Page 1

PUBLICIDADE 1201

SEGUNDA-FEIRA |7 7.OUTUBRO.2019 | N.º 254 | Ano II | 5.ª Série

PUBLICIDADE

PS COM VITÓRIA HISTÓRICA NO DISTRITO Socialistas obtiveram pela segunda vez nove deputados por Setúbal

PS 38,58% CDU 15,75% PSD 14,39% BE 12,11% ANA CATARINA MENDES

FRANCISCO LOPES

EDUARDO CABRITA

PAULA SANTOS

AZEITÃO P.14

EURÍDICE PEREIRA

JOSÉ LUÍS FERREIRA

JOÃO GALAMBA

NUNO CARVALHO

TAÇA DA LIGA

RICARDO MOURINHO

FERNANDO NEGRÃO

SP. COVILHÃ 1 - VITÓRIA 1

CATARINA MARCELINO

MARIA FERNANDA VELEZ

PAN 4,44% CDS 2,96% MARIA ANTÓNIA SANTOS

FILIPE PACHECO

JOANA MORTÁGUA

SANDRA CUNHA

P.21

ANDRÉ PINOTES

CRISTINA RODRIGUES

SETÚBAL P.5

Exposição colectiva “Os amigos de Dionisio” para ver no CVA PUBLICIDADE

Vitória cede empate ao cair do pano PUBLICIDADE

IPS prepara novos currículos no e aposta na internacionalização in


2

SEGUNDA-FEIRA, 07/10/2019

LEGISLATIVAS 2019

PS demolidor iguala melhor de sempre na região Socialistas vencem em todos os concelhos e elegem tantos deputados como os adversários juntos: nove. PAN foi o outro vencedor da noite, estreando-se a eleger pela região. BE mantém votação. PSD e CDS naufragam; CDU regista pior resultado de sempre

POR MÁRIO RUI SOBRAL

U

m PS demolidor vincou, ontem, a hegemonia que detém no distrito de Setúbal desde 1995 ao conquistar a oitava vitória consecutiva em legislativas, elegendo

pela segunda vez nove deputados pela região, mais dois do que em 2015. Tantos quantos os alcançados pelos seus adversários juntos: CDU (3), PSD (3), BE (2) e... PAN, debutante a eleger (1). O partido da mãozinha varreu tudo – leia-se, triunfou de “costa a costa”, nos 13 concelhos da região –, igualando o melhor resultado da sua história no círculo eleitoral sadino, no que toca ao número de mandatos. Em 1995, naquele que foi então o segundo e maior triunfo “rosa” de sempre na região, o PS de Guterres, com António Vitorino como cabeça-de-lista por Setúbal, chegava aos nove deputados com o maior número de votos registado até hoje (recorde) em eleições legislativas (194.313, equivalentes a 44,88%). Agora, com António Costa como líder e Ana Catarina Mendes a encabeçar a lista pela região, os socialistas repetem a dose de eleitos, mas quedando-se pelos 153.433 votos – quinto melhor registo de sempre, neste particular –, que se traduziram numa percentagem de 38,58 da votação.

PAN rico em crescimento e derrotados O PAN foi o outro grande vencedor da noite, estreando-se a conquistar um dos 18 mandatos atribuídos na região. O partido animalista, com uma ascensão meteórica, passou dos 1,93% (8.167 votos) em 2015 para a casa dos quatro pontos percentuais (4,44%), mais do que duplicando o número de votos (17.529). O Bloco de Esquerda manteve os dois deputados conquistados em 2015, registando ligeira quebra percentual. O PSD e o CDS – que há quatro anos concorreram coligados, obtendo cinco eleitos (quatro e um, respectivamente) com 22,59% (95.659 votos) – foram os grandes derrotados no distrito. Os socialdemocratas elegeram três deputados (perderam um), mercê de 14,39% (56.860 votos). Foi o quarto pior resultado do partido em termos percentuais e de número de votos na região (1975, 1976 e 1983 suplantaram o registo de ontem). Sozinho, em 2011, o PSD alcançara

25,15% (105.965 votos). Já os centristas ficaram, pela primeira vez neste milénio, sem qualquer representante do distrito na Assembleia da República, cenário que haviam vivido em cinco ocasiões anteriores (1975, 1976, 1985, 1987 e 1991). Pior do que ontem, com 2,96 pontos percentuais – uma queda vertiginosa relativamente ao último resultado conquistado a solo, em 2011, quando os democratas-cristãos atingiram os 12,02% (melhor marca histórica) – só mesmo em 1975 (1,55%), 1987 (1,88%) e 1991 (2,69%). Em termos de votos (11.703), esta foi a quarta pior marca. A CDU não fez melhor (15,75%, equivalente a 62.236 votos). Igualou o pior resultado de sempre (de 2005) ao nível de mandatos (três) e registou o menor número de votos da sua história. A abstenção bateu o recorde na região (46,36%). Os resultados de ontem confirmaram em absoluto a sondagem da Eurosondagem publicada na edição de sexta-feira passada por O SETUBALENSE.

RESULTADO NACIONAL PS com mais 8% que PSD não pode contar apenas com o PAN

PS sem maioria absoluta precisa de BE ou PCP A uma dezena de deputados da maioria absoluta, PS fica dependente apenas de um dos parceiros da geringonça

N

o plano nacional, o PS também venceu as eleições de ontem, mas não chegou à maioria absoluta. Com um grupo parlamentar para já de 106 deputados, os socialistas ficaram a uma dezena de mandatos para atingirem

a maioria na Assembleia da República (que são 116 mandatos) pelo que a estabilidade parlamentar não pode ser assegurada apenas pelo PAN, nem mesmo se ao conjunto se juntasse o deputado eleito pelo Livre, também de esquerda. Neste quadro, o PS precisa de um dos outros partidos de esquerda, nomeadamente do BE, cujo grupo parlamentar (19) ultrapassa largamente o número necessário para formar uma maioria com os socialistas, ou com a CDU, cujo número de eleitos (12) é também suficiente para esse efeito. Tanto Jerónimo de Sousa (PCP),

como Catarina Martins (BE), afirmaram já esta noite que António Costa deve formar governo e mostraram abertura para viabilizar os orçamentos de Estado na Assembleia da República. No país, o PS obteve 36,7% (subiu pouco mais de 4% relativamente a 2015), o PSD ficou-se pelos 28,2% (difíceis de comparar com as ultimas legislativas, em que concorreu coligado com CDS-PP, mas com uma queda significativa), o BE ficou com 9,6% (menos que os 10,1%), a CDU recolheu 6,35% dos votos (contra 8,25% em 2015), o CDS-PP registou 4,24% e o PAN obteve 3,25%

(1,39%). Significativo é que, independentemente da maior ou menor oscilação percentual, todos os maiores partidos, à excepção de PS e PAN, perderam votos nestas eleições. O PS ganhou mais de 65 mil votos, para 1,8 milhões, e o PAN mais do que duplicou, de 75 mil para 160 mil. Em sentido descendente, o BE perdeu 70 mil votos, a CDU perdeu cerca de 120 mil e o PSD e CDS perderam, em conjunto, mais de 130 mil votos, comparativamente com a coligação com que concorreram há quatro anos.

ANA CATARINA MENDES 9 ELEITOS ANA CATARINA MENDES EDUARDO CABRITA EURÍDICE PEREIRA JOÃO GALAMBA RICARDO MOURINHO FÉLIX CATARINA MARCELINO MARIA ANTÓNIA ALMEIDA FILIPE PACHECO ANDRÉ PINOTES

PS iguala número de mandatos de 1995 O PS sobe 4,27% no distrito de Setúbal e elege nove deputados contra os sete eleitos em 2015. Um resultado histórico, com paralelo apenas em 1995, ano em que o partido obteve pela primeira vez os nove deputados. Com duas diferenças: nessa altura, o círculo de Setúbal elegia apenas 17 deputados e o número total de votos obtido então pelos socialistas foi maior do que o total de ontem. O partido obteve agora 38,58% e 152.433 votos. Uma diferença superior a 4% comparativamente com as anteriores legislativas. Já o total de votos subiu em cerca de sete mil, tendo em conta que em 2015 registou 145.302 votos. Os socialistas e o PAN foram os únicos partidos, entre os que elegeram por Setúbal, que subiram o número de votos. Com este resultado, o PS elege nove nomes da lista, até André Pinotes Batista, e deve permitir que outros nomes cheguem à Assembleia da Republica. Tendo em conta que vários (pelo menos três) dos deputados eleitos são ministeriáveis (ou pelo menos secretários de Estado), outros tantos candidatos da lista devem conseguir ser deputados.


SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

LEGISLATIVAS

3 DIREITOS RESERVADOS

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

FRANCISCO LOPES

NUNO CARVALHO

JOANA MORTÁGUA

CRISTINA RODRIGUES

NUNO MAGALHÃES

3 ELEITOS FRANCISCO LOPES PAULA SANTOS JOSÉ LUÍS FERREIRA

3 ELEITOS NUNO CARVALHO FERNANDO NEGRÃO MARIA FERNANDA VELEZ

2 ELEITOS JOANA MORTÁGUA SANDRA CUNHA

1 ELEITO CRISTINA RODRIGUES

0 ELEITOS

CDU recupera segundo lugar no distrito mas perde um deputado

PSD perde um deputado

BE mantém dois deputados mesmo com menos dez mil votos

PAN foi surpresa da noite no distrito e no país

CDS foi maior derrotado no distrito

A CDU perdeu ontem um dos quatro deputados que tinha na Assembleia da República eleitos pelo círculo do distrito de Setúbal. A coligação PCP-PEV recuperou o segundo lugar entre os partidos no distrito, depois de há duas legislativas consecutivas ter sido a terceira força política. Desta vez ultrapassou o PS, o que já não acontecia desde 2009. Nas legislativas de 2011 e 2015, os comunistas ficaram em terceiro. Ontem, a CDU obteve 15,75% e 62.236 votos. Ainda assim, menos do que os 18,80% e 79.606 votos que conseguiu em 2015. Com este resultado, os comunistas perderam um mandato, tendo ficado fora do Parlamento o conhecido deputado Bruno Dias. Além disto, a CDU foi, pela primeira vez, ultrapassada pelo BE nos concelhos de Setúbal e Montijo.

O PSD elegeu ontem três deputados pelo distrito de Setúbal, menos um do que os quatro que tinha na legislatura que agora terminou. O partido obteve 14,38% e 56.860 votos, bem menos que os resultados conseguidos em 1995, embora seja difícil fazer a comparação, uma vez que há quatro anos o PSD concorreu em coligação com o CDS-PP. No conjunto a coligação PAF obteve, nas anteriores legislativas, 22,59% e um total de 95.659 votos. Comparativamente com 2011, em que concorreu sozinho e elegeu cinco deputados (tendo empatado em mandatos com o PS), e registou 25,15% dos votos, o PSD recolheu agora menos 50 mil votos (em 2011 conseguiu 105.965 votos). Além de menor em número, a nova bancada social-democrata da região na Assembleia da República é muito renovada. Dos três deputados ontem eleitos, dois – Nuno Carvalho e Maria Fernanda Velez são estreias no Parlamento.

O Bloco de Esquerda manteve as duas deputadas que tinha na Assembleia da República eleitas por Setúbal, Joana Mortágua e Sandra Cunha. Os 12,12%, obtidos com 45 mil votos, ficaram abaixo dos 13,05% e dos 55 mil votos de há quatro anos, mas, ainda assim, foram mais do que suficientes para o partido eleger tranquilamente as suas duas deputadas. Significativo é o facto de o BE ter ultrapassado o PSD em dois concelhos, no Barreiro e na Moita, e a CDU noutros dois, Montijo e Setúbal. Nestes concelhos, o BE, que em regra era a quarta força politica, passou para o terceiro lugar nestas eleições.

Surpresa só não foi propriamente novidade porque as sondagens já tinham deixado perceber, mas o PAN consagrou-se ontem como um partido com representação parlamentar, passando a ter um grupo na Assembleia da República, incluindo um eleito por Setúbal. Além de eleger Cristina Rodrigues, o PAN quase triplicou, em percentagem, a votação no círculo eleitoral de Setúbal. Obteve 4,49%, num total de 16.272 votos, bem superior aos 8.167 votos que, em 2015, lhe valeram 1,93% em Setúbal. A par do PS, o PAN foi dos dois únicos partidos com assento parlamentar que subiram o número de votos no distrito. No plano nacional a subida eleitoral do PAN foi idêntica, mais do que dulicando percentualmente, tendo já assegurado um grupo parlamentar que deve chegar aos cinco deputados.

À imagem do que aconteceu no país, o CDS-PP obteve no distrito de Setúbal um dos seus piores resultados de sempre em legislativas e perdeu o único deputado que tinha por este círculo eleitoral. Nuno Magalhães, histórico presidente do grupo parlamentar centrista, sucessivamente deputado por Setúbal nas últimas legislaturas, fica, desta vez, fora do Parlamento. O partido, que chegou a eleger dois deputados pelo distrito, obteve ontem apenas 2,96% e 11.703 votos. Muito longe dos 12% que lhes valeu os mais de 50 mil votos das eleições de 2011, em que elegeu dois deputados por Setúbal.


4

SEGUNDA-FEIRA, 07/10/2019

CABEÇAS-DE-LISTA DOAS PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR

LEGISLATIVAS 2019 SETÚBAL DISTRITO

Carlos Medeiros

O mapa do Distrito de Setúbal Àcou integralmente pintado de cor-derosa. PS foi o partido mais votado em todos os 13 concelhos, sem excepção. Há quatro anos o mapa distrital também tinha apenas a cor rosa, mas desta vez a vitória socialista é mais expressiva.

ALIANÇA

Vítor Manuel Lobão Partido da Terra (MPT)

Nuno Manuel Afonso CHEGA

Diogo Prates INICIATIVA LIBERAL

Bruno Fialho PARTIDO DEMOCRÁTICO REPUBLICANO (PDR)

João Carlos Patrocínio PARTIDO NACIONAL RENOVADOR (PNR)

ABESTENÇÃO PS

9 MANDATOS

15,75 %

CDU

14,39 % 3

Jorge Manuel Angelo

LIVRE

PARTIDO POPULAR MONÁRQUICO (PPM)

José Afonso

Rute Miriam Inácio

MOVIMENTO ALTERNATIVA SOCIALISTA (MAS)

PARTIDO TRABALHISTA PORTUGUÊS (PTP)

Carlos Manuel Martins

Dário Fonseca

NACIONAL 48,64 %

12,11 %

BE

CDS

Ana Raposo Marques

3

PSD

PAN

SETÚBAL 50,88 %

38,58 %

2

4,44 % 1

2,96 % 0

RESULTADOS DAS ÚLTIMAS LEGISLATIVAS (2015)

34,31 %

PS

7 MANDATOS

22,59 %

PSD/CDS

5

18,80 %

CDU

13,05 %

BE PAN

DISTRITO SETÚBAL

4

NÓS, CIDADÃOS!

PARTIDO UNIDO DOS REFORMADOS E PENSIONISTAS (PURP)

Leonel Eusébio Coelho

António Manuel Carvalho

PARTIDO COMUNISTA DOS TRABALHADORES PORTUGUESES (PCTP/ MRPP)

REAGIR INCLUIR RECICLAR (R.I.R)

2

1,93 % 0

ABESTENÇÃO SETÚBAL 41,67 %

NACIONAL 44,46 %


BARREIRO Colisão entre carro e bicicleta faz um morto SEGUNDA-FEIRA, 07/10/2019

REGIONAL SETÚBAL

Uma pessoa morreu na sexta-feira, no Barreiro, na sequência de uma colisão entre uma viatura ligeira e uma bicicleta, no cruzamento dos Fidalguinhos, no IC21, confirmou

fonte do Comando Territorial de Setúbal da GNR. O alerta do acidente foi recebido pelas 20:30 pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Setúbal, tendo acorrido ao local

do acidente 21 elementos dos Bombeiros do Barreiro, Voluntários do Sul e Sueste e uma equipa da Viatura Médica de Emergência. Estiveram também no local militares da GNR

e agentes da PSP. Segundo o CDOS há a registar ainda um ferido ligeiro, que foi encaminhado para o Hospital do Barreiro, situado a curta distância do local do acidente.

5

Pedro Dominguinhos, o professor do currículo do futuro

IPS planeia construção de novos currículos em 2020 Abertura. Cooperação. Interdisciplinaridade. Palavras-chave do novo futuro do Instituto Politécnico de Setúbal POR ANA MARTINS VENTURA FOTO ALEX GASPAR

O

Soluções curriculares e internacionalizar o IPS Pedro Dominguinhos defende também o plano de, ao longo deste ano lectivo 2019/2020, apostar na construção de novos modelos de currículo. Modelos inovadores que serão construídos a parti de “uuma análise a de-

correr ao longo de todo o ano, por uma equipa liderada pelo professor Jorge Pinto”. Tempo que Pedro Dominguinhos considera de “rreflexão” e trabalho entre as escolas dos IPS e diferentes áreas. Sobre soluções que também fazem parte do futuro do Politécnico de Setúbal, Pedro Dominguinhos destaca ainda e, sobretudo, a internacionalização. Para uma plena internacionalização e integração dos estudantes estrangeiros, o professor deixa possibilidades em aberto: “TTer todas as aulas em inglês? Ou apenas 2 a 3 disciplinas? O que fará os alunos integrarem melhor o seu currículo e sentirem-se pertença?”. Questões em estudo este ano lectivo, “aadaptadas às características de cada curso”, promete. O futuro sem muros Em 2019/2020 o politécnico estará ainda focado em candidaturas para financiamento de projectos de investigação, cujo total, para já, permitirá trazer através de diferentes projectos de investigação cerca de 13 milhões de euros, ao longo dos próximos quatro anos. Um contexto no qual o IPS apostará no envolvimento de empresas da região na concepção e conclusão destes projectos, de modo a dar continuidade à proximidade da instituição à comunidade envolvente, tal como tem sido a chave da sua existência até

Sampaio da Nóvoa defende “metamorfose da escola” DIREITOS RESERVADOS

2º “Congresso Politécnico de Setúbal – 40 Anos a Construir o Futuro” foi ponto de aprofundamento sobre o que o politécnico quer fazer no futuro. Entre as apostas do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) está a necessidade de ter cada vez menos “m muros e construir cada vez mais projectos em conjunto”, tal como o professor António Sampaio da Nóvoa, embaixador de Portugal na Unesco, referiu durante o painel “Contributo da Educação para o Desenvolvimento da Sociedade”. Metas que, segundo Pedro Dominguinhos, presidente do Instituto Politécnico de Setúbal, “iimplicam mudar na forma como estamos a construir projectos de investigação, de forma colaborativa entre instituições”. Outra meta que Dominguinhos quer colocar na bandeira do IPS é a da integração e expansão internacional, através de mais alunos estrangeiros “ee da forma como estes alunos são recebidos e integrados na dinâmica do IPS”, desde o currículo à investigação. “A começar pelo facto de oferecermos duas ou três disciplinas em inglês e depois deixá-los sem integração. Algo que precisamos mudar”. Uma mudança que deve começar pela forma como as unidades curriculares e actividades extra são organizadas. Para Pedro Dominguinhos, esta mudança influirá no posicionamento do IPS a nível nacional e internacional.

António Sampaio da Nóvoa, embaixador de Portugal na UNESCO, destacou no Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), a ideia de uma “m metamorfose da escola”, a começar por um “nnovo ambiente educativo” em que se valorize “aa cooperação, o aprender a pensar, o acompanhamento personalizado”. No 2º Congresso Politécnico de Setúbal, durante a conferência “Contributo da educação para o desenvolvimento da sociedade”, o também reitor honorário da Universidade de Lisboa reflectiu sobre as instituições ao momento. De resto, uma característica também defendida por Maria das Dores Meira, presidente da Câmara Municipal de Setúbal, a 3 de Outubro, aquando da abertura do congresso.

de ensino superior enquanto agentes de desenvolvimento das regiões. “P Precisamos de uma escola que seja como uma espécie de grande biblioteca”, ilustrou, defendendo a educação enquanto instituição e não como “uum serviço que se presta ou um consumo”, como parecem antever os estudiosos do cérebro, do digital e da inteligência artificial. O professor catedrático lembrou ainda que esta realidade já está em marcha em várias partes do mundo, nomeadamente na FaculMeta que Pedro Dominguinhos acredita ser possível através da aposta na interdisciplinaridade. “EEsse será o segredo e solução para o futuro próximo, com a queda dos muros entre escolas”.

dade de Medicina da Universidade de Harvard, “oonde se aboliram as aulas e as disciplinas e professores e estudantes estão a estudar e a trabalhar uns com os outros”. E esclareceu que não se trata de uma mudança de paradigma, mas antes de “uuma evolução a partir do que já existe”, ao reconhecer as virtudes do modelo escolar que temos conhecido nos últimos 150 anos, mas também a necessidade de este ser “rrepensado”, porque “eesta escola já não funciona no século XXI”. Entre as novas apostas do Instituto Politécnico de Setúbal estará também a contratação de mais professores doutorados. “AAnos para nos renovarmos e trabalharmos em conjunto entre escolas e áreas científicas”.


6

REGIONAL

SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

Primeira embalagem do mundo feita de plástico reciclado a partir de lixo marinho

O produto foi apresentado em Londres e foi fabricado com base nos resíduos também recolhidos em praias do distrito de Setúbal

DIREITOS RESERVADOS

Coca-Cola fabrica garrafa inédita com dedinho da região

A

Coca-Cola apresentou, na passada quinta-feira, a primeira garrafa no mundo fabricada com plástico reciclado proveniente de lixo marinho recolhido através dos ‘Mares Circulares’, projecto de sensibilização ambiental e limpeza de costas, praias e fundos marinhos, que foi lançado o ano passado e que tem abrangido o distrito de Setúbal. Segundo a marca, este ano em Portugal já se juntaram ao projecto mais de 1 800 voluntários nas intervenções na costa de Viana do Castelo e na praia de Galapos em Setúbal e estão ainda previstas acções de limpeza de praia e de sensibilização em Grândola (23 de Outubro na Praia de Melides) e Seixal (Praia da Ponta dos Corvos). A partir de 2020, a Coca-Cola prevê eliminar 1 380 toneladas de plástico

ALMADA

dos packs de latas do mercado ibérico, que serão substituídos por cartão com certificado PEFC. A inovação agora apresentada demonstra, segunda a marca, que “aaté o plástico mais degradado do fundo do mar poderá ser transformado em novas garrafas para uso alimentar”. “G Graças ao trabalho conjunto de-

senvolvido pela Ioniqa Technologies, pela Indorama Ventures, pelo projecto ‘Mares Circulares’ e pela Coca-Cola, conseguiu-se fabricar cerca de 300 garrafas utilizando 25% de plástico reciclado2, proveniente de praias e fundos marinhos de Portugal e Espanha”, salienta a companhia de bebidas, em comunicado Estas garrafas

são “aas primeiras no mundo fabricadas com material proveniente de plástico marinho” e o anúncio do avanço tecnológico foi feito em Londres, na última quinta-feira, durante uma jornada em que a Coca-Cola reforçou os seus compromissos e anunciou novos objectivos relativamente a embalagens para a Europa Ocidental –

“eeliminar o plástico desnecessário ou difícil de reciclar do seu portefólio, através do aperfeiçoamento de embalagens e da eliminação das embalagens secundárias de plástico”. Esta operação representará, de acordo com a marca, “aa eliminação de mais de 11 000 toneladas de plástico por ano na Europa Ocidental (2 600 das quais na divisão ibérica, a partir de 2020)”. Além disso, acrescenta, está decidida a eliminação neste Outono do plástico que actualmente reveste os packs de latas de 200 ml ou mini-cans, substituindo-o por cartão com certificado PEFC. “EEsta medida representa a eliminação, a partir de 2020, de 1 380 toneladas de plástico na sua cadeia de fornecimento na Ibéria”, conclui.

Assinatura de protocolo de colaboração técnica e financeira

Protocolo entre a Câmara de Almada, Fundo Ambiental e Agência Portuguesa do Ambiente trazem bolo financeiro para a Costa da Caparica

O

espaço público da Costa da Caparica, vai ser requalificado. A parte financeira já está resolvida através de um protocolo de colaboração assinado na passada semana entre a Câmara de Almada, o Fundo Ambiental e a Agência Portuguesa do Ambiente. Integrada no Programa de Execução e Plano de Financiamento do Programa da Orla Costeira de AlcobaçaCabo Espichel, esta acção de requalificação é definida com o nível de prioridade elevada, e comporta um

DIREITOS RESERVADOS

Requalificação da Costa da Caparica tem prioridade elevada montante global de investimento de 500 mil euros; repartidos por 100 mil euros referentes a 2019 e 400 mil euros para 2020. Refere a autarquia que este apoio que recebe do Fundo é no “ââmbito da adaptação às alterações climáticas”. Referindo-se a todas entidades envolvidas neste protocolo, a presidente da Câmara, Inês de Medeiros qualifica este entendimento como “m mais um bom exemplo da colaboração que todas as entidades devem ter”. Com a autarca a afirmar que o principal objectivo deste protocolo é “ffazer bem as coisas para usufruto das populações e requalificação do território”, a directora do Fundo Ambiental, Alexandra Carvalho salientou “aa disponibilidade de toda a equipa deste organismo para o que for necessário, para resolver as dificuldades, para responder aos desafios que surjam”.


Projecto “Maternidade Solidária”, do Centro Hospitalar Barreiro Montijo SEGUNDA-FEIRA, 07/10/2019

Trail na Mata da Machada

SAÚDE

Um trail de 10 quilómetros ou uma caminhada de 5 quilómetros, são propostas para 26 de Outubro, pelas 16h00, na Mata da Machada. Trata-se do 1.º Trail

SETÚBAL

CHBM – Baía do Tejo. As inscrições são gratuitas, mas limitadas a 200 participantes. Devem ser feitas através do endereço https://trilhosdasau-

de.sports4all.pt. No dia da prova, a organização pede para que os participantes contribuam para o projecto “Maternidade Solidária, do Centro Hospitalar Barreiro

7

Montijo através da doação de fraldas, roupa, brinquedos ou outros equipamentos novos ou em bom estado de conservação, para bebés do hospital.

Movimento Vencer e Viver da Liga Portuguesa Contra o Cancro, este domingo

ARQUIVO / DIREITOS RESERVADOS

Centro histórico da cidade espera grande caminhada

prevenção do cancro da mama. O percurso é pelas ruas principais do centro histórico e frente ribeirinha de Setúbal. A partida é às 10h00. O evento, com o mote “A Prevenção Toca a Todos”, é organizado pelo Grupo de Apoio de Setúbal e pelo Movimento Vencer e Viver da Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Sul, com a colaboração da Câmara Municipal. O objectivo é “iincentivar e alertar o público sobre a importância do diagnóstico precoce

A concentração é às 9h00 e a partida uma hora depois. A missão é uma caminhada solidária de prevenção do cancro da mama

E

m Setúbal, este domingo pela manhã, o ponto de encontro é na Praça de Bocage, e a proposta é uma caminhada solidária de

do cancro da mama”, refere a organização. Com partida da Praça de Bocage, o percurso inclui passagem pelo Largo da Misericórdia, Jardim da Beira-Mar, Praia da Saúde e Avenida Luísa Todi, terminando no Parque do Bonfim com uma sessão de chi kung. As inscrições têm um custo de seis euros e incluem a oferta de um kit com camisola, mochila, garrafa de água e peça de fruta ou barrita energética. O kit de participante pode ser

levantado na quinta e sexta-feira das 09h00 às 17h00, ou no sábado, entre as 09h00 e as 13h00, no Grupo de Apoio de Setúbal, com sede na Rua Gama Braga. Quem não optar pela inscrição paga pode participar na mesma na marcha, bastando para isso aparecer na iniciativa com uma peça de roupa cor-de-rosa. Realizado no âmbito do Dia Nacional de Prevenção do Cancro da Mama, que se celebra a 30 de Outubro, o evento insere-se na Onda Rosa, mo-

vimento com actividades solidárias em vários pontos do país, a de correrem de 15 a 30 de Outubro, com o objectivo de “ssensibilizar as populações sobre a importância do diagnóstico precoce da doença”. Em Portugal, o cancro da mama é diagnosticado anualmente a cerca de seis mil mulheres e a seis dezenas de homens. A taxa de sobrevivência cinco anos após o diagnóstico ronda os 80%, em linha com a média europeia.

4.ª edição da Conferência “Investir em Saúde – Financiar Anos de Vida”

Cofina, com o apoio da Janssen e apoio institucional da APAH – Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares entregou prémio que valoriza os melhores trabalhos científicos e não científicos

DIREITOS RESERVADOS

Centro Hospitalar de Setúbal estreia Prémio Investir em Saúde

O

Centro Hospitalar de Setúbal (CHS) foi distinguido com o prémio “Organização de Hospitais”, naquela que é a 1.ª edição do Prémio Investir em Saúde. Um reconhecimento atribuído pela Cofina, com o apoio da Janssen e apoio institucional da APAH – Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares. Entre 50 projectos a concurso, este prémio reconhece a implementação da Metodologia Lean Management no Bloco Operatório do

Hospital de São Bernardo que visa a “M Melhoria do Circuito do Doente Cirúrgico”, refere comunicado do CHS. A entrega da distinção realizou-se no decorrer da 4.ª edição da Conferência “Investir em Saúde – Financiar Anos de Vida”. Trata-se de um prémio que valoriza os melhores trabalhos científicos e não científicos com o objectivo de reconhecer e premiar as Boas Práticas. A conferência decorreu no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.


8

SAĂšDE, BELEZA E BEM ESTAR

SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

O DIĂ RIO DA REGIĂƒO DE SETĂšBAL

Nadador venceu prova pela qual admite um sentimento nostĂĄlgico

Rafael Gil foi o grande vencedor da Travessia da Baía, prova que percorreu 1.500 metros nas åguas de Sesimbra. Em vÊsperas de presença nos Jogos do Mundo, o nadador do Sporting fala num bom treino e mostra-se feliz por bater o recorde de uma prova na qual participou durante a infância

O

nadador Rafael Gil venceu no sĂĄbado a Travessia da BaĂ­a, um dos eventos que marca o calendĂĄrio desportivo do municĂ­pio de Sesimbra. O atleta olĂ­mpico bateu o recorde de uma prova cuja primeira edição remonta a 1925 e fala numa conquista com valor sentimental. “EEstou em fase de preparação, por-

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS

Rafael Gil bate recorde na Travessia da BaĂ­a

RAFAEL GIL

que para a semana parto para o Catar para participar nos Jogos Mundiais e esta prova acaba por ser mais um treino. Para mim ĂŠ sempre bom estar aqui em Sesimbra porque re-

BEATRIZ AMANTES

presentei clubes da margem sul – Naval Amorense e Sociedade Filarmónica União Artística Piedade – e durante cinco anos fiz sempre esta travessia. Disseram-me que bati o

PUBLICIDADE

MEDISETE Centro MĂŠdico, Lda. Centro

Director Clinico - Dr. Norberto Gomes Exames Medicina Desportiva Micro Esclerose de Varizes "Derrames" Tratamento da Celulite Mesoterapia Carboxiterapia Ozonoterapia Cavitação e RadioFrequência Peelings TCA Consultas MÊdicas de Especialidade Dr. Norberto Gomes | Esp. Medicina Desportiva Tratamentos de Obesidade Dr. V. P. Correia | Tratamentos de Obesidade Dr. Mårio Godinho | Dermatologia Dra. Teresa BÊrtolo | Medicina Geral e Familiar Dra. Maria JosÊ Leitão | Psicologia | Hipnoterapia Dra. Anabela Nabais | Neurocirurgia Dra. NÊlia Alegria | Medicina Geral e Familiar Dra. Estefânia Campos | Tratamentos de Incontinência Urinåria e Fecal Dr. Rabaçal | Cirurgia Plåstica

5XD$XJXVWRGD&RVWDQž$6HWXEDO __)D[ HPDLOPHGLVHWH#JPDLOFRP

recorde da prova. O objetivo Ê sempre conseguir o melhor, encarar todas as provas como desafio e dar sempre o måximo�, disse o nadador do Sporting, que se sente confiante à entrada

para mais uma prova internacional: “EEstou numa das melhores formas de sempre, na semana passada ganhei o circuito nacional e agora quero ficar na primeira metade da tabela no Qatar.â€? Rafael Gil terminou com um tempo de 16 minutos e estabeleceu um novo recorde na prova. Em segundo ficou David Cristiano, da SFUAP, que terminou quase um minuto depois (16m58s), com Pedro Pinotes, do Sporting, a completar o pĂłdio com um registo de 16m59s. Na vertente feminina a grande vencedora foi Beatriz Amantes, da SFUAP, que terminou em 26Âş na classificação geral com um tempo de 18m59s. “JJĂĄ tinha participado hĂĄ dois anos. Durante a prova fui sempre acompanhada e a tentar ultrapassar o mĂĄximo de pessoas. Acima de tudo, foi divertidoâ€?, disse a atleta. Com mais de 90 anos de histĂłria, a Travessia da BaĂ­a voltou a contar com centenas de atletas – federados e nĂŁo-federados – que superaram o desafio de 1.500 metros nesta edição de 2019. MIGUEL NUNES AZEVEDO


Projecto “Maternidade Solidária, do Centro Hospitalar Barreiro Montijo

9

Trail na Mata da Machada

SEGUNDA-FEIRA, 07/10/2019

Um trail de 10 quilómetros ou uma caminhada de 5 quilómetros, são propostas para 26 de Outubro, pelas 16h00, na Mata da Machada. Trata-se do 1.º Trail CHBM

LOCAL

– Baía do Tejo. As inscrições são gratuitas, mas limitadas a 200 participantes. Devem ser feitas através do endereço https://trilhosdasaude.sports4all.pt. No dia

da prova, a organização pede para que os participantes contribuam para o projecto “Maternidade Solidária, do Centro Hospitalar Barreiro Montijo através

da doação de fraldas, roupa, brinquedos ou outros equipamentos novos ou em bom estado de conservação, para bebés do hospital.

Casa da Baía recebe ciclo de conversas sobre a economia marítima

O financiamento da economia do mar esteve em debate na Casa da Baía. Há verbas disponíveis para o financiamento de projectos relacionados com a economia do mar, fixados sob o chapéu do Desenvolvimento Local de Base Comunitária

DIREITOS RESERVADOS

Europa disponível para financiar mar de Setúbal

O

osso do choco deu origem ao projecto HAchoco que vai ser apresentado no próximo dia 23 de Outubro no auditório da Casa da Baía, em Setúbal. É às 14h30 que a docente e investigadora do Instituto Politécnico de Setúbal Mafalda Guedes, vai falar sobre o flutuador deste molusco marinho apontado como fonte de cálcio para a produção de hidroxiapatite e outros fosfatos de cálcio, materiais com elevado valor acrescentado na indústria biomédica. Apoiada pela Docapesca e da Makro, esta é mais uma sessão do Mar à Conversa promovida pela Câmara de Setúbal, no âmbito das actividades lúdico-pedagógicas da marca Setúbal Terra de Peixe. Um ciclo que na passada semana trouxe também à Casa da Baía a directora-executiva da ADREPES – Associação para o

SETÚBAL

ECONOMIA. O mar é uma oportunidade reforçada para o desenvolvimento do concelho

Desenvolvimento Regional da Península de Setúbal. Natália Henriques falou sobre os fundos disponíveis para o financiamento de projectos relacionados com a economia do mar, fixados sob o chapéu do Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC). Trata-se de um programa que utiliza fundos comunitários do Portugal 2020 em projectos de cariz local, envolvendo

entidades públicas e privadas, com o objectivo de dar respostas aos problemas de pobreza ou exclusão social em territórios desfavorecidos, economicamente fragilizados ou de baixa densidade populacional e localizados em áreas urbanas ou costeiras. Sobre o “Financiamento da Economia do Mar na Península de Setúbal através do Desenvolvimento Local de Base Comunitária”, a analista fi-

nanceira focou o regime de apoio GAL ADEPRES Costeiro, que direccionado para acções que incidam nas áreas da inovação do espaço marítimo, da qualificação escolar e profissional relacionada com o meio aquático, da promoção de planos de mar e da preservação, conservação e valorização dos elementos patrimoniais e dos recursos naturais e paisagísticos.

As tipologias das acções a apoiar pela GAL ADREPES Costeiro, com duas dezenas de parceiros ligados ao sector da pesca, incluem, ainda, projectos de reforço da competitividade da pesca, de reforço da competitividade do turismo, de promoção de produtos locais de qualidade e de melhoria dos circuitos curtos de bens alimentares. Em relação a iniciativas implementadas no terreno e apoiadas pela ADREPES, no âmbito do Eixo 4 do PROMAR, anterior programa de financiamento, substituído, entretanto, pelo Mar 2020, Natália Henriques exemplificou com o “Cabaz de Peixe”, projecto que faz cerca de seis dezenas de cabazes de peixe por semana, com três quilos cada. Com um custo de 20 euros e entregue em dias e locais específicos, o “Cabaz de Peixe” envolve a comunidade piscatória com os consumidores, que compram um produto de origem local a um preço mais reduzido. A ArtesanalPesca, cooperativa de Armadores de Pesca, com o objectivo de valorizar os produtos do mar capturados pelos pescadores artesanais de Sesimbra, e a marca O Melhor Peixe do Mundo, com venda de pescado exclusivamente através de métodos não intrusivos para o ambiente, são outros dos projectos apoiados pela ADREPES, na qualidade de entidade privada, sem fins lucrativos, criada em 2001 com o objetivo de promover o desenvolvimento rural, costeiro e urbano da região.

Projecto dirigido é às escolas públicas

Kid's Guernica com inscrições abertas no site da associação de municípios Realizar murais artísticos ao longo do ano lectivo para incentivar a criatividade e o pensamento é o objectivo da iniciativa

A

s escolas públicas do concelho de Setúbal que pretendam participar no projecto internacional Kid's Guernica – que visa a pintura de murais inspirados na paz e igualdade – já se podem inscrever. As inscrições decorrem até 8 de Novembro e podem ser efectuadas através da página de Internet da Associação de Municípios da Região de Setúbal, em https://www.amrs.

pt/pages/731, anunciou a Câmara Municipal. O projecto, que tem como pano de fundo a obra-ícone de Picasso, está de regresso este ano e é dirigido a “aalunos do 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário de estabelecimentos públicos de 11 municípios do distrito de Setúbal”. Esta edição do Kid's Guernica, a sétima, tem como tema central a

“Participação como ferramenta da Paz e da Igualdade”. O programa concretiza-se “aatravés da realização de murais artísticos ao longo de todo o ano lectivo, com o objectivo de incentivar a criação artística e o estímulo do pensamento crítico”, lembra a autarquia. O projecto realiza-se no distrito de Setúbal desde 2005, organizado pela AMRS em parceria com os municípios.

Recorde-se que o Kid's Guernica é um projecto de cariz internacional. Foi criado em 1995 pelo professor de história de arte norte-americano Tom Anderson, na sequência de um desafio lançado pela presidente da Associação Art’Japan Network, Yasuda Tadasi. A iniciativa foi prosseguida posteriormente no Japão para assinalar o aniversário do fim da II Guerra Mundial.


10

LOCAL

SETÚBAL

SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

Lebres do Sado, associação parceira na promoção do programa, foi distinguida por Nuno Costa

Presidente da Junta assumiu intenção de disponibilizar transporte para os participantes das corridas das pontes 25 de Abril e Vasco da Gama do próximo ano

DIREITOS RESERVADOS

Caminhadas de S. Sebastião comemoram cinco anos e juntam 80 participantes na última etapa deste ano

M

Antes do início da caminhada, o presidente da autarquia, Nuno Costa, que viria a integrar o grupo de participantes, realçou o trabalho conjunto desenvolvido com a associação, lembrando que o projecto “ttem

permitido oferecer à população um programa de caminhadas guiadas e previamente preparadas por quem sabe e conhece o território”. Ao mesmo tempo, o autarca ofereceu uma placa de vidro inscrita a Paulo

PUBLICIDADE

ADMINISTRATIVOS / ESCRITURÁRIOS Uma ONGD está a recrutar para os seus serviços administrativos Escriturários, para a sua sede em Lisboa com o seguinte perfil: - Designer/gráfico, Designer/gráfico, criativ criativoo para elaboração de cartazes, car cartazes, tazes, folhetos, folhetos, livr livros os e outr outroo mat material erial de cam campanhas de solidariedade. panhas - Bons conhecimentos conhecimentos no domínio de aplicação de base de dados. de - Bons conhecimentos conhecimentos em P PowerPoint, owerPoint, página na net e Facebook. net Facebook. - Boa utilização do pacote pacote of office fice e conheciment conhecimentos os de software. de software. - Sentido organizativo organizativo e eexcelente xcelente comunicação. - Boa formação formação moral e humana. RESPOSTA a este anúncio, através do seguinte e-mail: mundounido.joaopaulo2@gmail.com

Mota, presidente da Lebres do Sado, fazendo votos de que a parceria se mantenha. Nuno Costa apontou ainda os objectivos da actividade, inserida no projecto “São Sebastião Mexe Comigo”: promo-

ver hábitos de vida saudáveis, fomentar o respeito pela natureza e a sua preservação, assim como dar a conhecer o património natural da região. Paralelamente, revelou que a Junta de S. Sebastião tem a

Com criação de horários diferenciados

União das Freguesias de Setúbal aumenta resposta no atendimento público DIREITOS RESERVADOS

ais de 80 pessoas participaram, no passado dia 29, no 25.º e último passeio deste ano do programa “Caminhadas de S. Sebastião”, que assinalou nesta data cinco anos de existência, lançado que foi pela junta de freguesia local em parceria com a Associação Lebres do Sado.

intenção de disponibilizar transporte para os participantes das corridas das pontes 25 de Abril e Vasco da Gama, em Lisboa, durante o próximo ano. Os participantes na 25.ª Caminhada de S. Sebastião trilharam cerca de 10 quilómetros junto à Reserva Natural do Estuário do Sado. O arraque do passeio foi dado às 9h00 e apresentou como itinerário a Rua Principal das Praias do Sado, seguindo junto à zona de sapal e cruzando depois em direcção à fábrica de pasta de papel, terminando no Parque de Merendas da Ceol – local público com mesas de piquenique e com um observatório de aves, próximo dos estaleiros navais. As Caminhadas de S. Sebastião estarão de regresso a partir de Abril ou Maio do próximo ano.

A

União das Freguesias de Setúbal vai passar a contar com horários diferenciados para atendimento ao público, na sede em Santa Maria da Graça e no Polo de Nossa Senhora da Anunciada, no sentido de dar melhor resposta às necessidades da população. Assim, já a partir de hoje, o Polo de Nossa Senhora da Anunciada, junto à Fonte Nova,

passa a estar aberto, de segunda a sexta-feira, entre as 8h00 e as 13h45. A sede em Santa Maria da Graça, na Rua do Mormugão, mantém o horário actual, de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00. “D Desta forma, após a auscultação dos interesses da população, a Junta de Freguesia criou uma forma de responder a diferentes necessidades, pro-

porcionando um atendimento matinal a partir das 8h00, abrangendo o período habitual da hora de almoço”, explica a autarquia, presidida por Rui Manuel Canas. O Polo de Nossa Senhora da Anunciada, na Rua Deputado Henrique Cardoso, mantém-se aberto até às 13h45, com uma pausa no serviço de atendimento entre as 11h00 e as 11h30.


SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

SETÚBAL

LOCAL

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

11

Escolas Fonte do Lavra, Conceição e Manteigadas já têm luminárias LED

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS

Autarquias apostam em eficiência energética nas escolas básicas

EB FONTE DO LAVRA. Foram colocados leds nos quadros...

Lâmpadas convencionais foram todas substituídas. Seguem-se as escolas básicas do Peixe Frito e dos Pinheirinhos

A

... e na sala de aulas

s escolas básicas Fonte do Lavra, Bairro N.ª Sr.ª da Conceição e Manteigadas passaram a ser mais eficientes em termos energéticos. A iluminação artificial interior daqueles estabelecimentos de ensino já é totalmente constituída por tecnologia LED, anunciou a Junta de Freguesia de S. Sebastião, destacando o trabalho realizado em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal.

“N No âmbito desta operação, promovida através do projecto EduLUX, medida de eficiência energética na iluminação interior de escolas básicas, a Junta de Freguesia de S. Sebastião procedeu à substituição de todas as lâmpadas convencionais (fluorescentes) destas escolas por luminárias tubulares LED, equipamento disponibilizado pela Câmara Municipal”, explica a autarquia presidida por Nuno Costa, em nota de

Imprensa. A aposta numa tecnologia “m mais eficiente e amiga do ambiente traduz-se numa maior eficiência e poupança energéticas, aliadas à melhoria das condições de conforto e visibilidade da comunidade educativa”, sublinha a junta de freguesia, adiantando que estão já planeadas operações similares para dois outros estabelecimentos de ensino. “AA breve prazo, juntam-se à lista

PUBLICIDADE

VENDE-SE EMPILHADOR Nissan com capacidade até 900 quilos A gasolina e gás. Bom estado Barreiro 4.950 euros 967 196 769

CARTÓRIO NOTARIAL DE SETÚBAL SANDRA BOLHÃO

EXTRACTO Eu, SANDRA MORAIS TELES BOLHÃO, Notária com Cartório em Setúbal, na Avenida Bento Gonçalves, número 19-B, CERTIFICO, para efeitos de publicação, que por Escritura de Justificação, lavrada neste Cartório no dia três de Outubro de dois mil e dezanove, a folhas trinta e três e seguintes do Livro Cento e Sete - A, RUI MANUEL RODRIGUES DE FREITAS TEIXEIRA, solteiro, maior, profissional na Rua Cidade da Horta, número 9, terceiro andar esquerdo, Lisboa, DECLAROU, que, com exclusão de outrem, é dono e legitimo possuidor de METADE DO PRÉDIO URBANO, com área total de setenta metros quadrados e com área coberta de vinte e nove vírgula oitenta e dois metros quadrados, composto por edifício de um piso e logradouro, sito na Rua Major Pedroso Gamito, número 55, freguesia de Setúbal (São Sebastião), concelho de Setúbal, descrito na Segunda Conservatória do Registo Predial de Setúbal sob o número SEIS MIL DUZENTOS E SETENTA E CINCO, da dita freguesia, inscrito na matriz predial urbana sob o artigo 17809, da freguesia de Setúbal (São Sebastião). Que após o falecimento de Maria Odete Viegas Fernandes, ocorrido a vinte e oito de Janeiro de mil, novecentos e noventa e nove, os herdeiros de Blandina Rosa da Silva, venderam de forma meramente verbal a totalidade do prédio tal como atualmente o mesmo figura em sede de registo predial. Porém, e urna vez que o objecto contratual da venda não se encontrava com a área e composição atualmente inscritas, por desatualizadas, atendendo à sua antiguidade, os herdeiros procederam a anexação e posterior desanexação, através de destaque camarário, de forma a aproximar o prédio efetivamente vendido ao inscrito nas Finanças e descrito na Conservatória, sempre com vista à formalização do ato translativo. Foi o justificante que adquiriu a totalidade do prédio em mil, novecentos e noventa e nove, pagou a totalidade do preço e iniciou a sua posse. Porém, por desconhecer o paradeiro de alguns dos herdeiros vendedores, não consegue formalizar a aquisição por compra e venda da totalidade do mesmo, recorrendo à aquisição por usucapião para justificar a aquisição da referida metade. Que atendendo a que a duração da sua posse, há mais de vinte anos, se tem mantido continuadamente e de forma ininterrupta, já adquiriram a totalidade dos ditos prédios, por USUCAPIÃO, invocando, por isso, esta forma originária de aquisição, para todos os efeitos legais. ESTÁ CONFORME. Setúbal, aos três de Outubro de dois mil e dezanove. A Notária, Sandra Bolhão Reg. sob o n.º 78

de escolas energeticamente mais eficientes a EB do Peixe Frito e a EB dos Pinheirinhos, actualmente em fase de renovação”. A Junta de Freguesia de S. Sebastião recorda que a Câmara Municipal, em 2018, “pprocedeu à instalação de mais de duas centenas de luminárias com tecnologia LED na EB da Azeda”, numa acção então co-financiada pelo Fundo de Eficiência Energética.


12

SAÚDE, BELEZA E BEM ESTAR

Especial

Saúde Beleza e Bem estar

clinica smile

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019


SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

SAÚDE, BELEZA E BEM ESTAR

13


14

SEIXAL

Campanha de apoio aos bombeiros do município

SEGUNDA-FEIRA, 07/10/2019

SOCIEDADE AZEITÃO

Recolha de donativos entre hoje e sábado

As associações de bombeiros de Amora e do Seixal promovem, entre hoje e sábado, a Campanha Solidária Ajude-nos a Ajudar. Duas Associações de Bombeiros, a Mesma Missão –

Servir a População. A iniciativa engloba uma recolha de donativos nos estabelecimentos aderentes e culmina com um espetáculo solidário no sábado, das 16h00 às 23h00, no Parque

Urbano da Quinta da Marialva, em Corroios, com entrada livre. A campanha terá também o apoio da Câmara Municipal do Seixal, das juntas de freguesia e da Associação do Co-

mércio, Indústria, Serviços e Turismo do Distrito de Setúbal, assim como da Associação de Coletividades do Concelho do Seixal, clubes de motards e outras associações.

Exposição reúne vários tipos de arte com tema em comum

Até ao dia 20, poderá visitar a exposição, conhecer os artistas e as suas obras e até assistir a momentos de demonstração de pintura ao vivo

FOTOS: O SETUBALENSE

“Os Amigos de Dionísio”: CVA apresenta mostra colectiva dedicada ao vinho fluência do álcool, segundo a lenda de Dionísio: a face da alegria, a da exaltação e a da insconciência. E “tal como o ébrio, também a escultura sofre de alguma desarticulação”, explica José Henrique Prado. Em terra de vinhos, porque não “vinharelas” em vez de aguarelas?

POR INÊS ANTUNES MALTA

A

ssociando-se à época das vindimas e às suas frenéticas actividades, o CVA - Colectivo de Valorização Artística inaugurou no passado dia 28 de Setembro uma exposição colectiva de arte contemporânea subordinada ao tema do vinho. Sendo Azeitão uma terra de vinhos, “S surge também como motivo de divulgação da nossa localidade e da nossa região, através de várias disciplinas das artes plásticas”, começa por dizer Gilberto Gaspar, o autor da ideia e o curador da exposição “Os Amigos de Dionísio”, a O SETUBALENSE - DIÁRIO DA REGIÃO, explicando que se inspirou no facto de vivermos numa terra de vinhos, no deus grego Dionísio e no filme Amigos de Alex e a fórmula que encontrou lhe pareceu “ideal para chamar Os Amigos de Dionísio a participar”. Resultado de um trabalho a dois, de Gilberto Gaspar e João Sebastien, o cartaz da exposição foi, nas palavras de Gilberto Gaspar, “feito de uma maneira diferente do que é costume”, dado o recurso a técnicas antigas, de stencil e tipografia. Para João Sebastien, que se considera “m muito mais técnico do que inspirado”, o cartaz é o resultado do trabalho de dois artistas e a exposição “nnão é apenas uma exposição, é o resultado de várias experiências”. A viver em Azeitão, o artista aproveita ainda para elogiar a iniciativa: “nnão há assim tantas coisas deste molde a acontecer em Azeitão e o facto de ser uma exposição colectiva acaba por ser também um ponto de convívio entre artistas”. Aguarelista botânica, Fátima Valeriano é uma das artistas amigas de

GILBERTO GASPAR. Foi o responsável pela ideia para esta mostra colectiva, na qual também participa enquanto artista

Dionísio a marcar presença no CVA. “C Como ilustradora botânica, aprendi a desenhar e a pintar aquilo que vejo de forma objectiva”, refere. “N Neste meu trabalho, o ponto de partida foi o objecto de desejo de Dionísio, o vinho, e rumar à sua origem, a uva, representando-os de forma quase cien-

tífica, neste tipo de pintura que vive especialmente do detalhe”, adianta. Das aguarelas à cerâmica, José Henrique Prado é ceramista e tem vindo a ser presença habitual nas exposições do CVA. “AA cerâmica, para mim, é diversão. Tenho prazer no acto da criação, na fase de imaginar

O vinho é a personagem principal no CVA até dia 20 de Outubro

a peça e no momento em que passa a concreto”, diz, referindo que “ttambém o processo de criação está documentado na exposição, junto à escultura, em cerâmica, em barro branco e metal, com partes móveis, com esboços e testes de vidrado”. A peça mostra as três fases de in-

Cerâmica, por José Henrique Prado

Entre as técnicas utilizadas nos trabalhos expostos no CVA no âmbito desta exposição dedicada ao vinho, está uma novidade, um trabalho inédito - ele próprio feito com vinho. As “vinharelas”, pinturas feitas com vinho tinto, vinho branco e Moscatel, da autoria de Gilberto Gaspar. “TTudo isto surgiu com um repto que a Raquel Arrábida Farelo me fez: em terra de vinhos, porquê aguarelas e não vinharelas?”, conta o artista. “AAceitei o desafio, comecei a fazer experiências e estive dois anos a maturar todo este processo, também para perceber se a matéria aguentava no papel, e hoje tenho aqui as ‘vinharelas’ tal e qual como acabei”, acrescenta. Em suportes e materiais diversificados, entre aguarela, acrílico, cerâmica, escultura, sketch, tipografia e fotografia, até ao dia 20 de Outubro, poderá ver ao vivo no CVA as obras de António Bártolo, António Proença de Carvalho, António Procópio, Bruno Santos, Carlos Bajouca, Fátima Valeriano, Gilberto Gaspar, João Sebastian, José Henrique Prado e Júlio Jorge. À excepção de Gilberto Gaspar, todos os artistas são autodidactas. A porta do CVA está aberta de sexta-feira a domingo, entre as 15h30 e as 20h00. Durante o período da exposição, várias serão as actividades integradas no programa a acontecer no mesmo espaço. Para além da conversa com Emanuel Dimas de Melo Pimenta, sobre o seu livro “In Vino Veritas”, que aconteceu este fim-de-semana, também terão lugar demonstrações ao vivo das técnicas plásticas patentes na exposição. No dia 12, para além da degustação a cargo da adega Lima Fortuna, o artista António Bártolo fará uma demonstração de pintura. No dia 20, para a finissage, será a vez de Gilberto Gaspar.


SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

SOCIEDADE

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

15

HORÓSCOPO Pelo Astrológo Tarólogo e Guia Espiritual

Francisco Guerreiro Consultório: 96 377 05 04 MONTIJO

E-mail: francisco_astrologo@hotmail.com

SETÚBAL



CARNEIRO 21/03 a 20/04 No plano amoroso – momento propicio á evolução sentimental; conseguirá compreender alguns gestos e lidar melhor com os afetos. A vida a dois está muito favorecida dado que sentirá grande solidez. No plano profissional – vida financeira sujeita a flutuações que merecerão medidas adequadas em cima dos acontecimentos. Poderá sentir-se perturbado por gastos inesperados.Carta da semana – O JULGAMENTO – traz uma semana marcante pródiga em acontecimentos importantes que lhe possibilitarão análises e iniciativas fundamentadas. Terá grande lucidez e dará passos acertados.



TOURO 21/04 a 21/05 No plano amoroso – escute o que lhe dita o coração sempre que tomar uma decisão ou fizer uma escolha sentimental; todos os gestos deverão ser fruto de reflexão solitária e amadurecida. Dê maior relevo aos aspetos positivos no incio dos relacionamentos; nada de desconfianças. No plano profissional – está perfeitamente apto a atuar em proveito próprio e fazer bom uso das suas habilitações e conhecimentos. Haverá vantagem em aceitar novos trabalhos para progredir. Carta da semana – A PAPISA – a semana promete ser muito importante, pois tem condições para atuar com perfeito conhecimento das circunstâncias de cada situação. Conseguirá profundas e sólidas evoluções.



GÉMEOS 22/05 a 21/06 No plano amoroso – poderá travar novos conhecimentos, embora deva amadurecer bem as ideias antes de lançar num novo romance. Poderá ter de enfrentar oposições familiares para poder levar em frente uma relação. No plano profissional – deve manter a calma em todas as circunstâncias, até porque esta semana tudo está ao seu alcance. Seja ousado, dinâmico e não faça nada com meias medidas. Avalie com realismo as consequências de encargos financeiros. Carta da semana – O CARRO – a conjuntura anuncia progressos. Está na sua mão enfrentar a semana com determinação. A discussão de ideias será saudável e recomendável.



CARANGUEJO 22/ 06 a 22/07 No plano amoroso – possibilidade de os seus sentimentos serem completamente renovados. Numa situação inesperada ou mesmo sem estar disponível pode sentir novas emoções. No plano profissional – se estiver envolvido em atos de representação ou de cariz público, sair-se-á muito bem; todos os seus contatos serão bem sucedidos e com retornos agradáveis. Carta da semana – O AMOROSO – esta carta define uma semana intensa em que todos os comportamentos estão marcados pela paixão. Podem surgir novos caminhos que lhe trarão grande entusiasmo.



LEÃO 23/ 07 a 23/08 No plano amoroso – não aceite opiniões ou que se metam demasiado na sua vida, o seu coração é o seu melhor amigo e só poderá arrepender-se do que não fizer. No plano profissional – todos os negócios ou investimentos em que se envolver, desde que estruturados e calculados darão bons resultados. Carta da semana – O IMPERADOR – está muito lúcido, objetivo e eficaz marcando pontos em todas as situações que se envolver. Os seus atos serão certeiros e, pode dizerse, que o êxito marca o seu caminho, com rumo definido e passos certos.



VIRGEM 24/08 a 23/09 No plano amoroso – não permita que o orgulho atrapalhe ou ponha em causa em relação. Dê valor ao que já não tem e não dê muita importância a aventuras; o tempo ajudará a definir sentimentos. No plano profissional – alguns colaboradores podem interferir ou pôr em causa as suas opiniões, mas é aconselhável que não baixe os braços e faça persistir as suas ideias. Carta da semana – A FORÇA – fomenta novas ideias, confere rapidez de raciocínio e força de vontade não permitindo que se instalem na sua vida indecisões ou qualquer tipo de medo.



BALANÇA 24/09 a 23/10 No plano amoroso – é uma semana adequada a que faça alterações na sua forma de vida; pode iniciar uma fase mais límpida e intensa. A sua vida sentimental está numa fase próspera. No plano profissional – algumas situações podem assumir contornos que não esperava e perante os quais terá de tomar uma posição. Alguns assuntos ficarão finalmente clarificados e embora possa sair vagamente lesado irá sentir-se melhor com a vida. Carta da semana – A MORTE – é uma carta forte que permite conduzir a sua vida de forma objetiva e eficaz. Fim de uma etapa e inicio de uma nova etapa próspera.

ESCORPIÃO 24/10 a 22/11 No plano amoroso – não entregue o seu amora quem não o merece, corre o risco de deceções. Nem todas as promessas serão cumpridas esta semana. No plano profissional – dê atenção a um negócio ou a um projeto que pode esconder problemas, procure novos apoios. Pode ter algumas dificuldades financeiras pelo que deve evitar gastos supérfluos. Carta da semana – A LUA – a conjuntura leva-o para o mundo dos sonhos em que é difícil ser racional, tente manter-se lúcido para não ser enganado. Peça opiniões sempre que o seu pensamento o leve longe demais.

SAGITÁRIO 23/11 a 20/12 No plano amoroso – neste setor é importante que tente expressar as ideias e liberte emoções. Na sua vida sentimental tende a sentir uma lufada de ar fresco, quer nas relações existentes, quer um novo envolvimento. No plano profissional – conseguirá naturalmente impor-se mas evite trabalhar sob pressão. Entrevistas e exames vão correr bem. Poderá ter bons retornos de alguns investimentos. Carta da semana – A IMPERATRIZ – conjuntura de desenvolvimento e multiplicação de possibilidades abrindo novos horizontes e boas perspetivas futuras. A sua capacidade de comunicação estará em evidência.

CAPRICÓRNIO 21/12 a 20/01 No plano amoroso – não arranje conflitos para saídas ou pequenos divertimentos do seu companheiro. De uma maneira geral, a vida sentimental está tensa. No plano profissional – são necessárias, coragem e frontalidade para sair de situações desvantajosas. Tende a agir quase sempre precipitadamente. Faça-se representar em questões jurídicas, para não dizer o que não deve. Carta da semana – O DIABO – refere que atitudes imaturas são possíveis e reações primárias também. Não siga instintos, reflita e estude a melhor maneira de se fazer compreender.

AQUÁRIO 21/01 a 19/02 No plano amoroso – bom momento afetivo, onde um possível conhecimento poderá alterar o seu futuro. Os filhos poderão estar no centro das suas preocupações. Deixe-os evoluir naturalmente se eles pretenderem fazer mudanças, aceite. No plano profissional – pese bem os argumentos a usar, especialmente em relações familiares. Não se deixe antecipar. Firme bem as suas posições, mesmo que tenha que combater hierarquias. Carta da semana – A RODA DA FORTUNA – traz movimentação e surpresa. Subitamente novos acontecimentos e emoções povoam a sua vida.

PEIXES – 21/02 a 20/03 No plano amoroso – não rejeite a possibilidade de se envolver um novo relacionamento. Poderá ser surpreendido, muito favoravelmente, com as atitudes e gestos de alguém que entrou há pouco na sua vida. No plano profissional – poderá entrar numa nova fase profissional, comece a pensar em novos projetos ou novas aplicações financeiras. Esta semana tudo está ao seu alcance basta pôr mãos á obra. Carta da semana – O SOL – semana muito luminosa e feliz para Peixes. Vai sentir-se com muita vontade de viver a vida e demonstrar a força das suas emoções e sentimentos.

Moradores é que decidiram o tema para A Nossa Casinha

A arte urbana está de volta à Alameda das Palmeiras, na zona da Bela Vista, em Setúbal. Agora para criar um mural na empena do edifício de A Nossa Casinha, pólo educativo e lúdico para crianças, jovens e idosos

FOTOS: ARQUIVO / DIREITOS RESERVADOS

Duas crianças sentadas dão mais cor à Bela Vista

V

ão ser necessários quatro dias para pintar um retrato de duas crianças sentadas, uma rapariga sorridente a folhear um livro e um rapaz a brincar com peças lego, vai redecorar A Nossa Casinha, pólo de desenvolvimento de actividades destinadas essencialmente a crianças, jovens e idosos, num espaço mais acolhedor e dinâmico. O mural será pintado por fases, com a técnica de graffiti, começa no sábado e deverá terminar na terça-feira. Com assinatura da associação artística Riscas Vadias, este trabalho vai ocupar toda a empena lateral do edifício da A Nossa Casinha, pólo educativo de apoio escolar e actividades lúdicas destinadas a combater o isolamento da população sénior. A obra, que utiliza perto de uma centena de latas de tinta cedidas pela Câmara Municipal de Setúbal e pela Associação Riscas Vadias, foi pensada pela Comissão de Moradores de Nossa Casinha e, posteriormente, apresentada e

aprovada na sessão plenária do 4.º Encontro de Moradores Nosso Bairro, Nossa Cidade. Mega pinturas por artistas do mundo Com cem metros quadrados de área, a nova tela de arte urbana junta-se aos nove murais criados em 2017 na Alameda das Palmeiras, no âmbito do Cara ou Coroa – Street Art Festival, evento que desafiou artistas portugueses e estrangeiros na pintura de fachadas daquele bairro da cidade. Os murais pintados em empenas e fachadas de edifícios selecionados da Alameda das Palmeiras abordam diferentes

temáticas, desde a relação intergeracional, natureza e igualdade à multiculturalidade própria do programa Nosso Bairro, Nossa Cidade, em desenvolvimento nos cinco bairros da área da Bela Vista. Ao longo dos quatro dias, os moradores participam ativamente no apoio ao trabalho e o público tem a possibilidade de acompanhar de perto a intervenção da associação Riscas Vadias. Instalada num rés-do-chão com quatro divisões, cedido pela Câmara Municipal aos moradores da Alameda das Palmeiras, A Nossa Casinha afirma-se como um pólo de concentração de diferentes valências culturais e sociais, gerador de novas dinâmicas para os residentes.

O SEGREDO DAS CARTAS

Pelo TARÓLOGO e ASTRÓLOGO Francisco Guerreiro. Resolva todos os seus problemas sentimentais, profissionais, financeiros e de saúde, marcando uma consulta pelo número 96 377 05 04. Após a 1.ª consulta efectua tratamentos espirituais. Consultório: Rua Serpa Pinto n.º 127 3.º Esq. - Montijo

E-mail:francisco_astrologo@hotmail.com


16

SOCIEDADE

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

20 Setubalenses

SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

20 Artistas

Filipe Blanquet

“O estilista sem nunca esquecer o lado chef” Arte efémera que deixa um sabor diferente no momento vivido FOTO ALEX GASPAR POR ANA MARTINS VENTURA

E

stilista e chef, Filipe Blanquet conta que “éé como se estivesse a vestir o meu trabalho”. Um cenário onde o mais importante para o estilista é o vestido de açúcar, que integra a sua última colecção. Um vestido doce e inovador. Como tantos que já saíram do seu imaginário. Confrontado com, o estilista ou o chef? A questão que se impõe perante o talento na cozinha e o talento entre costuras, para Filipe Blanquet, neste momento não há dúvidas. “O O estilista está mais presente”. Ainda que “aa bem dizer a pasta de açúcar nunca deixe esquecer o lado chef”. E assim nasce um Sugar Stylist. Vestir o corpo e o paladar Os vestidos de açúcar de Filipe Blanquet marcaram uma nova página na moda portuguesa em 2011. “EEstávamos próximos à passagem de ano e o Casino de Tróia ia ser inaugurado” conta o estilista que, “qqueria fazer uma escultura em açúcar para esta ocasião especial. Uma peça que tivesse movimento. A partir daí, surgiu o primeiro vestido de açúcar”. O resultado foi tão vanguardista que, ao longo dos últimos anos as colecções e os pedidos de criações especiais foram sucessivos. Entre os

desenhos mais especiais constam “vvestidos de noiva e até lingerie”. Tal como as peças da colecção “As Madames”, lançada em 2019. “Arte efémera”, assume Filipe Blanquet, “m mas que deixa um sabor diferente no momento vivido”. Peças feitas “ppor amor”, não para comercializar, explica Filipe. “P Porque ninguém compra um vestido destes para usar no dia-a-dia”. Entre as peças mais inusitadas que já encomendaram ao estilista estão vestidos de noiva e lingeries. “AArte efémera apenas para um momento especial”. “Setúbal recebe sempre bem o meu trabalho” Desde que se lançou no mundo da moda Filipe Blanquet sempre foi “bbem recebido em Setúbal”, como gosta de referir. Destacando que, “eesta é uma cidade cada vez mais aberta às artes”. “R Recentemente lancei uma marca própria de jalecas de cozinha. E nesse âmbito apresentei a Setúbal a proposta para realizar um desfile em 2020, com jalecas feitas a partir de pasta de açúcar. Uma ideia que, mais uma vez, foi muito bem recebida. Um novo momento de arte efémera que marca a diferença”.

Sabores Sabores de Setúbal de

Anuncie aqui o seu restaurante! Anuncie


SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

PUBLICIDADE

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

tipografia

17


18

PUBLICIDADE

SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

O DIĂ RIO DA REGIĂƒO DE SETĂšBAL

LABORATĂ“RIO DE ANĂ LISES CLĂ?NICAS

CARTÓRIO NOTARIAL DE SETÚBAL NOTà RIA MARIA TERESA OLIVEIRA Sito na Avenida 22 de Dezembro n° 21-D em Setúbal Certifico, para efeitos de publicação que no dia três de outubro de dois mil e dezanove, neste Cartório, foi lavrada uma escritura de justificação, a folhas 48 do livro 366 — A, de escrituras diversas, na qual: João Fernando dos Santos Gonçalves e mulher Fernanda Maria Monteiro Silva Gonçalves, casados sob o regime de comunhão de adquiridos, ambos naturais, da freguesia de São Sebastião, concelho de Setúbal, residentes na Travessa da Saboaria, número 5, rÊs-do-chão frente, Setúbal, contribuintes números 114065187 e 105699390. Justificaram a posse, invocando a usucapião, do seguinte bem: Metade indivisa da fração autónoma designada pela letra "M", correspondente ao rÊs-do-chão frÊnte, destinado a habitação, do prÊdio urbano, em regime de propriedade horizontal, sito na Travessa da Saboaria, números 5 e 5-A, União das Freguesias de Setúbal (São Julião, Nossa Senhora da Anunciada e Santa Maria da Graça), concelho de Setúbal, descrito na Primeira Conservatória do Registo Predial de Setúbal sob o número oitocentos e setenta, da freguesia de Nossa Senhora da Anunciada, inscrito na matriz sob o artigo 5408 da União das Freguesias de Setúbal (São Julião, Nossa Senhora da Anunciada e Santa Maria da Graça). Estå conforme. Cartório Notarial sito na Avenida 22 de Dezembro número 21-D em Setúbal, 03 de outubro de 2019. A Notåria, Maria Teresa Oliveira Conta registada sob o número 2090.

'5$0$5,$),/20(1$/23(63(5',*­2 '5$/)5('23(5',*­2 +RUiULR�D�IHLUDK 6iEDGRK

BLOCO CLĂ?NICO

5XD-RUJHGH6RXVD_6HW~EDO ZZZSUHFLODESW_WHO WHOP_)D[

Dra. Teresa Bertolo Dra. NĂŠlia Alegria Medicina Geral e Familia Medisete - Centro MĂŠdico, Lda. SetĂşbal - Telf: 265 239 390

Dra. Estefânia Campos Tratamentos de Incontinência Urinåria e Fecal Medisete - Centro MÊdico, Lda. Setúbal - Telf: 265 239 390

FarmĂĄcia Marques

Farmåcia Portugal DIRECTOR TÉCNICO Fernando Gamito Rodrigues Av. Jaime Cortesão, 77-B Tel. 265 539 060 • Setúbal Horårio: 09h00 - 13h00; 14h00 - 20h00 Såbado: 09h00 - 13h00

DIRECĂ‡ĂƒO TÉCNICA Dr. Valter Manuel C. Gomes De Segunda a Sexta das 9h Ă s 19h SĂĄbado das 9h Ă s 13h Ru a A r r o n ch es J u n q u eir o , 1 0 9 Tel . 2 6 5 5 2 2 7 8 3 • S e t Ăş b a l

Dra. Maria JosĂŠ LeitĂŁo Psicologia | Hipnoterapia Medisete - Centro MĂŠdico, Lda. SetĂşbal - Telf: 265 239 390

Dra. Anabela Nabais Neurocirurgia Medisete - Centro MĂŠdico, Lda. SetĂşbal - Telf: 265 239 390

CARTÓRIO NOTARIAL DE SETÚBAL NOTà RIA MARIA TERESA OLIVEIRA Sito na Avenida 22 de Dezembro n° 21-D em Setúbal Certifico, para efeitos de publicação que no dia um de outubro de dois mil e dezanove, neste Cartório, foi lavrada uma escritura de justificação a folhas 9 do livro 366 — A, de escrituras diversas, na qual: A sociedade anónima denominada "ZZTL — Imobiliåria, S.A.", com sede na Rua dos Remolares, número 14, freguesia de Misericórdia, concelho de Lisboa, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o número quinhentos e três milhþes setecentos e sessenta e quatro mil quinhentos e cinquenta e oito, com o mesmo número de pessoal coletiva, com o capital social de sessenta mil quatrocentos e cinquenta euros, justificou a posse, invocando a usucapião, do seguinte bem: Um terço do prÊdio urbano, composto de edificio de cave, sub-cave e rÊs-do-chão, para habitação, que confronta a norte e poente com Vitorino Moreira Rodrigues, herdeiros, a sul com Armindo Lourenço do Vale e a nascente com Rua Camilo Castelo Branco, sito na Rua Camilo Castelo Branco, freguesia de São Sebastião, concelho de Setúbal, descrito na Segunda Conservatória do Registo Predial de Setúbal sob o número mil setecentos e cinquenta e seis, da dita freguesia, inscrito na respetiva matriz sob o artigo 7462. Estå conforme. Cartório Notarial sito na Avenida 22 de Dezembro número 21-D em Setúbal, 1 de outubro de 2019. A Notåria, Maria Teresa Oliveira Conta registada sob o número 2063.

VENDO GARAGEM EM SETĂšBAL

CLASSIFICADOS Precisa-se

2236

de Auxiliar para Residencial sĂŠnior em Palmela Contacto 917 417 583

2235

cozinheiro/a ou ajudante c/prĂĄtica. Empregado/a balcĂŁo e mesas. Telm. 934101034. Email. cafeancora@hotmail.com

2021

PROFESSOR KALILU

Ajuda-vos a resolver os problemas mais difíceis e delicados. Faz voltar de imediato antigos amigos e amores perdidos. Se o seu marido ou mulher abandonou o lar não hesite, contacte o professor KALILU que vos garante um bom resultado. Droga, ålcool, reconciliaçþes e relaçþes familiares duradouras, impotência sexual, infertilidade do corpo, atracção de clientelas, proteção contra invejas e maus olhados, justiça contra todos os perigos e para a sua tranquilidade.

Facilidades de Pagamento TRABALHO SÉRIO, Rà PIDO E RESULTADO GARANTIDO CONSULTAS PRESENCIAIS OU À DISTÂNCIA Rua Poeta do Bocage, nº 25 - 1º * 2835 Baixa da Banheira

TELEF: 920 156 292 - 962 769 968

MARIA LUCINDA PEREIRA DĂ LMEIDA DOS SANTOS Faleceu a 22-02-2019

C/0161

Precisa-se

NAS COLINAS DE SĂƒO FRANCISCO XAVIER (VISO) CARACTERĂ?STICAS: Ă REA DE 49M; DĂ PARA VĂ RIOS CARROS E MUITA ARRUMAĂ‡ĂƒO; GARAGEM / BOX INTERIOR; PORTĂƒO DE ACESSO Ă€S GARAGENS COM COMANDO Ă€ DISTANCIA; QUADRO ELECTRICO INDEPENDENTE; DUAS JANELAS PARA O EXTERIOR O QUE LHE PROPORCIONA MUITA LUZ NATURAL; ACESSO MUITO LARGO E FĂ CIL. PREÇO - 31.000â‚Ź CONTACTOS: 934 861 611 / 964 910 112

&RQYHUVDFRP-(686 7RGRVRVGLDVGXUDQWHQRYHGLDV2UDU 2K0HX-HVXVHP9yVGHSRVLWHLWRGDDPLQKDFRQÂżDQoD9yVVDEHLVGHWXGRPHX3DL 6RLVR6HQKRUGRXQLYHUVR6RLVR5HLGRV5HLV9yVÂż]HVWHVRSDUDOtWLFRDQGDURPRU WRYLYHUROHSURVRVDUDUID]HLFRPTXH 3(',5$*5$d$ 9yVTXHYLVWHVPLQKDVDQ J~VWLDVHOiJULPDVEHPVDEHLVGHWXGR'LYLQR$PLJRFRPRSUHFLVRDOFDQoDU 3(',5$ *5$d$ &RQYRVFR0HVWUHGDLPHkQLPRHDOHJULDSDUDYLYHU6yGH9yVHVSHURFRP IpHFRQÂżDQoD 3(',5$*5$d$&20)e )D]HL'LYLQR-HVXVTXHDQWHVGHWHUPLQDU HVWDFRQYHUVDTXHWHUHL&RQYRVFRGXUDQWHQRYHGLDVHXDOFDQFHHVVD*UDoDTXHSHoRFRP Ip 3(',5$*5$d$ &RPRJUDWLGmRPDQGRSXEOLFDURUDo}HVSDUDRXWUDVSHV VRDVTXHSUHFLVDPGHDSUHQGHUDWHUIpHFRQÂżDQoDQDVYRVVDPLVHULFyUGLD,OXPLQDLWR GRVRVGLDVRDPDQKHFHUHTXHHVWHWHVWHPXQKHRQRVVRGLiORJR-HVXVWHQKRFRQÂżDQoD HP9yV&DGDYH]PDLVDXPHQWDLDPLQKDIp$PpP 2EULJDGRSRUWXGR6HQKRU $JUDGHoRSRUYiULDVJUDoDVDOFDQoDGDV

FERNANDO MANUEL DE JESUS AUGUSTO Faleceu a 28-09-2019

ANA MATA DOS SANTOS

Faleceu a 04-10-2019

PARTICIPAĂ‡ĂƒO E AGRADECIMENTO

PARTICIPAĂ‡ĂƒO E AGRADECIMENTO

PARTICIPAĂ‡ĂƒO E AGRADECIMENTO

Seus filhos, netos, restante famĂ­lia e amigos cumprem o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente querido cujo funeral se realizou no dia 04-10-2019 para o CrematĂłrio de SetĂşbal. Na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vĂŞm por este meio agradecer a todas as pessoas que se dignaram acompanhar ou que de outra forma manifestaram o seu pesar.

Seu filho, restante famĂ­lia e amigos cumprem o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente querido cujo funeral se realizou no dia 04-10-2019 para o CrematĂłrio de SetĂşbal. Na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vĂŞm por este meio agradecer a todas as pessoas que se dignaram acompanhar ou que de outra forma manifestaram o seu pesar.

Seu esposo, filho, nora, netos, bisneto, restante famĂ­lia e amigos cumprem o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente querido cujo funeral se realizou no dia 05-10-2019 para o CrematĂłrio de SetĂşbal. Na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vĂŞm por este meio agradecer a todas as pessoas que se dignaram acompanhar ou que de outra forma manifestaram o seu pesar.

Agência Funeråria Sado Telef. 265 718 605 Serviço Permanente

Agência Funeråria Sado Telef. 265 718 605 Serviço Permanente

Agência Funeråria Sado Telef. 265 718 605 Serviço Permanente


SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

19

BEBIANO SALVADOR VICTORINO

MARIA JOSÉ CRISTÓVÃO FARINHA FIDALGO

MARIA EMÍLIA VIEIRA CASIMIRO DE ALMEIDA

MANUEL ANTÓNIO DOS MÁRTIRES

(1925 – 2019)

(1941 – 2019)

(1930 – 2019)

(1938 – 2019)

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Bebiano Salvador Victorino. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Maria José Cristóvão Farinha Fidalgo. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

MARIA FÁTIMA PITA CANAS FALECEU A 03/10/2019 PARTICIPAÇÃO E AGRADECIMENTO Seus filhos, noras, netos, companheiro e restante família, têm o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente muito querido e de agradecer reconhecidamente a todos os que se dignaram acompanhá-lo à sua última morada, bem como aos que das mais diversas formas, lhes manifestaram pesar. SETÚBAL 265 523 496 www.funerariacosta.com

C/0004

AGÊNCIA FUNERÁRIA COSTA

C/0005

PUBLICIDADE

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Maria Emília Vieira Casimiro de Almeida. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funerária Armindo lamenta informar o falecimento de Manuel António dos Mártires. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

IDALINA DE JESUS D´OLIVEIRA CALISTO

MARIA ADELINA DA COSTA SERAFIM PRATAS

NASCEU 28-05-1939 FALECEU 05-10-2019

NASCEU 15-12-1941 FALECEU 22-09-2019

PARTICIPAÇÃO E AGRADECIMENTO

PARTICIPAÇÃO E AGRADECIMENTO

Marido, filho, neto e restantes familiares cumprem o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente querido. O funeral realizou-se no dia 06-10-2019 pelas 14h30 da Capela do Faralhão para o Crematório de Setúbal. Agradecendo a todos quantos se dignaram e participaram em tão piedoso acto, bem como a todos que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar.

Seu marido, filhos, nora, genro, netos e restantes familiares cumprem o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente querido. O funeral realizouse no dia 24-09-2019 pelas 10h00 da Capela da SCM de Palmela para o Cemitério de Palmela. Agradecendo a todos quantos se dignaram e participaram em tão piedoso acto, bem como a todos que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar.

Funerária Central Setubalense 265 550 045 • 265 238 528 (Serviço Permanente)

Funerária Central Setubalense 265 550 045 • 265 238 528 (Serviço Permanente)


20

FIGURA DO DIA

REPARO DO DIA

SEGUNDA-FEIRA, 07/10/2019

Û

MIRADOURO DA ARRÁBIDA OPINIÃO

RAFAEL GIL E BEATRIZ AMANTES Os atletas venceram a Travessia da Baía, prova de Sesimbra quase centenária, e prestigiaram a natação na Margem Sul. Rafael Gil já representou o Naval Amorense e a Sociedade Filarmónica União Artística Piedade, a que pertence ainda hoje Beatriz Amantes. Aliás, David Cristiano, segundo classificado, é também da SFUAP.

AMÉRICO LOURENÇO Vigilante portuário no Porto de Sines

Investimentos portuários A degradação do meio ambiente, tem obrigado o ser humano a adoptar estratégias de resposta aos desafios dos tempos modernos, onde urge a implementação de novos comportamentos, como forma de procurar minimizar os efeitos do descuido e desleixo do ser humano. Numa recente visita ao Porto de Sines, a responsável pela pasta dos portos, anunciou um pacote de investimentos que irão ser realizados brevemente, na expansão das estruturas existentes, e na construção de novas, que no seu conjunto, visam dotar o porto de Sines, com uma resposta adequada aos desafios do futuro, onde não devem ser esquecidas as questões ambientais. Não deixa de ser importante o desenvolvimento portuário, mas é igualmente importante que previamente sejam criadas acessibilidades rodoferroviárias, onde sejam também salvaguardadas as questões ambientais, sendo igualmente importante analisar as consequências do impacto negativo de centenas ou milhares de camiões, que apenas transportam um contentor, enquanto uma via-férrea num traçado moderno e duplo, permite que um comboio transporte dezenas de contentores, com claros ganhos ambientais e rentabiliza os novos equipamentos portuários. Quando passam 522 da 1ºarmada de Vasco da Gama à India, é importante fazer a ligação entre o passado e o presente, que numa perspectiva de crescimento continuo, possa também nas questões que dizem respeito ao meio ambiente, acautelar o futuro.

Avenida Álvaro Cunhal com marcação reavivada Reparámos que parte da marcação da Avenida Álvaro Cunhal, em Setúbal, foi pintada no final da semana. Para já foram

OPINIÃO

reavivados os traços de separação das duas vias, no troço entre as rotundas do Alegro e do Monte Belo.

PENSAR SETÚBAL

Nuno Gil: Um doceiro prestigiado

GIOVANNI LICCIARDELLO Professor

Hoje vamos falar de Nuno Gil, doceiro da nossa região, que teve a amabilidade de receber-me, no mês de Julho. Nuno Gil nasceu em Setúbal, a 6 de Junho de 1969. Estudou na Escola Secundária Sebastião da Gama, concluindo o 12º ano de escolaridade. Em 1992, iniciou a sua actividade profissional no serviço de bar, num conhecido café/restaurante, em Palmela, área que lhe era completamente desconhecida. Em 1993, concluiu curso de barman na Associação de Barman de Portugal. Em 1994, sentiu necessidade de ir mais além na área dos doces, tendo frequentado o Curso de Hotelaria, de mesa, bar, cozinha e pastelaria. Com o tempo, percepcionou que a

área dos doces era, de facto, a sua área vocacional, iniciando a confeccão de todos os doces para consumo exclusivo interno, bem como doces de sua autoria, afastando-se progressivamente dos doces tradicionais. Em 1996, decorreu um Curso de Cozinha e Pastelaria ministrado pelo famoso Chefe Silva, tendo Nuno Gil participado. A partir daí, direccionou a sua actividade de doçaria, para os doces regionais. Em 2001, decorreu um Concurso Nacional de Gastronomia, tendo o café/restaurante onde trabalhava, participado na área dos doces e vencido, com o Bolo Conventual da Ordem de Santiago. Ao longo destes anos, foi-se estabelecendo uma relação de amizade entre Nuno Gil e o Chefe Silva, tendo este aconselhado a confeccionar bolos em formato mais pequeno, mais concretamente em forma de pastel, direccionando para outro segmento de mercado. Após algum tempo de reflexão, Nuno Gil concordou com a sugestão do Chefe Silva. Em boa hora o fez, dando início à sua actividade profissional individual.

Começou a comercializar o Pastel de Santiago em Palmela e, mais tarde, também em Setúbal. Seguiu-se o Pastel de Moscatel e o Pastel de Laranja de Setúbal. De seguida, Nuno Gil elaborou uma queijada feita com queijo e requeijão, denominada Queijada do Anjo. Posteriormente surgiu o Pastel Caramelo, de feijão, em homenagem às pessoas que para aqui vieram trabalhar, provenientes das Beiras, para trabalhos sazonais, muitos acabando por ficar, mais concretamente na região compreendida entre o Pinhal Novo e Rio Frio. Em 2011, a Câmara Municipal de Setúbal organizou um concurso, cujo objectivo era criar um doce típico de Setúbal. Nuno Gil concorreu a esse concurso, tendo vencido com o Doce S. Filipe. O nome foi escolhido para salientar a importância do rei de Portugal e Espanha, na construção do Castelo de S. Filipe. Tem forma rectangular, em homenagem à indústria conserveira e utiliza o Brazão da Cidade de Setúbal. No interior da caixa encontra-se o bolo, encimado com a poesia de Sebastião da Gama “Pelo Sonho é Que Vamos”. É

um bolo cujos ingredientes são: mel, amêndoa, laranja e moscatel, todos produzidos na nossa região de Setúbal. Seguiu-se o Pastel de Ginja. No início do século XX, os galegos residentes em Lisboa, deslocavam-se aqui para adquirir o fruto da ginja, para a obtenção do licor. Nuno Gil entendeu que devia aproveitar as potencialidades deste produto. Em 2018, a Câmara Municipal de Setúbal organizou uma mostra na Casa da Baia, com doces, feitos a partir de pescado. Nuno Gil confeccionou o Pastel de Choco de Setúbal, feito com batata doce da Comporta e amêndoa, com a tinta do choco a recobrir a massa tenra. Confecciona também arroz doce feito com leite de ovelha da Quinta do Anjo, os Bombons de Moscatel e os Bombons de Aguardente. Nuno Gil é proprietário da Confeitaria S. Julião, em Palmela. Nuno Gil não só é um doceiro prestigiado, como é um magnífico exemplo da optimização da riqueza e variedade de produtos endógenos de grande qualidade, desta nossa Região dos Três Castelos.

FICHA TÉCNICA

PUBLICIDADE geral@osetubalense.com publicidade.setubal@gmail.com

SETÚBAL ALMADA SEIXAL PALMELA BARREIRO ALCOCHETE OUTROS CONCELHOS MONTIJO MOITA 212 383 228 265 520 716 265 094 354 265 092 725 212 318 392 212 047 599 212 047 599 212 384 894 937 081 515

Registo de Título N.º 107552 | Depósito Legal N.º 8/84

Propriedade: Outra Margem - Publicações e Publicidade, Lda. Contribuinte: 515 047 325. (Detentores de mais de 10% do capital social: Gabriel Rito e Carlos Bordallo-Pinheiro). Editor: Primeira Hora - Editora e Comunicação, Lda. Contribuinte: 515 047 031 (Detentores de mais de 10% do capital social: Setupress, Lda., Losango Mágico, Lda., Carla Rito e Gabriel Rito) Sede de Administração e Redacção: Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1.º, 2900-389 Setúbal. Conselho de Gerência: Carla Rito, Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro, Gabriel Rito e Carlos Bordallo-Pinheiro.

CONCELHO DE SETÚBAL Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1.º - 2900-389 Setúbal - Tel. 265 094 354 (geral) / 265092 633 (redacção) / 265 092 725 - 265 520 716 (dep. comercial) CONCELHO DE PALMELA Rua José Saramago, lote 26 - loja direita 2955-027 Pinhal Novo - Tel. 212 384 894 CONCELHOS DE MONTIJO E ALCOCHETE Praça da República, 63, Galerias Comerciais, Lj 18. Tel./Fax: 212 318 392

CONCELHO DO BARREIRO Intermarche da Moita - Quinta Santa Rosa Rua Classe Operário - Alhos Vedros - Moita Tel.: 212 047 599 - 939 050 535 CONCELHO DA MOITA Intermarche da Moita - Quinta Santa Rosa Rua Classe Operário - Alhos Vedros - Moita Tel. 212 047 599 / 939 050 535 REDACÇÃO Director: Francisco Alves Rito (CPJ 2292) diretor@osetubalense.com Redacção: Mário Rui Sobral (CPJ 3872 A),

Humberto Lameiras (CPJ 2321 A); Ana Martins Ventura (CPJ 7230 A). Colaboradores: Inês Antunes Malta (CPJ 7226 A); Miguel Nunes Azevedo (TP 2608); Fátima Brinca (CPJ 2574); Rogério Matos (CPJ 9929); Helga Nobre; André Rosa; Ricardo Lopes Pereira e José Pina. Fotografia: Mário Prata, Alexandre Gaspar e Arsénio Franco. DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO Teresa Inácio, Dulce Lança e Branca Belchior. PUBLICIDADE Direcção Comercial: Carla Sofia Rito e Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro. Setúbal: Ana Oli-

veira, Mauro Sérgio, Célia Felix e Rosália Batista. Montijo: Graciete Rodrigues.PPalmela: Rosália Batista. Barreiro: Carla Santos. Moita: Carla Santos. IMPRESSÃO Tipografia Rápida de Setúbal, Lda. - Travessa Jorge d’Aquino, 7 - 2900-427 Setúbal e-mail: geral@tipografiarapida.pt DISTRIBUIÇÃO VASP - Venda Seca, Agualva - Cacém Tel. 214 337 000 Tiragem média diária: 9.000 exemplares

Estatuto Editorial disponível em https://www.facebook.com/pg/ JornalOSetubalense/ about/?ref=page_internal

Edição online www.diariodaregiao.pt Digital Media Officer: José Luís Andrade

Os artigos assinados são da responsabilidade dos seus autores


SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

DESPORTO

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

21

Sadinos deixam escapar triunfo nos descontos na primeira jornada do Grupo B da Taça da Liga

Um autogolo de Tiago Moreira pôs o Vitória a vencer, mas os beirões nunca desistiram e chegaram ao 1-1 por Silva em tempo de compensação

LUSA

Golo aos 90+2 minutos foi balde de água fria na Covilhã no meio-campo adversário, o Vitória ficou perto do 2-0 em duas ocasiões. Aos 54 e 60 minutos, Mansilla e Berto remataram com muito perigo ao lado da baliza defendida pelo guardião Carlos Henriques. Com os setubalenses por cima do jogo, o treinador dos serranos, Ricardo Soares, apostou tudo no ataque para chegar ao golo. As entradas de Silva (65 minutos), Deivison (78) e Rodrigues (79) surtiram o efeito desejado, uma vez que os anfitriões passaram a acercar-se com mais perigo da baliza sadina. Depois de um par de sustos, Makaridze não conseguiu evitar o 1-1 quando o cronómetro já assinalava 90+2 minutos. Daniel Martins cruzou no flaco esquerdo para o coração da área vitoriana onde, mais rápido que André Sousa, surgiu o atacante Silva a cabecear para o golo. A igualdade deu ânimo ao Sporting da Covilhã que que carregou ainda mais nos instantes finais sem que conseguisse voltar a fazer alterações no marcador.

POR RICARDO LOPES PEREIRA

O

Vitória FC desperdiçou no sábado uma excelente oportunidade de assumir a liderança isolada do Grupo B da Taça da Liga. A equipa de Sandro Mendes esteve a vencer no reduto do Sporting da Covilhã até aos 90+2 minutos, altura em que os locais chegaram ao empate (1-1), momento que foi um autêntico balde de água fria para a equipa e os adeptos sadinos que se deslocaram ao interior do país. Os golos da partida realizada no Estádio José Santos Pinto foram apontados por Tiago Moreira, que aos 36 minutos introduziu a bola na própria baliza, colocando os vitorianos na frente do marcador. Em tempo de compensação, Silva, que tinha sido lançado no jogo já no decorrer da segunda parte, foi o autor do golo que pôs em festa os adeptos do Sporting da Covilhã, actual líder da 2.ª Liga. Com o resultado registado anteontem na primeira jornada do Grupo B da Taça da Liga, setubalenses e serranos colaram-se a Benfica e V. Gui-

marães (clubes que tinham a 25 de Setembro também empatado, 0-0, na ronda inaugural, no Estádio da Luz) na frente do Grupo B, todas com um ponto cada. Em relação ao jogo da semana anterior no campeonato (derrota 1-0 com o Benfica), o treinador Sandro Mendes promoveu quatro alterações no onze dos verdes e brancos. Mano, Jubal, Carlinhos e Éber Bessa foram as novidades em detrimento de Sílvio, Artur Jorge, Leandrinho e Nuno Valente. No cômputo geral, os cerca de mil

adeptos que estiveram no estádio não deram o seu tempo por perdido. Intensidade, dinâmica e equilíbrio foram realidade num jogo em que as oportunidades de golo só surgiram com maior frequência no segundo tempo. Na primeira parte houve muita luta, mas os lances de perigo foram uma raridade como ilustram os remates de Kukula e Mica que não representaram perigo para Makaridze. Já o Vitória, que mostrou solidez no sector mais recuado, foi letal no melhor lance que desenhou na primeira parte e que permitiu à equipa

adiantar-se no marcador à passagem dos 36 minutos. Depois de uma boa recuperação de bola de Hachadi, Berto embalou pela direita do ataque, deixou os adversários para trás e ofereceu o golo ao avançado marroquino, mas Tiago Moreira, na tentativa de intercetar a bola, desviou-a para a própria baliza. A perder por 1-0, o Sporting da Covilhã quis mudar o rumo dos acontecimentos na segunda parte, mas o Vitória cedo começou a mostrar que tinha como objectivo ampliar a vantagem. Mais pressionante e instalado

Sandro Mendes «Tudo em aberto neste grupo» “O O empate é justo. Na primeira parte não conseguimos ter muita bola, nem criar muitas situações de golo, mas conseguimos numa transição fazer o 1-0, passando a controlar o jogo. Na segunda parte estivemos melhor, tivemos a possibilidade de fazer o 2-0 mas não conseguimos. Depois sofremos o golo da igualdades num erro defensivo nosso. Foi um golo que já não contávamos sofrer. Está tudo em aberto neste grupo”.

Comércio e Indústria e Brejos de Azeitão avançam na Taça AFS Os clubes da cidade já conhecem os respetivos destinos na Taça da AF Setúbal. Comércio e Indústria fechou fase de grupos com triunfo, enquanto que FC Setúbal viu de fora a última jornada e ficou fora das contas. Brejos de Azeitão também avança

POR MIGUEL NUNES AZEVEDO

J

á são conhecidos os dezasseis clubes que seguem em frente na Taça da AF Setúbal, entre os quais figuram nomes do concelho. O Comércio e Indústria será o único representante da cidade depois de eliminação do FC Setúbal, com o Brejos de Azeitão também a carimbar o passaporte para a próxima fase. Depois de folgar na primeira jornada e ser surpreendido pelo Águas de Moura na segunda, o Comércio e Indústria entrou nos eixos e venceu os

três encontros seguintes. No sábado, os alvinegros fecharam a fase de grupos com uma vitória por 3-0 diante do Almada, chegando aos nove pontos que valeram um lugar entre os dois melhores do grupo. Sorte diferente teve o FC Setúbal, que falhou os dois primeiros lugares de um grupo complicado e não conseguiu ser um dos melhores terceiros classificados. A turma da Bela Vista até liderava na segunda jornada mas a derrota com o Oriental Dragon (que

ficou em segundo lugar) acabou por ser determinante para as contas finais. Quem também segue em frente é o Brejos de Azeitão, da II Distrital, que ficou em primeiro lugar num grupo com adversários do primeiro escalão. Os azeitonenses fizeram 10 pontos em cinco partidas realizadas e mesmo o empate com o Seixal (22, com a vitória a fugir nos descontos) conseguiu afastar a equipa do topo da tabela.


DESPORTO

ANDEBOL

Novo treinador do Vitória FC com estreia difícil

O

andebol regressa na quartafeira ao Pavilhão Antoine Velge, com o Vitória a medir forças com o Sporting num duelo antecipado da 8ª jornada da I Divisão. O encontro entre sadinos e leões marca a estreia de Luís Monteiro no comando técnico, depois de o antigo treinador e jogador

DIREITOS RESERVADOS

Duelo com Sporting no Antoine Velge A equipa sénior do andebol vitoriano vai receber o Sporting na quarta-feira, num duelo antecipado da 8ª jornada. Partida com o Benfica esteve agendada para o último sábado mas acabou adiada para dia 16. Será o primeiro jogo de Luís Monteiro no comando técnico após a saída de Danilo Ferreira

SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

DIREITOS RESERVADOS

22

dos vitorianos ter sido apresentado para ocupar a vaga criada pela saída de Danilo Ferreira. A estreia de Luís Monteiro não se prevê fácil, com o Vitória a receber um dos principais candidatos ao título e um dos melhores ataques da prova. Contudo, poderá jogar a favor da equipa da casa o facto de os sportinguistas terem estado em ação no sábado passado diante do Águas

Santas Milaneza, chegando mais desgastados a Setúbal. Inicialmente estava previsto que os setubalenses tivessem defrontado o Benfica no último sábado mas o encontro com os encarnados foi adiado para dia 16 (20 horas), ao passo que o duelo com o Sporting foi antecipado para quarta-feira, pelas 21 horas. MIGUEL NUNES AZEVEDO

VITÓRIA FC

DIREITOS RESERVADOS

Juniores salvos ao cair do pano Sub-23 do Vitória bateram o Cova da Piedade por 2-1

Revelações voltam aos triunfos Cortez e Kamo-Kamo marcaram os golos que valeram os três pontos em casa do Cova da Piedade

Equipa sub-19 do Vitória esteve a perder por 2-0 mas chegou ao empate nos descontos.

O

s juniores sub-19 do Vitória continuam um percurso positivo no Campeonato Nacional da I Divisão e no sábado empataram

no reduto do Estoril por 2-2. O duelo desta oitavo jornada frente ao quarto classificado não se antevia fácil e os sadinos tiveram de sofrer até aos últimos minutos para conseguir pontuar. A equipa setubalense, orientada por Alexandre Santana, entrou com pé esquerdo e viu o adversário a adiantar-se no marcador por intermédio de Diogo Madaleno (11’), que fez o 1-0 que se manteve até ao in-

tervalo. Na segunda metade o Estoril voltou a marcar e dilatou a vantagem, mas o Vitória reduziu por intermédio de Danilo Luís aos 79 minutos e chegaram ao empate já nos descontos, através de uma grande penalidade convertida por Hugo Neves (90+3’). Com este resultado os sadinos mantêm o quinto lugar na Zona Sul, com 13 pontos, apenas atrás de Benfica, Sporting, Alverca e Estoril. M.N.A.

O

Vitória deslocou-se a Almada para defrontar e vencer o Cova da Piedade, numa partida antecipada a contar para a 25ª jornada da Liga Revelação. Este resultado marca o regresso da equipa de Chiquinho Conde aos triunfos e vale uma subida na tabela classificativa, ultrapassando o Portimonense. O Vitória adiantou-se no marcador logo aos oito minutos por intermédio de Luís Cortez, que

treina com o plantel principal mas tem atuado pela equipa de Chiquinho Conde, e dilatou a vantagem pouco antes do final da primeira parte, com Kamo-Kamo a bater o guardião Márcio Rosa (44’). A reação da equipa da casa só chegou nos últimos minutos do encontro, com Diogo Gonçalves a reduzir no segundo minuto da compensação. Pelos sadinos jogaram Josué Duverger, Canadas, Rodrigo Antunes, Serrão, Bruno Langa, Sory, Nascimento, Cortez, Leo Chão, KamoKamo e Amâncio, com Sylla, Lobo e Modesto lançados no decorrer da segunda parte. Os sub-23 voltam à ação no dia 19 de outubro, no reduto da Académica. M.N.A.


SEGUNDA-FEIRA 07/10/2019

DESPORTO

DIREITOS RESERVADOS

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

23

CAMPEONATO DE PORTUGAL Obteve a primeira vitória no campeonato

Olímpico do Montijo deu tudo o que tinha e foi premiado por isso

O

TAÇA AF SETÚBAL Terminou a fase de grupos

Já são conhecidas as equipas apuradas para a fase seguinte Entre os dezasseis magníficos estão Águas de Moura, Quinta do Conde, Brejos de Azeitão e Seixal, da segunda divisão POR JOSÉ PINA

C

om a realização este fim-de-semana da 5.ª jornada, terminou a fase de grupos da Taça AF Setúbal – Joaquim José Sousa Marques que deu a conhecer as 16 equipas apuradas para a fase seguinte da competição, que se disputa apenas no dia 22 de Fevereiro de 2020, sábado de Carnaval. Nesta última jornada, os grandes destaques vão para a Quinta do Conde que ao vencer o Santo André no jogo decisivo garantiu o apuramento; para o Moitense e Charneca de Caparica que venceram respectivamente o Oriental Dragon e o Vasco da Gama de Sines; para o Águas de Moura que foi a única equipa da 2.ª divisão só com vitórias; e, para o Cova da Piedade “B” que goleou o Monte de Caparica,

por 6-0. Tendo em conta os desfechos registados nos jogos efectuados ficaram apurados os seguintes clubes: Alcochetense e Quinta do Conde (Série A), Sesimbra e Palmelense (Série B), Charneca de Caparica e Moitense (Série C), Águas de Moura e Comércio Indústria (Série D), C. Piedade “B” e Alfarim (Série E) e Brejos de Azeitão e Seixal (Série F), por terem sido os dois primeiros classificados de cada série. A estes vão juntar-se os quatro terceiros classificados com melhor coeficiente de todas as séries; ou seja, Palmelense, Grandolense, Pescadores e Oriental Dragon. SÉRIE A - Quinta do Conde 5 Santo André 2; Zambujalense 0 Alcochetense 4. Classificação Final: 1.º Alcochetense, 12 pontos; 2.º Quinta do Conde, 7 pontos; 3.º Santo André, 4 pontos; 4.º Zambujalense, 3 pontos; 5.º Beira Mar de Almada, 1 ponto. SÉRIE B – Palmelense 3 Corroios 0; Barreirense 0 Sesimbra 1. Classificação Final: 1.º Sesimbra, 12 pontos; 2.º Barreirense, 7 pontos; 3.º Palmelense, 7 pontos; 4.º Corroios, 3 pontos; 5.º Lagameças 0 pontos.

SÉRIE C – Oriental Dragon 1 Moitense 2; Charneca de Caparica 3 Vasco da Gama 0. Classificação Final: 1.º Charneca de Caparica, 7 pontos; 2.º Moitense, 7 pontos; 3.º Oriental Dragon, 6 pontos; 4.º FC Setúbal, 5 pontos; 5.º V. Gama, 3 pontos. (Considerando a vitória do Charneca na Moita, no jogo que não terminou). SÉRIE D - Águas de Moura 2 Melidense 0; Comércio Indústria 3 Almada 0. Classificação Final: 1.º Águas de Moura, 12 pontos; 2.º Comércio Indústria, 9 pontos; 3.º Samouquense, 6 pontos; 4.º Almada, 3 pontos; 5.º Juv. Melidense, 0 pontos. SÉRIE E - C. Piedade “B” 6 Monte de Caparica 0; Quintajense 2 Alfarim 5. Classificação Final: 1.º C. Piedade “B”, 12 pontos; 2.º Alfarim, 9 pontos; 3.º Pescadores, 6 pontos; 4.º Monte de Caparica e Quintajense, 1 ponto. SÉRIE F - Grandolense 3 Banheirense 1; Alcacerense 2 U. Santiago 1; Seixal 2 Brejos de Azeitão 2. Classificação Final: 1.º Brejos de Azeitão, 10 pontos; 2.º Seixal, 8 pontos; 3.º Grandolense, 8 pontos 4.º U. Santiago, 7 pontos; 5.º Alcacerense, 6 pontos; 6.º Banheirense, 3 pontos.

Olímpico do Montijo foi a única equipa da região a vencer na 6.ª jornada do Campeonato de Portugal. Os montijenses, que foram os únicos a jogar em casa, receberam e venceram o Loures (2-1) enquanto o Fabril foi derrotado em Sacavém (1-0), o Pinhalnovense perdeu em Lagos (2-0) e o Amora não conseguiu melhor que um empate em Évora (2-2). Quem se deslocou ao Campo da Liberdade teve oportunidade de assistir a uma grande exibição do Olímpico que foi abrilhantada com uma vitória, a primeira no campeonato, que seria arrancada a ferros porque foi apenas consumada no período de compensação. Por aquilo que fez ao longo do encontro não merecia esperar tanto para festejar mas o futebol é mesmo assim. As coisas até nem começaram nada bem para os montijenses porque ficaram em desvantagem logo aos 13 minutos, numa altura em que já mandavam no jogo. Os pupilos de Paulo Jorge Bento não esmoreceram e aos 32’ chegaram com inteira justiça ao empate, com um golo de Rúben Ribeiro. Na 2.ª parte o Olímpico teve quase sempre o sinal mais e esteve muitas vezes perto do golo mas só conseguiu concretizar aos 90+2’ por intermédio de Miranda, um dos jogadores que mais se destacou. Amora teve o pássaro na mão

Em Évora, o Amora teve o pássaro na mão mas deixou-o fugir, sofrendo

o golo da igualdade aos 90 minutos. Na primeira parte o domínio foi repartido, o Amora ganhou ascendente mas não marcou e o Lusitano acabou por concretizar aos 38 minutos, saindo para o intervalo a vencer por 10. Na segunda parte Joca (59’) e Muacir (68’) deram a volta ao marcador mas os eborenses estragaram os planos do Amora, que já se preparava para festejar a vitória, com o golo que marcaram mesmo ao cair do pano. Fabril com exibição descolorida Em Sacavém, o Desportivo Fabril entrou bem na partida mas na primeira oportunidade que teve a equipa da casa adiantou-se no marcador (21’) com o golo que prevaleceu até ao fim. A exibição da equipa do Barreiro deixou algo a desejar porque nunca foi capaz de encontrar soluções para minimizar a situação. Com este resultado o Fabril voltou a cair na zona de despromoção. Pinhalnovense perde pela primeira vez No Algarve, o Pinhalnovense esteve longe do seu melhor e acabou por regressar a casa com uma derrota por 2-0, com um golo sofrido em cada metade do encontro, o primeiro aos 38 e o segundo aos 51 minutos. Esta foi a primeira derrota sofrida pelo Pinhalnovense conta uma equipa que ainda não havia ganho no campeonato. JOSÉ PINA

Selecção distrital de futebol sénior

Preparação para a Taça das Regiões arranca esta noite na Moita

A

selecção distrital de futebol sénior dá início, nesta noite de segunda-feira, no Campo do Juncal, na Moita, à sua preparação para a “Taça das Regiões”, competição organizada pela FPF, por delegação da UEFA, que tem agendada a fase zonal para o período compreendido entre os dias

20 e 22 de Dezembro e a fase final entre 23 e 26 de Janeiro de 2020. Para a primeira sessão de trabalho, o treinador distrital Tomás Pereira, que assume o comando técnico da selecção, convocou 34 jogadores de 11 clubes diferentes. O O. Dragon com seis jogadores, o

Barreirense com cinco, Alfarim e Alcochetense com quatro, são os clubes mais representativos. Eis a lista completa de jogadores convocados: Oriental Dragon (6): Nuno Cunha, Fábio Delgado, Rachid, Mauro, Alphonse Mendes e Amândio Ramião. Barreirense (5): Kevin, Janita,

Bruno Elias, Miguel Flor e Jackson Alfarim (4): Alexandre Correia, Manuel Barata, André Pinto e Bruno Tavares. Alcochetense (4): Vital, Duarte, Mimi e Fialho. Palmelense (3): Pedro Silva, Diogo Silva e Micael Pereira Comércio Indústria (3): Thierry,

Gonçalo Cruz e Rafinha Vasco da Gama (3): Tiago Lança, Diogo Gandarês e André Trindade. U. Santiago (3): Tiago Lança, Diogo Gandarês e André Trindade. Samouquense (1): Rúben Góias Sesimbra (1): Rodrigo Pinhal Moitense (1): David Silva JOSÉ PINA


Profile for O Setubalense

O Setubalense, diário regional de Setúbal nº 254  

O Setubalense, diário regional de Setúbal nº 254