Page 1

ANTUNES CONFIA NO APURAMENTO Portugal tem de ganhar a Israel para fazer uma viagem mais tranquila ao Azerbaijão

Há 144 anos, sempre consigo. 1868 2012

Continente - 0,60 € (IVA INCLUIDO) – Ilhas - S. Miguel e Madeira - 0,75 € (IVA INCLUIDO) – Porto Santo 0,80 € (IVA INCLUIDO)

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

Diretor: Rui Alas Pereira | ISSN 0873-170 X |

|

DIÁRIO NACIONAL

Ano CXLV | N.º 72

Quarta-feira, 20 de março de 2013

VÍTOR GASPAR DIZ QUE A REFORMA DO ESTADO AINDA NÃO ESTÁ FECHADA

HORA

DE DEB ATE

 O ministro das Finanças revelou no Parlamento que o Executivo ainda não tomou decisões sobre a reforma do Estado. "Não irei referir nada de concreto sobre o conteúdo do Documento de Estratégia Orçamental, esse debate será feito a seu tempo. A posição do Governo sobre o processo de reforma do Estado não está fechada e quando estiver será publicada e publicitada, esperando o Governo que exista uma ampla discussão pública em torno desse processo", afirma Vítor Gaspar, frisando: "Temos até ao final do primeiro semestre para concretizar o debate naquilo que seja relevante para o orçamento de 2014. Tudo faremos para procurar garantir a participação de todos os parceiros, naturalmente com destaque para o PS"…

AUMENTO

Parceiros sociais de acordo quanto ao salário mínimo nacional

CHIPRE

Parlamento rejeita plano de resgate dos credores

PAPA

Francisco recebe hoje no Vaticano presidente do Brasil


local Porto

2 | O Primeiro de Janeiro

Quarta-feira, 20 de Março de 2013

Proposta da CDU aprovada por unanimidade pela Câmara do Porto-

Hortas municipais expandidas DR

Relativamente a uma recomendação sobre a lei das rendas, Rui Rio considerou que a mesma devia ser corrigida. A Câmara do Porto aprovou ontem, por unanimidade, uma proposta da CDU para “promover a expansão da rede de hortas municipais da cidade” em terrenos camarários. A proposta de recomendação apresentada pelo vereador comunista, Pedro Carvalho, solicita que a ampliação seja feita tendo por base “um plano integrado que identifique os terrenos camarários que podiam ser utilizados para este fim e as zonas da cidade com mais procura de talhões para cultivar”. A CDU já indicou que a expansão de hortas municipais será uma das suas prioridades eleitorais na corrida à Câmara do Porto. “Assumir as diligências necessárias, juntamente com a (empresa municipal) Domus Social, com vista à construção de hortas municipais associadas aos bairros municipais, em colaboração direta com as associações ou estruturas representativas dos moradores” foi outra das alíneas aprovadas pela autarquia. Relativamente a uma recomendação do vereador comunista so-

Escola básica Vasco da Gama

Câmara aprova obras de beneficiação

Lei das rendas. Rio sugeriu à CDU que altere a proposta de contestação bre a lei das rendas, o presidente da autarquia, Rui Rio, considerou que a mesma devia ser corrigida para “responsabilizar mais a administração central”. O presidente pediu então à CDU para retirar a proposta e reagendá-la, depois de rever o pedido de formalização de um protocolo com as juntas de freguesia e a Associação de Inquilinos do Norte de Portugal para a “promoção de sessões de esclarecimento sobre a aplicação da atual lei2. No documento, a CDU pedia que a autarquia manifestasse à

ministra Assunção Cristas a sua “profunda preocupação com os impactos económicos e sociais da nova lei do arrendamento”, que tem provocado o “pânico generalizado de muitos portuenses, sobretudo idosos”. A apreensão relativa à lei das rendas, que Pedro Carvalho quer ver chegar à ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, fica, agora, adiada para a próxima reunião do executivo. O comunista alerta que o Porto tem cerca de 29% dos alo-

jamentos familiares “no regime de arrendamento” e que o número sobe para os 43,5% se forem considerados os arrendamentos em bairros sociais. Para a CDU, “a entrada em vigor da nova lei de arrendamento urbano veio confirmar os receios de todos aqueles que afirmavam que a iria ter um forte impacto económico e social, sobretudo junto da população mais idosa e do comércio tradicional, por via do aumento do valor das rendas e promoção dos despejos”.

Gaia

Reabilitação do Mercado do Bom Sucesso

DRC-N questiona isenção de publicidade DR

A Direção Regional de Cultura do Norte (DRC-N) questionou a Câmara do Porto sobre a colocação de publicidade na fachada do Mercado do Bom Sucesso e pretende averiguar as alterações feitas na frontaria do edifício classificado. “Recentemente a DRC-N mandou uma carta à Câmara do Porto a questionar sobre a colocação das faixas de publicidade”, confirmou fonte oficial daquele organismo, acrescentando que vai “ter de averiguar” uma denúncia do PS sobre a alteração às fachadas do imóvel.

Bom Sucesso. Empresa responsável está isenta das taxas de publicidade

A Câmara Municipal do Porto lançou um concurso público para a beneficiação da escola básica Paulo da Gama, na freguesia de Lordelo do Ouro, estando a empreitada orçada em 990 mil euros. De acordo com o anúncio do concurso público, publicado ontem em Diário da República, a obra envolve a execução dos trabalhos de requalificação existente da escola e a ampliação de novos espaços. A Câmara do Porto refere que terá em conta na adjudicação da obra “a proposta economicamente mais vantajosa”.

Na reunião camarária de ontem, o vereador socialista Manuel Correia Fernandes explicou que “o que justificou a anuência da DRC-N à reabilitação do mercado foi que não se podia mexer nas fachadas. Mas as fachadas foram todas mexidas”, notando que “todo o envidraçado foi substituído” e que, “numa das fileiras, foi substituído por metal”. O vereador anunciou ainda que ia entregar ao presidente da autarquia, Rui Rio, “um pedido de esclarecimento” sobre a aprovação municipal e da DRC-N à colocação de te-

las publicitárias na fachada do imóvel. A Câmara do Porto aprovou a 28 de fevereiro isentar a empresa Mercado Urbano, responsável pela reabilitação e concessão do Mercado do Bom Sucesso, das taxas de publicidade que a empresa fizer à reabertura do novo espaço, prevista para abril. A obra de requalificação do Mercado começou em agosto de 2011 e o espaço requalificado deve abrir em abril, quando estiverem prontas as obras orçadas em 12 milhões de euros, anunciou em outubro a empresa concessionária.

Queda de parapentes provoca dois feridos Dois parapentes caíram ontem, em Canidelo, tendo provocado dois feridos. Os dois pilotos, de nacionalidade holandesa e com 37 e 45 anos, sofreram apenas ferimentos ligeiros, tendo sido transportados para o Hospital Santos Silva, com suspeitas de hipotermia. Tiveram «alta» por volta das 14h20. De acordo com uma fonte dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões, a queda de um parapente a motor ficou a dever-se à falta de combustível. Quanto ao outro, o seu piloto decidiu “aterrar, para salvar” o colega.


regiões

Quarta-feira, 20 de Março de 2013

O Primeiro de Janeiro | 3

Centenas de pessoas despediram-se do jovem Ruben

Tensão no adeus Familiares e amigos do jovem que morreu num despiste de moda após perseguição policial, na Bela Vista, despediramse de Ruben. Qualificação do crime muda

GNR acusado de homicídio por negligência

O coletivo de juízes do Tribunal Judicial de Porto de Mós alterou, ontem, a qualificação jurídica do crime de que estava acusado um militar da GNR, que responde agora por um crime de homicídio por negligência. O militar da GNR José Pinto estava acusado de homicídio qualificado de um homem suspeito de ter furtado cobre, mas o tribunal entendeu proceder à alteração da qualificação do crime para homicídio por negligência, cuja pena máxima é de três anos. O juiz presidente referiu ainda que se procedeu a alteração não substancial dos factos, enumerando acontecimentos que o tribunal passou a ter em conta. A leitura do acórdão, que estava agendada para ontem, foi por isso adiada para o dia 16 de abril.

Centenas de pessoas acompanharam, ontem, o funeral do jovem da Bela Vista que morreu no sábado na sequência de um despiste durante uma perseguição policial, na zona das Manteigadas, em Setúbal. Dezenas de jovens apresentaram-se no funeral trajando camisola branca com a imagem do jovem Ruben, de 18 anos. Na missa de corpo presente, realizada na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, de onde saiu o funeral para o cemitério de Algeruz, o padre Constantino lamentou que a Bela Vista estivesse uma vez mais de luto e que a violência tivesse regressado àquele bairro social. A cerimónia viveu alguns momentos de

Bela Vista. Padre lamentou, durante a missa de despedida de Ruben, que bairro social estivesse mais uma vez de luto

tensão, pois familiares e amigos não gostaram da presença dos meios de comunicação, na cerimónia. A morte do Ruben, no passado sábado, devido ao despiste do motociclo em que tentava fugir à polícia, levou dezenas de jovens a provocarem diversos atos de vandalismo, um pouco por todo o bairro da Bela Vista. A revolta de diversos grupos jovens começou logo que surgiram os primeiros rumores de que o Ruben teria sido atingido mortalmente por dois disparos efetuados por um agente da PSP durante a perseguição. A autópsia, efetuada na segundafeira, revelou, no entanto, que o corpo do jovem não tinha alojado nenhum projétil nem tinha sinais de que pudesse ter sido atingido pelos disparos da polícia. A morte do jovem continua sob investigação do Ministério Público e da Inspeção Geral da Administração Interna, entidade que anunciou a abertura de um inquérito à atuação da polícia.

PCP «ataca» António Costa

Caso de “demagogia”

Prejuízos de 35 milhões de euros nos Açores

O PCP de Lisboa considerou, ontem, demagoga a disponibilidade do presidente da câmara da capital para assumir a gestão do Metropolitano e da Carris, quando “pouco ou nada” fez para manter a qualidade dos transportes públicos na cidade. O PCP considera que foi “com o consentimento” da Câmara de Lisboa que o número de carreiras da Carris

[rodoviária] foi reduzido e os horários diminuídos, descrevendo que, com esta medida, “bairros inteiros da cidade ficaram sem transporte” e, por isso, “retidos na sua residência”. O partido lembrou, no mesmo comunicado, também a situação no Metro de Lisboa, criticando a redução das carruagens na linha verde, a redução da velocidade de circu-

Abatimento de aterro obriga a obras

Os prejuízos causados pelo mau tempo nas ilhas Terceira e S. Miguel, que provocou três mortos na quinta-feira passada, ascendem a cerca de 35 milhões de euros”, revelou, ontem, o Governo Regional dos Açores. O balanço dos prejuízos provocados pelo mau tempo que tem afetado o arquipélago foi analisado na segunda-feira à noite, durante uma reunião do executivo chefiado por Vasco Cordeiro na cidade da Horta, ilha Faial. Em comunicado, o Governo Regional referiu que analisou o levantamento dos prejuízos que incluem danos provocados em 41 habitações na freguesia de Porto Judeu e em outras quatro na freguesia do Faial da Terra. O balanço dos prejuízos inclui os estragos causados em estradas, caminhos rurais e florestais, culturas agrícolas e estabelecimentos comerciais. Estas ilhas foram as mais afetadas pela chuva forte que atingiram o arquipélago na semana passada.

IC9 deve ser reaberto no início de abril A Estradas de Portugal revelou, ontem, que a circulação automóvel no IC9, cortada há seis dias em Ourém no troço entre Gondemaria e Alburitel, deverá ser restabelecida na primeira semana de abril. “Ocorreu um abatimento do aterro, razão pelo qual houve necessidade de, por razões de segurança, interromper temporariamente a circulação automóvel no local”, explicou a EP. O Itinerário Complementar 9, que liga a Nazaré a Tomar numa extensão total de 110 quilómetros, fica concluído a 2 de maio com a abertura do lanço EN1/Fátima/ Ourém, concluindo a rede de 110 quilómetros da Subconcessão Litoral Oeste.

lação, o aumento dos tempos de espera e a dificuldade do acesso às estações. Os comunistas afirmam que “é sabido que a municipalização dos transportes não é sustentável para a Câmara de Lisboa nem para nenhuma outra, levando a que o serviço piore ou então que ocorra a sua privatização, sendo esta a intenção de António Costa”.


nacional

4 | O Primeiro de Janeiro

Quarta-feira, 20 de Março de 2013

Vítor Gaspar não se alongou sobre os cortes a efetuar na despesa pública

“Reforma em aberto” DR

O ministro das Finanças adiantou que o debate sobre a parte que entrará no próximo orçamento tem de estar concretizado até julho. Vítor Gaspar anunciou ontem que a posição do Governo sobre a reforma do Estado ainda não está fechada. Na audição na Comissão Eventual para Acompanhamento das Medidas do Programa de Assistência Financeira a Portugal onde explicou os resultados da sétima avaliação feita pela «troika», o ministro acrescentou que o debate sobre a parte que entrará no Orçamento do Estado para 2014 terá de ser feito na primeira metade do ano, apelando ao PS para que se junte ao debate. “Temos até ao final do primeiro semestre para concretizar o debate de reforma do Estado naquilo que seja relevante para o orçamento de 2014, mas não irei referir nada de concreto sobre o conteúdo do Documento de Estratégia Orçamental. Esse debate será feito a seu tempo. A posição do Governo sobre o processo de reforma do Estado não está fechada e quando estiver fechada será publicada e publicitada, esperando o Governo que exista uma am-

Estudantes pedem demissão

Manifestação até à residência de Passos

Gaspar. Parte da reforma do Estado tem de estar pronta até julho

pla discussão pública em torno desse processo”, afirmou Vítor Gaspar, que já tinha elegido na sua intervenção inicial a “manutenção do consenso político e social” como um dos desafios do país no imediato. No entanto, o ministro das Finanças não esclareceu os deputados sobre os cortes a efetuar na despesa pública, considerando que não é da sua responsabilidade anunciar este tipo de medidas. Todos os partidos da oposição pediram a Vítor Gaspar para explicar quais os cortes que vão ser

feitos e em que áreas, mas o ministro não concretizou: “Naturalmente, o que será a posição do Governo português no futuro não me cabe a mim anunciar aqui. Esse processo tem calendários que foram anunciados e vão ser seguidos”, respondeu Vítor Gaspar. Por isso, também a questão do PS se vai ou não haver despedimentos na função pública e, se sim, em que áreas e em que condições, ficou sem resposta. Noutro sentido, Vítor Gaspar afirmou que a taxa sobre os depósitos no Chipre foi uma ideia

que partiu do Governo cipriota e sublinhou as palavras do Eurogrupo para garantir que este será um caso único. “O presidente do Eurogrupo já disse que o Chipre é um caso único, e que uma contribuição deste tipo não é contemplável para nenhum outro Estadomembro na área do euro. Em Portugal, uma medida como uma contribuição sobre os depósitos está totalmente fora de questão, o mesmo se pode afirmar para os países fora do euro”, garantiu.

Cavaco Silva

Presidente da AR mantém expetativa

PSD volta a convidar oposição para debater DR

O vice-presidente da bancada parlamentar do PSD, Miguel Frasquilho, endereçou um novo convite à oposição para debater a reforma do Estado e defende que é necessário “aliviar a asfixia fiscal que cai sobre as famílias”. “Queria convidar as forças partidárias da oposição para que possam integrar este debate, especialmente o Partido Socialista, a tomar parte na comissão eventual que foi criada neste Parlamento”, afirmou Miguel Frasquilho, dizendo que nem o montante dos cortes está fechado e

Reforma. Seguro voltou a ser questionado sobre presença no debate

Os universitários que vão manifestar-se amanhã, em Lisboa, decidiram alterar o percurso de forma a terminar a concentração junto à residência oficial do primeiro-ministro, onde exigirão a demissão do Governo. “Estamos à espera de uma adesão importante. A nossa urgência agora é que o Governo tem de se demitir já”, disse a presidente da associação de Estudantes da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Sofia Lisboa, adiantando que estão já confirmados autocarros de Coimbra e do Porto.

como tal os partidos não terão justificação para não debater o tema com os partidos que suportam o Governo. Frasquilho voltou também a insistir na necessidade de aliviar a carga fiscal e diz que na sua opinião esta tem contribuído para o agravamento da recessão. “Era importante que se começasse a libertar a asfixia fiscal que cai sobre as famílias portuguesas e que muito tem contribuído, na minha opinião, para agravar a recessão”, defendeu. A presidente da Assembleia da República, Assunção Este-

ves, mantém a expetativa de que os deputados se entendam quanto à comissão eventual para a reforma do Estado, afirmando que lhes pediu uma reflexão e não lhes deu pressa. “As resoluções do Parlamento não têm de ter cumprimento imediato. Há muitos exemplos. Penso que os deputados vão fazer uma reflexão sobre o modo de chegar a um texto comum, e eu também não disse aos deputados que tinham de se apressar”, afirmou Assunção Esteves.

“Portugueses precisam de esperança”

O Presidente da República defendeu, em Roma, que o país precisa de apresentar um “horizonte de esperança” para as pessoas que estão a viver situações de maior dificuldade. “Nós precisamos de abrir um horizonte de esperança, em particular para aqueles que estão desempregados, para aqueles numa situação de pobreza; um horizonte de esperança para os mais jovens, muitos deles sem emprego. Os portugueses precisam de esperança, uma janela de esperança, um horizonte de esperança”, afirmou Cavaco Silva.


economia

Quarta-feira, 20 de Março de 2013

O Primeiro de Janeiro | 5

Parceiros sociais acordam proposta única de aumento do salário mínimo

Consenso na concertação Em carros vendidos

Portugal consegue deixar a cauda da Europa

Portugal deixou de ser o país da Europa que liderava as quedas de vendas de carros e passou a ser um dos únicos a aumentar as matrículas vendidas, segundo dados divulgados, ontem, pela Associação de Construtores Europeus de Automóveis. Apesar de uma queda global na Europa de 9,5% nas vendas de automóveis ligeiros de passageiros no acumulado dos dois primeiros meses de 2013 comparando com o acumulado de 2012, o País apresenta uma subida de 4,7%. Este resultado em Portugal indicia alguma recuperação do mercado automóvel.

Europa no «vermelho»

Bolsa de Lisboa fecha sessão em queda

O PSI20, índice principal da praça lisboeta, perdeu, ontem, 1% para 6.046,84 pontos, com a banca a liderar as perdas e arrastado pelos receios face ao Chipre. Quinze títulos registaram perdas, dois ficaram inalterados e três fecharam em terreno positivo, com a Mota-Engil a registar o maior ganho (+2,85%). Lá fora, o IBEX35, principal índice espanhol, perdeu mais de 2%, e o de Paris, CAC 40, recuou 1,30%. A bolsa de Milão, FTSE MIB, perdeu 1,59%, o alemão DAX deslizou 0,79% e o londrino FTSE 100 desvalorizou 0,26%.

DR

Governo escusa-se a clarificar disponibilidade em negociar salário mínimo com «troika», remetendo para a próxima reunião. Os parceiros sociais acordaram, ontem, apresentar uma proposta única de aumento do salário mínimo nacional (SMN), que pressione o Governo a abrir as negociações com a «troika» sobre esta matéria. “O grande entrave é o memorando de entendimento que impede o aumento do salário mínimo (...) Os parceiros estão disponíveis para aferirem em acordo bilateral esse aumento e levar o Governo a rever junto da ‘troika’ a sua posição”, disse o presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, à saída da reunião de concertação social. Segundo o responsável, há disposição de todos os parceiros para discutirem esta questão “numa base séria e construtiva” e chegarem a um acordo que salvaguarde alguns setores mais expostos à concorrência internacional. Para o presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), João vieira Lopes, a reunião de ontem foi “dececionante”, uma vez que se “volta à estaca zero”, com o

Salário mínimo. Patrões e sindicatos insistem na necessidade de aumento ministro de Economia a pedir uma vez mais para os parceiros apresentarem prioridades para a discussão. Relativamente ao SMN, refere, “o Governo não é muito claro se há disposição para negociar com a ‘troika’”. “Vamos trabalhar para encontrar um consenso nesta área para apresentar uma proposta ao Governo”, disse. A UGT pretende uma subida imediata do SMN para os 500 euros, de forma a fazer respeitar o acordo tripartido de 2006, mas a CGTP reivindica um aumen-

to até aos 515 euros. Os patrões pretendem, por seu turno, um aumento faseado e que tenha em conta setores mais desprotegidos ou expostos à concorrência internacional. O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, escusou-se, por seu turno, a tomar uma posição clara sobre se há disponibilidade do Executivo em levar às negociações com a «troika» o aumento do SMN. Numa declaração curta, o ministro disse apenas que na próxima reunião (agendada para dia 3 de abril) irá ser discutido um

texto sobre a revisão das políticas ativas de emprego. Sobre o SMN, o ministro referiu que os parceiros “irão falar entre si” e que o Governo se comprometeu a atualizar nos próximos dois meses o relatório sobre o impacto de uma subida do salário mínimo na economia. Questionado sobre se o Governo está disponível para levar esta questão às negociações com a «troika», o ministro optou por não responder, confirmando, conforme já tinham anteriormente avançado os parceiros sociais.

Pilotos exigem ratificação do Governo

Greve está dependente de acordo com SATA DR

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) anunciou, ontem, que aceita desconvocar a greve de três dias, mas só se o Governo ratificar o acordo com a TAP e a SATA e se os efeitos forem extensíveis ao último grupo. Segundo o comandante Jaime Prieto, do SPAC, “existe um princípio de entendimento” e “caso sejam cumpridos os pressupostos em que assenta”, então será desconvocada a greve dos dias 21, 22 e 23 de março. “O Governo tem de ratificar estes pressupostos do princípio de entendimento [com a TAP e a Sata] e tem de ser garantida a

Greve. “Não pode haver portugueses de primeira e segunda”, dizem pilotos

replicação dos seus efeitos no grupo SATA. Não vamos permitir que haja portugueses de primeira e outros de segunda”, frisou Jaime Prieto. O comandante considera ainda assim que “o acordo é frágil”, uma vez que “ainda não estancará a emigração de pilotos”, mas sublinha que “está aberta uma via de comunicação suficiente” para explicar e discutir com o Governo a realidade das empresas. O responsável falava após a assembleia-geral do sindicato para discutir o assunto com os associados, na qual estiveram mais de 500 pilotos.

Já na segunda-feira, o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) decidiu em assembleia-geral aceitar desconvocar a greve, desde que haja garantias de que o acordo com a TAP e SATA tem a ratificação do Governo de Portugal e do Governo Regional dos Açores. Na sexta-feira, a administração da TAP e os sindicatos chegaram a um princípio de acordo para desconvocar a greve, uma solução extensível à PGA e à SATA, mas alguns sindicatos convocaram assembleias-gerais para discutir o assunto com os seus associados.


futebol

6 | O Norte Desportivo

Quarta-feira, 20 de Março de 2013

FC PORTO

24.ª JORNADA

ELEIÇÕES NO SPORTING

Regresso ao trabalho com equipa B

Benfica e FC Porto jogam ao sábado

Resultados conhecidos mais tarde

Os «dragões» voltaram ontem ao trabalho após o empate com o Marítimo (1-1), num treino com a equipa B, e sem Helton, Atsu e cinco jogadores que estão ao serviço das seleções. De acordo com a nota publicada no «site» oficial, o boletim clínico inclui o guarda-redes brasileiro, a recuperar de uma contusão na perna esquerda contraída no jogo com o Marítimo, e o ganês Atsu, em tratamento.

Os jogos de Benfica e FC Porto na 24.ª jornada da I Liga foram antecipados para sábado (30 de março), dia em que os «dragões» visitam o terreno da Académica e as «águias» recebem o Rio Ave. Para domingo de Páscoa, ficou reservado o Sporting de Braga-Sporting, vital para os minhotos, na luta de acesso à Liga dos Campeões, e para os «leões», que ainda sonham com a Liga Europa.

O ato eleitoral está marcado para sábado (dia 23), mas o próximo presidente do Sporting só deverá ser conhecido três mais tarde, depois de ter sido oficializada a prorrogação do prazo de receção dos boletins de voto por correspondência até dia 26, com o consentimento dos três candidatos. A decisão surge depois de se ter verificado um atraso no envio aos sócios dos boletins do voto.

Antunes satisfeito por regressar

BOLA DE OURO

“Ainda é cedo para pensar se posso estar no Mundial” DR

O defesa do Málaga está concentrado em ajudar a seleção a conseguir duas vitórias dos dois jogos decisivos que se seguem. Antunes advertiu que Portugal precisa de ganhar na sexta-feira em Israel para poder fazer uma viagem “mais tranquila” ao Azerbaijão, quatro dias depois. “Sabemos que vamos defrontar uma boa equipa, que tem os mesmos pontos que nós, mas vamos tentar pontuar para depois irmos mais tranquilos para o Azerbaijão. Israel é um adversário direto. Queremos fazer um bom resultado para conseguir o segundo lugar, para isso temos que ganhar aos adversáATÉ FINAL DA ÉPOCA

Sá Pinto vai treinar Estrela Vermelha

O antigo treinador do Sporting vai assumir o comando técnico dos sérvios do Estrela Vermelha de Belgrado. Sá Pinto, de 40 anos, vai suceder no cargo ao sérvio Aleksandar Jankovic, que deixou o clube na segunda posição do campeonato, após 19 jornadas, com 38 pontos, menos 11 do que o rival Partizan de Belgrado. O técnico português terá a sua primeira aventura no estrangeiro e assinou um contrato com o histórico clube sérvio válido por 5 meses, com possibilidade de renovação por um ano consoante os resultados.

rios diretos e Israel é um deles”, observou Antunes, em conversa com os jornalistas, em Óbidos. Por outro lado, o jogador de 25 anos considerou que “ainda é muito cedo” para pensar em fazer parte dos eleitos de Paulo Bento para a fase final do Mundial, que se vai realizar no Brasil: “Há um longo caminho a percorrer e só tenho que me tentar manter nesta estrada”, realçou. Para Antunes a decisão de Paulo Bento, ainda que tardia, “foi uma boa notícia”, pois “já não era chamado há algum tempo”, mas o defesa esquerdo do Málaga continua sem saber se a razão da sua chamada está relacionada com a possível dispensa do médio João Moutinho. “É um grande jogador, que está a atravessar uma grande fase e espero que nos possa ajudar nos próximos dois jogos”, completou o lateral.

Satisfeito. Antunes mostrou-se feliz pela chamada de Paulo Bento, mesmo que tardia em relação à convocatória inicial

Beto já participou no treino

João Moutinho continua em tratamento O guarda-redes Beto foi a novidade no treino de ontem da seleção portuguesa, depois de na véspera ter falhado o apronto, devido a sintomas febris. Por seu lado, João Moutinho, a recuperar de uma lesão muscular, continua sem treinar e vai prosseguir na seleção o tratamento seguido no FC Porto, permanecendo em dúvida a sua recuperação para os dois próximos jogos de apuramento. Noutro sentido, ontem ficou a saber-se que o sorteio do Mundial 2014 está agendado para 6 de dezembro, na Cos-

DR

Dúvida. Moutinho continua afastado do relvado

ta de Sauípe, em Salvador da Bahia. A reunião da comissão, que decorreu na sede da FIFA, em Zurique, e deu permissão a esse órgão para começar a tratar desde já dos dois próximos campeonatos mundiais, após 2014, o Rússia2018 e o Qatar2022, conforme indicou o secretário-geral do máximo organismo futebolístico, Jérôme Valcke. Foi também decidido que o sorteio para a fase de qualificação do Rússia2018 será realizado em São Petersburgo no final do mês de julho, em 2015.

Mourinho denuncia irregularidades Em entrevista à RTP, que foi ontem para o ar, o treinador do Real Madrid voltou a abordar a sua ausência na Gala FIFA, explicando-a com irregularidades na votação que deu a Vicente Del Bosque a distinção de melhor treinador do ano. “Arrependido? Não, em absoluto. Foi a decisão certa. Ligaram-me várias pessoas a dizer que votaram em mim e o voto apareceu noutro... Decidi não ir”, explicou José Mourinho, sem adiantar nomes. Por seu lado, a FIFA negou a versão do técnico português: “Confirmamos que a lista de votação publicada na FIFA está correta”, lê-se num comunicado.

VITÓRIA DE GUIMARÃES

Petardos dão jogo à porta fechada

O Vitória de Guimarães foi punido com a realização de um jogo à porta fechada, na sequência dos distúrbios ocorridos no domingo, na receção ao Benfica. De acordo com o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), os vimaranenses são também obrigados ao pagamento de duas multas, no valor global de 15.130 euros (10.200 + 4.930 euros), sendo a maior relativa ao comportamento dos seus adeptos, que atiraram diversos petardos, alguns dos quais caíram perto do guarda-redes Artur. O árbitro Paulo Batista chegou a interromper o jogo da 23.ª jornada da I Liga por duas vezes.


Quarta-feira, 20 de Março de 2013

cultura e espetáculos

O Primeiro de Janeiro | 7

Câmara do Porto aprova reativação do “Batalha” para projeto de 2011

Casa do Cinema avança Atuação em Barcelona

Sérgio Godinho recebe Prémio Rambaldi

Sérgio Godinho atua na sextafeira no Festival Barnasantys, em Barcelona, no qual terá “uma colaboração inédita” com a cantora e compositora Marina Rossell e receberá o Prémio Rambaldi. Segundo anunciou, ontem, a produtora do músico português, Sérgio Godinho e Marina Rossell “partilharão alguns dos seus temas mais emblemáticos”. Neste concerto, a associação cultural Cosi di Amilcare entrega a Sérgio Godinho o Prémio Rambaldi, que “premeia a vasta e rica carreira” do músico, iniciada em 1971, com «Os Sobreviventes».

Prémio José Afonso 2011

Álbum dos Deolinda distinguido na Amadora O álbum «Dois selos e um carimbo», do grupo Deolinda, editado em 2010, venceu o Prémio José Afonso 2011, foi, ontem, divulgado pela Câmara Municipal da Amadora, que o instituiu em 1988. Para o júri, o álbum “vem confirmar e expandir, após o merecido sucesso do primeiro CD, em 2008, as já evidentes qualidades deste grupo em plena ascensão”. Do álbum, editado pela EMI Music, constam 14 temas, entre eles, «Quando janto em restaurantes», «Entre Alvalade e as Portas de Benfica», «Um contra o outro» e «Fado Notário».

DR

Executivo aprova, ainda, ideia de fazer diligências junto de Manoel de Oliveira para o seu envolvimento na criação da instituição. A Câmara do Porto decidiu, ontem, fazer contactos para proteger e reativar o cinema Batalha como Casa do Cinema, envolvendo o cineasta Manoel de Oliveira no projeto para o Monumento de Interesse Público, abandonado desde janeiro de 2011. A proposta de recomendação, apresentada pelo PS na reunião camarária pública, foi aprovada por unanimidade com vista a fazer “todos os contactos que possam levar à proteção do edifício e à reativação do Cinema Batalha como Casa do Cinema do Porto”. O executivo aprovou também a ideia dos socialistas para “fazer diligências junto de Manoel de Oliveira para o seu envolvimento na criação da instituição Casa do Cinema”. O documento refere ainda que a autarquia faça “contactos com o Teatro Nacional de S. João para sinergias” e se empenhe “para a institucionalização de um centro documental de tudo o que tenha a ver com a história do cinema”. O presidente da Câmara, Rui Rio, mostrou algumas reticências,

Cultura. Câmara do Porto fez alterações ao cinema e teatro na cidade porque “já se tentou tudo e mais alguma coisa” para o edifício, mas acabou por mudar de ideias. “Praticamente tudo o que diz já foi tentado. Não acho que não se possa voltar a tentar. A ideia é boa. Mas nunca se conseguiu. Tentou-se tudo e mais alguma coisa ao longo destes anos”, frisou o edil. Rio notou não ser contra a ideia dos socialistas, mas alertou que, a fazer avançar o projeto, “já não seria para agora, seria para o futuro”. Manuel Correia Fernandes, vereador do PS, insistiu na neces-

sidade de “proteger o edifício” que já foi alvo de “atos de vandalismo”. O edifício está encerrado e abandonado desde que a Associação de Comerciantes do Porto (ACP) entregou as suas chaves aos proprietários, no fim de dezembro de 2010. A ACP estava responsável pelo mítico cinema do Porto, fechado uma primeira vez em 2000, desde 2006. O presidente da Câmara do Porto esclareceu, ainda, que o novo «Gabinete de Teatros» vai “gerir” os teatros Rivoli e Campo Alegre,

transferido para o município com a extinção da Fundação Ciência e Desenvolvimento (FCD). “Vai gerir os dois palcos, o Rivoli e o teatro do Campo Alegre”, explicou Rui Rui, durante a reunião camarária pública em que foi aprovada por unanimidade a criação de uma nova unidade orgânica, denominada Gabinete de Teatros. Para gerir o Gabinete de Teatros, a autarquia vai ter agora de contratar um titular “de cargos dirigentes de terceiro grau”, cujo “estatuto remuneratório” corresponde a cerca de dois mil euros.

Festival quer combater pessimismo no País

Melhor edição de sempre do IndieLisboa DR

Mais filmes portugueses e uma programação em contracorrente com o pessimismo que toca o País preenchem em abril o décimo IndieLisboa, festival internacional de cinema independente. O certame, que apostou em «filmes fora do formato», está a celebrar dez anos e apresentará de 18 a 28 de abril quase 250 filmes, estrangeiros e portugueses. “[Em dez anos] nunca nos afastámos da nossa ideia de cinema independente, de tentar mostrar que estes filmes são aquilo que achamos mais importante. O slogan diz ‘Hollywood está a ficar sem ideias’ e é o oposto do cine-

Cinema independente. «Before Midnight» vai encerrar o IndieLisboa

ma independente”, disse um dos diretores, Miguel Valverde. A organização recebeu quase quatro mil filmes de todo o mundo, selecionando 246, dos quais 45 são portugueses de produção recente. Segundo o diretor Nuno Sena, estes dados mostram que “o anúncio da morte do cinema português [por falta de apoio financeiro público] foi exagerado”. Na conferência de imprensa, a direção sublinhou ainda o espírito de “otimismo”, apesar dos tempos difíceis e da redução de orçamento, considerando a décima edição a melhor de todas. Pela primeira vez, a compe-

tição nacional inclui 16 curtas e seis longas metragens “com uma base documental e que dialogam muito com o mundo contemporâneo, descreveu Nuno Sena. Entre elas estão «A batalha de Tabatô», de João Viana, «Bobo», de Inês Oliveira e “Campo de flamingos sem flamingos”, de André Príncipe. O IndieLisboa decorrerá na Culturgest, cinema São Jorge, Cinema City Alvalade e Cinemateca. O filme de abertura será «No», do chileno Pablo Larraín, e o de encerramento «Before Midnight», do norte-americano Richard Linklater.


8 O Primeiro de Janeiro |

roteiro

Quarta-feira, 20 de Março de 2013

Roteiro Cultural

“As Árvores que Comiam papel” O Museu de Lamego recebe no próximo dia 23 de março, pelas 16h00, a apresentação pública do e-book “As Árvores que Comiam Papel”. Concebido como um diário coletivo de viagem, reúne, em mais de 300 páginas a cores algumas das melhores fotografias realizadas por crianças durienses no decorrer da 1ª edição do projeto de educação ambiental com o mesmo nome, criado por Susana Neves, em 2010, no Museu do Douro. Nesta obra interativa estão representadas algumas das árvores mais emblemáticas do Douro, fotografadas no Alto de São Domingos, em Armamar, na Quinta da Pacheca, em Cambres, na Quinta das Brolhas, Quinta das Leiras e nos Eirados, em Valdigem. A par das fotografias realizadas pelas crianças, incluem-se fotografias antigas, algumas inéditas e restauradas, imagens do the making off do projecto, fotografias de páginas pop up com poesia visual dos diários dos participantes, receitas de tintas vegetais ensinadas em vários ateliers desenvolvidos no decurso de “As Árvores que Comiam Papel” e, entre outras surpresas, um herbário simbólico, onde aparecem brinquedos e miniaturas. Livro-collage de fotografias e de textos, cita não só os diários das crianças — poemas, experiências, receitas, sonhos, memórias familiares relacionadas com as árvores — como também depoimentos de professores que os acompanharam (E.B. 2.3, Peso da Régua e E.B.1, Andrães) e de proprietários das quintas, integrando ainda notas etimológicas sobre os lugares fotografados e excertos de bibliografia antiga e contemporânea, à maneira de uma antologia etnobotânica, a partir da qual é possível começar a compreender e a reinventar a memória das árvores no Douro. A edição, da autoria de Susana Neves, com design de Inês Sena, foi subsidiada pela Direção Regional de Cultura do Norte. Susana Neves, escritora e fotógrafa, é autora de "Histórias que Fugiram das Árvores — um Arboretum Português" (edição BytheBook, 2012). Jornalista de investigação de cultura, colabora com o "Público", revista "Colóquio Letras", Fundação Calouste Gulbenkian e revista "Paralelo", da Fundação Luso-Americana. Pesquisadora de etnobotânica (Fundação Inatel), concebe e dirige o projeto de educação ambiental "As Árvores que Comiam Papel", cuja primeira edição se realizou no Museu do Douro. Criadora de inúmeros ateliers e jogos desenvolvidos na Fundação Gulbenkian, Centro Cultural de Belém e Teatro Viriato, coapresentou o ciclo de conversas sobre "Arte e Botânica", na Gulbenkian. Expõe regularmente desenho e fotografia em Portugal e no estrangeiro. Está representada na coleção de arte da Fundação D. Luís e na coleção de livros de artista da Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian.

“corpo-paisagem-corpo” Na semana em que se assinala o Dia Mundial da Árvore e Floresta Alfândega da Fé inaugura uma exposição onde a floresta/ paisagem e a sua relação, por vezes conflituosa, com o corpo se assume como a temática principal. A inauguração da mostra conta com a presença do autor, Domingos Loureiro, que pela primeira vez expõe em Alfândega da Fé. A abertura da Exposição "corpo-paisagemcorpo" vai ter lugar dia 22 de março, pelas 18.00h, na Galeria Manuel Cunha da Casa da Cultura Mestre José Rodrigues

Teatro de Sombras Durante as Férias da Páscoa, até 28 de Março, a Biblioteca Municipal sugere aos jovens leitores a construção de um Teatro de Sombras. O atelier decorre todos os dias úteis, às 15:00 horas, mediante marcação prévia, tendo como objectivo desenvolver a imaginação e a capacidade artística na construção de cenários e histórias, aliada à reutilização de materiais, como caixas de sapatos, tecidos velhos, entre outros. Após a descoberta do interesse lúdico, didáctico e pedagógico subjacentes à exploração das sombras, os participantes estarão aptos a dominar as metodologias deste tipo de teatro, passando a explorar as possibilidades expressivas do corpo associadas aos cenários produzidos como fundamento da comunicação da história que lhes foi proposta. De referir que o teatro de sombras é uma arte muito antiga, originária da China, que se espalhou pelos países da Europa. Diz a lenda que no ano 121, o imperador Wu Ti, da dinastia dos Han, desesperado com a morte de sua bailarina favorita, ordenou ao mago da corte que a trouxesse de volta, caso contrário, seria decapitado. O mago usou a sua imaginação e, através de uma pele de peixe macia e transparente, confeccionou a silhueta de uma bailarina. Quando tudo estava pronto, o mago ordenou que no jardim do palácio, fosse armada uma cortina branca contra a luz do sol e que esta deixasse transparecer essa luz. Houve uma apresentação para o imperador e sua corte. Esta apresentação foi acompanhada do som de uma flauta que “fez surgir a sombra de uma bailarina movimentando-se com leveza e graciosidade”. Neste momento, teria surgido o teatro de sombras.

Atelier de expressão plástica

A Biblioteca Municipal de Sátão vai proporcionar um atelier de expressão plástica às crianças do Concelho de Sátão, de 25 a 30 de março de 2013. Deste modo, as crianças podem ocupar o tempo livre das férias da Páscoa com atividades lúdico educativas que além de as manterem ocupadas, também as ensinam e divertem.


publicidade/editais

Quarta-feira, 20 de Março de 2013

JORGE FIGUEIREDO Agente de Execução Cedula: 2090

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 20/03/2013

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 20/03/2013

LURDES RIBEIRO AZENHA Agente de Execução Cédula n.º 3284

Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia – Juízo Execução Processo nº 13510/07.0TBVNG EXECUÇÃO COMUM para pagamento de quantia certa VALOR: 86.710,34€ Exequente: Caixa Geral de Depósitos, S.A. Executados: Maria Cândida Pereira Teixeira, António Teixeira e Leonor Fernanda Pereira Glória N.º Processo Interno: PE151407 1.ª Publicação

ANÚNCIO Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 08 de Maio de 2013, pelas 14h00m, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia, sito na Rua Conselheiro Veloso da Cruz, n.º 801, Vila Nova de Gaia, pelos interessados na compra dos seguintes bens: Verba um: Fracção autónoma designada pela letra “C” destinada a habitação do tipo T-2, localizada no 1.º andar traseiras do corpo I, com entrada pela Rua Diogo Silves, n.º 141-B, do prédio urbano constituído em regime de propriedade horizontal sito na Rua Diogo Silves, n.º 107, 141-A, 141-B, 151, 153, 169, 169-A, 171 e 195, da freguesia de Santa Marinha, concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o n.º 8074 e descrito sob o n.º 1467/19950324 na 1.ª Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Gaia; Verba dois: Fracção autónoma designada pelas letras “AQ” afecta a arrecadação na cave dois corpo I destinada a arrumos, devidamente assinalada com as respectivas letras, com entrada pela Rua Diogo de Silves, n.º 107, do prédio urbano constituído em regime de propriedade horizontal sito na Rua Diogo Silves, n.º 107, 141-A, 141B, 151, 153, 169, 169-A, 171 e 195, da freguesia de Santa Marinha, concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o n.º 8074 e descrito sob o n.º 1467/19950324 na 1.ª Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Gaia; Verba três: Fracção autónoma designada pelas letras “AS” afecta a lugar de garagem na cave dois, do corpo I, devidamente assinalada com as respectivas letras, com entrada pela Rua Diogo Silves, n.º 107, do prédio urbano constituído em regime de propriedade horizontal sito na Rua Diogo Silves, n.º 107, 141-A, 141-B, 151, 153, 169, 169-A, 171 e 195, da freguesia de Santa Marinha, concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o n.º 8074 e descrito sob o n.º 1467/ 19950324 na 1.ª Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Gaia. A serem vendidos em regime de lote único, com o valor base total de €95.000,00, sendo os bens adjudicados a quem melhor preço oferecer acima de 70% daquele valor, ou seja, €66.500,00. Os bens foram penhorados à Executada Maria Cândida Pereira Teixeira. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem do Agente de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base dos bens, ou garantia bancária no mesmo valor. Os proponentes deverão indicar o seu nome completo, morada, números de Bilhete de Identidade e contribuinte e apresentar as propostas até ao dia e hora designados para a sua abertura. O Agente de Execução JORGE FIGUEIREDO Av. da República, 740, 3º, sala 33 – 4430-190 Vila Nova de Gaia Tel: 22 377 90 47 – Fax: 22 377 90 48 – email: 2090@solicitador.net Horário de atendimento: dias úteis das 11,30 às 12,30 e das 14,00 às 15,00 horas

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 20/03/2013 PAULO MIGUEL CORTESÃO Agente de Execução Cedula: 4150

Juízos de Execução do Porto 2º Juízo - 1ª Secção Proc. 24706/05.9YYPRT – 2º Juízo - 1ª Secção Execução para pagamento de quantia certa Exequente: BPN CRÉDITO – INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, S.A. Executados: MARIA CLÁUDIA NEVES TAVARES CARDOSO E OUTRO(S)... Quantia Exequenda: € 7.878,43 Processo interno n.º PE/17/2012 1.ª Publicação

ANÚNCIO Citação de Ausente em Parte Incerta (Artigos 244.º e 248.º C.P.C.)

Nos autos acima identificados, correm éditos de 30 dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando o ausente MARIA CLÁUDIA NEVES TAVARES CARDOSO e SALVADOR MANUEL VALENTE CARDOSO, com última residência conhecida nos autos no Lugar Quintas Baixo – Quinta Baixo, freguesia Arada e Concelho de Esmoriz, para no prazo de 20 dias, decorrido que seja o dos éditos, pagar ou deduzir oposição à execução supra referenciada, nos termos do disposto nos n.ºs 1 e 3 do artigo 813.º do C.P.C.. O duplicado do requerimento executivo e respectivos anexos e documentos encontram-se à disposição do citando na Secretaria dos Juízos de Execução do Porto. MEIOS DE OPOSIÇÃO Para deduzir oposição à execução e nos termos do disposto no artigo 60.º do C.P.C. é obrigatório a constituição de Advogado. COMINAÇÃO EM CASO DE REVELIA Caso não se oponha à execução e não pague ou caucione a quantia exequenda, considera-se confessados os factos alegados pelo Exequente, sendo promovida a penhora dos bens necessários para garantir o pagamento da quantia exequenda, e despesas prováveis, nos termos do disposto no n.º 3 do art.º 821.º do C.P.C. PAGAMENTO, DESPESAS E HONORÁRIOS Poderá efectuar o pagamento da quantia exequenda no escritório do Agente de Execução em dinheiro ou cheque visado. À quantia exequenda acrescem, para além dos juros calculados nos termos do pedido, a taxa de justiça inicial no valor de € 22,25 e os honorários e despesas do solicitador, totalizando tudo, nesta data, a quantia global em dívida de € 8.666,26. Sendo que, prosseguindo a execução, o valor dos honorários e despesas sofrerá agravamento, de acordo com a tabela publicada em anexo à Portaria 708/2003 de 4 de Agosto O Agente de Execução PAULO MIGUEL CORTESÃO Rua do Viso, nº 30 – 1º - Sala 4 – 4470-220 MAIA Telf.: 229421084, Fax: 229424781 - e.mail: 4150@solicitador.net

Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia – Juízo de Execução -

Processo: 4598/04.6TBVNG Quantia Exequenda: € 78.069,68 Execução para pagamento de quantia certa sob a forma comum Exequente: Banco Internacional de Crédito, S.A. Executados: António Celso Nunes Pereira; Carla Miriam Varela Coelho; Mário Eduardo Dinis Coelho; António Fernandes Pereira e Maria Rosa Silva Nunes Pereira. 1.ª Publicação

ANÚNCIO Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 23 de Abril de 2013 pelas 14,00 horas, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do mesmo Tribunal, sito na Rua Conselheiro Veloso da Cruz, 801, 4404-502 Vila Nova de Gaia pelos interessados na compra do seguinte bem: Verba única: Fracção autónoma designada pela letra “AK”, correspondente a uma habitação no quarto andar direito frente, corpo dois, e lugar de garagem na sub-cave (piso menos um) devidamente designado pela respectiva letra, com entrada pelo n.º 233-D, da Rua da Cunha, do prédio em regime de propriedade horizontal sito na Rua da Cunha, n.ºs 233-A a 233G, e Rua F. da Urbanização dos Pinhais Bastos, n.ºs 51 a 61, da freguesia de Avintes, concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o artigo 3934-AK e descrito na 2.ª Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Gaia sob o n.º 02189. O valor base é de €120.433,60, sendo o bem adjudicado a quem melhor preço oferecer igual ou superior a 70% daquele valor, ou seja, € 84.303,52. O bem foi penhorado aos executados António Celso Nunes Pereira e Carla Miriam Varela Coelho. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem da Solicitadora de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base do bem, ou garantia bancária no mesmo valor. A Solicitadora de Execução LURDES RIBEIRO AZENHA Av. Da República, 740, 3º, sala 36 - 4430 – 190 Vila Nova de Gaia Telf 22 3779046 Fax. 22 3779046 - e.mail: 3284@solicitador.net Horário de atendimento: dias úteis das 11,30 ás 12,30 e das 14,00 às 15,00 horas

DUARTE PINTO Agente de Execução Cedula: 4929

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 20/03/2013

Juízos de Execução do Porto – Juízo Execução

Processo: 5837/06.4YYPRT Execução Comum - 1.º Juízo – 3.ª Secção Exequente: Banco Popular Portugal, S. A. Executado: Daniel Santos Ferreira e Outro(s) Valor 55.744,75 € 1.ª Publicação

ANÚNCIO Citação de Ausente em Parte Incerta (art.s 244.º e 248.º do CPC) OBJECTO E FUNDAMENTO DA CITAÇÃO Nos termos e para os efeitos do disposto no art. 248.º e ss do Código de Processo CIVIL (CPC), e por ordem do Mmo. Juiz, correm éditos de 30 dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando o ausente Daniel Santos Ferreira, com último domicílio conhecido na Avenida das Rosas, n.º 42 – em Francelos, Vila Nova de Gaia, para, no prazo de 20 dias, decorrido que seja o dos éditos, pagar ou se opor à execução acima identificada, nos termos do art. 813.º do CPC. Nos termos do n.º 1 do art. 818.º do CPC, o recebimento da oposição só suspende o processo quando o opoente preste caução ou quando, tendo o opoente impugnado a assinatura do documento particular e apresentado documento que constitua princípio de prova, o Juiz, ouvido o exequente, entenda que se justifica a suspensão. O duplicado do requerimento executivo e as cópias dos documentos encontram-se à disposição do citando na secretaria do Tribunal acima identificado. MEIOS DE OPOSIÇÃO Nos termos do disposto no artigo 60º do C.P.C. e tendo em consideração o valor do processo, para se opor a execução (que terá de ser apresentada no Tribunal supra identificado),é obrigatória a constituição de advogado. A apresentação de oposição implica o pagamento de taxa de justiça autoliquidada. COMINAÇÃO EM CASO DE REVELIA Caso não se oponha à execução no prazo supra indicado e não pague ou caucione a quantia exequenda, segue-se a PENHORA dos bens necessários para garantir o pagamento da quantia exequenda, juros e acréscimo das despesas previsíveis a que se refere o n.º 3 do art. 821.º do CPC. PAGAMENTO DESPESAS E HONORÁRIOS Poderá efectuar o pagamento da quantia exequenda, juros e despesas, no escritório do Agente de Execução, acima identificado. Os honorários e despesas do agente de execução nesta data ascendem a 5.574,48 euros sem prejuízo de posterior revisão de acordo com a Portaria n.º 708/2003 de 04/08. Este edital encontra-se afixado na porta da casa da última residência conhecido do citando e na respectiva Junta de Freguesia. O AGENTE DE EXECUÇÃO DUARTE PINTO Céd. 4929 Rua de Camões, 218 – 2.º Sala 5 4000-138 Porto Telefone 224958069 Telefax: 224910250

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 20/03/2013

ANÚNCIO/ EDITAL Vende-se no Pº 160/11.5TBBAO Insolv: “Manuela Cristina Pinto da Mota” os seguintes bens: 1 Lote composto por duas viaturas com matrícula 75-05-OP e, 17-97-OF, em mau estado de conservação, pelo preço mínimo de 500€. As propostas são sempre confirmadas, via CTT (questão de certeza) até ao próximo dia 5 de Abril de 2013, para, António Bonifácio, C. S. Martinho 127 – 9000-273 Funchal www.antoniobonifacio.pt (recuperação de empresas)

JORGE FIGUEIREDO Agente de Execução Cedula: 2090

O Primeiro de Janeiro | 9

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 20/03/2013

Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia – Juízo Execução Processo nº 4288/08.0TBVNG EXECUÇÃO COMUM para pagamento de quantia certa VALOR: 76.250,01€ Exequente: Caixa Geral de Depósitos, S.A. Executados: Euclides Dias Bernardo, Bruno José Leal Bernardo e Maria Fernanda dos Santos Leal Rodrigues N.º Processo Interno: PE163908 1.ª Publicação

ANÚNCIO Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 23 de Abril de 2013, pelas 14horas00minutos, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia, sito na Rua Conselheiro Veloso da Cruz, n.º 801, 4404502 Vila Nova de Gaia, pelos interessados na compra do seguinte bem: Verba única: Fracção autónoma designada pela letra “P” correspondente a habitação no 1.º andar direito frente com entrada pelo n.º 39 da Rua do Fial, lugar de garagem na cave com entrada pelo n.º 330 da Rua da Alemã, do prédio constituído em regime de propriedade horizontal sito na Rua do Fial n.º 39 e 83 e Rua da Alemã n.º 310 e 330, da freguesia de Mafamude, Concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz urbana sob o artigo 7502 e descrito sob o n.º 02520/070390 na 2.ª Conservatória de Registo Predial de Vila Nova de Gaia, sendo o bem adjudicado à melhor proposta recebida, sendo certo que a Exequente Caixa Geral de Depósitos, S.A., apresentou a proposta de aquisição no montante de €53.000. O bem foi penhorado ao executado Bruno José Leal Bernardo. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem do Agente de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base do bem, ou garantia bancária no mesmo valor. Os proponentes deverão indicar o seu nome completo, morada, números de Bilhete de Identidade e contribuinte e apresentar as propostas até ao dia e hora designados para a sua abertura. O Agente de Execução JORGE FIGUEIREDO Av. da República, 740, 3º, sala 33 – 4430-190 Vila Nova de Gaia Tel: 22 377 90 47 – Fax: 22 377 90 48 – email: 2090@solicitador.net Horário de atendimento: dias úteis das 11,30 às 12,30 e das 14,00 às 15,00 horas

Empresas e Pessoas com dificuldades económicas (art.º 1º Cire)

www.antoniobonifacio.pt


agenda

10 | O Primeiro de Janeiro

Telefones Úteis Hospitais

Farmácias de serviço PORTO PERMANENTE S. Lázaro – Av. Rodrigues de Freitas, 309 – Tel. 225 368 316 Vaz – Rua Costa Cabral, 2395 (à Areosa) – Tel. 225 495 139

São João Tel. 225 512 100 Pediátrico Maria Pia Tel. 226 089 900 Linha Azul 226 099 674

MAIA Castelo – Rua Augusto N Silva, 410 – Castelo da Maia – Sta. Maria do Avioso Tel. 229 813 561

Maternidade Júlio Dinis Tel. 226 087 400 Psiquiátrico Conde Ferreira Tel. 225 022 031 Magalhães Lemos Tel. 226 192 400

VALONGO Sobrado – Rua Santo André, 30 / SOBRADO / 4440-337 VALONGO Tel. 224 160 087

Privados Ordem do Carmo Tel. 222 008 113 Ordem da Lapa Tel. 225 502 828

GONDOMAR Cruz da Maia – Praça do Município, 252 – S. Cosme – Tel. 224 835 098

Ordem da Trindade Tel. 222 083 656 Prelada - Tel. 228 330 600 Militar Reg. Nº1 Tel. 226 063 011/ 12/13

MATOSINHOS Gramacho – Rua Pinto Araújo, 4 – Leça da Palmeira – Tel. 229 951 783

Santa Maria Tel. 225 504 844 São Francisco Tel. 222 008 441

VILA NOVA DE GAIA PERMANENTE Do Outeiro - R Outeiro 406, Pedroso 4415-282 PEDROSO Tel. 227 836 078 Das Devesas – Morada Rua Barão do Corvo, 918 Vila Nova de Gaia 4400-Telefone 223 745 407 Campolinho – Av. Antunes C. Moreira, 915 – Valadares – Tel. 227 110 123

CONCELHO DE MATOSINHOS Distrital -Tel. 229 372 091 Pedro Hispano Tel. 229 391 000 Linha Azul 229 391 100 CONCELHO DE V. N. GAIA Eduardo Santos Silva Tel. 227 865 100 227 839 001 Vila Nova de Gaia Tel. 223 778 100/ 223 754180

Hoje AMARANTE São Gonçalo – Estrada nacional 15 333, Madalena 4600 Amarante Tel. 225 425 418 FELGUEIRAS J. Reis – Rua Rebelo Carvalho / 4610-212 Felgueiras Tel. 255 922 640 LOUSADA Fonseca – Rua Santo António, 554 – Silvares / 4620-651 Lousada Tel. 255 912 141 MARCO DE CANAVESES Farmácia Cabanelas - Lugar de Eiro Soalhães - Tel. 255511565 PAREDES Ruão – Rua 1.º Dezembro – Castelões, Cepeda – Tel. 255 777 578 PENAFIEL Sameiro – Rua D. António F Gomes, 230-B – Tel. 255 713 071/2/3 SANTO TIRSO Central – Tel. 252 852 923 TROFA Trofense – Rua Costa Ferreira, C. C. Loja 2 – Tel. 252 412 543

Banda Desenhada

ZÉ do boné

Sr. Perfeito

Passatempos

Televisão

Serviço permanente

Santo António Tel. 222 077 500 Linha Azul 222 084 601

Quarta-feira, 20 de Março de 2013

RTP1

RTP1

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Éramos Seis 15:15 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal + 21:00 De Caras 21:30 AntiCrise 22:00 Sinais de Vida 22:45 Portugal de... 23:30 5 Para a Meia-Noite 00:30 Ossos 01:15 Perseguição 02:00 De Mal a Pior - Um projeto da Academia RTP 02:15 O Direito de Nascer 03:45 Televendas 06:05 Nós

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Éramos Seis 15:15 Portugal no Coração 17:30 Futebol: Seleção Nacional (Sub 21)DiretoPortugal x Suécia 19:15 O Preço Certo 21:00 Linha da Frente 21:30 AntiCrise 22:00 Sinais de Vida 22:55 Música Maestro - Estreia 23:45 5 Para a Meia-Noite 00:50 Ossos 01:40 Perseguição 02:20 Ciclismo: 31.ª Volta ao Alentejo 02:30 De Mal a Pior - Um projeto da Academia RTP 02:45 O Direito de Nascer 04:00 Televendas 06:05 Nós

RTP2 07:00 Zig Zag 14:00 Sociedade Civil 15:30 Nós (R/) 16:00 RTP Premium 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Portugal de... 19:40 Biosfera (R/) 21:00 National Geographic 22:00 24 - Sumário 22:07 Cinco Noites, Cinco Filmes 00:00 24 Horas 01:00 Portugal Selvagem 01:30 Esec-tv 02:00 Euronews

SIC 06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:15 Dance 09:00 A Vida nas Cartas - O DIilema 10:15 Querida Júlia 13:00 PRrimeiro Jornal 14:40 Vingança 15:45 Boa Tarde 18:30 Cheias de Charme 20:00 Jornal da Noite 21:30 Dancin' Days 22:15 Sorteio do Totoloto 22:30 Avenida Brasil 23:30 Páginas da Vida 00:40 Mentes Criminosas 01:20 Mentes Criminosas Conduta Suspeita 02:10 O Encantador de Cães 03:00 Podia Acabar o Mundo 04:00 Televendas

TVI

A Flo anda a ter aulas de cozinha

Está a aprender a fazer comidas sofisticadas

Eu só preciso de ter aulas para aprender a comer aquilo

Amanhã

06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Ninguém Como Tu 15:15 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Doce Fugitiva 19:00 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:45 Destinos Cruzados 22:45 Louco Amor 23:45 Equador 00:45 Série - Apanha-me Se Puderes 01:45 Guestlist 02:30 Filme - Uma Rainha de Peso 04:00 Amanhecer 05:00 É a vida Alvim!

RTP2 07:00 Zig Zag 14:00 Sociedade Civil 15:30 Eurodeputados (R/) 16:00 RTP Premium 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Conta-me História 19:30 Iniciativa 20:00 Zig Zag 20:45 National Geographic 21:30 Ciclismo: 31.ª Volta ao Alentejo 21:42 Cinco Noites, Cinco FilmesInclui 24 - Sumário (no intervalo) 00:00 24 Horas 01:00 Portugal Selvagem 01:30 Olhar o Mundo (R/) 02:00 Euronews

SIC 06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:15 Dance 09:00 A Vida nas Cartas - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:40 Vingança 15:45 Boa Tarde 18:30 Cheias de Charme 20:00 Jornal da Noite 22:15 Dancin' Days 23:00 Avenida Brasil 23:30 Páginas da Vida 00:40 Mentes Criminosas 00:45 Mentes Criminosas - Conduta Suspeita 02:00 Cartaz Cultural 03:00 Podia Acabar o Mundo 04:00 Televendas

TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Ninguém Como Tu 15:15 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Doce Fugitiva 19:00 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:45 Destinos Cruzados 22:45 Louco Amor 23:45 Equador - Mini série 00:45 Série - Apanha-me Se Puderes 01:45 Autores III 02:45 Amanhecer 05:00 É a vida Alvim!


agenda

Quarta-feira, 20 de Março de 2013

Cinemas PORTO DOLCE VITA Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 21h20, 00h35

Sugestões Os Smurfs M/6 Sessões: 10h30, 12h50, 15h20, 18h (V.Port./3D)

Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 14h, 16h30, 19h (V.Port./3D)

Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h15, 15h40, 18h30, 21h30, 00h10

Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 22h, 00h35

Um Dia M/12 Sessões: 13h40, 16h20, 19h, 21h20, 23h50

Os Smurfs M/6 Sessões: 12h50, 15h30, 18h30 (V.Port./3D) Um Dia M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h05, 21h50, 00h30 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h30, 15h10, 17h50, 21h10, 23h50 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h30, 00h10 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h50, 21h40, 00h25 Assim é o Amor M/12 Sessões: 12h40, 15h25, 18h10, 21h, 23h50 MAIA MAIASHOPPING Os Smurfs M/6 Sessões: 13h30, 16h, 18h40, 21h20, 23h50 (V.Port./3D) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h20, 19h, 21h50, 00h35 Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 21h10, 00h10 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 13h40, 16h30, 19h10, 21h40, 00h20 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h10, 15h50, 18h50, 21h30, 00h30 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h50, 16h10, 18h30 (V.Port.)

MATOSINHOS MAR SHOPPING O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h40, 16h20, 19h10, 22h, 00h30 Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 22h45 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h40, 15h10, 17h40, 20h (V.Port./3D) Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h20, 24h Os Smurfs M/6 Sessões: 13h10, 15h50, 18h30 (V.Port.) Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 12h50, 15h30, 18h20, 21h30, 00h10 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h10, 21h, 23h40 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 18h50, 21h40, 00h20 ) VILA NOVA DE GAIA LUSOMUNDO GAIASHOPPING Carros 2 M/6 Sessões: 13h15, 15h45 (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 18h25, 20h55, 24h Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 15h50, 18h50, 21h55, 00h35

NORTESHOPPING Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h10, 22h30

Super M/12 Sessões: 21h50, 00h25

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h40, 15h10, 18h10, 22h, 00h35

Os Smurfs M/6 Sessões: 13h05, 15h35, 18h15, 20h50, 23h50 (V.Port./3D)

O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h10, 15h30, 18h20, 21h40, 00h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 16h, 18h50, 22h, 00h45 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 10h50, 13h20, 15h50, 18h40 (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 21h10, 23h40

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h55, 15h40, 18h40, 21h30, 00h10 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h55, 15h, 17h20, 19h40 (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h, 21h45, 00h40 Animais Unidos M/6 Sessões: 12h45, 14h55, 17h10, 19h25 (V.Port./3D) Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sessões: 21h40, 00h30

Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h50, 15h05, 17h25, 19h45, 22h, 00h20 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h25, 16h05, 18h45, 21h20, 00h15 UCI ARRÁBIDA 20 O Último Destino 5 M/16 Sala: Sala 1 Sessões: 14h, 16h30, 19h, 21h35, 00h35 A Ressaca - Parte II M/16 Sala: Sala 2 Sessões: 22h20, 00h40 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sala: Sala 2 Sessões: 13h40, 15h50 (V.Port.), 18h, 20h10 (V.Port./3D) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sala: Sala 3 Sessões: 13h55, 16h25, 18h55, 21h25, 24h Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sala: Sala 4 Sessões: 14h10, 16h40, 19h05, 21h35, 00h05 Sem Prada nem Nada M/12 Sala: Sala 5 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 21h50, 00h20 Larry Crowne M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 18h30 Tinhas Mesmo Que Ser Tu M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 13h50, 16h10, 21h30, 00h15 A Árvore da Vida M/16 Sala: Sala 7 Sessões: 18h45

Carros 2 M/6 Sala: Sala 8 Sessões: 13h40 (V.Port.) Eu Vi o Diabo M/16 Sala: Sala 8 Sessões: 16h10, 19h05, 22h, 00h55 Cowboys & Aliens M/12 Sala: Sala 9 Sessões: 14h, 16h30, 18h55, 21h25, 00h15 Assim é o Amor M/12 Sala: Sala 10 Sessões: 13h50, 16h35, 19h20, 22h, 00h40 Chefes Intragáveis M/12 Sala: Sala 11 Sessões: 14h10, 16h40, 19h15, 21h45, 00h20 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 12 Sessões: 14h05, 16h45, 19h20, 21h55, 00h35 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 13 Sessões: 13h45, 16h20, 18h55, 21h35, 00h15 (2D) Bem-vindo ao Sul M/12 Sala: Sala 14 Sessões: 14h15, 16h40, 19h10, 21h40, 00h10 Os Smurfs

HOJE TODO O TERRITÓRIO: Céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde. Períodos de chuva,por vezes forte a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, passando a aguaceiros. Queda de neve nos pontos mais altos da serra da Estrela, descendo gradualmente a cota para os 800 metros a partir da tarde. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) de sudoeste, temporariamente moderado a forte (30 a 45km/h) no litoral, rodando para noroeste, sendo forte (35 a 50 km/h) nas terras altas. Pequena subida da temperatura mínima. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros fracos a partir do início da manhã, em especial nas vertentes norte. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, rodando para leste. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva, passando a aguaceiros. Vento sudoeste FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 80 km/h, rodando para oeste e tornando-se muito fresco (40/50 km/h). GRUPO CENTRAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva. Vento sudoeste muito fresco a FORTE (40/65 km/h) com rajadas até 80 km/h. GRUPO ORIENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Aguaceiros. Vento do quadrante sul fresco (30/40 km/h), tornando-se FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 75 km/h.

TODO O TERRITÓRIO: Céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde. Períodos de chuva,por vezes forte a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, passando a aguaceiros. Queda de neve nos pontos mais altos da serra da Estrela, descendo gradualmente a cota para os 800 metros a partir da tarde. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) de sudoeste, temporariamente moderado a forte (30 a 45km/h) no litoral, rodando para noroeste, sendo forte (35 a 50 km/h) nas terras altas. Pequena subida da temperatura mínima. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros fracos a partir do início da manhã, em especial nas vertentes norte. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, rodando para leste. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva, passando a aguaceiros. Vento sudoeste FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 80 km/h, rodando para oeste e tornando-se muito fresco (40/50 km/h). GRUPO CENTRAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva. Vento sudoeste muito fresco a FORTE (40/65 km/h) com rajadas até 80 km/h. GRUPO ORIENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Aguaceiros. Vento do quadrante sul fresco (30/40 km/h), tornando-se FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 75 km/h.

M/6 Sala: Sala 15 Sessões: 14h, 16h30, 18h55 (V.Port.), 21h20, 24h Amigos Coloridos M/12 Sala: Sala 16 Sessões: 13h50, 16h20, 18h50, 21h45, 00h25

“Ourindústria”

Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sala: Sala 17 Sessões: 15h, 17h55, 21h25, 00h15 Animais Unidos M/6 Sala: Sala 18 Sessões: 14h10, 16h20 (V.Port./3D) Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sala: Sala 18 Sessões: 18h35, 21h15, 00h10 A Melhor Despedida de Solteira M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 13h50, 16h35 Super 8 M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 19h20, 21h55, 00h30 Um Dia M/12 Sala: Sala 20 Sessões: 14h, 16h40, 19h10, 22h, 00h40

GONDOMAR LUSOMUNDO - PARQUE NASCENTE Os Smurfs M/6 Sessões: 13h25, 16h, 18h35, 21h10, 23h50 (V.Port.) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h45, 16h30, 19h15, 21h55, 00h40 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h50, 16h20, 19h30, 22h, 00h30

Sem Remorsos M/12 Sala: Sala 7 Sessões: 14h05, 16h25, 21h40, 00h10

Tempo

AMANHÃ

O Primeiro de Janeiro | 11

Amigos Coloridos M/12 Sessões: 12h50, 15h20, 17h50, 21h20, 24h Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 21h15, 24h Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h10, 15h30, 18h (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 15h, 17h40, 20h30, 23h Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h25, 21h, 00h05 Um Dia M/12 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 22h10, 00h45 Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h50, 00h20 Carros 2 M/6 Sessões: 13h40, 16h25, 19h (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 14h30, 17h30, 20h40, 23h40 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 14h45, 17h15, 20h, 22h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h15, 15h50, 18h40, 21h40, 00h25

Março é o mês em que, uma vez mais, a Ourivesaria de Gondomar irá estar em evidente destaque. Entre os dias 21 e 24 de março realiza-se, no Multiusos, mais uma edição da “Ourindústria” – iniciativa promovida pelo Pelouro do Desenvolvimento Económico da Câmara de Gondomar em parceria com a Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal. Os primeiros três dias do certame estarão reservados aos profissionais do setor e, no dia 24, a “Ourindústria” abre a um público mais generalizado. À semelhança de edições anteriores, o evento junta os diversos setores associados à Ourivesaria no Multiusos. A edição deste ano contará com um total de 86 expositores e abrirá portas às 15h00.

2ª Edição do Fórum Mundial Lisboa Nos próximos dias 16 e 17 de Abril a Fundação Serralves recebe a 2ª Edição do Fórum Mundial Lisboa. Depois da última edição e do sucesso da Cimeira Rio +20, o Fórum Mundial Porto 21 vai organizar um debate sobre Cidades e Desenvolvimento Sustentável na Fundação Serralves, no Porto, nos dias 16 e 17 de Abril. Sendo o objetivo abrir a discussão àquilo que é necessário implementar pós Cimeira Rio +20, pretendendo-se reencontrar um novo modelo para o desenvolvimento sustentável através do que nos une, “a cultura, como a melhor herança moral para a sociedade”. Rui Rio, Presidente da Câmara Municipal do Porto, Luís Braga da Cruz, Presidente da Fundação Serralves, Nuno Ribeiro da Silva, Presidente da Endesa Portugal, Nuno de Azevedo, Administrador delegado da Fundação Casa da Musica e Eduardo Oliveira Fernandes, Presidente da Agência da Energia do Porto, são alguns dos nomes convidados a participar no debate, entre palestrantes nacionais e internacionais.


1868

Há 144 anos, todos os dias consigo.

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

ENTRE O PASSADO E O FUTURO Tenho assistido na televisão aos debates entre os candidatos à presidência do Comité Olímpico de Portugal. Independentemente do caso das mulheres o do dinheiro que um dos candidatos quer ganhar e dar a ganhar, aquilo que mais me impressionou foi o descaramento com que o candidato Marques da Silva ignora o facto de ter estado no COP desde 1997. Ele bem se esforça por dar um certo ar de modernidade, de inovação e de futuro, mas a única coisa que deixa passar são António Cunha umas tantas ideias sem nexo que, ao fim de tantos anos, devia ser capaz de explicar melhor. Mas não. Marques da Silva limita-se a aproveitar o balanço das posições de José Constantino para repetir e reafirmar a necessidade de mudar e melhorar aquilo que ele, em quinze anos de permanência no COP, não foi capaz de fazer. É estranho que alguém se apresente à liderança do COP sem uma única ideia original, sem um único projeto concretizado sob a sua inteira responsabilidade e sem uma única realização possível de verificar e avaliar. Marques da Silva limita-se, sem qualquer pudor, a explorar as ideias lançadas por José Manuel Constantino assumindo-as e prometendo fazer no futuro aquilo que nunca ninguém o viu fazer no passado. Portanto, o Movimento Olímpico está perante dois candidatos que se apresentam de uma forma completamente diferente: • Marques da Silva, sem ideias e sem um projeto credível, garante a continuidade de uma gestão que vem do passado e que já não é possível suportar mais. Aqueles que votarem nele garantem a mais genuína mudança na mais pura continuidade. • José Constantino traz ideias arejadas, projeta-as no futuro e garante a mudança na afirmação de uma identidade perdida para o COP. Aqueles que votarem nele garantem a mais genuína mudança na mais credível das competências do desporto nacional. Os tempos que aí veem vão ser tremendamente difíceis. Mas entre o passado e o futuro, quero dizer, entre os quinze anos de oportunidades perdidas de Marques da Silva e os quatro anos de esperança num futuro melhor de José Constantino sempre prefiro a segunda hipótese.

Diretor: Rui Alas Pereira (CP-2017). E-mail: ruialas@oprimeirodejaneiro.pt Redatores: Joaquim Sousa (CP-5632), Andreia Cavaleiro (CP-6983), Cátia Costa (Lisboa) e Vasco Samouco. Fotografia: Ivo Pereira (CP-3916) Secretariado de Direção: Sandra Pereira. Secretariado de Redação: Elisabete Cairrão. Publicidade: Conceição Carvalho (chefe), Elsa Novais (Lisboa, 918 520 111) e Fátima Pinto. E-mail: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt Morada: Rua de Santa Catarina, 489 2º - 4000-452 Porto. Contactos: redação - Tel. 22 096 78 47 - Tm: 912 820 510 E-mail: geral.cloverpress@oprimeirodejaneiro.pt - Publicidade - Telefone: 22 096 78 46, Fax: 22 096 78 45 Propriedade: Globinóplia, Unipessoal Lda. Edição: Cloverpress, Lda. NIF: 509 229 921 Depósito legal nº 1388/82 Impressão: Coraze, Telefs.910252676 / 910253116 / 914602969, Oliveira de Azeméis. Distribuição: Vasp. Tiragem: 20 000

EUROMILHÕES

19

32

35

37

44

1

9

Papa deixa mensagem aos líderes mundiais

“Não devemos ter medo da ternura” O papa pediu aos responsáveis económicos, políticos e sociais que “não permitam que os sinais de destruição e morte acompanhem o curso do mundo”, sublinhando que todos devem “respeitar todas as criaturas de Deus e o ambiente”. “Tudo foi confiado à guarda do Homem. Quando o homem falha nesta responsabilidade, quando não tomamos conta da criação e dos irmãos, então a destruição encontra um lugar”, afirmou o líder da Igreja católica. “Em todas épocas, há ‘Herodes’ que traçam desígnios de morte, destroem e desfiguram o rosto do homem e da mulher”, acrescentou Francisco na homília durante a eucaristia inaugural do pontificado, perante 132 delegações estrangeiras, presentes na praça de São Pedro, no Vaticano. O papa, o primeiro jesuíta da História, dirigiu esta oração “a todos aqueles que ocupam papéis de responsabilidade no domínio económico, político ou social”. O “verdadeiro poder” de um papa é “o serviço humilde, concreto”, declarou, aconselhando os religiosos a “não terem medo da ternura”. Francisco considerou que um papa “deve abrir os braços para (...) receber com afeto e ternura toda a humanidade, especialmente os mais fracos, os mais pobres, os mais pequenos”. “Não devemos ter medo da bondade, e nem da ternura”, exclamou.

O papa Francisco chegou pelas 09h00 (08h00 em Lisboa) à praça de São Pedro, tendo saudado, a partir do “papamóvel”, milhares de fiéis e responsáveis de vários países, presentes no local para assistir à missa de início do pontificado. Antes da missa, o papa recebeu o anel do pescador, em prata dourada, e do pálio petrino, insígnias oficiais do líder de 1,2 mil milhões de católicos. PAPA RECEBE DILMA ROUSSEFF

O papa Francisco recebe hoje, em audiência privada, a Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, revelou à agência noticiosa espanhola EFE o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi. A audiência realiza-se pelas 11h00 (10h00 em Lisboa) no Vaticano e durante o encontro vão falar, entre outros temas, das Jornadas Mundiais da Juventude, no Rio de Janeiro, em julho. A chefe de Estado liderou a delegação brasileira que assistiu hoje, no Vaticano, à missa de início de pontificado do papa argentino. Num breve encontro com jornalistas brasileiros em Roma, Rousseff afirmou que gostaria de falar com o papa Francisco sobre “pobreza e fome”, dois assuntos sobre os quais o pontífice se mostrou “particularmente sensível”. As 28.ª Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) decorrem entre 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro, sob o lema: “Ide e fazei discípulos entre todas as nações”.

Bento XVI tinha previsto deslocarse à cidade brasileira e o porta-voz do Vaticano lembrou que, até agora, o papa sempre participou nas JMJ. SEGURANÇA NÃO PODE SER IMPOSTA

As medidas de segurança não podem ser impostas a um papa, mas sim adaptadas ao estilo pessoal de cada pontífice, afirmou o porta-voz do Vaticano, o padre Federico Lombardi. “É preciso respeitar o estilo pessoal de cada papa. Os responsáveis da segurança sabem que cabe ao papa decidir e eles têm que se adaptar”, sublinhou. A responsabilidade pela segurança dos papas pertence a cerca de 100 guardas suíços, o ‘exército’ dos pontífices, auxiliados por perto de 100 guardas do Vaticano e 140 polícias italianos. Estes responsáveis procuram sempre o justo equilíbrio entre a segurança e a vontade dos papas de contactar diretamente com as pessoas. Quando ouviu gritar o seu nome, o papa Francisco não hesitou um minuto e aproximou-se da multidão, junto a uma barreira de segurança, para cumprimentar as pessoas. “O papa Francisco não dececiona os fiéis. Decidiu ir a pé até à multidão que o aclamava, além das barreiras do Vaticano. O serviço de segurança está à beira de um ataque de nervos e a multidão em delírio”, escreveu o diário Il Fatto Quotidiano.

Taxa previa angariar 5,8 mil milhões de euros

Chipre rejeita plano de resgate O parlamento cipriota rejeitou ontem o plano de resgate dos credores internacionais, que previa a aplicação de um imposto sobre depósitos bancários superiores a 20 mil euros. No início do debate, o presidente do parlamento tinha já apelado aos deputados para votarem contra a “chantagem” do acordo negociado com a ‘troika’. Entretanto, a Comissão Europeia sublinhou que a taxa sobre os depósitos bancários no Chipre tem de angariar os 5,8 mil milhões de euros acordados com o Eurogrupo, independentemente de ser ou não aplicada aos pequenos aforradores. Essa

quantia é “uma parte chave do compromisso com as autoridades cipriotas para mobilizar recursos internos” no financiamento do programa, disse o porta-voz da Comissão, Simon O’Connor. A reafirmação surge pouco depois de o governador do Banco Central do Chipre, Panicos Demetriades, ter advertido que não vai ser possível recolher os 5,8 mil milhões se o Governo isentar do pagamento da taxa especial os depósitos mais pequenos. O porta-voz europeu não quis comentar os pormenores do possível desenho final do imposto extraordinário, afirmando que “há uma discus-

são democrática em curso no Chipre entre os atores políticos e as autoridades”. O’Connor sublinhou contudo que, como foi decidido na segundafeira pelo Eurogrupo, a medida deve ter “o mesmo impacto financeiro” global, independentemente de isentar ou de reduzir a percentagem para os depósitos mais pequenos. Defendendo a decisão europeia, o porta-voz afirmou que ela se baseou no “tamanho desproporcionado do setor bancário em relação à economia cipriota”, que fazem desta “uma situação completamente única sem qualquer tipo de paralelismo” na União Europeia.

20-03-2013  

20-03-2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you