Issuu on Google+

BENFICA OBRIGADO A VENCER Jesus diz que será uma corrida a três pelo segundo lugar na Champions

Há 143 anos, sempre consigo. 1868 2012

Continente - 0,60 € (IVA INCLUIDO) – Ilhas - S. Miguel e Madeira - 0,75 € (IVA INCLUIDO) – Porto Santo 0,80 € (IVA INCLUIDO)

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

Diretor: Rui Alas Pereira | ISSN 0873-170 X |

|

DIÁRIO NACIONAL

Ano CXLIV | N.º 219

Quarta-feira, 7 de novembro de 2012

ASSOCIAÇÃO FALA NA MAIOR MANIFESTAÇÃO DE SEMPRE DE POLÍCIAS EM PORTUGAL

5000

 Cerca de 5000 polícias de todo o país participaram ontem na manifestação contra as restrições orçamentais previstas na proposta do Orçamento do Estado para 2013, revela o presidente da ASPP/PSP. Paulo Rodrigues disse que esta é a maior manifestação de sempre organizada pela estrutura sindical, e justificou a adesão com "a desmotivação" da classe. Os profissionais da polícia criticam a suspensão da passagem à pré-aposentação, o fim da utilização gratuita dos transportes públicos e o aumento dos encargos com o subsistema de saúde.

TROIKA

Sexta

avaliação do resgate começa segunda-feira

INDISPONÍVEL

MADEIRA PEDE AJUDA À UE E AO GOVERNO

Seguro contra corte de 4 mil ME nas áreas sociais

EDUCAÇÃO

Crato

desvaloriza críticas sobre ensino profissional

 Jardim compara prejuízos do mau tempo com o ano de 2010


2 | O Primeiro de Janeiro

local Porto

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

Oposição na Câmara do Porto critica falta de planeamento e estratégia

Venda de património rende 3,3 milhões DR

Pedro Carvalho lamentou a “falta de estratégia clara sobre o património municipal”, que poderia servir “o interesse municipal”. A Câmara do Porto aprovou ontem, com críticas da oposição à “falta de planeamento e estratégia”, a venda de imóveis por 3,3 milhões de euros, dos quais 1,8 milhões se referem a prédios “contíguos” aos do grupo Carlton. As três propostas de alienação em hasta pública, apresentadas na reunião camarária, contaram com os votos contra do PS e da CDU. “As alienações à peça são perigosas, podem ter efeitos perversos. Devem ser planeadas”, frisou Manuel Correia Fernandes, vereador socialista, em declarações aos jornalistas no fim da reunião do executivo. Pedro Carvalho, da CDU, lamentou a “falta de estratégia clara sobre o património municipal”, que poderia servir “o interesse municipal” e assim se traduz em “perda de receitas e contrapartidas”. Relativamente aos prédios situados entre os números 87 e 92 do Muro dos Bacalhoeiros, na Ribeira, cujo “preço base de licitação é de 1,8 milhões de euros”, o vereador do PS critica que se esteja “progressivamente a retirar gente da zona histórica”. “Tudo leva a crer que o grupo Carlton esteja interessado na alienação. A Câmara deve olhar para o turismo, mas não existe apenas hotelaria de caráter tradicional. Há vários estilos e preços, nomeadamente apartamentos para residência temporária para quem está de passagem na cidade”, observou Correia Fernandes. Pedro Carvalho lamentou a perda de “oportunidade para repovoamento do centro histórico”. Estes imóveis do Muro dos Bacalhoeiros podem ser “reabilitados pela sociedade Porto Carlton – Sociedade de Construção e Exploração Hoteleira, SA” numa operação estimada em 500 mil euros”, porque os “imóveis contíguos” foram alie-

Câmara do Porto. Pedro Carvalho lamentou a perda de “oportunidade para repovoamento do centro histórico”

Mercado do Bolhão

Poupança na revisão “não será significativa”

O vereador do Urbanismo da Câmara do Porto disse ontem, na reunião camarária, que a poupança de uma revisão ao projeto de requalificação do Mercado do Bolhão “nunca será significativa”, informou o vereador da CDU, Pedro Carvalho. Na sessão do executivo de ontem ficou decidido que PS e CDU vão acompanhar a

maioria PSD/CDS da Câmara do Porto numa reunião com a Direção Regional de Cultura do Norte (DRC-N) para “ver de que novo valor e de que alterações ao projeto se está a falar”, explicou o comunista, em declarações aos jornalistas. Para a CDU, o “problema central, que é “o financiamento”, mantém-se: o mercado precisa de ser reabilitado e para isso são precisos fundos municipais, dinheiro do Orçamento do Estado ou financiamento comunitário.

nados à empresa numa hasta pública de 31 de maio de 2010, com o compromisso de realojamento dos moradores nos imóveis que a Câmara quer agora vender. Parte do pagamento destes prédios, que “podem ser destinados a qualquer um dos fins admitidos pelo Plano Diretor Municipal” terá de será feita “em espécie”, sob a forma de reabilitação” de dois prédios “devolutos” da rua da Reboleira, para realojamento dos arrendatários do património posto à venda. A alienação, pelo montante base de 1,1 milhões de euros, do direito de propriedade de um terreno de 12.511 metros quadrados situado na rua de Currais, levou o vereador da CDU a questionar se “faz sentido alienar um terreno junto às habitações unifamiliares e aos terrenos devolutos do bairro S. João de Deus”. “Não faria sentido pensar no que se quer fazer aqui? Por que não negociar com os privados a reabilitação das habitações ou apostar no setor cooperativo? Estão em causa 15 hectares e, caso seja necessário fazer uma alteração de arruamentos, a margem de manobra da Câmara será limitada”, alertou. Também Correia Fernandes considera que “a existência de problemas sociais obrigava”, neste caso, “a uma visão integrada”. A terceira proposta refere-se a uma fração de um prédio municipal da rua das Carmelitas (números 7 a 17), adjacente à Praça de Lisboa e composto por quatro espaços comerciais. Pedro Carvalho sugeriu o aproveitamento para “informação turística e oferta cultural” dos 230 metros quadrados devolutos para alienar por pelo menos 400 mil euros. A autarquia chumbou ainda a proposta da CDU para requalificação do único bloco do bairro S. Vicente Paulo que não foi demolido e estudo da viabilidade de construir habitação a rendas controladas nos terrenos devolutos. Aprovada foi a proposta da CDU para limpar, repor a transitabilidade e as condições de segurança e salubridade de um caminho da freguesia de Miragaia.

Centenas manifestam-se em Paços Ferreira

Água cara Centenas de pessoas manifestaram-se ontem em Paços de Ferreira contra o preço da água da rede pública naquele concelho, que reafirmaram ser o mais elevado do país. Os populares concentraram-se no centro da cidade junto à sede da AGS, empresa concessionária das redes de águas e saneamento. Vários munícipes exibiam faturas emitidas pela empresa, provando os valores elevados que garantem estar a pagar, em alguns casos de algumas centenas de euros. Ao som de “Grândola Vila Morena”, os manifestantes exibiam inúmeros cartazes com frases críticas ao preço da água e gritavam palavras de ordem contra a empresa e a Câmara municipal. “Temos a água mais cara de Portugal. Lucros de milhões. Porquê”, lia-se em vários cartazes. Na instalação sonora improvisada pela organização passaram vários populares que enumeraram casos de faturas elevadas, algumas das quais superiores a mil euros, relatos que iam provocando fortes protestos dos populares. Pedro Pinto, autarca de Paços de Ferreira, admitiu que o seu concelho tem os tarifários da água mais caros de Portugal, mas frisou que a fatura conjunta com o saneamento é inferior à média nacional.


Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

regiões

O Primeiro de Janeiro | 3

Anúncio feito por Alberto João Jardim durante visita aos desalojados

Madeira vai pedir ajuda ao Governo e à UE DR

“Olha, o que eu preciso é dinheiro”, disse João Jardim ao MAI, perante as consequências do mau tempo que está a afetar a Madeira. Centro de saúde de Sobral sem poder abrir

Falta de dinheiro O novo Centro de Saúde do Sobral de Monte Agraço está concluído há três meses, mas por falta de dinheiro para mobiliário não está ao serviço da população, obrigada a subir escadas nas atuais instalações para ir às consultas. A comissão política concelhia do PS denunciou, em comunicado, que o edifício “tarda em entrar em funcionamento desde há três meses, porque aparentemente falta autorização do Ministério das Finanças para aquisição do equipamento”. Enquanto o problema não é ultrapassado, profissionais e utentes, frisam os socialistas, usufruem de “instalações antigas e degradadas, que funcionam num prédio de habitação”. As condições das atuais instalações dificultam o acesso de cidadãos com mobilidade reduzida, num concelho com grande percentagem de idosos. Em reacção, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) adiantou que está “a tratar do processo de apetrechamento da unidade de saúde”, sem adiantar quaisquer prazos. Segundo os socialistas, “a centralização no Ministério das Finanças de aquisições para outros serviços inviabiliza a eficácia do funcionamento do Estado”, defenderam. O novo centro de saúde foi prometido à população há 20 anos.

O presidente do Governo Regional da Madeira revelou, ontem, que vai solicitar ajuda ao Governo da República e à União Europeia para enfrentar os prejuízos causados pelo mau tempo que tem fustigado o arquipélago nos últimos dias. Alberto João Jardim visitou as zonas mais atingidas pelas fortes e constantes chuvas que têm afetado a região e em particular a costa norte e que provocaram inundações em várias residências e ferimentos em cinco pessoas, fizeram 56 desalojados e motivaram danos em estradas, viaturas e explorações agrícolas devido ao transbordo de pequenos riachos. “A Madeira vai-se desenrascar. Obviamente que vamos pedir ao continente e à União Europeia, isto tem de ser um auxílio direto e consignado para este acontecimento de agora. O que sucedeu na costa norte, embora graças a deus sem perda de vidas, foi o que sucedeu também na costa sul a 20 de fevereiro de 2010”, observou, em declarações aos jornalistas. Atenção às alterações climatéricas

Apesar de não estarem ainda contabilizados, Alberto João Jardim admitiu que “os prejuízos são grandes” e adiantou que já contactou com o Governo da República, através do ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, que lhe perguntou do que é que a Madeira precisava. “Eu disse ‘olha, o que eu preciso é dinheiro’”, precisou. O governante lembrou ter feito um alerta “há um ano e meio, aquando do anterior congresso do PSD/Madeira”, de que a Madeira iria sofrer “importantes alterações climáticas”. “Nós vamos ter meses mais quentes e meses de maior pluviosidade do que o habitual “, referiu. Alberto João Jardim disse ainda que o arquipélago tem vindo a adotar

medidas preventivas face às alterações climáticas, entre elas a inauguração da estrada que atravessa a parte mais alta das serras de Santo António e de Câmara de Lobos, que “já está toda equipada contra fogos florestais”. “As principais ribeiras neste momento estão a resistir muitíssimo bem, apesar de ter sido uma coisa quase com a intensidade de 2010”, observou. “Agora, há uma coisa que é incontornável - os pequenos riachos, em que, mesmo limpos, a quantidade de material que arrastam, principalmente quando se trata de épocas secas, entope fatalmente e aí não há previsão humana que possa impedir”, argumentou. O governante lembrou ainda “aos patetas que andaram a dizer que não se devia fazer um centro de saúde em cada freguesia” que várias pessoas não morreram precisamente por haver esses equipamentos em diferentes locais. João Jardim alertou ainda que as obras em curso na cidade do Funchal para correção e alargamento das fozes das ribeiras visam precisamente evitar situações iguais. Visita aos 56 desalojados

Madeira. Mau tempo provocou 56 desalojados, cinco feridos e deixou um rasto de destruição em São Vicente e Porto Moniz

Assalto em Mortágua

Morre eletrocutado depois de roubar cobre

Um homem de 26 anos morreu, na madrugada de ontem, quando, segundo suspeitas das autoridades, furtava cobre da estação elétrica da Refer em Breda, no concelho de Mortágua, com outros dois homens. Segundo o comandante da GNR de Mangualde, alferes Carlos Almeida, cerca das 02h30 a GNR recebeu um alerta de que “havia intru-

sos” na estação elétrica. “Os militares deslocaram-se ao local e viram uma viatura a sair de lá”, contou, acrescentando que a tentaram intercetar, mas sem êxito. Segundo Carlos Almeida, “a viatura já só foi localizada junto a Santa Comba Dão, com três indivíduos no interior”, de 26, 32 e 60 anos, sendo que o primeiro ia no banco de trás, aparentado estar inconsciente. Os militares telefonaram para o INEM, foram feitas manobras de reanimação, mas foi declarado óbito.

O presidente do Governo Regional visitou os 56 desalojados, que se encontram no Quartel dos Bombeiros Voluntários de São Vicente e Porto Moniz mas que serão hospedados provisoriamente numa unidade hoteleira de São Vicente. A todos eles distribuiu palavras de conforto e de ânimo, seguindo depois para as zonas mais sinistradas de São Vicente e do Porto Moniz. Segundo fonte do Instituto de Meteorologia, os próximos dias no arquipélago da Madeira serão de precipitação moderada e aguaceiros, depois de o aviso de precipitação forte ter terminado às 15h00 de ontem. “Para hoje, ainda continuamos com previsão de precipitação, aguaceiros, que já vão diminuir de intensidade e frequência a partir do meio da tarde e essa precipitação irá ocorrer em especial nas vertentes voltadas a norte da ilha da Madeira”, prosseguiu, referindo que para amanhã se mantém uma situação de precipitação, com aguaceiros, e para sexta-feira novamente uma situação de aguaceiros.


nacional

4 | O Primeiro de Janeiro

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

Seguro lembra que OE2013 deve ser constitucional

Não devem haver dúvidas DR

Seguro indisponível para participar no corte de 4 mil milhões em áreas sociais, mas pronto para debater a modernização do Estado. O secretário-geral do PS afirmou ontem que o país “precisa” de ter um Orçamento do Estado a 01 de janeiro, mas sublinhou que deve entrar em vigor sem “quaisquer dúvidas quanto à sua constitucionalidade”. António José Seguro falava aos jornalistas à saída de uma audiência no Palácio de Belém com o Presidente da República, que durou pouco mais de hora e meia e que disse enquadrar-se no “relacionamento institucional normal” entre o PS e Cavaco Silva. Questionado sobre o motivo que o levou hoje a Belém e o teor daquilo que transmitiu a Cavaco Silva, o secretário-geral do PS respondeu: “O que eu vim dizer ao senhor Presidente da República é do conhecimento do senhor Presidente da República, mas também é do conhecimento dos portugueses os sinais de alarme que me têm chegado quanto à situação social em que vivem os portugueses, quanto às consequências sociais e económicas que resultam da política de austeridade que o atual Governo tem

Troika

Sexta avaliação começa na segunda-feira

Seguro. “País tem de ter um Orçamento no dia 01 janeiro de 2013” vindo a executar”, afirmou. Seguro acrescentou que o Orçamento do Estado para 2013 é “a prova daquilo que o Governo se prepara para acentuar nessa política de austeridade para o próximo ano: mais desemprego, mais falências, menos economia e mais dificuldade para que o país possa sair da crise em que vive atualmente”. Sublinhando que “o país tem de ter um Orçamento do Estado no dia 01 janeiro de 2013”, Seguro acrescentou que “o país precisa de um Orçamento do Estado

e é do interesse do país que esse orçamento entre sem quaisquer dúvidas quanto à sua constitucionalidade.” Questionado se o Presidente da República deveria enviar o Orçamento para o Tribunal Constitucional antes de o promulgar, lembrou que o PS propôs “em tempo próprio” ao Governo que entregasse mais cedo o documento ao Parlamento. Seguro sublinhou ainda que os socialistas estão indisponíveis para participar no corte de quatro mil milhões de euros em áreas sociais,

mas têm “disponibilidade”, como sempre, para debater a “modernização” do Estado. “Aquilo que disse ao longo dos últimos dias e volto a reafirmar aqui é muito simples: o PS não está disponível para participar, para ser cúmplice, num corte de quatro mil milhões de euros no Serviço Nacional de Saúde, na escola pública, na proteção social dos portugueses. O PS sempre esteve disponível para participar, com as suas propostas, em todos os debates essenciais para o futuro de Portugal”, disse.

Fenprof

Em reação a deputados de esquerda

Gaspar pede debate sem “baixeza política” DR

O ministro das Finanças afirmou ontem ser inaceitável e insultuoso a referência de alguns deputados a que o próprio e o Governo estariam a servir interesses estrangeiros e pediu um debate “sem entrar na vulgaridade e baixeza política”. “Confesso que não tinha a menor intenção de comentar esse aspeto, mas a repetição e insinuação de que o Governo e eu próprio estamos a defender uma estratégia ao serviço de interesses estrangeiros é inaceitável e insultuosa e julgo que é completamente inaceitável no funcionamento normal de uma

Vítor Gaspar. Ministro negou qualquer submissão do Governo

A sexta avaliação da troika ao Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) de Portugal começa na segunda-feira, informou ontem o Ministério das Finanças. “As autoridades portuguesas com responsabilidades no âmbito do Programa irão analisar, juntamente com representantes da Comissão Europeia, do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Central Europeu (BCE), o trabalho realizado até ao momento e o planeamento dos trimestres seguintes”, diz nota do ministério ontem enviada às redações.

comissão como a comissão de acompanhamento do programa de ajustamento e pedia aos senhores deputados para não vulgarizarem o nível de debate dessa maneira”, afirmou. Vítor Gaspar, que reagia a insinuações de alguns deputados da esquerda, garantiu que não existe qualquer submissão do Governo “a interesses que não sejam nacionais” e que o único interesse que o Governo serve é o “interesse público português”, pedindo mais uma vez para que os deputados não vulgarizassem o debate. “É possível discordar das op-

ções do Governo sem entrar na vulgaridade e baixeza política e recomendaria que isso fosse feito dessa maneira”, afirmou Vítor Gaspar durante a sua audição na comissão que acompanha as medidas do programa de ajustamento. O socialista e ex-governante Vieira da Silva, que preside à comissão, interrompeu o ministro para dizer que na sua interpretação os deputados estariam apenas a “identificar as opções políticas que este Governo serve com as opções políticas desse Governo”, no caso, o Governo alemão.

Custo por aluno é menor no ensino público

A Fenprof defendeu ontem, em carta enviada aos docentes, que o custo por aluno no ensino público é menor do que no privado. A FENPROF recorda a recomendação daquela entidade no sentido de o Governo ponderar a necessidade de manter os contratos de associação com estabelecimentos privados. Diz ainda que “não foi alheio o facto de se ter apurado que o custo médio por aluno nas escolas públicas foi de 4.415 euros, enquanto nos colégios privados, com contrato de associação, foi de 4.522 euros”.


economia

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 5

Principais banqueiros lusos defendem papel das suas instituições

Não ao Banco de Fomento Comissão de inquérito

Votação do relatório final do BPN amanhã

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a nacionalização e privatização do BPN, o socialista Vitalino Canas, marcou para amanhã, a última reunião, com a votação do relatório final de conclusões. Até lá, o deputado relator, o social-democrata Duarte Pacheco, contactará os diferentes grupos parlamentares para procurar consensualizar o texto final, tendo como base de partida mais de 200 propostas de alteração que foram apresentadas pelo PSD, CDS, PS, PCP e BE à sua proposta inicial de relatório.

Em linha com a Europa

Bolsa de Lisboa fecha sessão com ganhos

A Bolsa de Lisboa, encerrou, ontem, a ganhar 0,42%, para os 5372,92 pontos, com a EDP Renováveis a puxar pelos ganhos e a valorizar 4,68%. Dos vinte títulos que compõem o índice de referência da praça lisboeta, o PSI20, 12 fecharam no verde e outros seis no vermelho. A par da EDP Renováveis, Semapa, Sonaecom e BCP eram as cotadas que mais valorizavam na altura do fecho, com ganhos acima dos 1% Na Europa, as praças fecharam também no verde, na véspera da Comissão Europeia publicar as “previsões económicas de outono”.

DR

“Os bancos portugueses têm preenchido muito bem o seu papel naquilo que é possível”, defendeu o presidente do BES, Ricardo Salgado. Os principais banqueiros portugueses mostraram-se, ontem, contra a possível criação de um banco de Fomento porque as atuais instituições já fazem esse papel. Ricardo Salgado, presidente executivo do BES, que falava no X Fórum da Banca promovido pelo Diário Económico, disse não conseguir perceber porque haverá um “banco de Fomento que vá para o mercado captar recursos e recursos esses que têm à partida um nível muito elevado para fazer algo mais pela economia”. Num painel onde também estavam presentes Faria de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Fernando Ulrich, presidente do BPI e Vieira Monteiro, presidente do Santander Totta, Ricardo Salgado acrescentou que um banco com as características de fomento só poderá existir se for “financiado por fundos estruturais vindos da União Europeia”, porque no que toca a financiamento da economia, “os bancos portugueses têm preenchido muito bem o seu papel naquilo que é possível”.

Banca. Muitas dificuldades em conseguir gerar lucros nos próximos anos Fernando Ulrich, em tom crítico, adiantou estar pouco interessado em discutir esta questão: “Se quiserem fazer mais bancos, que façam mais bancos, mas vão perder tempo e vão queimar recursos” que poderiam ser direcionados para resolver os problemas da economia portuguesa. O presidente executivo do BPI acrescentou, no entanto, que, se o banco de Fomento vier a ser criado, que tragam “operações de crédito para fazermos, porque o que precisamos é de dar crédito”. Já Faria de Oliveira foi peren-

tório ao sublinhar que “Portugal não precisa de um banco de Fomento”, justificando que as linhas de crédito estão a ser utilizadas. Vieira Monteiro, presidente do Santander Totta, recusou também a criação de um banco de Fomento, até porque a sua instituição não tem problemas em oferecer crédito a bons projetos. Por seu turno, o vice-governador do Banco de Portugal, Pedro Duarte Neves, anteviu que os bancos portugueses vão ter muitas dificuldades em conseguir gerar lucros nos tempos mais pró-

ximos, devido à deterioração da qualidade do crédito provocada pela crise. “A rentabilidade constitui o grande desafio para os próximos tempos”, sublinhou o responsável. Mas nem tudo são más notícias. “O sistema bancário português hoje está mais capitalizado, mais transparente e menos alavancado do que há um ou dois anos atrás”, disse, depois de já ter sublinhado que “uma das lições da presente crise financeira foi a necessidade de haver mais e melhor capital”.

Assunção Cristas fala em “ministério amigo”

“PRODER todo concluído em três anos” DR

A ministra da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território disse, ontem, que o seu ministério “é amigo da Agricultura” e mostrou-se convicta de que os fundos comunitários disponíveis para apoiar investimentos no setor vão ser totalmente gastos. Assunção Cristas, numa audição parlamentar no âmbito da apreciação da proposta do Orçamento do Estado (OE) para 2013 na especialidade, sublinhou que “este Governo é amigo da economia, o ministério é amigo da Agricultura” e “o orçamento é amigo da agricultura”. Adiantou, ainda, que o PRO-

Agricultura. Assunção Cristas espera “bom resultado” no final do ano

DER para 2012 tem uma dotação de 100 milhões de euros, prevendo que seja “executado totalmente”. Para o próximo ano, estarão disponíveis mais 100 milhões de euros e, em 2014, mais 50 milhões, acrescentou a ministra, salientando que “até 2015 estará tudo concluído”. Assunção Cristas afirmou que os serviços do seu ministério mantêm “um trabalho apertado e de limpeza do que não está a ser executado”, e adiantou que espera obter “um bom resultado” no final do ano. “Estamos a fazer controlos mais cedo, a pagar mais cedo, e isto são ajudas

à agricultura e ao mundo rural. Orgulhamo-nos de os agricultores serem pagos todos os meses. Isto não é ser amigo da agricultura?”, questionou. A ministra criticou ainda a colocação de 2000 funcionários do ministério da Agricultura na mobilidade especial, durante o anterior executivo, situação que considerou “mal feita e cega” e que “conduziu à paralisia” dos serviços. A proposta do OE para 2013 prevê que a despesa global consolidada do ministério da Agricultura aumente 1,2%, para 1.833,1 milhões de euros, face a 2012.


futebol

6 | O Norte Desportivo

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

Jorge Jesus assume objetivo do Benfica frente ao Spartak de Moscovo

Só a vitória interessa DR

Treinador «encarnado» abre o jogo e assume que o jovem André Almeida vai substituir o castigado Matic, no jogo de hoje. O técnico do Benfica, Jorge Jesus, assumiu, ontem, que só uma vitória sobre o Spartak Moscovo abre as portas dos oitavos de final da Liga dos Campeões e revelou a titularidade do jovem André Almeida. “Temos a consciência que temos nove pontos em disputa e que, com uma vitória, ficamos com as mesmas possibilidades de apuramento de Spartak e Celtic. Será uma corrida a três para o segundo lugar, já que todos sabemos que quem vai passar em primeiro é o FC Barcelona”, afirmou na conferência de imprensa de antevisão do encontro de hoje, no Estádio da Luz. Jesus garantiu que já escolheu o «onze» que vai apresentar frente à equipa russa e relevou que André Almeida, jogador de 22 anos, pouco utilizado esta temporada na equipa principal, será o substituto do castigado Matic no lugar de médio defensivo. “Na minha cabeça já está escolhido. Será o André Almeida. Já treinou várias vezes comigo naquela posição e conhece o que eu exijo para essa posição”,

Poupado por Simeone

Falcao falha jogo no terreno da Académica

Champions. “Será uma corrida a três para o segundo lugar”, disse Jesus explicou. Depois do desaire por 2-1 em Moscovo, o técnico do Benfica defendeu que o jogo na Luz será diferente, embora tenha lembrado que o Spartak chegou a estar a vencer por 2-1 no terreno do FC Barcelona, tendo perdido o jogo por 3-2. “Não é a mesma coisa jogar na relva e no sintético. Aqui vamos à procura da nossa velocidade e do nosso tipo de jogo para podermos fazer golos e assim alcançar a vitória”, disse. Jesus abordou ainda as situações Nico Gaitan e do Bruno Cé-

sar, que têm sido pouco utilizados esta temporada, explicando que o extremo argentino tem tido “vários problemas físicos” e que o médio brasileiro tem o seu lugar “tapado” por Salvio, apesar de ser um “jogador polivalente e muito importante para o plantel”. Na mesma conferência de imprensa, o defesa Jardel considerou que o encontro frente ao Spartak tem “uma importância muito grande” e que é decisivo para manter o Benfica na luta pela qualificação para os oitavos de final da Liga dos Campeões. “Este

jogo decide a nossa vida dentro da competição e por isso temos que ser muito fortes”, referiu. Já o treinador do Spartak de Moscovo, Unai Emery, deu o favoritismo ao Benfica, destacando que no confronto direto os russos estão em vantagem. “O Benfica é favorito porque joga em casa e temos consciência da dificuldade do jogo. Acho que vai ser diferente do outro, porque o Benfica vai ser mais agressivo. Temos muito respeito pelo Benfica e considero-o favorito”, revelou.

Marítimo visita Bordéus

Sporting de Braga recebe Manchester United hoje

José Peseiro e Éder acreditam na vitória DR

O treinador José Peseiro assumiu, ontem, que para vencer o Manchester United em casa, hoje, na quarta jornada da Liga dos Campeões, o Sporting de Braga terá que ser muito rigoroso e paciente. “Ter a bola é importante para controlar o jogo, mas temos que o fazer de forma equilibrada para não correr riscos, porque isso poderá ser o descalabro. É impossível pensar que vamos esmagar o Manchester United ou que vamos pegar na bola e eles vão andar atrás de nós”, começou por dizer o técnico da equipa bracarense na antevisão da partida.

Esperança. Éder assume que Sp. Braga “espera passar à fase seguinte”

O avançado Radamel Falcao é a grande ausência da lista de convocados do Atlético de Madrid para a deslocação a Coimbra, onde, amanhã, os «colchoneros» enfrentam a Académica, para a Liga Europa. Para além da estrela colombiana, de fora por opção está igualmente o médio Cristián Rodriguez, ex-jogador do FC Porto, transferido esta época para Madrid depois de terminado o contrato que o ligava aos “dragões”. Diego Simeone decidiu poupar ainda o espanhol Juanfran, o turco Arda Turan e o brasileiro Miranda.

Peseiro lembrou que em Manchester, o Braga “mostrou ter qualidade para jogar olhos nos olhos e sem receio”, mas notou que o jogo será mais difícil, porque a equipa inglesa conhece agora melhor a minhota. “Teremos que ser muito rigorosos e consistentes, criar espaços para atacar e fazer golos”, afirmou, sublinhando: “não podemos desesperar e os nossos adeptos também não.” Já o avançado Éder recusou que o jogo seja de “vida ou morte” tendo em vista o apuramento para os oitavos de final, tendo lembrado que, depois deste, fi-

cam a faltar mais dois: “vamos encarar este jogo com ambição e muita vontade de ter um bom resultado e, se possível, ganhar”. Para o internacional português, defrontar o Manchester United é igual, em termos de motivação, a jogar com outras equipas na Liga dos Campeões. Éder prometeu um Sporting de Braga “confiante, ambicioso, a lutar pelos três pontos. “Queremos passar à fase seguinte, esse é o nosso objetivo”, disse. O treinador do MU, Alex Ferguson, convocou 20 jogadores, deixando em Inglaterra os experientes médios Scholes e Fletcher.

Pedro Martins promove quatro regressos

Os regressos de Salin, João Diogo, Adilson e Ibrahim são os destaques na convocatória do Marítimo, para o jogo de manhã, em França, com o Bordéus, da quarta jornada da Liga Europa. O guarda redes francês volta à equipa orientada por Pedro Martins, cumprido que foi um castigo na Liga na última jornada. O defesa João Diogo e os avançados Adilson e Ibrahim estão de regresso às escolhas do técnico dos insulares, após terem falhado a partida com o FC Porto, por opção. Sem casos clínicos, a equipa viaja hoje para Bordéus.


Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

cultura e espetáculos

O Primeiro de Janeiro | 7

Digressão dos trinta anos de carreira

Sétima Legião em livro Realizador português

Manoel de Oliveira homenageado em França

O realizador Manoel de Oliveira vai ser homenageado em Lille, no Norte de França, entre os dias 24 e 28 de novembro, no âmbito da 16.ª edição das Citéphilo – Semanas europeias da filosofia. O cineasta português é o convidado de honra da edição deste ano do encontro, mas a sua presença na homenagem está ainda por confirmar. O cartaz conta com intervenções de António Preto e Jacques Lemière, autor da tese de doutoramento “O cinema como interpelação do país”.

Coliseu de Lisboa

Mumford & Sons atuam em março

O grupo folk rock britânico Mumford & Sons regressa a Portugal, em 2013, para atuar a 23 de março, no Coliseu de Lisboa, anunciou ontem a promotora Everything is New. A banda esteve pela primeira vez em Portugal, no verão, no âmbito do festival Optimus Alive. O grupo de Marcus Mumford editou em 2009 o álbum de estreia, “Sign no more”, e somaram seis nomeações para os prémios Grammy, entre as quais melhor banda revelação e canção do ano com “The c ave”.

O livro reúne imagens captadas pelo fotojornalista João Francisco Vilhena e textos do jornalista Nuno Miguel Guedes. A digressão que o grupo português Sétima Legião fez este ano, para celebrar 30 anos de existência ficará registada em livro, assinado por João Francisco Vilhena e Nuno Miguel Guedes, foi ontem anunciado. O livro, feito em jeito de álbum de fotografias, reúne imagens captadas pelo fotojornalista João Francisco Vilhena e textos do jornalista Nuno Miguel Guedes e regista vários momentos da digressão que voltou a juntar em palco os músicos da Sétima Legião. Embora recorde os vários concertos do grupo pelo país, o livro intitula-se “Sétima Legião - Porto”, porque a cidade “sempre acolheu de braços abertos a Sétima Legião” e foi palco do primeiro e do último concertos da digressão, escreve a banda em comunicado. A apresentação decorrerá no sábado, nas duas lojas FNAC do Porto, com as presenças de Pedro Oliveira e Francisco Ribeiro de Menezes. A Sétima Legião, que realizou

Sétima Legião. O livro intitula-se “Sétima Legião - Porto”

este ano certa de dez concertos por todo o país, surgiu em 1982. Rodrigo Leão, Pedro Oliveira e Nuno Cruz fundaram a banda em 1982. Na altura, tinham entre 18 e 20 anos e viviam, em Lisboa, o momento de expansão do rock português, com nomes como Rui Veloso, UHF, GNR e Xutos & Pontapés. A sonoridade do grupo denunciava influências da música pop rock inglesa, em particular o ambiente de Manchester e de bandas como Joy Divison. Os primeiros temas da Sétima

Legião ainda foram escritos em inglês, mas foi com as letras em português, quase todas de Francisco Ribeiro de Menezes, com a introdução de bombos e da gaita de foles, que conquistaram uma marca distintiva na música portuguesa. A banda Sétima Legião editou seis álbuns, de “A um deus desconhecido” (1984) a “Sexto Sentido” (1999), nunca anunciou oficialmente um fim e os músicos foram tocando informalmente ao longo dos anos. Há elementos que continu-

aram na música, como Rodrigo Leão, Gabriel Gomes, Paulo Abelho e Paulo Marinho, outros que seguiram percursos paralelos, como Francisco Ribeiro de Menezes, na área diplomática e política, ou Ricardo Camacho, na área de investigação médica. Toda a discografia da Sétima Legião foi remasterizada e reeditada esta este ano, juntamente com uma coletânea intitulada “Memória”, que inclui um DVD com um concerto gravado nos anos 1990 no pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa.

No Parque da Bela Vista

Bon Jovi atuam em junho de 2013 O grupo rock norte-americano Bon Jovi atuará a 26 de junho de 2013 no Parque da Bela Vista, em Lisboa, regressando ao mesmo espaço onde estiveram no verão de 2011, anunciou ontem a promotora Everything is New. Ainda faltam sete meses para o concerto, mas os bilhetes serão colocados à venda no sábado e custam entre os 59 euros e os 170 euros. Quando atuarem em Portugal, os Bon Jovi já terão lançado o álbum “What about now”, previsto para a primavera. Em fevereiro iniciam nos Estados Unidos uma nova digressão,

DR

Bon Jovi. O álbum “What about now” está previsto para a primavera

intitulada “Bon Jovi Because We Can - The Tour”, precisamente para apresentar esse novo álbum e que passará pela Europa, América Latina, África do Sul e Austrália. Este mês será exibido nos Estados Unidos e Canadá o filme “Inside Out”, filme que reúne imagens de alguns dos concertos dos Bon Jovi. Em 2011, no concerto no Parque da Bela Vista, em Lisboa, o concerto contou com cerca de 55 mil espetadores. Os Bon Jovi, que apareceram em 1983 em New Jersey, tiveram em 2010 a mais lucrativa digressão de uma banda rock, com 111

milhões de euros acumulados em cerca de 70 concertos. O regresso da banda aos palcos surge depois de 2700 concertos, em mais de 50 países, para mais de 35 milhões de fãs e arrecadando o prémio de digressão mundial mais bem sucedida por duas vezes, em apenas três anos. “Because We Can - The Tour” vai servir também para apresentar músicas novas do álbum “What About Now”, acrescentando mais temas, como os êxitos “Livin’ on a Prayer”, “You Give Love a Bad Name”, “Who Says You Can’t Go Home”, “It’s My Life” e muitos mais.


8 O Primeiro de Janeiro |

roteiro

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

Roteiro Cultural

“Noite, Pijamas e Livros” Numa iniciativa da “Napalm” (Companhia de Teatro Dança em Conjunto ou Alternadamente), a Biblioteca Municipal de Gondomar irá ser, na noite de 15 para 16 de dezembro, “casa e cama” para jovens dos 6 aos 12 anos. Numa proposta marcadamente diferente das tradicionais, a “Napalm” propõe-se a dinamizar a iniciativa “Noite, Pijamas e Livros”. Será uma forma divertida e original de dar a conhecer a Biblioteca – ao mesmo tempo que se dinamizam, noite dentro, várias atividades. Propõe-se que os jovens participantes passem a noite de sábado para domingo desenvolvendo atividades ligadas ao Teatro, à Música e à Dança. Inicialmente será lida uma história (que servirá como mote para as atividades a desenvolver durante a noite). “Caça ao Livro”, leitura de histórias, uma aula de teatro, trabalhos sobre a história apresentada, apresentações e, já de madrugada, o visionamento de um filme, são as propostas para uma longa noite. Depois, perto das 03h00 (já de domingo), será altura de dormir. Como prometido, na Biblioteca Municipal de Gondomar, em tenda apropriada ao efeito. A iniciativa destina-se a crianças com idades entre os 6 e os 12 anos. O valor da inscrição é de 15 euros. Mais informações (e pormenores) em www.napalm.pt ou pelo correio eletrónico contacto@ napalm.pt.

Mostra de Vinhos do Atlântico, Tejo e Sado

“Digressões” “Digressões” reúne artistas plásticos em Palmela Entre 9 de novembro e 29 de dezembro, a Galeria da Biblioteca Municipal de Palmela recebe a exposição “Digressões”, numa organização da F4 – Associação de Imagem e Cultura e Centro de Formação das Escolas do Concelho de Almada, com a Câmara Municipal de Palmela. A exposição reúne trabalhos de vários artistas, em diversas áreas artísticas: caricatura de Carlos Laranjeira; instalação de Carlos Ribeiro; cerâmica de Fernando Sarmento; pintura de Luzia Lourenço, e fotografia de A. Marques Silva, Américo Jones, Adelino Chapa, António Sales, Bernardete Couto, Conceição Arsénio, Fernando Dores Alves, José Barata, José Cunha, José Henrique, José Julião, José Luís Guimarães, Luís Miranda, Patrícia Caetano e Teixeira, Pedro Ferreira e Pedro Fidalgo. A inauguração oficial da exposição “Digressões” terá lugar no dia 9, sexta-feira, às 18 horas, com a presença dos artistas.

O Largo de São João, em Palmela, é palco, nos dias 10 e 11 de novembro, de uma Mostra de Vinhos do Atlântico, Tejo e Sado, integrada nas comemorações do Dia Europeu do Enoturismo, com entrada livre. Ao longo dos dois dias, entre as 14 e as 19 horas, os visitantes terão oportunidade de adquirir vinhos das regiões da Península de Setúbal, de Lisboa e do Tejo, a par de doçaria, compotas, licores e outros produtos locais, num total de mais de duas dezenas de expositores. A iniciativa conta, também, com um programa de animação, com música, dança e teatro, entre outros. Em pleno fim de semana de S. Martinho, as castanhas, as batatas doces e outros mimos da época também marcam presença na iniciativa. VINHOS DA EUROPA EM EXPOSIÇÃO No âmbito da Mostra, “Palmela, Cidade Europeia do Vinho 2012” recebe, durante estes dias, uma exposição de vinhos dos países membros da Recevin – Rede Europeia de Cidades do Vinho. Áustria, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Itália, Eslovénia, Espanha e Portugal são os nove países que integram esta rede, que pretende defender os interesses dos municípios europeus com vinho e criar plataformas para partilha de experiências e contatos e para o estabelecimento de parcerias.

Casa da Juventude de Esposende

Uma exposição de mobiles, uma oficina de modelação de balões, um espectáculo de teatro interactivo para bebés e outro de danças urbanas e ainda um torneio de futebol virtual são as propostas da Casa da Juventude de Esposende para o mês de Novembro. Com o objectivo de corresponder às preferências dos diferentes públicos, particularmente dos jovens, a Casa da Juventude tem procurado diversificar a sua programação, conferindo a este equipamento municipal uma versatilidade e uma dinâmica muito próprias. Assim, de hoje até 23 de Novembro, terá patente uma exposição de mobiles, denominada “Cores e Formas no Ar”. Trata-se de uma exposição de trabalhos executados pelas alunas do Curso Técnico de Apoio à Infância, da Escola Profissional de Esposende, na disciplina de expressão plástica. No âmbito das “Oficinas na Casa…”, a Casa da Juventude vai promover, no dia 16 de Novembro, entre as 14h30 e as 17h30, uma oficina de modelagem de balões. Este workshop será orientado por Célia Losa e destina-se a jovens dos 12 aos 30 anos, sendo limitado a 12 participantes. O objectivo desta oficina é iniciar os participantes na prática da escultura de balões mediante exercícios e técnicas de balonismo. A participação na oficina é gratuita, devendo as inscrições serem efectuadas até ao dia 14 de Novembro. Enquanto estrutura apoiante e impulsionadora das artes, a Casa da Juventude, em parceria com a BebéUffizi, vai apresentar um espectáculo de teatro para bebés, intitulado “Elfi magici”. Esta acção terá lugar no dia 24 de Novembro, pelas 10h30, na Sala Polivalente, e visa promover a criatividade e a imaginação dos bebés dos 0 aos 4 anos. A participação é limitada a 15 bebés, devendo as inscrições ser efectuadas até ao dia 22 de Novembro. Em parceria com a PraxiStudio (Hip Hop Studio e Escola de Dança), a Casa da Juventude de Esposende vai promover um espectáculo de dança urbana, intitulado “Ideias Soltas”, no dia 23, pelas 22h00, no Auditório Municipal de Esposende, com repetição no dia 25, às 18h00, no mesmo local. A programação de Novembro integra ainda a realização do

Torneio FIFA 13- PS3, com eliminatórias nos dias 14, 21 e 28, a partir das 14h30. O torneio irá apurar mensalmente um vencedor, para a grande finalíssima, a realizar em Junho de 2013. A participação no torneio é gratuita e limitada a 20 participantes, devendo as inscrições ser efectuadas até ao dia 12 de Novembro.


Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

publicidade/editais

O Primeiro de Janeiro | 9

Empresas e Pessoas com dificuldades econรณmicas (art.ยบ 1ยบ Cire)

www.antoniobonifacio.pt


agenda

10 | O Primeiro de Janeiro

Telefones Úteis Hospitais Santo António Tel. 222 077 500 Linha Azul 222 084 601 São João Tel. 225 512 100 Pediátrico Maria Pia Tel. 226 089 900 Linha Azul 226 099 674 Maternidade Júlio Dinis Tel. 226 087 400 Psiquiátrico Conde Ferreira Tel. 225 022 031 Magalhães Lemos Tel. 226 192 400 Privados Ordem do Carmo Tel. 222 008 113 Ordem da Lapa Tel. 225 502 828 Ordem da Trindade Tel. 222 083 656 Prelada - Tel. 228 330 600 Militar Reg. Nº1 Tel. 226 063 011/ 12/13 Santa Maria Tel. 225 504 844 São Francisco Tel. 222 008 441 CONCELHO DE MATOSINHOS Distrital -Tel. 229 372 091 Pedro Hispano Tel. 229 391 000 Linha Azul 229 391 100 CONCELHO DE V. N. GAIA Eduardo Santos Silva Tel. 227 865 100 227 839 001 Vila Nova de Gaia Tel. 223 778 100/ 223 754180

Televisão

Serviço permanente PORTO PERMANENTE Foz – Rua Senhora da Luz, 380 – Tel. 226 180 127 Parente – Rua das Flores, 114 (à estação de S. Bento) – Tel. 222 001 611 Martino, Suc. – Praça Marquês de Pombal, 122 – Tel. 225 020 747 MAIA Sousa Beirão – R Ângela Adelaide Calheiros Carvalho Meneses 244 4470-135 Maia tel. 225 301 113 REFORÇO Martins da Costa – Rua do Calvário, 35 – Águas Santas – Tel. 229 714 828 VALONGO Marques dos Santos – Praceta Horto, 7 / 4440-788 Valongo Tel. 224 229 823 GONDOMAR Magalhães – Rua de S. Pedro da Cova, 904 – S. Pedro da Cova – Tel. 224 631 102 Silva Dias – Rua da Ranha, 372 – Rio Tinto – Tel. 224 862 926 MATOSINHOS E. Falcão – Rua Moinho de Vento, 227/33 – Leça da Palmeira – Tel. 229 952 680 Nova – Rua Cândida dos Reis, 818 – Custóias – Tel. 229 558 643 VILA NOVA DE GAIA PERMANENTE Ibérica - R Igreja 777, Sermonde 4415106 SERMONDE Tel:227 457 172 Filomena - Praceta Lagarteira 46, Canelas 4405-230 CANELAS VNG

Hoje Tel:227 135 170 Castelo Branco – Rua 27 de Fevereiro, 135 – Afurada – Tel. 227 814 507 Central - Rua Prof. Amadeu Santos – Valadares – Tel. 227 110 210 AMARANTE Amarante – Av.ª 1.º de Maio / Edifício Mirante / 4600-013 Amarante Tel. 255 422 449 FELGUEIRAS J. Reis – Rua Rebelo Carvalho / 4610212 Felgueiras Tel. 255 922 640 LOUSADA Fonseca – Rua Santo António, 554 – Silvares / 4620-651 Lousada Tel. 255 912 141 MARCO DE CANAVESES Farmácia Cabanelas - Lugar de Eiro Soalhães - Tel.:255511565 PAREDES Lopes Caçola – Praceta Jaime P. Moura, Loja 35 4620-030 Lousada Tel. 255 811 673 PENAFIEL Sameiro – Rua D. António F Gomes, 230-B – Tel. 255 713 071/2/3 SANTO TIRSO Central – Tel. 252 852 923 TROFA Trofense – Rua Costa Ferreira, C. C. Loja 2 – Tel. 252 412 543

Banda Desenhada

ZÉ do boné

Sr. Perfeito

Passatempos

Farmácias de serviço

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

RTP1

RTP1

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Vidas em Jogo 15:15 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal 21:00 De Caras 21:45 Decisão Final 22:45 A Guerra 00:00 5 Para a Meia-Noite 01:15 A Invasão (Filme) 03:00 Ribeirão do Tempo 04:30 Televendas 06:05 Nós

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Vidas em Jogo 15:15 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:05 O Preço Certo 19:55 Direito de Antena 21:00 Linha da Frente"A Escolha Alemã", uma reportagem da jornalista Elsa Marujo 21:45 Decisão Final 00:15 5 Para a Meia-Noite 01:30 True Justice 02:30 Ribeirão do Tempo 04:00 Televendas 06:05 Nós

RTP2 07:00 Zig Zag 10:00 Futsal: Campeonato do Mundo 2012 (Tailândia) Portugal - Brasil 11:30 Zig Zag 14:00 Sociedade Civil (R/) 15:30 Diário Câmara Clara (R/) 15:45 Olhar o Mundo (R/) 16:00 National Geographic (R/) 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Duas Miúdas nas Lonas 19:00 Universidade Aberta 19:30 Com Ciência 20:00 Zig Zag 21:00 National Geographic 22:00 Hoje 22:37 Diário Câmara Clara 22:45 Super Diva - Ópera para Todos 23:15 Janela Indiscreta com Mário Augusto 00:00 Esec-tv 00:30 Kimeraa do Atlântico. Encontro Entre Ciência e Tradição 01:15 Universidade Aberta (R/) 01:45 Com Ciência (R/) 02:15 Bairro Alto (R/) 03:00 Euronews 03:45 24 Horas 05:00 Diário Câmara Clara (R/) 05:30 Sociedade Civil (R/)

SIC 06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:00 Tween Box 08:40 Cartas da Maya - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:30 Toca a Mexer - Diário 14:45 Podia Acabar o Mundo 15:55 Boa Tarde 18:35 Fina Estampa 20:00 Jornal da Noite 21:45 Dancin' Days 22:40 Sorteio do Totoloto 22:45 Gabriela 23:30 Avenida Brasil 00:15 Toca a Mexer - Diário 00:30 Mentes Criminosas - Conduta Suspeita 01:25 European Poker Tour 02:30 De Corpo e Alma 03:00 Maré Alta 03:45 Televendas

TVI

O quê que queres fazer primeiro?

Ir á biblioteca e devolver os meus livros ou fazer as compras?

Oh, tu conheces-me. Não consigo tomar uma decisão dessas estando tão excitado.

Amanhã

06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Casa dos Segredos 3 - Diário da Tarde 18:30 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:30 Casa dos Segredos 3 - Diário 22:15 Louco Amor 23:30 Doce Tentação 00:15 Liga dos Campeões - Resumos 00:45 Casa dos Segredos 3 - Extra 02:15 Guestlist 02:45 Mistura Fina

RTP2 07:00 Zig Zag 12:00 Futsal: Campeonato do Mundo 2012 (Tailândia) – Marrocos - Espanha 13:30 Zig Zag 14:00 Sociedade Civil 15:30 Diário Câmara Clara (R/) 15:45 Universidade Aberta (R/) 16:10 National Geographic (R/) 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Duas Miúdas nas Lonas 19:00 Iniciativa 19:30 Capital 20:30 Zig Zag 21:00 National Geographic 22:00 Hoje 22:37 Diário Câmara Clara 22:45 Ossos 23:30 As Mulheres de Deus (Doc Nac) 00:15 Capital (R/) 00:45 Janela Indiscreta com Mário Augusto (R/) 01:15 Iniciativa (R/) 01:45 Euronews 03:30 24 Horas 05:15 Diário Câmara Clara (R/) 05:30 Sociedade Civil (R/)

SIC 06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:00 Tween Box 08:40 Cartas da Maya - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:30 Toca a Mexer - Diário 14:45 Podia Acabar o Mundo 15:55 Boa Tarde 18:35 Fina Estampa 20:00 Jornal da Noite 21:45 Dancin’ Days 22:40 Gabriela 23:30 Avenida Brasil 00:20 Toca a Mexer - Diário 00:40 Investigação Criminal 01:20 Liga Europa: Resumo 01:55 Cartaz Cultural 02:35 De Corpo e Alma 03:25 Maré Alta 04:20 Televendas

TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Casa dos Segredos 3 - Diário da Tarde 18:30 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:30 Casa dos Segredos 3 - Diário 22:15 Louco Amor 23:30 Doce Tentação 00:30 Casa dos Segredos 3 - Extra 02:00 Autores III 03:00 Mistura Fina 05:00 TV Shop


agenda

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 11

Cinemas PORTO DOLCE VITA Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 21h20, 00h35

Os Smurfs M/6 Sessões: 10h30, 12h50, 15h20, 18h (V.Port./3D)

Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 14h, 16h30, 19h (V.Port./3D)

Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h15, 15h40, 18h30, 21h30, 00h10

Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 22h, 00h35

Um Dia M/12 Sessões: 13h40, 16h20, 19h, 21h20, 23h50

Os Smurfs M/6 Sessões: 12h50, 15h30, 18h30 (V.Port./3D) Um Dia M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h05, 21h50, 00h30 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h30, 15h10, 17h50, 21h10, 23h50 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h30, 00h10 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h50, 21h40, 00h25 Assim é o Amor M/12 Sessões: 12h40, 15h25, 18h10, 21h, 23h50 MAIA MAIASHOPPING Os Smurfs M/6 Sessões: 13h30, 16h, 18h40, 21h20, 23h50 (V.Port./3D) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h20, 19h, 21h50, 00h35 Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 21h10, 00h10 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 13h40, 16h30, 19h10, 21h40, 00h20 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h10, 15h50, 18h50, 21h30, 00h30 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h50, 16h10, 18h30 (V.Port.)

MATOSINHOS MAR SHOPPING O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h40, 16h20, 19h10, 22h, 00h30 Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 22h45 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h40, 15h10, 17h40, 20h (V.Port./3D) Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h20, 24h Os Smurfs M/6 Sessões: 13h10, 15h50, 18h30 (V.Port.) Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 12h50, 15h30, 18h20, 21h30, 00h10 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h10, 21h, 23h40 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 18h50, 21h40, 00h20 ) VILA NOVA DE GAIA LUSOMUNDO GAIASHOPPING Carros 2 M/6 Sessões: 13h15, 15h45 (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 18h25, 20h55, 24h Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 15h50, 18h50, 21h55, 00h35

NORTESHOPPING Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h10, 22h30

Super M/12 Sessões: 21h50, 00h25

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h40, 15h10, 18h10, 22h, 00h35

Os Smurfs M/6 Sessões: 13h05, 15h35, 18h15, 20h50, 23h50 (V.Port./3D)

O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h10, 15h30, 18h20, 21h40, 00h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 16h, 18h50, 22h, 00h45 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 10h50, 13h20, 15h50, 18h40 (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 21h10, 23h40

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h55, 15h40, 18h40, 21h30, 00h10 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h55, 15h, 17h20, 19h40 (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h, 21h45, 00h40 Animais Unidos M/6 Sessões: 12h45, 14h55, 17h10, 19h25 (V.Port./3D) Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sessões: 21h40, 00h30

Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h50, 15h05, 17h25, 19h45, 22h, 00h20 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h25, 16h05, 18h45, 21h20, 00h15 UCI ARRÁBIDA 20 O Último Destino 5 M/16 Sala: Sala 1 Sessões: 14h, 16h30, 19h, 21h35, 00h35 A Ressaca - Parte II M/16 Sala: Sala 2 Sessões: 22h20, 00h40 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sala: Sala 2 Sessões: 13h40, 15h50 (V.Port.), 18h, 20h10 (V.Port./3D) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sala: Sala 3 Sessões: 13h55, 16h25, 18h55, 21h25, 24h Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sala: Sala 4 Sessões: 14h10, 16h40, 19h05, 21h35, 00h05 Sem Prada nem Nada M/12 Sala: Sala 5 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 21h50, 00h20 Larry Crowne M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 18h30 Tinhas Mesmo Que Ser Tu M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 13h50, 16h10, 21h30, 00h15 A Árvore da Vida M/16 Sala: Sala 7 Sessões: 18h45 Sem Remorsos M/12 Sala: Sala 7 Sessões: 14h05, 16h25, 21h40, 00h10 Carros 2 M/6 Sala: Sala 8 Sessões: 13h40 (V.Port.) Eu Vi o Diabo M/16 Sala: Sala 8 Sessões: 16h10, 19h05, 22h, 00h55 Cowboys & Aliens M/12 Sala: Sala 9 Sessões: 14h, 16h30, 18h55, 21h25, 00h15 Assim é o Amor M/12 Sala: Sala 10 Sessões: 13h50, 16h35, 19h20, 22h, 00h40 Chefes Intragáveis M/12 Sala: Sala 11 Sessões: 14h10, 16h40, 19h15, 21h45, 00h20 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 12 Sessões: 14h05, 16h45, 19h20, 21h55, 00h35 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 13 Sessões: 13h45, 16h20, 18h55, 21h35, 00h15 (2D) Bem-vindo ao Sul M/12 Sala: Sala 14 Sessões: 14h15, 16h40, 19h10, 21h40, 00h10 Os Smurfs

Tempo HOJE TODO O TERRITÓRIO: Céu pouco nublado, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral oeste até ao final da manhã e em especial a norte do Cabo Raso. A partir do meio da tarde, aumento de nebulosidade na região Norte. Vento fraco (inferior a 15 km/h), soprando temporariamente moderado (15 a 25 km/h) de noroeste no litoral oeste a sul do Cabo Raso durante a tarde. Neblina ou nevoeiro matinal nas regiões do litoral. Pequena descida da temperatura máxima nas regiões Norte e Centro. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros e possibilidade de ocorrência de trovoada. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) do quadrante sul, tornando-se do quadrante oeste a partir da tarde. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Aguaceiros, mais frequentes durante a madrugada e manhã. Vento leste moderado (20/30 km/h), tornando-se fresco (30/40 km/h) com rajadas até 55km/h, rodando para nordeste. GRUPO CENTRAL - Céu geralmente muito nublado. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h), tornando-se moderado (20/30 km/h) e rodando para nordeste. GRUPO ORIENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas, aumentando de nebulosidade ao longo da manhã. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h).

AMANHÃ

TODO O TERRITÓRIO: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela e em especial no Minho e Douro Litoral. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante oeste, soprando temporariamente moderado (20 a 30 km/h) de sudoeste nas terras altas das regiões Norte e Centro. Neblina ou nevoeiro matinal nas regiões do litoral. Pequena descida da temperatura máxima na região Sul e no interior Norte e Centro. MADEIRA:Períodos de céu muito nublado. Possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) predominando de noroeste, tornando-se moderado a forte (25 a 40 km/h) nas zonas montanhosas a partir da tarde. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Aguaceiros, mais frequentes durante a madrugada e manhã. Vento leste moderado (20/30 km/h), tornando-se fresco (30/40 km/h) com rajadas até 55km/h, rodando para nordeste. GRUPO CENTRAL - Céu geralmente muito nublado. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h), tornando-se moderado (20/30 km/h) e rodando para nordeste. GRUPO ORIENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas, aumentando de nebulosidade ao longo da manhã. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h).

M/6 Sala: Sala 15 Sessões: 14h, 16h30, 18h55 (V.Port.), 21h20, 24h Amigos Coloridos M/12 Sala: Sala 16 Sessões: 13h50, 16h20, 18h50, 21h45, 00h25 Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sala: Sala 17 Sessões: 15h, 17h55, 21h25, 00h15 Animais Unidos M/6 Sala: Sala 18 Sessões: 14h10, 16h20 (V.Port./3D) Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sala: Sala 18 Sessões: 18h35, 21h15, 00h10 A Melhor Despedida de Solteira M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 13h50, 16h35 Super 8 M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 19h20, 21h55, 00h30 Um Dia M/12 Sala: Sala 20 Sessões: 14h, 16h40, 19h10, 22h, 00h40

GONDOMAR LUSOMUNDO - PARQUE NASCENTE Os Smurfs M/6 Sessões: 13h25, 16h, 18h35, 21h10, 23h50 (V.Port.) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h45, 16h30, 19h15, 21h55, 00h40 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h50, 16h20, 19h30, 22h, 00h30 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 12h50, 15h20, 17h50, 21h20, 24h Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 21h15, 24h Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h10, 15h30, 18h (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 15h, 17h40, 20h30, 23h

«Sábado 2» de Paulo Ribeiro O Centro Cultural de Belém (CCB) apresenta dias 9 e 10 de Novembro, às 21h00, uma co-produção Fundação das Descobertas / CCB, com coreografia de Paulo Ribeiro, interpretação de Eliana Campos, Leonor Keil, Rita Omar, Gonçalo Lobato, Peter Michael Dietz e Romulus Neagu, música de Nuno Rebelo, figurinos de Maria Gonzaga e luzes de Rui Marcelino. Egoísmo e conflito entre as convenções sociais e a banalidade dos sentimentos e da palavra cruzam-se em Sábado 2, a primeira obra da Companhia Paulo Ribeiro, onde o coreógrafo explora o turbilhão vazio do indivíduo essencialmente virado para si próprio, que estabelece uma ligação com o divino como espécie de energia redentora. Mantendo um carácter intemporal, Sábado 2 vive ainda da repressão da energia sexual/carga erótica e da sua confrontação com a fantasia romântica e religiosa que só encontra a redenção numa espécie de sacrifício de automutilação.

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h25, 21h, 00h05 Um Dia M/12 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 22h10, 00h45 Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h50, 00h20 Carros 2 M/6 Sessões: 13h40, 16h25, 19h (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 14h30, 17h30, 20h40, 23h40 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 14h45, 17h15, 20h, 22h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h15, 15h50, 18h40, 21h40, 00h25

Sugestões

«Broadway Baby» de Henrique Feist Sobe ao palco do Rivoli Teatro Municipal de 9 a 18 de Novembro, «Broadway Baby». Na zona oeste de Nova Iorque, sensivelmente a partir da rua 42 e quase até Central Park, os teatros sucedem-se, feéricos com os seus cartazes luminosos - são mais de 20, mais de 30, mais de 40 - é a Broadway. Foi nestes teatros que ganhou forma o Musical Americano. A cantar, o Henrique Feist conta-nos como tudo se passou. Porque é que os teatros se instalaram nesta zona da cidade? Quem foram os primeiros autores? E os primeiros compositores? Que têm de tão especial as canções? Que sonho é este chamado Broadway? Henrique Feist, sobretudo através de canções de cinco dos maiores compositores da Broadway de sempre - Cole Porter, George Gershwin, Irving Berlin, Jerome Kern e Richard Rodgers -, mas não esquecendo todos os outros, faz-nos comungar desse estado de espírito. Neste espetáculo, Henrique Feist é acompanhado ao piano pelo seu irmão Nuno Feist, no ano em que os dois irmãos celebram os seus 30 anos de carreira.


1868

Há 143 anos, todos os dias consigo.

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

ACABA MAL... ACABA, ACABA!

Diretor: Rui Alas Pereira (CP-2017). E-mail: ruialas@oprimeirodejaneiro.pt Redatores: Joaquim Sousa (CP-5632), Andreia Cavaleiro (CP-6983), Cátia Costa (Lisboa) e Vasco Samouco. Fotografia: Ivo Pereira (CP-3916) Secretariado de Direção: Sandra Pereira. Secretariado de Redação: Elisabete Cairrão. Publicidade: Conceição Carvalho (chefe), Elsa Novais (Lisboa, 918 520 111) e Fátima Pinto. E-mail: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt Morada: Rua de Santa Catarina, 489 2º - 4000-452 Porto. Contactos: redação - Tel. 22 096 78 47 - Tm: 912 820 510 E-mail: geral.cloverpress@oprimeirodejaneiro.pt - Publicidade - Telefone: 22 096 78 46, Fax: 22 096 78 45 Propriedade: Globinóplia, Unipessoal Lda. Edição: Cloverpress, Lda. NIF: 509 229 921 Depósito legal nº 1388/82 Impressão: Coraze, Telefs.910252676 / 910253116 / 914602969, Oliveira de Azeméis. Distribuição: Vasp. Tiragem: 20 000

EUROMILHÕES

Tenho a sensação que tudo isto acaba mal. A maioria parlamentar (PSD/CDS) na Assembleia da República está a negligenciar a força de uma maioria que a contesta na rua. Aquilo a que se assiste já não é obra apenas da mobilização dos sindicatos, vai muito mais longe, atravessa toda a sociedade, jovens e menos jovens, trabalhadores André Escórcio* e desempregados, entidades patronais, profissões liberais e funcionários públicos, ativos e aposentados, enfim, há um grande desassossego na sociedade, instabilidade e muita desconfiança. Quando isto acontece, quando a maioria parlamentar não corresponde ao sentimento genérico da sociedade, é evidente que se deixa de falar de quanto tempo falta para o final da legislatura, mas de a quantos dias estamos de uma intervenção que devolva aos portugueses a possibilidade de escolha de um outro caminho. E quando digo que isto acaba mal é pelo sentimento que tenho que o elástico está no seu limite, apresenta já ruturas graves, o que equivale dizer que o desespero das pessoas, das famílias, dos desempregados, o sofrimento em que muitos se encontram pode descambar em situações muito pouco agradáveis. Há dias, lamentavelmente, no decorrer de uma manifestação, um cartaz falava de “sangue”. Isso atormenta-me e deveria preocupar muita gente que parece que ainda não tomou consciência da gravidade da situação. Ela é explosiva pelos testemunhos que vamos escutando e pelas projeções que os analistas económicos fazem de um constrangimento que durará muitos anos. Não vejo no horizonte sinais de alguma esperança. Os discursos da maioria parlamentar na Assembleia da República, apresentam-se totalmente contrários à realidade, em alguns momentos, até, eivados de uma hipocrisia extrema, porque cinicamente construídos como se este calvário tivesse um fim à vista, como se o exemplo dos indicadores económicos, financeiros e sociais relativamente a 2012 justificassem a continuidade de uma austeridade sem freio. Escuto citações e excitações desprovidas de sentido face ao quadro negro que os portugueses têm pela frente. Naquelas bancadas da maioria, sempre que o realizador por elas passou no recente debate do Orçamento de Estado, vi deputados das filas “secundárias” acabrunhados, talvez pelas muitas dúvidas em relação ao que escutavam dos seus pares da frente do combate político. Será assim? Não sei. A verdade é que existindo legitimidade política na sequência das últimas eleições legislativas, na prática, essa legitimidade está ferida de morte, porque o povo, pura e simplesmente, a rejeita. Esta maioria (PSD/CDS) está a confundir maioria absoluta com poder absoluto e o povo já disso se apercebeu. *Professor www.comqueentao.blogspot.com

7

20

25

35

41

1

9

Cerca de cinco mil protestaram em frente ao Parlamento

Maior manifestação de polícias Cerca de 5000 polícias de todo o país participaram na manifestação contra as restrições orçamentais previstas na proposta do Orçamento do Estado (OE) para 2013, revela o presidente da ASPP/PSP. Paulo Rodrigues disse que a adesão à manifestação convocada pela Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP), iniciada com uma marcha desde a praça Camões até à Assembleia da República, superou as expectativas. Os manifestantes começaram a chegar junto à Assembleia da República perto das 19:00, na altura

em que soaram o Hino Nacional e “Grândola Vila Morena”, de José Afonso. Na escadaria em frente à fachada principal da Assembleia da República encontram-se elementos das equipas de intervenção rápida da PSP, em serviço. Os polícias em protesto gritaram frases como “Gatunos, gatunos”, e exibiram faixas com palavras de ordem “Pela colocação das novas posições remuneratórias”, “Em defesa da segurança pública, contra o corte” e “Por um estatuto profissional digno”. O presidente da ASPP/PSP disse

que, no final da manifestação, será entregue um documento a todos os grupos parlamentares, em que são mencionadas as medidas que os agentes querem ver revistas no OE. Paulo Rodrigues disse que esta é a maior manifestação de sempre organizada pela estrutura sindical, e justificou a adesão com “a desmotivação” da classe. Os profissionais da polícia criticam a suspensão da passagem à pré-aposentação, o fim da utilização gratuita dos transportes públicos e o aumento dos encargos com o subsistema de saúde.

Nuno Crato desvaloriza críticas ao acordo de Berlim

“Há sempre alguns velhos do Restelo” O ministro da Educação desvalorizou as críticas feitas ao acordo que assinou, em Berlim, com a homóloga germânica, para reforçar a área do ensino profissional em Portugal, apelidando de “velhos do Restelo” os opositores a esta cooperação. “Em Portugal, infelizmente, quando se fala de ensino profissional, temos ainda muitos preconceitos intelectuais e também um certo repúdio por esta noção de colaboração com terceiros. Mas não devemos ter nenhum medo relativamente a este tipo de colaboração”, afirmou Nuno Crato na capital alemã. Em declarações antes de embarcar rumo à Lisboa, o governante português fez um balanço “muito positivo” da sua visita de dois dias a Berlim, onde se reuniu com a homóloga alemã, Annette Schavan, com quem assinou um memorando de entendimento para a cooperação na área do ensino profissional.

Nuno Crato realçou que o objetivo da sua deslocação a Berlim passou também por conhecer, em concreto, o sistema dual germânico, no qual os alunos adquirem formação em regime de alternância: em contexto de trabalho nas empresas que participam no sistema e nas escolas profissionais. O ministro afirmou que - apesar de algumas críticas - a aposta no reforço do ensino profissional em Portugal é “bem vista pela generalidade das pessoas”, que percebem que este “tipo de ensino vai ser uma peça essencial na formação de muitos jovens, vai dar uma oferta adicional aos jovens, ajudar a combater o desemprego jovem e a desenvolver a economia”. “Em geral, as pessoas percebem isto, mas há sempre alguns velhos do Restelo que têm algum preconceito intelectual relativamente a estas mudanças”, frisou Nuno Crato, referindo-se as críticas que vários especialistas portugueses fizeram ao

modelo germânico de ensino profissional. Mário Nogueira, secretário-geral da Fenprof, foi uma das vozes dissonantes, tendo comparado a cooperação acordada na segunda-feira, em Berlim, a um “franchising” para Portugal de um sistema educativo “que não presta”. “Importar algo que é criticado, por exemplo, pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico [OCDE], e promover o ‘franchising’ em Portugal do que não presta, é a pior opção que este Governo pode fazer”, disse o sindicalista, à saída de um plenário de professores em Castelo Branco. O ministro da Educação lembrou, por sua vez, que a cooperação estabelecida prevê, sobretudo, um “troca de experiências” entre os dois países, que pode vir a possibilitar o intercâmbio de alunos do ensino profissional, de formadores e representantes empresariais.

Dia Nacional comemora-se a 20 de novembro

Mais de 65 mil crianças vão de pijama para a escola Mais de 65 mil crianças de todo o país irão, a 20 de novembro, de pijama para o jardim-de-infância ou para a creche, numa iniciativa que visa fomentar o aumento de famílias de acolhimento em Portugal. Trata-se do Dia Nacional do Pijama, que irá decorrer, em simultâneo, em centenas de estabelecimentos de ensino, na mesma data em que se assinala a Convenção Internacional dos Direitos da Criança. “Será um dia para os mais pequenos lembrarem à gente grande que uma criança deve crescer numa família”, refere a organização. O Dia Nacional do Pijama é organizado pela Mundos de Vida, a

única instituição portuguesa que dispõe de um Serviço de Acolhimento Familiar especializado de crianças e jovens em risco, designado “Procuram-se Abraços”. Aquela instituição lembra que, em 2011, havia em Portugal quase nove mil crianças que viviam fora das casas de seus pais, das quais apenas cinco por cento estavam em famílias de acolhimento, enquanto as restantes estavam institucionalizadas. “Com o seu serviço de acolhimento familiar, a Mundos de Vida está a tentar mudar esta tendência, na certeza de que todas as crianças

devem crescer num ambiente familiar de qualidade”, acrescenta. Sublinha que, noutros países europeus, a situação é “bastante diferente”, como em Espanha, por exemplo, aonde 32 % das crianças retiradas aos pais vivem em famílias de acolhimento, ou em Inglaterra, onde essa percentagem sobe para 72 %. “Tão importante como criar uma nova geração de famílias de acolhimento de qualidade, é sensibilizar todo o país para o direito de cada criança crescer numa família, enquanto não pode regressar para junto dos seus pais”, refere ainda aquela instituição, com sede em Famalicão.


7-11-2012