Issuu on Google+


Quadrante Cindátilo cinético Preparação para a Reunião 1) Em um canto qualquer do ambiente, coloca-se um copo com água e açúcar (catalizador). 2) Acender uma vela, oferecendo-a aos Mentores dos presentes, colocando-se um copo com água ao lado da mesma. 3) Música suave, ambiental. 4) Fazer o roteiro estabelecido: “Pai Nosso, prece de Cáritas, ativação dos chacras e leitura de um trecho do Evangelho (segundo o espiritismo). Pedir à Deus, em nome de Jesus, seu filho e nosso Mestre, proteção para os trabalhos e se for permitido, possamos contatar com alguma Entidade de Luz. Obs.: Convém fazer troca periódica do copo. Seria melhor um copo de cristal. Cópias das reuniões realizadas, com seus comunicantes e a data de seus contatos. Corrente dos Pacificadores ALEXANDRE GUILL 29.12.77/ 04.02.78/ 04.03.78/ 12.03.78/ 01.04.78/ 02.04.78/ 16.04.78/ 22.04.78/ 06.05.78/ 26.01.83. MIRSJARGILL 04.10.77/ 06.10.77/ 13.10.77/ 07.05.78/ 29.08.78. ULISSES TUMINGO 09.10.77. ALMUR 21.01.78/ 04.03.78/ 06.05.78. VALÉRIO 04.02.78. MAJJORIE 22.04.78. Corrente de Teresa de Jesus SAMUELL SALLAS 25.09.77/ 21.01.78/ 01.04.78/ 06.05.78/ 15.05.78/ 16.05.78. IRMÃ MARIA CLARA 22.01.78/ 12.03.78. Corrente Socorrista DIANA AGRIPA (Corrente Tibiriçá) 01.10.77. SABRINA INFANTE 01.10.77. 7 ESTRELAS (linha do Oriente) 01.10.77. Corrente de São Francisco de Assis IRMÃ ANGÉLICA 11.10.77. Corrente dos Ciganos ZÍNGARA MARIESCA 13.10.77. Corrente de São Lázaro IRMÃO VENÂNCIO 17.11.77/ 22.11.77/ 13.12.77/ 29.12.77/ 21.01.77/ 06.03.78/ 15.04.78/ 22.04.78/ 07.05.78/ 14.05.78. IRMÃO DIMAS 13.12.77. Corrente de São Judas Tadeu IRMÃO ÂNGELO 01.04.78.

1


Corrente de Irmãos Maristas ERCULANO 15.04.78. Corrente de Santo Antônio de Pádua IRMÃO GASPAR 15.05.78. Corrente do Oriente KIL INVISCOVISK 07.05.78. Mentor das tarefas no Umbral IRMÃO ANASTÁCIO 03.11.77. Pai Onofre 26.01.83. Espíritos Carentes de Orientação 27.09.77. Comunicação efetuada pelo irmão Vítor Roncci, encaminhada ao irmão Maresca, em 25.09.77. Irmão Maresca Como é do seu conhecimento, temos em minha casa, efetuado diversas reuniões espíritas além das de cunho evangélico e vibrações, que participamos com o Grupo. Na maioria das vezes realizamos sessões de efeitos físicos e, particularizando, a chamada “Sessão do copo”. Graças a Deus temos conseguido sucesso em todas as sessões e obtido comunicação com espíritos já esclarecidos e, por suas comunicações sadias, podemos acreditá-los em graus elevados. Ontem, porém, fomos agraciados com a presença de um irmão espiritual, que nos deu preciosas informações referente ao Grupo e revelou sua ligação com minha família desde a Antiga Caldéia. Sendo você o nosso diretor material, creio ser importante relatar, à medida que a memória permitir, os fatos e revelações (para mim, talvez não para você) a nós apresentados. A sessão foi iniciada normalmente, ou seja, vela acesa aos nossos Anjos-de-Guarda, juntamente com um copo d’água e açúcar sob a mesa e os papéis com as letras e números arranjados sobre ela. Após o Pai Nosso, lemos um trecho do Evangelho segundo o Espiritismo e rogamos a Deus que nos permitissem comunicação com espíritos já esclarecidos e disposto a contribuir ao nosso progresso espiritual. Estavam presentes além de mim, minhas irmãs Vicência e Rosa. Ao notar as vibrações iniciais no copo, fiz as Perguntas rotineiras sobre a presença de algum espírito e desejo de comunicar-se. A Resposta foi SIM às duas Perguntas. A primeira palavra anotada foi ZIHITMUITSGUSZT, que não nos fez sentido e, por isso, Perguntamos a nacionalidade. Reposta: Hindu. Pedimos uma mensagem e, em Resposta, anotamos as seguintes palavras isto terá jóia do Brahma Guru Nepal. Anotei em seguida: O hindu é povo feliz gosta paz. Evidentemente deve-se entender “O Hindu é povo feliz e gosta da paz”. Esse irmão disse-nos chamar-se MIRSJARGILL (confirmou) e pertencer a uma Corrente Hindu, que trabalharia no nosso Grupo. A fim de comprovar sua individualidade e absoluta isenção de ação consciente dos médiuns, fiz-lhe algumas Perguntas, que aqui transcrevo seguidas de suas Respostas: P.: O que significa Prâna? – R.: Alma P.: O que significa Kundalini? – R.: demarca de saber (seria a marca do saber). R.: O que significa Nirvana? – R.: Céu P.: Qual é o livro sagrado dos Hindus? – R.: Talmudi (aqui deve Ter havido alguma falha pois consultando uma enciclopédia encontrei a palavra “Talmude”, relacionada com os Caldeus. Aliás, haverá um relacionamento claro que será enfocado mais adiante. P.: O que significa Rishis? – R.: Filhos do Islamismo. P.: O que significa Crisna? – R.: Deus, Buda. P.: Quem foi Saquia Muni? – R.: Mestre Hataioga (é certo que é Hata Yoga). P.: O que significa Mahatma? – R.: Guru. OBS.: Estas Perguntas foram feitas intercaladas com outras mensagens dessa Entidade Superior. Por Exemplo: A certa altura da sessão anotei o seguinte comentário: “O benfeitor mal deixa falar – Hoje temos a felicidade de vir aqui”. Inquirido sobre a Identidade do “benfeitor”, respondeu: “O nome é Pai Onofre”. Perguntei se era ele quem estava ajudando-me nos exercícios de desenvolvimento psicográfico e a Resposta foi afirmativa. Disse que estava apenas ajudando sem preocupação de escrever. Perguntei-lhe se produzira

2


alguns desenhos e, como ele confirmou, perguntei-lhe se determinado desenho interpretado como o de um mago com uma criança no ombro e outras imagens estavam corretamente entendidos, o que também foi confirmado. Disse que o homem era Alexandre e a criança era eu. Perguntado sobre a época e o lugar dessa “fotografia”, respondeu ser na Caldéia, no ano 2.312 AC. Revelou nossa ligação naquela época dessa maneira: Alexandre era meu pai; ele meu irmão. A Vicência (seu nome Rahnil) era minha mãe; a Rosa (seu nome era Mathammal) era minha mulher. O meu nome era Jargill. Não posso deixar de emocionar-me, caro Maresca, com tais revelações! Indaguei a data de sua última encarnação e ele disse: “Depois de Ter vencido a prova final – 1321 – Índia”. Lembrei que você havia dito que teríamos (ou estaria programado Ter) sessões de materializações no Grupo. Pedi confirmação e a obtivemos. Perguntei quais os membros que desenvolver-se-iam para tal trabalho. Ele informou que seriam Varanda, você e eu. Confirmou como médiuns de efeitos físicos você, eu, Varanda, Leila, Silva Filho, Rodrigues, Rosa, Edna, Vanderlei, Silva Peres, Gaia, Toninho (meus sobrinhos). É certo que esta lista não deve estar completa devido ao improviso e faltar a lembrança de outros companheiros. Informou que, salvo algumas exceções, todos estivemos juntos todo o tempo! Caldéia, Grécia, Egito, Índia, Roma (era Cristã), França, Itália, etc. Aqui também houve o imprevisto e a informação poderá ser ainda mais detalhada. Em verdade não esperávamos obter uma comunicação tão valiosa como essa que, graças a Deus, conseguimos nessa noite memorável para nós aqui de casa! Pedimos a nosso irmão MIRSJARGILL que nos deixasse uma oração e ele nos brindou com essa simples porém maravilhosa oração: “O bem faço e rogo a Deus que a ocasião não falte para fazê-lo ao meu irmão que sofre. Amém”. Concordou em voltar a manifestar-se através do copo sempre que possível e também prometeu ajudar a Rosa no seu desenvolvimento psicográfico, escrevendo mensagens. Ao ser indagado por mim (infantilmente) quem usaria minha mediunidade psicográfica respondeu prontamente: “Nosso Pai”. Tão claro, não? Afinal, Alexandre foi nosso pai na Caldéia. Eu havia esquecido pois estávamos já ao final da sessão e aquela informação fora dada algum tempo antes. E esta deliciosa sessão prolongou-se por quase três horas. Conhecemos a árvore por seus frutos... Podemos crer totalmente que Mirsjargill é um espírito de Luz! A oração que nos deixou é o que podemos chamar de “o maravilhoso simples!”. Recomendou-me calma e disse que o meu desenvolvimento será lento e a custo de estudo. Finalmente, suas últimas palavras nessa sessão: “Amai sempre para serdes felizes. Amo vocês. Adeus”. OBS.: Tudo que aqui foi relatado não foi levado ao conhecimento de ninguém do Grupo. Esquecemos de Perguntar a Mirsjargill se poderíamos divulgar suas informações e preferimos não fazê-lo, deixando a você a decisão, pois, é certo que lhe não faltará orientação. Quero, também ressaltar que esse tipo de sessão tem sido feito de maneira rudimentar o que poderá naturalmente provocar algumas falhas nas comunicações. Estamos nesta data, melhorando a prancha com as letras e algarismos e esperamos conseguir melhores comunicações e em melhores condições. Deus nos ajudará e permitirá que alcancemos algum progresso na presente encarnação. Abraços! Roncci Resumo da Sessão do copo realizada em 25.09.77. Prece do início “Pai Nosso” seguido de leitura do Evangelho (trecho). Participação da Sessão: Vicência, Rosa, Gilson e Vítor. Anotador e Coordenador: Vítor. Médiuns atuantes: Gilson, Vicência e Rosa. Entidade espiritual participante: Irmão SAMUELL SALLAS, que respondeu a várias Perguntas feitas pelos participantes. Confirmou os seguintes membros do Grupo como prontos a iniciar o desenvolvimento da Psicografia: Maresca (já desenvolvido), Silva Filho, Varanda, Gilson, Rodrigues, Rosa, Rainho, Gaia, Guiomar, Toninho, Orlandinho, Cida, Vilma, Newton e Vítor. Sobre o conhecimento das programações futuras do Grupo, desaconselhou informá-las aos seguintes membros: Rodrigues, Gaia, Lima, Guiomar, Speglis e Oclério. Disse ser cedo para essas informações.

3


Para o meu sobrinho Newton Jr. “Vibrações para o rapaz sempre para evoluir espiritualmente. Atendendo a minha consulta, aconselhou a ativação do seu chacra frontal. André Luiz: Não deve participar das reuniões. Respondendo a Pergunta, disse que ele tem razoável problema psíquico e que terá chance de ser curado ao atingir a juventude. Sobre a irmã do Gaia, respondendo a Pergunta feita pelo Gilson, disse, espere ela interessar-se. Problema dela é a saúde de um filho. Veio a nós pela dor e solidão. Pedi confirmação sobre o seu desejo de realizar outra reunião na casa dela, conforme declaração do Maresca ao Gilson. Sua Resposta: Eu gostaria que fossem feitas mais do que 2 reuniões nesse lar para paz, amor e Deus nesse lar. Palavras de Samuell Sallas, que transcrevo para ser fiel relator da reunião: “Direi a Maresca que o teu trabalho está sendo abençoado por Deus. Continue na Seara bendita com amor, para a glória de Jesus. Louvamos ao Senhor da Seara. Respondendo ao pedido de orientação disse-me: Saberás como fazê-lo. Eu o intuirei. O poder é querer. Faça de sua fé a espada vencedora Paz e amor quero vos deixar. Deus esteja convosco. “Luz que brilha na amplidão, luz da fé, esperança e caridade, cobrindo o mundo criado por Deus nosso Pai e brilhando o amor que nos liga para remir de nossas culpas perante nossos irmãos. Deixo paz, Deus, Amor aos irmãos do Grupo Samuell Sallas. Respondendo a Pergunta feita pelo Gilson sobre determinado médium de cura disse: “Sem fé nada serve”. A Rosa perguntou se as influências que está sentindo eram do seu espírito-guia ou de outra Entidade e recebeu esta Resposta: É a corrente de Samuell Sallas e Tereza de Jesus. Ao responder afirmativamente da possibilidade de Vicência voltar para sua casa e continuar seguindo as recomendações médicas, anunciou “Flores luminosas estão caindo sobre todos”(Rosa, neste momento, chorava ). Disse ainda: “Paz e amor quero com todos”. Recomendou que fosse dita a oração “Prece de Cáritas” em todas as reuniões do Grupo, após o “Pai Nosso” e antecedendo a leitura e comentário de texto do Evangelho. Disse que as reuniões das Quartas-feiras deverão continuar como estão e informou que a desobsessão dos desencarnados são feitas pela Corrente. Sobre o meu sobrinho Luiz Carlos disse que ele já devia estar participando das reuniões e que é médium de efeitos físicos e vidência acentuada, sendo esta última próxima ao desenvolvimento. Sobre o meu cunhado Orlando declarou-o médium de incorporação e que para breve será muito útil. Este é um relato feito no dia seguinte e está sujeito a incorreções, que se existirem, creio serem poucas. Ao fim manifestou-se através da mediunidade psicofônica da Vicência, a irmã Maria Clara, da Corrente do Irmão Samuell Sallas, que nos transmitiu palavras de ensinamentos e evangelização. Disse que os trabalhos transcorreram muito bem e, com suas belas e comoventes palavras, fechou com chave de ouro esta maravilhosa reunião. Resumo da Sessão do copo, realizada na noite de 27.09.77, na casa dos companheiros Sérgio e Edna Varanda, que dela participaram juntamente comigo e minha irmã Vicência. Foi observado o roteiro estabelecido: Orações “Pai Nosso e Cáritas”; leitura de trecho do Evangelho (segundo o espiritismo) que, inclusive falava do perdão. Foi feito ativação dos chacras, conduzido pelo Varanda. Foram comunicantes nessa noite: Espíritos carentes de orientação. Fabrício Campos Jr., que disse Ter sido gerente bancário na sua última encarnação. Suas palavras registradas através do copo: “Quero amor, quero Deus, paz para mim. Sofro demais. Deus, paz quero amor. Quero preces. Obs.: Esse irmão estava no lar dos irmãos Albano e Manoela. Urbana Ida Garcia, que disse: “Caridade. Quero Deus, paz e amor. Fé de Deus, amor de Deus. Cada palavra só dá sofrimento para mim. Gosto demais daqui desta casa, mas já vou embora. Quero o perdão do Albano. Estava há 5 anos desencarnada. Eu ia levá-lo comigo por falta de conhecimento. Quero hoje rogar a Deus o perdão para mim e ajudar a este moço que sofre por culpa minha. Agradeço. Obs.: Essa irmã também estava no mesmo lar. Em seguida compareceu o irmão Mirsjargill, que prontificou-se a responder as nossas Perguntas. O companheiro Varanda pediu orientação referente a doença que acometia o filho mais velho dos irmãos Albano e Manoel, querendo saber se era caxumba ou inflamação de alguma outra natureza. Mirsjargill respondeu: “Esta caxumba pode recolher se não cuidar certo. Médico da Terra sabe como fazer. Recomendo repouso, alimentação leve, evitar friagem, repouso em lugar calmo, sem pessoas que ainda não tiveram caxumba e tratamento com a indicação médica.

4


Indagado por mim sobre o significado da palavra ZIHITMUITSGUSZT que significa “Saudação geral a todos que estão presente”. Perguntei se ele fazia parte da tripulação ou se comandava alguma das muitas naves espaciais que sabemos estarem ao redor da Terra e a sua Resposta foi afirmativa, sem esclarecer em que grau. Perguntado sobre o planeta de origem, disse: “Do luminário Vênus. Somos guardiães terrestres. Nossa missão é velar pela Terra para paz geral. “Perigo no plano astral”. Neste ponto a comunicação foi interrompida e fomos orientados a encerrarmos a reunião. O encerramento foi feito pelo irmão Varanda, que ao dizer o “Pai Nosso” pediu que perdoássemos os 2 irmãos que atuavam negativamente no lar dos irmãos Albano e Manoela. Foi também dita a prece pelos espíritos arrependidos constante do livro “Preces Espíritas”, Caibar Schutel, às páginas 57, 58 e 59. Obs.: Mirsjargill atendendo à consulta do irmão Varanda revelou os nomes dos autores de poemas por ele recebido intuitivamente. Castro Alves foi o autor do poema “MAR” e Djanira a autora de um belo poema ainda sem título. Resumo da Sessão do copo realizada na noite de 01.10.77, na minha casa (Vítor). Presentes: Vicência, Vítor e Orlandinho. Após o “Pai Nosso”, Prece de Cáritas e leitura do trecho do Evangelho segundo o espiritismo, recebemos as seguintes Entidades Espirituais: Diana Agripa: “Meu nome é esse. Paz a todos vocês. A minha presença é boa. Deus vai abençoar a caridade sua. Vivi 59 anos e quero dizer para vocês que a vida continua, por isso faz o bem que puder. É a chave da felicidade com Deus no Plano Astral. Amar o nosso próximo é dever cristão. Compreender e amar assim basta. Quero afirmar que o amor e a paz andam juntos. Vou para Deus rogar dele as bênçãos sobre todos. Adeus e boa noite. Inquirida sobre a razão de sua visita, disse: “Faço visita de caridade e pertenço a Corrente Tibiriçá. Viemos socorrer a irmã Iracema, que precisa de socorro espiritual e desenvolvimento. Mas não é só isso. Ela está precisando de passes magnéticos. O encosto vai ser retirado hora à noite. Fluiremos a água para ela beber 4 vezes ao dia, um cálice por medida. Sobre sua irmã, disse: “Prova que precisa passar. Assim, recomendo resignação e coragem. Deve ter fé. Para Deus nada é impossível. Sobre quem fluiria a água, respondeu: “Será fluída pela Corrente do Oriente. Nada receie”. 7 Estrelas: Entidade que informou ser da mesma linha do Oriente, que todos trabalhavam juntos e que gostava de praticar caridade. Disse: “Amor quero deixar todos. Paz e Deus quero todos”. Perguntado se sabia quem havia desenhado uma estrela através da mediunidade de psicografia da Rosa (em desenvolvimento), disse: "Vem médico de Oriente e médico caboclo para trabalhos especiais. Só hoje vim choupana. A caridade trouxe-me aqui. Desculpe não saber quem é que riscou nome no papel”. Sobre Iracema: “Ela tem trabalho feito. Já está mais fraco. Nós vamos limpar tudo. O guardião desta choupana, corrente dos Pretos-Velhos e caboclos vão ajudar. Deus é grande. Venceremos juntos com Jesus todos que têm fé. A última Entidade manifestou-se assim: “Meu nome é Sabrina Infante. Gostaria de dizer que estou feliz e rogo a Deus amor. Quero deixar Deus com todos vocês. Sou a companheira de Agripa na Corrente Socorrista. “Quero avisar que só no alvorecer é que iremos embora. Se nos pressentirem, não se assustem”. Ao manifestarmos a falta de receio e a alegria de podermos vê-los, respondeu: “Deus dá o batismo do fogo a todos. Basta recebê-lo e todos terão a oportunidade no campo da mediunidade”. Perguntamos se o Mentor espiritual do Grupo Samuell Sallas estava presente e ela disse: “Estamos na irradiação dele e Pai Onofre”. Eles estão irradiando, não estão aqui. Continuando disse-nos: “Vossos anjos de guarda são responsáveis pelo sucesso da comunicação”. Por hoje nós usamos este meio para ajudar com permissão de seus mentores, pelo que agradecemos. Ficai com Deus. Boa noite. Disse que não havia mais comunicantes, e atendendo nosso pedido de mediar uma consulta a Samuell Sallas sobre seu consentimento à realização de outra sessão no dia 02, disse: “Se for necessário poderão fazer”. Sobre a vinda de Mirsjargill, respondeu: “Tente, quem decidirá será ele”. Perguntado se a água já havia sido fluída, respondeu: “Aguarde fim para ser feito”. Podem ajudar fazendo prece e silêncio por 2 ou 3 minutos. Recomendou-nos a prece de São Francisco de Assis.

5


Após a prece de São Francisco de Assis, mantivemos o necessário silêncio e, em seguida, demos por encerrada a sessão, agradecendo aos bons espíritos que nos ajudaram para que tudo transcorresse na mais absoluta paz. Foi feito a oração “Pai Nosso”. Resumo da Sessão do copo realizada na noite de 04.10.77, estando presentes os amigos Silva Filho e Gilson mais minha irmã Vicência e eu. Obedecendo a ordem estabelecida pelo Grupo Samuell Sallas, foi dito o “Pai Nosso e a Prece de Cáritas”, lendo-se em seguida um trecho do Evangelho segundo o espiritismo. Foi feito a ativação dos chacras individual e mentalmente. Após essa ordem, rogamos a Deus permissão para contatar o venusiano Mirsjargill. Esta entidade compareceu e foram suas primeiras palavras: “Agradeço amor de vocês. Deus dá amor para distribuir com todos. Quero dizer da alegria que tenho por estar aqui. Façam Perguntas. As que puder responder eu responderei. Perguntas feitas por mim e suas Respostas: Pergunta: O nome ou palavra “Mantha Krishna” tem algum significado? Resposta: Sim. Pastor de almas, que nos orienta nos mistérios sagrados. Pergunta: Sendo um ser, está desencarnado ou ainda “vive”? Resposta: Está encarnado. Pergunta: Gostaria de saber qual a ligação desse guru com um amigo meu de nome Álvaro Umberto Augustinés, bem como se ele vive na Índia. Resposta: Ele é seu mentor espiritual. Não vive na Índia e sim perto da China com a Rússia. Esse mentor tem vários discípulos espalhados na Terra. Pergunta: Com referência aos meus chacras, gostaria de saber se eles estão se ativando e qual ou quais necessitam de melhor ativamento. Resposta: Os chacras estão sendo ativados, sendo que o frontal e o raiz estão sendo ativados devagar na forma que precisas. Não se preocupe, esses chacras são mais lentos que os outros. Pergunta: Tendo lido o livro “Materializações luminosas”, recomendado por Alexandre, gostaria que fosse intermediário junto a Alexandre para saber se há necessidade de ler outro livro e, se positivo, indicar o nome. Resposta: O tema sim. O nome não. Simbologia é assuntos egípcios, que falem sobre pirâmide e o trabalho dos Faraós. É para aproveitamento bem próximo. Este é o recado do nosso Pai. Pergunta: Sabemos que a ciência médica de Vênus está mais adiantada que a nossa. Há possibilidade de ajudarmos irmãos terrestres, para os quais a nossa medicina é imponente. Resposta: Sim. Basta que nos dê o endereço do irmão necessitado. Pergunta: Há possibilidade de melhorarmos o sistema de comunicação, visto que acompanhar os movimentos do copo é bastante cansativo para os médiuns e talvez fosse possível melhorarmos o sistema. Resposta: Será num tempo bem próximo. Continuem todos como estão, que estão chegando onde pretendem. Basta que a vaidade não os assaltem no vosso trabalho. PERGUNTAS FORMULADAS POR SILVA FILHO Pergunta: São os venusianos fisicamente semelhantes ao homem terrestre. Resposta: Sim, porém somos seres elevados a uma forma mais pura, tanto na conformação como na aparência, de modo que só alguns terrestres podem nos ver. Pergunta: Poderia dar-nos a descrição dos venusianos? Resposta: Sim. Altos, loiros, cabelos compridos, olhos azuis, pele rosada. Com referência a vestimenta disse: “para alguns a cor é verde, para outros a cor é prateada. Nós não usamos a cor preta. As botas acompanham a cor da vestimenta”. Pergunta: É possível comunicação mental entre nós? Resposta: Sim. Quando a sintonia estiver na mesma freqüência. Com tempo chuvoso a freqüência não é boa. Espere tempo límpido e sem estática. Aguardo sua chamada. Pergunta: O ser visto na casa do Gilson é real? Resposta: Sim. São seres pequenos e eles são saturnianos. Desejam saber o que o terrestre tem, pois possuem modos de sofrimento e perdoa sempre. O Saturniano não sabe perdoar, o amor para eles é difícil de entender. Por isso estão se infiltrando nos lares terrestres, é para estudo, nos territórios adjacentes de Saturno. Eles estão evoluindo ainda. Os sentimentos que possuem os terrestres e que eles não possuem são a saudade, o amor, a paz, a bondade, o amor ao próximo. Há muitos terráqueos que são parecidos com eles e vão para lá no desencarne para usar o que aprenderam na Terra.

6


OBS.: Atendendo a outra Pergunta sobre os Saturnianos, disse: “É perigoso manter contato com eles. Saturno é, no plano de desenvolvimento espiritual, o segundo planeta. Todos tem oportunidade de evoluir. Aquele que tem os sentimentos evoluídos não precisam passar por Saturno. Seguem adiante o Plano Sideral”. Obs.: Embora dizendo: “Tenho que ir. Estou ocupado com UFOS que demandam à Terra, Mirsjargill ainda respondeu outras Perguntas. Disse que o prefixo da sua nave é XZZSTUNFU-6 e o seu prefixo é ZZX-6. Perguntado mentalmente por mim, respondeu: “Você vai vir comigo para um passeio no planeta Vênus, durante o sono”. Pergunta: Se eliminando o uso do fumo, do álcool e da carne estaria ajudando a minha evolução e perguntei também se ele havia gostado das flores que eu havia lhe oferecido e ele disse: Quanto a primeira parte: “Mais do que pensa. Eliminado os vícios terrestres tudo será mais fácil. Completou “Recebi suas flores e gostei. São lindas as rosas”. Perguntei se a luz brilhante que vejo da minha cama no céu límpido era a luz de Vênus e se ele, nas nossas reuniões, estava presente ou irradiava suas mensagens. Ele disse: O plante Vênus está para o nascer do Sol. É isso mesmo que falou. UFOS vêm a cidade de Santos muitas vezes, mas já estive aqui. Silva Filho perguntou se havia possibilidade de comunicação entre eles e obteve confirmação dessa forma: “Na praia ou no campo. Entre 01 e 04 horas. Pode escolher. Vá acompanhado porque tem que coordenar ondas positivas. Silva Filho perguntou se o acompanhante poderia ser o Gilson e Mirsjargill respondeu: “Sim. Ele tem extraordinária força magnética positiva”. Silva Filho pediu confirmação de uma visão que tivera naquele momento e Mirsjargill informou: “Viu-me agora. Agradeço o amor. Quero todos no mais profundo amor cristão”. Vicência perguntou se fora ele quem a levara a um planeta, de onde se via o planeta Saturno e duas luas, viagem essa feita durante o sono. Mirsjargill disse: “Levei-a à Vênus. Lá você teve o tratamento que precisava para o seio, que estava perigoso. Receava que se tornasse maligno, foi tratado, não há mais perigo. Silva Filho perguntou: se poderia levar mais alguém na noite do contato que horário seria mais conveniente irradiar mentalmente a data e horário para o encontro e como ele saberia que sua irradiação teria sido captada. Quando a primeira Pergunta, respondeu: “Pode também levar meu irmão. 09 horas da noite. Você terá visão ou vibração”. Perguntamos se os detalhes da sessão poderiam ser levado ao conhecimento dos outros membros do Grupo. Ele disse “só a Maresca”. Por fim, Silva Filho quis saber da razão da permanência dos saturnianos na casa do Gilson e, se não é salutar contatá-los como agia para combater suas possíveis irradiações negativas. Mirsjargill respondeu: “Eles estão aprendendo muito com ele e com aqueles que o visitam. A arma para combatê-los são o amor, a caridade e o perdão. Pedimos a Mirsjargill que fluísse a água colocada sobre a mesa e acompanhamos suas últimas vibrações no copo com a prece de São Francisco de Assis. Resumo da Sessão do copo realizada na noite de 06.10.77, estando presentes os amigos Maresca, Silva Filho, Gilson, Álvaro Umberto, mais minha irmã Vicência e eu (Vítor). Obedecendo a ordem estabelecida pelo Grupo Samuell Sallas, rezamos o “Pai Nosso e a Prece de Cáritas”, lendo-se em seguida um trecho do Evangelho segundo o espiritismo. Foi feita a ativação dos chacras, conduzida pelo irmão Maresca. Após darmos início à sessão, servindo como médiuns os irmãos Álvaro, Gilson e Vicência, rogamos permissão a Deus para contatarmos o irmão venusiano Mirsjargill. Com as vibrações iniciais do copo e conseguinte identificação do nosso querido irmão, apresentei o nosso irmão Álvaro, que participava de uma sessão desse tipo pela primeira vez e Mirsjargill disse: “Quero cumprimentar o novo irmão e saudá-lo. Sê benvindo”. Autorizados a formularmos as perguntas, demos início com as formuladas pelo irmão Álvaro. Pergunta: Qual a sua opinião sobre o lugar hoje visitado para a construção de uma pirâmide e como local para comunicação mental ou mesmo campo de pouso? Resposta: Campo vibratório perfeito. O que falta para usá-lo? Obs.: Respondendo a uma série de perguntas sobre a pirâmide, formuladas por Maresca, Mirsjargill disse: “O material para construir a pirâmide será madeira. A base será de terra. A porta em corte e voltada para o Norte. A pirâmide não poderá ser muito grande, pois o local não comportaria. A forma será triangular como a de Miguerinos. O cedro seria o melhor material, mas pode ser substituído pelo pinho do Paraná, que deve ser

7


preparado para receber as intempéries e influências lunares. Deve ser cortado na fase da lua cheia para formar o campo magnético propício. Toda a ligação das partes da construção poderá ser feita com betume, mas exteriormente e, após l corte deve protegê-lo com o betume. Vocês estão satisfeitos com as respostas? Pergunta: Seria importante e/ou útil para nossos estudos e aprimoramento espiritual a construção e utilização dessa pirâmide? Resposta: Claro! O conhecimento será bem maior. Paz e amor com todos. O bem faço e a Deus rogo que a ocasião não falte para fazê-lo ao meu irmão que sofre. Amo vocês com amor Crístico! Pergunta: As energias geradas pela pirâmide será benéfica para toda região adjacente à sua localização? Resposta: Atingirá mais longe. Todo o país. Pergunta: Gostaríamos de saber se existe no Astral a Fraternidade Azul e, se positivo, quais os seus objetivos? Resposta: Sim. Os mesmos propósitos que o de vocês. Pergunta: Como eu poderia contatar mais facilmente meu mentor espiritual Mantha Krishna? Existem ocasiões e/ou horários mais propícios? Resposta: Sim. Deve calcular o horário do lugar onde ele vive. Ele é um Lama Tibetano e vive em (em 1 ou na ) Montanha Branca. Para mentalização imagine a Montanha e você subindo por ela. O estado de saúde deve ser bom e não mentalize com o corpo cansado. É perigoso para o ser ou qualquer ser humano fazer este tipo de mentalização. Pergunta: O impulso sentido por mim e que me levou a escrever de forma estranha, ou seja, de cima para baixo e da direita para a esquerda, em caracteres desconhecidos por mim é realmente psicografia e, se positivo, seria possível revelar qual o idioma e o autor dessa mensagem, bem como seu significado geral? Resposta: Foi psicografia. Antigo Sânscrito e também egípcio. O autor é Árabe. O que ele diz é uma profecia que ainda se cumprirá. Refere-se ao final dos tempos. Está no Evangelho de Matheus. O livro sagrado avisa com um pouco de cautela e essa mensagem não tem cautela. Porisso não posso revelar. Acho melhor não saber. Ele sabe que a revelação foi-lhe dada para em tempo certo ele compreender. Após respondido as perguntas do irmão Álvaro e manifestarmos nossa gratidão, o irmão Gilson formulou as seguintes perguntas: Pergunta: Está o meu irmão Gilberto pronto para entrar no Grupo? Resposta: Seu irmão ainda está cru. Tenha paciência. Pergunta: Quais os chacras que preciso ativar mais? Resposta: Frontal, raiz e esplênico. Pergunta: Poderemos ver sua nave ao retirar-se? Resposta: Resta Ter vidência. Estamos irradiando em perigo. Outros UFOS procuram sintonia com vocês. Obs.: Maresca perguntou se poderiam ser de GANIMEDES e a Resposta foi: “Parece que sim”. Mirsjargill informou ao irmão Silva Filho que ele precisaria ativar mais os chacras raiz e expelindo. Vicência perguntou sobre um sonho que teve, onde apareciam, além dela os irmãos Gilson e Silva Filho, que pareciam estudarem alguns mapas ou coisas semelhantes. Resposta: Eram trabalhos e estudos, para serem usados num futuro próximo para benefício do Grupo. Respondendo a duas perguntas mentais da Vicência, disse através do copo. “Se o teu coração, tudo bem. “Faz bem”. Essas respostas satisfizeram à perguntadora. Obs.: Após as perguntas formuladas pelo irmão Maresca e as respostas do irmão Mirsjargill, deu-se uma pequena comunicação com outra Entidade que, embora não se identificasse, disse: “Eu devo me retirar. Volto outra oportunidade. Quero paz, amor e Deus em todos”. Quanto a sua nova visita disse que seria “quando Deus quisesse”. Daqui para diante fica o espaço necessário ao irmão Maresca relatar seu diálogo com Mirsjargill, acontecido na mesma sessão e com o nosso testemunho. Pergunta: Durante a tarde, enquanto formulava as perguntas, recebi as respostas de imediato. Foi o irmão que procedeu o trabalho de respostas? Resposta: Visitei você hoje e conversei mentalmente com você. Pergunta: Apesar de conhecer as respostas, posso repetir as perguntas para satisfação do Grupo presente? Resposta Responderei com prazer. Pergunta: No final dos tempos, a terra mudará de órbita? Resposta: Sim. Ela já o está fazendo lentamente. Tudo acontecerá como Deus prometeu. Pergunta: E o planeta-nave Vênus, também mudará de órbita? Resposta: Sim. Seguirá seu destino no Espaço Sideral e sua trajetória será bem feliz. Seguirá com os outros seu destino evolutivo.

8


Pergunta: O Planeta Arca, que se aproxima de nós, tomará que órbita e quais as características de sua superfície e atmosfera? Resposta: Ele tomará a órbita abaixo da Terra, mas será curta a distância entre ele e a Terra. Esta mudança da órbita terrestre já é porisso. Superfície e atmosfera semelhantes a do Planeta Terra, por sua missão ser parecida com a da Terra. Todo ser humano com falhas graves irá para o Arca. Pergunta: As naves interplanetárias são visíveis aos olhos humanos quando “desaceleram” as moléculas formadoras de metal-base de que são feitas. Como se realiza esta desaceleração? Resposta: Mentalmente. Através de dispositivos tecnológicos às vezes. O terrestre às vezes tem capacidade para anular força mental, por isso usamos o outro meio. Pergunta: Os “discos” vistos em Cubatão entre 1961/1966 tinham origem no seu Planeta? Resposta: Nem todos. Também de Ganimedes. Paz é nossa missão na Terra e estamos em Missão há muito tempo. Pergunta: A “Oração ao Sol” tinha origem interplanetária? Resposta: O Templo foi elevado para lugar onde deve projetar seu benefício. Maresca tem contato direto com nossa Nave porisso ele capta nossas mensagens com vibrações benéficas para todos. Pergunta: Seria possível ditar as 7 primeiras frases dessa Oração Maravilhosa? Resposta: Você fala da prece em louvor ao Mundo Astral. E porque você mesmo não diz e passa adiante? Verá da alegria que dará aos amigos que te amam. Tudo que é belo, devemos revelar, principalmente o Hino de Amor a Mãe Natura. Não esconda este tesouro. Propague-o. “Oh! Astro-Rei e Fonte de vida, força advinda da misericórdia divina brilha para todos, bons e maus. Fertiliza a Terra dando aos homens oportunidade. Fortalece tudo sobre a Terra e mesmo aquilo que está sob ela. A verdade dele é a verdade de Deus”. Em seguida despediu-se prometendo voltar breve, respondendo no entanto que “Todos aqui presentes sempre estivemos juntos. Antes da Caldéia”. À nosso pedido, vibrou para diversos endereços. Resumo da Sessão do copo realizada na noite de 09.10.77, estando presentes: Gilson, Vicência, Rosa, Vítor, Luiz Carlos e Toninho (os dois últimos participaram parcialmente). Foram feitas as seguintes orações “Pai Nosso, Cáritas e de Ismael”, foi lido um trecho do Evangelho segundo o Espiritismo e, em seguida, rápida ativação dos chacras fundamentais. Após o roteiro estabelecido pelo Grupo, sentimos as primeiras vibrações no copo, que era atuado através de Vicência, Rosa e Gilson. Manifestou-se uma entidade que se identificou como Ulisses Tumingo e disse que sua última encarnação fora na Índia na época da Caldéia. Disse ser originário de Vênus, fazer parte da Corrente dos Pacificadores do Espaço, sendo o ser mais velho dessa corrente. Disse mais: “Estou junto com JAR (abreviatura de Mirsjargill). Ele envia-me para saudá-los. Já estive aqui com vocês e Jar. Estamos procurando nos adaptar com vossa vibração terrena que é pesada para nós venusianos, mas chegaremos lá. Nosso trabalho obterá sucesso. Perguntem algo que precisem. PERGUNTAS DE ROSA, FEITAS DURANTE A SESSÃO, PORÉM NÃO EM SEQUÊNCIA: Pergunta: Certo sonho em que me via numa nave espacial, estava em trabalho? Resposta: Sim. Periodicamente fazemos estas viagens juntos. É necessário para ambientarmo-nos a vocês. Pergunta: Sou voluntária da Corrente Socorrista? Resposta: Sim. Pergunta: O que devo fazer para melhorar meu desempenho? Resposta: Preces, muito amor e boa vontade, esquecendo problemas da matéria para poder ser beneficiada assim como beneficiar. Pergunta: A música “Czardas” (tocava naquele momento) tem ligação com sua corrente? Resposta: Não. A música é de ciganos e egípcios antigos. Nós gostamos de música suave, que traga paz. Pergunta: Os meus pais, quando encarnada na Caldéia, onde estão agora? Resposta: Eles são os mesmos desta encarnação. Vivem em planos diferentes. Seu pai em Marte e sua mãe em Plutão, junto de seu irmão Leonardo. Parecem difíceis os caminhos da vida, mas não são. Todos nós formamos a grande família espiritual neste Universo sem fim! Pergunta: Nossa irmã Vilma estava ligada a nós na Caldéia? Resposta: Mais adiante no tempo. Pergunta: Onde? Em que época? Resposta: Roma. 152 DC.

9


Pergunta: Nós éramos cristãos? Resposta: Foram mais tarde, 50 anos depois. Foram mártires que hoje estão juntos. Juntos as vítimas e algozes, formando a grande família universal ligados por laços de amor e amizade. Serão sublimados pelo amor que redime, purifica e salva. Pergunta: E Míriam? Resposta: Roma. Ela foi acusadora dos cristãos, portanto, foi algoz. Pergunta: Quero saber do meu estado de saúde. Pode informar? Resposta: Está anêmica e está atingindo o sistema nervoso. Deve relaxar-se diariamente por alguns minutos e alimentar-se normalmente, dando ao organismo a oportunidade de recuperação. Pergunta: A anemia já é profunda? Resposta: Regular, mas a tendência é aumentar. Deve moderar certas extravagâncias. PERGUNTAS FORMULADAS POR GILSON DURANTE A SESSÃO, MAS NÃO EM SEQUÊNCIA. Pergunta: É possível viajar em sua nave no estado de vigília? Resposta: Vai depender do estado de saúde daquele que for atraído a nós. Pergunta: O irmão Tumingo esteve ligado a nós em outras encarnações? Resposta: Sim. Como pai do Gilson e Silva Filho. Maresca era meu irmão. Pergunta: Mais alguém do Grupo? Resposta: Vítor e irmãs. Rahinill minha irmã (Vicência), Mathammal (Rosa) minha sobrinha e Jargill (Vítor) sobrinho. Pergunta: Quais os nossos nomes nessa época? Resposta: Gilson = Draugo Zar; Silva Filho = Fulvius Zar; Maresca = Attila Zar. Zar era título de nobreza. Quero bondade e amor do Cristo e paz. Pergunta: Estive em Roma na mesma época? Resposta: Eu já disse que vocês estiveram juntos e irão permanecer juntos por longo tempo. Pergunta: Qual o meu nome em Roma e o que fazia? Resposta: Centurião Fabius Delius. Pergunta: O irmão Tumingo me orienta? Resposta: Sim. PERGUNTAS FORMULADAS POR VICÊNCIA: Pergunta: Estão satisfeitos com o nosso trabalho? Não há sacrifício para vocês? (ao mesmo tempo fez um comentário meio céptico, temendo estarmos sendo enganados por espíritos zombeteiros). Resposta: Não pense assim. Tudo que é dito é permitido. Estamos satisfeitos com vocês, respondendo a uma observação para que perdoasse a Vicência, feita por Rosa, disse: “Lutas serão muitas iguais por dúvidas dos terrestres. Paz, luz, Deus com amor quero para ela e todos vocês. PERGUNTAS FEITAS POR VITOR: Pergunta: Em nossa última sessão manifestou-se um ser que nos deixou certa mensagem e prometeu voltar quando fosse permitido por Deus. Era você esse ser: Resposta: Não. Uma mulher Venusiana. Ela não viveu na Terra, porisso não houve a comunicação. Mulher venusiana não deve por ora comunicar-se. Desejam que ela venha numa próxima vez? Respondemos afirmativamente. Pergunta: Quando houver o pouso de suas naves programadas para breve, poderemos abraçá-los e conversarmos normalmente? Resposta: Permaneceremos a pouca distância e comunicar-nos-emos mental e telepaticamente. Pergunta: Meu sobrinho Luiz Carlos está ligado a nós há muito tempo? Resposta: Caldéia. Pergunta: Como? Resposta: Filho de Mathammal. Viveu pouco. Voltou em Roma como Centurião Romano. Atuou na prisão dos cristãos, mas não foi responsável por nenhum martírio. Seu nome em Roma era Romulus Sertorios. Na Caldéia era Mirsjargill Zar. Pergunta: Qual a diferença entre seu nome e o de Jar? Resposta: Jar tinha Thur como título de nobreza. Zar era título meu. Título não era igual por eu ser de Zar e ele de Thur. Zar de Luiz Carlos era por parte de Mathammall. Pergunta: Alexandre em que plano vive? E qual o seu nome? Resposta: Vênus. Ulisses. Ele é um e eu sou outro. Alexandre vive em Vênus. Foi seu pai na Caldéia, onde tinha esse nome. :Porisso, ele usa ainda este nome. Pergunta: Ele pode comunicar-se conosco através deste tipo de Sessão?

10


Resposta: Sim. Deve aguardar visita dele breve. Pergunta: Meu sobrinho Toninho esteve ligado a nós sempre? Resposta: Na Caldéia e em Roma. Sempre como filho seu. Só que na Caldéia foi menina e seu nome era o da avó paterna (Ragnill – “Vicência”) e em Roma era menino e seu nome Lucius Caios. Quando adulto foi Tribuno. Pergunta: Quando houve minha ligação com André Luiz, meu afilhado? Resposta: Bem depois, no Egito. Pergunta: Através de uma psicometria me foi informado que ele houvera se sacrificado em meu lugar, em Roma, no início do Cristianismo. Houve algum engano? Resposta: O sacrifício foi no Egito. Pergunta: Como? Resposta: Numa batalha entre tribos do deserto. Foste prisioneiro dessa tribo e então houve o fato. Pergunta: Voltamos a nos encontrar? Resposta: Na Espanha. Ele era Mouro de nascença e tornou-se seu acompanhante por toda a Espanha. Após nossos agradecimentos por suas respostas, respondeu-nos: “Eu espero satisfazê-los, mas terão vocês ficado?” Em seguida passamos às consultas sobre saúde de algumas pessoas, como segue: l) Fabiana (seguida do endereço) Resposta: Pâncreas parado. Pergunta: Estamos fazendo vibrações periódicas, Jar também já ajudou e a corrente do Dr. Bezerra de Menezes lá esteve. Houve progresso no combate ao mal? Resposta: Sim. Lento, mas há. 2) Sirléia C. dos Reis. Resposta: É psíquico. Há influência espiritual bem forte. Certo? Pergunta: Seu marido disse-me recear tumores nos seios dela. Pode dizer algo? Resposta: São quistos benignos, causados por outros medicamentos. Pergunta: Será necessário operar? Resposta: Nós tentaremos o possível. 3) Serafim. Resposta: Ainda corre perigo por ser local de difícil cicatrização. Pergunta: Recomenda algo? Resposta: Dieta alimentar, evitar frutas que contenham ácidos e cica, como a banana por exemplo. O mamão é aconselhável. Verduras devem ser moles e bem amassadas. Ele não pode desanimar e continuar aplicações. 5) Marina M. da Luz. Resposta: Será beneficiada em tudo por nós. Vibrações por ela. 6) Vítor. Pergunta: Problema respiratório é sinusite com fundo alérgico? Resposta: É alergia, sem sinusite. Pergunta: Tem cura? Como? Resposta: Sim. Deve massagear o local que ajudará o funcionamento da mucosa nasal. A causa alérgica deveremos saber breve. Pergunta: Devo parar de usar remédio? Resposta: Diminua para devolver a mucosa a lubrificação natural. Pergunta: E sobre meu pulmão esquerdo? Resposta: Normal e bom. Após vibrar para todos os locais pedidos e fluir a água deixada numa jarra, despediu-se com essas palavras: “Hoje despeço-me de todos vocês com muito amor e bons augúrios a todos vocês. Que a paz de Deus fique com todos. Boa Noite. Obs.: O Venusiano Ulisses Tumingo informou ser necessário sempre o endereço dos irmãos que precisarem de socorro médico e/ou espiritual. Resumo da Sessão do copo realizada em 11.10.77, presentes eu (Vítor), Vicência, Luiz Carlos e Toninho. Seguindo o roteiro estabelecido por Samuell Sallas, fizemos o “Pai Nosso, a oração de Cáritas a prece de Ismael”, lemos um trecho do Evangelho segundo o Espiritismo e, em seguida, rápida ativação dos chacras. Após as primeiras vibrações no copo, recebemos de forma contínua, essa comunicação:

11


“Boa noite. Que a paz de Deus esteja convosco. Sou da Corrente de São Francisco de Assis, Irmã Angélica. Venho por uma deferência especial da misericórdia divina. Gostaria de vir mais vezes. Rogo a Jesus as maiores bênçãos para os seus trabalhadores. Nesta Seara as lutas serão muitas, mas persevere. Terão ocasiões que serão tentados a desistir mas vão em frente. Cada um terá sua preocupação e vários problemas, não desanimem. Serão postos à prova porque muitos serão chamados, mas poucos os escolhidos. Aqueles que amam a Jesus e são dele continuarão, porque ouvirão a sua voz. As ovelhas seguirão ao seu chamado. Quando as provações vierem, chamem por Jesus, que só ele poderá dar a força necessária. Ele disse: “Só eu conheço minhas ovelhas e as ouvirei as suas vozes. Mas ele virá a procura daquelas que são de outro aprisco. Todos nós, seus amigos do Espaço, estamos orando por vós. Vençam! Lutem pelo bem e o mal será vencido. Não desanimem, porque o Senhor Jesus está convosco. Glória a Deus nas alturas e paz aos homens de boa vontade! Aleluia a Nosso Senhor Jesus! Adeus, até breve. Amo vocês. Fiquem com Jesus”. Após finalizar esta bela comunicação, Irmã Angélica propôs-se a responder algumas perguntas, que seguem: Pergunta: Estivemos ligados em outra encarnação? Resposta: Sim, com todos que estão aqui. Nossos laços foram em tempo remoto. Estivemos juntos na Arena dos Mártires. Juntos recebemos o batismo Cristão e juntos conhecemos Cristo, que já havia sido crucificado. Por ele nós fomos mártires. Pertencemos à família espiritual que sofreu e perseverou na fé cristã e no amor por ele, que por nós deixou-se crucificar. Éramos primos. Voltei à Terra já no ano 1718. Neste tempo vivi 26 anos a vida religiosa, foi na França. Deu para entender? Pergunta: O que quer dizer por “Arena dos Mártires”. Pode citar o ano? Resposta: “A Roma de Nero”. O ano 139. Foi de 122 a 139. Pergunta: Que idade tinha quando deste desencarne? Resposta: 20 anos. Você 32 anos. Os jovens (Luiz e Toninho) com 21 e 20 anos. Antônio com 20 anos. Pergunta: Nesta encarnação Luiz Carlos e Toninho eram Centurião e Tribuno: Resposta: Eles já estavam de volta. Vicência tinha 24 anos, Rosa 17 anos e Vilma 27 anos. Míriam foi bem depois. Era da família, mas não foi pega conosco. Depois foi atraiçoada e foi presa. Cumpriu-se a máxima de Jesus: - Aquele que com ferro fere, com ferro será ferido. Pergunta: Luiz Carlos quer saber se, quando Centurião, praticou o mal contra os Cristãos. Resposta: Todos que participaram, mesmo para cumprir ordem são participes e réu aos olhos da Justiça Divina. É só isso. Devo ir. Espero ter respondido com acerto suas perguntas. Quanto a datas, talvez possa haver algum erro, mas acho que não. Pergunta: Existem outros amigos espirituais, especialmente os da Corrente dos Pacificadores do Espaço, que virão comunicar-se hoje? Resposta: Há, mas a Corrente comunica que hoje eles só vieram para auxiliar a minha comunicação. As vibrações deles vocês estão recebendo. Não se preocupem. Pergunta: Peço-lhe perguntar a eles se há possibilidade para uma sessão no próximo dia14, em São Paulo, à Rua dos Myosotis, 300, casa da nossa irmã Vilma. Resposta: Sim. Pergunta: Todos poderão atuar como médiuns? Resposta: Alguns. Obs.; Fui citando um a um, os seguintes nomes e colocando ao lado a respectiva resposta. Vilma - sim Newton - sim Cida - sim Cristina - sim Regina - não Peninha - sim Cecília - não Junior - sim Ao encerramento pedimos a irmã Angélica que fluísse a água colocada em 2 garrafas, com fluidos de paz, harmonia e medicina. Assim foi feito, enquanto orávamos a prece de São Francisco de Assis. Resumo da Sessão do copo realizada em Mauá, na noite de 13.10.77. Estavam presentes: Vicência, Leila, Toninho, Orlando, Orlandinho e eu. Após o roteiro habitual estabelecido pelo Grupo Samuell Sallas, sentimos as vibrações no copo e, através dele, foi nos dada a seguinte comunicação:

12


“Zíngara Mariesca, Corriente de Los Ciganos. Estamos muy contentes por venir aqui y com Dios quiero paz a todos com amor. Perdon si mi comunicacion es poco nerviosa, es la primeira vez que por la copa haigo eso. Pido muchas desculpas. Desco a ustedes todo bien del mundo. Estamos todos de la corriente de Los ciganos vibrando por ustedes”. Após pedirmos permissão para fazer perguntas, obtivemos a seguinte resposta: “Si tuquieres, puedes hacer”. Orlandinho: Desejo saber notícias de Antonio de Menezes. Resposta: Pronto tendrás su visita para reempezar los trabajos com usted. Leila: Gostaria de saber se tenho linha de Ciganos? Resposta: Si. Nel tiempo cierto vendrá. Es muy temprano para eso. La nina podrá hacer devocion por la corriente para firmacion com ella que es major “pa la nina”. Hermanos zíngaros quierem trabajar por la caridad, bondad, amor, Cristo, todos y juntos por el mundo mejor”. Vicência: Devo fazer obrigação para a Corrente? Resposta: Venimos por incorporacion quando as necessário. No preocupa-se. Estamos nosotros juntos en nuestro puesto, atentos por la primera llamada. Es que no tenis necessidad de incorporacion. Por eso es que no venimos por incorporacion. Pero mi corriente sempre estaba presente. Vitor: Qual o seu parentesco com Morusca? Resposta: Mi avuela. Pergunta: Pode situar no tempo e no espaço as ligações de Vicência e Rosa com a Corrente Zíngara? Resposta: Ano 1679. Romania. Vicência se llamava Esmeralda. Rosa que jué su hija se llamava Luschais (pronuncia-se Lush-kas). Pergunta: E vó Morusca? Resposta: Lo mismo, porque ella era lo que es hoy. Pergunta: Alguém mais dos presentes esteve ligado à vocês? Resposta: Esta nina tambien hacia parte de mi familia. Era mi sobrina y jue hija de mi hermana, que no hace parte dela corriente porque es encarnada en otro país. La nina se llamava Perla. Pergunta: Onde vive a mãe dela, atualmente? Resposta: Áustria Toninho: Estou preparado para desenvolver a vidência? Resposta: Hace poco para desabrochar uma vidência maravilhosa. Palavras de despedida de Mariesca: “Gracias por todo y que las 3 Marias brillen alumbrando sus caminos. Desco que tengam progreso en tus trabajos mediunicos juntos com sus companeros del Grupo Samuell Sallas. Desso buona noche a todos y que la luz de dios estea com todos”. Vítor: Temos outros amigos que querem comunicar-se? Resposta: Si, pero la decision es tuya de continuar o no los trabajos. Em seguida manifestou-se um espírito carente de esclarecimento que, através do copo, disse: “Quero luz. Deus vai ajudar que hoje a luz e a caridade venham para mim. Porque estou aqui? Onde estou? Pergunta: Qual o seu nome? Resposta: José Mesquita Gonçalves Neto. Dizem que morri, mas não creio. Pergunta: Qual era a sua ocupação? Resposta: Operário. Pergunta: De onde? Resposta: Daqui de Mauá. Saí para trabalhar e me perdi. Não acho minha casa. Vim com o homem que está dormindo. Pensei que ele fosse me ajudar, mas ele não me ajudou. Após o esclarecimento dado e antes de retirar, disse: “Obrigado. Meus sofrimentos são grandes, mas Deus é bom. Sei que irei ter caridade e luz. Agradeço por tudo. Deus lhes pague e boa noite”. A seguir, com o copo vibrando, recebemos a seguinte comunicação: “Lições de bondade a todos encarnados e desencarnados presentes foram dados nesta noite. Louvemos a Cristo Jesus. Porisso louvo o meu salvador, mas ainda suplico que nos abençoe nesta Seara, permitindo-nos ajudar aqueles que precisam. Aqui estamos hoje reunidos Corrente de Ciganos, Pretos-Velhos, Caboclos, Crianças, Pacificadores, Médicos e muitos amigos do Espaço, para saudar nossa irmã que volta ao lar e vitoriosa de sua moléstia. Logo terá boa saúde. Meu nome é Tupinambá. Perguntamos a Tupinambá se haveria possibilidade de contato com as Correntes dos Médicos ou dos Pacificadores, pois necessitávamos de algumas consultas médicas. Essa Entidade respondeu: “Virá a dos Pacificadores, que já estão mais acostumados”. Compareceu Mirsjargill. Perguntei sua opinião sobre a nova prancha.

13


Resposta: Estou satisfeito de usar esta prancha. Acho que o meio atual está bom. É melhor correr o copo fora dos números. O problema é do copo que vai desgastando. Convém fazer troca periódica. Seria melhor um copo de cristal. Pergunta: Há necessidade de se usar um copo com água e açúcar sob a mesa? Porque? Resposta: Serve como catalisador. Pode deixar em um canto qualquer do ambiente. Pergunta: E o uso da vela acesa e o copo com água ao lado também é necessário? Resposta: Sim. Pergunta: Ouviste o meu chamado naquela noite. “Respondestes”. Resposta: Sim, ouvi. Você teve intuição minha. Recebeu? Acho que recebi, porém concordamos que será necessário melhor treinamento da minha mente. Passamos às consultas: Estado de saúde atual de: Orlandinho: Deve tratar dos rins e bexiga. Deve tratar da infecção do ouvido por médico competente. Procure clínica geral. Faremos hoje vibração para ouvido. Leila: Sistema nervoso um pouco descontrolado. Deve evitar bebida, cigarro e pensamento negativo. Deixar de temor. Ela tem medo de perder a mãe. Isto lhe prejudica. Sua dor estomacal é dos nervos. Deve tomar um chá caseiro, como calmante. Para as manchas use pomada a base de enxofre. Tem inflamação na Trompa direita. Faça banho quente e pés dilúvio ou bolsa quente sobre o local. Vicência: Problema na coluna, com dores nevrálgicas. Não é grave. Analgésico ajudará. Antes de ir embora pediu que nos abstivéssemos de comentar sua origem com estranhos e prometeu estudar certos detalhes e datas que me pareceu em desacordo com determinados fatos. Disse que Ulisses Tumingo era nosso tio e quando do seu desencarne nós éramos pequenos. Tumingo esteve encarnado na Terra na Índia, onde desencarnou em 1241 DC. Sobre certa vidência do Toninho (luz e coração) disse: “Vidência de visita espiritual familiar de Samuell Sallas”. Confirmou para breve a vinda de Alexandre. Sobre um comentário feito por mim, respondeu: “Tudo para ele tem que ser certo”. Fluiu a água e retirou-se. Resumo da Sessão do copo realizada na noite de 03.11.77, com as presenças de Vicência, Gilson e Vítor. Após as orações costumeiras (Pai Nosso e Cáritas), leitura de um trecho do Evangelho segundo o Espiritismo e ativação dos chacras, rogamos a Deus e a Jesus permissão para comunicarmo-nos com Espíritos Iluminados, bem como o amparo e proteção dos nossos Anjos-Guardiães. Atuação no copo: Vicência e Gilson. Anotação: Vítor. Íntegra da mensagem recebida (1ª parte). “Paz! Boa noite”. Irmão Anastácio Que o Divino Mestre ilumine o trabalho desta noite. Faço votos de que os frutos colhidos sejam proveitosos para todos. Tomamos conhecimento do que aconteceu ontem à noite. Isto é normal onde a vigilância não é total. Irmãos menos avisados deixam-se levar pela empolgação. Isto é para encarnados e desencarnados. Entidades há que gostam de se fazerem passar por aqueles a quem admiram. Não são maus, mas levianos. Os médiuns devem ser esclarecidos sobre essas Entidades, pois eles são como certos pássaros falantes. Não pensam, apenas usam as cordas vocais do médium. Como disse, o médium deve estar vigilante. Lembrai o que disse o Mestre Jesus: “Vigiai e Orai”, que assim o mal não vos tocará. Devo esclarecer que o próprio irmão Samuell Sallas estava presente vibrando por aquele irmão, assim como todos da Corrente. Ele não podia enxergar as Entidades presentes, porisso ainda falou. Só depois que o Pai Onofre incorporou e vibrou para a mesma sintonia que ele estava, pode ver o Preto Velho e sentiu remorso pelo feito. Como disse, caros irmãos, ele não é mau, apenas leviano. Queria brincar. Diga, por favor, ao irmão Maresca que está tudo sob controle. Deixamos que aconteça para aproveitamento de todos. Aprender a conhecer a qualidade do Espírito manifestante é dever de todos dirigentes do Grupo. Ao identificar a qualidade ou a natureza do mesmo, procurem agir com calma, dando toda vibração de Amor e Paz para ambos. Diga a Maresca que ao lado dele havia ontem, além da Corrente neutralizadora do pseudo passe dado pela Entidade sofredora, vibrações muito fortes de Amor Crístico para ele. Graças a Deus, tudo está bem. Não foi atingido em nada. Seu campo magnético está ótimo. Sob minha responsabilidade vão ficar as tarefas do Umbral, certo?

14


(Confirmamos a sua indicação como Mentor dos trabalhos de vibração para o Astral inferior, inserida no Regimento Interno Oculto e rogamos sua aceitação). Sua mensagem ( 2ª parte). “Peço ao Divino Mestre toda ajuda e a colaboração de todos meus amados irmãos em Jesus Cristo para o sucesso desta missão. Sou grato pela confiança em nós depositada. Faremos trabalho Socorrista e trato de emergência. Outros irmãos encarregar-se-ão depois dos socorridos”. (Solicitamos ao Irmão Anastácio que estabelecesse a diretriz a ser seguida nos trabalhos sob sua responsabilidade). Sua mensagem (3ª parte). “Em primeiro lugar devemos realizar este trabalho uma vez por mês e, neste dia, que deve ser marcado pelo calendário, digamos a última Sexta-feira de cada mês, os médiuns desenvolvidos, assim como aqueles que estão em desenvolvimento, devem abster-se de carne e qualquer alimentação pesada e também contato sexual, para melhor aproveitamento de todos. Mentes e corpos limpos, vibrando em harmonia com todo o Universo. Orações costumeiras e lições evangélicas, conscientização de todos sobre a qualidade e seriedade dos trabalhos que irão desempenhar e assim esperamos atingir nosso objetivo. Eu aceito sugestões sobre o assunto. Afinal somos todos servidores da mesma Seara”. (Solicitamos orientação sobre o posicionamento dos participantes) sua resposta (4ª parte) “Videntes devem ficar atrás. Em frente a eles os não desenvolvidos. Na frente os desenvolvidos e no centro o Irmão Maresca. Será em circulo, deixando uma pequena abertura ao lado direito de quem ficar na ponta. Todos tocarão com as mãos direitas o ombro daquele que estiver a sua frente. Deverá ser curta a distância entre um e outro e o tempo vibratório não deve alongar-se muito. Deve ser uns 3 (três) minutos. Este tipo de trabalho consome muita energia e queremos todos com saúde. Todos devem ficar de pé. Outro detalhe: não façam com poucas pessoas. No mínimo 8 (oito) mas até 5 (cinco) ainda é possível. Não tenha assistência. Isso atrapalha, façam só com o Grupo. Mulher menstruada não poderá participar”. (Perguntado se concordava com o disposto no item “a” do Artigo 5, Capítulo IV “DAS DISPOSIÇÕES OCULTAS” do Regimento Interno Oculto que diz: “A prece de Francisco de Assis deve ser dita no início dos trabalhos de vibração para o Astral Inferior e Desobsessão”, o Irmão Anastácio respondeu que SIM). (Perguntado se tinha algo a acrescentar, respondeu: (5ª parte). “Não tenho. Apenas grato ao Todo Poderoso permitir nossa comunicação. Pai Santo derramai sobre teus filhos que ainda no Planeta Terra encontram-se tão sós e esquecidos da tua misericórdia e que são teus filhos. Rogamos a ti, senhor, tem compaixão e ajuda-os em sua evolução na caminhada terrena para que cheguem a Ti. Senhor, perdoa suas fraquezas, ampara-os nas lutas e conflitos, vestígios ainda de encarnações passadas. Ilumina, Senhor Jesus, as mentes cansadas e sofridas. Abençoa aqueles que por estarem presos a laços terrenos, caminham juntos em desamor. Abençoa-os com forças renovadoras e abnegações. Olha, Senhor, pelos frutos destas uniões. Dá a eles a oportunidade de um lar onde haja Deus. Quero bondade e harmonia e a fonte principal: o Amor!”. Perguntamos se invocando a presença do Lázaro para receber suas determinações com respeito a parte de Umbanda, conseguiríamos nosso intento, o Irmão Anastácio respondeu: “de um enviado dele”. (Pedimos ao Irmão Anastácio que, se possível fosse, consultasse o Irmão Alexandre da possibilidade de uma psicometria do Irmão Rainho e família e ele respondeu: “Alexandre hoje está ausente. Estamos trabalhando em etapas. Quando vem Alexandre, Mirsjargill fica. Quando não vem, eu venho e assim chegamos até nosso irmão Vítor”). (Perguntamos se em outra oportunidade poderíamos obter uma biografia, por menor que fosse, do Mentor Samuell Sallas e obtivemos a seguinte resposta: “Ele decidirá. Por ora devo retirar-me. Desejo boa noite e feliz dia de amanhã para todos. Boa noite, até breve. Fiquem na paz de Jesus. Adeus, queridos irmãos”). Resumo da Sessão do copo realizada na noite de 17.11.77, com as presenças de Vicência, Rubinho, Gilson e Vítor. Após as preces do roteiro estabelecido (Pai Nosso e Cáritas), leitura de um trecho do Evangelho segundo o Espiritismo e ativação dos chacras, rogamos a Deus e a Jesus permissão para comunicar-nos com Espíritos Iluminados, bem como o amparo e proteção dos nossos Anjos-Guardiães. Atuação no copo: Vicência, Gilson e Rubinho – Anotação: Vítor. Espírito manifestante: Irmão Venâncio (Corrente de São Lázaro). 1ª Manifestação: “Paz convosco! Irmão Venâncio, corrente de São Lázaro”. Obs.: Por estar o Grupo aguardando a manifestação de um irmão desta corrente para estabelecer as diretrizes dos trabalhos práticos de Umbanda e Quimbanda, alegramo-nos com essa visita e recebemos a seguinte mensagem: “Umbanda é a força branca que nas escalas da evolução redime e salva irmãos encarnados e desencarnados. Seus trabalhadores devem despir-se de toda vaidade, Ter sempre em mente que é um instrumento escolhido

15


para os mais rudes serviços. Não devem reclamar quando forem chamados para alívio dos que sofrem, mesmo tratando-se de entidades malévolas ou mesmo os que se conhecem por Exús. A Umbanda faz os trabalhos mais rudes, mas essa é a sua função no campo espiritual. Ela possui correntes designadas para atuarem como vigilantes das Correntes opostas ao Bem. Cada qual no seu campo responderá por seu trabalho. Nossa bandeira é branca e nosso lema é “fora da caridade não há salvação!”... São Lázaro dirige sob o comando de Jesus. Desmanchar trabalhos que são feitos é um dos mais solicitados. Isto porque há falta de amor entre nossos irmãos encarnados e desencarnados. Ainda é grande a bondade mas muitos não a conhecem e usam pobres irmãos desencarnados para suas vinganças e antagonismos pessoais e, por isto, a Divina Providência organizou os voluntários da Umbanda para esses trabalhos. Geralmente seus trabalhadores são livres, vieram por vontade própria. São irmãos abnegados que aqui vêm e já escolheram seus porta-vozes que, como já disse, devem despir-se de toda vaidade, orgulho e preconceitos para que a boa vontade dos mensageiros não seja em vão. Disse o Divino Mestre: “Não dêem pérolas aos porcos”. De nada adianta a boa vontade daqui, se não há boa vontade na Terra. Aros irmãos, peço que digam se estou sendo claro e se entenderam”. Respondendo que tudo estava muito claro e pedimos licença para formular algumas perguntas, o que nos foi concedido. Pergunta: O que diz o Irmão Venâncio sobre a necessidade do álcool e do fumo nos trabalhos práticos da Umbanda? Resposta: “Não vemos necessidade para isso. Alguns dos trabalhadores deste campo ainda o fazem devido ao pouco treino dos seus aparelhos mediúnicos. Por falta de conhecimento, acham que devem dar continuidade aos vícios da matéria. Aquele que aceita isto não pode ser da mesma organização criada para lutar pelo bem. São os que nós chamamos “atravessadores” das Correntes. Esses elementos vivem na Crosta Terrestre e ainda trazem consigo os vícios da matéria. Usam irmãos que deveriam ser trabalhadores da Seara, mas também são apegados à matéria e eles disso aproveitam para usufruírem velhos hábitos”. Pergunta: Há necessidade do uso de atabaque? Resposta: Para que, se a chave de tudo é a prece fervorosa, o recolhimento necessário e a vontade de servir? O atabaque é uma forma primitiva de amortecer os nervos e acalmar as mentes inflamadas pelo turbilhão da vida. Pergunta: Quais os objetos mágicos necessários nos trabalhos práticos? Resposta: “Perguntamos nós, que objetos mágicos usou nosso Salvador? O Senhor nosso Deus fez e faz sempre tudo simples, belo e maravilhoso, mas o homem complica tudo. Nada é mais necessário do que o amor a Deus e a Jesus e aos nossos semelhantes. O que ele nos legou em seus ensinamentos “amai ao próximo como a vós mesmos”, resumindo toda lei nestas poucas palavras. Creio ter respondido vossa pergunta”. Pergunta: Devemos entender que oferendas de comida também são desnecessárias? Resposta: “Uma vez que dissemos não precisamos mais, não há necessidade. Isto é mais para os “quiumbas”, quimbandeiros que são entidades que estão na crosta e mesmo na Terra. Esses sim, gostam e aqueles que lidam com essas Falanges assim devem fazer para que não sejam vítimas destas Entidades maléficas e perigosas”. Pergunta: Podemos usar música suave, de vibração, nos trabalhos? Resposta: Sim. Música que eleve as vibrações, pois é esta a grande defesa das linhas de Umbanda. Em muito ajudam na firmeza dos trabalhos. Pergunta: O que diz sobre os “pontos de umbanda” cantados? Resposta: Há pontos maravilhosos que contém grande força de atração para determinadas falanges. Os irmãos podem escolher aqueles que mais se harmonizem convosco. Pergunta: E sobre os “pontos riscados” pelas Entidades? Resposta: Sim. Devem deixar seus pontos riscados para segurança dos trabalhos e para impedirem a entrada dos "atravessadores”. Todos os médiuns devem procurar conhecer o ponto de seus protetores (de um basta) e riscar antes do início da reunião, deixando ali sua prece e uma vela para afirmação com um copo de água”. Pergunta: Pode-se usar somente um copo de água para todos os médiuns? Resposta: Podem fazer em conjunto em lugar escolhido para a vela. Só o ponto deve ser feito perto de médium, onde ele for ficar para trabalhar. Acho que por ora não convém entrar em estudos sobre quimbanda. A defesa cabe a nós e o conhecimento há. Nem todos devem Ter esse conhecimento, por ser a quimbanda uma lança de dois gumes. Ainda precisam burilar-se bastante. Como existe o livre arbítrio, a criatura poderá escolher entre o Bem e o Mal. E infelizmente ainda prevalece o Mal do que o Bem. Acho que por isso os esclarecimentos sobre a quimbanda deveremos deixar para mais adiante. Por enquanto não há quimbandeiros no Grupo. A defesa cabe a nós e conhecimento será dado apenas a alguns numa próxima vez. Ainda estamos

16


verificando o comportamento dos irmãos. Nós não podemos dar conhecimento àqueles que mais tarde poderão usar os mesmos para prejudicar o próximo. Os amados irmãos concordam conosco? Pergunta: O Irmão Venâncio conhece todo o Grupo? Caso positivo, poderia indicar o dirigente para os trabalhos práticos de Umbanda? Resposta: Achamos que os queridos irmãos devem levar essa direção a todos por breve espaço de tempo, digamos de dois a três meses cada um, devendo ser observado o mais absoluto respeito aos trabalhos espirituais e também o mais perfeito entendimento entre os Irmãos, apesar de que os trabalhos são feitos pelas Falanges, os instrumentos serão os médiuns. Deve existir Paz, Harmonia e Confiança mútua entre os membros e disciplina nos trabalhos. Devem dividir tudo, inclusive cargo de direção e dividir os trabalhos mediúnicos”. Pergunta: Podemos contar como certa a proteção dessa Corrente em nossos trabalhos? Resposta: “Nossa Corrente tem entre vós verdadeiros missionários e médiuns que pertencem a essa Falange. São filhos de Lázaro”. Pergunta: Por notarmos certo enfraquecimento do Grupo, poderia o irmão Venâncio enviar algumas palavras, mesmo que sejam ásperas e de alerta, aos membros do Grupo? Resposta: “Filhinhos, quando o Grupo ressurgiu, digo ressurgiu porque ele já existiu, as Entidades que hoje nele labutam já estiveram juntos a vós nas roupagens mais diversas e por isso ainda vos acompanham, mesmo estando longe do planeta Terra. Por isto peço aos meus amados que não vacilem e nem criem polêmicas, antes busquem o bom entendimento com todos para que não falhem mais uma vez. Já estamos bem perto de alcançar o nosso objetivo, que é a evolução de cada um,. Aconselhamos que sejam brandos uns com os outros. Tenham em mente que a Umbanda é maravilhosa, que suas lutas são justas, suas lições são de amor e caridade. A moeda não entra em seus propósitos. Apenas servir e fazer valer que os preceitos ensinados por Jesus não foram esquecidos; antes, estão bem vivos dentro de nós. Acho que não tenho mais nada a dizer”. Pergunta: Sobre os “Kama-rajas”, que pode dizer? Resposta: São os “atravessadores”. Pergunta: Esses espíritos já encarnaram? Resposta: Claro que tiveram suas encarnações. Se assim não fosse, eles seriam bons e não maus. Estas entidades são classificadas como hipócritas. São as mais difíceis de se lidarem por sua hipocrisia. Enganam a todos, principalmente a médiuns menos avisados. Eles usam o nome de Deus, aparentando a mais perfeita devoção e respeito, quando na verdade nem o conhecem, apesar de terem sido criados por ele não o reconhecem. Essas Falanges são numerosas e precisamos estar sempre alertas e com conhecimento e bastante atenção e também leitura do Evangelho. Eles por si só se afastarão. Entendido?”. Pergunta: Caso surjam novas perguntas sobre os trabalhos práticos de Umbanda, poderemos contar com sua ajuda nas respostas às mesmas? Resposta: Se houver necessidade o Irmão poderá chamar-me em outra reunião. Estamos a postos e para orientá-los naquilo que for permitido. Pergunta: Poderia o Irmão Venâncio dar-nos orientação sobre as reuniões das quartas-feiras, quando buscamos o estudo? Resposta: Sugiro a escolha de um tema ou determinado trecho de algum dos livros que vos interesse e cada um dos irmãos diga o que entende e o que não entende e, em conjunto, opinarão. Cada um dará a sua interpretação e aquele que mais se aproximar da verdade eles sentirão. Escolhido o trecho, todos lerão e, por certo, haverá mais interesse pelo estudo e aquele que mais souber, dará aos outros o conhecimento. Pergunta: É possível que já tenha havido penetração e influência desses “atravessadores” nessas reuniões? Resposta: Claro que eles estão tentando isto. Para eles é motivo de aposta. Lembro aos meus queridos irmãos o que houve com “Jó”. Obs.: Pedimos ao Irmão Venâncio a fluidificação da água colocada em várias garrafas, que serviria tanto para os males físicos, quando os do espírito. Cremos que a medida que a fluidificava, dizia esta prece aqui anotada: “Louvamos o nome de Jesus, rogamos dele sua caridade e misericórdia para com todos os enfermos da matéria e do espírito. Que a paz penetre em vossos corações e a sua bondade infinita seja para todos vós agora e sempre amém”. Vibramos por vós. A corrente de Samuell Sallas que aqui se encontra e os Pretos-Velhos enviam a todos a mais completa vibração de amor e harmonia para todos. Agora elevamos nosso pensamento ao Todo Poderoso, pedindo por todos vós e pela fluidificação da água. Resumo da Sessão do copo realizada na noite de 22.11.77, estando presentes Vicência, Gilson, Lima, Rubinho e Vítor. Após as preces costumeiras, ativação dos chacras e leitura do Evangelho segundo o Espiritismo,

17


fizemos uma vibração especial para Newton de Oliveira Lima Jr., em São Paulo, conforme orientação da Irmã Maria Clara, da Corrente de Samuell Sallas, que incorporou na Vicência, ao início dos nossos trabalhos. Espírito comunicante: Irmão Venâncio 1ª Comunicação: Paz convosco. Que Jesus vos abençoe. Estamos juntos mais uma vez. Esperamos que nossas respostas sejam satisfatórias. Aguardo vossas perguntas. Obs.: Agradecemos a vinda do Irmão Venâncio e informamos que as perguntas eram de responsabilidade do irmão Lima, médium umbandista e interessado em esclarecimentos. “Que seja bem-vindo nosso irmão Lima”, respondeu o Irmão Venâncio. Pergunta: Irmão Venâncio, desejamos saber se o nosso local de reuniões deverá ser consagrado à Corrente astral de Umbanda, como fazê-lo e quando. Resposta: Como já disse, não devemos sobrecarregar os irmãos, tanto encarnados como desencarnados e porisso a forma sugerida é que se consagre em nome de Oxalá, que é o mesmo Jesus. Ele dirige todos os trabalhos espirituais e as Falanges são governadas por ele. E assim sendo escolhamos o responsável, a Entidade que mais confiança os irmão depositarem. Obs.: Solicitamos ao Irmão Venâncio que escolhesse o dirigente espiritual. Eis sua resposta: “Filhos, para nós todas as Entidades são capazes, mas para ser escolhido terá de ser por vós. Façam como Jesus e os Apóstolos, quando escolheram Mateus. Eles fizeram por votação e simpatia. Para trabalhos mediúnicos da Umbanda é bom que os médiuns próprios dessa linha possam estar todos juntos como base para que os trabalhos possam ter o sucesso esperado e o propósito a que todos juntaram-se seja abençoado. Quanto ao dia, pode ser como disse. Todos deverão estar juntos, pelo menos a maioria. Pergunta: Poderá ser feito o uso de guias cabalísticos ou comuns, por parte dos médiuns à pedido ou de acordo com suas Entidades Protetoras? Resposta: Para aqueles que se sentem seguros não. Os demais podem e devem. A firmeza dos trabalhos depende muito da segurança dos médiuns. Pergunta: Serão utilizados os chamados “Amacys” ou lavagens da cabeça, para a confirmação de Entidades e suas respectivas linhas, no desenvolvimento dos médiuns? Resposta: Amancis são elos de ligação com as Entidades que manifestam-se pela primeira vez. Serve para fortalecer o chacra coronário dos médiuns. Para aqueles que nunca fizeram será necessário. Obs.: Perguntamos a quem caberia fazer o amanci e recebemos esta resposta: “A Entidade escolhida para comandar os trabalhos, será aquele que na ocasião estiver no comando. Porque devem lembrar-se do que disse, que haveria um tempo para cada médium e, consequentemente, os mentores dos mesmos. Pergunta: Haverá trabalhos de Umbanda feitos nas matas, praias ou cachoeiras? Resposta: Todas as Entidades que lutam por evoluir gostam desses trabalhos, porisso cabe aos médiuns ajudálos. À medida que forem evoluindo não mais pedirão este sacrifício. Pergunta: Desejamos saber como, e se serão utilizados em nossos trabalhos os chamados Exus? E o que pode nos dizer sobre o uso do álcool pelos mesmos? Resposta: Doutrinai seus médiuns e não haverá Exús que usem a bebida através de médiuns. Para Exús há lugar onde entregar seus presentes. Dentro do terreiro deverá existir um canto para eles fora da casa. Servirá para todos. O irmão sabe que só serão oferecidos a bebida e charuto que serão ali depositados. Mais tarde, no final dos trabalhos, serão despachados por cada médium que ali fez sua oferta. Devo avisar, não façam ofertas de sangue, incluindo matança. Pergunta: A casa deve ser feita em nome de qual Exú? Resposta: Dos Exús maiores, são o do fogo e o do ar. Entregue a eles, estará em boas mãos, já que eles são duas forças da natureza. As ofertas serão para cada Exú e a licença destes que mencionei. Assentamento de Exú é pedra viva. É a pedra que o irmão coloca a mão e a sente quente. Ela é geralmente escura. Quem trabalha em pedreira conhece pedra viva. É esse o assentamento para Eu. Deverá ficar dentro da casa que fizeram para eles. Pergunta: Haverá em nosso local de trabalho um altar ou “congá”? Como deverá ser feito. Resposta: De forma simples porque não é necessário muitas imagens. Deverá ser singelo, apenas uma toalha branca, algumas flores brancas e o símbolo do Grupo colocado em lugar mais alto, mas no centro do altar. Deverá ficar para o Nascente. A casa de Lázaro deverá ficar fora do altar, coberta por cortina indevassável. As velas sobre o altar devem ser de sete dias e deve haver uma distância para que os filhos façam suas reverências. Além do símbolo deve haver uma cruz. A luz para Lázaro pode ser lamparina, porque para Lázaro é tudo separado. Pergunta: Haverá dias específicos para os trabalhos de Umbanda? Quais serão?

18


Resposta: Como já disse, quando estiverem todos juntos. Dias específicos não é necessário porque dia de caridade ainda não existe no calendário. Para nós é todos os dias. Meus amados filhos não pensem que Jesus não está acompanhando os vossos esforços. Ele está e o trabalho virá até os caros filhos. É portanto não se preocupem com dias ou horas, tudo virá a seu tempo. Pergunta: (do irmão Silva Filho) as obras de Walter Wilson da Matta e Silva são boas para servir como guia, ou seja, para estudar? Resposta: Filhos, é louvável estudar, mais melhor orientador de que seus Mentores? Pergunta: O Gilberto, irmão do Gilson, veio à última reunião, sentiu-se bem, porém a esposa dele disse que ele tinha voltado “carregado” e que ela, inclusive, passara mal. Gostaríamos de saber se ela não quer que ele vá por algum motivo, se ela nestes momentos sofre influência negativa que ela põe na cabeça? Resposta: É possível que ele estivesse carregado por forças negativas. Ele necessita de mais trabalho espiritual e assistir a mais reuniões para limpeza de sua aura. Na reunião que ele assistiu levou carga negativa para casa. Ali havia necessidade de preleção para a Entidade que se dizia o dono da casa. Ele acha que ainda é encarnado e não gosta de visita e durante a reunião ele procurou perturbar os trabalhos mas não conseguiu nada,. Ele foi levado para a vida espiritual para receber conhecimento e amparo, mas seu irmão recebeu uma carga por despreparo espiritual naquela noite. Quanto à sua cunhada, ela tem mediunidade e sente as vibrações quando são boas ou más”. Pergunta: O Gilson pode comentar sua resposta com o Gilberto? A mediunidade dele é de incorporação? Resposta: Acho que a verdade deve ser sempre dita, embora às vezes as criaturas não gostem, mas depois chegam à conclusão que é melhor saber para poder fazer algo por si próprio. Sua mediunidade é de incorporação. Pergunta: Qual é a mediunidade do Rubinho? Resposta: Incorporação e força para vibração. Cautela nos pensamentos pois a força vibratória pode ser usada para o bem e o mal. Pergunta: Gostaríamos de saber se a vibração feita no início do trabalho alcançou o sucesso desejado (vibração para São Paulo)? Resposta: “A corrente esteve lá e vossas vibrações atingiram o alvo, com a graça de Deus. A irmã Maria Clara está lá com eles e ficará o tempo preciso. Pergunta: O irmão Lima gostaria de saber se é filho de Abaluaê? Resposta: Sim as sete linhas estão prontas para trabalhar. Sua mãe é Oxum. Pergunta: A irmã Rosa gostaria de saber se é médium de incorporação, e o que pode o irmão Venâncio dizer da afirmativa feita pelo irmão Maresca sobre a mediunidade dela? Resposta: Sim é médium. Sobre o irmão Maresca, ele falou porque sentiu que a irmã é muito firme nas suas convicções religiosas e fez isso para levantar seu brio e, sendo assim, ela irá procurar por si própria e será mais crente. O dono de sua cabeça é Xangô Inhançã, mas por tempo de seis meses. Depois volta Oxum. Pergunta: Rubinho gostaria de saber se é médium de Umbanda ou Mesa Branca? Resposta: Umbanda, donos de cabeça: Ogum e Inhançã. Obs: Respondendo a pergunta, disse o irmão Venâncio, nem o Gilson nem o Vítor são médiuns de incorporação. Pedimos ao irmão Venâncio que fluidificasse a água colocadas nas garrafas e agradecemos a ele por sua presença e boa vontade, bem como a Deus e a Jesus por permitirem tal maravilhosa comunicação. Resumo da Sessão do copo, realizadas em 13. 12. 77, Com as presenças de Vicência, Gilson, Vítor e Rosa. Após as preces do roteiro estabelecido ( Pai Nosso e Cáritas) , leitura de um trecho do Evangelho segundo o Espiritismo e ativação dos Chacras, rogamos a Deus e a Jesus permissão para comunicar- nos com espíritos iluminados, bem como o amparo e proteção dados nosso Anjos Guardiães. Atuação no copo: Vivência e Gilson Anotação: Vítor Assistindo: Rosa Espíritos Comunicantes: 1) Irmão Dimas e 2) Irmão Venâncio 1ª Comunicação: Paz de Jesus. Sou um amigo. Venho para que, aguardem nosso irmão Venâncio. Já ele chega. Sou da corrente de Lázaro. Estamos visitando os irmãos nesta noite. Meu nome é Dimas e meu trabalho é na zona de recuperação espiritual. Atendemos os irmãos chegados do planeta Terra. Nossa corrente está a disposição para auxílio do grupo.

19


Obs: Pedimos ao irmão Dimas que, com sua Corrente visitasse o irmão Serafim Batista, residente em Santos foi (dado o endereço) e recebemos esta resposta: “Iremos assim que o Irmão Venâncio tome conta”. Comunicação do Irmão Venâncio: Paz em Jesus Cristo. Com todos vocês, vamos trabalhar sempre juntos. Obs.: Agradecemos ao Irmão Dimas e Corrente e ao Irmão Venâncio solicitamos e obtivemos permissão para as perguntas da noite. PERGUNTAS FORMULADAS PELO IRMÃO LIMA Pergunta: Em virtude dos trabalhos de Umbanda serem realizados sob a orientação do irmão Venâncio, e sendo a Umbanda encarada por muitos como uma religião, gostaríamos de saber como devem ser feitos os rituais de abertura e encerramento dos mesmos. Resposta: Já lhes disse, com preces e firmeza de pensamento. Dentro da maior simplicidade, sem rituais, pois na verdade o ritual existe como forma de atração e chamariz aos que procuram os terreiros para passatempo, sem fé, sem amor e respeito às Entidades que vêm trabalhar em nome de Jesus. Preces e Cânticos são aconselhados por elevarem a vibração e sintonia com as Falanges do Bem. Pergunta: Irmão Venâncio, que orientação deverá seguir o médium dirigente dos trabalhos, no aso da necessidade de realização de trabalhos especiais de Umbanda? Resposta: Todo trabalho em si é especial, portanto não entendo a pergunta. Obs.: Enquanto procurávamos compreender e explicar esta pergunta, o Irmão Venâncio voltou a manifestar-se assim: “Filhos, trabalho especial que o Irmão Lima pergunta é sobre desmanchar malefícios provocados pela Entidades malévolas. Quando isto acontecer, a primeira ação é confiar absolutamente na Corrente e em seus protetores. Eles são aptos a este tipo de trabalho, sabem como fazer”. Pergunta: Haverá possibilidade do irmão Venâncio em alguma ocasião se manifestar através de algum médium para dirigir os trabalhos de Umbanda? Se for possível, poderia indicar o médium? Resposta: Posso comunicar-me, mas declarar o médium não. Haverá oportunidade para que isto me seja permitido. Na ocasião, aquele que mais harmonizar-se comigo, me cederá seu campo de trabalho. Pergunta: Estaremos em condições de em futuro próximo trabalharmos com a chamada linha do Oriente, e o que se fará necessário? Resposta: Perseverança, estudo e completa vontade de servir. Devem ir sem pressa, porque o Senhor da Seara sabe quando enviar os seus trabalhadores. Pergunta: Haverá reuniões exclusivas para desenvolvimento de médiuns? Como deveremos proceder? Resposta: É necessário e, o procedimento é aulas sobre o comportamento dos médiuns. Conscientizá-los de seus deveres e responsabilidades perante o Senhor Jesus, que espera muito de seus filhos. Fazer chamada das Entidades através de mesa branca, chamando mentalmente, através de preces e mentalização, corrente desse irmão Dimas, está pronta para auxiliar neste campo. Obs.: a pergunta de nº 6, foi formulada para completar a de nº 5. O Irmão Dimas concordaria em ser o mentor espiritual desse tipo de trabalho? Resposta: Sim. Pergunta: O Irmão Venâncio nos aconselha o banho de ervas antes das reuniões? Resposta: A natureza possui forças que o homem ainda desconhece. O banho é bom, atrai para aqueles que já estão desenvolvidos, forças magnéticas e é ótimo repelente para kamarajas. Sabemos que cada erva tem seu próprio recurso para esse ou aquele mal. Algumas são bastantes usadas, sem que as pessoas conheçam seu valor. Pitanga (folhas), servem para repelir a força de olho e atrai alegria e paz. Comigo ninguém pode, seu nome já diz tudo. Erva-mate atrai os caboclos nativos desta terra, repele falanges de forças negativas que atraem desarmonia e doenças espirituais. Erva-doce também traz alegria. Arruda, repele mal olhado e avisa quando a pessoa não está bem de saúde. Colocando junto ao corpo por poucos minutos ele murchará e ficará seca, quebrando-se com os dedos e estalando como graveto seco. Folha de café, manga, samambaia, espada de São Jorge, lança de Ogum, Guiné, Alecrim, Alho-roxo, pinhão roxo e espada de Inhaçã, são algumas das mais usadas para este tipo de limpeza. Manjericão, é bom para noivas, como auxílio na realização das bodas. Obs.: Rosa perguntou sobre as propriedades do fumo de rolo e do sal grosso e obtivemos a seguinte resposta: “Fumo de rolo e sal grosso” são repelentes, mas o sal tira força para trabalho de vibração, ele capta todas as vibrações e deixa tudo muito limpo. Vejam pelo mar, quanto benefício faz, mesmo que a pessoa nele não entra, basta que caminhe por perto para sentir-se bem. Pergunta: O Senhor poderia nos dizer qual o tipo de defumação adequada a ser usada nas reuniões normais de Umbanda?

20


Resposta: Incenso puro, sem mistura, porque o que é bom para uns não serve para outros. Benjoim, mirra, alfazema e alecrim, são misturas perigosas. Pergunta: O Irmão Maresca pediu-me para perguntar ao Irmão Venâncio se o irmão SWAMI ADHEBANANDA será o Mentor Espiritual da linha do Oriente. O irmão Maresca gostaria que o irmão confirmasse se possível a mensagem recebida por ele, de que com essa linha trabalhariam três médiuns formando um triângulo, sendo que um ficaria sentado no ponto sul, outro no leste e outro no norte. Segundo a mensagem cada médium trabalharia com materiais próprios como: sais minerais, ervas e metais. Resposta: Sim, isto será estudado ainda pois os médiuns não se encontrarão e um não saberá do outro. Não são médiuns deste Grupo. Apenas Maresca que está sendo observado e tudo indica que ele será escolhido. Vai depender dele. Ele é livre para aceitar ou não. PERGUNTAS FORMULADAS PELO IRMÃO VITOR Pergunta: Irmão Venâncio, buscando ainda mais uma vez sua orientação, perguntamos como devemos compreender uma Entidade manifestante dita esclarecida que, em trabalhos Umbandísticos, solicita e faz uso de tabaco, na forma de charuto, mesmo sendo orientado quanto a não necessidade do uso do mesmo? Resposta: Cabe ao médium reprimir, se ele for inconsciente, o Diretor deverá esclarecer a Entidade. Caso contrário, o próprio médium pode reprimir a vontade do espírito. Pergunta: Será lícito negarmos, quando auxiliando nos trabalhos de Umbanda, o fornecimento de fumo e/ou álcool a Entidade que o(s) venham a solicitar? Resposta: Aja da seguinte forma: foi pedido bebida, fumo e outras coisas que só a matéria faz uso/ dêem o que foi pedido, mas não nas mãos das Entidades. Mostre que atendem o pedido e coloque a oferta no altar. Não deixe que a Entidade toque no que pediu, mostre onde foi colocado, chame a Entidade e diga estas palavras: “Seu pedido está aqui aos pés de Jesus, diante de nosso altar. Faça uso disto na forma espiritual”. Após o fim dos trabalhos o médium que a Entidade manifestar-se deve levar tudo e despachar longe do local da reunião. Assim, o pedido não foi negado e a corrente pode trabalhar sem aquelas vibrações negativas que são emitidas por certas Entidades. O despacho deverá ser feito em água corrente. Pergunta: Em respeito à lei do livre arbítrio, pode acontecer que o Mentor dos trabalhos de Umbanda e as laboriosas correntes auxiliadoras permitam a manifestação de Entidades “atravessadoras” no terreiro? Seguindo este critério, deve o auxiliar clarividente agir da mesma maneira? Seria aconselhável orientarmos o médium após os trabalhos? Como fazê-lo? E o crente, devemos evitar que consulte tal Entidade. Resposta: Vamos por partes: a) Já houve e as Entidades agiram sabiamente. B) os clarividentes devem fazer sigilo durante a comunicação. Depois que findar os trabalhos devem relatar aos irmãos dirigentes e, de forma carinhosa, advertir o médium em questão, alertando-o para os perigos de manifestação dessa natureza. Pergunta: O álcool, o fumo e as comidas muito condimentadas não prejudicam o médium, quando dão passagem à Entidades que bebem, fumam e comem? Resposta: Sim, prejudicam e muito. Todos são humanos, mas não são iguais. Já lhes disse que o que é bom para uns não é bom para outros. Por isso, comidas condimentadas, bebidas e fumo não é para todos que faz bem. Creio que não é bom para ninguém, mesmo estando em perfeita saúde, concordam comigo? Pergunta: Pedra Viva e Pedra Seva são a mesma coisa? Resposta: Não, a Seva cresce e aumenta de tamanho. Mas, ainda não é esta a pedra Viva. Espere que vão conseguir. Obs.: O irmão Venâncio nos disse: “Sobre seu pedido para visitar o irmão necessitado, a Corrente já veio”. Pedimos que ele nos transmitisse as informações pedidas e ele assim informou. “Desanimo e pouca fé”. Mas não vimos gravidade neste caso. Há muita angústia e medo. Tudo vai correr vem, dará certo o tratamento, não deve impressionar-se. Havia neste local, visitado, alguns irmãos sofredores que já foram levados. Espero que esteja satisfeito o pedido. Há pergunta a fazer? Obs.: Agradecemos e pedimos maiores detalhes quanto a certa dor nos pulmões deste nosso irmão, bem como alguma orientação sobre uma ferida na sua mão, de difícil cicatrização. Irmão Venâncio nos disse: “Deve sentir melhoras nesta noite, pois aquelas que eram responsáveis por sua dor já foram retirados pela Corrente do Irmão Dimas. Quanto a ferida, lave com solução de Permanganato de Potássio misturado com água morna, depois de ter sido fervida. Banhar a ferida todas as manhãs com esta solução. Deve fazer a soluçãomãe e diariamente tirar um pouco e misturar água e banhar, secando depois com um pano bem macio e esterilizado. ROSA PEDIU A ORIENTAÇÃO SOBRE O INCHAÇO NAS PERNAS Resposta: “Seu trabalho em pé, força as veias e, como sua circulação é lenta, o sangue se avoluma, torna-se um pouco grosso e daí o inchaço. Deve banhar os pés e as pernas com camomila bem quente, envolvendo os

21


pés e as pernas com toalha seca e macia, fazendo uma massagem suave sobre os mesmos, sempre em sentido para os pés. VICÊNCIA PEDIU ORIENTAÇÃO SOBRE CERTA DOR DE CABEÇA Resposta: “Consulte um oculista. Sua visão está para menos. Vamos aconselhar compressas de chá de camomila frio ou gelo envolvido em um lenço ou toalha sobre as vistas. GILSON PEDIU ORIENTAÇÃO SOBRE CERTA CANSEIRA NAS COSTAS Resposta: “Procure deitar-se, estender bem seu corpo, de forma suave, respirando profundamente, segundo a respiração e mentalmente acompanhe a caminhada do ar. Ao chegar ao local mais sensível, procure soltar o ar vagarosamente e deixe-se ficar estendido por alguns minutos nesta posição. A respiração não deve ser apressada e sim pausada. GILSON PEDE OPINIÃO DO IRMÃO VENÂNCIO SOBRE A SEDE DO GRUPO Resposta: “A opinião de todos nós é a mesma do Pai Onofre. Será que vocês ainda não perceberam que muitos falam mas não agem? A sede por ora está na mente, não saiu dela. Depende muito de coisas materiais e esqueceram do que disse o Divino Mestre: “Pedi e dar-se-vos-á”. Peçam ajuda a outros. Há corações bem formados, que não vacilarão em ajudar. O propósito deste Grupo é maravilhoso. Porisso, usem desta máxima de Jesus. “Pedi e dar-se-vos-á”, “batei e abrir-se-vos-á”. Entendido? Caros filhos, devo lhes deixar, nosso tempo está esgotado e devemos ir adiante. Afinal, temos uma missão a cumprir. Rogo ao Divino Mestre Jesus e a Virgem mãe de Jesus, que derramem sobre vocês as bênçãos prometidas aos trabalhadores da Seara do Senhor. Com nossas vibrações de paz e amor Crístico entre todos vocês, desejamos que fiquem em paz e que a paz de Deus esteja entre todos vocês. Boa noite. Fluidificaremos a água para vocês. Sessão do copo realizada em 29.12.77, presentes Vicência, Gilson, Orlandinho e Vítor. Atuação no copo: Vicência, Gilson e Orlandinho Anotador: Vítor. Após o roteiro estabelecido pelo Grupo Samuell Sallas, recebemos a visita do querido Irmão Venâncio, que assim manifestou-se: “DEUS CONVOSCO ESTEJA! A PAZ SEJA CONVOSCO!”. Com referência a nossos trabalhos do dia 28.12.77 (Umbanda), disse: “Notamos grande melhora na Irmandade, chegando perto da sintonia desejada. Há bastante harmonia, entre os corações: Devagar chegaremos onde pretendemos, que é a paz e vitória em nossos propósitos e vencer nos trabalhos espirituais, que são a paz e o bem geral”. Perguntado sobre o que achava da nossa sede, respondeu: “Todos nós gostamos do local. As vibrações de harmonia ali são ótimas. Vós todos fostes bem inspirados na realização desta casa”. Indagado sobre determinada Entidade de nome Yomaluaê, manifestada nos trabalhos de Umbanda, através do médium Orlandinho, disse: “Corrente Hindu (Lama). Ele foi apóstolo dos Lamas. Vem para a Corrente de vibração. Irá ajudar muito nesta Falange. Breve, poderá usar vossa língua. Ele entende o que se fala mais ainda tem dificuldade para falar como vós. Sua mensagem traduz uma prece louvando o Criador e a Mãe Natureza, pedindo proteção e bênção para todos vós. Saudava a linha espiritual que estava trabalhando”. Após orientação médica ao irmão Gilson, esta Entidade despediu0-se, dizendo: “Deixo a todos vós votos de harmonia, paz, amor e que as bênçãos de Jesus caiam sobre todos vós. Ano Novo, vida nova, prossigam na jornada com amor e a mesma boa vontade que iniciaram nesta caminhada. Fiquem com a paz de Deus. Até outra vez, Boa Noite”. Comunicação com Alexandre Guill, recebida em seqüência dos trabalhos. “Saudações a todos nesta noite de paz e harmonia em vossos corações. Alexandre Guill convosco, para saudar-vos e desejar Feliz Ano Novo a todos. A presença de Alexandre Guill era esperada, visto que fôramos avisados pelo Irmão Venâncio de sua vinda. Solicitamos permissão para fazer as perguntas preparadas por membros do Grupo. Sua resposta: “Sim, aquelas que forem possíveis, responderemos”. PERGUNTAS DE MARIA APARECIDA DE OLIVEIRA LIMA Em que medida as manifestações espirituais obtidas pelo médium, através de Psicografia, vidência ou incorporação, não se confundem e/ou se integram com manifestações de nosso próprio inconsciente individual ou coletivo, como descrito por JUNG? Resposta: É saber separar manifestações, o que é mediúnico do que é feito pela mente. Por favor, formule por etapa a pergunta. Após atendermos sua determinação, Alexandre Guill continuou: “É como vos disse, separar mediunidade de problema mental e reconhecer quando é a própria mente e quando está sendo usada como aparelho mediúnico. Mesmo que a criatura humana use sua mente, como se fora a mente de um desencarnado

22


ela logo cairia em si, pois a diferença é grande e logo perceberia. Então deve tomar a atitude mais correta, pois a mente humana é possuidora de forças que o homem desconhece. Isto ela isolada, imagine em grupo dirigido para um mesmo fim. Pergunta: Em que medida os distúrbios psicológicos interferem e/ou se relacionam com a progressão evolutiva do espírito? Resposta: O que faz evoluir o espírito, não é a condição psicológica, mas sim a boa vontade que o espírito tem em progredir. A boa vontade é de cada um e assim sendo, o progresso depende mais da própria pessoa. Pergunta: Que significado tem esta frase à respeito dos rituais africanos e até mesmo de Umbanda, cujos deuses são pessoais e entram em contato com eles através de um corpo mediunizado “a Entidade Espiritual” colocada nestes rituais se constituem numa projeção de um setor de personalidade do próprio médium? Resposta: Quem disse esta frase não sabe nada sobre o espírito, porque se soubesse não a diria. Ele pensava que a mente recolhia para o subconsciente as imagens que captava. Depois, por problema de saúde, eram jogadas para fora através de palavras e gestos, com formas bruscas e até as vezes violentas. PERGUNTAS DE VILMA RONCI DE OLIVEIRA LIMA Pergunta: Poderia o irmão Alexandre dizer-me se sou médium e qual o tipo de minha mediunidade. Resposta: Sim. Psicógrafa e vidente. Pergunta: O que diz o irmão sobre meu estado geral de saúde? Resposta: É bom. As vezes sente desânimo e cansaço como se carregasse toneladas, mas é devido a cansaço mental. NEWTON DE OLIVEIRA LIMA Pergunta: Poderia o irmão Alexandre dizer se sou médium e qual o tipo de minha mediunidade. Qual o nome do meu protetor e guia espiritual? Resposta: Sim. Incorporação de mesa branca. Vosso mentor espiritual é bem evoluído. É vosso amigo de encarnações passadas. Seu nome é irmão Jaques Lefreve. Ele foi vosso parente em França, onde ambos viveram. Pergunta: Rogo-vos se possível, informações sobre o meu estado geral de saúde, bem como meu filho Júnior e minhas filhas Cida, Cecília, Cristina e Regina. Resposta: Está bem melhor. Procure fazer regime leve, e continue fazendo como vem, que em breve terá toda a sua energia de volta. CIDA: Bem. CECÍLIA: Bem. Deve tomar calmante, pois ela é nervosa. CRISTINA: Pediremos que nosso amigo JAR faça a essa jovem uma visita para uma pequena cirurgia. Mirsjargill poderá fazer isso qualquer dia, basta que a jovem avise quando terminar o seu período menstrual. Então deverá ficar acamada e todos ajudando em preces para fortalecer o ambiente e a Corrente dos nossos operadores da Corrente dos Pacificadores possam agir. O irmão Gilson poderá ser operado junto com a jovem. REGINA: Ela está melhorando. O tratamento médico está ajudando com mais um pouco haverá controle normal da tiróide e timo. A própria natureza é sábia e normalizará este descontrole. Pergunta: Pode o Irmão Alexandre informar-nos sobre as situações no plano espiritual de Benedito de Oliveira Lima (meu pai) e Odacir Silveira, amigo que desencarnou em 12.11.73? Resposta: Pai está em paz, fazendo tratamento devido problemas acumulados nesta encarnação, mas está bem amparado por amigos espirituais, parentes que o precederam na vinda para cá. Quanto ao outro irmão, apesar de crer na vida espiritual, pois seu sofrimento tem sido grande ele precisa de vibrações de amor e perdão para sua libertação. Perguntado se poderia ser mais específico com referência às pessoas mencionadas, disse-nos Alexandre Guill: Seus familiares mais chegados e alguns amigos. Sua companheira sabe a quem me refiro. PERGUNTAS DE VITOR RONCCI Pergunta: Após duas tentativas frustadas de contatar nossos amigos espirituais através do copo, rogo a Alexandre Guill instruções de como agirmos para conseguir sucesso nestes trabalhos, quando ausente nossa irmã Vicência. Resposta: Toda tentativa não foi frustada. Tiveram oportunidade de conversar com Kamarajas e a jogaram fora. A cada um será dado segundo suas obras. Eles precisam de orientação e o que está acontecendo é que ao saberem que são Kamarajas todos ficam contrariados e não emitem amor. Alguns até revoltam-se e quem está perdendo são os próprios irmãos que deixam de travar diálogo com os Kamarajas. Lembrai-vos que essas Entidades são perigosas, porisso evitai brincar com elas e melindrá-las com ironias, pois são vingativas. Se todos forem pacientes conseguirão uma boa comunicação como temos tido. Kamarajas também ajudam a

23


testar a vossa paciência e perseverança. Portanto não vos aborreceis com o que sucedeu. Aguardem mais um pouco. Pergunta: Em nossa última tentativa usamos mentalizações protetoras em forma de um tubo de força eletrônica e purificadoras em forma de apelo à “Chama Violeta”, inspirados nos livros do Movimento espiritual VAHALI, do Grande Mestre Ascensionado Saint Germain. Com respeito a estes apelos, poderia Alexandre Guill informar-nos sobre seus poderes? Resposta: São campos de força para os quais o irmão que usá-los precisa Ter muita firmeza, pois este processo é fortíssimo. Ele é usado no espaço muito raramente, pois sua finalidade é suprimir toda força maléfica e as irradiações que dela emanam, às vezes atingindo o planeta terra. A força violeta é a presença da mais alta estirpe celestial. Sua chama suave faz que a sensação de paz, pureza, harmonia e amor, na forma mais pura e sincera que existe tome conta de onde estiver de forma branda e suave. Pergunta: Esta chama pode consumir o karma de um espírito, mesmo encarnado? Resposta: Se ela representa a mais alta estirpe celestial por certo poderá libertar o karma. Pergunta: A Entidade chamada SANAT-KUMARA é da Corrente dos Pacificadores? Resposta: Somos todos trabalhadores da mesma seara, mas de corrente e missão diferente. Pergunta: E YASHMILL é venusiano? Resposta: Não. Pergunta: Poderia nos descrever como atuam os espíritos como o vosso em trabalhos desta natureza? Resposta: Quando não encontramos médiuns para isso, treinamos alguns irmãos esclarecidos, mas ainda precisando de ajuda. Oferecem seus braços para ajudar a movimentar o copo e através dos encarnados eles podem atuar mais livres, de forma que podemos usar encarnados e desencarnados para esta forma de comunicação. Pergunta: É Alexandre Guill o Mentor de Psicografia do nosso Grupo? Resposta: Supervisor. Pergunta: O irmão Orlandinho deseja saber sua explicação sobre as pessoas ditas paranormais, com acúmulo de metais e outros estranhos objetos em seu corpo físico, pode o irmão atendê-lo? Resposta: Mediunidade de efeito físico despreparada, com forte perturbação religiosa, fazendo do corpo físico um imã perfeito. Serão curados assim que tomarem conhecimento da missão que trouxeram e que podem fazer muito pela humanidade. Pergunta: Poderia o Irmão Alexandre Guill fazer uma psicometria do nosso irmão Newton de Oliveira Lima? Resposta: Em França foi familiar vosso. Ele e sua companheira foram esposos antes dessa encarnação. Em França esse jovem Orlando foi filho deles. Ele foi negociante de seda e perfumaria. Foi rico e possuía amigos poderosos, que mais tarde foram os causadores de seu desencarne e ruína. Ele já encontrou um deles. Hoje é amigo outra vez. Outro será seu genro e o que mais o fez sofrer é hoje seu filho. Eu desejo que esta pequena psicometria o ajude a entender o porque das coisas. Para tudo há resposta. Perguntamos se seria melhor que o nome do genro fosse desconhecido e Alexandre Guill disse: Ele sabe por intuição. Orlandinho perguntou qual seus nomes e época dessa encarnação. Alexandre Guill disse: França Republicana. Época de Bonaparte, já sendo para o que foi sua mãe e Segunda encarnação dela em França. Ela foi morta por hemorragia devido a parto difícil, ficando este irmão órfão recém-nascido. Seu nome era PIERRE CHAMBORD o mesmo que o pai dele. Ela LOUISE LEFREVE. Pergunta: Pode o Irmão Alexandre Guill dizer-me se eu pedi o celibato nesta encarnação? Resposta: Não pediu. Sua atual situação foi criada por circunstâncias alheias à sua vontade. Ainda poderá casar-se. Não pense que está livre disto. Afinal, é um sacramento que Jesus abençoou. Enfim, temos livre arbítrio par fazer ou deixar de fazer o que a vida nos impõe. Filho, é hora de retirarmo-nos. Pedimos sua mensagem de fim de Ano ao Grupo Samuell Sallas e Alexandre Guill nos brindou com essas palavras: “Refulgindo na amplidão do céu a estrela mais bela e irradiante como só ela sabe fazer! Que brilhe para todos o Novo Ano que desponta! Brilhe mais, sempre mais, no caminhar de todos vós. Alexandre Guill”. Em seguida, fluidificou a água e retirou-se. Resumo da sessão do copo realizada em Mauá, São Paulo, no dia 21.01.78, com as presenças de Orlando, Vicência, Gilson, Leila, Toninho e Vítor. Anotador: Vítor Atuantes no copo: Orlando, Vicência, Gilson, Leila e Toninho.

24


Após as preces costumeiras, leitura de trecho do Evangelho segundo o espiritismo, momento do perdão, ativação dos chacras, rogamos a Deus e a Jesus permissão para contatarmos através do copo com Entidades esclarecidas e, se permitido fosse, as presenças de Samuell Sallas, Irmão Venâncio e Alexandre Guill. 1º Comunicante: Almur “Convosco Almur. Falange dos Pacificadores do Espaço. Voltaremos a comunicarmo-nos convosco para conhecimento mútuo”. Após saudarmos alegremente esse novo amigo e manifestarmos nosso interesse que esse retorno fosse o mais breve, perguntamos a Almur se ele fora relacionado conosco, em alguma encarnação nesse Planeta. Sua Resposta: “Como amigos, na Caldéia. Quase todos que viveram na Caldéia estão aqui em Vênus”. Pergunta: Poderia nos dar notícias de Mirsjargill? Resposta: Viajando para auxílio à vários planetas. Pergunta: Poderia dizer-nos onde ocorreu vossa última encarnação na Terra e em que época? Resposta: Egito. Pergunta: Qual Dinastia? Resposta: Faraó Ahemeh, Quinta dinastia. Obs.; Consultando o livro “O Egito Antigo”, de Jean Vercoutter (Difel/Saber Atual), encontramos menção a um Faraó de nome Ahmés, 1580-1558 AC (XVIII Dinastia). Aguardaremos futura comunicação para confirmação. Pergunta: Poderia deixar-nos como marco de sua primeira comunicação uma prece ou mensagem? Resposta: “Por onde andares, por onde estiveres, lembra-te que obrigações temos com o próximo e muito mais conosco mesmo. Devemos irmanarmo-nos no mais profundo amor Crístico para que o supremo criador nos admita em seu reino”. Pergunta: Poderemos contar com vossa participação nas reuniões do Grupo Samuell Sallas? Resposta: Sim, podem contar, para a Corrente de Entidades de campo vibratório magnético, para ajudar aqueles que precisam de forças magnéticas no campo mediúnico, que estão em desenvolvimento. Os irmãos comunicantes desta noite já se encontram presentes. Devo deixar-vos por hoje. Voltaremos a comunicarmonos em uma próxima vez. Que a paz de Deus fique em vossos corações e que as bênçãos do Senhor fiquem em vossas almas. ZIHITMUITGUSZT. 2º Comunicante: Venâncio “Paz convosco! Boa Tarde. Deus esteja convosco. Bendito aquele que faz a vontade do Mestre Jesus, glorificando a sua Seara. Irmão Venâncio para lembrar-vos que estaremos sempre juntos. Não esqueci os meus compromissos convosco”. Obs.: Agradecemos a presença do Irmão Venâncio e pedimos permissão para formular as perguntas preparadas para ele e recebemos sua permissão. Pergunta: Fizemos em 12.01.78 a nossa primeira reunião de Umbanda na nova sede. Perguntamos ao querido irmão sobre as possíveis falhas e deficiências ocorridas, para que possamos corrigi-las, bem como da disposição do altar, dizendo-nos da necessidade de acrescentarmos ou suprimirmos alguma coisa. Resposta: Informei aos bons irmãos como deveriam proceder. Se assim fizessem, tudo estaria bem. Eu não participei desta reunião, porisso não posso dizer se houve falha. Aquilo que projetamos aqui é diferente do que foi feito. Falta a entrega a Cristo, para que a força vibratória dali emane a todos que dele acercarem-se a possam sentir e receber essa mesma força vibratória. Sobre o altar, irei até agora para responder (pausa). Toda a casa resplandece de luz e amor. O local é perfeito, só falta mesmo a consagração à Cristo, que é a luz permanente sobre o altar. É lâmpada votiva, que lembra que o altar pertence a Jesus. É ali que todos farão suas preces de graças, louvor e arrependimento. A lâmpada votiva deve ser azul e colocada sobre tudo mais que ali houver. Pergunta: Poderia dizer-nos da utilidade da casa de Lázaro? Resposta: Lembrar que o orgulho e a vaidade terrena não livram o homem das misérias que o corpo humano pode sofrer. O Lázaro neste caso lembra ao Mundo que o poder é efêmero. Todos voltarão ao pó. Pergunta: Não serviria a casa de Lázaro como um exaustor para maus fluidos? Resposta: Os maus fluidos nada mais são que esses nomes que mencionei, orgulho, vaidade, inveja, poder monetário usado de forma a escravizar o próximo e humilhar o que nada tem. Pergunta: O irmão Geraldo Silva Filho pergunta ao bom irmão Venâncio sobre o banho de “amancy”. Ele deseja saber quais as ervas necessárias, os dias mais apropriados, qual médium e/ou Entidade espiritual que deverá se encarregar deste mister, Tc... Resposta: Cada médium difere do outro, portanto os “amancys” serão diferentes. Cada Entidade pede ervas próprias, porisso devemos conhecê-las bem, para que o “amancy” seja correto. A cada médium, cada Entidade

25


tem seu “amancy”. Exemplos: Caboclos pedem “amancy” de mistura de ervas do mato, como eles dizem. Pretos-Velhos já não há mistura e assim por diante. Devem procurar conhecer muito bem seus Guias e pedirem a eles maior esclarecimento sobre suas obrigações com o Mentor para não ser feito “amancy” errado. Os dias costumeiros são os que se consagram na Terra à determinados santos ou orixás, como Ogum, Oxossi, Xangô, enfim cada orixá tem o seu dia consagrado. Assim, cada médium, conhecendo o seu orixá saberá quando fará o “amancy”. O médium encarregado será aquele que estiver pronto, porque ninguém, pode doar nada se nada tem. Médium preparado é aquele que já fez seu “amancy” e o cerimonial é feito de acordo com o orixá. Pergunta: Se já foi decidido algo com relação à Quimbanda, visto que os mentores espirituais estavam analisando a conduta dos médiuns do Grupo, para resolverem se deveriam permitir esse tipo de trabalho. Resposta: O Quimbandeiro já nasce quimbandeiro, não devemos fabricá-los, aliás não podemos. Sua natureza e índole são reconhecidas à distância pequena. São maus e vingativos e não se arrependem facilmente. Graças à Deus, não há quimbandeiros no Grupo. Pergunta: O mesmo irmão pergunta se é realmente filho de Xangô? Resposta: Ogum é seu orixá. A sua santa é Inhaçã. Por ser Inhaçã sua santa é que a moça bonita vem trabalhar com ele. Pergunta: E seu guia, Pai João do Congo, é da linha de Xangô? Resposta: Preto do Congo pode trabalhar com qualquer orixá. Só a linha das almas é comandada por São Lázaro. Essa Falange é para combater os Quiumbas. Pergunta: Irmã Leila pergunta quem foi Verônica na época de Cristo. Teria sido ela esta mulher? Resposta: Verônica foi uma mulher simples, que presenciou o fato para todos nós, a Crucificação de Jesus. Verônica simboliza o amor, a piedade e a dor pelo sofrimento alheio. Todas as pessoas que sofrem pelo sofrimento alheio são Verônica. Lá estiveste, presenciaste a tragédia mais vil que a humanidade pode fazer. Só que teu nome era outro, tu eras Marta, irmã de Lázaro. Pergunta: Irmão Orlandinho pede sua orientação para melhorar sua clarividência, para poder melhor ouvir a Entidade Antonio de Menezes. Resposta: Pode ajudar, ficando em local calmo e silente, para que o canal auditivo relaxe e possa sair da zona de vibração contrária. Pergunta: O mesmo irmão pede informações sobre a Entidade chamada Iomaluaê e sobre o sacerdote Kil, do Himalaia. Resposta: Muita coisa será esclarecida em breve. Pode confiar na Entidade. Como ele disse, vem para vibrações. Pergunta: Irmão Gilson pergunta sobre a mediunidade de seu pai, bem como se os arrepios que seu pai sente é magnetismo? Resposta: É médium intuitivo. Sabe prever os acontecimentos. Esses arrepios vem sentindo mais amiúde porque havia com ele um irmão precisando de caridade. Pergunta: (Gilson) Porém meu pai se arrepia quando quer. Resposta: Não é quando ele quer, mas sim quando ele abre o campo vibratório e usa essa faculdade erroneamente, porque abre as portas, mas não sabe que rumo seguir. Obs.: Comentário feito pelo Irmão Venâncio: “Gostaríamos que as reuniões de Umbanda todos levassem muito à sério, pois é nesse campo que todos poderá evoluir, pois que nem todos estão desapegados da maior camaradagem e assistência aos irmãos iniciante, ficaremos muito gratos. No mais, confio nos meus filhos. Pergunta: Irmão Venâncio, gostaríamos de pedir vossa orientação quanto à freqüência dos trabalhos de Umbanda. Há uma certa tendência (pelo menos atualmente) para que essas reuniões sejam realizadas apenas uma vez por mês. É nossa crença que os médiuns, principalmente os iniciante, necessitam de mais reuniões. Entretanto, valerá a orientação dos Mentores espirituais. Resposta: Reuniões de Umbanda devem ser realizadas mais vezes, porque uma vez por mês é muito pouco. A maioria dos médiuns são de Umbanda séria e nobre, dentro dos preceitos iniciados e ensinados por Jesus e seus mensageiros na terra. Devemos dar conhecimento a todos, porisso os queridos filhos devem Ter duas vezes por semana essas reuniões, que serão de grande benefício a todos. Serão procurados por muitos filhos que precisam e vós, médiuns de Umbanda, não podeis falhar. Pediram para fazer caridade, não devem fugir a isso. Pergunta: Poderia o bom irmão Venâncio, de viva vós, manifestando-se psicofonicamente através de nossa irmã Vicência, dar essas diretrizes, que, nos parecem contrariam radicalmente essa decisão ensaiada pelo Grupo?

26


Resposta: Para que isso aconteça, terá que jejuar por uma semana. Jejum que digo é abstenção total de alimentos carnívoros de qualquer espécie, moderando sua alimentação para coisas leves. Fazer apenas uma refeição por dia, deixar o cigarro e, caso tome bebida alcoólica, deve deixar. Manter a matéria limpa, sem contato sexual. No dia marcado não poderá alimentar-se, bebendo só chá de erva-doce, que lhe servirá como alimento. Essa mesma erva pode ser usada como alimento. O banho deverá ser de flor de maracujá ou de Jasmim. Pode colocar essência dessas flores. Pergunta: Em vista do regime indicado, perguntamos ao bom irmão Venâncio se não poderá ser indicado outro médium para intermediar sua comunicação. Resposta: Posso verificar, pois só vi as possibilidade desta irmã, que conheço muito bem. Quanto aos irmãos restantes, preciso verificar. (Pausa). Parece que os Mentores aqui já fizeram a escolha. Para essa comunicação é a irmã Vicência, pois tem campo preparado para isso. Sua corrente é das Almas, comandada por São Lázaro, Abaluaê. Pergunta: Neste caso, quando poderá ocorrer essa comunicação? Resposta: Avisaremos por meio do Pai Onofre, pois temos um trabalho inadiável para ser feito e devo ficar atento a esse trabalho. Que a paz de Deus fique com os irmãos. Desejo-vos boa noite e feliz dia de amanhã. Até uma nova oportunidade. 3º Comunicante: Samuell Sallas “Paz e Deus convosco! Irmão Samuell Sallas junto de vós, amados filhos. Quando nosso Mestre Jesus começou o seu Ministério na Terra foi chamado por muitos de enviado de Satanás. Isso diziam aqueles que nada sabiam à respeito do Pai. Sua própria família chamava-o de louco, mas a tudo suportava, sempre glorificando ao Pai. Veio para cumprir a lei e não para modificá-la. E assim foi até o sacrifício. Isto foi preciso, pois os homens eram duros de coração e pensamento. Gananciosos, achavam impossível que alguém fosse tão desprendido como Jesus. Porisso não o entenderam e o acusavam de louco. Hoje, o mundo já amadureceu, a humanidade caminha por seus próprios pés e conhecem a Jesus. O mundo já acordou para a realidade espiritual. Há muito tempo que os arautos gritam as boas novas, mais uma vez clamando paz na Terra aos homens de boa vontade. Agora eu vos digo, se entre vós, irmãos ainda houver irmãos sem boa vontade para a Seara do Senhor, orai por eles, pois não sabem o que estão fazendo a si próprios, pois somente aqueles que são tolos obstam os caminhos do Senhor. Lembrai-os da parábola da mordomia. Um dia o Senhor dos campos virá e chamará para o ajuste de contas. Lembrai ainda a esses irmãos que se o pai terreno de Jesus resolvesse interferir na missão que o Divino Mestre Jesus foi incumbido, qual teria sido a atitude de nosso Pai Celestial? Porisso, quem tenha essa provação e irmãos descrentes é que promovem dúvidas entre vós. Aconselho lembrarem-se das palavras de Jesus “QUEM QUISER SEGUIR-ME, DEIARÁ TODOS SEUS BENS E OS QUE TÊM PAI E MÃE, TAMBÉM OS DEIXARÃO”. Colocou acima de tudo Nosso Pai Celestial. Acho que os irmãos entenderam minha mensagem desta noite. Aguardo, queridos irmãos, algumas perguntas se houver. Obs.: Agradecemos a presença do querido Mentor e nos comprometemos a levar aos membros do seu grupo a sua mensagem. Passamos, em seguida, às perguntas. Pergunta: Gostaríamos que o nosso Mentor escolhesse o dia para inauguração da nova sede do Grupo, é possível? Resposta: Os irmãos lembram do primeiro encontro ou da primeira reunião deste Grupo? Devem saber pela mesma data, dia e mês que foi feita a primeira. Obs.: Consultamos o irmão Gilson à respeito, que nos respondeu Ter sido em maio do ano passado. O irmão Samuell Sallas aduziu: “Maio, o mês consagrado à Virgem mãe de Jesus”. Ponderamos que tendo tudo pronto e organizado a inauguração poderia ser antecipada. Nosso Mentor respondeu: “Se assim o quiserem, porque esse problema de inauguração é mais vaidade terrena, pois não há inauguração para a caridade. Basta um aviso ou convite através da imprensa, sem solenidade, com a maior simplicidade e um sorriso de boas-vindas para quem vier. Pergunta: Poderia o irmão fazer um esquema de trabalho para o Grupo, especificando os dias e os tipos de trabalhos a serem realizados? Resposta: Toda a Corrente precisa dos médiuns. Há necessidade de um entrosamento maior entre todos e cooperação mútua. O trabalho virá. Para isso é que a corrente corre os campos atraindo para a sede de trabalho aqueles que precisam, encarnados e desencarnados. A semana de trabalho poderá ser assim: Vibração na 2ª feira, com uma hora de duração. Após a vibração, poderão recomendar aos presentes uma hora de estudo, organizando sabatinas entre eles. Creio que todos possam tirar proveito. 4ª feiras e 6ª feira para Umbanda. As 4ª feiras para Pretos-Velhos e crianças e 6ª feiras, aproveitando a hora disponível entre vibração

27


e mesa branca. A vontade de todos é que vai afinal dar a última palavra, pois nós damos o roteiro mas nem todos poderão acompanhar, por horário de trabalho, saúde e coisas que estão sujeitos como qualquer mortal. Nós aqui estamos para ajudar e esclarecer. Basta que seja possível aos irmãos fazê-lo. Pergunta: E os trabalhos psi, algum dia indicado? Resposta: O tempo quem pode fazer ou usar são os próprios irmãos. Nós aqui estamos às ordens dos irmãos. Pergunta: Temos tentado realizar sessões com o copo, visando esclarecimentos como os desta noite, porém não temos obtido sucesso. Há imperfeições? Como corrigi-las? Resposta: Não há imperfeições. Apenas existe uma barreira que breve será derrubada. Afinal os trabalhos dos irmãos não tem sido em vão. Vários irmãos, através de vossos esforços, já alcançaram a luz. Nas reuniões deste tipo o sucesso ou objetivo vem gradativamente. Não fiquem magoados e nem desapontados com o que tem acontecido e verão breve seus esforços coroados de êxito. Quanto à Irmã Vicência não há mistério. Ela apenas já conseguiu atravessar a barreira que todos em breve também o farão. Pergunta: Alguma coisa quanto a reunião de desobsessão ? Resposta: A ocasião se fará sentir. Pergunta: Poderia o irmão Samuell Sallas, dar- nos uma pequena biografia, dizendo- nos, se possível, onde viveu, sua atividade profissional, data e local de desencarne. Etc. ...? Com referência ao seu nome qual a grafia correta? Resposta: O nome tem por família dois “eles” e , por equívoco na terra foi retirado uma letra. O certo é como sempre fiz, com 2 “eles” e “esse” no fim. Quanto a minha biografia em tempo próximo eu farei. Os irmãos conhecem parte da minha missão de médium e de pai de família. Trabalhador humilde e sem vaidade pela missão a ser cumprida. Vivi em São Paulo, fui um pacato interiorano, nunca tive orgulho e nem vaidade. Apenas obedecia a vontade de Deus. Voltarei outra vez com mais informações. Pergunta: gostaríamos de saber, se em futuro breve, será permitido iniciarmos reuniões visando organizar um grupo de cura, segundo o ritual que nos chegou às mãos , convocando para este fim os Seres de luz dos planos superiores para nossa orientação e doação de energias curativas. De outro modo, como deveremos agir? Resposta: Aguarde que os vossos propósitos é digno e tudo que envolve amor ao próximo é elevado sempre aos olhos de Deus. Pergunta: Haveria possibilidade de contarmos com a presença e ajuda nestes trabalhos e em outros (nos moldes do movimento espiritualista Vahali) dos Grandes Mestres Ascensionados, senhores dos sete raios e das poderosas chamas? Resposta: Dentre vós há bem poucos para isso mas cremos que são de boa qualidade. Devem continuar com estudos para aprenderem a conhecer as forças ocultas de natureza, assim como conhecer a verdade de cada um. Pergunta: Temos pensado em convidar os irmãos Maresca e Álvaro para uma visita ao M. E. Vahali, em São Paulo, a fim de observarmos o ritual e, se viável, colocar em prática em nosso novo grupo. O que diz a esse respeito? Resposta: Só assim poderá obter os resultados desejados e distribuir valores em forma de conhecimento. Pergunta: As reuniões de 6ª feiras devem continuar itinerantes ou devemos realizá-las em nossa sede? Resposta: Porque itinerante se o nosso objetivo era a sede. Quantas vibrações foram feitas para que obtivéssemos a sede? Pergunta: Que diz o nosso irmão com referência aos recursos monetários, que, de repente, surgiram e nos possibilitaram o princípio da montagem da sede? Resposta: A maneira pela qual foi feita e realizada devemos às bênçãos de Jesus, pois nos mostrou que quando o objetivo é nobre e sincero o céu abre suas portas. Serviu de lição para incrédulos, pois nem todos acreditavam que o campo, que é a sede, viria tão rápido. Pergunta: O aparecimento do símbolo e a orientação auditiva ou intuitiva deverá prevalecer sobre o tipo de reunião programado? Resposta: Achamos melhor que seja preestabelecido, pois deixar para escolher na hora não é aconselhável. Os próprios médiuns terão dificuldades para mentalizarem os seus Guias. O improviso não ajuda em nada. Os irmãos esquecem que nós também temos que nos preparar para descer e também prepararmos nossos campos magnéticos? Por isso vos digo, o improviso não serve. Pergunta: Haveria, no Grupo, algum médium que pudesse intermediar vossas instruções, pela psiofonia? Resposta: Esperamos que a bondade Divina assim permita. Esperamos por intermédio de nosso irmão Maresca, assim que seja liberada a sua mediunidade de incorporação. O que me resta dizer-vos é que seu tempo já findou. Devo seguir agora. Lamento mas devo ir-me. Desejo a todos vós uma boa noite e feliz dia de

28


amanhã. Que Deus esteja sempre convosco e que a paz de Jesus permaneça em vossos corações. Boa noite, Deus vos guarde! 4º Comunicante: Alexandre Guill “Boa Noite a todos. Alexandre Guill junto a vós com as saudações que Mirsjargill, vosso amigo de todas as horas envia, por meu intermédio, a todos vós. Responderei as perguntas que me for permitido”. Pergunta: Maria Aparecida refez uma pergunta e solicita seu esclarecimento. Eis a pergunta: “Em que medida os distúrbios psicológicos (doenças mentais) interferem e/ou se relacionam com a progressão evolutiva do espírito? Resposta: Espírito e matéria são duas coisas distintas, mas que são ambas necessárias para que se completem. A matéria sofre, desgasta-se e o espírito não. Os distúrbios mentais, quando não são por defeito congênito, que atrasa a evolução para o bem do próprio espírito, não impede que o espírito evolua, pois este evolui sempre, embora às vezes demore, mas evolui. A forma de distúrbio mental é, na maioria das vezes, uma bênção que a providência Divina encontra para estes espíritos, como também pode a criatura estar sendo vítima de obsessores, que encontram campo perfeito em determinados grupos de pessoas. Geralmente são pessoas de personalidades muito elástica e sem vontade própria e geralmente o motivo é vingança. Creio que é isto que nossa irmã Maria Aparecida deseja saber. Se for preciso, ela volta a perguntar. Pergunta: Haveria a possibilidade de conseguirmos comunicação através do copo com espírito que tenha sido, em recente encarnação, psicólogo de renome (talvez Jung), a fim de podermos, pensando no progresso intelectual e espiritual, dirimir algumas dúvidas? Resposta: Para tudo que é em proveito do homem Deus assim permite. No caso em questão, os irmãos procurem conhecer alguma coisa sobre este assunto, porque como sabem o campo precisa ser cuidado. Ninguém pode obter algo de muito bom ou de valor se não preparar-se antes. Por isso é que vos digo que leiam, procurem conhecer todos os assuntos de interesse para os vossos propósitos. O estudo traz o conhecimento e a companhia destes irmãos para que a porta se abra. Pergunta: Pode-se então pretender, em futuras comunicações, esse contato? Resposta: Como já vos disse, tudo é possível. Basta haver sinceridade dentro de seus propósitos. Pergunta: Poderia Alexandre Guill, orientando nosso irmão Newton, dizer-nos das diferenças existentes entre Mentor Espiritual e Guia Espiritual? Resposta: Mentor é aquele que se propõe a orientar durante a vida na matéria. É o que se costuma chamar de Anjo Guardião. Agora, Guia ou Protetor Espiritual é a Entidade designada para os carreiros da mediunidade, a qual todos que a possuem necessariamente tem que ter o seu Guia. Como a palavra já diz, Guia é aquele que leva pelo caminho da mediunidade. Pergunta: Poderia o Irmão Alexandre Guill informar qual o nome do Guia espiritual do irmão Newton? Resposta: Caboclo das Matas. É livre e pertence a uma grande corrente. Pergunta: Vossa orientação média referente à jovem Cristina foi muito bem recebida e a mesma ficou contente em saber que poderá ser operada por Mirsjargill. Já, porém, um pequeno detalhe que requer vossa orientação. A jovem não poderá dar a informação solicitada porque há anos sofre desta anormalidade que é a inexistência da menstruação. Como poderá saber no final do período? Resposta: No caso exposto, poderá ser feito a qualquer data. Pergunta: Poderia Alexandre Guill orientar nosso irmão Gaia sobre seu estado de saúde? Resposta: Sistema nervoso. Problema com a coluna. Ele deve fazer massagem para aliviar certas dores que às vezes o atinge. Quanto ao sistema nervoso, ele é muito tenso. Deve procurar relaxar-se mais. De forma normal, sem forçar. Pergunta: Não teria esse irmão problema pulmonar, conforme diagnóstico médico? Resposta: Ele apresenta este quadro. Pergunta: Iniciamos no último dia 10, reuniões específicas para desenvolvimento de psicografia. Como é vossa a supervisão, perguntamos se há alguma recomendação especial a seguir. Resposta: O modo que está sendo feito é ótimo, continuem. Pergunta: Poderia orientar-nos como filtrar os pensamentos vindo nestes treinamentos? Como separar o que é do médium, do que é da Entidade comunicante? Resposta: O pensamento alheio manifesta-se como relâmpago na mente de maneira rápida e insistente. O pensamento próprio já é lento e não se repete nas mesmas palavras. Pergunta: O irmão Álvaro tem uma pergunta sobre uma experiência psíquica vivida por ele. Cremos que a pergunta está prejudicada por sua ausência, não? Resposta: Devo esclarecer que para saber ao certo, teremos que fazer com que a experiência se repita para que dela sejamos participantes.

29


Pergunta: E como tal acontecerá? Resposta: Estaremos por perto dele e a hora que for propícia provocaremos a mesma experiência. A explicação daremos noutra bem próxima ocasião. Pergunta: O mesmo irmão gostaria de saber quem é seu Mentor espiritual e também o nome do médico que o acompanha. Resposta: O mentor é um amigo Hindu bem antigo, que por causa deste Hindu ele recebe certas influências que ele acha muito estranha. Seu nome é Rabin Hamallgui. Quanto ao médico é um francês, de nome Charles Duvall. Pergunta: E Manthakrishna quem é, com relação a esse irmão? Resposta: É a influência a qual me referi e Rabin é o elo entre os dois. Pergunta? Quem é Carlos Scarnatti na minha atual encarnação? Seria meu guia espiritual? Resposta: Sabemos que Carlos Scarnatt foi na Espanha. Todavia há a possibilidade de que o nome seja Scarlatt. Na atual encarnação deve ser meu amigo pois Carlos Scarnatt ou Scarlatt já passou pelo campo de provas. Seu protetor não é Carlos Scarnatt, como pensa. Este nome lhe foi dito por estar bem nítido no vosso arquivo espiritual. Sua protetora é uma mulher que teve grande ajuda sua. Ela é quem lhe protege. Chama-se Maria do Carmo Sampaio. Pergunta: Poderia dar o ano do meu último desencarne? Resposta: Fim do século XIX. Faltava pouco para 1900. Apenas alguns minutos para romper o Ano Novo. Pergunta: Poder-se-ia conseguir, com o vosso auxílio, comunicação através do copo com um enviado do Mestre Ascensionado Saint Germain ou poderia Alexandre Guill intermediar esse contato, a fim de conseguirmos o amparo desse Mestre no Grupo Senda da Estrela da Manhã: Resposta: Achamos que ainda é cedo para este contato. Devemos saber que é preciso tempo para isso. É o novo sistema introduzido entre estudiosos. Só forças ocultas e para tal é preciso muito desprendimento para poder receber conhecimentos e compreender os ensinamentos. Porém, tudo é possível. Não desanimem. Pergunta: O que diz Alexandre Guill sobre esse Grupo? Poderia nos dar alguma orientação? Concretizando-se esta formação, teremos iniciado a materialização de um compromisso assumido na vida espiritual? Resposta: Não há ligação alguma convosco e por ora eu não posso orientar pois não sei o que realmente sucede. Estamos juntos no espaço, mas não é tudo que conhecemos. Pergunta: Mirsjargill em sua primeira comunicação disse a seguinte frase: “Isto terá jóia do Brahma Guru Nepal”. O que quis dizer? Resposta: Nepal é terra de grande vibração magnética. Seus habitantes possuem grande força magnética e é a vinda do Guru que ele saudava. Jóia é tesouro. Brahma é o mesmo que Nirvana, lugar sagrado que está muito acima dos mortais. Pergunta: Poderia dar orientação médica ao irmão Francisco Antonio Eva? Resposta: O irmão recebeu tratamento certo e orientação certa. O que precisa é vibração em todos os chacras. Vibrações de força magnética e vibrações de reerguimento, força e vida. Pergunta: E sobre o meu problema respiratório, já posso saber qual a alergia que tenho? Resposta: Houve alguma melhora? (não, porém não seguia a orientação). A massagem deverá ser feita sobre as maçãs do rosto. São as adenóides que dificultam a respiração e provocam o ressecamento das fossas nasais. Alergia acentuada com certo tipo de óleo de uso culinário. Procure usar óleo de milho ou arroz. Pergunta: Tenho notado ultimamente certa capacidade curadora. Estaria Alexandre Guill atuando por meu intermédio? Resposta: Filho, nós nos ajudamos mutuamente. Continue assim, com boa vontade e amor aos que sofrem. Sua capacidade curadora irá aumentando à medida que for sendo empregada. Pergunta: O irmão Gilson deseja saber sobre o seu Mentor e Guia espiritual. Resposta: O Mentor é Hindu. O Guia também é do oriente. O nome do Mentor é Rasqponchar Kalim e o do Guia é Shaulim Infuchen. Shaulim é monge chinês e força do dragão. Acupuntura é a especialidade dele. Pergunta: O irmão Gilson deseja saber sobre sua mãe. Resposta: Sua mãe precisa de calma, pois ela é agitada. Todos os filhos devem dar a ela mais carinho e atenção para que ela sinta-se recompensada de tanto trabalho que teve com a família. Obs.: Nada mais tenho a perguntar, agradecemos a presença de nosso Mentor espiritual, bem como sua paciência conosco e respostas às nossas perguntas. Disse Alexandre Guill, despedindo-se: “Agradeço a tão meigas palavras e rogamos a bondade Divina que coroe com êxito os vossos trabalhos e vos abençoe. Daqui vibrarei por vós. Até breve. Fiquem com Deus.

30


Resumo da Sessão do copo, realizada em Mauá, São Paulo, no dia 22.01.78, com as presenças de Vicência, Gilson, Orlando, Antonio, Cida, Cristina, Peninha, Leila, Rubinho e Vítor. Revezaram-se no copo: Vicência, Gilson, Cida, Cristina, Rubinho, Leila e Peninha. Anotador: Vítor. Após as preces costumeiras, leitura de trecho do Evangelho segundo o espiritismo, momento do perdão, ativação dos chacras, rogamos a Deus e a Jesus permissão para comunicarmo-nos com Alexandre Guill, afim de programarmos certos trabalhos com a Corrente dos Pacificadoras do Espaço. Nosso bom preto-velho Pai Onofre manifestou-se psicofônicamente através de nossa irmã Vicência, dizendonos que Alexandre Guill não poderia se fazer presente, mas que a irmã Maria Clara, da Corrente de Samuell Sallas, bondosamente se propunha a intermediar as irradiações daquela Entidade. Pediu, também, que ao final da sessão, fizéssemos uma vibração de amor e paz para três irmãos desencarnados que estavam presentes e dela necessitavam. Comunicante: Irmã Maria Clara “Paz convosco! Glorificai ao Senhor de toda vossa alma e todo vosso entendimento, pois a ele tudo devemos. Junto a vós irmã Maria Clara. Louvemos a Maria Santíssima. Aguardamos vossas perguntas. Obs.: Manifestamos nossa profunda alegria pela presença dessa querida irmã e agradecemos sua ajuda, intermediando nossa comunicação com Alexandre Guill. Passamos às perguntas. Pergunta: Gostaríamos de saber se há possibilidade de Alexandre Guill marcar o dia para a operação da irmã Maria Cristina? O irmão Gilson poderá ser operado no mesmo dia? Rogamos vossas instruções àqueles, entre nós, que poderão, de alguma maneira, ajudar nesses trabalhos. Resposta: Sim, porém o irmão Jar quem vai auxiliar. A data, o irmão e a irmã é que marcarão. A Corrente está à disposição, porque só eles poderão resolver, de acordo com os seus compromissos. Todos estamos de sobreaviso, prontos. Os irmãos devem observar uma dieta leve e procurarem repouso para a mente. A cirurgia deve ser feita durante a parte da manhã e cedo. Sê possível, até às 10 horas. Pergunta: Como devo agir para auxiliar a Corrente? Resposta: Com a vibração e ligadura do fio prateado, que é a forma que Alexandre e Mirsjargill usarão. Os jovens devem ficar acamados, sob lençol branco e as pessoas que têm força de vibração deverão ficar a volta deles, em silêncio e orando. Não deve haver barulho. A cirurgia será rápida. Antes, o irmão inicie com as preces costumeiras. Os irmãos tenham fé e confiem em Jesus e ele vos abençoará. Após a cirurgia, devem repousar durante duas horas e vem Ter cautela no andar. Pergunta: A irmã Cida pergunta se apenas uma operação será suficiente para curar nossa irmã Cristina? Resposta: A Corrente irá fazer uma. Se for necessário, a próxima será mais tarde, porque eles irão tratá-la espiritualmente. As trompas da jovem estão um pouco inchadas, porisso há essa situação. As paredes uterinas estão endurecidas e por isso não há formação sangüínea. A irmã poderá fazer banho de assento, com malva e um pouco de sal, mais para quente do que para frio. O banho de assento ajudará a desinflamar e dilatar as fibras da parede uterina. Pergunta: Poderia Alexandre Guill informar-nos da situação, no plano espiritual, do irmão Clóvis Lopes, desencarnado há 12 anos e com 08 anos de idade? Teria seu desencarne sido resgate de algum karma? Qual? Resposta: Vive em plano elevado. Não voltará mais à Terra. De onde está irradia preces aos familiares. Foi a última encarnação neste plano. Sobre seu desencarne, foi escolha dele, pois sabia que o tempo era pouco e a forma trágica, por afogamento, demonstra que as criaturas que escolhem esse tipo de partida da Terra são corajosos, pois geralmente ficam inconscientes por muito tempo. Assim a pessoa já sabe que é difícil o despertar no espaço. Não havia karma dele, foi provação para a família. Pergunta: Alexandre Guill, qual filho que busca no pai a orientação nos caminhos a seguir nessa encarnação. Resposta: Aquele filho que busca o pai é porque o ama e sobretudo nele confia. Prossiga em sua caminhada, buscando primeiro a Deus, segundo a sabedoria e depois a bondade, amor e caridade. Distribua, reparta o que adquiriu com os menos afortunados, mas negue ao preguiçoso. Não desista, filho amado, pois aquele que vive as obras do Senhor já adquiriu tesouros que a ferrugem não corrói e o ladrão não rouba. No Banco da Divina Providência haverá lucro e altos juros, em forma de bênçãos e gratidão divina. A Providência é sempre grata para com aqueles que a sabem compreender. Pergunta: Alexandre Guill poderia dizer quais são os Mentores e Guias espirituais da Maria Aparecida, Maria Cristina, Paulo Lopes (Peninha), Rubens de Souza (Rubinho) e Antonio F. Sobrinho? Resposta: Maria Aparecida: Mentor – Santa Maria, no ritual Umbandístico Iemanjá. Essa Entidade é seu anjo guardião, aquele que toma conta, zela e orienta seus pupilos; Guia: jovem marinheiro Francês de nome Paul de La Fontaine. A jovem Cida em 1793, em Paris, conheceu o jovem em questão. Foram namorados por pouco tempo. Ela voltou à Espanha, sua Terra Natal, para um compromisso nupcial. O jovem marinheiro

31


estava apaixonado de verdade. Como já estava doente, não resistiu e veio a falecer. Ele prometeu guiá-la e vem fazendo. É para ele a vibração de amor que o Pai Onofre recomendou, pois ele sente ciúme da moça e tem afastado a todos que dela aproximam-se. MARIA CRISTINA: Cristina tem uma cabocla como Guia. A Santa é Inhaçã. A cabocla é da linha Jurema e seu nome é Poiatiassu. O Anjo guardião das duas irmãs são entidades desconhecidas e não querem dar os nomes. As Santas governam e orientam. Não são todas as pessoas que possuem Santa. Anjo Guardião todos têm, mas Santa não. A Cida pode trabalhar em mesa branca e Umbanda. Cristina só em Umbanda. PAULO LOPES (Peninha): Sua mediunidade é psicográfica. Seu Guia é um médico. Será muito útil para a caridade. Ele pede para que o nome não seja dado, mas breve ele saberá através da Psicografia. As iniciais de seu nome são L. N. O Mentor é um velho chinês. Foi um mandarim de uma aldeia na China. Seu nome é Kan Shou Inlau. RUBENS DE SOUZA (Rubinho): Mentor espiritual é um nobre romano. Ele dará apenas o primeiro nome, que é Virgilius. TONINHO: Mentor é Antonio de Pádua; Guia Espiritual é um senador romano de nome Tiberius, que é responsável pela vidência. Pergunta: Qual a afinidade minha com o Arcanjo Gabriel? Resposta: Ele dirige os seus passos e lhe dá proteção direta, porém sem interferência. Pergunta: À respeito do irmão Orlando Frohlick, poderia Alexandre Guill esclarecer o problema que havia entre uma determinada corrente e esse irmão? Consta que o irmão Pai Onofre buscaria entendimento com tal corrente, que, ao invés de ajudar o irmão Orlando, prejudicava-o. Poderia dizer-nos qual é essa corrente e se esse problema foi sanado? Poderia dizer-nos quem é seu Mentor e Guia Espiritual? Resposta: A corrente foi afastada porque não ajudava. Eram todos kamarajas. Não adiantava doutriná-los. O próprio irmão Orlando estava sendo vampirizado por eles. Agia como um deles. Na primeira oportunidade ofendia os amigos espirituais. Ele estava sendo usado por eles. Aqui devo dar um alerta aos irmãos: Orai e Vigiai sempre, pois os kamarajas rugem como leões em volta dos irmãos encarnados. Gostaria de saber do irmão Orlando se ele está sentindo alguma diferença para melhor? (Orlando respondeu que sim) =- Ele está sendo tratado por médico do espaço. Bezerra de Menezes e Anastácio o estão tratando. Há resíduos a serem tirados e assim que for limpo sentirá grande diferença. A corrente para ele como é médium de incorporação não virá. Será a vidência que voltará. Pergunta: A irmã Leila gostaria de saber se também poderia ser operada de um obsesso que tem no rosto. Resposta: Tentaremos. Para Jesus nada é impossível. Aproveitaremos a mesma data que for escolhida pelos irmãos Gilson e Cristina. Término: Espero Ter sido compreendida e digo-vos da minha alegria em colaborar convosco. Desejo uma boa noite e feliz dia de amanhã. Que a paz de Jesus fique com todos. Irmã Maria Clara. Resumo da Sessão do copo, realizada em 04.02.78, contando com as presenças de Vicência, Gilson, Leila, Luiz Carlos e Vítor. Atuaram no copo: Vicência e Gilson. Anotador: Vítor. Após a preces costumeiras, leitura de uma página do livro Agenda Cristã, de André Luiz, momento do perdão e ativação dos chacras, rogamos permissão à Deus para entrarmos em contato com espíritos evoluídos a fim de obtermos orientação e conhecimento. 1º Comunicante: Valério “Paz com todos! Devo apresentar-me: Valério, um irmão em Jesus Cristo. Toda a Corrente dos Pacificadoras enviam saudações. Já chega Alexandre Guill. Vítor: Pertenceis à Corrente dos Pacificadores do Espaço? Valério: Sim. A Corrente é muito grande. Atuamos com vários grupos terráqueos. Nossa missão é alertar a humaniade sobre os perigos que está sujeita, alertando sobre a vigilância que devem Ter acima de tudo com seus pensamentos. Sendo os mesmos negativos, trarão graves desequilíbrios à Terra e, assim sendo, torna-a mais pesada. A forma negativa pesa muito. Gostaríamos que todos mudassem suas formas de pensamentos. Estariam ajudando a si próprios. Atualmente é muito pesada a atmosfera terrestre. Vítor: Trabalhareis em nosso Grupo? Caso positivo, em que setor atuareis? Valério: O seguidor vai onde há trabalho. Colaborarei com tudo. Agora devo ir. Alexandre tomará meu lugar. Vítor: Poderíeis deixar uma mensagem ao nosso Grupo? Valério: “Que a obra de pacificar seja para meus irmãos terrestres bem compreendida e aceita como é a sentença “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”.

32


2º Comunicante: Alexandre Guill “Paz! Convosco Alexandre Guill. Vos saúdo nesta tarde que Deus nos oferece”. Vítor: Agradecemos vossa presença, acompanhando-nos ao M. E. Vahali. Através do nosso bom irmão Pai Onofre tomamos conhecimento das vossas opiniões e orientações, que também agradecemos. Ocorre-nos, entretanto, solicitar vossa ajuda, intermediando um possível contato, que poderia ser através do copo, com um mensageiro dos dirigentes deste movimento no Plano Espiritual, a fim de que pudéssemos receber autorização e diretrizes para a formação de um grupo de trabalho aqui em Santos. Junto com o irmão Álvaro nos propomos a fazer alguma coisa para a formulação, em grupo, dos apelos ditados pelos Mestres deste movimento. Podeis fazer algo neste sentido? Alexandre: Nossa missão é pacificar. A deles é orientar, esclarecer, elevar os sentidos da humanidade terrestre para a Luz Divina ou Luz Maior, que é Deus. O Deus desconhecido da humanidade, porque os humanos ainda confundem o Deus verdadeiro. Falam que ele é amor, mas o homem desconhece o amor. Aponta Deus como justiceiro, mas desconhece a justiça, bondade, mas onde está a bondade na Terra? Estes irmãos que vós procuraste estão travando a grande batalha do Harmagedon, que é a luta da luz contra as trevas do mal. Pelo bem, mostrar que nosso mundo já passou por isso e vencemos. Hoje temos Paz e Harmonia. Nosso planeta venceu o Harmagedon. Hoje procuramos ajudar a terra a vencer o seu Harmagedon. Harmagedon, que significa campo de lutas, batalhas, guerras e graças a grupos de irmãos abnegados e pacientes, que de nosso planeta tiveram misericórdia, hoje vivemos em paz. Esses irmãos que ora comunicam-se pelos Vahali estão aptos para iniciarem qualquer filho que tenha sido chamado. Convém, que vós os visiteis para o aprendizado necessário e adquirir o conhecimento para organizar o Grupo. Um lembrete: poucos, muito poucos, entenderão o real sentido. Paciência e abnegação serão necessários. Os Mentores virão a seu tempo para melhor entrosamento e formular os apelos ou chamamentos que forem precisos. Tudo virá no seu tempo. Antes é impossível, pois o noviciado é longo, mesmo que sejam plenos de boa vontade. Vítor: Esta mensagem... (lida a mensagem)..., escrita por mim há poucos dias é realmente Psicografia ou criação da minha mente objetiva. Caso seja Psicografia, poderíeis confirmar o autor dessa mensagem? Alexandre: Meu querido filho, acho que conseguimos finalmente nos entrosarmos. Sabes que teu coração não te enganaria. Sei que no mais profundo de teu coração sentistes que a mensagem foi minha. Vítor: Poderíeis nos dar um quadro clínico atual de nossa irmã Vicência? Alguma orientação complementar? Alexandre: O médico é cauteloso e houve por bem nada acrescentar. O que tem que fazer é seguir o mesmo tratamento e procurar ajudar com pensamentos alegres e otimistas, pois alegria e otimismo para ela é o melhor remédio. Vítor: Haveria possibilidade de, através de vossas vibrações, regenerar minha pleura, enrugada após a cura de uma pleurise? Alexandre: Não houve dano maior. Apenas que é demorada a normalização, ela voltará a ser normal. Nós faremos a ajuda que é preciso. A natureza é sábia e o meu irmão é bastante saudável e isto ajuda muito a cura. Vítor: Poderíeis dizer-nos da atual situação clínica de nossa irmãzinha Fabiana, cujo pâncreas estava paralisado. Os médicos de vossa corrente têm conseguido melhorar o funcionamento dessa glândula? Alexandre: Melhor que antes está, mas o caso ainda leva algum tempo, pois a criança já veio com este problema, pronto a surgir quando começasse o karma paterno a Ter que cumprir. Há esperança de que fique curada. Vítor: Rogamos dizer-nos quais os Guias e Mentores espirituais dos seguintes irmãos: Reinaldo Marmo Gaia de Souza. Alexandre: O Mentor do jovem Gaia é Paulo de Tarso. O Guia é um ameríndio de nome Domim. Vítor: Há qualquer ligação deste irmão com Santo Antoninho da Rocha Marmo? Alexandre: Ele é muito chegado aos Santos, porque em outra vida conheceu os Santos, mártires que a igreja canonizou. Foi um bom vidente e os Santos o visitavam. Vítor: O Mentor de Geraldo Alves Silva Filho? Alexandre: A Entidade que o orienta é monge chinês, cujo nome é Souen Than. Vítor: O Mentor e Guia de Sérgio Varanda? Alexandre: Mentor é medico brasileiro Bezerra de Menezes. Seu Guia é uma mulher Ana Cori. Vítor: De Luiz Carlos Frohlich? Alexandre: Mentor é Chaulim Wospi Chen. Seu Guia não quer dizer o nome. Questão de livre arbítrio. Vítor: De Maria Rosa Ronci? Alexandre: Sua Mentora é uma asteca, conhecida como Haiamar. O seu Guia é um preto-velho da linha de Xangô de nome Vovô Norberto.

33


Vítor: De Leila Aimar Frohlick? Alexandre: Mentora chama-se Clara de Assis. Seu Guia é uma preta-velha de nome Mãe Conga. A Entidade que vem à mesa branca é auxiliadora. Vítor: Na comunicação do irmão Almur ele declarou sua última encarnação durante a dinastia do Faraó Ahemeh, da Quinta dinastia. Podeis confirmar? Alexandre: O nome é certo. Acontece que este Faraó nada fez para ser lembrado. Seu reinado e governo pouco durou. A dinastia foi a XVII. Gilson: Meu irmão Gilberto está ouvindo vozes espirituais. Podeis dizer se são de boas Entidades? Alexandre: São obsessores. É hora dele procurar desenvolver a sua mediunidade, pois é perigoso deixar se envolver por estes irmãos. Seu sistema nervoso já começa a se fazer sentir. Gilson: Poderíeis dizer-nos quem são seu Mentor e Guias Espirituais? Alexandre: Seu Mentor é eremita bem antigo. Judeu de nome Ihousche. Seu guia é um mexicano, de nome Palma Querra. Vítor: Na impossibilidade de contatarmos o irmão Samuell Sallas, pedimos a Alexandre Guill orientação sobre os trabalhos do Grupo e funcionamento da sede, durante a quaresma? Alexandre: Vibrações, preces e estudos. Podendo vir à mesa branca só irmãos que já são mentores, para fazerem as suas preleções e assim trazerem aos irmãos um pouco de luz e conforto espiritual. Todos devem receber o pão do espírito para que a jornada seja compensadora. Vítor: Poderemos realizar sessões de Umbanda? Alexandre: Não. Vítor: Nosso irmão Geraldo, em sua primeira visita à sede, encontrou por lá uma Entidade que ele descreve maravilhosamente. Este irmão traz um cajado, cuja parte superior forma um “T”. Nesta primeira aparição, disse este ser que já estava esperando por nós há algum tempo e que com ele iríamos trabalhar. Perguntamos: Quem é essa Entidade? Qual o tipo de trabalho que ela executará e que nosso Grupo deverá auxiliá-la? Alexandre: Este irmão que ele narrou com detalhes vem para trabalhar só na Corrente. Não irá manifestar-se. É o que vem com os Essênios. Não diz seu nome, mas não é João Batista. É um dos seus discípulos. Vítor: Em nossa última reunião de Umbanda, seguindo orientação do irmão Venâncio, consagramos o altar a Jesus, nosso divino Mestre. No dia seguinte, nossos irmãos Varanda e Silva Filho instalaram a lâmpada votiva, ainda seguindo orientação do irmão Venâncio. Nesse mesmo dia nosso irmão Silva Filho viu, ladeando o altar, duas entidades ali postadas. Perguntamos: A consagração do altar a Oxalá foi aceita por ele, conforme nosso desejo? As Entidades vistas ladeando o altar seriam seus guardiães? Poderíamos saber seus nomes para poder saudá-los nominalmente em nossas reuniões e/ou preces? Alexandre: Sim. Sim. Guardiães Angélio e Paschoal. Final: Quero dizer da alegria que tenho de poder ajudar aos amados filhos. Quero bem a todos vós e lamento que aquele amor Crístico que brotava em vossos corações, alguns filhos estão deixando que acabe. Sempre lembramos a todos que amor, fé e todos os sentimentos mais puros precisam de trato. São como flores, podem murchar, secar e morrer. Cuidem par que tal não aconteça. O coração é um Jardim deixai-o florir. O perfume das flores dura até que as boas lembranças durem. Rogo ao Pai Supremo, o Senhor de todas as luzes que vos abençoe a vida espiritual e terrena. Prosperem sempre. Adeus. Resumo da Sessão do copo realizada em 06.03.78, em Mauá, São Paulo, com as participações de Vicência, Gilson, Orlandinho e Vítor. Atuaram no copo Vicência, Gilson e Orlandinho. Anotador: Vítor. Após as preces de rotina, leitura de página do Evangelho segundo o espiritismo, momento do perdão, ativação dos chacras, solicitamos a Deus em nome de Jesus, permissão para contatarmos o Irmão Venâncio da Corrente de São Lázaro. Comunicante: Irmão Venâncio – “Jesus Cristo convosco. Paz convosco”. Pergunta: Gostaríamos de que o irmão Venâncio olhasse a casa de Exú e que nos dissesse o que é preciso fazer, após colocarmos a “pedra viva” no seu interior e se as oferendas serão depositadas no seu interior. Resposta: Sim, a casa está perfeita. As oferendas serão depositadas dentro. Após o fim dos trabalhos, serão despachadas na praia, pois é consagrada às forças elementares. A pedra viva deve chegar breve. A propósito a pedra viva, é apenas simbolismo à Entidades do Fogo e não quer dizer que as Entidades deixarão de cumprir com as suas obrigações. Alguns colocam figuras representativas, quando na verdade nada disto é preciso. O que prevalece é o espírito destas Entidades que ali são chamadas. Pergunta: As oferendas de comida devem ser colocadas dentro da casa?

34


Resposta: Quando a oferenda for comida deve ser crua e ali depositada por mais tempo. Pelo menos 7 dias. Depois despachar antes de anoitecer em encruzilhada. A oferta de sangue, da mesma forma. Isto deve ficar bem claro: estas ofertas não são para os Exús do fogo e do ar. Pergunta: Gostaríamos de saber se somente uma pessoa deverá cuidar da mesma. Resposta: Sim. É obrigação daquele que orienta os trabalhos. E quem o fizer, deve Ter o mais profundo respeito por estas Entidades. Para despachar deve ser feito por mais de uma pessoa e quando fizer, deixar vela de Anjo Guardião acesa e na volta fazer o banho de sal grosso, para descarregar. É, meu filho, esta Seara dá trabalho. Pergunta: Gostaríamos que nos indicasse, se possível, um dirigente e um auxiliar para os trabalhos de Umbanda, pois por sermos falhos estamos encontrando dificuldade para tal indicação. Resposta: Não vou indicar ninguém. Não devo influenciar e nem forjar o livre arbítrio vosso. Acho que cada um conhece as suas limitações. Portanto, não devo melindrar ninguém. Obs.: Insistimos por uma melhor orientação – “Posso aconselhar o seguinte. Cada médium confie mais em seus guias e neles próprios. Ao iniciar os trabalhos, basta apenas que qualquer um dos irmãos que possa apenas conversar com as Entidades que chegam ao terreiro para trabalhar, tome conta dos trabalhos. É simples, quem não sabe receber um visitante ao chegar em sua casa? Basta isto, o resto é com os Protetores e eles sabem trabalhar. Eles dirigem e não são dirigidos. Pergunta: Poderia ser nossa irmã Maria Rosa? Resposta: Sim. Basta que aceite com amor e boa vontade. Pergunta: Não haverá melindres? Resposta: Claro, mas a medida que forem progredindo o melindre acaba. Pergunta: Poderia ser o irmão Silva Filho a dirigir? Resposta: A vidência ajudaria, mas ele ainda não está completo nas linhas de trabalho e a sobrecarga para ele seria prejudicial. Pergunta: Se possível, nos indicasse também, uma Entidade de incorporação, que fosse orientada por vós e que nos transmitisse essas orientações através do médium dirigente. Resposta: Acho que há muito desamor para com as Entidades que se manifestam. Porque indicar apenas uma, quando todas são dedicadas e capazes. Trabalhem em conjunto, formem equipe. Cada reunião semanal ou mensal será dada a responsabilidade e vigilância aos Guias escolhidos, assim será satisfeito a vaidade de determinados médiuns. Perdoem-me, mas o que acontece é pura vaidade. Pergunta: O irmão Silva Filho pergunta se Venâncio está sempre presente aos trabalhos para orientar. Resposta: Filho, orientação não é necessária, pois as Entidades sabem o que fazer. Agora, o que temos batalhado é com os médiuns que temos levado ao nosso convívio na espiritualidade para que sejam esclarecidos, mas estão ainda endurecidos e de entendimento curto e difícil. Pergunta: Em virtude de dúvidas que existem em torno de alguns médiuns, gostaríamos de saber se haverá trabalhos com Exús, pois estes médiuns sentem de vez em quando suas vibrações. Resposta: Achamos que estas Entidades devem Ter o seu dia para poder descarregar os médiuns porque as Entidades protetoras não tem obrigação de limpar os seus “cavalos”. Cada criatura humana tem por obrigação limpar-se sozinha, agindo bem, praticando a caridade, usar o livre arbítrio para o bem e com isto depurar os seus corpos físicos e espirituais. Como ainda há dificuldades para alguns, o remédio está em dar passagem às Entidades na qual falamos. Elas são campos de vibração passada, mas tem esta função neste campo. Colocar para fora do médium todos os recalques e problemas. Pergunta: Poderia este tipo de trabalho ser feito na última 6ª feira? Resposta: Sim. Pergunta: Confirmar o nome e linha do caboclo do irmão Silva Filho, que se diz 7 Montanhas. Resposta: Este irmão tem vidência e não usa para ele? Caboclo 7 Montanhas não conheço, peça a ele Perguntar o nome da Entidade porque na visita que fiz a sua corrente, não há este caboclo. É caboclo 7 luas, da linha de Xangô. Pergunta: Perante a necessidade que se faz diante de trabalhos, como mesa branca, desobsessão, Umbanda, se possível o porque de não trabalharmos nesta época (Quaresma). Resposta: O calendário terrestre diz semana santa, fim de quaresma. Quaresma, jejum de Cristo, A humanidade inteira emite estes pensamentos e pensamento são formas de ida, criando assim no espaço a mesma coisa que existe na Terra. Portanto, aproveitamos para nosso progresso espiritual. E quando nós nos acercamos mais de nosso Mestre Jesus, para receber novas forças, novas missões e nesta época a vibração na Terra é muito pesada. Podemos vir, mas é prejudicial aos médiuns. Quando àqueles que estão em harmonia com as vibrações baixas, tem neste período a sua plenitude na prática do mal.

35


Pergunta: Se há possibilidade do Mentor do Gilson, se manifestar através do copo. Resposta: Claro, tudo que nós pedimos ao Mestre ele dará. Sabemos que a vossa intenção é instrução e portanto ele poderá em qualquer outra sessão atender as vossas solicitações. Pergunta: Se há possibilidade de Kil Inviscovisk se manifestar através do copo. Resposta: Sim. Ele poderá do mesmo modo que Chaulim. Pergunta: Se Mirsjargill está longe em missão, haverá possibilidade de outro irmão de Vênus atuar através do irmão Vítor na operação espiritual do irmão Gilson e da irmã Leila. Resposta: Quando for marcada a operação ele virá e outro fiará em seu lugar, na missão. Pergunta: O irmão Toninho gostaria de saber o que ocasionou a modificação de sua pele, se é por karma e se suas cordas vocais sofreram modificação pelo mesmo problema. Resposta: Sim. Karma, mas a medida que passar o tempo ele terá estes problemas resolvidos, pois o karma não é dele. Pergunta: De quem é o Karma? Resposta: Gostaria, mas não posso dizer. Posso adiantar que é orgulho. Pergunta: Toninho gostaria de saber se a visão que ele teve de alguns sinais, que ele vai mentalizar, tem algum significado? Resposta: Formas, riscos jogados sobre o aposento. É como um exercício para a vidência e também uma descarga de seu corpo material. Pergunta: O irmão Toninho gostaria de saber se seu compromisso espiritual tem alguma ligação com o Grupo Samuell Sallas e qual será seu tipo de trabalho no mesmo. Resposta: O Grupo Samuell Sallas é o chamamento. Ali deverá colher frutos e ensinamentos. É como a primeira escola, terá carinho e ensinamentos dos amigos espirituais e mais tarde, o meu querido irmão poderá ser muito útil a muitos, em qualquer lugar que estiver. Continue com o mesmo amor ao Grupo, pois quando falamos em Grupo, falamos em amigos espirituais que colaboram convosco. Pergunta: O irmão Toninho gostaria de saber à respeito do desenvolvimento de sua vidência. Resposta: Está certo. Ela vem paulatinamente, devagar, pois abruptamente é impossível agüentar. Pergunta: Qual o nome do caboclo que acompanha o irmão Gilson. Resposta: É um velho cacique, Flecha Azul, índio boliviano, Corrente de Caboclo é unida “um por todos e todos por um”. Ubirajara fica atrás de Flecha Azul. Um intui e o outro encaminha dando as condições para que o irmão trabalhe nas vibrações. - Estão satisfeitos com as respostas? Acho que fui um pouco rude nas respostas. Pergunta: O irmão Vítor gostaria de saber se Pé-Preto foi seu irmão quando índio ou como civilizado. Resposta: Ele viveu com seu irmão em civilização européia. Não pense que ele regrediu. As encarnações como selvagem são maneira grosseira de expressão, porque não há nada de selvagem com nossos irmãos índios. A sua vinda como índio deve-se ao fato de transmissão de conhecimento adquirido no pretérito e transmitir bons sentimentos aos seus descendentes, pois o sentimento vem através de uma forma de adiantamento espiritual, que é transmitida aos descendentes. Devemos por hoje encerrar por que nossos queridos irmãos compreendem nossa obrigação em ajudar e instruir, mas é desta maneira que será mais fácil para os irmãos guardarem o que aprender. Obs.: Pedimos ao Irmão Venâncio que em suas preces pedisse a Deus que as barreiras que impedem o sucesso da reunião do copo sem a irmã Vicência fossem derrubadas. “Roguemos ao Senhor e criador de todas as coisas que os abençoem nesta forma de trabalho e que as barreiras sejam derrubadas. São meu voto e dos irmãos que nos auxiliam para manter o campo de força desta irmã, para que nos possamos comunicar convosco. Deus vos abençoe e que todos os vossos desejos de paz e harmonia reine entre todos. Rogamos ao divino Mestre amado Jesus, bênçãos para todos. Ficai em paz, muita paz, Boa noite. Resumo da Sessão do copo, realizada em 12.03.78, em Mauá, São Paulo, com as participações de Vicência, Rosa, Gilson e Vítor. Atuaram no copo: Vicência e Rosa. Após as preces de rotina, leitura de página do Evangelho segundo o espiritismo , momento do perdão, ativação dos chacras, solicitamos a Deus, em nome de Jesus, permissão para contatarmos irmãos do plano espiritual, a fim de buscarmos orientação e ensinamentos. 1ª Comunicação: Irmã Maria Clara.

36


“Paz convosco! Venho para participar a todos que a nossa pequena cirurgia correu como esperávamos. Graças ao Senhor por tudo. Abençoado, aquele que crê, o reino do Senhor é como ele! Deixo-vos minha paz e meu amor. Deus vos abençoe!”. 2º Comunicante: Alexandre Guill “A todos Zihitmuitguszt! Possam todos vós alcançarem a graça do Senhor Jesus! É o meu e o desejo de toda a Corrente dos Pacificadores. Que a paz seja senhora absoluta de vossos corações”. Obs.: Após solicitarmos e obtermos permissão para formular as diversas perguntas preparadas demos seqüência à reunião. Pergunta: (Vítor) – Peço-te confirmar o nome da Entidade chinesa que me assiste no livro “I Ching”. É YO CHANG? Ele deseja que eu diga algumas palavras ou siga algum ritual, antes de formular a pergunta ou mesmo ao invocar sua presença? Resposta: O nome é este, mas os chineses costumam dar apenas o primeiro nome. Quanto ao ritual, apenas incenso, bater palmas e reverenciar o seu nome. Isto basta. Pergunta: (Vítor) – Poderias nos dizer como transcorreu o trabalho realizado para o irmão Gilson, se haverá necessidade de nova operação e, inclusive, dá-lhe tuas orientações como se comportar nos próximos dias? Resposta: Sim, correu tudo bem e já era esperado. Quanto a cuidados, deve evitar movimentos bruscos, exercício violento. Andar devagar, sustentar o corpo com uma faixa que envolva o seu tórax até o quadril. Usar a faixa durante quinze dias. Quanto a posição de dormir, estando enfaixado será normal. Evitar friagem para que não venha a sentir dores. Pergunta: (Gilson) – Poderias dizer-me o porque desta dor que sinto na perna esquerda? Resposta: Devido ao desvio que ficou por motivo operatório antigo. O nervo ciático depois de apanhar friagem tornou-se dolorido e sensível. Para isto deve fazer banho quente. Pergunta: (Vítor) – pergunta do nosso irmão Varanda: “No processo de cura à distância ou no local, as Entidades espirituais utilizam-se do Reino Vegetal a essência necessária como “Prana Vegetal”. O que é “Prana Vegetal” e se existe Prana Mineral e Prana animal? Resposta: Que infantilidade, pois a natureza é a grande colaboradora do homem! É dela que extraímos a força vital. A vida que nós chamamos “Prana” é isto: Vida, em todos os seus reinos, vegetal, animal e mineral. A vida do homem vem do seu espírito. Cabe a ele viver bem ou mal. Para nós não há distância. Perto ou longe, prestamos a caridade e nós também recorremos às forças da natureza, pois ela é nossa aliada e dela haurimos nossas forças também. Fui claro? Pergunta: (Vítor) – pergunta do mesmo irmão: “Certo espírito tem por karma morrer aos 20anos com ferimento no estômago, sofrendo muito antes do desencarne. Um outro espírito encarnado propositadamente feriu-lhe o estômago. Este espírito é culpado ou fez cumprir a lei kármica? Enfim, como agirão os Senhores do karma para que tal destino se cumpra? Resposta: Os Senhores do Karma agirão dentro das leis da Divina Providência. Nada foge à lei Divina. O primeiro irmão deveria voltar à Pátria espiritual pelo karma do sofrimento físico e, como devedor do segundo irmão, por ele seria ferido. Assim a Pena de Talião seria executada. Mas assim tudo voltaria ao mesmo. Entra, então, em vigor a lei do amor. Voltariam ambos a vestir a carne para juntos trilharem o caminho da redenção, o caminho do amor. Pergunta: (Vítor) – O irmão Agostinho de Góes Pereira: “Gostaria de saber o porque desta inquietação, tensão, angústia e insegurança que me afligem já a uns 2 meses, uma vez que sempre fui uma pessoa muito segura e, portanto, isto tem me deixado muito preocupado. Resposta: Tensão nervosa, estafa mental. Ele é uma pessoa impressionável e vai acumulando dentro de si mesmo as suas angústias e agora estão surgindo na forma descrita pelo irmão. Espiritualmente há companheiro na mesma faixa vibratória. E, assim sendo o caso toma maiores proporções. Ele será ajudado por nós. Pergunta: (Vítor) – Com respeito a esse irmão, gostaria de saber se ele é médium e qual ou quais os tipos de sua mediunidade. Resposta: O campo mediúnico está conturbado. Há nele muita confusão de idéia sobre a mediunidade e comunicação com o Espaço. Aguardemos. Breve esperamos conseguir ajuda para este irmão. Pergunta: (Vítor) – É possível saber quanto tempo vivemos em Vênus e por que voltamos à Terra? No calendário terrestre, em que ano tornamos a voltar a Terra? Resposta: As datas não são importante. O que importa é a forma de conhecimento e depuração que deram aos que os rodeavam. Contamos tempo por vitória alcançada. Houve várias encarnações e ainda não puderam retornar à Vênus.

37


Pergunta: (Vítor) – Gostaria de pedir que os irmãos do plano espiritual traçassem um plano de trabalho com referência ao grupo de cura e nos apresentassem para que nós pudéssemos dar nossa parcela de contribuição. Se possível, este plano viesse completo a fim de evitarmos interferência humana, visto desejarmos tão somente sermos os instrumentos de Deus, de Jesus e das correntes espirituais que realizaram este trabalho. Resposta: Filho, o plano de cura obedece aos desígnios mais altos e, assim sendo tudo irá bem. Precisamos de harmonia, amor e compreensão entre todos. A colaboração de todos é necessária e assim teremos um campo de força magnética fortíssimo desde que todos colaborem, dediquem-se a este trabalho apenas uma vez por mês. Isto digo a vós porque nós depois nos encarregaremos do necessário para a continuidade dos trabalhos. Pergunta: (Vítor) – O movimento “Ponte para a Liberdade”, criado pelo Mestre Ascensionado El Morya é, em muitos pontos, igual ao Movimento espiritual Vahali, de Saint Germain, excetuando-se o uso da palavra “I AM”. Pergunto: Podemos usar os apelos do Movimento El Morya, acrescento-se a palavra I AM, nos nossos momentos de apelos ou há qualquer inconveniente ou proibição de Saint Germain? As músicas indicadas para os ofícios da “Ponte para a Liberdade” serviriam também para os de Vahali? Resposta: Desde que haja profundo recolhimento e espírito de elevação, todo apelo é o grito do filho. Daquele filho pródigo que volta para seu pai. Porisso não vejo inconveniente para o uso e também restrição da palavra I AM Pergunta: (Vítor) – No trabalho realizado hoje o meu comportamento foi aquele desejado ou há alguma falha a ser corrigida? Resposta: Nenhuma. Pergunta: (Vítor) – O irmão Gilson gostaria de saber se o problema na coluna era kármico. Resposta: Há coisas e fatos que achamos melhor desconhecer. Karma ou não, já está livre dele. O amor a tudo redime. Pergunta: (Vítor) – Nesses trabalhos é bom sempre fazer-se apelos aos Senhores do Karma? Resposta: Este apelo é muito poderoso e deveis saber que a dose de certos remédios deve ser dada poucas vezes! Só em crises de problemas graves ou aqueles casos que destroem o espírito. Jesus alertou aos Apóstolos, dizendo: “Filhos, acautelai-vos com aqueles que podem matar o vosso espírito!” Nestes casos, podem apelar. Pergunta: (Vítor)- O pai do Gilson tem-se queixado de dores na perna esquerda. Gostaria, se fosse possível, nos dissesse qual o seu problema e nos desse sua orientação para o tratamento. Resposta: Dor muscular. É preciso massagem leve com pomada ou linimento à base de cânfora e evitar friagem. Pergunta: (Vítor) – Ontem à noite eu e o irmão Orlando vimos uma luz sobre um morro defronte a esta casa. Esta luz fez um movimento descendente, compassadamente, de forma total diferente de um avião. Teria sido um OVNI? Era Venusiano? Resposta: Disco ou nave, mas não era de Vênus. Eles precisam de certos elementos que o planeta terra contém e isto que eles estão procurando, mas certos humanos que o avistam ficam amedrontados e vibram negativamente, perturbando os trabalhos deles. Pergunta: O teu campo de ação é próximo de onde estamos? Resposta: Percorremos à Terra. Nossa missão é pacificar e com isto estamos em muitos lugares. Nosso raio de ação estende-se por todo o planeta. Pergunta: Há possibilidade de passares por perto para que possamos ver tua nave? Resposta: Verei qual está mais perto e pedirei que os visite. Fiquem atentos das 21:00 horas em diante. À Sueste. Pergunta: A irmã Rosa gostaria de saber qual o motivo da sonolência que sente nas reuniões que há necessidade de vibrações. Resposta: É necessário porque seu sistema nervoso altera-se fácil e a dormência é preciso. É analgésica, podendo assim a irmã executar a tarefa sem prejuízo para o seu sistema nervoso. Pergunta: A mesma irmã quer saber que, uma vez, identificou-se psicograficamente como “amigo do além”. Teria sido Mirjargill? Resposta: Sim. Pergunta: A mesma irmã pergunta se há possibilidade de saber a respeito do mentor espiritual e da entidade que se manifestou hoje, durante o trabalho para o irmão Gilson. Resposta: A entidade é Preto-Velho e pode chamá-lo Pai Norberto. A Mentora agora começa a ser ouvida mentalmente por ela. Já dissemos seu nome. Azteca Himasuam é o nome. Haiamar é seu nome como sacerdotisa de templo Maia. A sacerdotisa leva o nome de sua predecessora. Esta Entidade é indígena do Perú/Bolívia.

38


Pergunta: Podes dizer-me como transcorreu o tempo que usei fazendo apelos esta manhã naquele local, no topo do morro? Resposta: Apelos sentidos, são sempre atendidos. Agradecemos os apelos feitos pelos humanos. Boa parte de Mestres Ascensionados para lá enviaram seus raios. Pergunta: A irmã Vicência nos disse Ter “sentido” a presença de Jesus e Saint Germain em certo momento de nosso trabalho desta manhã. Podes confirmar tal fato>? Resposta: Mas é claro! Em nome de que, afinal, foi feito? Eles sabiam da maneira que haviam de chegar, depois que tudo estivesse em condições. A vinda deles já era por nós esperada. Pergunta: A irmã Rosa pergunta se também já passou por Vênus. Resposta: Não viveu, mas vem de descendência venusiana e nós a esperamos lá. Pergunta: Nossa irmã Vicência pergunta se deve continuar tomando medicamentos indicados pelo médico terrestre. Resposta: Continue. É importante que tome ainda os medicamentos. FINAL: “Acho que findamos o nosso trabalho de hoje. Gostaria que todos sentissem a mesma alegria por estarmos juntos nesta tarde. Agradecemos ao Pai Celestial a graça de podermos nos reunir mais uma vez. Deus abençoe a todos com sua compreensão e confiança depositadas em todos vós”. Obs.: Pedimos a Alexandre Guill que, em suas preces, rogasse ao Criador e a Jesus que nos desse a forca necessária para podermos realizar esses trabalhos com o copo sem a presença de nossa irmã Vicência, a fim de não sacrificar sua saúde. Respondeu-nos Alexandre Guill: “Não desanimem e não é sacrifício para ela. O labor é leve e proveitoso. Deixo a vós a paz de Jesus e de todos nós”. Sessão do copo realizada em Mauá, em 01.04.78, com as presenças de Vicência, Rosa, Gilson, Orlandinho, Orlando, Toninho e Vítor. Anotador: Vítor . Atuaram no copo: Vicência, Gilson, Rosa e Orlandinho. Após o roteiro estabelecido pelo Grupo Samuell Sallas demos início aos trabalhos, que contou como: 1º Comunicante: Irmão Ângelo. “Paz com todos! Irmão Ângelo, da Corrente de Judas Tadeu, para saudar a todos vós e pedir por todos vós e auxiliar no que for possível”. Pergunta: O irmão e a corrente a que faz parte estão trabalhando com nosso Grupo? Resposta: As correntes que ora auxiliam o Grupo são várias e, aos poucos, irão identificando-se. Há muitos poucos que gostam de ajudar ao próximo e estamos encontrando neste Grupo bastante boa-vontade. Sejam abençoados seus esforços! Há alguma pergunta? Pergunta: Em que setor dos trabalhos atuará esta Corrente? Resposta Caridade espiritual e material. A prece com fervor abre todas as portas. Pergunta: Podemos contar com a colaboração desta corrente em nossas campanhas de auxílio, abrindo os corações das pessoas que procurarmos para donativos? Resposta: Mentalizem o Divino Mestre Jesus e chamai-nos. Deixo-vos minha oração: “Pai Santo! Abençoai nossa missão terrena! Rogamos por todos que a terra chegaram! Auxiliamos àqueles que choram e a vós, Pai, clamamos: Olhai por todos, ajudai os que choram por um pedaço de pão, olhai por aqueles que procuram o meio para seu sustento e encontram dificuldades para conseguirem o que precisam! Abençoai as crianças, os famintos do corpo e do espírito, pois a dádiva maior vem de vós! Como vossos filhos, sabemos que nada nos faltará! Amém! “. Obs.: Respondendo a pedido feito por Rosa para que não faltasse o auxílio da corrente às nossas campanhas, disse: “Confiai no Mestre. Ele conhece o problema e o auxílio não faltará!”. FINAL: Eu agradeci a oportunidade de nos fazermos apresentar a todos vós e agradeço a paciência que tivestes conosco, pois a primeira vez é um tanto difícil para nós. Mas, graças a Deus e o auxílio dos Irmãos Alexandre e de outros presentes, vencemos a barreira. Judas Tadeu vos envia saudações e roga ao nosso Mestre por todos vós. Estaremos sempre juntos. Até outra vez. Que a paz de Jesus fique com todos vós. 2º Comunicante: Alexandre Guill Amigos, estamos juntos para nossos trabalhos de hoje. ZIHITMUITGUSZT! O nosso Valério cumpriu a palavra dada. Vocês viram-no? Obs.: Aqueles que viram, confirmaram. Rosa descreveu o OVNI detalhadamente, como o viu e pediu a Alexandre que confirmasse, ou não, os detalhes por ela observados.

39


Resposta: Sim, a nave levava uma menor para reconhecimento d região e, quando foi vista por vocês, estava completa. Mais tarde a menor foi utilizada por Valério. A missão dele naquela noite era nas proximidades da Argentina. Foi desviada a rota, por ser a mais próxima de vocês. Obs.: Rosa pediu confirmação sobre o detalhe de uma espécie de janela envidraçada que ela viu. Resposta: Apenas um visor na frente de comando, visor este que logo após a verificação do local é feita, nós o fechamos para que não chame a atenção dos terrestres. Obs.: Pedimos a Alexandre que estudasse a possibilidade de um contato mais próximo, usando-se o topo de um morro, em forma de clareira, como ponto de encontro. Resposta: Tudo vai depender de como as zonas que rodeiam a Terra estejam. Os campos magnéticos são grandes obstáculos ainda e não estão fáceis para atravessar certas barreiras. Amigos, gostaria que fosse bem mais simples os obstáculos que enfrentamos para atravessar essas barreiras! Mas o Divino Arquiteto sabe defender as suas cidadelas. A dificuldade que alguns encontram para aqui chegarem são bem maiores que as nossas. Pergunta: Podes descrever o símbolo dos Pacificadores? Resposta Os Pacificadores temos a Estrela e a bandeira branca. Trazemos um elmo prateado, cruzando por ele uma espada. Acima do elmo, no canto superior direito a estrela de cinco pontas. Há uma plumagem de cor azul que atravessa a espada e o elmo. Obs.: Rosa observa que “vê mentalmente” um símbolo diferente e que, intuitivamente, sabe que é de Mirsjargill. Pede a confirmação ou não desta mentalização? Resposta: Sua mentalização está correta, Mirsjargill é portador deste estandarte. É o símbolo da sua missão. Cada líder ou grupos colocam os caracteres da missão a que se propõem. Obs.: Rosa observa que, quando “vê” a presença de Alexandre em nossas reuniões, a “vê “ de forma diversa da relatada pelo irmão Maresca, que o vê com barba e ela não percebe esta barba. Pede explicação. Resposta: A questão da aparência varia. Às vezes nos mostramos de formas as mais diversas. O irmão Maresca, vê a que conheceu no passado e a sua é a mesma que a irmã Vicência recebe. Pergunta: Poderias dizer-nos quem é o Comandante-em-Chefe dos Pacificadores? Resposta: Somos vários Grupos. Nosso campo de trabalho é imenso, por isso dividimos. Há, entretanto, obediência total a uma só Entidade e você já sabe quem é. Obs.: Manifestamos nossa incerteza e Alexandre observou: “Claro que sabe, meu filho”. Entendemos que Alexandre Guill é o Comandante-em-Chefe dos irmãos venusianos, que trabalham fora de seu planeta em missões diversas e, que na Terra, trabalham pacificando. Perguntamos sobre Sanat-Kumara, que teria salvado a Terra da destruição há milhares de anos. Resposta: A destruição viria com guerras e doenças desconhecidas, mas foi salva uma boa parte da Terra. Obs.; Insistindo neste profundo assunto, perguntamos se, quando Sanat-Kumara retornou à Vênus, na década de 50, após dar como encerrada sua missão houve a ascensão de Lord Maitraya ao lugar de Lord Gautama, de Jesus e Kuthumi a Instrutores do Mundo e Cristo Cósmico, posição antes ocupada por Lord Maitraya. Pedimos confirmação deste remanejamento na Grande Hierarquia Divina, com as ascensões indicadas. Resposta: São fatos delicados e de por bem ouvir e calar. Apenas comentar com os afins e procurar estudar e entender. As revelações são por demais delicadas para alguns, delas tomarem conhecimento. Os apóstolos tinham conhecimento de muitos segredos mas não diziam. Mais segredo, mais conhecimento. Lembram de Paulo? O irmão Vítor abriu os trabalhos com a mensagem de Paulo a um povo que sabia sobre os deuses, como eles chamavam. O Apóstolo também sabia mas vejam a maneira como cuidou do assunto, dando conhecimento sem aprofundar-se na questão. Obs.: Alexandre Guill refere-se aqui ao trecho lido (parte do roteiro) ao início dos trabalhos, quando, ao acaso, abrimos a Bíblia e lemos o capítulo 3 da 1ª Epístola de Paulo aos Coríntios). Pergunta: Existindo 7 raios, cada qual com seu Mestre e cada qual reinando por 2000 anos, poderiam dizerme a qual Raio pertenço (por afinidade)? Resposta: 8º Obs.: Repeti, por não entender a resposta, toda a pergunta conforme enunciada acima, observando que o 8º Raio, do Mestre OSSOK, ainda não estava dominando e por isso não conseguiria entender a resposta. Disse Alexandre Guill: “E quanto pensas que falta? Todos devem cuidar da libertação. O chamamento está sendo feito. Agora é a vez de ouvir a voz do Pastor! Reparem que aqueles que não vão ouvir a voz já estão tornandose bem mais difíceis de controlar. Há uma barreira que os separam”. OBS.: À partir deste momento passamos às perguntas que havíamos preparado especificamente para este contato.

40


Pergunta: Bem-amado Mestre, o que achas do roteiro estabelecido para o trabalho programado para a manhã de amanhã? Sei que houve tua participação nessa sequência de orações, bênçãos e apelos. Estou certo? (O roteiro referido foi extraído do livro Apelos, do Movimento Espiritual Vahali). Resposta: Sim. Pergunta: Poderemos aproveitar a oportunidade para que as Entidades Médicas espirituais atuantes examinem nosso irmão Gilson e verifiquem do sucesso da operação e/ou façam algum novo trabalho? Caso haja necessidade, orienta-nos como proceder. Com relação à irmã Leila, podemos usar da mesma ocasião para a operação do abcesso que tem no rosto? Caso positivo, oriente-nos. Resposta: Caso primeiro? O irmão Gilson deve fazer apenas um pequeno reparo. A operação correu bem. Precisa de um reforço na coluna, porque ele esqueceu fez pequenos movimentos, que alteraram muito pouca coisa, mas ficou dolorido. Ele deverá deitar, mas só ao final da operação da irmã Maria Cristina. A jovem Leila será operada na forma mais simples. Poderá ficar sentada normalmente, inclusive ajudando nos trabalhos. O seu problema é um pequeno quisto sebáceo que irá dissolver-se aos poucos. Pergunta: O jovem irmão Newton de Oliveira Lima Jr. Já foi operado espiritualmente, segundo informação dada à sua mãe. Perguntamos: Que tipo de operação foi realizada? O objetivo foi alcançado? Pode a Corrente dos Pacificadores fazer algo para ajudá-lo ou mesmo curá-lo, ou tudo o que podia ser feito já o foi? Os apelos feitos aos Senhores do Karma, pedindo misericórdia para esse jovem o ajudam de alguma forma e outra cirurgia poderia alcançar melhores resultados? Resposta: A cirurgia que foi feita alcançou o seu objetivo, mas uma outra é necessária porque a questão é bastante complexa e o objetivo é alcançar a cura total. E nós vamos conseguir, com a permissão dos Senhores do Karma! Agora será bem mais fácil, porque com a libertação do karma é tudo mais fácil. Pergunta: Isto vem reafirmar que estes apelos são realmente poderosos, não? Resposta: Apelos feitos com o coração e amor são a maior arma do Universo. Pedi e dar-se-vos-á! Pergunta: Quando poderia ser feita essa cirurgia? Resposta: Bastam que queiram e nos comuniquem par que possamos trazer a Entidade que vai realizar esta operação. Pergunta: Estou fazendo o mesmo apelo por André Luiz. Crês que, no futuro, possas fazer algo por ele ou já podes fazer agora? Resposta: A criança em questão é bem amparada espiritualmente e tem sido tratada naquilo que precisa. Mais para a frente nós vamos tocá-lo par que possa receber maior proveito do que vem sendo feito por ele. Pergunta: Podes dizer-me qual o estado de saúde física e espiritual de Albertina Rosas da Silva? Essa irmã está seguindo a orientação dada por Almur, em 04 de março p.p. Com referência a parte espiritual, Almur descreveu verdadeiro caso de possessão. Venho apelando ao Arcanjo Miguel e Legiões da Luz para seccionar esses laços de ligação espiritual e gostaria de saber se estamos alcançando sucesso. Não temos dúvida quanto ao poder do Arcanjo Miguel e suas Legiões de Luz e nem da força do apelo. Apenas queremos saber do progresso alcançado. Resposta: Ela está livre. Já não há mais possessão. A sua visão vai melhorar, irá nascer dentro dela mais alegria e ânimo. Ela é uma criatura boa e amorosa. Tudo irá bem. Pergunta: Devo continuar apelando ou posso parar? Resposta: Continue por mais uns dias. Pergunta: Pedimos tua visita à irmã Roselaine Aparecida Dias de Oliveira e dizer-nos do seu estado físico e espiritual. Existe algum problema. Seu pai está muito preocupado com ela. Resposta; Calma é o que aconselho. Nada errado e nem grave. Apenas o pai apavorado e cismado. As coisas que ele teme não vão suceder. Pergunta: Podes dizer-me o que está ocorrendo com a mediunidade de nossa irmã Edna? Ela não sente qualquer tipo de aproximação, nem de sua protetora, nem das Entidades que manifestavam-se através de sua mediunidade e isto está preocupando seu companheiro e ela mesma. Resposta: É assim mesmo. Às vezes as Entidades percebem que não há grande interesse por parte dos médiuns e afastam-se por uns tempos. Aproveitam para melhorarem suas próprias situações. Depois voltam a procurar os médiuns. Elas voltarão logo, assim que ela mesma desejar. Pergunta: Rogamos enviar vibrações à irmã Natalina Negro Gonçalves Bicudo, companheira de nosso irmão João Gonçalves Bicudo, abrandando seu coração e induzindo-a a freqüentar nossas reuniões de vibrações. Resposta: Vibrações ela já tem recebido. Agora só depende dela própria. Acontece que ela é bastante endurecida. Mas, assim mesmo iremos fazer agora a vibração.

41


Pergunta: A emissão de certos mantras podem ativar nossos chacras melhor do que a força do nosso pensamento (às vezes muito fraca)? Caso positivo, podes ajudar-nos dando-nos esses mantras ou pedindo a presença de alguma Entidade Hindu, mais ligada a esse assunto? Resposta: Os mantras são ótimos mas é necessário que formem um conjunto: fé e confiança e, acima de tudo, ligá-lo ao pensamento. Os chacras poderão ser acionados através de formas-pensamentos, para que sejam mais rapidamente desenvolvidos. Para que sejam desenvolvidos os mantras ajudam, mas é como disse, mantras e pensamentos firmes. Apenas mantras serão vozes ao vento. O nosso amigo Kil poderá dar os mantras em outra oportunidade. Pergunta: O incenso também poderia ajudar a acelerar esse desenvolvimento? Resposta: Incenso, a postura e o abandono das mãos (relaxamento), deixando o pensamento liberto para a natureza criadora. Olhe uma flor, uma árvore ou mesmo águas de mar ou rios. Enfim, a Natureza é pródiga, dá tudo e facilita tudo para a resposta dos chacras. Quando digo ver árvore, etc., digo “ver” mentalmente. Pergunta: Com referência aos meus chacras, podes dizer-me se já existem alguns plenamente ativados e quais necessitam de ativação mais intensa? Nos exercícios de Psicografia, ao qual breve retornarei, haveria a possibilidade de ligares o fio prateado ao meu chacra Umeral? Resposta: Progredistes bastante, mas tudo deve ser com vagar. A pressa desgasta. O Umeral será para breve. Vai precisar de uma ajuda dos Pacificadores. Aguarde, terás boas novas. Deves ativar mais intensamente o chacra Potestade. Os outros estão progredindo paulatinamente, normalmente como deve ser. Pergunta: Sabes o significado desta frase, lida em um livro de El Morya: AUM TATA SAT AUM! Seria um mantra? Resposta: Mantra são as primeiras AUM repetindo AUM. A outra complementa, mas nada significa. Não traz nada, apenas som. Pergunta: O Mantra HARI OM RAMAKRISHNA, ensinado por esse ser iluminado, pode despertar a Kundalini, conforme nos afirma o próprio Ramakrishna? Resposta: Repetir sons ou formas de palavras podem ajudar, mas, para despertar a Kundalini é preciso bem mais que isso. Às vezes a curiosidade pode despertá-la, mas a curiosidade pelas coisas desconhecidas, pelas coisas sagradas. É um meio de despertá-la. A elevação do homem até o infinito, a procura do seu criador, ativa e desperta a Kundalini. Por ora fiquemos por aqui. Esse assunto é longo e perigoso. Pergunta: O irmão Varanda pergunta se esta renovação espiritual que sente atualmente é fruto do seu empenho sincero em seu aprimoramento moral resultante dos seus estudos ou uma fase momentânea, entusiasmo? Haveria a interferência de alguma Entidade espiritual, ajudando-o nesta caminhada para o alto, através do estudo, da prática do que aprende e, principalmente, da prática de servir e amar ao próximo? Caso positivo deseja essa Entidade enviar a esse irmão alguma orientação para facilitar este intercâmbio? Quem é o autor da mensagem que ele psicografou recentemente? Resposta: A semente da fé e a razão adquiridas, os estudos, aliados ao firme propósito de elevação espiritual, fizeram com que houvesse essa transformação. Não é anormal, pelo contrario, é natural a mudança que sente para melhor. A amiga Djanira é que o tem intuído. A mensagem recebida é de seu Mentor, Bezerra de Menezes. Pergunta: Temos notado que a água colocada para fluidificação durante estes trabalhos, fica impressionantemente fluidificada, fato que nunca ocorreu (eu, pelo menos nunca vi nada igual) com a água que colocamos para fluidificar durante os trabalhos em nossa Sede. Haveria algum problema por se nossa jarra de material plástico e, nessa casa, usarmos um litro de vidro branco? Resposta: Quanto aos recipientes, tanto faz. Experimentem escolher apenas uma pessoa para isso. Pode ser o Gilson . Bem creio que por hoje cumprimos nosso trabalho com vocês. Adeus. 3º Comunicante: Samuell Sallas “Paz, muita paz com Jesus a todos vós! Aqui estamos para vos dizer, que a vontade suprema, acima de todas as vontades, vem de Deus que, acima do livre arbítrio, supera tudo. Convosco Samuell Sallas, desejando boa noite a todos e rogando ao Senhor a permissão para os trabalhos desta noite. Feliz é aquele que crê porque sabe a verdade e não precisa de resposta, pois a dúvida aniquila a alma, não o corpo. Peço a permissão de Deus para poder responder com amor, verdade e justiça para todos. Eu compreendo que dúvida faz parte dos seres encarnados. Tentarei dar respostas que satisfaçam, pois aqui onde vivemos, nós nos desligamos por completo daquilo que foi a existência passada na Terra que, na maioria das vezes, provocam lembranças muito dolorosas. Vamos às perguntas. Obs.: Após agradecermos a presença do Mentor espiritual do Grupo, iniciamos as perguntas, conforme ele nos pedira.

42


Pergunta: Em reunião efetuada neste local, em 21.01.78, o nosso irmão manifestou-se e deixou-nos bela mensagem, conclamando-nos ao serviço pleno, a Deus e a Jesus. Deixou-nos um prenúncio biográfico e uma sugestão de roteiro semanal para os trabalhos do Grupo. Para nossa surpresa, houve descrença quanto a autenticidade desta comunicação, talvez devido ao choque com a programação estabelecida para o Grupo. Diante do exposto e para que não haja mais dúvidas de que é realmente o seu Espírito que aqui se manifesta, buscando dar-nos a orientação e o conhecimento de que somos carentes, rogamos responder, em nome de Deus e de Jesus, as seguintes perguntas referentes a sua última encarnação, em que recebeu o nome Samuell Sallas; a) data e local de seu nascimento; b) nomes de sua companheira e filhos, informando-nos quais os que já estão na espiritualidade e quais os que ainda estão encarnados; c) os encarnados, onde vivem atualmente? d) Data do seu desencarne; qual o cemitério onde está ou foi sepultado o seu corpo físico e número do jazigo ou campa onde se acham seus restos carnais. Rogamos tentar compreender-nos e pedimos suas respostas, tão completas quanto possíveis. Resposta: Sei que cheguei aos 52 anos incompletos. Vivi em Pinhal, onde nasci. Depois já adolescente, mudamos para São Paulo. Meu pai era negociante. Chamava-se Mateus e minha mãe Ana Rosa. Meu avô materno Samuell, como eu. Nossa família era de Granada, em Espanha. Casei-me jovem ainda. Dois após, ela deixou-me por outro. Sofri muito com a traição, porque eu a amava de verdade. Mais tarde conheci a minha companheira, com a qual vivi até os derradeiros dias na Terra. Eu a chamava Aninha. Era Ana o seu nome. Já estava com 25 anos quando minha força mediúnica desabrochou. Depois disto não mais parei de fazer caridade. Minha vida foi muito simples, eu sempre confiei em Deus e recebi os golpes que a vida nos dá, com resignação, porque eu sempre soube que a vida verdadeira é a que vivo agora. Tivemos filhos, foram 5. 2 Deus os chamou, um ainda nenê mas o outro com 16 anos. Avaliam nossa dor! Mas a certeza do futuro que nos aguardava calou meu coração e secou minhas lágrimas de pai que amava seus filhos. Entreguei-me ao trabalho espiritual, sem contudo esquecer a tarefa com os meus amados que ainda dependiam de meus braços para sustentá-los. Assim, foi para o mundo uma existência comum, sem nada de extraordinário. Resgatando dívidas passadas, auxiliando aqueles que precisavam. Todo tempo que podia dava aos que me procuravam, com amor e boa-vontade. Sobre meus filhos, dois vivem em São Paulo e um em Santos. É uma moça e dois rapazes. O mais velho deve estar com 41 anos e o outro 39. A moça 36 para 37. Gostaria de poder dar o endereço, mas acho por bem não dar. Eu prometo a vocês queridos amigos, levar até o Grupo um deles. Isto eu vos prometo em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo. Não darei os nomes, apenas as iniciais. O primeiro letra “A”, o segundo “G” e o último “S”. Meu corpo foi sepultado no Cemitério da Quarta Parada em São Paulo. Túmulo simples. Nada há mais que recorde a minha passagem. A data foi a 03 de novembro de 1960. Os irmãos lembraram da passagem em 02 de novembro. Nesta data a minha agonia estava findando. Realmente deu-se o desencarne exatamente à 00:00 hora do dia 03. Foi de 02 para 03. Pergunta: Qual a causa mortis? Resposta: Coração. Angina péctoris e complicações renais. Pergunta: Qual era a sua atividade profissional? Resposta: Várias, desde a roça, negociante, pedreiro e pintor de paredes. De tudo um pouco. Nunca escolhi serviço. O que vinha, estando precisando, eu aceitava. Agora, das consultas mediúnicas nunca aceitei nem que dissessem muito obrigado. Era minha obrigação. Obs.: Tocados pelo que nos relatara nosso Mentor pedimos desculpas por tê-lo feito relembrar fatos que só lhe trouxeram tristes recordações. Disse-nos Samuell Sallas: “Não há o que desculpar. Jesus também foi sondado pelos sacerdotes, lembram?”. Obs.: Rosa também desculpou-se por seus momentos de dúvidas e recebeu a seguinte resposta: “Fique em pz. Eu lhe entendo e também aos outros. Continuando sua atuação através do copo, disse: “Sou grato a vossa lembrança por dar o meu nome ao Grupo de Trabalho. Fiquem certos que assistência não faltará. Gostaria de norteá-los para que sirvam ao Senhor, mas sem prejuízo de vossa labuta diária pelo pão de cada dia. Servi ao Senhor com parcimônia e sem sacrifícios inúteis, entenderam? Pergunta: Nosso irmão Álvaro e eu cremos firmemente que a existência de uma “casa de Exú” em nossa Sede, mesmo localizada externamente, provocará aproximações destes irmãos e, em conseqüência, haverá influências maléficas nas vibrações de outros trabalhos. É nossa intenção, com a necessária, valiosa e poderosa ajuda de sua Corrente, das Equipes espirituais que conosco atuam e outros irmãos do plano espiritual que por certo virão ao nosso encontro, tornar nossa Sede um foco de luz ainda mais poderoso do

43


que já é atualmente e fazermos daquela casa, daquele templo, um centro irradiante de poder a serviço de Deus, a fim de ajudarmos a executar o Plano Divino. Diante do exposto, desejamos saber se essa “casa” não atrapalharia nossos planos, pelo tipo de irmãos que atrairá. Resposta: Filhos, como pensam que o planeta está formado? Vivemos todos juntos, dentro do mesmo lar, apenas separados por vibrações diferentes. Cada qual faz o seu próprio mundo. Todos podem viver juntos, a linha de demarcação é apenas a faixa vibratória de cada um. As Entidades mencionadas jamais atravessarão o Campo Mental Superior. Para eles é muito difícil de atravessar. A porta d escape para eles vem dos irmãos encarnados. Para isso, orar e vigiar é antídoto. Para isto policiem seus costumes, seus pensamentos. Agindo dentro dos ensinamentos do Cristo e das lições que as Entidades amigas vêm dando através de mensagens escritas, faladas e psicografadas e mesmo mentalizadas. Acho que todos têm tido a oportunidade de ouvir ou mesmo ver os ensinamentos dados aos irmãos. Para elas, essas Entidades, atravessar o campo mental superior, é como atravessar uma cerca com milhares de volts. É campo minado, para elas é muito difícil de atravessar. Obs.: Rosa manifestou sua preocupação com relação ao irmão Álvaro dizendo senti-lo muito abatido, perturbado e desarmonizado em alguns momentos. Samuell Sallas respondendo disse: “Ele está lutando contra uma Entidade vingativa. Apesar da couraça que ele está usando, há momentos de balanço e dardos de negatividade são arremessados sobre ele”. Pergunta: Poderia o Irmão aconselhar nosso irmão Álvaro e dizer-nos o nome desta Entidade que o ataca? Resposta: Ele deve, quando falar ou recordar desta Entidade, eliminar todo sentimento de desprezo por ele. Pense que também são nossos irmãos necessitados de amor e preces para evoluírem. Recorra à Virgem Maria para esta espécie de Entidade. Ela governa nesta parte, como mãe dos sofredores e os redime e os salva. Esta Entidade tem vários nomes. Atende por Exú Maioral ou Lúcifer. Pergunta: Solicitamos sua autorização par realizarmos reuniões de apelos, do M. E. Vahali, em nossa Sede, se possível. Pedimos sua opinião sobre os apelos da Chama Violeta especificamente, bem quanto as demais chamas e raios. Resposta: Autorizo, pois os apelos da Chama Violeta queimará toda discórdia que há ainda muito bem camuflada. E assim o nosso objetivo será alcançado, que é fazer o bem pelo bem, com Amor e a mais pura amizade de Irmãos em Jesus. Pergunta: Durante a realização dos apelos eu peço a assistência de irmãos do plano espiritual, inclusive a tua, para trabalharmos em conjunto, eu com o verbo e a parte espiritual, com as vibrações. Podes descrever-me como transcorre esse serviço e como fica meu quarto com presenças? Tu participas conosco, quando podes? Resposta Geralmente participo porque nestes apelos há a vinda de Seres Iluminadíssimos com os quais aprendemos e muitos benefícios recebemos. Todos nós ainda precisamos de evolução. Chegaremos lá! Através do irmão e de nossas vibrações temos conseguido maravilhas que é impossível descrever. Pergunta: Entre os espíritos que convosco estão, alguns parentes desta encarnação. Pode dizer-me se eles comparecem? Resposta: Para que fique esclarecido, a presença deles não é necessária. Nós levamos até aqueles que não podem vir a vibração que eles precisam. Pergunta: Na realização dos apelos, o uso de incenso e velas aumentam o teor vibratório dos apelos? Resposta: Ajudam, mas a potencialidade está no apelante. Pergunta: O que quiseste dizer quando sugeriste ao irmão Maresca a formação de um novo Grupo? (pergunta formulada pela Rosa). Resposta: Apelos, somente apelos e aprofundar-se nos estudos. Conhecer o que é trigo e o que é joio. Ele usou o termo “Grupo” por Ter sentido umas vibrações de angústia. Havia irmãos transmitindo essas vibrações e ele captou, por isso falou Grupo. Ele sentiu que havia alguém com esta idéia e quando lhe falei ele transmitiu como a irmã contou. FINAL: Deixo-vos a paz que recebi, a paciência que adquiri e o amor que recebi daquele que é o doador maior de todas as coisas. Até breve. A paz de Deus fique com todos vós. Sessão do copo realizada em Mauá, no dia 02.04.78, com as seguintes presenças: Vicência, Wilma, Rosa, Gilson, Orlandinho, Orlando, Cristina, Leila, Fátima, Toninho e Vítor, sendo que os nomes sublinhados atuaram no copo, e Vítor como anotador. Comunicante: Alexandre Guill “Paz convosco! ZIHITMUITGUSZT! Alexandre Guill para vos dizer da alegria que nós todos estamos possuídos pelo trabalho realizado, com a permissão de Deus e , estejam certos da vitória alcançada. Alguns

44


irmãos aqui presentes vieram as maravilhosas bênçãos recebidas. Ainda estão em estado de graça, que perdurará por muitos dias. Pergunta: Haverá necessidade de outra operação ou tudo já foi feito por nossa irmã Maria Cristina? Resposta: O que era preciso foi feito. Agora a irmã Maria Cristina deve evitar friagem, abster-se de condimentos fortes, evite a cebola e tenha os pés sempre agasalhados. Em breve tempo, ela terá bons resultados. A cirurgia foi realizada por Dr. Bezerra de Menezes, com sucesso. Ele ainda irá visitar nossa irmã por alguns dias. Com ele irá a enfermeira Clarita e acompanhará nossa irmã Maria Cristina. Estão administrando passes curadores e o que for preciso ela terá. Pergunta: Haverá possibilidade da menstruação vir em 4 semanas? Resposta: Tudo indica que sim. A irmã Clarita está aconselhando que a jovem faça por várias noites banho de assento quente, molhando bem o ventre. Pergunta: Esta mesma operação foi realizada pelo médium chamado Garrincha, mais de uma vez e, entretanto, não obteve sucesso. Podes explicar-nos a razão? Resposta: A razão é que este médium atende a várias pessoas, todas ao mesmo tempo e cada qual com problemas diferentes, por isso, às vezes não há sucesso. Não é culpa do médium e nem das Correntes. É que entre tantos necessitados da caridade há sempre aquele que mais precisa. Mas, ainda assim, ela foi operada no perispírito. Pergunta: A irmã Vicência reporta haver sentido dores durante os trabalhos, nos locais que estavam sendo operados. O que houve? Resposta: A irmã foi o campo sensitivo que nós usamos. Não se alarme, será sempre assim. Nós a usaremos porque há necessidade e sei que a irmã está pronta a colaborar. Nada lhe prejudicará. Pergunta: A irmã operada precisa fazer repouso? Resposta: Ela deve evitar exercícios bruscos, andar calmo e saltos pequenos. Havia nas trompas, em certo local bem no centro, um engrossamento com coágulos que formavam-se, durante algum tempo, após certo medicamento que a irmã fazia uso, a menstruação vinha mas em pouca quantidade. Agora o caminho está livre. Foi tirado este material e o bombeamento de irrigação tubária foi feito. Haverá ainda neste local uma pequena sensibilidade e talvez sinta pesar a área. Não se assuste, não é nada anormal, a trompa está um pouco inchada. Pergunta: Com referência ao irmão Gilson, foi feito o reforço necessário? Resposta: Sim, foi colocado um pouco de líquido no local para que se harmonizasse com o líquido fabricado pela medula. Pergunta: Ele deve continuar usando a cinta? Resposta: Ele quase não a usa. Deve usá-la por mais uns 15 dias. Pergunta: E sobre a operação no rosto da Leila, foi feita? Resposta: Verão o resultado. O processo que usamos fará que o quisto dissolva-se sozinho,. Ela não deve apertar nem massagear esta parte. Pergunta: Podes dizer-nos quais os irmãos do Plano Espiritual que estiveram presentes esta manhã? Resposta: Estiveram muitos amigos. Corrente dos Pacificadores do Espaço, Corrente Indiana, Médica, Ana Nery, Cruz Vermelha, Arigó e tantos que é difícil nomeá-los. Também estiveram presentes os Mentores de todos que ajudaram nos trabalhos. O Papa João XXIII também esteve presente. Pergunta: Jesus e Saint Germain estiveram presentes? Resposta: Claro! Sem a presença e permissão deles nada faríamos. Vossos apelos nos comoveram a todos nós. Pergunta: Orlandinho diz Ter visto uma Entidade ainda jovem, cabelos pretos e baixo, magro e de estatura não muito alta, que irradiava fortíssima luz. Foi intuído que esta Entidade seria o Pai Onofre, confirmas? Resposta: Gostaria de não responder. Há segredos que não podemos revelar. Pergunta: Cremos que essa Entidade é realmente Pai Onofre, que, livre de seus votos, pode se apresentar com outra “roupagem” que não a de Preto Velho, estamos certos? Resposta: Realmente esta é a verdade. Ele não voltará mais a incorporar. Atuará com intuições mas virá ainda para despedir-se Pergunta: Quem assumirá a posição do Pai Onofre junto a sua médium? Resposta: Raja Tupi. Pergunta: Nesta sua última incorporação ele poderá contar fatos de sua vida e dar-nos seu nome? Resposta: Ele é quem responderá. Pergunta: O irmão Orlando gostaria de saber qual o problema com o seu estômago e de uma constante azia.

45


Resposta: A parede estomacal enfraquecida. Cumpre seguir um regime alimentar com verduras cozidas e o alimento morno. Evite gelado. A azia é devido a que o estômago demora a produzir o antiácido natural. Deve tomar o que a medicina indicar para tal problema. Obs.: Com o conhecimento da libertação do Pai Onofre e, consequentemente, sabedores que este Preto-Velho não mais incorporaria, vários dos presentes choravam, alguns copiosamente. Houve, então, um lapso na comunicação de Alexandre e o Pai Onofre manifestou-se pelo copo, dizendo: “Não chorem! Não vos deixo só! Estaremos juntos aonde a caridade chamar. Eu estarei sempre com todos! Já estive bem próximo de deixar a incorporação, mas ainda por mais um ano fiquei. Agora preciso ir. Meu voto terminou, graças a Deus e a vocês, permitindo que este Preto-Velho fosse tão amado! Sei que dei muito amor a todos mas também recebi muito amor. Perdoem a minha intromissão, mas foi com a permissão de Alexandre. Dentro de oito dias virei despedir-me e entregarei a responsabilidade à Raja Tupi. Todos vocês receberão as minhas bênçãos e estaremos juntos. Falarei a vocês pelo Mental. Espere o prazo dado a mim (oito dias). Então será fornecido tudo com a permissão de Deus. Filhos e filhas, onde estiverem e, de ajuda e orientação precisarem, ali estarei. Adeus. Conversaremos dentro de uma semana”. Alexandre: Voltamos após pequena pausa, certo? Obs.: pausa para acalmar alguns presentes. Pergunta: O irmão Gilson pergunta o que está acontecendo com seu irmão Gilberto? Resposta: Já o visitamos uma vez e foi dito que havia obcessores, lembra? Pergunta: Deveremos fazer uma reunião específica de desobsessão? Resposta: Transferir para um médium os obsessores e depois tratá-lo com passes magnéticos. Ficará curado. Pergunta: Os apelos do Arcanjo Miguel e de Mestre Astrea ajudarão este irmão? Resposta: Sim, mas o trabalho de desobsessão terá que ser feito. Pergunta: Sobre a menina Fabiane, devo fazer apelos aos Senhores do Karma por seu pai, por ela ou por ambos? Resposta: Por ambos. Pergunta: O irmão Gilson quer saber se os apelos que tem feito por seu irmão Gilberto tem-no ajudado. Resposta: Sim, muito. Pergunta: Gilson pede explicação sobre essa vidência: “viu um tubo e dentro deste tubo, seres vestidos com túnicas brancas”. Resposta: O tubo foi projetado para que você visse como é e então mentalizasse seu irmão dentro dele. Os Seres vistos são Mestres encarregados desta missão. Pergunta: A nossa irmã Carmem, médium do Grupo, quer saber quem é seu Mentor? Resposta: É uma senhora bem velhinha, de grande força. Nós a chamamos Mãe Verônica. Pergunta: (Rosa) Quem é o Mentor e quem é o Guia de nossa irmã Wilma? Resposta: Mentor: Aldo D’Angeline. Vive há séculos no Astral superior. É idoso. Ligado a ela desde a Itália, quando lá ele encarnou. Foi seu avô materno. Seu guia espiritual é um jovem de nome Hugo Castilho. Ela deve treinar a Psicografia. Pergunta: Podes dizer-nos o porque da indicação de Carlos Chagas a essa nossa irmã? Resposta: Apelas ele estava em visita à Congregação. Pergunta: A irmã Míriam gostaria de saber quem é seu Mentor espiritual. Resposta: Santa Filomena. Pergunta: Nosso irmão Venâncio disse-nos em uma sessão que a irmã Leila era a reencarnação de Marta (citada no Evangelho). Entretanto, diz-nos nossa irmã Wilma que só ela já conhece duas pessoas que foram, através de psicometria, identificadas como Marta. O que podes dizer-nos sobre isto? Achamos que não poderá haver várias reencarnações de uma personalidade na mesma época. Resposta: Claro que não! Eu conheço só uma, que vive entre vocês, a Leila. Pergunta: (Rosa) Wilma e Leonardo também vieram de Vênus? Resposta: Sim e há mais de vocês juntos. Pergunta: (Orlandinho) Qual o Mentor e guia espiritual de minha noiva Fátima? Resposta: A virgem de Fátima. Guia, Oxum, Nossa Senhora da Conceição. Pergunta: Qual é o Mentor espiritual da Vicência? Resposta: José, esposo de Maria. Ele é também o Mentor familiar. Pergunta: Poderias nos dizer dos estados na espiritualidade dos irmãos Nicolau Teixeira, Ernesto Peres e Antonio de Souza Bento Jr.? Resposta: Nicolau Teixeira: calmo e mais fácil o trabalho com ele. Ernesto Peres: O irmão passou com sofrimento, mas já está tranqüilo. Antônio de Souza Santos Jr.: Está hospitalizado, mas ciente da situação.

46


Pergunta: A pequena Andréa está ligada a nossa família? Resposta: Todos já sentiram, ela já esteve por várias vezes encarnada com vocês. Pergunta: O irmão Orlando quer saber sobre a Corrente Espiritual que foi retirada dele pelo Pai Onofre. Resposta: Breve estarão de volta, mas para ajudar. Pergunta: Haverá possibilidade daquele encontro tratado ontem? Como estão as condições magnéticas em torno da Terra? Resposta: Não estão propícias. Nós estamos comprometidos com a parte que fica fora do alcance de vossa visão. Pergunta: (Gilson) Na era de Moisés já se viam discos? Eram Venusianos? Resposta: Sim e Jesus veio de Vênus para a Terra. Pergunta: Podes descrever-me como estava o local onde fiz meus apelos matinais de hoje? Resposta: Claridade Celestial, Cânticos de louvor e de graças. Seu corpo vibrante de luz elevando sua voz apelante. Descia sobre o local formas de luzes e dali irradiando para todos por quem apelaste. Pergunta: Durante a operação nesta manhã, em certo momento, Leila teve a visão de uma moça dançando e uma Legião de Anjos, quem eram? Resposta: Corrente das virgens. FINAL: Amai-vos uns aos outros como eu vos amei, disse Jesus. Eu vos peço, vivam juntos em harmonia e amor. Que sejam todos unidos, irmãos na carne e no espírito. Resumo da Sessão do copo realizada em 03.04.78, em Mauá, São Paulo, contando com as presenças de Vicência, Gilson, Orlandinho, Leila e Vítor. Atuaram no copo: Vicência, Gilson e Orlandinho – Anotador: Vítor. Após as preces costumeiras, leitura do Evangelho segundo o espiritismo, momento do perdão e ativação dos chacras, rogamos permissão a Deus para entrarmos em contato com espíritos evoluídos a fim de obtermos orientações e conhecimentos. 1º Comunicante: Almur “Paz com todos, paz de Jesus. Almur. ZIHITMUITGUSZT! Obs.: Manifestamos a esta Entidade nossa alegria por tê-la de volta após breve ausência e pedimos permissão para formularmos algumas perguntas, o que nos foi prontamente autorizado. Pergunta: Ontem, dia 03.03.78, ao final de nossa reunião de vibração veio-me intuitivamente a seguinte informação: “Neste exato momento SANAT-KUMARA envia seu poderoso raio azul sobre o nosso grupo, atendendo a apelo formulado por Alexandre Guill, Valério e Almur”. Isto aconteceu realmente ou foi fruto de minha mente? Resposta: Aconteceu. Todos os apelos estão sendo atendidos por serem de justiça e o fim desejado, que tem sido amor, harmonia e paz. Pergunta: Porém o raio veio até nós por vossos apelos, não? Resposta: Também o vosso e mais alguns. Nós estávamos na reunião. Era preciso para uma certa vibração a corrigir alguns pontos negativos. Pergunta: Pedimos vossa orientação com respeito à saúde de Flávio Luiz Ferreira de Augustinis, irmão do nosso irmão Álvaro. Resposta: Haverá melhoras. O irmão em questão deve seguir os conselhos da medicina terrestre e fazer certo regime alimentar, uma dieta leve. Já foi examinado por médico do Espaço. Agora é só aguardar. Pergunta: Temos conhecimento que o médico terrestre constatou profunda anemia nesse irmão. Portanto, não entendemos a razão para uma dieta leve. Poderíeis orientar-nos melhor a esse respeito? Resposta: Dieta leve não quer dizer deixar de alimentar-se. A alimentação deve ser bem escolhida e conter os elementos necessários, assim como ferro e sais minerais, hidrato de carbono muito pouco. Ovos e leite em abundância. Evitar tomar sol muito forte. As frutas e verduras devem ser cruas. Somente banana não deverá ser comida crua, devendo comê-la assada. Essa infecção não foi causada por mordida de inseto ou aranha. Foi provocada por certo descuido do rapaz. Ele ficará curado e não haverá maiores conseqüências. Pergunta: Que tipo de descuido cometeu o irmão? Resposta: O local onde ele encontrava-se não oferecia condição de higiene e o roçar de mosquito provocou certa coceira e o vírus de infecção penetrou através da pele e atingiu a linfa e daí para a corrente sangüínea. Pergunta: Pedimos vossa orientação com respeito à saúde da irmã Albertina Rosa da Silva? Resposta: Podemos dizer que está sendo assistida por corrente Médica do Espaço. Deverá ser paciente, tudo correrá bem. Há problemas espiritual e material. Problema com parte pélvica e emocionais. Transtornos com rim e bexiga. Tudo isto tem muito a ver com o sistema nervoso.

47


Pergunta: Essa irmã queixa-se de certo problema no olho esquerdo. O que dizeis? Resposta: Calma que não há tumor. Ela é nervosa demais. Seu problema da vista é espiritual. O caso é antigo. Já não diferencia um corpo astral do outro. Estamos trabalhando nisso, por isso pedi calma. Demora um pouco devido o caso estar bem adiantado. Pergunta: Ela pode, de alguma forma, ajudar na sua própria cura? Resposta: Ela deve lavar as vistas com água fluidificada, mas deve tratar, ela já sabe a causa. Agora fica mais fácil. Pergunta: Podeis informar-nos qual a situação no plano espiritual de nossa irmã Dilva Rosas, recentemente desencarnada? Resposta: escapou do umbral por seu desencarne súbito, sem preparação. Foi penoso para ela. Agora, com ajuda dos irmãos Socorristas já está mais conformada. Ela ainda sente as vibrações emitidas por pessoas que ao saberem de sua passagem sentem, e, com isto, ela sofre. Agora já está em companhia de parentes e amigos, inclusive sua mãe. FINAL: Gostaria de dizer-vos da nossa alegria de poder ser úteis a todos vós. E agradeço ao Todo-Poderoso Pai tantas alegrias que nos tem dado. Adeus. ZIHITMUITGUSZT! 2º Comunicante: Alexandre Guill “Paz convosco! ZIHITMUITGUSZT! Saudamos a todos e quero parabenizá-lo por sua iniciação nos Vahali”. Obs.: Agradecemos a presença dessa Entidade em nossa reunião, declarando-nos bastante saudosos, visto fazer já algum tempo desde nossa última comunicação. “Aquele que procura o saber, as grandes verdades ocultas com o coração e a alma, tudo receberá. E para estes haverá hosanas no Espaço Sideral. Os homens não foram jogados no planeta Terra para estacionarem, mas para evoluírem. E só conseguirão através de profundos conhecimentos e boa vontade. A preguiça mental de alguns é que tolhe o seu próprio progresso. Tudo vem a seu tempo; tempo de sorri e tempo de chorar, tempo para crescer, aprender e evoluir. Basta que tenha atenção e reconheça cada etapa de seu tempo. Você está no tempo de aprender. Continue assim. A meta é iluminação e á está alcançando boa parte da luz. Não esmoreça, continue. Agora já será bem mais fácil. As grandes muralhas já estão quase derrubadas. As forças da mais alta esfera estão com você. O Arcanjo São Miguel está à frente com você. Isto que lhe comunico deve ficar em segredo e os que agora dele participam devem esquecer que sabem”. Pergunta: Gostaríamos de formar um grupo de cura no Grupo Samuell Sallas. Rogamos informar se há condições, se consta dos vossos planos e se Álvaro, Gilson, Varanda, Silva Filho, Vanderlei e eu estamos aptos, desde que nos abstemos do fumo, álcool e carne animal. Os irmãos que destes itens ainda fazem uso poderão participar? Em que moldes seria formado o Grupo? Resposta: O Grupo precisa evoluir e o trabalho em questão é um grande passo nesta direção. A boa vontade vemos em todos que você nomeou, todos são aptos a esse trabalho e conseguirão grande progresso. Quanto ao uso de carne, fumo, assim como bebida alcoólica, aquele que faz uso, deixará automaticamente à medida que os progressos forem surgindo. Às vezes usamos vasos defeituosos para executarmos nosso trabalho para que fique patente que acima de tudo está a mão de Deus. Portanto, não vejo nada que impeça aquele irmão que ainda faz uso do fumo ou alimentação de carne, porque na verdade são poucos os que fazem uso disto. A maioria leva a melhor, porque levará os outros onde devem estar. Pergunta: Gostaríamos de saber se esse tipo de trabalho está nos planos dos irmão espirituais do Grupo. Resposta: Claro. Desde o início nós vimos falando sobre trabalho, que o bom trabalhador nada rejeita, que o campo é grande e precisa de trabalhadores. Pergunta: Tenho, diariamente, pedido a Deus e a Jesus permissão para entrar em comunhão mental convosco. Nessas comunicações rogo-vos incutir em meu cérebro psíquico vossa orientação e conselhos para vencer esta encarnação. Sei que esta orientação manifestar-se-á em meu cérebro físico a qualquer momento e, então, poderei agir conforme sugerirdes. Peço-vos confirmar se tenho conseguido sucesso nessa busca de comunhão mental convosco. Resposta: Filho, temos sido felizes nestes contatos mentais. Damos graças a Jesus, que nos aproximou através destas comunicações e, assim, poder nos contatarmos e devagar vencer nossas barreiras. Tens tido várias comunicações comigo. Pergunta: Alexandre Guill, bem-amado Mestre, amigo e irmão, com vossa sabedoria adquirida em milênios e em proveitosas encarnações, peço-vos orientação quanto ao meu comportamento sexual de homem solteiro. Podeis dizer-me se nos meus atuais relacionamentos estou adquirindo karma negativo? Rogo-vos uma Resposta completa e afirmo-vos Ter total consciência do meu livre arbítrio. Se possível, peço-vos dar, em breve linhas uma orientação segura quanto a esse real problema da conduta sexual do homem e mulher solteiros.

48


Resposta: A condição de solteiro impõe maiores cuidados e observação na sua vida sexual. A escolha do par certo deve ser o ponto principal, por que assim evita maiores problemas futuros, desde que não seja prejudicial a outra parte em questão. Deve haver a maior sinceridade para aqueles que tiverem em sua vida o par amoroso, cuidar para que não prejudique o seu aprimoramento espiritual e com isto acarretar dívidas para o futuro. Aquele que pode abster-se, melhor, mas quem não pode cuide para que não tenha aborrecimentos, pois às vezes escolhem muito mal a companhia. O assunto demanda grandes debates e explicações. Podemos voltar a ele outra vez. Pergunta: Pedi-vos, quando adquiri o livro I CHING, vossa ajuda na vinda de um ser oriental par atuar como orientador e protetor deste livro. Veio-me intuitivamente, o nome de HWO CHENG. Pergunto-vos: Houve realmente a aproximação de uma Entidade chinesa? Qual o seu nome? Se ele é real, peço-vos perguntar-lhe se deseja algum ritual a ser obedecido antes de qualquer consulta e transmitir-me sua resposta. Resposta: A Entidade veio com boa vontade porque não havia curiosidade de sua parte, mas sim querer o conhecimento. Perguntarei a esse irmão o que você quer saber só que ele não está aqui agora. Pergunta: Temos conseguido sucesso e ajudado os presentes às reuniões de vibração do Grupo Samuell Sallas, quando fazemos os apelos à Chama Violeta e pedimos a mentalização desta cor no recinto da reunião? Resposta: A cor violeta atinge mesmo que a criatura seja descrente. Portanto, há sucesso. Pergunta: Tendes acompanhado nossa participação nos ofícios de Vahali. Rogo-vos dizer-nos o que estamos alcançando, juntamente com o irmão Álvaro, neste novo caminho? Resposta: (Com referência a mim, Alexandre Guill manifestou-se ao início de sua comunicação. Segue o que respondeu referente ao irmão muito querido Álvaro). Quanto a ele, tudo ótimo. Ele está no caminho certo. Cada vez maiores progressos neste campo. Ele já foi Vahali em outra encarnação. Pergunta: Qual o Ser que o orienta neste caminho? Resposta: A proteção, intuição e força magnética dele emanam dessa Entidade Saint Germain. Pergunta: Posso levar essa informação ao irmão Álvaro? Resposta: Sim. Ele não é vaidoso. O seu caso pedi segredo porque é uma ordem da Entidade governante. Pergunta: Declaro-vos total consciência do meu livre arbítrio. Entretanto, gostaria de saber vossa opinião como meu Mentor na seguinte questão: Para melhor progredir espiritualmente, o que é melhor: AMORC, Grupo Samuell Sallas, Vahali, ou Senda da Manhã? Creio que ficar em todos esses movimentos ser-me-á praticamente impossível. Se tiver que optar por 3 deles, qual deveria ser abandonado? Se a opção for para 2, quais me aconselharíeis? Dos 4 mencionados, qual o que melhor me adaptaria e que mais benefício me traria? Resposta: Como fonte de conhecimento, o Vahali. Como fonte de trabalho, de amor e caridade para os irmãos carentes de conhecimento e reconhecimento das verdades espirituais, o Grupo Samuell Sallas, onde despontou uma maravilhosa oportunidade de trabalho de arregimentação na Seara de Jesus e também contato com irmãos já desencarnados, que se propuseram a servir ao próximo. Pergunta: Qual a situação de saúde de Maria Iracema da Silva, filha de nossa irmã Iracema, principalmente com referência a uma anomalia óssea no seu lado esquerdo? Resposta: Não é doença, mas foi causada por queda. Ela não sabe queixar-se e onde bateu ficou pequeno defeito. Ali ainda há jeito. Massagear levemente com óleo quente e depois enfaixar com faixa macia, porém firme. A massagem deve ser no sentidos costela-pulmão. Poderá ser colocado, ao invés de faixa, esparadrapo largo, apertando no sentido que é feita a massagem. Pergunta: Essa irmãzinha foi realmente vossa filha e minha irmã, na Caldéia, conforme recebi psicograficamente essa informação? Resposta: Foi minha filha, mas adotiva. Hahinill era como sua Segunda mãe. Foi-lhe confiada a sua guarda por morte da escrava, que era a mãe da menina. Pergunta: Qual o estado de saúde de Luzia Carvalho Silva? Resposta: Perturbação espiritual e mental. Para ela as coisas sucedem não como deveriam. A sua mente ainda precisa de cuidados. Ela é muito materialista e está longe da espiritualização. Para o corpo material isto acarreta grandes problemas, pois todo materialista carrega consigo uma numerosa carga de negatividade e com isso a saúde é abalada. Pergunta: As comunicações enviadas por kil Inviscovisk estão sendo corretas ou está havendo interferência minha? Resposta: Corretas. Às vezes ele duvida porque antes da comunicação alguns esclarecimentos vêm a ele em forma de pensamento e quando recebe a comunicação, pensa que foi dele que partiu a idéia, mas na verdade a sua mente já captou a mensagem. Pergunta: Qual o nome correto do Mentor de Maria Inês? Sob qual Faraó viveu? Resposta: Kindon Houndun. Faraó Hemz Hemz.

49


Pergunta: Existe um lugar chamado Encôta, montanha dos monges e o significado desta palavra é elevação? Resposta: A palavra é fora dos planos terrestres. Encôta é o local onde captam-se as formas-pensamentos de terrestres bem intencionados. É o ponto de elevação para os promotores do bem. Pergunta: Kil Inviscovisk em sua comunicação falou na preparação de médiuns para trabalhos de materialização de espíritos no Grupo Samuell Sallas. Podeis dizer-nos alguma coisa sobre isto? Resposta: A materialização demanda grande esforço físico, tanto dos encarnados como dos desencarnados. Isto está nos programas de trabalhos, mas levará algum tempo. Não há médiuns certos para isso. A preparação estava sendo feita mas foi suspensa por ora. Pergunta: Pode um terrestre, ao desencarnar, reencarnar em Vênus, sem passar por outro planeta? Resposta: Alguns passam por outros planetas onde deixaram dívidas. A medida que forem sendo saldadas, outros planetas de vida virão. Vênus é o penúltimo a que se chega. A bagagem para esse planeta é das mais difíceis, mas chega-se. O último planeta a que se chega não consta da nomenclatura terrestre. Para nós é Arithea. Já pertenceu ao nosso sistema solar, porém sua evolução promoveu sua saída desse sistema solar. Pergunta: Psicograficamente disseste-me que AMOR (palavra) é a mesma palavra no idioma venusiano. Confirmas isto agora? Resposta: Amor é sentimento, é vibração. Na linguagem das almas bem formadas, palavras e letras apenas se classificam. Pergunta: (Gilson) A minha união ao Grupo Samuell Sallas obedeceu a um desejo meu precedendo o meu reencarne? Qual será a minha responsabilidade nele? Resposta: A reunião com o Grupo já foi programada no Espaço. Levou tempo mas estão juntos agora. Os propósitos fora do Grupo são diferentes. É a outra metade para o seu progresso espiritual. Tudo aquilo que é difícil para você é que é a pedra do seu caminho, para tropeço e prova. O Grupo para você é a escola e a ascensão. É interesse para o conhecimento espiritual, isto é, com o Grupo você participa como aluno, com amor e boa vontade. A outra parte que me refiro é com as reparações do passado. Karma por revolta com o seu desencarne prematuro e violento. Pergunta: Teria sido o irmão Gilson, Cavendish, em uma de suas encarnações? Resposta: Caven Dish foi seu ídolo. Por isso em algumas vidências ela é tomado como tal. Pergunta: Qual o estado de saúde de nossa irmã Vicência atualmente? Resposta: Forças Astrais continuam ajudando. Pode continuar com pensamento de saúde que está indo bem. Pergunta: Qualquer membro do Grupo poderá receber ensinamentos do Movimento Espiritual Vahali ou haveria exceções? Resposta: Lembra o que disse Jesus? Eles são meus e ouvirão a minha voz. Portanto calem seus pensamentos e façam silêncio que o Mestre já vos está chamando! Quero desejar progresso a todos vocês. A luta pelo bem geral e a paz deve vosso lema. Boa Noite. Jesus retribua a todos os votos a nós desejados. Paz com todos! ZIHITMUITGUSZT! Resumo da Sessão do copo realizada no dia 15.04.78, em Mauá, São Paulo, às 22.55 horas, com as presenças de Vicência, Leila, Rosa e Vítor, ficando este último na anotação. Feito o “Pai Nosso”, Prece de Cáritas, ativação dos chacras, leitura do Evangelho segundo o espiritismo e o Momento do Perdão, foi pedido a Deus em nome de Jesus Cristo, seu filho, proteção para os trabalhos. 1º Comunicante: Erculano, que nos deu a seguinte mensagem: “Em Deus confiamos. Em paz com todos. Erculano, um amigo e irmão em Jesus, Corrente de Irmãos Maristas”. Estaremos juntos por algum tempo. Nossa missão é ajudar aos irmãos católicos romanos em seus desencarnes. Muitos deles chegam até nós no mais completo desespero e quase à beira da loucura e nós então os amparamos. Nós aqui viemos a convite das irmãs Maria Clara e Angélica. Trazemos novas do Pai Onofre. Tudo bem, o tempo certo para findar compromisso no planeta Terra. Envia a todos os filhos suas bênçãos e está recebendo as chamadas no horário preestabelecido. Um pouco de paciência e terão suas palavras através deste mesmo veículo que nós estamos usando. Pergunta: Vicência pergunta se nossas lágrimas de saudade prejudicam Pai Onofre? Esta insegurança que sentimos agora vai acabar à medida em que mais confiarmos em Raja Tupi. Resposta: Por parte: Vossas lágrimas não o podem prejudicar, mas o deixam muito triste. Saibam que agora será maior seu campo de ação e maior a oportunidade de servir a todos. A irmã Raja Tupi tem capacidade para servir. O que para ele foi voto de humildade, para ela será justiça. E assim nós todos temos algo a cumprir. Rogamos ao Divino Mestre Jesus que o apoio a Raja Tupi não falte. Que ela possa vencer este karma e crescer em espírito. Pagamos ou resgatamos o karma aqui ou em outras moradas. Onde estivermos, o nosso coração ou consciência, aí saldamos o nosso último ceitil.

50


Pergunta: (Rosa) Se em alguma encarnação passada vestiu hábito de freira? Em que irmandade? Resposta: Sim, mas abandonou o hábito por amor. Era Carmelita. Pergunta: (Leila e Vicência fazem a mesma pergunta) Resposta: Qual é a filha que tenha estado tão perto de seus pais, que o esqueça? As irmãs em questão também foram Carmelitas. Pergunta: (Vítor) Se houve alguma ligação entre nós e o Pai Onofre, no passado. Resposta: Ligação antiquíssima. Há longo tempo ele vos orienta e tem acompanhado os vossos caminhos em Terra. Porém já esteve afastado quando aqui encarnou. Pergunta: Onde e em que época? Resposta: Na Caldéia, Roma, Índia, América e Espanha. Até o século XIV ele caminhou junto e depois precisou voltar ao corpo físico. Então separou-se para retornar no século XX. Pergunta: Houve ligação sangüínea? Resposta: Lembram o que Jesus disse? Quem é meu pai e quem é minha mãe? São todos aqueles que fazem a vontade do Pai. É a grande família espiritual, cujos laços jamais quebram. Todos que assim são unidos vêm da mesma partícula de vida, da mesma centelha, filhos da mesma luz. São laços indissolúveis. Pergunta: Sabemos que Pai Onofre foi um Papa em uma de suas encarnações. É possível saber qual o seu nome então? Resposta: Possível se me fosse permitido. Devemos aguardar ordens. Pergunta: (Rosa) A imagem que tenho recebido nas horas de sua irradiação é a de Pai Onofre? Resposta: A imagem vem sendo projetado lentamente. Breve será mais nítida. Pergunta: (Rosa) Quando eu era Carmelita, Pai Onofre era o Papa da Igreja? Resposta: Aguardem, saberão tudo breve. Pergunta: Alexandre Guill virá ainda esta noite para comunicar-se? Resposta: Amanhã. Hoje é impossível. Irmão Venâncio está aqui. Alexandre e os Pacificadores estão em Vênus. Vamos nos retirar para que o nosso irmão Venâncio venha. Pergunta: Pode deixar sua prece ou a da sua Corrente? Resposta: Aleluia, aleluia clamai e hosanas cantai! A salvação e a luz com Jesus Cristo chegou! – Este é o nosso cântico em forma de prece. É assim que fazemos quando partimos para a salvação dos irmãos desencarnados. FINAL: Ficai na paz com Jesus. Deus ilumine os nossos sacerdotes. Que o orgulho e os preconceitos sejam banidos da Casa de Deus! Que a Igreja volte para Cristo! Boa Noite. 2º Comunicante: Irmão Venâncio “Saúdo-vos em nome de Jesus e de todos os vossos amigos”. Obs.: Agradecemos a presença deste bem-amado irmão, enviado de Lázaro e orientador dos nossos trabalhos de Umbanda. Pedimos permissão para fazermos algumas perguntas, o que nos foi dada. Pergunta: Houve alguma melhora após a doutrinação dos médiuns de Umbanda, efetuada quando o corpo físico repousa e o espírito está desperto? Resposta: A melhora é pouca, mas é alguma coisa, pois o irmão sabe que no meios dos médiuns sempre existe aquele mais teimoso e cabeçudo. Mas devem dar exemplo de amor e caridade com os novatos e não é isso que vi. Vi vaidade, orgulho, sentimento de superioridade, ostentação de conhecimento, de força mediúnica, quando tudo isto não pertence a ninguém. É um empréstimo que Deus faz por acréscimo, por bondade e misericórdia. Por isso venho aconselhando a todos que sejam unidos, amai-vos como Cristãos, mas, olhando alguns, o que vi? Vaidade, orgulho! Então é ainda necessário que a doutrinação para os médiuns seja feita. Para que o esclarecimento venha a cada um, de per si. Pergunta: Temos promessa de doação de uma pedra, que no nordeste é chamada de “pedra Corumbá”. Seria a mesma “pedra-viva”? Resposta: Se é a pedra Corumbá do nordeste é a que nos serve. Cada lugar tem um nome. Irei ver. Mentalize onde está (pausa). Sim, é de Exú. Pergunta: O irmão Álvaro e eu expusemos certas restrições quanto a existência de uma “casa de Exú.” em nossa sede. Podemos pensar em outra alternativa? Resposta: Desde que a Umbanda ali tem a sua bandeira branca, vamos Ter que respeitar os seus preceitos e as Entidades que dela participam devem ser respeitadas, porque há necessidade da esquerda, dentro da ordem e da disciplina, obedecendo as normas dadas. Não podem os irmãos deixar que eles se imponham, pelo contrário, devem obediência aos Mentores e obediência aos guardiães do salão. Pergunta: O nosso irmão Álvaro preocupa-nos. Parece que ele está em guerra com essas Entidades. Confirmas? O que deve fazer este irmão para obter uma trégua?

51


Resposta: Já vos avisaram que sim. Depende dele. Já usou muito estas Entidades, agora quis afastar-se, mas não soube fazer. O que ele conseguiu foi irar os mesmos. Eles são vingativos. Por que ele não entra em contato com eles? Vá protegido e fale com firmeza, sem medo e sem revolta, que eles o deixarão em paz. Entre em contato mental. Deve fazê-lo acompanhado, não só. Pergunta: Seria eficaz o apelo de Astrea para este irmão? Resposta: Sim. E o de Miguel, o Arcanjo. Pergunta (Rosa) A idéia do irmão Silva Filho de fazer as reuniões com essas Entidades fora da sede, na praia, por exemplo, é boa? Resposta: Sim. Além de ser mais apropriado, os médiuns receberão as influências do mar e suas Entidades. Pergunta: (Rosa) Esta Entidade que se identifica como “Tranca-Rua” é o próprio ou um dos componentes de uma Falange? Qual é o seu verdadeiro nome? Resposta: “Tranca-Rua” não existe. Os que se dizem “trancas-ruas” são soldados de Natiell, Exú-Rei ou ExúGovernante de determinada Falange que pela esquerda atua e entrava as criaturas. Daí o nome dado, ”TrancaRua”. O que trabalha com a irmã é um tenente, bem jovem auxiliar mais direto de Natiell. O seu nome é comum. Diogo. Pergunta: (Rosa) Quais os verdadeiros Exus ou Exu-Rei? Resposta: Os nomes não são importantes porque eles atuam sob vários nomes. O importante é conhecer o perigo que trazem às pessoas de boa fé. Estes são os seus nomes: KRILEL: traz o vício do jogo, bebida e de suas ramificações. MEFISTÓFELIZ: Inveja e calúnia. Mentem com perfeição. Mostram trabalhos feitos em terreiro para que a desarmonia impere. MALCON: Desvia pelo ciúme, desconfiança e traição para as pessoas, o parceiro ou amante, para desunir os casais. ZINDELL: cobiça, odeia por odiar. SANADIEL: usura, vaidade. PHILADELFI e LÚCIFER: o primeiro, o inimigo das crianças e o outro o pai da mentira e de todos os vícios. Pergunta: O que acontece quando se consegue trazer um componente dessas Falanges para o lado do bem? Resposta: O campo do mal perde um. Vitória para Jesus e para nós, que com ele estamos. E aqueles que venceram a batalha dos vícios são na verdade soldados de Jesus. Pergunta: O que tem a nos dizer o irmão Venâncio sobre o plano que está sendo elaborado pelo irmão Silva Filho? Resposta: O irmão tem boa-vontade. Acho, porém, que todos juntos podem opinar. Pergunta: O irmão Silva Filho reunir-se-á com os demais médiuns de Umbanda, discutirão o seu plano diretor, que será submetido posteriormente à reunião da Diretoria para a sua aprovação ou não. É nosso pensamento trazê-lo à sua apreciação, pois entendemos que como representante de Lázaro, cabe ao irmão a palavra final. Resposta: Agradeço o voto de confiança e rogaremos juntos a Jesus a orientação mais acertada. Obs.: Ponderamos que a orientação mais sábia somente poderá vir da parte espiritual, mormente quando queremos uma Umbanda realmente Branca e recebemos a seguinte resposta do irmão Venâncio: “Em esclarecimentos anteriores houve aborrecimento para alguns e nós não queremos que isto se repita”. Pergunta: Estamos nos esforçando para trazer novos médiuns de Umbanda. Por exemplo, um companheiro de trabalho de sobrenome CARIA. O que acha desse irmão? Resposta: Ele irá por si mesmo. Pergunta: (Rosa) Peço que trabalhe mais junto ao espírito do irmão Lima, para que este irmão obtenha maiores esclarecimentos e possa entender melhor as diretrizes do Grupo, nos trabalhos de Umbanda. Irmão Venâncio respondeu: “Ele está mais na irradiação da esquerda, por isso ele não se entrosa com o Grupo. Mais, dia, menos dia, ele deixará o Grupo. Pergunta: (Rosa) Durante os trabalhos de vibração o meu “desligamento” é provocado pelo lado da Umbanda? Resposta: Seu orixá, Xangô, pensa que é melhor que desligue, mais para que a irmã não tome conhecimento de muita coisa que se passa, para assim não ter a atenção desviada. Pergunta: (Vicência) As 21 linhas que comigo trabalham estão trabalhando, mesmo sem incorporar? Quem substitui Raja Tupi, nos seus impedimentos? Resposta: Todos permanecem firmes com a irmã. Não tema porque sua proteção é grande. Pode contar com todos. Pé Preto virá mais vezes e a Jupira. Não esqueça do compromisso que tem com o Senhor Tupinambá. Pergunta: Pé Preto não está mais em missão especial?

52


Resposta: Agora tem compromissos com a Corrente em Terra. Pergunta: (Rosa) Há necessidade de alguma coisa a fazer nesta troca de Santa, que se está efetuando conforme nos orientou Pai Onofre? Resposta: Quem ficará ainda é inhaçã comandando. Pergunta: (Rosa) Quem são na realidade, os chamados Exu-do-ar, exu-do-fogo, exu-da-terra e exu-da-água? Resposta: São dos elementos da Natureza. São forças que não obedecem a Lucifer. São forças brancas para dar combate, quando necessário. Pergunta: Como está a minha perna? Resposta: Não abuse. Procure descansar mais a perna. Há varizes mínimas que engrossam um pouco e dão algum aborrecimento. Pergunta: Alguma informação com respeito ao braço da Rosa? Resposta: A irmã está com problema de circulação e também influência espiritual. Façam para ela um trabalho de limpeza, que será de grande ajuda. Pergunta: O que diz sobre apelarmos por ela? Resposta: Ela tem fé, por isso Não piorou. Os apelos têm sido um grande remédio, mas precisa ser limpo o local. Pergunta: (Rosa) O trabalho (demanda) foi feito em um ovo? Resposta: Quer mesmo saber? O ovo foi para chamar a sua atenção. A entidade estava levando o ovo. Assim que a irmã se aproximasse ele agiria. FINAL: Iremos agora e voltaremos Domingo. Paz! Amanhã, com a permissão de Deus, estaremos juntos. Jesus vos abençoe. Boa Noite. Resumo da Sessão do copo realizada em Mauá, no dia 16.04.78, às 17:45 horas. Foi feito o “Pai Nosso”, prece de Cáritas, ativação dos chacras, leitura do Evangelho segundo o Espiritismo (trecho) e o momento do perdão, após o que pedimos a Deus em nome de seu filho Jesus Cristo, Nosso Mestre, proteção para os trabalhos. Participaram como médiuns atuantes: Vicência, Rosa, Gilson, Leila e como anotador: Vítor. Alexandre Guill manifestou-se, dando-nos a seguinte mensagem: “ZIHITMUITGUSZT! A bondade e amor divinos com todos esteja! Estamos felizes por sentirmos que nossos esforços estão sendo coroados de êxito. Já muitos irmãos estão tendo uma visão maior e melhor do seu futuro como ser humano e já alguns mais confiantes em relação ao futuro, depois da grande viagem. Há mais certeza hoje do que havia ontem. Achamos que a nossa vinda tem colaborado um pouco para que isso acontecesse. As nossas palavras agora são sussurros mas amanhã serão grandes vozes! Há dentro do homem um cansaço e desânimo natural. Não é ele o culpado, apenas faz parte da grande massa desgastada por karma de todos. Há maior entrosamento com o desamor e egoísmo e o resultado é este karma tão pesado para a Terra. Lutaremos e continuaremos nossa obra de pacificação e, pelo menos, a muitos ajudaremos”. Pergunta: Podemos iniciar nossas perguntas? Antes, devo comunicar que estamos com Pai Onofre, juntos em Vênus. Alegria imensa para todos nós venusianos. Agora já sabem onde ele está. Pergunta: Que tipo de visita. Resposta: Dele recebemos conhecimento sobre os encarnados e o clima de harmonia dos terrestres e as condições que se encontram os exilados de nosso planeta e seus descendentes. Pergunta: Essas reuniões são tipo palestras? Resposta: O assunto é muito importante para todos. As suas palestras têm uma razão de ser. Ele está trazendo boas novas aos que aqui ficaram e depois desta pequena missão ele partirá para outro planeta, que já não estamos autorizados a dizer o nome, porque o mesmo é desconhecido de nossos irmãos. A missão tem um caráter de seriedade porque o mesmo refere-se ao planeta HARCA e os venusianos precisam tomar posição, vem perto o HARMAGEDON. Pergunta: Gilson pergunta se já este em Vênus. Resposta: Sim, de todos que numerei, és aquele que veio porque seus pais venusianos já aqui haviam estado e para que fosse aproveitado em conhecimento, foste por eles enviado junto com amigos que foram exilados. Pergunta: Rosa pergunta se Silva Filho também esteve em Vênus. Resposta: Sim. É ele que o jovem acompanhou. Todos que passaram pela Caldéia, a maior parte renasceu em Vênus. A Caldéia era um ponto de ligação com o Cosmos. Havia grande força magnética que atuava em seus habitantes. Vieram para cá para serem aproveitados, assim como eu, para fazer algo pela Terra. Pergunta: Quais os exilados que estão no Grupo?

53


Resposta: Já os mencionei. Os demais são descendentes. Pergunta: (Geraldo) Que crime cometi para ser exilado. Resposta: Não houve crime na forma que pensas. É que a norma de nosso planeta, é a mais absoluta paz interior. É como na Terra, o livre arbítrio existe. E paz interior, a criatura por mais elevada que esteja, às vezes não o pode evitar e começa a querer mais do que recebeu e então começa os conflitos e assim a tão almejada paz vai embora e há o desequilíbrio do planeta. O mínimo aqui é às vezes um grande desastre. Pergunta: A irmã Clarita está acompanhando Maria Cristina? Resposta: Até novas ordens. O processo operatório está normal. Esperamos tudo correr bem. Temos certeza daquilo que foi feito. Pergunta: O que dizes sobre Maria Regina de Oliveira Lima. Resposta: Houve um grande prejuízo para a sua vista e uma operação espiritual poderá ajudar porque há outras coisas que envolvem o problema. Faça para ela apelos dos Senhores do Karma por 9 dias. Não devem comentar com ninguém, nem mesmo a mãe. Pergunta: Os apelos podem englobar vários nomes? Resposta: Sim, pode englobar. A medida que forem atingidos os 9 dias, vás eliminando. Uma pausa nos Apelos assim que a lista estiver encerrada e, mais tarde, 15 dias após, se houver novos apelantes. É que deve reiniciar, sempre dentro desta norma. Pergunta: Bernadete pergunta se é a mesma Entidade que perturba Orlando, Luiz Carlos e Antonio Frohlich? Resposta: Sim. São velhos amigos de encarnações passadas, com débito da parte destes irmãos mencionados. Alguém que se julga prejudicado por eles e sempre que pode vem para incutir o desejo de beber, e o desânimo e o medo do futuro. Pergunta: Essa Entidade é kamaraja? Resposta: Não é kamaraja. Apenas um sofredor para o qual os irmãos mencionados devem emitir perdão e também pedir perdão. Pergunta: Poderia nos dizer seu nome? Resposta: Sim. Alcides de Camargo. Viveram juntos no Sul do Brasil no tempo colonial por questão de terras tudo começou. Desencarnando, não voltou ao corpo físico. Eles voltaram e há 28 anos é que foram localizados por ele e com a chegada do mais novo, foi completado aquilo que ele esperava. Reunir os três e puni-los. Pergunta: O que dizes sobre a saúde de Antonio Frohlich? Resposta: Faça abstinência de condimentos fortes e alimentos pesados. Procure alimentar-se com alimento de fácil digestão. Há uma inflamação antiga que o está prejudicando. Raja Tupi indicou o chá certo para ele, seja mais otimista para com a vida e isto ajudará bastante na cura e os problemas que surgem. Não deixe que eles se agigantem dentro de você. Deve ser ensinado a fazer com que as forças de seus chacras sejam ativados. Pergunta: Orlando pergunta o que está acontecendo com Luiz Frohlich? Resposta: Nada de mais. É que ele procura ser agradável onde vive e agindo assim pensa que está certo, mas na verdade está atraindo forças negativas para todos que estão dentro de sua irradiação. Pergunta: Agradeço a cura que promoveste em minha perna. Há possibilidade de uma operação espiritual para minorar ou extirpar tal mal? Resposta: Tentaremos a operação. E quanto a obra, ele é nossa. Tua fé e vibração e comungando o mesmo amor crístico, venceremos juntos. Pergunta: Algo a dizer sobre o problema físico no braço de Rosa? Resposta: O caso teria passado despercebido não fosse a atuação da Entidade que atingiu a irmã. Pergunta: Qual o estado atual espiritual de Lina de Brito Frohlich? Resposta: Calmo. Agora encontrou a sua irmã e aquela que foi sua mãe e já está melhor. Levou com ela todos os sofrimentos da doença material e só a bem pouco tempo é que libertou-se. Pergunta: Qual a cor de cada um dos nossos chacras principais? Resposta: Raiz dentro do alaranjado e seus matizes. Depende da pessoa e também da formação moral de cada um. Umbilical: verde em “degrade”. Esplênico: rosa vivo. Quando há problema, torna-se pálido. Problema material que atinja o perispirito. Potestade: Violeta, se houver calma. Se houver irritação ou mesmo ódio, sua cor muda totalmente, passando a ser rubro. Cardíaco: Ouro, dourado e às vezes cobre. Mais amor, pouco amor, e nenhum amor. Laríngeo: branco prateado. Frontal: Azul, cor de céu claro. Coronário: Violeta e lilás, tendo a irradiar a sua volta tênue halo ouro. Mas fica mais fácil que digam lilás. Umeral: Rosa e verde-limão, com halos brancos a sua volta. Pergunta: (Rosa) A quem pedir, quando precisamos da ajuda de sua Corrente para fluidificar água ou outro auxílio qualquer.

54


Resposta: Há quer dizer Pacificadores. Somos unos e aquele que mais rápido ouvir o apelo, este irá atender. Pergunta: Quem é o Mentor e quem é o Guia espiritual do irmão Vanderlei. Resposta: Mentor é Estevão, o 1º mártir do Cristianismo. Guia Espiritual Pai Benedito. Pergunta: Quem é o Faraó que este irmão “vê” a seu lado algumas vezes? Resposta: Reminiscência do passado. Este Faraó virá ajudá-lo. Pergunta: A irmã Dona Carmem pergunta sobre sua saúde? É possível operá-la espiritualmente? Resposta: Ela precisa de grande tratamento em sua parte ginecológica. Há muita inflamação e resguardo cortado. Operação espiritual só depois. Pergunta: Pode complementar tua orientação com respeito ao irmão Jairo, pai de Roselaine. Resposta: há medo de envolvimento com coisas espirituais. Ele não é muito bem informado neste assunto e pensa muito e receia que isto com o Astral seja proibido. Pergunta: Kil Inviscovisk já tem pronto o trabalho solicitado sobre os mantras para ativação dos chacras? Resposta: Sei que ele tem trabalhado para isto. Sabem que mantas para ter valor é preciso que as palavras sejam simples e de acordo com o país de origem. Por isso leva tempo. Estão prontos, mas falta a aprovação dos Mestres. Pergunta: Nos apelos que faço, introduzi dois: Orientação de Alexandre Guill e humildade do Pai Onofre. Há alguma restrição? Resposta: Não há nada errado. O pedido é válido. Os nomes acrescentados aos mantras são normas de respeito e consideração. Pergunta: Podemos preparar uma listagem de nomes constante dos ensinamentos I AM, para nós desconhecidos, e que seriam esclarecidos por ti. Resposta: Pode ser feito a listagem e na próxima vez então será dado a conhecer os nomes e nós de imediato, procuraremos conseguir autorização para dar a conhecer e creio que teremos autorização. Pergunta: As figuras que parecem existir na lâmpada votiva sobre o altar são reais ou frutos de nossa imaginação? Resposta: Viu como a Mente é poderosa? Cria anjos e seres demoníacos. Não há nada. É imaginação. Pergunta: Como ages para responder nossas perguntas sobre irmãos que, muitas vezes, não conhecemos? Usas algum meio, que não os poderes do teu espírito? Resposta: Acompanhamos o Mental. Mesmo que o irmão não conheça a pessoa, mas aquele que pede a consulta para o irmão, este é mentalizado e através dele chegamos a pessoa visada. Pergunta: A irmã Venusiana que foi nos prometido a visita já está apta a comunicar-se usando o nosso idioma? Resposta: Ela já sabe como fazer, mas só virá daqui a uns meses. Está em passeio nupcial. Pergunta: Quais as condições necessárias aos apeladores de I AM? Resposta: As condições são amor, vontade de servir e humildade. Tudo isto você tem. Pergunta: Qual a mediunidade da irmã Bernardete? Resposta: Ela tem mediunidade de cura. Pergunta (Rosa) Qual a explicação desses meus sonhos em que apareço junto com o irmão Varanda, como se estivéssemos vindo da aula? Resposta: Já vos disse que todos estudam e os alunos, embora da mesma cidade e do mesmo Grupo não estão na mesma escola. Vocês estudam juntos para seus próprios progressos. Alexandre Guill encerrou os trabalhos, presenteando-nos com a seguinte mensagem: “A harmonia de cada ser é a paz no lar e a sua volta. A harmonia do planeta é a paz para a humanidade. A harmonia Universal é a paz de Deus”. Resumo da Sessão do copo realizada em Santos no dia 22.04.78, com as presenças de Vicência, Gilson, Rosa, Luciana, Angerami, Orlando e Vítor. Após o roteiro estabelecido: preces Pai Nosso e Cáritas, leitura de trecho do Evangelho segundo o espiritismo, momento do perdão e ativação dos chacras, demos início à sessão, que teve como primeiro Comunicante: Majjorie (Corrente dos Pacificadores), que assim se manifestou: “ZIHITMUITGUSZT! No momento desejamos todos juntos boa paz. Estou aprendendo seu idioma. Eu agora venho um pouco, logo aprenderei a escrever. Então, escreverei mais tempo”. Indagamos se era a irmã Venusiana que estava em passeio nupcial e tivemos esta resposta: “Sim. Eu voltei do passeio nupcial. Adeus”. 2º Comunicante: Alexandre Guill “ZIHITMUITGUSZT! Paz com todos! Hoje há um clima de paz sobre a Terra e em vossos corações”. Agradecemos a presença deste bem-amado irmão e Mestre e iniciamos nossas perguntas, como segue:

55


Pergunta: (Varanda) Haverá algum benefício se riscarmos no chão da sala de reuniões espirituais um triângulo com base voltada para o nosso altar e, no vértice desse triângulo, colocarmos uma cadeira para irmãos doentes (física e espiritualmente),, para prece individual e também como ponto para colocarmos a água a ser fluidificada? Resposta: Sim. Atuará como elemento-força em vosso campo magnético e atrairá forças positivas, porque há ainda grande deficiência no homem e ele próprio abafa suas forças. Quando queremos fogo o temos de fazer! E a fé e a força cósmica teremos de acendermos o fogo interior! A maneira para o homem é o simbolismo. Pergunta: Pedimos tua orientação com respeito à nossa irmã Maria Macedo de Souza, no que diz respeito a sua condição atual, física e espiritual? Resposta: Há necessidade de um trabalho de equipe mediúnica e auxílio com vibração em “mesa branca”. Pergunta: A mesma orientação te pedimos sobre a irmã Maria Aparecida L. Honorato da Silva. Resposta: Cida, para nós. É médium e teme a mediunidade. Isto a está prejudicando na saúde física e no corpo espiritual. Ajudem com preces, esclarecimento e confiando que não estão sós. Há um kamaraja que a visita de tempo em tempo e quando aproxima-se dela, estraga o seu campo de ação para o desempenho da mediunidade. O desânimo está aumentando e há mais trevas que luz. Corre perigo e precisa vibrações diretas sobre sua pessoa. Nós daqui agora iremos vibrar todos juntos, levando luz e calor humano. (Pausa. Todos participantes fizeram vibração durante mais ou menos 3 minutos). Custou aos irmãos atravessar, mas conseguiram. Pergunta: A irmã Dª Carmem pede confirmação do nome de sua Mentora espiritual, bem como do plano em que ele está. Resposta: Nós lá onde vive conseguimos vários dados e o da irmã já demos. Demos na ocasião que nos foi entregue e confiamos, daqueles dados que entregamos aos irmãos. Para confirmar, teremos que esperar até que possamos ir ao devido Ministério para verificação. Os dados passados a vocês foram os que obtivemos. Houve aqui entre nós uma busca neste Ministério, pois sabíamos do interesse dos irmãos e foram trazidos muitas informações e, à medida que eram solicitadas, nós atendíamos. É preciso que todos saibam que uma busca de tal natureza envolve muitas Entidades que nos auxiliam, fazendo-nos tal favor quando solicitados. Vivemos em outro plano, entenderam? Haverá possibilidade de novos dados, mas devem aguardar com paciência. Isto não depende de nós. Avisaremos quando tivermos outros dados. Pergunta: Essa mesma irmã informa Ter consultado 2 médicos terrestres e eles nada diagnosticaram sobre sua saúde. Pede, se possível, tua orientação e, se for permitido, um receituário. Resposta: Problema ginecológico. Deve tentar médico novamente. Infelizmente, ela terá que passar por cirurgia terrestre. Antes de sair de casa deve orar para que o médico tenha intuição certa. Para nós, vemos um tumor “cedro-duro”, mas não é maligno. Ele está atrofiando o canal vaginal e há grande ressecamento. Por isso deve pedir Raio-X para confirmar. Obs.: Essa mesma irmã pede proteção para seu filho Rubinho em problema de Justiça e Alexandre Guill diz: “estaremos lá”. Pergunta: Pedimos tuas vibrações para Israel de Brito e Neusa Brito Vieira de Lima. Resposta: Fazer vibrações para o ancião sobre o pâncreas para ajudar a funcionar e, para a senhora vibração sobre o Raiz. Façam vibrações deste Mentor, nos seguintes termos: “Há muita harmonia entre vós”. Pergunta: Dentro dos ensinamentos I AM encontramos os seguintes nomes que te rogamos esclarecer quem são e quais suas funções dentro do Plano Divino. Resposta: Sabemos alguns e, se for permitido, diremos. (Segue os nomes perguntados e as respostas dadas). Avelle: Sabemos apenas que é uma criança. Está acima com Anjos e Arcanjos. Cassiopéia: Não conhecemos, mas sabemos de seu trabalho. Atua mais com premonição. Leto: Estrela de maior força, ajudando em trabalho de paz. Seu campo de trabalho é vasto. Oromasis: Ser Cósmico. Pelleur: São monges ou abades. Deus Math: Organização e bom ânimo é com ele. Manu: São nomes dados como que aqui em Terra damos as pessoas com título. Manu é o que reina em determinado campo. É criado e preparado para governar as raças. Volloris: Ser esplendoroso, cósmico. Parece muito com as gravuras do Arcanjo Gabriel. Vitória: A Vitória é a mãe de Jesus. Como ser angélico que é e sempre foi, alcançou mais esse nome. Anjo que desceu à Terra para, na forma física feminina, cumprir o mais sagrado Dom: ser a mãe do Salvador Jesus. Pergunta: Em que região da Terra está situada a Cidade de Ouro, construída no Plano Astral? Resposta: A cidade foi primeiro no deserto de Gobi e estende-se hoje pela América. Philadelphia, Arizona e ainda em Salt Lake. Quem foi que prestou esclarecimentos aos primeiros Mórmons. Pergunta: Quem são os Mestres Querer e o Grande Mestre Vontade? Resposta: São seres cósmicos e explicar com detalhes é impossível, dado a magnitude destes seres cósmicos! Pergunta: Quem são os Senhores do karma?

56


Resposta: São aqueles escolhidos por Deus para atuarem neste campo. Passaram pela Terra, ascensionaram e escolheram seus discípulos e, tendo completo o curso ou estudo, tornam-se os Senhores do Karma. Estão divididos em grupos, para que não haja sobrecarga para eles. Pergunta (Gilson) Quer saber sobre sua operação e se deve continuar a usar a cinta ou se já pode abandoná-la? Resposta: A operação está bem. Às vezes ele sente pequeno mal estar, mas é devido a friagem. Aconselho o uso da cinta porque o irmão é distraído e ele mesmo pode prejudicar-se. Pergunta: (Gilson) Indaga se ele e o irmão Silva Filho tiveram ligação com o Rei Davi? Resposta: Não. Pergunta: Estas pedras de Exú podem ficar aqui em casa? Resposta: Elas ainda não estão na posse daqueles que as querem. São criações divinas e o mal ainda não penetrou nelas. Advirto-os que serão consagradas ao ar e ao fogo e sua força será para ajudar porque na nossa Congregação não poderá haver trabalho para o mal. Nós combatemos o mal, não o usamos. Pergunta: Como estão as radiações maléficas em torno do nosso irmão Álvaro? Resposta: Estão mais fracas. Fazemos o que podemos, mas as maiores dificuldades são para ele resolver. Ele não ajuda. Filho, quem deve humildade é ele, e já foi avisado. A Entidade é vingativa. Ele não deve ser teimoso e sim corajoso. Pergunta: Pedimos tua orientação sobre a irmã do nosso irmão Varanda. Resposta: Saúde regular. Ela deve ajudar, fazendo exercício. Caminhar a pé é um grande remédio para ela. Ar, sol e refeições moderadas. Não é o prato cheio mas a qualidade do alimento. Calorias normais, para que não engorde o neném Pergunta: Porque o médico que a examinou deixou seus parentes preocupados, dizendo que somente um milagre poderia ajudá-la? Resposta: Para assustá-la. Ele sabe que com uma transfusão de sangue a recuperação será mais rápida. Pergunta: Que tratamento foi feito ontem, na sessão de vibração, em nossa irmã Vânica, pela Corrente dos Pacificadores. Resposta: Para a corrente sangüínea. Afinando um pouco o sangue e criando campo para que a linfa pudesse fabricar mais rapidamente o líquido preciso. Pergunta: Tivemos um sonho onde recebíamos uma carta endereçada ao irmão Alberto, enviada por seus advogados na América. Há algum significado ou foi apenas um sonho? Resposta: Premonição. Breve haverá notícias e a carta virá. FINAL: Oremos ao Pai de todas as suas criatividades e seres humanos para mais uma vez cobrir a Terra com sua misericórdia e amor. As criaturas estão se desamando e há muita desconfiança entre os filhos. Esqueceram de seu Deus e estão ficando sós. Oremos por eles. Roguemos à Virgem Maria a sua misericórdia para todos os terrestres. Fiquem em paz. Deixo meu abraço e bênção de Jesus. Boa Noite. Resumo da Sessão do copo realizada em Santos, no dia 22.04.78, com as presenças de Vicênc8a, Rosa, Gilson, Silva Filho e Vítor, que anotou as respostas, tendo os demais, com exceção do irmão Silva Filho, atuando no copo. Após o roteiro estabelecido demos início à sessão que teve como Entidade Comunicante o irmão Venâncio, da Corrente de São Lázaro e nosso orientador nos trabalhos de Umbanda. Suas primeiras palavras foram: “Que a paz esteja em vossos orações!”. Pedimos autorização para formularmos as perguntas que tínhamos preparado ele consentiu, dizendo: “Ajudarei naquilo que puder”. Pergunta: Essas pedras que estão em nosso poder são as que precisamos para nossos trabalhos de Umbanda? As duas são suficientes? E o tamanho delas, tem alguma influência? Resposta: Sim, são estas mesmos. Quanto ao tamanho, não há influência. Seria melhor 3, faltando portanto l. Mas podem usar as duas, que a restante será criada mentalmente. Pergunta: O que acha da idéia de colocarmos um pote com terra dentro da casa, homenageando o Exú-daTerra? Resposta: Pode, desde que a terra seja de lugar sagrado, menos de cemitério. Terra de Templo religioso, por exemplo. Pergunta: (Varanda) Sempre que tivermos que mexer no altar, para lavagem da toalha ou qualquer outra razão, haverá algum problema de alterarmos as posições dos elementos que o compõem? A cruz pode ficar deitada como está ou será melhor que fique em outra posição? Resposta: O arranjo é a critério dos irmãos, desde aqueduto seja feito com respeito não há nada em contrário. A Cruz pode ser deitada. Assim evita que se quebre.

57


Pergunta: (Varanda) Exponho para seus comentários esses conselhos dirigidos aos médiuns de Umbanda, extraídos do livro “Lições de Umbanda (e Quimbanda) na palavra de um “Preto-Velho”, de W. W. da Matta e Silva. Em sendo aprovados, tiraremos cópias e as faremos chegar aos médiuns de Umbanda do Grupo. 1) Conserve sua saúde psíquica, vigiando seu aspecto moral. a) Não alimente vibrações negativas de ódio, rancores, inveja, ciúmes. b) Não fale mal de ninguém, pois não é Juiz e, via de regra, não se pode chegar às causas pelo aspecto grosseiro dos efeitos. c) Não julgue que o seu Protetor é o mais forte, o mais sabido, mais, muito mais, do que o seu irmão aparelho também. d) Não viva querendo impor seus dons mediúnicos, contando, insistentemente, os feitos do seu Guia ou Protetor. Tudo isso pode ser bem problemático e não se esqueça de que você pode ser testado por outrem e toda a sua conversa vaidosa pode ruir fragorosamente... Dê a paz ao seu Protetor, no Astral, deixando de falar tanto no seu nome. Assim você está se fanatizando e aborrecendo a Entidade, pois fique sabendo, ele, o Protetor, se tiver mesmo “ordens e direito de trabalho” sobre você, tem ordens amplas e pode discipliná-lo, cassando-lhe as ligações mediúnica e mesmo infringindo-lhe castigos materiais, orgânicos, financeiros, etc. e) Quando for para a sua sessão, não vá aborrecido, e quando lá chegar, não procure conversas fúteis. Recolha-se a seus pensamentos de fé, de paz e sobretudo, de caridade pura para com o próximo. 2) Não mantenha convivência com pessoas más, viciadas ou invejosas, maldizentes, etc. Isso é importante para o equilíbrio de sua aura, nos seus próprios pensamentos. Tolerar a ignorância não é partilhar dela. Assim: a) Faça todo o bem que puder, sem visar recompensas; b) Tenha ânimo forte, através de qualquer prova ou sofrimento: confie e espere; c) Faça recolhimentos diários, pelo menos de meia hora, a fim de meditar sobre suas ações; d) Não conte seus “segredos” a ninguém, pois sua consciência é o templo onde deverá levá-lo à análise; e) Não tema a ninguém, pois o medo é uma prova de que está em débito com sua consciência; f) Lembre-se de que todos nós erramos, pois o erro é humano e fator ligado a dor, ao sofrimento e consequentemente às lições com suas experiências. Sem dor, lições, experiência, não há karma, não há humanização nem polimento íntimo – o importante é que não erre mais, ou melhor, que não caia nos mesmos erros. Passe uma esponja no passado, erga a cabeça e procure a senda da reabilitação, para isso, “mate” a sua vaidade e não se importe, de maneira alguma, com o que os outros disserem e pensarem a seu respeito. Faça tudo para ser tolerante, compreensivo, humilde, pois é assim que poderão dizer coisas boas de você. 3) Zele por sua saúde física com uma alimentação racional e equilibrada: a) Não abuse de carnes, fumo, álcool ou quaisquer excitantes; b) No dia de sessão não use carne, café ou quaisquer excitantes mais de uma vez; c) Na véspera e após a sessão, não tenha contato sexual; d) Mensalmente, na fase da lua crescente, use esse poderoso tônico neuro-psíquico mediúnico, sempre à noite: uma colher de sopa de sumo de agrião, batido com duas colheres de sopa, de mel de abelha. Pode usá-lo antes de cada sessão em que for trabalhar; Obs.: para esse item, o Irmão Venâncio observou ser o uso desse tônico neuro-psíquico, opcional. e) Todo mês deve escolher um dia para tomar contato com a natureza, especialmente a mata, uma cachoeira, etc. Ali, deve ficar lendo, meditando... pois assim ficará a sós com sua própria consciência, fazendo revisão de tudo que lhe pareça ter sido positivo ou não, em sua vida material, sentimental e espiritual. Pergunta: (Varanda) Ainda da mesma obra extraí esse trabalho sobre plantas, flores e defumadores. Ele está completo ou deve-se suprimir ou acrescentar algo? Plantas e Flores solares e masculinas. Plantas: arruda, manjericão, malvaísco, malva-rosa, guiné caboclo e pipiu, arnica, espada de ogum, erva abre-caminho, folha de eucalipto, alecrim, folhas de laranja, folha de sabugueiro, galhos de funcho. Flores: cravos, jasmins, flor de trombeta, flor de girassol, lírios de cachoeira, violetas, flor de maracujá, lírios diversos. Plantas e Flores lunares ou femininas:

58


Plantas: vassoura-preta, vassourinha branca, comigo-ninguém-pode, unha de vaca, picão do mato, folhas de lágrimas de Nossa Senhora, erva de Santa Bárbara, Negramina, arruda fêmea (se for escolhida e usada à noite). Flores: rosas, dálias, orquídeas, crisântemos, rosedá, copos de leite, violetas. Defumadores especiais para os médiuns de signo masculino ou positivo: Incenso, sândalo e alfazema. Defumadores especiais para os médiuns de signo feminino ou negativo: Mirra, benjoim e a verbena. Resposta: Certo. Cada médium terá que verificar com os seus guias qual é a planta e flor de sua preferência, pois cada Entidade tem suas preferências, procura aquela que mais a atrai. Isto pode ser feito na medida em que os guias vêm trabalhar, devendo ter um "cambono" para isso. Sobre os defumadores, uma ressalva: devese usá-los individualmente, não devendo misturá-los. Quanto às plantas e flores lunares são poucas as Entidades que as usam. Depende muito das linhas dirigentes. Hoje já é raro essa forma de trablho. Já disse que a Umbanda é simples, mas o homem a complica. Essas informações são úteis em algum trabalho, mas como esperamos que seja nossa norma a mais simples possível, deixamos isto de lado. Mas se algum irmão se interessar pelo assunto deve estudá-lo. Nesse campo entra Astrologia, porque tudo é feito em cálculo astrológico. As Entidades que trabalham na Corrente preferem elas mesmas comandarem, sem muita interferência de seus médiuns. E há ainda a famosa “mironga”, o segredo de seus trabalhos. Pergunta: (Varanda) Do mesmo livro copiei esses dados sobre influência do signo zodiacal nos médiuns, os astros regentes e polaridades do signo, que tem estreita ligação com a pergunta anterior. Qual a sua opinião à respeito: SÍGNO PLANETA REGENTE POLARIDADE Leão Sol maculino Câncer Lua feminino Gêmeos e Virgem Mercúrio Gêmeos: masc.: Virgem: fem.; Sagitário e Peixes Júpiter Sarg.: masc.; Peixes: fem. Áries e Escorpião Marte Áries: masc.; Esc.: fem. Touro e Libra Vênus Touro: fem.; Libra: masc. Aquário e Capricórnio Saturno Aquário: masc.; Capric.: fem. Resposta: Não funciona, porque teriam que ser feitos estudos para cada médium em separado, pois envolve cada minuto e cada segundo. Varia de pessoa a pessoa. Não há ninguém com a mesma regência zodiacal. É como digital, não há nenhuma igual. Pergunta: (Varanda) As ervas e flores masculinas devem cortadas e usadas de dia, nos defumadores, banho, etc., e as femininas devem ser cortadas e usadas de noite, para as mesmas finalidades. Assim procedendo, haverá maior aproveitamento do “Prana”. Esta informação foi extraída da mesma fonte das perguntas anteriores. O que nos diz à respeito? Resposta: O que representa o “Prana” para vocês? Desde que é vida, não há horário noturno e nem diurno. Explico o que de fato acontece: PARA QUE SEJAM MAIS BENÉFICOS OU MALÉFICOS É NECESSÁRIO OBSERVAR A HORA QUE DETERMINADAS FALANGES ATUAM SOBRE A TERRA. Pergunta: (Varanda) O que acha da validade desta idéia: os pontos riscados das Entidades protetores serão riscados pelos médiuns ou pelas próprias Entidades em pranchas de madeira suficientemente grandes para contê-los, anotados os nomes correspondentes e guardados. Nas reuniões de Umbanda esses “pontosriscados” já estariam prontos e poderiam ser colocados ao lado dos médiuns, conforme sua orientação, para maior firmeza deles. Alguma objeção? Resposta: Não. Acho que assim ficará mais organizado. Pergunta: Em nosso último contato, o Irmão disse que o Exú que trabalha com a irmã Rosa é um tenente, bem jovem, ajudante direto de Natiell, Exú-Rei ou Exú-Governante de determinada Falange que atua pela esquerda. Respondendo a outro pergunta, deu-nos os nomes dos verdadeiros Exú-Reis, como segue: Krilel, Mefistófelis, Malcon, Zindell, Sanadiel, Philadelfi e Lúcifer. Como se explica a não inclusão de Natiell, desde que o irmão o identificou como Exú-Rei ou Exú-Governante. Resposta: Natiell é Exú-Rei porque ele é o próprio Lúcifer. Ele ainda usa outros nomes, como Satanás, por exemplo. Não o chamam de “Tranca-rua”? E, afinal, quem tranca a humanidade para impedi-la de progredir no campo espiritual? Pergunta: (Silva Filho) O Exú que se apresenta a mim através de minha vidência é o mesmo que me vem a mente o nome?

59


Resposta: Seu Exú não conseguiu ainda aproximação mais direta, devido a fervorosa fé em Nossa Senhora Aparecida, que o irmão tem. Pergunta: (Silva Filho) Peço que confirme o “ponto riscado” dessa Entidade, que agora projeto mentalmente. Resposta: Vemos aqui 3 garfos para cima e 4 para baixo, circundado por uma circunferência aberta na parte de baixo. Este vem para ajudar. Ele estará entre seu “Preto-Velho” e a linha de Malei. Pergunta: (Silva Filho) Que linha é essa de Malei? Resposta: São Entidades para magia negra. O irmão deve dar toda força ao seu preto-velho, procurar sempre contato com ele, para fortalecê-lo e a linha de Malei dará toda a obediência ao “Preto-Velho”. Faça-lhe oferenda. De preferência em jardim onde haja crianças por perto. Pode usar Jardim de Escola Primária. Pode colocar aguardente com mel em um “coité” e deixar também rosas de cor branca. Pergunta (Rosa) Posso fazer a firmeza para o meu “Preto-Velho” da mesma forma? Resposta: Sim. Todos “Pretos-Velhos” aceitam essa oferenda. Só modifica o lugar. Para o da irmã pode ser onde haja pedras. Pergunta (Silva Filho) O nome do Exú referido é realmente João Caveira? Resposta: Já disse que não há nomes como esses. Seu líder na esquerda é Philadelfi. Ele é um de seus comandados. Passará para nossa fronteira. Obs.: Nesta altura dos trabalhos houve certo debate com referência a devida interpretação desta resposta. Como esse debate já se prolongava, observamos que teríamos que respeitar a presença do Irmão Venâncio, que pacientemente atendia as nossas indagações, não sendo portanto justo que ele ficasse nos esperando até que terminássemos nossa discussão. O Irmão Venâncio, através do copo, disse: “Não há espera. Sinto não poder participar verbalmente, mas gosto de ouvi-los, pois assim sei que há de fato, vontade de aprender. Para nós é grande alegria partilhar com vocês destes esclarecimentos, dividindo com os irmãos alguma luz”. Pergunta: (Silva Filho) O irmão Lima deve voltar ao Terreiro Oxossi das Matas? Resposta: Filho, este irmão não está harmonizado com o Grupo. Já avisamos que dia menos dia, ele deixará o Grupo. Para ele é melhor afastar-se por algum tempo. Quando ele voltar será porque sentiu a diferença que há em relação ao Grupo com os Terreiros existentes, que na maioria nada oferecem. Às vezes ainda arruinam o médium, colocando em seu caminho Entidades perigosas. Ele tem livre arbítrio. Pergunta: (Silva Filho) Na Gira de Exú deve ou não ser usado fumo e álcool? São dúvidas que os médiuns têm e gostaríamos de ter sua orientação. Resposta: A Gira é deles e por isso já foi aconselhado que seja feita fora da Congregação e vai depender do próprio médium. Vamos ficar sabendo qual médium quer ser chamado de BURRO ou de CAVALO! Pergunta: (Silva Filho) No caso deles intuírem os médiuns para entrega de bebidas e fumo, sem uso direto, pode-se fazer essas ofertas ou entrega a essas Entidades? Resposta: Há tempos atrás eu disse que a oferta é feita sem que ninguém dela participe. Deve ser despachada por seus próprios médiuns em matas, águas ou onde as Entidades preferirem. Durante a “Gira” o médium levará o que a Entidade prefere. Todas as ofertas serão colocadas juntas, não dando muita atenção aos reclames, se forem insistentes. Terão o livre arbítrio para o uso ou não. Pergunta: (Rosa) Gostaria de saber se devo continuar firmando meu Exú no cemitério, quantas vezes por mês e em que lugar do Cemitério. Resposta: Sim, deve fazê-lo toda última Sexta-feira do mês, no ossário. No cruzeiro é para as almas benditas e para a sua Corrente. Pergunta: (Vicência) Devo entender que as Entidades prestaram juramento ao Pai Onofre, prometendo obedecer à cabocla Raja Tupi. Ao assistir a missa, devo comungar? Resposta: Sim, os juramentos foram feitos ao Pai Onofre. Agora é a confirmação perante Jesus Cristo. Não há problema de comungar. Os outros também comungam. Comungar é participar na Ceia do Senhor. Cada qual faz a sua maneira. O que na verdade importa são as palavras: “ESSE É MEU CORPO E ESTE É O MEU SANGUE. TOMAI E BEBEI DO MEU CÁLICE. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM”. Na elevação do cálice olhe para ele e peça a elevação da Corrente. Pergunta: (Silva Filho) Como proceder com referência ao Amanci? Devemos proceder conforme sua orientação anterior ou misturar ervas das várias linhas para conhecer-se a Entidade Cabeça? Resposta: A Entidade dirigente dará a conhecer. Não devemos misturar amanci. Cada Guia dirigente dirá qual será o amanci. O amanci nada mais é que o fortalecimento do intelecto do médium e como o Guia Protetor é o que virá mais vezes, ele precisará do intelecto limpo, fortificado para abertura das linhas. Pergunta: (Silva Filho) No próximo dia 13 de maio poderão os médiuns receberem seus Pretos-Velhos para dar as ervas para lavagem de suas cabeças?

60


Resposta: Pode ser feito. Para aqueles que já trabalham será ótimo. Quem não deu passagem ainda poderá fazer sua lavagem com água de chuva, perfumada com essência de Jasmim. Há ritual para o amanci. O Ritual é nada de carne, de espécie alguma. Banho de rosas (flores e folhas sem os espinhos) para mulheres solteiras ou virgens. Para as outras, manjericão. Para os homens é de girassol ou cravo branco. Lavando dos pés à cabeça, repousar antes de ir para a Congregação, evitar brincadeiras e aguardar que o Guia mais preparado para isto identifique-se e dê início aos serviços. Tudo isto acompanhado de cânticos ou pontos cantados, de louvor e exaltação, e por fim, agradecimentos. Cada um levará a vela de firmeza de Anjo de Guarda em suas mãos. Todos devem usar roupa branca. Pergunta: (Silva Filho) Os banhos devem ser de baixo para cima ou de cima para baixo, nos homens? Resposta: Depois do banho normal, será melhor tomar o banho sentado em uma bacia, banhando-se devagar e molhando por partes, primeiro a cabeça, tronco e membros. Pergunta (Silva Filho) A bacia pode ser comum ou de ágata? Resposta: Não tem importância o material, e sim, o que está dentro da bacia. Pergunta: (Silva Filho) O banho das mulheres será da mesma forma? Resposta: Sim. Pergunta: (Silva Filho) Qual material deverá ser levado para este fim? Resposta: O pano branco para cada um que, assim que forem sendo lavados, deverão cumprimentar as Entidade organizadora. E, logo em seguida, colocar o pano branco diante do altar e bater cabeça. A médium ou médium que fizer o amanci para os irmãos terá que usar uma toalha branca para secas a cabeça, apenas enxugar levemente os cabelos. Pergunta: (Silva Filho) Haverá toalhas individuais para que? Resposta: Cada qual terá seu pano de bater a cabeça. Pergunta: (Silva Filho) Haverá médium específico para dirigir este trabalho? Resposta: Não é o médium e sim a Entidade que dirige. Pergunta: (Silva Filho) Há muito trabalho de desenvolvimento a ser feito com os médiuns? Resposta: Sim. Por isso foi aconselhado mais vezes Umbanda. Pergunta: (Rosa) Se por ventura couber a mim dirigir os trabalhos de Umbanda, devo impedir que se ponha a mão nas cabeças dos médiuns e girá-los? Resposta: Já deviam tê-lo feito. Nenhum médium deve deixar que coloquem as mãos em suas cabeças. Quanto a dirigir os trabalhos, tem o nosso total apoio e ajuda. Pergunta: (Silva Filho) A entidade deve dar o ponto cantado para identificação? Resposta: Não é necessário, somente se for do desejo da mesma. Pergunta: (Silva Filho) E ponto cabalístico? Resposta: Não. Pergunta: (Silva Filho) Haverá concordância com o trabalho que estou elaborando para o Grupo? Resposta: Sim, tudo que for para o progresso dos irmãos, nós concordamos. Pergunta: (Silva Filho) Haverá dia da semana específico para amanci, com relação às linhas das Entidades dos médiuns? Resposta: O amanci não é para a linha, mas sim para o médium. É o elo de ligação com a corrente. Quanto aos dias da semana, são consagrados assim: 2ª feira às almas e Obaluaê até às 18:00 horas. Depois já entra outra Falange na irradiação de Exú até que chegue a hora grande. 2ª feira é assim mesmo. Depois vai mundando, cada Orixá comanda um tempo no dia. 3ª feira Oxossi até 12:00 horas. De 12:00 horas até às 18:00 horas, Xangô e irradiando para Inhaçã comandando até a hora grande. Pombos-Giros daí em diante. 4ª feira Inhaçã comandando até 15:00 horas, passando a Oxum que vai até 5ª feira às 18:00 horas. Por ser Oxum um Orixá que governa muitas Falanges, seu horário é longo. A seguir Nanã Buruquê das 18:00 horas às 24:00 horas. 6ª feira volta Abaluaê at�� o raiar de Sábado e Oxalá até Domingo. Cada Orixá traz seus auxiliares com quem dividem tarefas. Maior tempo para um Orixá, mais colaboradores terão. Abaluaê traz consigo PretosVelhos, crianças e corrente das Virgens. Oxalá no Sábado atua com Iemanjá, trocando no Domingo na parte matinal. Até às 12:00 horas, atuam juntos. Depois fica Iemanjá sozinha até a grande hora de Exú, que então irá das 02:00 horas às 09:00 horas de 2ª feira e, assim, vão sucedendo em escala de trabalho alternado. Ogum entra todos os dias porque faz ronda e dá a sua colaboração para todos. Pergunta (Vítor) Qual o benefício para o filho de Xangô às 3ª feiras das 12/18 horas? Resposta: Mais receptividade dele para todos os filhos seus. Os Orixás dão na medida que irradiam, mais capacidade de trabalho. Pergunta: (Gilson) Qual é o meu santo de cabeça? Resposta: Xangô-Menino.

61


Pergunta: (Silva Filho) Quais os santos correspondentes aos 7 Orixás de Umbanda? Resposta: Xangô é São Pedro. Para outras regiões é São Jerônimo. Ogum é São Jorge Oxossi é São Sebastião, também Estevão para outras regiões. Iemanjá é Senhora da Glória, e das Candeias para outras regiões. Ainda na linha do mar. Oxum é Senhora da Conceição. Inhaçã é Santa Bárbara. Há também Santa Luzia que irradia fortemente com ela. Oxalá é Jesus Cristo. Yori é São João Batista. As crianças vêm com Cosme e Damião. Crispim e Doum são chefes militantes da própria linha. Yorimar é José de Arimatéia. É Falange de Pretos-Velhos do Oriente. :Pergunta: (Vicência) Qual a explicação sobre as chamadas 21 linhas de Umbanda? Resposta: 21 linhas quer dizer força Astral, Mental, o ciclo completo das 7 linhas vezes três, elevado à potência de 3 x 3. Sete vezes três elevado à potência de três vezes três. É esse o nome que damos a certas potencialidades de alguns números. O número 27 é sagrado para a Terra, por isso usamos 21 linhas para o que na realidade são 27. Pergunta: (Silva Filho) a) A linha do Oriente pertence às 7 linhas da Umbanda b) Qual o Santo correspondente? c) É da linha dos Médicos? e) Seria possível desenvolver o Grupo esta Linha? f) Há orientação específica para o desenvolvimento desta linha? Resposta: a) sim; b) José de Arimatéia: c) Oriente envolve várias Entidades, desde Médicos, Magos e Mercadores; d) Sim, falto a linha Zíngara que vem pelo Oriente; e) Todos os médiuns de incorporação podem; f) Seguindo os médiuns a orientação proposta pelo irmão Varanda. Pergunta: (Silva Filho) Gostaríamos de obter sua aprovação aos pontos cantados que temos em mão. Resposta: Ouvi alguns, cantados por vocês quando cheguei e gostei. Aprovado. FINAL: Cada vez mais possamos estar juntos para nossos aprendizados. Que o meigo Rabi da Galiléia vele por todos e vos abençoe. Envio também minhas bênçãos a todos vós. Deixo-vos com a paz de Deus. Boa Noite. Resumo da Sessão do copo realizada em Mauá/SP, em 06.05.78, com as presenças de Vicência, Rosa, Gilson, Dª Terezinha, Irene, Sr. José, Nilton e Vítor. Anotador: Vítor; atuaram no copo: Vicência, Rosa e Gilson. Início às 21:00 horas. Após o roteiro estabelecido pelo Grupo Samuell Sallas, recebemos a visita de: 1º Comunicante: Almur “Paz convosco! Almur. ZIHITMUITGUSZT! Saudamos a todos os terrestres. Alexandre virá logo mais. Samuell Sallas também já se encontra presente. Ande onde andares, Lembra-te de que tens deveres com teu próximo, mas, antes de tudo, tens para contigo mesmo. Jesus vos abençoe. ZIHITMUITGUSZT! A irmã e irmãos presentes pela primeira vez são benvindos. Obs,.: Rosa agradece a Almur por ele Ter atendido ao nosso pedido e Ter-nos visitado com sua nave há algum tempo atrás. Resposta de Almur: “Somos amigos e para isso estamos juntos. Não há o que agradecer. Estou tentando projetar minha imagem. A irmã Teresa para ajudar a firmar agora, ajudar-lhe-ei, não fique nervosa. Ao me retirar me verá mais nitidamente. Boa Noite. ZIHITMUITGUSZT! 2º Comunicante: Samuell Sallas Queremos que a paz venha em vossos corações, fazendo sempre o bem e a caridade a todos que os procurarem. Saúdo a todos com a paz de Deus e de Jesus. Samuell Sallas junto a todos, rogando ao Pai que abençoe os vossos esforços no sentido de trabalho crístico. Obs.: Atendendo a nossa solicitação, o Mentor do Grupo colocou-se a nossa disposição para as perguntas da noite. Pergunta: Chegamos ao mês de maio. Sugerimos o dia 28 para a inauguração oficial do nosso Grupo, às 17:30 horas ou às 21:00 horas. De acordo com rápido estudo astrológico, que pode estar imperfeito, posto que somos totalmente leigos em Astrologia, apuramos: Neste dia estaremos na 5ª lunação do ano, que vai da Lua Nova de 07.05 à Lua Nova de 05.06. Conjunção Vênus/Júpiter, estando ambos em Câncer ( o grupo foi fundado em 24.06.77 sob o signo de Câncer). Estes planetas são os de vibração mais benéfica e sua conjunção anuncia um movimento coletivo em prol da Paz (Vênus), inclusive com a participação da Lei e da Religião

62


(Júpiter). Dia 28.05, Domingo, dia de influência planetária de Júpiter, entrando a Lua em Peixes às 15:28 horas, signo que favorece, entre outras coisas, o psiquismo e toda obra filantrópica. Com referência ao horário propomos, justificamo-los e deixamos ao irmão a decisão final. 17:30 horas: 1ª hora da noite (17:30/l8:37 horas), governada por Júpiter que, de todas as horas planetárias é a mais favorável, podendo-se durante a mesma, iniciar novos empreendimentos de qualquer tipo. É boa hora para as questões legais e religiosas. Todas as coisas que têm valor, seja de caráter objetivo ou subjetivo, são favoráveis nesta hora. 21:00 horas: 4ª hora de Netuno é a mesma de Vênus. Este planeta governa a inspiração artística e todas as faculdades extrasensoriais: intuição, clarividência, etc. Sua hora favorece os assuntos artísticos, o amor desinteressado e os atos de beneficência. Resposta: Pouco entendo de astrologia, mas sabemos que há a regência Terra, horas propícias e segundo Alexandre, ele está dizendo que a Segunda hora é a melhor. De nossa parte não há qualquer objeção quanto a data. Pergunta: Fala-nos Kil Inviscovisk da aproximação da Corrente Karmen Lamas, de Monges brancos, que se integrarão às sessões de psicofonia e que também prepararão os médiuns para as sessões de materialização. Informamos este mesmo irmão da vinda de três novos membros ao Grupo, que serão preparados para este tipo de trabalho, sendo um deles seu parente,. Que nos diz dessa informação? Pode dizer quem é esse seu parente? Resposta: Parente afastado. É um primo e em segundo grau. Quanto à Corrente. Já está sendo esperada há tempo. Pergunta: Sabemos que várias Entidades desejam comunicar-se conosco através do copo, talvez devido a impossibilidade de se manifestarem psicofonicamente. Gostaríamos de Ter essas comunicações antes da inauguração oficial do Grupo, no seguinte esquema: Todas diriam qual a Corrente para a qual trabalham, todas as Entidades, (inclusive as que já se manifestaram) fariam uma breve saudação ao evento, dar-nos-iam sua prece ou a prece de sua corrente e nós divulgaríamos essas informações, saudações e preces no dia da inauguração, inclusive distribuindo cópias aos presentes e aos irmãos que se juntarem a nós no futuro. Acha válida essa idéia? Resposta: Ótima. Assim teremos todos a oportunidade de dar aos irmãos nossa palavra e preces, que serão todas reunidas em um impresso e distribuídas a todos. Pergunta: Dia 4 último, Quinta-feira, estive no cemitério da 4ª Parada, no bairro do Brás, em São Paulo. Gostaria de saber se o irmão estava a par dessa minha visita à aquele Campo Santo e se tem algo a comentar a esse respeito. Resposta: Sim. Apenas recordá-lo que disse que nada há mais sobre minha passagem na Terra. Houve o seguinte: Meu Óbito, assim como os de vários irmãos não mais encontram-se em seus registros. Houve falha na Administração daquele cemitério e vários registros extraviaram-se. A minha campa era avulsa. Obs.: A irmã Irene indagou se o Deputado Manoel Sala seria parente do nosso Mentor e este respondeu? “Deputado Estadual, sobrinho por afinidade. É filho de um sobrinho meu. Vocês saberão ainda muito de mim”. Pergunta: O Irmão Maresca disse Ter estado com um amigo seu e que este confirmou a hora de seu desencarne, porém disse Ter sido câncer a causa da morte. Resposta: Alfredo e Cristóvão são os únicos que recordo como amigo. Havia muitos conhecidos. Quanto à doença, há muitas versões quando alguém desencarna e a primeira que lembram é esta. Infelizmente, assim é a humanidade. Pergunta: Porque está acontecendo o afastamento de nosso irmão Maresca. Resposta: Ele está tendo dificuldade até para contatar-se comigo. Há uma barreira que ele mesmo criou. Vaidade ferida. Paciência com ele é o que aconselho. Pergunta: Teria sido por causa das eleições. Devemos apelar por ele. Resposta: Vários motivos. A eleição é apenas um deles. Façam apelo para harmonizá-lo com o Grupo, que ele precisa muito. FINAL: Regozijemos todos juntos! Mais uma etapa vencida e que as forças do Bem caminhem para a par com todos vocês. Estamos juntos nesta missão. Somos todos obreiros do Senhor Jesus. Digo a todos que não parem, continuemos. A obra é grande, é a vontade do Pai Celestial. Amai-vos uns aos outros. Boa Noite. 3º Comunicante: Alexandre Guill ZIHITMUITGUSZT! Que a Divina Luz vos ilumine a todos. Vibrarei por vós agora. Elevem os corações ao Amor Divino e sintam todos a Divina Presença em torno de vós. Aqui estamos para uma conversa entre amigos, filho e esposa. Pergunta: Como está a situação de Maria Cristina? Alguma explicação para o não aparecimento da menstruação?

63


Resposta: Sim. Está arraigado em sua mente o desejo de não Ter menstruação. Agora estamos trabalhando em seu psique. A operação correu bem. Ela deve ajudar e querer que tal coisa se realize. Obs.: Ponderamos que a jovem parece-nos querer intensamente tal coisa. Respondeu-nos Alexandre: “É sempre inconscientemente que tal acontece!”. Pergunta: Qual a situação física e espiritual de Maria Macedo de Souza. Resposta: Regular. Há coisas que estamos resolvendo. Aguardem. Pergunta: Qual a situação de saúde espiritual de Damião Paiva Coelho. Resposta: Saúde espiritual clara. Não há manchas em seu corpo espiritual. Pergunta: Como está Fabiane Marcelino Pinheiro? Resposta: Bem. Pergunta: Pedimos, se possível, uma psicometria envolvendo Osvaldo Roberto Tavares de Campos, L. S. C. e eu mesmo. Resposta: Repita os nomes devagar para que possamos em outro dia apresentar os resultados obtidos. Aguardem, que assim que nos for entregue comunicar-lhe-ei. Pergunta: A irmã Edna pede os nomes de seu Mentor e seu Guia Espiritual? Resposta: Parece que foi dito aos irmãos sobre o Ministério. É seara alheia e estamos com uma série de trabalhos que ainda não houve possibilidade de nosso Mensageiro ir até eles. Será bom que os que desejam tais informações, deixem os nomes escritos sobre o Altar e os Guardiães nos entregarão. Pergunta: (Gilson) Aquele facho de luz natural existente em meu quarto, está ligado com algum Plano Superior e se eu ali fizesse apelos, teria melhor alcance? Poderia ser aproveitado em benefício de outros irmãos? Resposta: Sim. Mental Superior. Projeção de raios da Virgem Maria. Sua mãe roga à Virgem Maria por você. Ali pode ser feito orações em favor de doentes. Pergunta: Existe tal facho em minha casa? Resposta: Sim. Está atravessando a parede de seu quarto, descendo até a sala, no canto esquerdo, junto à parede da cozinha. Obs.: A irmã Rosa pergunta o que está acontecendo com sua mediunidade, pois não sente aproximações. Resposta: É assim mesmo. As Entidades afastam-se para refazimento de forças e darem oportunidade da decisão se aceitam ou não a mediunidade. Se o médium mostrar interesse eles assumem o comando e voltam para servir ao Senhor da Seara. Obs.: A irmã Rosa estranha a resposta e comenta sobre o afastamento das Entidades. Alexandre diz: “Quanto tempo esses irmãos esperam por você? Reconheça que palavras ditas, nem sempre são levadas ao vento. Algumas chegam a seu destino. É hora de seus Mentores e Guias Espirituais fazerem uma espécie de recolhimento. Não é só a irmã que está sentindo isto, como se eles estivessem distantes. São quase todos os médiuns que estão passando por essa fase. São ciclos pelos quais passam os Guias para prestarem contas. É feito um balanço de seus trabalhos, para ver se há ou não aproveitamento. Há Entidades que nem vêm à Terra. Criam a sua imagem e a projetam para a Terra em seus médiuns. Outros iniciantes usam as suas formas e até os nomes dos Guias. Médiuns são a escola que os desencarnados estudam e nós aqui vemos a dificuldade de escolas”. FINAL: Deixo-vos com a paz de Jesus em vossos corações. Boa Noite. ZIHITMUITGUSZT! Sessão do copo realizada em Mauá/SP, no dia 07.05.78, com as participações de Vicência, Gilson, Rosa, Leila e Vítor. Anotador: Vítor – atuaram no copo: os restantes Após a abertura estabelecida pelo Grupo Samuell Sallas, demos início à sessão, registrando-se a seguinte comunicação do irmão Mirsjargill ZIHITMUITIGUSZT ! O Bem faço e rogo a Deus que ocasião não me falte para fazê-lo ao meu irmão que sofre ! Paz convosco! Enfim, juntos para nossas conversas amigas. Obs. : Saudamos a vinda desse irmão e perguntamos se ele estava presente ou se irradiava à distância . Respondeu- nos Mirsjargill: “Estou aqui. Vim para dizer algo que julgo ser de proveito a todos. Vamos continuar enviando nossas mensagens e dando nosso apoio a todos que estão agora aqui presentes . Breve estarão recebendo comunicação dos Essênios e como devem saber são elevadíssimos e trarão grande conhecimento. Aconselhamos, para um melhor entrosamento com eles, que os irmãos procurem conhecer alguma coisa sobre os mesmos. E gostaria que todos se compenetrassem da grande responsabilidade que isto lhes trará, pois serão comunicações do mais absoluto sigilo”.

64


Obs.: Perguntado se poderia orientar-nos sobre livros que nos falassem dos Essênios, Mirsjargill respondeu: “Nós não temos nomes para os livros pedidos, mas encontrarão creio, em História de Civilizações Antigas”. Continuou: “É apenas para que as comunicações sejam boas e os irmão possam entender e assim perguntar e aprender. Cada um de vocês vem sendo observado e a escolha já foi feita. À medida que forem adquirindo conhecimento podem usá-lo sem, contudo, revelar a fonte”. Prosseguiu: “Fica estabelecido que apenas vocês tomem parte, mais ninguém e, quando chegar o dia, virei antes para preparação do campo vibratório, para que os irmãos não tenham problemas com a sua matéria. Obs.: Indagado pela irmã Rosa se era a esse tipo de acontecimento que se referira Pai Onofre na sua despedida, disse Mirsjargill: “Sim, e a medida que o ser humano evolui, mais responsabilidade terá e também é uma forma de chegar mais perto da luz. Afinal, este deve ser o objetivo. Não sintam nem medo nem orgulho, tendo sempre na memória que a quem muito foi dado, muito será pedido”. Pergunta: (Gilson) Quem me orienta na psicografia atualmente? Resposta: Não sou mais, passei a outro a incumbência. Ele não quer que diga seu nome, pois acha que atrapalharia. Tenha calma no seu desenvolvimento. A colheita virá. Pergunta: (Rosa) A quem pertence esse símbolo que me chega mentalmente? Resposta: Este símbolo tem sobre o círculo várias pontas como se fossem raios partindo em várias direções. A bola do meio é dourada e este símbolo em um estandarte. Nada há acima, é o resplendor do mesmo. São seres extraterrestres, de um planeta desconhecido de você que chamamos Karmin. Têm forma humana, aparência rude, mas são maravilhosos. Eles estarão com vocês por algum tempo, porque são eles que irão aplainar o campo vibratório para a comunicação com os Essênios. OBS.: Rosa faz mentalmente uma pergunta e obtém a seguinte resposta: “Sim, galgando palmo a palmo a grande escalada. Está conseguindo chegar aonde se propôs. Esperamos que consiga... Já deixou para trás a cidade e está conseguindo atravessar a grande floresta que simboliza a vida terrena de todos vocês”. – (Rosa esclarece Ter pensado em Xênia, da televisão, e pergunta se a mesma é intuída nos seus programas de TV. Mirsjargill respondeu: “Sim. Está usando muito bem o seu instrumento de trabalho para cumprir a sua missão. Demorou algum tempo, para que ela entendesse, mas já entendeu”. Pergunta: (Gilson) Ulisses Tumingo me intui? Resposta: Sim. Pergunta: (Rosa) É possível dizer qual a Entidade que me intui? Resposta: Para quem tem muitos amigos espirituais não é tão fácil descobrir qual deles, pois todos preocupam-se em ajudá-la. Pergunta: Há possibilidade de vermos tua nave esta noite? Resposta: Não, porque Almur e Valério estão em descanso hoje e não está havendo necessidade de severa vigilância. Isto para nós é raro e, quando acontece, vamos para casa. Pergunta: (Gilson) Vi uma luz que me pareceu a de uma nave, antes de iniciarmos esta sessão. Seria realmente uma nave? Seria a sua? Resposta: Sim. Estava em frente à porta de entrada. Quando você tornou a olhá-la não mais me viu. Estava aguardando para iniciar a chamada. Logo que o irmão Venâncio retirou-se fiquei aguardando. Agora está a minha nave sobre a casa. Vou fazer o possível para que você me veja. Voltando ao assunto que me trouxe aqui, devo assegurar que nada de mal lhes sucederá. Os Karmin acompanham vocês já há algum tempo. Sintam-se em segurança. Eles são em 8 e 6 estão aqui. 2 estão na nave. Há um rapaz e os outros são mais idosos. Pergunta: (Gilson) Pode-se crer que os russos e os americanos têm mantido contato com nossos irmãos extraterrestres? Resposta: Sim, tanto russos quanto americanos mantém contato conosco. Só que nós visitamos a América e os do planeta Marte os Russos. Pergunta: Existem irmãos Venusianos vivendo entre nós? Resposta: Esporadicamente trazemos jovens estudantes que, depois de seus estágios, voltam para casa. Há necessidade de exercícios para que eles se ambientem neste plano. Pergunta: Os venusianos passam pela velhice e pela morte como nós terrestres? Resposta: Não envelhecemos e nem morremos. Para nós a morte, a dor e a velhice são coisas que já passaram. Nosso processo de nascimento ocorre em gestação sem união de corpos. Como o de Jesus. O tempo de gestação é igual ao comum na Terra. Pergunta: A Virgem Maria é o ser cósmico chamado Vitória? Resposta: A Virgem Maria é e será sempre a encarnação de um Anjo, que revestiu-se de um corpo carnal para propiciar a vinda do Messias.

65


Pergunta: Pai Onofre ainda está em Vênus? Ainda faz palestras? Resposta: Ele está nos auxiliando muito e vê, através de nossos aparelhos, todos vocês. Ele é nosso hóspede. FINAL: Gostaria de ficar mais tempo com vocês mas não é possível. Já matamos nossa saudade. Vou para casa, deixando meu fraternal abraço e que Deus nos permita esses colóquios por longo tempo. Rogo ao Pai que abençoa a todos vocês. Deixo meu abraço e votos de boa viagem aos meus queridos irmãos, em seu regresso à casa. Boa Noite. Sessão do copo realizada em Mauá/SP, no dia 07.05.78, com as participações de Vicência, Orlando, Rosa, Gilson, Leila, Godoy e Vítor. Início: 15:45 horas. Atuaram no copo: Vicência, Rosa e Gilson – Anotador: Vítor. Após a abertura ESTABELECIDA PELO Grupo Samuell Sallas, demos início a sessão, registrando-se a seguinte comunicação do irmão Kil Inviscovisk. “Paz a todos! Somos todos caminheiros da mesma Seara e todos temos pressa em chegar. Alguns seguem adiante, nem sequer olham para trás. Estão tão apressados que nem prestam atenção ao viajor que com ele caminha. Paremos por uns instantes, vamos perguntar: Careces de algo? És viajor como eu? E a estrada, é penosa? Paremos juntos, descansa um pouco. Fico contigo, eu te dou a minha mão. Façamos isto, amados irmãos que, por certo é também uma forma de oração”. Obs.: O irmão Kil se comprometera em dar-nos alguns mantras para diversas finalidades, inclusive para ativação dos chacras. Atendendo a esse compromisso, disse-nos: Mantras para purificar e reforçar a aura podem ser cantados, usando sempre a mesma entonação de vóz. Deve ser baixa e de sequência monótona. Pode ser OM ou KIRIOM, com espaço mínimo entre uma e outra. Sempre repetindo OM ( ou KIRIOM) curto e com pequeno espaço entre si. Repetir 9 vezes o nome do Mestre a quem for apelar. Este mantra purifica e reforça a aura após envolvimento com lugar ou pessoa de baixa vibração ou após uma longa meditação. Outro mantra: AMONK repetindo AMONK 3 vezes. XAVANAN AMONK XAVANAN AMONK mais 3 vezes. Este mantra abrange formas diversas de ação. Cantado em tom mais harmônico, em forma lírica ou cântico sacro, será para bênçãos e curas de doentes. Em forma grave, com voz baratinada, para atrair as forças dos elementos. Este mantra deve ser feito sempre em conjunto, acompanhado de bater de palmas, fazendo a devida marcação compassadamente. A obediência à postura é muito importante. Devem sentar-se com as pernas trançadas e no chão. Esta postura é para ambos os mantras. Estes mantras são apropriados para ser feito na sede, antes das reuniões de vibração. Não devem esquecer do incenso e, se possível, todos usarem o branco. Outro mantra: DEVAXAVANAN DEVAXAVANAN repetindo 9 vezes. A princípio com voz alta diminuindo o tom gradativamente. Este mantra agradece aos Devas e Mestres por tudo que os irmãos alcançarem. Por ora estes são os mais necessários e podem continuar com o que os irmãos vêm fazendo, que é o EU SOU (I AM). Virei em outra ocasião, com a maior alegria, dar os mantras faltantes. Deixo ao irmão Orlando muita paz e alegria por Ter me recebido com amor crístico. Rogo aos bons irmãos paciência, pois não esqueço a promessa. Voltarei para realizar o prometido. Deus abençoe a todos. Até breve. Sessão do copo realizada em Mauá, no dia 07.05.78, com as presenças de Vítor, Rosa, Gilson, Vicência, Leila. Após fazermos o “Pai Nosso”, “Prece de Cáritas”, leitura do Evangelho segundo o espiritismo (trecho), ativação dos chacras, pedimos a Deus em nome de Jesus, seu filho e nosso Mestre, proteção para os trabalhos e se fosse permitido, para contatarmos com o Irmão Venâncio, o qual manifestou-se com as seguintes palavras: “Paz com todos. Estamos juntos para correção de algo duvidoso. Podemos começar”. Pergunta: (Jair) Pede sua orientação na forma de agir na eventualidade de ser constatada a mistificação por parte de algum médium e pergunta se não há necessidade da presença de um médium vidente nas sessões. Resposta: Em primeiro lugar deve haver confiança mútua, pois mesmo com o vidente haveria dúvidas e quanto ao modo de agir, deve ser com brandura e o irmão em questão deve ser avisado da forma mais honesta e branda, sem a presença de outros irmãos. Pergunta: (Silva Filho) Visando o melhor aprimoramento dos trabalhos mediunicos e dissipar possíveis dúvidas quando da realização do amanci, pedimos que nos sejam dados os nomes da linhas (Santos) e dos guias ou Protetores de cabeça incorporantes dos seguintes médiuns: a) Silva Filho; b) Silva Peres; c) Jair; d) Carmem; e) Miriam; f) Edna; g) Rosa; h) J. Alves; i) Lima; j) Vicência. Pedimos também um conselho ou mesmo uma advertência a cada um dos médiuns citados, visando a melhoria dos trabalhos. Resposta: a) Xangô, Preto-velho da Falange de Xangô (Pai João do Congo); b) Xangô, Preto-Velho da Falange de Xangô (Pai Tomé). Este irmão em questão não está bem preparado, por ser médium consciente,

66


ele às vezes adianta-se e não deixa a Entidade dizer o que deve ser dito. É preciso aconselhá-lo e esclarecê-lo neste assunto, a sós; c) Ogum-caboclo, seu nome ele sabe e também é médium preparado; d) Também sabe. Porque perguntar se no Grupo há irmãos que precisam maior orientação; e) Inhaçã e Oxossi; f) A moça tem um pouco de dúvidas, porém vou procurar esclarecê-la; Ogum vem na frente. Inhaçã atrás. O Guia espiritual cabocla da Falange de Ogum, tem o Preto-Velho para a corrente de cura. Preto-Velho (Pai Joaquim de Aruanda). Obs.: Rosa pergunta porque ela recebe o caboclo e recebemos esta resposta: Guia mulher. O caboclo pode vir, mas a liderança é dela. O nome da cabocla é Jandaia; g) Já sabe, Vovô Norberto. Ele quer que assim seja conhecido. Rosa pergunta quem é Jerônimo das Pedras. É uma Entidade que trabalha com Xangô e por certo deve proteger a menina em situações difíceis; h) Quero esclarecer que os primeiros Oguns são da mata e pedreira. Chega agora o Ogum do mar para este jovem; i) Lima não é Abaluaê. Às vezes a Entidade aproxima-se para que as pessoas possam dela receber algo de força, mas não obriga que seja o Protetor. Santo de Cabeça-Oxossi. Creio que todos já foram bastante alertados e chamados ao conhecimento. Assim não há necessidade de novo alerta. Pergunta: (Silva Filho) Peço sua opinião sobre a seguinte sugestão: Faríamos, para início, uma reunião por semana, às quintas-feiras, começando às 20:30 horas, com palestras e estudo até às 21:30 horas e, desta hora até às 22:30 horas, desenvolvimento dos médiuns para encorparão das Entidades. Resposta: Para desenvolvimento pouco tempo. Melhor seria palestra e estudo, em dia diferente das sessões de desenvolvimento. Desenvolvimento deve ser feito em maior número de horas (duas horas e meia no mínimo) Pergunta: Na eventualidade de não termos chuvas até o dia 13 de maio podemos substituir água de chuva por de cachoeira ou de rio, no amanci dos médiuns que ainda não deram passagem a seus guias. Resposta: Sim. Pergunta: (Silva Filho) O irmão Venâncio esteve presente nessa reunião do dia 04 deste mês? O que achou dela? Resposta: Não, mas estou a par do que foi explanado. Irmão Dimas estava presente. Concordamos com tudo que foi explanado. Pergunta: Devido à dúvidas existentes, pedimos sua confirmação sobre a consagração das Entidades governantes em cada dia da semana. Resposta: Os horários foram dados aproximados, porque há variações de local para local. Agora, para Ter-se noção mais exata, mais ou mesmos certa, podemos fazer assim: escrevam os nomes dos Orixás e numere-os. 1- Oxalá; 2- Iemanjá; 3- Inhaçã; 4- Oxum; 5- Ogum; 6- Xangô; 7- Oxossi; 8- Obaluaê; 9- Exú. Agora vamos dividir o tempo par cada um. Oxalá governa a todos os Orixás. Dentro da sua irradiação está assim escalado: 2ª feira: Almas; 3ª feira: Xangô; 4ª feira: Ogum; 5ª feira: Oxossi; 6ª feira: Oxum; Sábado: Iemanjá e Domingo: Oxalá. Agora vamos juntar na escala dos Orixás as Falanges atuantes ou governantes. Oxalá é o supremo governante e divide ação com Iemanjá. Isto no Domingo. A seguir, Segunda-feira, começa com almas, com toda a Falange de Pretos-Velhos, crianças e corrente das Virgens; Terça-feira: Oxum e todo povo dos rios e cachoeiras. Quarta-feira: Inhaçã e todo povo das pedras e fogo: Quinta-feira: Caboclo das matas e florestas, abrangendo criaturas que nela habitam, como os seres elementais. Sexta-feira: Nanã Buruquê, com Ondinas e seres do mar. Sábado: Iemanjá e crianças novamente. Os Exús governam dentro da hora grande, que inicia às 18:00 horas e vão até o raiar do dia seguinte. Hora grande é hora que mais é chamada meia-noite. Vamos esclarecer: Hora-Grande é a que se diz para trabalho com Exú, por ser a meia-noite a hora mais propícia para as forças negativas. Hora Grande é o nome dado pelos Exus para trabalhar e a irradiação deles começa às l8:00 horas e vai até o raiar do dia seguinte. Quero vos esclarecer que o que estamos transmitindo aos irmãos não irão encontrar explicações em livros terrestres. Pergunta: Pedimos, se possível, nova explicação sobre as chamadas 21 linhas de Umbanda, a fim de entendermos melhor. Resposta: As 21 linhas assim chamadas por Ter Falanges em escalas de 3 para cada linha. São 7 Falanges que governam determinadas escalas no plano físico, espiritual e mental. Cada uma dessas Falanges são acrescentadas mais 7 e o resultado da junção soma o total 21. O algarismo 27 dado por nós é de outra dimensão. Pergunta: Como devemos dividir o tempo dos dias consagrados aos Orixás? Resposta: O tempo pode ser dividido pela hora contida no dia pelo número de Entidades. FINAL: Por ora deixo-vos meu abraço, ficai com Jesus em vossos corações. Obs.: Essa reunião ficou sujeito a esclarecimentos de dúvidas nela existentes.

67


Resumo da sessão do copo realizada em Santos no dia 14.05.78, às 20:45 horas, estando presentes Vicência, Rosa, Gilson, Orlando, Silva Filho, Cida e Vítor. Foi feito o “Pai Nosso, Prece de Cáritas”, leitura de um trecho do Evangelho segundo o espiritismo, momento do perdão, ativação dos chacras, após o que pedimos a Deus em nome de seu filho Jesus, nosso Mestre, permissão para contatarmos com o irmão Venâncio, no que fomos atendidos. Pergunta: Em reunião de 22.11.77, registramos sua resposta à pergunta formulada pelo irmão Lima, confirmando ser este irmão filho de Obaluaê. Em 21.01.78, temos sua resposta informando ser o irmão Silva Filho, filho de Ogum e Inhaçã. Entretanto em 07.05.78, o irmão declarou Xangô como Santo de cabeça do irmão Silva Filho e Oxossi como Santo de cabeça do irmão Lima. Qual é a informação correta, para nosso registro? Resposta: A última, porque as primeiras não é que fossem falhas, mas a medida que os mesmos irmãos adquiriam mais capacidade mediúnica, os Pais de cabeça foram acertados. Para um esclarecimento, todo médium iniciante, dependendo da missão a que se propuser, tem por tempo indeterminado Obaluaê e Xangô como Pai de cabeça. Estes dois irmãos já passaram pelos testes a que foram submetidos. Agora cada qual deve obediência às entidades predominantes. Todos dois são médiuns curadores. Há variedades de campo de trabalho na mediunidade de cada ser. Por isso é que leva tempo para a pessoa ser declarada médium pronto. São necessários anos de preparação, mesmo antes de vir à Terra. Quero dizer que mesmo antes de nascer já há preparação. Depois, iniciam-se os estudos na matéria dos mesmos, entrando em estudos o Karma, a família e a obra a que se propuseram e, como os irmãos estão vendo, não é tão simples como muitos pensam, é um problema muito complexo e envolve muitas coisas. Às vezes o médium quer desistir e por motivos vários, deixa a mediunidade renegando tudo a que se propuseram. Por isso é que os que governam esta parte sobre mediunidade, acham por bem incumbir Xangô e Obaluaê de todos, até que firmem o seu voto feito com Jesus. Acho que entendera, se houver dúvidas, perguntem. Pergunta: Qual está correta? Resposta: A última que demos a poucas semanas. Pergunta: Porque era Ogum? Resposta: Já disse tudo que tinha a dizer, mas vou tentar fazer-me entender. Há troca no nome dos Orixás, é isto? Mas está claro. Compreenda o seguinte: Antes, quando disse que Ogum era seu Pai de cabeça e agora é Xangô, não há erros. Xangô orienta sempre, depois é que vem a definição total ou final, entendido? Bem, passemos agora a Ogum. Fez o irmão a firmeza que indicamos? (Não). Sabemos que não, mas o que importa é que nós aqui possamos esclarecer e tirar dúvidas. Ogum nada mais tem a ver com o irmão. Atuavam juntos Xangô e Ogum, porque havia mais dúvida de quem teria a direção da cabeça. Como a mediunidade dele é para cura, foi estabelecido que Xangô governaria. Pergunta: (Silva Filho) Caboclo 7 Luas é cruzado com Xangô e Ogum? Resposta: Sim. Nós esclareceremos sobre o Orixá. Agora o caboclo 7 Montanhas é da Falange que governa a natureza e que tem afinidade com Xangô e com o irmão. 7 Luas é com os Astros e tem afinidade com Inhaçã. É por isso que no campo mediúnico deste irmão, há muita força para a cura. Pergunta: Caboclos 7 Montanhas e 7 Luas vão trabalhar comigo? Resposta: Claro, com Xangô e Inhaçã no comando. Eles estão juntos em obediência aos dois governantes. Orientação para Silva Filho: “Fazer aquela firmeza urgentemente, porque há necessidade de começar as curas”. Pergunta: O amanci deve ser feito para o Preto-Velho? Resposta: Para que o intelecto vosso fortifique-se, para que haja maior entrosamento entre um e outro. Cabeça feita, todo médium nasce com ela. Para que todo este tempo de preparação que vos falei no início? O que existe é má fé de alguns que aproveitam para extorquir dinheiro de infelizes irmãos que às vezes nem são médiuns. Pergunta: Há condição que o irmão dê, de forma definitiva e compreensível, a regência dos Orixás nos dias da semana, bem como a explicação do que sejam as chamadas 21 linhas de que falava o Pai Onofre? Temos que reconhecer que há muitos pontos obscuros ao nosso entendimento nestas informações recebidas nas duas últimas reuniões. Resposta: Sim. Há possibilidade de nós marcarmos uma hora somente para isto, porque demanda muitas respostas. Não é tão fácil de entender e nós explicaremos como devemos, pois é bem complicado o assunto, concordam? Vos disse que em livro algum encontrariam algo referente ao assunto. Por favor, tenham paciência e esperem. Pergunta: Quais são os Orixás das linhas de Yori e Yorimá. Resposta: São linhas que foram dadas por acréscimo e no mais da vezes são governadas por Anjos.

68


Pergunta: O irmão esteve presente ontem, dia 13, em nossa sede? O que nos diz sobre a reunião realizada? Resposta: Sim. Gostei porque encontrei amor crístico em muitos. E assim sendo, já é um grande passo. Saibam que o amor Crístico é contagiante. Pergunta: (Rosa) Nessa reunião, fui intuída por Dimas, Venâncio ou meus Guias? Resposta: Sim. Pela corrente que a irmã trabalha. Pergunta: (Vicência) Sinto alguns arrepios de meu lado esquerdo, é proveniente da irmã Cida? Resposta: Para que dizer. Todos já sabem que ela precisa de vibrações. Eu já avisei aos irmãos que vibração é necessária, para que o campo mediúnico floresça. E procurar o estudo evangélico é o princípio no Espiritismo. Pergunta (Rosa) Se na escola, onde são levados os médiuns, houve alguma palestra sobre alguma glândula situada na parte de trás da cabeça. Resposta: Glândula hipófise. Várias outras foram mostradas, são os vários pontos de ligação mediúnica. Pergunta (Silva Filho) Os médiuns sentem um pouco de receio, por não saberem distinguir as vibrações das Entidades. Resposta: Médiuns que não conseguem distinguir as categorias das Entidades é que não preparam-se suficientemente para os trabalhos mediunicos e, assim sentem receio porque lá no fundo de seus cérebros há um ponto vermelho, que nós chamamos de insegurança e, para isto o remédio está dentro de cada um. Pergunta: (Silva Filho) O melhor para isso seria uma entrega total, com amor total? Resposta: Que valerá a entrega total se a segurança é deles próprios que depende. O amor ajuda muito, mas a pessoa tem que confiar em si próprio, porque se assim não for, a confiança na Entidade dura pouco. Basta que alguém levante uma pequena dúvida, para que a confiança na Entidade se acabe. Pergunta: (Silva Filho) Devemos inaugurar a Casa de Exú no dia da inauguração do Grupo? Resposta: A Casa dele já foi inaugurada. Desde que é escolhido o local e ali acendem-se velas, já inaugurouse. Pergunta: Quanto as pedras, podemos colocar dentro da Casa de Exú? Resposta: Sim. E cada dia que houver sessão de Umbanda, os irmãos devem cantar primeiro para eles, com as costas voltadas para o altar e, entregar ao irmão encarregado de despachar Exú, a sua bebida, dentro da casa do mesmo. Depois, é que vem a defumação geral, incluindo assistência, se houver, para então cantar os pontos que os irmãos escolheram. A entrega deve ser feita no final. A entrega que digo é despachar Exú. Pergunta: Para as crianças que se manifestam e pedem, devemos dar doces? Resposta: Nós orientamos que não seria dado nada a eles, mas temos visto muitas lágrimas nos Rês. Eles já foram acostumados assim, por isso deixo a critério de cada médium, fazer ou não a vontade dos Erês. Nós devemos nos lembrar de que não podemos interferir no livre arbítrio de cada um. Pergunta: (Rosa) E as outras Entidades adultas, não vão sentir-se com o mesmo direito de pedir? Resposta: Já disse que Erês choram e Entidades adultas, não damos liberdade porque eles têm mais responsabilidades com eles e com as pessoas que procuram caridade. Não quero com isso dizer que Erês são irresponsáveis, não. Eles são apenas crianças e, Jesus Cristo disse: “Deixai vir a mim as criancinhas, porque deles é o reino dos Céus”. Se todos fossem puros e limpos como elas, que maravilha! A criança que deixa a matéria é mais pura do que aquele que vive as vezes um século. Agora existem alguns seres que viveram em outros planetas e, que não havia a necessidade de corpo físico. Trabalham nas Falanges dirigidas por Anjos. Pergunta: (Silva Filho) Se há perigo quanto a forma de trabalho realizada na sede, relativa aos trabalhos de desenvolvimento mediúnico (orientação). Resposta: É indiferente porque as Entidades limpam tudo e, assim não há perigo. Quanto a reuniões para desenvolvimento mediúnico, deve haver um dia específico para isso e sem assistência de estranhos. Os iniciados devem preparar seus uniformes e fazer em casa o banho das 7 linhas e, fazerem a gira normalmente, chamando todas as linhas. Aquela mais firme, ou mais dividida, tomará o seu médium e, a encorporação se dará. Os irmãos desenvolvidos ajudarão orientando as Entidades e anotando os dados. No final da chamada 7 linhas, então é que os médiuns desenvolvidos darão passagem a seus guias e o fechamento será com as crianças. Pergunta: (Rosa) Quanto as ervas para o amanci, é necessária uma só, ou quantas as Entidades pedirem? Resposta: Quantas quiser. A escolha é do médium. As ervas que dão quase sempre é na maioria, aquela que mais são de efeitos conhecidos da Entidade. Deu par entender? (não, não entendemos). Vamos outra vez. A escolha da erva fica a critério do médium, certo? (Sim, mas podemos usar todas?). Ele terá que conhecer o efeito delas juntas, porque quando a Entidade deu vários nomes de ervas, é para que escolhesse uma dentre todas. Pergunta: (Silva Filho) Qual deverá ser o dia da semana para desenvolvimento dos médiuns de Umbanda?

69


Resposta: Irá depender da divisão dos trabalhos programados pelos irmãos. Para nós no caso, aconselhamos Quarta-feira. Pergunta: (Rosa) O banho das 7 linhas, deve ser jogado na cabeça? Resposta: Do ombro para baixo. Pergunta: (Silva Filho) Terá de ser de ervas colhidas, ou poderá ser as que são vendidas prontas? Resposta: Pode ser pronta. O banho pronto nós já verificamos e pode ser usado. Procurem aqueles feitos na Bahia. Se caso houver dúvida na qualidade do banho, use 7 qualidades de ervas, tais como: arruda macho, guiné, alecrim, comigo-ninguém-pode, espada de Ogum e de Inhaçã, lanças de Ogum, levante, manjericão, sal grosso, fumo de corda e casca de alho. Isto que indico, são banhos usados para Umbanda em várias formas, que sejam precisas. Para 7 linhas, não há necessidade de usar todas elas, apenas umas 3 ou 5 (sempre ímpar). Sal Grosso entra em banho de descarrego, os mais suaves para firmeza de anjos de guarda e desenvolvimento, se bem que em alguns casos de grandes perturbações, devemos aconselhar primeiro o descarrego, depois então é que será dado o mais suave. Pergunta: (Silva Filho) Existe manjericão-roxo? Resposta: Não. Há pinhão-roxo. Pergunta: (Vicência) Pergunta sobre seus sonhos, em palestra com irmãos (da Corrente Samuell Sallas, Venâncio e Mirsjargill). Resposta: Lembrança virá paulatinamente. Estamos instruindo a irmã, que mais tarde irá saber de que se trata. Pergunta: (Vicência) Pergunta se a Entidade “Vô Tomaso”, virá trabalhar com ela e se ele é firme. Resposta: Sim. Nada receie. Apenas dificuldades dele falar, mas breve será mais fácil. Fique tranqüila, nós estamos por perto. Pergunta: (Silva Filho) Existe algum preparo antes da gira de Exú? Algum anho de ervas? Como proceder no dia? E após? Resposta: O banho deve ser tomado após a gira de Exú. Antes o que deve ser feito é a firmeza para o Anjo da Guarda. Quanto ao banho de ervas, arruda, guiné, sal grosso, fumo de corda e pitanga (folha), após a gira. Pergunta: (Silva Filho) Confirmação sobre o Preto de Angola, que diz vir trabalhar comigo? Resposta: José de Angola. Virá como auxiliar. Ele acha que auxiliando a sua corrente, ele evoluirá mais do que com o outro médium. Gostaria de orientá-los, que uma Entidade não é obrigada a aceitar tudo o que seu médium impõe. Às vezes cansam-se de esperar, deixam os mesmos só e, acompanham outras correntes para que possam evoluir, sem depender do médium. Pergunta: (Silva Filho) Pai Joaquim de Aruanda da Edna e Míriam são a mesma Entidade? (relacionado ao que aconteceu no dia 13.05.78). Resposta: Sim. Está havendo um entrosamento da corrente para que os médiuns não venham a dizer amanhã, que os meus guias são melhores do que os do fulano. E será assim que irão trabalhar. Em revezamento, até que em tempo devido, virão os que verdadeiramente irão trabalhar com seus médiuns. Estamos emprestando guias para médiuns, com vagas em determinadas Falanges. Pergunta: (Rosa) A Entidade que se manifestou em mim na casa da Vicência tem o nome de preta Cambinda ou Negra Cambinda e se vai trabalhar comigo? Resposta: Preta Cambinda. Eles vem e vão. São trabalhadores em busca de serviço, não havendo campo, procuram outros e às vezes perdem oportunidade de trabalhar pela falta de constância. Falei da Entidade. Pergunta: (Silva Filho) Confirmar se o Caboclo do Silva Peres é Pena Verde e se pertence a linha de Oxossi. Pergunta: Pena Verde é Chefe de Falange e Oxossi é seu comandante. Esse caboclo vem na linha. A incorporação de Chefes de Falange dá-se no caso de Entidades que já encarnaram. Agora, aquelas que não passaram pelo plano físico, estas não incorporam, atuam na irradiação do Orixá governante. Obs.: Houve debate sobre a incorporação de Pena Verde e sobre ele ser Chefe de Falange, ao que o irmão Venâncio manifestou assim: “Calma, chegamos onde queremos. Pena Verde é Chefe de Falange. O que vem no irmão Silva Peres, é de sua linha”. Pergunta: (Silva Filho) O que o irmão nos diz sobre o resultado das reuniões (palestras). Resposta: Achamos que ainda, as opiniões divergem um pouco, mas o bom senso prevalecerá e aqueles mais endurecidos, chegarão a pensar como a maioria. Pergunta: (Silva Filho) Conseguiremos chegar lá? Resposta: Claro. Confiem em Jesus. O bom e certo vence. Pergunta: (Silva Filho) Pede que o irmão Venâncio o aconselhe de como deve agir, para ajudar as Entidades que vão trabalhar com ele. Resposta: O irmão poderá ajudar procurando conhecer ervas e remédios homeopáticos, para que as Entidades não precisem forçar muito o querido irmão. Entendeu?

70


Pergunta: (Gilson) Se fizéssemos a sessão do copo sob o facho de luz, teríamos resultados idênticos, ao de quando a irmã Vicência está presente? Resposta: Como poderei dizer, se vai depender de cada um. Sob o facho de luz todos estão. Agora atravessar até onde precisamos vai depender de cada um. Pergunta: (Vítor) O Gilson refere-se ao facho de luz ligado com o Plano Mental Superior. Resposta: No quarto dele, eu sabia o porquê da pergunta. Pergunta: (Vítor) Poderia nos indicar outra pessoa, para que poupássemos a irmã Vicência? Resposta: Tentem com o rapaz das músicas. Pergunta: Como está a saúde da Vicência? Resposta: Regular. Estamos alertas. Ela tem tido ajuda dos médicos da espiritualidade. FINAL: Irmãos, antes de tudo que vos cerca, crede em Deus e confiem no seu imenso amor. Crede em Deus e em Jesus, para que todos tenham ânimo. Desejo que a paz de Jesus esteja com todos vós. Resumo da Sessão do copo realizada em 15.05.78, com as presenças de Vicência, Rosa e Vítor. Início às 14:45 horas. Atuaram no copo: Vicência e Rosa. Anotador: Vítor. Após a abertura-roteiro estabelecida pelo Grupo Samuell Sallas, recebemos, em participação psicofônica através da irmã Vicência, o espírito da irmã Maria Clara, da Corrente de Samuell Sallas, que sugeriu a leitura do Capítulo 13 da primeira Epístola do Apóstolo Paulo aos Coríntios ao início das reuniões do Grupo, principalmente quando da existência de visitantes (assistência). Ao retirar-se falou da vinda, no copo, de Samuell Sallas e de outro irmão que se manifestaria pela primeira vez. 1º Comunicante: “Paz com todos! Irmão Samuell Sallas”. Obs.: Agradecemos a presença dessa Entidade e pedimos sua orientação sobre a coleta de comunicações e preces que, pretendemos apresentar a todos no dia da inauguração da Sede. (Inauguração Oficial) – Respondeu-nos Samuell Sallas: “Poderá o irmão redigir as preces que já possui em arquivo em pequenos recortes e distribuir aos visitantes no dia da inauguração. Será uma lembrança e todos poderão levar para seus lares. Assim será mais proveitoso. Não concordam comigo? E aqui temos 4 irmãos que ainda não se manifestaram e colaborarão no que for preciso. Se não houver perguntas para mim posso passar a um deles. Pergunta: Em conversa com o irmão Leone, tomei conhecimento da existência de um irmão de nome Farias foi seu amigo íntimo, freqüentador de sua casa. Tal fato é verdade? Resposta: Sim. Pergunta: Hoje encontrei irmão Maresca e ele pareceu-me bem interessado em conversar comigo. Como se encontra esse nosso irmão presentemente? Resposta: Façam par ele uma sessão de mesa-branca, para chamar as Entidades que o está afastando. Pergunta: (Rosa) Essas Entidades teriam qualquer ligação com o sonho do irmão Prado, e que parecia um homem, sem rosto, com um guarda-chuva, etc... (descreve o sonho). Resposta: Não, o caso é outro que prefiro não comentar. Façam o que aconselho, que tudo voltará ao normal. Mas é bom que ele não saiba. Pergunta: Como temos outros irmãos aguardando esse tipo de trabalho, gostaríamos de saber se poderíamos fazer essa sessão aqui em casa ou se terá que ser na Sede? Quantos médiuns seriam necessários? Resposta: Médiuns 6. Na Sede, porque aqui deixaria cargas negativas. FINAL: Retiro-me para que possam travar conhecimento com este irmão que falará por todos. Paz de Jesus com todos vós. 2º Comunicante: Irmão Gaspar, da Corrente de Antonio de Pádua. “Glórias ao Nosso Salvador! Hosanas ao Deus Supremo! Grande é a nossa alegria em estar com meus irmãos em Jesus. Amigos vossos da Corrente de Antonio de Pádua. Somos mensageiros desta corrente e nos agrupamos ao Grupo Samuell Sallas para dar nossa colaboração no campo de cura. Estamos presentes em todas as reuniões porque em todas predomina a cura, seja do corpo ou do espírito. Meu nome é Gaspar, meus irmãos aqui presentes são: Justiniano, Clemente Tarcílio e Norlan. Obs.: Agradecemos a presença desses irmãos em nossa casa e seus trabalhos no Grupo e pedimos a prece e a saudação à inauguração da Sede, da Corrente por eles representada. “Saudamos os irmãos por vossa iniciação no campo da caridade mediúnica. Não desanimem ao primeiro dissabor nem vos amedronte com os espinhos da desconfiança e não pensam que a tarefa não seja árdua. Filhos, ela o é, mas confiem sempre que todo aquele que se propõe a servir a Nosso Senhor vence. Os louros da vitória colherão, tenho certeza. E não é a vitória terrena, cheia de demagogia e utilização de lucros fáceis. Será dado aos irmãos a gratidão e o reconhecimento dos irmãos encarnados e desencarnados por toda a

71


bondade e caridade que, por vossas mãos, irão receber. A cada um será dado segundo a sua obra. Dando amor só poderão receber amor. E o amor maior recebemos do Pai Celestial, porque é em seu nome que trabalharão. Assim, rogamos ao Semeador da Colheita que cultiva mais um campo de trabalho que desponta com magníficos frutos e de muito boa qualidade para aquele que dele aproximar-se. Vejam e sintam a presença do Semeador! Deixaremos nossa pequena prece aos irmãos: “Oh! Senhor de todas as almas! Nós te louvamos e teu nome bendizemos todos os dias de nossa vida. É a ti, Senhor, que devemos por tua misericórdia infinita! Te pedimos pelos doentes do corpo e da alma. Liberta, Senhor, aqueles que por nada saberem de ti, caíram nas malhas do inimigo. Oh! Mestre Pai e Amigo, liberta, salva e redime por Nosso Senhor Jesus Cristo! Assim seja!”. Agradecemos, rogamos e louvamos ao nosso criador e pedimos pelos que sofrem. É essa nossa prece. Gostaria que ela fosse divulgada. Pergunta: (Vicência) A vossa Corrente trabalhará em Umbanda? Resposta: Nós não interferimos nas Correntes de Umbanda. Somos colaboradores de todos, seja mesa-branca ou Umbanda. Temos liberdade de ação. Pergunta: Os irmãos poderão incorporar? Temos nomes de alguns doentes podem ajudar? Resposta: Não por ora. É preciso de adaptação e, quanto aos doentes o irmão poderá ditar os nomes e nós faremos nossa vibração daqui. Veremos o que se pode fazer agora. (vibram). Pergunta: Os irmãos poderão dar consulta pelo copo? Resposta: Sim. Pergunta: Estado de saúde de Orlando Frohlich Resposta: Nervos em processo de agitação mas por mentalizações desarmoniosas. Ele deve fazer uso de chás mornos e bem doce, ao deitar-se. Chá calmante. Pode ser cidreira, hortelã, melíssia e até leite morno. Pergunta: Estamos tratando nossas varizes da perna esquerda com água impregnada por vibrações curadoras que pedimos à Corrente dos Pacificadores. O irmão vê alguma melhora? Resposta: Sim, mas lentamente. Poderá ajudar com compressas da mesma água, mas procure usá-la fria e coloque uma faixa para sustentação muscular. Pergunta: Poderia verificar meu problema em meu braço esquerdo? Resposta: São seqüelas do tratamento para nervos que, aliás, não ajudou nada. Houve dilatação de veias e depois endurecimento precoce das mesmas. Mas para Deus nada é impossível e o dano não é permanente. Deve tomar bastante líquido. A dormência é que a passagem do sangue é um pouco mais lenta que o normal. Faça exercícios com as mãos e braços, volta a fazer ginástica. Pergunta: (Rosa)Há tempos senti aguda dor no peito. Teria sido enfarte ou o que? Resposta: Apenas ameaço de enfarte, porque o cansaço é uma das mais fortes causas do mesmo. Pergunta: Estado de saúde de Vicência R. Frohlich. Resposta: Regular. Deve abster-se de fumo, carnes, chá e café, feijão, massas se frituras. Descansar mais cedo e procurar viver sem aborrecimento. Não usar açúcar nenhum e nem adoçantes. Pode usar chá de erva medicinal. Pergunta: Estado de saúde da irmã Míriam Roncci. Resposta: Já esteve pior. Seu organismo está recuperando-se. Havia um estado de fraqueza que já superou. Atualmente deve tratar de seus órgãos femininos, pois há pequena inflamação nos ovários. Seu sistema nervoso está atrapalhando um pouco, deve resguardar-se da friagem e procurar alegrar seu pensamento senão o seu simpático não suportará a carga desarmoniosa que ela está recebendo. Pergunta: (Mirinha) Estado de saúde de Miriam da Cruz. Resposta: Nervosa demais. Sente insegurança e precisa de alguém que dê a ela essa segurança. Procure estar com ela por perto mais tempo. Pergunta: Estado de saúde de Maria Cristina de Oliveira Lima. Resposta: Há devia Ter sido resolvido. Tudo está correto com a moça. Faremos, com a permissão dos irmãos que a operaram, uma visita por uma destas noites e veremos o que pode ser feito. Pergunta: O problema é psicológico? Resposta: Não sabemos. Não havendo mais perguntas, agradecemos a presença desse irmão e dessa Corrente, bem como pelas consultas. FINAL: Na Santa Paz vamos e convosco a repartimos. Adeus. Sessão do copo realizada em 16.05.78, com as presenças de Vicência, Rosa e Vítor.

72


Atuaram no copo: Vicência e Rosa – Anotador: Vítor. Início 17:15 horas. Após a abertura e roteiro estabelecido pelo Grupo Samuell Sallas, recebemos, através do copo a visita de Samuell Sallas, que assim se manifestou: “Paz convosco! Irmão Samuell Sallas. Que Deus vos abençoe e vos ilumine !”. Ficamos bastante apreensivos com o clima de desarmonia e desencontro que está havendo entre os irmãos. Isto não será bom para ninguém. Estamos vibrando pelo Grupo, para que tudo volta ao normal. Está havendo muita interferência de irmãos desencarnado, que não querem que de forma alguma vocês se harmonizem. Já faliram antes, vibrem para que o mesmo não suceda agora. Trazemos um recado do irmão Venâncio, defumem a Sede com ervas seguintes: arruda, guiné, alecrim e juntar benjoim e alfazema. E Incenso, que deverá ser colocado assim que as ervas secas estiverem fumaçando. Fazer de fora para dentro, a começar pelo portão de entrada até os fundos. Isto deve ser feito durante o dia e sem a presença de outros”. Obs.: Rosa fez a seguinte observação: “Sabemos que as falhas são nossas, encarnado falíveis que somos. Entretanto, porque os irmãos do plano espiritual não “limpam” o ambiente após as reuniões do Grupo? Samuel Sallas respondeu: “Os fluidos negativos não são trazidos pelas Entidades, mas pelos próprios encarnados que vão para a Sede levando todas suas mazelas. Esquecem de quem tem esta missão, devem doar-se mais”. Pergunta: E por que não são retirados esses fluidos negativos? Resposta: Retirar o que, se são formas-pensamentos! Basta que cada um vigie a si próprio. FormasPensamentos são criadas e somente aquele que cria pode desfazê-la. Pergunta: Essas formas-pensamentos não podem ser desfeitas pela parte espiritual? Resposta: Sim, se for solicitada a Entidade que tenha autoridade para isso. Pergunta: E quem é essa Entidade? Resposta: Vós o conheceis, pois sempre que apela a chamais. É Ástrea. Pergunta: (Rosa) Como poderá agir o encarnado para ser socorrido por um ser que não conhece? Tal é o caso de muitos irmãos do Grupo. Por que os Espíritos não apelam por nós? Resposta: Para que temos nosso Anjo-Guardião? Ele é nosso mediador com Seres que muitos irmãos nem imaginam que exista. São mistérios que Deus impôs. Nem tudo e a nem todos é dado saber quanto a estes Seres Cósmicos. Estamos na vida espiritual e não a conhecemos. Sabemos e conhecemos sua ação e força. De onde atua, atinge o baixo-astral com a maior facilidade. Os irmãos do Grupo não nasceram quando o Grupo atual surgiu. Há vícios de beber, de fumar e, também, o vício de pensar erradamente. São vícios que no mais profundo de seus corações sabem que estão alimentando, mas nada fazem para corrigir. Por isso tudo para nós é difícil. Purificá-los é como se nós fôssemos jardineiros a cortar o mato rebelde que volta sempre. Obs.: Houve pequena pausa (copo girando apenas) e perguntamos se a comunicação estava completada. Respondeu-nos Samuell Sallas: Neste assunto,. Se fosse possível teríamos muito que dizer, mas não há tempo. Apenas devo afirmar para os irmãos que nós que aqui nos apresentamos, vimos pela misericórdia divina. Se alguns dos irmãos não confiam em nós , confiem no Pai que nos deu esta dádiva, que para nós é maravilhosa. Pergunta: (Rosa) Por que não darmos provas definitivas quanto a sua identidade se isto teria o efeito de harmonizar a todos do Grupo? Resposta: Onde há desconfiança reinando, filha, a fé espera que um dia a chamem. Falta fé é faltar com a caridade mas, contudo, a irmã tem razão. Proponho que os irmãos que não têm dúvidas dêem tempo ao tempo, porque Tomé também duvidou e quanto o Divino Mestre que mostrou-se a ele. Vejam bem, quando Ele, Jesus, quis. Não quando Tomé quis. Por isso, deixem a Jesus este encargo. Afinal, ele sabe perfeitamente quem trabalha sob sua Égide. Jesus sabe quais são os irmãos que são dele. Pergunta: (Orlando) O que estou pensando é certo ou errado? Resposta: Deixe de lado os receios. Nada vai acontecer. Estamos por perto e nenhum trabalhador da Seara fica sem segurança. Pergunta: (Rosa) Perguntarei mentalmente, ou melhor, mentalizarei a pergunta feita pelo irmão Orlando. Gostaria de saber se estou correta. Resposta: Sim, pois tudo tem relação com a insegurança que sente e em relação à saúde da irmã Vicência. Pergunta: Do que foi dito por nosso irmão Maresca ontem à noite achamos por bem registrar como verdade do irmão Maresca, o seguinte: Samuel Sala é o nome da Entidade sua amiga e Mentor do Grupo. Samuell Sallas é uma outra Entidade, um outro espírito, uma outra individualidade, um irmão que quer trabalhar. Samuel Sala desencarnou na passagem do dia 2 para 3 de novembro de 1960. Foi casado, separou-se, vindo a viver com outra companheira até o fim de seus dias como encarnado. Teve 5 (cinco) filhos. 2 (dois) morreram. 1 (um) ainda nenen, outro na juventude. Estão vivos 3 (três), sendo 2 (dois) homens e 1 (uma)

73


mulher. A orientação de não realizarmos sessões de Umbanda e mesa-branca, exceto para comunicações dos Mentores e Guias, durante a Quaresma, foi verdadeiro golpe das trevas sobre o bem, deixando-os agirem livremente por este espaço de tempo. A informação de que o Mentor do Grupo estaria aguardando a liberação da mediunidade de Incorporação desse irmão para manifestar-se psicofonicamente foi sutil “cala-bôca”, pois ninguém acreditaria nele enquanto tal liberação não viesse. Ele afirma, inclusive, que nunca será médium de incorporação. Ele afirma Ter “visto” o espírito Samuell Sallas na reunião última que ele participou, dia 08.05.78, na nossa Sede. Esta é, em síntese a verdade que o irmão Maresca defende e, devemos reconhecer, impressiona aos irmãos já não muito crédulos. O que podemos entender de tudo Isto? Resposta: Tudo o que for dito por mim ou por outro irmão nada irá adiantar. Há dúvida sobre tudo que foi dito e assim não sabemos mais como agir. Rogamos a Jesus que oriente, tanto aos irmãos como a mim próprio. A única maneira que pode esclarecer tudo é procurar trazer até vós alguém que já tenha contatado comigo. Farei tudo para isso, não que seja por vaidade, pois o irmão sabe que nada disso nos alcança mais, são coisas da matéria. E dei as explicações pedidas com o mais absoluto respeito e honestidade. Lembro-vos que ainda tenho livre arbítrio e diga, se quiser dizer, ao irmão Maresca, que não foi sutil “cala-boca”, porque ele esqueceu de dizer que nós dois conversamos mentalmente e ele próprio já não deu a vocês diretrizes que disse Ter recebido de mim? Tudo isto é doloroso, mas não temos mágoa de ninguém. Talvez seja bom que tal aconteça. Se for para o bem e adiantamento espiritual dos irmãos e fortalecimento da fé, eu aceito tudo isto com o maior amor crístico. O irmão recorda o início de nossas comunicações? Quanta vezes nosso irmão Maresca participou? E, quantas vezes ele e outros sentiram e viram-me presente? Daí, como ele coloca dúvida sobre quem sou? Agora, filhos, eu vos digo a grande verdade disto tudo: o ciúme é ainda o grande causador da desarmonia na Terra. Ele sente ciúme é da Entidade Samuell Sallas. Acha que foi posto de lado, mas nada disso aconteceu. Ele próprio criou dentro dele esse clima de desarmonia que prejudicou até nosso contato e, assim, quanto mais explicações dou, mais dúvidas ele cria. Como ele escolheu-me para Mentor e como só com ele me contatava, cria-se só. Por ter recebido os pequenos lembretes que a ele enviava através do copo. É só por hoje. Já se faz tarde e temos trabalho na Sede e lá nos encontraremos. Ficai com Jesus. Boa Noite. Resumo da Sessão do copo realizada em Santos, às 21:50 horas do dia 29.08.78, com as presenças de Vítor, Vicência, Silva Filho, Gilson, Míriam, Rosa e Carmem. Foi feito o “Pai Nosso e Prece de Cáritas”, Momento do Perdão, após o que pedimos a Deus, Nosso Senhor em nome de seu filho Jesus, nosso Mestre, proteção e se possível que pud’4essemos contatar com irmãos do Plano Espiritual. 1ª Comunicação: Glória e Paz. Deus com todos vós. Um amigo de todos vós. Vos acompanho a tempo. A todos os presentes, temos em comum, cremos em muita coisa da mesma maneira e vemos Deus em tudo. Pergunta: Poderia dar-nos o seu nome? Resposta: Por ora um amigo. Gosto da maneira pela qual vós trabalhais, simples e sem mistérios. Com Deus, por Deus e para Deus. Vossas Entidades sabem esperar porque vos conhecem e sabem ver os vossos propósitos. Não esmoreçam. Fecha-se uma porta e abrem-se outras. Jesus abençoou as vossas missões, portanto não será qualquer se medíocre que encerrará o vosso trabalho e devem continuar crendo mais em vocês. Pergunta: Trabalhas ou és Mentor de algum dos presentes? Resposta: Acompanho todos que vem a Terra em missão mediúnica. Nós procuramos ajudar os que vacilam dentro do campo mediúnico. Elevamos a fé, a coragem para enfrentar as dificuldades que surgem no caminho de cada um. Pergunta: Trabalhas para alguma corrente específica? Resposta: Somos Legiões. Cada Legionário tem seu campo. Pergunta: Tem alguma relação convosco, esta visão de um frade que estou tendo agora? Sois vós? Resposta: Sim. Sim. Somos a grande maioria de religiosos que deste lado da vida maior, procuram corrigir erros passados ajudando os irmãos no Campo Mediúnico. Assim, saldamos dívidas e falsas acusações que estes irmãos foram nossas vítimas. Pergunta: Que irmãos? Resposta: Pois, médiuns do passado. Pergunta: Tiveram ligação com o Vaticano? Resposta: Somos religiosos de ordens várias: Carmelitas, Franciscanos, Beneditinos e muitos que deviam obediência ao Sumo Pontífice. Nossa comunidade aqui cresceu muito graças a Jesus. Hoje podemos nos redimir erguendo aqueles que aniquilamos num passado.

74


Pergunta: Eram Inquisidores? Resposta: Quero deixar claro que ainda que a Inquisição tenha sido uma vergonha para todos os religiosos, para nós um Grupo Organizado a parte, tiramos proveito com a Santa Inquisição, que nada mais foi que demoníaca. Pergunta: Qual proveito? Resposta: Lucros materiais. Cada um procurou obter grandeza material para si próprio e para a Ordem, aspirando assim títulos de nobreza e cargos elevados. Havia traições dentro do próprio Movimento. Esta foi a mais negra página das religiões ou Ordens Religiosas. Pergunta: Dona Carmem poderia atuar como médium no copo? Resposta: Sim. Pergunta: Tudo o que foi dito teria ligação conosco? Resposta: Sim. Pergunta: Poderia nos dizer algo, como orientação, sobre o que aconteceu um pouco antes do início desta sessão? Resposta: Digo que quando estamos parados e a indecisão toma posse de todos os nossos sentidos, fica muito fácil para que o inimigo nos ataque, e assim todas as nossas defesas caem, porque somos pegos pela surpresa. Temos a certeza de que Deus nos protege, mas a dúvida faz com que paramos no meio do caminho e dele nos distanciamos, por isso não fiquem admirados com o sucedido hoje aqui. Está tudo bem agora. Pergunta: São verdadeiras as conclusões tiradas? Resposta: Sim. Pergunta: O seu nome é Francisco? Resposta: Sim. Pergunta: Qual o seu sobrenome? Resposta: Frei Francisco de Jesus. Pergunta: Alexandre Guill está presente? Resposta: Ainda não, mas virá. Talvez venha o Mirsjargill. Pergunta: Poderia nos dar noticias do irmão Venâncio? Poderá ele vir em outra oportunidade? Resposta: Sim. Trabalho para ele não falta. Tem que esperar talvez 2 ou 3 dias. Pergunta: Poderia nos dar notícias do irmão Samuell Sallas? Resposta: Como missionário que é, procurou trabalho em missão de socorro aos irmãos leprosos. Terá muito que fazer, porque estes irmãos quando desencarnam trazem grande sofrimento. É uma das mais dolorosas missões. Pergunta: Pode orientar-nos com respeito aos nossos planos de trabalho mediúnico para futuro próximo? Resposta: Só posso louvar os propósitos. Recomendo uma coisa: Cautela e sigilo sobre os trabalhos. Pergunta: Cautela com pessoas que freqüentavam o Grupo anterior? Resposta: Vossas intuições falaram mais alto. Pergunta: Dona Carmem deseja saber se o que está passando é karma? Resposta: Não é karma, mas são provas para que a paciência e a confiança em Deus e nos amigos espirituais permaneça. Pergunta: A que devemos atribuir esse sentimento de tristeza que nossa irmã Míriam diz estar possuída após o transe mediúnico anterior a essa sessão? Resposta: A influência espiritual e resíduos da Entidade que ficou. Faça uma prece com amor e verá que tudo voltará ao normal. Obs.: Achamos por bem não comentarem. O mal tem a importância que damos a ele. Pergunta: Poderia dar-nos notícias dos irmãos Angélio e Pascoal? Resposta: Somos uma grande família. Foi encerrado o Grupo para alguns, não para todos e, para vossos amigos, eles esperam voltar a auxiliá-los. Pergunta: Poderia dar-nos notícias dos irmãos Gaspar, Justiniano, Clemente Tarcilio e Norlan, da corrente de Antonio de Pádua? Resposta: Sim. Mesma situação. Todos vos visitam periodicamente e aguardam o reinicio dos trabalhos. Pergunta: Tem algo mais a nos dizer? Resposta: Ficaria por mais tempo, mas não somos donos dele. Deixo-vos uma pequena prece: “Oh! Senhor Jesus. Tu que nos abençoa com dádivas de pleno amor e que perdoas nossos pecados, nos escolhestes para sermos teus arautos, dai-nos perseverança e fé para que não haja mais entre nós, vacilos e cansaço. Que alcancemos Senhor, a tua morada de luz e de bondade e amor. Assim seja”. Pergunta: A irmã Teresa de Jesus está presente?

75


Resposta: E com ele muitos que vos amam e rogam a Jesus por todos vós. Agora amados, nós vos deixamos e vos desejamos Boa Noite. Pergunta: Alexandre ou Mirsjargill virá a seguir? Resposta: Ainda não chegou, mas sabemos que virá. Aguardem. Resumo as Sessão do copo realizada em Santos, às 23:50 horas do dia 29.08.78 com as presenças de Vítor, Geraldo, Rosa, Vicência e Gilson. Foi feito o “Pai Nosso”, após o que pedimos a Deus, Nosso Senhor, em nome de seu filho Jesus, nosso Mestre, que se fosse possível contatássemos com algum irmão da Corrente dos Pacificadores. Comunicante: Mirsjargill 1ª Comunicação: “Saudamos nossos irmãos. Temos tentado entrar em contato por outro sistema, mas não estamos tendo êxito. Assim, voltaremos a nossa maneira costumeira. É melhor para todos nós. Pergunta: Qual o sistema pelo qual nossos irmãos tentaram entrar em contato conosco? Resposta: Telepatia. Pergunta: Com alguém em específico? Resposta: Com todos que estão aqui agora. Pergunta: Dona Vicência pergunta se é real a visão que teve na semana passada em sua casa, juntamente com o Landinho. Resposta: Claro! Não houve engano e nem sugestão. Pergunta: Poderia nos ensinar o modo de sabermos quando estão tentando entrar em contato conosco através da Telepatia. Um aviso, por exemplo. Resposta: Prestem um pouco mais de atenção a algumas coisas que sucedem a vocês antes de nossa chegada. Alguns de vocês terão sintomas em vossos corpos físicos. Assim como sabem quando irão Ter um resfriado, aprendendo a se conhecer a si próprio. Exemplo: Terão zumbido forte no ouvido, tonturas e até certa inquietação, sem saber definir o seu estado físico, é nossa aproximação. Então devem procurar relaxar-se o mais possível e nos mentalizar, assim o Campo Magnético e as ondas que nos unem serão bastantes satisfatórias. Pergunta: (Rosa) O que sinto (calafrio indefinido) é tentativa vossa de comunicação? Resposta: Sim. Pergunta: (Silva Filho) Há horário específico? Resposta: Desde que os sintomas surjam, é que estamos perto. Portanto não há horário estabelecido. Pergunta: (Rosa) Os sintomas que senti no início da sessão, seria desta forma o aviso de chegada? Resposta: Você capta muito bem nossa presença, o que precisa é aprender a ouvir. Deixe sua mente vazia, acalme-se e teremos bom contato. Pergunta: (Rosa) Para esclarecimento de dúvida, a estrela que me atrai quando estou na cozinha, são vocês? Resposta: O que há é uma força de atração que é emitida à Terra e você sente. Pergunta: Há algo em específico a ser dito, em razão das tentativas de entrar em contato conosco? Resposta: Estamos procurando este contato porque as vezes desejamos norteá-los para os problemas e dar nossa colaboração a vocês, e o nosso contato não está disponível. Pergunta: Seria possível alguém substituir a irmã Vicência em caso de sua ausência nos trabalhos do copo? Deveria ser feito algum preparo? Como? Resposta: Preparo para isto não há, na maneira como vimos fazendo, por isto estamos trabalhando ativamente na maneira pela qual falei. Para que fique tranqüilo, nós acharemos um meio de sanar o problema. Uma certa ocasião avisamos que alguns membros do Grupo seriam preparados para esta tarefa. Para que haja sucesso, envolve sentimento e confiança mútua. Pergunta: Há um meio de ajudá-los reciprocamente nesta tarefa? Resposta: Sim. Confiem, amem, que tudo será mais fácil. Sintam em nós amigos e irmãos. Sendo todos uma grande família neste imenso Universo. Para nós será uma grande alegria quando nossas mentes entrarem em contato com clareza e nitidez. Precisam ser pacientes. Para nós não há tempo, mas para vocês o tempo ainda conta muito. É essa a diferença. Pergunta: É vossa intenção preparar alguns membros para missões ou trabalhos futuros juntamente com vocês, aqui. Resposta: Seremos pioneiros. Nosso trabalho será de grande importância. Nada mais posso acrescentar. Pergunta: Será por ocasião do Milênio? Resposta: Bem antes. Pergunta: Há contatos vossos com outros seres humanos? Contatos do 3º Grau?

76


Resposta: Já vos disse isto em outra visita. Não porque somos pacificadores e outros há, que são exploradores. Pergunta: Seria os “exploradores”, seres de outros planetas? Resposta: Explico: Todos os Planetas que aqui aportam seus navegadores, são comandados por Grupos ou Líderes das mais variadas missões. Uns são exploradores, outros são pacificadores que é o nosso caso. Outros estudam o próprio homem. Satisfeitos? Pergunta: Existe o Planeta Klermer e a personalidade Karran? Resposta: Existem tantos que o mundo se souber a verdade não suportará, porque o orgulho do homem é tanto, que julga ser o Senhor absoluto do Sistema Solar, da Terra e de tudo mais. Carlam e Carram são o mesmo. Pergunta: É real o caso do casal Bianca e Hermínio? Resposta: Sim. Há centenas de pessoas que tem provas. O perigo que correm é divulgar de maneira errada e não gostamos de sensacionalismo. Quase sempre são castigados porque um contato mais imediato traz promessa de sigilo e a quebra do sigilo traz graves conseqüências. Pergunta: A vibração de outros seres, fora vocês, extraterrenos e extra-solares, são diferentes, permitindo um contato mais próximo e mais direto? Resposta: Vênus tem o ar bem mais leve. Para nosso corpo aqui é a maneira perfeita de viver. Para outros irmãos de Planetas mais distantes é impossível viver. Já na terra pouca adaptação precisam, porque o ar é igual. Para alguns tem pouca diferença. Já para nós venusianos a atmosfera da Terra é muito pesada. Não podemos ficar aí, sem antes sermos submetidos a uma pequena cirurgia. Pergunta: Está de pé o combinado sobre o nosso contato em Outubro? Resposta: Não depende só de nós. Veremos como estarão nossos amigos. Desejamos ardentemente que tenhamos sucesso. Pergunta: Se fosse hoje, estaríamos aptos para tal contato? Psicologicamente e fisicamente? Resposta: Não. Todos tem problemas tanto físico como Mental. Pergunta: (Vítor) Por onde anda Alexandre Guill? Resposta: Em seu lar, em Vênus. Pergunta: Em nossa escala de tempo e com nossa tecnologia, quanto demoraríamos para chegar em Vênus? Resposta: Tempo não contamos como vocês. Talvez pela vossa escala uns 5 (cinco) anos. Pergunta: E vocês quanto tempo demoram? Resposta: Para nós é pouco tempo. Temos às vezes contratempos e demoramos de 03 a 05 horas. Quando tudo bem, de 2 a 02:30 horas. Resumo da Sessão do copo realizada em Mauá, estado de São Paulo, no dia 26 de janeiro de 1983, contando com as presenças de Vítor, Vicência, Toninho, Gilson e Alizete. Anotação: Vítor. Atuantes no copo: Vicência, Gilson e Toninho. Alizete: Ajudando na vibração e na leitura. Após o “Pai Nosso” pedimos à Deus, em nome de Jesus, seu filho, que se fosse possível, pudéssemos contatar com alguma Entidade de Luz. Obs.: O copo permaneceu estático durante uns 10 minutos. 1ª Comunicação: Pai Onofre “Boa Noite. Que a paz de Deus seja convosco. Pai Onofre junto com os meus filhos amados, para abrir o trabalho desta noite. A minha missão poderá ser desta maneira, através do copo. Desejo que tudo corra bem”. Pergunta: O copo demorou bastante para se locomover, houve alguma dificuldade para a comunicação? Resposta: Estivemos colocando a barreira que precisamos para iniciarmos e poder isolar, para que forças negativas não atrapalhassem. Já se aproxima a visita de nosso Irmão Venusiano. Afasto-me para que possam comunicar-se. Que a paz de Deus fique com todos. 2ª Comunicação: Alexandre Guill ZIHITMUITGUSZT! “Boa Noite. Após tanto tempo, aqui estamos. Alexandre Guill. Para todos, a minha mensagem de amor e paz. Quero que saibam que os amo muito. Jamais os esqueço. A nossa alegria é podermos nos contatar e aliviar a saudade”. VITOR: ZIHITMUITGUSZT! Estamos muito felizes com a sua presença e agradecemos a vossa ajuda. ALEXANDRE: “A nossa ajuda tem sido pouca, devido as tarefas que temos por aqui, mas ouvimos os chamados e fazemos o possível para atendermos. Estamos radiantes com o trabalho que vens realizando. A caridade é uma porta que abrir-se-á para todo aquele que dá com amor. A porta da felicidade. E sentirá como

77


é bom ser bom. Estamos emocionados por ver e saber que foram muitas as lágrimas que enxugaram e a tentas crianças deram o pão e a tantas mães fizeram sorrir e acima de tudo, meu querido filho, fizeste nascer em muitos corações a fé, a esperança e a caridade. Por tudo isto, eu te abençôo e a todos que compartilham do mesmo pensamento”. PERGUNTAS FORMULADAS POR VITOR: Pergunta: Gostaria de saber se a Fraternidade “Cáritas” já existe no espaço e se o Mentor é São Vicente de Paula? Resposta: “A Bandeira da Caridade está sob a égide de São Vicente de Paula e Teresa de Jesus. Tudo que se faz na Terra é uma cópia do que temos no espaço. Desde que seja para aproveitamento espiritual e adiantamento moral do ser ainda encarnado na Terra. As missões iniciam-se aqui, para depois aí com vocês. Aquele que ouve o chamado, vai e dá tudo de si; às vezes não ouvem o chamado, e assim é que se perde a oportunidade de servir. É por isso que alertamos sobre o que disse meu filho Mirsjargill “O bem faço e a Deus rogo, que a ocasião não falte para fazê-lo ao meu irmão que sofre”. Com esta mensagem que vos fiz, eu desejo que o progresso de todos seja imenso e que todos tenham muita força para vencer todas as barreiras e que nos daqui, possamos continuar a velar por todos, e ao meu querido Gilson, continue com esta sua vontade de progredir. Tudo vai se ajeitar de forma que espera. Obrigado a todos por lembrar de nós”. Pergunta: Gostaria de saber se estás por peto e, onde estão os irmãos Almur. Valério, Ulisses Tumingo, Marjorie e Mirsjargill? Resposta: Perto da Terra. Aqui é um posto de socorro que nós usamos, como viajantes do espaço. Sabem que nós visitamos a Terra e que outros Planetas também fazem parte de nossa missão espacial. Ulisses Tumingo está em um sistema de fora deste sistema e com ele uma comitiva de Vênus para auxiliar e, quanto aos outros, estão aqui perto da costa brasileira. Pergunta: Estão perto de Mauá? Resposta: Para nós tudo é peto. Apenas nem sempre podemos nos afastar do posto. Pergunta: Gostaria de saber, se possível, como se encontra o irmão José[e Vicente da Silva, que desencarnou no último dia 22 (Sábado). Ele parecia estar muito preparado para o desencarne. Resposta: Pai Onofre dá a resposta. Tudo bem com ele. Ainda dorme, mas já pressente que partiu. Pergunta: O sítio que comprei é bom para mantermos contato? Oferece boas condições? Resposta: O local é bom para todos nós. Tanto eu como você teremos bons contatos. Use a mentalização e terá resposta. Desejo que sim. Faremos todo o possível. Às vezes a ocasião é muito propícia e conseguimos. Outras, trabalhamos para que aconteça e nada conseguimos. Às vezes não temos as condições necessárias. PERGUNTAS FORMULADAS POR GILSON Pergunta: Gostaria de saber como se encontra a saúde de minha esposa Alizete, aqui presente. Resposta: A moça está com sistema nervoso por querer resolver os problemas que surgem, rapidamente, e nem sempre é possível e com isso seu sistema nervosos fica meio abalado. Tudo vai dar certo. As coisas vem na hora certa. Pergunta: E quanto a seu organismo? Resposta: Materialmente nada, mas espiritualmente ela é um campo de força mediúnica a ser desenvolvido. Mediunidade latente, e de modos que por isso ela às vezes desanima e sente-se adoentada, cansada e desanimada. Não pense nada de ruim. Tudo vem por causa da sua mediunidade. Pergunta: Qual o tipo de mediunidade que ela possui? Resposta: Incorporação e cura através da imposição das mãos. Pergunta (Alizete) Gostaria de saber porque senti uma espécie de bola de fogo na minha barriga, que me causou dor? Resposta: Não se trata de matéria, mas ela foi observada pela Corrente de cura que aqui está e, foi tratada no perispírito, de um órgão que está precisando. A cura é feita através do perispírito. Pergunta: (Gilson) Já passou algum tempo de seu período menstrual. Será que ela está grávida? Resposta: Vai engravidar breve. O seu organismo esteve preparando-se para isto, portanto eu vejo preparo para a gravidez. Esta parada não é ainda gravidez, mas como ela poderá ainda normalizar, para então firmar o propósito deste reparo em seu órgão, para que ao engravidar não perca a oportunidade de ser mãe. FINAL: “Gostei de vir contatar com todos. Desejo bem breve, nos reunirmos para nossa alegria. Deixo meu Boa Noite a todos. Devido o adiantado da vossa hora, eu mesmo encerro”. ZIHITMUITGUSZT!

-

Anotações retiradas do arquivo de reuniões do quadrante cindátilo cinético Pronto para iniciar o desenvolvimento da psicografia.

78


-

-

-

-

-

-

-

Extraordinária força magnética positiva. Reunião de 06.10.77 – assunto: pirâmide. Ativar chacras: frontal, raiz e esplênico. Vicência perguntou sobre um sonho no qual apareciam Geraldo e Gilson estudando mapas. Teve como resposta que eram trabalhos e estudos par serem usados num futuro próximo para benefício do Grupo. Depende do estado de saúde para poder viajar em estado de vigília, na nave dos Pacificadores. Ulisses Tumingo, pai do Gilson e do Geraldo. Tempo da Caldéia (nomes): Gilson = Draugo Zar; Geraldo = Fulvius Zar; Maresca = Attila Zar. Zar era título de nobreza. Em Roma era Centurião chamado Fabius Delius. Procurar deitar-se, estender bem o corpo, de forma suave, respirando profundamente, segurando a respiração mentalmente acompanhando a caminhada do ar. Ao chegar ao local mais sensível, procurar soltar o ar vagarosamente e deixar-se ficar estendido por alguns minutos nessa posição. A respiração deve ser pausada. Mentor é Hindu chamado Rasqponchar Kalim – Guia Espiritual é Monge Chinês e força do dragão, chamado Shaulim Infuchen. Sua especialidade é acupuntura. A minha união ao Grupo Samuell Sallas obedece a um desejo meu, precedendo o meu reencarne? Qual a minha responsabilidade nele? Resposta: A reunião com o Grupo já foi programada no espaço. Levou tempo, mas estão juntos agora. Os propósitos fora do Grupo são diferentes. É a outra metade para o seu progresso espiritual. Tudo aquilo que é difícil para você, é a pedra do seu caminho, para tropeço e prova. O Grupo para você é a escola e a ascensão. É interesse para o conhecimento espiritual, isto é, com o Grupo você participa como aluno, com amor e boa vontade. A outra parte que me refiro é com as reparações do passado. Karma por revolta, por seu desencarne prematuro e violento. Há possibilidade do Mentor manifestar-se através do copo. Caboclo que me acompanha é um velho cacique chamado Flecha Azul, índio Boliviano. Ubirajara fica atrás de Flecha Azul. Um intui e o outro encaminha, dando as condições para que o irmão trabalhe nas vibrações. A dor na perna esquerda do Pai é dor muscular. É preciso Massagear levemente, com pomada ou linimento à base de cânfora e evitar friagem. Descrição da Rosa sobre o OVNI, pedindo confirmação a Alexandre. R.: Sim, a nave leva uma menor para reconhecimento da região e, quando foi vista por vocês, estava completa. Mais tarde a menor foi utilizada por Valério. A missão dele naquela noite era nas proximidades da Argentina. Foi desviada a rota, por ser a mais próxima de vocês. Pode ser o Gilson, para colocar a água para fluidificação. P.: Na era de Moisés já se viam discos? Eram Venusianos? – R.: Sim e Jesus veio de Vênus para a Terra. Gilson pergunta se já esteve em Vênus? R.: Sim, de todos que numerei, és aquele que veio porque seus pais venusianos já aqui haviam estado e para que fosse aproveitado em conhecimento, foste por eles enviado junto com amigos que foram exilados. Geraldo também já esteve em Vênus. É ele que o jovem Gilson acompanhou. Todos que passaram pela Caldéia, a maior parte renasceu em Vênus. A Caldéia era um ponto de ligação com o Cosmo. Havia grande força magnética que atuava em seus habitantes. Vieram para cá para serem aproveitados, assim como eu, para fazer algo pela Terra. De Alexandre Guill: “A harmonia de cada ser á a paz no lar e a sua volta. A harmonia do planeta é a paz para a humanidade. A harmonia Universal é a paz de Deus”. Gilson: Xangô-menino é o Santo de cabeça. De Almur: “Ande onde andares, lembra-te de que tens deveres com teu próximo, mas, antes de tudo, tens para contigo mesmo”. De Mirsjargill: “O bem faço e rogo a Deus que a ocasião não falte para fazê-lo ao meu irmão que sofre”. Ulisses Tumingo intui o Gilson. Karmin, extraterrestres que preparariam nossa aura para podermos contatar com os Essênios. Corrente de Santo Antonio de Pádua: Gaspar, Justiniano, Clemente Tarcílio e Norlan. Com a tecnologia, para chegarmos à Vênus, demoraríamos uns cinco anos (tecnologia que possuímos). Os pacificadores demoram de 02:00 à 02:30 horas e, quando surgem contratempos, de 03:00 à 05:00 horas.

79


Sobre os Pacificadores ZIHITMUITGUSZT! – no idioma astral significa “Saudação geral a todos os presentes”. Os Venusianos são seres elevados a uma forma mais pura, tanto na conformação, como na aparência, de modo que, através da vidência, podem ser vistos por alguns terrestres. São altos, loiros, cabelos compridos, olhos azuis, pele rosa. Com referência à vestimenta, para alguns a cor é verde e para outros é prateada, sendo que as botas acompanham a cor da vestimenta. Não usam a cor preta. Não envelhecem e nem morrem. Para eles a morte, a dor e a velhice são coisas que já passaram. O processo de nascimento ocorre em gestação sem união de corpos, como o de Jesus. O tempo de gestação é igual ao da Terra. - O símbolo dos Pacificadores é a estrela e a bandeira branca. Trazem um elmo prateado, cruzando por ele uma espada. Acima do elmo, no canto superior direito, a estrela de cinco pontas. Há uma plumagem de cor azul que atravessa a espada e o elmo. - O prefixo da nave de Mirsjargill é XZZSTUNFU-6 e o seu prefixo é ZZX-6. - Do planeta Vênus, se avista o planeta Saturno e duas luas. - O Planeta Vênus está para o nascer do sol. - Na era de Moisés já se avistavam discos voadores venusianos e, Jesus veio de Vênus para à Terra. - Alexandre informa que verá qual nave está mais perto de Mauá e pedirá que nos visitem das 21:00 horas em diante, à Sueste. - Valério cumpriu sua palavra e Alexandre pergunta se vimos o disco. Rosa descreve o OVNI detalhadamente e pede confirmação sobre os detalhes por ela observados, ao que Alexandre responde que levava uma menor acoplada, para reconhecimento da região. Mais tarde a menor foi utilizada por Valério. A missão dele, naquela noite era nas proximidades da Argentina. Possui um visor na frente de comando, visor este, que logo depois que a verificação do local é feito, é fechado para que não chame a atenção dos terrestres. - Quando as naves pousarem, os contatos serão feito mentalmente e telepaticamente, sendo que os Pacificadores permanecerão à pequena distância. - O Planeta-nave Vênus também mudará de órbita e seguirá seu destino no espaço sideral e a sua trajetória será bem feliz, pois seguirá, como os outros, seu destino evolutivo. O Planeta Arca tomará a órbita abaixo da Terra, mas será curta a distância entre ele e a Terra. Esta mudança da órbita terrestre já é por isso. Terá superfície e atmosfera semelhantes a do Planeta Terra, por sua missão ser semelhante a do Planeta Terra, e todo ser humano com falhas graves irá para o Arca. - Em nossa escala de tempo e com nossa tecnologia, demoraríamos uns cinco anos para chegarmos à Vênus. Para os venusianos chegarem à Terra, quando surgem contratempos, demoram de três a cinco horas. Quando tudo bem, demoram de duas à duas horas e meia. - As naves interplanetárias são visíveis aos olhos humanos quando desaceleram e essa “desaceleração” algumas vezes é feita mentalmente e em outras, através de dispositivos tecnológicos, pois os terrestres às vezes, tem capacidade para anular força mental. - É possível haver uma comunicação mental com os Pacificadores, para isso basta que a sintonia esteja na mesma freqüência. Com tempo chuvoso a freqüência não é boa. É necessário tempo límpido e sem estática. Para saber quando os Pacificadores estão tentando contato através da Telepatia, prestem um pouco mais de atenção a algumas coisas que sucedem antes da chegada deles. Alguns terão sintomas no corpo físico, assim como sabem quando irão Ter um resfriado, aprendendo a conhecer a si próprio. Terão zumbido forte no ouvido, tonturas e até certa inquietação, sem saber definir o seu estado físico, é a aproximação deles. Então devem procurar relaxar-se o mais possível e nos mentalizar, assim o Campo Magnético e as ondas que nos unem serão bastante satisfatórias. Estamos procurando esse contato, porque as vezes desejamos norteá-los para os problemas e dar nossa colaboração a vocês e o nosso contato não está disponível. - Junto com Mirsjargill, na Caldéia (Índia), estiveram Maresca, Geraldo, Gilson, Álvaro, Vicência e Vítor. - Em um sonho da Vicência e, depois confirmado por Mirsjargill, Geraldo e Gilson foram vistos estudando e efetuando trabalhos, para serem usados num futuro próximo para benefício do Grupo. - Ulisses Tumingo, teve sua última encarnação na Índia, onde desencarnou no ano 1241 DC (sendo o ser mais velho da Corrente dos Pacificadores). Conhecimento Geral extraído do Quadrante Cindátilo Cinético Mantha Krishna – significa Pastor de Almas, que nos orienta nos mistérios sagrados. Chacras: Umbilical (verde em degradê) - Esplênico (rosa vivo) -

80


- Potestade (violeta) - Cardíaco (ouro = mais amor; dourado = pouco amor e cobre = nenhum amor) - Laríngeo (branco prateado) - Frontal (azul, cor de céu claro) - Coronário (violeta e lilás, tendo a irradiar à sua volta tênue halo ouro) - Umeral (rosa e verde-limão, com halos brancos à sua volta) Obs.: Frontal e Raiz são mais lentos que os outros, para serem ativados. - Mentor Espiritual – é aquele que se propõe a orientar durante a vida na matéria e é aquele que se costuma chamar de Anjo-Guardião. - Guia Espiritual ou Protetor Espiritual é a Entidade designada para os carreiros da mediunidade, a qual todos que a possuem necessariamente, tem que Ter o seu Guia. (Guia, é aquele que leva pelo caminho da mediunidade). - Pensamento Alheio manifesta-se como relâmpago na mente. De maneira rápida e insistente. - Pensamento Próprio – já é lento e não se repete nas mesmas palavras. ERVAS

Pitanga – serve para repelir a força de olho e atrai paz e alegria. Comigo-ninguém-pode – seu nome já está dizendo tudo. erva-mate – atrai caboclos nativos da Terra e repele Falanges de forças negativas que atraem desarmonia e doenças espirituais. Erva Doce – também traz alegria Arruda – repele mal olhado e avisa quando a pessoa não está bem de saúde. Colocando junto ao corpo por poucos minutos ela murchará e fiará seca, quebrando-se com os dedos e estalando como graveto seco.

81


QUADRANTE SINDACTILO CINETICO