Page 1

Publicação MENSAL

- Tiragem nesta edição - 5.000

MÉDIO PIRACICABA

-

Nº 02

-

15 de Março de 2012

www.opopularjm.com.br

-

R$0,25

Prisão de empresário pode ter sido forjada para captura fácil

Rock e Funck Saiba mais p.6

Defesa do acusado consegue habeas corpus alegando que policiais forçaram flagrante; família quer prisão Um empresário preso recentemente em João Monlevade, acusado de tentativa de estupro de menor, conseguiu habeas corpus. A defesa sustenta que a polícia teria forjado um flagrante. Segundo defende o advogado do acusado, a

polícia montou um esquema e teria se escondido no quarto da jovem, embaixo da cama e no guarda roupas. A moça teria sido induzida a ligar para o empresário que foi preso, segundo a polícia, sem roupas, tentando transar com a jovem.

A família sustenta que a moça era constantemente assediada pelo empresário. Afirma, ainda, que se a polícia não tivesse feito tal prisão, ela certamente, teria sido estuprada. O empresário responderá em liberdade das acusações e

pode processar jornais que publicaram informações sobre o caso. Já o Boletim de Ocorrências da Polícia afirma que os policiais não estavam dentro da casa, mas, sim, do lado de fora em campana e ouviram gritos. Bell Silva

Padr es polític os adres políticos A igreja Católica é bem clara no que tange a aproximação de padres com a política partidária. É totalmente proibido que padres se candi-datem ou se unam a partidos. Os jornais da igreja têm dedicado longos editoriais e alertas aos pretensos candidatos, que estão empolgados com a popularidade que a Igreja os dá. “Quem se candidatar ou alinhar com partidos políticos será, severamente, punido”, escrevem bispos de todo o Brasil.

Pág. 04

Prandini reúne petistas temendo “rebelião” De olho na plenária do PT, o prefeito Gustavo Prandini, acompanhado de assessores, reuniu petistas “aliados” na Prefeitura. O objetivo é minar o avanço de membros do partido vermelho que defendem o candidatura a prefeito com o PT na cabeça de chapa. Prandini deseja concorrer a reeleição. Gentil Bicalho, se colocou a disposição do partido para concorrer a prefeito. (pág. 3).

Policial e suspeit suspeitoo baleados em ação da PM O cabo José Maria e um suspeito ficaram feridos em uma ação da Polícia Militar no bairro Cruzeiro Celeste, as margens da BR-381. O policial havia abordado o suspeito quando teria levado um tiro na perna ao tentar desarmá-lo. Outro colega de profissão sacou a arma e disparou três vezes também nas pernas do suspeito. (Pág. 6) Will Jony

Pior do que está, fica? Caso tivéssemos de elencar todos os problemas vividos pela atual Administração Municipal, este espaço seria por demais pequeno para descrevermos tantas “baboseiras” e “desastres” proporcionados por quem está no “comando” da cidade, ou seja, a dupla PV/PT. Opinião, na pág. 2.

FÉ E POLÍTICA: Bispo Dom Odilon orientou padres a não se envolverem com política partidária para não dividir comunidade

COLUNA SOCIAL ANSELMO OLIVEIRA Estréia hoje a coluna social com Anselmo Oliveira. Veja na página 6, fotos e comentários do colunista que visitou os principais eventos da cidade.

À MÃO ARMAD ARMADAA Ladrão leva R$ 8 mil de empresária em plena luz do dia. (Pág. 5)

Lucien Marques deixa provedoria do HM

MP mo ontr andini movve ação ccontr ontraa Pr Prandini

O empresário Lucien Marques não é mais o provedor do hospital Margarida, cargo que exerceu voluntariamente por seis anos. Sua gestão foi marcada por importantes e históricos avanços no hospital e pelo reconhecimento interno, através de médicos e funcionários que o aplaudiram de pé em seu discurso de saída. Da mesma forma, aconteceu na comunidade. Mesmo nos mo-

O Ministério Público move uma ação civil pública contra o prefeito Gustavo Prandini (PV) e o ex assessor de governo e comunicação, Emerson Duarte. A ação acusa o prefeito e seu ex assessor de ataque ao erário público em ato que configuraria improbidade administrativa. O processo está em pleno andamento no Fórum Milton Campus.

mentos de crise, o empresário teve respaldo e credibilidade para tocar o hospital. A maior conquista foi a construção de um CTI, conquistada com apoio político. Após seis anos, o provedor deixa a entidade nas mãos de Marcos Albano, (Mar-quinhos da Eproim). (pág. 3). Nesta edição de O POPULAR, você acompanha o balanço social da entidade, último da era Lucien Marques.

O prefeito Gustavo Prandini já se manifestou sobre o assunto e o processo voltou as mãos do Ministério Público no último dia 12. O prefeito é defendido por cinco advogados. Já Emerson Duarte ainda não se manifestou sobre o assunto. Além desse processo, Prandini pode perder o direito de se candidatar por outro motivo. Leia mais na pág.4.

Bell Silva

Nova resolução do TSE pode deixar Prandini, Conceição e Dorinha fora das eleições deste ano

Dibisa inicia empreendimento no TTer er ezópolis erezópolis A Dibisa atacado, empresa dirigida pelo empresário Eustáquio Bicalho, não para de crescer. Ela planeja um mega empreendimento no bairro Terezópolis, que visa atender a população dos bairros visinhos e pessoas que circulam pela BR-381 diariamente. As obras já começaram. NO VO empreendimento da Dibisa Atacado promete movimentar economia local NOV

Uma nova resolução do Tribunal Superior Eleitoral pode tirar da disputa eleitoral deste ano, pelo menos três pré candidatos a prefeito. Correm o risco de não se candidatar Gustavo Prandini (PV), Conceição Winter (PPS) e Dorinha Machado (PMDB). A norma prevê que candidatos que tiveram contas reprovadas não podem se candidatar. Leia reportagem nesta edição e também editorial na página 2 sobre esse assunto.


Página 2

O Popular

Opinião

15 de Março de 2012

FERNANDO GARCIA

O PT e Prandini

Fundado em setembro de 2003 Diretores Editorias: BELL SILVA THIAGO MOREIRA Colaboradores: FERNANDO GARCIA LUCIANA CARVALHO WILL JONY

Editor: THIAGO MOREIRA Repórteres: BELL SILVA, MOREIRA

THIAGO

Diagramação e Arte Final: BELL SILVA Contato Publicitário: (31) 8746-7347 (31) 9655-3585 Horário Comercial: 08:00 às 18:00 de Segunda à Sexta-feira

Bairro Carneirinhos Cep - 35930 - 241 - João Monlevade - MG Site: www.opopularjm.com.br - E-mail - opopular@opopularjm.com.br

Colunistas

Nomes da oposição Especulações dão como certa a indicação de Lucien Marques para candidato a prefeito. Oposição, porém, trabalha com nome do ex prefeito Carlos Moreira

Como já era esperado, as especulações sobre nomes que podem concorrer à Prefeitura de João Monlevade começaram. Na última sexta-feira e sábado, jornais deram como certa a indicação do empresário e provedor do hospital Margarida, Lucien Marques (PSDB) para concorrer à função pública de prefeito. Já até anunciaram o vice dele, doutor Railton, do PDT. É bom lembrar que a oposição hoje trabalha com um outro nome e o próprio Lucien apóia tal decisão. Trata-se do ex prefeito Carlos Moreira, também do PSDB. Caso Moreira não se candidate, aí sim haverá a escolha de outro nome. Essa indicação, certamente, deverá ter peso político e, obviamente, a aprovação de Moreira, já que ele vai atuar como principal cabo eleitoral. Como todos sabem, Lucien Marques é um dos nomes favoritos de Moreira e da maioria do grupo de oposição. Porém, ainda pesa na decisão de Lucien questões pessoais. Ele demonstra desejo de realizar um projeto volta-

do para questões sociais e de desenvolvimento para o município. Acontece que para isso teria de delegar funções em suas farmácias, abdicando, durante os próximos quatro anos, de cuidar diretamente dos seus interesses patrimoniais. Uma decisão difícil se observada por essa ótica. Além de Lucien, a oposição ainda tem outros nomes fortes e que podem se firmar como candidatos. São eles, doutor Railton. O médico foi o segundo colocado nas últimas eleições, ficando apenas 1% atrás do primeiro colocado, Gustavo Prandini (PV). Sua conduta pós eleições é considerada por uns impecável, já que Railton se manteve alheio as questões polêmicas. Para outros, ao contrário, ele deveria ter manifestado publicamente sua opinião sobre temas que envolvem a gestão atual. Outro nome é de Delci Couto. A exemplo de Lucien, Delci é um empresário de sucesso. No momento de dívida passado pelo município pode se viabilizar. Mas, nas pesquisas de opinião, ele não decolou ainda. De uma forma, ou de outra, o município aponta para a necessidade de mais desenvolvimento. Pelo bem da comunidade, espera-se a eleição de um prefeito capaz de guiar o município, com apoio suficiente para explorar todas as oportunidades que ora se anunciam.

TSE nas eleições Nova resolução editada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pretende moralizar, ainda mais, o cenário político nacional, já a partir das eleições deste ano. Ela prevê que candidatos que tiveram as contas de campanha reprovadas em 2010 ficam, imediatamente, impedidos de se candidatar. Antes desse período, porém, será analisado caso a caso. Tal novidade jurídica, por sua vez, deve atingir em cheio as pretensões de velhos e conhecidos candidatos da política local e regional. Em João Monlevade, pelo menos três dos pré candidatos que pretendem governar o município a partir de 2013 tiveram as contas de campanha desaprovadas em primeira, segunda ou terceira instâncias, no ano de 2008. Um deles, justamente o prefeito do município, teve reprovação em todos os três tribunais, inclusive no próprio TSE. Tal medida pode corrigir uma das maiores anomalias da legislação eleitoral. A lei em vigor, editada por políticos legisladores, prevê que, desde que o candidato tenha prestado contas, ele pode se candidatar livremente, sem impedimento. Ou seja, mesmo que as contas tenham indícios e comprovações de fraudes, caixa dois, desvio, etc, tal candidato pode

concorrer e, ainda, vencer para governar municípios, estados e o país. A nova resolução do TSE, por sua vez, proíbe que tais candidatos consigam, sequer, se candidatar. Porém, como não é lei, apenas resolução, caberá aos juízes de primeira e segunda instâncias decidirem se dão, ou não, quitação eleitoral aos pretensos candidatos com contas desaprovadas. Se passar, certamente, haverão inúmeros pedidos de impugnação e, posteriormente, cassação de mandato. Uma insegurança jurídica violenta que pode ser evitada com a proibição imediata nas duas primeiras instâncias. Uma das ministras do TSE defendeu em seus argumentos que o político que não teve zelo com as contas de campanha não pode ter tratamento idêntico ao que se preocupou. Existe quem defenda que casos anteriores a 2010 devem ficar de fora. Seria tratar os iguais como desiguais. A isonomia ficaria encostada em um canto dos tribunais em favor da desonestidade ou imprudência. Como se sabe, o Brasil passa por um momento de tentativa de um mínimo moralização, depois de tanta impunidade. Espera-se que tal dispositivo seja realmente aplicado.

THIAGO MOREIRA GONÇALVES

A farra da imprensa A última edição do jornal O POPULAR destacou o forte laço comercial e, consequentemente, editorial de jornais do município e fora dos limites de João Monlevade com o governo Prandini. Prática comum, inclusive em outros governos, parte da imprensa faz, há anos, uma verdadeira farra com dinheiro público em troca da venda de matérias de interesse do político no poder, ou mesmo, contra o grupo que faz oposição a ele. São raras e conhecidas as exceções. O jornal denunciou em suas páginas na última edição gastos de um único mês da Prefeitura com um jornal de Itabira, que avoluma quantia desproporcional se considerado o que o Executivo gastou, por exemplo, com o jornal A Noticia, cuja linha editorial é de desprendimento com o governo Prandini. Coincidência, ou não, o proprietário

desse jornal seria o apresentador de uma emissora de rádio local, ligada ao PT e a Gustavo Prandini. O programa de tal profissional é voltado para, sobretudo, atacar adversários políticos de Prandini. Foram inúmeras as ligações recebidas pela redação do O POPULAR, com manifestações de desprezo com a forma como a Prefeitura despeja dinheiro público na imprensa de forma desproporcional e sem critério. Governos passados também investiram mais em órgãos de imprensa que lhes interessava mais, porém, os demais veículos recebiam anúncios. No Governo Prandini, porém, nunca foi tão clara a relação de “proximidade” da linha editorial de tais veículos, para não dizer quase de propriedade. Só não vê, quem não quer.

WILL JONY

Pior do que está fica? Promessas não cumpridas contidas no programa de Governo. Churrasquinho dentro do Posto Médico no horário de serviço. Multas por causa de crimes ambientais. Corte no orçamento da Saúde, com a diminuição de doação de medicamentos. Internet de graça que não funciona para todos. Greve dos servidores públicos. Extinção da isenção da taxa mínima de água. Distribuição de panetones estragados aos servidores. Atraso nos repasses ao Hospital Margarida. Bairros da cidade com as ruas esburacadas e cheias de mato, com aspecto de “abandono”. (...). Caso tivéssemos de elencar todos os problemas vividos pela atual Administração Municipal, este espaço seria por demais pequeno para descrevermos tantas “baboseiras” e “desastres” proporcionados por quem está no “comando” da cidade, ou seja, a dupla PV/PT. E não adianta negar, porque a Prefeitura está re-

cheada de pevistas e petistas, conforme, recentemente, o próprio PV declarou em carta enviada ao Diretório do PT. E a situação está desse jeito: quando a gente pensa que nada de mais “danoso” irá acontecer, pensando que tudo de ruim já aconteceu, aí vem mais um problema “novo”, como mais falta de medicamento, de água, caos no trânsito, etc. Passados mais de três anos de administração, e o povo ainda tem que fechar ruas, impedir asfaltamentos indevidos, ameaçar fazer protestos por causa da falta de água e outras coisas mais, já não se tem esperanças de que se volte à normalidade. Ou seja, o povo começa a comparar o presente com o passado e acaba torcendo para que mais nove meses passem rápido. Boa parcela da população não aguenta mais, e entende que continuar sofrendo tanto assim é mesmo uma grande bobagem.

LUCIANA CARVALHO

Saúde: de pessoas ou das indústrias? Em entrevista ao Jornal Valor Econômico, em 30 de dezembro, o ministro da Saúde anunciou que, em breve, o governo pretende instituir uma margem de proteção de 25% para os produtores nacionais de bens e serviços adquiridos pelo Ministério da Saúde. Ou seja, o governo se dispõe a pagar 25% a mais por esses bens, desde que sejam produzidos em território nacional e não importados. O argumento que o ministro apresenta é que o déficit comercial do setor de saúde é grande e está crescendo, ou seja, importamos mais do que exportamos equipamentos hospitalares, medicamentos e outros itens relacionados.A matéria no Valor também revela que quem articula o lobby da indústria da saúde é o ministro da Saúde do governo anterior. A confirmar essa notícia, ficaria caracterizada uma situação extra-

ordinária na área da saúde pública. O governo reclama que não tem recursos para melhorar o atendimento da população, apesar de o orçamento do Ministério da Saúde ser, em 2012, 16,2% superior ao de 2011 - o maior salto entre os principais ministérios. Os instrumentos para desenvolver uma indústria competitiva de saúde no país estão à disposição de quem a eles quiser se candidatar: isenções tributárias para a importação de bens de capital e a instalação de novas unidades em diversos estados da federação; financiamentos generosos do BNDES; mercado local amplo e em crescimento. Se o governo quiser dar mais incentivos, basta garantir que, em igualdade de condições de preços e qualidade, dará preferência à indústria nacional.

Nos últimos dias, alguns dirigentes e militantes do Partido dos Trabalhadores de João Monlevade têm feito declarações no sentido que a sigla estaria prestes a romper com o governo Gustavo Prandini e poderia lançar candidato próprio para concorrer às próximas eleições. Sinceramente, não acredito nisso. Primeiro, porque a recente mudança de interpretação do parágrafo 7° do art. 11 da lei 9.504/97, elaborada pela Justiça Eleitoral pode dificultar, mas não impede a candidatura do atual prefeito. Afinal, uma Resolução emitida por um tribunal não pode se sobrepor a uma lei aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo Presidente da República. Judiciário não legisla, correto? Segundo, porque o PT monlevadense vive, há quase uma década, uma séria crise, que apenas tem se agravado nestes últimos três anos em que encabeçou a vice-prefeitura prandinista. O simples fato de, após os oito anos de governo Moreira, o PT não conseguir consolidar um nome, legitimamente, petista para concorrer a prefeitura, por si já evidencia que as coisas não vão bem no Partido dos Trabalhadores, há muito tempo. O jeito, então, foi apoiar Prandini. E na era prandinista, certamente, as coisa pioraram, pois uma agremiação que sempre foi conhecida por sua forte unidade partidária, principalmente, diante das disputas eleitorais, se encontra, hoje, muito dividida e, consequen-temente, enfraquecida. A verdade é que o Prandinismo conseguiu seccionar o partido em três ou quatro PTs e através da concessão de cargos, de salários, de gratificações, além do manejo de engodos que lhe são próprios, mantém a maioria dentro do Diretório Municipal. E vai ser assim até o final. Este Encontro Municipal, anunciado pelo partido, deve ser neutralizado pelo gabinete prandinista, indefinidamente, a exemplo de outros. Tudo vai depender da capacidade do governo em atender a vaidade individual de alguns. E para isso, Prandini tem a Máquina nas mãos. Na política tudo tem sua forma e seu tempo. E o tempo de uma ruptura saudável entre PT e PV já é mais do que pretérita. O PT deveria ter rompido antes da vinda de Tadeu e Ivo José. Aquele era o momento certo de o PT deixar a base do governo sob a justificativa plausível de que Prandini havia traído os princípios do partido e não reunia as condições para representar a Esquerda Monlevadense. A partir do momento em que o partido aceitou que Prandini se valesse do subterfúgio de se recorrer à petistas de Ipatinga para, artificialmente, manter o apoio do partido, o PT assumiu de vez toda a responsabilidade pelo situação político-administrativa catastrófica vivenciada pelo Município, esvaziando ele mesmo a tese de que não podia ter responsabilidade, pois, de fato, não participava das decisões de governo. Hoje, o PT tem sim sua culpa e ela é por omissão. Neste cenário de crise, não resta ao PT, senão a opção por se manter ao lado de Prandini para, juntos, concorrerem às próximas eleições. Uma ruptura este momento colocaria o partido numa espécie de limbo político, ou seja, não seria visto pelo eleitor como situação, mas também não poderia ser visto como oposição, pois já assumiu sua responsabilidade pelo resultado prandinista. O PT, então, seria visto como o traidor que concorreu para ser traído, o que, numa eleição pode ser terrível. Já imaginou ser chamado de traíra que abocanha o próprio rabo? É o que pode acontecer! Mas, para aqueles que, realmente, são petistas por afinidade e amor à Estrela Vermelha, resta a esperança de que todo ambiente de crise gera um infinidade de oportunidades e, no final disso tudo, o PT monlevadense terá uma grande chance de se renovar.


Página 3

O Popular

Gerais

15 de Março de 2012

Hospital Margarida: sai Lucien Marques e entra Marquinhos O empresário Marcos Albano, Marquinhos da Eproim, assume a provedoria do hospital Margarida. Ele foi diretor da unidade de saúde e braço direito de Lucien Marques durante a atual gestão. Profissional discreto e comprometido, Marcos Albano terá a missão de dar continuidade aos projetos iniciados no Margarida. Durante a gestão Lucien Marques, praticamente um novo hospital foi erguido. O Margarida foi assumido com déficit nas contas, à beira de um colapso financeiro. Lucien não só conseguiu arrumar a parte contábil, como, também, reformou todo o hospital, ajustou diversos setores, aumentou os leitos, construiu novas e modernas enfermarias, comprou equipamentos de ponta, mais que dobrou a capacidade de energia elétrica, construiu um novo estacionamento, e garantiu um CTI (Cen-

Thiago Moreira

Lucien (primeiro plano) entrega provedoria para Marquinhos com R$ 1 mi garantidos para investimentos

Dois advogados defenderam publicamente a conjunção de forças e um esforço extra para “realizar um projeto político novo por Monlevade”. O advogado Fernando Garcia, colunista de O POPULAR, assim como o membro da OAB Minas e vice presidente do PDT, Teotino Damasceno Filho, falam em união em favor de mudança na Prefeitura de Monlevade. Segundo Teotino Damasceno o momento requer aglutinação. “Não é hora de divisão. É preciso que pessoas de bem se unam, por um projeto de enfrentamento dos proble-

mas da cidade”, afirma. O advogado defende que o município precisa de mudança. “Não dá para continuar como nos últimos três anos. Precisamos de um projeto político sério, não de promessas mirabolantes”, destacou. Já o advogado Fernando Garcia afirma que a vitória ou derrota de Prandini pode estar nas mãos de seus adversários. “A vitória de Prandini depende muito mais da oposição e grupo não governista do que do próprio Prandini. Se a oposição errar, o prefeito pode se reeleger”, defende.

Thiago Moreira

PT realiz a c onvenção de olho nas eleições 2012 Informação de primeira mão da rádio Cultura, através do jornalista Will Jony, foi confirmada pelo PT. Segundo reportagem da emissora, o PT teria recebido uma carta do prefeito Gustavo Prandini, solicitando a indicação de um vice do partido, para compor a chapa para o cargo majoritário nas eleições deste ano. A carta teria desagradado a direção do partido, pois não houve discussão sobre o apoio, apenas uma imposição do prefeito, solicitando a indicação rápida de um vice, já que ele tentaria a reeleição. Segundo o partido, a carta será lida para militantes no próximo dia 16, quando o partido realiza uma plenária, com participação do presidente estadual do PT, Reginaldo Lopes. Um grupo formado por lideranças petistas, dentre eles,

Carlos Moreira e demais pré-candidatos de seu grupo

não afasta a possibilidade. “Não podemos nos furtar de fazer alguma coisa. O que não pode é ficar do jeito que está. Estamos consultando nossa consciência”, afirma. Ainda sobre o assunto, ele diz que a oposição tem bons nomes. “Temos hoje quatro nomes e todos eles podem co-

locar-se a disposição”, afirmou. Já doutor Railton e Delci Couto observam atentamente o cenário. Delci disse que apoiaria ou Moreira ou Lucien. Doutor Railton, por sua vez, aguarda, pois pode ser indicado a vice na chapa ou mesmo concorrer como candidato do grupo.

Dívida da Pr efefeitur eitur Pref eituraa che chegga a R$ 19 milhões, maior valor da história de Monlevade Com todas as notícias de abalo na relação do PT com o prefeito Gustavo Prandini, da nova resolução do TSE que atinge candidaturas de políticos que tiveram as contas reprovadas, pouca atenção foi dada a um assunto extremamente importante. A dívida da Prefeitura aumentou do ano passado para cá. Segundo dados da prestação de contas do município, o valor da dívida já chega a R$ 19,6 milhões. Como a Prefeitura alega ter em caixa R$ 7,5 milhões, o total seria de R$ 12 milhões. Os valores são altos, preocupantes, já que o município não anuncia nenhum plano para cortar gastos ou quitar a dívida. Pelo contrário, as notícias que se tem é de mais e

corro, que se tornou um gargalo na unidade. Com isso, o atendimento passa por dificuldades. Por causa dissom os médicos não recebem em dia e os plantões ficam comprometidos. A função de provedor é exercida de forma voluntária, sem pagamento salarial.

Advogados defendem união contra grupo no poder

Oposição tem quatro nomes que podem disputar as eleições deste ano A oposição ao prefeito Gustavo Prandini (PV) tem quatro nomes que podem disputar as eleições neste ano. Todos os quatro estariam dispostos a colocar sua biografia a disposição da população para desempenhar a função pública de prefeito pelos próximos quatro anos. O nome mais provável é do ex prefeito Carlos Moreira (PSDB). Moreira fez bons governos enquanto esteve à frente do município e possui uma popularidade considerada imbatível atualmente. Caso o ex prefeito não se candidate, os demais nomes apontados são do empresário da Farmácia Barros e provedor do hospital Margarida, Lucien Marques (PSDB), doutor Railton (PDT) e Delci Couto (PSB). Especulações davam conta de que Lucien seria o indicado. É bom salientar que Carlos Moreira é o nome mais cotado. Na impossibilidade de candidatura de Moreira, aí sim haveria a escolha de outro nome. Porém, para viabilizar essa segunda opção, o apoio de Moreira é fundamental, já que o ex prefeito será o principal cabo eleitoral nas eleições que se aproximam. Nesse caso, Lucien é um dos prediletos de Moreira. Em entrevista ao O POPULAR, Lucien disse que apóia Carlos Moreira. “Nosso candidato é ele”, disse. Porém, na impossibilidade, ele

tro de Tratamento Intensivo), obra mais expressiva para o setor de saúde da região nos últimos 50 anos. Apesar dos avanços, Albano também terá responsabilidades difíceis. O governo Prandini atrasa, constantemente, o repasse para o Pronto So-

Ilustração

O valor da dívida já chega a R$ 19,6 milhões, o maior da história

mais custo da máquina, com contratações e movimentações financeiras cada vez mais altas. Além disso, o governo Prandini

ainda cometeu o mesmo erro do ano passado. Superestimou o orçamento e mais uma vez teve o aval da Câmara.

a presidente do partido, Dulcineia Caldeira e o vereador Belmar Diniz, tenta convencer militantes a lançar candidatura própria do PT em vez de apoiar Prandini como cabeça de chapa. Na plenária, nomes que podem disputar as eleições para prefeito e vereador serão indicados. Tal proposta pode colocar o partido contra as pretensões do pevista Gustavo Prandini, que planeja tentar a reeleição, com apoio do PT. Uma nova resolução do TSE, que impede candidatura de políticos que tiveram as contas de campanha reprovadas, pode melhorar a situação do grupo petista que acredita em candidatura própria. Isso porque a candidatura dos políticos que tiveram as contas reprovadas pode ser impugnada ou o candidato pode ganhar e não levar.

PMDB pode fazer convite formal de aliança com PT De olho na desavença do PT com o PV de Prandini, o PMDB, de Dorinha Machado, ainda observa os bastidores, mas deve fazer um convite formal ao PT, para uma dobradinha nas eleições deste ano, já que o partido pode não apoiar Prandini. Dorinha, porém, pode ficar impedida de se candidatar por conta da nova resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que proíbe candidatura de político que não teve as contas de campanha aprovadas. Já o grupo de Conceição Winter, do PPS, também tenta se mobilizar. Especula-se que o PP, de Zezinho Despachante, possa se unir à legenda. Outro que também ensaia aproximação é Robertinho, do PMN.

Bell Silva

Presidente do PMDB local, vereadora Dorinha Machado


Geral

Página 4

O Popular 15 de Março de 2012

Nova resolução do TSE pode deixar Gustavo Prandini, Conceição Winter e Dorinha Machado fora das eleições deste ano Resolução também atingiria vereadores que tiveram contas reprovadas na campanha Nova resolução do TSE, aprovada ontem a noite, pode deixar três pré candidatos a prefeito fora das eleições deste ano. Correm risco de perder o direito de se candidatar o atual prefeito do município, Gustavo Prandini, do PV, Conceição Winter, do PPS e Dorinha Machado, do PMDB. A decisão do TSE impediria candidatos que tiveram as contas reprovadas nas eleições de 2010 de concorrer a cargos eletivos. Os casos ocorridos anteriormente serão analisados um a um. Além disso, tanto Prandini quanto Dorinha Machado, ainda enfrentarão outros problemas com a Justiça. O TSE informou ontem que deve limpar a pauta antes das eleições deste ano, em sessões extraordinárias. Ou seja, Prandini e Dorinha ainda verão os processos de cassação de mandato em terceira instância serem julgados. Os dois continuam nos cargos por força de liminar, já que reverteram cassação em

Arquivo/O Popular

MP mo movve ação civil de improbidade administrativa

O atual prefeito Gustavo Prandini, a ex vice prefeita Conceição Winter e Dorinha Machado, tiveram as contas de campanha reprovadas nas eleições de 2008. Justiça vai analisar caso a caso.

primeira instância no TRE. Qual o objetivo do TSE? O objetivo é permitir que somente candidatos realmente ficha limpa se candidatem. Também, objetiva corrigir o texto legislativo,

que beneficia candidatos com contas eleitorais desaprovadas e insanáveis de se candidatar.

ticamente 100% fora. Quem teve antes, será analisado caso a caso.

Como ficam os casos julgados antes de 2010? Quem teve as contas reprovadas em 2010 já está pra-

Resolução tem força de lei? Não, mas é forte porque se trata de uma orientação do TSE

Igreja em alerta contra padres políticos Arquivo/O Popular

Em tom de alerta, o bispo dom Odilon Guimarães Moreira escreveu para o jornal Elo Diocesano, órgão oficial da Diocese de Itabira e Coronel Fabriciano, para alertar que os padres são proibidos de disputar eleições. Em João Monlevade é comum os padres se envolverem com política. Sobretudo os padres Marcos e Jorge, têm ligação com o PT e com o PV.Nas últimas eleições municipais eles pediram voto abertamente para Gustavo Prandini. Padre Jorge chegou a ser citado como provável candidato. Com base na legislação episcopal, o bispo escreveu que “é proibido ao padre candidatar- se a prefeito, a vereador ou outros mandatos, assim como assumir liderança de sindicatos”. Segundo ele, quando um padre opta por candidatar a algum cargo eletivo é preciso se filiar a um partido político, o que pode gerar conseqüências na comunidade em que

Entre Dorinha, Conceição e Prandini, quem tem mais problemas? Todos teriam problemas graves e insanáveis em suas contas. Mas Prandini terá mais dificuldades. Ele já teve as contas reprovadas em terceira instância. Prandini está entre os 21 mil prefeitos que governam com contas reprovadas. Para conseguir se candidatar ele precisaria conseguir a quitação eleitoral em primeira instância. Se não conseguir, teria de apelar para segunda. A insegurança jurídica é imensa.

Enquanto falta água na cidade, Pr efefeitur eitur Pref eituraa se isent isentaa

Padres receberam orientação de bispo local para não se enveredarem pelo mundo da política. Igreja Católica argumenta que padres políticos dividem a cidade.

atua. O bispo argumenta que “se o padre vai se candidatar, ele tem que se filiar a um partido político, então, automati-

camente, ele queira ou não, vai dividir a comunidade. A punição pelo descumprimento da norma é uma limitação no

exercício do padre no ministério sacerdotal. O padre pode ser impedido de celebrar missa e de casamentos.

PSDB quer jovens mais conectados com a política local e nacional O PSDB Jovem quer conectar jovens de João Monlevade com as políticas e propostas desenvolvidas pelo partido em nível nacional e estadual. A proposta surgiu em diversas reuniões que tiveram como foco a discussão de políticas públicas e o projeto do partido para os próximos anos. Lideram o grupo, o jovem vereador Guilherme Nasser Silvério (PSDB), que é apontado como um futuro prefeito ou presidente da Câmara. Além dele, o presidente do partido e pré candidato a deputado estadual, Teófilo Torres, também está a frente dessa empreitada. A idéia inicial é reunir os

para as demais instâncias. É um recado do tipo: quando chegar aqui é isso que vai acontecer.

Corre no Fórum Milton Campus uma ação civil de ato de improbidade administrativa, em que o Ministério Público, acusa o prefeito Gustavo Prandini, o ex secretário de Governo e Comunicação, Emerson Duarte. A ação é referente a dano ao erário público. A denúncia sustenta que Prandini teria usado uma revista, publicada com dinheiro público, para fazer propaganda pessoal. O processo teve movimentação ontem, quando os autos foram entregues em carga ao Ministério Público. Prandini já foi citado e o processo está em fase de contestação das partes. Emerson Duarte ainda não foi comunicado. Isso ocorre, normalmente, por mudança de endereço. Gustavo Prandini é defendido por cinco advogados, Alcemar da Costa, Hudson Couto, Nuno Miguel, Simone Aparecida e Viviane Tompe, enquanto Emerson Duarte, por apenas um, Hudson Couto. Caso se configure o ato ilícito, as conseqüências são devolução do dinheiro público e inelegibilidade, que é quando o político é impedido de se candidatar.

membros e criar uma rede social ampla com discussões e defesa dos propósitos do partido. “A ideia é essa mesmo. Realmente visamos a integração e participação efetiva do jovem com o nosso grupo político. Ele vai participar mesmo, não apenas figurar em um eventual governo do PSDB na cidade”, garante Guilherme Nasser. Outra busca do partido é conseguir eleger o maior número de prefeitos e vereadores jovens possível. “O caminho para o futuro passa pela juventude. Quanto mais representatividade, melhor para a cidade e para o futuro”, afirma o vereador.

Bell Silva

A constante falta de água em diversos bairros da cidade se tornou um problema que traz inúmeros transtornos a moradores, empresas, restaurantes e hoteis. Como se não bastasse tamanho sofrimento público, a Prefeitura editou, recentemente, um projeto em que ela se isenta e a todos seus imóveis, de pagar pela água que consome. A Prefeitura ainda tinha uma dívida de mais de R$ 100 mil com o DAE, que teria sido parceladas por muitas e muitas parcelas. Além dessa realidade, a taxa mínima de água, criada na gestão passada, foi extinta pelo governo atual e aplicados diversos aumentos. Um deles teria reajustado as contas em 15%. O Executivo argumenta que estão sendo feitas melhorias no sistema de bombeamento e construção de adutoras. Como se não bastasse, grupos religiosos de João Monlevade receberam verba pública da Prefeitura relacionada a pagamento de contas

de água. Segundo prestação de contas do DAE, o Departamento de Águas e Esgotos, o governo Prandini arca com custos de água de imóveis da igreja. Segundo informações, a Prefeitura teria alugado alguns imóveis pertencentes a grupos religiosos. As igrejas Congregação da Igreja Metodista, localizada no Nova Esperança, e Paróquia São Luiz Maria de Monfort, Estrela Dalva e Santa Cecília, receberam no mês de novembro do ano passado verba pública referente a contas de água pagas pelo Executivo. Constantemente, padres e líderes religiosos se reúnem com o prefeito Gustavo Prandini em seu gabinete. No ano passado, iniciaram um projeto de reunião semanária no gabinete do prefeito. Esse projeto, porém, teria sido abortado após alguns encontros. Uma vez por semana, Prandini se reunia com líderes de diversas igrejas para reuniões. À época, a assessoria de Comunicação informou que esses encontros eram para discutir políticas públicas e para orações.

Hospital Nossa Senhora das Dores tem problema de plantões O hospital Nossa Senhora das Dores, em São Domingos do Prata, está realizando partos somente com prévio agendamento. A falta de pediatras disponíveis, realidade vivida em todo o país, está forçando alguns atendimentos a serem realizados em outros municípios.

Nos últimos dias, alguns partos tiveram de ser transferidos para João Monlevade e Timóteo. Em Monlevade, o problema dos plantões teria sido resolvido, pelo menos neste mês. O Margarida, por sua vez, negocia com a Prefeitura para que o repasse não atrase mais.


Polícia

Página 5

O Popular 15 de Março de 2012

Ladrão leva R$8 mil de empresária durante assalto em Carneirinhos A empresária Eloíza Helena Oliveira foi vítima de um assalto a mão armada em plena luz do dia, nesta terça-feira, 13, em Carneirinhos. O assalto ocorreu por volta das 13h10 na rua Armando Batista, trecho entre as avenidas Getúlio Vargas e Wilson Alvarenga. Ela contou para a Polícia Militar que havia feito um saque no valor de R$ 8 mil na

agência do Banco do Brasil e seguia a pé, na companhia de sua filha para a empresa, quando um motoqueiro, entrou na contramão e a surpreendeu com uma arma apontada contra sua cabeça exigindo sua bolsa onde estava o dinheiro. “Quero a bolsa, me dá a bolsa se não te mato”, dizia o assaltante. Neste momento sua filha teria dito para que ela entre-

gasse a bolsa. “Cheguei a pensar que fosse uma brincadeira, quando ia imaginar que aconteceria de ser assaltada durante o dia e com a rua cheia de gente. Minha filha pediu que eu entregasse a bolsa, ai que caiu a ficha. Foi uma situação horrível”, disse a empresária. Polícias militares que faziam o policiamento ostensivo no centro chegaram rapidamente ao local e acionaram apoio. Bell Silva

Eloíza não soube informar as características do autor. Ela informou apenas que o homem estava em uma moto CG Titan e após o roubo, seguiu em alta velocidade sentido bairro Nova Esperança. Alguns comerciantes próximos ao local do assalto, contaram que viram o ladrão guiando a moto pela contramão,

mas não imaginavam que se tratava de um assalto. A polícia foi até a agência bancária e solicitaram as imagens do sistema de segurança para uma possível identificação de suspeitos, mas segundo informações nas imagens não foi identificada qualquer anormalidade no interior da agência. A hipótese mais provável é

de que alguém sabia que a empresária iria realizar o saque e a seguiu até o banco, permanecendo do lado de fora até que ela saísse para cometer o crime. Várias viaturas da Polícia Militar realizaram rastreamento nas imediações, mas até o momento, nenhum suspeito foi preso.

V igia é pr eso acusado de violent ar sexualmente uma criança de 12 anos Bell Silva

Segundo a empresária, o dinheiro roubado seria para efetuar o pagamento de férias de funcionários

BR-381 tira a vida de mais quatro jovens que iriam se divertir Raimundo dos Santos

Segundo a PRF, o excesso de velocidade pode ter sido a causa do acidente grave em que um veículo se partiu ao meio e quatro pessoas morreram. Entre as vítimas, três eram irmãos. O acidente ocorreu na noite do último sábado, 10, no Km 382 da BR-381, em São Gonçalo do Rio Abaixo. Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 23h10 envolvendo o Gol placas BPI-5233 de Nova União (MG), em que viajavam as quatro vítimas, e um ônibus de turismo placas LBB-5865 de João Monlevade. De acordo com a PRF o Gol seguia sentido Belo Horizonte/ João Monlevade quando, ao sair de uma curva, o condutor teria perdido o controle da direção, rodou na pista e bateu de frente no ônibus que seguia no sentido oposto. Morreram no local, os irmãos Edmílson Ribeiro da Mata, 26, Elias Ribeiro da Mata, 20, Ezequias Ribeiro da Mata, 18 e

O impacto foi tão violento que o Gol partiu ao meio

o amigo deles Lucas dos Santos Pinto, 17. A suspeita é que os jovens estariam seguindo para a cidade de São Gonçalo do Rio Abaixo onde estaria ocorrendo um show da dupla Zezé de Camargo e Luciano. O impacto foi tão violento que o Gol partiu ao meio, e alguns corpos fiaram presos nas ferragens do carro. De acordo com o motorista do ônibus,

Raimundo dos Santos, 45, ele trazia 48 passageiros para a Cavalgada em São Gonçalo quando ocorreu o acidente. O perito Igor Temponi compareceu ao local, e após realização dos trabalhos de praxe liberou os corpos, que foram encaminhados ao IML de Itabira pela Funerária Renascer. O trânsito no local ficou lento, mas sem retenção.

O vigia Jackson Pablo Silva, 28, foi preso no final da noite de domingo, 11, acusado de violentar sexualmente um menino de 12 anos de idade. Um inquérito policial foi instaurado pela delegada Kariman Cristine Marques Rodrigues, da Delegacia da Mulher de João Monlevade no dia 08 de fevereiro para apurar a denúncia de abuso sexual. No dia 24 de fevereiro a delegada pediu a prisão temporária do acusado, mas ele fugiu da cidade e somente foi localizado na noite de domingo pelo pai da vítima, que acionou os policiais civis que o prenderam. O acusado foi preso na rua Lírio, no bairro Campos Elísios por volta das 22h, ainda dentro de casa. Segundo o pai no menor, Jackson trabalhava como vigilante no CRAS (O Centro de Referência da Assistência Social), da Prefeitura Municipal de João Monlevade e em uma Creche no bairro Sion. Segundo o pai, o abuso vinha ocorrendo desde 2005 e somente foi descoberto porque no início do ano letivo escolar, a professora do menino reuniu a turma e pediu para que os alunos contassem para seus pais tudo aquilo que as incomodava, para que pudessem ter um 2012 proveitoso na escola. O menino ao chegar em casa contou para a mãe aquilo que a professora havia dito. Neste momento a mãe do menino perguntou se havia algo que o incomodava, foi quando ele começou a contar. De acordo com o pai da criança, o menino teria começado a relatar o caso timidamente. “Sabe o Jackson mãe, ele fica passando a mão em mim e

Jackson foi preso dentro de casa, no bairro Campos Elísios

pedindo que eu pegue no pênis dele”, contou o pai. A mãe então continuou a questionar o menino que contou ainda que o acusado o obrigava a fazer sexo oral e o ameaçava de morte, caso contasse para alguém. “Eu conheço alguns caras perigosos na cidade e mando matar seu pai, sua mãe, você e seus irmãos”, dizia o autor, segundo o pai da vítima. Para amedrontar ainda mais o menino, de acordo com o pai, o autor o ameaçava comum facão. Segundo o pai do menor Jackson é primo da esposa dele e por isso tinha a confiança do casal, que nunca des-

confiaram de nada. De acordo com delegada Kariman Cristine, foi pedida a prisão preventiva do acusado por trinta dias e este prazo pode ser estendido caso julgue necessário para a conclusão das investigações. Segundo ela foi feito o exame de corpo delito, mas não para não atrapalhar as investigações ela preferiu não passar mais detalhes. A Polícia acredita que com a divulgação da foto do acusado, possam surgir novas vítimas. Jackson foi ouvido pela delegada na manhã dessa segunda-feira e foi levado para o Presídio da Cidade.

Funcionário da Sartori morre em A gência do Banc o do Br asil é acidente de carro na BR-381 furt ada em R io Pir acicaba

A agência do Banco do Brasil em Rio Piracicaba, localizada no centro da cidade foi furtada durante a madrugada de domingo. Segundo a Polícia Militar uma cliente entrou na sala de auto-atendimento dos caixas eletrônicos e notou que havia um buraco na parede. Em seguida, percebeu que os terminais 01 e 02 haviam sido arrombados. No local, os militares constataram que autores, ainda não identificados, haviam arrombado o portão da grade dos fundos da agência bancária, quebraram o vidro de uma porta, e acessaram a sala de auto atendimento. Após a invasão, os autores arrombaram os caixas eletrônicos e furtaram o dinheiro. De acordo com a polícia, os autores usaram uma placa de isopor para isolar o sensor de presença fazendo com que o

Divulgação

O valor furtado do banco, não foi divulgado pela gerência

alarme não acionasse. Evandro Guimarães, gerente da agência, compareceu ao local acompanhando todo o trabalho realizado pelos militares, alegando que não seria possível verificar a quantia de dinheiro furtado. A Polícia Civil só receberá as informações, assim como as gra-

vações do circuito interno, com a filmagem do delito, no primeiro dia útil do mês. A perícia foi acionada e, no local, foram apreendidos uma alavanca, uma placa de isopor, uma chave de fenda e extensões elétricas usados pelos criminosos.

Acidente grave na BR-381, perto do Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de João Monlevade, e matou o funcionário da Sartori, Mauro Alexandre, nesta sexta-feira, 09. Segundo a PRF o acidente ocorreu por volta das 16h no Km 351 da rodovia Federal, envolvendo duas carretas e um carro de passeio. Segundo Ricardo Souza Gonçalves, 37, ele seguia de Nova Era para Barão de Cocais, conduzindo a carreta, placa MTV-0273 de Ibatiba (ES), quando o Corsa Classic placa HBQ-9159 de Itabira , conduzido por Mauro Alexandre dos Reis, 24, realizava uma ultrapassagem em uma curva, bateu no eixo traseiro da carreta GXM-0970 conduzida por Antônio Luiz Furtado, 38. De acordo com Ricardo o Corsa vinha em alta velocidade. Após bater no eixo da carreta o Corsa rodou e bateu de frente na carreta conduzida por Ricardo, que contou ainda que tentou se desviar do veículo

Bell Silva

Equipe do Sevor chegou ao local, mas a vítima já estava morta.

desgovernado, mas não conseguiu. Mauro Alexandre ficou preso na s ferragens do veículo. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Uma equipe do Serviço Voluntário de Resgate (Sevor) de João Monle-vade esteve no local e retirou a vítima das ferragens. Um alicate hidráulico foi usado para cortar a lataria do veículo.

Mauro era funcionário da empresa Sartori e, segundo amigos dele que estiveram no local do acidente, ele havia deixado o trabalho às 16h e seguia para sua casa, em Nova Era. Por causa do acidente a rodovia ficou fechada nos dois sentidos, até por volta das 17h30, o que causou um congestionamento de aproximadamente cinco quilômetros nos dois sentidos.


Gerais/Sociais

Página 6

O Popular 15 de Março de 2012

Ex prefeitos deixaram le gado importante; qual será o de Prandini? Desde 30 de dezembro, 1962, quando João Monlevade foi emancipada, através da lei estadual 2764, o município já foi administrado por partidos diversos. De lá para cá políticos marcaram sua história deixando um legado. O jornal O POPULAR pesquisou alguns feitos de ex prefeitos e quais as principais obras e conquistas de seus mandatos para a população. Ao mesmo tempo, deixa um questionamento reflexivo. Qual será BIO

LAÉRCIO RIBEIRO

FORTE AVANÇO SOCIAL CONTROLE ECONÔMICO RÍGIDO URBANIZAÇÃO DE GRANDE PARTE DA CIDADE INÍCIO DO PROJETO DO PRÈDIO DA PREFEITURA DEZENAS DE OBRAS DE MÉDIO PORTE CONSTRUÇÃO DA ETA

AVENIDA GENTIL BICALHO CICLOVIA QUADRAS DE FUTEBOL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO REFORMA DE PRAÇAS ASFALTAMENTO DE RUAS E AVENIDAS

o legado deixado pelo atual prefeito, Gustavo Prandini? O seu governo chega ao quarto ano (último), com arrecadação financeira recorde, previsão de

R$ 150 milhões. Cerca de R$ 40 milhões a mais que seu antecessor, Carlos Moreira. Será que o governo Prandini será capaz de, pelo menos,

LEONARDO DINIZ

alcançar feitos como seus antecessores? Confira nos quadros representativos apenas algumas conquistas de alguns dos prefeitos anteriores.

?

IMPLANTAÇÃO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO. FEIRA DA PRAÇA DO POVO. CONTRUÇÃO DE DUAS ESCOLAS. SÉSAMO. VELÓRIO MUNICIPAL. CANAL DO BAIRRO LOANDA. ELEIÇÕES PARA DIRETOR DE ESCOLA.

GUSTAVO PRANDINI (mandato em andamento)

Suspeito atira em policial militar e é baleado Bell Silva

CARLOS MOREIRA

ANTÔNIO GONÇALVES DOUTOR LÚCIO URBANIZAÇÂO DE DIVERSAS RUAS, TÉRMINO DA CONSTRUÇÃO DA PREFEITURA, FÓRUM CANAL DA WILSON ALVARENGA, INAUGURAÇÂO DA EMIP, FORTE INVESTIMENTO NA CULTURA CARNAVAL MAIS FORTE DA REGIÃO

CONSTRUÇÃO DA ANTIGA RODOVIÁRIA, CONSTRUÇÂO DE SEIS ESCOLAS PÙBLICAS AVENIDA WILSON ALVARENGA COMPRA DO ESTÁDIO LOUIS ENSCH, URBANIZAÇÂO DE BAIRROS, PARTE DA AVENIDA CASTELO BRANCO POLICLÍNICA, ASILO ÁGUA, ESGOTO E ILUMINAÇÂO EM BAIRROS DENTRE OUTROS

IMPLANTAÇÃO DO VAMOS A ESCOLA, URBANIZAÇÃO DE 50% DOS BAIRROS IMPLANTAÇÂO DA UEMG, UFOP E UAB, CONSTRUÇÂO DO PARQUE DO AREÃO TRINCHEIRA, CONSTRUÇÂO DO SANTA MADALENA REFORMA DO CEJM CONSTRUÇÂO DE ESCOLA EM TEMPO INTEGRAL NO ESTRELA DALVA, RECUPERAÇÂO DA QUADRA LI GUERRA ATENÇÃO ESPECIAL À SAÙDE, SOBRETUDO P.A E AO HOSPITAL MARGARIDA SERVIÇO SOCIAL ATUANTE ASFALTAMENTOS RESERVATÓRIOS DE ÁGUA, ATERRO SANITÁRIO

O supeito foi baleado após atirar em Pm e socorrido pelo Sevor, o militar foi socorrido por uma viatura

Uma ação da PM quase acabou em tragédia. Policiais receberam ligação anônima de movimentação suspeita no bairro Cruzeiro Celeste, as margens da BR-381. Ao entrarem no local, uma casa no meio do mato,

um dos suspeitos sacou um revólver calibre 38. O cabo José Maria tentou desarmálo e o suspeito atirou na perna do policial. Outro PM que participava da batida acabou disparando contra o suspeito

que foi alvejado três vezes nas pernas. O Sevor foi chamado e socorreu o suspeito. O policial foi levado para o Margarida na viatura da polícia. Mais cinco pessoas foram presas.

A despedida de Lucien Marques Psiu!!!” As leis são como as teias de aranha; apanham os pequenos insetos, mas deixam escapar os grandes”.

MR CCAATRA O cantor de funck Mister Catra se apresenta em Monlevade no dia 31 próximo. Ingressos na MR SOM. Já a banda Nenhum de Nós vem ao município no dia 14 de abril.

De fora Agendada para o dia 23, na casa de evento Âncora uma celebração especial com padre José Felipe. A celebração terá inicio às 19h. Segundo os responsáveis pela vinda do Felipe, fotos e entrevista com ele estará proibido. O presidente Vinícius Magalhães e Isabela Alexia, vencedora do Garota Piscina 2012 do Social Clube

Novidades

A empresária Giovana Mara (Giovana Mara Chocolates) , irá receber amigos e imprensa neste mês , para apre-

Período de inscrições par paraa Miss e Mister Afro 2012

sentar as novidades em doces e sorvetes que trouxe de Paris.E na oportunidade estará apresentando o novo visual de sua loja. Esta comemoração com certeza será mais um acontecimento deste espaço que é sinônimo de bom gosto, luxo e sofisticação.

Comissão organizadora informa que as inscrições para o Miss e Mister Afro 2012 estão abertas até o próximo dia 27 de março.A premiação acontecerá em maio, no salão nobre do Social Clube. O cadastramento pode ser feito em horário comercial, em dois locais da cidade. Os interessados podem se dirigir até a loja MR SOM, ao lado do Banco do Brasil em Carneirinhos ou na Versátil Modas ao lado dos Correios na Armando Fajardo, bairro Cruzeiro Celeste. Este ano o evento acontece nas duas categorias juntos , ou seja o infanto-juvenil e o adulto. Para participar os candidatos devem ter entre 11 a 25 anos. Lembrando que na categoria adulto um dos critérios é não ser casado e não ter filhos. Mais informações pelo 9652 81 53 ou 8674 5854.

Mudança Devido a superlotação em sua agenda na cidade de Itabira, o médico Bruno Amaral e toda família mudou para a cidade de Carlos Drumonnd de Andrade. Fiquem comigo e com Deus, hoje e sempre

Mateus Marques e Jacheline Pacheco nos preparativos do casamento

DE PÉ: Presentes se levantaram para aplaudir Lucien Marques em sua despedida do hospital.

Em reunião marcada pela emoção, o provedor, por seis anos, do hospital Margarida, Lucien Marques, deixou o comando da entidade. Foram anos de dedicação incondicional para manter o prin-

cipal hospital da cidade, atuando contra todo tipo de pressão política e administrativa que se possa imaginar. Na reunião, Lucien fez um discurso carregado, salientando a necessidade de doação pes-

soal em prol da comunidade. Ele ainda fez questão de agradecer a todos que, de alguma maneira, contribuiram para o crescimento do Margarida. Ao final, Lucien foi aplaudido de pé pelos presentes.

Jornal O Popular  

Edição de março de 2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you