Issuu on Google+

DIRECTOR Joaquim Duarte

SEMANÁRIO 21 de Janeiro de 2011 | Ano X X VI | N. 1316 | €0,80

(IVA incluído)

Telefone 243 309 600 · Fax 243 333 766 · Centro Nacional de Exposições - Quinta das Cegonhas - Apartado 355 - 2000-471 Santarém info@oribatejo.pt - www.oribatejo.pt

Idoso mata mulher e suicida-se | página 10

Extensões de saúde em risco de fechar | páginas 6 e 7

Câmara de Santarém paga estacionamento aos senhores juízes | página 8

Santarém Ministério Público pede condenação de enfermeiro

Presidentes de Câmara dizem onde vão cortar na despesa | páginas 6 e 7

página 9

Região ETAR de Almeirim custou 3 milhões de euros página 14

Coruche Câmara quer manter comboios na linha página 15

Torres Novas Mais 46 trabalhadores sob ameaça de despedimento página 20

Comissões de utentes SALDOS da região protestam contra encerramentos | página 6

Entrevista a| página Carlos Ferreira do 8 Agrupamento de Centros de Saúde do Ribatejo | página 7


2

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

praçapública eles dizem

sopa da pedra

Gasolina bate recorde A gasolina atingiu esta semana o mais elevado preço de sempre, e bateu o recorde de 2008 quando o barril de petróleo se fixou nos 147, 50 dólares – actualmente está nos 97,73 dólares, portanto menos um terço do preço relativamente a seu máximo histórico. Mesmo dando de barato a ligeira subida de cotação do dólar face ao euro, é incompreensível esta impressionante escalada de preço registada a 18 de Janeiro, com o litro da gasolina a custar 1,54 euros e o gasóleo a 1,36 euros. Ao ponto de a classe política ter acordado para o assunto. Finalmente, ouviramse vozes indignadas no hemiciclo de S. Bento contra este abuso. Aguardamse agora os esclarecimentos da autoridade da concorrência, mas também o que tem o governo a dizer sobre este assalto aos automobilistas.

r

“É inevitável, para além de desejável, que Cavaco Silva, sendo reeleito, seja mais activo e interventivo” Marques Mendes Ex-líder do PSD, Correio da Manhã

r

Marcelo, o speaker Marcelo Mendes, assessor de imprensa da governadora civil de Santarém, é o speaker oficial da campanha de Manuel Alegre. É ele que anima as hostes, antes e durante os comícios; é ele que chama os oradores; é ele que empresta a voz tonitruante à oficial máquina de campanha do candidato à presidência da República. Na TSF já o ouvimos

a puxar por Helena Roseta, a pedir pedir ped mais bandeiras no ar aos apoiantes de Alegre e até, em apelo gritado, a berrar: “isto está fraco, isto está chocho”, reclamando aos apoiantes maior entusiasmo na aclamação do candidato. Marcelo Mendes, o ribatejano pregoeiro de Alegre tornou-se, ele próprio, notícia de rodapé da campanha.

[Se o FMI intervier] só um Governo escolhido novamente pelos portugueses terá força suficiente para liderar a recuperação do país” Pedro Passos Coelho Diário de Notícias

r

Jogadores de campo O ex-jogador de futebol Rui Jorge, agora na missão de seleccionador nacional de sub-21, disse em Pernes que os jovens jogadores dos meios rurais podem desenvolver mais as capacidades futebolísticas porque ainda jogam à bola na rua, porque podem subir às árvores, porque passam mais tempo com bola nos pés. Por oposição, falou dos jovens da cidade que passam menos tempo em actividade física e têm menos contacto com bola. Segundo Rui Jorge, tem sido nos arredores dos grandes centros que mais têm despontado talentos para o futebol. Mas também avisou que, muitas vezes, estes jovens talentos da província não vingam quando vão para os grandes clubes. É caso para dizer que galinha de campo não gosta de capoeira.

Transformar as nações em empresas, com banqueiros, administradores, gerentes, directores a orientar os destinos colectivos e individuais - eis os objectivos apostos no cardápio da “modernidade” Baptista-Bastos

crónica de maldizer

Quem muito cronica Na minha crónica da semana passada, prantei duas palavras raras: mesenda e provenda. E digo que serão raras de certeza porque não existiam até ao momento em que as escrevi. Foi de propósito. Para pôr os leitores perante a prontidão com que agora se trucida a nossa língua – contra o que luto e lutarei até morrer. Até onde chegarem a minha desgastada voz ou a minha emperrada pena ninguém me travará. (Até pareço o Manuel Alegre de anos atrás: A mim ninguém me cala!). E quem muito cronica muito repetica – dizia há tempos Pedro

Lomba, citando João Bénard da Costa. Há dois ou três anos, escrevinhei sobre duas palavras novas cuja razão de ser ainda não entendi. Uma delas é o verbo direccionar. Não vale a pena lutar contra isso, porque o palavrão (feito de dirigir > direcção > direccionar) já foi adoptado pelos dicionários modernos. Até o António Houaiss foi agarrado. E o que Houaiss disse está definitivamente proclamado. Mas, francamente, continuo sem perceber o que é que direccionar acrescentou a dirigir – a não ser 4 letras.

Outro desses neologismos é contratualizar. Ainda não vem no Houaiss nem no péssimo Dicionário da Academia, mas, se não for contrariado o abuso, não tardará que os seguidores do Houaiss e do Malaca integrem o palavrão nos dicionários. Que remédio: o povo foi quem sempre mandou - nisto da língua. Mas só nisto… A primeira vez que ouvi o palavrão contratualizar foi ao Dr. Pina Moura, formado em economia ou coisa parecida, Ministro das Finanças ou coisa semelhante no tempo do Engº Guterres. Mas a asneira foi-se repetin-

do e apareceu há meses numa comunicação do Bastonário da Ordem dos Advogados, subscrita por distinta membra do Conselho Geral. Disse logo p’rá Ordem: No e-mail de 23 do corrente sobre Protocolo de Seguros, nas 1ªs linhas da 2ª p., escreveu-se “contratualizar seguro no ramo...” Suponho que se quis dizer contratar - a não ser que “contratualizar” tenha significado diferente, mais amplo ou mais restrito do que contratar. Sabendo-se que as palavras são ferramentas para os advogados, agradeço que a Exmª Co-

Eurico H. Consciência

lega Drª F. me esclareça... Foi a 26 de Abril do ano passado. Até ver, não tive resposta. Mas também se não passou ainda um ano e a questão requererá ponderado estudo. Ponderado e demorado, precisamente porque ponderado. Quando tiver a resposta direi. Até lá vou relendo o Bernardim. A “Menina e Moça”. Coisa linda! E não tem direccionar nem contratualizar. Nem mesendas ou provendas.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 3

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Cartoon de António Maia

a pergunta da semana

opinião

online

Acha que a campanha para as presidenciais foi esclarecedora? Vai haver uma segunda volta? Acho que não vai haver segunda volta. Toda a gente sabe que é o Cavaco Silva que ganha. Mas deveria ter havido mais debate. Sendo ele, Cavaco Silva, um economista não nos explicou bem a situação de Portugal.

Ana Amorim Golegã

As campanhas eleitorais não foram em nada esclarecedoras! E a meu ver, os eleitores vão votar apenas e lamentavelmente no único candidato que já conhecem de mandatos anteriores. Não havendo lugar a segunda volta.

António Fernandes Santarém

As campanhas eleitorais em Portugal normalmente contribuem mais para a desinformação do que para a informação. No caso das eleições presidenciais acontece algo semelhante, em vez de se debaterem ideias relacionadas com o papel do Presidente da República, anda-se a discutir temas relacionados com o poder legislativo e executivo, da responsabilidade da AR e do Governo, respecAndré Soares tivamente. Tomar

Nem todos os candidatos têm a preocupação de apresentar soluções viáveis e exequíveis para os problemas socioeconómicos que o país atravessa. Essas soluções e propostas são inexistentes, ou seja, é inadmissível. Assim sendo, todo este teatro é uma fantochada, o mais importante não é esclarecido por alguns, mas tudo está na consciência de cada um. Se queremos modificar actual conjuntura, dia Ana Raquel Vau 23 de Janeiro será o dia. Acredito, que nada estará Benavente certo na primeira volta, por isso talvez a segunda volta não esteja fora de questão.

F editorial

Armando Leal Rosa (gerente da Ribatel)

Leitura integral deste artigo em

www.oribatejo.pt

Estatuto editorial

Domingo, vamos a votos Domingo, vamos a votos. Para decidir qual dos seis candidatos queremos na Presidência da República. Se as sondagens falam verdade, Cavaco Silva já está eleito à primeira volta. Mas as sondagens são, ainda e só, uma projecção virtual da realidade. E por não dispensarem o ritual democrático da eleição, acontece, às vezes, enganarem-se quando chega a hora da contagem dos votos expressos. Muito raramente, é certo, mas num grau residual de incerteza suficiente para não retirar de vez o encanto à coisa. É certo que o candidato Cavaco Silva, confiante nas sondagens que lhe são largamente favoráveis, já se vê entronizado à primeira volta. E pede-o repetidamente aos eleitores. Mas não devia fazê-lo ferindo os mais elementares princípios democráticos, quando, nesse apelo, proclama querer evitar os custos de uma segunda volta para poupar os cofres do Estado. É demagogia a mais,

POLITÉCNICO DE SANTARÉM ACUSADO DE PREFERIR EMPRESAS DE LISBOA ÀS DA REGIÃO -Ao responder a uma consulta do Instituto Politécnico de Santarém, foi a Ribatel confrontada com uma decisão e despacho final do seu presidente que entregou um importante fornecimento (destinado a todas a escolas do IPS) a uma empresa de Lisboa que estava nas mesmas condições da Ribatel, pois as duas propostas eram exactamente iguais por terem sido elaboradas pela Vodafone. A Ribatel sempre tem apoiado e fornecido consultoria gratuita ao IPS. Aliás dessas consultorias nasceu este concurso, em virtude de se terem detectado custos elevados por uma deficiente gestão das comunicações. A Ribatel tem recebido durante os seus 23 anos de existência, inúmeros recém-licenciados daquele IPS, tanto em primeiro emprego, como estágios profissionais e curriculares. A Ribatel tem um protocolo de cooperação, desde 2007, que acabei de denunciar, face a este inexplicável comportamento da gestão do IPS. (…)

1. “O Ribatejo” é um semanário regio-

por muito depauperados que estejamos. Por aqui se vê que mesmo os políticos mais experientes também descambam às vezes. Não fosse isso, e diríamos que era preciso avisá-lo de que a democracia é um sistema caro. Já nos basta saber que há por aí 46% de almas penadas de portugueses – segundo a sondagem do projecto Farol, que reúne um grupo de notáveis excelências como o engº Belmiro de Azevedo – a dizerem-nos que se vivia melhor no tempo de Salazar. Talvez esteja na hora de recuperarmos a memória da nossa história recente e esclarecer essa ignara massa de descontentes. É preciso alertá-los de que a liberdade é o bem mais precioso que temos e que, na vida como no dicionário, o verbo ser vem antes do verbo ter. Por isso, o acto de votar, antes de ser uma escolha, é um compromisso com a democracia. Domingo, vamos a votos! Joaquim Duarte

nal que faz a cobertura jornalística do distrito de Santarém, não descurando porém as matérias que fazem a actualidade do mundo que nos rodeia. 2. “O Ribatejo” é um espaço plural de encontro e de diálogo, aberto ao exercício de uma informação moderna e atenta aos problemas do país real e da região que lhe empresta o nome, estimulando a formação de uma opinião pública activa e interveniente, condição necessária para o exercício da cidadania e aprofundamento da democracia. 3. “O Ribatejo” pugna pelo desenvolvimento socio-económico da região em que se inscreve, nunca abdicando dos princípios orientadores de um jornalismo independente, isento e pluralista. 4. “O Ribatejo” assume o compromisso de respeitar os princípios de-

ontológicos e a ética profissional dos jornalistas, assim como a boa fé dos leitores, assegurando a reserva da intimidade da vida privada e recusando o sensacionalismo e a exploração mercantilista da informação. 5. “O Ribatejo” distingue claramente a informação da opinião, procurando com rigor e isenção a verdade da matéria informativa, e assegurar o confronto das diversas correntes de opinião. 6. O espaço ocupado pela publicidade é identificado como tal e será sempre inferior ao espaço dedicado à informação e à opinião. A DIRECÇÃO O texto deste Estatuto Editorial foi aprovado em Setembro de 2000, conforme a legislação em vigor, e cumprese a sua publicitação de acordo com a obrigatoriedade legal.


4 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Director Joaquim Duarte joaquim.duarte@oribatejo.pt CP. n.º 867

Redacção - 243 309 601 João Baptista (chefe) joao.baptista@oribatejo.pt - CP. n.º 1157 João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt - CP. n.º 6911 Bruno Oliveira bruno.oliveira@oribatejo.pt - CP. nº 8754 Vânia Clemente Jerónimo Belo Jorge - CP. nº 1907 (Abrantes) Joana Margarida Carvalho (Estagiária - Abrantes) Colunistas Armando Fernandes, Beja Santos, Carlos Chaparro, Daniel Abrunheiro; Eurico Heitor Consciência, José Niza, Luís Eugénio Ferreira, António Maia (Cartoon)

Colaboradores António Branquinho Pequeno, António Brotas, Alexandre Manuel, André Lopes (desporto), Adolfo Luís (fotografia futebol), Carlos Alberto Cruz, Francisco Maia (critica cinema) Hélder Duque (fotografia futebol), Joaquim Dâmaso (fotografia), João Grego Esteves, José A. Costa (fotografia futebol), Júlio Freches, Nuno Abreu (fotografia futebol), Nuno Matos (fotografia futebol), Renato Campos, Rogério Rodrigues, Rosalina Melro, Vítor Gomes (fotografia futebol)

Departamento Gráfico Vítor Arsénio (chefe), António Vieira, David Antunes

Projecto Gráfico

defrank - Comunicação Editorial defrank@interacesso.pt

Departamento Comercial - 243 309 602 Rita Duarte (directora comercial) 962 108 761 rita.duarte@oribatejo.pt Luís Silva - 962 108 756 Ana Marecos - 962 108 762 Secretariado - 243 309 600 Ana Sousa - 962 108 760

foto denúncia Esta é apenas uma amostra do estado em que se encontram as sarjetas do Cartaxo. Mas podemos encontrar exemplos parecidos em muitas outras localidades da região, onde os cantoneiros de limpeza parecem ter sido todos promovidos a engenheiros ou vereadores. E quando chove um pouco mais os lençóis de água nas ruas denúnciam a negligência dos serviços camarários.

Penso logo insisto

Sede: Centro Nacional de Exposições Quinta das Cegonhas Apartado 355 2000-471 Santarém Geral: 243 309 600

Isto por cá vai indo como dantes

Publicidade 243 309 602 Fax: 243 333 766

Há muitos anos António Botto escrevia assim a Fernando Pessoa:

E-mail info@oribatejo.pt

Internet www.oribatejo.pt

Serviços assinaturas 243 309 600

Paginação e montagem Jortejo, Lda. - Santarém telef.: 243 309 605

Impressão Imprejornal, S.A. Rua Rodrigues Faria 103, 1300-501 Lisboa

José Niza

Distribuição Vasp

Assinaturas (52 Números) Portugal: 25,50 € Europa: 50,50 € Resto do Mundo: 76 € Preço Avulso 0.80 € (IVA incluído) Editora e proprietária: Jortejo, Lda. Apartado 355 2002 SANTARÉM Codex

GERÊNCIA Francisco Santos, Ângela Gil, Albertino Antunes

Departamento Financeiro Ângela Gil (Direcção), Ana Rita Fonseca, André Pedro, Catarina Branquinho, Gabriela Alves e Patrícia Santos info@lenacomunicacao.pt

Departamento de Marketing Susana Santos (Coordenação) e Catarina Fonseca marketing@lenacomunicacao.pt

Departamento Recursos Humanos Sónia Vieira (Coordenação) drh@lenacomunicacao.pt

Departamento Sist. Informação Tiago Fidalgo (Direcção) e Hugo Monteiro dsi@lenacomunicacao.pt

Unidade de Projectos Lúcia Silva (Direcção) projectos@lenacomunicacao.pt Tiragem semanal 9.500 exemplares Depósito Legal 13 983/86 Sócios com mais de 10% de capital Sojormédia: 83% Nº Registo no ICS: 111209 (20.11.85) Nº Contribuinte: 501636110

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico envoi fermé autorisé par les PTT Portugais · Autorização - Autorisation: Nº 16 DE 001602 DCE pode abrir-se para verificação postal

Nesta atípica campanha presidencial o que mais me impressionou foi a indiferença, o alheamento, o desinteresse e, sobretudo, a indignação das pessoas! Uma indignação difusa, generalizada, não contra nenhum candidato em especial mas contra “os políticos” e contra a política em geral.

“Isto por cá vai indo como dantes O mesmo arremelgado idiotismo Nuns senhores que tu já conhecias - Autênticos patifes bem falantes... E a mesma intriga; as horas, os minutos As noites sempre iguais, os mesmos dias Tudo igual! Acordando e adormecendo Na mesma cor, do mesmo lado, sempre O mesmo ar e em tudo a mesma posição De condenados, hirtos, a viver – Sem estímulo, sem fé, sem convicção.” Este poema foi escrito muitos anos antes do 25 de Abril de 1974. Ou terá sido ontem? No próximo domingo, os Portugueses que não se abstiverem, vão votar. Em quem? Em quê? Porquê? E para quê? Tenho andado por aí na campanha eleitoral com alguns resistentes – cada vez mais raros – da velha militância. Desde 1974 fiz dezenas de campanhas. Para eleger Autarcas, Deputados,

Presidentes. Ou, até, Deputados europeus. Nos mercados, nas ruas e nas feiras, aprendi a ler nos olhos, nos rostos, nos gestos, nas atitudes e nos comportamentos das pessoas, o que lhes ia na alma para se transformar, ou não, em votos. Fui abraçado por anónimos, beijocado por velhotas, provocado por cobardes. E quase sempre, ainda a campanha ia no adro, já se pressentia quem ia ganhar. Ou perder. Nesta atípica campanha presidencial o que mais me impressionou não foi o habitual confronto e rivalidade entre as “claques” ou entre os apoiantes das diferentes bandeiras e candidatos. Não. O que verdadeiramente me impressionou foi a indiferença, o alheamento, o desinteresse e, sobretudo, a indignação das pessoas! Uma indignação difusa, generalizada, não contra nenhum candidato em especial mas contra “os políticos” e contra a política em geral. Quando assim acontece – e no melhor dos casos – a indignação converte-se em abstenção. É que os eleitores – como no poema de António Botto – estão “sem estímulo, sem fé, sem convicção”. E só acordam desta hibernação para protestar. No Expresso da passada semana, Miguel Sousa

Tavares, com a sua acutilância lúcida, escrevia: “Enquanto prevalecer a cultura do “eles” (os responsáveis por todos os males) e “nós” (as inocentes vítimas deles), vai ser muito difícil convencer os portugueses de que não há vida para a frente com a vida que levamos”. Quer isto dizer, por outras palavras, que “em tempo de guerra não se limpam armas”. E que, se as energias dos Portugueses – a começar pelos responsáveis políticos de todos os partidos, incluindo o Presidente da República – forem orientadas e investidas em trabalho e em solidariedade nacional, em vez da maledicência e do obcessivo apontar do dedo aos “culpados” (que, salvo uma minoria, somos nós todos), talvez Portugal consiga sair do pântano em que está a afundar-se. Mas, para que isso aconteça, também é preciso que não tenhamos um Presidente que, para caçar votos, não se coibiu, ao longo de toda a campanha eleitoral, de desferir violentos ataques ao Governo como se fosse o líder da Oposição. E que até no próprio dia em que Portugal podia ter ficado sem crédito internacional (o que seria a bancarrota), veio antecipar uma crise política a qual – a ter lugar agora– destruirá internacio-

nal e definitivamente, não a credibilidade do Governo, mas a credibilidade do País.

Ps – Há dias em que até pagava para voltar à RTP, a pretensa televisão de serviço público (ou de serviço ao público, como prefiro dizer). E gostava de lá voltar para perguntar ao director de informação se ele sabe distinguir entre um cronista social de revistas cor de rosa, Carlos Castro, e um herói do 25 de Abril, Vítor Alves. A morte é sempre uma tragédia, seja natural ou provocada. Mas quem não consegue perceber a diferença entre um militar que arriscou a vida para nos dar a liberdade, e um jornalista de fofocas, não merece fazer o telejornal da RTP. Se ainda lá estivesse fazia-lhe o mesmo que em 1983 fiz ao José Eduardo Moniz: demitia-o.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 5

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

há vinte anos

Hermínio Martinho demitia-se do PRD. Em Constância ensaiavase um acidente químico na celulose do Caima com o alastramento de uma nuvem de cloro. Em Benavente anunciava-se o investimento de milhões em turismo e campos de golfe na zona de Santo Estevão. O então secretário de Estado Nunes Liberato desbloqueava 55 mil contos para pagar metade da nova igreja do Entroncamento.

números

1986

é o saldo positivo de crianças que nasceram a mais em 2010 relativamente ao ano anterior. Ou seja, um total de 102.090 nascimentos. E como é hábito nasceram ligeiramente mais rapazes que raparigas: 52.177 contra 50.466. Reverteu-se assim a situação inédita de 2009, quando pela primeira vez desde que há registos o número de nascimentos foi inferior a 100 mil.

estrelas

João Neto Proprietário do Museu do Campo

Ainda não está aberto ao público, mas já mereceu o reconhecimento da Associação Portuguesa de Museologia que lhe atribuiu uma menção honrosa no prémio “melhor museu português”. O Museu do Campo, na Póvoa da Isenta, recebeu no sábado a visita dos elementos da APOM que distinguem o esforço daqueles que lutam pela preservação do património cultural português. (Pág. 12)

A espuma dos dias

Carlos Alexandre Juíz do Tribunal Central de Instrução Criminal

Jorge Justino Presidente do Instituto Politécnico de Santarém

O super-juíz Carlos Alexandre, como ficou conhecido depois de lhe terem passado pelas mãos alguns dos mais mediáticos processos judiciais da actualidade - o Freeport, Oliveira e Costa do BPN e agora o caso “Face Oculta” - é um ribatejano de Mação onde tem casa e vai com regularidade. Recebeu agora um prémio da Ânimo, o blogue mais maçanico, do seu conterrâneo António Colaço.

Decidiu mal o Politécnico de Santarém quando preferiu uma empresa de Lisboa a uma outra da região (ambas agentes da Vodafone e portanto com o mesmo preço) para o fornecimento de um serviço de comunicações. Decisão absurda para quem diz defender o desenvolvimento regional e a ligação da Escola ao meio empresarial envolvente, e ainda precisa de emprego para os seus recém-licenciados. (Pág. 3)

Divulgação

A sociedade do espectáculo

Predadores da globalização

Vivemos um tempo em que se respira espectáculo, em que se proclama o sentido de tudo, mas tudo poder ser desvendado porque assim o determina a sociedade do espectáculo. A macabra morte de Carlos Armando Fernandes Castro é a prova provada do afirmado por Debord, no ensaio A Sociedade do Espectáculo. Dele retiro as seguintes palavras: “A construção de Aproveitar um presente onde mesmo a um mons- moda, do vestuário aos cantores, se imobilizou, que quer truoso crime para esquecer o passado e que já conceber- não dá a impressão de acreditar no futuro, é obtida pela mos esca- incessante passagem circular pismos é da informação girando conmau sinto- tinuamente sobre uma lista ma. Trans- muito sucinta das mesmas baposto para nalidades, anunciadas apaixonadamente como importana esfera tes descobertas; enquanto só da política muito raramente, e por sacuredunda no didelas, passam notícias verdesespedadeiramente importantes sorante desin- bre aquilo que efectivamente teresse da muda.” Escritas em 1967, estas maioria dos palavras mantêm fremente actualidade dando-nos claras incidadãos dicações de assim ser quanto pela coisa estudamos as estatísticas república, ferentes à sociedade do especresultando táculo e as comparamos com esta demis- a iliteracia reinante impregnada de informação quantas são no vezes descalibrada para não triunfo de dizer eivada de erros e meiastodo o tipo certezas. A venda da horrorode oportu- sa morte do apresentador de espectáculos está a ser feita nismos. de modo a provocar a atrac-

“O Fim de um Mundo, a Falência do Capitalismo?” é o título do ensaio de uma conceituada jornalista e consultora da CNN e da BBC (Loretta Napoleoni, Editorial Presença). A globalização financeira, espoletada com a era de Reagan, gerou anos de Beja Santos abundância à sombra do crédito fácil e barato. E um dia, em Setembro de 2008, deu-se a explosão da bolha, começou a recessão e o público descobriu que não só estava penhorado como o contriEste livro buinte da aldeia global ia pagar todos propõe-nos os erros e desmandos dos especuladoo regresso res sem escrúpulos, conhecer na carne o desemprego e o espectro da falência à econoou ruína. A seguir ao atentado das Tormia real res Gémeas, o Dubai tornou-se num e sugere grande centro financeiro, um género inequivode Monte Carlo da Ásia. Os factores camente a chave deste sucesso devem-se à ascennacionaliza- são das finanças islâmicas, à subida do ção da ban- preço do petróleo, à explosão da construção civil na região e à potenciação ca, mais dos paraísos fiscais no Oriente. Para não seja isso, é também necessário entender temporaesse fenómeno único da economia moriamente, derna que é o casamento entre o poder financeiro e o religioso. para lidar Bush procurou fazer acreditar que com as a guerra contra o terrorismo era um reformas preço inevitável a pagar. O sistema fido sistema nanceiro islâmico já tinha recebido financeiro óptimas oportunidades com o fim da com políti- Guerra Fria, bem como a nova era da cas claras, desregulamentação que veio alavancar regressan- a rota meteórica dos investimentos na aldeia global: desencorajar a luta contra do-se ao os financiamentos do terrorismo sem primado fazer frente aos paraísos fiscais é como do Estado procurar uma agulha no palheiro. Se o forte. dinheiro sujo mundial já transitava em alta percentagem nos paraísos fiscais, a situação agravou-se.

ção dos espectadores, levando de imediato ao grotesco da irrupção de casquinadas e jocosidades tendo como ponto de referência a pulsão sexual. E, neste ponto, sem querer participamos no extravagante espectáculo lendo e reencaminhando mensagens, desenhos e imagens onde a vítima e o carrasco são glosados de todas as formas e feitios. É verdade. Esta atracção, certamente, provoca repulsa à generalidade das pessoas, no entanto essa ambiguidade representa cruamente algo do pior desta época, pois não resistimos à tentação de também participarmos no espectáculo. Talvez esteja a ser simplista, mas o aproveitar um monstruoso crime para concebermos escapismos é mau sintoma, o que transposto para a esfera da política redunda no desesperante desinteresse da maioria dos cidadãos pela cousa pública resultando esta demissão no triunfo de todo o tipo de oportunismos. As estradas da informação produzem efeitos tremendos no tratamento de um qualquer caso, quando se trata de escândalos ou crimes demonstrativos de quão abjecto pode ser o homem eles explodem atingindo tudo e todos, as crianças também. Será que estamos a forjar um novo mundo onde os lúcidos vão ser banidos, dando-se o totalitário triunfo da sociedade do espectáculo?

Escreve Loretta Napoleoni: “De acordo com a Europol, uma rede de advogados e contabilistas europeus em contacto com diversos agentes imobiliários está no centro da actividade de lavagem de dinheiro. Esta rede usa o mercado imobiliário europeu para lavar grandes quantidades de dinheiro sujo”. Por coincidência ou não, o mais recente livro de John le Carré aborda exactamente esta temática (“Um Traidor entre Nós”, Publicações Dom Quixote). A autora aborda magistralmente os jogos de monopólio da aldeia global e identifica as manigâncias dos fora da lei da globalização e como eles nos levaram aos desastres subsequentes da bolha financeira. Acossados pelo pânico do desastre financeiro, as potências procuraram minimizar a crise do crédito tomando medidas proteccionistas, mas elas são manifestamente anacrónicas e agravam os problemas mundiais: é manobra ilusionista transferir o actual cancro dos produtos derivados e tóxicos do sector privado para o público, sobretudo à escala nacional ou regional. A autora propõe o regresso à economia real e sugere inequivocamente a nacionalização da banca, mais não seja temporariamente, para lidar com as reformas do sistema financeiro com políticas claras, regressando-se ao primado do Estado forte. As teses de Loretta Napoleoni são ousadas mas também incompletas. A crise económica que o mundo atravessa é muito mais complexa que a relação directa entre a guerra contra o terrorismo e a bolha financeira. Não se pode recuar na globalização, mas pode-se orientá-la para o bem comum.


6

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

abertura

“Escusa de bater que o doutor já não vem mais ao posto de saúde” Falta de médicos de família ∑ Postos de saúde fechados “Escusa de bater que não está ninguém”, avisa João Gonçalves, 53 anos, empresário de Muge. “Ainda ontem precisei de ir ao médico por causa da bronquite asmática e tive de ir à urgência do Hospital de Santarém que fica a 25 quilómetros”, queixa-se o morador. “Mas eu ainda posso agarrar no carro e ir ao hospital ou pedir à minha mulher que me leve; pior estão os velhotes que não têm transportes, só podem ir de autocarro para Santarém ou Benavente”, adianta o empresário, inconformado com este encerramento. “Nós pagamos as nossas contribuições e impostos, não há direito de fazerem uma coisa destas”, reclama. Com 1400

moradores, Muge é uma freguesia do concelho de Salvaterra de Magos, que ficou sem médico de família com a aposentação do clínico que assegurava a abertura do posto médico. “A culpa desta situação é da portaria do Governo que impediu os médicos aposentados de continuarem em funções; foi o caso do nosso médico que se aposentou e não foi substituído”, explica o presidente da Junta de Freguesia de Muge, César Diogo. “Isto aconteceu em Outubro, e a directora do ACES – Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria disse que iria substituir o médico, mas nada aconteceu”, afirma o autarca. “Há poucos dias, o verea-

dor da Câmara de Salvaterra de Magos Hélder Esménio disse que tem um médico amigo que está disponível para vir trabalhar umas horas em Muge, essa disponibilidade foi comunicada à directora do ACES, mas até agora nada aconteceu e já se fala que afinal esse médico irá para o posto de saúde de Marinhais”, declara o presidente da Junta.

“Temos tudo: edifício recente, em bom estado e equipado; é uma estupidez deslocar a população em vez de trazer cá o médico”, afirma o autarca. “Não baixamos os braços, não nos conformamos com este encerramento da extensão de saúde, nem que tenham de tirar um médico de outra extensão para vir cá pelo menos uma vez por

semana”, conclui o autarca. “Se julgam que baixamos os braços, enganam-se”, adverte Maria Teresa Faria, da comissão de utentes de Muge. Reuniões com a população da freguesia e a constituição da comissão de utentes foram os primeiros passos de um movimento de protesto. Cerca de 150 utentes aderiram ao protes-

Faltam 20 médicos no ACES Lezíria ∑“Faltam 18 a 20 médicos para garantir um atendimento regular na área de acção do ACES Lezíria, onde existem cerca de 30 mil utentes sem médico de família”, diz Luísa Portugal, dando conta que há problemas de assistência em todos os concelhos, à excepção de Alpiarça, onde a

contratação de dois médicos cubanos resolveu o problema. E em 2011, a tendência é para piorar”, prevê a directora, apontando como exemplo o caso de Salvaterra de Magos, onde há 7 mil habitantes sem médico de família e em 2011 mais dois clínicos vão-se reformar.

to e escreveram as suas reclamações que encheu três livros de reclamações no centro de saúde. “As pessoas já começaram a receber respostas a dizerem que se a reclamação não for atendida para se dirigirem ao gabinete do utente do ACES da Lezíria em Almeirim”, afirma a dirigente da comissão de utentes. “Estamos cada vez mais preocupados, ainda hoje recebi um telefonema a dizer que a partir da próxima semana a funcionária que uma vez por semana traz as receitas médicas também deixará de vir a Muge, o que resultará no encerramento definitivo da extensão de saúde”, adianta Maria Teresa Faria.

As geografias do abandono no distrito

A Maria Teresa Faria, da Comissão de Utentes de Muge.

Muge e Granho, em Salvaterra de Magos, Biscainho, em Benavente, Paialvo, em Tomar, Chouto e Parreira, na Chamusca, Meia Via e Ribeira Branca, em Torres Novas, são nomes de povoações no distrito de Santarém que ficaram sem serviços de saúde nos últimos meses. “Até aqui as extensões de saúde vão fechando quando o médico de família se reforma e deixa de vir à consulta, mas agora estamos perante a ameaça de encerramento das extensões de

saúde com menos de 1500 utentes”, declara a O Ribatejo o deputado do PCP António Filipe, que na semana passada questionou o Governo sobre o estudo que preconiza o fecho das extensões de saúde com menos de 1500 utentes. “Os nossos governantes não conhecem a realidade do país e não sofrem os problemas do cidadão comum; até parece que é mais fácil transportar centenas de idosos de Muge para Marinhais do que trazer um médico

aqui”, lamenta Maria Teresa Faria, da comissão de utentes de saúde de Muge. E o pior, para Maria Teresa Faria, é que “isto é uma maneira de acabar com o Serviço Nacional de Saúde que é aquilo que o Governo e o PSD pretendem”. “Não ficamos parados, vamos lutar com todas as nossas forças, não aceitamos a desculpa da falta de médicos”, adverte a dirigente da comissão de utentes”, disse a líder da comissão de utentes.


SAÚDE | ABERTURA 7

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

45 extensões de saúde em risco no ACES Zêzere A dministração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) está a estudar a reorganização/concentração de extensões com menos de 1.500 utentes.A ARSLVT confirmou em comunicado que os planos de reorganização dos serviços, pedidos aos responsáveis dos 22 agrupamentos da região, estão actualmente a ser analisados pelas autarquias e pelos conselhos da comunidade. Até ao momento, nenhuma decisão foi tomada, mas “não há qualquer dúvida” de que a concentração dos serviços e de unidades é mesmo necessária. O objectivo é “concentrar vários serviços, em função do número de utentes que servem, numa unidade mais central”. Em causa estão as dificuldades registadas ao nível de recursos humanos. O envolvimento das câmaras municipais poderá traduzir-se na realização de “rotocolos ou documentos de entendimento” no sentido de estabelecer parcerias que garantam o transporte dos utentes para unidades mais centrais e com mais recursos. “Oficialmente não é encerramento, mas concentração de serviços”, corrige Manuel Soares, da comissão de utentes do Médio Tejo. “Já há anos que se fala que o Médio Tejo, no norte do distrito de Santarém, não poderá continuar com tantos postos de saúde, mas diziam que a criação das unidades de saúde familiares e os postos de saúde móveis iriam minorar os efeitos desta si-

tuação, mas o que estamos a assistir é ao agravamento da situação, devido à falta de médicos, fruto de uma péssima gestão de recursos humanos nos últimos 30 anos”, adianta Manuel Soares. “É por isso que enquanto na maioria dos países desenvolvidos a maioria dos médicos está nos cuidados de saúde primários, aqui em Portugal estão nos hospitais, e o governo não consegue furar o bloqueio à contratação de médicos estrangeiros, como espanhóis e cubanos”, afirma o dirigente da comissão de utentes da zona norte do distrito de Santarém. “Defendemos uma saúde de proximidade, caso contrário as pessoas vão directamente às urgências dos hospitais, o que prejudica o funcionamento destes serviços e encarece a prestação de cuidados”, afirma, apontando o exemplo do Centro Hospitalar do Médio Tejo constituído pelos “Hospitais de Abrantes, Torres Novas e Tomar, onde 60% dos atendimentos na urgência deveriam ser atendidos nos centros de saúde”. Manuel Soares, defendende “a contratação de mais médicos, venham eles de Cuba ou de Espanha, mas também mais enfermeiros, e a criação de transportes nas zonas mais isoladas”. “Só através do diálogo com os utentes, profissionais de saúde, autarcas e responsáveis da saúde é que se deve fazer uma reorganização dos serviços”, afirma Manuel Soares.

números

1.500

habitantes é o número de referência abaixo do qual muitas extensões de saúde poderão ser encerradas, no âmbito da reorganização dos serviços que está a ser proposta pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.

45

É o número de extensões de saúde em risco no ACES - Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere, que abrange os concelhos de Abrantes, Toma r, Sa rdoa l, Ferreira do Zêzere, Constância e Vila Nova da Barquinha.

20

médicos de família faltam para dar cobertura à população da área do ACES da Lezíria, que abrange os concelhos de Almeirim, Alpiarça, Chamusca, Salvaterra de Magos, Benavente e Coruche.

30.000

é o número de utentess sem médico de família na zona do ACES Lezíria.

7.000

pessoas não têm médico de família no concelho de Salvaterra de Magos e com a aposentação de médicos este número ainda poderá vior a aumentar.

100000

utentes do ACES Ribatejo que inclui os concelhos de Santarém, Azambuja, Cartaxo, Golegã e Rio Maior estão abrangidos por Unidades de Saúde Familiares. O que permitiu reduzir para 10% a população ainda não abrangida por médico de família nesta região.

“Uma reforma de proximidade na saúde” O novo modelo organizativo da saúde - unidades de saúde familiares e unidades de saúde na comunidade - e o diálogo com as autarquias tem permitido ao Agrupamento de Centros de Saúde do Ribatejo evitar roturas no sistema. O director Carlos Ferreira explica como em entrevista. Com a entrada da nova Unidade de Saúde Familiar da Golegã, a área do ACES Ribatejo atingiu os 100 mil utentes abrangidos por USF? O que representa este número?

Na realidade cerca de 100 mil utentes ficaram abrangidos, neste Agrupamento de Centros de Saúde, por Unidades de Saúde Familiar (USF) durante o ano de 2010. É claramente uma meta importante num ACES que o conseguiu em 18 meses e onde a reconfiguração dos Cuidados de Saúde Primários tem sido uma prioridade máxima na gestão. Este marco é para nós tanto mais importante quanto o mesmo foi igualmente conseguido ultrapassando-se as fronteiras clássicas dos concelhos fazendo uma verdadeira reforma de proximidade. A “USF CampuSaúde”, com sede na Golegã, abrange população do concelho de Santarém, particularmente da freguesia do Pombalinho, que historicamente demonstrava apetência para essa ligação nos serviços de saúde. As unidades têm que ter em consideração estes aspectos

sob pena de não estarem ao serviço daqueles a quem se destinam. Prevê-se que a aposentação de médicos vai agravar a falta de clínicos. O que está o ACES a fazer para ultrapassar este problema?

A falta de médicos de família tem, em muito, sido minimizada pela circunstância das próprias USF´s garantirem inter-substituição, o que origina que a saída de um médico do grupo por motivo de aposentação ou outro, enquanto não é substituído, faz com que os restantes profissionais assegurem o atendimento dos utentes em conformidade com o próprio compromisso que assumiram. Aqui aparece outra vantagem de termos avançado com a reconfiguração duma forma prioritária. Anualmente terminam a formação sempre vários médicos na especialidade de medicina familiar cuja apetência é quase exclusiva para integrarem este tipo de unidade e felizmente temos conseguido alguma captação. O espírito solidário é um dos pressupostos em que assentam as Unidades de Saúde Familiar. A tudo isto acresce a capacidade formativa de especialistas que está instalada nas unidades do ACES, que faz com que mais de uma dezena de profissionais estejam a realizar o internato da especialidade, o que nos dá alguma garantia para o futuro.

A título de exemplo, no próximo mês de Janeiro, mais quatro clínicos iniciarão o seu internato neste Agrupamento. Isso não invalida que cerca de 10% da população, que integra o ACES, tenha o atendimento garantido através de médicos indiferenciados, recurso que se conseguiu através de celebração de contratos de prestação de serviços com empresas da área, o que não inabilita que nalguns locais estejamos com constrangimentos e que só o espírito de sacrifício e de total dedicação ao serviço consegue minimizar. É exemplo disso a situação de falta de médicos com que se está a debater o CS da Azambuja. Estamos “caminhando”. O ACES Ribatejo dispõe de Unidades de Cuidados na Comunidade em todos os concelhos. Qual é a função destas unidades e a sua relação com as USF?

Durante o primeiro semestre de 2010 todas as Unidades de Cuidados na Comunidade ficaram criadas e iniciarem o seu funcionamento, com actividade nos sete dias da semana. É evidente que toda esta reorganização só foi conseguida fruto dum grande trabalho de equipa assente no Conselho Clínico e nos profissionais que integram as unidades que acreditaram na mudança e tudo têm feito para que ela seja um sucesso.


8

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

santarém MARCHA SOLIDÁRIA ADIADA PARA DIA 29

A Magistrados do Tribunal de Santarém, vereadores e funcionários da Câmara não pagam estacionam,ento na cidade.

Só juízes estacionam de borla Avença ∑ Câmara de Santarém paga 15 mil euros pelo estacionamento de magistrados O Município de Santarém decidiu suportar o custo do estacionamento no parque subterrâneo dos automóveis de 19 magistrados do Tribunal de Santarém. A deliberação foi aprovada na reunião da Câmara de Santarém, no dia 10, pelo PSD, com os votos contra dos dois vereadores do PS. “Compreendemos que se facilite a vida aos magistrados, mas não com estes encargos para o município”, disse o vereador Ludgero Mendes. O vereador eleito pelo PS até concorda que a Câmara de Santarém reserve lugares para estacionamento dos veículos dos magistrados, mas acha que deveriam ser encontradas alternativas que evitem custos para o Município. Ludgero Mendes sugere que seja permitido o estacionamento nas an-

tigas instalações da Escola Prática de Cavalaria. Como já acontece, aliás, com os funcionários municipais e alguns amigos, que assim evitam o pagamento nos parquímetros concessionados à empresa Abispark. Também os presidentes das juntas de freguesia e os eleitos da Assembleia Municipal de Santarém, quando vêm à cidade, não precisam de andar às voltas à procura de lugar para estacionar ou de arranjar moedas para alimentar os moder-

Acabaram as borlas no parque da Carmóvel

nos parquímetros da Abispark. A Câmara Municipal de Santarém vai, assim, pagar à empresa concessionária do estacionamento tarifado na cidade, uma avença de 2.470 euros pelos 19 lugares de estacionamento no parque subterrâneo para 19 magistrados do Tribunal de Santarém, respeitantes aos últimos dois meses de 2010; e mais 14.820 euros pelos mesmos lugares de estacionamento no parque subterrâneo, durante o ano de 2011.

Nos termos da deliberação camarária, “esta avença será renovada anualmente, devendo acautelar-se a possibilidade de aumento nos anos subsequentes, dependendo esse aumento do incide de preços ao consumidor”.. Cada lugar de estacionamento vai custar 65 euros mensais, com IVA incluído. O Tribunal de Santarém dispõe, há muito, de reserva de lugares para estacionamento de viaturas dos seus magistrados. Inicialmente, eram reservados

∑ Ao mesmo tempo que a Câmara de Santarém aprovava a avença de quase 15 mil euros para o estacionamento dos magistrados do Tribunal de Santarém, foi encerrado ao público o único parque de estacionamento livre e gratuíto daquela zona, junto à antiga Carmóvel e ao ringue dos Caixeiros. Cidadãos e funcionários do Tribunal e da Direcção de Finanças vão ter de agora procurar outro parque...

a magistrados alguns dos lugares de estacionamento nas traseiras do tribunal, depois com as obras na Rua do Mercado a reserva de lugares passou para o antigo parque do Seminário; ultimamente, com a construção do Jardim da Liberdade, o estacionamento reservado a magistrados passou para o acesso lateral à ex-EPC, ao lado do Jardim da República. Só que no final de Outubro estes lugares integraram também a concessão do estacionamento à superfície na cidade, e os magistrados passaram a estacionar os automóveis no parque subterrâneo do Jardim da Liberdade. Agora, a Câmara aceitou pagar a conta do estacionamento de 2010 dos magistrados e já reservou mais 14.820 euros para a avença com a Abispark para o ano de 2011.

A marcha solidária integrada na iniciativa “O Desporto é Solidário” vai realizar-se no Sábado, dia 29 de Janeiro às 16h00. Recorde-se que a anterior data esta iniciativa da Scalabisport foi cancelada face às condições atmosféricas que se fizeram sentir no dia 6 de Janeiro, A concentração dos participantes terá lugar no Jardim da Liberdade em Santarém, e a marcha terá uma duração de duas horas e uma extensão de quatro quilómetros. A Scalabisport espera poder contar com a presença de figuras mediáticas e do desporto nacional e muita animação. Está também prevista a continuação da recolha de donativos para as instituições e a realização de vários sorteios/leilões.

“O NÚ” EM EXPOSIÇÃO NA ESCOLA SECUNDÁRIA GINESTAL MACHADO Encontra-se patente no hall da Escola Dr. Ginestal Machado a Exposição “O Nú”, que poderá ser visitada até ao próximo dia 1 de fevereiro. Levada a cabo pelos alunos do 12º ano, turma F/ Artes Visuais, conta com a participação da pintora Denise Serra, aluna da Escola no triénio 2000/2003, que tem participado em importantes exposições individuais e colectivas tanto em Portugal, como no estrangeiro. O difícil tema, que segundo o professor João Malhou “é e continuará a ser um desafio para o artista”, foi recebido com “empenho” pelos alunos, que uma vez mais demonstraram a vontade de desafiar a imaginação e as técnicas em imagens que podem ser admiradas por toda a comunidade.


SANTARÉM 9

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

PSP captura evadidos Jovem de 18 anos ∑ Vai aguardar julgamento em prisão preventiva Os dois suspeitos que se evadiram da cela de detenção do Tribunal de Santarém na quarta-feira, 12 de Janeiro, já foram capturados pela PSP. O mais jovem, de 18 anos, foi apanhado na Ribeira de Santa-

A Tribunal de Santarém

Ministério Público pede condenação de enfermeiro O Ministério Público (MP) pediu a condenação do enfermeiro do Hospital de Santarém acusado de dois crimes de coação sexual, por suspeitas de ter colocado o pénis erecto na mão de duas utentes, durante episódios de urgência ocorridos a 23 de Março de 2009. Nas alegações finais, que decorreram na terça-feira, 18 de Janeiro, o Procurador António Artilheiro disse ter razões para acreditar na versão relatada pelas duas queixosas, uma vez que as mesmas não se conhecem entre si, mas sublinhou que a prova produzida em julgamento coloca o colectivo de juízes perante uma decisão de grande complexidade. Como o arguido negou os factos e não há testemunhos oculares, o problema coloca-se “em quem acreditar”, referiu o Magistrado. Das duas queixosas, uma com 20 e outra com 48 anos, apenas a mais nova se constituiu assistente no processo e

deduziu pedido de indemnização cível. A sua advogada considerou que a verba reclamada deve ser satisfeita, tendo em conta o trauma que a situação lhe provocou e o sofrimento que ainda se encontra a atravessar. Segundo a mesma, a jovem abdicou de ingressar no ensino superior, vive com uma desconfiança permanente de tudo e todos, e não consegue abandonar o núcleo familiar, onde se sente protegida. A defesa do enfermeiro, de 28 anos, pediu a absolvição tendo em conta as contradições nos relatos das queixosas, e no facto de vários profissionais do Hospital terem atestado que nenhuma delas esteve isolada com o arguido na sala de observação das urgências, num dia especialmente movimentado. A leitura do acórdão ficou marcada para dia 16 de Fevereiro, às 9h30. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

rém, no sábado de manhã. Está em prisão preventiva nas Caldas da Rainha. O segundo, de 23 anos, foi capturado na quarta-feira, dia 19, por volta das 15 horas. À hora de fecho desta edição, estava a ser ouvido

no Tribunal de Santarém. A dupla foi detida após ter cometido uma onde de crimes na terça-feira, dia 11, de manhã, entre os quais uma tentativa de sequestro de uma criança. Por razões que ainda estão a ser

investigadas, conseguiram fugir pela porta das traseiras antes de serem presentes a um Juiz de Instrução Criminal, e nunca foram entregues ou estiveram à guarda de funcionários do Tribunal de Santarém.


10 SANTARÉM

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

CONCENTRAÇÃO DE PROTESTO EM SANTARÉM

A As vítimas, Jacinto e Aldegundes Zanguinete, residiam há mais de 40 anos na rua da Cabine, em Vale de Estacas

Idoso suspeito de matar mulher e suicidar-se de seguida com gás Possível homicídio / suicídio ∑ Circunstâncias que envolvem a morte investigadas pela Polícia Judiciária Jacinto Zanguinete escreveu várias cartas dirigidas à família, aos vizinhos e aos amigos, abriu as torneiras do gás e deitou-se de seguida ao lado da sua esposa, Aldegundes Zanguinete, uma mulher doente que vivia acamada há vários meses. O casal de idosos, com 82 e 81 anos, foi encontrado morto na sua casa, em Vale de Estacas, no sábado, 15 de Janeiro, por volta das 13 horas. A Polícia Judiciária (PJ) tem razões para acreditar que se tratou de um caso de homicídio / suicídio, até porque as várias cartas deixadas indiciam “que houve premeditação, pelo menos por parte de um dos membros do casal”, disse ao nosso jornal fonte da PSP de Santarém. A autópsia, que determinou a causa da morte, foi realizada na passada segundafeira, 17 de Janeiro, no Hospital de Santarém, mas os resultados estão ainda em segredo de justiça. Segundo conseguimos apurar, a PJ também não

entregou as cartas aos respectivos destinatários. No dia do crime, os inspectores chamaram ao local cada um dos visados, para os interrogar presencialmente, mas o conteúdo das cartas de despedida também faz parte do processo que ainda está em investigação. O alerta foi dado pelas técnicas do apoio domiciliário do Centro Social Interparoquial de Santarém. “Tocámos uma primeira vez, logo de ma-

nhã, quando viemos para fazer a higiene, e como não atenderam pensámos que pudessem ter ido ao Hospital, porque a senhora estava muito doente e ia frequentemente ao Hospital”, disse ao nosso jornal uma das auxiliares. “Verificámos depois que afinal não tinham dado entrada no hospital e batemos novamente à porta, já ao final da manhã, e como voltaram a não responder, decidimos alertar as duas filhas do casal, uma de-

las residente em Lisboa”, acrescentou a técnica. Ao entrar na casa, a filha que reside em Santarém deparou-se com um forte cheiro a gás e com os pais já falecidos, no quarto. Os bombeiros de Santarém foram inicialmente accionados para uma fuga de gás, mas ao chegar encontraram a residência já com as portas e janelas abertas pelos familiares e pelas técnicas do apoio domiciliário. “Detectámos ainda algum monóxido de

de serviço dos bombeiros municipais de Santarém. Quando os bombeiros chegaram, as vítimas apresentavam sinais de rigidez cadavérica. O casal foi a enterrar na passada terça-feira, 18 de Janeiro, para o cemitério de Santarém. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

Vizinhos não encontram explicações ∑ “Não consigo imaginar o que o possa ter levado a isto”, desabafava um vizinho do casal, enquanto olhava para o aparato policial que se formou junto ao nº 47 da Rua da Cabine, em Vale de Estacas, bairro onde todos se conhecem. Jacinto e Aldegundes residiam naquela casa há mais de 40 anos e eram bastante estimados pela vizinhança, segundo conseguimos apurar dos populares. “Apesar de vi-

verem um pouco sozinhos, pareciam pessoas felizes. Ela era bastante doente, mas o marido sempre a ajudou e tomou conta dela”, referiu o mesmo vizinho, explicando que o homem, um mecânico reformado, ainda ajudava quem o procurava. Segundo o mesmo, apesar de depender do apoio domiciliário para as questões da higiene e alimentação, o casal recusava-se a ser internado num lar de idosos.

A

carbono, mas nunca em níveis suficientes para provoca r a mor te”, explicou ao nosso jornal o c hefe Jacinto e Aldegundes Zanguinete.

A União dos Sindicatos de Santarém - USS/ CGTP organiza uma concentração no Largo do Seminário em Santarém, na próxima quarta-feira, 28 de Janeiro, às 15 horas. A concentração promovida pela USS/CGTP-IN inserese num conjunto de acções que vão ter lugar na semana de 24 a 29 de Janeiro, aprovadas pelo Plenário de Sindicatos da CGTP-IN, e que visam protestar contra as políticas só conduzem ao desastre e mostrar que “os trabalhadores e o povo não vão desistir de uma outra política”. A CGTP afirma que “em vez de apostar no crescimento económico e na criação de emprego com direitos, o governo do PS como o apoio da direita quer flexibilizar ainda mais a legislação laboral para reforçar o poder patronal e atacar os direitos dos trabalhadores. Sem o confessar, na prática, quer facilitar os despedimentos, reduzir o valor das indemnizações, generalizar a precariedade, reduzir os salários e a protecção social, pulverizar a contratação colectiva subordinando-a aos interesses patronais e afastar os Sindicatos dos locais de trabalho. A tudo isto, acresce o roubo nos salários dos trabalhadores, nas pensões, nos apoios sociais e no brutal aumento de medica-mentos, de bens essenciais”.

ATENDIMENTO AOS CONSUMIDORES O atendimento do jurista da DECO realizase no próximo dia 24, nas instalações da antiga Escola Prática de Cavalaria, onde funciona actualmente o NIAC –Núcleo de Informação Autárquica ao Consumidor, entre as 09h30 e as 12h30. As marcações devem ser feitas previamente, através dos números de telefone 243 304 408 - NIAC ou 243 329 950 – Deco. Este serviço é gratuito.


SANTARÉM 11

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Fernando Nobre a dobrar Presidenciais ∑ Fernando Nobre veio duas vezes a Santarém esta semana Fernando Nobre foi dos seis candidatos à Presidência da República aquele que mais vezes veio a Santarém. Só nesta última semana, o candidato veio duas vezes a Santarém. Na segunda-feira, reuniu cerca de 300 participantes no jantar/comício realizado no CNEMA. Considerado um dos mais empolgantes jantares da sua campanha, o comício contou com as presenças de Catalina Pestana, Clara e Margarida Pinto Correia, Paco Bandeira, Edmundo Pedro, Luís Azevedo, antigo presidente da Câmara de Alcanena, Pedro Ribeiro, vereador da Câmara de Almeirim e os mandatários Distritais de Santarém, Nelson Carvalho, e de Leiria, Henrique Pinto, e do Padre José Luís Borga. Da intervenção de Fernando Nobre há a realçar a referência a Salgueiro Maia e muito principalmente aos princípios que o nortearam nas decisões que tomou corajosamente a 25 de Abril de 1974. Quando perguntou aos presentes se acreditavam que algum dos dois candidatos

A candidatura de Manuel Alegre organiza esta sextafeira, 21, pelas 21h30, uma sessão de encerramento da campanha eleitoral no auditório do IPJ, em Santarém. Esta sessão vai contar com a intervenção musical de Manuel Freire e Clara Lopes. Haverá intervenções de Paulo Fonseca, presidente da Câmara

de Ourém e da Federação Distrital de Santarém do PS e Luis Fazenda, deputado do Bloco de Esquerda, Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara de Abrantes, Dionísio Mendes, presidente da Câmara de Coruche, António Gameiro, deputado do PS, e Sónia Sanfona governadora civil de Santarém.

Campanha de Cavaco parada na região A Fernando Nobre foi o candidato que mais tempo dedicou a Santarém. transportados ao colo pela generalidade da Comunicação Social, seria capaz de alterar efectivamente o rumo de Portugal, Nobre ouviu um uníssono “não”. Mais uma vez alguns artistas se associaram a esta iniciativa, salientando-se a presença de Paco Bandeira que cantou alguns temas da sua autoria, Ana Atalaya, cantora lírica e João Correia, guitarrista e ainda a João Amaral Antunes. O candidato regressou a Santarém na quarta-feira.

Fernando Nobre defendeu que o país só tem a ganhar com uma segunda volta nas eleições presidenciais em termos de transparência. “Teremos de certeza um país mais responsabilizado, mais transparente e mais digno”, afirmou o candidato. Antes, na Escola Profissional do Vale do Tejo, em Santarém, Nobre respondeu a perguntas dos alunos. Numa arruada pelas ruas de Santarém, Nobre andou acompanhado de

dezenas de apoiantes ruidosos, entrando em algumas lojas e recebendo de uma habitante de Santarém uma promessa de voto e um aviso: “Se o senhor ganhar, e conte com o meu voto porque gostei de o ouvir a falar pelos trabalhadores, se ganhar e não fizer aquilo que disse, eu vou de caras perguntar-lhe e chamarlhe vigarista e ladrão!”. “Espero que o faça, minha amiga”, respondeu o candidato.

Francisco Lopes de regresso ao distrito O desemprego e formação profissional marcar a campanha presidencial de Francisco Lopes, na terçafeira, no distrito de Santarém. O candidato apoiado pelo PCP insiste nas críticas à proposta de Cavaco Silva de “vender o país a patacos”. “Alguns defendem, invocando as questões do défice das contas públicas, nem mais nem menos, prosseguir a política de privatizações, vender ao desbarato aquilo que resta do setor público e das riquezas nacionais”, disse. “Há algum país que nas últimas décadas tenha privatizado tanto como Portugal? Em que é que isso beneficiou o país? Quem pode dizer que a solução para os problemas é

Festa de campanha de Manuel Alegre

abdicar do que resta?”, perguntou. Para Francisco Lopes, “a lógica é sempre esta: olhar para o país como uma área sua para vender a patacos e é assim que estamos na situação actual”. Nu m d ia de agenda dedicada ao distrito de Santarém, o candidato comunista visitou a Escola Profissional de Salvaterra de Magos, a Casa-museu dos Patudos, em Alpiarça onde terminou o dia com um comício que encheu o Salão da colectividade «Os Águias» em Alpiarça. Na sua intervenção, o candidato destacou o agravamento das injustiças sociais com o aumento do custo de vida, em particular do aumento do preço dos combustíveis.

Cavaco Silva veio duas vezes ao distrito de Santarém para promover a sua candidatura. Logo em Dezembro, inaugurou a sede distrital da candidatura que ocupou antiga sede da candidatura de Moita Flores à Câmara. O candidato Cavaco Silva regressou no dia 8, numa visita à Santa Casa da Misericórdia de Santarém. Daqui, a cara-

vana saiu para uma visita ao Centro de Reabilitação e Integração Torrejano, em Torres Novas, antes de parar na Casa do Povo de Fátima e de terminar a jornada num jantar / comício em Ourém, que reuniu cerca de 1.000 pessoas, segundo números da organização. Desde então, não se conheceram mais acções de campanha no distrito.

Defensor de Moura ausente na região O candidato presidencial Defensor Moura não chegou a vir ao distrito de Santarém durante a campanha às presidenciais. Agora no balanço da candidatura, voltou à carga com o tema e exigiu, mais uma vez, explicações sobre as “trapalhadas” do actual Presidente da República e o universo

SLN/BPN. Afirmou ainda que falta ao recandidato Cavaco Silva “perfil adequado” pelas suspeitas de “favorecimento” e “negócios ilícitos”. “O Presidente da República, como mais alto magistrado da Nação, tem obrigação de demonstrar que não tolera qualquer espécie de corrupção ou clientelismo”, frisou.

Candidato Coelho esqueceu Santarém

A Francisco Lopes encheu pavilhão dos Águias.

O candidato presidencial José Manuel Coelho propôs que Cavaco Silva e José Sócrates constituam um Governo de Salvação Nacional formado por “amigos muito hábeis a ganhar dinheiro”, como Oliveira e Costa, Armando Vara e Dias Loureiro. Sem passar pelo distrito

de Santarém, José Manuel Coelho fez uma campanha mordaz, em que não poupou críticas ao actual Presidente Cavaco Silva, exigindo-lhe que explique, por exemplo, como ganhou dinheiro no BPN e como comprou a casa de férias na aldeia da Coelha.


12 SANTARÉM

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Feira de Agricultura Biológica é dia 26 O Jardim da Liberdade vai receber a Feira de Agricultura Biológica, na próxima quarta-feira, dia 26, das 9h30 às 14h00, Os visitantes podem adquirir legumes, frutos, produtos secos, compotas, doces, vinho, azeite, ervas aromáticas entre outros bens alimentares produzidos de forma biológica. Esta Feira, que se realiza todas as quartas, quartas-feiras, de cada mês, das 09h30 às 14h00, passa a ser, desde o início do ano,

A

José Casqueiro com busto no Cnema

O proprietário, Fernando Peralta, ofereceu um almoço típico aos responsáveis da APOM

Museu do Campo impressiona museológos João Neto ∑ Prémio pode servir para catapultar e dinamizar espaço Uma comitiva da Associação Portuguesa de Museologia (APOM) visitou no sábado, 15 de Janeiro, o Museu do Campo na Póvoa da Isenta, durante um almoço típico oferecido pelo proprietário do espaço, Fernando Peralta. O esforço, a dedicação e o espólio que Fernando Peralta tem colocado na construção do seu espaço museológico impressionaram os responsáveis da APOM, que, recorde-se, distinguiram-no este ano uma menção honrosa na categoria de “melhor museu português”. “Esta foi praticamente uma primeira visita de estudo aqui ao museu”, confidenciou ao nosso jornal João Neto, presidente deste organismo sem fins lucrativos, sublinhando que o “património português precisa de ser acarinhado”. “Esforços como este, em que uma pessoa dedica uma vida inteira a que uma memória colectiva não desapareça, têm que ser valorizados”, destacou o também responsável pelo Museu da Far-

mácia. “Se pensarmos que Portugal se torna cada vez um país de serviços, estes museus mostram, sobretudo aos jovens, que a terra está cá para ser utilizada, para podermos produzir e que Portugal foi um país produtor”, acrescentou João Neto. O prémio atribuído pela APOM pode servir de alavanca à abertura ao público e à divulgação deste museu bastante peculiar. “Podemos utilizar o prémio para contactar as instituições da área, não só Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia, mas

Proprietário quer abrir as portas ao público

também ministérios e outros organismos do governo”, sublinhou o presidente da APOM, para quem a gestão dos museus não deve da exclusiva responsabilidade do Ministério da Cultura. O Museu do Campo “tem todas as condições para solicitar o envolvimento do Ministério da Agricultura”, exemplificou. “Tem que se criar um maior envolvimento entre os espaços museológicos e as escolas, porque os miúdos devem vir ao terreno visitar estes museus, tomar contacto e ver

no Jardim da Liberdade. Organizada pelas Escolas Superiores de Educação e Agrária de Santarém, com apoio da Câmara Municipal de Santarém, esta feira é integrada no Projecto de Desenvolvimento da Agricultura Biológica em Santarém e teve origem nos Encontros Comunitários de Agricultura Biológica realizados em 2008 e 2009, organizados pelo Instituto Politécnico de Santarém.

com os seus olhos as peças que exibem”, defendeu João Neto, lamentando que exista “pouca coordenação entre o sistema educativo e o património”. “Não faz qualquer sentido serem sempre os mesmos museus a serem visitados pelas escolas, quando há uma oferta tão grande e variada em Portugal”, concluiu. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.p

∑ Este museu inteiramente privado tem a particularidade de ter sido distinguido pela APOM em 2010 com uma menção honrosa na categoria de “melhor museu português” sem sequer estar aberto ao público, foi. O museu de Fernando Peralta exibe um espólio composto por mais de 1.000 peças, algumas adquiridas por todo o país, e outras restauradas e recuperadas pelo proprietário, expostas no seu antigo lagar de azeite e destilaria de aguardente, contíguo à sua residência. Depois de o ter inaugurado oficialmente a 28 de Junho de 2009, numa festa onde até o presidente da Câmara, Moita Flores, se mostrou impressionado, o proprietário não esconde o desejo de abrir as portas ao público e dar a conhecer os verdadeiros tesouros etnográficos que guarda em casa. A visita da APOM pode ser um passo importante nesse sentido, acredita Fernando Peralta.

Vai ser descerrado no dia 22, um busto dedicado a José Manuel Cordeiro, no átrio do Cnema em Santarém. . No âmbito do movimento de recolha de fundos para custear este monumento foi aberta uma conta para onde, todos aqueles que desejem contribuir o podem fazer, através de transferência bancária ou cheque à ordem da “Caixa de Crédito

Agrícola Mútuo de Pernes” e enviado para José Luís Barroso, Quinta de São José, 2040-120 Rio Maior telem 917542753. O NIB da conta é 0045 5230 40219465725 79. Entre os primeiros subscritores deste movimento contam-se os nomes de Rosado Fernandes, José Andrade, Fernando Caldas, João Machado, entre outros.

Eleições nos Dadores do Vale de Santarém O Grupo de Dadores Benévolos de Sangue do Vale de Santarém realiza no próximo dia 21 de Janeiro, pelas 21h00, na sua sede, mais uma Assembleia Geral. Os objectivos desta reunião são a apresentação, discussão e votação do Relatório de Actividades e Contas do biénio 2009/2010, a eleição de novos corpos gerentes - assembleia geral, direc-

ção e conselho fiscal, assim como debater outros assuntos de interesse para o Grupo. O grupo, que conta actualmente com mais de 500 dadores, irá promover nos dias 29 (sábado) e 30 de Janeiro (domingo), mais uma recolha de sangue nas instalações do Centro Social e Paroquial do Vale de Santarém, entre as 9h00 e as 13h00.

Ementas escolares podem melhorar As escolas portuguesas podem aderir a um programa de planeamento das ementas escolares e formação de cozinheiros que visa melhorar a alimentação. O projecto está focado nas escolas básicas de segundo e terceiro ciclo que tenham

confecção de refeições própria e não recorram a empresas externas. As escolas podem inscrever-se no site www.programa100porcento.com/ e os responsáveis garantem que não haverá qualquer custo para os estabelecimentos de ensino.


14

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

região lezíria do tejo ELEIÇÕES NA ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA

GNR APREENDE 42 TONELADAS DE PINHAS

A próxima assembleiageral da Associação Humanitária da Freguesia de Pontével, concelho do Cartaxo, em que serão eleitos os novos corpos sociais da instituição para o biénio 2011 / 2012, está marcada para o próximo dia 29 de Janeiro, às 21h30, na nova sede. Da ordem de trabalhos fazem ainda parte a apresentação e discussão de alterações nas quotizações dos associados e outros assuntos de interesse de para a associação de socorro.

A GNR apreendeu cerca de 42 toneladas de pinhas mansas (da espécie “pineas pinea”, de pinheiro manso), avaliadas em cerca de 70 mil euros, durante a operação “pinha segura”, realizada na terça-feira, 18 de Janeiro, e durante a qual foram fiscalizados 70 veículos de mercadorias. “A apreensão das pinhas ficou a dever-se à falta de emissão de documentos de transporte das mesmas”, explica a guarda num comunicado de imprensa, onde acrescenta que foram levantados seis autos de contra-ordenação. Esta acção de fiscalização foi realizada por militares afectos ao Destacamento Territorial de Coruche da GNR, com a colaboração elementos da Direcção-Geral das Contribuições e Impostos (DGCI) e da Direcção-Geral das Alfandegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo (DGAIEC).

BOMBEIROS DE ALMEIRIM EXPLORAM PARQUE DAS TÍLIAS A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Almeirim vai passar a explorar o estacionamento no Parque das Tílias, junto à praça de touros e à zona dos restaurantes, como forma de angariar fundos para a aquisição de novos equipamentos e restantes despesas de funcionamento do corpo de bombeiros. A medida foi aprovada por unanimidade na reunião do executivo de 17 de Janeiro, onde ficou decidido que os bombeiros vão passar a cobrar o estacionamento aos fins-de-semana e feriados, entre as 11 e as 15 horas, e as 18h30 e as 21h30. Segundo a proposta à Câmara de Almeirim, o pedido visa garantir o normal funcionamento da corporação dependendo o menos possível de dinheiros públicos, assim como tornar-se numa fonte adicional de receitas para compensar a quebra de receitas que a corporação tem sentido nos últimos meses. O valor cobrado será de um euro por cada carro, num parque de estacionamento maioritariamente utilizado por quem procura a restauração local.

A Cheiros nauseabundos desapareceram da estação de tratamento de águas residuais

ETAR remodelada e saneamento a avançar Almeirim / Alpiarça ∑ Remodelação custou cerca de 3 milhões de euros Quem visitar a ETAR de Almeirim/Alpiarça já não vai sentir o habitual cheiro nauseabundo que se sentia nesta zona desde que a ETAR ficou inoperacional. A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo investiu cerca de 3 milhões de euros na remodelação total deste equipamento que foi inaugurado há 10 anos, pelo então ministro do Ambiente, José Sócrates, mas que nunca funcionou verdadeiramente. E a situação arrastava-se há anos levando a que os esgotos tivessem que ser enviados para a Vala de Alpiarça sem qualquer tratamento. Com este investimento, que representou também mais um milhão de euros na construção e remodelação de estações elevatórias nos dois concelhos, todo o sistema intermunicipal destes dois concelhos está prestes a funcionar em pleno, prevendo-se que isto aconteça ainda durante o

primeiro trimestre deste ano. Numa visita à ETAR em Frade de Cima, o directorgeral da empresa Águas do Ribatejo, Moura de Campos, referiu aos jornalistas que, após a entrada em funcionamento em pleno desta ETAR (que terá capacidade para servir 26 mil habitantes), os resíduos deixam de ser enviados directamente sem tratamento para a Vala de Alpiarça, passando também a ser

tratados e desinfectados na última fase. A ETAR de Almeirim/Alpiarça ocupa 18 hectares e recebe os esgotos domésticos e industriais dos dois concelhos. Esta nova realidade vem também resolver os problemas dos resíduos das indústrias da zona industrial de Alpiarça que agora passam a ser reencaminhados para este local. Ficam a faltar apenas as empresas que ainda não se ligaram ao sistema ou

Equipamento vai cumprir parâmetros legais ∑ Manuel Lacerda disse ainda “esta ETAR é um exemplo magnífico daquilo que se pode fazer para não só para cumprirmos os parâmetros legais das águas residuais como também para melhorarmos ainda mais a sua qualidade”. O responsável anunciou ainda que a ARH do Tejo está a planear investimentos na requalificação da Vala de Alpiarça e de outros cursos de água que chegam ao rio Tejo. “Até 2015 queremos aproveitar os fundos do QREN que permitem fazer estas requalificações”, frisou.

que queiram ter sistemas de tratamento próprios. Mas para resolver esta última etapa, o presidente da Administração da Região Hidrográfica do Tejo (ARH do Tejo), Manuel Lacerda, prometeu durante esta visita que o seu organismo irá fiscalizar para que as empresas tomem uma das duas opções: ou entram no sistema ou tratam os seus próprios esgotos. Para completar o sistema ficam ainda a faltar duas povoações que não estão ligadas ao sistema: Casalinho e Gouxaria. A Águas do Ribatejo anunciou também que, em simultâneo com as obras no sistema de saneamento de Almeirim e Alpiarça, a empresa está a realizar obras de melhoramento do sistema intermunicipal de abastecimento de água, um projecto que representa um investimento de mais 1,7 milhões de euros.

REQUALIFICAÇÃO URBANÍSTICA EM SALVATERRA DE MAGOS A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos já deu início aos trabalhos de requalificação urbanística na rua Capitão Salgueiro Maia, que incluem a substituição dos actuais passeios em cimento, o alargamento dos passeios para facilitar a circulação dos peões, o aumento das áreas de estacionamento e a reabilitação das zonas verdes. Segundo uma nota de imprensa da autarquia, a obra “terá uma evolução faseada de modo a minimizar as naturais perturbações no estacionamento, na circulação e no acesso aos serviços existentes” nesta rua. A obra está a ser feita com os recursos próprios do município.


SALVATERRA DE MAGOS | CORUCHE | REGIÃO 15

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

REFORÇO DA REDE DE ESGOTOS EM MUGE Os trabalhos de ampliação e reforço da rede de esgotos pluviais de Muge, Salvaterra de Magos, iniciaram-se esta semana. Segundo uma nota de imprensa da autarquia, o investimento, orçado em cerca de 96 mil euros, vem resolver, em definitivo, as “frequentes inundações que ocorrem nas habitações a norte da Rua D. João V, em períodos de chuva mais intensa”. A nova drenagem pluvial irá encaminhar os caudais das Ruas D. João V e da Restauração, até à Rua da Ascensão, e parte dos caudais da Estrada Nacional 118, directamente para a Vala de Muge, passando pelas Ruas 5 de Outubro, Capitão Tenente Sousa Dias e Almirante Reis. Em simultâneo serão também melhorados esses arruamentos, bem como a Rua Miguel Bombarda.

Câmara de Coruche quer manter linha ferroviária em actividade Autarquia ∑ Foi a única que apresentou uma proposta de plano de pagamentos à CP Perante o anunciado encerramento do ramal Vendas Novas – Setil a partir de 1 de Fevereiro, a Câmara de Coruche pretende assumir-se como a “locomotiva” para que o transporte de passageiros entre a vila e Lisboa se mantenha activo. Segundo uma nota de imprensa da autarquia, a Câmara foi a única que fez chegar a proposta de um plano de pagamentos de modo a regularizar o incumprimento protocolar que se verifica. No passado dia 13 de Janeiro, a empresa responsável pela exploração da linha informou o município que a Câmara de Coruche tinha sido a única autar-

quia a fazê-lo, e que está a aguardar que autarquias do Cartaxo e Salvaterra de Magos também o façam, para que a CP possa analisar a questão. Recorde-se que a circulação de composições de passageiros nesta linha foi reactivada em Setembro de 2009, através de um protocolo entre a CP e as três autarquias, em que as autarquias assumiram o compromisso de suportar metade dos eventuais prejuízos de exploração da linha. Segundo a CP, os prejuízos mensais rondavam os 50 mil euros (a média diária era de 14 passageiros) e o atraso total nos pagamentos por parte dos

A Estação de Coruche é a mais movimentada, segundo a autarquia municípios rondava os 280 mil euros, em Outubro de 2010. As Câmaras Municipais continuam a aguardar uma reunião com o

secretário de Estado dos Transportes para discutir a manutenção do serviço ferroviário. Segundo a mesma nota da Câmara

de Coruche, esta será uma “decisão política”, pelo que importa “saber se há efectivamente essa vontade política por parte da tutela”.


16 REGIÃO | ALMEIRIM | RIO MAIOR | CHAMUSCA

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Câmara quer colocar câmaras de videovigilância A Câmara Municipal de Almeirim apresentou à secretária de Estado da Administração Interna, Dalila Araújo, a primeira versão de um projecto que visa colocar câmaras de videovigilância em duas áreas da cidade, a zona central junto ao Parque das Laranjeiras e a zona dos restaurantes, juntos à Praça de Touros e Parque das Tílias. A reunião decorreu na passada quinta-feira, 13 de Janeiro, com a presença do presidente da autarquia, Sousa Gomes, dos vereadores com pelouros atribuídos, do presidente da Junta de Freguesia, Joaquim Sampaio, e do responsável máximo da Assembleia Municipal, José Marouço. Segundo informações da autarquia, esta primeira versão do estudo que foi apre-

sentado à secretária de Estado foi elaborado pela GNR, com base em dados estatísticos sobre a criminalidade local e indica já a localização específica das 10 câmaras a instalar, bem como as características técnicas do sistema que permite à guarda visionar as imagens, tal como acontece já em Fátima, a primeira cidade do distrito a ser equipada com um dispositivo deste tipo. O estudo, ao qual a Câmara vai solicitar algumas alterações de pormenor, será agora analisado em todos os órgãos municipais competentes, antes de ser solicitada ao Ministério da Administração Interna a autorização para a sua implementação no terreno, que terá que ser dado pela Comissão Nacional de Protecção de Dados.

Proprietário de rebanho suspeito de escravatura A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar um possível caso de escravatura e exploração do trabalho de um jovem pastor que guarda um rebanho de ovelhas no concelho da Chamusca, e que sobrevive em condições de verdadeira miséria humana. O caso foi descoberto e sinalizado após uma queixa de um proprietário de um terreno na freguesia de Vale de Cavalos, e que chamou a GNR ao ver o rebanho, composto por várias dezenas de animais, a pastar sem autorização nas suas terras. Ao tomar conta da ocorrência, a patrulha da Chamusca detectou que o pastor, um jovem oriundo do concelho de Alcanena, vive e trabalha em “condições desumanas”, segundo confirmou ao nosso jornal fonte do Comando da GNR de Santarém. “Fizemos um auto so-

bre a situação e enviámolo para o Tribunal Judicial da Golegã. Perante a gravidade da situação, o Ministério Público diligenciou para que a Polícia Judiciária começasse a investigar o caso”, explicou a mesma fonte. Segundo conseguimos apurar, as autoridades suspeitam que a vítima não receberá salário, trabalha a troco de comida e roupa, e não tem local certo para dormir, o que tem feito várias vezes junto dos animais. O pastor foi trazido pelo proprietário do rebanho, um homem que se mudou há poucos meses para uma aldeia próxima da Chamusca, e que não possui qualquer terreno. As autoridades veterinárias locais ainda estão a investigar se os animais do seu rebanho cumprem todas as normas obrigatórias de registo e vacinação.

DETIDOS POR FURTO DE COBRE NA GOLEGÃ

A Estudo de desenvolvimento está a ser desenvolvido por Augusto Mateus

Rio Maior quer atrair investimento Workshop ∑ Encheu sala de reuniões da autarquia “Rio Maior – um território competitivo” foi o nome do workshop que encheu a sala de reuniões do salão nobre da Câmara no passado sábado, dia 15. Esta iniciativa foi a primeira das duas sessões públicas que a autarquia agendou para o mês de Janeiro, e que têm como objectivo dinamizar a participação dos cidadãos em torno de uma estratégia de desenvolvimento futuro para o concelho. A seg u nda sessão, intitulada “ambiente, património e qualidade de vida” está marcada para 29 de Janeiro, pelas 14h30m, na sala de reuniões da Câmara Municipal. Vânia Rosa, da empresa Augusto Mateus & Associados, foi a moderadora do debate, que reuniu um painel de oradores composto pelo próprio Augusto Mateus, por Victor Costa, representante do Parque de Negócios de Rio Maior, Carlos Frazão, vice-presidente da autarquia, Carlos Abreu, presi-

dente da Associação Empresarial local, Adelino Bernardes, presidente da Associação de Produtores Agrícolas de Rio Maior, e Rosário Marques, chefe de planeamento da expedição da empresa Sibelco, Lda.. Responsável por este estudo, Augusto Mateus falou sobre a sua visão estratégica do concelho e do novo papel das actividades que compõem a base empresarial do concelho, nomeadamente logística, industrial, de serviços e agrícola. “Um plano estratégico não se faz com ideias gerais, fazse com pessoas concretas,

com empresas concretas e com concelhos concretos”, destacou. “A nossa função aqui é trazer um conjunto de exemplos e de chamadas de atenção para que continuando a pensar com os vossos olhos, que são os olhos daquilo que vos une aqui possam de alguma maneira levar em consideração soluções, caminhos e trajectórias que outros parecidos fizeram”, salientou Augusto Mateus. As potencialidades de desenvolvimento trazidas pelo Parque de Negócios de Rio Maior foi outra das ideias fortes sublinhadas pelos participantes.

Rio Maior “não precisa de inventar nada”

∑ A ideia de partida de Augusto Mateus é a de que Rio Maior não precisa de inventar nada. “Há concelhos onde é difícil perceber onde está o futuro e os seus pontos de força, mas em Rio Maior isso não é nada complicado”, sublinhou o economista.

A GNR da Golegã deteve dois homens e uma mulher que foram apanhados a roubar cabos de cobre, na segunda-feira, 17 de Janeiro, por volta das 3h30 da madrugada. Os detidos, com idades entre os 23 e os 27 anos, residem nos concelhos da Golegã e Abrantes. Durante esta operação desenvolvida pelo posto territorial da GNR, os militares recuperaram 105 metros de cabos de cobre e apreenderam a viatura ligeira em que os suspeitos se transportavam. Já foram presentes ao Tribunal Judicial da Golegã e vão aguardar julgamento em liberdade, sujeitos a termo de identidade e residência.

CAMIONETA DOS MONSTROS COM MAIS SERVIÇOS O número de serviços de recolha selectiva e domiciliária de electrodomésticos velhos e mobiliário usado, efectuado pela chamada “camioneta dos monstros” da Câmara Municipal de Almeirim, tem vindo a crescer de ano para ano, desde a sua criação em 2007. Durante o ano de 2010, foram recolhidas 394,5 toneladas de frigoríficos, máquinas de lavar, televisores, sofás, móveis e colchões, entre outros, num total de 2.273 serviços, o que corresponde a um aumento de 4,5% em relação ao ano anterior. Segundo dados fornecidos pela autarquia de Almeirim, em quatro anos, este serviço gratuito realizou um total de 8.464 recolhas, onde foram transportadas um total de 1.296,5 toneladas de monos velhos devidamente encaminhados para aterro ou reciclagem. Em 2007, foram recolhidas 187 toneladas em 982 serviços, número que cresceu para 323 toneladas em 2.155 serviços em 2008. Em 2009, a autarquia recolheu 364 toneladas em 2.604 solicitações.


17

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

região médio tejo santarém Festa para equipar hospital pediátrico de Torres Novas

A Fundação Dr. António Francisco Cruz, em Praia do Ribatejo, concelho da Barquinha

Direcção destituída por gestão danosa Dirigentes ∑ Praticaram “actos lesivos dos interesses da fundação” O Tribunal do Entroncamento destituiu por “alienação ilegal do património imobiliário e gestão danosa” a direcção da Fundação Dr. Francisco Cruz, uma instituição particular de solidariedade social na Praia do Ribatejo, concelho da Barquinha. Segundo o acórdão, citado pela Lusa, foi dado como provado que os membros da direcção da instituição praticaram de forma continuada “actos de gestão lesivos dos interesses da Fundação e dos seus beneficiários”, destituindo os seus elementos e indicando uma comissão provisória de gestão. O tribunal deu também como provado que o presidente da direcção, António Valente, contratou a venda de um imóvel da Fundação à Nascelar, empresa de que é sócio-gerente e cujos restantes sócios são simultaneamente membros do conselho de administração da socie-

dade Listorres, com a qual a instituição celebrou igualmente contratos. Para o tribunal, António Valente celebrou a escritura de venda do imóvel (em Novembro de 2005) sem que houvesse decisão da direcção a aprovar a venda do prédio à Nascelar, e que o valor de 200 mil euros, correspondente à venda, não consta no exercício de 2005 nem a verba entrou nas contas bancárias da Fundação. Entre os factos dados como provados, o acórdão cita ainda o proces-

so de contratação do filho do presidente da direcção para trabalhar na Fundação, sublinhando que António Matos Valente não poderia ter votado na reunião em que foi tomada essa decisão. Refere ainda a celebração, em Junho de 2006, de um contrato com uma farmácia de Riachos, à qual a Fundação passou a adquirir os medicamentos para os utentes, assumindo a farmácia os custos dos serviços médicos, prestados por António Matos Valente (mé-

Presidente da direcção pondera apresentar recurso

∑ A decisão do Tribunal Judicial do Entroncamento é passível de recurso para o Tribunal da Relação de Évora, uma decisão que António Valente afirmou estar a “ponderar” tomar, tendo em conta a sua discordância com o acórdão do tribunal de primeira instância.

dico de profissão). Para os juízes, esta situação configura uma relação contratual entre António Matos Valente e a Fundação, em violação da lei. As denúncias de gestão danosa de património partiram em 2007 do conselho fiscal da fundação, que pediu a investigação e acusou a direcção de barrar o acesso a documentos fundamentais. Manuel João Silva, presidente do conselho fiscal, disse à Lusa estar satisfeito com sentença, que “só peca por dia”. António Valente, por sua vez, sente-se “injustiçado” pela decisão do Tribunal do Entroncamento. “Encontrei uma instituição em condição muito precária, nunca fui remunerado e nunca utilizei um carro ou telefone que fosse da fundação e acabo por deixar uma conta com 700 mil euros”, afirmou o ex presidente da Fundação Dr. Francisco da Cruz.

O serviço de pediatria da Unidade Hospitalar Rainha Santa Isabel, em Torres Novas, está a organizar uma festa na discoteca “Emotion” que visa angariar fundos para equipar o serviço de ambulatório pediátrico, recentemente criado nesta unidade hospitalar. A iniciativa vai realizarse na próxima sexta-feira, 27 de Janeiro, pelas 22 horas, e conta com o apoio da Câmara Municipal de Torres Novas. A festa contará com a actuação de Carlos Alberto Moniz, Pedro Barroso e de José Cid, acompa-

nhado de dois dos seus músicos, Samuel Henriques e Pepe. Participarão também os Commedia a La Carte, os actores Ruy de Carvalho, Henrique de Carvalho, Ricardo Carriço, Almeno Gonçalves, Joaquim Nicolau, António Melo e Fernando Ferrão. A entrada custa 10 euros, com direito a uma bebida e a uma ceia ligeira. O valor reverte integralmente para o serviço de pediatria da unidade hospitalar de Torres Novas, e, paralelamente, será sorteada uma conta poupança BES Júnior.

Detido com grande quantidade de droga em Abrantes

A GNR de Abrantes deteve na sexta-feira, 14 de Janeiro, um indivíduo de 27 anos que tinha na posse de 190 gramas de heroína e 147 gramas de cocaína. Além dos estupefacientes, o suspeito transportava consigo mais de 21 mil euros em dinheiro, 100 francos suíços, vários objectos em ouro, dois telemóveis e um computador portátil, artigos que foram apreendidos pelos militares. O detido foi interceptado por volta das 15 horas, pela Equipa de Intervenção da GNR de Abrantes, ao volante de um BMW topo de gama, e não possui carta de condução, tendo a viatura sido também apreendida. O homem, de etnia cigana e residente no problemáti-

co bairro de Vale das Rãs, Abrantes, andava já a ser investigado no âmbito de um inquérito em curso por tráfico de estupefacientes. “Pensamos ter conseguido travar um dos principais abastecedores do mercado da cidade e dos arredores”, disse ao nosso jornal fonte do Comando da GNR de Santarém, tendo em conta “a quantidade apreendida, pois 337 gramas é um número elevado em relação ao que costumamos apanhar nesta zona”. O detido foi presente no sábado de manhã ao Tribunal Judicial de Abrantes, tendo o juiz determinado que deve aguardar julgamento em prisão preventiva, no Estabelecimento Prisional de Torres Novas.


18 REGIÃO | TORRES NOVAS | ALCANENA | ABRANTES | MAÇÃO

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Espanhóis podem concorrer ao transporte escolar O presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), António Rodrigues, defende a abertura de concursos para transportes escolares a empresas espanholas. Numa entrevista à Antena 1, o autarca de Torres Novas disse que “dá jeito” aos municípios “que venham empresas espanholas para as empresas portuguesas perceberem que também têm concorrentes”. “Os transportes escolares são fardos muitos pesados para as autarquias, pelo facto estarmos isoladamente de cada um de nós a fazer o seu concurso, por isso vamos juntar as 10 câmaras para concorrermos aos transportes e tentarmos que haja empresas espanholas a virem cá”, afirmou António Rodrigues na entrevista. Ainda assim, o autarca

afirmou que “preferia que o dinheiro ficasse Portugal”. “Sou muito nacionalista, mas estou aqui para defender os interesses das autarquias do Médio Tejo”, sublinhou, acrescentando que “é bom que tenhamos dimensão no concurso para que seja possível captar empresas fora de Portugal para que haja concorrência e obrigue os preços a baixarem”. Neste momento, os transportes escolares destes municípios são maioritariamente assegurados pela Rodoviária do Tejo, a operadora privada que detém a concessão dos transportes públicos nesta região. O responsável referiu também que a CIMT quer criar uma central de compras para poupar nas aquisições de produto e serviços (seguros, dá como exemplo Rodrigues).

Câmara de Mação distinguiu melhores alunos do concelho A Câmara Municipal de Mação entregou oito novas bolsas de estudo a jovens estudantes do concelho que ingressaram este ano lectivo no ensino superior, numa cerimónia realizada na sexta-feira, 14 de Janeiro, no salão nobre dos paços do concelho. Estas bolsas juntam-se às 12 renovações de outros alunos que já se encontram na universidade, sendo neste momento 20 os bolseiros maçaenses apoiados pela Autarquia. Este ano, excepcionalmente, a Câmara atribuiu mais três novas bolsas do que o habitual, uma vez que não se procedeu à renovação de três apoios. Cada aluno recebe, mensalmente, 150 euros durante nove meses do período lectivo, o que se traduz num encargo de 1.350 euros anuais por cada aluno, totalizando, no

presente ano lectivo, um investimento de 27 mil euros anuais com os 20 bolseiros. Na mesma cerimónia, a Câmara distinguiu também os melhores alunos das escolas do concelho com os prémios de mérito escolar, um reconhecimento pelo seu esforço e boa prestação escolar. Os prémios do 2º e 3º ciclos são de 250 euros por estudante, ao passo que os do ensino secundário recebem 500 euros. Este ano, a autarquia instituiu ainda o prémio de excelência escolar Gonçalo Matos, no valor de 500 euros, um galardão que assume o nome do aluno que, no ano lectivo anterior, obteve a melhor classificação de acesso ao ensino superior. Igualmente no valor de 500 euros, foi entregue Ana Teresa Matos e Alexandra Dias.

ESCOLA SECUNDÁRIA DEBATE VIOLÊNCIA

A Deputado José Gusmão visitou estrada entre Malhou e Espinheiro

Abatimento tarda em ser arranjado Demora ∑ Estrada ruiu há mais de um ano O deputado do Bloco de Esquerda, José Gusmão, vai questionar a câmara de Alcanena sobre o problema da estrada que liga as freguesias de Malhou e Espinheiro, uma via onde se verificaram abatimentos e que se encontra intransitável há mais de um ano. Estes abatimentos têm sido frequentes e colocam um problema sério de segurança e problemas frequentes de impossibilidade de utilização desta acessibilidade. Acresce que, desta vez, a situação não foi resolvida, estando a estrada cortada há mais de um ano.

A

A Câmara Municipal tem sido parca em explicações sobre esta matéria e sobre as razões que levam a um tão grande atraso na resolução de um problema que coloca sérios incómodos à mobilidade entre várias localidades do Concelho. “Esta é uma situação incompreensível, que cria incómodos graves no quotidiano de todos quantos a utilizavam quotidianamente e prejuízos para as empresas que laboram nas localidades servidas por esta acessibilidade”, afirmou ao nosso jornal o deputado que também passou pelo Centro de Ciência Viva do Alviela – Carsoscópio para tomar conhecimento do funcionamento de st a valência.

Nesta visita ao Carsoscópio, que foi alvo de críticas, há alguns meses, de um director da revista National Geographic, o deputado José Gusmão e o líder concelhio do BE, Carlos Vieira, verificaram que os equipamentos científicodidácticos deste centro estão já a funcionar quase em pleno, sem problemas, mas alertaram para o estado de degradação da fachada do edifício onde funcionam esta valência. “Iremos pedir esclarecimentos no sentido da sua resolução porque o Carsoscópio é um equipamento de educação exemplar que merece ser dignificado e aproveitado no pleno das suas potencialidades”, frisou ao nosso jornal José Gusmão. Bruno Oliveira bruno.oliveira@oribatejo.pt

Na visita ao Centro de Ciência Viva do Alviela o de-putado alertou para a degradação da fachada do edifício

A associação de pais e encarregados de educação da escola secundária Dr. Solano de Abreu, em Abrantes, em parceria com a Câmara Municipal, estão a dinamizar dois fóruns subordinados ao tema da violência em meio escolar, inserido no projecto “viver a escola”. O primeiro decorreu ontem, dia 20 de Janeiro, ao passo que o segundo decorre durante o dia de hoje, sextafeira. “Estes fóruns surgem no âmbito do eixo de intervenção para a promoção da cidadania, igualdade e não discriminação e pretendem promover informação e reflexão sobre temas como a violência no namoro e o bullying”, explica uma nota de imprensa da autarquia, que acrescenta que esta iniciativa procura “em simultâneo incentivar nos alunos participantes uma cidadania activa nas vertentes da capacidade de exprimir a sua opinião em fóruns públicos, aceitação das diferenças de cada um e participação activa na prevenção e combate a todos os tipos de violência”.

CÂMARA DE ABRANTES VISITA OBRAS A presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, e o vereador da educação, Rui Serrano, visitaram no passado dia 14 de Janeiro as obras em curso dos centros escolares do concelho, que, segundo a autarquia, decorrem a bom ritmo. Além dos trabalhos que decorrem para os novos centros escolares de Rio de Moinhos e Bemposta, e a requalificação e ampliação da EB1 nº 1 de Tramagal para centro escolar, os membros do executivo visitaram também o novo mercado municipal de Abrantes, o centro de acolhimento do Tejo e a bolsa de estacionamento no heliporto, cuja conclusão está para breve.


OURÉM | TORRES NOVAS | ENTRONCAMENTO | REGIÃO 19

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

GNR DETEVE FALSOS FUNCIONÁRIOS DA SEGURANÇA SOCIAL

A Francisco Louçã visitou as instalações da EMEF, onde não foi poupado nas críticas ao governo

Bloco contra privatização da CP Entroncamento ∑ Futuro de trabalhadores da EMEF continua envolto em incertezas A possível privatização da CP “é um negócio ruinoso para o Estado e extraordinário para os privados”, disse o líder do Bloco de Esquerda, Francisco Louça, durante uma visita à Empresa de Manutenção de Equipamentos Ferroviários (EMEF), no Entroncamento, na segunda-feira, 17 de Janeiro. “Que possam ser entregues aos privados a gestão das linhas da CP à volta de Lisboa e Porto ou a EMEF é um trunfo que destrói a economia nacional, porque aumenta o défice e au-

menta a dívida e prejudica os utentes”, afirmou Louçã durante a deslocação, que se realizou no âmbito de uma campanha que o BE está a fazer contra a privatização de serviços como a CP e os CTT, “as duas grandes privatizações que estão a ser discutidas durante o mês de Janeiro”. Frisando que os utentes pagam o dobro nos comboios privados do que nos públicos, o coordenador do BE defendeu uma “rede ferroviária de qualidade” para todo o país, que permita “o melhor serviço

para as pessoas nas melhores condições económicas e na melhor poupança”. Segundo disse, a “batalha” do BE é conseguir uma estrutura integrada de transporte de passageiros e mercadorias “que permita ter uma visão sustentada económica e ambientalmente para desenvolver o país”. Louçã afirmou que a ferrovia deve ser uma prioridade a nível nacional, tendo em conta o congestionamento de tráfego, a dependência energética e de combustíveis, a insustentabilidade ambiental”.

À margem das razões que o levaram a visitar a EMEF, Francisco Louçã acusou ainda o governo de estar a vender a dívida portuguesa a “juros agiotas”. O deputado deu como exemplo o “negócio com a China, que comprou dívida de 18 meses a 4,75%, o que é evidentemente excessivo e uma forma de destruir a economia nacional”. O líder bloquista referiu a “divergência” das declarações do primeiroministro, José Sócrates, e do ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Ama-

do, sobre a possibilidade de venda de dívida portuguesa ao Qatar, pedindo que “esclareçam se o Estado português está ou não a vender dívida” àquele país árabe. “Não sei se tem razão o primeiro-ministro quando diz que não foi ao Qatar vender dívida publica ou se tem razão o ministro dos Negócios Estrangeiros, que está a desmentir o primeiro-ministro”, afirmou. No seu entender, é essencial que Portugal “sacuda” a pressão do FMI e de “todos os especuladores internacionais”

Escola Prática de Polícia forma mil novos agentes A PSP está a formar 1000 novos agentes que serão distribuídos por todo o país a partir de Outubro, anunciou o ministro da Administração Interna durante uma visita à Escola Prática de Polícia em Torres Novas, na terça-feira, 18 de Janeiro. Rui Pereira, que presidiu à abertura oficial do ano lectivo do curso dos novos agentes na escola, referiu que estes mil novos agentes vão ser integrados em

áreas geográficas “mais necessitadas”, de acordo com o estudo efectuado pela direcção nacional da PSP. Segundo o ministro, este estudo teve em conta factores como o número de crimes, população, área protegida, factores de insegurança, entre outros índices. “Se olharmos para os últimos 30 ou 40 anos vemos que a sociedade portuguesa se tornou mais urbana, com novos hábitos de consumo,

aberta ao exterior, com movimentos migratórios, e tudo isso cria desafios ao nível do combate à criminalidade”, acrescentou Rui Pereira, evidenciando que a PSP tem “novas responsabilidades” ao nível das áreas de prevenção e investigação criminal, protecção civil, prevenção rodoviária e cooperação internacional. Na opinião de Rui Pereira, “em todas essas áreas a PSP tem responsabilida-

des e tem-las exercido com elevado profissionalismo”, acrescentando que estes mil novos recrutas que estão a ser formados na EPP “são jovens com elevadas capacidades e com uma formação que envolve o 12º ano”. “Estou certo que a formação que lhes irá ser ministrada lhes vai ensinar os valores da disciplina, lealdade, hierarquia, serviço público e amor à pátria”, frisou ainda o ministro.

A GNR deteve dois falsários que se faziam passar por funcionários da Segurança Social na segunda-feira, 17 de Janeiro, e que são suspeitos de terem burlado e agredido uma mulher de 72 anos, em Caxarias, concelho de Ourém. Os homens, de 32 e 33 anos, residentes no distrito de Setúbal, foram detidos em Ourém após terem roubado 1.150 euros à idosa. Os suspeitos, bem falantes, apresentaram-se na casa da septuagenária como funcionários da Segurança Social que se deslocaram à sua residência para tratar de questões relacionadas com a sua reforma e para substituírem as notas de 50 euros. Quando a vítima lhes mostrou onde tinha guardado o dinheiro, os assaltantes empurraram-na e agrediam-na fisicamente, o que obrigou a mulher a ser assistida no centro de saúde de Ourém. Posteriormente, foi transportada ao Hospital de Tomar, mas o seu estado de saúde não inspira cuidados de maior. A GNR conseguiu capturar os suspeitos após o carro onde seguiam se ter despistado, tendo depois montado um cerca que acabou por conseguir apanhar os dois homens, que já tentavam a fuga a pé. Os militares recuperaram todo o dinheiro que tinha sido roubado à septuagenária.


20

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

negócios Nersant é entidade de apoio a projectos do IEFP

A Francisco Louçã veio prestar solidariedade aos trabalhadores da empresa

Quarenta e seis à beira do despedimento na Fiação Torres Novas∑ Empresa centenária em dificuldades pode despedir trabalhadores A Companhia Nacional de Fiação e Tecidos em Torres Novas parece estar a atravessar um momento difícil pelo menos a julgar pelos depoimentos de trabalhadores que se queixam de que a empresa pretende despedir 46 pessoas. Segundo testemunhos de várias trabalhadoras, que não se quiseram identificar, a empresa pondera despedir 46 das cerca de 150 pessoas que trabalham na fábrica em Torres Novas. Recorde-se que esta empresa esteve em lay-off até Junho do ano passado e a sua situação tem sido acompanhada pelo Bloco de Esquerda que já pediu esclarecimentos à administração e ao Governo sobre medidas para salvar a empresa e os postos de trabalho. Desta feita, o líder do

Bloco, Francisco Louçã, deslocou-se à empresa e contactou com os trabalhadores à saída de um plenário onde esteve a ser discutido o futuro da fábrica e dos seus empregados. Francisco Louçã considerou “gravíssimo” o previsto despedimento de 46 trabalhadores e o facto de lhes estar a ser pedido para rescindirem os seus contratos de trabalho.

Empresa confirma dificuldades e procura parceiros para se viabilizar

“A destruição dos postos de trabalho nesta empresa é o retrato da economia nacional”, afirmou aos jornalistas Francisco Louçã, defendendo “uma atitude imediata e frontal” dos responsáveis políticos nacionais e locais na defesa destes postos de trabalho em Torres Novas. O líder do Bloco de Esquerda afirmou ainda que vai continuar a questionar

∑ Adolfo Mayer garantiu ao nosso jornal que a empresa não está à venda mas não descarta parceiros para viabilizar a fábrica. “Necessitamos de todos os que pretendam ser parceiros e ajudar a recuperação da CTN”, disse, acrescentando que já existem negociações de um plano de recuperação com credores e Estado.

reo Governo sobre a situação desta empresa que, segundo Louçã, “se habituou a viver do abuso de pagar apenas salários mínimos aos trabalhadores quando os administradores ganham 20 vezes mais”. Segundo Francisco Louçã, esta empresa deve cinco subsídios de férias e de Natal aos trabalhadores (assim como o salários do mês de Dezembro), e “tem pago aos trabalhadores a prestações”. Adolfo de Lima Mayer, presidente da empresa, confirmou ao nosso jornal a intenção de reestruturar a fábrica mas não adianta o número de trabalhadores que poderão ser dispensados. “Todo o processo está a ser implementado em diálogo permanente com os trabalhadores e sua comissão”, referiu.

Os projectos de negócio financiados pelo Programa de Apoio ao Empreendedorismo e Criação do Próprio Emprego (PAECPE) do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) podem agora contar com o apoio técnico da Nersant durante os primeiros dois anos de actividade da empresa. A Nersant acaba de se tornar entidade acreditada para conceder apoio técnico aos projectos de negócio financiados pelo PAECPE, um programa que tem o objectivo de apoiar a criação de empresas que resultem em novos empregos. O serviço de apoio técnico, cuja duração mínima é de 9 meses e máxima de 2 anos, é inteiramente gratuito e permite às empresas beneficiar de acompanhamento personalizado, acções de formação na área de gestão e consultoria empresarial especializada.

E nqu a nto ent id ade prestadora de apoio técnico, cabe à Nersant trabalhar com a empresa, elaborando, inicialmente, um plano de desenvolvimento, com base num diagnóstico completo da situação e das necessidades da empresa e dos promotores. Durante todo o processo de apoio, serão elaboradas fichas de acompanhamento mensais, onde deverão ser explicadas questões abordadas com os promotores, alertas efectuados e acções a empreender sugeridas, e relatórios trimestrais, onde conste resumo da actividade desenvolvida no trimestre. A Nersant será ainda responsável pela elaborarão dos relatórios anuais, onde será efectuado um diagnóstico completo da empresa, nomeadamente nos aspectos contabilísticos e financeiros, de gestão e comerciais.

LPM apresenta nova Volvo V60 em Santarém

A LPM, empresa participada pelo Grupo Lena, vai apresentar no seu concessionário em Santarém, a nova carrinha desportiva Volvo V60, nos dias 21, 22 e 23 de Janeiro.A Volvo V60 vem “dar luta” ao novo modelo sedan Volvo S60 na categoria de “O Modelo Volvo Mais Dinâmico de Sempre”, conforme afirma a própria marca. Este modelo traz uma pronunciada forma

em cunha e linha de tejadilho esguia ao estilo coupé mantendo todavia o espaço extra atrás. O pack de complementos inclui chapas de protecção à frente e atrás, uma aplicação decorativa à frente, embaladeiras laterais, tubos de escape especiais e jantes de 18 polegadas exclusivas. A V60 traz também o novo sistema de detecção de peões com travagem automática.


INVESTIR & AGIR | NEGÓCIOS 21

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

RESOLUÇÃO ALTERNATIVA DE LITÍGIOS DE CONSUMO

CVR quer mais certificação Produção ∑ Comissão considera que vinho certificado está aquém da produção da região do Ribatejo A Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) foi aceite enquanto entidade acreditada para a certificação de produtos vitivinícolas e ambiciona, em 2011, chegar aos 16 milhões de selos fornecidos. Com esta acreditação, concedida pelo IPAC (Instituto Português de Acreditação), segundo a norma NP EP 45011, a CVR Tejo é agora reconhecida oficialmente como organismo apto para emitir certificações no que respeita aos vinhos, espumantes e vinagre de vinho com a Denominação de Origem “DoTejo” e com a Indicação Geográfica “Tejo”. “Esta acreditação vem reforçar que o nosso processo de certificação é absolutamente idóneo e imparcial, o que confere aos vinhos do Tejo uma clara garantia de qualidade”, refere José Pinto Gaspar, presidente da CVR Tejo. O mesmo responsável revela-se optimista quanto ao desempenho da CVR Tejo no capítulo da certificação de vinhos para este ano, esperando

mesmo atingir um número recorde de selos fornecidos aos vinhos da região. “Espero que esta acreditação possa contribuir para motivar cada vez mais produtores a apostarem na certificação dos seus vinhos e que possamos atingir, no final do ano, os 16 milhões de garrafas certificadas”, Recorde-se que, embora a CVR Tejo registe aumentos significativos no volume de certificação pelo quarto ano consecutivo, apenas 15% dos vinhos da região são certificados, o que para José Pinto Gaspar é ainda um valor aquém do seu potencial, atendendo à capacidade produtiva da região (800 mil hectolitros/ano). “A evolução dos números da certificação é muito favorável, mas tendo em conta que a região do Tejo é uma das regiões nacionais que mais vinho produz, sabemos que tem um potencial de crescimento muito grande e que queremos O presidente da CVR, José Gaspar, acredita no potencial de crescimento explorar”, conclui. da produção de vinhos

A

A Comissão Europeia lançou esta semana uma consulta pública sobre sistemas de resolução alternativa de litígios para os consumidores. O objectivo da Comissão consiste em aumentar a confiança quando se fazem compras no mercado único, assegurando formas extrajudiciais mais fáceis, rápidas e baratas de resolução de litígios entre um consumidor e um comerciante. Actualmente existem pelos menos 750 sistemas de resolução extrajudicial de litígios na UE, mas nem sempre os consumidores conseguem a ajuda de que necessitam. Estima-se que as perdas incorridas pelos consumidores europeus que tiveram problemas correspondem a cerca de 0,3% do PIB europeu. Os resultados da presente consulta, aberta até 15/03/2011, serão utilizados para preparar a proposta legislativa da Comissão prevista para Novembro de 2011. A consulta pública está disponível online em: http://ec.europa.eu/ yourvoice/consultations/ index_pt.htm

Emprego & Formação

“Tardes do emprego e do empreendedorismo” Com a actividade económica em desaceleração e o consumo das famílias a abrandar, prevê-se que a economia portuguesa continue em queda, entrando mesmo numa possível recessão, que só pode ser evitada pelo acréscimo das exportações. Para quem está desempregado, ou em vias de perder o emprego, o cenário não é animador: não há criação de emprego e, pelo contrário, há cada vez uma maior contracção das empresas a novas contratações. O empreendedorismo que, na última década, já tinha ganho dimensão nas mais diversas áreas, aparece novamente em grande destaque, traduzindo a consciência de que é necessário criar mais negócios que possam possibilitar a criação de alguns empregos. Claro que nem todos terão condições e capacidades para ser empreendedores, todavia, se pensarmos que uma percentagem, ainda

que diminuta, dos nossos desempregados, podem ser empreendedores e criar riqueza, teremos certamente condições para acreditar que esses podem mudar a sua vida e melhorar a sua situação económica. É com esta perspectiva que, no decorrer das próximas “Tardes do Emprego”, dia 26 de Janeiro, o IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, através do Centro de Emprego de Santarém, vai realizar um Workshop sobre o “Programa de Apoio ao Empreendedorismo e à Criação do Próprio Emprego”, cujo objectivo, como o próprio nome indica, é explicar as medidas de apoio ao empreendedorismo e à criação de emprego, como forma de dinamização das economias locais. Esta é mais uma iniciativa, desta vez da responsabilidade do Estado, que pretende estimular os cidadãos, mais empreendedores, ajudando-os a criar novos negó-

cios. Quando lançamos um novo negócio devemos ter consciência do risco que lhe está inerente. As três razões principais porque as pessoas se tornam empreendedores e começam as suas próprias empresas são o desejo de ser patrão de si próprio, o desejo de perseguir ideias em que se acredita e a procura por recompensas financeiras. No entanto, ser empreendedor significa, em primeiro lugar, conseguir ultrapassar crenças e mitos que são normalmente um entrave a qualquer projecto. Um dos mitos mais comuns é que algumas pessoas são geneticamente predispostas a ser empreendedoras. Ora, isso não é verdade, toda gente tem potencial para ser empreendedor, apenas o ambiente, a experiência, as escolhas pessoais e as circunstâncias da vida condicionam o surgimento de oportunidades. Entre as características mais

importantes para os empreendedores, são apontadas uma grande vontade de ser independente e atingir resultados, a capacidade de assumir e lidar com o risco, ainda que seja moderado, a autoconfiança, a capacidade de trabalho, o sentido de responsabilidade, a persistência, a inteligência, a capacidade de comunicação e a criatividade. Se aliarmos a estes factores a capacidade de reconhecer oportunidades e de gerar ideias, temos tudo o que é preciso para um empreendedor. O empreendedorismo é um grande passo mas, para aqueles que o conseguem dar com sucesso, é a conquista da autonomia profissional e, muitas vezes, da realização pessoal. Espera-se que o Workshop a realizar no âmbito das “Tardes do Emprego” ao divulgar formas de apoio financeiro e técnico ao empreendedorismo, possa constituir um elemento de estímulo ao sur-

Florinda Matos(*)

gimento de projectos inovadores na região de Santarém. Para quem sente que não tem condições para ser empreendedor, as “Tardes do Emprego” proporcionam o contacto com vários empregadores que oferecem oportunidades de emprego, nas mais diversas áreas. Informações sobre o evento podem ser obtidas em pmeconsult@pmeconsult.pt ou no telefone 243098016. * Docente, Investigadora MRC / ISCTE – IUL Consultora PMEConsult (florinda.matos@pmeconsult.pt)


22

O Ribatejo

Instituto Politécnico de Santarém

politécnico

Integram o Instituto Politécnico a Escola Superior Agrária de Santarém, Escola Superior de Educação de Santarém, Escola Superior de Desporto de Rio Maior, Escola Superior de Saúde de Santarém e Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém

8º POLIEMPREENDE DO INSTITUTO POLITÉCNICO A Escola Superior de Gestão de Santarém apresentou no passado dia 19 de Janeiro, pelas 20 h00, o 8º Poliempreende do Instituto Politécnico de Santarém, subordinado ao tema “O Poliempreende e o Impacto do Empreendedorismo e da Inovação na Actividade Económica”. Moderado por João Martinho, a iniciativa contou com os oradores Marco Louro que apresentou a estrutura e o modo de funcionamento da empresa “UpLink”, Américo Mateus, do Instituto de Artes Visuais, Design e Marketing de Lisboa e os oradores Hugo Madeira e David Branco desenvolveram a temática “Os primeiros tempos: como sobreviver após a criação da empresa”. Uma iniciativa que estimulou a participação da comunidade académica em projectos que visam a criação de empresas.

ºWORKSHOP DE INICIAÇÃO À FOTOGRAFIA NO IPS O Instituto Politécnico de Santarém acolheu nos dias 15 e 16 de Janeiro, um workshop de iniciação à fotografia. Sob a direcção do fotografo Joel Santos, director da revista “O mundo da fotografia digital”, a iniciativa, num primeiro dia abordou alguns conceitos fotográficos essenciais como a exposição, a composição e o equipamentos. No dia 16, os trabalhos realizaram-se através de uma abordagem prática, com iniciação à fotografia macro em espaços interiores e exteriores, fotografia de retrato e fotografia de paisagem. O workshop teve lugar na Escola Superior de Educação e na Escula Superior Agrária, das 09h30 às 18h00.

21 | Janeiro | 2011

FESTIVAL DE TUNAS EM RIO MAIOR

A Elza Chambel explicou a importância do voluntariado em Portugal nos tempos vindouros

ESGTS realizou seminário sobre Economia Social Voluntariado∑ “tem valor economico mas é gratuito e muito importante nas IPSS” A Escola Superior de Gestão de Santarém realizou no passado dia 14 de Janeiro o seminário “O papel da qualificação dos recursos humanos nas organizações de economia social”. Uma temática que foi ao encontro das comemorações do Ano Europeu do Voluntariado e que lembrou que é preciso promover uma cidadania mais activa em Portugal, apesar do crescente número de voluntários no país. Segundo Elza Chambel, presidente do Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado, numa óptica da economia social, “ser voluntário faz toda a diferença”, principalmente para a organização em que o voluntário actua, uma vez que surge mão-de-obra gra-

tuita, novas ideias, respostas, oportunidades e principalmente porque se verificam transformações sociais. Elza Chambel lembrou ainda que o voluntariado nas organizações assenta em eixos como “o dever ético, a oportunidade de materialização de uma acção social e o dever de cidadania”, e há regras que

Actividades do Ano Europeu do Voluntariado começam em Fevereiro

devem ser pré-estabelecidas antes de se iniciar o voluntariado, dado que é um compromisso que deve ser cumprido obrigatoriamente. A presidente do CNPV deixou ainda alguns passos a ser tomados pelas organizações, aquando da chegada dos voluntários como “o acolhimento, a clarificação de objectivos, a forma-

∑ Seminário dividiu-se em dois grandes painéis, o primeiro sobre a Economia Social em Portugal, moderado por Hélder Pereira. Já o segundo bloco, debruçou-se sobre a temática “Economia Social – Que Futuro?” moderado por Cláudia Ribeiro.

ção inicial, a resolução de respostas multidimensionais, a exigência da capacidade de decisão e o envolvimento das entidades e dos profissionais com o voluntário”, passos que dever ser levados em atenção, de modo a facilitar o trabalho da organização e do voluntário, pois este passa a ser visto como um processo de mudança colectiva que actua em comunidade. No final da sessão, todos os participantes, a sua maioria dirigentes e colaboradores de Instituições Particulares de Solidariedade Social tiveram a oportunidade de colocar as suas dúvidas, casos pessoais e profissionais e encontrarem soluções para as instituições que dirigem.

A Bagatuna, Tuna Masculina da Escola Superior de Desporto de Rio Maior organizou o segundo Bagatunanço – Festival de Tunas Masculinas de Rio Maior, no passado dia 15 de Janeiro, no Cine Teatro. Um festival que contou com a participação da Tuna Académica de Setúbal Cidade Armada, da Tuna da Escola Superior de Enfermagem da Cruz Vermelha Portuguesa, de Oliveira de Azeméis, da Tuna Académica da Escola Superior de Gestão, de Idanha-a-Nova e da Scalabituna, a Tuna do Instituto Politécnico de Santarém. Um evento que deu às tunas participantes a possibilidade de mostrarem o espírito académico de cada um dos institutos. No final, a Scalabituna, de Santarém foi eleita a grande vencedora da segunda edição do festival. Uma iniciativa que encheu o auditório do cine-teatro de Rio Maior e contou com a presença de Isaura Morais, presidente da Câmara Municipal de Rio Maior.

ECONOMIA SOCIAL EM DESTAQUE NA ESGTS A Escola Superior de Gestão (ESGTS), do Instituto Politecnico de Santarém, realiza no próximo dia 04 de Dezembro, pelas 10h00, no Auditório da Escola Superior de Gestão, a conferência “Para um enquadramento jurídico da Economia Social: o caso português” Proferida por Rui Namorado, esta conferência surge no âmbito do mestrado em “Gestão de Organizações de Economia Social”.


23

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

desporto Atlético Clube de Pernes festejou 68 anos com uma grande festa

Pernes a crescer mesmo sem relvado O empreendimento turístico “A Tufeira” em Pernes vestiu-se de gala para receber os mais de 550 convidados da festa do 68º aniversário do Atlético Clube de Pernes. A festa foi palco da entrega de vários prémios aos atletas, dirigentes e técnicos do clube e contou com muita música, interpretada pelo conhecido maestro José Santos Rosa e pelo duo de músicos, Pedro Santos Rosa e Luis do Vale. Entre os prémios atribuídos destaque para os atletas reconhecidos pela sua chamada à selecção concelhia de Santarém e ainda para as equipas que mais se distinguiram nestes últimos anos. Os prémios “Athletic” distinguiram também os melhores alunos, os atletas mais assíduos aos treino, o melhor marcador, o melhor guarda-redes e jogador com mais assistências para golo. Prémios desportivos, escolares e de dedicação ao clube que marcaram uma noite recheada de homenagens que culminou no anúncio da “Personalidade do ano do Clube”. Neste caso, um importante elemento da equipa técnica que tem a função de marcar as linhas do campo, faça chuva ou faça sol. Trata-se de António Gomes da

A Atletas cantaram o hino composto e ensaiado pelo maestro José Santos Rosa Paz que expressou a sua satisfação com palavras simples mas sentidas. “Esforço e dedicação”. Esforço e dedicação que o clube tem demonstrado ao longo destes anos e que foram reconhecidos pelos muitos convidados presentes. Foi o caso do vereador João Leite que destacou “o trabalho excelente na parte da formação e a aposta no futsal feminino”. Também Rui Manhoso, presidente da Associação de Futebol de Santarém, elogiou o trabalho do clube, em especial da sua direcção. “Não há dúvida que, às vezes, um homem consegue transformar a vida de uma colectividade e o Pernes, sob a direcção de Pedro Teopisto,

tem-se transformado e conseguido que várias equipas pratiquem o futebol jovem e é por aqui que deve começar a prática desportiva”, disse Rui Manhoso. A presidente da Junta de Pernes, Salomé Vieira salientou que o clube não abrange só a sua freguesia mas também atletas de freguesias vizinhas como S. Vicente do Paul, Arneiro das Milhariças, Achete e Casével. Basílio Oleiro, da Junta de Freguesia do Arneiro das Milhariças, demonstrou a sua admiração pela “união das pessoas” em torno do Atlético.

Pavilhão a caminho; relvado para “fase seguinte” Mas todos estes

sucessos desportivos e sociais não escondem uma realidade: este clube treina e joga semanalmente num campo pelado de terra batida. Não tem relvado. E são já muitos a pedir este relvado. “É impensável que um clube que tem nove equipas a trabalhar, que pensa ter mais uma no próximo ano, não mereça ter a honra de ter, pelo menos, um campo sintético para a prática desportiva”, disse Rui Manhoso, acrescentando que “as câmaras não devem dar dinheiro aos clubes mas darlhes condições para trabalharem”. O mesmo pedido foi deixado pela presidente de Junta de Pernes e pela provedora da Santa Casa da Misericórdia.

Este relvado tem sido prometido ano, após ano pela câmara municipal de Santarém. Este ano porém, a mensagem da autarquia, deixada pelo vereador João Leite, foi diferente, menos afirmativa e deixando antever que ainda não será este ano realizado o ambicionado campo de relvado sintético. Nas declarações em público nada foi dito sobre este projecto. Ao jornal O Ribatejo, João Leite afirmou que o relvado ficará para “uma fase seguinte”, comprometendo-se apenas com a execução do pavilhão gimnodesportivo, uma obra que deverá arrancar ainda este ano, com um custo previsto de 750 mil euros.

“UM SILÊNCIO” QUE ASSUSTOU OS RESPONSÁVEIS DO CLUBE O “silêncio” no discurso oficial de João Leite sobre o relvado sintético foi muito notado pelo presidente do clube, Pedro Teopisto. “As pessoas que estão a gerir este concelho têm que olhar obrigatoriamente para este clube e abrirem bem os olhos para verem que aquilo que aqui se passou não acontece em mais lado nenhum do concelho. Este clube merece mais do que aquilo que nos estão a dar. Esperávamos ouvir aqui mais dos responsáveis autárquicos mas não ouvimos”, afirmou Pedro Teopisto. “Mas vir para aqui dizer coisas que na prática depois não se concretizam mais vale estar mos todos caladinhos. Mas este silêncio assustou-me e digo sinceramente que não sei se, no futuro, estarei disponível para continuar”, sublinhoi ainda o presidente do clube. Ainda assim, Pedro Teopisto apelou a que os atletas e famílias continuem a apostar no clube, deixando uma mensagem mais optimista: “espero que o futuro nos traga melhores condições de trabalho porque sem essas condições é impossível os nossos 170 atletas continuarem a evoluir”.

Seleccionador nacional de sub-21 em debate

Rui Jorge defende formação O seleccionador nacional de sub-21, o ex-jogador Rui Jorge, participou num debate organizado pelo Atlético em que defendeu uma maior aposta na formação de jovens jogadores. Segundo o estudo promovido pela Federação Portuguesa de Futebol, citado por Rui Jorge, existe um decréscimo de jogadores portugueses nos escalões jovens

das ligas principais de futebol, numa altura em que os jogadores estrangeiros são já 54% no total. “Estamos num ciclo negativo”, disse Rui Jorge, referindo que só encontrou, na I Liga, seis jogadores portugueses potenciais seleccionáveis para a selecção de sub-21. “Nenhum cumpriu metade do tempo de jogo total”, acrescentou o seleccionador.

Por isto, Rui Jorge defendeu nova legislação contra o número de estrangeiros nos campeonatos portugueses e “melhor formação e qualidade de treino” para jovens jogadores. “É preciso também uma mentalidade diferente. Os treinadores não podem pedir ao jogador para se atirar para o chão para passar tempo, é preciso erradicar esta

mentalidade”, referiu Rui Jorge. Rui Jorge destacou ainda a importância dos jovens continuarem a estudar ao mesmo tempo que se dedicam ao desporto e sublinhou que têm sido os jovens jogadores dos meios menos urbanos aqueles que mais se tem destacado nas novas gerações de futebolistas.

A

O ex-jogador e seleccionador nacional defendeu “melhor formação de jovens”


24 DESPORTO | FUTEBOL

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Foto: André Lopes

Distrital - Divisão Principal

Torres Novas e Alcanenense encurtam desvantagem Matematicamente ainda ninguém garantiu a manutenção na Divisão Principal. Mas a quatro jogos do fim da fase inicial, o grupo dos seis primeiros já está mais ou menos definido - tirando um caso ou outro. Na ponta inferior da tabela, Amiense, Samora e Ouriquense já têm a certeza de que vão disputar o grupo da manutenção/descida. Mas vamos aos jogos. O empate cedido esta semana no Campo da Caridade, em Ourém, voltou a encurtar a liderança do Cartaxo. O que vai valendo à turma de Madruga é que o “páraarranca” tem caracterizado não só a sua, mas a marcha de todos os que se situam entre os seis primeiros lugares. A esta hora, o Ouriense até já pode estar isolado em 2.º lugar, já que o jogo atrasado com o Benavente estava previsto para quarta-feira à noite, quando esta edição já estava fechada. Mas na jornada de domingo, a 18.ª, o Torres Novas e o Alcanenense foram os que mais aproveitaram. Como é seu apanágio, os

torrejanos só vencem fora de casa, e esta semana a vitória até teve mais valor, já que o visitado era o forte Mação: a equipa de Paulo Costa caiu ao 4.º lugar. Cuidado, cuidado, há que ter com o Alcanenense. A turma de Gama e Torcato deu três em Vila Chã de Ourique e já vem por aí a cima: a ameaça ao líder é já uma realidade. O Fazendense é das tais equipas que corre o risco de ficar abaixo do 6.º lugar se não se põe a pau. Esta semana perdeu com um concorrente directo, o Benavente, que até já pode estar em 6.º, caso tenha vencido o jogo atrasado em Ourém na quarta-feira. De resto, o Pego já perdeu o seu lugar entre os seis primeiros e voltou a marcar passo com o empate em casa com o Samora. O U. Tomar protagonizou a única goleada da semana: 5-0 ao Amiense, que renova as esperanças numa recuperação improvável. A 19.ª jornada realiza-se no dia 30 de Janeiro, uma vez que amanhã é dia de Taça Ribatejo.

A Riachense-BC Branco: os albicastrenses não tiveram argumentos para desfazer a consistência riachense 3ª Nacional - Série D

Riachense perto da liderança

Foto: Nuno Abreu

Voltas trocadas nos lugares cimeiros da tabela: o Riachense ultrapassou o Monsanto e é quem persegue agora o líder (um ponto atrás do Nogueirense). A turma riachense recebeu e venceu o Benfica de Castelo Branco, equipa com a qual empatou na primeira volta, altura em que começou a dar ares prometedores da sua graça. O Castelo Branco renovou parte importante da sua equipa, incluindo o treinador, com o objectivo de alcançar no grupo dos seis primeiros. Mas a supremacia da consistente equipa riachense marcou o jogo de domingo. Miguel Luz abriu o marcador ainda na primeira parte e Ca-

rioca fechou a contagem para os de Riachos, já na segunda. Os albicastrenses ainda usufruíram de dois penáltis assinalados na segunda parte, dos quais apenas um tocou o interior das redes do guardião Galrinho (golo de Ronan). Vitória justa pelo domínio dos destinos do jogo. Já no Municipal de Alcanena, o Tocha voltou a ser símbolo de azar para o Monsanto. A equipa que primeiro derrotou a equipa do concelho de Alcanena, em Novembro, voltou agora a roubar-lhe pontos. Pedro Mendes ainda abriu o activo para os da casa, e apesar da contínua preponderância atacante dos

monsantenses, o Tocha empatou o jogo na segunda parte e resgatou um precioso ponto para a sua busca da manutenção. A equipa de Rui Górriz parece mesmo estar a passar por uma fase de quebra: em seis jogos venceu apenas um e já está três pontos atrás do Nogueirense, que segurou a liderança ao vencer o Águias de Moradal, e a dois do Riachense, que estacionou no 2.º. Mas ainda há muito campeonato: faltam sete jogos para o fim da primeira fase, ou seja, na disputa de 21 pontos tudo é possível. A jornada 15 é amanhã, uma vez que no domingo é dia de eleições. Ambas as

equipas ribatejanas jogam fora. O Riachense deslocase à Tocha, equipa a que deu três na primeira volta, mas que esta semana deu provas de ter a competitividade apurada. Já o Monsanto vai a Marinha Grande cheio de saudades do sabor da vitória, mas o Marinhense está em 7.º, o que significa que vai dar tudo para regressar ao grupo da subida. Caso a jornada corra mal a ambos, pode haver uma descida classificativa, uma vez que o Nogueirense e o Oliveira do Bairro têm jogos fáceis (à partida), respectivamente com o Gândara e o Águias de Moradal.

Está aí a Taça do Ribatejo A Ouriense - Cartaxo

Realiza-se este sábado, 22, a primeira eliminatória da Taça Ribatejo, fase que envolve oito jogos e outras

tantas equipas que ficarão pelo caminho. Os jogos desta primeira eliminatória são os se-

guintes: Tramagal-U.Tomar, Torres Novas-Amiense, Cartaxo-Caxarias, Marinhais-Samora, Bena-

vente-Mação, U. Abrantina-Mindense, Alcanenense-Ouriense, Fazendense-Ouriquense.


FUTEBOL | DESPORTO 25

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Z

LIGA DE HONRA

14ª jornada

15ª jornada (22 de Janeiro) Leixões Varzim Freamunde Fátima Estoril Trofense Penafiel Aves

Feirense Oliveirense Arouca Gil Vicente Belenenses Santa Clara Moreirense Sp. Covilhã

Z

BC Branco Gândara Ág. Moradal Vigor Marinhense Tocha

14 14 14 14 14 14 14 14 14 14 14 14 14 14 14 14

6 7 6 6 5 5 5 4 3 4 4 4 4 2 4 2

6 3 5 5 6 4 4 6 8 5 5 5 4 9 3 4

Ac. Viseu Nogueirense Oliv. Bairro Sourense Monsanto At. Riachense

GOLOS

23-18 17-15 23-18 17-12 16-16 19-14 12-14 18-16 23-21 13-12 20-22 20-19 19-16 16-17 15-26 13-24

PONTOS

DERROTAS

2 4 3 3 3 5 5 4 3 5 5 5 6 3 7 8

Nogueirense Atl. Riachense Monsanto Ac. Viseu Oliv. Bairro Sourense Bf. C. Branco Marinhense Ág. Moradal Tocha Vigor Gândara

14 14 14 14 14 14 14 14 14 14 14 14

8 8 8 7 7 6 4 4 4 4 4 1

5 4 2 3 3 4 5 4 3 3 2 0

1 2 4 4 4 4 5 6 7 7 8 13

24 24 23 23 21 19 19 18 17 17 17 17 16 15 15 10

31-9 27-13 27-10 31-17 18-16 22-16 19-20 14-17 15-16 21-24 16-32 5-56

PONTOS

GOLOS

DERROTAS

JOGOS

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12.

VITÓRIAS

0 0 1 0 1 1

EMPATADOS

Gândara Ag. Moradal Vigor Marinhense Tocha BC Branco

Z

29 28 26 24 24 22 17 16 15 15 14 3

DISTRITAL - DIVISÃO PRINCIPAL

18ª jornada

19ª jornada (30 Janeiro) Samora Alcanenense Fazendense Torres Novas Amiense Cartaxo

Ouriquense Benavente Mação U. Tomar Ouriense Pego

Z

Cartaxo Torres Novas Alcanenense Mação Ouriense Fazendense Benavente Pego U. Tomar Amiense Samora Ouriquense

18 18 18 18 17 18 17 18 18 18 18 18

9 8 9 8 7 8 6 6 6 4 2 1

6 7 4 5 8 4 7 6 4 5 5 5

3 3 5 5 2 6 4 6 8 9 11 12

23-12 27-11 22-15 28-15 16-14 28-24 15-13 16-21 24-23 11-22 14-31 12-35

PONTOS

GOLOS

DERROTAS

JOGOS

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12.

VITÓRIAS

3 1 1 0 1 2

EMPATADOS

Classificação

Ouriquense 0 Alcanenense Benavente 2 Fazendense Mação 0 Torres Novas U. Tomar 5 Amiense Ouriense 1 Cartaxo Pego 2 Samora Dia 19 Janeiro - Acerto de calendário Ouriense Benavente

33 31 31 29 29 28 25 24 22 17 11 8

DISTRITAL - DIVISÃO SECUNDÁRIA - SÉRIE A

13ª jornada

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9.

14ª jornada (30 Janeiro) Goleganense U. Chamusca Ferroviária U. Abrantina Folga o F. Zêzere

Meiaviense Alferrarede Atalaiense Tramagal

Z

U. Abrantina F. Zêzere C. Ferroviária Goleganense Tramagal Atalaiense Meiaviense U. Chamusca Alferrarede

12 11 11 12 12 12 9 11 10

9 7 5 5 6 4 3 2 0

0 3 4 4 1 2 1 2 1

3 1 2 3 5 6 5 7 9

23-11 23-12 20-8 25-20 26-22 18-22 12-13 14-32 7-28

PONTOS

GOLOS

DERROTAS

JOGOS

2 0 1 2

VITÓRIAS

Goleganense U. Chamusca Ferroviária U. Abrantina

EMPATADOS

Classificação

Alferrarede 1 Atalaiense 3 Tramagal 0 F. Zêzere 4 Folgou o Meiaviense

27 24 19 19 19 14 10 8 1

DISTRITAL - DIVISÃO SECUNDÁRIA - SÉRIE B

11ª jornada

Emp. Comércio Mindense Assentis V. Gama

Cercal Pernes Caxarias Moçarriense

Z

Mindense Moçarriense Caxarias Assentis Emp. Comércio Cercal Vasco da Gama Pernes

11 11 11 11 10 11 11 10

8 7 6 5 3 2 2 0

1 3 2 3 3 4 3 1

2 1 3 3 4 5 6 9

18-9 24-8 14-12 25-14 14-12 12-12 9-15 4-38

PONTOS

GOLOS

DERROTAS

JOGOS

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8.

12ª jornada (30 Janeiro)

VITÓRIAS

1 a) 2 1

EMPATADOS

Classificação

Moçarriense 2 Cercal Pernes Emp. Comércio Caxarias 0 Mindense V. Gama 0 Assentis a) adiado para 22 de Janeiro

25 24 20 18 12 10 9 1

DISTRITAL - DIVISÃO SECUNDÁRIA - SÉRIE C

11ª jornada

Pontevel Salvaterrense Coruchense Porto Alto

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8.

Porto Alto Salvaterrense MarinhAis Glória Pontevel Coruchense U. Almeirim Barrosense

11 11 11 11 11 11 11 11

7 6 5 5 5 3 2 0

4 5 5 2 0 2 3 1

0 0 1 4 6 6 6 10

26-12 21-11 20-10 22-17 15-24 14-18 9-18 3-20

PONTOS

GOLOS

1 0 0 3

DERROTAS

JOGOS

Pontével U. Almeirim Barrosense Marinhais

VITÓRIAS

Classificação 3 3 2 1

12ª jornada (30 Janeiro) U. Almeirim Barrosense Marinhais Glória

Oliveirense Feirense Arouca Trofense Gil Vicente Aves Moreirense Leixões Varzim Santa Clara Belenenses Penafiel Estoril Freamunde Sp. Covilhã Fátima

Classificação 7 2 2 4 1 2

15ª jornada (22 Janeiro)

Porto Alto Salvaterrense Coruchense Glória

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16.

3ª DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE D

14ª jornada Ac. Viseu Nogueirense Oliv. Bairro Sourense Monsanto At. Riachenses

JOGOS

0 1 3 2 1 1 0 2

VITÓRIAS

Leixões Freamunde Aves Trofense Estoril Fátima Penafiel Varzim

EMPATADOS

Classificação 1 1 0 0 2 2 2 4

EMPATADOS

Arouca Santa Clara Feirense Sp. Covilhã Gil Vicente Moreirense Oliveirense Belenense

25 23 20 17 15 11 9 1

A Atalaiense-U. Chamusca: Mesmo sem hipótese de apuramento, o Atalaiense fez um bom jogo Distrital - Divisão Secundária

F. Zêzere impõe nova derrota a Abrantina Se há apenas duas jornadas parecia que a conquista do 1.º lugar da série A estava mais do que decidida para o Abrantina, a realidade é que hoje esta equipa tem apenas três pontos de vantagem. Os responsáveis pela segunda derrota do Abrantina no campeonato foram os homens de Ferreira do Zêzere, que venceram por números esclarecedores e se consolidaram definitivamente como candidatos à subida, no 2.º lugar. O Ferroviária também teve uma jornada muito positiva, com uma vitória sobre o Tramagal, que ultrapassou no 3.º lugar. Atente-se à recuperação dos entroncamentenses, que ainda assim, estão a cinco pontos

do 2.º. O Goleganense também repetiu uma vitória, por sua vez em Alferrarede. Os dragões já não devem descolar do último lugar. Já sem qualquer hipótese de passar à fase seguinte, o Atalaiense bateu o U. Chamusca por três a zero, e o Meiaviense folgou.

Série B O Mindense fez isolar ainda mais os dois primeiros classificados, ou seja, os que têm direito a ir disputar a subida na fase seguinte. Na liderança, os homens de Minde venceram no terreno do Caxarias que, porém, continua em 3.º lugar a quatro pontos do 2.º. No outro lugar de aces-

so continua o Moçarriense, colado a um ponto do líder. Esta semana venceu o Cercal em casa. A vitória do Assentis sobre o Vasco da Gama permite-lhe manter as mesmíssimas perspectivas que tinha na semana passada, ou seja, poucas. Já afastados estão o Pernes e o Empregados do Comércio, cujo encontro da 11.ª jornada foi adiado para amanhã.

Série C O Porto Alto e o Salvaterrense continuam de pedra e cal no topo da liderança da série da lezíria, representando as únicas equipas ainda sem derrotas na Secundária. O AREPA ga-

Liga de Honra

Fátima mais último Em Moreira de Cónegos, o avançado Pedro Moreira até deu o aperitivo que dava a ideia de que o Fátima preparou bem a segunda parte do campeonato. Marcou no último minuto antes do intervalo. Só que o Moreirense deu a volta ao marcador com um golo de Antchouet e de Luís Pinto, durante a segunda parte. O Fátima afunda-se cada vez mais: já está a cinco pontos do lugar imedia-

tamente acima e a recuperação tornase cada vez mais difícil. Não obstante, a política de reforços continua, para dar mais meios ao técnico João Sousa. Mais duas contratações foram feitas por empréstimo do Olhanense: Zequinha e Matias. Amanhã, o Fátima recebe um Gil Vicente que ainda tem olhos para os lugares de acesso à liga máxima – está a três pontos do líder Oliveirense.

nhou sem surpresa ao Pontével, enquanto o Salvaterrense ultrapassou sem aparentes dificuldades o União de Almeirim. Apenas o Marinhais continua na perseguição, a três pontos de um lugar de acesso, depois de ter batido o Glória, num dérbi concelhio destinado a definir provisoriamente o 3.º classificado. O Glória ficou assim com as possibilidades mais reduzidas. O Coruchense recebeu o último classificado, o Barrosense, equipa que bateu na sua terceira vitória do campeonato. Este fim-de-semana que se avizinha não haverá campeonato, mas sim a primeira eliminatória da Taça do Ribatejo.

AFS JÁ TEM CONSELHO DE ARBITRAGEM Fernando Silva e Carlos Cunha são os novos nomes fortes do Conselho de Arbitragem, o órgão da Associação de Futebol de Santarém responsável pelas nomeações dos árbitros dos campeonatos distritais. As eleições decorreram no passado dia 17 de Janeiro, sendo eleitos os novos doze elementos do CA por unanimidade dos filiados presentes na Assembleia.


26 DESPORTO | MODALIDADES Futsal - nacional da 3ª divisão

Patos e CAD Coruche voltam a perder Os Patos perderam no passado fim-de-semana na 12ª jornada do campeonato nacional da 3ª divisão de futsal e ficaram com a vida mais complicada na luta pela manutenção. A equipa do Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes, perdeu em casa por 4-o frente ao Ereira e Benfica, líder da prova, manteve os 10 pontos, e encontra-se na antepenúltima posição da tabela, e já a 5 pontos da chamada linha

de água. O outro representante do distrito na prova, o CAD Coruche, averbou nova derrota, desta feita na Benedita por 7-1, e continua como o lanterna vermelha da série, com zero pontos até ao momento. Na próxima jornada, a 29 de Janeiro, os coruchenses recebem o Clube Unidos do Cacém, ao passo que os Patos precisam de somar pontos no pavilhão do actual 3º classificado, o U.D. Leiria.

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Ténis

Seniores femininas são vice-campeãs As seniores femininas da Associação 20kms de Almeirim sagraram-se vice-campeãs regionais no passado fim-de-semana. A equipa constituída por Beatriz Fernandes, Carlota Féria e Bárbara Rosário venceu a equipa da União Desportiva da Batalha, por 2-1. No primeiro encontro de singulares, Beatriz Fernandes derrotou Margarida Barros, enquanto Carlota Féria perdeu frente a Ana Caseiro. No entanto, no decisivo par, Beatriz Fernandes e Bárbara Rosário ven-

ceram, garantindo a vitória da equipa e o vice-campeonato. A equipa irá ainda defrontar a equipa do CIT Leiria, este sábado, 22 de Janeiro, em Almeirim. Nas outras jornadas do passado fimde-semana, a equipa de sub18 masculina perdeu na Marinha Grande por 1-4, com a única vitória a pertencer a José Lopes e Miguel Esteves. As sub18 femininas perderam nas Caldas da Rainha por 1-2, com vitória de Bárbara Rosário e Marta Ferreira no jogo de pares.

Infantis do HCS à beira de revalidar título

TORNEIO JOVEM NADADOR EM ABRANTES O torneio jovem nadador realiza-se no próximo dia 29 de Janeiro, a partir das 15 horas, no complexo municipal de piscinas de Abrantes, com a participação das escolas de formação de Abrantes, Mação, Tomar, Torres Novas, Sardoal e Golegã. Tendo como principal objectivo a interacção entre os utentes das escolas de natação participantes, bem como o incentivo à prática regular da modalidade, esta é uma iniciativa que se realiza em cada um dos concelhos das diversas escolas participantes, num espírito de competição saudável.

SCALABISPORT NA TAÇA DE TORRES NOVAS A Escola Municipal de Natação de Santarém, com uma comitiva de 16 atletas, classificou-se no 12º lugar no V Torneio Taça Cidade de Torres Novas, que decorreu no passado sábado, 15 de Janeiro, nas piscinas municipais Fernando Cunha. O Académico de Viseu acabou popr sagrar-se vencedor, com 372 pontos, deixando em 2º lugar o Sport Lisboa e Benfica, com 358, e em 3º lugar, com 328 pontos, a Náutico Matobra de Coimbra.

O ano de 2011 começou da melhor forma para a equipa da Casa do Povo de Alcanena (CPA), que, depois do título nacional da taça FPA de provas combinadas “Mário Aníbal”, sagrou-se campeã distrital absoluta de pista coberta, no passado fim-de-semana. Numa segunda jornada que rendeu 62 pontos e a conquista de mais oito medalhas, a somar aos 52

Atletismo - pista coberta

Joana Lopes sagra-se campeã regional Joana Lopes, do Clube de Lazer, Aventura e Competição (CLAC) d o E n t r o n c a m e n to , sagrou-se no passado fim-de-semana campeã e vice-campeã regional de Santarém nos 60 metros e triplo salto, respectivamente, nos campeonatos de pista coberta que se realizaram na Expocentro, em Pombal. O CLAC participou nestes campeonatos para “absolutos” com 10 dos seus atletas, onde também esteve em destaque Hugo Gomes, que, apesar de ainda ser do escalão de juniores, esteve

até ao fim a lutar por um lugar no pódio no salto em altura. Hugo Gomes igualou o seu recorde pessoal de 1,75 metros, tendo acabado no 4º lugar da geral. Em termos de resultados, destaque ainda para o inesperado 4º lugar de Mariana Galrinho no triplo salto, ainda primeiro ano de juvenis; fazendo o seu primeiro campeonato no escalão maior, a atleta realizou uma marca de 10,10 metros e ficou a apenas 50 centímetros dos mínimos de participação nos campeonatos nacionais de juvenis, a reali-

zar só no próximo verão. Dos restantes sete atletas do CLAC, Ana Raquel Sebastião foi 5ª no salto em comprimento, Daniel Dias ficou em 2º lugar da 1º série de 60 metros planos. Inês Ribeiro, Célia Silva, Dalila Ferreira e Ana Abegão (estas duas últimas já veteranas) obtiveram o 4º lugar na estafeta 4x400 metros, ao passo que Elsa Dinis, que participou pela primeira vez nos 3.000 metros marcha, com pouca experiência nesta disciplina, foi desclassificada a poucas voltas do fim.

pontos e às cinco medalhas alcançados na primeira jornada, os atletas de Alcanena cimentaram a vantagem pontual colectiva, alcançando o título de campeões distritais. Nesta prova, o Grupo de Atletismo de Fátima, alcançou o segundo lugar, com 104 pontos, ao passo que o Clube de Natação de Rio Maior quedou-se pela terceira posição, com 85 pontos.

Ateneu do Cartaxo reactiva triatlo O Ateneu Artístico Cartaxense reactivou a secção de triatlo acolhendo grande parte dos atletas que abandonaram o Clube de Natação do Cartaxo, durante os últimos anos. Entre seniores e veteranos, a secção conta

já com 17 elementos, e tem as inscrições abertas para todos os que queiram praticar a modalidade vestindo a camisola do Ateneu, e que podem fazê-lo através dos contactos 919 902 722 e 962 908 154.

Sabacheira segue na Taça do Ribatejo A Sabacheira conseguiu vencer por 2-1 no terreno do Ribeira do Fárrio no passado domingo, 16 de Janeiro, em jogo a contar para a pré-eliminatória da Taça do Ribatejo em futsal, garantindo assim um lugar na próxima ronda da prova, que se disputa no próximo dia 5 de Fevereiro. Os jogos da 1ª elimina-

tória são: Cabiçalva – Riachense, Vitória Santarém – GF Achete, Louriceirense – Conforlimpa Almeirim, Azinhaga – Novas Oportunidades, ADCF Entroncamento – Juventude Ouriense, Carvalhos Figueiredo – Tramagal, Casa do Benfica da Golegã – Sandoeirense, e CD Fátima – Sabacheira.


MODALIDADES | DESPORTO 27

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Santarém Basket

Mais duas equipas nos campeonatos nacionais As equipas femininas de sub16 e sub19 do Santarém Basket perderam no passado fim-de-semana as respectivas finais distritais, mas asseguraram a presença nos campeonatos nacionais. As sub16 perderam por 75-51 e as sub19 por 4837, ambas frente ao Torres Novas. A jovem equipa senior feminina do Santarém Basket também conseguiu um resultado positivo na Quarteira, onde derrotou os

Tubarões por 88-66. Muito aguerridas e determinadas em ganhar o jogo, as scalabitanas dominaram a partida e mantiveram as adversárias sempre a uma distância pontual segura. Em jogo a contar para o campeonato distrital de sub12 feminino, o Santarém Basket perdeu por 42-27 na Chamusca, e as sub14 femininas foram batidas em casa pelo Simecq por 72-31, numa partida do torneio nacional.

Futebol

Resultados do Inatel Grupo A: Casais Ravelhos 3 – Envendos 1, Arreciadas 1 – Alvega 4, São Facundo 0 – Ortiga 2, e Sentieiras 7 – Carvoeiro 2. Comanda o Alvega, com 30 pontos. Grupo B: Olival 1 – Seiça 4, Bairro 2 – Amoreira 0, e Rio de Moinhos 3 – Lobos do Carvalhal 0. Folgou a Sabacheira. Comanda o Seiça, com 29 pontos. Grupo C: Ulme 2 – Vale de Cavalos 4, Tancos 1 ���

Alcanhões 3, e Alvitejo 1 – Parreira 4. Folgou a Carregueira. Comanda o Vale de Cavalos, com 30 pontos. Grupo D: Raposa 0 – Paço dos Negros 1, Juve São Domingos 7 – Granho 1, e Benfica do Ribatejo 3 – Vale de Santarém 1. Folgou o Zebrinho. Comanda o Paço dos Negros, com 31 pontos. Grupo E: Assentiz 0 – Arrouquelas 1, Casal da Charneca 1 – Vilanovense

MARCHA SOLIDÁRIA A 29 DE JANEIRO A marcha solidária integrada na iniciativa “O Desporto é Solidário”, cancelada por causa condições atmosféricas que se fizeram sentir no dia 6 de Janeiro, vai realizar-se no sábado, 29 de Janeiro, às 16h00. Está prevista a continuação da recolha de donativos para as instituições e a realização de vários sorteios e leilões, assim como a presença de várias figuras de destaque do desporto nacional. A concentração está marcada para o Jardim da Liberdade, e a marcha tem a duração de duas horas.

reia 1. Folgou o Foros de Salvaterra. Comando o F. Figueiras, com 28 pontos. Grupo H: Santana do Mato 3 – Volta do Vale 1, Cortiçadas de Lavre 1 – Santa Justa 1, Foros de Lagoiços 1 – Azervadinha 3, e Montinhos dos Pegos 7 – Valverde 0. Comandam Montinhos Pegos e Santa Justa, com 34 pontos. Este fim-de-semana, nao há campeonato, devido às eleições presidenciais.

Turquel conseguiu vencer em Almeirim

ESCOLAS DE ABRANTES ORGANIZAM TORNEIO A cidade desportiva de Abrantes vai acolher novamente o “megas Abrantes 2011”, um torneio desportivo organizado em conjunto por todas as escolas da cidade - Dr. Manuel Fernandes, Octávio Duarte Ferreira, Dr. Solano de Abreu, e Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes, cuja primeira fase se realiza já entre os dias 27 de Janeiro e 3 de Fevereiro. Para o dia 7 de Abril, está também já agendado o primeiro torneio escolar de futebol de 7 Abrantes 2011.

0, e Alcobertas 3 – Alencalense 1. Folgou o Almoster. Comanda o Almoster, com 33 pontos. Grupo F: Valada 2 – Tigres do Cartaxo 1, Vale da Pedra 2 – Quebradas 0, Ereira 0 – Vale da Pinta 0. Folgou a Lapa. Comanda o Tigres do Cartaxo, com 25 pontos. Grupo G: Fajarda 3 – Rebocho 2, Fazendas Figueiras 0 – M. Alta 0, e Carapuções 4 – CB Samora Cor-

Hóquei em patins - formação

Juvenis dos Tigres a caminho do nacional A equipa de juvenis do Hóquei Clube “Os Tigres”, de Almeirim, deu um passo de gigante no sentido de garantir o acesso à fase nacional do campeonato deste escalão. A jogar em casa, os jovens almeirinenses conseguiram um precioso empate a dois golos frente à Académica de Coimbra e está a um ponto de garantir a presença no nacional, bastando para isso empatarem em casa contra o Santa Cita. Neste jogo frente à equipa de Coimbra, os Tigres foram para o intervalo a perder por 1-0 e sofreram o segundo tento logo no início da segunda metade. Com muita paciência

e determinação, os juvenis acabaram por reduzir a vantagem e marcar o golo do empate a apenas 15 segundos do fim. Ainda dentro do hóquei de formação, os iniciados do Hóquei Clube de Santarém venceram a Juventude Ouriense por 8-3 e apuraram-se para a final regional onde vão disputar com outras três equipas deste escalão o acesso à fase nacional do campeonato. A vitória folgada frente à turma de Ourém foi conseguida através de uma grande entrega ao jogo e concentração dos jovens scalabitanos, para quem a participação no nacional acaba por ser um prémio merecido por

tudo aquilo que já fizeram ao longo desta época. Os infantis do HCS sofreram a primeira derrota da época frente ao HC Turquel, por 8-5, num jogo em que acertaram por seis vezes no poste e falharam duas penalidades. A ineficácia atacante dos scalabitanos e a pontaria acertada do Turquel explicam o resultado num jogo em que o HCS poderia ter facilmente construído uma resultado mais favorável. A decisão do título de campeão ficou adiada para a última jornada em Tomar, onde os jovens scalabitanos precisam apenas de um empate para fazer a festa de campeão.

Num jogo decisivo na luta pela subida à primeira divisão nacional de hóquei em patins, o Hóquei Clube “Os Tigres” de Almeirim perdeu em casa por 6-5 frente a outro sério candidato, o HC Turquel, que assim ascendeu ao primeiro lugar da tabela classificativa. O público que encheu o pavilhão Alfredo Bento Calado assistiu a uma partida bastante emotiva, onde a maior experiência e frieza da equipa visitante foi fundamental para assegurar os três pontos, sobretudo na segunda parte, em que lideraram sempre o andamento do marcador. Pelos Tigres, marcaram Bruno Januário, por duas vezes, Carlos Trin-

dade, Rui Cova e Bruno Ribeiro. Com esta derrota, os almeirinenses caíram do 1º para o 3º lugar, uma vez que o AD Oeiras venceu o Stella Maris por 9-4, e soma agora mais um ponto. A outra equipa do distrito que disputa a segunda divisão nacional, zona sul, a Juventude Ouriense, cumpriu a sua obrigação ao receber e vencer o Parede por 9-4, mantendo-se na 5ª posição, com 29 pontos. Na próxima jornada, que se disputa sábado, 22 de Janeiro, o Juventude Ouriense visita o Sport Alenquer e Benfica, ao passo que os Tigres visitam a UDC Nafarros, com a obrigação de não perder mais pontos.

De 24 para 12 horas de karts em Almeirim A tradicional corrida de karts “24 horas de Almeirim” vai passar este ano a uma prova de apenas 12 horas, no próximo dia 30 de Abril. Segundo uma nota de imprensa do Kartódromo da Quinta da Conceição, “a conjuntura actual não é propícia è realização da habitual prova de 24 horas”, pelo que a organização decidiu encurtá-la para metade “de modo a viabilizar a participação de todas as equipas amantes deste desporto”. A corrida será dis-

putada com a nova frota de karts Sodikart 270cc GT2, com uma hora de treinos e 12 de prova, com turnos de 30 minutos entre as equipas formadas por 6 a 10 pilotos. As inscrições custam 600 euros por equipa e podem ser feitas através dos telefones 243 570 820 e 910 257 399, pelo fax 243 570 829, ou pelo e-mail geral@kartalmeirim.net. O kartódromo irá ter porco assado no espeto e pão para oferecer aos participantes a partir das 17 horas.


28

O Ribatejo

Curso de iniciação ao teatro em Riachos

culturas

21 | Janeiro | 2011

Riachos lança um curso de iniciação ao teatro, sob a direcção de Hugo Gama. A iniciativa terá início dia 5 de Fevereiro, na Casa do Povo de Riachos. e tem com principal objectivo sensibilizar e envolver a comunidade na prática do teatro. Inscrições através do 913605180 ou 916433404

destaques

Música e poemas de sempre no Cartaxo Isa Peixinho chega Centro Cultural do Cartaxo (CCC), dia 21 de Janeiro, para mais uma edição da “Nova Vaga”. Um concerto que conta com a participação da pianista Isabel Rato e do guitarrista Paulo Rosa, músicos com quem Isa Peixinho tem trabalhado na área da música erudita e da música popular.Natural do Cartaxo, a artista tem corrido o país, com especial destaque a capital, contactando com novos artistas, músicas e novos públicos. Chega ao Cartaxo dia 21 de Janeiro onde propõe a audição de grandes músicas e de poemas de sempre, numa noite que reabre a Nova Vaga, no Cartaxo.

Chamusca apresenta musical de Amália O musical “Amália, Nossa Senhora do Fado”, produzido pela Companhia de Teatro do Ribatejo, com texto e encenação de João Coutinho, volta aos palcos da Chamusca, dia 22 de Janeiro, às 21h30, no Cine Teatro da Chamusca. Amália é uma viagem musical e teatral pelo fado e pela vida dramática de Amália Rodrigues, numa visão original da Companhia de Teatro do Ribatejo que procura compreender os mistérios daquela que se transformou no símbolo da identidade portuguesa. Na peça, a sua vida confunde-se com os seus fados, na dor, na alegria, no desespero, na presença permanente da morte.

Espectáculo inclusivo no Teatro Virgínia O Teatro Virgínia, em Torres Novas apresenta dia 22 de Janeiro, às 21h30, os espectáculos de dança “Levanta os Braços como Antenas para o Céu” e “Beautiful People” de Clara Andermatt e Rui Horta. Duas obras inclusivas, com reportórios próprios que contribuem para “a mudança da imagem social das pessoas com deficiência”. Um conflito directo com as questões do corpo diferente e com aqueles que vivem na primeira pessoa esta diferença. Duas obras sob a direcção artística de Henrique Amoedo, para ver dia 22 de Janeiro. Custo 5 euros.

Recital em Santarém O Teatro Sá da Bandeira em Santarém recebe um recital de violino e piano, dia 22 de Janeiro, às 21h30. Com a participação de Bruno Monteiro e João Paulo Santos, os dois músicos interpretarão obras de Friedrich Smetana, Tchaikovsky, Erwin Shoulhoff e Guillaume Lekeu.Um concerto a não perder, com dois grandes músicos do panorama musical português ao nível da música clássica. Custo 5 euros.

roteiro cinemas SANTARÉM W Shopping - Cinemas

Sessões às 21h00, 23h30 e 00h00.

Tel: 707220220

Castello Lopes 1 Gigante

36 Vistas do Monte Saint Loup

Drama (M12) - A história de Jara, um segurança de supermercado que se apaixona por uma empregada de limpeza, que observa através dos monitores de vigilância, uma atracção que gradualmente se transforma em obsessão.

Comédia(M12) - Na véspera da digressão de Verão, o proprietário e fundador de um pequeno circo morre. Para tentar salvar a digressão, a companhia decide chamar a sua filha Kate que abandonou o circo há mais de quinze

anos. Mas ela aceita e o amor vai nascer. Sessão às 13h40, 16h20 e 18h20

Castello Lopes 2

∑ rio. Sessão às 13h30, 16h10, 19h00, 21h50 e 00h20.

Castello Lopes 3

Não há Família Pior

As Viagens de Gulliver 3D

Comédia(M12) - Foram precisos 10 anos, dois pequenos Fockers com a sua mulher Pam e um sem número de obstáculos para que Greg “se desse bem” com Jack, o seu sogro rígido e autoritá-

Acção/Aventura(M12) - Nesta versão do conto clássico de Jonathan Swift, Lemuel Gulliver é um escritor que, para impressionar o editor se aventura em águas desconhecidas, num barco com destino

ao Triângulo das Bermudas. Mas a viagem, agitada levamno a um tipo muito diferente de ilha, habitada por uma civilização conhecida como Liliputianos. Sessões às 12h50, 15h00, 17h10, 19h20, 21h40 e 23h50

Castello Lopes 4 Tron: O Legado Acção/Aventura(M12) - Sam Flynn, um rebelde de 27 anos,

é assombrado pelo misterioso desaparecimento do seu pai, Kevin Flynn, um homem que ficou conhecido como líder mundial na criação de videojogos. Quando Sam investiga uma estranha mensagem, é atirado para um mundo digital. Sessões às 13h00, 15h40, 18h30, 21h20 e 00h40


O Ribatejo

29

Momentos Criativos no Entroncamento

21 | Janeiro | 2011

Entroncamento realiza dia 22 de Janeiro, a oficina “Momentos Criativos para Miúdos e Graúdos a Brincar com o Feltro”, na Sala de Formação dos Serviços Culturais, entre as 15h00 e as 17h00.A iniciativa pretende juntar o gosto pela arte e pelos trabalhos manuais.

exposições

Espectáculos

Abrantes

Projectos educativos no Sá da Bandeira

Borboletas Exposição de borboletas e insectos do coleccionador, António Gonçalves Trindade. Para ver na Biblioteca Municipal António Botto até 31 de janeiro.

Torres Novas Modelismo

Exposição de fotografia de Joana Ratão. Para ver no Museu Municipal Carlos Reis até 6 de Março.

AGENDA DE ACTIVIDADES JANEIRO 27 DE JANEIRO CICLOS DE CINEMA O mês de Janeiro é dedicado a Quentin Tarantino. Pulp Fiction Museu Municipal de Ourém, 21h30 Entradas gratuitas, limitadas à capacidade da sala

O Teatro Sá da Bandeira em Santarém apresenta o projecto “A Escola vai ao teatro”. Durante quatro dias, várias escolas e jardins-de-infância têm a oportunidade de dar a conhecer e assistir a projectos educativos, como “Falar a Verdade a Mentir” de Almeida Garret, pelo Teatro Arte d’Encantar, dia 21 de Janeiro, às 10h30 e às 14h00. “Nas Linhas do Corpo”, um projecto Educativo da Cultrede, levado a cabo pela Escola EB de Santarém, para ver dias 26 e 28 de Janeiro, às 09h00 e “A mala árvore - Biblioteca de mala aviada”, um projecto educativo Artemrede, para ver dia 31 de Janeiro, às 10h30 e às 14h30. Projectos educativos que visam estimular o gosto pelas artes, seja através da participação ou simplesmente do visionamento. Para ver durante o mês de Janeiro, no teatro Sá da Bandeira.

Ourém

Pintura Exposição de pintura da artista holandesa Una More. Filha de mãe pianista e pai escultor, Una More contactou desde tenra idade com o mundo das artes e aos 21 anos apresentou a sua primeira exposição ao público. Patente na Galeria Municipal de Ourém, com entradas livres.

Constância

ATÉ 30 DE JANEIRO PINTURA DE UNAMORE A holandesa Una\more traz a Ourém uma selecção dos seus trabalhos de pintura. Galeria Municipal, Zona Histórica 9h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00. Encerra à Segunda. Entradas Gratuitas

Casca de Caracol O Posto de Turismo de Constância tem patente ao público, até ao próximo dia 29 de Janeiro, uma Exposição de trabalhos em Casca de Caracol, de Elisabete Santos.

Câmara Lenta - por Francisco Maia

Tron: O legado

Santarém

Imagine ser transportado para dentro de um dos seus videojogos favoritos, fazendo parte de uma utopia virtual comandada por um ditador electrónico baseado na imagem de seu pai... Surreal? Não.. Tron mesmo! O novo filme dos estúdios da Disney, pode ser caracterizado pelos visuais de cortar respiração e pelo intenso ritmo de acção. Conta com um elenco de luxo com nomes sonantes do cinema actual como Jeff bridges e Olivia Wilde. Em termos de premissa e enredo o filme cai na médiocridade do género onde se encontra, mas, para compensar a falta de profundidade de texto, ganha na profundidade do 3D, sendo este para 2010 como “Avatar” esteve para 2009. Pensado de raiz e filmado como um real filme 3D, é sem duvida um regalo para os olhos. Concluindo, se quiser ver um espectáculo visual sem igual, e maravilhar-se na sua beleza, Tron é um filme a não perder no cinema.

“O Nú”

Exposição colectiva intitulada “O Nú”, realizada pelos alunos da turma F, do curso de artes visuais da Escola Secundária Dr. Ginestal Machado. A exposição será inaugurada dia 18 de Janeiro, às 17h00 e contará com a participação da pintora Denise Serra, ex-aluna da escola.

Tomar

Noronha da Costa Exposição de Noronha da Costa, cuja “obra é uma inquieta obsessão em torno da natureza”. Na Galeria dos Paços do Concelho.

roteiro cinemas Castello Lopes 5

Castello Lopes 6

e 00h10.

21h30, em Samora Correia

A rede social

O Turista

Hereafter - Outra Vida

TORRES NOVAS

Gru: o maldisposto

Thriller(M12) - Frank Tupelo é um turista Americano que está a viajar como forma de curar o seu coração. No comboio que o leva de Paris a Veneza, conhece Elise Clifton-Ward, uma misteriosa mulher que intencionalmente cruza o seu caminho. Sessão às 13h20, 16h00, 18h50, 21h10 e 23h40.

Drama(M12) - George é um trabalhador da construção civil que tem uma ligação especial com a vida para além da morte. Marie (Cécile de France), uma jornalista Francesa, é vítima de uma catástrofe natural que quase a matou, o que alterou totalmente a sua realidade.Sessão às 13h10, 15h50, 18h40, 21h30

Virgínia

Animação (M6) -Dia 22, às 21h30, em Benavente

Drama (M12) - Dia 22 de Janeiro, às 16h00 e às 21h30

Aquário de Andrea Arnold Drama (M12) Sessão dia 26 de Janeiro, às 21h30.

RIO MAIOR Cine-Teatro

CONSTÂNCIA Cine-Teatro

A tempo e horas

A Casa de Mickey Mouse: surpresas divertidas”

Cine-Teatro

Comédia (M12) - Dias 20 e 21 de Janeiro, às 21h30

Animação (M12) - Dia 22 de Janeiro, às 15h00.

Harry Potter e os Talismãs da Morte

SARDOAL

Aventura (M12) -Dia 21, às

Cine-Teatro

BENAVENTE

21 DE JANEIRO PEÇA DE TEATRO “O GATO” Pelo Grupo de Teatro Apollo Cine -Teatro Municipal de Ourém 21h30 Bilhetes: 2 euros Reservas: gteatroapollo@gmail. com; tel.: 911956731; 30 minutos antes do espectáculo. Org.: Grupo de Teatro Apollo Apoio: Município de Ourém 22 DE JANEIRO 2011 CINEMA “HARRY POTTER E OS TALISMÃS DA MORTE (Parte 1)” Cine -Teatro Municipal de Ourém 21h30 Acção/ Aventura M12 29 DE JANEIRO 2011 CINEMA “NÃO HÁ FAMÍLIA PIOR” Cine -Teatro Municipal de Ourém 21h30 Comédia M12 DIA 29 DE JANEIRO CONVERSAS À VOLTA DA FOTOGRAFIA Conduzidas por Roberto Chichorro, Nanã Sousa Dias, Sandro Resende, José João Azevedo, Paulo Cunha e Ana Raquel Matos. Mostra de todas as fotos a concurso e divulgação dos vencedores da Maratona Fotográfica de Ourém 2010. Casa do Administrador 14h30 Entradas gratuitas DIA 30 DE JANEIRO PASSEIOS FOTOGRÁFICOS DE OURÉM Primeira sessão: Conceitos de Fotografia Museu Municipal de Ourém Casa do Administrador, Das 14h00 às 18h00 Actividade de componente formativa e lúdica, que se irá desenrolar ao longo de 2011. Uma vez por mês haverá lugar a um workshop temático sobre aspectos técnicos da Fotografia. Informação detalhada no site da autarquia, em www.cm-ourem.pt. Formador: António Catarino (http://www.amcatarino.com/) Entrega de certificado por workshop e diploma por curso completo.


30

O Ribatejo

Concerto de música clássica em Minde

21 | Janeiro | 2011

O Centro de Artes e Ofícios Roque Gameiro promove, no próximo dia 23 de Janeiro, a partir das 16h00, no Museu de Aguarela Roque Gameiro, em Minde, um concerto pelos alunos do Conservatório de Música Jaime Chavinha.

televisão

horóscopo

Atrás das nuvens

carneiro 21/3 a 20/4

Tente encontrar os seus verdadeiros sentimenbalança 24/9 a 23/10 tos; quanto mais se dividir ou dispersar mais

Faça um esforço para modificar algumas posições e assim permitir um fortalecimento das relações. Poderá esta semana combater decepções e entrar num período mais protegido. Os resultados serão proporcionais ao seu empenho profissional.

escorpião 24/10 a 22/11

gémeos 22/5 a 21/6

Tem bons motivos para se sentir privilegiado nos amores; provas de interesse e apreço surgirão seguramente. Tente não comprometer um relacionamento por implicância. As coisas tendem a correr-lhe bastante bem em termos profissionais.

sagitário 23/11 a 20/12

Os sentimentos tendem a desenvolver-se com maior fluidez e relações em conflito podem compatibilizar-se ou chegar a uma saída. Os momentos íntimos devem ser intensificados. O tempo e os argumentos usados em devida altura dar-lhe-ão agora razão.

caranguejo 22/6 a 22/7

A semana tende a decorrer de forma muito tensa podendo assistir-se a conflitos quase permanentes e a entendimentos quase impossíveis. Mantenha a sua postura até ao fim, mesmo nas situações surpreendentes. Tome muito cuidado. Não se precipite.

capricórnio 21/12 a 20/1

Esta semana poderá, após reflexão e diálogo, encontrar melhor rumo para as relações e para as vivências do quotidiano. Poderá não se sentir muito satisfeito com performances. Terá de actuar com calma e maturidade para não beliscar a sua actual imagem.

leão 23/7 a 23/8

Precisa de clarificar um pouco mais o plano amoroso da sua vida e para isso é importante que vença barreiras e fale sobre o que o preocupa. Domine-se em situações de conflito. Tente ser transparente em questões profissionais, para também poder exigir.

aquário 21/1 a 19/2

Algumas ligações tendem a chegar ao limite do razoável ou aceitável; é altura de definir o futuro. Paixões fortes poderão levar a atitudes extremas ou excessivas mas a verdade é que os comportamentos mornos não são desejáveis neste momento.

Saia e divirta-se; tristezas não pagam dívidas ou anulam momentos negativos, sobretudo os que envolvem terceiros. Pequenas mas relevantes questões podem agora ser resolvidas. Ocupe-se de pequenas coisas ou de situações conjunturais.

peixes 20/2 a 20/3

touro 21/4 a 21/5

RTP1 Sexta-feira, 21 de Janeiro, 00h15

Era uma vez o Paulo, um miúdo de 10 anos. O Paulo vivia com a mãe e não se cansava de perguntar pelo avô, um avô que ele nunca conheceu. Mas por muito que insistisse, a mãe queria esperar até que ele fosse crescido para lhe contar a história. Mas o Paulo era curioso. Muito curioso. Então, um dia, de mochila às costas, resolveu partir à aventura, ao encontro deste misterioso personagem.

A aventura do antibiótico RTP2 Segunda, 24 de Janeiro, 23h45

Os antibióticos são sem dúvida a maior descoberta de todos os tempos no campo da saúde. Com a decoberta dos antibióticos o homem conseguiu neutralizar os micróbios pela primeira vez na história. Esta surpreendente vitória conduziu a sociedade a uma importante revolução tanto social como cultural. Graças a esta descoberta, a esperança de vida nas sociedades ocidentais aumentou muito. A mortalidade infantil deapareceu virtualmente assim como doenças como a peste e a tuberculose. Um documentário com entrevistas a peritos.

virgem 24/8 a 23/9

dificilmente se sentirá satisfeito. Ouça o que têm a dizer-lhe e se preciso for, dê o braço a torcer. Todas as garantias ou precauções são recomendáveis esta semana.

palavras cruzadas Marcos Cruz - Rede Expresso

sorte Concurso nº 2/2011

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

totobola

12112221211x2 0:1

totoloto 4 | 16 |24 | 26 | 33| 46| 17

joker 9.155 .632

loto2 12 |22 | 25 | 27 | 39| 47 | 2 Estes resultados não dispensam a consulta da lista oficial do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

Poderá dirigir a sua vida e de forma mais ou menos directa conseguir realizar os seus intentos. Terá de ser o “motor” das relações. Semana de cariz amplamente favorável mas não se julgue Hércules pois acabará por deitar muito a perder.

sudoku 6

9

5

1

8

9

3

1

5

6

4

7

VERTICAIS: 1. Estudantes com bolsa 2. Nem sempre é fácil fazê-lo ao útil e agradável. Parte do percurso 3. Imprudente. Linhas aéreas chilenas 4. Estreita e comprida. Chanel criou o seu 5. Pedra de altar. Ave de plumagem castanha com pintas escuras 6. Don Diego de la Veja com mascarilha. Podem ser secas 7. Composição química usada em fotografia. Como um pero 8. Suscita reacção. Meio macaco 9. No princípio não soa. Era a polícia política nacional 10. Era Napoleão, Existem em todos os meios de transporte 11. Unidade de sensibilidade. O de Mona Lisa é intrigante.

4 5

3

9

7

3

5

7

6 2

4

5

1

6

4

Luigi Pirandello PVP:7,50€ Humoristico e profundamente irónico, «Um, ninguém e cem mil», foi o último romance publicado por Luigi Pirandello, Nobel da Literatura, e é considerado pela crítica como um dos pontos mais altos de toda a sua obra, onde o autor resume e aprofunda todo o seu universo, que marcou de forma original a literatura do sec.XX. .

CD Mothership Led Zeppelin PVP:9,99€ Quase 40 anos depois, Led Zeppelin continuam a inspirar gerações de músicos por todo o mundo. Mothership é a celebração dessa carreira extraordinária, reunindo 24 dos temas mais importantes dos Led Zeppelin: o lendário “Stairway To Heaven”, “Whole Lotta Love”, “Immigrant Song”, “Dazed and Confused”.

6 9

6 4

HORIZONTAIS 1. Trouxe incenso para o Menino Jesus. Fica perto 2. Trabalha o barro. Não trazem nada de novo 3. Está cheia de leitura. Sofre metamorfoses 4. A da Carolina tem um lagarto pintado. Itinerários 5. Pedaço de história. Conjunto de normas (pl.) 6. Prefixo de novo. A primeira nudista 7. Dispositivo que varia a resistência de um circuito. Letra repetida 8. No meio do mote, Volume de obra. Colocar 9. O que segregava o cão de Pavlov quando ouvia música. O Sul da França 10. Estruturas defensivas formadas por estacas 11. Embarcação a remos. Inflamado.

LIVRO Um, ninguém e cem mil

3 8

8

DVD Pack Irmãos de Armas Vários PVP: 50,99€ Depois da sua inesquecível colaboração em O Resgate do Soldado Ryan, Steven Spielberg e Tom Hanks encontram novas histórias da Segunda Guerra Mundial para nos contar com Irmãos de Armas, a cativante e realista saga de guerra baseada na obra de Stephen E. Ambrose.

7 3 1 6

6

8 2

9 2

4 3

1 8

2

5 7

JOGO Tron: Evolution

5

PS3 PVP:39,99€ Mergulha numa aventura envolvente e épica num imenso mundo digital onde precisarás de capacidades e de instinto de sobrevivência. Combate os inimigos do mundo Tron com um disco de luz, usando uma mistura dinâmica de corrida livre e movimentos de artes marciais numa missão heróica pela rede.

9 4

8

Soluções

Concurso nº 3/2011

Conjuntura amorosa favorável. Aposte numa vida sentimental saudável ainda que para isso tenha de formular opções. Favorecidos novos relacionamentos. Tendência a evoluções profissionais positivas e de encontro aos seus interesses.

2

HORIZONTAIS 1. Baltazar; cá 2. oleiro; ecos 3. livraria; rã 4. saia; rotas 5. era; códigos 6. neo; Eva 7. reóstato; rr 8. ot; tomo; pôr 9. saliva; Midi 10. Palissadas 11.canoa;aceso

2 | 14 |24 | 39 |44| 6 | 7

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

VERTICAIS: 1. bolseiros 2. aliar; etapa 3. leviano; LAN 4. tira; estilo 5. ara; cotovia 6. zorro; amas 7. iodeto; sã 8. reativo; Mac 9. aga; PIDE 10. corso; rodas 11. asa; sorriso

euromilhões

Super 14. Académica - Benfica

escaparate

Momentos de invulgar satisfação. Os amores tendem a dar-lhe grandes alegrias. Acima de tudo, saberá o que quer e como quer. Na conjuntura dominam bons indicadores profissionais e económicos. Os seus projectos e ideias terão bom acolhimento.

1

Só há uma regra: completar a grelha, de modo a que cada linha, cada coluna e cada bloco de 3x3 incluam os números de 1 a 9, sem repetições!


32 COMERES & BEBERES | RESTAURANTES E ESPECIALIDADES SANTARÉM A GRELHA Especialidades Peixe Fresco, Bacalhau Assado com Magusto, Espetadas de Lulas com Gambas, Espetadas de carne Barrosã com Gambas e Ananás, Espetadas Mistas, Arroz de Feijoca, Bons Vinhos da Região Folga 2ª Feira Morada R. Ateneu Comercial, 1 r/c Esq. – Santarém Telefone. 243333348/ 243322636/ 917604488 ADEGA DO BACALHAU Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau assado com Magusto, Bife à Casa Folga Domingo Morada Travessa da Boleta, 2 e 4 (centro histórico) Santarém. Tel. 243306519964569837. QUINTAL DO BECO Especialidades Lulas fritas com camarão, Bife à Beco. Folga Domingo. Morada Beco dos Fiéis de Deus, nº 15, Santarém. Tel. 243391247. OH VARGAS Especialidade Comida Tradicional Folga Sábado (excepto para serviços marcados) Morada EN 3 - Portela das Padeiras - Santarém Tel. 243351146. O SALSA Especialidades Peixe Fresco, Carnes da Especialidade, Massinhas de Peixe, Açorda de Ovas Folga Domingo Aberto nos Feriados Morada EN 3 – Portela das Padeiras – Santarém Tel. 243351341 J F RESTAURANTE Especialidades Folhado de Perdiz, Bacalhau frito com Gambas e Coentros, Camarão com Risotto 3 queijos, Bifes do lombo, Cozinha Tradicional portuguesa Folga 3ª Feira Morada Jardim de Cima - Santarém Tel. 243302200 CASA CONDEÇO Especialidades Açorda de Bacalhau à Barrão, Molhinhos de Carneiro com Grão, Migas Ribatejanas c/ Bochechas de Porco Favas com Entrecosto Folga 2ª Feira Morada Rua do Alfageme, 41 – Ribeira de Santarém - Santarém Tel. 243326887 A CARROÇA Especialidades Bacalhau à Carroça; Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Brás, Carne de porco à Alentejana, Petiscos (amêijoas, moelas, pica-pau) - Aberto todos os dias Morada Rua Principal – Advagar - Achete Tel. 243478216 LUÍS DO LEITÕES Especialidades Leitão assado à Bairrada, Bacalhau à Lagareiro, Grelhados variados Folga 2ª Feira Morada Rua Teófilo Braga, 10 - Santarém Tel. 243332102 O BACALHAU Especialidades Borrego à Casa, Bacalhau à Lagareiro, Peixe Fresco Folga 3ª feira à tarde Morada Rua S. Tiago Tremez Tel. 243479196 TABERNA DO QUINZENA Especialidades: Magusto com Bacalhau Assado, Pato Assado no Forno, Cozido à Portuguesa, Cabrito Assado no Forno, Pernil de Porco e Naco de Toiro Bravo Avinhado Folga Domingo Morada Taberna I - Rua Pedro Santarém,93/95-SantarémTel.243322804 Morada Taberna II – Cerco da Mecheira, 20 - Santarém Tel. 243333110 ADEGA DOS SABORES Especialidades Cabrito Assado no Forno, Bacalhau assado com batata a murro, Polvo à Lagareiro. Folga 5ª feira e domingo ao Jantar. Morada Rua 25 de Abril, 27 – Casa dos Pinheirinhos- Casal da Charneca – Almoster – Santarém. Tlm 916845000 MINA VELHA Especialidades: Bacalhau Assado com Magusto, Bacalhau c/ Broa, Massa à Barrão, Bife à Mina Velha, Posta à Mina Velha. Folga : Domingo à Noite e 2ª Feira. Contacto 243 372 581. Morada : Urb. Quinta das Fontainhas – Santarém. Long. 08´42´20” O. Lat. 39´42´19” N O CANTINHO DA BELA Especialidades Bacalhau gratinado, bacalhau à casa, ensopado de borre-

go, lombo assado com migas, coelho à caçador Folga Domingo Morada Estrada Nacional 3, Lote 3, Pernes Tel. 243 449 514.

de Benfica – Benfica do Ribatejo Tel. 243589156 CAMBÁIA Especialidades: Ensopado de Enguia e Enguias Fritas. Folga 4ª e 5ª feira (excepto feriados). Morada Rua do Campo da Bola - Foros de Benfica. Tel. 243580934

QUINTA DOS GRAVELHOS Folga 3ª feira Morada: Rua do Comércio, 58 - Moçarria Tel. 243499300 Tlm. 967062629 DOM TACHO Especialidades Ensopado de Enguias, Feijoada de Gambas, Mar e Terra Morada Rua Marquesa da Ribeira Grande 53, Vale de Santarém Tel. 243 761078. Aberto todos os dias.

CARTAXO QG Folga 3ª feira Morada: Praça 15 de Dezembro, 1 - Cartaxo Tel. 243499300 Tlm. 967062629 O CHURRASCO Especialidades Frango, Coelho, Costeletas e Mistas grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quintafeira). Morada R. Dr. Gomes da Silva (Sociedade Filarmónica Cartaxense) Cartaxo Telem: 963458371

O CANTINHO DOS SABORES Especialidade Bacalhau Assado com Açorda de Grelos Folga: Domingo. Morada Estrada Nacional 3, Alto do Vale, Vale de Santarém Tel. 243761268 TABERNA RENTINI Especialidades Cozinha Tradicional, Grelhados no carvão Morada Casais do Quintão - Perofilho, 2005-021 Várzea - Santarém Tel. 243499254 CHAFARICA DA TORRE Especialidades Carne de Vitela Maronesa, Bacalhau na brasa, Camarão Tigre, Raia com molho de alcaparras Folga Domingo Morada Praceta João Caetano Brás, 9 - S. Domingos - Santarém Telf. 243 372 649 - 96 6620790 O TASCO Especialidades Massa à Barrão, Bacalhau grelhado com Magusto, Bife à Tasco, Entrecôte com Migas, Carnes de Porco Preto grelhadas Folga Domingo Morada EN 3 – S. Pedro (frente à JAE) – 2005 Santarém Tel. 243302740 Tlm. 917062391 O BERNARDO Especialidades: Bacalhau no forno com Broa de Milho, Polvo no forno, Ensopado de Borrego, Cabrito no Forno e Lombos de Fataça Grelhados Folga: 2ªas Feiras Morada: Loja Nova – S. Vicente do Paúl Contactos: 243428388 Telemóvel 9918939656 O CANTINHO DO AVÔ Especialidades: Queixadas de Porco no Forno, Molhinhos com Feijão Branco, Cozido à Portuguesa, Feijoada à Transmontana, Secretos de Porco Preto, Magusto com Bacalhau Assado, Polvo à Lagareiro. Folga Domingo. Morada Rua Paulino da Cunha e Silva nº 121 – 2000-369 Alcanhões. Tel. 243428303 CARAVANA Especialidades: Bife à Caravana, Bife de Pimenta, Lulas com camarão. Folga Domingo. Morada Rua Capelo Ivens, nº 102, Santarém. Tel. 243 306 437

TABERNA DO GAIO Especialidades Pratos Regionais e grelhados de peixe e carne. Jantares às sextas e sábados. Folga ao domingo. Estrada Nacional N3 - Cruz do Campo - Cartaxo. Telf: 243 759 883

Fonseca, 144 - Salvaterra de Magos Tel. 263507858 - 918675981 CALIFÓRNIA Especialidades Enguias c/arroz de feijão, Ensopado de Enguias, Entrecosto Frito c/arroz de feijão, Vitela estufada, Chispe c/Feijão Branco. Serve Jantares. Fecha às terças. Telf: 263504643 . Foros de Salvaterra. O PINTO Especialidades Enguias fritas c/arroz de feijão, ensopado de enguias, polvo à lagareiro, Borrego à Alentejana. Fondue. Aberto todos os dias. Serve jantares. EN 118 KM54 – Marinhais ADEGA DA ROSA Especialidades Picanha, Bacalhau à Lagareiro, Chocos à Lagareiro, Espetada de lulas c/gambas, costeleta Mirandesa. Garrocheira – Foros de Salvaterra; Telf: 263 507 240 CABANA DOS PARODIANTES Especialidades Bife à Patilhas & Ventoinha, Molhata de Enguias (caldeirada típica avieira). Pode encomendar Barretes, Bolo Rei e outras especialidades. Folga 4ªs feiras à tarde. Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca. Mail: cabana.eventos@gmail.com telf: 263504177 ; site: www.cabanadosparodiantes.com

PAPARIKA DO MOCHO Especialidades: Muamba de galinha, Caracoletas guisadas, Cataplana de marisco e Torricado de bacalhau Folga: Domingo Morada: Rua do Matadouro Regional, Lote 22 – Quinta do Mocho – Zona Industrial – 2005-002 Santarém Contactos: 243325144/ 918550164/ 919848045

ESCAROUPIM Especialidades Enguias todo o ano, Açorda de Sável, Lampreia em época, Arroz de Bacalhau c/ Farinheira, Migas, Tarte de Perdiz Folga 5ª Feira e Domingo ao jantar Morada Largo do Avieiros - Escaroupim - Salvaterra de Magos Tel. 263107332 telemóvel: 912539228email:rest.o.escaroupim@ hotmail.com

RESTAURANTE O FABIO Especialidades: Costeletas de Touro bravo, Lombinhos de porco, grelhados no carvão. Encerra aos Domingos. Morada R. Dr. Jaime Figueiredo, 21 – Santarém – Tel. 243329507 – Tlm. 919484113

A CASINHA Especialidades Ensopado de Enguias, Enguias Fritas, Picanha, Plumas de Porco Preto, Alheira, Caça Grelhada Morada Av. Dr Roberto Ferreira da Fonseca 54 - Salvaterra de Magos Tel. 263504795 Aberto ao domingo durante o mês da enguia

CONSTÂNCIA FALCÕES Especialidades: Troxas de Sta. Madalena, Bife na Pedra, Terra e Mar, Maçã Romana Folga: Terça-Feira Morada: Rua Luís de Camões, 33 Abrantes Horário: 12h10m ás 15h00m e das 19h30m ás 22h30m Telefone: 249 098 875 E-mail: restaurantefalcoes@gmail.com SALVATERRA PRETO & BRANCO Especialidades Bacalhau com natas, Porco Preto, Arroz de Pato, Enguias do Rio, Carne Mirandesa Folga 2ª feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

BARQUINHA

241881343 Email info@restaurantecristina.com Web www.restaurantecristina.com AVENIDA Especialidades Polvo a Lagareiro, Bacalhau a Braga, Pescada Gratinada com Camarão, Bifes da vazia à Portuguesa com Pimenta ou com Alho. Reservas para grupo e Serviço de Take Away pelo 968486613 - Karaoke aos Sábados Morada Av. Forças Armadas - Abrantes O FUMEIRO Especialidades Bife da casa, Fondue de Porco Preto, secretos com migalhana, Ovas na Brasa com Açorda de Ovas, Bacalhau à Fumeiro Folga Domingo Morada Rua do Pisco, 9 – Abrantes Tel. 938851963 Email restaurantefumeiro@clix.pt ALMEIRIM RETIRO DO CAMPINO Especialidades Sopa da Pedra, Grelhados no Carvão Folga 3ª Feira Morada Largo da Praça de Toiros, 1 A Almeirim Tel. 243592528 O GALINHA Especialidades Sopa 3/1, Sopa da Pedra, Polvo à Lagareiro, Cozido à Portuguesa, Arroz de Tamboril, Massada de Cherne, Bife à Cortador Folga 3ª Feira. Aceita-se reservas para grupos Morada Rua Ilha da Madeira, 16 J - Almeirim Tel. 243579797 DAVID PARK Especialidades Arroz de Tamboril, Espetadas de Lombinhos c/ Gambas, Cozinha Tradicional, Peixe Fresco grelhado na Brasa Folga 4ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 15 - Almeirim Email: davidparkmail.telepac. pt. Tel. 243591475 SEPÚLVEDA Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Molhinhos c/ Grão, Entremeada de Vitela, Moelas estufadas c/ batata frita, Chocos e Grelhados Folga Não temMoradaRuaVinhadoSantíssimo, Bloco 32 - Almeirim Tel. 938732058

ALMOUROL Especialidades Enguias, Sável e Lampreia Folga 3ª Feira Morada Tancos, Vila Nova da Barquinha Tel. 249 720 100. Mail: www.almourol.com

O FORNO Especialidades Sopa da Pedra, Peixe Fresco, Carne Porto Preto e Grelhados Folga 3ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 23 - Almeirim Tel. 243592916

ABRANTES

O CHURRASCO Especialidades Frango, Coelho, Carnes grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. 5 de Outubro, 115 - Almeirim Tel: 963458371

CRISTINA Especialidades Bacalhau c/Broa, Polvo à Lagareiro, Cherne c/molho de coentros, cabrito assado no forno, Arroz de Pato à Antiga, Perna de Borrego assada c/alecrim. Folga Domingo à tarde e 2ª feira Morada Rio Moinhos – Abrantes Tel. 241881177 Fax:

CONSTANTINO DAS“ENGUIAS” Especialidades: Enguias Fritas, Ensopado, Grelhados no carvão Folga à 2ª Feira. Aceita reservas Morada Foros

TABERNA DO ALFAIATE Especialidades Bacalhau assado no forno com manja, Migas de bacalhau, Cabrito assado no forno, Naco de boi em vinho tinto com migas, Entrecosto de porco preto com arroz de feijoca, Porco preto assado no forno à padeiro. Folga Encerra às 2ª feiras e Domingos ao jantar. Morada Lapa, Cartaxo, telefone 243 790 005 GOLEGÃ CENTRAL Especialidades: Bife à Central com Molho à Brogueira, Entrecosto à Goleganense, Açorda de Sável- Sobremesa: Toureiros Telefone : 249976345 Morada : Largo Imaculada Conceição 3 a 8 - 2150-125 Golegã. Reservas@cafecentral.pt www.cafecentral.pt O BARRIGAS Especialidades: Buffet de entradas regionais, fritada de camarão com açorda e naco de boi no carvão.Folga: Domingo ao jantar e 2ª feira Morada: Largo 5º Outubro, nº 55 e 56 – Golegã Contacto: 240 717 631 Site: www. obarrigas.com Outras info: Zona para fumadores ALPIARÇA TERTÚLIA Especialidades Ensopado de enguias, bacalhau com broa, bacalhau com favas, bacalhau (frito) à marialva, porco preto, borrego à moda de Alpiarça, costeletas de borrego, espetada de javali, alheiras (caça/ mirandesa), coelho com molho de coentros. Bons vinhos da Região e de outras regiões. Ementas personalizadas para grupos e ocasiões especiais. Abrerto todos os dias Morada Rua Engº Álvaro da Silva Simões, 108 Alpiarça Tel: 243558588 Reservas 935587920. Site http//tertulia-restbar.hi5.com Email:bernardos.inv. hot@sapo.pt CORUCHE Ó MANEL Especialidades: Espetadas do Toiro Bravo. Dobrada e mão de vaca. Sopa de Rabo de boi. Grelhados. Morada Rua de S Tomé, 4 – Bairro Novo. Tel. 243675878. Folga ao Domingo JAKIM GIRASSOL Especialidades: Bacalhau c/ Migas, Feijoada de Chocos c/ Gambas, Borrego assado no forno, Pernil de Porco no Forno, Arroz de Pato, Bacalhau gratinado c/camarões. Petiscos variados. Morada: Estrada Nacional 119 (Área de serviço Repsol) – Biscainho . Tel. 243660333 A TASCA Especialidades Pernil de porco no forno, cozido à portuguesa. Carne Brava Folga Domingo Morada Mercado Municipal – Coruche Tel.

243675232 O CHOUPO Especialidades Bacalhau à Choupo, enguias fritas e ensopado, medalhões de Maronesa, Posta Maronesa, Carnes de porco preto, cataplanas Folga 2ª feira (após almoço) Morada Montinhos dos Pegos (1 Km cruz. Monte da Barca) – Coruche Tel. 243618875. Tel. 917785703 O FARNEL Especialidades Bacalhau à Farnel; Bacalhau assado c/migas à moda de Coruche; cabrito frito à lavrador; migas de batata c/carne de porco; ensopado de borrego, grelhado de novilho bravo e porco preto na telha Folga 2ª feira Morada Sala p/banquetes no Monte da Barca. Rua Vasconcelos Porto – Coruche Tel. 243675436 SAL & BRASAS Especialidade: Carnes na brasa Folga 2ª feira Morada Cruzamento Monte da Barca - Coruche Tel. 243618319 PONTE DA COROA Especialidades: Cozinha regional e grelhados no carvão Folga Domingo Morada Estrada Nacional 114 Coruche Tel. 243617390 RIO MAIOR MANJAR DO PARQUE Especialidades Leitão assado em forno de lenha, Picanha à Brasileira, Secretos de porco preto na brasa , Manjar de Gambas, Bacalhau Maravilha, Bife à Casa. Leitão assado para fora. Ementas para grupos Morada Rua Almirante Cândido Reis, 26 R/c (junto ao jardim) – Rio Maior Tel. 243997071 Email geral@manjardoparque.net PALHINHAS GOLD Especialidades Alheira de caça, Carne mirandesa, Porco preto com migas, Picanha, Bacalhau com crosta de azeitona, Tiborna de bacalhau, Caril de gambas, Arroz de tamboril, , Pão de Ló caseiro. Folga Domingo à noite e 2ª Feira. Morada Trav. do Palhinhas (centro da cidade) - Rio Maior Tel. 963435547. Site www.palhinhasgold.pt FÁTIMA SANTA RITA Madeirense e Açoriano Especialidades: Bacalhau Espiritual, Bacalhau com camarão, Bacalhau Nove Ilhas, Bife de Atum; Alcatra, Linguiça do Pico, Secretos Porco Preto, Vitela. Morada: R. Rainha Santa Isabel (em frente ao Hotel Cinquentenário) Fátima. Tel. 249098041/919822288. Site: http://santarita.no.comunidades. net. Oferta de 5% de desconto com a apresentação deste jornal. MAÇÃO O GODINHO Especialidades Café – Restaurante. Cozinha Regional. Quarta-Feira: Cozido à Portuguesa. Serve Almoços e Jantares. Encerra ao Domingo. Telf: 241572874;tlm 962536310 Rua da Republica – Mação O CANTINHO Especialidades Restaurante Marisqueira; Especialidades: Arroz de Marisco, Cataplana de Cherne, Bife à Cantinho na Frigideira e Maranho de Mação.Almoços e Jantares.Aberto todos os dias.Telf: 241107558.Tlm: 964677705. Rua Monsenhor Alvares de Moura - Mação TORRES NOVAS O BABALHAU BRASAS Especialidades: Arroz de Pato, Cabrito no Forno, Camarão Flamejado c/ manga, Peixe Fresco do Mar e Carne c/Qualidade. Folga ao Domingo à noite e Segunda. Ladeira da Enfermaria Militar, nº 21 – T Novas – Telf: 249183699. Reservas: 913125149


OPINIÃO | COMERES & BEBERES 33

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Vinhos na América

Brunch no Aquitaine A ideia era almoçar no agradável Aquitaine – Bar a Vin Bistrot – situado num complexo comercial de Dedham, arredores de Boston. A hora, 13.30, convidava a tal, mas esqueci-me de um pormenor: o ser domingo no dia 2. Ora, nos Estados Unidos aos domingos tomase uma refeição designada brunch (contracção de breakfast e de lunch), um misto de pequeno-almoço e almoço considerado como óptimo pretexto para se juntar a família e, não raramente, amigos mais íntimos. Por esse facto o serviço de almoços só começava às quatro da tarde, fiel à máxima “em Roma sê romano”, venha daí o brunch pois o apetite não se compadece com normativos gastronómicos. O salão amplo estava repleto, muitas senhoras platina-

das confortavelmente sentadas pouco comiam e muito falavam, noutras mesas rapazes e raparigas exibiam sinais de felicidade enquanto se empanturravam com panquecas, sandes de vários andares e doces de colher. A lista desenvolvida por distintas secções dizia existirem inúmeras possibilidades de aumento de peso. As escolhas ficaram-se por salmão fumado com ovos mexidos, ovos fritos com presunto e ovos estrelados com batatas às rodelas. Homenagem aos ovos, formidável alimento sempre pronto a auxiliar as donas de casa em horas difíceis. Um erro, dirão os nutricionistas, é verdade, mas claramente assumido, logo pecado redimido. Pediu-se uma garrafa de vinho tinto e, neste pormenor, muitos olhos

TRESPASSA-SE

CAFÉ EM

S. JOÃO DA RIBEIRA (RIO MAIOR)

CONTACTO: 243 949 159

mediram-nos pelo inusitado do pedido bem ao jeito dos hispânicos, o meu sotaque não enganava. Diga-se em abono da verdade que os ovos apresentados estavam soberbamente confeccionados, o coadjuvante tinto francês esteve à altura do acontecimento, pena o desaforo do preço. A refeição terminou com um café expresso, tendo um dos convivas voltado a provocar mudas interrogações ao solicitar um digestivo escocês. Serviço lesto, jovial e amável, coisa comum à generalidade dos restaurantes americanos, a gratificação será a causa, também o facto de o cliente desde que pague e seja correcto merecer todas as atenções. A competição é forte e determinante. Armando Fernandes

O título é exagerado, extraordinariamente exagerado, convenhamos. Apenas visitei algumas lojas de vinhos, comprei umas três dúzias de garrafas. Ora, a América é um estado colossal enquanto consumidor, no referente ao universo de vinhos todos os produtores ambicionam lá colocar os seus néctares, apesar da competição ser terrível e constante. Um dos pontos de venda onde gastei tempo e dinheiro tinha uma enorme dimensão, possibilitou-me observar vinhos das cinco partes do Mundo, escalonados em três níveis: até 10 dólares, entre 10 e 20, a partir daí. Noutro patamar: tintos, brancos e rosés, champanhes e espumantes. As possibilidades de escolha aumentaram as dificuldades no acto de comprar, muitas garrafas de vinho rodei entre as mãos, apreciei rótulos, informações técnicas e, os aureolados por medalhas de grandes concursos, histórias de glamour, episódios garridos também os vislumbrei. Os famosos vendiam-se a preços proibitivos para a minha bolsa, quem não tem dinheiro não tem vícios, guardei o desejo pedindo aos Deuses sorte total quando jogar no euro milhões. No referente aos vinhos portugueses alegrei-me quando vi nas estantes os ribatejanos Falua e Quinta da Alorna, não vou tecer considerações em relação aos preços no confronto com

vinhos de outros países, mas pareceu-me que perdem possibilidades em relação aos provenientes do Chile, Argentina e alguns da Austrália. Os vinhos espanhóis apresentavam-se em grande número, os preços eram claramente mais elevados na relação qualidade/preço, neste pormenor cinjo-me apenas aos que já degustei. O muito apreciado Pesquera vendia-se a trinta e cinco dólares. Como é costume as notações da crítica são muito utilizadas como chamariz, o que aumenta a responsabilidade de quem opina e concede classificações. Em duas ou três lojas prevaleciam vinhos portugueses claramente destinados ao denominado mercado da saudade, três ou quatro marcas acima dos vinte dólares e tendo em conta a quantidade de garrafas em exibição, não serão muito requestadas pelos clientes. No cômputo geral, destaco os tintos e brancos franceses pela boa relação qualidade/preço, a que não será alheio o facto de existir uma crise no sector vínicola em França, leia-se artigo de Anderw Jefford, in Decanter número de Dezembro. Os vinhos galeses agradaram-se primeiro por não serem pesados, segundo pela finura dos taninos, terceiro pela complexidade redundar em simplicidade no acto de beber, quarto por justificarem por inteiro o seu custo. Armando Fernandes


34 ADVOGADOS SANTARÉM A Dr. José Francisco Faustino; Dr Francisco Luís; Dr.ª Graça Ferreira e Sousa; Dr. João Rafael; Dr. Pedro Goulão; Dr. Pedro Matos Barbosa; Dr. Francisco Lopes Leitão - Rua Reitor Pedro Calmon, nº 6 - 1º – 2000-031 Santarém - Tel. 243327159 Fax 243327160 - adv.santarem@ mail.telepac.pt A Oliveira Domingos - Largo Cândido dos Reis, 3 -1º - Santarém Tel. 243326310 - Fax 243333587 oliveiradomingos-161e@adv.oa.pt A Sandra Alexandre - Rua do Colégio Militar, 10 - 2º esq. - 2000-230 Santarém - Telef./Fax: 243 322 268 A Dr. Francisco Antunes Luís - Av. D. Afonso Henriques, 89 - 2º Dtº - Santarém - Tel. 243321024/ 243321426 - Fax 243321425 advogados.s@mail.telepac.pt

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011 A Drª Margarida Lencastre Fróis - Praça Sá da Bandeira, 22 – 1º Santarém - Tel. 243325178 Fax 243325178 - margarida.lencastre@ gmail.com A Drª Cristina Saldanha - Av. D. Afonso Henriques, 67 – 1º Esq – Santarém - Tel. 243323019 Fax 243333414 - cristinasaldanha1531e@adv.oa.pt A Dr.º Martins Carreto - Rua Dr. António José de Almeida, 17-2º Dto - 2000-238 Santarém - Telefone 243333519 Fax 243326531 e-mail: artinscarreto-1078C@adv.oa.pt A Dr.ª Helena Marques Duarte - Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A - Tel. 243 352 407 – Fax. 243 352 409 - 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) - hmduarte-16362l@adv.oa.pt

A Dr. Morgado Ribeiro - Av. do Brasil – Edifício Scálabis, 1º Esq – Santarém - Tel. 243323143 Fax 243326144 - morgadoribeiro-185e@ adv.oa.pt

A Drª Ana Sofia Casebre - Rua Dionísio Saraiva, Lote 1 – 1º Andar – Porta A – Almeirim - Tel. 243579134 Fax 243579134 TLM 936280534 A Dr. Sérgio Luís Coutinho dos Santos - Praça da República, 18 A 1º - Apartado 61 – 2080-044 Almeirim Tel. 2435991172 - Fax 243593224 sergiosantos - 365e@advogados.oa.pt A Dr. Vítor Sousa - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626

A Dr. Pedro Borrego - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim -Tel. 243570091 Fax 243570099 - pedroborrego-2083e@ adv.oa.pt A Drª América Cravo - R. Dr. Óscar da Costa Neves, 8 - 1º - 2080-130 Almeirim - Tel. 243597946/8 Fax 243597947 - americacravo-855e@ adv.oa.pt A Drª Sónia Bento - Praça da República, 29 - 1º Esq.º - 2080-044 Almeirim - Tel. 243372159 Fax 243597999 sbentompires.adv@gmail.com

ADVOGADOS Av. 5 de Outubro, Nº 77, 3º Dtº - 1050-049 LISBOA Tel. 213 172 720 Fax. 213 172 729

ABRANTES

CARTAXO

A Mário P. Claro - Célia Cruz Rua Luís de Camões nºs 9 - 11, 1º Esq., 2200-421 Abrantes Tel 241 379 090 - Fax.: 241 363 364; Trv. da Batoca, 6 - 2140-149 Chamusca; Tel/fax: 249 760 058 E-mail: mclaro.ccruz.spa@mail. telepac.pt

A Drª Liliana Pita - R. Dr. Manuel Correia Ramalho, 9 – 2º Esqº - 2070095 Cartaxo - Tel 243703631 Fax 243703631- lilianapita-18943l@ adv.oa.pt

A Norberto Timóteo - Advogado Praceta do Chafariz, Lote 6- 1º Esq. - Apartado 93 - 2204-909 Abrantes; Tel.: 241 363 484; Fax: 241 365 234; Email: norbertotimoteo-169e@ advogados.oa.pt A Eurico Consciência & Associados - Abrantes - Apartado 37 Tel: 241372831 /2/3 - Fax: 241362645 - E-mail: consciencia-839c@adv.oa.pt A António Pires de Oliveira - Rua de Santa Isabel, nº 1- 1º Dto. 2200-393 Abrantes Tel.: 241 360 540 - Fax: 241 372 481 E-mail: dr.a.oliveira-355e@adv.oa.pt - Cédula Prof. 355 Évora

Armando Ferreira

A Drª Ana Fonseca e Silva - Praça 15 de Dezembro, 23ª - 2º A – 2070049 Cartaxo - Tel. 243704323 Fax. 2437074328 - anafonsecaesilva1002e@advogados.oa.pt

LISBOA A Albertino Antunes - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa Tel. 213172720 Fax. 213172729 A Alexandre Oliveira - Telem.: 969 239 263 - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa - Tel. 213172720 - Fax. 213172729

ADVOGADOS    

Rui Roboredo Consciência Eurico Heitor Consciência João Roboredo Consciência Teresa Roboredo Consciência

   

Normando Sérgio Rita Teimão Figueiredo Fernando Zuzarte Saraiva Helena Marques Duarte

ABRANTES: Rua de S. Domingos – 336 – 2º A – Apart. 37 Tel. 241372831/2/3 – Fax 241362645 – 2200 – 397 ABRANTES PONTE DE SOR: Rua Vaz Monteiro – 19 – 1º andar Tel. 242207319 – Fax 242203335 – 7400 – 281 PONTE DE SOR SANTARÉM: Rua Pedro de Santarém – 2 – 2º A Tel. 243352407 – Fax 243352409 – 2000 – 223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) LISBOA: Rua Braamcamp – 52 – 9º Esqº Tel. 213860963 – 213862922 – Fax 213863923 – 1250 – 051 LISBOA

assinatura anual por apenas 25,50 €

Francisco Pedrógão

A Drª Rute Nunes - Rua Dr. Lopes Batista, 5 B -1º E – Cartaxo TLM 914177635 Fax 243120102 - rute.nunes@apoiojuridico.com - www.apoiojuridico.com

MADEIRA LOPES FRANCISCO MADEIRA LOPES

ADVOGADOS

ADVOGADOS

Av. do Brasil - Edifício Scalabis - 1º F Tef.: 243326242 2000 SANTARÉM

A Drª Ana Gomes Ribeiro - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570093 Fax 243570099 - anagomesribeiro2104e@adv.oa.pt

Tel.: 243323700 - Fax: 243332994 Rua Elias Garcia, 24 - 1º Apartado 173 2001-902 Santarém

Tel: 243 328 444 - Fax: 243 391 079

ADVOGADOS

A Drª Ana Oliveira Simões - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570092 Fax 243570099 - anaoliveirasimoes2078e@adv.oa.pt

Telem.: 969 239 263

Travessa do Fróis, 3 - 1º e 2º

ANA MARTINHO DO ROSÁRIO ISABEL ALVES DE MATOS VICTOR BAPTISTA

A Dr. Adriano de Melo Nazareth Barbosa - Praça da República, 29 – 1º Esq. – Almeirim - Tel. 243597997/8 Fax 243597999

ALBERTINO ANTUNES ALEXANDRE OLIVEIRA

SOCIEDADE DE ADVOGADOS, RL

2000-145 SANTARÉM

A Dr. Manuel Faustino Silva - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 - faustino-1239e@adv.oa.pt

A Drª Célia Sousa Pinhal - Praça Lourenço de Carvalho, 12 A 1º 2080-043 Almeirim - Tel. 243593737 Fax 243593737 TLM 966110936 Celiasp-1498e@adv.oa.pt

ORLANDO MENDES TERESA PINTO FERREIRA

E-mail: orlandomtpf_socadv.rl@mail.telepac.pt

ALMEIRIM

Pcta. Pedro Escuro n. 2 1.º Esq. Telef.: 243333821 Fax: 243391021 2000 SANTARÉM

E.Mail: consciencia-839c@adv.oa.pt

Visite o nosso Site: advogadosabrantes.com

FARMÁCIAS DE SERVIÇO SANTARÉM

ALMEIRIM

TORRES NOVAS

Sexta

21 Baptista

Rua Serpa Pinto, 101/3

243 322 072

Sexta

21 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Sexta

21 Central

Rua de São Pedro, 5

Sábado

22 Veríssimo

R. Capelo Ivens, 74

243 330 230

Sábado

22 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Sábado

22 Pereira Martins

Rua José Augusto Torres, Lt 129 249 812 472

249 822 411

Domingo 23 S. Nicolau

R. Capelo Ivens, 38

243 325 067

Domingo 23 Correia de Oliveira

Rua Condessa da Junqueira

243 509 370

Domingo 23 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

Segunda

24 Francisco Viegas

Rua Pedro Santarém, 2-A

243 330 570

Segunda

24 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 570 570

Segunda

24 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

249 830 180

Terça

25 Oliveira

Rua Colégio Militar, 1

243 326 182

Terça

25 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Terça

25 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067

Quarta

26 Pereira

Av. Grup. Forcados Amadores St - 8 243 325 113

Quarta

26 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Quarta

26 Central

Rua de São Pedro, 5

249 822 411

Quinta

27 Sá da Bandeira

Av.ª do Brasil, 38

243 322 966

Quinta

27 Correia de Oliveira

Rua Condessa da Junqueira

243 509 370

Quinta

27 Pereira Martins

Rua José Augusto Torres, Lt 129 249 812 472

Sexta

28 Confiança

Urb. Oliv. Arame - S. Domingos

243 306 410

Sexta

28 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 570 570

Sexta

28 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

243 617 068

TOMAR

CORUCHE

ALPIARÇA

Sexta

21 Torres Pinheiro

Rua Serpa Pinto, 27-33

249 312 206

Sexta

21 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Sábado

22 Ribeiro dos Santos

Av. Norton de Matos

249 324 373

Sábado

22 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Domingo 23 Dias Costa

Rua Serpa Pinto, 160-162

249 312 203

Domingo 23 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Segunda

Rua Marquês de Pombal, 16

249 312 329

Segunda

24 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365 243 558 424

24 Central

Terça

25 Misericórdia

Rua Infantaria, 15, Nº 9

249 312 465

Terça

25 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

Quarta

26 Torres Pinheiro

Rua Serpa Pinto, 27-33

249 312 206

Quarta

26 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Quinta

27 Ribeiro dos Santos

Av. Norton de Matos

249 324 373

Quinta

27 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Sexta

28 Dias Costa

Rua Serpa Pinto, 160-162

249 312 203

Sexta

28 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Sexta

21 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

Sábado

22 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Domingo 23 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

Segunda

24 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Terça

25 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

Quarta

26 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Quinta

27 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

Sexta

28 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

SALVATERRA DE MAGOS ABRANTES

CARTAXO

Sexta

Sexta

21 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Sexta

21 Central do Cartaxo

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B 243 749 123

Sábado

22 Motta Ferraz

Largo Mota Ferraz, 7

241 360 520

Sábado

22 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

Domingo 23 Motta Ferraz

Largo Mota Ferraz, 7

241 360 520

Domingo 23 Correia dos Santos Rua da República, 10

243 770 997

Segunda

Av.ª Dr. Ant. A.S. Mart. 47

241 360 530

Segunda

24 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

243 700 130

24 Santos

243 702 653

Terça

25 Silva

Rua José Estevão, 1

241 360 060

Terça

25 Central do Cartaxo

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B 243 749 123

Quarta

26 Silva Tavares

Rua do Comércio, 56

241 371 713

Quarta

26 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

Quinta

27 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Sexta

28 Motta Ferraz

Largo Mota Ferraz, 7

241 360 520

Quinta Sexta

27 Correia dos Santos Rua da República, 10 28 Pereira, Sucrs Rua Serpa Pinto, 8

Sábado a Sexta

21 Carvalho 22 a 28 Martins

R. Dr. Gregório Fernandes, 20/2 263 504 451 R. Heróis de Chave

263 504 319

21 a 27 Cândido Barbosa Rua Serpa Pinto, 50

243 994 700

RIO MAIOR Sexta Sábado a Sexta

243 702 653

BENAVENTE

243 770 997 243 700 130

Funciona 9 às 22 h

28 Almeida

R. Almir. Cândido dos Reis, 19 243 992 255

Baptista

Av. Dr. Francisco S. Dias, 8, 1º 263 580 108

Assegura serviço durante a noite Martins

R. do Diário de Notícias, 9-r/c

263 517 633


O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

saúde

D Dor crónica afecta 30% dos portugueses

35

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) tem novo website em www.aped-dor.org ou www. aped-dor.com, que pretende tornar-se num site de referência online na área da saúde para doentes e médicos que procuram informação actualizada sobre a dor crónica. Em Portugal a dor crónica afecta 30 por cento da população – tais como lombalgias, osteoartrose, cefaleias, artrite reumatóide e outras doenças.

Para prevenir a gripe e a pneumonia Vacinas no Inverno ∑ É possível prevenir a gripe e a pneumonia, saiba quem se deve vacinar A gripe é uma infecção causada por um vírus chamado vírus Influenza que afecta predominantemente as vias respiratórias. Este vírus tem como característica especial o facto de, com frequência, sofrer alterações da sua estrutura o que obriga à preparação de uma vacina específica todos os anos. Por exemplo, a vacina deste ano já inclui o vírus inactivado responsável pela gripe A (H1N1). Quanto maior for o número de pessoas vacinadas, mais protegida se encontra a população. Em termos de saúde pública, a gripe adquire também importância devido às complicações a que dá origem, sendo mais susceptíveis os doentes cardíacos, aqueles que sofrem de doenças respiratórias e broncopulmonares, os insuficientes renais, os diabéticos, e mesmos os imunodeprimidos (caso dos doentes com sida, com cancro, com leucemias, os transplantados…); são ainda muito susceptíveis as pessoas com idade superior a 65 anos, os residentes em lares e instituições congéneres, as grávidas e crianças até 1 ano de idade. O vírus é transmitido através partículas de saliva de uma pessoa infectada, expelidas sobretudo através da tosse e dos espirros. Mas também se pode transmitir por contacto directo, por exemplo, através das mãos. O perío-

do de contágio começa 1 a 2 dias antes dos sintomas e vai até 7 dias depois. Nas crianças pode ser um período maior.

uma meningite pneumocócica são sobretudo os seguintes: intensas dores de cabeça, rigidez do pescoço, febre alta, desorientação e sensibilidade à luz.

Quais os sintomas? No adulto, a gripe manifesta-se pelo aparecimento súbito de mal-estar, febre alta, dores musculares a articulares, dores de cabeça e tosse seca. Pode também ocorrer inflamação dos olhos. Não se deve confundir gripe com constipação. Esta tem habitualmente um início gradual, a febre é baixa, pode anunciarse por uma irritação de garganta, e a tosse (quando surge) é ligeira e moderada; as dores de cabeça e musculares são raras, assim como a sensação de fraqueza ou prostração. O pneumococo é também um agente infeccioso muito frequente no Inverno. Causa Doença pneumocócica sendo as crianças e os idosos os grupos em maior risco de contrair a doença. A vacina é portanto a melhor prevenção! Doença pneumocócica é o termo utilizado para descrever infecções como pneumonia, septicemia (infecção no sangue) e meningite (inflamação do cérebro). As bactérias que provocam esta doença transmitem-se através da tosse e espirro ou por contacto próximo. Importa saber que os sintomas de

Recomendações 1) Todas as pessoas com doenças crónicas, debilitadas e pessoas com mais de 65 anos devem vacinar-se contra a gripe e contra a pneumonial; 2) Pessoas com história de reacção alérgica a qualquer constituinte da vacina, como por exemplo com alergia ao ovo, devem informar o médico e o farmacêutico; 3) Pessoas que estejam com doença respiratória aguda ou com gripe e crianças com menos de 6 meses não podem ser vacinadas; 4) Leia informação sobre gripe e doença pneumocócica, de distribuição gratuita na sua farmácia. Aos primeiros sinais de suspeita de gripe (febre alta, dores musculares generalizadas, fraqueza, falta de apetite...) o doente deve consultar imediatamente o médico e, se na presença de sinais de constipação, o seu farmacêutico deve ser consultado para lhe aconselhar os medicamentos indicados, para alívio dos sintomas que apresentar. Beja Santos

Surgimed Anat.Patológica Dra. Margarida Mendes

Endocrinologia Dr. Luís Raposo

Ortopedia Dr. Duarte Cadavez

Cir.Geral/Obesidade Dr. Joaquim Costa

Gastroenterologia Dr. Júlio Veloso

Pneumologia Dr. Marco da Costa e Silva

Cirurgia Plástica Dr. Ribeiro de Carvalho

Medicina Interna Dra. Luísa Wandschneider

Cirurgia Vascular Dr. Mário Soares Clínica Geral Dra. Hélia Castro Dr. Benjamim Coimbra Dermatologia Dra. Joana Parente Dietética Dra. Célia Dias

Neurocirurgia Dr. Carlos Calado Neurologia Dr. Jorge Becho Neuropsicologia Dr. Nuno Pestana Oftalmologia Dr. Juan Palomares Dr. Castela Rodrigues

Psicologia Dra. Elsa Martins Dr.João Paulo Ribeiro Dra. Cátia Lima Psiquiatria Dr. Vítor Henriques Reumatologia Dr. Teixeira Costa Urologia Dr. Luís Barreto Dr. Luís Costa

Exames Complementares e Outros: • • • • • • •

Endoscopia Digestiva Alta Colonoscopia Fibrorectosigmoidoscopia Polipectomia Endoscópica Citologia Aspirativa Urofluxometria E.C.G.

• Trat. varizes (esclerose e laser) • Sedação profunda c/apoio de Anest. p/ exames endoscópicos • Laser Cirúrgico • M.A.P.A. • Holter 24 horas • Polisonografia em ambulatório

Marcações das 9:00 às 19:00 de 2ª a 6ª Feira Telef: 243 305 780 Fax: 243 305 781 Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6-r/c 2005-174 SANTARÉM Email: surgimed@mail.telepac.pt

Se estiver com gripe, o que fazer? • • • •

• •

Fique em casa em repouso; Não se agasalhe demasiado; Meça a temperatura ao longo do dia; Se tiver febre pode tomar paracetamol (mesmo as crianças). Não dê ácido acetilsalicílico (aspirina) às crianças; Se está grávida ou amamenta não tome medicamentos sem falar com o seu médico; Utilize soro fisiológico para desobstruir o nariz em caso de nariz congestionado; Não tome antibióticos sem recomendação médica. Não actuam nas infecções provocadas por vírus, não melhoram os sintomas nem aceleram a cura; Beba muitos líquidos: água, chás, sumos de fruta…; No caso Do idoso, principalmente se vive sozinho, deve ser acompanhado, mesmo através de telefonemas regulares para saber como está.


36 SAÚDE

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Terapeuta Osteopata Rui Leite Ceficarte

CENTRO DE FISIOTERAPIA DO CARTAXO

MARCAÇÕES: Tlm.: 919 612 454 • Tel./Fax: 243 702 311 Av. João de Deus, n.º 10 r/c • 2070-011 Cartaxo

Dr. ARMANDO RODRIGUES LOPES INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243 327 546 - 2000 SANTARÉM

Drª MADALENA BARRETO INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

DR. JOSÉ LUÍS P. BARRETO UROLOGISTA Pela Ordem dos Médicos DOENÇAS DOS RINS, VIAS URINÁRIAS E APARELHO SEXUAL MASCULINO

F. RIBEIRO DE CARVALHO CIRURGIÃO PLÁSTICO Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética Cirurgia Estética e Reconstrutiva da Mama Cirurgia do Contorno Corporal Cirurgia Estética Facial Surgimed Pcta. Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6 - r/c SANTARÉM Marcações pelo Tel: 243 30 57 80

CONS. - SURGIMED

Pr. Eduardo Rosa Mendes n.º 6 R/C - Telef.: 243305780 2000 SANTARÉM

Dr. A. JÚLIO SILVA Médico Especialista ORTOPEDIA

SANTARÉM

Dr. Rui Castro Médico Especialista de Clínica Geral

CONSULTÓRIO: Rua José Saramago, 17-1º (edifícios atrás do Banco de Portugal)

Telef. e Fax: 243 327 431 Telemóvel: 917 770 678 CONSULTAS E MARCAÇÕES DIÁRIAS

CENTRO CLÍNICO DO CHOUPAL MED. FÍSICA E REABILITAÇÃO CONSULTAS Fisiatria (Dr.ª Helena Martins) (Dr. José Miguel Pais) Ortopedia (Dr. A. Júlio Silva) Psicologia (Dr.ª Elsa Couchinho) (Dr.ª Teresa Molina) Clínica Geral e doenças do Coração (Dr.ª Liliana Aleksandrov) ACORDOS FISIOTERAPIA: ADSE, ADMFA, ADMA, C.G. DEPÓSITOS, CTT, SAMS, TELECOM e SEGURADORAS R. Capitão António Montês, 4-A (Rampa Ciclistas) Tel. 243326935 - Fax: 243326935 2000 SANTARÉM

FAUSTINO SANTOS Acupunctura / Hipnoterapia Clínica Licenciado em Medicina Tradicional Chinesa Curso pós-graduado de aperfeiçoamento de Hipnose em Clínica Médica (componente de especialização) da Faculdade de Medicina de Lisboa

Praceta Pedro Escuro, 10 - 3.º Esq.º (Junto à Rádio Pernes)

MARCAÇÕES - Telemóvel: 962 600 338

www.faustinosantos-acupunctura.com

(Centro Clínico do Choupal) R. Capitão António Montez, 4-A Tel. 243326935 SANTARÉM

CLIMECO - Clínica Médica de Eduardo Lopes Oftalmologia Dr. Eduardo Lopes Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Oftalmologia Pediátrica Drª Cristina Amorim Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Ortóptica Dr. Alfredo Sousa - Drª Ana Ascensão Neurocirurgia Dr. Bello da Silva Acordos c/ Multicare

Neurologia Drª Adelaide Palos Dermatologia Drª Maria João Reumatologia Drª Manuela Micaelo Acordos c/ Multicare

Psicologia Drª Sandra Silva - Drª Isabel Baptista Medicina Interna Dr. Victor Bezerra Nutrição Drª Susana Rodrigues MARCAÇÕES PELO TELEFONE 243 328 303 Rua Colégio Militar, Lt. A - 1º Esquerdo (junto ao antigo Campo dos Leões) 2000 SANTARÉM


SAÚDE 37

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

Drª ISABEL MONTEIRO

Júlio Aranha Cardiologista

Médica Cardiologista • Consultas de Cardiologia • Electrocardiogramas • Ecocardiogramas Modo M, 2D e Doppler a cor

CHECK UP CARDIOVASCULAR RISCO CARDIOVASCULAR PRÁTICA DESPORTIVA Consulta médica Exames laboratoriais Electrocardiograma Ecocardiograma M e 2D Prova de Esforço

• M.A.P.A. (Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial) Rua Dr. António José de Almeida, nº 11, 4º Dt.º 2000 - SANTARÉM

Telef. 243 326 957

RIBAMÉDICA - Telefone 912 722 206

Sílvia Lencastre Fróis Psicóloga Clínica Psicologia Clínica e Psicoterapia Marcações pelo tmóvel -

DRª MARISA PERES MÉDICA CARDIOLOGISTA

918 732 116

Santarém • Coruche • Rio Maior

JOSÉ MANUEL PIRES TEIXEIRA

SANTARÉM: „ GFS (Estrada S. Domingos, perto do Presídio): 243 328 890 ALMEIRIM:

MÉDICO ESPECIALISTA - GINECOLOGISTA / OBSTETRA ASSISTENTE HOSPITALAR GRADUADO do HOSPITAL DE SANTARÉM

„ Clínica do Jardim: 243 593 422 „ Enfercentro: 243 579 601

DOENÇA DA MAMA - DIPLOMADO e MASTER em Senologia / / Pat. Mamária pela F. de Medicina da Un. de Barcelona CONSULTÓRIO NA CLÍNICA “FERRO DE ENGOMAR” Rua do Quintino, 9 - A - Tel.: 243770939 - CARTAXO

CONSULTÓRIO DENTÁRIO - Nova morada -

DR. MARCÃO

AVEIRAS DE CIMA:

„ Centro Médico de Aveiras: 263 474 976

CLÍNICA - CIRURGIA - PRÓTESES DENTÁRIAS CONSULTAS TODOS OS DIAS Largo Cândido dos Reis, 11 - 1º Direito (junto à rotunda do hospital velho) Telef: 243 326 435 - 2000 SANTARÉM

Uro-TC Dental Scan Angiografia Fluoresceínica Ecografia Geral Ecografia Cardíaca Döppler Ecografia Obstetrica Radiologia Digital Mamografia Digital Ortopantomografia Digital Densitometria Óssea Digital Electromiografia

Potenciais evocados EIectroencefalografia Estudos do Sono em ambulatório Testes Cutâneos Alérgicos Provas de Função Respiratória Imagiologia de Intervenção: Citologia da Mama Citologia da Tiróide Biópsia Prostática eco-guiada Meios Terapêuticos: Litotrícia Ortotrícia Análises Clínicas

Santarém | R. Prof Pinto Correia Lote 6 C/v, 2005-266 T: 243 303 180 F: 243 303 188 Tomar | R. António Joaquim Araújo nº 32, 2300-555 T: 249 329 020 249 310 430 F: 249 320 029 Entroncamento | R. Ant.º Amílcar Correia nº 9, 2330-255 T e F: 249 719 984 Abrantes | CHMT - Largo Eng.º Bioucas, 2200-202 T: 241 372 396 241 331 676 F: 241 361 521 Sertã | Av. Nuno Álvares Pereira nº 924 R/c, 6100-733 T: 274 603 433 F: 249 320 029 Torres Vedras | Av. General Humberto Delgado nº 22D, 2560-272 T: 261 319 130 F: 261 315 535 Santarém | Prolongamento da Praceta Jaime Cortesão Lote 4 C/v Dt.ª, 2000-228 T: 243 333 969 F: 243 321 945 e-mail: geral@crtomar.pt

DR. JOSÉ BRANCO PSICÓLOGO CLÍNICO E PSICOTERAPEUTA MEMBRO EFECTIVO DA ORDEM DOS PSICÓLOGOS

CENTRO MÉDICO E DE ENFERMAGEM DE ABRANTES Largo de S. João, N.º 1 - Telefones 241 371 566 - 241 371 690

C O N S U LTA S

Médico especialista de ESTOMATOLOGIA (Doenças da boca e dentes) pela Ordem dos Médicos e pelo Hospital de Santa Maria

Ressonância Magnética 1,5 t RM Neuro/Corpo/Osteoarticular Difusão/Perfusão/Expectroscopia Quantificação fluxo do LCR Angio RM RM Mamária RM Cardíaca TC 64, 16 e 4 Cortes Angiografia Cardíaca Virtual Colonoscopia Virtual Broncoscopia Virtual Angio-TC

POR

ACUPUNCTURA Dr.ª Elisabete Alexandra Duarte Serra ALERGOLOGIA Dr. Mário de Almeida; Dr.ª Cristina Santa Marta CARDIOLOGIA Dr.ª Maria João Carvalho CIRURGIA Dr. Francisco Rufino CLÍNICA GERAL Dr. Pereira Ambrósio - Dr. António Prôa DERMATOLOGIA Dr.ª Maria João Silva GASTROENTERELOGIA E ENDOSCOPIA DIGESTIVA Dr. Rui Mesquita; Dr.ª Cláudia Sequeira MEDICINA INTERNA Dr. Matoso Ferreira NEFROLOGIA Dr. Mário Silva NEUROCIRURGIA Dr. Armando Lopes NEUROLOGIA Dr.ª Isabel Luzeiro; Dr.ª Amélia Guilherme

MARCAÇÃO

OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA Dr.ª Lígia Ribeiro, Dr. João Pinhel OFTALMOLOGIA Dr. Luís Cardiga ORTOPEDIA Dr. Matos Melo OTORRINOLARINGOLOGIA Dr. João Eloi PNEUMOLOGIA Dr. Carlos Luís Lousada PROV. FUNÇÃO RESPIRATÓRIA Patricia Gerra PSICOLOGIA Dr.ª Odete Vieira; Dr. Michael Knoch; Dr.ª Maria Conceição Calado PSIQUIATRIA Dr. Carlos Roldão Vieira; Dr.ª Fátima Palma UROLOGIA Dr. Rafael Passarinho NUTRICIONISTA Dr.ª Carla Louro SERVIÇO DE ENFERMAGEM Maria João TERAPEUTA DA FALA Dr.ª Susana Martins

CENTRO AUDITIVO WIDEX Audiologia  X  X  X X

Dr.ª Odete Batista Diagnóstico (adultos e crianças) Reabilitação Auditiva (Próteses Auditivas) Potenciais Evocados Auditivos do Tronco Cerebral (PEATC) Protectores de Natação

Cardiopneumologia X

Dr.ª Patrícia Branco

Estudo do Sono

Acordos: CGD, SAMS, PT, Médis, Advance Care e Mondial Assistance Horário: 13.00 às 20.00 horas

Largo Cândido dos Reis, 14 - 1.º Esquerdo • 2000-241 Santarém Tel.: 243 391 547 • Fax: 243 391 549 • E-mail: audioteste@netcabo.pt

MEMBRO FUNDADOR DA SOCIEDADE PORTUGUESA DE PSICOTERAPIAS CONSTRUTIVISTAS

CONSULTAS DIÁRIAS DAS 10H. ÀS 20H. CONSULTAS DE CARÁCTER SOCIAL: 4ª FEIRA (TARDES), EM LISBOA 6ª FEIRA (TARDES), EM ALVERCA LISBOA: CLÍNICA MOVIMENTO E SAÚDE, R. JOSÉ FALCÃO, 52, 2º, F (METRO ARROIOS) ALVERCA: R. CIDADE DE DÉVNIA, 21, 2º, DTO

MARCAÇÕES E INFORMAÇÕES:

961 285 155 e 216 037 099


38

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

imobiliário & classificados IMOBILIÁRIO arrenda-se A CASA nova T3+jardim zona Fátima T 0033177030721 A MORADIA Nova c/ terreno a 10Km da A1 Str TLM 911010160

IMOBILIÁRIO vende-se A QUINTINHA c/ moradia 15km Santarém TL 962719038 A Permuto T0+1 PORTIMÃO p/ Apt/ Casa TLM 933251598 A MORADIA na Azinhaga c/ anexos, vedada e sist. de segurança. Acesso ao 1º andar c/ escada iluminada. Salão (53 m2) c/ lareira, cozinha, despensa e escritório (zona social), 4 quartos (dois em suite c/ vestíbulo), arrumos. Acesso ao sótão. Logradouro ajardinado, garagem. AC e pré-instalação de som ambiente – 200.000€ www.remax. pt/120431130-10 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T4 c/ bons acabamentos, zona privilegiada do Planalto de Santarém, vistas panorâmicas, equipado c/ AC e aq. central. Com áreas generosas, pavimento do hall de entrada e sala em pedra, wc’s revestidos a pedra. Cozinha total. equipada e arrecadação – 137.000€ www.remax. pt/120431071-120 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500 A QUINTINHA na Vila da Marmeleira c/ 4960 m² de lote, vedada c/ árvores e jardim. Amplos espaços de estar,

zona de sala de jogos, c/ carácter rústico. Cozinha equipada, 2 quartos c/ roupeiro. Aq. central c/ caldeira a gasóleo e lareira c/ recuperador de calor. Garagem, alpendres, churrasqueira e forno, cozinha rústica. O terreno permite o loteamento. Possibilidade de aumentar o número de divisões. Alarme – 190.000€ www. remax.pt/120431105-18 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T2 no centro de Santarém. Composto por 2 quartos, 2 salas (uma de estar e outra de jantar), 2 casas de banho, cozinha e marquise c/ ar cond., aproveitamento de sótão c/ entrada pela despensa e varanda. Vista desafogada e muita luminosidade – 59.000€ www.remax. pt/120431070-155 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT em S. Domingos, com 3 quartos (um em suite), sala c/ lareira e AC, cozinha c/ placa, forno e esquentador, despensa na cozinha e área de estendal. Roupeiros. Edifício bem cuidado no seu interior e exterior. Boa localização, perto de comércio. Lugar de estacionamento e arrecadação com 4,20 m². – 122.000€ www.remax.pt/120431104-16 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T4 Duplex, em S. Domingos, vistas deslumbrantes. 5 Assoalhadas, 4 Quartos (um deles em suite), 4 casasde-banho. Lugar de parqueamento, Ar cond., lareira c/ recuperador de calor, cozinha totalmente equipada – 180.000€ Possibilidade de arrendamento por 675€ mensais, totalmente mobilado. www.remax. pt/120431071-180 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T4 para venda junto às Finanças de Santarém. O apt possui 2 casas de banho, sala c/ varanda, marquise e despensa. Possibilidade de ficar equipado e mobilado. Perto de tudo e com bons acessos 80.000€ www.remax. pt/120431121-48 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500

A APT T2, Almeirim, coo novo, cozinha equipada, logradouro c/churrasqueira. Valor 90.000,00€ - Ref. A-327 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A TERRENO c/ 165m2, Almeirim, c/ moradia para demolir. Valor 27.500,00€ Ref A-326 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A APT T3, Almeirim, novo, lugar garagem, ar condicionado, cozinha equipada, excelentes. Valor 115.000,00€ - Ref. A-322 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A MORADIA T2 rural, na Várzea, 1900m2 terreno, zona sossegada. Valor 68.000,00€ - Ref. A-320 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A LOJA em Santarém, nova, 110m2, grandes montras. Valor 97.500,00€ - Ref. S-574 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A São Vicente Paúl - Moradia T3, usada, como nova, c/ 2 quartos, suite , cozinha, sala, 2 wc, alpendre, garagem. 2 cadernetas urbana c/1.000m2 e rústica c/3.020m2. convida ao relax e qualidade de vida . ZEN , c/ a capital do gótico e entrada para A1 a 10 min. ZEN MOR.199 PREÇO 175.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – Jardim de Baixo Moradia T3, r/c e 1º, usada, soalheira, em ópt. estado, pré-instal. p/ paneis solares, logradouro, alpendre, garagem indiv..Zona residencial mtº aprazível, próx. entrada A1, zonas comercias, escolas e cidade de Santarém. ZEN MOR.198 PREÇO 165,000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Romeira Moradia T4+1. r/ chão, cave e sótão. No r/chão: hall, sala, quarto, suite, wc e alpendre; na cave: cozinha, despensa, casa máq., 2 quartos, casa jantar e wc. Sótão amplo. 2 cadernetas, urbana c/ 450m2, rústica c/ 11.680m2. ZEN MOR.130 PREÇO 199.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

A Alpiarça Moradia T5+1,usada ( cave, r/c e 1º), proj. numa construção e acab. Qualidade, zona habitacional privilegiada...Barragem, Museu dos Patudos e Reserva Natural do Cavalo Sorraia. ZEN MOR.168 PREÇO 280.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – S.Salvador Apt Duplex T2, usado, bem cons., bons acab., 2 quartos, sala, Wc ,cozinha, zona arrumos, garagem priv. c/ acesso ao duplex, arrecadação, em zona calma, a 3 min. centro da cidade, e 5 min. acesso a A1 .ZEN APT.107 PREÇO 97.500€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Almeirim Apt T3, novo, hall (tecto falso c/ projec.) 2 quartos (roupeiros de correr), 1 suite( banheira hidrom. wc c/ janela), sala, wc, cozinha semi-equipada c/ electrodom. INDESIT, garagem (box indiv. exterior, c/ água e luz ligado cada fracção), zona agradável, c/ jardim, bons acessos rodoviários ZEN APT.155 PREÇO 105.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Apt. usado T2 Almeirim c/ 1 lugar de garagem. 100.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Casa antiga em Ponte do Soleiro/ Santarém. 50.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A LOJA c/ + - 40 m2 em Santarém na zona histórica. 42.500€ neg - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. usado T2 em Santarém. 65.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. novo T3 c/ garagem em Almeirim. 126.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653

A PÓVOA DA ISENTA – Moradia T4 inserida num lote de 3.400 m2. Piscina, furo, painel solar, garagem e T0 em anexo. A 3 km do nó da auto-estrada. 229.000 € www.

remax.pt/121871072-80 Tel. 961 334 733 RE/MAX Milénio – AMI 6883 A SANTARÉM – Duplex T4 com dois fantásticos terraços, lareira c/ recuperador e aquecimento central. Materiais de qualidade.133.000 € - EM SALDOS www.remax. pt/121871053-8 Tel. 961 311 745 RE/MAX Milénio – AMI 6883 A PONTÉVEL – Fantástica quinta com 5.360 m2, com piscina, anexos, barbecue, garagem. 237.500 € www. remax.pt/121871081-29 Tel. 962 191 373 RE/MAX Milénio – AMI 6883 A SANTARÉM – Apartamentos T1, T2 e T3 a estrear. Cozinha equipada, parqueamento, arrecadação, pré-instal. ar condicionado e aquecimento central. Desde 82.500 € www.remax.pt/1218710021120 Tel. 961 311 788 RE/ MAX Milénio – AMI 6883 A EREIRA – Quintinha c/ casa rústica térrea, inserida num lote de 4.800 m2, vedado e murado, c/ portão automático e uma vista espectacular...Pré-instalação de aquecimento central. A 10 min. da saída A1-Aveiras. 250.000 € www.remax. pt/121871049-231 Tel. 961 311 788 RE/MAX Milénio – AMI 6883 A SANTARÉM – Apartamento de 3 pisos único, em cobertura, localizado na zona mais nobre do Planalto, vista para o Tejo e panorâmica de 360º sobre a cidade e a lezíria... 350.000 € www.remax. pt/121871028-437 Tel. 926 613 906 RE/MAX Milénio – AMI 6883 A VILA CHÃ DE OURIQUE – Moradia T3+1 recente, acabamentos de qualidade, pré-instalação de aquecimento central. Logradouro pavimentado em calçada, com churrasqueira e telheiro. Garagem. 175.000 € www.remax. pt/121871073-33 Tel. 961 725 440 RE/MAX Milénio – AMI 6883 A MORADIA T3 Arneiro Tremês, 415m2 útil, Com terreno,

a 10km Santarém Preço: 125.000,00€ - Ref. 363 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A APARTAMENTO T3 São Domingos, Usado, ar condicionado box fechada, Oportunidade de negócio. Preço: 95.000,00€ - Ref. 700 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A APARTAMENTO T3 Jardim Cima, novo, coz. Equipada Estores elec., ar condicionado, Lg. Garagem. Oportunidade Preço: desde 98.000,00€ - Ref. 794 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A MORADIA T4+1 Jardim Baixo, nova, coz .equipada Painéis solares, rec. calor, logradouro, Garagem. Excelente negócio Preço: 235.000,00€ - Ref. 801 Go Imobiliária AMI –8191Tlf–915084892/243094092 A MORADIA T3 Fazendas Almeirim, nova , arrecadação, lavandaria, garagem, ar condicionado, Rec.calor, logradouro. Oportunidade Preço: 150.000,00€ - Ref. 779 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A PRÉDIO T3 S. Salvador, 160m2área útil, 2 pisos, para remodelar. Preço: 150.000,00€ - Ref. 778 Go Imobiliária AMI –8191Tlf–915084892/243094092

A MORADIA T2 – Centro Almeirim – 29.990€ - AMI 8643 – Trata: Remax Vision Tel: 925 479 312 A MORADIA T2 semi nova – Fazendas Almeirim – 96.000€ - AMI 8643 – Trata: Remax Vision Tel: 925 479 312

A SANTARÉM – Arredores 2 Moradias p/ Reconst.; Inseridas em Terreno c/ 6.040m2; Plano; Fértil; Vedado; C/ Poço, Olival e Árvores de Fruto; A Área Anteriormente Indicada (6040m2), Refere-se à Soma das Áreas de 2 Artigos Matriciais Distintos. Ref. 4307 Preço: 90.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – Arredores Ruína c/ 69m2; Inserida em Terreno Rústico c/ 3.240m2; Área Bruta de Construção de 149m2; Zona de Moradias Novas. Ref. 4296 Preço: 34.500,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – Arredores Ruína Inserida em Terreno c/ 10.680m2; Magnífica Vista S/ o Campo; Localizada em Zona Calma. Ref. 4297 Preço:56.500,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – S. Salvador Apartamento de 4 Assoa.; Sala Ampla c/ Varanda; Arrecadação; Garagem e Logradouro; Situado em Zona Calma; A 10 Minutos da Cidade. Ref4305 Preço: 86.500,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM- Arredores Ruína Inserida em Terreno Urbano c/ 1.561m2; 2 Garagens Individuais; Localizada em Zona Calma c/ Vista Panorâmica. Ref. 4272 Preço: 50.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

EMPREGO precisa-se A Risa Consulting, recruta Consultor de Informática, preferencialmente com certificação em Software Primavera. Enviar CV detalhado para carlapaixao@risa.pt

DIVERSOS geral A EXCHANGE o seu dinheiro não chega ao fim do mês? descubra onde pode poupar. Confie em nós. Sabemos ajudar Ligue já! 925166242/ 963001325 A PROCURO casa p/ alugar Str até 250€ 916990606 A COMPRA-SE recheios de casa pago pp TLM 916274727 A RESTAURO todo tipo de mobiliário antigo T 916274727

A APARTAMENTO T2 NOVO – Zona Norte Almeirim – 71.250€ AMI 8643 – Trata: Remax Vision Tel: 925 479 312 A APARTAMENTO T2 novo com garagem – Alpiarça – 77.900€ - AMI 8643 – Trata: Remax Vision Tel: 925 479 312 A APARTAMENTO T3 remodelado – Almeirim – 71.000€ - AMI 8643 – Trata: Remax Vision Tel: 925 479 312

VEÍCULOS vende-se

EMPREGO oferece-se A PASSO roupa a ferro e entrego, limpezas em casa particulares e/ou escritórios. TLM 912431332

A FORD MONDEO SW TD verde escuro metalizada, 1997, muito estimada, com extras, 2.750€ TLM 966907471

ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA CONVOCATÓRIA Nos termos do Artigo 25º dos Estatutos do Conservatório de Música de Santarém, CRL, convoco os respectivos sócios para uma Assembleia Geral Ordinária a realizar no dia 01 do mês Fevereiro (3ª feira), na sua sede social na rua Dr. Joaquim Luís Martins, nº 16 em Santarém, pelas 20.00 horas em primeira Convocatória, com a seguinte Ordem de Trabalhos: Ponto único: Apreciação e votação do plano de Acção e Orçamento para o Ano Lectivo 2010/2011 Nos termos do nº 1 do Artigo 26º dos Estatutos, a Assembleia Geral reunirá com qualquer número de Cooperadores uma hora depois, se à hora marcada para a reunião não estiverem presentes mais de metade dos Cooperadores com direito a voto. Santarém, 06 de Janeiro de 2011 O Presidente da Mesa da Assembleia Geral (José Carvalho Brás Barrão)


SERVIÇOS / PUBLICIDADE 39

O Ribatejo 21 | Janeiro | 2011

PEDRO MATAFOME AGENTE DE EXECUÇÃO CÉDULA 1793

ANÚNCIO 1.ª PUBLICAÇÃO Tribunal Judicial de Santarém Processo: 2168/09.1 TBSTR – 2.º Juízo Cível Execução Comum – Pagamento de Quantia Certa Exequente: Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Alcanhões, C.R.L Executados: José Carlos Mateus, Unipessoal, Ldª Ilda da Conceição César Vitoriano Mateus José Carlos Mateus

EDITAL Faz-se saber que, nos autos acima identificados, se encontra designado o dia 2 de Março de 2011, pelas 9:00 horas, no Tribunal Judicial de Santarém – 2.ºJuizo cível, sito no Campo Sá da Bandeira – localidade e concelho de Santarém, para a abertura de propostas, que sejam entregues até esse momento, na secretaria deste Tribunal, pelos interessados na compra do seguinte bem: VERBA 1 PRÉDIO MISTO, sito na Estrada Nacional nº 3, na Freguesia de Póvoa de Santarém, composto por uma parte urbana e outra rústica, sendo que a parte urbana está afecta à habitação, inscrito na matriz com o artigo 599 e encontra –se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o número 180, quanto à parte rústica é composta por olival e cultura arvense em olival como o artigo matricial 117, na Secção C. O bem pertence ao executado José Carlos Mateus Ldª contribuinte 501344233. VALOR BASE: 80.000.00 € (oitenta mil euros). Será aceite a proposta de melhor preço acima do valor de 56.000.00 € (cinquenta e seis mil euros), correspondente a 70 % do valor base. É fiel depositário o próprio executado, devendo mostrar o bem, a pedido. VERBA 2 PRÉDIO URBANO, destinado à habitação, composto de rés do chão e 1º andar, sito na Rua do Casal Saramago, Nº 9, na Freguesia de Póvoa de Santarém, inscrito na matriz com o artigo 612 e descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o número 535. VALOR BASE: 80.000.00 € (oitenta mil euros). Será aceite a proposta de melhor preço acima do valor de 56.000.00 € (cinquenta e seis mil euros), correspondente a 70 % do valor base. É fiel depositário o próprio executado, devendo mostrar o bem, a pedido. Das propostas apresentadas deverão os proponentes, juntar cheque visado à ordem do Solicitador de Execução, no montante correspondente a 5% do valor base do bem ou garantia bancária no mesmo valor, como caução, identificar-se, fazendo constar das mesmas o nome completo, morada, número de bilhete de identidade e número de contribuinte, em envelope selado somente com a indicação na parte exterior do nº de processo e juízo e tribunal correspondente. As propostas remetidas por correio deverão ser enviadas de forma a serem recebidas antes da data e hora agendadas. Não se encontra pendente nenhuma oposição à execução nem foram reclamados créditos. Alcanena, 17 de Janeiro de 2011 O Agente de Execução Pedro Matafome (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1316 de 21.01.2011)

NOTARIADO PORTUGUÊS CARTÓRIO DE SANTARÉM A CARGO DA NOTÁRIA ISABEL MARIA RAIMUNDO DE OLIVEIRA FILIPE BATISTA MARQUES. Eu Isabel Maria Raimundo de Oliveira Filipe Batista Marques, Notária do Cartório Notarial de Isabel Marques, na cidade de Santarém, CERTIFICO, para efeitos de publicação que por escritura de catorze de Janeiro de dois mil e onze, lavrada de folhas setenta e três a folhas setenta e quatro verso, no livro de notas para escrituras diversas número duzentos e seis-A. AMÂNDIO DELGADO, contribuinte fiscal 125 415 478 e mulher ILDA, MARIA DO ROSÁRIO EUSÉBIO DELGADO, contribuinte fiscal 125 415 460, casados sob o regime da comunhão de adquiridos, ambos naturais da freguesia Alcanede, onde residem na Rua do Casal, n.º 8, Xartinho, concelho de Santarém, outorgaram uma escritura de JUSTIFICAÇÃO na qual com exclusão de outrem se declararam únicos donos e legítimos possuidores do seguinte: Metade indivisa, do prédio rústico, composto de citrinos, hortejo, oliveiras, construção rural, pereiras, vinha, olival, solo subjacente de cultura arvense, pomar de macieiras, leitos de curso de água, pomar de citrinos, com a área total de seis mil trezentos e sessenta metros quadrados, a confrontar no todo de norte com Fernanda Maximiano Frazão, de sul com Fernando Pereira Domingos, de nascente com Regato e do poente com Estrada, sito em BARBEIRO, freguesia de Alcanede, concelho de Santarém, omisso na Conservatória do Registo Predial de Santarém, e inscrito na respectiva matriz sob o artigo 250 da Secção BB, da dita freguesia de Alcanede, com o valor patrimonial tributário correspondente à citada fracção para IMI de € 341,42 e para IMT de € 532,62, valor este que lhe atribuem. Que sobre este imóvel encontra-se implantada uma benfeitoria, pertença dos ora justificantes, do qual foi apresentado um pedido de inscrição e ou actualização de prédios urbano na matriz em 11/11/2010, no Serviço de Finanças de Santarém, tendo-lhe sido atribuído o artigo provisório P218, da freguesia de Gançaria, concelho de Santarém, cujo duplicado me exibiram. Que possuem a referida fracção do prédio há mais de VINTE ANOS, tendo a mesma vindo à posse deles, justificantes, por volta do ano de mil novecentos e oitenta e oito, por compra verbal a Manuel Alfaia Domingos e mulher Clarisse Narciso Fagulha, casados sob o regime comunhão geral, residentes no Cartaxo, a Lucília Alfaia Domingos, divorciada, residente em Lisboa, a Hermínia Alfaia Domingos e marido Jaime Rodrigues dos Santos, casados sob o regime da comunhão geral, residentes em Malaqueijo e a José Alves e mulher Diamantina Maria, casados sob o regime da comunhão geral, residentes em Mata do Rei, Alcanede, não tendo no entanto reduzido a escritura pública a referida compra verbal, mas posse essa que vêm exercendo sem a menor oposição de quem quer que seja desde o seu início sem interrupção e ostensivamente, com o conhecimento de toda a gente, traduzida em actos de fruição, efectuando benfeitorias, pagando as respectivas contribuições e impostos, sendo portanto uma posse pública, pacífica, contínua e de boa fé, pelo que adquiriram a fracção do referido imóvel para o seu património por usucapião, não tendo todavia documento que lhes permita fazer prova do seu direito de propriedade pelos meios extrajudiciais normais. ESTÁ CONFORME. Cartório Notarial de Isabel Marques, catorze de Janeiro de dois mil e onze. A Notária, (Isabel Maria Raimundo de Oliveira Filipe Batista Marques) (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1316 de 21.01.2011)

CRÉDITOS PAU LO N I ZA * CRÉDITO RÁPIDO P/ INÍCIO DO SEU NEGÓCIO Taeg desde 7,00%

* CRÉDITO PESSOAL OU CARTÃO DE CRÉDITO C/ ASSINATURA DE 1 SÓ TITULAR, SE CASADO Taeg desde 12,06%

* CRÉDITO CONSOLIDADO COM E SEM HIPOTECA C/ REDUÇÃO ATÉ 60% DO ENCARGO MENSAL Taeg desde 6,59%

* CRÉDITO COM GARANTIA DO SEU AUTOMÓVEL E NEGÓCIOS AUTO ENTRE PARTICULARES Taeg desde 18,52%

* LINHAS DE CRÉDITO COM APOIO DO ESTADO PARA INÍCIO DO SEU NEGÓCIO E PARA EMPRESAS JÁ EXISTENTES Taeg desde 2,50%

* CRÉDITO HABITAÇÃO E TRANSFERÊNCIAS COM REDUÇÃO DA SUA PRESTAÇÃO MENSAL E POSSIBILIDADE DE TAXA FIXA Taeg desde 5,1994%

* CONTACTE-NOS MESMO QUE TENHA

PROBLEMAS BANCÁRIOS, POIS EM MUITOS CASOS AINDA TEMOS A SOLUÇÃO

www.pauloniza.pt Urb. Vila das Taipas. Lt.4 – r/c Drt. 2080-067 Almeirim E-mail: geral@pauloniza.com

Telf.: 243 579 296

Telm. 938 879 678


tempo: nublado O tempo vai apresentar melhorias nestes próximos dias, com algumas nuvens mas com previsão de céu limpo a partir de domingo. As temperaturas máximas devem descer ligeiramente. Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

21 | JANEIRO | 2011

∑agenda Sexta-feira

Cartaxo ∑ Trio de Isa Peixinho no centro cultural, às 22h30.

Tomar ∑ Lena d’Água apresenta êxitos dos anos 80. Às 21h30 no cine-teatro Paraíso.

Segunda-feira Santarém ∑ Fórum Segurança e Prevenção Rodoviária, no Governo Civil, às 14h.

Quinta-feira Benavente ∑ Lançamento do novo CD do vocalista dos UHF António Ribeiro, na biblioteca, às 21h30.

Problema informático deixa alunos sem teste Torres Novas∑ Teste de Matemática A cancelado na Artur Gonçalves Um problema com a nova plataforma que disponibiliza os enunciados dos testes intermédios de Matemática A obrigou ao cancelamento da prova na Escola Artur Gonçalves em Torres Novas. S e g u n d o a p r o fe s s o r a Madalena Santo, adjunta do diretor desta escola, o cancelamento do teste intermédio de Matemática deveu-se a um erro na referida plataforma que é gerida pelo Gabinete de Avaliação Educacional (GAVE) do Ministério da Educação. “Esta nova plataforma implica uma maior quantidade de dados, porque estes testes passaram a ser aplicados a mais

níveis de ensino, e isso pode ter originado um conflito entre a informação da escola e do GAVE”, referiu à Agência Lusa a responsável.

ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

A adjunta do diretor referiu ainda que o cancelamento da prova afetou três turmas de 12º ano desta escola mas frisou que “os alunos não vão ser prejudicados porque o teste será realizado noutra data”. “A escola e o GAVE estão fazer um levantamento dos novos dados e estamos a tratar de tudo para que esta situação não volte a acontecer”, acrescentou a mesma fonte. Madalena Santo disse ainda à Lusa que a não realização deste teste “não vai prejudicar em nada a avaliação interna dos alunos e a realização dos testes regulares ao longo do ano letivo”.

José Eduardo Carvalho na direcção da CIP

O presidente da Nersant, José Eduardo Carvalho, foi eleito para vogal da direcção da Confederação Empresarial de Portugal, a nova plataforma que nasce da fusão da Associação Empresarial de Portugal (AEP), da Associação Industrial Portuguesa (AIP) e da Confederação da Indústria Portuguesa. Esta plataforma, que junta mais de 200 mil empresas nacionais, é presidida por António Saraiva, que era presidente da CIP – Confederação da Indústria Portuguesa desde início do ano passado. José Eduardo Carvalho já integrava há vários anos a direcção da AIP, da qual é actualmente vice-presidente, e têm havido muitas vozes a pedir que se candidate à presidência desta associação. O dirigente empresarial é licenciado em Sociologia, pelo ISCTE, tem uma pós-graduação em Gestão Empresarial (ISCTE / INDEG) e frequenta o mestrado em Gestão Empresarial no INDEG. É presidente do Conselho de Administração e da Comissão Executiva da Tagusgás e é administrador, gerente e accionista de mais 13 empresas.

rosário breve

Daniel Abrunheiro

Beatificação de Carlos Castro, já! A tragicomédia da vida nacional não é preguiçosa. Antes pelo contrário, está tão mais viva quão menos recomendável. Seguem-se alguns itens. Em vertiginoso curso, o processo de beatificação de Santa Frívola, que em vida se chamou Carlos Castro. Martirizado em halo de santidade por um fedelho de Cantanhede deslumbrado com o barulho das luzes ídolo-televisivas, o malogrado “socialite” da escória socio-cor-de-rosa parece importar-nos a todos muito mais do que um tal capitão de Abril chamado Vítor Alves. Vítor quem? Exacto. GALP & resto da quadrilha gasolineira de volta à hiperinflação concertada dos combustíveis. Deixa andar, povinho, coitado mas é do Carlos Castro. O versejador de Águeda continua com a mania de que ele é que é o 25 de Abril, a Resistência, a Poesia, a Democracia. Não é nada. Um tipo mata o amante da excompanheira com dois tiros pelas costas. Presente ao juiz, certo detalhe técnico fá-lo sair em liberdade enquanto espera julgamento. Certo. Porreiro. Deve ser justo. Sócrates etc. Impostos disparam para cima, salários para baixo, desemprego para cima, justiça para baixo: com tanto acimabaixoacimabaixo, isto já parece cópula sexual. Eu sei, eu sei: a crónica da semana passada prometia melhores notícias para esta. Não fui capaz de encontrar nenhuma. Nem eu, nem a rapaziada do Sporting, clube que cada vez mais se belenensiza. Por falar em Belém, vai haver eleições presidenciais um dia destes. Mas Carlos Castro não pode já, como sempre esperei, vir a ser Presidente da República. Será, quando muito, santa. Santa no roxo lírio dos nossos corações. Dos nossos frívolos corações, ó saudoso capitão Vítor Alves. daniel.abrunheiro@gmail.com


edição 1316