. nº 2579 - ana.ventura@osetubalense.com; Inês Antunes Malta - T.P. nº 2481 - ines.malta@osetubalense.com; Miguel Nunes Azevedo - T.P. nº 2608 - miguel.azevedo@osetubalense.com; Colaboradores: Fátima Brinca - C.P.J. n.º 2574 - fatima.brinca@osetubalense.com; Rogério Matos - C.P.J. n.º 9929 - rogerio.matos@osetubalense.com; Departamento Comercial: Tel: 265 092 725; Mauro Sérgio - mauro.sergio@osetubalense.com; Célia Felix - celia.felix@osetubalense.com; Paulo Maldonado - paulo.maldonado@setupress.pt; Filipe Tavares - filipe.tavares@osetubalense.com; Departamento Administrativo: Tel: 265 094 354 • geral@osetubalense.com; Dulce Lança - dulce.lanca@osetubalense.com; Branca Belchior - branca.belchior@osetubalense.com; Fotografia: André Areias; Mário Prata; Logística: Luís Kaiseler; Cessionário e Editor: Setupress - Soc. Editora, Lda. - Pessoa Colectiva com o n.º 510 965 423 com domicílio na Travessa Gaspar Agostinho n.º 1 - 1º Andar - 2900-389 Setúbal; Gerentes: Carlos Bordallo-Pinheiro; Maria Luisa Bordallo-Pinheiro; Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro; Sócios com mais de 5 % do capital social: Bordalo Pinheiro Holding, Lda., Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro e Rafael Bordallo-Pinheiro; Tiragem: 5000 ex.; Paginação: Tel: 265 098 405; Sónia Bordallo-Pinheiro; Marisa Batista; Maria João Besugo - paginacao@osetubalense.com; Impressão: Tipografia Rápida de Setúbal, Lda - Travessa Jorge D'Aquino, 7 - 2900-427 Setúbal - geral@tipografiarapida.pt

O Setubalense publica os trabalhos dos seus jornalistas e colaboradores de acordo com a ortografia por eles escolhida.


ABERTURA

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

03

Vitorianos congratulam clube pela permanência na I Liga Vox Pop Em dia de jogo com o Tondela, os vitorianos sofreram até ao último minuto para ver o Vitória Futebol Clube vencer e garantir a sua permanência na I Liga. O Setubalense esteve no Estádio do Bonfim para ouvir os adeptos sobre o encontro de ontem e a época que agora terminou. POR INÊS ANTUNES MALTA

P

aulo não adora futebol mas resolveu fazer a vontade ao seu filho, Diogo, e levá-lo ao Bonfim na tarde de ontem para ver o Vitória jogar nesta que era a última partida da época e na qual se decidiria a permanência do clube sadino na I Liga. “Viemos ver se o Vitória ficava na primeira divisão. Foi um jogo difícil mas conseguiu encaminhar bem as coisas para ganhar e ficar”, disse o adepto a O Setubalense. Setúbal acreditou e o Vitória venceu o Tondela por 1-0, mantendo-se na I Liga, depois de uma época complicada nos lu-

coisas que têm que ser mudadas na equipa”. Com a família ou com os amigos, vários foram os vitorianos a querer acompanhar de perto o último jogo da sua equipa predilecta. David Silva foi ao Bonfim rodeado de amigos para ver o Vitó-

gares de descida ou perto da zona de despromoção. Para Manuel Silva, sócio desde criança, o jogo foi muito difícil. Porém, comparativamente a outras partidas jogadas durante a época, ontem “o Vitória jogou melhor e terem vencido e permanecido na I Liga, para todos os associados e setubalenses, é a melhor coisa que o clube pode dar à cidade”. Por sua vez, o adepto vitoriano Castro revelou-se “apreensivo durante a época toda”, uma vez que “fomos prejudicados em muitos jogos”, mas “muito feliz por este desfecho que foi muito bom para o Vitória e para a cidade”. Mónica Agostinho torceu pelo Vitória durante todos os minutos de um jogo “muito sofrido”. “O Vitória poderia ter evitado chegar a tanto sofrimento”, afirma. “A segunda parte do jogo jogou-se contra o vento mas conseguimos aguentar-nos até ao fim”, adianta, considerando que “há muitas

teve, inclusive a nível europeu, e acrescentando que “estamos felizes por continuar, não podíamos descer”.

ria jogar. “Foi um jogo difícil, foi mesmo até à última, sempre com os olhos nos outros jogos também”, começa por dizer. “Ao longo da época fomos sempre prejudicados e termos que esperar pelo último jogo para concretizar este nosso objectivo não foi propriamente positivo mas o que interessa é que ficamos na I Liga e é isso que há a tirar desta época”, adianta, reforçando que esta é uma vitória do clube e da cidade. Fazendo

 FOTOS: MARIA BALSINHA & DR 

“Temos que reflectir por campeonatos mais descansados. O Vitória é equipa da 1ª divisão” Pedro Salvado, o Viking do Vitória Futebol Clube, não falha um jogo do seu clube do coração e ontem não foi excepção. “Vivi demasiado este jogo, comecei até a sofrer dias antes. Quem sente é assim”, explica. “Para quem segue o Vitória para todo o lado como eu faço, é o alívio total. Não precisávamos de uma situação como esta em noventa minutos no final da época”, adianta, considerando que o Vitória foi em muito prejudicado pelo VAR.

suas as palavras do amigo David Silva, Pedro Costa considera que “acima de tudo, já sabemos o país em que vivemos, de que se faz a cultura portuguesa e a beneficiação que existe e que vai sempre acontecer para os três grandes. E, neste sentido, acho que a cidade e os setubalenses se deviam unir e apoiar o vitória”, relembrando a “dimensão gigantesca” que o clube já

Garantida a permanência na I Liga, o Viking fala agora na necessidade de reflectir para que não fique tudo para os últimos jogos. “Temos que reflectir por um campeonato mais descansado, sem tantos nervos à última da hora. Fui apanha-bolas do Vitória quando era miúdo. Tenho 50 anos de idade. O clube tem entre 50 e 60 anos de primeira divisão. O Vitória é, sem dúvida nenhuma, uma equipa da primeira divisão”, remata.

Maria Pó dedica pasmadinho ao Vitória Foi apresentado recentemente o novo pasmadinho de Setúbal: o pasmadinho vitoriano. Em informação dada pela Câmara Municipal através da sua página de facebook, a peça dedicada ao Vitória Futebol Clube encontra-se à venda na loja da Casa da Baía desde sexta-feira, dia 11, e estará em breve no Parque do Bonfim, juntando-se às restantes peças criadas por Maria Pó.


04

DESPORTO

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

Vitória termina época com I Liga O Vitória venceu o Tondela na jornada decisiva e garantiu a permanência. André Pereira marcou o único golo do encontro. VAR voltou a ‘fazer das suas’, anulando o golo inaugural. Grande festa nas bancadas após o apito final, naquele que Couceiro revelou ter sido o seu último jogo pelo clube.

POR MIGUEL NUNES AZEVEDO

C

ustou mas foi. O Vitória venceu o Tondela e garantiu a permanência na I Liga. Os sadinos venceram por 1-0 e carimbaram o passaporte para a próxima época, num duelo sofrido até ao final. A equipa saiu de Troia consciente da missão que tinha pela frente e dificilmente poderia esperar uma receção melhor. Uma verdadeira multidão vitoriana deslocou-se à beira-mar para receber os jogadores e acompanhou o autocarro até ao Estádio do Bonfim. Perante bancadas bem compostas, o Vitória retribuiu o carinho recebido e logo nos primeiros levou a festa aos adeptos, com André Pereira a mexer com as redes da baliza de Cláudio Ramos (8’). O avançado apareceu em boa posição para aproveitar o ressalto de um cabeceamento de Vasco Fernandes, que atirou à barra depois de um cruzamento de Nuno Pinto. Contudo, não passou de ‘sol de pouca dura’. Luís Godinho, já conhecido entre os adeptos pelos piores motivos, consultou o VAR e anulou o golo, por entender que a visão do guarda-redes estava impedida por um jogador do Vitória em posição irregular. Os pedidos de calma de José Couceiro contrastavam com a insatisfação demonstrada pelo público, que voltou a protestar minutos depois, por não ter sido assinalada uma alegada grande penalidade sobre André Pereira. O primeiro golo ‘real’ do encontro chegou aos 23 minutos, numa grande jogada que contou com o esforço de Arnold, a técnica de Patrick e, por fim, a eficácia de André Pereira. O avançado, entre os centrais, converteu o passe do

brasileiro, que deixou no chão um adversário antes de somar mais uma assistência. Não faltou emoção até ao final da primeira parte. Aos 27’, Nuno Reis ‘entregou o ouro ao bandido’ e quase viu Miguel Cardoso empatar o marcador. Valeu Yohan Tavares a desviar o remate do atacante e, na jogada seguinte, Cristiano a negar novamente o camisola 11 do Tondela. André Pereira, em grande no jogo final, viu ainda a barra negar-lhe o bis (28’). Os vitorianos levaram as mãos à cabeça mas festejaram pouco depois um golo… em Portimão. A insatisfação dos adeptos culminou aos 45+1’, com Luís Godinho a marcar um livre indireto contra o Vitória a um metro da baliza, entendendo que Cristiano agarrou a bola ao receber o passe de um colega no meio de alguma confusão na área. Uma decisão, no mínimo, controversa mas que não resultou no golo visitante. A segunda parte começou novamente com peri-

go. Primeiro valeu Vasco Fernandes a negar o empate (49’) e depois o poste (52’). No entanto, Arnold quase devolveu a tranquilidade aos adeptos quando, de trivela, ficou perto de voltar a mexer com o marcador, após uma grande jogada de Patrick (67’). Até ao final os sadinos foram menos pressionantes mas souberam gerir a vantagem e, após o apito final, festejaram a continuidade no palco principal do futebol português. A festa foi grande nas bancadas e no relvado, com os jogadores a chegarem junto dos adeptos para comemorar a conquista e houve até tempo para Costinha pegar no microfone e dar voz ao clássico ‘quem bate palmas é sadino’. Noutros resultados, o Paços de Ferreira perdeu em Portimão e houve empate no jogo Feirense-Estoril. Perante estes desfechos, ‘castores’ e ‘canarinhos’ foram despromovidos à II Liga, enquanto que o Vitória terminou na 14ª posição, com 32 pontos.

Couceiro de saída Depois de muita especulação, eis a confirmação. José Couceiro está de saída do Vitória, uma vez que não renovará o contrato que o liga ao clube. “Com tudo o que aconteceu, não tenho condições para ficar”, revelou o treinador, que nesta terceira fase ao comando dos sadinos tornou-se o 3º técnico com mais jogos disputados.

Estádio do Bonfim 13 de maio, pelas 18 horas I Liga, 34ª jornada 6.184 espectadores VITÓRIA: Cristiano, Patrick, Yohan Tavares, Vasco Fernandes (■, 84’), Nuno Pinto (■, 76’) (Wallyson, 81’), José Semedo, Nuno Reis, Costinha, Arnold (Edinho, 83’), João Amaral (Pedrosa, 62’), André Pereira Treinador: José Couceiro Tondela: Cláudio Ramos, David Bruno (Delgado, 64’), Jorge Fernandes (■, 71’), Ricardo Costa, Joãozinho, Bruno Monteiro (Hélder Tavares, 73’), Claude Gonçalves (■, 85’), Miguel Cardoso (■, 90’), Tyler Boyd, Tomané (■, 69’), Pedro Nuno (Heliardo, 59’) Treinador: Pepa Árbitro: Luís Godinho Vídeo-árbitro: Nuno Almeida Golos: 1-0, por André Pereira (23’)


05

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018 Email: desporto@osetubalense.com

m sorriso no rosto  FOTOS: ANDRÉ AREIAS 

RESULTADO

1 0 VITÓRIA

TONDELA

Declarações do mister José Couceiro

Prémios O Setubalense Classificação

Melhor em campo Classificação

Citações

Primeira Liga

Fair-play Cartões/Jogos

Citações

1.º

Edinho

9

1.º

João Amaral

7

1.º João Amaral

2/32

2.º

João Amaral

9

2.º

Costinha

5

2.º

Edinho

4/33 4/30

3.º Gonçalo Paciência

5

3.º Gonçalo Paciência

4

3.º

Arnold

4.º

4

4.º André Pereira

3

4.º

Costinha

7/32

Edinho

3

5.º

Podstawski

2/25

Patrick

3

6.º

Pedro Pinto

1/24

André Pereira

2

Patrick

2

6.º

C/1779

João Teixeira

6.º

C/1816

5.º

5.º

Jornada 34 2-3 0-1 1-0 1-0 2-1 0-0 3-1 1-0 1-0

Desp. Aves-Chaves V. Guimarães-Porto Boavista-Belenenses VITÓRIA-Tondela Marítimo-Sporting Feirense-Estoril Portimonense-P.Ferreira benfica-Moreirense Rio Ave-Braga

C/1790

Melhor marcador

J V E 34 28 4 1º Porto 34 25 6 2º Benfica 34 24 6 3º Sporting 34 24 3 4º Braga 34 15 6 5º Rio Ave 34 13 8 6º Chaves 34 13 8 7º Marítimo 34 13 6 8º Boavista 9º V. Guimarães 34 13 4 10º Portimonense 34 10 8 34 10 8 11º Tondela 12º Belenenses 34 9 10 13º Desp. Aves 34 9 7 34 7 11 14º VITÓRIA 15º Moreirense 34 8 8 34 9 4 16º Feirense 17º Paços Ferreira 34 7 9 34 8 6 18º Estoril

D M-S

P

2 3 4 7 13 13 13 15 17 16 16 15 18 16 18 21 18 20

88 81 78 75 51 47 47 45 43 38 38 37 34 32 32 31 30 30

82-18 80-22 63-24 74-29 40-42 47-55 36-49 35-44 45-56 52-60 41-50 33-46 36-51 39-62 29-50 32-48 33-59 29-61

“Foi uma época muito difícil. Saímos de um pesadelo. É um alívio. Quero enaltecer os jogadores. Passamos momentos muito complicados, tanto a nível interno como externo. Os jogadores acreditaram sempre que era possível, ao contrário de muita gente. Tivemos problemas, questões graves, problemas diretivos, problemas salariais, não há um erro a nosso favor…” “Eu não tenho condições para continuar, é obvio isso. (…) Fiquei este tempo todo pelos jogadores e é por isso que eles tiveram esta manifestação. Não tenho condições, estou esgotado. (…) Fui até ao meu limite por estes jogadores.” “Vencemos, conseguimos a permanência que é vital para o Vitória. Estou aliviado com isso mas tenho a desilusão

de não termos vencido a Taça da Liga. É muito mais importante o Vitória ficar na I Liga.” “Entrámos bem e tivemos lances para marcar. Podíamos ter feito o 2-0, não fi zemos mas na segunda parte tivemos cabeça e inteligência. No geral, penso que fomos melhores.” “Quero agradecer as mensagens e o apoio que recebemos. (…) José Mourinho enviou-nos uma mensagem para todos, de um setubalense vitoriano. Passou mensagem de conforto, motivação. Isso significa o que é o Vitória: estar longe e continuar a apoiar.” “O Vitória não acaba. Espero que se consiga fazer melhor. Que se consiga eliminar um grande, vencer uma taça e lutar pelo topo da tabela.”


06

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

 ANDRÉ AREIAS 

C. Indústria e CCDBA empatam e complicam subida

E

José Couceiro anuncia saída VFC Depois de ter visto o Vitória a assegurar a permanência na I Liga, o treinador desfez todas as dúvidas e admitiu que está de saída do clube. Revelando estar esgotado e sem condições para continuar ao leme dos sadinos, Couceiro rejeita sair magoado mas lembra que, até ao momento, não recebeu qualquer proposta para renovar o contrato que termina esta época.  ARQUIVO 

POR MIGUEL NUNES AZEVEDO

D

epois de alguns minutos de festa ao ver a sua equipa a garantir a permanência na I Liga, muitos vitorianos receberam uma notícia que não esperavam – dois anos após ter regressado ao clube, José Couceiro está novamente de saída. A revelação foi feita pelo técnico após o apito final, com o técnico a acrescentar que chega esgotado a este momento. “Eu não tenho condições para continuar, isso é óbvio. (…) Fiquei este tempo todo pelos jogadores e é por isso que eles tiveram esta manifestação. Não tenho condições, estou esgotado”, disse José Couceiro na conferência de imprensa onde foi surpreendido com um autêntico banho dado pelas mãos do plantel. “Fui até ao meu limite por estes jogadores”, acrescentou o técnico. Lembrando que considera esta a época mais difícil que já experienciou enquanto treinador, Couceiro explicou que a acumular de situações vividas ao longo da época o deixaram de rastos emocionalmente. Ao serviço dos setubalenses, o técnico cumpriu três passagens – a primeira em 2004/05, a segunda em 2013/14 e

Técnico estreou-se pelos sadinos em 2004

a última termina agora, depois de ter começado na época anterior. Rejeitando que sai com mágoa, o treinador lembra que não recebeu nenhuma proposta para renovar o contrato que o liga ao clube e que expira no final desta

temporada. “Não tenho nenhum convite [para renovar] e não se falou sobre a possibilidade de continuar. Esse é um dos motivos [para sair] e outros são questões internas que não vou revelar”, disse o treinador, contando

que nos últimos dias recusou novas propostas para que pudesse estar focado em assegurar a permanência e que, para já, não está preocupado com o seu futuro. Além de sair após um triunfo importantíssimo para a história do clube, José Couceiro deixa o comando da equipa como o terceiro treinador com mais jogos disputados pelos sadinos, apenas atrás de Fernando Vaz e Pedroto, algo pelo qual sente um grande orgulho. “Os jogadores perceberam muito cedo que eu não iria ser o treinador do futuro e isso não foi bom para a equipa. No entanto, haviam laços que já estavam criados – alguns deles já do ano passado – que permitiram alguma união em momentos difíceis. (…) Não fui empurrado para sair. Se quisesse sair, teria rescindido contrato. Entrámos numa fase difícil e os jogadores pediram-me para não os abandonar”, revelou o técnico. “O Vitória tem de melhorar as suas condições. O Vitória é um grande clube, de uma grande cidade, mas tem de melhorar condições estruturais e tem condições para o fazer”, disse o treinador, que deixa o clube depois de dois anos de trabalho.

nquanto as atenções dos setubalenses estavam focadas no Vitória, outro jogo importante decorria uns metros acima. Trata-se do dérbi entre Comércio e Indústria e Brejos de Azeitão, duas equipas que lutam pela subida à I Distrital juntamente com Cova da Piedade B e Oriental Dragon. No Campo da Bela Vista, as formações de Carlos Ribeiro e João Gomes não foram além de um nulo no marcador e deram um novo passo atrás na corrida pela promoção. Neste momento os alvinegros estão a cinco pontos do Oriental Dragon, segundo classificado que goleou os Pescadores por 5-1, enquanto que os azeitonenses estão ainda mais atrás, já a sete pontos de distância.

São Domingos presente na Euro Winners

A

equipa de futebol de praia do São Domingos estará na disputa da Euro Winners Cup, uma espécie de ‘Liga dos Campeões’ da modalidade, que decorre na Nazaré de 25 de maio a 3 de junho. Nacional, Pescadores, Instrução e Recreio, Varzim, Salgueiros, Buarcos, Casa do Benfica de Caldas da Rainha, Olival Basto, Leixões, Casa do Benfica de Loures e Chelas são as restantes equipas portuguesas que disputarão a prova internacional. O Leixões é, de todas, a única no caminho dos setubalenses, com os dois clubes a medirem forças na Fase de Grupos, ao lado de Boca Gdansk (Polónia) e Portsmouth (Inglaterra). Entretanto, a formação treinada por Meca Ribeiro continua a preparar o arranque da nova época, na qual competirá no Campeonato Nacional.


SOCIEDADE

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

“Fazer suporte básico de vida no momento certo aumenta as chances de salvamento em 60%”

07

3 Reparos Reparámos que durante o fim de semana vários foram os amontoados de lixo que se verificaram na zona da Fonte Nova.  DR 

Saúde Desde o mês de Março a ARSLVT organizou 10 formações de Suporte Básico de Vida e Desfibrilhação Automática em centros de saúde da região, com o objetivo de formar médicos, enfermeiros e assistentes técnicos para as boas práticas de reanimação, como ajuda de primeira linha, em caso de necessidade de socorro, em ambiente de centro de saúde. A formação mais recente decorreu no Centro de Saúde do Vale do Cobro. POR ANA MARTINS VENTURA

O Suporte Básico de Vida deve fazer parte da cidadania das pessoas. É algo que inclusive devia começar a ser ensinado desde o ensino básico”, afirma Cecília Martins, enfermeira do Agrupamento de Centros de Saúde Lisboa Ocidental e Oeiras, a prestar formação em vários Agrupamentos de Centros de Saúde por todo o país, integrada na equipa da formadores da ARSLVT - Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo. Para formar mais profissionais na prestação especializada de manobras de reanimação, para socorro imediato, a ARSLVT iniciou um processo de certificação com uma entidade formadora em Suporte Básico de Vida e Desfibrilhação Automática para enfermeiros, médicos e

assistentes, “de modo a abranger o maior número possível de profissionais, porque o suporte básico é uma ajuda de primeira linha na assistência a uma vítima”, explica a enfermeira. “Uma manobra de reanimação, no momento certo, faz toda a diferença nas chances de sobrevivência sem sequelas perante uma paragem cárdio respiratória, aumentando em cerca de 60% a recuperação total de uma vítima”.

Organização Mundial de Saúde alerta para ajuda de primeira linha “A necessidade de organizar esta formação vai ao encontro dos números lançados pela Organização Mundial de Saúde, no contexto do Síndrome de Morte Súbita que vítima, em todo o mundo, diariamente, 20 mil pessoas. Em Portugal 10 mil por

ano”, explica Regina Carlos, médica de família e responsável pela Academia de Formação da ARSLVT. Sendo esta instituição parceira do INEM, “surgiu a oportunidade de formar mais profissionais para a ‘ajuda de primeira linha’”. Uma ação realizada por 24 formadores que, no momento, já chegou a mais de 100 profissionais.

ACES Arrábida tem realizado, “no sentido de estar preparado para receber estas formações e levá-las ao maior número de profissionais possível”.  ALEX GASPAR 

Reparámos que, na Estrada da Baixa de Palmela, junto ao “Sérgio Coffee”, foi realizada uma obra há algum tempo que causou buracos. Foram tapados mas agora o chão está novamente a abater.

Reparámos que há cerca de uma semana rebentou uma conduta de água na Avenida Bento Jesus Caraça que foi reparada. A água entretanto já evaporou mas a areia continua no local, na rua José Luciano Carvalho, na zona da Tetra.

Profissionais do ACES Arrábida mais próximos dos utentes Carlos Gonçalves, presidente do Conselho Clínico do ACES Arrábida reafirma a importância de “habilitar todos os colaboradores do Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida para uma assistência imediata aos utentes em caso de emergência”. Destacando o trabalho que o

Para fazer reparos, pode contactar O Setubalense através do telefone 265 092 633 ou enviar para o email: redaccao@ osetubalense.com

 IAM 

Instituições de saúde da região em visita à iniciativa “7 Dias do Coração”

R

epresentantes de diversas instituições da região visitaram, na manhã de quinta-feira, a iniciativa "7 Dias do Coração", a decorrer na placa central da Avenida Luísa Todi, em Setúbal, para conhecer os objectivos do evento que vai na sua oitava edição. A presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, e o vereador da Saúde, Ricardo Oliveira, integraram a comitiva que contou com as presenças dos presidentes do conselho directivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale

do Tejo, Luís Pisco, e do conselho de Administração do Centro Hospitalar de Setúbal, Manuel Roque, da directora executiva do ACES - Agrupamento dos Centros de Saúde da Arrábida, Bárbara Carvalho, e da presidente do Centro Distrital de Segurança Distrital de Setúbal, Natividade Coelho. Em visita, o grupo assistiu a uma formação sobre suporte básico de vida e aos rastreios cardiovasculares gratuitos disponíveis para a população no âmbito da iniciativa "7 Dias do Coração", que pretende sensibilizar para a importância de educar para a saúde

e da prevenção das doenças cardiovasculares. A organização do "7 Dias do Coração", partilhada entre a Liga dos Amigos do Serviço de Cardiologia do Hospital de São Bernardo e a Câmara Municipal de Setúbal, aproveitou o momento para convidar o ACES Arrábida a integrar a comissão organizadora do evento, desafio que foi prontamente aceite por Bárbara Carvalho. A oitava edição do evento realizou um circuito com rastreios de riscos cardiovasculares, gratuitos, a decorrer na placa central da Avenida Luísa Todi, com o intui-

to de fomentar nos participantes a necessidade de uma maior educação para a saúde. O programa deste ano segue com rastreios no dia 18, no Espaço Saúde, da Câmara Municipal de Setúbal, no primeiro piso do Mercado do Livramento. O evento de promoção da saúde inclui, igualmente, a realização de iniciativas de promoção de estilos de vida saudáveis, como aulas de exercício físico, gratuitas, destinadas essencialmente à população sénior, no âmbito do projecto municipal "Desportivamente em (Re)Forma".

A 26, entre as 09h30 e as 12h30, realiza-se um peddy-paper urbano com o tema "Explore a Cidade com o Coração". No âmbito do "7 Dias do Coração" foi, igualmente, lançado um desafio às escolas para os alunos do pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico elaborarem desenhos subordinados ao tema "Como proteger o meu coração". Os trabalhos vão integrar uma exposição a inaugurar no Mercado do Livramento a 29 de Setembro, Dia Mundial do Coração. I.A.M.


08

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

Arrábida vai ter placards a advertir para cuidados com javalis A  DR 

Serra da Arrábida vai ter vários placards em zonas onde são avistados os javalis com informações relativas ao que fazer perante a presença deste animal selvagem. Esta informação consta num plano de ação firmado entre as diversas entidades com jurisdição na Serra da Arrábida para controlar aquilo que consideram a densidade populacional desta espécie no parque natural. Ao que foi possível apurar, as mensagens que constarão nos placards informativos terão em conta os perigos relativos ao contacto direto ou de proximidade com os animais, especialmente pelas crianças e ao fornecer alimentos diretamente. Também o acesso a alimentos, nomeadamente os provenientes de restaurantes será acautelado. Estes deverão ser acondicionados adequadamente e fora do alcance do animal. Desde 2014 que foram abatidos 1615 java-

Javalis surgiram em Galapinhos

lis na Serra da Arrábida. Hoje, com o verão à porta e a consequente escassez de alimentos na Serra da Arrábida, os animais podem rumar às praias para se refrescarem e procurar vegetação. Para impedir este fenómeno que traz perigos para os veraneantes, está já em marcha um plano que, ao que O Setubalense apurou, tem como missão fundamental a redução dos impactes negativos do javali na flora e vegetação, na fauna, nos habitats naturais e nos solos, bem como a redução dos danos causados em áreas agrícolas, florestais

e urbanas. A população também está acautelada, uma vez que se pretende diminuir os riscos de acidentes rodoviários e os de acidente por contacto com as populações residentes, utentes e visitantes. Pretende-se agora realizar capturas e transferências de animais vivos, com recurso a armadilhas individuais ou colectivas duma forma sistemática, mas também a realização de acções de correção por parte dos caçadores, em locais estratégicos. Estas, ao que foi possível apurar, dar-se-ão durante as luas cheias, fora da épo-

ca balnear, e com o apoio da GNR para interditar o trânsito nos locais de caça, entre o Creiro e Alpertuche. Desde o arranque, em 2015, da implementação da credenciação de controlo de densidades para proprietários de terrenos agrícolas ameaçados pelos javalis, foram credenciados, em média, 40 proprietários por ano, indicando uma média anual de 150 caçadores. O processo de credenciação é um processo administrativo, em que o proprietário do terreno afetado solicita a emissão de credenciais de correção de densidades de javali,

para caçadores por ele indicados. Segue-se a realização de uma vistoria pelos Vigilantes da Natureza e, caso se verifique a existência de prejuízos, são emitidas as credenciais. O plano pretende ainda a criação de uma rede de caixotes do lixo que não permitam o acesso aos javalis e implementação de sistema de recolha eficiente, mas também a avaliação da situação sanitária existente, através da recolha de amostras em animais capturados ou abatidos para realização de análises e exame prévio de animais abatidos.

No ano passado, em pleno Verão, um grupo de três javalis surgiu em pleno dia na praia de Galapinhos, na Serra da Arrábida, surpreendendo os banhistas que não se incomodaram com a presença destes animais. Tal fenómeno deveu-se, de acordo com o ICNF “às condições de seca, levando estes animais a procurarem alimento junto dos humanos com uma intensidade maior do que o habitual”. O organismo estatal alertava que “mesmo mais habituado à presença humana, não deixa de ser um animal selvagem. Há cuidados a ter tais como não se aproximar, não procurar o contato, e especialmente não dar comida. É um animal que em algumas situações se pode revelar extremamente agressivo, em especial as fémeas com crias que podem investir perante qualquer ameaça à sua prole, inclusive contra o ser humano”. Rogério Matos

 DR 

Eventos vínicos promovem Feira de Sant'Iago As primeiras iniciativas da Feira de Sant’Iago Countdown realizam-se no sábado, dia 19 de Maio, na Casa da Baía, e a 2 de Junho, na adega da Quinta de Catralvos, em Azeitão, ambas com início às 17h00, de entrada gratuita. O evento de 19 de Maio

contempla a exibição do documentário “Setembro a vida inteira”, que marcou a estreia da jornalista Ana Sofia Fonseca como realizadora, e a prova de vinhos Feira de Sant’Iago 2018. Já a prova de vinhos de dia 2 será acompanhada de

fado na adega da Quinta de Catralvos com o Quarteto Deolinda de Jesus. A edição deste ano da Feira de Sant’Iago, certame que se realiza durante 16 dias no Parque Sant’Iago, tem como tema os vinhos da Península de Setúbal.

Telefone 920105068

C/2766

O

s vinhos da Península de Setúbal inspiram um conjunto de eventos promovidos pela Câmara Municipal de Setúbal na contagem decrescente para a Feira de Sant’Iago 2018, certame a realizar entre 21 de Julho e 5 de Agosto.

Caros Leitores, Os famosos heróis e vidente Sofia de Setúbal a pedido da humanidade para ajudar as pessoas com problemas, vêm para ajudá-lo com as plantas mais poderosas, cura e talismãs de boa sorte é o verdadeiro libertador de drogas e maldições, libertar os acumulados, trazer harmonia em famílias quebradas, casais divididos, curar doenças que os médicos não podem tratar, epilepsia, depressão, psoríase, alcolismo, impotência masculina, trazer espíritos de negócios, etc. Ligue com maior confiança.


SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

09  FOTOS: IAM 

Maio Intercultural arranca com Arraial Março Mulher N conta com exposições, actividades de teatro e cinema, palestras, encontros literários e workshops, que têm vindo a ser realizados desde Março até este mês de Maio, e no qual se insere o arraial. O Arraial Março Mulher, festa da comunidade para a comunidade, promovido pela SEIES | Centro de Cidadania Activa, Câmara Municipal de Setúbal e União de Freguesias de Setúbal, que durante o dia de

sábado animou o Largo da Fonte Nova, com música, dança, performance artísticas e outras actividades, está também integrado no programa Maio - Diálogo Intercultural, que decorre até ao dia 30 em vários equipamentos da cidade de Setúbal. A iniciativa, que começou no sábado com o arraial Março Mulher a dar o pontapé de saída, procura afirmar a interculturalidade como uma componen-

te essencial ao desenvolvimento do território e na construção de uma sociedade justa, solidária e respeitadora no que diz respeito à diversidade individual e comunitária. E está prevista muita animação com música teatro, ateliers, artesanato, jogos tradicionais e gastronomia internacional. São parceiros da Câmara Municipal de Setúbal na concretização do programa do Maio – Diálogo Intercul-

tural a 50 Cuts Associação Cinematográfica, a ACOMANSE – Associação da Comunidade Angolana de Setúbal, a 4 AS – Associação de Angolanos e Amigos de Angola, a Associação Cultural Busuioc dos Cidadãos Moldavos da Península de Setúbal, a Associação dos Imigrantes Romenos Mica Romanie e o Centro Cultural Africano. Sem esquecer a Edinstvo – Associação dos Imigrantes dos Países de Leste, o ICE – Instituto

das Comunidades Educativas, o Grupo EnvelheSeres, a SEIES – Sociedade de Estudos e Intervenção em Engenharia Social, o SIGA – Setúbal Interinstitucional Gera Ação / Programa CLDS3G, a Associação de Professores e Amigos das Crianças do Casal das Figueiras e o Centro Social e Paroquial de São Sebastião, que também participam no certame. Inês Antunes Malta

C/055 C/0171

C/2726

o sábado, o Arraial Março Mulher, que integra o programa Maio - Diálogo Intercultural, promovido pela autarquia, animou o Largo da Fonte Nova com muita música, dança, poesia, teatro, performances artísticas, artesanato e várias actividades ao longo de todo o dia. “25 Edições, Caminhos para o Futuro” é o tema do programa Março Mulher deste ano, programa que


10

AZEITÃO

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

CVA apresenta “Olhares Escondidos”

Valorização artística A exposição "Olhares Escondidos", promovida e organizada pelo CVA - Colectivo de Valorização Artística, em Azeitão, é inaugurada no próximo sábado, dia 19 de Maio. Pode ser visitada entre as 16h00 e as 19h00.

 DR 

POR INÊS ANTUNES MALTA

Olhares Escondidos” é uma exposição colectiva com a temática "máscara" em variados formatos, entre os quais a pintura, escultura, instalação, desenho, fotografia e multimédia. Com inauguração às 16h00 do próximo sábado, a mostra funciona por inscrição e tem como personagem principal máscaras originais de autor e modelos populares de interesse. As máscaras poderão ser vistas e visitadas até ao dia 17 do próximo mês nas instalações do CVA - Centro de Valorização Artística, antigo cinema de Azeitão. Em junho, chega a segunda edição do “Salão Português de

Arte Acessível”, que se encontra também com inscrições abertas. De 22 de Junho a 26 de Agosto, a exposição colectiva, por inscrição de tema livre, tem o intuito de divulgar e vender ao público em geral obras de autor a preços acessíveis. Durante este evento, que terá a duração de dois meses, haverá em paralelo outras actividades, nomeadamente workshops, demonstrações e palestras. Para outubro, a exposição “1000 luzes” pretende iluminar o Centro de Valorização Artística, com obras de autor com características de iluminação, e entre Novembro e Dezembro chega a nova edição da exposição “Natal Criativo”, com uma resposta diferente para os presentes de Natal.

No entretanto, no verão, a actividade “Jantares com filmes” pretende trazer novamente o cinema a Azeitão, salientando que esta arte estará novamente “viva” naquele que era o edifício do antigo cinema. Serão organizadas sessões cinematográficas temáticas ou não, depois de um jantar convívio também nas instalações do CVA. Por agendar está a oferta na formação, com o “Curso de Iniciação à Fotografia” - curso certificado, por Paulo Nunes, que terá ainda a seu cargo o colóquio e exposição “Fotografia, Profissão ou Arte?”, a palestra “Camara Work e o Pictorialismo” e a palestra “Teoria da Cor e Fotografia”, com o “Curso de Aguarela – Iniciação”,

por Gilberto Gaspar, “Aulas de Pintura em Porcelana”, por Palmira Moreira e “Iniciação à Cerâmica”, por José Henrique Prado. No que diz respeito a workshops, estes serão dirigidos para a “Construção de Eco-Brin-

quedos”, por Zevi, para a “Pintura em Porcelana”, com Palmira Moreira. Para além disto, estão também previstas outras actividades, tendo como público-alvo artistas, crianças, alunos das escolas e o público em geral.

Já estão abertas as inscrições para o Concurso de Aventais  DR 

T

radição, criatividade e participação são as palavras chave para o Concurso de Aventais que tem a partir de agora aberta as inscrições. A decorrer durante a Festa do Morango, no Parque Urbano de Brejos de Azeitão, o concurso desafia todos a mostrar a sua arte e a sua criatividade. Os aventais deverão ser entregues na Junta de Freguesia de Azeitão com a devida identificação até ao dia 8 de Junho. Após a deliberação do júri a entrega dos prémios terá lugar no

dia 17 de Junho, pelas 19h00, o último dia da Festa do Morango.

Aventais reavivam tradição e estimulam criatividade Esta iniciativa da Junta de Freguesia de Azeitão, integrada na Festa do Morango em Brejos de Azeitão, surge com o objectivo de reavivar a tradição dos usos e estimular a criatividade dos participantes. Podem concorrer pessoas residentes ou não residentes na região de Azeitão, havendo um limite de

concorrentes. Cada participante só poderá apresentar um único trabalho. Os aventais devem ser feitos de tecido de acordo com os usos de antigamente. Os trabalhos serão avaliados e não haverá a possibilidade de recorrer à decisão do júri. As distinções neste concurso passam por três prémios na modalidade Tradição, um prémio de Criatividade e o de Participação para todos os concorrentes. Terminada a festa, os aventais podem ser recolhidos.

Opinião

Política

Figueirinha: o estacionamento como oportunidade O estacionamento na Figueirinha é uma oportunidade para ter transportes públicos ecológicos a preços acessíveis ao mesmo tempo que se ordena o trânsito e se aumenta a segurança nos acessos às praias da Arrábida. Tudo de forma economicamente sustentável e até rentável. Quem ler o projecto de regulamento do estacionamento na praia da Figueirinha percebe que é um documento técnico que, após a consulta pública em curso, terá uma versão final similar à inicialmente proposta.

Muito mais relevante do que ele é a decisão sobre como será investida a receita obtida com esse estacionamento. Falamos de valores entre os 150 mil e os 200 mil euros por época balnear, um encaixe financeiro que a autarquia não deve, de todo, entregar a privados, pois é aqui que reside a oportunidade que referimos acima. A nossa proposta é que, tendo em conta essa previsão por época balnear, Setúbal invista na aquisição de dois autocarros eléctricos, com pontos de

abastecimento nas zonas de partida e chegada. Por exemplo, fixando o preço das viagens da cidade até à praia em 1 euro (ida e volta), e assumindo transportes regulares entre as 8 e as 21h, haveria uma receita por época balnear entre os 100 mil e os 150 mil euros. Assim, um dia de praia para 5 pessoas (a lotação de um automóvel) custaria a quem optasse pelo autocarro o mesmo ou menos do que ir em viatura própria. Além de vantajoso para os cidadãos, seria lucrativo para

o município e melhor para o ambiente. Obviamente, isso não impedirá muitos de usarem o seu veículo e pagarem o estacionamento. Levar o carro até à Figueirinha tem vantagens a nível de comodidade, de flexibilidade e de transporte de acessórios (chapéus de sol, malas, geleiras, brinquedos, etc.) de que muitos não irão prescindir, não obstante o preço, que no máximo chegará aos 9 euros por dia, de acordo com a proposta de regulamento. Durante o resto do ano, os

Luís Humberto Teixeira PAN autocarros eléctricos poderiam ser usados numa experiência piloto dos serviços de transporte escolar TRIBO e/ou STRESS, propostos pelo PAN em 2017. Seria uma forma de rentabilizar ainda mais o investimento e fazer jus ao lema do município “Setúbal em bom ambiente”.


PALMELA

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

11  FOTOS: DR 

A Casa Ermelinda Freitas foi a grande vencedora da Mostra

Os produtores vencedores com Luís Calha e Cecília Sousa

E a adega vencedora da Mostra foi a Casa Ermelinda Freitas Prémios O momento mágico da Mostra é o Concurso que dá a conhecer os 10 melhores vinhos tintos. A Casa Ermelinda Freitas foi a vencedora do Melhor Tinto deste ano. Depois da inauguração, que contou com autarcas dos partidos (CDU, PS, PSD/CDS) e do MIM (Movimento Independente pela Mudança), a grande novidade veio do concelho vizinho, com a Fanfarra dos Bombeiros de Canha, do Montijo a dar música na tarde de abertura. POR FÁTIMA BRINCA

T

udo a postos com a Fanfarra dos Bombeiros de Canha, do concelho do Montijo, a antecipar a inauguração, antes dos habituais discursos, que começaram com Andreia Bento, da Associação de Fernando Pó, a colectividade organizadora da Mostra. Andreia Bento lembrou que “estamos numa aldeia tão pequenina e que tem os vinhos entre os melhores do mundo”, mas “Fernando Pó é vinha, é vinho e vida e merece os títulos que tem”.

O presidente da Câmara de Palmela, Álvaro Amaro, fez questão de identificar a zona “dos jardins de vinhas, onde tudo vai ganhando forma”, com “os vinhos a transportarem os territórios” e “temos muito orgulho na nossa vertente rural”, onde “estamos todos unidos na dinamização e afirmação dos vinhos”. O edil terminou lembrando “a aldeia de Fernando Pó vai ser uma verdadeira aldeia vinhateira”. A noite de inauguração acabou com a visita aos stands das adegas e produtos regionais distribuídos pelo novo pavilhão, que assinala a viragem do even-

to. Os autarcas da CDU liderados por Álvaro Amaro e Ana Teresa Vicente, onde se incluía a presidente da União de Freguesias, Cecília de Sousa, a que se juntaram os vereadores do PS, Raúl Cristóvão, Pedro Taleço e António Braz, com a Junta de Freguesia de Palmela liderada pelo presidente Jorge Mares e eleitos do PS e do PSD/CDS. A vereadora do MIM e deputados municipais das várias forças políticas também marcaram presença, onde o antigo presidente Carlos de Sousa (o iniciador da Mostra) e a ex-vice presidente da Câmara de Palmela, Adília Candeias foram

Carlos de Sousa assume presidência do Centro Social de Palmela

O

Centro Social de Palmela enfrenta uma situação extremamente difícil, enquanto aguarda apoios da Segurança Social e por uma candidatura a Fundos Europeus. O antigo presidente da Câmara de Palmela e de Setúbal, Carlos de Sousa foi desafiado para “salvar” a instituição de solidariedade. O ex-autarca assumiu a presidência da instituição a tempo inteiro e garante “todo o empenhamento”, pois “não vou ser presidente pelo cargo mas para tentar salvar o Centro, que se encontra numa péssima situação financeira”. Carlos de Sousa tinha desde há alguns meses assumido a presidência da instituição Centro Jovem Tabor.

 DR 

recebidos com muito carinho. Os produtores locais ocuparam grande parte do pavilhão com especial destaque para as adegas Filipe Palhoça, Enoque, Monte Alegre, Ti Bento, Casa Ermelinda Freitas, Fernão Pó, Marcolino Freitas, São Silvestre, entre outras.

Os 10 melhores vinhos Vinte e oito vinhos tintos estiveram a concurso onde marcou presença o vereador Luís Calha, que destacou “os vinhos são verdadeiros passaportes” e inserem-se “numa visão estratégica, assim como o enoturismo que

mobiliza dois milhões e meio de visitantes”. O júri escolheu numa prova cega os 10 melhores tintos e a votação foi a seguinte: 1º) Casa Ermelinda Freitas; 2º) Adega Fernão Pó; 3º) Helder Palhoça; 4º) Pedro Monteiro; 5º) Sociedade Agrícola Ti’ Bento; 6º) JBFreitas; 7º) Maria Alice Rato; 8º) Sociedade Rotas do Pó; 9º) Filipe Palhoça e 10º) Marcolino Freitas & Filho. O Concurso contemplou também o Melhor Tinto votado pelo público, tendo sido vencedores a Sociedade Agrícola Ti´Bento e António Sobral.

Trabalhadores (re)confirmam CT na Autoeuropa

 DR 

Autoeuropa confirma CT

Carlos Sousa vai lutar para salvar a instituição de Palmela

Uma das trabalhadoras do Centro Social situado em plena zona histórica da vila, confessou a sua “satisfação pois a

nomeação do ‘nosso’ presidente Carlos de Sousa é uma luz ao fundo do túnel e uma porta de esperança”.

O

s trabalhadores da Autoeuropa reconfirmaram a sua confiança na actual CT liderada por Fernando Gonçalves. O abaixo-assinado interno pedia a demissão da CT e os trabalhadores foram chamados a votar tendo 57 por cento mani-

festado a sua confiança na continuidade da actual CT, enquanto 38 por cento defenderam a sua saída. O novo horário laboral a partir das férias irá continuar a ser negociado pela CT coordenada por Fernando Gonçalves.


12

CULTURA

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

50 anos de Maio de 68 em debate na Casa do Largo

Filme “O Miradouro” em exibição no A Auditório Charlot  DR 

Cinema Esta quarta-feira, é apresentado o filme “O Miradouro”, de João Bordeira e Sérgio Bráz de Almeida, no Cinema Charlot Auditório Municipal. Uma produção cinematográfica aliada a uma estratégia de intervenção que abre o programa das comemorações do aniversário do Centro Comunitário de São Sebastião. POR INÊS ANTUNES MALTA

O Miradouro”, um projecto comunitário desenvolvido no Bairro de São Domingos, com os seus residentes e popula-

cidade de Setúbal assinala os 50 anos dos protestos estudantis do Maio de 68 com uma sessão a realizar esta quarta-feira, na Casa do Largo, que inclui um debate entre deputados e jovens. "Sê jovem e cala-te!" designa a iniciativa, de entrada livre, que marca as comemorações do meio século dos protestos iniciados em maio de 1968 por estudantes franceses, de luta por melhoria das condições de ensino, que resultou na maior greve geral na Europa, envolvendo também trabalhadores de diversos sectores. A sessão, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal,

através do Gabinete da Juventude, começa pelas 19h00 com a exibição do filme "Depois de Maio", de Olivier Assayas, de 2012, que retrata a história de um grupo de jovens nas semanas seguintes às manifestações. Os acontecimentos do Maio de 68 e o filme apresentado servem de mote a um debate, com início pelas 21h30, entre estudantes e os deputados Luís Monteiro, do Bloco de Esquerda, e Miguel Tiago, do Partido Comunista Português, que discute, cinquenta anos depois, as diferenças que se registam ao nível das reivindicações e necessidades dos jovens. I.A.M.  DR 

O filme estreia esta quarta-feira, pelas 18h ção, chega esta quarta-feira ao Cinema Charlot - Auditório Municipal, com exibição a começar pelas 18h00. Numa produção entre o Centro Comunitário de São Sebastião e a bMOTION PICTURES, o filme é de João Bordeira e

Sérgio Bráz de Oliveira. A produção cinematográfica alia-se a uma estratégia de intervenção comunitária que abre o programa das comemorações do 12º aniversário do Centro Comunitário de São Sebastião, a ter lugar no próximo sábado, dia 26. A entrada é gratuita e depois da apresentação do filme haverá ainda tempo para um beberete e momentos de convívio.

Opinião

IPS

Dia Internacional do Enfermeiro 2018: A saúde é um direito humano O dia 12 de maio é assinalado em memória do nascimento de Florence Nightingale, fundadora da enfermagem científica, a primeira a definir uma filosofia de enfermagem, a operacionalizar um modelo de prestação de cuidados, a fundar uma escola com autonomia do ensino. E se o Dia Internacional do Enfermeiro se celebra todos os anos, há um tema específico em cada ano, por orientação do Conselho Internacional de Enfermeiros. Recentemente, deu-se enfoque a considerar os

enfermeiros uma “força para a mudança”, como recurso vital para a saúde (2014), na eficácia dos cuidados (2015) e para um sistema de saúde mais resiliente (2016). O ano passado, “Enfermeiros: Uma voz de Liderança” focou os objetivos de desenvolvimento sustentável (2017) e, este ano, o tema é “Saúde é um Direito Humano”. Este enfoque permite compreender o sistema de saúde a partir de uma perspetiva centrada na pessoa e na comunidade, assim como analisar as questões de acesso a

cuidados de saúde e os impactos do acesso nos resultados de saúde. De certa forma, o Dia Internacional do Enfermeiro chama a atenção para áreas em que a intervenção do enfermeiro é essencial, hoje e para o futuro, centrando-se também nas preocupações sociais e de desenvolvimento humano, na área da saúde. Aliás, quando se fala de “enfermeiros” ninguém parece ter muitas dúvidas acerca do que estamos a falar: mundialmente, a profissão é reconhecida pelas

comunidades, os enfermeiros exercem na proximidade das pessoas e, por isso, estão especialmente colocados para promover o acesso a cuidados de saúde, participar no aumento da literacia de saúde, advogar em benefício dos cidadãos. Assim, para além da dimensão interpessoal da prestação de cuidados a pessoas e a grupos (como a família, na saúde escolar, no trabalho, etc.), os enfermeiros desempenham um papel fundamental na acessibilidade das pessoas e das populações a cuidados de

Prof.ª Doutora Lucília Nunes, docente da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal (ESS/IPS) saúde, seja na educação para a saúde, na proteção da saúde, nos processos de doença, na reabilitação e reinserção social, no acompanhamento dos processos de morrer. Independentemente do contexto e da situação em que cada pessoa está, tem direito a aceder a cuidados de saúde e de enfermagem – e é esse direito que, em meu entender, o 12 de maio deste ano também celebra.


AGENDA GASTRONÓMICA

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

13

- 2 alheiras; - 100g de coentros; lino das - 150g de arroz caro nas; lezírias ribateja ; iz rn - 2 ovos codo - 1 laranja; - 1 cebola média; - 1 cenoura; - 1 alho francês; - 2 dentes de alho; - azeite qb; m sal; - 30g de manteiga se anco; - 200ml de vinho br - sal qb; ; - pimenta preta qb - 1,5L de água.

Santo Ofício. A proibição da carne de porco, comum a ambos, o ritual do abate dos animais permitidos, o modo de comer, as cerimónias de culto durante as refeições e até a composição da ementa, serviam como indicadores das suas crenças religiosas. Aproveitando e bebendo desse legado os Judeus deixam-nos como herança: O cordeiro pascal, que comiam com pão levedado, alface, o alho-porro e o aipo, a Adafina, uma antecessora do cozido à portuguesa e as Alheiras, que enchiam de pão e galinha e punham ao fumeiro para dar imagem que consumiam chouriços de porco como qualquer cristão. Este mês é a partir desta última iguaria de que vos vou fornecer uma receita.

Arroz cremoso de alheira e seu crocante, com jus de laranja e ovo de codorniz estrelado

OP/1956 C/1123

Ingredien tes 2 PESSOAS

di convidar o meu amigo Emídio Concha de Almeida (cozinhador tal como eu) para compartir os devaneios culinários que nos vão surgindo na cabeça ao longo do ano. Os meus caros leitores já me conhecem e sabem como encaro a cozinha nacional, os seus sabores, saberes e tradições, mas este meu amigo levará esta crónica ao extremo e tal como um verdadeiro José Hermano Saraiva dos tachos passará a apresentar uma breve explicação acerca do prato que irei apresentar: “Em determinada altura da nossa (Portuguesa) história, as perseguições religiosas e a respetiva intolerância da mesma, tanto Mouros como Judeus eram traídos pelas suas preferências alimentares e como tal apontados ao tribunal do

Especialidades: Peixe Assado, Cataplana de Peixe e Fondue de Vitela Morada: Rua da Saúde, 34 • 2900-633 Setúbal Contacto: 265 237 738 tascadasmarés@hotmail.com

C/ 1383

Normalmente costumo escrever costu esta crónica culinária sozinho, mas este mês deci-

Especialidades: Peixe Assado e Pizzas Morada: Praça Machado dos Santos, nº 7 - 10 • 2900-178 Setúbal Contacto: 265 553 493 • tascakefish@hotmail.com Encerra à segunda-feira

Especialidades: Comida Vegetariana e Macrobiótica Morada: Av. Luísa Todi, 123 – Setúbal Contacto: 265 233 482 Período de Encerramento: Fim-de-semana

C/ 0000

 NTO CIME NAS IO N TÓ [ AN

Cozinha também é história…

Onde vamos hoje?

Especialidades: Bifinhos com Molho à Cave, Arroz de Pato, Bacalhau à Casa. Todos os dias pratos diferentes da cozinha tradicional portuguesa Morada: Rua São Tomé e Príncipe, 27 – 265 536 155 Período de Encerramento: Sábado à tarde e domingo

 DR 

Preparação: Num tacho comece por preparar o caldo, preenchendo o fundo do mesmo com um pouco de azeite e refogue o alho francês cortado grosseiramente, juntamente com meia cebola cortada em três pedaços, um dente de alho esmagado, uma cenoura cortada em rodelas grossas e um quarto de alheira. Cozinhe durante cerca de cinco minutos, refresque com um pouco de vinho branco e quando o álcool evaporar junte a água. Deixe ferver e apurar durante aproximadamente

dez minutos. Coe o caldo e reserve, mantendo o mesmo sempre quente. Para o crocante, esfarele meia alheira para um recipiente apropriado para ir ao forno e deixe assar no mesmo a 200º durante cerca de dez minutos. Retire do forno e reserve. Num outro tacho coloque um pouco de azeite, deixe aquecer e adicione meia cebola picada, um dente de alho laminado, refogue um pouco e junte o arroz. Envolva bem, refresque com o restante vinho branco e quando este evaporar vá juntando o caldo

aos poucos e tempere com sal e pimenta. Cozinhe sempre em lume brando mexendo constan-

temente, acrescente a restante alheira em pequenos pedaços e quando o arroz começar a ficar al

[ FOTOS: DR 

Desabafos de um cozinheiro

dente regue com duas colheres de sopa de sumo de laranja e junte um pouco de raspa da mesma a

gosto. Adicione um pouco mais de caldo, retifique os temperos e quando o preparado atingir uma textura cremosa apague o lume e junte a manteiga envolvendo bem até esta derreter por completo. Entretanto estrele os ovos de codorniz e reserve. Finalmente, sirva o arroz num prato fundo, coloque o ovo de codorniz estrelado no meio, um pouco de crocante de alheira em volta e decore com uma pitada de coentros picados. Bom apetite… José Maria Lino


14

REGIÃO

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

GNR e PSP apreendem mais de 2 mil doses de droga após investigação de pequeno tráfico O  FOTOS: DR 

Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Almada, deteve no dia 10 de maio dois homens, com 26 e 27 anos, nas localidades de Fernão Ferro e Barreiro, pela prática de tráfico de estupefacientes. A detenção decorreu no âmbito de um inquérito por tráfico de estupefacientes, que decorria há 1 ano e no âmbito do qual forma realizadas três buscas domiciliárias que permitiram apreender 1 110 doses de haxixe; 315 comprimidos de ecstasy e 44 doses de cocaína. A par destas doses de estupefacientes, foram ainda apreendidos 3 vasos com plantas de cannabis; 5 balanças de precisão; 2 viaturas e 1 motociclo; armas brancas e de fogo, 23 telemóveis; 3 computadores; 115 cartões de telemóveis e 2 279 euros em numerário. Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de Almada no dia

11 de maio e encontram-se sujeitos à medida de coação de obrigação de apresentações diárias em posto po-

PSP deteve um indivíduo do sexo masculino, com 29 anos de idade, por posse de produto estupefaciente. Durante uma ação de patrulhamento realizada pela equipa da Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial. Durante a ação de fiscalização a equipa verificou que o indivíduo adotou uma atitude suspeita e tentou dissimular a sua localização, escondendo-se num estabelecimento. Ao abordar o suspeito, os agentes policiais verificaram que o mesmo tinha na sua 268 doses de heroína; 238 doses de haxixe; 122 doses de cocaína e 1 529,00 euros em dinheiro. O suspeito, que já se se encontrava sob medida de coação com pulseira electrónica, recolheu aos quartos de detenção até ser presente em tribunal.

licial da área de residência. Também em Setúbal, no dia 10, o Comando Distrital de Setúbal da

Opinião

Marketing & Empresas

Definir objetivos SMART Muitas pessoas sabem que os objetivos devem ser SMART (Específicos, Mensuráveis, Alcançáveis, Relevantes e definidos no Tempo). No entanto a maioria não segue estas 5 características. O desafio é criar e seguir um plano para tornar esses objetivos realidade. Quando definimos os nossos objetivos o entusiasmo é imenso, mas com o tempo menos de 10% das pessoas alcançam o que definiram. Se quer realmente alcançar os seus objetivos, precisa de os definir da forma adequada e ter um Plano.

Para existir clareza e alcançar o que ambiciona, cada um dos seus objetivos tem de ter estas 5 características em simultâneo: 1.Específico – Tem de ser claramente definido. “Quero realizar mais dinheiro no próximo mês” é muito vago. “Quero faturar 10.000 euros no próximo mês” é específico. 2.Mensurável – Precisa de quantificar o seu objetivo para ter consciência quando o alcançar. É que aqui que ser específico ajuda. Quanto vale “mais” em “realizar mais dinheiro”? 3.Alcançável – Tem de definir

metas que sejam um desafio para si e que necessitem do seu esforço, mas que não criem frustração e fracasso por serem impossíveis de alcançar. 4.Relevante – O objetivo tem de estar de acordo com os planos que tem para a sua vida. Ao definir cada um dos seus objetivos, foque-se no segundo hábito para pessoas altamente eficazes, de Stephen Covey: começar sempre com o fim em mente. 5.Tempo – É obrigatório que o objetivo esteja definido no tempo, senão é apenas um desejo ou um sonho. Colocar a data em

que o objetivo vai ser alcançado. Defina objetivos intermédios, se necessário. Se o objetivo é faturar 10.000 euros no próximo mês, divida em etapas, a cada semana faturar 2.500 euros e 500 euros por dia. Assim consegue medir todos os dias e, se não estiver a alcançar os números pretendidos, tomar as medidas certas para corrigir. Definir e implementar estratégias que o levem a alcançar, realmente, o objetivo. Num próximo artigo vou clarificar os próximos passos para que os seus objetivos sejam uma realidade. Decidir que ações

Luís Charneca ActionCOACH são necessárias, colocar essas tarefas na sua agenda e cumprir a agenda. Espero ter ajudado a clarificar e a potenciar melhores empresas, empresários e empreendedores. Se necessitar de alguma ajuda para definir o seu Plano de Ação ou ainda se gostou deste artigo, ficou com alguma dúvida ou quiser colocar uma questão terei todo o gosto em receber as suas partilhas e comentários. Dê-me o seu feedback (luischarneca@actioncoach.com)


CLASSIFICADOS/NECROLOGIA

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

Funeraria

Armindo

Artur Cruz Diniz (1939 – 2018)

800 217 217 LIGUE GRÁTIS

Manuel Francisco das Dores

Etelvina da Conceição Calado Paciência

António Manuel da Paz Cabo Pita

(1938 – 2018)

(1930 – 2018)

(1941 – 2018)

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Manuel Francisco das Dores. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Etelvina da Conceição Calado Paciência. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de António Manuel da Paz Cabo Pita. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

Armindo

OPE/000

EMERGÊNCIA FUNERÁRIA

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Artur Cruz Diniz. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências. Funeraria

Funeraria

Funeraria

Armindo

Armindo

Viriato Medinas Parreira

Ludovina Maria Serrano

Adriano José Bolotas Domingues

(1931 – 2018)

(1945 – 2018)

(1938 – 2018)

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Viriato Medinas Parreira. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Ludovina Maria Serrano. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Adriano José Bolotas Domingues. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

Funeraria

Armindo

Funeraria

Funeraria

Armindo

Armindo

Classificados

Precisa-se Electricistas de Const. Civil (Oficiais e Ajudantes) Admissão Imediata Trabalho em Tróia Contacto

(1919-2018)

Missa 30º dia Sua Esposa e Família vêm por este meio anunciar que será celebrada Missa em sua memória, no próximo dia 16 de maio, pelas 18h00, na Igreja de Nossa Senhora do Socorro. Agradecem antecipadamente a quem se dignar a participar neste acto religioso. OP/2765

218871708 Precisa-se

OP/2746

(M/F)

Restaurante Tasca do Xico da Cana Empregado de Mesa 265 233 255

C/209

AGÊNCIA FUNERÁRIA A COSTA Serviço Permanente e 265 523 496 Facilidades de pagamento Entrega direta de documentos os na Segurança Social em Lisboa boa

Funeraria

Armindo António Nunes Fernandes (1934– 2018)

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de António Nunes Fernandes. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências. Funeraria

Armindo

Classificados

Rui da Conceição Rocha

C/ 1799

15

Restaurante Solar Amélia Precisa Assador de peixe e carne com experiência 967 597 775 Avenida Luísa Todi, 83

Precisa-se

Para churrasqueira Take Away -Cozinheiro/a - Funcionário/a Setúbal/ 935505009OP/2763

Vende-se apartamento T2 pronto a habitar - trata o próprio com o próprio

Tlm 965 709 638 OP/ 2751

OP/2755

Precisa-se Empregado de mesa para restaurante 913 291 821

C/204

Contacte o Jornal O Setubalense Telefone 265 094 354 Email: geral@osetubalense.com

Siga-nos no Facebook


16

A FECHAR

SEGUNDAFEIRA 14.MAIO.2018

Encontros Poéticos registaram enorme sucesso Dinamismo cultural A Casa da Poesia realizou com enorme sucesso os primeiros Encontros Poéticos, que envolveram quase meia centena de participantes oriundos da região de Setúbal e de várias zonas do país. O vereador da Cultura, Pedro Pina, realçou “o dinamismo da Casa da Poesia, uma associação extremamente jovem, que apostou num evento que veio para ficar e crescer”.  DR 

Q

POR FÁTIMA BRINCA

uase meia centena de poetas oriundos de Portalegre, Castelo de Vide, Elvas, Vila Franca de Xira, Lisboa, Beiras e região de Setúbal marcaram presença nos primeiros Encontros Poéticos, que se realizaram no último sábado, na cidade do Sado. Depois da recepção na Casa da Baía, os poetas surpreenderam os clientes e vendedores do Mercado do Livramento distribuindo poemas, ocupando, posteriormente o auditório deste espaço de excelência da cidade do Sado, onde procederam à leitura de trabalhos de sua autoria. Depois do almoço, que decorreu em ameno convívio, os poetas encheram a sala nobre da Biblioteca Municipal de Setúbal,

para assistirem aos debates em que participaram os poetas convidados Joaquim Pessoa, Maximiano Gonçalves e Dina Barco. A actriz do Teatro de Animação de Setúbal (TAS), Célia David emocionou os presentes com a declamação de alguns poemas. O vereador da Cultura, Pedro Pina, destacou a participação dos “vários poetas neste evento que veio para ficar, crescer e conti-

nuar a ser um grande momento cultural da cidade de Setúbal”. O autarca elogiou “o dinamismo da Casa da Poesia, uma associação relativamente jovem, que tem uma enorme dinâmica”. Alexandrina Pereira, a presidente da Casa da Poesia de Setúbal, mostrou-se comovida com a forma como “os poetas que vieram de várias zonas do país, ficaram extasiados com

o espaço da Casa Baía”. Para a poetisa de referência “estes Encontros permitiram uma enorme partilha, que nos enriquece e no próximo ano iremos alargar o evento a mais cidades do país”. Alexandrina Pereira destacou a participação de Joaquim Pessoa, que “desde o nosso primeiro convite respondeu afirmativamente marcando presença e para a Casa da Poesia foi um motivo de

grande orgulho”. À margem dos Encontros Poéticos não resistimos a pedir um comentário sobre a Grande Marcha de Setúbal a Alexandrina Pereira, que venceu o concurso diversas vezes e continua a colaborar com as marchas com as suas letras nas colectividades. A poetisa confessou não “ter ficado surpreendida com a vitória de José Condinho, com quem trabalhado e com Dina Barco, que escreveu uma letra com enorme simplicidade direcionada para o povo”. A Grande Marcha deste ano, concluiu, “é uma lufada de ar fresco com o aparecimento de novos letristas e músicos”. O Setubalense pode avançar em primeira mão que a poetisa irá lançar para o próximo ano um livro sobre as marchas de Setúbal.

Telefone 265094354 geral@osetubalense.com  

Edição nº 631 dia 14 de Maio de 2018

Telefone 265094354 geral@osetubalense.com  

Edição nº 631 dia 14 de Maio de 2018

Advertisement