Page 1

ENSAIAR NOVAS SOLUÇÕES Selecionador português quer retomar rumo de vitórias no L’Amitié

Há 143 anos, sempre consigo. 1868 2012

Continente - 0,60 € (IVA INCLUIDO) – Ilhas - S. Miguel e Madeira - 0,75 € (IVA INCLUIDO) – Porto Santo 0,80 € (IVA INCLUIDO)

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

DIÁRIO NACIONAL

Diretor: Rui Alas Pereira | ISSN 0873-170 X |

Ano CXLIV | N.º 224

Quarta-feira, 14 de novembro de 2012

PRIMEIRA GREVE GERAL IBÉRICA

CONTRA

AUSTERIDADE  Pela primeira vez, desde que estão no euro, Portugal e Espanha fazem hoje uma greve nacional conjunta. Transportes, educação, saúde e autarquias serão as áreas mais afetadas por cá na função pública. Como diz António Costa, relativamente à Câmara de Lisboa, “esta pode ser uma paralisação histórica”, sendo certo que também se prevê uma grande adesão no setor privado, como espera Arménio Carlos, líder da CGTP, central sindical que promove ações de protesto por todo o país.

BdP agrava

TROIKA

BRUXELAS Barroso

recessão prevista

Parceiros sociais

e Passos defendem fundos

pelo Governo

falam em “falta

de coesão para economias

para 2013

de sensibilidade”

menos desenvolvidas


local Porto

2 | O Primeiro de Janeiro

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

Rui Rio e a dívida de 2,4 ME à Sociedade de Reabilitação do Porto

Tentativa de resolução DR

Rui Rio espera que a situação se resolva “muito em breve”. Autarca esteve no Festival da Francesinha. O presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, revelou ontem estar a “tentar resolver com o Governo” o problema da dívida de 2,4 milhões de euros à Sociedade de Reabilitação Urbana, garantida no Orçamento Retificativo de abril. “Em relação à SRU, mantêm-se o problema que estou a tentar resolver com o Governo e que já devia estar resolvido. O Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) não pagou ainda o dinheiro que deve, de forma incompreensível”, afirmou o edil. Rui Rio falava aos jornalistas antes de um almoço no Festival da Francesinha, uma iniciativa inserida no projeto “1º Avenida”, que decorre na praça D. João I, no Porto, explicando a presença como uma forma de “juntar o útil ao agradável”. “O agradável porque gosto muito de francesinhas e o útil porque estou a colaborar com um projeto de promoção de um produto que tem enor-

Greve geral

Metro garante 80% da oferta habitual

Rui Rio. “Tenho estado a falar com o Governo”

me potencial como marca da cidade do Porto”, explicou. Quanto à SRU, Rio espera que a situação se resolva “muito em breve”. “Tenho estado a falar com o Governo. Espero bem que isso resolva em breve, muito breve”, disse. O autarca considera que a dívida à SRU não se deve à situação financeira do IHRU, lembrando que o pagamento foi aprovado “no Orçamento [do Estado] Retificativo em abril”.

“Foi o que sempre me disseram. Estamos em novembro e essa verba está no passivo da SRU, que está a pagar juros ao banco. Portanto não é sequer uma regra de boa gestão”, lamentou. O IHRU comprometeu-se a 29 de março a pagar à SRU 2,4 milhões de euros referentes à reposição do prejuízo da empresa em 2010 e 2011, tendo revelado que o pagamento estava previsto no orçamento retificativo aprovado naquele dia pelo Conselho de Ministros.

A transferência é essencial para a viabilidade económica da empresa de capitais públicos, detida em 60 por cento pelo Estado (IHRU) e em 40 por cento pela Câmara do Porto. Devido ao incumprimento do compromisso assumido em março pelo Governo, a SRU teve de contrair um empréstimo à Banca, com juros de 6 por cento, pelo que a dívida está a motivar um gasto extra de 410 euros por dia e 150 mil euros por ano.

Largo da Lapa

Possível candidatura à Câmara do Porto

Rui Moreira só decide daqui a uns meses DR

O presidente da Associação Comercial do Porto, Rui Moreira, garantiu ontem que a possibilidade de ser candidato à Câmara do Porto não está, para já, na sua agenda, remetendo para “daqui a uns meses” uma eventual decisão. “Daqui a uns meses se verá. Neste momento, é um assunto que não está na minha agenda. Quando estiver, eu direi, de uma forma ou de outra”, assegurou Rui Moreira, em declarações aos jornalistas antes do almoço no Festival da Francesinha, no Porto.

Rui Moreira. “Daqui a uns meses se verá”

O metro do Porto vai garantir hoje, dia de greve geral, resposta a 80% da procura habitual, anunciou ontem a administração. Em comunicado, a Metro do Porto, SA, admite que a circulação será condicionada pela greve geral mas, ainda assim, diz que vai assegurar a operação nos concelhos do Porto, Vila Nova de Gaia e parte do de Matosinhos, entre as 07:00 e as 21:00, “correspondendo a cerca de 80% da procura habitual em dia útil”.

O também presidente da Porto Vivo – Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU) respondia, assim, a uma pergunta sobre a sua disponibilidade para ser candidato à autarquia portuense e a existência de contactos nesse sentido. “Os contactos que tenho tido são dos cidadãos. Ainda agora vinha pelo caminho com medo de chegar tarde porque há imensa gente na rua que me pergunta ‘então, o senhor candidata-se?’. Neste momento, as questões do aeroporto, do Porto de Leixões e da Baixa preocu-

pam-me mais do que isso”, garantiu. Rui Moreira disse ainda não temer que a presença no evento ao lado do presidente da autarquia, Rui Rio, possa ser interpretada como a escolha de uma terceira via para o Porto. “Não temo coisa nenhuma. Estou cá como cidadão e presidente da SRU”, frisou. Rui Moreira, que não quis falar sobre a situação da SRU, almoçou ontem na Praça D. João I, no Festival da Francesinha, uma iniciativa inserida no “1ª Avenida”.

Câmara quer escolher cinco propostas

A qualidade, a originalidade, a inovação e valorização da envolvente são os critérios da Câmara do Porto para seleção, por concurso público, de cinco trabalhos de requalificação do Largo da Lapa, a apresentar até ao início de dezembro. O anúncio do concurso de conceção tem por objeto a seleção de cinco trabalhos de conceção de intervenção no espaço público do Largo da Lapa, que devem ser apresentados até ao início de dezembro, esclarece o diretor municipal de Finanças da autarquia.


regiões

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 3

Câmara prescinde de 70 milhões de possível receita

Plano fiscal em Lisboa António Costa pretende baixar a taxa de IRS, manter a de IMI e introduzir isenções à derrama. Plano fiscal discutido sexta-feira. Estabelecimento comercial

Assalto à mão armada no Monte da Caparica Três homens armados assaltaram, ontem, ma superfície comercial no Monte da Caparica, em Almada, fugindo do local com o dinheiro das caixas registadoras, revelou, ao meio da tarde, uma fonte oficial da Guarda Nacional Republicana. “Pelas 12h55, três homens armados com uma pistola assaltaram o Minipreço do Monte da Caparica. Um deles ficou na rua, outro à porta da superfície e o terceiro retirou o dinheiro das caixas registadoras”, referiu. Segundo a mesma fonte, os três homens levaram o dinheiro, numa quantia que não foi possível apurar, e fugiram do local a pé. Os militares da Guarda Nacional Republicana estiveram no local e a Polícia Judiciária foi chamada e tomou conta da ocorrência.

A Câmara de Lisboa quer baixar a taxa de IRS, manter a de IMI e introduzir isenções à derrama, num pacote fiscal que significa prescindir de cerca de 70 milhões de euros de receita potencial municipal em 2013. O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, anunciou, ontem, que, no próximo ano, pretende reduzir a taxa de IRS (Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares) de 5% para 3%, o que representa “devolver às famílias de Lisboa 25 milhões de euros” prevenientes da coleta deste imposto. Já no que diz respeito à derrama, a Câmara pretende isentar “todos os contribuintes com volume de

Câmara de Lisboa. António Costa pretende baixar a taxa de IRS, manter a de IMI e introduzir isenções à derramaD

negócio inferior a 150 mil euros” e algumas áreas do pequeno comércio local. A aprovar este pacote fiscal, que é discutido e votado pelo executivo municipal na sexta-feira numa reunião pública extraordinária, a Câmara de Lisboa vai prescindir de um total de cerca de 70 milhões de euros. A Câmara de Lisboa vai propor lançar ainda um Programa de Emergência Social com um reforço de 4,1 milhões de euros aos 1,5 milhões do Fundo de Emergência Social, num total de 5,6 milhões nesta área. O autarca socialista admitiu um ano complicado para as famílias em 2013, devido à crise financeira que o país atravessa: “Convém lembrar que o desemprego aumentou 23% no último ano e antes do OE as pessoas já estão a sofrer fruto do desemprego”. O presidente de Câmara negou a existência, para já, de um acordo com o PSD, mas mostrou-se aberto a acolher propostas de todas as forças políticas.

Assaltos a caixas multibanco

Rede desmantelada

Câmara da Covilhã pode ser penhorada

A Polícia Judiciária deteve, ontem, seis homens indiciados por mais de duas dezenas de assaltos a caixas multibanco com recurso a explosivos, roubando um total de 150 mil euros. De acordo com informações da PJ/Norte, o grupo agora desmantelado deixou ainda “um enorme rasto de destruição” nas áreas onde fez explodir as caixas multibanco,

causando prejuízos superiores a duas centenas de milhares de euros. Ainda segundo as informações disponibilizadas pela polícia, as seis pessoas detidas rebentaram e roubaram caixas multibanco de Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Esposende, Barcelos, Pevidém, Vila Nova de Famalicão e Braga, em crimes praticados num intervalo de cerca

Para tentar suceder a Carlos Teixeira

O Supremo Tribunal Administrativo rejeitou provimento a um recurso do Município da Covilhã num processo em que a Associação Cultural da Beira Interior (ACBI) ameaça penhorar a autarquia. A decisão do STA, de 25 de outubro, foi, ontem, divulgada pela ACBI e mantém as decisões anteriores do Tribunal Administrativo de Castelo Branco e do Tribunal Central Administrativo do Sul, segundo as quais o município está em dívida para com a entidade cultural. Em causa está o protocolo de financiamento de atividades da ACBI no valor de 2.250 euros mensais que o presidente da Câmara da Covilhã deu como suspenso em 2002. O advogado da associação “aguarda por uma resposta da Câmara da Covilhã em relação à sua iniciativa de pagar ou pedirá ao tribunal para executar a sentença”, ou seja, “penhorar o município”, adiantou Luís Cipriano. O presidente da Câmara da Covilhã, Carlos Pinto, recusou-se a comentar o assunto.

Socialista João Nunes candidato em Loures O socialista João Nunes é o candidato escolhido pelo PS para concorrer à presidência da Câmara de Loures nas eleições autárquicas do próximo ano, anunciou, ontem, o partido. João Luís da Costa Nunes, 43 anos, ocupa atualmente o cargo de presidente da junta de Loures. Em comunicado, a concelhia do PS de Loures explica que a escolha deste candidato decorreu da apresentação dos requisitos que derivam dos novos estatutos do partido, aprovados com 81 por cento dos votos favoráveis. Caso seja eleito, João Nunes poderá suceder ao socialista Carlos Teixeira, que preside o município de Loures desde 2001.

de um ano. Entre os detidos, que têm idades entre os 21 e os 59 anos, conta-se um empresário do ramo da restauração e distribuição de produtos alimentares. Os restantes não têm ocupação profissional conhecida. Alguns dos detidos “são já possuidores de vastos antecedentes e referências policiais pela prática de crimes graves”.


4 | O Primeiro de Janeiro

nacional

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

Movimentos sociais juntam-se à Greve Geral promovida pela CGTP

Transportes parados DR

Prevê-se paralisação praticamente total no setor dos transportes públicos e também uma forte adesão nas empresas do setor privado. Os passageiros dos transportes públicos começam ontem a sentir os efeitos da greve geral de hoje, que deverá ter “uma adesão praticamente total”, de acordo com a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans). “Estamos a antever uma paralisação praticamente total no setor dos transportes públicos e também uma forte adesão nas empresas do setor privado”, disse ontem o coordenador da Fectrans, José Manuel Oliveira. O dirigente sindical defendeu que “na greve geral haverá uma adesão superior à habitual do setor privado”, uma vez que “começa a sentir o efeito das medidas de austeridade, nomeadamente a redução do pagamento do trabalho extraordinário”. “Pensamos que vai ser um dia muito complicado”, declarou, referindo-se ao dia da greve geral, convocada pela CGTP contra as medidas de austeridade, previstas no Orçamento do Estado para 2013 (OE2013), em defesa de medidas de crescimento económico.

Outubro

PS exige divulgação da execução orçamental

Greve geral. Movimentos sociais e estivadores juntam-se à manifestação A TAP já cancelou 173 dos 360 voos previstos para hoje, um total de 47,2% das viagens programadas, disse fonte da direção de comunicação da empresa. De acordo com a mesma fonte, os voos cancelados referem-se a todos aqueles onde os passageiros mudaram as reservas para novas datas ou voos, sendo que a TAP prevê, caso possa, efetuar mais voos que os previstos nos recursos mínimos. A UGT decidiu não aderir à paralisação por considerar que era movida por razões político-parti-

dárias, mas as estruturas sindicais da UGT emitiram pré-avisos de greve para hoje em protesto contra as consequências do OE2013 e também no âmbito de uma jornada de luta convocada pela Confederação Europeia de Sindicatos para a mesma data. Vários movimentos sociais e estivadores vão juntar-se à manifestação. A Plataforma 15 de outubro, os estivadores e os movimentos dos Cidadãos pela Dignidade, Sem Emprego e M12M convocaram, em conjunto, uma manifestação para às 13:00 no Cais do Sodré, “em solida-

riedade com a luta dos estivadores”, juntando-se depois às 14:30, no Rossio, ao protesto convocado pela CGTP. Também o movimento que “Que se lixe a ‘troika’” vai participar na manifestação da central sindical entre o Rossio e a Assembleia da República, organizando ainda um piquete móvel que vai percorrer, desde as 10:00, as ruas de Lisboa. Está também marcada uma concentração às 14:00 junto à Embaixada de Espanha para demonstrar a solidariedade internacional do protesto.

Passos Coelho

Parceiros sociais criticam

Austeridade é única solução para a crise

Falta de sensibilidade da troika DR

Os parceiros sociais lamentaram ontem a falta de sensibilidade da ‘troika’ para a revisão do memorando de entendimento e, por consequência, do alargamento dos prazos para que Portugal possa cumprir os compromissos acordados com os credores internacionais. No final do encontro que durou perto de três horas, no Conselho Económico e Social, UGT, CGTP e Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) falaram a uma só voz, di-

O PS exigiu ontem ao Governo a divulgação imediata da informação disponível da execução orçamental de outubro, que “parece estar a correr mal”, sublinhando que são dados fundamentais para a reunião dos deputados com a ‘troika’ na quinta-feira. O deputado Pedro Marques sublinhou que “já se sabe que os indicadores económicos de setembro” publicados pelo INE “indicam uma queda muito maior” em relação às estimativas, “e portanto um agravamento da recessão”.

Parceiros sociais. Encontro durou três horas

zendo que os representantes da Comissão Europeia (CE), Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Central Europeu (BCE) ouviram as suas preocupações, mas nada disseram perante os apelos feitos pelas estruturais sindicais e, no caso, pela confederação liderada por Vieira Lopes. “A ‘troika’ ouve muito, mas fala pouco”, disse este responsável. Afastada está a possibilidade, segundo disseram aos jornalistas, de rever as metas acordas com o Gover-

no português, quer no que se refere à revisão do memorando, quer no que diz respeito ao prolongamento das datas para que Portugal cumpra o acordado. Os parceiros sociais estiveram reunidos desde as 15:00 com os representantes da ‘troika’ no Conselho Económico e Social (CES), no âmbito da sexta avaliação ao Programa de Ajustamento Económico e Financeiro. O último encontro foi a 03 de setembro, no âmbito da quinta avaliação.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou ontem, em Bruxelas, que a austeridade é a única forma de ultrapassar a crise num país com um elevado nível de endividamento, como é o caso de Portugal. “Quando um país permanece endividado, tem de haver austeridade. Não há outra forma de superar a crise”, afirmou Pedro Passos Coelho, na conferência de imprensa que se seguiu à reunião dos “Amigos da Coesão”, numa resposta em inglês a uma questão colocada pela imprensa internacional.


Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

economia

O Primeiro de Janeiro | 5

Banco de Portugal agrava recessão prevista pelos dados do Governo

BdP estima um ano de 2013 bem mais negro DR

Banco de Portugal alerta para um “elevado nível de incerteza e um conjunto de riscos” associados à evolução das finanças públicas. Pedidos de ajuda de sobre-endividados

Números recordes A DECO recebeu nos primeiros dez meses deste ano o maior número de sempre de pedidos de ajuda de sobreendividados, num total de 4.525, representando um aumento de 25 por cento face ao período homólogo anterior. Este número já ultrapassou os 4.288 pedidos de ajuda de todo o ano passado e os 3.628 pedidos registados entre janeiro e outubro do ano passado. Mas o problema das famílias sobre-endividadas não é só o crédito à habitação, segundo as estatísticas dos primeiros dez meses deste ano do Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado (GAS) da DECO. “As famílias em regra têm seis créditos e a estatística mostra que muitas vezes o peso do crédito pessoal já ultrapassa o do crédito à habitação”, afirmou à Lusa a coordenadora do GAS, Natália Nunes. As famílias endividadas acima das suas capacidades e que recorrem ao GAS têm em média seis créditos: um para habitação, dois créditos pessoais, dois cartões de crédito e o restante para aquisição de automóvel. No bolo das dívidas, o crédito à habitação pesava mais de 76 por cento, o crédito pessoal 12, o crédito automóvel 11,5 e o cartão de crédito 6,7. A taxa de esforço média dos sobre-endividados era de 95,52 por cento em Outubro.

O Banco de Portugal reviu as suas projeções para o crescimento económico do próximo ano e antecipa agora uma recessão na ordem dos 1,6%, contrariando a projeção do Governo que prevê uma queda de 1%. A perspetiva para a queda do Produto Interno Bruto (PIB) em 2012 mantém-se nos 3%, já estimados na última projeção e também em linha com o esperado pelo Governo e pela «troika». No Boletim Económico de Outono, ontem, divulgado pelo banco central, a instituição liderada por Carlos Costa revê assim para pior as suas expectativas para o próximo ano, que no anterior boletim, publicado a 10 de julho, previa que a economia estagnasse. As previsões do Banco de Portugal contrariam também as previsões do Governo incluídas na proposta de Orçamento do Estado para 2013 onde se estima uma recessão de apenas 1%. Segundo o Banco de Portugal, a recessão prevista para o próximo ano é pressionada em especial por uma revisão significativa das perspetivas para a procura interna, onde antes se estimava uma queda de 1,4%, e o banco central antecipa agora uma queda de 4,5%. Para este resultado contribui uma revisão em baixa das perspetivas para o consumo privado, com a expectativa que as famílias se contraiam ainda mais no próximo ano que o anteriormente esperado, depois de uma queda muito pronunciada já este ano. O Banco de Portugal projeta uma queda no consumo privado de 5,8% este ano (antes esperava 5,6%) e no próximo ano também uma queda de 3,6% (antes 1,3%). Também o consumo público o banco central estima uma queda mais pronunciada que o esperado no Boletim Económico de Verão. As estimativas apontam agora para uma queda de 3,9% em 2012 (ante-

riormente 3,8%) e de 2,4% em 2013 (1,6% no último boletim). Défice chega aos 6,2% do PIB

Crise. BdP alerta para “elevado nível de incerteza e um conjunto de riscos” associados à evolução das finanças públicas

Em linha com a Europa

Bolsa de Lisboa fecha com subida muito ligeira

O PSI20 fechou, ontem, em terreno positivo em linha com as praças europeias, ao avançar uns ligeiros 0,08% para 5.298,49 pontos. Das 20 cotadas, nove fecharam o dia no vermelho, outras nove avançaram e duas terminaram o dia inalteradas (Espírito Santo Financial Group e Portucel). A Jerónimo Martins cresceu 1,2% (para

13,885 euros) e o Banco Espírito Santo (BES) valorizou 1,01% (para os 0,80 euros), pressionando o índice para o dia positivo. O banco liderado por Ricardo Salgado apresentou, ontem, as suas contas até setembro: o BES registou lucros de 90,4 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, menos 47,4% do que no mesmo período de 2011. O dia havia começado no vermelho, com as incertezas sobre a situação económica na Grécia a preocupar os investidores.

Por outro lado, o défice orçamental, sem medidas temporárias e fatores especiais, deverá atingir os 6,2% do Produto Interno Bruto (PIB) este ano, prevê o Banco de Portugal, 0,2 pontos percentuais acima do esperado pelo Governo. A instituição liderada por Carlos Costa estima que as medidas temporárias atinjam os 1,2% do PIB, para que o Governo consiga chegar aos 5% do PIB de défice orçamental este ano. Estas medidas temporárias, como definidas pelo Eurosistema, consideram nos “fatores especiais transações que agravam pontualmente o défice das administrações públicas mas que, de acordo com a definição do Eurosistema, não podem ser tratadas como medidas temporárias”. Assim, o banco central aponta para uma estimativa do défice - sem estas medidas - superior em 0,2 pontos percentuais ao esperado pelo Governo, que tem estimado o défice orçamental sem medidas excecionais de 6% do PIB. Este saldo, de acordo com os critérios utilizados pelo Banco de Portugal, deverá assim ter ficado nos -10,2% em 2009, -8,7% em 2010 e -7,2% em 2011. O Banco de Portugal espera, também, que Portugal tenha um défice externo de 0,2% este ano, melhor que o esperado anteriormente, e um saldo positivo na ordem dos 4% do Produto Interno Bruto em 2013, muito superior ao projetado anteriormente. Inflação com descida

Já segundo o INE, a taxa de inflação homóloga fixou-se nos 2,1% em outubro, menos 0,8 pontos percentuais do que em setembro. O INE indica que excluindo a energia e os bens alimentares não transformados, a taxa de variação homóloga seria de 1,1%, igual à observada em setembro para o mesmo agregado. Os preços da habitação, água, eletricidade, gás e outros combustíveis, dos transportes, dos produtos alimentares e bebidas não alcoólicas e dos restaurantes e hotéis tiveram as maiores contribuições para a descida homóloga.


futebol

6 | O Norte Desportivo

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

Paulo Bento estabelece objetivo para jogo no Gabão

“Observar jogadores” “Não podemos ser da Seleção Nacional só nas fases finais”, disse o selecionador nacional na antevisao do jogo particular de hoje. O seleccionador nacional, Paulo Bento, apelou, ontem, ao apoio de todos os portugueses para o jogo particular, hoje, no Gabão, apesar da distância e de não se tratar de um encontro de caráter oficial. “Não podemos ser da Seleção Nacional só nas fases finais. Temos de o ser também durante as fases de qualificação e nos jogos particulares», afirmou Paulo Bento. “Este jogo será muito importante para vermos o caráter de alguns jogadores. Faltam alguns jogadores, mas os problemas físicos de uns são as oportunidades de outros. As lesões dos jogadores que não estão aqui, como Ronaldo? Se alguém ti-

ver dúvidas que fale com eles diretamente”, sublinhou o selecionador. Sobre o facto da Seleção jogar com um adversário, teoricamente, muito inferior, e tão longe de Portugal, Paulo Bento lembrou que “é normal as grandes seleções fazerem jogos particulares longe de casa, como mostra o facto da Espanha se ter deslocado ao Panamá e a Argentina até à Arábia Saudita”, assumindo o «peso» da vertente financeira. Já quando questionado por um jornalista sobre alguma desconfiança em relação à ausência de Cristiano Ronaldo, o selecionador foi pragmático: “só posso responder a essa pergunta se me disser quem é a pessoa que desconfia. Basta ver o olho do Cristiano Ronaldo. Apresentou-se e não estava em condições.” Já João Pereira, que também foi dispensado, tem segundo um relatório apresentado pelo clube, uma microrrotura no gémeo direito, estando o tempo de paragem dependente da evolução da lesão.

Seleção Nacional. “Este jogo será muito importante para vermos o caráter de alguns jogadores”, assumiu Paulo Bento

Rui Jorge e jogo com a Escócia

“Espero dificuldades” O treinador da seleção portuguesa de sub-21, Rui Jorge, assume que o particular com a Escócia servirá para observar alguns atletas, num encontro em que são esperadas muitas dificuldades em termos de confronto físico. “É uma oportunidade de ver alguns jogadores, uns com menos trajeto a nível de seleção. Vamos aproveitar este jogo para

poder vê-los a um nível diferente daquele a que estamos acostumados”, começou por dizer Rui Jorge, ontem, na antevisão da receção aos escoceses. O técnico luso espera um adversário “bastante aguerrido, forte no jogo aéreo e com grande intensidade de jogo”, pelo que antecipa algumas dificuldades para a seleção portuguesa, que terá de exibir uma

“qualidade extra” para ultrapassar o maior poderio físico da Escócia. O antigo internacional português mostrou-se também muito orgulhoso com a chamada do lateral esquerdo Rúben Ferreira à seleção principal. “É uma das nossa tarefas potenciar os jogadores”, referiu. O encontro joga-se, hoje, às 17h00, no Estádio do Bonfim.

«Dragão» volta 21 meses depois da lesão

Emídio Rafael de regresso aos treinos O futebolista Emídio Rafael voltou, ontem, aos treinos do FC Porto, depois de quase dois anos de ausência (21 meses), revelaram os bicampeões nacionais no seu sítio oficial na internet. Apesar de ainda trabalhar de forma condicionada, o defesa esquerdo de 26 anos foi a grande novidade da sessão matinal no centro de treinos do Olival (Gaia), em conjunto com a equipa B dos «dragões». Nas mesmas condições trabalharam Alex Sandro, Kléber e Fernando. O FC Porto prepara a deslocação ao terreno do Nacional, em jogo a contar para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, que terá início às 20h15 de sábado.

Deve ter alta já hoje

Pelé operado com sucesso a problema na anca Pelé foi, ontem, operado à anca, anunciou o porta-voz do antigo futebolista brasileiro ao site do Globo Esporte. “Correu tudo bem, foi uma intervenção muito simples. Provavelmente terá alta amanhã [hoje]”, declarou José Fornos. O porta-voz esclareceu que Pelé se queixava de dores na anca desde há algum tempo. A lenda mundial, embaixador honorário do Brasil para o Mundial de 2014, foi internada no hospital Albert Einstein, que não divulgou detalhes do estado de saúde do antigo futebolista a pedido da família. Considerado um dos melhores jogadores de sempre, o brasileiro, de 62 anos, conquistou três Mundiais com o Brasil, em 1958, 1962 e 1970, e marcou 1.281 golos em toda a sua carreira.

Mourinho e Ronaldo fora dos premiados

José Mourinho e Cristiano Ronaldo ficaram fora dos prémios da Liga espanhola da última época, embora o Real Madrid, campeão, tenha merecido o prémio de melhor equipa. Os «merengues» e o Deportivo da Corunha, campeão da segunda Liga, foram distinguidos como as melhores equipas nos respetivos campeonatos e a maior distinção individual foi para o argentino Lionel Messi, melhor avançado e melhor jogador. A Liga entregou os prémios anuais e Pep Guardiola, ex-técnico do FC Barcelona, segundo classificado na última temporada e que entretanto abandonou o clube, voltou a ser o melhor treinador, pela terceira época consecutiva. Da equipa campeã espanhola, com Mourinho e Cristiano Ronaldo «esquecidos», a Liga elegeu Iker Casillas como melhor guarda-redes, Sergio Ramos como o melhor defesa e Xabi Alonso como melhor médio. As distinções são feitas mediante os votos dos jogadores e dos treinadores


Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

cultura e espetáculos

O Primeiro de Janeiro | 7

Primeira semana do Guimarães Jazz

Diversidade presente Beatriz Pacheco Pereira

Novo livro apresentado no dia 24

«O Homem que trazia instruções», de Beatriz Pacheco Pereira, será apresentado no próximo dia 24, pelas 16h00, no Palacete Viscondes de Balsemão, no Porto. A apresentação estará a cargo do escritor Pedro Garcia Rosado. Este livro segue-se ao romance “O Amanhã Perfeito” e tem edição da Edium Editores. Não só o texto se distribui por 15 narrativas, como apresenta ainda 18 trabalhos inéditos da autoria de artistas plásticos contemporâneos criados em função de cada “estória”.

Teatro Tivoli

«Gerações do Fado» promovido pelo PE

O espetáculo «Gerações do Fado», uma iniciativa do Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal, realiza-se no próximo dia 18, pelas 21h00, no Teatro Tivoli, em Lisboa. Tem como fio condutor o jovem guitarrista Ângelo Freire, que convida fadistas de diferentes gerações a partilharem com ele o palco. Participam, entre outros, Carlos do Carmo, Joana Amendoeira, Cuca Roseta, Celeste Rodrigues, Fernando Alvim e Marco Rodrigues. A entrada é gratuita, limitada à lotação da sala.

DR

Noites de música diferentes com excelentes concertos brindaram os muitos presentes na primeira semana do Guimarães Jazz. João Quaresma

Sala cheia para o prodigioso Herbie Hancock que, a abrir esta 21ª edição, mostrou o porquê de ser considerado – há anos a esta parte – figura maior da música afro-americana. Tudo começou de forma simples, ao piano, qual concertista clássico. Mas, a sua carreira foi construída em grande parte na experimentação de novas sonoridades com uso dos mais diversos meios electrónicos. Fazendo jus a tudo isto, Hancock, rodeado de teclados e i-pads, usou e abusou destes para explorar e dar a conhecer o que foi o seu percurso de cinco décadas. Temas como “Maiden voyage” ou “Watermelon man” foram tocados de forma bem irreconhecível. No fundo, uma viagem pelos diferentes estilos que o tornaram figura de proa do jazz de fusão. Um memorável concerto para o historial do festival. Tal como esperado o quarteto que acompanhou Bill Frisell pro-

Herbie Hancock. Demonstração de uma carreira de cinco décadas

porcionou um espetáculo pouco usual. A composição do guitarrista para o documentário “The great flood”, de Bill Morrison, almejou momentos intensos realçados pelas imagens das águas do Mississippi em fúria e do subsequente cenário da inundação e reconstrução. Frisell, com uma história de incursões por diferentes correntes musicais que não só o jazz, nesta suite de uma dúzia de andamentos, mostra “savoir faire”, como guitarrista e compositor, o que é tanto mais interessante pois estamos

perante uma banda sonora. O trompetista Ron Miles foi uma mais valia para a sonoridade do conjunto. O concerto de “Dave Douglas e Joe Lovano: sound prints” também primou pela excelência, não só do trompetista e do saxofonista como do trio formado por Lawrence Fields, versátil pianista, Linda Oh, contrabaixista excecional, e Joey Barron, a condizer na bateria. O entrosamento entre os dois “sopradores” e o trio é notório. Como resultado disso, a qualida-

de dos temas interpretados, quer de Douglas quer de Lovano, com a inspiração de Wayne Shorter pautou-se por momentos altos de jazz contemporâneo. O festival prossegue hoje com a Jacam Manricks Band. Amanhã será a vez do Projecto TOAP, desta feita com a música de João Paulo Esteves da Silva tocado pela Orquestra de Jazz de Matosinhos. Na sexta e no sábado, respetivamente, “The Jazz Passangers: Re-united e WDR Big Band Cologne que toca temas do trompetista Randy Becker.

No Coliseu do Porto

Estreia cénica de O Crepúsculo do Crítico DR

A estreia encenada da ópera “O Crepúsculo do Crítico”, de Miguel Faria, realiza-se no sábado à noite no Coliseu do Porto, sob a direção musical de José Ferreira Lobo, com a Orquestra do Norte. Esta ópera satírica em um ato é protagonizada pelo barítono Pedro Telles no papel de “crítico” e pela soprano Ana Maria Pinto, como “editora” e no de “Diva Revolucionária Anne Marie Brunilda Pintarelli”, contando ainda com as participações do jornalista Bernardo Mariano, no seu próprio papel, Joana David como “maestrina”, e Filomena Santos em “Laurinda,

“O Crepúsculo do Crítico”. Ópera no Coliseu

técnica de limpeza”, anunciou a orquestra. A ópera foi estreada na versão de concerto em abril de 2010 em Guimarães, também sob a direção de Ferreira Lobo. O compositor Miguel Faria é um alter ego do docente universitário e crítico musical, Henrique Silveira. Em 2010, o texto da organização referia que compositor e libretista “estabeleceram um pacto artístico” num castelo em Luca, na Itália, “tendo como companhia Gustav Khun”. A segunda parte da noite é preenchida com a ópera de Giacomo Puccini, “Gianni Achicchi”, com

encenação de Eleonora Paterniti, também dirigida por Ferreira Lobo. O elenco desta ópera é constituído por Felice Tenneriello, Deborah Leonetti, Alessia Sparacio, Giacomo Patti, Samuel Vieira, Sofia de Castro, Bruno Cirne, João Oliveira, Rui Silva, Nuno Dias, Alexandra Calado, Pedro Telles, Jorge Castro, Tomé Azevedo e Tiago de Sá (Barítono. Esta é a única ópera cómica de Puccini que se baseia no Canto XXX do “Inferno” da “Divina Comédia” de Dante Aligheri, tendo sido estreada em 1918 na Metropolitan Opera House em Nova Iorque.


8 O Primeiro de Janeiro |

roteiro

Terça-feira, 13 de Novembro de 2012

Roteiro Cultural “Liberdade de Imprensa: de Milton às Cortes de Cádis”

Museu da Imprensa apresenta exposição sobre a Liberdade: “Liberdade de Imprensa: de Milton às Cortes de Cádis” é o título da exposição que está patente no Museu Nacional da Imprensa (MNI) até ao dia 17, data de encerramento da “Cimeira Ibero-americana de Cádis”. A exposição sublinha a importância das ‘cortes liberais’ de Cádis para a liberdade de imprensa, há duzentos anos, e está patente desde maio. Trata-se de uma mostra documental que evoca o discurso fundador da liberdade de impressão – de John Milton – feito no Parlamento inglês, em 1644, e a importante Constituição saída das cortes de Cádis, há 200 anos, que protege a liberdade de expressão e de imprensa. Dela constam também as datas mais marcantes para a liberdade entre Milton e Cádis. O Museu está instalado na cidade do Porto, a montante da Ponte do Freixo e a cinco minutos da Estação CP/Metro de Campanhã. Horário: todos os dias, incluindo domingos e feriados, das 15h às 20h.

Capital Europeia da Cultura resgata memórias de espaços industriais Exposição de Guimarães 2012 exibe 30 projetos, procurando responder à questão “O que fazer com espaços pós-industriais?” Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura está a recuperar a memória de fábricas desaparecidas. No âmbito do projeto “Edifícios & Vestígios”, foram recolhidos materiais de edifícios industriais portugueses, que estão agora expostos na Fábrica ASA, em Guimarães. A mostra integra o “Arquivo de Pós-Materiais” que reúne, entre outros, vestígios das já extintas Minas da Borralha, peças industriais da já demolida Fiação de Tomar, e candeeiros da desaparecida Esmaltagem Sis-Sachs – empresa de fabrico de motorizadas. O projeto “Edifícios & Vestígios” – que integra o ciclo “Escalas e Territórios” de Arte e Arquitectura – é composto por uma exposição, um ciclo de conferências e o lançamento de um livro. A iniciativa decorre até 9 de dezembro e pretende dar resposta à questão “O que fazer com espaços pós-industriais?”. Partindo do caso específico da região do Vale do Ave – uma zona conhecida pelas indústrias transformadora e têxtil e que está a ser afetada pela desindustrialização –, a exposição recorre a 30 projetos que utilizam objetos encontrados, materiais, filmagens e estruturas espaciais para apresentar soluções para a requalificação de edifícios e materiais, dando-lhes um novo significado. Também o espaço industrial do Porto é abordado. “Black Smoke”, de André Cepeda, é uma série fotográfica realizada durante a noite na cidade Invicta, documentando edifícios icónicos da revolução industrial, hoje abandonados. Os grandes palacetes, os pavilhões industriais, ou a antiga central elétrica podem agora ser apreciados em fotografia. O Museu da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto é uma das entidades participantes em “Edifícios & Vestígios”. O Museu foi o responsável pela construção, in-loco, de uma chaminé de tijolo. Estas chaminés, ícones da indústria portuguesa, foram construídas por meios manuais, técnica já extinta e que o Museu da FEUP recuperou.

“Os transparentes” Até dia 19 de Novembro, às 18h, na Biblioteca Municipal Florbela Espanca, Ondjaki, escritor angolano bem conhecido do público matosinhense, designadamente pelas várias participações no LeV – Literatura em Viagem, volta a Matosinhos no dia 19 de novembro para nos apresentar o seu mais recente romance, “Os transparentes”. A sessão de lançamento e apresentação do romance que sucede a O Assobiador, Quantas Madrugadas Tem a Noite e A Bicicleta Que Tinha Bigodes, vai realizar-se pelas 18h, na biblioteca municipal Florbela Espanca, em Matosinhos. Esta atividade, promovida pela Câmara Municipal de Matosinhos, em parceria com a Editorial Caminho, insere-se no âmbito da “Promoção do Livro e da Leitura” desta autarquia, e pretende criar condições que proporcionem a aproximação e o contacto direto entre autor e público, promovendo a troca de informação, de sensibilidades e experiências, tendo sempre como seu leit motiv a criação de novos públicos e novos leitores. Editado pela Caminho, o livro retrata-nos Luanda - a Luanda atual do pós-guerra, das especificidades, do «progresso», dos grandes negócios, do «desenrasca» - como pano de fundo de uma história e de um retrato social de uma riqueza surpreendente. Em "Os transparentes" Ondjaki combina com mestria vários registos literários como o lírico, o humorístico e o sarcástico, dando vida a um alargado conjunto de personagens, onde se podem identificar os diversos grupos sociais da sociedade angolana, alternando magníficos diálogos com descrições de Luanda, uma cidade degradada e ao mesmo tempo moderna.

BE-DOM TRANFORMAM OBJETOS EM MÚSICA O Casino Espinho apresenta, a 23 e 24 de novembro, o sexteto de percussão mais original dos últimos anos: os be-dom são o resultado de uma fusão brilhante entre criatividade e ritmo que resulta do recurso a diferentes materiais reutilizados e capazes de criar um espetáculo maioritariamente musical. Sem esquecer a compontente teatral e proporcionando ao público momentos apaixonantes e de grande interação, os be-dom são uma mescla de arte, beleza e agilidade na combinação de sons, oferecendo novas alternativas na criação de música. O sexteto leva ao Salão Atlântico um espetáculo com exibições fulgurantes e repletas de diversão, produzindo ritmos envolventes num ambiente descontraído e sem barreiras de línguas.


Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

publicidade/editais

O Primeiro de Janeiro | 9

Empresas e Pessoas com dificuldades econรณmicas (art.ยบ 1ยบ Cire)

www.antoniobonifacio.pt


agenda

10 | O Primeiro de Janeiro

Telefones Úteis

Farmácias de serviço

Hospitais Santo António Tel. 222 077 500 Linha Azul 222 084 601 São João Tel. 225 512 100 Pediátrico Maria Pia Tel. 226 089 900 Linha Azul 226 099 674 Maternidade Júlio Dinis Tel. 226 087 400 Psiquiátrico Conde Ferreira Tel. 225 022 031 Magalhães Lemos Tel. 226 192 400 Privados Ordem do Carmo Tel. 222 008 113

MAIA Álvaro Agante – Avª D. Manuel II, 1386 – Vermoim – Tel. 229 419 854 REFORÇO Aeroporto – Avª do Aeroporto – Moreira da Maia – Tel. 229 471 994 VALONGO Vilardell – Rua Central do Campo, 1251 / CAMPO / VALONGO Tel. 224 225 582

Ordem da Lapa Tel. 225 502 828 Ordem da Trindade Tel. 222 083 656 Prelada - Tel. 228 330 600 Militar Reg. Nº1 Tel. 226 063 011/ 12/13 Santa Maria Tel. 225 504 844 São Francisco Tel. 222 008 441 CONCELHO DE MATOSINHOS Distrital -Tel. 229 372 091 Pedro Hispano Tel. 229 391 000 Linha Azul 229 391 100 CONCELHO DE V. N. GAIA Eduardo Santos Silva Tel. 227 865 100 227 839 001 Vila Nova de Gaia Tel. 223 778 100/ 223 754180

GONDOMAR Cardoso – Largo de Sto. António, 49/52 – S. Cosme – Tel. 224 830 024 Central – Rua 25 de Abril, 344 – S. Cosme – Tel. 224 830 039 MATOSINHOS Ferreira de Sousa – Rua Nova do Seixo, 79 – Senhora da Hora – Tel. 229 517 454 José Morais – Praceta António Sérgio, 319 – Cruz de Pau – Tel. 229 385 367 VILA NOVA DE GAIA PERMANENTE Tavares da Silva - Rua Heróis do Ultramar, 1800 Balteiro 4430-432 Vilar de Andorinho De Canidelo - Rua da Fitela, 24-26 Canidelo 4400-710 Canidelo

Hoje Couto - Av. da República, 1412 Mafamude 4430-193 Mafamude Amanajas Guedes - Avenida João Paulo Ii, 811 Arcozelo 4410-406 Arcozelo AMARANTE Amarante – Av.ª 1.º de Maio / Edifício Mirante / 4600-013 Amarante Tel. 255 422 449 FELGUEIRAS J. Reis – Rua Rebelo Carvalho / 4610-212 Felgueiras Tel. 255 922 640 LOUSADA Fonseca – Rua Santo António, 554 – Silvares / 4620-651 Lousada Tel. 255 912 141 MARCO DE CANAVESES Farmácia Cabanelas - Lugar de Eiro Soalhães - Tel.:255511565 PAREDES Lopes Caçola – Praceta Jaime P. Moura, Loja 35 4620-030 Lousada Tel. 255 811 673 PENAFIEL Sameiro – Rua D. António F Gomes, 230-B – Tel. 255 713 071/2/3 SANTO TIRSO Central – Tel. 252 852 923 TROFA Trofense – Rua Costa Ferreira, C. C. Loja 2 – Tel. 252 412 543

Banda Desenhada

ZÉ do boné

RTP1

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Vidas em Jogo 15:15 Portugal no Coração 17:00 Futebol: Seleção Nacional (Sub 21)DiretoPortugal x Escócia 19:00 Telejornal 19:30 Futebol: Seleção Nacional (AA) DiretoGabão x Portugal 21:15 Telejornal 22:00 Decisão Final 23:00 A Guerra 00:15 5 Para a Meia-Noite 01:30 Teoria da Conspiração (Filme) 03:45 Ribeirão do Tempo 04:30 Televendas 06:05 Nós

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Vidas em Jogo 15:15 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:05 O Preço Certo 19:55 Direito de Antena 20:00 Telejornal 21:00 De Caras 21:45 Decisão Final 22:45 A Viagem do Sr. Ulisses(Telefilme) 00:15 5 Para a Meia-Noite 01:30 True Justice 02:30 Ribeirão do Tempo 04:00 Televendas 06:05 Nós

07:00 Zig Zag 14:00 Sociedade Civil (R/) 15:30 Diário Câmara Clara (R/) 15:45 Olhar o Mundo (R/) 16:00 National Geographic 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Duas Miúdas nas Lonas 19:00 Universidade Aberta 19:30 Com Ciência 20:00 Zig Zag 21:00 National Geographic 22:00 Hoje 22:37 Diário Câmara Clara 22:45 Super Diva - Ópera para Todos 23:15 Janela Indiscreta com Mário Augusto 00:00 Esec-tv 01:15 Universidade Aberta (R/) 01:45 Com Ciência (R/) 02:15 Bairro Alto (R/) 03:00 Euronews 03:45 24 Horas 05:00 Diário Câmara Clara (R/) 05:30 Sociedade Civil (R/)

Deu-me um estalo e chamou-me preguiçoso!

E o Padre: “Queres esta mulher para o resto da vida ou não??”

RTP2 07:00 Zig Zag 14:00 Sociedade Civil 15:30 Diário Câmara Clara (R/) 15:45 Universidade Aberta (R/) 16:10 National Geographic (R/) 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Duas Miúdas nas Lonas 19:00 Iniciativa 19:30 Capital 20:30 Zig Zag 21:00 National Geographic 22:00 Hoje 22:37 Diário Câmara Clara 22:45 Ossos 23:30 Sobre Viver (Doc Nac) 00:15 Capital (R/) 00:45 Janela Indiscreta com Mário Augusto (R/) 01:15 Iniciativa (R/) 01:45 Euronews 03:30 24 Horas 05:15 Diário Câmara Clara (R/) 05:30 Sociedade Civil (R/)

SIC

SIC

06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:10 Tween Box: Tower Prep 09:15 Cartas da Maya - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:25 Toca a Mexer - Diário 14:50 Podia Acabar o Mundo 15:55 Boa Tarde 18:30 Fina Estampa 20:00 Jornal da Noite 21:40 Dancin' Days 22:35 Sorteio do Totoloto 22:40 Gabriela 23:30 Avenida Brasil 00:20 Toca a Mexer - Diário 00:40 CSI Nova Iorque 01:30 European Poker Tour 02:20 De Corpo e Alma 03:10 Cenas do Casamento 04:00 Televendas

06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:10 Tween Box: Tower Prep 09:10 Cartas da Maya - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:25 Toca a Mexer - Diário 14:50 Podia Acabar o Mundo 15:55 Boa Tarde 18:30 Fina Estampa 20:00 Jornal da Noite 21:45 Dancin' Days 23:05 Gabriela 23:45 Avenida Brasil 00:30 Toca a Mexer - Diário 00:50 CSI Nova Iorque 02:00 Cartaz Cultural 02:35 De Corpo e Alma 03:25 Cenas do Casamento 04:25 Televendas

TVI

…e disse-lhe que está a ficar gordinha.

Amanhã

RTP1

RTP2

Sr. Perfeito

Passatempos

Televisão

Serviço permanente PORTO PERMANENTE Saúde – Avª Combatentes da Grande Guerra, 689/693 – Tel. 225 089 213 Vitália – Praça da Liberdade, 34 – Tel. 222 004 133 Vilarinha – Av. Antunes Guimarães, 91 – Tel. 226 100 576

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Casa dos Segredos 3 - Diário da Tarde 18:30 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:30 Casa dos Segredos 3 - Diário 22:15 Louco Amor 23:30 Doce Tentação 00:30 Casa dos Segredos 3 - Extra 02:00 Guestlist 02:30 Mistura Fina 05:00 TV Shop

TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Casa dos Segredos 3 - Diário da Tarde 18:30 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:30 Casa dos Segredos 3 - Diário 22:15 Louco Amor 23:30 Doce Tentação 00:30 Casa dos Segredos 3 - Extra 02:00 Autores III 03:00 Mistura Fina 05:00TV Shop


agenda

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 11

Cinemas PORTO DOLCE VITA Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 21h20, 00h35

Os Smurfs M/6 Sessões: 10h30, 12h50, 15h20, 18h (V.Port./3D)

Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 14h, 16h30, 19h (V.Port./3D)

Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h15, 15h40, 18h30, 21h30, 00h10

Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 22h, 00h35

Um Dia M/12 Sessões: 13h40, 16h20, 19h, 21h20, 23h50

Os Smurfs M/6 Sessões: 12h50, 15h30, 18h30 (V.Port./3D) Um Dia M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h05, 21h50, 00h30 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h30, 15h10, 17h50, 21h10, 23h50 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h30, 00h10 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h50, 21h40, 00h25 Assim é o Amor M/12 Sessões: 12h40, 15h25, 18h10, 21h, 23h50 MAIA MAIASHOPPING Os Smurfs M/6 Sessões: 13h30, 16h, 18h40, 21h20, 23h50 (V.Port./3D) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h20, 19h, 21h50, 00h35 Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 21h10, 00h10 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 13h40, 16h30, 19h10, 21h40, 00h20 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h10, 15h50, 18h50, 21h30, 00h30 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h50, 16h10, 18h30 (V.Port.)

MATOSINHOS MAR SHOPPING O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h40, 16h20, 19h10, 22h, 00h30 Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 22h45 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h40, 15h10, 17h40, 20h (V.Port./3D) Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h20, 24h Os Smurfs M/6 Sessões: 13h10, 15h50, 18h30 (V.Port.) Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 12h50, 15h30, 18h20, 21h30, 00h10 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h10, 21h, 23h40 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 18h50, 21h40, 00h20 ) VILA NOVA DE GAIA LUSOMUNDO GAIASHOPPING Carros 2 M/6 Sessões: 13h15, 15h45 (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 18h25, 20h55, 24h Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 15h50, 18h50, 21h55, 00h35

NORTESHOPPING Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h10, 22h30

Super M/12 Sessões: 21h50, 00h25

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h40, 15h10, 18h10, 22h, 00h35

Os Smurfs M/6 Sessões: 13h05, 15h35, 18h15, 20h50, 23h50 (V.Port./3D)

O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h10, 15h30, 18h20, 21h40, 00h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 16h, 18h50, 22h, 00h45 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 10h50, 13h20, 15h50, 18h40 (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 21h10, 23h40

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h55, 15h40, 18h40, 21h30, 00h10 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h55, 15h, 17h20, 19h40 (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h, 21h45, 00h40 Animais Unidos M/6 Sessões: 12h45, 14h55, 17h10, 19h25 (V.Port./3D) Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sessões: 21h40, 00h30

Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h50, 15h05, 17h25, 19h45, 22h, 00h20 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h25, 16h05, 18h45, 21h20, 00h15 UCI ARRÁBIDA 20 O Último Destino 5 M/16 Sala: Sala 1 Sessões: 14h, 16h30, 19h, 21h35, 00h35 A Ressaca - Parte II M/16 Sala: Sala 2 Sessões: 22h20, 00h40 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sala: Sala 2 Sessões: 13h40, 15h50 (V.Port.), 18h, 20h10 (V.Port./3D) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sala: Sala 3 Sessões: 13h55, 16h25, 18h55, 21h25, 24h Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sala: Sala 4 Sessões: 14h10, 16h40, 19h05, 21h35, 00h05 Sem Prada nem Nada M/12 Sala: Sala 5 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 21h50, 00h20 Larry Crowne M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 18h30 Tinhas Mesmo Que Ser Tu M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 13h50, 16h10, 21h30, 00h15 A Árvore da Vida M/16 Sala: Sala 7 Sessões: 18h45 Sem Remorsos M/12 Sala: Sala 7 Sessões: 14h05, 16h25, 21h40, 00h10 Carros 2 M/6 Sala: Sala 8 Sessões: 13h40 (V.Port.) Eu Vi o Diabo M/16 Sala: Sala 8 Sessões: 16h10, 19h05, 22h, 00h55 Cowboys & Aliens M/12 Sala: Sala 9 Sessões: 14h, 16h30, 18h55, 21h25, 00h15 Assim é o Amor M/12 Sala: Sala 10 Sessões: 13h50, 16h35, 19h20, 22h, 00h40 Chefes Intragáveis M/12 Sala: Sala 11 Sessões: 14h10, 16h40, 19h15, 21h45, 00h20 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 12 Sessões: 14h05, 16h45, 19h20, 21h55, 00h35 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 13 Sessões: 13h45, 16h20, 18h55, 21h35, 00h15 (2D) Bem-vindo ao Sul M/12 Sala: Sala 14 Sessões: 14h15, 16h40, 19h10, 21h40, 00h10 Os Smurfs

Tempo HOJE TODO O TERRITÓRIO: Céu pouco nublado, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral oeste até ao final da manhã e em especial a norte do Cabo Raso. A partir do meio da tarde, aumento de nebulosidade na região Norte. Vento fraco (inferior a 15 km/h), soprando temporariamente moderado (15 a 25 km/h) de noroeste no litoral oeste a sul do Cabo Raso durante a tarde. Neblina ou nevoeiro matinal nas regiões do litoral. Pequena descida da temperatura máxima nas regiões Norte e Centro. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros e possibilidade de ocorrência de trovoada. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) do quadrante sul, tornando-se do quadrante oeste a partir da tarde. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Aguaceiros, mais frequentes durante a madrugada e manhã. Vento leste moderado (20/30 km/h), tornando-se fresco (30/40 km/h) com rajadas até 55km/h, rodando para nordeste. GRUPO CENTRAL - Céu geralmente muito nublado. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h), tornando-se moderado (20/30 km/h) e rodando para nordeste. GRUPO ORIENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas, aumentando de nebulosidade ao longo da manhã. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h).

AMANHÃ

TODO O TERRITÓRIO: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela e em especial no Minho e Douro Litoral. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante oeste, soprando temporariamente moderado (20 a 30 km/h) de sudoeste nas terras altas das regiões Norte e Centro. Neblina ou nevoeiro matinal nas regiões do litoral. Pequena descida da temperatura máxima na região Sul e no interior Norte e Centro. MADEIRA:Períodos de céu muito nublado. Possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) predominando de noroeste, tornando-se moderado a forte (25 a 40 km/h) nas zonas montanhosas a partir da tarde. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Aguaceiros, mais frequentes durante a madrugada e manhã. Vento leste moderado (20/30 km/h), tornando-se fresco (30/40 km/h) com rajadas até 55km/h, rodando para nordeste. GRUPO CENTRAL - Céu geralmente muito nublado. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h), tornando-se moderado (20/30 km/h) e rodando para nordeste. GRUPO ORIENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas, aumentando de nebulosidade ao longo da manhã. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h).

M/6 Sala: Sala 15 Sessões: 14h, 16h30, 18h55 (V.Port.), 21h20, 24h Amigos Coloridos M/12 Sala: Sala 16 Sessões: 13h50, 16h20, 18h50, 21h45, 00h25 Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sala: Sala 17 Sessões: 15h, 17h55, 21h25, 00h15

Palmela vive 15ª Semana da Dança

Animais Unidos M/6 Sala: Sala 18 Sessões: 14h10, 16h20 (V.Port./3D) Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sala: Sala 18 Sessões: 18h35, 21h15, 00h10 A Melhor Despedida de Solteira M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 13h50, 16h35 Super 8 M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 19h20, 21h55, 00h30 Um Dia M/12 Sala: Sala 20 Sessões: 14h, 16h40, 19h10, 22h, 00h40

GONDOMAR LUSOMUNDO - PARQUE NASCENTE Os Smurfs M/6 Sessões: 13h25, 16h, 18h35, 21h10, 23h50 (V.Port.) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h45, 16h30, 19h15, 21h55, 00h40 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h50, 16h20, 19h30, 22h, 00h30 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 12h50, 15h20, 17h50, 21h20, 24h Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 21h15, 24h Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h10, 15h30, 18h (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 15h, 17h40, 20h30, 23h Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h25, 21h, 00h05 Um Dia M/12 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 22h10, 00h45 Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h50, 00h20 Carros 2 M/6 Sessões: 13h40, 16h25, 19h (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 14h30, 17h30, 20h40, 23h40 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 14h45, 17h15, 20h, 22h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h15, 15h50, 18h40, 21h40, 00h25

A 15ª edição da Semana da Dança em Palmela decorre entre 17 e 25 de novembro, numa organização conjunta da Passos e Compassos/ DançArte, companhia residente no Cineteatro S. João, e da Câmara Municipal de Palmela. Espetáculos para todas as idades, ateliês, filmes, debates, exposições e o concurso à Volta da Dança compõem o programa da iniciativa que, desde 1997, aposta na divulgação da dança, na criação de novos públicos e na partilha de ideias, à volta desta forma de expressão artística. Este ano, destaque para a presença em Palmela, uma vez mais, do Russian Classical Ballet, com o bailado Quebra-Nozes, uma produção tipicamente natalícia, com música de Tchaikovsky e coreografia de Marius Petipa e V. Vainonen. O espetáculo decorre no dia 23 de novembro, às 21h30, no Cineteatro S. João. A Semana da Dança é, hoje, um programa enraizado no panorama cultural do concelho de Palmela mas, também, no contexto cultural e no panorama da dança em Portugal. Para isso, muito têm contribuído, também, as parcerias estabelecidas, ao longo dos anos, com a comunidade educativa, com o movimento associativo e outros agentes culturais, e com as empresas e comércio local. Nas últimas edições, foi registada a participação de mais de 4500 pessoas, com idades ente os 0 e os 100, provenientes de diversos locais.

Sugestões

“Everyone Expects to Grow Old But No One Expects to Get Fired” Guimarães 2012 estreia Novo trabalho de Sanja Mitrovic, directora artística da companhia Stand Up Tall Productions, estreia em Guimarães 2012. Trata-se de um espetáculo que aborda a realidade do desemprego, um dos problemas mais agudos da região do Vale do Ave. “Everyone Expects to Grow Old But No One Expects to Get Fired” (Toda a gente espera chegar a velho mas ninguém espera ser despedido) estreia nos dias 15 e 16 de novembro, na fábrica Lameirinho, em Guimarães. A encenadora, reconhecida pelo trabalho desenvolvido no âmbito do teatro documental, junta cinco desempregados recentes da região, cinco actores portugueses e os operários da Fábrica Lameirinho, num encontro de realidades desiguais. “Everyone Expects to Grow Old But No One Expects to Get Fired” foi desenvolvido a partir de sessões comunitárias onde este grupo heterogéneo trocou e comparou pontos de vista sobre a vida, o trabalho e a economia. A peça de Sanja Mitrovic explora assim a economia e a psicologia do desemprego e a dramatização da experiência vivida. Nos dias 15 e 16 de novembro, o ponto de partida é às 21h00, no Centro Cultural Vila Flor (CCVF), onde estão disponíveis dois autocarros gratuitos que farão o percurso do CCVF até à Lameirinho. O percurso integra o espetáculo e o público apenas pode assistir à peça se for num dos autocarros. Na Lameirinho, o público é chamado para uma visita guiada pela fábrica, ao longo da qual actores integrados no público dirigem questões pessoais e profissionais aos trabalhadores. No final do percurso os guias anunciam o início da performance.


1868

Há 143 anos, todos os dias consigo.

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

EM DEFESA DA TRANSPARÊNCIA É óbvio que até ao Acórdão da Sentença proferida em Tribunal qualquer arguido é inocente. Portanto, o que aqui escrevo está salvaguardado por esse princípio. Trata-se, apenas, de uma leitura política de um cidadão que olha para os factos indiciados pelo Tribunal Central de Instrução Criminal e deles tem uma opinião política e não jurídica. Segundo o DN-Madeira está em causa a “acuAndré Escórcio* sação deduzida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa contra os arguidos por indiciação de factos passíveis de consubstanciar os crimes de fraude qualificada, previsto e punido pelo Regime Geral das Infrações Tributárias (RGIT), fraude contra a Segurança Social e branqueamento, previsto e punido pelo Código Penal (CP).” Sublinha, ainda, o DIÁRIO que “nos termos da acusação (agora sindicada pelo despacho de pronúncia) há fortes indícios da utilização, pelo Clube Desportivo Nacional, de um esquema visando o pagamento de parte das quantias devidas a título de salário a jogadores e técnicos, de forma que a mesma não fosse sujeita à legal e devida tributação fiscal. O estratagema terá sido aplicado desde o ano de 2002 até ao ano de 2005 através das sociedades “S&T - Services & Trading Limited” (empresa fronting) e “Lenby”. Sociedades offshore através das quais eram pagos direitos de utilização do nome e imagem de jogadores e técnicos, sem que tais remunerações fossem sujeitas a incidência tributária. Diz-se que, em 2005, o Estado foi lesado em 91,7 mil euros (75,2 em sede de IRS e 16,5 mil euros em sede de Segurança Social).” Caberá ao Tribunal provar ou não os termos da acusação. Não teço, portanto, qualquer comentário sobre o que ainda não foi motivo de argumentação entre as partes. Há, no entanto, um aspeto que me deixa perplexo: o caso do Dr. João Machado, Director Regional de Assuntos Fiscais, ao tempo, diretor do Clube Desportivo Nacional. Pode até haver absolvição, todavia, neste momento, está pronunciado. E num caso destes, esperava eu que, depois da notícia, o diretor regional suspendesse o cargo que desempenha. Tem direito à sua defesa e tem direito, posteriormente, caso seja absolvido, à reabilitação da sua imagem pública. O que está em causa não é de somenos importância, repito: “crimes de fraude qualificada, previsto e punido pelo Regime Geral das Infrações Tributárias (RGIT), fraude contra a Segurança Social e branqueamento, previsto e punido pelo Código Penal (CP).” Ora, sendo o Dr. João Machado Diretor Regional dos Assuntos Fiscais, no plano político, o mínimo que se exigiria era o seu afastamento temporário. Nenhum contribuinte pode estar a olhar para o coração do sistema fiscal com olhos enviesados. A transparência política é fundamental, ainda por cima quando os cidadãos nutrem pelo fisco uma relação de ódio. *Professor www.comqueentao.blogspot.com

Diretor: Rui Alas Pereira (CP-2017). E-mail: ruialas@oprimeirodejaneiro.pt Redatores: Joaquim Sousa (CP-5632), Andreia Cavaleiro (CP-6983), Cátia Costa (Lisboa) e Vasco Samouco. Fotografia: Ivo Pereira (CP-3916) Secretariado de Direção: Sandra Pereira. Secretariado de Redação: Elisabete Cairrão. Publicidade: Conceição Carvalho (chefe), Elsa Novais (Lisboa, 918 520 111) e Fátima Pinto. E-mail: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt Morada: Rua de Santa Catarina, 489 2º - 4000-452 Porto. Contactos: redação - Tel. 22 096 78 47 - Tm: 912 820 510 E-mail: geral.cloverpress@oprimeirodejaneiro.pt - Publicidade - Telefone: 22 096 78 46, Fax: 22 096 78 45 Propriedade: Globinóplia, Unipessoal Lda. Edição: Cloverpress, Lda. NIF: 509 229 921 Depósito legal nº 1388/82 Impressão: Coraze, Telefs.910252676 / 910253116 / 914602969, Oliveira de Azeméis. Distribuição: Vasp. Tiragem: 20 000

EUROMILHÕES

11

16

21

24

29

2

6

Presidente António Costa admite

Adesão histórica na Câmara de Lisboa O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, admitiu uma “adesão histórica” dos trabalhadores do município na greve geral convocada para hoje, antecipando pelo menos impactos nos serviços de limpeza da capital. “Não ficaria surpreendido se fosse uma taxa de adesão histórica”, respondeu o autarca socialista aos jornalistas, quando questionado sobre qual seria a participação dos trabalhadores do município de Lisboa na greve geral. António Costa recusou fazer previsões, mas a Câmara de Lisboa antecipa, pelo menos, impactos no “normal funcionamento do sistema

de limpeza e recolha de lixo na capital”. Em comunicado, a autarquia recomenda a “todos os moradores que acondicionem devidamente os seus resíduos domésticos” e que “evitem colocá-los à remoção” na noite de hoje para amanhã, sugerindo que o façam apenas na noite de amanhã. A câmara salienta que os serviços de Higiene e Limpeza do Município vão desenvolver “todos os esforços com vista a minimizar as eventuais consequências” da greve geral, como proceder à “rápida normalização do sistema de remoção de lixo” e outras atividades de limpeza. A Câmara de Lisboa tem marcada

para hoje uma reunião de executivo privada, à qual o vereador do PCP, Rúben de Carvalho, não vai comparecer. O autarca comunista considerou que a autarquia devia ter agendado a reunião para um outro dia, para que a sua realização “não possa constituir um fator de condicionamento dos direitos dos trabalhadores”. Está agendada também, pelas 16:30 de hoje, nos Paços do Concelho, uma sessão solene de boas-vindas ao Presidente da República da Colômbia, Juan Manuel Santos Calderon. Na cerimónia, António Costa vai entregar a Chave de Honra da cidade de Lisboa ao chefe de Estado colombiano.

Governo quer chegar a acordo com estivadores

Paralisação continua marcada O Governo vai esperar até hoje, véspera de um novo período de greve dos estivadores, por um acordo que diminua o impacto da paralisação para a economia, adiando para então o estudo de “alternativas”. “O dia de hoje não nos trouxe a notícia de um acordo entre os operadores e os sindicatos, mas ainda não esgotamos a via negocial. E é nessa

via que apostamos para encontrar uma solução que minimize o impacto deste pré-aviso de greve para 15 a 27 novembro”, afirmou o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, à margem do encontro “Transportes, Competitividade e Futuro”, a decorrer em Lisboa. Em declarações aos jornalistas, o governante afirmou que o objetivo é que

“houvesse acordo” antes do início da greve, que começa amanhã, admitindo que então a situação será avaliada. “A greve começa dia 15 e gostávamos que houvesse acordo antes disso, ou seja até 14. Se assim não for, teremos que verificar todas as alternativas no âmbito legal de forma que o impacto para a economia seja minimizado”, declarou.

Julgamento do «caso» Carlos Castro

Renato Seabra pode ser expulso do tribunal

Sabia que sou capaz de usar folhas como se fossem chapéus de chuva?

No ATL de Natal do Jardim Zoológico, os míudos aprendem, a brincar! De 17 a 31 de Dezembro, veja o seu filho tornar-se num explorador da natureza..

INSCRIÇÕES

T. 217 232 960 . F. 217 232 961 . E-mail: pedagogico@zoo.pt

O Jardim Zoológico é titular do Alvará nº 303, emitido pelo IPJ, que o licencia para o exercício de atividade de organização de campos de férias, nos termos do decreto-lei nº 304-2003.

www.zoo.pt

O juiz do julgamento do caso Carlos Castro, em Nova Iorque, Daniel Fitzgerald, ameaçou expulsar do tribunal o arguido, Renato Seabra, caso este volte a falar alto durante o julgamento, na presença dos jurados. “Se falar enquanto os jurados estão na sala, vou retirá-lo do tribunal”, avisou Fitzgerald, na sessão de ontem do julgamento pelo homicídio do cronista social, a primeira depois de uma interrupção de duas semanas. Confrontado com o aviso, Seabra começou por rir-se, parando imediatamente depois de avisado pelo juiz para se conter, pois não havia “nenhum motivo para rir”. “Quero que participe no tribunal. Contudo, as regras dizem que se continua a falar quando não é suposto, então tenho de escusá-lo do tribunal”.

O incidente terá ocorrido no final da última sessão, mas nem a defesa nem a procuradoria quiseram esclarecer o assunto. No banco das testemunhas voltou a estar William Barr, psicólogo chamado pela acusação de Renato Seabra, que rejeita a tese da defesa de que o jovem não teve consciência dos seus atos no crime de 07 de janeiro de 2011, devido a perturbações mentais. Relatórios de médicos que avaliaram o jovem em três unidades psiquiátricas, referem que, na altura do crime, o jovem “estava em pensamento delirante, num episódio maníaco e desordem bipolar, com caraterísticas psicóticas graves” e, como tal, não deve ser considerado culpado. Apontam ainda para a natureza brutal das agressões, incluindo muti-

lações genitais da vítima, como prova de que Seabra estava sob efeito de uma psicose, tal como o facto de ter relatado a dois psicólogos ter obedecido “a vozes” dentro da sua cabeça, nomeadamente durante a mutilação. Seabra disse ainda que as “vozes” o levaram a acreditar que matar e mutilar Castro lhe daria poderes para curar as outras pessoas. Diretor de neuropsicologia na New York University, William Barr não dá credibilidade a este relato e defendeu mesmo que o jovem mentiu e tem estado a “improvisar” à medida que o tempo passa. “Muito no seu comportamento soa a psicótico, muito soa a inventado. Mas não interferiu com a capacidade deste homem saber que as suas ações eram erradas”, disse o especialista.

14-11-2012  

14-11-2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you