Page 1

DOMINGO 05 DE JANEIRO DE 2014

R$ 1,00

O PIONEIRO LINHARES-ES | ANO XLVI | Nº 01 | Desde 1967 | Edição de 12 páginas

jornalopioneiro.com.br

| DENI

| PANORAMA

| INFORME

Estranha-se a falta de um representante de Linhares no primeiro escalão do Governo. Pág. 12

Na próxima quinta-feira começam as vendas para os desfiles do Carnaval 2014 . Pág. 02

O Procon Estadual realizou 52.169 atendimentos aos consumidores capixabas no ano de 2013. Pág. 09

Fazenda dá mais prazo a contribuintes

Reconstrução do Estado está estimada em R$ 540 milhões O Governo do Estado lançou um conjunto de medidas voltadas à recuperação dos municípios afetados pelas

fortes chuvas do mês de dezembro último, batizado de Plano de Reconstrução do ES. A estimativa é de que

os investimentos na recuperação do Estado alcancem a marca de R$ 540 milhões. Na foto trecho da ES-248,

Acesso ao Pontal liberado A Prefeitura Municipal de Linhares informou na tarde de sexta-feira, 03, a liberação da ponte (foto) que liga a rodovia à zona urbana de Pontal do Ipiranga, para veículos de passeio, sendo que o trânsito segue em meia pista. O acesso às regiões de Urussuquara e Barra Seca também está liberado para carro de passeio, mas esse trecho, que é de terra, ainda não recebeu melhorias, havendo muitos buracos.

Turistas de baixa renda e mais ricos vão viajar mais, diz pesquisa Pág. 03

que liga Linhares a Colatina, em frente a entrada da Lagoa Serafim. Pág. 06

Matrículas para cursos técnicos subsequentes prorrogadas até o dia 15 Pág. g 03

+ colunas

Uma série de medidas da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) para amenizar os prejuízos causados aos contribuintes que comprovarem os danos causados pelas chuvas fazem parte do Plano de Reconstrução do Espírito Santo. O ICMS relativo aos meses de dezembro e 2013 e janeiro de 2014 poderá ser pago em até cinco vezes, com a primeira parcela vencendo em março Pág. 04

Áreas rurais precisam de R$ 460 milhões para recuperação No conjunto de ações e investimentos anunciados quinta-feira, 02, pelo governador Renato Casagrande, um grupo é direcionado especificamente para contribuir com a limpeza e reestruturação nas áreas rurais capixabas. Somados, serão aplicados aproximadamente R$ 460 milhões em crédito financeiro e recursos para intervenções de recuperação de infraestruturas, maquinários, lavouras e criações na agropecuária capixaba. Pág. 07

| Acontece pag. 05 | Norma pag. 05 | Sagração pag. 08


O PIONEIRO

2 | OPINIÃO DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

| PANORAMA

POLÍTICO

Paulo Cesar Dutra paulodutra2002@yahoo.com.br

Água limpa vira “melda” Foram abrir as porcarias das “obras” (do verbo obrar), da Cesan, do projeto “águas limpas”, só encontraram “melda”. Na avenida Maruípe, na entrada do bairro Fradinhos, em Vitória, uma tampa de concreto do projeto água limpa cedeu. Os funcionários da Cesan foram recuperar a “obra”, encontraram uma “melda” só. No lugar de concreto armado, estava lá um monte de saco de terra, tábuas e sacos de cimento vazio, segurando os canos da rede de esgoto. Será que este assunto vai ser apurado com mais profundidade lá na Grande Vitória? Com a palavra os deputados estaduais!!!

Retrospectiva do STF Ao longo de 2013, o Supremo Tribunal Federal - STF enfrentou questões jurídicas complexas e da mais alta relevância para o país. Entre elas, a Emenda dos precatórios julgada em 14/3. O plenário do STF, por maioria, declarou a inconstitucionalidade de parte da Emenda Constitucional - EC 62/09,

que instituiu o novo regime especial de pagamento de precatórios. Com a decisão, foram declarados inconstitucionais dispositivos do artigo 100 da CF/88, que institui regras gerais, para precatórios, e integralmente inconstitucional o artigo 97 do ADCT, que cria o regime especial de pagamento.

Retrospectiva do STF II Em 20/3, o plenário do STF concluiu que é inconstitucional a inclusão de ICMS, bem como do PIS/Pasep e da Cofins na base de cálculo dessas mesmas contri-

buições sociais incidentes sobre a importação de bens e serviços. A regra está contida na segunda parte do inciso I do artigo 7º da lei 10.865/04.

Retrospectiva do STF III Comissão da Verdade A presidente Dilma Rousseff (PT-MG) prorrogou para dezembro de 2014 a conclusão dos trabalhos da Comissão Nacional da Verdade, que se encerraria em maio deste ano. Mentira!!!

Reforma agrária I Sem-terras desocuparam a fazenda do Grupo Simão, em Montanha, mas não acabaram com o objetivo. As famílias agora ocupam uma área de terras devolutas do governo do Estado, onde são intimidadas por seguranças da Aracruz Celulose (Fibria). Os sem-terras não estão gostando das intimidações e em breve poderemos ter confrontos registrados.

Reforma agrária II Trinta projetos contra os direitos indígenas tramitam no Congresso Nacional, e para os especialistas sobre o Movimento dos Sem Terra – MST, 2013 ficou marcado como o pior ano da reforma agrária no País.

REDAÇÃO Av. Governador Lindenberg, 609, Linhares - Centro - CEP:29.900-020 Telefone: (27) 3200-6767 redacao@jornalopioneiro.com.br opioneiro@jornalopioneiro.com.br www.facebook.com/opioneiro

Em 20/6, o plenário do STF entendeu que o PL 14/13 (Senado) – originalmente PL 4.470/12 (Câmara Federal) –, que inibe a criação de novos partidos políticos, deve seguir tramitando no Congresso. O senador Rodrigo Rollemberg havia impetrado MS para impedir que o pro-

Retrospectiva do STF IV Em 26/6 por maioria de votos, o plenário do STF reconheceu o trânsito em julgado da decisão de 28/10/10 que condenou o deputado Federal Natan Donadon à pena de 13 anos, 4 meses e 10 dias de reclusão, em regime inicial fechado, além de 66 dias-multa, por formação de quadrilha e peculato. Com isso, os ministros determinaram a expedição do mandado de prisão contra o parlamentar para o

início do cumprimento da pena. Os fatos ocorreram quando Donadon exercia o cargo de diretor financeiro da Assembleia Legislativa do Estado de RO e ele, juntamente com outros sete corréus, foi denunciado por desvios de recursos daquela Casa legislativa por meio de simulação de contrato de publicidade que deveria ser executado pela empresa MPJ Marketing Propaganda e Jornalismo Ltda.

Retrospectiva do STF V Em 8/8, Ivo Cassol foi o primeiro senador condenado pelo STF desde a vigência da CF/88. O plenário do Supremo condenou o parlamentar, por unanimidade, pelo crime de fraude a

FUNDADOR E DIRETOR RESPONSÁVEL Deni Almeida da Conceição DIRETOR COMERCIAL Diego Pandolfi A. da Conceição EDITADO POR Editora O PIONEIRO Ltda ME

CIRCULAÇÃO O PIONEIRO circula todas as quintas-feiras e aos domingos

jeto fosse aprovado em regime de urgência pelo Senado. A proposta estabelece que a migração partidária que ocorrer durante a legislatura não importará na transferência dos recursos do fundo partidário e do horário de propaganda eleitoral no rádio e na televisão.

ASSINATURAS assinatura@jornalopioneiro.com.br

licitações ocorridas quando foi prefeito da cidade de Rolim de Moura/RO, entre 1998 e 2002. A Corte deixou para o Senado a decisão sobre a perda de mandato.

DIAGRAMAÇÃO Diego Pandolfi A. da Conceição GRÁFICO Renaldo dos Santos Alves COLABORADORES Antônio Bezerra Neto, Alexandre Araujo, Lissu Madeira Abad, Norma Astréa, Dr. Felício, Luciano Pires, Arlene Campos, Monsenhor Jonas Abid, Paulo Cesar Dutra.

Essa coluna é publicada todas as quintas e domingos

Carnaval 2014 I

Ajuda

Na próxima quinta-feira, dia 9, a Prefeitura de Vitória, através da Secretaria de Turismo, começa a vender as mesas de pista, dos camarotes e dos ingressos para as arquibancadas para os desfiles do Carnaval 2014, no Sambão do Povo, em Vitória. As mesas e os camarotes serão vendidos no período de 9 a 12 de janeiro, das 9 às 18 horas. Já a oferta dos ingressos para a arquibancada será realizada de 15 a 18 de fevereiro, das 9h às 18 horas. A novidade será a venda dos ingressos para as arquibancadas também na quadra das escolas de samba, porém, apenas durante o período da oferta dos ingressos na Estação Porto. O local das vendas será na Estação Porto, no Centro Histórico de Vitória, no Armazém 5 do Porto de Vitória, em frente à Praça Oito, no centro da Capital.

A Defesa Civil Nacional liberou R$ 6,6 milhões para o Estado usar no caos das chuvas. Se não for desviado, tudo bem!

Carnaval 2014 II O desfile em Vitória é realizado uma semana antes do carnaval oficial e é considerado o primeiro do país. Para sexta-feira, dia 21 de fevereiro, a mesa de pista será vendida pelo preço único de R$ 200,00. Já para o sábado (22), o valor é de R$ 400. Na quinta-feira (20), será realizado o desfile de acesso das escolas e não há cobrança de ingresso. O valor do camarote vai variar de R$ 3,7 mil a R$ 4,7 mil. A capacidade é de 25 a 30 pessoas e os preços valem para os dois dias. O pagamento poderá ser feito com dinheiro, cartão de débito (Banescard) ou depósito bancário. Os interessados deverão portar documento de identidade, com foto (RG ou carteira de trabalho). Cada CPF ou CNPJ só poderá adquirir uma mesa (para um ou dois dias) ou um camarote. No caso de compra via CNPJ será necessária a apresentação de contrato social acompanhado do documento de identificação do representante legal.

O PIONEIRO é o jornal mais lido do Norte do Estado www.facebook.com/opioneiro www.twitter.com/jornalopioneiro Os colaboradores de O PIONEIRO não têm vínculo empregatício O PIONEIRO não se responsabiliza por conceitos emitidos em matérias assinadas.

Ajuda II O Ministério da Saúde anuncia medidas para atender flagelados e destina mais R$ 32,7 milhões para hospitais no Espírito Santo.

Ajuda III Flagelado vai poder sacar até R$ 6 mil do FGTS que estará disponível a partir de março, para recuperar os prejuízos das enchentes. Por enquanto, o flagelado deve aguardar a Caixa Econômica Federal divulgar os locais para apresentação dos documentos. Antes, o banco precisa saber quem tem o direito. Para isso, aguarda as prefeituras enviarem mapeamentos das ruas e casas alagadas.

Ajuda IV Não tem direito ao benefício quem já sacou dinheiro do FGTS por causa de prejuízos com as chuvas há menos de um ano. É o caso, por exemplo, de moradores de algumas regiões de Vila Velha. Eles sofreram com as tempestades em março e sacaram as quantias em julho.

Ajuda V O Ministério da Integração publicou no último dia 24 a relação de 45 cidades que já decretaram a emergência. Legalmente, a Caixa tem 90 dias, a partir da data, para definir os pontos onde se concentrará a apresentação de documentos, como comprovante de residência, carteira de trabalho e identidade. O superintendente regional da Caixa, Antônio Carlos Ferreira, porém, pretende reduzir o prazo.

FILIADO À

ABRAJORI Associação Brasileira dos Jornais do Interior

CNJI Cadastro Nacional de Jornais do Interior Periodicidade verificada em Brasília


O PIONEIRO

GERAL |

3

DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

Turistas de baixa renda e mais ricos vão viajar mais, diz pesquisa Em 2014, viajantes dos dois extremos de faixa de renda monitorados pelo Ministério do Turismo serão os maiores viajantes do país Um estudo do Ministério do Turismo revela que os brasileiros com renda até R$ 2.100 aumentaram sua intenção de viagem de 8,8% para 17,9% no último ano. A elevação também aconteceu entre os que ganham mais de R$ 9.600 mensais: de 53,3% para 61,4%. Os dados consideram dezembro de 2012 e dezembro de 2013 e mede a intenção dos brasileiros de viajar pelos próximos seis meses, por destinos nacionais e internacionais. O aumento foi menor entre as duas faixas de renda intermediárias: entre os viajantes com renda entre R$ 2.101 a R$ 4.800 passou de 25,2% para 26,2%; e entre os que ganham R$ 4.801 e R$ 9.600, de 39,7% para 41,9%. A intenção de viagem do brasileiro em dezembro foi recorde no ano: Mais de 37% dos entrevistados nas sete maiores capitais do país pretendem viajar nos próximos seis meses pelo Brasil e exterior. “Isso revela que o ano de 2014 será promissor para o turismo brasileiro e que o nosso país vai se beneficiar desses deslocamentos”, disse o ministro do Turismo, Gastão Vieira. O percentual de pesso-

Cais do Porto de Conceição da Barra

O percentual de pessoas interessadas em visitar destinos nacionais também foi recorde anual: 76,2% frente aos 22% que devem desembarcar em outros países as interessadas em visitar destinos nacionais também foi recorde anual: 76,2% frente aos 22% que devem desembarcar em outros países. Entre as paisagens brasileiras mais requisitadas, a região Nordeste continua imbatível como objeto de desejo. É a preferida de 40,1% dos turistas que pretendem viajar. Os estados do Sul aparecem em segundo lugar, com 23,3% das preferências, seguidos do Sudeste, com 21,7%. A pesquisa, realizada em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, mostra também que 53,2% dos

entrevistados pretendem viajar de avião. Em dezembro de 2012 eram 43,7%. O segundo meio de transporte mais utilizado será o automóvel, com 35%, e o ônibus, com 7,8%. A maioria dos entrevistados (48%) pretende hospedar-se em hotéis e pousadas e uma parcela menor (39,8%) afirma preferir casa de parentes e amigos. A Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem, é realizada mensalmente em Brasília, Salvador, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte.

Matrículas para cursos técnicos subsequentes prorrogadas até o dia 15 As matrículas para os cursos técnicos subsequentes foram prorrogadas para até o dia 15 de janeiro. A iniciativa, com oferta de 5.494 vagas para 26 cursos diferentes, é promovida pela Secretaria de Estado da Educação (Sedu) e beneficia cidadãos que já tenham concluído o ensino médio pela rede estadual de ensino

No ato da matrícula, os candidatos precisam apresentar, na secretaria da escola que oferece o curso, o histórico escolar do ensino médio original ou declaração afirmando estar cursando o 3º ano do ensino médio, devidamente assinada pelo diretor e secretário da escola; cópia de documento oficial de Identidade; cópia do CPF;

duas fotos 3x4 recentes; e cópia recente de comprovante de residência. Caso os alunos aprovados não compareçam às escolas para a efetivação das matrículas dentro do prazo estipulado pelo edital, será feita chamada para os estudantes suplentes, nos dias 16 e 17 de janeiro. Já as aulas irão começar no dia 02 de fevereiro.

Cursos São ofertadas 5.494 vagas para 26 cursos em diferentes áreas como Administração, Eventos, Logística, Marketing, Vendas, Comércio Exterior Libras, além de Portos e Serviços Jurídicos, inseridos recentemente na rede estadual de ensino. As vagas são para 46 municípios, situados na Grande Vitória e interior do Estado. Os cursos, com duração de até dois anos, são destinados a pessoas que tenham concluído o ensino médio regular ou a

Educação de Jovens e Adultos (EJA) em qualquer rede de ensino e a candidatos concluintes do ensino médio regular, da Educação Profissional Integrada, do Ensino Médio ou da EJA. De 2011 até agora, já foram ofertadas mais de 70 mil vagas em cursos técnicos pela Sedu, chegando a 72 municípios, com investimentos que superam os R$ 150 milhões. Ao longo desse período, a oferta mais que dobrou, passando de 15 mil em 2011 para 33 mil em 2013.


O PIONEIRO

4 | GERAL DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

Virada do ano em Aracruz foi com muita empolgação Com um público estimado em 30 mil pessoas presentes na Barra do Sahy e outros sete mil em Santa Cruz, Aracruz fez uma grande festa na virada do ano. Além das queimas de fogos realizadas em ambas as praias, cerca de 16 minutos em Barra do Sahy e outros sete minutos em Santa Cruz, houve ainda os shows de Flávia Mendonça, Billy Band, Aléx Campanha, Ricardo Xenon e Fernanda Pádua

De acordo com o secretário de turismo Helder Tabosa, o município de Aracruz recebeu uma das melhores festas de virada do ano da última década. “Ocorreu tudo dentro do planejado. As praias realmente estavam lotadas e não registramos um grande delito sequer. Contamos com o apoio de uma maior efetivo da Polícia Militar que muito contribui para oferecer segurança a todos”, comenta. Um outro detalhe obser-

vado pelo secretário de Turismo foi o grande número de casas alugadas para os turistas que também lotaram os hotéis. “Realmente percebi que havia um grande número de pessoas que não são de Aracruz. Resumindo, posso afirmar que a festa de fim de ano no nosso município foi um sucesso”, afirma. O réveillon de Aracruz ainda contou com uma boate itinerante, que ficará durante todo o verão, e uma praça de alimentação.

Orçamento Um outro ponto positivo comemorado pela Secretaria de Turismo foi o investimento aplicado nas festas de fim de ano. Segundo o secretário Helder, o orçamento gasto foi próximo a metade do último ano.

O valor gasto somente com queimas de fogos no fim do ano de 2013 foi algo em torno de 240 mil reais. Neste ano, contabilizando toda a estrutura mais os fogos, a atual administração gastou o equivalente a 130 mil reais.

Fazenda dá mais prazo a contribuintes Uma série de medidas da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) para amenizar os prejuízos causados aos contribuintes que comprovarem os danos causados pelas chuvas fazem parte do Plano de Reconstrução do Espírito Santo O ICMS relativo aos meses de dezembro e 2013 e janeiro de 2014 poderá ser pago em até cinco vezes, com a primeira parcela vencendo em março – o imposto é regularmente pago em uma única cota no mês subsequente. No âmbito estadual, também foi publicado o Decreto 3.477-R (26/12/2013) para que os contribuintes que tiverem sido prejudicados pelas chuvas sejam perdoados das multas que seriam aplicadas em caso de perda, extravio ou inutilização de documentos fiscais, li-

vros fiscais ou emissores de cupom. Essas medidas são válidas apenas para empresas situadas nos municípios onde tiver sido decretado estado de emergência ou calamidade pública, desde que os danos trazidos pelas enchentes sejam comprovados por boletim de ocorrência policial e laudo da Defesa Civil ou Corpo de Bombeiros. Também já foi publicado o Decreto 2918-R (26/12/2011), que possibilita que o estabelecimento exportador afetado por situa-

| Banestes e Bandes Outra iniciativa bastante importante do Governo do Estado por meio da Secretaria da Fazenda – para pessoas físicas e jurídicas atingidas pelas enchentes – será a abertura de créditos adicionais ao Orçamento 2014 visando à equalização do pagamento de juros decorrentes de financiamentos concedidos pelo Banestes e pelo Bandes. O Estado irá reduzir os juros que serão pagos no caso de empréstimos que vierem a ser concedidos pelas duas instituições a partir da publicação da lei, cujo projeto será encaminhado à Assembleia Legislativa. O Banco do Estado do Espírito Santo fará a prorrogação dos contratos vigentes para produtos da Carteira Rural e flexibilização de alçadas decisórias, agilizando o crédito. Haverá também mudança na carência para os contratos vigentes de produtos em consignação e repactuação e renegociação de contratos vigentes para demais produtos da Carteira Comercial, com taxas diferenciadas. Junto ao Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), também o Banestes providenciará financiamento para empresas localizadas nos municípios atingidos pelas chuvas.

| Índices/Prazos Encargos: TJLP + 1% a.a. Prazo: até 60 meses Limite Máximo: R$ 1 milhão

ção de calamidade pública ou de emergência, assim declaradas por ato da autoridade competente, poderá transferir créditos acumulados nos termos do art. 53, § 2.º, II, e § 4.º, da Lei n.º 7.000, de 2001, até a data final da ocorrência, a fornecedor localizado neste Estado e inscrito no cadastro de contribuintes do imposto. Os Prazos recursais serão ampliados, como prevê o CPC, de forma automática, nos casos declarados de calamidade pública e emergência. O secretário de Estado da Fazenda, Maurício Cézar Duque, acrescenta que o Governo do Estado está encaminhando ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) um pedido de isenção de ICMS, pelo prazo de 90 dias, na compra de máquinas e equipamentos de uso comercial e industrial para empresas afetadas pelas águas das chuvas. Atualmente, as alíquotas variam de 7% a 17%. Conforme o secretário, a autorização deverá ocorrer nos próximos dias, uma vez que a proposta será submetida a votação online no Confaz. Também nesse caso, para ter acesso ao benefício, as empresas deverão comprovar os prejuízos, por boletim de ocorrência policial e laudo da Defesa Civil ou Corpo de Bombeiros.


O PIONEIRO

GERAL |

5

DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

| NORMA ASTRÉA

| ACONTECE Lissu Madeira Abad lissuabad@terra.com.br

Norma Astréa N. Grünewald normaastrea@gmail.com

Esta coluna é publicada todos os domingos

Esta coluna é publicada todos os domingos

Saibam que Ice ou cristal é uma droga sintética que vicia e destrói o ser humano com mais intensidade do que o crack. Ela é usada nas festas Rave e constitui um grande perigo para o ser humano. Infelizmente, esta droga já chegou ao Brasil.

Próximo às festas de Natal e Ano Novo, os aeroportos estavam lotados, vôos atrasados e a qualidade dos serviços logicamente deixando a desejar.

Curtição Henrique Lobo e Marina Cabral curtindo Guarapari O trânsito em Vitória piora a cada dia. Algo precisa ser feito e a falta de vagas no centro da cidade e no bairro Praia do Canto é outro problema à parte. Quadrilhas rivais dentro dos presídios em São Luiz, no Maranhão, se matam. Isso é um absurdo, nunca ouvi falar que presidiários mandassem na organização prisional. Só na terra de Sarney... Se abrimos um jornal ou vemos um noticiário na TV o assunto é o mesmo: falcatrua de políticos, de funcionários públicos, autoridades em geral. Não vislumbro honradez, responsabilidade e honestidade em nosso país. Fala-se muitos nas mudanças que ocorrerão na igreja católica. Precisamos mudar o quesito “o padre não pode casar”. Pergunto, por quê? Ele, tendo uma família constituída, poderá orientar melhor o que é uma vida familiar. E a novela da compra dos caças Gripen, pelo Brasil? Foi uma quantia muito alta paga por esses aviões que poderia ter sido utilizada na construção de hospitais, presídios e escolas. Para a empresa sueca que vendeu os caças foi muito bom, suas ações já subiram de preço.

Fortaleza é o estado onde existe o maior número de corruptos no serviço público. O número de laranjas é enorme, prefeitos são cassados, desembargadores são comprados, enfim, a pouca vergonha grassa nas cidades cearenses, também.

O nosso estado que já tem estradas ruins, com as chuvas fortes ficou tudo pior. Daqui que tudo volte ao normal, bota tempo nisso. Começo de ano e aumento de tarifas. Onde vamos parar?

Janeiro, uma época excelente para viajar para Dubai. Muitas promoções alegram os fissurados em compras. Rita Bumachar e Dalila Murad foram presenças elegantes na loja Iódice, tarde dessas.

or diversas vezes, durante o seu sermão, eu fui às lágrimas, pois eu ouvia alguém que pensa exatamente como eu, acerca da importância do magistério. Como educadora e como Coordenadora do Curso de Pedagogia, eu sei o quanto é importante a nossa missão, eu sei o quanto você podem ajudar os seres bípedes a se tornarem seres humanos. Isso, claro, se vocês aprenderem não apenas os conteúdos conceituais, factuais e procedimentais, mas, sobretudo, se tiverem tido humildade suficiente para internalizar os valores, normas e atitudes que nós quisemos lhes incutir: respeito, responsabilidade, ética, verdade, decência e compromisso com o bem.

P

Da mesma forma, sabemos o quanto podem sofrer os inocentes que são confiados aos profissionais, cuja competência técnica é um fiasco, e cujos defeitos morais vão aleijando as crianças, até o dia em que elas viram adultas, e de tanto ouvir que não são capazes de progredir, elas se conformam em ficar na base da pirâmide social, sendo mão de obra baratinha, comandados pelos espertos que se encastelam no topo da pirâmide, e dessa forma não conseguem modificar positivamente as suas vidas. Muito pior do que isso, fazem os “profissionais” que com suas incompreensões e seus perversos sermões, excluem das escolas os meninos e os jovens, que serão reféns dos vícios, adotados pelo tráfico, hóspedes das cadeias, ou pior: terão seus nomes precocemente estampados nas lápides dos cemitérios.

Belíssimas estão as roupas na boutique La Bassetti. As calças estampadas que serão usadas neste verão estão nas araras, assim como belos vestidos em tons fortes de verde, amarelo e azul. Claudia e Beto Scarton regressaram do Tahiti, roteiro esse, inesquecível para todos que conhecem este paraíso.

Discurso Como Coordenadora Curso de Pedagogia 2013/02

Carmem Prates desfilando sua elegância

Solidariedade O espírito de colaboração do povo de nosso estado do Espírito Santo merece os aplausos da coluna. Foram inúmeras pessoas ajudando os desabrigados com suas doações. Agora, quero ver o que o povo terá do governo federal. Vamos aguardar..

Percebem, então, a grandiosidade da escolha de vocês, quando escolheram Pedagogia? Entendem por que esse Curso não pode ser feito por qualquer um e nem de qualquer jeito? Compreendem agora, por que cada puxão de orelha merecido não podia ser um afago? Percebem que não temos o direito de formar colegas da primeira professora imbecil do pastor Jucimar? Não pensem que é fácil para mim, como Coordenadora do Curso, e para meus colegas professores, defendermos essa crença a ferro e fogo, pois a cada turma que ingressa temos aqueles que não são vocacionados. As “Cremonildas” pensam que sabem o que é decência e honestidade, mas apresentam diplomas

de pós-graduação, feitas em instituições que merecem uma investigação rigorosa do Ministério Público, pois ferem as leis, fraudam o INSS, e lesam o erário público, que acaba promovendo e remunerando os requerentes, na tola crença de que as crianças estarão entregues em mãos deveras especializadas. Isso consegue ser duplamente ridículo, porque quem vende, compra, compactua e aceita esses papeis são cúmplices de desonestidades, enquanto deveriam ser exemplos de correção e decência, pois trabalham na educação. Não pensem que me refiro a vocês, meus queridos. Vocês não são “Cremonildos” (estou incluindo você, Carlos, nosso único representante do sexo masculino na turma), pois nós lhes ensinamos a ser decentes e tudo fizemos para que vocês adquirissem as competências ÉTICA e TÉCNICA. Então, se vocês estão aqui nesta noite, é porque internalizaram, pelo menos, 60% do que lhes ensinamos (desenvolvimento humano, alfabetização, didática, planejamento, avaliação, coordenação pedagógica, gestão, pedagogia em ambiente não escolares....) e, portanto, merecem os nossos parabéns. Desejo do fundo do meu coração, que cada um de vocês jamais se esqueça das palavras do nosso sacerdote, proferidas ontem à noite, e que ora eu parafraseio: “_ O magistério é um outro tipo de sacerdócio. Deus deixou vocês chegarem até aqui para que sejam capazes de instruir pessoas, de impulsioná-las, de transformá-las em gente, de dar-lhes subsídios para que elas melhorem suas vidas e sejam felizes.” Quando vocês conseguirem isso, estejam certos, vocês alcançarão o respeito próprio e com ele virá o respeito de sociedade e dela a remuneração digna que vocês tanto merecem e pela qual torcemos. Finalizo, desejando a vocês e a todos os presentes, um Natal repleto de tudo aquilo que o aniversariante de 25 de dezembro representa: amor, paz, saúde, prosperidade e muitas alegrias!! Desejo-lhes, ainda, que cada dia de 2014 seja uma repetição desse dia de Natal, que eu acabei de lhes desejar!


O PIONEIRO

6 | GERAL DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

Reconstrução do Estado está estimada em R$ 540 milhões O Governo do Espírito Santo lançou, quinta-feira, 02, um conjunto de medidas voltadas à recuperação dos municípios afetados pelas fortes chuvas do mês de dezembro último, com foco na infraestrutura, no setor produtivo e nas pessoas, batizado de Plano de Reconstrução do ES. A estimativa é de que os investimentos na recuperação do Estado alcancem a marca de R$ 540 milhões Além dos recursos próprios, as ações anunciadas também contemplam financiamentos, linhas de crédito, criação de novas Leis, dentre outros mecanismos. O anúncio foi feito pelo governador Renato Casagrande, no Palácio Anchieta, com as presenças da imprensa, de secretários de Estado, diretores de órgãos vinculados e de autarquias. “O Plano é abrangente e surgiu dessa necessidade nova de atendermos quase que a todo o estado, já que são mais de 50 dos nossos 78 municípios afetados. E com medidas que nunca havíamos tomado, por se tratar de uma reconstrução emergencial, que surgiu de um evento climático também nunca vivenciado por nós. Esta é uma primeira versão, com base nos levantamentos feitos pelas nossas equipes até o dia de hoje, mas que pode sofrer alterações, de acordo com a necessidade dos municípios”, salientou

o governador. Segundo Casagrande, o Estado está preparado e organizado para o alto custo a ser aplicado nos trabalhos propostos pelo Plano, mas também haverá um pedido de apoio ao Governo Federal. “Apresentaremos o plano de trabalho à União, e tenho certeza de que o Governo Federal vai nos ajudar também nessa reconstrução”, disse. Casagrande afirmou que o maior desafio é reconstruir a vida das pessoas. “Precisamos cuidar com carinho de quem perdeu a esperança num momento tão difícil e vamos trabalhar muito para dar suporte às famílias capixabas, para dar dignidade e a possibilidade de reconstruir lares, montar as casas, reformar o que foi perdido”, destacou. Também explicou que na nesta semana realiza uma reunião de trabalho com prefeitos e equipes técnicas das cidades afetadas, com a

participação de representantes do Estado e do Governo Federal para dar celeridade aos trabalhos em parceria, para que o Plano seja bem executado e para que haja assessoramento na confecção de planos municipais. Renato Casagrande afirma ainda que haverá um pedido de convocação extraordinária da Assembleia Legislativa para a votação de, pelo menos, três novas matérias de interesse público relacionadas ao Plano de Reconstrução do ES. “O apoio do Legislativo será determinante”, disse. Nova Venécia, Baixo Guandu, Rio Bananal, Linhares, Vila Velha, Serra, Colatina, Itaguaçu, Itarana, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, Barra de São Francisco, Águia Branca, Pancas e Viana estão entre os municípios em que a chuva afetou drasticamente a vida de mais de 60 mil capixabas, deixando 24 mortos.

Cartão Reconstrução

Juros baixos

Casas populares

O Governo do Estado criará o Cartão Reconstrução ES, que disponibilizará R$ 2,5 mil em crédito para a aquisição de móveis, eletrodomésticos ou material de construção, destinado às famílias atingidas pela chuva. Há R$ 15 milhões reservados para atender aos capixabas nessa linha de benefício, desde que os afetados estejam inscritos no CadÚnico do Governo Federal, atendendo ao requisito de renda familiar de até três salários mínimos. A operação ficará a cargo do Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes).

Para quem não atende aos requisitos do CadÚnico, o Governo capixaba preparou linha de crédito especial, de até R$ 5 mil, para o financiamento de eletrodomésticos e móveis, no perfil de renda entre três e seis salários mínimos. Nesse caso, haverá cobrança de taxa reduzida de 5% ao ano e prazo de 48 meses para pagamento. O Tesouro Estadual fará o aporte de recursos no Banestes para a equalização das taxas ao teto comercial.

O Governo estadual também reservou R$ 72 milhões para a construção de casas populares para os atingidos pelas chuvas. A previsão inicial é que sejam necessárias pelo menos 1.500 unidades habitacionais. Há R$ 72 milhões reservados para a medida.

O governador Renato Casagrande anunciou as medidas na última quinata-feira, no Palácio Anchieta

Rodovias estaduais O Governo do Estado trabalhará 14 contratos para a reconstrução de rodovias, dos quais, cinco para contenção de encostas e retirada de barreiras, três para recomposição do corpo estradal (trechos rompidos em ES 010 – Jacaraípe/ Nova Almeida; ES 060 – Marataízes/Presidente Kennedy; e ES 341 – Pancas/Angelo Fre-

chiani) e seis para recomposição de pavimento em todo o Estado. O valor total destinado às rodovias será de R$ 150 milhões. Também haverá a disponibilização de máquinas às Prefeituras para a reconstrução da infraestrutura urbana, com R$ 3.332.104,00 contratados em hora/máquina.

Infraestrutura Na área urbana das cidades, para pavimento asfáltico, piso de concreto, paralelepípedos, bueiros e pontes dentro das cidades serão investidos R$ 120 milhões. Há, ainda, R$ 34 milhões destinados à limpeza de canais e dragagem, que entrarão no plano de trabalho a ser encaminhado ao Governo Federal.

O Governo do Estado também contratará cinco empresas para a elaboração de projetos de Engenharia tais como pontes, pavimentações em vias urbanas, drenagem, contenção de encostas e praças, para auxiliar as equipes dos municípios atingidos pelas chuvas, com custo de R$ 15 milhões.

Educação O Estado já possui contrato para cobrir a recuperação de 10 escolas afetadas, além da Superintendência de Barra de São Francisco. Haverá repasse de recursos às escolas, por meio do Programa Estadual Dinheiro Direto na Escola (PE-

DDE), para aquisição de material de escritório. Também já existe contrato para a aquisição de carteiras escolares e está em andamento a compra emergencial de equipamentos de informática, orçada em R$ 15 milhões.


O PIONEIRO

GERAL |

7

DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

Áreas rurais precisam de R$ 460 milhões para recuperação Divulgação Secom Linhares/02-01-14

No conjunto de ações e investimentos anunciados quinta-feira, 02, pelo governador Renato Casagrande, um grupo é direcionado especificamente para contribuir com a limpeza e reestruturação nas áreas rurais capixabas Somados, serão aplicados aproximadamente R$ 460 milhões em crédito financeiro e recursos para intervenções de recuperação de infraestruturas, maquinários, lavouras e criações na agropecuária capixaba. A Secretaria de Estado da Agricultura vai destinar R$ 65 milhões para ações de reconstrução e reparos das estruturas de uso coletivo dos produtores rurais e população em geral. Os recursos serão empregados na recuperação e manutenção de estradas rurais municipais pavimentadas ou de

terra batida, na contratação imediata de “Patrulhas Mecanizadas” para atender os municípios com serviços localizados de máquinas e caminhões e para aquisição de novas 40 máquinas para reforçar as frotas das prefeituras. “Esse é um momento delicado e a atuação do Governo precisa e será firme para proporcionar atendimento qualificado e atuante para recuperar as áreas rurais do nosso Estado. Organizamos um modelo e vamos atuar em várias frentes de trabalho. Os capixabas que vivem

Juros menores e limite de financiamento maior para empresários vítimas das chuvas Para apoiar a reestruturação dos empresários capixabas que tiveram prejuízos com as últimas chuvas, a linha de crédito emergencial disponibilizada pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito santo (Bandes) está com juros ainda menores e limite de financiamento maior. Empresários que tiveram seus negócios afetados pelas chuvas agora poderão contar com até R$ 1 milhão em crédito produtivo para recuperar os danos sofridos com Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) + 2% ao ano, e bônus de adimplência de 1% o que representa, atualmente, 6% ao ano considerando pagamentos em dia.

O financiamento da linha “Bandes Emergencial” é direcionado para financiar empreendedores, formais e informais, que comprovadamente tiveram prejuízos e danos materiais causados pelas fortes chuvas e cheias, tendo perda de estoque, máquinas, equipamentos ou avarias nas estruturas físicas dos empreendimentos situados nos municípios que tiveram decretada situação de calamidade ou de emergência. Para ter acesso ao financiamento, o interessado deve procurar diretamente os gerentes regionais do Bandes, pelo telefone 0800 283 4202, CDL’s ou Associações de Classe.

Reparo na ES-358 está sendo realizado pelo poder público municipal, a rodovia liga Linhares ao balneário do Pontal do Ipiranga

no interior sofreram muito com os impactos das chuvas”, destaca o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli. Outra frente com investimentos de R$ 44,8 milhões, programados para captação junto ao Governo Federal, será destinada para a construção e recuperação de pontes. De acordo com levantamento realizado nos municípios, até esta quinta-feira (02), 375 estruturas estão destruídas.

| Linhas de crédito

| Prejuízos

Os produtores rurais e pescadores situados nos municípios que estão em situações de Emergência ou Calamidade Pública terão à disposição R$ 350 milhões em crédito agropecuário para investir na recuperação e reimplantação de lavouras, tanques, criações em geral e barragens, bem como para reparo e aquisição de máquinas, equipamentos e sistemas de irrigação, por exemplo. A medida foi ajustada entre Seag, Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), bancos e cooperativas que operam crédito agropecuário no Estado. Além da disponibilização de novas linhas de financiamento, o Governo do Estado enviou documentação ao Governo Federal solicitando a publicação de uma resolução do Conselho Monetário Nacional suspendendo os pagamentos de parcelas de financiamentos, com vencimento entre dezembro de 2013 e dezembro de 2014, por parte dos produtores pescadores e estipulando as novas datas para reinício dos pagamentos a partir de 2015.

Quinta-feira, 02, a Seag divulgou o primeiro levantamento para avaliar os estragos causados pelas chuvas nas áreas rurais do Espírito Santo. Somados os danos gerais em infraestruturas, maquinários e atividades agropecuárias são cerca de R$ 314.5 milhões em prejuízos. Na agropecuária, os danos causados na horticultura, cafeicultura, pecuária, silvicultura, avicultura, fruticultura, piscicultura, dentre outros, estão estimados em R$ 150 milhões. Aliado as perdas no setor de produção, estão os prejuízos encontrados nas estruturas para fins de produção agrícola, como equipamentos, galpões, implementos e barragens (56 rompidas e 42 danificadas). Os danos são estimados em R$ 50 milhões. Outros estragos estão contabilizados ainda nas infraestruturas coletivas, como estradas municipais rurais, totalizando 12.8 mil quilômetros, 682 pontes destruídas ou danificadas e 3.091 bueiros também com avarias. O reparo dessas estruturas estão estimados em R$ 114.5 milhões.

Retorno ao lar Já no primeiro dia do ano, o clima foi marcado pela desativação do abrigo montado na quadra "Idemar Unêda", no bairro Shell Com a baixa do volume do nível de água do Rio Doce, as famílias que estavam desabrigadas por causa das chuvas em Linhares estão retornando para suas casas. A Secretaria Municipal de Assistência Social informou, sexta-feira, 3, que 25 pessoas ainda permaneciam no ginásio poliesportivo "Leandro Arpini", no bairro Nossa Senhora da Conceição. Desde o último dia 18 de dezembro, 1,4 mil pessoas - desabrigadas ou desalojadas - receberam algum tipo de atendimento oferecido pelas equipes de trabalho da prefeitura como resgate, transporte, alimentação, assistência social e atendimento médico. Além do

Moradores deixaram tudo pronto para partir

ginásio "Leandro Arpini", os desabrigados também foram acomodados no "Idemar Unêda", no Shell. As famílias cadastradas receberam kit de limpeza composto por galão de cinco litros de cloro, quatro luvas, duas máscaras e hipoclorito de sódio

2,5%. Na próxima semana, técnicos da vigilância em saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, vão visitar os locais atingidos pelas águas para conversar com a população a respeito dos cuidados que devem ser tomados no período pós-enchente.


O PIONEIRO

8 | OPINIÃO DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

| MONICA CAETANO

| SAGRAÇÃO LITERÁRIA

Mônica Caetano Gonçalves mcaetanogoncalves@gmail.com

Antonio Bezerra Neto bezerrapoesia@gmail.com

Monica é Psicológa, poeta e cronista residente em Belo Horizonte Esta coluna é publicada todos os domingos

Esta coluna é publicada todas as quintas e domingos

Imagem de Barros

Rilke e o Terraço Itália

"

Rilke vai caminhar conosco pelas largas avenidas de São Paulo, inclusive opinando sobre nosso vai e vem" | Casa de Pássaros – Martha Barros

| Terraço Itália

poesia – e aqui não estou sendo piegas – será sempre um belo sobressalto capaz de povoar homens e mulheres. O bom da poesia (quando boa) é provocar o sobressalto que a prosa nem sempre alcança.

A

Por dias de dezembro fiz um grande périplo pela cidade de São Paulo que guarda encantos sutis; como gosto desta cidade em que pese as objeções de bons e contidos amigos. Há sempre uma surpresa marcando os passos de um flanador pela Paulicéia. Parei um instante numa velha padaria de origem árabe e para minha surpresa tinha uma plaqueta linda com os seguintes dizeres do poeta de língua alemã Rainer Maria Rilke. Dizia a placa com letras em itálico: Quem chora agora Em algum lugar do mundo, Sem razão chora no mundo, Chora por mim (...) Nascido na Praga do Império Austro-Húngaro em 1875, Rilke não só exerceu enorme influência sobre a poesia moderna

como também foi, em vida, objeto de um culto que se prolongou para muito além de sua morte, ocorrida na Suíça em 1926. Rilke vai caminhar conosco pelas largas avenidas de São Paulo, inclusive opinando sobre nosso vai e vem. Um detalhe intrigante que adoro mencionar: A imagem que se tem de Rilke é a de um cidadão do mundo isolado em castelos cedidos por aristocráticos mecenas, enquanto, do lado de fora, um sem-número de amadas –nobres ou não – implorava por uma resga de atenção. Ah, Rilke tinha um débito conosco - sim eu estava na companhia da esteta Vania - espécie de apogeu de beleza numa cidade cercada de mulheres estonteantes. Pegou-nos pelos braços e nos levou ao Edifício Itália, considerado o segundo maior da cidade. Uma obra monumental. E Rilke veio para a contemporaneidade: “O Terraço Itália é um restaurante especializado na culinária italiana que funciona neste prédio, no quadragésimo primeiro andar” E continuo com delicadeza e sapiência: “Sua fama está no amplo panorama da ca-

pital paulista em todas as direções que sua posição elevada proporciona, tornando-o um dos maiores pontos turísticos de São Paulo”. E tasquei uma pergunta no mínimo curiosa: - Poeta, um edifício com esta verticalidade e tão cheio de concreto é capaz de proporcionar um poema? - Caro é difícil obter notícias nos poemas... - Poeta, as coisas estão no mundo, mas é preciso aprender? - Não, a poesia é apenas uma bela fragrância! Ficamos por horas no grande prédio. Continua atual e instigante. Ao lado estava Vania tecendo olhares e magnetizando apáticos senhores com sua beleza incomum. Acariciava seu blush como poucas. Ali estava o mais belo pássaro de São Paulo com a devida aceitação de Rilke. Coube-me o abraço e o beijo. E Rilke? Voltou para o ateliê de Rodin. Quando os curiosos chegam, os deuses vão embora. Isso é parte da vida. Os deuses gostam de sigilos.

á vai a menina, em seu vestido de chita, colorindo um verão de sua infância. Seca os longos cachos ao vento quente que o sol sopra, depois da brincadeira no riacho que faz curva que nem cobra de vidro cercando os fundos da casa. Sabe que a borboleta é uma cor que voa e pouco mais sobre o mundo que vê na televisão, na pequena cidade em que vive. Tudo aquilo que não sabe, inventa, fazendo com que seu universo seja imenso. Inventa navios com pequenas latas flutuando na água rasa, bonecas de gravetos, retalhos e meias velhas e se vê princesa, sem imaginar o príncipe encantado, na carruagem de caixa de fósforos puxada por um besouro.

L

Deitada sob as árvores do pomar desenha bichos e coisas nas nuvens de algodão que passeiam no céu. É lá que passa horas pensando na escola da capital, transvendo uma história sua que ainda está por escrever com as letras

redondas e caprichadas que borda no papel. Só mesmo morando com a Dinda, naquelas casas esquisitas empilhadas sobre outras, que chamam apartamento. Terá que se acostumar a ficar sem o pomar e as flores do jardim, o canto dos pássaros que pintam o azul, o som distante do sino da igreja que anuncia o passeio na praça. Já sente saudades do algodão doce que perfuma os domingos e de tudo o que tem aqui e não poderá levar junto. Acorda do que parece um pesadelo com a voz suave da mãe chamando-a de volta ao seu sonho. Lembra que é dia de feira, enxuga a lágrima que seria rio e segue feliz para ouvir as conversas das comadres, ver todos os verdes e o colorido doce das frutas. Na volta, desinventa a chuva que armou e por não ter amanhecido, só choverá em algum outro amanhã. É cedo, menina! Deixa que os traços os caminhos da vida desenhem.

Abandono de emprego PANETO E ZANEZI LTDA-EPP, situada na Rua Agnelo Guimarães, 326, bairro Três Barras, portador do CNPJ: 04.990.361/0001-83, solicita o comparecimento da funcionária ARINE ANDRADE MOREIRA, portadora da CTPS: 57.581 SERIE 00024-ES, CPF 122.965.567-01, no prazo de 48 horas, sob pena de não o fazendo, ser enquadrado no Artigo 482 letra I da CLT. Linhares-ES, 05 de janeiro de 2014


O PIONEIRO

OPINIÃO |

9

DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

| LUCIANO PIRES

| INFORME

Luciano Pires é jornalista, escritor, conferencista e cartunista.

Esta coluna é publicada todas as quintas e domingos

Redação O PIONEIRO redacao@jornalopioneiro.com.br

Esta coluna é publicada todos os domingos

Conceição da Barra

Grupos de Ticumbi do município de Conceição da Barra foram atração na virada do ano naquela cidade. Turistas e veranistas estavam lá aplaudindo essa que

Redação

é uma dança dramática de origem africana, composta por um determinado número de pessoas negras devotas de São Benedito.

Agricultura Familiar A Secretaria de Estado da Educação vai realizar uma Chamada Pública, no período de 16 a 23 de janeiro, para a aquisição de produtos alimentícios da agricultura familiar, visando atender as necessidades da alimentação dos alunos matriculados na rede estadual de ensino. Cada produtor poderá vender até R$ 20 mil em mercadorias. A ação faz parte do programa "Vida no Campo", desenvolvido pelo Governo do Espírito Santo. A ação, que atende as normas previstas

no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), será realizada nos 78 municípios capixabas e beneficiará, aproximadamente, 260 mil alunos matriculados em 357 escolas estaduais. Os locais e horários da chamada estão disponíveis no edital. Deverão habilitar-se apenas os agricultores familiares organizados em grupos formais (cooperativas e associações), detentores da Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Prática da Ciência

Isenção

Estimular a prática da ciência, principalmente entre crianças e adolescentes, divulgar, pela televisão aberta e Internet, as pesquisas realizadas no Espírito Santo e difundir seus resultados, aliando-os ao dia a dia das pessoas de forma simples e divertida, são os principais objetivos do Programa TV é Ciência, de popularização e divulgação científica e tecnológica e que será apresentado na II Conferência Mundial de Comunicação Ibero-Americana, na cidade de Braga, em Portugal, entre os dias 13 e 16 de abril de 2014. O projeto/ programa, pioneiro entre as televisões sediadas no Espírito Santo e raro entre as emissoras do País, é fruto de pesquisa apoiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes) entre os anos de 2007 e 2010.

A Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e as Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa/ES) suspenderam pelo período de 60 dias as taxas de estacionamento e pernoite no entreposto central da unidade, no município de Cariacica, para os produtores rurais cadastrados. A medida faz parte das ações coordenadas pelo Governo do Estado para amenizar os impactos e os prejuízos causados pelas fortes chuvas e inundações que atingiram o Estado nos últimos dias. “Essa medida vai beneficiar principalmente os horticultores da região Centro Serrana do Estado, onde está concentrada a maior área de produção de alimentos e que foi fortemente atingida pelas chuvas em excesso”, destaca o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli.

O lixão

Ação do Procon O Procon Estadual realizou 52.169 atendimentos aos consumidores capixabas durante o ano de 2013. Desse total, apenas 6.988 audiências de conciliação foram realizadas. O restante dos atendimentos foram solucionados de maneira preliminar, ou seja, sem necessidade de abertura de processo e realização de audiências, solucionando com mais rapidez as demandas que chegam ao Instituto. O diretor-presidente do Procon Estadual, Ademir Cardoso, explica que hoje cerca de 90% dos atendimentos registrados são solucionados sem a necessidade de realização de audiência. Os fornecedores disponibilizam um contato direto com o Instituto e os atendimentos acontecem por meio de um telefonema ou envio de carta por e-mail ao fornecedor.

Congresso Consad Quatro projetos capixabas foram selecionados para o VII Congresso Consad de Gestão Pública. O evento reúne secretários de Estado de todo o Brasil, que debatem soluções e inovações para superar os desafios da gestão pública. Um dos trabalhos escolhidos para o painel que trata de “Inovações em Gestão Patrimonial” foi desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger). O paper “Gestão de Bens Móveis como Ferramenta de Desenvolvimento dos Estados: Foco Estratégico e na Sustenbilidade”, dos servidores Sandro Pandolpho da Costa e Sheila Christina Ribeiro Fernandes, será o representante da Seger no Congresso de 2014. Nos últimos dois anos, a Nova Política de Gestão de Pessoas e o Sistema Integrado de Gestão Administrativa (Siga) foram apresentados em outros painéis.

m dos primeiros posts que fiz em minha página do Facebook este ano foi uma foto da praia de Copacabana na manhã do dia primeiro de janeiro de 2014. A imagem mostra o povo que permaneceu na praia até os primeiros raios de sol após o reveillon em meio a toneladas de lixo de todo tipo. Uma imagem de estarrecer.

U

Publiquei a foto, identificando data e local e lancei uma provocação: “deixo o comentário para você”. Uma enxurrada de cerca de 200 comentários tomou conta do post em questão de minutos, a maioria absoluta – como era de se esperar - manifestando sua indignação com a falta de educação e cultura de um povo capaz de largar tanto lixo num local tão bonito. Alguns comentários traziam fotos de outras partes do mundo, como Londres, Times Square em Nova Iorque, Sidney na Austrália, também com lixo largado no chão. É evidente que reunir milhões de pessoas em qualquer lugar do mundo, deixará um saldo de lixo, mas independente da questão do “quanto lixo?”, olhar o acontecimento apenas sob esse ponto de vista me parece aquilo que chamo de “síndrome de PT”: “Tá tudo bem. Os outros também fazem, a gente faz também.” Em meio aos comentários, surgiram alguns minimizando o problema e dizendo: “o povo suja, mas a prefeitura limpa imediatamente”, numa lógica maluca que se aplicaria a “o assassino mata, mas a polícia prende imediatamente”. Aquele maldito “mas” sobre o qual já escrevi anteriormente e chamei de Conjunção Coordenativa Escusativa, lembra?

Aquela que prepara a desculpa, transfere responsabilidades para terceiros, justifica desmandos, atenua consequências e torna normal e aceitável aquilo que deveria ser rechaçado por imoral, ilegal ou desonesto? A turma da Conjunção Coordenativa Escusativa é aquela que transfere o problema para o estado: “Tudo bem, o estado cuida. O que é de todos, não é de ninguém”. São os que defendem o coletivo, tirando do indivíduo a responsabilidade pelo mal feito. Essa é a vanguarda do atraso, dos que querem direitos sem deveres, dos que se contentam com a tutela do estado, dos que acham que liberdade é libertinagem. E sabe o que é o pior? Quem escreveu essas barbaridades não foram estúpidos iletrados, ignorantes, gente “do mal”. Foram pessoas como eu e você, que têm acesso à educação, que mantém suas páginas nas mídias sociais, que pela escrita tem educação e cultura e que querem realmente o bem comum. Mas que não admitem que a culpa possa ser do indivíduo. Pois é. É aí que mora o perigo. Em 2014, fique de olho neles.


O PIONEIRO

10 | GERAL DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

Secretaria da Saúde lança cartilha sobre enchentes para orientar municípios Para ajudar os municípios capixabas na prevenção e no atendimento de doenças infectocontagiosas comuns em situação de enchentes, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) lançou uma cartilha técnica com orientações sobre as principais situações de risco identificadas que requerem ações estratégicas de assistência aos capixabas afetados pelas chuvas. O arquivo eletrônico, com 35 páginas, foi encaminhado para as secretarias municipais de Saúde O material foi planejado e preparado para orientar principalmente os profissionais de saúde sobre fluxo de atendimento a doenças como leptospirose, dengue, hepatite A e diarréia, mas traz ainda dicas de cuidados e limpeza de ambientes contaminados, controle de qualidade da água, sobre consumo de alimentos, entre outras orientações. A população que teve contato com água de enchente deve estar atenta a sintomas como febre, dor de cabeça, dor no corpo e náuseas – comuns a essas doenças – e procurar imediatamente uma unidade de saúde. Já para os profissionais de saúde, a orientação da Sesa é para que iniciem o tratamento tão logo suspeitem desse diagnóstico. “O tratamento precoce reduz o risco de agravamento do quadro clínico do paciente e a possibilidade de óbito”, observa a gerente de Vigilância em Saúde da Sesa, Gilsa Rodrigues.

| Suspeita A Sesa confirmou, na última segunda-feira, 30, que está sob investigação a primeira morte suspeita por leptospirose. A preocupação da Secretaria agora é monitorar e acompanhar eventual aumento de casos em função das últimas chuvas que assolaram o Estado. Amanhã, 06, desembarcam no Espírito Santo dois técnicos da Vigilância Epidemiológica Nacional para colaborar com os técnicos do Estado nas ações necessárias. O coordenador-geral da Força Nacional do SUS, Paulo de Tarso, deixou o Estado na quinta-feira, 02, após concluir seu trabalho de ajudar no planejamento das ações de atendimento às vítimas das enchentes. Já o representante da Vigilância Epidemiológica Nacional Marcelo Wada retornou sexta para Brasília. Antes de irem, eles se reuniram com a subsecretária de Saúde Rosane Mageste e com o coordenador de Urgência e Emergência da Sesa, Carlos Guerra. A subsecretária aproveitou a oportunidade para agradecer o apoio do Governo Federal,

que liberou um pacote de ajudas que incluiu 25 kits de medicamentos para atender uma população de 12,5 mil pessoas, envio de sete ambulâncias para compor a frota do Samu 192, além da presença de quatro equipes da Força Nacional do SUS para ajudar principalmente no transporte aéreo de pacientes graves que estavam em áreas ilhadas. Das quatro equipes, duas já foram embora e as outras duas permanecem no Estado até domingo. Paulo disse que deixa o Estado com a sensação de missão cumprida. “Foi uma experiência rica. Houve grande interação entre todas as áreas, desde a assistência, passando pela Vigilância em Saúde à atenção primária. O canal direto aberto entre a Sesa e o Ministério da Saúde ajudou a dar respostas mais rápidas às questões que se apresentavam”, disse ele ao lembrar que a ajuda não para por aí, já que na segunda-feira chegam mais dois técnicos do MS para ajudar a monitorar doenças relacionadas às chuvas.

Veja como solicitar 2ª via da Carteira de Habilitação sem custo A Lei de nº 9.795 estabelece que o Estado do Espírito Santo não cobre taxa de 2ª via para emissão de documentos furtados ou roubados, cuja expedição seja de competência de seus órgãos Sendo assim, o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) orienta sobre a solicitação de 2ª via de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para esses casos. O primeiro passo é fazer o boletim de ocorrência online ou em uma delegacia (BO) informando que seus documentos foram roubados/furtados, dentre eles a carteira de habilitação. Feito isso, ele deve se dirigir a qualquer agência do Detran|ES (Ciretran ou PAV) para protocolar o requerimento com os documentos necessários. Os documentos a serem anexados no pedido são: cópia do documento de identidade ou de qualquer outro documento de identificação com foto; cópia autenticada ou original da fatura de água, luz ou telefone, expedido no prazo máximo de 90 dias em nome do usuário ou com declaração em nome de quem constar a fatura;

cópia do BO; devendo conter o nome do documento roubado ou furtado; e o original para verificação. O direito de isenção da taxa por motivo de furto ou roubo é concedido apenas aos condutores habilitados no Espírito Santo. Se o fato ocorrer fora do Território Nacional ele também poderá solicitá-la desde que o boletim de ocorrência, caso em língua estrangeira, tenha tradução por tradutor público juramentado. A subgerente de Condutores, Eliana Cade, ressalta o prazo de entrega da 2ª via da carteira. “Assim que o cidadão dá entrada com a documentação exigida, ela é encaminhada à Central de Atendimento ao Renach (CAR) para conferência e a posterior emissão e expedição do documento. O prazo para entrega da CNH, no endereço cadastrado no sistema do Detran|ES, é de até cinco dias úteis”.


O PIONEIRO DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

INDICADOR PROFISSIONAL | 11


O PIONEIRO

12 | SOCIEDADE DOMINGO, 05 DE JANEIRO DE 2014

| DENI Essa coluna й publicada todas as quintas e domingos

Deni Almeida da Conceição denialmeida@jornalopioneiro.com.br

O segredo do sucesso não é prever o futuro. É preparar-se para um futuro que não pode ser previsto”. (Michel Hammer)

Bom dia, Dalzizo Antonio Armani Divulgação

Festa Marcelo e Margarethe Queiroz, ele presidente da Associação Espírito Santense do Ministério Público, entre André Boeloni Livio e Bruna Canal Gagno, genro e filha de Ivete e Emmanoel de Souza Gagno, na foto a direita

Falta de representação A disputa eleitoral este ano vai fazer o governador Renato Casagrande proceder algumas mudanças em seu secretariado, possivelmente nos primeiros dias de janeiro que começa. Estranha-se a falta de um representante de Linhares - município de real importância no cenário econômico do Estado no primeiro escalão do Governo. Seria por falta de “pressão” dos nossos três representantes na Assembleia Legislativa, que representam 10% do número de parlamentares naquela Casa de Leis, ou por falta de um ou mais nomes competentes no universo de quase 150 mil habitantes, que é a população do município de Linhares?

Municípios como Colatina, Cachoeiro de Itapemirim e outros até de menor importância econômica e política, sempre tiveram representantes no Governo do Estado, quer seja no primeiro ou no segundo escalão, enquanto Linhares, um dos mais representativos quando o assunto é emprego e renda, está sempre fora e aceita com naturalidade. Está na hora de virarmos essa página, porque se quer temos um representante no segundo ou terceiro escalão.

Com a palavra os nossos representantes políticos e também nossas lideranças empresariais que não se movimentam e nada pedem nesse sentido em benefício do município.

Renovação Carismática De hoje até o próximo domingo, dia 12, acontece na Praia de Guriri, em São Mateus, a Renovação Carismática Católica. O evento será, ao longo do período,

uma semana de ação social no bairro Liberdade, Lixão, Hospital, Asilo e muita animação com Doidin de Deus, de Pernambuco, e o cantor Cosme, do Rio de Janeiro.

Para as empresas que comprovarem danos causados pelas chuvas, o imposto, que regularmente é recolhido em uma única parcela no mês seguinte – nesse caso, em janeiro –, poderá ser pago em até três vezes, com a primeira delas vencendo apenas no mês de fevereiro. Essa é uma oportunidade do governo do Estado. Além disso, os contribuintes prejudicados pelas chuvas poderão ser perdoados das multas que seriam aplicadas em caso de perda, extravio ou inutilização de documentos fiscais, livros fiscais ou emissores de cupom.

Curtas Quinta-feira, dia 2, foi comemorado o aniversário de Ordenação Episcopal do bispo diocesano Dom Décio Sossai Zandonade.

Vitorinha e o empresário Darly Zon estão dando um giro por Marhattan e Boston ao lado da filha Dalila e do genro Mauricio Murad.

Preço da arroba de boi gordo R$ 105; preço de um quilo de contra-filé nos supermercados de Guarapari, R$ 22,90.

O professor Antonio Bezerra Neto perdeu mais de 10 quilos com a dieta que faz. Está feliz.

Gosto de esportes, mas sou contra a luta livre. Não é esporte para nenhum ser humano.

Não foi tarefa fácil falar no celular na virada do ano. Aliás, isso acontece todos os anos.

Aline Prado

Por causa das chuvas que deixou mais de 60 mil pessoas desabrigadas a Federação das Indústrias do Espírito Santo encabeça uma campanha para que todos prefiram os produtos capixabas. Diante da tragédia causada pelas chuvas do final do ano, o linharense também provou sua solidariedade, quando milhares de pessoas se juntaram em campanhas em favor dos desabrigados.

Giovana e Sérgio Pessotti, Edileuza e Luciano Durao, Adriane e Paulo Gonçalves, Claudinha e Eduardo Sakaguti, Célia e Jair Marim, Angela e Jayme Henrique Santos, Maria Alice e Ronaldo Lopes, Marcilia e Elder Marim foram alguns dos casais linharenses na pista radioativa de Guarapari na virada do ano. Quem assistiu a virada do ano na Varanda ou nos salões do Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, desembolsou dois mil e seiscentos reais, com direito a ceia requintada e champanhe Frances, é claro.

Família As sobrinhas Aline Ceolin e Natália Pestana com a tia Alessandra Ceolin, em noite de festa bacana

O PIONEIRO 05 DE JANEIRO DE 2014  

Edição do Jornal O PIONEIRO do dia 05 de janeiro de 2014