Page 1

Ano 19 - Nº 3169

MARECHAL CÂNDIDO RONDON - PR, SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011 Divulgação

R$ 2,00

“ESTOU ADORANDO O DESAFIO” Os domingos à noite ficaram mais interessantes desde que uma rondonense fez sua primeira aparição em um dos principais programas da Rede Globo, embelezando a televisão e levando sua simpatia contagiante para todo o Brasil. Trata-se da modelo Claudia Helena Swarowsky (foto), que está prestes a completar cinco meses como apresentadora de merchandising do Programa do Faustão. Além de demonstrar desenvoltura na frente das câmeras, tem chamado atenção a relação afetuosa entre a rondonense e Faustão. Diferentemente das apresentadoras que antecederam Claudia, em que havia muita formalidade, com a modelo o apresentador tem demonstrado um comportamento descontraído e frequentemente ele menciona o nome de Marechal Cândido Rondon, divulgando o município ao vivo. “Quero melhorar e aprender a cada dia. Estou adorando o desafio e essa nova experiência”, diz a rondonense. PÁGINA 14

PERÍMETRO URBANO DE RONDON

Dnit admite falhas no projeto da BR-163, mas adequações devem ficar para 2ª etapa Maria Cristina Kunzler

Visita a Toledo: produtores entregarão carta de reivindicações a ministro PÁGINA 09

GÁS MAIS CARO Arquivo/OP

O auditório da Prefeitura de Marechal Rondon reuniu um grande número de pessoas para o encontro realizado ontem (1º) com o superintendente do Dnit, José da Silva Tiago, cujo objetivo principal foi debater o projeto de adequação da BR-163, especialmente no trecho de cinco quilômetros no perímetro urbano do município que será duplicado. Duas são as grandes preocupações que envolvem a obra: acesso seguro

dos moradores que precisam todos os dias atravessar a rodovia e como ficará o acesso às indústrias instaladas às margens da BR-163, devido à falta de ruas marginais. Em sua explanação, o superintendente do Dnit admitiu que o projeto contém falhas, entretanto, disse que trincheiras podem ser instaladas nos trevos com um novo projeto. Já viadutos estão descartados devido ao alto custo. PÁGINAS 06 e 07

O aumento do preço do gás de cozinha (GVL) deverá ocorrer a partir da próxima segunda-feira (05) em Marechal Cândido Rondon, segundo informam empresários do ramo. A alta deve ser de aproximadamente 10%. Com isso, a recarga do botijão de 13 quilos, que atualmente custa em torno de R$ 45 no mercado local, passará a custar cerca de R$ 49,50. A elevação estava prevista para acontecer ontem (1º), mas os comerciantes resolveram aguardar para conferir qual será o índice real do aumento aplicado pelas companhias, para só depois repassar a alta ao consumidor. Além disso, eles mencionam que ainda possuem mercadoria em estoque, o que permitirá segurar o preço até a próxima semana. PÁGINA 11


EDITORIAL

02 | O PRESENTE

O assunto da vez A proposta que corre na Câmara carreA redefinição dos investimentos em saúde ga uma versão modificada da CPMF. Chapública. Este é o assunto da vez no Planalto. ma-se Contribuição Social para a Saúde Na verdade, a presidenta Dilma Rousseff e vários de seus ministros “aceitariam” a cri(CSS). Se aprovada, incidiria sobre os cheação de um novo imposto para financiar a ques e transações bancárias. Exatamente como sucedia com a CPMF. saúde, mas, claro, para não serem os autores Já o novo tributo que se pretende criar da “coisa”, empenhados estão os aliados no poderia unir características da extinta CPMF Congresso em suas articulações visando tal (antigo imposto do cheque) e novidades, como propósito. No entanto, os políticos de oposição resistem à ideia. Eles acham que o goverarrecadação proveniente da legalização do no pode sim bancar os custos sem precisar setor de jogos. Em suma, no caso da CPMF, os recursos eram desviados para outras áreas; já criar novos tributos. Fazem o papel deles, o novo tributo teria destino logicamente. Quem sabe, se exclusivo. Esta é a alegação. estivessem do outro lado, fariam o mesmo que fazem Se os políticos aceitariam o Dá pra acreditar?! os aliados de hoje. Em campanha, Dilma novo tributo, não há dúvida. Com a votação da Emenprometera regulamentar a Porque, canalizando um emenda da saúde sem criar da 29, que regulamenta os novo método para novos tributos. Hoje, pagastos do setor, marcada arrecadação de verbas, a para o dia 28, e a falta de fim de dar suporte à saúde, rece ter arquivado o compromisso. Depois de tanconsenso sobre o tema, o seria ótimo. Agora, a governo agora tenta retartos “rodeios”, ontem (1º) interrogação que fica é: dar a votação. Para tanto, ela declarou que haverá alguém pediu se o necessidade de criação de adotou a estratégia de sucontribuinte aceitaria? um imposto para o financiperestimar um erro no proamento da saúde. E que, se jeto, alegando que, se for aprovado, vai “lutar” para aprovado como está, o país pode perder cerca de R$ 6 bilhões que hoje que os recursos cheguem ao seu destino. são gastos na área. O erro refere-se ao Isso tudo em prol de serviço público de qualidade. Que precisa melhorar, assim como percentual que os Estados devem gastar com as pessoas melhoram, aos poucos, de vida. saúde. Texto aprovado na Câmara diz que os Ora, bolas, e já não deveríamos ter serviço governadores não precisariam incluir no cálculo de investimentos o repasse do Fundo público de qualidade pelos inúmeros imposde Manutenção e Desenvolvimento da Edutos que pagamos? cação Básica (Fundeb) para os municípios. Se os políticos aceitariam o novo tributo, não há dúvida. Porque, canalizando um novo O problema é apontado três anos após a método para arrecadação de verbas, a fim aprovação do texto principal. Para a votade dar suporte à saúde, seria ótimo. Agora, ção ser concluída na Câmara, falta apenas votar um destaque, mas o texto ainda precisa a interrogação que fica é: alguém pediu se o voltar para o Senado. contribuinte aceitaria? Em vista de tudo isso, o governo pediu Já temos o peso em nossos ombros por carregar tantos impostos. São centenas deum estudo para “dimensionar o tamanho do les, de todos os tipos, um mais ou a menos problema”, mas muitos são contra, dizem faria a diferença?! que não há tempo.

EXPEDIENTE Um jornal de bom senso Diretores Arno Kunzler Jornalista Reg. Prof. nº 274/02/38 E-mail - arno@opresente.com.br Paulo Rodrigo Coppetti paulorodrigo@opresente.com.br Editora-chefe Ana Paula Wilmsen DRT/PR nº 8352 jornalismo@opresente.com.br Editora O Presente Ltda Rua Sete de Setembro, 1233 - Centro Marechal Cândido Rondon - PR - CEP: 85960-000 Fone/fax (45) 3254-1842 CNPJ – 84.812.049/0001-39 Internet – www.opresente.com.br

Filiado à ADI Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná Comercialização: Paraná/São Paulo/Rio de Janeiro Merconeti - Ricardo Takiguti (41) 3079-4666 ricardo@merconeti.com.br Sucursal ADI - SP Contato Comercial : Mauro Machado 011-3063-5677 / 3777-8938 - Alameda Lorena, 1304 Conj-703 - São Paulo - SP - CEP 01424-001

Comercialização: Brasília Central de Comunicação - (61) 3323-4701

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

João Luis Nogueira O QUE PODERIA MUDAR COM A SAÍDA DE WAGNER ROSSI DO MAPA Na semana passada, assumiu o comando do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) o deputado Mendes Ribeiro. Oriundo do Rio Grande do Sul, Mendes Ribeiro não fez questão de esconder que tem pouca intimidade com o setor de agronegócio, mesmo sendo o seu Estado um dos grandes produtores do país. Este fato, ser ou não ligado ao setor, não tem qualificado os últimos ocupantes deste cargo para um lugar junto à cúpula do governo - pelo menos no que se refere à construção de políticas que realmente atendam aos anseios da classe -, ou seja, as decisões continuam nas mãos da equipe econômica. Por outro lado, desta vez a mudança acontece em meio a uma série de denúncias de irregularidades na pasta e na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), órgão que Wagner Rossi também esteve à frente, que é importantíssimo na condução de políticas de comercialização, no momento e principalmente no futuro, nada é mais imprescindível que zelar pelo abastecimento. Na posse de Mendes Ribeiro, a presidenta Dilma Rousseff foi enfática: “devemos lutar nos organismos internacionais contra o protecionismo e as práticas comerciais danosas ao Brasil”. Pela percepção da presidenta, parece ser o momento adequado para impor mudanças extremamente necessárias ao órgão, um momento adequado para ocupar os profissionais de carreira, inclusive para cargos como secretarias executivas, afinal, é assim nos Ministérios da Fazenda e Banco Central. Os fatos ocorridos tanto no Mapa como na Conab deixaram transparecer, sobretudo, uma falta de profissionalismo, além de um número excessivo de cargos comissionados em funções estratégicas, que exigem um mínimo de preparo. Talvez por estas razões, nos últimos anos, por falta de conhecimento adequado acerca da conjuntura que envolve a produção agropecuária, chegouse até a reduzir o preço mínimo do trigo e não se vê nenhum avanço em termos de políticas de mercado externo, tão necessárias para aumentar a competitividade nacional. O momento que vive o agronegócio brasileiro e sua importância perante as demandas mundiais, especialmente na próxima década por ser considerado potencialmente o maior fornecedor de alimentos, sugere um plano por parte do governo de médio a longo prazo, e isto começa pela formação de uma boa equipe. Já não é sem tempo que ocorra um entendimento em Brasília da importância de um setor que gera mais de 30% dos empregos e participa com 25% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, em um momento crucial para a economia do país como um todo. Apesar do pouco conhecimento do ministro que acaba de assumir, foi importante suas declarações de que irá intensificar o diálogo com lideranças do setor produtivo. Um bom começo pode ser consultando os técnicos da Conab ou o livro que os mesmos publicam todos os anos sobre políticas públicas e mercado agrícola. Tenho certeza que será um bom começo. * O autor é administrador de empresas e técnico do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab) do Núcleo Regional de Toledo jraimundonog@yahoo.com.br


SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

O PRESENTE |

Quase decidido Uma conversa com o presidente estadual do PDT, Osmar Dias, e outra com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, são os encontros que devem selar o destino do ex-deputado Gustavo Fruet. O encontro com Paulo Bernardo está sendo aguardado desde o final da semana passada. O que interessa a Fruet é que se estabeleça um entendimento entre o PDT, seu provável futuro partido, e a liderança do PT, que representa a corrente que domina o partido no Estado. “Preciso ter duas ou três conversas”, disse o exdeputado, acrescentando que o tema não é sobre coligações possíveis para sustentar sua candidatura a prefeito. Gustavo disse que, dificilmente, poderia entrar num partido, agora, já com aliança assegurada. “Não tem como antecipar coligação”, afirmou. O ex-deputado afirmou que, neste momento, sua preocupação não é com tempo no horário eleitoral gratuito. “Acredito que a eleição local, desta vez, não terá os programas de televisão como prioridade. Pouco tempo na TV pode ser superado com outras formas de comunicação”, disse Gustavo, revelando que seu objetivo é garantir que os cenários federais, estaduais e municipais sejam devidamente harmonizados.

03

Lei da recíproca Arquivo/OP

“Preciso ter duas ou três conversas”, diz Gustavo Fruet, acrescentando que o tema não é sobre coligações possíveis para sustentar sua candidatura a prefeito

Oportunidade de cisão Há duas semanas, Gustavo já conversou com o presidente estadual do PT, Enio Verri. Em Curitiba, o partido discute o lançamento de candidatura própria. Mas nos bastidores, o grupo que comanda o partido trabalha com a tese de um apoio já no primeiro turno a Gustavo se ele estiver filiado a um partido da base aliada do governo no Congresso Nacional. O raciocínio de uma parcela do PT é que Gustavo representa uma oportunidade de cisão do grupo do governador Beto Richa (PSDB), que é o principal obstáculo do partido ao projeto de eleição da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, para o governo em 2014.

PV De outra forma, continuam rendendo as especulações de que o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, poderia vetar a aliança com o PV, caso o partido for o escolhido pelo ex-deputado federal. O PV também disputa o “passe” de Fruet. Para o deputado estadual Rasca Rodrigues (PV), Fruet está em uma “sinuca de bico”, indeciso entre um projeto de poder e um projeto político. O projeto de poder, segundo ele, seria a adesão ao PDT, que integra a base do governo Dilma e está alinhado ao PT no plano federal. Já o PV, segundo o deputado, seria um projeto político, que permitiria a Fruet manter uma coerência maior em relação à sua trajetória política anterior, que se notabilizou pelo combate à corrupção e a atuação na CPI que investigou o “mensalão”.

PRIMEIRA REDUÇÃO DE JUROS A “substancial deterioração” do quadro econômico global nas últimas semanas e a pressão de última hora vinda do próprio governo fez o Banco Central manobrar a economia em 180 graus. Influenciado pela percepção de que a crise deve manter a economia mundial em ritmo lento por “um período de tempo maior do que o antecipado”, a instituição preferiu interromper o ciclo de alta iniciado em janeiro e anunciou na quarta-feira (31) e a redução da taxa básica de juros do país em 0,50 ponto porcentual, para 12% ao ano. É a primeira redução dos juros no governo Dilma. Após cinco aumentos seguidos do juro entre janeiro e julho - que somaram 1,75 ponto à taxa Selic - o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC entendeu que não havia razão para continuar subindo o juro. Pelo contrário, mudou radicalmente de opinião em 45 dias. Assim, os diretores do BC mostram que, após meses de trabalho para segurar a alta da inflação e esfriar a economia, agora é necessário acelerar a atividade econômica em reação à crise global.

Provopar rondonense O deputado estadual Ademir Bier encaminhou ao Plenário da Assembleia Legislativa do Paraná, na última quarta-feira (31), o projeto de lei que visa declarar de utilidade pública o Provopar - Ação Social de Marechal Cândido Rondon, que foi criado oficialmente no município no dia 21 de junho de 1998, sendo uma Sociedade Civil sem fins lucrativos, com finalidades filantrópicas, prazo e duração ilimitados, regido pelo Estatuto e pela legislação aplicável. Com a proposição, a entidade rondonense poderá ser declarada de Utilidade Pública Estadual.

As empresas e pessoas físicas teriam que implantar o tal do 0800, com aquele interminável questionário para ir digitando números, conforme o assunto e a cidade, só para provar aos bancos e algumas instituições que fazem isso com seus clientes que isso não é para melhorar o atendimento, como insistem em dizer na hora que você precisa deste serviço. Este mecanismo de afastar o consumidor para longe é uma tática que deixa a maioria das pessoas profundamente chateadas e enervadas pela impessoalidade, pela demora e, sobretudo, pela forma inflexível como fica a relação. Se todos tivessem possibilidade de fazer o mesmo, talvez estas instituições pensariam diferente, antes de colocar aquela vinheta que diz que isso foi feito para melhorar o atendimento...

SAIA-JUSTA O parecer favorável do Tribunal de Contas às finanças dos governos Requião e Pessuti relativas a 2010 colocaram a bancada do PMDB na Assembleia Legislativa em uma “saiajusta” inédita. É que os deputados peemedebistas aderiram recentemente à base do governo Beto Richa (PSDB), que acusa a administração anterior de ter deixado um “rombo” nas contas do Estado. E os parlamentares agora terão que votar o parecer do TC. A dúvida é se os deputados do PMDB vão defender a administração do partido, ou seguir a orientação do novo governo, a quem se alinharam. “Vamos votar favorável”, garante o líder em exercício da bancada do PMDB na Assembleia, o deputado Nereu Moura. “O TC aprovou, assinalou algumas irregularidades que se repetem todos os anos, mas que não comprometem. Não são práticas de delitos. São irregularidades técnicas”, alegou.

Multa anulada O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anulou mais uma multa aplicada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná, de R$ 600 mil, à coligação que era liderada por Osmar Dias (PDT), que disputou o Governo do Estado nas eleições de 2010. O senador Roberto Requião (PMDB) e a ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann (PT) também se livraram da pesada multa. O pedido da pena aos três partiu da coligação de Beto Richa (PSDB) em razão da distribuição de panfletos contendo gráfico com pesquisa de opinião. Na semana passada, o TSE já havia reduzido outra multa contra Osmar de R$ 600 mil para R$ 20 mil. A alegação do PSDB era que o adversário invadiu o tempo de televisão dos candidatos a deputado federal.

Obrigat oriedade do Obrigatoriedade pont o ele trônico ponto eletrônico O Ministério do Trabalho adiou para o dia 03 de outubro a vigência da utilização obrigatória do Registrador Eletrônico do Ponto (REP) no Brasil. Em nota, o Ministério afirma que decidiu adiar a vigência do novo ponto eletrônico, que seria a partir de ontem (1º), diante do pedido de reconsideração da data, por parte das Confederações Patronais, e do andamento das negociações para o aperfeiçoamento do sistema.


04 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

HARTO VITECK

Poesia anotada

harto.viteck@gmail.com

O RIO

Cotidianas... “Creio que é tempo de o Brasil aprender a amar a natureza, as florestas, os rios, os lagos, os bichos, os pássaros. Creio que é preciso reformular nosso conceito de patriotismo. Patriotismo, para mim, é proteger o nosso patrimônio”. Roberto Burle Marx 1909-2004 - renomado paisagista paulistano-carioca distinguido e premiado internacionalmente. Artista de múltiplas artes, foi também desenhista, pintor, tapeceiro, ceramista, escultor, pesquisador e criador de joias, sensibilidades que conferiram características específicas à toda a sua obra. (bmcl)

O COLAPSO DA UNIÃO SOVIÉTICA (parte final) ... Depois de três dias, o estado de emergência foi revogado e Gorbatchov, visivelmente abatido, retornou a Moscou no dia 22 de agosto. Os autores do golpe foram presos, alguns deles cometeram suicídio. O Partido Comunista foi proibido no dia 29. ... A linha dura comunista pretendia salvar a União Soviética, mas o golpe acabou tendo um efeito catalisador entre as repúblicas. Ainda durante a situação de exceção, a Estônia declarou sua independência da União Soviética, seguida pela Ucrânia e logo por outras repúblicas. Gorbatchov tentava em vão fazer valer o novo tratado. ... Três meses após o golpe, os presidentes da Rússia, da Ucrânia e de Belarus formaram a Comunidade de Estados Independentes (CEI). No dia 26 de dezembro de 1991, a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas foi oficialmente dissolvida, e Gorbatchov renunciou. Erro primário - Duas décadas depois, o especialista em Leste europeu

É fácil ter um elefante, difícil é cuidar dele. Dia bom para preguiçoso é o dia seguinte. Homem de juízo não diz o que faz, mas nada faz que não possa ser dito.

Amenizando Amenizandoooestresse estresse Gerhard Simon, da Universidade de Colônia, na Alemanha, ainda considera “intrigante” que o colapso da URSS tenha se dado de forma tão rápida e relativamente não violenta: ... “Uma potência mundial pode sair de cena dessa maneira, como no teatro, onde se desce a cortina e todos vão para casa?”. Para ele, a força da União Soviética foi superestimada: “Em relação às armas atômicas, eles eram realmente fortes, mas, no que se refere ao poder econômico, a União Soviética nunca esteve em condições de competir com os Estados Unidos”.

- de Jack Kornfield*

“Não somos donos de nada. Nem de nós mesmos. Se fôssemos não aceitaríamos a morte”.

“Dias de luta, noites de glória”.

Reprodução

................................................

Amar plenamente e viver bem exige de nós o reconhecimento final de que não temos nem possuímos coisa alguma - nem a casa, nem o carro, nem as pessoas que amamos, nem sequer o nosso próprio corpo. A alegria e a sabedoria espirituais não vêm através da posse, mas, sim, através da nossa capacidade de abertura, de amor mais pleno, de mudança e liberdade na vida. Essa não é uma lição a ser adiada. Um grande mestre assim o explicou: “Seu problema é que você pensa que tem tempo”. Não sabemos quanto tempo temos. O que seria viver com o conhecimento de que este talvez seja o nosso último ano, a nossa última semana, o nosso último dia? À luz dessa pergunta, podemos escolher um caminho com o coração. --------------------------------------------------------------------------------------* 1945 -... - religioso budista estadunidense

Através de antigos Sedimentos, rochas Ignoradas, ouro Carvão, ferro e mármore Um fio cristalino

Sequioso de espaço Em busca de luz. Um rio nasceu. Vinicius de Moraes

..........................................

1913 -1980 - poeta carioca

‘maior erro’ da propaganda e da ideologia soviéticas foi ter se comparado com o mundo capitalista desde o início. Eles colocaram a corda no próprio pescoço”, diz Simon. Ieltsin queria o fim da URSS - O especialista em Leste europeu considera espantosa a situação no país central da União Soviética. “Na história internacional é muito raro isso, de grupos de sustentação do Estado - como a classe política russa - não quererem mais a União Soviética”. Simon refere-se a Ieltsin, que teria tomado gosto pelo poder.

Das Vias Curitibanas

A minha pátria começa no fundo do meu quintal e vai pela frente da minha casa.

Simeon Klein (1952 - ... - pacifista americano)

Estremeceu, da terra.

Partiu fragilmente

PARA-CHOQUE DE CAMINHÃO:

... Milhões de cidadãos da União Soviética sonhavam com os produtos do mundo capitalista, como carros, sapatos ou cosméticos que eles não podiam ter, argumenta o especialista. “O

..........................................................................................................

A mais, e o ventre grávido

Distante milênios

... A concorrência entre o comunismo e o capitalismo teve papel central na queda da URSS, opina Simon: “O sistema soviético também foi à ruína porque existia o Ocidente, com uma melhor economia, mais liberdade, a fascinação pelo ‘Ocidente dourado’”.

Lição a não ser adiada

Uma gota de chuva

Cabeça de Coruja O desejo é mais amplo que o amor. Porém, o desejo de amor é o mais poderoso dos desejos. Octávio Paz 1914 - 1998 - poeta e escritor mexicano

ZUM

... O então presidente havia impulsionado a soberania da Rússia e mais tarde ordenado que as autoridades soviéticas em Moscou não recebessem mais pagamentos. “Ieltsin queria acabar com a União Soviética - sobre isso não há a menor dúvida”, afirma Simon. ... Ieltsin teria, no entanto, agido de maneira pouco altruísta frente às outras repúblicas soviéticas, em 1991. O presidente russo pensava que Moscou conseguiria manter sua influência na CEI, diz Simon. O fato de as coisas terem sido diferentes mostra, diz o especialista, que Ieltsin (imagem central) assim como Gorbatchov - não teria avaliado bem as consequências de seus atos. (tta/ta/roman goncharenko(ff); alexandre schossler/dw - hvop)

SCHLUSS

“O maior monumento que a imbecilidade humana já produziu no campo das artes plásticas foi a Disneylandia. Seu equivalente brasileiro se chama Beto Carrero. Ele é a versão caricaturada e traída da cavalhada, um espetáculo autêntico e belíssimo. É significativo que seus personagens usem chapéu de texano”. De Ariano Suassuna ( 1927 -...), teatrólogo e romacista paraibano,

..........................................................................................................

sobre a “invasão cultural” globalizada, em “Revista Veja”


SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

POLÍTICA

O PRESENTE | 05

ECONOMIA

Conjuntura internacional determinará rumos da taxa de juros Na avaliação da presidenta, a crise econômica terá duração longa, de mais de dois anos

A

presidenta Dilma Rousseff disse ontem (1º) que o comportamento da taxa básica de juros (Selic) no Brasil dependerá da conjuntura internacional. Na quarta-feira (31)

o Banco Central (BC) decidiu reduzir a Selic em 0,5 ponto percentual, para 12% ao ano. Embora tenha defendido a queda dos juros na última terça-feira (30) e dito que a elevação do superávit primário pelo governo federal criava condições para que isso ocorresse, a presidenta destacou que o BC tem autonomia. “Desde o governo do ex-presidente Lula, e até anteriormente a ele, optouse por uma relação entre o governo e o Banco Central de autono-

mia. Acredito que a situação internacional mudou o sentido do que estava acontecendo, porque vimos três aumentos de taxas de juros no início do nosso governo. Acredito que, dependendo do que ocorrer na conjuntura internacional, teremos um aumento ou diminuição (dos juros), não dá para, de forma muito antecipada, prever isso”, disse. Na avaliação da presidenta, a crise econômica terá duração longa, de mais de dois anos, e as

consequências ditarão o ritmo de algumas decisões econômicas daqui para frente. “Ninguém sabe como vai se comportar, se houver quebra de banco é um cenário, se a crise continuar com as economias internacionais com processo de estagnação, na melhor hipótese, e de depressão, na pior hipótese, temos outra configuração.” A presidenta voltou a dizer que o Brasil deve usar a crise econômica como uma oportunidade para fortalecer as indústrias e o merca-

do interno. “O governo mantém o investimento, programas sociais, estimula a economia, mas tem que dar um exemplo de austeridade, por isso aumentamos nosso superávit em R$ 10 bilhões, porque achamos que se abre uma oportunidade com essa crise”, destacou. “Para isso temos que nos fortalecer economicamente, melhorar a gestão pública e tirar disso todas as oportunidades para que o Brasil transforme os efeitos dessa crise em seu favor”, acrescentou.

Dilma está disposta a negociar dívidas dos Estados O governo federal está disposto a negociar com os Estados para “repactuar” as dívidas que eles têm com a União. Foi o que afirmou ontem (1º) a presidente Dilma Rousseff, segundo a qual, as mudanças transcorridas desde o refinanciamento dos débitos mobiliários dos Estados, a partir de 1998, exigem uma alteração no “perfil” dessas dívidas. Quando a União assumiu as dívidas, os Estados se comprometeram a pagá-las em 30 anos, prorrogáveis por mais dez, com juros em torno de 7,5% ao ano e corre-

ção pelo Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna (IGP-DI), mais uma amortização de 13% da receita líquida. Os governadores afirmam que, nesses termos, as dívidas são impagáveis e, além da renegociação, reivindicação a substituição do IGP-DI pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), usado pelo governo até para medir a inflação. Em encontro promovido há duas semanas em Belo Horizonte, secretários de Fazenda afirmaram que o estoque da dívida saltou de R$ 93,24 bilhões em 1998 para R$ 350,11 bilhões

em 2010, um aumento de 275,5%, sendo que, neste período, os Estados desembolsaram R$ 135,21 milhões apenas com o serviço da dívida. Minas, por exemplo, desembolsa cerca de R$ 4 bilhões por ano apenas com o pagamento de juros. “Quando foi feito esse processo das dívidas, o governo federal assumiu as dívidas dos Estados. E a partir daí fizeram um contrato e definiram uma taxa de juros e um prazo limite para pagamento. Agora, o Brasil mudou, a situação internacional mudou e também acredito

que os Estados tiveram uma melhoria muito grande na sua atuação, (com) maior eficiência. Então, o que é importante: rever esses contratos”, afirmou a presidenta. Dilma salientou, porém, que não é possível renegociar inteiramente os contratos porque o governo federal “teria de ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal”. “Mas é possível conseguir uma série de medidas e de alterações. Por exemplo, dar outro tratamento à taxa de juros. É possível mudar o perfil dessa dívida. Em alguns casos, inclusive

renegociá-la”, ressaltou. Ela observou que o Planalto está fazendo uma "atuação" junto a instituições de fomento como o Banco Mundial e o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) para que eles emprestem recursos aos Estados, o que, segundo ela, facilitaria o pagamento. “Porque a dívida que o Banco Mundial oferece é à taxa de juros internacionais, que são muito baixas. Seria possível o Estado tomar esse dinheiro e refazer o seu perfil de dívida”, avaliou.


GERAL

06 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

PERÍMETRO URBANO DE RONDON

Dnit admite falhas no projeto da BR-163,

Conforme superintendente do órgão federal, trincheiras podem ser instaladas nos trevos com um novo projeto. Já viadutos estão descar tados devido ao alto custo

O

auditório da Prefeitura de Marechal Cândido Rondon reuniu um grande número de pessoas para o encontro realizado na tarde de ontem (1º) com o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), José da Silva Tiago, cujo objetivo principal foi debater o projeto de adequação da BR-163, especialmente no trecho de cinco quilômetros no perímetro urbano do município que será duplicado. A reunião foi encabeçada pelo prefeito Moacir Froehlich e contou com a presença do vice-prefeito Silvestre Cottica, secretários, vereadores, deputados federais Dilceu Sperafico e Moacir Micheletto, deputados estaduais Ademir Bier e Elton Welter, empresários, industriais que têm seus empreendimentos instalados às margens da rodovia, líderes comunitários, dentre outros. Duas são as grandes preocupações que envolvem a obra. A primeira é com o acesso seguro dos moradores que precisam todos os dias atravessar a rodovia para se deslocar de um lado para outro da cidade, tendo em vista que no projeto não consta trin-

cheira ou viaduto. Já a segunda dúvida é como ficará o acesso às indústrias instaladas às margens da BR-163, tendo em vista que a duplicação causará muitos transtornos devido à falta de ruas marginais. Durante o encontro, o prefeito falou sobre o processo que se estende há alguns meses na busca de mecanismos que possam garantir segurança aos rondonenses no seu ir e vir. Diariamente, em torno de 12 mil veículos passam pelo trecho, sendo que aproximadamente 80% do tráfego são de veículos pesados. Ele revelou que recebeu orientações por parte de engenheiros do Dnit para aguardar a homologação da obra - que ocorreu no início de julho último - para daí trabalhar em prol de adequações necessárias para ajustes no projeto. Isto porque com a ordem de serviço assinada o recurso para a restauração e conservação do segmento estaria garantido.

FALHAS NO PROJETO

Em sua explanação, o superintendente do Dnit, José da Silva Tiago, admitiu que o projeto de duplicação no perímetro urbano contém falhas e que possivelmente não seja o mais adequado para a realidade local. Entretanto, ele detalhou o motivo pelo qual o órgão federal não enviou especialistas ao município rondonense para se reunir com a comunidade e discutir quais os principais anseios. “Como todos devem saber, a obra da BR-163 entre Marechal Rondon e Guaíra conta com recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Quando obras não são

Viaduto descartado O superintendente do Dnit descartou a instalação de viadutos no perímetro urbano de Marechal Rondon. De acordo com ele, a obra possui um alto custo e não atenderia à demanda do município. Ele afirma que o mais adequado no futuro é a opção por trincheiras, as quais atenderiam bem as necessidades do segmento. Tiago disse ainda que dentro do contrato assinado para restauração e adequação dos 63 quilômetros não está contemplada nenhuma passagem em desnível e que a mesma não pode ser incluída na atual etapa do processo. “É inviável, é ilegal e é impossível colocar nem que fosse um viaduto sequer dentro do contrato que existe. Está sendo feito um determinado serviço e existe a possibilidade de readequá-lo dentro do que está contratado. Podemos mexer em uma interseção ou volume de serviço, desde que não ultrapasse o limite legal de aditivo, que é de 25%”, explicou. Os deputados estaduais Ademir Bier e Elton Welter e os deputados federais Dilceu Sperafico e Moacir Micheletto demonstraram solidariedade com os anseios da classe industrial e disseram que estão à disposição da comunidade rondonense, caso seja necessário trabalhar para conseguir recursos para uma segunda etapa do projeto, que poderia contemplar melhorias, como as trincheiras.

Maria Cristina Kunzler

O projeto da BR-163 no perímetro urbano rondonense foi amplamente discutido entre autoridades, industriais e o superintendente do Dnit: avaliam-se alternativas como instalação de semáforos para garantir segurança a moradores

iniciadas no seu tempo normal, às vezes podem ser retiradas do programa, como já aconteceu com vários projetos. Como não tínhamos um projeto de engenharia específico deste segmento que licitamos entre os dois municípios, fizemos uma interação com o Governo do Estado, o qual já possuía um projeto de restauração e adequação do trecho, que contava com terceiras faixas para melhorar a trafegabilidade, dado o volume de tráfego na via. Analisamos previamente e chegamos à conclusão de que seria o projeto adequado para recebermos por doação e imediatamente enviamos uma delegação para Brasília para que pudéssemos acelerar o procedimento licitatório. Fizemos a licitação em um tempo recorde. Assinamos o contrato e já estamos iniciando o empreendimento”, relembra. Tiago ressalta que o próprio Dnit poderia ter elaborado o projeto para ser licitado, atendendo em sua integralidade os anseios da comunidade local, contudo, ele enfatiza que por ser uma obra que foi incluída no PAC, a Superintendência no Paraná estava em uma corrida contra o tempo para não correr o risco de perder o recurso. “Como gestor do Dnit, entendo que de maneira alguma poderíamos perder a oportunidade de realizar a obra de imediato. Não é um projeto perfeito, mas só o fato de aproveitarmos os recursos existentes e iniciarmos de imediato a obra já é um fator altamente positivo para a região”, enaltece.


SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

GERAL

O PRESENTE | 07

mas adequações devem ficar para 2ª etapa Maria Cristina Kunzler

Durante sua explanação, o superintendente do Dnit, José da Silva Tiago, criticou duramente o estado no qual o órgão recebeu o segmento entre Marechal Rondon a Toledo: “Não se pode jogar a responsabilidade em cima do governo federal”

R$ 114 MILHÕES Nos 63 quilômetros que separam Marechal Rondon e Guaíra será feita implantação de terceiras faixas numa extensão de 12,6 quilômetros em alguns pontos específicos, implantação de acostamento de 2,5 metros de largura em cada lado da pista, duplicação de 5,4 quilômetros no perímetro urbano da cidade de Marechal Rondon, colocação de tachas e tachões, nova sinalização horizontal e vertical, drenagem e trabalho de recuperação ambiental, dentre outros. A obra custará R$ 114 milhões e a empresa Delta Construções, vencedora do processo licitatório, tem 720 dias para concluir os trabalhos.

ANSEIO INDUSTRIAL

Vice-presidente da Associação Comercial (Acimacar) para Assuntos da Indústria e diretor de marketing da Tropical Cabines empreendimento instalado às margens da BR-163, Josué Maioli falou na reunião como representante do setor industrial. Ele comentou em seu discurso que Marechal Cândido Rondon é um município que prosperou muito de alguns anos para cá e novas indústrias se instalaram na cidade. O crescimento trouxe como consequência o fato da rodovia passar hoje pelo perímetro urbano. “Existem cerca de seis mil pessoas que habitam do outro lado da rodovia e que na grande maioria precisam atravessar diariamente a BR-163 para ir ao tra-

balho e ir à escola. Além disso, do lado de lá da cidade estão instaladas grandes indústrias do município e todos os dias funcionários precisam atravessar a rodovia para ir ao seu local de trabalho. O projeto proposto é inadequado em relação ao que necessitamos. Precisamos de uma obra mais imponente e que nela estejam contemplados viadutos. Sabemos que não é fácil, mas é a necessidade”, declara, segundo o qual, uma das preocupações é com a possibilidade de futuramente ter que desapropriar áreas para instalar viadutos, tendo em vista que a duplicação com a implantação de rotatórias, como consta no projeto original, ocupará muito espaço, já que estão previstos canteiros centrais.

BR-163: MARECHAL RONDON A TOLEDO O superintendente do Dnit no Paraná, José da Silva Tiago, criticou duramente o estado em que o órgão federal recebeu a BR-163 do Governo do Estado, tanto no trecho de Guaíra a Marechal Cândido Rondon como de Marechal Cândido Rondon a Toledo. Neste último caso, a transferência de competência aconteceu em dezembro do ano passado. Ele enfatizou as péssimas condições de trafegabilidade. “Não se pode jogar a responsabilidade em cima do governo federal e querer que em cinco meses se comece um trabalho de duplicação da rodovia. Isso é impossível. Até o dia 15 de setembro deve ser assinada a ordem de serviço para realizar os trabalhos de conservação no trecho entre Marechal Cândido Rondon a Toledo, que contempla, além da operação tapa-buraco, correção de pontos localizados, correção de segmentos que estão deformados, limpeza da rodovia e pintura e instalação de novas placas. Sabemos que não é o suficiente, mas estamos atendendo de momento aquilo que o gestor público pode fazer”, salientou. Além do deputado federal Dilceu Sperafico, que já demonstrou publicamente estar engajado na duplicação do trecho entre Rondon e Toledo, o deputado estadual Elton Welter também abraçou a causa. “Eu quero a duplicação. Estou conversando com o superintendente do Dnit e acredito que ele vai nos dar o sinal verde em breve para trabalharmos para isso. Vamos cobrar e se depender de mim o trecho será duplicado. Tenho fé de que será possível licitar a obra já no ano que vem. Estamos empenhados nisso e tenho convicção de que já há um convencimento da parte do próprio Dnit que percebeu a importância da duplicação deste trecho”, declarou ontem (1º).

Superintendente manifesta apoio às reivindicações de Guaíra Divulgação

O prefeito de Guaíra, Manoel Kuba, também se reuniu ontem (1º) com o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Paraná, José da Silva Tiago. O deputado estadual Elton Welter e demais autoridades municipais também participaram do encontro em que foram debatidas algumas obras que são consideradas fundamentais para o Estado e o município. Durante o encontro, o prefeito fez questão de debater os problemas de acesso ao município e de solicitar apoio na articulação e na solicitação de recursos. “Devido ao aumento no turismo de compras, estamos solicitando ao Ministério dos Transportes melhorias nos acessos da Ponte Ayrton Senna, através das avenidas Almirante Tamandaré e Oswaldo Cruz. Hoje foi um dia importante para o

município de Guaíra, pois recebemos manifestações de apoio de diversas lideranças políticas”, discorre Kuba. Segundo Tiago, o Dnit analisará as principais necessidades da cidade e assim que possível articulará para que os problemas sejam solucionados. “Nós nos comprometemos em auxiliar o prefeito, representando a esfera federal para buscar recursos para o início das obras do contorno viário, vamos trabalhar juntos”, explana. O deputado estadual Elton Welter manifestou ainda apoio na resolução dos problemas de tráfego no município. “Sou parceiro de Guaíra e quero ajudar em tudo que for possível”, expõe. “Vamos articular com as lideranças políticas para atender as necessidades desta cidade, existem muitos projetos bons para serem executados”, completa.

Em reunião, em Guaíra, o superintendente José da Silva Tiago garantiu ao prefeito Manoel Kuba que o Dnit irá buscar soluções para facilitar o acesso à Ponte Ayrton Senna


GERAL

08 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

EXTENSÃO

Empresários terão atendimento gratuito na universidade E

Núcleo de Práticas Sociais Aplicadas oferecerá assessoria jurídica, em gestão e contabilidade

Carina Ribeiro/OP

Diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Juarez Bortolanza: “É uma forma de integrar os cursos e atender a comunidade externa”

mpresários de Marechal Cândido Rondon terão, a partir dos próximos dias, mais uma ferramenta para melhorar o desempenho de mercado. O Núcleo de Práticas Sociais Aplicadas da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), que realizou na noite de ontem (1º) a abertura das atividades, pretende oferecer gratuitamente assessoria jurídica, em gestão e contabilidade. A informação é do diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Juarez Bortolanza. Segundo ele, o objetivo é promover uma integração das atividades do Centro com a comunidade externa. “Os professores dos cursos integrantes do Centro - Administração, Ciências Contábeis e Direito - poderão desenvolver trabalhos de ensino, pesquisa e extensão”, declara. Além disso, os trabalhos de conclusão de curso e estágios supervisionados que fa-

zem parte das atividades de ensino terão no núcleo um segundo momento, mediante convênio com a Associação Comercial (Acimacar). “Será uma forma direta e participativa de atender os filiados a esta instituição, onde os trabalhos poderão ser realizados de forma integrada entre os cursos”, expõe. Por outro lado, os comerciantes contarão com atendimento prestado por acadêmicos e orientado por professores universitários. “Nosso objetivo é oferecer esse benefício às empresas da cidade, como uma contrapartida da academia para a sociedade onde está inserida”, salienta o docente. Atualmente, o núcleo está fazendo a implantação da sala de treinamentos, onde futuramente poderão ser promovidos cursos. “Nossa intenção é gradativamente ir ampliando a gama de serviços oferecidos”, adianta Bortolanza.


SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

GERAL

O PRESENTE | 09

VISITA A TOLEDO

Produtores entregarão carta de reivindicações ao ministro Divulgação

Objetivo é pedir solução para problemas do setor, dentre eles a redução dos recursos destinados à subvenção do seguro agrícola da safra 2011/2012

P

rodutores rurais de Toledo pretendem aproveitar a visita do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, ao município na

próxima segunda-feira (05), para realizar a entrega de uma carta de reivindicações do setor. A informação é do presidente do Sindicato Rural de Toledo, Nelson Paludo. A autoridade federal participará da cerimônia em comemoração à conquista do município de R$ 1 bilhão no Valor Bruto da Produção Agropecuária, que acontecerá no Teatro Municipal. Conforme Paludo, dentre as reivindicações da classe está a garantia de uma subvenção ao seguro agrícola. “Na hora que a gente mais precisa essa subvenção está falhando”, declara. Isso porque, em pleno proces-

so de contratação de seguros para a safra 2011/2012 os recursos do governo para a finalidade já estão acabando. “A maioria dos produtores nem fez o seguro ainda e já está acabando o dinheiro”, lamenta. O presidente do Sindicato Rural menciona que a redução ou mesmo a perda da subvenção representará uma elevação significativa dos custos de produção, dificultando que os pequenos produtores contratem o seguro. Além disso, a redução poderá representar uma diminuição significativa do número de contratos de seguro. “Se o produtor não tiver seguro e houver uma frustração de safra, haverá muito problema para pagar financiamento, o que gera problema também para os municípios e para o governo”, aponta. Por estes motivos, os produtores rurais pretendem pedir a interseção do ministro na alocação de recursos destinados ao programa de subvenção.

SOLICITAÇÕES

Ainda estarão na pauta de solicitações do setor a regularização do fundo de catástrofe e o retorno das articulações visando incentivar a produção de defensivos agrícolas no país, o que pode representar a redução dos custos de produção agrícola. Outra solicitação se refere ao Crédito Rotativo Rural, que seria uma al-

Presidente do Sindicato Rural de Toledo, Nelson Paludo: “A maioria dos produtores nem fez o seguro ainda e já está acabando o dinheiro para subvenção”

ternativa de desburocratização do acesso ao crédito para o setor. “A intenção é que o produtor não precise carregar tanta papelada todo ano, entre documentações e projeto, para obter crédito”, explana Paludo. Com o crédito rotativo, a intenção é que o pagamento do empréstimo liberasse automaticamente o crédito para a próxima safra. “Isso já vem sendo pedido há algum tempo, mas até agora não foi viabilizado”, expõe. A aprovação do Código Florestal é outro item da pauta. “É preciso que ele seja aprovado, pois é de muita importância para o setor agrícola”, frisa. O presidente do Sindicato Rural

acrescenta que ainda deverá ser incluído na solicitação a compatibilidade dos preços mínimos dos produtos agrícolas com os custos de produção, principalmente do feijão e do trigo, que neste ano tiveram redução, enquanto o custo não acompanhou. “Ainda queremos pedir a garantia de que seja cumprido o preço mínimo estabelecido”, pontua. Uma reunião será realizada hoje (02) com representantes de vários segmentos do agronegócio local visando definir os itens que comporão a carta. “Tentaremos reunir as lideranças possivelmente a partir das 09 horas no sindicato ou na prefeitura”, comenta.


10 | O PRESENTE

GERAL

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

JEAN PIER XAVIER DE LIZ

“JCI de Marechal Rondon é uma referência no Brasil” Maria Cristina Kunzler

Afirmação foi feita pelo presidente da JCI Brasil, durante passagem pelo município, ontem (1º). Conforme o dirigente, organização está em plena expansão no Paraná Presidente da JCI de Marechal Rondon, Roges Freitag, om o objetivo de die o presidente nacional da JCI, Jean Pier Xavier de Liz, vulgar o trabalho da durante visita ao Jornal O Presente, ontem (1º) JCI e estreitar relações com os membros do capí- ar a sociedade a ser melhor, de processo pode levar às vezes tulo local, o presidente da orga- fazer o desenvolvimento de de dois a três anos para estrunização no Brasil, Jean Pier uma sociedade mais justa, mais turar um novo capítulo. Com Xavier de Liz, natural de Rio do próspera e mais sustentável, este auxílio, isso nos possibiSul (SC), esteve ontem (1º) em através dos projetos da JCI e lita em talvez menos de um Marechal Cândido Rondon, onde da capacitação destes jovens ano estruturar uma unidade cumpriu extensa agenda. Em membros para que sejam me- com o número mínimo de visita ao Jornal O Presente, a lhores líderes para melhores membros e já realizar pelo autoridade máxima da entidade sociedades. A JCI tem cres- menos um projeto”, aponta. no país concedeu entrevista e cido e para nós é um motivo de falou sobre o projeto de expan- grande satisfação poder funJCI BRASIL são que está em pleno desenvol- dar e trazer novos membros No âmbito nacional, Jean vimento com a abertura de no- para a organização”, declara. Pier destaca que o momento vos capítulos no Estado, a partir está sendo de colher os frutos de um apoio direto da Federação PROCESSO DE CRIAÇÃO do trabalho, da força, do empedas Indústrias (Fiep), que é a Sobre o processo de criação nho e do esforço dos ex-presimaior apoiadora da organização. envolvendo capítulos da região dentes. Além do fortalecimento De acordo com Jean Pier, o oestina, o presidente da JCI Bra- da base e da sustentação da JCI, Paraná já foi um dos Estados sil destaca a importância que a foram desenvolvidas várias inocom maior número de mem- organização em Marechal Cân- vações, entre elas a criação de bros e de capítulos. Nos últi- dido Rondon está tendo neste novo site (www.jci.org.br), sismos anos houve uma queda nos contexto. “A JCI de Marechal tema de gestão de capítulos, números, mas agora está se Cândido Rondon é uma refe- sistema de avaliação de eventrabalhando para reverter a si- rência no Brasil. É uma das tos e de projetos, censo da JCI, tuação. A expectativa é que JCI’s mais fortes, mais estrutu- material de marketing, busca neste ano 13 novos capítulos radas e nos possibilita ousar ao de apoiadores etc. “Recebesejam criados, dentre eles al- pedir para que destine parte do mos prêmios mundiais e vamos guns que estão seu tempo e parte concorrer a outros. É um ano sendo resgatados, "Estamos há 70 dos seus projetos atípico e de muito trabalho. Escomo é o caso de para auxiliar a cri- tamos há 70 dias visitando capídias visitando Palotina, Mediaação de novos ca- tulos para fazer essa aproximacapítulos para neira, Cascavel, pítulos na região. ção da JCI Brasil com as cidafazer essa Foz do Iguaçu, É um processo de des para conhecer e apoiar. aproximação Araucária, Camaproximação, de Paralelo a isso, contamos com da JCI Brasil po Largo e Lonapoio, de orienta- um projeto grande que é a eleicom as cidades drina. “Tenho dito ção, de capacita- ção neste ano do Congresso para conhecer que não é apenas ção, principal- Mundial da JCI, sendo que ese apoiar" um número, mas é mente nestas ci- tamos pleiteando promover o a força de jovens evento no Rio de Janeiro em dades”, afirma. querendo fazer a diferença na Conforme o dirigente, nas 2013. Ele reúne mais de 100 sociedade, querendo deixar um cidades mencionadas está ha- países e cerca de oito mil pessolastro, querendo não ficar indi- vendo um trabalho de reativa- as. A eleição acontece na Bélferentes. Então a satisfação não ção da JCI e é importante gica em novembro com grandes é somente dizer que atingimos contar com o apoio de uma chances de trazermos este conuma meta de crescimento, e organização próxima e que já gresso para o Brasil, que há sim de saber que está sendo está muito bem estruturada. mais de 50 anos não acontece difundida uma proposta, uma “Isso nos facilita o trabalho e no nosso país”, destaca o premissão, uma filosofia de auxili- nos faz ganhar tempo. Este sidente da JCI Brasil.

C

Miriam Leitão (@MiriamLeitaoCom)

Jornalista

Juros: decisão mostra BC fraco. No blog: glo.bo/mWLyyD

Revista Carta Capital (@cartacapital) De 2000 a 2011, o Rio de Janeiro teve mais vítimas de desaparecimento do que em toda a ditadura migre.me/5Bluz

Ademir Bier (@Ademir_Bier) Deputado estadual do PMDB Dedico meu total apoio à Conferência Estadual sobre Transparência e Controle Social, onde toda política pública é discutida em fóruns.

Gilmar Piolla (@GilmarPiolla) Superintendente de Comunicação da Itaipu Faltam só 70 dias para escolha das sete maravilhas da natureza. É fácil votar nas Cataratas do Iguaçu: envie SMS p/ 22046 c/ a palavra CATARATAS.

Valdomiro Cantini (@CantiniCBN)

Jornalista

Mais denúncias de superfaturamento no governo do Edgar Bueno na Prefeitura de Cascavel: agora na Saúde, pode?

Luiz Cláudio Romanelli (@Romanelli_)

Secretário estadual do Trabalho

Dilma acertou em cheio em reduzir a taxa de juros, a “banca” está gritando. A Mirian Leitão só falta chorar. Alguém pode dizer em reais quanto que a redução de 0,5% na taxas de juro do Banco Central significa de economia para o governo federal?

Cícero Cattani

(@cicerocattani)

Diretor do Hora H News

Reduzindo os juros em 0,5%, com uma dívida pública de R$ 1,7 trilhões, economia de R$ 8,5 bilhões por ano, conclui Romanelli, ouvindo a prima Lucia Bernardi.

Luiz Carlos Hauly (@deputadoHauly)

Secretário estadual da Fazenda

Boa notícia: Câmara aprova projeto do Supersimples e projeto vai ao Senado Federal. Confira: br4.in/CVlup

Jorge Bastos Moreno (@RadiodoMoreno)

Jornalista

A bem da verdade, a decisão da Câmara deveria ser comemorada. Lula não disse que eram 300 picaretas? Agora são apenas 265. É uma evolução!

Fernando Francischini (@DepFrancischini)

Deputado federal do PSDB

Chega de humilhações públicas para Polícia Federal, se o planejamento abandonar a reestruturação vou ser candidato a presidente da ADPF (Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal). Daí o bicho pega.

Paulo Coelho (@paulocoelho)

Escritor

Vocês sabem qual é a palavra em português mais difícil para estrangeiros (qualquer nacionalidade)? Aí vai: CA-BE-LEI-REI-RO.

Alvaro Dias (@alvarodias_)

Senador do PSDB

Oposição resistirá a novo imposto para saúde alvarodias.blog.br/ 2011/09/oposic…

Ronaldo (@ClaroRonaldo) Ex-jogador de futebol Tem certas coisas na vida que só quem viveu pode falar. Eu não sei o que seria da minha trajetória sem os anos em que joguei pelo Corinthians.

Toledo

(@Toledo_PR_BR)

Entrega de novo trecho no interior marca 150 km de pavimentação rural em Toledo bit.ly/pNSGt0

Elton Welter (@DepWelter) Deputado estadual do PT Acompanhando em Guaíra e Rondon a visita do Tiago do DNIT na obra da BR-163. Obra do PAC. Restauração total de Guaíra a Rondon, 12 cm de camada asfáltica com acostamento e terceira pista.

O Jornal O Presente também está no Twitter. Acompanhe: twitter.com/o_presente (@O_Presente)


GERAL

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

O PRESENTE | 11

DE COZINHA

Gás deve ficar mais caro a partir de segunda em Rondon Fotos: Arquivo/OP

Consumidor deverá pagar cerca de 10% a mais pela recarga do botijão de 13 quilos

O

aumento do preço do gás de cozinha (GVL) deverá ocorrer a partir da próxima segunda-feira (05) em Marechal Cândido Rondon, segundo informam os proprietários das revendedoras Ronddogaz e Marechal Ultragaz, Jaciene Thito Tfardoski e Leo Hollmann, respectivamente. Conforme os empresários, a alta deve ser de aproximadamente 10%. Com isso, a recarga do botijão de 13 quilos, que atualmente custa em torno de R$ 45 no mercado local, passará a custar cerca de R$ 49,50. A elevação estava prevista para acontecer ontem (1º), mas os comerciantes resolveram aguardar para conferir qual será o índice real do aumento aplicado pelas

companhias, para só depois repassar a alta ao consumidor. Além disso, eles mencionam que ainda possuem mercadoria em estoque, o que permitirá segurar o preço até a próxima semana. “Ainda tenho um pouco de estoque, por isso, o que tiver de produto ainda posso vender com o mesmo preço”, diz Hollmann. Thito conta que vai receber mercadoria nova hoje (02), quando conhecerá o percentual da alta da companhia e a partir de então programará o repasse ao preço praticado atualmente.

A partir da próxima semana o gás poderá passar a custar em torno de R$ 49,50

MOTIVO

De acordo com eles, dentre os motivos para o reajuste de preço está o aumento dos custos de produção. “Setembro é o mês de dissídio dos funcionários do setor inflamável das companhias. Por isso o aumento vem da origem do produto para cobrir o reajuste da folha de pagamento”, explica Thito.

Por outro lado, Hollmann lembra que o valor não era reajustado há tempo. “O valor praticado em Rondon é o mesmo há vários anos. Só ficou mais em conta devido a uma promoção que teve há alguns meses”, ressalta.

PARANÁ

Jaciene Thito Tfardoski, da Ronddogaz: “O aumento vem da origem do produto (companhias) para cobrir o reajuste da folha de pagamento dos funcionários”

Leo Hollmann, da Marechal Ultragaz: “O valor praticado em Rondon é o mesmo há vários anos”

O preço médio praticado em Marechal Rondon atualmente é cerca de 19% maior do que o preço médio de comercialização do gás no Estado, o que representa em torno de R$ 7,38 a mais que o consumidor local desembolsa pelo produto. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do mês de maio (último levantamento) no Paraná foi de R$ 37,62. No Estado, a alíquota de ICMS do produto é de 17%.


GERAL

12 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

MARECHAL RONDON

Definida a Comissão Central Organizadora da Oktoberfest Ademir Herrmann

No próximo dia 15 serão divulgadas as atrações ar tísticas e culturais, valores de ingressos, patrocinadores e as demais questões que envolvem a organização do evento

D

urante reunião realizada na última quarta-feira (31), no auditório da prefeitura, foi definida oficialmente a Comissão Central Organizadora (CCO) da Oktoberfest 2011 de Marechal Cândido Rondon. O encontro reuniu membros do Poder Público e integrantes de entidades parceiras do evento. Na ocasião, houve a explanação do secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Arlen Güttges, e da secretária de Cultura, Carmen Borzatto, que na semana passada estiveram visitando o município de Blumenau, a fim de conhecer a organização e a es-

trutura da Oktoberfest daquela cidade, considerada a maior festa alemã das Américas. Ao contrário do ano passado, quando a Oktoberfest foi coordenada por entidades devido ao período eleitoral, este ano o evento volta a ser organizado pela prefeitura e entidades da sociedade organizada. A CCO, que é responsável por planejar e supervisionar todas as ações, será composta pelos seguintes membros: prefeito Moacir Froehlich como presidente, viceprefeito Silvestre Cottica como vice-presidente, Lair José Bersch como coordenador-executivo, Amélia Grams como secretária-geral, Clair Zóia ficará na coordenação financeira, Carmen Borzatto na coordenação cultural, Arlen Güttges na coordenação de turismo e comércio, Ito Dari Rannov na coordenação de segurança, Jeferson Trentini na coordenação de animação e cerimonial e Christian Guenther na coordenação jurídica. Tais membros representam a prefeitura e setores afins.

Registro da reunião entre membros da prefeitura e entidades da sociedade organizada ocorrida na quarta-feira (31), ocasião em que foi definida oficialmente a Comissão Central Organizadora

Integram também como entidades da sociedade organizada e que apoiam as atividades e setores de organização da Oktoberfest os seguintes representantes: Mário Fernando de Almeida, da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB); Juliano Kirst, da Associação dos Clubes de Jovens Cooperativistas (ACJC); Aldo Schilke, da Associação dos Servidores Municipais de Marechal Cândido Rondon (Assemar);

Novos conselheiros tutelares são empossados em Pato Bragado Os cinco conselheiros escolhidos pelo voto direto da comunidade de Pato Bragado, no último sábado (27), tomaram posse ontem (1º), em solenidade realizada na sala de reuniões da prefeitura, pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Seis candidatos concorreram às vagas, restando apenas uma suplência. O candidato mais votado foi o professor Valdir Wilhelm com 155 votos, seguido da já conselheira Luciane Strenske Schaeffer (121), Mônica Fernandes em 3º lugar

(107), Cristina Lagemann em 4º (86) e 5º Nadir Depper (64). Na suplência está Marta Marisa Sehn (30), que também já ocupa a vaga atual de conselheira. No pleito eleitoral foram contabilizados 565 votantes, um voto nulo e um branco. A prefeita Normilda Koehler agradeceu o trabalho realizado pelos conselheiros, colocando a equipe administrativa à disposição para prestar todo atendimento necessário. A mandatária salientou a confiança que a comunidade depositou ao votar, sabendo que também haverá cobranças aos eleitos, tendo

os conselheiros que resolver muitos problemas familiares, oriundos, em muitas situações, pela desestruturação familiar. Ao falar em nome dos conselheiros tutelares, o professor Valdir Wilhelm reforçou a importância do apoio da administração municipal no trabalho do novo grupo, que será pautado no compromisso, responsabilidade e seriedade com as famílias. Os candidatos permanecem no cargo pelo período de três anos. Nesse prazo terão direito a salário mensal, 13º e férias. Marili Besso

Prefeita Normilda, vice Luiz Rosinski, presidente da Câmara de Vereadores, Gilberto Maehler, secretária de Assistência Social, Nilce Scherer, e a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Tânia Balz, com os cinco conselheiros eleitos, por ocasião do repasse das chaves da sede do Conselho Tutelar

Mário Kennedi Ferrari, da Sociedade Esportiva e Recreativa do Botafogo; Sidnei Pruinelli, do Conselho do Jovem Empreendedor (Cojem); Elpidio Dall'Agnol, do Centro de Tradições Gaúchas Tertúlia do Paraná (CTG); e Roges Adriano Freitag, da JCI.

NOVIDADES

Umas das novidades da Oktoberfest é que o evento acontecerá durante cinco dias, sendo nos dias 21, 22, 23 e 28 e 29 de outubro. Conforme o coordenador-executivo do evento, Lair Bersch, são 17 membros que irão representar a prefeitura e entidades da sociedade organizada. “Este é um novo formato que está sendo implantado a partir deste ano, através de uma parceria integrada. Todos os representantes terão participação direta e o lucro da festa será destinado para as

entidades que estão na coordenação do evento. Temos certeza que haverá avanços e possibilidades de construir uma das melhores Oktoberfest dos últimos tempos. Outro fato interessante é que já elencamos vários trabalhos que estarão sendo feitos pelos membros e pessoas designadas”, comenta. Segundo Bersch, considerando as ideias que já surgiram nas primeiras reuniões, no próximo dia 15 serão divulgadas as atrações artísticas e culturais, valores de ingressos, patrocinadores e as demais questões que envolvem a organização da Oktoberfest. “Esta é uma garantia de que o evento permitirá trazer para Marechal Rondon visitantes, fazendo com que a economia gire no município através do comércio local, hotéis, restaurantes e lojas que vendem produtos germânicos”, explica.

Feira Ponta de Estoque começa hoje em Nova Santa Rosa A Feira Ponta de Estoque é uma oportunidade de adquirir produtos de qualidade e de bom preço. Em Nova Santa Rosa, a segunda edição do evento, neste ano, será realizada hoje (02) e amanhã (03). Ao todo, nove lojas terão seus produtos expostos em estandes no pavilhão da Comunidade Católica. Hoje, o evento terá início às 19 horas e seguirá até as 22 horas, com a comercialização de calçados, roupas e artigos artesanais, além da venda de lanches salgados. Amanhã, a abertura dos estandes será realizada às 08h30 e o encerramento está agendado para as

14h30. Os clientes poderão fazer suas compras com descontos de até 50%. Ao meio-dia será servido almoço, sendo o prato principal galinhada. Fichas estão sendo comercializadas junto à Secretaria da Acinsar e na Santa Rosa Calçados. Na oportunidade, estará acontecendo a Feira da Cuca. O evento é organizado pelo Núcleo de Calçados e Confecções com o apoio da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Nova Santa Rosa (Acinsar) e Senhoras do Apostolado da Oração, responsáveis pela praça de alimentação.


GERAL

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

O PRESENTE | 13

EXPO PALOTINA

Hoje haverá rodeio e show com Breno Reis e Marco Viola

Palestras e explanações sobre a evolução do agronegócio também fazem par te da programação

R

eabre hoje (02), a partir das 18 horas, no Parque de Exposições João Leopoldo Jacomel, a programação da Expo Palotina. O evento iniciou na noite de ontem (1º) e volta a receber o público de toda a região para conferir a Exposição da Indústria, Comércio e Serviços, além da reabertura dos restaurantes. Neste segundo dia de evento acontecerá a abertura do rodeio, a partir das 20 horas, na Arena de Eventos principal. Para a edição deste ano, o rodeio vem com novidades, dentre elas novas aberturas, helicóptero e rodeio de carneiros para a criançada, que acontecerá no domingo (04). Outra inovação é a transmissão instantânea em telões montados no recinto de montaria e que

permite ao público acompanhar as provas em tempo real, com riqueza de detalhes oferecida pelo replay. Ao mesmo tempo, um profissional do rodeio faz os comentários e mostra em detalhes o desempenho do peão. Hoje também é dia de show com a dupla Breno Reis e Marco Viola, na Arena Universitária. A evolução do agronegócio terá espaço amplo na programação. Hoje, às 10 horas, os deputados Dilceu Sperafico e Moacir Micheletto farão explanação sobre o Código Florestal. Já às 16 horas o especialista Milton Ferreira de Moraes proferirá palestra sobre a importância e como usar a análise foliar para o ajuste da adubação visando altos rendimentos.

AMANHÃ

A programação segue amanhã (03) com intensa movimentação ao longo de todo o dia. Às 10 horas haverá palestra com Marco Aurélio Bomm sobre o cenário global e a tendência para o agronegócio brasileiro e às 16 horas a instrutora do Senar, Neuci Cicheroli Dias, vai falar sobre a importância da mulher no agronegócio. Às 11 horas serão abertos os restaurantes. A exposição do comércio poderá ser conferida a partir das 14

O Presente

Um grande público prestigiou a abertura da Expo Palotina na noite de ontem (1º). Na ocasião foi inaugurada a cobertura frontal da Arena de Eventos

horas e os estandes somente fecharão às 23 horas. A animação do público na Arena Universitária amanhã ficará por conta da dupla Léo e Júnior.

CORRIDA RÚSTICA

Domingo será o dia da Corrida Rústica da Soja, que terá largada às 09 horas, na Vila Santo Antonio. Haverá disputa nas categorias infantil e adulta. O percurso será de oito quilô-

metros. A organização do evento oferece R$ 8 mil em prêmios, divididos para os três primeiros colocados de cada categoria. O tradicional almoço com cabrito ao fogo de chão também promete atrair grande público no domingo. À tarde haverá matinê na Lanchonete S.O.S. A etapa final do rodeio na arena está marcada para as 19 horas, atração que deve reunir muitas famílias e visitantes.

Em todos os dias, uma equipe formada por um delegado, um escrivão, oito investigadores de polícia, um micro-ônibus caracterizado e uma viatura descaracterizada vão auxiliar a segurança do município durante a realização da Expo Palotina 2011. A Expo Palotina é uma realização da prefeitura, Câmara de Vereadores, Sociedade Rural e Associação Comercial e Empresarial de Palotina (Acipa).

Bailão e rodeio animam as comemorações em Mercedes Francielly Hirata/OP

A vice-prefeita de Mercedes, Cleci Loffi, e o chefe de Gabinete, Evandro Moreira, durante visita ao O Presente, ontem (1º), para divulgar a programação. Eles convidam a comunidade para as festas de 19 anos do município

O município de Mercedes comemora, no próximo dia 13, 19 anos de emancipação. Em comemoração à data, a administração municipal prepara uma ampla programação, com diversas inaugurações de obras, Café Colonial, homenagens, apresentações, bailes, rodeio e show. A vice-prefeita e secretária de Saúde, Cleci Loffi, e o chefe de Gabinete, Evandro Moreira, explicam que o ponto alto dos festejos começa na próxima terça-feira (06), véspera de feriado, com o Bailão Sertanejo Universitário no Clube Grêmio, com a banda Garrafão. “A banda fez uma música especialmente para o aniversário de Mercedes”, comentam. Os divulgadores detalham que a música foi composta pela própria banda com informações dos moradores de Mercedes, mostrando as principais qualidades do município e seu

povo. “É uma música inédita, a primeira do CD, a que eles irão abrir o show”, asseguram. A vice-prefeita reforça que os mil primeiros ingressos têm direito a um CD da banda. “Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 10 na Chocobom e Big Express em Mercedes e no Pátio Camilo em Marechal Cândido Rondon”, informa.

RODEIO

Já para os dias 09 a 11 está previsto o Rodeio Cia Brasil, no Clube Grêmio. “Este rodeio é com os locutores Índio Brasil e Nego Paraná. Será um rodeio de qualidade, com ótima estrutura e animais de referência”, ressalta Moreira. O chefe de Gabinete garante que este é um dos melhores rodeios do Brasil, com touros que participaram do rodeio de Barretos. “É um evento de R$ 80 mil de investimento, uma promoção

do Clube Grêmio e Cia Brasil”, pontua. Os rodeios começam às 21 horas e após as montarias haverá bailes, todas as noites. No dia 09 haverá baile com a Banda Cowboys da América, no dia 10 com a banda Meteoro e no dia 11 show com Najara Lheander. “O passaporte para todos os dias custa R$ 25 e o convite para cada dia R$ 10”, detalha o mercedense, ao explicar que o valor é para o rodeio e baile e que os ingressos estão disponíveis nos mesmos postos de venda do Bailão Sertanejo Universitário. A expectativa dos organizadores é que aproximadamente cinco mil pessoas de toda a região participem dos bailes e rodeios. “Haverá toda uma estrutura, com praça de alimentação, estacionamento”, salientam, ao lembrar que neste final de semana (02 e 03) tem Café Colonial, a partir das 18 horas, no Pavilhão da Comunidade Católica.


GERAL

14 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

CLAUDIA HELENA SWAROWSKY

“Estou adorando o desafio e essa nova experiência”

Reprodução

Modelo rondonense faz uma avaliação da nova profissão de apresentadora de comerciais no Programa do Faustão. Ela fala do futuro e da relação com Fausto Silva

O

s domingos à noite ficaram mais interessantes desde que uma rondonense fez sua primeira aparição em um dos principais programas da Rede Globo, embelezando a televisão e levando sua simpatia contagiante para todo o Brasil. Trata-se da modelo Claudia Helena Swarowsky, que está prestes a completar cinco meses como apresentadora de merchandising do Programa do Faustão. Além de demonstrar desenvoltura na frente das câmeras, tem chamado atenção a relação afetuosa entre a rondonense e Faustão. Diferentemente das apresentadoras que antecederam Claudia, em que havia muita formalidade, com a modelo o apresentador tem demonstrado um comportamento descontraído e frequentemente ele menciona o nome de Marechal Cândido Rondon, divulgando o município ao vivo. A carreira de sucesso de Claudia Helena surgiu repentinamente e por insistência de uma madrinha que residia em Curitiba.

Em 1995, ela inscreveu a rondonense no concurso The Look of The Year, promovido pela Agência Elite e que hoje se chama Elite Model Look. Embora nunca tenha se despertado para a profissão, quando se deu conta já estava em São Paulo para a final nacional, depois de ter sido aprovada em seleções anteriores. A primeira viagem internacional foi para o Japão. Por ter optado não parar de estudar, a rondonense viajava nas férias para o exterior e conciliava os trabalhos durante o ano letivo. Quando terminou o Ensino Médio, conseguiu ir para diversos países, como Estados Unidos, França, Itália, Inglaterra, Alemanha, Espanha, Suécia, Chile e Argentina. Entretanto, a base foi a Europa, onde trabalhou em muitas coleções, como Chanel, Christian Dior, Versace, Hugo Boss, Jimmy Choo, dentre outros, além de ter feito catálogos, campanhas publicitárias e revistas. No Brasil, Claudia Helena também se tornou uma modelo de destaque. Dentre os trabalhos mais marcantes estão editoriais e capas de revista, campanhas publicitárias e catálogos, mas em especial comerciais para a televisão para empresas como Havaianas, Motorola, Zero Cal, O Boticário, C&A e Taiff.

CONVITE INESPERADO A modelo rondonense conversou com a reportagem do Jornal O Presente, oportunidade em que falou sobre a nova profis-

são e fez uma autoavaliação de sua performance. De acordo com Claudia, a oportunidade de assumir a função foi algo inesperado. Ela relembra que no ano passado estava retornando da Espanha para passar as festas de final de ano com sua família já com o plano de iniciar a carreira jurídica, já que é formada em Direito pela Unioeste. “Quando cheguei, o diretor da minha agência no Brasil me disse que havia um teste para ser apresentadora comercial do Domingão do Faustão. Estavam à procura de alguém já havia um tempo e ele agendou a data para eu fazer o teste. Já era final de de: ( ) zembro e fui fazer o teste no / Projac. Nos dias posteriores liga- superar e que melhorar. Mas acho que não levo muito jeito não”, ram para a minha agência e con- que, como tudo na vida, com a responde, quando perguntada se firmaram que eu havia sido a prática e com o conhecimento as já almeja outros caminhos para o escolhida para fazer parte da equi- coisas vão ficando mais automá- futuro na televisão. pe do Domingão. Eu fiquei muito ticas e seguras. Isto é o que Devido ao novo trabalho, a feliz, embora surpresa, pois não busco e almejo. Quero melhorar carreira de modelo sofreu uma esperava e nem imaginava que e aprender a cada dia”, afirma. limitação, tendo em vista que nesta vinda ao Brasil poderia “Estou adorando o desafio e essa agora a disponibilidade está mais acontecer tudo isso”, declara. nova experiência”, acrescenta. restrita. Entretanto, a rondoA única experiência em proA rondonense comenta que nense continua viajando pelo grama de televisão até então ha- como está há 16 anos no mundo Brasil e exterior e ainda está via sido na Televigo de Marechal da moda aprendeu a lidar com as conciliando as duas profissões. Cândido Rondon, quando a mo- críticas. Isso tem auxiliado na “Sempre que possível faço os delo apresentava o televisão, já que trabalhos pertinentes à moda. “Moda By Claudia está em maior ex- Felizmente está saindo tudo “Sempre que Helena”. “Eu não posição e para todo muito bem”, menciona. tinha experiência, possível faço Brasil. “As críticas Bacharel em Direito, Claudia muito menos em construtivas rece- tinha a pretensão de voltar ao os trabalhos um programa da bo com muita gra- Brasil neste ano para retomar os pertinentes dimensão do Protidão, pois o que estudos e iniciar carreira jurídià moda. grama do Faustão mais quero é me- ca. Com a oportunidade que surFelizmente está lhorar e crescer giu para ser apresentadora de e ao vivo. Não tenho formação jorsaindo tudo sempre, seja como merchandising no programa glonalística e tampoupessoa ou profis- bal, o projeto ficará quem sabe muito bem” co havia feito alsional. Esse tipo para o futuro. “Fui pega de surgum curso ou prede crítica acaba presa com essa oportunidade na paração para a telesempre ajudando. Já as críticas Rede Globo e agora a vida jurídivisão. Embora muito diferente, negativas às vezes me fazem ca está guardada para quem sabe acredito que a experiência com o pensar e ver se realmente estou algum dia”, aponta. programa na Televigo tenha me indo pelo caminho certo, me faRELAÇÃO dado uma noção da carreira den- zem refletir, pois muitas vezes COM FAUSTÃO tro da televisão e de certa forma também é possível extrair coiA mídia nacional aponta o me ajudado. Obviamente o ao sas positivas e que podem me vivo, como são os programas do ajudar a crescer. Por fim, as apresentador Faustão como senDomingão, é uma experiência de- críticas maliciosas eu simples- do uma pessoa de personalidade safiadora e muito diferente de um mente descarto”, ressalta. difícil e bastante exigente no tragravado. A responsabilidade e o balho. Não é raro vê-lo criticanFUTURO do ao vivo a equipe de produção, controle emocional precisam ser maiores, pois se errar não há Segundo a modelo rondonen- caso ocorra algum imprevisto no como corrigir”, destaca. se, os programas de domingo são programa. Sobre o assunto, Clauao vivo, sendo que em alguns dia Helena acredita que as pessoAUTOAVALIAÇÃO finais de semana acontecem em as não o conhecem de fato. “O Questionada sobre qual a au- São Paulo e nos outros no Rio de Fausto é uma pessoa e um profistoavaliação que faz desta experi- Janeiro. Durante a semana a equi- sional incrível. Generoso, educaência na televisão, mesmo que pe da produção conta com mui- do, inteligentíssimo e muito simseja por um período curto, de tas atividades como reuniões, pático. O diferencial de um procerca de cinco meses, Claudia gravações de quadros, dentre grama ao vivo está nisso: é transHelena diz que tem sido um desa- outros. “Por enquanto estou me parente e no improviso, então por fio em sua vida profissional, mas dedicando a aprender a fazer da isso que muita gente interpreta de salienta que está sentindo que aos melhor maneira o merchandising forma distorcida. Ele é um excepoucos tem ficado mais tranquila e os quadros em que participo. lente profissional e o melhor cheem frente às câmeras. “Ainda Não pensei e por enquanto nem fe/professor que algum profissitenho muito que aprender, que tenho pretensão em ser atriz. Acho onal pode ter”, elogia.


VARIEDADES

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

O PRESENTE | 15

Mande sua sugestão, crítica ou piada para carina@opresente.com.br

*

SEXTA-FEIRA (02)

MALHAÇÃO

CORDEL ENCANTADO

MORDE E ASSOPRA

Beatriz tenta convencer Gabriel de que ele tem um dom e não uma doença e pede que ele siga sua intuição. Moisés chama Alexia para ir à praia, mas ela não aceita. Betão obriga Nelson a ir para a sua festa para que Débora e Filipe, que são mais novos, possam ir também. Moisés propõe que Dieguinho e Jefferson investiguem o que Alexia anda fazendo. Verinha vai morar com Michele e joga fora seu ‘museu dos famosos’, deixando a irmã mais nova chocada.Natália critica Ziggy e seus amigos e o deixa chateado. Verinha diz a Michele que se separou do marido e ela convida a irmã para ir à festa de Betão.

Augusto segue na direção de Timóteo e Baldini implora que o rei o deixe lutar contra o vilão. Ternurinha sonha com Zóio-Furado. Penélope se declara para Bel. Téinha vê Florinda e Petrus se beijando. Dora afirma a Nidinho que vai resolver o problema dele com Patácio. Timóteo diz a Jesuíno que Úrsula fará com que Açucena se apaixone por ele. Florinda confidencia a Téinha que está confusa com relação a seus sentimentos por Petrus e Zenóbio. Padre Joaquim leva Nidinho embora do palácio do governo.

Amanda sugere que Júlia termine seu relacionamento com Ícaro para preservar Naomi. Naomi conta para Abner que Júlia e Ícaro estão tendo um romance. Guilherme admite que pretendia ir embora sem a mãe e o filho. Júlia desabafa com o avô e decide se separar de Ícaro. Amanda usa Rafael para se aproximar de Ícaro. Dulce conta para Guilherme que pediu demissão dos seus empregos porque acreditou que iria com ele para o Rio de Janeiro. Eliseu propõe noivado a Elaine/Élcio, mas ela recusa alegando que tem um compromisso com Xavier.

FINA ESTAMPA Antenor faz mudanças em seu plano com Mirna. Crodoaldo atende o telefonema de Íris e Tereza Cristina avisa que não quer falar com ela. Íris liga para Paulo e pede que ele dê um recado para Tereza Cristina. Vanessa começa a trabalhar no Le Velmont. Griselda recebe flores de René. Letícia atende um telefonema avisando que encontraram o táxi de Vilma. Rafael diz a Griselda quais são suas intenções com Amália. Baltazar ameaça Solange e Celeste tenta defender a filha. René Junior chega ao Le Velmont para o seu suposto encontro. Tereza Cristina lembra da chantagem que Íris fez com ela antes de ir para Nova York.

* Os resumos dos capítulos estão sujeitos a mudanças em função da edição da novela.

ADVERTÊNCIA DO CIGARRO

DOAÇÃO DO JOÃOZINHO

No parque, Joãozinho pede dinheiro à sua mãe para dar a um velhinho. A mãe, sensibilizada, dá o dinheiro, mas pergunta ao filho: - Para qual velhinho você vai dar o dinheiro, meu anjo? - Para aquele ali que está gritando: “Olha a pipoca quentinha!”.

COMO UM CÃO

- Diga-me, por que motivo você quer divorciar-se de seu esposo? - Meu marido me trata como se eu fosse um cão! - Ele te maltrata? Te bate? - Não, quer que eu seja fiel!

Um cara chega para o atendente do bar e diz: - Quero um cigarro! Assustado com o vozeirão do homem, se apressa em dar o cigarro a ele. Quando o homem está saindo do bar, ele fala novamente para o atendente: - Ô seu bandido, está me rogando praga? - diz o homem, mostrando o aviso do Ministério da Saúde alertando que fumar causa impotência sexual. - Desculpe, mas foi sem querer - diz o atendente. - E você está esperando o quê pra me dar o cigarro de câncer no pulmão?

AUTOAJUDA Uma moça entrou em uma livraria, foi direto à seção de livros de autoajuda e logo encontrou um livro com um título que lhe agradou muito. Seu título era: “resolva todos os seus problemas”. Como ainda estava em dúvida, procurou o balconista: - Por favor, moço, este livro resolve mesmo todos os meus problemas? - Bem, todos eu acho que não. Digamos que ele resolva metade dos seus problemas. - Ah, se é assim, eu vou levar dois!

Bolo de doce de leite com nozes Ingredientes:

Recheio:

Massa: 6 ovos

1 kg de doce de leite com chocolate

3 xícaras de açúcar

4 colheres de sopa de nutella

4 xícaras de farinha de trigo 1/2 xícara de chocolate em pó

1 colher de sobremesa de essência de avelã

1 colher de sopa de fermento

1 xícara de nozes trituradas

300 ml de água quente

500 g de chantilly batido

Modo de preparo: Bater tudo no liquidificador. Forrar uma forma com papel manteiga ou alumínio. Levar para assar por 35 minutos com o forno a 180ºC. Recheio: misture todos os ingredientes e por último acrescente o chantilly. Corte o bolo em três partes, molhe com a calda de sua preferência. Coloque o recheio e intercale com a segunda camada novamente, molhando com a calda de sua preferência.

ÁRIES: Momento de perceber como todos estamos interligados, cultivando os vínculos interpessoais. Não renegue os aprendizados dos relacionamentos. Busque mais equilíbrio e conciliação. TOURO: O amor se manifesta em atitudes, em auxílio, nos pequenos gestos que fazem diferença. Momento de curar antigas mágoas, perdoando o que passou e abrindo o coração. GÊMEOS: Você pode passar pelos mesmos lugares e experiências, mas seu ponto de vista pode ser diferente. Mantenha-se aberto a novos pensamentos, curando antigos padrões emocionais. CÂNCER: Fase de conciliação, principalmente quanto às próprias contradições internas. Equilíbrio emocional é fundamental para que os relacionamentos possam evoluir. LEÃO: O foco está na simplicidade e no aperfeiçoamento. Momento de se questionar sobre o que é realmente essencial na vida humana. Cuide do corpo e da mente. Uma mente sã é fundamental. VIRGEM: Conforme o que semear será a colheita. Perceba que seus talentos e dons florescem nos relacionamentos e na admiração ao que é belo. Um dia interessante para um toque artesanal, artístico. LIBRA: Equilíbrio, harmonia e paz é o que você almeja. Mas isso não significa fugir de conflitos. Gentileza e compaixão auxiliam a lidar com impasses que ocorrem por diferenças pessoais. ESCORPIÃO: Momento de aprimorar, selecionar, discernir e de melhorar a qualidade do que é feito. A motivação se volta para o que você percebe ser possível realizar na prática. SAGITÁRIO:Você agora busca o aprimoramento, eficiência e qualidade no que faz. Momento muito importante para o desenvolvimento profissional e de seus objetivos. Concentre-se no que é essencial. CAPRICÓRNIO: Perceba a ligação entre o corpo, a mente, o espírito e as emoções. Isso é saúde. A espiritualidade é prática cotidiana. Não bastam conhecimentos, é preciso atitudes. AQUÁRIO: Hora de deixar para trás velhas energias e atitudes. Fim, eliminação, transformação. Momento de mudança no que é compartilhado com as pessoas, sejam sentimentos ou recursos. PEIXES: Este é o momento do ano em que o grande desafio está nos relacionamentos. Valorize a qualidade dos seus vínculos e tenha a coragem de findar padrões doentios. Boa fase para a cura.


16 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

LORENA KUNZLER lorena@opresente.com.br

Leila Fotografia s

Tânia e Pedro Haag ansiosos para a chegada de Clara

FEIRA SHOPPING 2012 Ontem (1º), a Associação Comercial e Industrial de Toledo (Acit) iniciou a venda dos estandes para a Feira Shopping 2012, que está programada para os dias 06 a 10 de junho, no Centro de Eventos Ismael Sperafico. A comercialização antecipada e o parcelamento dos pagamentos em até nove vezes facilita a participação das empresas e será realizada em quatro etapas. Como nos anos anteriores, a expectativa é de que a maioria dos estandes seja comercializada até o final deste ano. Mais informações no Departamento de Eventos da Acit, pelos telefones (45) 3055-4617 e 3055-4641, pelo e-mail eventos@acit.org.br ou ainda pelo site www.feirashoppingtoledo.com.br.

Dia 02: Ilse Hencke Dia 02: Sadi Hardt Dia 02: Tassiana Hadassa Dressel Dia 02: Valni Alberto Brandt


SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

SOCIAL

O PRESENTE | 17

SHOW DE QUARTETO DE BLUES O ritmo e as vigorosas melodias do blues balançarão o palco do Teatro Municipal de Toledo no domingo (04), às 20 horas, com a apresentação da banda Adriano Grineberg Quarteto. Há 12 anos junto, o conjunto traz à frente aquele que é considerado o melhor músico deste gênero no Brasil, o cantor e pianista Adriano Grineberg, que já esteve na cidade como tecladista da Ira. Também subirão ao palco Edu Gomes (guitarra), Rodrigo Jofre (baixo) e Sandro Grineberg (bateria).

Studio Revelest

CLUBE DE IDOSOS DE MERCEDES O Centro de Convivência do Clube de Idosos Fé e Esperança, de Mercedes, comemora o seu 21º aniversário. Para marcar a data, será realizada uma festividade no domingo (04), na sede do clube. A programação contará com formação de frente de honra e programação religiosa, às 11 horas. Ao meio-dia será servido almoço aos convidados no valor de R$ 12 e à tarde seguem as festividades.

A bonita Kelin Wesp, numa linda composição fotográfica do Studio Revelest


GERAL

18 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

CIVISMO

Atividades marcam início da Semana da Pátria na região Ademir Herrmann

Cerimônias, apresentações culturais e práticas espor tivas foram realizadas em Marechal Rondon, Mercedes e Nova Santa Rosa

A

data de ontem (1º) marcou a abertura da Semana da Pátria, que se estende até a próxima quarta-feira (07), data em que é comemorada a proclamação da Independência do Brasil, ocorrida em 07 de setembro de 1822. Para celebrar a passagem da data, as prefeituras de municípios da região elaboraram extensa programação para toda a Semana da Pátria. Em Marechal Cândido Rondon, as atividades estão sendo coordenadas pela Secretaria de Educação. A solenidade de abertura foi realizada ontem, na Praça Willy Barth, e

contou com apresentações das escolas municipais Bento Munhoz da Rocha Neto e Criança Feliz e da fanfarra do Colégio Luterano Rui Barbosa, além de ato cívico. Autoridades políticas e militares prestigiaram o evento. A programação da Semana da Pátria segue até a próxima terçafeira (06), sendo que todos os dias ela vai iniciar às 08 horas, na Praça Willy Barth. Hoje (02) acontecem as apresentações das Escolas Municipais Jean Piaget, Érico Veríssimo e do Colégio Evangélico Martin Luther. O ato cívico também contará com a participação da Escola Estadual Marechal.

MERCEDES

Em Mercedes, a Escola Municipal Tiradentes comemora a Semana da Pátria com apresentações culturais, realizadas pelos alunos sob responsabilidade dos professores. Nas homenagens, além do hasteamento e arriamento das Bandeiras do Brasil, Paraná e Mercedes, há a execução dos hinos pátrios.

Registro da abertura oficial da Semana da Pátria em Marechal Rondon, junto à Praça Willy Barth

Ontem (1º), o prefeito Vilson Schwantes prestigiou o ato cívico. Na oportunidade, ele destacou a importância da responsabilidade e do desejo do aprender, pois, a apropriação de conhecimentos, a valorização pelos pais, o exercício de valores positivos vivenciados hoje, segundo ele, convergem para o êxito da futura vida pessoal e profissional dos estudantes.

Divulgação

O prefeito de Mercedes, Vilson Schwantes, participou da abertura da Semana da Pátria, na Escola Tiradentes

A programação terá continuidade hoje (02), na segunda (05) e na terça-feira (06), com atividades sempre às 07h40 e às 16h40, no refeitório da escola.

NOVA SANTA ROSA

A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Nova Santa Rosa iniciou a Semana da Pátria com a realização de projeto educacional e Kátia Eggers

A abertura da Semana da Pátria em Nova Santa Rosa contou com a participação dos estudantes do Colégio Estadual Marechal Gaspar Dutra

jogos recreativos. Na manhã de ontem (1º), os alunos do Colégio Estadual Marechal Gaspar estiveram concentrados no Centro Cultural Gustavo Fischer, e alunos da Educação Infantil/1º ano praticaram atividades esportivas no módulo. A abertura das comemorações alusivas aos 189 anos da Independência do Brasil contou com a presença de autoridades. Em seguida, entraram em cena os estudantes do Colégio Gaspar Dutra com apresentações em homenagem ao Brasil, sua história e seu povo. Outra atividade coordenada foi o 3º Jogos Abertos Infantis. Hoje (02) as atividades continuam. Às 08h30, na arena da Praça da Bíblia, será realizado o hasteamento das bandeiras com a participação da Escola Estadual de Planalto, do distrito de Planalto do Oeste. No módulo, os Jogos Infantis serão realizados com estudantes do 2º ao 5º ano.

Projetos do Saae são pré- Ruas de Entre Rios recebem lombadas e travessia elevada selecionados pela Funasa A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) pré-aprovou dois projetos encaminhados no início de agosto pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Marechal Cândido Rondon, que juntos somam obras no valor de R$ 4 milhões. A partir de agora, uma avaliação mais detalhada dos projetos deverá ser feita e a aprovação ou não deverá acontecer até 04 de novembro. Um dos projetos trata da ampliação da capacidade de captação de água e compreende duas metas. Uma é a implantação do sistema de captação e recalque de água dos poços tubulares profundos Cecatto, Sypereck, Técnicos, Zastrow e Weber, localizados junto à Bacia do Arroio Fundo. A outra é a reforma e ampliação da estação de recalque de água da Captação I, que compreende o aumento da vazão com o aproveitamento de manancial subterrâneo, a instalação de três poços tubulares profundos (Feiden, João Pessoa e

Uhlein) e a reforma e ampliação da estação de recalque intermediária com novos conjuntos moto bombas. “Atualmente, o abastecimento está no limite, pois a sede municipal consome 650 m³ de água por hora e interligando os novos cinco poços poderá ser aumentada a demanda em mais 450 m³ por hora. Isso permite que os poços não se sobrecarreguem e, principalmente, dará tranquilidade de abastecimento para os próximos 15 anos”, destaca o diretor do Saae, João Marcos Gomes. Outra solicitação apresentada à Funasa reivindica que a fundação elabore o projeto de esgoto para aproximadamente 60% do município onde ainda não há rede coletora instalada. A elaboração de um projeto técnico pela Funasa representaria uma economia de cerca de R$ 400 mil ao Saae. “Se aprovado esse pleito, a Funasa fará esse projeto a custo zero para o município”, afirma João Marcos.

A Prefeitura de Entre Rios do Oeste, por intermédio do Departamento de Viação e Obras, concluiu a restauração de lombadas na Rua Tocantins (PR 495) e na Rua João Manuel. Também foram implantadas novas lombadas no prolongamento da Rua Paim, que compreende o Loteamento Rambo Ledur, e no Bairro Paraíso, na Rua Jair Primieri. O diretor da pasta, Eloir Bremm (Brito), menciona que estas obras são antigas reivindicações da população e dos próprios vereadores. “Todas as melhorias foram pagas com recursos próprios da municipalidade e realizadas pelos próprios funcionários do departamento. Estamos trabalhando para suprir as necessidades da população e melhor atendê-la, sempre dentro de nossas possibilidades”, ressalta o diretor. Brito ainda salienta que nos próximos dias será construída uma travessia elevada em frente à Escola Municipal Presidente Médi-

ci, para auxiliar na segurança dos alunos. “Estamos realizando ações para melhorar a aparência do município, principalmente no trevo de entrada. Mas, nesta questão, ainda temos muito trabalho para fazer nas próximas semanas.

É importante frisar que estamos mantendo o intenso trabalho na conservação de lavouras e estradas. As terraplanagens para a construção de chiqueiros e barracões também estão tendo continuidade no município”, conclui. Divulgação

Foi concluída a restauração de lombadas na Rua Tocantins (PR 495) e na Rua João Manuel e implantadas novas lombadas no prolongamento da Rua Paim


AGRONEGÓCIO

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

O PRESENTE | 19

REGIÃO SUL

Produtividade do trigo está comprometida pelas chuvas

For tes geadas que ocorreram no Paraná também devem prejudicar a safra

A

pós as chuvas do início da semana passada, que inviabilizaram os trabalhos de colheita do trigo no Paraná, o tempo bom e firme na segunda metade da semana proporcionou a retomada da atividade e com isso, 6% das áreas de trigo do Estado já foram colhidas. Entretanto, 30% destas áreas estavam apresentando grãos com excesso de umidade e, portanto, um percentual considerá-

vel de grãos ardidos. Além disso, em algumas lavouras que estão prestes a serem colhidas, a qualidade dos grãos também está comprometida, devido ao excesso de umidade sobre eles, o que resultou na sua fermentação. As fortes geadas ocorridas no início do mês de agosto também atingiram várias plantações que estão em fase de florescimento e granação, com isso, estima-se que deve haver uma quebra de 10% na produção estadual este ano, por conta dessas geadas. No Rio Grande do Sul, onde os trigais ainda estão na fase de florescimento e granação, as geadas da semana passada também fo-

ram afetadas, mas ainda não se tem valores de quebra, contudo, deve haver pequenas reduções nos índices de produtividade. Além das geadas, as fortes chuvas que vêm ocorrendo nas últimas semanas também têm colaborado para que as perdas se concretizem, já que esse excesso de umidade sobre as plantas vem elevando os índices de infestação de doenças fúngicas. As chuvas do início de semana sobre toda a região Sul do Brasil, em especial sobre o Estado de Santa Catarina, inviabilizaram os trabalhos de colheita e agravaram ainda mais as situações dos trigais, com possíveis reduções nas produtividades.

Índice de Preços ao Produtor registra alta de 0,07%, após ter deflação O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que mede a variação dos preços de produtos na saída das fábricas, sem impostos e fretes, registrou inflação de 0,07% em julho deste ano. No mês anterior, havia sido registrada deflação (queda de preços) de 0,65%. O dado foi divulgado ontem (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dez das 23 atividades pes-

quisadas registraram alta nos preços em julho deste ano. As principais influências vieram dos alimentos, que tiveram inflação de 1,35%, bebidas (1,89%) e calçados e artigos de couro (2,65%). A inflação de julho deste ano é inferior à registrada no mesmo período de 2010, que havia sido 0,10%. Em 2011, o indicador acumula taxas de 0,63% no ano e de 4,87% nos últimos 12 meses.

Governo federal garante recursos Governador inaugurará primeiro para apoiar comercialização abatedouro público de Toledo

O governo federal deverá destinar até R$ 150 milhões para apoiar a comercialização da safra 2011/12 de trigo, de acordo com diretor de Política Agrícola da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Sílvio Porto. Na avaliação dele, os recursos serão suficientes para viabilizar o escoamento de cerca de 1,5 milhão de toneladas do cereal por meio de instrumentos como leilões Prêmio de Escoamento do Produto (PEP), opções de venda e Aquisições do Governo Federal

(AGF). A previsão é de que as operações de comercialização iniciem em meados de setembro. Para tanto, o governo elaborou uma portaria interministerial que já foi assinada pelos ministros da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, e da Fazenda, Guido Mantega, faltando apenas a assinatura da ministra do Planejamento, Mirian Belchior.

INFORMAÇÕES As informações foram repassadas por Sílvio Porto na quarta-feira (31), durante a 32ª Reunião Ordinária da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Culturas de Inverno, realizada na Expointer, em Esteio (RS). O encontro teve cerca de 50 participantes, entre representantes da indústria, do governo e dos produtores. A Ocepar foi representada pelo analista técnico e econômico Robson Mafioletti, que fez uma explanação sobre a situação do trigo no Estado do Paraná e expressou a preocupação do setor cooperativista em relação aos leilões que o governo federal tem realizado para escoar os estoques públicos. “Nós solicitamos que os leilões deixem de ser realizados, pois no Paraná, por exemplo, a colheita está

começando e a venda dos estoques do governo nesse momento vão provocar uma concorrência com o nosso produto, afetando a remuneração dos agricultores”, frisou Mafioletti. Em relação às medidas anunciadas sobre o apoio à comercialização, o analista da Ocepar as considerou razoáveis. “Temos que aguardar um pouco mais, pois enquanto no Paraná a colheita atingiu cerca de 8% a 10% da safra, no Rio Grande do Sul ainda há lavouras em fase de desenvolvimento. Mas, de qualquer forma, em recursos, o valor está próximo daquilo que o setor estava preconizando para esta safra”, acrescentou. Na reunião, além do apoio à comercialização na safra 2011/12, foram discutidos também na reunião da Câmara temas ligados à produção integrada do trigo; conjunturas estaduais e internacional do trigo e à resolução RDC nº 07/ 2011 da Anvisa, que estabelece limites máximos tolerados para micotoxinas em alimentos. As atividades foram coordenadas pelo presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva das Culturas de Inverno, Rui Polidoro.

Além das comemorações do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de Toledo, o governador Beto Richa também participará da inauguração do Abatedouro Municipal, no distrito de Vila Nova, na segunda-feira (05). O empreendimento de R$ 1,8 milhão destina-se, principalmente, ao pequeno produtor e quer incentivar a caprinocultura e a ovinocultura. Outros tipos de carnes, bovina e suína, também poderão ser abatidos dentro das edificações de 1,2 mil metros quadrados. Segundo o secretário municipal de Indústria e Comércio, Narcizo Muller, há três linhas de abates, porém, a ideia é fomentar, em especial, a criação de ovinos e caprinos. “Existe um mercado promissor. Elas são carnes nobres e há uma demanda dos restaurantes dos grandes centros por elas. Sendo assim, vislumbra-se um enor-

me potencial para agregar mais renda ao homem do campo”, defende Narcizo, explicando que, após a inauguração, será realizado um processo licitatório para que o abatedouro, localizado dentro de um terreno de 36 mil metros quadrados, seja administrado por uma empresa ou cooperativa. “Haverá a concessão de uso por parte do público e acredito que dentro de 90 dias ele já esteja em funcionamento. Ele atenderá a encomenda de terceiros e a produtores rurais ligados ao Programa de Aquisição Alimentos (PAA)”, explica. Os investimentos para o abatedouro foram conseguidos através de várias fontes. Do governo federal vieram R$ 890 mil a fundo perdido, do governo estadual R$ 467 mil pelo Programa Paraná Urbano e do tesouro municipal R$ 443 mil, totalizando assim R$ 1,8 milhão.

Projeto dá mais segurança ao proprietário de máquinas agrícolas A Comissão de Viação e Transportes (CVT) da Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (31), o projeto de lei de autoria do deputado federal Eduardo Sciarra que dispõe sobre o registro de veículos agrícolas e rodoviários. O projeto tem como finalidade dar segurança aos proprietários de máquinas agrícolas, fornecendo-lhes um documento ofi-

cial que comprove a sua propriedade. O certificado de propriedade será útil tanto no transporte, quanto na transferência de propriedade de equipamentos como tratores e similares. Conforme Sciarra, a preocupação maior foi com a segurança. Segundo ele, crescem os roubos de máquinas e o proprietário sequer tem como comprovar que é o legítimo dono.

Este certificado, aponta o projeto, poderá inclusive garantir redução do preço do seguro, pois dificulta a comercialização em casos de roubo. O projeto do deputado tem o cuidado de evitar despesas e custos adicionais, sem necessidade de IPVA ou de emplacamento. “O objetivo do projeto é não criar nenhuma burocracia, nenhum custo a mais, apenas dar

segurança”, disse. “Com este documento a propriedade do equipamento poderá ser comprovada. Além disso, ao ser transformado em lei, impedirá que os órgãos de trânsito criem ônus e burocracias desnecessárias para o proprietário”, expõe. O projeto segue agora para apreciação da Comissão de Constituição e Justiça.


POLICIAL

20 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

ASSIS

Dono de cachorro-quente foi vítima de tentativa de assalto Fotos: Leonildo Mendes

Polícia acredita que os elementos queriam roubar uma camioneta de Sidney de Souza, 35 anos, e que ele tenha reagido

O

delegado Ary Nunes Pereira, titular da Delegacia de Polícia Civil de Assis Chateaubriand, falou no final da tarde de ontem (1º) com a reportagem do Jornal O Presente sobre as mortes de Sid-

ney de Souza, 35 anos, e Rafael Gomes Garcia, 22 anos. Os dois foram mortos na madrugada de ontem (1º). Os corpos foram encontrados em lugares distintos. De acordo com o delegado, Sidney foi vítima de uma tentativa de assalto. A polícia acredita que os elementos queriam roubar uma camioneta da vítima e que esta tenha reagido, sendo baleada, momento em que os autores do crime fugiram. Foi achado um revólver 32 ao lado da vítima, com seis cartuchos, sendo Arquivo/OP

Sidney de Souza foi vítima de assalto, afirma delegado

Delegado Ary Nunes Pereira: “A possível relação entre as duas mortes está sendo averiguada”

um deles deflagrado. Sidney, conhecido como Irmão, foi baleado por volta das 00h30. O crime ocorreu na Avenida São Paulo, no Jardim Progresso. Ele era dono de uma barraca de cachorro-quente no centro da cidade e foi morto com dois tiros nas costas, no quintal de sua residência. A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

RAFAEL Logo após Sidney ser encontrado, a polícia foi comunicada que Rafael Gomes Garcia também estava baleado. Ele foi encontrado no pátio de sua residência, a cerca de duas quadras da residência de Sidney. Rafael também foi socorrido, mas não resistiu. Ele morreu com um tiro no abdômen. Rafael, de acordo com o delegado Ary Nunes, estava em Assis há cerca de 20 dias, vindo de Guaíra. “Ele tinha recebido alvará de soltura e veio morar em Assis”, conta o policial. A possível relação entre as duas mortes está sendo averiguada pela polícia.

Moto furtada havia sido comprada por apenas R$ 400 e um revólver Valdecir Correia Francisco foi preso pela Polícia Militar de Marechal Cândido Rondon na noite de quarta-feira (31). De acordo com a polícia, era realizado patrulhamento pelo Bairro Botafogo, quando a equipe avistou, na Rua Sete de Setembro, uma moto CG-150. O condutor da moto, ao perceber a presença da viatura, parou o veículo em frente a uma residência. Os policiais então constataram que a moto estava com a placa AQY0812, cuja identificação é de um

automóvel. Numa vistoria mais minuciosa, eles perceberam que uma fita isolante alterava a numeração da placa, sendo sua identificação correta a AQY-0612, que pertence a uma moto furtada no último dia 04 de agosto no Jardim Líder, em Marechal Rondon. Valdecir relatou aos policiais que comprou a moto em Toledo, no último dia 24, por R$ 400 e um revólver 32. Ele não soube identificar o vendedor da moto. O suspeito foi levado para a DeleO Presente

Moto furtada no Jardim Líder, em Marechal Rondon

gacia de Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon.

GUAÍRA Já a Polícia Rodoviária Federal de Guaíra recuperou, na tarde de quarta-feira (31), um Gol e uma moto. Segundo os policiais, na BR163 foi dada ordem de parada ao condutor do Gol, mas este não obedeceu e empreendeu fuga no sentido ao Paraguai. O suspeito cruzou a Ponte Ayrton Senna e entrou no Mato Grosso do Sul. Os policiais perseguiram o veículo pela rodovia e posteriormente por uma estrada vicinal, onde o suspeito o abandonou e fugiu a pé, não sendo mais encontrado. O Gol tinha sido furtado em Umuarama. Já na balsa que faz a travessia entre Guaíra e o Paraguai os policiais encontraram, após denúncia, dois menores de Assis Chateaubriand com uma moto. Os menores disseram que compraram o veículo em Assis, de um desconhecido, por R$ 1,5 mil e que o venderiam no Paraguai. A moto havia sido furtada no dia 30 de agosto, em Janiópolis.

Arma encontrada pela polícia

Ameaça de vizinho Um registro de ameaça foi realizado pela Polícia Militar de Nova Santa Rosa na quarta-feira (31). De acordo com o noticiante, seu vizinho construiu um muro de divisa e quer que ele pague a obra. Caso contrário, teria dito o vizinho, o noticiante vai para o cemitério. O noticiante foi orientado pelos policiais.

Loja invadida A Dabilar Móveis, em Assis Chateaubriand, foi invadida. O crime foi notado na quarta-feira (31). Da empresa foram levados aproximadamente R$ 4 mil.

Espingarda apreendida Uma espingarda sem numeração e marca foi apreendida pela Polícia Militar de Palotina na quarta-feira (31). De acordo com a polícia, foi recebida a informação de que poderia haver foragidos da cadeia de Palotina na Linha Cinco Mil. Na casa onde poderiam estar os procurados, os policiais encontraram apenas um homem de 40 anos e a arma. O homem foi preso.

HILUX RECUPERADA Divulgação

Na noite de quarta-feira (31) foi apreendida, por policiais rodoviários federais do posto da Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu, a Hilux placas NON-0967. Segundo a polícia, foi dada ordem de parada para o condutor do veículo, mas este acelerou em direção ao Paraguai. Os policiais então acionaram o “correntão”, sistema para conter veículos que barrou a Hilux. O condutor, identificado como Alex Santos Ramires, 29 anos, tentou fugir em direção ao Paraguai, mas foi alcançado por policiais. O veículo tinha sido roubado por dois elementos armados.


POLICIAL

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

O PRESENTE | 21

CARROS ESTRANGEIROS

Estado tem dificuldade para cobrar infrações na fronteira Luciano Caetano/OP

Fato ocorre porque veículos não estão cadastrados no sistema de trânsito brasileiro e podem circular, em alguns casos, livremente pelo território nacional

Chefe da 35ª Circunscrição de Trânsito do Paraná (Ciretran), Roque Sturm: “Pelo sistema brasileiro não tem como cobrar”

É

comum ver veículos com placas do Paraguai circulando na região. Ocorre que a circulação de brasileiros no Paraguai e de paraguaios no Brasil, por relações de parentesco e mercantis, é cotidiana ou até mesmo necessária. O problema nesta circulação ocorre, no caso do Brasil, quando um destes veículos é objeto de infração ou crime de trânsito. Soma-se a isso o tributo não recolhido no Brasil, por se tratar de bem com registro no estrangeiro. No que se refere ao trânsito, a dificuldade no Brasil é responsabilizar o condutor ou dono do veículo nos casos de infrações e crimes nas situações, por exemplo, em que o

motorista foge do local do acidente ou não é abordado e identificado pelo agente de trânsito (no “pardal”, por exemplo). O chefe da 35ª Circunscrição de Trânsito do Paraná (Ciretran), com sede em Marechal Cândido Rondon, Roque Sturm, explica que o veículo com placa brasileira, no caso de infração, o valor, se não foi recolhido, é inscrito no CPF ou CNPJ do proprietário do bem como dívida ativa perante a Fazenda. Como os veículos com placas estrangeiras não estão registra-

Em qualquer caso de infração, veículo com placa estrangeira é retido pela polícia O veículo com placa estrangeira objeto de infração de trânsito na região é removido. A informação é do policial militar Claudinei Garcia, do Setor de Trânsito de Marechal Cândido Rondon. Garcia informa que os policiais, na abordagem de veículo com placa estrangeira, identificam quem é o proprietário do mesmo e se a habilitação do condutor e a documentação do bem está regular. A habilitação pode ser brasileira ou, em alguns casos como o Paraguai, estrangeira, também aceita no Brasil, desde que esteja regular. “Em qualquer situação irregular, se o veículo é de

placa estrangeira, ele é removido até o pagamento do débito”, informa. O problema ocorre quando o veículo não é abordado, situação em que a responsabilidade pela infração depende da localização do bem. Nesta hipótese, se o condutor conseguir sair do país com o veículo, sua responsabilidade será praticamente impossível. Garcia cita que a “Carta Verde”, seguro obrigatório para entrada de veículos em alguns países, como a Argentina, é uma das formas de se ter mais segurança em caso de dano causado por veículo estrangeiro. Porém, o seguro não é obrigatório no Brasil. Arquivo/OP

dos no Departamento de Trânsito, em caso de infração, não existe como fazer o mesmo procedimento adotado com os veículos brasileiros, informa o chefe da Ciretran. “Pelo sistema brasileiro não tem como cobrar”, comenta. Ele não tem conhecimento de veículo importado do Paraguai em circulação na região. “Se tivesse sido importado, com o recolhimento de toda a tributação, e estivesse regular no Brasil, estaria com placa brasileira”, aponta.

Claudinei Garcia, do Setor de Trânsito da Polícia Militar: “Em qualquer situação irregular, se o veículo é de placa estrangeira, ele é removido até o pagamento do débito”

Apenas residentes no estrangeiro podem circular com veículos estrangeiros no Brasil Divulgação

De acordo com o inspetorchefe da Receita Federal em Guaíra, Hussen Jaha, existe um acordo do Mercosul pelo qual os veículos do Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina podem circular livremente nestes países. “A condição para isso é que o veículo do país deve estar sendo conduzido por alguém que resida naquele país. Por exemplo, o carro do Paraguai, para circular no Brasil, só pode estar sendo dirigido por alguém que resida no Paraguai”, informa. “O cara pode ser brasileiro, mas ele deve

residir no Paraguai”, acrescenta. O problema, informa Hussen, está no fato de muitas pessoas da região terem empresas e/ou propriedades no Paraguai e residirem no Brasil. “A pessoa mora aqui e tem negócios lá. Fica complicado porque, pela lei, deve ser impedida esta circulação”, diz.

AUTORIZAÇÃO

Veículos estrangeiros que foram recolhidos pela Receita Federal

Um terceiro, mesmo que tenha autorização do residente no Paraguai dono do veículo, não pode circular com o mesmo pelo território brasileiro. “O veículo é apreendido, é dado perdimento”, ABC Collor

Motos paraguaias custam a metade do preço das brasileiras

informa Hussen. “Não adianta o cara do Paraguai autorizar o irmão, pai, amigo, empregado... Essa autorização pode até valer no Paraguai, mas se o cara cruzou a fronteira, no Brasil, reside no Brasil, está conduzindo um veículo do Paraguai, é dado perdimento do veículo”, alerta. “Na fiscalização da Receita, nos pontos de entrada, na balsa e na ponte, se o veículo é estrangeiro, pedimos a documentação do condutor.

Se ele não residir no Paraguai, o veículo é apreendido”, conta.

IMPORTAÇÃO A importação de um veículo vindo do Paraguai, por exemplo, não vale a pena. De acordo com o repórter Jose Duarte, de Salto del Guairá, uma moto 125CC, nova, no Paraguai custa em torno de R$ 3,5 mil. Já no Brasil o preço da moto gira em torno de R$ 6 mil. Uma camioneta Hilux, da Toyota, custa em torno de

US$ 45 mil no Paraguai. Aqui, o preço pode chegar a R$ 120 mil. Porém, conforme o inspetor da Receita, para trazer um veículo do Paraguai é preciso fazer o processo de importação. “Vai dar em torno de 120%, 130% de imposto sobre o valor do veículo”, informa o brasileiro. “Em geral, a importação de veículo usado é proibida, só permitida em alguns casos, como para colecionador”, acrescenta o inspetor.


ESPORTES

22 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

NOVO TRÊS PASSOS

Musa do Campeonato de Futebol será conhecida amanhã

Oito garotas representam os times que par ticipam da competição

C

Cafu e Ronaldinho aconselham Ganso e Lucas a saírem do país

Jogos de amanhã (03) 14h00 15h00 16h00 17h00

omeça amanhã (03) o Campeonato de Futebol Suíço do Distrito de Novo Três Passos, Marechal Cândido Rondon. A novidade deste ano na competição é a musa do campeonato, que será conhecida na noite de amanhã, durante baile no ginásio de esportes do distrito. De acordo com Gilberto da Silva, diretor esportivo da Associação de Moradores de Novo Três Passos, garotas representam os oito times que participam

Metalúrgica Garaio Marechal Caminhões Dicope Boa Liga Allpha Bolas

da competição. A musa será aleita por votação pelo site http:// www.einterage.com. A ganhadora só saberá que foi a escolhida no momento do baile, em público.

TIMES As candidatas representam os times da Marechal Caminhões, Multifestas, Toni Bebidas, Dicope Boa Liga, Copagril, Metalúrgica Garaio, Marcia Motos e Alpha Bolas. As equipes são for-

x x x x

Multifestas Bebidas Toni Marcia Motos Copagril

madas por atletas de Marechal Cândido Rondon, Nova Santa Rosa, Mercedes e Quatro Pontes. “São 104 atletas”, informa Silva. As rodadas da competição serão realizadas aos sábados, a partir das 13h30, no campo da Associação Cruzeiro do Sul. A premiação será em troféu, medalhas e chope. A festa de encerramento da competição acontece no início do mês de novembro. Reprodução

Candidatas serão eleitas em votação pelo site http://www.einterage.com

Copagril Futsal Olhonabola

O time da Copagril/Faville/ DalPonte/Marechal Cândido Rondon encerra sua participação no primeiro turno da segunda parte do Campeonato Paranaense de Futsal na terça-feira (06), quando joga contra o Cascavel, fora de casa. Na quarta-feira (31), em Marechal Cândido Rondon, a Copagril empatou com o Foz do Iguaçu em três gols. No momento, a Copagril é a quinta do grupo B da competição, com 12 pontos.

Classificação do Campeonato Paranaense de Futsal 1º Cascavel 2º Guarapuava 3º Corbélia 4º Marreco 5º Copagril 6º Campo Mourão 7º Foz Futsal 8º São Miguel

JG 8 8 8 8 8 8 8 8

VIT 6 6 4 4 3 2 1 1

Grupo - B EMP DER 1 1 0 2 1 3 1 3 3 2 1 5 2 5 1 6

SG 18 11 4 -2 2 -8 -9 -16

GP 34 23 26 18 15 18 15 16

GC 16 12 22 20 13 26 24 32

PG 19 18 13 13 12 7 5 4

Os torcedores de Santos e São Paulo não iriam gostar nada dos conselhos que Ganso e Lucas vêm recebendo de seus companheiros mais experientes. Ontem (1º), Cafu e Ronaldinho disseram para Ganso e Lucas que eles precisam deixar o futebol brasileiro para adquirir experiência profissional. Para o capitão do penta, a ida para a Europa proporciona, além de um amadurecimento como jogador, uma experiência cultural valiosa que não se consegue atuando no Campeonato Brasileiro. “(Se tivesse que aconselhá-los) eu diria para eles irem, sem

sombra de dúvida. São jogadores que vão ganhar muita experiência lá fora, não só profissionalmente, mas culturalmente, e isso você só consegue fora do seu país. A maioria dos jogadores que foram jogar na Europa voltou mais experiente. Se fosse comigo, eu iria”, aconselhou o ex-lateral direito, que é o único jogador na história a disputar três finais de Copa do Mundo. Na mesma linha de pensamento de Cafu, Ronaldinho acredita que a Europa proporciona um crescimento que os ajudará futuramente a melhorarem seu rendimento na Seleção.

Tinga desfalcará o Inter por cerca de dez dias Além dos quatro jogadores que terão de cumprir suspensão automática e do apoiador D’Alessandro, que segue lesionado, o técnico Dorival Júnior terá mais um desfalque para o compromisso do Internacional diante do Ceará, no domingo (04), no Presidente Vargas: o volante Tinga. Uma das opções do treinador para a partida diante do Santos, Tinga sequer fi-

cou no banco de reservas, pois teve constatada uma lesão no tendão patelar do joelho direito, o que lhe deixará afastado dos treinamentos por cerca de dez dias. Tinga seria uma das alternativas para ocupar a vaga de Elton, que cumprirá suspensão automática contra a equipe cearense. Com isso, o argentino Bolatti, que não atua desde a Copa Audi, é o mais cotado para assumir a titularidade.

Técnico Felipão nega agressão a fotógrafo Acusado de tentar agredir o fotógrafo Fernando Soutello, da agência Agif, o técnico Luiz Felipe Scolari divulgou um comunicado por meio de sua assessoria de imprensa negando qualquer contato físico. Felipão contesta a versão do fotógrafo, que teria dado um tapa na câmera para evitar ser fotografado no vestiário do Palmeiras no intervalo da partida contra o Botafogo. Como o treinador estava sus-

penso pelo STJD, chegou-se a especular que ele poderia estar desrespeitando a decisão judicial. Segundo o comunicado, a única intervenção feita por Scolari foi colocar a mão na lente da câmera para não ser mais fotografado. O treinador acusa Soutello de ter impedido a porta do elevador em que estava fechar, daí a mão na lente. O fotógrafo disse que prestaria “queixa” contra Felipão. Fernado Soutello

Copa Oeste Acontece neste final de semana, em Ubiratã, a 6ª etapa da Copa Oeste Protork de Motocross. O local do evento é a Colônia Santo Inácio. Após Ubiratã, a Copa Oeste chega em Santo Antônio do Sudoeste, Iporã, Cidade Gaúcha, Três Barras do Paraná e Jardim Olinda. A competição tem média de 118 pilotos por etapa.

Sequência mostra o momento da suposta agressão do treinador, que nega ataque físico


SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

EDITAIS

Edição 3169 - O PRESENTE | 23

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO Darci Buhl torna público que requereu ao IAP Renovação da Licença de Operação para suinocultura, implantado no lote rural nº 136-A, PR 495, km 17, linha Progresso, município de Pato Bragado, Estado do Paraná.


ESPORTES

24 | O PRESENTE

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

RUMO AO VASCO?

Renato alega problemas pessoais ao deixar o Atlético-PR “Quero que fique claro que não existe convite de outro clube”, afirmou o treinador

D

urou menos de dois meses a passagem de Renato Gaúcho pelo Atlético-PR. Logo após a derrota para o AtléticoMG, por 1 a 0, na noite de quarta-feira (31), o ex-atacante avisou ao diretor de futebol, Alfredo Ibiapina, que estaria deixando o cargo por problemas particulares. A informação veio a público no dia seguinte e confirmada pelo próprio treinador em entrevista coletiva no meio da tarde de ontem (1º). “Foi uma decisão minha. Tenho de resolver problemas particulares que já tinha no Grêmio. Quero que fique claro que não existe convite de outro clube”, afirmou Renato, refutando na mesma toada os boatos de que estaria rumando ao Vasco, cujo técnico, Ricardo Gomes, está internado se recuperando de um acidente vascular encefálico hemorrágico.

Renato Gaúcho chegou a Curitiba em 7 de julho e comandou a equipe em 14 partidas. Foram quatro vitórias, cinco empates e cinco derrotas - o que significa cerca de 40,5% de aproveitamento. Tendo em conta apenas o Brasileirão, o retrospecto foi um pouco melhor, de 47%. No Nacional, o Furacão chegou a deixar a zona de rebaixamento por apenas uma rodada, mas retornou após o empate por 2 a 2 com o América-MG, na Arena da Baixada, no último dia 21. Na Copa Sul-Americana, o treinador escalou reservas e foi eliminado após duas derrotas para o Flamengo. Após a derrota em casa para o Atlético-MG, na quarta-feira, por 1 a 0, o treinador havia voltado a lamentar a campanha pífia do time antes de sua chegada, culpando esse período de seca - 1 ponto somado em 24 disputados - pela péssima colocação do Furacão na tabela do Nacional. Na coletiva ontem, chegou a reforçar que o Furacão melhorou sob seu comando. “Quando cheguei, o Atlético tinha um ponto; hoje tem 18. O trabalho foi positivo, os nú-

Hedeson Alves/Gazeta do Povo

Renato Gaúcho: “Foi uma decisão minha. Tenho de resolver problemas particulares que já tinha no Grêmio”

meros não mentem. É quase 50% de aproveitamento”, repetiu o treinador, que havia usado o mesmo discurso após a derrota em casa para o Galo mineiro, na véspera de sua saída oficial. “Mas eu prefiro me ausentar do que prejudicar o time”, complementou, revelando que pe-

diu desculpas à diretoria.

SUBSTITUTO

O primeiro nome que surge para substituir Renato Gaúcho é o de Paulo César Carpegiani. Ele fez um bom trabalho em 2010 no próprio Atlético, que ocupava a quinta colocação

do Brasileiro em outubro, quando o técnico preferiu se transferir para o São Paulo. Alfredo Ibiapina confirmou que o nome é interessante: “É um bom nome, um grande profissional. Gosto muito dele”, admitiu. O clube estaria à espera de uma resposta de Carpegiani para confirmá-lo.


25

O PRESENTE SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

Arquivo pessoal Carina Ribeiro/OP

Bruno Henrique, que comemora seu primeiro aninho amanhã (03). Ele recebe homenagem dos padrinhos Hugo e Salete

Alunos do 1º ano do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Cantinho Feliz, de Mercedes, que ontem (1º) realizaram visita às dependências do Jornal O Presente, acompanhados das professoras Dirce Schneider, Keli Schmidt, da secretária Ledi Cerni e da diretora Noélia Rauber

Arquivo pessoal

O Presente

Alexandra Hech Diesel, que completa 18 anos amanhã (03). Ela recebe homenagem dos pais João e Silvane e dos amigos Valdecir e Eliete. Parabéns Arquivo pessoal

Em visita ao Jornal O Presente, ontem (1º), os alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Cantinho Feliz e do 1º ano, juntamente com as professoras Dirce Scheneider e Fabiana Mascarello, a secretária Ledi Cerni e a diretora Noélia Rauber, todos de Mercedes. Na oportunidade, eles puderam conhecer um pouco melhor o funcionamento deste diário Luciany Franco/OP

Turma da 4ª série do Colégio Cristo Rei, de Marechal Cândido Rondon, que esteve visitando a redação de O Presente nesta semana. Os alunos estiveram acompanhados das professoras Edamar de Mello e Raquiele Biondo

Tassiana Hadassa, de Maripá, que hoje (02) completa 20 anos. Ela recebe homenagem da família e amigos, que desejam toda a felicidade do mundo neste dia tão especial


26 | O PRESENTE - Edição 3169

EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011


SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011

EDITAIS

Edição 3169 - O PRESENTE | 27


28 | O PRESENTE - Edição 3169

EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011


SEXT A -FEIRA O DE 20 11 SEXTA -FEIRA,, 02 DE SETEMBR SETEMBRO 201

APARTAMENTO, vendo, 127 m², 6º andar, área de festas, piscina, sacada na suíte, 2 elevadores, no Ed. Monte Carlo, valor a combinar. Tr. (45)32543144 ou 9965-0030 com Toninha Imóveis. Creci 9.381. AVIÁRIOS, vendo, 2, seminovos, 130x14, em Margarida, valor a combinar, entrada + financiamento p/ 4 anos, aceito troca. Tr. (45)9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. CASA, vende-se, 69.57 m², com 3 quartos, sala, cozinha, bwc, no Lot. Priesnitz, em MCR, R$ 120.000,00. Tr. (45)32545000 com Certo Imóveis. Creci J-4248. CASA, vende-se, 98.70 m², alvenaria, usada, 3 quartos, sala, cozinha, lavand., 2 bwc, garagem, na Rua Antúrios, Lot. Higienópolis, R$ 120.000,00, pode ser financiada. Tr. (45)3254-5000 com Certo Imóveis. Creci J-4248.

CASA, vendo, 100 m², alvenaria, nova, c/ laje, 2 quartos, 1 suíte, garagem, demais depend., próximo a Vila Gaúcha, MCR, R$ 180.000,00. Tr. (45)3254-1345. CASA, vendo, 100 m², suíte + 2 quartos, churrasq., garagem, demais depend., no Lot. Dorzbacher, R$ 115.000,00. Tr. (45)3254-3144 ou 9965-0030 com Toninha Imóveis. Creci 9.381. CASA, vendo, 110 m², alvenaria, usada, no centro de MCR, R$ 110.000,00. Tr. (45)8811-9283 ou 9952-4084 com Alex. CASA, vendo, 126 m², alvenaria, c/ laje, energia solar, terreno 550 m², a 4 quadras da rodoviária, em MCR, R$ 180.000,00, pode ser financiada. Tr. (45)9967-4322 com Felício Imóveis. Creci 2581. CASA, vendo, 127 m², terreno 520 m², próximo ao Restaurante do João, na R. Tiradentes, em MCR, valor a combinar. Tr. (45)3254-3144 ou 9965-0030 com Toninha Imóveis. Creci 9.381.

CASA, vendo ou troco, 136 m², 2 quartos + 1 suíte, garagem p/ 2 carros, área de festas, sala, sala de jantar, lavand., bwc, cozinha embutida, no Jd. Guaíra, em MCR, R$ 120.000,00. Tr. (45)9999-6909 ou 3254-5516 com Marcelo.

CASA, vendo, 150 m², alvenaria, terreno 600 m², garagem p/ 3 carros, edícula, 4 quartos, 2 salas, Jd. Botânico, a 150 mts do Ginásio da Vila Gaúcha, em MCR, R$ 150.000,00. Tr. (45)3254-2500 ou 9961-4357 com Leandro.

CASA, vendo ou troco, 40 m², c/ laje, terreno 12x29, no Lot. Port III, MCR, R$ 100.000,00, aceito carro ou camioneta. Tr. (45)9944-7004 .

CASA, vendo, 157 m², suíte + 2 quartos, sala, copa, 2 bwc, área de festa, 2 jardins internos, instalação água quente, telhas de cimento, 2 portões eletrônicos, 2 ar, terreno 360 m², no Lot. Santa Felicidade, valor a combinar. Tr. (45)32543144 ou 9965-0030 com Toninha Imóveis. Creci 9.381.

CASA, vendo ou troco, 70 m², terreno 800 m² de esquina, todo murado, asfalto todo pago, na Rua São Salvador, nº 1260, Novo Sarandi, R$ 60.000,00, aceito terreno em Nova Sta Rosa, estudo propostas. Tr. (45)9944-3958. CASA, vendo, 100 m², alvenaria, c/ laje, 2 quartos, 1 suíte, edícula com área de festas, churrasq., R$ 180.000,00. Tr. (45)3254-1345.

CASA, vendo, 165 m², c/ suíte, 2 quartos, sala, copa, cozinha, 2 bwc, garagem p/ 2 carros, área de festa, lavand., escritório, terreno 462 m², na Rua D. João VI, em MCR, valor a combinar. Tr. (45)3254-3144 ou 9965-0030 com Toninha Imóveis. Creci 9.381.

O PRESENTE | 29

Classificados na internet: www.opresente.com.br CASA, vendo, 170 m², mobiliada, no Clube Náutico, em Porto Mendes, valor a combinar, aceito casa de menor valor, carro, terreno, estudo propostas. Tr. (45)3254-3144 ou 99650030 com Toninha Imóveis. Creci 9.381. CASA, vendo, 248 m², alvenaria, c/ laje, piscina e área de festas, R$ 320.000,00, 50% de entrada, restante aceito carros e terrenos. Tr. (45)3254-1345. CASA, vendo, alvenaria, c/ laje, padrão de 1º, 2 quartos + 2 suítes, demais depend., área de festas, espaço p/ piscina, no centro, valor a combinar. Tr. (45)3254-1345. CASA, vendo, alvenaria, nova, 150 m², garagem p/ 2 carros, 1 suíte, 2 quartos, 3 bwc, portão eletrônico, valor a combinar, troco por casa em MCR. Tr. (45)8808-4289 ou 8808-4843 com Marcio. CASA, vendo, com 8 peças, garagem grande, churrasq., terreno 20x50, ao lado do portal de entrada p/ praia em Porto Mendes, R$ 80.000,00, sem troca. Tr. (45)9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. CASA, vendo, em Pato Bragado, 100 m² + 45 m² de garagem coberta p/ 2 carros, estrutura p/ piso superior, suíte + 2 quartos, escritório, sala de estar e jantar, cozinha sob medida, lavand., terreno 12x30, R. Paranaguá, nº 1819, Lot. Borelli II, R$ 160.000,00, estudo propostas. Tr. (45)88166855 ou 8803-5478 com Ricardo ou Kátia. CASA, vendo, nova, 65 m², terreno 12x35, em MCR, valor a combinar. Tr. (45)9903-2025 ou 8404-3708. CHÁCARA, vendo ou troco, 30.000 m², nº 183, na linha Guará, fundos da Tropical Cabines, em MCR, R$ 470.000,00, troco por terra c/ aviário. Tr. (45)9948-1670 com Alcido.

CHÁCARA, vendo, 4.6 alq., no interior de MCR, c/ casa de alvenaria, estrebaria p/ gado leiteiro e açude, valor a combinar. Tr. (45)8819-6380. GRANJA, vendo, em Curvado, chiqueiro de 750 m², c/ todos os maquinários pertencentes a granja, poço artesiano, 3.5 alq. de terra, R$ 290.000,00, aceito casa em MCR ou soja. Tr. (45)99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vende-se, 4.06 alq., com benfeitorias, na linha São Marcos, R$ 350.000,00, condições de pgto a combinar. Tr. (45)3254-5000 com Certo Imóveis. Creci J-4248. TERRA, vendo, 16.4 alq., encosta no asfalto, próximo a Curvado, R$ 580.000,00, entrada + 2 anos. Tr. (45)99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 16.7 alq., 10 mecanizados, restante mata virgem, no asfalto, a 6 km de MCR, negócio de ocasião, entrada + 2 pgtos. Tr. (45)99674322 com Felício Imóveis. Creci 2581. TERRA, vendo, 22 alq., 20 mecanizados de 1º, sem benfeitorias, valor a combinar. Tr. (45)9978-6422 com Raimundo van den Boon. CreciF 11955-J. TERRA, vendo, 3 alq., plana, c/ plantação de eucalipto, açude grande, casa de pisos c/ salão de festas + outra casa de alvenaria p/ funcionário, próximo ao futuro mercado da Copagril, valor a combinar. Tr. (45)9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 4 alq., na Linha Gaúcha, a 2.500 mts da cidade, 140 mts de largura, poço artesiano, 6.000 pés de eucalipto, R$ 380.000,00, aceito casa na cidade. Tr. (45)99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

TERRA, vendo, 4 alq., sem benfeitorias, em Planalto do Oeste, valor a combinar, aceito casa em Nova Sta Rosa ou em MCR. Tr. (45)9912-0679 ou 9937-9933.

TERRENO, vendo, 406 m², de esquina, de frente para BR, no Barcelona, valor a combinar. Tr. (45)3254-3144 ou 99650030 com Toninha Imóveis. Creci 9.381.

TERRA, vendo, 41 alq., toda mecanizada de 1º, c/ 2 barracões, 2 casas, poço artesiano, 5 km do asfalto, em Japorã, Mundo Novo, MS, valor: 900 scs de soja o alq., aceito troca. Tr. (45)9972-5013 ou 32541718 com Imobiliária Bier. Creci 2390.

TERRENO, vendo, 709.50 m², no Lot. Nova América, em MCR, R$ 33.000,00 à vista, pode ser financiado pelo sistema SBPE. Tr. (45)3254-5000 com Certo Imóveis. Creci J-4248.

TERRA, vendo, 48 alq. de 1º, encosta no asfalto, valor a combinar. Tr. (45)9978-6422 com Raimundo van den Boon. Creci-F 11955-J. TERRA, vendo, 5 alq., em Novo Horizonte, 637 mts de largura, c/ casa de alvenaria, chiqueiro, estrebaria p/ 14 vacas (dando leite), ordenhadeira, porteira fechada, valor a combinar, aceito casa em MCR. Tr. (45)9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 5.4 alq., 3 mecanizados, com benfeitorias, a 8 km de MCR, R$ 200.000,00, aceito casa até R$ 90.000,00. Tr. (45)32541345. TERRA, vendo, 5.5 alq. de 1º, planta 90%, sem benfeitorias, na linha Palmital, R$ 300.000,00. Tr. (45)99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRA, vendo, 6 alq., c/ 22.000 pés eucalipto de 1 ano, na linha Três Voltas, Quatro Pontes, R$ 220.000,00. Tr. (45)9145-2802 com Marcio. TERRA, vendo, 8 alq., na Estância Hidromineral Coroados, com toda infraestrutura + fonte de água mineral registrada no Lamin/DNPM, R$ 1.300.000,00, aceito propriedade em Curitiba. Tr. (45)99725013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRENO, vende-se, 459 m², na Av. Rio Grande do Sul, Lot. Das Torres, R$ 160.000,00. Tr. (45)3254-5000 com Certo Imóveis. Creci J-4248. TERRENO, vendo, 13x32, com uma meia água em cima, no Jd. Higienópolis, R$ 50.000,00. Tr. (45)9992-7586 com Alex. TERRENO, vendo, 400 m², c/ casa de madeira 75 m², localizado na Rua Minas Gerais, a 100 mts da Av. Rio Grande do Sul, centro de MCR, R$ 120.000,00. Tr. (45)9909-2505.

Temperatura: 27º/16º

Temperatura: 28º/16º

Temperatura: 27º/16º

Temperatura: 28º/16º

Temperatura: 28º/15º

Temperatura: 26º/14º

TERRENO, vendo, 812 m², na Rua 7 de Setembro, MCR, valor a combinar. Tr. (45)32543144 ou 9965-0030 com Toninha Imóveis. Creci 9.381. TERRENO, vendo, loteamento novo, em Quatro Pontes, saída p/ Novo Sarandi, R$ 45.000,00, aceito terreno em Nova Sta Rosa, estudo propostas. Tr. (45)9944-3958. TERRENO, vendo, na Av. Maripá, a 1/2 quadra do Ruzza Supermercados, em MCR, R$ 300.000,00, aceito casa ou terreno. Tr. (45)9972-5013 ou 3254-1718 com Imobiliária Bier. Creci 2390. TERRENO, VENDO, 378 M², COM ASFALTO, NO LOT. PINZ, SAÍDA P/ MARGARIDA, PRÓXIMO À RODOVIÁRIA, R$ 40.000,00. TR. (45)9969-4153 COM RICARDO. CRECI 16.592. TERRENOS, vendo, vários, no Lot. São Francisco, valor a combinar, parcelas de 40 a 50 meses c/ entrada de R$ 5.000,00. Tr. (45)9978-6422 com Raimundo van den Boon. Creci-F 11955-J.

ALUGO 2 peças como também 1 quarto, interessados. Tr. (45)9147-3785. ALUGO QUARTOS em casa de família, na Rua Men de Sá, em frente a Fisiomar, em MCR, valor a combinar. Tr. (45)91385402. APARTAMENTO, ofereço p/ alugar, 2 quartos, demais depend., 6 peças grandes, c/ parabólica coletiva e internet, no calçadão em cima da Mari Meri, Ed. Tonin, em MCR, R$ 480,00 + condomínio. Tr. (45)3254-1167. APARTAMENTO, ofereço p/ alugar, 3 quartos, 1 suíte, sala, cozinha ampla, 2 sacadas, na Av. Irio J. Welp, nº 1800, em frente ao estádio, próximo à Unioeste, R$ 580,00. Tr. (45)9960-7799 ou 3254-5422 com Ani. APARTAMENTO, ofereço p/ alugar, 3 quartos, demais depend., 8 peças, parabólica coletiva, garagem, portão eletrônico, ap nº 6, no Ed. Michelle, nº 501, em MCR, R$ 530,00 + R$ 27,00 de condomínio. Tr. (45)3254-1167 com Terezinha.


30 | O PRESENTE - Edição 3169 APARTAMENTO, ofereço p/ alugar, 3 quartos, sala, cozinha, bwc, lavand., churrasq., 2 sacadas, garagem, na Av. Tulipas, nº 640, Lot. Augusto, em MCR, R$ 430,00. Tr. (45)9978-5714.

APARTAMENTO, ofereço p/ alugar, suíte + 2 quartos, sala c/ 2 ambientes, sala de jantar e cozinha independente da lavanderia, no calçadão, centro de MCR, R$ 550,00 + condomínio. Tr. (45)9965-6161 ou 9973-0444.

APARTAMENTO, ofereço p/ alugar, no Condomínio Canadá, Bloco B, em MCR, valor a combinar. Tr. (45)3254-2290 ou 9961-3270.

CASA, oferço p/ alugar, de esquina, no Bairro Paraiso, R$ 200,00. Tr. (45)9931-9908 com Localiza Negócios Imobiliários. Creci 19.787.

CLASSIFICADOS CASA, ofereço p/ alugar, 2 quartos, sala, sala de jantar, cozinha, bwc, lavand., garagem, na Rua Paraná, nº 5670, MCR, R$ 550,00. Tr. (45)32540721 ou 8825-5846. CASA, ofereço p/ alugar, 90 m², 2 quartos, 1 suíte, garagem, murada c/ cerca de ferro, jardim, na R. Concórdia, nº 2467, Lot. Sabka, em MCR, R$ 550,00. Tr. (45)3254-9072 com Juliete. CASA, ofereço p/ alugar, 99 m², c/ 2 quartos, garagem, lavand. fechada, toda murada, no Bairro São Lucas, 50 m da escola, R$ 390,00, exige-se fiador. Tr. (45)3254-3501 ou 9134-2939. CASA, ofereço p/ alugar, c/ 9 peças, na R. Mato Grosso, nº 1257, em frente à Princesa dos Campos, em MCR, valor a combinar. Tr. (45)9974-7190 com Zenaide. QUITINETE, ofereço p/ alugar, 55 m², c/ 1 quarto, sala, cozinha, bwc, em MCR, R$ 320,00. Tr. (45)9941-1230 com Atilio. QUITINETE, ofereço p/ alugar, na Avenida Maripá, centro de MCR, valor a combinar. Tr. (45)9977-3695. SALA COMERCIAL, ofereço p/ alugar, 150 m², ótimo ponto comercial, em frente a Agropecuária Bruske, em Pato Bragado, valor a combinar. Tr. (45)3282-1964 ou 9967-8081 com Nelson.

SALA COMERCIAL, ofereço p/ alugar, aprox. 80 m², na Avenida Maripá, centro de MCR, valor a combinar. Tr. (45)9969-8051.

ASTRA CD, vendo, ano 2004, c/ ar digital, bancos em couro, 84.000 km, impecável, R$ 27.000,00. Tr. (45)8408-2277. ASTRA HATCH 2.0, vendo, ano 2008/09, prata, 4 portas, completo, particular, R$ 37.500,00. Tr. (45)3279-1240 ou 3279-1255. BLAZER, vendo, ano 2000/ 01, preta, completa, modelo 2.4 Pitbull, 4 cc, gasolina, particular, R$ 31.000,00. Tr. (45)32791240 ou 3279-1255. CAMINHÃO, vendo, Scania 113, valor a combinar. Tr. (45)9985-1663. CLIO HATCH EXPRESSION 1.6, vendo, ano 2005, prata, c/ ar, DH, trava e vidros elétricos, abs, air bag, em ótimo estado, valor a combinar. Tr. (45)9134-6397 ou 3279-1973 com Marcos. CORSA 1.0, vendo, ano 99, azul, 4 portas, insulfilme, trava, alarme, rodas, limpador e desemb. traseiro, manual, chave reserva, R$ 12.490,00 à vista. Tr. (45)9941-2737.

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011 CORSA CLASSIC 1.0, vendo, ano 2005, com ar, direção, álcool, valor a combinar, negócio de ocasião. Tr. (45)32543499 ou 9971-6164 com Elemar.

GOL GIII 1.0, vendo, ano 2002, 16 v, completo, R$ 22.000,00. Tr. (45)9982-7554 ou 3254-0984 com Cristiano.

CORSA SEDAN CLASSIC, vendo, ano 2004, prata, motor vhc, em excelente estado de conservação, bom de pneus, mecânica revisada, valor a combinar. Tr. (45)8427-2300.

GOL, vendo, ano 2003, prata, 2 portas, c/ ar, vidro, alarme, tapetes alumínio, roda 17, em ótimo estado, preço de ocasião, R$ 14.000,00, sem troca. Tr. (44)8821-4344 ou (45)9974-5091.

CROSSFOX 1.6, vendo, ano 2008, vermelho, completo, R$ 38.000,00. Tr. (45)3253-2282 ou 9968-7388. D-10, vendo, ano 84, com boiadeira, impecável, 3º dono, v a l o r a c o m b i n a r. Tr. (45)9932-4668. ESCORT EUROPEU 1.6, vendo, ano 94, c/ manual, álcool, valor a combinar. Tr. (45)32542074 ou 9134-0593. ESCORT GL 1.8 i, vendo, ano 96, azul, motor AP, 8 v, em bom estado, R$ 6.990,00 à vista. Tr. (45)9941-2737. ESCORT, vendo, ano 95, Ford, prata, em ótimo estado de conservação, valor a combinar. Tr. (45)8818-4476 com Airton. F-4000, vendo ou troco, ano 80/80, alongada, motor MWM, DH, alarme e trava, R$ 30.000,00, aceito utilitário de tamanho menor. Tr. (45)9944-7004. FIORINO FURGÃO, vendo ou troco, ano 90, branca, álcool, R$ 8.500,00, aceito moto. Tr. (45)9974-1496. FOCUS SEDAN 1.6, vendo, ano 2005, preto, completo, cd, único dono, 41.000 km, manual, chave reserva, impecável, valor a combinar. Tr. (45)3254-7000. GOL 1.6, vendo, ano 85, verde metálico, 5 marchas, álcool, R$ 6.300,00. Tr. (45)32532282 ou 9968-7388. GOL 1.6, vendo, ano 92, álcool, R$ 7.300,00. Tr. (45)99615538 com Sérgio. GOL 1.8 GLI, vendo, ano 96, revisado, c/ rodas, direção, alarme, trava, som, bancos em couro, impecável, R$ 13.000,00. Tr. (45)9904-7445 com Ricardo.

GOLF, vendo, ano 2001/01, 2º dono, não aceito troca, R$ 21.500,00. Tr. (45)9910-0770 com Gustavo. IDEA HLX 1.8, vendo, ano 2006, prata, flex, completa, cibié, cd, manual, chave reserva, impecável, valor a combinar. Tr. (45)3254-7000. KOMBI, vendo, ano 97, branca, vidraçada, R$ 11.500,00. Tr. (45)9974-1496. PALIO WEEKEND ADVENTURE LOCKER, vendo, ano 2010, branco, completo, ar, rodas originais, computador de bordo, revisado, super conservado, particular, R$ 41.900,00. Tr. (44)36871739 ou (44)9976-9470. PARATI 1.6, vendo, ano 89/ 89, prata, álcool, toda revisada, valor a combinar. Tr. (45)9961-0071 com Marcos. PARATI PLUS 1.6, vendo, ano 2008, preta, flex, completa, cd, baixa km, manual, impecável, valor a combinar. Tr. (45)8803-6565. PASSAT LS, vendo, ano 81, caixa, 5 marchas, álcool, 2 E, valor a combinar. Tr. (45)84216656. PICASSO GLX 1.6, vendo, ano 2006, prata, completa, air bag´s, couro, cd, dvd original, manual, chave reserva, valor a combinar. Tr. (45)8805-8484. PICASSO GLX 1.6, vendo, ano 2007, azul, flex, completa, couro, air bag´s, cd, manual, chave reserva, impecável, valor a combinar. Tr. (45)88036565.


CLASSIFICADOS

SEXTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 2011 PRISMA 1.4, vendo, ano 2007, prata, completo, R$ 28.000,00. Tr. (45)3253-2282 ou 9968-7388.

CG 150, vendo ou troco, ano 2007, com partida, R$ 4.300,00, aceito Biz. Tr. (45)9999-6909 ou 3254-5516.

CILINDRO DE ÔXIGENIO HOSPITALAR, preciso p/ alugar ou compro, valor a combinar. Tr. (45)9961-4260 com Wilmar.

RANGER XLT, vendo, ano 2008/08, dupla, c/ capota de fibra, abs, computador de bordo, completa, R$ 56.000,00, aceito carro pequeno na troca. Tr. (45)3254-2851 ou 99334794 com Arno.

FACTOR 125 ED, vendo, ano 2011/11, vermelha, completa, único dono, nova, valor a combinar. Tr. (45)9973-4406 com Eldor.

FILHOTES, vendo, de Poodle Micro Toy e Pinscher, valor a combinar. Tr. (45)3254-3025 com Nelli.

SANTANA QUANTUM EXCLUSIV, vendo, ano 97/97, c/ bancos de couro, vidro elétrico, teto solar, alarme, em ótimo estado, R$ 15.000,00, aceito Biz como parte de pgto. Tr. (45)9992-6096. SANTANA, vendo ou troco, ano 2002, 4 portas, completo, revisado, impostos 2011 pagos, R$ 17.000,00, parcelo em até 6 vezes sem juros. Tr. (45)9113-1083 com Irineu. SANTANA, vendo, ano 98, completo, pneus novos, revisado, c/ 70.000 km originais, valor a combinar. Tr. (45)99505436. SCÉNIC 1.6, vendo, ano 2006, cinza, completa, air bag duplo, cd c/ comando no volante, rodas liga leve, impecável, valor a combinar. Tr. (45)8803-6565. UNO 1.0, vendo, ano 94, 4 portas, completo, c/ ar-cond., valor a combinar. Tr. (45)99627008. VECTRA, vendo, ano 2005, c/ abs, piloto automático, computador de bordo, som no volante, placa A, valor a combinar. Tr. (45)9921-9839.

FALCON, vendo ou troco, ano 2008, Honda, preta, com baú, pneus novos, baixa km, 3º dono, valor a combinar. Tr. (45)9915-3065 com Gilvany. TITAN, vendo, ano 2002, vermelha, impecável, R$ 3.000,00. Tr. (45)9972-3249. TITAN, vendo, ano 98, azul, R$ 2.500,00. Tr. (45)3253-2282 ou 9968-7388. TWISTER 250 CBX, vendo, ano 2007, Honda, preta, única dona, R$ 7.000,00, troco por Bros 150. Tr. (45)9928-9216 com Berenice.

ANTENA DE INTERNET, vendo, usada, R$ 200,00. Tr. (45)9992-7586 com Alex. CARTA CONTEMPLADA, vendo, imóvel, crédito de R$ 100.000,00, entrada de R$ 10.100,00, assume 146x de R$ 1.750,00. Tr. (45)9903-0005.

Atenção vítimas de acidente do mês 04/2008 à 2011 Você sabia que tem direito a indenização? (45) 9972-7923 Informações 9134-9384 H.J. MUNCHEN & VENGRAT 3254-4503

BIZ 125 +, vendo, ano 2009, vermelha, Honda, c/ 2.300 km, única dona, valor a combinar. Tr. (45)3254-1198 com Carla. BIZ 125, vendo ou troco, ano 2006, c/ partida elétrica, imposto 2011 pago, R$ 4.300,00. Tr. (45)9989-0805. BIZ ES, vendo ou troco, ano 2004/05, com partida, baixa km, em ótimo estado, valor a combinar. Tr. (45)9935-0414. BIZ KS, vendo, ano 2000, c/ rodas liga leve, pintura nova, valor a combinar, aceito Dream, parcelo pgto. Tr. (45)99422738.

CB 500, vendo ou troco, ano 98, Honda, azul, com escape e rabeta esportivos, valor a combinar. Tr. (45)9915-3065 com Gilvany. CB 500, vendo, ano 2000/ 01, vermelha, c/ escape esportivo, revisada, impecável, valor a combinar, aceito troca. Tr. (45)8829-0691.

TOCA CD, vendo, sem entrada USB, Pioneer, c/ 1 ano de uso, 1 par de alto falantes 6x9 e outro de 6 polegadas, valor a combinar. Tr. (45)8808-1626. VENDO, cômoda infantil e máquina de lavar, seminovas, valor a combinar. Tr. (45)99344671 com Marcia.

GAITA UNIVERSAL, vendo, preta, 120 baixos, reduzida, correias novas, com estojo, em ótimo estado de conservação, valor a combinar. Tr. (45)9128-9303. MERCADO, vendo, troco ou financio, c/ açougue, clientela formada, c/ ou s/ imóvel, no centro de MCR, valor a combinar, aceito propostas. Tr. (45)9932-9651. PRECISO DE CASA p/ alugar, pago até R$ 350,00, p/ casal e uma criança. Tr. (45)9909-6547 com Elias. PROCURO moça p/ dividir despesas. Tr. (45)9928-2284. RODAS GTS 15, vendo, seminovas, com pneus novos, valor a combinar. Tr. (45)91235932.

BEZERROS, vendo, mestiços, valor a combinar. Tr. (45)3284-7788 ou 9958-6566 com Jaime. COLHEITADEIRA, vendo, ano 86, New Holland 5050, revisada, valor a combinar, aceito terreno. Tr. (45)9961-1513 com Genésio. COLHEITADEIRA, vendo, Massey Ferguson, ano 88, com espigadeira de milho, em perfeito estado de conservação, valor a combinar. Tr. (45)9101-4087. ESPALHADOR DE ESTERCO LÍQUIDO, espalho na lavoura. Tr. (45)9946-4733. MAQUINÁRIO, vendo, serra fita, volante 90 cm, p/ toras, b e n e f i c i a d e i r a , desengrossadeira, afiação e exaustor, valor a combinar. Tr. (45)9923-5543 ou 3254-3270. MUDAS DE EUCALIPTO, vendo, várias variedades, c/ plantio e manutenção completa, valor a combinar. Tr. (45)8803-0231 (tim) ou 32542720 com Herton. NOVILHAS ENXERTADAS, vendo, de 5 a 8 meses, Jersey, com regristro PC e M1, valor a combinar. Tr. (45)3273-1185 ou na Cabanha Giordani, em Novo Sarandi.

SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa abaixo torna público que recebeu do IAP Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado: Empresa: Ceramica Lex Com. Exp. Ltda Atividade: Extração de argila Endereço: Rua Achylles Vendruscolo, s/n, Caixa Postal 18 Município: Guaíra – Paraná Validade: 24/08/2013

PULVERIZADOR, vendo, Columbia Cross, com capacidade de 2.000 lts, ano 2001, valor a combinar. Tr. (45)9101-4087.

PARA ASSINANTES

2,00 Este cartão é válido somente para a edição do dia 03/09/2011 R$

Marcar com X:

Compro Vendo

Troco

Preciso para alugar Ofereço para alugar

Produto: ---------------------------------------------- Marca: --------------------------------Novo/usado/ano: ----------------------------------- Valor: ---------------------------------Obs.: --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Tratar com: ------------------------------------------ Fone: ---------------------------------Endereço: -------------------------------------------- Cidade: -------------------------------Remetente: ------------------------------------------ Fone: ---------------------------------Assinatura do responsável: ----------------------------------------------------------------Obs.: Não nos responsabilizamos pela publicação de cartões rasurados e por informações incorretas. Entregue este cartão na recepção do Jornal O Presente entre 08 e 12 horas do dia 02/09/2011.

Recorte na linha pontilhada

BROS, vendo, ano 2008, vermelha, valor a combinar, troco por gado Jersey. Tr. (45)99324668.

ROUPAS INFANTIS, vendo, p/ meninos e meninas até 3 anos, peças de verão e inverno, valor a combinar, somente à vista. Tr. (45)8808-1626.

CNPJ: 10759805/0001-77

VECTRA, vendo, ano 99/00, verde, completo, c/ bancos de couro, ar digital, impecável, valor a combinar, aceito moto de menor valor. Tr. (45)88011315.

BIZ +, vendo ou troco, ano 2009, chumbo, 11.000 km, única dona, R$ 6.000,00, aceito Biz de menor valor. Tr. (45)9972-3249.

Edição 3169 - O PRESENTE | 31


MARECHAL CÂNDIDO RONDON - PR

Definida a Comissão Central Organizadora da Oktoberfest

SEXTA-FEIRA

02

SETEMBRO DE 2011

PÁGINA 12

Fone/fax: (45)

3254-1842 O Presente

EXPO PALOTINA SEGUE ATÉ DOMINGO Aberta oficialmente na noite de ontem (1º), com a presença de autoridades, lideranças, empresários, parceiros, convidados e comunidade em geral, a Expo Palotina segue até domingo (05) no Parque de Exposições João Leopoldo Jacomel. A programação conta com uma série de atrações. Neste segundo dia de evento, hoje (02) acontecerá a abertura do rodeio, a partir das 20 horas, na Arena de Eventos principal. Para a edição deste ano, o rodeio vem com novidades, dentre elas novas aberturas, helicóptero e rodeio de carneiros para a criançada. Outra inovação é a transmissão instantânea em telões montados no recinto de montaria e que permite ao público acompanhar as provas em tempo real, com riqueza de detalhes oferecida pelo replay. Ao mesmo tempo, um profissional do rodeio faz os comentários e mostra o desempenho do peão. Hoje também é dia de show com a dupla Breno Reis e Marco Viola, na Arena Universitária. PÁGINA 13

Ademir Herrmann

INÍCIO DA SEMANA DA PÁTRIA A data de ontem (1º) marcou a abertura da Semana da Pátria, que se estende até a próxima quarta-feira (07), data em que é comemorada a proclamação da Independência do Brasil, ocorrida em 07 de setembro de 1822. Para celebrar a passagem da data, as prefeituras de municípios da região elaboraram extensa programação para toda a Semana da Pátria, que inclui cerimônias, apresentações culturais e desfiles. Em Marechal Cândido Ron-

don, as atividades estão sendo coordenadas pela Secretaria de Educação. A solenidade de abertura foi realizada ontem, na Praça Willy Barth (foto), e contou com apresentações das escolas municipais Bento Munhoz da Rocha Neto e Criança Feliz e da fanfarra do Colégio Luterano Rui Barbosa, além de ato cívico. Autoridades políticas e militares prestigiaram o evento. A programação na Praça Willy Barth segue até a próxima terça-feira (06). PÁGINA 18


09-02-2011.pdf  

09-02-2011.pdf

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you