Page 1

NANI TREINA LIMITADO Internacional português recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda

Há 144 anos, sempre consigo. 1868 2012

Continente - 0,60 € (IVA INCLUIDO) – Ilhas - S. Miguel e Madeira - 0,75 € (IVA INCLUIDO) – Porto Santo 0,80 € (IVA INCLUIDO)

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

DIÁRIO NACIONAL

Diretor: Rui Alas Pereira | ISSN 0873-170 X |

Ano CXLV | N.º 124

Sexta-feira, 31 de maio de 2013

SEGURO APRESENTA MEDIDAS PARA PRESERVAR EMPREGO E ECONOMIA

CORRENTE F1 FIM-DE-SEMANA PERFEITO PARA NICO ROSBERG NO MÓNACO Jovem piloto alemão domina corrida em «casa»

IVA

DIRECTOR: RUI ALAS PEREIRA |SÉRIE II ANO XI N.º 984

D!A M ercedes

www.motor.online.pt

Governo quer aumentar de 5 para 15% dedução no IRS

31-05-2013 | SEMANÁRIO | PREÇO: 1,50 EUROS IVA INCLUÍDO Taxa paga | Devesas - 4400 V.N. Gaia | Autorizado a circular em invólucro de plástico fechado | Autorização n.º 26 de 2026/00

 O Líder do PS apresentou ontem quatro medidas para preservar empregos e dinamizar a economia, entre as quais a criação de uma conta corrente entre empresas e Estado. "As quatro propostas vão ajudar muito a combater o desemprego no país, devendo ser apresentadas no parlamento ainda esta semana ou na próxima”, refere António José Seguro, após ter estado reunido com a CIP, encontro que tinha por objetivo procurar soluções para o problema do desemprego em Portugal.

Prazer indomável CI NOVO MERCEDES CLA CONQUISTA (TAÇA) PORTUGAL NO JAMOR

TECNOFORMA “Se há alguma coisa para investigar, que se investigue”

TRANCOSO

Idoso morre em despiste com trator agrícola


local Porto

2 | O Primeiro de Janeiro

Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

Socialis exige aumento da comparticipação ao seu Centro de Apoio à Vida

Greve de fome junto à Segurança Social do Porto DR

O diretor do Instituto de Segurança Social do Porto, Sampaio Pimentel, acusou a Socialis de má gestão financeira. A presidente da Socialis começou ontem uma greve de fome em frente à Segurança Social do Porto, para exigir o aumento da comparticipação ao seu Centro de Apoio à Vida, uma estrutura que “pode fechar” por falta de sustentabilidade financeira. Para Maria Luísa Costa, a Segurança Social atribui atualmente 223 euros mensais por utente, mas a Socialis defende que aquele valor deveria ser na ordem dos 700 euros. A Socialis é uma instituição particular de solidariedade social (IPSS) da Maia, sendo uma das suas valências o Centro de Apoio à Vida, com casa de acolhimento para jovens grávidas, mães adolescentes e seus bebés. “A verba atribuída para cada utente é manifestamente insuficiente para suportar os custos daquela resposta social”, lamentou a presidente instituição, acrescentando que com a “ninharia” que está a receber as finanças da instituição “caíram num buraco”, do qual “só poderá sair com a renegociação” do acordo de cooperação com a Segurança Social. Com capacidade para cinco mães e cinco bebés, a casa de acolhimento abriu há 6 anos e, segundo Maria Luísa Costa, sempre funcionou com a totalidade dos utentes. Conta com 10 funcionários, cujo contrato de trabalho termina hoje. “Estes postos de trabalho estão, naturalmente, em causa. Simplesmente, neste momento não sabemos o que fazer com eles. Formámos ao longo destes 6 anos uma excelente equipa, que dá uma resposta de grande qualidade e agora, de repente, tudo isto pode ir por água abaixo”, alertou a presidente da Socialis.

Segurança Social acusa Socialis de má gestão financeira

Acusações. Segurança Social acusa, mas presidente da Socialis nega má gestão financeira da institução

Santo Tirso

Greve deixa 14 cantinas sem refeições

As cantinas das 14 escolas do 1.º ciclo de Santo Tirso estiveram ontem fechadas, devido à greve dos trabalhadores da empresa responsável pelo fornecimento das refeições. De acordo com Francisco Figueiredo, do Sindicato da Hotelaria do Norte, em causa estão os “sucessivos incumprimentos salariais” por parte da

empresa, registados desde o ano letivo 2010/2011. “Não tem pago as compensações por caducidade do contrato e há diferenças nos subsídios de férias e de natal”, esclareceu. Em relação à compensação por caducidade, os trabalhadores terão a receber, cada qual, entre 150 a 450 euros, enquanto que os valores em falta dos subsídios ascenderão a 600 euros. A empresa Nobrecer ainda não se pronunciou sobre as queixas dos trabalhadores.

O diretor do Instituto de Segurança Social do Porto, Sampaio Pimentel, acusou a Socialis de má gestão financeira e de ter recebido verbas para um serviço de alojamento que desde abril não tem utentes, reagindo assim à greve de fome da presidente da instituição. “Parte do valor que esta instituição recebe seria para dar resposta à resposta social em alojamento. O que nós sabemos é que a última utente em alojamento entrou em janeiro e que neste momento não existem utentes em alojamento”, declarou aos jornalistas o diretor do Instituto de Segurança Social do Porto. A presidente da Socialis, Maria Luísa Costa, refuta a acusação e argumenta, por seu turno, que não há má gestão da instituição: “Sei gerir, sabemos gerir”, declarou aos jornalistas, acrescentando que “não há má gestão da instituição” e que inclusivamente o presidente da Câmara da Maia até se mostrou admirado de como é que uma instituição “tão pequena” conseguia ter “verbas e saldo positivo”. Sampaio Pimentel levantou ainda a questão de saber se a presidente da Socialis recebeu, ou não recebeu, por parte da instituição, alguma remuneração nos anos 2010, 2011, e 2012, defendendo que se o tiver feito terá sido ao abrigo de uma de uma deliberação da assembleia geral da Instituição, e caso contrário não cumprirá os requisitos legais para o efeito. Maria Luísa Costa afirma que apenas recebeu dinheiro pelas funções de “coordenadora do ATL” (Atividade de Tempos Livres), e que essa acusação “não tem nada a ver” com o assunto em causa. “Só vem demonstrar mais uma vez a má-fé que a Segurança Social tem”, afirmou, observando que só estava com aquela função, porque a Segurança Social informou que era o “ideal” para dar “o melhor acompanhamento possível à instituição”.

Gondomar apoia famílias em dificuldades

Perdão de juros avança A Câmara de Gondomar aprovou ontem, por unanimidade, isentar os juros de todos os inquilinos e ex-arrendatários de habitações municipais com débitos de rendas. Em reunião pública do executivo, o presidente da Câmara, Valentim Loureiro, afirmou que a proposta a votação visa “o perdão de juros das famílias que estão encravadas”. Nesta situação encontram-se 641 inquilinos da autarquia, sendo o valor total de juros em dívida até abril de 289 mil e 340 euros. Na proposta aprovada lê-se que, “não obstante existir por parte dos arrendatários uma vontade explícita na regularização dos débitos, alguns inquilinos têm vindo a acumular dívidas, que se agravam em 50% por via de juros referentes ao atraso do seu pagamento”. Justifica ainda a isenção ao considerar que “os arrendatários com débitos de rendas atravessam graves dificuldades económicas e que o valor correspondente aos juros de mora representa esforço acrescido na liquidação da dívida”. Noutro sentido, a Câmara de Gondomar aprovou uma proposta em que prevê assumir a manutenção e gestão das zonas em que a Metro do Porto executou obras de requalificação, como jardins, passeios ou acessos a infraestruturas urbanísticas.


regiões

Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

O Primeiro de Janeiro | 3

Trabalhadores da CP e Carris ocupam simbolicamente dois bancos em Lisboa

Protestos contra «swap» Acidente mortal em Freches

Queda de trator vitima homem de 74 anos

Um homem de 74 anos, residente em Freches, Trancoso, morreu, ontem, devido ao despiste de um trator agrícola que conduzia. O sinistro ocorreu pelas 12h00, na zona de São Clemente, disse o segundo comandante dos Bombeiros, João Paixão. “O senhor seguia num caminho rural, despistou-se e o trator caiu. O caminho não era acidentado. O trator caiu de um muro com cerca de um metro de altura e o senhor ficou debaixo dele”, relatou João Paixão. A vítima ainda foi transportada “para o SAP, mas acabou por falecer”.

Ligação aérea a Lisboa

Vila Real e Bragança esperam boas notícias Os presidentes das Câmaras de Vila Real e Bragança manifestaram a expectativa de que o primeiro-ministro anuncie novidades sobre a ligação aérea com Lisboa, na visita agendada para hoje e amanhã às duas cidades transmontanas. A carreira aérea Bragança/Vila Real/ Lisboa não consta da agenda oficial, mas os autarcas locais prometem colocar o assunto na ordem do dia. A ligação, que se realizava há 15 anos, foi suspensa a 27 de novembro de 2012 com o argumento de que o modelo de financiamento tinha de ser revisto.

DR

Delegados sindicais ocuparam agências do BES e do Santander para exigir a restituição imediata dos valores já pagos aos bancos. Cinco representantes dos trabalhadores da CP entraram, ontem de manhã, com um cartaz na sede do Banco Espírito Santo (BES), em Lisboa, para chamar a atenção dos prejuízos causados a esta empresa de transportes pelos contratos «swap». Com o cartaz, “‘Swap’? Basta de alimentar especuladores com o roubo dos nossos salários”, os representantes dos trabalhadores entraram no BES e, além de distribuírem aos clientes um panfleto para denunciar os danos na empresa de transporte devido aos «swap» (contratos de cobertura de risco), pediram para falar com a administração. Mas em vez de serem recebidos pela administração, os seguranças chamaram a polícia, tendo-se deslocado à sede do BES 10 elementos da PSP para identificar um dos membros dos representantes dos trabalhadores. “Pretendíamos falar com alguém da administração do banco para solicitar que devolva à empresa os milhões de euros que foram desviados através dos swap”, disse Abílio Carvalho, dirigente sindical do Sindica-

Protestos. Delegados sindicais da Carris e da CP ocuparam dois bancos to Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário (SNTSF). Para o sindicalista, o “desvio de dinheiro” causado pela assinatura dos contratos «swap» estão a causar cortes nos salários dos trabalhadores, que em alguns casos chega aos 30%, e o aumento das tarifas do transporte ferroviário aos utentes. “Não têm que ser os trabalhadores, nem os utentes, a pagar esta especulação financeira e este desvio de dinheiro para a banca”, sublinhou. Os representantes escolheram o dia de ontem para a realização

deste protesto por coincidir com “o primeiro feriado roubado”, que correspondia à celebração pela Igreja Católica do Corpo de Deus. Esta foi o segundo protesto realizado pelos trabalhadores dos transportes junto de banco. Delegados sindicais da Carris também ocuparam simbolicamente a sede do Santander Totta em Lisboa em protesto contra os contratos «swap» assinados entre a empresa pública de transporte e o banco de capitais espanhóis. O grupo de oito representantes dos trabalha-

dores, no seu protesto, pediu a restituição “imediata” de 35,5 milhões de euros já pagos pela Carris ao banco. Manuel Leal, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários e Urbanos de Portugal (STRUP), afeto à CGTP-IN, reclamou o fim de “uma negociata orquestrada entre administradores das empresas, membros dos governos e banqueiros”, que se traduziu “na transferência de uma fortuna imensa da esfera pública para a esfera privada”.

Reação do secretário-geral da CGTP-IN

Greve no Metro de Lisboa “muito positiva” DR

O secretário-geral da CGTPIN, Arménio Carlos fez, ontem, um balanço “muito positivo” da greve dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa e destacou também a forte adesão dos funcionários dos CTT nos plenários realizados à meia-noite. “O balanço é muito positivo, ainda ontem [quarta-feira] tivemos a oportunidade de verificar uma adesão total dos trabalhadores do Metropolitano e uma grande adesão dos trabalhadores dos correios nos plenários que foram feitos nos turnos da meianoite”, disse o secretário-geral da CGTP-IN, em declarações

Metro de Lisboa. “O balanço é muito positivo”, diz Arménio Carlos

prestadas de manhã, em Lisboa. Arménio Carlos falava no final de uma iniciativa com trabalhadores da Europac - Embalagem, em Albarraque, no concelho de Sintra, na qual criticou a decisão do Governo de retirar “quatro feriados e três dias de férias” aos trabalhadores. “Estamos perante um processo que constitui um retrocesso civilizacional e social sem precedentes, num quadro em que o país precisa é de gerar mais emprego. Sete dias de trabalho gratuito por ano vão originar o despedimento, no mínimo, de 98 mil trabalhadores. Isto é mais um

ataque à economia”, afirmou. António Maria Pereira, da comissão de trabalhadores da Europac, disse ao secretário-geral da CGTP que esta empresa, que tem três unidades no País (Sintra, Leiria e Vila do Conde), está a “discriminar os trabalhadores” de Sintra. “A empresa apresentou aos trabalhadores das outras duas unidades uma proposta de aumento salarial na ordem dos 1,2 por cento. Para os de Albarraque não há aumentos porque referiram existirem resultados negativos nesta unidade”, afirmou o representante dos trabalhadores.


nacional

4 | O Primeiro de Janeiro

Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

Seguro apresentou mais quatro medidas para dinamizar a economia

Conta corrente entre empresas e Estado DR

O líder do PS defende também que as empresas devem poder pedir a um banco o dinheiro que o Estado lhes deve. António José Seguro apresentou ontem mais quatro medidas para preservar empregos e dinamizar a economia. Após ter estado reunido com a Confederação Empresarial de Portugal (CIP), encontro que tinha por objetivo procurar soluções para o problema do desemprego em Portugal, o líder do PS destacou a criação de uma conta corrente entre empresas e Estado. “Hoje estimemos a dar apoio às empresas e verificámos que estas – para além das dificuldades que decorrem de uma reduzida procura interna, motivada pela política de austeridade – estão em dificuldades porque o Estado não está a pagar os fornecimentos dessas empresas e, por outro lado, o Estado não está a devolver nos prazos legais o IVA às empresas. Se o Estado tem valores referentes a IVA a devolver às empresas, isso deve ser abatido em contribuições futuras que essas empresas tenham a fazer ao Estado”, explicou António José Seguro. O líder socialista destacou também que as empresas devem poder pedir a um banco o dinheiro que o Estado lhes deve, ficando o Estado com a responsabilidade pelo pagamento do empréstimo. Quanto ao fornecimento da dívida ao Estado, o PS propõe que as empresas possam dirigir-se a um banco e pedir o dinheiro (que o Estado deveria ter pago às empresas) a um banco e o Estado deveria ser responsabilizado pelo pagamento do empréstimo. O líder socialista salientou que a proposta do partido é que, passados três meses do final do prazo em que o Estado deveria ter pago às empresas, este deve ser responsabilizado pelo pagamento do empréstimo. António José Seguro avançou

ainda outras duas propostas para incentivar a economia: “Junto a estas duas propostas, o crédito fiscal dos suprimentos dos sócios e crédito fiscal para os lucros que são reinvestidos na própria empresa”, acrescentou o líder socialista. Segundo adiantou, as quatro propostas vão “ajudar muito a combater o desemprego no país, devendo ser apresentadas no parlamento ainda esta semana ou na próxima”. Sobre a ronda de reuniões com os parceiros sociais, que ontem terminou, António José Seguro faz um balanço muito positivo. “Há um novo consenso social e político na sociedade portuguesa com o objetivo de combater o elevado número de desempregados e equilibrar as contas públicas, não por via da austeridade, mas pela via do crescimento e do emprego. Há aqui um consenso que o Governo infelizmente não aproveita”, lamentou. Governo sem capacidade para concretizar reforma do Estado

Apoio às empresas. Seguro apresentou mais medidas preservar os empregos e dinamizar a economia portuguesa

Tecnoforma

PSD satisfeito com investigação da OLAF

O líder parlamentar do PSD garante que os sociais-democratas estão “seguros do comportamento” de Pedro Passos Coelho e Miguel Relvas relativamente à empresa Tecnoforma e disse que “se há alguma coisa que seja preciso investigar que se investigue”. “Estamos seguros do comportamento quer do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho,

quer do doutor Miguel Relvas. Aguardaremos. Não sei sequer em que moldes é que isso se está a desenrolar, mas se é preciso apurar alguma coisa, que se apure. Se há alguma coisa que seja preciso investigar que se investigue”, afirmou Luís Montenegro aos jornalistas. O gabinete da luta anti-fraude da União Europeia (OLAF) abriu uma investigação formal sobre o financiamento, com fundos comunitários, da empresa Tecnoforma, na sequência de uma queixa apresentada por Ana Gomes.

O PS considera que o Governo se revela já sem capacidade para concretizar uma reforma do Estado, alegando que nem sequer conseguiu fazer mudanças constitucionais ao nível da reforma da administração local. Falando em plenário, na Assembleia da República, o deputado do PS eleito pelo círculo de Faro criticou a forma como o Governo tentou criar as novas entidades intermunicipais – um diploma do executivo que foi considerado inconstitucional pelo Tribunal Constitucional. “Como pode um Governo que não foi capaz de fazer uma simples reforma da administração local, num quadro de legalidade constitucional, conduzir agora uma profunda reforma do Estado? Este Governo já não tem energia para mobilizar o país para uma discussão séria e serena sobre a reforma do Estado. Este Governo já não tem capacidade de liderança para construir um consenso político e social alargado”, criticou Miguel Freitas.

Governo aumenta a dedução em IRS do IVA

Retificativo hoje na AR O Conselho de Ministros aprovou ontem a proposta de lei de orçamento retificativo para este ano, com as medidas para compensar o chumbo do Tribunal Constitucional a quatro normas do Orçamento do Estado para 2013. No comunicado que saiu de uma reunião, o Governo diz que estas medidas incluídas no retificativo “procuram minimizar o seu impacto no rendimento disponível dos portugueses, optando pela redução estrutural da despesa e não pelo agravamento dos impostos”. Entre algumas das medidas incluídas no orçamento retificativo, destaque para a intenção do Governo em aumentar de 5% para 15% a dedução em IRS do IVA gasto em aquisições e prestações de serviços em algumas atividades, sendo este incluído. De acordo com o ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Luís Marques Guedes, este reforço é feito apesar do Governo considerar que esta dedução incluída na reforma da faturação foi um “sucesso”. O orçamento retificativo para este ano será entregue hoje de manhã no Parlamento, onde vai ser analisado e depois votado.


economia

Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

O Primeiro de Janeiro | 5

Audiovisuais podem sair da fatura da eletricidade

Taxa está em estudo “Talvez fosse correto incluir os consumidores de telecomunicações como pagantes desses serviços”, assume Artur Trindade. Proposta em setembro

Bruxelas quer acabar com o «roaming» A Comissão Europeia quer acabar com os custos de usar o telemóvel noutro Estadomembro em 2014, estando a preparar legislação sobre «roaming», anunciou, ontem, a comissária europeia para a Tecnologia, Neelie Kroes. Segundo a comissária, que discursava no Parlamento Europeu, será apresentada, o mais tarda até ao início de setembro, uma proposta para acabar com os custos de itinerância do uso de telemóveis, bem como assegurar o livre acesso à Internet para todos os cidadãos europeus. Este verão, em julho, as tarifas de «roaming» voltam a baixar, passando as chamadas efetuadas a custar 24 cêntimos (atualmente são 29) e as recebidas sete (8, nas tarifas em vigor), valores a que acresce o IVA.

O secretário de Estado da Energia revelou, ontem, que o Governo equaciona retirar da fatura de eletricidade a taxa de audiovisual que é cobrada também a consumidores como oficinas e padarias, realocando-a antes a quem usa serviços de telecomunicações. À margem de uma visita à Central Termoelétrica de Biomassa das Terras de Santa Maria, em Oliveira de Azeméis, Artur Trindade defendeu que “talvez fosse correto incluir os consumidores de telecomunicações como pagantes desses serviços [de funcionamento da atividade audiovisual], em vez de taxar exclusivamente os consumidores de energia elétrica”.

Audiovisual. Governo equaciona retirar da fatura de eletricidade a taxa que é cobrada a diferentes consumidores

Referindo que essa possibilidade vem a ser estudada na sequência de queixas apresentadas por consumidores e por associações que os representam, o governante explica que o objetivo da medida seria corrigir uma situação “injusta” para com várias entidades que estão a pagar por um serviço do qual não usufruem. Corrigir a situação não passará tanto por alterar os montantes cobrados e prender-se-á mais com a forma “como se pode melhorar a alocação dos pagamentos”. “Esta é uma reflexão que tem que ser feita, sobre as diferentes camadas [de pagamentos] que existem hoje na fatura de eletricidade” e “sobre o modo como podemos alocar de forma societal estes custos”, disse. Artur Trindade garante que o objetivo é tornar a recolha da receita afeta ao audiovisual “mais eficiente, mais justa e com racionalidade económica”, até porque essa é uma estratégia prevista “no âmbito da ‘troika’”.

Presidente do Banif garante

“No bom caminho”

“Anexo SS é apenas para independentes”

O presidente executivo do Banif, Jorge Tomé, assegurou, ontem, que o banco “está claramente no bom caminho”, com os níveis de liquidez “completamente repostos” e pretende reposicionar-se no continente português. “O banco está claramente no bom caminho (…) está a ter uma trajetória bastante positiva em termos operacionais e no domí-

nio da liquidez tem os níveis completamente repostos e o de solubilidade igual aos dos seus comparáveis”, declarou o responsável em conferência de imprensa após a realização da assembleia geral do grupo. Em 2012, o banco apresentou prejuízos consolidados de 576,4 milhões de euros. Jorge Tomé declarou que “o banco está tão capitalizado como os outros

Praças europeias com resultados mistos

O bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas garantiu, ontem, que os trabalhadores independentes são os únicos obrigados a entregar o novo anexo SS juntamente com a declaração de IRS. O modelo do anexo SS resulta de uma alteração ao Código dos Regimes Contributivos que tornou obrigatória a declaração à Segurança Social da atividade dos trabalhadores independentes, e deve ser este ano entregue, pela primeira vez, com a declaração de IRS. “Só são obrigados a entregar este anexo as entidades que se enquadram no regime da segurança social dos trabalhadores independentes e dele não estejam isentas”, esclareceu Domingos Azevedo, contrariando informações prestadas por funcionários das Finanças, através da linha telefónica de atendimento, a alguns contribuintes. O bastonário da OTOC adiantou ainda que o impresso se destina à Segurança Social e não às Finanças.

Bolsa de Lisboa fecha sessão em queda A Bolsa de Lisboa fechou, ontem, no «vermelho», em contraciclo com as principais praças europeias, com o PSI20 a desvalorizar 0,72%, para os 5.994,17 pontos. De acordo com a agência financeira Bloomberg, das 20 cotadas que compõem o índice, 13 registaram perdas, uma permaneceu inalterada e as restantes seis fecharam em alta. A sessão de ontem foi penalizada pelas cotadas da PT, que desvalorizaram 3,06%, e da Jerónimo Martins, que caíram 1,08%. Na Europa, a par de Lisboa, também Madrid registou uma queda (-0,19%), ao passo que as praças de Londres, Paris e Frankfurt subiram 0,45%, 0,56% e 0,76%, respetivamente.

bancos, muito mais sólido e líquido que no ano passado, com uma qualidade de ativos muito melhor e muito mais eficiente operacionalmente”. Jorge Tomé afirmou ainda que faltam “pequenos detalhes técnicos” para fechar o plano de reestruturação que está a ser negociado com Bruxelas e que definirá a estratégia do banco até 2017.


futebol

6 | O Norte Desportivo

Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

Hugo Almeida garante equipa preparada para sofrer e ganhar à Rússia

“Se queremos ir ao Mundial temos de vencer” DR

Nani voltou a trabalhar de forma condicionada no treino de ontem da «equipa das quinas», devido a uma lesão muscular. Hugo Almeida garante que a seleção portuguesa está “preparada para ganhar” à Rússia, “mas também para sofrer” no decisivo jogo do Grupo F europeu de qualificação para o Mundial de 2014. Depois de vários deslizes na corrida à fase final do Campeonato do Mundo, que se vai disputar no Brasil, o avançado alertou para a importância do encontro marcado para 7 de junho, no Estádio da Luz. “Se quisermos ir ao Mundial é este o jogo que temos de vencer. Temos de estar preparados para vencer, mas também temos de estar preparados para sofrer. Desde o início que sabemos as dificuldades que vamos ter, mas estamos cá para trabalhar e dar a volta a essa situação. Estamos confiantes e todos a lutar pelo mesmo objetivo que é ir ao Mundial”, realçou o jogador de 28 anos, em conversa com os jornalistas antes do início do treino no Estádio Nacional. Hugo Almeida avisou que para vencer e manter Portugal na rota do Mundial “a única receita é fazer golos”, apesar de os russos não terem qualquer golo sofrido nos quatro jogos já realizados, esperando que o “azar” no encontro realizado em Moscovo (derrota por 1-0) não volte a aparecer. “No jogo da primeira volta tivemos um bocado de azar. Sabemos que a Rússia é uma equipa bastante complicada, que tem grandes jogadores, mas penso que se nós estivermos bem é difícil conseguirem vencer-nos”, declarou. O avançado do Besiktas também não acredita que seja possível reeditar no próximo jogo o resultado da última receção aos russos, na qual Portugal goleou por 7-1, lembrando que a «equipa das quinas» também já teve jogos em que tudo lhe correu mal e pe-

dindo, por isso, “o apoio de todos os portugueses” para o decisivo confronto do Estádio da Luz. Com as três lesões que sofreu desde janeiro já ultrapassadas, Hugo Almeida está confiante de que poderá contribuir para uma vitória de Portugal, mas desvalorizou a luta pela titularidade com Hélder Portiga, um dos nove jogadores que só se apresentarão no estágio na próxima segunda-feira, por ainda estarem a disputar o campeonato espanhol. Nani continua a recuperar de lesão

Preparado para ajudar. Hugo Almeida acredita que Portugal vai vencer o jogo decisivo de 7 de junho, frente à Rússia

Benfica

Jorge Jesus deve renovar por duas épocas

Luís Filipe Vieira vai conseguir segurar o «seu» treinador no comando técnico dos «encarnados», apesar da forte oposição de outros elementos da SAD, que queriam a saída de Jorge Jesus, não o desculpando pela perda dos três títulos que a equipa disputou até ao final da época. À hora do fecho desta edição, o anúncio ainda não tinha

sido feito, mas a renovação do contrato de Jorge Jesus por mais duas temporadas deve ser tornada pública até ao fim de semana. O processo, que chegou a estar praticamente concluído, conheceu um duro revés após a final da Taça de Portugal, mas a crença de Luís Filipe Vieira no treinador que orientou os «encarnados» nas últimas quatro épocas, tendo ganho um campeonato, superou os apelos de outros elementos da SAD em avançar para a contratação de outro técnico.

O jogador do Manchester United voltou a trabalhar de forma condicionada no treino de ontem da seleção, devido a uma lesão muscular. Nani limitou-se a correr durante cerca de meia hora em redor do relvado do Estádio Nacional, em Oeiras, e depois abandonou a sessão, enquanto os restantes 15 jogadores à disposição Paulo Bento continuaram a preparar o decisivo encontro do grupo F europeu de qualificação para o Mundial de 2014. Além do avançado do Manchester United, o selecionador não pode ainda contar com os nove futebolistas convocados que estão a jogar no campeonato espanhol, entre os quais Cristiano Ronaldo. Ontem, Paulo Bento orientou uma sessão que teve a duração de 1h30, presenciada por perto de 50 pessoas e que terminou com a tradicional «peladinha» disputada em metade do relvado, ainda que Bruno Alves, Miguel Veloso, João Moutinho e Vieirinha tenham permanecido um pouco mais a efetuar remates de longe para as defesas dos guarda-redes Rui Patrício e Eduardo. A seleção orientada por Paulo Bento recebe a Rússia a 7 de junho, no Estádio da Luz, em jogo com início marcado para as 20h45 horas. Portugal ocupa a terceira posição do Grupo F, em igualdade pontual com Israel, ambos com menos um ponto do que a Rússia, que conta por vitórias os quatro jogos realizados, tem ainda menos duas partidas disputadas, e mesmo assim é líder.

Extremo já comunicou decisão ao FC Porto

Atsu não renova Christian Atsu anunciou ontem que não vai prolongar o contrato com o FC Porto para concretizar o desejo de rumar ao futebol inglês. Em declarações à Sky Sports, o internacional ganês garantiu que os responsáveis portistas já estão a par da sua decisão em deixar o clube, o mais tardar, no final da próxima época. “Falei com os dirigentes do FC Porto antes de vir para a seleção e informeios de que não vou assinar um novo contrato. O clube explicou-me o que pretende depois de eu ter recusado renovar e espero que possamos encontrar uma solução o quanto antes”, disse Atsu ao canal de informação inglês. Perante este cenário, a Direção portista vê com bons olhos a transferência do jogador para Inglaterra já durante este defeso, de forma a receber alguma compensação financeira. Liverpool, Tottenham, Everton e Arsenal são alguns dos clubes que têm sido ligados ao jogador de 21 anos. “O meu sonho sempre foi jogar em Inglaterra e é muito bom ver o meu nome associado a grandes clubes da Premier League”, assumiu Atsu.


cultura e espetáculos

Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

O Primeiro de Janeiro | 7

Pelo livro «Novas Crónicas da Boca do Inferno»

RAP conquista prémio Grande Prémio da Crónica, no valor de cinco mil euros, foi atribuído “por unanimidade” a livro de Ricardo Araújo Pereira. Digressão pelas FNAC

Marco Rodrigues divulga «Entre Tanto»

O fadista Marco Rodrigues inicia, hoje, uma digressão por diferentes espaços FNAC, para apresentar o seu mais recente álbum, «Entre Tanto», que inclui temas de sua autoria, de Inês Pedrosa, de Isabel Noronha, de Luísa Sobral e Tiago Machado, entre outros, como o escritor barroco Francisco Rodrigues Lobo. Hoje, às 18h00, Marco Rodrigues apresenta o CD na FNAC de Santa Catarina, no Porto e, às 22h00, na FNAC de Gaia. Amanhã, o criador de «O Homem do Saldanha» atua às 17h00, na FNAC Mar Shopping, em Leça da Palmeira e, às 22h00, na FNAC de Coimbra. No domingo atua às 17h00, na FNAC de Leiria. Na agenda, estão ainda as FNAC do Colombo, em Lisboa no dia 5 de junho às 18h30 e a de Almada, a 15, às 17h00.

O Grande Prémio da Crónica foi atribuído a Ricardo Araújo Pereira pelo livro «Novas Crónicas da Boca do Inferno», anunciou, ontem, a Associação Portuguesa de Escritores (APE) que o instituiu. O prémio, no valor de cinco mil euros, foi atribuído “por unanimidade” pelo júri que foi constituído pelos escritores Alice Vieira, Jorge Marmelo e o professor da Faculdade de Letras de Lisboa, Manuel Frias Martins. O prémio é patrocinado pela Câmara Municipal de Sintra e distingue obras que foram publicadas em 2009 e 2010. A obra de RAP foi publicada em novembro de 2009 e é uma coletânea das suas crónicas na revista semanal Visão.

Prémio. «Novas Crónicas da Boca do Inferno» é uma coletânea das suas crónicas de Ricardo Araújo Pereira na revista Visão

Ricardo Araújo Pereira, de 39 anos, integrou, como argumentista, as Produções Fictícias, tendo sido coautor de vários programas televisivos, nomeadamente os apresentados pelo humorista Herman José. Foi colunista com os jornais Expresso e Diário de Notícias. Em 2003, associou-se a José Diogo Quintela, Tiago Dores e Miguel Góis e constituiu o coletivo Gato Fedorento que participa em várias séries da SIC Radical e mais tarde na RTP. Atualmente escreve em vários jornais e revistas, participa em programas semanais de rádio, designadamente na TSF e em «Governo Sombra», com Pedro Mexia e João Miguel Tavares, transmitido também na TVI. Os escritores Ilse Losa, Manuel Poppe, Álvaro Guerra, Mário Cláudio, Baptista-Bastos e Cutileiro já foram distinguidos com este prémio. “O Prémio será entregue, em sessão pública a realizar oportunamente”, disse a APE.

Teatro reabre após obras

Regresso do Trindade

Rosa Maria Martelo vence novo prémio

O Teatro da Trindade, em Lisboa, reabre no dia 13 de junho com a plateia e o primeiro balcão restaurados, e “um novo sistema de climatização da sala principal”, revelou, ontem, fonte da Fundação Inatel, proprietária do espaço. As obras de remodelação, iniciadas em novembro passado, exigiram um investimento de 800 mil euros e permitiram

criar “novos acessos diretos à sala de espetáculos para pessoas com mobilidade reduzida”. A sala principal passa também a ter seis lugares para pessoas com mobilidade reduzida ou condicionada. A reabertura da sala será com o musical «Esta Vida é Uma Cantiga», de Henrique Feist e Vítor Pavão dos Santos, com a participação de Simone de

Cantora alemã atua segunda feira no CCB

A escritora Rosa Maria Martelo é a vencedora do Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho, promovido pela Câmara de Famalicão em parceria com a Associação Portuguesa de Escritores, foi, ontem, anunciado. Rosa Maria Martelo é professora na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e Investigadora do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa. Segundo fonte municipal, o prémio, no valor de 7500 euros, foi atribuído ao livro «O Cinema da Poesia. O prémio, instituído em 2010, distingue, anualmente, uma obra de ensaio literário, publicada em livro. A premiada é autora, entre outros, de «Carlos de Oliveira e a Referência em Poesia», «Em Parte Incerta. Estudos de Poesia Portuguesa Contemporânea» e de «A Porta de Duchamp». O Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho já distinguiu Manuel Gusmão e Vítor Aguiar, pelo ensaio «Jorge de Sena e Camões - Trinta anos de amor e melancolia».

Ute Lemper apresenta «Last tango inBerlin» A cantora alemã Ute Lemper apresenta na segunda-feira, em Lisboa, «Last tango in Berlin», espetáculo que representa uma viagem artística pela sua carreira e é mais teatral e aberto à improvisação, segundo a própria artista. Ute Lemper, cantora e atriz que é conhecida sobretudo por interpretar Kurt Weill, atua no Centro Cultural de Belém, poucos meses depois de ter estado em Portugal, com outra formação. Acompanhada apenas por Vana Gierig, ao piano, e Victor Villena, no bandoneon, Ute Lemper revisitará o repertório de Kurt Weill e Bertolt Brecht, de Piaf e Jacques Brel, de Astor Piazzolla e da música norte-americana.

Oliveira e Anita Guerreiro. Fonte da Fundação Inatel afirmou que se trata de um “espetáculo que é uma celebração da música do teatro de revista, através de cantigas que se foram buscar aos mais de 150 anos que o género teatral teve de vida em Portugal”. O Teatro da Trindade, com 140 anos, é um dos mais antigos da capital portuguesa.


8 O Primeiro de Janeiro |

roteiro

Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

Roteiro Cultural

Pedro Tochas – Um Tempo

“Festa das Culturas” Na próxima sexta-feira, dia 31 de Maio, a Escola Profissional EPCEP (Centro de Estudos e Trabalho da Pedra), vai realizar uma exposição dos trabalhos das disciplinas de integração intitulados "Festa das Culturas". A inauguração está prevista para as 16 horas (Rua Dr. Eduardo Santos Silva, n.261, Fracção AJ - 4200283 Porto, na Areosa, perto do antigo IPO). Depois, por volta das 17 horas, será a altura para uma degustação de pratos confecionados pelos alunos dos diversos países, entre os quais estudantes portugueses, são tomeenses e caboverdianos. Finalmente, pelas 18 horas, será feita uma conferência denominada "Á conversa com os velhos e novos mestres da pedra", que terá como principais oradores os escultores Isaque Pinheiro e Ruy Anahory. A Prof. Sílvia Carreira, coordenadora dos cursos da EPCEP gostava muito de contar com a sua presença neste evento e tem a certeza que a mesma iria ter uma significado especial para os alunos que estudam na instituição.

“Todos os Cães Merecem o Céu”

O ciclo Quintas de Leitura do Teatro do Campo Alegre/Câmara Municipal do Porto apresenta, em estreia mundial, o novo espetáculo do comediante Pedro Tochas – Um Tempo, dias 6, 7 e 8 de junho de 2013, às 22h00. Pedro Tochas explica assim a sua nova aventura: “A nossa vida não é mais do que UM TEMPO de existência neste mundo. UM TEMPO cheio de pequenas aventuras, acidentes, trapalhadas, conquistas, fracassos, amores e ódios”. Neste espetáculo Tochas irá partilhar a sua visão deste mundo “maluco” e ao mesmo tempo “deslumbrante”, porque, diz, “não há nada melhor do que passar UM TEMPO a rir de nós próprios e do que nos rodeia”. Uma boa oportunidade para rir e esquecer os momentos menos bons da vida… pelo menos durante UM TEMPO!

Feira de Artesanato de Santa Comba Dão

As sessões de projecções competitivas serão duas por noite durante o decorrer do festival. As tardes estão reservadas para as sessões não competitivas, com a projecção de filmes dos festivais parceiros e outras obras de considerável interesse. Mais uma vez o Festival Porto7 irá utilizar também o espaço cultural Hard Club após as sessões competitivas na noite de estreia (12 de Junho) com a 3ª competição especial de vídeo clipe de Hip-hop intercalado com a actuação ao vivo dos diversos projectos participantes nesta competição. Em ambiente de pré festival o Porto7 irá efectuar projecções no dia 7 de Junho, sexta-feira pelas 18 horas no Fórum Fnac de Stª. Catarina. Ás 22 horas do mesmo dia 7 as projecções serão no recente espaço de cultura e lazer na Foz do Douro, BH Foz. No sábado dia 8 o Porto7 volta para a baixa do Porto e estará em frente ao Jardim de São Lazaro pelas 22 horas no conformável espaço Duas de Letra. Com o objectivo de ser um evento acessível a todos, a entrada é grátis em todas as actividades e projecções a realizar pelo Festival Porto7.

“O Museu somos todos”

“Todos os Cães Merecem o Céu” na BibliotecaA 1 de junho, Dia Mundial da Criança, pelas 10h00, o Auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro abre as portas às famílias para uma sessão de cinema gratuita. Será projetado o filme infantil “Todos os Cães Merecem o Céu”, numa iniciativa promovida pela Câmara Municipal do Barreiro, em parceria com o Cineclube do Barreiro. Charlie é um pastor alemão sem escrúpulos com um passado obscuro, que foge da prisão, ajudado pelo seu fiel amigo. Vai tentar vingar-se do seu antigo companheiro de jogo, 'Cicatriz', que havia misteriosamente enriquecido durante o tempo que Charlie passara na cadeia.

No próximo domingo, dia 2 de junho, pelas 19.00 horas, o Centro Sociocultural de Vale de Santigo, no interior norte do concelho de Odemira vai receber o concerto “Os Aplainadores de Sons” e a exposição “Portas que abrem Portas”, no seguimento do festival cultural “O Museu somos todos”, promovido em Odemira, numa ideia e direção artística da coreógrafa Madalena Victorino. “Aplainadores de Sons” foi um dos espetáculos promovidos no âmbito do Festival “O Museu somos todos”. Junta um improvável grupo de músicos, fundindo o som do trabalho dos carpinteiros com o som dos instrumentos de percussão e acordeão, resultando numa melodia harmoniosa e única. Compõem o espetáculo Nuno Salvado (direção musical e acordéon), Ruca Rebordão e Tó Mandela (percussão) e três carpinteiros de S.Teotónio, Daniel Luz, João Carlos Nunes e João Lourenço. Este concerto para portas que rangem, que se aplainam e se martelam, bate à porta da História do celeiro arrombado no Vale de Santiago, em 1918.


Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 31/05/2013

Freguesia de Paços de Brandão Município de Santa Maria da Feira

AVISO Para os devidos efeitos torna-se público que a Freguesia de Paços de Brandão, sita no Largo da Igreja, 36, apartado 91, 4535-275 Paços de Brandão, procedeu à abertura de um procedimento concursal para a contratação, por tempo indeterminado, de um Assistente Operacional para desempenhar funções conforme o conteúdo funcional descrito no anexo à Lei n.º 12-A/2008, de 27 de fevereiro, bem como: conduzir veículos propriedade da Junta, pesados e ligeiros; manobrar com tratores e retroescavadoras; cultivar flores, arbustos, árvores ou outras plantas; semear relvados em parques e jardins públicos e proceder a todas as operações inerentes ao normal desenvolvimento das culturas e à sua manutenção e conservação; proceder à limpeza e conservação dos arruamentos e canteiros; operar com diversos instrumentos inerentes à função de jardinagem, que podem ser manuais ou mecânicos; limpar, lubrificar e afinar o equipamento e proceder a pequenas reparações, providenciar em caso de avarias maiores o arranjo do material; assegurar a limpeza e conservação das instalações; auxiliar a execução de cargas e descargas; realizar tarefas de arrumação e distribuição e executar demais atividades conexas com a categoria profissional; 1 – O procedimento concursal destina-se à admissão conforme o conteúdo funcional descrito no anexo à Lei n.º 12-A/2008, de 27 de fevereiro, conforme aviso publicado no Diário da República II Série, n.º 104, de 30 de maio de 2013. 2 – Habilitações literárias: escolaridade obrigatória de acordo com a idade. 3 – As candidaturas deverão ser remetidas mediante requerimento de uso obrigatório e disponível no site da Junta de Freguesia de Paços de Brandão (www.jf-pacosdebrandao.pt), devidamente datado e assinado, podendo ser entregue pessoalmente nos serviços da Junta de Freguesia, durante as horas normais de expediente, ou remetido pelo correio, sob registo e com aviso de receção, contando neste caso a data do registo, para: Freguesia de Paços de Brandão – Largo da Igreja, 36 – 4535-275 Paços de Brandão, no prazo de 10 dias úteis a contar da data da publicação do aviso integral no Diário da República; O requerimento deve ser obrigatoriamente acompanhado (sob pena de exclusão) de: fotocópia do Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão, Cartão de Contribuinte, Certificado de Habilitações, Carta de Condução (categoria B1, B, C1 e C), Curriculum devidamente datado e instruído com documentos comprovativos da experiência e formação nele mencionado, bem como declaração comprovativa da relação jurídica de emprego público previamente estabelecida (caso exista), com indicação da carreira e categoria de que seja titular, da atividade que executa e do órgão ou serviço onde exerce funções. Para mais informações sobre esta matéria, deve consultar o site acima referido.

publicidade/editais «O PRIMEIRO DE JANEIRO», 31/05/2013

O Primeiro de Janeiro | 9

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 31/05/2013

Freguesia de São Pedro da Cova AVISO A Junta de Freguesia de S. Pedro da Cova, concelho de Gondomar, torna público que se encontra aberto pelo prazo de 10 dias, procedimento concursal comum para o preenchimento de um posto de trabalho na categoria/ carreira de Assistente Técnico do mapa de pessoal da Junta de Freguesia de S. Pedro da Cova, conforme aviso nº 7145/2013, publicado na II Série do Diário da República nº 104, de 30/05/2013 e na BEP. S. Pedro da Cova, 30/05/2013 O Presidente da Junta, Daniel Vieira

Paços de Brandão, 30 de maio de 2013 O Presidente da Junta de Freguesia de Paços de Brandão Firmino Gomes da Costa

www.oprimeirodejaneiro.pt www.oprimeirodejaneiro.pt www.oprimeirodejaneiro.pt

Rua de Santa Catarina, n.º 489 4000-446 Porto Telefone: 22 096 78 46 Tlm: 91 282 06 79 Fax: 22 096 78 45

email: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt


agenda

10 | O Primeiro de Janeiro

Telefones Úteis Hospitais Santo António Tel. 222 077 500 Linha Azul 222 084 601 São João Tel. 225 512 100 Pediátrico Maria Pia Tel. 226 089 900 Linha Azul 226 099 674 Maternidade Júlio Dinis Tel. 226 087 400 Psiquiátrico Conde Ferreira Tel. 225 022 031 Magalhã es Lemos Tel. 226 192 400 Privados Ordem do Carmo Tel. 222 008 113 Ordem da Lapa Tel. 225 502 828 Ordem da Trindade Tel. 222 083 656

Farmácias de serviço

Televisão

Serviço permanente

Hoje

PORTO PERMANENTE Lousada – Rua do Campo Lindo, 52 – Tel. 225 020 353 Vitália – Praça da Liberdade, 34 – Tel. 222 004 133

Tel. 227 440 299

MAIA Guardeiras – Consº Luís Magalhães, 1936 – Moreira da Maia – Tel. 229 471 983

FELGUEIRAS J. Reis – Rua Rebelo Carvalho / 4610-212 Felgueiras Tel. 255 922 640

VALONGO Sobrado – Rua Santo André, 30 / SOBRADO / 4440-337 VALONGO Tel. 224 160 087

LOUSADA Fonseca – Rua Santo António, 554 – Silvares / 4620-651 Lousada Tel. 255 912 141

AMARANTE São Gonçalo – Estrada nacional 15 333, Madalena 4600 Amarante Tel. 225 425 418

GONDOMAR S. Caetano – Avenida D. João I, 897 – Rio Tinto – Tel. 224 861 146

MARCO DE CANAVESES Farmácia Cabanelas - Lugar de Eiro Soalhães - Tel. 255511565

MATOSINHOS Central – Avª Fabril do Norte, 720 – Senhora da Hora – Tel. 229 510 087 Gramacho – Rua Pinto Araújo, 4 – Leça da Palmeira – Tel. 229 951 783

PAREDES Ruão – Rua 1.º Dezembro – Castelões, Cepeda – Tel. 255 777 578

Prelada - Tel. 228 330 600 Militar Reg. Nº1 Tel. 226 063 011/ 12/13 Santa Maria Tel. 225 504 844 São Francisco Tel. 222 008 441 CONCELHO DE MATOSINHOS Distrital -Tel. 229 372 091 Pedro Hispano Tel. 229 391 000 Linha Azul 229 391 100 CONCELHO DE V. N. GAIA Eduardo Santos Silva Tel. 227 865 100 227 839 001 Vila Nova de Gaia Tel. 223 778 100/ 223 754180

PENAFIEL Sameiro – Rua D. António F Gomes, 230-B – Tel. 255 713 071/2/3 SANTO TIRSO Central – Tel. 252 852 923 TROFA Trofense – Rua Costa Ferreira, C. C. Loja 2 – Tel. 252 412 543

Banda Desenhada

Sr. Perfeito

Passatempos

VILA NOVA DE GAIA PERMANENTE Leonardo - Rua Soares dos Reis, 227 Vila Nova Gaia 4400-315 Mafamude Vitis - Rua da Boa Nova, 121 e 125 Valadares 4405-535 Valadares De Grijó - Rua Quinta da Fábrica 211 4415-516 Grijó VNG

ZÉ do boné

Cheguei!

Oh-oh. È melhor eu fingir que estou a fazer alguma coisa.

Olá! Acabei de me sentar para descansar depois de ter aspirado a casa.

Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

Que interessante… O aspirador está para arranjar á uma semana! Que azar

RTP1 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Windeck - O Preço da Ambição 15:00 Éramos Seis 15:45 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:00 O Preço Certo 20:00 Telejornal 21:00 A Semana de Nuno Morais Sarmento 21:30 Sexta às 9 22:00 AntiCrise 22:30 Bem-vindos a Beirais 23:15 Portugueses Pelo MundoCopenhaga 00:15 5 Para a Meia-Noite 01:15 Nikita 02:00 Alcatraz 02:45 Vidas em Jogo 04:15 Televendas 06:00 Salvador RTP2 07:00 Zig Zag 14:00 Sociedade Civil 15:30 Iniciativa 15:35 Consigo 16:00 RTP Premium 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Portugueses Pelo Mundo 19:30 Iniciativa (R/) 19:35 A Entrevista de Maria Flor Pedroso 20:00 Zig Zag 21:00 Bebés Milagrosos (Doc) 21:48 Agora (Diários) 21:55 24 - Sumário 22:05 Cinco Noites, Cinco Filmes 00:00 24 Horas 01:00 O Caminho da Glória 02:00 A Entrevista de Maria Flor Pedroso (R/) 02:30Euronews SIC 06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:45 A Vida nas Cartas - O Dilema 10:15 Querida Júlia - Sextas Mágicas 13:00 Primeiro Jornal 14:30 Querida Júlia - Sextas Mágicas 18:30 Cheias de Charme 20:00 Jornal da Noite 21:30 Dancin' Days 22:30 Avenida Brasil 23:30 Páginas da Vida 00:35 Mentes Criminosas 01:15 CSI Miami 02:25 Volante 02:50 Podia Acabar o Mundo 03:50 Televendas TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Ninguém Como Tu 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Doce Fugitiva 19:00 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:15 Euromilhões 21:30 Big Brother Vip Diário 22:15 Destinos Cruzados 23:15 Mundo ao contrário 00:15 Big Brother Vip Extra 02:00 Filme - O Homem Perfeito 03:45 Série - Eureka IV 04:45 Deixa-me Amar

Amanhã RTP1 06:30 Zig Zag 08:00 Bom Dia Portugal – Fim-de-Semana 11:15 Aqui PortugalDireto – Especial Dia da Criança 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Aqui PortugalDireto – Especial Dia da Criança 19:15 Hotel 5 Estrelas - Elementar, caro Júlio 20:00 Telejornal 21:00 A Viagem do Sr. Ulisses (Telefilme) 22:30 Herman 2013 23:45 Poseidon (Filme) 01:30 Surf Report 01:45 Perigo Oculto (Filme) 03:30 Janela Indiscreta com Mário Augusto 04:00 Televendas 06:00 Salvador RTP2 07:00 Fórum África 2012 07:30 África 7 Dias 08:00 Zig Zag 11:00 Nós 11:30 Consigo (R/) 12:00 Mar de Letras 12:30 Academia RTP 13:00 URTI 14:00 Parlamento 15:00 Desporto 2 19:30 RTP Artes 20:00 Zig Zag 21:00 Bairro Alto 22:00 Palcos 23:00 No Limite 00:00 24 Horas 01:00 Mar de Letras (R/) 01:30 RTP Artes (R/) 02:00 Euronews SIC 05:50 Etnias 06:30 Lol 08:45 Disney Kids 09:45 Os Protegidos 10:00 Rex, O Cão Polícia 12:15 O Nosso Mundo: Wildest Artic 13:00 Primeiro Jornal 14:00 Alta Definição 14:40 E-Especial 15:30 Cinema 17:45 Sessão Hollywood 20:00 Jornal da Noite 21:45 Gosto Disto! 22:55 Sorteio do Totoloto 23:00 Páginas da Vida 00:15 O Contra Ataque 00:45 EPT 01:00 Cinema 03:45 Televendas TVI 06:30 Animações - Curious George 07:30 Kid Kanal - Dora, a exploradora 07:45 Kid Kanal - Sponge Bob 08:15 Kid Kanal - Kung Fu Panda 09:15 Kid Kanal Tartarugas Ninja 09:45 Inspector Max 13:00 Jornal da Uma 14:00 Filme a Designar 16:00 Filme a Designar 18:00 Não Há Bela Sem João 20:00 Jornal das 8 21:45 Big Brother Vip Diário 22:45 Destinos Cruzados 23:45 Big Brother Vip Extra 00:45 Filme a Designar 02:30 Série - Heroes 04:00 Deixa-me Amar 04:45 TV Shop 06:15 Batanetes


agenda

Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

Cinemas PORTO DOLCE VITA Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 21h20, 00h35 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 14h, 16h30, 19h (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 22h, 00h35 Os Smurfs M/6 Sessões: 12h50, 15h30, 18h30 (V.Port./3D) Um Dia M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h05, 21h50, 00h30 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h30, 15h10, 17h50, 21h10, 23h50 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h30, 00h10 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h50, 21h40, 00h25 Assim é o Amor M/12 Sessões: 12h40, 15h25, 18h10, 21h, 23h50 MAIA MAIASHOPPING Os Smurfs M/6 Sessões: 13h30, 16h, 18h40, 21h20, 23h50 (V.Port./3D) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h20, 19h, 21h50, 00h35 Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 21h10, 00h10 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 13h40, 16h30, 19h10, 21h40, 00h20 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h10, 15h50, 18h50, 21h30, 00h30 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h50, 16h10, 18h30 (V.Port.)

Sugestões Os Smurfs M/6 Sessões: 10h30, 12h50, 15h20, 18h (V.Port./3D) Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h15, 15h40, 18h30, 21h30, 00h10 Um Dia M/12 Sessões: 13h40, 16h20, 19h, 21h20, 23h50 MATOSINHOS MAR SHOPPING O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h40, 16h20, 19h10, 22h, 00h30 Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 22h45 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h40, 15h10, 17h40, 20h (V.Port./3D) Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h20, 24h Os Smurfs M/6 Sessões: 13h10, 15h50, 18h30 (V.Port.) Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 12h50, 15h30, 18h20, 21h30, 00h10 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h10, 21h, 23h40 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 18h50, 21h40, 00h20 ) VILA NOVA DE GAIA LUSOMUNDO GAIASHOPPING Carros 2 M/6 Sessões: 13h15, 15h45 (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 18h25, 20h55, 24h Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 15h50, 18h50, 21h55, 00h35

NORTESHOPPING Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h10, 22h30

Super M/12 Sessões: 21h50, 00h25

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h40, 15h10, 18h10, 22h, 00h35

Os Smurfs M/6 Sessões: 13h05, 15h35, 18h15, 20h50, 23h50 (V.Port./3D)

O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h10, 15h30, 18h20, 21h40, 00h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 16h, 18h50, 22h, 00h45 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 10h50, 13h20, 15h50, 18h40 (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 21h10, 23h40

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h55, 15h40, 18h40, 21h30, 00h10 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h55, 15h, 17h20, 19h40 (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h, 21h45, 00h40 Animais Unidos M/6 Sessões: 12h45, 14h55, 17h10, 19h25 (V.Port./3D) Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sessões: 21h40, 00h30

Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h50, 15h05, 17h25, 19h45, 22h, 00h20 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h25, 16h05, 18h45, 21h20, 00h15 UCI ARRÁBIDA 20 O Último Destino 5 M/16 Sala: Sala 1 Sessões: 14h, 16h30, 19h, 21h35, 00h35 A Ressaca - Parte II M/16 Sala: Sala 2 Sessões: 22h20, 00h40 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sala: Sala 2 Sessões: 13h40, 15h50 (V.Port.), 18h, 20h10 (V.Port./3D) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sala: Sala 3 Sessões: 13h55, 16h25, 18h55, 21h25, 24h Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sala: Sala 4 Sessões: 14h10, 16h40, 19h05, 21h35, 00h05 Sem Prada nem Nada M/12 Sala: Sala 5 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 21h50, 00h20 Larry Crowne M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 18h30 Tinhas Mesmo Que Ser Tu M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 13h50, 16h10, 21h30, 00h15 A Árvore da Vida M/16 Sala: Sala 7 Sessões: 18h45

Carros 2 M/6 Sala: Sala 8 Sessões: 13h40 (V.Port.) Eu Vi o Diabo M/16 Sala: Sala 8 Sessões: 16h10, 19h05, 22h, 00h55 Cowboys & Aliens M/12 Sala: Sala 9 Sessões: 14h, 16h30, 18h55, 21h25, 00h15 Assim é o Amor M/12 Sala: Sala 10 Sessões: 13h50, 16h35, 19h20, 22h, 00h40 Chefes Intragáveis M/12 Sala: Sala 11 Sessões: 14h10, 16h40, 19h15, 21h45, 00h20 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 12 Sessões: 14h05, 16h45, 19h20, 21h55, 00h35 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 13 Sessões: 13h45, 16h20, 18h55, 21h35, 00h15 (2D) Bem-vindo ao Sul M/12 Sala: Sala 14 Sessões: 14h15, 16h40, 19h10, 21h40, 00h10 Os Smurfs

HOJE TODO O TERRITÓRIO: Céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde. Períodos de chuva,por vezes forte a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, passando a aguaceiros. Queda de neve nos pontos mais altos da serra da Estrela, descendo gradualmente a cota para os 800 metros a partir da tarde. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) de sudoeste, temporariamente moderado a forte (30 a 45km/h) no litoral, rodando para noroeste, sendo forte (35 a 50 km/h) nas terras altas. Pequena subida da temperatura mínima. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros fracos a partir do início da manhã, em especial nas vertentes norte. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, rodando para leste. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva, passando a aguaceiros. Vento sudoeste FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 80 km/h, rodando para oeste e tornando-se muito fresco (40/50 km/h). GRUPO CENTRAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva. Vento sudoeste muito fresco a FORTE (40/65 km/h) com rajadas até 80 km/h. GRUPO ORIENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Aguaceiros. Vento do quadrante sul fresco (30/40 km/h), tornando-se FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 75 km/h.

TODO O TERRITÓRIO: Céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde. Períodos de chuva,por vezes forte a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, passando a aguaceiros. Queda de neve nos pontos mais altos da serra da Estrela, descendo gradualmente a cota para os 800 metros a partir da tarde. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) de sudoeste, temporariamente moderado a forte (30 a 45km/h) no litoral, rodando para noroeste, sendo forte (35 a 50 km/h) nas terras altas. Pequena subida da temperatura mínima. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros fracos a partir do início da manhã, em especial nas vertentes norte. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, rodando para leste. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva, passando a aguaceiros. Vento sudoeste FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 80 km/h, rodando para oeste e tornando-se muito fresco (40/50 km/h). GRUPO CENTRAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva. Vento sudoeste muito fresco a FORTE (40/65 km/h) com rajadas até 80 km/h. GRUPO ORIENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Aguaceiros. Vento do quadrante sul fresco (30/40 km/h), tornando-se FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 75 km/h.

M/6 Sala: Sala 15 Sessões: 14h, 16h30, 18h55 (V.Port.), 21h20, 24h Amigos Coloridos M/12 Sala: Sala 16 Sessões: 13h50, 16h20, 18h50, 21h45, 00h25 Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sala: Sala 17 Sessões: 15h, 17h55, 21h25, 00h15 Animais Unidos M/6 Sala: Sala 18 Sessões: 14h10, 16h20 (V.Port./3D) Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sala: Sala 18 Sessões: 18h35, 21h15, 00h10 A Melhor Despedida de Solteira M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 13h50, 16h35 Super 8 M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 19h20, 21h55, 00h30

PORTUGAL À ESPERA – CRÓNICAS DO PORTO

Um Dia M/12 Sala: Sala 20 Sessões: 14h, 16h40, 19h10, 22h, 00h40

GONDOMAR LUSOMUNDO - PARQUE NASCENTE Os Smurfs M/6 Sessões: 13h25, 16h, 18h35, 21h10, 23h50 (V.Port.) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h45, 16h30, 19h15, 21h55, 00h40 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h50, 16h20, 19h30, 22h, 00h30

Sem Remorsos M/12 Sala: Sala 7 Sessões: 14h05, 16h25, 21h40, 00h10

Tempo

AMANHÃ

O Primeiro de Janeiro | 11

Amigos Coloridos M/12 Sessões: 12h50, 15h20, 17h50, 21h20, 24h Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 21h15, 24h Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h10, 15h30, 18h (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 15h, 17h40, 20h30, 23h Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h25, 21h, 00h05 Um Dia M/12 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 22h10, 00h45 Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h50, 00h20 Carros 2 M/6 Sessões: 13h40, 16h25, 19h (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 14h30, 17h30, 20h40, 23h40 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 14h45, 17h15, 20h, 22h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h15, 15h50, 18h40, 21h40, 00h25

Aí está um novo livro de crónicas de Mário Dorminsky, desta vez com texto introdutório (não prefácio...) de Manuel de Novaes Cabral, que será apresentado por Manuel de Novaes Cabral, Presidente da Direcção do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto. O lançamento do livro terá lugar na sede do IVDP, edifício ao lado da Bolsa do Porto e em frente à lateral do Hard Club (tem a fachada em restauro). Na Ribeira do Porto, claro... no dia 13 de Junho, pelas 18h15.

“2 Artistas 40 Anos” Aurélio Mesquita e Rui Alberto juntam-se, em 2013, para em conjunto assinalarem 40 anos de atividade artística. “2 Artistas 40 Anos” é a designação da exposição de artes plásticas que, até 16 de junho, está patente no Auditório Municipal de Gondomar. A Sala “Júlio Resende” está inteiramente ocupada com uma retrospetiva de trabalhos dos dois artistas gondomarenses. Em dia de inauguração, e com a presença de inúmeros convidados e amigos, Aurélio Mesquita e Rui Alberto fizeram questão de proporcionar, trabalho a trabalho, uma visita guiada pelo percurso de quatro décadas de produção artística. Fernando Paulo, Vereador do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Gondomar, caracterizou os dois artistas como “pessoas com um intenso trabalho e, principalmente, sempre com uma total disponibilidade para colaborar”. As referências a Aurélio Mesquita, feitas pelo Vereador camarário, centraram-se em elogios como “criativo, empreendedor, inovador e, também, um artista muito direto e exigente”. Sobre Rui Alberto, Fernando Paulo disse ser “um artista de referência, sinónimo de uma marca de qualidade”. Aurélio Mesquita disse, na abertura das exposições, que o Auditório Municipal de Gondomar “é o melhor local escolhido para contarmos a nossa história de 40 anos de produção artística”. Por um lado, pelas ligações afetivas mas, ao mesmo tempo, “porque de todos os espaços que conhecemos – e são alguns... – aqui, em Gondomar, recebem-nos sempre de braços abertos”. Rui Alberto, por seu turno, classificou esta exposição como “um retrato de vivências muito soltas e dispersas”.


1868

Há 144 anos, todos os dias consigo.

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

CRÓNICAS DE UM CADÁVER ANUNCIADO (24) Esquema da noção de Estado Natural Aristóteles Para Aristóteles, o estado natural não faz sentido. O homem, naturalmente, organiza-se em estado. A organização política é natural ao homem, não é um artifício, contrato ou convenção. Assim, o homem é, por natureza, mais do que um animal gregário, um animal político. A propensão natural para a organização política explica-se Filipe Abraão Martins do Couto* pelo facto de o homem ser dotado de fala, de discurso, por isso, tem a capacidade de diferenciar o bem e o mal, o justo e injusto. Do discurso nasce a justiça e a possibilidade de definir leis. De acordo com o pensador, a realização da vida moral, a virtude (Arete) tem lugar na Polis. A perspetiva aritotélica surge deste modo vinculada à ética. Thomas Hobbes Segundo Hobbes, a humanidade no estado puro ou natural era uma selva. O homem, no seu estado natural, é o lobo dos homens. Por isso, cada um de nós tem direito a tudo, e uma vez que todas as coisas são escassas, existe uma constante guerra de todos contra todos. No entanto, os homens têm um desejo, que é também em interesse próprio, de acabar com a guerra, e por isso formam sociedades entrando num contrato social. O contrato social foi sistematizada pela primeira vez com Thomas Hobbes. Defini-se como um instrumento mediante a qual indivíduos que vivem isolados decidem unir-se para formar uma sociedade civil. Nesta perspetiva, o contrato social seria um acordo entre os membros da sociedade, pelo qual reconhecem a autoridade, igualmente sobre todos, de um conjunto de regras, de um regime político ou de um governante. Na sua obra, Hobbes afirmava que a “guerra de todos contra todos” (Bellum omnium contra omnes) que caracteriza o então “estado de natureza”, só poderia ser superada por um governo central e autoritário. O governo central seria uma espécie de monstro – o Leviatã – que concentraria todo o poder em torno de si, ordenando todas as decisões da sociedade. Consente-se na lei do Leão para evitar a anarquia dos lobos. John Locke Segundo Locke, o estado natural é um estado de perfeita liberdade, completa igualdade e plena independência. É um estado em que o poder não é absoluto nem arbitrário porque a lei natural governa e obriga a todos, enquanto seres naturalmente racionais. Assim, é um estado em que a convivência é relativamente pacífica. De acordo com Locke, a lei natural ordena a paz, a boa vontade, a assistência mútua e a conservação da vida. Não é, portanto, tal como Hobbes preconiza, um estado de guerra. A justificação do estado reside na propriedade. A propriedade privada existe no estado de natureza e é um dos direitos básicos, tal como o direito à vida, à liberdade, à saúde e a integridade. Porém, ainda que no estado natural se tenha todos estes direitos, os homens estão constantemente expostos à incerteza e perigo. Locke conclui que falta no estado natural a administração da justiça. É necessário, por isso, criar um governo com um conjunto partilhado de leis que garantam a proteção de vida de cada um, bem como as suas propriedades. Vítor Gaspar De acordo com a perspectiva de Vítor Gaspar, o homem é um ser gastador à solta que à força toda tem de ser travado. O estado natural, na lexicologia gaspariana, é semelhante ao ponto de vista de Hobbes, quando compreende que o homem é o lobo dos homens. O homem, devidamente enquadrado em sociedades do século XXI, nomeadamente em Portugal, é uma criatura puramente bélica e económica, que se alimenta dos seus instintos caóticos para se endividar cada vez mais e que, por isso, necessita de regulação institucional para se suprimir as suas ações inconscientes e involuntárias. Concordando igualmente com a perspetiva Aristotélica, para Gaspar o homem é também um animal político. Mas como ele não percebe nada de política, necessita de quem o oriente nessa tarefa desumana. Por isso, ele tem de continuar a pagar – e a pagar bem – através de impostos cada vez mais elevados, para suportar financeiramente quem o governa. Se o homem é um ser económico e político, mas não percebe nada de política nem de economia, então tem de se retirar todos os privilégios, direitos e deveres – e já agora o pouco dinheiro que tem – para ser governado como deve ser, antes que ele inicie outra guerra com outros homens. Para Vitor Gaspar, o homem devia ficar em casa enquanto permanecer a tempestade da crise, e deixar que alguém verdadeiramente pense por ele até se arranjar uma solução definitiva. Isto porque, o poder da vontade, os impulsos dionisíacos, a força da fé, os sonhos por vir, nada significam se o homem não compreender os números financeiros que o rodeiam, a força tecnocrata que o envolve e a burocracia interminável que o esgota. Para quê a liberdade e independência defendida por Locke, quando os homens se endividam cada vez mais, precisamente porque têm essa liberdade e essa independência? – Pergunta Gaspar. * Professor

Diretor: Rui Alas Pereira (CP-2017). E-mail: ruialas@oprimeirodejaneiro.pt Redatores: Joaquim Sousa (CP-5632), Andreia Cavaleiro (CP-6983), Cátia Costa (Lisboa) e Vasco Samouco. Fotografia: Ivo Pereira (CP-3916) Secretariado de Direção: Sandra Pereira. Secretariado de Redação: Elisabete Cairrão. Publicidade: Conceição Carvalho (chefe), Elsa Novais (Lisboa, 918 520 111) e Fátima Pinto. E-mail: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt Morada: Rua de Santa Catarina, 489 2º - 4000-452 Porto. Contactos: redação - Tel. 22 096 78 47 - Tm: 912 820 510 E-mail: geral.cloverpress@oprimeirodejaneiro.pt - Publicidade - Telefone: 22 096 78 46, Fax: 22 096 78 45 Propriedade: Globinóplia, Unipessoal Lda. Edição: Cloverpress, Lda. NIF: 509 229 921 Depósito legal nº 1388/82 Impressão: Coraze, Telefs.910252676 / 910253116 / 914602969, Oliveira de Azeméis. Distribuição: Vasp. Tiragem: 20 000

“Contra os novos ataques” aos funcionários públicos

CGTP e UGT acordam greve conjunta As estruturas sindicais da administração pública afetas à UGT e à CGTP já chegaram a acordo para realizar uma greve conjunta no final de junho, informaram várias fontes sindicais. “Já não existem dúvidas quanto à convergência dos sindicatos da administração pública numa greve contra os novos ataques aos trabalhadores do setor”, disseram as mesmas fontes. Depois de várias reuniões com o secretário de Estado da Administração Pública e de vários contactos entre si, a Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública (CGTP), a Federação Sindical da Administração Pública (UGT) e o Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (UGT) conseguiram entender-se para convergir num protesto geral. As últimas propostas do Governo, apresentadas no início do mês pelo primeiro-ministro, incentivaram a unidade na ação entre as estruturas sindicais da UGT e da CGTP, como já não acontecia há algum tempo. A redução salarial, o aumento do horário de trabalho semanal das 35 paras as 40 horas, o aumento dos descontos para a ADSE, um novo sistema de mobilidade especial com limite de permanência e possibilidade de perda de vínculo laboral e a redução de trabalhadores por rescisão por mútuo acordo “empurraram os trabalhadores para a luta”. As três estruturas sindicais da administração pública deverão anunciar

a greve e respetiva data na sexta-feira, dia em que a CGTP também deverá anunciar a realização de uma greve geral. A data mais provável para a greve será o dia 27 de junho. Ontem, a CGTP-IN assinalou o primeiro feriado eliminado do calendário (o do Corpo de Deus) com um “Dia de Protesto e Luta”, que envolveu milhares de trabalhadores que participaram em greves, concentrações e plenários por todo o país. Segundo o secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, os plenários servem também de auscultação para a realização de uma greve geral em junho. A CGTP convocou para sextafeira uma reunião de emergência do seu Conselho Nacional para discutir o alargamento da luta a nível nacional. Arménio Carlos confirmou que

o “projeto de convergência de ação”, será decidido no Conselho Nacional. Fonte sindical revelou ainda que a greve geral deverá realizar-se depois de todos os feriados de junho e provavelmente numa quinta-feira. Se assim for, o dia 27 de junho também será a data mais provável para a próxima greve geral. A UGT marcou para segundafeira uma reunião do seu Secretariado Nacional e outra do Conselho Geral para discutir a situação económica e social do país e a possibilidade de participar numa greve geral com a CGTP e sindicatos independentes. O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, já admitiu a possibilidade de haver em junho uma “jornada de luta conjunta” tendo em conta a “situação que o país atravessa.

Contra os cortes nos subsistemas de cuidados de saúde

Militares protestam em Lisboa e preparam “grande iniciativa” Os representantes dos militares protestaram em Lisboa contra os cortes previstos nos respetivos subsistemas de cuidados de saúde e anunciaram estar a preparar uma “grande iniciativa” para junho. “Estamos a preparar, talvez para a semana, dependendo de uma próxima reunião. Pensamos que, em junho, é possível realizar uma grande iniciativa”, explicou o dirigente da Associação de Praças (AP), Luís Reis, sem precisar em que moldes

porque “depende das estruturas” e “envolve mesmo muita gente”. Várias dezenas de militares concentraram-se em frente do Instituto de Apoio Social aos familiares da Armada e entregaram um documento ao chefe de gabinete do general-diretor da estrutura. “Qualquer militar pode ser acionado disciplinarmente se negligenciar a sua condição física, de saúde, mental, moral, etecetera. Ora, só pode estar em condições se

tiver um serviço efetivo e capaz de desenvolver esse trabalho”, declarou o dirigente da Associação Nacional de Sargentos, Lima Coelho. Lima Coelho, também acompanhado pelo dirigente da Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA), Manuel Cracel, sublinhou a especificidade do setor. “Nós descontamos obrigatoriamente para o nosso sistema de saúde, e bem, porque a nossa condição assim o exige”, concluiu.

31 05 2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you