Page 1


02 | O PRESENTE

EDITORIAL

Ações e reações A bandidagem anda dando o que falar em nossa infinidade de golpes, que, apesar de bastante conheciregião. A começar pela quantidade de crimes. Em dos, ainda continuam fazendo vítimas. Santa Helena, nesta semana, em poucas horas a Na quarta-feira (08), por exemplo, um rondopolícia registrou quatro furtos e um assalto. nense caiu no “golpe do parente” e perdeu R$ 3 Outro detalhe que chama a atenção é a violência mil. O enredo da história é sempre o mesmo. Um com que têm agido os assaltantes.No distrito santabandido liga para alguém e se intitula como um helenense de São Roque, uma loja foi assaltada em parente que está em viagem e, com problemas em plena luz do dia. Por volta das 10 horas de terça-feira seu veículo à beira da estrada, precisa de dinheiro (07), dois elementos armados entraram no estabelecipara solicitar serviço mecânico. mento, agrediram um funcionário e obrigaram o De uma forma geral, não se sabe o que leva os proprietário a abrir o cofre e lhes entregar cerca de assaltantes a agir com mais violência ultimamente, R$ 3 mil em dinheiro. Após pegar o dinheiro, o mesmo obtendo dinheiro de suas vítimas; se o fazem marginal aplicou uma coronhada na cabeça da vítipor estarem sob efeito de drogas ou por livre e ma, mesmo sem ela ter reagido. espontânea vontade de agredir ou matar. Que dizer então do recente Em casos de assalto, é difícil episódio que chocou a sociedade imaginar quem será a próxima É preciso mais atenção antes de guairense? Praticamente a mesvítima. Nem sempre também é qualquer ação, seja na hora de ma história, com o agravante de possível evitar. Ainda assim, todo efetuar um depósito, fazer o que em Guaíra o empresário foi cuidado é pouco na intenção de morto. Eliaurio Caovilla entre- pagamento de um boleto ou sacar prevenir o pior. dinheiro para entregar a pessoas gou o dinheiro que havia na gaveJá em relação aos furtos, muidesconhecidas, bem como na hora ta de seu escritório, em sua emtas vezes eles acontecem por certos de acreditar em ligações estranhas/ presa, ao ser surpreendido por descuidos ou por falta de medidas suspeitas. Há muita malandragem assaltantes na tarde do dia 09 de que ajudam em termos de seguespalhada por todo o lugar. É dezembro, e mesmo sem reagir, rança. Câmeras de segurança ou muita gente querendo tirar levou um tiro, vindo a falecer. proveito da ingenuidade ou falta empresas de monitoramento poSe a ousadia é tamanha em de atenção das pessoas. Por isso, dem representar um custo a mais, plena luz do dia, imagine nas no mundo dos espertos, as pessoas mas podem fazer a diferença na madrugadas adentro. hora da ação de um bandido. precisam ficar mais espertas A ação registrada em uma Geralmente, eles evitam agir em loja de Marechal Cândido Ronambientes monitorados. Nestes don, ocorrida possivelmente na madrugada de docasos, investir para prevenir vale a pena. Ninguém mingo (05) para segunda-feira (06), surpreendeu quer ter prejuízos, e em função de qualquer descuido não somente os proprietários do estabelecimento, pode ser tarde demais. mas a comunidade em geral. A empresa, localizada Em casos de golpes, as pessoas precisam ficar bem no centro da cidade, recebeu a visita de ladrões mais atentas. Estamos “carecas” de saber de casos e ficou com um prejuízo de aproximadamente R$ envolvendo “bilhetes premiados”, cavalo-louco, do 100 mil. Neste caso, o que chamou a atenção foi o parente que precisa de ajuda, de boletos falsos... É fato de o furto envolver especificamente roupas de preciso mais atenção antes de qualquer ação, seja na marca. Foram levadas em torno de mil peças de hora de efetuar um depósito, fazer o pagamento de um roupas, principalmente camisas da marca Dudaliboleto ou sacar dinheiro para entregar a pessoas na, que são vendidas, cada uma, ao valor aproxidesconhecidas, bem como na hora de acreditar em mado de R$ 300. Para levar todos os produtos, deve ligações estranhas/suspeitas. Há muita malandrater sido necessário o uso de um carro espaçoso. O gem espalhada por todo o lugar. É muita gente caixa da loja nem chegou a ser “visitado”. querendo tirar proveito da ingenuidade ou falta de As estratégias usadas pelos bandidos são muitas. atenção das pessoas. Por isso, no mundo dos espertos, Além dos furtos, roubos e assaltos, há ainda uma as pessoas precisam ficar mais espertas.

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

EMBARGO E INTERDIÇÃO Olá meus amigos leitores. Hoje tratarei de um tópico de muita importância para os empresários: a interdição e o embargo da obra ou empresa. Vivemos em um mundo em que o bom perfil empreendedor é o divisor de águas para sobreviver em um mercado tomado por altas cargas tributárias e com elevado custo produtivo, além de uma concorrência muito competitiva. Por consequência deste sucesso empreendedor e da superação de seus desafios, sua empresa cresce rapidamente e, o que é muito comum acontecer, desordenadamente. Isto porque você manteve foco nos negócios e esqueceu dos detalhes que nunca imaginaria que poderia te preocupar no futuro. Dentre os detalhes, quero falar do cumprimento das normas de segurança do trabalho, que podem levar boa parte dos teus lucros embora, direta ou indiretamente. Você sabe o que é risco grave e iminente? É a situação em que você pode estar condicionando alguns de seus funcionários sem saber e que é a condição automática para que o Ministério do Trabalho interdite uma máquina, processo, atividade ou a empresa toda. O embargo é o mesmo, porém é aplicado a uma obra de construção. Prezado empresário, muitos podem vir falar que trabalharam 25 anos nessas condições, ou até piores, e que nada aconteceu. Eu, você e muitos outros tivemos colegas ou parentes que dirigiam o carro acima da velocidade permitida durante 20 ou 30 anos e nunca aconteceu nada até o dia que sofreram um grave acidente, o qual poderia ter sido evitado ou minimizado os danos apenas com velocidade segura. Enfim, gosto de comparar as situações de segurança do trabalho com as situações de trânsito, pois os princípios são os mesmos. Ninguém inventou os números de limites de tolerância ou de velocidade; eles foram estudados por equipes de profissionais com muita experiência. Portanto, confie nesses números e leve-os a sério. Da mesma forma são as exigências das normas regulamentadoras, as quais são elaboradas por uma comissão tripartite, na qual estão representantes dos empregados, dos empregadores e do governo, que sentam e “concordam” com cada item descrito nas atuais 36 Normas Regulamentadoras, além da consulta popular. É importante lembrar que o custo para desenrolar um procedimento de embargo é muito alto. O empresário tem o custo de contratar engenheiros, que podem ser mais de um dependendo da situação, advogados, empresas terceirizadas. O custo de paralisação, o qual pode ser extenso em função de prazos e da demora para o cumprimento dos cronogramas dos serviços. Alguns ajustes nem sempre podem ser resolvidos de imediato. Além disso, os processos de documentação a serem protocolados no Ministério do Trabalho devem ser realizados na Regional de Foz do Iguaçu, o que demanda tempo e dinheiro para deslocamento, e nem sempre é resolvido em uma única viagem. Agora eu pergunto: você está disposto a correr o risco de ter que passar por tudo isso? Enfim, com tantas mudanças e variáveis que vivemos em nossas atividades profissionais, sempre estamos terceirizando muitas tarefas e áreas de conhecimento. Assim é com a contabilidade, em que paga-se um contador para resolver toda burocracia. Também se paga um advogado para desenrolar assuntos de Direito. É recomendável que, se ainda não contratou um profissional da área de segurança do trabalho, faça-o com a mesma preocupação que você tem com o “leão” e com a Justiça. A fiscalização trabalhista está aumentando, pois novos fiscais estão em atividade, e como diz o velho ditado, mas muito válido e de grande sabedoria, é melhor prevenir do que remediar. Um abraço e até o próximo artigo. * O autor é engenheiro de Segurança do Trabalho e consultor na área de Segurança do Trabalho gustavoatk@hotmail.com


SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

O PRESENTE |

Faville tem processo movimentado A 1ª Promotoria de Justiça de Marechal Cândido Rondon deve se manifestar, nos próximos dias, a respeito do processo que envolve o Grupo Zadville. Os autos foram remetidos nesta semana para o Ministério Público visando obter apreciação. A propósito, esse processo, que culminou com a sentença que declarou a falência do Grupo Zadville, anda a todo vapor. O processo corre na Vara Cível da comarca e, somente durante o mês de dezembro, hou-

ve 216 movimentações no processo. E 2014 começou com movimentações já no segundo dia. Neste mês de janeiro houve sete movimentações, segundo consta da consulta pública do Projudi. Dentre elas está a habilitação de partes como o Banco Rural S/A e a FIDC Brazil Plus Multisegmentos. No mês passado, também houve habilitação do Banco Votorantim S/A, da Cyklop do Brasil Embalagens, Film Trading Importação e Representação, e ainda da Taipa Securitizadora.

Caiu um quarto A emissão de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), primeira habilitação, registrou queda em Marechal Cândido Rondon no ano passado, segundo dados do Detran-PR obtidas por este periódico. Enquanto em 2012 foram feitas 1.808 novas habilitações, em 2013 caiu para 1.371, o que representa um recuo de aproximadamente 24%. Significa uma redução de quase um quarto, ou seja, menos 437 novos motoristas no trânsito. Se houve queda no ano passado, em 2014 o número pode se manter estável ou até mesmo cair novamente, já que a carteira de motorista vai ficar ainda mais cara. Isso porque, por determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a partir deste ano as autoescolas terão que oferecer um simulador de direção para os candidatos à obtenção da CNH. As autoescolas terão que investir pesado no equipamento para ofertar as aulas simuladas em vídeo e, evidentemente, os custos serão repassados aos alunos. A estimativa de empresários do setor é de que vai aumentar entre 15% e 20% o valor para tirar a habilitação. O Detran-PR informa que por enquanto ainda não está sendo exigido o uso do simulador e não foi estipulado prazo para a implantação deles nos CFCs.

ONG armada? A atuação da ONG Arca de Noé no município de Marechal Cândido Rondon tem sido tão incisiva que pode até mesmo estar colocando em risco alguns de seus integrantes. Como os maus-tratos a animais configuram crime ambiental e os membros da ONG realizam denúncias, acabam desagradando os agressores. Diante do risco, houve até quem cogitou passar a carregar consigo uma alternativa de autodefesa.

Fatias desproporcionais Em entrevista a este diário nesta semana, o economista e advogado rondonense Itamar Dall’Agnol tocou no assunto que fere os municípios: a forma de divisão do bolo arrecadado pelo governo brasileiro. “É uma pena que os municípios ficam com apenas 5,6% dos impostos arrecadados, os Estados ficam com cerca 15%, enquanto a União fica com 79% da tributação das empresas brasileiras”, mencionou. A observação ocorreu em seguida à constatação positiva do superávit da balança comercial de Marechal Cândido Rondon. “Os municípios têm algum incremento (com o faturamento das empresas locais), mas é insignificante em relação ao retorno que a União tem, pois na hora de prestar assistência à população, os primeiros recorridos são os governos municipais”, ressalta. “Existe a percepção em nível de Congresso Nacional de que há necessidade de uma revisão na distribuição de receitas para que os municípios não precisem mendigar o seu direito em Brasília, já que os tributos são gerados na base”, alfineta.

03

Porta aberta ao “playboy” Mesmo depois do PT descer a lenha em Eduardo Campos (PSB), chamando-o de “playboy” e “oportunista”, a presidenta Dilma e seus auxiliares não pretendem fechar todas as portas. Segundo o jornal Valor Econômico, a ideia é deixar espaços, na reforma ministerial, que possam abrigar Campos e seu grupo político na hipótese de a eleição presidencial de outubro exigir a realização de segundo turno com Aécio Neves (PSDB). Os aliados da presidenta consideram a “solução caseira” mais sensata porque se Dilma tiver de enfrentar um segundo turno com o PSDB, por exemplo, terá instrumentos para negociar o apoio de Campos. É uma hipótese a cada dia mais distante, devido ao recrudescimento dos ataques entre as duas siglas.

Ra-ra-ra-Ratinho O mapa eleitoral para a eleição de outubro terá muitas voltas e reviravoltas até as convenções partidárias no Paraná, previstas para acontecerem até o final do mês de junho. Com a possibilidade de Ratinho Junior disputar a corrida do Palácio Iguaçu, por imposição do presidenciável Pastor Everaldo (PSC), que deseja um palanque no Estado, agora surgem rumores de que Ratinho Pai poderá disputar uma vaga na Câmara Federal. Ainda no campo das especulações, a possibilidade vem fervendo as pretensões dos candidatos que esperam ir para Brasília. Pelo cálculo dos marqueteiros de plantão, se a candidatura de Ratinho Pai vingar, a legenda poderá fazer entre cinco e oito cadeiras.

Gleisi +

Requião

Quem diria: Gleisi Hoffmann, que se despede da Casa Civil na segunda-feira (13) para se dedicar à campanha ao Governo do Paraná, estaria acenando para o senador Roberto Requião (PMDB-PR), que está cotado para ter sua candidatura à sucessão de Beto Richa lançada por seu partido. Gleisi quer mais tempo de TV e maior chance num segundo turno e sabe que, independente de suas excentricidades, Requião tem um eleitorado quase cativo no Paraná.

Pessuti em campo Orlando Pessuti está a postos. Antes do fim de janeiro, ele e o senador Sérgio Souza (suplente de Gleisi) estarão em Brasília para uma nova jornada de conversas com Michel Temer e com o presidente formal do PMDB, senador Valdir Raupp. E, para fevereiro, Pessuti programa 22 encontros microrregionais para reunir a totalidade dos diretórios em busca de bases para a construção de um consenso prévio. Para março, espera que Temer venha ao Paraná para as comemorações do aniversário do PMDB. A expectativa de Pessuti é de que bem antes da convenção a legenda já tenha decifrado seu enigma.

Comentário do dia “É uma afronta em todos os sentidos propor a realização de um plebiscito para ‘decidir sobre a união civil de pessoas do mesmo sexo’. Os direitos humanos das pessoas não podem ser questionados”. A revolta é do colunista Toni Reis.


04 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

HARTO VITECK

Há pessoas desagradáveis, apesar de suas qualidades, e outras encantadoras, apesar dos seus defeitos. - Das Vias Curitibanas -

harto.viteck@gmail.com

“Tenho certeza de que fui um dos melhores cantores do mundo. Fiz sucesso aqui e lá fora numa época nada globalizada. Fiz shows no Carnegie Hall e Madison Square Garden, em Nova York. Foi grandioso. Lá fora eu não tinha rosto, era só uma grande voz”.

Cotidianas...

Sponholz...

No verão toda a sombra é de menos; no inverno é demais.

Nelson Ned D’Ávila Pinto A vida anda para dar certo.

1947 - 05.01.2014 - músico mineiro-paulistano, conhecido como “pequeno gigante da canção”, que teve o escritor colombiano Gabriel Garcia Marques (Nobel de Literatura) como um de seus grandes fãs. Ned chegou ao estrelato com a música “Tudo passa, tudo passará” (uol.música e g1.globo).

Se cair, do chão não passarás.

“Isto não é paz. É apenas um armistício válido pelos próximos 20 anos. O mundo torce para que, desta vez, o herói esteja equivocado”.

allposters.com

1920: entra em vigor o Tratado de Versalhes

Ferdinand Foch 1851-1929 - militar francês, comandante das potências vencedoras da 1ª Primeira Grande Guerra Mundial.

--------------------------Após mais de quatro anos de combates nas trincheiras de Verdun e nos campos de batalha de Flandres, um desperdício gigantesco de material bélico e milhões de vítimas, o Império Alemão derrotado - teve de assinar o acordo de paz. As condições foram ditadas pelos aliados vitoriosos: França, Reino Unido, Itália, Estados Unidos e outros 28 países a eles associados. Não houve negociações de paz propriamente ditas, o que foi registrado na Alemanha como uma humilhação extrema. Segundo o então ministro alemão das Relações Exteriores, Ulrich Graf von Brockdorff-Rantzau, "não nos iludimos sobre a dimensão da nossa derrota, sobre o grau da nossa impotência. Conhecemos o ímpeto do ódio, que se volta contra nós. Exi-

Em 10 de janeiro de 1920 entrou em vigor o tratado de paz de Versalhes. A Primeira Guerra Mundial estava oficialmente encerrada, mas os termos e as imposições do tratado fomentaram o grande conflito seguinte gem de nós que nos reconheçamos como os únicos culpados pela guerra; tal admissão, saída da minha boca, seria uma mentira".

"INDEFESA, MAS NÃO DESONRADA" Para as potências vitoriosas, tudo já estava fixado de antemão: a Alemanha e seus aliados - Áustria, Hungria, Bulgária e Turquia eram os únicos responsáveis pela eclosão da guerra. Na Alemanha,

uma onda de indignação movimentou todos os partidos políticos, da direita à esquerda. No protesto contra o chamado "ultraje de Versalhes" uniu-se toda a nação alemã, que estava à beira da guerra civil após a revolução de novembro de 1918 e a abolição da monarquia. As exigências dos Aliados eram extremamente duras, porém não mais duras do que o plano de paz que a Alemanha teria imposto aos

derrotados, se tivesse vencido a guerra. Ela teve de abrir mão da Alsácia-Lorena para a França. Importantes centros de produção agrícola e industrial no Leste foram perdidos. As reivindicações de reparações de guerra à Alemanha atingiram a soma astronômica de 132 bilhões de marcos de ouro. Na Alemanha, a assinatura do acordo de paz foi precedida de enormes controvérsias. Em seu pronunciamento diante da Assembleia Nacional, o primeiro-ministro alemão, o social-democrata Gustav Bauer, declarou: "O governo da República Alemã está disposto a assinar o acordo de paz, mas sem admitir com isto que o povo alemão seja o causador da guerra. Assinemos. Esta é a sugestão que faço em nome de todo o gabinete. Não podemos assumir a responsabilidade por uma nova guerra, estamos indefesos. Mas indefeso não significa desonrado".

TRATADO COM CONSEQUÊNCIAS VASTAS O pagamento das reparações de guerra pela Alemanha é, até hoje, um fato curioso. As últimas parcelas de juros e amortização só foram pagas pela República Federal da Alemanha em junho de 1980. Mas o Tratado de Versalhes continua sen-

Poesia Anotada

CORAGEM - de Paulo Coelho*

ACASO Um homem valente não é o homem sem medo, é aquele que não se deixa paralisar por sua insegurança, e segue em frente.

Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única

openculture

e nenhuma substitui outra.

Paulo Coelho 1947 - ... - escritor carioca .......................................................

Se o que você está percorrendo é o caminho dos seus verdadeiros sonhos, comprometase com ele. Não deixe a porta de saída aberta, através da desculpa: "Ainda não é bem isto que eu queria". Esta frase guarda dentro dela a semente da derrota. Assuma o seu caminho, mesmo que precise dar passos incertos, mesmo que saiba que pode fazer melhor o que está fazendo. Se você aceitar suas possibilidades no presente, vai melhorar no futuro, mas se negar suas limitações, jamais se verá livre delas. Enfrente seu caminho com coragem, não tenha medo da crítica dos outros. E, sobretudo, não se deixe paralisar por sua própria crítica. Deus estará sempre com você nas noites insones e enxugará com seu amor as lágrimas ocultas. Deus é o Deus dos valentes.

................................................................................................................................ in: < g1.globo.com/platb/paulocoelho> Acesso: 17.11.2013

................................................................................................................................

Cada um que passa em nossa vida,

do um fator político, como demonstra o exemplo da Hungria. Como aliado da Alemanha, o país perdeu enormes territórios: a Eslováquia, Burgenland, a Eslavônia e a Transilvânia. Na década de 90, políticos nacionalistas voltaram a contestar as atuais fronteiras da Hungria, afirmando que as transformações políticas na Europa oriental e nos Bálcãs teriam anulado a ordem geopolítica de paz, criada em 1920. Até hoje, o Tratado de Versalhes fomentou e criou toda uma série de focos de crise. Por exemplo, o conflito do Alto Ádige, entre a Itália e a Áustria, que gira em torno da fixação da fronteira Norte da Itália no passo de Brennero. Ou o conflito do Oriente Médio, entre os israelenses e os árabes, que tampouco aceitam o Tratado de Versalhes e as suas fronteiras, resultantes da nova divisão do Império Otomano. O mesmo é válido para o direito de autodeterminação dos curdos, que foi prometido, mas nunca concretizado. E até mesmo as antigas colônias alemãs Burundi e Ruanda, na África Oriental, que foram entregues à administração da Bélgica em 1919, devem suas existências como países soberanos ao Tratado de Versalhes. (ta/tta/michelmarek(am)/ dw/veja.abril-hvop)

Cabeça de Coruja O olho do homem serve de fotografia ao invisível, como o ouvido serve de eco ao silêncio. Machado de Assis 1839-1908 - escritor carioca

passa sozinho, mas não vai só nem nos deixa sós. Leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito, mas há os que não levam nada. Essa é a maior responsabilidade de nossa vida, e a prova de que duas almas não se encontram ao acaso.

Antoine de SaintExupéry

.................................................

1900-1944 - piloto e escritor francês

ZUM SCHLUSS “Nossos sonhos podem se transformar em realidade se os desejamos a ponto de correr atrás. A primeira regra de sobrevivência é clara, nada é mais perigoso do que o sucesso de ontem”. De Luiz Felipe Scolari, técnico da Seleção Brasileira,

...............................................

citado em “globoesporte.globo.com” acesso em 04.12.2013


GERAL

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

O PRESENTE |

05

SALÁRIO DO STF

Reajuste gera efeito cascata no Poder Público do PR Aumento para ministros do Supremo será repassado automaticamente, neste mês, para o governador, vice, secretários estaduais, juízes, promotores e conselheiros do TC Arquivo/OP

Em vigor desde o último dia 1º, o reajuste de 4,9% no salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vai gerar um efeito cascata nos vencimentos de outras autoridades federais e estaduais, com impacto significativo nas contas públicas. De acordo com a lei, o salário dos 11 ministros do STF passou de R$ 28.059,29 para R$ 29.462,25. No Paraná, o aumento será automático para o governador Beto Richa, o vice-governador Flávio Arns, os secretários estaduais, os membros do Ministério Público (MP) e os conselheiros do Tribunal de Contas (TC). O contracheque de janeiro de todos eles já virá com o reajuste. Por lei, juízes e desembargadores dos tribunais federais e estaduais recebem automaticamente um aumento proporcional ao reajuste dos vencimentos dos ministros do Supremo. Os desembargadores do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ) terão um aumento de pouco mais de R$ 1,2 mil - o subsídio passa a ser de R$ 26.564,35. Como o TJ tem atualmente 120 desembargadores, o impacto será de quase R$ 150 mil mensais. Já o salário-base dos juízes estaduais passa a ser de R$ 24.302,81 - aumento de quase R$

1,2 mil. Já o subsídio dos 16 juízes substitutos lotados no Paraná ficará pouco mais de R$ 1 mil mais alto. Segundo o site do TJ, há 682 juízes no Paraná. Somando o custo do aumento salarial dos desembargadores e dos demais magistrados paranaenses, a folha salarial do Judiciário do Estado deve ter acréscimo de quase R$ 1 milhão por mês apenas com os vencimentos, sem contar os encargos sociais que incidem sobre o subsídio mensal. Procurada pela reportagem, a assessoria do TJ não informou qual será o custo total do reajuste.

TC E MP O reajuste no STF também será repassado automaticamente para os sete conselheiros do TC. O salário será de R$ 26.564,35 - sem contar os benefícios. A mudança aumentará em R$ 8,6 mil o gasto com a folha de pagamento mensal da instituição. Já o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Paraná, Gilberto Giacoia, recebe o mesmo subsídio do procuradorgeral da República, Rodrigo Janot, que foi automaticamente reajustado para R$ 26.589,67. Não é possível prever, porém, qual o

impacto na folha mensal do MP, já que os subsídios dos demais procuradores e promotores também serão alterados com base no reajuste do procurador-geral. Magistrados da Justiça federal de todo o país também terão um aumento proporcional ao reajuste dos ministros. Os desembargadores federais passarão a receber, por mês, R$ 26.564,35.

MAIS AUMENTO Uma lei federal de dezembro de 2012 definiu reajustes anuais nos vencimentos dos ministros do STF até 2015. No ano que vem, o salário será aumentado para R$ 30.935,36 - o que deve gerar um novo efeito cascata. A partir de 2016, o Supremo terá de enviar a Congresso Nacional um novo projeto de lei para fixar os salários de seus 11 ministros.

EXCEÇÕES Embora o reajuste salarial seja automático para uma série de cargos públicos pelo país, a presidenta Dilma Rousseff (PT) não receberá aumento em função do novo salário dos ministros do STF. Atualmente, o salário bruto da presidenta é de R$ 26.723,13. Para

Embora o reajuste salarial seja automático para uma série de cargos públicos pelo país, Dilma Rousseff não receberá aumento em função do novo salário dos ministros do STF. Atualmente, o salário bruto da presidenta é de R$ 26.723,13

ter direito ao aumento, o reajuste tem de ser aprovado pelo Congresso Nacional. O mesmo ocorre com o subsídio dos membros do Legislativo - senadores, deputados federais, estaduais e vereadores. Os prefeitos também

dependem da permissão de vereadores para promover qualquer reajuste no seu salário. No caso de Curitiba, segundo a assessoria da prefeitura, Gustavo Fruet (PDT) não pretende pedir o aumento.

Richa anuncia que irá doar R$ 1,4 mil O salário do governador Beto Richa sofrerá a partir deste mês aumento automático de R$ 28.059 para R$ 29.462. A assessoria do Governo do Estado informou, porém, que Richa irá doar o valor do reajuste - R$ 1.402,96 - para uma instituição de apoio a crianças a ser escolhida pela Secretaria Estadual de Ação Social. Já o salário do vice-governador Flávio Arns passará de R$ 26.656,32 para R$ 27.989,13. Os 29 secretários de Estado terão um reajuste de quase R$ 1 mil nos subsídios - que será de R$ 20.623,57. O impacto do reajuste para o primeiro escalão estadual é de R$ 30 mil mensais.


GERAL

06 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

BRASIL

Gastos com estádios superam repasse para educação

Em nove das 12 cidades que sediarão a Copa, financiamento para os estádios é maior do que os repasses para a educação Nove dos 12 municípios que sediarão a Copa do Mundo de 2014 receberam mais repasses federais para a construção e reforma de seus estádios do que recursos para a educação no período entre 2010 e setembro de 2013. Levantamento feito pela Agência Pública a partir de dados da ControladoriaGeral da União (CGU) revela que apenas Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo receberam mais dinheiro federal para a educação do que para as obras das arenas esportivas. O cálculo da Agência Pública levou em conta apenas os repasses federais para os municípios, sem os valores desembolsados pelos Estados e pelas próprias prefeituras. Em Recife, por exemplo, a construção da Arena Pernambuco recebeu um financiamento três vezes maior do que o que o governo federal repassou para a educação

na capital pernambucana. O financiamento tomado pelas unidades da federação para construir ou reformar as praças esportivas, no valor máximo de R$ 400 milhões, devem ser pagos com juros ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). No Paraná, o repasse federal para a educação nos últimos quatro anos foi de R$ 99 milhões, enquanto o financiamento federal do estádio, em Curitiba, chegou a R$ 234 milhões. EXCEÇÕES Das sedes, a única que não teve investimento direto da União na construção do estádio foi Brasília. Toda a verba usada até agora para a reforma do Estádio Nacional Mané Garrincha saiu dos cofres do governo do Distrito Federal. Mais especificamente da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap),

que tem o governo federal como sócio minoritário. Entre 2010 e setembro de 2013, informa a Agência Pública, a capital do país recebeu R$ 33 bilhões para a educação. O valor entra na conta do GDF pelo Fundo Constitucional do DF, uma espécie de aluguel pago pela União por Brasília ser a sede dos poderes da República. A verba deve ser usada exclusivamente em educação, saúde e segurança pública. Para financiar a reforma do Maracanã, o governo do Rio de Janeiro tomou emprestados do BNDES R$ 400 milhões. De 2010 até setembro, a União repassou R$ 1,6 bilhão para a educação. Em São Paulo, cujo estádio está sendo construído pela iniciativa privada, houve o financiamento de R$ 400 milhões. Maior cidade do país, a capital paulista teve o repasse de R$ 465 milhões.

Endividamento atinge 62% das famílias brasileiras O estudo Perfil do Endividamento das Famílias Brasileiras em 2013, realizado pela Divisão Econômica da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) com base nos resultados mensais da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), mostra que, em 2013, houve crescimento de 7,5% do número médio de famílias endividadas, com o percentual de endividados alcançando a média anual de 62,5% do total das famílias brasileiras. Entretanto, os indicadores de inadimplência não apresentaram a mesma tendência, mostrando crescimento anual apenas no segundo semestre.

A média anual do percentual de famílias com contas ou dívidas em atraso e do percentual sem condições de pagar seus débitos foi de 21,2% e 6,9% do total de famílias, respectivamente. Em 2013 houve continuidade do processo de melhoria no perfil de endividamento das famílias, com avanços na composição, prazos e comprometimento de renda. “A alta do endividamento das famílias brasileiras em 2013 está associada à manutenção de uma tendência de crescimento das concessões de crédito às pessoas físicas, embora em ritmo mais moderado que o observado nos anos anteriores e concentrado em algumas modalidades”, afirma a economista

Marianne Hanson. Apesar do aumento do número de famílias endividadas, alguns indicadores da pesquisa apontam uma melhora do perfil de endividamento - isso pode ser explicado pelo alongamento dos prazos do crédito. E ainda que os indicadores de endividamento tenham apresentado resultados, em geral, mais favoráveis, as altas do custo do crédito nos últimos meses, em termos reais, por meio das elevações das taxas de juros ofertadas pelas instituições financeiras, juntamente a taxas menores de crescimento da renda, tendem a elevar o comprometimento da renda com dívidas, como se observou no último trimestre de 2013.

Comércio teve o menor crescimento em dez anos O movimento dos consumidores no comércio varejista aumentou 5,2% ao longo do ano passado sobre 2012, mas essa alta foi a mais baixa dos últimos dez anos, segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. Até agora, o menor nível no período de 2004 a 2012 tinha sido registrado em 2009, quando a demanda havia crescido 6,1%. Naquele ano, as atividades do setor sofreram o impacto da crise financeira internacional de 2008.

Para os economistas da Serasa Experian, o desempenho de 2013 reflete a situação mais desfavorável da economia. “Foi fruto da escalada das taxas de juros no mercado doméstico, da alta da inflação, especialmente durante o primeiro semestre do ano, e do menor grau de confiança dos consumidores, ainda em situação de elevado endividamento e, por isso, mais preocupados em sair da inadimplência do que em assumir novos financiamentos”, explicam.

O setor de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas cresceu acima da média, com expansão de 6,4%. No segmento de combustíveis e lubrificantes foi constatada elevação de 4,5%; nas lojas de veículos, motos e peças a alta foi 3,8% e em pontos de venda de material de construção, 3,7%. As menores taxas de crescimento ocorreram nas lojas de tecidos, vestuário, calçados e acessórios (3,3%) e nos estabelecimentos de móveis, eletroeletrônicos e informática (3,1%).

Atenções divididas Os políticos brasileiros - o Paraná não é exceção - estão com "um olho no padre, outro na missa". É que, apesar da Copa do Mundo, que está a exigir a atenção de todos especialmente na finalização das obras, não podem descuidar das eleições, para eles muito mais importantes que o evento esportivo. Como há uma íntima interligação entre a eleição nacional, que dirá se o projeto do PT de permanecer no poder por mais oito anos, confirma-se com a reeleição da presidente Dilma e as eleições estaduais, fundamentais para confirmar essa pretensão, toda a atenção é pouca. Daí estarem todos de olho no Diário Oficial da União, no qual jogadas podem ser anunciadas, como a liberação de recursos para obras que, a partir de um determinado momento, não serão mais permitidas. Uma especial atenção vai merecer o Supremo. Não pela complementação do julgamento do mensalão, que já produziu seus efeitos na opinião pública, com muita gente achando que o resultado, que já foi complacente em alguns casos, poderá ser ainda muito mais. Ou ainda pela entrada em julgamento do chamado “mensalão de Minas”. A preocupação maior dos políticos, especialmente partidos beneficiados com as generosas doações de empresas que mantêm altos negócios na área oficial, será com a possível proibição de tais contribuições. Uma situação que pode mudar o rumo das campanhas, especialmente na televisão, retirando os caríssimos “shows midiáticos” produzidos pelas agências de propaganda no horário eleitoral, preocupados muito mais com o efeito junto ao eleitorado e nenhuma responsabilidade com as propostas ou promessas. Uma medida que poderá, a longo prazo, obrigar os partidos a exibirem nas TVs suas verdadeiras caras.

Enfim... Em março, se nenhuma intervenção nova ocorrer sugerindo alterações por parte das empresas interessadas, de vez que no site da prefeitura curitibana a primeira versão do edital de licitação está exposto em detalhes até início de fevereiro para avaliação, o edital para a construção do metrô de Curitiba estará sendo lançado oficialmente. Conforme o prefeito Gustavo Fruet, até o segundo semestre as obras deverão ser iniciadas.

Momento delicado O metrô de Curitiba, que há anos é discutido entre muros (órgãos de planejamento), ainda não é unanimidade nem entre os técnicos. Uma opinião contrária ao modelo escolhido, por exemplo, é a de Jaime Lerner, que, por tudo que representou para Curitiba, merece respeito. Outra preocupação é o fato de ser iniciada num ano em que mudanças podem ocorrer, não apenas no cenário nacional, como igualmente no estadual. Eleição como futebol, "é uma caixinha de surpresas".

Nervos tensos Um fator a ser levado em consideração neste ano complicado será o efeito que a Copa pode produzir no humor eleitoral do povo brasileiro. A insatisfação levantada em junho passado no país não deixa dúvidas de que em junho/julho, os nervos estarão à flor da pele. Depois das reiteradas denúncias sobre superfaturamento de obras, uma rotina no Brasil, uma derrota inesperada em campo, num país que não digeriu ainda a de 1950, como mostram as matérias agora exibidas sobre o tema, sabe-se lá que reação provocará.

Modelo novo O que não aconteceu com o mensalão, vai acontecer agora com o julgamento do inquérito que investiga possíveis fraudes em licitações de trens e do metrô em São Paulo. Por iniciativa do ministro Marco Aurélio de Mello, do Supremo Tribunal Federal, quatro dos que estão sob suspeição, um deputado federal e três secretários estaduais, igualmente deputados licenciados, terão direito ao foro privilegiado (julgamento pelo Supremo).

Em choque Os demais, seis investigados, deverão ter seus julgamentos pela Justiça Federal de São Paulo: três são ex-dirigentes da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos; duas são parentes de ex-diretores e um lobista. Pela primeira vez, no país, um esquema de corrupção com formação de cartel por 18 empresas é denunciado por uma das participantes: a Siemens alemã. O que aumentará o afastamento de novos “investidores”.


SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

ESTADO

O PRESENTE |

07

ECONOMIA

2014 é o ano do Paraná, diz Richa “Hoje o Estado é, sem dúvida alguma, o melhor ambiente para negócios do país”, afirma governador

ANPr

O governador Beto Richa disse na quarta-feira (09) que 2014 será o melhor ano do Paraná em vários campos, do social ao econômico, e por um sem números de investimentos inimagináveis há três anos. “Em 2014, vamos fechar um ciclo importante. Vamos colher o que plantamos com novos empreendimentos e novas obras em todas as regiões, um conjunto de ações que deu ao Paraná o maior e mais virtuoso crescimento entre os Estados brasileiros”, adianta. Dados do Produto Interno Bruto (PIB), setor agrícola, pecuária, indústria, comércio, emprego, além dos indicadores sociais, mostram a franca recuperação e a confi-

ança de investidores e do setor produtivo. O Estado, por exemplo, cresceu o dobro da média nacional. Enquanto o PIB do Paraná vai chegar a 4,9% em 2013, o Produto Interno Bruto nacional não deve ultrapassar os 2,3%. As projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram um movimento ascendente desde 2011 - ano em que Beto Richa assumiu o comando do Estado. De lá pra cá, o Paraná apresentou crescimento médio de 4,1% ao ano, contra uma média de 2% do Brasil. Com isso, a economia do Paraná já é considerada a quarta do Brasil, passando a do Rio Grande do Sul, se aproximando de for-

Governador Beto Richa: "Recuperamos a credibilidade do Paraná junto ao setor produtivo e aos investidores, e, melhor, recuperamos a nossa autoestima, o orgulho paranaense"

ma célere à de Minas Gerais, e atrás apenas de São Paulo e do Rio de Janeiro. "Recuperamos a credibilidade do Paraná junto ao setor produtivo e aos investidores, e, melhor, recuperamos a nossa autoestima, o orgulho paranaense. Criamos incentivos, buscamos o diálogo e a temperança com os movimentos sociais, entidades e segmentos. Hoje o Paraná é, sem dúvida alguma, o melhor ambiente para negócios do país e um dos Estados para melhor viver no Brasil", diz Richa. Num dos pilares das ações levadas por Richa neste novo cenário de crescimento está o Programa Paraná Competitivo, um dos principais propulsores dos bons índices econômicos. "Criamos uma política de incentivos moderna e flexível. As negociações são feitas caso a caso, unindo os interesses privado e público", menciona o governador. Em cerca de três anos, o programa já consolidou R$ 26 bilhões em novos investimentos que estão criando 150 mil empregos em todas as regiões do Estado.

INDÚSTRIA Além desses investimentos que se consolidarão neste e nos próximos anos, o Paraná registra um crescimento surpreendente na indústria, comércio e criação de empregos. A produção industrial paranaense cresceu 5% nos dez

primeiros meses deste ano, contra um incremento de 1,6% na média brasileira. As vendas do comércio varejista do Estado cresceram de janeiro a outubro 6,6%. No Brasil o crescimento foi de 3,4%. As exportações pelo Porto de Paranaguá atingiram em novembro US$ 17,8 bilhões, já superando o total de 2012 (US$ 17,7 bilhões). Hoje o Estado é a quarta indústria do Brasil em geração de renda. Em 2011, segundo o IBGE, o Estado respondia por 7,3% do valor da transformação industrial (VTI) do país, ficando atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Quando considerada somente a categoria da indústria de transformação, não incorporando as atividades dedicadas à extração, o Estado do Paraná assumiu, em 2011, o 3º posto em âmbito nacional (8,4% do VTI total),

atrás de São Paulo e Minas Gerais, com pesos de 40,8% e 9,4%, respectivamente, no total nacional. Outro levantamento do IBGE, apresentado na Pesquisa Anual do Comércio (PAC), revela que o Paraná gerou 7,5% da receita bruta dos estabelecimentos comerciais (varejistas e atacadistas) brasileiros em 2011. Com isso, o Estado manteve a quarta colocação no país - em um ranking liderado por São Paulo (32,1%), seguido por Minas Gerais (9,2%) e Rio de Janeiro (8,7%) -, e permaneceu à frente do Rio Grande do Sul (6,9%). As vendas do comércio varejista do Estado cresceram de janeiro a outubro 6,6%. No Brasil o crescimento foi de 3,4%. As exportações pelo Porto de Paranaguá atingiram em novembro US$ 17,8 bilhões, já superando o total de 2012 (US$ 17,7 bilhões).

EMPREGOS O Paraná foi o terceiro Estado do país que mais criou empregos de janeiro a novembro de 2013. Foram 132.563 empregos com carteira assinada, aumento de 5,14 % em relação a dezembro de 2012. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho. Nos últimos três anos, o Estado criou 339.472 mil novos postos de trabalho, o terceiro maior número do país. E 68% dos novos empregos gerais do Paraná estão no interior do Estado. Especificamente os empregos industriais, 82% foram criados no interior, sendo 92% apenas em 2013. Outro dado de destaque é que a Região Metropolitana de Curitiba apresentou, na média do ano, taxa de desocupação 3,7% - a menor entre as sete grandes regiões metropolitanas do país. Taxas como essa, verificada em todo o Estado, garantem o chamado pleno emprego aos paranaenses.


ESTADO

08 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

AO MINISTÉRIO DA SAÚDE

Paraná começa a fornecer novo tipo de vacina antirrábica Fornecimento inaugura um novo ciclo na história da produção de imunizações contra a raiva Divulgação

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) inicia hoje (10) um novo ciclo na história da produção e fornecimento de vacinas antirrábicas para o Ministério da Saúde. Depois de mais de 30 anos produzindo a vacina para cães e gatos, que o Ministério da Saúde utiliza em suas campanhas de profilaxia da raiva, utilizando, como substrato, tecido nervoso de camundongos recém-nascidos, o instituto inicia em janeiro o fornecimento do imunobiológico de sua vacina produzida pelo método do cultivo celular, tendo adotado processo inédito denominado "perfusão", que valorizará sobremaneira o produto. O novo método permite obtenção de um produto mais puro e capaz de induzir maior produção de anticorpos, sendo mais seguro para os animais, por não provocar efeitos colaterais. Além disso, evita o sacrifício de animais. O diretor-presidente do Tecpar, Júlio Felix, assina hoje, na sede do Ministério da Saúde, em Brasília, o contrato de fornecimento de um lote de 10 milhões de doses da vacina, que é a necessidade do ministério para este ano de 2014, uma vez que ainda

restam alguns produtos acumulados em seu estoque. “Para nós, primeiro, tem efeitos até psicológicos, pela guinada que isso representa. Por outro lado, também efeitos financeiros, contribuindo para o crescimento da arrecadação, importante para o sucesso da empresa. E outro fator é finalmente a nossa entrada no grupo de empresas que produz vacinas de última geração. O Tecpar atualizou tecnologia, fortaleceu a relação com o cliente e criou um ânimo novo dentro da própria organização”, afirmou Júlio Felix.

Instituto Tecpar inicia agora em janeiro o fornecimento do imunobiológico de sua vacina produzida pelo método do cultivo celular

ESTOQUE A vacina já está produzida e estocada no Tecpar e aguarda apenas a assinatura do contrato de fornecimento e a consequente autorização do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, para que se inicie a distribuição dos primeiros lotes desse total contratado de 10 milhões. Independente desse contrato, segundo Félix, a produção da vacina antirrábica continuará acelerada, para que, ainda neste ano, conforme acordado com o Ministério, sejam produzidas e entre-

gues mais 20 milhões de doses. Para isso o Tecpar fará a ampliação de sua planta de produção, troca do sistema de produção de água e vapor, possibilitando que essa unidade seja certificada pelos procedimentos de Boas Práticas de Fabricação (BPF), que são exigidas nas unidades fabris farmacêuticas de produção de medicamentos para uso humano. “Daremos um verdadeiro salto de qualidade em direção à excelência como laboratório ofi-

cial de produção vinculado ao Ministério da Saúde", comemora Júlio Salomão, diretor de Biotecnologia Industrial do Tecpar, responsável pela área de produção de vacinas do instituto O triênio 2011/2013 representou o ressurgimento do Tecpar junto ao grupo de laboratórios fornecedores de insumos e medicamentos ao Ministério da Saúde. Sem ter acesso aos acordos e financiamentos do Ministério, com dívidas e compromissos de

reposição de vacinas não liberadas para a campanha, hoje o Tecpar recuperou seu prestígio junto ao Programa da Raiva, tendo inclusive sido contemplado com um projeto para a implantação de uma unidade de envase e finalização de vacinas e outros produtos de interesse nacional, cujo projeto receberá, em três anos, R$ 46 milhões, recolocando o laboratório junto aos mais importantes nomes da produção de medicamentos.


ESTADO

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

O PRESENTE |

09

NOVAS LOCOMOTIVAS

Ferroeste amplia em 50% a capacidade de operação Transporte de Cascavel a Guarapuava, que chegou a 12 horas, baixou para nove horas e 30 minutos Divulgação

A Estrada de Ferro Paraná Oeste (Ferroeste) adquiriu, pela primeira vez em sua história, duas locomotivas próprias. A operação vai permitir que a empresa aumente em 50% a capacidade de transporte em 2014. As novas máquinas foram compradas da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), de Minas Gerais. O investimento foi de R$ 2,2 milhões. “Foi um longo período de negociação. Mas com essa grande conquista, conseguiremos alavancar ainda mais a infraestrutura e o transporte ferroviário de todo o Paraná”, disse o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. O investimento será feito com recursos próprios da Ferroeste. “É um grande passo para a Ferroeste e todo o Estado, já que com as novas locomotivas o escoamento dos produtos ficará mais rápido na região Oeste”, explicou Richa Filho. Segundo o secretário, graças a um novo modelo operacional, a direção da empresa obteve avanços importantes para a logística ferroviária paranaense em 2013.

A Ferroeste não tinha locomotivas próprias. As sete máquinas utilizadas pela empresa, sendo uma de manobra, são alugadas e não têm a potência das duas novas. As máquinas devem começar a operar a partir de fevereiro desse ano.

A Estrada de Ferro Paraná Oeste (Ferroeste) adquiriu, pela primeira vez em sua história, duas locomotivas próprias

CAPACIDADE A capacidade de tração da Ferroeste, atualmente, é de 8,1 mil HPs de potência. “As novas locomotivas, sozinhas, têm quatro mil HPs”, disse o diretorpresidente da empresa, João Vicente Bresolin Araujo. “Além das duas novas aquisições, a diretoria da Ferroeste continuará buscando novos empreendimentos para melhorar ainda mais o escoamento da produção paranaense”, destacou Araujo. “O transporte de Cascavel a Guarapuava, que chegou a 12 horas, baixou para nove horas e 30 minutos”, completou.

AGILIDADE Araújo ressalta ainda o acordo que possibilita à Ferroeste levar as locomotivas de Cascavel e Ponta Grossa. Assim os trens não ficam mais parados

em Guarapuava aguardando conexão. “Isso vai possibilitar uma melhoria de 28% na produção da empresa sem a necessidade de investimento em locomotivas e vagões”, expõe. Antes do acordo, a Ferroeste dependia das locomotivas da

América Latina Logística (ALL) para fazer o transporte de Guarapuava até Ponta Grossa, pois o contrato não permitia a passagem pelos trilhos neste trecho. Em 2014 devem ser iniciados os processo da extensão da Fer-

roeste entre Guarapuava e Paranaguá e de Cascavel a Maracaju (MS). A empresa também trabalha com a possibilidade operar o trecho da ferrovia Norte-Sul que vai cortar o Paraná, cujo traçado será definido pelo governo federal.


ESTADO

10 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

FROTA

Fomento Paraná financiou mais de R$ 8 milhões para taxistas Já foram contratadas operações em 24 municípios paranaenses, incluindo Marechal Cândido Rondon Quase um ano após a primeira liberação, a linha de crédito Banco do Empreendedor - Taxista já ultrapassou a marca de R$ 8 milhões em financiamentos. São cerca de 250 contratos operacionalizados pela Fomento Paraná, instituição financeira de desenvolvimento do Governo do Estado. Desde o lançamento da linha foram contratadas operações em 24 municípios paranaenses - Curitiba, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Cascavel, Marechal Cândido Rondon, Colombo, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Guaratuba, Lobato, Londrina, Maringá, Morretes, Nova Aurora, Paranaguá, Pinhais, Prudentópolis, Quatro Barras, Quinta do Sol, São José dos Pinhais, Telêmaco Borba, Tijucas do Sul e Três Barras do Paraná. “Apenas nesta semana assinamos 24 novos contratos de financiamento para taxistas. Isso demonstra o compromisso da Fomento Paraná e do Governo do Estado de estar mais próximos

dos empreendedores paranaenses, inclusive dos empresários autônomos ou informais”, explica Alexandre Teixeira, diretor de Mercado e Relações Institucionais da Fomento Paraná. Para Eduardo Cezar Mesquita, taxista de São José dos Pinhais, a qualidade e rapidez no atendimento foram essenciais. “Fazer o financiamento na Fomento Paraná, além de ter um custo evidentemente menor, me deu um grande exemplo de o quanto pode ser bom o trabalho prestado por uma instituição do Governo Estadual”, afirma Mesquita.

CONDIÇÕES A linha de crédito Banco do Empreendedor Taxista é destinada a financiar a aquisição de veículos novos para a prestação de serviços de táxi, a conversão ao uso de Gás Natural Veicular (GNV), ou ainda a adaptação do automóvel para transporte de passageiros com necessi-

dades especiais. A baixa taxa de juros é o grande atrativo da linha de crédito da Fomento Paraná. É possível financiar valores entre R$ 3 mil e R$ 50 mil, com taxa de juros a partir de 0,55% ao mês, conforme o enquadramento de cada processo. Os prazos para pagamento são de até 60 meses, com carência de até 75 dias para a primeira parcela. Podem solicitar o financiamento pessoas físicas, titulares de autorização, permissão ou concessão registradas nos órgãos municipais que regulam a atividade. A expectativa é atender cerca de 20 mil permissionários de táxis no Estado e as taxas de juros serão reduzidas para profissionais que nos últimos cinco anos participaram de algum dos cursos de capacitação Bom Negócio Paraná, Bom Negócio Curitiba, Bom Negócio Araucária ou das capacitações do Curso Taxista Nota 10 ou capacitação Taxista Empreendedor.

IAP registra mais de 4,5 mil atendimentos pela internet em 2013 O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) realizou 4.734 atendimentos através do seu site, em 2013. As solicitações, denúncias, sugestões, reclamações e elogios foram feitos no link “Fale Conosco”, que utiliza o sistema da Ouvidoria Geral do Estado do Paraná (Sigo). No site é possível registrar qualquer tipo de demanda, inclusive denúncias anônimas ligadas às atividades do órgão. Cada reivindicação gera um protocolo e o usuário pode acompanhar o seu andamento no próprio site do Instituto. Entre as maiores demandas recebidas estão denúncias de possível descaso e desrespeito ao meio ambiente (58,5%). Em seguida vêm as solicitações e dúvidas relativas a processos de licenciamento e autorizações ambientais (33,7%), seguidas de re-

clamações (5,4%), sugestões (1,9%) e elogios (0,38%). A maioria das reivindicações feitas ao Instituto foi atendida (57,7%) e outra grande parte (26,7%) está em atendimento pelos técnicos e fiscais do IAP. Demais reivindicações feitas junto ao IAP (15,5%) foram encaminhadas aos órgãos de competência como a Polícia Ambiental, Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Instituto das Águas, Instituto de Terras e Cartografias e Geociências (ITCG), entre outros. “Além dos registros feitos através do site, muitas pessoas preferem ligar para o Instituto e seus Escritórios Regionais, contatos que acabam não entrando nas estatísticas. Mas é possível perceber que após a adoção do sistema da Ouvidoria Geral do Estado

do Paraná esse tipo de atendimento vem diminuindo”, explica a ouvidora do IAP, Luiza Antonio Silva. Grande parte das reivindicações feitas (15,8%) é da Região de Curitiba, atendida pelo Escritório Regional da capital. Outros 5,1% dos contatos são feitos por meio da Central de Atendimento do IAP, que responde principalmente a questões relacionadas aos procedimentos e processos de licenciamento ambiental do órgão. “Esse tipo de atendimento é fundamental para manter o bom relacionamento do órgão com o público, não só para garantir a preservação do meio ambiente, mas também para ter um retorno da população com relação ao nosso atendimento”, disse o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto.

Portal R7.com (@portalR7) PT e PSB travam batalha virtual na disputa pelo Planalto http://r7.com/V76E #R7 Canadá registra primeira morte por gripe H5N1 na América do Norte http://r7.com/GVET #R7

iG Último Segundo (@ultimosegundo) Taxa de juros mais alta dará prejuízo de R$ 14 bilhões nas contas públicas http://bit.ly/1ikmZ12

UOL Economia (@UOLEconomia) Londres é a cidade mais cara para se viver no mundo http://uol.com/bfdq5p #UOL Saiba seus direitos: planos de saúde não podem recusar idosos e deficientes físicos http://uol.com/bhdq4Y #UOL

Bob Fernandes (@Bob_Fernandes) Editor-chefe da Terra Magazine Ministério da Saúde já admite prorrogar contratos do “Mais Médicos” até 2019 http://goo.gl/H3AxTn (por @r_rrodrigues)

Jornal O Globo (@JornalOGlobo) EUA e Cuba voltam a discutir acordo sobre migração. http://glo.bo/1ahLtpT

Boca Maldita

(@Boca_Maldita)

Servidores federais prometem dor de cabeça para Dilma em plena eleição - http://bocamaldita.com/?p=1119794042 Requião vai morar em Ponta Grossa - http://bocamaldita.com/ ?p=1119794058

Correio do Brasil

(@correiodobrasil)

Grécia assume a presidência da União Europeia http://j.mp/1dUOpcX Leilões de energia movimentam R$ 83 bilhões em 2013 http://j.mp/1dUUhTe

Estadão

(@Estadao)

Anatel quer negociar com teles para transformar R$ 3,5 bilhões de multas em investimentos http://oesta.do/KBnl7q

Jornal O Globo (@JornalOGlobo) Em meio à crise no Maranhão, Roseana Sarney vai gastar R$ 1 milhão em lagosta, camarão, salmão e sorvete. http://glo.bo/1lAZlzX Dilma reúne ministros para iniciar pente-fino em assuntos ligados à Copa do Mundo. http://glo.bo/1lUEhli

G1 (@g1) Homens são mais ousados durante a procura por emprego, diz pesquisa http://glo.bo/1gG5M1m

Folha de S.Paulo (@folha_com) Obama se aproxima de decisão sobre reforma em setor de inteligência. http://folha.com.br/no139... Técnico do Barcelona elogia Messi e não garante Neymar contra o Atlético de Madri. http://folha.com.br/no1395285

Veja (@VEJA) Hollywood lança dois filmes sobre Hércules este ano http://goo.gl/YFYe2B Principal nome republicano para Casa Branca envolvido em escândalo http://goo.gl/v0iIpr

Lancenet!

(@lancenet)

Telexfree Internacional anuncia acordo de patrocínio com o Botafogo - http://nolance.net/1feIIcO Presidente do Santos diz que Diego aceitou oferta e confia em pré-contrato - http://owl.li/sof8O

O Jornal O Presente também está no Twitter. Acompanhe: twitter.com/o_presente (@O_Presente)


GERAL

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

O PRESENTE |

11

INFRAESTRUTURA RURAL

Estradas são recuperadas em Santa Helena Mesmo durante o período de férias coletivas, obras de readequações de estradas continuam Divulgação

A Secretaria de Obras e Urbanismo, com apoio da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Abastecimento, concentra os atendimentos ao cascalhamento de estradas, acessos e pátios de propriedades rurais de Santa Helena no início de 2014. Os primeiros nove dias serviram para iniciar os serviços em um trecho crítico de estradas da Linha Navegantes e em outro no distrito de Moreninha. Juntamente com a readequação e melhoria das estradas, também são atendidos os proprietários rurais com o cascalhamento de pátios de estábulos, pocilgas e aviários, assim como os acessos às propriedades rurais. “É um trabalho de primeira necessidade e que ajuda os produtores no escoamento dos produtos”, observa o prefeito, Jucerlei Sotoriva, que visitou alguns trechos em obras. Em torno de dois quilômetros de estradas foram readequadas, entre vias públicas e particulares, na Linha Navegantes. “Utilizamos um material de boa qualidade, o que proporciona maior durabilidade”, ressalta o encarregado de Obras, Carlos Kraemer. No distrito de Moreninha,

Prefeito de Santa Helena, Jucerlei Sotoriva, confere resultado dos cascalhamentos

outro trecho recebe melhorias. Um dos agricultores atendidos, Guido Wessler, comemora por ter um pátio melhor a partir de agora. Produtor de fumo, a propriedade de Guido abriga três famílias. “Agora podemos entrar e sair, com carro pequeno ou caminhão, com chuva ou sol. Isso facilita nosso trabalho”, destaca. “Garantir o acesso dos produtores ao próprio pátio de produção é uma forma de ajudar no escoamento da produção rural. Com certeza este trabalho será ampliado em 2014”, frisa o secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Abastecimento, Darinês Wilsmann.

CALÇAMENTO Outros dois trechos recebem o calçamento com pedras poliédricas e atendem moradores do distrito de Sub-sede. Uma das estradas está com aproximadamente 85% das obras concluídas. “Era um pedido antigo da comunidade e que conseguimos atender em 2013”, frisa o secretário de Transportes, Clademar Marskin. Nos próximos dias outro trecho será calçado no distrito. O trabalho será executado por meio de parceria com a Itaipu, por intermédio do Comitê Gestor do programa Cultivando Água Boa.

Você já percebeu que o volume da tevê aumenta instantaneamente durante o intervalo/comercial? Já percebeu que os açougues costumam utilizar cores brancas nas paredes internas do ambiente para valorizar a cor saudável da carne? E que alguns restaurantes investem em pratos grandes, especialmente aqueles que trabalham com bufê? É claro, há empresas que simplesmente repetem o que outras já utilizam como estratégia, e isso é fato. Mas o que surge como pensamento estratégico em algum momento da história se enraíza na cultura humana e passa a fazer parte da vida da gente. Em 1956, em um cinema de New Jersey (EUA), o pesquisador de mercado e sociólogo James Vicary realizou um primeiro experimento (que posteriormente foi nominado por jornalistas que divulgaram o experimento de) subliminar, durante a exibição do filme “Picnic” (Férias de Amor, na versão brasileira). Para quem não sabe, mensagem subliminar é qualquer tipo de estímulo captado pelo cérebro humano de modo não consciente. Em meio à sequência de imagens projetadas no filme, Vicary inseriu as frases “beba coca-cola” e “coma pipoca”. As imagens ficavam expostas na tela por um período de tempo tão curto que seriam imperceptíveis ao olho humano, porém, segundo sua tese, a mente seria capaz de captar a informação, e assim a mente ficaria “condicionada/influenciada” ao consumo. Segundo Vicary, naquele dia foi registrado um pequeno aumento no consumo de pipoca e coca-cola na lanchonete do cinema. Importante ressaltar que a experiência aconteceu em meio à paranoia mundial decorrente da Guerra Fria, quando ouviam-se muitos rumores sobre tentativas de lavagem cerebral em prisioneiros. E este caso ficou conhecido como o primeiro anúncio subliminar da história e repercutiu fervorosamente na sociedade americana. A verdade é que este experimento sempre foi questionado por pesquisadores e estudiosos da área, até porque Vance Packard, autor do artigo que divulgou a experiência, nunca foi autorizado a verificar o referido cinema. A história não acaba aí: outros testes para verificar o impacto destas “mensagens subliminares” foram realizados, por exemplo, com fitas de autoajuda gravadas com este tipo de mensagem. Por meio deste segundo experimento, ficou constatado que a significância deste tipo de mensagem foi equivalente ao que os médicos chamam de efeito placebo. Ou seja, pode ficar tranquilo, a decisão de consumir ou não, de escolher entre este ou aquele produto (ainda) cabe ao consumidor que, obviamente, levará em consideração o seu poder de compra antes de decidir sua compra. Fato é que gradativamente incorporamos novos hábitos a nossa vida e eles mudam nossa forma de ver o mundo. É fato também que diariamente somos influenciados por uma série de mensagens emitidas por várias fontes. Exemplo de uma fonte ativa e do meio publicitário são anúncios que conferem aos produtos algum status extra a quem adquiri-lo. Ou será que as horas registradas por um Rolex valem mais que as registradas por um Orient? Inserções de anúncios em meio à programação já não são novidades. O mais próximo da experiência de James Vicary que temos visto na mídia são os merchandisings, nos quais os personagens interagem com produtos de forma tão escrachada que fica claro que a cena não passa de um mecanismo de divulgação comercial. O importante neste caso é saber qual é o objetivo de comunicação da marca. Digo isso porque quando a marca fica exposta junto a um vilão, a imagem negativa do personagem pode ser associada à marca do produto. Se o objetivo de comunicação estiver atrelado ao que chamamos de “buzz marketing”, que significa gerar boca a boca, e a estratégia de comunicação prever ações de despolarizar este sentimento negativo, e torná-lo positivo, a marca aproveitará a exposição para ganhar espaço na mente do consumidor. Por falar em hábitos, com o passar do tempo, a ideia de festejar incorporou a comida como atributo de fartura e de bem aventurança. Mas, com isso, festejar deixou de ser festejar e passou a ser come(r)morar. Nesta semana, Michelle Obama, primeira-dama americana, causou certa polêmica ao pedir que convidados comam antes de chegar à sua festa de 50 anos de aniversário (buzz marketing). Os convidados VIPs que receberem o convite para o evento foram aconselhados a levar sapatos de dança e, mais estritamente, a “comer antes de chegar”. Além de mostrar personalidade, o convite incomum sinaliza para necessidade de adotar outra postura com relação à comilança que acontece durante as comemoração. Nos Estados Unidos, quase 35% dos adultos são obesos, o que representa mais de 78 milhões de pessoas, um número bastante elevado que coloca o problema entre os principais desafios de saúde pública daquele país. Além disso, o custo das despesas médicas relacionados à obesidade é de cerca de US$ 190 bilhões/ano, segundo estudo da Universidade Cornell. Por lá, a obesidade afeta também os mais jovens. Um terço das crianças e adolescentes americanos está acima do peso ou é obeso. Em uma enquete do jornal O Globo do último dia 07, o planejador de festas Andre Wells sacou a jogada: “Isso é definitivamente novo!”. E acrescentou dizendo que muitos anfitriões podem gostar da quebra de protocolo: “Bem, se o presidente e a primeira-dama americanos fizeram, podemos fazer também”. Mas por que Michelle e não o presidente? Em fevereiro de 2011, o instituto de estatísticas da Universidade de Quinnipiac (Connecticut) entrevistou 1.887 eleitores registrados com a finalidade de “medir” a simpatia dos líderes americanos. A primeira-dama americana ficou em primeiro lugar na “tabela de simpatia”, com 60,1 pontos, três colocações a mais que o presidente, que ficou em quarto lugar, com 56,6 pontos. A questão é que somos influenciados por mensagens e personalidades o tempo todo e a repercussão de um convite enviado pela celebridade com maior índice de simpatia do país mais poderoso do mundo pode mandar um recado bem indireto, mas muito apropriado, para que os pratos utilizados pelos cidadãos americanos sejam cada vez menores. Quem sabe, a mensagem reverbere para outros países do mundo, afinal, há tempos, comer pouco é chique. * O autor é publicitário, especialista em Assessoria de Comunicação e Marketing, especialista em Gestão Empresarial e atua como gerente de Comunicação Empresarial do Grupo Filadélfia eduardohenrique.pp@gmail.com


GERAL

12 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

MARECHAL RONDON

Operação safra segue em ritmo acelerado Equipes estão trabalhando 12 horas por dia no interior do município Fotos: Ademir Herrmann

A Secretaria de Viação e Serviços Públicos de Marechal Cândido Rondon está dando sequência aos trabalhos de melhorias nas princi-

pais vias rurais do município. Os serviços seguem em ritmo acelerado, já que as equipes estão organizadas para atuar 12 horas por dia no interior

rondonense. Vários quilômetros já foram recuperados no distrito de Linha Heidrich, Linha Baitaca, Linha Periquito, Guarani, Linha Três Vol-

Trabalhos foram vistoriados ontem (09) por autoridades

tas e Linha Maracanã. Ontem (09) os trabalhos aconteceram em Linha Arara. Na sequência a equipe seguirá para o distrito de São Roque, Margarida, Linha Ajuricaba, Linha Concórdia e Curvado. Os trabalhos de recuperação iniciaram ainda no mês de dezembro, em alguns distritos, porém, devido às fortes chuvas registradas no fim de ano, alguns pontos serão refeitos em Iguiporã, Bom Jardim, Porto Mendes, Bela Vista, Novo Horizonte e Novo Três Passos. Ontem, o prefeito em exercício Silvestre Cottica, acompanhado do secretário de Viação e Serviços Públicos, Adriano Cottica, e demais integrantes da pasta, vistoriaram os trabalhos. Conforme o prefeito em exercício, em conversa com a equipe da secretaria responsável pelos trabalhos, foi constatado que, apesar das chuvas periódicas registradas no município, tudo está dentro do cronograma previsto, tendo em vista que as melhorias foram iniciadas ainda no ano

passado. “Um trabalho de qualidade está sendo apresentado, dentro do que preconiza a administração municipal. Queremos atender bem o homem do campo, especialmente com estradas boas para o tráfego. Sabemos que dentro em breve, com o inicio da safra, o fluxo de veículos pesados vai aumentar consideravelmente. Até lá tudo deve estar em boas condições”, enaltece Silvestre. Durante vistoria realizada ontem observou-se que as estradas em que as laterais foram mantidas limpas, sem ervas daninhas, encontram-se em melhores condições e o trabalho das motoniveladoras flui melhor. Por isso, o prefeito em exercício aproveita para pedir apoio aos agricultores. “Observamos que, nos locais onde as laterais das estradas não foram conservadas limpas, o tempo de retirada do material é maior do que o tempo de manutenção das estradas. Por isso pedimos a todos que colaborem, mantendo as laterais limpas. Isso garantirá que a estrada tenha uma vida útil maior”, pontua.

Vários quilômetros já foram recuperados


GERAL

14 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

REGIÃO DE 20 MUNICÍPIOS

Núcleo da Seab realiza convênios com prefeituras Em 2014, programas enfocarão fornecimento de óleo diesel, pedras irregulares, fertilidade do solo e microbacias Arquivo pessoal

O novo chefe do Núcleo Regional de Toledo da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), Eloir Sebastião Pape, deve retomar nos próximos dias as visitas a gestores municipais com o objetivo de alinhavar convênios que beneficiem o setor rural. De acordo com Pape, já foram realizadas visitas aos municípios de Mercedes (entrega de trator solidário), Maripá (encerramento dos trabalhos do Conselho Municipal de Desenvolvimento Agrário) e Terra Roxa (conclusão e renovação de convênio de trafegabilidade). Engenheiro agrônomo com 42 anos de experiência, Pape já trabalhou na Emater, como empresário e também foi secretário de Agropecuária de Toledo por três anos. O contato inicial com representantes das secretarias municipais de Agricultura e prefeitos visa estreitar o diálogo visando o atendimento das necessidades locais a partir dos programas estaduais. “Sem dúvida alguma vou passar por todas as prefeituras. Queremos atender os municípios e promover uma mobilização das comunidades em torno das questões rurais”, declara. Neste ano de 2014, o Núcleo Regional vai priorizar programas que enfocarão o fornecimento de óleo diesel para horas-máquina, implantação de pedras irregulares, fertilidade do solo e conservação de microbacias. Segundo o chefe regional,

o convênio de trafegabilidade nas estradas disponibiliza o fornecimento de óleo diesel para as prefeituras terem condições de efetuar melhorias nas vias do interior. “Devem ser atendidos 19 dos 20 municípios da região, com recursos próprios do Estado”, detalha. A Seab ainda dispõe de convênio com nove municípios para calçamento com pedras irregulares no interior, sendo que as demais cidades são atendidas por meio da Secretaria de Infraestrutura e Logística. Já o programa de fertilidade do solo abrange a totalidade de municípios vinculados ao Núcleo Regional da Seab. “Ele visa atender pequenos agricultores com calcário ou fósforo”, salienta Pape. O programa-piloto de microbacia, por sua vez, está sendo desenvolvido no município de Iracema do Oeste. “É um programa novo que estamos implantando, mas que será expandido para as demais cidades da região”, adianta o agrônomo. O trabalho contempla tanto conservação de solo, como de estradas rurais, mata ciliar e Área de Preservação Permanente (APP). “Quando o trabalho for concluído em uma microbacia, será dado início à conservação de outra”, comenta Pape.

AGRICULTURA DE PRECISÃO Outro projeto-piloto está sendo desenvolvido na cidade de Tupãssi e enfoca a agricul-

tura de precisão. “Esse é mais um trabalho que deve ser expandido logo para os demais municípios”, assegura. São beneficiados pequenos agricultores que não possuem capacidade de investimento nesse tipo de tecnologia. “Somente na aquisição de equipamentos foram investidos em torno de R$ 500 mil”, ilustra Pape, lembrando que os mesmos estarão em exposição durante o Show Rural Coopavel (03 a 07 de fevereiro, em Cascavel). A partir da coleta de amostras de solo em diferentes pontos da propriedade ocorre um monitoramento por GPS, elaboração de mapa de solo e aplicação de calcário, fósforo e potássio em taxas variáveis, conforme a necessidade de cada parte da área agricultável, visando à reposição de nutrientes. A Seab ainda aguarda o repasse dos recursos do Banco Mundial para a execução dos programas, o que está previsto para ocorrer até o final de janeiro.

LAVOURAS Está em execução na região de Toledo o programa Plante seu Futuro, que tem o propósito de reduzir o volume e otimizar o uso de defensivos agrícolas nas lavouras, buscando produzir alimentos com menos resíduos, reduzir custos de produção e manter a saúde do produtor rural. “O programa enfoca as boas práticas na agricultura e vem sendo desenvolvido com

Chefe do Núcleo Regional da Seab de Toledo, Eloir Sebastião Pape: “Vou passar por todas as prefeituras. Queremos atender os municípios e promover uma mobilização das comunidades em torno das questões rurais”

apoio da Emater”, menciona o chefe do Núcleo Regional. O trabalho está sendo realizado a partir de Unidades Demonstrativas (UDs) implantadas nos municípios de Toledo, Marechal Cândido Rondon, Palotina, Tupãssi, Iracema do Oeste e Assis Chateaubriand e já está oferecendo resultados positivos, assegura Pape. “A partir de unidades de observação, os técnicos da Emater monitoram as condições das lavouras semanalmente, emitem uma comunicação sobre o que foi identificado e recomendam ou não a aplicação de defensivos, conforme o caso”, descreve. Essas recomendações são repassadas a cooperativas e empresas do setor agrícola para conhecimento de profissionais e agricultores.

OUTROS Conforme Pape, a Seab ainda executa o programa Leite das Crianças, que envolve ainda as secretarias de Trabalho, da Família e da Educação. “O leite continua sendo distribuído para as famílias cadastradas”, assegura. Diversas outras atividades e programas são efetuados pela Seab a partir de órgãos vinculados como o Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), a Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar), as Centrais de Abastecimento do Paraná (Ceasa) e ainda o Centro de Agroecologia do Paraná (CPRA).


VARIEDADES

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

O PRESENTE |

15

Mande sua sugestão, crítica ou piada para carina@opresente.com.br

*

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Heloísa expulsa Thomaz de sua casa. Marlon decide contar para LC quem é William. Kleber manda Nilson chamar André e Júlia para conversar com ele. Lili contraria William e apoia Marlon. Júlia não consegue conter a surpresa ao ouvir o nome de Rafa. André percebe os olhares de Kleber para ele e Júlia. Thomaz invade a casa de Heloísa, e Flávio tenta afastá-lo. Heloísa decide mudar de advogado. Kleber manda Edu e seu capanga assustarem André e Júlia. Thomaz recebe de um oficial de Justiça uma citação com o pedido de separação de Inês e passa mal. William e Lili observam LC falando com Marlon.

AMOR À VIDA Leila não entende a decisão de Thales. Eron pede para voltar com Niko. Aline tenta impedir Félix de sair da casa. Ellen consegue ganhar o público, e Valdirene se enfurece. Tamara beija Rubão. Silvia sente raiva da gravidez de Patrícia. Félix pede para Lutero colocar uma enfermeira para espionar a casa de seu pai. César questiona Aline sobre quem bateu a porta dos fundos quando Félix estava em casa. Félix procura Niko e se surpreende ao encontrá-lo chorando. Natasha não aceita o pedido de casamento de Thales. Neide e Leila veem Rafael beijando Linda.

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

ALÉM DO HORIZONTE

JOIA RARA Amélia se desespera com a condenação de Franz. Ernest também fica arrasado, enquanto Manfred saboreia a vitória. Sílvia desperta na casa de Bibiana e Eufrásio. Gaia diz a Laura que entrará na Justiça pela guarda de Tavinho. Matilde conta para Serena que está noiva de Rubens. Pérola escreve uma carta a Sonan pedindo que ele volte para o Brasil. Os presos dizem a Franz que estão armando um plano de fuga. Manfred continua chamando Cristina de Amélia. Aurora experimenta seu vestido de noiva. Pérola vai com Amélia visitar Ernest. Manfred se tranca no quarto com Amélia.

MALHAÇÃO Anita se desespera, mas Ben se mantém firme na decisão de terminar o namoro. Sofia agride Fábia e ameaça prejudicar a imagem de Edgard. Hernandez conversa com Antônio, que faz de tudo para magoar o padrasto. Vera permite que Anita passe a noite no Grajaú. Toda a família vê as notícias sobre a briga entre Sofia e Fábia na internet, e a menina promete revidar. Flaviana e Serguei discutem por causa do salão. Ben conta para Hernandez que terminou com Anita, mas pede segredo. Antônio diz a Anita que Ben lhe contou sobre o término do namoro.

SEXTA-FEIRA (10)

* Os resumos dos capítulos estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

CASAL APAIXONADO À noite, enquanto o marido lê o jornal, a esposa comenta:

GRAVIDEZ NA TERCEIRA IDADE A gravidez na terceira idade é uma realidade... Com toda esta nova tecnologia recente sobre a fertilidade, uma senhora de 60 anos foi capaz de dar à luz um menino. Quando ela teve alta hospitalar, foi para casa, e seus familiares e amigos foram visitá-la. - Podemos ver o novo bebê? - alguém perguntou. - Ainda não - disse a mãe. - Vou fazer um café e poderemos conversar um pouco antes. Trinta minutos se passaram e um outro perguntou.

- Você já percebeu como vive o casal que mora aí em frente? Parecem dois namorados! Todos os dias, quando chega em casa, ele traz flores para ela, abraça-a e os dois ficam se beijando apaixonadamente. Por que você não faz o mesmo? - Mas querida, eu mal conheço essa mulher!

MEIAS ESTRANHAS O garoto está indo para a escola. No caminho, encontra uma colega de classe, que não conseguiu segurar o riso: - Interessantes estas meias que você está usando... uma amarela e outra azul... - Verdade. engraçado que lá em casa eu tenho outro par igualzinho!

- Podemos ver o bebê agora? - Não, ainda não - disse a mãe. Depois de mais alguns minutos, eles perguntaram de novo.

ARROZ À GREGA

- Podemos ver o bebê agora? - Não, ainda não. - respondeu a mãe. Já meio impacientes, eles perguntaram: - Bem... então quando poderemos ver o bebê? - Quando ele chorar! - ela disse a eles. - Quando ele chorar? E por que temos que esperar ele chorar? - Porque eu esqueci onde o coloquei!

Ingredientes: 3 xícaras de arroz 6 xícaras de água 1 caixa de passas Queijo parmesão ralado 5 colheres de ervilha

Manteiga Óleo Pimentão, cebola, salsa, cebolinha verde e cenoura Sal

Modo de preparo: Leve uma panela ao fogo com água, sal e um pouco de óleo. Quando a água ferver, coloque o arroz lavado e escorrido. Mexa o suficiente, diminua o fogo e deixe a água secar. Aí, então, retire o arroz do fogo, tampe bem e deixe por mais algum tempo até ficar completamente pronto. À parte, leve uma panela ao fogo com a manteiga e aí frite as passas e as ervilhas. Jogue, em seguida, em uma travessa grande. Junte a cebolinha verde, a cenoura, o pimentão, a cebola - cortados em pequenos pedaços - a salsa e o parmesão. Junte, por fim, o arroz cozido, misturando tudo cuidadosamente.

ÁRIES: Dia que pede um ritmo mais afinado com o que você sente ser valioso. Bom momento para refletir sobre os seus valores essenciais. Boas negociações e trabalho. TOURO: Um belo dia para desenvolver seus talentos e a consciência dos seus valores e sentimentos. Os contatos pedem atitudes responsáveis e maduras no amor. GÊMEOS: Dia que estimula a contemplação, a reflexão. Não baseie seu comportamento na energia do medo e da insegurança. Reveja suas prioridades. CÂNCER: Belo momento de conexão com amigos, grupos e instituições para a realização de projetos. Nada agora deve ser feito de forma apressada. LEÃO: Hoje a energia favorece as questões de trabalho, com resoluções positivas. Esteja consciente de seus talentos, do que lhe cabe assumir com responsabilidade. VIRGEM: Vários planetas em signos de elemento terra favorecem a execução de projetos. Hoje estão favorecidos os conhecimentos, contatos e viagens. LIBRA: Reconheça que talentos que são partilhados se multiplicam em bênçãos materiais e espirituais. Um bom dia para agir de forma coerente em situações financeiras. ESCORPIÃO: Um dia positivo, que se reflete emocionalmente e em suas relações. Equilíbrio, consciência das responsabilidades e contatos benéficos. SAGITÁRIO: Perseverança, determinação e amor ao que você faz são os diferenciais agora. Um momento favorável para conscientizar-se da melhor e mais rentável forma. CAPRICÓRNIO: Favorecimento para contatos com grupos, organizações, equipes e amigos. Dia que pede atitudes sensatas, responsáveis. Faça-o com amor. AQUÁRIO: Momento que pede que descanse e valorize o seu desenvolvimento interno. Estar com pessoas com quem tem uma intimidade profunda é valioso. PEIXES: Interação, comunicação, responsabilidade e manifestação criativa de talentos estão estimuladas. Serenidade necessária para enfrentar os desafios.


Boa parte dessa adaptação dos cubanos ao novo país se deve ao fato de uma linguagem universal: a medicina. Quem garante é o médico Juan Manuel Rengifo Calzado, que há dois meses trabalha na Unidade Básica de Saúde do Bairro São Lucas. “Medicina é medicina em qualquer lugar do mundo”, avalia. De acordo com o profissional, ele e os colegas estão se adaptando muito bem ao município e nem mesmo a língua

S

eis dos sete profissionais do programa Mais Médicos, que estão em Marechal Cândido Rondon, são cubanos. A cultura, a língua, a comida, o modo de se relacionar são diferentes. Misturar cubanos ao povo de Marechal Cândido Rondon, município onde se fala a língua portuguesa carregada de sotaque alemão, poderia ser um grande equívoco e tinha algo para não ser eficiente. Entretanto, a adaptação dos médicos estrangeiros no município tem sido rápida e surpreendido tanto os brasileiros quanto os profissionais que desembarcaram por essas bandas.

tem os impedido de desenvolver um trabalho de qualidade e que satisfaça plenamente os interesses sociais. Apesar disso, não há como negar que é preciso um pouquinho mais de atenção e paciência na hora do diálogo. Em princípio, algumas palavras fogem rapidamente da compreensão, apesar de o povo da região estar, de certa forma, acostumado ao portunhol falado na fronteira. Mas tudo acaba se resolvendo, como na entrevista de aproximadamente 20 minutos que a reportagem de O Presente fez com o profissional nesta semana, em um intervalo entre pacientes que ele atende no posto de um dos bairros mais carentes do município. Juan Manuel é espontâneo, como um brasileiro nato, e diz estar muito feliz pelo acolhimento que recebeu. “A adaptação está sendo muito boa. Temos um bom relacionamento com as autoridades e fomos muito bem recebidos pela população. Vamos adaptando-nos, pouco a pouco. Até agora, vamos bem”, diz Juan Manuel, que não esconde o prazer de estar no Brasil. Mas no começo não foi tão simples assim. Nos primeiros dias, o médico conta que alguns pacientes deixavam o consultório, não sabiam exatamente o que ele havia dito e tinham receio de perguntar mais de uma vez. “Depois da con-


sulta, as pessoas iam até a enfermeira e pediam o que eu havia falado. Por isso, agora, durante a consulta, tenho o costume de sempre pedir se a pessoa está entendendo. No fim da consulta, faço como na escola: você (paciente) pode repetir o que eu falei, a orientação que dei para você?”, diz. “É para ter certeza de que o paciente compreendeu e vai seguir as orientações. Assim, fico mais tranquilo”, diz. Na entrevista para este diário também foi assim. Cada resposta ou pensamento de Juan vinha seguido de uma pequena pergunta: entende? Uma das ferramentas para romper a barreira da língua é o tempo de consulta, geralmente maior do que o tempo empregado pelos médicos contratados do município, explica a secretária Elveni Capitani Turmina (Mari). “Eles desprendem mais tempo para as consultas porque trabalham oito horas diárias. Com isso, podem dar mais atenção ao paciente e promover um diálogo melhor”, avalia. Como para o médico cubano, para a secretária a adaptação deles também tem sido positiva. “A adaptação dos profissionais do Mais Médicos está sendo tranquila. Eles estão gostando e as pessoas estão elogiando muito. Muitas vêm agradecer pela adesão do município ao programa”, conta. Juan entende que todos os outros quatro médicos e a médica, todos cubanos, estão se saindo bem. “A gente conversa, faz um intercâmbio e percebe que não há tantas dificuldades”, conta. O ano que começa, segundo ele, será não de tropeços, mas de avanços. “O ano de 2014 será de mais melhorias. Médicos, população e autoridades da saúde municipais e regionais estão caminhando na mesma linha, na mesma direção. Mais do que dificul-

dades, teremos progressos”, espera. Juan Manuel, que atende entre 15 e 30 pessoas por dia, explica que boa parte da adaptação se deve à simpatia do povo local. “As pessoas são maravilhosas. A população nos recebeu muito bem”, pontua. VIDA FORA DO CONSULTÓRIO “Não sinto falta de nada. A comida, vocês têm um sistema de cozinhar parecido com o nosso. Até agora não posso reclamar de nada”, diz o cauteloso médico, que, além de atender no posto de saúde, quando necessário vai até a casa de enfermos que não podem se deslocar até o consultório. “A música é diferente, mas trazemos um pouco de nossa música para cá e podemos escutar nos momentos de ócio, de folga”, explica. Porém, Juan Manuel diz que o aparelho de som também toca o bom ritmo tupiniquim. “A música brasileira é muito conhecida em Cuba. Posso citar Chico Buarque de Holanda, Maria Bethania, a época da bossa nova. Estou me acostumando muito bem também nesse sentido”, avalia. “A vida social é normal, como a de qualquer ser hu-

mano. Sou cubano e me comporto normalmente, como se fosse brasileiro. Interagimos, intercambiamos”, conta o médico. Ele explica que ainda não teve tempo de conhecer as belezas regionais, mas garante que pouco a pouco vai sabendo um pouco mais sobre a região que o acolheu. Conheço um pouco de Toledo, de Cascavel e os distritos (rondonenses) onde estão os outros postos de saúde, como Porto Mendes. Ainda não tive tempo para conhecer tudo, tanto porque em primeiro lugar vem o trabalho, depois o lazer. Vamos conhecendo a região na medida do possível”, diz. MEDICINA BIOPSICOSSOCIAL O médico explica que os cubanos chegam ao país com a experiência de uma nova forma, no Brasil, de praticar a medicina. “Não podemos olhar o paciente somente como um ser biológico que está ou não doente. É preciso conhecer as pessoas. Temos que aplicar a medicina no conceito de um ser biopsicossocial, ou seja, que é biológico, mas que também tem a saúde ligada às questões mental e social. Precisamos conhecer

sua saúde mental e também a forma como ele vive, do que se alimenta, onde trabalha, onde vive, qual é sua formação, a família, a sociedade onde ela se desenvolveu, suas condições sociais, entre outras questões”, defende. “Temos que promover saúde, prevenir enfermidades e, quando necessário, reabilitar as pessoas enfermas”, resume. “Acho que o governo do Brasil está indo por um bom caminho, está fazendo bastante. Você pode olhar por esse postinho (Unidade Básica de Saúde São Lucas), que tem boa infraestrutura, com todas as condições necessárias para o trabalho”, menciona. “Além disso, estou perto das pessoas, no coração do Bairro São Lucas”, conta. “No mundo, comentouse há tempo sobre o famoso milagre econômico brasileiro. Por que não agora conseguirmos o milagre da saúde do Brasil? À medida que novos profissionais médicos vão se formando, empregando essa nova forma de lidar com a medicina, teremos mais progresso”, acredita. Os sistemas de saúde de Cuba e do Brasil têm pon-

tos de contato, mas ainda são diferentes. Aqui no Brasil está sendo implantado agora um sistema do médico da família. Em Cuba isso já existe há muito tempo. Acho que estamos no caminho certo”, cita o médico. “A população está a falar muito bem de nós. As pessoas estão muito agradecidas e isso nos motiva a trabalhar mais”, fala Juan. MAIS MÉDICOS O município de Marechal Cândido Rondon conta hoje com 35 médicos, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde. Sete deles são do programa Mais Médicos, que ainda pode contemplar o município com outros três profissionais. “Esperamos que outros três médicos, brasileiros, venham para o município até o mês de março”, conta a secretária de Saúde. “Alguns, do Estado de São Paulo, já me ligaram mostrando interesse em vir para Marechal Rondon”, revela.


18 | O PRESENTE SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

LORENA KUNZLER lorena@opresente.com.br

Leila Fotografias

Eduarda Freitag no clic de Leila

MUDANÇAS NO EJA O Colégio Estadual Paulo Freire, de Marechal Cândido Rondon, informa que haverá mudanças na Educação de Jovens e Adultos (EJA) - período noturno - neste ano. Só haverá oferta de atendimento na modalidade coletiva, conforme instrução da Secretaria de Estado da Educação. O período de matrículas começa na segunda-feira (13), estendendo-se até 07 de fevereiro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3254-4073 ou na secretaria do colégio.

OS 66 ANOS DA FECOMÉRCIO PR No dia 19 de janeiro serão comemorados os 66 anos de fundação da Federação do Comércio do Paraná, hoje Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná. Naquela época, apenas cinco sindicatos patronais do comércio uniram-se em Curitiba. Hoje são 60 e a entidade está filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, a CNC. A Fecomércio é mantida com recursos próprios, oriundos da contribuição anual compulsória dos empresários, prevista na CLT. É apartidária e não governamental, mas realiza ações conjuntas e parcerias com entidades públicas e privadas, visando somar esforços para potencializar resultados.

75 ANOS DO PARQUE O Parque Nacional do Iguaçu comemora 75 anos com diversas atrações culturais hoje(10), em Foz do Iguaçu. A programação conta com um palco, com visão singular da Maravilha da Natureza, para atrações musicais e solenidade do evento. Durante o ano, serão realizadas atividades no parque, nas áreas de turismo, meio ambiente e esporte.

Dia Dia Dia Dia Dia Dia Dia Dia Dia Dia Dia Dia

10: 10: 10: 10: 10: 10: 10: 10: 10: 10: 10: 10:

Alberto Roeder Andiara Corte Breno Maineri Junior Elza Rannov Gabriel Fronza Ildo Vorpagel Hoffmann Ivar Trevisan João Pedro Hofmeister Kenia Gabriela Buenevides Marcel Gilvani Leonardi Neli Page Dorn Taylor Marostica


SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

SOCIAL

O PRESENTE |

O Presente

MAIS PESSOAS FUMANDO Mais pessoas fumam no mundo todo hoje do que em 1980, à medida que o crescimento populacional dispara e cigarros ganham popularidade em países emergentes, como China, Índia e Rússia, embora as taxas de tabagismo tenham diminuído nas últimas décadas, alertaram cientistas na terça-feira (07). Em todo o mundo, o número de fumantes subiu de 721 milhões em 1980 para 967 milhões em 2012. O número de cigarros fumados anualmente também aumentou 26% nas últimas três décadas. Segundo o informe, o aumento no número de fumantes ocorre apesar do declínio generalizado das taxas de tabagismo nas décadas recentes porque mais pessoas se conscientizaram dos riscos do tabaco para a saúde. Os dados foram publicados como parte de uma série de artigos relacionados ao tabagismo para coincidir com os 50 anos do primeiro relatório do US Surgeon General sobre os riscos do tabaco.

A presidente do Rotary Club Santa Helena, Marilaine Manic a Brod, e a filha Ana Gabriela Leila Fotografias

TEST DRIVE É A ATRAÇÃO DESTE SÁBADO A atração no palco da Arena Mundo RIC amanhã (11) é a banda paranaense Test Drive, que está em turnê com o seu primeiro CD “Como a gente quer”, lançado recentemente. Formada em Cambé, na região de Londrina, a Test Drive se apresenta às 16h30, na Praia Central de Guaratuba, na arena montada pela RICTV Record. São três mil metros quadrados destinados a oferecer serviços, atividades esportivas e entretenimento aos veranistas.

Patricia e Charles Paradzinski com o filho Matheus

SONHO DE CONSUMO A L200 Triton, sonho de consumo para muita gente, vai conhecer o seu dono na quarta-feira (15). É nesta data que acontece o sorteio do prêmio da campanha de Natal do Cascavel JL Shopping. Anote o horário e o local: 19 horas, no piso L2.

19


GERAL

20 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

TRAGÉDIA EM MEDIANEIRA

Criança que morreu em enxurrada é sepultada Acidente comoveu a comunidade do Jardim Panorama, onde os pais da criança residem Fotos: O Presente

Foi sepultada ontem (09), a menina de quatro anos que morreu ao ser arrastada por uma enxurrada, na noite de quartafeira (08), em Medianeira. Ela e o irmão brincavam na chuva, em uma região de baixada, quando foram surpreendidos pela correnteza, que fez com que a garota caísse em uma vala. A correnteza tragou a menina para dentro de uma manilha. O corpo de Mariane Sehn foi encontrado dois mil metros abaixo do local onde ela caiu. A água coletada pela vala às margens da estrada desemboca em um rio que passa pela região. O acidente aconteceu por volta das 19 horas, durante uma forte chuva de verão. As duas crianças brincavam na Rua Goiás, no fim do perímetro urbano da cidade. A região é uma baixada e recebe grande quantidade de água em dias de chuva. O garoto também caiu, mas foi resgatado por dois homens. O pai da

menina encontrou o corpo. Um bombeiro tentou reanimá-la, mas ela não resistiu. A perícia apontou traumatismo craniano como a causa da morte. A reportagem de O Presente esteve no local, também conhecido como Buraco Quente. Ao longo da Rua Goiás - última artéria do perímetro urbano da cidade, que termina entre duas chácaras, foi constatada a falta de infraestrutura, como manilhas, bocas de lobo e pavimentação. A principal testemunha do fato, que não quis ser identificada, diz que as crianças sempre brincavam nas poças d’água. “Em muitos casos nós advertíamos pelos perigos desse tipo de brincadeira. O menino foi quem entrou primeiro, seguido pela sua irmã, que imediatamente foi tragada pelas águas”, afirmou com exclusividade à reportagem deste diário. A morte da menina alterou Arquivo Pessoal

Local da Rua Goiás ,onde a menina foi tragada pelas águas pluviais

os ânimos dos moradores, que culpam o Poder Público pela não realização de obras no local, tais como a instalação de galerias pluviais e drenagem das águas - na maioria das vezes, quando há chuva, há um grande volume de água na região, que é um fundo de várzea.

O QUE DIZ O GOVERNO Mariane Sehn iria fazer cinco anos no mês de março

O secretário municipal de Planejamento, Erci Baldissera, recebeu a reportagem de O Presente e disse que existe um projeto de melhorias, protocolado no Ministério das Cidades, à espera de aprovação. Baldissera declarou ainda que como a região é um fundo de várzea, onde acontece o escoamento das águas pluviais de duas ou mais regiões, o projeto não se resume ao bairro e sim a toda a região limítrofe. “O município não tem condições de arcar com as despesas, que passam de R$ 1 milhão”, mencionou

Local, em meio à mata, onde a menina foi resgatada, já sem vida

o secretário, acrescentando que aguarda para até o mês de abril a aprovação do projeto. Entretanto, há um impedimento para a execução do projeto pretendido pelo governo de Medianeira. Os recursos do governo federal são destinados para obras urbanas, o que não se configura na Rua Goiás. A rua divide o perímetro urbano e a zona rural.

Ontem, o Wilson Sehn, mestre de obras de 41 anos, e a diarista Marilene Sehn, de 38 anos, pai e mãe da menina, que iria completar cinco anos no próximo mês de março, acompanharam o sepultamento, no Cemitério Municipal de Medianeira, acompanhados por familiares e populares, bastante comovidos com a tragédia.

Palotina vai ampliar investimentos em iluminação pública Os investimentos para melhorar a iluminação pública continuarão sendo priorizados pela atual administração de Palotina. É o que garante o prefeito Jucenir Stentzler, ao mencionar que em 2013 a Prefeitura dedicou atenção especial para garantir a melhoria do sistema. Além do trabalho de manutenção da iluminação já existente, foram investidos recursos para modernização e ampliação do serviço. Um exemplo é a Praça Amadeo Piovesan, que ganhou ilumina-

ção moderna com lâmpadas de led. Depois dos investimentos na substituição de redes e colocação de nova iluminação nos trechos remodelados das avenidas Presidente Kennedy e Independência, a prefeitura iniciou a colocação de superpostes nas saídas para Francisco Alves e Toledo. O prolongamento da Avenida Presidente Kennedy nos dois sentidos está recebendo a melhoria. A prefeitura também reformou a iluminação na Praça Rafael Pivetta e está investin-

do para melhorar o serviço na praça central do distrito de São Camilo. O prefeito salienta que os investimentos para melhorar a iluminação são permanentes e neste ano serão ainda maiores. “Uma cidade iluminada reflete em mais segurança. O que buscamos é justamente mais qualidade na prestação desse serviço”, destaca Stentzler, ao informar que a população pode solicitar melhorias acionando a Ouvidoria Municipal, pelo telefone 0800 644 3649.

Divulgação

Iluminação no prolongamento da Avenida Presidente Kennedy, na saída para Toledo: novo sistema sendo implantado


SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

GERAL

O PRESENTE |

21

TOLEDO EM 2013

Secretaria de Segurança e Trânsito faz balanço Busca por soluções para o trânsito e para ampliar a segurança do cidadão foram constantes durante o ano passado Divulgação

O ano de 2013 na Secretaria de Segurança e Trânsito de Toledo foi marcado por muitas ações com o propósito de proporcionar mais qualidade de vida aos moradores locais. Além do Departamento de Segurança Municipal e do Departamento de Trânsito e Rodoviário, a pasta possui diversos setores e coordenadorias que auxiliaram nos trabalhos. A busca por soluções para melhorar a fluidez do trânsito foi constante desde o início do ano a partir de intervenções de sinalização, fluxo e estacionamento, de acordo com a administração municipal, que fez, por meio do Departamento de Trânsito e Rodoviário, com apoio da UTFPR e da Unioeste, estudos e alterações nas vias. O objetivo foi melhorar a mobilidade urbana e propiciar maior segurança nas vias públicas. Além disso, foram realizadas aproximadamente 100 campanhas de educação para o trânsito, quando foram orientados mais de 20 mil motoristas. Quase nove mil abordagens foram feitas no trânsito, contando com as fiscalizações do Estacionamento Rotativo (Estar).

Ao todo, mais de sete mil infrações foram registradas. No ano passado, 66 motoristas foram flagrados embriagados ao volante. A Defesa Civil atuou em 17 ações. Entre as ações realizadas pela Guarda Municipal, o grande destaque foi para a aprovação do armamento dos agentes municipais de segurança, em outubro. O secretário de Segurança e Trânsito, Paulo dos Santos, lembrou que os 30 guardas municipais aprovados no exame psicológico passarão por um treinamento na Escola Superior da Escola Civil. Ele reforçou ainda que cada Guarda Municipal que portar arma durante seu horário de serviço necessitará passar por 180 horas de treinamento anuais. Já o exame psicológico precisa ser revalidado a cada dois anos. “Existe um grande rigor”, comentou. Além disso, em 2013 a Guarda Municipal apoiou os eventos do Campeonato Paranaense de Futebol profissional, Taça Toledo, Jogos Amadores e Meia Maratona, fez segurança preventiva nas praças, feiras e festas gastronômicas. Também foi realizado o apoio às abor-

Cerca de 100 campanhas foram feitas durante o ano passado no município, atingindo mais de 20 mil motoristas

dagens do Conselho Tutelar e Assistência Social e atendimento aos quase quatro mil disparos de alarmes em prédios públicos. Outro dado importante, conforme Santos, foi a discussão para a ampliação do número de integrantes do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI/M), que é responsável pela proposição de projetos, medidas e atividades que

visam à segurança do cidadão de Toledo, em conformidade com os preceitos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Diversas propostas de rearticulação foram avaliadas, assim como a ampliação de membros. “Essa discussão é relevante, pois a inclusão de mais entidades representa um avanço na participação popular e no diálogo

entre governo e entidades sobre assuntos que dizem respeito à segurança da população do município”, comentou o secretário. A administração municipal também realizou uma série de audiências públicas para discutir a questão do transporte coletivo no município, culminando na renovação do contrato com a empresa encarregada e a redução da tarifa.


ESPORTES

22 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

SANTA HELENA

Aulas de canoagem devem ser implantadas a partir de março Vôlei feminino receberá mais investimentos e em fevereiro a final do Vôlei de Praia será no Balneário Terra das Águas Divulgação

Proporcionar mais atividades esportivas à população de Santa Helena, desde crianças, passando por adolescentes, adultos e também a terceira idade, é uma das metas planejadas para este ano pela secretária municipal de Educação, Cultura, Esportes e Lazer, Roseli de Fátima Matos Martinelli. De acordo com ela, serão mantidos campeonatos e torneios tradicionais na sede municipal, tanto nos naipes masculino quanto feminino, com destaque também para os distritais e o citadino. “Vamos manter os bons projetos desenvolvidos nas escolinhas, nas quais atendemos mais de 500 alunos em modalidades como vôlei, futsal, futebol de campo, entre outras. A grande novidade para este ano será a implantação de aulas de canoagem, sendo que os caiaques ficaram prontos das reformas ontem (09). As aulas serão como nas escolinhas, atendendo crianças e adolescentes, inclusive tem um caiaque preparado para utilização de deficientes. Assim que os praticantes de canoagem estiverem preparados, eles poderão representar Santa Helena em campeonatos. O projeto já existiu no passado e está sendo retomado agora. Será piloto e a data de início deve ser no mês de março”, afirmou. Conforme Roseli, neste mês iniciam as etapas do campeonato de vôlei de praia da RPC TV Oeste, que ocorre em seis cidades. Em Santa Helena será realizada a etapa final

no dia 23 de fevereiro, no Balneário Terra das Águas, numa parceria com a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio. Hoje (10) acontece reunião do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu para tratar da realização do projeto Verão Paraná, do Governo do Estado, para definir como serão as atividades no balneário. “A partir do dia 22 de janeiro os profissionais do Departamento de Esportes atenderão até o final do mês de fevereiro diversas atividades na praia artificial. As ações diferenciadas nas áreas de esporte e lazer acontecerão com pessoas de várias faixas etárias, abertas para a população e para turistas, de quarta-feira até domingo.

MODALIDADES Com apoio do diretor do Departamento de Esportes, Neuri Celso Weide, de sua equipe e da comunidade, foram realizados no ano passado os campeonatos municipais de quatrilho de seis, máster de futsal, canastra, bocha de casais, sinuca, futebol de campo, bocha em cancha de areia, torneio de voleibol, bolão, torneio de pênalti, citadino e distrital de futsal, mini festival de futsal entre escolinhas, mini festival de futebol sete entre escolinhas, Copa Integração de Voleibol e o Campeonato Regional de Schaf Kopf, em Esquina Céu Azul. Participaram das atividades moradores da sede, do interior e dos distritos, com

disputas nos naipes masculino e feminino e em outras categorias. Roseli acrescenta que equipes de diversas modalidades representaram o município de Santa Helena no Campeonato Regional de Voleibol, Campeonato Paranaense de Bolão, Jogos Escolares, Jogos da Juventude do Paraná e dos Jogos Abertos do Paraná. “Também tivemos representantes no Quadrangular de Voleibol da Terceira Idade, em Missal, e a realização do Apaexonados no mês de novembro foi um sucesso, reunindo atletas consagrados, autoridades políticas e o secretário de Estado do Esporte, Evandro Roman”, ressalta.

APERFEIÇOAMENTO Ela diz que os projetos que tiveram êxito no ano passado serão aperfeiçoados e uma modalidade que merece e será valorizada pela equipe será o voleibol feminino. “No ano passado, a modalidade teve um crescimento muito bom. O campeonato municipal reuniu muitas mulheres com idade acima de 25 anos. Portanto, nós vamos incentivar bastante esta modalidade. Claro que o futebol e handebol também terão seu destaque mantido, além do vôlei gigante, que integra os idosos em uma atividade prazerosa. Queremos unir as pessoas em torno do esporte, criar oportunidades ao maior número possível de munícipes e com isso marcar história no esporte de Santa Helena”, concluiu Roseli.

Árbitros e assistentes têm pré-temporada em Cascavel A Federação Paranaense de Futebol (FPF) reúne desde quarta-feira (08) até amanhã (11) na FAG, em Cascavel, árbitros e assistentes que fazem parte do quadro federado para a realização da pré-temporada, visando os trabalhos que fazem parte do calendário deste ano. Foram convocados 20 árbitros e 40 assistentes que participam de atividades teóricas e práticas, ministradas pelo di-

retor de Árbitros do Paraná, Afonso Vitor Oliveira, pelo instrutor de arbitragem e delegado da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Gerson Baluta, pelo árbitro internacional Alício Pena, e pelo ex-bandeirinha da Fifa e secretário de Esportes de Marechal Cândido Rondon, Roberto Braatz. As atividades acontecem nos campos de futebol e nas salas com equipamento audiovisual.

Secretária municipal de Educação, Cultura, Esportes e Lazer de Santa Helena, Roseli Martinelli: “Queremos unir as pessoas em torno do esporte, criar oportunidades ao maior número possível de munícipes e com isso marcar história no esporte de Santa Helena”

Hoje (10) haverá palestra sobre faltas e incorreções: aspectos disciplinares, ministrada por Paulo Jorge Alves; na sequência será debatido o tema controle de jogo, através de Alício Pena Junior; depois acontecerá apresentação dos treinamentos de campo e à tarde treinamento de campo integrado. Amanhã haverá apresentação dos trabalhos da equipe, e na sequência trívia e encerramento.

Pato Branco pode desfalcar o Sudoeste na Chave Ouro Quatro equipes de futsal da região Sudoeste do Paraná prometem vir com tudo na disputa do Campeonato Paranaense Chave Ouro. Os times que competirão são o Marreco Futsal, de Francisco Beltrão, o Quedas Futsal, de Quedas do Iguaçu, o Ampére e o Clevelândia, que ficaram em 1º e 2º lugar, respectivamente, nas disputas do Campeonato Paranaense Chave Prata e estrearão na Chave Ouro nesta temporada. Entre as equipes mais tradicionais de todo o Estado em se tratando de futsal, o Pato Branco é a dúvida da vez, e pode sim

desfalcar o Sudoeste na competição mais prestigiada do futsal no Paraná. Segundo o presidente do Pato Branco, Sérgio Luiz Lavarda, ex-jogador e ídolo da torcida na conquista do título de 2006, a participação do time ainda não está confirmada. O prazo final para confirmação junto à Federação Paranaense de Futebol (FPF) encerra na quarta-feira (15) e até lá a expectativa é de que os patrocinadores viabilizem o projeto para esta temporada, garantindo a permanência da equipe na disputa.


ESPORTES

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

O PRESENTE |

23

MARECHAL RONDON

2º West Combat poderá ter mulheres em luta no octógono Lutador rondonense de jiu-jitsu participará de seletiva em Gramado para brigar por uma vaga no campeonato em Abu Dabi Foram reiniciadas na última segunda-feira (06) as atividades na modalidade jiu-jitsu em Marechal Cândido Rondon, pela Academia Red Lions. De acordo com o professor Ueslei Stankovicz, faixa preta 1º grau, a expectativa em torno dos projetos para este ano são positivas e muito desafiadoras. Em entrevista à reportagem do Jornal O Presente, Stankovicz destaca que um marco à modalidade no ano passado foi a realização da 1ª edição do West Combat de MMA (Artes Marciais Mistas), que reuniu 24 competidores em 12 lutas, sendo que dos quatro rondonenses, três foram vencedores, além de milhares de pessoas que prestigiaram os confrontos. “No mês de dezembro, por ocasião do encerramento das atividades, nós recebemos o mestre Orley Lobato, faixa preta 5º grau, que se deslocou de Manaus, no Amazonas, exclusivamente para graduar os atletas da Academia Red Lions, com a presença de lutadores de Francisco Beltrão, Marechal Cândido Rondon, Mercedes, Paranavaí e Toledo, reunindo 150 praticantes que receberam as faixas roxa, marrom, preta, entre outras, além da minha graduação como faixa preta 1º grau, conquistada depois de três anos na faixa preta”, enfatiza. Conforme Stankovicz, os atletas ficam satisfeitos porque a graduação com novas faixas significa o início de um novo ciclo, com mais responsabilidade dentro dos treinamentos. “De Marechal Rondon, o Miguel recebeu a faixa marrom e o próximo desafio dele será a conquista da faixa preta”, acrescenta. Os treinamentos de jiu-jitsu no município acontecem todas as segundas, quartas e sextas-feiras, a partir das 20 horas, no Colégio Rui Barbosa, com turmas mistas (homens e mulheres), além da categoria infantil, com os lutadores se preparando para participar das competições que acontecerão nas cidades vizinhas.

ABU DABI “O grande foco para fevereiro é a seletiva de Abu Dabi, que acontecerá na cidade de Gramado, Rio Grande do Sul. O atleta Renato Assunção deve participar dessa seletiva na categoria faixa roxa. Esta seletiva funciona com o competidor lutando na sua categoria de peso e faixa e na categoria absoluto o atleta que se tornar campeão recebe passagem aérea e estadia para lutar em Abu Dabi, nos Emirados Árabes. Os eventos lá são muito conceituados, com premiações em dinheiro dentro das categorias com valor entre R$ 3 mil, R$ 4 mil, R$ 5 mil e R$ 7 mil. Já na categoria absoluto a premiação aos campeões chega a R$ 15 mil, além de brindes que os sheiks distribuem”, ressalta Stankovicz. Ele comenta que nos Emirados Árabes o jiu-jitsu é uma arte marcial muito valorizada, sendo considerada uma atividade que integra a grade curricular, além do mais, segundo o rondonense, os sheiks bancam as ações nessa área esportiva. “Muitos brasileiros vão até lá para lutar e outros estão lá para dar aula. Este é um campeonato exclusivo dos sheiks, não é mundial, não faz parte da grade da confederação de jiu-jitsu. É um campeonato à parte, porém que tem grande prestígio

por parte dos atletas”, revela. De acordo com o professor, são milhares de pessoas que participam desse campeonato. “Aqui no Brasil e no campeonato sul-americano são reunidos entre dois mil e três mil participantes, enquanto em Abu Dabi o número de competidores é em média entre quatro mil e seis mil lutadores que vão do Brasil inteiro e de outros países. A seletiva de Gramado nada mais é do que o lutador conseguir ir para Abu Dabi sem precisar pagar nada”, completa.

WEST COMBAT Animado com os resultados positivos obtidos com a primeira edição do West Combat, em Mare-

chal Rondon, no mês de novembro, Stankovicz afirma que o evento foi um sucesso devido à organização e ao apoio de toda imprensa, que ajudou muito a divulgar. “Nós tínhamos a pretensão de fazer a segunda edição já no primeiro semestre de 2014, no mês de maio, contudo, Toledo realizará o Mister Fight, que virá com força total. Estaremos trabalhando com atletas de toda região e quem coordena a competição é o professor Rodolfo. Aqui em Marechal Rondon nós temos grandes potenciais para colocar no octógono em luta. Tem o Índio, que fez grande luta no West Combat; também o Niomar Shenas, que fez o melhor nocaute, que foi o nocaute da noite. E o Victor Sabino, que também fez uma excelente luta”, enfatiza, acrescentando que esses são os atletas que possivelmente estarão no card do Mister Fight. Em relação a Claudio Santos, que lutou no West Combat e acabou vencido, Stankovicz diz que o momento atual é ideal para ele focar e refletir O

Pr

es

en

sobre sua continuidade ou não na modalidade. "Não sabemos qual decisão ele vai tomar", comenta. Conforme o professor, a expectativa é de que a segunda edição do West Combat de MMA em Marechal Rondon seja realizada no mês de novembro, devido a uma série de programações já definidas, como a Copa do Mundo, festa do município e Oktoberfest, dentre outras. "Nós vamos tentar manter a data de realização no mês de novembro. É um período que marca o início da temporada de verão e bastante positivo para atrair muitas pessoas”, considera.

MULHERES Com o crescimento do MMA no cenário mundial, muitas mulheres estão conquistando espaço na modalidade, inclusive a brasileira Cris Cyborg é uma promessa de boa competidora no UFC. Pensando nisso, Stankovicz comenta que novidades podem surgir para a 2ª edição do West Combat. “Estamos analisando bem e discutindo a possibilidade de trazer mulheres para lutar no octógono do West Combat neste ano em Marechal Rondon. Há boas lutadoras que estão se destacando, então esta pode ser uma boa oportunidade de projetar as mulheres na modalidade”, anuncia.

te

PADRINHO OU MADRINHA

Professor de jiu-jitsu em Marechal Rondon, faixa preta 1º grau Ueslei Stankovicz: “Pensamos em um grande nome de atleta do UFC para engrandecer nosso evento. A atleta Jéssica Batistaca, que tem bom conceito e é da PRVT, pode ser a madrinha do 2º West Combat”

Uma das possibilidades ventiladas pelos organizadores do evento é trazer um padrinho ou uma madrinha para o West Combat. “Pensamos em um grande nome de atleta do UFC, mais fácil é ser alguém de Curitiba, uma pessoa para engrandecer nosso evento. No ano passado havíamos conversado com a atleta Jéssica Batistaca, que tem bom conceito e é da PRVT, porém, em virtude da vitória dela no UFC, sua agenda ficou lotada e Jéssica não pôde vir a Marechal Rondon. Esta pode ser a hora de trazer uma mulher para ser madrinha da competição”, finaliza.


ESPORTES

26 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

O ACERTO

Índio assina contrato e renova com o Inter por seis meses Zagueiro já tinha definido a sequência com o clube gaúcho, mas oficializou na última quarta-feira (08) Divulgação

O que estava acertado agora está oficializado. Índio permanecerá no Inter por mais seis meses. O zagueiro assinou a renovação de seu contrato na última quartafeira (08). Assim, ele estará presente na reinauguração oficial do Beira-Rio, marcada para o dia 06 de abril, no amistoso contra o Peñarol. Histórico jogador do clube, presente nas conquistas das duas Libertadores (2006 e 2010), Mundial (2006), nas duas Recopas (2007 e 2011) e na Sul-Americana (2008), Índio mereceu um tratamento especial por parte da diretoria. Na apresentação de Abel Braga, o treinador, admirador confesso do zagueiro de 38 anos, afirmou que o desejava em seu grupo: “Eu gostaria imensamente que o Índio ficasse conosco. Isso é desejo, não é acerto”. Após passar alguns períodos no banco de reservas, o zagueiro terminou a temporada no time titular, ao lado

Juninho corre em forte ritmo no retorno aos treinos do Vasco

Índio tem 384 partidas pelo Inter desde o ano de 2005

de Juan. Nesta temporada, terá que brigar pela posição com Ernando e Paulão. Índio é o jogador do grupo atual que mais vezes jogou pelo time. No Colorado desde 2005, atuou em 384 parti-

das. Em agosto de 2010, chegou aos 27 gols pelo Inter (atualmente soma 33), superando a marca que antes pertencia ao lendário zagueiro Figueroa, ídolo da década de 1970, autor de 26.

MPF denuncia esquema para falsificar documentos de cearenses O Ministério Público Federal (MPF) em Juazeiro do Norte denunciou um esquema de falsificação de documentos de jogadores cearenses. Ontem (09), o MPF propôs uma ação penal contra nove pessoas apontadas como responsáveis por um processo para diminuir a idade de atletas em até três anos, possibilitando a negociação dos jovens com clubes nacionais e do exterior. Segundo o MPF, os joga-

dores que tinham a documentação alterada eram negociados com clubes como Fortaleza, ABC-RN, Bahia, Atlético-PR e Corinthians. Procurador da República, Celso Leal diz que a investigação se arrastava há quase dois anos e, ainda segundo ele, os fatos foram inicialmente comprovados por meio da ficha de jovens atletas disponibilizada no site do Fortaleza. “A partir dos dados coletados, a Polícia Federal dili-

genciou e comprovou a existência de um verdadeiro esquema fraudulento e criminoso articulado por empresários do ramo de futebol do Estado do Ceará, bem como pelos respectivos atletas e seus genitores, os quais detinham conhecimento e participação na confecção e uso de certidão de nascimento, RG, CPF e passaportes falsos no município de Juazeiro do Norte”, revelou o procurador.

Roma vence Sampdoria na Copa e enfrenta o Juventus nas quartas O Roma terá a chance de dar o troco no Juventus, mas por outra competição. Depois de ser derrotado pelo rival no Campeonato Italiano, no domingo (05), e vê-lo disparar na liderança do torneio com oito pontos de vantagem, a equipe não se abateu e venceu o

Sampdoria por 1 a 0, ontem (09), em jogo válido pelas oitavas de final da Copa da Itália. A questão é que os giallorossi enfrentarão a própria Velha Senhora, que passou pelo Avellino, nas quartas de final. A superioridade do time da casa sobre o visitante foi

visível logo no início do jogo. Seis minutos foram necessários para o anfitrião abrir o placar: após jogada em velocidade pela esquerda, o brasileiro Dodô chutou cruzado, Destro desviou, e Fiorillo conseguiu a defesa. No rebote, livre, Torosidis balançou as redes.

Ainda em recuperação de uma grave lesão no adutor da coxa direita, Juninho apareceu novamente com a camisa do Vasco. Em treino no Centro de Futebol Zico, no Recreio dos Bandeirantes, onde o Vasco não treinava desde a saída de Dorival Júnior, o veterano correu em forte ritmo em atividade comandada pelo fisiologista do clube, Rodney de Castro. Aos 39 anos, Juninho assinou na manhã de ontem (09) um novo contrato, mais curto, com vínculo apenas até o fim do Carioca. Exibindo a mesma condição física de quando se lesionou na reta final do Brasileiro, Juninho correu durante mais de 30 minutos, enquanto outros jogadores do elenco faziam circuito físico com o preparador Daniel Gonçalves. O Reizinho segue normalmente com o elenco para a pré-temporada em Pinheiral. O Vasco viajou na

noite de ontem para Volta Redonda, cidade vizinha ao local onde vai treinar durante uma semana. Apesar do retorno aos treinos, o departamento médico do clube ainda não divulgou o prazo para o camisa 8 ter condições de jogo novamente. Juninho Pernambucano não atua desde a 33ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2013, quando se lesionou no primeiro tempo na partida diante do Santos, dia 10 de novembro. Segundo o diretor de futebol do Vasco, Rodrigo Caetano, os exames concluídos pelo meia foram considerados melhores possíveis. “Juninho mostrou melhora considerável. Agora é fortalecimento e recondicionamento físico. Todos conhecem seu comprometimento e posso dizer que ele já esta em um estágio avançado”, afirmou o diretor de futebol do Vasco.

Corinthians empresta Willian Arão ao Chapecoense O Corinthians fechou o empréstimo de três jogadores para a Portuguesa, com contratos até o fim desta temporada. O zagueiro André Vinícius, o volante Gomes e o meia Giovanni se despediram dos companheiros alvinegros e devem se apresentar à Lusa até o fim da semana. A transação vinha sendo costurada desde o fim do ano passado. Ontem (09), mais um jogador teve seu empréstimo confirmado. O volante Willian Arão vai defender a Chapecoense até o fim do ano. “Ano passado tive uma sequência de jogos e estava justamente buscando isso para este ano. Felizmente deu tudo certo e o acordo

aconteceu de maneira rápida. Embarquei ontem para Chapecó para realizar exames médicos e começar a pré-temporada. Estou muito entusiasmado, principalmente, porque é um clube que tem boa estrutura e irá disputar pela primeira vez a Série A”, disse Arão. Nenhum deles está nos planos do técnico Mano Menezes para 2014, e por isso foram cedidos ao rival, que disputa Campeonato Paulista e Série B do Campeonato Brasileiro. Um quinto jogador poderia entrar no negócio: o atacante Douglas Tanque. Este, porém, desceu para a equipe sub-20 e pode ser aproveitado ao longo da temporada.


SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

ESPORTES

O PRESENTE |

27

RUMO A DUBAI

Campeão no Fla, Hernane pode jogar pelo Al Jazira Oferta para o Brocador é pouco mais do que o dobro do atual salário do atacante no Fla. Proposta de compra, entretanto, é inferior ao valor da multa Divulgação

A independência financeira de Hernane está próxima de ser realizada. O Al Jazira, do Emirados Árabes, fez uma oferta ao jogador de 1,2 milhão de euros (R$ 3,9 milhões) por temporada para que ele deixe o Flamengo. O valor corresponde a cerca de R$ 325 mil por mês, pouco mais do dobro que o atacante ganha no RubroNegro (R$ 150 mil mensais). O advogado da Energy Sports, empresa detentora de 50% dos direitos econômicos de Hernane, embarcou ontem (09) para Dubai. Breno Tanure terá uma reunião com o Al Jazira para ter as garantias do que foi prometido na oferta. Os seis milhões de euros (R$ 19,5 milhões) oferecidos ao Flamengo, por sua vez, são inferiores ao valor da multa prevista no contrato do Brocador. Para tirar o atacante do Fla antes de 28 de fevereiro de 2016, o interessado teria que desembolsar oito milhões de euros (R$ 26 milhões). Há uma pressão por parte do empresário do jogador para que a venda seja sacramentada. Paulo Pitombeira

Kalil confirma renovação de Ronaldinho com o Atlético-MG

Campeão pela Copa do Brasil 2013, Hernane pode estar de saída do Flamengo

foi quem recebeu a proposta e comunicou o Flamengo e a Energy. Durante o dia de ontem, os dirigentes rubronegros relutaram e não aceitaram negociar Hernane. No contrato assinado entre o clube e a Energy não há cláusula que obrigue o Rubro-Negro a vender Hernane mediante qualquer pro-

posta. Até porque, as partes, cada uma, têm 50% dos direitos econômicos do Brocador. Artilheiro do Flamengo em 2013 com 36 gols, Hernane é, hoje, o xodó da torcida e referência no ataque. Ao lado de Elias, foi o protagonista na temporada passada, especialmente na conquista da Copa do Brasil.

Sob os olhos do pai, Pedro Piquet estreia nas pistas A velocidade está no DNA da família Piquet. Aos 61 anos, o patriarca Nelson é hoje um bem-sucedido empresário que curte sua coleção de carros antigos. Mas já foi o terror de muitos adversários em seus mais de 20 anos de carreira nas pistas do Brasil e do exterior, faturando três títulos mundiais de Fórmula 1 entre 1981 e 1987. Seu herdeiro mais velho, Geraldo, de 36 anos, optou pelos caminhões e há dez temporadas disputa vitórias e títulos pelo Brasil na Fórmula Truck. Já Nelsinho, hoje com 28, seguiu carreira no exterior, chegou à F-1 e está na Nascar. Laszlo, de 26, correu de kart por muito tempo, mas se descobriu nas corridas de supermoto. Com tantos exemplos, foi até natural que Pedro, de 15

anos, seguisse o mesmo caminho. Mas o Piquet-caçula dos cockpits, que neste fim de semana fará sua estreia no automobilismo sob o olhar atento do pai coruja, nega que tenha sofrido qualquer tipo de pressão. Depois de um bem sucedido período no kart, assim como aconteceu com seu pai e com seus irmãos pilotos, a opção de

Pedro para iniciar sua carreira nos carros foi a Toyota Racing Series, um torneio monomarca na Oceania com carros similares aos das categorias europeias que formam as divisões de base da Fórmula 1. A categoria máxima, na qual Nelson conquistou 23 vitórias, 24 poles e 23 voltas mais rápidas, além de seus três Mundiais, é o objetivo de Pedro. Divulgação

Pedro Piquet, de 15 anos, estreará na Toyota Racing Series e sonha com a Fórmula 1

Enfim, a novela "Ronaldinho Gaúcho e Atlético-MG" terminou ontem (09) com final feliz para a torcida atleticana. Depois de vários dias de indefinição quanto à permanência do craque no clube mineiro, já que o contrato dele se encerrou no último dia 31 de dezembro, o presidente do Galo, Alexandre Kalil, confirmou, via Twitter, o que a massa atleticana esperava: “A torcida é chata, mas o cara é apaixonado por ela. Renovou!”, escreveu o mandatário. Logo depois, o site oficial do clube confirmou a informação de que o meia permanece em Belo Horizonte. Já o irmão e empresário do meia informou que o novo vínculo, o terceiro desde que R10 chegou ao clube, será até o fim deste ano.

ENCONTRO RÁPIDO O dirigente alvinegro se reuniu ontem com Assis. E conforme havia anunciado, a conversa foi rápida, já que no meio da tarde, o acordo foi sacramentado. O próprio Assis refutou a palavra novela, já que, segundo ele, quem

criou o imbróglio foi a própria imprensa. “Não houve novela. Nunca houve novela. Novela quem fez foram vocês (imprensa). A conversa foi rápida, como sempre foi”, resumiu. Nas últimas semanas, a imprensa dava como certa a contratação do meia pelo Besiktas, da Turquia, clube que Assis chegou a conversar por algumas ocasiões. Mas ao chegar ao Brasil, o empresário demonstrou tranquilidade ao comentar sobre o assunto ao dizer que a conversa seria rápida com o dirigente alvinegro. O tempo de contrato será de um ano mas, como nos outros dois vínculos, as condições para a renovação de Ronaldinho com o Atlético-MG não foram divulgadas. Mas o objetivo principal do clube para 2014 foi concluído com a permanência do camisa 10. Ronaldinho Gaúcho terá o desafio de comandar, em campo, o Galo na busca pelo bicampeonato da Taça Libertadores da América, além de ao final do ano, tentar conquistar o tão sonhado campeonato Mundial de Clubes, que ficou pelo caminho no último mês de dezembro.

Torcida do Valencia xinga Diego Costa por não ser espanhol O atacante Diego Costa sofreu com insultos da torcida do Valencia na última terça-feira (07), quando o seu clube Atlético de Madrid atuou no Estádio Mestella em jogo válido pela Copa do Rei. Além de fazer muitos gols, o jogador ficou marcado recentemente por se naturalizar espanhol mesmo depois de já ter defendido a seleção brasi-

leira em amistosos. Natural de Lagarto, Sergipe, Diego ouviu de tudo. Foi bastante xingado pela torcida que fica atrás de um dos gols, o que seria equivalente às organizadas brasileiras. Mas ouviu um coro que pode ter mexido com o seu coração: “Diego, cabrón (idiota), você não é espanhol!”, bradavam os torcedores.


GERAL

28 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

ESTIMATIVA

Brasil pode ter maior produção de soja do mundo Previsão é que o país registre uma produção de grãos de 196,7 milhões de toneladas, ao todo, um aumento de 5,2% em relação à safra passada Franke Djikstra

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, afirmou ontem

(09) que a produção de soja pode chegar a patamares ainda maiores do que as projeções atuais,

que apontam para a produção de cerca de 90 milhões de toneladas durante a safra 2013/14. O anún-

Plantio do milho segunda safra já inicia, à medida que o soja é colhido

cio foi feito durante a coletiva de imprensa dos levantamentos de grãos e café para a temporada atual. “O desempenho da soja para esta safra deve ser ainda melhor que as previsões atuais, podendo alcançar 95 milhões. Esse resultado deve-se ao aumento da produtividade e consolidará o Brasil como o maior produtor desse grão no mundo, superando os norte-americanos”, disse Andrade. A previsão é que o Brasil registre uma produção de grãos de 196,7 milhões de toneladas, ao todo, um aumento de 5,2% em relação à safra passada, de 186,9 milhões de toneladas. No levantamento, realizado por técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o destaque foi para a soja, que teve um crescimento de 10,8%, o que representa uma produção estimada em 90,3 milhões de toneladas para a safra atual. O arroz acompanhou o comportamento de alta com um aumento de 5,1%, chegando a 12,4 milhões de toneladas. O feijão primeira safra - que já está em fase de colheita no Paraná - também se destaca, com uma elevação

de 35,6% na produção, passando de 964,6 mil para 1,3 milhão de toneladas. Já o milho primeira safra, segunda maior cultura produzida no Brasil, apresentou um decréscimo de 5,9%. A queda prevista, segundo a Gerência de Avaliação de Safras da Conab, se deve à redução de plantio do grão em virtude dos preços mais favoráveis para o plantio de soja. No que tange à área plantada, a cultura de soja apresentou o maior crescimento em relação à área plantada, com aumento de 6,6%, passando de 27,7 para 29,6 milhões de hectares. Outras culturas também apresentaram elevação em relação à área, como o arroz, feijão e algodão. Por sua vez, o milho primeira safra apresentou decréscimo de área de 4,7%, passando de 6,8 para 6,5 milhões de hectares. “A nossa produção aumenta a cada ano. Isto porque o Brasil desenvolveu grandes tecnologias no campo, e contamos diariamente com o trabalho dos produtores, que não medem esforços para colocar a nossa produção como uma das maiores do mundo”, finaliza Andrade.

País se prepara para queda de safra de trigo no Mercosul O ministro da Agricultura, Antônio Andrade, garantiu ontem (09) que o Brasil tem se preparado para enfrentar a queda de safra do trigo nos países produtores do Mercosul. O ministro também comentou a demora na autorização para o embarque do cereal, por parte do governo da Argentina. “Nós sabemos que a produção argentina de trigo em 2013 foi menor do que a do ano anterior e já autorizamos a importação do produto de outros mercados fora do Mercosul. Sabemos da queda de produção de trigo da Argentina e do Paraguai e, por

isso, autorizamos (a importação de) 3,3 milhões de toneladas que não sejam dessa região”, informou o ministro. Tradicional parceiro do Brasil, os exportadores da Argentina aguardam autorização do governo local, que regula fortemente o setor, para embarcar 1,6 milhão de toneladas do cereal. O governo do país vizinho tem limitado as exportações de produtos como trigo e milho, alegando garantir o abastecimento do país e evitar pressões inflacionárias. A medida, no entanto, tende a desestimular a plantação desses grãos.


29

O PRESENTE SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

O Presente Divulgação

Membros do Conselho do Jovem Empreendedor (Cojem) de Santa Helena, durante recente evento da entidade

AZEITE E SAÚDE Palotina inspira seus talentos e desperta a atenção também em outras regiões. A cidade é citada em uma canção composta e cantada por Celsoi Dariva, juntamente com o filho Fernando Dariva. Eles residem em Cascavel. Para ouvir a música, acesse o site www.folhadepalotina.com.br

FACILIDADE DE APRENDER

O azeite pode reduzir em até 30% doenças cardiovasculares. É o que mostra um estudo da especialista Joima Panisello na primeira palestra do Plano de Promoção do Azeite no Brasil, realizado pela Embaixada da Espanha. É um alimento que pode ser incorporado ao cotidiano das pessoas e ajuda na redução das doenças cardiovasculares, diabetes, depressão e câncer de próstata, de colo e mama.

Arquivo pessoal

Crianças têm mais facilidade de aprender novas línguas. É o que verificam os cientistas do Kings College, em Londres, e da Brown University em Rhode Island. Eles estudaram 108 crianças com desenvolvimento cerebral normal, e com idades entre um e seis anos. Entre dois e quatro anos de idade existe um período crítico, em que o cérebro está aberto a um determinado tipo de experiência, e no caso, para o aperfeiçoamento da linguagem.

SOJA NO OESTE Começa a colheita da safra de soja no Oeste do Paraná, porém, as lavouras registram perdas em função da estiagem em dezembro. As chuvas registradas nos últimos dias ajudaram, mas em algumas regiões não anulam as perdas. A expectativa dos agricultores é colher uma média de 50 sacas por hectare. Muitos produtores vão investir no plantio de milho safrinha após a colheita da soja. Leila Fotografias

Júlia Bernardi fotografada por Leila

Não é estória, um pescador amador capturou na localidade do Arroio Guaçu, em Mercedes, um dos maiores pintados já vistos no Lago de Itaipu. O peixe pesou 31 quilos e mediu 1,40 metro


POLICIAL

30 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

MARECHAL E TOLEDO

PMrecuperaoitoemcadadezveículosfurtados Em 2013, 51 veículos foram furtados em Marechal Rondon; 40 deles foram recuperados. No ano anterior, apenas 23 dos 49 furtados foram localizados pela corporação AquiAgora.net

Oito em cada dez carros furtados ou roubados em Marechal Cândido Rondon e Toledo no ano passado foram recuperados pela Polícia Militar (PM). Houve avanço em comparação a 2012, considerado muito bom pela corporação, que atribui o desempenho à ampliação no número de operações, à contribuição da comunidade com denúncias e ao fato de que muitos carros e motos são furtados apenas para a prática de outros crimes e posteriormente abandonados. Em Toledo, o índice de furtos e roubos de veículos caiu 37,5% em 2013, se comparado ao ano anterior, de acordo com dados divulgados nesta semana pela Polícia Militar. Mas a PM come-

mora não somente a queda nos furtos e roubos, mas a ampliação no índice de recuperação de carros e motos nos últimos 12 meses. Dos 95 veículos furtados ou roubados em Toledo, 75 foram recuperados e disponibilizados aos legítimos proprietários, o que representa a recuperação de 79% dos veículos, ou aproximadamente oito em cada dez levados pelos marginais. A evolução é de quase 30%. Em 2012, a Polícia Militar toledense recuperou apenas 79 dos 152 veículos furtados ou roubados (52%). O bom índice é compartilhado pela Polícia Militar de Marechal Cândido Rondon. Em 2013, a PM rondonense recuperou nada menos que 40 dos 51 carros e motos furtados, o que representa 78,5% do total. Em 2012, o índice não passou de 47%, quando a Militar recuperou 23 dos 49 veículos. “Essa evolução é considerada muito positiva”, avalia o sargento da PM em Marechal Rondon, Dirson Niedermeyer. Para ele, a ampliação no efetivo policial, o maior número de operações, a colaboração da comunidade, que tem denunciado mais, e o fato de que muitos

CARRETA TOMBA NA 163 AquiAgora.net

Uma carreta tombou e espalhou uma carga de 37 toneladas de milho próximo ao Posto Sabiazinho, na BR-163, entre Mercedes e Guaíra. O acidente aconteceu por volta das 17 horas de quarta-feira (08) no local conhecido como Serrinha. A carreta acabou tombando em um barranco de aproximadamente cinco metros e ficou com as rodas para cima. O motorista não ficou ferido.

carros têm sido furtados apenas para que os marginais cometam outros crimes, abandonando-os depois, são alguns fatores que foram decisivos para que a corporação alcançasse o índice. Ele entende que a boa porcentagem de recuperações tende a se repetir em 2014. Os veículos que não são mais encontrados, de acordo com a PM, são levados para desmanches. “Acreditamos que o restante dos veículos, que não são recuperados, sejam desmontados. As peças são vendidas separadamente”, explica o policial.

Moto recuperada pela Polícia Militar no ano passado foi entregue a seu legítimo dono

ATROPELAMENTO EM RONDON AquiAgora.net

FURTO Em Toledo, a PM registrou um furto na tarde de quarta-feira (08), por volta das 16h30. Uma mulher deixou a moto Honda Biz placa ARU-6942 na Rua Carlos Sbaraini, no Jardim Panorama, e foi para a academia. Ao sair, percebeu que o veículo havia sido levado. A vítima disse que havia esquecido a chave pendurada no bagageiro da moto. A equipe policial fez buscas nas proximidades, porém a moto não foi mais localizada.

Um atropelamento de trânsito foi registrado no fim da tarde de quarta-feira (08), na Avenida Rio Grande do Sul, em Marechal Cândido Rondon, envolvendo um ônibus e um adolescente. Segundo informações, o ônibus e o ciclista seguiam pela avenida em direção à Copagril, na saída para Porto Mendes, quando, próximo ao cruzamento com a Rua Rio de Janeiro, o ciclista se desequilibrou e sofreu uma queda. Ele acabou indo de encontro a um ônibus que passava no local. O menino teve ferimentos leves, foi socorrido pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para atendimento médico.

Rondonense cai em golpe pelo telefone e perde R$ 3 mil Um morador de Marechal Cândido Rondon perdeu R$ 3 mil ao cair em um golpe aplicado por telefone. O crime, conhecido como golpe do parente, foi registrado na tarde de quarta-feira (08) na Polícia Militar. A vítima disse que recebeu uma ligação e acreditou na conversa do bandido, que se passou por um parente que estava na estrada, com o carro quebrado, precisando do dinheiro para consertar o veículo e seguir viagem. Segundo depoimento da vítima, ela recebeu várias ligações de uma pessoa que se identificou como seu primo. Ele teria dito que, em uma viagem para uma visi-

ta surpresa, ele desviou de um caminhão e acabou colidindo contra um barranco, o que teria danificado seu veículo. A assistência mecânica teria sido chamada para prestar socorro e o suposto primo passou um telefone para a vítima, dizendo ser o telefone de uma mecânica conhecida da cidade de Cascavel. Ao ligar para a suposta mecânica, um atendente se identificou como Carlão e solicitou o depósito imediato de R$ 1,5 mil. A vítima pegou o número da conta e fez o depósito para uma conta de pessoa física. Minutos depois, o falso primo voltou a ligar, avisando que teria ocorrido outro problema no

veículo. A vítima repetiu o processo anterior e conversou novamente com o estelionatário, que pediu mais R$ 1,5 mil para corrigir um problema na direção. Sem o mesmo dinheiro de antes, a vítima recorreu aos parentes mais próximos e arrecadou o valor pedido. O depósito foi feito novamente em uma conta de pessoa física. Desconfiada, a vítima ligou para uma outra prima e também para um tio, que moram no Rio Grande do Sul. A vítima, então, soube que o verdadeiro primo estava trabalhando normalmente e que havia caído em um golpe.


POLICIAL

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

O PRESENTE |

31

NA REGIÃO LINDEIRA

Contrabandistas perderam R$ 284 milhões em 2013 Valor é 13% maior do que o registrado no ano de 2012; maioria das apreensões é composta por cigarros e veículos usados nos crimes Divulgação

As apreensões de mercadorias e veículos realizadas no ano de 2013 pela Delegacia da Receita Federal em Foz do Iguaçu e parceiros somaram US$ 119,6 milhões (aproximadamente R$ 284 milhões), valor 13% maior que o registrado no ano anterior, quando as apreensões foram de US$ 105,4 milhões. A maior parte foi realizada na Operação Fronteira Blindada, desenvolvida de forma permanente pelas unidades da Receita Federal em parceria com forças de segurança. O valor compreende as apreensões realizadas em toda a jurisdição da delega-

cia, que se estende de Foz do Iguaçu até Guaíra, abrangendo toda a região lindeira ao Lago de Itaipu. Os números englobam também as mercadorias recebidas de outras instituições parceiras que atuam no combate ao contrabando e descaminho na região de fronteira, como Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e Forças Armadas. Os cigarros, os eletrônicos e os veículos representaram, juntos, mais de 70% do total das apreensões registradas no ano passado. Em comparação ao ano anterior, os veículos tiveram uma redução das

apreensões de 17%, os eletrônicos tiveram um incremento de 11% e o cigarro teve aumento de 134%. Em relação ao cigarro, a Receita ressalva que o aumento do valor nominal no ano de 2013 está relacionado à modificação do critério de valoração do produto, que passou a ter como base o preço praticado no mercado interno. Desconsiderando-se os efeitos dessa mudança, observa-se uma diminuição do valor das apreensões de cigarros no ano de 2013 ao redor de 20% (foram apreendidos 45 milhões de maços em 2013, contra 56 milhões em 2012).

Mercadorias retiradas de circulação lotam os depósitos da Receita em Foz

Transformador queima e provoca Três são presos e princípio de incêndio em Rondon um foge em Guaíra

Um princípio de incêndio assustou clientes e movimentou o Corpo de Bombeiros na manhã de ontem (09) em Marechal Cândido Rondon. O transformador que fornece energia

ao Supermercado Allmayer pegou fogo e queimou parte da fiação. O incidente aconteceu por volta das 09 horas. De acordo com os bombeiros, após uma queda na energia geral O Presente

Bombeiros foram acionados para dar assistência no local

do supermercado, um princípio de incêndio foi visto rente ao poste de eletricidade, confirmando a falha no transformador. Por ter sido um acontecimento rápido e longe do raio de circulação de clientes e pedestres, não houve danos à empresa e registro de feridos. O Allmayer não tem responsabilidade sobre o ocorrido, pois o transformador é instalado pela Companhia Paranaense de Energia (Copel). O proprietário do estabelecimento, Daniel Felipe Niedermeyer, afirmou que o funcionamento das atividades do supermercado continuou normalmente graças a um gerador de energia próprio da empresa. Ainda segundo Felipe, o transformador foi instalado há cerca de cinco anos. A Copel vai apurar as causas do incidente.

PRF faz duas apreensões de maconha em 15 minutos Três menores de idade foram apreendidos e dois maiores presos acusados de tráfico de drogas. Os flagrantes aconteceram na noite de quarta-feira (08), na BR-272, em Guaíra.

Por volta das 19h20, policiais rodoviários federais apreenderam os primeiros dois menores, de 15 e 16 anos, que haviam embarcado em um ônibus. Com eles, foram encontrados 10,7

quilos do entorpecente. O casal, que reside em Guaíra, disse que estava levando a droga para Umuarama e não sabia para quem seria entregue. Pelo serviço, eles receberiam R$ 1 mil. Quinze minutos mais tarde aconteceu nova apreensão de maconha, durante abordagem a outro ônibus. Um menor de 17 anos e dois maiores de idade foram detidos. Com eles, a polícia encontrou oito quilos da droga. As ocorrências foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Civil em Guaíra. O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o caso.

Após receber várias denúncias sobre tráfico de drogas, policiais do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) localizaram uma residência, onde foram encontrados uma pistola, munição, R$ 14,2 mil em dinheiro e maconha. A casa, na Rua Osasco, do Bairro Vila Eletrosul, em Guaíra, era usada para o comércio de entorpecentes, de acordo com a polícia. Três pessoas foram presas e uma conseguiu fugir. A ação aconteceu na madrugada de ontem (09), quando os policiais obtiveram a informação de que um carregamento da droga estaria sendo descarregado no local. Durante aproximação a pé, os policiais do BPFron se depararam com o suspeito em uma motocicleta, levando uma grande mochila nas costas. Quando tentaram a abordagem, o homem correu para dentro da casa e conseguiu fugir pelos fundos. No mesmo momento, foram avistadas duas mulheres dentro da casa que, ao abrir a por-

ta, foi imediatamente abordada. Sobre uma estante do imóvel, os policiais encontraram uma pistola calibre nove milímetros, carregada com 15 cartuchos intactos. Os policiais seguiram com as buscas na residência e localizaram pequena quantidade de maconha, 82 cartuchos para espingarda calibre 12 e para pistola calibre nove milímetros e mais de R$ 14 mil em dinheiro, moedas e cheques. Enquanto os policiais estavam dentro da casa, chegaram dois homens. Sem notar a presença da polícia, eles disseram para a mulher parar com a venda de drogas, pois haviam observado a presença de policiais na região. Foi dada voz de prisão aos dois homens e às duas mulher. Uma delas resistiu e a polícia usou força para contê-la. Os quatro, as drogas, arma, munições, dinheiro e veículos, supostamente usados na prática de crimes, foram encaminhados à Polícia Civil em Guaíra. Portal Guaíra

Pistola nove milímetros e munição apreendidas na residência


AGRONEGÓCIO

32 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

TECNOLOGIA NO CAMPO

Encontro reúne informações sobre mercado e manejo de pragas Consultor apresenta panorama de mercado e conclui que preços de soja e milho devem seguir em direções opostas; Intacta é uma solução para o controle de Helicoverpa Fotos: Divulgação

Nos últimos anos o agronegócio evoluiu muito e, seguindo essa linha, a Coodetec apresenta o que há de melhor no mercado agrícola no Encontro Tecnológico de Verão. O evento aconteceu ontem (09) e quarta-feira (08), na sede da Cooperativa Central, em Cascavel, e reuniu as novidades CD, produtos para o manejo das lavouras e máquinas agrícolas. Os produtores e profissionais que passaram pela Coodetec puderam conferir as novidades. O palestrante Vinicius Xavier, consultor da INTL FCStone - Commodity Intelligence, apresentou um panorama dos mercados de soja e milho safrinha. Para o consultor, a tendência agora é a de uma acomodação de preços para a soja e uma elevação dos preços do milho. “As duas safras estão caminhando em direções opostas. O produtor perdeu o momento de melhores preços da soja. Daqui para frente, vamos encontrar um cenário de preços um pouco mais para baixo, caminhando assim por longo período em 2014. Já o preço da saca de milho está caminhando para uma recuperação de preços”, informou. Segundo Xavier, o principal motivo para a queda de preços da soja é a safra recor-

de. “O preço da saca desse grão cai também pela questão dos prêmios, reflexo do preço do frete, com excesso de oferta em relação a uma tradicional demanda”, pontua. O consultor ainda destaca que é preciso prestar atenção às projeções do mercado de milho. “Se olharmos os dados da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), somos extremamente pessimistas em relação aos preços, porque enxergamos estoques elevados. Mas, em análise mais a fundo, com dados concretos e projeções de outras instituições para a safrinha, percebemos que os estoques finais estimados pela Conab são muito menores do que eles dizem hoje. Teremos uma elevação de preços para o milho, principalmente se considerarmos que a questão cambial deve ajudar”, conclui.

MANEJO No campo, os participantes do evento na Coodetec também receberam informações sobre o manejo da lagarta Helicoverpa armigera. O pesquisador da Embrapa Soja, Samuel Roggia, destaca que a principal indicação de manejo é, em primeiro momento, a vistoria da lavoura. “Uma amostragem bem feita evita aplicação excessiva e/ou des-

Consultor apresentou panorama do mercado: principal motivo para a queda de preços da soja é a safra recorde

Vistoria das lavouras é a primeira indicação para prevenção à helicoverpa

necessária de inseticidas na lavoura e também evita que o agricultor tenha surpresas pela ocorrência de surtos da lagarta. Após isso, se for necessária a aplicação de produtos para controle, é importante consultar um engenheiro agrônomo”, detalhou. Com essa medida, além de eco-

nomizar, o produtor irá preservar os inimigos naturais da Helicoverpa. Durante explicação, Roggia também detalha que os parasitoides (vespas e moscas) e os agentes de controle biológico, como o baculovírus, são aliados do produtor para que a produção de soja não seja com-

prometida. “O Bacillus thuringiensis, que é uma bactéria, também é um eficiente controle da lagarta. Nesse caso, a soja com a tecnologia Intacta RR2 PRO™ tem grande vantagem, pois a produção dessa toxina está sendo feita a todo momento, desde a germinação até o fim do ciclo da soja”, garantiu.

Iapar estuda produção de leite de búfala no sistema orgânico O Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), que há 25 anos vem estudando a bubalinocultura convencional como opção para os criadores do Estado, pretende agora disponibilizar conhecimentos para que produtores se beneficiem de um novo nicho de mercado, o de consumidores de alimentos de origem animal orgânicos. Segundo o pesquisador José Lino Martinez, em grandes centros consumidores, como Curitiba e outras Capitais do Sul e Sudeste, há crescente interesse por derivados fabricados a partir de leite de bubalinos. Entre outros itens, ele cita mozarela, iogurte e ricotas, mas informa que apesar do aumento do consumo desses itens ainda há falta de informações sobre o processo produtivo. O projeto é conduzido na Estação Experimental da Lapa e ocupa 25 hectares de uma propriedade com cerca de 138 hectares, mantida em parceria com o município. As atividades estão voltadas para adaptação, desenvolvimento e integração de tecnologias para búfalos, seguindo a conceituação estabelecida como agricultura agroecológica, em que se contemplam fatores ligados ao solo, plantas e animais, além dos aspectos socioeconômicos. Toda

a atividade é certificada pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), órgão credenciado pelo Ministério da Agricultura para monitorar produtos orgânicos.

QUALIDADE Sobre o leite de búfalas, o pesquisador afirma ser diferente do leite de vaca, apresentando variações consideráveis nos teores de proteína, gordura e lactose, que afetam características de corpo, sabor e textura. O rendimento queijeiro é maior devido ao elevado teor proteico (3,5 a 5%) e de gordura (5 a 8,5%). Desta forma, a destinação que deve ser dada a esta matéria-prima é a produção de derivados. O leite de búfala possui sabor mais adocicado evidenciado pelo maior teor de lactose. É mais rico em cálcio e fósforo e possui menor teor de colesterol, sódio e potássio. Uma das comprovações mais favoráveis do leite de búfala, em relação ao leite da vaca, é a indicação do dobro da quantidade de ácido linoléico conjugado, uma substância anticancerígena que atua também sobre os efeitos secundários da obesidade, da arteriosclerose e da diabetes. Segundo a Associação Brasileira de Criadores de Búfalos, “há um mercado potencial que não é explorado, gerando inclusive a adulteração do produto com leite

de bovino para atender à demanda do mercado por derivados produzidos com leite de búfalas”. O leite de vaca é vendido como sendo de búfala, prática fraudulenta de adulteração gerada pela ausência do leite bubalino. No momento, a produção de leite de búfala é vista com bom potencial de mercado e, possivelmente, a matéria-prima produzida de forma agroecológica apresentará uma grande demanda, afirma Martinez.

PRODUÇÃO Atualmente, o número de produtores (de leite de bubalino produzido de forma convencional) no Paraná é pequeno e, consequentemente, a escala de produção é baixa. Desta forma os produtores recebem um valor pouco superior ao leite de bovinos. “O sucesso do empreendimento dependerá da organização dos produtores para a comercialização, por exemplo, em cooperativas, para que obtenham o preço justo por um produto diferenciado que será transformado em laticínios (derivados) de alta qualidade”, explica o pesquisador do Iapar. Ele lembra que na Itália os produtores de leite búfala, mesmo o leite convencional, chegam a receber três vezes o preço praticado para leite de bovino.


SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

GERAL/EDITAIS

Edição 3753 - O PRESENTE |

33

PARANÁ

Portos terão 180 dias para regulamentar novo regime Lei irá disciplinar o funcionamento da empresa, como composição e estrutura organizacional

Dentro de 180 dias, a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) terá um novo regime jurídico. A lei 17.895, sancionada pelo governador Beto Richa, estabelece prazo de seis meses para elaboração e aprovação de

um estatuto que irá disciplinar o funcionamento da empresa, como composição e estrutura organizacional. “Estamos corrigindo um problema histórico. A Appa, mesmo sendo autarquia, não era reconhecida como tal, nem

SÚMULA DE EMISSÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO Milton Becker torna público que recebeu do IAP Licença de Operação para fábrica de ração, produção de ração animal, com validade até 29/11/2015, implantada no lote rural n° 07/BA, linha São José, município de Quatro Pontes, Estado do Paraná.

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Auto Wolks Dois Irmãos Ltda - Me torna público que requereu do IAP Licença de Operação para comércio, serviços, consertos de peças automotores em geral, implantado no lote urbano nº 16 e 17, rua Argentina nº 2520, município de Santa Helena, Estado do Paraná.

no âmbito trabalhista, da União ou municipal. Seu quadro funcional estava em desacordo com o regime jurídico e isso levou a uma série de não conformidades. Com esta alteração, corrigiremos estes problemas, sem trazer prejuízo aos trabalhadores”, explicou o superintendente dos Portos, Luiz Henrique Dividino. A última lei que tratou da natureza jurídica da Appa é de 1971. A desatualização trouxe diversos problemas, entre eles as inúmeras ações trabalhistas. É que os funcionários da Appa, todos celetistas, estavam em desacordo com a lei, que determinava que fossem estatutários. Fora isso, as mudanças legais que retiraram os portos da operação fizeram com que centenas de tr a b a l h a d o r e s f i cassem em desvio de função. O resultado disso: em 20 anos, foram 11 mil ações, que oneraram os caixas da Appa em R$ 1,3 bilhão.

cional entrará em extinção e deixará de existir em poucos anos (nenhuma função será reocupada). Os trabalhadores poderão optar por um Plano de Demissão Voluntária (PDV), por permanecer onde estão ou, caso haja adequação jurídica, migrarem para o novo quadro. Novas contratações (por concurso público) só serão feitas dentro do novo quadro funcional. Cargos em comissão continuarão a existir na empresa pública, mas obedecendo às três situações previstas constitucionalmente: direção, chefia e assessoramento. Cargos de perfil técnico (como engenheiros e advogados) não poderão ser comissionados. “Com a alteração do regime e constituição de um novo quadro, os cofres estaduais não serão onerados, uma vez que a Appa possui autonomia financeira por seu status de delegatária da União”, explica Dividino.

ESTRUTURA

MODERNIZAÇÃO

A empresa pública será dirigida por dois órgãos: conselho administrativo e diretoria executiva. O corpo diretor irá submeter ao Conselho Administrativo e à Secretaria de Infraestrutura e Logística um plano de cargos e salários. Este plano será elaborado por uma empresa contratada, que irá montar o novo quadro funcional. Além disso, será traçado o perfil profissiográfico de cada função na empresa. O antigo quadro fun-

Além dos ganhos com a redução das ações trabalhistas, a alteração permitirá que a Appa modernize sua estrutura. Uma diretoria ambiental será criada, para atender às inúmeras demandas de licenciamentos e adequações ambientais tão inerentes ao sistema portuário moderno. Fora isso, outras ocupações, que hoje não constam do quadro da Appa, poderão ser atendidas, como biólogos, engenheiros ambientais e zootecnistas.


34 | O PRESENTE

Classificados na internet: www.opresente.com.br CASA, vendo, 57,17m², nova, c/ laje, c/ 2 quartos, sala de estar, cozinha, bwc, garagem, Lot. Porto Seguro, R$ 105.000,00, pode ser financiada. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J4248, certoimoveis.com.

APARTAMENTO, vendo, 53,94m², c/ 3 quartos, sala, cozinha, bwc, garagem, portão elet., Edifício Tancredo Neves, Lot. Canadá, R$ 110.000,00. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 32545000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com. APARTAMENTO, vendo, c/ cozinha planejada, mesa de mármore e tanque de lavar roupa, no Cond. Canadá, R$ 110.000,00. Tr. (45) 3254-0477 ou 9931-9908, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br.

CASA, vendo, 57,55m², nova, c/ laje, 2 quartos, sala, cozinha, bwc, terreno 115,10m², Lot. São Francisco, R$ 105.000,00, pode ser financiada. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 32545000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com. CASA, vendo, 58,79m², nova, esquina, c/ laje, 2 quartos, sala, cozinha, bwc, lavand., varanda, Lot. Porto Seguro, R$ 110.000,00, pode ser financiada. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com.

APARTAMENTOS, vendo, novos, em construção, R. Rio Grande do Norte, próx. ao Cartório Eleitoral, ótima localização, valor a combinar. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479.

CASA, vendo, 65,97m² + 14,30m² varanda e lavand., seminova, c/ laje, 2 quartos, suíte, sala, cozinha, lavand., bwc, Lot. Wollstein, R$ 150.000,00, pode ser financiada. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com.

ÁREA INDUSTRIAL, vendo, c/ 2 terrenos, total área 4.113,55 m², casa, escritório, 2 barracões, demais depend., rua asfaltada, na R. Luiz Centenaro, Parque Industrial II, valor a combinar, estudo proposta. Tr. (45) 3281-1048 ou 9931-7941.

CASA, vendo, 67,95m², nova, c/ laje, 2 quartos, sala, cozinha, bwc, garagem, Lot. São Francisco, R$ 110.000,00, pode ser financiada. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com.

CASA, vendo ou troco, 100m², próx. ao posto Trovão Azul, R$ 70.000,00. Tr. (45) 9933-9968 com Jean.

CASA, vendo, 68m², nova, esquina, c/ laje, 3 quartos, sala, cozinha, bwc, lavand., jd. de inverno, Lot. Caminhos do Sol, R$ 135.000,00, pode ser financiada. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com.

CASA, vendo ou troco, 70m², 12x30, terreno 360m², R. Dervil, nº 713, bairro Cesar Parque, Toledo, próx. a Sadia, valor a combinar, aceito casa em MCR. Tr. (45) 8803-7885 ou 99811122 com Itacir. CASA, vendo, 100m² + 68m² edícula, terreno 13x34,5, Lot. Parque Ecológico, ótima localização, documentação pronta p/ financiamento, R$ 275.000,00, preço de ocasião. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479. CASA, vendo, 100m², c/ sala comercial 25m², 3 quartos, sala, cozinha, lavand., garagem, mais casa de 35m² p/ funcionários, terreno 14x50, R. Goiás, R$ 290.000,00. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479. CASA, vendo, 120m², alvenaria, c/ laje, semi acabada, próx. ao CTG, R$ 130.000,00, parcelo pgto. Tr. (45) 9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. CASA, vendo, 124m², c/ laje, 3 quartos, 2 bwc, sala, cozinha, lavand., garagem p/ 2 carros, churrasq., R$ 190.000,00. Tr. (45) 3254-0477 ou 9931-9908, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br. CASA, vendo, 125m², nova, c/ 2 quartos, suíte, bwc, sala, cozinha, garagem p/ 2 carros, área de serviço, murada, cercada, terreno 13x28, Lot. Andorinhas, 700m da Realize, valor a combinar. Tr. (45) 9903-2025 ou 8834-7876. CASA, vendo, 126m², c/ 2 quartos, sala, cozinha, 2 bwc, área de serviço, garagem, em Novo Horizonte, R$ 125.000,00, aceito veículo ou terreno no negócio. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com. CASA, vendo, 156,76m², nova, c/ laje, 3 quartos, suíte, sala de estar, sala de jantar, bwc, cozinha, lavand., garagem, jd. de inverno, terreno inteiro, Lot. Porto Seguro, R$ 250.000,00, pode ser financiada. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com.

Temperatura: 29º/21º

CASA, vendo, 70m², alvenaria, c/ 3 quartos, sala, cozinha, bwc, Jd. Líder, R$ 80.000,00. Tr. (45) 99888532 com Nilton. CASA, vendo, 75m², c/ 3 quartos, sala, cozinha, bwc, lavand. fechada, terreno de esquina, R. Nossa Senhora da Penha, Lot. Santa Felicidade, R$ 115.000,00. Tr. (45) 3254-0477 ou 9931-9908, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br.

FAZENDA, vendo, 355 hectares, planta 320, pronta p/ plantio de soja, energia elét., c/ 2 casas, demais benfeitorias, em São José do Xingú, Mato Grosso, próx. a cidade, R$ 2.500.000,00, aceito imóveis na região de Cuiabá ou Tocantins. Tr. (45) 9991-5266 com Darlei.

CHÁCARA, vendo, 14.250m², c/ benfeitorias, documentação em dia, 50m do asfalto, próx. frigorífico de aves da Copagril, R$ 300.000,00, c/ entrada + prazo. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479. CHÁCARA, vendo, 3.000m², c/ casa em alvenaria 80m², 2km do asfalto, saída p/ Toledo, ótima localização, R$ 120.000,00. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479. CHÁCARA, vendo, 3.000m², no perímetro urbano, em MCR, a partir de R$ 115.000,00. Tr. (45) 3254-0477 ou 9931-9908, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br. CHÁCARA, vendo, 3.500m², terra plana, sem pedras, c/ floresta natural, 500m de MCR, valor a combinar, preço de ocasião, aceito carro ou casa. Tr. (45) 9934-8875 ou 9105-2280. CHÁCARA, vendo, c/ rio, reserva legal, terra plana, ideal p/ lazer e moradia, 200m do asfalto, 2.700m de MCR, valor a combinar, estudo proposta ou financiamento próprio. Tr. (45) 32540477 ou 9931-9908, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br. FAZENDA, vendo, 3.363 hectares, planta 2.350, já cultivada, energia elét., c/ 3 casas, demais benfeitorias, c/ máquinario p/ plantio, colheita e manutenção, em São José do Xingú, Mato Grosso, 8km da cidade, 35km da Gargil, R$ 24.000.000,00, aceito imóveis no Paraná, São Paulo, Santa Catarina e região. Tr. (45) 9991-5266 com Darlei.

QUITINETES, vendo, 9, 32m² cada, c/ 2 quartos, sobre 2 terrenos de 360m² cada, escriturado, R. Pastor Meyer, nº 1120, Lot. Universitário, R$ 650.000,00. Tr. (45) 91069267 ou 9907-2566. SOBRADO, vendo, 104,32m², novo, esquina, c/ laje, 2 quartos, suíte, sala de estar, cozinha, bwc, Lot. Parque Ecológico, R$ 240.000,00, pode ser financiado. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com. SOBRADOS, vendo, 140m², novos, c/ 2 quartos, suíte c/ closet, bwc, lavabo, sala de estar, copa, garagem, jd. de inverno, lavand., piscina, churrasq., Lot. Jd. Imperial, R$ 350.000,00, pode ser financiado, aceito terreno como parte de pgto. Tr. (45) 32543083 com Imobiliária Waldow, Creci J 03479, www.imobiliariawaldow.com.br. TERRA, troco, 2 alq., c/ água p/ fazer açudes, troco por casa. Tr. (45) 9978-6422 com Raimundo Van Den Bonn, Creci F11955J. TERRA, vendo, 10,5 alq., 9,5 mecanizados, c/ benfeitorias, valor a combinar. Tr. (45) 9978-6422 com Raimundo Van Den Bonn, Creci F11955J. TERRA, vendo, 11,5 alq., parte em lavoura, restante potreiro, Linha Boa Vista, próx. a São José do Iguaçú, valor: 600 scs de soja o alq., sem troca. Tr. (45) 9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 158.400m², na BR 163, próx. Polícia Rodoviária Federal, ótima localização, valor e prazo a combinar. Tr. (45) 9924-6339 ou 8809-1180, Creci F21288.

CASA, vendo, 89,98m², c/ laje, 2 quartos, sala, cozinha, lavand., bwc, garagem, terreno 382,8m², Lot. Higienópolis, R$ 230.000,00. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com.

CASA, vendo, c/ 2 quartos, 2 bwc, sala grande, cozinha, lavand., garagem fechada p/ 4 carros, terreno 12x42, Lot. Boa Vista, R$ 170.000,00. Tr. (45) 32540477 ou 9931-9908, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br. CASA, vendo, imobiliada, R. Coslar, nº 50, Bairro Franckfurt, R$ 230.000,00. Tr. (45) 9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. CASAS, vendo, alvenaria, c/ 135m² e 125m², terreno 600m², R. Minas Gerais, nº 5434, Bairro Vila Gaúcha, valor a combinar. Tr. (45) 3254-0477 ou 9931-9908, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br. CASAS, vendo, em diversos Bairros, MCR, a partir de R$ 90.000,00, pelo programa Minha Casa Minha Vida. Tr. (45) 32540477 ou 9931-9908, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br.

TERRENO , vendo, 304m², 12,6x25, R. José dos Santos, nº 359, Lot. Wollstein, ao lado do mercado, R$ 65.000,00. Tr. (45) 99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

TERRA, vendo, 2,8 alq., planta 1,8, sem benfeitorias, na região da Linha Arara, próx. a MCR, doc. toda em dia, R$ 115.000,00, preço de ocasião, pode ser parcelada. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479.

TERRENO, vendo, 362,5m², 12,5x39, Lot. Vale Verde, saída p/ Foz do Iguaçu, R$ 68.000,00, aceito carro como parte de pgto. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479.

TERRA, vendo, 3,09 alq., planta 2,45 alq., ideal p/ plantio de Eucalipto, Linha Boa Vista, 12km do aeroporto, R$ 150.000,00, aceito terreno em MCR. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479. TERRA, vendo, 3,5 alq., c/ casa de alvenaria, 2 aviários, seminovos, 15x130, R$ 800.000,00. Tr. (45) 99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 300 hectares, com barracão e moradia, toda plana e em pasto, 190 km de Unaí, MG, 300 km de Brasília, R$ 1.500.000,00, aceito 70% em imóvel na região. Tr. (45) 9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 4,5 alq., primeira chácara atrás da Sperafico, próx. ao Portal de MCR, sem benfeitorias, R$ 350.000,00, troco por casa. Tr. (45) 9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

Temperatura: 30º/22º

Temperatura: 29º/20º

TERRENO, vendo, 484,375m², 12,5x38,75, Lot. Monte Carlo, em frente ao mercado novo da Copagril, R$ 120.000,00. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479. TERRENO, vendo, 55x60, ideal p/ comércio, frente p/ BR, saída p/ Pato Bragado, R$ 630.000,00. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479. TERRENO, vendo, Clube dos Arais, Pato Bragado, valor a combinar. Tr. (45) 9986-2292. TERRENOS, vendo, área residencial, no centro, MCR, valor a combinar, preço de ocasião. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479. TERRENOS, vendo, bem localizados, valor a partir de R$ 45.000,00, R$ 5.000,00 de entrada e restante entre 40 a 60 meses. Tr. (45) 9978-6422 com Raimundo Van Den Bonn, Creci F11955J. TERRENOS, vendo, c/ infraestrutura completa, liberado p/ construção, Lot. Maioli, próx. ao centro, valor a combinar, parcelamento próprio. Tr. (45) 9968-4052 ou 32542148 com Juliano.

TERRA, vendo, 6 alq., planta 4,5 alq., sem benfeitorias, ótima água, Linha Ajuricaba, 4,5km do asfalto, R$ 420.000,00. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479.

TERRENOS, vendo, Lot. Dreyer, Quatro Pontes, valor a combinar, entrada + saldo c/ parcelamento próprio. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479.

TERRA, vendo, 6,5 alq., planta 5,5, c/ casa em alvenaria de 100m² c/ laje, galpão pré-moldado 12x20, galpão 9x20, São Luiz, Mercedes, R$ 600.000,00, preço de ocasião. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479.

TERRENOS, vendo, Lot. Beija Flor, em frente ao Lot. Ana Paula, a partir de R$ 85.500,00 à vista ou 20% de entrada e saldo até 60 meses, parcelamento direto. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com.

TERRA, vendo, 9,9 alq., de 2ª boa, planta 6,5 alq., c/ casa mista, barracões, Linha Belmonte, 1.500m da pedra irregular, R$ 620.000,00. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479.

TERRENOS, vendo, Lot. Recanto Feliz, próx. ao mercado Weimann, a partir de R$ 45.000,00 à vista ou R$ 5.000,00 de entrada e saldo até 60 meses, parcelamento direto. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com.

TERRENO, vendo, 25x20, na Avenida, em Porto Mendes, R$ 80.000,00. Tratar pelo (45) 9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

Temperatura: 28º/21º

TERRENO, vendo, 437,5m², 12,5x35, R. Pernambuco, ao lado da Unioeste, liberado p/ construção de 8 apartamentos, R$ 210.000,00, preço de ocasião. Tr. (45) 3254-3083 com Imobiliária Waldow, Creci J03479.

TERRA, vendo, 55 alq., planta 30, restante em pasto, parte da terra plana, próx. a São Roque, valor: 60.000 scs de soja, aceito prédio em troca. Tr. (45) 9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

TERRENO, vendo, 12x50, 600m², Lot. Fassbinder, em Mercedes, valor a combinar. Tr. (44) 3642-4446 ou (44) 9955-4446.

CASAS, vendo, em diversos Loteamentos, valor a combinar, pelo programa Minha Casa Minha Vida. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com.

Temperatura: 29º/21º

TERRA, vendo, 18 alq., 11 produtivos, 3,7 em mata natural, restante mata ciliar, sem benfeitorias, na Linha Guaçu, Nova Santa Rosa, valor: 27.000 scs de soja. Tr. (45) 99666718 ou 9964-4513.

TERRA, vendo, 5 alq., em pastagem, c/ casa em alvenaria, 100m², chiqueiro p/ 400 suínos, 2.000m da BR163, próx. a Samolé, Linha Flor da Serra entrada p/ Linha 3 Voltas, Quatro Pontes, R$ 300.000,00 à vista, aceito casa, caminhão ou terrenos até R$ 150.000,00. Tr. (45) 99822786 com Claudio.

CASA, vendo, alvenaria, ao lado do mercado novo da Copagril, R$ 230.000,00, aceito troca. Tr. (45) 3254-1718 ou 9972-5013 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

Temperatura: 29º/22º

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

TERRENOS, vendo, Lot. Wutzke, em NSR, saída p/ Planalto, valor a combinar, pelo programa Minha Casa Minha Vida. Tr. (45) 9979-1080 c/ Adelar ou 3254-5000 na Certo Imóveis, Creci J-4248, certoimoveis.com.


SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014 CORSA SEDAN MPFI 1.0, vendo, ano 99/99, 8v, ar cond., DH, trava elét., R$ 11.900,00. Tr. (45) 9994-1949 ou 3254-1266 com Lucas.

APARTAMENTO, alugo, p/ temporada, c/ 2 quartos, 1 bwc, sala de estar, sala de jantar, cozinha, sacada lateral c/ churrasq., garagem, aprox. 100 metros do mar, em Meia Praia, próx. Shopping Andorinha, valor a combinar. Tr. (45) 9807-1138 ou 9807-1109. CASA, alugo, mista, semi mobiliada, c/ 4 quartos, suíte, cozinha e quarto de casal c/ móveis embutidos, área de festas, garagem, portão elet., interfone, R. XV de Novembro, nº 1741, próx. ao centro de eventos, R$ 1.500,00. Tr. (45) 8819-8200 ou 3254-9070. CASA, alugo, R. Cabral, nº 154, centro, c/ fiador, R$ 724,00, incluso taxa de lixo e corte de grama. Tr. (45) 9915-4911 com Antonio. CASA, procuro p/ alugar, pequena, c/ 2 quartos, sala, cozinha, bwc, lavand., valor a combinar. Tr. (45) 8819-1926. CASAS, alugo, no bairro Jd. Líder, a partir de R$ 500,00. Tr. (45) 32540477 ou 9997-0396, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br. FAZENDA, arrendo, 1.750 hectares p/ plantio, c/ casa nova, barracão p/ maquinário, documentada, em São José do Xingú, Mato Grosso, valor: 6 scs de soja por hectare a partir do 3º ano, anuência total c/ 2 anos de carência. Tr. (45) 9991-5266 com Darlei. QUARTOS, ofereço p/ alugar, c/ móveis ou sem móveis, próx. à Unioeste, em MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9106-8688 ou 9913-1604. SALA COMERCIAL, alugo, 70m², c/ bwc, cozinha, bem localizada, R$ 750,00. Tr. (45) 3254-7707. SALA COMERCIAL , alugo, 90m², R. 7 de Setembro, nº 385, Ed. Dom Pedro, centro, valor a combinar. Tr. (45) 9966-3363 ou 3254-1857 com Nelson.

COURIER 1.6, vendo, ano 2009/ 09, flex, possui van/carga, furgão fibra c/ 2 portas atrás, ar, único dono, ótimo estado, revisada, R$ 19.500,00. Tr. (45) 8804-7606 ou 9972-5240. FIESTA 1.0, vendo, ano 95, branco, 4 portas, parte interna nova, som, pneus novos, R$ 6.900,00. Tr. (45) 9909-8313. FIESTA SEDAN 1.6, vendo, ano 2012, prata, flex, completo, cd, único dono, 41.000km, manual, impecável, R$ 32.900,00. Tr. (45) 8803-6565. GOL 1.8 AP, vendo, ano 92, valor a combinar. Tr. (45) 9924-0550 com Ailton. GOL G5 TREND 1.6, vendo, ano 2009, completo, menos ar, bom estado, R$ 23.000,00. Tr. (45) 9957-2001 com Marcio. GOL POWER, vendo, ano 2000/ 01, 16v, 4 portas, R$ 13.000,00. Tr. (45) 9904-4099 com Jandir. GOL, vendo, ano 95, ótimo estado, R$ 6.500,00, preço de ocasião. Tr. (45) 9988-3308. MEGANE SEDAN DYNAMIQUE 1.6, vendo, ano 2008/09, preto, completo, airbag, couro, piloto automático, único dono, valor a combinar, entrada + parcelas de R$ 600,00 de consórcio. Tr. (45) 9911-1036. MERIVA MAXX 1.4, vendo ou troco, ano 2009/10, prata, placa A, todo revisado, impecável, R$ 29.500,00. Tr. (45) 9961-0071 com Marcos. PALIO ELX, vendo, ano 2003, completo, rodas esportivas, R$ 11.500,00. Tr. (45) 9975-4750 com André. PALIO WEEKEND 1.6, vendo, ano 98, completo, gasolina, bom estado, R$ 10.000,00. Tr. (45) 99810044 com Teixeira. PASSAT PLUS, vendo, ano 84, banco recaro, R$ 2.800,00. Tr. (45) 9940-7514. POLO SEDAN 1.6, vendo ou troco, ano 2005, prata, flex, completo, R$ 22.500,00. Tr. (45) 99149921 com Édi Luiz.

CLASSIFICADOS S10 EXECUTIVE 2.8, vendo, ano 2007, prata, diesel, c/ acessórios, santo antônio, lona, estribo cromado, 125.000km, R$ 53.000,00. Tr. (45) 8832-2323 ou (65) 9671-9642.

FALCON, vendo, ano 2004, ótimo estado, valor a combinar, aceito material de construção como parte do pgto, aceito proposta. Tr. (45) 98186420 com Fernando.

SANTANA QUANTUM 1.8, vendo, ano 86/87, álcool, completo, 4 portas, 2º dono, R$ 6.500,00. Tr. (45) 88143463 com Marcos.

FAZER 250 BLUEFLEX, vendo, ano 2012/13, 3.000km, ótimo estado, valor a combinar, aceito biz. Tr. (45) 9973-3566 com Mairus.

SCENIC 1.6, vendo, ano 2003, preto, completo, c/ airbag, alarme, ar, vidros elét., DH, ótimo estado, R$ 17.800,00, aceito moto ou carro de menor valor. Tr. (45) 9909-8313.

NXR 150 BROS ESD, vendo, ano 2009/09, c/ partida elét., 13.000km, ótimo estado de conservação, R$ 7.300,00. Tr. (45) 84021571 ou 3254-2117 com Enio.

CAMINHÃO, vendo, Ford 11.000, motor mwm 229, c/ caçamba, R$ 16.000,00. Tr. (45) 9995-4853.

STRADA FIRE 1.4, vendo, ano 2007, cabine estendida, flex, DH, ar cond., R$ 25.000,00. Tr. (45) 99044099 com Jandir. STRADA FIRE FLEX, vendo, seminova, placa A, ar cond., airbag, valor a combinar. Tr. (45) 9107-3872 com Joao. STRADA TREKKING 1.4, vendo, ano 2010, cabine estendida, flex, completa, R$ 27.000,00. Tr. (45) 99044099 com Jandir. UNO MILLE FIRE, vendo, ano 2008, azul, básico, flex, 2 portas, som, manual, bem conservado, R$ 12.500,00. Tr. (45) 9910-3881 com Marcos. UNO FIRE, VENDO, ANO 2005, PRATA METÁLICO, GASOLINA, 2 PORTAS, SOM CD MP3, LIMPADOR E DESEMBAÇADOR TRASEIRO, NOTA FISCAL, ÚNICO DONO, ÓTIMO ESTADO DE CONSERVAÇÃO, VALOR A COMBINAR. TR. (45) 99722543 COM SERGIO. VECTRA ELEGANCE 2.0, vendo, ano 2008, preto, flex, completo, ar digital, airbag duplo, cd original no volante, 56.000km, manual, chave reserva, R$ 36.500,00. Tr. (45) 8803-6565. VECTRA ELEGANCE, vendo, ano 2006/06, preto, valor a combinar. Tr. (45) 9911-9596. VECTRA ELEGANCE, vendo, ano 2008, prata, airbag, ar digital, placa A, couro, revisado, R$ 33.000,00. Tr. (45) 9914-1350.

CORSA ECONOFLEX 1.4, vendo, ano 2009, completo, placa A, impecável, valor a combinar. Tr. (45) 9972-5812.

ANTENAS, instalações, manutenção e assistência técnica de aparelhos e antenas parabólicas e digitais, az-box, az-américa, bravo +, bravissimo, etc, atendo MCR e região, interessados. Tr. (45) 9934-4624 com Gilson. CONSÓRCIO CONTEMPLADO, vendo, p/ automóvel, crédito R$ 100.000,00, entrada R$ 36.900,00, assume 35 parcelas de R$ 2.473,00. Tr. (45) 3254-5050 ou 9999-4847 na CredCerto. CONSÓRCIO CONTEMPLADO, vendo, p/ imóvel, crédito R$ 50.000,00, entrada R$ 17.900,00, assume 139 parcelas de R$ 416,00. Tr. (45) 32545050 ou 9999-4847 na CredCerto. CONSÓRCIO NOVO, vendo, p/ automóvel, crédito R$ 45.281,00, assume 70 parcelas, 1ª a 4ª de R$ 906,10, demais parcelas de R$ 792,90. Tr. (45) 3254-5050 ou 99994847 na CredCerto. CONSÓRCIO NOVO, vendo, p/ moto, crédito R$ 7.000,00, assume 70 parcelas, 1ª a 4ª de R$ 141,73, demais parcelas de R$ 124,23. Tr. (45) 32545050 ou 9999-4847 na CredCerto. CONSÓRCIO NOVO, vendo, sem taxa de adesão, crédito R$ 500.000,00, prazo 193 meses, c/ até 8 contemplações por mês. Tr. (45) 9842-5000 c/ Tânia ou 3254-5000 na Certo Imóveis. CONTRA BAIXO, vendo, Yamaha BB415, passivo, 5 cordas, c/ cubo Voxtorm Cube Bass 50, R$ 1.500,00. Tr. (45) 9947-1434 com Jean. FILHOTE, vendo, Pinscher, nº 1, macho, R$ 180,00. Tr. (45) 9924-2375. FILHOTES, vendo, Pinscher e Poodle, valor a combinar. Tr. (45) 9985-3400 ou 3254-3025 com Nelli.

RENAULT EXPRESS, vendo ou troco, ano 98, furgão, revisado, R$ 6.900,00, troco por carro de maior valor. Tr. (45) 9972-5812. RODOTREN, vendo, ano 2002, branco, Noma, 8 eixos c/ CSV, c/ vinilona seminova, todos tambores de freio novos, lonas novas, revisado, suspensão, alinhamento, ótimo estado, valor a combinar. Tr. (44) 36424446 ou (44) 9955-4446.

35

SIENA HLX 1.8, vendo, ano 2007, flex, R$ 20.500,00, abaixo da tabela fipe. Tr. (45) 9916-8606.

RANGER, vendo ou troco, ano 97, completa, banco de couro, revisada, impecável, valor a combinar, troco por carro de maior valor. Tr. (45) 9972-5812. ASTRA HATCH 1.8, vendo, ano 2000, branco, 8v, completo, R$ 14.000,00. Tr. (45) 9982-7554.

O PRESENTE |

VECTRA GLS 2.2, vendo, ano 99, prata, 8v, completo, revisado, R$ 15.000,00 à vista ou R$ 15.800,00 na troca, aceito biz c/ partida acima do ano 2005. Tr. (45) 8807-5003 com Juliano.

FILHOTES, vendo, Yorkshire, vacinados, valor a combinar. Tr. (45) 9950-5433 com Sirlei.

GIBIS, compro ou troco, tex e zagon, da editora Vecchi, valor a combinar. Tr. (45) 9923-8087.

OFERTA DE TRABALHO p/ vendedor interno, interessados. Tr. (45) 9904-4099 com Jandir.

LAVA SOFÁ, lavagem a seco, lava, estereliza e perfuma, cama box, cobertores, edredons, tapetes, estofados de veículos, cortinas e persianas, interessados. Tr. (45) 9934-8875 ou 9105-2280.

OFERTA DE TRABALHO p/ vendedor(a) de tintas, c/ ou sem experiência, interessados. Tr. (45) 32544429 com Luciana.

LOJA DE MÓVEIS, vendo, em Quatro Pontes e Pato Bragado, valor a combinar, aceito troca. Tr. (45) 9932-4181. LOJA DE ROUPAS, vendo, masculina e feminina, completa ou somente instalações, em funcionamento, ótima localização, no centro, em Toledo, valor a combinar. Tr. (45) 9967-4488. LOJA EVANGÉLICA, vendo, c/ livros, bíblias, cd's, dvd's, moda evangélica, locação de dvd's, estoque bom, Av. Maripá, nº 764, valor a combinar. Tr. (45) 9981-7629 com Grace. MÁQUINA DE SORVETE, vendo, Italiano, usada, ótimo estado, c/ garantia, R$ 12.000,00, pode ser parcelado. Tr. (45) 9904-4099 com Jandir. MERCEARIA, vendo, completa, c/ açougue e padaria, casa em anexo, valor a combinar. Tr. (45) 3254-0477 ou 9931-9908, Creci J-04743, www.localizafacilnegocios.com.br. MOTOR, vendo, ano 2008, Yamaha, 25hp, poucas horas de uso, R$ 5.000,00. Tr. (45) 9948-7681.

ZAFIRA EXPRESSION 2.0, vendo, ano 2009, prata, flex, automático, completo, ar digital, airbag duplo, rodas liga leve, cd, cibié, 65.000km, impecável, R$ 39.800,00. Tr. (45) 9986-9262.

PROCURO trabalho como costureira (facção), em casa, interessados. Tr. (45) 9962-3342 (após 18hrs). PROCURO vendedoras dos produtos da Natura, interessados. Tr. (45) 9962-2164 com Sandra. RÁDIO, vendo, novo, 7 faixas, motoradio, R$ 95,00. Tr. (45) 99444415 ou 8800-0718. RECEPTOR, vendo, p/ parabólica, Century, seminovo, R$ 75,00. Tr. (45) 9944-4415 ou 8800-0718. TELEVISOR, vendo, LG, 21", tela plana, R$ 165,00. Tr. (45) 9944-4415 ou 8800-0718. VENDO, máquinas de costura, galoneira, overlock, corta-viés, c/ estoque de tecidos e aviamentos, móveis para loja, motivo de mudança, valor a combinar. Tr. (45) 9959-1676 ou 3254-8539. VENDO, restaurante e pizzaria, em Nova Mutum, Mato Grosso, valor a combinar, aceito troca. Tr. (45) 88322323 ou (65) 9671-9642.

OFERTA DE TRABALHO p/ colocação de pedras, serviços gerais de limpeza de áreas, espalhar massa asfáltica, interessados. Tr. (45) 99374193 com Marcos. OFERTA DE TRABALHO p/ cozinheira, auxiliar de cozinha e garçom, interessados. Tr. (45) 99725363 com Gabriel. OFERTA DE TRABALHO p/ empregada doméstica, interessadas. Tr. (45) 9933-7370. OFERTA DE TRABALHO p/ gerente comercial, interessados. Tr. (45) 3284-1919 ou 9931-2960. OFERTA DE TRABALHO p/ marmoreiro, na R. Rio Grande do Sul, nº 5980, interessados. Tr. (45) 3254-5816 ou 9967-5251.

VECTRA MILENIUM, vendo, ano 2001, verde escuro metálico, som, completo, ótimo estado, R$ 18.800,00, aceito moto ou carro de menor valor. Tr. (45) 9909-8313.

PROCURO moça p/ dividir apartamento, em frente a Unipar, Toledo, interessadas. Tr. (45) 3257-1256 ou 9915-5013.

COLHEITADEIRA, vendo, ano 2004, John Deere 1450, 19 pés, 2700hs, pneus novos, ótimo estado, R$ 240.000,00, prazo a combinar. Tr. (45) 8805-4760 ou 9942-9940 com Arnildo. COLHEITADEIRA, vendo, ano 93, New Holland 8055, motor Genesis, c/ plataforma de soja 15 pés, plataforma de milho 4 linhas, ótimo estado, valor a combinar, aceito terreno em Mercedes. Tr. (45) 8804-2308.

OFERTA DE TRABALHO p/ secretária, entre 18 e 30 anos, interessadas. Tr. (45) 3254-2828.

COLHEITADEIRA, vendo, ano 96, ATC55, c/ 2 plataformas, climatizador, pneu balão, valor a combinar, aceito terreno em Mercedes. Tr. (45) 8804-2308.

OFERTA DE TRABALHO p/ soldador e vendedor(a) p/ área de comunicação visual e brindes, interessados. Tr. (45) 9978-9064.

OVELHAS, vendo, 2, machos, reprodutores, Santa Inês, puro de origem, valor a combinar. Tr. (45) 99255242 ou 9971-2858.

OFERTA DE TRABALHO p/ técnico de refrigeração, interessados. Tr. (45) 9904-4099 com Jandir.

TANQUE DE ESTERCO, vendo, 4.000lts, c/ bomba a vácuo, valor a combinar. Tr. (45) 9986-2292. PARA ASSINANTES

2,00 11/01/2014 R$

BIZ 125 +, vendo ou troco, ano 2010/10, azul, 11.000km, 2º dono, impecável, R$ 5.500,00. Tr. (45) 9933-8934.

CB 300, vendo ou troco, ano 2012/ 12, baixa km, impecável, valor a combinar. Tr. (45) 9941-1088 ou 8809-0202 com Marcos. CG 125 ES, vendo, ano 2000, prata, c/ partida, freio a disco, valor a combinar. Tr. (45) 9982-7554. CG 150 FAN ESI, vendo, ano 2009/ 10, partida elét., valor a combinar. Tr. (45) 9986-2292. CG 150 SPORT, vendo ou troco, ano 2008/08, cinza, partida elét., freio a disco, rodas liga leve, ótimo estado, R$ 4.600,00, abaixo da tabela fipe. Tr. (45) 3254-4512 ou 99118128 com Fernando.

Marcar com X:

Compro Vendo

Troco

Preciso para alugar Ofereço para alugar

Produto: ---------------------------------------------- Marca: --------------------------------Novo/usado/ano: ----------------------------------- Valor: ---------------------------------Obs.: ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Tratar com: ------------------------------------------ Fone: ---------------------------------Endereço: -------------------------------------------- Cidade: -------------------------------Remetente: ------------------------------------------ Fone: ---------------------------------Assinatura do responsável: ----------------------------------------------------------------Obs.: Não nos responsabilizamos pela publicação de cartões rasurados e por informações incorretas. Entregue este cartão na recepção do Jornal O Presente entre 08 e 12 horas do dia 10/01/2014.

Recorte na linha pontilhada

BIZ 125 ES, vendo, ano 2012, R$ 3.500,00 + 32 parcelas de R$ 120,00. Tr. (45) 9952-5295 com Antonio.

Este cartão é válido somente para a edição do dia


01 10 2014  

01-10-2014.pdf

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you