Page 1

PUBLICIDADE 0158

TERÇA-FEIRA | 7.MAIO.2019 | N.º 162 | Ano I | 5.ª Série

PUBLICIDADE

CALVÁRIO DE OBRAS EM ESCOLA DE CORROIOS EXIB MÚSICA P.4

VITÓRIA 0 X BOAVISTA 3 TRÊS EXPULSÕES EM 6’ DITAM DERROTA

P.14

Escola João de Barros manifestou-se ontem após nova interrupção de obras com 9 anos P.5 PINHAL NOVO

Bombeiros em festa com lume brando P.6

20 concertos de música ibero-americana em Setúbal PUBLICIDADE

Ânimos exaltados nas bancadas e tentativa de invasão de campo

Mercado Caramelo espera milhares P.7 FERNANDO PÓ

BONFIM DE CABEÇA PERDIDA PUBLICIDADE

Fernão Pó Adega vence e Ermelinda Freitas convence P.8


FIGURA DO DIA TERÇA-FEIRA, 07/05/2019

REPARO DO DIA

Û

2

MIRADOURO DA ARRÁBIDA OPINIÃO

SANDRO MENDES

Reunião pública de alcoólicos anónimos

O técnico vitoriano viu a sua equipa perder a cabeça e o importante duelo com um adversário directo na luta pela permanência. Pior ainda, vê-se privado de três unidades para a derradeira fase de todas as decisões.

“Cada grupo tem apenas um propósito primordial - levar a sua mensagem ao alcoólico que ainda sofre”

Edifício dos Quatros Caminhos cada vez mais degradado Reparámos que a degradação deste antigo edifício da Junta Autónoma das Estradas, nos Quatro Caminhos, em Setúbal, é cada vez mais avançada. Agora

Alcoólicos Anónimos é uma comunidade de âmbito mundial, composta por pessoas que sofrem da doença do alcoolismo e que, tendo pretendido parar de beber, vivem sem consumir álcool. O único propósito de AA é ajudar outras pessoas que tenham também um problema relacionado com o álcool, dando a conhecer a solução proposta por AA. A razão de ser de AA é, assim, a de divulgar, a todo e qualquer alcoólico(a) que pretenda ajuda, a existência de uma solução para quem sofre da doença, e de que é possível viver sem consumir álcool: a experiência dos grupos de AA, espalhados um pouco por todo o Mundo, demonstra-o claramente. Na cidade de Setúbal existe, também, um grupo de AA que hoje celebra o seu 27º aniversário. Periodicamente, nas últimas segundasfeiras dos meses de Fevereiro, Abril, Junho, Agosto, Outubro e Dezembro, o grupo de Setúbal de AA leva a cabo reuniões abertas com o objetivo de dar a conhecer o programa de Alcoólicos Anónimos á população e, em particular, a todos quantos queiram deixar de beber e não tenham ainda conseguido esse propósito. Integrada neste calendário e na celebração do 27º aniversário do grupo, a próxima reunião aberta será no dia 15 de Maio de 2019, pelas 16H00, que terá lugar na Sala de Reuniões da Cúria Diocesana no Edifício da Cáritas, Praça Teófilo Braga nº 14 em Setúbal. Assim, convida-se a população de Setúbal interessada neste assunto a assistir e participar daquela reunião. Todos(as) serão bem vindos (as). Para mais informações contactar: Grupo de Setúbal de Alcoólicos Anónimos 937 756 183 (Rosa F.) setubal.aa@gmail.com

já começou a desabar o telhado. As janelas rebentadas, na fachada exterior, são também cada vez mais. Para não falar dos grafites e das ervas.

Uma assembleia elucidativa

Salgueiro Maia, “o capitão sem medo”

FRANCISCO RAMALHO Ex-bancário, Corroios

Com uma extensa ordem de trabalhos, saudações ao 25 de Abril e ao 1º de Maio e assuntos de vital importância para a sua população e não só, reuniu a 29 do passado mês no seu auditório (José Queluz), a Assembleia de Freguesia de Corroios. Já aqui temos dito que a principal causa da ascensão de populistas, da extrema direita e mesmo do neo-fascismo um pouco por todo o mundo, nomeadamente aqui na Europa, é o resultado da desilusão de largos sectores da população com as políticas anti-populares praticadas pelo denominado centrão. Felizmente, Portugal, neste caso, ainda é um oásis. Mas, com exemplos como adiante se verá... Voltemos então à citada reunião magna dos representantes do povo

de Corroios, onde os eleitos pela CDU apresentaram moções sobre a saúde, o estacionamento na vila, o novo passe intermodal mais e melhores transportes públicos e pela conclusão das obras na Escola João de Barros. Quanto à saúde, cujos serviços continuam a ser prestados no velhinho e limitadíssimo Centro de Saúde,exigese que em relação ao novo Centro que supostamente deveria ter ficado pronto em 2018, arranquem finalmente as obras ainda este mês ou no próximo. No que diz respeito ao tão reclamado e necessário Hospital do Seixal face à saturação do Garcia de Orta que, segundo o senhor Secretário de Estado da Saúde Manuel Delgado em 9/5/17, estaria ao serviço da população em finais deste ano, exigese, evidentemente, o arranque das obras o mais rapidamente possível. Em relação a transportes, os subscritores da moção congratulam-se com a conquista do passe social intermodal a preços acessíveis na Área Metropolitana de Lisboa, exigem um forte investimento na melhoria dos transportes públicos e toda a sua infraestrutura física, operacional e humana e a concretização de uma velha aspiração e proposta da J F de Cor-

roios ; a criação de 4 carreiras em circuito na Freguesia para uma melhor mobilidade dos residentes aos serviços existentes: Escolas, Junta de freguesia, Centro de Saúde, Correios, Comércio local e outros. Relativamente às obras de Santa Engrácia, perdão, às obras de requalificação da Escola Secundária João de Barros que já vão quase numa década com alguns avanços, muitos recuos e a promessa do atual Governo que estariam efetuadas até finais de 2018, pararam outra vez e sem se saber até quando, uma vez que o empreiteiro foi-se embora levando toda a maquinaria, sem sequer ter concluído a primeira das 3 fases. Portanto, o martírio dos alunos e professores encafuados em contentores prossegue sem fim à vista. Exigindo-se, evidentemente, ao Governo, um cabal esclarecimento e o comprometimento pela requalificação da escola de uma vez por todas. Finalmente, a moção “POR UM ESTACIONAMENTO LIVRE”, trata outra velha aspiração e justa reclamação da JF de Corroios e da CM do Seixal, que consiste em os parques da Fertagus deixarem de estar, grande parte deles, às moscas porque os utentes,

para além dos bilhetes ou passes terem também que os pagar. Portanto, que sejam entregues à Autarquia, passando a mesma, a Câmara, a fazer a sua gestão pondo-os gratuitamente ao serviço dos utentes da Fertagus e de outros operadores públicos. Aliviando assim a carteira de quem precisa deslocar-se para o trabalho ou para outros fins e as ruas circundantes da estação ferroviária. Pois bem, cremos ser consensual a justeza de tais reclamações e exigências. Agora vejamos o resultado da votação das 4 moções em causa, facto principal que motivou este artigo de opinião. Assim, todas as moções foram aprovadas apenas com os votos da CDU e do Bloco de Esquerda, com uma única exceção; a respeitante à Escola João de Barros que também foi aprovada pelo PSD e o PS absteve-se. Na do passe intermodal, abstenção do PS e votos contra do PSD. Em relação à do Centro de Saúde e novo Hospital do Seixal, PS abstevese e PSD votou contra. E por último, a moção que reclama passarem os parques da Fertagus a ser gratuitos e geridos pela CM do Seixal, PS e PSD votaram contra.

FICHA TÉCNICA

PUBLICIDADE geral@osetubalense.com publicidade.setubal@gmail.com

SETÚBAL ALMADA SEIXAL PALMELA BARREIRO ALCOCHETE OUTROS CONCELHOS MONTIJO MOITA 212 383 228 265 520 716 265 094 354 265 092 725 212 318 392 212 047 599 212 047 599 212 384 894 937 081 515

Registo de Título N.º 107552 | Depósito Legal N.º 8/84

Propriedade: Outra Margem - Publicações e Publicidade, Lda. Contribuinte: 515 047 325. (Detentores de mais de 10% do capital social: Gabriel Rito e Carlos Bordallo-Pinheiro). Editor: Primeira Hora - Editora e Comunicação, Lda. Contribuinte: 515 047 031 (Detentores de mais de 10% do capital social: Setupress, Lda., Losango Mágico, Lda., Carla Rito e Gabriel Rito) Sede de Administração e Redacção: Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1.º, 2900-389 Setúbal. Conselho de Gerência: Carla Rito, Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro, Gabriel Rito e Carlos Bordallo-Pinheiro.

CONCELHO DE SETÚBAL Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1.º - 2900-389 Setúbal - Tel. 265 094 354 (geral) / 265092 633 (redacção) / 265 092 725 - 265 520 716 (dep. comercial) CONCELHO DE PALMELA Rua José Saramago, lote 26 - loja direita 2955-027 Pinhal Novo - Tel. 212 384 894 CONCELHOS DE MONTIJO E ALCOCHETE Praça da República, 63, Galerias Comerciais, Lj 18. Tel./Fax: 212 318 392

CONCELHO DO BARREIRO Intermarche da Moita - Quinta Santa Rosa Rua Classe Operário - Alhos Vedros - Moita Tel.: 212 047 599 - 939 050 535 CONCELHO DA MOITA Intermarche da Moita - Quinta Santa Rosa Rua Classe Operário - Alhos Vedros - Moita Tel. 212 047 599 / 939 050 535 REDACÇÃO Director: Francisco Alves Rito (CPJ 2292) diretor@osetubalense.com Redacção: Mário Rui Sobral (CPJ 3872 A),

Humberto Lameiras (CPJ 2321 A); Ana Martins Ventura (CPJ 7230 A). Colaboradores: Inês Antunes Malta (CPJ 7226 A); Miguel Nunes Azevedo (TP 2608); Fátima Brinca (CPJ 2574); Rogério Matos (CPJ 9929); Helga Nobre; André Rosa; Ricardo Lopes Pereira e José Pina. Fotografia: André Areias; Mário Prata, Alexandre Gaspar e Arsénio Franco. DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO Teresa Inácio, Dulce Lança e Branca Belchior. PUBLICIDADE Direcção Comercial: Carla Sofia Rito e Carlos Dinis Bordallo-Pinheiro. Setúbal: Ana Oli-

veira, Mauro Sérgio, Célia Felix e Rosália Baptista. Montijo: Graciete Rodrigues.Palmela: Liliana Santos. Barreiro: Carla Santos. Moita: Carla Santos. IMPRESSÃO Tipografia Rápida de Setúbal, Lda. - Travessa Jorge d’Aquino, 7 - 2900-427 Setúbal e-mail: geral@tipografiarapida.pt DISTRIBUIÇÃO VASP - Venda Seca, Agualva - Cacém Tel. 214 337 000 Tiragem média diária: 9.000 exemplares

Estatuto Editorial disponível em https://www.facebook.com/pg/ JornalOSetubalense/ about/?ref=page_internal

Edição online www.diariodaregiao.pt Digital Media Officer: José Luís Andrade

Os artigos assinados são da responsabilidade dos seus autores


SETÚBAL TERÇA-FEIRA, 07/05/2019

ACTUAL

No âmbito do ciclo ‘O Resto, o Sobrante...’

Casa da Cultura acolhe debate sobre arquitectura, urbanismo e ambiente O Instituto Politécnico de Setúbal e a Câmara Municipal promovem, na próxima sexta-feira, 10, a partir das 18h00, mais um debate no

âmbito do ciclo “O Resto, o Sobrante...”, enquanto parceiros no Projecto Gralha. O colóquio, sob o mote “Arquitectura, Urbanismo e Am-

biente”, terá lugar na Casa da Cultura de Setúbal e contará com os oradores Ana Jara, arquitecta, Sérgio Manso Pinheiro, geógrafo, e Vítor

Matias Ferreira, sociólogo. Este é o quarto debate promovido pelo Projecto Gralha, que arrancou em Junho de 2017.

3

[ ARQUIVO ]

SETÚBAL E-Tech Portugal distingue-se como a maior feira tecnológica do país

Grupo ambientalista à porta do Fórum Luísa Todi

Sado Participado quer travar dragagens para alargamento do Porto de Setúbal Esta quarta-feira uma Conferência Internacional sobre as Alterações Climáticas traz a Setúbal o Ministro do Ambiente e várias individualidades. Para os ambientalistas do Sado Participado é uma oportunidade para protestar contra as dragagens

POR HUMBERTO LAMEIRAS

O

grupo ambientalista Sado Participado marcou uma acção de protesto para esta quarta-feira junto ao Fórum Luísa Todi, onde se realiza a Conferência Internacional do Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climatéricas da Área Metropolitana de Lisboa. Este protesto pretende expor debates que incidem na “adaptação”. Dizem os ambientalistas que isto é “consequência da anterior inacção da classe política que, não tendo ouvido os sucessivos avisos da comunidade científica, se ocupa agora a pensar como reduzir os impactos dessa mesma crise que ajudou a criar”. Um dos casos, considera o Sado Participado, é o “projecto de melhoria das acessibilidades maríti-

mas ao porto de Setúbal” para o qual “exige” acção governamental para que seja “cancelado imediatamente”, isto para que se cumpram “as metas que limitam o aumento de temperatura a 1,5º C, considerando os níveis pré-industriais”, refere a organização em nota de imprensa. Dizem ainda os ambientalistas que as “mega dragagens que desejam fazer no Rio Sado, à semelhança de outros projectos em nome do crescimento económico (prospecção de combustíveis fósseis, novo aeroporto e expansão dos actuais, mineração de lítio e outros minerais), são a expressão de uma classe política incapaz de pensar uma alternativa a um modelo económico auto-destruidor do século passado”. Modelo este que “nos trouxe à actual crise climática e à extinção em massa da vida de que a nossa espécie depende”. Colocando em cima da mesa a sustentabilidade dos ecossistemas, consideram que as “dragagens previstas no mencionado projecto” são responsáveis pelo “aumento de emissões poluentes de grandes navios e dos produtos que transportam, como o cimento ou o clínquer, responsável por 5% das emissões mundiais de CO2”. O grupo Sado Participado define-se como reunindo um conjunto de pessoas de Setúbal e outras solidárias, dedicadas a promover o respeito pelas pessoas e os ecossistemas em torno do rio Sado.

A tecnologia de ponta vai dominar o Cais 3 do porto de Setúbal na próxima sexta-feira e sábado

[ ARQUIVO ]

Transformação digital em debate por especialistas nacionais e locais

POR ANA MARTINS VENTURA

A

E-Tech Portugal, certame tecnológico dedicado à mostra de produtos e projectos educativos de robótica e programação e workshops, realiza-se esta sexta e sábado no Cais 3 do porto de Setúbal. Numa área de exposição com 2700 metros quadrados, são esperados 10 mil visitantes, para apreciar as mais recentes novidades na área das TICE - Tecnologias de Informação, Comunicações e Electrónica, apresentadas por empresas consolidadas e startups, instituições públicas, associações empresariais, escolas, universidades e politécnicos. Quanto ao tema escolhido para a 4ª edição deste evento organizado em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, EDUGEP – Escola de Programação, Associação Nacional de Professores de Informática, Associação da Indústria da Península de Setúbal e Instituto Politécnico de Setúbal, é a “Transformação Digital”. A sessão de abertura da E-Tech decorre na sexta-feira, pelas 9h30, com intervenções da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira; do diretor da EDUGEP – Escola de Programação, António Gonçalves; da presidente da Associação Nacional de Professores de Informática, Fernanda Ledesma; do presidente da Associação Industrial da Península de Setúbal, Antoine Velge; e do presidente do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), Pedro Dominguinhos. Pelas 11h00 tem início o painel “Transformação Digital em 15 minutos”, com a participação de Carlos Sousa, da Introsys; do tenente-coronel Nuno Carocha Gonçalves, da GNR de Setúbal e do director-geral da Direcção-Geral da Educação,

Vítor Pedroso. Às 12h45, o administrador da Altice Portugal, Alexandre Teixeira da Fonseca, fala sobre “Novos Modelos de gestão e a importância das Telco na Transformação Digital das organizações”. Durante a tarde, entre as 14h30 e as 16h00, o painel “Transformação Digital na informação/Comunicação” conta com a presença do presidente da Associação Portuguesa de Imprensa, João Palmeiro; o co-fundador e diretor da Shifter, João Ribeiro e o director-adjunto da RTP – Antena 1, Paulo Sérgio. Segue-se pelas 16h00 o painel “Transformação Digital na Indústria/Agricultura/Mar” com intervenções de Gisela Garcia, da Volkswagen Autoeuropa e Teresa Almeida,

coordenadora do Programa Operacional Mar2020. No sábado, a partir das 9h30, está em discussão o tema “Transformação Digital na Saúde”, moderado por Rui Neves Madeira, do IPS, com intervenções de Paulo Veiga, administrador da Empresa de Arquivo de Documentação e Patrícia Macedo, investigadora do IPS. Entre as 11h00 e as 13h00, o painel “Transformação Digital na Cidade” conta com intervenções de Ricardo Salgado, da Tekever Digital e do vereador com os pelouros da Educação e da Saúde da autarquia, Ricardo Oliveira. A E-Tech encerra com a discussão da temática “Transformação Digital na Educação”, agendada para as 14h00 do dia 11.


REGIONAL MONTIJO

Já estão abertas as inscrições para a 6.ª edição do projecto “2 (de)mãos por Palmela” que visa embelezar e tornar mais atractivo o Centro Histórico de Palmela. A iniciativa vai decorrer no próximo dia 18, das 9h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00, com

ponto de encontro na Alameda 25 de Abril. Os voluntários que pretendam participar devem inscrever-se através dos contactos grch@cm-palmela.pt ou 212 336 647. Este ano serão pintados os muros da Alameda 25 de Abril, da Fonte do Carvacho (ambos

Amanhã no Cinema Teatro Joaquim d' Almeida

O

Cinema Teatro Joaquim d' Almeida, no Montijo, recebe amanhã, 8, a partir das 14h30, as “Jornadas de Saúde Sénior – viver mais com saber”. Para a sessão de abertura, além das participações de Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal, e Miguel Lemos, director executivo do Agrupamento dos Centros de Saúde (ACES) Arco Ribeirinho, estão previstas intervenções da secretária de Estado da Saúde, Raquel Duarte, e de Luís Pisco, presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo. A iniciativa, promovida em conjunto pela autarquia do Montijo e pelo ACES Arco Ribeirinho, vai contar com três

DIREITOS RESERVADOS

ACES Arco Ribeirinho e autarquia promovem jornadas de saúde sénior

os lados), do reservatório da Rua de Nenhures e Travessa de Nenhures e do Largo do Passo da Formiga, o murete junto ao estacionamento dos “Loureiros” e o Lavadouro de Sant’Ana e muro junto à sede do Motoclube de Palmela.

CM SETÚBAL

4

Projecto '2 (de)mãos por Palmela' com inscrições abertas TERÇA-FEIRA, 07/05/2019

painéis de oradores especialistas na área da saúde sénior (entre outras), para debate de “temas como o envelhecimento saudável: estratégias para o bem-estar, turismo sénior criativo e sexualidade e envelhecimento”, revela a edilidade. A sessão de encerramento

estará a cargo de Ricardo Bernardes, vereador na Câmara Municipal do Montijo, Lina Guarda, delegada de saúde coordenadora da Unidade de Saúde Pública Arnaldo Sampaio, e António Manuel Marques, director da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal.

SETÚBAL

EXIB Música oferece 20 concertos de 12 a 15 de Junho

Festival ibero-americano movimenta economia da região

PUBLICIDADE

PART-TIME – MCDONALD’S MONTIJO / PINHAL NOVO Função: - Responsável pelo acolhimento e hospitalidade durante o turno; - Atendimento personalizado ao cliente; - Recebe e gere reclamações; - Organiza toda a área da sala e do exterior do restaurante; - Apoia a organização das várias atividades internas. Requisitos e Per昀l: - 12º Ano de escolaridade ou licenciatura; - Disponibilidade para trabalhar a tempo parcial ou inteiro; - Experiência no atendimento ao público (preferencial); - Apresentação cuidada; - Dinamismo e 昀exibilidade; - Excelente capacidade de comunicação e de relacionamento interpessoal; - Simpatia e proatividade; - Gosto pelo trabalho em equipa. Oferecemos: - Contrato de trabalho; - Formação pro昀ssional inicial e contínua; - Trabalho em equipa com ambiente jovem, informal e divertido; - Possibilidade de desenvolver uma carreira pro昀ssional numa empresa multinacional de referência. Local de trabalho - Montijo / Pinhal Novo Se queres fazer parte da nossa equipa, envia o teu CV atualizado para Recrutamento.mcd.montijo.pn@gmail.com , com a referência MC_MONTIJO. Junta-te a nós e desperta o teu talento!

O evento, que une a Península Ibérica e a América do Sul, chega a Setúbal pela primeira vez e promete deixar a sua marca na cultura e na economia

C

erca de 400 pessoas de países ibero-americanos participam de 12 a 15 de Junho, em Setúbal, no V EXIB Música, uma mostra de música ibero-americana com 20 concertos. Esta é a primeira edição do EXIB Música em Setúbal, depois de duas edições realizadas em Espanha e outras duas em Portugal, na região de Évora. Durante a quinta edição deste evento o cantor português Zeca Afonso vai ser homenageado, assim como a cantora argentina, Mercedes Sosa, considerada uma das vozes mais

famosas na América Latina, conhecida como a voz das pessoas sem voz. O encontro internacional da música Ibero-americana é realizado com o apoio da Organização de Estados Ibero-americanos (OEI) e da Câmara Municipal de Setúbal, pretende promover o diálogo intercultural com a Europa através da cultura e da música. No dia 12 de Junho o V EXIB Música começa com uma Gala de Inauguração, com a Companhia do Canto Popular, no Fórum Luísa Todi e conta com a presença de mais de uma centena de músicos e artistas de diversos países, designadamente de Portugal, Argentina, Brasil, Espanha, México, Uruguai, Paraguai, Perú e Venezuela. Segundo a directora executiva do EXIB Música, Adriana Pedret, o festival tem um orçamento de 130 mil euros, além do apoio logístico da Câmara Municipal de Setúbal. Adriana Pedret salienta ainda que o festival deste ano inclui o “I Encontro sobre Gestão

Musical e a Cidade”, com início às 11h00 do dia 13 de Junho, que reúne profissionais de diversos países com o objectivo de criar sinergias para novos eventos culturais e festivais mais sustentáveis. Para a presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, o EXIB Música é um projecto atípico, uma vez que vai ter mais de 20 concertos, a realizar na Praça do Bocage, na Casa da Baía e no Coreto da Avenida Luísa Todi, todos com entrada gratuita. “Trata-se de um festival que não representa um encargo significativo para o município, que também é importante para a economia local, designadamente para a hotelaria e restauração, e constitui mais um passo para a projecção e internacionalização de Setúbal”, afirmou Maria das Dores Meira. A autarca referiu ainda que o EXIB Música tem o apoio de diversos órgãos de comunicação social de âmbito nacional e o alto patrocínio do Presidente da República. Lusa


TERÇA-FEIRA 07/05/2019

SEIXAL

REGIONAL

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

5

Alunos de Corroios dizem não a mais aulas em contentores

A nova paragem das obras de requalificação da Secundária João de Barros foi um balde de água fria para a sua comunidade escolar. Pais e autarcas vão fazer ouvir a sua revolta junto do Ministério da Educação e dos deputados da República. Estão casados de dez anos de impasses POR HUMBERTO LAMEIRAS

P

ais, alunos e professores exigiram ontem à frente do portão da Escola Secundária João de Barros a conclusão das obras de requalificação deste estabelecimento de ensino em Corroios. São obras que se poderia dizer enguiçadas; começaram há quase dez anos e têm sido interrompidas por diversas vezes. A última vez foi no fim de Abril, com o empreiteiro CIP- Construção a suspender os trabalhos. Através da Associação de Pais foi marcada uma concentração para as 8h00 de ontem, e a comunidade escolar e autarcas e disseram “basta, as obras têm de ser acabadas”. Esta foi a expressão usada pela presidente da Associação de Estudantes da Secundária João de Barros, Evelina Quino que, desde que entrou nesta escola do concelho do Seixal espera pela conclusão das obras, e já lá vão quatro anos. Ao que sabe, a requalificação da escola “esteve parada durante sete anos”, por isso quando chegou o último empreiteiro davam a espera por finda, mas não parece vir a ser assim. “Quando demoliram o bloco B pensámos que havia evolução, mas depois deixámos de ouvir os trabalhadores”, conta

DIREITOS RESERVADOS

Pais e autarcas exigem ao poder central conclusão das obras da João de Barros

a aluna. E quando os alunos souberam que as obras seriam encurtadas em 30% já esperavam um desfecho desagradável. Na passada semana confirmou-se, “disseram-nos que as obras tinham parado”. Este é um impasse para o qual o director do Agrupamento de Escolas João de Barros já disse publicamente não estar disponível. E, enquanto a Parque Escolar deu a saber que está a estudar a situação, a Associação de Pais garante que não vai ficar parada. Com os alunos a dizerem que não podem usar um terço do espaço exterior da escola por causa das obras, e que quando chove não há abrigo para todos, o presidente da Associação de Pais, José Lourenço, repetia ontem que é preciso atalhar passos do concurso para nova empresa pegar nos trabalhos. “Para situações excepcionais é preciso medidas excepcionais”, repetia, e defende que o Ministério da Educação decida por um empreiteiro em ajuste directo. Entretanto, está marcada para a próxima terça-feira uma reunião entre a Parque Escolar e o Conselho Geral da Escola para que “nos seja explicado qual o ponto de situação”. Ao mesmo tempo revela que a associação vai levar a história deste impasse de obras “aos grupos parla-

mentares na Assembleia da República” e, se possível, sentar à mesa com a Comissão Parlamentar de Educação. Têm de ser agilizadas medidas evocando o interesse público para que sejam ultrapassados os prazos burocráticos dos concursos. Para José Lourenço é este o caminho depois da CIP-Construção ter suspendido a obra. Tecnicamente o empreiteiro “suspendeu a obra, mas na prática retirou todo o material que tinha na escola”. Seja como for, “neste momento as obras estão paradas e não podemos ficar a olhar para o problema”, afirma a vereadora responsável pelo pelouro da Educação e Desenvolvimento Social. Para Manuela Calado “é preciso uma medida de excepção”, porque “não podemos voltar à estaca zero”. Ou seja, ir para novo processo de concurso, com a demora a que este obriga, “não é solução”. Diz a autarca que o Ministério da Educação “não pode permitir uma escola pública sem condições”, e avança que a Câmara “está pronta para ajudar no que estiver ao seu alcance”. Para já o executivo municipal “vai promover uma reunião com o Ministério”. É que, aconteça o que acontecer, “é preciso uma solução efectiva”. O que ninguém quer é um impasse que obriga os alunos

e professores a viverem num ambiente de aulas em contentores. “Não temos condiPUBLICIDADE

ções”, afirma Evelina Quino que elogia o empenho dos professores, mas “não consegui-

mos trabalhar bem numa escola em meio de obras e carteiras partidas”, infere. Alegadamente o empreiteiro CIP-Construção terá suspendido a obra por a Parque Escolar “não ter atendido à sua solicitação de alargar o prazo para mais 14 meses e avançar com 3,3 milhões de euros (40%) sobre o valor total da execução”, diz José Lourenço, que considera a possibilidade da empresa estar com dificuldades financeiras. O que não entende é como uma obra com “um prazo de 20 meses ao fim de 18 meses nem a primeira das suas três fases estava concluída”. Até ao fecho da edição O SETUBALENSE-DIÁRIO DA REGIÃO tentou falar com o empreiteiro em questão, não tendo sido possível.


6

SETÚBAL

A Rua Francisco Sá Carneiro estará condicionada ao trânsito automóvel nos dias 13 e 14, entre as 08h30 e as 12h30, devido a

LOCAL PALMELA

Alterações de trânsito

Requalificação de estrada condiciona trânsito em vanicelos

TERÇA-FEIRA, 07/05/2019

trabalhos de fresagem e reposição de massas asfálticas. A interrupção está prevista para a zona de intersecção com a Rua Arman-

do Guerreiro, próxima ao Parque de Vanicelos. Esta operação na via pública motiva igualmente o condiciona-

mento à circulação rodoviária na Rua Tenente Jean Raymond, na intersecção com a Praceta dos Marmelinhos.

Simulacros de sismos nas escolas

O Dia Municipal do Bombeiro começou com o aniversário dos Bombeiros de Pinhal Novo, que este ano organizam as iniciativas, que se prolongam até 19 de Maio

[ FOTOS: DIREITOS RESERVADOS ]

Dia Municipal do Bombeiro aposta na protecção das crianças

POR FÁTIMA BRINCA

A

Associação dos Bombeiros de Pinhal Novo é a instituição mais emblemática da freguesia e a população mobilizou-se para homenagear os soldados da paz, que assinalaram os 68 anos de existência com desfiles e baptismo de uma nova ambulância para transporte de doentes não urgentes. Depois da bênção do padre Ramalho, que benzeu a nova ambulância com o nome de José António Guerreiro, pessoa que tem dedicado a vida ao associativismo, foram atribuídos os emblemas de dedicação aos sócios com 25 e 50 anos. A sessão solene começou com a intervenção do comandante substituto Vasco Marto, que lembrou que “os bombeiros são um exército de múltiplas funções, que chegam em primeiro lugar aos incêndios, aos acidentes e às acções de socorro”, estando sempre preparados para servir as populações. Críticas de José Calado O presidente da Associação de Pinhal Novo lembrou que “devido ao atraso das obras do quartel, as comemorações de aniversário foram na rua, mas isso permite que estas sejam assinaladas com a inauguração e mais um convívio com a população”. José Calado prometeu um discurso “um bocadinho diferente, feito com o coração”, onde criticou a “decisão de pôr a GNR a combater incêndios florestais envolvendo verbas significativas, que deviam reverter a favor da formação dos

bombeiros”. A falta de legislação que defina o apoio financeiro aos bombeiros “cria muitas guerras internas e não permite que haja mais igualdade” destacou e apelou à Câmara de Palmela para que “ajude pois não temos equipamentos suficientes para acudir aos incêndios urbanos e florestais”. Apesar de reconhecer que “a nossa câmara não é das piores no apoio aos bombeiros, precisamos de um pouco mais e pode-se ir mais longe”, lembrando “a falta de dois veículos importantíssimos para o combate aos incêndios”. O presidente dos Bombeiros de Pinhal Novo terminou com um agradecimento ao comandante cessante, José Neto, que “ao longo de dois anos deu o seu melhor”. Para Manuel Lagarto, presidente da Junta de Freguesia de Pinhal Novo, “os bombeiros não são soldados da paz, mas combatentes pela paz na luta contra as adversidades” e “podem contar connosco, que reconhecemos o trabalho que desenvolvem”. Depois de prestar tributo aos fundadores da Associação, o presidente Álvaro Amaro destacou a realização das comemorações do Dia Municipal do Bombeiro, que “nestes 19 anos têm dado frutos, em particular na comunidade educativa com o mote da segurança das crianças”. O presidente da câmara realçou “o apoio dado aos bombeiros na requalificação das obras dos quartéis, no montante de 500 mil euros e iremos ter mais 90 mil

euros de apoios às três corporações do concelho”. Discurso populista e sem rigor O edil de Palmela respondeu a José Calado lamentando “o discurso populista, que seria melhor se fosse rigoroso em relação à lei do financiamento”, porque “tal como vós reivindicamos essa lei de financiamento e não ouvi uma palavra de quanto esta Associação recebe do Estado”. Álvaro Amaro destacou “temos orgulho em construir soluções com as associações e pugnámos muito para que as candidaturas dos quar-

téis contemplassem as duas corporações, que ajudámos a financiar” e “qualquer candidatura para aquisição de viaturas de combate a incêndios urbanos e florestais e aos equipamentos de uso individual que terão apoio da câmara”. O presidente lembrou que “Palmela é o único município que conheço que tem três equipas de bombeiros permanentes” e deixou um apelo: “É preciso haver paz, solidez, dignidade e competência e não tenho dúvidas sobre a capacidade operacional dos nossos bombeiros”. Na sessão solene foram promovidos mais de uma dezena de bombeiros e a Liga atribuiu seis medalhas de distinção.

Programa do Dia Municipal do Bombeiro As comemorações vão continuar com as seguintes iniciativas: Dia 10 de Maio – 09h30 Debate/ Semanário “Segurança das crianças a nossa responsabilidade”, na Escola Secundária de Pinhal Novo Dia 13 de Maio – 10h30 Simulacro de sismo na Escola Básica de Aires Dia 14 de Maio – 17h30 Exercício de atuação conjunta das três corporações de bombeiros do concelho, na Escola José Maria dos Santos Dia 16 de Maio – 10h30 Simulacro de sismo na Escola Básica de Cajados Dia 17 de Maio – 10h30

Simulacro de sismo na Escola Básica da Palhota Dia 18 de Maio – Auditório Municipal do Pinhal Novo 10h30 – Receção às entidades oficiais 10h45 – Desfile apeado e motorizado

11h00 – Sessão solene de homenagem aos bombeiros Dia 19 de Maio – 13h00 Almoço convívio com a Câmara, Juntas de Freguesia, dirigentes, comandos e corpos ativos das Associações de Bombeiros do Concelho


TERÇA-FEIRA 07/05/2019

Este fim-de-semana, a partir de sexta-feira

Mercado Caramelo espera milhares de visitantes

A animação será uma constante

Sopa caramela continua a ser principal referência, mas este ano há novidades como a Caça aos Gambuzinos e a Mais Louca Corrida Caramela de Carrinhos de Rolamentos

POR FÁTIMA BRINCA

O

Mercado Caramelo vai realizar-se nos dias 10, 11 e 12 de Maio, no Pinhal Novo, com a gastronomia a ser a principal referência, mas a edição deste ano aposta em iniciativas inéditas com a Caça aos Gambuzinos e a Mais Louca Corrida Caramela de Carrinhos de Rolamentos. Se a sopa caramela é a grande referência da iniciativa, este ano será apresentado o Pu-

A sopa caramela será deustada por milhares de visitantes

Os presidentes da Junta de Freguesia e da Confraria da Sopa Caramela

dim Caramelo confeccionado à base de abóbora e as batatas ensalsadas, que remontam aos tempos antigos. O Mercado Caramelo remonta a 9 de Maio de 1875, quando se instalou junto à igreja, crescendo rapidamente até ao antigo matadouro, numa zona de eucaliptal, onde nasceu a Praça da Independência. Nesse Mercado comercializava-se tudo e, em especial, animais vivos, daí a tradição de serem benzidos junto à igreja, antes de serem comercializados. A venda de roupas, de ferramentas e alfaias agrícolas, árvores e produtos de toda a espécie com os vendedores da banha da cobra a anunciarem a cura para todas as maleitas eram destaque dos outros tempos. Na edição deste ano a Comissão Organizadora suportada pela Confraria da Sopa Caramela e da Junta de Freguesia de Pinhal Novo criou a iniciativa Panela ao Lume onde se dá a conhecer a confecção da Sopa Caramela, que remonta aos séculos XVIII e XIX, à base

Jogo do Pau é umas das actividades que integram a programação

de batata, feijão, repolho, cenoura, toucinho e enchidos, as batatas ensalsadas e o pudim de abóbora. Os ofícios antigos estarão em destaque desde o barbeiro da aldeia, os tanoeiros, as lavadeiras, os pastores, que darão a conhecer as suas artes sempre animadas e acompanhadas das charangas, do jogo do pau, do folclore e dos bailaricos, com os intervenientes a trajarem à moda antiga. Os vinhos e cervejas serão servidos em canecas de alumínio, tal como se usava antigamente. As crianças também terão oportunidade de usar o espaço do Mercadito Caramelo onde aprendem a fazer queijos e chouriços. Parcerias dinamizam actividades O teatro e as danças estarão em destaque, mas a edição deste ano conta com a colaboração da Arcolsa, onde a ordenha e a tosquia das ovelhas estarão em destaque. Já Os Indiferentes irão contribuir com o

Álvaro Amaro aproveitará para cortar o cabelo

desafio “Vamos caçar Gambuzinos”. Na ponte junto ao Mercado Municipal realiza-se a Mais Louca Corrida Caramela de Carrinhos de Rolamentos. A edição deste ano conta com um espaço mais alargado no Largo José Maria dos Santos, depois da eliminação do lago, com a gastronomia a estender-se pela rua da Estação, e onde haverá mais expositores, que irão até à Praça da Independência. Destaques do programa O Mercado Caramelo tem abertura agendada para as 18 horas de dia 10, onde a leitura de contos caramelos assumem o principal destaque. Já a iniciativa Panela ao Lume, nos dias 11 e 12 de Maio, desafia os visitantes a assistirem à confecção da sopa caramela, das batatas ensalsadas, do pudim de abóbora, do fabrico de chouriços e queijos. A Caça aos Gambuzinos é o foco das atenções na manhã de dia 12 de Maio, seguindo-se a bênção dos animais, em frente da igreja.

Sara Pessoa anima com os bailaricos

7 [ FOTOS: DIREITOS RESERVADOS ]

PINHAL NOVO

LOCAL

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

As casas caramelas já estão a ser montadas

O Mercado terá loiça personalizada

Os ofícios antigos estarão em destaque


8

LOCAL

TERÇA-FEIRA 07/05/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

MOSTRA DE VINHOS DE FERNANDO PÓ

Prémio do público foi para a Casa Ermelinda Freitas

Evento ultrapassou expectativa em visitantes, com 8.500, e organização conclui que alterar a data foi “excelente decisão”

FOTOS: O SETUBALENSE - DIÁRIO DA REGIÃO

Fernão Pó Adega conquista prémio Melhor Vinho enquanto a adega Marcolino Freitas & Filho conquistou o 3º lugar. No total de 40 vinhos, foram escolhidos os 10 Melhores, com as seguintes classificações: Naciolindo Baeta (4º lugar), Fernando Santana Pereira (5º), Pedro Fernandes Monteiro (6º), José Bento Freitas (7º), Celestina Gomes (8º), Vinhos Althiag’o (9º) e Sociedade Agrícola Ti Bento (10º).

POR FÁTIMA BRINCA

A

Mostra de Vinhos deste ano terminou no domingo com um total de 8.500 visitantes, numero que supera largamente as previsões da comissão organizadora, que apontava para os sete mil.

Bom tempo premeia antecipação EVENTO. Os autarcas estiveram em peso na Mostra de Vinhos

O presidente da Mostra, Bruno Pedroso, revelou que “a alteração da data foi uma excelente decisão e, apesar de

apontarmos para sete mil visitantes, estes ultrapassaram os oito mil e quinhentos”. Os resultados do Concurso dos

10 melhores vinhos foram anunciados na noite de domingo, com a Fernão Pó Adega a conquistar o 1º lugar, depois de ter vencido em 2015.

O público da Mostra também votou e a Casa Ermelinda Freitas foi a vencedora, tendo também ficado em 2º lugar na classificação geral,

PUBLICIDADE

A Fernão Pó Adega conquistou o prémio do Melhor Vinho

A Casa Ermelinda Freitas foi a preferida do público

Os três dias da Mostra, que foi antecipada uma semana, foram brindados com sol, atraindo mais visitantes, que degustaram a gastronomia acompanhada dos vinhos de excelente qualidade. Bruno Pedroso, presidente da Comissão Organizadora da Mostra, reconheceu “os visitantes ultrapassaram os números do ano passado” e “traduziram-se em excelentes resultados, apesar da antecipação do evento” e aponta o caminho do futuro “vamos começar já a trabalhar para o próximo ano e agendámos uma reunião com os produtores para nos darem sugestões que contribuam para melhorar a Mostra”. Também o presidente da Câmara de Palmela, Álvaro Amaro, destacou “a Mostra tem gente empreendedora e iremos continuar a trabalhar em parceria convosco” e prometeu “vamos avançar com a requalificação dos espaços exteriores de um e outro lado da linha para dar melhores condições à aldeia vinhateira de Fernando Pó”. Também a presidente da União de Freguesias, Cecília Sousa, manifestou o seu orgulho pela “forma como o produto de referência, que são os nossos vinhos, tem sido promovido” e fez “um agradecimento muito especial aos trabalhadores da freguesia” que ajudaram a “contribuir para o sucesso da Mostra”.


TERÇA-FEIRA 07/05/2019

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

PUBLICIDADE

9


LOCAL

HORĂ“SCOPO Pelo AstrolĂłgo TarĂłlogo e Guia Espiritual

Francisco Guerreiro ConsultĂłrio: 96 377 05 04 MONTIJO

E-mail: francisco_astrologo@hotmail.com

CARNEIRO - 21.03 a 20.04

^

No plano amoroso, bons momentos adivinham-se. A harmonia Ê uma constante, mesmo que possam surgir alguns conflitos. No plano profissional, pode vir ao de cima uma questão antiga e que pode abalar a sua posição no trabalho. Tente parecer que estå seguro mesmo que isso não corresponda å realidade. Carta da Semana – A Temperança, capacidade de adaptação ås evoluçþes, tente compreender o que o rodeia.

TOURO - 21.04 a 21.05

_

TERÇA-FEIRA 07/05/2019

O DIĂ RIO DA REGIĂƒO DE SETĂšBAL

No plano amoroso, esta semana sente-se um pouco confuso em termos sentimentais. Mas não surgirão grandes problemas. No plano profissional, estarå iluminado, com uma grande capacidade de influência sobre os outros e de resolução de problemas. Carta da Semana – O Mago, capacidade de escolha, aproveite para tomar decisþes e encontrarå boas soluçþes.

ALCĂ CER DO SAL

Museu Pedro Nunes com 1.400 visitantes desde a reabertura Maior parte das visitas (666) foram turistas. Do total de visitantes apenas 95 são estrangeiros, oriundos de países como Inglaterra, Espanha, Alemanha, França, Brasil e Itålia

DIREITOS RESERVADOS

10

GĂŠmeos - 22.05 a 21.06

`

No plano amoroso, consegue contagiar todos com a sua boa disposição. Excelente período para relacionamento a dois. No plano profissional, grandes perspectivas de promoção ou atÊ mesmo de se tornar independente. Carta da Semana – O Imperador, esta carta representa o começo da luta pelo progresso.

CARANGUEJO - 22.06 a 22.07

a

No plano amoroso, desenvolva uma postura sĂŠria e de confiança, ainda que atravesse um perĂ­odo algo complicado, pense que nem tudo o que parece ĂŠ. No plano profissional, semana de grandes concretizaçþes embora alguns resultados sejam mais demorados. Carta da Semana – A Papisa, esta carta aconselha a que seja prudente e nĂŁo “fale demaisâ€?, pois a confidencialidade nĂŁo serĂĄ respeitada.

LEĂƒO - 23.07 a 23.08

b

No plano amoroso, tendência para desmotivação, mas não se precipite e evite explosþes verbais. No plano profissional, a falta de concentração neste período farão com que surjam muitos problemas alÊm de você achar que algo se passa por trås das suas costas. Carta da Semana – A Lua, esta carta diz-nos que esta semana não deve arriscar pois a sorte não estå aliada a si. Tente gerir-se pela lógica.

VIRGEM - 24.08 a 23.09

c

No plano amoroso, não se culpe por algo que aconteceu no passado, se surgir oportunidade de amar, siga em frente mas sem grandes expectativas. No plano profissional, a fase que se aproxima Ê favoråvel a associaçþes, no entanto, não Ê aconselhåvel que o faça sem que analise correctamente as pessoas em questão. Carta da Semana – O Amoroso, esta carta diz que deve evitar decisþes muito repentinas sem estarem bem definidas.

BALANÇA - 24.09 a 23.10

d

No plano amoroso, vai ultrapassar a instabilidade sentimental, novos conhecimentos. No plano profissional, tente conter os gastos, só economizando Ê que se pode ter resultados positivos. Carta da Semana – O Mundo, esta carta capta boas influências, que permitem que consiga ter êxito em tudo aquilo a que se propuser fazer.

ESCORPIĂƒO - 24.10 a 22.11

e

No plano amoroso, viva o amor com muita intensidade mas respeitando a individualidade de cada um, caso contrårio pode correr o risco de se perder, de não saber quem Ê. No plano profissional, leve avante novas iniciativas. Aposte em trabalhos pessoais e verå o seu trabalho ser reconhecido. Carta da Semana – O Sol, esta carta exerce uma influência positiva e protectora, mas você necessita de uma virtude natural sua que Ê a coragem.

SAGITĂ RIO - 23.11 a 20.12

f

No plano amoroso, aumente a tentativa de promover o diålogo e a descoberta de afinidades para consolidar a sua relação. No plano profissional, semana de grandes realizaçþes, mas vai correr alguns riscos, mas correrå tudo pelo melhor. Carta da Semana – A Imperatriz, esta carta define uma semana de boas evoluçþes, em todas as situaçþes sairå com bons resultados.

CAPRICĂ“RNIO - 21.12 a 20.01

g

No plano amoroso, se continuar a haver uma ausência de apoio e dedicação as relaçþes correm o risco de se dissolverem. Reflicta e estabeleça prioridades. No plano profissional, tente dar um equilíbrio å parte profissional, mas tudo estå controlado. Carta da Semana – O Julgamento, esta carta significa que estå a ser observado, qualquer passo em falso, cai-lhe tudo em cima, como se tivesse constantemente a ser julgado.

AQUĂ RIO - 21.01 a 19.02

h i

No plano amoroso, semana de recompensas, esteja confiante e tudo correrå como deseja. No plano profissional, possibilidades de viagens de negócios, contenha os gastos, estå um pouco extravagante. Carta da Semana – O Papa, esta carta mostra-nos que você tem necessidade de sentir seguro e de conhecer a verdade.

PEIXES - 20.02 a 20.03 No plano amoroso, modifique algumas atitudes para que consiga aliviar tensþes familiares. No plano profissional, momento em que tem algumas dificuldades em controlar situaçþes inesperadas. Carta da Semana – O Dependurado, esta carta diz-nos que você tem que se libertar de algumas situaçþes, mas que só consegue se tiver apoios.

O SEGREDO DAS CARTAS

Pelo TARĂ“LOGO e ASTRĂ“LOGO Francisco Guerreiro. Resolva todos os seus problemas sentimentais, profissionais, financeiros e de saĂşde, marcando uma consulta pelo nĂşmero 96 377 05 04. ApĂłs a 1.ÂŞ consulta efectua tratamentos espirituais. ConsultĂłrio: Rua Serpa Pinto n.Âş 127 3.Âş Esq. - Montijo

E-mail:francisco_astrologo@hotmail.com

C

erca de 1.400 pessoas visitaram o renovado Museu Municipal Pedro Nunes, em AlcĂĄcer do Sal, desde a sua reabertura no inĂ­cio de Abril, apĂłs obras de requalificação. Segundo a Câmara de AlcĂĄcer do Sal, que considerou o nĂşmero de visitantes "bastante entusiasmanteâ€?, o espaço museolĂłgico recebeu a visita de 666 turistas, 304 residentes no concelho alentejano e 430 visitas correspondentes a deslocaçþes de Ă­ndole escolar e pedagĂłgica. O municĂ­pio explica, em nota de Imprensa, que, entre o pĂşblico total, contam-se 1.305 pessoas de nacionalidade portuguesa, sendo as restantes estrangeiras, com destaque para os visitantes oriundos de paĂ­ses como Inglaterra, Espanha, Alemanha, França, Brasil e ItĂĄlia. “A faixa etĂĄria de maior real-

ce situa-se acima dos 60 anos, seguida pela faixa compreendida entre os 20 e os 40 anosâ€?, acrescentou o municĂ­pio do litoral alentejano, que durante o primeiro ano de funcionamento do renovado museu nĂŁo vai cobrar entradas ao pĂşblico em geral. As obras de requalificação do Museu Municipal Pedro Nunes, que esteve fechado ao pĂşblico durante 12 anos, devido ao seu estado de degradação, permitiram recuperar o nĂşcleo museolĂłgico com “a renovação do coro-alto existenteâ€? e instalar uma nova rede elĂŠtrica e de iluminação interior ambiental. Financiadas por fundos comunitĂĄrios, as obras, num montante de 1,5 milhĂľes de euros, tiveram inĂ­cio em Março de

2017 e obrigaram a um "profundo restauro" do edifĂ­cio da antiga Igreja do EspĂ­rito Santo, onde estĂĄ instalado o museu. O renovado museu, que ostenta o nome do matemĂĄtico Pedro Nunes, nascido em 1502, em AlcĂĄcer do Sal, estĂĄ localizado na Praça do MunicĂ­pio, junto ao rio Sado, antigo porto estratĂŠgico para as trocas comerciais. Os visitantes tĂŞm a oportunidade de ficar a conhecer a importância do rio Sado e o desenvolvimento de AlcĂĄcer do Sal ao longo de vĂĄrias ĂŠpocas, com recurso “a realidade aumentada e conteĂşdos interactivosâ€?, sendo, do ponto de vista formativo e educativo, “extraordinariamente importante para a regiĂŁo e para o paĂ­sâ€?, considera a autarquia.

O museu acolheu, entre 2008 e 2011, um ciclo de escavaçþes a cargo do sector de Arqueologia e Museologia da Câmara de Alcåcer do Sal, que deu a conhecer a ocupação humana desde o sÊculo IV a.C. atÊ ao sÊculo XVIII. Lusa

CLASSIFICADOS 1205

PRECISA-SE M/F

Assador, empregado de mesa e copa para SetĂşbal. Tlm.: 918 167 391

PUBLICIDADE

BLOCO CL�NICO Farmåcia Portugal DIRECTOR TÉCNICO Fernando Gamito Rodrigues Av. Jaime Cortesão, 77-B Tel. 265 539 060 • Setúbal Horårio: 09h00 - 13h00; 14h00 - 20h00 Såbado: 09h00 - 13h00

LABORATĂ“RIO DE ANĂ LISES CLĂ?NICAS

Recrutamento de comercial Para Palmela, Barreiro e Moita.

'5$0$5,$),/20(1$/23(63(5',*­2 '5$/)5('23(5',*­2 +RUiULR�D�IHLUDK 6iEDGRK 5XD-RUJHGH6RXVD_6HW~EDO ZZZSUHFLODESW_WHO WHOP_)D[

Email: rh@aorhmais.pt 1353

PRECISA-SE M/F

empregado de mesa e ajudante de cozinha, tempo inteiro. Curriculum para cafeancora@hotmail.com Tlm.: 934 101 034

PRECISA-SE

1037

ASSADOR E AJUDANTE DE COZINHA COM PRĂ TICA. TLM. 918 167 391 SETĂšBAL


TERÇA-FEIRA 07/05/2019

PUBLICIDADE

O DIĂ RIO DA REGIĂƒO DE SETĂšBAL

RUI DA CONCEIĂ‡ĂƒO BORGES

PAULO JOSÉ D'ALMEIDA BRANCO

AMARILDE CONCEIĂ‡ĂƒO VICTOR CARVALHO

(1965 – 2019)

(1932 – 2019)

Participação e Agradecimento

Participação e Agradecimento

(1948 – 2019)

JOSÉ ALFREDO MENDES LAMARĂƒO (1938 – 2019)

Participação e Agradecimento

A funeråria Armindo lamenta informar o falecimento de Rui da Conceição Borges. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

A funeråria Armindo lamenta informar o falecimento de Paulo JosÊ D’Almeida Branco. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

$)XQHUiULDGD $)XQHUiULDGD 3LFKHOHLUD/GD )XQHUDLV&UHPDo}HV7UDVODGDo}HV 6(59,d2 3(50$1(17( 9HQGDGHDUWLJRVUHOLJLRVRVHHVRWpULFRV 7OP

3UHoRVORZFRVW

(67$026&216,*23$5$26(59,5&20+21(67,'$'((&203(7Ăˆ1&,$ 6HGH 5XD'U)DULDGH9DVFRQFHORVQž% /LVERD 7HO )D[

11

)LOLDLV $Y*HQHUDO+XPEHUWR 'HOJDGRQ¾ 3LQKDO1RYR 7HO)D[

5XDGD&RUGRDULD Qž% $PRUD 7HO

Faleceu

A funerĂĄria Armindo lamenta informar o falecimento de JosĂŠ Alfredo Mendes LamarĂŁo. A famĂ­lia vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolĂŞncias.

SIDĂ“NIO DA SILVA D’ALMEIDA FALECEU A 02/05/2019 PARTICIPAĂ‡ĂƒO E AGRADECIMENTO Sua esposa, ďŹ lhos, genro, nora, netos, bisneto e restante familiafamĂ­lia, tĂŞm o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente muito querido e de agradecer reconhecidamente a todos os que se dignaram acompanhĂĄ-lo Ă sua Ăşltima morada, bem como aos que das mais diversas formas, lhes manifestaram pesar.

AGĂŠNCIA FUNERĂ RIA COSTA SETĂšBAL 265 523 496

ZHEIXQHUDULDSLFKHOHLUDSW

JOSÉ AUGUSTO NEPOMUCENO

A funeråria Armindo lamenta informar o falecimento de Amarilde Conceição Victor Carvalho. A família vem por esta via agradecer a todas as pessoas que se dignaram a acompanhar o funeral ou que, de qualquer outra forma, manifestaram as suas condolências.

Participação e Agradecimento

www.funerariacosta.com

LUCINDA ELISA FERREIRA CRESPO Faleceu 01-05-2019

PARTICIPAĂ‡ĂƒO E AGRADECIMENTO

PARTICIPAĂ‡ĂƒO E AGRADECIMENTO

Seu ďŹ lhos, irmĂŁos, sobrinhos, restante famĂ­lia e amigos cumprem o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente querido cujo o funeral se realizou dia 02-05-2019 para o CrematĂłrio de SetĂşbal. Na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vem por este meio agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar ou que de outra forma manifestaram o seu pesar.

Suas ďŹ lhas, genros, netos, bisnetos, restante famĂ­lia e amigos cumprem o doloroso dever de participar o falecimento do seu ente querido cujo o funeral se realizou dia 02-05-2019 para o CrematĂłrio de SetĂşbal. Na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vem por este meio agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar ou que de outra forma manifestaram o seu pesar.

Agência Funeråria Sado Telf. 265 718 605 Serviço Permanente

Agência Funeråria Sado Telf. 265 718 605 Serviço Permanente


12

SETÚBAL Dores Meira confirma restituição faseada de valores

Taxa de Protecção Civil Municipal em devolução

TERÇA-FEIRA, 07/05/2019

SOCIEDADE

A Câmara Municipal de Setúbal já está a devolver Taxa Municipal de Protecção Civil cobrada a empresários em 2017.

A informação foi transmitida pela presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, na reunião da Assembleia Muni-

cipal realizada a 29 de Abril, tendo referido que algumas devoluções já foram realizadas e prosseguem as restantes. O valor total desta de-

volução representa um esforço de cerca de 4 milhões euros, dos quais apenas 20 mil euros estavam previstos no Orçamento de 2019.

Produtora brilha no Challenge International du Vin

França dá medalhas de prata a vinhos de ouro da Adega de Palmela Vila Palma Reserva Tinto 2015 e Adega de Palmela Moscatel de Setúbal 2016 foram premiados entre um total de cinco mil néctares a concurso

antigo dos principais concursos mundiais de vinho –, que a produtora vitivinícola da região voltou a evidenciar-se, arrebatando duas medalhas de prata no certame decorrido a 12 e 13 de Abril último. Villa Palma Reserva Tinto 2015 e Adega de Palmela Moscatel de Setúbal 2016 foram os vinhos, “de ouro”, da Adega de Palmela que foram distinguidos com prata. “O Villa Palma Reserva Tinto 2015 é ideal para acompanhar todos os pratos de cozinha tradicional portuguesa, pratos de caça, carnes grelhadas, queijos e bacalhau. Apresenta um aro-

A

Adega de Palmela continua a brilhar nos palcos internacionais pela qualidade dos vinhos que produz. Agora foi em Bordéus, França, no Challenge International du Vin – mais

ma a frutos vermelhos evoluindo para algumas notas de compota, tosta e baunilha. Na boca é macio e com taninos aveludados, apresentando um final de boca agradável”, explica a assessoria de comunicação da produtora. Já o Adega de Palmela Moscatel de Setúbal 2016, acrescenta, “é obtido a partir da fermentação de Uvas de Moscatel, interrompida através da adição de Aguardente Vínica”. De cor “âmbar com alguns reflexos dourados e aroma a cascas de laranja, mel, frutos secos e chá”, este néctar “apresenta sabor fresco bem

equilibrado e com boa persistência”. O Challenge International du Vin, recorde-se, é o mais antigo dos principais concursos mundiais de vinho e é tida como a maior competição internacional de néctares organizada no país francês. Durante os dois dias desta edição do certame, mais de 800 profissionais provaram cinco mil vinhos de 38 países diferentes. MÁRIO RUI SOBRAL

MARCAS & EMPRESAS SETÚBAL Nova clínica da cidade é um ginásio com mais de 10 especialidades médicas

A ideia de André e Cláudia era criar um espaço onde o desporto, a fisioterapia e a prática clínica estivessem lado-a-lado. Um sonho concretizado com a abertura da In Move Clínica

I

n Move Clínica é o novo espaço de Setúbal dedicado a treinos personalizados e fisioterapia. Localizado no coração da cidade, no Bairro Salgado, In Move apresenta uma variedade de serviços desde o treino personalizado, a avaliações nutricionais, yoga, pilates clínico, fisioterapia e consultas de oncologia e psicologia. André e Cláudia apresentam a

[ DIREITOS RESERVADOS ]

In Move Clínica inova na fisioterapia e treino personalizado

In Move Clínica, essencialmente, como um espaço onde praticantes de desporto e quem procura tratamentos de fisioterapia “pode encontrar tudo o que precisa, lado-a-lado”. Personal Trainer há cerca de 10 anos, André comenta que a ideia inicial era “desmistificar a fisioterapia e prestar um serviço personalizado nesta área”. Depois, foram

surgindo outras áreas que consideraram interessantes para unir ao conceito da fisioterapia. “O objectivo é mudar mentalidades e dar a conhecer às pessoas que o ginásio e a fisioterapia não precisam ser penosos, mas sim algo que representa bem-estar emocional e bem-estar na saúde”, comenta Cláudia, cuja área de formação é a Fisioterapia.

Quanto ao ginásio da In Move Clínica é apresentado por André como “um espaço criado para pessoas que não gostam do ambiente de ginásio, mas querem treinar de forma personalizada”. Este é um espaço com características que, segundo Cláudia e André, “não existiam em Setúbal”. Um espaço onde, para além da fisioterapia, dos treinos,

do pilates clinico e das consultas de especialidade, estão também disponíveis serviços de massagem para drenagem linfática, massagem modeladora, desportiva e de relaxamento. “Um espaço que funciona como ginásio e centro de reabilitação, através de diferentes práticas, para pequenos, o que permite uma maior atenção a cada caso”.


TERÇA-FEIRA 07/05/2019

SOCIEDADE

13

[ MANUEL FIALHO ]

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

Parque Urbano do Seixal estreia Festival do Maio Pensado para celebrar os dias da revolução e direitos dos trabalhadores, o Festival do Maio é uma estreia e também uma oportunidade para atrair população ao Parque Urbano do Seixal. No palco vai ouvir-se música de intervenção e de critica política e social POR HUMBERTO LAMEIRAS

O

novíssimo Parque Urbano do Seixal vai ser palco da primeira edição do Festival do Maio. São dois dias de espectáculos, esta sexta-feira e sábado, “ainda integrados nas comemorações do 25 de Abril e 1.º de Maio”, diz a vereadora da Cultura. Ao mesmo tempo pretende-se “valorizar ainda mais o recentemente inaugurado Parque Urbano”, acrescenta Maria João Macau. Diz a autarca que este festival foi pensado para incentivar uma “relação mais próxima entre a população e o parque, e a maneira mais

interessante de o fazer é “através de um evento cultural”. Para além disso, comenta a vereadora que “tendo em conta a história das nossas gentes, considerou-se importante construir um festival com um modelo que dá relevância à música de intervenção”. Quanto à possibilidade de o Festival do Maio passar a integrar a agenda de programas musicais no município, Maria João Macau diz que “primeiro é preciso avaliar esta primeira edição e decidir se continua com periodicidade anual ou bianal”. Para atrair o mais possível de público, o preço dos bilhetes foi pensado para ser “bastante acessível”.

Assim, a entrada é gratuita até aos 12 anos, enquanto o bilhete normal diário é de 7,5 euros e o passe para os dois dias custa 10 euros. Preservar a memória Estão ainda disponíveis pack diário de grupo (4 pessoas) por 25 euros, e também pack grupo para os dois dias por 30 euros. À música de intervenção, juntam-se artistas que têm como elemento central um discurso político, visão de crítica social, ativismo ambiental, lutas contra a discriminação de raça e género, passando pelas questões relacionadas com a defe-

sa das identidades culturais e dos direitos à autodeterminação. Desta forma, a programação “assenta em dois eixos fundamentais, a preservação da memória, trazendo a palco o legado histórico da música de intervenção e protesto e as lutas atuais, dando voz a novos artistas e novos géneros musicais”. Entre os artistas que vão estar em palco, destaque Fausto Bordalo Dias, Capicua, Sara Tavares, Kusturica and The No Smoking Orchestra, Pedro Jóia, António Zambujo, Vitorino e DJ Luís Varatojo. O Festival do Maio é uma iniciativa da Câmara Municipal do Seixal, com direção artística de Luís Varatojo.

Programa Sexta-feira Fausto Bordalo Dias Capicua & Mulheres da Lusofonia Kusturica and The No Smoking Orchestra Sábado Pedro Jóia e Quarteto Arabesco Canções para Revoluções, com António Zambujo, Lura, Úxia, Vitorino, Marina Pacheco e Mário Alves DJ Set A Revolução Não Passa na Televisão

SEIXAL Envolvimento cidadão pela saúde

Piscina de Corroios recebe iniciativas pelo coração

D

e participação gratuita, embora de inscrição obrigatória, o Mês do Coração considera um programa com várias acções; algumas delas são convívios, dádivas de sangue e aulas para ter um coração saudável Durante Maio, Mês do Coração, a Câmara Municipal do Seixal está a organizar na Piscina Municipal de Corroios várias iniciativas relacionadas com esta temática.

Estão marcadas acções de dádivas de sangue, um convívio do Programa Continuar, rastreios de colesterol, diabetes, medição de tensão arterial, Caminhada do Coração, aula Coração Saudável e workshops de alimentação saudável. A participação é gratuita, mas requer inscrição na secretaria da piscina ou através do telefone 210 976 130.

Programação das acções No sábado e domingo 9h30 às 12h30 Rastreios de colesterol, diabetes e medição de tensão arterial Domingo 10h00 às 10h30 Caminhada do Coração 11h00 às 11h30 Aula Coração Saudável

18 de Maio 10h00 às 11h30 Workshops de Alimentação Saudável: Marmitas, Lanches e Pequenos-Almoços Saudáveis 19 de Maio 10h00 às 11h30 Workshops de Alimentação Saudável: Refeições Equilibradas: O Que Comer Antes e Após o Exercício Físico


14

Torneio Complementar de Seniores

Brejos de Azeitão, Quinta do Conde e Corroios vencem na ronda inaugural

TERÇA-FEIRA, 07/05/2019

DESPORTO

O Torneio Complementar de Seniores da 2.ª Divisão, que está a ser disputado por sete equipas, teve início no passado domingo. Na primeira jornada da competição o Brejos de Azeitão foi ganhar à

Quinta do Anjo, por 4-0; o Ginásio de Corroios recebeu e venceu o Samouquense, por 2-0; e na Quinta do Conde, a ADQC levou a melhor sobre o Lagameças (4-3), num jogo onde não faltou emoção e golos.

Na ronda inaugural folgou o Zambujalense. No próximo domingo realiza-se a segunda jornada que engloba as seguintes partidas: Brejos de Azeitão – Zambujalense; Samouquense – Quintajense e Laga-

meças – Ginásio de Corroios. A ADQC folga nesta jornada. A propósito, recorda-se que esta é uma competição por pontos a uma só volta, que atribuirá ao primeiro classificado um troféu.

Três expulsões ajudam a explicar derrota por 3-0 com o Boavista. Presidente fala em "encomenda" e classifica arbitragem de "nojo"

N

a história recente não há memória de um jogo como o que aconteceu ontem no Bonfim, estádio onde o Vitória foi derrotado pelo Boavista, por 3-0. Três expulsões no espaço de seis minutos – José Semedo (67), Zequinha (71) e Jhonder Cádiz (73) – acenderam o rastilho nas bancadas onde a ira dos vitorianos teve como alvo o árbitro Fábio Veríssimo. No final do encontro, Vítor Hugo Valente foi à sala de imprensa tecer duras críticas à arbitragem. “O que se passou aqui hoje (ontem) não foi uma vergonha, foi um nojo! O senhor Veríssimo foi um carteiro, com encomendas para hoje e para o próximo jogo. Sabemos o que se passou”, disse, revelando que os jogadores estavam no balneário a chorar. Os incidentes registados levaram à intervenção da polícia de choque que impediu os adeptos de invadirem o campo de jogo. A partida esteve interrompida cerca de 10 minutos – entre os 73 (altura em que Jhonder Cádiz é expulso) e os 83 minutos – e só foi retomada devido aos pedidos de alguns jogadores do Vitória para que os adeptos se acalmassem. A contestação começou quando o juiz de Leiria não permitiu que Mikel Agu entrasse em campo (foi o esco-

ARSÉNIO FRANCO

Revolta dos adeptos contra arbitragem deixa Bonfim a ferro e fogo

lhido para entrar para o lugar do expulso José Semedo), tendo o Boavista conseguido colocar-se em vantagem no marcador nessa altura por Yusupha, aos 70 minutos. A partir daí, as coisas só pioraram, Zequinha foi expulso quando ia ser substituído e Cádiz viu o segundo cartão amarelo e a consequente expulsão. A jogar contra oito elementos (sete jogadores de campo e o guarda-redes Makaridze), o Boavista ampliou o marcador por Perdigão e Gustavo Sauer, aos 90 e 90+13 minutos, respectivamente. O 3-0 complica em muito as contas da permanência do Vitória, enquanto o Boavista alcançou a continuidade entre a elite do futebol nacional.

No início do jogo, nada fazia prever o que aconteceu. Antes do apito inicial, ambos os clubes sabiam que um deles veria no final do encontro consumada a continuidade no escalão principal, independentemente do desfecho que se registasse. As contas eram mais simples para os ‘axadrezados’ a quem basta um empate para o atingir, enquanto os sadinos tinham de vencer. Sem vencerem há quatro partidas, os vitorianos tinham como objetivo reencontrar-se com os êxitos depois de ter vencido pela última vez na recepção ao Marítimo (1-0). Daí para cá, tiveram uma derrota com o Benfica (4-2) e dois empates com o Portimonense (1-1) e Santa Clara (0-0). Já

Prémios O SETUBALENSE - DIÁRIO DA REGIÃO Melhor jogador Classificação 1.º Jhonder Cádiz 2.º Berto 3.º Éber Bessa 4.º Vasco Fernandes 5.º Makaridze

Fairplay

Melhor marcador Citações 6 3 2 1 1

Classificação 1.º Jhonder Cádiz 2.º Berto 3.º Éber Bessa 4.º Mendy

Golos 9 5 4 3

Classificação 1.º Zequinha 2.º Jhonder Cádiz

os portuenses traziam como motivação o triunfo, 3-1, na ronda passada na receção ao Moreirense. Na partida que marcou o regresso do treinador Lito Vidigal a Setúbal, depois de ter deixado o comando técnico em Janeiro, acabando por rumar ao Boavista, os adeptos sadinos fizeram questão de apupar o técnico com apupos no início do jogo quando este se dirigiu para o banco de suplentes. Lito Vidigal não ficou indiferente e retribuiu… com aplausos para a bancada central coberta. Dentro das quatro linhas, ambas as equipas entraram cautelosas. Por razões evidentes, o Boavista foi a equipa que jogou mais na expectativa. O primeiro remate intencional à baliza foi de Éber Bessa, aos 14 minutos. A bola saiu próximo da bandeirola de canto não criando qualquer perigo para os axadrezados. Ao contrário desse primeiro lance, no minuto seguinte, o Vitória acercou-se com perigo da baliza contrária. Um cruzamento de Zequinha na direita para Jhonder Cádiz quase originou autogolo de Jubal que, na tentativa de tirar a bola da zona de perigo, levou a bola a passar sobre a trave. Aos 16 minutos, o Boavista, que surgiu em Setúbal para jogar claramente com o cronómetro, visou pela primeira e única vez no primeiro tempo

a baliza de Makaridze. O remate intencional de Neris foi travado de forma segura pelo guardião georgiano. Até ao intervalo, o Vitória rondou a área do Boavista várias vezes, sendo que a melhor jogada desse período acionteceu aos 25 minutos. Zequinha, de trivela, lançou Jhonder Cádiz que fugiu a Edu Machado e cruzou para o segundo poste, onde surgiu Nuno Valente a rematar muito perto do poste esquerdo da baliza de Bracali. Aos 29 minutos, André Sousa tentou um cruzamento remate que saiu sobre a trave. Aos 34 foi a vez de Artur Jorge subiu à área para cabecear perto do ferro, depois de um livre directo apontado por Éber Bessa. A última tentativa de chegar ao golo do Vitória, antes de Fábio Veríssimo apitar para o intervalo, foi protagonizada por Nuno Valente, médio que testou a meia distância num remate que saiu ao lado do poste esquerdo. Nos primeiros minutos da segunda parte a toada manteve-se com o Vitória a assumir por completo as despesas do jogo. Depois de um primeiro aviso de Zequinha, aos 47 minutos, os sadinos quase marcaram, aos 52, quando o mesmo jogador assistiu Jhonder Cádiz que rematou, com o peito, ao lado do alvo. De forma tímida, o conjunto treinado por Lito Vidigal, que

tinha comandado o Vitória até à 18.ª jornada, chegou à baliza de Makaridze num remate cruzado de Yusupha, aos 64 minutos, que saiu ao lado do poste esquerdo. Aos 67 minutos, surgiu a expulsão de José Semedo por entrada dura sobre Gustavo Sauer. Logo a seguir, veio o golo (1-0) e mais duas expulsões e a revolta dos adeptos que manifestaram até muito depois do jogo o seu desagrado nas imediações do estádio. Além da derrota e das circunstâncias em que esta aconteceu, o Vitória fica agora impedido de utilizar os jogadores expulsos na próxima jornada, em Chaves. O presidente Vítor Hugo Valente disse que “quem pensar que empurra o Vitória [para a descida de divisão] está enganado”. Além disso, prometeu autocarros gratuitos para os adeptos que queiram apoiar a equipa em Trás-os-Montes. RICARDO LOPES PEREIRA

I LIGA Moreirense 1-2 Rio Ave Marítimo 1-0 Braga Feirense 4-4 Chaves Benfica 5-1 Portimonense FC Porto 4-0 Desp. Aves Tondela 1-3 Santa Clara Belenenses SAD 1-8 Sporting V. Guimarães 2-2 Nacional V. Setúbal 0-3 Boavista

Classificação 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18

Pts Benfica 81 FC Porto 79 Sporting 73 Braga 64 Moreirense 49 V. Guimarães 46 Rio Ave 42 Santa Clara 41 Belenenses SAD 40 Marítimo 39 Boavista 38 Desp. Aves 36 Portimonense 36 V. Setúbal 33 Chaves 32 Tondela 31 Nacional 28 Feirense 16

J 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32

V 26 25 23 20 15 13 11 11 9 12 11 10 10 7 8 8 7 2

E 3 4 4 4 4 7 9 8 13 3 5 6 6 12 8 7 7 10

D 3 3 5 8 13 12 12 13 10 17 16 16 16 13 16 17 18 20

Jornada 33 Desp. Aves - Moreirense Portimonense - Marítimo Santa Clara - Feirense Boavista - Braga Sporting - Tondela V. Guimarães - Belenenses SAD Chaves - V. Setúbal Nacional - FC Porto Rio Ave - Benfica

Golos 96-28 68-19 70-30 52-33 37-41 38-32 45-48 38-37 38-46 24-40 29-38 34-46 41-55 25-35 31-50 34-51 33-66 21-59


TERÇA-FEIRA 07/05/2019

DESPORTO

DIREITOS RESERVADOS

O DIÁRIO DA REGIÃO DE SETÚBAL

ANDEBOL

Campeonato Nacional da 2.ª Divisão

Torrense ganha nos Açores por um golo de diferença

O

grande destaque da fase de manutenção e descidas do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão vai para o Torrense que foi à Ilha de Santa Maria (Açores) vencer os Marienses, por 29-28. Na primeira parte a equipa açoriana esteve ligeiramente melhor e foi para o intervalo a vencer por 1412 mas na segunda parte, a equipa da Torre da Marinha, que levava apenas nove jogadores na comitiva, superiorizou-se e conseguiu dar a volta ao resultado, vencendo pela diferença mínima. Nesta partida, a nível individual, em plano de grande evidência esteve Marcelo Amaral, jovem com apenas 18 anos de idade, que marcou 11 golos.

O

Clube de Canoagem de Amora que participou recentemente na Taça Nacional de Pista e na Prova Selectiva de Velocidade nas categorias de Cadetes, Juniores e Seniores, em Montemor-o-Velho, deixou mais uma vez bem vincada a qualidade dos seus atletas, com quatro a assegurarem o passaporte para os trabalhos da selecção e seis a garantiram a sua presença na selectiva para campeonato da europa de pista. Com uma equipa numerosa e com atletas de grande nível, o CC Amora conseguiu praticamente que todos os atletas atingissem o apuramento para as regatas principais (finais A e B). Na Taça Nacional, que engloba três

distâncias olímpicas [200, 500 e 1000 metros], João Duarte para além de subir ao lugar mais alto do pódio nas distâncias de 500 e 1000 metros, obteve também o direito a participar no estágio nacional de cadetes, que se realiza entre os dias 9 a 14 de Julho, acontecendo o mesmo com Pedro Casinha, que venceu os 200 metros. O atleta sénior Bernardo Santos e o júnior Tiago Henriques conseguiram também o apuramento para o estágio da selecção e bem como o apuramento para a selectiva interna que poderá possibilitar a oportunidade de participar no Campeonato do Mundo de Pista, em juniores e Sub-23. Afonso Parra, Ana Varunca, Custódio

Bernardo e Hugo Martins ficaram também apurados para selectiva interna que se realiza no dia 1 de Junho. E, juntamente com estes oito atletas, Madalena André, Margarida Frazão e Rodrigo Ferreira conseguiram um apuramento para as Finais B e Gonçalo Ramalho, Carolina Ramos, Rita Afonso, Diogo Dias, José Janeiro e Beatriz Franco obtiveram o apuramento para as semifinais. Desta forma o CCA termina a sua primeira prova da época, nas distâncias olímpicas, com resultados que deixam transparecer a ideia que há atletas que no bom caminho para os Jogos Olímpicos de 2024. JOSÉ PINA

Juniores com boas perspectivas para assegurar manutenção

O

Pinhalnovense, que nas duas últimas jornadas havia registado um empate e uma derrota, regressou nesta ronda às vitórias no jogo que disputou em Olhão, relativo à 12.ª jornada da fase de manutenção e descidas do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão. Este foi, sem dúvida alguma, um resultado muito importante para a equipa de Pinhal Novo que continua envolvido na luta pela manutenção porque para além dos três últimos classificados descem também os três piores quintos classificados das cinco séries.

Se o campeonato terminasse agora Pinhalnovense com 28 pontos e Real com 33, continuariam na 2.ª Divisão Nacional porque os três piores são o Merelinense (Série A) que tem 21 pontos, Espinho (Série B) com 25 pontos e o Gafanha e Anadia (Série C) com 27 pontos. Porque a diferença é curta seria conveniente que a equipa nas duas últimas jornadas contra o Louletano (em casa) e Juventude de Évora (fora) continuasse a somar pontos. Pois só assim será possível concretizar o objectivo, que passa pela manutenção. Louletano, Juventude de Évora e

JUNIORES Barreirense tem jogo decisivo na última jornada

Amora apurado para disputar título de campeão nacional

O

PINHALNOVENSE Regressou às vitórias em Olhão

Olhanense já não têm qualquer hipótese de salvação. Resultados da 12.ª jornada: Casa Pia 1 Oeiras 1; Linda-a-Velha 1 Farense 1; Louletano 2 Juventude 0; Olhanense 0 Pinhalnovense 2 Classificação: 1.º Oeiras, 40 pontos; 2.º Casa Pia, 38 pontos; 3.º Linda-aVelha, 36 pontos; 4.º Farense, 32 pontos; 5.º Pinhalnovense, 28 pontos; 6.º Louletano e Juventude, 16 pontos; 8.º Olhanense, 12 pontos. Próxima jornada (11/05): Farense - Casa Pia; Oeiras – Olhanense; Linda-a-Velha – Juventude; Pinhalnovense JOSÉ PINA – Louletano.

O Ginásio do Sul somou mais uma derrota, desta vez em Sassoeiros, e continua na cauda da tabela classificativa. João Alcântara, com 13 golos, foi protagonista do encontro. Resultados da 8.ª jornada: Marienses 28 Torrense 29; Lagoa 28 Zona Azul 21; Sassoeiros 35 Ginásio do Sul 29. Classificação: 1.º Lagoa, 37 pontos; 2.º Torrense, 33 pontos; 3.º Camões, 32 pontos; 4.º Sassoeiros, 30 pontos 5.º Marienses, 29 pontos; 6.º Zona Azul, 28 pontos; 7.º Ginásio do Sul, 18 pontos. Próxima Jornada (11/05): Zona Azul – Camões; Ginásio do Sul – Lagoa; Torrense 29 Sassoeiros 23 (realizado do dia 1 de Maio). JOSÉ PINA

DIREITOS RESERVADOS

AMORA Clube de Canoagem brilha em Montemor-o-Velho

Atletas no bom caminho para Jogos Olímpicos de 2024

15

Amora, com a vitória alcançada no reduto do Eirense, assegurou desde já o primeiro lugar na Zona Sul da fase final do Campeonato Nacional da 2.ª divisão. Com sete vitórias, um empate e uma derrota nos nove jogos até agora disputados, a equipa amorense segue na frente com 22 pontos, mais cinco que o segundo classificado, o Vilafranquense, que também já garantiu a subida. Por decidir está ainda a terceira equipa a ser promovida havendo dois candidatos para apenas uma vaga que será preenchida precisamente na última jornada na partida a realizar no Campo da Verderena entre o Barreirense e o Sacavenense. Será com toda a certeza um jogo de alta tensão porque se apresenta decisivo para ambos. Ao Sacavenense o empate serve as suas pretensões porque tem mais um ponto na tabela classificativa mas ao Barreirense ape-

nas a vitória interessa, por ser a única hipótese que tem para regressar à 1.ª Divisão Nacional. Por ser o primeiro classificado na Zona Sul, o Amora está apurado para disputar o título de campeão nacional com o vencedor da Zona Norte que ainda não está encontrado. Contudo, de acordo com o sorteio realizado ontem na sede da FPF ficou a saberse que a final, disputada a duas mãos, se realiza no dia 18 de Maio em casa do vencedor da Zona Norte e no dia 26 de Maio, em Amora. Resultados da 9.ª jornada: Eirense 0 Amora 1; Vilafranquense 1 Barreirense 0; Sacavenense 7 Lusitânia 0. Classificação: 1.º Amora, 22 pontos; 2.º Vilafranquense, 17 pontos; 3.º Sacavenense, 13 pontos; 4.º Barreirense, 12 pontos; 5.º Eirense, 8 pontos; 6.º Lusitânia, 4 pontos. Última jornada (11/05): Lusitânia – Eirense; Amora – Vilafranquense; Barreirense - Sacavenense. JP


C/1203

Profile for O Setubalense

O Setubalense, diário regional de setubal nº 162  

O Setubalense, diário regional de setubal nº 162  

Advertisement