Issuu on Google+

FALECEU LUIZ PINTO FREITAS Presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting não resistiu a um AVC

Há 144 anos, sempre consigo. 1868 2012

Continente - 0,60 € (IVA INCLUIDO) – Ilhas - S. Miguel e Madeira - 0,75 € (IVA INCLUIDO) – Porto Santo 0,80 € (IVA INCLUIDO)

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

Diretor: Rui Alas Pereira | ISSN 0873-170 X |

|

DIÁRIO NACIONAL

Ano CXLV | N.º 87

Quarta-feira, 10 de abril de 2013

GASPAR PROíBE MINISTÉRIOS DE CONTRAIR NOVAS DESPESAS

DESPACHO

CHANTAGISTA  Como primeiro efeito prático do chumbo do TC, o ministro Vítor Gaspar assinou um despacho que impõe máxima contenção e proíbe os ministérios de contrair novas despesas. O documento, de acordo com as Finanças, considera “necessária a adoção de medidas que reforcem o controlo da execução orçamental”, bem como a “adequação do Orçamento do Estado à nova realidade”. Quem não poupa o ministro é o PCP e o BE, que apontam a “porta da rua” como a única saída possível para Vítor Gaspar, acusando o Governo de tentar “paralisar a administração pública”. Expressando “indignação e repulsa”, o deputado Honório Novo diz mesmo que se trata de um “despacho chantagista”, com consequências graves no funcionamento de escolas e hospitais.

RELVAS

Maioria recusa pedido do PS para ouvir Nuno Crato

JUÍZES

Associação pede ao MP que investigue acusações inaceitáveis de Marinho e Pinto

CRÉDITO

concedido às famílias e às empresas caiu mais de 14 milhões

TROIKA QUER DAR MAIS SETE ANOS A PORTUGAL PARA PAGAR EMPRÉSTIMO


local Porto

2 | O Primeiro de Janeiro

Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

Menezes tem plano contra “recuos do país”

Prémios Jovens Músicos

Casa da Música recebe vencedores

“Fazer do Porto uma cidade social” O candidato à autarquia portuense considera ser “um erro enorme” destruir o Estado Social para aumentar a competitividade. O social-democrata Luís Filipe Menezes considera ser “um erro enorme” destruir o Estado Social para aumentar a competitividade e defendeu um avanço das autarquias para funções sociais perante os “recuos” do país nas atuais “circunstâncias transitórias”. O também conselheiro de Estado admite que na atual conjuntura o poder central tenha de recuar “para salvar o essencial do Estado

DR

Receita para acabar com a crise. “Acabar com o «dumping» social vindo do Oriente”

Social” e destacou a nova missão social dos municípios. “Sou um defensor do Estado Social. Se há necessidade do Estado Social central recuar aqui ou acolá - e admito que haja para salvar o essencial do Estado Social nestas circunstâncias transitórias -, as autarquias podem elas próprias, e devem, avançar no Estado Social. A ideia um pouco troikiana que há por aí é que a competitividade da Europa se fará à custa da destruição do Estado Social Europeu é um erro enorme”, frisou o candidato do PSD à Câmara do Porto, em declarações aos jornalistas no fim de uma visita ao Serviço de Pediatria do Centro Hospitalar de S. João, recordando que o Estado Social “é uma construção

abrangente, da esquerda e da direita”. Admitindo que a função social das autarquias não poderá “chegar de forma alargada onde o estado social chega”, porque tal “pressupõe recursos enormes”, Menezes assegurou ter como preocupação fazer do Porto “uma cidade social”. “Evidentemente não podemos chegar de forma alargada onde o Estado Social chega, porque isso pressupõe recursos enormes. Mas quem vier viver para o Porto sabe que filhos não pagam livros escolares, têm vacinação gratuita, apoio a creches de proximidade e que os idosos terão apoio domiciliário no sentido lato. A nossa preocupação vai ser ter uma cidade social”, prometeu.

A Casa da Música recebe hoje recitais de Ricardo Gaspar, violetista, e Mariana Pacheco, soprano, vencedores do nível superior da edição 2012 do Prémio Jovens Músicos/ Antena 2. A sessão começa às 19h30 e os bilhetes custam oito euros. Ricardo Gaspar arrecadou também o Prémio Silva Pereira, enquanto Marina Pacheco conta com prémios internacionais. Dia Mundial da Voz

Hospital Cuf com rastreios grátis O Hospital Cuf, no Porto, celebra o Dia Mundial da Voz no dia 16, promovendo um rastreio clínico, gratuito e aberto a toda a população para deteção e informação sobre os problemas da voz. Esta iniciativa, que se prolonga até dia 19, “pretende informar a população sobre os fatores de risco das doenças da voz e a importância de um diagnóstico precoce”.

DR

Habitação camarária

Domus Social tem 1,6 ME para reabilitação O presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, adiantou que a autarquia transferiu 1,6 milhões de euros (ME) para a empresa municipal, Domus Social para esta poder fazer “reabilitação” de habitação camarária. O autarca respondeu assim ao deputado municipal do Bloco de Esquerda (BE) José Castro, que quis saber por que motivo a câmara transferiu aquela verba se o executivo municipal realça que a empresa “é autossuficiente”. Rio esclareceu que as rendas que os inquilinos camarários pagam à Domus Social chegam para salários e manutenção, mas não para fazer obras de reabilitação que custam “milhões de euros”, salientando que a reabilitação “jamais” podia ser custeada através das rendas, a menos que estas fossem muitos superiores. Câmara do Porto

“Sensível aos nossos problemas”

Vendedores ambulantes confiam na CM Porto O porta-voz dos vendedores ambulantes da cidade do Porto está “muito confiante” de que os problemas que afetam a classe serão resolvidos na reunião que irão ter hoje com o vereador responsável pela Fiscalização. “Estamos confiantes porque a Câmara do Porto parece estar aberta e sensível aos nossos problemas. Nós só queremos que nos deixem trabalhar”, sublinhou João Ferreira.

DR

Avanço. Nova reunião hoje

Os vendedores ambulantes, que na segunda-feira à noite entregaram na Assembleia Municipal um abaixo-assinado com 1.158 assinaturas, exigem, entre outras reivindicações, “que seja reconhecida a utilidade da atividade da venda ambulante de cachorros quentes” como parte da animação noturna portuense, assim como a sua “importância para a subsistência de muitas famílias”. “Os vendedores am-

bulantes não precisam de subsídios, apenas precisam que os deixem trabalhar e contribuir para riqueza do país”, salientam num documento que João Ferreira leu aos deputados municipais. Realçam ainda que só pretendem “trabalhar devidamente licenciados” e, também, que “não querem andar a fugir à polícia como se fossem delinquentes”.

Subsídio incluído no orçamento Rui Rio acautelou o pagamento do subsídio de férias aos funcionários municipais por ter decidido “prudentemente” inserir a verba no orçamento camarário para 2013. A verba para pagamento do subsídio de férias aos funcionários foi incluída “no subagrupamento das remunerações certas e permanentes”, refere o relatório do orçamento aprovado em dezembro.


regiões

Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

O Primeiro de Janeiro | 3

Com 100 metros de profundidade e 17 de diâmetro

Cratera em Marvão Mário Galego, rendeiro da propriedade onde o fenómeno ocorreu, mostrou-se “surpreendido” com situação, que considera “assustadora”. Contentores na Trafaria

Mais de 6 mil pessoas contra terminal

Cerca de 6400 pessoas consideram que a intenção do Governo de construir um terminal de contentores na Trafaria é um “crime de lesa pátria”, numa petição, ontem, entregue pelos autarcas de Almada na Assembleia da República. O abaixo-assinado, que recolheu as assinaturas em menos de um mês, foi entregue no Parlamento pela presidente da Câmara de Almada, Maria Emília de Sousa (CDU), o presidente da Assembleia Municipal de Almada, José Manuel Maia (CDU) e os presidentes das 11 juntas de freguesia do concelho. Maria Emília de Sousa afirmou que a contestação pretende “defender a beleza natural do concelho e o seu potencial para o turismo, para o desenvolvimento tecnológico e das indústrias criativas”.

O excesso de água nos solos poderá estar na origem do fenómeno geológico ocorrido em Marvão, no Alto Alentejo, que resultou na abertura de uma cratera com cerca de 100 metros de profundidade e 17 de diâmetro. O geólogo Vítor Lamberto explicou, ontem, que se trata de “um fenómeno típico” de zonas onde existem rochas calcárias e que em Portugal existem situações “similares”, embora “não tenham esta dimensão”. “Aqui em Marvão, tivemos um ano de muita chuva. A água, nestas estruturas, infiltra-se, circula no interior e, nos calcários, circula a grandes velocidades, ou

Marvão. O excesso de água nos solos poderá estar na origem do fenómeno geológico que provocou a abertura de uma cratera

seja, o impacto que pode causar é maior”, explicou. Na propriedade privada onde o fenómeno ocorreu, situada perto da aldeia de Porto da Espada, encontra-se também uma outra cratera de menor dimensão, tendo sido criado em redor de toda aquela zona um perímetro de segurança pelas autoridades. Mário Galego, rendeiro da propriedade onde o fenómeno ocorreu, mostrou-se “surpreendido” com a situação, que considerou “assustadora”. “Na sexta-feira à tarde demos com isto, não sabemos o dia certo em que isto aconteceu, provavelmente quarta ou quinta-feira. É uma situação chata e só de pensar que há poucos dias tinha aqui animais e que podiam ter abalado...”, desabafou. O presidente da Câmara, Vítor Frutuoso, disse que o município quer saber os “impactos” que a situação poderá vir a causar. Com um perímetro de segurança criado e com elementos da GNR no local, a zona tem sido alvo de visitas por parte de populares.

Novo caso em escola de Arraiolos

Onze alunos intoxicados

Fusão da Transtejo com Metro e Carris

Onze alunos da Escola EB 2,3/S Cunha Rivara, em Arraiolos, deram, ontem, entrada no Hospital de Évora com sintomas de intoxicação, no terceiro caso do género desde dezembro, de origem desconhecida. Desde dezembro, esta “é a terceira vez e, cada vez, com piores consequências”, lamentou Sofia Fernandes, mãe de uma aluna da es-

cola que foi assistida no local. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora indicou que o alerta foi dado às 10h52, tendo as operações de socorro mobilizado 26 elementos, apoiados por 13 viaturas. Sofia Fernandes contou que as crianças apresentavam os “sintomas de sempre”, que são “náuseas, dores de cabeça e vómitos”, e

Último troço da CRIL aberto há dois anos

O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, anunciou, ontem, no parlamento que o Governo pretende avançar com a fusão operacional do grupo Transtejo com a Metro de Lisboa e Carris, que foram fundidas em 2012. Na Comissão de Economia e Obras Públicas, Sérgio Monteiro defendeu que a poupança alcançada no setor dos transportes “é muito importante”, mas considerou que é possível prosseguir com a racionalização de custos, dando como exemplo a integração da Transtejo, grupo que faz as ligações fluviais entre as duas margens do Tejo, com a Metro de Lisboa e a Carris. O Governo aprovou há um ano um diploma que regula o regime de acumulação de funções dos membros executivos dos conselhos de administração do Metro e da Carris, que passaram entretanto a ter uma administração comum. Esta solução permitiu também uma redução do número de administradores, que passa de dez para um total de quatro.

Processo judicial continua sem sentença Dois anos depois da inauguração do último troço da CRIL Circular Regional Interior de Lisboa – continua ainda em tribunal o caso que opõe moradores a Ministério das Obras Públicas e à Estradas de Portugal. Iniciado em 2009, o processo aguarda apenas a sentença, que as comissões de moradores de Santa Cruz de Benfica (Lisboa) e Damaia (Amadora) acreditam que estará para breve. “Temos documentos que comprovam as várias ilegalidades que envolveram a obra da CRIL”, afirmou Jorge Alves, porta-voz daquelas comissões de moradores, lembrando que esta é uma “luta com quase 20 anos, que deu muito trabalho e muita pesquisa”.

que “houve vários alunos que desmaiaram”. Esta escola esteve encerrada durante quase todo o mês de março, depois de dois alunos, de 16 e de 17 anos, e uma funcionária, de 49 anos, se sentirem indispostos. O estabelecimento reabriu no dia 2 de abril, após análises feitas pelo Instituto Ricardo Jorge não revelarem anomalias.


4 | O Primeiro de Janeiro

nacional

Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

Chumbo do Tribunal de Contas custa 1326 milhões de euros ao Estado

Ministérios proibidos de contrair despesa DR

Vítor Gaspar assina despacho em que se lê que é preciso “adequar Orçamento do Estado à nova realidade”. O Ministério das Finanças adiantou ontem que o chumbo do Tribunal Constitucional a algumas medidas do Orçamento do Estado (OE) para 2013 tem um impacto de 1.326 milhões de euros líquidos, motivo pelo qual Vítor Gaspar assinou um despacho que visa impedir que os ministérios e serviços do setor público administrativo, da administração central e da segurança social contraiam nova despesa. O Tribunal Constitucional chumbou na sexta-feira o corte do subsídio de férias para o setor público, pensionistas e contratos de docência e investigação, bem como a criação de uma taxa sobre o subsídio de doença e desemprego, e, de acordo com as Finanças, a decisão em relação aos subsídios representa um impacto de 1.174 milhões de euros, enquanto a taxa sobre o subsídio de doença e desemprego obrigará o Governo a procurar 152 milhões de euros para atingir a meta do défice para este ano. O défice pode atingir os 6,3% do PIB caso o Governo não compense o chumbo do Tribunal Constitucional, e assim falhar a meta de 5,5% acordada com a «troika». Neste sentido, os ministérios e serviços do setor público administrativo, da administração central e da segurança social estão proibidos de contrair nova despesa, de acordo com um despacho assinado por Vítor Gaspar, que produz efeitos desde segunda-feira. O despacho é o primeiro efeito prático da decisão de sexta-feira do Tribunal Constitucional, e isenta apenas desta proibição “as despesas com pessoal, o pagamento de custas judiciais e das decorrentes de contratos em execução cujo montante a pagar não pudesse ser determinado no momento em que foi celebrado”. Esta decisão entrou em vigor na segunda-feira e prolonga-se até que o Conselho de Ministros “aprove limites aos fundos disponíveis no âmbito de

cada um dos Programas Orçamentais”. O documento considera ainda que o acórdão do Tribunal Constitucional “coloca sérias dificuldades no cumprimento dos objetivos a que Portugal está internacionalmente vinculado, e das metas orçamentais que tem de cumprir” e, por isso, torna-se “necessária a adoção de medidas que reforcem o controlo da execução orçamental e consequentemente de contenção da despesa do sector público administrativo e, bem assim, de adequação do Orçamento do Estado à nova realidade”. PCP classifica despacho como “chantagista”

“Nova realidade”. Desde segunda-feira que os ministérios estão proibidos por Vítor Gaspar de contrair mais despesa

Ministro da Economia

“Tudo para continuar a diminuir a despesa” Álvaro Santos Pereira assegurou que vai “fazer tudo para continuar a diminuir a despesa do Estado”, mas apostando “no investimento nacional, na estratégia da reindustrialização e numa política de competitividade social”. O objetivo é “fazer baixar os impostos das empresas de forma sustentada de forma

a atrair mais investimento”. “Tudo faremos para continuar obviamente a diminuir a despesa do Estado, mas principalmente para fazer algo que para nós é fundamental: Apostar no investimento nacional – estamos a fazer isso hoje – e é isso que estamos a fazer, quer com a estratégia da reindustrialização, quer apostando numa política de completividade social, que nos ajude a baixar os impostos das empresas de forma sustentada e para atrair mais investimento”, salientou o ministro da Economia.

O PCP expressou “indignação e repulsa” pelo teor do despacho “chantagista” publicado pelo ministro das Finanças, que, acusam, visa “paralisar” o funcionamento dos serviços públicos, com consequências no funcionamento de escolas e hospitais. “Queria dar nota da indignação e da repulsa do PCP pelo teor do despacho publicado da autoria do senhor ministro das finanças e que, na prática, visa paralisar a administração pública e dos serviços públicos deste país. Visa paralisar o funcionamento das escolas, dos hospitais, dos centros de saúde, das escolas, dos serviços de segurança social, ou seja, visa paralisar boa parte do país”, afirmou o deputado Honório Novo, classificando o teor do despacho como “inaceitável e absolutamente chantagista”. Por seu lado, o Bloco de Esquerda considerou que a decisão de proibir os ministérios de contrair nova despesa vai “paralisar a administração pública”, sublinhando que “a porta da rua” é a única saída para o ministro das Finanças. Defendendo que “falta autoridade” a Vítor Gaspar para “tanto autoritarismo”, o deputado bloquista, Pedro Filipe Soares, sustentou que esta medida mostra “o desespero e o desnorte” de um ministro que “parece agora transformado no todo-poderoso do corte da despesa pública”.

Nuno Crato não esclarecerá saída de Relvas

Maioria recusa audição A maioria PSD/CDS chumbou um requerimento do PS para que o ministro da Educação, Nuno Crato, esclarecesse no Parlamento a relação entre a demissão do ministro Miguel Relvas e o relatório sobre o processo da sua licenciatura pela Universidade Lusófona. O requerimento foi rejeitado na comissão parlamentar de Educação, Ciência e Cultura com os votos contra do PSD e CDSPP e os votos favoráveis do PS, PCP, BE e PEV. O socialista Rui Santos lamentou que PSD e CDS tenham criado um obstáculo no “caminho para o esclarecimento e a verdade, não honrando a palavra do primeiroministro que, em plenário, declarou que o ministro Nuno Crato estaria disponível para prestar, em todos os locais, os esclarecimentos necessários para aclarar todo este processo”. Já o deputado social-democrata, Emídio Guerreiro, contrapôs que, neste caso, “ao contrário do que era habitual nos governos anteriores, toda a informação foi disponibilizada aos deputados e aos cidadãos em geral”. “Temos o relatório da inspeção, temos o contraditório, temos os despachos dos membros do Governo, os despachos das chefias, toda a informação ligada a este processo”, afirmou.


economia

Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

O Primeiro de Janeiro | 5

«Troika» recomenda que Portugal consiga extensão para liquidar empréstimo

Mais sete anos para pagar Menos vendas para a UE

Exportações de bens em queda em fevereiro

As exportações de bens caíram 4,4% em fevereiro, face ao mês anterior, devido sobretudo a uma queda nas vendas de Portugal para países da UE, generalizada em quase todos os produtos, revelou, ontem, o INE. As importações registaram também um decréscimo de 1,2%. Em termos trimestrais, no entanto, de acordo com o instituto, as exportações aumentaram 0,8% no trimestre terminado em fevereiro, face ao período homólogo, tendose verificado “uma redução do défice da balança comercial no montante de 931 milhões de euros”.

Fecho a subir 2,78%

Bolsa de Lisboa com forte valorização

O PSI20, principal índice da bolsa portuguesa, encerrou, ontem, a valorizar 2,78% para 5.712,88 pontos, recuperando das perdas da sessão de segunda-feira. Dos 20 títulos cotados, 18 encerraram o dia em alta, um inalterado e apenas um em baixa. O BES ganhou 5,49% para 0,75 euros, o BCP somou 4,88%, o BPI avançou 3,24% e o Banif progrediu 0,88%. No resto da Europa, os principais mercados fecharam o dia em alta, com os ganhos a variarem entre os 0,11% de Paris e os 0,99% de Madrid. Frankfurt foi a exceção, ao perder 0,33%.

DR

Extensão das maturidades dos empréstimos, para facilitar regresso aos mercados, foi pedida a 21 de janeiro por Vítor Gaspar. A «troika» recomenda que Portugal consiga uma extensão de sete anos para o prazo de pagamento do empréstimo cedido pela ‘troika’, segundo um documento interno ontem divulgado pela agência de notícias Reuters. O documento onde consta a recomendação do alargamento do prazo de pagamento dos empréstimos concedidos a Portugal, mas também à Irlanda, foi elaborada por representantes da «troika» (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu) e ainda pelo Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF) e, segundo a agência de notícias, será apresentado nas reuniões de ministros da União Europeia que decorrem sexta-feira e sábado em Dublin. No entanto, é provável que dos encontros desta semana saia apenas um apoio político à extensão dos prazos, enquanto a decisão formal deverá acontecer em maio. A notícia da Reuters avança ainda que, enquanto a Irlanda deverá receber apoio total, o apoio a uma

Empréstimos.«Troika» recomenda que Portugal tenha extensão de sete anos extensão dos prazos a Portugal poderá ser condicional, dependendo da capacidade de o Executivo liderado por Passos Coelho encontrar medidas para compensar cerca de 1.300 milhões de euros, depois de o Tribunal Constitucional ter ‘chumbado’ quatro artigos do Orçamento do Estado deste ano. Na segunda-feira, o Ministério das Finanças alemão afirmou que a extensão dos prazos das maturidades da dívida de Portugal e da Irlanda vai ser um dos temas em discussão na capital irlandesa, mas que nenhuma decisão sobre o pro-

longamento dos prazos das maturidades da dívida portuguesa sairá dos encontros do Eurogrupo e do Ecofin. A extensão dos prazos de maturidade dos empréstimos a Portugal, com vista a facilitar o regresso aos mercados, foi pedida na reunião do Eurogrupo de 21 de janeiro pelo ministro das Finanças, Vítor Gaspar. Segundo o documento interno, alargamento dos prazos de pagamentos dos empréstimos em 2,5, 5, 7 ou 10 anos podem ser considerando. Já extensões abaixo des-

sas maturidades não beneficiam os países devedores (Portugal e Irlanda) e acima são um risco para os orçamentos futuros da UE. “Uma extensão da maturidade média máxima de sete anos seria um compromisso equilibrado”, afirma o documento. A Irlanda recorreu a ajuda externa em 2010 e Portugal em 2011 (neste caso, de 78 mil milhões de euros). Ainda segundo a Reuters, a maturidade média dos empréstimos europeus à Irlanda é de 12,5 anos e a Portugal entre 12,5 e 14,7 anos.

Dinheiro concedido a empresas e famílias

Crédito cai mais 14 mil milhões num ano DR

O crédito concedido às famílias e empresas caiu mais de 14 mil milhões de euros entre fevereiro deste ano e o mesmo mês de 2012, de acordo com os dados, ontem, divulgados pelo Banco de Portugal (BdP). Segundo a informação disponibilizada, o crédito concedido pelos bancos aos particulares voltou a cair em fevereiro pelo 12.º mês consecutivo, uma queda que foi acompanhada pelos empréstimos às empresas depois da ligeira recuperação verificada em janeiro. O total de crédito concedido pelos bancos presentes em Portu-

Crédito. Mal parado continuo a subir, tanto nas empresas como nas famílias

gal a clientes particulares fixouse em 132.952 milhões de euros em janeiro. Um valor que representa menos 413 milhões de euros face a janeiro e 6.272 milhões do que no mesmo mês de 2012. Quanto ao crédito concedido às empresas, depois de uma ligeira recuperação em janeiro, este voltou a cair em fevereiro para 105.286 milhões de euros, numa queda de 210 milhões em relação a janeiro e 8.010 milhões face a fevereiro de 2012. Já o crédito malparado na banca continuou a subir em fevereiro e ultrapassou os 16 mil milhões de euros, sendo a maior parte re-

ferente a empréstimos concedidos a empresas. O valor do malparado das empresas representa um aumento de 574 milhões de euros face a janeiro e 2.575 em relação há um ano atrás. Já no crédito aos particulares, o malparado ascendeu a 5.169 milhões de euros em fevereiro, no oitavo mês consecutivo de aumento. O malparado representa 3,89% do total do concedido nesse mês às famílias (132.952 milhões de euros). Face a janeiro, o malparado das famílias cresceu 31 milhões de euros e 302 milhões de euros em relação a fevereiro de 2012.


Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

futebol

6 | O Norte Desportivo

Só por três vezes Benfica perdeu por mais de dois golos em Inglaterra

História dá apuramento para as «meias» DR

Os «encarnados» chegam com dois golos de vantagem a St. James Park, onde disputarão o seu 15.º encontro em solo inglês. O Benfica apenas venceu três de 14 deslocações a Inglaterra, mas, para seguir rumo às meiasfinais da Liga Europa, pode repetir mais seis resultados conseguidos nas visitas a solo inglês. Na sequência do triunfo caseiro, por 3-1, face ao Newcastle, os comandados de Jorge Jesus podem repetir nove resultados, sendo que outros dois atirariam o encontro para prolongamento e três custariam o adeus. Os «encarnados» chegam com dois golos de vantagem a St. James Park, onde disputará o seu 15.º encontro em Inglaterra, não contando com a final da Taça dos Campeões de 1967/68, disputada em Wembley. Em terras de Sua Majestade, o Benfica venceu em três ocasiões, a primeira por 1-3, face ao Arsenal, que valeu, em 1991/92, o acesso à fase de grupos da edição da Liga dos Campeões. O segundo triunfo aconteceu nos oitavos de final da «Champions» de 2005/2006 e não foi menos marcante: depois de um triunfo caseiro por 1-0, o Benfica ganhou por 0-2 em Anfield Road, então campeão europeu em título, com golos de Simão e do italiano Miccoli. Já sob o comando de Jorge Jesus, os «encarnados» voltaram a triunfar em 2009/2010, na fase de grupos da Liga Europa: 0-2, de novo em Liverpool, agora face ao Everton, com golos de Óscar Cardozo e de Javier Saviola. Na época passada, o Benfica somou o único empate em Inglaterra (2-2) frente ao Manchester United, na fase de grupos da Liga dos Campeões, graças a um golo do argentino Pablo Aimar e a um tento na própria baliza de Phil Jones. Quanto aos desaires, já 10, cinco servem agora os interesses de Jorge Jesus: As derrotas por

Joãozinho deixa aviso

“FC Porto era primeiro e empatou…”

Vantagem. Para ser eliminado da Liga Europa, o Benfica tem de perder 2-0 ou por mais de dois golos em Newcastle

Benquerença em Basileia

Árbitro croata em Newcastle Ivan Bebek foi o nomeado pela UEFA para dirigir a visita do Benfica ao terreno do Newcastle, na segunda «mão» dos quartos de final da Liga Europa de futebol. Esta será a terceira vez que o árbitro de 35 anos vai estar em encontros dos «encarnados», depois de, em 2007/08, ter estado no empate na visita a Nuremberga (2-2), e na vitória so-

bre o Dínamo de Bucareste, por 1-0, na mesma época. Em ambas as eliminatórias arbitradas por Ivan Bebek, o Benfica conseguiu o apuramento. O clube português defende amanhã (20h05) no St. James Park, em Newcastle, uma vantagem de 3-1 conseguida em Lisboa. O árbitro português Olegário Benquerença foi nomeado para dirigir no mesmo dia o encontro entre o Basileia e o Tottenham, treinado por André Villas-Boas.

O lateral esquerdo do Sporting só pensa em ganhar ao Benfica e avisa o rival que a classificação “não conta dentro do campo”, dando o exemplo do que “aconteceu ao FC Porto em Alvalade”. “A diferença para o Benfica é na tabela classificativa, mas, quando as duas equipas entrarem em campo, isso não vale. Já o FC Porto foi a Alvalade quando estava em primeiro lugar e nós em décimo, e não conseguiu ganhar”, recordou Joãozinho, em jeito de aviso ao rival da Luz, que na próxima jornada recebe os «leões». O lateral aludiu às “três vitórias consecutivas” somadas pelo Sporting e à “determinação de todos os jogadores” do plantel em “dar continuidade a esta fase boa e alcançar o objetivo do quinto lugar e o apuramento para a Liga Europa”. “Com trabalho, humildade e confiança vamos conseguir ganhar na Luz”, defendeu. 2-1 com Tottenham (1961/62), Manchester United (2005/2006) e Chelsea (2011/2012), 3-2 com os «red devils» (1965/66) e 1-0 com o Liverpool (1983/84). Caso se repitam os dois desaires por 3-1, com o Liverpool, em 1984/85, e o Manchester United, em 2006/2007, o encontro seguirá para prolongamento. Em definitivo, não servem aos «encarnados» apenas três resultados: O 3-0 com o Derby County, em 1972/73, e os dois desaires por 4-1 com o Liverpool, em 1977/78 e, mais recentemente, em 2009/2010, que custou o adeus às «meias» da Liga Europa.

Sporting de Braga

Presidente suspenso por dois meses

António Salvador foi punido com dois meses de suspensão pelo Conselho de Disciplina da FPF. Este castigo é aplicado na sequência das críticas do presidente do Sporting de Braga à arbitragem de Duarte Gomes na partida com o Vitória de Setúbal, que qualificou de “vergonhosa” e “tendenciosa” para “arranjar forma de expulsar jogadores do Sp. Braga”.

Apoios estatais em causa

CE investiga clubes europeus

A Comissão Europeia está a analisar diversos clubes de diferentes países por alegadamente terem recebido apoios estatais ilegais. O organismo presidido por Durão Barroso pretende averiguar os casos, uma vez que considera que este tipo de operações beneficia os clubes em condições e contratos favoráveis no uso de todo o tipo de instalações desportivas.


cultura e espetáculos

Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

O Primeiro de Janeiro | 7

ICA termina últimos concursos de apoio de 2011

1,5 milhões de euros Numa altura em que executa apoios para 2013, o ICA está ainda a fechar os concursos de 2011, num total de 1,5 milhões de euros. ENTRE 23 E 26 DE MAIO

Douro Film Harvest chega ao Rio de Janeiro

O Douro Film Harvest (DFH) arranca este ano com uma primeira edição no Rio de Janeiro, que decorre entre 23 e 26 de maio, com o objetivo de promover no Brasil o turismo e os vinhos duriense. O DFH, lançado há cinco anos, assumiu-se como o primeiro evento de cinema descentralizado do mundo. O certame combina a colheita dos vinhos produzidos na Região Demarcada do Douro com a sétima arte, associando ainda a música e a gastronomia. “No Rio de Janeiro vamos fazer uma mostra do melhor que o projeto faz em Portugal, mantendo a aposta na música, cinema, vinho e gastronomia”, sublinhou o presidente do DFH, Manuel Vaz. Em Portugal, o DFH realiza-se entre 14 e 21 de setembro, na região do Douro e no Porto.

O Instituto do Cinema e Audiovisual terminou em março os últimos concursos de apoio ao cinema de 2011, relativos a documentários e longas-metragens de ficção, totalizando 1,5 milhões de euros. Numa altura em que executa já os apoios para 2013, o ICA está ainda a fechar os concursos de 2011, com a tutela a homologar os dois últimos programas para a produção cinematográfica, embora ainda seja preciso contratualizar as verbas, num montante total de 1,5 milhões de euros. No programa de 2011 de apoio a longas-metragens de ficção foram atribuídos 600 mil euros ao filme «Caminhos da alma», de João Ca-

Cinema. No programa de 2011, foram atribuídos 600 mil euros ao filme «Caminhos da alma», de João Canijo.

nijo, e outros 600 mil euros a «Os Maias - (Alguns) episódios da vida romântica», de João Botelho. No programa de apoio a documentários foram contempladas cinco produções, num total de 300 mil euros: «Além das pontes», de Pierre-Marie Goulet, «Diários suspensos», de Joaquim Sapinho, «As crónicas de Polyaris», de Christine Reeh, «Silêncios do olhar», de José Nascimento, e «The man with a box», de Marco Martins. Atualmente, o ICA procede à realização dos concursos referentes a 2013, com um total de 10,1 milhões de euros, depois de ter assistido a um ano (o de 2012) de não atribuição de qualquer verba para o cinema português. O calendário de concursos de 2012 foi suspenso pela tutela, por falta de orçamento do ICA. No que toca a 2013, dos cerca de 20 diferentes programas, o ICA já encerrou o período de candidaturas de nove programas, tendo sido admitidas 145 candidaturas.

Banda britânica atua em novembro

Suede nos Coliseus

Ten Years After vão regressar a Gaia

A banda britânica Suede atua em novembro nos coliseus de Lisboa e do Porto, onde deverá apresentar o seu mais recente disco, «Bloodsports», editado em março. O grupo, liderado por Brett Anderson, tem atuações marcadas para os dias 7 e 8 de novembro nos coliseus de Lisboa e do Porto, respetivamente, anunciou, num comunicado ontem divulgado, a

promotora Everything is New. A banda, que atuou em maio do ano passado no festival Primavera Sound, no Porto, e é responsável por temas como «Beautiful Ones» e «Trash», traz na bagagem «Bloodsports», álbum editado em março deste ano. «Bloodsports» marca o regresso dos Suede aos discos, após uma paragem de mais de dez anos. O álbum foi alvo dos

Catalão era nome prestigiado espanhol

A histórica banda de blues-rock Ten Years After vai regressar a Gaia, onde já atuarem em 2008, para integrar o cartaz dos Concertos de Verão-Serra do Pilar 2013, organizados pela autarquia local. Os Ten Years After, que atuam a 28 de junho, juntam-se a Tricky (29), Mafalda Veiga (21) e João Pedro Pais (22) completando o cartaz deste festival sobranceiro ao Douro. Formados em 1967, em Inglaterra, os Ten Years After viram falecer recentemente um dos seus fundadores, Alvin Lee, o mítico guitarrista que há muito deixara a banda, depois de ter sido a sua principal figura. Sem Alvin Lee, que chegou a atuar em 2009, em Gaia, inserido no Douro Blues, os Ten Years After trazem os fundadores Leo Lyons, Chick Churchill e Rick Lee, acompanhada pelo guitarrista Joe Gooch. Vai ser assim possível ouvir temas como «Love Like A Man» and «I’d Love To Change The World», para além do histórico «I’m Going Home».

José Luis Sampedro morre aos 96 anos O escritor catalão José Luis Sampedro morreu na segundafeira, aos 96 anos, em Madrid. «Por expresso desejo do autor, a notícia da sua morte não se conheceu até hoje [ontem] porque ele queria ‘ir de forma simples e sem publicidade”, revelou a viúva Olga Lucas, com quem se havia casado em 2003. O corpo do escritor foi cremado no cemitério de La Almudena, em Madrid, apenas na presença da família e de amigos próximos. José Luis Sampedro foi galardoado em 2011 com o Prémio Nacional de Letras, em reconhecimento pela sua trajetória literária e considerado o mais prestigioso das letras espanholas depois do Cervantes.

mais rasgados elogios da crítica especializada e foi apresentado pelo single «It Starts and Ends With You». Nome fundamental da cena britpop, os Suede são uma das bandas mais importantes da história da música britânica das últimas décadas. Os bilhetes para os concertos dos Coliseus são colocados à venda na sextafeira.


8 O Primeiro de Janeiro |

roteiro

Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

Roteiro Cultural

“Oh Meu Deus”

Aquela que é a única prova de corrida de montanha em Portugal e uma das maiores da Europa chamase “Oh Meu Deus” (OMD) e vai ter lugar na Covilhã, nos dias 26 e 27 de Abril. A organização da prova escolheu a cidade da Covilhã e a Serra da Estrela como local de encontro de centenas de atletas apaixonados pelo Trail Run, corrida de alta resistência por trilhos montanhosos. A “cidade neve” irá assim albergar a última de um ciclo de três etapas de uma prova que na totalidade conta com 162 quilómetros a percorrer em 46 horas, non stop. A importância do OMD centra-se no facto de ser pontuável para o Ultra-Trail du Mont Blanc, uma das provas de montanha mais disputadas a nível europeu, resultante da imponência das paisagens e da oportunidade de passar por três países, França, Itália e Suíça, em menos de dois dias, o que demonstra a grandiosidade dos atletas que a conseguem finalizar. Os pontos a atribuir irão variar consoante a distância da prova OMD. Os atletas que participarem nas provas de 60, 100 ou 160 km, irão adquirir (caso completem o percurso) dois, três e quatro pontos, respectivamente. Para além destes 162 quilómetros e para que todos possam participar, serão disponibilizados itinerários mais pequenos, de 20, 50 e 100 quilómetros. O “Oh Meu Deus” é uma prova com um elevado grau de dificuldade, como o próprio nome indica, pelo que para participar é necessário ter experiência de Trail Run e fazer-se acompanhar de um documento médico que ateste a sua condição física. A organização exige também que os atletas tenham realizado em 2012 e até ao dia do evento, pelo menos uma prova de 100 quilómetros ou duas com cerca de 60 quilómetros no mínimo. Nesta prova, especialmente na de maior extensão, há que ter em consideração vários factores. Não só a distância, mas também as próprias dificuldades agregadas a uma prova que se percorre numa serra: as adversidades meteorológicas, o piso e a altitude, bem como as próprias condições do participante. As inscrições podem ser feitas no site da organização em www.horizontes.com.pt.

“O ESTANHO”

A Casa da Cultura de Sátão recebe a exposição de materiais utilizando a técnica do estanho, de Alda Lemos. A inauguração decorre no domingo, dia 14 de abril de 2013, às 15h00. Alda Lemos é natural de Duas Igrejas, freguesia de Ferreira de Aves. Possui o curso técnico de eletrónica e telecomunicação, mas sempre manifestou interesse na reciclagem e reutilização de materiais. As artes decorativas e criativas despertaram-lhe a técnica do estanho, sendo uma arte que requer dedicação, concentração e paciência, técnica esta onde a artesã encontra o seu equilíbrio. A exposição de Alda Lemos estará patente até 19 de maio de 2013 e tem entrada gratuita, podendo ser visitada na Casa da Cultura de Sátão, de terça a sexta-feira das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 e sábados das 13h00 às 17h00.

“A Arte da Terra” A cultura será provavelmente o maior pólo de união entre Portugal e o Brasil. Á volta do Atlântico, dois países, dois povos, a mesma lingua e uma imensa e riquissima cultura que, de tanto em comum, surge (quase) como uma unica. Em tempo de cruzamento de olhares de cada lado do Atlântico, a “A Arte da Terra”, como espaço dedicado á cultura portuguesa, apresenta a Exposição “VULTOS ATLÂNTICOS”. O desafio foi lançado a cerca de 2 dezenas de artistas portugueses para uma abordagem ao universo dos grandes vultos da cultura de ambos os países. O resultado, tão inesperado, quanto fascinante, revela incursões e influências de nomes tão diversos como Oscar Niemayer, Fernando Pessoa, Pedro Alvares Cabral, Antonio Zambujo, Agostinho da Silva, Carmen Miranda ou Carlos Drummond de Andrade, entre outros. Provavelmente uma das mais inesperadas e fascinantes exposições apresentados em a “A Arte da Terra”. De 4 de Abril a 12 de Maio, na Rua Augusto Rosa, nº 40, junto á Catedral lisboeta. Diáriamente das 11h ás 20h.

Sala Branca

O projecto Crinabel Teatro vai repor de 16 de Maio a 19 de Maio o espectáculo Sala Branca, a partir de Harold Pinter no Teatro da Comuna em Lisboa. O espectaculo estará em cena no Teatro da Comuna em Lisboa (de quinta a sábado ás 21h30 e domingo ás 17h00). Para além dos horários abertos ao publico em geral, decidimos nesta produção contemplar 4 espectáculos extra em horário diurno e durante a semana direccionados a escolas ou instituições que desejem assistir a esta nova produção. Assim sendo temos os seguintes horários disponíveis para marcação de espectáculos extra: Quinta-Feira dia 16 de Maio - Período da manhã: 11h00 -Período da Tarde: 15h00 Sexta-Feira dia 17 de Maio - Período da manhã: 11h00 -Período da Tarde: 15h00 O preço do bilhete para estes espectáculos extra é de 1 euro por pessoa. A realização dos mesmos obriga a uma lotação mínima de 20 pessoas. Será sempre possivel articular mais do que uma escola por sessão, sendo que a lotação máxima da sala é de 70 lugares.


publicidade/editais

Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

O Primeiro de Janeiro | 9

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 10/04/2013

Tribunal Judicial de Macedo de Cavaleiros

Nos autos acima identificados, correm éditos de 30 dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando o(a) ré(u) Requerido: José Manuel Sequeira, profissão: Vigilante, estado civil: Casado, nascido(a) em 16-12-1964, , freguesia de Castelãos [Macedo de Cavaleiros], nacional de Portugal, NIF - 196235774, BI - 7919975, domicílio: Castelãos, Castelãos, 5340-082 Castelãos, com última residência conhecida na morada indicada, para no prazo de 30 dias, decorrido que seja o dos éditos, se opor, querendo, a acção, consistindo o pedido na de tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial que se encontra nesta Secretaria, à disposição do citando. Fica advertido de que não é obrigatória a constituição de mandatário judicial, salvo na fase de recurso. Macedo de Cavaleiros, 19-03-2013 N/Referência: 770724 O Juíz de Direito, Dr(a). Ana Ribeiro de Sousa A Oficial de Justiça, António Alves Morais

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 10/04/2013 FÁTIMA MATOS Solicitador de Execução Cédula: 3085

Comarca do Baixo Vouga Secção Única

Processo: 332/07/7TBSVV Execução Comum N.º Interno: PE/7/2007 Data: 8/04/2013 Exequente(s): Banco Comercial Português, SA. Executado(s): Cristina Maria Marques de Figueiredo e Firmino João Martins 1.ª Publicação

ANÚNCIO Nos autos acima identificado identificados foi designado o dia 22 de Abril de 2013, pelas 14:00 horas neste Tribunal, para a abertura de propostas em carta fechada, que sejam entregues até esse momento, na Secretaria deste Tribunal, pelos interessados na compra do seguinte bem: TIPO DE BEM: Bem Imóvel DESCRIÇÃO: Prédio Urbano - designado pela fracção AD, destinado a comércio, composto por uma loja ampla, primeiro andar, sito na Rua da Igreja na freguesia e concelho de Sever do Vouga inscrito na inscrito na matriz sob o artigo 1344 e descrito na Conservatória do Registo Predial de Sever do Vouga sob o n.º00034/19850809-AD PENHORADO A: Firmino João Martins VALOR BASE PARA VENDA: 50.000,00 € - As propostas deverão ser, no mínimo, iguais ou superiores a 70% do valor base anunciado. DEPOSITÁRIO: EXECUTADOS: Cristina Maria Marques de Figueiredo e Firmino João Martins Nota: Os proponentes devem juntar à proposta como caução um cheque visado à ordem da Agente de Execução no montante correspondente a 20% do valor base dos bens ou garantia bancária no mesmo valor (n.º1 do artigo 897º do CPC). A Agente de Execução Fátima Matos

w w w. o p r i m e i r o d e j a n e i r o . p t

ANÚNCIO

www.oprimeirodejaneiro.pt

Processo: 200/08.5TBMCD-A Alteração/Cessação da Pensão de Alimentos Requerente: Patrocinia de Jesus Calvão Requerido: Herminia de Jesus Sequeira e outro(s)... 1.ª Publicação

www.oprimeirodejaneiro.pt

Secção Única

Rua da Igreja, Edificio Torre, 1.º andar, Fracção AN 3740-287 Sever do Vouga Telf. 234 591 117 Fax: 234 591 117 e.mail - 3085@solicitador.net Horário de atendimento das 8:00h às 10:00h

Empresas e Pessoas com dificuldades económicas (art.º 1º Cire)

www.antoniobonifacio.pt

Desde 1868 a informá-lo

Quer anunciar ao melhor preço Telefone: 22 096 78 46

Tlm: 91 282 06 79

?

Fax: 22 096 78 45

email: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt


agenda

10 | O Primeiro de Janeiro

Telefones Úteis Hospitais Santo António Tel. 222 077 500 Linha Azul 222 084 601 São João Tel. 225 512 100 Pediátrico Maria Pia Tel. 226 089 900 Linha Azul 226 099 674 Maternidade Júlio Dinis Tel. 226 087 400 Psiquiátrico Conde Ferreira Tel. 225 022 031 Magalhães Lemos Tel. 226 192 400 Privados Ordem do Carmo Tel. 222 008 113 Ordem da Lapa Tel. 225 502 828 Ordem da Trindade Tel. 222 083 656 Prelada - Tel. 228 330 600 Militar Reg. Nº1 Tel. 226 063 011/ 12/13 Santa Maria Tel. 225 504 844 São Francisco Tel. 222 008 441 CONCELHO DE MATOSINHOS Distrital -Tel. 229 372 091 Pedro Hispano Tel. 229 391 000 Linha Azul 229 391 100 CONCELHO DE V. N. GAIA Eduardo Santos Silva Tel. 227 865 100 227 839 001

Farmácias de serviço

MAIA Bom Despacho – Rua Eng. Duarte Pacheco, 249 – Tel. 229 480 048 VALONGO Marques da Cunha – Rua Capitão Aresta, 198 / 4440-539 VALONGO Tel. 224 224 433 GONDOMAR Oliveiras – D. Afonso Henriques, 646 – Rio Tinto – Tel. 229 710 690 MATOSINHOS Cunha – Rua de S. Roque, 133 – Tel. 229 380 139 VILA NOVA DE GAIA PERMANENTE Dos Arcos – Avª Vasco da Gama, 1781 – Tel. 227 862 020 Azevedo - Rua 25 de Abril, 375 – Brandariz 4415-079 Perozinho Da Madalena – Rua Tapada da Marinha, 348 – Marinha – Tel. 227 122 090

Vila Nova de Gaia Tel. 223 778 100/ 223 754180

Hoje AMARANTE São Gonçalo – Estrada nacional 15 333, Madalena 4600 Amarante Tel. 225 425 418 FELGUEIRAS J. Reis – Rua Rebelo Carvalho / 4610-212 Felgueiras Tel. 255 922 640 LOUSADA Fonseca – Rua Santo António, 554 – Silvares / 4620-651 Lousada Tel. 255 912 141 MARCO DE CANAVESES Farmácia Cabanelas - Lugar de Eiro Soalhães - Tel. 255511565 PAREDES Ruão – Rua 1.º Dezembro – Castelões, Cepeda – Tel. 255 777 578 PENAFIEL Sameiro – Rua D. António F Gomes, 230-B – Tel. 255 713 071/2/3 SANTO TIRSO Central – Tel. 252 852 923 TROFA Trofense – Rua Costa Ferreira, C. C. Loja 2 – Tel. 252 412 543

Banda Desenhada

ZÉ do boné

Sr. Perfeito

Passatempos

Televisão

Serviço permanente PORTO PERMANENTE Firmeza – Rua da Firmeza, 99-A – Tel. 225 365 226 Herculano – Rua Alexandre Herculano, 384 – Tel. 222 007 943

Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

Amanhã

RTP1

RTP1

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 O Preço da Ambição 15:00 Éramos Seis 15:45 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:00 O Preço Certo 20:00 Telejornal + 21:00 De Caras 21:30 AntiCrise 22:00 Sinais de Vida 22:45 A Guerra 00:00 5 Para a Meia-Noite 01:00 Clínica Privada 01:45 Sem Rasto 02:15 O Direito de Nascer 03:15 Televendas 06:00 Nós

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Windeck - O Preço da Ambição 15:00 Éramos Seis 15:45 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:15 O Preço Certo 20:00 Telejornal + 21:00 Linha da Frente 21:30 AntiCrise 22:00 Sinais de Vida 22:45 Música Maestro 23:30 5 Para a Meia-Noite 00:30 Clínica Privada 01:15 Sem Rasto 02:00 O Direito de Nascer 03:30 Televendas 06:00 Nós

RTP2

RTP2

07:00 Zig Zag 13:00 Pacífico Sul (R/) (Doc) 14:00 Sociedade Civil 15:30 Iniciativa 15:33 Nós (R/) 16:00 RTP Premium 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Portugal de... 19:30 Iniciativa 19:40 Biosfera (R/) 20:00 Zig Zag 21:00 Expedição Tigre (Doc) 22:00 24 - Sumário 22:07 Cinco Noites, Cinco Filmes 00:00 24 Horas 01:00 Dez 01:45 Esec-tv 02:15 Euronews

07:00 Zig Zag 13:00 Expedição Tigre (R/) 14:00 Sociedade Civil 15:30 Iniciativa 15:33 Eurodeputados (R/) 16:00 RTP Premium 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 Conta-me História. Especial 19:30 Iniciativa 19:33 Iniciativa 20:00 Zig Zag 21:00 Expedição Tigre (Doc) 22:00 24 - SumárioDireto 22:07 Cinco Noites, Cinco Filmes 00:00 24 HorasDireto 01:00 Dez 01:45 Olhar o Mundo (R/) 02:15 Euronews

SIC

SIC

06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:45 A Vida nas Cartas - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:40 Vingança 15:45 Boa Tarde 18:30 Cheias de Charme 20:00 Jornal da Noite 21:30 Dancin' Days 22:15 Sorteio do Totoloto 22:30 Avenida Brasil 23:30 Páginas da Vida 00:40 CSI Nova Iorque 01:20 CSI Nova Iorque 02:10 O Encantador de Cães 03:00 Podia Acabar o Mundo 04:00 Televendas

06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:45 A Vida nas Cartas - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:40 Vingança 15:45 Boa Tarde 18:30 Cheias de Charme 19:15 Jornal da Noite 20:00 Liga Europa - Newcastle X Benfica 22:15 Dancin' Days 23:00 Avenida Brasil 23:45 Páginas da Vida 00:30 CSI Nova Iorque 01:45 Cartaz Cultural 02:30 O Encantador de Cães 03:15 Podia Acabar o Mundo 04:00 Televendas

TVI

Olha bem para ti- passas todas as noites aqui sentado

Devias estar a fazer alguma coisa produtiva

Jack tens uma garrafa de cerveja que dê para desenhar alguma coisa?

06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Ninguém Como Tu 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Doce Fugitiva 19:00 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:45 Destinos Cruzados 22:45 Louco Amor 23:45 Equador - Mini série 00:30 Liga dos Campeões - Resumos 01:00 Guestlist 01:30 Série - O Rosto da Mentira III 02:30 Amanhecer 05:00TV Shop

TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Ninguém Como Tu 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Doce Fugitiva 19:00 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:45 Destinos Cruzados 22:45 Louco Amor 23:45 Equador - Mini série 01:00 Autores III 02:00Série - O Rosto da Mentira III 03:00 Amanhecer


agenda

Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

Cinemas PORTO DOLCE VITA Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 21h20, 00h35 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 14h, 16h30, 19h (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 22h, 00h35 Os Smurfs M/6 Sessões: 12h50, 15h30, 18h30 (V.Port./3D) Um Dia M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h05, 21h50, 00h30 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h30, 15h10, 17h50, 21h10, 23h50 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h30, 00h10 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h50, 21h40, 00h25 Assim é o Amor M/12 Sessões: 12h40, 15h25, 18h10, 21h, 23h50 MAIA MAIASHOPPING Os Smurfs M/6 Sessões: 13h30, 16h, 18h40, 21h20, 23h50 (V.Port./3D) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h20, 19h, 21h50, 00h35 Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 21h10, 00h10 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 13h40, 16h30, 19h10, 21h40, 00h20 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h10, 15h50, 18h50, 21h30, 00h30 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h50, 16h10, 18h30 (V.Port.)

Sugestões Os Smurfs M/6 Sessões: 10h30, 12h50, 15h20, 18h (V.Port./3D) Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h15, 15h40, 18h30, 21h30, 00h10 Um Dia M/12 Sessões: 13h40, 16h20, 19h, 21h20, 23h50 MATOSINHOS MAR SHOPPING O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h40, 16h20, 19h10, 22h, 00h30 Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 22h45 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h40, 15h10, 17h40, 20h (V.Port./3D) Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h20, 24h Os Smurfs M/6 Sessões: 13h10, 15h50, 18h30 (V.Port.) Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 12h50, 15h30, 18h20, 21h30, 00h10 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h10, 21h, 23h40 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 18h50, 21h40, 00h20 ) VILA NOVA DE GAIA LUSOMUNDO GAIASHOPPING Carros 2 M/6 Sessões: 13h15, 15h45 (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 18h25, 20h55, 24h Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 15h50, 18h50, 21h55, 00h35

NORTESHOPPING Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h10, 22h30

Super M/12 Sessões: 21h50, 00h25

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h40, 15h10, 18h10, 22h, 00h35

Os Smurfs M/6 Sessões: 13h05, 15h35, 18h15, 20h50, 23h50 (V.Port./3D)

O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h10, 15h30, 18h20, 21h40, 00h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 16h, 18h50, 22h, 00h45 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 10h50, 13h20, 15h50, 18h40 (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 21h10, 23h40

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h55, 15h40, 18h40, 21h30, 00h10 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h55, 15h, 17h20, 19h40 (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h, 21h45, 00h40 Animais Unidos M/6 Sessões: 12h45, 14h55, 17h10, 19h25 (V.Port./3D) Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sessões: 21h40, 00h30

Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h50, 15h05, 17h25, 19h45, 22h, 00h20 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h25, 16h05, 18h45, 21h20, 00h15 UCI ARRÁBIDA 20 O Último Destino 5 M/16 Sala: Sala 1 Sessões: 14h, 16h30, 19h, 21h35, 00h35 A Ressaca - Parte II M/16 Sala: Sala 2 Sessões: 22h20, 00h40 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sala: Sala 2 Sessões: 13h40, 15h50 (V.Port.), 18h, 20h10 (V.Port./3D) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sala: Sala 3 Sessões: 13h55, 16h25, 18h55, 21h25, 24h Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sala: Sala 4 Sessões: 14h10, 16h40, 19h05, 21h35, 00h05 Sem Prada nem Nada M/12 Sala: Sala 5 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 21h50, 00h20 Larry Crowne M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 18h30 Tinhas Mesmo Que Ser Tu M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 13h50, 16h10, 21h30, 00h15 A Árvore da Vida M/16 Sala: Sala 7 Sessões: 18h45

Carros 2 M/6 Sala: Sala 8 Sessões: 13h40 (V.Port.) Eu Vi o Diabo M/16 Sala: Sala 8 Sessões: 16h10, 19h05, 22h, 00h55 Cowboys & Aliens M/12 Sala: Sala 9 Sessões: 14h, 16h30, 18h55, 21h25, 00h15 Assim é o Amor M/12 Sala: Sala 10 Sessões: 13h50, 16h35, 19h20, 22h, 00h40 Chefes Intragáveis M/12 Sala: Sala 11 Sessões: 14h10, 16h40, 19h15, 21h45, 00h20 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 12 Sessões: 14h05, 16h45, 19h20, 21h55, 00h35 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 13 Sessões: 13h45, 16h20, 18h55, 21h35, 00h15 (2D) Bem-vindo ao Sul M/12 Sala: Sala 14 Sessões: 14h15, 16h40, 19h10, 21h40, 00h10 Os Smurfs

HOJE TODO O TERRITÓRIO: Céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde. Períodos de chuva,por vezes forte a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, passando a aguaceiros. Queda de neve nos pontos mais altos da serra da Estrela, descendo gradualmente a cota para os 800 metros a partir da tarde. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) de sudoeste, temporariamente moderado a forte (30 a 45km/h) no litoral, rodando para noroeste, sendo forte (35 a 50 km/h) nas terras altas. Pequena subida da temperatura mínima. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros fracos a partir do início da manhã, em especial nas vertentes norte. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, rodando para leste. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva, passando a aguaceiros. Vento sudoeste FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 80 km/h, rodando para oeste e tornando-se muito fresco (40/50 km/h). GRUPO CENTRAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva. Vento sudoeste muito fresco a FORTE (40/65 km/h) com rajadas até 80 km/h. GRUPO ORIENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Aguaceiros. Vento do quadrante sul fresco (30/40 km/h), tornando-se FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 75 km/h.

TODO O TERRITÓRIO: Céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde. Períodos de chuva,por vezes forte a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, passando a aguaceiros. Queda de neve nos pontos mais altos da serra da Estrela, descendo gradualmente a cota para os 800 metros a partir da tarde. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) de sudoeste, temporariamente moderado a forte (30 a 45km/h) no litoral, rodando para noroeste, sendo forte (35 a 50 km/h) nas terras altas. Pequena subida da temperatura mínima. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros fracos a partir do início da manhã, em especial nas vertentes norte. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, rodando para leste. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva, passando a aguaceiros. Vento sudoeste FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 80 km/h, rodando para oeste e tornando-se muito fresco (40/50 km/h). GRUPO CENTRAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Períodos de chuva. Vento sudoeste muito fresco a FORTE (40/65 km/h) com rajadas até 80 km/h. GRUPO ORIENTAL: Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto. Aguaceiros. Vento do quadrante sul fresco (30/40 km/h), tornando-se FORTE (50/65 km/h) com rajadas até 75 km/h.

M/6 Sala: Sala 15 Sessões: 14h, 16h30, 18h55 (V.Port.), 21h20, 24h Amigos Coloridos M/12 Sala: Sala 16 Sessões: 13h50, 16h20, 18h50, 21h45, 00h25 Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sala: Sala 17 Sessões: 15h, 17h55, 21h25, 00h15 Animais Unidos M/6 Sala: Sala 18 Sessões: 14h10, 16h20 (V.Port./3D)

Sarau Musical Museu do Pão

Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sala: Sala 18 Sessões: 18h35, 21h15, 00h10 A Melhor Despedida de Solteira M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 13h50, 16h35 Super 8 M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 19h20, 21h55, 00h30 Um Dia M/12 Sala: Sala 20 Sessões: 14h, 16h40, 19h10, 22h, 00h40

GONDOMAR LUSOMUNDO - PARQUE NASCENTE Os Smurfs M/6 Sessões: 13h25, 16h, 18h35, 21h10, 23h50 (V.Port.) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h45, 16h30, 19h15, 21h55, 00h40 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h50, 16h20, 19h30, 22h, 00h30

Sem Remorsos M/12 Sala: Sala 7 Sessões: 14h05, 16h25, 21h40, 00h10

Tempo

AMANHÃ

O Primeiro de Janeiro | 11

Amigos Coloridos M/12 Sessões: 12h50, 15h20, 17h50, 21h20, 24h Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 21h15, 24h Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h10, 15h30, 18h (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 15h, 17h40, 20h30, 23h Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h25, 21h, 00h05 Um Dia M/12 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 22h10, 00h45 Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h50, 00h20 Carros 2 M/6 Sessões: 13h40, 16h25, 19h (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 14h30, 17h30, 20h40, 23h40 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 14h45, 17h15, 20h, 22h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h15, 15h50, 18h40, 21h40, 00h25

No dia 13 de abril, sábado pelas 22horas, terá lugar no Bar-Biblioteca do Museu do Pão um Sarau Musical com Carlos Alberto Moniz de apresentação do "Projeto Lusofonias”, o novo álbum de originais com temas que viajam entre o campo da nossa música tradicional e um conjunto de sonoridades caraterísticas de vários países de língua portuguesa. Carlos Alberto Moniz apresenta este sábado o seu mais recente projeto musical e partilha um reportório de canções com história. Uma noite que promete ser uma viagem de ritmos e sons da Lusofonia, homenageando vários poetas e artistas com um alinhamento de canções com temas de José Jorge Letria, poemas de Fernando Pessoa, recordando ainda uma figura incontornável da música portuguesa, José Afonso. Com entrada livre, este sarau musical no Museu do Pão convida todos os que gostam de aprender, trocar experiências de vida e sobretudo conversar de forma espontânea numa atmosfera intimista, enquanto tomam um aperitivo. Com a envolvência da Serra da Estrela e a serenidade da paisagem a inspirar as palavras, este sarau no Museu do Pão promete muita e boa conversa a partir das 22h00.

“Semana Concelhia da Leitura” Venho, por este meio, convidar V. Exas. a acompanharem a abertura da “Semana Concelhia da Leitura”. O referido evento realiza-se amanhã, dia 9 de abril, pelas 10h30, na Biblioteca Municipal de Gondomar – altura em que será, também, inaugurada a 7.ª Feira do Livro Infantojuvenil. A Câmara de Gondomar (através do Pelouro da Cultura, em parceria com a Biblioteca Municipal, as Bibliotecas Escolares dos Agrupamentos de Escolas e Escolas Secundárias do Concelho) dinamiza, uma vez mais, a “Semana Concelhia da Leitura”. Serão muitas as atividades a desenvolver em vários estabelecimentos de ensino e na Biblioteca Municipal. A Feira do Livro Infantojuvenil, “Hora do Conto”, espetáculos musicais, jogos educativos, apresentação de livros, sessões de leitura, workshops, várias ações de formação, oficinas e exposições são as propostas que integram a “Semana Concelhia da Leitura”.


1868

Há 144 anos, todos os dias consigo.

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

OLIMPICAMENTE A TRATAR DA VIDA ... Se a preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (2013) já está completamente fora de prazo, a recente saída do Ministro Miguel Relvas do Governo com o eventual arrastamento do Secretário de Estado e demais pessoal de nomeação política está a colocar o Movimento Olímpico em polvorosa. Não porque eles deixem saudades, mas porque a situação caminha, a passos largos, para a Gustavo Pires* catástrofe. Perante este dramático cenário, um presidente de uma das mais medalhadas federações desportivas resolveu telefonar para a Secretaria de Estado a fim de, junto de um dos assessores ou quejando, manifestar as suas preocupações na medida em que, como os Contratos Programas ainda não estão assinados, não existe cobertura financeira para enquadrar as atividades dos atletas de alta competição que, para além da “força anímica” do Ministro Miguel Relvas, têm de cumprir um programa de competições a nível internacional sem as quais não é possível obter os designados “mínimos olímpicos”. E o presidente da federação desportiva perguntou ao nosso dito cujo assessor ou quejando se ele não estava preocupado com a situação criada com o pedido de demissão do Ministro Miguel Relvas. Ora, qual não foi o espanto do presidente da federação desportiva quando ouviu o assessor ou quejando dizer que, sim senhor, que estava preocupado, mesmo preocupadíssimo, mas era com a sua própria situação! A fim de evitar uma hecatombe no Rio de Janeiro em 2016 é necessário ativar urgentemente o Programa de Preparação Olímpica de maneira a garantir uma Missão que não envergonhe o País. A última coisa que o atual líder do Comité Olímpico de Portugal (COP) pode permitir é que, ao estilo do seu antecessor, em matéria de políticas públicas desportivas, se continuem a cultivar umas “guerrinhas do alecrim e manjerona”, uns “arrufos de namorados” ou umas “promessas e proclamações da treta” que só servem para empatar e não conduzem a lado nenhum. Nesta perspetiva, o COP deve, urgentemente, apresentar ao Governo um Programa de Preparação Olímpica que, há muito, já devia estar a funcionar. E se o atual líder do COP não quiser vir a ser uma segunda edição da figura de bode expiatório a que, ao cabo de cada Ciclo Olímpico, o seu antecessor, a troco de 2500 euros mensais, se prestou fazer, deve pôr a instituição a funcionar à vista do País tendo os portugueses como testemunhas. A valorização social do desporto passa por envolver os portugueses nas questões relativas ao Olimpismo e à participação nos Jogos Olímpicos. Até porque, já ninguém pode confiar nos políticos deste país quer eles estejam no governo quer na oposição, na medida em que, salvo raras exceções, eles só lá estão para tratar da sua própria vidinha. *Professor na FMH/UTL

Diretor: Rui Alas Pereira (CP-2017). E-mail: ruialas@oprimeirodejaneiro.pt Redatores: Joaquim Sousa (CP-5632), Andreia Cavaleiro (CP-6983), Cátia Costa (Lisboa) e Vasco Samouco. Fotografia: Ivo Pereira (CP-3916) Secretariado de Direção: Sandra Pereira. Secretariado de Redação: Elisabete Cairrão. Publicidade: Conceição Carvalho (chefe), Elsa Novais (Lisboa, 918 520 111) e Fátima Pinto. E-mail: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt Morada: Rua de Santa Catarina, 489 2º - 4000-452 Porto. Contactos: redação - Tel. 22 096 78 47 - Tm: 912 820 510 E-mail: geral.cloverpress@oprimeirodejaneiro.pt - Publicidade - Telefone: 22 096 78 46, Fax: 22 096 78 45 Propriedade: Globinóplia, Unipessoal Lda. Edição: Cloverpress, Lda. NIF: 509 229 921 Depósito legal nº 1388/82 Impressão: Coraze, Telefs.910252676 / 910253116 / 914602969, Oliveira de Azeméis. Distribuição: Vasp. Tiragem: 20 000

EUROMILHÕES

15

35

38

44

48

5

10

ASJP pede ao MP que investigue declarações “gravíssimas”

“Acusações inaceitáveis” de Marinho e Pinto A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) apresentou uma queixa ao Ministério Público para que investigue as declarações “gravíssimas” do bastonário dos advogados, Marinho e Pinto, sobre o “comportamento profissional” dos magistrados e “a atividade do sistema judicial”. Em comunicado enviado às redações, a ASJP considera que as afirmações de Marinho e Pinto após a audiência hoje na Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais são “acusações inaceitáveis, lamentáveis e indignas, que são proferidas por um bastonário a esgotar o seu mandato”, pelo que, “irá, de imediato, participar estes factos ao Ministério Publico”. A estrutura representativa dos juízes portugueses diz que as afirmações do bastonário da Ordem dos Advogados foram proferidas “no seio de um órgão de soberania

sobre outros titulares de órgãos de soberania” e que um dos princípios estatutários da ASJP é o de “pugnar pela dignificação da justiça e da função judiciária”. “A ASJP não conhece qualquer juiz nem qualquer situação envolvendo juízes que possa evidenciar o fundado teor das afirmações feitas pelo bastonário”, indica a queixa apresentada no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa. Por isso, a ASJP sublinha a “gravidade” e refere que “o Ministério Publico deve imediatamente ouvir” Marinho e Pinto, “para identificar e concretizar as afirmações que fez”. “É tempo de responsabilizar quem sistematicamente faz afirmações gratuitas, panfletárias e levianas e que apenas têm como objectivo afectar a credibilidade do sistema de justiça e dos juízes e, com isso, ter espaço mediático assegurado”, refere a nota da ASJP.

O bastonário da Ordem dos Advogados considerou ontem que “muitos dos tribunais arbitrais” são utilizados para “legitimar atos de verdadeira corrupção” em Portugal, com transferência de “recursos públicos para bolsos privados”. Marinho e Pinto acrescentou que a forma “como o Governo está a legislar” nesta matéria, criando a “arbitragem obrigatória”, leva-o a ter “muitas suspeitas” sobre a conivência do poder político naquele tipo de justiça privada. A audição parlamentar de Marinho e Pinto foi marcada por momentos polémicos, designadamente quando o bastonário criticou o facto de as actas lavradas pelos juízes nos tribunais, acerca das diligências processuais, serem frequentemente “falsificadas”, sem correspondência com o que efetivamente se passou entre as partes.

Ministério recua na atribuição de compensações a professores

Crato quer reduzir de 23 para 10 QZP O Ministério da Educação e Ciência recuou na atribuição de compensações, em tempo de serviço, aos professores que ficassem colocados numa escola longe de casa, informou a Federação Nacional de Educação. O secretáriogeral João Dias da Silva disse que o Ministério tutelado por Nuno Crato “retirou a majoração proposta” em março, e que previa compensações, em tempo de serviço, para os docentes que ficassem colocados numa escola a mais de 80

quilómetros da sua residência. A FNE reuniu-se ontem, numa última ronda negocial, com o Ministério da Educação sobre o novo regime de concurso nacional de professores, que prevê a diminuição de Quadros de Zona Pedagógica (QZP). A proposta do ministério, que a FNE contesta, estabelece dez QZP, em vez dos atuais 23, o que aumenta a distância de casa a que os docentes podem ficar colocados. A tutela propunha que a colocação

de professores numa escola entre 80 a 120 quilómetros (considerados em linha reta) fosse bonificada com 183 dias no tempo de serviço para efeitos de graduação profissional no concurso. A bonificação aumentava à medida que a distância casa-escola crescia, podendo chegar a um ano (365 dias) para distâncias superiores a 181 quilómetros. Para a FNE, a compensação era “muito reduzida” face “à dimensão do sacrifício que era pedido aos professores”.

Presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting

Faleceu Luiz Pinto de Freitas Luiz Pinto de Freitas, presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), morreu na segunda-feira à noite, vítima de acidente vascular cerebral (AVC). Pinto Freitas, de 63 anos, presidia à FPAK, organismo no qual já tinha sido secretário-geral, desde 2006, depois de ter sucedido no cargo a Vasconcelos Tavares. Luiz Carlos de Brito Pinto de Frei-

tas, cujo mandato na FPAK terminava este ano, integrava ainda o elenco do Conselho Mundial de Automobilismo da Federação Internacional do Automóvel (FIA) e preparava-se para acompanhar mais uma edição do Rali de Portugal, que começa quinta-feira. O corpo de Pinto de Freitas vai estar em câmara ardente a partir das 17h00 de quarta-feira, na igreja de Santo António, no Estoril.

O Automóvel Clube de Portugal, entidade organizadora do Rali de Portugal, manifestou pesar pela morte de Luiz Pinto de Freitas, sublinhando que “dedicou a sua vida ao automobilismo e foi uma das personalidades que mais lutou pela visibilidade do desporto automóvel português”. Aos familiares e amigos, o jornal O PRIMEIRO DE JANEIRO apresenta desta forma as mais sentidas condolências.


10-04-2013