Page 1


Ma ni fe s to

A cidade é uma invenção de todos. É onde um de nós, outro de nós e mais um de nós investem no que acreditam. A seiva de uma cidade são as idéias para gerar transformação. Onde você está? Sim, estamos em eleições para definir o destino da cidade, é importante saber o que dizer e o que propor. Você é um de nós em milhões transitando pelo centro ou pela periferia, nesta urbe colorida e cheia de contradições. Compartilhamos do mesmo espaço, somos diferentes, mas temos muito em comum.


Nos conectamos sem saber a um verso de Rappin Hood, de Geraldo Filme, a uma peça de teatro ou a um grafite em um ponto qualquer, trabalhando, descendo do metrô, no cinema ou na padaria, fazendo parte. O movimento +1deNós surgiu dentro da campanha Orlando Silva vereador 65100 com o objetivo de agregar pessoas e ideias criativas, solidárias e colaborativas para transformar São Paulo em uma cidade mais humana. Nossa metrópole vive um momento preocupante de intolerância do poder público, embrutecimento e saturação das relações. Dar sopa às pessoas no centro é proibido, fazer arte de rua é condenável, a política higienista é a padrão. Já basta desse modelo do "não", de negar às pessoas o direito à cidade. Basta da supremacia do carro que oprime o pedestre e o ciclista, da ausência de espaços públicos de lazer, da pressa que desumaniza, da violência policial contra as manifestações, das leis que transformam São Paulo em uma cidade proibida. Queremos uma cidade livre e conectada, com gestos de gentileza e entrosamento contínuo, com respeito e criatividade. Espaços públicos de verdade. Políticas públicas de verdade. Apoiamos Orlando e Orlando nos apoia. Baiano, vive em São Paulo há 20 anos; ex-ministro, fã de samba; experiente e jovem; negro com muita identidade com seu povo e interessado em toda a diversidade da cidade. Estamos sintonizados porque não tem dessa: vereador ou cidadão ele será sempre mais um de nós.


Pro pos ta s


CULTURA

A política cultural de São Paulo deve ser plena para todas as linguagens artísticas, integrar os pontos da metrópole e permitir uma circulação eficiente. Os artistas paulistanos já mostraram que a cultura é capaz de transformar a cidade. • Implementar o Fundo e o Sistema Municipal de Cultura Editais públicos e criação de programas específicos. Investir recursos do município na produção e circulação dos bens culturais. • Ampliar as leis de fomento ao teatro, à dança e o “VAI” Garantir iniciativas para possibilitar participação de novos projetos e continuidade dos beneficiados. • Reestruturar os equipamentos culturais Democratizar a gestão e promover a ocupação criativa de espaços públicos culturais já existentes na cidade, como casas e centros de cultura, CEUs, bibliotecas, teatros e parques municipais. • Descentralização e democratização da Virada Cultural Gestão participativa e popular da Virada. Expandir o projeto para outras ações contínuas o ano todo, em múltiplas regiões da cidade além do centro. • Valorização do samba e manifestações populares Garantir em lei o fomento para as ações culturais que mantêm projetos em suas comunidades. Criar o mapeamento das rodas de samba, capoeira, bailes, saraus e outros movimentos populares. • Desenvolvimento dos Pontos de Cultura municipais Inspirado na iniciativa nacional do Programa Cultura Viva, transformar em lei o projeto dos Pontos de Cultura em nível municipal.


CIDADE LIVRE

A prefeitura e a Câmara Municipal precisam inverter a lógica da “cidade proibida”. Criar oportunidade de ocupação do centro, garantir a livre manifestação e um transporte público inteligente. • Ocupar o centro Incorporar o Centro no desenvolvimento urbano da cidade, definindo a sua vocação. É fundamental um projeto de revitalização, iluminação e ocupação de espaços, incentivo à produção cultural e economia criativa da noite. Criar condições para que a população e os artistas vivam o centro de São Paulo. • Comunicação livre e democrática Conectar a cidade por meio de internet gratuita e de qualidade para todos. Projetos de valorização das rádios e TVs comunitárias, jornais de bairro e outros veículos livres e independentes. • Privilegiar a bicicleta e o transporte coletivo Valorização daqueles que utilizam a bicicleta e o transporte coletivo. Integração das bicicletas ao metrô, ampliação e manutenção das ciclovias e ciclofaixas, criação de campanhas contínuas de educação e prevenção para a segurança do ciclista. Redução da tarifa do transporte público nos finais de semana para os jovens.


DIVERCIDADE

São Paulo sofre com a intolerância de quem não aceita o modo de vida, de afeto ou de crença dos outros. Uma cidade livre é uma cidade de igualdades, sem preconceitos e, acima de tudo, com respeito. Uma real DiverCidade. • Combate ao racismo Desenvolver políticas públicas para a promoção da igualdade racial. Criação de uma Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial (SMPIR). Fortalecer as organizações de combate ao racismo e políticas de igualdade racial municipal na educação, saúde e cultura. • Combate à homofobia Criação do Censo Municipal LGBT, para formulação de políticas públicas direcionadas, com critérios de proteção e valorização. Elaboração de diretrizes que orientem a rede municipal de educação para formular ações educacionais de reconhecimento, convivência e respeito à diversidade sexual. • Combate ao machismo Combater a violência, o machismo e a discriminação contra a mulher. Implantação da Secretaria e do Conselho Municipal da Mulher. Lutar por mais vagas em creches da cidade. • Diálogo inter-religioso Defesa do caráter laico do Estado, com respeito a todas as manifestações religiosas. Combater a intolerância e a perseguição a práticas religiosas tradicionais.


A verdade é a seguinte rapaziada: Orlando Silva é um de nós!

Rappin’ Hood


Orlando

Haddad

Os Dois Minist ro s de Lu la


Durante o seu governo, o ex-presidente Lula contou com a ajuda de duas pessoas fundamentais: Fernando Haddad, ministro da Educação, e Orlando Silva, ministro do Esporte. O desafio na educação era melhorar a qualidade de ensino e garantir o acesso da creche à universidade. Haddad inovou e renovou o sistema educacional. Orlando foi presidente da UNE. Sua experiência na área educacional e com os temas da juventude fizeram Lula convocá-lo para ser o ministro do Esporte no Brasil. O desafio era estruturar a política para o esporte, cuidando da dimensão educacional, de lazer e de alto rendimento e trazer os grandes eventos esportivos para o país. Orlando cumpriu a tarefa. Agora, Orlando e Haddad se encontram novamente. Desta vez, em São Paulo, em uma parceria com o objetivo de continuar, na cidade, o ciclo de criatividade e inovação que deu certo no governo federal. Orlando + Haddad = 1 + 1denós. Parceiros que se preocupam com as pessoas de São Paulo, com uma cidade mais humana, coletiva, solidária e desenvolvida. Os dois ministros que transformaram em realidade o sonho de um Brasil diferente vão agora mudar os rumos da capital paulista.


www.orlandosilva65100.com.br saopauloficamelhor.tumblr.com orlansilvasp orlandosilva_jr orlandosilvaoficial orlandosilvaoficial


Manifesto Orlando Silva  

Conheça o movimento +1deNós que surgiu dentro da campanha Orlando Silva vereador 65100 com o objetivo de agregar pessoas e ideias criativas,...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you