Page 1

PUBLICIDADE 0158

TERÇA-FEIRA | 24.SETEMBRO.2019 | N.º 245 | Ano II | 5.ª Série

PUBLICIDADE

PJ INVESTIGA FOGOS URBANOS EM SETÚBAL

Vários casos suspeitos na cidade P.3

PUBLICIDADE

PINHAL NOVO P.4

Lado sul da vila vai ter novas bombas de gasolina PUBLICIDADE

SEIXAL ABERTURA DA 36.ª EDIÇÃO JUNTOU MILHARES DE PARTICIPANTES

P.3

PALMELA P.8

Feira Medieval espera 30 mil visitantes

Seixalíada arranca com pavilhão cheio

EUGÉNIO FONSECA P.2

“D. Manuel Martins partiu há dois anos”


2

FIGURA DO DIA

REPARO DO DIA

TERÇA-FEIRA, 24/09/2019

Û

MIRADOURO DA ARRÁBIDA OPINIÃO

LEONOR FREITAS

FRANCISCO RAMALHO Ex-bancário, Corroios

Crónica de viagem A semana passada, apercebi-me melhor porque é que a Itália é a 4ª economia da União Europeia e um dos berços da civilização ocidental. De Milão a Roma, passando por Verona, Veneza, Pádua, Florença, Pisa e Assis, vi gente de todo o mundo extasiada com imponentes e deslumbrantes catedrais e basílicas construidas e decoradas pelos grandes mestres italianos com os famosos mármores de Carrara. Carrara, situada nos belíssimos Montes Apeninos de um verde escuro imaculado sem vestígios de incêndios (que contraste com o nosso inferno de todos os verões!). Mas, para além das espécies autóctones, não se enxerga um único eucalipto… Destaco também a maravilha que é a aquática e romântica Veneza, o cenário em Verona dessa bela e trágica história de amor de Romeu e Julieta, ficcionada por Shakespeare, a inclinada Torre de Pisa onde Galileu Galilei realizou algumas das suas experiências que se traduziram em frutos para toda a humanidade e, claro, os vestígios desde os primórdios, muito bem preservados, da eterna Roma. As muralhas, o coliseu, o circo, os balneários, etc. E ainda, evidentemente, o fausto, a grandeza, do Vaticano e as obras primas de Miguel Ângelo; a Pietá e as pinturas divinais do teto da Capela Sistina. Mas a bela Itália, não se resume “apenas” ao seu riquíssimo património histórico e cultural onde a Igreja está omnipresente e bruto quinhão arrecada porque tudo é pago, e bem, e às obras dos seus príncipes do Renascimento ( aliás, de onde ele irradiou). Entre outros, Galileu, Dante, Miguel Ângelo, Leonardo da Vinci. Por falar em príncipes do Renascimento, junto a brasa à nossa sardinha e acrescento aqui o nosso grande e também universal, Camões. Mas a bela Itália, dizia, a pátria unificada de Garibaldi, vai muito para além disso! Tem grande e diversificada industria e é uma potência agrícola. Entre os Alpes e os Apeninos, na extensa planície do vale do rio Pó, na Toscana, na Umbria e não só, para além de paisagens deslumbrantes, produz-se em abundância, milho, arroz, girassol, vinho, azeite, fruta, gado, etc. E pronto, resumidamente, porque a limitação de espaço a isso me obriga, aqui fica o testemunho e a partilha com os nossos prezados leitores.

A responsável pela Casa Ermelinda Freitas está de parabéns por ter voltado a elevar bem alto o nome da marca e da região, bem como de Portugal, em mais um prestigiado concurso internacional de vinhos, desta feita em terras do Sol Nascente. A produtora conquistou as distinções de melhor vinho fortificado e melhor vinho português no “Japan Wine Challenge 2019” (ver pág.10), naquele que é já assumido como o melhor ano de sempre da empresa. Notável.

Dois homens apanhados a roubar cortiça na Venda do Alcaide A GNR de Pinhal Novo apanhou dois homens, de 29 e 50 anos, em flagrante, quando furtavam cortiça, na zona de Venda do Alcaide, na freguesia de Pinhal Novo. Os agentes realizavam uma acção de patrulhamento quando encontraram os dois indivíduos a extrair cortiça de sobreiros.

Os prevaricadores ainda tentaram fugir, mas foram de imediato intercetados. A cortiça avaliada em 200 euros foi apreendida assim como os dois machados utilizados. Os homens foram identificados e constituídos arguidos e os factos foram enviados para o Tribunal Judicial de Setúbal.

OPINIÃO

D. Manuel Martins partiu há dois anos

EUGÉNIO FONSECA Presidente da Cáritas Portuguesa

Hoje, dia 24, faz dois anos que D. Manuel Martins partiu deste mundo. Para todos os que o admiramos, ele não nos deixou, apenas se transformou a dimensão em que esteve, neste mundo, durante 90 anos, 23 dos quais na nossa Região de Setúbal. A partir do dia 26 de outubro de 1975 disse que passaria a ser de Setúbal. Nunca mais deixou de o ser, mesmo quando a 23 de abril de 1998 deixou a missão que o trouxe do Porto para a nossa terra. Quando vinha de visita, algumas vezes o ouvi dizer: Sempre que aqui venho, invade-

me a sensação de que nunca me fui embora. Sou testemunha do quanto ele amava a nossa região e as suas gentes. Como não pôde deslocarse, aquando da investidura dos “Embaixadores do Concelho de Setúbal”, a Presidente da Câmara Municipal encarregou-me de lhe entregar o diploma e a “mala” com os utensílios para o desempenho da sua nova função. Fi-lo 12 dias antes da sua morte. Ele já estava muito fragilizado. Quis aproveitar o momento para aumentar o seu ânimo, inventando uma encenação. Pedi-lhe que se levantasse para lhe entregar o diploma e repetisse o juramento com as palavras que eu fosse pronunciando. Olhou-me surpreendido. Comecei a pronunciar a fórmula de compromisso imaginada, por mim, na ocasião: “Juro que, onde e com quem estiver sempre defenderei Setúbal”. Retorquiu de imediato: “Ainda mais” ? Que se apresente alguém que, alguma vez, o tivesse ouvido dizer mal da nossa região e sua Diocese. Num dos muitos textos que escre-

veu, a um deles deu o título “Amo muito a Diocese de Setúbal …Uma coisa quero que fique muito clara: Amo muito a Diocese de Setúbal. Quero muito ao bom povo de Setúba”;; foi assim que terminou o escrito. Durante este tempo pré-eleitoral, quantas vezes tenho pensado no que ele diria aos candidatos. Tenho a certeza que voltava a gritar-lhes o mesmo que fez a antecessores deles: “Há gritantes desigualdades por aqui; há desrespeitos enormes pelos mais elementares direitos do Homem; há milhares de pessoas postas à margem da «mesa comum» da felicidade minimamente desejável; há centenas e centenas de famílias (quantas delas jovens) que sempre terão a barraca como condenação; cresce o número de trabalhadores sem garantias; de idosos sem razões para sorrirem; de jovens sem futuro; de urbanizações sem equipamentos que as humanizem; de pessoas para quem nunca chega a vez de serem atendidas com um sorriso, nas bichas das procuras necessárias… Diria

também: Com todos estes anos que tenho, vou-me convencendo que hei-de morrer sem entender por que razão, em política, a verdade não encontra lugar.” Que teria acontecido a Setúbal nos anos oitenta do século passado, se não tivesse tido um Bispo que não se cansou de clamar por justiça e solidariedade. Talvez o Plano de Emergência e a Operação Integrada de Desenvolvimento da Península de Setúbal nunca chegasse a vir em socorro de milhares de concidadãos nossos, martirizados pelo desemprego que os atirou para a pobreza e a região aguardaria mais tempo pelo seu crescimento económico e social. Setúbal tem, por isso, uma dívida de gratidão para com o seu primeiro bispo. D. Manuel Martins não permitiria que eu mencionasse a palavra “dívida”, pois ele estava convencido que a sua postura era parte integrante da sua missão. Mas eu sei que os setubalenses o sentem como tal e, por isso, não deixarão que a sua pessoa e pensamento fiquem esquecidos.

FICHA TÉCNICA

PUBLICIDADE geral@osetubalense.com publicidade.setubal@gmail.com

SETÚBAL ALMADA SEIXAL PALMELA BARREIRO ALCOCHETE OUTROS CONCELHOS MONTIJO MOITA 212 383 228 265 520 716 265 094 354 265 092 725 212 318 392 212 047 599 212 047 599 212 384 894 937 081 515

Registo de Título N.º 107552 | Depósito Legal N.º 8/84

Propriedade: Outra Margem - Publicações e Publicidade, Lda. Contribuinte: 515 047 325. (Detentores de mais de 10% do capital social: Gabriel Rito e Carlos Bordallo-Pinheiro). Editor: Primeira Hora - Editora e Comunicação, Lda. Contribuinte: 515 047 031 (Detentores de mais de 10% do capital social: Setupress, Lda., Losango Mágico, Lda., Carla Rito e Gabriel Rito) Sede de Administração e Redacção: Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1.º, 2900-389 Setúbal. Conselho de Gerência: Carla Rito, Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro, Gabriel Rito e Carlos Bordallo-Pinheiro.

CONCELHO DE SETÚBAL Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1.º - 2900-389 Setúbal - Tel. 265 094 354 (geral) / 265092 633 (redacção) / 265 092 725 - 265 520 716 (dep. comercial) CONCELHO DE PALMELA Rua José Saramago, lote 26 - loja direita 2955-027 Pinhal Novo - Tel. 212 384 894 CONCELHOS DE MONTIJO E ALCOCHETE Praça da República, 63, Galerias Comerciais, Lj 18. Tel./Fax: 212 318 392

CONCELHO DO BARREIRO Intermarche da Moita - Quinta Santa Rosa Rua Classe Operário - Alhos Vedros - Moita Tel.: 212 047 599 - 939 050 535 CONCELHO DA MOITA Intermarche da Moita - Quinta Santa Rosa Rua Classe Operário - Alhos Vedros - Moita Tel. 212 047 599 / 939 050 535 REDACÇÃO Director: Francisco Alves Rito (CPJ 2292) diretor@osetubalense.com Redacção: Mário Rui Sobral (CPJ 3872 A),

Humberto Lameiras (CPJ 2321 A); Ana Martins Ventura (CPJ 7230 A). Colaboradores: Inês Antunes Malta (CPJ 7226 A); Miguel Nunes Azevedo (TP 2608); Fátima Brinca (CPJ 2574); Rogério Matos (CPJ 9929); Helga Nobre; André Rosa; Ricardo Lopes Pereira e José Pina. Fotografia: Mário Prata, Alexandre Gaspar e Arsénio Franco. DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO Teresa Inácio, Dulce Lança e Branca Belchior. PUBLICIDADE Direcção Comercial: Carla Sofia Rito e Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro. Setúbal: Ana Oli-

veira, Mauro Sérgio, Célia Felix e Rosália Batista. Montijo: Graciete Rodrigues.Palmela: Rosália Batista. Barreiro: Carla Santos. Moita: Carla Santos. IMPRESSÃO Tipografia Rápida de Setúbal, Lda. - Travessa Jorge d’Aquino, 7 - 2900-427 Setúbal e-mail: geral@tipografiarapida.pt DISTRIBUIÇÃO VASP - Venda Seca, Agualva - Cacém Tel. 214 337 000 Tiragem média diária: 9.000 exemplares

Estatuto Editorial disponível em https://www.facebook.com/pg/ JornalOSetubalense/ about/?ref=page_internal

Edição online www.diariodaregiao.pt Digital Media Officer: José Luís Andrade

Os artigos assinados são da responsabilidade dos seus autores


SINES TERÇA-FEIRA, 24/09/2019

Um homem, de 68 anos, e uma mulher, de 64, foram detidos pela GNR por posse de arma ilegal e suspeita de terem burlado um idoso em Sines, divulgou o Comando Territorial de Setúbal da GNR, em comunicado, explicando que o casal foi detido, na sexta-feira, por militares

ACTUAL SETÚBAL

Detido casal por posse de arma ilegal e alegada burla do Posto Territorial de Santiago do Cacém. “Os suspeitos abordaram, na via pública, um idoso de 84 anos, em Sines, supostamente para lhe vender peças de roupa”, mas este acabou por “ser ludibriado e burlado” e os indivíduos levaram-lhe “o dinheiro que tinha na sua posse”. A

GNR, após ter tido conhecimento da situação, efectuou uma operação policial e deteve o casal em Santiago do Cacém, tendo apreendido o veículo que utilizaram, 82 peças de roupa e 300 euros em numerário.“Durante a busca realizada ao veículo, foi detectada, na zona do motor,

de forma dissimulada, uma arma de fogo transformada e três munições”, disse ainda a GNR, referindo que os suspeitos, ambos com antecedentes criminais, foram constituídos arguidos, presentes a tribunal e saíram em liberdade, sob termo de identidade e residência.

3

Polícia Judiciária suspeita de fogos postos

Bombeiros não tiveram descanso durante a madrugada de ontem. Fogo num andar na Rua José Carlos da Maia, perto da Igreja da Anunciada, foi o mais violento, obrigando à remoção da cobertura do edifício

DIREITOS RESERVADOS

Três incêndios destroem habitações na Fonte Nova e causam quatro desalojados

RUI CRUZ. Proprietário da habitação afetada na Rua Marquês de Pombal

peito é a que ganha mais força. O primeiro incêndio deflagrou na Rua da Herdade pouco antes das duas da manhã. A porta principal da casa com dois andares foi arrombada, tendo os suspeitos incendiado o primeiro andar antes de se colocarem em fuga. As chamas propagaram-se à cobertura da habitação, que estava vazia, e foram extintas pelas 2h30

POR ROGÉRIO MATOS

T

rês incêndios deflagraram em habitações no bairro da Fonte Nova durante a madrugada de ontem, colocando a população em alvoroço e com receio pelas próprias casas. A Polícia Judiciária está a investigar os casos e a hipótese de fogo posto por mais do que um sus-

SEIXAL

pelos bombeiros sapadores e voluntários, que acorreram ao local com 23 operacionais e oito veículos. A casa tinha sido requalificada há cerca de dois anos pelo proprietário, residente em Lisboa, que passava aqui os fins-de-semana com as filhas, aproveitando as praias da Arrábida. “Isto só pode ter sido maldade”, referiu o proprietário, que admitiu

desconhecer quaisquer inimigos. Uma hora depois, cerca das três da manhã, os bombeiros foram alertados para novo foco de incêndio na Rua Marquês de Pombal, junto ao Pelourinho. Desta feita numa habitação que se encontrava em fase de requalificação. Ao que foi possível apurar, os suspeitos entraram pelos andaimes que se encontram nas traseiras da casa e pegaram fogo num dos cantos do primeiro andar. Novamente puseram-se em fuga pela porta principal, arrombando-a pelo interior. Os bombeiros acorreram ao local com seis operacionais e duas viaturas, tendo impedido que as chamas consumissem o prédio de dois andares. Malvadez e desalojados O proprietário, Rui Cruz, disse desconhecer alguém que o quisesse prejudicar, considerando também que o motivo só pode ter sido por “pura malvadez”. A casa foi adquirida pelo pro-

prietário durante este Verão e encontra-se em requalificação para posterior venda. “Os estragos estão somente no primeiro andar da habitação e graças à pronta intervenção dos bombeiros não houve uma desgraça”. O terceiro incêndio consumiu um prédio de um andar na Rua José Carlos da Maia, perto da Igreja da Anunciada às 6h30. Ao contrário dos dois primeiros incêndios, este causou quatro desalojados. De acordo com fonte da autarquia, o proprietário do prédio comprometeu-se a encontrar novo apartamento para os inquilinos afectados. O incêndio foi dominado no espaço de meia hora pelos 17 bombeiros que acorreram ao local com seis veículos. De acordo com fonte da protecção civil, o sinistro foi de tal forma violento que houve necessidade de remover o telhado do edifício por risco de desabamento. Até ao fecho desta edição, não eram conhecidas detenções relacionadas com estes incêndios.

Abertura da 36.ª edição juntou milhares de participantes

Evento deve reunir este ano 19 mil atletas em 200 provas de 60 modalidades

DIREITOS RESERVADOS

Seixalíada arranca para quatro semanas de desporto para todos

A

36.ª edição da Seixalíada já está a decorrer e pretende reunir, nas próximas quatro semanas, cerca de 19 mil atletas na disputa de 200 provas de 60 modalidades desportivas. O arranque da edição deste ano da emblemática iniciativa do Seixal reuniu, no sábado, milhares de pessoas, no Pavilhão do Clube de Pessoal da Siderurgia Nacional em Aldeia de Paio Pires . A Festa de Abertura foi apenas uma amostra da Seixalíada 2019, sob o mote de "desporto para todos",

destacado pelo presidente da Câmara Municipal do Seixal. "A autarquia faz uma grande aposta no desporto para todos, pois estamos bem conscientes da sua importância, seja pelo bem estar e pela saúde que proporciona,

quer também pelos momentos de convívios que fomenta", disse Joaquim Santos. Segundo o autarca,"a Seixalíada é a iniciativa desportiva popular de maior dimensão do país, não existindo

nenhuma que se aproxime em Portugal". A aposta do município no desporto passa pelo apoio corrente ao movimento associativo, através da atribuição de apoios para actividades regulares e pontuais, estabelecidas

através de contratos-programa, que, de acordo com a Câmara Municipal, "permitem que as associações e colectividades possam dinamizar e proporcionar aos nossos munícipes a enorme e diversificada oferta desportiva que encontramos no nosso concelho". A autarquia tem apostado, ao longo dos anos, em dotar o concelho de uma rede de equipamentos desportivos, e a comparticipar a reabilitação do parque desportivo associativo num investimento que ronda, nos últimos anos, "mais de 9 milhões de euros". A abertura da Seixalíada coincidiu com o Dia Internacional da Paz. Este ano o evento tem selo de eco-evento, atribuído pela parceria com a Amarsul que promovo da gestão adequada de resíduos, designadamente o uso de garrafas de água de plástico durante o evento.


4

No Cinemateatro Camacho Costa

Odemira dá maratona de cinema europeu durante quatro dias

TERÇA-FEIRA, 24/09/2019

REGIONAL

O Cinemateatro Camacho Costa, em Odemira, vai acolher uma maratona de cinema europeu entre 28 de Setembro e 1 de Outubro, no âmbito da associação do município às Jor-

nadas Europeias do Património, este ano dedicadas ao tema “Artes, património e lazer”. O evento, que está inserido no programa municipal Setembro Cultural, tem entradas gratui-

tas. Segundo a autarquia, “serão exibidos 11 filmes de realizadores europeus, numa selecção entre o melhor cinema produzido desde a década de 1920”. A maratona “terminará no dia

Uma já está em construção

SEIXAL Câmara está a limpar e a Simarsul a regularizar a laje do fundo

Lado sul do Pinhal Novo recebe bombas de combustível [ DIREITOS RESERVADOS ]

Intervenção na Vala de Corroios previne cheias Obras já efectuadas ou em curso dão esperança aos moradores de Corroios que não se repetirão os transtornos de muitos invernos

A

Vala de Corroios está a beneficiar de intervenções, tanto da Câmara do Seixal como da Simarsul, que visam melhorar a capacidade de escoamento para evitar cheias. Sendo assunto que suscita o interesse de grande parte dos cidadãos de Corroios, uma das freguesias mais populosas do concelho do Seixal, O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO solicitou à Câmara Municipal do Seixal informações sobre a Vala de Corroios, que tantos transtornos tem causado aos que residem nas suas imediações, quando os invernos são fortemente pluviosos. A autarquia, também ciente da importância da questão, foi rápida na resposta. Assim, ficamos a saber que, “no âmbito da manutenção periódica da vala de Corroios, a autarquia procede à limpeza da mesma com recurso a equipamento pesado e pessoal técnico e operacional, designadamente a jusante da Rua dos Corticieiros”. Além disso, prossegue a Câmara Municipal, “Importa referir que,

CONSTRUCÇÃO. Bomba de combustível está a ser construída na antiga Cerapa

POR FÁTIMA BRINCA

N

o lado sul do Pinhal Novo vão nascer mais duas bombas de abastecimento de combustível. Uma delas irá ocupar uma parte das antigas instalações da Cerapa, uma fábrica de cerâmica que se encontra desactivada há

vários anos. Neste espaço esteve prevista a construção do retail park, que não foi concretizado devido à falência da empresa. O vereador José Calado, do MIM, na sessão de câmara de quarta-feira, pediu esclarecimentos sobre a legalidade da bomba, que já se encontra em construção, e se a empresa de matérias perigosas não põe em causa a segurança das populações. Álvaro Amaro começou por admitir que lamenta o que está a acontecer “apesar da bomba estar licenciada e de acordo com o PDM”. “[Em tempos] o município defendeu para esta zona um retail park”, disse o autarca, sem deixar de criticar que “o dono do terreno esteja a fazer um parcelamento para vender aquilo aos pedaços”, acrescentando: “Mas não podemos ir por estes esta-

dos de alma”. Álvaro Amaro revelou ainda que “foram contactados a IKEA e outros grupos económicos, mas não houve interessados”. Não há uma sem duas O presidente da Câmara de Palmela aproveitou para informar que “irá haver outra bomba de combustível junto à antiga casa de mármores e a rotunda ali existente será alterada para dar acesso ao Modelo”. Recorde-se que a zona sul do Pinhal Novo ficará com três bombas de combustível, na EN 252, uma delas existente há vários anos. Esta entrada do Pinhal Novo ficará pois “enfeitada” de bombas com o presidente Álvaro Amaro a reafirmar que “não é a imagem que queria para a vila” e que lamenta o que está a acontecer.

[ DIREITOS RESERVADOS ]

O presidente da Câmara gostava que houvesse outro tipo de investimento e até lembrou que o município chegou a defender para aquela zona um retail park

1 de Outubro, Dia Internacional da Música, com o recente filme “Variações”, realizado por João Maia e dedicado ao artista António Variações, que faleceu em 1984.

tendo em conta a localização da referida vala, em determinados troços é necessário contactar os proprietários dos terrenos para permitir o acesso à vala, uma vez que em alguns troços esta se encontra vedada”. Diga-se que a autarquia tem em vista várias operações visando “melhorar o escoamento das águas pluviais na vala, designadamente, a substituição de sumidouros existentes na Av.ª 25 de Abril, entre a Rua Casa do Povo e a Rua dos Corticeiros, por equipamentos que permitem aumentar a eficiência e os caudais de escoamento (sargetas)”. Acrescente-se a estes trabalhos a “a remoção das caixas de visita do Emissário da Simarsul que se encontram no leito da vala, bem como a regularização da laje de fundo da vala. A execução do trabalho a cargo desta entidade externa constituirá uma mais-valia quanto à melhoria dos caudais de escoamento, na inserção da vala com o estuário”. A construção das chamadas bacias de retenção, no seguimento de estudos sobre o funcionamento da vala e adequação do escoamento hidráulico, é outra obra projectada. Segundo os técnicos da autarquia, “trata-se de uma solução integrada que contribuirá para a regularização do escoamento, adaptada às novas realidades de precipitação que cada vez mais se fazem sentir”.


TERÇA-FEIRA 24/09/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

PUBLICIDADE

5


6

PALMELA TERÇA-FEIRA, 24/09/2019

Assembleia Municipal discute alteração ao regulamento de urbanização

LOCAL PALMELA

Reunião pública realiza-se na próxima quinta-feira

A “alteração do regulamento de urbanização e edificação do município de Palmela” é o principal ponto da ordem de trabalhos da

próxima sessão pública ordinária da Assembleia Municipal, que se realiza esta quinta-feira, 26, a partir das 20h30. A sessão, que

terá lugar no Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela, apresenta apenas dois pontos na ordem de trabalhos. Além da discussão sobre

o regulamento de urbanização, será apresentada “informação do presidente da Câmara acerca da actividade municipal”.

Investimento quase duplicou

Câmara de Palmela acerta cooperação com a Diocese de Setúbal para a reabilitação do imóvel. Álvaro Amaro considera que “o município ganhou pouco com o protocolo”

DIREITOS RESERVADOS

Reabilitação da Capela de São João Baptista vai chegar aos 450 mil euros

POR FÁTIMA BRINCA

A

Câmara de Palmela vai assinar um protocolo de cooperação com a Diocese de Setúbal para assegurar a reabilitação e requalificação da Capela de São João Baptista. A autarquia vai promover candidaturas a programas de financiamento comunitário, através do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) e do Plano de Acção de Regeneração Urbana do Centro Histórico (PARU) para a realização de obras de reabilitação e de requalificação

CAPELA DE SÃO JOÃO. Edifício foi construído em 1655 por frei Jerónimo de Brito e Melo

da Capela de São João Baptista. O protocolo de cooperação e comodato permitirá que a autarquia de Palmela utilize o equipamento durante 25 anos e o presidente Álvaro Amaro não conteve o desabafo: “O município ganhou pouco com este protocolo, pois apontava-se para 250 mil euros no início da candidatura, mas o investimento actual

atingirá os 450 mil euros”. Ainda assim, o autarca confirmou que o município vai avançar. “Vamos fazer a candidatura considerando a importância do imóvel localizado no centro da vila”, justificou. A capela encontra-se em avançado estado de degradação, nomeadamente no exterior do imóvel, onde são visíveis diversas fendas, e teve

de ser vedado pela Câmara, por questões de segurança. Casa Mãe do Património O vereador Luís Miguel Calha apresentou a proposta de protocolo, considerando que a capela “vai ser a Casa Mãe do Património Histórico e Religioso de Palmela e da região”. O

autarca do Turismo destaca “a importância estratégica da capela para uso pela comunidade com a criação de um espaço museológico permanente dedicado à Arte Sacra, exposições, conferências, recitais e artes performativas”. Na proposta apresentada referese que a capela “possui azulejaria de ‘tapetes’ policroma e trabalhos de decoração em brutesco de ouro, que datam da segunda metade do século XVII”. A proposta foi aprovada por unanimidade. O edifício foi construído em 1655 por frei Jerónimo de Brito e Melo, classificado com valor concelhio, que a Câmara irá reabilitar e pertenceu à Ordem dos Hospitalários de São João de Jerusalém ou Ordem de Malta, e é propriedade da Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Santa Maria e São Pedro de Palmela da Diocese de Setúbal. Quando ocorreu o terramoto de 1755, a capela passou a ser a sede paroquial, em substituição da Igreja de Santa Maria, localizada no Castelo de Palmela.

Protocolos rubricados com a empresa SmartEnergy

Instalação de duas unidades que produzem energia vão permitir ao município reduzir consumos energéticos de 'fontes não limpas'

DIREITOS RESERVADOS

Câmara garante unidades de energia fotovoltaica no Centro Cultural do Poceirão e na Biblioteca do Pinhal Novo

O

Centro Cultural de Poceirão e a Biblioteca Municipal do Pinhal Novo vão beneficiar da instalação de duas unidades fotovoltaicas de electricidade, na sequência de dois protocolos de colaboração rubricados, no passado dia 18, entre a Câmara Municipal de Palmela e a empresa SmartEnergy.

PROTOCOLO. João Cunha (SmartEnergy) e Álvaro Amaro, presidente da autarquia, assinaram acordo

As duas unidades, de produção de energia para autoconsumo, vêm complementar outras medidas já adoptadas pela autarquia e vão permitir que o município reduza os consumos energéticos “provenientes de fontes não limpas”, respondendo assim “aos objectivos do Plano de Acção para a Energia Sustentável de Palmela (PAESP) e ao Plano Nacional de Energia e Clima (PNEC 2030)”, lembra a edilidade. Álvaro Balseiro Amaro, presidente da Câmara Municipal de Palmela, recorda que o concelho conta já com duas centrais fotovoltaicas em funcionamento e realça que estas empresas “criam sinergias no território e potenciam o desenvolvimento económico entre projectos, ao facultarem energia limpa para benefício de outras

empresas consumidoras de energia”. Uma visão partilhada por João Cunha, representante da empresa SmartEnergy, que salienta igualmente o “interesse económico e social para o concelho” do investimento a realizar no Centro Cultural do Poceirão e na Biblioteca Municipal do Pinhal Novo, com impacto positivo no consumo energético do território. A autarquia lembra que tem tido preocupação na concretização de investimentos no concelho que sejam “sustentados e sustentáveis do ponto de vista ambiental” e que, para instalação de duas centrais fotovoltaicas em Poceirão, a empresa SmartEnergy recebeu recentemente do Município a emissão de Declaração de Interesse Económico e Social.


TERÇA-FEIRA 24/09/2019

LOCAL

DIREITOS RESERVADOS

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

7

Maior mobilidade na freguesia de Pinhal Novo

DIREITOS RESERVADOS

Circuito urbano com carreira 449 dos TST é gratuito até final de Outubro

Na última sessão de Câmara foi debatida a mobilidade dos cidadãos. Álvaro Amaro defende transportes a custos mais reduzidos e maior utilização das populações PALMELA

Trabalhos já estão em curso

POR FÁTIMA BRINCA

Câmara avança com O infra-estruturas na urbanização de Vale Flores Intervenções ascendem a centenas de milhares de euros, num investimento a suportar pela Câmara que se substitui ao loteador

POR FÁTIMA BRINCA

A

Câmara de Palmela substituiu o loteador da urbanização de Vale Flores, no lado sul do Pinhal Novo, e está a proceder a um conjunto de intervenções ao nível das infraestruturas de água e esgotos, rede de rega, rede de comunicações, pavimentos e rede eléctrica. A obra envolve um investimento de 277 mil euros e aponta para uma

duração de quatro meses, que contempla as áreas envolventes da praceta do Limpador de Máquinas e do Auxiliar de Trens. Outra das intervenções da autarquia, que está a decorrer, tem como palco a Rua do Assentador e Rotunda em Vale Flores, no montante de 212 mil euros. Depois de uma paragem de anos, aquela que será a maior urbanização do Pinhal Novo, conhece um novo fôlego, com a construção de vários imóveis. Destaca-se também a construção da nova igreja da vila, que conta com o apoio de dinheiros públicos e por parte dos fiéis, que têm realizado diversas iniciativas para angariação de fundos. Associações instalam-se na urbanização O Moto Clube de Pinhal Novo foi a

defende transportes a “custos mais reduzidos, com mais gente a andar de transportes públicos para protecção do ambiente”. Refira-se que o presidente dos TST, garantiu que a prioridade da empresa de transportes “é a melhoria da mobilidade das populações” e promete “estar em contacto constante com os municípios, para que possamos conhecer as diferentes necessidades das freguesias e servi-las eficazmente”.

primeira associação a montar a sua sede em Vale Flores, junto à Escola Alberto Valente. A Câmara de Palmela apostou na criação de um espaço associativo e social no Monte do Francisquinho, que está a ser alvo de recuperação, onde já se encontra instalado o Núcleo da Liga dos Combatentes de Pinhal Novo. Mas o espaço irá receber outras associações do movimento associativo nas áreas sociais. Também os espaços exteriores estão a ganhar nova vida, com destaque para o monumento em homenagem aos Dadores de Sangue, na rotunda principal da urbanização. A autarquia de Palmela procedeu também à reabilitação de diversas palmeiras, que se encontravam doentes e estão a ressuscitar depois do tratamento contra o vírus do escravelho.

s autarcas de Palmela debateram na sessão da passada quarta-feira, as novas regras dos transportes proporcionados pelos TST no novo circuito urbano do Pinhal Novo, que irá permitir uma melhor mobilidade aos habitantes da freguesia. O novo circuito terá utilização gratuita, com a carreira 449, até 31 de Outubro, funcionando como um período de adaptação para os futuros Passes Navegante. O presidente Álvaro Amaro explicou que “o circuito urbano não era nenhuma concessão e com o novo regime de transportes da AML terá que entrar nessa concessão” e os TST “pressionados pela autarquia vão fazer o circuito urbano”. O edil

Chafariz D. Maria com projecto de conservação Na sessão de câmara, o presidente palmelense anunciou que “o projecto de conservação do Chafariz D. Maria I, em Palmela já está concluído” e irá avançar para posterior aprovação pela Direcção Geral do Património. A intervenção no chafariz será ao nível dos paramentos, reboco e pintura, tratamento dos dois tanques laterais, com limpeza, impermeabilização e reposição de drenagem e tratamento das pedras dos tanques. O Chafariz D. Maria está classificado como monumento municipal e situa-se na principal entrada da vila de Palmela, assumindo-se como uma imagem de excelência da vila.

PUBLICIDADE

PROFESSOR KALILU Ajuda-vos a resolver os problemas mais difíceis e delicados. Faz voltar de imediato antigos amigos e amores perdidos. Se o seu marido ou mulher abandonou o lar não hesite, contacte o professor KALILU que vos garante um bom resultado. Droga, álcool, reconciliações e relações familiares duradouras, impotência sexual, infertilidade do corpo, atracção de clientelas, proteção contra invejas e maus olhados, justiça contra todos os perigos e para a sua tranquilidade.

Facilidades de Pagamento TRABALHO SÉRIO, RÁPIDO E RESULTADO GARANTIDO CONSULTAS PRESENCIAIS OU À DISTÂNCIA Rua Poeta do Bocage, nº 25 - 1º * 2835 Baixa da Banheira

TELEF: 920 156 292 - 962 769 968


8

LOCAL

TERÇA-FEIRA 24/09/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

“Inauguração da Torre da Menagem no reinado de D. Dinis”

FOTOS: ARQUIVO / DIREITOS RESERVADOS

Feira Medieval de Palmela espera ultrapassar 30 mil visitantes

Autarcas envergam vestimentas da época medieval FEIRA MEDIEVAL. Desfile conta com a participação de quase uma centena de figuras medievais

O evento irá decorrer no próximo fim-de-semana no castelo e no centro histórico da vila. Apresentação de um pastel medieval criado para o evento é novidade

PUBLICIDADE

A

Feira Medieval de Palmela deste ano terá como tema a “Inauguração da Torre da Menagem no Reinado de D. Dinis”, decorrendo durante três dias, 27, 28 e 29 de Setembro, com muitas iniciativas nas áreas da aventura, cultura e animação, bailes, dança aérea, torneios, jograis, falcoaria, mercado medieval, danças antigas e jogos e combates. A feira irá decorrer no castelo e

Centro Histórico da vila, e o vereador Luís Miguel Calha, do Pelouro do Turismo, lembra que o evento “entrou desde a 1ª edição no coração das gentes de Palmela” e este ano “esperamos ultrapassar os 30 mil visitantes”. O autarca destaca a recreação histórica da feira que “terá como grande novidade a apresentação de um Pastel Medieval especialmente criado para o evento”. FÁTIMA BRINCA

Recreação histórica de Palmela


TERÇA-FEIRA 24/09/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

PUBLICIDADE

9


10

LOCAL

TERÇA-FEIRA 24/09/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

PALMELA

Melhor vinho português no Japão

Casa Emerlinda Freitas brilha no estrangeiro

O CEF Moscatel de Setúbal Superior Roxo foi considerado o melhor vinho Português no “Japan Wine Challenge 2019”. Mais um prémio num ano de ouro que ficará para a história da empresa

A

Casa Ermelinda Freitas ganhou com o seu vinho fortificado CEF

PALMELA

Moscatel de Setúbal Roxo Superior 2010, as duas grandes distinções de melhor vinho fortificado do concurso e o melhor vinho português, na competição mundialmente famosa “Japan Wine Challenge 2019”. Este prémio vem reforçar o já recheado portfólio de 2019 de uma das mais prestigiadas empresas do Distrito de Setúbal. Em comunicado os responsáveis consideram mesmo que “estamos perante o melhor ano da Casa Ermelinda Freitas”. 2019 que começou com a conquista do prémio, atri-

buído ao espumante Casa Ermelinda Freitas Bruto Branco considerado um dos 50 Melhores Espumantes do Mundo de 2019, a atribuição do Prémio Nacional de Agricultura na Categoria Empresas destacando ainda o prémio de produtor europeu do ano pelo Sommelier Wine Awards (SWA). “Mais do que um reconhecimento, é um reforço da notoriedade e qualidade da marca Casa Ermelinda Freitas a nível nacional e internacional”, pode ler-se no documento. Na mesma competição foram obtidas um total de

18 medalhas (4 de Ouro, 7 de Prata e 7 de Bronze), de destacar as medalhas de ouro obtidas pelo Dona Ermelinda Branco, CEF Syrah Reserva e o Rocksand Shiraz. Desde 1999 a Casa Ermelinda Freitas, já obteve mais de 1000 prémios a nível nacional e internacional, prémios estes que servem para reforçar a qualidade que a Casa Ermelinda Freitas procura sempre que faz um vinho, de modo a poder premiar todos os seus amigos e consumidores com os melhores vinhos aos melhores preços.

Foi o vinho oficial de evento a nível nacional

Adega de Palmela em destaque no Plublituris Portugal Travel Awards

F

oi a primeira vez para a Adega de Palmela e foi em grande. De entre muitas opções a organização acabou por eleger, como vinho oficial, o da Adega para a Grande Gala dos Publituris Portugal Travel Awards 2019, que se realizou no passado dia 17 de Setembro no Hipódromo Manuel Posso-

lo, em Cascais Os galardões premiaram as melhores empresas, instituições, serviços e profissionais da área do Turismo. Dezanove foram as categorias condecoradas, entre as quais se destacam: “Melhor Companhia de Aviação”; “Melhor Operador Turístico”; “Melhor Rede de Agências de Viagens”; “Melhor

Hotel de Cinco Estrelas”; “Melhor Hotel Resort”; Melhor Boutique Hotel”; “Melhor Hotel de Cidade”; “Melhor Delegação de Turismo Internacional”; “Melhor Região de Turismo Nacional” e ainda o “Prémio Carreira Belmiro Santos”. Marcaram presença no evento cerca de 700 convidados num brinde às me-

lhores empresas, instituições, serviços e profissionais do sector. Com 63 anos, a Adega de Palmela é uma das mais antigas da Península de Setúbal e todos os anos os seus vinhos são distinguidos em várias competições nacionais e internacionais tornando-a numa das referências da Região.


TERÇA-FEIRA 24/09/2019

PUBLICIDADE

O DIĂ RIO DA REGIĂƒO DE SETĂšBAL

11

ANTÓNIO JOSÉ RUFINO DOS SANTOS

CELESTINO DE JESUS MARTINS

ISAURA DOS PASSOS GUERREIRO SILVA

CARLOS AUGUSTO RODRIGUES ANTUNES

(1933 – 2019)

(1937 – 2019)

(1932 – 2019)

(1951 – 2019)

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de AntĂłnio JosĂŠ Rufino dos Santos. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Celestino de Jesus Martins. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

RAUL JORGE ALPENDRE DA CONCEIĂ‡ĂƒO NASCEU 05-09-1965 FALECEU 18-09-2019

PARTICIPAĂ‡ĂƒO E AGRADECIMENTO Seus familiares cumprem o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente querido. O funeral realizou-se no dia 19-09-2019 pelas 15h15 da Capela da Ressurreição para o CrematĂłrio da Quinta do Conde. Agradecendo a todos quanto se dignaram e participaram em tĂŁo piedoso acto, bem como a todos que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. FunerĂĄria Central Setubalense 265 550 045 • 265 238 528 (Serviço Permanente)

CARTĂ“RIO NOTARIAL DO FUNDĂƒO Dr. Agostinho Miguel Corte Certifico narrativamente, para efeitos de publicação, que, por escritura de hoje, exarada folhas 18 do livro de notas numero 103, deste CartĂłrio Notarial, o interessado Vitor Hugo da Silva Conceição Soares, solteiro maior, natural da freguesia de Cedofeita, concelho do Porto e residente na Rua de Paris, nĂşmero 29, em Brejos de AzeitĂŁo, declarou ser dono e legĂ­timo possuidor, com exclusĂŁo de outrem, de um prĂŠdio rĂşstico, composto por cultura arvense, com a ĂĄrea de quatro mil e sessenta e quatro metros quadrados, sito na Jardia, Brejos de ClĂŠrigos, uniĂŁo de freguesias de AzeitĂŁo (S. Lourenço e S. SimĂŁo), concelho de SetĂşbal, inscrito na matriz sob o artigo 61 Secção 1A, com o valor tributĂĄvel de 7,49 euros, ao qual atribui o indicado valor tributĂĄvel, descrito na Primeira ConservatĂłria do Registo Predial de Setubal sob o nĂşmero mil seiscentos e setenta e quatro da freguesia de S. SimĂŁo, e inscrito a favor dos falecidos Manuel de Jesus Longo e esposa Maria Barbara Machado pela apresentação nĂşmero 6 de 30-10-1968 Que adquiriu este prĂŠdio em mil novecentos e noventa e oito, por compra que fez aos titulares inscritos. EstĂĄ conforme o original CartĂłrio Notarial do FundĂŁo em 20-9-2019 O NotĂĄrio, Agostinho Miguel Corte

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Isaura dos Passos Guerreiro Silva. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

CLASSIFICADOS 2216

Procura-se colaboradora/o para cozinha c/experiĂŞncia em pratos do dia, horĂĄrio repartido contrato full-time, para entrevista 265408877 cervejaria Pizzaria Miranda SetĂşbal

BLOCO CL�NICO Farmåcia Portugal DIRECTOR TÉCNICO Fernando Gamito Rodrigues Av. Jaime Cortesão, 77-B Tel. 265 539 060 • Setúbal Horårio: 09h00 - 13h00; 14h00 - 20h00 Såbado: 09h00 - 13h00

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de Carlos Augusto Rodrigues Antunes. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

PROCURAMOS JOVEM ENTRE OS 18 E OS 35 ANOS C/ OU S/ EXPERIĂŠNCIA, DINĂ‚MICOS, PARA TRABALHAR NA Ă REA DOS REVESTIMENTOS METĂ LICOS , DE PREFERĂŠNCIA COM CARTA DE CONDUĂ‡ĂƒO. ENTRADA IMEDIATA LOCAL DE TRABALHO: NICE, FRANÇA CUSTOS DA VIAGEM: A CARGO DA EMPRESA TELF A CONTACTAR: 21 225 0526 SEDE DA EMPRESA: BENAVENTE

LABORATÓRIO DE ANà LISES CL�NICAS '5$0$5,$),/20(1$/23(63(5',*­2 '5$/)5('23(5',*­2 +RUiULR�D�IHLUDK 6iEDGRK 5XD-RUJHGH6RXVD_6HW~EDO ZZZSUHFLODESW_WHO WHOP_)D[


12

Acção nos transportes públicos passa por Lavradio, Coina, Pragal, Cacilhas e Cais do Sodré

António Costa vai estar hoje em campanha na região

TERÇA-FEIRA, 24/09/2019

LEGISLATIVAS

António Costa, secretário-geral do PS, vai estar esta manhã na região para participar numa acção de campanha socialista nos transportes públicos, que passará por Lavradio,

Coina, Pragal, Cacilhas e Cais do Sodré. A acção inicia-se pelas 8h00 na paragem do autocarro 6, no Lavradio, seguindo até à estação ferroviária de Coina. Para amanhã, 25, mas

já sem a presença do líder do partido, o PS tem agendada uma visita, pelas 16h00, à Riberalves, na Quinta dos Fundilhões, no Gaio-Rosário, Moita. Às 17h00, o socialista Filipe

Pacheco participa num debate na FCT, no Monte da Caparica, e uma hora mais tarde haverá nova acção de campanha nos transportes públicos do Barreiro.

SEIXAL No próximo sábado o candidato estará em comício na Sociedade Filarmónica União Artística Piedense, em Almada

Francisco Lopes confiante no programa eleitoral CDU para travar maioria PS Segundo Francisco Lopes, “o aumento do salário mínimo ligará com a capacidade do país para combater a imigração, combater a baixa natalidade, estimular o poder de compra e consequente desenvolvimento económico. Garantindo ainda a sustentabilidade da Segurança Social devido a melhores receitas, o que por sua vez levará também a pensões mais elevadas”. Quanto à empregabilidade nas Pequenas e Médias Empresas (PME) face a esta perspectiva de aumento salarial, Francisco Lopes não considera que esteja em risco. “Pelo contrário. Maiores salários permitiram mais consumo e mais lucros”.

[ DIREITOS RESERVADOS ]

Programa eleitoral da CDU defende salário mínimo de 850,00 Euros até 2023 para solucionar crise social

POR ANA MARTINS VENTURA

D

epois de uma pré-campanha com “atenção e receptividade” por parte dos trabalhadores e população em geral, Francisco Lopes, primeiro candidato CDU pelo círculo eleitoral de Setúbal às Legislativas, avança focado na “emergência nacional” do aumento do salário mínimo e médio. Centralidade no programa eleitoral da CDU, a candidato assume esta medida como essencial para o equilíbrio económico e social da região e do país. Para Francisco Lopes, desta medida dependerá a concretização de outras, que também integram o programa do partido nas Eleições Legislativas: valorização de carreiras; aumento geral e real das reformas; reforma por inteiro e sem penalizações com 40 anos de desconto; reposição da idade de reforma aos 65

SANTIAGO DO CACÉM

Direitos iguais em destaque no programa CDU Francisco Lopes marcou presença na sessão “Participação social e política das mulheres: condição de igualdade, progresso e demoanos; e nas políticas de apoio às famílias a de creches para todas as crianças. Para que as propostas do programa CDU sejam concretizáveis, o candidato apela à mobilização para o voto no dia 6 de Outubro, “de modo a travar a abstenção e uma possível maioria absoluta, ambicionada pelo PS”.

cratização do País”, que teve lugar na Arrentela, no Seixal. Na mesma sessão, Paula Santos, deputada e segunda candidata na lis-

ta da CDU por Setúbal, realçou o facto de “as mulheres representarem 52% da lista, em maioria e bastante acima do legalmente obrigatório”. Se a meta será concretizável já a partir de Janeiro? O candidato assume claramente, “não estamos à espera disso, mas sabemos que é possível ao longo do próximo mandato”. Quanto ao papel desta medida na governança do país será “a estratégia nacional para redistribuir riqueza e garantir que, quem trabalha não vive no limiar da pobreza”.

Salário mínimo, a estratégia nacional “Consideramos como emergência o aumento geral de salários para todos os trabalhadores, incluindo o salário médio. Por isso, colocamos força na nossa proposta de aumento do salário mínimo nacional para 850,00 Euros”, reafirma Francisco Lopes.

“Temos mais vitalidade do que nunca” Quanto a expectativas sobre os resultados a obter no dia 6 de Outubro e tendo em conta o resultado das Autárquicas 2017 e Europeias 2019, com a CDU a apresentar descidas significativas em ambas, face a outras forças da esquerda, Francisco Lopes não considera que o partido esteja a perder terreno. Uma consideração que leva o candidato a afirmar, “estamos ‘anos-luz’ à frente de outros partidos e não consideramos que tenhamos perdido representação nos últimos anos, pelo contrário, temos mais vitalidade do que nunca”.

Saúde e ambiente em destaque

Visita tem início com reunião na Administração do Hospital do Litoral Alentejano 11H00 e segue, pelas 15H30, para o Terminal XXI do Porto de Sines. Pelas 18h00 tem início um encontro com proprietários lesados pela expropriação mineira em Grândola

J

oana Mortágua, Sandra Cunha e Bruno Candeias vão estar em Santiago do Cacém, Sines e Grândola no dia 24 de Setembro. A visita do Bloco de Esquerda

decorre a partir das 11h00 e tem como objectivo conhecer a realidade do concelho em matéria de saúde, trabalho, proteção civil e florestal, combate a incêndios, defesa do meio ambiente e bem-

-estar animal, no reconhecimento das suas capacidades e dificuldades e que propostas poderão ser equacionadas para a melhoria das condições de vida das populações destes concelhos do sul do distrito. No sentido de reforçar estas preocupações e apresentação das suas propostas o Bloco de Esquerda realiza uma visita ao Hospital do Litoral Alentejano (HLA) e ao porto de Sines e reúne com lesados de expropriação mineira em Grândola.

[ DIREITOS RESERVADOS ]

Candidatos do BE visitam Litoral Alentejano

ACÇÃO. BE planeia ouvir proprietários lesados por mineração em Grândola


13

Celebração de fim do Verão está reagendada para Outubro

MTV Sunset Party anima baía do Seixal

TERÇA-FEIRA, 24/09/2018

A MTV reagendou a sua esperada celebração de fim de Verão no Seixal, para 12 de Outubro. A 2ª edição da MTV Sunset Party Seixal es-

tava marcada para dia 21 de Setembro, no entanto, devido a condições atmosféricas adversas, o evento foi reagendado para “o que

promete ser a ocasião perfeita para celebrar as últimas noites quentes do ano”, com os DJ’s Kura, Kevu, Nokin e Fifty.

Todos os anos colapsos cardiovasculares causam a morte a 31 mil pessoas em Portugal. No próximo dia 27 a Fundação Portugesa de Cardiologia leva respostas ao Seixal

[ DIREITOS RESERVADOS ]

SOCIEDADE Seixal Comemora Dia Mundial do Coração

POR JOSÉ AUGUSTO

O

Seixal vai assinalar com várias iniciativas o Dia Mundial do Coração, no dia 27 deste mês. As realizações desportivas, lúdicas e pedagógicas, que decorre-

rão na Frente Ribeirinha do Seixal, são da responsabilidade da Câmara Municipal, da União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Paio Pires, Agrupamento de Centros de

Saúde Almada-Seixal e Fundação Portuguesa de Cardiologia. Nesta data, cidadãos, famílias, comunidades, instituições e entidades governamentais de todo o pla-

neta procuram sensibilizar os cidadãos para importância de um modo de vida saudável, meio caminho andado para prevenir doenças do foro cardiovascular, que são as que mais

20 anos ao som do Jazz no Seixal

De 17 a 26 de Outubro, quatorze espectáculos prometem noites inesquecíveis aos fãs do jazz, blues, rock e swing

[ DIREITOS RESERVADOS ]

Jazz envolve a baía com grandes nomes da música naciona e internacional

O

SeixalJazz chega à sua vigésima edição. O festival decorre de 17 a 26 de Outubro em espaços de honra no Seixal, entre os quais no Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal e também no Armazém 56, no SeixalJazz Clube e na antiga fábrica corticeira Mundet. Este ano vão passar pela baía do Seixal, palco privilegiado deste evento, o trio do americano Kenny Barron, o projeto a quatro do português César Cardoso, o quarteto do guitarrista Peter Bernstein, Ralph Towner acompanhado das suas guitarras de 6 e 12 cordas, os polacos Wojtek Mazolewski Quintet, a nova geração representada pelo Ricardo

Toscano Trio e a orquestra liderada pelo pianista John Beasley, num tributo claro ao norte-americano Thelonious Monk.

A abertura deste ciclo de Jazz fica a cargo do trio de Kenny Barron que promete um espectáulo memorável com a sua incompará-

vel habilidade de fascinar o público através de melodias elegantes e sensíveis e ritmos contagiantes, que o levaram a ser indicado como um dos melhores pianistas de jazz do mundo. A 20ª edição do SeixalJazz termina com a actuação de John Beasley Monk’estra. Nomeado para os prémios Grammy e artista da Mack Avenue, John Beasley é um pianista, compositor e arranjador que se apresentou com ícones da música, de Miles Davis a Freddie Hubbard, de Dianne Reeves a Steely Dan, de Marcus Miller a Christian McBride, Chaka Khan e até mesmo com James Brown. O festival volta a dedicar um dia ao projecto pedagógico “O SeixalJazz Vai à Escola”, que decorre durante todo o ano nos estabelecimentos de ensino do concelho. Agora, são os alunos e professores das escolas aderentes que visitam o auditório para assistirem a um concerto comentado com o quinteto da pianista Isabel Rato, no dia 22 de Outubro.

matam no mundo inteiro. Só em Portugal, por exemplo, causam 31 mil vítimas todos os anos. Do programa comemorativo, entre outras iniciativas, assinale-se uma aula de Pilates para grávidas, bebés, avós e público em geral, na Quinta da Fidalga, um passeio pela Frente Ribeirinha do Seixal, a começar no mesmo local, e uma viagem pela Baía numa embarcação típica do Tejo. Em relação ao Dia Mundial do Coração, lemos este naco de prosa, inspirador e pedagógico: “Sente a música do teu coração, um ritmo acolhedor, que te avisa se está tudo bem, ou se algo não corre como o desejado. Ele funciona a um ritmo médio de 72 batimentos por minuto. Assim te avisa que está ali para o teu bem. Neste Dia Mundial do Coração, 29 de Setembro, cuida da tua orquestra e vive saudavelmente”.

Música à beira Tejo 17 Outubro, 22h00 KENNY BARRON TRIO 18 Outubro, 22h00 CÉSAR CARDOSO QUARTET 19 Outubro, 22h00 PETER BERNSTEIN QUARTET 23 Outubro, 22h00 RALPH TOWNER 24 Outubro, 22h00 WOJTEK MAZOLEWSKI QUINTET 25 Outubro, 22h00 RICARDO TOSCANO TRIO FEAT ALI JACKSON 26 Outubro, 22h00 JOHN BEASLEY MONK´ESTRA SEPTET 22 Outubro, 15h00 SeixalJazz Clube, Armazém 56, Mundet, 23h00 17 Outubro, 23h00 FRAGOSO QUINTETO 18 e 19 Outubro, 23h00 DANIEL NETO QUINTETO 23 Outubro, 23h00 MIGUEL RODRIGUES TRIO 24 Outubro, 23h00 TRIO NOA 25 de Outubro, 23h00 INDRA TRIO 26 Outubro, 23h00 JEFFERY DAVIS QUINTET


14

Multiusos de Pinhal de Frades recebeu torneio de andebol feminino TERÇA-FEIRA, 24/09/2019

DESPORTO

O torneio de andebol feminino da 36.ª edição da Seixalíada que decorreu no sábado, dia 21 de Setembro, no Pavilhão Multiusos de Pinhal de Frades, movimentou cerca de uma centenas de atletas do escalão de juvenis. Na compe-

tição, que foi organizada pelo Centro de Solidariedade Social de Pinhal de Frades, participaram seis clubes, sendo três da nossa região e os restantes de localidades próximas, que proporcionaram bons momentos de andebol em am-

biente de puro e são convívio. Neste tipo de competição, os resultados não têm grande relevo, mas, para que conste, aqui fica o registo da classificação geral, após a realização da prova. 1.º lugar, Associação Recreativa do Porto

Alto; 2.º Associação 20 Km de Almeirim; 3.º Boa Água Andebol (Quinta do Conde); 4.º Centro de Solidariedade Social de Pinhal de Frades; 5.º Vitória Futebol Clube; 6.º Clube de Andebol de Salvaterra de Magos.

Defesa Artur Jorge, que lidera com Makaridze o prémio Regularidade O SETUBALENSE, elogia atitude vitoriana

P

ela segunda vez em seis jornadas, o defesa Artur Jorge foi na partida de anteontem entre o Vitória FC e o Portimonense, que terminou com uma igualdade (0-0), eleito por O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO como melhor jogador em campo. Os bons desempenhos do central, de 25 anos, que a par do guarda-redes Makaridze lidera o prémio Regularidade atribuído pelo nosso jornal, ajudam a explicar o facto de a equipa não ter sofrido golos em cinco das seis rondas disputadas no campeonato. Apesar de ser um dos elementos em evidência nas primeiras jornadas, o jogador sublinha que o mérito de a equipa se mostrar compacta é do colectivo e não de um ou outro elemento em particular. “Realço a atitude de toda a equipa no momento defensivo. Temos provado que somos uma equipa muito coesa e difícil de conceder oportunidades de golo. Tivemos um desempenho muito bom nesse aspeto”. A cumprir a sua segunda temporada em Setúbal, Artur Jorge salienta a entrega de todos os que envergam a camisola vitoriana, admitindo, no entanto, que existem aspectos a melhorar. “Ninguém pode apontar nada a esta equipa. Temos uma atitude e um crer dentro de campo que tem de ser realçado. Tem-nos faltado um pouco de definição no último terço, mas vamos conseguir ultrapassar isso porque a equipa tem um comportamento de louvar em campo”. O facto de o Vitória ter dificuldades em marcar golos em 2019/20 – apenas por uma vez em seis jornadas a equipa conseguiu fazê-lo (triunfo 1-0 sobre o SC Braga) – não passa despercebido ao defesa que espera colmatar essa lacuna em breve. “A equipa cria oportunidades. Temos de continuar a trabalhar para chegar mais junto da baliza e criar ocasiões no último terço”. Artur Jorge, que destaca que o nulo com os algarvios “é mais um ponto somado na caminhada da equi-

ARQUIVO / DIREITOS RESERVADOS

“Ninguém pode apontar nada a esta equipa”

ARTUR JORGE. Defesa está a cumprir a sua segunda temporada na equipa do Sado

pa”, assegura que a confiança nos homens da frente se mantém intacta. “Temos toda a confiança na malta da frente. É uma questão de tempo”, vinca, lembrando que mantendo a baliza a zeros a equipa tem mais hipóteses de ganhar. “A continuarmos com esta postura no momento defensivo ficamos muito mais perto de vencer e fazer golos”. Sandro Mendes: «Jogadores deram tudo o que tinham» No final do encontro com o Portimonense, o treinador Sandro Mendes fez questão de elogiar os seus joga-

dores. “Era importante pontuar. Nos últimos dois jogos, em seis pontos conseguimos quatro. Trabalhámos para conseguir os seis, mas não foi possível Mais uma vez, os jogadores deram tudo o que tinham. Nos primeiros 15 podíamos ter feito algo mais, não conseguimos”. O timoneiro dos setubalenses lembrou que a equipa nunca cessou de buscar o golo que garantisse os três pontos. “Foi um jogo sem muitas oportunidades e na parte final faltou-nos tranquilidade para fazer melhores escolhas e talvez podermos chegar ao golo. Mas reforço que não tenho nada a apontar a estes joga-

dores, que quiseram ganhar. E uma vez mais, mantivemos a nossa baliza a zero”, sublinhou. Confrontado com a evidência de a equipa sofrer poucos golos, mas, em contrapartida marcar poucos também, Sandro Mendes respondeu de forma peremptória. “Não sofremos golos, mas os avançados também defendem muito. Falta-nos fazer golo, sim. Nós trabalhamos muito, mas se fosse fácil fazer golos, os jogos acabavam 8-8. Não é fácil. Falta-nos tranquilidade no último terço. Tentámos jogar por fora e por dentro, mas falta-nos sempre qualquer coisa e é desse qualquer coisa que temos de ir à procura”.

Equipa já prepara deslocação à Luz Menos de 24 horas após o embate com o Portimonense, o plantel vitoriano regressou ontem de tarde ao Estádio do Bonfim para dar início à preparação da próxima jornada diante do Benfica. A partida da sétima jornada da I Liga realiza-se sábado, a partir das 19:00 horas, no Estádio da Luz. Apesar das dificuldades que vão encontrar na casa do actual campeão nacional, os comandados de Sandro Mendes vão fazer tudo para surpreender as águias. RICARDO LOPES PEREIRA


TERÇA-FEIRA 24/09/2019

DESPORTO

DIREITOS RESERVADOS

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

15

JUNIORES Campeonato Nacional da 1.ª Divisão

DIREITOS RESERVADOS

Amora vira resultado na vitória sobre o Belenenses

FUTEBOL FEMININO

Clubes da 2.ª Divisão já conhecem adversários

Taça de Portugal será a primeira competição oficial da época Paio Pires, Amora, Pescadores da Caparica, Almada, Barreirense, Palmelense e Escolinha de Setúbal são as equipas que se preparam para o campeonato que na próxima temporada vai ser disputado em moldes diferentes POR JOSÉ PINA

A

Taça de Portugal, que tem a sua primeira eliminatória marcada para o dia 13 de Outubro, marca o arranque da nova época desportiva para os clubes que disputam o Campeonato Nacional da 2.ª Divisão. De acordo com o sorteio realizado, os jogos são os seguintes: Damaiense – Pescadores; Guia – Sintrense; Barreirense - União Almeirim; Torrense - Ponte Frielas; Tenente Valdez – Palmelense; Atlético - Casa do

DESPORTO ADAPTADO

Povo Pego; Almada - Paio Pires; Alverca - Amora e Pastéis da Bola Escola de Setúbal. Os Vidreiros ficaram isentos. Nesta primeira eliminatória será de destacar o confronto entre o Almada e o Paio Pires por ser o único entre equipas da nossa região e também por assinalar a estreia absoluta da equipa almadense em competições oficiais de futebol feminino. No mesmo dia realizou-se também o sorteio do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão que coloca duas equipas da região na Série G e as restantes na Série H. A competição, que começa no dia 20 de Outubro, na primeira jornada, tem os seguintes jogos: Série G: Futebol Benfica – Damaiense; Atlético – Pastéis da Bola; Almada – Barreirense. Folga o Tenente Valdez que na 2.ª jornada recebe o Almada. Série H: Escola de Setúbal – Palmelense; Estoril – Guia; Pescadores – Amora. Folga o Paio Pires que na 2.ª jornada recebe os Pescadores.

Modelo competitivo O Campeonato Nacional da II Divisão é disputado nesta primeira fase por 61 clubes, divididos em cinco séries de oito equipas e três séries de sete equipas, distribuídos de acordo com a sua localização geográfica, sendo apurados para a fase seguinte os dois primeiros classificados de cada série. A segunda fase será disputada por dezasseis clubes, divididos em duas séries de oito equipas, apurando-se para a fase final as equipas vencedoras de cada uma das séries. Sobem à Liga BPI os dois primeiros classificados, excepto se alguma das equipas em causa, pertencer a clube que já dispute a Liga. Nesse caso, sobe o clube subsequentemente melhor classificado na mesma série da segunda fase da prova, da equipa que foi à final, mas que não sobe. Na época 2020/ 2021, o Campeonato Nacional Futebol Feminino II Divisão será disputado por dezasseis clubes, os dois clubes que descem da Liga BPI e os clubes participantes na 2.ª fase da presente prova que não foram promovidos.

O

Amora esteve em grande na 6.ª jornada do Campeonato Nacional de Juniores ao derrotar o Belenenses por 3-1, em jogo realizado no Parque do Serrado. Os azuis da Medideira somaram assim a sua segunda vitória na competição melhorando de forma ligeira a sua posição na tabela classificativa na jornada que antecede a sua visita a Alcochete, onde defronta o Sporting já na próxima semana. Mas, voltando ao jogo com o Belenenses importa salientar que a primeira equipa a marcar foi a do Restelo, por Rodrigo Ramos, aos13 minutos, vantagem que seria desfeita mesmo ao cair do pano para o intervalo com um golo de Miguel Ivo, marcado na conversão de um pontapé de penalti. Na segunda parte a equipa amorense entrou a todo o gás e, aos 49 minutos Bruno Pinheiro, desfez a igualdade. O Belenenses tentou reagir ao resultado adverso mas quem voltou a marcar foi o Amora, desta vez por Henrique Pires, aos 70 minutos, conquistando assim os três pontos numa vitória altamente moralizadora perante um adversário que viu assim interrompido um ciclo de três triunfos consecutivos.

Nesta partida, o Amora alinhou da seguinte forma: André Santos; Henrique Pires, João Nunes, Pedro Francisco, Daniel Couraceiro; Hugo Nunes, Miguel Batista, Bruno Pinheiro (Bernardo Alfama, 79’); Miguel Ivo (Darcy Cornélio, 89’), António Bernardo (Miguel Pires, 14’) e Hugo Caeiro. Nesta jornada, que ficou incompleta devido ao adiamento do Tondela – Alverca, será de salientar a goleada do Vitória FC sobre o U. Leiria, último classificado, por 8-0. Resultados (6.ª jornada): Amora 3 Belenenses 1; Sacavenense 0 Benfica 2; Estoril 3 Vilafranquense 0; Académica 1 Sporting 2; Vitória FC 8 U. Leiria 0; Tondela – Alverca (adiado para 12/10). Classificação: 1.º Benfica, 18 pontos; 2.º Alverca, 13 pontos; 3.º Estoril, 12 pontos; 4.º Sporting, 11 pontos; 5.º Vitória FC e Belenenses, 9 pontos; 7.º Tondela, Sacavenense e Académica, 7 pontos; 10.º Amora, 6 pontos; 11.º Vilafranquense, 3 pontos; 12.º U. Leiria, 0 pontos. Próxima jornada (28/09): Sporting – Amora; Belenenses – Sacavenense; Alverca – Estoril; Vilafranquense – Académica; Vitória FC – Tondela; U. Leiria – Benfica. JOSÉ PINA

No Pavilhão Municipal da Torre da Marinha

O

Pavilhão Desportivo Municipal da Torre da Marinha, no Seixal, recebeu nos dias 14 e 15 de Setembro, o quinto Campo de Treino de Rugby em cadeira de rodas do ano 2019 promovido pela Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência no âmbito do projecto “+ Desporto ≠”, que tem como objectivo principal divulgar e promover a prática de diferentes modalidades a nível nacional. O Campo de Treino contou com a participação de 12 atletas, 3 técnicos da FPDD, 2 representantes do Inde-

DIREITOS RESERVADOS

Seixal recebeu 5.º Campo de Treino de Rugby em cadeira de rodas pendente Futebol Clube Torrense, 5 acompanhantes e o treinador da selecção alemã de Rugby em cadeira de rodas, Christoph Werner. Além das sessões práticas de treino orientadas pelo treinador alemão e pela treinadora portuguesa, Carlota Cunha, foram também partilhados diversos conhecimentos teóricos relativos à modalidade, que em muito contribuíram para o crescimento de todos. A FPDD agradece aos treinadores do IFCT, Jorge e Helena Colaço, por toda a colaboração, à Câmara Muni-

cipal do Seixal e à Associação de Paralisia Cerebral de Almada e Seixal pelo apoio prestado ao nível dos transportes e ao treinador Christoph Werner por ter sido fundamental na partilha de conhecimentos relativos ao Rugby em CR, apoiando o seu desenvolvimento em Portugal. “Mais Desporto” é um projecto apoiado pelo Programa Nacional de Desporto para Todos, co-financiado pelo Programa de Financiamento a Projectos pelo INR, I. P. e patrocinado pelos Jogos Santa Casa. JOSÉ PINA


Profile for O Setubalense

O Setubalense, diário regional de Setúbal nº 245  

O Setubalense, diário regional de Setúbal nº 245  

Advertisement