Issuu on Google+


02 | O PRESENTE

EDITORIAL

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

Ações exemplares Datas temáticas são exploradas das mais diferentes tudo para poder mostrar aos pais e/ou à comunidaformas, seja pela indústria, pelo comércio, pelo turismo de uma parcela das atividades que são desenvolvie por aí vai. Mas, além do cunho venda-consumidor, há das com os estudantes, buscando socializá-los e outras maneiras de abordá-las. O aspecto cultural é torná-los cidadãos de bem. Nem sempre os belos eventos que temos acompauma delas. E podemos dizer que temos tido experiências nhado por aqui têm como pano de fundo uma data incríveis em nossa comunidade. O Auto da Páscoa organizado pelo Colégio Cris- de cunho religioso. Há também programações que to Rei e levado ao público todos os anos, como na valorizam o esporte ou evidenciam talentos, como noite de ontem (11), é um belo exemplo disso. Profes- bem faz, por exemplo, o Colégio Rui Barbosa, ao sores e alunos trabalham semanas seguidas ensaian- promover os Jogos Bordô e Branco e o Festival de do canções e as cenas da paixão, morte e ressurreição Danças, envolvendo a comunidade escolar e oportunizando integração e compede Jesus Cristo. No final, todo o tição sadia. esforço conjunto transforma-se em São muitos os exemplos posium espetáculo lindo de se ver, enEstão de parabéns as escolas tivos que temos visto em nossa volvendo toda a comunidade escoque de uma forma ou de outra, seja realizando um comunidade, extremamente imlar e mostrando aos rondonenses o evento, seja incentivando portantes para um trio que semque há de mais bonito em termos de talentos, fomentando o pre precisa estar unido: pais, integração e comprometimento. esporte ou a cultura, filhos e escola. Assim como na Páscoa, nas sedisseminando conhecimentos, Pais e professores são mediamanas que antecedem o Natal os seja desenvolvendo projetos dores; preparam seus filhos/alurondonenses também têm tido oporexemplares, estão plantando nos para a vida. E o compromistunidades de prestigiar eventos culsementes do bem. Desta so de ambos, em muitos casos, turais de encher os olhos. A Noite forma, nunca vamos parar de colher bons frutos tem ido muito além do simples de Luzes do Colégio Martin Lurepasse de conteúdos, valores, resther, por exemplo, é um espetáculo ponsabilidades... Criar oportuque encanta, todos os anos, não somente os pais dos alunos, mas toda a comunidade. nidades para tornar crianças e adolescentes em São semanas de ensaio e dedicação entre professores cidadãos pensantes e participativos em suas comunie estudantes, da Educação Infantil ao Ensino Médio, dades, encaminhando-os para os melhores caminhos que culminam com apresentações maravilhosas, que possíveis ao longo de sua trajetória é uma grande missão. E quando vemos os colégios em geral preoemocionam a plateia. Falamos desses dois eventos, que são abertos ao cupados em promover inúmeras iniciativas em prol público, e já se tornaram tradicionais em Marechal de seus alunos, com o apoio dos pais, temos certeza Cândido Rondon, mas, claro, há muito outros, tão que esta missão está sendo cumprida. Estão de parabéns as escolas que de uma forma belos quanto, que são dirigidos apenas aos familiares e acontecem em âmbito escolar. O que impor- ou de outra, seja realizando um evento, seja incenta, no fim das contas, é a preocupação que os tivando talentos, fomentando o esporte ou a culdirigentes dos estabelecimentos de ensino em geral tura, disseminando conhecimentos, seja desenvoltêm com as datas, a forma com que os professores vendo projetos exemplares, estão plantando seprocuram trabalhá-las em sala de aula com seus mentes do bem. Desta forma, nunca vamos parar alunos, a dedicação com que realizam os ensaios, de colher bons frutos.

MORRENDO NA CRUZ, JESUS NOS DÁ VIDA NOVA Com a celebração do Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor, iniciamos as solenidades da Semana Santa rumo à Páscoa. “Este é o dia em que a igreja celebra a entrada de Cristo em Jerusalém para realizar seu mistério pascal”. Os quatro evangelistas relatam este acontecimento e sublinham sua importância. Jesus é apresentado como o Rei-Messias, que entra e toma posse de sua cidade. Ao contrário dos outros reis, ele não entra como um rei guerreiro, que marcha com seu exército, mas como um Messias humilde e manso, montado em um simples jumento, cumprindo a profecia de Zacarias (9,9): “Dance de alegria, cidade de Sião; grite de alegria, cidade de Jerusalém, pois agora o seu rei está chegando, justo e vitorioso. Ele é pobre, vem montado num jumento”. A característica da procissão com os ramos é demonstrar o júbilo, a alegria que antecipa a Páscoa. É uma procissão em honra ao Messias, o escolhido do Pai para nos salvar. Jesus se dirige para a cidade santa, Jerusalém, e nela entra triunfalmente, porém para aí consumar a sua páscoa (=passagem) de morte e ressurreição. Nós reconhecemos este mistério que carrega Jesus e manifestamos nosso louvor e fé. “Bendito aquele que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas”! É a aclamação que fazemos em cada celebração eucarística, aguardando a chegada de Cristo na consagração eucarística. No Domingo de Ramos, através da procissão, a igreja, povo de Deus, sai ao encontro de Jesus Cristo para uma saudação especial. A leitura do Evangelho que narra a paixão e morte de Jesus é despojada de todo cerimonial próprio das missas solenes: não se usam velas, nem incenso e se omite inclusive o sinal da cruz no anúncio do Evangelho. É uma narração que fala por si mesma e nos causa uma profunda reverência. A Quaresma está sendo um tempo em que Cristo purifica e santifica a igreja, sua esposa, convocando todos ao jejum, oração e caridade. Neste domingo, entramos, de forma mais intensa, na centralidade de nosso esforço durante a Quaresma porque é momento crucial do mistério de Cristo e da vida cristã: Jesus abraça a cruz num gesto de obediência ao Pai e de solidariedade com a humanidade. O caminho escolhido por Jesus contrasta com tudo o que se espera de Deus: ele não escolhe a força e a riqueza, mas a fraqueza e a pobreza. O sentido da celebração de hoje já está presente na introdução que antecede a procissão: “Desde o princípio da Quaresma vimos a preparar-nos com obras de penitência e de caridade. Hoje estamos aqui reunidos para darmos início, em união com toda a Igreja, à celebração do mistério pascal do Senhor, isto é, da sua paixão e ressurreição. Foi para realizar este mistério da sua morte e ressurreição que Jesus Cristo entrou na sua cidade de Jerusalém. Por isso, recordando com fé e devoção esta entrada triunfal na cidade santa, acompanharemos o Senhor, de modo que, participando agora na sua cruz, mereçamos um dia ter parte na sua ressurreição”. Somente através da fé somos capazes de compreender a onipotência de Deus na impotência da cruz. É um gesto supremo do amor de Jesus ao Pai que o leva a assumir livremente o projeto do Pai de salvar a humanidade passando pelo martírio da cruz. “Ninguém me tira a vida; eu a dou livremente. Tenho poder de dar e tenho poder de retomá-la. Este é o mandamento que recebi de meu Pai” (Jo 10,18). Jesus nos convida a segui-lo de perto, tomar sobre os ombros a cruz sem medo de compartilhar o mesmo destino. Afinal, tantos irmãos e irmãs continuam pregados na cruz ainda hoje sem a esperança da ressurreição. Nós sabemos que Ele ressuscitará e vamos ressuscitar com Ele na Vigília da Páscoa. Este é o mistério pascal de Jesus: paixão, morte e ressurreição. Seguir Jesus é acreditar que podemos fazer um mundo mais justo e mais humano e “padecer” por um mundo mais digno vale a pena. Neste domingo acontece em todas as paróquias e comunidades a Coleta da Solidariedade como gesto concreto da Campanha da Fraternidade. Todas as doações financeiras realizadas pelos fiéis farão parte dos Fundos Nacional e Diocesano de Solidariedade. Voltado para o apoio a projetos sociais, os fundos são compostos da seguinte maneira: 60% do total da coleta permanecem na diocese de origem e compõem o Fundo Diocesano de Solidariedade e 40% são destinados para o Fundo Nacional de Solidariedade. Vamos abrir nossos corações para que juntos ajudemos a tantos irmãos e irmãs que sofrem com a violência do tráfico humano e que sonham a liberdade dos filhos e filhas de Deus. Sua ajuda será muito importante! * O autor é bispo da Diocese de Toledo revistacristorei@diocesetoledo.org


SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

O PRESENTE |

A rq u iv

Foram meses de turbulência, mas, ao que tudo indica, a relação entre a Prefeitura de Palotina, comandada pelo prefeito Jucenir Stentzler , e a Câmara de Vereadores, onde a oposição tem a maioria, está mais calma. Ao menos nos últimos dias. O último momento tenso foi a reprovação de um projeto de lei, de autoria do Poder Executivo, relacionado à doação de área para construção de casas populares. Posteriormente, os vereadores acabaram assinando requerimento para que a matéria voltasse a tramitar na Casa de Leis. Em seguida, o projeto foi aprovado. Em termos de habitação, Palotina tem um projeto audacioso, visando construir 300 moradias.

o /O P

Ferrovia Norte/Sul: traçado no Oeste O presidente da Coopavel e vice-presidente da Associação Comercial de Cascavel (Acic) para Assuntos do Agronegócio, Dilvo Grolli, revelou que o anteprojeto da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), ligada ao Ministério dos Transportes, que trata sobre o traçado da Norte/Sul, a maior ferrovia brasileira, passará pela região Oeste do Paraná. Pela proposta, a ferrovia seguirá de Panorama (SP) em direção a Campo Mourão e então a Cascavel. Dali prosseguirá para o Sudoeste, entrando então no interior de Santa Catarina. “Esse é o resultado de um intenso trabalho de articulação e de mobilização de líderes do Oeste. Foram inúmeras viagens a Brasília para tratar e mostrar que esse é o melhor traçado, valorizando ao máximo a nossa produção”, destacou Dilvo Grolli. “O desafio continua, porque agora é preciso fazer com que a obra aconteça e seja consolidada”, emenda.

O fim da novela O Governo do Paraná espera na semana que vem assinar o contrato com o Banco do Brasil para que já seja possível ter acesso ao empréstimo de R$ 817 milhões do Proinveste, cujo recurso estava bloqueado e que dependia do aval da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). A decisão foi tomada na noite de quinta-feira (10), pelo Supremo Tribunal Federal (STF), após a terceira liminar concedida a favor do governo estadual. A STN já adiantou que vai liberar o dinheiro em até três dias.

Mais médicos A região Oeste vai receber, por meio do programa Mais Médicos, outros 26 profissionais estrangeiros que desembarcam em Curitiba na segunda-feira (14). Nesta etapa, foram selecionadas as cidades de Assis Chateaubriand (1), Braganey (1), Capitão Leônidas Marques (4), Foz do Iguaçu (2), Formosa do Oeste (1), Jesuítas (1), Maripá (1), Matelândia (1), Nova Santa Rosa (2), Palotina (1), Quatro Pontes (1), Terra Roxa (1), Toledo (6), Tupãssi (1), Ubiratã (2), entre outras.

Cobrando explicações Como presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa e representante de Cascavel no Legislativo estadual, o deputado Leonaldo Paranhos (PSC) está cobrando da empresa Azul Linhas Aéreas Brasileiras explicações sobre a redução de quatro para apenas dois os voos diários de Cascavel para Curitiba (hoje há voos às 06h12, 10h40, 14h40 e 18h40). O parlamentar entende que há um flagrante desrespeito ao direito do consumidor que programou suas viagens nesse itinerário em razão dos horários oferecidos pela companhia. “Estranhamente a empresa toma essa decisão no período da Copa do Mundo, quando haverá, como se sabe, aumento da demanda nos aeroportos das cidades que vão sediar os jogos”, comenta.

Ironizando insinuações O deputado estadual Elton Welter (PT) ironizou o uso político da informação sobre doação que teria recebido do deputado federal licenciado André Vargas (PT), investigado por envolvimento com o doleiro preso Alberto Youssef, na campanha eleitoral de 2010. “Era um segredo tão bem guardado que foi ‘descoberto’ numa simples consulta ao site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral)”, comentou. Welter confirmou que fez dobradinha com Vargas, assim como com outros candidatos a deputado federal. “Para essa dobradinha, que ocorreu principalmente em Toledo, e outros municípios do Oeste e Norte, é fato conhecido por todos, recebi do André uma doação de R$ 94,4 mil. Tudo legal e declarado na minha prestação de contas, aprovada pelo TRE”, afirma. “É evidente que essa especulação miúda tem objetivos políticos perfeitamente identificáDeputado estadual Elton Welter: “É evidente que veis”, disse essa especulação miúda tem objetivos políticos perfeitamente identificáveis” Welter.

Comentário do dia - I “O PT tem tanto medo da CPI que deve ter escondido a caixa preta da Petrobras nas profundezas do Pré-Sal”. Opinião do deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB).

Comentário do dia - II “Nesse caso não se pode fazer julgamento nem absolvições. Acho que tanto a Câmara quanto o PT têm o seu processo para fazer as averiguações e apurações. Eu não tenho dúvida de que, obviamente, é uma situação que para o Partido dos Trabalhadores é ruim. Sempre é mais uma denúncia, uma pessoa que está envolvida (...). O deputado tem que fazer essas explicações (...) e responder por seus atos”. Da senadora Gleisi Hoffmann (PT).

Alep/Sandro Nascimento

Ânimos mais calmos

03


04 | O PRESENTE

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014 JAIRO EDUARDO

pitoco@pitoco.com.br

Radar põe Cascavel no mapa Divulgação

Previsão do tempo em um raio de 480 quilômetros, incluindo Estados e país vizinho, sairá daqui

EDITORIAL O governador Beto Richa veio para a inauguração do radar. Não precisava de sistema meteorológico para saber que o clima político esquentou na visita dele. As instabilidades climáticas neste setor foram formadas a partir de manifestações do funcionalismo e proximidade da “massa de ar quente” da eleição. De toda sorte, como dizia o folclórico ex-presidente do Corinthians, adaptando ao seu estilo o adágio popular, “quem está na chuva, é para se queimar...”.

Arivonil

Quatro dos sete dias mais quentes da história de Cascavel, desde que há registro, aconteceram no mês de novembro. Os cinco dias mais frios da história aferida em uma pesquisa de décadas foram em julho, todos concentrados entre 13 e 18 do sétimo mês do ano.

Autódromo 467 Quando a pista entre Cascavel e Toledo da 467 era simples, em 2008, ocorreram 180 acidentes e quatro mortes. Com as duplas, nos últimos 12 meses, foram 324 acidentes e o triplo de mortes. “A pista duplicada traz uma falsa sensação de que podemos andar em velocidade maior tanto nas retas quanto nas curvas,” disse Jair Finkler, da Polícia

As tempestades mais devastadoras que enfrentamos se formam a partir de fenômenos meteorológicos no Paraguai, e hoje somente são visíveis pelo radar mais próximo do Simepar (em Teixeira Soares), quando as nuvens negras já chegaram a Foz do Iguaçu.

Rodoviária Federal.

Essas informações lhe interessam? Você dá audiência para a moça do tempo do telejornal? Pois bem, saiba que Cascavel será um importante referencial para um raio de abrangência de 480 quilômetros a partir de hoje.

licenciado André Vargas.

A previsão do tempo para o Oeste de Santa Catarina, Noroeste do Rio Grande do Sul, Sudoeste de São Paulo e o Leste do Paraguai passou a ser captada, desde ontem (11), pelo radar meteorológico de última geração instalado pelo Simepar na Coodetec, nas margens da BR-467. Radares são os equipamentos mais caros e sofisticados do serviço de meteorologia. O de Cascavel poderá antecipar em até 12 horas a previsão da temida tempestade formada no Paraguai, e assim produzir informações vitais para a Defesa Civil agir preventivamente. A futurista estrutura foi construída a partir de equipamentos e knowhow importados dos Estados Unidos, ao custo de R$ 8 milhões. Outro milhão foi para a torre de 25 metros de altura, totalizando R$ 9

Primo aqui Fernandinho Beira Mar receberá um novo e ilustre vizinho nas próximas horas. A pedido da Polícia Federal, será transferido para a penitenciária de Catanduvas o doleiro londrinense Alberto Youssef, que vem a ser o amigo recluso do deputado

Leia na “Aldeia” milhões de investimento. Não foi fácil instalar os 116 painéis que revestem a cúpula esférica gigante sobre a torre. Engenheiros norte-americanos “apanharam” exatamente das condições atmosféricas adversas, principalmente do vento. A previsão de inauguração apontava agosto do ano passado. Como se percebe, a previsão falhou. A OPERAÇÃO A cada dez minutos, o radar faz uma varredura completa da atmosfera, gerando dados que - cruzados com outros sistemas - permitem aumentar a precisão e confiabilidade da delicada “moça do tempo”, que passará a ser menos contestada. Talvez, então, os marmanjos passarão a prestar mais atenção no que ela fala do que na silhueta esbelta da jornalista. Talvez...

Falou e disse “Na rude natureza, o lobo líder, quando velho ou ferido, é atacado e morto pela alcateia. Pobre André Vargas...”. (Roberto Requião, rotulando o petista como “boi de piranha”)

Um perfil do presidente da Amic, Jorge Santos, compõe a capa da revista “Aldeia” de abril. Nas páginas amarelas, entrevista com o empresário Velci Kaefer. Leia trechos da conversa com o diretor da Globoaves na versão impressa, e a íntegra no www.revistaaldeia.com.br.


GERAL

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

O PRESENTE |

05

COPA DO MUNDO

Dilma defende investimentos: “As obras são para o povo” De acordo com ela, projetos atenderão o Mundial, mas posteriormente ficarão para os brasileiros Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff defendeu ontem (11) os investimentos que o governo tem feito para a Copa do Mundo e disse que os benefícios ficarão para os brasileiros após o fim do megaevento. Dilma comparou a melhoria da infraestru-

tura do país para o Mundial aos preparativos para receber convidados em casa. “As obras, rigorosamente falando, atendem à Copa, mas elas não são para a Copa, elas são para o povo desse país, para o povo desse Estado. Quando a

gente vai dar uma festa na casa da gente, você dá uma melhorada na casa, quando vai ter o casamento, você pode até dar uma ampliada na casa, mas todos os benefícios ficam para quem mora na casa, e é isso que acontece conosco”, comparou, em discurso durante cerimônia de inauguração de um sistema de tratamento sanitário em Porto Alegre (RS). Dilma citou as obras dos aeroportos internacionais da Capital gaúcha e de Brasília como exemplos de intervenções motivadas pela realização da Copa, mas que terão impactos posteriores. “Não tem a ver com Copa, mas com nossa situação concreta. A taxa de crescimento de pessoas que procuram avião é bastante significativa. Para vocês terem uma ideia, hoje, no Brasil, 100 milhões de passageiros utilizam por ano esse sistema de transporte”, avaliou. Ao defender o governo das críticas pelos investimentos no Mundial, Dilma disse que no Brasil, “muitas vezes você é criticado por ter um cachorro e outras vezes por não ter o mesmo cachorro”. Ela utilizou a mesma metáfora para defender outras medidas econômicas do governo, entre elas, a desoneração da folha de pagamento e a expansão das políticas de financiamento para projetos de infraestrutura. “Montar uma estrutura de

Presidenta Dilma Rousseff, durante solenidade em Porto Alegre, comparou a melhoria da infraestrutura do país para o Mundial aos preparativos para receber convidados em casa

financiamento adequada para investimento em infraestrutura é condição indispensável para esse projeto sair. Não é possível criticar simultaneamente por não fazer projetos para melhorar a saúde pública e criticar investimentos em saneamento, não é possível, não fecha. A equação no Brasil tem que fechar e aí a responsabilidade de cada um de nós tem que aparecer”, declarou.

INFLAÇÃO Durante o discurso, a presidenta voltou a afirmar que a inflação está sob controle, apesar da elevação do preço de alguns

alimentos, motivada, segundo ela, pelas condições climáticas do começo do ano. “Mantemos sistematicamente um olho e um controle na inflação mesmo quando, devido à seca que ocorre no Sudeste e à chuva torrencial que ocorre no Norte do Brasil e à seca que, graças a Deus, parece que estamos saindo dela no Nordeste, tivemos impactos em alguns produtos alimentares. Mas é importante olhar, primeiro, que isso é momentâneo, e segundo, que enquanto há alguns produtos que sobem, outros caem”, avaliou. “A inflação, nós iremos controlar sistematicamente”, repetiu.

2ª etapa da Operação Lava Jato mira negócio de R$ 443 milhões na Petrobras O alvo principal da Operação Lava Jato 2, deflagrada ontem (11) pela Polícia Federal, é a contratação pela Petrobras da empresa Ecoglobal - Ambiental Comércio e Serviços Ltda. e da Ecoglobal Overseas LCC, no montante de R$ 443,8 milhões para locação de equipamentos e para fornecimento de serviços técnicos especializados. Nesta segunda etapa da operação, que desbaratou esquema de lavagem de R$ 10 bilhões, foram cumpridos 23 mandados de busca, apreensão e prisão nas cidades de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Macaé e Niterói. A suspeita da PF é que aparentemente na mesma época

estariam sendo negociadas 75% cotas das empresas Ecoglobal para venda para grupo empresarial do qual participam o doleiro Alberto Youssef, por meio da Quality Holding, e Paulo Roberto Costa - ex-diretor de Abastecimento da Petrobras -, por meio da Sunset Global Participações, e ainda para uma terceira empresa Tino Real Participações, no montante de R$ 18 milhões. Os investigadores apontam que o próprio negócio da cessão de cotas é condicionado à efetivação do contrato da Ecoglobal com a Petrobras. A PF localizou carta-proposta confidencial subscrita pelos negociantes e datada de 18 de setembro

de 2013. O contrato, pela Ecoglobal, é assinado por seu então titular Vladmir Magalhães da Silveira. A PF constatou que a Tino Real Participações tem por titulares Maria Thereza Barcellos da Costa e Pedro Carlos Storti Vieira. A PF verificou por e-mail cadastrado na emissão do passaporte a relação de Maria Thereza com Eric Davi Belo, envolvido supostamente em crimes relacionados a fundos de pensão. Os investigadores avaliam como suspeito o fato de uma empresa que obtém contrato de R$ 443 milhões seja negociada na mesma época - 75% das cotas -, por R$ 18 milhões.


GERAL

06 | O PRESENTE

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

PUBLICIDADE

MPF cobra transparência na concessão de energia elétrica Procurador pede ampla divulgação de estudos relacionados aos critérios de qualidade para prorrogação ou não das concessões O Ministério Público Federal enviou uma recomendação ao Ministério de Minas e Energia (MME) e à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) pedindo mais publicidade aos processos de concessão do setor elétrico. No documento, o procurador da República no Distrito Federal, Paulo José Rocha Júnior, pede ampla divul-

gação de estudos relacionados aos critérios de qualidade para prorrogação ou não das concessões de energia elétrica. “A decisão do administrador, nesse caso, não se funda em critérios de conveniência e oportunidade, mas sim na realização de pareceres, laudos, relatórios e estudos que revelem a melhor escolha e demonstrem

capacidade técnica, econômica e jurídica da solução”, esclarece Rocha Júnior. A recomendação também citou casos de falhas nos sistemas de transmissão e distribuição de energia. O MME e a Aneel têm 30 dias para encaminhar resposta sobre o acatamento ou não da recomendação.

CNI reduz previsão de crescimento da economia Depois do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial reduzirem as estimativas de crescimento da economia brasileira, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) anunciou ontem (11) nova projeção para o indicador, que caiu de 2,1% para 1,8% este ano. Além do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país), a CNI reduziu a projeção dos principais indicadores econômicos. As estimativas estão no Informe Conjuntural, relatório trimestral da CNI. A estimativa de crescimento da indústria caiu 2% de para 1,7% e a projeção dos investimentos foi reduzida de 5%, em dezembro, para 2,5% em março. A CNI atribui a perspectiva

pessimista a fatores como o “longo ciclo da alta dos juros, com a adoção de uma política de aperto monetário intensa pelo Banco Central, a reversão de algumas desonerações tributárias, como o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis, a provável intensificação do custo de produção, por causa do encarecimento da energia elétrica (pelo déficit hídrico) e dos insumos importados (pela desvalorização cambial)”. O Informe Conjuntural do primeiro trimestre de 2014 também destaca o cenário atual, que, para os técnicos da CNI, indica incertezas na economia, com a queda de confiança dos empresários e, em consequência, queda na disposição de investir. Para a CNI, o ano de 2014

começou com bons resultados, como o crescimento da produção industrial no primeiro bimestre, atribuído em parte ao maior número de dias úteis em fevereiro, com o feriado de Carnaval caindo em março, mas esse ritmo não deve ser mantido no resto do ano. O estudo da Confederação Nacional da Indústria reviu também a estimativa de inflação, de 6%, em dezembro, para 6,4% em março, bem próxima do teto da meta, 6,5%. No setor externo, a CNI reestimou o superávit da balança comercial, que caiu de US$ 9 bilhões em dezembro passado para US$ 1,5 bilhão em março. O relatório manteve, contudo, a previsão da taxa nominal de câmbio em R$ 2,35 na média de 2014.

Pesquisa mostra retração nos níveis de emprego industrial O contingente de trabalhadores no setor fabril paranaense mostrou recuo de 2,8% em fevereiro de 2014, em relação a fevereiro de 2013, a 7ª variação negativa consecutiva. No Brasil houve redução de 2%, a 29ª queda seguida, conforme a Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário (PIMES), divulgada ontem (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A pesquisa é realizada em dez Estados da federação, mais as regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste. Dos 14 locais pesquisados, 12 apresentaram retração. “A queda do nível de emprego industrial é generalizada no Brasil, fruto das incertezas dos empresários quanto ao futuro da política econômica, especialmente no que se refere ao tratamento de alguns fatores de instabilidade, sin-

tetizados na aceleração da inflação, do déficit público e dos desequilíbrios das contas externas”, afirma a economista Ana Silvia Martins Franco, do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes). “Tal quadro exacerba a postura defensiva dos agentes produtivos, comprime as expectativas de lucro e provoca o adiamento dos projetos de investimento, interferindo negativamente no desempenho do mercado de trabalho”, diz ela. No Paraná, os setores que mais influenciaram para a desaceleração do resultado regional foram máquinas e aparelhos elétricos e eletrônicos (-34,4%), vestuário (-9,3%), metal (-7,7%), borracha e plástico (-7,5%) e minerais não-metálicos (-3,4%). Em contrapartida, os ramos de papel e gráfica (7,1%), alimentos e bebidas (5,4%), fumo (3,2%), máquinas e equipamentos (3,2%),

calçados e couro (2,8%) e produtos químicos (1,7%) apontaram crescimento. O valor da folha de pagamento real (descontada a inflação) do Paraná avançou 5% em fevereiro de 2014, na comparação com fevereiro de 2013, ante variação de 2,5% na média nacional. Os setores que mais contribuíram para o resultado regional foram fabricação de meios de transporte (27,9%), metalurgia (23,8%), minerais nãometálicos (18,4%), calçados e couro (10,9%), papel e gráfica (8,5%), produtos químicos (7,5%) e metal (7,5%). O indicador do número de horas pagas do setor fabril paranaense encolheu 4,1% em fevereiro de 2014, frente o mês de fevereiro de 2013, contra redução de 2,1% do país, com taxas negativas em onze dos quatorze locais investigados.

POSTURA EXEMPLAR A atitude do ex-presidente Lula, cobrando do deputado André Vargas uma explicação para as denúncias levantadas contra ele, "para não prejudicar o partido", contrapõe-se às indiferenças com que tratou durante seu governo e agora, quando fatos da época explodem em cima do governo Dilma Rousseff. Às malfeitorias preparadas por companheiros contra José Serra, quando candidato à Prefeitura de São Paulo, com compra de um caro dossiê, deu de ombros: coisa de menor importância! Assim como também não viu problema no mensalão que levou poderosos companheiros pra cadeia, no que parecia ser o início de uma era de nova ética no trato do dinheiro público. Viu sim a atitude "desrespeitosa" da imprensa que deu guarida à denúncia de Roberto Jefferson. Prometeu que ao deixar o governo provaria que o mensalão não existiu. Não resistiu, porém, ao encanto das palestras às quais era "convidado" a dar, como ocorre com quase todos os ex-presidentes. Com um cachê simbólico de R$ 200 mil. O mensalão está até hoje à espera de ser desmentido e as suas consequências, com prisão de alguns notáveis, quase é botada abaixo pelo próprio Supremo Tribunal Federal (STF). Até a suspeitas levantada pelo enriquecimento de familiares, foi relegada ao esquecimento. Tais fatos demonstram claramente que não há o mesmo zelo com a ética, como o agora citado com possível prejuízo para o partido. Aí reside uma diferença entre o tratamento dado à corrupção, nesta democracia reconquistada em 1985, com alguns episódios da execrada "revolução", quando fatos graves chegavam ao conhecimento dos presidentes de então. O episódio paranaense de 1971, emblemático. Haroldo Leon Peres, numa decisão grotesca do presidente Médici, havia sido escolhido para o governo do Paraná. Nove meses depois de sua posse contestada pela classe política do Estado, especialmente Paulo Pimentel, que se tornou seu arquiinimigo, foi flagrado numa conversa comprometedora com o empreiteiro Cecílio Almeida. A gravação chegou às mãos do presidente. Este convocou o governador. Mostrando-lhe a prova irrefutável, sentenciou: "Ou o senhor renuncia ou eu o demito". Deserdado, Haroldo regressou sem direito sequer de entregar o cargo a seu sucessor, deputado Emílio Gomes, indicado por Ney Braga. O tratamento dado aos adversários do regime foi duríssimo, como se comprovou com o tempo. O dado a companheiros que entravam por caminhos estranhos não era menos rígido. Os que hoje se aproveitam em proveito próprio, do regime conquistado à custa de enormes sacrifícios pessoais de alguns, estão prestando um desserviço ao país. Aqueles que procuram evitar as investigações sobre corrupções que desabonam a democracia incipiente que temos, entre eles!

NOVIDADE FORÇADA O computador é um avanço extraordinário. Assim como os serviços que coloca à disposição do usuário, entre eles a internet, que permite o envio desta coluna a distância, instantaneamente, também cria seus problemas. Especialmente quando a Microsoft decide retirar um programa Windows ao qual se está acostumado. Aos renitentes que esperam contar o resto da vida com ele, veio a punição: o Windows travou. O colunista teve que se aproximar do notebook, do qual mantinha distância pela dificuldade de digitação em teclado diferenciado. É como a coluna foi produzida. Nesta hora bateu uma saudade da velha Remington...

E AGORA, ARNO! Nada a ver com o Arno, diretor de um jornal que heroicamente, como tantos outros, insiste em estar com seu O Presente diariamente nas bancas. Fazer jornalismo escrito num país de 30 milhões de analfabetos e outro tanto ou mais de subletrados, uma das vergonhas nacionais que os governos insistem em ignorar, é um ato de heroísmo. Com a situação cômoda de hoje com

analfabeto com direito a voto, porque se preocupar com ele, a não ser em véspera de eleição. Trata-se de um pseudo benefício, diferente, por exemplo, do Bolsa Família, que, apesar do erro de ser um programa com porta de entrada e nenhuma previsão de saída, que obrigasse o beneficiário a aproveitar o momento em favor da criação de melhores perspectivas futuras, tem livrado pessoas da miséria absoluta.

E AGORA, ARNO (II) O personagem a que a coluna se refere leva uma vida bem mais tranquila que dono de jornal. Tem um belíssimo salário para dizer "sim" aos poderosos de plantão. Dirige uma agência que diz "sim" aos amigos da rainha e não àqueles que se atrevem a não ler pela cartilha do poder. Depois que criou o hábito, ao Paraná só diz "Não"! Tem a burocracia a seu favor e a letra fria da lei, que interpreta a seu bel prazer; ou ao da patroa. Agora, acossado por uma nova liminar do STF pode abrir a mão. Já tem desculpa a apresentar a quem lhe pediu o favor. Do contrário pode amargar uma outra decisão do STF pedida pelo Paraná: a sua prisão. Como já sabe o que acontece com os "companheiros" que caem em desgraça, é melhor se prevenir.


ESTADO

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

O PRESENTE |

METEOROLOGIA

Radar amplia capacidade de prevenção a desastres naturais Com dados mais precisos, equipamento vai permitir com três dias de antecedência ter informações sobre tempestades e eventos naturais graves Arnaldo Alves/ANPr

Agência Senado

(@Agencia_Senado)

Acordo pode viabilizar votação de vetos no Congresso.

Gazeta do Povo (@gazetadopovo) Emprego industrial fica estável em fevereiro.

Jota Agostinho (@blogdojota) Jornalista Senadores do PMDB e PSDB acusam Renan de fraude.

Alceni Guerra

(@Alceni_Guerra)

Ex-ministro Candidatos à Prefeitura de Curitiba são “reféns” de 2014 esmaelmorais.com.br/?p=76236

Jornal do Brasil (@JornaldoBrasil) Após seis anos, ação contra Fernando Collor entra em pauta no STF. Julgamento por corrupção passiva e peculato.

Estadão

(@Estadao)

Aécio: “Base do governo não quer investigar nada”, diz senador sobre “CPI ampliada”. Papa Francisco pede perdão por padres que abusaram de crianças. PF cumpre 21 mandados de busca e prisão na Operação Lava Jato com foco na Petrobras.

Governador Beto Richa e demais autoridades durante inauguração do novo radar do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), instalado em Cascavel

O governador Beto Richa inaugurou ontem (11) o novo radar do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), instalado em Cascavel. Com tecnologia de ponta, o equipamento, um investimento de R$ 9 milhões, representa um salto de qualidade na previsão de chuvas e vento, bem como na detecção de eventos severos como granizo, tempestades e vendavais para a região Oeste do Paraná. Acompanharam a cerimônia de inauguração o deputado federal Alfredo Kaefer e os deputados estaduais Elio Rusch, Duílio Genari, André Bueno e Leonaldo Paranhos, além de prefeitos da região. “Teremos agora informações precisas para orientar os produtores rurais e garantir a segurança à população, com três dias de antecedência ter informações sobre tempestades e eventos naturais graves”, afirmou o governador Beto Richa. “Este radar de alta tecnologia faz parte de um programa maior, que prepara o Estado para as mudanças climáticas, com a elaboração de um plano de emergência contra desastres naturais”, disse o governador. Ele explicou que serão instaladas 15 estações meteorológicas e dois radares menores em Pontal do Paraná e Colombo. “Teremos uma cobertura de 100% da área do Estado, com equipamentos dos mais modernos do mundo”, afirmou. Richa lembrou que, no início de 2011, os municípios da região litorânea foram atingidos por uma forte chuva que deixou muitas pessoas desabrigadas. A previsão antecipada das chuvas foi fundamental para que o desastre

não fosse ainda maior. “A pronta ação do Estado e a capacidade de prever as chuvas evitou que houvesse um número maior de mortes”, explicou o governador. O chefe da Casa Militar do Governo do Paraná, coronel Adilson Castilho, que é coordenador estadual da Defesa Civil, explicou que a instalação do radar em Cascavel vai melhorar o monitoramento de desastres na região Oeste. “Temos condições agora de emitir um alerta de tempestade e granizo com muito mais antecedência. Isso é fundamental para remoção de famílias em área de risco”, afirmou.

GESTÃO DE RISCOS O diretor do Simepar, Eduardo Alvim Leite, explica que o radar é capaz de realizar uma varredura completa da atmosfera a cada dez minutos, gerando dados que, integrados a outras informações, possibilitam ao instituto antecipar e melhorar a qualidade dos alertas de eventos severos de tempo, com previsões de curtíssimo prazo, com até seis horas de antecedência. O novo radar integrará a Rede Paranaense de Monitoramento Hidrometereológico (REPAMH), que está sendo instalada no Estado e que disponibilizará dados, em tempo real, das previsões meteorológicas, do monitoramento do nível dos rios em todas as bacias hidrográficas do Paraná e da quantidade de chuva. A Rede integra o Programa de Fortalecimento da Gestão de Riscos e Desastres Naturais (SIGRisco), lançado pelo governador Beto Richa em junho de 2013. O programa é um investi-

mento de R$ 53 milhões, com recursos do Banco Mundial.

RADAR A área em que o radar está instalado foi cedida pela Cooperativa Central de Pesquisa Agrícola (Coodetec), uma localização definida após criteriosos estudos técnicos. O equipamento, fornecido pela empresa norte-americana Enterprise Electronics Corporation (EEC), custou R$ 8 milhões. Mais R$ 1 milhão foi investido na construção da torre, que tem 25 metros de altura. O Fundo Paraná, gerido pela Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, entrou com 60% do valor. Os outros 40% são de recursos próprios do Simepar. O novo radar é do tipo Doppler e opera na Banda-S de frequência com dupla polarização. Sua alta resolução espacial abrange 240 quilômetros de raio no modo quantitativo e 480 quilômetros no modo qualitativo. Até agora, o Estado contava com apenas um radar, instalado no município de Teixeira Soares, e que consegue prever o clima em um raio de 200 quilômetros de extensão. “Agora, o radar instalado em Cascavel e o de Teixeira Soares passam a funcionar de forma integrada, possibilitando o monitoramento meteorológico contínuo e sistemático de todo o Estado, além das regiões Oeste de Santa Catarina e Leste do Paraguai, onde se formam estruturas de tempo severo, que frequentemente se deslocam para o Oeste do Paraná”, afirma o meteorologista Cesar Beneti, responsável técnico pela implantação do radar.

Valdomiro Cantini (@CantiniCBN) Radialista da CBN Cascavel @_sergiosouza afirmou que vai com o PMDB nas próximas eleições, desde que com candidato próprio.

Faeg Senar

(@SistemaFaeg)

Conab eleva aumento da produção de grãos. Soja faz balança registrar melhor março da história.

Lid. PSDB Senado (@LidPSDBsenado) Quer dizer que senador com seis processos no STF pode. Técnico, não. Ah tá... Renan ironiza nome da oposição para TCU.

CBN Cascavel

(@cbn_cascavel)

Ferroeste lança novo edital para uso de áreas de terminal em Cascavel. Deputado Elton Welter afirma que dinheiro recebido de André Vargas para sua campanha é legal e rechaça críticas.

Helio de La Peña (@lapena) Humorista Futebol carioca anda tão por baixo que ninguém zoa ninguém!

Revista IstoÉ (@RevistaISTOE) Novo relatório sobre mudanças climáticas da ONU mostra que o planeta está ficando cada vez mais quente.

Jornal O Globo (@JornalOGlobo) Torcedores jogam ovos e papel higiênico em jogadores do Botafogo.

UOL Notícias (@UOLNoticias) Randolfe Rodrigues: “Subserviência do Brasil à Fifa é humilhante”. Brasil tem 11% dos assassinatos do mundo, diz ONU; Norte e Nordeste lideram. Dilma assume articulação política e tenta debelar crise.

Joice Hasselmann

(@joicehasselmann)

Jornalista Presidente do Conselho de Ética pedirá à PF informações sobre Vargas e doleiro.

Veja

(@Veja)

Emprego na indústria cai 2% em fevereiro, aponta IBGE.

O Jornal O Presente também está no Twitter. Acompanhe: twitter.com/o_presente (@O_Presente)

07


ESTADO

08 | O PRESENTE

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

SEGURANÇA

Paraná será coberto por milhares de câmeras na Copa Só nas rodovias serão mais de mil, controladas pelo sistema da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística Marcia Midori Kobiraki Shinohara

Milhares de câmeras de controle e segurança estarão espalhadas pelo Estado do Paraná, a maioria delas em Curitiba. Só nas rodovias serão mais de mil, controladas pelo sistema da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística. O assunto foi revelado na reunião de quinta-feira (10), no Palácio das Araucárias, na Câmara Temática de Comercial e Tecnologia. São centenas de câmeras no

estádio Joaquim Américo, a Arena da Baixada, além de outras em locais como fan fest e public view. Haverá um controle integrado de todas as câmeras, por meio de centros de comando e controle, como o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICCM), Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICCL), Centro de Controle Ope-

racional (CCO), da Urbs, além de câmeras da Guarda Municipal, Cindacta II e Exército. “Durante a Copa estaremos vivendo uma sensação de ‘Big Brother’, onde diversos locais serão monitorados on-line, com transmissão direta para os centros de comando e controle”, disse o coordenador geral da Copa no Paraná, Mario Celso Cunha. Segundo o coordenador do CCO da Urbs, Julio Paulo Paní-

Coordenador geral da Copa no Paraná, Mario Celso Cunha Mario Celso, durante reunião da Câmara Temática de Comercial e Tecnologia: “Durante a Copa estaremos vivendo uma sensação de ‘Big Brother’”

cio, já estão integradas ao Monitoramento Urbano um total de 711 câmeras, sendo 401 nas Estações Tubo, 111 nos Terminais, 40 nas praças, 70 em diversos locais estratégicos e mais 89 móveis. O presidente da Celepar, Jacson Leite, confirmou que o Paraná está preparado para atuar nos grandes eventos com toda a segurança e tecnologia necessária. “Criamos esta grande estrutura graças a uma competente equipe de 1,2 mil pessoas, tornando o Paraná como o Estado mais

tecnológico do país”, disse Jacson. A Celepar mantém hoje mais de 900 sistemas e aplicativos rodando pelo Paraná, os quais são utilizados pelos mais diversos órgãos estaduais. “Para a Copa do Mundo criamos um sistema diferenciado, cadastrando todos os projetos e programas, inclusive capacitando técnicos para tratar destes encaminhamentos”, disse Adão Pedroso, técnico da Celepar e vice-presidente da Câmara Temática de Comercial e Tecnologia.


ESTADO

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

O PRESENTE |

09

REPERCUSSÃO

Gleisi descarta prejuízo eleitoral com caso André Vargas Ela não acredita em impactos em sua provável candidatura ao Governo do Paraná

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) descartou ontem (11) que os problemas envolvendo o colega de partido e deputado federal André Vargas causem impactos em sua provável candidatura ao Governo do Paraná. Na disputa, Gleisi deve enfrentar o atual go-

vernador e pré-candidato à reeleição, Beto Richa (PSDB). As declarações foram dadas em uma visita da senadora ao município de Pinhais, dirigido pelo colega de partido Luizão Goulart, na Região Metropolitana de Curitiba. Gleisi falou sobre as denúnci-

as de envolvimento entre Vargas e o doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato da Polícia Federal, mas evitou defender o colega. Ela disse que a Câmara dos Deputados e o PT vão usar instrumentos internos para investigar o político. “Não

me cabe fazer absolvições. A Câmara e o partido têm que fazer as averiguações, e cabe a ele responder a esses fatos”, disse. Ela considera que a repercussão do fato não atingirá diretamente a campanha eleitoral. “Ainda estamos longe da campanha,

temos a Copa do Mundo pela frente. Então, acho que não haverá prejuízo. Mas é claro que as acusações criam uma situação ruim para o partido, é mais uma pessoa envolvida”, aponta. Ela garante que o grupo está sereno e vai aguardar as explicações do deputado.


Reajuste. Palavra que tem sido muito utilizada ultimamente. E não é por menos. É reajuste daqui, reajuste dali. Só a Selic, que é o juro básico da economia, foi reajustada pela 9ª vez seguida em abril. Isso sem contar os reajustes que o governo federal está segurando, como é o caso dos combustíveis. Afinal, a eleição se aproxima e alta nos preços nunca é um bom mote para a campanha. Mas em um mercado com tantas incertezas, fica a dúvida: o brasileiro mudou seu comportamento devido a isso? E no mercado imobiliário, o setor continua aquecido ou já tem gente colocando o pé no freio? Afinal, este é um segmento que ajudou o país a aquecer sua economia nos últimos anos, em especial durante momentos delicados da crise internacional. Por isso, tem uma importância relevante para o Brasil. Mesmo diante de um cenário obscuro para alguns, em Marechal Cândido Rondon o mercado imobiliário continua bastante aquecido. O termômetro pode ser as próprias instituições financeiras, tendo em vista que uma boa parte dos imóveis é financiada. Conforme a gerente da Caixa Econômica Federal, Zuleide Meurer Brandalise, a demanda continua tão em alta que se a estrutura da instituição rondonense permitisse poderia até mesmo ter

uma equipe maior para atuar na área de financiamento habitacional. “O mercado continua aquecido”, sintetiza ela, segundo a qual, desde o início do processo até sua conclusão, a liberação do financiamento está levando, no município, em média de 45 a 60 dias. Em relação ao primeiro trimestre deste ano, a liberação de financiamentos em termos de valores não teve alterações em comparação com 2013, revela a profissional. “No atendimento do dia a dia não constatamos preocupação dos mutuários com aumento de taxas ou a busca por mais ou menos financiamentos em função da economia no

todo”, afirma Zuleide. “O mercado imobiliário se mantém. Não existem grandes picos, mesmo porque a aceleração de taxas, como está acontecendo, não impacta na taxa de juro do financiamento. Claro que carrega a TR (Taxa Referencial) junto, mas isso representa muito pouco. Além disso, o que mais o cliente leva em conta é que ele tem o imóvel dele. Às vezes deixa de pagar aluguel para ter um bem que é dele”, enaltece a gerente. Embora a taxa Selic tenha sofrido sucessivas mudanças nos últimos meses, Zuleide frisa que isso não altera o financiamento imobiliário, que possui uma taxa paralela. “A demanda (por financiamento) não caiu. Há uma busca grande por novos financiamentos, todos os dias”, salienta. De acordo com a gerente da Caixa, mesmo na linha fora do programa Minha

Casa Minha Vida, as taxas não se alteraram. “Há taxas a partir de 7,5% ao ano para o segundo imóvel ou para quem não se enquadra no Minha Casa Minha Vida”, detalha, emendando: “Para cidades do porte de Marechal Rondon, com menos de 50 mil habitantes, até R$ 90 mil o imóvel novo continua enquadrado no programa federal (Minha Casa Minha Vida). Acima deste valor vai para o SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo) com taxas a partir de 7,5% para quem tem conta salário na instituição”, explica.

INVESTIMENTO Como se trata de um investimento, diz Zuleide, a alta na taxa de juros básicos não fez o rondonense colocar o pé no freio. “Quem vai para o financiamento do imóvel sabe que ao comprá-

lo ele já está valendo mais. É diferente de um bem de consumo durável, como automóvel,


que não tem a valorização como do imóvel. Até para alugar se trata de um investimento, porque tem a valoração do imóvel e a renda mensal do aluguel”, avalia.

MERCADO AQUECIDO O corretor de imóveis Ricardo Theobald, da Edemar Imóveis, confirma que o mercado não apresentou alterações nos últimos meses. A prova disso, menciona, é que a empresa possui três loteamentos sendo comercializados e está com três novos projetos em processo de regularização e que devem ser lançados ainda neste ano. “Além disso, disponibilizamos em nossa microrregião vários loteamentos que estão em comercialização e trabalhando para regularização de novos projetos, a partir dos quais podemos perceber que a procura está alta com perspectivas boas para os próximos meses”, salienta. O setor da construção civil, avalia o corretor, ainda está aquecido. Contudo, ele diz que é possível perceber certa dificuldade para o cliente que procura liberação de créditos em instituições financeiras. “O que se explica com a elevação de taxas de juros, cuja tendência é a baixa, segundo o que diz o próprio Banco Central”, comenta. Por outro lado, Theobald chama atenção que no caso especificamente de Marechal Rondon, e em se tratando de mercado imobiliário, as áreas urbanizadas disponíveis para comercialização estão chegando ao fim. “Esta realidade só poderá ser alterada com a revisão do Plano Diretor”, afirma.

A crise de 2008 deixou o mundo assustado, e o Brasil não ficou de fora dessa. Para enfrentar aquele momento delicado, o governo brasileiro decidiu incentivar a construção civil em função do déficit habitacional que chegava a sete milhões, na época. Como consequência, em 2009 surgiu o programa Minha Casa Minha Vida, que abriu as torneiras do crédito principalmente a partir da Caixa Econômica Federal, mas também de outros bancos. O professor pós-doutor em Administração e Finanças, Edison Luiz Leismann, relembra que o governo usou vários mecanismos para enfrentar a crise, sendo um deles a questão habitacional. O outro, rememora, foi

utilizar recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiar equipamentos agrícolas e empresas. “Focando na área habitacional, isso deu certo. O setor de construção civil teve um impulso muito grande a partir de 2009”, afirma o rondonense. Nesta esteira do crédito farto, o preço dos imóveis começou a subir. Isso aconteceu tanto para terrenos como para imóveis prontos. “O crédito farto da Caixa - são mais de R$ 100 bilhões por ano - deu suporte a isso. Se analisar o preço dos imóveis dos últimos cinco a seis anos, houve um aumento do preço bem acima da inflação”, constata.

BOLHA IMOBILIÁRIA Questionado sobre a bolha imobiliária, tão falada nos últimos

meses, o professor opina que se houver redução do crédito abundante, que hoje é disponível, a bolha fura. Neste caso, o preço dos imóveis sofreria uma queda. “No longo prazo, diria que deverá haver uma tendência de retorno dos imóveis para seus preços normais. Estudos mostram que, analisando um período mais longo, de 50 a 100 anos, os imóveis tendem a acompanhar a inflação. Como nos últimos cinco a seis anos subiram bem acima da inflação, poderá ter uma correção sim. Se essa correção vai ser um furo da bolha com queda mais rápida ou se essa correção se dará ao longo de cinco ou dez anos, não sabemos”, expõe. Para fins de investimento, Leismann afirma que é questionável construir imóveis atualmente. Já para fins de moradia ele aponta que sempre é interessante. “Além dos aspectos econômicos, a moradia envolve os aspectos relacionados à satisfação pessoal, segurança, desejos, sonhos, que compensam fazer o investimento. Todavia, o recado é que se deve fazer uma boa análise em rela-

ção ao comprometimento de renda. Os juros estão baratos, o crédito está abundante, mas os preços estão razoavelmente inflados”, orienta.

FINANCIAMENTO X ALUGUEL Para quem deseja comprar o imóvel para moradia, e não para fins de investimento, a sugestão do professor é fazer uma boa análise do comprometimento da renda envolvida, bem como fazer a comparação com o aluguel, algo considerado clássico. “Neste caso, a pessoa deve verificar se o juro que está pagando dentro desta prestação do financiamento imobiliário é maior ou menor que o aluguel. Se o juro é menor do que o aluguel, compensa financiar. Se o juro é maior, talvez convém esperar uma boa oportunidade”, explica. “Com relação a quem está construindo para investir, de certa forma a conta é a mesma. Um dos indicadores que levam a demonstrar e puxar essa discussão da bolha imobiliária é exatamente o fato de que os aluguéis não estão dando suporte a este aumento de preços das residências. Nos últimos cinco a dez anos, os aluguéis não acompanharam a evolução do valor dos imóveis, o que é uma demonstração de que o preço está sobrevalorizado”, destaca.


GERAL

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

O PRESENTE |

13

MARECHAL RONDON

Conselho quer mudanças no Plano Diretor Matérias seguem agora para apreciação do Legislativo Roges Freitag

Membros do Conselho do Plano Diretor e participantes de audiências públicas chegaram ao consenso sobre algumas questões que foram revistas no Plano Diretor de Marechal Cândido Rondon. Conforme o presidente do Conselho, vice-prefeito Silvestre Cottica, pontos que geravam transtornos ao município foram revistos. As matérias seguem agora para apreciação do Legislativo rondonense. Entre as mudanças requisitadas está a revisão do Código de Obras, em seus vários artigos, como acessibilidade, cumprimento da legislação imposta pelo Corpo de Bombeiros e destinação correta das águas pluviais. Outro assunto discutido foi com relação ao sistema viário, para garantir a sequência de ruas e, em um futuro próximo, o município ter vias rápidas de acesso de um bairro a outro. O parcelamento do solo

Campanha do Agasalho começa 2ª em Quatro Pontes

Presidente do Conselho do Plano Diretor, vice-prefeito Silvestre Cottica, conduz as reuniões

urbano também entrou em debate, no que se refere a loteamentos, para garantir a continuidade de ruas e também a largura exigida. Foi também tratado sobre o parcelamento de módulos para novos sistemas de zona industrial.

Cottica destaca que os encontros que antecederam as revisões foram muito proveitosos e que o trabalho terá sequência. “O Conselho é composto por uma equipe técnica e por representantes do Poder Público e da comunidade.

Amplas discussões acontecem nas reuniões, que visam o desenvolvimento do município de forma ordenada e que não traga problemas futuros”, aponta o vice-prefeito. Ele antecipa que novas etapas da revisão estão previstas.

Com o slogan “Aqueça seu irmão, doe com carinho”, inicia segunda-feira (14), em Quatro Pontes, a Campanha do Agasalho. Segundo a diretora do Departamento de Saúde, vice-prefeita Ana Maria Gorgen, neste ano a campanha está sendo antecipada e doações de roupas, calçados e cobertores podem ser feitas nos tradicionais pontos, como mercados, Rádio Tropical, escola e colégio, Unidade de Saúde e Assistência Social. "Nós convidados a população a participar. É um ato de solidariedade", menciona. Ana Maria pede para que as pessoas que têm roupas que não são mais utilizadas e em bom estado repassem-nas a quem precisa. "A entrega das doações será a partir de 14 de maio", informa. Também serão entregues durante a campanha cobertores repassados pela esposa do deputado estadual Elio Rush, Alita Rusch.


GERAL

14 | O PRESENTE

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

SAÚDE

Apenas 54% das meninas foram imunizadas contra o HPV Enfermeira rondonense alerta para que pais e responsáveis estimulem meninas de 11 a 13 anos a tomar a vacina Joni Lang/OP

“Fazemos um chamamento para as mães, pais e responsáveis para que estimulem suas filhas a tomar a vacina contra o HPV e quanto antes, porque são três doses”. A declaração é da enfermeira do Setor de Epidemiologia da Secretaria de Saúde de Marechal Cândido Rondon, Vera Lehr. Ela lembra que não se trata de uma campanha e sim de uma vacina muito importante, que está incluída no calendário de vacinação do Ministério da Saúde. “O objetivo é a prevenção do câncer do colo de útero, um grave problema de saúde pública que no ano de 2011 fez com que 5.160 mulheres morressem no Brasil em virtude da doença, sendo a quarta causa de morte de mulheres no país. Até pouco tempo as doses estavam disponíveis na rede particular, mas a vacina tem

alto custo. No mês de março o Ministério da Saúde disponibilizou a vacina e a Secretaria de Saúde está mobilizada para imunizar as meninas com idade entre 11 e 13 anos”, destaca. Em Marechal Rondon, a meta é vacinar 1.148 meninas, mas em mais de um mês do início da imunização, apenas 624 meninas receberam a primeira dose, o que corresponde a 54% do total. Das vacinadas, 189 meninas têm 11 anos, 226 têm 12 e 209 têm 13 anos. Os números foram apresentados ontem (11) pela Secretaria Municipal de Saúde. A vacinação é feita em três etapas. A menina que tomou a dose agora toma a segunda dose seis meses depois e a terceira 60 meses após a primeira. Neste ano a vacinação é para meninas de 11 a 13 anos, no ano que vem será

para meninas de nove a 11 anos e de 2016 em diante para meninas de nove anos. Vera diz que a vacina está disponível em todos os postos de saúde, de segunda a sexta-feira. "Além disso, uma equipe da saúde está visitando colégios para falar sobre a importância de receber as doses. Foram disponibilizados manuais e cartazes para todas as escolas da rede estadual de ensino para conscientizar pais e mães a levar as meninas aos postos para serem vacinadas. A vacina é quadrivalente, que previne contra quatro sorotipos do vírus causador do câncer do colo de útero”, ressalta. A enfermeira alerta as meninas e mulheres que não são dessa faixa etária e que não tomaram a vacina para que sempre se lembrem de fazer o exame preventivo do câncer do colo de útero. "Também é

Enfermeira do Setor de Epidemiologia, Vera Lehr: “A vacina está disponível em todos os postos de saúde, de segunda a sexta-feira e uma equipe da Saúde está indo nos colégios falar sobre a importância de se vacinar”

preciso usar preservativo nas relações sexuais. É um câncer de evolução lenta, que tem de

seis a oito anos para a mulher fazer o diagnóstico e não morrer disso”, finaliza.

Primeiro lote de ingressos da Festa das Nações já está disponível Já está disponível o primeiro lote de ingressos para a 38ª Festa das Nações de Guaíra. O camarote para todas as noites (por enquanto a empresa só está disponibilizando nestas condições) está sendo vendido por R$ 3,5 mil e comporta um grupo de até 14 pessoas. Ou seja, R$ 250 por pessoa ou, num outro cálculo, R$ 50 por dia por pessoa, haja vista que a festa terá cinco noites de apresentações. O passaporte para todas as noites na pista custa R$ 100;

para a área vip R$ 160. Para quem quiser assistir a somente uma apresentação, os ingressos estão sendo vendidos por R$ 26 na pista e R$ 40 para a área vip. Para o show infantil de Patati e Patatá, marcado para a tarde do dia 1º de maio, há duas alternativas: ingresso para a pista, no valor de R$ 18, ou área vip - open kids, por R$ 40. Neste espaço privado, as crianças terão acesso livre a refrigerantes, água mineral, pipoca e algodão

NOTA DE ESCLARECIMENTO A Sicredi Aliança PR/SP - antiga Sicredi Costa Oeste PR -, vem por meio desta esclarecer os fatos noticiados pelo Jornal O Presente na data de ontem, 11 de abril de 2014, tratando sobre o cancelamento de planos de saúde da Unimed Costa Oeste. Convém esclarecer que o cancelamento afeta exclusivamente os associados da Sicredi Oeste PR, com atuação nos municípios de Toledo, Nova Santa Rosa, Ouro Verde do Oeste, Tupãssi e São Pedro do Iguaçu. Desta forma, os 1.664 associados da Sicredi Aliança PR/SP que possuem plano contratado junto à cooperativa não serão prejudicados com a medida. Ou seja, os contratos assinados pelos associados de Marechal Cândido Rondon, Quatro Pontes, Mercedes, Guaíra, Pato Bragado, Entre Rios do Oeste e São José das Palmeiras permanecem vigentes, com os mesmos benefícios anteriores e a comodidade costumeira. A Sicredi Aliança PR/SP se coloca à disposição de seus associados para esclarecimentos.

doce. Crianças de zero a dois anos não pagam ingresso. Deficientes físicos também não pagam ingresso, apenas os acompanhantes.

LOCAIS DE VENDA Os camarotes estão sendo vendidos com exclusividade na Rádio Guaíra AM (Rua Acácio Nunes, 1065, centro). Os outros ingressos podem ser adquiridos nas farmácias Globo 1 e 2, Farmácia Umuarama e Bar do Pedro. Em Palotina, o ponto de venda

fica na Farmácia Santo Antônio; em Terra Roxa, no Foto Sandra; em Toledo, na Contém Som; em Mundo Novo, na Sorveteria Zero Grau; em Assis Chateaubriand, na Casa de Carne Brasilândia; e em Marechal Cândido Rondon, no Pátio Camilo Conveniência. Quem preferir pode adquirir os ingressos pelo site www.viaingressos.com.br Os valores são para o primeiro lote, e os preços podem sofrer alterações.

SHOWS A programação de shows da 38ª Festa das Nações começa no dia 30, com Jads e Jadson; no dia 1º quem se apresenta é Patati e Patatá à tarde e Nando Reis à noite; no dia 02 sobem ao palco Fernando e Sorocaba; no dia Léo e Giba e DJ Pinky e no dia 04 Munhoz e Mariano. A abertura dos portões está marcada para as 22 horas todas as noites. Já na apresentação infantil a abertura dos portões será às 14 horas, com previsão de show para as 16 horas.

NOVA SANTA ROSA GANHA NOVA ACADEMIA AO AR LIVRE Divulgação

O prefeito de Nova Santa Rosa, Rodrigo Fernandes, o vice-prefeito e secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Infraestrutura, Ademar Bloch, e outras autoridades inauguraram ontem (11) a mais nova academia ao ar livre do município. Instalada na localidade de Planalto do Oeste, a academia é resultado de investimentos do Governo do Estado, viabilizada por intermédio do deputado estadual Ademir Bier, que participou do ato. A administração municipal tem o objetivo de oferecer um espaço capaz de ser usado por toda a comunidade para a prática de atividades físicas. Investir na academia é também uma forma de promover a saúde das pessoas, aumentando a qualidade de vida local.


VARIEDADES

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

O PRESENTE |

15

Mande sua sugestão, crítica ou piada para digital@opresente.com.br

EM FAMÍLIA

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Tereza defende Paulinha. Keila fica nervosa antes da inauguração do “Tapibar”. Marcelo e Priscila tentam entrar em um acordo na arrumação da casa, mas acabam discutindo. Fernanda chora ao ouvir Thomaz falar o nome de Heloísa enquanto dorme. Selma e Rita reclamam de Nilson e Sandra o conforta. Fernanda decide terminar o namoro com Thomaz. Marlon chega ao laboratório no momento em que Breno e Tereza estão testando a fórmula e ele fica desconfiado. Lili consegue pegar a cópia da chave do alojamento de Tereza.

SÁBADO (12)

ALÉM DO HORIZONTE

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Epaminondas fica contrariado com a presença de Renato em sua casa. Renato conta que é médico e Catarina pede para ele examinar Pituca. Professora Juliana aparece cedo na escola. Renato fica impressionado com a beleza da professora. Mãe Benta tenta benzer Pituca, mas Catarina não deixa. Zelão decide devolver a lata de querosene para Giácomo. Juliana demonstra sua tristeza para Zelão ao saber que ninguém vai aparecer na inauguração de sua escola. Serelepe avisa a Pituca que vai levar a banda para tocar para ela.

MEU PEDACINHO DE CHÃO

*

Shirley resolve organizar uma festa de aniversário para Leto. Juliana leva Jairo ao salão de beleza e exige que ele corte o cabelo e o cavanhaque. Laerte tenta convencer Selma a fazer os exames. Helena pede que Clara deixe um pouco Marina de lado e pense mais em Cadu e Ivan. Felipe cria coragem e dá um depoimento nos Alcoólicos Anônimos. Laerte e Luiza combinam a primeira aula de flauta. Giselle discute com Branca na frente de Murilo.

* Os resumos dos capítulos estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

BOLO NHÁ BENTA PÊNALTI DO PORTUGUÊS Manoel explica um lance do jogo de futebol para o amigo: - Tinha que ver Joaquim. Na hora de cobrar o pênalti o goleiro me dizia: "Se chutar na esquerda eu pego, se chutar na direita eu pego, se chutar no meio eu pego!". - E você fez o quê, Manoel? - Enganei ele, ora, pois! - Enganou como? - Oras... Eu chutei para fora!

PARENTES? Um jovem casal viajava por uma estrada do interior e, devido a uma rotineira discussão, ficaram sem se falar por algumas horas... Nenhum dos dois queria dar o braço a torcer, até que quando eles passavam por uma fazenda onde havia alguns porcos e uma vaca pastando, o marido resolve quebrar o gelo: - São parentes seus? E ela, mantendo o nível: - Sim... São meus cunhados e minha sogra!

Ingredientes: Massa: 4 ovos 1 e 1/2 de xícara (chá) de açúcar 1 xícara (chá) de margarina 1/2 xícara (chá) de chocolate em pó 1 xícara (chá) de leite 2 xícaras (chá) de farinha de trigo 1 colher (chá) de fermento em pó

Marshmallow: 1 xícara (chá) de açúcar 1/2 xícara (chá) de água 3 claras 1/2 envelope de gelatina em pó Cobertura: 300 g de chocolate ao leite picado 1 lata de creme de leite Para decorar: Confeitos de chocolate

Modo de preparo: Massa: Na batedeira, bata as gemas, o açúcar, a margarina e o chocolate em pó. Junte o leite, a farinha e o fermento peneirados. Acrescente as claras em neve. Coloque em uma forma de 24 centímetros de diâmetro, untada e enfarinhada. Asse no forno préaquecido a 200ºC durante 30 minutos ou até que, espetando um palito, ele saia limpo. Deixe esfriar, corte uma tampa do bolo (de cerca de 1/3 da altura do bolo) e reserve. Com uma faca retire o meio do bolo, formando uma cavidade com dois centímetros de lateral e fundo. Marshmallow: Em uma panela, misture o açúcar e a água. Leve ao fogo brando, sem mexer, até dar ponto de calda em fio. Enquanto isso bata as claras em neve e, sem parar de bater, acrescente em fio a calda. Bata até dar ponto de marshmallow. Deixe esfriar e misture a gelatina, preparada de acordo com as instruções da embalagem. Coloque o marshmallow na cavidade do bolo e coloque a tampa reservada. Cubra com filme plástico e leve à geladeira por uma hora. Cobertura: Derreta o chocolate em banho-maria e misture o creme de leite. Deixe amornar e cubra o bolo. Decore com confeitos de chocolate e sirva.

ÁRIES: É necessário efetuar mudanças, mas não agir apenas com base em impulsos e inconsciência. Cuidado com o temperamento. TOURO: A tendência a conter as mudanças pode se manifestar como dificuldades de saúde. Necessidade de transformações. GÊMEOS: Muitas são as questões em jogo e por isso é preciso agir com sabedoria. Necessidade de expandir a expressão. CÂNCER: Como coordenar mudanças profissionais, pessoais e relacionamentos? Eis a questão. Energia inquietante. LEÃO: Este é, sem dúvida, um dos momentos mais inquietantes de 2014. Muitas mudanças precisam ser realizadas. VIRGEM: Mudanças emocionais são as mais importantes atualmente. Não dá mais para adiá-las. Renascimento pessoal. LIBRA: Você sente intensamente a pressão para mudar. E precisa mesmo se transformar. Potencial para novidades, surpresas e mudanças. ESCORPIÃO: É por meio de situações vinculadas à saúde e ao trabalho que você é instigado a mudar. Novas abordagens. SAGITÁRIO: O que antes era um desejo de mudar, agora é urgência. Quebra de velhos padrões, para viver de acordo com a verdade. CAPRICÓRNIO: A resistência a mudar força a vida a pressionálo em direção às transformações. O momento é perturbador e conflitante. AQUÁRIO: Nervosismo e inquietação não resolvem as situações. Agir com calma é o desafio. A pressão parece vir de todos os lados. PEIXES: Mudanças emocionais, materiais e em grupos e pessoas com quem sente afinidade. Reinvenção de si mesmo e do verbo amar.


18 | O PRESENTE

GERAL

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

Pato Bragado incentiva profissionalização Alunos matriculados em cursos técnicos recebem R$ 100 a título de auxílio em busca da qualificação Os estudantes de Pato Bragado matriculados em cursos técnicos de nível básico e médio (Senai, Sesc, Senac ou equivalentes) têm direito ao recebimento mensal de R$ 100, por meio do Programa de Incentivo à Profissionalização, instituído pela Secretaria de Indústria, Comércio, Turismo e Desenvolvimento Econômico do município. De acordo com o secretário da pasta, Rogério Scherer, para se enquadrarem no benefício os estudantes devem cumprir alguns critérios, além dos cursos que devem ser autorizados ou reconhecidos pelo Ministério da Educação. Ele explica que os alunos interessados devem residir no município há pelo menos dois anos e atender aos demais requisitos da lei. DOCUMENTOS O cadastro deve ser efetuado junto à Secretaria de Indústria e Comércio, mediante os seguintes documentos: comprovante de matrícula em curso profissionalizante com carga horária mínima de 100 horas, cópia do RG, CPF e título de eleitor, além da certidão negativa de tributos municipais. Marili Besso

Secretário Rogério Scherer: "Para se enquadrarem no benefício, estudantes devem cumprir alguns critérios"


Sテ。ADO, 12 DE ABRIL DE 2014

ESPECIAL

O PRESENTE |

19


20 | O PRESENTE

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

LORENA KUNZLER lorena@opresente.com.br

Studio Revelest

Daniele Vanessa Bär e Djames Pinz, que trocam o “sim” hoje (12), em Marechal Cândido Rondon Conceito em Revista/L eila Fotografia s

Em clima de festa, os funcionários Deise e Moacir comemora clientes a inauguração da nova farmácia Mega Farma. Parab én

Paula Schaefer, 2ª Miss Entre Rios do Oeste, em produção especial para a Conceito em Revista

Dia 12: Alessandra Caroline Kehl

Dia 13: Jair Valdir Prass

Dia 12: Cathleen Wailand

Dia 13: José Nestor Lippert

Dia 12: Celso Sâmis da Silva

Dia 13: Lili Ogregon

Dia 12: Darli Valdir Leonhardt

Dia 13: Luiz Carlos Cattini

Dia 12: Débora Martin

Dia 13: Osmar Bernardes da Silva

Dia 12: José Américo Ribeiro

Dia 13: Wilson Boroski

Dia 12: Elenir Simsen

Dia 14: Marjorye Elizabeth Ribeiro

Dia 12: Francielle Caramori Schuh

Dia 14: Amanda Dudczak

Dia 12: Ivandro Vieira

Dia 14: Caroline de Aguiar

Dia 12: Ivone Meith Missio

Dia 14: Cleri Kawacki Schweinberger

Dia 12: Jorge Moacir Osmarini

Dia 14: Gainor Sabka

Dia 12: Leandro Temporine

Dia 14: Giuvani Boeff

Dia 12: Lurdes Lang

Dia 14: Haidi Senger

Dia 12: Nayara Cristina Santin Fachi

Dia 14: Ivo Hugen

Dia 12: Reinaldo Zinau

Dia 14: Juliana Maria Sachser

Dia 12: Roseli Dinebier

Dia 14: Laurentino Richart

Dia 12: Vanessa Ristow

Dia 14: Lauri Paulo de Oliveira

Dia 12: Wagner Engel

Dia 14: Ligia Lohmann

Dia 13: Ivete Maria Ribeiro

Dia 14: Lismeia Fabiela Hoffmann

Dia 13: Andréia Jaqueline Bach

Dia 14: Maria Ely de Souza

Dia 13: Angélica Majolo

Dia 14: Marlene Graebin

Dia 13: Cintia Nelícia Kottwitz

Dia 14: Odalyr Arnold

Dia 13: Diogo Heinen

Dia 14: Renato Bohrer

Dia 13: Elisabeth Roncaglia

Dia 14: Rosmarie Merten

Dia 13: Iana Mara Marchioro

Dia 14: Rudi Sander


SOCIAL

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

ESPETÁCULO INFANTIL

O PRESENTE |

Ivanor/Studio Revel’art

Amanhã (13), a companhia de teatro “Os Amadores” protagonizará a peça “Motoca e pipoca contra a dengue”, no Cascavel JL Shopping. O espetáculo é a atração do “Domingo da Alegria” e acontece na praça de alimentação, às 16h30. O show tem duração de 30 minutos e é voltado para crianças acima dos quatro anos, adolescentes e adultos. Divulgação

FEIRÃO DE VEÍCULOS

memoram juntamente com seus Parabéns por mais esta conquista!

Começou ontem (11) e vai até amanhã (13), no Centro de Eventos de Marechal Cândido Rondon, o 9º Feirão de Veículos da Acimacar. Estão à venda modelos variados, com preços atrativos e condições de pagamento especiais. Hoje (12) o atendimento vai das 09 às 22 horas e amanhã das 09 às 17 horas.

PROJETO DE ESPORTE E LAZER A Secretaria de Esporte e Lazer de Marechal Cândido Rondon realiza amanhã (13) mais uma edição do Projeto Esporte e Lazer na Praça. As atividades iniciam às 14 horas, na Praça Willy Barth. Haverá gincanas, atividades recreativas, pinturas e danças, além dos brinquedos como cama elástica, jogos de mesa e tabuleiro, perna de pau e jogos esportivos.

DNA EM ALTA O número de exames gratuitos de DNA na rede pública de saúde aumentou em 183% no Paraná. No período de 2011 a 2013, os testes para a investigação de paternidade de crianças e adolescentes passaram de 148 para 420 por ano.

NO INVERNO Manter a casa aquecida durante o inverno pode provocar aumento de peso. Isso acontece porque o corpo não precisaria queimar calorias extras para manter-se aquecido. É o que indica uma pesquisa da Universidade de Maastricht, na Holanda. No entanto, alguns estudiosos argumentam que diminuir a temperatura pode fazer com que as pessoas comecem a comer mais.

A candidata ao título de Miss Mercedes 2014 Letícia Katiane Martins, de 18 anos. Ela reside na sede e cursa o segundo ano de Enfermagem na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), em Cascavel. O concurso está agendado para o próximo dia 30

21


F

umantes que querem deixar o vício ganharam um estímulo a mais em Marechal Cândido Rondon. O programa contra o tabagismo Deixando de fumar sem mistérios, criado pelo governo federal e desenvolvido nos municípios onde há procura, ganhou incrementos consideráveis para os pacientes rondonenses, que terão acompanhamento de profissionais da saúde durante um ano inteiro. Em outras cidades, o fumante é assistido apenas durante um mês. O objetivo é ajudar na hora de recaídas. Ontem (11) aconteceu a segunda reunião do primeiro grupo de apoio, formado no Bairro Augusto, com aproximadamente 15 pessoas. O objetivo do programa federal é incentivar os candidatos a exfumantes a parar de fumar, mostrando os malefícios que o cigarro traz à saúde e os bene-

fícios notados após o participante largar o vício. Para isso, são realizados cinco encontros, um por semana, que tratam de temas específicos. Além das quatro sessões propostas pelo governo federal, o grupo em Marechal cândido Rondon vai ter um quinto encontro, além de duas reuniões quinzenais e uma mensal logo após terminar o ciclo. De acordo com uma das coordenadoras do grupo, a assistente social Rosane Regina Schuster Herpich, o incremento não para por aí. “O fumante vai ser acompanhado pela equipe da Unidade Básica de Saúde durante um ano, sempre que ele tiver a fissura, ele pode procurar as unidades”, explica. Segundo ela, a coordenação do programa sentiu a necessidade para reduzir o risco de as pessoas que se trataram durante os encontros voltarem a fumar quando a equipe multidisciplinar que faz o

acompanhamento dos fumantes deixar o bairro. “Nós não vamos estar a todo tempo perto dos fumantes. Por isso os profissionais de saúde dos bairros acompanham o curso, para que estejam preparados a dar suporte ao fumante no seu dia a dia, quando ele estiver fissurado, quando ele precisar”, destaca. Antes disso, porém, o interessado frequenta as cinco sessões do programa. As quatro primeiras são embasadas em livretos fornecidos pelo governo federal. Na primeira o tema é entender porque se fuma e como isso afeta a saúde. A reunião de ontem tratou sobre os primeiros dias sem fumar. No próximo encontro eles vão falar sobre como vencer os obstáculos para perma-

necer sem fumar. No quarto encontro o tema é benefícios obtidos após parar de fumar. Em Marechal Rondon haverá um quinto encontro sobre a contribuição da alimentação no controle saudável do tabagismo. “Muitas pessoas têm medo de parar de fumar e ganhar muito peso. De fato, muitas vezes isso acontece, por isso entendemos como necessária a participação de uma nutricionista para dar assistência ao grupo”, explica Rosane. Além do prolongamento do acompanhamento ao fumante em 11 meses, da quinta sessão com o nutricionista, o candidato rondonense a parar de fumar terá apoio de dentistas. “O cigarro pode causar muitos males, entre eles fragilizar a saúde bucal.


No encontro, o grupo de apoio formado pelos fumantes conversa sobre seus comportamentos, pensamentos, sentimentos e ações. Os encontros acontecem sempre às sextasfeiras, a partir das 19h30.

para cada grupo (além do acompanhamento de um ano das unidades básicas de saúde), mas vamos chegar a todos que queiram largar o cigarro”, garante a assistente social.

BAIRROS E DISTRITOS

O programa tem a coordenação da assistente social Rosane e da psicóloga Josie Danielle Meinerz. Uma nutricionista e um conselheiro tutelar também fazem parte da equipe multidisciplinar, que conta ainda com apoio de estagiários do curso técnico em Reabilitação de Dependentes Químicos, do Instituto Federal do Paraná, desenvolvido em Marechal Cândido Rondon.

EQUIPE De acordo com Rosane, a procura pelo programa foi bastante alta logo em seu lançamento. “Tinha gente de outros bairros querendo participar, mas organizamos para atender a todos em seus respectivos bairros. Começamos pelo Augusto e depois vamos passar por todos os bairros e distritos. Pode demorar um pouco, já que são pelo menos três meses

Por isso nossos participantes também terão acompanhamento de odontólogos”, pontua a assistente social.

MEDICAÇÃO “A primeira coisa que os interessados pedem é se eles vão ser medicados, mas esta é nossa última alternativa. Primeiro o fumante frequenta as cinco sessões e, caso haja necessidade, se ele não conseguiu parar de fumar com as palestras, o médico que o acompanha vai usar a medicação”, explica. De acordo com Rosane, os medicamentos devem chegar em breve no município, cedidos pelo governo federal, por

meio do Programa Nacional de Controle do Tabagismo. A medicação consiste em adesivos e gomas de reposição de nicotina, que ajudam a amenizar a falta da droga no organismo, e o conhecido dos fumantes que já tentaram largar o vício: o BUP, um antidepressivo que alivia os sintomas causados pela falta do tabaco, como a ansiedade.

ENCONTROS Além das palestras, cada participante recebe quatro livretos explicativos sobre o tema desenvolvido em cada encontro. O material pode ser levado para casa, onde os fumantes devem fazer tarefas.


U

m dos clássicos de maior prestígio do país, se não o mais acirrado do Brasil, será disputado amanhã (13), às 16 horas, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. O Gre-Nal 401 marca o segundo jogo da final do Campeonato Gaúcho, sendo que a primeira partida teve como vencedor o Internacional, que aplicou 2 a 1 no Grêmio, no último dia 30, dentro da casa do adversário, em Porto Alegre. A vitória oportuniza ao Colorado erguer o troféu de campeão gaúcho mesmo se perder pelo placar de 1 a 0. Se isso acontecer, o Inter se torna-

rá tetracampeão gaúcho de forma consecutiva, haja vista que conquistou o campeonato em 2011, 2012 e 2013. Já a conquista mais recente do Grêmio foi o Gauchão de 2010. Protagonistas da ampla maioria dos títulos, Grêmio tem 36 gauchões conquistados, enquanto o Inter ergueu a taça 42 vezes. A última edição que um dos times da dupla Gre-Nal não venceu o campeonato foi no ano 2000, cujo campeão foi o Caxias. E os rondonenses estão confiantes na vitória de seus times. Em entrevista ao Jor-

nal O Presente, gremistas e colorados fazem uma análise do jogo de amanhã. Confira. GREMISTAS O cônsul do Grêmio em Marechal Cândido Rondon, Elvis Lammel, está otimista com a classificação do time na Libertadores e acredita que o Grêmio vencerá o Inter, conquistando o título de campeão gaúcho. “Não tem favoritismo e não tem casa nos clássicos do Gre-Nal. Entendo que o Grêmio vai ganhar no mínimo de 2 a 0, até porque parece que os colorados estão com medo de fazer o jogo no Beira-Rio e passaram para outro estádio”, opina. “O Grêmio jogou quintafeira (dia 10) já classificado na Libertadores, o que é um indício de que o entusiasmo estará presente nos jogadores para vencer a partida. No primeiro jogo da final, o time jogou muito bem no primeiro tempo, já no segundo infelizmente os jogadores não se acertaram em campo, mas creio que o Gre-Nal de domingo será diferente e terá a vitória do Grêmio. Meu time vai precisar marcar muito bem e sair no contra-ataque com Dudu e Barcos, que são as armas do clube. Com o Grêmio, onde o Grêmio estiver”, diz. Valdenir Carlos Boff, cônsul adjunto do Grêmio, acredita que, embora no jogo anterior o Inter saiu com o resultado a favor, o Grêmio sairá vitorioso. “Aposto o pla-

car de 2 a 0. O Grêmio se classificou antecipadamente à próxima fase da Libertadores e venceu o adversário na quinta-feira. Isso pode deixar o time mais focado agora na disputa do Gauchão. No primeiro jogo da final, o primeiro tempo teve domínio do Grêmio e no segundo, creio que por modificações do Abel, o Inter foi superior e teve resultado favorável”, analisa. Por outro lado, Boff ressalta que isso não impede que agora o Grêmio mude a estratégia e surpreenda o Inter no Estádio Centenário. “O Grêmio tem todas as condições de fazer um resultado que dê o título ao time. São dois técnicos bons e o Gre-Nal deve ser muito prestigiado em toda a região, porque cada torcida vai ficar atenta do seu lado e, lógico, dentro do respeito que o esporte me-

rece. Quem ganhar vai fazer a festa, e este título será do Grêmio”, declara. Para Kleiton Closs, gremista de carteirinha, por ser um clássico, o mais importante do Sul do país, cuja rivalidade é diferente de todo Brasil, é difícil falar em favorito, mas, na visão dele, o Grêmio pode ser campeão gaúcho sobre o Inter. “Talvez o Gre-Nal seja o maior clássico do país, pela qualidade dos dois times e pelas disputas acirradas que os jogadores fazem”, expõe. “O Grêmio já está classificado na Libertadores, o jogo de quinta-feira foi chato, e


no domingo acredito que o Gre-Nal vai ficar com resultado de 3 a 2 para o Grêmio. É um jogo brigado, com resultado no final, porém, vejo que meu time pode vencer. O Inter pode estar com medo de jogar no Beira-Rio e perder em casa, por isso teria levado a disputa para Caxias do Sul. A decisão será uma peleia, em que toda disputa de bola vai sair faísca, mas o clássico é um jogo bom de jogar e de assistir, pois todos os jogadores querem participar desse clássico”, acrescenta Closs. COLORADOS O rondonense Gilson Haag, torcedor colorado desde sempre, e que já assistiu a diversas partidas

do Internacional na região e em estádios de outros Estados, diz que a expectativa para o jogo de amanhã é a melhor possível. "Acredito que o Inter vença o jogo e conquiste o quarto título consecutivo do Campeonato Gaúcho. A carga maior está no Grêmio, pois o adversário tem a responsabilidade de ganhar porque o Inter venceu os últimos três gauchões e tem mais vitórias em GreNais”, enaltece. Haag acredita que este será um jogo bastante disputado. “Nunca assisti um Gre-Nal fácil, mesmo que um time está melhor que o outro, na disputa se supera, e por ser a final do Gauchão, vai ser de grande rivalidade. O Inter teve mais projeção nos últimos anos, com duas Libertadores, um Mundial, duas Recopas e uma Sul-Americana, porém a falta de títulos maiores pode fazer com que os jogadores do Grêmio apimentem o jogo e briguem em campo pela vitória. O Grêmio é um time a ser batido, porém o Inter vem ganhando há bastante tempo e se projetando bem, está muito organizado. Acredito no placar de 1 a 0 para o Inter”, projeta. Outro colorado que já prestigiou várias disputas do Inter é Marcos Kas-

burg (Marcão), o qual considera que o Gre-Nal de amanhã será de arrancar suspiro dos torcedores. “Como colorado, vejo que as condições de ganhar o jogo e conquistar o título estão com o Inter. Há um bom time, o melhor time e um ótimo técnico. Assisti ao primeiro GreNal da minha vida na casa do Grêmio há duas semanas, quando o Inter venceu o rival por 2 a 1. Pude ver que o Inter está bem estruturado, o técnico tem o time na mão, com vários jogadores experientes”, comenta. Para esta partida, Marcão arrisca o placar de empate em 1 a 1, com título ao Inter. “Fiquei maravilhado no primeiro jogo da final, quando o Inter entrou em campo. Assistir um jogo e ganhar na casa do adversário me deixa sem palavras para falar após sair vitorioso de lá. Era bonito ver a felicidade das pessoas que torcem para o Inter saindo de lá com os olhos cheios de lágrimas, por ficar a um passo do título. Mas a disputa de domingo pode ficar rivalizada, pois estamos 25 jogos na frente do Grêmio, então vai pesar muito a camisa, será um jogo acirrado e tenho certeza de que o Inter será Campeão Gaúcho”, declara. O diretor regional do Inter-

nacional, Saul Falkembach, avalia que com o crescimento do Grêmio nos últimos jogos da Libertadores, o Inter sabe que a parada não será fácil. “É como se diz: Gre-Nal arruma a casa e desorganiza a casa. A nossa casa já vem arrumada há muitos anos, pois faz tempo que o Grêmio não ganha de nós, inclusive nos GreNais o Internacional leva larga vantagem. Então a gente não está preocupado com a torcida do Grêmio, porque ultimamente só dá Inter. Na primeira final foi 2 a 1 e agora vamos jogar no Centenário devido à execução das obras da Copa. O BeiraRio está em dia, mas as torcidas fazem o bicho pegar. O Gre-Nal não será fácil, já

assisti a Gre-Nais muito pegados e acredito no empate de 0 a 0”, opina. Mas Saul não tem dúvida do resultado: “Vai dar Inter na cabeça, mais uma faixa no peito e uma taça no armário! Pelo que demonstra, como gaúcho, gostaria que o Grêmio fosse longe na Libertadores, pois não tem pegada para enfrentar o Cruzeiro, que terá mais vantagem lá na frente. Hoje no Sul as 11 peças mais acertadas estão no vermelhão dos pampas, é o Inter que está melhor”, menciona. Conforme o rondonense, amanhã também haverá encontro colorado, promovido pelo Consulado de Santa Helena, no pavilhão da Igreja Católica, sendo que 40% da renda obtida com o evento será revertida à entidade assistencial. “Haverá telão exibindo o Gre-Nal durante a tarde, para os torcedores do Inter vibrarem com a conquista de mais um título Gaúcho, o quarto seguido”, finaliza.


ESPORTES

26 | O PRESENTE

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

SANTOS

Torcida vai a treino e apoia jogadores do Peixe no Paulistão Além de esgotarem os ingressos para a partida de amanhã (13), torcedores cantaram músicas de incentivo ao elenco Bruno Giufrida

Cerca de 200 torcedores do Santos compareceram ao Centro de Treinamento Rei Pelé na tarde de ontem (11) para acompanhar o penúltimo treino do elenco comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira antes da decisão do Campeonato Paulista, contra o Ituano, no Pacaembu, às 16 horas de amanhã (13). Os santistas foram autorizados a entrar no CT pelos dirigentes e, durante a ativida-

de, cantaram músicas de incentivo ao elenco, que precisa reverter o placar negativo na segunda partida da final do estadual, pois no primeiro jogo o Peixe perdeu por 1 a 0. A última atividade antes do duelo de domingo acontece hoje (12), no Pacaembu, desta vez com os portões fechados. O time do técnico Oswaldo de Oliveira também terá total apoio no Pacaembu. Os cerca de 37 mil ingressos co-

locados à venda para o confronto decisivo foram comprados antecipadamente pelas torcidas do Alvinegro e do Ituano. Para ser campeão paulista pela 21ª vez, os santistas precisam vencer o time de Itu por dois gols de diferença. Se o Peixe fizer apenas um gol de vantagem, a decisão irá para as penalidades. Em caso de empate, o Ituano ficará com o troféu.

Torcida assistiu ao penúltimo treino do time antes da final

Após envio de garantias, Sheik Roy Nelson acerta bomba de é liberado pelo Corinthians direita e nocauteia Minotauro O que faltava para Emerson Sheik deixar o Corinthians rumo ao Botafogo não é mais obstáculo. O Timão, enfim, recebeu as garantias financeiras do clube carioca referentes ao pagamento de metade dos salários do atacante, e o negócio está apenas pela assinatura de contrato para ser concretizado. Estas garantias estavam sendo tratadas desde a última semana e chegaram até a colocar em

risco a transferência. Com o sinal positivo do Botafogo na tarde de ontem (11), o jogador ficará até o final desta temporada emprestado no Rio de Janeiro. Seu contrato com o time do Parque São Jorge, no entanto, vai até julho de 2015. O grande medo por parte de Emerson e seu staff era exatamente não receber seus vencimentos em dia. Como o Botafogo passa por problemas financeiros e até atrasos de salários, a

diretoria do Corinthians decidiu que pagará mensalmente os R$ 520 mil ao jogador. As garantias bancárias vão servir para o reembolso dos cariocas, que depositarão nas contas alvinegras R$ 260 mil por mês, valor que condiz a 50% do salário total do camisa 11. Com o negócio praticamente selado, ele deve retornar à capital paulista nos próximos dias para se despedir dos companheiros de Corinthians.

Em festival, Bayern tem carrasco Guardiola contra o Real Enfrentar o Real Madrid pode trazer boas recordações ao Bayern de Munique, como na semifinal da Liga dos Campeões de 2012, por exemplo. Para Pep Guardiola, o confronto é ainda mais saboroso: o técnico do time bávaro carrega desde a sua passagem pelo Barcelona um excelente retrospecto diante do clube merengue, adversário nas semifinais da atual temporada após a definição do sorteio de ontem (11), em Nyon, na Suíça. Guardiola pode, sim, ser apontado como um carrasco do Real Madrid. Ao menos

como treinador: são 15 jogos disputados, com nove vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas. Já o Bayern enfrentou os espanhóis em 20 oportunidades na Champions. Também está em vantagem: 11 vitórias, dois empates e sete derrotas. Os números, é claro, não chegam a garantir algum favoritismo aos alemães. O Bayern tem um grande elenco mesmo com a baixa de Thiago Alcântara, já se consagrou campeão da Bundesliga com sete rodadas de antecedência, mas é do Real Madrid o posto de melhor ataque da Champions, com 31

gols marcados - 14 deles apenas de Cristiano Ronaldo, recordista de uma só edição ao lado de Lionel Messi e Mazzola. Sobram elogios para falar do time de Carlo Ancelotti. Os ingredientes do confronto levam a crer que será mesmo um “festival do futebol” nos dias 23 e 29 de abril. O CEO Karl-Heinz Rummenigge comemorou o fato de o Real “não ser um time que se fecha e só joga na defensiva”. Já o diretor-esportivo Matthias Sammer afirmou que a partida será o ápice para os torcedores.

Rodrigo Minotauro e Roy Nelson cumpriram as expectativas e realizaram um grande confronto na luta principal do UFC de Abu Dhabi, que aconteceu ontem (11). Em duelo franco, todo realizado com trocas, o americano conseguiu acertar uma bomba de direita e nocauteou o brasileiro ainda no primeiro round. Apesar da derrota, Minotauro foi mais ofensivo desde o início do combate. Assim que a luta começou, o brasileiro dominou o centro do octógono e tentou encurralar seu oponente, mostrando-se afiado no boxe, mas sem acertar nenhum golpe contundente. Após aceitar o jogo do brasileiro de encurtar a distância, Roy Nelson começou a se soltar mais na trocação. O americano recebia os golpes de Minotauro e só arriscava quando tentava um soco

forte de direita. Depois de fintar algumas vezes com a mão esquerda, Nelson conseguiu acertar um direto de direita, que derrubou o brasileiro e, a partir daí, começou a ditar o ritmo do confronto. O americano chegou a derrubar Minotauro mais uma vez com um soco de direita e, logo após o brasileiro se levantar, o "Gordinho do UFC" acertou uma bomba que encerrou o confronto. Ainda no octógono, Nelson fez questão de pregar respeito ao brasileiro, a quem definiu como uma "lenda" do MMA. O americano também falou sobre sua preparação e ainda mostrou-se empolgado por retomar o rumo das vitórias, sonhando até com uma disputa de cinturão. Minotauro, que realizou a luta de número 45 em seu cartel, amarga pela primeira vez duas derrotas consecutivas na carreira. Getty Images

André Lima é o novo reforço do Coritiba na temporada O Coritiba anunciou ontem (11) mais um reforço para a temporada de 2014. O atacante André Lima - de 28 anos, que foi destaque do Grêmio em 2011 e 2012, e com passagens pelo Vasco, Botafogo e Fluminense - assinou contrato com a equipe alviverde e já realizou ativida-

des no CT da Graciosa. O jogador chegou a ser anunciado como novo reforço do Criciúma nas últimas semanas, mas por opção do clube, o contrato não foi firmado. Em 2013, André atuou no futebol chinês, e neste ano foi emprestado ao Vitória, mas atuou apenas uma

vez pelo rubro-negro baiano. No time gaúcho, o jogador disputou 120 jogos entre 2010 e 2013 e marcou 39 gols. Além de André Lima, o time do Alto da Glória anunciou nas últimas semanas a contratação do meiaatacante Jajá e dos volantes Misael e Baraka.

Roy Nelson nocauteou Minotauro em Abu Dhabi


ESPORTES

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

O PRESENTE |

27

FLAMENGO X VASCO

Luiz Antonio e Márcio Araújo serão titulares na final Jogadores, fora da lista da Taça Libertadores, voltam ao time flamenguista para o segundo jogo da decisão do Carioca Thales Soares

Para o segundo jogo da final do Campeonato Carioca, amanhã (13), contra o Vasco, no Maracanã, O técnico Jayme de Almeida vai apostar na dupla formada por Luiz Antonio e Márcio Araújo no meio de campo do Flamengo. Os dois jogadores foram titulares no empate em 1 a 1, no primeiro jogo. Luiz Antonio e Márcio Araújo não estavam inscritos na Libertadores. O primeiro vivia um imbróglio ju-

rídico contra o clube e ficou fora da lista. Já o segundo foi contratado depois do período permitido para a inscrição. “Eles vão estar à disposição e a gente está pensando nos dois juntos para o time”, disse Jayme de Almeida. Os titulares na derrota para o León não foram para o campo ontem (11). Eles fizeram um trabalho na academia, completando o regenerativo para a decisão. Jayme preferiu dar descanso para o grupo.

“Esse grupo não tem necessidade de treinar nesse momento. Só uma coisa rápida, de 10 minutos para acertar algumas coisas. Tomamos dois gols em jogadas de bola parada e vamos treinar um pouquinho mais”, disse Jayme. João Paulo, que se recupera de dores musculares, e Cáceres, que sofreu uma luxação no ombro direito, fizeram ontem um trabalho físico no campo. Os dois jogadores não estarão à disposição para a final.

Fora da Libertadores, Luiz Antonio será novamente titular no Carioca

Adriano não treina pelo segundo Marcelo Oliveira e Léo dia e Atlético pode rescindir discutem em treino do Cruzeiro O atacante Adriano não apareceu para treinar após a eliminação do Atlético-PR na Libertadores, que veio com a derrota de 2 a 1 para o Strongest, em La Paz, na última terça-feira (08). A assessoria de imprensa do Atlético-PR informou que não vai se pronunciar sobre as duas faltas, na quintafeira (10) e ontem (11). O presidente Mário Celso Petraglia não atendeu às ligações. O clube não estaria satisfeito com o comportamento do jogador e avalia uma rescisão contratual. Segundo fontes de dentro do clube, a decisão inclusive já foi tomada. Pessoas

próximas a ele falam em folga até o fim de semana para resolver problemas pessoais. Adriano foi visto na última quinta-feira em uma casa de shows durante apresentação da cantora Anitta. Ele jogou como titular nas duas desclassificações do Atlético-PR. A primeira foi na semifinal do Paranaense, quando o time foi goleado por 4 a 1 pelo Londrina. Na segunda, na última terça-feira, ele marcou o gol da derrota para o Strongest. As outras partidas dele foram no jogo-teste da Arena da Baixada - também como titular - e contra o Vélez Sarsfield e o

Universitário, pela Libertadores, ambos como reserva. As faltas de Adriano tornaram-se comuns na maior parte dos times por que passou e também no Atlético-PR. Antes de assinar contrato com o clube rubro-negro, o jogador já vinha treinando para recuperar sua condição física e recebeu folga de dois dias para batizar sua filha no Rio de Janeiro. No entanto, ficou cerca de uma semana na capital carioca e foi visto em shows e baladas. Quando voltou, foi recebido de braços abertos pela diretoria do Atlético-PR e com um contrato para assinar.

Americano recebe licença para formar equipe de Fórmula 1 O empresário americano Gene Haas, co-proprietário da equipe Stewart-Haas na Nascar, conseguiu a licença para ter uma equipe na Fórmula 1 a partir de 2015. O dirigente confirmou ontem (11) ter sido informado pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) que seu pedido de adesão à categoria foi aceito com sucesso. No Conselho Mundial de Esporte a Motor, realizado em Marrakesh, capital do Marrocos, a entidade confirmou a aprovação da Haas Formula LLC e anunciou também avaliar o ingresso de outra equipe, a "Forza Rossa", de origem romena e com ligações com a Ferrari. Por trás do projeto estaria Colin Kolles e Jordan, Midland,

Spyker e Force India. A aprovação da "Haas" vem após um longo processo de análise, com o intuito de garantir que Haas possui infraestrutura e condições financeiras para sustentar uma equipe de F-1. Afinal, a chegada do time americano vem poucos anos depois do fracasso do projeto de uma outra equipe do país, a USF1, que não conseguiu participar do campeonato após ter a entrada aprovada. E é justamente o desafio de alinhar os carros na corrida de abertura da próxima temporada que Haas comentou em um comunicado celebrando a vaga. “Estamos extremamente satisfeitos por nossa licença ter sido concedida pela FIA. Quero agradecer a FIA por esta opor-

tunidade. É um momento emocionante para mim, para a Haas Automation e para todos que gostariam de ver uma equipe americana na F-1. Agora começa o trabalho duro. Nosso trabalho é colocar os carros no grid”, comemorou. A entrada da Haas é mais um capítulo do “sonho americano” da Fórmula 1. Há anos a categoria, principalmente Ecclestone, deseja reconquistar o mercado dos EUA. Se por um lado, houve o fracasso da USF1 e a corrida nas ruas de Nova Jersey ainda não foi capaz de ser realizada, por outro lado, a construção do Autódromo de Austin e o sucesso do GP dos EUA desde 2012 são conquistas da F1 nos últimos anos.

Uma orientação sobre posicionamento em campo, durante treino realizado ontem (11) pelo Cruzeiro, na Toca da Raposa, gerou uma discussão mais ríspida entre Marcelo Oliveira e Léo. O zagueiro não concordou com o que estava sendo pedido e passou a questionar, irritando o técnico. “É aqui! Está com a cabeça ruim? Então pode sair. Você não está entendendo. Eu não estou pedindo, eu estou mandando”, disse Oliveira, antes de o lateral-direito Ceará e o atacante Borges chegarem para colocar panos quentes. Na coletiva realizada após a atividade, Marcelo Oliveira minimizou o ocorrido. Segundo ele, trata-se de uma situação normal nos

treinos, mas algo que não costumar vazar. “Não teve discussão, foi uma ordem. Algumas vezes precisamos orientar de forma tranquila, em outras a cobrança é maior. Exigi que ele ficasse mais posicionado num lugar, de uma forma, e ele não estava cumprindo. Tive que chamar a atenção”, comentou. No fim do treino, Léo procurou Marcelo Oliveira. Os dois conversaram, e segundo o treinador o jogador entendeu a situação e tudo ficou acertado. Classificado para as oitavas de final da Libertadores, o Cruzeiro tem suas atenções voltadas à decisão do Campeonato Mineiro, amanhã (13), contra o arquirrival Atlético-MG. Um empate garante o título ao time celeste.


ESPORTES

28 | O PRESENTE

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

COPA DIFUSORA

Gambá Armações e Lizura Acabamentos abrem as finais Partida acontece às 16h15 de hoje (12), no CT do Marechal Esporte Clube; segundo jogo será dia 19 Depois de dois meses de jogos na fase classificatória e na semifinal, inicia hoje (12) a final da 3ª Copa Difusora/ Colônia/Projeto Alma de Futebol Sete. A partir das 16h15, a equipe Lizura Acabamentos/Romal Madeiras/

Só Móveis/Olho na Bola enfrenta, no CT do Marechal Esporte Clube, o time da Gambá Armações/Autoescola Ila/Granja Werner, no primeiro duelo pela final do certame, cujas equipes chegam à final sem favorito.

O selecionado da Lizura Acabamentos tem seis vitórias e duas derrotas, com 24 gols marcados e 13 gols sofridos. Já a equipe Gambá Armações entra na disputa com cinco vitórias, dois empates e uma derrota, com

total de 21 gols a favor e dez gols sofridos. A Lizura Acabamentos tem como artilheiros Maikinho Xarola, Rafa Kerber e Maicon Schaffer, que fizeram quatro gols cada, e Afonso, que aplicou outros três.

Por sua vez, Gambá Armações tem Carlos Junior com quatro gols aplicados, Mané, Zé Colmeia e Paulo Roberto com três marcados. A segunda partida da decisão acontecerá no próximo sábado (19).

1,2 mil atletas participam dos Jogos Escolares As disputas nos Jogos Escolares de Toledo (Jetos), promovidos pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e pelo Núcleo Regional de Ensino (NRE), envolveram a participação de 1,2 mil alunos. Durante uma semana, estudantes da rede estadual e de escolas privadas do município duelaram buscando o lugar mais alto do pódio. O badminton teve

como campeã no feminino A o Colégio Estadual Luiz Augusto Moraes Rego, feminino B o Colégio Estadual Esperança Favaretto Covatti, masculino A o Colégio Estadual Antonio José Reis e no masculino B Colégio Estadual Dario Vellozo. No basquete, os campeões foram: pelo feminino A: Colégio La Salle, feminino B: Colégio Estadual João Cândido Ferreira e masculino A e B: Colégio Incomar.

No futsal, os vencedores foram: pelo feminino A: Colégio Estadual Jardim Europa, feminino B: Colégio Estadual Jardim Europa, masculino A: Colégio Estadual Jardim Maracanã e masculino B: Colégio Alfa. No handebol, os vitoriosos foram: feminino A e B e masculino A Colégio Incomar e masculino B Colégio Estadual Senador Atílio Fontana. Nas disputas no tênis de mesa, o individual femini-

no A teve como vencedor o Colégio Estadual Moraes Rego, individual masculino A Colégio Estadual Dario Vellozo, individual feminino B Colégio La Salle, individual masculino B Colégio Estadual Moraes Rego, duplas feminino B Colégio Estadual Antonio José Reis, duplas masculino A Colégio Estadual Moraes Rego e duplas masculino B Colégio La Salle. Os campeões do volei-

bol foram: feminino A Colégio La Salle, feminino B Colégio Incomar, masculino A Colégio Estadual Jardim Maracanã e masculino B Colégio Estadual Jardim Maracanã. No vôlei de praia, o feminino A teve como campeão o Colégio Incomar, feminino B Colégio Incomar, masculino A Colégio Estadual Presidente Castelo Branco e masculino B Colégio Estadual Augustinho Donin.


ESPORTES

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

O PRESENTE |

29

TORNEIO DA MORTE

TCW treina finalização para vencer o Operário amanhã Técnico trabalhou muito o aperfeiçoamento na pontaria dos atletas, que necessitam da vitória Vinícius Moraes

Precisando a qualquer custo de uma vitória amanhã (13) para se manter na Primeira Divisão do Campeonato Paranaense, a equipe do Toledo Colônia Work (TCW) treinou forte durante toda a semana. E uma das principais atividades do elenco foram os treinos de finalização. O técnico Richard Malka usou boa parte da semana aperfeiçoando a pontaria do time, e não só dos atacantes, mas sim de toda a equipe. Chutes a gol de fora e dentro da área, jogadas de cruzamento pelas duas laterais, conclusões de cabeça, faltas, escanteios, enfim, todo tipo de situação que possa se transformar em gol foi treinada, afinal só a vitória contra o Operário em Ponta Grossa, no Germano Krüger, pode salvar o Porco do rebaixamento. O trabalho de finalizações é importante para os jogadores de linha, mas é também muito

Medianeira abre inscrições ao Campeonato de Futebol Sete

Mais do que nunca o TCW vai precisar de gols no jogo decisivo

importante para os goleiros, que são testados e treinados várias vezes, em situações que podem ser reais durante a partida. E o TCW vai precisar contar e muito com o seu arqueiro, afinal não sofrer gol já é um passo importante para não perder a partida, e depois é deixar a responsabilidade para os jogadores de linha marcar. A equipe viaja hoje (12) de manhã rumo a Ponta Grossa

com apenas um desfalque: o atacante Ray que levou o terceiro amarelo está fora de combate. Para seu lugar Malka tem à disposição os jogadores Tcharlles, Marcel e Eric. O meia Diego Luiz volta depois de cumprir suspensão, e pode aparecer entre os titulares. Nas demais posições o time está completo e comprometido em manter o TCW na elite do futebol Paranaense em 2015.

Começou na quinta-feira (10) o período de inscrições ao Campeonato Municipal de Futebol Sete 2014, realizado pela Prefeitura de Medianeira, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. As fichas de inscrição e regulamentos devem ser retirados na Secretaria de Esportes, junto ao Ginásio de Esportes Antônio Lacerda Braga, de segunda a sexta-feira, das 08 às 12 horas e das 13h30 às 17h30, ou pelo telefone (45) 3264-1138. Clubes, associações, entidades, empresas e grupos têm até o dia 29 para confirmar a participação de suas equipes. Os atletas devem ter

idade mínima de 16 anos (nascidos até 31 de dezembro de 1998) e vínculo com o município, como ter nascido, residir, trabalhar, estudar ou votar. Cada entidade poderá formar mais de uma equipe, desde que com atletas distintos - entre oito e 14 jogadores por equipe. Os sistemas de disputa, locais de jogos, horários, regras e outros assuntos serão definidos durante o congresso técnico do evento, marcado para o dia 30. Haverá cobrança de uma taxa única de R$ 100 por equipe, com arbitragem por conta da comissão organizadora.


POLICIAL

30 | O PRESENTE

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

SEM NOÇÃO

Jovem comunica falso crime e acaba preso Ele ligou para a polícia e disse que havia sido assaltado, mas a mentira foi desmascarada durante a investigação policial Radar BO

Um jovem de 21 anos foi preso na manhã de ontem (11) em Toledo por falsa comunicação de crime. Ele ligou pouco depois das 06 horas para a Polícia Militar (PM) dizendo que ele e um amigo haviam sido assaltados e que tinham sido agredidos pelos bandidos, mas tudo não passava de uma mentira que foi descoberta pouco após a equipe policial chegar para atender a falsa ocorrência. O rapaz, de 21 anos, teria atolado o carro em uma estrada rural e, para conseguir retirar o automóvel do lamaçal, decidiu chamar a polícia.

Quando os policiais chegaram ao local, o jovem disse que três homens armados haviam assaltado os dois e inventou detalhes, como as agressões com coronhadas na cabeça. Várias viaturas policiais foram mobilizadas para tentar prender os assaltantes, mas ninguém foi encontrado. O caso começou a ser esclarecido no momento que o carro do rapaz, um Fiat Palio com placas de Braganei, foi localizado atolado, na estrada rural, próximo ao Parque do Povo. O jovem, entretanto, não sabia que uma equipe da Guarda Municipal já ti-

nha avistado o veículo abandonado por volta das 04 horas, mais de duas horas antes da denúncia feita aos militares. Durante entrevista, os policiais apuraram que o detido e seu amigo entraram em uma estrada rural próximo ao Parque do Povo, se perderam e acabaram atolando o Palio. Dentro do veículo foi encontrada uma calça e uma camisa sujas de barro. O rapaz foi autuado por falsa comunicação de crime e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil em Toledo. Antes disso, ainda na PM, apresentou bom humor.

A Polícia Militar da região procura por dois homens suspeitos de praticar um roubo a uma farmácia, no início da noite de quintafeira (10), em Terra Roxa. O Destacamento da Polícia Militar local foi informado do crime por volta das 18h30 e foi até o local, na Avenida

Presidente Castelo Branco, colher informações. Conforme a vítima, dois jovens aparentando serem menores de idade, ambos com o rosto coberto e armados com revólveres, entraram no estabelecimento e deram voz de assalto. Eles pegaram cerca de R$ 120 que havia no caixa e

fugiram levando uma moto Honda Biz que pertencia ao estabelecimento comercial lesado. A vítima teve ainda o celular roubado. Durante buscas pela cidade, a Polícia Militar localizou a Biz abandonada no Bairro Jardim. Os assaltantes não foram localizados.

Jovem queria que polícia desatolasse seu carro, mas acabou desmascarado e preso

Mulheres são presas Dupla assalta farmácia em Terra Roxa com 4,2 quilos de cocaína

PRESOS COM MACONHA Divulgação/PRF

Duas mulheres, de 19 e 26 anos, foram presas pela Polícia Federal na quinta-feira (10), com o apoio de servidores da Receita Federal e da Polícia Civil, acusadas de tráfico de drogas. Elas foram flagradas com 4,2 quilos de cocaína durante fiscalização no Posto Fiscal Bom Jesus, no município de Medianeira, por volta das 21h30. Os policiais abordaram um ônibus que fazia a linha Foz do Iguaçu a Cascavel e, ao re-

vistar o bagageiro do veículo, suspeitaram do peso de duas caixas de som. No interior delas foram encontrados tabletes da droga, motivo pelo qual foi dada voz de prisão em flagrante às proprietárias dos aparelhos. Ambas afirmaram que receberiam dinheiro para levar a droga até Brasília (DF). As presas e a droga foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu.

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 30 quilos de maconha na madrugada de ontem (11), em Santa Tereza do Oeste. A droga estava em um carro ocupado por dois homens, que foram presos em flagrante após perseguição policial. Os policiais tentaram abordar o veículo, mas o motorista fugiu sentido a Cascavel. No caminho, um deles jogou a caixa com a droga pela janela. Eles foram presos e depois o material foi recuperado. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil em Céu Azul.

Divulgação/PF

DROGAS INCINERADAS Aquiagora.net

A Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon incinerou ontem (11) cerca de 150 quilos de drogas apreendidas pela corporação. A destruição aconteceu em uma fecularia, no distrito de Novo Três Passos. Os entorpecentes são resultado de 18 lotes que estão em processo na comarca rondonense. Foram queimados 149 quilos de maconha, 50 gramas de crack, 3,7 gramas de cocaína e 25 ampolas de medicamento restrito, em muitos casos usado por usuários de drogas.

Droga estava dentro de duas caixas de som


GERAL

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

O PRESENTE |

31

GUAÍRA

Centro Náutico Marinas passa por intervenções e reformas Barracas das sete nações representadas na festa serão transformadas em salas de aula, que funcionarão no período de contraturno escolar Divulgação

A Prefeitura de Guaíra está fazendo algumas intervenções no Centro Náutico e Recreativo - Marinas, principal espaço de lazer da cidade. Aproveitando os preparativos para a 38ª Festa das Nações, a administração municipal está asfaltando pontos de acesso aos pavilhões que serão montados e reformando os banheiros. A reforma dos banheiros é completa: desde o piso até as instalações sanitárias, com disponibilização de espaço para cadeirantes. Por conta da intervenção nos toaletes, a Secretaria Municipal de Turismo resolveu suspender temporariamente a locação das churrasqueiras que estão dispostos ao longo do Centro Náutico. “É temporário, dentro de poucos dias os banheiros estarão prontos para o uso e então poderemos disponibilizar as churrasqueiras. Não dá para locar este espaço se não podemos oferecer banheiros”, justifica

o diretor de Turismo, Thomaz Luiz Zeballo. Ele também ressalta os trabalhos na área destinada ao parque da Festa das Nações e outras intervenções que estão sendo realizadas para muito além da festa. “Temos hoje uma comissão permanente dentro das Marinas, criada a pedido do prefeito Fabian. O prefeito quer que este espaço seja todo revitalizado, que esteja limpo, que seja um cartão postal. Essas obras não são para a festa simplesmente, mas sim para a própria valorização das Marinas no ano todo”, destaca o diretor, referindo-se a outros trabalhos que estão sendo realizados e planejados. Recentemente, o governo municipal realizou a drenagem do lago que fica nas proximidades das quadras poliesportivas. A intenção é disponibilizar ali uma área para banho com a urbanização do entorno. A prefeitura também reali-

zou melhorias na rampa onde os barcos têm acesso ao rio. Outro projeto é a construção de um píer. ���Trabalhos de manutenção serão mais frequentes e as novidades vão dar mais vida a este local”, afirma Zeballo. Na parte de cima das Marinas, outro projeto está em andamento. O prefeito pretende criar uma escola de cultura, que envolve várias frentes, utilizando para isso os pavilhões e o anfiteatro. As barracas das sete nações representadas na festa e que simbolizam a mistura étnica de Guaíra serão transformadas em salas de aula que funcionarão no período de contraturno escolar. Nestes espaços, alunos da rede municipal deverão contar com aulas de música, ciências, artes marciais, artes circenses, artes plásticas e artes cênicas. Uma das barracas será um grande refeitório. A expectativa é de que a escola possa funcionar em 2015.

Comércio rondonense atende em horário especial Hoje (12), o comércio de Marechal Cândido Rondon atende em horário especial, como acontece sempre no segundo sábado de cada mês. As lojas estarão abertas das 09 às 16 horas, proporcionando mais facilidade para quem precisa ir às compras.

Também hoje, no mesmo horário, será realizada mais uma edição da Feira de Artesanato, que é promovida pelo Núcleo dos Artesãos da Acimacar. Mas, desta vez a Feira acontecerá na Casa do Artesão, na Praça Willy Barth, e não no cruza-

mento das ruas Sete de Setembro e Paraná, como de costume. Na Feira de Artesanato será comercializada uma grande variedade de produtos de excelente qualidade e com preços atrativos, em especial aqueles voltados para a Páscoa.

CONSELHO TUTELAR RECEBE KIT DE EQUIPAMENTOS

Reforma dos banheiros é completa: desde o piso até as instalações sanitárias, com disponibilização de espaço para cadeirantes

Habitação rural: inscrições devem ser feitas em Medianeira A Secretaria de Agricultura Sustentável e Abastecimento de Medianeira está recebendo inscrições para uma nova etapa do programa Minha Casa Minha Vida Rural, por intermédio de convênio entre a prefeitura, a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e a Caixa Econômica Federal, em parceria com a Secretaria de Estado do Abastecimento e Emater. Para participar desta nova etapa do programa as famílias interessadas devem procurar

a Secretaria para fazer o cadastro o mais breve possível, na Avenida João XXIII, 1.668 (antigo prédio da Unesul), telefone 3264-4070. Inicialmente, os produtores devem levar documentos pessoais e nota do produtor rural. Vale lembrar que a análise dos cadastros e a aprovação das famílias beneficiadas são de responsabilidade da Cohapar, que tem critérios específicos para o enquadramento das famílias no programa.

SORTEIO DO “PÁSCOA SEM DENGUE” Ademir Herrmann

Solenidade realizada ontem (11), na Prefeitura de Marechal Cândido Rondon, marcou o repasse de um kit de equipamentos para o Conselho Tutelar do município. Os recursos, da ordem de R$ 50 mil, são fruto de uma proposta de emenda parlamentar do deputado federal Zeca Dirceu. O repasse aconteceu por intermédio do programa de fortalecimento do sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente, da Secretaria de Direitos Humanos. O kit de equipamentos para o Conselho Tutelar é composto por um automóvel zero quilômetro, cinco computadores, uma impressora multifuncional, um refrigerador e um bebedouro.

Divulgação

A Prefeitura de Nova Santa Rosa, por meio da Secretaria de Saúde, realizou na quinta-feira (10) o segundo sorteio da promoção “Páscoa Sem Dengue”. A ganhadora da cesta grande de Páscoa foi a Eli Doehl, que premiou automaticamente os seus vizinhos, Armindo Fischer e Cláudio Rogério Herter. Ambos ganharam uma cesta de Páscoa média cada. O terceiro sorteio da promoção ocorrerá na quinta-feira (17), ao vivo, na Rádio Cristalina, a partir das 09 horas. Na foto, a coordenadora de Epidemologia, Arceli Fischer Giese, e as agentes de endemias, que fizeram a entrega da cesta a Eli.


C

onsiderada uma das formas de modificação do corpo mais conhecidas, a tatuagem tem se disseminado com muita rapidez nos últimos anos. Mas nem sempre foi assim. Proibida em algumas religiões, os desenhos já foram muito relacionados a fatos negativos. E o motivo para isso está na história. No Brasil, a tatuagem elétrica surgiu em meados dos anos 60, em Santos, que é um polo portuário. Ela foi introduzida pelo dinamarquês Knud Harld Lucky Gregersen (também conhecido como Lucky Tattoo), que teve sua loja nas proximidades do cais, onde na época era a zona de boemia e prostituição da cidade. Isto contribuiu bastante para a disseminação de preconceitos e discriminação da atividade, gerando um préconceito de arte marginal que perdurou por décadas. Ela também já foi muito relacionada a ex-presidiários. Somente de alguns anos

para cá a tatuagem começou a ser vista com outros olhos. Desenhos mais suaves, cores, tamanhos e até os locais tatuados têm contribuído para fazer essa arte ser reconhecida e desejada por muitos. Hoje em dia, famílias inteiras já têm desenhos espalhados pelo corpo. Mesmo pessoas mais velhas, que normalmente são mais tradicionais, estão fugindo à regra e caindo na tentação de ter uma tatuagem. Embora seja algo mais comum nos dias atuais, esta arte ainda não é uma unanimidade. Por isso, quem pretende marcar o corpo com um desenho deve pensar bem. E mais do que avaliar o que vai tatuar, é importante ter muito definido o local do

corpo. Afinal, por mais que existam técnicas de remoção, elas são caras e doloridas. E quando está em jogo uma oportunidade no mercado de trabalho, dependendo em que setor a vaga está disponível, o fato de ter ou não uma tatuagem visível pode ser critério para garantir a vaga ou ser descartado. O policial militar Tiago Luiz Amaral concluiu nesta semana mais uma tatuagem, a segunda, uma tribal que começa acima do cotovelo, no braço direito, e segue até o ombro,


chegando próximo do pescoço e pegando um pouco das costas. Ele conta que antes de iniciar a carreira militar é preciso ter alguns cuidados, dentre eles não possuir tatuagens em locais visíveis. Depois que ingressou, tudo bem. Conforme a tatuadora Beti Cancelli Teixeira, muitos de seus clientes têm preocupação com o emprego. No entanto, ela comenta que ao mesmo tempo eles acabam fazendo a tatuagem porque é algo que querem e gostam que apareça. “Quem cuida mais em relação ao local escolhido são as mulheres”, constata. “Por outro lado, como algumas profissões são mais flexíveis quanto à tatuagem, existem mulheres que não se importam se o local é visível. Percebo que quando alguém trabalha com comércio, por

exemplo, o receio já é maior. Agricultores também têm bastante preocupação em poder esconder a tatuagem, pois querendo ou não ainda há pessoas com preconceito em cima disso”, comenta. O curioso, segundo a rondonense, é que ao mesmo tempo em que existe o preconceito, há pessoas que se tatuam para fazer questão de mostrar a arte. “Estou tatuando muitas pessoas mais maduras, na faixa dos 40 anos, e inclusive já fiz uma tatuagem em um senhor de 65 anos”, revela. Questionada se acredita que hoje a sociedade está mais aberta à tatuagem, a profissional confirma que sim. “Ainda tem gente que frisa no preconceito e não olha com bons olhos quem tem tatuagem. Acredito que somente uns 30% pensam assim. O restante já tem a mente mais aberta”, opina. DETERMINAÇÃO Beti enfatiza que a maioria dos clientes já chega ao estúdio com o local definido que será tatuado. Perguntada se quando a pessoa que escolhe um local visível opta por um desenho mais delicado e/ou menor, a rondonense avalia que a metade não tem esse tipo de preocupação, enquanto a outra metade tem. Com uma média de 20 a 40 trabalhos por mês, a tatuadora conta que a maior parte das tatuagens femininas são flores e borboletas. As frases são opções tanto de homens como mulheres. Já do público masculino, a maioria é tribal e desenhos mais preto no branco. “As mulheres gostam mais de tatuagens coloridas”, conclui.

Especialista em comportamento profissional, a proprietária e instrutora da Eco Dinâmica Treinamentos Empresariais, Ana Maria Canton, comenta que é importante fazer duas avaliações quando o assunto é tatuagem x mercado de trabalho. A primeira, diz, é a percepção da pessoa como ser humano. “Ninguém é gerente, ninguém é vendedora. A pessoa está gerente, está exercendo uma atividade profissional. A pessoa é aquele ser humano que nasceu. Então a atividade profissional é um estado temporário. O que isso tem a ver quanto à tomada de decisão de tatuar ou não tatuar, ou onde tatuar? Muitas vezes o que hoje para nós é correto, o que hoje para nós é conveniente, com o passar do tempo pode mudar. Então na hora de tomar uma decisão, embora hoje seja acessível tatuar e depois remover o desenho, é bastante importante fazer essa avaliação. Ao tomar a decisão, é interessante analisar qual a imagem que você quer repassar para a sociedade, para a família e autoespelhar também”, declara. Para a profissional, quem deseja ter um desenho no corpo deve levar algumas questões em consideração. “Para não influenciar no seu crescimento profissional, preferencialmente opte por lugares menos visíveis, por tatuagens menores e mais discretas, principalmente se for a primeira tatuagem e se é jovem, pois a personalidade e as escolhas na carreira profissional podem mudar um pouco com o passar do tempo”, analisa. Além disso, Ana Maria sugere que a pessoa pense bem antes sobre o que e onde deseja ter tatuagem. Mas ela frisa: “Não tem certo ou errado. Não existe o bonito ou o feio, pois são padrões de comportamento e de sociedade baseados no que a grande maioria compreende. Mas isso na verdade não existe. Portanto, a sugestão simplesmente é se entender, se autoanalisar e fazer

uma projeção, nem que seja para curto prazo ou médio prazo, onde deseja estar daqui a seis meses, um ou dois anos, e avaliar se por ventura essa tatuagem de forma mais exposta e mais chamativa pode ou não influenciar na sua carreira. Só neste sentido. No mais, não há nada que desabone uma tatuagem”, expõe.

PRECONCEITO De acordo com a empresária, ainda hoje existem setores do mercado de trabalho que não veem com bons olhos profissionais tatuados. “Não adianta escondermos essa realidade. Nós viemos e vivemos em uma sociedade que é regida por regras, e nessa grande maioria as regras têm um histórico. Existem, sim, ainda raízes do machismo. Não faz muitos anos que a mulher tem almejado o seu lugar no mercado de trabalho. Nós, mulheres, sabemos que ainda existe disparidade salarial, disparidade de cobranças, de postura, mesmo exercendo a mesma função. Além dessas raízes culturais, do préconceito e do machismo, também não podemos esconder que existe algo, que é muito recente, quanto ao assunto específico da tatuagem. Portanto, existem empresas que não veem isso com bons olhos”, afirma. Ana Maria reforça que pode haver alguma objeção dependendo da atividade profissional exercida, como no comércio, seja varejo ou atacado, prestação de serviços, instituição financeira, profissional autônomo. “Isso influencia muito sim”, resume. “Não vou dizer que vai restringir um profissional de crescer ou ser contratado, mas pode influenciar, mesmo que indiretamente, na decisão do gestor dessa contratação ou remanejamento. Se essa tatuagem for bastante exposta, bastante chamativa e que possa, de certa forma, interferir na conduta e nas atividades prestadas”, analisa.

BOM SENSO Conforme a rondonense, o bom senso vale para tudo na vida, e isso inclui tatuagem, piercing, forma de se vestir e na própria forma de se comunicar. “Hoje ainda é muito comum o uso de gírias. Às vezes, em uma entrevista de trabalho, a tatuagem pode passar despercebida, mas o uso exagerado de gíria pode prejudicar. Então a regra não vale somente para tatuagem. O bom senso vale para qualquer comportamento na sociedade”, destaca.

ESCOLHA DO DESENHO Ainda segundo a especialista em comportamento profissional, o tipo de desenho escolhido para se tatuar também pode ter um peso na carreira. “Temas da natureza, nomes dos pais, de filho, frases motivacionais, são padrões. Mas quando entra em desenhos que vai para linha pejorativa, que possa ser agressivo no sentido cultural, ou ofensivo, é polêmico. É algo que pode influenciar negativamente na conduta profissional”, avalia. “A sugestão é sempre pensar bem antes de fazer a primeira tatuagem. E na dúvida, faça algo pequeno e em um local que não tenha visibilidade diária, até para não enjoar”, conclui.


AGRONEGÓCIO

34 | O PRESENTE

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

PRESERVAÇÃO

Paraná retoma conservação de solos e águas em microbacias Marechal Rondon está entre os primeiros beneficiados. Pelo menos uma microbacia por município receberá apoio do Estado Divulgação

O Governo do Estado está retomando o programa de Manejo de Solos e Águas em Microbacias que na década de 1980 colocou o Paraná na vanguarda do desenvolvimento sustentável com medidas de conservação implantadas no campo. A Secretaria da Agricultura e do Abastecimento e o Instituto Emater serão responsáveis pela execução do programa. Pelo menos uma microbacia por município receberá apoio do Estado e as ações servirão de modelo para as demais seis mil microbacias existentes no Paraná. Serão aplicados cerca de R$ 30 milhões ao longo de quatro anos. O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, explicou ontem (11) que o programa vai resgatar as práticas consagradas de conservação de solos e águas abandonadas ao longo do tempo. “Esta situação preocupa o governo, por causa da deterioração do solo e perda de produtividade das nossas lavouras, pela ameaça de contaminação de mananciais e perda de qualidade da água usada no abastecimento de cidades e propriedades rurais”, afirmou. Segundo Ortigara, há uma ameaça real à manutenção dos elevados níveis de produtividade nas lavouras do Paraná, com consequente reflexo na geração de renda

Faep solicita registro de produto para manejo da uva

nas propriedades, sem a retomada da adoção de práticas de conservação já consagradas.

INVESTIMENTOS Neste ano, o Governo do Estado vai investir R$ 9,2 milhões na execução de ações nas primeiras 61 microbacias do Estado. Cada uma delas receberá até R$ 170 mil e mais contrapartida da prefeitura, dependendo das medidas que serão escolhidas pelos comitês gestores das microbacias. Nos próximos dias, a Secretaria da Agricultura começa a firmar os convênios com as primeiras 19 microbacias, cujos municípios apresentaram toda a documentação exigida. O investimento nestas áreas está estimado em R$ 2,5 milhões, sendo R$ 2,1 milhões em recursos do Governo do Paraná e o restante em contrapartida das prefeituras. Outras 42 microbacias estão com plano de trabalho e convênios elaborados. As primeiras microbacias a terem seus convênios firmados estão nos municípios de Ampére, Anahy, Arapongas, Bom Sucesso do Sul, Capitão Leônidas Marques, Coronel Vivida, Iguatu, Iporã, Lindoeste, Marechal Cândido Rondon, Mariópolis, Realeza, Santa Izabel do Oeste, São Jorge do Patrocínio, Saudades do Iguaçu, Santa Tereza do Oeste, Umuarama e Vitorino.

Secretário da Agricultura e do Abastecimento do Estado do Paraná, Norberto Ortigara: “Produtores também poderão receber financiamentos nas ações individuais até o limite de R$ 6 mil cada um”

MULTIPLICADOR A ideia é que as ações realizadas nessas microbacias tenham um efeito multiplicador para a comunidade, que pode, inclusive, procurar outras fontes de financiamento para alavancar as ações iniciadas pelo governo estadual. O responsável técnico pelo programa de Microbacias na Secretaria da Agricultura, Carlos Alberto Scotti, afirma que as primeiras microbacias serão uma vitrine para projetos semelhantes em outras localidades e, ao mesmo tempo, um projeto-piloto para medir a qualidade da água em função das práticas adotadas. “Também servirão de localidades de teste para as tecnologias de pesquisa e assistência técnica para determinadas regiões”, explicou. Os recursos serão aplicados pela Secretaria da Agricultura e Emater com o objetivo de melhorar a produção agrícola nas microbacias, corrigir os problemas existentes e planejar melhor as ações de correção

dentro de cada região.

AÇÕES O programa disponibiliza 23 tipos de ações diferentes, sendo 15 práticas individuais que devem ser feitas na propriedade e outras oito práticas de caráter coletivo que devem ser adotadas pela comunidade. Entre elas estão listados os terraceamentos, curva de nível nas propriedades, estradas rurais integradas com as lavouras para evitar erosão e perda de fertilidade em decorrência do escorrimento da água das chuvas, plantio direto com qualidade, proteção de fontes e outras. Os produtores também poderão receber financiamentos nas ações individuais até o limite de R$ 6 mil cada um em cada microbacia. Além disso, a Emater vai usar imagens de satélite para identificar as áreas com passivo ambiental como falta de reserva legal, de área de preservação permanente e de proteção de fontes que serão trabalhadas junto com o agricultor.

Com objetivo de melhorar a competitividade da uva produzida no Estado, o presidente da Federação da Agricultura do Paraná (Faep), Ágide Meneguette, encaminhou ontem (11) ao ministro da Agricultura, Nery Geller, e ao secretário de Defesa Agropecuária do ministério, Rodrigo José Pereira Leite Figueiredo, um ofício solicitando o registro do produto ProTone, cujo ingrediente ativo é o acido abscísico - ABA, um regulador vegetal que confere a cor roxa aos frutos. Condições atípicas de temperatura e luminosidade durante a época de maturação podem comprometer a produção do acido abscísico - ABA, conferindo às bagas coloração menos intensa, o que prejudica sua aceitação pelo consumidor. Com isso, as uvas paranaenses perdem espaço no mercado. No ano passado, o Brasil importou 32,6 mil toneladas de uva, 75% das quais do Chile, onde o ProTone é registrado. Em outros países, como Estados Unidos, Peru, México, África do Sul, Austrália, Egito, Líbano e Israel, esse produto também é regulamentado e utilizado largamente para melhorar a coloração. A produção de uva no Paraná envolve três mil produtores, predominantemente em pequenas propriedades, representando um volume de 100 mil toneladas colhidas em uma área de aproximadamente 5,8 mil hectares, que necessitam apenas de condições de igualdade para competir com os produtores de outros países.


SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

GERAL/EDITAIS

Edição 3817 - O PRESENTE |

35

9º FEIRÃO DE VEÍCULOS

Sicredi disponibiliza R$ 5 milhões em crédito Hoje (12) o atendimento será das 09 às 22 horas e amanhã das 09 às 17 horas Cristiano Viteck

Começou na noite de ontem (11) e segue até amanhã (13) o 9º Feirão de Veículos da Acimacar, no Centro de Eventos de Marechal Cândido Rondon. São 11 empresas comercializando modelos variados de carros, motocicletas e veículos motonáuticos, com preços atrativos e condições de pagamen-

to especiais. O Sicredi Aliança PR/SP é o agente financeiro oficial do Feirão. Para esta edição a instituição está disponibilizando R$ 5 milhões em crédito para associados e não associados de toda a região que desejam adquirir veículos novos ou usados durante o evento. Confor-

me o presidente da Sicredi Aliança PR/SP, Adolfo Freitag, a cooperativa liberou R$ 3,5 milhões em crédito préaprovado para os associados - divulgados aos mesmos via telemarketing e mala direta -, além de R$ 1,5 milhão para negócios eventuais durante o Feirão. “Temos vários atrativos para os visitantes do evento, como isenção da taxa de transferência, taxas de juros a partir de 0,99% ao mês, além do plano especial de pagamento para produtores rurais, com parcelas trimestrais, semestrais ou anuais”, explica Freitag. O vice-presidente da Acimacar para Feiras e Eventos, Rolf Kaefer, enfatiza que esta é uma grande oportunidade para ex-

Diversos modelos estão à venda no Centro de Evento com condições especiais de financiamento

positores e clientes. “O Feirão de Veículos já se tornou tradicional. As pessoas interessadas em comprar ou trocar seu carro ou moto aguardam o evento, uma vez que são oferecidos atrativos especiais”, afirma. Participam do Feirão as empresas 4 Rodas Ven-

locar, Beto Marcas, Chiapetti Veículos, Fipal, Franciosi Veículos, Kaefer Motos Honda, Leitão Veículos, Magrão Veículos, Rondon Veículos, Tropical Cabines e Tropical Moto Náutica Yamaha.

Hoje (12) o atendimento será das 09 às 22 horas e amanhã das 09 às 17 horas. A realização do evento é da Acimacar, com apoio do Sicredi e HDI Seguros.


EDITAIS

36 | O PRESENTE - Edição 3817

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO

SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO

Eloi Selzler tornam público que requereu do IAP Renovação da Licença de Operação para atividade de avicultura de corte, instalada em parte do lote rural nº 34, gleba 17, distrito de Moreninha, município de Santa Helena, Estado do Paraná.

Angelo Grander Ceramica Me torna público que recebeu do IAP a Licença de Instalação para atividade de fabricação de artefatos, tijolos e paver a base de solo-cimento (ecológico), a ser implantada em parte do lote rural nº 15, gleba 17, linha Santa Cruz, município de Santa Helena, Estado do Paraná.

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO

SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO

A empresa abaixo torna público que recebeu do IAP Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado: Empresa: Posto de Combustível Batschke Atividade: Revenda de combustíveis e lubrificantes Endereço: Avenida Rio Grande do Sul, nº 70 Município: Marechal Cândido Rondon, Paraná Validade: 13/02/2015

Angelo Grander Ceramica Me torna público que requereu do IAP a Licença de Operação para atividade de fabricação de artefatos, tijolos e paver a base de solo-cimento (ecológico), a ser implantada em parte do lote rural nº 15, gleba 17, linha Santa Cruz, município de Santa Helena, Estado do Paraná.

A empresa abaixo torna público que recebeu do IAP a Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado: Empresa: Sperafico Agroindustrial Ltda Atividade: Produção de óleos vegetais em bruto e derivados Endereço: Avenida Otto Willian Nissel, s/nº Município: Marechal Cândido Rondon, Paraná Validade: 09/04/2016

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A pessoa física abaixo torna público que requereu ao IAP Renovação Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado: Empresa: Irio Glienke Atividade: Suinocultura, terminação para 500 animais Endereço: Lote rural nº 99, linha São Vicente Chico Município: Santa Helena, Paraná

SÚMULA DE PEDIDO LICENÇA DE OPERAÇÃO Ito Neukamp torna pública que requereu ao IAP a Licença de Operação para atividade de suinocultura, implantada no lote rural nº 99/100-A, 46° perímetro, linha Golondrina, município de Entre Rios do Oeste, Estado do Paraná.

SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A pessoa física abaixo torna público que recebeu do IAP Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado: Empresa: Irio Glienke Atividade: Suinocultura, terminação para 500 animais Endereço: Lote rural nº 99, linha São Vicente Chico Município: Santa Helena, Paraná Validade: 05/04/2014

SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A pessoa física abaixo torna público que recebeu do IAP Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado: Empresa: Elio Koch Atividade: Suinocultura, terminação para 500 animais Endereço: Lote rural nº 87-A, linha São Vicente Chico Município: Santa Helena, Paraná Validade: 02/06/2014

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA PRÉVIA 2 MK Incorporadora De Imoveis Ltda torna público que requereu ao IAP a Licença Prévia para o empreendimento do Loteamento Popular, a ser implantado sobre o lote n° 72-A, gleba 05, da Colônia Rio Quarto, município de Missal, Estado do Paraná.

SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO A empresa abaixo torna público que recebeu do IAP Licença de Instalação N° 18291 para o empreendimento a seguir especificado: Empresa: Ito Neukamp Atividade: Suinocultura Endereço: Lote rural nº 99/100-A, 46° perímetro, linha Golondrina Município: Entre Rios do Oeste, Paraná. Validade: 16/12/2015

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A pessoa física abaixo torna público que requereu ao IAP Renovação Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado: Empresa: Elio Koch Atividade: Suinocultura, terminação para 500 animais Endereço: Lote rural nº 87-A, linha São Vicente Chico Município: Santa Helena, Paraná

R E S U LTADO LOTOFÁCIL FEDERAL LOTOMANIA

CONCURSO 1442:

CONCURSO 1041:

CONCURSO 04856:

LOTERIAS 01 03 05 07 10 12 13 15 17 19 20 21 23 24 25

1º 16.262

/ 2º 23.397 / 3º 45.193

03 20 28 30 32 34 35 39 45 53 56 64 65 70 77 85 89 91 92 00

/ 4º 89.594

MEGA-SENA

/ 5º 01.665 CONCURSO 1589:

04 05 11 19 41 51


SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

APARTAMENTO, vendo, em construção, no Cond. Dom João VI, MCR, valor a combinar, c/ 24 parcelas pagas, preço de ocasião. Tr. (45) 9133-7453 com Diógenes. CASA, vendo, 100m², alvenaria, esquina, c/ 3 quartos, sala, cozinha, lavand., bwc, garagem, terreno 400m², próx. ao Sesc, MCR, R$ 180.000,00. Tr. (45) 3254-0477 ou 9961-5870, Creci J-04743, www. localizafacilnegocios.com.br. CASA, vendo, 100m², c/ 2 quartos, suíte, sala, cozinha, lavand., bwc, garagem, terreno 334m², Cond. Guarujá, Bairro Franckfurt, MCR, R$ 180.000,00. Tr. (45) 3254-0477 ou 9961-8051, Creci J-04743, www. localizafacilnegocios.com.br. CASA, vendo, 106m², alvenaria, esquina, c/ 2 quartos, suíte, bwc, 2 garagens, acabamento de 1ª, R. Américo Vespucio, nº 6362, Lot. Laureth, MCR, valor a combinar. Tr. (45) 3254-0477 ou 9961-8051, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br. CASA, vendo, 118m², alvenaria, c/ 2 quartos, suíte, 2 salas, cozinha, área de serviço, garagem p/ 1 carro, churrasq., 2 bwc, terreno 600m², no centro, em MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9961-5870, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br. CASA, vendo, 120m², alvenaria, c/ laje, semi acabada, próx. ao CTG, em MCR, R$ 130.000,00, parcelo pgto. Tr. (45) 9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

Classificados na internet: www.opresente.com.br

CASA, vendo, 122m², de esquina, c/ 2 quartos, suíte, sala, cozinha, garagem, abas em laje, gesso, R. Santa Catarina, nº 5609, MCR, R$ 350.000,00. Tr. (45) 9932-5335. CASA, vendo, 99m², alvenaria, c/ 3 quartos, 2 salas, garagem, lavand., murada, terreno 20x40, Jd. Marechal, MCR, R$ 120.000,00. Tr. (45) 9961-0071 ou 9931-3089. CASA, vendo, alvenaria, ao lado do mercado novo da Copagril, MCR, R$ 230.000,00, aceito troca. Tr. (45) 3254-1718 ou 99725013 com Imobiliária Bier. Creci 2390. CASA, vendo, aprox. 200m², alvenaria, c/ 3 quartos, 2 salas, cozinha, 2 bwc, lavand., despensa, garagem p/ 2 carros, churrasq., 2 varandas, semi mobiliada, acabamento em gesso, terreno 400m², R. 7 de Setembro, Jd. Alvorada, MCR, valor a combinar. Tr. (45) 3254-0477 ou 9961-8051, Creci J-04743, www. localizafacilnegocios.com.br. CASA, vendo, mista, c/ 5 quartos, sala de jantar, sala de estar, cozinha, garagem c/ área de festas, 2 bwc, terreno 800m², centro, MCR, valor a combinar, preço de ocasião. Tr. (45) 3254-9421 ou 9936-4865. CASA, vendo, nova, esquina, c/ laje, 2 quartos, suíte, sala, cozinha, bwc, lavand., garagem, acabamento em gesso, Lot. Andorinha, MCR, R$ 260.000,00. Tr. (45) 9966-2061 ou 88177575. CASAS, vendo, 2, mesmo terreno, c/ 80m² e 115m², em construção, Lot. Bem Te Vi, MCR, valor a combinar, podem ser financiadas. Tr. (45) 9910-0943 ou 88030231 com Herton.

CHÁCARA, vendo, 2,5 alq., sem benfeitorias, c/ água corrente, em MCR, R$ 120.000,00. Tr. (45) 9921-9844 c/ Renato ou 9815-8023 c/ Abelha, C r e c i J - 0 5 2 6 6 . w w w. imobiliariabomnegocio.com.br.

TERRA, vendo, 11,5 alq., parte em lavoura, restante potreiro, Linha Boa Vista, próx. a São José do Iguaçú, valor: 600 scs de soja o alq., sem troca. Tr. (45) 99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

CHÁCARA, vendo, 36.000m², c/ benfeitorias, 8km de MCR, R$ 1 5 0 . 0 0 0 , 0 0 . Tr. ( 4 5 ) 9921-9844 c/ Renato ou 9815-8023 c/ Abelha, C r e c i J - 0 5 2 6 6 . w w w. imobiliariabomnegocio.com.br.

TERRA, vendo, 2 alq., planta 1,15, sem benfeitorias, c/ 3.000 pés de eucaliptos, Linha Vorá, Margarida, R$ 135.000,00. Tr. (45) 3282-1095 ou 9848-6028 com Mario.

FAZENDA, vendo, 370 hectares, 291 c/ plantação, 79 em reserva, c/ 3 casas em alvenaria, barracão 300m², poço artesiano, 18km de Naviraí, MS, valor e prazo a combinar. Tr. (45) 3254-0477 ou 9961-8051, Creci J-04743, www. localizafacilnegocios.com.br. PRÉDIO, vendo, integral ou parcial, c/ apartamento 330m², sala comercial 320m², anexo barracão 200m², garagem 100m², R. 7 de Setembro, nº 1744, centro, MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9965-1830. SALA COMERCIAL, vendo, 40,50m², R. 7 de Setembro, ao lado do 24 Horas, MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9914-3600. SOBRADO, vendo ou troco, c/ 2 quartos, suíte, tudo em gesso, móveis planejados, água quente, ar cond., área de festas, Lot. Muller, próx. ao clube Aliança, MCR, valor a combinar, aceito casas de menor valor, pode ser financiado. Tr. (45) 3254-2074 ou 91340593 com Jeverson. TERRA, vendo, 10,5 alq., 9,5 mecanizados, c/ benfeitorias, em MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9978-6422 com Raimundo Van Den Bonn, Creci F11955J. TERRA, vendo, 10,7 alq., c/ benfeitorias, 5 alq. em lavoura, 4 alq. em pasto, ótima localização, em MCR, valor: 1.250 scs de soja o alq., entrada e prazo a combinar. Tr. (45) 9924-6339 ou 8809-1180, Creci 21288. TERRA, vendo, 10.000m², na BR 163, MCR, em frente ao posto Trovão Azul, valor e prazo a combinar. Tr. (45) 9921-9255 ou 8840-6226, Creci 21.288.

Temperatura: 25º/19º

Temperatura: 26º/20º

Temperatura: 26º/19º

Temperatura: 26º/20º

TERRA, vendo, 260 hectares, com barracão e moradia, toda plana e em pasto, 190km de Unaí, MG, 300km de Brasília, R$ 1.300.000,00, aceito 70% em imóvel na região ou carreta. Tr. (45) 9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 3,5 alq., c/ casa de alvenaria, 2 aviários, seminovos, 15x130, em MCR, R$ 800.000,00. Tr. (45) 9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 4,5 alq., primeira chácara atrás da Sperafico, próx. ao Portal de MCR, sem benfeitorias, R$ 350.000,00, troco por casa. Tr. (45) 9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 5,7 alq., planta 3, restante pastagem, c/ benfeitorias, R$ 2 8 5 . 0 0 0 , 0 0 . Tr. ( 4 5 ) 9921-9844 c/ Renato ou 9815-8023 c/ Abelha, C r e c i J - 0 5 2 6 6 . w w w. imobiliariabomnegocio.com.br. TERRA, vendo, 55 alq., planta 30, restante em pasto, parte da terra plana, próx. a São Roque, valor: 60.000 scs de soja, aceito prédio em troca. Tr. (45) 9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 6 alq., mecanizados, em Rio do Sul, Mercedes, valor a combinar. Tr. (45) 9978-6422 com Raimundo Van Den Bonn, Creci F11955J. TERRENO, vendo, 12,75x28, todo murado, 700m da rotatória da bandeira, em MCR, R$ 120.000,00 aceito troca. Tr. ( 4 5 ) 9 9 5 4 - 4 6 9 6 o u 8422-6025.

Temperatura: 25º/19º

Temperatura: 23º/18º

O PRESENTE |

37

TERRENO, vendo, 12x28, todo murado, Lot. Marco Polo, MCR, R$ 110.000,00, pode ser financiado. Tr. (45) 3254-0477 ou 9961-5870, Creci J-04743, www. localizafacilnegocios.com.br.

TERRENO, vendo, 465,43m², de esquina, Lot. Flórida, MCR, R$ 105.000,00. Tratar (45) 9921-9844 c/ Renato ou 9815-8023 c/ Abelha, Creci J-05266. www. imobiliariabomnegocio.com.br.

TERRENO, vendo, 16,50x25, de esquina, frente p/ o sol da manhã, Lot. Porto Alegre, MCR, 100m da Av. Rio Grande do Sul, próx. a futura instalação do Sicredi, R$ 160.000,00. Tr. (45) 3254-0477 ou 9961-5870, Creci J-04743, www. localizafacilnegocios.com.br.

TERRENO, vendo, 596m², c/ projeto aprovado p/ construção de 6 apartamentos e 1 sobrado, valor a combinar, aceito troca. Tr. (45) 8827-2299.

TERRENO, vendo, 360m², 16x22,5, de esquina, R$ 65.000,00 à vista ou R$ 10.000,00 de entrada + 59 parcelas de R$ 1.083,00. Tratar pelo (45) 9921-9844 c/ Renato ou 9815-8023 c/ Abelha, Creci J-05266. www. imobiliariabomnegocio.com.br. TERRENO, vendo, 393m², R. Alemanha, Lot. Barcelona, MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9905-8476 com Berto. TERRENO, vendo, 425m², 17x25, Lot. Recanto dos Pássaros, próx. a área industrial, MCR, R$ 85.000,00. Tr. (45) 99615870, Creci J-04743, www. localizafacilnegocios.com.br.

TERRENO , vendo, 600m², 12x50, Lot. Trentini, MCR, R$ 85.000,00. Tr. (45) 9921-9844 c/ Renato ou 9815-8023 c/ Abelha, C r e c i J - 0 5 2 6 6 . w w w. imobiliariabomnegocio.com.br. TERRENO, vendo, 672m², c/ casa 100m² nos fundos, ideal p/ guardar maquinarios ou ônibus, 30m da Av. Rio Grande do Sul, Vila Gaúcha, MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9149-0307 (tim). TERRENO, vendo, 710,50m², 29x24,5, esquina alta, lote 01 e 02, quadra 01, R. Albino Muller, Lot. Porto Belo, próx. ao novo mercado da Copagril, MCR, R$ 245.000,00, entrada + parcelamento próprio. Tr. (45) 9135-3481 (tim) ou 32842591 com Elsio.


CLASSIFICADOS

38 | O PRESENTE TERRENOS, vendo, 2, c/ 448,50m² cada, 13x34,50, R. Ingrun Seyboth, Lot. Parque Ecológico, MCR, R$ 135.000,00 cada. Tr. (45) 3284-1556 com Jairo.

BARRACÃO , alugo, 175m², c/ escritório, próx. ao portal, em MCR, na BR 163, saída p/ Quatro Pontes, R$ 1.000,00. Tr. (45) 9969-9424.

TERRENOS, vendo, 2, em Porto Mendes, próx. a praça, R$ 39.000,00 cada. Tr. (45) 9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

CASA, alugo, c/ 2 quartos, terreno de esquina, murado, c/ cerca, portão, Lot. São Marcos, MCR, R$ 450,00. Tr. (45) 9921-9844 c/ Renato ou 9815-8023 c/ Abelha, Creci J-05266. www. imobiliariabomnegocio.com.br.

TERRENOS, vendo, 2, juntos, c/ casa mista, R. Planalto, Bairro Barcelona, MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9134-1156.

CASA, alugo, Lot. Arco Íris, MCR, R$ 500,00. Tr. (45) 3254-0477 ou 9977-5515.

CIVIC EXS, vendo, ano 2008/08, câmbio borboleta, top de linha, R$ 40.000,00, sem troca. Tr. (45) 99726848 com Helio. CIVIC LXL, vendo, ano 2012/12, cinza, completo, ar digital, câmera de ré, câmbio automático, banco de couro, único dono, R $ 6 4 . 0 0 0 , 0 0 . Tr. ( 4 5 ) 9984-9330. CIVIC LXS 1.8, vendo, ano 2009, preto, flex, completo, automático, couro, airbag, rodas liga leve, cd original, 59.000km, impostos 2014 quitados, R$ 47.800,00. Tr. (45) 8803-6565.

TERRENOS, vendo, 2, Lot. Por do Sol, em Mercedes, valor a combinar. Tr. (45) 9134-1156 ou 9972-1880 com André.

QUARTOS, alugo, c/ ou sem móveis, próx. a Unioeste, MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9913-1604 ou 9143-5547.

TERRENOS, vendo, bem localizados, em MCR, valor a partir de R$ 45.000,00, R$ 5.000,00 de entrada e restante entre 40 a 60 meses. Tr. (45) 9978-6422 com Raimundo Van Den Bonn, Creci F11955J.

QUITINETE, alugo, 47m², 3º piso, p/ 1 pessoa, R$ 390,00 + água e luz. Tr. (45) 9952-8720 com Solange.

CORSA 1.4, vendo, ano 2012, completo, valor a combinar. Tratar pelo (45) 9936-5937.

QUITINETE, alugo, c/ 1 quarto, demais dependências, parabólica coletiva, estacionamento, R. Rio de Janeiro, nº 648, centro, próx. ao supermercado Cercar, MCR, R$ 370,00. Tr. (45) 3254-0298 ou 9948-5330 com Terezinha.

F-1000, vendo, ano 87, prata, motor mwm, carroceria de lata original de fábrica, R$ 30.000,00, aceito troca. Tr. (45) 9972-5013 ou 3254-1718.

TERRENOS, vendo, c/ infraestrutura completa, liberado p/ construção, Lot. Maioli, sentido Anel Viario, 500m da Realize Mat. Construção, MCR, valor a combinar, parcelamento próprio. Tr. (45) 9968-4052 ou 3254-2148 com Juliano. TERRENOS, vendo, R$ 45.000,00 à vista ou R$ 5.000,00 de entrada e restante em até 60 pgtos. Tr. (45) 9921-9844 c/ Renato ou 9815-8023 c/ Abelha, Creci J-05266. www. imobiliariabomnegocio.com.br.

SALA COMERCIAL, alugo, 65m², R. São Paulo, centro, MCR, valor a combinar. Tratar (45) 9921-9844 c/ Renato ou 9815-8023 c/ Abelha, Creci J-05266. www. imobiliariabomnegocio.com.br. TERRENO, alugo, 672m², c/ casa 100m² nos fundos, ideal p/ guardar maquinarios ou ônibus, 30m da Av. Rio Grande do Sul, Vila Gaúcha, MCR, R$ 750,00. Tr. (45) 9149-0307 (tim).

COROLLA XEI, vendo, ano 2008/08, flex, manual, R$ 33.000,00. Tratar pelo (45) 9129-1359.

F-1000, vendo, ano 94, mwm, turbo, c/ ar, valor a combinar. Tr. (45) 99931855 com Ruben. FIELDER, vendo, ano 2005, automático, abs, roda liga leve, ar-cond., DH, vidro elét., faról de neblina, limpador traseiro, R$ 26.000,00. Tr. (45) 99728184 com Ildemar. FUSCA, vendo, ano 68, original, valor a combinar. Tr. (45) 3254-2074 ou 91340593 com Jeverson. FUSION, vendo, ano 2007/ 08, prata, valor a combinar. Tr. (45) 9911-9596. GOL CL 1.6, vendo, ano 99, revisado, valor a combinar. Tr. (45) 9936-5937.

APARTAMENTO, alugo, 73m², c/ 2 quartos, sala, cozinha, lavand., Av. Maripá, nº 1015, em cima da Dipar Auto Peças, centro, MCR, R$ 570,00, incluso água. Tr. (45) 9909-8313. APARTAMENTO, alugo, aprox. 130m², c/ 2 quartos, suíte, sala c/ 2 ambientes, demais dependências, no centro, MCR, valor a combinar. Tr. (45) 2031-0220 (após 17h30). APARTAMENTO, alugo, c/ 2 quartos, sala, cozinha, lavand., bwc, churrasq., garagem coberta, parabólica coletiva, portão elet., R. Concordia, nº 11 4 9 , J d . U n i v e r s i t á r i o , MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9978-5714. APARTAMENTO, alugo, pequeno, c/ 2 quartos, sala, cozinha, lavand., bwc, sacada, garagem, p/ casal sem filhos, R. 7 de Setembro, nº 436, fundos Darom Móveis, MCR, R$ 560,00, incluso água e condomínio. Tr. (45) 3254-3141 ou 9930-5300.

ASTRA SEDAN 2.0, vendo, ano 2011, preto, flex, automático, completo, airbag duplo, ar digital, cd original, piloto autom., único dono, impostos 2014 quitados, R$ 37.500,00. Tr. (45) 9986-9262. BMW, vendo, ano 94, completo, bancos de couro, cd, R$ 19.700,00. Tr. (45) 3254-9143 ou 9961-2670.

GOL G5 1.0, vendo, ano 2011, prata, completo, airbag, abs, retrovisor elét., som, alarme na chave, 25.000km, R$ 27.990,00. Tr. (45) 9954-4696 ou 8422-6025. GOL QUADRADO 1.6, vendo, ano 85, 4 marchas, R$ 4.900,00, aceito troca de maior valor. Tr. (45) 9941-3550.

SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

GOL SPECIAL 1.0, vendo, ano 99/00, azul, básico, valor a combinar. Tr. (45) 9934-6169.

SANDERO EXPRESSION 1.6, vendo, ano 2013, completo, 17.000km, valor a combinar. Tr. (45) 9936-5937.

GOLF SPORTLINE 1.6, vendo, ano 2011, preto, completo, doc. 2014 quitado, ótimo estado, R$ 42.900,00, aceito moto ou carro de menor valor. Tr. (45) 9909-8313.

SAVEIRO 1.6, vendo, ano 2003/03, cinza, álcool, completa, bom estado, valor a combinar. Tr. (45) 9848-6028 ou 3282-1095 com Mário.

HILUX SRV, vendo, ano 2006, completo, 4x4, automático, particular, R$ 75.000,00. Tr. (45) 99711100 com Adriano. KA, vendo, ano 2012/13, preto, c/ ar-cond., R$ 23.000,00. Tratar pelo (45) 9916-1010. KADETT 2.0, vendo, ano 92, verde, álcool, ótimo estado de conservação, R$ 5.900,00. Tratar pelo (45) 9989-1505. KOMBI, vendo, ano 75, 6 portas, original, valor a combinar. Tr. (45) 3254-2074 ou 9134-0593 com Jeverson. KOMBI, vendo, ano 86, branca, 9 lugares, valor a combinar. Tratar pelo (45) 9934-6169. MEGANE SEDAN DYNAMIQUE 1.6, vendo ou troco, ano 2008/09, preto, completo, valor a combinar. Tr. (45) 9911-1036 com Jean. PALIO 1.0, vendo, ano 2002, branco, 2 portas, c/ trava, alarme, R$ 10.990,00 ou entrada de R$ 4.000,00 + 37 parcelas de R$ 338,00. Tr. (45) 9994-0990. PAMPA, vendo, ano 89, bom estado, R$ 6.000,00. Tr. (45) 9953-9586 ou 91279533 com Miro. PARATI G3 1.6, vendo, ano 2003, prata, completa, pneus novos, R$ 18.500,00. Tr. (45) 99931855 com Ruben.

SAVEIRO G3 1.6, vendo, ano 2000, vermelha, c/ arcond., R$ 16.990,00. Tr. (45) 9954-4696 ou 8422-6025. SAVEIRO, vendo, ano 2007, básica, revisada, valor a combinar. Tr. (45) 9936-5937. SAVEIRO, vendo, ano 2014, 0km, completa, valor a combinar. Tr. (45) 9936-5937. SAVEIROS, vendo, 2, ano 2011, completas, revisadas, valor a combinar. Tr. (45) 9936-5937. SCENIC 2.0, vendo, ano 2001, prata, 8v, completo, airbag, ótimo estado, R$ 14.500,00, aceito moto. Tr. (45) 9909-8313. SIENA EL, vendo, ano 2009/10, verde, flex, completo, computador de bordo, impostos 2014 pagos, placa A, impecável, R$ 25.000,00. Tr. (45) 9951-2039. SILVERADO, vendo, ano 97, diesel, turbo, 6c, completa, R$ 29.990,00. Tr. (45) 9919-6646 com Mauro.

STRADA TREKKING 1.4, vendo, ano 2010, flex, completa, cabine estendida, R$ 26.000,00. Tr. (45) 99044099 com Jandir. TL 75, vendo, motor 1600, original, valor a combinar. Tr. (45) 3254-2074 ou 91340593 com Jeverson. UNO FIRE ECONOMY 1.0, vendo, ano 2009, revisado, ótimo estado, R$ 16.000,00. Tr. (45) 99931855 com Ruben. UNO MILLE FIRE, vendo, ano 2008, branco, flex, básico, pneus novos, ótimo estado, R$ 13.900,00. Tr. (45) 9909-8313. UNO WAY, vendo, ano 2010, vermelho, com arcond., 54.000km, R$ 17.990,00, aceito troca. Tr. (45) 9994-0990. UNO, vendo, ano 2000/01, 2 portas, R$ 8.000,00. Tr. (45) 9904-4099 com Jandir. VARIANT, vendo, ano 72, original, valor a combinar. Tr. (45) 3254-2074 ou 91340593 com Jeverson. VECTRA EXPRESSION, vendo, ano 2009, prata, completo, valor a combinar. Tr. (45) 9134-0593 com Jeverson. VECTRA GLS 2.0, vendo, ano 97, verde, pneus novos, revisado, impecável, R$ 15.000,00. Tr. (45) 9989-1505.

STILO 1.8, vendo, ano 2003, prata, completo, 8v, rodas aro 17, doc. 2014 pago, ótimo estado, R$ 21.000,00. Tratar pelo (45) 9909-8313. STRADA ADVENTURE LOCKER 1.8, vendo, ano 2010, preta, flex, completa, cd original, cibié, rodas liga leve, placa A, impostos 2014 quitados, cabine estendida, impecável, R$ 36.500,00. Tr. (45) 8803-6565.

VECTRA GLS 2.2, vendo, ano 2001, prata, completo, ar digital, R$ 18.990,00. Tr. (45) 9954-4696 ou 8422-6025. VECTRA GLS 2.2, vendo, ano 99/99, prata, completo, ótimo estado, R$ 16.800,00. Tr. (45) 9948-3988 ou 32543331 com Douglas. VERONA GLX EUROPEU, vendo, ano 94, completo, álcool original, c/ rodas, som, trava e vidro elét., regulagem banco motorista e volante, manual, R$ 6.500,00. Tr. (45) 9919-8954. VERSAILLES 1.8, vendo, ano 96, verde, completo, R$ 7.000,00. Tratar pelo (45) 9977-6280.

CAMINHÃO, vendo, ano 2001/01, GMC 15190, munck p/ 20 toneladas, reduzido, trucado, valor a combinar. Tr. (45) 9129-1359. CAMINHÃO, vendo, ano 89, Cargo 2218, trucado, 4 pneus novos, bom estado de conservação, valor a combinar. Tr. (45) 8825-0992. CIVIC EX, vendo, ano 2000, completo, bancos em couro, cd, R$ 17.900,00. Tr. (45) 32549143 ou 9961-2670.

BIZ 125 KS, vendo, ano 2007, preta, sem partida, doc. 2014 pago, c/ trava, corta corrente, R$ 3.800,00. Tr. (45) 9991-4477. CBX 250 TWISTER, vendo, ano 2008, vermelha, pneus novos, revisada c/ garantia, impecável, valor a combinar. Tr. (45) 9855-9195.


SÁBADO, 12 DE ABRIL DE 2014

CONSÓRCIO CONTEMPLADO, vendo, p/ imóvel, crédito R$ 60.700,00, entrada R$ 15.500,00, assume 72 parcelas de R$ 1.093,50. Tr. (45) 3254-5050 ou 99994847 na CredCerto.

CG 150 FAN ESI, vendo, ano 2011, prata, flex, 10.200km, R$ 5.100,00, aceito troca. Tr. (45) 9941-3550. CG 150 KS, vendo, ano 2005, vermelha, R$ 3.000,00. Tr. (45) 9941-3550.

CONSÓRCIO NOVO, vendo, p/ imóvel, crédito R$ 35.777,38, assume 75 parcelas de R$ 659,48. Tr. (45) 3254-5050 ou 9999-4847 na CredCerto.

CG 150, vendo, ano 2008, c/ partida elét., R$ 4.300,00. Tr. (45) 9944-1983 ou 32841185 com Rui. CG TITAN 150 ES, vendo, ano 2007/08, preta, R$ 4.300,00. Tr. (45) 9914-6553 com Meri. CG TITAN KS, vendo, ano 2003/03, prata, ótimo estado, R$ 3.000,00. Tr. (45) 3254-4140 com Fabiani. DREAM, vendo, ano 96, valor a combinar. Tr. (45) 3284-2263. SHADOW 600, vendo, ano 2000, preta, R$ 15.900,00, aceito troca. Tr. (45) 9941-3550. XLR 125, vendo, ano 98/ 98, vermelha, R$ 2.500,00. Tr. (45) 8801-6050. XTZ 125 X, vendo, ano 2012/12, c/ 2.000km, valor a combinar. Tr. (45) 99734406 com Eldor.

BARRACÃO, vendo, prémoldado, instalado, valor a combinar. Tr. (45) 99544696 ou 8422-6025. BORRACHARIA, vendo, c/ clientela formada, ótima localização, em MCR, valor a combinar, preço de o c a s i ã o . Tr. ( 4 5 ) 3 2 5 4 8670 ou 9942-9445 com Adriano ou Marcia.

YBR FACTOR 125 E, vendo, ano 2008/09, prata, R$ 3.200,00. Tr. (45) 9952-1092 com Sidinei. YBR FACTO R 1 2 5 K, vendo, ano 2008/09, prata, bem conservada, R$ 3.500,00. Tr. (45) 32544140 com Fabiani. YBR FACTO R 1 2 5 K, vendo, ano 2010/11, vermelha, revisada, R$ 4.500,00. Tr. (45) 32544140 com Fabiani.

BARRACÃO, vendo, prémoldado, 10x10, 6mm, 4m de altura, entrego instalado, R$ 8.000,00. Tr. (45) 9969-9004.

CANÁRIO, vendo, Belga, valor a combinar. Tr. (45) 3254-8284. CAPOTA MARÍTIMA, vendo, p/ Hilux, c/ acionamento elét., não deixa a tampa abrir, impermeável, valor a combinar. Tr. (45) 3284-2498 ou 9936-6869 com Kelvin.

MÁQUINA, vendo, de milk shake, Tecsoft, c/ 3 sabores, na garantia, R$ 28.000,00, aceito troca. Tr. (45) 9977-1304. MOTOR, vendo, de popa, Mercury 25hp, ano 2011, R$ 5.300,00. Tr. (45) 9918-8999 ou 3254-9339 com Marcos. OFERTA DE TRABALHO p/ serviços gerais, p/ rapaz, necessário possuir cnh, interessados. Tr. (45) 32547707 ou 3254-1361.

FILHOTE, vendo, Yorkshire, c/ 50 dias, macho, valor a combinar. Tr. (45) 99112312 com Eliete.

OFERTA DE TRABALHO p/ auxiliar de soldador, salário R$ 1.000,00, interessados. Tr. (45) 9904-5335 (tim) ou 9103-7852 (vivo). OFERTA DE TRABALHO p/ eletrotécnico, salário R$ 1.200,00, interessados. Tr. (45) 9904-5335 (tim) ou 9103-7852 (vivo). OFERTA DE TRABALHO p/ mecânico de refrigeração, salário R$ 1.200,00, interessados. Tr. (45) 9904-5335 (tim) ou 9103-7852 (vivo). OFERTA DE TRABALHO p/ motoboy, interessados. Tr. (45) 8405-1369 com Luiz.

PONTO DE XEROX, vendo, em faculdade, todo equipado, valor a combinar. Tr. (45) 9938-2026.

VENDO, compresor e escadas, Schulz, usados, valor a combinar. Tr. (45) 99124977 com Fabio. VENDO, loja e bazar livraria, c/ clientela formada, no centro, Pato Bragado, valor a combinar, aceito carro. Tr. (45) 9915-2772.

PROCURO trabalho como diarista, na parte da ta r d e , i n t e r e s s a d o s . Tr. (45) 9815-6499. REBOQUE, v e n d o , p / barco, marca São Paulo, valor a combinar. Tr. (45) 3254-4140. TELEVIGO CONTRATA vendedor externo, salário + comissão, plano de saúde e vale alimentação, interessados enviar currículo p/: ricardo.branda@televigo.com.br ou Tr. (45)3254-1013. TRAILER, vendo, p/ camping, mobiliado, completo, c/ 2 camas de casal, mesa p/ 4 pessoas, fogão, pia, frigobar, ar-cond., televisor, bwc, barraca adicional c/ 2 colchonetes, R$ 35.000,00. Tr. (45) 8827-2299.

FILHOTES, vendo, Pequinês, Shih-tzu, Lhasa Apso, vacinados e desverminados, valor a combinar. Tr. (45) 3254-3025 ou 9985-3400 com Nelli.

BEZERROS, vendo, 18, diversas raças, valor a combinar. Tr. (45) 32847788 ou 9958-6566 com Dionisio ou Jair. GRANJA, vendo, 1.450 suínos, integrada BRF (Sadia), próx. a Toledo, valor e prazo a combinar, aceito imóveis na troca. Tr. (45) 9921-9255 ou 8840-6226, Creci 21.288. OVELHAS, vendo ou troco, 2, reprodutoras, Staines, valor a combinar. Tr. (45) 9911-2312 ou 9971-2858. PEIXES, vendo, tilápia, pacú e carpa, entrego na casa, valor a combinar. Tr. ( 4 5 ) 9 9 3 4 - 8 8 7 5 o u 9105-2280. POTRANCA, vendo, Quarto de Milha, c/ 3 anos, prenha de 2 meses, valor a combinar. Tr. (45) 9959-5408.

FREEZER, vendo, 420lts, R$ 500,00. Tr. (45) 8801-5060.

CAPOTA MARÍTIMA, vendo, p/ Hilux, em fibra, preto, c/ santo antonio, valor a combinar. Tr. (45) 9977-1304. CONSÓRCIO CONTEMPLADO, vendo, p/ imóvel, crédito R$ 146.000,00, entrada R$ 49.000,00, assume 131 parcelas de R$ 1.475,00. Tr. (45) 3254-5050 ou 99994847 na CredCerto.

PARA ASSINANTES

2,00 15/04/2014 R$

Este cartão é válido somente para a edição do dia FREEZER, vendo, expositor, c/ 5 portas, 220v, ideal p/ mercado ou panificadora, valor a combinar. Tr. (45) 9969-4646 com Antonio. INSTALADOR DE ANTENAS, parabólicas, sky e digitais, consertos e instalações em geral, interessados. Tr. (45) 9945-6693 com Marcio. LANCHA, vendo, 19 pés, motor Yamaha 115hp, ano 2004, c/ som, estofamento novo, impecável, R$ 33.000,00, aceito carro. Tr. (45) 9909-8313.

Marcar com X:

Compro Vendo

Troco

Preciso para alugar Ofereço para alugar

Produto: ---------------------------------------------- Marca: --------------------------------Novo/usado/ano: ----------------------------------- Valor: ---------------------------------Obs.: ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Tratar com: ------------------------------------------ Fone: ---------------------------------Endereço: -------------------------------------------- Cidade: -------------------------------Remetente: ------------------------------------------ Fone: ---------------------------------Assinatura do responsável: ----------------------------------------------------------------Obs.: Não nos responsabilizamos pela publicação de cartões rasurados e por informações incorretas. Entregue este cartão na recepção do Jornal O Presente entre 08 e 12 horas do dia 14/04/2014.

Recorte na linha pontilhada

ANTENAS, instalações, manutenção e atualização, p/ aparelhos az-box, azamérica, probox, superbox, etc, atendo MCR e região, interessados. Tr. (45) 99344624 com Gilson.

FAÇO serviços de pinturas e soldas em portões, grades, janelas, portas e calhas, interessados. Tr. (45) 9909-8309 ou 9933-4262.

39

LOJA DE PRODUTOS NATURAIS, vendo, c/ clientela formada, no centro, MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9928-3865.

OFERTA DE TRABALHO p/ auxiliar de cozinha, entregador e garçon, c/ experiênca, p/ período noturno, interessados. Tr. (45) 3254-1089 (após 18hs) com Vera.

CONSÓRCIO, vendo, contemplado, p/ veículo, crédito R$ 36.400,00, entrada R$ 18.000,00, assume 39 parcelas de R$ 590,00. Tr. (45) 9134-5732.

CÂMARA FRIA, vendo, p/ congelados ou resfriados, 7,80x3,00, c/ módulos, usada, R$ 5.000,00, aceito moto. Tr. (45) 9134-6360.

O PRESENTE |

MOTOR, vendo, Yamaha, 15hp, valor a combinar. Tr. (45) 3254-4140.

CADEIRA, vendo, p/ massagem, eletrônica, seminova, valor a combinar. Tr. (45) 9973-4406 com Eldor.

YBR 125 ED, vendo, ano 2005/05, prata, toda revisada, R$ 3.200,00. Tr. (45) 9941-1088 com Marcos.

YBR 125 K, vendo, ano 2008/08, preta, bem conservada, R$ 3.500,00. Tr. (45) 9941-1088 com Marcos.

CONSÓRCIO NOVO, vendo, p/ moto, crédito R$ 5.000,00, assume 38 parcelas de R$ 168,42. Tr. (45) 3254-5050 ou 9999-4847 na CredCerto.

CACHORRO, vendo, Golden Retriever, c/ pedigree CBKC, microchipado, c/ 60 dias, 1ª vacina importada, valor a combinar. Tr. (45) 9935-1610 com Lincon.

YBR 125 E, vendo, ano 2005/05, prata, bom estado, R$ 3.300,00. Tr. (45) 99521092 com Sidinei.

YBR 125 K, vendo, ano 2005/05, preta, R$ 3.000,00. Tr. (45) 99146553 com Meri.

CLASSIFICADOS


Sテ。ADO, 12 DE ABRIL DE 2014

Ediテァテ」o 3817 - O PRESENTE | 01

Continua


02 | O PRESENTE - Ediテァテ」o 3817

EDITAIS

Sテ。ADO, 12 DE ABRIL DE 2014

Continua


Sテ。ADO, 12 DE ABRIL DE 2014

EDITAIS

Ediテァテ」o 3817 - O PRESENTE |

Continua

03


04 | O PRESENTE - Ediテァテ」o 3817

EDITAIS

Sテ。ADO, 12 DE ABRIL DE 2014


04-12-2014.pdf