Issuu on Google+

DIEGO REYS JÁ É DRAGÃO FC Porto garante contratação de central internacional mexicano por cinco temporadas

Há 144 anos, sempre consigo. 1868 2012

Continente - 0,60 € (IVA INCLUIDO) – Ilhas - S. Miguel e Madeira - 0,75 € (IVA INCLUIDO) – Porto Santo 0,80 € (IVA INCLUIDO)

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

Diretor: Rui Alas Pereira | ISSN 0873-170 X |

|

DIÁRIO NACIONAL

Ano CXLV | N.º 12

Terça-feira, 18 de dezembro de 2012

BLOCO DÁ O PRIMEIRO PASSO E FICA À ESPERA DOS SOCIALISTAS

UN!DOS  João Semedo reuniu-se com António José Seguro e diz que os dois partidos têm posições "em muitos aspetos convergentes" em relação às autárquicas do próximo ano. O coordenador do BE defende a construção de um governo de esquerda, mas alerta que é preciso demitir este e marcar novas eleições. "Um governo de esquerda é um governo que se constrói e pratica uma política ao contrário da que está no memorando; um governo de esquerda defende as pessoas, o memorando destrói a economia; um governo de esquerda constrói e faz emprego, o memorando é o paladino das privatizações; um governo de esquerda defende os serviços públicos, foi tudo isto que dissemos ao PS", revela o líder bloquista.

OE2013 Cavaco diz que ainda não decidiu e que não cede a pressões

TAP PS volta a pedir suspensão do processo de privatização

FÉRIAS Cantinas escolares garantem refeições aos alunos mais necessitados


local Porto

2 | O Primeiro de Janeiro

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

Orçamento da Câmara do Porto para 2013 votado em Assembleia Municipal

BE vota contra DR

José Castro afirmou que o orçamento de 2013 “é uma peça marcante de como fazer com que a cidade fique também mais pobre”.

O Bloco de Esquerda (BE) anunciou ontem que vai votar contra o orçamento da Câmara do Porto para 2013 que à hora do fecho desta edição estava em discussão e votação na Assembleia Municipal, por considerar que “sufoca a cidade”. Em conferência de imprensa, o deputado municipal do BE José Castro afirmou que o orçamento para 2013 “é uma peça absolutamente marcante, num processo característico desta coligação PSD/CDS, de como fazer com que a cidade fique também mais pobre”. “Todos os números e indicadores mostram que a cidade do Porto está mais desigual e os problemas sociais agravaramse” ao longo dos “12 anos” deste executivo liderado pelo socialdemocrata Rui Rio, disse. Para os deputados do BE, os números deste orçamento “estão muito distantes da imagem que este executivo conseguiu passar para o país, de uma gestão

Paredes

Festa de Natal para os seniores

Câmara do Porto. BE critica verbas com despesas de pessoal

rigorosa e competente”. O BE salienta o facto de a proposta de orçamento para 2013 ser de 178,5 milhões de euros, quando, em 2002, quando Rui Rio tomou posse, o orçamento era de 250 milhões de euros. “Tem sido uma queda brutal”, disse, acrescentando que também a verba destinada ao investimento “tem caído a pique” e que, “com tão violento corte, o PSD e CDS escolheram asfixiar financeiramente a cidade do Porto”. O BE criticou ainda a verba

com despesas com pessoal, afirmando que “há um sinal bem forte da desastrosa gestão financeira da Câmara”. É que, apesar da “redução forçada dos vencimentos e a suspensão das valorizações remuneratórias dos trabalhadores, o valor orçamentado para 2013 é de 62,6 milhões de euros, o mesmo valor de 2003”. José Castro salientou que, em 2003, a Câmara tinha menos 800 trabalhadores do que atualmente, sendo de “concluir que não são os trabalhadores do muni-

cípio que ganham muito, mas são os ‘boys’ e ‘girls’ do PSD e CDS que entraram para a Câmara que são muito bem pagos”. Os deputados bloquistas alertaram ainda que “a coligação vai deixar uma herança bem pesada aos próximos executivos”, já que “a dívida bancária de médio e longo prazo (até 30 anos) é de mais de 90 milhões de euros”. “Os futuros executivos terão dificuldades muito sérias com este passivo”, sublinhou.

Universidade do Porto

Plataforma online da Maia

Mais de 5.100 registos desde 2005 DR

A plataforma de comunicação “online” da Câmara da Maia, que desde 2005 permite que os munícipes façam sugestões, pedidos ou reclamações, já recebeu mais de 5.100 registos, anunciou ontem a autarquia. Denominada Sistema de Gestão de Ocorrências (SGO), esta plataforma cobre todas as funcionalidades e serviços do município, funcionando 24 horas por dia, 365 dias por ano. O serviço, gratuito, é disponibilizado através do sítio institucional da Câmara da Maia na internet. De acordo com a autarquia,

O município de Paredes, através do seu Pelouro de Ação Social, organiza hoje, a partir das 15h00, no Pavilhão Municipal Rota dos Móveis, a habitual Festa de Natal dos Seniores, uma iniciativa direcionada aos idosos com idade igual ou superior a 60 anos e que anualmente junta perto de 2 mil pessoas das 24 freguesias do concelho. O espetáculo será este ano concentrado numa única tarde de convívio, com música, dança, animação e o já tradicional lanche com doces típicos de Natal.

Maia. Serviço online é gratuito

as comunicações dos munícipes através do SGO “ficam automaticamente registadas, são distribuídas e acompanhadas internamente”. “O processo é encerrado pela resposta ao munícipe”, sublinhou a fonte. A plataforma, que é gerida pelo próprio gabinete de apoio ao presidente da Câmara, recebeu no 1.º ano 579 registos, sendo que este ano já se contabilizam 919. O município anunciou ainda que irá distribuir um Cabaz de Natal, constituído por géneros alimentares típicos desta época

festiva, como bacalhau, azeite, queijo, nozes, aletria, uva passa, entre outros, a toda a população com dificuldades económicas. Este ano serão distribuídos 1600 Cabazes de Natal. Esta acção, segundo a autarquia, “permite a muitas maiatas e maiatos usufruírem de uma Ceia de Natal com dignidade, assumindo-se assim como uma complementaridade à distribuição mensal de cabazes alimentares, que resulta da parceria estabelecida entre a Câmara Municipal da Maia, as entidades solidárias do município e o Banco Alimentar contra a Fome”.

Concurso de ideias para ensinar a poupar A universidade do Porto lançou um concurso de ideias para promoção da literacia financeira, cujas candidaturas terminam a 29 de março de 2013, com o objetivo de ensinar a poupar. “A Universidade do Porto quer ensinar a comunidade a poupar e está à procura das melhores ideias para o fazer”, lê-se no portal daquela instituição de ensino superior, que quer promover a literacia financeira através de projetos “inovadores junto da comunidade”.


regiões

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 3

Caixa Multibanco de uma Junta em Santiago do Cacém

Assalto com explosão Grupo de três ou quatro pessoas assaltou Multibanco em São Domingos com recurso a explosivos e fugiu com as gavetas do dinheiro. Numa praia de Aljezur

Corpo encontrado perto do local da queda O corpo do pescador que caiu ao mar em Aljezur no domingo foi encontrado, às 08h25 de ontem, pela Polícia Marítima de Lagos, próximo do local da queda, informou a Marinha Portuguesa na sua página na Internet. O pescador lúdico terá caído numa falésia, de uma altura de cerca de seis metros, enquanto pescava, de acordo com duas testemunhas, que se encontravam no local também a pescar, e que deram o alerta às autoridades. Segundo as mesmas testemunhas, a vítima terá caído por volta das 06h00, quando ainda não havia praticamente claridade. As condições marítimas registadas no domingo naquela zona do litoral algarvio, com uma ondulação de cinco a seis metros, dificultaram as operações.

Uma caixa Multibanco instalada no edifício da Junta de Freguesia de São Domingos, em Santiago do Cacém, foi assaltada, durante a madrugada de ontem, com recurso a explosivos, tendo os assaltantes fugido com as gavetas do dinheiro, segundo relato da GNR. O assalto ocorreu às 03h40, perpetrado por “três ou quatro pessoas”, estando a investigação a cargo da Polícia Judiciária, adiantou o comandante do Destacamento Territorial da GNR de Santiago do Cacém, Pedro Almeida. Segundo o presidente da Junta de São Domingos, Joaquim Gonçalves, os assaltantes “levaram as caixas

Assalto. Presidente da Junta acredita que notas ficaram inutilizáveis porque máquina tinha dispositivo de tintagem

com o dinheiro”, que tinham sido abastecidas na sexta-feira passada, mas a máquina estava equipada com o dispositivo de tintagem de notas. “Até ficou tinta derramada no chão. Acho que não conseguem aproveitar o dinheiro”, afirmou, durante a manhã, o autarca, baseado nas informações prestadas pelo técnico da SIBS, empresa que gere a rede Multibanco a nível nacional. A caixa estava instalada no edifício da junta há 11 anos e esta foi a primeira vez que foi assaltada, esclareceu Joaquim Gonçalves. Além da máquina, os assaltantes deixaram estragos na porta da entrada e “muitos vidros partidos”, mas, de acordo com o autarca, não roubaram mais nada. O presidente da junta quer uma nova caixa Multibanco no local, pois “faz muita falta às pessoas” e não receia outro assalto. O autarca acredita que se todas as máquinas estivessem equipadas com o sistema de destruição das notas, deixaria de haver estes assaltos.

Pequeno-almoço nas escolas

Barcelos lança ajuda

Chuva provoca derrocada na ilha Terceira

A Câmara de Barcelos vai assegurar, a partir de 2013, o fornecimento do pequeno-almoço aos alunos mais carenciados que frequentam os jardins-de-infância e as escolas do 1.º ciclo do concelho. Segundo fonte municipal, até finais de janeiro a medida já abrangerá todos os agrupamentos do concelho, beneficiando os alunos sinalizados pelos respe-

tivos órgãos de gestão. Neste momento, estão sinalizados 80 alunos, um número que irá sendo atualizado. De uma forma geral, o pequeno-almoço será confecionado nas cantinas das escolas e constará de pão com manteiga ou queijo, leite ou iogurte e fruta. Por cada pequeno-almoço, a Câmara paga 50 cêntimos. Segundo o município, este programa sur-

Agentes encontravam-se fora de serviço

A precipitação que está a afetar as ilhas do Grupo Central dos Açores provocou, ontem, uma derrocada numa estrada na Terceira, sendo que a circulação ficou a decorrer de “forma condicionada”, revelou a Proteção Civil, explicando que, além da “ação de limpeza”, foi feita uma consolidação dos muros no local, para prevenir novas derrocadas. O Instituto de Meteorologia (IM) colocou, ontem as cinco ilhas (Terceira, Graciosa, S. Jorge, Pico e Faial) do grupo Central do arquipélago sob aviso amarelo, o segundo menos grave numa escala de quatro, devido à previsão de chuva “pontualmente forte”. Na sequência destas previsões o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores já emitiu um alerta a recomendar que sejam tomadas as precauções habituais em situações desta natureza, recomendando, em particular, aos pescadores para que redobrem os cuidados na faina.

GNR investiga alegada rixa com militares O comando da GNR de Bragança vai averiguar “disciplinarmente” um conjunto de queixas-crime apresentadas por quatro pessoas e relacionadas com uma alegada rixa entre militares que se encontravam “fora de serviço” e um grupo de cidadãos. Em causa uma alegada rixa, na noite de sexta-feira, que envolveu militares da Guarda Nacional Republicana do destacamento de Torre de Moncorvo e que encontravam fora de serviço. Os alegados confrontos ocorreram no centro histórico da vila transmontana, numa zona situada nas imediações de um estabelecimento de diversão noturna. A situação está ser investigada pela GNR.

ge numa altura em que “um crescente número de agregados familiares vive com graves dificuldades económicofinanceiras”, numa falta de recursos que, por vezes, se traduz-se “na deterioração da qualidade alimentar”. Paralelamente, a Câmara de Barcelos também contratualizou, por perto de 51 mil euros, a aquisição de fruta.


nacional

4 | O Primeiro de Janeiro

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

João Semedo reuniu-se com António José Seguro

Esquerda exige eleições DR

João Semedo disse que os dois partidos têm posições “em muitos aspetos convergentes” em relação às autárquicas do próximo ano. O coordenador do BE, João Semedo, defendeu ontem que a construção de um governo de esquerda é “um processo” que “exige” a demissão deste Governo, novas eleições e que “depois se façam as contas” para uma maioria social e política. “Um governo de esquerda é um governo que se constrói e pratica uma política ao contrário da que está no memorando, o memorando protege os bancos, um governo de esquerda defende as pessoas, o memorando destrói a economia, um governo de esquerda constrói e faz emprego, o memorando é o paladino das privatizações, um governo de esquerda defende os serviços públicos, foi isto que dissemos ao PS”, afirmou o líder bloquista. João Semedo, que falava aos jornalistas no final de uma reunião entre a nova direção do BE e a do PS, no Largo do Rato, disse que os dois partidos têm posições “em muitos aspetos convergentes” em relação às autárquicas do próximo ano, mas que “não há nenhuma proposta conhecida para qual-

Jardim

Promulgar e enviar depois é “inteligente”

João Semedo. Bloco de Esquerda próximo do PS

quer entendimento à esquerda”. O coordenador do BE disse ter confrontado o PS com a “urgência” de “demitir este Governo, fazer eleições e abrir espaço para um governo de esquerda”. “O PS dirá o que entender e seguramente vão ouvir o PS a seguir, eu não me substituo ao PS, o governo de esquerda é um processo, exige que este Governo seja demitido, que haja eleições e que depois dessas eleições se façam as contas e se encontre essa maioria social e política para um governo de esquerda”, respondeu.

Perante a insistência dos jornalistas sobre se esse objetivo é possível sem o PS, João Semedo respondeu: “Veremos quem está disponível para um governo de esquerda nas bases em que nós acabámos de defender, um governo que tenha uma política que olhe para a economia, o emprego, as pessoas e não faça o que o memorando está a fazer, que é mais défice, mais dívida, mais facilidades para quem tem muitos rendimentos, isso é exatamente o oposto”. “Um governo de esquerda que

tenha por programa o memorando não é um governo de esquerda, a política do memorando não muda em função do governo que concretiza esse programa, não é por ser o PS ou o PSD a executar o memorando que este passa a ser de direita ou de esquerda, o memorando é o que é, é mau para o país, os resultados estão à vista”, advertiu. Interrogado sobre quando será a reunião da direção do BE com o PCP, João Semedo disse que os dois partidos estão ainda “a acertar uma data conveniente”.

PSD

Ligações de Miguel Relvas à privatização

PS exige esclarecimentos sobre a TAP DR

O Partido Socialista desafiou ontem o primeiro-ministro a “esclarecer todas as ligações do seu ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, à privatização da TAP, assim como todas as questões relacionadas com o processo”. “No caso da privatização da TAP, estamos perante um caso em que o potencial vencedor da privatização antes de o ser já o era”, afirmou o deputado socialista Rui Paulo Figueiredo. Todos os dias “as notícias que vêm a público reforçam a confirmação de falta de transparência no processo e conhece-se

Rui Paulo Figueiredo. Dúvidas suscitam esclarecimentos

O presidente do Governo Regional comentou ontem que se o Presidente da República promulgar o Orçamento do Estado (OE) e só depois o enviar para o Tribunal Constitucional para fiscalização sucessiva será uma “atitude inteligente”. Alberto João Jardim considerou ser “muito grave” vetar um OE pelas consequências que isso traria ao país mas considerou no entanto que a sua promulgação não “impede que haja verificação a posteriori da constitucionalidade”.

a promiscuidade político-partidária existente”, acrescentou o deputado socialista, numa referência à notícia hoje publicada pelo jornal Público, que dá conta de um alegado envolvimento de Miguel Relvas e do ex-chefe da Casa Civil de Lula da Silva, José Dirceu - condenado a mais de dez anos de prisão no caso “Mensalão” - no processo de privatização da TAP. “Conhecemos as relações de promiscuidade entre o ministro Miguel Relvas e o potencial adquirente da TAP, Gérman Efromovich, e vários escritórios de advogados e de consultoria

brasileiros e portugueses”, disse Rui Paulo Figueiredo. “São relações de promiscuidade, que devem ser esclarecidas, e que constituem mais um motivo para a imediata suspensão deste processo de privatização”, acrescentou o deputado. “Exigimos que o primeiroministro, Pedro Passos Coelho, venha a público esclarecer todas as ligações do seu ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, à privatização da TAP, assim como todas as questões relacionadas com o processo”, concluiu o parlamentar socialista.

Comissão política e CN reúnem-se amanhã

A comissão política e o Conselho Nacional do PSD vão reunir-se amanhã e na agenda do órgão máximo do partido entre Congressos está a análise da situação política e a aprovação do orçamento do partido. Fonte social-democrata disse que este Conselho Nacional ordinário, já proposto para 20 de dezembro desde a última reunião deste órgão, teria de se realizar obrigatoriamente até ao final do ano para aprovar o orçamento do PSD. As eleições autárquicas do próximo ano deverão ser um dos temas em análise.


economia

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 5

Presidente do BCE salienta que os progressos ocorreram num ano “difícil”

“Portugal com resultados” Entre Zon e Optimus

Fusão com sinergias de 400 milhões de euros Os analistas da JP Morgan consideram que as sinergias resultantes da fusão da Optimus com a Zon Multimédia poderão ascender a 400 milhões de euros, de acordo com uma análise da casa de investimento, ontem, divulgada. Isabel dos Santos é acionista de referência da Zon, onde detém 28,8%, enquanto a Optimus é detida a 100% pela Sonaecom. Os analistas da JP Morgan dizem que este anúncio não foi uma surpresa para o mercado. Já para o Santander, “o acordo [da fusão] não estará concluído antes do quarto trimestre de 2013”

Zon dispara 6,15 por cento

Bolsa de Lisboa fecha sessão a valorizar

O índice de referência da bolsa portuguesa, o PSI20, encerrou, ontem, a valorizar 0,24% para 5.633,88 pontos. Entre as 20 cotadas que compõem o PSI20, oito encerraram a valorizar e 12 encerraram no vermelho, com os títulos da Zon em destaque. A Zon subiu 6,15% para os 2,975 euros e a Sonaecom ganhou 0,91% (após ter registado ganhos superiores a 10%) para os 1,55 euros. A Sonae apreciou 3,90% para 0,693 euros. Na Europa, o dia foi misto: Frankfurt e Madrid subiram e Londres e Paris desvalorizaram, por exemplo.

DR

Draghi disse, ainda, que mecanismo único de supervisão vai contribuir para restaurar a confiança no setor bancário da zona euro.

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, afirmou, ontem, em Bruxelas, que Portugal tem registado progressos, realçando a subida das exportações. “Grécia, Portugal, Irlanda, todos os países em situação de resgate, têm obtido resultados”, afirmou Mario Draghi na comissão de Assuntos Económicos e Monetários do Parlamento Europeu, em Bruxelas, salientando que os progressos ocorreram num ano “difícil”. Na sua intervenção, o presidente do BCE destacou o aumento das exportações e a redução dos custos laborais unitários verificada em países como Portugal, Espanha, Irlanda e Itália. “Por exemplo, as exportações de bens e serviços aumentaram 27% em Espanha desde 2009, 14% na Irlanda, 22% em Portugal e 21% em Itália”, afirmou, acrescentando que “estes quatro países experimentaram também avanços nos custos laborais unitários”. Neste contexto, defendeu que

Crise. Draghi realça “progressos” nos países em situação de resgate as reformas são a opção correta, motivo pelo qual os governos devem continuar os esforços na sua aplicação. “As reformas estão a ser levadas a cabo e estamos a trilhar pelo caminho certo”, declarou Mario Draghi. Em resposta ao eurodeputado português Diogo Feio (CDS-PP), o presidente do BCE reconheceu que os países sob programa enfrentam uma situação “difícil” e “dolorosa”, referindo que a instituição está “ciente” deste facto. Durante o debate, a eurodeputada socialista Elisa Ferreira confrontou Mario Draghi

com as consequências dos programas de resgate, defendendo que, “quando uma economia abranda, é preciso abrandar a dose de austeridade que lhe é imposta”. Na resposta, o presidente do BCE voltou a sublinhar os “progressos significativos” registados até ao momento, argumentando que um recuo poria “em causa a credibilidade” dos programas criados e que “qualquer reprogramação traria custos mais elevados”. Mario Draghi afirmou, ainda, que o mecanismo único de supervisão vai contribuir para restaurar

a confiança no setor bancário da zona euro. “A mutualização dos riscos exige confiança, e o mecanismo único de supervisão é um dos mecanismo que vamos usar para criar essa confiança, para criar confiança entre os bancos”, afirmou. Durante a sua intervenção, Mario Draghi disse que o BCE vai “fazer tudo, estabelecendo regras operacionais internas, para garantir uma separação efetiva entre política monetária e política de supervisão financeira” no quadro da criação do supervisor único.

Crescimento em Portugal é de apenas 1,1%

Custo da mão-de-obra abaixo da zona euro DR

O custo horário da mão-deobra na zona euro aumentou a um ritmo anual de 2% no terceiro trimestre deste ano, com Portugal a registar uma subida de 1,1%, devido à evolução do setor privado. Segundo os dados, ontem, revelados pelo Eurostat, o valor observado no conjunto dos países que partilham a moeda única no terceiro trimestre foi superior ao crescimento de 1,9% registado nos três meses anteriores. Já na UE, foi registado um crescimento anual de 1,9%, a mesmo subida observada no trimestre anterior. Em Portugal, o custo horário

Portugal. Custo da mão-deobra cresce devido à evolução do setor privado

da mão-de-obra no conjunto da economia registou uma subida anual de 1,1%, inferior às médias da zona euro e da UE a 27. As maiores subidas pertenceram à Estónia (+7,6%) e à Roménia (+7,2%), enquanto a Eslovénia registou a única quebra (-0,8%) entre os Estados-membros acerca dos quais o Eurostat divulgou dados. A subida registada em Portugal não evidencia, contudo, as disparidades existentes entre as atividades sujeitas a regras de mercado (setor privado), onde foi registada uma subida de 2%, e aquelas que não estão sujeitas

às regras de mercado (associadas ao setor público), onde foi observado um recuo de 0,7%. Nota para o facto de a queda registada em Portugal nas atividades que não estão sujeitas a regras de mercado ter sido a quarta maior entre os Estados-membros, depois das observadas na Eslovénia (-3,2%), em Itália (-1,2%) e no Reino Unido (-0,9%). O índice de custo da mão-deobra é um indicador conjuntural da evolução dos custos horários suportados pelos empregadores e é calculado dividindo o custo da mão-de-obra pelo número de horas trabalhadas.


futebol

6 | O Norte Desportivo

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

Vercauteren espera jogo difícil contra Marítimo mas quer Sporting vencedor

“Terminar bem o ano” DR

Vercauteren deseja equipa “ a dar tudo o que tem em campo, para vencer e pontuar no primeiro jogo da Taça da Liga”, na Madeira.

O treinador do Sporting, Franky Vercauteren, expressou, ontem, a vontade de “pontuar e terminar bem o ano”, na visita ao Marítimo, na primeira jornada da Taça da Liga. “Vai ser um jogo bastante difícil. O nosso adversário tem muita qualidade e sabemos que vão fazer de tudo para ganhar. O Sporting vai ter de contrariar esta posição e dar tudo o que tem em campo, para vencer e pontuar neste primeiro jogo da Taça da Liga. É uma nova competição na qual queremos pontuar e terminar bem o ano”, disse o belga, ao sítio do Sporting, na antevisão de jogo de hoje. Franky Vercauteren falou dos objetivos na Taça da Liga: “Todas as competições em que o Sporting entra é para ganhar. Estamos confiantes e vamos dar tudo para vencer os nossos adversários e passarmos para a fase seguinte da competição.” Como desejo de Natal, o treinador pediu aos sportinguistas para que “continuem a apoiar a equipa,

Contrato de cinco épocas

Mexicano Diego Reyes assina pelo FC Porto

Taça da Liga. Sporting procura contornar momento negativo na Madeira pois a vontade é dar muitas alegrias no ano novo”. Recorde-se que cumpridas 12 jornadas do campeonato, o Sporting é 10.º com apenas 12 pontos. Hoje, estreia-se no Grupo C da Taça da Liga, no terreno do Marítimo, único troféu que pode vencer esta temporada, depois de eliminado da Taça de Portugal e da Liga Europa. Marítimo espera «leão ferido»

Do lado do Marítimo, Pedro Martins previu dificuldades para a sua equipa no jogo frente ao Sporting, que considera ser um conjunto

“ferido”, mas “com qualidade”. “O Sporting é uma equipa composta por jogadores de grande qualidade e a época que estão a fazer não está de acordo com a qualidade que o grupo tem, por isso espero uma equipa ferida a jogar nos Barreiros”, adiantou Pedro Martins. “Para nós é importante vencer este jogo, atendendo que se trata de uma fase que é muita curta. Na minha opinião, quem vencer dará um passo importante para a qualificação”, explicou, realçando as ambições da equipa na prova. Apesar do mau momento dos

«leões» de Lisboa, o treinador dos «verde-rubros» não espera facilidades: “Não estou à espera de um adversário com níveis de confiança elevados, mas sim uma equipa que vai estar em alerta máximo. Por isso, não antevemos facilidades, esperamos sim muitas dificuldades”. Pedro Martins afirmou ainda que a Taça da Liga é uma competição muito importante para o Marítimo. “A equipa necessita de estar numa final de uma competição. Esta Taça será nosso foco”, sublinhou o técnico, que convocou os 22 jogadores disponíveis.

Recado de Florentino Pérez

Fernando Gomes faz balanço de um ano na FPF

“Estamos orgulhosos do que fizemos” DR

A direção da Federação Portuguesa de Futebol, presidida por Fernando Gomes, assinalou, ontem, “orgulhosamente” o primeiro ano de mandato, assegurando motivação para os próximos três. “Temos de estar orgulhosos do que fizemos e extremamente motivados para o que ainda temos de fazer”, afirmou Fernando Gomes, assegurando que o seu executivo já cumpriu metade dos compromissos eleitorais. O presidente da FPF antevê três “anos difíceis, com situações delicadas para solucionar, e nos quais os sinais de crise são evidentes” e, para os quais, o organismo

FPF. Fernando Gomes motivado para os próximos três anos de mandato

O FC Porto anunciou, ontem, a contratação do mexicano Diego Reyes, que integrará o plantel «azul e branco» a partir de junho de 2013, no arranque da próxima época futebolística. Fonte do clube portista revelou que o defesa central do América do México, de 20 anos, assinou um vínculo com a duração de cinco temporadas. Diego Reyes, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, com a seleção mexicana, tem 1,89 metros e pode também jogar a médio defensivo. O jogador ficou em terceiro lugar no Mundial Sub-20, em 2011.

vai tentar “encontrar soluções com os seus parceiros, casos dos treinadores, jogadores, árbitros, médicos e, fundamentalmente, com as associações distritais”. Num encontro com os jornalistas, que serviu para assinalar o aniversário, Humberto Coelho, vice-presidente do organismo, e João Vieira Pinto, diretor para as seleções principal e de sub-21, reiteraram a confiança de que a equipa das «quinas» vai conseguir qualificar-se para o Mundial2014, no Brasil. “Nós tivemos um ano muitíssimo bom, com um Campeonato da Europa

em que as exibições, o resultado e o posicionamento nos satisfizeram em todas as formas. Neste momento, estamos a disputar a qualificação para o Mundial, logicamente não estamos na melhor posição, esperávamos mais, mas o futebol é assim mesmo. Mas estou convencido que vamos apurar-nos para o Mundial”, afirmou Humberto Coelho. Por seu turno, o vice-presidente Elísio Carneiro salientou a importância financeira de a seleção estar presente nas fases finais dos Campeonatos da Europa e do Mundo. “Oxalá o bom desempenho continue”, frisou.

“Real jamais se rende às dificuldades”

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, garantiu, ontem, que o Real Madrid tem como filosofia jamais renderse às dificuldades, por maiores que estas sejam, nomeadamente as atuais no campeonato espanhol. “Temos como principio não nos rendermos nunca, por difíceis que sejam os desafios a enfrentar”, vincou, um dia depois de Mourinho ter admitido que “a Liga está quase impossível” de reconquistar, após empate caseiro 2-2 com o Espanhol, penúltimo classificado, que deixou os «merengues» a 13 pontos do FC Barcelona.


cultura e espetáculos

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 7

“Debaixo de algum céu” será editado na Primavera de 2013

Nuno Camarneiro vence Prémio LeYa DR

Nuno Camarneiro publicou em coletâneas e revistas até se estrear com o romance “No meu peito não cabem pássaros”. Primeiro nome do Sumol Summer Fest

Alborosie confirmado Alborosie é o primeiro nome confirmado no cartaz do Sumol Summer Fest, que regressa de 27 a 29 de junho de 2013 ao Ericeira Camping, na Ericeira, para a sua quinta edição, anunciou a Música no Coração. De Itália para Portugal, Alborosie, um dos nomes fortes do reggae, subirá ao palco Sumol no dia 29 de junho, “indo de encontro aos pedidos da imensa comunidade de fãs que acompanha o festival”, segundo a promotora. Em apresentação estará “2 Times Revolution”, editado no ano passado, com influências mais dub sobre a base roots reggae e dancehall. Engenheiro de som e produtor, Alborosie trabalhou com nomes como Gentleman ou Ky-Mani Marley até se tornar num dos nomes mais falados do reggae do século XXI. Os bilhetes para o certame já estão à venda nos locais habituais, nas suas modalidades habituais: diário (€40), dois dias (€50) e passe dois dias + camping no Ericeira Camping nas noites de 27, 28 e 29 de junho (65). A Música no Coração, co-produtora do festival, vai anunciar mais nomes em breve. A 27 de junho decorre a Welcome Party.

O romance “Debaixo de algum céu”, de Nuno Camarneiro, é o vencedor do Prémio LeYa, com o valor pecuniário de 100.000 euros, foi ontem divulgado pelo presidente do júri, Manuel Alegre, na sede do grupo editorial. Nascido em 1977 na Figueira da Foz, Nuno Camarneiro publicou em coletâneas e revistas até se estrear com o romance “No meu peito não cabem pássaros”. O Prémio LeYa é-lhe agora atribuído pelo romance “Debaixo de algum céu”, tendo sido decidido por maioria, segundo o júri, perante mais de de 270 obras originais a concurso. Além de Manuel Alegre, o júri foi constituído ainda pelos escritores Nuno Júdice, Pepetela e José Castello, por José Carlos Seabra Pereira, professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Lourenço do Rosário, reitor do Instituto Superior Politécnico e Universitário de Maputo, e Rita Chaves, crítica literária e professora da Universidade de São Paulo. O Prémio LeYa foi criado pelo grupo editorial que reúne mais de uma dezenas de editoras e chancelas de Portugal, Angola, Moçambique e Brasil, e o intuito do galardão é distinguir um romance inédito escrito em português. O romance vencedor no ano passado foi “O teu rosto será o último”, de João Ricardo Pedro, o primeiro autor português a receber o prémio. O engenheiro de profissão escreveu o romance enquanto se encontrava desempregado. Em anos anteriores venceram o prémio “O Rastro do Jaguar”, do jornalista brasileiro Murilo Carvalho, em 2008, e “O Olho de Hertzog”, do escritor moçambicano João Paulo Borges Coelho, em 2009. Na edição de 2010 o júri decidiu, por unanimidade, não atribuir o Prémio LeYa, dada a falta de qualidade

Nuno Camarneiro. Licenciado em Engenharia Física, o escritor faz investigação em Química na Universidade de Aveiro

2012

Madonna protagoniza digressão mais lucrativa A digressão da cantora norteamericana Madonna, que contou com cerca de 70 concertos e passou no verão por Coimbra, foi a mais lucrativa deste ano, com mais de 173 milhões de euros, revelou a revista Billboard. Na atual digressão, assente no álbum “M.D.N.A.”, foram ven-

didos 1,6 milhões de bilhetes para concertos em França, Israel, Rússia, Emirados Árabes Unidos, Turquia, Alemanha ou Itália. Em Coimbra, a cantora atuou para cerca de 40 mil pessoas, no Estádio Municipal. A digressão ficou marcada por vários episódios que foram notícia, não pela música, mas pelo comportamento da cantora em palco, nomeadamente quando empunhou uma arma, ou porque desiludiu os fãs franceses, por ter dado um concerto demasiado curto.

dos originais apresentados. Para Nuno Camarneiro, “Debaixo de algum céu” é um romance “reduzido ao espaço de um prédio”, como se fosse um purgatório. O escritor explicou que decidiu concorrer por causa da “qualidade do júri e pelo valor monetário”, 100.000 euros, e porque um dia sonhou que poderia ganhar o prémio literário. A história de “Debaixo de algum céu”, que será editada na Primavera de 2013 pelo grupo LeYa, passa-se dentro de um prédio, “numa espécie de purgatório suspenso no tempo”, explicou. Nesse espaço, “um ambiente fechado”, habitam personagens “que expiam as suas culpas”, explicou o autor, que disse inspirar-se um pouco em “La vie mode d’emploi”, de Georges Perec. Nuno Camarneiro estreou-se em 2010 com o romance “No meu peito não cabem pássaros”. Licenciado em Engenharia Física, Nuno Camarneiro faz investigação em Química na Universidade de Aveiro. Segundo Manuel Alegre, presidente do júri, o romance vencedor destacou-se pelo “domínio e a segurança da escrita”. Ao anunciar o romance vencedor, Alegre disse que é o “retrato de uma microssociedade unida pelo espaço em que vivem as personagens”. “O romance organiza-se a partir de um conjunto de vozes que dão conta de vidas e destinos que o acaso cruzou num período de tempo delimitado entre um Natal e um Fim de Ano”, afirmou Manuel Alegre. O júri salientou “a coerência com que é seguido o projeto, a força no desenho dos personagens e destaca a humanidade subjacente ao que poderá ser lido como uma alegoria do mundo contemporâneo”. “O júri apreciou no romance ‘Debaixo de algum céu” a qualidade literária com que, delimitando intensivamente a figura fulcral do ‘romance de espaço’ e do ‘romance urbano’, faz de um prédio de apartamentos à beira mar o tecido conjuntivo da vida quotidiana de várias personagens – saídas da gente comum da nossa atualidade, mas também por isso carregadas de potencial significativo”, disse Alegre.


8 O Primeiro de Janeiro |

roteiro

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

Roteiro Cultural

«No Caminho das Montanhas»

«No Caminho das Montanhas» - Exposição de trabalhos de pintura de autoria de Avelino Sá, patente na Galeria Fernando Santos (Porto), até dia 22 de Dezembro. Esta nova série de trabalhos que têm como ponto de partida a poesia japonesa, pretendendo

devolver-se a quem os recebe, a frescura do olhar, a inocência e, ao mesmo tempo, o prazer da descoberta e da liberdade do pensamento estético. Tal como nos haikus, estas encáusticas nascem no interior do silêncio e é para o silêncio que tendem.

Wanda Stuart ao vivo

«Os Desastres do Amor» «Os Desastres do Amor», a partir de Marivaux no Teatro do Bairro Alto, de 18 a 23 de Dezembro. Produção Teatro da Cornucópia, com tradução dos textos originais de Luís Lima Barreto e Luis Miguel Cintra, interpretação de Rita Blanco, Rita Durão, Teresa Madruga, Sofia Marques, Sergio Adillo, Vitor de Andrade, Nuno Nunes, Luís Lima Barreto, José Manuel Mendes e Luis Miguel Cintra, colaboração para as traduções dos trechos em castelhano e italiano de Sergio Adillo, adaptação e encenação de Luis Miguel Cintra, cenário e figurinos de Cristina Reis, desenho de luz de Daniel Worm d'Assumpção, assistente de encenação e contra-regra de Manuel Romano, assistentes para o cenário e figurinos de Linda Gomes Teixeira e Luis Miguel Santos, construção e montagem de cenário de João Paulo Araújo e Abel Duarte, montagem e operação de luz e som de Rui Seabra, figurinos de Maria do Sameiro Vilela, costureiras Maria do Sameiro Vilela e Teresa Balbi. Felícia, uma viúva elegante e bem posta, madura e bem conservada, passa férias no Fortuna Palace, hotel de que é dona uma fada sua madrinha. Felícia quer ser feliz, honesta, e ao mesmo tempo encontrar o novo partido que resolva a sua situação económica. A madrinha, prepara-lhe uma lição dolorosa que lhe mostrará como é o mundo, coisa que ela parece desconhecer. Cruzar-se-á com o deus Amor e com várias personagens daquele micro-mundo de ricos e parasitas que brincam aos deuses do Olimpo. Chega a haver vítimas: a Modéstia e o pobre "escort" de luxo a quem chamam Apolo, deus das Artes são assassinados. Felícia aprende a resignarse à desilusão. O amor não tem lugar naquele Fortuna Palace. É uma comédia que pareceria dos nossos dias se eles tivessem tempo e espaço para pensar nestas coisas.

CAFÉ LITERÁRIO COM JAIME ROCHA Café Literário com Jaime Rocha, hoje às 21H30, no Café Centro Cívico.

«Branca de Neve» Wanda Stuart ao vivo no Casino Lisboa de 26 de Dezembro a 1 de Janeiro. Com um curriculum invejável, Wanda Stuart já actuou nas mais importantes salas do país, para além de inúmeras apresentações e espectáculos no Brasil, França, Suíça, Luxemburgo e Estados Unidos. Nos seus espetáculos, transporta-nos em viagens através de êxitos da Broadway, por temas tão célebres como "Cabaret” ou "New York New York", bem como outros sucessos internacionais onde não são esquecidas as grandes divas como Edith Piaf, Marilyn Monroe, Carmen Miranda, Liza Minelli ou Shirley Bassey. Não esquecendo os ícones da POP como Queen, Michael Jackson, Madonna ou Lady Gaga.

«Branca de Neve» - Companhia de Dança do Algarve no Teatro Municipal de Faro (Teatro das Figuras), de 21 a 22 de Dezembro. Produção da Companhia de Dança do Algarve, com direção artística de Evgueni Beliaev, coreografias de Evgueni Beliaev, Natalya Abramova e Carolina Cantinho, música de Tchaikovsky, interpretação pela Companhia de Dança do Algarve, cenografia de Evgueni Beliaev, figurinos de Carolina Cantinho e Evgueni Beliaev.


Terรงa-feira, 18 de Dezembro de 2012

publicidade/editais

O Primeiro de Janeiro | 9


agenda

10 | O Primeiro de Janeiro

Telefones Úteis Hospitais

Farmácias de serviço

Televisão

Serviço permanente

Santo António Tel. 222 077 500 Linha Azul 222 084 601 São João Tel. 225 512 100 Pediátrico Maria Pia Tel. 226 089 900 Linha Azul 226 099 674 Maternidade Júlio Dinis Tel. 226 087 400 Psiquiátrico Conde Ferreira Tel. 225 022 031 Magalhães Lemos Tel. 226 192 400 Privados

PORTO PERMANENTE Gomes Carneiro – Rua de Cedofeita, 348 – Tel. 222 003 420 Silva Pereira Suc. – Rua de Costa Cabral, 293 – Tel. 225 020 761 Cristo Rei – Praça Dom Afonso v 55 4150 Porto 226 181 975 MAIA Bom Despacho – Rua Eng. Duarte Pacheco, 249 – Tel. 229 480 048 REFORÇO Eugénia – Rua 9 de Abril, 320 – Pedrouços – Tel. 229 016 547 VALONGO Sobrado – Rua Santo André, 30 / SOBRADO / 4440-337 V ALONGO Tel. 224 160 087

Ordem do Carmo Tel. 222 008 113 Ordem da Lapa Tel. 225 502 828 Ordem da Trindade Tel. 222 083 656 Prelada - Tel. 228 330 600 Militar Reg. Nº1 Tel. 226 063 011/ 12/13 Santa Maria Tel. 225 504 844 São Francisco Tel. 222 008 441 CONCELHO DE MATOSINHOS Distrital -Tel. 229 372 091 Pedro Hispano Tel. 229 391 000 Linha Azul 229 391 100 CONCELHO DE V. N. GAIA Eduardo Santos Silva Tel. 227 865 100 227 839 001 Vila Nova de Gaia Tel. 223 778 100/ 223 754180

MATOSINHOS Barranha – Avª Calouste Gulbenkian, 1535 – Tel. 229 563 183 Lopes Veloso – Rua Brito Capelo, 124 – Tel. 229 380 006 VILA NOVA DE GAIA PERMANENTE Silva Marques - Rua do Casal, Nº 64 Pedroso 4415-190 Pedroso De Francelos - Avenida de Francelos, 611 Francelos 4405-647 Gulpilhares

Hoje Matias - Rua Professor José Bonaparte, 288 Oliveira do Douro 4430-438 Oliveira do Douro Gaia Nova - Rua Professora Rita Lopes Ribeiro, 58/64 Santa Marinha 4400-694 Vila Nova de Gaia AMARANTE Amarante – Av.ª 1.º de Maio / Edifício Mirante / 4600-013 Amarante Tel. 255 422 449 FELGUEIRAS J. Reis – Rua Rebelo Carvalho / 4610-212 Felgueiras Tel. 255 922 640 LOUSADA Fonseca – Rua Santo António, 554 – Silvares / 4620-651 Lousada Tel. 255 912 141 MARCO DE CANAVESES Farmácia Cabanelas - Lugar de Eiro Soalhães - Tel.:255511565 PAREDES Lopes Caçola – Praceta Jaime P. Moura, Loja 35 4620-030 Lousada Tel. 255 811 673 PENAFIEL Sameiro – Rua D. António F Gomes, 230-B – Tel. 255 713 071/2/3 SANTO TIRSO Central – Tel. 252 852 923 TROFA Trofense – Rua Costa Ferreira, C. C. Loja 2 – Tel. 252 412 543

Banda Desenhada

ZÉ do boné

Sr. Perfeito

Passatempos

GONDOMAR Silva Dias – Rua da Ranha, 372 – Rio Tinto – Tel. 224 862 926 Magalhães – Rua de S. Pedro da Cova, 904 – S. Pedro da Cova – Tel. 224 631 102

O jantar é uma óptima altura para falarem do dia um do outro.

Não percebo!

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

Como conseguiria ouvir a televisão?

RTP1 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Vidas em Jogo 15:15 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:05 O Preço Certo 19:55 Direito de Antena 20:00 Telejornal 21:00 O Nosso Tempo 21:30 AntiCrise 22:00 Decisão Final 23:00 Nas Ilhas das Especiarias - 500 Anos Chegada dos Portugueses às Molucas (Documentário) 00:00 Uma História de Violência (Filme) 01:45 Perigo Oculto (Filme) 03:15 Ribeirão do Tempo 04:45 Televendas 06:05 Nós RTP2 07:00 Zig Zag 13:45 República do Saber 14:00 Diários do Vampiro 15:30 Diário Câmara Clara (R/) 15:45 Consigo (R/) 16:00 National Geographic (R/) 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Suburgatório 19:00 Triângulo Jota 19:45 Zig Zag 21:00 National Geographic 22:00 Hoje 22:37 Diário Câmara Clara 22:45 BBC Proms 00:30 Mãe Fátima (Doc Nac) 01:35 Câmara Clara (R/) 02:15 Euronews SIC 06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:05 Dance! 09:10 Cartas da Maya - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:25 Toca a Mexer - Diário 14:50 Podia Acabar o Mundo 15:55 Boa Tarde 18:30 Fina Estampa 20:00 Jornal da Noite 21:35 Dancin' Days 22:35 Gabriela 23:30 Avenida Brasil 00:15 Toca a Mexer - Diário 00:40 CSI Nova Iorque 01:20 Prova de Vida 02:10 Pan Am 03:00 O Encantador de Cães 04:00 Televendas TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Casa dos Segredos 3 - Diário da Tarde 18:30 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:15 Euromilhões 21:30 Casa dos Segredos 3 - Nomeações 22:45 Louco Amor 23:30 Doce Tentação 00:30 Casa dos Segredos 3 - Extra 02:00 Filme - A Qualquer Custo / A Civil Action 04:00 Mistura Fina

Amanhã RTP1 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Vidas em Jogo 15:15 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:05 O Preço Certo 19:55 Direito de Antena 20:00TelejornalDireto 21:00 De Caras 21:45 AntiCrise 22:15 Decisão Final 23:15Dia de Treino (Filme) 01:15 Linha de Passe (Filme) 03:00 Ribeirão do Tempo 04:45 Televendas 06:05 Nós RTP2 07:00 Zig Zag 13:45 República do Saber 14:00 Diários do Vampiro 15:30 Diário Câmara Clara (R/) 16:00 National Geographic (R/) 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Suburgatório 19:00 Triângulo Jota 19:45 Zig Zag 21:00 National Geographic 22:00 Hoje 22:37 Diário Câmara Clara 22:45 Super Diva - Ópera para Todos 23:15 Janela Indiscreta com Mário Augusto 23:45 Plateau (Doc Nac) 00:45 Fragmentos de um Diário (Doc Nac) 01:45 Euronews SIC 06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:10 Dance! 09:15 Cartas da Maya - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:25 Toca a Mexer - Diário 14:50 Podia Acabar o Mundo 15:55 Boa Tarde 18:30 Fina Estampa 20:00 Jornal da Noite 21:40 Dancin' Days 22:35 Sorteio do Totoloto 22:40 Gabriela 23:30 Avenida Brasil 00:00 Páginas da Vida 00:20 Toca a Mexer - Diário 00:40 Investigação Criminal Los Angeles 01:30 European Poker Tour 02:20 Os Mestres da Magia 03:10 O Encantador de Cães 04:00 Televendas TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Casa dos Segredos 3 - Diário da Tarde 18:30 Doida por Ti 19:00 Jornal das 8 19:45 Taça da Liga - Olhanense x Benfica 21:45 Casa dos Segredos 3 - Diário 22:29 Louco Amor 23:30 Doce Tentação 00:30 Casa dos Segredos 3 - Extra 02:00 Guestlist 02:30 Filme - A Raíz do Medo 04:45 Batanetes 05:00 TV Shop


agenda

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

Cinemas PORTO DOLCE VITA Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 21h20, 00h35

Os Smurfs M/6 Sessões: 10h30, 12h50, 15h20, 18h (V.Port./3D)

Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 14h, 16h30, 19h (V.Port./3D)

Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h15, 15h40, 18h30, 21h30, 00h10

Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 22h, 00h35

Um Dia M/12 Sessões: 13h40, 16h20, 19h, 21h20, 23h50

Os Smurfs M/6 Sessões: 12h50, 15h30, 18h30 (V.Port./3D) Um Dia M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h05, 21h50, 00h30 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h30, 15h10, 17h50, 21h10, 23h50 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h30, 00h10 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h50, 21h40, 00h25 Assim é o Amor M/12 Sessões: 12h40, 15h25, 18h10, 21h, 23h50 MAIA MAIASHOPPING Os Smurfs M/6 Sessões: 13h30, 16h, 18h40, 21h20, 23h50 (V.Port./3D) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h20, 19h, 21h50, 00h35 Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 21h10, 00h10 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 13h40, 16h30, 19h10, 21h40, 00h20 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h10, 15h50, 18h50, 21h30, 00h30 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h50, 16h10, 18h30 (V.Port.)

MATOSINHOS MAR SHOPPING O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h40, 16h20, 19h10, 22h, 00h30 Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 22h45 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h40, 15h10, 17h40, 20h (V.Port./3D) Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h20, 24h Os Smurfs M/6 Sessões: 13h10, 15h50, 18h30 (V.Port.) Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 12h50, 15h30, 18h20, 21h30, 00h10 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h10, 21h, 23h40 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 18h50, 21h40, 00h20 ) VILA NOVA DE GAIA LUSOMUNDO GAIASHOPPING Carros 2 M/6 Sessões: 13h15, 15h45 (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 18h25, 20h55, 24h Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 15h50, 18h50, 21h55, 00h35

NORTESHOPPING Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h10, 22h30

Super M/12 Sessões: 21h50, 00h25

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h40, 15h10, 18h10, 22h, 00h35

Os Smurfs M/6 Sessões: 13h05, 15h35, 18h15, 20h50, 23h50 (V.Port./3D)

O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h10, 15h30, 18h20, 21h40, 00h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 16h, 18h50, 22h, 00h45 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 10h50, 13h20, 15h50, 18h40 (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 21h10, 23h40

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h55, 15h40, 18h40, 21h30, 00h10 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h55, 15h, 17h20, 19h40 (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h, 21h45, 00h40 Animais Unidos M/6 Sessões: 12h45, 14h55, 17h10, 19h25 (V.Port./3D) Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sessões: 21h40, 00h30

Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h50, 15h05, 17h25, 19h45, 22h, 00h20 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h25, 16h05, 18h45, 21h20, 00h15 UCI ARRÁBIDA 20 O Último Destino 5 M/16 Sala: Sala 1 Sessões: 14h, 16h30, 19h, 21h35, 00h35 A Ressaca - Parte II M/16 Sala: Sala 2 Sessões: 22h20, 00h40 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sala: Sala 2 Sessões: 13h40, 15h50 (V.Port.), 18h, 20h10 (V.Port./3D) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sala: Sala 3 Sessões: 13h55, 16h25, 18h55, 21h25, 24h Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sala: Sala 4 Sessões: 14h10, 16h40, 19h05, 21h35, 00h05 Sem Prada nem Nada M/12 Sala: Sala 5 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 21h50, 00h20 Larry Crowne M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 18h30 Tinhas Mesmo Que Ser Tu M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 13h50, 16h10, 21h30, 00h15 A Árvore da Vida M/16 Sala: Sala 7 Sessões: 18h45 Sem Remorsos M/12 Sala: Sala 7 Sessões: 14h05, 16h25, 21h40, 00h10 Carros 2 M/6 Sala: Sala 8 Sessões: 13h40 (V.Port.) Eu Vi o Diabo M/16 Sala: Sala 8 Sessões: 16h10, 19h05, 22h, 00h55 Cowboys & Aliens M/12 Sala: Sala 9 Sessões: 14h, 16h30, 18h55, 21h25, 00h15 Assim é o Amor M/12 Sala: Sala 10 Sessões: 13h50, 16h35, 19h20, 22h, 00h40 Chefes Intragáveis M/12 Sala: Sala 11 Sessões: 14h10, 16h40, 19h15, 21h45, 00h20 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 12 Sessões: 14h05, 16h45, 19h20, 21h55, 00h35 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 13 Sessões: 13h45, 16h20, 18h55, 21h35, 00h15 (2D) Bem-vindo ao Sul M/12 Sala: Sala 14 Sessões: 14h15, 16h40, 19h10, 21h40, 00h10 Os Smurfs

Tempo HOJE TODO O TERRITÓRIO: Céu muito nublado ou encoberto, com abertas para o final do dia no litoral a norte do cabo Mondego. Chuva forte e persistente, diminuindo de intensidade a partir do final da tarde no litoral a norte do cabo Mondego. Queda de neve acima dos 1500 metros para o final do dia. Vento moderado a forte (30 a 40 km/h) de sudoeste, soprando forte (40 a 50 km/h) com rajadas da ordem dos 80 km/h no litoral, diminuindo de intensidade a partir do meio da tarde. Nas terras altas, o vento soprará forte a muito forte (50 a 65 km/h) de sudoeste, com rajadas da ordem dos 90km/h, e da ordem dos 110 km/h nas regiões do interior Centro. Subida da temperatura mínima. Pequena subida da temperatura máxima. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros, em geral fracos. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) de oeste, soprando moderado a forte (30 a 45 km/h) nas terras altas. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL - Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros, geralmente fracos. Vento oeste FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 80 km/h, tornando-se muito fresco (40/50 km/h). GRUPO CENTRAL - Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros, em especial durante a madrugada e manhã. Vento oeste FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 80 km/h, tornando-se muito fresco (40/50 km/h). GRUPO ORIENTAL - Céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade ao longo da tarde. Períodos de chuva durante a madrugada e início da manhã, passando a aguaceiros fracos. Vento oeste muito fresco (40/50 km/h) com rajadas até 65 km/h, tornando- se fresco (30/40 km/h).

AMANHÃ

TODO O TERRITÓRIO: Céu muito nublado. Períodos de chuva, por vezes forte no Alentejo até ao início da manhã. Queda de neve acima dos 1400/1600 metros. Vento moderado (20 a 35 km/h) de sudoeste, diminuindo de intensidade a partir da tarde. Nas terras altas, o vento soprará forte (40 a 55 km/h) de sudoeste com rajadas da ordem dos 80 km/h. Pequena descida da temperatura mínima na região Norte. Pequena subida da temperatura mínima na região Sul. MADEIRA:Períodos de céu muito nublado. Possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos até ao início da manhã. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de oeste, soprando moderado (20 a 35 km/h) nas terras altas até ao início da manhã. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL - Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva a partir da tarde. Vento oeste muito fresco (40/50 km/h) com rajadas até 60 km/h, rodando para norte e tornando-se bonançoso (10/20 km/h). GRUPO CENTRAL - Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Aguaceiros. Vento oeste fresco a muito fresco (30/50 km/h) com rajadas até 60 km/h, rodando para sudoeste. GRUPO ORIENTAL - Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros, geralmente fracos. Vento oeste fresco (30/40 km/h), rodando para sudoeste e tornando-se muito fresco (40/50 km/h) com rajadas até 60 km/h.

M/6 Sala: Sala 15 Sessões: 14h, 16h30, 18h55 (V.Port.), 21h20, 24h Amigos Coloridos M/12 Sala: Sala 16 Sessões: 13h50, 16h20, 18h50, 21h45, 00h25

O Primeiro de Janeiro | 11

Sugestões Há Feira na Praça do Município

Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sala: Sala 17 Sessões: 15h, 17h55, 21h25, 00h15 Animais Unidos M/6 Sala: Sala 18 Sessões: 14h10, 16h20 (V.Port./3D) Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sala: Sala 18 Sessões: 18h35, 21h15, 00h10 A Melhor Despedida de Solteira M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 13h50, 16h35 Super 8 M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 19h20, 21h55, 00h30 Um Dia M/12 Sala: Sala 20 Sessões: 14h, 16h40, 19h10, 22h, 00h40

GONDOMAR LUSOMUNDO - PARQUE NASCENTE Os Smurfs M/6 Sessões: 13h25, 16h, 18h35, 21h10, 23h50 (V.Port.) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h45, 16h30, 19h15, 21h55, 00h40 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h50, 16h20, 19h30, 22h, 00h30 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 12h50, 15h20, 17h50, 21h20, 24h Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 21h15, 24h Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h10, 15h30, 18h (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 15h, 17h40, 20h30, 23h Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h25, 21h, 00h05 Um Dia M/12 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 22h10, 00h45 Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h50, 00h20 Carros 2 M/6 Sessões: 13h40, 16h25, 19h (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 14h30, 17h30, 20h40, 23h40 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 14h45, 17h15, 20h, 22h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h15, 15h50, 18h40, 21h40, 00h25

Até à véspera de Natal, 24 de Dezembro, Câmara Municipal da Covilhã promove uma FEIRA DE NATAL na Praça do Município, que reúne mais de 20 stands com produtos de todo o concelho. Nesta mostra, que pode ser visitada das 11:00 às 20:00 horas, serão exibidas todas as iguarias oriundas da gastronomia da Covilhã, associadas ao artesanato típico. No mesmo espaço estará instalado um carrossel gratuito para crianças até aos 10 anos. Os visitantes terão assim a oportunidade de provar os sabores da gastronomia tradicional, como compotas e doces, pão, queijo da Serra e queijo do Paul, pastel de molho, vinhos e licores, queijadinhas, chouriço caseiro, empadas, filhoses, mel, papas de carolo, enchidos, cherovia, entre muitos outros produtos bastante originais, como bordados, quadros, esculturas e design têxtil em burel.

Exposição EDGE ARTS "Sabias que as paredes têm ouvidos?" dá o mote à nova exposição do Edge Arts. A exposição, patente até 7 de Janeiro na galeria do Edge Arts, mostra o trabalho de Manuela Pimentel, artista que desenvolve o seu trabalho a partir da recolha de cartazes colados sobre azulejos de fachadas de prédios, depois transformados e reciclados na forma de azulejo, dando voz à "revolta dos azulejos", assim batizada pela própria. Esta mostra revela um conjunto de trabalhos que dão a conhecer mensagens que cidadãos anónimos espalham pelas cidades e que levaram a artista a concluir que são desabafos e que são o ponto de partida para a sua obra. São estas mensagens que justificam o título escolhido desta exposição individual de Manuela Pimentel.


1868

Há 143 anos, todos os dias consigo.

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

Um Governo Olimpicamente à Margem… dos Acontecimentos A Carta Olímpica, na sua versão de 2010, no que diz respeito aos “Princípios Fundamentais do Olimpismo”, no ponto nº 4 refere que “(…). A organização, administração e gestão do desporto deve ser controlada por organizações desportivas independentes.” Entretanto, a versão da Carta Olímpica de 2011, anula o referido paragrafo do ponto nº 4, acrescenGustavo Pires* tando um novo ponto aos “Princípios Fundamentais do Olimpismo” que passaram a ser sete. O que agora nos interessa considerar é o novel ponto nº 5 que tem a seguinte redação: “Reconhecendo que o desporto ocorre no âmbito da sociedade, as organizações desportivas do Movimento Olímpico devem ter direitos e obrigações de autonomia, que incluem a liberdade de estabelecer e controlar as regras do desporto, determinando a estrutura e o governo das suas organizações, gozar do direito de eleições livres de qualquer influência externa e a responsabilidade de assegurar que os princípios de boa governação são aplicados.” E a pergunta que urge fazer é: Porque é que o COI, depois de sucessivas modificações que, desde 2004, vinha a fazer na Carta Olímpica, resolveu colocar nos seus princípios um conjunto de indicações com vista a garantir a independência dos Comités Olímpicos Nacionais? Quanto a nós porque, nos últimos anos, se tem vindo a assistir a abusos políticos inaceitáveis, por parte de governos de vários países, sobre os respetivos Comités Olímpicos Nacionais. Não vamos relatar as várias ocorrências até porque a comunicação social delas tem feito eco. Contudo, não podemos deixar de referir como inaceitável o que se passou no último Ciclo Olímpico em que o COP funcionou assim como que um “braço armado” do Governo a fim de fazer vergar a Federação Portuguesa de Vela à sua vontade. O Movimento Olímpico em Portugal está a viver um momento pré eleitoral. As tentações por parte do Governo para interferir podem ser enormes. Todavia, como refere a Carta Olímpica, as organizações do Movimento Olímpico devem “gozar do direito de eleições livres de qualquer influência externa”. Felizmente, a atual tutela do desporto, na pessoa do Secretário de Estado Alexandre Mestre, é suficientemente culta em matéria de Olimpismo para garantir a todos os agentes e aos eventuais candidatos à liderança do COP que o Governo, como lhe compete, manter-se-á olimpicamente à margem de todos os acontecimentos. *Professor na FMH/UTL

Diretor: Rui Alas Pereira (CP-2017). E-mail: ruialas@oprimeirodejaneiro.pt Redatores: Joaquim Sousa (CP-5632), Andreia Cavaleiro (CP-6983), Cátia Costa (Lisboa) e Vasco Samouco. Fotografia: Ivo Pereira (CP-3916) Secretariado de Direção: Sandra Pereira. Secretariado de Redação: Elisabete Cairrão. Publicidade: Conceição Carvalho (chefe), Elsa Novais (Lisboa, 918 520 111) e Fátima Pinto. E-mail: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt Morada: Rua de Santa Catarina, 489 2º - 4000-452 Porto. Contactos: redação - Tel. 22 096 78 47 - Tm: 912 820 510 E-mail: geral.cloverpress@oprimeirodejaneiro.pt - Publicidade - Telefone: 22 096 78 46, Fax: 22 096 78 45 Propriedade: Globinóplia, Unipessoal Lda. Edição: Cloverpress, Lda. NIF: 509 229 921 Depósito legal nº 1388/82 Impressão: Coraze, Telefs.910252676 / 910253116 / 914602969, Oliveira de Azeméis. Distribuição: Vasp. Tiragem: 20 000

Orçamento está a ser analisado “com todo o cuidado”

Presidente diz que não cede a pressões O Presidente da República informou que a lei do Orçamento do Estado para 2013 “está neste momento a ser analisada com todo o cuidado” e reiterou que não cederá a nenhuma pressão. “A lei do Orçamento de Estado para 2013 está neste momento a ser analisada com todo o cuidado, é uma lei muito complexa, tem cerca de 250 artigos, o Governo levou vários meses a preparar o orçamento, a Assembleia

mais de um mês a discuti-lo”, afirmou Cavaco Silva aos jornalistas, à margem da apresentação de um projeto de judo de inclusão social, em Lisboa. O chefe de Estado reiterou que não cederá “a nenhuma pressão” e disse que o Orçamento “é apenas uma das 20 leis e decretos” que está neste momento a analisar. “Tomarei a decisão tendo em conta os pareceres jurídicos aprofundados que mandei fazer e

tendo em conta a minha avaliação do superior interesse nacional”, acrescentou. “Não comento, nem nunca comentarei opiniões do Governo”, disse ainda Cavaco, escusando-se a falar sobre a questão das reformas elevadas levantada no domingo pelo primeiroministro. “Já caí nesse erro uma vez, fui mal interpretado, e nunca mais vou falar sobre esse assunto”.

Ministra da Agricultura garante

Portugal não terá problemas com o bacalhau A ministra da Agricultura e Pescas afirmou, em Bruxelas, que prosseguem as negociações para Portugal ter um regime de exceção para a cura do bacalhau, pelo que não haverá qualquer problema neste natal, nem tão pouco nos próximos. Assunção Cristas, que falava à saída de uma reunião com o novo comissário europeu da Saúde e Defesa do Consumidor, admitiu que “tem sido um braço de ferro e não tem sido fácil”, mas garantiu que “a Comissão está sensibilizada” para a exigência de Portugal

no sentido de ficar contemplado no futuro regulamento comunitário de cura química do bacalhau uma exceção que assegure que em Portugal se pode continuar a consumir bacalhau de acordo com a cura tradicional de salga. “Esse é o ponto pelo qual estamos a batalhar, está perfeitamente assumido por parte da Comissão, e estamos, a um nível técnico, a ver os mecanismos para que isto seja uma efetiva realidade. De toda a maneira, o ‘dossier’ arrastouse e, portanto, neste natal não há pro-

blema nenhum com o bacalhau, e no próximo natal seguramente também não haverá, porque o problema estará também resolvido”, declarou. Assunção Cristas reiterou que aquilo que Portugal está a procurar fazer é garantir que no regulamento fiquem consagrados tanto a questão da etiquetagem, ou seja, a certificação do bacalhau, como também um método obrigatório de análise, que permita controlar se foram ou não utilizados fosfatos.

Gabinete do primeiro-ministro reage

Suspeitas do PS são “lamentáveis e infundadas”

Sabia que sou capaz de usar folhas como se fossem chapéus de chuva?

No ATL de Natal do Jardim Zoológico, os míudos aprendem, a brincar! De 17 a 31 de Dezembro, veja o seu filho tornar-se num explorador da natureza..

INSCRIÇÕES

T. 217 232 960 . F. 217 232 961 . E-mail: pedagogico@zoo.pt

O Jardim Zoológico é titular do Alvará nº 303, emitido pelo IPJ, que o licencia para o exercício de atividade de organização de campos de férias, nos termos do decreto-lei nº 304-2003.

www.zoo.pt

O gabinete do primeiro-ministro emitiu uma nota informativa onde considera “lamentáveis e totalmente infundadas” as suspeitas levantadas pelo PS em relação ao envolvimento do ministro Miguel Relvas no processo de privatização da TAP, lamentando ainda o comportamento “populista” dos socialistas nesta matéria. “Os membros do Governo não mantêm qualquer tipo de relacionamento privilegiado ou outro, a título individual, com as entidades envolvidas naqueles processos, que são objeto de escrutínio rigoroso e de decisão colegial em sede própria, ou seja, em Conselho de Ministros. É precisamente nesse quadro que o Governo procede à avaliação de todas e cada uma das propostas, pautando sempre as suas decisões por critérios de escrupulosa observância da legalidade e do interesse nacional”, lê-se no comunicado enviado às redações.De acordo com o gabinete de Pedro Passos Coelho, “as acusações lançadas pelo deputado Rui Paulo Fi-

gueiredo são lamentáveis e totalmente infundadas, tendo sido já refutadas sem deixar margem para dúvidas pelo ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares em resposta às questões que lhe foram colocadas pelo jornal Público”. Rui Paulo Figueiredo desafiou o primeiro-ministro a “esclarecer todas as ligações do seu ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, à privatização da TAP, assim como todas as questões relacionadas com o processo”. Todos os dias “as notícias que vêm a público reforçam a confirmação de falta de transparência no processo e conhece-se a promiscuidade políticopartidária existente”, disse o deputado, numa referência à notícia hoje publicada pelo Público, que dá conta de um alegado envolvimento de Miguel Relvas e do ex-chefe da Casa Civil de Lula da Silva, José Dirceu - condenado a mais de dez anos de prisão no caso “Mensalão” no processo de privatização da TAP.

“O Governo deplora assim que o Partido Socialista adote com insistência, numa matéria tão sensível, um comportamento mais próprio de práticas de índole populista e desprovidas de sentido de Estado”, lê-se no comunicado divulgado pelo gabinete de Passos Coelho, que, “a propósito”, sublinha que o PS “se encontra comprometido com o processo de privatizações, tendo identificado as empresas - entre as quais a TAP - que foram incluídas neste exercício no âmbito do Memorando de Entendimento assinado com a ‘troika’ em maio de 2011, e que agora pretende pôr em causa”. O gabinete do primeiro-ministro acrescenta ainda que “é público que os processos de privatização até aqui completados, bem como aqueles que se encontram em curso, têm vindo a ser levados a cabo com total rigor e transparência, como de resto é objeto de reconhecimento nos planos interno e internacional”.


18-12-2012