Page 1

DIRECTOR Joaquim Duarte

SEMANÁRIO 3 de Julho de 2009 | Ano X XIII | N. 1235 | €0,80

(IVA 5% incluído)

243 309 600 Telefone 243 333 766 Fax · CNE - Quinta das Cegonhas - Apartado 355 - 2000 -471

Santarém · info@oribatejo.pt · w w w.oribatejo.pt

Projecto Nacional

2500 empregos para Santarém trazz tra

Na Quinta da Capa Rota, freguesia de Achete, vai nascer um complexo de saúde, turismo e lazer no valor de 275 milhões de euros. A Câmara de Santarém deu luz verde ao plano de urbanização. O complexo vai criar 4.000 postos de trabalho, dos quais 2.500 directos. | página 7

QUINTA DA CAPA ROTA Santarém Município adere à rede de carros eléctricos página 6

Politécnico Matemática trocada por miúdos na ESES página 20

Tomar Casal condenado por rapto de criança página 19

Abrantes Alvano Santos pode ser expulso do PS página 18

Região Suspeita de homicídio de jovem no Cartaxo página 15

Negócios Torres Novas cria 174 empregos página 29

Rota das Freguesias Benfica do Ribatejo vai estar em festa páginas 11 a 14

Caracol é rei do petisco em Alcanena, Cartaxo e Santarém l página 34


O Ribatejo

2 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

3 | Julho | 2009

praçapública

eles dizem

r Teixeira dos Santos r “A crise vai ter está muito acima da triste média que este Governo exibe. Será descabido compará-lo com a dupla circense Pinho-Lino”

um fim, vai ter que acabar, não vai durar para sempre. São os primeiros sinais de que assim será”

Carlos Abreu Amorim Correio da Manhã

Teixeira dos Santos Ministro das Finanças, numa reacção aos dados divulgados pelo INE que revelam uma melhoria dos níveis de confiança.

rNão vale a pena juntar rAs semelhanças entre [eleições]. Santana Lopes merece os seus 15 dias de fama, e as populações têm direito a discutir os problemas das suas cidades, sem a interferência da Manuela e do José”.

João Miguel Tavares Diário de Notícias

A propósito da notícia que aqui publicámos sobre a investigação judicial feita ao ex-presidente da Câmara de Santarém, José Miguel Noras, e que o tribunal agora arquivou, veio o ex-vereador e Prof. Luís Fé de Pinho esclarecer-nos do seguinte: Que na origem deste processo não pode estar nenhuma queixa sua à Procuradoria Geral da República porque o que fez, junto daquele órgão, foi apresentar uma exposição com base nas notícias do nosso jornal sobre o penalizador relatório da auditoria da Prince Waterhouse Coopers à gestão da Câmara entre 2000 e 2001 (encomendada pelo também ex-presidente socialista Rui Barreiro). Nessa exposição feita à PGR solicitava uma investigação às supostas acusações produzidas nesse relatório por entender que o seu nome também era atingido enquanto vereador em exercício nesse período e não por qualquer queixa intencional contra Miguel Noras.

Ricardo Araújo Pereira Visão

Ruído na paisagem

Listas trocadas Luís Fé de Pinho esclarece

Sócrates e Obama são cada vez maiores: Obama matou uma mosca durante uma entrevista; Sócrates deu uma entrevista em que parecia uma mosca morta”

Esta semana ficou conhecida a lista completa dos candidatos autárquicos do PS à Câmara Municipal de Santarém. Surpreendentemente, entre os três primeiros da lista vão dois independentes que em tempos integraram as fileiras do PSD. Imediatamente, um dirigente laranja de fino humor pôs a circular na cidade que havia militantes socialistas a pedirem para entrar no PSD… só para assim conseguirem arranjar um lugarzinho nas listas autárquicas do PS.

Uma boa imagem pode bem valer mil palavras. Nesta montagem, é perceptível o impacto que o volume do futuro Museu Ibérico vai ter na silhueta da cidade de Abrantes. A exposição sobre o projecto do futuro Museu está patente ao público no Castelo de Abrantes e compreende-se o desassossego que já começou a levantar localmente.

David Antunes faz sucesso no YouTube David Antunes é o grande sucesso do momento no YouTub. O músico de Santarém e nosso colaborador na área multimédia, escreveu, interpretou e colocou no YouTube uma canção dedicada a Michael Jackson, que atingiu o top 100 dos vídeos mais vistos no início desta semana. O vídeo foi editado no sábado, dia 27, e na segunda-feira já tinha 25 menções honrosas do YouTube por es-

tar entre os 100 vídeos mais vistos no mundo inteiro entre os inúmeros tributos ao falecido cantor Michael Jackson. Nesse mesmo dia, chegou a estar no top 10 dos mais vistos no Reino Unido. Mas o melhor é vê-lo no endereço www.youtube.com/ watch?v=Q 7iChi7SSYU ou então procurar no Google por “David Antunes Michael Jackson”.

crónica de maldizer

Teatro contemporâneo Estão em cena dois diabos, Berzebu e Dinato, este preparado para escrever. Entra Todo o Mundo, rico mercador, e faz que procura alguma cousa que perdeu; e logo após ele um homem vestido como pobre que se chama Ninguém, e diz: Ning. - Que andas tu aí buscando? Tod. - Mil cousas ando a buscar: delas não posso achar, porém ando porfiando, por quão bom é porfiar. Ning. - Como te chamas, cavaleiro? Tod. - Chamo-me Todo o Mundo, e meu tempo todo inteiro sempre é buscar dinheiro e sempre nisto me fundo. Ning. - E eu hei nome Ninguém, e busco a consciência.

Berzebu para Dinato: Ber. - Esta é boa experiência! Dinato, escreve isto bem. Din. - Que escreverei, companheiro? Ber. - Que Ninguém busca consciência. e Todo o Mundo dinheiro

Todo o Mundo para Ninguém:

Berzebu para Dinato: Ninguém para Todo o Mundo: Nin. - E agora que buscas lá? Tod. - Busco riqueza muito grande. Nin. - E eu virtude, que Deus mande que tope co’ela já. Berzebu para Dinato: Ber. - Outra adição nos acude: escreve logo aí ao fundo que busca riqueza Todo o Mundo e Ninguém busca a virtude.

Eurico H. Consciência

Tod. - E mais queria o Paraíso, sem mo ninguém estorvar. Ning. - E eu ponho-me a pagar. quanto devo para isso.

Ber. - Escreve com muito aviso. Din. - Que escreverei? Ber. - Escreve que Todo o Mundo quer paraíso e Ninguém paga o que deve. Todo o Mundo para Ninguém: Tod. - Folgo muito d’enganar, e mentir nasceu comigo. Ning. - Eu sempre verdade digo, sem nunca me desviar.

Berzebu para Dinato: Ber. - Ora escreve lá, compadre, não sejas tu preguiçoso! Din. - Quê? Ber. - Que Todo o Mundo é mentiroso e Ninguém diz a verdade.

Passos do premonitório Auto da Lusitânia que Mestre Gil escreveu há quase 500 anos. O vosso dedicado escriba actualizou meia dúzia de palavras.


O Ribatejo

OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 3

3 | Julho | 2009

Cartoon de António Maia

a pergunta da semana

Estava disposto (a) a comprar e conduzir um carro eléctrico?

Com todo o gosto. Aliás, quando precisar de trocar de carro vou pensar nisso. Ou compro um carro eléctrico, se já existir no mercado, ou então um carro híbrido. Há mais de um ano que a Câmara de Almeirim enviou uma carta à EDP a mostrar a nossa disponibilidade para aqui instalarmos um ponto de carregamento. Infelizmente nunca tivemos resposta mas estamos disponíveis para isso. Desde que seja possível fazer um abastecimento razoavelmente rápido, que o preço seja baixo e que haja a rede Pedro Ribeiro de abastecimento, o carro eléctrico pode ter muito sucesso. Vereador na Câmara de Almeirim

Sou uma ecologista por natureza, reciclo tudo em casa, e logo que tenham oportunidade de adquirir um novo carro vou concerteza pensar em comprar um carro desse tipo. Numa cidade como Santarém não se justifica andar com um carro a gasóleo ou a gasolina havendo veículos eléctricos. Para quem trabalha e vive em Santarém, um carro eléctrico é mais do que suficiente. Vânia Neto Vereadora na Câmara de Santarém

Estava disposto a experimentar um carro eléctrico. Mas penso que não é ainda uma solução pertinente devido aos custos, aos consumos de energia e sobretudo à operacionalidade das viaturas. É ainda um tipo de transporte com problemas de autonomia.

Orlando Ferreira Administrador da Rodoviária do tejo

F editorial

Lena Comunicação sempre a crescer

Não me importava nada de experimentar e de andar num desses carros. Aliás, aqui na Renault estamos mesmo a pensar em instalar um sistema de abastecimento assim que os carros estejam disponíveis. São veículos mais do que suficientes para a maioria das deslocações do dia-a-dia e são óptimos para servirem a nossa frota de viaturas, sobretudo para o vaivém que andam entre o stand e a cidade. José Alberto Roque Sócio-gerente da Roques

A família da “Lena Comunicação”, onde orgulhosamente se integra O Ribatejo, continua a crescer com ambição e contra a corrente destes tempos dominados pela palavra crise. Em apenas meio ano lançámos três novos títulos de jornais, criámos cerca de centena e meia de novos postos de trabalho e alcançámos uma expansão à escala nacional, fazendo desta subholding do Grupo Lena um dos mais dinâmicos grupos de comunicação social do país e, claramente, o que detém hoje uma maior e mais uniforme expansão territorial. Depois do novo diário “i”, lançado há apenas dois meses e que, em tantos assuntos, tem vindo a marcar a agenda política nacional, surge esta semana nas bancas o “Grande Porto”. Sob a direcção do jornalista Manuel Queiroz, este novo semanário é mais um projec-

to editorial da Lena Comunicação que, naturalmente, vem privilegiar a cobertura jornalística da Região Norte. Com doze jornalistas no seu quadro e um painel alargado de opinião de personalidades políticas, sociais e empresariais da região, o “Grande Porto” assume no seu Estatuto Editorial a defesa da criação das regiões administrativas. E convoca-nos para que a regionalização do país, tantas vezes adiada, seja também ela um tema incontornável ao debate eleitoral das campanhas já em curso e que a próxima legislatura venha a concretizar. Sendo um projecto que terá “a Regionalização como bandeira” o novo semanário da Lena Comunicação não deixará, porém, de reflectir a vida nacional e a política internacional, olhando-a com o “sotaque” natural de quem vive e

trabalha no “Grande Porto”, como muito bem nos recorda Rogério Gomes, administrador da empresa detentora do título “Grande Porto”. As páginas do novo semanário apresentam uma linha gráfica com a assinatura de Agostinho Franklin, que também desenhou O Ribatejo e daí as semelhanças gráficas. Integralmente a cores e com uma tiragem inicial de cerca de 30 mil exemplares, o Grande Porto é distribuído em todo o Norte do País e ainda num conjunto seleccionado de pontos de venda em Lisboa. O projecto insere-se na estratégia de crescimento da Lena Comunicação e as sinergias são evidentes com os restantes títulos regionais do grupo, presentes nos distritos de Faro, Santarém, Leiria, Coimbra, Viseu, Aveiro e agora Porto, mas especialmente com o diário “i” de que a redacção do

Grande Porto é o principal apoio a Norte do País. A Lena Comunicação, recorde-se, integra ainda os semanários O Ribatejo, Jornal do Centro, Jornal da Bairrada, Região de Leiria, O Algarve, o Diário As Beiras e os mensários gratuitos O Aveiro, O Eco, Jornal de Abrantes e Negócios & Notícias. Além destes jornais regionais, detém ainda duas rádios regionais, Rádio NOAR (Viseu) e Rádio Antena Livre (Abrantes), uma agência especializada na gestão de espaços publicitários na imprensa regional, a MeioRegional; e uma editora, a Imagens & Letras. Continuamos a crescer, contra a corrente. É na crise e apesar dela, que emerge o melhor de nós, que temos de ser capazes de nos reinventarmos. É esse o desígnio da Lena Comunicação. Joaquim Duarte


O Ribatejo

4 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

3 | Julho | 2009

Director Joaquim Duarte joaquim.duarte@oribatejo.pt CP. n.º 867

Redacção - 243 309 601 João Baptista (chefe) joao.baptista@oribatejo.pt - CP. n.º 1157 João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt - CP. n.º 6911 Bruno Oliveira bruno.oliveira@oribatejo.pt - CP. nº 8754 Jorge Guedes - CP. nº 2798 Maria João Ricardo - CP. nº 6383 (Abrantes)

Colunistas Armando Fernandes, Beja Santos, Carlos Chaparro, Daniel Abrunheiro; Eurico Heitor Consciência, Luís Eugénio Ferreira, Renato Campos, Rosalina Melro, António Maia (Cartoon)

Colaboradores António Branquinho Pequeno, António Brotas, Alexandre Manuel, André Lopes (desporto), Adolfo Luís (fotografia futebol), Carlos Alberto Cruz, Hélder Duque (fotografia futebol), Jerónimo Belo Jorge (Abrantes), Joaquim Dâmaso (fotografia), João Grego Esteves, José A. Costa (fotografia futebol), Júlio Freches, Nuno Abreu (fotografia futebol), Nuno Matos (fotografia futebol), , Rogério Rodrigues, Vítor Gomes (fotografia futebol)

Departamento Gráfico Vítor Arsénio (chefe), António Vieira

Projecto Gráfico

defrank - Comunicação Editorial defrank@interacesso.pt

Departamento Comercial - 243 309 602 Rita Duarte (directora comercial) 962 108 761 rita.duarte@oribatejo.pt Luís Silva - 962 108 756 Ana Marecos - 962 108 762 Sandra Amendoeira - 961 736 350

Secretariado - 243 309 600 Ana Sousa - 962 108 760

foto denúncia São apenas dezenas de metros de estrada no lugar da Corredoura, em S. Vicente de Paul, mas há meses que estão neste estado. Mais um efeito colateral das obras da A1, que também afectaram estradas na freguesia de Casével. Este troço em S. Vicente é ainda mais gritante quando todo o resto desta estrada até à N3 está reparado. Tudo se arrasta por causa de um conflito judicial entre a Brisa, que quer reparar, e alguns vizinhos desta estrada que colocaram problemas.

Opinião

Sede: Centro Nacional de Exposições Quinta das Cegonhas Apartado 355 2000-471 Santarém Geral: 243 309 600

“Vão roubar prá estrada!”

Publicidade 243 309 602 Fax: 243 333 766

E-mail info@oribatejo.pt

Internet www.oribatejo.pt

Serviços assinaturas 243 309 600

Paginação e montagem Jortejo, Lda. - Santarém telef.: 243 309 605

José Niza

Impressão Imprejornal, S.A. Rua Rodrigues Faria 103, 1300-501 Lisboa

Distribuição Vasp

Assinaturas (52 Números) Portugal: 25 € Europa: 50 € Resto do Mundo: 75 € Preço Avulso 0.80 € (IVA incluído) Editora e proprietária: Jortejo, Lda. Apartado 355 2002 SANTARÉM Codex

GERÊNCIA Francisco Santos, Ângela Gil, Albertino Antunes

Departamento Financeiro Ângela Gil (Direcção) Catarina Branquinho, Celeste Pereira, Gabriela Alves e João Machado info@lenacomunicacao.pt

Departamento de Marketing Patricia Duarte (Direcção), Catarina Fonseca e Catarina Silva. marketing@sojormedia.pt

Departamento Recursos Humanos Sónia Vieira (Direcção) drh@sojormedia.pt

Departamento Sist. Informação Tiago Fidalgo (Direcção) Hugo Monteiro dsi@sojormedia.pt Tiragem semanal 9.500 exemplares Depósito Legal 13 983/86 Sócios com mais de 10% de capital Sojormédia: 83% Nº Registo no ICS: 111209 (20.11.85) Nº Contribuinte: 501636110

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico envoi fermé autorisé par les PTT Portugais · Autorização - Autorisation: Nº 16 DE 001602 DCE pode abrir-se para verificação postal

A justiça americana, da investigação ao julgamento e à sentença do banqueiro Madoff, levou meia dúzia de meses. Cheira-me que cá em Portugal não vai ser assim.

Madoff, Bernard Madoff, banqueiro americano, foi condenado nos Estados Unidos a 150 anos de prisão. Por burla. E por nunca ter investido um único cêntimo dos 13 mil milhões de dólares que lhe foram confiados por particulares, por bancos e até por instituições de caridade. O dinheiro esfumou-se. Muitos milhares de americanos ficaram na miséria. Alguns suicidaram-se. Jorge Jardim Gonçalves, ex-presidente do BCP, contratou consigo próprio uma reforma supermilionária e escandalosa. 80 milhões de euros (16 milhões de contos!) foi o montante que ele e outros administradores receberam quando, em finais de 2007, deixaram o BCP. Mas, para além da bilionária reforma, Jardim Gonçalves também recebeu de Jardim Gonçalves uma guarda pretoriana de 40 seguranças privados e um jacto Falcon posto à disposição para viajar para onde lhe desse na real gana. Tudo pago pelo BCP. Isto é, pago por milhares de clientes e pequenos accionistas como eu. O homem, coerentemente, também é acólito da Opus Dei. Paulo Teixeira Pinto – que enquanto presidente do BCP também foi membro da Opus Dei – sucedeu a Jardim Gonçalves. Desempenhou o cargo apenas durante ano e meio. Aos 46 aos – e depois de 18 meses de presidência – saiu com uma indemnização de 10 milhões de euros (2 milhões de contos!) e uma modesta reforma vitalícia de cerca de 10 mil contos mensais. José Oliveira e Costa foi presidente todo poderoso do BPN e está preso desde Novembro de 2008. Conseguiu ser o primeiro banqueiro português a ser metido e fechado numa cela. Mas, antes disso, foi Secretário de Estado das Finanças em governos de Cavaco Silva. E, ainda antes, foi, no Banco de

Portugal, o responsável máximo pela supervisão do sistema bancário!!! Levou para o BPN uma boa meia dúzia de ex-ministros dos governos do actual Presidente da República. Conseguiu fazer do BPN, não um banco, mas um bando. Um bando de vigaristas. João Rendeiro, fundador e presidente do BPP, no próprio dia em que o Estado tomava conta do seu banco, estava a lançar – com pompa e circunstância, incluindo todas as TV’s – o “best-seller” em que conta a história do seu fulgurante sucesso como banqueiro! Deixou milhares de clientes pendurados e a manifestarem-se nas ruas do Porto e de Lisboa, mas continua na maior, dando entrevistas e exibindo a sua mansão na Quinta Patiño. Estes são os nomes mais sonantes. Mas, por detrás deles, muitos outros se escondem, desesperados, à espera de que a borrasca passe e a justiça não os vá sacar das suas tocas. Todos estes meliantes que alegre-

mente por aí circulam imunes e impunes, fizeram do sistema bancário e financeiro português um imenso território de fraudes e um oceano de desconfianças. Tudo isto é anterior à eclosão da crise mundial, sendo que esta apenas serviu para destapar e pôr a descoberto vigarices e roubalheiras. Bernard Madoff foi condenado a 150 anos de prisão. Estava em tão maus lençóis que os seus advogados já achavam excelente uma condenação de 20 anos. Ora, como o homem já tem 71... é só fazer as contas. A justiça americana, da investigação ao julgamento e à sentença, levou meia dúzia de meses. Cheira-me que cá em Portugal não vai ser assim. Os melhores e mais caros advogados do País vão entrar em campo e inventar toda a espécie de expedientes e manobras dilatórias para conseguirem arrastar o processo até à prescrição. Em Portugal, e para esta gentalha, o crime ainda compensa.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 5

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

há vinte anos

A empregada de limpeza da sede do PSD despediu-se, depois de ter ganho 51 mil contos no totoloto. Aos 89 anos, não havia cofre com segredos para o serralheiro Silvino Seco. Mariana Ginestal Machado dava a última aula de filosofia no Sá da Bandeira. As freguesias de Pernes e Vaqueiros faziam novo boicote à marcação do acto eleitoral para as europeias, por causa da poluição do Alviela.

números

18

Segundo o ministério da saúde, vai em 18 o número de infectados em Portugal com o vírus H1N1. A chamada Gripe-A continua assim, paulatinamente, o seu percurso invasivo e por vezes mortífero. Dados da organização mundial de saúde apontam para 73 mil casos registados em todo o mundo e destes 317 mortes provocadas pelo vírus da perigosa gripe.

estrelas

Gonçalo Pereira Matos Estudante do Ensino Secundário em Mação

O jovem Gonçalo Pereira Simões Matos, de 17 anos, residente em Mação, foi medalha de ouro nacional nas Olimpíadas de Matemática. Estudante do 12 º ano do ensino secundário, vai agora participar nas Olimpíadas internacionais de matemática, que este ano decorrem em Bremen, na Alemanha, entre 13 e 22 de Julho. A sua maior ambição é entrar no curso de Matemática Aplicada à Computação, no IST de Lisboa.

A espuma dos dias

Neste tempo de preocupante escalada do desemprego, há que aplaudir todo o esforço na criação de novos postos de trabalho. Nesse sentido, salientase aqui o mérito do autarca António Rodrigues pela criação de 174 novos empregos, destinados a desempregados, mercê da parceria que criou com o IEFP e mais sete instituições de solidariedade social do concelho de Torres Novas. (Pág. 21).

Albano Santos Candidato autárquico independente

Militante do PS e ex-vereador na Câmara de Abrantes, de onde saiu em ruptura com o actual presidente, o arquitecto Albano Santos encabeça agora uma candidatura independente, em disputa directa com a lista oficial do seu partido. A comissão política local já reclamou a sua demissão de militante, coisa que ele recusa, pelo que o caso subiu agora à federação com o pedido de expulsão. (Pág. 18)

Opinião

Glória e azar Tempos de glória para José Eduardo Moniz. Tempos de azar para José Sócrates. Nesta época de exames, os resultados de Moniz são notáveis, os resultados de Sócrates levam muitos a duvidar do seu Armando Fernandes êxito na segunda época em finais de Setembro. O director da TVI estudou o programa, deu uma olhadela no programa dos outros, teve o cuidado O primei- de não amarfanhar as folhas da prova benfiquista, gozanro-ministro come- do agora merecidas férias oriça agora a ginadas pelo sucesso. Os infelizes professores Poreceber os lanco e Zeinal Bava interroprimeiros gam Sócrates, este atribui ao sinais de azar a energia de Manuela Feringratidão, reira Leite no desfazer do negócio. Algumas pessoas pasas amizades piegas maram ante a actuação da leader laranjinha na SIC, outras tendem pasmaram pelo desaire do até a desvaagora imbatível Sócrates, pasnecer-se, mados não andam os órgãos enquanto de comunicação social pois os cínicos passaram a conceder mais tempo de antena à Senhora, e calcuou não existisse um ambiente listas de mudança. estudam Hoje, vistas as coisas a disjogadas tância, nada se desvaneceu. capazes de Relembro certos olhares felhe propor- rozes ou sobrolhos franzidos quando Cavaco Silva iniciou cionarem funções como primeiro-milucros em nistro e as mudanças operadas caso de ao ganhar eleições com maiovitória ou ria absoluta devido ao desvario da cúpula do PRD, apesar derrota. de cautos avisos de sinal contrário expressos em documentos convenientemente guardados.

António Rodrigues Presidente da Câmara de Torres Novas

Medina Carreira e a lei de Murphy O actual primeiro-ministro começa agora a receber os primeiros sinais de ingratidão, as amizades piegas tendem a desvanecer-se, enquanto os cínicos e calculistas estudam jogadas capazes de lhe proporcionarem lucros em caso de vitória ou derrota. Apesar disso, o animal-feroz ainda possui muitos fôlegos, sendo um deles, nada despiciendo, o de escolher os nomes a integrar nas listas de candidatos a deputados. Esse poder provoca ânsias, azias e insónias a muitas mulheres e homens. Os últimos desaires podem ser consequência de maléfica acção das bruxas. Dizia o outro: eu não acredito em bruxas, mas que há, há. O primeiroministro, certamente, há pouco tempo passou por debaixo de alguma escada numa sextafeira, deitou ao chão uma tesoura deixando-a ficar aberta ou então acredita piamente nos horóscopos publicados na imprensa cor-de-rosa. Até a Nandinha está mais calma! Um exorcismo a tempo e horas apaga os efeitos das pragas rogadas ou olhares ruins, mas à cautela o melhor será cumprir o desejo de Carlos César – colocar biombos à frente de alguns ministros –, e estudar afincadamente para a segunda época. Caso deixe os ministros à solta e seja madraço, chumba estrepitosamente e regressa de monco caído à carteira da oposição.

Todos tememos, regra geral, a consumação do princípio de Murphy e seus derivados, nas mais diversas circunstâncias. O princípio de Murphy tem o valor de não ser optimista nem pessimista, contrariamente a vários comentadores Luís Eugénio Ferreira que o consideram um optimista por excelência. O seu princípio resulta da constatação empírica dos factos. Não é um destino, que é uma categoria subjectiva, que aceita qualquer solução inequívoO que ca e incontornável. Medina O princípio de Murphy enunciaCarreira diz se assim na sua generalidade: “Se (para quem alguma coisa parece que vai coro ouve), é rer mal, correrá mal”. Tanto basta que o país para que os meus receios aumense tornará tem consideravelmente, sempre ingoverná- que ouço falar Medina Carreira, vel e insus- sobre o estado a que chegamos, ou pelo menos, sobre o estado para tentável, o qual caminhamos imparavelacreditemente. mos ou não Falou recentemente na Televisão. Fala muitas vezes. E a sua fala nas cooré como um eco repercutido pelas denadas frágeis paredes deste país que se expostas afunda lentamente. Fala, sublipor Murnhando as palavras com gestos phy, como de enfado, encolhendo os ombros, têm funentrelaçando as mãos, como sacionado ao bendo de antemão, que está a falar para uma chusma “de ignorantes longo dos médios, ou incompetentes assuséculos. midos” (sic). A sua fala é todavia um aviso que nos diz que a andarmos assim, dentro de 15 anos Portugal poderá deixar de existir como país. Refere-se, obviamente ao país moral, a um país que vai perdendo o sentido e a razão de ser. Todos sabemos que um país fisicamente, não se oculta, não se evapora, como

os coelhos em mãos de mágico. O que Medina diz (para quem o ouve), é que o país se tornará ingovernável e insustentável, acreditemos ou não nas coordenadas expostas por Murphy, como têm funcionado ao longo dos séculos. Quando Damião de Góis escrevia ao rei, avisando-o de que a pimenta estava a ser negociada em alta, que as contas do reino assentavam sobre uma moeda baixa, que os gastos eram exagerados em obras desnecessárias e dispendiosas, que a manutenção dos territórios que ocupávamos, nos consumiam todos os recursos, que a agricultura tinha sido praticamente abandonada, etc. Góis vaticinava um triste fim para o reino. Aí, o princípio de Murphy mostrou a sua exactidão. Pouco depois, a casa de Portugal na Flandres entrava em colapso e Portugal deixava de poder solver os seus compromissos no exterior, declarando insolvência. É doloroso pensar que as palavras de Medina Carreira, preludiarão as consequências do princípio de Murphy, apesar dos optimistas profissionais e dos patriotas de ocasião, adoptarem para seu consolo, a primeira lei de Scott, que diz: tudo o que parece correr mal, terá sempre a aparência de que tudo está bem. Ma é bom que não esqueçam, e porque estamos numa de leis, o princípio de Finagle que refere: quando algo corre mal, qualquer coisa feita para a corrigir, só a piorará. E que bons exemplos temos à nossa frente.


O Ribatejo

6

santarém

D Exposição no W Shopping

3 | Julho | 2009

O W-Shopping recebe, até dia 13 de Julho, a exposição “Edifícios Arquitectónicos dos séculos XIX e XX em Santarém”, realizada pelos alunos do 12º ano da Escola Secundária Dr. Ginestal Machado.

TOXICODEPENDENTE ASSALTA POR ESTICÃO

A O ministro Rui Pereira elogiou esta obra que considera ser mérito da comunidade e do esforço do presidente Moita Flores

Bombeiros de Alcanede com casa nova Quartel ∑ Obra está pronta depois da corporação estar mais de 20 anos em instalações sem condições Está inaugurado o novo quartel dos Bombeiros Voluntários de Alcanede, uma obra esperada há mais de 20 anos por esta corporação que funcionava até aqui em instalações sem as mínimas condições. A inauguração aconteceu no passado dia 27 de Junho, e contou com a presença do ministro da Administração Interna, Rui Pereira, que já tinha estado no local e que contribuiu para um novo impulso ao projecto

com um apoio de 100 mil euros à corporação. Entre 2005 e 2009, o Governo entregou a esta corporação, em apoios operacionais ao funcionamento, cerca de 703 mil euros. A primeira fase da obra, que colocou a funcionar a parte operacional do quartel, custou cerca de 770 mil euros, uma verba conseguida com apoios da Câmara de Santarém, que contribuiu com 325 mil euros, e sobretudo com o

grande apoio das populações de Alcanede (e localidades vizinhas) e também dos empresários desta zona que contribuíram no total com 340 mil euros, quer em verba quer em material. A Junta de Freguesia de Alcanede apoiou com 80 mil euros que reverteu para a compra de material. Concluída que está esta primeira fase mais operacional e que envolveu mais verbas, fica por concluir o

1º piso do quartel, que será uma área mais social e de apoio à associação, e também a renovação da frota de veículos da corporação, assim como o refeitório e o museu. Mas, para já, a associação vai “dar folga” aos financiadores do projecto até porque o quartel está pronto a funcionar em pleno e a dar resposta aos muitos incêndios e ocorrências que se registam nesta zona. Rui Pereira destacou o

esforço da comunidade e deu os parabéns à população de Alcanede por ter erigido este quartel que o ministro chamou de “tempo ao altruísmo”. “Esta foi uma obra feita de baixo para cima, com o espírito de iniciativa e de perseverança desta comunidade”, frisou Rui Pereira. de bombeiros.

CONSERVATÓRIO NA REDE DE ESCOLAS DA UNESCO

Santarém adere à rede de carros eléctricos Santarém foi um dos 21 municípios que assinaram na segunda-feira, o protocolo com o Governo para o lançamento da rede nacional de carregamento para veículos eléctricos. O presidente da Câmara, Francisco Moita Flores, afirmou que Santarém será dotada, até ao final de 2010, com equipamentos para carregamento de carros eléctricos. O autarca disse, na reunião da Câmara, que,

se voltar a ser eleito presidente da Câmara em Outubro, vai elevar para 30 por cento a fasquia de renovação com veículos eléctricos da frota do município entre 2011 e 2015. Moita Flores disse ainda que Santarém vai criar vários estímulos, além dos estipulados no protocolo, para levar os particulares a aderirem à aquisição de automóveis eléctricos. De salientar que a rede pi-

loto terá cem pontos de carregamento ainda este ano e cerca de 1300 em 2011, instalando-se em parques de estacionamento públicos, centros comerciais, bombas de gasolina, hotéis, aeroportos, garagens particulares e vias públicas do municípios. O primeiro-ministro anunciou incentivos a quem comprar carros eléctricos, incluindo benefícios de IRS até 800 euros e isen-

ções fiscais para empresas que optem por este tipo de automóveis. O anúncio foi feito por José Sócrates na cerimónia de assinatura do acordo final, na Feira Internacional de Lisboa, com a aliança Renault- Nissan para criar em Portugal uma rede de abastecimento para o projecto de veículos eléctricos em 2010. Depois de isentar de imposto de circulação automóvel os veículos eléctri-

Um toxicodependente foi detido por vários populares na rua João Afonso, no centro histórico, após ter roubado por esticão um fio de ouro a uma septuagenária, na sexta-feira, dia 25. O assalto foi cometido à entrada do edifício onde a idosa reside, mas, quando tentava fugir, o homem foi agarrado por testemunhas que assistiram ao crime, e que o guardaram até à chegada da PSP. A polícia apurou que este era o segundo roubo por esticão que o sujeito cometeu no espaço de uma hora, e conseguiu ainda recuperar o ouro, e devolveu-o às vítimas. O arguido, de 36 anos, morador em Alcanhões, foi presente no sábado ao Tribunal, de onde saiu com termo de identidade e residência e a obrigação de se apresentar diariamente no posto da GNR. Entretanto, o homem é já suspeito de mais dois furtos, um roubo por esticão no domingo e o furto de quatro rodas de um carro estacionado junto à estação de Santarém, que a PSP conseguiu recuperar. Na segunda-feira, o indivíduo foi constituído arguido no âmbito deste segundo inquérito.

cos, Sócrates afirmou que vão ser tomadas medidas para ultrapassar “um dos obstáculos” à compra deste tipo de automóvel - o preço. Além de uma questão ambiental, o primeiro-ministro disse que a “opção pelos carros eléctricos” é uma “prioridade” pela oportunidade tecnológica e por as energias renováveis serem “uma resposta” aos problemas como a crise dos combustíveis.

A UNESCO aceitou a candidatura do Conservatório de Música de Santarém para integrar a sua Rede de Escolas Associadas. Esta rede inclui mais de 7500 instituições de ensino, em 175 países. O projecto de candidatura do Conservatório tem como tema “Cultura e Formas Musicais”. O Conservatório passa, assim, a ser o primeiro Conservatório de Música do país a integrar a Rede SEA UNESCO, e a quarta Escola do Distrito de Santarém.


SANTARÉM 7

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

Escola de Hotelaria cria novo doce Concurso ∑ Alunos da Escola de Hotelaria de Santarém estão a inventar novos doces A Escola de Hotelaria de Santarém foi palco na sexta-feira da 1ª fase do concurso da criação de um novo doce regional. Foram 17 os alunos do curso de cozinha/pastelaria que participaram nesta 1ª fase com 11 doces, dos quais foram apurados 4 finalistas (Bruno Costa, Duarte Moura,

Hugo Souto e Tiago Luís). A receita do doce vencedor “deverá ser divulgada às pastelarias de Santarém, de forma a enriquecer a nossa doçaria”, disse Sónia Pais, a directora da Escola de Hotelaria de Santarém, pertencente ao agrupamento formativo do Estoril, sendo uma das

Quinta da Capa Rota vai ter centro de saúde e turismo A Câmara de Santarém aprovou a elaboração de um Plano de Urbanização para a zona da Quinta da Capa Rota, freguesia de Achete, onde a Lusofundo pretende construir um “complexo médico-social, de turismo e lazer” que poderá vir a ser classificado Projecto de Interesse Nacional (PIN). O presidente da autarquia, Francisco Moita Flores, disse na reunião de segunda-feira que o investimento privado na Quinta da Capa Rota irá resolver o problema da desertificação da zona central do concelho. A unidade de cuidados de saúde continuados integrados, aliada a uma vertente de turismo e de lazer, vai representar um investimento de 275 milhões de euros. Foi anunciada por Moita Flores em Setembro como uma das partes do pacote de contrapartidas negociadas com o Governo na sequência da decisão de construir o novo aeroporto em Alcochete. O autarca disse na altura que a unidade, a desenvolver por um consórcio francês, belga e suíço, vai ter 1.360 camas para a prestação de cuidados continuados e paliativos, irá gerar mais de 4.000 postos de trabalho, dos quais 2500 directos. O processo está a ser desenvolvido no âmbito da Agência Portuguesa de Investimento, podendo vir a ser classificado como PIN pelo Ministério da Economia.

O director do Departamento de Ordenamento e Desenvolvimento da autarquia, António Duarte, disse que caberá ao município estabelecer as orientações “do que poderá ser feito”, assumindo uma função de coordenação do plano urbanístico. Se for aprovado como PIN, qualquer alteração terá de voltar a ser submetida a ratificação camarária, disse o arquitecto. António Duarte adiantou que o plano de urbanização será suportado por um contrato de planeamento a celebrar entre o município e os proprietários do terreno. Segundo a proposta, apenas 35 por cento dos 223,28 hectares da propriedade serão urbanizados, com índices de construção “que dão garantias de qualidade e qualificação da envolvente”, afirma o arquitecto, sublinhando que o plano deverá incluir um relatório de avaliação ambiental estratégica, “a ser concluído num prazo de dois anos e executado pelo proprietário do terreno, sob a orientação da Câmara”. O espaço poderá ser utilizado para construção de infra-estruturas de saúde e residências assistidas, para turismo e lazer, “associado às actividades agrícolas e aos elementos patrimoniais e históricos”, sendo permitida uma altura de dois pisos, “admitindo-se até quatro pisos em figuras turísticas, residências assistidas e demais equipamentos ou usos de saúde e serviços”.

16 escolas de hotelaria do Turismo de Portugal e não da INFTUR, conforme erradamente escrevemos na edição passada, entidade foi extinta com a criação do Turismo de Portugal. A funcionar na Casa do Campino desde 1999, a EHS tem abertas as inscrições até 10 de Julho para os cursos de

técnicas de cozinha/pastelaria e técnicas de serviço de restauração e bebidas e de operações turísticas e hoteleiras, assim como um curso de especialização tecnológica (nível IV) de técnicas de gestão hoteleira e ainda um curso on-thejob de técnicas de serviço de restauração e bebidas.


O Ribatejo

8 SANTARÉM

3 | Julho | 2009

Viagens a Cuba continuam Satisfação ∑ Segundo grupo de doentes diz-se encantado com os tratamentos Enquanto houver “marosca” nas cirurgias e consultas externas de oftalmologia em Portugal, a Câmara de Santarém vai continuar a enviar doentes para operações em Cuba. A garantia, em jeito de provocação, foi dada pelo presidente Moita Flores, durante um almoço onde se juntaram os 13 pacientes do segundo grupo que a autarquia enviou à ilha, e que decorreu na terça-feira, 30 de Junho. Um dos momentos altos do encontro ocorreu quando um dos doentes oftalmológicos pediu a Moita Flores para lhe autografar o seu último livro, uma vez que agora já vê o suficiente para voltar a ler. Sindina Jorge, residente em Santarém, foi operada às cataratas nas duas vistas e regressou com maravilhas para dizer da estadia. “Os médicos, as enfermeiras e todo o pessoal são de uma simpatia extre-

A Segundo grupo foi composto por 13 doentes, entre os 60 e os 80 anos. ma”, referiu ao nosso jornal, acrescentando que só tem pena de não ter ficado mais tempo para conhecer a ilha. “Vi coisas que já não esperava ver na vida”, desabafa Manuel Pedro, de Alcanhões, que também regressou de Cuba

com o problema das cataratas resolvido. Segundo a psicóloga Alice Teixeira, uma das coordenadoras deste programa, continuam a chegar à Câmara de Santarém muitos pedidos de informação ou de inscrição para uma nova

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SANTARÉM

EDITAL 08/2009 ANTÓNIO JÚLIO PINTO CORREIA, PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO CONCELHO DE SANTARÉM: TORNO PÚBLICO que, de harmonia com o artigo 91º, da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada pela Lei 5-A/2002, de 11 de Janeiro, na Sessão Ordinária de 25 de Junho de 2009, foram tomadas as seguintes deliberações: • RATIFICAR A MINUTA DO CONTRATO DE PROMESSA DE COMPRA E VENDA DE BENS FUTUROS ENTRE A ESTAMO – PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS, SA E O MUNICÍPIO DE SANTARÉM. • APROVAR A PROPOSTA DE REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ORGANIZAÇÕES DE ECONOMIA SOCIAL E ASSOCIAÇÕES HUMANITÁRIAS PROMOTORAS DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE NO CONCELHO DE SANTARÉM. • APROVAR A PROPOSTA DE AQUISIÇÃO DO TERRENO DO CAMPO DE FUTEBOL DE CHÃ DAS PADEIRAS – CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA. • DESIGNAR O SENHOR DR. ANTÓNIO JÚLIO PINTO CORREIA COMO REPRESENTANTE DO MUNICÍPIO DE SANTARÉM NO AGRUPAMENTO DE CENTROS DE SAÚDE DO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE (ACES). • RATIFICAR A DESIGNAÇÃO DO REPRESENTANTE DA ASSEMBLEIA (ENG. LEONEL MARTINHO DO ROSÁRIO) PARA INTEGRAR A COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DE REVISÃO DO PDM.

PARA QUE CONSTE E DEVIDOS EFEITOS, será este EDITAL afixado nos locais do costume e publicado nos jornais da região. Assembleia Municipal de Santarém, 26 de Junho de 2009. O Presidente da Assembleia Municipal António Pinto Correia

viagem a Cuba, muitos deles de doentes que residem nas mais variadas zonas do país, casos de Coimbra ou Porto. “Mas o programa é exclusivo para residentes no concelho”, conclui a mesma responsável.

José Carreras vai actuar na Fundação da Liberdade O tenor José Carreras vai protagonizar um concerto único, no dia 25 de Julho, na Fundação da Liberdade, na ex-Escola Prática de Cavalaria, em Santarém. José Carreras regressa assim a Portugal, um mês depois de ter estado no Porto onde a Universidade local lhe atribuiu o grau de Doutor Honoris Causa, como reconhecimento do trabalho que a Fundação José Carreras tem desenvolvido na luta contra a leucemia. Nascido em Barcelona a 05 de Dezembro de 1946, José Carreras estreou-se profissionalmente em 1970 ao lado de Monserrat Caballé na ópera “Norma” de Bellini. Um ano depois venceu o concurso de Vozes Verdianas em Parma, o que lhe abriu caminho para uma ascensão vertiginosa na carreira de tenor. Scala de Milão, Metropolitan Opera de Nova Iorque, Royal Opera House e Ópe-

ra de Munique são algumas das salas onde Carreras já cantou, sob a batuta de maestros como Von Karajan, Claudio Abbado, Ricardo Mutti, James Levine e Leonard Bernstein, entre outros. Em 1987 foi-lhe diagnosticada uma leucemia. Só um ano depois voltou a cantar, num concerto de beneficência integrado na Exposição Universal de Barcelona. Carreras continua a apresentar-se em conceituados teatros de ópera da Europa e trabalha em prol da sua fundação.

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 2089200401049160 AP

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS 1ª PUBLICAÇÃO JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes do executado TIAGO FILIPE DA CUNHA GOMES, no estado de casado com Carla dos Reis Andrade Gonçalves Gomes, com domicílio fiscal na Rua Júlio Queijeiro – Jardim de Cima LT C RC ESQ - 2005-283 Santarém, para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 13 de Junho de 2006 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de que são responsáveis respeitantes a Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) e Coimas Fiscais (CF), dos anos 2004 a 2006, no montante actual de 5.293,24 €, sendo 3.845,84 € de quantia exequenda e 1.447,40 € de acréscimos legais. BEM A VENDER Fracção autónoma designada pela letra G do prédio urbano constituído no regime de propriedade horizontal, sito na Rua Júlio Queijeiro, LT C – Jardim de Cima, na freguesia de S. Salvador, concelho de Santarém, cuja fracção respeita ao RÉSDO-CHÃO ESQUERDO composto de sala, três quartos, roupeiro, hall, duas casas de banho, cozinha, despensa e varanda, com a área de 96,00m2 e uma arrecadação no sótão com a área de 28,25m2 identificada com o nº 2. Tem as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/Divisões: 3, Permilagem: 100,00, Nº de pisos: 1, Área do terreno integrante: 00,00m2, Área bruta privativa: 96,00m2, Área bruta dependente: 28,25m2, Tipo de prédio: Prédio em Regime de Propriedade Horizontal, Nº de pisos: 4, Área total do terreno: 216,00m2, Área de implantação do edifício: 216,00m2, Área bruta privativa total: 96,00m2, Área do terreno integrante das fracções: 00,00m2. Inscrito na matriz no ano de 1996 sob o artigo urbano nº 3683 – Fracção G, da freguesia de S. Salvador. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o nº 01291/250593-G (S. Salvador) É depositário o Sr. Tiago Filipe Cunha Gomes, executado nos autos, o qual, nessa qualidade e depois de contactado no seu domicílio fiscal, o mostrará aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 26 de AGOSTO de 2009, pelas 11 horas, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 42.560,00€, correspondente a 70% do valor atribuído em avaliação, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, serem entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda, e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2009.141 – TIAGO FILIPE DA CUNHA GOMES”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o executado e seu cônjuge, os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36º do respectivo código. É devido o Imposto do Selo a que se referem as verbas nºs 1 e 3 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos vinte e nove dias do mês de Junho do ano de dois mil e nove. O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra) (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1235 de 3.07.2009)

O ESCRIVÃO, (João José Marcelino Tavares)


O Ribatejo 3 | Julho | 2009

PUBLICIDADE 9


O Ribatejo

10 SANTARÉM

3 | Julho | 2009

Ex-vereadora de Moita Flores é terceira na lista do PS para a Câmara Autárquicas ∑ António Carmo escolheu independentes para os segundo e terceiros lugares da lista Lígia Batalha, a vereadora da maioria social-democrata na Câmara Municipal de Santarém que suspendeu o mandato em Março, foi apresentada esta segunda-feira como terceira na lista do PS à Câmara Municipal de Santarém. Poucas horas antes desta apresentação da lista de candidatura de António Carmo à imprensa, a renúncia da independente Lígia Batalha foi apresentada na reunião de Câmara Municipal de segunda-feira. No final da reunião do executivo camarário de segunda-feira, Moita Flores recusou comentar o facto de Lígia Batalha integrar a lista socialista, declarando apenas que deixa a “discussão política” para fora dos Paços do Concelho. Lígia Batalha justificou a decisão de aceitar o convite de António Carmo com o facto de ter trabalhado com ele numa das escolas da cidade, conhecendo “a sua capacidade de liderança e de trabalho em grupo”,

A António Carmo rodeado pelos candidatos do PS à Câmara, faltando aqui apenas Ludgero Mendes e por não poder ser indiferente “à grande coragem que representou o avanço da sua candidatura nestas circunstâncias”. Lígia Batalha disse que acredita que na equipa de António Carmo poderá “acabar o projecto” que iniciou na autarquia, sublinhando que um dos

motivos por que suspendeu o mandato em Março se prendeu com o facto de querer que “algumas indefinições se resolvessem”, pensando que ainda iria voltar. “Esperava que as coisas se aclarassem, mas foi bem patente a dimensão da mudança desde que saí do executivo”, disse. Lígia

Batalha pediu a suspensão do mandato em Março, depois de ter perdido, em Novembro, o pelouro da Educação, que passou para o presidente Moita Flores. António Carmo justificou a escolha com a necessidade de “dar continuidade” ao trabalho da educação, área que considera “uma

das grandes preocupações e das primeiras prioridades” da sua candidatura. Lígia Batalha foi o terceiro membro da equipa de Moita Flores eleita em 2005 a abandonar a equipa, depois de Mário Santos, em Setembro de 2006, e do vice-presidente Ramiro Matos, em Novembro de 2008.

António Carmo apresenta outro independente a número dois da lista, Ludgero Mendes, que já foi candidato em eleições anteriores pelo PSD e pelo CDS-PP. Os restantes elementos da sua lista - Luís Baptista, Ricardo Martinho do Rosário e Patrícia Moital - são militantes socialistas.

CDU apresenta José Luís Cabrita para a Assembleia Municipal e Madeira Lopes e Salomé Vieira na lista para a Câmara José Luís Cabrita é o cabeça de lista da CDU à Assembleia Municipal de Santarém nas próximas eleições autárquicas de 11 de Outubro. A apresentação decorreu na sexta-feira, 26 de Junho, dia em que a CDU anunciou o advogado João Luís Madeira Lopes e a técnica de contas Salomé Vieira como números dois e três, respectivamente, da lista à Câmara Municipal, encabeçada por José Marcelino. “Vamos continuar a lutar para que a Assembleia Municipal seja um órgão digno e verdadeiramente fiscalizador da acção do executivo, e não apenas uma caixa de ressonância do partido que está no poder”, disse José Luís Cabrita, para quem, durante este manda-

to, a Assembleia Municipal “foi marginalizada” pelo presidente Moita Flores e restantes vereadores, “que demasiadas vezes não se dignaram sequer a responder às solicitações que lhe foram feitas pelos eleitos”. O cabeça de lista, de 54 anos, secretário-geral da FENACOOP, acusou ainda a Câmara de ter alterado à posteriori deliberações tomadas neste órgão. “É o caso do contrato com a Estamo, aprovado numa versão em Dezembro de 2008 e presente ao Tribunal de Contas com uma nova versão”, afirmou, acrescentando que “alguém na Câmara, não sabemos quem, suprimiu cláusulas e artigos da versão aprovada pelos eleitos municipais”. Para o candidato à Câma-

A José Marcelino acredita que a equipa da CDU vai garantir um “bom resultado” ra de Santarém, estes três nomes “engrandecem as listas da CDU e dão-nos a perspectiva de realizar uma boa campanha e um bom mandato”. “Todos já demonstraram a sua capacidade de trabalho, competência

e honestidade, que são também o lema da CDU”, frisou José Marcelino, sublinhando a necessidade dos comunistas “voltarem a ter voz no executivo municipal”, o que deixou de acontecer desde a polémica ruptura

com a vereadora Luísa Mesquita. “Há eleitores que podem não votar em nós por causa desse processo, assim como outros o farão por causa disso. Penso que andará pelo empate”, disse o candidato quando questio-

nado sobre a possibilidade da CDU perder votos com a saída de Luísa Mesquita. O resultado ideal para José Marcelino seria “obviamente, vencer as eleições”, mas o cabeça de lista já ficaria satisfeito se a CDU conseguisse eleger novamente dois vereadores, o que aconteceu nas autárquicas de 2001. Em 2005, a coligação ficou novamente apenas com um eleito. “Uma maioria do PSD no próximo mandato seria muito negativo para o concelho, a avaliar pelo que o presidente Moita Flores tem feito ao longo destes últimos quatro anos”, disse ainda José Marcelino, criticando “a falta de rigor e o esbanjamento de dinheiro e recursos que não podem continuar a ser desbaratados”.


ROTA DAS FREGUESIAS 11

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

benfica do ribatejo

texto e fotos ∑ João Baptista

MANDATO DA JUNTA DE FREGUESIA COM BALANÇO MUITO POSITIVO

A O executivo da Junta: Amândio Freitas (presidente), Eduardo Batista (secretário) e João Paulo Santos (tesoureiro).

Quatro dias de festa rija na vila Animação ∑ Adelaide Ferreira, tributo a Tony Carreira, tasquinhas e mostra económica A vila de Benfica do Ribatejo vai estar em festa nos dias 9, 10, 11 e 12 de Julho. Todos estão convidados para participar nesta festa popular que é também uma demonstração da vida económica e cultural da jovem vila. Os festejos populares são organizados pela Junta de Freguesia de Benfica do Ribatejo, em colaboração com as colectividades da freguesia. A festa vai ter lugar junto ao pavilhão gimnodesportivo da vila e conta com cerca de 30 stands sobre os mais diversos aspectos da vida da freguesia e ainda sete tasquinhas que irão apresentar a gastronomia lo-

cal. Estas tasquinhas vão estar representadas por cinco colectividades, que tiveram a primazia na atribuição dos espaços, como forma de angariarem verbas para a sua actividades, e dois cafés/restaurantes. O presidente da Junta de Freguesia, Amândio Freitas, refere que dan-

Adelaide Ferreira, tributo Tony Carreira e gastronomia

tes esta festa realizava-se em Agosto, mas esse é um mês de intensa actividade agrícola, o que nos levou a mudar a data, quando a autarquia decidiu agarrar a organização”. Do programa da festa destaca-se logo o dia da abertura com uma festa da amizade e da sardinha

assada, baile e animação musical. Na sexta-feira, destaca-se a actuação da artista Ana Rita e o baile também pela noite dentro. No sábado, a festa promete muita animação com o “Tributo a Tony Carreira”, pelo artista Dário Mira que se estreou na música com um álbum de

∑ A festa vai ter como principais artistas Adelaide Ferreira e Dário Mira que tem feito sucesso com o seu tributo a Tony Carreira. Mas já na próxima quinta-feira, terá lugar a abertura com uma festa da amizade e da sardinha assada e baile. Na gastronomia, os visitantes vão ter sete tasquinhas estendidas ao longo de 42 metros, com petiscos para todos os gostos. A mostra econonómica e cultural contou no primeiro ano com 14 expositores, passando no ano passado para 22 stands, e este ano vai ter 30 expositores.

músicas do popular Tony Carreira. Domingo, atingirá o apogeu com o concerto de Adelaide Ferreira e um espectáculo de fogo de artifício. “No ano passado, toda a gente nos felicitou pela melhoria das festas; este ano vamos ver se conseguimos repetir o êxito, mas tudo depende sempre do mais importante que é a adesão e a participação das pessoas”, afirmou Amândio Freitas. Desde que a Junta de Freguesia agarrou na iniciativa, as festas beneficiaram de um novo impulso, com as novidades a agradarem à população que tem aderido em força

“Por muito que se faça, fica sempre muito por realizar”, afirmou o presidente da Junta de Freguesia de Benfica do Ribatejo, Amândio Freitas, num breve balanço ao trabalho realizado neste mandato. O autarca considera “muito positivo o trabalho realizado nestes 4 anos, em que conseguimos manter um relacionamento óptimo com a Câmara Municipal de Almeirim, independentemente de sermos de forças políticas diferentes”. Recorda que um dos principais problemas com que se deparou quando tomou posse foi a falta de transportes para as crianças do pré-escolar e das escolas da freguesia e até para os idosos. Tudo porque os veículos da junta não estavam adaptados de acordo com a legislação. “Chegámos a acordo com a Câmara de Almeirim e comprámos um autocarro, por cerca de 100 mil euros”, afirmou o presidente da Junta de Freguesia de Benfica do Ribatejo, O novo autocarro está ao serviço das escolas, das colectividades e serve ainda a população, que beneficia de mais este transporte público diário gratuito e complementar para os moradores dos lugares de Azeitada, Cortiçóis e Foros de Benfica, na ligação a Benfica do Ribatejo, para virem tratar dos seus assuntos nos diversos serviços localizados na vila.


O Ribatejo

12 ROTA DAS FREGUESIAS | BENFICA DO RIBATEJO

“A batalha da limpeza está a ser ganha na vila” “Já temos cerca 90 % das ruas alcatroadas na freguesia, pelo que a nossa grande frente de batalha está agora na limpeza”, disse Amândio Freitas. “O trabalho só com um cantoneiro de limpeza e com os contratados através do Centro de Emprego não estava produzir efeito, pelo que avançámos para a compra de uma varredora mecânica, por cerca de 120 mil euros”, adianta o autarca. A campanha “Semear limpeza, colher saúde” está em curso e já se sentem os resultados. “Com a varredora mecânica conseguimos num único dia fazer o trabalho que anteriormente demorava duas semanas e ocupava meia dúzia de pessoas”. A melhoria do serviço de higiene e limpeza fez-se sentir também com o reforço dos contentores de resí-

duos sólidos e de ecopontos que vieram melhorar significativamente a cobertura geral da freguesia. A Junta de Freguesia de Benfica ocupa seis pessoas nos serviços de limpeza e de jardinagem. “Tem sido nossa preocupação melhorar os espaços verdes da vila, pois anteriormente a manutenção era feita por uma empresa e não estava resultar, o que nos levou a assumir esse serviço, com bons resultados já visíveis”, adiantou o autarca. Amândio Freitas refere ainda que continuou a investir no alcatroamento das ruas da freguesia, a 1ºde Maio em Foros de Benfica, uma Cortiçóis, uma em Benfica e outras na urbanização nova. “Não estamos ainda a 100% porque faltam cerca de 100 metros de rua por alcatroar na Azeitada”.

3 | Julho | 2009

Marcha de Benfica do Ribatejo anima a festa Animação ∑ Marcha Popular de Benfica do Ribatejo criou associação A Associação Cultural e Recreativa Ribatejana é uma das mais jovens associações da freguesia de Benfica do Ribatejo, com as marchas populares. Formada há cinco anos, a associação das marchas populares já antes animava o Carnaval. “Tudo começou com os desfiles de Carnaval de Almeirim e depois fomos tendo outras actividades e tivemos a necessidades de legalizar a associação”, contou-nos Maria Eugénia, dirigente da colectividade. “Temos sempre mantido diversas actividades como noites de fados, bailes, festas de Carnaval e outras actividades para angariar fundos para a colectividade”, disse Maria Eugénia.

A Maria Eugénia, dirigente das Marchas Populares Nesta época dos Santos populares, a marcha de

Benfica do Ribatejo não pára, sendo solicitada a

participar nas mais diversas localidades da região. A marcha é inteiramente dedicada à freguesia desde os trajes á música. Conta com 49 elementos com idades entre os 16 e os 56 anos. Os trajes, que vão mudando todos os anos, consoante os temas, são confeccionados por Maria Eugénia que faz tudo na vida, “desde modista a empregada doméstica”. Agora, nas festas da vila, as Marchas vão apresentar os seus petiscos numa das tasquinhas. Antes, dia 5, vai haver uma festa com marchas populares e artistas de variedades.Além de Maria Eugénia, fazem parte da direcção Joaquim Toita, João Côdeas, Gil Agolada e Celeste Proa.


BENFICA DO RIBATEJO | ROTA DAS FREGUESIAS 13

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

Museu Etnográfico e centro cultural no mercado da vila

A José Braulino, um dos dirigente do grupo dos Amigos da Petanca de Benfica do Ribatejo

Petanca é a nova paixão em Benfica do Ribatejo Torneio ∑ Os Amigos da Petanca de Benfica do Ribatejo organizam torneio De Alpiarça a Benavente, a petanca é já uma das modalidades mais populares nas localidades do distrito ao sul do Tejo. Em Benfica este desporto movimenta largas dezenas de praticantes que se organizaram há 4 anos em secção do Clube de Futebol de Benfica do Ribatejo. “Começámos a jogar aqui e acolá, especialmente em Almeirim e Alpiarça, onde há excelentes campos, e depois amigo chama a amigo e acabámos por formar a secção de pe-

tanca do clube”, afirmou José Braulino, um dos dirigentes do grupo que conta com cerca de duas dezenas de praticantes mais regulares, com idades entre os 209 e os 70 anos. “Reunimo-nos num campo que construímos no terreno de um dos amigos, na Azeitada, e além do convívio e do petisco, sempre vamos fazendo algum exercício que nos ajuda a vencer o stress e a perder a barriga”, afirmou José Braulino. “Temos participado em vários torneios na re-

gião, mas ainda estamos a criar experiência para ganhar balanço para nos federarmos e entrarmos em competições”, adianta. Além de explorarem uma tasquinha durante as festas da vila, os Amigos da Petanca de Benfica do Ribatejo vão organizar também o seu torneio anual, no dia 11, aberto á participação de todos os praticantes. A petanca foi criada no princípio do século XX em França, embora também muito praticado nas zonas rurais espanholas,

sobretudo na Catalunha. Foi trazida para Portugal nos anos 80 por emigrantes em França. O jogo consiste no lançamento de bolas metálicas, com o objectivo de ficar o mais próximo possível de uma pequena bola de madeira (cochonette). Cada bola que, uma vez concluída a partida, se encontre mais próxima do boliche que as dos adversários conta como um ponto. Ganha o jogador ou a equipa que chegue primeiro a marcar treze pontos.

Amândio Freitas vai recandidatar-se à presidência da Junta de Freguesia de Benfica do Ribatejo pela CDU. “O nosso programa eleitoral vai assentar, no essencial, nos projectos que vamos deixar prontos a executar ou em elaboração”, afirmou Amândio Freitas. Entre esses projectos, destaca a criação do Museu Etnográfico e do Traje em Benfica do Ribatejo. “Vamos lançar em breve um edital à população para que contribua com objectos, documentos, alfaias, trajes, etc. para o espólio do futuro museu”, afirmou Amândio Freitas. O Museu deverá ocupar o Mercado de Benfica, que desde há 10 anos está resumido a uma comerciante de peixe. Amândio Freitas afirma que “mão se justifica ter uma infra-estrutura desta dimensão apenas ao serviço de uma única pessoa e que já nem sequer aceita o

pagamento da taxa. Além do Museu Etnográfico, o Mercado irá servir de espaço multiusos, para diversas actividades, e terá também uma área para biblioteca que é uma carência sentida há muito na freguesia, principalmente para apoio aos estudantes, mas também para o enriquecimento cultural da população. A principal intervenção prevista no projecto diz respeito à substituição do telhado, pois o actual é em fibrocimento e não pode continuar como está. A calçada à portuguesa será aproveitada e polida e todo o espaço beneficiará de pinturas e melhoramentos. “Não sabemos se vamos começar a obra neste mandato, mas venha quem vier já tem o projecto pronto para avançar com os trabalhos para dar um aproveitamento digno aquele espaço, e contribuir para o enriquecimento cultural da vila”.

Saneamento leva 1,5 milhões de euros Amândio Freitas afirmou que o grande investimento em curso na freguesia neste mandato é a conclusão da rede de saneamento básico na zona de Foros de Benfica do Ribatejo. “Esta era uma grande lacuna sentida há muito anos pela po-

pulação”, afirmou o autarca. “Metade da obra já está concretizada, esperamos tê-la concluída até meados de Outubro”. Fica ainda a faltar a conclusãpo do saneamento básico em parte da Azeitada, nomeadamente na zona nova.


O Ribatejo

14 ROTA DAS FREGUESIAS | BENFICA DO RIBATEJO

3 | Julho | 2009

Parque desportivo vai ser no Pinhal do Bacalhau O presidente da Junta de Freguesia de Benfica do Ribatejo afirma que uma das obras mais importantes para o próximo mandato vai ser o centro desportivo no Pinhal do Bacalhau. “O projecto já começou a ser elaborado e vai estar em condições para iniciar a primeira fase da obra no próximo mandato”, disse Amândio Freitas. O projecto incluirá a construção, por fases, numa área de 5,5 hectares, de diversas infraestruturas de desporto e actividades ao ar livre, Vai ter um campo de futebol de 11 com relvado sintético, um campo de futebol de 7 em piso pelado, uma pista de manutenção, courts de ténis, e uma zona para jogos tradicionais como o chinquilho ou a petanca, modalidade com grande popularidade no concelho. A construção será faseada e o investimento total ronda os 900 mil euros. Amândio Freitas recorda, com ironia, que no início do mandato, quando apresentou a ideia de fazer o parque desportivo na propriedade da freguesia do Pinhal do Bacalhau: “Fui apelidado de megalómano, mas hoje já me deram razão e o projecto teve luz verde para avançar

com a elaboração dos projectos técnicos, para que se possam apresentar as candidaturas aos fundos comunitários e outros ”. Amândio Freitas só lamenta que o pavilhão gimnodesportivo, recentemente construído, não tenha sido projectado para a zona do Pinhal do Bacalhau. “O pavilhão tem excelentes condições, mas ficou mal localizado e o facto de ter sido necessário rebaixar a sua construção para que não ficasse acima da Igreja está a causar alguns problemas de humidades que se teriam evitado”, referiu o autarca. Ciclovia e parque infantil na Fonte Branca. A Junta de freguesia de Benfica está a elaborar um projecto para a construção de uma via de ligação da nova urbanização da Fonte Branca à zona do Alqueve, com a construção de um paseeio pedonal e de uma ciclovia, a construção de uma nova rotunda e de um parque infantil. “Já se conseguiu chegar a um acordo entre a Câmara e a empresa promotora da urbanização Fonte Branca que irá ceder terreno para esta obra, estando já em curso a elaboração do projecto”, adiantou o presidente da Junta.

A Empreendimento oferece preços mais convidativos do que nas cidades à volta e beneficia de bons acessos

“Fonte Branca” contribui para desenvolvimento local Nova urbanização ∑ Empresa dinamiza espaço lúdico inserido em zona verde Helena, Manuel e Adriano Malfeito Ferreira, sócios da empresa proprietária do empreendimento Fonte Branca, em Benfica do Ribatejo, continuam a acreditar que “vale a pena trabalhar para que o sonho se torne realidade”. Por isso, mantêm o optimismo e a von-

tade férrea de levar a bom termo aquele que, desde o seu início, se tem revelado um projecto estruturado e equilibrado, implantado numa cativante zona do Ribatejo. “As vendas, que abrandaram com a crise em que o País está envolvido (não vale a pena negar que ela

anda aí e em força…), estão a revelar alguma retoma, o que incentiva os sócios”, adiantaram. “E como a vida não pára, nem pode parar, na Urbanização já se deu início à dinamização do espaço lúdico, inserido na zona verde, o qual é vocacionado para as lides equestres e

outras actividades de interesse para todos”, sublinharam os sócios da empresa. Em paralelo, outras iniciativas, ligadas à abertura de novas vias e acessos, estão em curso, em conjugação de esforços e de sonhos que se têm que tornar realidade, com a autarquia local e municipal.


15

O Ribatejo

região 3 | Julho | 2009

D MIC Coruche concorre na Erra

Depois de apresentar candidaturas nas freguesias de Santana do Mato e Branca, o Movimento Independente de Cidadãos por Coruche (MIC) vai apresentar o seu candidato na Erra no sábado, 4 de Julho, às 18h30, no centro social.

lezíria do tejo

PONTE MILITAR MONTADA SOBRE O SORRAIA A maior ponte militar alguma vez montada em Portugal abriu ao trânsito na terça-feira, 20 de Junho, em Coruche, para permitir que os habitantes do concelho continuem a fazer a travessia entre as duas margens do rio Sorraia. Devido às obras de manutenção em várias das sete pontes de Coruche, o Exército Português, a Câmara Municipal e o Instituto Estradas de Portugal celebraram um protocolo para a construção de uma ponte metálica de 51 metros sobre o rio Sorraia, instalada num desvio provisório do trânsito da EN114. A in fra- estr utura construída pela Escola Prática de Engenharia e que irá ser utilizada nos próximos dois meses. No caso da construção da ponte de Coruche, que decorreu entre 8 e 19 de Junho, foram utilizados 232 painéis metálicos, ligados entre si por 45 vigas metálicas totalizando 103 toneladas - e estiveram envolvidos cerca de 40 militares e 10 viaturas.

JOSÉ MÚRIAS CONCORRE PELO CDS EM BENAVENTE José Múrias vai ser o cabeça de lista à Câmara Municipal de Benavente pelo CDS/PP nas próximas autárquicas de 11 de Outubro. Formado em engenharia, José Múrias é actualmente eleito pelos populares na Assembleia Municipal de Benavente, órgão para o qual a cabeça de lista será novamente Margarida Netto. Em comunicado, o CDS/PP divulgou também os cabeças de lista a duas Assembleias de Freguesia do concelho: o empresário João Cordeiro em Samora Correia, que concorre como independente, e Vasco Dias, também empresário, em Benavente.

AMIGOS DO TEJO CRITICAM AUTORIDADES DE FISCALIZAÇÃO

A A Polícia Judiciária está a investigar as circunstâncias que levaram à morte de Hélio Cruz

Jovem morre carbonizado no carro do irmão Insólito ∑ Cadáver foi descoberto sentado no banco do pendura Um jovem de 25 anos morreu carbonizado dentro do carro do irmão, que ardeu por completo em circunstâncias misteriosas numa estrada de terra batida na Quinta do Gaio, Cartaxo, na madrugada de sábado, 27 de Junho. Hélio Cruz era solteiro e residia com os pais em Casais Lagartos, freguesia de Pontével, onde foi a enterrar na quarta-feira, 1 de Julho. O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ), uma vez que poderá estar em causa um possível homicídio. O facto do cadáver ter sido descoberto sentado no banco do pendura do carro, um Volkswagen Golf, é um dos indícios que apontam para a hipótese de crime. No local, vários elementos do Laboratório Científico da PJ estiveram a reco-

lher provas durante mais de quatro horas. O cadáver foi analisado e identificado no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, mas a PJ não forneceu quaisquer informações sobre a investigação em curso à família quando libertou o corpo, para a realização do funeral. A família e os amigos mais próximos não conseguem explicar o que terá

acontecido a Hélio Cruz. António Rebelo, um amigo de infância, foi a última pessoa a vê-lo na madrugada de sábado. “Estivemos até às quatro da manhã num bar em Pontével. Quando saímos, eu convidei-o para passarmos ainda no Cartaxo, mas ele disse-me que se ia deitar”, contou ao nosso jornal, explicando que Hélio Cruz pegou no carro e afastou-

Jovem era muito bem visto na aldeia

∑ Os muitos habitantes de Casais Lagartos que no sábado de manhã se deslocaram ao local onde foi descoberto o carro ardido não poupavam elogios a Hélio Cruz, um jovem muito bem visto na aldeia. “Era uma jóia de rapaz, e daqueles que não faltavam um dia ao trabalho”, resumiu ao nosso jornal um vizinho.

se sozinho. O amigo, que foi chamado no sábado de manhã pela PJ e prestou declarações no local onde o jovem morreu, diz não conseguir entender como o carro foi parar àquela estrada, a cerca de 150 metros da Nacional 3. “Que eu saiba, não era costume ele vir por este caminho quando ia para casa, apesar de morar perto”, afirmou. “E ele nem sequer estava bêbedo, porque durante toda a noite só o vi beber uma cerveja”, acrescentou António Rebelo, que o descreve como uma pessoa pacata e que nunca se mete em confusões. “Eu nunca o vi levantar a voz a ninguém, quanto mais meter-se em brigas ou fazer mal a alguém”, garantiu. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

A Associação dos Amigos do Tejo (AAT) acusou as autoridades policiais de fazerem “pouco ou nada” para combater a pesca ilegal do meixão no rio. “São conhecidos perfeitamente os portos onde esta mercadoria é desembarcada, sabemse perfeitamente as estradas por onde os carros que a transportam passam. Nem era preciso fazer rusgas na água”, disse à Lusa Carlos Salgado, presidente da associação, para quem uma “operação stop”, com apreensões do carro, do condutor e do pescado teria mais resultados do que as fiscalizações marítimas. O m ajor Joaqu i m Nunes, do Comando da GNR de Santarém, contrapõe, que “com os meios disponíveis”, têm sido feito algumas operações em que se inutilizam as redes apreendidas, acrescentando que só na zona controlada pelo comando, estima-se que existam no rio Tejo cerca de 150 redes.

VACA FAZ TRÊS FERIDOS EM BENAVENTE É Uma vaca brava que fugiu do recinto da 41ª festa da amizade de Benavente fez três feridos ligeiros antes de ser dominada a cerca de um quilómetro do local das largadas, e mais de uma hora depois de se ter evadido durante uma troca de veículos de transporte de gado. Dois dos feridos circulavam nas ruas do centro da vila e foram colhidos à passagem do animal, ao passo que a terceira vítima foi um dos homens que a tentou agarrar numa zona de mato onde a vaca se abrigou. Não se registaram mais incidentes durante as festas de Benavente, que reuniram mais de dois mil aficionados do mundo taurino.


O Ribatejo

16 REGIÃO | ALMEIRIM | ALPIARÇA | CARTAXO

3 | Julho | 2009

VIADUTO DE SANTANA VAI AVANÇAR Em Agosto, a Câmara do Cartaxo, a REFER e a Estradas de Portugal vão assinar um protocolo para a construção do viaduto de Santana, obra que a autarquia considera “fundamental para a mobilidade na lezíria e na zona sul do concelho”. Segundo uma nota de imprensa, o município será o dono da obra e assegura uma verba de 800 mil euros, num investimento global que ronda os 6,1 milhões de euros. A obra implica a construção de uma passagem superior à linha ferroviária do Norte, que vai eliminar a passagem de nível em Santana e assegurar o trânsito em alturas de cheia. Como a intervenção também se vai estender ao Caminho de Meias, a população ribeirinha da freguesia de Valada não ficará isolada. Ainda não há uma data prevista para o arranque da obra, mas o processo de expropriação dos terrenos já está na fase final.

HOMEM MORRE ESMAGADO POR MÁQUINA EM ALPIARÇA Um trabalhador da fábrica Monliz, na zona industrial de Alpiarça, morreu na sequência de um acidente de trabalho, ao ficar esmagado numa máquina industrial na terça-feira, 30 de Junho. A vítima ainda foi assistida no local e transportada em estado muito grave ao Hospital de Santarém, mas acabou por não resistir aos ferimentos. Pedro Parracho tinha 28 anos, residia em Alpiarça e deixa um filho menor. O acidente o correu às 11h09, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS). No local, estiveram os bombeiros voluntários de Alpiarça, com dois veículos e oito elementos, e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do hospital de Santarém. A fábrica desta empresa de transformação de produtos congelados encerrou o resto do dia.

ASSEMBLEIA APROVA MOÇÃO QUE CRITICA EXECUTIVO

A Ana Fonseca Casebre lidera a lista à Assembleia Municipal, e Paulo Roma avança em Benfica do Ribatejo

MICA divulga primeiros candidatos em Almeirim Autárquicas ∑ Movimento independente quer concorrer a todos os órgãos A advogada Ana Fonseca Casebre é a cabeça de lista à Assembleia Municipal do Movimento Independente do Concelho de Almeirim (MICA), cuja candidatura à Câmara Municipal é liderada pelo actual vereador Francisco Maurício. A candidata tem 30 anos, reside em Paço dos Negros e tem escritório montado em Almeirim. Em termos associativos, está ligada ao grupo de danças de folclo-

re de Benfica do Ribatejo e à Associação 20Kms de Almeirim. E m comu n icado, o MICA divulgou também os cabeças de lista a três das quatro Assembleias de Freguesia do concelho. A enfermeira e professora Maria do Rosário Salavessa é a candidata em Almeirim, a professora Dorinda Figueiredo assume a candidatura nas Fazendas de Almeirim, e Paulo Roma da Silva, funcionário públi-

co, avança em Benfica do Ribatejo. O nome do candidato na Raposa, a freguesia mais pequena do concelho, ainda não é conhecido. Depois de, na semana passada, o MICA ter apresentada a fadista internacional Cristina Branco como mandatária da candidatura, o movimento adiantou agora que Amândio Branco e Manuel Evangelista serão os mandatários nas freguesias de

Benfica do Ribatejo e Fazendas de Almeirim, respectivamente. Neste momento, o movimento está a recolher as assinaturas necessárias para oficializar a candidatura junto do Tribunal Constitucional, processo que deverá estar concluído durante a primeira quinzena de Agosto, e a elaborar as listas para concorrer a todos os órgãos autárquicos do concelho, segundo o mesmo comunicado.

Advogada América Cravo lidera coligação PSD / CDS em Alpiarça A advogada América Cravo vai ser candidata à Câmara Municipal de Alpiarça nas próximas eleições autárquicas, pela coligação PSD e CDS/PP. A cabeça de lista é natural de Alpiarça, onde reside, prestou serviço no gabinete jurídico da autarquia durante o primeiro mandato de Joaquim Rosa do Céu, e tem escritório em Almeirim. A apresentação pública da candidatura, assim como dos cabeças de lista à Assembleia Municipal e Assembleia de Freguesia,

deverá ocorrer a meio de Julho, segundo João Brito, presidente da concelhia social-democrata de Alpiarça. Esta será a primeira vez que PSD e CDS/PP concorrem coligados no concelho e “o entendimento tem sido total, porque partilhamos os mesmos objectivos”, frisou o responsável. “Esta candidatura não é contra ninguém nem por qualquer vingança, é para dar voz às pessoas de Alpiarça, porque tem faltado muito diálogo e respeito pelos munícipes na política local”,

A América Cravo explica João Brito. “Queremos ser a balança do poder, porque Alpiarça precisa de todas as forças políticas representadas no executivo

municipal, ou teremos mais do mesmo”, acrescentou. Actualmente, PSD e CDS/PP não têm qualquer eleito na Câmara, composta por três elementos do PS e dois da CDU. Com a saída de Rosa do Céu para a Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, Vanda Nunes assumiu a presidência da autarquia, mas a cabeça de lista do PS nestas eleições é a actual deputada Sónia Sanfona. Pela CDU, o candidato é o actual vereador Mário Pereira.

“Onde está a nova esquadra da PSP no Cartaxo?” é o nome da moção apresentada pelo PSD que foi aprovada por unanimidade pela Assembleia Municipal do Cartaxo na terça-feira, 30 de Junho. A inércia revelada pela Câmara, liderada por Paulo Caldas, na exigência da concretização do equipamento é um dos aspectos salientados nesta moção, que contou com os votos favoráveis da bancada do próprio PS, força política que, ao longo deste mandato, sempre pautou a sua actuação pela defesa das estratégias do executivo socialista. O documento apresentado pelo PSD relembra que, em Janeiro de 2009, o secretário de Estado da Administração Interna, Rui Sá Gomes, esteve no Cartaxo para assinar com a autarquia o protocolo para a construção da nova esquadra, orçada em 1,1 milhões de euros, prometendo o arranque da obra para o primeiro trimestre deste ano. A autarquia comprometeu-se a ceder o terreno e a suportar 90% do custo da infra-estrutura. Como ainda “não existe qualquer obra iniciada”, é “urgente” que o governo e a Câmara “esclareçam porque é que o protocolo não está a ser cumprido”, lê-se no documento aprovado pelos eleitos municipais, onde pedem que a Câmara exija ao governo que assuma as promessas e compromissos. Durante esta sessão da Assembleia Municipal, foi ainda aprovada por maioria uma segunda moção do PSD que apresenta um “veemente protesto” à actuação da Câmara no atraso na celebração dos protocolos de transferência de competências para as Juntas de Freguesia e nos protocolos de apoio ao associativismo. A abstenção da bancada do PS permitiu viabilizar a aprovação do documento, que contou com quatro votos favoráveis dos eleitos do PSD, dois da CDU e um do Bloco de Esquerda.


CARTAXO | REGIÃO 17

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

CÂMARA PAGA CONCLUSÃO DE SEDE EM PONTÉVEL A Câmara Municipal do Cartaxo e a Associação Humanitária da Freguesia de Pontével (AHFP) vão estabelecer um protocolo para a conclusão da sede desta instituição de socorro, que está há muito tempo por concluir por falta de verbas. A autarquia vai transferir cerca de 250 mil euros para a AHFP, montante que permite abrir o concurso para a última fase dos trabalhos. O protocolo foi aprovado pelo executivo municipal na reunião de Câmara de 25 de Junho, onde Paulo Caldas, presidente da autarquia, considerou que as novas instalações são um “equipamento da maior importância social, não só para a freguesia de Pontével, mas para todo o concelho, pela relevância dos serviços prestados por aquela associação”. Os trabalhos devem arrancar dentro de um a dois meses, após o fim do concurso público.

Francisco Colaço é candidato pelo Bloco Cartaxo ∑ Cabeça de lista quer auditoria às contas da Câmara Francisco Colaço, único eleito do Bloco de Esquerda (BE) na Assembleia Municipal do Cartaxo neste mandato, vai ser o cabeça de lista do partido à Câmara nas próximas eleições autárquicas, que se vão realizar no próximo dia 11 de Outubro. Francisco Colaço disse à Lusa que aposta na “luta contra o betão” e quer “encerrar o ciclo do socialista Paulo Caldas, que se tem revelado desastroso”. Apesar de há quatro anos o BE ter ficado muito longe de eleger um vereador, a quase duplicação dos votos obtidos nas últimas eleições para o Parlamento Europeu no concelho faz o candidato, um agente comercial de 49 anos, acreditar ser possível a eleição de um

vereador e o aumento do número de eleitos na Assembleia Municipal, onde o partido se tem destacado na oposição à maioria PS. Caso venha a ser eleito para a Câmara, a realização de uma auditoria às contas municipais é a primeira medida que vai propor. “A defesa do ambiente, políticas sociais activas, nomeadamente para jovens e idosos, e ainda políticas de atracção e fixação de empresas” são, segundo o candidato, aspectos relevantes do programa do BE para o concelho. A candidatura de Francisco Colaço será apresentada na sexta-feira, 3 de Julho, pelas 20 horas, num restaurante da cidade, conjuntamente com a

A Câmara do Cartaxo vai investir cerca de 740 mil euros na beneficiação de estradas, caminhos e arruamentos municipais nas oito freguesias do concelho. A abertura do concurso público para esta empreitada foi aprovada na reunião de Câmara de 24 de Junho, onde o executivo explicou que pretende requalificar não só a rede viária no interior do concelho e alcatroar alguns acessos a novos aglomerados urbanos, mas também as estradas que ligam a concelhos vizinhos. O investimento é comparticipado a 65% por fundos do QREN.

VALTER MARQUES É MANDATÁRIO DO PSD

A Francisco Colaço de Pedro Mendonça, exdirector do Centro Cultural do Cartaxo e actualmente quadro superior no Teatro da Trindade, que será o cabeça de lista

740 MIL EUROS EM ESTRADAS

à Assembleia Municipal. Actualmente, o executivo municipal do Cartaxo é composto por quatro eleitos do PS, dois do PSD e um da CDU.

O ex-secretário de Estado do Tesouro de Cavaco Silva, Valter Marques, natural do Cartaxo, é o mandatário político da candidatura de Paulo Neves à Câmara do Cartaxo.


O Ribatejo

18

região

D Ferrovia em debate

O terceiro e último debate do ciclo que o Bloco de Esquerda do Entroncamento dedicou à temática da ferrovia decorre sextafeira, 3 de Julho, a partir das 21h15, na sede da Junta de Freguesia de São João Batista.

médio tejo

Tagus apresenta projectos de 9 milhões de euros A Associação TAGUS apresentou um projecto global de investimento para candidaturas ao Programa LEADER, que ronda os 9 milhões de euros, a concretizar até 2013. Cerca de 4,4 milhões serão para garantir a criação de postos de trabalho, a maior aposta do programa. Conservar e valorizar o património rural é outro dos objectivos que também tem um suporte financeiro de peso, cerca de 3,5 milhões de euros.

GNR DESTRÓI PLANTAÇÕES DE CANNABIS EM TORRES NOVAS E CORUCHE

O programa abrange 31 freguesias, 26 das quais rurais, e vai apoiar 142 novos projectos e 80 micro-empresas, onde se pretende assegurar a criação de 134 novos postos de trabalho na região. Durante o mês de Julho, a TAGUS vai deslocarse a várias freguesias dos concelhos de influência Abrantes, Constância, Sardoal e Vila Nova da Barquinha - para dar a conhecer o projecto.

Constância é o melhor município para estudar

A A candidatura independente do ex-vereador socialista está a provocar polémica

Albano Santos não se demite do PS Processo ∑ Federação distrital vai analisar expulsão

O município de Constância foi distinguido como “o melhor município para estudar”, após uma candidatura feita aos “Prémios de Reconhecimento à Educação”. A entrega do galardão decorreu no dia 29 de Junho, na Universidade Católica de Lisboa, numa sessão presidida pela ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues. “A Câmara sente-se muito honrada com esta distinção, e tem que reconhecer publicamente o papel fundamental de todos os parceiros e entidades que trabalham com a autarquia no sentido de ver consagrado o objectivo de garantir um

futuro mais promissor para todos aqueles que vivem e estudam no nosso concelho”, frisou o presidente António Mendes. A iniciativa teve como objectivo galardoar as entidades que se destacaram pelo contributo que estão a dar à comunidade educativa no ano lectivo 2008/2009, ao nível do ensino convencional, de projectos específicos de formação profissional e de situações de envolvimento da comunidade alargada no contexto escolar. Apesar de ser a primeira edição, os “Prémios Reconhecimento à Educação” receberam mais de 80 candidaturas.

3 | Julho | 2009

A comissão política do PS de Abrantes quer que o ex-vereador socialista Albano Santos, que encabeça uma candidatura independente à Câmara de Abrantes nas próximas autárquicas de 11 de Outubro, apresente a sua desfiliação do partido. Caso o militante não abandone o partido por vontade própria, o processo visando a sua expulsão será desencadeado. “Não me demito de coisíssima nenhuma e vamos ver nas eleições onde é que o eleitorado socialista de Abrantes se revê”, garantiu Albano Santos ao nosso jornal, dizendo mesmo conhecer “os estatutos do PS há muitos anos”. “A minha candidatura não é contra ninguém, é pela defesa dos interesses da nossa terra”, frisou o cabeça de lista do movimento independente. “Existem muitos outros militantes do PS na lista que lidero e o que interessa verdadeiramente são as ideias, a filosofia e os projectos que se têm

para o concelho. Não este tipo de ataques com represálias pessoais, políticas e profissionais, como os actuais dirigentes têm feito”, afirmou. Para a presidente da concelhia do PS, Isilda Jana, “é óbvio que ele devia demitir-se, uma vez que está a organizar uma candidatura contra as decisões tomadas dentro da concelhia do partido”. A mesma responsável adiantou que o processo vai ser apreciado pela comissão de jurisdição da federação distrital do PS, o que pode levar à expulsão de Albano Santos. Ao nosso jornal, Isilda Jana descreveu o candidato independente como “o homem de um ano”. “Há uns anos apareceu com uma ideia: abrir um bar, que esteve aberto um ano. Mais tarde, esteve à frente de uma rádio local que durou um ano. Depois, apareceu com outro projecto, um jornal que passado um ano já não existia. Se-

guidamente entrou para a Câmara, e passado um ano já lá não estava”. Militante do PS desde 1996, Albano Santos renunciou em Novembro de 2006 ao mandato de vereador na Câmara após o presidente da autarquia lhe ter retirado todos os pelouros e o cargo de vice-presidente. Esse foi o culminar de um conflito pessoal e político que envolveu Nelson Carvalho e o seu número dois durante o primeiro ano do actual mandato. Albano Santos foi substituído no executivo por Maria do Céu Albuquerque, que é hoje a candidata do PS à presidência da Câmara. Albano Santos promete baralhar as contas na disputa autárquica de Abrantes, município tradicionalmente socialista, onde estão no terreno seis candidaturas na busca da sucessão a Nelson Carvalho, que decidiu não se recandidatar. Maria João Ricardo

Uma operação de vigilância do Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Torres Novas culminou na detenção em flagrante delito de um homem suspeito de cultivar plantas de haxixe numa horta caseira na Serra de Santo António, concelho de Alcanena. O indivíduo, de 42 anos e residente nesta localidade, estava a regar as plantas quando foi surpreendido pelos militares, na quinta-feira, 25 de Junho. Passou a noite no posto da GNR de Torres Novas e foi ouvido em primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Alcanena no dia seguinte, onde foi constituído arguido e libertado sujeito a termo de identidade e residência. Na horta, a guarda encontrou 13 pés de cannabis, com cerca de um metro de altura, em estado semi-adulto, que pesavam cerca de 1,2 quilos. Segundo um comunicado da guarda, a operação foi montada após uma denúncia que chegou ao posto da GNR de Alcanena. Na quarta-feira, 24 de Junho, o Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Coruche apreendeu também cerca de 37 plantas de haxixe em estado adulto, com um peso total de 21 quilos. As plantas estavam escondidas num local ermo, dentro de um matagal à entrada da vila. Os militares não fizeram nenhuma detenção, mas estão agora a investigar o caso para identificar os responsáveis pelo cultivo das plantas.


ABRANTES | GOLEGÃ | TOMAR | REGIÃO 19

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

Loja do munícipe no antigo centro de emprego O edifício onde funcionou o antigo centro de emprego de Abrantes, no Largo Ramiro Guedes, vai acolher a futura loja do munícipe, onde serão concentrados vários serviços prestados pela Câmara Municipal e por outras empresas privadas (gás, electricidade, telecomunicações, etc). O protocolo de colaboração entre a autarquia e o Institu-

LUÍSA MESQUITA PREOCUPADA COM PROFESSORES DE ABRANTES

to do Emprego e Formação Profissional (IEFP) foi assinado por Nelson de Carvalho e Francisco Madelino na quarta-feira, 1 de Julho. Em troca do edifício, onde o município planeia também instalar serviços de aconselhamento juvenil, a Câmara cede alguns espaços nos pavilhões do Tecnópolo para o IEFP ministrar cursos de formação profissional.

Nova direcção exige demissão do comandante

A Menor saiu de casa sob falsas promessas de estrelato no mundo do espectáculo

Casal condenado por rapto de criança Indemnização cível ∑ 10 mil euros por danos morais Para tomar posse, a nova direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Golegã (AHBVG) exigiu a demissão do actual comandante da corporação, Pedro Silva. “Foi de facto uma condição imposta por muitos dos elementos que fazem parte desta nova lista”, confirmou ao nosso jornal o novo presidente, António Elias, que tomou posse na segundafeira, 22 de Junho. Sem querer entrar em polémicas, António Elias adiantou que, na base desta ruptura, “esteve o espírito com que, por vezes, o comandante conduziu o corpo activo de bombeiros, levando à demissão de muitos elementos, e alguns conflitos com anteriores direcções”. Segundo o mesmo, há elementos na corporação que podem assumir interinamente o comando até à nomeação definitiva de um novo comandante operacional. “Sabemos que a tarefa que temos pela frente não será fácil, porque é preciso combater alguns hábi-

tos instalados, mas somos todos pessoas de bem e vamos com certeza chegar a bom porto”, afirmou António Elias, que aceitou este desafio para tentar resolver a instabilidade directiva na AHBVG. “Eu é que pus o meu lugar à disposição numa assembleia-geral em que não apareceu ninguém para tomar conta da associação, no caso de haver quem não queira trabalhar comigo”, contrapôs ao nosso jornal Pedro Silva. O mesmo acrescentou que já se demitiu perante a nova direcção, mas que esse facto ainda não foi comunicado ao Comando Distrital de Bombeiros, órgão que terá que homologar o seu abandono do cargo. “Não sei o que vai acontecer no futuro, mas também já estou um bocado farto disto”, desabafou o comandante, que lidera a corporação desde 1988. Segundo o nosso jornal conseguiu apurar, Pedro Silva vai manter-se como comandante operacional municipal, a nível da Protecção Civil.

Quatro anos e meio de prisão efectiva foi a pena aplicada pelo Tribunal Judicial de Tomar a um homem de 25 anos pelo rapto de uma menina de 13 anos, agravado pelo facto de ter tentado manter relações sexuais com a criança. A esposa e cúmplice do arguido, de 28 anos, foi condenada a três anos com pena suspensa, pelo crime de subtracção de menor. O casal residiu quase dois meses com a família da vítima, na aldeia da Linhaceira, concelho de Tomar, entre Maio e Junho de 2008. Sob falsas promessas de a tornar famosa no mundo do espectáculo, como actriz e modelo, os arguidos convenceram a criança a fugir de casa, levando-a para a sua residência na Brandoa, Amadora. Foi aqui que, segundo o acórdão lido na segunda-feira, 29 de Junho, ocorreram contactos íntimos entre o predador sexual e a menor, embora a cópula nunca tivesse sido consumada porque

a vítima estava menstruada. Os pais da menor apresentaram de imediato queixa pelo seu desaparecimento e tentaram em vão contactar o casal, já suspeitando que a filha estaria com eles. Os arguidos tiraram-lhe o telemóvel e já discutiam a possibilidade de a levar para o estrangeiro. No dia seguinte, e após a PSP ter batido à porta da sua casa na Brandoa, os casal assustou-se e libertaram a menina, mandando-a de comboio novamente para Tomar. O homem, que reco-

lheu ao Estabelecimento Prisional de Leiria após a leitura do acórdão, já estava em prisão preventiva desde Dezembro de 2008. A título de indemnização cível por danos morais, cada um dos arguidos foi condenado ao pagamento de cinco mil euros à menor, que apresenta desde então distúrbios emocionais e dificuldades em dormir. A mulher terá que pagar esta quantia nos próximos seis meses, para se manter em liberdade com pena suspensa.

Arguido não se mostra arrependido

∑ O facto do arguido não ter mostrado arrependimento durante o julgamento foi censurado pelo colectivo de juízes. O homem defendeu sempre que foi a criança quem quis deixar os pais e ir viver com ele e a mulher, o que não o iliba da sua responsabilidade no desaparecimento da menor, segundo o tribunal.

João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

A deputada Luísa Mesquita considera um “escândalo” o facto de cerca de 50 professores de Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) de Abrantes estarem sem receber há três meses, e apresentou um requerimento na Assembleia da República onde questiona o Ministério da Educação sobre as medidas que vão ser tomadas para regularizar a situação. Os professores, tal como o nosso jornal noticiou, estavam contratados a recibo verde pela empresa Lúdico Ideias, vencedora do concurso promovido pela Câmara Municipal de Abrantes, e deixaram de dar aulas de educação física e expressão musical no dia 1 de Junho, devido aos salários em atraso. No requerimento, entregue a 23 de Junho, a deputada independente quer que o governo apure “as responsabilidades dos parceiros envolvidos” (ministério, autarquia e empresa) e pergunta qual “a remuneração mensal paga a estes profissionais qualificados”. “Obviamente que por decisão e permissão deste governo todos estes docentes trabalham a recibos verdes”, assinala Luísa Mesquita, lembrando que cerca de mil crianças ficaram sem aulas. Para os professores, a situação mantém-se num impasse, mesmo depois de uma reunião ocorrida na semana passada com o dono da Lúdico Ideias, Joaquim Albuquerque. “Disse-nos que ia tentar arranjar dinheiro para pagar em Julho os salários referentes a Abril e Maio, mas voltou a desculpar-se com o facto da Câmara não pagar à empresa”, disse ao nosso jornal João Gonçalves, um dos docentes afectados por esta situação. Neste encontro, estiveram presentes cerca de 40 dos 50 professores das AEC, e alguns deles já têm a folha de serviço com as horas leccionadas para apresentar nos concursos do Ministério da Educação, adiantou ainda João Gonçalves.


O Ribatejo

20

3 | Julho | 2009

politécnico académico

Instituto dosPolitécnico consumidoresde é oSantarém motor da r A exigência Integram o Instituto Politécnico a Escola Superior Agrária de

Santarém, éEscola Superior de Educação de Santarém, Escola consumidores o motor consumidores é o motor Superior de Desporto de Rio Maior, Escola Superior de Saúde de Santarém e Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém competitividade”.

INCENTIVOS A EMPREENDER NA EUROA

ECONOMIA SOCIAL EM COLÓQUIO NA ESCOLA DE GESTÃO

“O teu mundo, a tua empresa” é uma nova i n iciativa europeia para introduzir na escola questões sociais e ambientais em matéria de educação para o empreendedorismo. Este projecto resulta de um parceria entre a Comissão Europeia e a Junior Achievment-Young Enterprise e destina-se a alunos dos 16 a 19 anos. O objectivo é incentivar espírito empresarial de criatividade, dinamismo e de respeito pelo ambiente. Empreendedorismo responsável é o mote desta iniciativa, que dá continuidade aos objectivos da política europeia nos domínios da responsabilidade empresarial e da educação para o empreendedorismo. Os materiais disponíveis incluem dois vídeos e um guia para professores com indicação de actividades para desenvolver na sala de aulas ou fora delas. Estes materiais estarão disponíveis em 24 línguas.

A Escola Superior de Gestão e Tecnologia recebe nos dias 10 e 11 de Julho o 5º Colóquio Ibérico de Economia Social e Cooperativismo. O tema deste ano é “A Economia Social e o Desenvolvimento Sustentável” e vai ser abordado na perspectiva de da ligação entre solidariedade e cooperação, entre a economia social e a crise alimentar; a responsabilidade social das empresas e o papel da economia social numa lógica de proximidade. O colóquio arranca na manhã de sexta-feira, pelas 10h, no auditório da Escola de Gestão, e vai contar com as presenças de Eduardo Graça Presidente do INSCOOP, de Ricardo Server da CIRIEC Espanha, de Rui Namorado da Rede Portuguesa de Formação para o Terceiro Sector e do presidente da Escola de GEstão, Jorge Faria. Durante o dia vão por aqui passar vários especialistas e responsáveis da área da economia social, de Portugal e Espanha, e também alguns docentes universitários e investigadores. No sábado é dia de apresentar comunicações durante a manhã e de debater o papel da economia social na crise alimentar.

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR Os candidatos ao Ensino Superior que pretendam fazer a candidatura on-line devem começar por pedir a senha em www.dges.mctes.pt. Em seguida têm que validar essa senha na instituição de ensino superior que desejam. No caso do Politécnico de Santarém, devem fazê-lo no Gabinete de Acesso ao Ensino Superior do IPS, que se situa nos Serviços Centrais do Instituto, no Complexo Andaluz em Santarém. Se optarem por candidatura presencial devem igualmente dirigir-se a este Gabinete de Acesso ao Ensino Superior, dentro das duas fases disponíveis: 1ª Fase de 13 a 24 de Julho e de 31 de Julho a 7 de Agosto; 2ª Fase de 14 a 18 de Setembro.

A “Não chega ensinar números e operações. É preciso entender como é que os alunos fazem o seu raciocínio”, diz Susana Colaço (à direita)

ESES “ensina” matemática “trocada por miúdos” Formação Contínua∑ Escola dá formação aos docentes de 1º e 2º ciclos do distrito A Escola Superior de Educação de Santarém (ESES) está a “ensinar” os professores dos 1º e 2º ciclos de todo o distrito novas estratégias para o ensino da matemática. Este projecto faz parte da Formação Contínua da Matemática, um programa promovido pelo Ministério da Educação em cooperação com as escolas superiores e universidades, para ajudar os docentes destes dois ciclos de ensino a melhorarem e a desenvolver as suas abordagens ao ensino da matemática. A ESES já desenvolve formação contínua da matemática desde há quatros anos e este programa abrange neste momento cerca de 40% dos docentes de todo o distrito. Com um novo programa de matemática entre mãos, os responsáveis por este projecto têm agora um novo desafio como explica a coordenadora

desta formação na ESES, a professora Susana Colaço: “a diferença nesta formação é que funciona ao longo de um ano inteiro e envolve supervisão em sala de aula, actuando a três níveis – didáctico, matemático e curricular”. A responsável pelo projecto diz ainda que a mais-valia deste projecto é que permite aos docentes “reflectirem e partilharem sobre os pontos fortes e fracos da sua estratégia, tendo o apoio de uma pessoa externa que ajuda na elaboração de novas abordagens”. Susana Colaço explica ainda que o novo progra-

ma de matemática apela a uma nova forma de ensino, mais centrada na resolução dos problemas através da comunicação e do estímulo às capacidades transversais dos alunos. “Não chega ensinar números e operações, não chega falar de grandezas e medidas. É preciso entender como é que os alunos chegam a determinado resultado, como fazem o seu raciocínio. É preciso escrever sobre a matemática”, saliente a coordenadora deste projecto na ESES. Apesar de reconhecer que o novo programa de

Seminário apresenta conclusões do ano

∑ Esta quinta-feira, realizou-se o seminário final deste programa em que foram apresentadas as conclusões do trabalho desenvolvido ao longo do ano e também foram trocadas experiências de ensino. Destaque para a intervenção do professor João Pedro da Ponte, autor do novo programa de Matemática para o ensino básico, que arrancar no próximo ano lectivo.

matemática é “mais exigente”, Susana Colaço diz que é mais “útil e prático” e que incide na forma como se devem apresentar os conteúdos aos alunos. Mas a formação não se resume à forma e tem também um aspecto “matemático” em que se procura saber e desenvolver os conhecimentos da matéria da matemática que os docentes precisam para leccionar. Susana Colaço garante que o programa de formação está a ter uma grande adesão dos professores da região e que, durante estes quatro anos, já formou mais de 9 centenas de deocentes do distrito. “ Um dos objectivos que temos é conseguir articular a matemática com outras áreas de ensino, até porque a maioria dos nossos formandos são professores de 1º ciclo e lidam com várias áreas”, diz ainda a docente Susana Colaço.

PÓS-GRADUAÇÕES NA ESCOLA DE SAÚDE Estão abertas até 11 de Setembro as candidaturas para os cursos de pós-graduação na Escola Superior de Saúde de Santarém. Assim estão disponíveis inscrições para as pós-graduações em Cuidados Paliativos, Enfermagem de Família, Cuidados Continuados e Supervisão Clínica. Estão também abertas as candidaturas até 19 de Setembro para o curso de pós-licenciatura em Enfermagem Comunitária.


8.ª Edição Julho 2009

Julho 2009 InFormando

Escola Técnica e Profissional do Ribatejo:

Na Construção do Teu Futuro!

Boas Férias! Este suplemento é parte integrante da edição n.º 1235 de 3 de Julho de 2008 do Jornal “O Ribatejo“ e não pode ser vendido separadamente


InFormando

2

Julho 2009

Editorial

H

á uns dias, numa conferência sobre educação, o orador terminou a apresentação com a frase, já minha conhecida, de Nelson Mandela: “A Educação é a mais poderosa arma pela qual se pode mudar o mundo”. Realmente, ao relembrar-me das palavras do líder africano e um dos símbolos mundiais da luta pela Liberdade, não pude, inconscientemente, ficar indiferente a tão forte oração… Educação, Liberdade e Desenvolvimento constituem, sem dúvida alguma, no presente, o mote para podermos vir a construir um país e, como é lógico, um Ribatejo mais próspero, mais fazedor, mais capaz. Educação – o principal factor de medição de desenvolvimento dos povos, das nações… Liberdade – de ousar, de construir, de iniciativa e de escolha. Logo, é de extrema importância, poder, assim, fazer escolhas educativas em Liberdade. Um adolescente, a quem seja permitido escolher um percurso educativo,terá, com toda a certeza, sucesso. Sucesso pessoal, académico e profissional, pois exercendo um direito que é seu, em Liberdade e de uma forma responsável, escolheu e traçou para si próprio um percurso de vida. Agora, num momento em que o Ensino Profissional tem estado tão presente, através da Iniciativa Novas Oportunidades, é necessário ser muito responsável, saber perceber as necessidades de uma região, saber ir ao encontro dos anseios de alunos e pais, em suma… Saber Fazer… pois “A Educação é a mais poderosa arma pela qual se pode mudar o mundo”. Na Escola Técnica e Profissional do Ribatejo preocupamo-nos, todos os dias, com o futuro, esforçando-nos por saber munir os jovens das melhores ferramentas, das melhores “armas” pessoais e profissionais que lhes venham a possibilitar a realização a todos os níveis. Temos, também, como objectivo, formar bons cidadãos, homens e mulheres socialmente interventivos, com opinião, com responsabilidade cívica. Visto esta publicação ser a última, do presente ano lectivo, queremos deixar um obrigado e um abraço muito forte aos alunos, professores e auxiliares educativos que dia-a-dia fazem desta escola um espaço educativo que consideramos ser singular. Aos alunos e Encarregados de Educação que já fizeram da ETPR a sua escolha para o próximo Ano Lectivo desejamos muito boa sorte, prometendo não os defraudar e exigindo apenas aquilo que também temos para dar – Empenho e Dedicação. Não poderíamos deixar de agradecer a todos aqueles que edificaram esta publicação escolar, os alunos, os professores e a Equipa do Jornal Informando. Um Abraço… …Até Setembro. O Director Pedagógico, Gonçalo Pereira

Ficha Técnica Edição: Jornal O Ribatejo Escola Técnica e Profissional do Ribatejo

Director Pedagógico: Gonçalo Pereira Coordenadores Editoriais: Martinha Duro e Nuno Nunes Redacção: Martinha Duro Colaboração: Fausto Carvalho, Jorge Franco, Maria Emília Cavalheiro, Nelson Matias, Nuno Nunes, Sérgio Rodrigues

Informática, Design Gráfico e Fotografia: Nelson Mineiro e Nuno Nunes

Relações Públicas: Martinha Duro E-mail: etpr.geral@mail.telepac.pt Sede: 2025-502 Tremês Impressão: Imprejornal, S.A. Distribuição: Vasp

Ensino Profissional: uma opção com futuro! O

Ensino Profissional é uma modalidade inserida no Ensino Secundário que se caracteriza por uma forte ligação com o mundo laboral. Este surge como um método que se adapta às características inerentes ao perfil do aluno, fornecendo-lhe competências para o exercício de uma profissão. Este tipo de ensino, pela sua especificidade, apresenta-se como uma alternativa sensata para os alunos que fogem do “academismo” escolar, bem como dos programas e métodos demasiado retóricos e em total falta de sintonia com o mercado de trabalho, pois entre os milhares de alunos que abandonam a escola, muitos queixam-se de um ensino demasiado teórico e generalista que nada diz relativamente às suas expectativas profissionais. A qualidade formativa das escolas prof issionais, comprovada pelos empresários e pelo próprio poder político, per mite concluir que estas instituições desempenham um papel determinante para o sucesso de qualquer reforma económica que se venha a pretender desenvolver no nosso país, representando, por isso, uma verdadeira alternativa não só ao ensino regular, como também ao ensino dos cursos profissionais nas escolas públicas, dado que a sua estrutura organizativa, a sua flexibilidade

de gestão e funcionamento, a ligação dos seus formadores às empresas, a maior proximidade com os alunos e o respectivo projecto pedagógico, constituem factores de diferenciação positiva relativamente às escolas chamadas regulares, constituindo uma base de apoio segura para os jovens que pretendem ingressar na vida activa. Ciente de que a redução do défice de escolarização da população portuguesa favorece o crescimento, quer porque melhora a qualidade do trabalho, quer porque facilita a adopção de novas tecnologias, a ETPR tem procurado formar quadros médios com cursos predominantemente orientados para áreas de incidência nos recursos endógenos da região, perseguindo o objectivo de contribuir para que o sector económicoempresarial da região de Santarém se desenvolva e aumente os seus níveis de produtividade e de competitividade. Simultaneamente, e porque os cursos profissionais, para além de atribuírem uma certificação profissional de nível três, possibilitam o prosseguimento de estudos, esta instituição não só tem procurado elevar o gosto pelo estudo e pela busca contínua de formação por parte dos alunos, como também tem fomentado o acesso ao ensino superior.

Procurando crescer de forma gradual e sustentada, a ETPR alicerça a sua actividade na constr ução de um futuro promissor para os seus for mandos. Com efeito, cerca 40 por cento dos alunos da ETPR está a prosseguir estudos superiores. Os restantes 60% ingressam no mercado de trabalho e a taxa de empregabilidade, medida 6 meses após a conclusão dos cursos, situa-se acima dos 90%. Estes índices evidenciam o sucesso do projecto educativo da ETPR, cujo sucesso apraz toda a comunidade educativa. Cada vez mais, os jovens entendem o Ensino Profissional como uma alter nativa que valoriza e aproveita as competências e capacidades de cada um, conferindo-lhes, ao mesmo tempo, as bases de uma literacia que lhes permita atingir os objectivos do nível de ensino que frequentam. A comprová-lo estão os alunos que frequentam os cursos ministrados na ETPR e a crescente procura destes cursos. Investir em educação corresponde a aprender mais hoje mas, também, a criar melhores condições para dar continuidade a trajectórias de aprendizagem ao longo da vida, desenvolvendo, simultaneamente, elevados níveis de empregabilidade (in: www. novasoportunidades.gov.pt).


InFormando

Julho 2009

3

Curso Técnico de Análise Laboratorial

A

pesar de ainda não ter terminado o primeiro ano do curso, tenho excelentes razões para afirmar que nesta escola há um grande nível de profissionalismo e de vontade de educar, por parte de todos os docentes. Esta escola aposta na formação de futuros profissionais competentes e cumpridores . Marco Carvalho Aluno do 1.º Ano

A

ntes de vir para a ETPR, frequentei o ensino secundário regular, até ao 12,º ano. Como meu objectivo nunca foi ir para a Universidade, decidi procurar um curso mais voltado para o mundo do trabalho e que me propiciasse uma boa formação. O curso é muito prático, trabalhamos muito em contexto laboratorial, realizando as mais diversas experiências, o que me garante uma sólida formação e me dá as bases para exercer a minha profissão com profissionalismo. As vantagens do ensino profissional são a possibilidade de ter uma óptima experiência e qualificação, especialmente na parte prática, mantendo-se a hipótese de entrarmos na Universidade no final do curso; estágios em empresas que podem, muitas vezes, garantir um emprego; e o mais importante, uma carteira profissional que é um bom cartão de visita para qualquer futuro emprego, sendo este o tipo de especialização que as empresas procuram. Tânia Branco Aluna do 2.º Ano

D

epois de frequentar o Ensino Secundário regular percebi que preferia enveredar por um tipo de ensino que aliasse as vertentes teórica e prática, o que facilitaria a aquisição de conhecimentos. Como gosto de Física e Química, decidi optar por um curso profissional nesta área, enveredando pelo Ensino Profissional. A formação na ETPR centra-se tanto na vertente pessoal, como na vertente profissional. O aluno consegue estabelecer uma óptima relação com o professor, que nos transmite alguns dos valores necessários à nossa vida futura. O curso correspondeu a todas as minhas expectativas, tanto nas aulas teóricas como nas aulas práticas, proporcionando boas aprendizagens no domínio da Química, a área de que mais gosto. Joana Duarte Aluna Finalista

O

curso de Técnico de Análise Laboratorial privilegia a componente laboratorial, que vai evoluindo ao longo dos seus três anos de duração. Inicialmente, pretende-se que os formandos aprendam a trabalhar num laboratório de química, para depois saberem preparar soluções de reagentes e apreenderem todas as metodoímica, para quantificar eslogias, que se utilizam em química, pécies químicas. Para além do trabalho em laboratório, é objectivo primordial dotar os formandos de competências que favoreçam a crítica de resultados e a implementação de metodologias aplicadas. Procura-se, assim, que a formação prática seja simultaneamente acompanhada quer por uma evolução técnica, quer por uma evolução da personalidade do formando, tornando-o num cidadão responsável e consciente da importância do trabalho em grupo, uma prioridade na sociedade de hoje. O terceiro ano contempla uma componente de Formação em Contexto de Trabalho, durante cerca de dois meses e meio. Esta formação tem como objectivo a inserção dos alunos no contexto real de trabalho de uma empresa, onde

ppoderão implementar e dese senvolver os conhecimentos aadquiridos ao longo do curso so. Esta é também uma oportu tunidade para os formandos ccrescerem individual e pesso soalmente, tornando-se profi fissionais responsáveis no seu tr trabalho, pois são uma parte dde um todo que trabalha por oobjectivos comuns. Até este m momento, as empresas têm ficado agradadas com a FCT dos nossos alunos, razão pela qual este ano se repetiram grande parte dos protocolos assinados no ano transacto. A Prova de Aptidão Profissional, projecto individual realizado também no último ano, é, geralmente, desenvolvida na empresa onde o aluno realiza a sua FCT. Trata-se de um projecto que, para além da realização do trabalho prático, prevê a realização de um suporte teórico, sob a forma de relatório escrito. Habitualmente, os temas seleccionados para a realização deste projecto são muito diversificados, enquadrando-se na área de preferência dos alunos.

ctualmente, estou a trabalhar no laboratório onde realizei a Formação em Contexto de Trabalho. Já lá vão 9 meses e estou certo de que a empresa gostou da preparação que eu trazia para o mercado de trabalho, tendo-me assim garantido emprego como Técnico de Análise Laboratorial. Agora percebo a importância das regras implementadas. São estes métodos utilizados na ETPR que nos fazem crescer, tanto a nível profissional, como a nível social. Crescemos enquanto pessoas e cidadãos íntegros e responsáveis. A ETPR é uma escola de referência, onde é incutida ao aluno a vontade de querer fazer “o melhor” da melhor maneira possível. Quando se quer, tudo se conquista, e acho que esta escola oferece vantagens para obter o melhor, basta utilizá-las em benefício próprio.

Jorge Franco Ferreira

Nuno Bonito

Coordenador do Curso

Ex-aluno

A


4

InFormando

Julho 2009

Curso Técnico de Apoio à Infância

É

fenomenal quando entramos em estágio e aplicamos todos os conceitos que tivemos de adquirir na teoria, fazendo assim “boa figura” e um óptimo estágio. Alexandra Rosa Aluna do 1.º ano

O

estágio ajuda muito as futuras Técnicas de Apoio à Infância a estarem mais em contacto com as crianças e a tomarem consciência da profissão que escolheram. Cláudia Alagoa Aluna do 1.º ano

N

as aulas, dinamizamos muitas actividades que acabamos por implementar na Formação em Contexto de Trabalho, o que favorece o nosso desempenho. Sinto que ficamos bem preparadas quer para ingressar no mercado de trabalho, quer para o prosseguimento de estudos nesta área, pois a formação é muito abrangente, rigorosa e metódica. Simultaneamente, desenvolvemos outras aprendizagens e outras competências com a participação nas várias actividades extracurriculares oferecidas. Nádia Silva Aluna do 2.º ano

O

ptei pelo ensino profissional, numa altura em que não estava muito motivada e sentia a necessidade de estudar e aprender algo de que realmente gostasse. Como gosto muito de crianças e tinha muita vontade de aprender mais acerca do seu desenvolvimento e contribuir para o seu bem-estar num futuro próximo, escolhi o Curso de Técnico de Apoio à Infância. O estágio, que começa logo no primeiro ano, é uma das mais-valias do curso de TAI, pois permite-nos aplicar, na prática, o que aprendemos na teoria. O contacto constante e permanente com as crianças, observando a sua rotina diária e o seu desenvolvimento como um todo, é, sem dúvida, uma experiência muito enriquecedora. A Prova de Aptidão Profissional, um projecto individual, que dá imenso trabalho e exige muita dedicação e empenho, é também um aspecto muito positivo. Este trabalho permite-nos aplicar os conhecimentos adquiridos na formação, possibilitando-nos aprofundar uma área específica, escolhida por nós, de acordo com o tema do projecto. A formação da ETPR é excelente. Os professores são exigentes e nunca desistem de nós, apoiando-nos e ajudando-nos sempre que é necessário. Na minha opinião, quem entra para a ETPR, sai uma pessoa muito diferente, certamente, mais responsável.

A

evolução do quadro social e familiar tem influenciado as medidas de orientação política, no que diz respeito à educação pré-escolar, já que aquela nos dá conta de alterações na sua organização ao longo dos últimos anos: pai e mãe trabalham fora de casa, o número de elementos na família tende a reduzir e os avós ainda estão empregados ou vivem longe. A educação pré-escolar é também assumida de forma inquestionável como a primeira etapa da Educação Básica no processo de educação ao longo da vida, capaz de proporcionar às crianças oportunidades de au autonomia e socialização e de garantir uma in integração equilibrada na vida em sociedade. O benefícios da frequência da educação préOs e escolar para uma escolarização bem sucedida sã hoje, amplamente reconhecidos. são, Posto isto, o alargamento da cobertura da e educação pré-escolar está a ser uma prioridad cujo objectivo consiste fundamentalmente de, em expandir a rede nacional de ofertas e melh lhorar as condições social, educativa e prev ventiva - funções que vão sendo sucessivam mente atribuídas à educação de infância. A presença de profissionais com competências científicas específicas para o acompanhamento de crianças nesta faixa etária e para o desenvolvimento das suas competências pessoais, sociais e cognitivas nas creches e jardins-de-infância parece-nos, por princípio, positiva. Percebemos, assim, que a procura do curso de Técnico de Apoio à Infância, por parte dos jovens, tenha aumentado progressivamente, sobretudo, para os que querem responder aos desafios do bom desempenho de técnico

qualificado; apostar na área da Educação de Infância como objectivo profissional futuro; ou, nomeadamente, para o prosseguimento de estudos. Assim, é nosso grande objectivo formar jovens, preparando-os para apoiar, acompanhar e animar grupos de crianças em diferentes contextos sócio-educativos, bem como assegurar as suas necessidades básicas, em articulação com os educadores de infância, professores, famílias e outros agentes educativos da comunidade Ao longo dos três anos de curso os alunos realizam um estágio curricular que é considerado por todos, alunos e professores, o motor em torno do qual tudo se desenrola. É pela experiência, e com o entusiasmo da prática, que os alunos aprendem e fundamentam todas as suas aquisições teóricas; por sua vez, os professores consideram-no como um complemento enriquecedor das componentes sociocultural, científica e técnica. O estágio é ainda o elo de ligação com a comunidade através de iniciativas recíprocas, envolvendo a Escola em contactos com o exterior, sendo motivo de comunicação com autarquias, agrupamentos, escolas e outras instituições similares. Empenhar-nos-emos sempre para que a escola continue a ser uma comunidade de vida e de aprendizagem num espaço de cultura e formação, segundo diversos aspectos, contribuindo através de diversas formas para o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens. Maria Emília Cavalheiro Coordenadora de Curso

O

ptei por um curso profissional porque além de, após a conclusão do mesmo, ter um diploma de 12.º ano, obteria uma qualificação profissional, uma especialização profissional, no meu caso, na área de serviços de apoio a crianças e jovens. Actualmente, trabalho como Auxiliar de Infância numa Creche. Estou a adorar a experiência, pois tenho oportunidade de implementar e desenvolver as aprendizagens que adquiri durante a minha passagem pela ETPR. Nesta escola tornei-me responsável e desenvolvi todo um conjunto de competências, nomeadamente o espírito de iniciativa e de integridade, fundamentais no desempenho da minha profissão. Alexandra Bernardino

Vanessa Miranda

Ex-aluna

Aluna Finalista

H

á uma grande preocupação não apenas em transmitir conteúdos, mas principalmente em nos fornecerem instrumentos e técnicas que favoreçam a nossa autonomia e evolução enquanto profissionais e cidadãos. Neste momento, no primeiro ano da licenciatura em Educação Básica, as bases adquiridas na ETPR assumem um importante papel no meu desempenho. A forte componente teórica, complementada pela prática pedagógica, possibilitoume uma aprendizagem consistente que me levava a reflectir acerca das minhas acções e competências. A grande “família” constituída no seio da comunidade educativa é um pilar fundamental no desenvolvimento da nossa personalidade. Liliana Correia Ex-aluna


InFormando

Julho 2009

5

Curso Técnico de Comércio

T

omei conhecimento da ETPR porque tinha aqui amigos a estudar que diziam muito bem da escola, decidi arriscar e não estou arrependida. Aqui ensinaram-me o significado das palavras Empenho, Trabalho, Profissionalismo e Rigor. Os professores “puxam” por nós, tentando-nos “abrir os olhos” para o mundo real em que estamos inseridos, procurando fazer de nós, para além de bons técnicos, homens e mulheres melhores, capazes de enfrentarem a vida futura. Raquel Graça Aluna do 1.º ano

U

ma boa razão para optar pela ETPR é a qualidade da formação, aliada à excelente relação estabelecida com os professores que estão sempre disponíveis para ajudarem os alunos a apreenderem os conteúdos necessários. Para além disso, o facto de a escola ter transportes próprios é uma mais-valia que contribui para o nosso bem-estar. Nelson Pedro Aluno do 1.º ano

H

á quem pense que os cursos profissionais são frequentados maioritariamente por alunos problemáticos, mas não é verdade. Se repararmos bem, quase metade dos jovens portugueses está inseridos no ensino profissional. Isto vem demonstrar que um curso profissional tem várias vantagens: garantenos o 12.º ano, fornecendo-nos a experiência necessária no estágio, caso queiramos ingressar no mundo do trabalho, e faculta-nos uma certificação de nível III. O curso de Comércio parece-me uma boa opção, uma vez que na região existem bastantes espaços comerciais que, certamente, procurarão cada vez mais pessoas com qualificações nesta área, até porque a formação será, com toda a certeza, um factor de ponderação na selecção de um colaborador. Se um aluno pretende inscrever-se numa escola que o acolha e o acompanhe na sua caminhada ao longo do curso, então, sem dúvida, a ETPR é a opção mais eficaz. Vanessa Botelho Aluna do 1.º ano

D

ecidi optar por um curso profissional visto que facilita o acesso ao mercado de trabalho, pois numa escola profissional a ligação com o mundo empresarial é muito mais próxima, o que pode abrir portas para os estudantes. Apesar de inicialmente ter pensado noutra área, não me arrependo da minha opção. Já aprendi muita coisa essencial para uma vida futura como vendedora ou, quem sabe um dia mais tarde, como gestora de uma empresa. O facto de no segundo ano existir um pequeno período de estágio enriquece a nossa formação e permite-nos contactar mais cedo com a nossa realidade profissional. Andreia Pereira Aluna do 2.º ano

O

curso de Técnico de Comércio, na ETPR, encontra-se no seu segundo ano d funcionamento. Esta formação, que prode c cura responder às necessidades do tecido c comercial da região, confere aos técnicos c competências para realizarem trabalhos na á do comércio, habilitando-os para desenárea v volverem a sua actividade nas vertentes das v vendas ou da gestão, quer pela participação e equipas de trabalho, quer respondendo em i individualmente pelo ponto de venda. A partir do segundo ano, os alunos de Técn de Comércio da ETPR realizam um penico r ríodo de Formação em Contexto Trabalho, n âmbito de um protocolo celebrado com no a Associação Comercial e Empresarial de S Santarém, que não só permite a aplicação p prática dos conhecimentos adquiridos, como t também facilita o desenvolvimento das comp petências inerentes à exigência do comércio e do atendimento ao público. Neste sentido, n final do ano lectivo, em Junho/Julho, a no t turma de segundo ano de Técnico de Com mércio terá o seu primeiro contacto com o m mercado de trabalho. Tratando-se da primeir turma deste curso na escola, não há, natura r ralmente, qualquer feedback com alunos de a anos anteriores, daí que os futuros técnicos e estejam ainda mais expectantes, evidencian-

do um misto de sensações: curiosidade, ansiedade, receio e muita vontade de aprender. Entramos, portanto, numa fase muito importante e decisiva do curso, que permitirá aos alunos a passagem da teoria à prática, cujas dificuldades não se resolvem com mais um, ou vários dias de estudo, mas com a experiência e o contacto com a realidade do mundo do trabalho. Como forma de dinamizar o curso, aliando, o mais possível, as componentes teórica e prática, os alunos do Curso de Comércio são frequentemente convidados a participar e a integrar as equipas dinamizadoras de algumas actividades extracurriculares. Esta participação eleva os níveis de motivação e desempenho, o que, certamente, contribui para o sucesso no aproveitamento dos alunos. O curso de Técnico de Comércio, além de proporcionar aos formandos uma qualificação profissional de nível III, respondendo às exigências do mercado de trabalho, que aposta cada vez mais em profissionais qualificados, possibilita o acesso ao Ensino Superior, como a qualquer outro aluno do Ensino Secundário regular. Fausto Carvalho Coordenador de Curso


6

InFormando

Julho 2009

Curso Técnico de Electrotecnia

V

ivemos num mundo que não funciona sem energia, sendo esta, ou a sua falta, um dos factores de preocupação ambiental e económica. A energia eléctrica assume um papel preponderante no nosso quotidiano, a dependência que temos dela transborda os limites da razão. É frequente, por exemplo, continuar a tentar ligar um interruptor, mesmo sabendo que há uma falha na energia. Além dos particulares, também a indústria assenta a sua fonte de energia, maioritariamente, na eléctrica, pois são eléctricos a maioria dos equipamentos industriais. Gerar, transportar e utilizar a energia são processos quase invisíveis, mas a dependência dos mesmos não nos é indiferente. A formação de técnicos que trabalhem na área do suporte, manutenção, construção, exploração de equipamentos e instalações eléctricas é, antes de mais, uma necessidade comum ao país e à Europa. A procura, por parte das empresas, de jovens técnicos, excede largamente o número de alunos que abraçam esta área. As organizações procuram jovens ambiciosos, motivados e com vontade de trabalhar. Porém, a principal característica que uma empresa procura num técnico é a responsabilidade. Neste âmbito, as escolas profissionais assumem um papel relevante, apostando na formação integral do indivíduo. Na área da electrotecnia, em particular, é fundamental sensibilizar para a responsabilidade e brio profissionais. Despertar o gosto pela área; acicatar a vontade de querer saber mais e, responsavelmente, explicar que o todo é apenas a soma das partes, sendo que até o equipamento mais complexo assenta em coisas tão simples como um parafuso, deverão ser os principais objectivos a ter em conta no plano formativo.

O futuro passa pela formação dos trabalhadores, para que possam ser mais autónomos e especializados, distanciando-se das dificuldades de ser trabalhador indiferenciado.

O número crescente de empresas da região que procuram técnicos de electrotecnia, assim como a resposta, muito positiva, à solicitação de parcerias para estágios curriculares é, sem dúvida, um estímulo para alunos e professores no sentido de fazerem mais e melhor. Para os alunos que pretendam enveredar pelo mercado de trabalho, o curso de Técnico de Electrotecnia fornece ferramentas que lhes permitirão iniciar, desde logo, a profissão num leque de empresas e actividades variadas. Para quem pretende prosseguir estudos, a formação profissional congrega dois aspectos fundamentais. Por um lado, a escolha, em consciência, da área de formação que pretende seguir; por outro lado, a opção por um curso na área em que pretende formar-se, poderá ser uma mais-valia, pois no Ensino Superior abordará temas já tratados durante o curso. Nuno José Nunes Coordenador de Curso

E

scolhemos este curso porque tem muitas saídas no mercado de trab ue nos interesbalho, para além de esta ser uma área que sa bastante. É um curso com uma grande componente prática, o que nos agrada bastante. Assim, não só n motivamos mais, como sentimos que estamos a nos ap aprender conceitos e técnicas que implementaremos qu quando formos trabalhar. A formação na ETPR é diversificada e bastante b pois temos vários tipos de aulas: teóricas, prátiboa, ca interactivas e expositivas. A relação com os procas, fe fessores também é muito boa, pois, apesar de exigente são muito profissionais, preocupam-se connosco tes, e com o nosso sucesso e tentam motivar-nos para obte termos melhores resultados. Temos alguns colegas que acabaram o curso em an anteriores que já estão a trabalhar e são anos m muito bem remunerados. Esta noção de que alé de termos emprego, seremos bem pagos além m um factor que nos motiva e nos leva a é mais qu querer concluir este curso com sucesso. André Oliveira e David Paulino Alunos do 1.º ano

A

electrotecnia é uma área na qual os jovens devem apostar, pois está em expansão. Pode-se trabalhar em vários ramos dentro deste sector, o que dá uma maior mobilidade e facilita o acesso ao emprego. Actualmente, sou técnico de Domótica e considero que ter tido professores com experiência na área foi muito importante, pois, para além dos conhecimentos que nos transmitiram, alertaram-nos para as circunstâncias do mundo do trabalho, passando-nos a própria experiência.

A

scolhi o ensino profissional porque, ao mesmo tempo, tirava o 12º ano e tinha a oportunidade de ter um curso que me ajudará a ter uma melhor profissão no futuro. Optei por este curso porque gosto de trabalhar com aparelhos eléctricos/electrónicos e, também, por saber que o curso tem muitas saídas profissionais, havendo muita procura de técnicos nesta área. Esta escola tem boas instalações e proporciona boas condições nas aulas práticas dos cursos.

pesar de o meu curso ser de Electrónica e Telecomunicações, sempre tive uma maior apetência pela electricidade e pela electrónica, pelo que queria estagiar numa destas áreas. Neste sentido, estou a fazer o meu estágio na Thyssen Krupp Elevadores, onde faço manutenção e reparação de elevadores e de comandos. Tem sido uma experiência muito gratificante, que me tem permitido aprofundar e desenvolver os conhecimentos que adquiri na ETPR. De facto, a formação que recebi na Escola tem sido uma mais-valia no desempenho das minhas funções, não só a nível técnico, mas sobretudo a nível pessoal, pois cresci muito, tornando-me numa pessoa mais responsável e humilde, capaz de enfrentar o mundo do trabalho.

Roberto Leppers

André Bacalhau

Aluno do 2.º ano

Aluno Finalista

Tiago Raposo Ex-aluno

E


InFormando

Julho 2009

7

Curso Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos

A

ETPR é uma escola que dá importância à vertente profissional, mas também à vertente pessoal, a fim de criar bons técnicos e bons cidadãos. Apostei em Gestão de Equipamentos Informáticos pois futuramente quero seguir Engenharia Mecânica e acho que assim terei boas bases para o fazer. Esta é uma escola que alia muito bem a parte teórica com a prática, e é assim que consegue atrair cada vez mais alunos ao longo dos anos. Cátia Duarte Aluna do 1.º ano

T

inha inúmeros amigos que estudavam na ETPR e me falavam sempre bem da mesma, influenciando a minha escolha. Sabia que a minha oportunidade na informática estava exactamente nesta Escola e não hesitei. Nunca tive intenção de ir para a Universidade, pelo que optei por um curso profissional. Deste modo, se um dia mudasse de ideias não estava impedido de ir para a faculdade. O curso de TGEI foi uma boa opção, além de ser uma área de que gosto, na ETPR as aulas estão bem organizadas e há muitas aulas práticas, o que nos motiva. Paulo Alves Aluno do 1.º ano

O

ptei por este curso porque penso que é um curso com saída no mercado de trabalho e é uma área de que eu gosto. Escolhi esta escola por ter boas referências. É uma escola de qualidade. Em termos de formação e relacionamento com os professores, é excepcional. Adquirimos conhecimentos tanto a nível profissional, como pessoal. As experiências, os trabalhos e os projectos ajudam-nos a entender melhor o mundo do trabalho. Algumas das razões que me levam a sugerir a ETPR são as actividades, o tipo e a qualidade do ensino, que nos proporcionam uma oportunidade única na vida. Cristiano Pereira Aluno do 2.º ano

O

ptei por um curso profissional pelo facto de, após o seu término, ter alguma experiência, pois, ao longo dos três anos, este curso é muito prático. No final do 3.º ano, realizamos um estágio profissional que nos permite contactar com o mercado laboral e adquirir mais responsabilidade. Em relação à formação da ETPR, cresci muito desde que entrei para aqui; fiquei mais adulto porque os professores apoiam-nos muito e ensinam-nos a ser muito melhores e têm sempre a preocupação de nos ajudar em tudo. São nossos amigos.

I

curso Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos é reconhecido pelo Ministério da Educação, através da portaria n.º 897/2005, conferindo aos formandos uma habilitação equivalente ao 12º ano de escolaridade. As actividades principais desempenhadas por este técnico são: montar, configurar computadores em rede ou isolados; fazer o diagnóstico e a correcção de falhas no funcionamento de sistemas informáticos, isolados ou integrados numa rede de dados; configurar software de sistema e de aplicação em estações de trabalho; seleccionar e utilizar aplicações e utilitários informáticos. Este curso profissional privilegia a formação prática em contexto de trabalho que é realizada no final do curso, que implica sempre uma estreita relação da escola com a realidade e o tecido empresarial envolventes. Os formandos apresentam a Prova de Aptidão Profissional, de âmbito prático, desenvolvida durante o último ano do curso, e que tem como objectivo desenvolver as capacidades de selecção, de análise e de síntese, responsabilizando-os e preparando-os para o mundo do trabalho. A formação que os nossos alunos recebem é vasta, tanto ao nível do saber ser, como do saber fazer, mas é fundamental e integrante no processo ensino-aprendizagem.

nicialmente, não entendia porque é que exigiam tanto de nós, mas, ao longo do triénio, percebi que se o fazem é porque acreditam em nós, porque se preocupam connosco e querem fazer de nós pessoas melhores e verdadeiramente profissionais. Os professores estão sempre disponíveis, fazem o seu melhor e mantêm uma relação muito próxima com os alunos. São incansáveis na tentativa de formarem bons técnicos que executem as suas tarefas com Empenho, Trabalho, Profissionalismo e Rigor. O estágio é uma experiência bastante enriquecedora, tanto no que diz respeito a conhecer o mundo do trabalho na área que estamos a estudar, como em relação aos comportamentos a ter numa empresa, permitindo-nos perceber se realmente gostamos e queremos exercer esta actividade no futuro. Quando entrei para a ETPR, pensava ficar apenas pelo 12.º ano, mas com o decorrer do curso percebi que poderia ir mais longe. Pensei, então, concorrer ao Ensino Superior. Neste momento, estou no 1.º ano da Licenciatura em Informática na ESGT de Santarém. Agora considero que nada foi em vão, pois a formação na ETPR foi bastante importante e permitiu-me adquirir bases sólidas e conhecimentos que utilizo todos os dias.

Nelson Matias

Tânia Santos

Coordenador de Curso

Ex-aluna

António Rodrigo Aluno Finalista

O


21

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

D Stocks até sábado em Tomar

negócios

A Comissão de Lojistas do Centro Comercial Templários – Tomar decidiu prolongar por mais uma semana a realização da IV Feira de Stocks, que vai funcionar até este sábado, dia 4. Nesta Feita é possível encontrar diversos produtos com descontos.

CAP CONTRA NOVA LEI DO AZEITE

A António Rodrigues, presidente da Câmara, abraça o ministro Vieira da Silva e o secretário de Estado, Fernando Medina

Torres Novas cria 174 empregos Emprego 2009 ∑ Câmara e IPSS assumem a criação de 174 empregos durante 12 meses A Câmara Municipal de Torres Novas e sete instituições particulares de solidariedade social do concelho (IPSS) assinaram no dia 26, vários protocolos para a criação de 174 empregos, no âmbito da iniciativa Emprego 2009, do Instituto de Emprego e formação Profissional (IEFP). A cerimónia foi presidida pelo ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Vieira da Silva, que apelou às empresas para aderirem mais a este programa de apoio ao emprego, nomeadamente, para aproveitarem os apoios que são dados à contratação de jovens e desempregados de longa duração e à realização de estágios profissionais. “Podem estar isentos de pagar a Segurança Social desse trabalhador por 3 anos, ou então por dois anos e ainda recebem uma quantia em dinheiro”, relembrou o governante, lamentando

que as empresas e outras entidades empregadoras não tenham ainda aderido a estes apoios. Os contratos assinados em Torres Novas vão permitir que sejam criados 174 empregos, no âmbito do programa de Contratos de Emprego-Inserção e Emprego-Inserção +. Estes contratos vão ter uma duração de 12 meses e vão permitir aos agora desempregados que desempenhem funções quer na autarquia torrejana quer nas sete IPSS que assinaram

“Emprego 2009” já colocou 15 mil jovens em contratos sem termo

estes protocolos. Destas 174 vagas, 77 já foram preenchidas e os trabalhadores começam a trabalhar na Câmara Municipal de Torres Novas já no próximo dia 29 de Junho. A autarquia torrejana vai assumir ao todo 124 do total de empregos previstos, cabendo os restantes às IPSS do concelho que aderiram: o Centro Social e Paroquial de Santo António, o Centro Social do Divino Espírito Santo, o Centro Social e Paroquial Padre José Filipe Rodrigues, o Centro de

Integração e Recuperação Torrejano (CRIT), o Grupo de Amigos “Avós e Netos”, o Centro de Bem-Estar da Zona Alta e o Centro de Assistência Paroquial de Pedrógão. Os Contratos de Emprego-Inserção destinam-se a desempregados que beneficiem do subsídio de desemprego e que passam a receber mais 20% de rendimento pago pela entidade que acolhe o programa. Os Contratos de EmpregoInserção + destinam-se a beneficiários do Rendi-

∑ O secretário de Estado, Fernando Medina, disse

que as medidas de apoio consagradas no programa Emprego 2009 já permitiram que 15 mil jovens fossem contratados sem termo e que mais 15 mil estejam a usufruir de estágios profissionais remunerados. No âmbito da medida “Qualificação e Emprego” já foram abrangidas 6 mil pessoas, disse ainda o secretário de Estado. Ao assumir o apoio à criação destes empregos, o Governo investe em Torres Novas cerca 470 mil euros, através do pagamento da comparticipação dos salários, aos quais se juntam mais 70 mil euros que é o valor assumido pela Câmara de Torres Novas.

mento Social de Inserção (RSI) que passam a receber um valor suplementar correspondente aos Indexante dos Apoios Sociais e ainda subsídios de alimentação e de transporte. “O nosso objectivo é conseguir que estes programas cheguem a 200 pessoas do concelho”, disse António Rodrigues, presidente da Câmara de Torres Novas, salientando que esta iniciativa não significa que o concelho esteja com “problemas graves de desemprego”. “É um apoio suplementar”, frisou António Rodrigues, apelando aos que vão trabalhar na autarquia que “se sintam tão funcionários como os outros”. O autarca disse mesmo que esta cerimónia foi “das mais importantes” porque representa a criação de “uma oportunidade de vida” para as pessoas que vão ser abrangidas pelos apoios Bruno Oliveira

A CAP denuncia que a nova legislação que o Ministério da Agricultura quer publicar e que, segundo a confederação de agricultores, vem permitir a mistura de azeite com outros óleos vegetais, o que para a CAP “coloca em risco a segurança alimentar e a saúde pública dos consumidores”. A CAP refere em comunicado que os restantes países produtores de azeite na União Europeia proíbem a mistura de azeite com outros óleos vegetais e que o ministério da Agricultura português, ao pretender permitir esta situação, se prepara “para destruir a credibilidade e o prestígio do azeite no nosso mercado, colocando também em risco mais um importante sub-sector da economia nacional”. Para justificar este perigo alimentar, a CAP diz que não existem testes analíticos que permitam identificar com exactidão os componentes das misturas, e lembra que, há alguns anos em Espanha, faleceram várias pessoas devido à incorporação de óleo de colza em azeite.

PETROIBÉRICA RECEBE MEDALHA DE OURO A Petroibérica, empresa participada pelo Grupo Lena, recebeu nodia 20 de Junho, a Medalha de Ouro de Mérito Municipal do concelho de Ourém, concelho onde está sedeada.

FORMAÇÃO AVANÇADA PARA GESTORES A Nersant está a desenvolver um Programa de Formação Avançada em Gestão, uma acção que será realizada em seis sessões, com a duração de 7 horas cada destinada a empresários, gestores e quadros superiores de empresas.


22 PUBLICIDADE

O Ribatejo 3 | Julho | 2009


INVESTIR & AGIR | NEGÓCIOS 23

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

arquivo

MODCOM “dá”2,3 milhões ao distrito

CARTAXO QUER ACOLHER CIDADE DO CONHECIMENTO

A Fernando Serrasqueiro, secretário de Estado do Comércio em visita a Santarém, no balanço do MODCOM O Programa de Modernização do Comércio – MODCOM – atribuiu ao distrito de Santarém mais de 2,3 milhões de euros em incentivos, no âmbito da sua 4ª fase que disponibilizou em todo o país cerca de 50 milhões a fundo perdido. Estes 2,3 milhões permitiram alavancar investimentos na ordem dos 4,9 milhões de euros, distribuídos por 70 projectos. Santarém foi apenas o 7º distrito do país em termos de incentivos, embora tenha sido o sexto em termos de investimento global. A quarta fase deste pro-

grama apoiou 1425 projectos que se juntam aos 2619 já apoiados nas fases anteriores. Os 1425 projectos apoiados nesta 4ª fase correspondem a um investimento global de cerca de 112 milhões de euros. Esta fase representou também um aumento dos apoios a fundo perdido que passaram para 50% no caso das empresas mantendo-se os apoios de 60% no caso das associações comerciais. Ao todo foram criados 2526 novos empregos. Em Santarém, estes projectos representam 99 novos empregos.

Taberna do Gaio festeja 7 anos de boa gastronomia

O restaurante “A Taberna do Gaio”, no Cartaxo, completou em Junho o seu 7º aniversário. Este restaurante começou como uma pequena taberna em que eram servidos petiscos, mas cedo os proprietários, os irmãos Mário e Jorge, avançaram para a criação de restaurante. Actualmente, aos deliciosos pratos que confeccionam, entre os quais se

destacam os grelhados, os proprietários apostam em estabelecer com os clientes “relações de amizade”, que consideram ser uma das principais explicações para o sucesso deste restaurante”. Situado à beira da N3, o restaurante “A Taberna do Gaio” dispõe de um ambiente acolhedor, parque de estacionamento próprio e muitos sabores e saberes para descobrir.

A Fábrica tem 55 postos de trabalho directos e dá trabalho a mais algumas dezenas

Renoldy já não está em risco de fechar Novos contratos∑ Fábrica já tem novas encomendas A Renoldy, fábrica de leite de Alpiarça, está a negociar novos contratos de fornecimento de leite com o grupo Auchan (proprietário dos supermercados Jumbo) e já teve a garantia de que outras duas grandes superfícies, a Sonae e a Jerónimo Martins querem continuar a comprar leite português e o leite distribuído por esta fábrica. A garantia é dada pela presidente da Câmara de Alpiarça, Vanda Nunes, que garante estar a acompanhar o processo e que recebeu a garantia da administração da empresa que não há razões para o anunciado encerramento e para que os cerca de 60 postos de trabalho directos e mais um. Além disso, também a Sonae já anunciou em comunicado que esta semana fez uma encomenda de 1,2 milhões de litros de leite à fábrica de Alpiarça. O processo começou no sábado, quando o secretário-geral da CAP, Luis Mira, alertou para uma carta enviada pela Renoldy a cerca de 100 produtores de leite do Centro e do Sul onde a empresa

dizia que iria encerrar a partir de 15 de Julho e deixar de lhes comprar leite, por alegada falta de encomendas da grande distribuição. Segundo a empresa, nos primeiros quatro meses do ano o Grupo Sonae, para onde era destinada cerca de 75% da produção da empresa, comprava cerca de três milhões de litros por mês e que no mês de Maio baixou para 2,7 milhões. Em Junho, afirma a administração da fábrica, o grupo não comprou qualquer quantidade de leite da marca “E”. Mas a Sonae diz que não pretendia interromper as compras e que só não adquire mais devido à falta de capacidade de resposta da fábrica de Alpiarça.

Após o alarme instalado, o ministério da Agricultura sentou à mesa representantes da empresa e das grandes cadeias de distribuição nacional, assim como a Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição. Nesta reunião, os grupos de distribuição reafirmaram o seu interesse em comprar leite nacional e o ministro da Agricultura anunciou que iria colocar a ASAE a inspeccionar o leite dos supermercados para detectar se tem qualidade. Em causa está também a posição dominante da Lactogal, que detém 80% do mercado, uma situação que o ministro da Agricultura garantiu pedir a Bruxelas para avaliar.

Postos de trabalho não estão em risco

∑ A presidente da Câmara, Vanda Nunes, tem estado empenhada neste processo e tem a garantia da administração da renoldy de que os cerca de 60 trabalhadores já foram “sossegados” quanto à continuidade do seu emprego.

“A Câmara do Cartaxo está a desenvolver negociações para se tornar numa ‘Knowledge City’ – Cidade do Conhecimento”, a implementar numa zona de 190 hectares à futura Área de Localização Empresarial do Falcão, no nó da A1. Para isso, a autarquia já aprovou e vai assinar um protocolo que tem como parceiros o grupo indiano Pitroda, reconhecido internacionalmente pela criação de projectos nesta área, e também com o Banco Efisa e outras entidades do mundo académico e empresarial. Este projecto consiste em criar nesta zona uma espécie de “cluster do conhecimento”, como lhe chama o presidente da Câmara, Paulo Caldas. “Uma zona onde pessoas e empresas possam conviver, trabalhar, colaborar e inovar em conjunto, à semelhança do que já existe em várias cidades do mundo”, acrescenta o autarca. Esta será também uma área vocacionada para o desenvolvimento de produtos e serviços inovadores, aliando a isso “emprego altamente qualificado e centros de inovação e empreendedorismo”.

PNEUSOL COM CAMPANHA DE TROCA DE PNEUS A Pneusol em Santarém está a promover até 11 de Julho uma campanha de verificação dos pneus em que analisa gratuitamente a pressão e o estado dos pneus e ainda ofecere o Atlas Michelin 2009. Além disso, se optar por pneus da Michelin, a Pneusol, enquanto centro Via Líder, ainda promove o sorteio de 200 euros em vales de compras por dia.

NOVA MISSÃO EMPRESARIAL A ANGOLA A Nersant está a organizar uma nova missão empresarial a Angola, marcada para 09 a 16 de Agosto nas regiões de Benguela e Huíla.


O Ribatejo

24

3 | Julho | 2009

desporto Impasse directivo no Riachense e Rio Maior A Assembleia-Geral do Riachense foi adiada por duas semanas, após saírem frustradas as expectativas do aparecimento de uma lista candidata à direcção. A actual direcção diz-se pre-

parada para novo mandato, faltando apenas alguém para tomar o papel de presidente. O mesmo aconteceu em Rio Maior, não obstante, as condições dos clubes serem bem diferentes.

Pereira regressa ao Torres Novas A carreira do defesa Pereira tem sido feita entre o Riachense e o Torres Novas. A próxima época vai alinhar pelos amarelos. Quem o divulgou foi o presidente João Martins na noite de apre-

sentação do plantel, a 26 de Junho. Também Martim (ex-Ferroviários), e Nelson (ex-Amiense) foram apresentados aos sócios, juntando-se ao lote de jogadores anteriormente divulgado.

Assentis reclama A direcção do Assentis vai colocar um pedido de esclarecimento à AFS, com o intuito de esclarecer a situação da repescagem do Ouriense para a manutenção na Divisão de Honra. A direcção do clube baseia a sua reclamação no precedente da época passada, em que por desistência do Chamusca, houve uma equipa da 1ª Divisão (Ferroviários) que subiu, e não uma da Honra que manteve. Apesar de ser uma situação diferente, a repetir o procedimento de repescagem do ano passado, o Assentis seria pro-

movido este ano, colmatando a vaga aberta pelo alargamento a 14 clubes. Entretanto, o clube do concelho de Torres Novas ainda não pagou as despesas de toda a época referentes a ordenados bem como às obrigações para com a AFS. A direcção afirma que sem receber a totalidade do subsídio da câmara referente à época passada e o restante da anterior, não é possível regularizar nenhuma das dívidas. Recordamos que o incumprimento das taxas da AFS impede a inscrição de jogadores na época seguinte.

Fisco aperta U. Tomar Já em Tomar, também houve Assembleia-Geral, com o intuito de delinear uma estratégia para tratar a dívida de 115 mil euros às finanças. Prestes a ser revertida para os directores, o clube quer resolver a dí-

vida de uma vez por todas, para assim poder terminar a penhora fiscal do subsídio da câmara. Só após a dita responsabilização é que será aberta uma conta para aceitar alguns apoios já prometidos.

D Pentatlo moderno em Abrantes

As finais do campeonato da Europa de juvenis de pentatlo moderno decorrem este fim-de-semana, dias 4 e 5 de Julho, na cidade desportiva de Abrantes, entre as 10 e as 18h30. É a primeira vez que esta prova se realiza no escalão de juvenis.

Futebol: Época 2009/2010

Fátima com orçamento de 550 mil euros Os valores exclamam uma vontade firme em manter o clube no campeonato profissional. Há um aumento substancial em relação à época em que o clube figurou na Honra pela primeira vez: cerca de 150 mil euros é a margem que significará a tranquilidade. O presidente Luís Albuquerque admite que esse é o objectivo, pelo que já estão assegurados cinco reforços, enquanto outros estão ainda na calha. Contratados estão já o defesa Branquinho (exVarzim), o médio Kata (ex-Vizela) os avançados Marco Matias (e-Varzim), Wanderson (ex-Caniçal) e Nuno Sousa (ex-Estoril), vêm colmatar algumas saídas de peso, nomeadamente no sector ofensivo, como o internacional Bruno Matias e o brasileiro Ismael. Entretanto, a base da

A Luís Albuquerque não quer voltar a deixar escapar a Liga de Honra equipa campeã já renovou: Índio, Veríssimo, Serginho, Duarte Machado, Samuel, João Fonseca, Miguel Neves, Jorge Neves, Nené, Hugo Pinheiro e Heldon já renovaram contrato.

O plantel vai sendo constituído aos poucos, sendo que conta já com 16 jogadores. Para a pré-época, Rui Vitória conta ainda testar cinco juniores, dos quais dois ou três provavelmente ficarão no

Cartaxo sem pressas A direcção presidida por Frederico Guedes já fixou os limites orçamentais para a época que agora começa a construir. O orçamento mensal não deverá exceder os 5000 euros mensais, valor pelo qual a nova equipa técnica, liderada por Cláudio Madruga, terá que se reger na política de contratações. Entretanto, o treinador admitiu já ter alguns jogadores debaixo de olho, mas nada por enquanto foi efectivado. Cláudio Madruga regressa assim ao comando das hostes cartaxenses, depois de um ano de intervalo. Será coadjuvado por Paulo Mendonça, que faz parte da casa. Os jogadores Marmelo, Adilson e Batista são saídas confirmadas. Por outro

A Frederico Guedes lidera o Cartaxo no regresso ao distrital lado, uma parte importante da equipa já tem o contrato renovado: Nuno Casimiro, Tiago Dias, Peter, Pedro Henriques, Joel, Eduardo, Violais, João Neves, Caria e Bruno Brito. Os ex-juniores Gil, Bernardo e Miguel Ca-

listo serão também presenças confirmadas no relvado na próxima época. Frederico Guedes, que já fez parte de anteriores direcções, revelou-nos que o clube tem as contas todas em dia e que o objectivo para este ano é consolidar a equipa com elementos das camadas jovens e lutar pelas vitórias, sempre com o título de campeão distrital na mira. Assim, alguns dos objectivos deste ano passam pelo investimento nas camadas jovens, fonte de parte substancial do actual plantel. Entre as acções previstas está o melhoramento das condições do secundário Campo das Pratas, com a construção de novos balneários e nova sede para o clube.

plantel sénior. Apesar do arranque da pré-época estar previsto para o dia 6 de Julho, com a apresentação oficial aos sócios, Albuquerque confessou-nos que poderão surgir algumas novidades no plantel ainda depois disso. Para a fase preparatória do campeonato, a equipa terá uma programação bem dinâmica. Aliás, todo este mês será intenso para os atletas da cidade religiosa estando, em termos de jogos de preparação, várias efemérides programadas. O calendário contempla os seguintes jogos particulares: dia 15 com o Cardiff (Escócia) em Fátima; dia 18 com o Vitória de Setúbal na Quinta do Pinheiro, dia 25 com a equipa do Sindicato dos Jogadores e dia 28 com o Nacional da Madeira no Municipal de Fátima.

BENFICA NA GOLEGÃ A inauguração do Estádio Manuel Bento será laureada com o jogo entre Goleganense e Benfica. Apesar de a confirmação só valer após as eleições do clube encarnado, a data já acertada é 6 de Setembro. Com esta renovação, para além do relvado sintético, o Goleganense vai contar com nova iluminação, balneários, duas pistas de atletismo e uma nova sede, que inclui um espaço dedicado ao lendário guarda-redes.


MODALIDADES | DESPORTO 25

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

Copa Foot 21, no Algarve

Hóquei em patins

Entroncamento

Briosa vence dois e perde três jogos

“Tigres” de Almeirim reforçam plantel

Torneio de ténis junta 50 jovens

Soube a pouco a participação da equipa de sub-9 da Académica de Santarém no torneio Copa Foot 21, que decorreu em Vila Real de Santo António, no Algarve, entre 21 e 28 de Junho. Três derrotas e duas vitórias é o saldo da participação scalabitana nesta edição. A briosa começou por vencer o primeiro jogo por 5-0 frente ao São Luís, de Faro, mas as duas derro-

O Hóquei Clube “Os Tigres” de Almeirim reforçaram bastante o plantel para a época 2009/2010, em que vão disputar o campeonato nacional da 3ª divisão, e assumem-se mesmo como candidatos à subida de divisão. Do Sporting de Tomar, vem o guarda-redes Ivo Ribeiro, o defesa João Silva e os avançados Sandro e Le-

Francisco Ferreira foi o vencedor do escalão sub16 masculinos no torneio de ténis “Festas da Cidade”, organizado pelo Clube de Lazer, Aventura e Competição (CLAC) do Entroncamento, e que reuniu cerca de 50 jovens tenistas de todo o país. Na final, o jovem tenista derrotou Daniel Venâncio, do CITL, que, juntamente com Frederico Lopes, se sagraram vence-

tas seguintes, por 12-0 contra o Foot21 e por 7-2 frente ao Fabril, acabaram por impedir a passagem à fase seguinte e empurrar a Académica para o torneio de honra. Nesta competição, os scalabitanos venceram o Fornelos por 5-1, mas perderam por 3-2 frente à escola Mr. Foot, de Almada, num jogo em que a Briosa merecia outro resultado, pelo que fez em campo.

andro Santos. Às ordens do treinador Carlos Garção, vão estar ainda Ivo Saldanha (ex-Alenquer), Filipe Vicente (ex-Sintra) e João Patrício (ex-Vialonga). Dos jogadores da época passada, permanecem o guarda-redes Alberto e o defesa Mário Almeida. O plantel ficará fechado com a contratação de mais um defesa.

Andebol

CAMINHADA NOCTURNA EM SALVATERRA

JAC Alcanena perde título em casa A equipa feminina de juvenis do Juventude, Amizade e Convívio (JAC) de Alcanena perdeu a oportunidade de sagrar campeã nacional de andebol perante o seu público. O grande equilíbrio entre as quatro equipas presentes foi a nota dominante da “final four”, disputada no passado fimde-semana no pavilhão da Escola Secundária de Alcanena, onde a equipa do

Maiastars acabou por se sagrar bicampeã nacional, em igualdade pontual com o Colégio Bartolomeu Perestrelo, da Madeira. O JAC acabou por terminar a prova na 3ª posição, com um total de cinco pontos, fruto de uma vitória por 41-34 frente ao Valongo do Vouga, e duas derrotas, 36-30 contra o Bartolomeu Perestrelo, e 36-23, frente à equipa maiata.

Futsal

Café Melro vence torneio de Santarém

A Clube começa este fim-de-semana com os treinos de captação

Carlão é reforço do Atlético de Pernes O jovem avançado Carlão vai vestir a camisola do Atlético Clube de Pernes (ACP) na época 2009/2010. Carlos André Alves Gameiro, 22 anos, fez a sua formação nas camadas jovens da União Desportiva de Santarém, esteve no campeonato de futebol do Inatel ao serviço do Raposense, onde se destacou pelos muitos golos que apontou, e re-

A equipa do Café Melro, da Portela das Padeiras, venceu o 2º torneio de futsal organizado pelo Grupo Futsal Achete, que se disputou no pavilhão gimnodesportivo de Santarém, com 10 formações inscritas. Na final do torneio, disputada no domingo, 28 de Junho, o Café Melro derrotou por 5-0 a equipa dos “Marretas”,

que assim ficou na segunda posição. O terceiro lugar foi para o “Euroventura”, de São Vicente do Paul. Em termos de troféus individuais, o Café Melro conquistou ainda a melhor defesa e o melhor marcador, entregue a Mário Matias. A equipa da “Três Aldeias”, de Comeiras, conquistou a taça disciplina.

dores na categoria de pares. Nos sub16 femininos, a vitória sorriu a Lídia Serras, do Clube de Ténis de Abrantes, que bateu na final Inês Gomes, do Clube de Ténis de Pombal. No escalão de sub12, os vencedores foram Maxim Farber, da Academia de Ténis Serguei Likhatchev, em masculinos, e Teresa Carolino, do Clube Ténis de Santarém, nas mulheres.

presentou o “Águias” de Alpiarça na temporada passada. Segundo um comunicado da direcção do ACP, o plantel ficará fechado nos próximos dias com a contratação de mais quatro atletas. O início dos trabalhos está marcado para 24 de Agosto. A nível do futebol de formação, o ACP vai realizar os primeiros treinos de captação no sábado, 4 de

Julho, no campo do Livramento. Para as pré-escolas (miúdos nascidos em 2002, 2003 e 2004), escolas (1999, 2000 e 2001) e infantis (1997 e 1998), a concentração está marcada para as 10 horas. Pelas 17 horas, começam os treinos para os iniciados (nascidos em 1995 e 1996) e juvenis (1993 e 1994). Os atletas devem levar equipamento e sapatilhas.

Gala encerra época de judo A secção de judo da Casa do Benfica de Santarém encerrou oficialmente a época 2008/2009 com uma grande gala que reuniu mais de 100 convivas, entre atletas, familiares e amigos do clube, num restaurante de Santarém, no domingo,

28 de Junho. Durante a festa, bastante animada com música, karaoke e apresentações multimédia, foram homenageados todos os atletas com classificações em campeonatos nacionais e internacionais, e distribuídas lembranças a todos os

outros. Dos resultados desta época, destaque para o título de campeões nacionais de equipas juniores, resultado que vem confirmar a CBS como um dos principais clubes do país a nível da formação, no judo.

A próxima iniciativa do projecto “rotas pedestres 2009” é uma caminhada nocturna que se realiza no sábado, 4 de Julho, com concentração marcada para as 21 horas junto à Câmara de Salvaterra de Magos. A inscrição custa dois euros, incluindo seguro e reforço alimentar, e recomenda-se o uso de calçado e roupa confortável neste passeio pedestre de dificuldade reduzida.

VANESSA FERNANDES VENCE EM ABRANTES Vanessa Fernandes, vice-campeã olímpica nos jogos de Pequim 2008, não sentiu grandes dificuldades para vencer a sexta etapa da Taça de Portugal de Triatlo, que se disputou em Abrantes, no passado domingo, 28 de Junho. A atleta do Benfica terminou a prova com o tempo 1h03m54s, deixando nos segundo e terceiro lugares Joana Marques e Raquel Rocha, respectivamente. De resto, apenas os três classificados do sector masculino conseguiram fazer melhor que Vanessa Fernandes, sendo eles José Estrangeiro (que venceu a etapa nesta categoria com 1h01m56s), Vasco Pessoa e Lino Barruncho.


O Ribatejo

26

3 | Julho | 2009

culturas recomenda-se

Tributo a Carlos Paredes em Santarém A Conservatório de Música de Santarém organiza este sábado, dia 4, pelas 21h45, no Teatro Sá da Bandeira em Santarém, um concerto de homenagem a Carlos Paredes, inserido no Ciclo de Guitarra Portuguesa que está a decorrer. Bilhetes à venda no Conservatório.

destaque

Caracol é rei do festival em Alcanena e de congresso no Cartaxo O Pavilhão Multiusos de e Alcanena Alcane ena recebe, nos próximos diass 3, 4 e 5 de Julho, a 3ª edição do Festival Gastronómico do Caracol, uma iniciativa do JAC – Juventude, raAmizade e Convívio. Entradas gratuitas. Na sequênciaa do sucesso alcançado na 1ª Festa da Sopa, o Agrupamento 1120 do Cartaxo (do Corpo Nacional de Escutas) vai agora realizar o 1º Congresso do Caracol. A “caracolada” tem data marcada para os próximos dias 4 e 5 de Julho no Pavilhão de Exposições do Cartaxo. No dia 4 o pavilhão abrirá as portas a partir das 18h e no dia 5 a partir das 12h.

Caracóis com música em Santarém

Paulo Gonzo em Mação E por falar em caracóis, o Teatro Sá da Bandeira em Santarém recebe um curioso espectáculo que junta a música da banda “Le Taraf Goulamas”, um colectivo que traz música das fanfarras Tzigane dos Balcãs, ao mesmo tempo que se podem provar caracóis que serão confeccionados no bar do teatro. O espectáculo segue depois pelas ruas e bares da cidade. Esta sexta-feira, dia 3, a partir das 22h30.

O segundo fim-de-semana de animação em Mação traz um espectáculo de Paulo Gonzo, que actua no sábado, dia 4. Já esta sexta-feira é a vez da girlsband dos Morangos com Açúcar, as Just Girls. O popular cantor Roberto Leal encerra o cartaz musical, no domingo, dia 5. Estes concertos acontecem no âmbito da Feira Mostra do Concelho de Mação, que comemora, este ano, duas décadas de existência e que vai dar a conhecer ao p+ublico muita gas-

tronomia, produtos típicos e artes e tradições de Mação. A Feira decorre novamente no Largo Infante D. Henrique (junto Alameda Infante D. Henrique), conhecido como Largo da Feira, junto ao Museu, Piscinas e GNR. Recomenda-se ainda uma visita ao Museu de Arte Pré-Histórica e do Sagrado do Vale do Tejo, que estará aberto ao público durante o horário da Feira e cuja entrada se fará pelo stand da Câmara Municipal de Mação.

roteiro cinemas SANTARÉM W Shopping - Cinemas Tel: 707220220

Castello Lopes 1 Ligações Perigosas Drama (M12) - Com Russell Crowe, Ben Affleck, Rachel McAdams. Sessões às 21h10. Também às 0h10 de sexta e sábado. A verdadeira história do Gato das Botas Animação (M6) - Sessões às 13h, 15h10, 17h20 e 19h10.

Castello Lopes 2 A Ressaca

Comédia (M12) - Sessões às 12h20, 16h, 18h50 e 21h45. Também às 00h30 de sexta e sábado.

Castello Lopes 3 Idade do Gelo 3 Despertar dos Dinossauros Animação (M4) - Sessões às 12h50, 15h, 17h10, 19h20 e 21h30. Também às 23h50 de sexta e sábado.

Castello Lopes 4 Transformers - a retaliação Ficção Científica (M12) - Sessões às 12h40, 15h40, 18h40 e 21h40.

Castello Lopes 5 A Última Casa à Esquerda Terror (M18)- A família Collingwood vive numa casa isolada, inserida num cenário campestre e tranquilo, que de repente se transforma num palco de horror. Sessões às 13h10, 15h50, 18h30 e 21h20. Também às 00h20 de sexta e sábado.

Castello Lopes 6 Idade do Gelo 3 Despertar dos Dinossauros Animação (M4) - Sessões às 12h50, 15h, 17h10, 19h20 e 21h30.

Transformers - a retaliação Ficção Científica (M12) - Sessões 00h de sexta e sábado

TORRES NOVAS Torreshopping Sala 1 Transformers - a retaliação Ficção Científica (M12) - Sessões às 12h40, 15h40, 18h40 e 21h40.

Sala 2 Transformers - a retaliação Ficção Científica (M12) - Sessões às 23h40 de sexta e sábado.


27

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

Ballet no Cartaxo

Ateliers de música para crianças

No dia 4 de Julho de 1776, era assinado o documento da Declaração da Independência dos EUA. Para assinalar essa data, a SFC do Cartaxo traz um espectáculo da sua Escola de Ballet ao Centro Cultural, no dia 4, às 17h30.

O Conservatório de Música de Santarém promove de 6 a 10 de Julho e de 20 a 24 de Julho. As inscrições podem ser feitas pelos contactos 243327070 e 915335478.

exposições

entrevista

Bastidores da “Operação Triunfo” em livro Como nasceu a ideia deste livro?

Sempre fiz um diário dentro da escola da Operação Triunfo, onde anotava aquilo que ia sentido e aquilo que ia aprendendo no dia-a-dia. Nunca pensei em fazer um livro. O que pensei foi juntar essas memórias e os recortes de revistas e jornais e, no Natal, oferecer à minha família. Mas houve um professor que me incentivou a fazer um livro e começámos a trabalhar para estruturar essas memórias em livros.

Julho a 1 de Agosto estará patente na Galeria de Arte a exposição anual do Atelier de Desenho e Pintura do Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha.

O que podemos encontrar no livro?

Este livro é também acompanhado por um novo disco. Quando vai estar pronto esse novo trabalho?

São memórias que vão desde o momento em que vi um spot televisivo a anunciar a Operação Triunfo até ao momento em que gravei o meu disco a solo. Em 14 capítulos, vou contando a experiência dos castings, pelo que aprendi nas aulas e pelos erros que cometi. Tento também responder a algumas perguntas que muita gente me faz, seja na rua, seja em entrevistas. Tento responder à pergunta de como é que se pode participar e o que se deve fazer em programas como estes, como agir nos castings e esse tipo de coisas que aprendi nesta experiência.

Já fiz as gravações e agora estou à procura de editora. Este novo disco, o segundo que fiz a solo, chama-se “Terra, Água, Fogo, Ar…de Rock, e resultou de um trabalho de gravação que fiz com a minha banda, num retiro que fizemos em Novembro passado na zona da Albufeira de Castelo de Bode. Daí vem o nome, porque quis salientar o ambiente e natureza que nos rodeava neste período de criação das músicas. Neste álbum encontrei por fim o meu som de guitarra e a sonoridade que estou a procurar há alguns anos.

DESIGN NO COMÉRCIO TRADICIONAL∑

Aliar design ao comércio tradicional é o grande objectivo do projecto da “aforestdesign” que vai decorrer em Torres Novas de 1 a 31 de Julho, em 5 lojas do centro histórico. Nestas lojas vão estar expostos objectos Combo, da autoria da designer Sara Lamúrias e que vão represnetar ambientes de 5 tipos de lojas de comércio tradicional: uma drogaria, uma mercearia, uma florista, uma pastelaria e uma livraria.

Idade do Gelo 3 Despertar dos Dinossauros Animação (M4) -Sessões às 13h30, 15h30, 17h30, 19h30 e 21h20. Também às 23h30 de sexta e sábado

ABRANTES Centro Comercial MIllenium Idade do Gelo 3 - Despertar dos Dinossauros Animação (M4) - Às 21h30.

CONSTÂNCIA Biblioteca Municipal

A Casa Fantasma Animação (M6) - Sessão às 15h de dia 3 de Julho.

RIO MAIOR Cine-teatro Sinais do Futuro Drama (M12) - Sessão às 21h30 de dia 3 de Julho.

TOMAR Cine-teatro Paraíso Star Trek Ficção Científica (M12) - Ses-

festas

Os espectáculos da dupla romântica Miguel e André (no dia 3, às 23h) e da cantora Tina T (no dia 5, às 23h) são os grandes atractivos musicais das festas da Moçarria, que acontecem este fimde-semana de 3 a 6 de Julho. Mas para além destes concertos, as festas vão ter um passeio todo-o-terreno em duas e quatro rodas, no dia 5, a partir das 9h, numa organização do Moçarria Aventura Clube. Vão haver ainda danças de salão da colectividade da terra Centro Moçarriense e ainda jogo de futebol “solteiros & casados” no dia 5, às 10h30. As entradas são livres.

fado

Pinto Basto no Cartaxo O fadista António Pinto Basto é o primeiro artista convidado na iniciativa Noites de Verão que a Câmara do Cartaxo organiza durante o mês de Julho no Jardim dos Paços do Concelho, nas noites de sextafeira e sábado. Pinto Basto actua este sábaod, dia 4, a partir das 21h30, acompanhado por outras seis vozes do fado. A seguir há baile com o grupo Idade Média.

JOGOS FLOR AIS E M A L C A N E N A∑

Entrega dos prémios dos XXIII Jogos Florais do Concelho de Alcanena, no próximo dia 5 de Julho, às 16h, no Auditório do Cine-Teatro São Pedro, em Alcanena.

roteiro cinemas

A Ressaca Comédia (M12) - Sessões às 12h50, 15h, 17h10, 19h20 e 21h30.

Decorre este sábado, a partir das 20h30, um passeio pedestre em Coruche, a partir das piscinas municipais.

Miguel & André e Tina T nas festas da Moçarria PINTURA NA BARQUINHA∑ De 4 de

Filipe Santos Cantor e músico

Passeio pedestre nocturno em Coruche

sões às 21h30 de sexta e às 15h30 e 21h30 de sábado e domingo.

indy ABRANTES Cine-teatro S. Pedro Cada um o seu cinema Um filme absolutamente único, realizado por ocasião dos 60 anos do Festival de Cannes, o festival de cinema mais importante do mundo, reúne o modo como 33 cineastas de 25 países olham o cinema e as salas de cinema. Com depoimentos de Gus Van Sant, David Lynch, Manoel de Oliveira entre muitos outros. Sessão no dia 8 de Julho, às 21h30 no Cine-teatro S. Pedro.


O Ribatejo

28

3 | Julho | 2009

culturas

Danças Orientais em Rio Maior Liz Rayze dá um espectáculo no Cine-TEatro, este sábado, dia 4, pelas 21h30. Liz é professora, bailarina e coreógrafa, iniciou os estudos na dança em 1990 e tem formação em Ballet Clássico. Neste espectáculo, Liz Rayze irá apresentar em palco a Dança do Ventre.

alpiarça

música no Jardim das Rosas

Cursos de Verão na Casa dos Patudos

Músicas do Mundo em Torres Novas

A Casa dos Patudos está a ser palco de três cursos de Verão - História da Arte, Poesia e História da Música que estão a ser um êxito e com uma boa adesão. Os cursos são dirigidos por dreputados especialistas como o prof. José Carlos Pereira, da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, Teresa Castanheira, professora do Conservatório Nacional, e por José Fanha, escritor, professor e autor de centenas de letras de músicas. Além dos cursos, no sábado de manhã, os apaixonados por arte ti-

veram a oportunidade de ouvir uma excelente palestra do professor Fernando Baptista Pereira sobre o tema “Ecos de Leonardo da Vinci nas colecções dos Patudos”. Entreta nto, está marcada para dia 7 a sessão de lançamento da obra de requalificação global da Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça, com as presenças da secretária de Estado da Cultura, Maria Paula Fernandes dos Santos, e o secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Jorge Lacão.

Depois do som construído artesanalmente pelos Tokono, que actuam esta sexta-feira, as Festas do Almonda continuam já no sábado com a banda Pontos Negros, seguindo-se a actuação das Tucanas, o grupo português de world music que aposta na voz e no talento musical de cinco jovens a tocar os mais variados e estranhos instrumentos. Segue-se no domingo,

os Ciganos do Rajastão, na Índia, e Luna Pena, na segunda-feira, uma “fa-

dista exótica” que junta Amália e Chico Buarque na mesma frase musical.

Destaque ainda para o concerto de Paulo de Carvalho, no dia 8.

das letras

Bebido o Luar Bebido o luar, ébrios de horizontes, Julgamos que viver era abraçar O rumor dos pinhais, o azul dos montes E todos os jardins verdes do mar. Mas solitários somos e passamos, Não são nossos os frutos nem as flores, O céu e o mar apagam-se exteriores E tornam-se os fantasmas que sonhamos.

Porquê jardins que nós não colheremos Límpidos nas auroras a nascer, Porquê o céu e o mar se não seremos Nunca os deuses capazes de os viver. Sophia de Mello Breyner Andresen Falecida a 2 de Julho de 2004


29

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

Bandas na Festa do Avante

Folclore em Glória do Ribatejo

Fórum Cívico em Rio Maior

A Juventude Comunista Portuguesa está a realizar o seu Concurso Nacional de Bandas. O concurso da região de Santarém, o Ribavante, realiza-se dia 3, em Alpiarça, no “Pavilhão do Partido”.

No próximo sábado, dia 4, decorre o 34º Festival de Folclore de Glória do Ribatejo, este ano sobre o tema “Casamento”. O desfile dos grupos começa às 19h.

O Grupo de Dirigentes Associativos do concelho de Rio Maior organiza esta sexta-feira, pelas 21h, na Biblioteca Municipal, um Fórum Cívico com a participação de várias associações do concelho.

horóscopo carneiro 21/3 a 20/4

Mantenha os pés em terra e ideias firmes e sobretudo não actue em antecipação. Expresse as suas opiniões com clareza, evitando explosões verbais mesmo que tenha toda a razão. Poderá mostrar uma maior flexibilidade em horários ou negociações, mas não dê tudo.

A sua capacidade de conquista está em bom níbalança 24/9 a 23/10 vel; far-se-á notar independentemente de qual-

touro 21/4 a 21/5

Não tem muita paciência para lidar com problemas que se repetem, mas evite dar uma imagem de superficialidade fugindo das coisas. Ligações em boa fase, retribua sem reservas os sentimentos. Sector profissional está bastante protegido.

escorpião 24/10 a 22/11

Divergência de opiniões ou dúvidas sentimentais serão benéficas para as relações mas não seja muito exigente ou excêntrico. Deixe o romance acontecer. Não vire as costas a novas responsabilidades, mas não aceite o que não lhe cabe. Cuidado com novas experiências.

gémeos 22/5 a 21/6

Pode surgir um grande e novo amor mas, por outro lado, pode surgir algum orgulho ou preconceito e trazer problemas. Tendência para alcançar objectivos; mostre-se convicto e seguro, mas nunca prepotente. Em assuntos económicos, a persistência dará resultados.

sagitário 23/11 a 20/12

O seu ritmo de vida, situações da vida profissional e também um assomo excessivo de independência tendem a afectar o desenvolvimento das relações. Preste muita atenção a pormenores e arrisque só quando estiver convencido da viabilidade de projectos.

caranguejo 22/6 a 22/7

Semana excelente para ponderar sobre a sua vida e tomar decisões relevantes. Não faça muitas confidências pois poderá, em consequência, sentir algum afastamento. Não deixe que factores de índole afectiva o façam lidar eternamente ligado a locais de trabalho.

capricórnio 21/12 a 20/1

Bons momentos, sobretudo depois de modificações provocadas ou assumidas. Favorecidas visitas, viagens e toda a espécie de convívio social e íntimo. Agarre os acontecimentos pessoal e determinadamente. Poderá não conseguir resolver tudo a contento.

leão 23/7 a 23/8

Não construa relacionamentos com base em falsas premissas. Deverá promover uma maior aproximação nas relações para formar melhor os juízos e sentimentos. Necessita de colocar um ponto de ordem na sua vida. Faça alguns reajustamentos e transferências de recursos.

aquário 21/1 a 19/2

Não se mostre desinteressado nem enterre a cabeça na areia. Olhe com determinação para a sua vida sentimental e para as suas reais necessidades. Obterá algumas compensações se não se colocar em situações cómodas ou de apatia. Procure soluções a médio prazo.

virgem 24/8 a 23/9

Semana preciosa: as relações em curso tendem a viver momentos de harmonia e ternura e, se estiver só, novos conhecimentos prometem ser entusiasmantes. Faça uma gestão sensata do seu património e aceite opiniões ou críticas. O factor sorte estará agora do seu lado.

peixes 20/2 a 20/3

Cabe-lhe ter um papel moderador, quer no âmbito conjugal quer no plano familiar. Relações em tumulto ou desinteligências podem agora ser superadas. Deixe fluir os acontecimentos para ver até onde vão as coisas. Mas só intervenha se não surgirem as resoluções naturais.

LIVRO Acordar dentro de um sonho

CD Virgem Suta Virgem Suta PVP: 13,95€ Descobertos num concurso de música por Hélder Gonçalves, dos Clã, Os Virgem Suta lançam agora o primeiro trabalho em disco, em que assumem as raízes porruguesas nos instrumentos que tocam - adufe e ocavaquinho - mas com um som actual.

O Rapaz que não podia parar de correr RTP2 Sábado, 4 de Julho, 20h56 Budhia Singh não é um rapaz vulgar. Desde os três anos de idade que ele corre pelo menos vinte quilómetros por dia. Aos quatro anos ele correu na sua primeira maratona. Com tudo isto ele espera tornar-se no mais novo corredor do mundo. Uma história de um extraordinário talento ou a triste história da exploração de uma criança que arruina o seu corpo na esperança de entrar no recorde dos livros?

O Império Romano: A Primeira Guerra Bárbara História Sábado, 4 de Julho, 17h No ano 113 a.C. Roma é uma república, um pequeno império que assenta na ribeira do Mediterrâneo. Embora seja uma democracia em nome e espírito, um homem deve ser rico e de classe nobre para ocupar os altos cargos, tanto políticos como militares. O sistema funcionou bem durante três séculos.

sorte

euromilhões 6 | 11 | 21 | 30 | 39| 2 | 8

DVD A Mensagem Luis Vidal Lopes PVP: 14,99€ Um filme que contém a história do livro de Fernando Pessoa, a mensagem, o único escrito em prosa em português pelo poeta, em 1934, um ano antes da sua morte.

totobola

x121111x2x112 Super 14. Palmeiras - Santos 1 : 1

totoloto 28 |29 |34 | 36 | 41| 43 | 14

joker JOGO Wii Sports Resort Plataforma: Wii PVP: 49,99€ Este jogo permite uma visita virtual à Wii Sports Resort, uma solarenga ilha onde a diversão e a competição vivem a par e onde toda a acção desportiva pode ser controlada de forma inovadora, com o novo acessório Wii MotionPlus (que vem com o jogo).

palavras cruzadas Marcos Cruz - Rede Expresso

Concurso nº 26/2009

5.652.475

loto2 2 | 10 | 16 | 24 | 33| 45 | 18 Estes resultados não dispensam a consulta da lista oficial do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

sudoku 6 1

4

3

7

8

2

4 7

8

1

4

3 6

HORIZONTAIS: 1 - Estuda insectos. 2 - Não se deve meter a foice na alheia. Em sete há dois. É a cara do doente. 3 - Meio tolo. Constitui princípio de prova. 4 - Transporta petróleo. Nota 5 - Transforma o trigo em farinha. Imperador pirómano. Rio da Suíça. 6 - No princípio não soa. Fica entre a traqueia e a base da língua. 7 - Calão. Feitos de bronze. 8 - Cardeais. Utilizem. 9 - Romance de Eça de Queirós. Classificação. 10 - Quando nasce é para todos. Em cem há dez. 11 - Fio de metal. O árabe. VERTICAIS: 1 - O dos ruminantes tem quatro partes. É melhor do que mal acompanhado. 2 - Cavaquismo, por exemplo. 3 - Fim da meta. Não existe na lua. A dos Namorados combateu em Aljubarrota. 4 - Gigante caçador, na mitologia grega. Primeiro nome de um ditador do Uganda. 5 - Nelson, líder e Nobel da Paz sul-africano, Acrescente. 6 - Essa pedra acaba por ceder à água mole. Sirvam-se de. 7 - Dão audiências aos jornais. Povinho de Rafael Bordalo Pinheiro. 8 - Falava-se na Câmpania. Foi, por duas vezes, imperatriz do oriente. 9 - à do mar chama-se actínia. 10 – Gosta de carne crua. Estabelece uma relação entre pai e filho. 11 - São intersecções de dois planos.

1 6

7

5

9

6

8

7

6

1

2

5

3 5

9

HORIZONTAIS: 1 - entomólogo. 2 - seara; és; má. 3 - to; indício. 4 - oleoduto; fa. 5 - mó; Nero; Aar. 6 - aga; laringe. 7 - gíria, éreos. 8 - OS; usem. 9 - Malas; nota. 10 - sol; dezenas. 11 - arame; ai.

O cantor e músico do Entroncamento, Filipe Santos, um dos vencedores da 1º edição do programa “Operação Triunfo” da RTP, lança em livro um conjunto de memórias e experiências da sua passagem por este programa, pelo mundo da música e pela experiência da fama. Um livro com a chancela da Editora Prefácio e com o prefácio de Catarina Furtado, a apresentadora do programa. A história do livro vai desde o início dos castings, passando pelas Galas do programa, pela tournée que terminou no Coliseu dos Recreios em Lisboa, pela gravação do primeiro álbum a solo do cantor até ao seu primeiro concerto em nome próprio.

VERTICAIS: 1 - estômago; só. 2 - neologismo. 3 - ta; ar; ala. 4 - Orion; idi. 5 - Mandela; ada. 6 - dura; usem. 7 - leitores; Zé. 8 - Osco; Irene. 9 - anémona. 10 - omofago; tal. 11 arestas.

Filipe Santos Editora Prefácio

quer intenção sua. Seja cauteloso e não tente impor directamente a sua vontade. Semana intensa com opções variadas; contudo, não facilite nada ou caia em nenhuns idealismos.

Soluções

televisão

escaparate

9

4 3

8

3

6

2

9

5

1

9

5

8

7

5

3

1

9

4

2

1

9

4

7 3

8 4

Só há uma regra: completar a grelha, de modo a que cada linha, cada coluna e cada bloco de 3x3 incluam os números de 1 a 9, sem repetições!


O Ribatejo

30

3 | Julho | 2009

comeres & beberes Dão tinto ∑ 2005

Sardinhas em Benavente Pico do Couto Ano após ano, a Festa da Amizade/Sardinha Assada de Benavente fortalece-se, ganha expansão e é imitada noutras localidades a dizer que a marca hospitaleira está consolidada. Por todas as razões e outras de cunho pessoal tento honrar o convite endereçado pelo estimado António José Ganhão, não lhe chamo velho amigo, porque a namorada do filho o achou mais que novo, mas digo do orgulho de o ser há mais de quarenta anos. Independentemente de gostos, crenças e ideologias – a amizade – nunca esteve em causa a significar têmpera e rechaço de cartilhas impregnadas de intolerância. O António José juntou à mesma mesa, tal como em anos anteriores, mulheres e homens de muitos quadrantes e tendências a desdizerem que é impossível o diálogo e a convivialidade entre os contrários. Já não foi assim

em relação à minha pessoa por parte da mulher de Sérgio Carrinho, pois não quis ficar a meu lado temendo as animosas palavras com descrevo a refeição neste jornal. Estou a brincar, ficou mesmo em frente e, tal como o marido desde há 33 anos, revelou enorme paciência ante as minhas diatribes. O bufete sortido de expressões culinárias de cunho ribatejano, nem poderia ser de outra forma, consolou na primeira fase os estômagos mais impetuosos – quase todos – nessa altura recebi beijinhos das senhoras por via dos cumprimentos, mas o grande campeão em tal matéria foi Dionísio Mendes. O autarca de Coruche ouviu piropos rechonchudos enquanto era osculado, à boa maneira dos galãs dos anos quarenta sorria e, quero crer, que numa das vezes até corou. As sardinhas assadas dentro do cânone

recebiam hossanas e louvores, o tinto Catapereiro coadjuvava em conformidade, mais uma salada airosa de pimentos, tomate e cebola. Antes das sobremesas doceiras ainda surgiram na mesa tentadoras tiras de entremeada a obrigarem os amesendados a resvalarem para o pecado da gula. O irreverente Xico Sousa Dias continua em plena ascensão para a galeria dos iconoclastas, nem a elegantíssima Salomé Rafael conseguiu travar a sua impetuosidade. Peço perdão à senhora anfitriã por ainda não a ter nomeado – os últimos são os primeiros –, sempre alegre, observadora, discreta e amiga. Por razões familiares faltou Jaime Soares, a aguçada troca de opiniões ficou adiada para o próximo ano, pois a festa continuará para nossa alegria e aprazimento do António José Ganhão. Armando Fernandes

Aconselho aos leitores desta coluna a passagem dos olhos pela crónica de Rui Falcão, inserta no último número do suplemento Fugas do jornal Público. Não alargo o conselho aos produtores e enólogos ribatejanos para não parecer atrevido, mais a mais, muitos de nós só aprendemos quando sentimos no corpo e na carteira o ilogismo de determinadas criações ou atitudes. O texto em causa é cruento, no entanto, coloca o dedo na buba no referente à proliferação de vinhos todos iguais, aborrecidos, o termo mais correcto é incorrecto por ser calão: chatos – e desencorajadores do seu consumo. Hoje trago

à colação um tinto Dão, da boa colheita de 2005, resultado da junção de uvas das castas: Alfrocheiro, Jean e Touriga Nacional. É um vinho da Sociedade Agrícola Castro de Pena Alba, a indiciar origem de Penalva do Castelo. No copo mostrou-se retinto e brilhante, o nariz recebeu aromas de fruta muito madura, talvez ginjas, ameixas e amoras, na boca mostrouse denso, equilibrado, robusto e com um final prolongado. Para meu gosto os 14,5º de volume estão em demasia, mas por cá a moda de vinhos muito graduados continua em alta, vamos ver até quando. AF

Município de Salvaterra de Magos Câmara Municipal EDITAL Ana Cristina Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, nos termos do preceituado da alínea v), do n.º 1, do art. 68.º, conjugado com o art. 91.º, ambos da Lei n.º 169/99, de 18 Setembro, com a alteração introduzida pela Lei n.º 5-A/2002, de 11 de Janeiro, e do disposto nos art.os 130.º e 131.º, do C.P.A., torna público, que se encontra a decorrer o “Concurso Público de Concessão do Direito de Exploração do Restaurante, Alojamento, Vivenda e Casa de Chá, na Falcoaria Real, em Salvaterra de Magos“. Mais torna público que, as propostas deverão ser entregues, até às 17 horas, do dia 27/07/2009, na Secção de Expediente Geral, da Divisão Administrativa desta Câmara Municipal, conforme anúncio de procedimento nº 2883/2009, publicado na II Série, do Diário da República nº 122, em 26/06/2009. Para qualquer esclarecimento respeitante ao concurso público em apreço, bem como, a aquisição do “Programa de Procedimento“ e “Caderno de Encargos“, poderão ser obtidos junto da referida Secção de Expediente Geral. Para constar e surtir os devidos efeitos, se publica o presente edital e outros de igual teor, que vão ser afixados nos lugares do estilo, designadamente, no Edifício dos Paços do Município e em todas as Juntas de Freguesia. Município de Salvaterra de Magos, 29 de Junho de 2009. A Presidente da Câmara Municipal (Ana Cristina Ribeiro)


RESTAURANTES E ESPECIALIDADES | COMERES & BEBERES 31

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

SANTARÉM A Grelha Especialidades Peixe Fresco, Bacalhau Assado com Magusto, Espetadas de Lulas com Gambas, Espetadas de carne Barrosã com Gambas e Ananás, Espetadas Mistas, Arroz de Feijoca, Bons Vinhos da Região Folga 2ª Feira Morada R. Ateneu Comercial, 1 r/c Esq. – Santarém Telefone. 243333348/ 243322636/ 917604488

Adega do Bacalhau Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau assado com Magusto, Bife à Casa Folga Domingo Morada Travessa da Boleta, 2 e 4 (centro histórico) Santarém. Tel. 243306519- 964569837.

Quintal do Beco Especialidades Lulas fritas com camarão, Bife à Beco. Folga Domingo. Morada Beco dos Fiéis de Deus, nº 15, Santarém. Tel. 243391247.

Oh Vargas Especialidade Comida Tradicional Folga Sábado (excepto para serviços marcados) Morada EN 3 - Portela das Padeiras - Santarém Tel. 243351146.

O Salsa Especialidades Peixe Fresco, Carnes da Especialidade, Massinhas de Peixe, Açorda de Ovas Folga Domingo - Aberto nos Feriados Morada EN 3 – Portela das Padeiras – Santarém Tel. 243351341

J F Restaurante Especialidades Folhado de Perdiz, Bacalhau frito com Gambas e Coentros, Camarão com Risotto 3 queijos, Bifes do lombo, Cozinha Tradicional portuguesa Folga 3ª Feira Morada Jardim de Cima - Santarém Tel. 243302200

Casa Condeço Especialidades Açorda de Bacalhau à Barrão, Molhinhos de Carneiro com Grão, Migas Ribatejanas c/ Bochechas de Porco Favas com Entrecosto Folga 2ª Feira Morada Rua do Alfageme, 41 – Ribeira de Santarém - Santarém Tel. 243326887

A Carroça Especialidades Bacalhau à Carroça; Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Brás, Carne de porco à Alentejana, Petiscos (amêijoas, moelas, pica-pau) - Aberto todos os dias Morada Rua Principal – Advagar - Achete Tel. 243478216

Luís do Leitões Especialidades Leitão assado à Bairrada, Bacalhau à Lagareiro, Grelhados variados Folga 2ª Feira Morada Rua Teófilo Braga, 10 - Santarém Tel. 243332102

O Cantinho da Bela

Fonte Vale da Videira Especialidades Costeleta de Novilho, Ensopado de Galinha, Pernil no Forno, Carne de Porco Preto, Bacalhau c/Magusto e Batata a Murro. Pão Quente. Folga 2ªs feiras. Morada Rua José Júlio S Delgado, 37 – Póvoa de Isenta Tlm: 962559852.

Taberna do Quinzena Especialidades: Magusto com Bacalhau Assado, Pato Assado no Forno, Cozido à Portuguesa, Cabrito Assado no Forno, Pernil de Porco e Naco de Toiro Bravo Avinhado Folga Domingo Morada Taberna I - Rua Pedro Santarém, 93/95 - Santarém Tel. 243322804 Morada Taberna II – Cerco da Mecheira, 20 - Santarém Tel. 243333110

Adega dos Sabores Especialidades Cabrito Assado no Forno, Bacalhau assado com batata a murro, Polvo à Lagareiro. Folga 5ª feira e domingo ao Jantar. Morada Rua 25 de Abril, 27 – Casa dos Pinheirinhos- Casal da Charneca – Almoster – Santarém. Tlm 916845000

O Farnel

Folga 3ª feira Morada: Rua do Comércio, 58 - Moçarria Tel. 243499300 Tlm. 967062629

Especialidades Bacalhau à Farnel; Bacalhau assado c/migas à moda de Coruche; cabrito frito à lavrador; migas de batata c/carne de porco; ensopado de borrego, grelhado de novilho bravo e porco preto na telha Folga 2ª feira Morada Sala p/banquetes no Monte da Barca. Rua Vasconcelos Porto – Coruche Tel. 243675436

Dom Tacho

Ó Manel

Quinta dos Gravelhos

Especialidades Ensopado de Enguias, Feijoada de Gambas, Mar e Terra Morada Rua Marquesa da Ribeira Grande 53, Vale de Santarém Tel. 243 761078. Aberto todos os dias.

Especialidades: Espetadas do Toiro Bravo. Dobrada e mão de vaca. Sopa de Rabo de boi. Grelhados: Rua de S Tomé, 4 – Bairro Novo. Tel: 243675878. Folga ao Domingo

O Cantinho dos Sabores

Jakim Girassol

Especialidade Bacalhau Assado com Açorda de Grelos Folga: Domingo. Morada Estrada Nacional 3, Alto do Vale, Vale de Santarém Tel. 243761268

Especialidades: Bacalhau c/ Migas, Feijoada de Chocos c/ Gambas, Borrego assado no forno, Pernil de Porco no Forno, Arroz de Pato, Bacalhau gratinado c/camarões. Petiscos variados. Morada: Estrada Nacional 119 (Área de serviço Repsol) – Biscainho . Telf: 243660333

Taberna Rentini Especialidades Cozinha Tradicional, Grelhados no carvão Morada Casais do Quintão - Perofilho, 2005-021 Várzea Santarém Tel. 243499254

Chafarica da Torre Especialidades Carne de Vitela Maronesa, Bacalhau na brasa, Camarão Tigre, Raia com molho de alcaparras Folga Domingo Morada Praceta João Caetano Brás, 9 - S. Domingos - Santarém Telf. 243 372 649 - 96 6620790

O Tasco Especialidades Massa à Barrão, Bacalhau grelado com Magusto, Bife à Tasco, Entrecôte com Migas, Carnes de Porco Preto grelhadas Folga Domingo Morada EN 3 – S. Pedro (frente à JAE) – 2005 Santarém Tel. 243302740 Tlm. 917062391

Mina Velha Especialidades: Bacalhau Assado com Magusto, Bacalhau c/ Broa, Massa à Barrão, Bife à Mina Velha, Posta à Mina Velha. Folga : Domingo à Noite e 2ª Feira. Contacto 243 372 581. Morada : Urb. Quinta das Fontainhas – Santarém. Long. 08´42´20” O. Lat. 39´42´19” N

O Bernardo Especialidades: Bacalhau no forno com Broa de Milho, Polvo no forno, Ensopado de Borrego, Cabrito no Forno e Lombos de Fataça Grelhados Folga: 2ªas Feiras Morada: Loja Nova – S. Vicente do Paúl Contactos: 243428388 Telemóvel 9918939656

O Bacalhau Especialidades Borrego à Casa, Bacalhau à Lagareiro, Peixe Fresco Folga 3ª feira à tarde Morada Rua S. Tiago - Tremez Tel. 243479196

CORUCHE

Especialidades Bacalhau gratinado, bacalhau à casa, ensopado de borrego, lombo assado com migas, coelho à caçador Folga Domingo Morada Estrada Nacional 3, Lote 3, Pernes Tel. 243 449 514.

ABRANTES O Fumeiro Especialidades Bife da casa, Fondue de Porco Preto, secretos com migalhana, Ovas na Brasa com Açorda de Ovas, Bacalhau à Fumeiro Folga Domingo Morada Rua do Pisco, 9 – Abrantes Tel. 938851963 Email restaurantefumeiro@clix.pt

Cristina Especialidades Bacalhau c/Broa, Polvo à Lagareiro, Cherne c/molho de coentros, cabrito assado no forno, Arroz de Pato à Antiga, Perna de Borrego assada c/alecrim. Folga Domingo à tarde e 2ª feira Morada Rio Moinhos – Abrantes Tel. 241881177 Fax: 241881343 Email info@restaurante-cristina.com Web www.restaurante-cristina.com

Avenida Especialidades Polvo a Lagareiro, Bacalhau a Braga, Pescada Gratinada com Camarão, Bifes da vazia à Portuguesa com Pimenta ou com Alho. Reservas para grupo e Serviço de Take Away pelo 968486613 - Karaoke aos Sábados Morada Av. Forças Armadas - Abrantes

SALVATERRA

BARQUINHA

Tira Picos

Almourol

Especialidades Grelhados Folga 2ª Feira Morada Foros de Salvaterra - Salvaterra de Magos Tel. 263501447

Especialidades Enguias, Sável e Lampreia Folga 3ª Feira Morada Tancos, Vila Nova da Barquinha Tel. 249 720 100. Mail: www.almourol.com

Preto & Branco Especialidades Bacalhau com natas, Porco Preto, Arroz de Pato, Enguias do Rio, Carne Mirandesa Folga 2ª feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca, 144 - Salvaterra de Magos Tel. 263507858 - 918675981

Parque Real Especialidades Cataplanas de Enguias e Mariscos. Mariscos e Peixe fresco durante todo o ano. Espetadas variadas. Folga à 5ª Feira. Tel.: 263505508; Telm: 969517664. Morada Estrada Nacional 118, nº51 – Val Queimado – Salvaterra de Magos

Adega da Rosa Especialidades Picanha, Bacalhau à Lagareiro, Chocos à Lagareiro, Espetada de lulas c/gambas, costeleta Mirandesa. Garrocheira – Foros de Salvaterra; Telf: 263 507 240

GOLEGÃ Central Especialidades: Bife à Central com Molho à Brogueira, Entrecosto à Goleganense, Açorda de Sável- Sobremesa: Toureiros Telefone : 249976345 Morada : Largo Imaculada Conceição 3 a 8 2150-125 Golegã. Reservas@cafecentral.pt www.cafecentral.pt

O Barrigas Especialidades: Buffet de entradas regionais, fritada de camarão com açorda e naco de boi no carvão.Folga: Domingo ao jantar e 2ª feira Morada: Largo 5º Outubro, nº 55 e 56 – Golegã Contacto: 240 717 631 Site: www.obarrigas.com Outras info: Zona para fumadores

Cabana dos Parodiantes Especialidades Bife à Patilhas & Ventoinha, Molhata de Enguias (caldeirada típica avieira). Pode encomendar Barretes, Bolo Rei e outras especialidades. Folga 4ªs feiras à tarde. Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca. Mail: cabana.eventos@gmail.com telf: 263504177 ; site: www.cabanadosparodiantes.com

Escaroupim Especialidades Enguias todo o ano, Açorda de Sável, Lampreia em época, Arroz de Bacalhau c/ Farinheira, Migas, Tarte de Perdiz Folga 5ª Feira e Domingo ao jantar Morada Largo do Avieiros Escaroupim - Salvaterra de Magos Tel. 263107332 telemóvel: 912539228 e mail: rest.o.escaroupim@hotmail.com

A Casinha Especialidades Ensopado de Enguias, Enguias Fritas, Picanha, Plumas de Porco Preto, Alheira, Caça Grelhada Folga Domingo Morada Av. Dr Roberto Ferreira da Fonseca 54 - Salvaterra de Magos Tel. 263504795

Dom Roberto Especialidades Enguias à Lagareiro, Grelhados Folga 5ª Feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca, 70/ 72 - Salvaterra de Magos Tel. 263504484

ALMEIRIM Retiro do Campino Especialidades Sopa da Pedra, Grelhados no Carvão Folga 3ª Feira Morada Largo da Praça de Toiros, 1 A - Almeirim Tel. 243592528

Constantino das “Enguias” Especialidades: Enguias Fritas, Ensopado, Grelhados no carvão Folga à 2ª Feira. Aceita reservas Morada Foros de Benfica – Benfica do Ribatejo Tel. 243589156

O Galinha Especialidades Sopa 3/1, Sopa da Pedra, Polvo à Lagareiro, Cozido à Portuguesa, Arroz de Tamboril, Massada de Cherne, Bife à Cortador Folga 3ª Feira. Aceita-se reservas para grupos Morada Rua Ilha da Madeira, 16 J - Almeirim Tel. 243579797

David Park

O Churrasco

A Tasca

Especialidades Frango, Coelho, Carnes grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. 5 de Outubro, 115 - Almeirim Telem: 963458371

Especialidades Pernil de porco no forno, cozido à portuguesa. Carne Brava Folga Domingo Morada Mercado Municipal – Coruche Tel. Telef: 243675232

Sepúlveda Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Molhinhos c/ Grão, Entremeada de Vitela, Moelas estufadas c/ batata frita, Chocos e Grelhados Folga Não tem Morada Rua Vinha do Santíssimo, Bloco 32 - Almeirim Tel. 938732058

Especialidades Bacalhau à Choupo; ensopado de enguias; cabrito assado à padeiro; medalhões de porco à Ti Fernanda Folga 2ª feira (após almoço) Morada Montinhos dos Pegos (1 Km cruz. Monte da Barca) – Coruche Tel. 243618875

Cambáia

Sal & Brasas

Especialidades: Ensopado de Enguia e Enguias Fritas. Folga 4ª e 5ª feira (excepto feriados). Morada Rua do Campo da Bola - Foros de Benfica. Tel. 243580934

ALPIARÇA

Especialidade: Carnes na brasa Folga 2ª feira Morada Cruzamento Monte da Barca - Coruche Tel. 243618319

Ponte da Coroa Especialidades: Cozinha regional e grelhados no carvão Folga Domingo Morada Estrada Nacional 114 - Coruche Tel. 243617390

Tertúlia Especialidades Ensopado de enguias, bacalhau com broa, bacalhau com favas, bacalhau (frito) à marialva, porco preto, borrego à moda de Alpiarça, costeletas de borrego, espetada de javali, alheiras (caça/ mirandesa), coelho com molho de coentros. Bons vinhos da Região e de outras regiões. Ementas personalizadas para grupos e ocasiões especiais. Abrerto todos os dias Morada Rua Engº Álvaro da Silva Simões, 108 Alpiarça Tel: 243558588 Reservas 935587920. Site http//tertulia-restbar.hi5.com Email:bernardos.inv.hot@ sapo.pt

CARTAXO QG Folga 3ª feira Morada: Praça 15 de Dezembro, 1 - Cartaxo Tel. 243499300 Tlm. 967062629

RIO MAIOR Manjar do Parque Especialidades Leitão assado em forno de lenha, Picanha à Brasileira, Secretos de porco preto na brasa , Manjar de Gambas, Bacalhau Maravilha, Bife à Casa. Leitão assado para fora. Ementas para grupos Morada Rua Almirante Cândido Reis, 26 R/c (junto ao jardim) – Rio Maior Tel. 243997071 Email geral@manjardoparque.net

Palhinhas Gold Especialidades Alheira de caça, Carne mirandesa, Porco preto com migas, Picanha, Bacalhau com crosta de azeitona, Tiborna de bacalhau, Caril de gambas, Arroz de tamboril, , Pão de Ló caseiro. Folga Domingo à noite e 2ª Feira. Morada Trav. do Palhinhas (centro da cidade) - Rio Maior Tel. 963435547. Site www.palhinhasgold.pt

O Churrasco Especialidades Frango, Coelho, Costeletas e Mistas grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. Dr. Gomes da Silva (Sociedade Filarmónica Cartaxense) - Cartaxo Telem: 963458371

Especialidades Arroz de Tamboril, Espetadas de Lombinhos c/ Gambas, Cozinha Tradicional, Peixe Fresco grelhado na Brasa Folga 4ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 15 - Almeirim Email: davidparkmail.telepac.pt. Tel. 243591475

Taberna do Gaio

O Forno

Especialidades Mão de vaca c/grão, pernil no forno, entrecosto de novilho, chocos grelhados, grelhados no carvão. Folga domingo Morada Rua 25 Abril,131 – Vale da Pedra. Tlm. 912274197

Especialidades Sopa da Pedra, Peixe Fresco, Carne Porto Preto e Grelhados Folga 3ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 23 - Almeirim Tel. 243592916

O Choupo

Especialidades Pratos Regionais e grelhados de peixe e carne. Jantares às sextas e sábados. Folga ao domingo. Estrada Nacional N3 - Cruz do Campo Cartaxo. Telf: 243 759 883

Charana

MAÇÃO O Godinho Especialidades Café – Restaurante. Cozinha Regional. Quarta-Feira: Cozido à Portuguesa. Serve Almoços e Jantares. Encerra ao Domingo. Telf: 241572874;tlm 962536310 Rua da Republica – Mação

O Cantinho Especialidades Restaurante Marisqueira; Especialidades: Arroz de Marisco, Cataplana de Cherne, Bife à Cantinho na Frigideira e Maranho de Mação.Almoços e Jantares.Aberto todos os dias.Telf: 241107558.Tlm: 964677705. Rua Monsenhor Alvares de Moura - Mação


O Ribatejo

32 ADVOGADOS SANTARÉM A Dr. José Francisco Faustino; Drª. Cristina Alvarez; Dr. João Rafael; Dr. Pedro Goulão; Dr. Pedro Matos Barbosa; Dr. Francisco Lopes Leitão - Rua Capitão António Montez, 10 – Santarém - Tel. 243327159 Fax 243327160 - adv.santarem@mail. telepac.pt A Oliveira Domingos - Largo Cândido dos Reis, 3 -1º - Santarém Tel. 243326310 - Fax 243333587 oliveiradomingos-161e@adv.oa.pt A Sandra Alexandre - Rua do Colégio Militar, 10 - 2º esq. - 2000-230 Santarém - Telef./Fax: 243 322 268 A Dr. Francisco Antunes Luís - Av. D. Afonso Henriques, 89 - 2º Dtº - Santarém - Tel. 243321024/ 243321426 - Fax 243321425 advogados.s@mail.telepac.pt A Drª Sónia Bento - Av. do Brasil, 13 – 1º Andar – Santarém - Tel. 243372159 Fax 243372159 - sbentompires.adv@gmail.com

3 | Julho | 2009

A Dr. Morgado Ribeiro - Av. do Brasil – Edifício Scálabis, 1º Esq – Santarém - Tel. 243323143 Fax 243326144 - morgadoribeiro-185e@ adv.oa.pt A Drª Margarida Lencastre Fróis - Praça Sá da Bandeira, 22 – 1º Santarém - Tel. 243325178 Fax 243325178 - margarida.lencastre@ gmail.com A Drª Cristina Saldanha - Av. D. Afonso Henriques, 67 – 1º Esq – Santarém - Tel. 243323019 Fax 243333414 - cristinasaldanha1531e@adv.oa.pt A Dr.º Martins Carreto - Rua Dr. António José de Almeida, 17-2º Dto - 2000-238 Santarém - Telefone 243333519 Fax 243326531 e-mail: artinscarreto-1078C@adv.oa.pt A Dr.ª Helena Marques Duarte - Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A - Tel. 243 352 407 – Fax. 243 352 409 - 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) - hmduarte-16362l@adv.oa.pt

A Dr. Marco Pires - Av. do Brasil, 13 – 1º Andar – Santarém - Tel. 243372159 Fax 243372159 - sbentompires.adv@gmail.com

ORLANDO MENDES TERESA PINTO FERREIRA SOCIEDADE DE ADVOGADOS, RL Travessa do Fróis, 3 - 1º e 2º Tel: 243 328 444 - Fax: 243 391 079

2000-145 SANTARÉM E-mail: orlandomtpf_socadv.rl@mail.telepac.pt

Fernando Martinho Sofia Martinho José Carlos Pó

ALMEIRIM A Dr. Manuel Faustino Silva - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 - faustino-1239e@adv.oa.pt A Dr. Adriano de Melo Nazareth Barbosa - Praça da República, 29 – 1º Esq. – Almeirim - Tel. 243597997/8 Fax 243597999 A Drª Ana Sofia Casebre - Rua Dionísio Saraiva, Lote 1 – 1º Andar – Porta A – Almeirim - Tel. 243579134 Fax 243579134 TLM 936280534 A Dr. Sérgio Luís Coutinho dos Santos - Praça da República, 18 A 1º - Apartado 61 – 2080-044 Almeirim Tel. 2435991172 - Fax 243593224 sergiosantos - 365e@advogados.oa.pt A Dr. Vítor Sousa - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 A Drª Célia Sousa Pinhal - Praça Lourenço de Carvalho, 12 A 1º 2080-043 Almeirim - Tel. 243593737 Fax 243593737 TLM 966110936 Celiasp-1498e@adv.oa.pt

Francisco Pedrógão Armando Ferreira

A Drª Ana Oliveira Simões - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570092 Fax 243570099 - anaoliveirasimoes2078e@adv.oa.pt

A Norberto Timóteo - Advogado Praceta do Chafariz, Lote 6- 1º Esq. - Apartado 93 - 2204-909 Abrantes; Tel.: 241 363 484; Fax: 241 365 234; Email: norbertotimoteo-169e@ advogados.oa.pt

A Drª Ana Gomes Ribeiro - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570093 Fax 243570099 - anagomesribeiro2104e@adv.oa.pt

A Eurico Consciência & Associados - Abrantes - Apartado 37 Tel: 241372831 /2/3 - Fax: 241362645 - E-mail: consciencia-839c@adv.oa.pt

A Dr. Pedro Borrego - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim -Tel. 243570091 Fax 243570099 - pedroborrego-2083e@ adv.oa.pt

A António Pires de Oliveira - Rua de Santa Isabel, nº 1- 1º Dto. 2200-393 Abrantes Tel.: 241 360 540 - Fax: 241 372 481 E-mail: dr.a.oliveira-355e@adv.oa.pt - Cédula Prof. 355 Évora

A Drª América Cravo - R. Dr. Óscar da Costa Neves, 8 - 1º - 2080-130 Almeirim - Tel. 243597946/8 Fax 243597947 - americacravo-855e@ adv.oa.pt

ABRANTES A Mário P. Claro - Célia Cruz Rua Luís de Camões nºs 9 - 11, 1º Esq., 2200-421 Abrantes Tel 241 379 090 - Fax.: 241 363 364; Trv. da Batoca, 6 - 2140-149 Chamusca; Tel/fax: 249 760 058 E-mail: mclaro.ccruz.spa@mail. telepac.pt

CARTAXO A Drª Liliana Pita - R. Dr. Manuel Correia Ramalho, 9 – 2º Esqº 2070-095 Cartaxo - Tel 243703631 Fax 243703631- lilianapita-18943l@ adv.oa.pt

A Drª Rute Nunes - Rua Dr. Lopes Batista, 5 B -1º E – Cartaxo TLM 914177635 Fax 243120102 - rute.nunes@apoiojuridico.com - www.apoiojuridico.com A Drª Ana Fonseca e Silva - Praça 15 de Dezembro, 23ª - 2º A – 2070-049 Cartaxo - Tel. 243704323 Fax. 2437074328 - anafonsecaesilva1002e@advogados.oa.pt

LISBOA A Albertino Antunes - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa Tel. 213172720 Fax. 213172729 A Alexandre Oliveira - Telem.: 969 239 263 - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa - Tel. 213172720 - Fax. 213172729

ALBERTINO ANTUNES ALEXANDRE OLIVEIRA

ANA MARTINHO DO ROSÁRIO ISABEL ALVES DE MATOS VICTOR BAPTISTA

ADVOGADOS

Telem.: 969 239 263

Av. do Brasil - Edifício Scalabis - 1º F Tef.: 243326242 2000 SANTARÉM

Av. 5 de Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 LISBOA Tel. 213172720 Fax. 213172729

ADVOGADOS

MADEIRA LOPES FRANCISCO MADEIRA LOPES

ADVOGADOS

ADVOGADOS

ADVOGADOS

Rua Dr. António José de Almeida nº 17, 1º Esquerdo Tel.: 243326821 - Fax: 243333830 2005-238 SANTARÉM

Pcta. Pedro Escuro n. 2 1.º Esq. Telef.: 243333821 Fax: 243391021 2000 SANTARÉM

Tel.: 243323700 - Fax: 243332994 Rua Elias Garcia, 24 - 1º Apartado 173 2001-902 Santarém

assinatura anual por apenas 25 €

ADVOGADOS  Eurico Heitor Consciência  João Roboredo Consciência  Teresa Roboredo Consciência

 Rui Roboredo Consciência  Fernando Zuzarte Saraiva  Rita Teimão Figueiredo

ABRANTES: Rua de S. Domingos – 336-2º A - Apart. 37 Tel. 241 372 831/2/3 - Fax: 241 362 645 2200 - 397 ABRANTES SANTARÉM: Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A Tel. 243 352 407 – Fax. 243 352 409 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) LISBOA: Rua Braamcamp – 52 – 9º Esqº Tel. 213 860 963 – 213 862 922 – Fax: 213 863 923 1250–051 LISBOA E.Mail: consciencia-839c@adv.oa.pt

FARMÁCIAS DE SERVIÇO SANTARÉM

ALMEIRIM

TORRES NOVAS

Sexta

3 Pereira

Av. Grup. Forcados Amadores St - 8 243 325 113

Sexta

3 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Sexta

3 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

Sábado

4 Sá da Bandeira

Av.ª do Brasil, 38

243 322 966

Sábado

4 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Sábado

4 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

Domingo

5 Confiança

Urb. Oliv. Arame - S. Domingos

243 306 410

Domingo

5 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 592 265

Domingo

5 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

Segunda

6 Vitorino

Av.ª Bernardo Santareno, 24

243 326 704

Segunda

6 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Segunda

6 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

249 830 180

Terça

7 Helena

R. Dr. Jorge Sena, 12 - Alto do Bexiga 243 420 214

Terça

7 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Terça

7 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067

Quarta

8 Flama Vitae

Pç. Sá da Bandeira, 4 e 5

243 322 195

Quarta

8 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 592 265

Quarta

8 Central

Rua de São Pedro, 5

249 822 411

Quinta

9 Baptista

Rua Serpa Pinto, 101/3

243 322 072

Quinta

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

Sexta

10 Veríssimo

R. Capelo Ivens, 74

243 330 230

Sexta

Rua 25 de Abril, 7

249 830 180

TOMAR

9 Barreto do Carmo 10 Mendonça

Praça da República, 45/7

243 592 379

Quinta

9 Higiene

Praça da República, 12

243 592 265

Sexta

10 Nicolau

CORUCHE

ALPIARÇA

Sexta

3 Misericórdia

Rua Infantaria, 15, Nº 9

249 312 465

Sexta

3 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Sábado

4 Torres Pinheiro

Rua Serpa Pinto, 27-33

249 312 206

Sábado

4 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Domingo

5 Ribeiro dos Santos

Av. Norton de Matos

249 324 373

Domingo

5 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Segunda

6 Dias Costa

Rua Serpa Pinto, 160-162

249 312 203

Segunda

6 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Terça

7 Nova

Rua Silva Magalhães, 77-79

249 310 360

Terça

7 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Quarta

8 Central

Rua Marquês de Pombal, 16

249 312 329

Quarta

8 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Quinta

9 Misericórdia

Rua Infantaria, 15, Nº 9

249 312 465

Quinta

9 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Sexta

10 Torres Pinheiro

Rua Serpa Pinto, 27-33

249 312 206

Sexta

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

ABRANTES Sexta

3 Silva Tavares

10 Aguiar

241 371 713

Sexta

3 Abílio Guerra

3 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Sábado

4 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

Domingo

5 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Segunda

6 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

Terça

7 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Quarta

8 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

9 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

R. Heróis de Chave

263 504 319

Quinta Sexta

10 Almeida

SALVATERRA DE MAGOS

CARTAXO Rua do Comércio, 56

Sexta

Sexta Rua de S. Sebastião, 3

243 702 653 243 700 130

Sábado

4 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Sábado

4 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

Domingo

5 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Domingo

5 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

243 700 130

Segunda

6 Motta Ferraz

Largo Mota Ferraz, 7

241 360 520

Segunda

6 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

243 702 653

Terça

7 Santos

Av.ª Dr. Ant. A.s. Mart. 47

241 360 530

Terça

7 Correia dos Santos Rua da República, 10

243 770 997

Sábado a Sexta

3 Martins 4 a 10 Carvalho

RIO MAIOR Sexta Sábado a Sexta

3 Cândido Barbosa Rua Serpa Pinto, 50 4 a 10 Almeida

Quarta

8 Silva

Rua José Estevão, 1

241 360 060

Quarta

8 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

243 700 130

BENAVENTE

Quinta

9 Silva Tavares

Rua do Comércio, 56

241 371 713

Quinta

9 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

243 702 653

Funciona 9 às 22 h

Sexta

10 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Sexta

243 770 997

Assegura serviço durante a noite Martins

10 Correia dos Santos Rua da República, 10

R. Dr. Gregório Fernandes, 20/2 263 504 451

Baptista

243 994 700

R. Almir. Cândido dos Reis, 19 243 992 255

Av. Dr. Francisco S. Dias, 8, 1º 263 580 108 R. do Diário de Notícias, 9-r/c

263 517 633


O Ribatejo 3 | Julho | 2009

saúde

33

DTrês milhões com varizes

A Doença Venosa Crónica (geralmente conhecida como varizes) é evolutiva e pode gerar casos extremos de incapacidade funcional. Em Portugal existem cerca de 3 milhões de pacientes. Destes, 2 milhões são mulheres e no total só 1,5 milhões têm um diagnóstico correcto e recebem tratamento adequado. Regra geral, os fármacos veno-activos servem ao tratamento dos casos ligeiros a moderados da DVC. Especialmente os fármacos mais recentes porque combinam alívio e tratamento, contribuindo para travar a progressão da doença.

Elementar sobre micoses do pé “Pé de atleta” ou “tinha do pé” ∑ Uma infecção por fungos que tem tratamento

CONSULTÓRIO DENTÁRIO - Nova morada -

DR. MARCÃO Médico especialista de ESTOMATOLOGIA (Doenças da boca e dentes) pela Ordem dos Médicos e pelo Hospital de Santa Maria

CLÍNICA - CIRURGIA - PRÓTESES DENTÁRIAS CONSULTAS TODOS OS DIAS Largo Cândido dos Reis, 11 - 1º Direito (junto à rotunda do hospital velho) Telef: 243 326 435 - 2000 SANTARÉM

FAUSTINO SANTOS

Acupunctura / Hipnoterapia Clínica Licenciado em Medicina Tradicional Chinesa Curso pós-graduado de aperfeiçoamento de Hipnose em Clínica Médica (componente de especialização) da Faculdade de Medicina de Lisboa

Rua Pedro de Santarém, nº 65, 1º andar (antiga Rua do Matadouro perto do W Shopping)

MARCAÇÕES - Telemóvel: 962 600 338

www.faustinosantos-acupunctura.com

O vulgarmente conhecido “pé de atleta” ou “tinha do pé”, é uma micose dos pés. Trata-se de uma infecção por fungos, extremamente comum, que ataca mais homens do que mulheres, que pode incidir na pele e nas unhas, na região dos pés, sendo mais acentuado entre os dedos dos pés e de tratamento mais prolongado quando afecta as unhas. Provoca prurido, descamação e até fissuras, podendo estender-se a outras pregas interdigitais e até mesmo à superfície plantar dos pés, atingindo as unhas e em casos extremos disseminar-se até às virilhas. Trata-se de uma doença contagiosa cuja transmissão ocorre especialmente em locais fechados e pouco arejados. Pensese na humidade que prevalece nos ginásios, piscinas, instalações de apoio a veraneantes em praias, pois são tudo espaços que favorecem a infecção. Os diferentes estudos

conduzidos para conhecer a contaminação de fungos causadores destas micoses mostram claramente o peso que têm os balneários, os ginásios e as areais das praias. No entanto, é a contaminação dos ginásios e dos balneários a fonte mais importante de contágio do pé de atleta, havendo uma muito mais baixa probabilidade de contaminação nas areias das praias. Na inúmera documentação existente sobre o pé de atleta ressaltam os avisos importantes para evitar o contágio como sejam: quando se sofre de alterações nas unhas dos pés, pode-se estar a sofrer de pé de atleta, sendo recomendada a ida ao dermatologista ou falar com o farmacêutico; nos balneários, ginásios, clubes de saúde não se deve andar descalço, usando sempre os chinelos próprios; lavar bem os pés e enxugar principalmente entre os dedos; não usar meias de fio sintético preferindo sempre

o algodão. Convém recordar que as micoses são sempre infecções humanas ou animais originadas por fungos. As mais comuns são as superficiais como as tinhas e a candidíase. Nas micoses superficiais os fungos causadores desenvolvemse em situação de parasitismo. Para além do pé de atleta (que é a infecção micótica mais frequente e que aparece nos meses quentes) temos também a variedade “comichão dos suspensórios” (pequenas bolhas na pele, sobretudo na face interna das coxas), a tinha do couro cabeludo (que pode causar placas de calvície) e a tinha das unhas (o fungo penetra na unha provocando espessamento). A candidíase pode ser muito dolorosa, infectando a pele e as membranas mucosas e as suas manifestações mais conhecidas são as erupções nas pregas cutâneas, infecções vaginais, aftas e boqueiras.

As micoses são tratadas com antifúngicos (pomadas, cremes, soluções, tinturas, pós e preparações orais). Há diversas formas clínicas que requerem tratamentos diferenciados: para tratar a descamação com sensação de ardor ou comichão no pé; para tratar um eritema com envolvimento da planta do pé e calcanhar; para tratar pequenas vesículas e para tratar ulcerações em carne viva. Os antifúngicos nas farmácias uns não prescritos, outros prescritos pelo médico. Considera-se que os cremes ou as soluções são a forma mais efectiva de libertar os ingredientes na epiderme. Compete ao dermatologista diagnosticar as micoses mais rebeldes e os casos de pitiríase, candidíase e caspas. È hoje bastante larga a lista de medicamentos não comparticipados e de dispensa pelo farmacêutico. Beja Santos

CONSULTÓRIOS MÉDICOS DO JARDIM Praça da República, Nº 47 - 1.º - ALMEIRIM Junto à Farmácia Barreto do Carmo MEDICINA GERAL E FAMILIAR Dr.ª Emanuela Santos Andrade Dr. Generoso Barbosa Dr.ª Anabela Xavier de Basto PSIQUIATRIA Dr.ª Joana Alexandre CARDIOLOGIA Dr.ª Marisa Peres NEUROCIRURGIA Dr. Rui Bello Silva PSICOLOGIA Dr.ª Sandra Silva Dr. Ricardo Luciano (Avaliação Psicoterapia c/ crianças) ENDOCRINOLOGIA Dr. Carlos Fernandes PEDIATRIA Dr. Nuno Carvalho Dr.ª Teresa Barracha GINECOLOGIA/OBSTETRICIA Dr. Pedro Rocha (HDS) Dr.ª Lucília Gaspar (HDS) PODOLOGIA Dr.ª Sandrina Fortunato UROLOGIA Dr. António Oliveira ORTOPEDIA Dr. Joaquim Simões

CIRURGIA VASCULAR Dr. Edgar Berdeja FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA Fisioterapeuta Alexandra Claudino PNEUMOLOGIA Dr.ª Paula Cravo IMUNOALERGOLOGIA Dr. Abreu Nogueira DIETISTA/NUTRICIONISTA Dr.ª Helga Marques ACUPUNCTURA Dr.ª Alda Costa HOMEOPATIA/ FISIOTERAPIA Dr. Rui Pinto Dr. Raúl Silva TERAPIA DA FALA Terapeuta Dora Colaço SERVIÇOS DE ENFERMAGEM Enf.ª Ana SHIATSU Drª Mª Rosário Salavessa ELECTROCARDIOGRAMAS Com Técnico Especializado CTG - Grávidas Holter - 24 h Mapa (Tensão Arterial)

Acordos com ADVANCE CARE; MULTICARE e MÉDIS ANÁLISES CLÍNICAS - com todos os acordos

MARCAÇÕES

Tel 243 593 422 Tlm 969 902 195


O Ribatejo

34 SAÚDE

3 | Julho | 2009

Drª MADALENA BARRETO INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

DR. JOSÉ LUÍS P. BARRETO UROLOGISTA Pela Ordem dos Médicos DOENÇAS DOS RINS, VIAS URINÁRIAS E APARELHO SEXUAL MASCULINO

F. RIBEIRO DE CARVALHO CIRURGIÃO PLÁSTICO Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética Cirurgia Estética e Reconstrutiva da Mama Cirurgia do Contorno Corporal Cirurgia Estética Facial Surgimed Pcta. Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6 - r/c SANTARÉM Marcações pelo Tel: 243 30 57 80

CONS. - SURGIMED

Pr. Eduardo Rosa Mendes n.º 6 R/C - Telef.: 243305780 2000 SANTARÉM

Dr. Martinho do Rosário

Médico de Urologia CONSULTAS 2ªs, 4ªs e 6ªfeiras a partir das 15 h. MARCAÇÕES todos os dias, a partir das 15 h. SANTARÉM

Sandra Silva

Dr. Rui Castro

PSICÓLOGA CLÍNICA

Médico Especialista de Clínica Geral

Avaliação Psicológica e Acompanhamento: Crianças, Adolescentes e Adultos Santarém - Climeco Rua do Colégio Militar lt. 10 1º Esq. Telefone 243 328 303

CONSULTÓRIO: Rua José Saramago, 17-1º

Rua José Saramago, 17 Telef.: 243327431 - 2005-185 SANTARÉM

CLIMECO - Clínica Médica de Eduardo Lopes Oftalmologia Dr. Eduardo Lopes Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

(edifícios atrás do Banco de Portugal)

Telef. e Fax: 243 327 431 Telemóvel: 917 770 678 CONSULTAS E MARCAÇÕES DIÁRIAS

Oftalmologia Pediátrica Drª Cristina Amorim Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Ortóptica Dr. Alfredo Sousa - Drª Ana Ascensão Neurocirurgia Dr. Bello da Silva Acordos c/ Multicare

Neurologia Drª Adelaide Palos Dermatologia Drª Maria João Reumatologia Drª Manuela Micaelo Acordos c/ Multicare

Psicologia Drª Edite Oliveira - Drª Isabel Baptista MARCAÇÕES PELO TELEFONE 243 328 303 Rua Colégio Militar, Lt. A - 1º Esquerdo (junto ao antigo Campo dos Leões) 2000 SANTARÉM


SAÚDE 35

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

Drª ISABEL MONTEIRO Médica Cardiologista • Consultas de Cardiologia • Electrocardiogramas • Ecocardiogramas Modo M, 2D e Doppler a cor • M.A.P.A. (Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial)

Rua Dr. António José de Almeida, nº 11, 4º Dt.º 2000 - SANTARÉM Telef. 243 326 957

CENTRO CLÍNICO DO CHOUPAL

CLÍNICA OTORRINO DR. FLÁVIO DE SÁ

MED. FÍSICA E REABILITAÇÃO CONSULTAS

ACORDOS FISIOTERAPIA: ADSE, ADMFA, ADMA, C.G. DEPÓSITOS, CTT, SAMS, TELECOM e SEGURADORAS R. Capitão António Montês, 4-A (Rampa Ciclistas) Tel. 243326935 - Fax: 243326935 2000 SANTARÉM

MÉDICA CARDIOLOGISTA

TODOS OS DIAS DAS 9.00 - 20.00 horas R. Dr. António José de Almeida, n.º 11 - 2.º Esq.º Tel./Fax 243 329 010 - SANTARÉM

MÉDICO ESPECIALISTA - GINECOLOGISTA / OBSTETRA ASSISTENTE HOSPITALAR GRADUADO do HOSPITAL DE SANTARÉM DOENÇA DA MAMA - DIPLOMADO e MASTER em Senologia / / Pat. Mamária pela F. de Medicina da Un. de Barcelona

Av.ª José Saramago, nº 17 - 1º SANTARÉM Telef.: 243327431

Aveiras de Cima: Centro Médico de Aveiras: 263 474 976

CONSULTÓRIO NA CLÍNICA “FERRO DE ENGOMAR” Rua do Quintino, 9 - A - Tel.: 243770939 - CARTAXO

Dr. ARMANDO RODRIGUES LOPES

CENTRO MÉDICO E DE ENFERMAGEM DE ABRANTES

INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

Largo de S. João, N.º 1 - Telefones 241 371 566 - 241 371 690

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

João Paulo Ribeiro PSI CÓ LO GO • Psicoclínico / Psicoterapeuta • Psicoterapia de Crianças, Adolescentes e Adultos Surgimed - Tel. 243 305 780 • SANTARÉM

assinatura anual por apenas 25 €

ACUPUNCTURA Dr.ª Elisabete Alexandra Duarte Serra ALERGOLOGIA Dr. Mário de Almeida; Dr.ª Cristina Santa Marta CARDIOLOGIA Dr.ª Maria João Carvalho CIRURGIA Dr. Francisco Rufino CLÍNICA GERAL Dr. Pereira Ambrósio - Dr. António Prôa DERMATOLOGIA Dr.ª Maria João Silva GASTROENTERELOGIA E ENDOSCOPIA DIGESTIVA Dr. Rui Mesquita; Dr.ª Cláudia Sequeira MEDICINA INTERNA Dr. Matoso Ferreira NEFROLOGIA Dr. Mário Silva NEUROCIRURGIA Dr. Armando Lopes NEUROLOGIA Dr.ª Isabel Luzeiro; Dr.ª Amélia Guilherme

Santarém • Coruche • Rio Maior

Rosa Ferro

Dr. A. JÚLIO SILVA

Psicóloga Clínica

Médico Especialista

Avaliação e Acompanhamento Psicológico de Crianças, Adolescentes e Adultos. Orientação Escolar.

ORTOPEDIA

Consultório:

R. Capitão António Montez, 4-A

POR

MARCAÇÃO

OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA Dr.ª Lígia Ribeiro, Dr. João Pinhel OFTALMOLOGIA Dr. Luís Cardiga ORTOPEDIA Dr. Matos Melo OTORRINOLARINGOLOGIA Dr. João Eloi PNEUMOLOGIA Dr. Carlos Luís Lousada PROV. FUNÇÃO RESPIRATÓRIA Patricia Gerra PSICOLOGIA Dr.ª Odete Vieira; Dr. Michael Knoch; Dr.ª Maria Conceição Calado PSIQUIATRIA Dr. Carlos Roldão Vieira; Dr.ª Fátima Palma UROLOGIA Dr. Rafael Passarinho NUTRICIONISTA Dr.ª Carla Louro SERVIÇO DE ENFERMAGEM Maria João TERAPEUTA DA FALA Dr.ª Susana Martins

(Centro Clínico do Choupal)

Cartaxo e Lisboa Tlm: 914 646 937 E-mail: rosaferro@sapo.pt

M.A.P.A. Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial E. C. G. Holter 24 Horas Ecocardiograma

Almeirim: Clínica do Jardim: 243 593 422 Enfercentro: 243 579 601

918 732 116

Marcações pelo tmóvel -

CARDIOLOGISTA Electrocardiograma

Consultas e Exames de Cardiologia

C O N S U LTA S

Psicologia Clínica e Psicoterapia

JÚLIO ARANHA

Santarém: GFS: 243 328 890 IMS: 962 567 961

JOSÉ MANUEL PIRES TEIXEIRA

Psicóloga Clínica

CONSULTAS • Otorrino • Pediatria • Alergologia • Clínica Geral • Cirurgia Geral EXAMES • Audiogramas • Timpanogramas • Endoscopia ORL • Electrocardiogramas

Fisiatria (Dr.ª Helena Martins) (Dr. José Miguel Pais) Ortopedia (Dr. A. Júlio Silva) Psicologia (Dr.ª Elsa Couchinho) (Dr.ª Teresa Molina) Clínica Geral e doenças do Coração (Dr.ª Liliana Aleksandrov)

DRA. MARISA PERES

Sílvia Lencastre Fróis

Tel. 243326935 SANTARÉM

Surgimed Anat. Patológica Dra. Margarida Mendes

Gastroenterologia Dr. Júlio Veloso

Ortopedia Dr. D. Cadavez

Cir. Geral / Obesidade Dr. Joaquim Costa

Endocrinologia Dr. Luís Raposo

Otorrino. Dr. Flávio de Sá

Cirurgia Geral Dr. Paulo Alves

Medicina Interna Dra. Luísa Wandschneider

Pneumologia Dr. Marco da Costa e Silva

Cirurgia Plástica Dr. Ribeiro de Carvalho Cirurgia Vascular Dr. Mário Soares Clínica Geral Dra. Hélia Castro Dr. Benjamim Coimbra Dietética Dra. Célia Dias

Neurocirurgia Dr. Carlos Calado

Psicologia Dra. Elsa Martins Dr. João Paulo Ribeiro

Neurologia Dr. Jorge Becho

Psiquiatria Dr. Vítor Henriques

Oftalmologia Dr. Juan Palomares Dr. Castela Rodrigues Dr. Fábio Trindade

Reumatologia Dr. Teixeira Costa Urologia Dr. Luís Barreto

Exames Complementares e Outros: • • • • • • •

Endoscopia Digestiva Alta Colonoscopia Fibrorectosigmoidoscopia Polipectomia Endoscópica Citologia Aspirativa Urofluxometria E.C.G.

• Trat. varizes (esclerose e laser) • Sedação profunda c/apoio de Anest. p/ exames endoscópicos • Laser Cirúrgico • Internamento (Piso 10 – HDS) • M.A.P.A. • Holter 24 horas

Marcações das 9:00 às 19:00 de 2ª a 6ª Feira Telef: 243 305 780 Fax: 243 305 781 Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6-r/c 2005-174 SANTARÉM Email: surgimed@mail.telepac.pt


O Ribatejo

36

3 | Julho | 2009

emprego & formação Formar para o conhecimento Florinda Matos(*)

Vivemos numa época em que a economia de recursos se tornou prioritária para todas as organizações, no entanto, desperdiçamos um dos recursos mais preciosos: o conhecimento. Gerir conhecimento é gerir informações, gerir competências, gerir comportamentos e gerir relacionamentos. Para criar conhecimento, uma organização tem, acima de tudo, de gerir a interacção entre os diferentes actores (dentro e fora da organização). A maioria dos responsáveis das nossas organizações desconhece esta abordagem, preocupando-se demasiado com a gestão de recursos financeiros e delapidando, em muitos casos, os talentos dos seus colaboradores. As organizações de sucesso são aquelas que conseguem utilizar o conheci-

mento em prol dos clientes, criando assim formas de inovação, que as posicionam de forma vantajosa no mercado. Para isso é necessário motivar, desenvolvendo relações de confiança, de compromisso e de lealdade entre os colaboradores. Se associarmos a estes factores capacidade de liderança, temos os ingredientes essenciais para criar e gerir conhecimento. Em épocas turbulentas, como a que vivemos actualmente, é a gestão do conhecimento que pode fazer a diferença entre as organizações de sucesso. Mas podem as organizações aprender a gerir conhecimento? A resposta é afirmativa, as organizações podem aprender a gerir conhecimento, mas para tal precisam de apostar formação. Se a formação for adequada, durante o processo de formação, a base do conhecimento dos indivíduos pode alterar-se. Os processos de formação podem ser orientados para o desenvolvimento da imaginação e das capacidades de resolução de

PRECISA-SE FARMACÊUTICA/O Para FARMÁCIA CATARINO MAÇÃO TEL: 241 519 010

problemas. Por exemplo, fornecer aos formandos problemas que necessitem da utilização da imaginação, jogos e simulações em contexto empresarial, são abordagens que facilitam o desenvolvimento do conhecimento. O desenvolvimento de competências em tecnologias de informação e comunicação, mesmo em organizações com actividade fora das novas tecnologias, é também uma importante forma de criação de conhecimento. O conhecimento também pode surgir para além das fronteiras da organização, por isso, quando os indivíduos têm oportunidade de conhecer contextos de outras organizações, de melhorarem a sua escolaridade, de participarem em eventos como feiras ou conferências, podem desenvolver conhecimento. Assim, a implementação de um Programa de Formação, numa dada organização, deve obedecer a critérios de qualidade e de adequabilidade às necessidades dessa organização. Esse Programa não deve apenas envolver os indivíduos, que vão ser alvo da

formação, mas toda a organização. O que se passa é que a maioria dos responsáveis das nossas organizações enviam os seus colaboradores para Programas de Formação inadequados, cujo principal objectivo é cumprir a legislação, ignorando os benefícios que poderiam tirar da formação para o conhecimento. Por outro lado, quando a formação permite aos formandos a criação ou o desenvolvimento de conhecimento e estes regressam à organização, que não está preparada para os receber, não conseguem fazer a transferência desse conhecimento e entram, muitas vezes, em processos de desmotivação. As nossas organizações não podem continuar a desperdiçar os seus parcos recursos, é essencial que tomem consciência que têm que fazer uma verdadeira aposta na gestão do conhecimento dos seus colaboradores, encontrando aí as vantagens competitivas que, de outro modo, não terão capacidade de desenvolver. (*) Investigadora MRC /ISCTE Consultora PMEConsult

IPTV TELECOM

Admite para os seus quadros (m/f)

Técnico (Requisitos preferenciais) * Conhecimento em instalação e manutenção de redes; * Carta de condução. * Disponibilidade imediata;

Comercial * Capacidade de Comunicação; * Dinamismo e espírito de equipa; * Full -me/Part-me. * Disponibilidade imediata; Oferecemos ord. Base + comissões em função do perl apresentado. Envio de curriculum para e-mail: iptv@iptvtelecom.pt e/ou marcação entrevista para o 300309000


SERVIÇOS | PUBLICIDADE 37

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

CRÉDITOS PAU LO N I ZA INÍCIO DO SEU NEGÓCIO * CRÉDITO RÁPIDOTaegP/desde 12,49%

* CRÉDITO PARA MÁQUINAS INDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS E VEÍCULOS PESADOS Taeg desde 6,06%

* CRÉDITO PESSOAL RÁPIDO ATÉ 60.000€

OU CONSOLIDADO S/ HIPOTECA C/ REDUÇÃO ATÉ 50% DO ENCARGO MENSAL, AMBOS C/ ASSINATURA DE 1 SÓ TITULAR, SE CASADO Taeg desde 12,49%

* CRÉDITO COM GARANTIA DO SEU AUTOMÓVEL

assinatura anual

por apenas 25 €

E NEGÓCIOS AUTO ENTRE PARTICULARES Taeg desde 18,52%

* CRÉDITO HABITAÇÃO SEM FIADORES E COM REDUÇÃO DA SUA PRESTAÇÃO MENSAL PARA TRANSFERÊNCIAS Taeg desde 5,1994%

* CRÉDITO CONSOLIDADO MESMO P/ PESSOAS COM PROBLEMAS BANCÁRIOS, DÍVIDAS FISCAIS, S. SOCIAL E PENHORAS

O MUNDO DE CRISTAL Medium e Espírita - Lê cartas e faz regressão de vidas. Tem problemas c/ dinheiro, Álcool ou tóxicos na Família? Seu amor sumiu e quere-o de volta? Ninguém ajuda? Pois bem D. Cristal está aqui para resolver e solucionar tudo que precisar com a sua Espiritualidade mundialmente conhecida. Venha-me conhecer. Ligue-me. Nada é impossível para Deus Tel: 964 948 188 / 918 666 438 Falar com: D.

Cristal

Todos os créditos num só, com redução Até 60% da prestação mensal Taeg desde 6,509%

Auxilia Portugueses e Estrangeiros: A iniciar o seu novo negócio ou empresa com créditos Para fundo de maneio, instalações e equipamento

AUXILIA A CONCRETIZAR SONHOS Urb. Vila das Taipas. Lt.4 – r/c Drt. 2080-067 Almeirim Telf.: 243 579 296 Fax: 243 591 298 Telm. 938 879 678

Salão de Cabeleireiro TRESPASSA-SE

Recente, c/ Gabinete Estética, equipado - em funcionamento - Centro de Santarém, renda baixa. 15.000 € Telef.: 967 873 840


O Ribatejo

38

3 | Julho | 2009

imobiliário & classificados IMOBILIÁRIO arrenda-se A CARTAXO Loja de 3 assoa. c/ 55 m2, perto da Escola Básica José Tagarro 300 € RE/MAX Milénio AMI 6883 www. remax.pt/121871014-74 Tel: 961334730 A CARTAXO Loja c/ 54 m2 Qta. das Correias 350 € RE/MAX Milénio AMI 6883 www.remax. pt/121871014-74Tel: 961334730 A SANTARÉM – T4 transformado em T3, lareira, parqueamento, centro da cidade 500€ RE/ MAX Milénio AMI 6883 www.remax.pt/12187105429 Tel: 961778965 A GARAGEM junto Rotunda Forcado/ Str TL919068162 A QUARTO zona EDP em Santarém TL 969303121 A RIO MAIOR quarto mobilado TL 969544511 A QUARTOS raparigas junto Politécnico/Str TLM 919068162 A T1 mobilado p/ prof., enf.,etc. TLM 911010160 A T4 Santarém. Marvila Com logradouro. Preço: 400€ - Ref. A86 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092

A T4 Santarém. Marvila Remodelado. 2º Andar s/ elevador Preços: 350€ Ref. A85 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/ 243094092 A APT T2 – Marvila Prédio com elevador. Bem localizado. Preço: 300€ - Ref. A89 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf- 915084892 /243094092 A ESCRITÓRIOS Marvila - Str. Com roupeiro, serviço recepção incluído, excelente localização. Valor: 250€ CADA - Ref. A73/A77 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A T2 C/ QUINTAL Alto do Bexiga. Cozinha, despensa, sala, 2 quartos, wc e quintal. Preço: 400€ - Ref. A88 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A ARMAZÉM Na Zona Industrial. Com cerca de 1.500m2. Valor: 2.500€ - Ref. A83 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A LOJA Junto ao Centro de Emprego Área: 250m2 + 250m2 de cave. Preço: 2.000,00€ - Ref. A84 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092

A APT T3 no centro do Cartaxo, 425€/mês, AMI 7252, Localvoga, Lda TLM 961503151

A MORADIA c/ terreno nova ou permuto TL 911010160 A MORADIA c/ ou s/ rendimento em Str TL911010160

IMOBILIÁRIO trespassa-se A BAR c/ grande afluência de clientes, no centro de Santarém, junto a escolas superiores. Todo Equipado. Em pleno funcionamento Ref. 3390 Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A LAVANDARIA em pleno funcionamento e amplamente equipada, situada numa das zonas nobres da cidade de Santarém. Grande oportunidade de negócio (30.000€) Ref; 001001008 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda. pt – 243306076/ 917 997770 A CABELEIREIRO c/ gab. estética equipado centro Str renda baixa 15000€ TL 967873840

A APT T2 mobilado, no Cartaxo, 380€, AMI 7252, Localvoga, Lda TLM 961503151 A APT T2 semi-novo c/ 1 lugar de garagem, no Cartaxo, 350€, AMI 7252, Localvoga, Lda TLM 961503151

A LOJA nova 110m2 Str barata TLM 911010160

IMOBILIÁRIO vende-se A CASA mobilada centro Alcanhões TLM 919112841

A APT T2 c/ terraço, r/ch alto, no Cartaxo, grandes áreas, pouco uso, varanda, 2 despensas, marquise, 73.000€. AMI 7252 Localvoga, Lda TLM 961503152 A APT T2 no Cartaxo, r/ ch, c/ acesso à A1, área útil 95m2, lareira, cozinha semi-equipada, despensa e varanda fechada, roupeiros. wc, videoporteiro, garagem c/ portão automático, elevador, 70.000€, AMI 7252, , Localvoga, Lda TLM 961503152. A VILA DA MARMELEIRA – Moradia V3 recuperada c/ logradouro 60.000 € RE/ MAX Milénio- AMI 6883 www.remax.pt/121871057319 Tel: 961778997 A CARTAXO – T2 recente c/ sótão, lareira, barbecue 90.000 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www.remax. pt/121871002-967 Tel: 961778995 A CARTAXO – Ap. T3 recente, quintal privativo e lugar garagem 92.500 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www.remax. pt/121871030-8 Tel: 961535235

A ALMOSTER – Herdade c/ 56,9 ha., olival, floresta, várzea grande, pasto, Paul c/ flamingos… RE/MAX Milénio – AMI 6883 www. remax.pt/121871014-41 Tel: 961334730 A CARTAXO – moradia V3 c/ garagem e quintal 125.000 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www.remax. pt/121871002-966 Tel: 961778995 A APT T3, em cond. fechado, zona sossegada a 5 min. centro da cidade. 3 quartos, cozinha equipada c/ placa, forno, exaustor, frigorifico e máq. lavar roupa, sala c/ lareira (A ESTREAR!) e a.c.. Garagem p/ duas viaturas. Arrecadação por cima da sala c/ possibilidade de transf. em duplex – 108.000€ www.remax. pt/120431071-42 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500 A APT 4 assoa., 2 casas de banho, cozinha, despensa, hall, 2 varandas e arrecadação no sótão. Encontra-se em bom estado de conservação possui recup. de lareira, a varanda da cozinha fechada – 85.000€ www. remax.pt/120431106-12 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500 A MORADIA c/ traça única, total. remod. em 2005, respeitando materiais originais. O r/c tem sala/ estar, sala/ jantar, escritório, cozinha e wc. 1º andar c/ quarto principal amplo, 2 quartos, salinha,

closet e 2 casas de banho. O logradouro é constituído pelo páteo com floreiras e árvores, arrecadação e casa das máq.180.000€www.remax. pt/120431071-38AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T1 bem conservado, óptima vista das janelas e varanda na sala, roupeiro no hall, soalheiro. Zona privilegiada do Cartaxo. Próximo Intermarché, cafés, restaurantes, farmácias, outro comércio e parque infantil. A 2 min. a pé da zona comercial e Jardim de Infância do Cartaxo– 58.000€ www.remax. pt/120431071-40AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T2 excelente estado de conservação, sala c/ lareira, óptimas áreas e lugar de parque. na cave, por portão automático. Perto do centro de Almeirim , comércio, transportes e espaços de lazer– 95.000€ www.remax.pt/12043109216 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T4 a 50 mts do Hospital, em zona resid. Aprazível, bom estado de conservação, sala c/ lareira, 4 quartos, 2 casas-de-banho (1 c/ 2 janelas) e despensa. Cozinha equipada, 2 roupeiros, pré-instalação de aquecimento central – 95.000€ www.remax. pt/120431108-24 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500

A CASA p/ remodelação total ou terreno p/ construção prédio de 5 pisos, sendo o R/chão para loja e os restantes pisos p/ habitação de 4 apt (1 p/ piso). No centro do Cartaxo ( Avenida Mestre Cid) – 65.000€ www.remax. pt/120431070-98 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T3 c/ pouco tempo de uso. Possibilidade de espaço de garagem. Santarém – S. Domingos (95.000€) Ref; 001001018 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda. pt – 243306076/ 917 997770 A MORADIA geminada c/ 3 assoa., 2 pisos, terraço e logradouro. Centro da cidade. Bom preço. Calçada do monte – Santarém (95.000€) Ref; 001002002 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770 A V2, pré-instalação a.c., cozinha rústica c/ lareira, telheiro c/ barbecue e lavatório, parqueamento, murado e possib. construção de 182m2. Frade de cima – (125.000€) Ref; 001003006 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770 A QUINTINHA c/ 10.200 m2, moradia c/ 4 quartos, sala comum (32.85 m2) c/ recup. calor, Cozinha semi-equipada, pré-instalação de aquec. central e garagem p/ 2

carros. Piscina (4.5mx9m). Achete (199.000€) Ref; 001004007 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770 A APT T2 em muito bom estado, situado na zona nobre de S. Domingos – Santarém (95.000 €) Ref; 001005001 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770 A APT T2, Almeirim, coo novo, cozinha equipada, logradouro c/churrasqueira. Valor 90.000,00€ - Ref. A-327 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A TERRENO c/ 165m2, Almeirim, c/ moradia para demolir. Valor 27.500,00€ Ref A-326 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A APT T3, Almeirim, novo, lugar garagem, ar condicionado, cozinha equipada, excelentes. Valor 115.000,00€ - Ref. A-322 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A MORADIA T2 rural, na Várzea, 1900m2 terreno, zona sossegada. Valor 68.000,00€ - Ref. A-320 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A LOJA em Santarém, nova, 110m2, grandes montras. Valor 97.500,00€ - Ref. S-574 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915

Tribunal Judicial de Santarém 3.º Juízo Cível

Campo Sá da Bandeira - 2000-024 Santarém Telef. 243305150 - Fax: 243327791 - Mail: santarem.tc@tribunais.org.pt

Para os devidos efeitos, comunica-se que no próximo dia 05 de Julho de 2009 (Domingo), prevê-se o corte de corrente nos locais e períodos abaixo mencionados: DRC TEJO Concelho de Benavente Freguesia de Benavente: Av. A.Calheiros Lopez, Av. A.Calheiros Lopez Lt, Rua C - Bairro 1º Maio Lt, Bairro Caixa Previdencia Lt, Rua César Luís Lt, Av. Dr. M. Lopes Almeida, Rua Drª M. Luísa Borralho, Lavadouro, Av. Francisco Calheiro Lopes, Rua Prof. Clemente Filipe, Rua S. Bento, Trav. S. Bento, Parque 25 de Abril, Largo S. Bento, Rua A - Bairro 1º de Maio, Praça Anselmo Xavier, Rua B - Bairro 1º de Maio, Bairro Caixa de Previdência, Rua César Luís, Rua Prof. Salvado Pires, Rua César Luís - Oli. Basto, Trav. das Lavadeiras, Lotm. da Vermelha, Rua Álvaro R. Azevedo Lt, Herdade Zambujeiro. (das 08:00 às 12:00 horas) Concelho de Santarém Freguesia de Santarém (Salvador): Quinta Besteira. (das 08:00 às 12:00 horas) Freguesia de Santarém (Salvador): Rua Besteira, Estrada Nacional 3, Rua 19 de Março, Rua da Portela. (das 09:00 às 11:00 horas) Concelho de Tomar Freguesia de Paialvo: Rua Principal. (das 07:00 às 12:00 horas Freguesia de Junceira: Rua Principal, Sítio Cardelas, Casal Mina, Estrada das Macieiras, Quinta da Pachinha, Rua Espinhal, Rua Cabaceiro, Estrada Ponte Bairrola. (das 07:00 às 12:00 horas) Freguesia de Santa Maria dos Olivais: Estrada Nacional 110, Rua Dr. Júlio Lopes Carvalheiro, Rua Casal do Alecrim, Casal Matos, Rua Pinheirinho, Estrada Santa Cruz, Rua Sto. António, Rua Principal, Rua Medronheiros, Rua Passarinhos, Rua Eiras, Rua Estrada, Rua Graça, Rua Choupana, Rua Sandorninho, Rua Rancho Folclórico, Rua Pinheirinho, Rua Florinda M. Silveira, Rua Escola Primária, Rua Direita, Rua Alexandre Cruz, Estrada Avessadas, Rua Santo António, Rua Emigrantes, Rua Hortas, Casal Matos, Rua Tomar. Estrada Lugar, Rua Nova, Rua António Santos Ferreira. (das 07:00 às 12:00 horas) Nota: Devido a situações imprevistas, os trabalhos poder-se-ão prolongar até às 15:00 horas. Por motivos de segurança e dado poder haver necessidade de proceder a ensaios ou ser feito o restabelecimento antecipado, as instalações deverão ser consideradas permanentemente em tensão.

ANÚNCIO 2ª PUBLICAÇÃO Processo: 2783/08.0TBSTR Acção de Processo Sumário N/Referência: 2723992 - Data: 04-06-2009 Autor: Álvaro Manuel Marques Delgado Réu: Fábio Luís Lopes Simões Nos autos acima identificados, correm éditos de 30 dias, contados da data da publicação do anúncio, citando: Réu: Fábio Luís Lopes Simões, domicílio: Rua Joaquim Gonçalves Ferreira, N.º 50, Pombalinho, 2150-085 Pombalinho para, no prazo de 20 dias, decorrido que seja o dos éditos, contestar, querendo, a acção, com a cominação de que a falta de contestação importa a confissão dos factos articulados pelo(s) autor(es) e que em substância o pedido consiste no pagamento ao Autor da importância de €5.690,20 tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial que se encontra nesta Secretaria, à disposição do citando. O prazo é contínuo, suspendendo-se, no entanto, durante as férias. Terminando o prazo em dia que os tribunais estiverem encerrados, transfere-se o seu termo para o primeiro dia útil. Fica advertido de que é obrigatória a constituição de mandatário judicial. O Juiz de Direito, Dr(a). Cristina Maria Xavier Machado Dá Mesquita O Oficial de Justiça, João Garcia (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1235 de 3.07.2009)


IMOBILIÁRIO & CLASSIFICADOS 39

O Ribatejo 3 | Julho | 2009

A São Vicente Paúl Moradia T3, usada, como nova, c/ 2 quartos, suite , cozinha, sala, 2 wc, alpendre, garagem. 2 cadernetas urbana c/1.000m2 e rústica c/3.020m2. convida ao relax e qualidade de vida . ZEN , c/ a capital do gótico e entrada para A1 a 10 min. ZEN MOR.199 PREÇO 175.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – Jardim de Baixo Moradia T3, r/c e 1º, usada, soalheira, em ópt. estado, pré-instal. p/ paneis solares, logradouro, alpendre, garagem indiv.. Zona residencial mtº aprazível, próx. entrada A1, zonas comercias, escolas e cidade de Santarém. ZEN MOR.198 PREÇO 165,000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

A Romeira Moradia T4+1. r/chão, cave e sótão. No r/ chão: hall, sala, quarto, suite, wc e alpendre; na cave: cozinha, despensa, casa máq., 2 quartos, casa jantar e wc. Sótão amplo. 2 cadernetas, urbana c/ 450m2, rústica c/ 11.680m2. ZEN MOR.130 PREÇO 199.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Alpiarça Moradia T5+1,usada ( cave, r/c e 1º), proj. numa construção e acab. Qualidade, zona habitacional privilegiada... Barragem, Museu dos Patudos e Reserva Natural do Cavalo Sorraia. ZEN MOR.168 PREÇO 280.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – S.Salvador Apt Duplex T2, usado, bem cons., bons acab., 2 quartos, sala, Wc ,cozinha,

zona arrumos, garagem priv. c/acesso ao duplex, arrecadação, em zona calma, a 3 min. centro da cidade, e 5 min. acesso a A1 .ZEN APT.107 PREÇO 97.500€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Almeirim Apt T3, novo, hall (tecto falso c/ projec.) 2 quartos (roupeiros de correr), 1 suite( banheira hidrom. wc c/ janela), sala, wc, cozinha semi-equipada c/ electrodom. INDESIT, garagem (box indiv. exterior, c/ água e luz ligado cada fracção), zona agradável, c/ jardim, bons acessos rodoviários ZEN APT.155 PREÇO 105.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Apt. usado T2 Almeirim c/ 1 lugar de garagem . 100.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653

A Casa antiga em Ponte do Soleiro/ Santarém. 50.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A LOJA c/ + - 40 m2 em Santarém na zona histórica. 42.500€ neg - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. usado T2 em Santarém. 65.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. novo T3 c/ garagem em Almeirim. 126.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A APT 4 assoa. e arrecadação em Santarém. Área total 114 m2 Oportunidade! Ref. 3142

Preço: 44.000.00 € Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A MORADIA p/recuperar nos arredores de Santarém. Habitação c/72 m2 + Logradouro Excelente Vista Panorâmica. Oportunidade de Negócio! Ref. 1952 Preço: 20.000.00 € Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

Panorâmica. Zona privilegiada da Cidade Ref. 2279 Preço: 46.250.00 € Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A MORADIA p/ recuperar nos arredores de Santarém c/ 3 assoa. logradouro à frente da casa e outro atrás. Excelente Localização. Ref. 3261 Preço: 30.000.00 € Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

A TERRENO c/ 3.400 m2 nos arredores de Santarém. Índice de Construção 300 m2 p/ Moradia R/C e 1º andar + 4% Anexos. Água e Luz. Junto a estrada principal Ref. 3326 Preço: 20.000.00 € Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

VEÍCULOS vende-se

A APT 4 assoa. no centro de Santarém. Excelente Exp. Solar e Vista

A SEAT Leon 1.9 tdi sport Bom preço TL 911010160

A PEUGEOT 205 XAD 95 revisão feita TLM 965175504

geografia, estatística e MACS aos 2º e 3º ciclos e nível universitário. Perto da Ginestal Machado. Contacto: 914626531

DIVERSOS geral A ONIDUO Tel+Net Banda larga novo TL 965478731 e 927295726 A FAÇO leitura Tarot, se tem problemas dificeis, se precisa de afastar ou aproximar alguém... encontre ajuda. Contacte 910921407

A EXPLICAÇÕES de Matemática A e B; biologia, geologia, física, química,

EMPREGO oferece-se A CHURRASQUEIRO ajudante p/ Str TL 965478731 A SENHORA p/ limpeza de casa/ escadas/ passar a ferro em casa TLM 919406071 A MOTORISTA ligeiros/ bagageiro c/ exp.TL 965478731

CENTRO SOCIAL INTERPAROQUIAL SANTARÉM

RESULTADO DO SORTEIO DE RIFAS JORNADA SOLIDARIEDADE 09

1º PRÉMIO

N.º

990

2º PRÉMIO

N.º 1194

3º PRÉMIO

N.º

4º PRÉMIO

N.º 1095

445


tempo: sol A próxima semana vai trazer de volta o sol e o céu limpo. Ainda assim estão previstas temperaturas máximas que não ultrapassam os 30ºC e durante a noite o tempo vai mesmo esfriar. 3 | JULHO | 2009

agenda

Sexta-feira

Moçarria ∑ Miguel&André actuam nas Festas da Moçarriam,às 23h

Sábado Santarém ∑ Tributo a Carlos Paredes no teatro Sá da Bandeira, pelas 21h45. Torres Novas ∑ As Tucanas actuam nas Festas do Almonda, a partir das 23h. Mação ∑ Paulo Gonzo nas Festas, às 23h.

O Ribatejo dá bilhetes Concerto Siempre Así Santarém, 4 de Julho, 22h (ligar para 243 309 600)

Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

Eco-Museu no Cartaxo

rosário breve

Parcerias∑ Câmara faz acordo com 10 entidades para criar rede de ecomuseologia A Câmara do Cartaxo estabeleceu um protocolo com um dezena de parceiros privados para ser criado um projecto museológico e turístico no Ribatejo, tendo como objectivo implementar uma rede de “ecomuseologia” e alargar as “paredes” do museu a um vasto conjunto de entidades. “O museu pretende ir mais além da investigação e preservação do território. Pretende fomentar o acesso do visitante, ao vivo e nos seus próprios ambientes, a patrimónios como a vinha, as adegas, os lagares de azeite, as paisagens da lezíria, com o touro e o cavalo, os sabores tradicionais ou o rio Tejo”, explicou António Nabais, director científico do Museu. O secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, assim como Luís Patrão, Presidente do Concelho Directivo do Turismo de Portugal, marcaram presença na assinatura do protocolo, que decorreu na adega do Museu. O governante elogiou a iniciativa e ape-

Daniel Abrunheiro

Crónica afro-ribatejana

A Secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, apadrinhou cerimónia lou aos privados para que “tenham confiança para poderem investir”. Desta rede fazem parte as quintas Vale d’Algares, Vale de Fornos (Azambuja), e vários restaurantes Adega do Avô (Pontével) e Pão e Vinho (Vale de Santarém); Ollem Turismo Fluvial (Valada/Cartaxo) – viagens náuticas no Tejo; Quinta do Gaio de Baixo (Carta-

xo), no âmbito na fauna e flora do Ribatejo – touro, cavalo, sobreiro; Marchanta (Valada/Cartaxo) – turismo no espaço rural; Vale de Lobos (Azóia de Baixo/Santarém), na área do azeite; Quinta da Boavista (Santarém) – carros de atrelagem e paisagem; e Coudelaria Henrique Abecassis (Azambuja), também ligada ao turismo equestre.

(ver página 28)

IPT abre licenciatura em Biorrecursos O Instituto Politécnico de Tomar vai abrir no próximo ano lectivo de 2009/2010 uma nova licenciatura em Tecnologia de Biorrecursos, que vai funcionar em regime diurno na Escola Superior de Tecnologia de Tomar. O curso direcciona-se para a formação de técnicos nas áreas do aproveitamento e transformação de recursos naturais, em especial ligados às filei-

ras florestal, mineral, papeleira e energética. A grande área de trabalho destes técnicos será a indústria de pasta de papel, mas o curso dá também preparação adequada para técnicos da indústria química e biotecnológica, bioenergias, técnicos comerciais de equipamentos e reagentes para a indústria; técnicos para o controlo de qualidade , entre outras.

Tomé recandidato em Torres Novas O advogado e actual vereador da CDU na Câmara Municipal de Torres Novas, Carlos Tomé, volta a liderar a lista da CDU às eleições autárquicas. O administrador hospitalar Manuel Ligeiro, de 60 anos, vai encabeçar, a lista à Assembleia Mu-

nicipal e o mandatário das candidaturas é o advogado Carlos Trincão Marques. O candidato defende “um desenvolvimento equilibrado” do concelho, acusando o actual executivo de se ter voltado “exclusivamente para a cidade”.

Não sei que fazer à ou da minha vida desde que o Michael Jackson deixou de estar entre nós. Já quando foi aquilo do O.J. Simpson, a coisa também não esteve fácil. Com o Rodney King, safei-me mais ou menos bem. Com o Luther também King, também. A cena do motel com o Sam Cooke ainda me está aqui atravessada. O avião do Otis Redding, também está. O pai do Marvin Gaye a matar o filho a tiro, enfim, há que pesar muito bem os prós e os contras destas situações. É ver aquilo do Johnny Ace, que também morreu cedo de mais: acontece com alguma frequência, sobretudo quando se brinca com uma pistola afinal carregada. A Billie Holiday, esse “estranho fruto”, não é menina para ajudar muito a adoçar a pílula. Aquilo da Ella Fitzgerald ter casado com um vigaristazito branco (e norueguês) só me veio amargar o rebuçado, aliás. Claro que ele há sempre o Denzel Washington, o Sidney Poitier, o Morgan Freeman, o Samuel L. Jackson, o Stevie Wonder e a Pam Grier. Pois há. Mas ele há também a Oprah (bufa) para descompensar. Eu sei, eu sei: Mahalia Jackson, Nina Simone, Bessie Smith, Sarah Vaughan e tal. Tudo gente boa. Mas agora sem o Michael como é que faço? Como é que fazemos? Já nem o Prince se chama Prince, quanto mais… Há-de valerme muito andar a desculpar o Miles Davis pelas maluqueiras do fim da vida (tipo uma nota sozinha cada 43 compassos). Vem mas é logo o Charlie “Bird” Parker autoperseguir-se até à morte de velhice com apenas 34 anos de idade. Sempre posso contrabalançar a coisa com o gigantismo de uns Duke Ellington, Count Basie, Dizzy Gillespie, John Coltrane, pois posso. O Louis Armstrong não me interessa por aí além. Sobretudo desde que me falta o Michael, coitadinho. Coitadinho mas é de mim, que cresci a ouvir o Duo Ouro Negro. “Vou levar-te comigo, meu irmão” Michael. Etc.

Edição 1235  

Jornal O Ribatejo edição 1235 PDF inteligente

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you