Issuu on Google+

Desporto

Despoto

PÁG. 13 [ARQUIVO

PÁG. 14

Competição de duatlo traz centenas a Setúbal

José Couceiro despediu-se do Bonfim O treinador decidiu encerrar o ciclo no Vitória e deixou elogios ao clube. O presidente do emblema vitoriano, Fernando Oliveira, garante estar tranquilo e afirma que o futuro técnico da equipa será português.

O II Duatlo de Setúbal realiza-se amanhã, no Parque de Albarquel. Os sadinos do Remo Clube Lusitano projectam a modalidade.

VER BEM NÃO CUSTA NADA TAN e TAEG do cartão Institutoptico Credit = 0%*

Beneficie de um crédito sem anuidades, sem juros nem custos de adesão

Tel. Grátis 800 305 888

/opticamodelo

*Cartão de crédito Institutoptico Credit, gerido pela Pastor Serfim. Exemplo: para um crédito no valor de 600 € em 12 meses, prestação mensal de 50€. As ópticas Institutoptico actuam como intermediários de crédito a título acessório e sem carácter de exclusividade. Condições válidas até 2016.

A utilização do crédito está condicionada a uma mensalidade mínima de 15 €

Av. 5 de Outubro, 67 / 73 - Tel. 265 229 888 Av. Dr. Rodrigues Manito, 105 B - Tel. 265 547 188

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

N.º 33 | Ano 1 | 4.ª Série www.osetubalense.com | Preço € 0,50 | Diretor João Abreu

Marina transformada em espaço de lazer Última Hora PÁG. 16 A Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (APSS) vai capacitar os espaços do Jardim da Beira Mar e do Cais 3, a antiga marina situada entre a Escola de Turismo de Setúbal e o cais da Atlantic Ferries, para a dinamização do turismo. As obras no Cais 3 arrancam já no final do Verão. [FOTO: A-GOSTO.COM

Última Hora PÁG. 16

Festroia homenageia cinema alemão O Festroia – Festival Internacional de Setúbal comemora este ano o 30º aniversário com a exibição de mais filmes (188 no total), uma homenagem ao cinema alemão e outra ao produtor português Paulo Branco, que recebe o golfinho de ouro na cerimónia de encerramento. O evento realiza-se entre os dias 6 e 15 de Junho.

Actualidade

Feira de Sant'Iago

PÁG. 05

Municípios não desistem da Arrábida

PÁG. 09

Feira com dez dias não agrada aos setubalenses

A Feira de Sant’Iago este ano terá apenas dez dias, ao invés dos habituais 16, mas a Câmara de Setúbal não explicou ainda oficialmente a que se deveu a decisão que apanhou de surpresa os vereadores da oposição e os setubalenses. Questionados sobre esta redução alguns setubalenses mostraram-se muito desagradados.

A propósito da retirada da candidatura da Arrábida a Património Mundial, a Associação de Municípios, garante que vai “encontrar outras formas de reconhecimento internacional” e que há outros peritos que reconhecem o seu valor.

Edição de Livros • Revistas • Boletins • Cartões • Ofícios • Envelopes • Facturas • Recibos • Guias de Remessa • Flyers • Cartazes • Sacos em Papel • Papel de Embrulho • Caixas • Calendários

Tipografia Rápida de Setúbal, Lda.

,

artes graficas

Offset

Digital

Rotativa

Travessa Jorge dAquino, n.º 7 - 2900-427 SETÚBAL | Apartado 182 - 2901-901 SETÚBAL Telef. 265 539 690 | Fax 265 539 698 - e-mail: trapida.palmira@gmail.com

FUNDADA 1951


02 |

BLOCO CLÍNICO

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

A gordura abdominal A gordura abdominal significa que há excesso de gordura dentro e em redor de órgãos internos, o que a torna mais perigosa para a saúde do que a gordura mais superficial O perímetro abdominal é um indicador de obesidade tal como o peso ou o Índice de Massa Corporal (IMC). Não esqueçamos que é tão importante saber qual o grau de excesso de peso como a forma como a gordura se distribui pois a gordura abdominal está relacionada com o risco de desenvolver problemas de saúde associados à obesidade tais como a diabetes, as doenças cardiovasculares, a

tensão arterial elevada, o excesso de colesterol e o excesso de triglicerídeos por exemplo. A distribuição da gordura no corpo pode ser classificada em dois tipos: o ginóide, em que a gordura se concentra sobretudo na região das ancas e das nádegas, dando ao corpo a forma de uma pêra; e o andróide, que se caracteriza pela acumulação de gordura na região abdominal, o que confere ao corpo a forma de uma maçã. E é através do perímetro abdominal que se consegue fazer uma primeira avaliação da dimensão deste problema: o que se faz é medir a circunferência da cintura, que nos homens não deve exce-

Rua dos Comediantes 9A - Setúbal Telf.: 265 531 400 • Fax: 265 531 401

Director Clínico: Dr. Arnaldo Fernandes Dr. Arnaldo Fernandes - Cardiologista Dr. Hugo Pereira - Clínica Geral Dr. Victor Fonseca - Pneumologista Dr. Agostinho Borges - Cardiologista Pediátrico Dra. Leonor Parreira - Cardiologista Arritmologista Dra. Sofia Marcelino - Psicóloga C/0058

ISABEL DUARTE ASSISTENTE GRADUADA

CIRURGIA GERAL DOENÇAS DO APARELHO DIGESTIVO

Av. Combatentes da G. Guerra, 6-1.º Fte. SETÚBAL TELEF. 265 531 460

C/0067

MAXICLÍNICA CLÍNICA MÉDICA E DENTÁRIA

Rua dos Pinheirinhos, nº 15 G 2910-121 Setúbal Telf.: 265 234 199 916 632 853 C/0062

DIRECTOR TÉCNICO Fernando Gamito Rodrigues Av. J a im e Co r t esã o , 77-B Tel. 265 539 060 • Set ú ba l Horário: 09h00 - 13h00; 14h00 - 20h00 Sábado: 09h00 - 13h00 C/0054

Clínica Vascular Dr. José Falcão

Doenças das Artérias e Veias Esclerose Indolor - Pé diabético Ecodoppler Vascular www.centroclinicodesetubal.pt R. Garcia Peres, 32 - Tel.: 265 525 842-265 525 923 C/0057

Enfermagem/ Médicos Dr. José Rabaçal Cirurgia Plástica Estética e Maxilofacial Dr. Gabriel Braço Forte Urulogista/ Fluxometrias Biopsias Prostáticas Dr. Carlos Gonçalves Clínico Geral Tel.: 265 525 236 - SETÚBAL clinicamiradouro@sapo.pt

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS DRA. MARIA FILOMENA LOPES PERDIGÃO DR. ALFREDO PERDIGÃO Horário 2ª a 6ª -feira: 08.00/12.30 - 14/18.00h - Sábado: 09.00/12.00h Rua Jorge de Sousa, 8 | 2900-428 Setúbal www.precilab.pt | tel. 265 529 400/1 | Fax: 265 529 408 | Laboratório Tlm.: 910 959 933

UROLOGIA DR. PAULO VALE DOENÇAS RINS E VIAS URINÁRIAS, DISFUNÇÃO SEXUAL E INCONTINÊNCIA URINÁRIA CLÍNICA ARRÁBIDA C/0087

Av. Dr. Manuel Arriaga, 26 - 1º • Tel.: 265 236 495 C/0091

Sexo

Aumento do Risco Risco muito elevado

Homens

>= 94 cm

>= 102 cm

Mulheres

>= 80 cm

>= 88 cm

Ortopedia Lince

Clínica Médica

MÉDICA - ESPECIALISTA

Ac. ADVANCECARE MÉDIS MULTICARE TELECOM E OUTROS

Cruz Vermelha Delegação de Setúbal

Farmácia Portugal

Instituto de Cardiologia de Setúbal

(VESÍCULA-INTESTINO- HEMORROIDAS) HÉRNIAS - VARIZES

der os 94 centímetros e nas mulheres os 80 centímetros. O ideal é ficar abaixo destes valores. Caso haja risco de acumulação de gordura abdominal é importante procurar aconselhamento junto do seu médico. Não esqueça no entanto que uma alimentação saudável e actividade física são muito importantes para a sua Saúde. Calcule: Meça o Perímetro abdominal com uma fita métrica, entre o rebordo inferior da última costela e a crista ilíaca (zona correspondente à cintura)

GentilCare cuidamos dos seus Serviços de Apoio Domiciliário. Licenciado pela SS (AF 13/2012) Tel.: 265 185 750 • 936 951 486 www.gentilcare.pt C/0068

Novo espaço com Exposição

Material Ortopédico Conforto Médico Hospitalar Rua Camilo Castelo Branco - 167 B/C Tel. 265 228 118 • Fax: 265 571 046 www. ortopedialince.com C/0069

Dr. Delfim Lopes Neurologia Rua dos Comediantes, 9-A Consultório e Domicilio Telf.: 265 531 400 C/0059

Celi Barbuy Cunha CLÍNICA DE MEDICINA DENTÁRIA Implantologia/ Ortodôncia Próteses Fixas/ Dentisteria estética R. Eng. Henri Perron, 14 - R/c Dtº (Qta. de Vanicelos) - Tel.: 265 55 14 12 Das 9 ás 13 e das 15 ás 19 horas C/0055

Telefones Úteis Centro de Saúde S. Sebastião Urb. Vale do Cobro, Av. Das Descobertas Tel. 265 708 000 Centro de Saúde Bonfim Praça do Brasil, 14, 1º Tel. 265 525 653 Ext. de Saúde do Sado Rua Manuel Francisco Novo, santo Ovídio Tel. 265 790 460 Ext. de Saúde Bairro Santos Nicolau Rua Prof. Augusto Gomes , 25 Tel. 265 545 200 Ext de Saúde S. Sebastião Urb. Vale do Cobro, Av. Das Descobertas Tel. 265 708 000 Extensão de Saúde Praça da República Praça da República Tel. 265 544 320 Extensão de Saúde Santa Maria Rua Damão, 1 Tel. 265 531 200

Ext. de Saúde Viso Rua Batalha do Viso, 46 Tel. 265 572 572 Ext. de Saúde Azeitão Rua Artur Horta, 18 Tel. 212 199 500 Centro Diagnóstico Pneumológico Urb. Vale do Cobro, Av. Das Descobertas Tel. 265 708 000 Serviço de Saúde Pública Urb. Vale do Cobro, Av. Das Descobertas Tel. 265 708 000 Rua Luís Gonzaga Nascimento, 2, R/C Dto Tel. 265 544 129/7 Hospital de São Bernardo R. Camilo Castelo Branco Tel. 265 549 000 Hospital Ortopédico do Outão Tel. 265 543 900 Hospital de Sant’Iago (Hospor) EN 10 Km 37 Tel. 265 509 200 Frenesius Medical Care

Clínica de Hemodiálise Quinta de Vanicelos Lote 1 – Estrada da Baixa de Palmela Tel. 265 541 840 Intoxicações Tel. 808 250 143 Linha Verde Tel. 800 212 216 Linha de Saúde Pública Tel. 808 211 311

Farmácias HOJE FARMÁCIA NOVA R. Dr. António Manuel Gamito, 25 A 265 522 052 FARMÁCIA DOS BAIRROS R. Rodrigo Ferreira Costa, 79 265 523 330 AMANHÃ FARMÁCIA MARQUES R. Arronches Junqueiro, 109-11 265 522 783 FAR. RODRIGUES FERREIRA Pç. D. Olga Morais Sarmento, 14 265 546 890 DOMINGO FAR. SILVA RAMOS R. Fren. Motrena, 41 Lt1, L A/B 265 522 790 FARMÁCIA COSTA Largo da Misericórdia, 48-50 265 522 760


OPINIÃO

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

Política

FAZER A CIDADE

“Porto de Setúbal, o desenvolvimento, aqui às portas”

O Vitória e o futuro

O

melhor…é necessário! O interesse de Portugal na Economia do Mar, tem tido uma crescente linha de pensamento, promovida por diversos setores da sociedade civil. Existem a nível nacional recomendações que, posicionam o mar como pilar estruturante no processo restabelecedor de uma economia sustentável. Também a nível internacional, politicas europeias orientam/dinamizam toda a Economia do Mar. A comissária Europeia para os assuntos do Mar (Maria Damanaki) em declarações na 1ª Conferência do Atlântico 2011, dizia que, existe uma “vaga” crescente, sobre a importância do Mar e que as atividades marítimas no seu todo empregam em toda a Europa mais de 2 milhões de pessoas.

A questão a colocar localmente é, o que oferece a cidade de Setúbal ao seu Porto que, ajude nesta alavancagem, a Economia do Mar? Importa referir que, a articulação e a conjugação de esforços, permite criar mais empregabilidade e dessa sinergia resultarão ganhos conjuntos. O Porto de Setúbal tem capacidade de concorrer ao melhor nível com os restantes portos nacionais, mas surge um vazio quando a cidade é chamada a atuar, a sinergia, tem de ser eficiente e eficaz. O Porto de Setúbal já dinamizou e potenciou toda uma economia de escala que, permitiu à cidade de Setúbal no seu passado viver em regime de quase exclusividade do comércio do seu porto. Seria o momento da cidade retribuir e oferecer a par de outras tantas possibilidades, uma boa oferta hoteleira equipara-

da ao melhor, potenciando desse modo a vinda e permanência de visitantes que, possam ajudar a cidade a promover-se e até mesmo fomentar iniciativas que, permitam por exemplo, a realização de diversas actividades (de caracter regular e não pontual) no rio. É importante, que as entidades que, detém a capacidade de organizar e planear as prioridades para a cidade, tenham presente estas necessidades. No momento em o Porto de Setúbal é contemplado e assenta lugar no PETI- Plano Estratégico de Transporte Integrados, permitindo a realização de algumas obras portuárias, importa relembrar que, a cidade não deve descurar o acompanhamento deste novo futuro para o Porto de Setúbal. Este também é o momento que a cidade de Lisboa, está a “arrancar” com o seu futuro novo

O

Fernanda Nunes Ferreira CDS-PP Setúbal terminal de cruzeiros, que também está a perspectivar outro terminal na margem Sul, e portanto urge todo o apoio e um plano de desenvolvimento da cidade de Setúbal no âmbito marítimo-portuário que apoie esta nova realidade que está ai, às portas. O melhor… é o que se quer para o porto e a cidade ajudando, estará a ajudar-se a si própria.

À luz da verdade

O silêncio corrompe a verdade

U

m dia, o grande escritor Cícero consignou em letra redonda: "A verdade tanto se corrompe com a mentira como com o silêncio". Não há dúvida de que, na actual sociedade que incarnamos, o SILÊNCIO raramente se coaduna com o que, um dia, afirmou Confúcio: "O silêncio é um amigo que nunca trai." Pode haver muitas razões para se guardar silêncio. Por exemplo, a dor motivada por alguém que partiu para o Além é no silêncio que macera os corações. Um fracasso na vida, uma opção importante não conseguida e tantas outras situações que quotidianamente nos assaltam são motivos suficientes para

reduzirem ao mutismo rostos de todas as idades e temperamentos. No entanto, a conivência com a mentira – e há mentiras com face de algozes! – raia os limites do diálogo social que deverá informar a verdadeira cidadania. Quando o povo, na sua sabedoria multissecular, nos diz que "O silêncio é a alma do negócio", tanto pode estar a afirmar aquilo que, à primeira vista, se pode deduzir, ou seja, o mundo dos negócios, como pode também referir-se ao sentido metafórico e simbólico dessa frase gramatical. Todos os dias nos enchem os lares com conteúdos da Comunicação Social que mais se assemelham a potenciais sonhos de luz.

Mas, na verdade, só o ouropel do assunto em causa nos é apresentado. Os aspectos negativos ficam sempre ocultos no silêncio. De quando em vez, rebentam escândalos com avultadas consequências perniciosas para muito boa gente. Pois bem, foi o silêncio bem conservado pelos réus e por todos quanto reduzirem ao silêncio a sua cumplicidade, que permitiu e agravou situações tão daninhas. Nietzsche afirmou que "é difícil viver com as pessoas porque calar é muito difícil". Ora bem, a verdadeira sabedoria deverá levar-nos a dizer a verdade no momento oportuno e a calar-nos quando isso for mais prudente. Se, nas sociedades

Pe. Álvaro Teixeira

modernas, a denúncia fosse uma constante sempre que os direitos do homem são vítimas de atentados, teríamos certamente outros projectos de educação, nas nossas escolas e outros programas de propostas de acção nos partidos que se apresentam ao voto.

| 03

Vitória Futebol Clube é talvez o maior estandarte de Setúbal e região envolvente. Sendo uma instituição centenária, dedicada ao desporto e motricidade humana, e possuindo atrás de si um historial notável, num desporto tão popular com o futebol, atendendo às limitações económicas desta comunidade, tem levado o nome da cidade a todo o país e estrangeiro, ten-

anos de propaganda do Estado Novo e de autocracia. Mesmo as gerações que nunca tinham conhecido outro regime ou viajado para a europa democrática perceberam no momento que aquele abrir de portas era, provavelmente, irrepetível na sua vida. Há que aproveitar a afectividade que o Vitória suscita – mesmo nos casos em que os setubalenses são igualmente adeptos de um dos gran-

do chegado a locais tão longínquos como Timor e seduzido pessoas como o presidente de Cabo Verde. Mas os vitorianos têm vivido há muitos anos com a frustração de ver o seu clube do coração a lutar para se manter na principal competição nacional. Quase sempre no sufoco. Esta época tem corrido melhor e ficou em sétimo lugar, mas não é a regra. Por outro lado, as difíceis condicionantes económico-financeiras não deixam de limitar persistentemente a sua acção. O que fazer então com este Vitória? O capital de afectividade que o clube suscita nas gentes de cá, em grande parte devido a uma história recheada de sucessos (basta conhecer a Sala de Troféus Josué Monteiro), não pode ser desperdiçado. Os homens e as comunidades agregam-se por cultura e afectos, mais do que por leis ou outro tipo de imposições vindas de cima. Em Abril de setenta e quatro o povo português explodiu na rua, apesar de quarenta

des – pois é a partir daí que se construirá um futuro mais sustentado para o clube. As confusões com o novo estádio ou a recuperação do velho, com negócios eventualmente menos claros ou com as dívidas do clube, serão superadas através desta afectividade – a que alguns chamam mística – pois é por aí que tanto o poder local como as empresas serão motivadas a intervir. Claro que as vitórias ajudam – e de que maneira – a exacerbar os apoios por vezes latentes, mas há também a questão do markting. Com efeito, é aqui que o clube tem larga margem para investir e se renovar. Dar-se a conhecer a uma população que em boa parte não é aqui nascida, mas que decerto se deixará cativar, como acontece a tantos jogadores que chegam de fora e tomam consciência da história e grandeza do clube. É que, como diz o povo vitoriano, o Vitória não é grande, é enorme. José Brissos-Lino


04 |

CULTURA

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

“As aventuras de Rom Rom e Fofoca” estreia domingo

“Espelho Mágico” homenageia Fernando Guerreiro Num original de Fernando Guerreiro, o Grupo de Teatro Espelho Mágico estreia, no próximo domingo, no Fórum Luisa Tódi, “As aventuras de Rom Rom e Fofoca”, um espectáculo para toda a família. Céu Campos, directora do grupo fala na importância da homenagem que será feita ao actor falecido no último ano e na particularidade de um espectáculo que promete encantar miúdos e graúdos em Setúbal e pelo país. [ FOTOS: DR 

POR JOAQUIM GOUVEIA

De que fala a peça “As aventuras de Rom Rom e Fofoca”? Este musical, fala de umas férias maravilhosas na Antártida que se transformam numa grande aventura, onde não faltam vilões, heróis da banda desenhada, um cão chamado Rom Rom e Fofoca, uma simpática foca que foge duns caçadores malvados. Um apelo à consciência ecológica e muito especialmente ao respeito por todos os seres vivos do nosso planeta. É teatro destinado ao público infantil... O Espelho Mágico faz teatro para toda a família. Trata-se de um original de Fernando Guerreiro, que será homenageado no dia da estreia desta peça. Que homenagem lhe irão prestar? Levar esta produção

à ribalta, é uma homenagem justa e sincera ao amigo, ator, encenador com história e co-fundador do GATEM, Fernando Guerreiro, através de um texto da sua autoria e de um momento vivido em palco a seguir à apoteose final da peça com a participação especial de Amílcar Caetano, António Carlos Coimbra, Bruno Frazão, os Canto Hondo, Céu Campos, Luis Mendes (FPTA), Miguel Assis e Piedade Fernandes. No átrio do Forum Municipal Luisa Todi será inaugurada uma exposição biográfica do saudoso ator, exposição que acompanhará a peça em toda a sua carreira, O Espelho Mágico repõe esta peça 11 anos depois com coreografias de Iolanda Rodrigues, musicas de António Carlos Coimbra, letras de Luis Filipe Estrela, cenografia e figu-

Poemas do País da Vida A letra não tem cor a palavra não tem vida mas eu tenho a cor da letra e a vida da palavra por isso gosto de ler e escrever poesia que liga a letra à palavra e a palavra à melodia e me põe perante a vida em perpétua sintonia num festival de harmonia.

www.poemasdopaisdavida. wordpress.com

Céu Campos é responsável pela cenografia e figurinos do novo espectáculo do Espelho Mágico

rinos de Céu Campos e caracterização de Carolina Macedo. No elenco temos 7 atores (Tiago Muleta, Céu Campos, Cláudio Pinela, Miguel Assis (cedido pelo TAS), Luis F. Estrela, Isabel Ganilho e Luis Candeias, para além de 6 figurantes com idades entre os 8 e os 15 anos.

acontecerão mais dois espetaculos, no Forum Luisa Todi, no dia 20. No dia 23 do corrente mês de Maio, rumaremos a Fátima para mais dois espetaculos para 10000 crianças oriundas de todo o país, no auditório Paulo VI. Regressa ao Fórum Luisa Todi, no dia 29 de Junho.

Depois da estreia onde poderá ser vista a peça? Logo após a estreia,

Pensam realizar alguma digressão nacional? Todas as nossas peças fazem digressão e esta não

será excepção. Para além dos espectáculos habituais em todo o país, participará em alguns concursos e festivais em Portugal e Espanha. O Grupo Espelho Mágico tem sido distinguido nalguns concursos de teatro infantil. Esta é uma área especifíca. Trabalhar para as crianças requer um tipo de abordagem diferente e especial. É esta a vossa vocação? Como disse Stanisla-

viski "O teatro para crianças deve ser feito como o de adultos, só que melhor." É isso mesmo que nós temos feito ao longo dos anos (18). Trabalhamos como já disse, para a familia. Procuramos oferecer motivos de interesse a todas as idades. Isso consegue-se com uma abordagem literária muito cuidada mas simples, com muita fantasia e "piscando o olho" aos mais crescidos. Levar a família ao teatro pode e deve ser um bom momento de pura e sã diversão e partilha de afetos. Como queres deixar aqui o convite para que os nossos leitores assistam ao vosso espectáculo? Para além da peça de teatro que (modéstia à parte), promete ensinar, divertir e emocionar, a memória do Fernando Guerreiro, merece todo o carinho e admiração dos setubalenses. A corrida aos bilhetes já começou. Não percam a oportunidade de viver este momento único de afetos e emoções.

União Setubalense recebe noite de fados a favor dos animais

A

Sociedade Musical Recreativa União Setubalense recebe amanhã uma noite de fados cuja receita reverte na totalidade a favor da Associação Sobreviver, com início às 22h00. A iniciativa, realizada no âmbito das comemorações dos 11 anos daquela associação de apoio aos animais, terá a participação dos fadistas Georgete Jesus, Octaviano Sales, Manuel Guerra, Sandra Caferra e outros convidados. Na guitarra portuguesa estará Manuel Carlos e

na viola de fado Carlos Pinto. A entrada na iniciativa é livre, com a contribuição de donativos que podem ser, por exemplo, ração de cão ou gato e outros produtos para animais. Já as reservas de mesa, que incluem caldo verde, pão, chouriço assado e um jarro de vinho, têm o custo de dez euros para quatro pessoas. As reservas podem ser feitas para os telefones 938518761 (João Palongo) e 938514487 (Sobreviver) ou para o email sobreviver. setubal@hotmail.com.


ACTUALIDADE

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

| 05

Associação de Municípios garante outras formas de reconhecimento internacional da Arrábida Após reunião realizada na terça-feira, a propósito da retirada da candidatura da Arrábida a Património Mundial, a Associação de Municípios da Região de Setúbal, revela que não vai contestar, para já, os pareceres negativos das entidades internacionais que inviabilizaram o reconhecimento pela UNESCO. No entanto, os autarcas do distrito garantem que vão “encontrar outras formas de reconhecimento internacional” e indicam haver “muitos outros peritos que reconhecem o valor excepcional da Arrábida”.

A

pesar deste “não ser o resultado desejado”, e de ser até “surpreendente”, para a Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS), Rui Garcia, presidente da Câmara da Moita adiantou, anteontem, em conferência de imprensa, que não considera “adequado e necessário entrar na discussão dos relatórios”, que não permitiram o reconhecimento da Arrábida como Património Mundial. “Não nos interessa discutir as razões, que até seriam de fácil contestação, do ponto de vista técnico e até político”, acrescentou Álvaro Amaro, presidente da Câmara de Palmela, que afirma veementemente que a AMRS “vai encontrar outras formas de obter o reconhecimento internacional”. Deixando

[ DR 

a ideia de que os critérios de atribuição da distinção pela UNESCO têm-se tornado “cada vez mais exigentes” e que “se calhar não apanhámos o barco na altura certa”, o autarca de Palmela afirma: “continuamos empenhadíssimos para o ‘sprint’ final desta maratona!”. Por seu lado, Augusto Pólvora indica que “embora os peritos não tenham considerado haver valores únicos e excepcionais nos seis critérios estudados, há muitos outros peritos, inclusive um da UNESCO, que consideram que há valores excepcionais”. O presidente da Câmara de Sesimbra referia-se ao especialista Gérard Collin, contratado pela AMRS, por sugestão da Comissão Nacional da UNESCO e que trabalha regularmente com aquela entidade, que

terá fornecido, no seu relatório, “importantes pistas sobre a construção do ‘dossier’ de candidatura, dando nota de que, em seu entender, a Arrábida, pela importância do seu património, tinha condições de ser classificada”. A AMRS revela que, apesar da conclusão negativa, “os pareceres sublinham a existência de valores naturais e culturais muito significativos à escala nacional, ibérica e até europeia”. Para o vereador da Câmara de Setúbal, André Martins, o facto de a candidatura ter sido retirada e não rejeitada, “possibilita que seja apresentada nova candidatura, noutro momento”. “Hoje os municípios não estão em condições de contrariar os peritos e os seus relatórios, mas pode acontecer que haja outros especialistas

que contrariem a avaliação feita. É preciso haver esperança!”, expressou o autarca. Instado sobre o peso da cimenteira da Secil e das pedreiras nos pareceres negativos dos peritos, Rui Garcia explica que o relatório “reforça que é preciso preservar e compatibilizar a preservação da área protegida, com as actividades económicas existentes dentro e à volta da Arrábida”. “Achamos que estas actividades são necessárias mas devem ser reguladas para não pôr em causa a sustentabilidade ambiental; devem ter limites bem claros e definidos à natureza das suas actividades e aos danos que provocam ao meio ambiente; e devem ser devidamente contextualizadas no meio de um Parque Natural como é a Arrábida”. O pre-

Autarcas vão continuar a tentar reconhecimento internacional

sidente da AMRS defende ainda que estes parâmetros “nem sempre têm sido devidamente acautelados”, sendo que os municípios “têm apontado essas insuficiências”. Ainda assim, Augusto Pólvora afirma que “não foi por causa das pedreiras ou da Secil que a candida-

tura não vingou. É verdade que os peritos dizem que as pedreiras têm causado danos, potencialmente irreversíveis no território da Arrábida, mas não foi essa a razão de fundo”. Contactada por O Setubalense, a Secil remeteu qualquer comentário para a Semana de Portas Abertas.

Papel dos Terapeutas da Fala em debate na Escola Superior de Saúde

O

Departamento de Ciências da Comunicação e Linguagem da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal (ESS/IPS) promove, hoje e amanhã, o “III encontro Terapia da Fala e Educação”, que tem lugar a partir das 09h00, na ESS/IPS, campus do IPS em Setúbal. De acordo com a instituição, a terceira edição do evento procura “fomentar a reflexão e partilha de experiências sobre a parceria, fundamental, entre a terapia da fala e a educação”. O principal objectivo passa pela “promoção de um espaço de partilha de conhecimentos sobre a prática dos terapeutas da fala em contexto edu-

cativo, contribuindo e estimulando a investigação para o desenvolvimento das práticas em educação, tendo em consideração os diferentes intervenientes na comunidade educativa”. Assim, serão apresentados e debatidos temas que tenham interesse para os docentes, terapeutas da fala, psicólogos, pais e para todos aqueles que pretendam participar na iniciativa. O programa do encontro é composto por diversas palestras, comunicações, sessões paralelas e workshops, que contam com a intervenção de professores da ESS/IPS e de profissionais que actuam na área da terapia da fala e da educação, em diferen-

tes associações, entidades e projectos, a nível nacional e regional. “É uma excelente oportunidade para todos os que pretendam adquirir conhecimentos sobre as diferentes áreas de actuação da terapia da fala, constituindo-se igualmente num momento de consciencialização dos participantes acerca do papel do terapeuta da fala em diferentes contextos”, refere a entidade organizadora. Actualmente, a ESS/IPS disponibiliza nesta área o curso de licenciatura em Terapia da Fala e os cursos de mestrado em Desenvolvimento e Perturbações da Linguagem da Criança e em (Re)Habilitação Vocal.

AGÊNCIA FUNERÁRIA COSTA Rua General Gomes Freire nº59 Serviço Permanente 265 523 496


06 |

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014 [ DR 

Conta-me como é?

José Peixinho

“Nunca sabemos quem transportamos” José Peixinho é taxista em Setúbal. Chegou à profissão depois de 18 anos no ramo imobiliário. Fez o curso, começou a trabalhar e diz que gosta de conduzir o seu táxi e transportar clientes simpáticos e conversadores. Felizmente para si, ainda não conheceu situação mais delicada para ultrapassar, mas confessa que pode ser apenas uma questão de tempo, tendo a percepção que um dia pode vir a ter um dissabor. Apesar disso mantém um sorriso aberto, é conversador e diz não trocar a praça de Setúbal, pela da capital, porque Lisboa não o atrai. POR JOAQUIM GOUVEIA

Porque escolheu esta profissão? Surgiu a oportunidade. Estive 18 anos a trabalhar na venda de propriedades mas o negócio fraquejou quando os bancos cortaram nos créditos. Através de um amigo tive a possibilidade de conhecer melhor e interessar-me por esta profissão. Fiz o curso e comecei a trabalhar. A verdade é que gosto bastante da profissão. Nunca pensei vir a ser taxista. No fundo acabei por ser obrigado quando saí da imobiliária. Agora tenho cerca de cem colegas com quem privo quase todos os dias. Que atributos são necessários para se ser taxista? Acima de tudo temos

que ter predisposição para nos darmos com as pessoas. Temos que ter atitude positiva, descontraída e ser simpático e paciente.

po. É bem possível que me venha a acontecer. Nunca estamos completamente preparados embora estejamos avisados.

É uma profissão de risco? Também é. Nunca sabemos quem transportamos. E isso, por vezes, cria-nos um certo sobressalto.

Que tipo de passageiros mais gosta de transportar? Que tenha uma atitude positiva e simpática. Alguém que interaja e seja afável, que se dê à conversa. Tenho tido momentos fantásticos com alguns passageiros. Transporto todo o tipo de pessoas. Vamos fazendo alguma amizade.

Já teve algum percalço mais complicado para resolver ou uma situação aflitiva? De grande monta não. Já tive pequenas situações mais ou menos complicadas mas sempre as consegui resolver. Mas temo que um dia me possa surgir algum problema maior. É uma questão de tem-

Que viagens mais gosta de fazer? Há a questão financeira e a da viagem pura e simplesmente. Gosto de uma viagem

de interacção com o cliente. É uma profissão que aconselha aos jovens? Financeiramente, com esta crise nem por isso. Por outro lado há um aspecto positivo que tem a ver com o contacto com os passageiros o que, a nível de maturidade e crescimento é bom para um jovem que queira abraçar esta profissão.

segurança muito elevado. Com apenas 4 ou 5 euros atravessa-se Setúbal, de um lado ao outro, por exemplo.

que não querem andar a pé à noite pela cidade e até os que vão ao hospital durante a noite.

As viagens de táxi são caras? Dada a economia actual são caras. No entanto, continua a ser um transporte personalizado que deixa o cliente à porta, que funciona 24 horas e que tem um grau de

Quem é que ainda utiliza o táxi? Muitas pessoas. O turista, quem vai a uma consulta médica, o indivíduo que bebeu uns copos à noite e quer voltar para casa e não pode levar o seu próprio carro, as pessoas

Gosta de ser taxista em Setúbal, ou preferia trabalhar em Lisboa? Prefiro trabalhar em Setúbal, que é onde moro e tenho a minha família e porque o número de táxis é menor. Lisboa não me atrai.

Classificados

Necrologia

Precisa-se

Arlindo Alves de Freitas A familia de ARLINDO ALVES DE FREITAS vem, por este meio, agradecer à equipa de NEFROLOGIA do Hospital de S. Bernardo todo o empenho, dedicação e profissionalismo evidenciados no acompanhamento deste seu familiar, no periodo em que esteve internado nesta unidade. Bem hajam

OP/ 0155

ANÚNCIOS DE NECROLOGIA Contacte o Jornal O Setubalense Travessa Gaspar Agostinho, 1 - 1º andar ou através do Telefone 265 094 354 ou por email: branca.belchior@osetubalense.com

de secretária/o com experiencia em Call Center, excel, Windows, boa apresentação, dinâmica, idade até 25 anos nas Pontes Tel. 918 880 085

Fujitsu

Recruta-se Jovens C/S Experiencia p/ Trabalhar na área residencial Oferecemos Base, comissões a cima da media e transporte da empresa vpp.recrutamento@gmail.com Tel.914 765 612 OP/ 0106

Vendo Quintinha Pegões – Gare 1249m2 duas frentes casas antigas, poço, arvores de fruto, toda vedada, negociável O próprio TLM 965 083 268

Peq. Anúncios

Aluga-se •

Apartamentos T0 a T3 várias zonas da cidade, Moradias, Lojas, Escritórios, Armazens, Garagens Tel: 919 365 150 C/ 0151 Arrenda T1 S/M J.Quebedo 200€,T2 S/M B. Liceu 350€,T1 Mob Moderno Alves Silva 340€, T2 S/M P. Brasil 290€ Temos Mais OP/ 0150 967 706 156 Aluga-se grande garagem Av. Bento Jesus Caraça (frente ao MiOP/ 0143 nipreço) Tel: 934400368 Alugo T1 na torre São Bernardo mobilado c/ parqueamento Tel. 934 132 340 / 217 740 567 OP/ 0152

• • •

OP/ 0149

Precisa-se Empregada/o de mesa na Av. Luísa Todi nº 588 “Adega do Zé” Setubal OP/ 0154

Formação •

Esca- Escola Cabeleireiros inscrições cursos cabeleireiro senhora/homem/ unissexo, manicure/pedicure/depilação. Formação prática modular p/ profissionais. Referenciais ANQ Tel.265229820/919723919 OP/ 0139


CIDADE

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

| 07 [ DR 

Mais de 300 pessoas fizeram rastreio cardiovascular Centenas de setubalenses passaram pela placa central da Avenida Luísa Todi, entre terça-feira e ontem, para realizar uma avaliação dos factores de risco cardiovascular e obter informações e conselhos sobre as formas de minimizar o risco de sofrer de uma doença cardíaca ou de ter um episódio cardíaco. Após três dias de contacto com a população, a organização da iniciativa considera que, apesar das pessoas estarem mais sensibilizadas para a importância desta temática, ainda há “um longo percurso a fazer”.

A adesão tem sido muito boa. Nota-se que existe um grande interesse e procura por parte da nossa população”, revelou Sara Gonçalves, médica do Hospital de S. Bernardo e umas das responsáveis pela organização, que já vai na 4ª edição. Ainda assim, e dado que a iniciativa decorre durante o horário normal de trabalho, ou seja, entre as 10h00 e as 17h00, “isso reflecte-se um pouco no tipo de pessoas que fazem os rastreios”, sendo que são os mais idosos, na faixa etária acima dos 65 anos, “que mais nos procuram”, salienta a cardiologista. Durante os três dias de rastreios foram detectados vários factores de risco como, por exemplo, diabetes, dislipidémia (quantidades anormais de colesterol e triglicéridos no sangue) e hipertensão arterial. No que respeita à sensibilização dos setubalenses para estes factores, Sara

[ CMS 

Gonçalves considera que “ainda há um longo percurso a fazer. Tentamos com que as pessoas estejam mais alerta naquilo que podem melhorar e acho que, nomeadamente, em termos de hipertensão arterial e hipercostorolémia (elevados níveis de colesterol) ainda existe um caminho a percorrer”. A cardiologista conclui que a razão provável para haver “uma elevada per-

centagem de hipertensos” está relacionada com o facto de, em Setúbal, o consumo de sal e peixe andarem “de mãos dadas”. Daí que, os especialistas tenham transmitido conselhos de nutrição, nomeadamente o consumo moderado de sal, usando ervas aromáticas como substituto. Uma das inovações desta 4ª edição dos “7 Dias do Coração” foi a parceria com a Escola de Hotelaria

e Turismo que permitiu realizar uma demonstração de culinária “com receitas saudáveis, com uso reduzido de sal, para as pessoas aproveitarem, experimentarem e perceberem que, muitas vezes, é possível fazer comida saudável e saborosa sem usar elevadas quantidades de sal”. Outras das novidades foi o rastreio da retinopatia hipertensiva (doença do nervo óptico) nos hipertensos, que decorreu na terça-feira. “Com o apoio do serviço de oalmologia fizemos a avaliação do olho para fazer o rastreio de uma das complicações da hipertensão arterial que é o atingimento do fundo do ocular, e conseguimos detectar alguns casos”, adiantou a médica. No âmbito desta acção está ainda prevista, amanhã, às 09h30, uma caminhada entre o coreto da Avenida Luísa Todi e o Parque Urbano de Albarquel.

O

final é uma intervenção artística, em grande escala, exposta na fachada de um imóvel no Largo da Misericórdia. Com esta iniciativa, o Arte em toda a Parte pretende “retratar a cidade, as suas gentes e vivências e mostrar a sua energia e a sua luz”. “Uma cidade que sorri” para ver a partir das 15h30,

do dia 23 de Maio, numa inauguração que conta com a presença da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, do diretor-geral da Immochan, Mário Costa e do fotógrafo Filipe Ferreira. Esta é mais uma iniciativa integrada no projecto “Arte em Toda a Parte”, da

m morador do bairro das Manteigadas, com o apoio da Câmara de Setúbal, organiza um curso gratuito de iniciação à informática, com conteúdos de utilização básicos, entre 20 de Maio e 27 de Junho, no bairro das Man-

teigadas. Trata-se de uma iniciativa no âmbito do programa “Nosso Bairro, Nossa Cidade”. O curso, organizado e conduzido por Jorge Pimenta, tem sessões às terças e quintas-feiras, das 14h00 às 17h00. O

processamento de texto, a criação de pastas e o funcionamento dos equipamentos informáticos são conteúdos programáticos do curso, direccionado para utilizadores que disponham de computadores portáteis.

iniciativa “Há Festa no Parque” marca, mais uma vez, o encerramento do ano lectivo com muita animação e actividades para toda a família no Parque do Bonfim, nos dias 24 e 25. O evento que vai na sexta edição, promovido pela Câmara de Setúbal, oferece, num único fim de semana, diversas actividades dirigidas a pais e filhos, entre as 10h00 e as 19h00. Ateliers de pintura facial, pintura de mural, modelagem de balões, insufláveis,

3 Reparos

circuitos de prevenção rodoviária, dynamic bungee, jogos tradicionais, exposição de projectos escolares, música, dança, teatro, modalidades desportivas e peddy paper são algumas das propostas do “Há Festa no Parque” com um programa que concilia o lúdico e o pedagógico. Como vem sendo habitual, decorre, em simultâneo, a Mostra de Cursos e Profissões com a oferta das diversas escolas profissionais, ensino superior, bem como empresas.

responsabilidade da Immochan, que conta com o apoio da Câmara de Setúbal e visa “consolidar a Arte e a Cultura como um eixo estratégico no posicionamento da marca Alegro, em perfeito alinhamento e sintonia com tudo aquilo que os Centros Comerciais Alegro vêm realizando”, refere a Immochan.

Morador das Manteigadas promove curso de iniciação à informática U

A

Reparámos que na Rua Lúcia Encarnação Maracoto, no Bairro Afonso Costa, continua a existir muito estacionamento abusivo nos passeios. Alguns moradores já tentaram pedir à Câmara Municipal a colocação de pinos para evitar que os automobilistas subam os passeios, mas até ao momento nada foi feito, e a situação tem-se vindo a agravar.

Alegro inaugura mais um projecto artístico Centro Comercial Alegro Setúbal desafiou os setubalenses a serem o rosto do Projeto.06 – SOMOS TODOS ALEGRO do Arte em Toda a Parte, que será inaugurado no dia 23 de Maio. O fotógrafo Filipe Ferreira andou pelas ruas da cidade a captar os sorrisos dos setubalenses e o resultado

“Há Festa no Parque” anima encerramento do ano lectivo

Os interessados em frequentar a formação, leccionada no Gabinete das Manteigadas da autarquia, no número 5 da Rua João Augusto Rosa, devem inscrever-se até dia 19, de manhã, pelo telefone 960 218 546.

Reparámos que na descida da Rua Armando Guerreiro, em Vanicelos, a calçada do lado direito tem um buraco, com os paralelepípedos todos soltos, sendo que alguns estão inclusive espalhados pela estrada. Chamamos a atenção para esta situação que pode fazer tropeçar os peões mais incautos. Reparámos que já foi reparado o piso no troço do cruzamento da Rua das Águas com a Estrada dos Ciprestes. À entrada da rua estava um buraco de dimensões consideráveis que dificultava a circulação automóvel, mas o mesmo foi tapado recentemente.


08 |

VINHOS/ GASTRONOMIA

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

José Arruda não tem dúvidas

“Vinhos de Setúbal são de excelência” POR JOAQUIM GOUVEIA

J

osé Arruda é o secretário geral da Associação Nacional dos Municípios Portugueses com Vinho, que tem como missão a afirmação da identidade histórico-cultural, patrimonial, económica e social dos municípios portugueses e dos territórios ligados à produção de vinhos de qualidade. Conhecedor profundo da realidade vitivinícola nacional aceitou falar com O Setubalense, numa entrevista onde destaca o papel fundamental do município sadino e da CVR Península de Setúbal, na promoção dos vinhos desta região que sublinha com o epíteto de excelência. Acredita ainda que a restauração poderá dar um contributo importante na divulgação dos nossos vinhos. Caso o município apresente uma candidatura, Setúbal tem condições para, num futuro próximo, ser capital do vinho quer a nível nacional como europeu? Para o projecto Cidade do

Vinho 2015, qualquer município associado da AMPV pode candidatar-se. O Município de Setúbal já fez uma candidatura em 2011 tendo ganho uma menção honrosa e promoveu uma serie de iniciativas com Viana do Castelo – Cidade do Vinho. De facto o envolvimento do Município nas iniciativas ligadas ao Vinho e ao Enoturismo tem sido enorme e com bastante sucesso.

"A Península de Setúbal é hoje uma região de excelência nos seus vinhos. Temos que realçar o trabalho desenvolvido pela Comissão Vitivinícola" Que benefícios traria esta distinção para a cidade? Todos nós sabemos das vantagens que o município de Palmela trouxe para si e para a região e para o país em ter sido Cidade do

[ DR 

Vinho 2009 e Cidade Europeia do Vinho em 2012. Seguramente Setúbal terá oportunidade de reforçar a notoriedade desta região vitivinícola, a Península de Setúbal.

anos e a excelente parceria com os municípios da região e com a AMPV.

Que trabalho tem sido desenvolvido pela Câmara de Setúbal, na promoção vitivinícola do concelho e dos seus vinhos? A esta questão caberá ao município de Setúbal responder. Vendo de fora temos que reconhecer o grande esforço que a Câmara Municipal tem feito na promoção dos seus vinhos e dos seus produtores através de eventos de carácter regional, nacional e internacional. As iniciativas levadas a cabo pela Casa da Baia, para a promoção dos vinhos regionais têm atingido os objectivos? Penso que sim. De facto a Casa da Baia é um projecto marcante na promoção e na venda dos vinhos e é acima de tudo um grande projecto de promoção turística da região,

José Arruda, secretário geral da ANMP com vinho

Para além de terra de bom peixe, Setúbal poderá ser ainda distinguida como cidade de bons vinhos por excelência? A Península de Setúbal é hoje uma região de exce-

lência nos seus vinhos. Temos que realçar o trabalho desenvolvido pela Comissão Vitivinícola da Península de Setúbal e do seu presidente Henrique Soares, pelo trabalho que tem desenvolvido nos últimos

Os restaurantes e bares da cidade estão, de alguma forma, despertos para a promoção dos vinhos que se produzem neste concelho ou na região? Penso que é necessário um grande esforço e uma maior participação da restauração na promoção dos nossos vinhos. Para além disto a AMPV esta a trabalhar de uma forma séria na campanha da moderação do consumo do álcool com a campanha da Wine Moderation. A marca “Moscatel de Setúbal” , já distinguida como a melhor do mundo na categoria de “muscat”, é conhecida no país? E internacionalmente? A Marca Moscatel de Setúbal é hoje uma marca reconhecida a nível nacional e internacional e os prémios que tem recebido em todo o mundo vem confirmar os excelentes vinhos da Península de Setúbal.

Iniciativa “Setúbal à prova” promove vinhos e gastronomia da região

C

onversas e provas vínicas comentadas, sessões de show-cooking, degustações e um mercado com produtos regionais são atractivos do “Setúbal à Prova”, uma iniciativa que irá realizar-se entre os dias 23 e 25, na Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal. Ao longo de três dias, os visitantes poderão provar doçaria, queijos, conservas e uma selecção variada de vinhos, num evento organizado pela Câmara de Setúbal, que pretende ser “uma montra privilegiada dos produtos de excelência da região setubalense”, refere a autarquia sadina. O mercado de produtos regionais é um dos destaques do “Setúbal à Prova”, que funcionará na Sexta-feira das 18h00 às 24h00, no Sábado das 15h00 às

[ DR 

Os vinhos vão estar em destaque no evento “Setúbal à prova”.

24h00 e no Domingo das 15h00 às 19h00. A entrada custa três euros, com oferta de um copo para provas, o que dá acesso, mediante inscrição, a participar nas actividades realizadas durante o evento, sem qualquer custo adicional.

Os vinhos da península de Setúbal, incluindo os generosos moscatéis, são comentados por especialistas em provas vínicas e os interessados podem ainda, em sessões específicas, receber conselhos práticos para aprender a

seleccionar, guardar e degustar diferentes tipologias de vinho. “Moscatéis | Joias de Setúbal” é o tema de uma dessas conversas, dia 23, às 18h30, conduzida por Rodolfo Tristão, sommelier e presidente da Associação de Escanções de Portugal. O encontro é organizado pela Essência do Vinho com o apoio da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal. Segue-se, no dia 24, às 16h00, a conversa vínica “Tintos para guardar”, por Manuel Moreira, sommelier e colaborador da revista WINE – A Essência do Vinho, enquanto a 25 o mesmo orador disserta sobre o tema “Rosés para levar para a praia!”, numa sessão com início às 17h30. Novas técnicas que valorizam a excelência dos

produtos da região, em particular do estuário do Sado, são demonstradas em actividades de show cooking, a primeira, no dia 23, às 20h30, dedicada ao “Atum e sardinha, sob várias texturas”, pelo chef José Serrano, da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal. No dia 24 a sessão de cozinha ao vivo começa às 17h00, com “Choco em várias texturas”, pelo chef Vasco Alves, da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal. Prossegue às 19h00 com “Fauna e Flora da Baía de Setúbal”, pelo chef Luís Barradas, e culmina às 21h30 com “Salmonete à beira da serra mãe”, pela chef Fernanda Amaro. “Península de Setúbal, Tradição e Modernidade” dá tema ao último show cooking do evento, agendado para dia 25, às

16h30, conduzido pelo chef Alexandre Silva, dos restaurantes lisboetas Bica do Sapato e Alexandre Silva na Ribeira. O evento inclui a dinamização de provas vínicas comentadas por Manuel Moreira. “Moscatéis de Setúbal e Chocolate”, às 17h00, e “Grandes Brancos da Península de Setúbal”, são os temas das actividades de dia 24, enquanto os “Grandes Tintos da Península de Setúbal” são descobertos a 25, a partir das 16h00. A participação nas actividades do programa – conversas sobre vinho, show cooking e provas comentadas – é gratuita mediante uma inscrição prévia no local, que deve ser realizada 15 minutos antes do início de cada sessão.


FEIRA DE SANT'IAGO

SEXTAFEIRA 16.MAIO.2014

| 09

Setubalenses não têm dúvidas quanto à redução

A feira pode perder interesse O

s setubalenses não parecem dispostos a entender, de ânimo leve, as razões para a redução do número de dias da Feira de Sant’Iago que, este ano, passa para apenas 10 (25 de Julho a 3 de Agosto), por decisão do executivo municipal. Para os nossos inquiridos tal medida não faz sentido numa capital de distrito com pergaminhos e vaidade na sua feira anual. Também a actual localização nas Manteigadas, continua a não reunir consensos. Certo é que a Feira de Sant’Iago é tida pelos sadinos como o maior evento da sua cidade. Colocámos duas questões aos nossos entrevistados:

Pois não sabia, nem sei o porquê. Será por razoes monetárias? Acho que sempre foram 15 dias e sendo Setúbal, capital de distrito já com grande pergaminho na nossa feira, acho que não está correcto,embora desconheca os motivos mas que julgo serão finan-

ceiros. Na minha opinião acho que a feira ficou a perder com a deslocação para as Manteigadas, pois embora já tenha ouvido várias versões, não sei bem ainda a versão correcta de tal afastamento do centro da nossa cidade

Luis Portela (cantor)

Já ouvi dizer e não concordo. Era o mesmo que fazerem o campeonato de futebol português só com uma volta, não teria o mesmo interesse e dinâmica. Por muito que isso altere o trânsito sempre preferi a feira na Avenida Luísa Todi. Penso até que poderia ser maior e apanhar a zona da doca e ir até ao Parque Urbano de Albarquel.

“Para o ano são 4 dias...”

Concorda com a redução da Feira de Sant’Iago, para 10 dias? A localização actual é a ideal ou deveria mudar de local?

“Não terá interesse”

“ Não está correcto”

Fernando Ferreira (62 anos, comerciante)

Não concordo com a decisão porque desde que me entendo fui habituado ao lindo convívio que era a nossa feira. São decisões de quem não sente a cidade, pois não são de cá. Para o ano serão 4 dias

como a de Grândola. Mas também a feira já não era a de Sant’Iago, era a feira das Manteigadas. Quanto ao local nunca escondi que, em minha opinião deveria voltar ao centro da cidade.

Teresa Saraiva (44 anos, pasteleira aspirante)

“Um evento importante”

Domingas Gamito (49 anos, assistente operacional) Não porque é um evento muito importante para a nossa cidade e traz muita gente que acaba por conhecer Setubal e arredores. A localização é a ideal. Durante anos fui à feira na cidade e o estacionamento era horrível, as pessoas andavam aos encontrões umas com as outras e não se conseguia ver nada. Assim está tudo mais arrumadinho. Que fique onde está.

Feira de Sant’Iago só terá dez dias este ano A Feira de Sant’Iago este ano terá apenas dez dias, ao invés dos habituais 16, mas a Câmara de Setúbal não explicou ainda oficialmente a que se deveu a decisão que apanhou de surpresa os vereadores da oposição na autarquia e os setubalenses. [ DR 

POR VERA MARIANO

A

o que O Setubalense apurou terá sido a difícil situação financeira da câmara a ditar a redução do número de dias do evento mais emblemático da cidade, a fim de reduzir custos, mas os vereadores do PS e da coligação PSD-CDS/PP exigem respostas e lamentam não terem sido informados antecipadamente das intenções do executivo CDU. No facebook oficial do certame já pode ler-se que se realiza entre os dias 25 de Julho e 3 de Agosto, dez dias “com a programação mais forte de sempre”, mas não é apresentada nenhuma explicação sobre como, de um ano para o outro, de 16 dias, a feira contará apenas com dez. Aliás, ninguém ainda se tinha dado conta desta redução, quando um vereador do Partido Socialista percebeu o que se iria passar, há alguns dias, ao ler um documento de promoção do certame distribuído pela vereação.

“Descobrimos por acaso, ao ler o folheto, porque não fomos informados sobre essa decisão, nem sequer que estaria a ser ponderada essa redução. Questionámos a presidente da câmara que pediu desculpas, admitiu ter sido uma falha e garantiu que iriamos reunir em privado para falar sobre o assunto”, disse a O Setubalense o vereador do PS, Paulo Lopes. No entanto, já passaram cerca de três semanas desde essa “descoberta” e, até agora, “não foi marcada reunião nenhuma e continuamos sem nenhuma justificação sobre o assunto”. O PS e o vereador da coligação PSD-CDS/PP, Luís Rodrigues, lamentam que a maioria tenha decidido “sozinha” sobre um assunto que “é tão importante para o concelho”, como sublinha Luís Rodrigues, que adianta desde já que não concorda com a redução do número de dias. “Duas semanas para um evento desta natureza numa cidade como Setúbal é aceitável”. Já a bancada do PS é mais

cautelosa e exige que a presidente da câmara, Maria das Dores Meira, marque a prometida reunião privada para dar a conhecer “quais as vantagens e desvantagens dessa redução, bem como qual a estratégia” do executivo CDU para o certame, antes de tomar uma posição sobre o assunto. No entanto, considera que é notório que “o actual modelo de feira, que a CDU garantia que já tinha conquistado o seu espaço, afinal está esgotado e tem de ser criada uma nova estratégia, que passa pelo regresso do certame ao centro da cidade”. “O que sentimos é que a feira só tem mais visitantes quando tem um cartaz musical forte. Quando não tem, fica vazia. Isto é um fracasso, porque o certame em si não é o motivo de atracção de pessoas”. Além disso, sublinha que este é mais um sinal de que a autarquia sadina “não tem as contas controladas”, por isso “faz cortes um pouco de forma cega nos custos”. O Setubalense solicitou um

Setubalenses vão ter menos dias para usufruir da Feira de Sant’Iago

comentário sobre esta situação à presidente da Câmara de Setúbal, mas não obteve resposta até ao fecho desta edição.

Oposição quer esclarecimentos sobre taxas para feirantes Para além da redução do número de dias da feira, outro assunto preocupa os vereadores da oposição referente à realização do certame este ano. Luís Rodrigues teme as implicações legais da cobrança das taxas municipais dos terrados aos feirantes, num

terreno que “não é da câmara”. “O Parque Santiago, nas Manteigadas, é da Associação parque Santiago que está em processo de insolvência, logo, os terrenos pertencem à massa insolvente. Como se vão aplicar taxas municipais num terreno, que, além de não ser municipal, pertence a uma associação insolvente?”, questiona. Luís Rodrigues já colocou o assunto à maioria CDU, mas sem qualquer resposta, mas dada a importância da questão garante que vai continuar a pressionar. Já da parte do PS, as

preocupações prendem-se com o facto de a taxa municipal para os terrados da feira “não estar bem fundamentada tecnicamente”. Isto porque, segundo explica a O Setubalense, “não foi criada uma fórmula, mas apenas uma espécie de regra de três simples em que se calcula quanto custarão os terrados em dez dias, quando em 16 custavam um certo valor”. “Isto não pode ser. Há serviços que não podem ser calculados em proporção, o que pode gerar a contestação dos feirantes que já se queixavam dos preços”, conclui


10 |

CULTURA

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

[ DR

Escapadelas Cinema

Lazer

AUDITÓRIO MUNICIPAL CHARLOT

RIO SADO

1 A LANCHEIRA (THE LUCHBOX) Até 21 de Maio Diariamente: 21h30, excepto dia 16 de Maio - Sábado e Domingo: 16h00 e 21h30

m erro no usualmente eficaz serviço de entrega de lancheiras provoca a relação entre Ila Vaid, uma jovem mulher desprezada, e Saajan Fernandes, um homem perto da idade da reforma. Por via destas lancheiras, ambos iniciam

uma correspondência e começam a sonhar com outra vida. Um filme de Ritesh Batra, com Irrfan Khan, Nimrat Kaur e Nawazuddin Siddiqui, que no SWISS FILM PRIZE 2014 teve Nomeações para Melhor filme, melhor actor e melhor argumento.

MÚSICA

DANÇA

Hoje - 21h30 Era uma vez o Lied e a Chanson A soprano Ana Paula Russo, o barítono Luís Rodrigues e o pianista João Paulo Santos interpretam obras de Schubert, Strauss, Fauré e Poulenc. O bilhete tem o custo de oito euros Fórum Municipal Luísa Todi

Amanhã - 15h30 Café à Tarde Demonstração de tango de João Santos e Lilian Rivera, pelo projeto "Enclave – Cultura em Movimento". Gratuito. Org.: CMS Casa da Baía

Amanhã (sábado) - 11h00 Alentejo abraça Setúbal O IX Encontro de Corais Alentejanos - Alentejo Abraça Setúbal inclui desfile na Baixa, às 11h00, e actuação no Largo da Misericórdia, às 12h00. A organização é da CMS com parceria do Grupo Desportivo Independente Amanhã - 21h30 Capas’olidárias Encontro de tunas do IPS com o objectivo de angariar fundos para apoiar instituições de solidariedade e aproximar a comunidade académica local da população. As entradas para o público em geral custam quatro euros e para os estudantes custam três euros. Uma organização da Semper T’unos - Tuna Mista Académica da Escola Superior de Saúde do IPS Fórum Municipal Luísa Todi Amanhã - 22h00 Charlie Mancini apresenta filmes musicados ao vivo Projecto que, de forma improvisada, cria bandas sonoras para filmes mudos. As entradas têm o custo de três euros. Org.: CMS Casa da Cultura

ENCONTROS Amanhã – Das 09h30 às 17h30 Dia Mundial da Hipertensão Rastreios e sessões de esclarecimento sobre a hipertensão e atelier de desenhos para crianças até aos 12 anos, ao longo do dia, na placa central da Avenida Luísa Todi, nas imediações da esquadra da PSP. Sessão solene do Dia Mundial da Hipertensão, às 12h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Org.: Sociedade Portuguesa de Hipertensão Amanhã - 17h00 Rabindranath Tagore Palestra por Anil Samarth, organizada pelo Teatro do Elefante Casa do Elefante Amanhã - 21h00 Noite dos museus Apresentação dos livros "Cultura a Sul", de António Murteira, e "Grândola, Vila Morena - A canção da liberdade", de Mercedes Guerreiro e Jean-Le Maître, e animação com o Grupo de Música Popular Portuguesa da Junta de Freguesia de S. Sebastião, Francisco Naia e Omshutra. O museu funciona em horário alargado, das 14h00 às 18h00 e das 20h00 às 24h00. Museu do Trabalho Michel Giacometti Amanhã - 21h00 Arrábida Encontro "Arrábida: axis mundi de místicos sufis e cristãos", por Natália Nu-

A

segunda edição do Wine Sunset Party, organizado pela Sado Arrábida com a parceria da Câmara de Setúbal, Rota de Vinhos da Península de Setúbal e Câmara de Palmela, tem este sábado a segunda iniciativa, depois do sucesso da primeira realizada no dia 10 de Maio. O cruzeiro enoturístico envolve provas de vinhos comentadas por produtores de adegas da Península de Setúbal

Sinopse:

U

1 Wine Sunset Party Amanhã - 18h30

e degustação de produtos regionais, para além de música e observação de golfinhos. De Maio a Setembro, todos os sábados, cada cruzeiro é exclusivo de uma adega da Penín-

sula de Setúbal, sendo que amanhã estará a bordo a Herdade do Espirra. O cruzeiro tem o custo de 25 euros por pessoa, sendo que as crianças dos quatro aos 12 anos pagam 15 euros.

nes. Iniciativa da Noite dos Museus. Museu Sebastião da Gama

para todas as idades. Iniciativa gratuita com inscrições através do 927 751 881. Org.: Teatro do Elefante

Abril. Biblioteca Municipal Serviços Centrais

Tourism Festival. Lavadouros de Vila Nogueira de Azeitão

Domingo - 10h30 e 15h00 Azulejaria Visitas ao património azulejar de Setúbal. Actividade do Dia Internacional dos Museus, comemoração que inclui ateliers para crianças e jovens e visitas guiadas às exposições. Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal

Centro Sociocultural Elmano Sadino (antigo centro de saúde da Terroa)

Até 07 jun Ter a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Sab, das 14h00 às 18h00 Fotografia Exposição/instalação "Século XVIII - 1.ª Série: Revelar a memória a partir do esquecimento", de JRicardo. Casa Bocage

LITERATURA

EXPOSIÇÕES

Amanhã - 16h00 O irmão de Jesus Apresentação do livro de Tenente Oliveira e sessão de autógrafos. Viaje no futuro através da “máquina do tempo” que é este livro. “Atrás do tempo, tempo vem…”, por isso temos de dar significado ao tempo e sobretudo aprender com Ele. Biblioteca Municipal Serviços Centrais

De 17 MAI a 8 JUN Todos os dias, das 11h00 às 19h00 Vaguear - Mar Exposição de Graça Pinto Basto e Maria João Frade. Inauguração no sábado às 17h00. Casa d’Avenida

Até 30 mai Seg a sex, das 09h00 às 19h00 Sab, das 14h00 às 19h00 Giuseppe Verdi Apresentação de exposição bilingue, no âmbito do Dia da Europa, dedicado à Itália, com o compositor Verdi enquanto proprietário, construtor, sábio e anfitrião. Mostra cedida pelo Instituto de Cultura Italiano de Lisboa. Biblioteca Municipal Serviços Centrais

CINEMA Domingo - 18h00 e 21h00 Filmes da Imigração Exibição dos filmes "Na América" (18h00) e "O Visitante" (21h00). A entrada tem o custo de dois euros. Org.: Diana Lima | Teatro do Elefante Casa do Elefante 19 SEG - 21h00 Sementes de violência A obra de Richard Brooks, de 1955, é exibida na "Lauro António Masterclass". Entrada gratuita Fórum Municipal Luísa Todi

TEATRO Amanhã – Das 10h00 às 13h00 Teatro Comunitário Formação, com seis sessões,

Amanhã - 21h30 Camões – O poeta soldado Espetáculo da Animateatro que transporta Camões para a actualidade. Para maiores de 12, a entrada custa 7,5 euros. Org. : TAS Teatro de Bolso

Até 22 mai Desenhando o fenómeno das aparições Desenhos a carvão de Mónica Garcia. Org.: Artiset Casa da Cultura Espaço das Artes Até 23 mai Seg, qua e sex, das 09h15 às 18h00 Ter e qui, das 09h15 às 20h30 Sab (17), das 13h00 às 18h00 Cores e Técnica Trabalhos de Antónia Calixto, de variadas formas artísticas. Mediateca da Escola Superior de Tecnologia. Org.: EST/IPS Até 30 mai 40 Poemas à Liberdade Selecção de poemas dedicados à Liberdade, com destaque para aqueles que, em português, foram uma arma de luta cívica e política, antes e depois do 25 de

Até 31 mai Ter a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00 Sab, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00 Azeitão, património natural Mostra fotográfica e documental do património natural da Freguesia de Azeitão, iniciativa desenvolvida em colaboração com o Parque Natural da Arrábida. Museu Sebastião da Gama Até 31 mai Ter a qui, das 10h00 às 24h00 Sex e sab, das 10h00 à 01h00 Dom, das 10h00 à 01h00 11.ª Meia Maratona Fotográfica de Setúbal Exposição dos melhores trabalhos do concurso. Inauguração às 16h00. Casa da Cultura Café da Artes Até 31 mai Sub Parque Natural da Arrábida Exposição fotográfica de Henrique Marques, da terceira edição do Finisterra Arrábida Film Art &

Até 14 jun Ter a sab, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Artes Visuais Exposições "’Z 37,48’", fotografia, vídeo e instalação de Rosa Nunes, e "Entre o Corpo e o Silêncio", desenhos, pinturas e técnicas mistas de Ana Lima-Netto. Iniciativa do Março Mulher 2014, que inclui o atelier "Duas artistas. Dois Caminhos", mediante marcação para grupos escolares (265 239 365). Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal Até 21 jun Ter a sex, das 09h30 às 18h00 Sab e dom, das 14h00 às 18h00 Instrumentos Musicais tradicionais populares portugueses – A semente lançada germinou Exposição com aerofones, cordofones, idiofones e membranofones, coleção particular de Albano Almeida e Rui do Cabo, Rui Rosado e Rancho Folclórico de Praias do Sado. Mostra evocativa da Revolução dos Cravos e do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios. Museu do Trabalho Michel Giacometti


REGIÃO

SEXTAFEIRA 16.MAIO.2014

Festas do Pinhal Novo são apresentadas segunda-feira

Sugestões para o fim-de-semana no concelho de Palmela

As Festas Populares de Pinhal Novo são apresentadas na próxima segunda-feira para dar a conhecer as iniciativas a desenvolver na edição deste ano.

O

A

s Festas Populares de Pinhal Novo, que decorrem de 5 a 10 de Junho, são apoiadas pela Câmara de Palmela com uma verba de 12 mil euros. O executivo municipal garante que o evento tem vindo a “assumir-se como um momento de afirmação da identidade e cultura local sendo um ponto alto do dinamismo associativo, económico e cultural da freguesia que procura manter viva a memória das tradições caramelas e ferroviárias, sem esquecer a nova realidade de Pinhal Novo enquanto maior núcleo urbano do concelho”. As Festas contam com a

[ DR 

enorme adesão do movimento associativo, que participa em cortejos etnográficos, na confecção da sopa caramela, nos espectáculos de animação desde o folclore, a música, as marchas populares e os grupos corais. As Festas são das mais concorridas da região de Setúbal, sendo a sua principal atracção a sopa caramela, que mobiliza um Espaço de Gastronomia, que também aposta nos enchidos, queijos, bifanas, doçaria e vinhos das adegas de Pinhal Novo. Este ano aguarda-se com grande expectativa o programa, que tem sempre artistas de referência nacio-

A Sopa Caramela é rainha nas Festas de Pinhal Novo

nal. Pelo palco das festas em anos anteriores já passaram Tony Carreira, David Carreira e Mikael Carreira, Quim Barreiros, João Pedro Pais, Jorge Palma, Pedro

Abrunhosa, Marco Paulo até aos “Amor Electro”. Mas o evento conta também com a animação local dos Bardoada, Baila ca Carroça, Gaiteiros e Banda da SFUA.

Montijo duplica apoio às festas das freguesias

A

s seis festas populares das freguesias do Montijo viram as verbas de apoio duplicadas pela Câmara Municipal. O subsídio no montante de 10 mil e 500 euros será distribuído pelas seis comissões de festas populares das freguesias e uniões de freguesias do concelho. A Festa da Nossa Senhora da Atalaia, a mais antiga, que reúne milhares de pessoas, onde os círios realizam a procissão e os eventos recreativos, será contemplada com quatro mil euros.

A

[ DR 

tributo a Ivete Sangalo. O bilhete tem o valor de 5 euros.

Noite dos Museus

T

ambém, para amanhã, fica a sugestão de uma oportunidade única, de visitar à noite, o Castelo e as Galerias do Museu Municipal de Palmela. A visita decorrer entre as 20h00 e as 22h30. Pode ainda ver ou rever o filme “Mestres dos Ofícios”, sobre os ofícios tradicionais no

Centro Histórico de Palmela, no mini-auditório. Esta é uma iniciativa em que pode e deve fazer-se acompanhar da família e em conjunto aproveitar para explorar os recursos pedagógicos que dão a conhecer o vasto património cultural do concelho de Palmela. [ DR 

[ DR 

Câmara do Montijo duplica apoio às festas das freguesias

A Festa de S. Jorge, em Sarilhos Grandes, que é organizada pela Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos da freguesia receberá 1.500 euros. A Sociedade Recreativa

das Figueiras, que realiza o evento local receberá 500 euros. Igual verba receberá o Grupo Desportivo, Recreativo e Cultural dos Foros do Trapo. As Festas de Pegões e a Comissão de Festas de Ca-

nha, que realiza a Festa da Oliveira, irão receber, cada uma, dois mil euros. Para o executivo municipal, a duplicação de valores no apoio às festas “justifica-se porque elas fazem parte da cultura popular do nosso concelho, estando profundamente enraizadas na vivência colectiva e na identidade do nosso povo”. Os apoios dados foram apenas para as festas feitas nas freguesias e deste montante não faz parte a grande festa da cidade, pois as Festas Populares de S. Pedro ainda não foram contempladas.

Escola D. Pedro Varela no Montijo também tem amianto Juventude Comunista Portuguesa (JCP) denunciou as escolas que têm amianto nos concelhos de Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Sesimbra, Setúbal e Seixal. Entre elas está a EB D. Pedro Varela na cidade do Montijo. A JCP recorda que o amianto “é uma fibra que é usada nas telheiras dos pavilhões”, que “pode causar problemas cancerígenos a longo prazo, se for exposta por um tempo alongado". No texto, os jovens comunistas acusam também o actual governo de coligação PSD/CDS-PP em “manter a

Espectáculo Sons de Palmela é uma proposta da Associação das Festas das Vindimas para este sábado, a partir das 21h30. Ao palco do Cine Teatro S. João sobe a Orquestra Clássica do Conservatório Regional de Palmela, orientada pelo professor António Quintalo, o Coro Infantil do Conservatório Regional de Palmela, orientado pelo professo João Camacho e a Orquestra Palmela Musik com o

| 11

sua política contra o ensino público, gratuito e de qualidade, uma opção que em nada ajuda as escolas”. Segundo a JCP, a falta de financiamento das escolas reflecte-se em vários aspectos sendo “a questão das obras é afectada com os cortes no sentido de terem sido interrompidas em várias escolas da região, deixando os estudantes a ter aulas em contentores, em condições deploráveis, sem condições materiais e humanas”. A JCP critica igualmente o Governo “que teima em não anunciar todas as escolas que se en-

contram nestas condições” considerando “injusto que os estudantes e toda a comunidade escolar não tenham conhecimento das condições em que se inserem” e por isso, apresentam uma lista de escolas de que os comunistas dizem ter conhecimento, que têm a fibra amianto na região de Setúbal: EB D. Pedro Varela (Montijo); EB D. João I (Moita); ES Baixa da Banheira (Moita); EB Quinta Nova da Telha (Barreiro); EBS Santo António (Barreiro); ES Augusto Cabrita (Barreiro); Michel Giacometti (Sesimbra); ES Fernão Mendes

Pinto (Almada); ES Monte da Caparica (nos pavilhões não intervencionados com as obras paradas há 2 anos) (Almada); EB da Trafaria (Almada); EB Miradouro de Alfazina (Almada); EB D. António da Costa (Almada); EB Comandante Conceição e Silva (Almada); ES Bocage (Setúbal); EB2/3 de Aranguêz (Setúbal); EB2/3 Paulo da Gama (Seixal); EB2/3 Dr. António Augusto Louro (Seixal); ES Manuel Cargaleiro (Seixal); ES João de Barros (Obras paradas há 4 anos) (Seixal); ES Alfredo dos Reis Silveira (Seixal).

A “Nova Bailarina”

A

“Nova Bailarina” encerra itinerância no concelho de Palmela com um espectáculo, em Pinhal Novo, este sábado, dia 17 de maio, a partir das 16 horas, no Auditório Municipal local. Este espectáculo, pela Jangada de Pedra, é uma produção de dança e teatro sobre a democracia, concebida, dirigida e coreografada por Aldara Bizarro, que nos remete para o papel de cada

um na sociedade e para a consciência cívica, abordando, através da dança, questões éticas e de valores base de construção pessoal e social. “A Nova Bailarina” é uma peça onde a palavra está muito presente, com o objectivo de reforçar a consciência da ligação entre o corpo e a mente, unindo o pensamento à dança e potenciando uma nova forma de viver o corpo na sociedade.

Marionetas invadem Espaço Contrafacção

A

s Marionetas invadem Espaço Contrafacção, no Pinhal Novo, dia 17 de Maio. As actividades integram o programa comemorativo dos aniversários da PIA - Projectos de Intervenção Artística e do “Bardoada” – Grupo do Sarrafo. Às 16 horas, tem início “Vida de Marioneta” pelo Valdevinos Teatro de Marionetas. Dedicada a crianças

com idades compreendidas entre os 5 e os 10 anos. À noite, com início às 22 horas, a companhia sobe ao palco com a peça “Eu, a Mulher Macaco”, que conta, na primeira pessoa, a história verídica de Júlia Pastrana, mulher frágil mas muito talentosa, que nasceu com hipertricose, doença que a marcou para sempre como a “mulher macaco.


12 |

REGIÃO

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

Adega de Palmela conquista Ouro e Prata em Bruxelas O s vinhos portugueses em geral e da região de Palmela, em particular, voltaram a brilhar no estrangeiro. A Adega Cooperativa de Palmela conquistou mais duas importantes Medalhas a nível internacional, desta feita numa das mais importantes provas de vinhos realizadas na Bélgica, o Concours Mondial de Bruxelles, que, este mês de Maio de 2014, celebrou a sua 20.ª edição. Os néctares medalhados foram o Adega de Palmela Branco DO 2013, com uma Medalha de Ouro, o que “comprova a elevada qualidade do rótulo em causa”, e o Vale dos Barris Branco Moscatel 2013, sucessor em linha directa do Vale dos Barris Branco Moscatel 2012, que, no último ano, me-

receu o título de Melhor Vinho da Península de Setúbal. Na 20.ª edição do Concours Mondial de Bruxelles, que decorreu no início do mês na capital belga, os vinhos nacionais foram os que arrecadaram mais medalhas, logo a seguir aos vinhos franceses. Dezasseis medalhas Grande Ouro, 113 medalhas de Ouro e 196 medalhas de Prata. No total, os vinhos portugueses trouxeram para casa 325 medalhas. O Concours Mondial de Bruxelles é um dos mais reconhecidos pela indústria do vinho a nível mundial graças aos juízes de renome que recruta. Na edição deste ano, o júri, de 62 elementos, degustou e avaliou um total de 8061 vinhos dos quatro cantos do mundo.

A

U

[ DR 

Os idosos do Montijo confeccionam doces para degustação

do Afonsoeiro. O Lugar de Encontros continua amanhã, às 10h00, no Jardim da Casa Mora, onde irá decorrer uma simultânea de xadrez organizada pelo

[ DR 

O Manel da Horta e as Marias animam o evento

Mostra Gastronómica anima Montijo ma mostra gastronómica com degustação irá animar a cidade do Montijo, hoje, entre as 10h00 e as 12h00, na Praça da República. A iniciativa insere-se no “Montijo, Lugar de Encontros” e conta com a participação da população sénior. Os visitantes terão oportunidade de degustar doces e salgados, que serão confeccionados pelos idosos de Instituições Particulares de Solidariedade Social do Concelho do Montijo. A animação musical no evento de hoje estará a cargo do Grupo Coral e Instrumental do centro Social de São Pedro

Azeitão recebe festa do Manel da Horta

Ateneu Popular do Montijo e que contará com a participação dos alunos da Escola Básica Ary dos Santos e da Escola Básica Joaquim de Almeida.

festa das Tradições, Sabores e Aromas da região da Arrábida e Setúbal protagonizada pelo Manel da Horta está de regresso a Azeitão com gastronomia, artesanato, música e animação teatral. Gastronomia, artesanato, música e animação teatral vão ser os condimentos para a iniciativa “Tradições, Sabores e Aromas” da região da Arrábida e de Setúbal, que irá decorrer entre os dias 23 e 25 de Maio. A 5ª edição da festa do Manel da Horta é organizada pela Junta de Freguesia de Azeitão e conta com a participação de mais de 60 expositores, que apostam na venda de produtos hortícolas, flores e artesanato, no Largo do Rossio. Haverá também provas de vinhos, a par da típica sopa caramela, queijo de Azeitão, mel da Arrábida e doçaria. Para além dos jogos tradicionais, irão decorrer sessões de pintura ao vivo por artistas locais. O evento “Tradição, Sabores e Aromas de Azeitão”

começa no dia 23, às 16h00, estando a inauguração agendada para as 21h00. A animação do dia de inauguração conta com a participação do Rancho Etnográfico de Danças e Cantares da Barra Cheia e o Grupo Etnográfico Infantil de Danças e Brincadeiras Caramelas da Barra Cheia. O programa inclui também uma exposição de antigas alfaias agrícolas e animais ao vivo e visitas guiadas à Casa-Museu José Maria da Fonseca. O Manel da Horta e as Marias irão fazer animação de rua sobre o tema “Azeitão Antigo”. O Espaço Descoberta, instalado no recinto do evento, irá receber um atelier de música, modelagem de pasta de açúcar, peddy paper sobre os animais marinhos do Portinho da Arrábida e um baile com a banda Ball-Trad. Os alunos das escolas e infantários de Azeitão participam com uma exposição de legumes e no Museu Sebastião da Gama estará patente uma mostra sobre o Património Natural de Azeitão.

[ DR 

Empresários partilham experiências de sucesso

N

o âmbito do Projecto Municipal de Formação para a Comunidade, a Câmara Municipal de Palmela promove, entre Maio e Junho, duas sessões de partilha de experiências empreendedoras. Nestas sessões, dois empresários de sucesso vão falar sobre o processo de constituição das suas empresas, a ideia, os

apoios e as parcerias, as dificuldades e como as superaram, a abertura dos espaços e a dinamização dos projectos. No dia 24 de Maio, às 17h00, no Restaurante Four´k, na Praça Duque de Palmela, a conversa será com uma das proprietárias, Regina Marques, e no dia 2 de Junho, às 11h00, a sessão decorrerá no Espaço MOJU,

no Parque Venâncio Ribeiro da Costa, em Palmela, com Pedro Castel Branco (Restaurante/Loja Flavors - Sabores Diferentes da Nossa Terra). A iniciativa pretende estimular o empreendedorismo e dar a conhecer os incentivos para a criação de empresas e dinamização económica no Centro Histórico de Palmela.

O MOJU recebe empresários de sucesso


DESPORTO

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

Sadinos já têm calendário para futebol de praia [ a-agosto.com 

| 13

Vitória vai ter um novo técnico português para a vaga de José Couceiro [ ARQUIVO 

A equipa vitoriana volta a competir no campeonato nacional

A

equipa de futebol de praia do Vitória vai começar, no dia 7 de Junho, a discussão pelo título da II edição do campeonato nacional da FPF. De acordo com o sorteio da competição, realizado esta quarta-feira, os sadinos ficam integrados na Zona Sul, a par das equipas do Charneca de Caparica, Sesimbra, Alfarim, “Os Armacenenses” e Praia de Mil Fontes. A primeira jornada da prova, a realizar a 7 de Junho agenda os jogos: Charneca-Mil Fontes; Sesimbra-Alfarim e Vitória-“Os Armacenenses”. As rondas posteriores reservam os seguintes encontros: 2.ª jornada, 14 de Junho: Mil Fontes-Vitória; Alfarim-Charneca e “Os Armacenenses”-Sesimbra. 3.ª jornada, 21 de Junho: Mil Fontes-Alfarim;

Charneca-“Os Armacenenses” e Vitória-Sesimbra. 4.ª jornada, 5 de Julho: Vitória-Alfarim; “Os Armacenenses”-Mil Fontes e Sesimbra-Charneca. 5.ª jornada, 6 de Julho: Alfarim-“Os Armacenenses”, Mil Fontes-Sesimbra e Charneca-Vitória. Todos os jogos referentes à Zona Sul, organizados pela AF Setúbal, vão ser disputados no Multiusos Municipal, na Praia do Ouro, em Sesimbra. Recorde-se que a primeira fase da edição 2014 do nacional de futebol de praia conta com 28 equipas, envolvidas em quatro séries (Norte, Centro, Lisboa e Sul). As quatro equipas melhores classificadas de cada série garantirão a passagem à segunda fase prova, mantendo a divisão em quatro grupos.

Futebol de formação vitoriano Agenda fim-de-semana Campeonato Nacional Juniores “B” (Juvenis) 2ª fase / manutenção – 12ª jornada Belenenses” / Vitória Domingo, às 11 horas, Estádio Universitário Lisboa, campo nº 3 Torneio Complementar Juvenis – AFS 4ª jornada Vitória / Ol. Montijo Domingo, às 10h30, Parque Desportivo ACRUTZ (Zambujal – Sesimbra) Campeonato Distrital Iniciados – AFS 2ª divisão - 26ª jornada Alcacerense / Vitória Domingo, às 10h30 Estádio Municipal, Alcácer do Sal Campeonato Distrital Infantis “A” Futebol 7 Fase complementar AFS – 17ª jornada

Vitória / Luvas Pretas Sábado, às 11h45 Estádio Bonfim, campo nº 2 Campeonato Distrital Infantis “B” Futebol 7 Fase final – AFS 10ª jornada Fabril / Vitória Sábado, às 11h45, Polidesportivo St.a Bárbara, Lavradio, Barreiro Campeonato Distrital Benjamins “A” Futebol 7 Fase complementar–AFS 14ª jornada Vitória / Alfarim Sábado, às 10h30, Estádio Bonfim, campo nº 2 Campeonato Distrital Benjamins “B” Futebol 7 Fase final – AFS 11ª jornada Vitória / GD Fabril Sábado, às 9 horas, Estádio Bonfim, campo nº 2

Fim de ciclo José Couceiro já não é treinador do Vitória. O presidente do clube está tranquilo e vai decidir com serenidade sobre quem será o novo comandante da equipa sadina na próxima época. Uma coisa é certa: será português.

os seus objectivos.” Expressou o técnico de 51 anos, que deixou o Vitória no 7.º lugar da Liga. Na mesma nota, o clube manifestou o agradecimento pelo trabalho desenvolvido por Couceiro, que chegou ao Vitória à 8.ª jornada do campeonato. “O Conselho de Administração da Vitória Futebol Clube – S.A.D. agradece todo empenho, competência e profissionalismo demonstrados pelo treinador José Couceiro e pela sua equipa técnica e deseja-lhes os maiores sucessos pessoais e profissionais”.

Presidente tranquilo

POR JOAQUIM GUERRA

F

oi por volta das 18 horas que José Couceiro saiu, esta quinta-feira, do Estádio do Bonfim, já na qualidade de ex-treinador dos sadinos, após reunião com o Conselho de Administração da SAD vitoriana, presidido por Fernando Oliveira, em que o técnico deu conta da sua não continuidade no Bonfim. O treinador cumprimentou os jornalistas mas escusou-se a acrescentar quaisquer declarações àquelas que, minutos antes, havia registado para um comunicado publicado no site do Vitória. “Entendemos que este era o momento em que nos iríamos separar, de uma forma amigável e sem qualquer tipo de questões. Pessoalmente quero agradecer a confiança que depositaram em mim num momento desportivamente difícil. Trabalhámos todos em conjunto para que o Vitória fizesse uma boa época e quando digo todos refiro-me ao Conselho de Administração, treinadores, jogadores e restante staff e felizmente as coisas correram bem. Desejo ao Vitória sempre o melhor, sempre desejei, e continuarei a desejar que o Vitória prossiga o seu caminho e que consiga atingir

José Couceiro tomou a iniciativa de fechar o ciclo no Vitória

Venâncio na Selecção Sub-21

F

rederico Venâncio, central do Vitória, foi chamado esta quarta-feira, a integrar a convocatória da Selecção Sub-21, tendo em vista o embate com a Macedónia, a contar para a qualificação do Europeu 2015. A chamada de última hora do defesa-central sadino, por parte do Seleccionador Rui Jorge, colmatou uma vaga deixada em aberto na lista de 24 atletas, devido à lesão do vimaranense João Amorim, contraída

já no decorrer do estágio, que começou na quarta-feira, em Rio Maior. Desta forma, Venâncio junta-se a João Mário na equipa nacional de sub21 que prepara o jogo de qualificação para o Europeu de 2015, marcado para 23 de Maio, onde o defesa-central poderá registar a sua 2.ª internacionalização. Em caso de vitória sobre a Macedónia, Portugal qualifica-se para o play-off de acesso ao Europeu.

Fernando Oliveira deixou o estádio poucos minutos depois de Couceiro e não se alongou quanto ao nome do futuro treinador do Vitória. “Estou tranquilo. Agora, vamos trabalhar sobre o assunto”. Instado a analisar o adeus de José Couceiro, o líder vitoriano reconheceu os méritos do técnico desde que chegou a Setúbal. “Aceitamos a sua decisão e desejamos-lhe o melhor para o futuro, pois deu-nos uma grande ajuda nestes meses», afirmou. Paulo Sérgio, 46 anos, antigo jogador do Vitória entre 1995 e 1997, e que na qualidade de treinador, já orientou o Olhanense, Santa Clara, Beira-Mar, Paços de Ferreira, Guimarães, Sporting, Hearts (Escócia), Cluj (Roménia) e Apoel (Chipre), por esta ordem, é um nome que parece ganhar força para orientar os sadinos.

Arranque a 7 de Julho O Bonfim abre as portas ao Vitória versão 2014/15 no próximo dia 7 de Julho. Esta é a data indicada para que os elementos que irão integrar o renovado plantel têm de fixar na agenda e que marca o arranque da nova época sadina. Entretanto, durante o dia de hoje deverá ficar decidido se o médio defensivo brasileiro e capitão de equipa, Ney, vai ou não renovar contrato.


14 |

DESPORTO

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

‘Meia’ sadina teve um ’erro humano’ mas vai melhorar [ DR 

A

PSP de Setúbal está a analisar internamente “um erro humano” que esteve na origem das da não interrupção do trânsito. Promover uma maior e antecipada divulgação do percurso da prova no próximo ano foram as conclusões da reunião de balanço da 25.ª Meia-maratona de Setúbal. O organização da Meia-maratona de Setúbal, representantes da Câmara Municipal (divisões de trânsito e desporto) e da Polícia de Segurança Pública reuniram esta quinta-feira, para analisarem o que correu mal no evento deste ano. Num comunicado conjunto, os intervenientes reconhecem que as críticas dos participantes e cidadãos ficaram a dever-se às falhas que decorreram da implementação do novo percurso da prova. “Relativamente às queixas dos atletas que se prenderam com o percurso em ruas onde o trânsito não foi interrompido (registado em vídeo), este facto teve origem num erro humano por parte de um agente da P.S.P. que está analisar internamente o caso”. Refere o documento, que afasta responsabilidades directas da organização, uma vez que todo o restante percurso teve o trânsito cortado. Sobre as queixas dos cidadãos, que apontaram descontentamento com os cortes de trânsito suplementares nalgumas das principais vias da cidade, o comunicado adianta: “Discutiu-se a possibilidade de alteração do percurso da meia-maratona, continuando no interior da cidade mas com alternativas a locais como a zona do hospital e a algumas ruas no Bairro do Liceu”. O compromisso de no próximo ano, “promover a divulgação das ruas cujo trânsito será cortado com algumas semanas ou até meses de antecipação para minimizar o transtorno causado aos moradores”, ficou estabelecido. “Ao fim de 25 anos, a experiência ensinou-nos a reconhecer o que fazemos menos bem e a partir daí melhorar. Queremos que a Meia-Maratona seja uma festa para quem participa e para quem assiste e esperamos que em 2015 tenhamos a melhor edição de sempre com um percurso mais do agrado dos atletas e com os visitantes menos desprevenidos”, pode ler-se no remate do comunicado.

Regata de Vela vai dar mais cor ao Sado

E

ste fim-de-semana, a competição náutica vai trazer às águas do Sado mais de meia centena de embarcações de grande porte para competirem na Regata de Vela de Cruzeiro. A prova, que envolve a participação de velejadores federados e ligados a associações

particulares, será desenvolvida ao longo de três horas, uma previsão que dependerá das condições atmosféricas e do mar. Para este sábado, as embarcações fazem-se à água a partir das 14 horas. No domingo, com a chegada dos barcos envolvidos na regata Conde de

Caria, oriundos de lisboa, a competição começa às 10h30, com renovado colorido. Refira-se que o evento náutico, integrado no âmbito dos Jogos do Sado, envolve embarcações com mais de nove metros de comprimento, tripulados por equipas com quatro a cinco tripulantes.

A Praia da Saúde é o ponto de partida dos barcos para uma jornada que poderá ser observada em diversos pontos da frente ribeirinha. A Regata de Vela de Cruzeiro conta com a organização conjunta da Câmara de Setúbal, do Clube de Vela do Sado e do Troia Resort.

[ DR 

Aquatlo envolve centenas em Albarquel

Albarquel vai ser o centro de toda a actividade da competição que vai contar com centenas de atletas de vários escalões etários. Setúbal vai puxar pelo Remo Lusitano

POR JOAQUIM GUERRA

O

II Aquatlo de Setúbal traz, este sábado, à tarde, a Setúbal, perto de 650 atletas, que vão nadar e correr pelos diversos títulos em disputa nas várias categorias etárias. A quantidade de atletas envolvidos nesta jornada, confere, desde já, ao evento sadino, o estatuto de uma das provas desportivas mais participadas do ano. Motivo de satisfação para a organização e para a promoção de uma modalidade que cresce diariamente à beira-Sado. O Remo Clube Lusitano, emblema setubalense, que tem assumido papel de referência nesta modalidade, é co-responsável pela organização da prova, inserida, pelo segundo ano consecutivo no calendário oficial da

Federação de Triatlo de Portugal. A O Setubalense, a presidente do Remo Clube Lusitano, Vitória Lima, assume a relevância da prova e liberta um desejo. "É extremamente importante ter um evento destes em Setúbal, de forma a mostrar à cidade a modalidade. Esperamos manter o evento em parceria com a Câmara Municipal e com a Federação de Triatlo de Portugal por muitos anos. Queremos trazer também para a cidade uma prova de triatlo sénior no próximo ano."

Três provas a realizar A jornada sadina de aquatlo integra a 5.ª etapa do Campeonato Nacional de Jovens (em quatro escalões), Campeonato Nacional de Grupos de Idade (em diversos escalões de idade com intervalos de 5 em 5 anos) e

As provas de duatlo são constituídas por duas modalidades (natação e corrida). Setúbal começa a ganhar força nos eventos competitivos uma Prova Aberta (para todos os interessados). O Lusitano sadino irá estar representado, nas três provas, com um total 17 atletas. A saber: Nacional de Jovens - Henrique Abelho, Gaspar Silva, Artur Ogando (benjamins), César Amândio, Salvador Figueiredo, João Cascalheira, Francisco Moura (infantis), João Abelho, Jorge Gonçalves, João Leitão (iniciados) e Gaspar Rodrigues e Sofia Silva

(juvenis). Grupos de Idade (3539 anos): José Guerreiro e Vitória Lima. Pedro Fernandes, Zaida Piteira e Susana Vale participam na Prova Aberta. "Embora tenhamos atletas jovens de grande nível, o principal objetivo é que consigam superar-se em esforço e qualidade, divertindo-se em competição e ganhando cada vez mais vontade de treinar e competir." Registou ao nosso jornal o treinador dos lusitanos, Júlio Amândio. Recorde-se que a competição, inserida nos Jogos do Sado, estará centrada no Parque Urbano de Albarquel, a partir das 13h30. O evento vai condicionar o trânsito. O fecho da Av. José Mourinho a partir do entroncamento com a Travessa Casa da Saúde será uma realidade, assim como o encerramento das travessas Casa da Saúde e da Rasca.

Bairros vão disputar torneio de futebol jovem

A

proposta é um torneio de futebol sub-12, a realizar entre 24 e 1 de Junho. O desafio promete cativar os jovens futebolistas setubalenses para uma competição acrescida de convívio multicultural. A iniciativa, no âmbito do programa municipal “Nosso

Bairro, Nossa Cidade”, prevê a realização de três jornadas desportivas a envolver crianças dos bairros da Bela Vista, Alameda das Palmeiras, Forte da Bela Vista, Quinta de Santo António e Manteigadas, serão realizadas nos recintos do Parque Verde da Bela Vista

e da Escola Básica 1 da Bela Vista. As equipas, com o máximo de dez elementos, devem indicar um árbitro e um delegado de jogo. Cada jornada do torneio é organizada por um dos bairros participantes no evento desportivo, com o apoio da

comissão desportiva do programa “Nosso Bairro, Nossa Cidade” e da Câmara. Os interessados em participar nesta iniciativa devem inscrever-se até dia 24, no Gabinete da Bela Vista da Autarquia ou na Junta de Freguesia de S. Sebastião.


ÚTEIS/ LAZER

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

| 15

AGENDA GASTRONÓMICA

RESTAURANTE

OP/ 0070

SNACK-BAR

PARA ANUNCIAR

O Novo Retiro do FERNANDO way Especialidades eA k a T Arroz de Marisco • Açorda de Marisco

CONTACTE

Ensopado de Enguias • Peixe e Carne na Brasa

912 278 131

Rua Henrique Rosa, 24/26 • Tel. 265 732 628 • Poço Mouro • 2910-293 Setúbal

265 094 354

Anuncie aqui q o seu restaurante! Preços Especiais

912 277 601

PASSATEMPOS - SUDOKU

Tempo em Setúbal 6ª FEIRA

Sábado 25º 15º

Domingo 27º 15º

Céu com períodos de muito nublado

23º 14º

Céu limpo

Céu limpo

TOTOLOTO

14 • 17 • 29 • 41 • 45 + 10 LOTARIA POPULAR 1º 64001 2º 76306 3º 52885 Marés

Telefones Úteis Câmara Municipal de Setúbal 265 541 500

Protecção Civil de Setúbal 800 212 216

Capitania Porto de Setúbal 265 548 270

Protecção à Floresta 177

CP de Setúbal 265 526 845 GNR de Setúbal 265 540 287 Cruz Vermelha Portuguesa 265 522 578 Intoxicações 808 250 143 Piquete Águas do Sado 265 529 800 Piquete EDP 800 506 506 Polícia de Segurança Pública 265 522 022 Polícia Marítima 265 548 275

Táxis 913 201 015 935 910 222 962 012 727 TST Setúbal 265 009 721 LINHA DE EMERGÊNCIA Bombeiros Sapadores de Setúbal 265 522 122

HOJE Hora

Altura (m)

04:42 10:46 17:02 23:13

3.41 0.53 3.56 0.49

AMANHÃ Hora

Altura (m)

05:26 11:29 17:46 23:58

3.38 0.58 3.52 0.54

Bombeiros Voluntários 265 523 523

DOMINGO

Protecção Civil 265 523 223

Hora

Altura (m)

06:13 12:14 18:34

3.29 0.70 3.43

Cruz Vermelha Portuguesa 965 394 3910

Preia-Mar Baixa-Mar Preia-Mar Baixa-Mar

Preia-Mar Baixa-Mar Preia-Mar Baixa-Mar

Preia-Mar Baixa-Mar Preia-Mar

Título registado na ERC sob o n.º 107552; Propriedade: Carlos Bordallo-Pinheiro; Director: João Abreu - redaccao@osetubalense.com; N.º Registo Legal 8/84; Jornalistas: (Cf. n.º 3 do art.º 14.º do Dec.-Lei n.º 56/2001 de 19/2); Redacção: Tel: 265 092 633; redaccao@osetubalense.com - Vera Mariano - C.P.J. n.º 5213 - vera.mariano@osetubalense.com; Vera Gomes - vera.gomes@osetubalense.com; Colaboradores: Joaquim Guerra (Desporto) C.P.J. 9461 - joaquim.guerra@osetubalanse.com; Fátima Brinca (Região) - C.P.J. n.º 2574 - fatimabrinca@gmail.com; Joaquim Gouveia (Cultura e Reportagem) - C.P.J.TE n.º 644 - quim.gouveia@sapo.pt; Brissos Lino; Giovanni Licciardello; Departamento Comercial: Mauro Sérgio - mauro.sergio@osetubalense.com; Departamento Administrativo: Tel: 265 094 354 • 912 277 601; Ana Almeida - ana.almeida@osetubalense.com; Branca Belchior - branca.belchior@osetubalense.com; Cessionário e Editor: Setupress - Soc. Editora, Lda. - Pessoa Colectiva com o n.º 510 965 423 com domicílio na Travessa Gaspar Agostinho n.º 1 - 1º Andar - 2900-389 Setúbal; Gerentes: Carlos Bordallo-Pinheiro; Maria Luisa Bordallo-Pinheiro; José Araujo; Proprietário com mais 10% do capital social: Bordalo Pinheiro, Lda; Tiragem: 5000 ex.; - Fotocomposição e Arte Final: Setupress - Soc. Editora, Lda. - Travessa Gaspar Agostinho n.º 1 - 1º Andar - 2900-389 Setúbal; Impressão: Tipografia Rápida de Setúbal - Travessa Jorge D'Aquino, 7 - 2900-427 Setubal - trapida@bpl.pt


16 |

ÚLTIMA HORA

SEXTA-FEIRA 16.MAIO.2014

Jardim da Beira Mar e antiga marina preparados para o turismo A

Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (APSS) vai capacitar os espaços do Jardim da Beira Mar e do Cais 3, a antiga marina situada entre a Escola de Turismo de Setúbal e o cais da Atlantic Ferries, para a dinamização do turismo. As obras no Cais 3 arrancam já no final do Verão. O concurso de concessão do Cais 3 foi lançado em Agosto de 2012 para actividades dedicadas ao lazer, mar e comércio e Vítor Caldeirinha, presidente da APSS, revela a O Setubalense que “estão marcadas para breve as negociações com os dois principais interessados na concessão do espaço”. Na altura do lançamento do concurso para concessão, o edifício tinha recebido intervenções

[ DR 

ao nível da impermeabilização da estrutura, estando outras obras de arranjo, tanto interiores como exteriores, dependentes do tipo de ocupação a desenvolver no edifício e na zona. Durante este Verão, o espaço do Cais 3 vai receber três grandes eventos para o público, mas ainda não da responsabilidade do futuro concessionário. Com o início do campeonato mundial da FIFA no Brasil, é de prever que o primeiro evento seja relacionado com a participação da selecção nacional rumo ao título que nunca trouxe para o país.

MXL vai reabrir portas No contexto da dinamização do turismo nos espaços da responsabili-

Cais 3 vai ser transformado num espaço de turismo e lazer com as obras a arrancar no fim do Verão

dade da APSS, o encerrado bar MXL no jardim da Beira Mar, volta a abrir portas ainda que sem data prevista. Ao que O Setubalense averiguou, a exploração do espaço,

que se encontra encerrado há cerca de quatro anos, será entregue ao Rockalot, responsável pelo restaurante AquaBay no Parque Urbano da Albarquel e pelo

bar na Praia da Saúde. Ainda na sequência da atracção de público na altura do Verão para o espaço ribeirinho a leste da cidade, a APSS vai ainda construir uma es-

planada provisória em frente ao rio Sado entre o Jardim da Beira Mar e a Doca dos Pescadores, imediatamente atrás do edifício do Parque Natural da Arrábida.

Festroia celebra 30 anos com mais filmes e mais qualidade [ DR 

POR VERA MARIANO

O

Festroia – Festival Internacional de Setúbal comemora este ano o 30º aniversário com a exibição de mais filmes (188 no total), uma homenagem ao cinema alemão e outra ao produtor português Paulo Branco, que recebe o golfinho de ouro na cerimónia de encerramento. O evento, que se realiza entre os dias 6 e 15 de Junho, no Fórum Luísa Todi e no Auditório Municipal Charlot, deverá contar com um orçamento semelhante a 2013, ou seja, cerca de 200 mil euros. “Este é um ano muito importante em termos de quantidade e de qualidade para o Festroia. No ano em que comemoramos os 30 anos do Festival temos mais filmes em exibição e de grande qualidade. Vamos fazer um grande festival, a cidade e os setubalenses merecem”,

: Fernanda Silva sublinha a qualidade do festival que já faz parte da cidade há 30 anos

disse ontem a directora do Festroia, Fernanda Silva, durante a apresentação do evento. Por ser um ano de festa, a organização apostou na exibição de mais filmes, num total de 188, o que impede a habitual repetição dos filmes da Secção Oficial, excepto o vencedor, que será repetido na cerimónia de encerramento. Isto porque o maior número de películas em exibição “esgota a capacidade

máxima nas duas salas”, no Fórum Luísa Todi e no Charlot, explica Fernanda Silva. Em relação ao orçamento total do Festroia, em ano de crise há a salientar “o aumento de algumas despesas quase para o dobro, como as viagens de avião dos convidados” e a diminuição de alguns apoios financeiros, nomeadamente do concurso europeu Media Creative Europe e da Câmara de

Setúbal. A primeira entidade reduziu o apoio máximo a concurso de 75 para 55 mil euros e a autarquia sadina reduziu os 114 mil euros do ano passado para 80 mil este ano. Ainda assim, esclarece, Fernanda Silva, o orçamento do festival em 2014 deverá ser semelhante aos 200 mil euros do ano passado, até porque terá apoios que não teve em 2013, nomeadamente 47 mil euros do ICA e

dez mil euros da Fundação Buehler-Brockhaus. Além disso, “não havendo dinheiro, há que haver inteligência, perspicácia, boa vontade e muitas horas de trabalho e é assim que o Festroia se faz”. O país homenageado é a Alemanha e conta com a exibição de 35 filmes, dos quais 21 lonmgos e 14 curtos. Assim, a cerimónia de abertura, a ter lugar no dia 6 de Junho, no Fórum Luísa Todi, conta com a exibição do filme “Stations of the Cross”, de Dietrich Bruggemann, apresentado no último Festival de Berlim. A secção temática este ano é “muito forte e a mais extensa de sempre”, com a exibição de 20 longas-metragens europeias sobre o “Based On”, ou seja, filmes baseados em factos verídicos e romances. De salientar, a exibição dos dois episódios da mini série televisiva “O Segredo de Miguel Zuzarte”, de Mário Ventura.

“Com uma selecção fortíssima” será também a competição entre 45 filmes, divididos em Secção Oficial, Primeiras Obras e O Homem e a Natureza. De salientar, por exemplo, “Diamantes Negros”, um filme de co-produção portuguesa sobre o tráfico de jovens africanos supostamente para clubes de futebol europeu, mas que depois acabam por ser abandonados sem nada. Uma inovação nesta categoria será a apresentação de um western europeu, “The dark valley”. Presente na conferência de imprensa, o vereador da Cultura da Câmara de Setúbal, Pedro Pina, sublinhou que a autarquia apoia um eventual regresso do festival o local de origem, a Tróia, “assim haja vontade do lado de lá”, e encara essa possibilidade como “uma mais valia, quer para o festival, quer para o empreendimento turístico de Tróia”.


Jornal O Setubalense