Issuu on Google+

O PIONEIRO www.jornalopioneiro.com.br

R$ 1,00

LINHARES-ES | DOMINGO, 06 DE JANEIRO DE 2013 |ANO XLV | Nº 02 | FUNDADO EM 25/12/1967 - EDIÇÃO DE 10 PÁGINAS

DENI Não foi tarefa fácil conseguir completar uma ligação no celular no centro de Guarapari no último dia do ano. Páginas 10

Chamada da Agricultura Familiar prossegue até 10 de janeiro A Chamada Pública para aquisição de produtos da agricultura familiar e Empreendedor Familiar Rural teve início sexta-feira, dia 4, no município de Linhares. Os agricultores dos municípios de Aracruz, Conceição da Barra, Ibiraçu, Jaguaré, João Neiva, Linhares, Pedro Canário, Rio Bananal, São Mateus e Sooretama poderão realizar a entrega dos documentos no escritório do Incaper de Linhares até a próxima quarta-feira. Página 04

 NORMA Sorte ou azar, o tempo é que dirá!

INFORME

PANORAMA

Nada menos que 25 mil cafeicultores de todo o Espírito Santo receberam assistência técnica do Incaper em 2012. Página 06

O governador Renato Casagrande tem se esforçado aos extremos para tentar reduzir os índices de violência no Espírito Santo. Página 02

 COMÉRCIO O comércio de Linhares vendeu acima da espectativa no final do ano, foram as melhores vendas dos últimos tempos, conforme disse um comerciante da Avenida Nogueira da Gama, uma das principais do comércio da cidade. Mas neste início de ano, as perspectivas não são alvissareiras. Sextafeira, por exemplo, durante quase todo o dia, podia-se ver vendedores nas portas dos estabelecimentos à espera de consumidores. Pelo público circulando no centro (foto) dá para se ter uma idéia de que o consumidor está ausente.

Polícia Civil orienta pais a evitarem desaparecimento dos filhos Na estação mais quente do ano é comum as pessoas saírem com a família e amigos para se divertir, seja na praia, em praças, bares e restaurantes. Por causa disso, também é comum a notificação de menores desaparecidos nesse período. Para evitar o desaparecimento de menores a Delegacia de Pessoas Desaparecidas (DPD) da Polícia Civil preparou dicas especiais para os pais. Página 03

Página 05

Linhares e Aracruz terão Plantão 24 horas a partir de amanhã Os municípios de Linhares e Aracruz são os próximos a receber o serviço de plantão 24 horas em suas delegacias. A cerimônia de implantação acontece na próxima segunda-feira (07), às 15 horas, no Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Linhares, e às 16 horas na Delegacia de Polícia (DP) de Aracruz. Página 04

Ministério da Saúde oferta mais 11 novos procedimentos cirúrgicos oncológicos O Ministério da Saúde incluiu 11 novos procedimentos cirúrgicos na tabela do SUS. Com essa ampliação e outras ações na rede de cuidado

do câncer, espera-se aumentar o acesso aos serviços já existentes, contribuir para habilitar novos tratamentos, além de favorecer o diagnóstico rápido e

uma maior resolutividade, ou seja, proporcionar a melhoria da qualidade de vida dos pacientes. Página 08

Lichia: boa alternativa para quem quer ficar com o corpo em forma

É verão e nada melhor do que curtir uma praia com o corpo em forma. Mas para isso, além de beber bastante água, é importante manter uma alimentação saudável acompanhada de alguma atividade física. Para quem quer aproveitar a estação de bem com o corpo segue uma dica de fruta que auxilia na perda de peso: a lichia, uma fruta que está na safra. Página 03


2

GERAL

DOMINGO O PIONEIRO 06 de janeiro de 2013

Essa coluna é publicada todas as quintas e domingos

PANORAMA

Segurança, onde

Paulo Cesar Dutra paulodutra2002@yahoo.com.br

Ridicularizada Na última edição escrevi notas sobre as declarações da presidente Dilma Rousseff (PT-MG), quando afirmou ser ridículo falar em racionamento de energia. Segundo ela, não teremos apagões. “Quando falarem que caiu um raio, vocês gargalhem.” Há cerca de dois meses, Guido Mantega disse que era piada a previsão de um banco estrangeiro de que o crescimento do PIB em 2012 seria de 1,5%. Enquanto o governo gargalha das “piadas” de especialistas, a sociedade chora pela falta de competência de quem comanda o País.

Ridicularizada II A presidente Dilma Rousseff disse que falha humana foi responsável pelos apagões no país. Acertou na mosca! Há dez anos que milhões de incautos humanos falharam elegendo esse governo, que temos que engolir, com seus roubos e outras coisas mais.

Ridicularizada III Com a corrupção em níveis astronômicos, a carga tributária altamente corrosiva, a educação lastimável, a saúde morrendo na UTI e respirando sem aparelhos porque estão quebrados, a segurança pedindo socorro, toda essa farra com o nosso dinheiro, o Índice de Desenvolvimento Humano - IDH ridículo e o pibinho (diminuitivo de PIB) sem comentários, o que podemos esperar. Simplesmente, tudo errado. E vem a dona Dilma Rousseff dizer que estamos no rumo certo? Só ela mesmo! Ridícula!

O filme do Lula Ainda bem que não perco tempo com porcarias e raramente assisto a programação da TV Globo. Na última quarta-feira, dia 2, a TV Globo exibiu às 22h15m, o filme “Lula, o filho do Brasil”, que conta a história do chefe da quadrilha do PT, Luiz Inácio Lulalau da Silva, da sua infância, morte da mãe e as prisões por causa das manifestações dos metalúrgicos comandadas por ele no ABC paulista. O filme porém, conta a história de uma pessoa que mudou radicalmente, após assumir a Presidência da República em janeiro de 2003. Deixou de ser honesto a passou a comandar a ladroagem no país. Tanto é que até colaboro, se alguém pretende fazer outro filme com esse ladrão, mas com um nome sugestivo: “Lula, o filho da...”, tendo o Luiz Inácio como o bandido principal e os artistas Fernando Collor, José Sarney, Paulo Maluf e outros ladrões mais, contracenando. Esse filme eu quero assistir! O filme do Lula II E como tem aqueles que demonstram uma simpatia pelo expresidente, teve um internauta que me enviou um comentário curioso, a respeito de quem assistiu o filme, de quem não assistiu e de quem fez campanha para que todos desligassem a Globo, às 22h15m do dia 2. A mensagem foi assim: “O que é maior? A pretensão, a ingenuidade ou a desinformação? Não desligaram nada! O Ibope do filme do Lula foi de 22 pontos. 2 a mais do que “De pernas para o ar”, outro filme nacional que passou na véspera. “Lula, o filho do Brasil” é um filme nacional de interesse mediano, como qualquer outro, por que não deveria ser exibido? Teve mais gente assistindo do que as que acham que estavam boicotando. Não gosto do Lula, nem do filme. Mas também não gosto de internauta desocupado metido a censor. E, finalmente: o que vocês fazem quando não estão assistindo à Globo? Vão ao teatro? Vão à ópera? Lêem bons livros? Na boa, eu duvido. Prefiro nem comentar!!!

País do contraste Quando a gente escreve aqui que no Brasil só vai para a cadeia “pobre e ladrão de galinhas”, tem gente que contesta. Como é que a gente pode ver uma cena desta: o ex-presidente do PT, deputado José Genoino (PT-SP) vai usufruir em sua passagem pela Câmara Federal de um dos melhores gabinetes da Casa. Será na ala dos ex-presidentes do Legislativo, segundo informações da assessoria da Câmara, e fica próximo ao plenário e às salas das comissões permanentes. País do contraste II O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou o ex-presidente do PT José Genoino, por formação de quadrilha e corrupção ativa no julgamento do mensalão. A pena de Genoino somou 6 anos e 11 meses de prisão, além de multa no valor R$ 468 mil.Ele, como suplente, assumiu na última terça-feira, o mandato no lugar de um deputado que foi eleito prefeito nas últimas eleições. Provavelmente vai ter “asilo” na Câmara Federal, por ser deputado, e provavelmente absolvido sem ficar atrás das grades.

FUNDADOR E DIRETOR RESPONSÁVEL Deni Almeida da Conceição

DIAGRAMAÇÃO Diego Pandolfi A. da Conceição GRÁFICO Renaldo dos Santos Alves COLABORADORES Antônio Bezerra Neto, Alexandre Araujo, Flávio Ricco, Lissu Madeira Abad, Norma Astréa, Dr. Felício, Luciano Pires, Arlene Campos, Monsenhor Jonas Abid. ASSINATURAS assinatura@jornalopioneiro.com.br

Polêmicas O Supremo Tribunal Federal (STF) deve reiniciar os julgamentos que tratam do poder de investigação do Ministério Público (MP) e ações sobre a proibição do amianto no Brasil.Em junho do ano passado, o julgamento do recurso extraordinário a respeito da possibilidade ou não de o Ministério Público fazer investigações foi suspenso por um pedido de vista, ou seja de mais tempo para análise, do ministro Luiz Fux. A polêmica medida pode interferir nas ações do MP. O caso deve ser retomado no próximo mês, após o recesso da Corte.

Polêmicas II Outro julgamento que deve recomeçar é o das ações sobre a proibição da produção, comercialização e uso do amianto (fibra mineral usada na construção civil) no país. Para as instituições da área de saúde, o material conhecido como crisotila - é nocivo. Já produtores e representantes de empresas afirmam que a substância não é prejudicial. Desmando das poluidoras Uma pena é que nos últimos governos, exceto o de Max Mauro, as poluidoras mandaram e desmandam no Espírito Santo. Nos governos do Paulo Hartung e agora do Casagrande, existe uma “tropa de choque” no IEMAES só para liberar as obras das poluidoras. Desmando das poluidoras II Outra coisa, uma pena é que o MPES faz parte dessa “tropa de choque”, organizando os Termos de Ajustes de Condutas-TAC, que são vergonhosos e suspeitos, que trocam nossos pulmões por uma “pracinha” ou recuperação de algum prédio histórico. Desmando das poluidoras III Em Cariacica, o promotor ambiental do MPES naquele município Luiz Renato Silveira é um habilidoso confeccionador de TACs, que estão armazenados no CPU dele, e só trocam de nomes, porque os termos são os mesmos. E muitas das vezes colocam os nomes de representantes das poluidoras no cabeçalho e no final são assinados por outras. Uma vergonha. Estamos nesta luta contra as poluidoras, inclusive até já denunciei, junto a Corregedoria do MPES, a omissão de promotores e procuradores contra os poluidores e destruidores do meio-ambiente, e o processo foi arquivado.

O governador Renato Casagrande tem se esforçado aos extremos para tentar reduzir os índices de violência no Espírito Santo. Cobra diariamente da cúpula da segurança pública melhores resultados. Mais do que isso: Casagrande vem recuperando a capacidade de investimento do Estado na área policial, mas os esforços do governador têm sido insuficientes, não por culpa dele, mas de um sistema que deveria reaprender a lição.

Segurança, onde II Na última quarta-feira, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) divulgou os dados de 2012 relativos a homicídios. Tivemos a pífia redução de 2,8% em relação ao ano de 2011.A tendência era de queda, mas algo deve ter saído do controle de nossas autoridades. Não se pode atribuir a fraca redução a uma ou outra guerra entre traficantes.

Segurança, onde III Se eles estão em guerra em determinados bairros, é porque se sentem livres para agir. Não são incomodados por nenhuma das polícias: Federal, Civil e Militar. Aliás, guerra entre traficantes será sempre uma constante no Brasil. O ganhapão deles é vender drogas e matar.

Segurança, onde IV Em anos anteriores as quedas chegaram a 10% (2010) e 7% (2011). No ano que acabou o Estado registrou 1.660 assassinatos. Ou seja, 47 mortes por um grupo de 100 mil habitantes.Em 2012, em cidades como Colatina e Cachoeiro ocorreram as maiores reduções de homicídios, em torno de 20% – nesses municípios, seus oficiais conseguem incutir na sociedade e em seus comandados o modelo comunitário de policiamento. Em Vitória, a queda foi de 11%. Já em Cariacica, Jaguaré, São Mateus e Conceição da Barra, não houve redução nas estatísticas de homicídio.

O PIONEIRO REDAÇÃO Av. Governador Lindenberg, 609, Linhares - Centro - CEP:29.900-020 Telefone: (27) 3200-6767 redacao@jornalopioneiro.com.br opioneiro@jornalopioneiro.com.br www.facebook.com/opioneiro

CIRCULAÇÃO O PIONEIRO circula todas as quintas-feiras e aos domingos

DIRETOR COMERCIAL Diego Pandolfi Almeida da Conceição

EDITADO POR Editora O PIONEIRO Ltda ME

O PIONEIRO é o jornal mais lido do Norte do Estado www.facebook.com/opioneiro www.twitter.com/jornalopioneiro Os colaboradores de O PIONEIRO não têm vínculo empregatício O PIONEIRO não se responsabiliza por conceitos emitidos em matérias assinadas.

FILIADO À

ABRAJORI Associação Brasileira dos Jornais do Interior

CNJI Cadastro Nacional de Jornais do Interior Periodicidade verificada em Brasília


GERAL

DOMINGO 06 de janeiro de 2013

O PIONEIRO

3

Polícia Civil orienta pais a evitarem Lichia: boa alternativa para quem quer ficar desaparecimento dos filhos com o corpo em forma

Na estação mais quente do ano é comum as pessoas saírem com a família e amigos para se divertir, seja na praia, em praças, bares e restaurantes. Por causa disso, também é comum a notificação de menores desaparecidos nesse período. Para evitar o desaparecimento de menores a Delegacia de Pessoas Desaparecidas (DPD) da Polícia Civil preparou dicas especiais para os pais. Ensinar os filhos a memorizar o próprio endereço, telefone, nome dos pais ou responsáveis e a procurar um policial sempre que precisar são orientações importantes. Caso a criança não consiga memorizar essas informações, escrever em um cartão ou marcar as roupas e objetos com o nome e telefone pode ajudar. Se for seguido por estranhos na rua, entrar na primeira casa habitada ou comércio é uma forma segura de pedir socorro. “As crianças devem saber quando e como chamar a polícia. A orientação para os pais é sempre deixar os filhos com pessoas de extrema confiança e credibilidade. Não andar sozinho, não aceitar carona, presentes e doces são dicas valiosas. Se isso acontecer, gritar e pedir ajuda é a melhor saída”, destaca o titular da Delegacia de Pessoas Desaparecidas (DPD), delegado Sérgio Mello. Segundo ele, muitos casos nesse período são solucionados rapidamente. Porém, todo cuidado é necessário. O uso de bebida alcoólica por parte dos pais prejudica a vigilância aos filhos,

por isso é importante dar o exemplo e manter o controle. “Para os pais, uma dica importante é manter os filhos sempre por perto e ensiná-los que o ideal é permanecer sempre próximos dos pais em qualquer lugar, seja nas compras ou em um passeio. Lugares aglomerados aumentam a chance de perda e por isso é importante que os filhos sejam orientados a pedir ajuda caso se percam”, orienta o delegado. Na Grande Vitória, a Delegacia de Pessoas Desaparecidas (DPD) deve ser acionada sempre que houver indícios de ocorrências de desaparecimento. A unidade fica localizada na Avenida Nossa Senhora da Penha, 2.290, Santa Luiza, Vitória. Nas demais cidades do Estado, as ocorrências devem ser registradas nas delegacias de cada município. A Polícia Militar também deve ser acionada, via 190.

DIÁLOGO FAMILIAR

De acordo com o titular da Delegacia de Pessoas Desaparecidas (DPD) no período de janeiro a novembro de 2012, foram notificados 930 casos de pessoas desaparecidas. Desse total, 726 pessoas foram encontradas. Os casos envolvendo crianças e adolescentes, de 0 a 17 anos, somam 398 registros. “Nosso índice de recuperação é alto. Também temos casos de pessoas que não retornam à delegacia para noticiar o aparecimento das vítimas. São muitos os motivos de desaparecimento e, geralmente, acontecem de forma voluntária. No caso de adolescentes, muitos são registrados por falta de diálogo e rigor da família, violência doméstica ou casos amorosos”, ressalta o delegado. De acordo com o delegado, a aproximação com os filhos ajuda a evitar ocorrências nessa faixa etária. Dicas de como ter maior controle das amizades, tratar o filho com carinho e atenção e mostrar a preocupação com seu desenvolvimento gera uma relação de confiança. “Conquistar a confiança do filho e orientá-lo para a vida é a maior dica. É melhor que eles confiem nos pais do que em falsos amigos na rua. Em ambientes saudáveis a probabilidade de desaparecimentos é, sem dúvida, menor”, disse Sérgio.

É verão e nada melhor do que curtir uma praia com o corpo em forma. Mas para isso, além de beber bastante água, é importante manter uma alimentação saudável acompanhada de alguma atividade física. Para quem quer aproveitar a estação de bem com o corpo segue uma dica de fruta que auxilia na perda de peso: a lichia, uma fruta que está na safra. Considerada pouco calórica, ajuda no combate da obesidade e na retenção de liquido. Além disso, é muito consumida principalmente nas festas de fim de ano, o que contribui para o aumento nas vendas nos meses de dezembro e janeiro. Segundo o Setor de Estatística da Ceasa/ES, em 2012 circularam pelo entreposto das Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa/ES), 26.241 quilos de lichia, COMERCIALIZAÇÃO De acordo com o comerciante Marcos Simonassi, que há 20 anos vende a fruta, a lichia possui uma boa aceitação no mercado, principalmente quando o preço se encontra razoável, isto é, quando não ultrapassa a média de R$12,00 o quilo. Fato que ainda não ocorreu no último ano, garantindo, assim, uma boa comercialização. “A saída desta fruta no mercado capixaba é excelente. Com as festas de fim de ano as vendas crescem cerca de 40%, pois além de muito consumida em refeições típicas desse momento de comemorações, ela é muito utilizada na confecção de arranjos que decoram os ambientes. Em quantidade, já foram comercializados cerca de 2 mil toneladas de novembro até o final de dezembro e o preço médio tem atingido R$ 8,00 o quilo”, disse. ORIENTAÇÃO O entomologista do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), José Salazar Júnior explica que o controle do ácaro da lichia é difícil, tendo em vista que ainda não há produto químico registrado para controle da praga. O Incaper recomenda a poda e, depois, a aplicação de um acaricida à base de enxofre no tronco da planta, como explica o entomologista.

a movimentação financeira foi de R$ 255.147,18 e o preço médio esteve a R$ 9,72. Durante o período de safra, de janeiro, fevereiro, novembro e dezembro do mesmo ano, foram 25.831 quilos comercializados, gerando variação positiva de 97,19% em relação a 2011, que teve 13.099 quilos vendidos. Em procedência, o Estado do Espírito Santo somou 13.866 quilos vendidos no entreposto no último ano. A maior parte das vendas veio do município de Venda Nova do Imigrante responsável por cerca de 8.770 quilos, seguido de Ibatiba com 3.520 quilos. Os outros municípios produtores são Santa Maria de Jetibá e Domingos Martins. O Estado de São Paulo contribuiu com 12.375 quilos comercializados nesse período, o que corresponde a 47,2% do total. IMPORTAÇÃO O comerciante afirma que a grande quantidade vinda para o Espírito Santo se deu devido a uma doença que atingiu várias propriedades capixabas diminuindo a oferta interna e aumentando a busca pela fruta em outros estados. “90% do que eu vendi até agora veio de São Paulo, o que ocasionou um crescimento de 40% nas importações desta fruta no meu estabelecimento”, conclui Marcos Simonassi. O produtor Adilson José Pereira cultiva lichia há quatro anos no município de Ibatiba e conta que a fruta sofreu, no ano de 2012, uma doença do tipo ácaro provocando perdas na colheita, que comprometeu somente o aspecto, mas não a qualidade dos frutos, gerando a necessidade de corte dos galhos atingidos. “Apesar da doença na plantação de lichia estou conseguindo manter a comercialização em um bom nível. Trouxe para o entreposto aproximadamente 780 quilos e toda a produção do último ano foi proveniente de 80 pés de lichia, que deveria dar em torno de quatro toneladas, porém colhi cerca de duas toneladas. Mesmo assim, considero ter alcançando bons resultados e estou mantendo uma boa comercialização”.


4

GERAL

DOMINGO O PIONEIRO 06 de janeiro de 2013

Chamada da Agricultura Familiar prossegue até 10 de janeiro em Linhares A Chamada Pública para aquisição de produtos da agricultura familiar e Empreendedor Familiar Rural teve início sexta-feira, dia 4, no município de Linhares. Os agricultores dos municípios de Aracruz, Conceição da Barra, Ibiraçu, Jaguaré, João Neiva, Linhares, Pedro Canário, Rio Bananal, São Mateus e Sooretama poderão realizar a entrega dos documentos no escritório do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) de Linhares até a próxima quarta-feira (10). Neste período, serão recebidos os envelopes para o processo de habilitação e projetos de venda em seis regiões do Estado, nos municípios de Vitória, Linhares, Cachoeiro de Itapemirim, Afonso Cláudio, Colatina e Nova Venécia. Para o processo de habilitação, os agricultores deverão entregar dois envelopes lacrados, um com informações referentes à cooperativa e o outro abordará os projetos de vendas dos produtos.

Os credenciadores também deverão fornecer amostras de produtos como: leite em pó, pó de café, polpa de fruta de todos os sabores, iogurte, requeijão cremoso, fubá, farinha e peixe. Ao final de cada teste, os resultados serão tabulados e o produto poderá ser aprovado ou não, de acordo com os atributos estabelecidos pela equipe de avaliação da Sedu. As amostras deverão corresponder ao mesmo padrão dos produtos a serem entregues nas unidades de ensino. A ação atende as normas previstas no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e visa atender 181.470 alunos matriculados em 357 unidades escolares, localizadas nos 78 municípios do Estado. O programa fará aquisição dos seguintes gêneros alimentícios: frutas; polpas de fruta; hortaliças e legumes; estocáveis, como farinha de mandioca e geleia; peixes e laticínios. Deverão habilitar-se apenas os agricultores familiares, organizados em grupos formais (coo-

perativas e associações), detentores da Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Após a conclusão das análises dos projetos de venda, a chamada permanecerá aberta para novos credenciamentos até o dia 31 de dezembro de 2013. A ação atende as normas previstas no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). As escolas começarão a utilizar os produtos selecionados a partir do dia 04 de fevereiro. Nutricionistas da Sedu serão responsáveis pela elaboração dos cardápios alimentares. Para obter mais informações e editais do programa, basta acessar o banner ‘Agricultura Familiar na Alimentação Escolar’, no site da Sedu – http:// www.educacao.es.gov.br. A iniciativa ‘Agricultura Familiar’ faz parte do programa ‘Vida no Campo’, do Governo do Espírito Santo. O investimento anual será de aproximadamente R$ 12,6 milhões.

Começa amanhã chamada de professores e pedagogos em Designação Temporária Começa a partir da próxima segunda-feira (07), a chamada dos candidatos classificados no processo seletivo para pedagogo e professor em Designação Temporária (DT). As chamadas serão realizadas pelas Superintendências Regionais de Educação (SREs), nos dias, locais e horários estabelecidos no edital publicado pela Secretaria de Estado da Educação (Sedu) no Diário Oficial da última sexta-feira. A chamada é referente aos

editais de nº. 76/2012 e 78/2012. O candidato deverá comparecer ao local de chamada no dia e horário estabelecidos pelo edital, portando os originais ou cópias autenticadas dos diplomas, certidões ou certificados que comprovem sua formação. Além disso, o candidato deve portar a cópia legível dos documentos pessoais listados no edital de chamada. Já o candidato que, por qualquer motivo, estiver impedido de comparecer ao local deter-

minado para escolha de vaga, poderá fazê-lo por procurador legalmente habilitado, que deverá apresentar no ato da escolha, além da procuração, documento de identidade com foto. Após a chamada inicial para atendimento ao início do ano letivo de 2013, terá continuidade o procedimento de chamada na ordem de classificação para suprimento de vagas remanescentes e das que surgirem no decorrer do ano.

Apreensões são realizadas em Jaguaré e Apiacá pela Polícia Militar Em atendimento a uma denúncia anônima sobre aves em cativeiro na zona rural do município de Jaguaré, uma equipe da 3ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) esteve na última quinta-feira no endereço denunciado e flagraram a existência de 14 aves silvestres em cativeiro. Em Apiacá foram apreendidos um papagaio e uma maritaca. Na residência de um lavrador de 34 anos, foram apreendidas nove aves e na residência de outro, de 32 anos, foram apreendidas cinco aves silvestres, tais como coleiro, canário-da-terra, bico de lata, bigodinho, caboclinho, papagaio, melro e azulão, além de 12 gaiolas e três alçapões. Dentre as aves apreendidas havia um filhote de papagaio, que, pelas características, demonstra ter sido retirado do ninho, muito novo, sem a plumagem completa, dependendo de auxilio para a alimentação. Também havia um azulão, espécie que consta na lista de animais ameaçados de extinção segundo Decreto Estadual 1499-R, de 2005, do Espírito Santo. De acordo com a Rede Nacional de Combate a Tráfico de Animais Silvestres (RENCTAS), a estimativa é de que para cada 10 aves retiradas da natureza, nove morrem. O azulão é uma ave muito cobiçada pela sua beleza exuberante, cantar bonito, alto e mais rápido que os demais, além de possuir uma cor chamativa. Por essas caracte-

rísticas, o azulão torna-se objeto de desejo dos predadores humanos. Foi registrado o boletim de ocorrência e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil local. No município de Apiacá, o BPMA apreendeu um papagaio e uma maritaca que estavam em cativeiro de forma irregular sem a autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), órgão ambiental competente. Por se tratar de crime ambiental previsto no Art. 29, §1º inciso III da Lei Federal 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais), foi registrado o boletim de ocorrência e encaminhado para a Unidade de Polícia Judiciária de Apiacá onde a pessoa responsável será intimada a prestar esclarecimentos. Os animais foram levados para a sede do Ibama de Cachoeiro de Itapemirim. A pena prevista para tal crime é de detenção de 06 meses a um ano e multa. Entrega voluntária A Polícia Militar Ambiental informa que quem possuir animais silvestres de forma irregular poderá entregá-los voluntariamente nas sedes da Polícia Militar Ambiental mais próxima sem sofrer nenhuma sanção. Os animais serão encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) ou ao Centro de Reintrodução de Animais Selvagens (Cereias), e reintegrados na natureza após avaliação e tratamento, se necessário.

Linhares e Aracruz terão Plantão 24 horas a partir de segunda-feira Os municípios de Linhares e Aracruz são os próximos a receber o serviço de plantão 24 horas em suas delegacias. A cerimônia de implantação acontece na próxima segundafeira (07), às 15 horas, no Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Linhares, e às 16 horas na Delegacia de Polícia (DP) de Aracruz. Esses são o sétimo e o oitavo municípios, respectivamente, onde serão iniciadas as atividades do novo serviço de plantão. Nove cida-

des estão sendo beneficiadas com o projeto que já está em funcionamento nas unidades policiais de Venda Nova do Imigrante, Alegre, Barra de São Francisco, São Mateus, Colatina e Guarapari. A cidade de Cachoeiro de Itapemirim é a próxima a ter o serviço implantado. A cerimônia contará com a presença do governador Renato Casagrande, do chefe de Polícia Civil delegado Joel Lyrio, além de delegados de polícia e autoridades locais.


GERAL

DOMINGO 06 de janeiro de 2013

ACONTECE

Essa coluna é publicada todos os domingos

lissuabad@terra.com.br

“Fechei os olhos e pedi um favor ao vento: leve tudo o que for desnecessário. Ando cansada de bagagens pesadas... Daqui para frente, apenas o que couber na bolsa e no coração”. Cora Coralina

Casal Faissal Hadad from Colatina

Até hoje não entendi a Prefeitura de João Coser. Foi exigido de todos os moradores da Praia do Canto a execução da calçada cidadã, porém, na rua Chapot Presvot do número 89 ao 99, nada foi feito, e talvez nem tenha sido cobrado. Pergunto: qual o motivo? Será que esta calçada pertence ao governo? Se afirmativo, acho que ele deveria dar o exemplo. ----Maria Zelia e Mario Guerra fizeram um super réveillon entre familiares e amigos mais chegados, na bela casa que o casal possui na Aldeia, em Guarapari. A festa foi animada e o “savoir faire” dos anfitriões, merece nota mil. ----Luciana Sonegueth Carneiro da Cunha comemorará seu aniversário dia 21, com um almoço festivo em sua casa de Guarapari. Receberá para a ocasião, sobrinhas que moram em Santos e Guarujá além de irmãos e outros

Pulseira grega em turquesa e prata. A moda está chegando por aqui

familiares. Confirmei presença. ----Neste início de janeiro o negócio é fazer exercícios, tomar bastante água de coco e ter uma alimentação leve para se desintoxicar das guloseimas de Natal e Ano Novo perdendo assim, alguns quilinhos a mais, adquiridos nesta época. ----Letícia Pernambuco Barros e Vera Milled passaram o réveillon “al mare” na lancha de Fátima e Camargo, seus amigos de fé.

Leticia e Felipe os noivos deste ano. Felicidade total

O restaurante Sabor do Canto na rua Joaquim Lírio deixa muito a desejar. Almocei lá outro dia e o bife acebolado era uma verdadeira sola. Duro, cheio de nervos, seco e o molho acebolado, era só no nome. ---------Vânia e Américo Madeira curtem dias em Nova Viçosa em deliciosa casa à beira mar. Alguns familiares e amigos estão lá com eles. ---------O espetáculo de fogos em Copacabana foi inesquecível, segundo me confirmaram algumas amigas que passaram à noite do dia 31, no Rio de Janeiro. ---------Fernanda Prates e Rodrigo Guimarães curtiram alguns dias em Dubai, onde passaram a virada do ano. Gente chique é outra coisa. ---------O prefeito eleito de Linhares, Nozinho Correa, tomou posse e já visitou hospitais para verificar que melhorias poderá incrementar nesta área da cidade. ---------Maria Victoria e Aloísio de Souza curtiram com alegria a nova casa que compraram em Angra dos Reis, Rio de Janeiro. Eles merecem um relax prolongado. ---------Agora, a turma que gosta de viajar já se prepara para o carnaval, em fevereiro. Eu levarei um grupo para conhecer e descansar no Panamá. Restam alguns lugares. ---------E a alteração da maioridade para 16 anos de idade? Até quando teremos que esperar para esse sonho se tornar realidade? ---------O povo brasileiro continua sendo enganado pela Dilma e pelo Mantega e fica tudo no mesmo.

O PIONEIRO

5

Norma Astréa N. Grünewald Sorte ou azar, o tempo é que dirá! Acredito, sinceramente, que nascemos com um talento dado por Deus, como se fosse um dote para sobrevivermos. Alguns de nós, porém, o subaproveitamos ou nem chegamos a descobri-lo. Por volta dos 17 anos, como se não bastassem todos os conflitos comportamentais, gerados por questões hormonais, os jovens ainda têm que decidir os cursos superiores que farão. Nesta época, nem sempre prevalece a voz do coração, e sim a da família ou as dos amigos. Exatamente por amar seus filhos e por desejar-lhes “um futuro promissor”, muitos pais os incentivam a escolher carreiras capazes de garantir o que consideram “sobrevivência digna”. Em seus entendimentos, a almejada dignidade virá mais facilmente para aqueles que optarem pelas áreas de Saúde ou de Exatas. Tudo perfeitamente compreensível e aceitável até certo ponto, mas há que se considerar uma outra face desta questão: o sofrimento dos alunos que estudaram seriamente, mas não passaram nos cursos considerados nobres nas universidades federais. Minha longa experiência educacional me ensinou que a autoestima dessa moçada costuma ir para o beleléu e ficar por lá por um bom tempo. Esses jovens passam por uma dolorosa purgação, até que conseguem se recobrar e encontrar forças para continuar lutando por um sonho que, às vezes, não é o deles. Também penso na alegria das famílias dos jovens que passaram nos vestibulares de cursos considerados nobres. Esses ouvem elogios, sopram os confetes, leem seus nomes em jornais, faixas e outdoors. A maioria desconhece ou nunca refletiu sobre a estorinha que, uma vez mais, narro para você, meu leitor: “Era uma vez um jovem que ganhou um cavalo e o levou para casa. A vizinhança foi visitar seu pai para elogiar a sorte do filho. Diante disso, seu genitor lhes disse: “SORTE OU AZAR O TEMPO É QUE DIRÁ!”. Algum tempo depois o cavalo fugiu, o filho ficou muito triste e os vizinhos voltaram para lamentar e dizer que seu filho tivera muito azar. Uma vez mais o pai encerrou a conversa repetindo o mesmo adágio: “SORTE OU AZAR O TEM-

PO É QUE DIRÁ!”. Meses após isso, o cavalo reapareceu trazendo consigo um bando de cavalos selvagens, e o filho conseguiu prendê-los. Voltaram os vizinhos para elogiar a sorte do filho e ouviram do pai o mesmo entendimento sobre sorte ou azar. Um dia, ao tentar domar um dos cavalos, o filho caiu, quebrou a perna e ficou aleijado. Adivinha o que a vizinhança fez? Isto mesmo, voltou para lamentar o azar do filho e escutar a mesma afirmação do pai: “SORTE OU AZAR O TEMPO É QUE DIRÁ!”. Algum tempo depois, houve uma guerra naquelas bandas, todos os jovens do local foram convocados para lutar (e morrer), exceto o rapaz que, por ser aleijado, foi poupado.” Numa analogia com essa estória, eu lhes pergunto: o que será que sentem as famílias dos engenheiros ou geólogos responsáveis por desabamentos de prédios? Vergonha ou pesar? E os familiares dos médicos que cujas pacientes foram a óbito após procedimentos cirúrgicos indevidos? Como se sentem os filhos dos juízes e desembargadores que apareceram muito mal após as conclusões da Operação Naufrágio? E os descendentes de todos que já nadaram no fausto, mas hoje são capa de Veja como réus condenados no processo do mensalão.? Em síntese, nem sempre um belo título ou uma brilhante carreira significará que a pessoa estará perto da felicidade ou livre da vergonha. Então, meu leitor, na próxima vez em que lhe acontecer algo que você considere como sorte ou azar, não se esqueça de que no intervalo entre este e aquela há o tempo e ele é mutável. Não há certeza científica no que direi, mas penso que os descontentes com suas profissões acabam muito mais sintonizados com o azar do que com a sorte. Sentindo-se azarados, costumam ser desonestos, mal amados e mal educados. Na condição de infelizes, eles não querem ficar sozinhos, então não perdem a oportunidade para infelicitar outras pessoas. Como o que aqui se planta, também colhe-se aqui, suas maldades voltam para eles mesmos em forma de azar e o ciclo continua até a morte. Viu por que a escolha profissional pode melhorar ou piorar o mundo?


6

OPINIÃO

DOMINGO O PIONEIRO 06 de janeiro de 2013

INFORME redacao@jornalopioneiro.com.br

LUCIANO PIRES Essa coluna é publicada todas as quintas e domingos Foto: Divulgação

Luciano Pires é jornalista, escritor, conferencista e cartunista. Luciano Pires escreve todos os domingos

O mínimo divisor comum

A Polícia Militar recebeu 150 motocicletas que já estão sendo usadas no policiamento ostensivo em todo o Estado. A solenidade de entrega foi realizada sexta-feira, dia 04, no Quartel do Comando Geral (QCG), em Maruípe, Vitória. Além das motos, sete quadriciclos para patrulhamento nas praias durante a Operação Verão também foram entregues

Melhoria na cafeicultura Nada menos que 25 mil cafeicultores de todo o Espírito Santo receberam assistência técnica do Incaper em 2012, quando foram realizadas 1.439 ações de transferência de tecnologia, como demonstração de método, unidades demonstrativas, visitas técnicas, encontros de cafeicultores, dias de campo e cursos. Essas ações permitiram que o Espírito Santo registrasse mais um recorde. A produção de café cresceu 23%, chegando a 12,5 milhões de sacas. A produtividade também aumentou na ordem de 20%. Além da quantidade, a qualidade do café capixaba também melhorou. Feiras de Artesanato Neste verão, as feiras de artesanato são atrações na Praia da Areia Preta, em Guarapari e na Praia de Camburi, em Vitória. Turistas e moradores podem conferir os artigos do tradicional artesanato capixaba nos dias da estação mais quente do ano. Com o apoio da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), a 10ª edição da Feira Interestadual de Negócios do Artesanato de Guarapari (FEINARTG) começou no dia 29 de dezembro e vai até o dia 23 de janeiro, na Praia da Areia Preta, no centro. Já a 2ª Feira de Verão de Camburi com Artesanato e Agroturismo começou sexta-feira, dia 4, e vai até dia 27 de janeiro, na Praia de Camburi. A expectativa é aumentar em 20% o volume de vendas nos dois eventos neste ano.

Investimentos Com a perspectiva de um cenário desfavorável para o Espírito Santo com a alteração do Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias (Fundap) e a ameaça de mudança das regras de divisão dos royalties, o Governo do Estado se planejou e irá garantir um total de investimentos de R$ 6 bilhões até 2016. Desse total, R$ 1,5 bi serão aplicados anualmente, durante os próximos quatro anos. Para 2013, o orçamento global previsto é de R$ 13,9 bilhões. Para 2012 o valor global foi de R$ 12,5 bilhões. Segurança Pública, Saúde, Educação e Mobilidade Urbana continuam sendo as áreas definidas como prioritárias.

Investimentos II Além do orçamento global para 2013, R$ 100 milhões de investimentos serão para a Segurança Pública, R$ 200 milhões em convênios com os municípios, R$ 164 milhões para reestruturação de cargos e carreiras, concursos e reajuste salarial, R$ 200 milhões para pagamento de precatórios, R$ 30 milhões para emendas parlamentares, R$ 18,8 milhões para o Programa Nossa Bolsa e R$ 82,5 milhões para o Transcol Social.

Investimento na segurança Setenta milhões de reais é quanto a Secretaria de Estado da Segurança Publica e Defesa SocialSesp investiu nas polícias Civil e Militar, incluindo o reequipamento das polícias, compra de equipamentos tecnológicos, treinamento e contração de policiais com o objetivo de reduzir a criminalidade no Estado. Só para a construção e reforma de prédios das delegacias de Polícia em todo o Espírito Santo foram alocados R$ 5 milhões. Destaque para a reforma das delegacias de alguns bairros da Grande Vitoria e do Serviço Médico Legal (SML) em Cachoeiro de Itapemirim. Investimento na segurança II A contratação de novos policiais também faz parte dos investimentos da segurança pública. Em 2012, foram nomeados 855 policiais civis e 150 policiais militares. Está prevista, ainda para este ano, a abertura de concurso público que irá oferecer 1.100 vagas para soldado combatente da PM, além de 113 vagas para diversas áreas da Polícia Civil, com oportunidades para delegado, escrivão, perito criminal, perito criminal especial, perito bioquímico toxicológico, médico legista, perito de telecomunicações, assistente social e psicólogo.

Publiquei em minha página do Facebook uma divertida frase de Woody Allen: “O mundo divide-se em pessoas boas e más. As boas têm um sono tranquilo. As más divertem-se muito mais”. Alguns minutos depois entra um comentário de um leitor: “A gente dissemina essa ideologia por aí, como se fosse piada. Depois se surpreende quando lê notícias sobre corrupção, crimes. Será que não teríamos um ganho de despocotização se começássemos a questionar mais seriamente esses slogans a partir de suas consequências práticas, no mundo real, no Brasil do Real? O que você acha, Luciano?” Em seguida outro leitor: “A ironia é um perigo. Se eu fosse presidente colocaria obrigatório os dizeres: ‘Atenção isto é uma Ironia. Na persistência dos sintomas, um médico deverá ser consultado’. E eu não estou sendo irônico... Em um país dominado por pocotós acho que devemos tomar sim, mais cuidado com o que dizemos e distribuímos, afinal, tem gente grande que acha que batatinha quando nasce, se esparrama pelo chão.” Os dois leitores estavam me dizendo: “não escreva coisas que os pocotós possam interpretar mal.” Por causa de uma situação semelhante criei uma vinheta sonora em meu podcast Café Brasil e anunciei que a utilizaria sempre que usasse uma ironia. Seria um aviso tipo “isto é uma ironia” para que a pessoa tomasse cuidado com a interpretação do que eu acabara de dizer. E então dezenas de ouvintes caíram de pau: agindo assim eu os estaria tratando como idi-

otas, incapazes e ignorantes, nivelando-os aos pocotós. E eles tinham razão. Tem gente que adota o que chamo de Mínimo Divisor Comum, uma versão do MDC, Máximo Divisor Comum que você aprendeu nas aulas de matemática. O Mínimo Divisor Comum funciona assim: qual é o máximo de simplificação a que posso chegar numa informação? Quanto posso eliminar de ironia, segundos sentidos, sujeitos ocultos, citações e informações que exijam alguma ginástica cerebral? Esse é o método utilizado pelos políticos ao se dirigir à população: a infantilização dos discursos, a redução das questões ao mínimo divisor comum, a absoluta falta de provocação ao pensamento crítico. É como Lula explicando o problema do aquecimento global porque o planeta é redondo ou José Serra explicando a gripe A porque os porquinhos espirram: a infantilização do debate, tratando os interlocutores como imbecis. Mais que isso, apontando para uma atitude: se seu interlocutor é um imbecil, seja também um imbecil. “O mundo divide-se em pessoas boas e más. As boas têm um sono tranquilo. As más divertem-se muito mais.” Se você não sabe quem é Woody Allen, ou se sabe, mas não conhece a obra dele, não vai sacar a ironia. E vai querer uma explicação... Entendeu? O Mínimo Divisor Comum é instrumento de mediocrização. Tô fora.


GERAL

DOMINGO 06 de janeiro de 2013

SAGRAÇÃO LITERÁRIA Antonio Bezerra Neto bezerrapoesia@gmail.com

O PIONEIRO

7

MÔNICA CAETANO GONÇALVES mcaetanogoncalves@gmail.com

Elegia a muitas viagens Essa coluna é publicada todas as quintas e domingos

Fonte Google

Pastelaria Chinesa em Linhares As páginas dos bons jornais ilustram que foi ao som dos versos “como pode um peixe vivo/ viver fora da água fria”, da cantiga popular “Peixe Vivo”, que o poeta, ensaísta e tradutor Décio Pignatari teve o corpo sepultado, no cemitério do Morumbi, em São Paulo. Décio povoou meus dias quase de forma ininterrupta. Meio passarinho, deixou-nos sem grandes ressentimentos. Sinceramente, não sei como contextualizá-lo em meio aos próceres de Linhares. Certamente seus escritos passaram por poucas mãos nestas abençoadas terras, algo muito natural para um escritor da complexidade de Décio, amante de Vladimir Maiakovski, Pound, Joyce, Kierkegaard, Heidegger e outros menos consagrados. Quero alcançar outros ares, leitor amigo: os chineses finalmente chegaram a Linhares; já dominam o ramo de pastelaria. A propósito, sento-me em uma delas que leva o pomposo nome de Pastelaria Pequim. Faz calor, o verão já se apresenta com sua fúria. Abano-me com um jornal dormido largado sobre a mesa. Não demora e uma moça de olhos bem amendoados se achega. “Quero um pastel de queijo!”. “Ahhhh, entendo...” Em minutos, o pastel quentinho e crocante está sobre a mesa. Jogo meu olhar baudelariano teimoso. Uma decoração chinesa contida toma conta dos espaços do

estabelecimento aparentemente de propriedade de um senhorio. O movimento é até certo ponto convidativo, sem muitas surpresas, mas rentável pelo jeito. Uma senhora de meia-idade comanda os negócios. Fala ao telefone permanentemente sempre em mandarim, língua oral falada em praticamente todo território da República Popular da China. Ela fala de forma acelerada, parece correr por uma feira popular em Xangai, lembra um pregão de bolsa de valores em tempos idos. Gosto desses matizes culturais, isso me faz bem, proporciona olhares diferenciados e começa a colocar Linhares dentro de uma perspectiva de re-

lativo cosmopolitismo, e que esta cidade possa se libertar do simplismo pueril. Saboreio meu pastel. Peço outro. Ao fundo, totalmente encoberto um senhor silente lê um jornal em mandarim. Pergunto-lhe sobre Mao Tsé-Tung , Deng Xiaping, Hu Jintao, Qin Shi Huangdi, Zhou Enlai... Ele nada diz. Pergunto-lhe sobre o Rio Amarelo. Ele nada fala. Será medo? Duvido. É a dificuldade idiomática, todavia os chineses continuam de uma maneira presos aos encantos das velhas muralhas. Um detalhe que merece registro: os preços dos pastéis são convidativos, ademais muito bem feitos. Na saída, uma surpresa. Sobre o azulejo branco um poema chinês traduzido para o português. É bem campestre:

Arroz, sorgo, feijão, Trigo, milho e painço, Esses seis grãos São os que nos alimentam. Cavalo, boi, carneiro, Galinha, cão e porco, Esses cinco animais, São por nós domesticados.

Minha crônica está salva. O pastel é um milagre. Logo vou para a casa de um amigo ouvir de Billie Holiday, Ella Fitzgerald e Sarah Vaughan. Se saúde tivesse tomaria pelo menos uma descomunal dose de uísque.

Praia de Itaoca

Viajar é um grande prazer, afirmação que sempre me vem à mente associada à música Encontros e Despedidas, de Fernando Brandt e Milton Nascimento. É bem provável que todo esse anseio por voos, em respirar outros ares e estar em outras paragens se deva à condição mediterrânea e toda a atávica influência das bandeiras que aqui chegaram. Dia desses, assistindo Elegia de Uma Viagem, filme de Alexander Sokurov, fiquei a pensar, não tão subjetivamente como ele, sobre as minhas próprias, nem tantas quantas gostaria; especialmente sobre o que mais encanta meu olhar. É inadmissível negar as maravilhas das paisagens de um país com uma geografia espetacular como a nossa e tampouco negar o fascínio que o mar exerce sobre quem vê as ondas se insinuando num belo horizonte. Mas acredite, conhecer mais dessa nossa cultura plural e especialmente aproximar-me de nossa gente é o que mais me fascina. Assim, descobrir esquecida nos 1700, tempo em que foi capital do Ceará, a pequena Aquiraz, hoje terra de rendeiras que cantam enquanto tecem e de jangadeiros, que colhem no mar o sustento. Em outro olhar, sentar-me ao lado do ancião, de mãos calejadas, esculpindo arte em madeira, a canivete, na região de Natal. Mas há um canto, de lembranças doces, que povoa meus arquivos dos anos 80.Águas calmas e areia branca, a praia de Itaoca, na região de Itapemirim, guarda muitas histórias de gente boa e feliz em toda sua sabedoria e simplicidade. Lá passei vários verões, quando pouco mais havia além da vila dos pescadores. Uma comunidade acolhedora, que nos recebeu como iguais, participantes e atores daquele pequeno mundo imenso que a eles pertencia. Bom lembrar da alegria de Zizi com a vela nova para seu barco, das visitas à casa de Donino e das noites no forró, que nem era universitário. E melhor é poder voltar para meu porto, trazendo toda essa gente comigo! Mônica Caetano Gonçalves Psicóloga, poeta e cronista residente em Belo Horizonte


8

GERAL

DOMINGO O PIONEIRO 06 de janeiro de 2013

O PIONEIRO NOS BAIRROS

SAÚDE

Essa coluna é publicada todos os domingos

redacao@jornalopioneiro.com.br

LAGOA DO MEIO

Ministério da Saúde oferta mais 11 novos procedimentos cirúrgicos oncológicos

Foto: Divulgação

Inaugurada no dia sete de dezembro de 2012, completa e aplaudida pelos moradores do bairro, a Unidade de Saúde da Família “José Maria de Oliveira Marques”, do bairro Lagoa do Meio, um dos mais importantes da cidade, foi atacada por vândalos na madrugada de sextafeira, 4, quando quebraram a porta de vidros da entrada principal. A obra exigiu um investimento da ordem de R$ 1.089.000,00, segundo divulgou na inauguração o ex-prefeito da cidade. A Unidade tem dois pavimentos com recepção geral, consultórios clínicos, ginecológicos e odontológicos, ambulatórios, refeitório, banheiros, copa/cozinha, área de serviço e estacionamento para carros e motos. Segundo um morador do

A novidade vai mais que dobrar os recursos para cirurgias oncológicas, passando de R$ 172,2 milhões para R$ 380,3 milhões em 2013

Unidade de Saúde do bairro foi atacada por vândalos na madrugada de sextafeira, 4, quando quebraram a porta de vidros da entrada principal

bairro que não quer ser identificado, “o que fizeram aqui é um ato de vandalismo que precisa ser apurado, porque esta Unidade de Saúde veio para beneficiar todos nós, e destruir o que está feito é uma covardia que a polícia deve descobrir quem fez isso e botar na cadeia, para evi-

tar que aconteça em outros bairros”. A Polícia esteve no local em busca de vestígios para tentar prender os culpados. Apesar dessa ocorrência nada foi levado e o atendimento não sofreu solução de continuidade naquela Unidade de Saúde.

CANTINHO DA REFLEXÃO

Monsenhor Jonas Abib www.cancaonova.com.br

Não tenha medo de dar o seu 'sim'! Foi o Senhor quem me chamou e escolheu tão cedo. E, graças a Deus, eu aceitei! A partir deste "sim" - que foi mais uma iniciativa de Deus do que uma decisão minha - o Senhor realizou e continua a realizar sua obra também pelo meu intermédio. É preciso reconhecer as consequências das nossas decisões. Se eu não tivesse dado o passo no momento exato, a Comunidade Canção Nova não existiria. Vários santos diziam e Dom Bosco também repetiu que, quando um filho "deixa" a sua

casa para seguir a sua vocação, Jesus vem e toma o lugar dele. Foi assim que aconteceu comigo e com a minha família. O Senhor realiza grandes obras a partir de um simples "sim" que damos. Este é o momento, decida-se! Não tenha medo de dar o seu "sim" a Deus. Estamos iniciando um novo ano e agora é o tempo propício para caminharmos juntos. Você nasceu para esta fé cristã que está no coração da Igreja. Olhe ao seu redor, veja as maravilhas de Deus nos pe-

quenos detalhes do seu dia. Somos convidados a cada manhã a termos um olhar de fé e vivermos bem todos os momentos na presença do Senhor. Procure conhecer mais sobre a Igreja. Não a veja apenas como uma organização humana, mas como verdadeiramente é: o corpo místico de Cristo, querido por Deus e escolhido como sinal de acolhimento para todas as pessoas. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo por nossas escolhas e pelo nosso "sim"!

 Monsenhor Jonas Abib Fundador da Comunidade Canção Nova e presidente de honra da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP). É um dos religiosos que mais se destacou utilizando os meios de comunicação na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina. Autor de 48 livros, Cd´s e DVD´s, além de várias palestras em áudio e vídeo.

O ano de 2013 começa com novidades no tratamento do câncer. O Ministério da Saúde incluiu 11 novos procedimentos cirúrgicos na tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). Com essa ampliação e outras ações que o Ministério da Saúde vem desenvolvendo na rede de cuidado do câncer, espera-se aumentar o acesso aos serviços já existentes, contribuir para habilitar novos tratamentos, além de favorecer o diagnóstico rápido e uma maior resolutividade, ou seja, proporcionar a melhoria da qualidade de vida dos pacientes. Nesta iniciativa, foram revistos os atuais 121 procedimentos existentes por meio de adequação técnica, elaboradas mudanças na forma de organização da tabela, e a inclusão de novos procedimentos, entre eles, os relacionados à cirurgia de cabeça e pescoço, considerados de difícil acesso. O Ministério da Saúde vai investir R$ 208,2 milhões a mais (num total de R$ 380,3 milhões para 2013), 121% a mais em comparação com 2011 (R$ 172,1 milhões) para ampliação da assistência. Para o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, mais recursos e ampliação dos procedimentos melhoram a qualidade do atendimento. “O objetivo destas medidas é instalar serviços onde não existem hoje, e estimular os serviços que já existem a produzir mais e, com isso, reduzir o tempo de espera para tratamento do câncer”, afirma Padilha. Ampliação Os 11 novos procedimentos que passam a integrar a tabela do SUS são: Linfadenectomia Mediastinal em Oncologia (R$ 3.814,58 - valor total pago pelo procedimento); Linfadenectomia Seletiva Guiada em Oncologia – mais conhecida como “linfonodo sentinela” (R$ 727, 87); Reconstrução para Fonação em Oncologia – a tabela do SUS incluía a prótese, mas não o ato operatório da sua implantação (R$ 910,50); Traquestomia Transtumoral em Oncologia (R$ 910,50); Ressecção de Pavilhão Auricular em Oncologia (R$ 791,49) Também estão inclusos, Ressecção de Tumor Glômico em Oncologia – (R$ 910,50); Ligadura de Carótida em Oncologia (R$ 910,50); Colecistectomia em Oncologia (R$ 1.356,75); Ressecção Ampliada de Via Biliar Extrahepática em Oncologia (R$ 1.763,78); Reconstrução com Retalho Osteomiocutâneo em Oncologia (R$ 4.366,75); Timectomia em Oncologia (R$ 4.186,64). Mudanças A portaria 2.948 prevê aumento médio de 50% no valor de praticamente todos os procedimentos mantidos ou alterados. Alguns tiveram aumentos maiores. Esse grupo ganhará ainda incremento de 20% nos valores pagos, quando realizados em hospitais de portes A (1.000 ou mais procedimentos ao ano) e B (600 a 999 procedimentos ao ano). A medida induz a abertura de novos

serviços e o aumento de especialidades disponíveis à população. Hoje são 94 hospitais com esses perfis. Só para assistência em radioterapia, a meta é que o SUS conte com 80 centros de atendimento até 2014. A última revisão dos atuais procedimentos cirúrgicos oncológicos foi realizada em 1993, portanto essa portaria representa importante avanço. O trabalho de revisão dos 121 procedimentos foi feito pelo Ministério da Saúde com apoio de profissionais do Instituto Nacional do Câncer (INCA), da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica (SBCO) e da Associação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Combate ao Câncer (ABIFFIC). O trabalho ocorreu entre 12 de janeiro a 14 de abril deste ano. O Ministério da Saúde também triplicou o valor pago para diárias de internação para quimioterapia de leucemias agudas/crônicas. Para isso, será feito o repasse de R$ 25,2 milhões aos hospitais habilitados. No caso das diárias, o aumento dos recursos representa reajuste de 200% no valor a ser pago na diária de quimioterapia, passando de R$ 167,50/dia para R$ 562,50. Para garantir esse aumento, o Ministério da Saúde irá incorporar R$ 25,2 milhões ao limite financeiro anual dos Estados, Distrito Federal e Municípios, totalizando R$ 39,4 milhões. O objetivo da medida é incentivar o acesso hospitalar a esse serviço. A medida irá beneficiar 56 municípios em 23 estados. Atendimento Nos últimos três anos, os gastos federais com assistência oncológica no país aumentaram 26%, passando de R$ 1,9 bilhão (em 2010) para R$ 2,4 bilhões (em 2012/estimativa). Este aumento de recursos serviu para ampliar e melhorar a assistência aos pacientes atendidos nos hospitais públicos e privados que compõe o SUS, sobretudo para os tipos de câncer mais frequentes, como pele, mama, colo de útero, próstata, pulmão, cólon e reto. A quantidade de procedimentos oncológicos ambulatoriais oferecidos aos pacientes do SUS aumentou 13%: foram 10,5 milhões, em 2010, e a projeção para 2012 é de 11,8 milhões de procedimentos. Já em 2011, foram realizados 11,5 milhões. Em 2012, foram realizadas 84 mil cirurgias oncológicas no SUS e no mesmo período, o número de procedimentos quimioterápicos foi de 2,2 milhões (2012/estimativa), com investimentos na ordem de R$ 1,3 bilhão. /O País dispõe de centros com capacidade para aumentar o número de atendimentos com a infraestrutura existente”, afirma o ministro. O Ministério da Saúde também incorporou ao SUS o Trastuzumabe, um dos mais eficientes medicamentos de combate ao câncer de mama. O Brasil também passou a produzir o primeiro medicamento para câncer. Com a produção nacional do Mesilato de Imatinibe, o custo do comprimido do medicamento será de R$ 17,5 (100 mg) e R$ 70 (400 mg).


INDICADOR PROFISSIONAL

DOMINGO 06 de janeiro de 2013

O PIONEIRO

9

OPORTUNIDADE DE EMPREGO Contrata-se funcionário com experiência em Corel Draw, Page Maker e Photoshop. Tratar na Redação do Jornal O PIONEIRO. Av. Governador Lindenberg, 609, Centro - Linhares


10 O PIONEIRO

SOCIEDADE

DOMINGO 06 de janeiro de 2013

Essa coluna é publicada todas as quintas e domingos

DENI Deni Almeida da Conceição denialmeida@jornalopioneiro.com.br

namento de linhas impediu que muitas pessoas falassem. Viva a telefonia celular do País! ••• Nos dois últimos dias do ano de 2012 e no primeiro dia de 2013, o médico Luciano Ribeiro Durão podia ser visto logo cedo enfrentando fila em uma padaria no centro de Guarapari. Isto por que, em Guarapari existe, no verão, fila para tudo.

Divulgação

Ao fazer sua primeira visita ao Hospital Geral de Linhares, o HGL, após tomar posse, o prefeito Nozinho Correa, em companhia da secretária de Saúde, Fátima Fiorino Biancardi e outros assessores garantiu que a situação ali vai melhorar em 90 dias. ••• Não foi tarefa fácil conseguir completar uma ligação no celular no centro de Guarapari no último dia do ano. O congestio-

Em dia de sua Formatura, Saulo Fiorot Loureiro com a esposa, Paula

Divulgação

Bia Prata e Marina Favarato curtiram a virada de ano em Maceió

As pessoas que deixam suas cidades nesta época do ano, para banhar-se nas lagoas de Linhares devem ter cuidado, porque na calmaria aparente das águas reside o perigo de afogamento.

Por causa da situação política que enfrenta, a queima de fogos em Guarapari na virada do ano não foi como os turistas esperavam. Mesmo assim valeu a pena. ••• Tadeu Ceolin passou o natal em Vitória ao lado da filha Emnuelle, do genro Leonardo Pianna e dos netos Guilherme e Luiza, mas a virada de ano foi no “Cantinho Radiante”, na Lagoa Juparanã, com demais familiares. ••• Edna e Pedro Sergio Venturini, que passaram a Noite de São Silvestre em Regência Augusta, ganharam de presente neste final de ano (dia 28 de dezembro), uma neta, Stella, filha de Adriene e Fabio Arduin Venturini, que já têm Luca de um ano e cinco meses. Eles moram na Carolina do Norte, Estados Unidos. ••• As especulações são grandes e as expectativas maiores ainda com relação à instalação do Complexo Gás-Químico da Petrobras em Linhares. Vamos ver no que vai dar. ••• Minha solidariedade a Laudicéia Inácio da Silva, esposa e demais familiares do jornalista Elber Suzano, que nos deixou quintafeira. Elber atuou em O PIONEIRO um bom tempo.

Lourdes e o empresário Domingo Rigoni passaram a virada do ano em Marilandia, com familiares dela. Ângela e George Duarte Freitas Filho, com Sileide e Ademilson Nunes Loureiro desfrutam apartamento novo na Praia de Guriri, em São Mateus. Foi lá que eles curtiram a virada do ano. Quem aniversariou ontem foi o odontólogo Ubiratam Moraes Dutra. Claro que festejou ao lado da esposa Sabricia, dos filhos Rodrigo e Raissa e de amigos próximos. Daqui, o meu abraço.

“O homem que vê o mundo aos cinqüenta da mesma maneira que o via aos vinte certamente perdeu trinta anos sua vida”. (Muhammad Ali) Bom dia, Walter Maia de Oliveira.


O PIONEIRO 06 DE JANEIRO DE 2013