Page 1

AROUCA SENSAÇÃO DA TAÇA Clube da Segunda Liga afasta Beira-Mar da prova rainha do futebol português

Há 144 anos, sempre consigo. 1868 2012

Continente - 0,60 € (IVA INCLUIDO) – Ilhas - S. Miguel e Madeira - 0,75 € (IVA INCLUIDO) – Porto Santo 0,80 € (IVA INCLUIDO)

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

Diretor: Rui Alas Pereira | ISSN 0873-170 X |

|

DIÁRIO NACIONAL

Ano CXLV | N.º 237

Segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

PASSOS GARANTE QUE NÃO SERÃO APLICADAS PROPINAS NO ENSINO OBRIGATÓRIO

GRATU!TO  Em Cabo Verde, o primeiro-ministro de Portugal diz que as suas palavras relativamente à reforma da Educação foram mal interpretadas e que nunca quis fazer referência à introdução de copagamentos na escolaridade obrigatória (12.º ano). “Nunca fiz qualquer alusão a essa matéria e posso mesmo dizer que isso nem tem qualquer sentido. De resto, o senhor ministro da Educação esclareceu-o muitíssimo bem. Não é possível, em termos de ensino obrigatório, criar taxas dessa natureza”, explicou Passos Coelho.

XIX CONGRESSO DO PCP

EUROGRUPO decidirá a seu tempo como aplicar condições da Grécia a Portugal e à Irlanda

PODER LOCAL Lei para juntar câmaras municipais avança em 2013

CONTRA A FOME

Banco Alimentar continua a mobilizar milhares de voluntários

Jerónimo de Sousa insiste na demissão do Governo e fala em “convergência de esquerda”

SEM LEGITIMIDADE


Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

local Porto

2 | O Primeiro de Janeiro

Casa da Música mantém-se firme nas negociações para o próximo ano

Sem acordo com Governo quanto aos cortes DR

No OE2013 já aprovado consta a intenção de cortar genericamente 30% das verbas entregues às fundações. A reunião do Conselho de Fundadores da Casa da Música foi interrompida sem que fosse possível chegar a um acordo com o Estado, que pretende cortar 30 por cento da sua contribuição, em vez dos 20 acordados. Em causa está um milhão de euros, de uma dotação acordada de 8 milhões. O Governo anunciou em fase de elaboração do Orçamento do Estado de 2013, a intenção de cortar genericamente 30% das verbas entregues às fundações, no entanto, o anterior secretario de Estado, Francisco José Viegas, terá aceitado que, a exemplo do aconteceu com o Centro Cultural de Belém, o corte na Casa da Música fosse de 20%. Nuno Azevedo, administradordelegado da Fundação Casa da Música, entende que não está em risco a programação da Casa da Música para 2013, anunciada recentemente, por acreditar que será possível chegar a um corte acordado de 20%. Numa conferência de imprensa para apresentar a programação de 2013, Nuno Azevedo afirmou que “em 2012, o financiamento público da Casa da Música é de 8 milhões de euros, e que em 2005 o custo para o Estado com a Casa e com a então Orquestra Nacional do Porto era de 15 milhões, ou seja, a fundação ao longo dos últimos sete anos conseguiu reduzir em 50% o custo para o Estado”. Notando que, em 2011, a Casa da Música já tinha sido obrigada a um corte não previsto de 15%, e em 2012 de 20%, Nuno Azevedo defendeu que, mesmo assim, a instituição “não definhou”, destacando que “o número de espetadores duplicou, ultrapassando o ano passado o meio milhão de visitantes”, e que a instituição quadruplicou as suas receitas de atividade, tendo hoje “o maior mecenato cultural em Portugal”.

Vila Nova de Gaia

Sete detidos por excesso de álcool

O Comando Metropolitano da PSP do Porto anunciou a detenção de sete pessoas por condução sob o efeito de álcool, no âmbito de uma operação de fiscalização rodoviária realizada em Vila Nova de Gaia, que decorreu entre as 2 e as 7 horas de domingo. Foram identificados e submetidos ao teste de 379 condutores. No total, foram detetadas onze infrações.

Mais negociações. Direção da Casa da Música vai voltar a reunir com o Governo para resolver contas de 2013

Paredes

Cadeiras renderam 111.500 euros

As 11 cadeiras desenvolvidas em Paredes para personalidades portuguesas e internacionais foram leiloadas no fim de semana por 111.500 euros que revertem para o Alto Comissariado para os Refugiados (ACNUR). Todas foram vendidas, mas as cadeiras que tiveram a licitação mais alta foram as de Cristiano Ronaldo e José Mourinho, que renderam 30

mil euros cada. A conceção estilística das peças foi desenvolvida por criativos prestigiados, nacionais e italianos, especificamente para cada uma das personalidades convidadas pela organização, respeitando a sua identidade, cabendo a execução das cadeiras a empresas de mobiliário de Paredes. As peças puderam ser apreciadas em Paredes, de 14 de setembro a 18 de novembro, durante a exposição «Art on Chairs», um dos projetos do Polo de Design e Mobiliário.

De 2006 a 2010, o Estado cumpriu o decreto-lei de instituição da fundação pelo qual atribuía 10 milhões de euros por ano para a Casa da Música e, em paralelo, entre 500 mil euros (2010) e dois milhões (2007) respeitantes à integração da Orquestra Sinfónica. A partir de 2011, o Estado deixou de atribuir qualquer verba pela orquestra e, no mesmo ano, passou a sua contribuição de 10 milhões para 8,5 e, em 2011, para 8 milhões de euros. As receitas da Casa da Música têm rondado os 16 milhões de euros, com um máximo de 16,7 milhões em 2010 e um mínimo de 15,4 milhões em 2011.

Matosinhos

PSD homenageou pescadores

O presidente do PSD/Matosinhos, Pedro da Vinha Costa, reuniu-se com a Associação dos Pescadores Aposentados local, quando se assinalam os 65 anos do maior naufrágio da história nacional, para “homenagear as pessoas que fazem do mar a sua vida”. Pedro da Vinha Costa vai reclamar mais apoios para a associação, na próxima assembleia da junta de freguesia.


regiões

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 3

Trabalhadores da Carris recolhem comida para colegas

Uma tonelada de ajuda Comissão de trabalhadores garante que alimentos recolhidos são suficientes para ajudar os cerca de 300 colegas em dificuldades. Castelo Branco e PS de luto

Adeus de Clemente Rosa Mouro aos 82 anos O antigo presidente da Junta de Freguesia de Castelo Branco, Clemente Rosa Mouro, faleceu na noite de sábado, dia 1 de dezembro, aos 82 anos, informou aquela autarquia. Histórico do Partido Socialista em Castelo Branco, Clemente Rosa Mouro foi presidente da Freguesia de Castelo Branco entre 1993 e 2005. Para o jornal de Castelo Branco, “os seus mandatos ficaram ligados pelo grande humanismo que impôs à freguesia e pela sua visão estratégica de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das populações que serviu”. O corpo de Clemente Rosa Moura esteve em câmara ardente na capela de S. Marcos, em Castelo Branco. O funeral do histórico político do PS realiza-se hoje, durante a manhã.

A Comissão de Trabalhadores da Carris conseguiu uma tonelada de alimentos na recolha que promoveu na sexta-feira e no sábado a favor de funcionários da empresa que estão a passar por “muitas dificuldades”, revelou, ontem, o coordenador das CT. “Correu muito bem. Mais do que estávamos à espera. Muitas pessoas aderiram à iniciativa, inclusive colegas já reformados que se mostraram surpreendidos por existirem situações destas na empresa e disseram que vão continuar a doar alimentos”, disse Paulo Gonçalves. Afirmando que os alimentos recolhidos são suficientes para os cer-

Carris. CT diz que as dificuldades se devem ao não pagamentos dos subsídios de Natal e de férias e aos cortes de prémios

ca de 300 colegas que estão a passar por dificuldades, o coordenador das CT frisou que vão continuar a receber doações na estação de Santo Amaro, até 14 de dezembro. Paulo Gonçalves considera que o facto de a campanha ter terminado “não invalida que as pessoas continuem a dar, até porque no próximo ano a situação vai-se agravar”. Segundo o coordenador, cerca de 300 funcionários da Carris estão “a passar bastantes dificuldades” devido ao não pagamento dos subsídios de Natal e de férias e à retirada de vários prémios. Para exemplificar, indicou que os motoristas da empresa da Grande Lisboa perderam em média entre 380 a 400 euros por mês com esses cortes, valor que duplica se se tratar de um casal. O coordenador da CT estar “surpreendido com o facto de haver tantos colegas a precisar de ajuda” e admitiu que o número pode ser maior, mas lembrou que o “fator vergonha” impede as pessoas de exporem a sua situação.

Protesto de freguesias em Pombal

Contra a agregação

«Por Coimbra às cegas» lembra obstáculos

Mais de um milhar de pessoas protestou, ontem, em Pombal contra a agregação de quatro freguesias do concelho, no âmbito da reforma administrativa do território, considerando que os critérios não foram devidamente aplicados. “Em Pombal, a agregação de freguesias foi feita a regra e esquadro, sem ter em conta os números de

habitantes, de votantes e de área, enfim, não cumprindo os critérios definidos na lei”, acusou o António Fernandes, presidente da Junta de Mata Mourisca, uma das que está prevista ser agregada. O autarca, eleito nas listas do PSD como independente, queixou-se de que os critérios aplicados em Pombal “foram totalmente diferentes” dos

Capotamento dentro da cidade de Coimbra

Um grupo de estudantes da engenharia física da Universidade de Coimbra (UC) promove, hoje, uma ação de sensibilização para os problemas diários dos cegos e amblíopes, que inclui um jantar de olhos tapados. A iniciativa, designada «Por Coimbra às cegas», tem início às 15h00 com uma sessão de trabalho sobre técnicas de guia, no átrio da Faculdade de Engenharia, intitulada «Oficina dos sentidos», e encerra com um jantar, às 20h00, nas Cantinas Amarelas, em que os cerca de 25 participantes vão comer e executar algumas tarefas de olhos vendados. “O que nós pretendemos é sensibilizar a população para os obstáculos que os cegos e amblíopes têm de ultrapassar diariamente e aproximá-la dessa realidade”, sublinhou Joana Melo, um dos elementos da organização, salientando que as atividades pretendem assinalar o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

Acidente mata dois jovens de 21 e 22 anos Dois jovens, de 21 e 22 anos, morreram na madrugada de ontem num acidente de viação dentro da cidade de Coimbra. Segundo fonte dos Bombeiros Sapadores, tratou-se de um despiste seguido de capotamento, ocorrido cerca das 05h30, na Avenida Urbano Duarte. Segundo o chefe Armando Silva, os jovens, únicos ocupantes da viatura, já se encontravam cadáveres quando os bombeiros chegaram, tendo o óbito sido confirmado pelas duas equipas das Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação que se deslocaram ao local. Os corpos foram transportados diretamente para o Instituto Nacional de Medicina Legal de Coimbra.

utilizados, por exemplo, no concelho de Leiria. A manifestação foi convocada pelas Juntas de Mata Mourisca, Ilha, Albergaria dos Doze e São Simão de Litém, as quatro freguesias lideradas pelo PSD que o Governo se prepara para agregar no concelho de Pombal. A manifestação realizou-se no Largo do Cardal, junto à Câmara Municipal.


nacional

4 | O Primeiro de Janeiro

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

Primeiro-ministro garante que nunca pensou nisso para o ensino obrigatório

Copagamentos afastados DR

Passos Coelho considerou abusiva a conclusão de que “o Governo estaria disponível para criar copagamentos no ensino obrigatório”. O primeiro-ministro afastou a introdução de copagamentos no ensino obrigatório em Portugal, que atualmente se estende até ao 12.º ano, afirmando que nunca fez qualquer referência a essa possibilidade. Em conferência de imprensa, no final da II Cimeira Portugal/ Cabo Verde, no Mindelo, na ilha cabo-verdiana de São Vicente, Pedro Passos Coelho considerou abusiva a conclusão de que “o Governo estaria na disponibilidade de criar copagamentos no ensino obrigatório” retirada das suas declarações sobre o financiamento da educação, em entrevista à TVI, sublinhando que tal não é possível. “Em primeiro lugar, eu nunca fiz qualquer referência a essa matéria e posso mesmo dizer que isso nem tem qualquer sentido. De resto, o senhor ministro da Educação esclareceu-o muitíssimo bem. Não é possível, em termos de ensino obrigatório, criar taxas dessa natureza”, frisou o primeiro-ministro. Passos Coelho acrescentou que não faz sentido perguntar se vai

Portugal/Cabo Verde

Montante dos protocolos por revelar

“Abusivo”. Passos nunca pensou em copagamentos no ensino obrigatório ser criada mais uma taxa no ensino secundário: “O ensino secundário praticamente desapareceu, na medida em que o ensino obrigatório foi estendido até ao 12.º ano. Uma vez estendido até ao 12.º ano, significa que as regras serão as mesmas em todos os níveis do ensino obrigatório”. Em seguida, Passos Coelho referiu que “no ensino secundário e no ensino superior há uma taxa de esforço financeiro direto que aqueles que estão a frequentar o ensino superior e, até aqui, o ensino secundário, faziam, a par do

esforço dos impostos”. “Significa isto, portanto, que nós temos, já hoje, sem qualquer outra reforma, um nível de financiamento que as famílias trazem para o sistema educativo que é diferente daquele que têm na área da saúde. Foi só isso que eu quis dizer, e não mais do que isso”, completou. Quanto ao que o Governo pretende alterar na área da educação, o primeiro-ministro nada adiantou, remetendo a apresentação de todas as medidas de reforma do Estado, correspondentes a um

corte permanente na despesa pública de 4 mil milhões de euros, para o final de fevereiro, data da próxima avaliação do Programa de Assistência Económica e Financeira a Portugal. “Não vale a pena estar a fazer análises sobre que medidas é que irão ser apresentadas, porque o Governo não tem essas medidas prontas”, salientou Passos Coelho, lamentando que as suas declarações sobre a margem constitucional tenham suscitado “referências a intenções do Governo que não estiveram presentes”.

Caso dos submarinos

Apesar de fortes críticas ao PS

PCP procura convergência à esquerda DR

No dia em que foi reeleito secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa encerrou o XIX Congresso do partido com fortes críticas ao PS, avisando que os comunistas procuram a “convergência de esquerda” mas não abdicarão da sua identidade. Jerónimo de Sousa afirmou que o PS “não dá resposta à contradição fundamental que é a de saber se é possível uma alternativa verdadeiramente de esquerda” e mantém-se “comprometido e identificado com a política de direita em questões estruturantes”. Reforçando uma ideia que perpassou ao longo do Congresso,

Os primeiros-ministros de Portugal e de Cabo Verde salientaram, no Mindelo, a vontade em fazer mais e melhor cooperação, recentrando-a na vertente económico-empresarial e no apoio às empresas dos dois países. Pedro Passos Coelho e José Maria Neves estiveram reunidos durante quatro horas, que levaram, depois, à assinatura de sete protocolos e dois acordos, além de uma declaração conjunta, esta última ainda por distribuir aos jornalistas, sem uma única referência ao montante envolvido.

Reeleito. Jerónimo de Sousa reuniu unanimidade no XIX Congresso

o líder comunista disse que o PCP só pela vontade do povo estará numa “solução alternativa para um governo patriótico e de esquerda e não por arranjos de poder” que exijam que o PCP deixe de ser o que é. O Congresso aprovou, com um voto contra e duas abstenções, entre 1240 delegados inscritos, a Resolução Política, que estabelece a estratégia do partido para os próximos quatro anos, e define a rutura com a «troika» como “questão central e condição determinante” para construir uma alternativa de esquerda. O XIX Congresso do PCP co-

meçou na sexta-feira com a exigência da demissão do Governo PSD/CDS-PP e a convocação de eleições antecipadas que são “a saída legítima e necessária e para interromper o caminho de desastre do país”. O Comité Central do PCP foi eleito com 97 por cento dos votos, 14 votos contra e 21 abstenções. Saíram daquele órgão, que reduziu de 156 para 152 elementos, os históricos Domingos Abrantes e Odete Santos, e entraram nomes da nova geração de comunistas, João Oliveira, deputado, e João Ferreira e Inês Zuber, eurodeputados.

Governo não é responsável por passivo

O Ministério da Economia referiu em comunicado que “existe no processo das contrapartidas dos submarinos um passivo reputacional pelo qual o Governo não é responsável” e manifesta-se disponível para dar explicações no parlamento. O Ministério da Economia refere em comunicado ser fundamental “garantir uma total transparência nos novos contratos de contrapartidas e, nesse sentido, já disponibilizou ao Tribunal de Contas todos os contratos em vigor, bem como todas as substituições de projetos”.


Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

economia

O Primeiro de Janeiro | 5

Passos Coelho não pressiona igualdade de tratamento perante Grécia

“Eurogrupo vai tomar decisões a seu tempo” DR

Ministros das Finanças da zona euro reúnem-se, hoje, mas possibilidade de Portugal e Irlanda receberem «perdão» não está na agenda. Orçamento dos EUA longe de um acordo

«Precipício fiscal» O secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, afirmou, ontem, que se os republicanos não aceitarem uma subida de impostos para os rendimentos mais altos “não haverá acordo” para evitar o temido “precipício fiscal”. “Não haverá acordo se os impostos dos ricos não aumentarem”, sublinhou Timothy Geithner numa entrevista ao programa «State of the Union» da CNN. O secretário do Tesouro, que vai abandonar o cargo a 20 de janeiro, altura em que termina o primeiro mandato de Barack Obama, adiantou que “a bola está agora no campo dos republicanos”, porque, na sua opinião, devem apresentar um plano alternativo ao apresentado pelos democratas. “Se [os republicanos] querem forçar um aumento de impostos para todos os norte-americanos porque não desejam que os mais ricos paguem mais 2%, essa será a sua escolha”, comentou. O plano de Geithner inclui um aumento de 1,6 mil milhões de dólares (1,2 mil milhões de euros) em receitas anuais através do aumento de impostos durante a próxima década. Caso não se alcance um acordo até final de dezembro, entrará em janeiro uma abrupta combinação de corte nas despesas do Estado e um aumento de impostos conhecido como «precipício fiscal».

O primeiro-ministro assegurou, ontem, que as novas condições de financiamento da Grécia se aplicam parcialmente a Portugal e à Irlanda e que o Eurogrupo decidirá, a seu tempo, os termos dessa igualdade de tratamento. “Como disse o presidente do Eurogrupo, essa matéria deverá ser analisada, no que respeita à Irlanda e a Portugal, numa reunião subsequente do Eurogrupo. Portanto, a seu tempo, sem qualquer ansiedade, veremos no Eurogrupo em que termos é que Portugal e a Irlanda haverão de beneficiar desse princípio de igual tratamento”, declarou Pedro Passos Coelho. Questionado se as novas condições de financiamento da Grécia vão aplicar-se ou não a Portugal, na conferência de imprensa que encerrou a II Cimeira Portugal/Cabo Verde, o primeiro-ministro começou por referir que “o acordo que foi atingido em Bruxelas tem uma componente específica para a Grécia”, que “não se aplica a quaisquer outros países”. O primeiro-ministro acrescentou que esse acordo tem, “depois, uma outra componente que não está relacionada diretamente com esse programa para a Grécia, e que tem que ver com o acordo quadro no qual se baseia o instrumento mais importante que a União Europeia tem na gestão de crises financeiras em vigor, que é agora o Mecanismo Europeu de Estabilidade”. Pedro Passos Coelho assinalou que, “no âmbito desse acordo quadro, está definido que as condições essenciais de ajuda a estes países beneficiam de um princípio de igual tratamento” e concluiu que falta definir em que termos aquilo que foi acordado para a Grécia se aplicará a Portugal e à Irlanda. O acordo global a que os países da zona euro chegaram com o Fundo Monetário Internacional contempla uma redução dos juros dos

empréstimos a pagar pela Grécia aos seus credores, estende os prazos para o pagamento dos mesmos, e traça uma fórmula para a redução da dívida grega para 124% do PIB até 2020. O que fará Gaspar?

Os ministros das Finanças da zona euro reúnem-se, hoje, em Bruxelas, uma semana após terem alcançado um acordo sobre a ajuda à Grécia, mas sem terem em agenda estender a Portugal as mesmas vantagens concedidas a Atenas. Um alto responsável apontou que o único ponto em agenda relacionado com Portugal será a constatação da avaliação positiva da «troika» na sexta revisão do programa de ajustamento, restando então saber se o hipotético alargamento das novas condições de ajuda à Grécia aos outros países sob programa será levantada no encontro pelo ministro das Finanças, Vítor Gaspar. A reunião do Eurogrupo tem início às 17h00 locais (16h00 de Lisboa). amanhã, há reunião dos 27. Espanha em dificuldades

Crise. Primeiro-ministro assegurou que novas condições de financiamento da Grécia se aplicam parcialmente a Portugal

Extrações do Irão

Quatro milhões de barris de crude por dia

O ministro do Petróleo iraniano, Rostam Qasemi, garantiu, ontem, que Teerão tem capacidade para extrair quatro milhões de barris de crude e 600 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia. O ministro afirmou que, para 2015, no final do atual Plano Quinquenal de Desenvolvimento, a capacidade de produção de crude “será de

5,2 milhões de barris e a de gás de mil milhões de metros cúbicos por dia”. As autoridades iranianas têm assegurado reiteradamente que as sanções ao setor petrolífero impostas ao país não afetaram a sua produção, equipas e indústrias do setor, que têm muito limitadas as importações de materiais e maquinaria, já que afirmam ser autossuficientes neste campo. O Irão exporta mais de dois milhões de barris de petróleo por dia, especialmente para mercados asiáticos, como a China.

Em Espanha, outro país a viver uma grave crise, o chefe do Governo, Mariano Rajoy, afirmou que será “muito complicado” respeitar a meta do défice público este ano, fixada em 6,3% do PIB, segundo imposição da União Europeia. “È muito complicado reduzir em 2,6 pontos percentuais o défice num contexto de recessão, com muitos problemas com a receita e com um financiamento tão caro”, disse o governante numa entrevista ao jornal espanhol La Razon, ontem publicada. “Pediram a Espanha para que faça um esforço muito difícil de redução do défice de 8,9% para 6,3% do PIB em apenas um ano”, referiu Rajoy, contrariando o que tem vindo a dizer até então de que o país respeitaria este objetivo. Acrescentou ainda que o propósito do Executivo espanhol é o de “fazer as escolhas certas até ao final do ano”. Já a Alemanha vai chegar ao final de 2012 com o objetivo de equilíbrio orçamental, ficando sem défice relativamente ao PIB, revelou o semanário alemão Der Spiegel, citando cálculos internos do Ministério das Finanças alemão.


futebol

6 | O Norte Desportivo

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

HUGO VIANA E ÉDER

LIGA ESPANHOLA

NA DESPEDIDA DE BECKHAM

Fenerbahce pode pescar em Braga

Corunha perde com três portugueses

LA Galaxy renovam título americano

A imprensa turca avançou ontem que o clube de Istambul vai enviar representantes a Portugal para tentarem a contratação dos dois internacionais portuguesas, já em Janeiro. De acordo com a notícia, o Fenerbahce está disposto a pagar qualquer coisa como 10 milhões de euros, sendo que o facto de Hugo Viana estar em fim de contrato pode ser determinante no sucesso das negociações.

O Bétis subiu ao quarto lugar da liga espanhola depois de vencer no terreno do Deportivo da Corunha (2-3). A equipa de Sevilha, com o português Salvador Agra no banco durante os 90 minutos, está em posição de acesso à Liga dos Campeões, enquanto os galegos, que começaram com três portugueses em campo (Rodrick, Bruno Gama e Pizzi), «afundam-se» na tabela, somando a sétima derrota.

Os Los Angeles Galaxy renovaram o título norte-americano de futebol (MLS), ao baterem na final os Houston Dynamo, por 3-1, num embate que marcou a despedida do veterano inglês. David Beckham, que esteve na origem do segundo golo, através de um passe magnífico e mostrouse sempre muito perigoso na cobrança dos livres, viria a ser substituído, para a ovação, aos 95 minutos.

Beira-Mar cai na Taça de Portugal

LIGA DE HONRA

Arouca volta a eliminar adversário da I Liga DR

A equipa da Liga de Honra continua a fazer história na «prova rainha» e está pela primeira vez nos quartos de final. O Arouca qualificou-se para os quartos de final da Taça de Portugal, ao bater, em casa, o primodivisionário Beira-Mar, que jogou toda a segunda parte reduzido a 10 unidades, por 2-1. Os terceiros classificados da Liga de Honra ganharam cedo uma vantagem importante, com golos de Bijou (10 minutos) e Clemente (20’), mas, pouco depois (22’), os aveirenses reentraram no jogo, com um tento de Serginho. Em cima do intervalo, Saleh viu o segundo amarelo, ÁRBITRO BRITÂNICO

Craig Thompson nomeado para o PSG-FC Porto A UEFA escolheu o árbitro escocês para o encontro de amanhã. Craig Thomson vai arbitrar o segundo jogo da fase de grupos da «Champions» e será acompanhado pelos seus compatriotas Derek Rose, Alasdair Ross (árbitros assistentes), Graham Chambers (quarto árbitro), Steven McLean e Kevin Clancy (árbitros assistentes adicionais). Já esta época, Thomson dirigiu o encontro entre Portugal e a Dinamarca, da segunda jornada do Grupo B da fase final do Euro2012, que a «equipa das quinas» venceu por 3-2.

por alegada simulação, e os aveirenses ficaram com 10, tendo, ainda assim, lutado para forçar o prolongamento na segunda parte, mas sem conseguirem passar pela defesa do Arouca, que fez história. Nos jogos de ontem, também Paços de Ferreira, Belenenses e Gil Vicente garantiram a presença nos quartos de final. Resultados completo da quinta eliminatória: Sporting de Braga, 2-FC Porto, 1; Académica, 3-Tourizense (II); Arouca (LH), 2-Beira-Mar, 1; Lourinhanense (III), 0-Paços de Ferreira, 6; Belenenses (LH), 4-Fabril (III), 0; Gil Vicente, 1-Oliveirense (LH), 0; À hora do fechado desta edição ainda não era conhecido o vencedor do Marítimo-V. Guimarães. Resultado da terceira eliminatória: Caldas, 0-Coimbrões, 0 (2-4, após as grandes penalidades).

«Tomba-gigantes». O Arouca voltou a surpreender na quinta eliminatória, depois de já ter eliminado o Rio Ave

FC Porto segue esta manhã para França

DR

Regresso na baliza. Helton será titular em Paris

As equipas B de FC Porto e Sporting de Braga aproveitaram os reforços das respetivas equipas principais para vencerem na 16.ª jornada da Liga de Honra. Os «dragões», que contaram com Kelvin e Iturbe, derrotaram, em casa, o Leixões pela margem mínima, graças as golos de António e Dellatorre, enquanto Elderson, Baiano e Zé Luís ajudaram os bracarenses a levarem a melhor sobre o Trofense. Resultados dos jogos já realizados da 16.ª jornada: Naval, 2 – Atlético, 2; Portimonense, 2 – Penafiel, 1; FC Porto B, 2 – Leixões, 1; Santa Clara, 1 – Freamunde, 0; Sporting de Braga B, 2 – Trofense, 0.

BENFICA

Helton regressa aos eleitos de Vítor Pereira O guarda-redes brasileiro reentrou nos convocados do FC Porto para o jogo de amanhã, frente ao Paris SaintGermain, na sexta e última jornada do Grupo A da Liga dos Campeões. O treinador Vítor Pereira chamou o Helton após ter prescindido dos seus serviços no jogo que valeu aos «dragões» a eliminação da Taça de Portugal. O angolano Kadú foi o preterido, mantendo-se ainda de fora dos planos portistas o «central» Maicon, que continua lesionado. Lista dos 18 convocados: Guarda-redes – Helton e Fa-

Equipas B reforçadas na 16.ª ronda

Quarteto falhou treino de ontem

biano; defesas – Danilo, Miguel Lopes, Mangala, Abdoulaye, Otamendi e Alex Sandro; médios – Lucho González, Castro, João Moutinho, Fernando e Defour; avançados – James Rodriguez, Jackson Martinez, Kléber, Varela e Cristian Atsu. A comitiva portista parte do Aeroporto Sá Carneiro, às 9 horas, para Paris, onde fará um treino de ambientação ao Parque dos Príncipes, pelas 18 horas, antecedido pela conferência de imprensa de antevisão da partida que vai decidir o primeiro classificado do grupo.

Os médios Aimar, Carlos Martins, Salvio e Enzo Perez estiveram ausentes do treino de ontem do Benfica, que continua a preparar o jogo decisivo com o Barcelona, da última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Carlos Martins está a contas com uma contusão na face posterior da perna direita, o mesmo problema que afeta Enzo Perez, enquanto Salvio recupera de uma entorse no tornozelo esquerdo. Já o médio argentino Pablo Aimar, que tem estado afastado das opções, recupera de um traumatismo na perna direita. Os «encarnados» voltam a trabalhar esta manhã, novamente à porta fechada.


Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

cultura e espetáculos

O Primeiro de Janeiro | 7

Resistência regressa aos palcos para recordar êxitos de uma geração

“Há vinte anos foi uma grande aventura”

Matosinhos homenageia Florbela Espanca

118 anos de amor A Biblioteca Municipal Florbela Espanca, de Matosinhos, inicia, hoje, uma semana de atividades dedicadas àquela poetisa, assinalando deste modo o 118.º aniversário do seu nascimento e o 83.º aniversário da sua morte. Um concurso de poesia, em que se pode participar apenas na rede social Facebook, é uma das iniciativas previstas. Em comunicado, a Câmara de Matosinhos destaca ainda, no âmbito das iniciativas programadas, uma conferência de Manuela Rocha dos Santos intitulada «Maria José – o heterónimo ‘esquecido’ de Fernando Pessoa». Vários momentos de declamação de poesia e o lançamento de livros de poesia de Renato Cardoso, Eduardo Leal ou Alberto Serra, são outras iniciativas previstas. Os seniores, os jovens e as crianças vão ser convidados a participar em iniciativas específicas com o setor etário. Flor Bela de Alma da Conceição Espanca nasceu em Vila Viçosa a 08 de dezembro de 1894 e morreu exatamente 36 anos depois em Matosinhos. “A sua vida foi plena, embora tumultuosa, inquieta e cheia de sofrimentos íntimos que a autora soube transformar em poesia da mais alta qualidade, carregada de erotização, feminilidade e panteísmo”, sublinha a biblioteca.

DR

Um dos fenómenos da música portuguesa regressa aos palcos, numa altura em que a mensagem das duas músicas pode fazer a diferença. O grupo português Resistência renasce em dezembro, em palco, duas décadas depois da estreia, com um repertório que pode ganhar novo sentido, à luz da atual situação do País. Os dez músicos da formação original, aos quais se juntam os guitarristas Mário Delgado e Pedro Jóia, estão em ensaios, por estes dias, a recordar as canções que, nos anos de 1990, tornaram a Resistência um dos fenómenos da música portuguesa, e que agora são retomadas, pela atualidade e pela força da mensagem. O grupo durou pouco mais de dois anos e editou três álbuns, um dos quais ao vivo, mas deixou uma marca que o faz regressar agora ao palcos, a 19 de dezembro, no Campo Pequeno, em Lisboa, antes de se apresentar em Guimarães, Capital Europeia da Cultura. “Há vinte anos foi uma grande aventura. Começou por ser um grupo de vários grupos que se reuniram um pouco para dar mais voz às suas palavras, para sair um pouco do ambiente fechado que eram as nossas bandas”, recordou Fernando Cunha, ex-Delfins, antes de um dos ensaios da banda.

Repetir o alinhamento de 1993

Resistência. Grupo reúne todos os músicos da formação original e vão cantar, também, músicas de Zeca Afonso e Variações

Também se vai cantar Zeca Afonso

Dos Resistência, que se juntam agora, fazem parte Pedro Ayres Magalhães (Madredeus), Olavo Bilac (Santos & Pecadores), Miguel Ângelo e Fernando Cunha (Delfins), Tim (Xutos & Pontapés), Fernando Júdice e José Salgueiro (Trovante), Alexandre Frazão, Dudas e Fredo Mergner. Em palco interpretaram, e vão voltar a tocar, temas das respetivas bandas, mas também de Zeca Afonso ou de António Variações, todas num registo acústico, assente sobretudo em guitarra e voz. Nos ensaios, os músicos apuram melodias, recordam acordes e ritmos, porque muitos já não tocavam juntos quase desde o fim da Resistência. “Foi

difícil juntar estas pessoas, mas foi fácil tocar estas músicas”, assegura Lusa Olavo Bilac. Do repertório fazem parte, por exemplo, «Marcha dos desalinhados» e «Nasce selvagem», dos Delfins, «Não sou o único», dos Xutos & Pontapés, «Traz outro amigo também», de Zeca Afonso. Para Fernando Cunha, as letras foram escolhidas por terem uma mensagem forte, e algumas permanecem atuais.

«Curtas» em Sintra

«Noite» vence primeiro prémio do III Córtex

As películas «Noite», «Blu» e «Nada Fazi» receberam, ontem, os principais prémios na terceira edição do Córtex Festival de Curtas Metragens de Sintra. Os prémios foram anunciados numa cerimónia realizada em Sintra, no Centro Cultural Olga Cadaval, onde o certame decorreu ao longo de cinco dias, com a exibição de 29 curtas-metra-

gens, entre as quais 17 curtas nacionais e sete internacionais. Outras cinco curtasmetragens foram exibidas na sessão de abertura do festival, num ciclo dedicado a Antonio Campos, o convidado de honra e realizador revelação que marcou presença nesta edição do festival, organizado pela Associação Cultural e Teatral Reflexo. Laura Soveral, Rita Blanco, Teresa Villaverde e Vasco Câmara foram os elementos do júri que selecionaram as curtas vencedoras deste Córtex.

No começo dos anos 1990, Cavaco Silva era primeiro-ministro, vivia-se um descontentamento estudantil, por causa das políticas de educação, Mário Soares era Presidente. “Na altura sentia-se um Portugal a querer crescer, uma entrada na Europa, uma promessa de Europa, uma promessa de qualidade de vida para os portugueses, mas não sei se está melhor. Acho que, se calhar, está pior”, lamentou Olavo Bilac. À época, alguns dos temas foram quase uma bandeira para uma certa geração. Tim, vocalista dos Xutos & Pontapés, acrescentou que qualquer mensagem, numa altura de crise, “tem mais importância”: “Se nós podemos repetir essa mensagem, não sei”. Depois do concerto em Lisboa, a Resistência atuará a 29 de dezembro em Guimarães, e deverá ter mais concertos em 2013. Em palco irão reproduzir na íntegra o alinhamento do concerto que deu lugar ao disco «Ao vivo no Armazém 22», editado em 1993. “Lembro-me do primeiro concerto, no São Luiz - tínhamos os dedos cheios de bolhas e guitarras muito más. Não havia experiência de fazer um concerto acústico em Portugal. Tocamos melhor, mas estamos mais velhos”, constatou Fernando Cunha. Quem estará desta vez na plateia? Não sabem, pode ser uma surpresa, dizem. “A faixa etária é mais velha. O que vai ser uma surpresa para nós é saber se as canções atravessaram gerações e se temos lá pessoas com menos de 25 anos”, disse Fernando Cunha. “É como diz o Pedro Ayres Magalhães: Isto é um espetáculo, não pela sua grandiosidade, mas pelo seu conteúdo”, citou, por seu turno, o vocalista dos Xutos e Pontapés.


8 O Primeiro de Janeiro |

roteiro

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

Roteiro Cultural

Fins-de-semana no Ferrara Plaza

Durante o mês de Dezembro os fins-de-semana no centro comercial Ferrara Plaza estão repletos de animação, com uma programação especial dedicada aos mais novos. De 1 a 23 de Dezembro, a conhecida superfície comercial convida todos os seus clientes a participar num calendário recheado de animações de Natal com jogos e ateliers para toda a família. Diversão e criatividade são o mote para que miúdos e graúdos participem em diferentes actividades, jogos e passatempos com a promessa de muitas surpresas na contagem

decrescente para o grande dia. Dando voz ao desejo dos mais novos, a superfície comercial de Paços de Ferreira promove dias repletos de animações teatrais que garantem horas de fantasia na companhia das personagens fantásticas dos contos de Natal. Com o objectivo de reunir a família na partilha de momentos divertidos, as festividades natalícias do Ferrara Plaza proporcionam um mês repleto de acções que procuram reinventar o espírito tradicional de Natal onde união e partilha são as palavras de ordem.

“Meu Querido Pinhal Novo”

No dia 8 de dezembro, às 15 horas, no Cineteatro S. João, em Palmela, o Grupo de Teatro da ARPI – Associação de Reformados Pensionistas e Idosos de Pinhal Novo apresenta a revista à portuguesa “Meu Querido Pinhal Novo”. A ARPI, instituição dinamizadora do espetáculo, tem percorrido o país, de norte a sul, com o seu grupo de teatro, para apresentação da nova revista, onde a animação musical e o humor são uma constante. Trata-se de uma iniciativa que coloca em evidência a importância das comemorações do “Ano Europeu do Envelhecimento Ativo e da Solidariedade entre Gerações”, que encerram no final de dezembro. A ARPI fundou o Grupo de Teatro “Canções de Todos Nós” em 2009, com o objetivo de promover um trabalho de animação e ocupação das pessoas idosas, sobretudo, das residentes na freguesia, ligadas à associação. Com a designação atual “Recordar é Viver”, o grupo é composto por 27 elementos, com idades entre os 35 e os 80 anos, e conta com a direção artística de Maria Celeste Tapadinhas e a colaboração do músico José Ricardo.

«Mary Poppins A Mulher que Salvou o Mundo»

«Mary Poppins - A Mulher que Salvou o Mundo», de Ricardo Neves-Neves, em cena no Espaço Teatroesfera, até dia 16 de Dezembro. Coprodução Teatro do Elétrico / Teatroesfera, com texto e encenação de Ricardo Neves-Neves e interpretação de Ana Valentim, Patrícia Andrade, Paula Sousa, Rafael Gomes e Vítor Oliveira. Peça sobre os desejos pessoais, íntimos, profundos ou superficiais, modestos ou ambiciosos.


Segunda-feira, 3 de Janeiro de 2012

Publicidade

O Primeiro de Janeiro | 9


agenda

10 | O Primeiro de Janeiro

Telefones Úteis Hospitais

Farmácias de serviço

Televisão

Serviço permanente

Santo António Tel. 222 077 500 Linha Azul 222 084 601 São João Tel. 225 512 100 Pediátrico Maria Pia Tel. 226 089 900 Linha Azul 226 099 674 Maternidade Júlio Dinis Tel. 226 087 400 Psiquiátrico

PORTO PERMANENTE Alves Moreira – Av. Rodrigues de Freitas, 167 – Tel. 225 371 889 Cosme Suc. – Rua de Costa Cabral, 584 – Tel. 225 021 511 Praça da Liberdade, 34 – Tel. 222 004 133 Do Lago – Rua Arquitecto Cassiano Barbosa, EDF.LAGO II Porto, Ramalde 4100-009 PORTO – Tel. 226 168 951 MAIA Bastos – Largo da Igreja, 847 – Gueifães – Tel. 229 480 189 REFORÇO Martins da Costa – Rua do Calvário, 35 – Águas Santas – Tel. 229 714 828

Conde Ferreira Tel. 225 022 031 Magalhães Lemos Tel. 226 192 400 Privados Ordem do Carmo Tel. 222 008 113 Ordem da Lapa Tel. 225 502 828

VALONGO Marques da Cunha – Rua Capitão Aresta, 198 / 4440-539 Valongo Tel. 224 224 433

Ordem da Trindade Tel. 222 083 656 Prelada - Tel. 228 330 600 Militar Reg. Nº1 Tel. 226 063 011/ 12/13 Santa Maria Tel. 225 504 844 São Francisco Tel. 222 008 441 CONCELHO DE MATOSINHOS Distrital -Tel. 229 372 091 Pedro Hispano Tel. 229 391 000 Linha Azul 229 391 100 CONCELHO DE V. N. GAIA Eduardo Santos Silva Tel. 227 865 100 227 839 001 Vila Nova de Gaia Tel. 223 778 100/ 223 754180

MATOSINHOS E. Falcão – Rua Moinho de Vento, 227/33 – Leça da Palmeira – Tel. 229 952 680 Nova – Rua Cândida dos Reis, 818 – Custóias – Tel. 229 558 643 VILA NOVA DE GAIA PERMANENTE Silva Marques - Rua do Casal, Nº 64 Pedroso 4415-190 Pedroso De Francelos - Avenida de Francelos, 611

Hoje Francelos 4405-647 Gulpilhares Matias - Rua Professor José Bonaparte, 288 Oliveira do Douro 4430-438 Oliveira do Douro Gaia Nova - Rua Professora Rita Lopes Ribeiro, 58/64 Santa Marinha 4400-694 Vila Nova de Gaia AMARANTE Amarante – Av.ª 1.º de Maio / Edifício Mirante / 4600-013 Amarante Tel. 255 422 449 FELGUEIRAS J. Reis – Rua Rebelo Carvalho / 4610-212 Felgueiras Tel. 255 922 640 LOUSADA Fonseca – Rua Santo António, 554 – Silvares / 4620-651 Lousada Tel. 255 912 141 MARCO DE CANAVESES Farmácia Cabanelas - Lugar de Eiro Soalhães - Tel.:255511565 PAREDES Lopes Caçola – Praceta Jaime P. Moura, Loja 35 4620-030 Lousada Tel. 255 811 673 PENAFIEL Sameiro – Rua D. António F Gomes, 230-B – Tel. 255 713 071/2/3 SANTO TIRSO Central – Tel. 252 852 923 TROFA Trofense – Rua Costa Ferreira, C. C. Loja 2 – Tel. 252 412 543

Banda Desenhada

ZÉ do boné

Sr. Perfeito

Passatempos

GONDOMAR Central – Rua 25 de Abril, 344 – S. Cosme – Tel. 224 830 039 Fonseca – Rua D. João Castro – Seixo – Tel. 224 809 597

Andy, a Flo está?

Quero uma cerveja fresca!

Não, mas já devia ter voltado há meia hora!

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

RTP1 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Vidas em Jogo 15:15 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:05 O Preço Certo 19:55 Direito de Antena 20:00 Telejornal 21:00 Mudar de Vida 21:45 AntiCrise 22:15 Salvador Convidado: Paulo Espírito Santo 22:45 Prós e Contras 00:45 5 Para a Meia-Noite 02:00 U24 02:30 Diários do Vampiro 03:15 Ribeirão do Tempo 04:45 Televendas 06:05 Nós RTP2 07:00 Zig Zag 13:42 República do Saber - Estreia 14:00 Sociedade Civil 15:32 Biosfera (R/) 16:16 National Geographic (R/) 17:08 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:33 Suburgatório 18:55 Olhar o Mundo 19:23 Eurodeputados 19:52 Zig Zag 21:01 National Geographic 21:53 A Hora da Sorte 22:00 Hoje 22:37 Diário Câmara Clara 22:48 Erva 23:48 Monty Python - Quase a Verdade: A Versão Jurídica 00:47 Caleidoscópio - Universidade Lusófona 01:13 Nós (R/) 01:55 Olhar o Mundo (R/) 02:23 Eurodeputados (R/) 02:53 Euronews 05:22 Diário Câmara Clara (R/) 05:31 Sociedade Civil (R/) SIC 06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:05 Dance! 09:10 Cartas da Maya - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:40 Podia Acabar o Mundo 15:55 Boa Tarde 18:30 Fina Estampa 20:00 Jornal da Noite 21:00 Momentos de Mudança 21:40 Dancin' Days 22:40 Gabriela 23:30 Avenida Brasil 00:20 Toca a Mexer - Diário 00:40 CSI Nova Iorque 01:20 Prova de Vida 02:10 Pan Am 03:05 O Encantador de Cães 04:05 Televendas TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Casa dos Segredos 3 - Diário da Tarde 18:30 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:30 Casa dos Segredos 3 - Diário 22:15 Louco Amor 23:30 Doce Tentação 00:30 Casa dos Segredos 3 - Extra 02:00 Filme - O Rocker 03:45 Mistura Fina 05:00 TV Shop

Amanhã RTP1 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Vidas em Jogo 15:15 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal 21:00 O Nosso Tempo 21:30 AntiCrise 22:00 Decisão Final 23:00 BBC Terra 00:00 5 Para a Meia-Noite 01:15 U24 01:45 Diários do Vampiro 03:15 Ribeirão do Tempo 04:45 Televendas 06:05 Nós RTP2 07:00 Zig Zag 13:45 República do Saber 14:00 Sociedade Civil 15:30 Diário Câmara Clara (R/) 15:45 Consigo (R/) 16:00 National Geographic (R/) 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Suburgatório 19:00 Biosfera 19:45 Nativos Digitais 20:00 Zig Zag 21:00 National Geographic 22:00 Hoje 22:37 Diário Câmara Clara 22:48 Clínica Privada 23:30 Bairro Alto 00:15 E:2 - Escola Superior de Comunicação Social 00:45 Câmara Clara (R/) 01:45 Biosfera (R/) 02:15 Nativos Digitais (R/) 02:30 Euronews 05:00 Diário Câmara Clara (R/) 05:30 Sociedade Civil(R/) SIC 06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:05 Dance! 09:10 Cartas da Maya - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:25 Toca a Mexer - Diário 14:50 Podia Acabar o Mundo 15:55 Boa Tarde 18:30 Fina Estampa 20:00 Jornal da Noite 21:35 Dancin' Days 22:35 Gabriela 23:30 Avenida Brasil 00:15 Toca a Mexer - Diário 00:40 CSI Nova Iorque 01:20 Prova de Vida 02:10 Pan Am 03:00 O Encantador de Cães 04:00 Televendas TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Casa dos Segredos 3 - Diário da Tarde 18:30 Doida por Ti 19:00 Jornal das 8 19:45 Liga dos Campeões - Paris Saint - Germain x FC Por 21:45 Euromilhões 22:00 Casa dos Segredos 3 - Nomeações 23:00 Louco Amor 23:45 Doce Tentação 00:15 Liga dos Campeões - Resumos 00:45 Casa dos Segredos 3 - Extra 02:00 Filme - A Qualquer Custo / A Civil Action 04:00 Mistura Fina 05:00 TV Shop


agenda

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 11

Cinemas PORTO DOLCE VITA Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 21h20, 00h35 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 14h, 16h30, 19h (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 22h, 00h35 Os Smurfs M/6 Sessões: 12h50, 15h30, 18h30 (V.Port./3D) Um Dia M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h05, 21h50, 00h30 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h30, 15h10, 17h50, 21h10, 23h50 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h30, 00h10 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h50, 21h40, 00h25 Assim é o Amor M/12 Sessões: 12h40, 15h25, 18h10, 21h, 23h50 MAIA MAIASHOPPING Os Smurfs M/6 Sessões: 13h30, 16h, 18h40, 21h20, 23h50 (V.Port./3D) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h20, 19h, 21h50, 00h35 Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 21h10, 00h10 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 13h40, 16h30, 19h10, 21h40, 00h20 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h10, 15h50, 18h50, 21h30, 00h30 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h50, 16h10, 18h30 (V.Port.) NORTESHOPPING Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h10, 22h30 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h40, 15h10, 18h10, 22h, 00h35 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h10, 15h30, 18h20, 21h40, 00h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 16h, 18h50, 22h, 00h45 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 10h50, 13h20, 15h50, 18h40 (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 21h10, 23h40 Os Smurfs M/6 Sessões: 10h30, 12h50, 15h20, 18h

(V.Port./3D) Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h15, 15h40, 18h30, 21h30, 00h10 Um Dia M/12 Sessões: 13h40, 16h20, 19h, 21h20, 23h50 MATOSINHOS MAR SHOPPING O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h40, 16h20, 19h10, 22h, 00h30 Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 22h45 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h40, 15h10, 17h40, 20h (V.Port./3D) Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h20, 24h Os Smurfs M/6 Sessões: 13h10, 15h50, 18h30 (V.Port.) Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 12h50, 15h30, 18h20, 21h30, 00h10 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h10, 21h, 23h40 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 18h50, 21h40, 00h20 ) VILA NOVA DE GAIA LUSOMUNDO GAIASHOPPING Carros 2 M/6 Sessões: 13h15, 15h45 (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 18h25, 20h55, 24h Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 15h50, 18h50, 21h55, 00h35

Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h25, 16h05, 18h45, 21h20, 00h15 UCI ARRÁBIDA 20 O Último Destino 5 M/16 Sala: Sala 1 Sessões: 14h, 16h30, 19h, 21h35, 00h35 A Ressaca - Parte II M/16 Sala: Sala 2 Sessões: 22h20, 00h40

Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sala: Sala 4 Sessões: 14h10, 16h40, 19h05, 21h35, 00h05 Sem Prada nem Nada M/12 Sala: Sala 5 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 21h50, 00h20 Larry Crowne M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 18h30 Tinhas Mesmo Que Ser Tu M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 13h50, 16h10, 21h30, 00h15 A Árvore da Vida M/16 Sala: Sala 7 Sessões: 18h45 Sem Remorsos M/12 Sala: Sala 7 Sessões: 14h05, 16h25, 21h40, 00h10

Eu Vi o Diabo M/16 Sala: Sala 8 Sessões: 16h10, 19h05, 22h, 00h55 Cowboys & Aliens M/12 Sala: Sala 9 Sessões: 14h, 16h30, 18h55, 21h25, 00h15

Chefes Intragáveis M/12 Sala: Sala 11 Sessões: 14h10, 16h40, 19h15, 21h45, 00h20

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h55, 15h40, 18h40, 21h30, 00h10

Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 12 Sessões: 14h05, 16h45, 19h20, 21h55, 00h35

Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h55, 15h, 17h20, 19h40 (V.Port.)

Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 13 Sessões: 13h45, 16h20, 18h55, 21h35, 00h15 (2D)

Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h50, 15h05, 17h25, 19h45, 22h, 00h20

Super 8 M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 19h20, 21h55, 00h30 Um Dia M/12 Sala: Sala 20 Sessões: 14h, 16h40, 19h10, 22h, 00h40

Bem-vindo ao Sul M/12 Sala: Sala 14 Sessões: 14h15, 16h40, 19h10, 21h40, 00h10

O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h50, 16h20, 19h30, 22h, 00h30

Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 21h15, 24h

Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 15h, 17h40, 20h30, 23h Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h25, 21h, 00h05 Um Dia M/12 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 22h10, 00h45 Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h50, 00h20 Carros 2 M/6 Sessões: 13h40, 16h25, 19h (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 14h30, 17h30, 20h40, 23h40 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 14h45, 17h15, 20h, 22h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h15, 15h50, 18h40, 21h40, 00h25

Amigos Coloridos M/12 Sala: Sala 16 Sessões: 13h50, 16h20, 18h50, 21h45, 00h25 Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2

Sugestões

HOJE TODO O TERRITÓRIO: Céu pouco nublado, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral oeste até ao final da manhã e em especial a norte do Cabo Raso. A partir do meio da tarde, aumento de nebulosidade na região Norte. Vento fraco (inferior a 15 km/h), soprando temporariamente moderado (15 a 25 km/h) de noroeste no litoral oeste a sul do Cabo Raso durante a tarde. Neblina ou nevoeiro matinal nas regiões do litoral. Pequena descida da temperatura máxima nas regiões Norte e Centro. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros e possibilidade de ocorrência de trovoada. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) do quadrante sul, tornando-se do quadrante oeste a partir da tarde. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Aguaceiros, mais frequentes durante a madrugada e manhã. Vento leste moderado (20/30 km/h), tornando-se fresco (30/40 km/h) com rajadas até 55km/h, rodando para nordeste. GRUPO CENTRAL - Céu geralmente muito nublado. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h), tornando-se moderado (20/30 km/h) e rodando para nordeste. GRUPO ORIENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas, aumentando de nebulosidade ao longo da manhã. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h).

AMANHÃ

TODO O TERRITÓRIO: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela e em especial no Minho e Douro Litoral. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante oeste, soprando temporariamente moderado (20 a 30 km/h) de sudoeste nas terras altas das regiões Norte e Centro. Neblina ou nevoeiro matinal nas regiões do litoral. Pequena descida da temperatura máxima na região Sul e no interior Norte e Centro. MADEIRA:Períodos de céu muito nublado. Possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) predominando de noroeste, tornando-se moderado a forte (25 a 40 km/h) nas zonas montanhosas a partir da tarde. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Aguaceiros, mais frequentes durante a madrugada e manhã. Vento leste moderado (20/30 km/h), tornando-se fresco (30/40 km/h) com rajadas até 55km/h, rodando para nordeste. GRUPO CENTRAL - Céu geralmente muito nublado. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h), tornando-se moderado (20/30 km/h) e rodando para nordeste. GRUPO ORIENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas, aumentando de nebulosidade ao longo da manhã. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h).

A Feira do Livro de Braga que decorre até 9 de dezembro.

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h45, 16h30, 19h15, 21h55, 00h40

Os Smurfs M/6 Sala: Sala 15 Sessões: 14h, 16h30, 18h55 (V.Port.), 21h20, 24h

Tempo

Feira do Livro de Braga

GONDOMAR LUSOMUNDO - PARQUE NASCENTE Os Smurfs M/6 Sessões: 13h25, 16h, 18h35, 21h10, 23h50 (V.Port.)

Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h10, 15h30, 18h (V.Port./3D)

Carros 2 M/6 Sala: Sala 8 Sessões: 13h40 (V.Port.)

Os Smurfs M/6 Sessões: 13h05, 15h35, 18h15, 20h50, 23h50 (V.Port./3D)

Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sessões: 21h40, 00h30

Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sala: Sala 18 Sessões: 18h35, 21h15, 00h10

Amigos Coloridos M/12 Sessões: 12h50, 15h20, 17h50, 21h20, 24h

Assim é o Amor M/12 Sala: Sala 10 Sessões: 13h50, 16h35, 19h20, 22h, 00h40

Animais Unidos M/6 Sessões: 12h45, 14h55, 17h10, 19h25 (V.Port./3D)

Animais Unidos M/6 Sala: Sala 18 Sessões: 14h10, 16h20 (V.Port./3D)

A Melhor Despedida de Solteira M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 13h50, 16h35

Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sala: Sala 2 Sessões: 13h40, 15h50 (V.Port.), 18h, 20h10 (V.Port./3D) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sala: Sala 3 Sessões: 13h55, 16h25, 18h55, 21h25, 24h

Super M/12 Sessões: 21h50, 00h25

Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h, 21h45, 00h40

M/12 Sala: Sala 17 Sessões: 15h, 17h55, 21h25, 00h15

A editora Clube do Autor realiza o lançamento do livro Estado de Guerra, da jornalista Clara Ferreira Alves, no próximo dia 5 de Dezembro, quarta-feira, no Centro Cultural de Belém.

“AO SABOR DO FADO” O Cine Teatro Eduardo Brazão será a sala de estar de mais um “Conta-me Histórias”, recebendo João Pedro Pais, no próximo dia 15 de dezembro, para falar entre outras coisas, sobre o seu mais recente trabalho “Desassossego”. Nascido no seio de uma família de músicos, em Lisboa, João Pedro Pais sempre demonstrou jeito para a música e conseguiu conciliar a sua atividade musical com outra paixão, o desporto, tendo-se tornado campeão por diversas vezes no estilo Greco-Romano. Quando teve de optar, a música cantou mais alto. Participou no programa “Chuva de Estrelas”, conseguindo chegar à fase final e, em 1997 lança o seu primeiro álbum “Segredos”, onde temas como “Louco” e “Ninguém” catapultaram o artista para o reconhecimento nacional.


1868

Há 144 anos, todos os dias consigo.

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

Diretor: Rui Alas Pereira (CP-2017). E-mail: ruialas@oprimeirodejaneiro.pt Redatores: Joaquim Sousa (CP-5632), Andreia Cavaleiro (CP-6983), Cátia Costa (Lisboa) e Vasco Samouco. Fotografia: Ivo Pereira (CP-3916) Secretariado de Direção: Sandra Pereira. Secretariado de Redação: Elisabete Cairrão. Publicidade: Conceição Carvalho (chefe), Elsa Novais (Lisboa, 918 520 111) e Fátima Pinto. E-mail: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt Morada: Rua de Santa Catarina, 489 2º - 4000-452 Porto. Contactos: redação - Tel. 22 096 78 47 - Tm: 912 820 510 E-mail: geral.cloverpress@oprimeirodejaneiro.pt - Publicidade - Telefone: 22 096 78 46, Fax: 22 096 78 45 Propriedade: Globinóplia, Unipessoal Lda. Edição: Cloverpress, Lda. NIF: 509 229 921 Depósito legal nº 1388/82 Impressão: Coraze, Telefs.910252676 / 910253116 / 914602969, Oliveira de Azeméis. Distribuição: Vasp. Tiragem: 20 000

Banco Alimentar Contra a Fome

POLITICA E COISAS PIORES

Voluntários desdobram-se em esforços

TRAVESSIA DO DESERTO Portugal vive um tempo de travessia do deserto. Só se fala em austeridade, nunca em crescimento e em modernização, a começar pela social. A este governo só interessa a eficácia e os resultados. Por outro lado apesar da aprovação do OE 2013, os tempos de discórdia sem fim entre políticos de várias cores, assim como com os sindicatos, não Joaquim Jorge* vai ter fim. Actualmente vive-se numa sociedade exausta de austeridade. Farta de impostos e de ouvir até à saciedade que esta fórmula não vai resultar, mas insistem. Há tempos disse que a única maneira de Portugal seguir em frente era fazer um restart como se faz num computador, limpando tudo o que está para trás. Precisamos de um novo software cívico, em que os cidadãos têm uma maior participação nas decisões dos governos, têm voz nos mais variados assuntos sociais e não se limitam a votar. Portugal vive anos e anos de frustração e fracassos no cumprimento de promessas. Vivemos uma crise de legitimidade e de défice democrático. *Biólogo facebook.com/joaquim.jorge.CdP

Alheios à polémica suscitada pelas considerações da responsável do Banco Alimentar sobre o que devem ser os padrões de vida dos portugueses, milhares de voluntários desdobram-se nos armazéns e supermercados para levar novamente bens essenciais a quem mais precisa. No armazém do Banco Alimentar Contra a Fome em Alcântara, Lisboa, o ambiente é de azáfama, animada por um projeto de rádio da Universidade Autónoma. Ao som de Rui Veloso, José Cid, Paco Bandeira ou Boss AC, pessoas de todas as gerações, credos, opções políticas e desportivas, unem esforços debaixo do mesmo teto para que os alimentos continuem a chegar às instituições que apoiam milhares de pessoas em todo o país. “Isto é um ambiente de festa, é uma grande festa de solidariedade”, explica a presidente da Federação Portuguesa de Bancos Alimentares Contra a Fome, Isabel Jonet, numa pausa entre os inúmeros contactos telefónicos e instruções que a operação exige. O balanço que faz até ao momento aponta para 1300 tonela-

das de alimentos recolhidas no sábado. “Aquilo que verificámos foi que o volume de alimentos foi sensivelmente igual ao do ano passado”, afirma. Enquanto uns laboram no armazém para organizar todos os bens doados, outros recolhem os alimentos em 1600 lojas, um pouco por todo o país. A estimativa de 38 500 voluntários poderá ser ultrapassada, uma vez que acorreram muitas pessoas aos armazéns no sábado, mas só no final da campanha será possível ter a contagem final. A música, partilhada por sete bancos alimentares através de uma página na Internet, “ajuda a animar os voluntários e a marcar o ritmo do trabalho”, diz Jonet. No supermercado mais próximo do armazém de Alcântara, são os escuteiros locais que se encarregam da recolha de alimentos. Questionados se ouvem críticas às recentes declarações de Isabel Jonet que causaram polémica, os voluntários notam que as pessoas valorizam mais o bem comum. “Não se ouvem muitas críticas (…) Está a correr bem, as pessoas

estão a aderir”, conta um dos responsáveis da equipa, Alberto Henriques, embora admitindo que alguns sacos vêm menos cheios este ano, também reflexo da crise. As pessoas doaram sobretudo leite, mas as massas, o arroz e os enlatados fazem parte do habitual cabaz de donativos: “Cada um dá o que pode, aceitamos tudo de bom grado, sabemos que nesta altura as coisas estão um pouco complicadas”. Mesmo sem grandes posses, Lurdes Inácio não dispensa a partilha do que tem. Gosta de dar sobretudo comida para bebés: “Aquilo que a gente pode dar, vai sendo poucochinho, porque também temos de organizar para nós”. Apesar de alguns voluntários tentarem evitar a polémica, a propósito das recentes declarações da presidente do Banco Alimentar, “o certo é que algumas pessoas começaram a olhar para nós com desconfiança”, chegando mesmo a questionar o verdadeiro destino dos alimentos recolhidos às portas dos supermercados, explica um dos muitos escuteiros que preferem falar sob a capa do anonimato…

Comunidade guineense deixa pedido em Lisboa

“Intervenção internacional é urgente”

Sabia que sou capaz de usar folhas como se fossem chapéus de chuva?

A comunidade guineense na diáspora pediu em Lisboa às “autoridades internacionais” uma “intervenção urgente” na Guiné-Bissau, nomeadamente o envio de uma força internacional “que assegure a paz” no país. Dirigindo-se às “autoridades democráticas internacionais”, Aduardo Jalo, falando em nome da “comunidade guineense no estrangeiro”, solicitou “um olhar atento” para os “raptos, torturas, roubos, espancamentos, assassinatos, prisões arbitrárias de cidadãos e políticos diariamente perpetrados” na Guiné-Bissau.

Jalo, que falava em conferência de imprensa, disse que a comunidade guineense vê com “perplexidade” a “indiferença com que o seu país é tratado pela comunidade internacional”. Para alterar a situação, a comunidade apelou ainda à realização de eleições democráticas na Guiné-Bissau e de um inquérito internacional aos acontecimentos de 21 de outubro, bem como à “criação de um tribunal internacional para julgar todos os responsáveis e demais implicados nos crimes de sangue cometidos no país a partir do ano 2000”. “Quan-

tas mortes terão de acontecer para que a comunidade internacional encontre uma solução para a GuinéBissau”, questionou Aduardo Jalo. Além da “passividade internacional”, foi criticada a “cumplicidade da CEDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental)” perante o que descreveram como violações de direitos humanos. A Guiné-Bissau sofreu um golpe de Estado a 12 de abril, na véspera da segunda volta das eleições presidenciais no país, disputada por Carlos Gomes Júnior e Kumba Ialá, ex-Presidente guineense.

Maioria prepara projeto de lei-quadro

Alterações nos municípios No ATL de Natal do Jardim Zoológico, os míudos aprendem, a brincar! De 17 a 31 de Dezembro, veja o seu filho tornar-se num explorador da natureza..

INSCRIÇÕES

T. 217 232 960 . F. 217 232 961 . E-mail: pedagogico@zoo.pt

O Jardim Zoológico é titular do Alvará nº 303, emitido pelo IPJ, que o licencia para o exercício de atividade de organização de campos de férias, nos termos do decreto-lei nº 304-2003.

www.zoo.pt

A maioria PSD/CDS está a preparar um projeto de lei-quadro para regular alterações pontuais nos municípios, que não prevê qualquer alteração no mapa autárquico, revela o deputado social-democrata António Leitão Amaro. “Na quintafeira, o PSD e CDS entregaram na Assembleia da República a lei que conclui o processo de reorganização das freguesias. Nessa lei diz-se que no princípio do próximo ano se

vai apresentar uma nova lei-quadro para regular as mudanças que existam quer em municípios quer em freguesias e essas mudanças podem ser criações, modificações de limites territoriais ou agregações”, afirmou o deputado. Apesar destas declarações, os autarcas temem que seja apenas o adiar de uma intenção maior, que passa por juntar algumas câmaras municipais já em 2013,

apesar das eleições autárquicas. “Esta lei não é novidade nenhuma. Já tivemos uma entre 1993 e 2012, só que foi ultrapassada e é preciso revogá-la neste processo de reorganização das freguesias e é necessário uma nova lei que regule as condições em que quaisquer autarquias possam ter mudanças”, acrescenta Leitão Amaro, rejeitando qualquer polémica com a Associação Nacional de Municípios.

3-12-2012  

3-12-2012a