Page 3

futebol

opinião sport: 9 de Maio de 2007 27

Famalicão venceu mas não evitou descida de divisão

Pavilhão Municipal pode receber Final Four

Dérbi de poucas emoções 1-0

A Federação Portuguesa de Patinagem decidiu atribuir à Associação de Patinagem do Minho (APM) a organização da Final Four dos escalões de Infantis e Iniciados, a realizar nos dias 22, 23 e 24 de Junho. O Pavilhão Municipal de Famalicão é uma das fortes possibilidades para receber uma das Final Four, juntamente com o Pavilhão de Barcelos e de Viana do Castelo. A decisão será anunciada em breve pela APM.

Estádio Municipal de Famalicão Árbitro: Hugo Faria (Santarém) Auxiliares: Joaquim Vieira e Hugo Bernardo

Famalicão Ribeirão André Batista Alex Hugo Serginho Gomes Carneiro Ruizinho (40' Diop) Bruno (77' Chicabala) Luís Filipe (61' Heitor) Fininho

Litos Nelson Paulo Rola Lemos Igor (41' Paulinho) Vitinha Bruno Pinheiro Hélder Bruno (58' Fernando) Paulo Tavares (55' Rios) Zé Miguel Dargil

Jornadas de avaliação na Natação

Treinadores Abel Silva

Tulipa

Golos: 47’ Diop. Cartões Amarelos: Não houve. Cartões Vermelhos: Não houve.

Ficou para a última jornada o dérbi concelhio, com o Famalicão a receber o Ribeirão no Municipal. Foi um jogo de fraca qualidade, sem muitos atractiMunicipal eve boa afluência de público para assistir ao dérbi vos, mas mesmo assim presenciado por muita gente. O Ribei- mais bola, rematou mais, mas bém “jogava”. Certo é que o ficiente para a manutenção. rão jogava para cumprir calen- o Ribeirão foi a equipa mais Famalicão vencia, mas não be- Dentro e fora das quatro lidário, o quarto posto já estava tranquila e beneficiou da me- neficiava da ajuda que precisa- nhas, tudo foi de uma extrema correcção e Hugo Faria nem segarantido, o Famalicão preci- lhor oportunidade para inau- va nos outros desafios. Abel Silva tentava que os quer teve necessidade de mossava de ganhar e venceu por 1- gurar o marcador. O marcador funcionou qua- seus jogadores se alheassem o trar qualquer cartão, fazendo 0. Ainda assim não evitou a que se passava para lá um excelente trabalho. descida de escalão. do Estádio Municipal e O Ribeirão terminou a époAo saber da necessinão queria que perdes- ca com um honroso quarto ludade de vencer e esperar por terceiros para evitar A descida do Famalicão tem sem a concentração. Era gar e o Famalicão, além da preciso manter a vitória descida, continua sem saber a descida, os famalicenmuito a ver com a grave e esperar até ao fim pe- que destino terá na próxima ses entraram mais afoicrise desta colectividade los resultados dos seus época. O presidente José Martos no jogo. O Ribeirão adversários directos. O tins diz não encontrar soluções permitiu o domínio dos Ribeirão nunca forçou e os sócios decidirão qual o fuda casa, mas mesmo assim foram os do Passal que benefici- se logo no início do segundo muito, mas manteve sempre a turo. Uma coisa é certa, a desciaram da melhor oportunidade tempo. Bom cruzamento de sua dignidade. Gomes e Diop de cabeça não O jogo terminou com a vitó- da do Famalicão tem muito a de golo antes do intervalo. Dargil, isolado, levantou a deu hipóteses a Litos. Grande ria magra mas justa do Famali- ver com a grave crise que esta bola sobre André, saindo o re- alegria nas bancadas e estava cão que acabou por ser uma vi- colectividade atravessa, a maimate ao poste da baliza de An- dado o primeiro passo para a tória amarga já que não foi su- or de sempre do seu historial. dré. Isto num período em que permanência. A vantagem do CLASSIFICAÇÃO J V E D F C P nos outros campos tudo corria Famalicão deixava muitas es- II DIVISÃO Série A 1. Freamunde 26 16 4 6 38 24 52 a favor dos comandados de peranças nos sócios e simpati2. Pontassolense 26 14 9 3 41 19 51 R E S U LTA D O S Abel Silva. Estremeceram os zantes do clube. 3. Moreirense 26 12 9 5 30 20 45 O Ribeirão não mudou a Fafe, 1; Maria Fonte, 2 Marítimo B, 0; Pontassolense, 4 adeptos caseiros que acredita4. Ribeirão 26 11 6 9 34 29 39 sua postura, jogou sempre Famalicão, 1; Ribeirão, 0 Lousada, 3; Maia, 1 5. Vila Meã 26 9 7 10 27 32 34 vam ser possível. 6. Fafe 26 7 12 7 39 36 33 Moreirense, 1; Vila Meã, 1 Ainda antes do intervalo tranquilo, num ritmo de fim de Ribeira Brava, 1; Lixa, 1 7. Marítimo "B" 26 8 9 9 32 36 33 houve mexidas nas duas equi- época, não pressionou muito e Bragança, 1; Freamunde, 2 8. Lixa 26 8 9 9 21 26 33 pas. Primeiro, Abel Silva trocou o Famalicão fez o mesmo. O jo9. M. Fonte 26 9 5 12 26 31 32 PRÓXIMA JORNADA Ruizinho, o herói da Lixa, por go piorou e tinha poucos moti10. R. Brava 26 6 12 8 26 26 30 - Famalicão, Bragança e Ma- playoff de acesso à Liga de Diop. De seguida, Tulipa mete vos de atracção. Nas bancadas 11. Lousada 26 7 9 10 29 34 30 ia foram despromovidos à 3ª Honra com os vencedores Paulinho para o lugar de Igor. todos estavam mais atentos ao 12. Famalicão 26 7 9 10 31 35 30 divisão nacional. das restantes séries. 13. Bragança 26 5 10 11 32 43 25 O empate ao intervalo até se que se passava nos outros 14. Maia 26 6 4 16 30 45 22 ajustava. O Famalicão teve campos onde o Famalicão tam- - O Freamunde vai jogar o

Carlos Alberto

José Clemente

A Associação de Natação do Norte de Portugal (ANNP) vai levar a cabo, nos dias 12 e 13 de Maio, um estágio na Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP), intitulado de jornadas de avaliação/prescrição técnica e condicional, para atletas masculinos, nascidos em 1993 e 1994, e femininos, nascidos em 1994 e 1995. Para estas jornadas de Natação foram convocados cinco nadadores famalicenses, casos de Daniela Ribeiro, Ana Gonçalves, Paulo Dias, Francisco Costa e Simão Alves. Ao todo foram convocados 33 atletas de dez clubes diferentes, entre os quais o FC Porto e o Leixões.

FAC reúne-se em assembleia O Famalicense Atlético Clube convocou todos os associados para uma Assembleia-geral Extraordinária a realizar na sede do clube, sexta-feira, às 20 horas. Da ordem de trabalhos fazem parte a apresentação e votação do relatório e contas referente às épocas desportivas 2005/2006 e 2006/2007 e ainda a discussão sobre a próxima eleição dos órgãos sociais do clube.

OS783  

Rui Teixeira, atleta do Núcleo de Atletismo de Joane (NAJ), venceu no passado fim-de-se- mana a prova internacional de atletismo que se real...

OS783  

Rui Teixeira, atleta do Núcleo de Atletismo de Joane (NAJ), venceu no passado fim-de-se- mana a prova internacional de atletismo que se real...

Advertisement