Issuu on Google+

REVISTA

dos Municípios

LAGARTO

História - Estruturas - Cultura Educação - Assistência Social - Saúde


Bras達o de Lagarto

Bandeira de Lagarto


REVISTA

ÍNDICE dos Municípios

3

Contextualização teórica – Gestão social

4

Antecedentes Históricos do Estado de Sergipe e do Município de Moita Bonita

Art&Design: Oseas Barbosa oseasfontes@gmail.com

6

Histórico de Moita Bonita

Professora Orientadora: Mª. Flávia Augusta S. de Melo

7

Microrregião Agreste de Itabaiana

8

Estruturas de Serviço

11

Aspectos Culturais

12

Gestão da Assistência

14

Entrevista com Maria de Fátima Gestora da Assistência Social

15

Gestão da Saúde

16

Gestão da Educação

18

Considerações Finais

Editores: Taiane Carvalho Disciplina: Gestão Social

Tiragem: 03 exemplares

Caro leitor, A revista é o resultado concreto de esforços para que informações indispensáveis sobre o município de Lagarto fossem abordadas através de estudos, pesquisas de campo, documental, bibliográfica e entrevistas, tendo como objetivo, publicar potencialidades e atrativos, características históricas, sócio culturais, econômicas, políticas, como também os serviços oferecidos a população, entre enumeras características citadas no decorrer do conteúdo. Para tanto, o foco principal da revista é contribuir para os conhecimentos geográficos e explicitar as diversidades existentes no município que, sem dúvida, expressem resultados relevantes e satisfatórios, de forma que represente um diferencial, enquanto leitor.


Gestão Social

Gestão Social A Gestão Social se introduz na sociedade brasileira na década de 1990 em meio à tensão entre dois processos que marcam a realidade contemporânea. Um desses processos diz respeito à globalização da economia, que mercantiliza e amplia os segmentos de atuação no social. O outro trata da regulação social tardia, através das conquistas de cidadania, do Estado democrático de direitos e dos desafios da participação da sociedade civil. Esse debate é recente nas organizações sociais e na academia, apontando por isso a importância de desvelar as referências que vêm sendo construídas e dando sustentação a este campo temático. Portanto, “A Gestão Social é construção social e histórica, constitutiva da tensão entre os projetos societários de desenvolvimento em disputa no contexto atual. Assim, a gestão social é concebida e viabilizada na totalidade do movimento contraditório dos projetos societários.” (MAIA, 2005) Partindo desse pressuposto, podemos entender que Gestão Social apresenta-se como estratégia tecnológica e instrumental, viabilizadora da qualificação e eficiência do trabalho e organizações do campo social, afirmadores do capital e não da cidadania. (Barbosa, 2004)

Lagarto - Sergipe

Revista Gestão Social dos Municipios

3


História de Sergipe

HISTÓRIA DE LAGARTO Por volta de 1575, nas margens do Rio Jacaré, localizado no Povoado Santo Antônio, começa a ocupação do território de Lagarto por intermédio dos índios Kariris e dois missionários da equipe de Manoel de Nóbrega, acompanhados por 20 soldados. Nesse momento, foi iniciada a primeira construção, uma igrejinha provisória, sob a invocação de São Tomé, o Apóstolo, onde celebraram a 1ª missa, em 3 e março de 1575. Em torno dela, começam a edificar as primeiras palhoças, formando um aglomerado em terras que mais tarde se chamaria Vila de Lagarto. (Fonte: FONSECA, 1985) Em 1645, uma infecciosa peste variólica dizimou quase toda população, que ajudados pelos frades Carmelitas, fugiram para um lugar mais alto, hoje, Praça Nossa Senhora da Piedade, ponto central da cidade. A respeito do nome Lagarto, existem duas versões acerca de sua origem. A primeira está associada à existência de uma pedra em forma de lagarto, localizada no Riacho Macuna. Já a segunda, diz que o nome procede de nobres portugueses, cujo brasão esculpido em frente à fazenda era em forma de lagarto. Sendo assim, a dúvida sempre irá existir sobre a verdadeira origem do nome Lagarto. O reconhecimento de Lagarto como Distrito, se deu em 19 de março de 1694, assinado por D. João de Lancastro. Em 20 de abril de 1880, a Vila de Lagarto se eleva à condição de cidade, a partir do ato emancipatório, ficando essa data como seu aniversário, atualmente, com 131 anos. Lagarto localiza-se na região centro-sul do Estado de Sergipe, no Agreste Sergipano, ficando a 75 km da capital, Aracaju. Sua localização limita-se aos municípios de Simão Dias, Riachão do Dantas, Boquim, Salgado, Itaporanga d’Ajuda, Campo do Brito, São Domingos, Macambira e Pedra Mole. Atualmente, de acordo com o IBGE 2010, Lagarto é o município com maior população do Estado, tendo cerca de 94.852 habitantes, sendo grande parte da população, moradores da zona rural, com 45.963 e contém mais de 100 povoados, sendo alguns dos principais os povoados Colônia Treze, Brasília, Jenipapo, Brejo, Estancinha e Fazenda Grande. Sua economia é expressivamente visível nos produtos agrícolas e na pecuária, tendo como destaque o cultivo de Tabaco e plantas cítricas, e a criação de rebanhos. Contudo, o centro da cidade dispõe de um amplo comércio com um acentuado número de lojas e possui pólo industrial, com grandes empresas como o Grupo Maratá.

Lagarto - Sergipe

Monumento Cruz das Almas Localizado no Povoado Santo Antônio

Revista Gestão Social dos Municipios

3


Aspectos

ASPECTOS HISTÓRICOS E CULTURAIS Cultura

Religiosidade

Lagarto é um município progressista que ainda valoriza as manifestações culturais. (ARAUJO, Enoque, 2009) Nesse âmbito, a cidade possui um Centro de artesanato do SEBRAE, onde trabalhos manuais e artesanatos são confeccionados por moradores das comunidades e uma vez por semana é realizada uma feira de cultura e comidas típicas da cidade, onde cada artesão tem a oportunidade de expor seu trabalho para a população. O município dispõe também de outras esferas culturais como, jornalistas, atores, locutores artistas plásticos, poetas, historiadores e pesquisadores que se destacam por levar informação e entretenimento à população através de apresentações teatrais, recitais, programas de rádio e exposição de obras como quadros e livros. Na área musical, a cidade também possui algumas bandas como Orquestra Los Guaranis, banda Violão de Ouro, Antenor Nunes, entre outros que comandam a diversão de eventos. Na história de Lagarto, além de berço de homens notáveis e grandes escritores como Silvio Romero, Laudelino Freire, Ranulpho Prata e Abelardo Romero que demonstraram seu talento através de escritas e literaturas lagartenses, sua história também é contada e registrada em cada manifestação cultural, tradição, pesquisas e estudos feitos por historiadores, pesquisadores e até mesmo os próprios cidadãos que contribuem para a manutenção da memória de sua gente.

No campo religioso, a Igreja Católica possui o maior número de fiéis da cidade, sendo composta por quatro Paróquias: Nossa Senhora da Piedade, que possui em sua arquitetura interior, detalhes em ouro, esculturas e pinturas que chamam atenção, localizada no Centro da cidade, Santa Luzia, no Povoado Colônia 13, Nossa Senhora das Graças, Povoado Jenipapo e Nossa Senhora de Fátima, Bairro Loiola. Berço de dois bispos, a Paróquia Nossa Senhora da Piedade se destaca pelas inúmeras vocações sacerdotais, tendo três ordens Religiosas, que atuam no campo da educação e saúde. Alguns eventos da Igreja Católica são a Via Sacra, Novenas, Cristo Vive, Procissões e Novenário de Nossa Senhora da Piedade, que mobilizam vários fiéis. Bem como eventos organizados por Igrejas Cristãs Protestantes, destacando-se o Congresso da Catedral Batista, Projeto Jonas e o Lagóspel Music. Além dos trabalhos de visitar os lares pregando a palavra que ficam em destaque as Igrejas Batistas, Assembléia de Deus, Adventista do 7º dia, Presbiteriana, Igreja do Evangelho Quadrangular, Universal do Reino de Deus, Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e as Testemunhas de Jeová.

Folclore Grupo Folclórico Parafusos

Muitos grupos folclóricos fazem parte da cultura da cidade. Com o passar do tempo, muitos acabaram sendo esquecidos pela população local, entretanto, alguns continuam sendo preservados e festejados todos os anos, tais como: Parafusos, Cangaceiros, Taieiras, Zabumba e as Quadrilhas, que fazem parte da cultura e história da cidade.

Lagarto - Sergipe

Monumento Cruz das Almas Igreja Adventista do Sétimo Dia Localizado no Povoado Santo Antônio

Revista Gestão Social dos Municipios

3


Praรงa da Igreja Nossa Senhora da Piedade

Lagarto - Sergipe

Revista Gestรฃo Social dos Municipios

3


Aspectos

Política

Religiosidade

Lagarto é um município progressista que ainda valoriza as manifestações culturais. (ARAUJO, Enoque, 2009) Nesse âmbito, a cidade possui um Centro de artesanato do SEBRAE, onde trabalhos manuais e artesanatos são confeccionados por moradores das comunidades e uma vez por semana é realizada uma feira de cultura e comidas típicas da cidade, onde cada artesão tem a oportunidade de expor seu trabalho para a população. O município dispõe também de outras esferas culturais como, jornalistas, atores, locutores artistas plásticos, poetas, historiadores e pesquisadores que se destacam por levar informação e entretenimento à população através de apresentações teatrais, recitais, programas de rádio e exposição de obras como quadros e livros. Na área musical, a cidade também possui algumas bandas como Orquestra Los Guaranis, banda Violão de Ouro, Antenor Nunes, entre outros que comandam a diversão de eventos. Na história de Lagarto, além de berço de homens notáveis e grandes escritores como Silvio Romero, Laudelino Freire, Ranulpho Prata e Abelardo Romero que demonstraram seu talento através de escritas e literaturas lagartenses, sua história também é contada e registrada em cada manifestação cultural, tradição, pesquisas e estudos feitos por historiadores, pesquisadores e até mesmo os próprios cidadãos que contribuem para a manutenção da memória de sua gente.

No campo religioso, a Igreja Católica possui o maior número de fiéis da cidade, sendo composta por quatro Paróquias: Nossa Senhora da Piedade, que possui em sua arquitetura interior, detalhes em ouro, esculturas e pinturas que chamam atenção, localizada no Centro da cidade, Santa Luzia, no Povoado Colônia 13, Nossa Senhora das Graças, Povoado Jenipapo e Nossa Senhora de Fátima, Bairro Loiola. Berço de dois bispos, a Paróquia Nossa Senhora da Piedade se destaca pelas inúmeras vocações sacerdotais, tendo três ordens Religiosas, que atuam no campo da educação e saúde. Alguns eventos da Igreja Católica são a Via Sacra, Novenas, Cristo Vive, Procissões e Novenário de Nossa Senhora da Piedade, que mobilizam vários fiéis. Bem como eventos organizados por Igrejas Cristãs Protestantes, destacando-se o Congresso da Catedral Batista, Projeto Jonas e o Lagóspel Music. Além dos trabalhos de visitar os lares pregando a palavra que ficam em destaque as Igrejas Batistas, Assembléia de Deus, Adventista do 7º dia, Presbiteriana, Igreja do Evangelho Quadrangular, Universal do Reino de Deus, Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e as Testemunhas de Jeová.

Folclore Grupo Folclórico Parafusos

Muitos grupos folclóricos fazem parte da cultura da cidade. Com o passar do tempo, muitos acabaram sendo esquecidos pela população local, entretanto, alguns continuam sendo preservados e festejados todos os anos, tais como: Parafusos, Cangaceiros, Taieiras, Zabumba e as Quadrilhas, que fazem parte da cultura e história da cidade.

Lagarto - Sergipe

Monumento Cruz das Almas Igreja Adventista do Sétimo Dia Localizado no Povoado Santo Antônio

Revista Gestão Social dos Municipios

3


Hino de Lagarto - SE Despertai com este brado Lagarto Com a fé do teu povo altaneiro Desbravando esta terra querida Em Sergipe tu foste um primeiro Deste a pátria teus filhos queridos No afã da cultura e do saber Laudelino com Sílvio Romero Que souberam nos engrandecer Os teus campo são cultivados Os teus prados tem mais poesia A beleza da fauna que encanta Quando aponta o raiar de um novo dia O minério cravado na terra As montanhas belas e altaneiras Dão encanto a terra lagartense Que pertence a pátria brasileira


Revista Lagarto