Page 1

No Ano da Fé... bote fé! Bote fé no seu dia a dia! Você pode melhorar seu ambiente. Partilhe sua fé, convide seus melhores amigos para participarem com você das celebrações dominicais. Bote fé no seu potencial. Você pode transformar o mundo. Você é pedra viva de sua igreja. Volte-se para ela, ou, se você é praticante, veja se há alguma coisa que pode ser melhorada, e não tenha medo de se reconhecer como precisando de mudança. Bote fé no seu domingo, que não pode ser vivido como se fôssemos pagãos. A prioridade do domingo é prestar culto a Deus na igreja. Seis dias trabalhamos e ficamos longe da casa de Deus, mas um dia, que é o domingo, é reservado para o Senhor, aliás, domingo quer dizer exatamente “dia do Senhor”. Bote fé na sua capacidade de aprender. Nunca é tarde para você aprender a doutrina católica e pô-la em prática. Não se esqueça de que o conhecimento não é privilégio da hierarquia; também os leigos podem e devem conhecer a doutrina. 1


Estude a Bíblia em grupo, acompanhe a caminhada da igreja e se engaje em suas campanhas de evangelização. Torne-se, você também, um missionário, um leigo atuante e amante da igreja. Bote fé na sua conversão, não fume, coma só o necessário e reduza ou elimine o álcool, cesse com as críticas e os ciúmes, apaixone-se pelas coisas de Deus, entre elas, a sua igreja. Bote fé no perdão ilimitado, não se vingue, não critique, semeie o bem. Seja um arauto da alegria e do perdão, e a paz será a sua recompensa. Bote fé no amor desinteressado, atualize o seu dízimo, ponha-se à disposição da comunidade eclesial, escolha a pastoral em que você gostaria de servir. Mexa-se, importe-se com a sua igreja. Bote fé no seu poder de transformar a sua família, incorporando a prática diária da oração em comum. Não se esqueça de que família que reza unida, permanece unida. Bote fé na sua vontade de se desapegar de coisas passageiras, como, por exemplo, ser escravo de times de futebol e de novela. Que essas distrações não asfixiem a verdade, e a verdade são os valores perenes. Bote fé na esperança de dias melhores, mas para isso prepare-se para o futuro, estude, busque alternativas, não se escravize ao sono e aos prazeres fugazes. 2


Esteja sempre entusiasmado com a sua família, com o seu trabalho e com a sua igreja. E mostre esse entusiasmo! Bote fé na simpatia. Por que ser maleducado? Vamos cumprimentar a todos, ainda que não sejamos correspondidos. Que a nossa marca, a nossa diferença seja a maneira cortês de tratar as pessoas. Bote fé na solidariedade, seja inclinado à benemerência, não se canse de exercitar a caridade, pois a fé só tem sentido se transformada no amor. Se formos vítimas de injustiça, não nos vinguemos. É melhor ser vítima que autor de injustiça! Leia novamente o que você acabou de ler: antes ser vítima de injustiça que seu autor! Você pode, eu posso, nós podemos melhorar, amar mais a Deus e ao próximo. Vamos jogar fora os rancores, as desavenças, os ciúmes, as críticas, vamos somar e não dividir, fazer o bem e perdoar sempre. Bote fé no seu poder transformador e não se canse de agir corretamente. Seja escravo da caridade, alegre-se em ajudar os mais necessitados. A felicidade só se consegue através de práticas caritativas. Bote fé na sua possibilidade de anunciar a boa nova. Evangelize com a sua presença e, aos poucos, vá adquirindo cultura religiosa e se transforme num evangelizador humilde, mas competente. Aos domingos, no almoço em família, pergunte qual é o Evangelho daquele dia. Ouça as manifestações espontâneas e faça comentários rápidos. 3


Bote fé na sistemática que apresentamos e você vai perceber como é bom gostar e falar da Palavra de Deus! Faça perguntas simples, dê as respostas e, com o tempo, você vai perceber que seus familiares aprenderam “brincando” ou “comendo”. Some-se a mim, pois faço isso há muito tempo, e, às vezes, até inoportunamente!

“Não te descuides do carisma que está em ti” (1Tm 4, 14), é o conselho de São Paulo a Timóteo, e que serve também para nós, pois temos dons, carismas, e não devemos sepultá-los e sim exercitá-los. Vamos formar um exército de leigos atuantes, conhecedores da doutrina, modelo de cidadãos da cidade dos homens, para um dia sermos cidadãos da Cidade de Deus. Bote fé na esperança, conforme já falado, pois quem espera sempre alcança. Desesperar-se, por quê? Nada disso, as dificuldades de hoje serão transformadas em vitórias amanhã. Não antecipemos os problemas, que poderão, inclusive, não existir. Bastam os problemas de hoje, os de amanhã serão administrados amanhã. Não os antecipar, eis a sabedoria. Bote fé na sua vontade de transformar as estruturas viciadas. Você quer, e você pode. Aliste-se na linha de frente de sua igreja; ao invés de crítica, aja e mostre como fazer o Reino de Deus crescer. E como fazer isso? Não se omitindo, sendo entusiasta, somando e não dividindo. Bote fé na juventude, alie-se a ela. Não aborte as suas iniciativas, mas seja um elo 4


agregador e propagador da criatividade dos jovens. Seja, para eles, uma agradável referência. Bote fé na doutrina católica, leia mais, procure conhecer os fundamentos da fé católica. Esteja sempre pronto a mostrar a razão de sua fé. Apaixone-se pela Palavra de Deus, faça grupos de reflexão. Reze o terço. Incomode-se e não se acomode! Bote fé na fraternidade. Não se canse de ajudar os mais necessitados, pois eles, um dia, serão os nossos juízes! Tenha prazer na solidariedade, a causa de nossa felicidade, pois se lhe dermos as costas estaremos incorporando a tristeza. Bote fé no Brasil, pois é o país do presente e do futuro. Jamais verá um país como este! Saiba que a violência e a corrupção são duas pragas que estão maculando a nossa imagem. Cerremos fileiras em prol da nãoviolência e da ficha limpa. Vote limpo em todas as eleições, sempre, dando seu voto só a quem já provou ser honesto e capaz de trabalhar para o bem comum. Bote fé na vontade de aprender, ratificando o que já falamos antes. Não se considere sábio, pois o que sabemos é uma gota e o que não sabemos é um oceano. Estude, recicle-se, esteja sempre atualizado com as coisas da igreja e da sociedade em geral. Bote fé na caridade, no amor desinteressado. Conforme todos nós já sabemos, a felicidade de amanhã depende de nossa ação solidária de hoje. Se exercitarmos 5


o perdão, seremos felizes; se não perdoarmos, seremos infelizes. Bote fé na sua capacidade de se desvencilhar de um defeito, de uma ideia fixa. Incorpore novos hábitos e novas atitudes. Renda-se ao equilíbrio, à sensatez, e não se escravize ao erro. Bote fé na sua capacidade de inverter as falsas prioridades. Sinta a presença de Deus em você, leia mais a bíblia. Peça a Jesus que lhe dispense o seu Santo Espírito com os seus sete dons. Bote fé no esquecimento do passado que nos deixou tristes. Importam pouco as divergências do passado, impor tam bastante as convergências que nos unem no presente e nos unirão no futuro. A palavra chave, portanto, é perdão e esquecimento das ofensas. Bote fé em uma vida simples e não renda tributos à ostentação e ao consumismo. Saiba partilhar, não seja avarento. E para concluir, bote fé no amor, porque o amor é tudo.

Ano da Fé! “Em virtude da fé, podemos reconhecer, naqueles que pedem o nosso amor, o rosto do Senhor ressuscitado” O Recado Editora (11) 5181-4242 orecado@orecado.com.br O Recado - Encarte nº239

J. Marques

No Ano da Fé...bote fé!  

Encarte sobre o Ano da Fé

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you