Page 1

Verão se aproxima e risco de enchentes cresce Sábado Mania tem data adiada

Nacarato quer avaliar contratos com dispensa de licitação da Prefeitura

Página 13

Página 10

Rafard Fest Country resgata clima de rodeio na cidade

Pescador registra mortandade de peixes na Santa Rita

Página 6

Página 5

Rafard comemora Dia do Evangélico amanhã

Barraca de moradores de rua na praça José Zuza é removida

Página 7

Página 9

Inundações de 2009 e 2010 causaram estragos e desabrigaram centenas de pessoas. Além de realocar mais de 300 famílias que viviam em áreas de risco para locais seguros, a Prefeitura de Capivari realizou trabalhos em córregos e criou o Plano Municipal de Redução de Riscos para evitar novas cheias. Em Rafard, 30 famílias vivem em área sujeita a inundações e governo municipal não tem para onde levá-las. Página 11

Empate no domingo garante acesso do Capivariano à A3 Página 18

Falta de fitas dificulta vida de cerca de 300 diabéticos

Os rafardenses que têm diabete e dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) vêm enfrentando dificuldades para tratar a doença. Eles reclamam que as fitas de teste de glicose estão em falta na farmácia da Unidade Mista de Saúde (UMS) há cerca de dois meses. Segundo a Diretoria de Saúde, o problema será solucionado em menos de uma semana. Página 5

Após quase três semanas em greve, bancos retomam rotina Categoria chegou a acordo com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e serviços se normalizaram na terça-feira, 18, de acordo com o Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região. Paralisação nos bancos de Capivari e Rafard havia começado em 29 de agosto. Página 7

Vereador quer piscina do Centro Esportivo aberta à população Armandinho Garcia (PTB) espera que o local se torne uma nova opção de lazer aos rafardenses. Desde que foi inaugurada, em 2008, a piscina praticamente não foi usada. Página 5


02

RAFARD, 21 de Outubro de 2011

Os rafardenses são unânimes em concordar: faltam áreas de lazer no município. A situação poderia ser melhor. Para isso, nem seria necessário realizar grandes obras. O Centro Esportivo Reinaldo Fontolan não tem todo o seu potencial aproveitado. O Centro Municipal de Natação Renan Ricomini praticamente só foi aberto para ser inaugurado, no segundo semestre de 2008. Desde então, está fechado. O problema é que a piscina, que seria utilizada por estudantes das escolas municipais, foi construída com medida semiolímpica. Como apresentava riscos para as crianças devido à profundidade, os projetos escolares no local foram cancelados. De tempos em tempos, os vereadores tocam neste assunto. E acertam ao classificar a situação como uma grande lambança. Afinal, a água da piscina é tratada e oferece condições de uso, mas o centro de natação só fica fechado. Armandinho Garcia (PTB) quer mudar isso. Mas, como já foi explicado por vereadores, a dificuldade para isso é que a piscina foi construída com verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e só pode ser utilizada pelas escolas. Para a população, a possibilidade de poder desfrutar do centro de natação – como quer Armandinho – é muito bem vinda. Para os estudantes – como previa o projeto inicial – também. No entanto, aparentemente, nada tem sido feito pelo poder público – e se tem, não é divulgado – para transformar uma dessas duas hipóteses em realidade. Enquanto isso, a piscina permanece sendo um grande elefante branco. Literalmente, é dinheiro público sendo “afogado”. ADVOGADOS

MONTEIRO e SILVA R. IV Centenário, nº 199 - Centro - RAFARD/SP

Fone: (19) 3496-2316 ou 3496-1109

Rafard Corretora de Seguros Seguros para automóveis, residências, máquinas agrícolas, vida, empresarial SEGURADORAS: ITAÚ, PORTO SEGURO, MARÍTIMA E VERA CRUZ

Fone: (19) 3496-1226 R. Maurício Allain, 328 - Centro - Rafard/SP

Escritório Independência Contabilidade em geral, imposto de renda pessoa física, contratos e outros.

Fone: (19) 3496-1345 3496-2090 R. Maurício Allain, 270Centro - RAFARD/SP

M.M. Comércio de Água Mineral RafarD Entregas em domicílio

Galão 20 Litros e Galão 10 Litros Disk Água: Depósito: (19) 3496-2750 Residência: (19) 3491-7099 / 3492-5315 Aberto de segunda à sexta das 8h às 18h. Sábado das 8h às 12 h.

Av. São Bernardo, nº 53 - Centro - RAFARD

Futebol – Graças a Rodrigo Abdala Proença (PPS), confesso apaixonado por futebol, a 37ª sessão ordinária do ano teve seu momento boleiro. Primeiro, o presidente do Capivariano, Osvaldo Agostinho Riccomini, o Vadinho, recebeu, em nome de toda a equipe, Moção de Congratulações pelos 93 anos do clube (comemorados em 12 de outubro). Depois, Aurélio Venâncio Bortolança Júnior (Tuca) e Cléusio Aparecido do Prado, fundadores da Pinta de Craque, foram homenageados pelos 16 anos de história da escolinha de futebol. “Esta homenagem é um reconhecimento pela Pinta de Craque ter formado vários atletas e cidadãos”, disse Proença, autor das duas indicações. Justo reconhecimento! História viva – Olívio Pagotto Piai, ex-vereador mais antigo do

município ainda vivo (período de 1948 a 1951), foi homenageado pela Câmara em comemoração ao Dia do Vereador (1º de outubro). A indicação foi de Arnaldo Annicchino Nacarato (PSD). “O senhor não imagina como a atuação sua e dos seus colegas foi e é importante para nós. Serve de exemplo”, disse Nacarato. “Sinto-me muito jubiloso por essa homenagem. Agradeço muito a Deus por chegar até esta data. Já tenho, graças a Deus, uma vida prolongada. Agradeço muito por esta homenagem”, declarou seu Olívio. Parabéns. Não dá exemplo – Enquanto cobrava a Prefeitura pelo abandono do ginásio de esportes do Castelani, Valdir Antonio Vitorino (PDT) questionou a postura do governo municipal. O vereador voltou a afirmar que o fato de

O toque de recolher poderá voltar. Será?

Um projeto de lei em tramitação na Assembleia Legislativa de São Paulo pretende criar o toque de recolher para menores de 18 anos em todo o estado. Segundo o texto, os menores não poderiam “transitar ou permanecer” nas ruas sem a companhia de seus pais ou responsáveis entre 23h30 e 5 horas. Seriam ainda proibidos de frequentarem sozinhos, nesses horários, bares, padarias, lanchonetes, cafés, boates, danceterias, lan houses, casas de fliperama, etc. As crianças e adolescentes surpreendidos perambulando sozinhos serão levados para o conselho tutelar e encaminhados de volta à família. As que não possuem lares serão abrigadas em instituições adequadas. Será a volta do “toque de acolher”, tendo como alvo os jovens em situação de risco. As punições para os responsáveis que deixarem os filhos nas ruas são as mesmas já existentes no Estatuto da Criança e do Adolescente e no Código Penal. Devendo subscrever um termo de compromisso para a liberação do menor. Em caso de reincidência no abandono, podem ser convocados a prestar contas à Justiça e pagar multa de três a 20 salários mínimos. Sei que existirá uma corrente de juristas que entenderão que o projeto é inconstitucional e autoritário e que interfere diretamente no direito das famílias e no direito de ir e vir. Apesar de achar muito difícil de ser posto em prática e de ser aprovado pelo governo, cuja bancada é majoritária na

Assembleia Legislativa, onde o projeto deverá ser votado, entendo como delegado e pai uma medida preventiva interessante na proteção das crianças e adolescentes. É sabido que a delinquência infanto-juvenil só cresce e que os delinquentes usam os jovens para prática dos crimes das mais diversas capitulações, especialmente como “aviões” do tráfico de entorpecente. Também é notório o recrudescimento de jovens no consumo do álcool e outras drogas, para tanto está aí mais uma ferramenta importante para o conselho tutelar e para polícia utilizar no cotidiano de trabalho, acima de tudo evitando que haja um número cada vez maior da corrupção de menores e na fabricação de crianças e adolescentes infratores. No passado era assim e funcionava. Oxalá esses deputados aprovassem esse projeto, pena que a grande maioria dos políticos só pensa no voto. “Se der voto eu aprovo, se não, não.”

Gillys Esquitini Scrocca - Delegado de Polícia, advogado, professor, radialista e colunista capivariano

o Centro Social de Capivari (Cesoca) ter ficado abandonado é responsabilidade da Prefeitura. O local foi desapropriado e pode dar lugar a uma creche. Ele lembrou ainda da situação da sede da Terceira Idade, que também, segundo ele, está abandonada. Para exemplificar, ele disse: “A Prefeitura notifica os proprietários para que limpem seus terrenos e não deixem água parada, porém no centro da cidade a Prefeitura está deixando [de limpar terrenos e anular focos de dengue]. A Prefeitura, em primeiro lugar, tem de dar exemplo, para depois cobrar dos munícipes”. Não cumpre – Segundo Vitorino, a lei que prevê o recolhimento de veículos abandonados em vias públicas não vem sendo cumprida. Ele citou que há carros se esfarelando pelas ruas da cidade. “A Prefeitura tem que ir lá e tomar providências”, pediu. Apuração – Nacarato quer conhe-

cer todos os contratos efetuados desde 2009 pela Prefeitura com dispensa de licitação. Ele lembrou casos de Prefeituras que dispensam o processo licitatório, mas a concorrência é obrigatória. “Às vezes mexe com R$ 200 mil, R$ 400 mil. Estamos checando se não está ocorrendo isso em Capivari, acredito que não. Mas, uma vez que a imprensa do país alertou, vamos ter que checar”, disse. Silêncio – Geralmente muito falantes, os vereadores se calaram na sessão. Apenas Vitorino usou a tribuna. Os demais não se manifestaram. Resultado: os trabalhos legislativos do dia duraram cerca de 30 minutos, apenas. A sessão teve quase 90 minutos, dos quais aproximadamente 60 foram gastos com as homenagens. Por hoje é só, semana que vem se Deus quiser estaremos de volta. Bom final de semana e até a próxima!

Janela da alma

Em 1993 começava a dar os primeiros passos a FM Alternativa, que fez 18 anos nesta semana. Em 1994, fui convidado pelo presidente Jorge Possignollo para fazer um programa na rádio. Comecei com Aparicio Luqueta, que no seu programa tinha o nome “artístico” de Leiva. Ele fazia comentários políticos durante o seu programa aos sábados. Alguns anos depois, comecei a fazer o programa sozinho. Foi aí que começou o Cadeira Cativa, aos sábados pela manhã. Eu entrevistava políticos e outras personalidades. Por um tempo, recebi a colaboração no programa de Luís Claudio (Bolinha Jr.), que hoje faz sucesso como comentarista esportivo na Rádio R, de Rafard, e Jorginho Proença, que hoje mora na Austrália, irmão do vereador Rodrigo Proença. Depois, por anos tive como parceiro no programa o advogado Davilson Roggieri e resolvemos, além de fazer o Cadeira Cativa, apresentar outro programa nas noites de segunda-feira, o Mesa Redonda, que tinha também a participação de Jorge Possignollo. O programa Cadeira Cativa era de entrevistas, enquanto o Mesa Redonda, de comentários políticos, que varavam as madrugadas. Era simultâneo à Sessão de Câmara e lá também fazíamos entrevistas. A “guerra” contra a venda do Saae era uma bandeira da rádio Alternativa. Começava logo de manhã, com o Dicas e Notícias, com Dr. Gillys e Palharde, depois vinha Jorge Possignollo, passava pelo esporte, com Ado Sanches e companhia, abria a tarde, com Dr. Ismael Sanches e seu Nota 10, e nas noites de segunda e manhãs de sábado, com o Mesa Redonda e o Cadeira Cativa, respectivamente. Todos fazendo a maior campanha contra a venda do Saae, que estava sendo orquestrada pela administração Borsari. Hoje a rádio tem outros personagens fazendo o mesmo sucesso. Caso de Flávio Carvalho, que ganhou uma cadeira no Dicas e Notícias. Tem o Caco Sanches, que na época do Cadeira Cativa fazia um programa sertanejo cômico com Lee Piazza, nas primeiras horas da manhã de sábado e domingo. Fazia um sucesso estrondoso. Hoje, Caco assumiu o lugar do irmão Ismael e faz o Nota 10, nas tardes da Alternativa, não ficando atrás do

irmão famoso. A Alternativa fez 18 anos de luta, de conquista e sucesso. Com novos programas de sucesso, caso de João Flausino, que esta na rádio desde o início, Tata Ramos, entre tantos outros que seguraram a bandeira da FM Alternativa. Comentei na semana passada na coluna que Capivari pode ter três candidatos a prefeito. Fui questionado por inúmeras pessoas e recebi vários e-mails, uma prova que a coluna é lida, podem até discordar, mas que continuem a ler. A grande maioria concordou com o meu raciocínio e isso está prestes a acontecer. Muitas pessoas me perguntaram quem sai ganhando com isso. Em minha opinião, aquele que conseguir o maior número de coligações e com partidos compromissados com a cidade, não restos do passado que o povo enterrou. Se houver o rompimento do “grupo”, como tudo mostra que vai acontecer, isso não pode ser considerado o fim do mudo, para quem analisa política isso era um risco. Para vencer a Alemanha nazista de Hitler, os EUA se uniram com a União Soviética (URSS) para derrotar um inimigo da humanidade: o nazismo. Depois de derrotados, os Estados Unidos continuaram capitalistas e a União Soviética continuou comunista. Depois até brigaram, quem não se lembra dos anos da “Guerra Fria”. Borsari sonhava em perpetuar no poder, alternar mandatos, só que uma união fulminante interrompeu seus planos. Borsari tem que começar do zero, na eleição de 2012 ele pode ser impedido de ser candidato pela lei da “Ficha Limpa”. Ele não vai querer correr esse risco de ver sua candidatura impugnada pelo Tribunal Eleitoral, pode até concorrer com alguma liminar, mas corre grande risco de, se vencer, não assumir. Ele não vai correr esse risco, mas vai apontar algum candidato, quer voltar a dar as cartas. Com três candidatos tudo é possível, fica uma eleição indefinida, vence quem conseguir mais apoio dos partidos compromissados com a cidade. Os possíveis candidatos já estão em busca desses apoios. Nunca em uma eleição o vice e os candidatos a vereadores serão tão importantes.


RAFARD, 21 de Outubro de 2011

03


04

RAFARD, 21 de Outubro de 2011


05

RAFARD, 21 de Outubro de 2011

MELHOR IDADE Disputada em Itapetiniga, competição reuniu cerca de 100 idosos rafardenses

Grupo Sempre Jovem representa Rafard nos Jori

AC/PMR

Grupo de coreografia da Terceira Idade de Rafard fez bonito

Cerca de 100 integrantes do Grupo Sempre Jovem, da Terceira Idade, representaram Rafard na 15ª edição dos Jogos Regionais do Idoso (Jori), em Itapetiniga. Disputada entre 12 e 16 de outubro, a competição, que tem como objetivo estimular a prática de atividades físicas entre os idosos, reuniu 13 modalidades: damas, atletismo, dança de salão, xadrez, tênis de mesa adaptado, coreografia, natação, buraco, bocha, truco, dominó, malha e vôlei adaptado. A colocação da delegação rafardense ainda não foi divulgada. No entanto, segundo a Prefeitura, dois integrantes do Grupo Sem-

pre Jovem garantiram vaga para a disputa estadual dos Jogos do Idoso, em São José dos Campos. São eles: Lidia Matumoto (finalista do xadrez) e Geraldo Bragion (finalista da natação). “Agradeço a todos pela dedicação social e disciplina na preparação das diversas modalidades para se apresentarem nos Jori”, diz a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ivone Roselys Pellegrini Orladin, que acompanhou a equipe da cidade na competição. “Parabenizo pela vontade e a luta de todos [participantes], pois sabemos que a prática do esporte traz muitos benefícios à saúde mental e física dos idosos.”

SAÚDE Diretora de Saúde garante que situação será normalizada em menos de uma semana

Diabéticos sofrem com falta de fitas há dois meses

Os cerca de 300 diabéticos que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) têm enfrentado dificuldades para tratar a doença. Os pacientes reclamam que as fitas de teste de glicose, que servem para monitorar o nível de açúcar no sangue, estão em falta na farmácia da Unidade Mista de Saúde (UMS) há cerca de dois meses. Para conseguir medir a glicemia, a alternativa aos diabéticos é comprar as fitas, mas nem todos têm condição para isso. O custo da caixa com 25 unidades varia entre R$ 50,00 e R$ 80,00, em média. Sem o controle do nível de açúcar no sangue, o paciente pode ter graves complicações de saúde. O problema foi causado, segundo a diretora de Saúde, Maria Aparecida de Oliveira da Silva, a dona Cidinha, porque a empresa que venceu a licitação para fornecimento das fitas, no iní-

cio deste ano, não entregou os produtos. “A informação que obtivemos foi a de que a empresa não possui estoque do material para entregar e que o mesmo estava em processo de liberação na alfândega”, diz. Segundo a diretora, a situação deve ser normalizada em menos de uma semana. “A Diretoria de Saúde, juntamente com o Departamento Jurídico e o prefeito Márcio Minamioka [PMDB], decidiu abrir uma sindicância para o cancelamento da compra desses itens e até multar a empresa. Mas, paralelamente, pensando na saúde de nossos rafardenses, já acionamos novamente o setor de compras e, em regime de urgência, vamos adquirir novas fitas, para normalizar a distribuição. A compra já foi realizada. Há um prazo útil de cinco dias para a entrega destas novas fitas pela empresa fornecedora”, garante.

Rotary realiza palestra sobre ética profissional

O Rotary Club de Rafard promove na sexta-feira, 28, uma palestra sobre ética profissional, no plenário da Câmara, às

20h. O palestrante será o advogado Newton Colenci, de Botucatu. O evento é gratuito e aberto à população.

NOVIDADE Para o vereador, local pode ser uma nova opção de lazer aos rafardenses

Armandinho Garcia quer piscina do Centro Esportivo sendo utilizada pela população No que depender da vontade de Armandinho Garcia (PTB), a piscina do Centro Municipal de Natação Renan Ricomini, dentro do Centro Esportivo Reinaldo Fontolan, deve ser aberta à população o quanto antes. Em requerimento aprovado pela Câmara na terça-feira, 11, o vereador manifesta seu desejo de que o local se torne uma nova opção de lazer ao rafardenses. A possibilidade agrada a população. “Se construiu é para usar, não para deixar a piscina fechada. Seria uma boa opção para os moradores, principalmente com a chegada do verão”, diz o estudante Jean Souza (17).

Inaugurada em 2008, a piscina foi construída com verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para ser utilizada por estudantes das escolas municipais. Contudo, ela foi projetada com medida semiolímpica. Como apresentava riscos para as crianças devido à profundidade, os projetos escolares na piscina foram cancelados. Desde então, embora a água seja periodicamente tratada e ofereça condições de uso, a piscina está fechada. Armandinho quer que a Prefeitura contrate profissionais para gerir o funciona-

Arquivo

Projetada com medida semiolímpica, piscina apresenta riscos aos estudantes por sua profundidade e por isso está fechada

mento da piscina e nomeie uma comissão para definir quais as regras de uso e as pessoas que poderão frequentar o local. A ideia, segundo ele, é manter um controle para que só moradores de Rafard usufruam da piscina.

A Prefeitura foi questionada se pretende atender a solicitação do vereador, porém, até o fechamento desta edição, não houve resposta. O governo municipal tem 20 dias para responder o requerimento.

PREOCUPAÇÃO Ponto é um dos preferidos pelos pescadores no rio Capivari

Santa Rita: pescador registra morte de peixes A morte misteriosa de dezenas de peixes na Santa Rita tem preocupado pescadores que frequentam o rio Capivari. “Muitos peixes estão morrendo e isso é uma pena”, diz Francisco Tonin Neto, que pesca com frequencia no local. Segundo Neto, embora seja pequeno o número de pessoas que pescam na Santa Rita, há muita sujeira na área. “Há pescadores que não levam seu lixo embora. É muito triste ver o rio todo sujo”, conta. Entre os dias 1 e 2 deste mês, ele registrou com fotos a mortandade de peixes no

local. “Acho que alguém deveria nos dar alguma explicação ou solução ao problema”, cobra Neto. De acordo com a assessoria de imprensa da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), a entidade não atendeu nenhuma ocorrência envolvendo a morte de peixes em grande quantidade no rio, durante o período citado. O atendimento a casos de mortandade deve acontecer assim que o problema for identificado. Segundo a assessoria de imprensa da Cetesb, a demora na análise da água

Francisco

Foto registrada pelo pescador Francisco Tonin Neto no rio Capivari

pode impedir que as causas da morte dos peixes sejam iden-

tificadas. O telefone para denúncias é 0800-11-3560.


06

RAFARD, 21 de Outubro de 2011

LAZER Rogério Naldi, organizador da Rafard Fest Country, quer colocar a cidade na rota das grandes festas do peão

Radialista traz de volta clima do rodeio a Rafard

Depois de décadas, Rafard voltará a reviver o clima das festas de peão. O Estádio Municipal Jair Forti recebe no domingo, 23, a Rafard Fest Country. O evento, organizado pelo radialista Rogério Naldi, começa às 10h, com desfile dos cavaleiros saindo da rotatória da Pio XII. “É preciso reviver a história de Rafard no roteiro das grandes festas”, diz Naldi. No Jair Forti, a partir das 15h, as duplas Gustavo Moura e Rafael e Ricardo e João Fernando irão se apresentar. Haverá, ainda, concurso de toque de berrante, karaokê sertanejo e praça de alimentação com barracas típicas de rodeio. A entrada é gratuita. Em entrevista, Naldi fala sobre as atrações e a iniciativa de realizar a festa. O Semanário – Como surgiu a ideia de um domingo todo sertanejo? Rogério Naldi – Há tempos tínhamos vontade de realizar uma festa de confraternização para o público sertanejo. Nada melhor como

um domingo, um dia família, para receber os clubes da região que já confirmaram presença. Hoje, essas caravanas e clubes vêm com grande expectativa para Rafard. O principal foi encontrar uma data para que clubes das cidades de Capivari, Elias Fausto, Indaiatuba, Mombuca, Rio das Pedras, Piracicaba, Porto Feliz e outras cidades pudessem estar presentes. O Semanário – E porque o evento em Rafard? Naldi – Tenho recordações das grandes festas do peão que já foram realizadas aqui. Rafard tinha uma das principais festas da região e o saudoso Zé do Prato adorava realizar rodeio aqui. Um dos últimos rodeios de Zé do Prato foi realizado aqui, em Rafard. Hoje, entre as mais de 20 cidades da região, Rafard é a única que não tem uma festa do peão há quase 10 anos. É preciso reviver a história de Rafard no roteiro das grandes festas e, para isso, precisamos unir os amantes dessa grande festa para realizarmos um

mega evento em 2012. Precisamos incentivar os empresários e patrocinadores, a população e esta nova geração sertaneja. Para isso, estamos dando o pontapé inicial com a Rafard Fest Country. O Semanário – Quais serão as principais atrações? Naldi – O desfile, a estrutura com todo conforto e os shows de Ricardo e João Fernando e Gustavo Moura e Rafael, com a Raízes FM, sem dúvida, irão agradar em cheio. Essas duas duplas estão entre as mais tocadas e fazem parte das principais festas da região. Não podemos esquecer as homenagens que serão realizadas. O Semanário – Quais homenagens? Naldi – Para resgatar a história de Rafard no rodeio e levar as boas histórias e recordações à nova geração, convidamos representantes de grandes incentivadores dos rodeios em Rafard que serão homenageados pela Diretoria de Cultura, Esporte e Turismo.

O Semanário – Qual o público esperado? Naldi – De 3 a 4 mil pessoas. A entrada será franca. Contaremos com equipe especializada de segurança, apoio da Guarda Civil e Polícia Militar, barracas cobertas e uma área de lazer com brinquedos para as crianças grátis, praça de alimentação e área de descanso para comitivas da região. Também quero registrar que este evento tem entrada franca e só pôde ser realizado graças ao apoio total do prefeito Márcio Minamioka [PMDB], da diretora Lígia Kerche Lobo Scarso [de Cultura, Esporte e Turismo] e de outras diretorias do município pelo total apoio na estrutura. O Semanário – O atual momento sertanejo contribui? Naldi – Sim, e muito. As duplas atuais estão arrebentando, mas não podemos esquecer o sertanejo de todos os tempos e é isso que o rodeio faz: mantém nossas tradições e comércios, como lojas, restaurantes, hospedagens, transportes e outros, aquecendo

suas vendas. O principal é que, hoje, com novas ferramentas de mídia e divulgação, o evento divulga a cidade para todo o país. É isso que acontece hoje com Americana, Jaguariúna, Barretos, Capivari e certamente irá acontecer com Rafard, tendo aqui uma das melhores festas da região, muito em breve. O Semanário – Sucesso e boa festa! Naldi – Obrigado aos amigos do jornal O Semanário pelo espaço e, principalmente, pelo apoio aos eventos em Rafard. Isso é preciso e confirma mais ainda o comprometimento deste jornal em divulgar Rafard a toda região. Deixo aqui um apelo: que clubes e empresários de nossa cidade apoiem cada vez mais a realização de eventos, para que os jovens e todo o público não precisem sair de suas cidades, enfrentando os perigos das estradas e a insegurança para poder se divertir. E os eventos de nossos clubes, eu pergunto? Cadê a Cultura Artística dos

bons tempos? É preciso mais criatividade e atenção. Tem presidente de clube que só sabe aparecer na foto. Sabemos que o presidente atual e alguns membros da diretoria do Clube Social Esportivo de Rafard [Cser] têm ótimas ideias e projetos, mas é preciso de pessoas com mais comprometimento e tempo para realizar eventos. Já o Capivari Clube, sabemos que hoje tem voltado seus trabalhos especificamente para seus associados, mas que também vive uma fase com poucos eventos de sucesso ao público jovem. Um abraço a todos e até domingo.


07

RAFARD, 21 de Outubro de 2011

LEGISLATIVO Dídimo Miranda e Sérgio Pompeu falam ainda sobre expectativa para as eleições do próximo ano

Vereadores avaliam trabalhos do Legislativo e Executivo Nesta semana, O Semanário dá continuidade a série de entrevistas com os vereadores. Depois de Uil Maia (PSD) e Maria Luiza Peressim Bernardo (PSD), é a vez de Sérgio de Jesus da Cruz Valêncio Pompeu (PTB) e Dídimo Alves Miranda (PSDB) exporem como avaliam a atuação do Legislativo e Executivo, além de falarem sobre suas pretensões políticas para as eleições 2012. Vale lembrar que Miranda ocupa uma das cadeiras do Legislativo desde setembro, quando assumiu temporariamente (35 dias) o lugar de Fábio Luis Quagliato, que se afastou para tratar de problemas de saúde. No início deste mês, com a cassação de Quagliato, o peessedebista assumiu efetivamente o cargo. O Semanário – De setembro para cá, entre tudo o que fez como vereador, o que considera como principal? Sérgio de Jesus da Cruz Valêncio Pompeu – Considero como minhas principais realizações o recadastramento dos usuários do sistema de saúde municipal, inibindo dessa forma que indivíduos de outros municípios, que já apresentam sistemas de saúde próprios, utilizem nosso sistema, que acaba tendo, por conseqüência, a exaustão. E o projeto de regulamentação e ampliação das estradas municipais, com ênfase nas estradas da zona rural, ampliando-as em largura para valores entre 7 a 10 metros. Isso, sem dúvida alguma, promove a segurança no tráfego, uma vez que por lá trafegam diariamente ônibus escolares e veículos pesados, como máquinas e treminhões. Dídimo Miranda – Tenho colaborado de forma técnica na Diretoria de Saúde, desde agosto, quando fomos convidados pelo prefeito Márcio [Minamioka – PMDB] para estarmos à frente da pasta e assumimos esse compromisso. Como presidente do PSDB, consultando o partido, decidimos indicar um profissional com perfil técnico. Encontramos isso na pessoa da dona Cidinha [Maria Aparecida de Oliveira da Silva, diretora de Saúde] e do Sr. Celsinho [Celso Alves Ferreira, chefe da Divisão Administrativa da Unidade Mista de Saúde]. Desde então, estamos acompanhando junto à administração municipal um elo dessa parceria, que vem trazendo bons resultados nas diversas ações realizadas. Em um momento conturbado que vive a Câmara, assumi como vereador no início de setembro. Nos-

sa meta é continuar na busca de melhorias na saúde. Estamos trabalhando forte junto a empresas locais, realizando parcerias junto à Prefeitura para a execução de pequenas obras na cidade, mas de grande relevância para a população. Em breve, poderemos divulgar oficialmente as conquistas. O Semanário – De modo geral, que análise você faz sobre a atuação do Legislativo nestes quase três anos de gestão? Pompeu – Considero que tivemos um bom aproveitamento. Efetuamos diversas cobranças ao Poder Executivo, recebemos indicações, fizemos requerimentos, projetos e debates em favor dos munícipes e do município, fiscalizamos diversas obras que estavam empacadas, principalmente na área da saúde, cobrando, entre outras coisas, a informatização do sistema de saúde municipal e aumentos salariais aos funcionários, sem deixar de mencionar a questão das casas populares. Enfim, foi muito produtivo. Miranda – Neste período acompanhei de longe o Legislativo. Terei mais condições agora, como vereador, para opinar, inclusive da minha própria atuação. O Semanário – Até agora, como avalia o trabalho do Executivo (gestão 2009/2012)? Pompeu – Eu avalio como regular. Temos o problema crônico da falta de recursos públicos. Muitas pessoas pensam que o Poder Executivo não faz o que deveria fazer porque não quer fazer, mas, na prática, a situação não é tão simples assim. Existem leis e diretrizes que devem ser seguidas e isso limita um pouco a sua atuação. Mas posso citar como fatos positivos a construção do PSF [Programa Saúde da Família], a reforma do prédio da Terceira Idade, a conclusão do Centro Odontológico e da nova creche que, sem dúvida alguma, beneficiará muitas crianças. Por fim, mas não menos importante, existe a possibilidade concreta de até o término deste mandato ocorrer a construção das casas populares, que solucionará uma parte do problema crônico de déficit habitacional do município, além da pavimentação da avenida Irmãos Moreira, que beneficiará muitas pessoas, em especial as que moram na parte baixa da Popular, constituindo uma via rápido de acesso ao centro da cidade. Miranda – Como cidadão, como qualquer um, te-

Arquivo

NORMALIZAÇÃO Em Capivari e Rafard, bancários paralisaram os serviços em 29 de agosto; Categoria chegou a acordo com a Fenaban no início da semana

Bancos retomam rotina depois de quase três semanas de greve

Vereadores Sérgio Pompeu e Dídimo Miranda

nho certeza, gostaria de ver uma cidade promissora e com qualidade de vida para todos, criar oportunidades na geração de empregos, escolas técnicas qualificando os futuros profissionais, boa saúde. Realizando uma grande parte disso, a questão da moradia acontecerá naturalmente, na maioria dos casos, inclusive, sem depender do poder público. Mas, observando o orçamento anual da Prefeitura, que não chega aos R$ 20 milhões, é difícil sobrar verbas para investimentos na infraestrutura. Dependemos de verbas federais e estaduais, portanto, é um dever dos agentes políticos viabilizar o desenvolvimento da nossa cidade numa grande parceria com novos empreendedores e a própria comunidade. Como cidadão, acredito também que é isso que o prefeito Márcio quer para Rafard. O Semanário – Tem conseguido por em prática as propostas apresentadas à população nas eleições de 2008, quando ainda pleiteava um cargo no Legislativo? Pompeu – De certa forma, sim. Uma das propostas que fiz à população durante minha campanha foi a resolução do conflito gerado pela perda de alguns terrenos doados na gestão do ex-prefeito Eugênio Tonin, em função da construção de uma rede suplementar de esgoto, durante o início da gestão do ex-prefeito Nê Cerezer. Essa situação caminha para uma solução que será proveitosa a todos que, em função disso, foram prejudicados e impossibilitados de iniciar a construção de seus imóveis. Miranda – Estamos trabalhando intensamente com um objetivo único: o bem estar da nossa população. O Semanário – Faltando pouco mais de um ano para que se encerre a gestão 2009/2012, há algo de destaque que ainda pretende realizar? Pompeu – Sim, sem dúvida. Dentre uma das minhas prioridades para antes do término do atual mandato está

a reforma do salão de festas do Centro Esportivo Reinaldo Fontolan, na popular de Rafard. Sabe-se que, durante algumas administrações, ele foi negligenciado e depredado e isso tornou sua utilização impossível à população. Sua reforma viabilizará a realização de diversos tipos de eventos sociais e promoverá um aproveitamento mais efetivo desse imóvel público. Também falta ainda a instalação de abrigos em vários pontos de ônibus. Aparentemente é uma coisa muito simples, no entanto mostra sua utilidade toda vez que as pessoas que dependem da utilização do serviço de transporte coletivo ficam expostas a intempéries naturais, como sol, chuva e vento. Miranda – Estamos com várias frentes de trabalho em andamento. Considero todas elas importantes para a cidade. Aos poucos, tenho certeza, elas se realizaram, podem acreditar. O Semanário – Mesmo que ainda de forma discreta, a corrida eleitoral já começou. O vereador tem pretensões para a disputa das eleições em 2012? Pompeu – Bem... Penso que estou exercendo o meu trabalho de legislador com muito respeito pelo voto de confiança em mim depositado. Sou de formação evangélica e a Bíblia diz, em outras palavras, que cada dia é um novo dia e que o amanhã a Deus pertence, que não devemos nos preocupar com o amanhã porque Ele cuida de si mesmo. Quem avaliará se fiz um bom trabalho ou não é o povo. Ele saberá quem deverá estar ou não ocupando uma das cadeiras do Legislativo. Miranda – As coisas na minha vida sempre aconteceram de forma natural. Sou muito feliz junto à minha família e agradeço a Deus por tudo que já me deu. Posso até falar que deixo a vida me levar. Mas posso afirmar que nunca vou fugir do desejo e do clamor da maioria soberanamente democrática e defendê-la.

Depois de 19 dias de paralisação, os bancários de Capivari e Rafard retomaram definitivamente ao trabalho na terça-feira, 18. Antes desse dia, algumas agências funcionavam parcialmente. Em assembleia realizada pelo Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região, na segunda-feira, 17, a categoria aceitou a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste salarial de 9% (1,5% de aumento real mais a inflação de 7,4% no período). No início da greve, a classe cobrava aumento de 12,8% (inflação do período mais aumento real de 5%). “Foi uma grande conquista para os trabalhadores”, avalia o presidente do Sindicato, José Antonio Fernandes Paiva. A base de

Piracicaba abrange 21 cidades, das quais 16 registraram paralisação de agências. A greve foi deflagrada nacionalmente em 27 de agosto. Na região, as agências aderiram à paralisação dois dias depois (dia 29), seguindo recomendação do comando da greve. Com a aceitação das propostas, além do reajuste de 9%, os bancários também conquistaram valorização do piso da categoria em 12% (4,3% de aumento real) e melhorias na Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Os dias de greve não serão descontados. Pela proposta da Fenaban, os bancários terão de compensar os dias parados até 15 de dezembro, no máximo. Depois desta data, eventual saldo será anistiado.

Produtores rafardenses aprendem sobre suinocultura em treinamento na Esalq Agropecuaristas e profissionais de Rafard e região participaram do curso de especialização: “Como iniciar uma criação de suínos”, na manhã de segunda-feira, 17, na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), em Piracicaba. O curso foi ministrado pelo professor doutor Valdomiro Shigueru Miyada. O evento foi promovido pela Prefeitura de Rafard em parceria com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, representado pelo conselheiro Márcio Jacob Hessel e pelo engenheiro agrônomo Décio Leite, da Casa da Agricultura. Segundo Hessel, o objetivo do treinamento era fornecer ferramentas para o gerenciamento dos profissionais que trabalham na suinocultura de corte. Para Leite, presidente da Coordenadoria de Assistência

Técnica Integral (Cati) de Rafard, a criação de suínos para corte pode ser uma alternativa para diversificação da propriedade rural e de renda para o produtor. “A carne suína é uma excelente fonte de nutrientes e vitaminas do complexo B, mas a mesma vem sofrendo preconceitos, pois está em terceiro lugar no consumo humano, com 13 kg por habitante ao ano. Em primeiro vem a carne de frango, com 60 kg por habitante, e em segundo a carne bovina, com 35 kg por habitante. Países como Dinamarca, Alemanha e Espanha consomem 70 kg por habitante e com expectativa de vida por volta dos 75 anos, provando que não é a carne suína que causa malefícios a vida humana”, explicou Leite. Após o curso, todos os participantes receberam um certificado e participaram de uma confraternização.

Dia do Evangélico é comemorado neste sábado Rafard comemora no sábado, 22, o Dia do Evangélico. Promovido pela Diretoria de Cultura, Esporte e Turismo e igrejas evangélicas, o evento, oficialmente reconhecido por lei municipal, de autoria

de Uil Maia (PSD), ocorre na avenida José Soares de Faria, em frente ao Paço Municipal, a partir das 19h, e terá apresentação do grupo musical Raiz Coral e de Sérgio Saas, além de culto religioso.


08

RAFARD, 21 de Outubro de 2011

Solidariedade leva alegria ao Dia das Crianças na Fazenda Itapeva

O sábado foi de alegria para ao menos 70 crianças que vivem na Fazenda Itapeva graças à iniciativa de uma rafardense. Janete Meirelles, com a ajuda de empresários, montou cerca de 300 saquinhos de doces para distribuir em comemoração ao Dia das Crianças (12 de outubro). “Foi uma experiência muito boa”, diz ela. Além da Fazenda Itapeva, Janete distribuiu as guloseimas para crianças da Popular e também entre seus companheiros de trabalho, para que entregassem aos filhos. “Tenho um filho. Sei o quanto um gesto como esse pode fazer bem às crianças”, revela sua fonte de inspiração para o ato solidário. Agora, o próximo passo é preparar uma comemoração para o Natal. “Queremos fazer algo melhor, talvez com brinquedos. Onde tiver criança em Rafard, queremos ir”, finaliza.


Pág. 09 - 21 de Outubro de 2011

SEM-TETO Código de Posturas não permite esse tipo de instalação em locais públicos

Moradores de rua removem barraca na praça José Zuza

Com conhecimento do Ministério Público, homens da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar, supervisionados pela Diretoria de Fiscalização de Posturas e Secretarias de ‘Serviços Públicos e Meio Ambiente’ e ‘Inclusão e Desenvolvimento Social’, convenceram na tarde de segunda-feira, 17, moradores de rua a remover uma barraca que havia sido montada por eles, há cerca de duas semanas, na praça José Zuza (em frente ao Museu Histórico e Pedagógico Dr. Cesário Motta Júnior). Segundo a Prefeitura, conforme leis do Código de Posturas do município, é proibido instalar barracas ou construções no passeio público (calçadas) e, por isso, a estrutura foi removida. Reclamação Na semana passada, na sessão da Câmara do dia 10, vereadores demonstraram insatisfação com a atitude dos moradores de rua. Para Valdir Antonio Vitorino (PDT), eles [moradores] “tomaram posse” da praça José Zuza. Ele revelou sua preocupação com o fato de a barraca ficar ao lado da entrada do posto de vacinação da Secretária de Saúde. Por ali, relatou ele,

passam muitas pessoas, entre elas crianças. Gilceane Orosco Malto (DEM) também reclamou da situação. Na ocasião, ela disse que uma das funções da GCM é zelar pelo patrimônio público. De acordo com a vereadora, a corporação tinha autonomia para ir ao local e obrigar que a barraca fosse desmontada. Se o problema com os moradores de rua já é grande, ele pode aumentar. Durante a sessão, Gil contou que as pessoas que moram na praça José Zuza têm um líder e este teria afirmado a um cidadão que novos andarilhos se “mudarão” para Capivari, pois “na cidade se aceita tudo”. O que é feito O Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), criado pela atual gestão, é formado por assistentes sociais e profissionais da área da saúde. Segundo a Prefeitura, assim que um novo morador de rua é identificado, ele é cadastrado pelo Creas e encaminhado para atendimentos médicos e psicológicos. Paralelamente, o Creas procura a família do andarilho, para tentar reintegrá-lo. No entanto, segundo

Guarda Municipal e assistentes socials acompanharam a saída

Moradores de rua foram abordados na segunda-feira, 17, pela manhã

a Prefeitura, os moradores se recusam a receber qualquer tipo de atendimento e a retor-

nar a suas residências. Após a remoção da barraca, os andarilhos que vivem

na praça José Zuza foram orientados pelas Secretarias a voltar para casa.

Reordenamento de abrigos evita que irmãos de sexo oposto sejam separados A Associação Santa Rita de Cássia, que abrigava apenas meninas, começou a receber garotos para atender regulamentação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que não permite que irmãos de sexo oposto sejam separados. De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, os primeiros irmãos já começaram a viver juntos na entidade. O trabalho de reordenamento dos abrigos está sendo desenvolvido por um grupo formado pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Conselho Municipal da Assistência Social (CMAS), incluindo representante da Câmara e das instituições interessadas. Anteriormente, os irmãos permaneciam separados, pois o município contava com entidades que atendiam separadamente meninos e meninas. Conforme prevê o ECA, os irmãos devem permanecer juntos para que os vínculos familiares e comunitários possam ser fortalecidos. As crianças encaminhadas aos abrigos permanecem temporariamente nestes locais até que os problemas familiares que as envolvem sejam resolvidos.

IV Fórum Regional da Saúde Mental debate saúde do trabalhador A Secretaria de Saúde realizou na sexta-feira, 14, o IV Fórum Regional da Saúde Mental, com o tema “Saúde Mental do Trabalhador”. Diversos palestrantes participaram do evento, entre eles: o psicólogos José Carlos Duarte e Rose Marie Postigo Rauen, da fonoaudióloga Fernanda Cassel Santos e dos educadores físicos Eduardo Eugênio de Toledo e Cléusio Aparecido do Prado. No evento também foi feito um alerta sobre a dengue, com a participação de Luis Máximo Albini, da Vigilância Sanitária de Capivari, que fez uma apresentação sobre “a realidade da doença na cidade”.

Cemitério recebe sistema de informatização As informações do Cemitério Municipal São João Batista estão sendo informatizadas. Mais de 11 mil nomes contidos nos livros mortuários já foram cadastrados em uma base de dados digital. Além do atendimento que normalmente já é realizado por telefone (3492-1013), com a informatização, o cemitério passa agora a atender os cidadãos por e-mail (cemiterio@capivari.sp.gov.br).


10

CAPIVARI, 21 de Outubro de 2011

CÂMARA CAPIVARI E mais: confira resumo das principais ações do Legislativo durante os últimos dias

Vereador mais antigo de Capivari ainda vivo recebe homenagem na Câmara

O ex-vereador Olívio Pagotto Piai foi homenageado pela Câmara na noite de segunda-feira, 17, durante sessão ordinária, por ser o vereador vivo mais antigo, como prevê o projeto de resolução nº 323/2009, de autoria do parlamentar Arnaldo Annicchino Nacarato (PSD). Piai recebeu uma placa das mãos de Nacarato e usou a tribuna para agradecer a homenagem, seguido de seu filho Dário Bicudo Piai, que também mencionou algumas palavras de alegria. Familiares, emocionados, acompanharam a cerimônia. Ele foi vereador no período de 1948 a 1951, momento pós-guerra. Na história de Piai como parlamentar é destaque: projeto da construção de um bebedouro para cavalos no antigo Mercado Municipal; projeto da construção da capela no Cemitério Municipal; compra de uma motoniveladora (até então alugada); projeto da construção de um sanitário público em nível subterrâneo na praça Rodrigues de Abreu. Também fez parte da comissão que criou o Regimento Interno da Casa de Leis de Capivari, ao lado de Humberto Annichino, Victorio Maschietto, Carlos Colnaghi, Rosário Capóssoli, Manoel Rodrigues Moreira, Archangelo Forti, João Annicchino, José Consolmagno,

AC/CMC

Alceu Dias de Aguiar, Pedro Dias da Motta, João Zacharias Maia, Plínio Borghesi e Amador Augustinho da Costa. Esporte Indicados por Rodrigo Abdala Proença (PPS), o presidente do Capivariano Futebol Clube, Osvaldo Agostinho Riccomini, acompanhado de demais membros da diretoria, e os proprietários da Escola de Futebol “Pinta de Craque”, Aurélio Venâncio Bortolança Júnior (Tuca) e Cléusio Aparecido do Prado, também receberam certificados. O Capivariano foi homenageado pelo aniversário de 93 anos, comemorado em 12 de outubro. Já a “Pinta de Craque” foi indicada por Proença pelo ótimo trabalho realizado na cidade e região há 16 anos, revelando atletas inclusive para o cenário nacional, como é o caso do zagueiro Bruno Uvini. Reforma Moradores do bairro Castelani puderam falar pessoalmente com o vereador Valdir Antonio Vitorino (Valdir da Farmácia), do PDT, que esteve visitando o local no último final de semana. A principal reclamação, inclusive tratada pelo parlamentar em tribuna durante a sessão, é sobre o abandono do ginásio de es-

Ex-vereador Olívio recebendo homenagem do vereador Nacaratto

portes “Antonio Mattar”. Segundo Valdir da Farmácia, o espaço gera falta de segurança aos moradores, pois é utilizado por pessoas que praticam atos ilícitos e as telhas, de alumínio, correm o risco de escapar com os ventos e machucar cidadãos. “Para os próprios pais pedirem pelo amor de Deus para que um ginásio de esportes seja demolido é porque realmente a situação está complicada”, relatou o parlamentar. Ainda de acordo com o vereador, uma das justificativas da Prefeitura para a desapropriação do Centro Social de Capivari (Cesoca) é que o local encontrava-se abandonado. “E aquele ginásio, também não está abandonado? O Executivo deveria dar exemplo. É preciso que aquilo seja reformado o quanto antes”,

complementou. Ele reivindicou que a Prefeitura ilumine ao redor do ginásio de esportes, principalmente próximo a um ponto de ônibus, em que “crianças esperam o transporte para ir à escola, e agora com o horário de verão, na parte da manhã fica mais escuro e perigoso”. Em tribuna, Valdir da Farmácia também pediu que a Secretaria de Obras dê atenção especial às operações de “tapa-buracos”, recapeamentos e manutenção das galerias de águas pluviais, em especial nos bairros Jardim do Bosque, Jardim São Pedro, Ribeirão e Santo Antonio. Tarsila do Amaral Recentemente, o presidente da Câmara Municipal de Capivari, Vitor Hugo Riccomini (PTB), comentou em

tribuna sobre um pré-projeto denominado de “A Cidade Pinta Tarsila”, apresentado a ele pelo cidadão Jo Menezes. Na ocasião, o parlamentar disse que entraria em contato com a Secretaria de Cultura e Turismo para viabilizar a proposta, cujo objetivo é manter viva a história de Tarsila do Amaral por meio da pintura dos locais públicos com cores usadas pela artista em suas principais obras. Porém, para a surpresa de Riccomini, esse projeto já existe – inclusive registrado em cartório –, e é de autoria da professora de Artes Mônica Reis e dos alunos das 8as séries da Escola Estadual Maria Januária Vaz Tuccori, com participação de outros membros da unidade escolar e da comunidade em geral. Na segunda-feira, 17, o presidente esteve reunido com a professora e com o vice-diretor da escola, Milvio Salvi Júnior, e trataram do assunto. Mônica expli-

cou que a ideia partiu dos próprios estudantes, após o trabalho de pintura dos muros da “Maria Januária” com obras de Pablo Picasso. Segundo ela, o objetivo é começar, em breve, o projeto “Resgatando Valores Através da Arte” pela praça do bairro Vila Fátima, onde serão feitas releituras de algumas das obras de Tarsila pelos próprios alunos. “Nossa proposta é manter a conservação dos lugares públicos, evitando depredações e deterioração, além de homenagear a artista capivariana”, explicou. O vereador ficou ainda mais entusiasmado e colocou-se à disposição para dar prosseguimento à ideia. “O resgate da memória de Tarsila do Amaral é importantíssima, pois a cidade é carente disso. Fico imensamente feliz em ver a Escola Maria Januária, a professora Mônica e os alunos engajados nessa proposta e, no que estiver ao meu alcance, vou colaborar.”

Presidente Vitor durante reunião com professora Mônica e Milvio

DE OLHOS ABERTOS Segundo ele, “uma vez que a imprensa do país alertou” para o problema em algumas Prefeituras, é preciso checar se o mesmo não ocorre em Capivari

Nacarato quer conhecer contratos sem licitação da Prefeitura

Arnaldo Annicchino Nacarato (PSD) quer conhecer todos os contratos efetuados desde 2009 pela Prefeitura com dispensa de licitação. Escândalos recentes em cidades do estado onde o poder público dispensou processo licitatório, mesmo sendo obrigatória a concorrência, motivaram o vereador a so-

licitar as informações em requerimento aprovado pela Câmara na segunda-feira, 17. “Estamos checando se não está ocorrendo isso em Capivari”, disse. Ele explicou que, em muitos casos, as Prefeituras usam o termo “isento de licitação” na contratação de um serviço. Porém, destacou Nacarato, em

algumas situações, o processo licitatório é, sim, obrigatório e ignorá-lo implica em irregularidades. Segundo o vereador, ele não acredita que problemas desse tipo aconteçam em Capivari. “Mas, uma vez que a imprensa do país alertou, vamos ter que checar”, justificou.

O governo municipal encarou com naturalidade o requerimento de Nacarato. Segundo a Prefeitura, “o papel do vereador é o de agente fiscalizador da gestão pública, sendo o requerimento de informações uma prática comum na relação Câmara e Prefeitura”. Ainda segundo a admi-

nistração, o governo municipal “cumpre com rigor as exigências legais em todos os seus contratos e processos de compra, havendo total honestidade e transparência em suas ações”. Após receber o requerimento do vereador, o Executivo tem prazo de 15 dias para respondê-lo.


11

CAPIVARI, 21 de Outubro de 2011

MEIO AMBIENTE Para evitar novos desastres, Capivari focou trabalhos no desassoreamento de córregos; Em Rafard, 30 famílias vivem em área sujeita a inundações

Proximidade com o verão faz alerta contra enchentes crescer

Moradores de Capivari e Rafard se habituaram a uma triste rotina nos últimos anos: as fortes chuvas que costumam cair no verão causam estragos e muitas famílias perdem seus bens e ficam desabrigadas. À medida que a estação mais chuvosa do ano se aproxima, cresce a preocupação da população, que não espera reviver cheias como as de 2009 e 2010. “Foi horrível”, lembra a dona de casa Luzia Araújo. “Nunca vi tanta tristeza como durante aquelas inundações.” Ela é uma das centenas de pessoas que tiveram de abandonar suas casas. Ao longo deste ano, entre as ações para evitar novos desastres em Capivari, destaca-se o desassoreamento dos córregos Chiquinho Quadros e Lava Pés, além da criação do Plano Municipal de Redução de Riscos, pensado com o propósito de eliminar ou ao menos reduzir ao máximo os impactos negativos resultantes de fenômenos ambientais, de acordo com a Prefeitura. Segundo o governo municipal, a construção e substituição das pontes dos córregos Chiquinho Quadros e Água Choca, respectivamente, mais os trabalhos de

desassoreamento, garantirão maior vazão das águas e a consequente redução das enchentes. Na Vila Balan, de onde diversas famílias que viviam em Áreas de Preservação Permanente (APPs) foram retiradas – elas receberam casas no Jardim Santa Teresa D’Ávila –, mudas de árvores nativas foram plantadas. A medida, garante a Prefeitura, contribuirá para recuperar a mata ciliar e evitar futuras invasões. “As margens pertencem aos rios e córregos e todos aqueles que invadem este espaço estão sujeitos às inundações”, ressalta a Prefeitura. Caso ocorram novas enchentes, o governo municipal sabe que o número de vítimas tende a ser menor do que nos últimos anos. Isso porque, com a construção das 323 casas no Jardim Santa Teresa D’Ávila, parte das famílias que viviam em áreas de risco, como no Moreto e Vila Balan, se mudou para um local seguro. O governo municipal, porém, não possui uma estimativa do número de áreas sujeitas a novas cheias e, consequentemente, de pessoas que podem ser atingidas.

Arquivo

As informações estão sendo levantadas por membros do Plano Municipal de Redução de Riscos. O grupo é composto por coordenadores, secretários e engenheiros da administração que, de acordo com a Prefeitura, efetuam trabalho “in loco” para atualizar o mapeamento das áreas de risco e, com base neste levantamento, as famílias poderão ser orientadas e as medidas cabíveis tomadas, conforme orientações do Ministério Público.

Rafard São 30 as famílias vivendo em áreas sujeitas a inundações no município, de acordo com o chefe da Divisão de Engenharia da Prefeitura, Paulo Thomás Rossi. Ele explica que ambas moram em residências construídas em APP, no bairro Canta Sapo. A retirada dessas pessoas da área de risco é a medida necessária para evitar que elas sofram com novas enchentes, defende Rossi. Isso, no entanto, envolveria ações de desapropriação dos imóveis. “Daí seria um dilema: qual o valor justo por uma área inundável onde não pode haver qualquer tipo de edificação. O valor seria irrisório,

Moradores utilizaram barcos para se locomover durante a enchente de 2010

o que acarretaria em enormes prejuízos aos proprietários”, diz o chefe da Divisão de Engenharia. Segundo ele, a Prefeitura tem buscado recursos junto aos governos estadual e federal para a aquisição de terreno e construção de moradia para as famílias que vivem em APP. Rossi diz que os índices pluviométricos em 2009 e 2010 foram acima da média.

“Para este ano, não esperamos que isso ocorra. Mas, se houver inundações, as famílias serão abrigadas em local adequado”, afirma. População também pode contribuir Com atitudes conscientes, como não jogar lixo nas ruas, córregos, margens de rios ou áreas verdes, os cidadãos contribuem para evitar a ocorrência de enchentes. Em

Capivari, de acordo com a Prefeitura, ações educativas são constantes. Entre as atividades desenvolvidas estão: distribuição de panfletos e cartazes de conscientização sobre preservação do meio ambiente, fixação de adesivos com a mensagem “Lixo é no lixo” e instalação de lixeiras especiais para separação de materiais recicláveis nas escolas.

MERCADO DE TRABALHO “Precisamos capacitá-los para que possam atender a demanda”, diz o secretário de Desenvolvimento Econômico

Time do Emprego capacita jovens da Guardinha

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e o Time do Emprego (Programa da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de São Paulo) estão realizando um trabalho junto aos 25 jovens participantes da Guardinha (Associação de Educação do Homem de

Amanhã), para treiná-los para a busca do primeiro emprego. O principal objetivo é ajudar os participantes a dar os passos certos, ou seja, aprender as técnicas e receber orientações para obter um emprego compatível com suas habilidades e preferências. Eles recebem dicas para elaboração

de currículos, participação em entrevistas e vivências em dinâmicas de grupo. A metodologia utilizada proporciona a oportunidade de reconhecer, aprimorar e adquirir novas habilidades, informações e conhecimentos. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico,

Antônio Pagotto, este trabalho junto aos jovens é essencial para a formação dos profissionais de amanhã. “Capivari está se desenvolvendo muito e recebendo novas empresas. Precisamos capacitar nossos jovens para que possam atender a demanda do mercado de trabalho e, por isso, junto

à Secretaria de Estado, programamos este treinamento. Esperamos que estes jovens aproveitem e que conquistem seu primeiro emprego com os ensinamentos do Time do Emprego”, diz. Com os jovens da Guardinha, com faixa etária entre 16 e 21 anos, serão realiza-

dos seis encontros divididos em temas que os orientarão na busca pelo primeiro emprego. O término do curso está previsto para o dia 1º de novembro. As atividades são ministradas pelas facilitadoras do Time do Emprego, Daniela Cardoso Zuin e Silvia Bresciani de Araújo.


12

REGIONAL, 21 de Outubro de 2011

EDITAL DE PROCLAMA

IMÓVEIS SALÃO COMERCIAL

alugo, na rua XV de Novembro, 338. Excelente p/ loja. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

ALUGO CHÁCARA

para festas, eventos ou finais de semana, salão de festas, sala de jogos, piscina, churrasqueira etc, excelente localização. Tratar pelo fone: 9692-4447. INDETERMINADO

ALUGO CHÁCARA para festas, eventos ou finais de semana, com piscina, campo, churrasqueira. Localizada no Cancian. Tratar pelo fone: 9402-9336. INDETERMINADO

SANTA RITA

vendo terreno, esquina com asfalto, terreno 270m², R$ 65 mil Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

JD. DO BOSQUE

vendo casa, 2 quartos+1suite, murada, 2 vagas, terreno 654m², construido 200m². R$ 230 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

MORADA DO SOL

vendo casa, 2 quartos, 4 vagas, c/ edícula, terreno 250m², construido 140m². R$ 160 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

CASA/COMÉRCIO/CENTRO vendo casa, 3 quartos, 1 suite, sobrado/edícula, terreno 195m², construido 186m². R$ 380 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

ENGENHO VELHO vendo, casa popular, faz 2 aluguéis, terreno 200m², construido 71m². R$ 120 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

JD. PRIMAVERA

vendo casa, 2 quartos, 1 suite, nova c/ porão, terreno 125m², construido 120m². R$ 170 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

STO. ANTONIO

vendo casa, 2 quartos, 1 suite, 3 vagas, terreno 250m², construido 210m². R$ 300 mil.Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

PRAÇA 13

vendo 2 casas na Praça 13 de Maio, 4,20m de frente, terreno 184m², construido 140m². R$ 295 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

STO. ANTONIO

vendo sobrado, 2 quartos, 1 suite nova, terreno 125m², construido 168m². R$ 200 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

VILA CARDOSO

SANTO ANTONIO

vendo terreno 2.000m². R$ 160 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

veículos CARGO 1314

vendo, caminhão 86 toco, cor branco, com baú de 7 metros c/ porta lateral. Documentação em dia. Tratar pelo fone: 3496-1989. INDETERMINADO

HONDA CIVIC 02

vendo, automático, verde. R$ 23 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

STRADA 2005

vendo, cab. simples. R$ 18 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

CROSSFOX 2008

vendo, 1.6, preto, R$ 35 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

CORSA HATCH 08 vendo, Max, 1.4, preto. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

VECTRA SEDAN 06

vendo, Elegance, prata, R$ 38 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

HONDA CIVIC 2007 vendo, automático. R$ 45 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

ECOSPORT 2008

vendo, XLT, flex, preto, R$ 42 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

PRISMA 2009

vendo, preto, 1.4, R$ 26,5 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

PALIO 2007

vendo, completo, prata. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

COROLLA XLI 07 vendo, automático, R$ 36 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

UNO FIRE 2006

vendo, 2 portas, flex, azul. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

CG TITAN ESD 150

vendo, verde, 2004. R$ 3.500,00. Tratar pelo fone: 9485-2666. indeterminado

CLASSIC 2009

vendo, cinza, d.h. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

PRISMA 2007

vendo, preto, Max, d.h., trava, alarme. v.e.. Tratar pelo fone: 3492-2417 BV - indeterminado

vendo casa com terreno inteiro. R$ 155 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727.

STRADA FIRE 06

SOBRADO

BV - indeterminado

IB - indeterminado

vendo na rua Tiradentes, comércio, centro, 3 aluguéis, terreno 900m², construido 1120m². R$ 950 mil. Tratar pelo fone: 3492-2332. RI - indeterminado

LAVA RÁPIDO

vendo, completo, ótima localização, centro de Capivari, funcionando há 10 anos. Tratar pelo fone: 7810-8189. indeterminado

JD. SÃO PEDRO

vendo casa nova, 3 dorm., sala, coz., banheiro. R$ 150 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

SÃO JOSÉ

vendo casa, 3 dorm., sala, coz., banheiro, gar., R$ 190 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

PÃO DE AÇÚCAR

vendo excelente casa de luxo, 3 dorm., churrasqueira, salão de festa, outra casa no fundo, terreno 700m², R$ 680 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

JD. ELISA

vendo casa nova, 2 dorm., garagem p/ 2 autos, R$ 130 mil. Tratar pelo fone: 3492-2727. IB - indeterminado

JD. SÃO PEDRO vendo duas casas c/ 2 quartos, 3 salas, cozinha e banheiro. Um sobrado c/ 1 cozinha americana e 2 quartos, 1 banheiro s/ acabamento. Tratar p/ fone: 9352-8876 / 9613-8931. ed. 1023/1024/1025/1026

TERRENO CENTRO

vendo, 15m de frente x 32m de fundo em Rafard, na rua 14 de Julho. Tratar c/ Ademir Brugneroto p/ fone: 9133-3434. ed. 1023

vendo, 1.4, branca, d.h. Tratar pelo fone: 3492-2417

GOL 2005

vendo, preto. Tratar pelo fone: 3492-2417 BV - indeterminado

FORD KA 2009

vendo, prata. Tratar pelo fone: 3492-2417 BV - indeterminado

CELTA 2008

vendo, prata, 2 portas. Tratar pelo fone 3492-5543. XV - indeterminado

ASTRA SUNNY 02 vendo, prata. Tratar pelo fone 3492-5543. XV - indeterminado

PALIO WEEKEND 07 vendo, preto, R$ 32 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

GOL 2011

vendo, cinza, completo. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

CIVIC 2008

vendo, preto, automático. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

MERIVA 2004

vendo, cinza, R$ 26 mil. Tratar pelo fone: 3491-3114. MV - indeterminado

MERIVA 2007

vendo, prata. Tratar pelo fone: 3492-5543. XV - indeterminado

VOYAGE 2010

vendo, preto, direção hidráulica. Tratar pelo fone 3492-5543. XV - indeterminado

TEMPRA 95

vendo, série ouro, preto, motor 0Km. R$ 13 mil. Fone: 3491-0504. INDETERMINADO

GOL 96

vendo, 1.6, original álcool, bege. Tratar pelo fone: 9216-9913. ed. 1023/1024/1025

CG 125 FAN - 08

vendo moto, R$ 3.500,00. Tratar pelo fone: 3496-1226 / 9603-1576. indeterminado

D20 - 1990

vendo c/ direção hidráulica. Tratar c/ Ademir Brugneroto p/ fone: 9133-3434. ed. 1023

GOL 2004/2005

vendo, álcool, 1.0, 8V, cinza metálico, 4 portas. Tratar c/ Ademir Brugneroto p/ fone: 9133-3434. ed. 1023

TRATOR TRAÇADO

vendo, ótimo estado, Mod. 5, Massey Ferguson, acompanha carreta 4 rodas, 1 bomba p/ veneno 400ml, 1 grade de arrasto. Tratar c/ Ademir Brugneroto p/ fone: 9133-3434. ed. 1023

VW 8-140 - 2000

vendo caminhão, com baú 5,50mt, opção de financiamento. Tratar pelo fone: 9485-2666. indeterminado

SPACEFOX 2008

vendo, Confortline, prata, único dono, c/ 24 mil km. Tratar p/ fone: 3496-1379. ed. 1023

PASSAT 81

vendo, marron, ótimo estado. Tratar pelo fone: 19 9748-3552 ou 9848-5873. indeterminado

CORSA HATCH 09

vendo, Premium, 1.4, prata, completo. Tratar pelo fone: 3492-2417 BV - indeterminado

MERCEDES 1113

vendo, caminhão ano 81, cor azul, com baú de 6,50 metros, duas portas laterais, documentação em dia. Tratar pelo fone: 3496-1989. INDETERMINADO

diversos BOLOS E SALGADOS

Encomendas de salgados fritos e assados para festa, bar, confraternização etc. Trabalhamos com bolo para casamento, aniversário, entre outros. Bandejas de empadinhas nos finais de semana. Tratar com Miriam pelo fone: 3496-1602 ou Nani: 9132-9032. INDETERMINADO

LAVA LOUÇA

vendo, semi nova. Tratar c/ Flávia pelo fone: 3491-1647. indeterminado

CAMA SOLTEIRO

vendo com colchão, ótimo estado. R$ 80,00. Fone: 9841-0488. indeterminado

PRESTO SERVIÇO DE CUIDADORA DE IDOSOS OU ACOMPANHANTE Período noturno. Telefone: 3496-1503. indeterminado

OPORTUNIDADE

vendo estabelecimento comercial (supermercado) na rua Pedro Turatti, 527, Popular de Rafard. Tratar pelo fone: 19 7809-2606 ou 3496-1200. INDETERMINADO

ARAÚJO SOM

Confraternizações, empresas, formaturas, lojas, locamos telões, reuniões, palestras, telão grátis para casamento e aniversário. Fone: 19 9314-7605 9864-7954 / 8277-9584. ed. 1021/1022/1023/1024

PERFUMES

vendo perfumes da marca Perfam (essência de importados). 212 Sexy e Man, Ferrari Black, Eternit, Polo Blue e muito mais. Confira. Preços: 30ml R$ 29,80; 50ml R$ 39,60; 100ml coleção especial R$ 59,00. Tratar pelos fones: 9377-3697 / 9319-3054 / 9608-6177. INDETERMINADO

BRECHÓ

Roupas, sapatos, brinquedos, utensílios domésticos. Próximo ao Posto de Saúde. Bairro Vila Nova Mombuca. Fone: 19 9797-8386. Roupas novas e usadas. ed. 1022/1023/1024/1025

BANHO E TOSA DE ANIMAIS

Rua Profº Dulcino B. Hoppe, 418 Santo Antonio - Capivari. Compare qualidade e não preço. Atendimento só com hora marcada. 19 3491-2518 - 9449-8684 9634-8383. ed. 1023/1024/1025

GELADEIRA

vendo duplex, auto defrost, caramelo, ótimo estado. R$ 200,00, pagamento facilitado. Tratar c/ Ademir Brugneroto p/ fone: 9133-3434. ed. 1023/1024/1025

CURSO

Cabeleireiro profissional e curso de maquiagem. Fone: 3491-7065. MATRICULE-SE JÁ! ed. 1022/1023/1024

CURSO

Informática para todas as idades. Preços Promocionais. Fone: 3491-7065. MATRICULE-SE JÁ! ed. 1022/1023/1024

CURSO

Manicure/pedicure, depilação, massagem modeladora. Fone: 3491-7065. MATRICULE-SE JÁ! ed. 1022/1023/1024

CURSO

Assistente administrativo, logística. Ótimas oportunidades mercado de trabalho. Fone: 3491-7065. MATRICULE-SE JÁ! ed. 1022/1023/1024

empregos

Rosane Mila Peixoto, Oficial do Cartório do Registro Civil e Anexo do Distrito e Município de Rafard, Comarca de Capivari, Estado de São Paulo. Faz saber que pretendem se casar: BRUNO LUÍS DE ARAUJO e RAFAELA DE ASEVEDO SANTOS sendo, o pretendente: nascido em Rafard/SP, aos 12 de maio de 1987, profissão técnico de processo, estado civil solteiro, residente e domiciliado em Rafard/SP, na Rua Eugênio Tezotto, 833, Popular, filho de Hailton Sabino de Araujo e Silvana da Silva Araujo; e a pretendente: nascida em Capivari/SP, aos 01 de abril de 1992, profissão auxiliar de produção, estado civil solteira, domiciliada e residente em Capivari/SP, na Rua Luís Campaci, 93, Jardim Flamboyant, filha de Carlito Assis dos Santos e Rosane de Asevedo Santos. Rafard, 15 de outubro de 2011. MARCELO APARECIDO CASARES e GISELE ANDRESSA BERGANTON sendo, o pretendente: nascido em Capivari/SP, aos 25 de julho de 1984, profissão torneiro mecânico, estado civil solteiro, residente e domiciliado em Rafard/SP, na Rua Giovani Boscolo, 230, Popular, filho de Ademir Aparecido Casares e Izabel Cristina de Almeida Casares; e a pretendente: nascida em Capivari/SP, aos 06 de janeiro de 1989, profissão auxiliar de escritório, estado civil solteira, domiciliada e residente em Rafard/SP, na Avenida Dr. José Soares de Faria, 200, Fundos, filha de Ademir Berganton e Creide dos Santos Berganton. Rafard, 15 de outubro de 2011. Rosane Mila Peixoto - Oficial

Adhemar Galdino do Nascimento (Dema) Dema da Oficina, quantos não o conhecia dessa maneira....o marido..., pai.., vô e que vô, tio..., padrinho..., o amigo..., o mecânico, poderia ficar dias e dias escrevendo adjetivos para essa pessoa especial que nos deixou essa semana. Agradecemos a Deus por cada momento que vivemos com você, por ter conhecido você, por amar, por sonhar, por cada momento que parecia ser eterno, mas conforme a vontade de Deus esses momentos aqui na Terra não existirão mais. Você nos fará muita falta, porém, Deus foi generoso em cada momento que cada um pode viver ao seu lado, sambando com você, torcendo pelo tão amado seu Corinthians, jogando truco com você ou até mesmo em uma conversa séria onde dava seus conselhos, vem uma música a cabeça nesse momento “não sei porque você se foi, tantas saudades eu senti...”, quantas saudades todos vamos sentir, mas sabemos que você esta em um lugar melhor que nós, com certeza esta ao lado de Jesus e de nossa Mãe Maria a qual o senhor sempre falava e rezava, falar em rezar, a sua oração no final do ano vai fazer muita falta, ninguém conseguira fazer igual você fazia, fique em paz e aonde estiver e se puder olhe por nós. A família agradece a todos que nos confortaram nesse momento difícil, a santa casa de, misericórdia de Capivari, o posto de saúde pelo pronto atendimento. Convidamos a todos para a missa de 7º dia que será realizada na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, sábado 22/10/2011 as 19:30 horas.

MENOR APRENDIZ

A AUTO VIAÇÃO M. M. SOUZA TURISMO LTDA., comunica que está contratando menores aprendizes (de 16 à 24 anos), desde que preenchidos os seguintes requisitos: a) Ser por nós matriculado e cursar, na área administrativa, junto ao SEST SENAT (Serviço de Aprendizagem de Transporte Piracicaba), localizado à Rua Rossini Pinto, nº 200, Bairro Jardim Panorama, no Município de Piracicaba, Estado de São Paulo, CEP 13.420-784; b) a carga horária diária será de 06 (seis) horas de trabalho e, o salário mensal será salário mínimo. Aqueles que preencherem os requisitos acima deverão se apresentar no Departamento Pessoal da empresa, localizada na Avenida Dr. Rodrigues Alves, nº 879, no Município de Capivari, Estado de São Paulo, CEP 13.360-000, em horário comercial. INDETERMINADO

PRECISA-SE

COZINHEIRA GARÇOM com experiência. Enviar currículo na Rua João Soares da Silva, 555, Pesqueiro Panserini. INDETERMINADO

EMPRESA SELECIONA

Operadora de Telemarketing Jornada de trabalho 6 horas. Interessados encaminhar curriculum à Avenida do Carmo, 120 Vila Cardoso. INDETERMINADO

NATURAL PRODUCTS & TECHNOLOGIES, EPP, torna público que recebeu da CETESB a Renovação da Licença de Operação N° 5005733 , válida até 13/11/2013, para Produtos farmoquímicos, fabricação de, à R. CARMELINDO ROSATTO, 335, CP 041, DISTR INDUSTRIAL, RAFARD/SP.

13/10 – Antonia Alba Bizim Gimenes (Tonieta) – 89 anos 13/10 – Luís Carlos Padovani – 56 anos 14/10 – Paulo Pellegrini de Camargo – 76 anos 18/10 – Joana Aparecida Martins (Dona Nene) – 76 anos 19/10 – Paulo Machado Filho – 51 anos 20/10 – Josefa Alves De Souza – 60 anos


13

CAPIVARI, 21 de Outubro de 2011

GCM completa 74 anos Sábado Mania é adiado

A Guarda Civil Municipal comemora no sábado, 22, 74 anos de fundação. Na noite desta sexta-feira, 21, a Secretaria de Defesa Social realiza uma cerimônia para festejar a data, na Casa da Cultura. Na ocasião, alguns guardas serão homenageados. “A Guarda Municipal está presente no dia a dia do cidadão, vivenciando os seus problemas e, mais do que isso, auxiliando-os a solucioná-los. Por este motivo, temos uma relação de respeito e afeto com a nossa comunidade e tenho a certeza de que este sentimento é recíproco”, diz a comandante da corporação, Neusa Vilares. Para o secretário de Defesa Social, João Santos, a GCM é uma das grandes riquezas que o município possui. “Estou muito feliz em poder comemorar mais um aniversário junto aos nossos guardas, que hoje são referência na segurança para toda a população de Capi-

vari, graças ao seu trabalho sério, honesto e preventivo. Nossa Guarda Civil é uma de nossas maiores riquezas. Ela nos enche de orgulho e torna nossa cidade cada dia mais segura.” Reunião O prefeito Luís Donisete Campaci (PMDB) reuniu-se na quinta-feira, 13, na Casa da Cultura, com cerca de 50 guardas municipais para apresentar novos projetos à corporação e escutar as reivindicações dos agentes de segurança. Campaci falou sobre o empenho da Prefeitura em implantar algumas novidades na GCM, entre elas: o seguro de vida aos guardas civis, uma comissão para reforma e adequação do estatuto da corporação e outra para criação de um projeto e busca de recursos para a construção de uma nova sede, reajustes salariais (10% ao ano), a instalação

das câmeras de segurança para apoio nas investigações e na inibição de crimes e a aquisição de cinco novas viaturas. “Nos preocupamos em valorizar a Guarda Civil, que hoje é referência na segurança de Capivari e que ocupa um grande espaço em relação à segurança da comunidade”, disse. Por parte dos guardas foi solicitada melhor assessoria jurídica. “Nós sabemos da importância da nossa Guarda Civil para Capivari e por isso trabalharemos dentro das leis para cumprir tudo o que pudermos a fim de otimizar os serviços oferecidos à população e dar melhor qualidade de trabalho aos guardas”, garantiu Campaci. Uma nova reunião, segundo a Prefeitura, será agendada entre Prefeito e os guardas civis que não puderam participar desse primeiro encontro por estarem em horário de trabalho.

Por conta de contratempos, o projeto Sábado Mania, programado para ocorrer na praça central, no sábado, 22, foi adiado. Uma nova data será marcada. Segundo a Prefeitura, como alguns detalhes ainda precisavam ser de-

finidos, como a contratação de brinquedos e barracas, a organização optou pelo adiamento do evento. O Sábado Mania é uma parceria entre a Prefeitura, a EPTV e o Serviço Social da Indústria (SESI) e per-

corre municípios paulistas oferecendo várias opções de lazer (como esporte, música, teatro e brincadeiras) e prestação de serviços (corte de cabelo, orientações sobre saúde e aferição de pressão, por exemplo).


14

CAPIVARI, 21 de Outubro de 2011

NARCÓTICOS ANÔNIMOS Nós podemos ajudar

Reuniões: Terças e Sextas às 20h

R. Soares Hungria, 164 - Rafard

Funerária Conselvan MATERIAIS P/ CONSTRUÇÃO

Fone: (19) 3491-1919 Fax: (19) 3491-3853 Al. Faustina Franchi Annicchino, 755 - Capivari-SP

Escritório Contábil Real

VADINHO ASSESSORIA

Abertura de firmas Fiscal - Contábil R. Bento Dias, 694 - Centro

Fone: (19) 3491-2440

Plano de Assistência Familiar CAPIVARI - R. Padre Fabiano, 611 Fones: (19) 3491-1033 / 3491-3511 RAFARD - IV Centenário, 199 Centro - Fone: (19) 3496-2697

Agro Comercial e Papelaria

ELETRICISTA

GLOBAL

Residencial e Industrial

Toda linha de materiais p/ escritório e escolar. Pintos, rações, materiais p/ pesca, ferramentas e produtos veterinários

Valdir Quagliato

ENTREGA À DOMICÍLIO

R. Maurício Allain, 130 - Rafard

Fone: (19) 3496-1235

Rua Paul Madon, 488 RAFARD

TEL. 3496-1242 Cel.: 9143-0072

Teo Modas Calçados e Roupas masculina, feminina e infantil R. Maurício Allain, 142 Centro - Rafard-SP

Fone: 3496-2423

3496-1247 TOLDOS - CORTINAS - COBERTURAS POLICARBONATO E POLI-LIGHT

Roberto Andreotti R. Mal. Deodoro, 56 - RAFARD

Drogaria

Nova União Convênio com Aferc, Cosan, Branyl, Rigitec, Rafitos, Parcan, Trancian, Microsal

Pães - Doces - Bolos Sorvetes - Café Espresso R. Cons. Gavião Peixoto, 617 - RAFARD

Rua Maurício Allain, 147 Rafard - F.: 3496-2786

Ótica XV Um carinho especial a seus olhos Rua XV de Novembro, 784

Fone/Fax: (19) 3491-4451 Casa de Carnes

RAIA

R. João Vaz, 653 - Raia Centro - Capivari-SP

Tel.: (19) 3492-1322

Fone: (19) 3496-1691

Confecções Soreli Ltda-ME

“O mundo maravilhoso das malhas”

 3491.1246 R. Regente Feijó, 902 - Capivari

Panificadora Pantojo O melhor pão da cidade. Aceitamos encomendas de pão, bolos, doces e salgados.

R. Maurício Allain, 119 Fone: (19) 3496-1187

ZEZINHO T I J O L O S Telefones: (19)

3491-2965 / 3491-6271 Av. José Annicchino, 37 Centro - CAPIVARI/SP

Locação DVD, VHS e GAMES R. Fernando de Barros Raia - Capivari-SP

F.: 3491-7085


15

CAPIVARI, 21 de Outubro de 2011

EDUCAÇÃO Campus Capivari tem cerca de 200 alunos sem aulas desde agosto; Prova vai selecionar 80 estudantes

Greve de professores não impede abertura de novo vestibular no Instituto Federal Mesmo com professores em greve há quase dois meses, o Instituto Federal São Paulo, campus de Capivari, vai abrir inscrições para um novo vestibular. No total, são 80 vagas para dois cursos: Técnico em Manutenção e Suporte em Informática (40) e Técnico em Química (40), ambos no período noturno e com duração de dois anos. Na próxima segunda-feira, 24, 5 dos 11 professores da instituição devem retornar aos trabalhos. A administração do campus, inclusive o corpo docente, acredita que até o início de 2012, quando devem começar as aulas das novas turmas, os professores já terão retomado os serviços, evitando prejuízos aos estudantes recém-chegados. Os candidatos poderão se inscrever a partir do dia 24, pelo site www.vunesp.com. br. A taxa do vestibular é de R$ 20,00 e deve ser paga até 11 de novembro, dia em que termina o prazo para inscrição. O interessado deve estar cursando, na data da matrícula, o segundo ou terceiro ano do Ensino Médio ou então já ter concluído essa etapa de ensino. A prova está marcada para 11 de dezembro. Os locais serão divulgados no site da Vunesp. Vestibulandos de baixa renda (até um salário míni-

AC/CMC

Campus Capivari do Instituto Federal São Paulo abrirá inscrições para novo vestibular

mo por pessoa) podem pedir isenção do pagamento da taxa de inscrição, de 24 a 26 de outubro. Para isso, o candidato também precisa ter cursado os ensinos fundamental e médio em escolas públicas. O formulário de isenção deve ser preenchido no site da Vunesp e entregue no campus Capivari, juntamente com os demais documentos comprobatórios. A documentação será enviada à Vunesp para conferência e análise. No dia 7 de novembro, haverá divulgação dos resultados da isenção na página da instituição na internet. Greve Em todo o país, professores da Rede Federal de Ensino entraram gradativamente

em greve, a partir de agosto, “em adesão ao movimento para valorização da educação pública de qualidade”. No campus de Capivari, a paralisação começou no dia 25 daquele mês. Além de um reajuste salarial emergencial de 14,67%, calculado com base Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e na variação do Produto Interno Bruto (PIB), os profissionais cobram reestruturação de carreira para os docentes e revisão de benefícios, entre outras reivindicações. Em carta aberta à população, os profissionais do Instituto Federal defendem que a “greve não é uma simples suspensão das atividades”, mas “um instrumento legí-

timo, usado em todo o país, diante de uma realidade injusta”. Segundo o documento, “enquanto o Governo Federal investiu alto na criação de novos Institutos Federais de Educação, a valorização da educação profissional não teve o mesmo tratamento”. Membros do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica (Sinasefe) têm se reunido com o Ministério da Educação (MEC) para discutir as reivindicações da categoria, mas nenhuma decisão foi tomada. O Ministério Público também tem acompanhado as negociações. O Campus de Capivari, que iniciou suas atividades em meados de 2010, tem cerca de 200 alunos.

DUAS VEZES... MELHOR AINDA!


16

CAPIVARI, 21 de Outubro de 2011


www.cativacomunicacao.com.br

Pág. 17 - 21 de Outubro de 2011

Palhaço Pedrinho visita PSF e leva alegria às crianças

Coordenadoria de Saúde orienta sobre amamentação e cuidados com alimentos

AC/PMM

AC/PMM

Alunos receberam orientação quanto aos cuidados no dia a dia Palhaço Pedrinho divertindo pais e filhos na Unidade do Programa Saúde da Família no bairro Vila Nova

As crianças atendidas pela unidade do Programa Saúde da Família (PSF), no bairro Vila Nova, tiveram uma surpresa na última segunda-feira (17), durante o horário de atendimento da pediatria. O palhaço Pedrinho, de Rafard, fez uma visita surpresa para animar a garotada, com músicas e brincadeiras. Há mais de oito anos Pedrinho frequenta hospitais e unidades de saúde para levar alegria e diversão às crianças. “Meu trabalho é voluntário e faço pela felicidade de ver as crianças alegres. Faço visitas em hospitais como a PUC Campinas, Boldrini,

Santa Casa de Capivari, Santa Casa de Piracicaba, entre outros”, contou Pedrinho. A visita trouxe alegria

e muitos sorrisos durante as brincadeiras com o palhaço no PSF. As crianças ganharam balas, pirulitos e bexigas.

Coordenadora de Saúde recepcionou o rafardense durante visita

Mombuca em Festa! Palmira Giacometti comemora 100 anos de vida

Moradora mombucana, Palmira Giacometti é conhecida em toda a cidade. Na última semana, ela completou 100 anos de vida com boa saúde e disposição. Palmira nasceu em 18 de outubro de 1911 e na última terça-feira, 18 de outubro de 2011, completou 100 anos. As limitações do tempo não a impedem de relembrar os bons momentos vividos ao lado do marido Américo Giacometti, que faleceu aos 97 anos. Juntos, eles fundaram a Igreja Congregação Cristã do Brasil de Mombuca. Toda a comunidade de Mombuca, em especial o Governo Municipal, em nome do prefeito Marcos Poletti, da primeira dama Sandra Avanci Poletti e da vice prefeita Maria Ruth B. de Oliveira parabeniza a moradora mombucana Palmira Giacometti pelos 100 anos de vida.

Na primeira semana de outubro, o Serviço Municipal de Saúde registrou diversas ocorrências de diarreia em adultos e crianças. Os casos foram atendidos na Unidade Mista de Saúde (UMS) e no posto do Programa Saúde da Família (PSF), no bairro Vila Nova. Para evitar que o número de pacientes com quadro de diarréia cresça, a Coordenadoria de Saúde tem orientado os morado-

res quanto aos cuidados no dia a dia sobre alimentação e a importância do leite materno para os bebês. Segundo a enfermeira Vanda Borges, do PSF, a preocupação da Coordenadoria é orientar os moradores para que possam evitar os casos de contaminação. “São ações feitas no dia a dia, como, por exemplo, cozinhar bem os alimentos e sempre lavar as mãos. São cuidados simples que fazem toda a diferença”,

explica. Outra orientação é sobre o leite materno. De acordo com a Coordenadoria, o aleitamento materno reduz o número de infecções e diminui a contaminação decorrente do uso de mamadeiras e alimentos contaminados. Em casos de dúvida ou suspeitas de diarreia, a pessoa deve procurar orientação na UMS ou no PSF, conforme orientação da Coordenadoria.


MOMBUCA, 21 de Outubro de 2011

18

Capivariano fica a um Chuva adia jogos do Cser ponto do acesso André Stucchi

O Capivariano está perto de conseguir o seu tão sonhado acesso e isso pode acontecer neste domingo, 23, às 10h, diante do Barretos, no Estádio Municipal Carlos Colnaghi. Depois de perder de 1 a 0 para a Portuguesa Santista, no sábado, 15, em um campo impraticável (choveu muito), o Leão da Sorocabana empatou em 2 a 2 diante com o Olímpia. Com dois gols de Romão, a equipe dirigida por Genildo Cavalcanti não conseguiu segurar a vitória e sofreu o gol de empate aos 33 minutos do segundo tempo. Com a vitória de 4 a 1 sobre a Portuguesa Santista, o Barretos já garantiu sua vaga a Série A-3 e brigará com o Capivariano para decidir uma vaga na final do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Neste domingo, o Capivariano, com um empate simples, garante o acesso

Tragédia anunciada

para a A-3. Com uma vitória, o Leão chega aos 11 pontos, ultrapassa o Barretos, que tem 10, e disputará a final da competição contra o vencedor do grupo 17. O time terá o desfalque do atacante Alamir, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A Diretoria do Capivariano espera contar com o apoio dos torcedores do Leão para o jogo mais importante deste ano. A Rede Vida transmite a partida, ao vivo, para todo Brasil. As rádios Cacique AM e Alternativa FM também transmitirão o duelo.

As partidas dos Campeonatos Jovem e Veterano marcadas para sábado, 15, e domingo, 16, no Clube Social Esportivo Rafard (Cser), acabaram sendo adiadas por causa da chuva. Os jogos da categoria jovem serão remarcados. Pelo veterano, a rodada adida foi transferida para este fim de semana. Jogam no sábado, 22, pela categoria jovem: Ótica Capivari x MF Parafusos (campo 1, às 15h) e Aribela x Bar e Bochas Rivail (campo 2, às 15h). No domingo,

23: Luciano Veículos x Elite/Irmãos Bette (campo 1, às 10h15) e Semanário/Cativa x Conti Microsal (campo 2, às 10h15). Mais três jogos pelo veterano. No sábado: Aribela x Terraplanagem Cerezer (campo 1, às 16h15) e Ótica Capivari x Conti Mercantil (campo 2, às 16h15). No domingo: Elite x Luciano Veículos/Irmãos Brito (campo 1, às 9h15). Acompanhe tudo sobre os Campeonatos Jovem e Veterano também pelo site do Cser (www.cser.com.br).

Herança Negra promove batismo, troca de cordões e formatura A Academia de Capoeira Herança Negra realizou na última semana, na praça central, cerimônia de batismo, troca de cordões e formatura de seus alunos. Comandado pelo mestre Odésio, o evento, que teve apoio da Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer, graduou 16 capoeiristas.

AC/PMC

Capoeiristas do grupo Herança Negra durante cerimônia de bastismo e troca de cordões na praça central

A demissão de Adílson Batista no São Paulo foi uma das coisas mais aguardadas e certas que iria acontecer no nosso futebol. A diretoria tricolor errou demais ao escolhê-lo para suceder Paulo César Carpegiani. Ambos têm o mesmo perfil. Adílson vinha de três demissões traumáticas (Atlético-PR, Santos e Corinthians) e não possuía a força e o moral que o time são-paulino precisava para arrancar rumo ao título brasileiro. Ele comandou a equipe em vinte e dois jogos. Venceu apenas sete, empatou nove e perdeu seis. Um pífio aproveitamento de 45%. Mais do que isso: apesar dos desfalques, Adílson Batista não conseguiu dar um padrão tático a equipe. O treinador não tinha firmeza e convicções em suas escolhas. Alterava o time a todo momento, sem critério. A contratação de Adílson foi apenas mais um erro da diretoria. É bom lembrar que não foi o treinador que montou o time e sim esses dirigentes que mais têm errado do que acertado nos últimos anos. É melhor cicatrizar logo a ferida de o estádio do Morumbi não receber a Copa de 2014 e parar com ofensas pessoais contra dirigentes adversários. Que o novo planejamento com o próximo treinador seja diferente. Não dá mais para ficar apenas com as glórias que vem do passado. Caso Kleber Quando o futebol entra na esfera policial ou vice-versa é porque algo não anda bem. E mais uma vez o Palmeiras se envolveu em uma confusão que teve a intervenção de policiais. Quando se chega ao extremo de uma briga entre jogador e torcedor é porque a crise está enrustida há um bom tempo. Independentemente de quem tenha iniciado o tumulto. Não dá mais, também, para o técnico Luiz Felipe Scolari e o atacante Kleber Gladiador conviverem no mesmo espaço. De repente, para o bem do clube seria bom a saída de ambos. Resta saber se essa frustrada torcida confiará em mais um recomeço. Já foram tantos que não deram em nada...

Definidos os times para a disputa do Campeonato Regional

Já estão definidos os times que disputarão o Campeonato de Futebol Amador Regional 2011. Ao todo, 16 equipes, de Capivari e região, brigarão pelo título da competição, que ainda não tem data definida para começar. Na segunda-feira, 10, a Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer (Sejel) promoveu a primeira reunião com representantes dos times envolvidos na disputa para definir as diretrizes da competição. De acordo com a Prefei-

tura, a organização aguarda agora o encerramento da licitação para a contratação da arbitragem para dar início aos jogos e divulgação da tabela oficial. As chaves do campeonato ficaram definidas da seguinte forma: Grupo A (Los Drinks, Primavera, Morada do Sol e Scorpions), Grupo B (Vera Cruz, Vila Nova, Estrela e Pardal), Grupo C (Jardim Elisa, Camatari, Kania e Elite) e Grupo D (Estação/ Brejo, Boca Júnior, Dinho’s e Vila Balan).


19

REGIONAL, 21 de Outubro de 2011

Dia de Finados Pe. Antônio Carlos D’Elboux - Pároco de Rafard

Dia 21/10/2011 Francisco Tonin Neto Claudio Ap. de Campos Kátia Febbo Côrrea Dia 22/10/2011 Ana Assalin Giovani Antony Wolf Denilson Monegatto Dia 23/10/2011 Orlando Carnelós Marco A. da Silva Barcelo Roselene Feliciano Romilda Maria Côrrea Maria Ap. Carnelós do Prado Dia 24/10/2011 Nanci de Fátima C. Zério

Francisco Pedro Callegaro Dia 25/10/2011 Maria de L. B. de Almeida Irene Assalin Tonin Roberto A. Vilalta Junior Laura Leticia Ortolani Dia 26/10/2011 Caio Fernando Xavier Maria Ap. Daroz Cancian Adriano A. Ferreira Junior Dia 27/10/2011 Nivaldo F. dos Santos Junior Antonio de Arruda Junior Vinicius da Costa Luis Ferrari

Em se celebrando a comemoração dos mortos no próximo dia 2 de novembro, escrevo sobre um assunto que me foi apresentado em um velório, após fazer a encomendação de uma pessoa conhecida, quando se aproximou de mim uma senhora educada e elegante que me passou um bilhete, no qual dizia que eu havia feito uma bonita celebração, mas que tinha falado do encontro definitivo da pessoa falecida com Deus. Ela discordava desse encontro definitivo. Apesar de nos encontrarmos em um velório, rapidamente disse-lhe que o que eu falara era doutrina tradicional da nossa Igreja e também das Igrejas Evangélicas tradicionais. Apesar do curto espaço comentarei tal afirmativa. Quando alguém morre, não é o fim de tudo. A pessoa termina sua missão aqui na terra, umas mais cedo, outras mais tarde. Nós católicos acreditamos na vida eterna, ou seja, na vida que não terá mais fim. Aqui na terra estamos todos de passagem. O nosso fim é a vida eterna, que poderá ser com Deus ou sem Deus. É claro que Deus não é posse exclusiva dos católicos ou dos evangélicos. Ele é o Deus de todos, inclusive daqueles que nele não acreditam. Deus, através de nossos pais, nos chamou a este mundo para que nós colaborássemos na melhoria daquilo que ele iniciou. Nesse sentido todos recebemos de Deus a missão de colaborarmos com ele na obra da criação. Quando alguém morre, inicia-se a vida sem fim. Por isso é que ela é chamada definitiva. E nós, que acreditamos em Deus, pretendemos que nossos entes queridos fiquem para sempre com Ele. Por isso é que rezamos e falamos que eles terão o encontro definitivo com o Criador. Ressuscitar é partilhar a vida de Deus, é estar nele enxertado definitivamente. Foi Jesus mesmo quem nos disse que ninguém passa do céu ou do inferno para vir falar conosco nesta terra. Sendo coerente com o que Jesus ensinou, a Igreja Católica e muitas Igrejas Evangélicas não acreditam em reencarnação, pois vivemos nesta terra, morremos e ressuscitamos uma única vez. Fazer parte definitivamente da vida de Deus significa que não mais poderemos dele nos afastar pelo pecado. O pecado é contingência humana. Quando estamos com Deus não existe pecado. Deus é amor e nos envolve em seu manto misericordioso, sempre nos acolhendo. Nós falamos de céu dentro de nossos critérios, mas Deus não se enquadra em nossas decisões. Ele é muito mais do que todas as inteligências humanas juntas. Ele é definitivamente a fonte do amor, da paz e da justiça. A lembrança de nossos mortos mostra-nos o quanto eles nos são queridos e leva-nos a implorar de Deus que eles estejam com ele e no céu peçam por nós que continuamos a caminhada.

MICROSAL PRODUTOS QUÍMICOS

Rod. Campinas - Tietê, Km 44,5 - CAPIVARI PABX (19) 3492-8000

Contribuindo com o esporte em Rafard e Região


20

REGIONAL, 21 de Outubro de 2011

Jornal O Semanário Regional - Edição 1023'  

Jornal O Semanário Regional - Edição 1023'

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you