Page 1

PUBLICIDADE 0158

TERÇA-FEIRA | 15.OUTUBRO.2019 | N.º 260 | Ano II | 5.ª Série

PUBLICIDADE

URGÊNCIAS EM ESTADO GRAVE P.3

Hospital de S. Bernardo encaminha doentes para outros hospitais PINHAL NOVO P.4

Pediátrica do Garcia de Orta voltou a fechar esta noite

SEIXAL FESTA NA BAÍA GANHA ESPAÇO ENTRE FESTIVAIS DE VERÃO

P.8

Câmara do Seixal contra “situação inadmissível” PALMELA P.6 Recepção à comunidade educativa na quinta-feira SEIXAL P.13

Vila Serena e Vale Flores ganham novas palmeiras

SeixalJazz 2019 arranca com Kenny Barron Trio SETÚBAL P.12

INVESTIMENTO DE 760 MIL P.8

Centros urbanos de Palmela e Pinhal Novo vão ter iluminação LED PUBLICIDADE

MTV Sunset Party atraiu mais de 5 mil

Vinhos Solidários com Calafate e Casa do Gaiato


FIGURA DO DIA TERÇA-FEIRA, 15/10/2019

REPARO DO DIA

Û

2

MIRADOURO DA ARRÁBIDA OPINIÃO

LUÍS PISCO

FRANCISCO RAMALHO Ex-bancário, Corroios

Sobre o resultado eleitoral da CDU É consensual que a solução governativa que agora chegou ao fim e que a direita pejorativamente apelidou como se sabe, agradou à grande maioria dos portugueses. Também não haverá grandes duvidas sobre a influência que o PCP teve em relação à larga maioria das medidas positivas que a mesma gerou. Portanto, perante tal quadro, porque é que a CDU foi agora tão penalizada? Seria devido à sua palavra de ordem ; Avançar é Preciso! (Avançar nos direitos do povo e dos trabalhadores) Seria pelo facto do PCP e do PEV se terem manifestado veementemente contra medidas gravosas como, por exemplo, as alterações ao Código do Trabalho propostas pelo Governo e aprovadas pelo PS que aumentam quase para o dobro o período experimental de trabalho, agravando assim brutalmente a precariedade e criando um ainda maior exército de desempregados, sobretudo jovens, que beneficia principalmente o grande patronato? Seria porque o PCP preconiza uma economia baseada em três pilares; Privado, Público e Cooperativo e não apenas quase só no primeiro, como os que ganham as eleições preconizam e implementaram? Seria pela solidariedade internacionalista do PCP para com todos os povos que lutam pela paz, pela justiça social e pela sua autodeterminação? Ou não será por tudo isto e não só, que o PCP/CDU, conta com a hostilidade da influente comunicação social dominante? Grande responsável por tais resultados. PS- No meu artigo de opinião anterior, “Corroios Homenageia Amália”, por lapso, alterei o nome da fadista Marilú de Matos para Marilu Santos. Aos leitores e sobretudo à visada, as minhas desculpas.

O presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo é a primeira figura da tutela responsável pelas graves condições em que estão a funcionar as urgências dos hospitais da região. A ARSLVT não pode clonar médicos nem manda no Orçamento de Estado, mas o conselho directivo está na primeira linha e, até agora, não disse uma palavra sobre os problemas concretos apontados nos últimos dias. Por exemplo, vai ou não haver novas macas para o Hospital de S. Bernardo?

Vandalismo assusta antiga baixa setubalense Na madrugada de segunda-feira o reconhecido restaurante setubalense, Adega dos Garrafões, foi alvo de um acto de vandalismo. “Partiram um vidro e pontapearam as portadas da janela a ponto de a partir”, refere o proprietário. Quanto ao objectivo destes estragos “não se pode confirmar que sejam com a intenção de arrombar para assaltar”, comenta. “Para mim é vandalismo sem pla-

neamento, feito por pessoas embriagadas quando saem dos vários estabelecimentos que agora nascem por esta zona da baixa, onde abunda o karaoke e consumo excessivo de álcool durante o fim-de-semana”. De resto uma situação que um repórter de O SETUBALENSE assistiu no passado sábado, quando um karaoke a decorrer num café próximo ao edifício do jornal “fazia tremer janelas e vidros”.

OPINIÃO

O alívio de uns, na consciência de outros Os animais,... bem os animais são o meu calcanhar de Aquiles! Amo e vivo com alguns a que chamo família, trato e protejo os que posso

ANTÓNIO GUERREIRO Autor literário

Eu tenho no trio, crianças, idosos e animais, os mais frágeis da sociedade, a oportunidade quotidiana de praticar para com a vida e o que ela me dá, o exercício da gratidão. Nas crianças eu agradeço o futuro, a fé, a esperança e o Sol do sorriso e da alegria que dá cor à vida. Delas, recebemos a continuidade da nossa luta por uma melhor sociedade. Protegelas, é talvez o mais gratificante dever social! Aos idosos devo o que somos. Os alicerces a onde finco os meus pés, a onde bebo o saber deixado.

E dar-lhes o meu braço para que se apoiem e atravessem uma rua, aliviar-lhes o peso das compras ou ajudar no entendimento de um tempo que tem dificuldade em acompanhar, é uma honra que o meu ser, ligeiramente mais jovem, sente agradecido. Os animais, … bem os animais são o meu calcanhar de Aquiles! Amo e vivo com alguns a que chamo família, trato e protejo os que posso. A eles, agradeço a oportunidade diária da sensibilidade humana, que o corre-corre do dia a dia, dentro delas, fora, com ou sem as máquinas, horas e horários, tempos, estresse e compromissos, me embrutece e quer, no pragmatismo frio da subsistência social, anular. Dia quatro de outubro foi o dia do animal. Do que vive livre,

selvagem e ainda sobrevive, e do que o foi um dia e já perdemos. Daquele que nos alimenta, do que nos ajuda e do que em nossa casa nos recebe com aquele olhar tão só seu, e ingenuamente desconhecendo o dia que tivemos, corre para nós, querendo, qual verdadeiro amigo, nem que seja à força nos fazer feliz. Pulando, roçando-se, ganindo, miando ou ronronando e obrigando àquela atenção que nos faz tão bem darlhe, e que só quem os “atura “, entende. Mas é também o dia dos que vitimas, jazem estendidos no meio da estrada e nos fazem sentir mal sem sentir culpa. Dos que foram um dia engraçados e depois indesejados, e ao seu jeito, tão sem fingimento, tão sem o saber como, puros, genuínos, mostram a sua fome aban-

donados pelas ruas. Rondando os caixotes do lixo, suplicando como conseguem, que uma mão igual à que um dia os afagou, lhes dê agora algo que comer. E é a quem para eles, por vezes tirando do pouco que a reforma lhes reserva, estende essa mão, nela levando o que podem e tantas vezes, por tal incompreendidos e criticados, que hoje escrevo este texto. Dedico-o, no dia dos seus protegidos, a todos os que aliviando a culpa, daqueles a quem o valor de uma chamada telefónica por dia, alguns dias de ferias, ou apenas porque tal como o casaco que saiu de moda, por eles perderam interesse, os abandonam na rua, e na consciência de quem os trata: aliviam a sua. Pois, bem hajam!

FICHA TÉCNICA

PUBLICIDADE geral@osetubalense.com publicidade.setubal@gmail.com

SETÚBAL ALMADA SEIXAL PALMELA BARREIRO ALCOCHETE OUTROS CONCELHOS MONTIJO MOITA 212 383 228 265 520 716 265 094 354 265 092 725 212 318 392 212 047 599 212 047 599 212 384 894 937 081 515

Registo de Título N.º 107552 | Depósito Legal N.º 8/84

Propriedade: Outra Margem - Publicações e Publicidade, Lda. Contribuinte: 515 047 325. (Detentores de mais de 10% do capital social: Gabriel Rito e Carlos Bordallo-Pinheiro). Editor: Primeira Hora - Editora e Comunicação, Lda. Contribuinte: 515 047 031 (Detentores de mais de 10% do capital social: Setupress, Lda., Losango Mágico, Lda., Carla Rito e Gabriel Rito) Sede de Administração e Redacção: Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1.º, 2900-389 Setúbal. Conselho de Gerência: Carla Rito, Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro, Gabriel Rito e Carlos Bordallo-Pinheiro.

CONCELHO DE SETÚBAL Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1.º - 2900-389 Setúbal - Tel. 265 094 354 (geral) / 265092 633 (redacção) / 265 092 725 - 265 520 716 (dep. comercial) CONCELHO DE PALMELA Rua José Saramago, lote 26 - loja direita 2955-027 Pinhal Novo - Tel. 212 384 894 CONCELHOS DE MONTIJO E ALCOCHETE Praça da República, 63, Galerias Comerciais, Lj 18. Tel./Fax: 212 318 392

CONCELHO DO BARREIRO Intermarche da Moita - Quinta Santa Rosa Rua Classe Operário - Alhos Vedros - Moita Tel.: 212 047 599 - 939 050 535 CONCELHO DA MOITA Intermarche da Moita - Quinta Santa Rosa Rua Classe Operário - Alhos Vedros - Moita Tel. 212 047 599 / 939 050 535 REDACÇÃO Director: Francisco Alves Rito (CPJ 2292) diretor@osetubalense.com Redacção: Mário Rui Sobral (CPJ 3872 A),

Humberto Lameiras (CPJ 2321 A); Ana Martins Ventura (CPJ 7230 A). Colaboradores: Inês Antunes Malta (CPJ 7226 A); Miguel Nunes Azevedo (TP 2608); Fátima Brinca (CPJ 2574); Rogério Matos (CPJ 9929); Helga Nobre; André Rosa; Ricardo Lopes Pereira e José Pina. Fotografia: Mário Prata, Alexandre Gaspar e Arsénio Franco. DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO Teresa Inácio, Dulce Lança e Branca Belchior. PUBLICIDADE Direcção Comercial: Carla Sofia Rito e Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro. Setúbal: Ana Oli-

veira, Mauro Sérgio, Célia Felix e Rosália Batista. Montijo: Graciete Rodrigues.PPalmela: Rosália Batista. Barreiro: Carla Santos. Moita: Carla Santos. IMPRESSÃO Tipografia Rápida de Setúbal, Lda. - Travessa Jorge d’Aquino, 7 - 2900-427 Setúbal e-mail: geral@tipografiarapida.pt DISTRIBUIÇÃO VASP - Venda Seca, Agualva - Cacém Tel. 214 337 000 Tiragem média diária: 9.000 exemplares

Estatuto Editorial disponível em https://www.facebook.com/pg/ JornalOSetubalense/ about/?ref=page_internal

Edição online www.diariodaregiao.pt Digital Media Officer: José Luís Andrade

Os artigos assinados são da responsabilidade dos seus autores


Urgência de Pediatria do HGO em ruptura por grave carência de médicos TERÇA-FEIRA, 15/10/2019

ACTUAL REGIÃO

O Sindicato dos Médicos da Zona Sul responsabiliza o Conselho de Administração do HGO e o Ministério da Saúde por “perpetuarem uma situação que não garante a segurança dos utentes e lamenta a atitude intimidatória com que o Conselho de

Administração tem tratado os seus profissionais”. O sindicato refere-se ao Serviço de Urgência de Pediatria do Hospital Garcia de Orta enfrentar “ggraves carências de médicos pediatras para assegurar a escala de urgência, o que coloca em causa a

qualidade dos cuidados prestados e a segurança dos profissionais”. Diz que o serviço “ttem apenas sete pediatras para assegurar diariamente a urgência, dos quais três elementos não fazem urgência no período noturno por terem ultrapassado o limite

etário obrigatório”. “O Os médicos do Serviço de Pediatria do HGO têm sido pressionados diretamente pelo CA do hospital para fazerem urgências extra. Alguns médicos chegam a fazer quatro urgências numa semana”, acrescenta o sindicato.

3

Hospital Garcia de Orta mantém urgência pediátrica encerrada à noite

Crise nas urgências deixa saúde da região em estado crítico previstos investimentos estruturantes ao nível da Saúde”, os quais “ppodem contribuir para melhorar a assistência aos utentes”. No entanto, a melhor assistência dependerá sempre “dda capacidade de fixar médicos na região”. Declarações exclusivas sobre o panorama da Saúde na península, que O SETUBALENSE publica amanhã em entrevista.

Urgências dos hospitais de Almada, Barreiro e Setúbal deviam servir cerca de um milhão de utentes. Falta de médicos compromete serviços com atendimento a conta-gotas

Crianças passam mais uma noite com porta da Saúde fechada

POR ANA MARTINS VENTURA HUMBERTO LAMEIRAS FOTO ALEX GASPAR

M

acas insuficientes, falta de médicos, incapacidade para resposta célere para senhas amarelas e laranja e crianças sem urgência pediátrica, marcaram o funcionamento dos hospitais da península nos últimos três dias. A crise das urgências hospitalares percorre a península e o Hospital Garcia de Orta (HGO) representa caso mais preocupante, com urgência pediátrica encerrada há três noites. No centro deste constrangimento está a “iinsuficiência de médicos pediatras para cumprir a escala nocturna”, esclarece a direcção do HGO. Em Setúbal, depois de um fim-desemana em sobrelotação, ontem as urgências do Hospital São Bernardo voltaram a funcionar normalmente, “ssem picos a registar”, segundo avançou fonte próxima à direcção do Centro Hospitalar de Setúbal (CHS). No entanto, uma normalização que apenas chegou ao fim da tarde. Durante o dia o Serviço de Urgência Geral do Hospital São Bernardo manteve-se sobrelotado e a comunicação social chegou mesmo a avançar que estava encerrado. A O SETUBALENSE a direcção do CHS esclareceu que, apesar de ter informado o CODU (Centros de Orientação de Doentes Urgentes) sobre os congestionamentos, não encerrou portas e continuou a receber os doentes da sua área de influência. Pelas 17h40 a situação estava normalizada. Quanto aos factores que influenciaram esta situação, a direcção avan-

HOSPITAL S. BERNARDO. Congestionamento das urgências agravou-se com a chegada do tempo de Inverno nas últimas horas

ça que as urgências estiveram sobrelotadas, “pprincipalmente com utentes idosos, em sequência das mudanças de temperaturas que se têm vindo a registar nos últimos dias”. No Centro Hospitalar Barreiro Montijo o Serviço de Urgência Geral também ficou contagiado por este ‘síndrome de sobrelotação’ embora com menos mediatismo. Com afluência elevada, entre a noite de domingo e a madrugada de segunda-feira, no Serviço de Urgência

do Hospital do Barreiro doentes com senha amarela aguardaram mais de quatro horas para serem atendidos. A situação é recorrente e os utentes apontaram o que veem continuadamente. “M Médicos a passear pelos corredores sem chamarem nenhum doente durante horas. Enfermeiros a fazer repetidas pausas para fumar enquanto aguardamos medicação, muitas vezes com toma urgente”. Uma situação que “qque não melhorou com as obras feitas este ano que deixaram as ur-

gências de cara lavada”. Eurídice Pereira, membro da Comissão Parlamentar da Saúde, afirma que “eembora possam continuar a regista-se constrangimentos no atendimento a doentes, fruto da falta de médicos, é inegável que o Serviço de Urgência melhorou no Barreiro”, devido a investimentos recentes na requalificação de infraestruturas. A deputada reeleita pelo círculo de Setúbal nas eleições do dia 6, salienta ainda que “eem Setúbal também estão

Com a crise das urgências a prometer continuar nos próximos dias o Hospital Garcia de Orta anunciou ontem mais uma noite de portas fechadas na Urgência Pediátrica. O serviço apenas retomou a sua normal actividade esta manhã. As causas estão esclarecidas com a continuada “iinsuficiência de médicos pediatras para cumprir a escala nocturna”. Mas a situação arrastase há um ano, desde que saíram 13 profissionais do hospital. E nem mesmo o lançamento de concursos foi suficiente para colmatar a carência porque “nninguém concorreu”, segundo avançou à Lusa o Sindicato dos Médicos da Zona Sul.

Autarquia volta a afirmar que situação na urgência pediátrica do HGO é inaceitável

Câmara ganha mais força para exigir hospital no Seixal

O

encerramento da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, no passado fim-de-semana, veio reforçar os argumentos da Câmara do Seixal sobre a reivindicação do Governo “iinvestir em novos equipamentos de saúde, nomeadamente na construção do novo hospital no Seixal”. Em comunicado, o executivo alerta o Governo para que “nnão persista no erro de encarar o Serviço Nacional de Saúde e a saúde dos portugueses como uma despesa, mas sim como um investimento fundamental na qualidade

de vida das populações”. Nesta linha a gestão comunista da autarquia “rreitera a sua preocupação com a degradação dos cuidados de saúde prestados às populações e volta a insistir para que se encontrem soluções urgentes para a falta de profissionais no Serviço Nacional de Saúde”. No caso concreto dos cuidados de saúde para as crianças, o mesmo documento afirma que estas “sse vêem cada vez mais privadas do acesso a cuidados de saúde condignos”, e aqui está também a população do Seixal que está na

área de abrangência do Hospital de Almada. Aliás, esta questão já tinha sido transmitida pelo presidente da Câmara Municipal do Seixal no passado dia 25 de Junho, em reunião com a secretária de Estado da Saúde, Raquel Duarte, em que foram “aabordados os constrangimentos existentes na urgência pediátrica no Hospital Garcia de Orta e nos serviços de urgência de obstetrícia nos hospitais da Grande Lisboa durante o período de Verão”. Acrescenta o comunicado que na reunião, o autarca lembrou que esta

unidade “éé uma referência no âmbito da pediatria, pelo que tanto da parte da Câmara Municipal como dos utentes não queremos perder este serviço, pelo contrário, queremos que seja reforçado”. Na altura, a secretária de Estado transmitiu à autarquia que “eestariam a ser tomadas medidas para ultrapassar os constrangimentos existentes rapidamente”. Infelizmente, “ppassados poucos meses desde essa reunião, a situação na Pediatria no HGO não só não se resolveu, como ainda se agravou”, avalia a autarquia. HUMBERTO LAMEIRAS


4

ALMADA

Centro de Educação Física da Armada

Dois atletas da Marinha competem na China

TERÇA-FEIRA, 15/10/2019

REGIONAL

Esta sexta-feira começam em Wuhan, na República Popular da China, a 7ª edição dos Jogos Mundiais Militares que contará com a participação de dois atletas da Marinha

Portuguesa. Durante o tempo que que antecedem o campeonato, ambos os atletas têm treinado no Centro de Educação Física da Armada (CEFA), em Almada, através

de um estágio que permite ultimar a sua preparação para as provas desportivas em que vão competir, o marinheiro Marco Miguel em atletismo e o grumete Alexandre Couti-

nho em natação. Os dois atletas da Marinha vão integrar uma comitiva que integra vários outros militares portugueses que foram seleccionados para competir nestes jogos.

PALMELA 30 anos de investigação e divulgação de conhecimento

DIREITOS RESERVADOS

Fórum Turismo de Palmela desvenda trilhos das Ordens religioso-militares

PINHAL NOVO

Plantação de mais 36 árvores

O Fórum Turismo realiza-se a 6 de Dezembro e será um “momento anual de partilha de experiências na área do Turismo, focando todos os anos temas diferentes e de grande interesse para o sector

O

Município de Palmela está a comemorar 30 anos de investigação e divulgação de conhecimento historiográfico em Ordens Militares. Para assinalar todo este tempo de trabalho foi agendado para 6 de Dezembro o Fórum Turismo Palmela. É a partir das 9h30, no Cineteatro S. João, e tem como tema “As Ordens religioso-militares na valorização tu-

rística dos destinos”. Organizado pela Câmara Municipal de Palmela, com o apoio da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa e da Rota de Vinhos da Península de Setúbal, o Fórum Turismo assume-se como um “m momento anual de partilha de experiências na área do Turismo, focando, todos os anos, temas diferentes e de grande interesse para o sector”, assim refere comunicado da autarquia. Os trabalhos desta edição são centrados em dois grandes painéis: “A Ordem Militar de Santiago e a sua influência nos destinos turísticos” e “O papel das Ordens religioso-militares na valorização turística dos destinos / Exemplo e Práticas”. As intervenções relacionadas com as suas áreas de acção, para partilha de exemplos e boas práticas serão apresentadas por oradores nacionais. A participação no Fórum Turismo Palmela é gratuita, mas obriga a inscrição.

As palmeiras são uma imagem de marca da mais moderna urbanização de Pinhal Novo e os moradores não abdicam do que consideram ser a sua principal referência

POR FÁTIMA BRINCA

A

manutenção das palmeiras na Urbanização Vila Serena mobilizou os moradores desta moderna zona de Pinhal Novo, onde foram abatidas espécies, que se encontravam doentes. A autarquia de Palmela chegou a avançar com a ideia de se intercalarem outras espécies arbóreas, mas a opção foi rejeitada pelos moradores, que defenderam que a urbanização perdia a sua identidade. A Câmara de Palmela encomendou um estudo ao laboratório de Patologia Vegetal “Veríssimo de Almeida”, do Instituto Superior de

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS

Vila Serena não abdica das palmeiras

VALE FLORES. Avenida dos Ferroviários também recebe novas palmeiras

Agronomia, que apontou para a replantação de 36 novas palmeiras na principal avenida da Vila Serena, que irão substituir os exemplares que existiam no local e que tiveram de ser removidos por questões de segurança e fitossanitárias. As novas palmeiras, da espécie Washingtonia filífera, com uma altura de 4,5 a 5 metros, foram as árvores escolhidas, que possuem folhas grandes em forma de leque, que não caem mesmo depois de mortas. As palmeiras agora plantadas envolveram um investimento, que ultrapassou os nove mil euros, garantindo a circulação de peões e

viaturas. O estudo concluiu que a nova espécie de palmeiras tem-se adaptado com sucesso na região e não são vítimas de ataques de escaravelhos. As novas palmeiras irão ser também usadas de imediato na Avenida dos Ferroviários, na Urbanização de Vale Flores, cujo loteamento está a receber novas infraestruturas na rede viária e na iluminação para responder aos diversos imóveis com construções já a decorrer. As palmeiras existentes vão serem tratadas depois do investimento aprovado na sessão de câmara, que ultrapassa os 10 mil euros.


TERÇA-FEIRA 15/10/2019

REGIONAL

5

ARQUIVO / O SETUBALENSE

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

SEIXAL

Reunião do executivo marcada por ambiente de agitação

Câmara programa 12 equipamentos integrados para idosos Socialistas não subscreveram a tomada de posição da CDU, aprovada por todas as outras forças políticas e um independente

C

erca de 45 milhões de euros é o valor estimado para um conjunto de 12 equipamentos integrados para pessoas idosas e mais três de cuidados continuados que a Câmara Municipal do Seixal programou na sua Carta Social Municipal. O tema foi lançado para cima da mesa pela gestão CDU na reunião do executivo camarário de quartafeira passada, a qual ficou marcada por ambiente tenso e troca acalorada de palavras. Joaquim Tavares (CDU), na altura a dirigir os trabalhos, viu-se obrigado a interromper a sessão durante minutos, visto que uma munícipe teimava em fazer uso da palavra em termos pouco cívicos e em altura indevida. A reunião, realizada na tarde da última quarta-feira, prosseguiu pouco depois, apimentada ainda por uma troca de “mimos” entre as vereadoras Maria João Macau (CDU) e Elisabete Adrião (PS) a propósito das

competências da autarquia na área do ensino. Um cenário que tem vindo a ser recorrente nas sessões. O período reservado à intervenção do público, que deveria durar uma hora, prolongou-se por mais de três – o número de munícipes inscritos foi elevado e algumas intervenções demasiado longas e, por vezes, cáusticas para com os elementos da mesa e todos os presentes no Auditório dos Serviços Centrais da autarquia. Os munícipes pediram explicações sobre a diferenciação de preços nos ATL, a demora na concessão de alvarás, as obras no Mercado da Cruz de Pau e colocação de placas toponímicas, a falta de estacionamento em certas zonas adjacentes à estação ferroviária de Corroios e a prescrição de dívidas à autarquia. E ainda acerca de um terreno adquirido numa AUGI de Fernão Ferro, bem como sobre o registo de colónias de cães, que se podem observar em muitos pontos do concelho.

Ainda neste período, houve quem sugerisse a edificação de uma estátua de Pedro Eanes Lobato, fundador de Amora – no dizer do munícipe Joel Lira – e quem criticasse o abate de árvores no concelho. Joaquim Tavares aproveitou para garantir que “hhá sempre uma árvore plantada por uma árvore cortada”, o que “ppode é não ser no mesmo sítio”. Maria João Macau – que se diz bater “ppor uma escola pública que seja realmente conclusiva” –, Joaquim Tavares e José Carlos Gomes, todos da CDU, deram as explicações requeridas, enquanto os vereadores do PS comentaram negativamente os esclarecimentos prestados. Elisabete Adrião declarou que idealizara um plano sólido para tratar de cães e gatos abandonados, mas que não o levou avante porque lhe retiraram o pelouro. “U Uma retaliação pelo facto do PS ter votado contra o Orçamento desta Câmara”, comentou.

Envelhecimento com dignidade e direitos A tomada de posição “Em defesa de um envelhecimento com dignidade e direitos”, apresentada pela CDU, não foi subscrita pelos vereadores do PS – o documento continha afirmações pouco abonatórias das políticas dos governos socialistas e social-democratas. Depois de se lembrar, no referido documento, que a Constituição da República consagra um conjunto de direitos para a população mais envelhecida – como “ssegurança económica” e “ccondições de habitação e convívio familiar e comunitário que respeitem a sua autonomia pessoal, evitem e superem o isolamento ou a marginalização social” – acusam-se os governos anteriores de terem materializado políticas que conduziram a baixas reformas, “ccrescentes dificuldades no acesso à saúde e aos

Aprovados apoios ao movimento associativo e escolas O executivo autárquico aprovou comparticipações financeiras à Associação Pata D’Açúcar, que treina cães para detectar a diabetes no ser humano, à Sociedade Filarmónica Democrática Timbre Seixalense,

ao Clube Recreativo e Desportivo das Cavaquinhas, em apoio ao 2.º Festival de Grupos Corais e Instrumentais, à Associação Cultural do Seixal e à Sociedade Filarmónica Operária Amorense. Foram também

aprovados contratos-programa para subsidiar o XX Encontro de Bandas do Seixal e o projecto “Povos, Culturas e Pontos”. Foi ainda decidido pagar os telefones das escolas do 1.º ciclo e jardins-de-infância.

medicamentos”, a maiores dificuldades aos agregados familiares, a que estão associados os “bbaixos salários, a precariedade, a instabilidade e a insistências em opções privatizadoras de equipamentos sociais”. Além disso, no mesmo texto critica-se “qque a população idosa, depois de uma vida de trabalho e de ter contribuído para o desenvolvimento do país, fique desprotegida numa fase da sua vida mais vulnerável”. Perante tal situação, e ainda que a “aacção social seja uma matéria cujas competências são, em grande parte, da responsabilidade do Estado Central”, a Câmara do Seixal programou, na sua Carta Social Municipal, um “cconjunto de 12 equipamentos integrados para pessoas idosas” e mais três de cuidados continuados. O investimento, segundo estimativa da autarquia, eleva-se a 45 milhões de euros. A Câmara salienta a “nnecessidade de políticas de protecção à pessoa idosa”, diz querer reforçar a “iimplementação de medidas que visem melhorar a situação social e económica dos idosos” e pugna pelo “aacesso universal à rede solidária de equipamentos socais”, ao mesmo tempo que insta o Estado a “lançar linhas de financiamento para a construção dos 24 equipamentos sociais necessários” à população do concelho.


6

ALMADA TERÇA-FEIRA, 15/10/2019

LOCAL

Movimento Democrático de Mulheres

Seminário debate Combate ao Tráfico de Seres Humanos Para assinalar o Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos, o Movimento Democrático de Mulheres realiza, no próximo dia 26 de Outubro, um seminário subordinado ao tema “Tráfico de

Seres Humanos: da exploração sexual à exploração no trabalho”. O seminário decorre no Solar dos Zagallos, na Sobreda, Almada, entre as 15h30 e as 18h00. Com este seminário o movimento pretende

contribuir para “aumentar a sensibilização da opinião pública para a importância desta forma, aviltante e hedionda, de exploração e violência e aumentar o conhecimento sobre a realidade deste flagelo

em Portugal”. No seminário será apresentada a aplicação ACT - Agir Contra o Tráfico Humano, resultado de uma parceria entre o MDM e o Observatório do Tráfico de Seres Humanos.

PALMELA Cerimónia de recepção realiza-se quinta-feira

Município prepara-se para dizer olá à comunidade educativa

A

recepção à comunidade educativa promovida pela Câmara Municipal de Palmela arranca na próxima quinta-feira, 17, com o habitual momento de convívio a ter lugar na EB Alberto Valente, no Pinhal Novo, e prolonga-se até 29 de Novembro. O programa de boas-vindas a professores, educadoras, auxiliares de acção educativa, estudantes e famílias engloba um conjunto de actividades que “vvalorizam a componente informal da educação e motivam para o processo de ensino-aprendizagem”, sublinha a autarquia. Além da iniciativa de convívio, a programação contempla no próximo mês duas actividades ligadas à leitura – “Contar histórias e sobreviver” e “De mãos dadas com o sonho e a leitura” – e uma outra, intitulada “Escutar a cidade para a transformar”, que visa celebrar o Dia Internacional da Cidade Educadora. Esta última é aberta à participação da população em geral. “Contar histórias e sobreviver” vai decorrer a 8 de Novembro, entre as 10h00 e as 17h30, na Biblioteca Municipal de Palmela. A iniciativa – que consiste numa “ooficina de preparação de leitura e contos em voz alta, recorrendo a diferentes modalidades de integração do texto escrito, bem como apresentação de estratégias de narração oral a aplicar em diferentes contextos” – será dinamizada por Susana Ra-

malho, técnica superior da Biblioteca Municipal do Seixal. Actividades em Novembro “De Mãos dadas com o sonho e a leitura”, com as participações de Viriato Soromenho-Marques, Joana Duarte e Dora Batalim, vai realizarse no dia 14 de Novembro, das 9h30 às 17h30, no Auditório Municipal do Pinhal Novo. Trata-se de um encontro “ssobre promoção e valorização da leitura, da literatura infanto-juvenil e da sua animação, enquanto instrumentos potenciadores de sucesso pessoal e escolar”, explica o município, salientando que a iniciativa é dirigida a pessoal docente e não docente, alunos das áreas da educação e cultura, bibliotecários e técnicos profissionais de biblioteca, animadores e associações de pais. Já a actividade “Escutar a cidade para a transformar”, que encerra o programa de recepção à comunidade educativa, está marcada para 29 de Novembro, das 10h00 às 13h00, no Mercado Municipal do Pinhal Novo. Pretende-se que estas iniciativas, “P que assinalam simbolicamente o arranque do ano lectivo 2019-2020, inspirem a comunidade educativa a explorar os recursos disponíveis e a estabelecer novas relações com o território e com as pessoas que o habitam”, sustenta a edilidade, que promete destacar ao longo deste novo ano lectivo “aa importância das redes colaborativas e de cumplicidades na educação”, bem como o trabalho desenvolvido no concelho “aatravés do Plano Inovador de Combate ao Insucesso Escolar 'Eu Conquisto o Meu Sucesso'”. A recepção à comunidade educativa conta com o apoio do programa “Mecenas de Palmela”.

SETÚBAL

‘Onda Rosa’ percorre país de norte a sul e não esquece cidade do Sado

Prevenção contra cancro da mama une oito centenas em caminhada solidária Grupo de Apoio de Setúbal e pelo Movimento Vencer e Viver, da Liga Portuguesa Contra o Cancro sensibiliza população para diagnóstico precoce da doença

FOTOS:DIREITOS RESERVADOS

Programa de boas-vindas prolonga-se até 29 de Novembro com várias actividades. Momento de convívio tem lugar na EB Alberto Valente, no Pinhal Novo

H

oje assinala-se o Dia Mundial da Saúde da Mama. No concelho de Setúbal o movimento para a sensibilização e prevenção do cancro da mama começou no fimde-semana com a caminhada solidária “A Prevenção Toca a Todos”. Uma actividade organizada pelo GASET – Grupo de Apoio de Setúbal e pelo Movimento Vencer e Viver, da Liga Portuguesa Contra o Cancro que uniu 815 pessoas, vestidas de rosa, cor símbolo da causa, a caminhar desde o centro histórico à frente ribeirinha. Esta caminhada solidária inserese no movimento nacional ‘Onda Rosa’, no âmbito do qual se desenvolvem actividades solidárias em vários pontos do país, com o objectivo de sensibilizar as populações sobre a importância do diagnóstico precoce da doença. No fim deste mês dedicado à luta contra a doença oncológica mamária, que todos os anos gera 6000 novos casos em Portugal, celebra-se tam-

Em Alcácer do Sal também “a prevenção toca a todos” Também em Alcácer do Sal “A prevenção toca a todos” foi o mote de uma caminhada solidária contra o cancro da mama que juntos dezenas de participantes no Parque Desportivo Municipal da cidade. A caminhada organizada pela delegação de Alcácer do Sal da Liga Portuguesa Contra o Cancro levou bém o Dia Nacional de Prevenção do Cancro da Mama. Em Setúbal, o Grupo de Apoio da Liga Portuguesa Contra o Cancro presta, diariamente e de forma gratuita, apoio a mulheres com dificuldades económicas, através da entrega de próteses, soutiens, mangas elásticas, cabeleiras e de sessões de fisioterapia, drenagem

uma pequena, mas forte ‘onda rosa’ em trajecto pela Escola Básica Pedro Nunes, Auditório Municipal e Santuário do Senhor dos Mártires, descendo depois até ao Parque dos Pescadores, passando pela Ponte Pedonal e pelo Jardim Público, subindo pela Avenida José Saramago e terminando novamente no ponto de partida. linfática e terapias. Todos os anos, a Câmara Municipal de Setúbal, através do Gabinete de Saúde, promove, em colaboração com o Gabinete de Setúbal da Liga Portuguesa Contra o Cancro e com as autoridades locais de saúde, diversas acções com informação relevante sobre a doença.


TERÇA-FEIRA 15/10/2019

ÁGUAS DE MOURA

LOCAL

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

7

Frente à Junta da Marateca

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS

Mercadinho D’a Moura prossegue no sábado com saúde

SEIXAL Câmara Municipal de Palmela. A autarquia avança que, até ao final do ano, estes mercadinhos temáticos vão realizar-se “m mensalmente”. Além do próximo (Mercadinho da Saúde), estão já igualmente previstos o Mercadinho de S. Martinho, para 16 de Novembro, e o Mercadinho de Natal, para 21 de Dezembro. A concluir, a edilidade lembra que o Mercadinho D’a Moura arrancou em Maio último e reforça que a iniciativa junta a oferta diversificada dos comerciantes da baixa de Águas de Moura. São 28 os espaços comerciais aderentes à iniciativa, que é organizada por Câmara Municipal, União das Freguesias de Poceirão e Marateca e agentes económicos locais.

Artesanato e produtos regionais também no Mercado Municipal do Pinhal Novo

Movimento Escolas Sem Amianto prepara queixa na Europa O Seixal é um dos concelhos com amianto em escolas públicas. A informação já chegou ao Movimento Escolas Sem Amianto que enquanto espera resposta do Ministério da Educação, prepara queixa contra Portugal

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS

A

trair mais visitantes e clientes ao comércio tradicional é o objectivo da iniciativa Mercadinho D’a Moura, cuja próxima edição, agendada para dia 19 deste mês (sábado), é subordinada ao tema da saúde. Esta edição – intitulada 'Mercadinho da Saúde' – vai ter lugar na Avenida da Liberdade, em Águas de Moura (em frente à Junta de Freguesia de Marateca), entre as 9h00 e as 14h00. O Mercadinho D’a Moura “iintegra o plano de acção do projecto de dinamização da baixa comercial de Águas de Moura e pretende atrair mais visitantes e clientes ao comércio tradicional, que marca a diferença pela simpatia, cordialidade e atenção às necessidades de quem o procura”, salienta a

Ministério da Educação tem demorado a dar resposta

O

O Mercado Municipal de Pinhal Novo continua a promover o artesanato e os produtos regionais, com iniciativas onde participam várias dezenas de artesãos e de pequenos produtores do concelho de Palmela. Até ao final do ano

irão decorrer mais eventos, que recomeçam nos dias 2 e 3 de Novembro, mas será em Dezembro que a promoção do artesanato e produtos locais atingirá maior impacto a 7, 8, 14 e 24 de Dezembro. F.B.

Movimento Escolas Sem Amianto (MESA) vai entregar até ao final do ano uma queixa contra Portugal na Comissão Europeia por inacção na remoção de amianto nas escolas, que são edifícios públicos, disse o coordenador André Julião. Em declarações à agência Lusa, o coordenador do MESA refere que “ssó faltam ultimar algumas questões formais para que a queixa seja entregue”. Ao mesmo tempo o movimento está a “aaguardar pelo resultado da queixa que entregámos em Maio à Provedoria de Justiça contra o Ministério da Educação por inacção na retirada do fibrocimento degradado, contendo amianto, nos vários estabelecimentos escolares”, indicou.

Diz este responsável que tem recebido queixas de várias escolas, entre elas algumas do Seixal. “IIsto é um problema a nível nacional. Nós temos de chamar a atenção por esta via, uma vez que não conseguimos fazê-lo pela via formal, para que o Ministério entenda que este tema

tem de ser uma prioridade”, disse. André Julião referia-se à marcha e cordão humano que aconteceu na passada semana na Portela, concelho de Loures. Diz o coordenador do MESA que tentou ser recebido pelo ministro da Educação, mas “nnão obteve resposta”.


8

LOCAL

SEIXAL

TERÇA-FEIRA 15/10/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

A bombar até à meia-noite à beira da baía

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS

MTV Sunset Party trouxe 5 600 pessoas à praia

E ao segundo ano, repetiu o sucesso e promete ficar no calendário dos festivais de Verão

F

oi a loucura na Praia do Seixal no passado sábado com 5 600 pessoas a vibrarem ao som daquele que pode ser considerado o último festival de Verão. Sem pó e ao lado da magnífica vista sob a baía, o MTV Sunset Party voltou a

soltar faíscas. Com entrada livre, mas limite de lotação ao espaço, das quatro da tarde à meia-noite foi sempre a bombar com a música dos experientes DJ Kura que soma 1,2 milhões de fãs no facebook, e ainda Kevu e

Nokin que estiveram estar em palco com a jovem promessa da música electrónica Fifty. O MTV esteve marcado para 21 de Setembro, mas o tempo falhou e acabou por ser adiado para este sábado, e o tempo acertou-se com as previ-

sões meteorológicas e deu para ouvir, dançar, saltar ao ritmo do hip-hop, R&B, dancehall, bass, turntablism, trap, twerk, bass e outras batidas. O MTV é organizado pela Câmara do Seixal e estreou-se pela primeira vez o ano passado.

PUBLICIDADE

PALMELA

Mais de 2.300 luminárias

DIREITOS RESERVADOS

Candidatura de 760 mil euros aprovada para iluminação nos centros urbanos VITÓRIA FUTEBOL CLUBE INSTITUIÇÃO DE UTILIDADE PÚBLICA

CONVOCATÓRIA Nos termos e para os efeitos do art.º 33, alínea b), 35.º e 37.º, alínea a), dos estatutos do Vitória Futebol Clube, convoco a Assembleia Geral Ordinária para o dia 23 de Outubro de 2019, às 20:30, no pavilhão Antonie Velge, com a seguinte ordem de trabalhos:

Centro Histórico de Palmela e centro urbano de Pinhal Novo vão ter tecnologia LED

A

Câmara de Palmela conseguiu a aprovação da candidatura “Iluminação Pública Eficiente” ao Programa Operacional Regional de Lisboa 2020, no quadro do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da Área Metropolitana de Lisboa. A candidatura envolve um investimento de 760 mil euros e o vereador da Iluminação Pú-

blica, Pedro Taleço, garantiu que “hhaverá uma redução nos consumos de energia eléctrica do município com a instalação de tecnologia LED em 2.325 luminárias no Centro Histórico de Palmela e no Centro Urbano de Pinhal Novo”. A nova iluminação, de custos mais reduzidos em 64 por cento, permitirá um melhor desempenho em matéria de iluminação pública, diminuindo as emissões de gases com efeito estufa. A autarquia aponta como investimento prioritário os espaços e edifícios públicos, por forma a apoiar a transição para uma economia com baixas emissões de carbono. F.B.

Ponto 1 - Relatório de Gestão e Contas de 2018, Discussão e Votação Ponto 2 - Assuntos não contidos na ordem de trabalhos (Art.º 35, N.3, dos estatutos do V.F.C.) Nota: Nos termos do Art.º 35.º, n.º. 2, se à hora de início da Assembleia não estiverem presentes a maioria absoluta dos sócios com direito a voto, a assembleia funcionará, meia hora depois, em 2.ª convocatória, seja qual for o número de sócios presentes. Setúbal, 14 de Outubro de 2019 O Presidente da Assembleia Geral

Fernando Cardoso Ferreira


TERÇA-FEIRA 15/10/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

PUBLICIDADE

9


10

OPINIÃO

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

OPINIÃO

CDU: A força que conta para intervir, lutar e avançar Hoje como sempre, seremos fiéis aos compromissos assumidos e honraremos os votos recebidos

NUNO COSTA Dos organismos executivos da DORS do PCP

Os resultados eleitorais na Península de Setúbal comportam elementos distintos que importa ter presente na avaliação do seu significado e no quadro político que deles resultam. O PS apesar de ver reforçados a sua votação e mandatos não consegue, quer no plano regional quer no plano nacional obter a maioria absoluta; a CDU obtém 62 336 votos e três mandatos, um dos quais do PEV, um resultado inferior ao anteriormente alcançado; o PSD e o CDS vêm ser reconfirmada e aprofundada a condenação que há quatro anos os portugueses tinham dado à sua politica; o BE reduz a sua votação na Região e não cresce a sua influência; o PAN consegue eleger um deputado. Estes resultados eleitorais, apesar de alterações verificadas na expressão eleitoral das diferentes forças políticas, traduz-se num quadro político com uma relação de forças semelhante ao que resultou das eleições para Assembleia de República em 2015. Este facto não permite iludir que esta arrumação de forças no plano institucional corresponde a uma conjuntura política distinta da verificada em 2015. Com este resultado da CDU são os trabalhadores e o povo que veem as pers-

pectivas de defesa, conquista e avanços de direitos e rendimentos sairem enfraquecidos. Hoje como sempre, seremos fiéis aos compromissos assumidos e honraremos os votos recebidos.

O PS apesar de ver reforçados a sua votação e mandatos não consegue, quer no plano regional quer no plano nacional obter a maioria absoluta

São de destacar, os militantes do PCP, da ID, do PEV e os candidatos pela sua corajosa e dedicada participação na campanha eleitoral que, com o seu valioso e imprescindível contributo militante, construíram uma campanha eleitoral que venceu obstáculos, silenciamentos e preconceitos e permitiu assegurar o resultado obtido. A luta dos trabalhadores e das popula-

ções da Região é no presente, como foi e será, o elemento nuclear e o caminho seguro para não permitir retrocessos e alcançar novos avanços necessários à urgente melhoria das condições de trabalho e de vida. Serão elementos centrais da nossa iniciativa e intervenção politica: o aumento geral dos salários para todos os trabalhadores, do público e do privado – salário mínimo nacional de 850€; aumento das reformas e pensões; creches gratuitas para as crianças com idade inferior a 3 anos; investimento nos serviços públicos - Serviço Nacional de Saúde e Escola Pública, reabertura dos serviços e valências encerradas e contratação de mais profissionais, reforço de meios e equipamentos, por melhores transportes públicos, e em equipamentos como os Hospitais no Seixal e Alcochete / Montijo, centros de saúde em falta e infraestruturas como a ponte rodo-ferroviária BarreiroLisboa, pela construção de um Novo Aeroporto de Lisboa por fases no Campo de Tiro de Alcochete. É de realçar a realização de um comício no dia 26 de Outubro às 15 horas, nos Bombeiros do Seixal, com a participação de Jerónimo de Sousa, Secretário Geral do PCP.

PUBLICIDADE

Município Divisão de Administração Urbanística

Palmela Câmara Municipal

Edital N.º 10/DAU/2019 ÁLVARO MANUEL BALSEIRO AMARO, na qualidade de Presidente da Câmara Municipal de Palmela, FAZ PÚBLICO QUE, por deliberação desta Câmara Municipal de 08 de maio de 2019, foi aprovada a atribuição de topónimos Rua António Matos Fortuna, Travessa Mariano Cardoso Caetano, Travessa Joaquim Fernandes Chula, Travessa Álvaro de Carvalho Cardoso, Rua Vasco Machado, Rua José Hermano Saraiva, Rua Raul Machado, Rua Inácio Baião, Rua João Nunes “Parré”, Rua Acácio Ezequiel Chulo, Rua Dr. Luis Guerreiro, Rua Hortense Miranda Jones e Rua Emília Santo António, para os arruamentos representados na planta infra, pertencente à Freguesia e concelho de Palmela:

1 – Rua António Matos Fortuna; 2 – Travessa Mariano Cardoso Caetano; 3 – Travessa Joaquim Fernandes Chula; 4 – Travessa Álvaro de Carvalho Cardoso; 5 – Rua Vasco Machado; 6 – Rua José Hermano Saraiva; 7 – Rua Raul Machado; 8 - Rua Inácio Baião; 9 – Rua João Nuno (Parré); 10 – Rua Acácio Ezequiel Chulo; 11 – Rua Dr. Luís Guerreiro; 12 – Rua Hortense Miranda Jones; 13 – Rua Emília Santo António; 14 – A designar; 15 – A designar Para constar se lavrou o presente Edital, que vai ser afixado nos lugares públicos do costume e no jornal local de maior expansão. Palmela, 01 de outubro de 2019 O Presidente da Câmara ÁLVARO MANUEL BALSEIRO AMARO

VENDE-SE EMPILHADOR Nissan. Com capacidade até 900 quilos A gasolina e gás. Bom estado. Barreiro 4.950 euros 967 196 769

TERÇA-FEIRA 15/10/2019


TERÇA-FEIRA 15/10/2019

PUBLICIDADE

O DIĂ RIO DA REGIĂƒO DE SETĂšBAL

SAUL ANTĂ“NIO MOLEIRO

MARIA IZABEL SILVA VEIGA

MARIA DE FĂ TIMA BRASINHA FREIRE

GRACINDA DAS FLORES DA SILVA NERY

(1929 – 2019)

(1946 – 2019)

(1927 – 2019)

(1924 – 2019)

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Saul AntĂłnio Moleiro. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Maria Izabel Silva Veiga. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

EUGÉNIO PINA SALVADO FALECEU A 12/10/2019 PARTICIPAĂ‡ĂƒO E AGRADECIMENTO seu filho, netos e restante familia tĂŞm o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente muito querido. O corpo encontra-se em câmara ardente na capela do FaralhĂŁo. O funeral realiza-se hoje pelas 15h00 para o cemitĂŠrio da Paz, em SetĂşbal. Agradecem reconhecidamente a todos os que se dignarem acompanhĂĄ-lo Ă sua Ăşltima morada, bem como aos que das mais diversas formas, lhes manifestarem pesar.

AGĂŠNCIA FUNERĂ RIA COSTA SETĂšBAL 265 523 496 www.funerariacosta.com

$)XQHUiULDGD $)XQHUiULDGD 3LFKHOHLUD/GD )XQHUDLV&UHPDo}HV7UDVODGDo}HV 6(59,d2 3(50$1(17( 9HQGDGHDUWLJRVUHOLJLRVRVHHVRWpULFRV 7OP

3UHoRVORZFRVW

(67$026&216,*23$5$26(59,5&20+21(67,'$'((&203(7Ăˆ1&,$ 6HGH 5XD'U)DULDGH9DVFRQFHORVQž% /LVERD 7HO )D[

)LOLDLV $Y*HQHUDO+XPEHUWR 'HOJDGRQ¾ 3LQKDO1RYR 7HO)D[

5XDGD&RUGRDULD Qž% $PRUD 7HO

ZHEIXQHUDULDSLFKHOHLUDSW

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Maria de FĂĄtima Brasinha Freire. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

11

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Gracinda das flores da Silva Nery. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

INSTITUIĂ‡ĂƒO DE PALMELA

PRECISA DE FIEL DE ARMAZÉM HABILITADO A CONDUZIR VEĂ?CULOS PESADOS OFERECEMOS: VENCIMENTO BASE COMPATIVEL COM A FUNĂ‡ĂƒO SUBSIDIO DE REFEIĂ‡ĂƒO; SUBSIDIO DE DESLOCAĂ‡ĂƒO TRABALHO DE 2ÂŞ A 6ÂŞ FEIRA, DESLOCAÇÕES APENAS NESTA REGIĂƒO. HORĂ RIO DE ESCRITĂ“RIO

918 755 572

BLOCO CL�NICO Farmåcia Portugal DIRECTOR TÉCNICO Fernando Gamito Rodrigues Av. Jaime Cortesão, 77-B Tel. 265 539 060 • Setúbal Horårio: 09h00 - 13h00; 14h00 - 20h00 Såbado: 09h00 - 13h00

LABORATÓRIO DE ANà LISES CL�NICAS '5$0$5,$),/20(1$/23(63(5',*­2 '5$/)5('23(5',*­2 +RUiULR�D�IHLUDK 6iEDGRK 5XD-RUJHGH6RXVD_6HW~EDO ZZZSUHFLODESW_WHO WHOP_)D[


12

SINES

Festival “Curtas Vila do Conde” estendido ao final desta semana

TERÇA-FEIRA, 15/10/2019

SOCIEDADE SETÚBAL

Sexta e sábado no auditório do Centro de Artes

O auditório do Centro de Artes de Sines acolhe, na sexta-feira e no sábado, uma extensão do festival de cinema "Curtas Vila do Conde", foi ontem divulgado. No primeiro

dia, às 21:30, serão exibidas as curtas-metragens "Mesa para dois no Carpa", de Francisco Lobo, "Purpleboy", de Alexandre Siqueira, "Panique ao Village - La Foire Agricole",

de Stéphane Aubier e Vincent Patar, "Los que desean", de Elena López Riera, e "Nefta Football Club", de Yves Piat. A sessão de sábado, designada "Curtinhas", tem como des-

tinatário o público infantil e suas famílias. Tem início às 15:00 e inclui filmes de França, Bélgica, Suíça, Hungria, República Checa, Eslováquia e Polónia.

Homenagem a Calafate

A Casa da Poesia de Setúbal realizou a quinta edição dos Vinhos Solidários em homenagem ao poeta Calafate e cujas receitas revertem a favor da Casa do Gaiato

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS

Vinhos Solidários contemplam Casa do Gaiato

POR FÁTIMA BRINCA

A

edição deste ano dos Vinhos Solidários irá apoiar a Casa do Gaiato e foi uma homenagem ao poeta popular setubalense Calafate, que se realizou na tarde de sábado, na Casa Baía. A iniciativa da Casa da Poesia de Setúbal aposta em juntar os vinhos à solidariedade e cujas receitas revertem a favor de instituições sociais. A presidente da Casa da Poesia, Alexandrina Pereira, explicou a antecipação da iniciativa Vinhos Solidários, que “ccostumam realizar-se em Novembro, mas como estamos a assinalar os 200 anos de Calafate, que é o nosso poeta homenageado, antecipámos para Outubro” e com um sorriso explicou “aafinal o Natal é sempre que o homem quiser”. A poetisa radicada em Palmela lembra que os Vinhos Solidários “ffizeram parte de um desafio que fiz a Leonor Freitas, que apoiou a iniciativa desde a primeira edição”. Os Vinhos Solidários começaram há cinco anos e já apoiaram o Centro de Crianças em Risco da Cáritas, a Clínica Dentária Social do Padre Constantino, a APDA e a Liga Contra o Cancro. As receitas deste ano irão reverter a favor da Casa do Gaiato e da obra desenvolvida pelo padre Arcílio, que não pode marcar presença por estar retido no aeroporto Humberto Delgado a aguardar pela chegada de 12 jovens oriundos de Moçambique que passam a ser os mais recentes residentes da instituição.

HOMENAGEM. Autarcas e dirigentes marcaram presença na Casa da Baía, numa iniciativa da Casa da Poesia de Setúbal

“A solidariedade é o respeito pela dignidade humana” A Casa da Poesia já apoiou as instituições com mais de 10 mil euros, com Alexandrina Pereira a anunciar que as receitas “ttêm oscilado entre os dois mil e dois mil e quinhentos euros”, e revela “vvisitei a Casa do Gaiato e fiquei emocionada com a obra do padre Arcílio, que continua a trabalhar, apesar de ter 86 anos” e “eescolhemos esta instituição porque define a solidariedade como respeito pela dignidade humana”. A presidente da Casa da Poesia agradeceu à Casa Ermelinda Freitas pela oferta dos vinhos e dos rótulos em homenagem ao poeta Calafate. A responsável da Casa Ermelinda Freitas, Leonor Freitas, à última da hora não pode comparecer devido a compromissos no norte do país, mas enviou uma mensagem confessando, “qquanto orgulho sinto pelo grupo que tão bem tem associado a cultura à solidariedade que é a maior ferramenta do bem-estar da humanidade”.

VINHOS SOLIDÁRIOS. Edição deste ano vai contemplar a Casa do Gaiato

“Continuem a remar este barco e levá-lo a bom porto” O presidente da Junta de Freguesia do Sado, Manuel Véstias foi um dos autarcas presentes, explicando “nnão podíamos estar distantes desta instituição que é a Casa da Poesia pela cultura e solidariedade e pela iniciativa Vinhos Solidários” e desafiou “ccontinuem a remar este barco e levá-lo a

bom porto”. Rui Canas, presidente da União de Freguesias de Setúbal, enalteceu a Casa da Poesia pela dinamização “ddo projeto que é muito importante para a cidade e para o concelho, que junta os vinhos à solidariedade, mas a pensar nos outros”. A vereadora Carla Guerreiro disse que “éé difícil fazermos uma vez esta ação solidária e ainda mais ao conti-

nuá-la ao longo dos anos” e os responsáveis da Casa da Poesia “ddevem sentir-se muito orgulhosos de continuar com esta iniciativa e lembrarem-se do Calafate o nosso poeta popular de uma sabedoria enorme”. Antes da venda das garrafas, os autarcas leram quadras do poeta Calafate e brindaram com moscatel à continuação do sucesso dos Vinhos Solidários.


TERÇA-FEIRA 15/10/2019

SOCIEDADE

DIREITOS RESERVADOS

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

13

SEIXAL Sons do improviso já esta quinta-feira no Auditório Municipal e Armazém 56 Art Sx

DIREITOS RESERVADOS

Duas décadas do SeixalJazz abrem com Kenny Barron Trio

Em mostra nacional de cartazes

Caldas da Rainha destaca Palmela Wine Jazz Evento de Palmela figura ao lado de outros importantes festivais de jazz portugueses na exposição que decorre no Centro Cultural e Congressos das Caldas da Rainha

A

“Mostra de Cartazes de Jazz em Portugal”, patente ao público até 3 de Novembro no Foyer do Centro Cultural e Congressos das

PALMELA

Caldas da Rainha, apresenta o Palmela Wine Jazz entre as iniciativas que destaca. A exposição, que integra o programa do Festival Caldas Nice Jazz 2019 – organizado pela Culturcaldas –, exibe cartazes de algumas das seis edições do Palmela Wine Jazz, evento que volta a ter lugar no Castelo de Palmela, este ano entre 19 e 21 de Julho. “O O Palmela Wine Jazz promove-se, desta forma, nas Caldas da Rainha, ao lado de outros importantes festivais de jazz portugueses, como o Festival de Jazz de Viseu ou o Jazz à Marinha”, revela a Câmara Municipal de Palmela

em nota de Imprensa, sublinhando que a divulgação pelo território nacional “aassume uma importância especial no âmbito do 'Palmela é Música', processo de candidatura de Palmela à Rede de Cidades Criativas da UNESCO, na área da música”. Recorde-se que o Palmela Wine Jazz, organizado anualmente em Julho pela autarquia em parceria com a Associação da Rota de Vinhos da Península de Setúbal, distingue-se por aliar a qualidade do referido género musical com os melhores vinhos da região, tendo como cenário o Castelo de Palmela.

Segunda temporada de 'Jogos de Enganos'

Comédia do Teatro Ensaiarte sobe ao palco do Centro Cultural do Poceirão Adaptação de “Le Malade Imaginaire”, de Molière, promete muita animação

O

Centro Cultural do Poceirão vai acolher, no próximo dia 19, a partir das 21h30, a segunda temporada de “Jogos de Enganos”, uma adaptação de “Le Malade Imaginaire” de Molière apresentada pelo Teatro Ensaiarte. Com direcção e encenação de

Célia Figueira, este espectáculo representa uma comédia de costumes que dá a conhecer um doente que não o é, uma esposa que procura a chave da fortuna na alcova do marido, quase defunto, um notário que tem a pretensão da sabedoria, e dois médicos num só, incultos e soberbos. Como se não bastasse haverá ainda dois pretendentes opostos, duas gémeas de idades diferentes, um irmão adoptado, parecido com o jovem apaixonado, e duas criadas no centro dos “Jogos de Enganos”, perspicazes

e honestas, que ganham o desenrolar da acção. Organizado pela Câmara Municipal de Palmela e pelo Ensaiarte, o espectáculo dirigido a maiores de seis anos apresenta no elenco: Ana Teresa, Biser Bekirov, Daniel Ribeiro, Marta Rocha, Miguel Reis, Nuno Gonçalves, Paula Pereira, Pedro Sottomayor, Sara Santos, Vanessa Raminhos e Vítor Peres. As entradas para assistir à comédia são feitas mediante donativo. As reservas podem ser efectuadas pelos seguintes contactos: 966 564 933 ou 917 450 781.

“Marca 20” é a distinção da edição deste ano do SeixalJazz Clube, já considerado o melhor festival do país neste género de música

D

urante sete noites em duas semanas o Seixal vai estar ao som do jazz, é a edição “marca vinte” do SeixalJazz que começa esta quinta-feira com os espectáculos de Kenny Barron Trio, no Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal, às 22h00, e o quintento de João Fragoso no Armazém 56 – Arte Sx, na Mundet, a partir das 23h00. Este festival firmado em sons do improviso vindos de vários cantos do mundo e também projectos nacionais abre este ano com o reconhecido pianista americano Kenny Barron, eleito em vários anos como o melhor pianista de jazz, quer pelos críticos, quer pelo público das revistas Down Beat, JazzTimes e Jazz Magazine. No palco do Auditório Municipal

Kenny Barron vai ser acompanhado por Kiyoshi Kitagawa no contrabaixo e Jonathan Blake na bateria. A «Cena Jovem Jazz.pt», um concurso que apoia a criação de projectos musicais de jovens músicos na área do jazz, é o carimbo com que o Fragoso Quintento abre o SeixalJazz Clube, a partir das 23h00, uma música de autor, personalizada pela escrita do líder. Este ano, o festival começa quinta-feira e tem espectáculos até sábado 26 e Outubro, interrompendo apenas nos dias 20 e 21. Nos palcos vão estar o quarteto do saxofonista português César Cardoso, os guitarristas americanos Peter Bernstein e Ralph Towner, o primeiro com o seu projecto a quatro e o último apenas acompanhado pelas suas guitarras de 6 e 12 cordas O SeixalJazz Clube recebe ainda os polacos Wojtek Mazolewski Quintet, com o último trabalho considerado uma obra-prima pela revista Down Beat, o trio do português Ricardo Toscano, com o convidado Ali Jackson, e a fechar esta edição a orquestra liderada pelo pianista John Beasley, que irá trazer ao auditório o espírito da música singular de Thelonious Monk.


14

Clubes distinguidos pela Certificação de Entidades Formadoras TERÇA-FEIRA, 15/10/2019

DESPORTO

A FPF entregou no passado sábado, numa cerimónia realizada na Cidade do Futebol, placas e diplomas de reconhecimento referentes ao Processo de Certificação de Entidades Formadoras 2018/19, evento que contou com a presença

do presidente Fernando Gomes. Nas provas nacionais foram distinguidos: Vitória FC e Cova da Piedade com quatro estrelas e Pinhalnovense, três estrelas. Nas provas distritais: Barreirense e Alcochetense quatro estrelas, Pescadores

da Caparica, Palmelense, Sonho XXI e Comércio Indústria, três estrelas. Escola de Futebol: Charneca de Caparica e Alvaladense, duas estrelas. Escola de Futsal: Colégio Minerva, duas estrelas. A AF Setúbal marcou presença através do

presidente da Direcção, Francisco Cardoso, do vice-presidente administrativo, Carlos Sevilha, bem como os elementos da subcomissão distrital de Certificação de Entidades Formadoras, Fernanda Martins e João Valério.

Avançado é o primeiro dos internacionais vitorianos a juntar-se ao plantel

Sandro Mendes retoma hoje, em Palmela, a preparação do jogo da Taça de Portugal com o Águias do Moradal

DIREITOS RESERVADOS

Berto regressa ao Bonfim com ânimo redobrado após estreia por Cabo Verde

POR RICARDO LOPES PEREIRA

D

epois de o Vitória FC ter nos últimos dias estado privado de alguns jogadores por terem trabalhado nas suas respectivas selecções, o treinador Sandro Mendes volta hoje, dia em que o plantel regressa em Palmela (10H00) aos treinos após dois dias de folga, a contar com alguns desses internacionais. Entre eles está o avançado Berto, que na quinta-feira somou a sua primeira internacionalização por Cabo Verde. O avançado, de 23 anos, que regressa a Setúbal com ânimo redobrado por ter envergado pela primeira vez a camisola dos tubarões azuis, quer agora ajudar os setubalenses a alcançar o objectivo de seguir em frente na Taça de Portugal. Domingo, pelas 14 horas, o Vitória tem como adversário o Águias do Moradal, conjunto da 1.ª divisão distrital da Associação de Futebol de Castelo Branco, que será o opositor na 3.ª eliminatória da prova. Berto, que na quinta-feira foi suplente utilizado por Cabo Verde no triunfo (2-1) obtido em Marselha (França) sobre a sua congénere do Togo, não hesita em apontar o Vitória como favorito a chegar à fase seguinte Sabemos que da Taça de Portugal. “S somos muito superiores ao adversário, mas, se entrarmos em campo com essa mentalidade e não trabalharmos, pode haver surpresas”. O alerta foi deixado recentemente pelo atacante quando se soube que o sorteio tinha ditado o emblema do

Equipa de futsal goleia no jogo de apresentação aos sócios O pavilhão Antoine Velge foi no domingo palco do jogo de apresentação da recém-formada equipa de futsal do Vitória aos associados. A estreia não podia ter corrido melhor ao conjunto

concelho de Oleiros como oponente. Para transmitir a forma séria como entende que deve ser encarada a eliminatória, Berto garantiu que a equipa não fará distinção entre o Águias do Moradal e outro qualquer oponente da I Liga. “VVamos entrar em campo como se se tratasse de um jogo contra uma equipa da nossa qualidade ou superior à nossa”. Preparado para voltar a actuar pelo clube sadino, como o próprio escreveu

setubalense que venceu de forma categórica o SC Vila Verde, por 6-2, numa partida em que a superioridade dos anfitriões nunca foi colocada em causa. Paulo David, com dois golos,

no seu Instagram, Berto, que depois da estreia pelos cabo-verdianos na quinta-feira jogou também no domingo no empate (1-1) com o Marselha, da 1.ª divisão francesa, confessou o seu estado de espírito por ter envergado a camisola dos africanos. “FFoi um prazer representar este grande povo. Feliz pela estreia e pela oportunidade conhecer este grande grupo”. Enquanto não chega o próximo compromisso dos tubarões azuis, que

Wilker Ferreira, Simão Fernandes, Tiago Nunes e Daniel Gomes, todos com um golo cada, foram os marcadores de serviço numa partida que aguçou o apetite dos adeptos para a temporada

que arranca oficialmente no próximo sábado, dia em que o Vitória visita o reduto do AMODIN na jornada inaugural da I divisão da Associação de Futebol de Setúbal.

será em Novembro onde irá visitar os Camarões e de seguida recebe Moçambique, jogos a contar para a qualificação para o CAN 2021, o avançado está agora totalmente focado no Vitória. Para começar, Berto só pensa em contribuir com a passagem da sua equipa à próxima fase da prova. Refira-se que o guardaredes Makaridze (Geórgia) e o avançado Mansiila (sub-23 da Argentina) juntam-se ao plantel mais tarde.

Ginasta Rui Domingos é esperança olímpica Rui Domingos, ginasta do Vitória, foi convocado para o estágio de Trampolins integrado no projecto de “Esperanças Olímpicas” para “Paris 2024”. O estágio irá decorrer entre os dias 16 e 19 de Outubro no “Centro de Alto Rendimento em Barcelona”. O atleta do conjunto setubalense será acompanhado pelo treinador Rui Praxedes assim como pelo treinador nacional, Carlos Matias.


TERÇA-FEIRA 15/10/2019

DESPORTO

DIREITOS RESERVADOS

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

15

JUNIORES 1.ª Divisão Distrital já começou

Amora “B” e Pinhalnovense foram os únicos a ganhar fora de casa O Amora, com uma reviravolta sensacional, virou um resultado negativo de 0-3 numa vitória por 4-3 em Santiago do Cacém e o Pinhalnovense foi ganhar a Sesimbra

D

1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL Destaques da primeira jornada

Beira Mar de Almada foi uma das grandes surpresas

E

ntre os resultados que merecem maior destaque na primeira jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão está a vitória do Beira Mar de Almada que surpreendeu o Vasco da Gama, em Sines. Os almadenses foram os primeiros a marcar por intermédio de Reis aos 20 minutos, mas Márcio Madeira empatou aos 44. Na segunda parte os homens de Sines tiveram mais bola, foram superiores e tiveram várias oportunidades mas não conseguiram marcar e o Beira Mar, já em período de compensação, arrumou de vez a questão com um golo marcado de canto directo. Nesta jornada inicial quem também esteve em destaque foi o Comércio Indústria que foi ganhar a Sesimbra, virando o resultado negativo de 0-1 em 2-1, com golos de Jonathan e

Rosa. E o mesmo se pode dizer do Grandolense que foi ganhar à Charneca de Caparica com um golo de Cristo, e do Cova da Piedade “B” que na sua deslocação à Bela Vista venceu o FC Setúbal, por 4-1. De registar será também o empate obtido pelo Alfarim em Alcochete num jogo que teve seis golos, algumas cambalhotas no marcador e também expulsões. Resumindo e concluindo, a primeira jornada do campeonato rendeu 27 golos, 12 marcados pelas equipas que jogaram em casa e 15 pelas que jogaram no campo do adversário, com quatro vitórias forasteiras, duas caseiras e dois empates. II Divisão Na 2.ª Divisão, o destaque vai

para o Águas de Moura que foi vencer ao Samouco (1-0) e para o Almada que triunfou em Melides (3-1), naquelas que foram as duas únicas vitórias alcançadas fora de casa. Uma referência especial fica para o Brejos de Azeitão que sentiu muitas dificuldades para vencer o Quintajense com o golo da vitória a ser obtido já na compensação, depois da formação da Quinta do Anjo ter feito o 22, aos 90 minutos. Difícil foi também o triunfo do Seixal (3-1) sobre o Corroios que [viu o seu guarda-redes ser expulso, aos 81 minutos] só foi consumado no último quarto de hora. E, por fim o registo de uma grande penalidade desperdiçada pelo Banheirense que lhe poderia ter dado a vitória no jogo que disputou com o Santo André, que terminou empatado (0-0). JOSÉ PINA

FUTEBOL FEMININO

Paio Pires, Amora e Barreirense seguem em frente na Taça de Portugal

P

aio Pires, Amora e Barreirense estão apurados para a segunda eliminatória da Taça de Portugal, após vitórias sobre os seus adversários nos jogos que marcaram o início da competição. O Paio Pires, que se deslocou ao Campo do Pragal, goleou o Almada por 9-0, acontecendo o mesmo com o Amora que foi a Alverca

ganhar por 5-0 e com o Barreirense que afastou o U. Almeirim (6-1). Pelo caminho ficaram a Escola de Futebol Feminino de Setúbal que perdeu em Marvila com os Pastéis da Bola (0-8), os Pescadores da Caparica que sofreram uma pesada derrota (13-0) na Damaia, o Palmelense que foi derrotado em Odivelas pelo Tenente Valdez (4-0)

e o Almada que perdeu em casa, com o Paio Pires. Os resultados mais desnivelados desta eliminatória foram os seguintes: Bonitos Amorim 30 Bragalona 0, na Zona Norte; Condeixa 15 Eirolense 1, na Zona Centro e Torreense 21 Ponte de Frielas 0, na Zona Sul. JOSÉ PINA

esportivo Fabril, Pelezinhos e Amora “B” foram as equipas mais produtivas da primeira jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão que teve início no passado sábado, mas o Pinhalnovense também esteve em evidência com a vitória (3-2) que obteve no jogo disputado com o Sesimbra, no Campo Municipal da Maçã. O Desportivo Fabril foi quem obteve o resultado mais desnivelado ao vencer o Palmelense por 4-0, em jogo realizado no Estádio João Pedro e o Amora “B” triunfou fora de casa (4-3), em Santiago do Cacém, perante um adversário que está de regresso a esta divisão, num jogo em que operou uma reviravolta sensacional, depois de ter estado a perder por 3-0. A outra equipa que marcou quatro golos nesta jornada foi o Pelezinhos que derrotou o Galitos (4-2), na Várzea. Nos outros jogos da jornada será de salientar a estreia auspiciosa do Estrela de Santo André que venceu o Almada pela margem mínima (1-0) e também a vitória do Alcochetense sobre os Pescadores da Caparica (2-1). No Campo da Bela Vista, em Setúbal, registou-se o único empate

da ronda inaugural (1-1) no confronto entre o Comércio Indústria e a Quinta do Conde. Resultados da 1.ª jornada: Pelezinhos 4 Galitos 2; Santo André 1 Almada 0; Sesimbra 2 Pinhalnovense 3; U. Santiago 2 Pinhalnovense 3; Alcochetense 2 Pescadores 1; Fabril 4 Palmelense 0; Comércio Indústria 1 Quinta do Conde 1. Seixal, Arrentela e Charneca ~ são líderes na 2.ª Divisão Na 2.ª Divisão Distrital realizouse a segunda jornada que registou os seguintes resultados: Série A – Alcacerense 1 Grandolense 2; Amarelos 3 Sindicato 2; Seixal “B” 1 V. Gama 0; Moitense 2 Vinhense 1. Porque na 1.ª jornada só se realizaram dois encontros, na classificação há seis equipas com três pontos. Série B – Pescadores “B” 2 Charneca 4; Monte de Caparica 0 Arrentela 6; Alfarim 1 Seixal “A” 5; Brejos de Azeitão 1 Beira Mar Almada 1; Corroios – Trafaria (adiado para 8 de Dezembro). Seixal “A”, Arrentela e Charneca de Caparica são líderes com 6 pontos.

COVA DA PIEDADE Após reunião conjunta na Câmara Municipal tudo ficou decidido

Jogo com Benfica é mesmo em casa

E

stá confirmado, o Cova da Piedade – Benfica, da Taça de Portugal, vai mesmo realizar-se no Estádio Municipal José Martins Vieira, no dia 18 de Outubro (sexta-feira), às 20h 30m, e terá transmissão televisiva na Sport TV. Tudo ficou decidido numa reunião entre clube, SAD e Câmara Municipal de Almada em que foi desbloqueada a instalação de torres de iluminação provisórias no estádio que permitirão contornar o único obstáculo apontado pela Federação Portuguesa de Futebol. A SAD do Clube Desportivo da Cova da Piedade diz que “aabdicou da parte financeira, em detrimento de que os sócios e adeptos possam ter a oportunidade de ser presenteados com um momento único na história do

clube e em sua própria casa”. A SAD aproveita também para “aagradecer à Câmara Municipal de Almada que fez também questão de que os seus munícipes não perdessem a oportunidade de poder assistir à festa da Taça de Portugal. Deixamos aqui mais uma vez os nossos agradecimentos à Câmara Municipal de Almada a quem expressamos o nosso contentamento por estarmos todos juntos”. Tanto o presidente do clube, Paulo Veiga, como o director desportivo da SAD, Edgar Rodrigues, enalteceram o “eesforço” da autarquia presidida por Inês de Medeiros, que “ffoi inexcedível” no sentido de permitir a realização da partida no concelho. JOSÉ PINA


Profile for O Setubalense

O Setubalense, diário regional de Setúbal nº 260  

O Setubalense, diário regional de Setúbal nº 260  

Advertisement