Page 1

PUBLICIDADE 0158

TERÇA-FEIRA | 1.OUTUBRO.2019 | N.º 250 | Ano II | 5.ª Série

PUBLICIDADE

SEIXAL INSISTE EM ALCOCHETE SETÚBAL P.2

PALMELA FEIRA MEDIEVAL CONSIDERADA UM “SUCESSO”

PUBLICIDADE

P.3

P.5

PALMELA P.6

Marateca e Poceirão conquistam estatuto de freguesias desfavorecidas

PS responde a PSD sobre dragagens P.2

Alexandrina Pereira lança livro sobre as marchas populares P.3

Aeroporto marcou reunião de câmara com PS a defender o Montijo

SEIXAL P.6

‘Regresso’ de D. Dinis foi vivido por 33 mil

Dia da Música hoje com Pedro Jóia

TAÇA DA LIGA P.14 Vitória estreia-se sábado na Covilhã


PJ detém suspeito de tentativa de homicídio

A Polícia Judiciária de Setúbal deteve um homem de 55 anos suspeito de ter agredido outro da mesma idade com uma arma branca, após uma desvaneça entre ambos, numa localidade do distrito

ACTUAL

de Setúbal, foi ontem anunciado. De acordo com a PJ, depois do crime, ocorrido no passado mês de Julho numa localidade não especificada, o suspeito ausentouse para parte incerta, mas acabou

por ser localizado na sequência da investigação policial. Segundo um comunicado da PJ, o detido terá desferido vários golpes na face e no tórax da vítima, que quase lhe provocaram a morte. O

detido, que está indiciado pelo crime de homicídio qualificado, na forma tentada, já foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido decretada a medida de coação de prisão preventiva.

Paulo Lopes aponta ‘populismo’ de Nuno Carvalho

OPINIÃO

PS considera que PSD está perdido em relação às dragagens no Porto de Setúbal Ex-bancário, Corroios

O capitalismo não é verde “Vemos, ouvimos e lemos, não podemos ignorar”, porque é que as questões ambientais estão aí na ordem do dia. Claro que nos devemos comportar de modo a não agredirmos ainda mais o ambiente. Devemos separar o lixo, evitar desperdícios, denunciar atentados à Natureza e exigir que as entidades oficiais, nomeadamente as autarquias, também cumpram o seu importante papel. Portanto, se todos nos comportarmos assim, já estamos a dar um bom contributo para um ambiente mais sustentável. Mas será o suficiente? Já nem digo para se reverter a situação, mas para que não se agrave ainda mais? Infelizmente, a resposta é não. Alegam os defensores do capitalismo que é preciso alimentar cada vez mais bocas e que para isso é preciso, é imprescindível, produzir-se alimentos em massa. E então, sacrificam-se florestas para se instalarem explorações intensivas, atingese o maior grau de mecanização, utilizam-se pesticidas e fertilizantes que forem necessários para se conseguir produções cada vez maiores no mínimo espaço e tempo possíveis. E assim se esgotam solos, se contaminam veios de água e se alteram ou destroem ecossistemas, em detrimento da pequena e média exploração agrícola que não é competitiva, e se desertificam regiões com todas as nefastas consequências que daí advêm. O pretexto de assegurar alimentos para toda a gente, é falácia dos grandes empórios do agro-negócio. O capitalismo não é verde, não tem pátria nem alma, e no altar do seu deus, o lucro, tudo sacrifica. E tem ainda, evidentemente, outras componentes inimigas do ambiente e da vida, como a poderosa industria do armamento que serve para seu domínio e preservação. Portanto, a sua erradicação é imperativo moral e de sobrevivência. O voto em quem mais o combate, contribuirá para isso.

Vereador Paulo Lopes defende importância das dragagens no Porto de Setúbal e confia num processo com a maior fiscalização ambiental de sempre

POR ANA MARTINS VENTURA

N

uno Carvalho, cabeça de lista pelo círculo eleitoral de Setúbal às Legislativas e vereador na Câmara Municipal questionou publicamente a Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra sobre como as dragagens no Sado serão operacionalizadas e apontou falta de informação. O candidato a deputado avançou que, “nnão se sabe a troco do quê” este projecto será realizado. Declarações que o PS Setúbal contrapõe. Paulo Lopes, vereador do PS na Câmara Municipal de Setúbal, recorda “ddurante governo PSD de Passos Coelho foi elaborado um Plano de Investimentos em Infraestruturas, no qual está integrado um projecto de melhoria das acessibilidades para o Porto de Setúbal com dragagens. Na mesma época, Nuno Carvalho, que já integrava a distrital do PSD, era a favor da obra”. Perante este contexto, Paulo Lopes acusa Nuno Carvalho de estar com ‘cabeça perdida’. “VVir

agora o PSD, em cima das eleições Legislativas, aproveitando uma onda de oportunismo e populismo político, dizer ‘a troco do quê’ vamos ter este projecto parece uma atitude de quem está de cabeça perdida e demonstra que Nuno Carvalho tem dúvidas sobre questões que deveria conhecer”. PS apoia dragagens, mas apenas numa fase Sobre o que o PSD classifica como falta de informação disponibilizada aos setubalenses, para Paulo Lopes essa falta reflectese “aapenas para os setubalenses que estão afastados da política. Obviamente que, em relação às questões operacionais, a APSS e a capitânia têm meios para em conjunto com a equipa de monitorização da obra, responder a pescadores e operadores da ma-

DIREITOS RESERVADOS

FRANCISCO RAMALHO

ALEX GASPAR

2

SETÚBAL TERÇA-FEIRA, 01/10/2019

PAULO LOPES

rítimo-turística”. Quanto à posição do Partido Socialista em Setúbal sobre o projecto de melhoria das acessibilidades marítimas, Paulo Lopes afirma “ssomos a favor de uma oportunidade para o porto se renovar”. E, apesar do PS ser a favor do projecto de melhoria das acessibilidades marítimas no porto, mantém ainda uma limitação da

qual não pretende abdicar. “N Nós entendemos que a 2ª fase de dragagens não é necessária. Sendo que o projecto teria duas fases previstas. Uma primeira, com a dragagem de 3,5 milhões de metros cúbicos de areia e uma segunda, com mais 3 milhões de metros cúbicos, para que o porto pudesse receber navios aina maiores”. Uma posição marcada ao encontro das recentes declarações de Ana Catrina Mendes, cabeça de lista do PS pelo círculo eleitoral de Setúbal às Legislativas. “S Sendo necessário adaptar e casar as preocupações ambientais às necessidades das pessoas”. O vereador defende ainda que estas dragagens, umas das muitas que já realizaram ao longo dos 100 anos de história do porto de Setúbal, “vvão ter a maior fiscalização e maior acompanhamento que alguma vez foram feitas”.

FICHA TÉCNICA

PUBLICIDADE geral@osetubalense.com publicidade.setubal@gmail.com

SETÚBAL ALMADA SEIXAL PALMELA BARREIRO ALCOCHETE OUTROS CONCELHOS MONTIJO MOITA 212 383 228 265 520 716 265 094 354 265 092 725 212 318 392 212 047 599 212 047 599 212 384 894 937 081 515

Registo de Título N.º 107552 | Depósito Legal N.º 8/84

Propriedade: Outra Margem - Publicações e Publicidade, Lda. Contribuinte: 515 047 325. (Detentores de mais de 10% do capital social: Gabriel Rito e Carlos Bordallo-Pinheiro). Editor: Primeira Hora - Editora e Comunicação, Lda. Contribuinte: 515 047 031 (Detentores de mais de 10% do capital social: Setupress, Lda., Losango Mágico, Lda., Carla Rito e Gabriel Rito) Sede de Administração e Redacção: Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1.º, 2900-389 Setúbal. Conselho de Gerência: Carla Rito, Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro, Gabriel Rito e Carlos Bordallo-Pinheiro.

CONCELHO DE SETÚBAL Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1.º - 2900-389 Setúbal - Tel. 265 094 354 (geral) / 265092 633 (redacção) / 265 092 725 - 265 520 716 (dep. comercial) CONCELHO DE PALMELA Rua José Saramago, lote 26 - loja direita 2955-027 Pinhal Novo - Tel. 212 384 894 CONCELHOS DE MONTIJO E ALCOCHETE Praça da República, 63, Galerias Comerciais, Lj 18. Tel./Fax: 212 318 392

CONCELHO DO BARREIRO Intermarche da Moita - Quinta Santa Rosa Rua Classe Operário - Alhos Vedros - Moita Tel.: 212 047 599 - 939 050 535 CONCELHO DA MOITA Intermarche da Moita - Quinta Santa Rosa Rua Classe Operário - Alhos Vedros - Moita Tel. 212 047 599 / 939 050 535 REDACÇÃO Director: Francisco Alves Rito (CPJ 2292) diretor@osetubalense.com Redacção: Mário Rui Sobral (CPJ 3872 A),

Humberto Lameiras (CPJ 2321 A); Ana Martins Ventura (CPJ 7230 A). Colaboradores: Inês Antunes Malta (CPJ 7226 A); Miguel Nunes Azevedo (TP 2608); Fátima Brinca (CPJ 2574); Rogério Matos (CPJ 9929); Helga Nobre; André Rosa; Ricardo Lopes Pereira e José Pina. Fotografia: Mário Prata, Alexandre Gaspar e Arsénio Franco. DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO Teresa Inácio, Dulce Lança e Branca Belchior. PUBLICIDADE Direcção Comercial: Carla Sofia Rito e Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro. Setúbal: Ana Oli-

veira, Mauro Sérgio, Célia Felix e Rosália Batista. Montijo: Graciete Rodrigues.PPalmela: Rosália Batista. Barreiro: Carla Santos. Moita: Carla Santos. IMPRESSÃO Tipografia Rápida de Setúbal, Lda. - Travessa Jorge d’Aquino, 7 - 2900-427 Setúbal e-mail: geral@tipografiarapida.pt DISTRIBUIÇÃO VASP - Venda Seca, Agualva - Cacém Tel. 214 337 000 Tiragem média diária: 9.000 exemplares

Estatuto Editorial disponível em https://www.facebook.com/pg/ JornalOSetubalense/ about/?ref=page_internal

Edição online www.diariodaregiao.pt Digital Media Officer: José Luís Andrade

Os artigos assinados são da responsabilidade dos seus autores


TERÇA-FEIRA 01/10/2019

ACTUAL

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

3

GRÂNDOLA Transportavam uma tonelada

ARQUIVO / DIREITOS RESERVADOS

GNR prende quatro suspeitos de furto de cortiça

SETÚBAL

Para que a memória não se apague

Grandes Marchas são tema de livro A poetisa e escritora Alexandrina Pereira apostou num livro, que passa a contar a história da Grande Marcha de Setúbal ao longo dos últimos 30 anos

tão vereadora Paula Costa. Depois da apresentação de um vídeo sobre a história das Marchas, com a voz de Georgete de Jesus, seguiram-se as intervenções da autora, de Amílcar Caetano, o decano das Marchas, e do vereador da Cultura, Pedro Pina. Livro de Homenagem às pessoas envolvidas nas Marchas

A

lexandrina Pereira continua a escrever sobre acontecimentos culturais que marcam Palmela e Setúbal e a sua mais recente obra é uma homenagem à Grande Marcha de Setúbal ao longo de 30 anos. Dez madrinhas, que interpretam a Grande Marcha dão a cara nas páginas do livro, que fez uma exaustiva busca para publicação das pautas das músicas e recortes de imprensa, com destaque para o Jornal O SETUBALENSE. Na sala esgotada, da Biblioteca de Setúbal marcaram presença as mais emblemáticas madrinhas, desde Georgete de Jesus, que interpretou a Grande Marcha em 1996 e 2006, Piedade Fernandes que foi a cantadeira nos anos de 2000 e 2001, Fátima Reis participou em 2002, Ivone Dias madrinha em 2013 e 2015, Maria Cordeiro foi madrinha em 2017 e Inês Pereira em 2013 e 2015. Cristina Pereira, a fadista já falecida, foi a intérprete que mais vezes cantou a Grande Marcha de Setúbal entre 1988 e 1995, quando a iniciativa cultural foi retomada pela en-

A autora da obra, Alexandrina Pereira, explicou que “oo livro pretende homenagear as madrinhas, os letristas, os músicos e as coletividades, que ao longo dos últimos trinta anos participaram no evento”. Sem ser uma obra científica, destaca Alexandrina Pereira, “oo livro é uma homenagem a todas as pessoas envolvidas nas marchas”. O músico José Condinho participou na recolha das músicas e melodias para a publicação das pautas, enquanto Amílcar Caetano, que dedicou mais de 20 anos a fazer marchas populares, FOTOS: DIREITOS RESERVADOS

POR FÁTIMA BRINCA

explicou que o livro “rresulta de uma atitude cívica, que só nos pode encher de orgulho”. O decano das marchas realçou que a obra é uma forma de “ccontribuir para que a cidade tenha memória coletiva e popular” e “ttransmita valores através do ensinamento e gestão das emoções”. Amílcar Caetano deixou um desafio a Alexandrina Pereira de “vver um livro no futuro onde se refira os amores e desamores deste evento cultural”. “Estamos sempre disponíveis para melhorar” O vereador da Cultura, Pedro Pina, manifestou todo o apoio às marchas populares, porque “eenquanto vereador continuo a partilhar esta paixão” e prometeu que a Câmara “iirá continuar a contribuir para a grande memória das marchas populares”. “Q Queremos fazer convosco este caminho, porque estamos sempre dispostos a melhorar”, rematou Pedro Pina.

A

GNR deteve quatro homens, com idades entre os 33 e 58 anos, por suspeitas de terem furtado mais de uma tonelada de cortiça no concelho de Grândola, foi ontem anunciado. Contactada pela agência Lusa, fonte da GNR adiantou que os suspeitos foram detidos no sábado durante uma acção de patrulhamento, constituídos arguidos e depois libertados e os fatos remetidos ao Tribunal Judicial de Grândola. Num comunicado enviado à Lusa, a GNR refere que da acção resultou a apreensão de 1.425 quilos de cortiça e de dois veículos, nos quais os suspeitos os transportavam. Segundo a GNR, os quatro homens foram detidos após terem sido avistados por militares da força de segurança em dois veículos carregados de cortiça e não terem apresentado documentos comprovativos de que

lhes pertencia e que depois se apurou ter sido furtada. Durante a acção de patrulhamento, os militares da guarda avistaram um primeiro veículo carregado de cortiça e com dois homens no interior e, por haver suspeitas de furtos nas imediações, abordaram e fiscalizaram o condutor. O condutor "nnão apresentou qualquer documento comprovativo" de que a cortiça pertencia a qualquer um dos ocupantes do veículo e depois apurou-se que "ttinha sido furtada". Após diligências policiais, os militares avistaram no local uma segunda viatura também carregada de cortiça e com outros dois homens no interior Estes dois homens também não apresentaram qualquer tipo de documentação de que a cortiça lhes pertencia, "cconfirmando-se" que a "ttinham furtado".

ALCÁCER DO SAL Colisão entre ligeiros e pesado

Acidente faz um morto

U

ma pessoa morreu ontem de manhã na sequência de uma colisão entre dois veículos ligeiros e um pesado na A2, perto de Alcácer do Sal. O alerta para o acidente, que ocorreu ao quilómetro 95 da autoestrada do sul (liga Lisboa ao Algarve) entre Alcácer do Sal e Grândola, foi dado às 07:43. “O O acidente provocou um morto e

duas pessoas foram assistidas no local sem deslocação ao hospital”, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal. No local estiveram 14 operacionais, com o apoio de seis veículos, entre Bombeiros de Grândola, Guarda Nacional Republicana e uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação.


4

Substituição na iluminação pública visa aumentar eficiência energética

Moita vai rubricar contrato para instalar nove mil luminárias LED

TERÇA-FEIRA, 01/10/2019

REGIONAL SEIXAL

A Câmara Municipal da Moita vai rubricar, com a empresa Ferrovial Serviços, S.A., um contrato de gestão de eficiência energética para a iluminação pública no con-

celho. A assinatura protocolar tem lugar, pelas 11h00, no Salão Nobre do Paços do Concelho. “No âmbito deste contrato, vai ser substituída a iluminação pública existente por

iluminação LED, num total de nove mil luminárias. Esta medida trará benefícios, nomeadamente a nível ambiental, visto que se traduz numa poupança significativa dos

consumos de energia eléctrica, ao mesmo tempo que se optimiza os níveis de iluminação e se reduz a emissão de gases de efeito de estufa”, revelou a autarquia.

Reunião de Câmara debate localização do novo aeroporto

Para a CDU a solução Alcochete não oferece dúvidas, e nem dúvidas oferece a necessidade imperiosa do Estado recuperar a ANA. O PS está contra e acusa o “executivo comunista” de antidemocrático

DIREITOS RESERVADOS

Maioria comunista quer opção Alcochete e PS não larga Montijo

A

autarquia do Seixal aprovou uma tomada de posição que consagra Alcochete como a melhor localização para construir o novo aeroporto. O Partido Socialista tem opinião diferente e não desiste da opção Montijo. Não só discorda da maioria comunista, como avançou com uma declaração de voto; documento que os vereadores socialistas dizem enviar à Agência Portuguesa do Ambiente. A posição assumida pela CDU sublinha que o “eesgotamento da capacidade do Aeroporto era desde há muito previsível e levou ao estudo de alternativas e a um amplo debate, nos níveis técnico e político, que se desenrolou ao longo de anos”. Em 2008, o governo de então “cconsagrou a solução da construção de um novo Aeroporto Internacional nos terrenos do designado Campo de Tiro de Alcochete, solução esta que resultou de diversos estudos, tendo sido feita uma análise cuidada de todos os factores essenciais para a tomada de decisão, nomeadamente, o estudo de várias localizações onde se incluía a Península do Montijo”. Refere ainda o executivo que “ffoi feita uma análise de risco e uma avaliação ambiental estratégica, obrigatória por lei, e foi emitida uma Declaração de Impacto Ambiental que ainda hoje está válida para a opção Alcochete e tendo merecido um alargado consenso no país”. Reforçando esta linha de argumen-

AEROPORTO. Para o executivo da CDU, o aeroporto em Alcochete é mais barato e tem mais futuro

tação, o mesmo documento realça que tal opção se sustentava, nomeadamente, “nna constatação da aproximação do limite da capacidade do Aeroporto na Portela, tendo a possibilidade de expansão em quatro fases em função do crescimento, podendo chegar a ter quatro pistas e não existindo qualquer impedimento em termos de espaço, na necessidade de construir uma alternativa de futuro”. Ou seja, o executivo do Seixal não tem dúvidas de que “AAlcochete também responde às necessidades e potencialidades de crescimento do tráfego aéreo durante décadas, nas características morfológicas favoráveis da localização apontada e do seu adequado distanciamento a zonas urbanas”, para além disso afirma que a “pposse pública dos terrenos representa uma poupança significativa”, ao mesmo tempo “pprevine fenómenos de especulação imobiliária”.

Populações no cone da aterragem Perante estas questões, a Câmara do Seixal deliberou rejeitar a opção Montijo, e empenhar-se na solução Alcochete. Exige ainda que seja “rrevertido o erro estratégico da privatização da ANA, devolvendo à esfera do Estado, ao poder pública a análise e decisão relativamente ao novo Aeroporto de Lisboa”. Joaquim Santos, que encabeça a autarquia seixalense, denunciou que “aa opção pelo Aeroporto do Montijo atinge milhares de pessoas, estimase que entre 30 a 35 mil habitantes, cujas residências se situam no cone da aterragem e de descolagem, da Quinta do Conde, de Coina/Palhais, da Baixa da Banheira, do Vale da Amoreira e do Lavradio. Todavia, há zonas residenciais do concelho do Seixal, sobretudo, na Freguesia de

Fernão Ferro e na Freguesia da Aldeia de Paio Pires, que ficam contíguas à área afectada pelo referido cone, nas quais o ruído ultrapassará, em muito, o que é admissível, colocando em causa a saúde e bem-estar das populações”. PS está pelo Montijo Em comunicado enviado à Agência Portuguesa, mas que foi apresentada como declaração de voto, o PS, pela voz da sua vereadora Elisabete Adrião, “eexpressa e reforça desta forma o seu voto de confiança pela opção da construção do novo aeroporto na Base Aérea do Montijo, por entender que é a solução aeroportuária mais viável de modo a suprir as necessidades resultantes do aumento da procura, opção onde os trabalhos podem avançar rapidamente, e a única financeiramente comportável”.

Para os socialistas do Seixal, o aeroporto no Montijo “iirá inevitavelmente fomentar impactes positivos na economia local, criando novas oportunidades de desenvolvimento e qualidade da vida da população do concelho do Seixal”. No mesmo documento, os eleitos do PS acusam o Município do Seixal de não garantir o “ddireito de construir e exercer uma oposição democrática, designadamente no acesso à informação e participação sobre questões de interesse público relevante”. E prosseguem: “O O parecer emitido pelo Sr. Presidente da Câmara no último dia de consulta pública (abertura a 28/07/2019) não é um parecer da Câmara, mas sim uma opinião resultante de uma decisão unilateral, antidemocrática do executivo comunista, o qual não foi objecto de análise e discussão em sede de reunião de Câmara, conforme a lei exige”.


TERÇA-FEIRA 01/10/2019

PALMELA

REGIONAL

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

5

Castelo invadido por reis, alcaides, cristãos e mouros

Chegada do rei D. Dinis, protagonizado por Álvaro Amaro, foi um dos momentos altos. Luís Calha, vereador da Cultura, considera que planeamento de meses resultou em sucesso

DIREITOS RESERVADOS

Feira Medieval recebe mais de 33 mil visitantes

POR FÁTIMA BRINCA

P

almela recebeu mais de 33 mil visitantes, com a Feira Medieval a regressar aos tempos do rei D. Dinis, que foi o grande destaque do evento. Centenas de expositores ergueram tendas com vendas de artigos e produtos da época para satisfação de muitos clientes, com muitos a envergarem trajes da época. A chegada do rei D. Dinis, protago-

PUBLICIDADE

nizado pelo presidente Álvaro Amaro, para inaugurar a Torre de Menagem e entregar as chaves ao alcaide Luís Miguel Calha, acompanhado do comendador Jorge Mares, foi um dos momentos altos do evento. Os desfiles mobilizaram centenas de cristãos, mouros, duques, duquesas e povo, muito povo, que encheram as ruas de acesso ao Castelo, onde já estavam as aves de rapina, os camelos, os répteis e tantos outros animais. A edição da Feira deste ano ficou

marcada por duas novidades na doçaria, onde foram apresentados o Pastel Medieval e o Bolo de Hidromel, atraindo os visitantes, que degustaram as sopas, as iguarias com nomes medievais, os queijos, o pão com chouriço, a cerveja artesanal, os vinhos de excelência e a doçaria regional. Ao longo dos três dias, que foram beneficiados com temperaturas quentes, as iniciativas realizadas pelo movimento associativo contaram com enorme adesão do público nos vários

espaços, onde até as bilheteiras obrigaram a enormes filas. Luís Calha diz que objectivo foi atingido Luís Calha, vereador responsável pelo pelouro da Cultura e do Turismo, fez um balanço “m muito positivo” ao certame. “EEstamos muito satisfeitos por termos, mais uma vez, trazido ao concelho milhares de pessoas, de várias

nacionalidades, em três dias de animação que são de grande importância, não apenas para a promoção turística do nosso território, enquanto espaço onde o património, a história e a cultura têm grande significado, mas também no que este evento representa para a dinâmica no comércio e na economia local”, disse. “P Planeámos este evento com a Associação Cultural História e Património – Aliusvetus ao longo de muitos meses, de forma a subir mais um degrau qualitativo, em relação à anterior edição e garantirmos o seu sucesso. Esse objectivo foi inteiramente atingido”, reforçou o autarca. Para Luís Calha a animação “tteve bastante qualidade”, a participação de associações e agentes culturais locais “ddeu brilho ao evento” e o envolvimento dos agentes turísticos do concelho foi determinante na promoção da feira. “Q Quero salientar esse envolvimento que é decisivo para promover a nossa riqueza cultural, paisagística e gastronómica”, concluiu, sem esquecer o contributo “incansável” dos muitos voluntários e dos trabalhadores do município.


6

SEIXAL

Autarquia vai explorar infraestruturas náuticas de recreio

TERÇA-FEIRA, 01/10/2019

A Câmara do Seixal, em reunião pública, aprovou um protocolo com a Administração do Porto de Lisboa para que o município possa ter acesso e explorar equipamentos e infraestruturas de apoio à náutica de recreio e

LOCAL PALMELA

Aprovados apoios ao Movimento Associativo turismo na Baía, bem como vários apoios financeiros ao Movimento Associativo. Entre os que receberam apoios estão a Sociedade Filarmónica União Seixalense (26 735 euros, para substituição do tecto do salão), o Mo-

vimento Associativo e Cultural do Seixal, 53 900 euros, para dar continuidade aos projectos e programas que tem em mão; ao Portugal, Cultura e Recreio, 250 mil euros, para viabilizar a construção de um pavilhão despor-

tivo; Clube Associativo de Santa Marta do Pinhal, igual montante, para dar continuidade à construção do pavilhão; Amora Futebol Clube; 350 mil euros, para investir na construção do centro de treinos.

Presidente da União das Freguesias anuncia

Cecília de Sousa lembra que “foi reposta justiça”. Poceirão passou a integrar a lista e a Marateca recuperou o estatuto que havia perdido com a agregação das duas freguesias: Classificação permite discriminação positiva

DIREITOS RESERVADOS

Poceirão e Marateca integram zonas desfavorecidas

POR FÁTIMA BRINCA

A

ntes da reunião da Assembleia Municipal da última quintafeira, quando foi dada a palavra aos eleitos, a presidente Cecília de Sousa, manifestou a sua satisfação pela “ddecisão dos territórios do Poceirão e Marateca passarem a integrar a lista de zonas desfavorecidas”. A presidente da União das Freguesias revelou que “ffoi reposta a justiça com a integração de Poceirão nesta lista e a reintegração de Marateca, que perdeu esse estatuto com a agregação das freguesias”. Recorde-se que os presidentes da Câmara e da União de Freguesias, têm manifestado ao longo dos últimos anos o facto das freguesias rurais não serem consideradas zo-

PALMELA

CECÍLIA DE SOUSA. Autarca satisfeita com reclassificação do Poceirão e Marateca

nas desfavorecidas, denunciando que tal medida “bbloqueou o acesso de autarquias e agentes económicos e sociais a medidas de apoio, no âmbito do Plano de Desenvolvimento Rural 2020” e “iimpediu, por exemplo, pequenos e médios agricultores e explorações familiares de obter apoios majorados nas ajudas ao investimento e indemnizações compensatórias”. Quer o Poceirão, quer a Marateca, lembrou Álvaro Amaro, “ssão o grande ‘coração agrícola’ da Península de Setúbal, que cumpre todos os critérios exigíveis para a obtenção destas classificações, e que continua a ver-se prejudicado pela sua

localização na Área Metropolitana de Lisboa”. O presidente palmelense destaca que os territórios de Poceirão e Marateca “fforam excluídos de um importante conjunto de medidas de discriminação positiva, que seriam de grande interesse para o seu desenvolvimento e modernização”. A decisão publicada em Diário da República, destaca o edil de Palmela, “éé um sinal positivo mas é necessário continuar a lutar até que esta integração se concretize”. Também Cecília de Sousa lembrou a vocação rural de Poceirão e Marateca, que “ddeve ser reconhecida e valorizada, em prol das suas po-

pulações e de quem continua a trabalhar e a investir, quer na agricultura de modelo tradicional, quer em projectos inovadores”. A presidente da União de Freguesias agradeceu às forças políticas que “aajudaram a concretizar esta justa reivindicação”. Eleita do MIM pede suspensão dos trabalhos da bomba Luísa Paulino, eleita do MIM, aproveitou o período antes da ordem de trabalhos, para pedir explicações ao presidente da Câmara, sobre a construção da bomba de gasolina, nas antigas instalações da Serapa

e “sse houve estudo de enquadramento urbanístico”. A eleita considerou que houve “uuma visão curta e oportunista de técnicos que o senhor protege” e pediu “aa suspensão dos trabalhos, até porque não há qualquer aviso da obra”. O presidente Álvaro Amaro considerou a intervenção de Luísa Paulino como “um ataque calunioso” e lembrou que “nna contenda política não se pode fazer tudo”, esclarecendo que o “licenciamento da bomba foi dado pela Direcção Geral de Energia”. O edil fez questão de sublinhar que “oo cidadão Álvaro Amaro defendeu em 1991, que ali fosse instalada uma universidade” e acrescentou: “Q Quando fui presidente da Junta de Freguesia do Pinhal Novo dei parecer positivo para o Retail Park com um conjunto de comércio e serviços, que até tinha um posto de combustível”. Álvaro Amaro criticou o proprietário dos terrenos. “EEstá a vender aquilo aos pedaços, mas de acordo com a lei não temos outra alternativa se não aprovar”, lamentou. O presidente palmelense não consegue “eentender como é que a Infra-estruturas de Portugal aprovam mais uma entrada para a EN 252”. Ainda recentemente os autarcas alertaram para as graves congestionamentos de trânsito, que acontecem à hora de ponta, de manhã e à tarde, para se entrar e sair de Palmela.

Para complementar a actividade desportiva

Clube rei do BTT aposta na cultura e na gastronomia O Grupo Desportivo da Volta da Pedra vai lançar-se noutras vertentes para dinamizar a comunidade

O

clube localizado na Volta da Pedra quer associar o desporto à cultura e avança com um ambicioso projecto, onde os eventos e a vertente gastronómica irão marcar a vida da comunidade. As excelentes instalações passam a ser espaço privilegiado de actividades culturais, que começam já no próximo dia 4 de Outubro com uma

exposição de pintura plástica onde participam 12 artistas, numa parceria entre os promotores do espaço e a ARTISET. O novo espaço de eventos dotado de bar e cafeteria será inaugurado na próxima sexta-feira com a apresentação de uma exposição de Pintura e Mercado de Artes e Ofícios, subordinado ao tema “As Cores do Outono”,

com pintura ao vivo e música. O salão de eventos foi remodelado para receber exposições e música, que privilegiam os artistas da região. Mas os promotores do novo projecto irão também apostar na gastronomia com produtos locais de referência e onde serão servidos pequenos almoços, almoços de lazer e negócios e lanches, confeccionados com queijo

de ovelha, pão caseiro, licores, vinhos, compostas e doces regionais. A cultura está de regresso à Volta da Pedra, depois de há anos ter sido palco de festivais infantis da canção. A inauguração do novo espaço será no dia 4 de Outubro, às 19h00, onde serão apresentados os próximos projectos, que serão oferecidos à comunidade. FÁTIMA BRINCA


TERÇA-FEIRA 01/10/2019

SETÚBAL

LOCAL

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

7

O papel das universidades séniores também foi tema das várias intervenções

UNISETI chama candidatos a debater envelhecimento e aprendizagem No âmbito das eleições legislativas de 6 de Outubro, a Universidade Sénior de Setúbal promoveu um debate que contou com a participação de candidatos do PSD, CDS-PP e PS à Assembleia da República POR INÊS ANTUNES MALTA FOTOS ALEX GASPAR

O

Auditório Maestro Rui Serôdio, nas instalações da UNISETI do Parque do Bonfim, recebeu na sexta-feira à tarde um debate sobre a temática do envelhecimento activo, da aprendizagem ao longo da vida e do papel das universidades séniores nesse contexto. Presentes estiveram os candidatos à Assembleia da República pelo círculo eleitoral de Setúbal Fernanda Velez, do Partido Social Democrata, Nuno Magalhães, do CDS-Partido Popular, e Teresa Andrade, do Partido Socialista. “AA administração da UNISETI, tendo em conta o período que estamos a viver das eleições legislativas de 6 de Outubro, que é um acto cívico em que todos devemos participar, tomou a iniciativa de convidar os diversos partidos políticos com assento na Assembleia da República para se pronunciarem sobre as questões do envelhecimento activo e do papel das universidades séniores”, começou por dizer Arlindo Mota, presidente da Universidade Sénior de Setúbal, no discurso de inauguração do encontro de sexta-feira à tarde. Na mesa, também em representação da instituição setubalense, esteve José Antunes Sanchez.

ARLINDO MOTA. O presidente da Universidade Sénior de Setúbal relembrou que votar é um acto cívico

“Envelhecer é um privilégio” Teresa Andrade, do PS, psicóloga de formação e coordenadora do curso superior técnico-profissional em Gerontologia na Escola Superior de Saúde Egas Moniz, começou por louvar o trabalho realizado pela UNISETI, instituição “qque tanto enriquece Setúbal”. “EEsta é uma área onde temos cada vez mais de investir, não só na formação das pessoas que vão trabalhar connosco à medida que vamos envelhecendo mas sobretudo também na capacitação cada vez maior ao longo da vida das pessoas que vão envelhecer”, refere, considerando

que “eenvelhecer é um privilégio, que felizmente nas nossas sociedades à medida que vão ocorrendo avanços médicos e avanços tecnológicos é dado a cada vez mais pessoas”. Nas palavras da socialista, e segundo informação dada por João Costa, secretário de estado da Educação, “uuma das coisas que está a ser feita e que vai ter cada vez mais expansão no nosso universo, seja ligado às universidades seniores, seja ligado aos estabelecimentos públicos de ensino, vai ser as competências intergeracionais”. Para Teresa Andrade, as actividades intergeracionais e a transmissão de conhecimentos e memórias são uma

mais valia para todos. Da mesma opinião é Fernanda Velez, do PSD, professora e membro da mesa administrativa da Santa Casa da Misericórdia de Almada, que diz que este é “uum tema importante para todos nós e a preocupação das sociedades deve passar por proporcionarmos uma boa qualidade de vida aos nossos idosos”. Na Santa Casa da Misericórdia de Almada, Fernanda, que veio até à UNISETI “beber do conhecimento e experiência dos presentes”, é responsável pela valência do Centro Integrado, onde se estabelece interação entre os idosos e as crianças. “AA sabedoria que os idosos transmitem às crianças e a agitação que as crianças transmitem aos idosos é um benefício para ambas as partes”, refere, desabafando que “aa questão do envelhecimento activo é algo que me preocupa. Os idosos devem manterse activos, acompanhados das suas famílias, de forma a usufruírem de um envelhecimento com qualidade”. Por sua vez, Nuno Magalhães, do CDS-PP, referiu que o tema em questão passa normalmente despercebido nas campanhas e por isso felicitou a iniciativa da instituição. “C Cada vez mais as pessoas vivem mais tempo e é importante que o façam com mais qualidade de vida”, proferiu,

adiantando que “ttem havido um certo consenso político relativamente a este sector”. Apesar de considerar importante a continuação deste consenso, o candidato do CDS falou ainda sobre o que, na sua opinião, não está bem: “aa abordagem tem sido sempre a mesma e os erros cometidos também. Um deles é a forma algo paternalista como se tratam estas questões e a falta de uma estratégia global integrada e multi-sectorial. É necessária a criação de uma estratégia multi-sectorial para o envelhecimento activo”. Também a importância da transmissão de experiências, vivências e competências intergeracional fez parte da intervenção de Nuno Magalhães, que considera que os mais velhos “ppodem ajudar a formar os que ainda estão em idade laboral. Como dizia a Teresa, há que encarar o envelhecimento como uma oportunidade, como um privilégio, e não como um fardo ou um peso”. Este evento surgiu pelo facto de a Universidade Sénior de Setúbal considerar que “nnão podia ficar alheia ao seu dever de cidadania”, uma vez que “aa participação e o esclarecimento é um direito e um dever cívico num regime democrático como é o nosso”.


8

PUBLICIDADE

SEGUNDA-FEIRA 30/10/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

Direcção Técnica de: Dr. Valter Manuel C. Gomes De Segunda a Sexta das 9h00 às 19h00 Sábado das 9h00 às 13h00

Rua Arronches Junqueiro, 109 - Setúbal | Tel.: 265 522 783


SEGUNDA-FEIRA 30/10/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

PUBLICIDADE

9

não tenho indicação para este espaço


10

LOCAL

TERÇA-FEIRA 01/10/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

Novo projecto de formação desportiva

Palmela Desporto lança escola de triatlo

HORÓSCOPO Pelo Astrológo Tarólogo e Guia Espiritual

Francisco Guerreiro Consultório: 96 377 05 04 MONTIJO

Empresa municipal renovou colaboração com a Associação de Dadores de Sangue do Pinhal Novo e melhorou as instalações desportivas

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS

E-mail: francisco_astrologo@hotmail.com

  

U

ma Escola de Formação Desportiva de Triatlo, para crianças dos 7 aos 15 anos, é o mais recente projecto criado pela Palmela Desporto. “EEsta nova modalidade engloba as actividades de Aquatlo, Duatlo e Triatlo, tendo por objectivo ensinar as crianças a nadar, a pedalar, a correr e a fazer um conjunto de actividades lúdicas apropriadas à idade”, revela a empresa municipal, salientando que o projecto propõe “pparticipações em provas/competições locais, bem como competições desportivas de acordo com a calendarização da Federação Portuguesa de Triatlo”, entidade que apoia esta nova aposta. As aulas/treinos decorrerão de segunda a quinta-feira, em horário pós-escolar. Paralelamente, a Palmela Desporto renovou por mais um ano o protocolo de cooperação com a Associação de Dadores de Sangue do Pinhal Novo. A primeira colheita de sangue no âmbito desta parceria terá lugar na Piscina de Pinhal Novo no dia 10 de Dezembro, entre as 15h00 e as 19h30. Renovadas foram também as condições nas instalações

 PROTOCOLO. Assinatura do protocolo de cooperação entre a Palmela Desporto e a associação

TRAVESSIA JOSÉ FREITAS, ÁGUAS ABERTAS 2019

desportivas (Piscina Municipal do Pinhal Novo, Piscina Municipal de Palmela, Campo de Jogos Municipal e instalações desportivas na Piscina Municipal do Pinhal Novo). Entretanto, a Palmela Desporto voltou a estar representada em duas provas de natação no último fim-de-semana. No domingo passado, José Pereira obteve o 5.º lugar no escalão E e o 55.º posto na geral da XXX Travessia dos Templários, ao passo que Andreia Almeida foi 3.ª no escalão B e 86.ª na geral. Na Travessia “José Freitas Águas Abertas”, disputada na véspera, no Terreiro do Paço, a mesma dupla de nadadores masters já havia alcançado o 9.º lugar no escalão E e 39.º na geral e, em femininos, o 4.º posto no escalão B e o 25.º na geral.



C ARNEIRO - 21.03 a 20.04 No plano amoroso, Poderá atravessar uma fase de indefinição de sentimentos, mas, se parar um momento

para reflectir, poderá definir melhor o que lhe interessa. Far-lhe-á bem viajar ou afastar-se um tanto dos seus locais habituais. No plano profissional, Esta semana estará exposto e sujeito a uma intensa avaliação do seu trabalho e até das suas atitudes. Poderá colher alguns frutos de antigos "investimentos". Boa semana para fechar acordos. Carta da Semana – A Força reforça as suas energias e permite-lhe combater as influências conjunturais negativas ou destabilizadoras. Esta semana a sua vida conhecerá um forte impulso.

TNoOURO - 21.04 a 21.05 plano amoroso, Poderá sentir-se um pouco só e nostálgico e até saudoso de momentos passados. A solução

é, mais uma vez, não se isolar. A ternura revela-se a componente mais importante das relações. Em caso de divórcio ou ruptura, acautele os seus interesses legalmente. No plano profissional, os acontecimentos tendem a precipitar-se e as situações financeiras podem agravar-se inesperadamente. Não faça projectos fantasiosos. A sua capacidade de negociação está aquém do habitual. Carta da Semana – A semana é positiva, desde que contorne algumas influências negativas da Lua, que só se farão sentir se se isolar.

Gémeos - 22.05 a 21.06 No plano amoroso, Possibilidade de nova união embora possa haver uma certa "oposição" familiar. Este plano

oferece uma dose de imprevistos no domínio conjugal. No plano profissional, favorecidos os negócios. São de esperar progressos profissionais e económicos. Carta da Semana – O MUNDO Semana a revelar grande lucidez já que O Mundo afasta as ilusões mostrando assim a melhor via. Assim sendo, siga as suas opções e, embora tomando conhecimento de outras opiniões, não se deixe influenciar.

C ARANGUEJO - 22.06 a 22.07 No plano amoroso, Este sector evolui num sentido positivo e tranquilo. As ligações em curso podem consoli-

dar-se. A semana promete ser compensadora. No plano profissional, Semana de muito trabalho e alguma dispersão; planeie passos e actividades com muito rigor. Pode ter bastantes preocupações do foro económico. Carta da Semana – O JULGAMENTO Esta semana terá dados muito objectivos para tomar decisões importantes na sua vida. Tente fazê-lo sem pessimismo ou dramatismo.

LNoEÃO - 23.07 a 23.08 plano amoroso, Paute os seus comportamentos por segurança e sobriedade, não deve vacilar nem por um

momento. Deve evitar reacções explosivas ou mudanças radicais. No plano profissional, Algumas relações profissionais podem estar muito pesadas pelo que não deve contar com muitos apoios ou ajudas. Terá dificuldade em obter financiamentos. Carta da Semana – O DEPENDURADO. Algumas realidades poderão revelar-se duras e os assuntos tendem a desenrolar-se de uma forma bastante lenta. Tem ao seu alcance os mecanismos que necessita para resolver as situações; busque reservas de força de vontade.

- 24.08 a 23.09  VNotória.IRGEM plano amoroso, Bom período para mudar o rumo à sua vida sentimental, pondo termo a uma ligação insatisfaPerspectiva de nova relação, se tem estado só. No amor pode estar optimista ainda que deva dar todos os passos clássicos de aproximação. No plano profissional, É o sector que recebe as melhores influências na semana. Pode ser chamado a novas responsabilidades ou posição de destaque; terá de dar provas do seu valor. Boas perspectivas económicas; mostre-se decidido e empreendedor. Carta da Semana – A MORTE Esta semana tudo tem de ser programada de forma bem definida, se não mesmo rígida. Tente a todo o custo evitar surpresas para si próprio.



BNo ALANÇA - 24.09 a 23.10 plano amoroso, Este sector está movimentado e sentirá à sua volta uma onda de renovação. Tende a passar

por um período instável de múltiplos interesses mas de poucas concretizações. Tende a decepcionar-se com alguma facilidade. No plano profissional, É o sector mais protegido embora tenha de ser muito firme e aceitar que alguns projectos só serão rentáveis a médio ou longo prazo. A sua vida económica tende a entrar numa fase mais favorável com entradas de dinheiro significativas. Carta da Semana – O AMOROSO é uma carta de apelos e solicitações variadas que o poderão deixar confuso e indeciso sobre quais as melhores opções. Tente fazer o que mais lhe interessa ainda que tenha de fazer braço de ferro.

SCORPIÃO - 24.10 a 22.11 ENoseguirá plano amoroso, Boas evoluções na vida sentimental com consolidação de laços e reforço de afectos. Concolocar as situações no rumo que mais lhe agrada sem contestações ou focos de conflito. No plano profissional, Conseguirá destacar-se e fazer aceitar firme e directamente todos os seus actos ou decisões. Dará passos importantes num processo de recuperação económica. Carta da Semana – O IMPERADOR Semana de boas influências e com fortes perspectivas de êxito, sobretudo na esfera material. Use a força de vontade para superar situações que considera desfavoráveis.

SNoAGITÁRIO - 23.11 a 20.12 plano amoroso, A vida sentimental tem indicadores de instabilidade pelo que a melhor forma de evitar

C APRICÓRNIO - 21.12 a 20.01 No plano amoroso, Poderá travar novos conhecimentos, embora deva amadurecer bem as ideias antes de se

atritos é tentar ser calmo e bom ouvinte, assim tudo se resolverá da melhor forma. No plano profissional, Programe com muita atenção todas as actividades desta semana. Exija esclarecimento de tudo o que lhe oferece dúvidas. Favorecidos investimentos após estudos detalhados e aprofundados. Carta da Semana – A JUSTIÇA. Esta semana deve procurar o equilíbrio tentando ser mais realista, moderado e objectivo. A Justiça permite-lhe organizar a sua vida de forma mais facilitada.

lançar num novo romance. Poderá ter de enfrentar oposições familiares para poder levar em frente uma relação. No plano profissional, Deve manter a calma em todas as circunstâncias, até porque esta semana tudo está ao seu alcance. Seja ousado e dinâmico e não faça nada com meias-medidas. Avalie com realismo as consequências de encargos financeiros. Carta da Semana – CARRO, esta carta anuncia progressos. Está na sua mão enfrentar a semana com determinação. A discussão de ideias será saudável e recomendável.

A QUÁRIO - 21.01 a 19.02 No plano amoroso, Popularidade e simpatia a influenciarem a sua vida sentimental, onde apenas a impulsi-

vidade pode ser prejudicial. Evite impor ideias no seio da família. Toda a esperança é lícita. No plano profissional, A hesitação e dualidade entravarão o progresso neste domínio. Ser-lhe-á feita justiça em relação a uma divergência ou desafio. Carta da Semana – A RODA DA FORTUNA A energia da Roda é norteada pelo princípio da mudança e o movimento desta tanto distribui alegria como tristeza. Esta semana é positiva desde que impere o sentido prático, o bom senso e a discrição.

PNo EIXES - 20.02 a 20.03 plano amoroso, Mesmo sentindo necessidade de afastamento, não se desligue totalmente de uma relação.

Uma aproximação ou tentativa de conquista tende a não dar resultados rápidos ou imediatos. No plano profissional, Os lucros e os bons resultados teimam em não chegar, mas não desanime, o tempo será o juiz de grandes questões. Nalgumas opções ou posicionamentos pode sentir-se em perda ou isolado. Carta da Semana – O EREMITA mostra que é necessário abrandar o ritmo de vida e pensar nos próximos passos. Não deixe nada ao acaso e evite escolhas sem tempo de ponderação.

O SEGREDO DAS CARTAS

Pelo TARÓLOGO e ASTRÓLOGO Francisco Guerreiro. Resolva todos os seus problemas sentimentais, profissionais, financeiros e de saúde, marcando uma consulta pelo número 96 377 05 04. Após a 1.ª consulta efectua tratamentos espirituais. Consultório: Rua Serpa Pinto n.º 127 3.º Esq. - Montijo

XXX TRAVESSIA DOS TEMPLÁRIOS. Palmela Desporto participou e classificou-se

E-mail:francisco_astrologo@hotmail.com


TERÇA-FEIRA 01/10/2019

PUBLICIDADE

O DIĂ RIO DA REGIĂƒO DE SETĂšBAL

MANUEL ANTĂ“NIO DOS MĂ RTIRES

MARIA JOSÉ CRISTĂ“VĂƒO FARINHA FIDALGO

MARIA EMĂ?LIA VIEIRA CASIMIRO DE ALMEIDA

(1938 – 2019)

(1941 – 2019)

(1930 – 2019)

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Manuel AntĂłnio dos MĂĄrtires. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Maria JosĂŠ CristĂłvĂŁo Farinha Fidalgo. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Maria EmĂ­lia Vieira Casimiro de Almeida. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

11

DEOLINDA ASCENSĂƒO DOS SANTOS FERNANDES (1937 – 2019) Participação e Agradecimento

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Deolinda AscensĂŁo dos Santos Fernandes. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

PROFESSOR KALILU

2021

Ajuda-vos a resolver os problemas mais difíceis e delicados. Faz voltar de imediato antigos amigos e amores perdidos. Se o seu marido ou mulher abandonou o lar não hesite, contacte o professor KALILU que vos garante um bom resultado. Droga, ålcool, reconciliaçþes e relaçþes familiares duradouras, impotência sexual, infertilidade do corpo, atracção de clientelas, proteção contra invejas e maus olhados, justiça contra todos os perigos e para a sua tranquilidade.

CARLOS MANUEL COSTA ALVES 01-10-2006

Facilidades de Pagamento

CLASSIFICADOS

TRABALHO SÉRIO, Rà PIDO E RESULTADO GARANTIDO CONSULTAS PRESENCIAIS OU À DISTÂNCIA Rua Poeta do Bocage, nº 25 - 1º * 2835 Baixa da Banheira

TELEF: 920 156 292 - 962 769 968

13 ANOS DE PROFUNDA SAUDADE

O bem mais precioso que Deus me deu. Sem ti a vida nĂŁo faz sentido,13 anos de dor e lĂĄgrimas que vĂŁo continuar para sempre. Um beijo e uma flor. A mĂŁe reza por ti.

$)XQHUiULDGD $)XQHUiULDGD 3LFKHOHLUD/GD )XQHUDLV&UHPDo}HV7UDVODGDo}HV 6(59,d2 3(50$1(17( 9HQGDGHDUWLJRVUHOLJLRVRVHHVRWpULFRV 7OP

3UHoRVORZFRVW

(67$026&216,*23$5$26(59,5&20+21(67,'$'((&203(7Ăˆ1&,$ 6HGH 5XD'U)DULDGH9DVFRQFHORVQž% /LVERD 7HO )D[

)LOLDLV $Y*HQHUDO+XPEHUWR 'HOJDGRQ¾ 3LQKDO1RYR 7HO)D[

5XDGD&RUGRDULD Qž% $PRUD 7HO

ZHEIXQHUDULDSLFKHOHLUDSW

BLOCO CL�NICO Farmåcia Portugal DIRECTOR TÉCNICO Fernando Gamito Rodrigues Av. Jaime Cortesão, 77-B Tel. 265 539 060 • Setúbal Horårio: 09h00 - 13h00; 14h00 - 20h00 Såbado: 09h00 - 13h00

LABORATÓRIO DE ANà LISES CL�NICAS '5$0$5,$),/20(1$/23(63(5',*­2 '5$/)5('23(5',*­2 +RUiULR�D�IHLUDK 6iEDGRK 5XD-RUJHGH6RXVD_6HW~EDO ZZZSUHFLODESW_WHO WHOP_)D[


Espaço Arte Jovem divulga novos talentos

TERÇA-FEIRA, 01/10/2019

SOCIEDADE SEIXAL

Atenção pintores e fotógrafos do distrito

Os jovens do distrito de Setúbal, entre os 14 e 30 anos, que se dedicam à pintura ou à fotografia e queiram ver os seus trabalhos tornados públicos no Espaço Arte Jo-

vem, a galeria municipal localizada em Miratejo, têm até ao fim do ano para apresentarem as respectivas candidaturas. A finalidade desta campanha é

Dia Mundial da Música

É português e um exímio da guitarra flamenca. Vai estar hoje em palco ao lado o percussionista José Salgueiro para celebrar o Dia da Música

DIREITOS RESERVADOS

Pedro Jóia hoje no Auditório Municipal

Vencedor conhecido este mês

Entrega de trabalhos para o Prémio Artes encerra hoje O primeiro classificado vai receber um prémio de mil euros. Todo os trabalhos vão integrar uma exposição

O

Seixal comemora hoje o Dia Mundial da Música e trás ao Auditório Municipal, Pedro Jóia, que terá ao seu lado José Salgueiro, percussionista dos “Lokomotiv”. Nascido em 1970, compositor e director musical, Pedro Jóia é justamente considerado um dos maiores guitarristas portugueses. Iniciou-se na guitarra aos 7 anos de idade e dois anos depois, começou a estudar guitarra flamenca com Paco Peña, Gerardo Nuñez e Manolo Sanlúcar. Aos 19 anos, já como profissional, começou a percorrer mundo, tanto a solo como com as mais diversas formações musicais. Compõe frequentemente para cinema e teatro, e tem seis CD com o seu nome. Em 2008, com o álbum “À Espera de Armandinho”, ganhou o prestigiado prémio Carlos Paredes.

dar apoio e ajudar a divulgar os jovens artistas, através de exposições de duração mensal. O portal electrónico da autarquia dá todas as informações sobre este assunto.

DIREITOS RESERVADOS

12

SEIXAL

PEDRO JÓIA. O artista compõe frequentemente para cinema e teatro

Entretanto, a partir de 2012, tanto em concertos como em gravações, actua com um dos maiores nomes contemporâneos do fado: Mariza. São razões fortes para se estar hoje às 21h30 no Seixal e comemorar o Dia Mundial da Música com um guitarrista que fará história no panorama musical português. É de lembrar o pensamento um “monstro” da guitarra, o norte-americano Jimi Hendrix: “A música não mente. Se há algo que tem de ser mudado

neste mundo, apenas poderá acontecer através da música”. Dia Mundial da Música foi instituído em 1975, pelo International Music Council, criado em 1949 pela UNESCO. Esta comemoração tem como objectivos promover a arte musical em todos os sectores da sociedade; divulgar a diversidade musical; levar à prática os ideais da UNESCO, como a paz e a amizade entre os cidadãos, a evolução das culturas e a troca de experiências.

O

prazo para a entrega de trabalhos para a bienal “Prémios Artes” termina hoje, devendo este ser entregues na Artes – Associação Cultural do Seixal. A 15.ª edição deste prémio é dedicada à modalidade de pintura, e é aberta a concorrentes do Distrito de Setúbal com idade superior a 18 anos. Esta iniciativa, que se destina a dinamizar o interesse pela arte a nível distrital, considera um prémio de mil euros para o primeiro classificado, que será entregue numa ce-

SEIXAL

rimónia a realizar a 2 de Novembro. Entretanto, durante o mês de Outubro, o júri vai dar a conhecer o artista e a obra vencedora, assim como eventuais menções honrosas, por sua vez todas as obras a concurso vão fazer parte de uma exposição. A Artes é uma associação sediada no concelho do Seixal, fundada em 1989, que, além do ensino e divulgação das artes plásticas, desenvolve actividades artísticas junto de escolas, várias instituições e espaços públicos. Os seus associados expõem com regularidade, individual e colectivamente e estão representados em instituições públicas e colecções particulares nacionais e estrangeiras, contando regularmente com o apoio de autarquias, comunicação social e empresas locais.

“A Minha História da República”

SEIXAL Drive in Arte na sua 13.ª edição

A

que cruza as Paivas, acolhe até ao fim do ano a exposição Drive In Art, que vai na sua 13.ª edição. Segundo a Câmara do Seixal, promotora deste certame consagrado aos artistas mais novos, esta “galeria a céu aberto” tem por fim dar a conhecer ao grande público os trabalhos dos jovens artistas do concelho, que produziram um conjunto “iimpressionante” de artes plásticas, indicador seguro de um futuro talentoso e original. Os quadros, fixados em estruturas de ferro no passeio, sofreram grandes ampliações, permitindo assim aos transeuntes pouco frequenta-

DIREITOS RESERVADOS

Uma forma original Galeria a céu aberto leva arte ao grande público de assinalar o 5 de Outubro Estrada Nacional 10, no troço Alunos do Ensino Básico vão contar em livro, da sua autoria, como imaginam a implantação da República

C dores de galerias apreciar, em toda a sua plenitude, o virtuosismo e a

técnica dos jovens artistas do concelho.

erca de meia centena de alunos da EB1 de Corroios e da EB da Torre da Marinha vão participar, na próxima sexta-feira, em “A Minha História da República”, uma iniciativa do Ecomuseu Municipal do Seixal. Às crianças será proposta, na véspera da comemoração da implantação da República, que escrevam e ilustrem

um livro que terá por tema os importantes acontecimentos que se deram em Lisboa e no Seixal, no dia 5 de Outubro de 1910. Antes de se lançarem na aventura, os alunos terão à sua disposição a mais variada documentação escrita e audiovisual. Tudo o necessário para materializarem o que lhes acudir à imaginação – papel, cartão, colas, tintas, pincéis – será fornecido pela entidade promotora da iniciativa. Pais, professores e todos os que se interessam por incutir nos mais novos o espírito de cidadania ficam à espera daquela obra. Tranquilos, mas curiosos.


TERÇA-FEIRA 01/10/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

PUBLICIDADE

13


14

ANDEBOL Campeonato Nacional da 2.ª Divisão

Alto do Moinho e Almada integram grupo dos primeiros

TERÇA-FEIRA, 01/10/2019

DESPORTO

Alto do Moinho e Almada, que se defrontam no próximo sábado, estão a ter um bom início de campeonato e por essa razão fazem parte do lote de equipas que lideram a competição. Na segunda jornada o Alto do Moinho der-

rotou o Sporting “B” por dois golos de diferença (28-26) em jogo realizado no Pavilhão F. Tavares, em Lisboa. E, no Pavilhão Adelino Moura, o Almada venceu o Vela de Tavira, por 31-22. Resultados: Sporting “B” 26 Alto do Moinho

28; Zona Azul 29 Lagoa 20; Camões 34 Marítimo 30; Sassoeiros 27 1.º Dezembro 23; Almada 31 Vela Tavira 22. Classificação: 1.º Almada, Camões, Sassoeiros e Alto do Moinho, 6 pontos; 5.º Sporting ”B” e Zona Azul, 4 pontos; 7.º

Marítimo, 1.º Dezembro, Vela de Tavira e Lagoa, 2 pontos. Próxima jornada (05 de Outubro): Lagoa – Sporting “B”; Alto do Moinho – Almada; Vela de Tavira – Sassoeiros; 1.º Dezembro – Camões e Marítimo – Zona Azul.

Vitória FC joga sábado (16h00) no reduto do Sporting da Covilhã

Treinador Sandro Mendes começou ontem no Bonfim a preparar a estratégia. Benfica e V. Guimarães também estão inseridos no Grupo B

VFC

Aplicação máxima no jogo de estreia da fase de grupos da Taça da Liga

POR RICARDO LOPES PEREIRA

A

pós a derrota de sábado na casa do Benfica, a contar para a sétima jornada do campeonato, o Vitória FC centra agora as suas atenções na partida de sábado (16:00 horas) com o Sporting da Covilhã, a contar para a ronda inaugural do Grupo B da Taça da Liga. O Estádio do Bonfim foi ontem de tarde palco do início da preparação para o duelo com o conjunto serrano, actual líder da 2.ª Liga. Apesar de estarem inseridos num grupo em que também estão os primodivisionários Benfica e V. Guimarães – clubes que empataram (0-0) na passada quarta-feira –, os sadinos alimentam legítimas aspirações de chegar à ‘final-four’ da competição. Por terem sido vencedores da primeira edição da Taça da Liga, em 2007/08, a prova nunca é descurada em Setúbal, cidade onde todos os anos o objectivo passa por ver a equipa chegar longe na prova. O treinador Sandro Mendes, que enquanto capitão dos vitorianos ergueu a Taça da Liga após o triunfo sobre o Sporting no Estádio do Algarve, tem consciência da importância da prova, razão pela qual exige aplicação máxima no duelo de sábado. O Covilhã, não obstante a excelente época que está a realizar, chega ao jogo depois de ser surpreendentemente eliminado da Taça de Portugal por um emblema de escalão inferior. O Lusitânia de Lourosa, do Campeonato de Portugal, levou a melhor sobre os beirões na partida de anteontem, referente à segunda elimi-

Aranguez visitou Bonfim no Dia Europeu do Desporto na Escola Mais de duas centenas de alunos da Escola Básica 2,3 de Aranguez do Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama, visitaram sexta-feira o Estádio do Bonfim no âmbito da Semana Europeia do Desporto, iniciativa da Comissão Europeia, destinada a promover o desporto e a actividade física em toda a Europa e que se realiza natória da prova rainha, ao vencer por 4-2, após prolongamento. No mítico estádio José Santos Pinto, os vitorianos vão fazer tudo para impor nova derrota à equipa treinada por Ricardo Soares, que na época pas-

pelo 5.º ano consecutivo. O objectivo da campanha passa por incentivar todas as pessoas a estarem activa na referida semana, mas também a permanecer ativa durante todo o ano. Da EB de Aranguez participaram 14 turmas, cerca de 240 alunos e 30 professores, com partida e chegada na escola, passando pelo

Parque do Bonfim e pelo Estádio. À chegada à casa do Vitória, os alunos e professores visitaram as instalações, nomeadamente a Secção de Ginástica, a Sala de Troféus e também o relvado do Estádio do Bonfim, onde marcou presença a equipa profissional de futebol sub-23, que compete na Liga Revelação. “O O Vitória

sada orientou o Aves e a Académica. Refira-se que para atingir a fase de grupos da Taça da Liga, o Vitória afastou o Moreirense na ronda anterior. O triunfo (1-0) alcançado no Bonfim, a 3 de Agosto, teve no defesa

Artur Jorge o marcador de serviço. O Covilhã chega à fase de grupos depois de deixar pelo caminho o Varzim [0-0 e 3-1 no desempate através de grandes penalidades] e o Famalicão, actual líder da 1.ª Liga, que foi surpreendido em casa pelos beirões (0-2).

Sucessor de Danilo Ferreira: Luís Monteiro assume cargo de treinador do andebol sénior Está encontrado o sucessor de Danilo Ferreira no cargo de treinador da equipa sénior de andebol. Aos 52 anos, Luís Monteiro, ex-jogador e treinador dos sadinos, regressa a uma casa que já foi sua com o objectivo de ajudar a equipa a atingir os objectivos traçados

na época em que o clube regressou ao escalão principal da modalidade. O anúncio da contratação de Luís Monteiro, cuja apresentação teve ontem lugar no Bonfim ao final do dia, acontece no dia seguinte ao clube ter anunciado a saída de Danilo Ferreira.

Adversário da Taça de Portugal é amanhã conhecido Na outra Taça, a de Portugal, o Vitória FC fica amanhã a conhecer quem é o adversário com que vai medir forças na 3.ª eliminatória da prova, ronda em que entram pela

fica satisfeito por ter aceitado a proposta da EB 2,3 de Aranguez/ AESG para participar nesta actividade e orgulha-se de, mais uma vez, ter contribuído para a promoção da prática de actividade física e desportiva na cidade de Setúbal”, escreveram os responsáveis do clube na sua página oficial. primeira vez equipas do escalão principal. O sorteio da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal Placard de 2019/20 vai realizar-se amanhã, pelas 15:30 horas, no auditório 1 da Cidade do Futebol, em Oeiras. Além do Vitória, a região estará representada no sorteio por outros quatro emblemas filiados na Associação de Futebol de Setúbal. São eles o Cova da Piedade (afastou na ronda anterior o Vasco da Gama de Sines ao vencer por 0-4), o Olímpico do Montijo (eliminou O Coruchense por idêntico resultado), o Amora (21 ao São João de Ver) e o Fabril (bateu o Penedo Gordo por 0-1).


TERÇA-FEIRA 01/10/2019

DESPORTO

AMORA Integrou a equipa técnica de Jorge Jesus no Al Hilal

Tuck é o novo treinador da equipa sénior

O

TAÇA AF SETÚBAL Incidentes no Moitense – Charneca na sequência de um penalti assinalado contra o Moitense

Árbitro empurrado e atirado ao chão suspende jogo aos 55 minutos

A

4.ª jornada da fase de grupos da Taça AF Setúbal – Joaquim José Sousa Marques ficou incompleta devido a incidentes ocorridos no decorrer do jogo disputado entre o Moitense e o Charneca, por alegada agressão ao árbitro por volta dos 55 minutos. O Charneca de Caparica que ao intervalo vencia por 1-0 fez o seu segundo golo aos 49 minutos e aos 55 viu o árbitro assinalar um penalti a seu favor, puxando do cartão vermelho para mostrar ao jogador que no seu entender cometeu a falta. Insatisfeito com a situação, outro jogador do Moitense aproxima-se para tirar o cartão da mão do árbitro e empurra-o, atirando-o ao chão. Este levanta-se e depois de uma pequena conversa com elementos dos clubes e das forças de segurança, deu o jogo por terminado. Nos restantes jogos da jornada será de salientar a goleada do Barreirense ao Lagameças (7-0), a vitória da Quinta do Conde em Cacilhas sobre o Beira Mar de Almada e os êxitos alcançados em terreno alheio pelo Oriental Dragon em Setúbal, do Águas de Moura no Samouco

com mais um golo de Catarino marcado já em período de compensação (90+4’), do Comércio Indústria em Melides num jogo em que ao intervalo era a equipa visitada que estava em vantagem, do Cova da Piedade em Alfarim e também do Brejos de Azeitão no jogo que disputou com o Grandolense. Apesar de faltar disputar ainda uma jornada, Alcochetense, Sesimbra, Barreirense, Águas de Moura, Cova da Piedade e Brejos de Azeitão já garantiram o apuramento para a fase seguinte da competição. Resultados e Classificação SÉRIE A – Beira Mar de Almada 1 Quinta do Conde 2; Santo André 2 Zambujalense 2. Classificação: 1.º Alcochetense, 9 pontos; 2.º Santo André e Quinta do Conde, 4 pontos; 4.º Zambujalense, 3 pontos; 5.º Beira Mar de Almada, 1 ponto. SÉRIE B - Lagameças 0 Barreirense 7; Sesimbra 4 Palmelense 2. Classificação: 1.º Sesimbra, 9 pontos; 2.º Barreirense, 7 pontos; 3.º Palmelense, 4 pontos; 4.º Corroios,

3 pontos; 5.º Lagameças 0 pontos. SÉRIE C - Moitense 0 Charneca de Caparica 2 (interrompido aos 55 minutos); FC Setúbal 1 O. Dragon 2. Classificação: 1.º Oriental Dragon, 6 pontos; 2.º FC Setúbal, 5 pontos; 3.º Moitense, 4 pontos; 4.º V. Gama, 3 pontos; 5.º Charneca de Caparica, 1 pontos. SÉRIE D - Samouquense 0 Águas de Moura 1; Melidense 2 Comércio Indústria 5. Classificação: 1.º Águas de Moura, 9 pontos; 2.º Com. Indústria e Samouquense, 6 pontos; 4.º Almada, 3 pontos; 5.º Juv. Melidense, 0 pontos. SÉRIE E - Pescadores 4 Quintajense 0; Alfarim 0 C. Piedade “B” 1. Classificação: 1.º C. Piedade “B”, 9 pontos; 2.º Alfarim e Pescadores, 6 pontos; 4.º Monte de Caparica e Quintajense, 1 ponto. SÉRIE F - Banheirense 4 Alcacerense 1; U. Santiago 3 Seixal 0; Brejos de Azeitão 1 Grandolense 0. Classificação: 1.º Brejos de Azeitão, 9 pontos; 2.º U. Santiago e Seixal, 7 pontos; 4.º Grandolense, 5 pontos; 5.º Banheirense e Alcacerense, 3 pontos. JOSÉ PINA

15

Amora Futebol Clube – Futebol SAD divulgou em comunicado que “chegou a acordo com João Carlos Novo de Araújo Gonçalves “Tuck”, para a celebração de um contrato de trabalho desportivo como treinador da equipa principal de futebol”. Tuck, que tem actualmente 49 anos, é um nome conhecido do futebol português, iniciou a sua carreira no Gil Vicente Futebol Clube mas foi no Clube Futebol “Os Belenenses”, onde disputou mais de 198 jogos ao longo de 7 épocas desportivas, que ganhou maior projecção. Em 2012 iniciou a sua carreira de treinador ao serviço do Clube Futebol “Os Belenenses”, passando depois pelo Sport União Sintrense, Grupo Sportivo de Loures, Casa Pia Atlético Clube, Sertanense Futebol Clube, Sport Grupo Sacavenense e Associação Desportiva da Camacha. Na última época desportiva integrou a equipa técnica de Jorge Jesus no Al Hilal Saudi Football Club na quali-

DIREITOS RESERVADOS

DIREITOS RESERVADOS

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

dade de coordenador técnico. O novo treinador, que foi contratado com o objectivo de tirar a equipa do lugar incómodo em que se encontra na tabela classificativa (14.ª posição com apenas três pontos, conquistados em três empates), vai fazer a sua estreia no próximo sábado em Évora, perante o Lusitano Ginásio Clube que segue com os mesmos pontos e, tal como o Amora, ainda não tem qualquer vitória no Campeonato de PorJOSÉ PINA tugal.

JUNIORES Campeonato Nacional da 1.ª Divisão

Amora goleado pelo Sporting depois de ter sido a primeira equipa a marcar

O

Amora, que vinha de uma vitória alcançada na jornada anterior sobre o Belenenses, foi goleado (5-1) pelo Sporting, na Academia de Alcochete, em jogo a contar para a 7.ª jornada da Zona Sul do Campeonato Nacional de Juniores da 1.ª Divisão. O Amora, que esteve muito bem no primeiro tempo, foi a primeira equipa a marcar, aos oito minutos, por intermédio de Bruno Pinheiro, mas Gonçalo Batalha, mesmo em cima do intervalo (45’) também fez o gosto a pé e levou o jogo empatado para os balneários. No segundo tempo o Sporting foi superior e acabou por dar a volta ao marcador, com naturalidade. João Daniel, aos 64 minutos, consumou a reviravolta com um golaço e, três minutos depois, Rodrigo Rego aumentou a vantagem, com um cabeceamento certeiro, na sequência de um canto. A cerca de 15 minutos do final Rodrigo Piloto fez o 4-1 e, mesmo em cima da hora para o fim do tempo regulamentar, Paulo Agostinho fechou o marcador. Nos restantes encontros da jornada há a salientar o êxito alcançado no Campo Municipal da Várzea pelo Vitória FC sobre o Tondela (2-0), com

golos de Hugo Neves aos 67 minutos e Bruno Ventura mesmo em cima do apito final (90’), a vitória do Sacavenense no Restelo (2-0) e o triunfo da Académica em Vila Franca de Xira (4-1), para além do resultado do Benfica em Leiria (3-0), a sétima vitória no sétimo jogo realizado, que lhe dá a liderança isolada da prova com sete pontos de vantagem sobre o Sporting e Alverca, que seguem ambos em segundo lugar. Resultados (7.ª jornada): Sporting 5 Amora 1; Belenenses 0 Sacavenense 2; Alverca 1 Estoril 1; Vilafranquense 1 Académica 4; Vitória FC 2 Tondela 0; U. Leiria 0 Benfica 3. Classificação: 1.º Benfica, 21 pontos; 2.º Sporting e Alverca (menos um jogo), 14 pontos; 4.º Estoril, 13 pontos; 5.º Vitória FC, 12 pontos; 6.º Académica e Sacavenense, 10 pontos; 8.º Belenenses, 9 pontos; 9.º Tondela (menos um jogo), 7 pontos; 10.º Amora, 6 pontos; 11.º Vilafranquense, 3 pontos; 12.º U. Leiria, 0 pontos. Próxima jornada (05/10): Estoril – Vitória FC; Benfica – Belenenses; Amora – Vilafranquense; Tondela – U. Leiria; Académica – Alverca; Sacavenense – Sporting (domingo, 11 horas). JOSÉ PINA


Profile for O Setubalense

O Setubalense, diário regional de Setúbal nº 250  

O Setubalense, diário regional de Setúbal nº 250  

Advertisement