Page 1

Capivari tem orçamento aprovado de R$ 134 milhões para 2012 Por unanimidade, os vereadores aprovaram na segunda-feira, 5, em segunda e última discussão, o orçamento do município para 2012: R$ 134,1 milhões. A projeção de receita para o próximo ano é 7% maior que a de 2011, definida em R$ 125 milhões. Página 16

GCM conquista na Justiça direito de continuar trabalhando armada, mas sofre restrições

AC/PMC

Importado ilegalmente, Mustang de R$ 200 mil é apreendido pela Receita em Capivari

Com show para 12 mil pessoas, Raízes comemora 22 anos, segundo organização

Página 13

Prefeitura prevê ginásio do Castelani ‘novo em folha’ em até seis meses Página 16

Como Capivari tem menos de 50 mil habitantes, o Ministério Público alega que a atuação armada da Guarda Civil Municipal afronta a legislação. A ação do MP foi julgada na semana passada parcialmente procedente. Com a decisão, os guardas poderão continuar trabalhando armados, mas estão impedidos de praticar atos próprios da atividade policial. Página 15

Rafard tem nova agência bancária após 47 anos Página 4

Página 17

IBGE: 319 casais capivarianos trocam alianças anualmente, em média Número faz parte do estudo Estatísticas do Registro Civil, divulgado semana passada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A pesquisa também mostra dados de Rafard e Mombuca. Página 7


02

A decisão do judiciário em permitir que a Guarda Civil Municipal de Capivari continue atuando armada mostra que, mais do que levar ao pé da letra a legislação – por vezes contraditória –, justiça também se faz com bom senso. O Ministério Público se debruçou na Lei 10.826/03. Ela prevê que somente guardas municipais de cidades com mais de 50 mil têm o direito de atuar com armas de fogo. Capivari, de acordo com o Censo 2010, tem 48.576 habitantes. Portanto, por lhe faltar pouco mais de 1 mil moradores, não se enquadra no número mínimo definido pela legislação. No entanto, basear-se unicamente em números para planejar ações que podem implicar no aumento da segurança de uma cidade é um tanto subjetivo. Deduzir que a criminalidade sempre será mais intensa em um município com 51 mil habitantes se comparado a outro com 48 mil, não sendo neste necessária a atuação armada da guarda municipal, pode ser enganoso. Capivari enfrenta, sim, como muitos outros municípios brasileiros, uma onda crescente de violência. Desarmar a Guarda – mesmo ela tendo agora um campo de atuação restrito – parece ser uma decisão que a população, definitivamente, não aprovaria. O juiz Cleber de Oliveira Sanches, da 1ª Vara Judicial, que julgou a ação civil pública movida pelo MP, considerou que optar pelo desarmamento da Guarda, mesmo com a Lei 10.826/03, seria uma omissão ao princípio da isonomia estabelecido pela Constituição. Com a decisão, o magistrado fez prevalecer o bom senso. Mostrou que os dispositivos da lei nem sempre devem ser interpretados termo a termo, individualmente, mas, sim, analisando o contexto social e o objetivo da medida. A população capivariana agradece!

ERRATA - Na legenda da foto da matéria “Rotary empossa novos membros”, publicada na edição 1029, do dia 2 de dezembro de 2011, página 6, onde está “Companheiro Wellington Vieira, sua esposa Rosemari e seu padrinho José Carlos” leia-se “Companheiro Wellington Vieira, sua esposa Patrícia Bueno Gasparini Vieira e seu padrinho José Carlos.

RAFARD, 09 de Dezembro de 2011

Visita – Com o Legislativo rafardense em recesso, o presidente Rodolfo Antonio Minçon (PPS) aproveitou o tempo livre para acompanhar a penúltima sessão ordinária da Câmara de Capivari, em 2011. E viu uma sessão tranquila, sem debates desregrados, diferente do que se acostumou a presenciar neste ano em Rafard. Constatação – “Um buraco pequeno se transforma em um buracão”, constatou Valdir Antonio Vitorino (PDT), que quer mais agilidade nos serviços de tapa-buracos. Falta de medicamentos – “Chega fim do ano e começa a acabar medicamento no posto de saúde”, reclamou Vitorino. ”Isso sempre acontece”. O vereador disse que não há medicamentos, como insulina e de tratamento de depressão, e pediu à Secretaria de Saúde que resolva o problema. E agora? – Das nove creches do município, somente duas permanecerão funcionando neste fim de ano, de acordo com o vice-presidente Nelson

de Sousa Soares (PR). A decisão da Secretaria de Saúde deixou muitas mães insatisfeitas, que procuraram Soares para relatar o problema. “Peço que no mínimo quatro creches funcionem para que possam atender toda a demanda”, solicitou o vice-presidente. Ele contou ainda que irá se reunir com a secretaria de Educação, Valéria Stefanini Colaneri, e o prefeito, Luís Donisete Campaci (PMDB), para debater a questão e buscar uma solução. Satisfeito – Jorge José Elias (PMDB) se disse bastante contente com o resultado do encontro que teve com o deputado estadual Baleia Rossi (PMDB), na quarta-feira, 30, na Assembleia Legislativa, em São Paulo. O vereador, acompanhado do prefeito Campaci, foi em busca de recursos para a reabertura da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa e a reforma do Estádio Municipal Fernando de Marco, além da aceleração junto ao Governo Federal para a liberação da verba de R$ 14 milhões que será investida em obras de infraestrutura urbana.

Internet: nesta época aumentam as compras e as fraudes também

Chegamos mais uma vez ao período de compras que antecede o Natal. Nesta coluna quero alertar aos consumidores, pois devem ficar atentos e saber como se proteger e o que fazer em casos de clonagem pela internet. A diversidade de produtos oferecidos na rede, a comodidade de fazer compras sem precisar sair de casa e as facilidades para pagamento são fatores que atraem cada vez mais os chamados “consumidores virtuais”, porém, junto com as compras, o consumidor também pode levar para casa uma série de problemas. Passarei algumas “dicas” para garantir que a sua compra seja 100% segura. As fraudes com cartão de crédito estão cada vez mais aumentando. A primeira “dica” é saber se o sistema de pagamento “on-line” do site é confiável, assim devemos conferir se no endereço da página, onde os dados do cartão de crédito serão digitados e posteriormente transmitidos, existe o protocolo https . Em todos estes sites as operações bancárias são sempre em tempo real e o consumidor corre o risco de estar na mira dos golpistas. Entre as fraudes mais comuns na internet está o chamado “phishing”, que é um tipo de fraude praticada com o envio de mensagem eletrônica não solicitada que aparenta ter sido encaminhada por uma instituição conhecida, como um banco, empresa ou site popular, com o objetivo de induzir o usuário a acessar uma página falsa, especialmente projetada para capturar dados pessoais, empresariais e financeiros dos internautas. Existem programas que são utilizados por estelionatários para captar informações como: senhas de acesso, número do cartão, data de validade e o código de segurança de três dígitos dos consumidores para que depois sejam utilizadas em compras pela internet. Os consumidores digitais terão surpresa negativa quando da conferência do extrato ou recebimento de boletos, para tanto recomendo que o

usuário do cartão acompanhe a movimentação da fatura a cada nova compra. Outra “dica“ relevante é que o consumidor, após descobrir a inclusão de compra não efetuada na fatura de seu cartão de crédito, providencie de imediato o bloqueio ou cancelamento do mesmo junto ao banco ou centrais de atendimento da bandeira do cartão. Deve-se também exigir o protocolo de atendimento da solicitação, bem como nome do atendente responsável pela operação junto ao banco. Recomendo também procurar uma delegacia de polícia, ou através da delegacia eletrônica registrar um boletim de ocorrência, sendo comum atender em meu gabinete, quase diariamente, vítimas dessa nova modalidade delituosa. Agora, se o problema não for resolvido junto à administradora do cartão, deve-se consultar um advogado para movimentar uma ação judicial. Devo frisar que compras ou serviços contratados através de um cartão de crédito clonado não devem ser cobrados do consumidor. Se ocorrer do CPF ser inserido nos cadastros de restrição ao crédito, Serasa, SPC, etc., o consumidor deve entrar com pedido de indenização contra todas as empresas da cadeia de fornecedores que macularam seu nome. O fornecedor de produtos e serviços deve tomar sempre os cuidados necessários para garantia dos contratos firmados, pois responderá pelos riscos do negócio realizado.

Gillys Esquitini Scrocca - Delegado de Polícia, advogado, professor, radialista e colunista capivariano

Valorização? – Os professores da rede municipal têm tido dificuldades para receber a gratificação financeira definida em lei, segundo Rodrigo Abdala Proença (PPS). Ele lembrou que o benefício deveria ser pago em outubro, mas, por meio de decreto, o prefeito alterou a data para novembro. “Estamos em 5 de dezembro, mas o abono não chegou aos professores”, revelou. “Percebo que a voz do professor tem sido muito fraca. Não sei se por medo de retaliações, perseguições. Mas quero ser essa voz aqui na Câmara”, completou o vereador.

pedaços do asfalto do Residencial Santa Rita para provar que a qualidade da pavimentação não é boa. O bairro começou a ser pavimentado neste ano, mas o asfalto já vem apresentando problemas, como buracos, indicou o vereador. Segundo ele, a empresa acumula alguns processos pela não conclusão de obras. Por precaução, ele sugeriu à Prefeitura que não pague a última parcela para a empreiteira responsável pelos serviços até que ela conclua a obra. “Enquanto ela [empresa] tem parcela para receber, ela vai fazendo o serviço”, defendeu.

Perigo – Arnaldo Annicchino Nacarato (PSD) alertou para o perigo que os munícipes estão expostos no Moreto, no terreno onde casas que ficavam em áreas de risco foram demolidas no ano passado. Os entulhos não foram retirados e, segundo o vereador, podem machucar gravemente uma pessoa. Ele sugeriu à Prefeitura que construa uma cerca em volta do terreno para evitar acidentes.

Frase da semana - “A apatia política pode ser a expressão de uma espécie de bom senso elementar. Pode ser não só a indiferença dos que podem, mas não fazem, como a dos que compreendem que não podem; na realidade, a recusa de reagir a exigências que se reconhece como impossíveis.” (Barbara Wootton)

Já? – A sessão teve uma cena inusitada. Nacarato distribuiu

Por hoje é só, semana que vem estaremos de volta com mais informações dos bastidores da política. Bom final de semana e até a próxima!

O baralho embaralhado O grupo de partidos formado para derrotar oito anos de borsarismo foi uma das maiores conquistas políticas da história de Capivari. Reuniu adversários históricos, foi uma luta de dois anos para conseguir unir oito partidos em um mesmo ideal. Para conseguir unir ainda mais o grupo, Júnior Pacheco, que liderava as pesquisas e era o candidato natural, desistiu em favor de Luís Campaci, do PMDB, e ainda para reforçar o quadro saiu de vice-prefeito. Nem bem chegou 2009 e já começaram algumas “brigas” dentro do grupo. Um lado era de políticos formados pelo grupo de libertação, o outro de ocupação, formado na maioria por técnicos, e outro grupo não era formado nem por uma coisa nem outra. Na verdade, faltou a parte política para o grupo. Não se pode jogar basquete em um campo de futebol, o jogo é político e é política que tem que ser jogada. Não que não tenha que ter um quadro técnico de renome, tem que ter, como tem um grupo de secretários de alto nível. Mas faltou uma parte da massa, que é a parte política. E agora que a disputa vai começar no ano que vem, o jogo vai ser político, ou uma eleição se vence através de concurso público. Germano Rigoto (PMDB) foi um excelente governador do Rio Grande do Sul, saneou o estado, não foi feita nenhuma acusação de corrupção contra ele, bem avaliado nas pesquisas, mas, como confessou um assessor dele em um programa de TV, não tinha na sua equipe um quadro competente de políticos. Depois de um ótimo governo, na reeleição ficou em terceiro lugar, apesar de liderar nas pesquisas grande parte da campanha no primeiro turno. Não disputou nem o segundo turno. Muitos políticos do grupo que deu apoio a ele na primeira eleição migraram na reeleição para Yeda Crusius, do PSDB, que acabou vencendo a eleição. Se ela fez um bom governo, isso já é uma outra história. Capivari pode ter três candidatos a prefeito, e o que pode

acontecer? Duas coisas. A primeira: o grupo de Borsari teve 8 mil votos e pode aumentar a votação. Somos 35 mil eleitores. Pelo histórico político da cidade, em torno de 28 mil votam. Se o grupo de Borsari conseguir mais 3 mil votos, ele chega a 11 mil, então são 17 mil votos para serem disputados pelo grupo formado em 2008, pois tudo leva a crer que serão dois candidatos do grupo. Nesse universo eleitoral, a primeira coisa que pode acontecer é dividir os votos do grupo e os borsaristas voltarem ao poder. Como aconteceu em 2004, quando Zé Carlos e Júnior Pacheco disputaram contra Borsari. A segunda opção. Para não ver os borsaristas voltarem ao poder, os votos dos eleitores do grupo podem migrar para um dos dois candidatos, o chamado voto útil. Quem leva vantagem? Quem estiver mais preparado para a eleição e conseguir um número maior de partidos. Daí vem a pergunta: a disputa ai é política? O quadro político poderá fazer um dos candidatos do grupo que venceu a última eleição em terceiro lugar. Tem uma forma mágica para unir o grupo? Tem, e quem entende de política e ela estuda sabe como fazer essa costura para o grupo permanecer unido. Me lembro de que, em 2006 a 2008, passávamos sábados e até domingos estudando táticas para unir o grupo. Éramos eu, Vadinho, Ide Cassaniga, Antonio Dal Fabbro, professor da FGV, e muitos outros. Aquela, sim, foi uma tarefa árdua, pois existiam adversários históricos de décadas para conseguir fazer aquele grupo sentar à mesma mesa. Só que, aqui, eu não sou político e, sim, apenas um comentarista. Comentando uma eleição que se aproxima e o grupo de oito partidos que venceram as eleições não fizeram uma única reunião sequer. Fato criticado pelo professor Rogério Alves e por outros membros do grupo. Que o grupo está rachado, qualquer débil mental sabe. Quero ver saber unir tudo de novo. Uma tarefa que fica mais difícil a cada dia que passa.


RAFARD, 09 de Dezembro de 2011

03


04

RAFARD, 09 de Dezembro de 2011

INAUGURAÇÃO Café da manhã, na terça-feira, 6, marcou o início das atividades da Caixa Econômica Federal

Após 47 anos, Rafard tem nova agência bancária

Por 47 anos, Rafard teve apenas uma agência bancária. Na terça-feira, 6, depois de quase meio século da instalação da primeiro banco na cidade, uma nova unidade foi inaugurada. Com um café da manhã servido a autoridades, servidores e clientes, a Caixa Econômica Federal deu início aos trabalhos no município. A agência fica dentro do Paço Municipal. “Sabemos da necessidade dos serviços bancários na vida das famílias, por isso é muito importante, além da lotérica e do correspondente já existente no município, ter uma agência da Caixa na cidade”, disse o superintendente regional do banco, Glauber Marques Correa. Correa também destacou o fato positivo de a unidade já abrir atendendo aos ser-

AC/PMR

Autoridades e representantes da Caixa durante café da manhã de inauguração

vidores municipais. “Serão quase 400 novos clientes com relacionamento com a Caixa neste local, desejamos excelentes negócios”, comentou. O gerente geral da agência Capivari, José Ramos de Almeida, lembrou que a uni-

dade vai oferecer todo o portfólio de produtos e deixou a dica à população: “Utilizem nossos produtos e serviços para que esta unidade cresça de forma sustentável e a Caixa possa continuar oferecendo o melhor”.

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Prédio foi construído há 15 anos; Segundo o presidente da Fiesp, regularização permitirá que a unidade faça maiores investimentos

Terreno do Senai é regularizado

Das mãos do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, o prefeito Márcio Minamioka (PMDB), acompanhado pelo diretor de Indústria, Comércio e Habitação, Ivan Rosatto de Carvalho, recebeu na terça-feira, 6, na sede da entidade, em São Paulo, a escritura que regulariza o terreno onde está construído, há 15 anos, o prédio Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), de Rafard. “A escritura não somente regularizou a posse do terre-

AC/PMR

Minamioka recendo escritura das mãos de Skaf

no, como também, estreitou ainda mais os laços com as entidades da indústria”, disse Minamioka. Para Skaf, a regulariza-

ção do terreno, que foi doado pela Prefeitura, permitirá ao Senai “realizar um investimento maior nos serviços prestados”.


05

RAFARD, 09 de Dezembro de 2011

ESCOLA JENI APPRILANTE Jovens participaram do projeto Decatlo; Rafard terminou em 3º lugar entre 70 instituições de ensino

Estudantes ganham bolsa de estudos na Unimep Com a terceira colocação entre 70 instituições de ensino das Diretorias de Ensino da Região de Piracicaba e da Região de Capivari, dois estudantes que representaram a Escola Estadual Professora Jeni Apprilante, de Rafard, no 3º projeto Declato ganharam bolsas de estudo na Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), que realiza o programa. São eles: Jeremias Soares Mendes e Bruna Deritti, ambos no 3º ano do ensino médio. O resultado foi divulgado em cerimônia na quinta-feira, 1. Outros sete estudantes rafardenses foram premiados com uma viagem cultural: Francine Daroz Cancian, Murilo Rodrigues Gomes Benedito, Taís Travaioli da Silva, Alfredo Vitorino, Rodolfo Henrique Morais Maciel, Orlando Neto Gomes Araújo, Taina Rodrigues Gomes. O projeto envolve dez

AC/PMR

provas distintas relacionando diferentes competências e habilidades nas áreas de Matemática, Física, Química e Biologia. Coordenados pelos professores Cristiane Kelly Tomé Silveira e Paulo Celso da Silva, os estudantes da Jeni Apprilante apresentaram o trabalho “Preservando o Amanhã”. 1º Festival de Talentos A escola Jeni Apprilante reuniu centenas de estudantes no 1º Festival de Talentos, realizado na segunda-feira, 5, no Centro Cultural Júlio Henrique Raffard. O evento, organizado pelas professoras Patrícia Quagliato e Sheyla Maclaine Cavallari, teve apresentações de dança e música dos alunos. Eles também expuseram trabalhos artísticos elaborados durante 2011. Alimentos foram arrecadados para serem doados à Assistência Social.

Alunos premiados no projeto Declato da Unimep

Grupo de alunos que se apresentou no primeiro festival de talentos

NATAL Programação inclui casa do Papai Noel, Árvore Encantada e show da Raízes FM

Atrações natalinas começam na próxima semana em Rafard Os eventos programados pela Diretoria de Cultura em comemoração ao Natal começam na próxima semana, com a abertura da Casa do Papai Noel, na terça-feira, 13, no Centro Cultural Júlio Henrique Raffard. No mesmo dia também será inaugurada a “Árvore Encantada”, com decoração e músicas natalinas. O público poderá visitar gratuitamente as atrações até o dia 20, das 19h30 às 22h, de segunda a sexta-feira. Como não poderia ser diferente, o “bom velhinho” também estará em sua casa. Também está programado um show da Raízes FM, na quinta-feira, 15, a partir

das 20h, na rua Maurício Allain, centro. Os músicos que vão se apresentar, ainda não foram confirmados pelos organizadores. Natal Solidário Membros de moto clubes de Rafard e Capivari andarão pela cidade no domingo, 18, a partir das 9h, arrecadando donativos para a Casa da Criança de Capivari. A iniciativa tem como lema: “Ajude quem precisa e contribua com um mundo justo e solidário”. Quem desejar participar de outra maneira poderá ir ao Centro Cultural e depositar sua doação, no posto de coleta fixo.


06

RAFARD, 09 de Dezembro de 2011

Dicas de Segurança Marcos Antônio Villas Bôas, comandante da Polícia Militar de Rafard Telefones: 190 (emergência) e 3496-1001

Andando na rua (parte 1)

Geral

Mantenha sempre sua atenção na rua, no metrô, no ônibus, em centros comerciais etc. Tenha especial atenção às pessoas a sua volta. Lembre-se: os assaltantes valem-se, principalmente, do fator surpresa e da desatenção para atacarem suas vítimas. Aparente sempre calma, confiança e domínio do que está fazendo e onde quer chegar. Evite demonstrar que está perdido ou procurando por algum endereço ou local. Não peça orientações a estranhos. Procure bases da Polícia Militar ou estabelecimentos comerciais. Não ande sozinho, especialmente, à noite. Após o trabalho, escola ou festa, espere pela companhia de um amigo para saírem juntos. Evite passar por locais desertos e/ou pouco iluminados. Evite cortar caminho por becos, vielas, ruas desconhecidas, terrenos, construções etc. Não pare para atender pedidos que lhe despertem desconfiança. Confie em seus instintos. Evite locais com aglomerações de pessoas, pois facilitam a ação de “batedores de carteira” e oportunistas. Ao pressentir a aproximação de estranhos em atitude suspeita entre no primeiro local habitado que encontrar e peça ajuda. Mantenha todos seus objetos pessoais, como carteiras, pochetes, celulares, sacolas e bolsas à frente de seu corpo. Bolsas devem ser discretas e transportadas à frente de seu corpo, com a mão sobre o fecho. Desconfie de esbarrões, empurrões ou cotoveladas. Não use local isolado para encontros amorosos, pois este é um comportamento de risco. Desconfie de estranhos com conversa envolvente que tentem aproximação. Não aceite convites de pessoas que tenha acabado de conhecer na rua, em bares ou casas de diversão noturna. Evite utilizar joias (correntinhas, relógios, medalhas, braceletes etc.) e roupas que chamem a atenção ou demonstrem ser de valor. Não carregue objetos de valor, grandes quantias em dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade. Caso necessário, procure guardá-lo de modo seguro e discreto e siga diretamente para seu destino. Evite retirar sua carteira em público. Evite manusear ou efetuar pagamentos com notas altas. Separe previamente o dinheiro necessário para pequenas despesas, como café, cigarro, condução etc. Separe o dinheiro em bolsos diferentes. Procure caminhar no centro da calçada e contra o sentido do trânsito. É mais fácil perceber a aproximação de algum veículo suspeito. Se algum motorista o incomodar mude de direção e ande em sentido contrário ao fluxo. Conheça o local onde você mora e trabalha. Certifique-se da localização de unidades da polícia, bombeiro, hospitais, telefones públicos, lojas 24 horas, etc. Caso você seja vítima de roubo, fique calmo, não faça movimentos bruscos. Evite gritar ou discutir. Seu nervosismo poderá aumentar a tensão e provocar uma atitude mais agressiva em seu desfavor. Sempre que possível, faça seus pagamentos com cheques nominais e cruzados. Procure variar seus horários e fazer rotas diferentes para deslocar-se de casa ao trabalho ou escola. Não use bolsos traseiros para carregar carteira ou dinheiro. Fique atento quando parar no semáforo para pedestres. Computadores portáteis (notebooks, handhelds) devem ser transportados discretamente. Evite as típicas maletas para notebooks e esteja sempre atento. Seguro deste tipo de equipamento pode ser uma boa alternativa. Cuidado ao atender seu celular nas ruas e grandes centros comerciais. Verifique antes se não há ninguém ao seu lado. Se você notar que está sendo seguido, aja com naturalidade, entre em qualquer lugar público e ligue para a Polícia Militar (telefone 190). Não deixe de comunicar a presença de elementos suspeitos nas proximidades de sua casa. Ao retornar, notando algum sinal estranho (porta aberta, luzes acesas, etc.), não entre em casa, chame a polícia. Prefira pagar com cheque ou cartão, assim você não precisa levar grandes quantias em dinheiro. Se você beber, faça-o moderadamente, para não perder os reflexos e a vigilância.

NARCÓTICOS ANÔNIMOS Nós podemos ajudar

Reuniões: Terças e Sextas às 20h

R. Soares Hungria, 164 - Rafard

Funerária Conselvan MATERIAIS P/ CONSTRUÇÃO

Fone: (19) 3491-1919 Fax: (19) 3491-3853 Al. Faustina Franchi Annicchino, 755 - Capivari-SP

Escritório Contábil Real

VADINHO ASSESSORIA

Abertura de firmas Fiscal - Contábil R. Bento Dias, 694 - Centro

Fone: (19) 3491-2440

Plano de Assistência Familiar CAPIVARI - R. Padre Fabiano, 611 Fones: (19) 3491-1033 / 3491-3511 RAFARD - IV Centenário, 199 Centro - Fone: (19) 3496-2697

Agro Comercial e Papelaria

ELETRICISTA

GLOBAL

Residencial e Industrial

Toda linha de materiais p/ escritório e escolar. Pintos, rações, materiais p/ pesca, ferramentas e produtos veterinários

Valdir Quagliato

ENTREGA À DOMICÍLIO

R. Maurício Allain, 130 - Rafard

Fone: (19) 3496-1235

Rua Paul Madon, 488 RAFARD

TEL. 3496-1242 Cel.: 9143-0072

Teo Modas Calçados e Roupas masculina, feminina e infantil R. Maurício Allain, 142 Centro - Rafard-SP

Fone: 3496-2423

3496-1247 TOLDOS - CORTINAS - COBERTURAS POLICARBONATO E POLI-LIGHT

Roberto Andreotti R. Mal. Deodoro, 56 - RAFARD

Drogaria

Nova União Convênio com Aferc, Cosan, Branyl, Rigitec, Rafitos, Parcan, Trancian, Microsal

Pães - Doces - Bolos Sorvetes - Café Espresso R. Cons. Gavião Peixoto, 617 - RAFARD

Rua Maurício Allain, 147 Rafard - F.: 3496-2786

Ótica XV Um carinho especial a seus olhos Rua XV de Novembro, 784

Fone/Fax: (19) 3491-4451 Casa de Carnes

RAIA

R. João Vaz, 653 - Raia Centro - Capivari-SP

Tel.: (19) 3492-1322

Fone: (19) 3496-1691

Confecções Soreli Ltda-ME

“O mundo maravilhoso das malhas”

 3491.1246 R. Regente Feijó, 902 - Capivari

Panificadora Pantojo O melhor pão da cidade. Aceitamos encomendas de pão, bolos, doces e salgados.

R. Maurício Allain, 119 Fone: (19) 3496-1187

ZEZINHO T I J O L O S Telefones: (19)

3491-2965 / 3491-6271 Av. José Annicchino, 37 Centro - CAPIVARI/SP

Locação DVD, VHS e GAMES R. Fernando de barros Raia - Capivari-SP

F.: 3491-7085


07

RAFARD, 09 de Dezembro de 2011

IBGE Capivari, Rafard e Mombuca têm média anual de 319, 37 e 23 matrimônios, respectivamente, segundo o estudo Estatísticas do Registro Civil

Pesquisa mostra índice de casamentos na região

Entre 2006 e 2010, 1.597 casais trocaram alianças em Capivari, o equivalente a 319,4 casamentos por ano, de acordo com informações divulgadas semana passada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mesmo período, a média anual de divórcios foi de 80,2 (total de 401). O estudo do IBGE, intitulado Estatísticas do Registro Civil, mostra que foram 290 matrimônios em 2006, 331 em 2007, 335 em 2008, 323 em 2009 e 318 em 2010. Por ou-

tro lado, 76 casais se divorciaram em 2006, 80 em 2007,

92 em 2008, 77 em 2009 e 76 em 2010.

A média anual de casamentos em Rafard é de 37,8. Nos últimos cinco anos foram 189 matrimônios: 36 em 2006, 43 em 2007, 27 em 2008, 39 em 2009 e 44 em 2010. Já em Mombuca 116 casais trocaram alianças entre 2006 e 2010, o equivalente a 23,2 uniões por ano. Aconteceram 23 casamentos em 2006, 19 em 2007, 11 em 2008, 31 em 2009 e 32 em 2010. A pesquisa do IBGE não indica registro de divórcios nas duas cidades durante o período.

“PAPAI NOEL DOS CORREIOS” Agências de Capivari, Rafard e Mombuca participam; Número de ‘adoção’ a cartas é baixo

Campanha cadastra padrinhos até sábado

As agências dos Correios de Rafard, Capivari e Mombuca cadastram padrinhos para a campanha Papai Noel dos Correios até sábado, 10. Primeiro o interessado “adota” uma carta. Depois entrega o presente na unidade dos Correios para que ele seja enviado à criança escolhida. O prazo para o envio de cartas ao Papai Noel dos Correios terminou no sábado, 3. As agências de Capivari e Rafard receberam 70 e 26 correspondências, respectivamente, de acordo com dados informados pela assessoria de imprensa dos Correios. O número de “adoções”, porém, é baixo. Até a terça-feira, 6, apenas duas cartas haviam sido “apadrinhadas”, em Capivari. Em Rafard, esse número era zero. Em Mombuca, a agência da cidade não recebeu nenhuma carta, segundo a assessoria dos Correios. Neste ano, a campanha, que é realizada em todo o país e começou no início de novembro, chega à 22ª edição. Em 2010, foram postadas cerca de 1,2 milhão de cartas destinadas ao Papai

Divulgação

VISITA Presidente foi recepcionado pelo vereador Paulo Chocolate

Presidente Minçon conhece Câmara de Americana

Noel dos Correios. Ao todo, foram entregues 685 mil presentes, de acordo com números dos Correios. Por regra dos Correios, o padrinho não pode entregar

diretamente o presente para a criança adotada. Por isso, nenhum endereço é divulgado e os presentes devem ser entregues nas próprias agências.

O presidente do Legislativo rafardense, Rodolfo Antonio Minçon (PPS), conheceu na terça-feira, 6, o funcionamento da Câmara de Americana. Recepcionado pelo vereador americanense Paulo Chocolate (PSC), Minçon visitou as salas e o plenário da Casa de Leis e foi apresentado à estrutura da TV Câmara e ao sistema eletrônico de votação utilizado. “Americana tem uma estrutura exemplar, principalmente o sistema eletrônico de votação que gostaríamos muito de implantar na Câmara de Rafard, já que a mesma conta com a Rádio Câmara e TV Câmara, além de rádios

AC/CMR

Rodolfo Minçon, Paulo Chocolate e Marcos Braggion

que transmitem as sessões camararias”, disse Minçon. Segundo o vereador de Americana, é “um orgulho apresentar as instalações do Legislativo a parlamentares

de outras cidades”. “Hoje contamos com uma estrutura formidável, que agiliza nossos trabalhos, dando um retorno transparente à população”, explicou.


08

REGIONAL, 09 de Dezembro de 2011

IMÓVEIS SALÃO COMERCIAL

alugo, na rua XV de Novembro, 338. Excelente p/ loja. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

ALUGO CHÁCARA

para festas, eventos ou finais de semana, salão de festas, sala de jogos, piscina, churrasqueira etc, excelente localização. Tratar pelo fone: 9692-4447. INDETERMINADO

ALUGO CHÁCARA para festas, eventos ou finais de semana, com piscina, campo, churrasqueira. Localizada no Cancian. Tratar pelo fone: 9402-9336. INDETERMINADO

SANTA RITA

vendo terreno, esquina com asfalto, terreno 270m², R$ 65 mil Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

JD. DO BOSQUE

vendo casa, 2 quartos+1suite, murada, 2 vagas, terreno 654m², construido 200m². R$ 230 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

MORADA DO SOL

vendo casa, 2 quartos, 4 vagas, c/ edícula, terreno 250m², construido 140m². R$ 160 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

CASA/COMÉRCIO/CENTRO vendo casa, 3 quartos, 1 suite, sobrado/edícula, terreno 195m², construido 186m². R$ 380 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

ENGENHO VELHO vendo, casa popular, faz 2 aluguéis, terreno 200m², construido 71m². R$ 120 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

JD. PRIMAVERA

vendo casa, 2 quartos, 1 suite, nova c/ porão, terreno 125m², construido 120m². R$ 170 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

STO. ANTONIO

vendo casa, 2 quartos, 1 suite, 3 vagas, terreno 250m², construido 210m². R$ 300 mil.Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

PRAÇA 13

vendo 2 casas na Praça 13 de Maio, 4,20m de frente, terreno 184m², construido 140m². R$ 295 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

STO. ANTONIO

vendo sobrado, 2 quartos, 1 suite nova, terreno 125m², construido 168m². R$ 200 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

VILA CARDOSO

vendo casa com terreno inteiro. R$ 155 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

SOBRADO

vendo na rua Tiradentes, comércio, centro, 3 aluguéis, terreno 900m², construido 1120m². R$ 950 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

CHÁCARA

vendo, 10.500m² à Av. Demétrio Girardi (estrada p/ o Pavão Bonito) toda infraestrutura. R$ 550 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

JD. SÃO PEDRO

vendo casa nova, 3 dorm., sala, coz., banheiro. R$ 150 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

SÃO JOSÉ

vendo casa, 3 dorm., sala, coz., banheiro, gar., R$ 190 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

JD. ELISA

vendo casa nova, 2 dorm., garagem p/ 2 autos, R$ 130 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

PITANGUEIRAS vendo, terreno de 282m², Residencial Pitangueiras, esquina, plano. R$ 90 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

PÃO DE AÇÚCAR

vendo excelente casa de luxo, 3 dorm., churrasqueira, salão de festa, outra casa no fundo, terreno 700m², R$ 680 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

SÍTIO EM MOMBUCA

Vendo, com granja suína ativada com 1.000 porcos, 1 alqueire com 2 casa, 1 barracão. Renda mínima com a granja R$10.000,00. Aceita troca com outro imóvel de menor valor. Valor do sítio R$ 220.000,00. Tratar com Sônia pelos fones: 3496-1642 ou 3496-1289. ed. 1028/1029/1030/1031

ALUGO CHÁCARA próximo a rotatória do bairro Castelani. Tratar pelo fone: 3491-2518 ou 9659-7930. ed. 1027/1028/1029/1030

SANTO ANTONIO

vendo terreno 2.000m². R$ 160 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

AUTO ELÉTRICA

vendo, em Rafard. Tratar pelo fone: 3496-1875. ed. 1029/1030/1031/1032

veículos FORD FUSION 2006 vendo,prata, R$ 41 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

CORSA CLASSIC 04

vendo, prata original, álcool. R$ 16 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

ASTRA HATCH 09 vendo, prata. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

VECTRA SEDAN 06

vendo, Elegance, prata, R$ 36 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

HONDA CIVIC 2007

vendo, mecânico. R$ 44 mil.Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

ECOSPORT 2008

vendo, XLT, flex, preto, R$ 41 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

PRISMA 2009

vendo, preto, 1.4, R$ 26,5 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

CORSA HATCH 05 vendo, 1.8, completo, prata. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

MERIVA 2009

vendo, 1.4, prata. R$ 37 mil.Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

S10 96

vendo, branco. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

ECOSPORT 04/05

vendo preta, completa, R$ 30 mil. Tratar pelo fone: 9485-2666. indeterminado

TEMPRA 95

vendo, série ouro, preto, motor 0Km. R$ 13 mil. Fone: 3491-0504. INDETERMINADO

VAN BESTA 95

vendo, prata. Tratar c/ Leonel p/ fones: 9107-2636 / 8327-2294. ed. 1028/1029/1030/1031

CARGO 1314

vendo, caminhão 86 toco, cor branco, com baú de 7 metros c/ porta lateral. Documentação em dia. Tratar pelo fone: 3496-1989. INDETERMINADO

CG 125 FAN - 08

vendo moto, R$ 3.500,00. Tratar pelo fone: 3496-1226 / 9603-1576. indeterminado

MERCEDES 1113

vendo, caminhão ano 81, cor azul, com baú de 6,50 metros, duas portas laterais, documentação em dia. Tratar pelo fone: 3496-1989. INDETERMINADO

GOL G3 2001

vendo, 2 portas, 8V, branco. Tratar pelo fone: 3488-1234. indeterminado

FOX 2005

vendo, Hatch, 4 portas, prata. Tratar pelo fone: 3492-2417 BV - indeterminado

UNO 2011

vendo, 1.4, prata, completo. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

FOX 2008

vendo, prata, 4 portas. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

CORSA HATCH 2009 vendo, prata, 1.4. R$ 28.500,00. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

GOL 2005

vendo, 4 portas, 1.0, 8V, prata. Tratar pelo fone: 3492-2417. BV - indeterminado

RD 135 - 98

vendo uma moto, preta, bom estado, R$ 2.300,00. Tratar c/ Dante p/ fone: 9390-3418. ed. 1030/1031/1032

indeterminado

STRADA 2002

vendo, Working, cab. est., cinza. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

ASTRA 2001

vendo, completo, série Milenium, prata. Tratar p/ fone: 9419-5939. ed. 1028/1029/1030/1031/1032

ASTRA HATCH 09 vendo, prata. Tratar pelo fone: 3492-2417. BV - indeterminado

CORSA PREMIUM 09

vendo, preto, completo, 1.4. Tratar pelo fone: 3492-2417

ed. 1030/1031/1032

ESTUFA

vendo, semi-nova, para salgados, tamanho médio. R$ 200,00. Tratar p/ fone: 3492-1393 / 9443-6780. ed. 1030

CAMA SOLTEIRO

vendo com colchão, ótimo estado. R$ 80,00. Fone: 9841-0488. indeterminado

PERFUMES

vendo perfumes da marca Perfam (essência de importados). 212 Sexy e Man, Ferrari Black, Eternit, Polo Blue e muito mais. Confira. Preços: 30ml R$ 29,80; 50ml R$ 39,60; 100ml coleção especial R$ 59,00. Tratar pelos fones: 9377-3697 / 9319-3054 / 9608-6177. INDETERMINADO

BOLOS E SALGADOS

Encomendas de salgados fritos e assados para festa, bar, confraternização etc. Trabalhamos com bolo para casamento, aniversário, entre outros. Bandejas de empadinhas nos finais de semana. Tratar com Miriam pelo fone: 3496-1602 ou Nani: 9132-9032. INDETERMINADO

empregos MENOR APRENDIZ

A AUTO VIAÇÃO M. M. SOUZA TURISMO LTDA., comunica que está contratando menores aprendizes (de 16 à 24 anos), desde que preenchidos os seguintes requisitos: a) Ser por nós matriculado e cursar, na área administrativa, junto ao SEST SENAT (Serviço de Aprendizagem de Transporte Piracicaba), localizado à Rua Rossini Pinto, nº 200, Bairro Jardim Panorama, no Município de Piracicaba, Estado de São Paulo, CEP 13.420-784; b) a carga horária diária será de 06 (seis) horas de trabalho e, o salário mensal será salário mínimo. Aqueles que preencherem os requisitos acima deverão se apresentar no Departamento Pessoal da empresa, localizada na Avenida Dr. Rodrigues Alves, nº 879, no Município de Capivari, Estado de São Paulo, CEP 13.360-000, em horário comercial. INDETERMINADO

CG TITAN ESD 150

vendo, verde, 2004. R$ 3.800,00. Tratar pelo fone: 9485-2666.

FABRICAMOS

Churrasqueiras 100% inox e lixeira reforçada com tela artística. Temos a pronta entrega. Fone: 3496-2883. Cel.: 9333-5410.

diversos OPORTUNIDADE

vendo equipamentos para sorveteria: freezer horizontal vários tamanhos, liquidificador industrial, mini envasadora, formas de 28 unidades para picolé, forma de 18 unidades para ituzão, seladora etc. Tratar pelo fone: 3496-1332 c/ Savassa. ed. 1028/1029/1030/1031

PRESTO SERVIÇO DE CUIDADORA DE IDOSOS OU ACOMPANHANTE Telefone: 3496-1503. indeterminado

PRECISA-SE

COZINHEIRA GARÇOM com experiência. Enviar currículo na Rua João Soares da Silva, 555, Pesqueiro Panserini.

SELEÇÃO

Empresa seleciona Assistente Social Auxiliar de enfermagem e Faxineira Interessados encaminhar curriculum à Avenida do Carmo, 120, Vila Cardoso. INDETERMINADO

vendo, cinza. Tratar pelo fone: 3492-2417

GOL POWER 05 XV - indeterminado

PALIO WEEKEND 07 vendo, preto, R$ 32 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114.

Contabilidade em geral, imposto de renda pessoa física, contratos e outros.

MV - indeterminado

ASTRA 2000

Fone: (19) 3496-1345 3496-2090

vendo, 1.8, completo, azul. Tratar pelo fone: 3492-5543.

R. Maurício Allain, 270Centro - RAFARD/SP

XV - indeterminado

UNO WAY 09

vendo, vermelho. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

IMECAP INDUSTRIAL LTDA., torna público que requereu à CETESB a Renovação da Licença de Operação para fabricação de máquinas e equipamentos de uso específico, sito à Avenida Moisés Forti, nº 2556, Distrito Industrial, Capivari/SP.

vendo, prata. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

XV - indeterminado

VW 8-140 - 2000

vendo caminhão, com baú 5,50mt, opção de financiamento. Tratar pelo fone: 9485-2666. indeterminado

GOL G4 2007

vendo, flex, prata, 1.0, 8V, 49 mil km, novíssimo, único dono. R$ 20 mil. Contato: 9171-8547 / 9828-6015 / 19 3403-2135. indeterminado

Rafard Corretora de Seguros

Escritório Independência

vendo, prata, completo, 1.6. Tratar pelo fone 3492-5543.

vendo, preto, completo. Tratar pelo fone 3492-5543.

Av. São Bernardo, nº 53 - Centro - RAFARD

R. Maurício Allain, 328 - Centro - Rafard/SP

XV - indeterminado

FIESTA HATCH 08

Aberto de segunda à sexta das 8h às 18h. Sábado das 8h às 12 h.

Fone: (19) 3496-1226

CIVIC 2008

vendo, LXS, automático. Tratar pelo fone 3492-5543.

MERIVA 2007

Disk Água: Depósito: (19) 3496-2750 Residência: (19) 3491-7099 / 3492-5315

SEGURADORAS: ITAÚ, PORTO SEGURO, MARÍTIMA E VERA CRUZ

BV - indeterminado

MV - indeterminado

Galão 20 Litros e Galão 10 Litros

Seguros para automóveis, residências, máquinas agrícolas, vida, empresarial

CORSA CLASSIC 07

HONDA FIT 2011

Entregas em domicílio

INDETERMINADO

BV - indeterminado

vendo, prata, R$ 48 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114.

M.M. Comércio de Água Mineral RafarD

02/12 – Pedro da Silva Barbosa – 77 anos 02/12 – Eduardo do Amaral – 83 anos 02/12 – Antonia Maria de Jesus – 70 anos 03/12 – Jandir Arvidio Micheline – 61 anos 03/12 – Ricardo Joaquim Mariano – 35 anos 03/12 – Francisco Pereira Garibaldi – 65 anos 03/12 – Francisco Alves da Costa – 63 anos 05/12 – Rosa de Almeida Vieira – 80 anos 06/12 – Francisco Manoel de Paula – 62 anos 06/12 – Sebastião Nunes – 53 anos 07/12 – Paulo Sérgio Bonassoli Bonfim – 33 anos 08/12 – Antonio Carlos P. da Silveira (Nécão) – 65 anos


09

REGIONAL, 09 de Dezembro de 2011

Washi-Ki-O fecha 2011 com o vice-campeonato do Circuito Acak

A Washi-Ki-O recebeu no último fim de semana, na festa de encerramento da Associação Cooperativa das Academias de Karatê (ACAK), em Mombuca, troféu pelo segundo lugar no circuito 2011. A associação foi representada por 15 de seus atletas, além do sensei Edison Zuin. Cerca de 400 pessoas, entre atletas, professores e convidados, acompanharam o evento, que também escolheu as Garotas Acak. E mais uma vez a Washi-Ki-O se destacou. As caratecas Gabriela Colombo e Ana Paula Prado conquistaram o primeiro e segundo lugares, respectivamente, no concurso. Classificação Circuito Acak 2011: 1º Lugar – Washi-Kan (Rio das Pedras) – 107 pontos; 2º Lugar – Washi-Ki-O (Capivari) – 91 pontos; 3º Lugar – Seel Cras (Tietê) – 62 pontos; 4º Lugar – Amak (Conchas) – 54 pontos; 5º Lugar – Kênko (Itupeva) – 46 pontos. Caratecas premiados: Ma-

Divulgação

Atletas que participaram da cerimônia de encerramento que premiou os melhores do ano

theus Turcheti - 1º lugar categoria 8 e 9 anos até 5º Kyu; Samuel Carvalho – 1º lugar categoria 18 a 34 anos até 3º Kyu acima de 70 kg (Shiai); Samuel Carvalho – 2º lugar 18 a 34 anos até 3º Kyu (Kata); Edison Zuin – 1º lugar categoria 35 a 45 anos até 2º Kyu acima; Denise Ortolani – 1º lugar categoria 8 e 9 anos absoluto; Kelly Zuin – 1º

lugar categoria 16 e 17 anos 2º Kyu acima; Adriana de Oliveira – 1º lugar categoria 18 a 34 anos até 3º Kyu (kata e Shiai); Lucas Pincelli – 2º lugar categoria 14 e 15 anos 2º Kyu acima; Sandro Gomes – 2º lugar categoria 35 a 45 anos até 3º Kyu; Laura Belini – 2º lugar categoria 8 e 9 anos absoluto; Ana Paula Prado – 2º lugar categoria

14 e 15 anos categoria até 3º Kyu; Rafaela Stefani – 2º lugar categoria 14 e 15 anos 2º Kyu acima; Ana Carolina Gomes – 2º lugar categoria 16 e 17 anos até 3º Kyu; Rafael Menilo – 3º lugar categoria 12 e 13 anos até 4º Kyu; Isadora Turcheti – 3º lugar categoria até 7 anos absoluto; Gabriela Colombo – 3º lugar categoria 16 e 17 anos até 3º Kyu.

FUTSAL Equipe sub-13 ficou com o vice-campeonato; Times somam quatro títulos em 2011

Rafard sub-15 vence Copa Secom de Salto

AC/PMR

Os garotos da equipe sub15 do futsal de Rafard encerraram o ano da melhor forma possível: levanto uma taça. Na noite de sábado, 26, na final da Copa Regional Secom de Salto, eles venceram a equipe da casa por 4 a 3 e faturaram o título. O time sub-13 também chegou à final da competição e ficou com o vice-campeonato. Os garotos empataram em 1 a 1 com o Tejusa, de Indaiatuba, no tempo regulamentar. Nos pênaltis, os indaiatubanos levaram a melhor: 5 a 4. Balanço Para a Escolinha de Futsal de Rafard, 2011 termina de forma positiva. A equipe sub-13, além do segundo lu-

O campeão dos campeões

O título é merecido. O Corinthians foi o melhor time da competição. Após a traumática eliminação na Pré-Libertadores para o inexpressivo Tolima, a aposentadoria de Ronaldo e o abandonado de Roberto Carlos, o futuro não se mostrava animador. O técnico Tite teve que lidar com a pressão e com a desconfiança de boa parte da torcida durante o ano todo. Veio o Campeonato Paulista e a equipe se reestruturava. Os resultados demoraram para aparecer. Adriano Imperador, grande esperança, se machucou antes mesmo de entrar em campo. O goleiro Júlio César nunca teve a maioria da torcida ao seu lado. Tanto que chegou a deixar o time titular, para a entrada de Renan, que veio do Avaí. Porém, o início corintiano no Brasileirão, surpreendentemente, foi arrasador. Aproveitando-se que alguns times disputavam a Libertadores e a Copa do Brasil, Tite conseguiu colocar na cabeça dos jogadores que um início fulminante era fundamental. Liedson, mesmo machucado, foi decisivo. Emerson Sheik nunca pipocou. Chicão, apesar da queda técnica, também teve sua importância. Willian se firmou em um time grande, diferente do que muitos achavam. Danilo e Alex sempre que exigidos foram seguros. Andrés Sanchez, por bem ou por mal, é o dirigente do ano. Parabéns Fiel Torcida! Se tinha alguém que merecia esse título, esse alguém vestia o uniforme preto e branco do Coringão. Tricolor Não gostei da permanência de Emerson Leão no São Paulo. A desculpa de que não havia opção melhor é para quem está acostumado com a mediocridade. Leão não fez nada para merecer comandar o Tricolor em 2012. Seus resultados foram pífios: eliminação da Copa Sul-Americana e o insignificante sexto lugar no Campeonato Brasileiro. Afastar medalhões, como Rivaldo e Dagoberto, que foram devidamente retirados, e trazer garotos da base não é a solução. A diretoria são-paulina precisa voltar a ser inovadora, criativa e eficaz. Saudosa a época em que contratava bons jogadores de graça... Mundial Time por time, futebol por futebol, o Barcelona é melhor que o Santos. Mas como se trata de um jogo só (não acredito em um novo Mazembe!), tudo pode acontecer. Vou pender para o lado brasileiro, apesar da sentida ausência do volante Adriano. Ele seria fundamental para parar o veloz meio-campo catalão. Mas acredito na inspiração de Neymar, cada vez mais motivado e profissional. Acredito também em Ganso e Elano, ambos fora de forma, mas que em um lance podem decidir o Mundial de Clubes. O Peixe tem, sim, talentos individuais que podem levá-lo a sonhada terceira estrela.

Cser conhece primeiro campeão do 2º semestre neste fim de semana

O primeiro campeão dos campeonatos do segundo semestre do Clube Social Esportivo Rafard (Cser) será conhecido neste final de semana. A rodada também terá o primeiro jogo da final da categoria jovem. Equipe sub-15 de Rafard, campeã da Copa Secom de Salto comemora premiação

gar em Salto, conquistou dois títulos durante o ano: um em Piracicaba e outro em Elias

Fausto. Os garotos da categoria sub-15 não ficaram para trás: foram dois campeonatos

vencidos, em Salto e Piracicaba, e um vice-campeonato, em Elias Fausto.

Resultados Pelo primeiro jogo da final do Campeonato Veterano, a Ótica Capivari venceu a Terraplanagem Cerezer por 2 a 1 (gols – Ótica: Japão e Raimundinho; Terraplanagem: Marcos Frasseto), no sábado, 3. Ótica Capivari 0 x 5 Elite/Borracharia Irmãos Bette (gols – Cristiano (3) e Garça, 2), no sábado, Bar e Bochas Rivail 6 x 3 Semanário/Cativa (gols – Bar: Fernando Barbosa (2), Fini-

nho (2), Ursinho e Cróvão; Semanário: Renanzinho, Gileno e Matheus Horosco), no domingo, 4, fizeram o segundo jogo das semifinais. Na primeira partida os resultados foram: Bar e Bochas Rivail 3 x 3 Semanário/ Cativa e Ótica Capivari 2 x 5 Elite/Borracharia Irmãos Bette. Com isso, a final terá Elite/Borracharia Irmãos Bette x Bar e Bochas Rivail. Próxima rodada Ótica Capivari x Terraplanagem Cerezer decidem o campeão do Veterano no sábado, 10 (campo 1, às 16h15). Pelo Campeonato Jovem, Elite/Borracharia Irmãos Bette x Bar e Bochas Rivail também jogam no sábado (campo 1, às 15h30).


10

REGIONAL, 09 de Dezembro de 2011

www.cativacomunicacao.com.br


11

REGIONAL, 09 de Dezembro de 2011

Mensagem de casamento Pe. Antônio Carlos D’Elboux - Pároco de Rafard

Dia 09/12/2011 Marcelo Nunes Bossolan Silvana Ap. B. Santos Miguel Reginaldo Bernardo Dia 10/12/2011 Silmara Marin G. Rocha Karina Formis Bruno Andreto Delghingaro Hélio Marino Carillo Neto Dia 11/12/2011 Sandra Anacleto Giovanna Ap. Pavan Francisco Anacleto Fernanda Anacleto Alaíde da Cruz Carillo Ezequiel Barboza de Campos

Dia 12/12/2011 Apolônia Fontolan Salles Danilo Braggion Rosana M. Conti Favero Márcio Jacob Hessel Mario Antonio S. Fontolan Dia 13/12/2011 Alessandra Cristina L. Siebre Hermes Bragalda Lumar Batista Dia 14/12/2011 Tereza de J. Almeida Alves Felipe Costa Souza Dia 15/12/2011 Benedito Domingos Salles Aparecido Ferreira de Oliveira Flávio Tadeu Menegati Toledo

Parabéns e muitas felicidades para a amiga Tânia Bressan, que no dia 10 de dezembro (sábado) comemora mais um aniversário. Sua família, seus amigos, colegas de trabalho e todos os que te admiram desejam felicidades e conquistas. Parabéns especial do esposo Reginaldo e das filhas Júlia e Heloísa. Comemora mais um ano de vida na segunda-feira, 12, o diretor de esportes de Rafard, Márcio Jacob Hessel. Receba os parabéns de todos os familiares e amigos. Que esta data seja repleta de muita saúde, paz e alegria. Feliz Aniversário!!!

Recordação

Como é belo recordar Os dias que não voltam mais... E como é triste sentir saudades De alguém que não tenho mais... Como canta a saudade, Daquelas tardes de agosto... Tudo era sorriso, tudo era beleza Pois eu tinha o seu gosto... Ainda sinto saudades Daquela noite de festa... Não era sábado e nem domingo, Mas sim uma noite como esta... De mãos dadas apaixonados, Andávamos pelo jardim... A banda tocava pra gente, E você sorria pra mim... Mas tudo nesta vida passa E tudo o tempo consome, Pois o tempo voa, ruge e foge...

Quando se celebra casamento na Igreja Católica, é comum o padre dizer algumas palavras próprias para a ocasião, baseadas nas leituras bíblicas ou no dia a dia da vida matrimonial. Tem até quem fale que o padre é o menos indicado para dar dicas sobre a vida matrimonial, já que ele não se casa. Brincando, costumo responder que, se fosse assim, o ginecologista também deveria dar à luz antes de atender qualquer parto. Hoje escrevo sobre seis palavras que costumo falar nos casamentos. A primeira é diálogo. O casal sempre deverá encontrar tempo para conversar sobre si e os acontecimentos que os envolverem. Não importa o local, se à mesa ou na cama, mas nunca pode faltar em um lar a conversa franca entre marido e mulher. A segunda palavra é amor. Se o marido amar a própria esposa, se a mulher amar o próprio marido, Deus, que é amor, estará presente no lar deles. Quando se ama, faz-se tudo em favor da pessoa amada. No casamento cristão, a primeira preocupação do marido é a felicidade de sua esposa e a primeira da mulher é a felicidade do próprio marido. A terceira palavra é respeito. Os noivos são pessoas diferentes, vindos de famílias e formações diferentes. Divergências na vida a dois acontecem e até é bom que aconteçam. O que não pode faltar é o respeito de um para com o outro. Quando em um lar começa o desrespeito, é o princípio do fim. A quarta palavra é oração. Nós somos cristãos. Para os seguidores de Jesus, a oração é o combustível de nossas vidas. Não importam se as orações sejam decoradas ou espontâneas, o que não pode faltar em um lar cristão é a conversa do casal com Deus, agradecendo-lhe as coisas boas e pedindo a ajuda divina para enfrentar os problemas e dificuldades que todos temos, não importando a vida que levamos. A quinta palavra é perdão. O marido precisa sempre perdoar a própria esposa. A mulher precisa sempre perdoar o próprio marido. Todos erramos, pois somos limitados. Deus sempre nos perdoa e nos dá nova chance. Que o casal saiba se perdoar e acolher. Em uma missa de Bodas de Ouro aprendi a sexta palavra: paciência. O marido precisa ser paciente com sua esposa. A mulher precisa ser paciente com seu marido. Estou convicto que o casal que se propuser a vivenciar o conteúdo dessas seis palavras será muito feliz, apesar da realidade frequentemente adversa que nos cerca. Que Deus abençoe os nossos casais.

Atenua a dor, apaga também a tristeza E deixa um pouco a saudade E a esperança um dia morre... Mas tudo deve morrer, E tudo deve acabar... E um dia se Deus quiser, Em mim você vai lembrar... Vai lembrar daquele amor, Que tão humilde e sincero... Nunca lhe deu tristeza, E você vai dizer então, “De novo aquele amor eu quero... Eu quero aquele amor, Que era sincero como Romeu” E as lágrimas dos seus olhos, Dirão então, --Que pena, ele já me esqueceu...” Luis Antonio Pereira da Silva Poesia classificada em 5º lugar no Concurso Nacional de Poesias promovida pelo Clube dos Escritores de Piracicaba e, que fará parte do livro intitulado “Poetas de todo Brasil” que será editado e lançado em 2012.


12

RAFARD, 09 de Dezembro de 2011


Pág. 13 - 09 de Dezembro de 2011

IRREGULAR Veículo, um Ford Mustang GT Premium, é avaliado em R$ 200 mil; Investigação começou em outubro

Receita apreende carro importado ilegalmente circulando em Capivari

etpv.com

Um Ford Mustang GT Premium, avaliado em R$ 200 mil, foi apreendido pelo Grupo de Operações Especiais de Piracicaba (Goep), vinculado à Receita Federal, circulando em Capivari, na quarta-feira, 7. O veículo, apontou a investigação, foi importado dos Estados Unidos ilegalmente. O nome dos envolvidos no esquema não foi divulgado. A situação do carro era irregular porque ele foi importado como se fosse novo. Quando chegou ao país, em 2010, o Mustang já tinha 4,2 mil quilômetros rodados, concluiu a investigação. A legislação brasileira não permite a importação de veículos usados. Há alguns casos excepcionais, como de colecionadores. “Um exemplo de exceção à proibição é a importação de veículos com mais de 30

anos de idade, que pode ser solicitada por colecionadores de veículos autorizados. A inobservância dessas regras sujeita o infrator à apreensão do veículo usado, por se tratar de produto cuja importação é proibida, o que caracteriza o crime de contrabando”, diz a Receita Federal, em nota. As investigações começaram em outubro, depois que o Goep apreendeu cinco carros importados na região de Piracicaba, durante a Operação Black Ops, encabeçada pela Polícia Federal.


14

CAPIVARI, 09 de Dezembro de 2011

RESUMO Acompanhe ainda o que de principal aconteceu no Legislativo nos últimos dias

Vereadores homenageiam professor voluntário e pastor

A pedido do vereador Edson José Bombonatti (PDT), o professor Fábio Eduardo Teixeira recebeu da Câmara de Capivari certificado de homenagem pelo Dia do Voluntário, comemorado em 5 de dezembro. A cerimônia ocorreu momentos antes da sessão ordinária realizada na segunda-feira, 5. O trabalho de Teixeira foi ressaltado por Bombonatti, que inclusive apresentou fotos no telão de quando ele próprio fazia parte das equipes de futebol comandadas pelo homenageado. Mateus Scarso (PMDB) também disse ter participado de atividades com o professor e o parabenizou. Ambos os vereadores comentaram sobre o amor com que Teixeira realiza seus trabalhos e, ao usar a tribuna para os agradecimentos, o profissional deixou transparecer a alegria de atuar como voluntário. “Se eu não posso mudar o mundo, já me satisfaz e muito se eu puder ajudar uma criança que seja. Hoje atuo na Prefeitura, mas o mais importante não é a remuneração, e sim o sucesso do trabalho”, relatou. Nova homenagem O pastor Marcionílio Alves Sobrinho, da Igreja Presbiteriana Renovada, também foi lembrado na última sessão de Câmara e, das mãos do vice-presidente do Legislativo, Nelson de Sousa Soares (PR), recebeu certificado pelos relevantes serviços prestados durante 12 anos no município. A homenagem ocorreu, principalmente, porque Alves Sobrinho foi transferido para Hortolândia. Também no uso da tribuna, o pastor

AC/CMC

Tambuzinho e Eduardo Texeira, Nelson Soares e pastor Marcionílio

agradeceu aos vereadores, pediu para que a Câmara continue dando apoio às igrejas e entidades e ressaltou que mesmo longe continuará orando por todos.

Casas populares Durante a sessão, o vereador Arnaldo Annicchino Nacarato (PSD) usou o telão para apresentar fotos do terreno comprado pela Prefeitura para a construção de novas casas populares, localizado no bairro São João. As imagens mostraram uma grande área do local que foi cercada para que mudas de árvores sejam plantadas. “Na época, o engenheiro nos disse que apenas 5% do terreno eram inaproveitáveis para as construções, mas hoje vemos que não é. São aproximadamente 20, 25%, fora as áreas de brejo, que vertem água, e que ainda nem estão cercadas”, disse. Ainda segundo Nacarato, “no terreno que possui de seis a oito alqueires, dois são inaproveitáveis, o que corresponde a cerca de R$ 360 mil do montante de R$ 1,8 milhão pagos pela Prefeitura”.

CAPIVARI DIGITAL Estudantes tiveram aulas gratuitas em diversos módulos de informática durante o segundo semestre deste ano

Projeto forma 350 alunos na próxima semana O Capivari Digital irá formar 350 alunos que participaram das aulas gratuitas de informática nas unidades do programa durante o segundo semestre deste ano. A cerimônia será na Casa da Cultura, na quarta-feira, às 20h. Esta é a segunda turma de alunos formada pelos centros de inclusão digital mantidos pelo município. As aulas foram ministradas nas unidades dos bairros Castelani, Engenho Velho, Vila Clemente, centro (Asas e Biblioteca), Sobrado e Bom Retiro. Os certificados serão entregues aos alunos das diversas faixas etárias participantes do curso, incluindo os participantes da Terceira Idade. O Capivari Digital é um projeto lançado em 2009 pela Prefeitura e visa levar inclusão e capacitação para todos. Desde a sua criação, o programa conta com mais de 3 mil usuários cadastrados, que acessam gratuitamente a Internet para cadastro em programas ou projetos sociais, trabalhos escolares,

pesquisas, criação e leitura de e-mails e acesso às redes sociais, além da participação em cursos gratuitos de capacitação em informática. “A inclusão digital promove o crescimento pessoal do indivíduo, agregando conhecimento e trazendo novas oportunidades, inclusive para o mercado de trabalho”, destaca o prefeito Luís Donisete Campaci (PMDB). Segundo a secretária de Inclusão e Desenvolvimento Social, Sueli Valarine Batagin, o objetivo é continuar expandindo o número de alunos a cada semestre e contribuir para a inclusão deles no mundo digital. “Em poucos meses de aulas, tanto nós da Secretaria como os professores já percebemos a grande evolução dos alunos. Muitos deles não sabiam sequer ligar um computador e hoje já encontram melhores oportunidades no mercado de trabalho graças a seu esforço e aos conhecimentos aprendidos nas aulas do Capivari Digital”, diz.

O vereador lembrou que, na época, o projeto para a aquisição deste local foi votado “às pressas”, mas que ele sempre discordou com o fato: “E hoje vocês podem comprovar que Dr. Arnaldo estava certo”.

(PSDB), além do presidente da Santa Casa, Pascoal Marracini, que assinou as documentações para a liberação, e do ex-secretário de Cultura Flávio de Carvalho. No total, mais de 100 convênios foram liberados na tarde do dia 7 para os setores de saúde de inúmeros municípios do Estado. “Estou imensamente feliz em poder ajudar um pouco mais o nosso querido hospital. Sei que esse recurso, que será liberado ainda este ano, será de grande valia. Só tenho a agradecer, mais uma vez, o

por meio de parcerias com deputados, aproximadamente R$ 3 milhões em verbas para Capivari. “2011 foi um ano iluminado, em que conseguimos recursos importantíssimos para a saúde, entidades, infraestrutura e maquinários. Essa, sem dúvida, é a função mais gratificante do vereador. E essas alegrias devo aos deputados, principalmente ao Roberto Morais e ao Carlos Sampaio [PSDB], que sempre atenderam os meus pedidos”, revela o ex-presidente da Câmara.

lejos. Na quinta-feira, 1, a vereadora esteve na Associação e viu de perto todo o trabalho. “É um recurso muito importante, ainda mais agora que a Santa Rita passará a atender meninos também. Uma boa estrutura é fundamental e, por isso, agradeço mais uma vez o deputado Gil Arantes por ter nos ofertado os R$ 100 mil. E a população pode estar ciente de que estou em busca de mais verbas para nossa cidade”, salienta. “Agradecemos a todas as

Vereadora Gil e presidente da entidade Antonio Cuan acompanham obras da reforma na Associação Santa Rita de Cássia

Vereador Rodrigo Maíza, presidente da Santa Casa de Misericórdia de Capivari Pascoal Marracini e deputado Roberto Morais

Verba de R$ 250 mil Rodrigo Abdala Proença (PPS) esteve no Palácio dos Bandeirantes na tarde de quarta-feira, 7, para acompanhar a assinatura de convênio entre o Governo do Estado e Santa Casa de Capivari para a liberação de R$ 250 mil que serão usados para custeio do hospital. O recurso foi conquistado pelo vereador, por intermédio do deputado estadual Roberto Morais (PPS), que também esteve presente na cerimônia presidida pelo governador Geraldo Alckmin

deputado de Capivari, assim já conhecido, Roberto Morais pela atenção dada ao nosso município e ao governador Alckmin pela liberação desses R$ 250 mil”, diz Proença. Para Marracini, “o recurso veio em boa hora, pois vai permitir que a Santa Casa cumpra com seu compromisso de pagamento do 13º salário aos funcionários, algo que estava nos gerando grande aflição e, por isso, agradecemos tanto o vereador como o deputado”. Proença já conquistou,

Verba de R$ 100 mil A vereadora e presidente do Partido Democratas de Capivari, Gilceane Orosco Malto, conquistou junto ao deputado estadual Gil Arantes (DEM) uma verba de R$ 100 mil para a reforma do prédio da Associação Santa Rita de Cássia. As obras já começaram e, segundo o presidente da Entidade, Antonio José Cuan, praticamente todo o local será reformado, com serviços de alvenaria, parte elétrica, pintura, trocas de portas, do forro e das coberturas, implantação de sistema de combate a incêndio, entre outros afazeres complementares, como revisão de pisos e azu-

pessoas, empresas e empresários, imprensa, autoridades locais, colaboradores e voluntários, que, movidos por nobres ideais, se envolveram com as atividades desenvolvidas na Instituição ao longo deste ano, contribuindo com doações, com trabalho voluntário, financeiramente, entre tantas outras iniciativas que despretensiosamente se lançaram dando colaborações à causa da criança e adolescente. A entidade agradece também a vereadora Gilceane, que intermediou, através do deputado Gil Arantes, a liberação da verba estadual que proporcionou a reforma das instalações”, declara o presidente Cuan.

INTEGRAÇÃO Atividade é promovida pelo governo do Estado em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Cidade participa da Virada Inclusiva pela segunda vez Pelo segundo ano consecutivo, Capivari participou da Virada Inclusiva, promovida em todo o Estado pela Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência. A atividade foi realizada em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado no dia 3 de dezembro, data estipulada pela Organização das Nações Unidas (ONU). As atividades na cidade começaram na sexta feira, 2, com duas apresentações musicais na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Uma no período da manhã e outra à tarde, com o Coral de Libras da Escola Municipal Augusto Castanho e com os músicos Marcelo Bonagúrio, na sanfona, e Dyesson, nos teclados.

“As crianças da Apae tiveram uma participação bastante positiva de uma maneira expressiva e espontânea”, avalia o diretor de Acessibilidade, José Pagliardi. No sábado pela manhã, na praça central, foram apresentados os trabalhos das oficinas artesanais do Centro de Apoio Multidisciplinar em Educação Especial de Capivari (Ceameec) e do Centro de Atenção Psicossocial (Caps II), quando o público pode conhecer um pouco dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos. Na praça central também foi realizada mais uma feira de doação de filhotes do Centro de Controle de Zoonozes (CCZ). De acordo com números da Prefeitura, 24 animais, todos filhotes de cães e gatos, foram adotados.

AC/PMC

Apresentação musical na escola Apae

As atividades continuaram no domingo, 4, pela manhã, no Haras da Gruta, no loteamento Jardim São Pedro, com apresentação de equoterapia, sob comando das fisioterapeutas Nadya Paes e Tatiana Favaro.

“A nossa cidade é uma das poucas que já oferece este tipo de serviço. A Administração Municipal está muito satisfeita por ter promovido, mais uma vez, a Virada Inclusiva em Capivari”, completa Pagliardi.


15

CAPIVARI, 09 de Dezembro de 2011

SEGURANÇA Ação do MP, que queria o desarmamento da corporação, foi julgada parcialmente procedente; Para Campaci, decisão foi uma “vitória da sociedade”

GCM permanece armada, mas sofre restrições

O juiz Cleber de Oliveira Sanches, da 1ª Vara Judicial de Capivari, julgou na terça-feira, 29, parcialmente procedente ação civil pública movida pelo Ministério Público contra a Prefeitura por conta da atuação da Guarda Civil Municipal (GCM), garantindo, assim, o direito à corporação de continuar trabalhando armada. Como tem menos de 50 mil habitantes, o MP alegava que a atuação armada da GCM afronta a legislação. Além disso, segundo a denúncia do promotor Luis Felipe Tegon Cerqueira Leite, os guardas não têm treinamento técnico para o uso de armas. Ainda de acordo com a ação do Ministério Público, os profissionais da corporação realizam abordagens desmotivadas, de maneira desastrada e humilhante, especialmente contra a população mais carente, perseguições para atender a finalidades particulares e praticam atos de violência física e psicológica, exercendo o papel que deveria ser da

Polícia Militar. Sanches considerou que o desarmamento da Guarda seria uma medida inconstitucional, porque fere o princípio de isonomia (tratamento igual) entre os municípios. Ele observou que as cidades interioranas do Estado vêm passando por uma crescente onda de criminalidade, sendo desamparadas pela administração estadual, que mantém escasso efetivo policial. Assim, as guardas municipais, fortalecidas pelos governantes locais e mais próximas e sensíveis ao clamor da população por segurança, passam a desempenhar atividades típicas a de polícia. A defesa alegou que há muito tempo Capivari deixou de ser considerada uma cidade pequena e sem criminalidade e provou que os guardas passam por cursos de capacitação para o uso de armas. “O número de policiais militares em Capivari é de 36, o que corresponde a um policial para cada 1.349 habitantes, quando, segundo

estudos na área de segurança pública, o efetivo policial mínimo seria de 1,5 a 2,5 policiais por mil habitantes. A Polícia Civil conta com apenas três investigadores. O número de guardas é de 90. A expressiva atuação da Guarda Municipal, constatada pelo Ministério Público, se deve ao número defasado de policiais no município”, argumentou a defesa. O magistrado, por outro lado, determinou que a GCM se abstenha de praticar atos próprios da atividade policial, como investigações, diligências para apuração de crimes, abordagens, blitz e batidas em residências e estabelecimentos comerciais. No entanto, considerou que a corporação pode e deve se responsabilizar pela segurança pública, efetuando prisões dos que forem flagrados cometendo crimes de quaisquer espécies, ainda que não atinjam diretamente o patrimônio público municipal. Além disso, Sanches determinou que o município

AC/PMC

Guardas Municipais durante treinamento de tiro com armas de fogo

exerça fiscalização efetiva sobre a corporação, com a criação de corregedoria própria e autônoma para a apuração de infrações disciplinares atribuídas aos servidores integrantes da Guarda e institua uma ouvidoria, como órgão permanente, com competência para fiscalizar, investigar e propor políticas de qualificação das atividades desenvolvidas por seus integrantes. Segundo a Prefeitura, a

Guarda vinha “cumprindo sua finalidade legal com a proteção do patrimônio municipal e atuando, quando necessário, em situações de crimes, resguardando a população do tráfico de drogas, estupros, agressões, furtos, roubos, lesões corporais, infrações ambientais, entre outros”. “A meu ver, a sentença proferida pelo Dr. Cleber é irrepreensível, totalmente embasada juridicamente e

absolutamente contextualizada com a realidade social em que vivemos. É uma vitória da sociedade de Capivari em prol da segurança pública”, comemora o prefeito Luís Donisete Campaci (PMDB). “Eu vinha acompanhando no dia a dia a crescente intranquilidade de moradores de Capivari, temendo que o desarmamento da nossa Guarda levasse à desestabilização da situação vigente”, completa.

Guardinha comemora atividades de 2011 com desfile

A Associação de Educação do Homem de Amanhã (Guardinha) promoveu um desfile na noite de sexta-feira, 2, na sede do Sindicato da Alimentação, para comemorar as atividades desenvolvidas ao longo de 2011. O desfile, apresentado por Adriana Panza, teve como modelos 19 jovens da Guardinha, que usaram roupas da sobreloja do Supermercado Bresciani. A apresentação foi acompanhada pelos presidentes da Guardinha, Getúlio Ferraz, e do Sindicato da Alimentação, Toninho Bom. Ferraz destacou a importância do trabalho da instituição junto aos adolescentes, contribuindo para sua qualificação e colocação no mercado de trabalho. Em 2012, disse ele, a Guardinha trabalhará para tentar garantir que os jovens atendidos sejam todos registrados pelas empresas contratantes.

Túlio Darros


16

CAPIVARI, 09 de Dezembro de 2011

Vai Com Tudo e... + 10 Confira o tema para o Carnaval 2012; Autor da composição escolhida receberá prêmio de R$ 1 mil

Escola escolhe samba-enredo dia 17 A Vai Com Tudo e... + 10 escolherá no sábado, 17, às 21h, na sede da escola, o samba-enredo para o Carnaval 2012, que terá como tema “Capivari – 180 anos. De Preto Pio ao Leão da Sorocabana, terra de liberdade, garra e muito samba” (leia abaixo a sinopse, que é um resumo da história a ser contada). O autor da composição escolhida será premiado com R$ 1 mil, segundo a Vai Com Tudo. “Capivari – 180 anos. De Preto Pio ao Leão da Sorocabana, terra de liberdade, garra e muito samba” Por: Vivi VCT Era um vez... Toda a história começa com esta pequena frase e a nossa não será diferente. Mas antes de a iniciarmos, queremos deixar claro que ninguém, mas ninguém mesmo, sabe quem, como, quando e... Bem, onde nós sabemos, aconteceu esta história. Ela aconteceu em uma pequena cidade, nascida às margens de um rio límpido e calmo, a pequena Capivari. Vamos a ela: “Era uma vez um menino. Serelepe e atrevido correndo pra lá e pra cá, descalço pelas ruas de sua querida cidade. Adorava andar pelo jardim, entrando vez ou outra no Mercado Municipal, ali, bem no centro da cidade. Nas noites em época de carnaval, ouvia as marchinhas vindas do Teatro São João, também chamado Cine Iris, e ficava a pensar como era lindo o corso, com confetes e serpentinas multicoloridos e a alegria dos foliões. Caminhando pela rua Mata Porcos, chegando à rua do Pito Aceso, sempre se encontrava com seus amigos, em especial o Benedito, que, carinhosamente, era chamado de Abreu. Depois, juntos corriam em disparada pela rua do Lavapés para escutar os “causos” que as contadoras de histórias narravam com

tal veracidade que podia sentir – se fazendo parte do conto. Benedito gostava de ficar sentado observando as casas que, devido à ação do tempo, se destelhavam. “Casa destelhada... Casa destelhada...” Acorda Abreu! Gritava o menino, tirando o amigo dos seus devaneios. Quantas noites, olhando ao longe, via um risco de luz vermelho. Luz vinda da queimada da cana, principal economia da sua cidade, deixava o horizonte tingido de vermelho. Ansioso, esperava o dia seguinte, que para todos da pequena Capivari seria especial. Haveria uma comemoração de tal grandeza na cidade que a mesma estava em polvorosa. Não se falava em outra coisa. Personalidades ilustres estariam presentes e muitas desembarcariam na estação da Sorocabana, vindas de trem, diretamente da capital. Preto Pio, o velho negro alforriado havia convocado todos os patrícios da região a participarem do evento, assim como seus irmãos dos quilombos, todos alforriados. Aproveitavam o encontro para, juntos, dançarem a umbigada, lembrando com saudades de seus ancestrais. No coreto, a “Banda dos Alemães” afinava os instrumentos , na expectativa da festa que logo aconteceria, vendo a fonte que, do centro do jardim, jorrava água cristalina oriunda do Rio Capivari. Com tudo acertado, desceriam a rua da Ponte e tocando sem parar, recepcionariam os convidados ilustres. A hora havia chegado. Ao longe se ouvia o apito da Maria Fumaça alertando que estava próxima. A esta altura, todos estavam concentrados na estação esperando o desembarque. O menino e seu amigo Benedito puderam ver, assim que a trem parou, uma bela moça acenando da janelinha do trem.

ADVOGADOS

MONTEIRO e SILVA R. IV Centenário, nº 199 - Centro - RAFARD/SP

Fone: (19) 3496-2316 ou 3496-1109

Ora, não é que era Tarsila? A caipirinha de Capivari, que anos antes saia de sua cidade natal para ganhar o mundo com suas obras geniais, voltava, agora para ficar, trazendo nas bagagens os mais belos tons de vermelho. Abriu-se a porta do primeiro vagão e dele saiu dom Pedro II acompanhado de sua esposa, dona Teresa Cristina. Foram recebidos, ruidosamente, pelos membros da maçonaria. Dali seguiram de tróli a casa que os acolheria na rua da Paciência, esquina com a rua da República, bem em frente à Igreja Matriz, para repousarem um pouco, após cansativa viagem. O mais interessante é que o monarca estava trajado elegantemente de vermelho, o que não era comum. Descendo calmamente do vagão, Amadeu Amaral, que excepcionalmente veio cobrir como jornalista o grande evento, aparece. Era sabido que era redator chefe de grande jornal de São Paulo e que brevemente tornaria-se membro da Academia Brasileira de Letras, mas nem por isso deixava de ser simples, sabendo atrair sinceramente, pela franqueza de tratamento e constante bom humor, a todos que privavam da sua amizade. Trazia na lapela um pequeno adorno vermelho. Conta-se que, neste instante, Preto Pio, cutucando o maquinista, disse: ‘É, esse tal de Amaral, tem reza!’, aproveitando o momento para acenar para o jornalista. Nesta altura do dia, quando a banda já havia acabado de tocar e a recepção estava encerrada, rumaram para a comemoração. Ao longo de todo o trajeto até o estádio, fitas vermelhas e brancas, balões e apitos foram distribuídos a todos os que desejavam participar da festa. Um palanque, especialmente montado no centro do gramado, aguardava a vinda do príncipe

MICROSAL PRODUTOS QUÍMICOS

e, ao lado, a banda tocava hinos de exaltação ao Leão. Centenas de pessoas se aglomeravam nas arquibancadas na esperança de ver de perto seus heróis. Chegada a comitiva real começaram a premiação com a entrega de medalhas aos bravos guerreiros alvirrubros e, por fim, a do tão merecido troféu. O povo estava em êxtase! Fotos foram tiradas às centenas e no dia seguinte via-se publicado no Jornal Estado de São Paulo, em letras garrafais: ‘Leão da Sorocabana, Campeão Brasileiro Invicto’, e uma foto com todo o time estampada na primeira página. Capivari encheu-se de orgulho. Orgulho de sua origem, orgulho de seu povo, orgulho de ser capivariano. E, desta data em diante, a pequena cidade do menino cresceu tornando-se uma das principais cidades do interior do estado.” Bem, essa é a historia que contam. Se é verdade ou não, não nos cabe dizer. E você? Acredita em quê? Ah! Antes que esqueçamos, o menino, aquele do começo da história, nunca mais se ouviu falar dele depois dessa comemoração. Uns dizem que sumiu de tanta saudade de seu amigo, Benedito, que acabou se mudando da cidade, outros ainda que era somente da imaginação de Benedito. Porém, reza a lenda que de vez em quando é visto correndo pelas ruas da cidade, descalço e sorrindo. Então, por isso, eternizou-se e tornou-se ‘O Menino de Capivari’. Nota: Para redigirmos este conto, consultamos os seguintes livros: O Menino de Capivari, volumes I, II e III, de autoria de Vinício Stein de Campos; Evocações da vida musical de Capivari, do mesmo autor; A Ronda das Ruas, livro do Movimento Capivari Solidário; Vida, Paixão e Poesia de Rodrigues de Abreu, de autoria de Carlos Lopes de Mattos.

Rod. Campinas - Tietê, Km 44,5 - CAPIVARI PABX (19) 3492-8000

Contribuindo com o esporte em Rafard e Região

GINÁSIO DO CASTELANI Obra inclui também construção de casa de caseiro para evitar ocorrência de novas depredações

Reforma ficará pronta dentro de seis meses, indica Prefeitura

Por muitos anos sem segurança e infraestrutura adequada, o Ginásio de Esportes Antônio Mattar, no Castelani, voltará a ser uma opção de lazer aos moradores do bairro até o fim do primeiro semestre de 2012, prevê o secretário de Projetos, Convênios e Captação de Recursos, Eduardo Maia. Há anos o espaço é motivo de frequentes reivindicações de cidadãos e vereadores. “O ginásio está em estado deplorável, destruído, sendo usado para venda e uso de drogas”, reclama a moradora Marlene Alves de Oliveira. “O dinheiro público não deve ser usado assim”, completa. Em agosto, a Prefeitura divulgou a liberação de emenda parlamentar de R$ 100 mil, do deputado estadual Chico Sardeli (PV), para reforma do local. O projeto da Prefeitura, orçado em R$ 180 mil, prevê ainda a construção de uma casa para caseiro –

para evitar nova depredação do espaço – e a colocação de alambrados. Para completar o investimento, R$ 80 mil de recursos do município serão investidos, de acordo com o Executivo. A reforma, conforme disse o prefeito Luís Donisete Campaci (PMDB), em agosto, no anúncio da emenda parlamentar para a obra, dará “dignidade ao ginásio”. “Faremos completa reforma e vigilância 24 horas por dia para que a comunidade possa participar de suas atividades com total segurança”, declarou, na época. Segundo o secretário de Projetos, o projeto será retomado no início do próximo ano. “A Prefeitura realizará licitação para a realização da obra em janeiro de 2012, com início previsto para fevereiro. A previsão para término das reformas é no primeiro semestre de 2012”, diz Maia.

DINHEIRO PÚBLICO Receita cresce 7% em relação a 2011, passando de R$ 125 milhões para 134 milhões; Educação receberá maior fatia

Orçamento de 2012 é aprovado

A Câmara aprovou por unanimidade na noite de segunda-feira, 5, em segunda e última discussão, o orçamento do município para 2012: R$ 134,1 milhões, sendo R$ 110,6 milhões da administração direta. A projeção de receita para o próximo ano é 7% maior que a de 2011, definida em R$ 125 milhões. Com folga, a Secretaria de Educação permanece recebendo a maior fatia do orçamento: R$ 35,1 milhões

(31% da administração direta), seguida pela Saúde, com R$ 24,3 milhões (22%). Em 2011, a receita para as duas pastas foi de R$ 33 milhões e R$ 23 milhões, respectivamente. Dos R$ 23,5 milhões da administração indireta, R$ 10,4 milhões vão para o Sistema Autônomo de Água e Esgoto (Saae). Ao Instituto Previdência Municipal (Iprem) o repasse será de R$ 13 milhões.


CAPIVARI, 09 de Dezembro de 2011

17

ANIVERSÁRIO Evento também abriu a contagem regressiva para os 180 anos de Capivari

Raízes comemora 22 anos com show para 12 mil pessoas, diz organização A Raízes FM comemorou seu aniversário de 22 anos com um show na noite de terça-feira, 6, que atraiu cerca de 12 mil pessoas à praça central, segundo balanço da organização do evento. O show, que neste ano foi transmitido em tempo real pela Internet, via Twitcam, teve como atrações: João Neto e Frederico, Humberto e Ronaldo, Cupim na Mesa, Pixote, Manu Gavassi, Nilson e Nando e Velha Estação, além do grupo de dança HS3. O evento também marcou o início da contagem regressiva para o aniversário de 180 anos de Capivari, em 10 de julho de 2012. Um relógio instalado para contabilizar os dias restantes foi inaugurado pela Prefeitura.


18

CAPIVARI, 09 de Dezembro de 2011


CAPIVARI, 09 de Dezembro de 2011

19


20

CAPIVARI, 09 de Dezembro de 2011


Pág. 21 - 09 de Dezembro de 2011

Cidade é sede da festa de encerramento do Circuito Acak

Mombuca recebeu na noite de sábado, 3, a festa de encerramento do Circuito 2011 da Associação Cooperativa das Academias de Karatê (Acak). A cerimônia, realizada no Centro de Lazer, recebeu cerca de 400 pessoas, entre atletas, técnicos e convidados. Mais de 100 caratecas foram premiados por diretores e pelo presidente da Acak, Fernando Vicenzi. O evento, que neste ano teve apoio da Prefeitura, também escolheu as Garotas Acak. Entre os premiados está a Washi-Kan (Rio das Pedras), do professor da Escolinha de Karatê de Mombuca, Caio

Schiavon. A academia terminou em primeiro lugar na classificação geral da competição. Também estiveram presentes na premiação a vice-prefeita, Maria Ruth de Oliveira, o presidente da Câmara, Eugênio de Oliveira Neto, e o vereador Davi Pingerno.

Academias premiadas como as melhores do circuito ACAK

Capoeira: alunos participam de cerimônia para troca de cordões

AC/PMM

Prefeito Marcos Poletti, autoridades e membros da ACAK

Alunos da Escolinha de Capoeira de Mombuca que participaram do encontro de troca de cordões

Premiação de jovens atletas

Premiação da Garota ACAK

Mais de 60 alunos da Escolinha de Capoeira de Mombuca participaram do Encontro de Troca de Cordões, na sexta-feira, 2, no ginásio Municipal.

Os alunos praticam Capoeira nas aulas gratuitas oferecidas pela Diretoria de Educação, com apoio da Monitoria de Esportes. Ministradas pelo profes-

sor Adevair (Marcelinho), as aulas semanais são oferecidas para os alunos do Clube da Turma e também para crianças, jovens e adultos em horários alternados.


22

CAPIVARI, 09 de Dezembro de 2011


CAPIVARI, 09 de Dezembro de 2011

23


24

REGIONAL, 09 de Dezembro de 2011


Jornal O Semanário Regional - Edição 1030  

Jornal O Semanário Regional - Edição 1030

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you