Page 1


02 | O PRESENTE

EDITORIAL

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

Números para refletir Caminhamos para uma epidemia global. É Aparentemente sem importância, o Dia lamentável, pois o fumo é uma das principais Mundial sem Tabaco, lembrado ontem (31), pode ter passado despercebido pela maioria causas de mortes preveníveis. Mas falta a contrapartida dos fumantes. Muitos até se das pessoas. No entanto, os números apresenesforçam para largar do vício em prol da tados na data deveriam ser vistos por muitos, principalmente pelos fumantes, pois servem saúde, entretanto, a maioria não se importa com as consequências, prefere continuar fucomo um grande alerta. mando a ter que trilhar um caminho que Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), o uso de produtos derivados do busque maior qualidade de vida. O problema maior é que os males causados fumo é a segunda causa de mortalidade no pelo cigarro implicam em gastos. Para se ter mundo, respondendo por um em cada dez óbitos registrados entre adultos. O fumo só uma ideia, o Brasil gastou no ano passado R$ 21 bilhões no tratamento de pacientes com perde, em número de mortes, para a hipertendoenças relacionadas ao fumo, de acordo com o são. O tabaco mata quase seis milhões de pessoas todos os anos - mais de 600 mil delas são estudo da ACT. O valor equivale a 30% do orçamento do Ministério da Saúde em 2011 e fumantes passivos. é 3,5 vezes maior do que a Receita Federal No Brasil, segundo estudo inédito financiado pela Aliança de Controle do Tabagismo arrecadou com produtos derivados ao tabaco no mesmo período. Tais cus(ACT), o tabagismo é restos são referentes às despesas ponsável por 13% das mortes no país. São 130 mil óbiEsperamos que atitudes mais tanto no Sistema Único de Saúde (SUS) quanto na saútos anuais (350 por dia). Os drásticas sejam tomadas e de suplementar. resultados são fruto da anáque os fumantes levem em lise de dados de 15 doenças Já os números divulgaconta, cada vez mais, os dos pela Associação dos Furelacionadas ao cigarro. Já micultores do Brasil (Afuos dados do Ministério da índices relacionados às Saúde indicam que o percen- implicações que o cigarro traz bra) apontam que em 2010 a indústria do tabaco recotual de fumantes brasileiros à saúde. Somente com uma lheu R$ 93 bilhões de tribupassou de 16,2% em 2006 maior concientização e uma para 14,8% no ano passado. tos e gerou receita de R$ 4,1 bilhões. Apesar de É a primeira vez que o índice maior prevenção pesquisadores desconfiarem fica abaixo dos 15%. Mesmo conseguiremos um cenário assim, os números ainda são dos dados em termos de armais positivo recadação, ou seja, acredialtos e preocupantes. tam que sejam maiores do Há uma visível “queda de braço” entre governo e outras instituições que os divulgados, ainda assim o valor é mais do que a metade do gasto com doenças com a indústria do tabaco, pois esta tenta, a relacionadas ao cigarro. todo custo, minar qualquer iniciativa que caminhe para o controle da substância e acabar Como se vê, são números impactantes na economia do país, por isso, não podem com leis que proíbem o fumo em locais públicos ser ignorados. fechados e que limitam a publicidade de produtos derivados do tabaco. Esperamos que atitudes mais drásticas sejam tomadas e que os fumantes levem em Cada um com foco distinto, e, no fim das conta, cada vez mais, os índices relacionados contas, o cenário continua o mesmo: nada animador. Se tudo continuar como está, o tabaco às implicações que o cigarro traz à saúde. Somente com uma maior concientização e vai matar mais de 8 milhões de pessoas ao ano uma maior prevenção conseguiremos um ceaté 2030, sendo mais de 80% em países de baixa e média renda, aponta a OMS. nário mais positivo.

DA CULTURA BIG BROTHER A UM AMBIENTE HOSPITALEIRO Na sociedade do medo as pessoas descobrem formas de esquecer temporariamente seus temores, divertindo-se com programas televisivos do tipo reality show. Com algumas variações, estes programas são exibidos em todo o mundo. A análise destes tipos de programas é tradada com ácida ironia pelo sociólogo Zygmunt Bauman e aparece em vários de seus textos traduzidos e publicados no Brasil. Apostando na atitude voyeurística dos telespectadores, os programas acabam cumprindo uma função que ultrapassa o ambiente erótico presente nas competições. A propósito, o erotismo era uma particularidade totalmente proibida no âmbito da história original do Big Brother inventada por George Orwell e que depois foi subvertida pela indústria do entretenimento. O Big Brother do nosso tempo, num caminho inverso ao pensado por Orwell, prepara o público para a ideia de que a exclusão social não tem nada que contraria questões de ordem moral. Faz parte do jogo de uma época em que se aceita que existam pessoas redundantes e que podem ficar de fora sem constrangimentos morais, pois tal como Auschwitz, trata-se de uma questão técnica. “O Big Brother de hoje (...) não é para manter as pessoas dentro e fazê-las andar na linha, mas para chutá-las para fora e assegurar-se de que, uma vez que tenham sido chutadas, elas vão embora de maneira adequada e não voltarão...”. Na visão de Bauman, a incerteza planetária tende a permanecer incurável até que a globalização negativa seja controlada pela positiva. A posição aproxima-se de outros pensadores críticos da globalização. Há mais de uma década, o filósofo Milton Santos, ao denunciar as perversidades escondidas no discurso triunfalista da globalização, clamava “por uma outra globalização”: uma sociedade globalizada, porém unida por laços de solidariedade e onde o pensamento único pudesse ser substituído por uma nova consciência universal. Enquanto retórica, o discurso religioso está muito presente na sociedade do medo. A guerra santa contra as ameaças satânicas está longe de ser um padrão islâmico, como a imprensa ocidental muitas vezes destaca. “Em nosso planeta, em rápida globalização, a ‘religionização’ da política e dos ressentimentos sociais e das batalhas por identidade e reconhecimento parece ser uma tendência global”. O canto de sereia dos fundamentalistas constitui um refúgio “seguro” de um contingente populacional mundial que vai se sentindo redundante, excluído e com medo. “O medo é seguramente o mais sinistro dos muitos demônios que se aninham nas sociedades abertas de nossa época”. No diálogo com Woody Alen, Bauman leva o leitor a concluir que a humanidade está numa encruzilhada entre o desespero e a impotência ou a total extinção. Seria tarefa dos vivos, reconduzir a humanidade a um ambiente mais hospitaleiro, evitar as catástrofes evitáveis pelas refutações de “profecias” e imaginar a continuação da presença humana na Terra como negação da destruição potencialmente possível. Ao recusar uma atitude niilista, Bauman propõe o ato corajoso de se ter esperança mesmo numa época que poderá se tornar a da derradeira catástrofe ou a de um pacto a ser negociado entre os que se dispõem a refletir e a humanidade em conjunto. A perspectiva do autor de idade avançada é que a escolha entre estes dois cenários possa ainda nos pertencer. Resta saber se ainda teremos disposição e força moral para caminhar na melhor direção. * O autor é professor da Unioeste. Atua em programas de mestrado nos campi de Marechal Cândido Rondon e Foz do Iguaçu tarcisiovanderlinde@gmail.com


SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

O PRESENTE |

PEDIDO DE

NÚCLEO DE FRONTEIRA EM DEBATE NOS LINDEIROS

AFASTAMENTO DO CISEP

Arquivo/OP

O prefeito de Marechal Cândido Rondon, Moacir Froehlich, apresentou oficialmente o pedido de afastamento do cargo de presidente do Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública e Cidadania (Cisep). O edital, informando a decisão, foi publicado na edição de ontem (31) do Jornal O Presente. O motivo de se afastar da presidência é em razão do prefeito ser pré-candidato à reeleição e, por isso, existiriam vedações impostas pela legislação eleitoral em continuar à frente do Cisep. Contudo, ele ressalta que mesmo não sendo mais presidente, na função de membro do Consórcio Intermunicipal continuará participando dos encontros. Pré-candidato à reeleição, o prefeito Moacir Froehlich pediu afastamento da presidência do Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública e Cidadania (Cisep)

VEREADORA COM APENAS UM VOTO Um fato raro pode ser registrado em Medianeira. Com a cassação do mandato do vereador Edir Josmar Moreira por infidelidade partidária, por ter trocado o PPS pelo PSDB, a manicure Sirlei Brisida (PPS), que recebeu apenas um voto nas eleições municipais de 2008 e ficou em último lugar na votação dos candidatos à vereança, pode ser a mais nova ocupante de uma cadeira no Legislativo local. Mesmo com apenas um voto, Sirlei Brisida deve assumir o cargo, já que vários outros suplentes, que inclusive fizeram mais de 400 votos, também trocaram de partido. Outro suplente, Alcides Marques, fez 762 votos, mas foi impedido de assumir por denúncias de suposta transgressão à legislação eleitoral.

03

TCE reprova contas de Eduardo Requião O Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) reprovou a prestação de contas da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) do ano de 2005 por nove irregularidades, sete delas consideradas graves. O superintendente na época, Eduardo Requião, irmão do então governador Roberto Requião, foi condenado a devolver dinheiro aos cofres da autarquia, devido à paralisação das obras de construção do Cais Oeste. Porém, o valor não foi calculado. Cabe recurso da decisão.

Prefeitos, presidentes de Câmaras de Vereadores e presidentes de associações comerciais dos 16 municípios que integram o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu participam, na terçafeira (05), junto à sede da entidade, em Santa Helena, a partir das 09 horas, da Assembleia Geral Ordinária para prestação de contas da atual diretoria, comandada pelo prefeito de Entre Rios do Oeste, Elcio Zimmermann. Na oportunidade, também haverá a apresentação do Núcleo de Fronteira e os membros dos Lindeiros devem discutir os anseios e as necessidades para a região. O Núcleo de Fronteira do Paraná foi criado dentro de um programa do Ministério da Integração Nacional que tem o objetivo de potencializar o desenvolvimento das faixas fronteiriças de 11 Estados. O projeto abrange os municípios localizados a até 150 quilômetros da fronteira do Brasil com outros países, que no caso paranaense totalizam 139.

Cadastro para ser mesário voluntário O Fórum Eleitoral de Marechal Cândido Rondon comunica que já começou a fazer as pré-convocações para quem deseja trabalhar como mesário voluntário nas eleições municipais de 07 de outubro. O cadastro pode ser feito na internet, através do site do Tribunal Regional Eleitoral (www.tre-pr.jus.br) ao clicar no ícone “Mesário Voluntário”, ou diretamente no Fórum Eleitoral do município.

Comentário do dia “O bonito é que a Marcha das Vadias é feita por jovens. Homens e mulheres que se despertaram para questionar a violência contra a mulher, contra o corpo da mulher”, disse, ontem (31), a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci.

CÓDIGO FLORESTAL: SPERAFICO APROVA MUDANÇAS Saulo Cruz

Mesmo após a presidenta Dilma Rousseff (PT) ter vetado 12 artigos e ter feito 32 modificações no projeto do Código Florestal aprovado no Congresso Nacional, o deputado federal Dilceu Sperafico avalia que as mudanças foram positivas. Conforme o parlamentar, os vetos e modificações garantem tanto a preservação do meio ambiente como a produção de alimentos. Sperafico enfatiza ainda que para a grande maioria das propriedades rurais da região Oeste do Paraná, o Código Florestal atenderá as necessidades dos produtores rurais. “Para nós, do Oeste do Paraná, o maior ganho foi a isenção da necessidade de se fazer reservas legais nas áreas que foram abertas antes de 2008”, menciona. “Não há motivos para o homem do campo ficar preocupado com os vetos e modificações”, acrescenta. Deputado federal Dilceu Sperafico: “Os vetos e modificações garantem tanto a preservação do meio ambiente como a produção de alimentos”


POLÍTICA

04 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

PATO BRAGADO

Prefeita Normilda quebra silêncio e fala sobre denúncias de supostas irregularidades Ela nega que tenha havido direcionamento em leilão de um imóvel e que o valor do bem tenha sido vendido abaixo do preço de mercado

Fotos: Maria Cristina Kunzler

E

m janeiro deste ano, uma notícia caiu como uma “bomba” em Pato Bragado: o Ministério Público (MP) formalizou denúncia de que haveria fortes suspeitas de irregularidades em um processo licitatório da venda de um imóvel ocorrido em 2010. O motivo seria o valor: o barracão foi vendido por R$ 472 mil, sendo que o MP-PR teria de posse uma avaliação de imóvel solicitada pelo denunciante, Evandro Toigo, que constava um preço bem superior: R$ 1.013.301,39. As suspeitas fizeram com que a Justiça determinasse o afastamento de cinco servidores: Holdi Romer (na época secretário municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Desenvolvimento Econômico), Ilse Irene Kotz (chefe de Gabinete), Marília Aparecida da Silva Luft (assessora jurídica), Neiva Angele Mundt Bressan (secretária de Administração) e Rovane Janice Scheurmann Leindecker (secretária de Finanças). Houve ainda a determinação para que houvesse a indisponibilidade dos bens dos denunciados. Na semana passada, um novo fato surgiu na investigação. O corretor que assinou a avaliação utilizada pelo MP-PR para formalizar a denúncia contra a prefeitura não teria registro junto ao Conselho Regional de

Prefeita Normilda Koehler atendeu a reportagem do Jornal O Presente na manhã de ontem (31), ocasião em que concedeu entrevista exclusiva

Corretores de Imóveis (Creci-PR) na data em que teria assinado o documento. A avaliação foi feita no dia 12 de maio de 2011, mas a sua aprovação definitiva junto ao Creci-PR ocorreu somente no dia 03 de junho de 2011. Agora a prefeitura acusa o corretor de falsidade ideológica por ter utilizado a inscrição de uma terceira pessoa. Quatro meses após o episódio, a prefeita Normilda Koehler quebrou o silêncio ontem (31). Ela recebeu a reportagem do Jornal O Presente para uma entrevista exclusiva, a primeira desde que a denúncia veio à tona. Ela falou sobre todo este processo e enalteceu o quanto confia nos servidores e acredita na inocência deles. Confira.

Prefeita Normilda Koehler: “Ele (o denunciante) tinha todo direito de participar deste leilão, porque também trabalhava com couro no ramo de estofados. Ele poderia se habilitar na licitação, mas sequer o edital retirou”

seus aliados políticos reagiram à denúncia e ao afastamento dos servidores? NK: Os aliados me disseram que a avaliação que eles tinham de mim não mudaria em nada com esta denúncia. Talvez alguns adversários políticos tentaram denegrir a nossa imagem, mas afirmo à comunidade de Pato Bragado que podem continuar confiando na prefeita Normilda e na nossa seriedade e comprometimento. Doeu muito quando fomos chamados de quadrilheiros, porque estamos há quase oito anos na administração e não tínhamos nenhum processo. Todo este tempo sempre trabalhamos de forma legal e séria. Confio na minha equipe e sei da seriedade com que eles trabalharam durante todo este período.

O Presente (OP): Em janeiro deste ano, a comunidade de Pato BraOP: Houve, na sua avaliação, gado foi surpreendida de certa forma, uma injustiça? com uma decisão judiciNK: Eu acredito que sim. Claro “Doeu muito quando al que determinou o afasque respeito o Ministério Público e tamento de cinco servia Justiça, e eles estão fazendo a infomos chamados de dores públicos da prevestigação e estão analisando todo o quadrilheiros, feitura. Como a senhora trâmite. Mas eu tenho certeza que recebeu a denúncia e a mais cedo ou mais tarde a verdade porque estamos há sentença do juiz? virá à tona e os servidores que foram quase oito anos na Normilda Koehler envolvidos serão inocentados. (NK): Foi uma surpresa administração e não muito grande, uma vez que sabemos que a seriedade semOP: A senhora tinha conhetínhamos nenhum pre esteve pautada nos tracimento que a denúncia havia processo” balhos dos nossos servidores sido formulada pelo Ministério e secretários. Quando recePúblico até a sentença judicial? bemos esta denúncia, tínhamos todo conhecimento NK: Tivemos conhecimento porque recebemos a que a licitação que foi realizada para a venda do imóvel denúncia do Ministério Público e sabíamos quem havia ocorreu dentro da legalidade. Lembro até hoje quando a formalizado. Mas, de qualquer forma, foi uma surprea então secretária de Administração, Neiva Bressan, sa sim, especialmente em relação à ordem de afastamenveio ao meu encontro e mostrou a licitação. Questionei to dos servidores, porque, como já disse, são pessoas da se havia avaliações de corretores e de fato havia, as inteira confiança. Temos servidores que estão trabainformações estavam no site do Tribunal de Contas e lhando na prefeitura desde o dia em que o município foi tudo estava, volto a dizer, dentro da legalidade. Com instalado. São pessoas que sempre atuaram com muita certeza assinei a licitação e com toda a confiança. seriedade e a comunidade conhece cada um. Houve uma grande decepção ver pessoas que são de inteira confiança minha serem taxadas praticamente de criminosos OP: E como a comunidade bragadense e e quadrilheiros.


SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

POLÍTICA

O PRESENTE | Reprodução

OP: Na sua opinião, por que o cidadão Evandro Toigo denunciou a prefeitura junto ao Ministério Público? NK: É uma longa história. O município de Pato Bragado fez a concessão de uso do imóvel leiloado a este cidadão há 11 anos. Como no ano passado (junho de 2011) cessou esta concessão, o município fez uma notificação, a qual ele não quis assinar por diversas vezes. Com o passar do tempo, como ele não estava cumprindo com praticamente nada do que dizia a concessão, então entramos com uma ação de despejo via judicial. Uma vez que o município havia feito o leilão (em 2011) e vendido o imóvel, a empresa vencedora do certame também estava cobrando para fazer uso do barracão. Outro fato nesta história é que antes mesmo da prefeitura entrar com a ação de despejo ele moveu uma ação em 2010 de indenização contra o município alegando que estava se sentindo prejudicado. A ação já foi julgada improcedente, dando causa de ganho à prefeitura. Ele tinha todo direito de participar deste leilão, porque também trabalhava com couro no ramo de estofados. Ele poderia se habilitar na licitação, mas sequer retirou o edital. OP: E em algum momento ele questionou o edital? NK: Não, nunca. Foram, inclusive, feitas audiências públicas para a venda deste imóvel. Foi uma decisão nossa de convocar a comunidade para debater o assunto e, na oportunidade, houve a aprovação do leilão. Ele também participou das audiências públicas e não se manifestou contrário à venda e nem questionou o edital. A venda foi, inclusive, também aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores. OP: Na semana passada houve uma reviravolta no caso, com a informação de que o corretor Vandir Jonas Bresolin, que assina o laudo de avaliação de imóvel solicitado por Evandro Toigo e que foi anexado pelo Ministério Público no processo, teria utilizado um número de inscrição do Creci-PR de outro corretor. Existe algum documento que comprove que ele não possuía inscrição junto ao CreciPR na data em que assinou a avaliação do imóvel? NK: Nós temos um documento em mãos do próprio Creci-PR informando que ele conseguiu a aprovação definitiva da inscrição junto ao Conselho Regional de Corretores de Imóveis no dia 03 de junho de 2011. Mas no dia 12 de maio de 2011 ele assinou a avaliação do imóvel como corretor e informou o número de inscrição de outro profissional. É importante dizer que a avaliação do imóvel solicitada pela prefeitura foi feita em 2009, antes mesmo de

Os documentos que estão de posse da prefeitura mostram que no dia 12 de maio de 2011, Vandir Jonas Bresolin assinou uma avaliação de imóvel como corretor. Já no documento enviado pelo Creci-PR mostra que ele só conseguiu a inscrição de corretor no dia 03 de junho de 2011

pensarmos em fazer a venda do imóvel. Isto porque houve uma solicitação do Tribunal de Contas para que fizéssemos uma avaliação do patrimônio de todo o município.

muito grande. Nós temos fotos que comprovam como era o barracão antes e como está agora. Mesmo assim, eu creio que ainda não chega a R$ 1 milhão a avaliação daquele imóvel.

OP: Esta avaliação solicitada pelo Tribunal de Contas e providenciada pela prefeitura foi feita por três corretores de imóveis? NK: Sim, inclusive um deles é perito. Nas três avaliações o valor do imóvel, na época, era de aproximadamente R$ 470 mil. Na avaliação feita pelo outro corretor (Vandir) o valor é bem superior (R$ 1.013.301,39) àquela em que há a assinatura de três corretores credenciados. Além disso, a avaliação feita pelo Vandir foi realizada após a empresa que adquiriu o imóvel já ter feito algumas melhorias. Inclusive se fosse feita hoje uma nova avaliação o valor já seria bem diferente dos R$ 470 mil, porque o investimento feito pelos empresários foi

OP: O Ministério Público não solicitou uma nova avaliação, mas se utilizou da avaliação feita pelo senhor Vandir a pedido de Evandro Toigo. A senhora acredita que houve falha por não ter havido a solicitação de avaliação do imóvel de outros corretores? NK: Tínhamos todo o processo de avaliação e isso não foi considerado inicialmente pelo Ministério Público. Creio que este solicitará uma nova avaliação antes do processo ser julgado. Temos comprovantes de como era o barracão antes e como está agora. Os corretores que fizeram a avaliação para a prefeitura possuem todos os parâmetros para explicar porque chegaram ao valor de aproximadamente R$ 470 mil.

“Vamos comprovar que não houve irregularidades”, garantem advogados A entrevista concedida pela prefeita de Pato Bragado, Normilda Koehler, à reportagem do Jornal O Presente, foi acompanhada pelos advogados Marlise Gentilini e Juliano Andreolli. Eles também falaram sobre o caso. Questionado sobre quais medidas jurídicas estão sendo tomadas, com base no documento que a defesa dos servidores conseguiu, comprovando que o corretor não possuía registro no Creci-PR no dia em que fez a avaliação, Andreolli explica: “Foi ajuizada uma ação para que a ava-

liação assinada por Vandir seja declarada falsa, porque a pessoa que assinou o documento, na época, não era corretor de imóveis. Informações nos chegaram que esta pessoa estava fazendo estágio em uma corretora porque teria encaminhado a solicitação de registro junto ao Creci-PR e teria que cumprir uma determinada carga horária para conseguir a inscrição. Ele se utilizou então da inscrição do corretor de imóveis da empresa onde trabalhava. Hoje ele é de fato corretor, mas na época não. Foi um ato que Maria Cristina Kunzler

Advogados Marlise Gentilini e Juliano Andreolli, com a prefeita Normilda Koehler: “Só em municípios da região já levantamos mais de dez empresas que poderiam ter participado do certame”, dizem assessores jurídicos

consideramos de falsidade ideológica”, declara. Conforme a advogada Marlise Gentilini, a preocupação no momento não é com o retorno dos servidores públicos aos seus respectivos cargos. Ela ressalta que a maior preocupação é para que a inocência das cinco pessoas seja comprovada. A profissional salienta que o procedimento licitatório seguiu todos os trâmites legais e que não houve direcionamento. “No edital constava que o imóvel seria vendido para empresa do ramo de couro curtido e na denúncia diz que, supostamente, a única empresa que se habilitaria a participar desta licitação seria a Costa Oeste Fábrica de Botinas Ltda. Isso não procede, porque o próprio denunciante poderia ter participado da licitação, porque ele também trabalha com couro curtido. Só em municípios da região já levantamos mais de dez empresas que poderiam ter participado do certame, desde que atendesse ao interesse público, que era a geração de empregos e manutenção da industrialização no município. O principal objetivo da venda do imóvel era esse: manter as indústrias no município e não haver especulação imobiliária. Juntamos os documentos e vamos comprovar de que não houve direcionamento da licitação”, conclui a advogada.

05


GERAL

06 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

AVALIAÇÃO DE IMÓVEL

Corretor nega que houve falsidade ideológica Vandir Jonas Bresolin considera que não houve ilegalidade ao assinar, ainda quando era estagiário, documento como corretor de imóveis e utilizando o número do Creci-PR de outra pessoa

O corretor de imóveis Vandir Jonas Bresolin, de Marechal Cândido Rondon, esteve no Jornal O Presente na tarde de ontem (31) para esclarecer as notícias veiculadas de que teria utilizado o número de inscrição do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-PR) de uma terceira pessoa para fazer uma avaliação de imóvel em Pato Bragado. O rondonense diz que se formou em Gestão de Negócios Imobiliários, no Cesumar, em 2010, o que, segundo ele, já lhe daria a condição de ser corretor de imóveis. Contudo, ele só encaminhou a documentação para obter a inscrição no CreciPR em 2011. “Em 23 de agosto de 2010 saiu a expedição da minha carteira como estagiário, que tem validade de um ano (válido até 23 de agosto de 2011). Então não tinha porque gastar

quase R$ 900 (para se inscrever no Creci) para pegar o documento de novo (como corretor de imóveis)”, alega. Conforme resolução do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci), “o número de inscrição é imutável e não poderá ser atribuído à outra pessoa física ou jurídica”. Diante disso, quando questionado se como estagiário poderia ter utilizado o número do Creci do responsável pelo seu estágio, que era o corretor Raimundo Van Den Boon, Vandir responde: “Claro. O número está na carteirinha. As pessoas estão dizendo que o número é falso, mas está aqui”, diz, mostrando a inscrição de Raimundo no Creci que constava em sua carteira de estagiário. “Tudo o que eu faço (como estagiário, na época) o Raimundo responde”, acrescenta.

O corretor de imóveis Vandir Jonas Bresolin confirma que assinou a avaliação de imóvel de Pato Bragado utilizando o número de inscrição do Raimundo Van Den Boon: para ele, a carteira de estagiário lhe permitia fazer isso

Fotos: Maria Cristina Kunzler

Na foto, a carteira de estagiário de Vandir Bresolin, onde mostra que o responsável por seu estágio foi Raimundo Van De Boon e a inscrição deste junto ao Creci-PR (F11955)

Ao ser perguntado se o correto não era o próprio Raimundo ter assinado o documento, já que ele já era corretor e possuía inscrição, Vandir é enfático: “Acredito que não. Não houve nenhuma ilegalidade, de forma alguma. Se eu não tivesse concluído o meu curso e se não fosse apto, daí acredito que sim... Como eu já estava formado e era questão de burocracia de documentação, não teria problema não (em assinar o documento mesmo não tendo registro no Creci-PR)”, expõe. “Não precisa nem ser corretor para ver o imóvel e avaliá-lo em R$ 1,3 milhão”, acrescenta. O advogado de Vandir, Osmildo Bueno de Oliveira, diz que são infundadas as alegações de falsidade ideológica. “O corretor e vítima tem a dizer que já se antecipou a qualquer requisição da Justiça local e apresentou espontaneamente ao representante do MP (Ministério Público) local todos os documentos que o autorizam a exercer a profissão legalmente. Informa, outrossim, que ajuizará ação de indenização por danos morais em face do município bragaden-

Creci-PR diz: estagiário não pode assinar avaliação de imóvel A reportagem do Jornal O Presente entrou em contato, ainda na tarde de ontem, com o superintendente do Creci-PR, Luiz Carlos Ribeiro, que respondeu ao ofício da Prefeitura de Pato Bragado (página anterior), para saber: estagiário pode ou não assinar avaliações de imóveis como corretor de imóveis? Segundo o profissional, a resposta é não. “O estagiário não pode assinar como corretor de imóveis. Ele trabalha numa supervisão de um corretor ou de uma pessoa jurídica”, ressalta.

Conforme Ribeiro, não é permitido que um estagiário assine uma avaliação de imóvel com o número de inscrição do Creci-PR de outro corretor, mesmo que este seja o seu supervisor. “Ele precisa trabalhar sob a supervisão de um profissional formado. O estagiário pode fazer a avaliação, mas quem deve assinar o documento é o corretor de imóveis”, menciona. “Ele só pode assinar como corretor a partir do momento em que for um, com a aprovação definitiva”, esclarece.

se, uma vez que a notícia infundada causou-lhe abalo em sua credibilidade profissional pe-

rante a população local de toda a região (...)”, diz o profissional, em nota enviada à redação.


SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

GERAL

O PRESENTE |

07

MOACIR FROEHLICH

“Hospital municipal será referência na região” Durante nova visita às obras, ontem (31), prefeito rondonense destaca qualidade das estruturas edificadas e importância delas para população

Com o intuito de mostrar as dependências do hospital municipal e da supercreche de Marechal Cândido Rondon, o prefeito Moacir Froehlich e o vice-prefeito Silvestre Cottica realizaram uma visita às obras, no início da noite de ontem (31), juntamente com profissionais da imprensa local. A comitiva de jornalistas e comunicadores teve a oportunidade de conhecer e ter informações detalhadas sobre a estrutura e o funcionamento dos prédios em construção. As edificações ainda estão em andamento e deverão suprir duas grandes necessidades da população rondonense: atendimento na

saúde pública e atendimento com mais um espaço destinado às crianças de munícipes que moram na região do Bairro Santa Felicidade, local onde está sendo construída a supercreche, e principalmente dos funcionários do frigorífico da Copagril. Na ocasião, o prefeito destacou que o hospital municipal vai passar a funcionar quando as três etapas estiverem concluídas. “Primeiro o prédio deve ficar pronto. Depois, será equipado e em seguida deve ser feita a contratação dos profissionais (médicos, enfermeiras, auxiliares de enfermagem e zeladores). Tudo está dentro do

Fotos: Vanderleia Kochepka

Registro da visita às obras da supercreche. Na ocasião, prefeito Moacir Froehlich destacou a importância da estrutura que ofertará 240 vagas a crianças

tempo certo e é um investimento importante para o município. São R$ 4 milhões aplicados em um hospital novo e moderno, pois vai seguir as últimas orientações da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O hospital municipal será referência na região”, expôs.

ESTRUTURA

Autoridades e profissionais da imprensa durante visita ao hospital municipal

O hospital municipal será inaugurado em julho, durante as comemorações do 52º aniversário de Marechal Rondon. Já o atendimento deve começar em agosto. O hospital funcionará no prédio do antigo Hospital Cruzatti, o qual

foi adquirido pelo município. As obras de reforma e ampliação da estrutura, que estão em fase final de execução, totalizam um investimento da prefeitura no valor de cerca de R$ 1,2 milhão. O hospital terá 917 metros quadrados de área construída e 19 leitos, além de demais dependências necessárias para o funcionamento. De outra parte, a prefeitura está dando início à compra dos equipamentos, cujos valores devem girar em torno de R$ 500 mil.

SUPERCRECHE

Com 1,3 mil metros de área construída, a supercreche é con-

siderada outra grandiosa obra para Marechal Rondon, já que atenderá 240 crianças desde o berçário até os quatro anos. Froehlich comentou que na medida em que ela vai sendo construída, outra já foi solicitada ao deputado federal Dilceu Sperafico e há grandes possibilidades dela também ser implantada. “Na área da criança, haverá educação e estrutura de qualidade. Irá beneficiar os trabalhadores que estão esperando uma vaga para colocar seus filhos nas creches do município. É um momento importante que Marechal Rondon está vivendo”, disse o prefeito.


GERAL

08 | O PRESENTE

EDSON CAMPAGNOLO

Nova queda dos juros abre espaço para ações ousadas Presidente da Fiep considera que ambiente é propício para que o governo atenda ao clamor da sociedade e inicie processo de reformas estruturantes

O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, considera que a nova redução da taxa de juros, somada às recentes medidas de estímulo à economia, abre caminho para que o governo federal avance na realização das reformas estruturantes necessárias para o crescimento sustentado do país. “A redução dos juros ao patamar mais baixo da história é mais um sinal de que vivemos um bom ambiente para que sejam atendidos os clamores da sociedade. O momento é propício para que o governo adote ações mais ousadas e inicie o processo

de reformas de que o Brasil tanto precisa, como a tributária e fiscal”, afirma. Na noite de quarta-feira (30), o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central anunciou a redução de meio ponto percentual na taxa básica de juros, a Selic, que passou a ser de 8,5%. O índice é o mais baixo da série histórica, iniciada em 1986. “Essa decisão é muito bem recebida pelo setor produtivo e está de acordo com a preocupação que a presidenta Dilma e sua equipe econômica já vinham demonstrando ao anunciarem as recentes medidas de estímulo à indústria”, diz Cam-

pagnolo. “Apesar disso, continuamos com taxas de juros reais entre as mais altas do mundo e há espaço para novas reduções”. O presidente da Fiep ressalta ainda que o fato de a Selic ter chegado a 8,5%, disparando o gatilho que reduzirá o rendimento da poupança, não deve afetar a economia nacional e nem a credibilidade do governo. “A decisão do Copom de forma alguma despreza a poupança interna, mas valoriza o setor produtivo. O governo fez um jogo aberto e foi transparente ao alterar as regras de rendimento da poupança”, conclui Campagnolo.

Caixa e Bradesco anunciam nova redução nas taxas Após o Comité de Política Monetária (Copom) decidir reduzir a Selic de 9% para 8,5% ao ano, o Bradesco e a Caixa Econômica anunciaram ontem (31) mais uma redução das taxas de juros em suas operações de crédito, tanto para pessoas físicas como empresas. No Bradesco, a taxa de juros mínima de crédito pessoal caiu 0,04 pontos percentuais, chegando a 1,93% ao mês. Na modalidade CDC Veículos, a taxa mínima foi reduzida de 0,97% para 0,93% ao mês, e a máxima de 2,95% para 2,91% ao mês. Na modalidade Leasing Veículos, a taxa mínima diminuiu de 1,67% para 1,63% ao mês, e a máxima de 3% para 2,96% ao mês. No financiamento de bens e serviços, a taxa mínima caiu de 2,97% para 2,93% ao mês, e a máxima de 4,91% para 4,87% ao mês. Os juros do cheque especial caíram na ponta máxima de 8,90% para 4,70% ao mês. Na mínima, a redução foi de 8,19% para 3,95%. No crédito rotativo do cartão de crédito, a taxa máxima caiu de 14,99% ao mês para 4,70%. Já a taxa mínima teve redução de 12,40% para 3,95%. As novas taxas de juros do banco privado começam a valer a partir de se-

gunda-feira (04) em todas as agências.

CAIXA

Na Caixa, o crédito consignado para funcionários públicos e empregados de empresas teve redução da taxa máxima de 1,95% para 1,67% ao mês, o que representa queda de 15,69% na taxa anual. Para os aposentados e pensionistas do INSS, a taxa máxima foi reduzida de 1,77% para 1,67% ao mês, sendo a taxa mínima de 0,75%. As novas taxas para os cartões de crédito passam a valer a partir de amanhã. As demais taxas para pessoa física começarão a vigorar a partir de segunda-feira, conforme a Caixa. Para os aposentados e pensionistas do INSS, a taxa máxima foi reduzida de 1,77% ao mês para 1,67%. A taxa mínima mensal caiu para 0,75%. No caso do INSS, a taxa máxima permitida pelo órgão é de 2,14% ao mês. Para clientes que recebem salário pela Caixa, a taxa do cartão azul foi reduzida de 1,99% para 0,89%. Segundo o banco, as taxas para os demais cartões caíram para uma taxa única de 1,90% ao mês. O parcelamento de fatura para todos os cartões de crédito teve seu prazo am-

pliado de 24 para 36 vezes, com taxas a partir de 1,95%. Para as micro e pequenas empresas, as taxas mínima e máxima para financiamento de veículos novos passaram de 1,47% a 1,88% para 0,75% a 1,61%, respectivamente. Para veículos usados, as taxas passam de 1,50% a 1,95% para 1,20% a 1,68%. O segmento de médias e grandes empresas, as taxas de financiamento de veículos caíram de 1,23% a 1,86% para 0,72% a 1,60% ao mês. A Caixa informou ainda que veículos pesados (ônibus e caminhões) passarão a ser financiados com taxa de 5,5% ao ano para empresas de todos os portes. A taxa anterior era de 7,7% ao ano. O financiamento será feito pelo programa Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Finame PSI. Na linha de crédito para capital de giro parcelado, as médias e grandes empresas, quando contratarem operações superiores a R$ 1 milhão, terão suas taxas reduzidas de 1,28% a 4,01% ao mês para a faixa de 1,05% a 3,40%. As operações de crédito de valores inferiores a R$ 1 milhão continuam sendo financiadas pela Caixa uma taxa de juros de 0,94% ao mês.

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012


SEXTA-FEIRA, 1ยบ DE JUNHO DE 2012

ESPECIAL

O PRESENTE |

09


10 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

HARTO VITECK

Poesia anotada

harto.viteck@gmail.com

Amenizando o estresse “Os homens passam, mas as suas obras edificantes ficam para a posteridade e o tempo é o melhor juiz, se incumbirá de preservar-lhes o valor merecido”.

ESSAS NEBLINAS Essas neblinas das manhãs de Curitiba, Friíssimas, me trazem às vezes a lembrança

Roberto Anselmo Kautsky 1924-2010 - industrial espírito-santense da famosa marca de referigerantes “Coroa”, com forte atuação na região Sudeste. Paralelamente teve intensa atividade científica autodidata com a descoberta de novas espécies da fauna e flora brasileiras. (IRK)

De um menino a caminho da escola - lancheira a tiracolo, sobre o avental Branco, lavado e passado no capricho,

ALIMENTOS EVOLUÍDOS

Mais, claro, os cadernos e a lição de casa

... Os alimentos biodinâmicos são produzidos sem agrotóxicos, adubos químicos ou conservantes e têm alto valor nutricional e biológico. A agricultura biodinâmica foi apresentada pela primeira vez em 1924, no Congresso de Pentecostes, baseada nos princípios da Antroposofia - uma ciência espiritual.

agrícola se vale de diversos estudos com foco no ritmo cósmico, ligados à Lua, ao Sol, aos planetas e suas inter-relações. ... O objetivo é procurar fazer do cultivo um organismo integrado, com entrada mínima de recursos e insumos de fora da propriedade. Para isso, o agricultor utiliza preparados biodinâmicos, elaborados a partir de ervas medicinais, esterco e sílica, aplicados de forma homeopática. Esses preparados, aplicados no solo, nas pilhas de compostos e nas plantas, levam consigo forças sanadoras, com foco de equilibrar o sistema solo-planta-animal.

... Quem introduziu esse conceito foi o austríaco Rudolf Steiner, filósofo, educador, artista e esoterista. Para ele, a Antroposofia é o caminho para a busca da verdade que preenche um abismo criado entre a fé e a ciência. ... Steiner acreditava que a realidade é essencialmente espiritual, e também que existe um tipo de percepção em operação de forma independente do corpo e dos sentidos corporais. Tendo como base essa filosofia, ele desenvolveu a ideia da agricultura biodinâmica, tendo como ponto central o ser humano e suas intenções espirituais baseadas numa verdadeira cognição da natureza. Esse processo tem como consequência natural a renovação do manejo agrícola e a produção de alimentos realmente condignos ao homem.

Feita; nas capas, o hino nacional

De estudar até hoje ninguém morreu. A boa educação quando não usada enferruja. Sobrenome, joias e nariz empinado não substituiem a elegância do gesto.

Das Vias Curitibanas

..........................................................................................................

- o inventor do controle remoto de TV “As invenções são, sobretudo, o resultado de um trabalho teimoso”. Santos Dumont

(1873-1932 - inventor brasileiro)

................................................

O que seria de nós sem controle remoto num dia friorento no sofá, debaixo das cobertas, tudo numa boa: filme, ou lá o que seja na TV, pipoca e a namorada? Esse conforto, essa maravilha - o controle remoto, foi inventado pelo engenheiro estadunidense Eugene Polley (imagem), falecido no último dia 22 de maio, aos 96 anos. O primeiro controle remoto criado por Polley, em 1955, era chamado de “Flash Matic”. Era uma parafernália semelhante a um secador de cabelos, nada comparável aos minúsculos e práticos aparelhos de hoje. Funcionava por dispositivos que utilizavam impulsos de luz e sensores nos aparelhos de TV para mudar de canal ou apagar a tela. Anunciava-se também na época que era um meio para “cortar os longos anúncios”. Coisa que continuamos fazendo. Os iniciais impulsos de luz empregados foram gradivamente substituídos pela facilidade de dispositivos com ondas infravermelhas, bem mais eficientes e de baixo custo. Essa comodidade, todavia, configurou um novo ambiente familiar: a expansão do sedentarismo em frente ao aparelho de televisão, as disputas por opção de programas e facilitou a mudança de canal nos intervalos. (folha.1)

Em couro; eventualmente nela um boletim - a escola era um mundo que fazia sentido. Jaques Brand

.................................................

1948 - ... - poeta curitibano

... Atualmente, não é difícil encontrar rótulos com o selo da Demeter marca que identifica mundialmente os produtos biodinâmicos - na seção de alimentos sem agrotóxicos dos supermercados. Assim como no caso dos orgânicos, o preço dos biodinâmicos é elevado, se comparado ao dos demais produtos consumidos diariamente pela maior parte da população.

... O alimento biodinâmico é orgânico em sua essência, já que não recebe agrotóxicos em seu cultivo. Mas o que o leva a ser biodinâmico é o cuidado ético-espiritual com o solo. O cultivo da terra, por exemplo, é orientado pelo Calendário Astronômico Agrícola e pelas fases da lua. Isso torna os alimentos mais completos que os orgânicos, segundo seus produtores. Todo esse cuidado e preocupação com base na compreensão profunda das leis da vida,

Eugene Polley

Ao verso da figura do escoteiro; a pasta

adquirida por meio de uma abordagem qualitativa e global da natureza, faz com que os produtos biodinâmicos ganhem cada vez mais respeito e conquistem cada vez mais as prateleiras.

... Conhecidos por sua vitalidade e qualidade nutricional, os produtos biodinâmicos são comumente confundidos com os orgânicos, porém existem algumas diferenças. A principal questão entre eles é simples: todos os produtos biodinâmicos são orgânicos, mas os produtos orgânicos não são, necessariamente, biodinâmicos.

... Na biodinâmica, o agricultor atua conscientemente no entendimento das relações (dinâmica) entre os diversos seres vivos (bio) presentes em seu ambiente de trabalho. Para isso, o produtor

Reprodução

Cotidianas...

Por mais eficazes que sejam os novos métodos de fazer criança, jamais dá para abandonar o mais antigo. Cabeça de Coruja Democracia neste país [Brasil] é relativa, mas a corrupção é absoluta. Paulo Brossard 1924 - ... - jurista rio-grandense e ex-ministro do STF

ZUM

... Segundo os membros da Feira de Produtores Biodinâmicos, alguns dos motivos do alto custo desses alimentos são a produtividade, que é menor nos sistemas biodinâmicos de produção, e o fato de empregarem maior mão de obra do que na agricultura feita com produtos químicos e agrotóxicos. ... Sem dúvida, o valor que se gasta a mais com esses alimentos é devolvido em qualidade de vida para quem os compra. Se não bastasse o fato de serem livres de agrotóxicos, existe uma grande preocupação com a natureza desses produtos. Certamente, isso é revertido de maneira positiva, gerando, em diversos momentos, alimentos ricos em vitaminas e com maiores níveis de energia vital, levando saúde ao consumidor. ... Mas é sempre bom lembrar que a durabilidade e a intensidade de sabor muitas vezes são maiores, o que acaba tornando o produto mais barato do que parece inicialmente. (conclusão na próxima coluna).

SCHLUSS

“Não é possível, este código é coisa de maluco. Se eu fosse a presidenta Dilma, vetava o código inteiro. Eu baixava uma portaria pegando um técnico da Embrapa, das universidades de Agronomia, do Ministério do Meio Ambiente e faria um código novo. Depois mandaria uma medida provisória ou publicaria uma portaria feita pela área científica do país. Vai errar menos”. Do agronômo e deputado federal paulista Nelson Marquezelli*

..........................................................................................................

mesmo sendo da bancada ruralista do Congresso Nacional, logo manifestou-se contra a sanção do novo Código Florestal, assim que foi aprovado pela Câmara. * Um dos maiores produtores de laranjas do Brasil.


SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

ESTADO

O PRESENTE |

11

GOVERNO DO ESTADO

Paraná pede ajuda à bancada para liberar R$ 1,4 bilhões Secretários se reúnem com parlamentares em Brasília para que liberação de financiamentos seja agilizada

Quatro secretários estaduais do Paraná pediram, na quarta-feira (30), em Brasília, ajuda da bancada federal na liberação de empréstimos nacionais e internacionais no valor de R$ 1,429 bilhão. As negociações dependem do aval da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) para serem concretizadas. Os recursos representam quase o dobro dos investimentos de R$ 759,9 milhões feitos pelo Paraná em 2011. “Precisamos que nossos deputados e senadores mostrem para o governo federal o quanto isso é importante”, disse o secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly. Se somados às contrapartidas oferecidas pelo Estado, os valores saltam para R$ 3,189 bilhões. A maior quantia está sendo negociada com o Banco Mundial (Bird) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) - US$ 636 milhões (equivalente a R$ 1,271 bilhão).

Os cinco empréstimos com os dois bancos já passaram pela fase mais difícil, o aval da Comissão de Financiamentos Externos do Ministério do Planejamento. Depois disso, é necessária a autorização da STN e do Senado. Já os R$ 157,8 milhões negociados com o BNDES precisam apenas da aprovação do Tesouro. A expectativa inicial do Governo do Estado era ter conseguido encerrar a tramitação dos empréstimos em dezembro. Agora, a previsão mais otimista é de que apenas 10% dos R$ 700 milhões do Bird comecem a ser repassados neste ano. Todos os demais recursos só chegariam ao estado entre 2013 e 2014. “Neste momento, o apoio político é fundamental”, afirmou o secretário do Planejamento, Cassio Taniguchi. Ele e Hauly visitaram a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado para começar a “preparar o

terreno” para a discussão dos empréstimos internacionais. Nenhum dos três senadores paranaenses, entretanto, participou da reunião da bancada. Do trio, apenas Roberto Requião é membro da CAE. Ele já afirmou que não vê problemas em votar a favor dos empréstimos, desde que se saiba qual será exatamente a destinação do dinheiro. Alvaro Dias e Sérgio Souza também prometeram não colocar empecilhos, mas querem mais detalhes. Para o coordenador da bancada, deputado Osmar Serraglio (PMDB), os paranaenses devem seguir o exemplo de bancadas de outros Estados para pressionar o governo. Quinze dos 30 deputados federais do Paraná participaram da reunião, que também contou com os secretários de Desenvolvimento Urbano, Cézar Silvestri, e de Ciência e Tecnologia, Alipio Leal.

Secretário de Segurança reconhece irregularidades O secretário de Segurança Pública do Paraná, Reinaldo de Almeida César, disse, na quarta-feira (30), que sabia da ocorrência de distorções na aplicação do fundo rotativo da Polícia Civil (verba destinada à manutenção das delegacias) e da existência dos “mordomóveis” (viaturas usadas por policiais para fins pessoais). Classificando as irregularidades de problemas crônicos e históricos, Almeida César negou que tenha havido má-fé em ambos os casos e garantiu que o Governo do Estado tomará providências para corrigir as falhas. “Não vou permitir que a Polícia Civil e que a Polícia Militar sejam enxovalhadas”, disse o secretário durante reunião extraordinária da comissão de Segurança da Assembleia Legislativa. O encontro foi rápido. Vindos de um compromisso oficial em Ponta Grossa, o secretário e o delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinícius Michelotto, ficaram diante dos deputados por cerca de 20 minutos. Almeida César fez um curto pronunciamento e não respondeu perguntas. Michelotto teve tempo de res-

ponder a um questionamento: afirmou que as verbas destinadas a delegacias sem policiais civis são aplicadas nas delegacias regionais, de cidades que são sede de comarca ou de subdivisões. “Desde setembro do ano passado, nós sabíamos e estávamos arrumando”, garantiu. O delegado-geral disse que chegou a pensar em fechar definitivamente algumas delegacias onde não existem policiais civis, mas não o fez por eventuais problemas políticos. Nenhum documento foi apresentado à comissão. O delegado Jairo Estorilio, recémnomeado chefe do Grupo Auxiliar Financeiro (GAF) da Polícia Civil, assegurou que as notas e prestações de contas das delegacias existem e estão arquivadas. Apesar disso, os documentos são manuscritos, o que pode atrasar a apresentação às autoridades. O corregedor-geral da Polícia Civil, Paulo Ernesto Araújo Cunha, foi também convocado, mas só chegou quando a audiência havia terminado. Por isso, na próxima reunião, ele será convocado para esclarecimentos.

O pouco tempo de duração da reunião frustrou parlamentares que integram a comissão, que não tiveram esclarecimentos consistentes sobre as denúncias apresentadas. “Não houve explicações, até por causa do pouco tempo. Essa discussão não pode se dar em dois, três minutos, como aconteceu aqui”, lamentou o deputado Tadeu Veneri, que pretende ouvir o secretário e o delegado-geral em outras reuniões da comissão. O deputado Mauro Moraes afirmou que vai solicitar ao secretário e ao delegado-geral documentos que comprovem a prestação de contas das delegacias. Ele, no entanto, refutou a necessidade de instalação de mecanismos mais abrangentes, como uma Comissão Especial de Investigação (CEI). “Não é necessário. Para isso existe a comissão”, afirmou. Comentando a admissão de falhas por parte da Sesp, o presidente do Sindicato dos Investigadores de Polícia (Sipol), Roberto Ramires, disse esperar medidas mais rápidas para resolver os problemas de segurança pública.

Momento sério

O cenário político brasiliense talvez só tenha, em termos de tumulto, tido fase igual em 1964, quando as famosas forças ocultas que Jânio identificara como responsáveis pela sua renúncia, mobilizaram-se para derrubar Jango Goulart. Mobilizações como hoje não se consegue mais em virtude talvez da descrença do povo em seu poder de fazer com que “o poder seja realmente exercido em seu nome” como prevê o capítulo primeiro da nossa Constituição. Constituição que vê sua principal salvaguarda, o Supremo Tribunal Federal (STF), envolvido em discussões que envolvem seus ministros e um ex-presidente. O tumulto que já era grande pela expectativa de julgamento de uma das grandes malfeitorias já praticadas neste país, o mensalão, viu-se ampliado pela descoberta do envolvimento de contraventor (jogo no país é contravenção não é crime) com os meandros da administração pública e agora, com supostas tentativas de cooptação de ministros do STF em favor da prorrogação do julgamento do dito cujo mensalão. Situação complexa que pode levar a dificuldades imensas pelo desestruturado cenário político brasileiro, eivado de partidos sem filosofia. Campo ideal para que os mal intencionados - e eles dominam - exercitem seus interesses. Uma única certeza: se o momento não for aproveitado para dar novos rumos à política brasileira, dias difíceis virão pela frente. A responsabilidade da mulher que hoje comanda o país aumenta de importância. É fundamental que ela não se deixe manipular por visão eleitoreira do momento. A gravidade dos problemas postos exige uma atuação de estadista que infelizmente não tem sido a postura dos dirigentes mais recentes.

Versões e desmentidos Há uma versão correndo os corredores palacianos em Brasília e dois desmentidos. A versão, mesmo que tardia dada pelo ministro Gilmar Mendes e as afirmações de Lula e Nelson Jobim, desmentindo-o, mas não dando suas próprias visões do tenebroso encontro entre eles. Uma verdade foi restabelecida: Jobim, depois de informar que o encontro fora casual, admitiu ter convidado Mendes. A pedido de Lula.

Maiores explicações Acossada pelas denúncias divulgadas pela Gazeta do Povo, a cúpula da Segurança compareceu à Assembleia. Pelo atraso com que chegaram, pouco tempo tiveram para um diálogo mais aprofundado com os parlamentares. Limitaram-se a afirmar que os desvios já eram de conhecimento do secretário e seus auxiliares diretos e que os desvios eram rotina numa estrutura desordenada. Nada convincente porém! O assunto, pela sua gravidade, merece maiores esclarecimentos.

Dinheiro público na parada Passou na AL o pedido de empréstimo do governo junto ao BNDES para reemprestar ao Atlético, tendo em vista a

conclusão do seu estádio para a Copa. Ainda assim uma situação mal explicada na medida em que se sabe agora, o potencial construtivo do clube aumenta, reduzindo o que lhe cabe pagar no empréstimo. Trocado em miúdos: Prefeitura e Estado pagarão mais do que ele.

Ficha suja, fora! Passou também na Câmara de Curitiba o projeto que proíbe a contratação para cargo comissionado de pessoas envolvidas em situações ilegais. Com a emenda do professor Galdino que estende a proibição ao Legislativo municipal. Como em campanha política “ficha limpa” não é exigida no apoio a candidaturas, quem estiver estigmatizado que receba antes.

Em choque Com a chegada de junho, mês das convenções municipais, os prazos para definições de candidaturas e seus respectivos vices, afunilam-se. Em Curitiba, ainda nenhuma definição. As candidaturas anunciadas ainda não completaram suas chapas. Luciano Ducci, Gustavo Fruet, Ratinho Jr., Rafael Greca e outro menos votado ainda não sinalizaram em que companhia irão para as urnas.


D

epois que o disqueentrega se consolidou como uma das melhores alternativas de atender o consumidor, levando o produto até a residência ou trabalho, é a vez das máquinas móveis de cartão de crédito. Facilitar e garantir o pagamento são as principais vantagens do equipamento, seja para o consumidor, seja para o empresário. Diante de um mercado competitivo em que a concorrência está em todo o mundo a partir da internet, a comodidade oferecida ao cliente tende a ser cada vez maior. Hoje é possível fazer compras, no conforto do lar, usando pantufas. Em Marechal Cândido Rondon, já é possível pedir uma pizza pela internet ou telefone, recebê-la em casa e pagá-la com cartão. O mesmo ocorre com medicamentos, perfumaria e outros produtos. No município, o número de empresas que dispõe do equipamento móvel para leitura de cartão ainda é considerado pequeno, mas tende a aumentar, conforme a necessidade e manifestação de preferên-

cia do consumidor. Desde que abriu, há dois anos, a pizzaria Fornetto Telentrega oferece a possibilidade de pagamento com cartão de débito. Conforme a proprietária, Jussara Zancheta, o equipamento móvel é um dos diferenciais da empresa e tem sido fundamental para boa parte do público consumidor. “Ainda hoje muitas pessoas se mostram surpresas quando oferecemos essa possibilidade de pagamento”, revela. Ela garante que o uso da máquina tem garantido a satisfação de parcela significativa dos clientes. “Observamos que muitas pessoas não costumam ter dinheiro em casa. Quando ligam pedindo pizza, ficam aliviadas em poder pagar com o cartão, sem precisar ir até um caixa eletrônico para fazer saque”, conta. A comodidade da telentrega também tem sido garantida por meio da possibilidade de fazer o pedido via MSN Messenger. “Como nós temos um cardápio on-line, o cliente pode fazer a escolha e depois formular o pedido via internet”, ressalta. A opção da empresa de trabalhar somente com débito se deve à possibilidade de custear a matéria-prima e outros custos envolvidos também à vista. Empresária Jussara garante Jussara Zancheta: que oferecer a má“Para nós deu certo quina de cartão foi e tem valido à pena, uma opção acertapois as vendas efetuadas dessa da da empresa. forma cobrem as “Para nós deu cerdespesas do equipamento” to e tem valido à pena, pois as vendas efetuadas dessa forma cobrem as despesas do equipamento”, assegura. IMPULSO A Farmácia Filadélfia, que atende 24 horas por dia, já con-

ta com dois equipamentos móveis e está prestes a encomendar o terceiro, tamanha a demanda. A informação é do proprietário da empresa, Luiz Carlos Lírio (Grillo). Segundo ele, a drogaria conta com quatro pessoas para fazer o serviço de entrega domiciliar. A farmácia trabalha com a máquina móvel há cerca de seis meses e garante que o uso está sendo viabilizado pelo impulso que registrou nas vendas. “Considerando também as vendas no balcão, atualmente estimamos que o cartão já é utilizado em aproximadamente 30% a 40% dos pagamentos”, assegura o empresário. De acordo com Grillo, dentre as vantagens do uso do equipamento está a segurança do recebimento da conta. “Outro ponto positivo é que nos casos de pagamento com cartão acabou o problema de troco e cheque de terceiros”, enfatiza. Empresário CUSTO Luiz Carlos Na visão do empresário, a Lírio (Grillo): mensalidade do ponto não tem “Estimamos que o sido tão onerosa, em comparacartão já é utilizado em ção ao benefício que oferece. aproximadamente “Como a utilização do cartão é 30% a 40% dos pagamentos” bastante frequente, podemos diluir o valor do custo, tornando o uso dos equipamentos viável”, calcula Grillo. Como aumenta cada vez mais a frequência de uso por parte do consumidor, independente da renda, o proprietário da farmácia prevê que a demanda de máquinas deve ser crescente, até mesmo considerando a elevação dos pedidos feitos pela internet


A viabilidade de disponibilizar uma máquina de cartão é o primeiro ponto observado pelos empresários, e nem sempre a avaliação é favorável, devido ao custo fixo para ter o serviço, bem como do volume de uso, conforme a atividade comercial. Apesar de dispor de uma máquina sem-fio de cartão de crédito e débito, a proprietária da Casa da Sogra, de Marechal Cândido Rondon, Carla Adams, ainda não a utiliza para as entregas a domicílio. “Se eu fosse usar para atendimento domiciliar, teria que ter mais um ponto, porque o que tenho utilizo internamente. Isso envolveria mais uma mensalidade e nesse caso ainda não é viável para o nosso estabelecimento”, analisa. Ela acredita que, ao não oferecer a máquina para as compras feitas nas residências, incentiva-se o uso de dinheiro ou cheque. “E nesse caso o custo da venda é reduzido, já que não precisamos pagar tarifário”, justifica. Mesmo entendendo que pode parecer retrógrado, o custo estimado de uso do cartão de crédito, para a empresa, ainda é de 3% à vista ou 3,8% a prazo. “Observo que a maioria do comércio não tem realizado levantamento de custo entre as bandeiras. Tenho hábito de ligar frequentemente para as operadoras de cartão para verificar qual está oferecendo a melhor condição, tanto em relação à mensalidade como tarifa”, assegura. Deste modo, Carla abandonou várias máquinas de cartão que possuía e acabou ficando somente com uma, que ofereceu a melhor proposta. Já o consumidor não tem prejuízo com esta postura, tendo em vista que a máquina é múltipla e aceita vários tipos de cartão. Por outro lado, a empresária reconhece que o cartão estimula a pessoa a consumir. “No final do mês, às vezes, a pessoa está sem dinheiro para vir ao restaurante, mas tendo o cartão ela acaba consumindo porque pode usar o crédito”, lembra.

Como se trata de empresa do ramo alimentício, a maioria das vendas acaba sendo feita com pagamento à vista, o que não é o caso do varejo de confecções, por exemplo. “Se fosse uma loja de roupas já compensaria passar 80 vezes o cartão do que fazer uma nota promissória”, compara a empresária. Seja a domicílio, seja no balcão do estabelecimento, a segurança da venda pelo cartão ainda é um atrativo. Atualmente, cerca de 25% das contas feitas por consumidores na Casa da Sogra são pagas por meio do “dinheiro de plástico”. “No caso de assalto, a venda no cartão reduz a perda do dinheiro”, pontua.

DÉBITO CRESCE As duas modalidades de venda, tanto no débito como no crédito para a data de vencimento, são práticas recorrentes na empresa. “Tenho observado nitidamente o crescimento do uso de cartão, com destaque para o débito, que já está sendo usado mais do que o crédito”, assegura a proprietária. Isso demonstra que as pessoas dispõem do dinheiro, em conta, mas evitam carregá-lo no bolso. “Antigamente o cartão era usado mais por vendedores e viajantes. Hoje, pessoas de todas as classes sociais e de diferentes perfis o utilizam”, aponta Carla. Quando começou a trabalhar com o equipamento de cartão, há aproximadamente seis anos, Carla lembra que ele era utilizado uma a três vezes por semana, enquanto atualmente passa vários cartões diversas vezes por dia. “Com certeza o uso só tende a crescer. Não posso ficar nenhum dia sem o funcionamento da máquina, se não é problema certo”, conclui.

À VISTA Carla observa que o ponto móvel é mais caro do que o fixo. “Se o custo fosse menor poderíamos oferecer mais esse serviço”, supõe.

(MSN Messenger). “Tenho observado que o comportamento do consumidor está mudando. Muitos têm deixado de frequentar os estabelecimentos comerciais e feito as compras de forma remota”, pontua. Na avaliação dele, esse comportamento não favorece a venda indireta de produtos. “Quando o cliente vai até a loja ou farmácia, muitas vezes acaba levando produtos a mais do que havia programado de adquirir. Isso não costuma acontecer na venda com atendimento domiciliar”, aponta. Ainda assim, Grillo acredita que vale mais à pena garantir o atendimento da necessidade do cliente.

Empresária Carla Adams: “No final do mês, às vezes, a pessoa está sem dinheiro para vir ao restaurante, mas tendo o cartão ela acaba consumindo porque pode usar o crédito”


GERAL

14 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Itaipu leva práticas de sustentabilidade à Rio+20 Arquivo/OP

Binacional apresentará na conferência mundial as ações do Programa Cultivando Água Boa e a Plataforma Itaipu de Energias Renováveis

com preocupação especial com a sustentabilidade”, enquanto o objetivo 12, por fim, é consolidar os programas de gestão socioambiental da Itaipu para, entre outros objetivos, obter-se “autossuficiência alimentar com geração sustentável de renda”.

PARCERIAS POR FUTURO MELHOR

Na prática, o Programa Cultivando Água Boa, com atuação nos 29 municípios da Bacia Hidrográfica do Paraná 3 (BP3), é ais do que um conceito, um trabalho desenvolvido em parcerias sustentabilidade é o que para amenizar e corrigir passivos ambipermeia as ações da Itaientais, além de procurar que a sociedade pu Binacional, tanto nos processos inmude seus valores, para se chegar a um ternos quanto no seu relacionamento futuro sustentável. O programa, na verdacom a comunidade. E é exatamente o de, é tão amplo que inclui 20 programas e “case” da sustentabilidade em Itaipu 65 projetos/ações de responsabilidade soque será apresentado na Conferência cioambiental. Entre eles, o diretor de Codas Nações Unidas sobre Desenvolviordenação e Meio Ambiente da Itaipu mento Sustentável - Rio+20, entre 13 e Binacional, Nelton Friedrich, cita, por 22 de junho, no Rio de Janeiro. exemplo, o Coleta Solidária, um trabalho Itaipu apresentará na conferência feito com os catadores de materiais recimundial as ações do Programa Culticláveis, tendo como resultado tanto a digvando Água Boa e a Plataforma Itaipu nificação da função que exercem como de Energias Renováveis, que estão em contribuir para que materiais reaproveiacordo com os dois principais temas da táveis não sejam lançados na natureza. Rio+20: “A economia verde no contexFriedrich exemplifica ainda com o Vida to do desenvolvimento sustentável e Orgânica, programa que da erradicação da poincentiva os cerca de 26 breza” e “A estrutura mil proprietários rurais institucional para o “A Rio +20 é uma da região a passarem desenvolvimento conferência política, mas o para a agricultura sustensustentável”. que esperamos dela são tável, isto é, que não utiMesmo com proresultados práticos e ações. lize agrotóxicos e fertiligramas que hoje poPrecisamos colocar as zantes químicos e aprodem ser replicados ideias em prática, porque veite da forma mais sáem todo o Brasil e no as pessoas precisam comer, bia os elementos natuexterior, a Itaipu Bibeber água, viver de forma rais. Para isso, os técninacional trabalha sustentável nas cidades em cos de Itaipu dão apoio para cumprir uma todas as partes do mundo” no processo produtivo, meta ambiciosa: até estimulam a transfor2020, pretende se conmação artesanal dos solidar como “a geradora de energia produtos, ajudam a organizar a comerlimpa e renovável com o melhor decialização e, em muitos casos, a fazer sempenho operativo e as melhores com que a propriedade seja utilizada práticas de sustentabilidade do muncomo atração turística rural. do, impulsionando o desenvolvimen-

M

to sustentável e a integração regional”.

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Hoje, o planejamento estratégico de Itaipu se baseia em 16 objetivos, dos quais cinco deles fazem referência direta ao desenvolvimento sustentável. O objetivo estratégico 3 estabelece a busca da liderança mundial em sustentabilidade corporativa, atendendo aos preceitos de empresa “socialmente justa, ambientalmente correta, economicamente viável, culturalmente aceita”. O objetivo estratégico 4 prevê “contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável das áreas de influência”, atuando em conjunto com os governos e sociedades do Brasil e do Paraguai. O objetivo 9 é “pesquisar e fomentar o desenvolvimento de fontes de energia renováveis e limpas, e de tecnologias, visando contribuir para o desenvolvimento sustentável da área de influência”. O objetivo 11 é “apoiar projetos nas áreas de ciência, tecnologia e inovação

LIXO VIRA ENERGIA A Plataforma Itaipu de Energias Renováveis é outro bom exemplo, ao transformar dejetos e lixo orgânico em energia. Grandes geradores de metano, gás causador de efeito estuda, os detritos orgânicos “deixam de ser um grave passivo ambiental para se tornar uma solução, inclusive com valor econômico”, explica Friedrich. Atualmente, 33 pequenas propriedades da Bacia do Paraná 3, reunidas no Condomínio Ajuricaba, produzem biogás a partir dos dejetos da pecuária. O biogás, canalizado para uma microcentral, transforma-se em energia elétrica e em calor, usado na secagem de grãos. Uma grande propriedade da Bacia do Paraná 3 é referência nacional em energias renováveis. Na Granja Colombari, que mantém mais de três mil suínos, a produção de biogás atende a propriedade e o excedente é transformado em energia elétrica, vendida para a companhia de energia do Paraná (Copel).

IDEIAS EM PRÁTICA Os trabalhos que serão apresentados

Diretor de Coordenação e Meio Ambiente da Itaipu, Nelton Friedrich: o Cultivando Água Boa é tão amplo que inclui 20 programas e 65 projetos/ações de responsabilidade socioambiental

pela Itaipu Binacional na Rio+20 atendem ao que a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, defende que seja o foco da conferência: “A Rio +20 é uma conferência política, mas o que esperamos dela são resultados práticos e ações. Precisamos colocar as ideias em prática, porque as pessoas precisam comer, beber água, viver de forma sustentável nas cidades em todas as partes do mundo”.

VISÃO DE FUTURO É com base no resultado desse planejamento e no que desenvolve atualmente que a empresa binacional se prepara para 2020 e, em especial, para 2023, quando o Tratado de Itaipu completa 50 anos e seu Anexo C poderá ser revisto. O Anexo C estabelece as bases financeiras e a prestação dos serviços de eletricidade de Itaipu. Por esse documento, assinado em 26 de abril de 1974 pelos governos do Brasil e do Paraguai, a tarifa de Itaipu é fixada de forma a poder honrar o pagamento dos encargos financeiros dos empréstimos feitos para a construção da usina e também para a amortização desses empréstimos.

FIM DA DÍVIDA O pagamento da dívida representa em torno de 80% do orçamento anual da Itaipu. A intenção é estabelecer projetos e programas que possam fazer com que esses recursos permaneçam na área onde se localiza a hidrelétrica, para tornar a região sustentável economicamente. Para isso, além das verbas de Itaipu, seria

estimulado o investimento privado, tanto no Brasil como no Paraguai. Sócio do Brasil em Itaipu, o Paraguai hoje utiliza apenas 5% da energia a que tem direito - metade das unidades geradoras de Itaipu é do país vizinho, porque a única linha de transmissão tem capacidade pequena, de apenas 200 quilovolts (kV). Mas já está em obras um linhão de 500 kV, que mais do que duplicará a capacidade de utilização da eletricidade gerada por Itaipu, permitindo que o Paraguai se prepare para um surto de industrialização sem precedentes. O linhão, financiado pelo Fundo para Convergência Estrutural do Mercosul Focem, ligará a Subestação da Margem Direita de Itaipu - lado paraguaio da usina - à Subestação de Villa Hayes, perto da Capital, Assunção.

REDUÇÃO DE CUSTOS Internamente, a Itaipu Binacional pretende intensificar as medidas de sustentabilidade, para servir de inspiração dentro e fora da usina. Desde edificações inteligentes, que preveem o uso de água e energia sem desperdício, até posturas mais rigorosas em relação ao uso de dinheiro público, como a redução no número de viagens dos empregados e maior utilização de videoconferências. A meta é também melhorar os fluxos internos, para reduzir custos, incluindo o uso de materiais em geral, e tempo. E, ainda, exigir procedimentos sustentáveis também por parte dos fornecedores.

LANÇAMENTO DA AGENDA DA RIO+20 Na segunda-feira (04) está marcado, no Rio de Janeiro, o lançamento da agenda Rio+20 e Você, no Museu do Universo. O tema é O Futuro Que Queremos no Universo do Desenvolvimento Sustentável. A programação está marcada para ter início às 10 horas. O diretorgeral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek, e o diretor de Coordenação, Nelton Friedrich, participam da solenidade de abertura.


GERAL

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

O PRESENTE |

15

MARECHAL RONDON

Prefeitura e Observatório Social estabelecem medidas Administração municipal vai dispor de funcionário e espaço para agilizar atendimento aos pleitos da entidade, que poderá também acompanhar a entrega dos produtos licitados

Aconteceu, ontem (31), reunião na Prefeitura de Marechal Cândido Rondon envolvendo integrantes do Comitê Gestor da administração municipal e membros do Observatório Social. O objetivo foi de estabelecer condições para melhorar a atuação dos voluntários do Observatório e consequentemente aumentar a transparência nas licitações e outros atos públicos. Na oportunidade, ficou estabelecido que a administração municipal vai disponibilizar um espaço e um funcionário para atender com maior agilidade os pedidos de infor-

Fotos: Ademir Herrmann

m a ç õ e s d o Observatório Social. Da mesma forma, medidas internas serão adotadas na prefeitura para que os observadores, além de acompanhar os processos de compra realizados pelo município, também possam acompanhar o momento da entrega dos produtos adquiridos, visando verificar se a empresa vencedora da licitação está cumprindo com todos os critérios de qualidade estabelecida no edital.

EVOLUÇÃO E TRANSPARÊNCIA Na avaliação do presidente do Observatório Social, Leandro Marcondes da Presidente do Observatório Social, Leandro Marcondes da Silva: “Vem havendo uma evolução desde o ano passado e com o cumprimento das propostas debatidas na reunião vai haver uma melhoria significativa”

Subprocurador jurídico da prefeitura, João Bersch: “Esse acompanhamento do Observatório é muito importante, pois ressalta a transparência dos atos públicos que vem evoluindo no município”

Registro da reunião ocorrida na prefeitura, envolvendo integrantes do Conselho Gestor e do Observatório Social

Silva, está havendo uma evolução significativa no contato entre o Observatório Social e a administração municipal, visando à promoção da transparência nos atos públicos. “Vem havendo uma evolução desde o ano passado e com o cumprimento das propostas que foram debatidas na reunião vai haver uma melhoria significativa”, destacou. O subprocurador jurídico da prefeitura, João Bersch, também ressalta a evolução que vem ocorrendo na relação entre a entidade e o órgão público e diz que isso

pode ser verificado nos números dos relatórios quadrimestrais apresentados pelo Observatório Social. “A prefeitura vem atendendo os apontamentos feitos, quando entendidos como prudentes. Com isso mantemos essa boa relação, dando toda a legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência dos atos públicos. Esse acompanhamento do Observatório é muito importante, pois ressalta a transparência dos atos públicos que vem evoluindo no município”, comentou o subprocurador.


16 | O PRESENTE SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

LORENA KUNZLER lorena@opresente.com.br

Divulgação

O médico e cirurgião oftalmologista Marcus Tabox, que está em São Paulo, onde participa, até amanhã (02), do 12º Congresso Internacional de Catarata e Cirurgia Refrativa. O evento conta com palestrantes de reconhecimento internacional, vindos do Canad á, Argentina, Rússia, Chile, Irlanda, Bélgica, Estados Unidos, Portug al e Singapura. O especialista atua na cidade de Toledo há dez anos Leila Fotografias

Damaris Mund fotografada por Leila

FESTAS NO DON DIEGO CLUB O Don Diego Club, de Marechal Cândido Rondon, programou mais duas festas para este final de semana. Hoje (1°) a animação estará a cargo da dupla Jean Carlos e Andrea. Já amanhã (02) acontece a Festa de Lançamento do 14º Moto Passeio da Costa Oeste, a partir das 23h30, com animação do cantor Bill Vox. Mais informações no site www.dondiego club.com.br.

1ª MOSTRA EMPREENDEDORA A Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios de Marechal Cândido Rondon, com apoio da Fecomércio, Sindicomar e Sesc, promove amanhã (02) um mega desfile de modas com exposição de carros antigos e lançamento de carros novos. Haverá participação de lojas mostrando tudo que o mundo da moda preparou para o outono e inverno em roupas, calçados e acessórios em geral. Durante o evento, será servido um delicioso coquetel no Centro de Eventos, a partir das 20 horas. Convites podem ser adquiridos com integrantes da Câmara da Mulher, na Ótica Talismã, Marlô Modas, Escritório Concórdia e Só Moveis. O lucro do evento será repassado para entidades assistenciais do município.

Dia 1º: Aldair Souza Sérgio Dia 1º: Ignácio Elói Assmann Dia 1º: Irineu Luis Gerhardt Dia 1º: Ivete Daronch Dia 1º: Leandro Elias Dia 1º: Marlene Wengrat Dia 1º: Neldo Irineu Diemer Dia 1º: Roseli Gerhardt Dia 1º: Sabrina Lauana Wagner Adam Dia 1º: Valdemar Dal Bello


SOCIAL

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

Arquivo pessoal

(RS), Em cerimônia realizada no dia 29 de abril, em Santa Rosa o Afons ra Teixei que Henri os noivos Ana Carolina Czapla e Luis u Nicola r Adela trocaram o famoso “sim”. A noiva é filha de Liane e Czapla e o noivo é filho de Marisa e Eudir Afonso

COMÉDIA TEATRAL SEXO ETC E TAL Será apresentada no Teatro Ludovico Riedi, em Palotina, a peça teatral “Sexo etc e tal”. Hoje (1º) e amanhã (02) haverá sessão às 19 horas e às 20h30. Ingressos podem ser adquiridos no Departamento de Cultura, Biblioteca Municipal Castro Alves e teatro municipal.

RETIFICAÇÃO Na foto publicada nesta coluna, ontem (31), na qual estão o prefeito de Nova Santa Rosa, Norberto Pinz, e o senador Sergio Souza, onde consta Ari Schmidt como secretário de Finanças e Noedi Hardt como secretário de Saúde, leia-se ex-secretários, pois eles se desincompatibilizaram dos cargos. Arquivo pessoal

Bárbara Ferneda Messias, que completa 15 anos hoje (02). Ela é filha de Sara Ferneda Messias (jornalista da C.Vale) e de Jefferson Messias (advogado em Assis Chate aubri and)

O PRESENTE |

17

CARAVANA À FISPAL O Núcleo de Gastronomia da Associação Comercial e Industrial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar) está organizando uma caravana com destino à 28ª Feira Internacional de Produtos e Serviços para a Alimentação Fora do Lar - Fispal Food Service, que será realizada de 25 e 28 de junho no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). A Fispal Food Service é a maior feira internacional de produtos e serviços para alimentação fora do lar. A caravana tem saída marcada para as 17 horas do dia 25 de junho, com destino a São Paulo, e retorna às 18 horas do dia 27, com previsão de chegada em Marechal Rondon no dia 28 pela manhã.


VARIEDADES

18 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

Mande sua sugestão, crítica ou piada para carina@opresente.com.br

○ ○

AVENIDA BRASIL

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Chayene sobe ao palco com Michel Teló. Penha comemora as contratações de Elano e Sandro e Ruço fica apreensivo. Walmir reaparece no Borralho para cobrar a dívida de Sandro. Inácio faz as pazes com Rosário e resolve levá-la para conhecer Romana. Lygia avisa a Liara que marcou uma entrevista de emprego para ela na Galerie. Fabian finge ter ficado ofendido com o assédio de Chayene a Michel Teló e ameaça romper o falso namoro com ela. Tom planeja uma nova cilada para Chayene. Sandro revolve fugir de Walmir, mas é surpreendido.

○ ○

CHEIAS DE CHARME

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Josué beija Valéria e a pede em casamento. Miriam pensa na notícia que Priscila deu sobre Rodrigo. Valéria foge da mansão. Rodrigo visita uma obra com Kléber. Melissa se surpreende ao encontrar Clara e Junior em sua casa. Jair implora para Ribamar ajudá-lo a ser porteiro do edifício São Jorge. Tobias perdoa Gracinha. Rodrigo se emociona ao ver o exemplar da Cena Contemporânea com sua história. Fernando faz aulas de tiro e compra um potente rifle. Valéria aparece na televisão ameaçando se atirar do Pão de Açúcar e todos se desesperam.

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Cristal ameaça Moisés. Vitinho é desmascarado e Carmem fica furiosa. Gabriel avisa a Cristal que registrou seu filho. Carcará se preocupa com Gabriel. Kiko sofre por causa de Timtim. Carmem descobre todas as trapaças que Vitinho armou para ela e se desespera. Dieguinho beija Tamtam, mas ela o afasta. Cristal pede para Gabriel levá-la em casa. Laura tem um problema em casa e Fabiano diz para ela e Débora ficarem em seu apartamento. Carmem se desespera quando Filipe comenta sobre o apartamento de Florianópolis. Moisés instrui seus comparsas a ir atrás de Gabriel.

SEXTA-FEIRA (1º)

AMOR ETERNO AMOR

MALHAÇÃO

*

Tufão afirma que ajudará Jorginho. Nina garante a Lucinda que vai descobrir por que ela protege Carminha. Carminha procura Neide. Muricy se irrita quando vê Adauto agindo como se fosse empregado da mansão. Iran revela para Monalisa que ela vai ser avó. Leleco contrata Darkson para testar a fidelidade de Tessália. Cadinho afirma para Alexia que Ruy não é o homem que ela pensa que seja. Carminha manda Max falar com Neide. Suelen diz a Darkson que ele é o pai do seu filho e lhe pede dinheiro. Jorginho vai com Tufão à casa de Neide.

* Os resumos dos capítulos estão sujeitos a mudanças em função da edição da novela.

OLHA A MANGUEIRA

TATUAGEM SURPRESA Um jogador de basquete, bem alto, entra num bar e é reconhecido por uma fã. Começaram a falar e, mais tarde, foram para a casa dele. Começaram a se beijar e ele tirou a camisa. No braço tinha uma tatuagem que dizia Reebok. - O que é isso? - perguntou ela. - É para as pessoas verem na TV. A Reebok paga pela publicidade. A seguir ele tirou as calças e, na perna, tinha outra tatuagem que dizia Nike. - O que é isso? - perguntou ela de novo. - É como a tatuagem da Reebok. Sou pago para mostrar em revistas. Em seguida, ele tirou a cueca. Ao que ela viu escrito: Aids. - Meu Deus! Você tem Aids? - perguntou ela, apavorada. - Não, não! Acalme-se. Daqui a pouco você vai notar que aqui está escrito Adidas!

Uma procissão estava passando pela rua, e no meio dela estavam várias pessoas carregando uma santa, que estava bem no alto. Na mesma rua que estava passando a procissão, havia um bêbado do lado de fora. Ele, vendo aquele movimento, várias pessoas juntas. Olha para o alto e vê a santa. De repente ele dá um grito: - Olha a mangueira aí gente!!! Todos olham pra ele, uns até com raiva, chega um fiel ao seu lado e fala: - Isso é uma procissão e não um desfile de carnaval! Ele dá outro grito: - Olha a mangueira aí gente!!! Todos novamente olham pra ele, irritados. Até que a santa bate em uma mangueira e cai aos pedaços. - Eu disse, mas ninguém me ouviu!

Gelatina trufada

ROUBO NA LIVRARIA Numa livraria, entra um ladrão: - A bolsa ou a vida! - De que autor?

Ingredientes: 2 envelopes de gelatina em pó sem sabor

1 caixa de gelatina em pó sabor morango

1 xícara (chá) de leite

1/2 xícara (chá) de água quente

200g de chocolate ao leite

Morangos para decorar

2 latas de creme de leite

Modo de preparo: Polvilhe a gelatina sem sabor sobre o leite e deixe hidratar por cinco minutos. Derreta o chocolate em banho-maria e misture com uma lata de creme de leite. Leve a gelatina com o leite para dissolver em fogo baixo, sem deixar levantar fervura. Misture com o creme de chocolate. Distribua o creme de chocolate em taças até atingir 1/3 do volume delas e leve para gelar até firmar. Dissolva a gelatina de morango na água quente e misture com a outra lata de creme de leite. Despeje sobre as taças e volte à geladeira por alguns instantes para endurecer. Complete com o creme de chocolate restante e volte até firmar. Sirva bem gelado. Decore com morangos.

ÁRIES: Um momento que favorece o aprendizado da arte de se relacionar. Dia bom para acordos, em que haja consciência de suas responsabilidades. TOURO: Um dia propício ao desenvolvimento de seus talentos, habilidades e recursos. Ênfase em finanças, valores e no trabalho, especialmente parcerias e contratos. GÊMEOS: Tanto a aprender nos relacionamentos! E também a rever, repensar, mudando velhas formas. O dia favorece o aprendizado com diferentes pessoas. CÂNCER: Este é um belo momento de finalização de um longo ciclo. Agradeça os aprendizados desde o seu aniversário. Tudo fez você chegar ao momento presente. LEÃO: Esteja aberto a ideias diferentes das suas. Isso engrandecerá os relacionamentos. Momento que pede um outro olhar para as relações, as pessoas, as amizades. VIRGEM: Momento muito importante para a carreira e as realizações. Percepção de conhecimentos, habilidades e contatos que influem no desenvolvimento profissional. LIBRA: Não dê às coisas um peso excessivo. Reveja, reavalie, mas com leveza. Até o final de junho uma fase de muitas reavaliações e resolução de pendências. ESCORPIÃO: Momento especial para se dar conta do que anteriormente estava reprimido. Dia de se interiorizar e refletir sobre relacionamentos para não repetir padrões. SAGITÁRIO: Adote uma perspectiva diferente em suas relações. Mesmo que retornem pessoas ou situações do passado, a abordagem a elas deve ser diferente. CAPRICÓRNIO: Percepção das responsabilidades envolvidas em seus propósitos pessoais e profissionais. Conscientize-se de que o mais importante é arejar as ideias. AQUÁRIO: Revitalização necessária do significado de amar. Reavaliação de sentimentos. Antigas questões que você imaginava solucionadas retornam para que tenha outro olhar. PEIXES: Revisão de situações que envolvem casa, imóveis, família e privacidade. Se houver negócios relacionados a imóveis, melhor deixar para depois do dia 27 de junho.


SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

GERAL

O PRESENTE |

19

JARDIM BOTAFOGO

Comunidade é beneficiada com academia ao ar livre Outras duas serão instaladas em breve atendendo mais localidades

Foi inaugurada na noite de quarta-feira (30) mais uma academia ao ar livre em Marechal Cândido Rondon. Desta vez foi beneficiada a comunidade do Jardim Botafogo, sendo a academia instalada nos fundos da Escola Antônio Rockembach. Os recursos são de emenda parlamentar com contrapartida da prefeitura. Esta é a quarta academia ao ar livre entregue pela atual administração municipal. As anteriores foram instaladas na praça da Igreja Católica, no lago municipal e no distrito de Porto Mendes. Apesar de serem chamadas de academias da terceira idade, a estrutura é

Fotos: Ademir Herrmann

para contemplar todas as idades. Ou seja, todos os moradores do bairro podem fazer uso dos aparelhos instalados. A academia é formada por equipamentos de ginástica destinados a alongar e fortalecer a musculatura, além de trabalhar a capacidade aeróbica. Permite também simular caminhadas e cavalgadas, fazer abdominais e outras atividades físicas essenciais à saúde e ao combate do estresse do diaa-dia, contribuindo diretamente na melhoria da qualidade de vida das pessoas. ÓTIMA RECEPTIVIDADE A estrutura instalada pela prefeitura no Jardim Botafogo foi muito bem recebi-

O presidente do Clube dos Idosos Amizade, Guilherme Boelke, disse que a população já vinha usando a academia, mesmo antes da inauguração

Durante a inauguração, o prefeito Moacir Froehlich destacou o esforço feito pela administração para a implantação da academia no Jardim Botafogo

Para o presidente da Associação de Moradores do Botafogo, Albercio Umeres, a academia valoriza o bairro e beneficia a comunidade

da pela comunidade. Conforme o presidente do Clube de Idosos Amizade, do Jardim Botafogo, Guilherme Boelke, a academia valorizou tanto o bairro, como os idosos e a população em geral, que pode usufruir da infraestrutura instalada. Opinião semelhante também foi manifestada pelo presidente da Associação de Moradores do Jardim Botafogo, Albercio Umeres, que destacou a valorização do bairro, especialmente da qualidade de vida das pessoas, com a

instalação da academia. MAIS ACADEMIAS Durante a inauguração, o prefeito Moacir Froehlich destacou o esforço da administração municipal, especialmente através da Secretaria de Assistência Social, em viabilizar a instalação da estrutura no Jardim Botafogo. Na ocasião, o prefeito também observou que outras duas academias serão implantadas em breve no município, visando contemplar mais localidades.


GERAL

20 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

MORAR BEM PARANÁ

Maripá é contemplado com programa rural Ao município serão destinadas dez casas. Público-alvo são pequenos agricultores

A prefeita de Maripá, Jacira Quirino Alves, recebeu ontem (31), no paço municipal, a visita da gerente regional da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) de Cascavel, Giorgia Pelanda, e do engenheiro Percio Fistarol para tratar sobre a contemplação do município com o Programa Morar Bem Paraná, em parceria com o Minha Casa, Minha Vida Rural, do governo federal. O objetivo do programa é atender famílias classificadas como pequenos agricultores, que tenham uma declaração de aptidão ao Pronaf e renda de até R$ 15 mil anuais, com a construção de uma casa de 52 metros quadrados no valor de R$ 25 mil. Para o desenvolvimento do projeto, o governo federal conta com a parceria da Cohapar como organizadora, da Caixa Econômica Federal como investidora, da administração municipal com execução da terraplanagem e da Emater no processo de sele-

Gisele Lalucha Ansiliero

Vox Populi: 50% dos eleitores brasileiros não têm partido, 30% são petistas e 20% simpatizam com algum outro. http://bit.ly/KIRKfO

Blog Boca Maldita (@Boca_Maldita) E agora, que irá nos salvar?... MP não vai divulgar salários de servidores http://bit.ly/L0H6iU

Aguinaldo Silva (@aguinaldaosilva)

Novelista

Ladrão rouba vibrador banhado a ouro de sex shop em Brasília. É, Brasília não para de nos surpreender... http://folha.com/no1098413 via @folha_com

Globoesporte.com

(@globoesportecom)

Tottenham não deposita multa, e Bruno Uvini continuará no São Paulo http://glo.bo/KN3TAs

Superinteressante

(@revistasuper)

#CiênciaMaluca: Homens com cara de mau são mais bonzinhos http:/ /migre.me/9jdRz

Revista Veja (@Veja) Só 26% dos brasileiros têm o hábito de reciclar http://goo.gl/3szel A prefeita Jacira Quirino Alves recebeu ontem (31) a visita da gerente regional da Cohapar de Cascavel, Giorgia Pelanda, e do engenheiro Percio Fistarol para tratar do assunto

ção, segundo as regras estabelecidas pela Caixa Econômica Federal, e recolhimento da documentação necessária. De acordo com a gerente da Cohapar, o município será contemplado com dez casas. Após o trabalho da Emater e do Cen-

tro de Referência da Assistência Social (Cras), selecionar as famílias e recolher a documentação exigida, as mesmas passarão por uma análise da Cohapar e da Caixa Econômica para então iniciar a construção das moradias.

Ônibus-biblioteca circulará por Nova Santa Rosa em junho Jovens caracterizados como personagens de estórias infantis lançaram, na última quarta-feira (30), o projeto Biblioteca Itinerante, com o tema Caravana da Leitura. A ação aconteceu em frente à Escola Municipal Getúlio Vargas, ao término da aula do perío-

Rui Falcão (@rfalcao13) Presidente nacional do PT

do vespertino. Na oportunidade, as crianças foram convidadas a conhecer o ônibus-biblioteca que estará circulando pelo município, sede e distritos, a partir do mês de junho. O projeto da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte será disKátia Eggers

ponibilizado, preferencialmente, nos locais onde exista carência de livros. Além da leitura, as crianças terão acesso à contação de estórias e práticas lúdico-pedagógicas. O ônibus estará, uma vez por mês, em Alto Santa Fé, Planalto do Oeste e Vila Cristal, em horário de contraturno escolar. Na sede, o veículo estará acessível, uma vez por mês, em diferentes locais, geralmente aos sábados à tarde. De acordo com a secretária da pasta, Ani Marli Kamien Stern, a equipe de monitores trabalhará com contação de estórias infantis e dará suporte aos alunos na leitura, incluindo atividades práticas. “A aprendizagem do indivíduo é algo que deve ser construído socialmente. Esse projeto busca apresentar a leitura como instrumento de participação, mudança e renovação sociocultural”, reflete a secretária.

Na saída da escola, crianças receberam doces e foram estimuladas a conhecer o projeto Biblioteca Itinerante

Portal R7.com (@portalR7) #saúde Apenas três Estados alcançaram meta de vacinação contra a gripe http://r7.com/XzIc Amistosos da Seleção: insatisfeito com Damião, Mano pensa em Pato contra o México http://r7.com/lMCz

G1 (@g1) STF autoriza varas de primeiro grau para combate ao crime organizado http://glo.bo/KC7gf8

Luiz Carlos Hauly (@deputadoHauly) Secretário estadual da Fazenda Dólar dispara e acumula alta de 5,79% frente ao real em maio http:/ /migre.me/9jgjq

Estadão

(@Estadao)

Cerveja deixa homens mais inteligentes, aponta estudo: http:// migre.me/9j7xP Celular: ligações entre operadoras diferentes ficarão mais baratas, diz governo: http://migre.me/9jfiq

SporTV

(@SporTV)

Após anunciar rescisão, advogada de Ronaldinho ironiza vicepresidente do Fla: “Vai chorar na cama que é lugar quente” http:// glo.bo/JCi4Kx

Blog do Noblat (@BlogdoNoblat) Lula está virando um peso para Dilma, por Arthur Virgílio http:// bit.ly/KvGULl

Secretaria do Trabalho (@TrabalhoPR) Os empregos com carteira assinada evoluíram 4,4%, o que equivale a 482 mil novos contratos formais. A taxa de desemprego média foi de 5,8%.

TSE (@TSEjusbr) Câmaras municipais têm até 30 de junho para fixar número de vereadores. Saiba mais: http://is.gd/Cqlzoe

Fábio Campana

(@fabiocampana)

Jornalista

PMDB pró-Ducci discute Carta Aberta a Requião http:// www.fabiocampana.com.br/?p=157702

O Jornal O Presente também está no Twitter. Acompanhe: twitter.com/o_presente (@O_Presente)


GERAL

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

O PRESENTE |

SÃO MIGUEL

21

Agentes ambientais recebem empilhadeira Repasse faz parte de um plano de ação da Itaipu e prefeitura para estruturar a classe

Uma comitiva da Itaipu Binacional, liderada pelo diretor de Coordenação e Meio Ambiente, Nelton Friedrich, foi recepcionada na Ecovila, em São Miguel do Iguaçu, pelo prefeito Armando Polita, secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Liceu Joner, agentes e associados da Associação dos Agentes Ambientais e Reciclagem (Amar). Na oportunidade, foi repassado para a entidade um elevador de fardos (empilhadeira), equipamento capaz de realizar o serviço de dez homens no acondicionamento do material reciclável armazenado no barracão da associação, para posterior comercialização. “Temos avançado muito nas ações ambientais em toda a região de abrangência da Itaipu e São Miguel do Iguaçu tem muito a agradecer, principalmente pelas famílias dos agentes

Divulgação

O diretor de Coordenação e Meio Ambiente da Itaipu, Nelton Friedrich, e o prefeito Armando Polita fizeram a entrega do equipamento e de kits de uniformes aos agentes da Amar

ambientais que hoje têm casa própria”, enfatizou o prefeito. Já Friedrich evidenciou os programas introduzidos pela binacional na região da Bacia Paraná 3. “Estamos vivendo uma fase no Brasil que contempla os catadores como um segmento organizado e por consequência com orgulho da atividade que exer-

cem”, declarou. Durante o evento, as autoridades e o representante da Amar assinaram termo de responsabilidade pelo qual a Coafi repassou para a Amar um elevador de fardos e 32 kits de uniformes com botas de borracha, calças de linho (200 fios), camiseta, pares de luvas e boné de identificação.


POLICIAL

22 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

MARECHAL RONDON

Ladrões furtam e depredam dependências de igreja Menor foi apreendido com um dos cheques que teriam sido furtados

Os responsáveis pela Igreja Batista Boas Novas, localizada no Jardim Los Angeles, em Marechal Cândido Rondon, levaram um susto na manhã de ontem (31), ao constatar que o prédio da instituição havia sido arrombado durante a noite. Além do furto de equipamentos de computador, como mouse, teclado, roteador, estabilizador, monitor e fonte, foram levados cheques. Não contentes, os ladrões também reviraram algumas dependências e destruíram objetos. Uma faca com sangue foi encontrada no local onde as crianças normalmente realizam os estudos bíblicos. Marcas de sangue também foram deixadas na janela quebrada por onde os vândalos entraram. Já durante a tarde de ontem, a Polícia Militar apreendeu um menor na Rua Co-

Divulgação

Trancada no banheiro

Vândalos destruíram objetos que não conseguiram furtar

lombo. Com ele foi encontrado um cheque que havia sido furtado da Igreja Batista Boas Novas. Aos policiais, o menor disse que havia trocado o cheque por drogas na Praça Willy Barth, ainda na noite de quarta-feira. Além do cheque, o menor carregava ou-

tros produtos de furto no momento em que foi apreendido pelos policiais. Ele estava de posse de uma televisão, um notebook, dois celulares, uma carteira e demais objetos que foram subtraídos na tarde de ontem em uma casa na Rua Vitória.

Menor esfaqueado na praça tem passagem por furto O adolescente de 16 anos que foi espancado e esfaqueado na noite de quarta-feira (30), em Marechal Cândido Rondon, já tem passagem pela polícia. Ele teria furtado uma motocicleta há cerca de oito meses. O menor foi socorrido por volta das 22h30 pela ambulância do Siate do Corpo de

Bombeiro. Ele estava ferido em razão de socos, golpes com corrente de ferro e de uma facada, que atingiu o braço esquerdo. Aos policiais militares que atenderam a ocorrência, o menor contou que estava sentado em um banco na praça localizada em frente à Igreja Batista. De repente, dois ra-

pazes se aproximaram e, sem qualquer motivo, começaram a lhe agredir. O menor foi encaminhado para atendimento na Unidade de Saúde 24 Horas. Os ferimentos não foram graves. A vítima informou as características dos agressores aos policiais, que realizaram buscas, mas não obteve êxito na captura.

Motorista é amarrado e abandonado em matagal durante assalto Marginais obtiveram êxito e conseguiram levar um carro durante assalto realizado na quarta-feira (30), em Terra Roxa. Durante a ação, três bandidos agiram com violência e fizeram ameaças à vítima, que foi amarrada e abandonada em um matagal na beira de uma estrada. O assalto começou por volta das 20 horas, nas proximidades do trevo que dá acesso a Guaíra, quando o motorista do Gol placas ASI2367 foi fechado por um veículo de cor escura, obrigando-o a parar. Dois ho-

mens, estando um deles armado, obrigaram o motorista a entregar as chaves do Gol e a sair do veículo. Então, um dos assaltantes assumiu a direção do Gol e seguiu destino ignorado. Na sequência, a vítima foi obrigada a sentar no banco traseiro do carro usado pelos assaltantes. Com as mãos amarradas, o motorista recebeu ordem para permanecer com a cabeça abaixada. Após percorrer um pequeno trajeto, a vítima foi retirada do carro, teve suas pernas também amarradas e foi

abandonada em meio ao mato. Antes de se evadirem, os bandidos quebraram o celular da vítima, que foi socorrida cerca de uma hora mais tarde por um popular que passava pelo local. Informada do assalto, a Polícia Militar constatou pelo sistema de monitoramento que o Gol passou pela Ponte Ayrton Senna, em Guaíra, com destino ao Mato Grosso do Sul, exatamente às 20h27. Até a tarde de ontem (31) não havia pistas do destino do veículo e nem dos assaltantes.

No começo da madrugada de quinta-feira (31), policiais militares de Toledo foram chamados para atender uma ocorrência na Rua 12 de Outubro, área central da cidade. Denúncia anônima dava conta de que um assalto poderia estar ocorrendo no endereço informado. Ao chegar ao local, a equipe da Polícia Militar encontrou um carro Renault Clio de cor prata, parado sobre a calçada, com a porta aberta e chave na ignição. Pertences que estavam dentro do carro também haviam sido revirados. Na sequência, os policiais adentraram na residência, que estava com as luzes acessas e a porta aberta. Eles constataram que a casa também havia sido revirada. Confirmando a denúncia, os policiais encontraram M.L.O., proprietária do carro e da casa, trancada no banheiro. A senhora informou que foi rendida por três homens quando chegava em casa, por volta das 23h10. Segundo a vítima, pelo menos um dos bandidos estava armado. Do interior da residência foi roubada uma máquina fotográfica, um aparelho celular, uma pulseira e uma aliança de ouro, a chave da casa e pequena quantia em dinheiro. Os marginais fugiram sem tentar levar o carro, ao suspeitarem que a polícia havia sido acionada.

Aluno nervoso

Policiais militares compareceram na tarde de quarta-feira (30) no Colégio Estadual de Vila Celeste, interior de Santa Helena. A direção da escola solicitou a presença dos servidores, depois que um aluno quebrou objetos, ofendeu e ameaçou professores. Tudo começou na sala de aula, quando o aluno estava mandando uma mensagem de celular para a mãe dele. Contrariada, a professora chamou a pedagoga, que retirou o celular do estudante. Inconformado, o aluno foi até a secretaria exigir que a pedagoga lhe devolvesse o aparelho, mediante ameaças e ofensas. A Polícia Militar e o Conselho Tutelar atenderam a ocorrência.

Paraguaias presas com maconha A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu duas paraguaias por tráfico na BR-163, em Mundo Novo (MS), na madrugada de ontem (31). As mulheres, uma de 49 e outra de 32 anos, eram passageiras de um ônibus que fazia a linha Campo Grande (MS)/Florianópolis (SC). Os policiais encontraram em quatro bolsas que pertenciam às passageiras 46 tabletes de maconha, que totalizavam 49,6 quilos da droga. Elas embarcaram em Eldorado (MS) e deveriam desembarcar em Curitibanos (SC). Pelo serviço, elas receberiam R$ 3 mil cada uma. As paraguaias foram presas em flagrante. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil de Mundo Novo.


POLICIAL

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

O PRESENTE |

23

OPERAÇÃO CARRO FORTE

Policial rondonense foi preso em serviço Oito policiais rodoviários federais da região foram presos por envolvimento com contrabando

No início da manhã de ontem (31), a Polícia Federal (PF), com o apoio da Corregedoria da Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagrou a “Operação Carro Forte”, após mais de dois anos de investigações. A ação resultou na prisão de 16 pessoas, dentre elas oito policiais rodoviários federais. Também foram feitas 28 buscas e apreensões embasadas em mandados expedidos pela Justiça Federal de Foz do Iguaçu. Outro policial rodoviário federal foi afastado de suas funções por ter o nome incluído nas investigações. Entre os policiais presos encontra-se um que reside em Marechal Cândido Rondon. Segundo informações do Departamento de Comunicação da PRF, no momento da prisão ele estava prestando serviço no posto da instituição em Foz do Iguaçu. Contudo, uma equipe de policiais federais realizou buscas na residência dele, localizada na Rua José Bonifácio, e também na chácara de propriedade do policial preso, localizada na Linha Neuhaus, interior ron-

Divulgação

Polícia Federal realizou busca na propriedade rural do policial rodoviário federal, localizada na Linha Neuhaus, interior de Marechal Rondon

donense. Nela, foram apreendidas armas, munições e um jet-ski. Outros policiais rodoviários federais foram presos nos postos da PRF na BR277, nos municípios de Céu Azul e Santa Terezinha de Itaipu. Durante a manhã e início da tarde de ontem, os presos prestaram depoimento em Foz do Iguaçu, sendo depois transferidos para a custódia da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, ficando à disposição da Justiça Federal.

Enrique Alliana/Rádio Cultura Foz

Superintendente da Polícia Federal, José Alberto de Freitas Iegas: “Existia um préacerto muito bem organizado”

OPERAÇÃO Ao todo, 146 policiais federais e outros dez da Corregedoria da Polícia Rodoviária Federal participaram da “Operação Carro Forte” nos Estados do Paraná e São Paulo. Além das prisões, também foram apreendidos dez veículos, uma moto, um jetski, uma lancha com motor, armas, munições, celulares, computadores, aproximadamente R$ 145 mil em espécie, R$ 56,5 mil em cheques e US$ 5,6 mil, entre outras provas que evidenciam a ligação dos envolvidos com os crimes. Segundo o chefe do Núcleo de Comunicação Social da PRF no Paraná, inspetor Wilson Martins, as investigações da Polícia Federal tiveram início a partir de denúncia feita pela própria Polícia Rodoviária Federal. “A PRF já vinha investigando estes policiais por vários motivos, entre eles bens incompatíveis com o salário e também por uma movimentação fora do comum

Enrique Alliana/Rádio Cultura Foz

Os presos foram encaminhados para Foz do Iguaçu e depois transferidos para Curitiba

durante os plantões desses policiais. A Corregedoria começou a investigar e pediu à Polícia Federal que entrasse no caso quando já havia fortes indícios”, explica Martins. A investigação da Corregedoria durou cerca de seis meses e a da Polícia Federal mais dois anos. O Ministério Público Federal e a Justiça Federal também acompanharam as investigações.

ATUAÇÃO

Durante o acompanhamento dos suspeitos, verificou-se que a função deles no esquema de contrabando era facilitar a entrada de mercadorias de grande valor, ilegalmente importadas do Paraguai, burlando a fiscalização federal. Houve até mesmo casos de policiais que ajudavam no transporte de mercadorias contrabandeadas, que eram principalmente equipamentos de informática e cigarros. Calcula-se que o valor mensal de mercadorias

envolvidas no esquema chegue à casa dos milhões. O dinheiro ganho ilegalmente era aplicado pelos policiais na compra de imóveis, carros de luxo e empresas. “Havia uma movimentação muito maior de veículos com contrabando, existia um pré-acerto muito bem organizado, existiam outras extorsões que eram praticadas e veículos que, por ventura, passavam pelo local e tinham que pagar para seguir. Havia toda uma organização, os contrabandistas já sabiam que aqueles policiais estavam escalados em determinado dia e que seria mais fácil trafegar pelas rodovias durante o dia em que eles estavam. Em outros casos, os próprios policiais transportavam as mercadorias”, afirmou durante entrevista coletiva o superintendente regional da Polícia Federal no Paraná, delegado José Alberto de Freitas Iegas, que coordenou a “Operação Carro Forte”. Divulgação/PF

Divulgação/PF

R$ 145 mil foram apreendidos, além de cheques e US$ 5,6 mil

Dez carros, jet-ski, moto e lancha estão entre as apreensões feitas durante a operação


GERAL

24 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

PATO BRAGADO

Sistema de água preocupa autoridades Como a forma de abastecimento e fornecimento é antiga, já não será mais possível que se mantenha nesses padrões, numa cidade que cresce a cada dia

A preocupação com o abastecimento e fornecimento futuro de água em Pato Bragado levou a prefeita Normilda Koehler e o vice

Luiz Alberto Rosinski a discutirem, ontem (31), com o diretor financeiro da Associação Nacional dos Serviços Municipais de Sanea-

mento (Assemae), rondonense Darci Ervino Schitz, e o advogado do Consórcio Intermunicipal de Saneamento Ambiental do Paraná

(Cismae), Marlon do Nascimento Barbosa, ações possíveis a evitar o problema. Como o sistema de abastecimento e distribuição de água no município é antigo, implantado há cerca de 30 anos na cidade e no interior, há mais de 15 já não será mais possível que se mantenha nesses padrões, nos próximos anos, numa cidade que cresce a cada dia, onde novos loteamentos são criados, com demanda crescente de animais que consomem cerca de 90% da água potável. De acordo com a prefeita e o vice, atualmente a vazão total do sistema de água na sede é de 250 metros cúbicos/dia que abastecem 1.257 casas e estabelecimentos comerciais; e no interior e adjacências de 750 metros cúbicos para 416 moradias. A água é captada de 13 poços artesianos e duas minas. Normilda e Rosinski contam que durante esses 30 anos de existência da rede já foram tomadas as providências para a manutenção do abastecimento como a elevação e ampliação da caixa de água responsá-

vel pela distribuição na cidade, e implantação de mais bombas para aumento da demanda e melhorias constantes no interior. Preocupados com a situação para os próximos anos, eles mencionam que o município já está trabalhando nesse sentido. Recentemente, segundo as autoridades do município, foi adquirida uma área próxima ao parque de exposições com grande potencial fluvial para exploração através da ampliação do sistema de água. Também será elaborado um projeto para remodelação de todo sistema. O advogado mencionou, na ocasião, que o Cismae oferece assessoria aos municípios associados, como treinamentos, compra conjunta de materiais e equipamentos para área de abastecimento de água e demais ações de saneamento básico. Além disso, possui laboratório para análises de água e setor de planejamento e regulação. O consórcio também faz a “ponte” entre os projetos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) com os municípios que atende. Maria Cristina Kunzler

Prefeita Normilda Koehler e o vice Luiz Alberto Rosinski discutiram com o diretor financeiro da Assemae, Darci Schitz, e o advogado do Cismae, Marlon do Nascimento Barbosa, a necessidade da ampliação do sistema de distribuição de água


25

O PRESENTE SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

Arquivo pessoal Kátia Eggers

O grupo de dança Heimatland será o anfitrião do 8º Encontro de Danças Folclóricas de Nova Santa Rosa, que acontece domingo (03)

Lucas Kislarek dos Santos, que completou oito anos ontem (31). Ele recebe homenagem da mamãe

ENCONTRO DE DANÇAS O 8º Encontro de Danças Folclóricas de Nova Santa Rosa será realizado no domingo (03). A programação inicia às 10h30, no CTG Querência da Amizade, e contará com almoço festivo. A coordenação estará a cargo da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte, através do grupo folclórico de dança alemã Heimatland, juntamente com a diretoria do CTG. O público poderá conferir a apresentação de grupos locais e regionais com entrada franca. A ficha do almoço (prato principal Costelão) será comercializada a R$ 15 adulto e R$ 7 infantil. À tarde, a animação segue com programação festiva.

PROGRESSO X PRESERVAÇÃO O futuro da estrada que corta o Parque Nacional do Iguaçu está nas mãos da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Depois de inúmeras lutas para o fechamento da estrada - visando à preservação da biodiversidade local, membros da Câmara dos Deputados reativam a discussão em prol da reabertura do caminho. Ambientalistas lutam contra a proposta e atentam para o risco que o parque vem a correr em termos de proteção e a ameaça da Unesco em retirar o título de Patrimônio Natural da Humanidade, concedido em 1986 para a reserva. Arquivo pessoal

O Presente

Santa-helenenses que prestigiaram a inauguração do Centro Comunitário de São Clemente, interior de Santa Helena, ocorrida na quarta-feira (30)

A princesinha Amanda Luiza Eger Mohr, que completa o 1º aninho hoje (1°). Ela recebe homenagem dos pais Jairo e Ângela


ESPORTES

26 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

REFORÇO

Coxa está próximo do acerto com Paulo Rosales Presidente confirmou negociação com meia argentino e disse que faltam apenas detalhes para selar a contratação

O Coritiba continua em busca de meia para o restante da temporada. E o acerto está próximo de acontecer. O presidente Vilson Ribeiro de Andrade confirmou negociação com Paulo Rosales e disse que falta apenas detalhes para o negócio se concretizar. “As negociações estão bem adiantadas e muito bem

conduzidas. Existe a intenção de o Paulo (Rosales) jogar aqui e faltam só alguns detalhes. É um jogador de muita velocidade e chega muito bem na frente”, admitiu o mandatário alviverde. Rosales é argentino, tem 27 anos e joga Unión Santa Fé. O meia-armador chamou a atenção pelo bom desempenho na

temporada passada, despertando o interesse de várias equipes brasileiras. O contato entre o jogador e o Coritiba existe desde fevereiro deste ano. A vinda dele ao Alto da Glória seria uma alternativa para preencher a vaga de Rafinha, machucado, que estaria negociando sua ida ao futebol chinês.

Entrerriense é bronze no Brasileiro de Canoagem

Divulgação

Paraná aceita proposta e Atlético x Barueri é confirmado para Vila Capanema A partida entre Atlético e Barueri, hoje (1º), às 21 horas, está confirmada para a Vila Capanema. A diretoria do Paraná chegou a dizer que não abriria o estádio para o rival caso os detalhes do contrato e do pagamento não fossem acertados até ontem (31). O Furacão, entretanto, buscou a Federação Paranaense de Futebol (FPF), que intermediou a negociação do imbróglio, e adi-

antou o contrato. “Recebemos um comunicado da Federação e encaminhamos o contrato e a conta (bancária) para que o Atlético deposite o valor. Com isso, entendemos que está tudo encaminhado”, confirmou o superintendente do Tricolor, Celso Bittencourt, que preferiu não revelar os valores da negociação. Pelos jogos no Estadual, o Atlético pagou R$ 50 mil ao Tricolor. Para

o Brasileiro, o time da Vila Capanema pretendia aumentar a cobrança para R$ 75 mil. O acerto vale apenas para o jogo com o Barueri. Na sequência da Segunda Divisão, o Rubro-Negro deve jogar no Estádio Gigante do Itiberê, em Paranaguá. O contrato com a Fundação de Esportes da cidade litorânea seria assinado ainda ontem.

Pato Bragado e Mercedes se destacam nos JAP’s Os municípios de Pato Bragado e Mercedes estão se destacando nas competições dos Jogos Abertos do Paraná (JAP’s). O time bragadense de futebol de salão disputa no próximo dia 16, em Santa Helena, a classificação para a semifinal da com-

petição. A partida será contra a equipe de Palotina. O técnico da equipe de Pato, Lui Canabarro, informou que quatro atletas estão lesionados. “Apesar deste problema, a nossa expectativa é boa, já que os jogadores devem estar recupe-

rados até a partida do dia 16”, ressaltou. Já a equipe de handebol masculino de Mercedes teve um ótimo desempenho nos JAP’s. A equipe sagrou-se campeã em partida contra Santa Helena.

Atletas conquistam títulos no Open Brasil de Artes Marciais Com o intuito de confraternizar e sociabilizar mestres, professores e alunos, aconteceu, no sábado (26) e domingo (27), o 6º Campeonato Open Brasil de Artes Marciais, realizado em São José dos Pinhais. A competição englobou mais de dez artes marciais e contou com a participação de cerca de 500 atletas. Alunos do Seibukaikan Karatê Kempo, de Marechal Cândido

Rondon e Quatro Pontes, conquistaram importantes colocações entre prata, bronze e ouro. Os rondonenses classificados foram: Adriel Petri em 1º lugar no comitê olímpico e em 2º no combat, na categoria juvenil; Djeferson Freitas ficou em 2º lugar no comitê olímpico e em 3º no combat, na categoria adulto; Maicon Diego Pereira conquistou a 2ª posição no boxe oriental, na categoria master; Michel Gisch Divulgação

Atletas da região que participaram do 6º Campeonato Open Brasil de Artes Marciais, realizado no final de semana

foi o vencedor olímpico com queda e mobilização, na categoria master; e Gedair Dias ficou em 2º lugar no boxe oriental, em 3º no point combat e em 2º no olímpico com queda e mobilização. Já os quatro-pontenses que se destacaram durante o campeonato foram: Lucas Carneiro foi o ganhador no boxe oriental e no sanshau, na categoria adulto; Leocimar Viapiana foi o campeão do boxe oriental, na categoria juvenil; e Alexandre Fernandes ficou em 2º lugar no comitê olímpico. Todos os referidos atletas foram classificados para o próximo campeonato, que acontece em Foz do Iguaçu, no próximo dia 10. Além deles, atletas de Toledo e Nova Santa Rosa também vão participar. O mestre Ricardo Oguino parabeniza os atletas e instrutores Michel e Gedair pelas conquistas e agradece as prefeituras de Quatro Pontes e Marechal Cândido Rondon pelo apoio.

Jeferson João Vanelli disputará em agosto o Campeonato Brasileiro de Canoagem e outras competições internacionais

O atleta Jeferson João Vanelli, de Entre Rios do Oeste, conquistou a medalha de bronze no Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona, categoria C1 sub23, realizada no último fim de semana em Ribeirão Claro. A competição contou com a participação de 215 atletas, de 21 associações de várias localidades do país. Após remar 20 quilômetros e competir contra outras 13 embarcações, o entrerriense conquistou o terceiro lugar e agora busca participar do Mundial de Canoagem na Itália. O atleta treina em Redenção da Ser-

ra (SP), e também recebe o apoio da Prefeitura de Entre Rios do Oeste. Ele ainda afirma que o Brasil está com grandes atletas e a cada ano a canoagem ganha mais respaldo. Em agosto, ele disputará o Campeonato Brasileiro de Canoagem em Primavera do Leste (MT). Esta competição também serviu para a classificação do Campeonato Mundial de Maratona, que será realizado no mês de setembro em Roma, na Itália, além do Campeonato Sul-Americano previsto para ser realizado na Argentina.

Encerramento dos Jogos Interbairros acontece hoje A Secretaria de Esporte e Lazer de Marechal Cândido Rondon promove hoje (1º) a cerimônia de premiação e encerramento dos Jogos Interbairros 2012. O evento acontece no Ginásio de Esportes Ney Braga. A programação inicia às 18h45 com a decisão na modalidade futsal, categoria sub-15, entre Vila Gaúcha/ Boa Vista contra São Lucas/Flórida. Na sequência,

às 19h30, será realizada partida entre veteranos do Augusto/Higienópolis x Jardim São Francisco, em jogo valendo o 1º lugar. Por fim, às 20h30, o duelo será entre o Centro e o São Lucas/Flórida B, no adulto. Conhecidos os vencedores, será entregue a premiação e em seguida acontece o encerramento da competição, que está previsto para as 21h30.


ESPORTES

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

O PRESENTE |

27

ADEUS AO TIME DA GÁVEA

Ronaldinho entra na Justiça e deixa Flamengo Ele entrou na Justiça contra o clube carioca para solicitar a rescisão do seu contrato e o pagamento de valores devidos, que podem chegar a R$ 40 minlhoes

A passagem de Ronaldinho Gaúcho pelo Flamengo se encerrou ontem (31). Através da advogada Gislaine Nunes, o meia entrou na Justiça contra o clube carioca, solicitando a rescisão do seu contrato e conseguiu uma liminar para ser liberado. O jogador também solicitou o pagamento dos valores devidos pelo time da Gávea. “O Ronaldinho não é mais jogador do Flamengo. Ele teve o contrato rescindido judicialmente”, disse a advogada. Gislaine garantiu que o Flamengo já foi avisado da decisão judicial. A advogada, porém, preferiu não revelar qual é o valor solicitado por Ronaldinho. “Não posso falar em valores, porque eu pedi segredo de Justiça. O Flamengo já está sabendo”, comentou. A especulação, porém, é que Ronaldinho teria solicitado o pagamento de R$ 40 milhões. Gislaine evitou comentar o valor, mas reconheceu que o pedido é muito alto. “Agora estamos cobrando valores altíssimos, que o jogador tem direito a receber de acordo com o contrato”, afirmou. Ronaldinho não treinou no Flamengo nos últimos dias, em razão de problemas pessoais da sua mãe, que está doente no Rio

Mauricio Val/Vipcomm

Festejado na chegada à Gávea, Ronaldinho Gaúcho sai brigado com o Flamengo

Grande do Sul. A situação do jogador, porém, se complicou quando ele não falou com os dirigentes na quarta-feira (30) e nem viajou para um amistoso que seria disputado ontem em Teresina, contra a seleção do Piauí. O vice-presidente de futebol do clube, Paulo Cesar Coutinho, criticou o desempenho em campo do jogador. Assim, a advogada do astro aproveitou para ironizar o dirigente. “Vai chorar na cama que é lugar quente”, disse.

CURTA HISTÓRIA NO FLA

O Flamengo contratou Ronaldinho em janeiro de 2011, após

vencer longa disputa com Grêmio e Palmeiras, que também tentavam repatriá-lo. Recebido com festa pela torcida, ele conquistou o título do Campeonato Carioca no ano passado e, com boas atuações, voltou a ser lembrado para a Seleção Brasileira. Neste ano, porém, não conseguiu repetir o mesmo desempenho no Flamengo, irritou a torcida, se envolveu em várias polêmicas com o ex-técnico do time, Vanderlei Luxemburgo, e com Joel Santana, atual treinador, além da diretoria. Assim, a saída parecia cada vez mais perto, o que foi oficializado ontem, quando o astro conseguiu uma liminar para deixar o clube.

Brasil tenta recuperação na Liga Mundial de Vôlei De fora da primeira semana da Liga Mundial, Murilo volta a jogar hoje (1º) pela Seleção Brasileira masculina de Vôlei, na segunda etapa do Grupo B do torneio, que será disputado na Polônia. Ciente de que a equipe precisa se recuperar imediatamente, o ponteiro ressaltou a necessidade do Brasil conquistar

ao menos duas vitórias em três jogos. “Precisamos de, pelo menos, duas vitórias aqui para que o time fique bem no grupo e para pensarmos em uma evolução mais para frente. Teremos, ainda, um fim de semana no Brasil e outro na Finlândia, queremos muito jogar a fase final da Liga Mundial e tentar ganhar o

décimo título”, afirmou Murilo. Na primeira semana da Liga Mundial, o Brasil somou apenas cinco pontos ao conquistar apenas uma vitória (3 a 1 sobre a Finlândia) em três jogos, com duas derrotas em jogos de cinco sets (Polônia e Canadá), o que o deixou apenas em terceiro lugar no Grupo B.

Mano quer ver Oscar e Ganso juntos na Seleção Reprodução

Técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes: “É claro que eles podem jogar juntos”

A grande atuação de Oscar na goleada da Seleção Brasileira sobre os Estados Unidos, em Washington, na quarta-feira (30), deixou muitos torcedores com uma dúvida: é possível que o meia do Internacional jogue junto com Paulo Henrique Ganso na equipe nacional? Segundo Mano Menezes, a resposta é sim. Quando o santista estiver recuperado da cirurgia de joelho a que foi submetido na semana passada, o treinador da Seleção deseja colocá-lo ao lado de Oscar para ver como esses dois talentosos jogadores se entenderão juntos. “É claro que eles podem jogar juntos, mas eu preciso saber como eles se sairão, porque muitas vezes a teoria é uma coisa e a prática ou-

tra”, disse o técnico. Há, no entanto, um problema: como Ganso só estará recuperado no fim de junho, o teste terá de ser feito já na fase final de preparação para a Olimpíada de Londres, a poucos dias da estreia, contra o Egito. Mano imagina que o santista e o colorado podem jogar em um meio de campo com outros dois jogadores atrás deles, o que o obrigaria a mudar o sistema 4-3-3, que ele usa desde que assumiu a Seleção. Escalar os dois com três atacantes à frente deles está descartado. “Vimos contra os Estados Unidos como foi bom ter dois jogadores (Sandro e Rômulo) dando suporte para o Oscar ficar à vontade”, explicou o técnico.

Grêmio sonda Málaga para ter Sandro Silva, do Inter Uma informação do diretor executivo Fernandão caiu como uma “bomba” no Estádio Beira-Rio, ontem (31). O dirigente colorado revelou que o Grêmio quer a contratação do volante Sandro Silva, hoje no Inter e com contrato com o Málaga, clube com o qual os colorados negociam a permanência do jogador no Beira-Rio. Em meio ao treinamento colorado, o dirigente foi interpelado pela imprensa, que queria discutir as contratações do Inter e que nomes podem chegar. Ao ser perguntando sobre a renovação do volante, confirmou a intenção gremista em melar o negócio. “Estamos sabendo do interesse do Grêmio e das propostas de outros lugares também”, declarou Fernandão. No Olímpico, o diretor Paulo Pelaipe iniciou o papo com os repórteres negando a informação, mas depois revelou que o Grêmio procurou o Málaga meses atrás, para saber da condição do jogador, que tem contrato com os espanhóis até 2014. “O Internacional dispensa o jogador uma semana e na outra volta atrás. Há 60 dias, 90 dias, procuramos saber da situação dele com o Málaga”, confirmou o dirigente gremista em coletiva.


GERAL

28 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

NOVA SANTA ROSA

Resultado do concurso público será divulgado amanhã Candidatos que realizaram as provas poderão conferir a lista de aprovados em edital publicado no Jornal O Presente

O concurso público de Nova Santa Rosa, realizado no dia 19 de maio, para o provimento de cargos no quadro de servidores municipais terá seu

resultado divulgado amanhã (02). Os 570 candidatos que realizaram as provas poderão conferir a lista de aprovados através de edital publicado no

Jornal O Presente, no site www.vagaspublicas.com.br, a partir das 08 horas e no mural da prefeitura, a partir de segunda-feira (04).

Conforme a presidente da Comissão Organizadora do concurso, Rosmére Schnekemberg, serão contratados em caráter de urgência os classificados em cargos que estão em aberto na administração municipal, sendo que existe uma carência de funcionários para determinadas áreas. “Os demais serão chamados gradativamente. São 78 vagas que precisam ser preenchidas, mas de forma gradu-

al e organizada para a melhor adaptação dos novos funcionários ao seu novo local de trabalho”, comenta. Ao todo, serão preenchidas 78 vagas, sendo cinco para cadastro de reserva e quatro para portadores de necessidades especiais. A faixa salarial varia entre R$ 3,4 mil e R$ 588, conforme a função a ser exercida. Dos 623 inscritos, 570 compareceram para a realização das provas.

Vereadores de Maripá derrubam veto e aumentam próprios salários em 52% Os vereadores de Maripá ignoraram abaixo-assinado, com cerca de 700 assinaturas, e derrubaram o veto da prefeita Jacira Quirino Alves ao projeto de lei do Legislativo municipal nº 05/2012, o qual os vereadores reajustam os próprios salários em 52%. A prefeita recebeu um abaixo-assinado de iniciativa popular com cerca de 700 assinaturas pedindo que ela vetasse o aumento dos salários dos vereadores. Ela diz que, considerando o número de assinaturas significativo para um município que tem uma população com

menos de seis mil habitantes, acatou o pedido e encaminhou o veto ao Legislativo. No entanto, o veto de Jacira foi derrubado pela maioria dos vereadores, que, segundo ela, realizaram uma votação secreta, garantindo o reajuste de 52% nos próprios salários. Seis vereadores votaram pelo aumento dos salários contra três que sustentaram a manutenção do veto do mandatário. Desta forma, os vereadores garantiram um salário de R$ 3,4 mil para a próxima legislatura e de R$ 4 mil para o presidente da Câmara para o mesmo período.


SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

APARTAMENTO, vendo, 65 m², c/ 2 quartos, bwc, sala, cozinha, garagem, no Bairro Higienópolis, R$ 50.000,00. Tr. (45) 3254-4814 ou 9931-9908 com Lozaliza Negócios Imobiliários. Creci J-4743. APARTAMENTO, vendo, c/ 1 suíte, 3 quartos, garagem p/ 3 carros, no Ed. Di Cavalcante, na R. Men de Sá esq. c/ Ceará, R$ 220.000,00. Tr. (45) 99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. APARTAMENTO, vendo, no Bairro Country, em Cascavel, R$ 150.000,00, aceito casa do mesmo valor em MCR. Tr. (45) 99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. CASA, vende-se, 68 m², nova, c/ laje, 2 quartos, sala, cozinha, bwc, garagem, lavand., terreno 104 m², na R. Osvaldo Piovesan, Lot. Augusto I, R$ 85.000,00, pode ser financiada, documentada. Tr. (45) 3254-5000 com Certo Imóveis. Creci J-4248.

CASA, vende-se, 70 m², conjugada, 2 quartos, sala, cozinha, bwc, lavand., garagem, com terreno nos fundos, na R. São Paulo, Lot. Wollstein, R$ 110.000,00, pode ser financiada. Tr. (45) 3254-5000 com Certo Imóveis. Creci J-4248. CASA, vende-se, 70 m², nova, c/ laje, 2 quartos, sala, cozinha, bwc, lavand., garagem, na Rua Três Passos, 183, Lot. São Francisco, R$ 95.000,00, pode ser financiada. Tr. (45) 32545000 com Certo Imóveis. Creci J-4248. CASA, vendo, 100 m², alvenaria, c/ laje, 1 suíte + 2 quartos, demais depend., terreno 15x50, R$ 190.000,00. Tr. (45) 32541345 ou 8405-9418 (tim) Creci 6630-F. CASA, vendo, 100 m², alvenaria, terreno 700 m², no Bairro Ana Paula, R$ 135.000,00. Tr. (45) 32544814 ou 9931-9908 com Lozaliza Negócios Imobiliários. Creci J-4743. CASA, vendo, 150 m², com laje, 1 suíte, 2 quartos, 2 salas, cozinha, móveis planejados, garagem c/ portão elet., área de festas, na Vila Gaúcha, valor a combinar. Tr. (45) 99696919 ou 3254-0982 com Valdir/JF Investimentos.

CASA, vendo, 133 m², averbada, c/ 1 suíte + 2 quartos, sala, cozinha, lavand., bwc, garagem c/ churrasq. + bwc, toda murada, canil, lugar p/ piscina, portão elet., R. Cabral, nº 2429, no Luciana II, em MCR, valor a combinar, aceito terreno e passa consórcio contemplado, estudo propostas. Tr. (44) 9976-5222 com Chico. CASA, vendo, 68 m², alvenaria, c/ laje, 1 suíte + 2 quartos, terreno de esquina, saída p/ Curvado, R$ 100.000,00. Tr. (45) 3254-1345 ou 8405-9418 (tim) Creci 6630-F. CASA, vendo, 96 m², alvenaria, 3 quartos, demais depend., terreno 10x36, próximo ao Sesi, R$ 120.000,00. Tr. (45) 32541345 ou 8405-9418 (tim) Creci 6630-F. CASA, vendo, no centro de MCR, c/ piso de porcelanato e laminado, cozinha planejada e quarto c/ móveis planejados, R$ 160.000,00. Tr. (45) 99658279 (tim). CHÁCARA, vende-se, 12.052 m², com benfeitorias, ao lado do Port III, R$ 490.000,00. Tr. (45) 32545000 com Certo Imóveis. Creci J-4248.

CASA, vendo, toda mobiliada, R. pastor Meyer, nº 550, MCR, próximo ao Concórdia, c/ piscina, edícula, R$ 350.000,00, aceito carro ou propriedade em Cascavel. Tr. (45) 99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. CHÁCARA, vendo, 3.8 alq., sendo 2.5 alq. p/ plantio, com açudes, próximo a MCR, R$ 200.000,00. Tr. (45) 99696919 ou 3254-0982 com Valdir/JF Investimentos. CHÁCARA, vendo, 33.000 m², ideal p/ indústria ou comércio, frente para BR 163, próximo a Novo Horizonte, R$ 200.000,00. Tr. (45) 99696919 ou 3254-0982 com Valdir/JF Investimentos. CHÁCARA, vendo, 4.5 alq., próximo à Sperafico, fundos, R$ 250.000,00. Tr. (45) 9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. CHÁCARAS, vendo, para lazer, perímetro urbano, a partir de 9.700 m², valor a combinar. Tr. (45) 3254-4814 ou 9931-9908 com Lozaliza Negócios Imobiliários. Creci J-4743. CHÁCARAS, VENDO, DE FRENTE P/ A BR 163, EM FRENTE À FRIOS SAMOLLÉ, EM QUATRO PONTES, A PARTIR DE 10.000 M². TR. (45) 3254-4814 OU 9921-9844 COM LOCALIZA NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS. CRECI J 4743. SOBRADO, vende-se, 280 m², usado, c/ 2 quartos, 1 suíte, 3 salas, cozinha, 2 bwc, lavand., garagem, na Rua 7 de Setembro, próximo ao BNH I, R$ 350.000,00, pode ser financiado, aceito caminhão ou terreno nas avenidas. Tr. (45) 3254-5000 com Certo Imóveis. Creci J-4248. TERRA, vende-se, 3.38 alq., 3 mecanizados, sem benfeitorias, na linha Peroba, valor a combinar. Tr. (45) 3254-1345 ou 84059418 (tim) Creci 6630-F.

Temperatura: 26º/16º

Temperatura: 27º/16º

O PRESENTE |

Classificados na internet: www.opresente.com.br

Temperatura: 26º/15º

Temperatura: 26º/16º

Temperatura: 26º/15º

Temperatura: 25º/14º

SOBRADO, vendo, 116 m², de esquina, c/ sala, cozinha, garagem, 3 quartos, lavand., 3 bwc, R. Men de Sá, próximo ao BNH I, valor a combinar, aceito troca. Tr. (45) 3254-4814 ou 9931-9908 com Lozaliza Negócios Imobiliários. Creci J-4743. TERRA, vendo, 1 alq., c/ casa nova, pré-moldado, porão p/ cantina de vinho, açude, 1.400 pés de uva e 400 pés de espinheira santa, 3 km do asfalto, saída de Quatro Pontes, R$ 230.000,00. Tr. (45) 9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 12 alq., 9 alq. topografia plana p/ lavoura, 2 alq. em pasto, 500 m do asfalto, próximo a MCR, ótimo preço. Tr. (45) 9971-4979 Creci F 09742. TERRA, vendo, 12 alq., toda em pasto, em São José do Iguaçu, valor: 600 scs de soja o alq. Tr. (45) 9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

29

TERRA, vendo, 3 alq., sendo 2.5 de plantio, sem benfeitorias, na linha Neuhaus, R$ 140.000,00. Tr. (45) 9969-6919 com Valdir/JF Investimentos. TERRA, vendo, 5 alq., com 14 vacas de leite, ordenhadeira, casa boa, chiqueiro médio de alvenaria, porteira fechada, em Novo Horizonte, R$ 320.000,00, aceito casa em Rondon. Tr. (45) 9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 5.2 alq., 3 alq. mecanizados, restante pasto, com 25 vacas, trator, carretão, ordenhadeira, resfriador, cortador de ferro, porteira fechada, valor a combinar. Tr. (45) 9978-6422 com Raimundo van den Boon. Creci-F 11955-J. TERRA, vendo, 60 alq., planta 20, c/ várias benfeitorias, a 4 km do centro de MCR, próximo ao Guarani, R$ 2.100.000,00. Tr. (45) 9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.


CLASSIFICADOS

30 | O PRESENTE TERRA, vendo, 8.2 alq., 4.5 de plantio, com casa, galpão, 2 açudes, encosta no asfalto, próximo a Três Irmãs, Mercedes, R$ 375.000,00. Tr. (45) 99696919 ou 3254-0982 com Valdir/JF Investimentos. TERRENO, vende-se, 1.051.65 m², de esquina, com 4 casas de madeira em cima, na Rua 31 de Março esq. c/ Minas Gerais, centro, R$ 360.000,00. Tr. (45) 32545000 com Certo Imóveis. Creci J-4248. TERRENOS, vendo, vários, no Lot. São Francisco, valor a combinar, parcelas de 40 a 50 meses c/ entrada de R$ 5.000,00. Tr. (45) 9978-6422 com Raimundo van den Boon. Creci-F 11955-J.

ALUGO apartamentos e casa em MCR, valor a combinar. Tr. (45) 84041596 com Eloi. ALUGO QUARTOS, com ou sem móveis, próximo à Unioeste, em MCR, valor a combinar. Tr. (45) 9147-3785 ou 9106-8688. APARTAMENTO, ofereço p/ alugar, no Cond. Tancredo Neves, valor a combinar. Tr. (45) 99328724 ou 3254-3124.

APARTAMENTOS, ofereço p/ alugar, prédio novo, c/ 2 quartos, sala, cozinha, bwc, churrasq., lavand., garagem, portão elet., interfone, parabólica coletiva, na R. Deonato Schwab, nº 1157, Jd. Universitário, valor a combinar. Tr. (45) 9978-5714 CASA, ofereço p/ alugar, 70 m², alvenaria, c/ 3 quartos, pintura nova, na R. Pernambuco, nº 1349, próximo à Unioeste, R$ 520,00. Tr. (45) 99120880 com Marli. CASA, ofereço p/ alugar, alvenaria, 3 quartos, sala, cozinha, bwc, no Bairro Boa Vista, R$ 500,00. Tr. (45) 32544814 ou 8805-0351 com Localiza Negócios Imobiliários. Creci J 4743. CASA, ofereço p/ alugar, alvenaria, c/ 3 quartos, bwc, 2 salas, cozinha, lavand., garagem, na Rua Amapá, nº 1045, R$ 500,00. Tr. (45) 99540768 com Ivone. CASA, ofereço p/ alugar, nova, alvenaria, c/ 2 quartos, 1 suíte, sala, cozinha, bwc, garagem, lavand., no Lot. Santa Felicidade, R$ 450,00. Tr. (45) 3254-4814 ou 8805-0351 com Localiza Negócios Imobiliários. Creci J 4743. CASA, ofereço p/ alugar, alvenaria, c/ laje, 3 quartos, 2 bwc, 2 salas, cozinha, lavand., área, garagem aberta nos fundos, em MCR, R$ 620,00. Tr. (45) 99640421 com Ismael.

CASA, ofereço p/ alugar, alvenaria, c/ 2 quartos, na R. Cabral, perto do Hospital Rondon, R$ 500,00. Tr. (45) 3284-1555. CASA, ofereço p/ alugar, no centro, c/ 350 m², 4 quartos, piscina, demais depend., ar-cond., garagem p/ 2 carros, completa, R$ 2.200,00. Tr. (45) 9981-3999 ou 3254-4819. CHÁCARA PEQUENA preciso para alugar, para casal sem filhos. Tr. (45) 9916-6750 ou 3254-8622. SALA COMERCIAL, ofereço p/ alugar, valor a combinar. Tratar (45) 3254-7707.

CLIO AUTHENTIC 1.0, vendo, ano 2008, vermelho, 16 v, c/ arcond., vidros elétricos, som, rodas liga leve, 2º dono, R$ 22.000,00 ou R$ 11.500,00 + 48x de R $ 3 2 9 , 6 0 . Tr. ( 4 5 ) 9134-6397 ou 32791973 com Marcos. CLIO CAMPUS 1.0, vendo, ano 2008/09, branco, 16 v, 4 portas, básico, R$ 17.800,00. Tr. (45) 9992-5454 com Lucas. COROLLA XEI 1.8, vendo, ano 2004, dourado, automático, air bag duplo, ar-cond., freio a disco, pneus novos, bem conservado, valor a combinar. Tr. (45) 3254-7957 ou 9936-5938 com Otto. CORSA GLS 1.6, vendo ou troco, ano 2001, valor a combinar. Tr. (45) 9908-5541.

ASTRA GLS, vendo, ano 2000, preto, 4 portas, com rodas aro 16, R$ 17.500,00, aceito biz 100 até ano 2004. Tr. (45) 3254-1962 com Iberê. ASTRA HATCH, vendo, ano 2008/09, prata, 4 portas, air bag duplo, abs, 4 pneus novos, revisado, R$ 34.800,00. Tr. (45) 3254-0982 ou 9135-0857 com Viviane ou Volnei. CAMINHÃO, vendo ou troco, FNM, ano 71, truck, c/ carroceria seminova, em bom estado de conservação, R$ 26.000,00. Tr. (45) 9983-8779. CAMINHÃO, vendo, trucado, modelo internacional, com motor MB 1620, ano 2002, em ótimo estado, R$ 85.000,00, aceito carro de menor valor, terreno ou casa em MCR ou Nova Sta Rosa. Tr. (45) 9944-3958 ou 9948-5053. CHEVY 500, vendo ou troco, ano 94, em ótimo estado, valor a combinar. Tr. (45) 9950-2032. CIVIC EXS, vendo, ano 2008/08, preto, câmbio automático/F1, bancos em couro, R$ 54.000,00. Tr. (45) 9922-8416.

CORSA GSI 1.6, vendo, ano 95, 16 v, completo, c/ teto solar e bancos recaro, R$ 10.500,00. Tr. (45) 9904-0786 com Juliano.

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012 FIESTA 1.0, vendo, ano 98, branco, 4 portas, R$ 7.900,00. Tratar (45) 8808-9484. FOCUS 1.8, vendo, ano 2002, prata, Ford, completo, com rodas de liga leve, valor a combinar. Tr. (45) 9974-7542 com Allan. FOCUS SEDAN, vendo ou troco, ano 2002/03, completo, 2º dono, parte financiada, valor a combinar. Tr. (45) 9932-4235 ou 3254-8795 com Edivaldo. FURGÃO, vendo, ano 99, Iveco (carro), R$ 38.000,00, aceito carro de menor valor. Tr. (45) 99435246 com Sidneia. FUSCA, vendo, ano 80/ 81, valor a combinar, aceito Honda biz ou cg. Tr. (45) 9971-1550. GOL 1.6, vendo, ano 86, turbo, forjado, travas e vidros elétricos, alarme, rodas orbitais 15", suspensão de rosca, R$ 8.500,00. Tr. (45) 8834-1048. GOL 1.6, vendo, ano 94/94, azul metálico, gasolina, R$ 8.000,00 à vista ou parcelado direto c/ o proprietário. Tr. (45) 3254-7076 com Ruben.

CORSA SEDAN, vendo, ano 2008, valor a combinar, aceito troca de menor valor. Tr. (45) 9989-0805. CORSA SEDAN, vendo, ano 2009, único dono, 44.000 km, completo, valor a combinar. Tr. (45) 3254-1674 ou 9956-2478 com Valdir. CORSA, vendo, ano 99/00, branco, c/ parachoque pintado, cibié, trava, alarme, 4 pneus e suspensão novos, R$ 1 3 . 5 0 0 , 0 0 . Tr. ( 4 5 ) 9912-2271. F-250 XL, vendo, ano 2001, prata, com aro 22, valor a combinar. Tr. (45) 9955-2229. F-4000, vendo, ano 2000, cummins, c/ carroceria de madeira, valor a combinar. Tr. (45) 99931855 (tim) ou 3254-7076 com Ruben.

GOL 1.6, vendo, bolinha, azul, 2 portas, em ótimo estado, R$ 11.000,00. Tratar (45) 9991-3737. GOL G5, vendo, ano 2010, prata, c/ 4 pneus novos, som, único dono, em ótimo estado de conservação, valor a combinar. Tr. (45) 9969-5914 ou 9973-3479 com Juliano. GOL III PLUS 1.0, vendo, ano 2001, prata met., 4 portas, completo, c/ arcond., DH, comando elétrico vidros, travamento central, rodas liga leve, toca cds MP3, motor com garantia (10.000 km), valor a combinar. Tr. (45) 9972-2543. GOLF, vendo ou troco, ano 2010/10, c/ 30.000 km, vários opcionais de luxo, completo, único dono, R$ 45.000,00. Tr. (45) 9963-5892.

MAREA SX 1.8, vendo, ano 2002, nova série, verde escuro metálica, completa, R$ 18.000,00. Tr. (45) 9932-0680. MERIVA 1.8, vendo, ano 2003, prata, baixa km, impecável, valor a combinar. Tr. (45) 9134-4063. MONDEO, vendo, ano 97, completo, R$ 8.500,00. Tr. (45) 84140255 com Vanderlei. MONTANA 1.4, vendo, ano 2009, preta, 35.000 km, completa, c/ rodas esportivas, R$ 25.000,00. Tr. (45) 8822-3134. MONTANA 1.4, vendo, ano 2012, flex, completa, air bag, abs, R$ 35.000,00. Tr. (45) 84182698 (tim) com Jair. MONZA GL, vendo ou troco, ano 95, vermelho, completo - ar-cond., R$ 9.700,00. Tr. (45) 99417811 com Ricardo. PALIO 1.5, vendo, ano 97, 4 portas, particular, R$ 11.000,00. Tratar(45) 3254-7076. PALIO ELX 1.0, vendo, ano 2010, c/ ar, DH, vidros, retrovisores elétricos, computador de bordo, chave reserva, manual, único dono, R$ 24.000,00. Tr. (45) 88112728 (tim). PALIO YOUNG 1.0, vendo ou troco, ano 2000/ 01, verde metálico, c/ alarme, trava elétrica, R$ 12.500,00. Tr. (45) 99417811 com Ricardo. PARATI 1.6, vendo, ano 2008, preta, flex, completa, geração 4, cd, 46.000 km, manual, pneus novos, valor a combinar. Tr. (45) 8803-6565. PA R AT I 2 . 0 , v e n d o , ano 94, branca, turbo, documentada, R$ 15.000,00. Tr. (45) 98099299 com Fabio. PICASSO GLX 1.6, vendo, ano 2007, azul, flex, completa, air bag´s, couro, computador de bordo, cd, manual, chave reserva, impecável, valor a combinar. Tr. (45) 8803-6565.


SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012 PARATI CL 1.6, vendo, ano 95/95, álcool, valor a c o m b i n a r. Tr. ( 4 5 ) 9966-3735. PARATI GL, vendo, ano 89, prata, álcool original, bancos do Gol G4, roda esportiva, impecável, R$ 9.000,00. Tr. (45) 99313609 com José. PICASSO, vendo ou troco, ano 2009/10, flex, completo, c/ banco em couro, computador de bordo, R$ 16.000,00 + financ. Tr. (45) 9107-7209 ou 9934-1966 com Eder. S10, vendo, ano 98, azul, diesel, 4x4, cabine dupla, completa, valor a combinar, aceito veículo de menor valor. Tr. (45) 8411-3939. SANTANA, vendo ou troco, ano 89, 4 portas, em ótimo estado, valor a c o m b i n a r. Tr. ( 4 5 ) 9950-2032. SAVEIRO 1.6, vendo, ano 2006, flex, c/ ar, DH, em ótimo estado, R$ 26.500,00. Tr. (45) 84182698 com Jair. SAVEIRO 1.6, vendo, ano 94, álcool, R$ 8.500,00. Tr. (45) 84140255 ou 3254-4721 com Vanderlei. SCÉNIC RXE 2.0, vendo, bege, completa, placa A, impecável, R$ 22.000,00. Tratar (45) 8409-4549 ou 8415-5649 com Andre. SILVERADO DLX T, vendo, ano 98, prata, c/ bancos em couro, completa, MWM, 6 cc, R$ 34.000,00. Tratar (45) 9961-3762. STRADA ADVENTURE, vendo, ano 2004, estendida, completa, R$ 24.500,00. Tr. (45) 84172698 com Mari. STRADA, vendo, ano 2003, branca, Fiat, cabine simples, básica, R$ 16.320,00. Tr. (45) 99745652 ou 3254-3599. UNO, vendo, ano 96, 4 portas, completo, R$ 10.800,00. Tratar (45) 3254-4721.

VECTRA GLS 2.0, vendo, ano 98, c/ ar digital, manual, revisado, em perfeito estado de conservação, R$ 17.000,00. Tr. (45) 3254-9297 ou 84062054 com Mauricio.

VECTRA GT, vendo, ano 2008, sem detalhes, rodas 17, revisões feitas na agência, c/ manual e chave reserva, estado de novo, R$ 38.000,00. Tr. (45) 9992-3444. VECTRA, vendo ou troco, ano 2006, completo, couro e câmbio automático, valor a combinar. Tr. (45) 9908-5541. VERSAILLES GL 2.0, vendo, ano 96, 4 portas, completo, DH, ar-cond., vidros elétricos, estado de novo, valor a combinar. Tr. (45) 3254-1345 ou 8405-9418 (tim). VOYAGE, vendo, ano 89, R$ 6.300,00. Tr. (45) 9992-6305.

BIZ +, vendo, ano 2002, toda revisada, R$ 3.300,00. Tr. (45) 32549297 com Fabiano. BIZ 100, vendo, ano 2002, Honda, vermelha, c/ partida, R$ 2.600,00. Tr. (45) 9928-0307 ou 9947-3201 com Clecio. BIZ 125 ES, vendo, ano 2007, preta, c/ raio cromado, 20.000 km, revisada, R$ 4.500,00. Tr. (45) 9133-9464 com Marlon. BIZ ES 125, vendo, ano 2005/06, prata, revisada, com partida elétrica, valor a combinar. Tr. (45) 9938-5697. BROS ESD NXR 150, vendo, ano 2007/08, Honda, preta, 21.000 km, freio a disco, partida elétrica, pneus novo, placa A, IPVA 2012 pago, impecável, valor a combinar. Tr. (45) 3254-1345 ou 84059418 (tim).

BROSS ES, vendo, ano 2007/08, revisada, c/ raios cromados, R$ 6.200,00. Tr. (45) 84062054 ou 3254-9297 com Mauricio. CB 500, vendo, ano 99/ 00, R$ 12.300,00. Tr. (45) 9963-5972. CG 125 TITAN, vendo, ano 98/98, vermelha, baixa km, em ótimo estado, R$ 2.700,00. Tr. (45) 8834-1048.

O PRESENTE |

COMPUTADOR, vendo, novo, 4 GB mem. DDR3, HD 500 GB sata 3, monitor 18.5 LCD, gravador dvd, tela 18.5 LCD, placa mãe, teclado, mouse, caixas de som, garantia de 12 meses, R$ 900,00, condições especiais de pgto. Tr. (45) 9940-1637 (tim) ou 8826-9446 (claro) com Cristiano.

CG TITAN 150 ESD, vendo, ano 2009, preta, R$ 5.500,00. Tr. (45) 3254-4721. CG TITAN KS FAN , vendo, ano 2012/12, zero km, vermelha, valor a combinar. Tr. (45) 9 9 11 - 0 6 9 7 o u 9 9 2 4 0303 com Jean. FAZER, vendo, ano 2007, azul, 2º dono, impecável, R$ 8.000,00, aceito moto de menor valor. Tr. (45) 9972-3249. TWISTER, vendo, ano 2007, amarela, c/ 15.000 km, entrego c/ baú e capacete, R$ 8.000,00, estudo propostas. Tr. (45) 9144-4282.

BARRACÃO, vendo, pré-moldado, 15x12, n o v o , a i n s t a l a r, R $ 14.000,00, estudo propostas. Tratar (45) 9969-9004. BICICLETA, vendo, feminina, vermelha, tipo Ceci, com marcha e cestão, R$ 140,00. Tr. (45) 3254-4371 ou 9974-5545 com Ilaine. CAMA ELÁSTICA, alugo, novas. Tr. (45) 9810 5388 (tim) ou 8826-6542 (claro) com Marcos. CARTA DE CRÉDITO CONTEMPLADA, vendo, crédito R$ 60.000,00, entrada de R$ 16.500,00. Tr. (45) 9977-7037.

CONTRATA-SE operador de escavadeira hidráulica, ótimo salário, interessados. Tr. (45) 99320786 ou 9932-0680. DIVERSOS, vendo, freezer, geladeira, mesas, cadeiras, freezer expositor, cubas refrigeradas, forno e outros itens ideais p/ lanchonete, valor a combinar. Tr. (45) 9904-9508 ou 32544068 com Elemar. DIVISÓRIAS, vendo, navais, portas + 2 sanfonadas, usadas, em bom estado, ótimo preço. Tr. (45) 9914-3600 ou 3284-1343. FILHOTE, vendo, de Beagle, fêmea, valor a combinar. Tratar (45) 3268-1520. FILHOTES, vendo, de Lhasa Apso, macho e fêmea, valor a combinar. Tr. (45) 3268-1520.

NOTEBOOK, vendo, Acer Dual Core, novo, 5 GB mem., HD 500 GB, gravador dvd, web cam, tela 14 " LED, wireless, acompanha fonte e bateria, garantia de 12 meses, R$ 1.100,00, condições especiais de pgto. Tr. (45) 99401637 (tim) ou 8826-9446 (claro) com Cristiano. PORCELANATOS, polimento, tira manchas, riscos e encardidos da superfície do porcelanato, cerâmica, granito, pedras em geral, polimento de concreto, interessados. Tr. (45) 3254-3943 ou 9105-2280. PRECISA-SE de rapaz entre 16 e 18 anos para serviços gerais, interessados. Tr. (45) 3254-7707. TELEVISÃO, vendo, 20", Gradiente, seminova, R$ 135,00. Tr. (45) 9944-4415. TIJOLOS DE 1º, vendo, ótimo preço. Tr. (45) 9944-3958 ou 9948-5053.

31

ENSILADEIRA, vendo, nova, 10 facas, com comando hidráulico no giro do cano, valor a combinar. Tr. (44) 9978-4140 ou (44) 9949-9621 . MUDAS DE EUCALIPTO, vendo, várias variedades, c/ plantio e manutenção completa, valor a combinar. Tr. (45) 88030231 (tim) ou 3254-2720 com Herton. NOVILHAS, vendo, 2 Jersey e 6 Holandesas, todas prenhas, R$ 20.000,00. Tr. (45) 99742530 com Ari. OVELHAS, vendo, 6 fêmeas Santa Inês e 1 macho 3/4 de Dorper, R $ 1 . 3 0 0 , 0 0 . Tr. ( 4 5 ) 9951-2387. PLANTADEIRA, vendo, Planti Center, 7 linhas, ano 2002, completa, R$ 20.000,00. Tr. (45) 9936-2984. PULVERIZADOR, vendo, Montana, 800 l, barras automáticas, 14 m, R$ 10.000,00. Tr. (45) 9936-2984. TRATOR, vendo, Ford 6600, ano 85, R$ 23.000,00. Tratar (45) 8829-0828.

COLHEDORA DE FORRAGEM, vendo, Nogueira Pecus 9000, revisada, R$ 4.000,00. Tr. (45) 9936-2984. COMPRO resfriador de leite a granel de 400 a 600 litros. Tr. (45) 9807-3568 com Hilberto.

TRATOR, vendo, Ford 6610, fouca III dual power, ano 89, R$ 32.000,00. Tr. (45) 8829-0828. TRATOR, vendo, MF 65X, ano 75, 4 marcha, capota, pneu recapado, R$ 16.000,00. Tr. (45) 9936-2984.

MOTOR B8, vendo, estacionario, diesel, Yamaha, R$ 2.000,00. Tr. (45) 9991-3737. MOTOR DIESEL, vendo, 6 cc, R$ 4.000,00. Tr. (45) 9991-3737. PARA ASSINANTES

2,00 Este cartão é válido somente para a edição do dia 02/06/2012 R$

Marcar com X:

Compro Vendo

Troco

Preciso para alugar Ofereço para alugar

Produto: ---------------------------------------------- Marca: --------------------------------Novo/usado/ano: ----------------------------------- Valor: ---------------------------------Obs.: --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Tratar com: ------------------------------------------ Fone: ---------------------------------Endereço: -------------------------------------------- Cidade: -------------------------------Remetente: ------------------------------------------ Fone: ---------------------------------Assinatura do responsável: ----------------------------------------------------------------Obs.: Não nos responsabilizamos pela publicação de cartões rasurados e por informações incorretas. Entregue este cartão na recepção do Jornal O Presente entre 08 e 12 horas do dia 01/06/2012.

Recorte na linha pontilhada

VECTRA ELEGANCE, vendo, ano 2010, prata, placa A, 30.000 km, seguro 2012 pago, estado de novo, R$ 45.000,00. Tr. (45) 9967-5251.

VECTRA GLS 2.2, vendo, ano 99, prata, 8 v, completo, c/ ar digital, baixa km, estepe novo, manual, chave reserva, R$ 18.500,00. Tr. (45) 9948-5055 com Marcio.

CLASSIFICADOS


SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

Edição 3355 - O PRESENTE | 01


02 | O PRESENTE - Edição 3355

EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

Continua


SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

EDITAIS

Edição 3355 - O PRESENTE |

Continua

03


04 | O PRESENTE - Edição 3355

EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012


SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

EDITAIS

Edição 3355 - O PRESENTE |

05


06 | O PRESENTE - Edição 3355

EDITAIS

SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA PRÉVIA A empresa abaixo torna público que recebeu do IAP Licença Prévia para o empreendimento a seguir especificado: Empresa: Valdir Bortolozzo Atividade: Loteamento Endereço: Lote Rural N° 359, objetos da matricula nº 10.908 Município: Palotina, Paraná. Validade: 10/09/ 2010

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012


AGRONEGÓCIO

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012

Edição 3355 - O PRESENTE |

07

FINANCIAMENTOS

Paraná lidera operações do Programa ABC Valor total previsto para o programa na atual safra é de R$ 3,5 bilhões

O Paraná é o Estado com maior número de pedidos de financiamento aprovados na atual safra pelo Programa Agricultura de Baixo Carbono (ABC), que o governo federal lançou em 2010 para incentivar a adoção de técnicas agrícolas sustentáveis. No atual ano agrícola (julho 2011/julho 2012), foram financiados 457 contratos no Estado, no valor total de R$ 122 milhões. Depois do Paraná, o Estado com maior número de contratos é Minas Gerais, com 424. O valor total previsto para o programa na atual safra é de R$ 3,5 bilhões. De acordo com a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, embora o Paraná não seja líder em valor liberado - posição que, segundo o Banco do Brasil, cabe a São Paulo -, o expressivo número de propostas aprovadas mostra que a ideia de promover uma agricultura sustentável começa a se disseminar no Estado. A maior parte dos financiamentos no Paraná foi direcionada para recuperação e reforma de pastagens, plantio direto na palha, plantio de florestas comerciais, que são práticas previstas em programas de agricultura sustentável. Também foram financiados projetos de tratamento de dejetos animais.

TRADIÇÃO A elevada adesão de produtores paranaenses ao Programa ABC é atribuída à tradição

do Estado como tomador de crédito rural e à qualificação dos profissionais de ciências agrárias e florestais que orientam os produtores. Além disso, a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento promoveu a articulação com 13 instituições dos setores público e privado, que passaram a integrar um grupo gestor do Programa ABC. O programa tem como diretriz a implementação de uma agricultura com balanço positivo de carbono, proporcionando estabilidade e incremento na produção de alimentos.

FINANCIAMENTO Para o secretário da Agricultura, Norberto Ortigara, o Plano ABC traduz um novo jeito de fazer agricultura, com tecnologia e sem grandes impactos no meio ambiente. Segundo ele, o programa representa uma oportunidade que os produtores devem aproveitar, já que as condições de financiamento disponível no Banco do Brasil - são atrativas. Os financiamentos têm taxa de 5,5% de juros ao ano e prazo de pagamento de até 15 anos, dependendo da finalidade. O secretário lembrou que no Paraná o programa ABC é concentrado na recuperação de pastagens e na disseminação das boas práticas de agricultura sustentável, como a integração lavoura, pecuária e floresta. Com as linhas de financiamento do programa ABC, o Pa-

raná conseguiu vitalizar também outros programas, como os de conservação de solos e água em microbacias, plantio direto com uso de palha e plantio de florestas, fomentados pelo Governo do Estado. Também foi estimulada a adesão ao Pronaf Eco, linha de crédito que financia iniciativas de produção de energias renováveis e implantação de outras tecnologias ambientais.

familiar, incluindo nesse valor o dinheiro destinado ao seguro safra, à garantia da safra, à garantia de preços, ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), à assistência técnica e ao Programa de Preço Mínimo (PPM). O ministro disse ainda que o governo vai ampliar o teto para crédito de custeio de R$ 50 mil para R$ 80 mil anuais. O limite do financiamento para o semiárido passará de R$ 12 mil para R$ 18 mil. No Pronaf B, destinado aos agricultores de mais baixa renda, o limite do financiamento irá de R$ 7,5 mil para R$ 10 mil anuais. Pepe disse que o progra-

Seab

CAPACITAÇÃO O Programa ABC também investe na capacitação e educação de técnicos e produtores. As empresas vinculadas à Secretaria da Agricultura participam do processo com pesquisas, assistência técnica e extensão rural, propiciando aos produtores rurais o acesso a tecnologias de baixa emissão de carbono. As instituições da iniciativa privada que atuam no programa ABC colaboram para a implementação das medidas. O Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), por exemplo, comprometeu-se a financiar 50% dos custos dos cursos de qualificação para os técnicos e 100% dos custos dos cursos de qualificação dos produtores. Dentro do programa ABC, o Banco do Brasil financia também sistemas orgânicos de produção; sistemas integrados de lavoura, pecuária e floresta; florestas comerciais; recomposição de áreas de preservação permanente ou de reserva legal.

Governo vai liberar R$ 18 bi para financiar agricultura familiar Após reunião da presidenta Dilma Rousseff com representantes do Grito da Terra, quarta-feira (30), o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, anunciou que o governo vai liberar R$ 18 bilhões para o financiamento da safra 2012/2013 da agricultura familiar. Serão R$ 2 bilhões a mais do que o valor disponibilizado no ano passado. A pauta de reivindicações do movimento tem 144 itens. “Na reunião, a presidenta disse que, se for necessário mais recursos para a agricultura familiar, viabilizaremos mais recursos”, afirmou Pepe Vargas. Segundo o ministro, no total, neste ano, o governo reservou R$ 22,2 bilhões para agricultura

Estado vai sediar encontro nacional sobre agrotóxicos

ma Minha Casa Minha Vida também vai construir moradias nos assentamentos. “O governo não comentou item por item a nossa pauta. Numa avaliação preliminar, podemos dizer que houve avanços em questões importantes, como os R$ 18 bilhões, as melhorias nas linhas de financiamento e a garantia safra. O avanço foi significativo”, disse o presidente da Contag, Alberto Broch. Pepe Vargas afirmou que a verba para reforma agrária - no total de R$ 706,5 milhões, neste ano - não será contingenciada. Até agora, segundo ele, foram liberados R$ 244 milhões para aquisição de terras e 11 mil famílias devem ser assentadas neste ano.

Representantes da comissão organizadora reuniram-se com o presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Inácio Kroetz, para acertar os preparativos do evento

O Paraná vai sediar, pela primeira vez, o 10º Encontro de Fiscalização e Seminário sobre Agrotóxicos (Enfisa), que vai reunir representantes de 27 Estados brasileiros das áreas de Agricultura, Saúde, Meio Ambiente, além de representantes do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea). O encontro vai acontecer entre os dias 18 e 21 de junho, em Curitiba. Os representantes da comissão organizadora reuniram-se com o presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Inácio Kroetz, para acertar os preparativos do evento. O Enfisa é realizado uma vez por ano com o objetivo de harmonizar as legislações e os procedimentos referentes à fiscalização de agrotóxicos de todos os estados do Brasil. O evento se realiza por meio de uma parceria entre os setores público e privado. A cada ano o trabalho vai se aprimorando, com a participação efetiva dos fiscais agropecuários e dos profissionais das indústrias de agrotóxicos. Para Luís Eduardo Pacifici Rangel, coordenador-geral do Departamento de Fiscalização de Insumos Agrícolas do Ministério da Agricultura, o Paraná foi escolhido devido à liderança que exerce na área de acompanhamento do uso de agrotóxi-

cos. “O Paraná é um dos Estados agrícolas mais importantes do país, então, nada melhor que o décimo encontro nacional aconteça aqui, justamente no ano de criação da Adapar”, disse Luis Rangel. “É uma forma de valorizar o trabalho dos técnicos da Adapar, uma vez que o Estado é modelo e de forma eficiente cumpre seu papel e serve de inspiração para outros Estados”, afirmou.

METAS

No final do encontro será apresentada uma série de metas a cumprir até o próximo encontro, em 2013. Segundo Rangel, são metas de fiscalização, de avaliação da qualidade dos insumos e de revenda dos agrotóxicos, a necessidade de envolvimento de outros setores no sistema, entre outras. Os trabalhos serão divididos em três componentes: curso sobre agrotóxicos, aberto à comunidade para atualização profissional; seminário sobre agrotóxicos, também aberto à comunidade; e encontro de fiscalização, voltado para representantes dos órgãos estaduais, federais e Creas. O setor privado poderá participar de todas as etapas do evento, incluindo o encontro de fiscalização, sendo representado por instituições ligadas ao setor.


08 | O PRESENTE - Edição 3355

ESPECIAL

SEXTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2012


06-01-2012_1.pdf  

06-01-2012_1.pdf

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you