Page 1

Ano 28 | Nº 1422| De 8 a 14 de agosto de 2019 | Diretor: João Fernandes | www.opiniaopublica.pt pub

pub

Munícipes têm até 26 de agosto para deixar sugestões ou recomendações

Câmara avança com segunda revisão do PDM p. 5

Frutivinhos alarga base exportadora da sua marca D. Sancho I

VINHO FAMALICENSE A CAMINHO DA RÚSSIA O vinho verde famalicense D Sancho I vai chegar à Rússia. Esta semana, a Frutivivinhos - Coo- meiro de dez contentores, com cerca de 18 mil garrafas cada. Com esta encomenda, a Frutiviperativa Agrícola de Famalicão que comercializa a marca – vai enviar para aquele país o pri- nhos inicia um novo capítulo da sua história, que nos últimos anos não tem sido fácil. p. 4

‘Urban Youth’ leva a arte urbana às freguesias do concelho p.7

Bombeiros

Joaquim Maciel é o novo adjunto de comando dos BV Famalicenses p.2

Cultura

Famalicão assinala dos 150 anos do nascimento de Júlio Brandão p. 5

Feira

Artesanato regressa de 30 de agosto a 8 de setembro p. 4

Futebol: FC Famalicão eliminado da Taça da Liga no primeiro jogo Feliz assina pelo CD Feirense

Especial

3ª Sprint BVF

Ciclismo: Famalicense César Costa no Campeonato Europeu de Estrada pub


02

CIDADE

opiniãopública: 8 de agosto de 2019

PSD: Paulo Cunha gratula-se com 5º lugar de Jorge Paulo Oliveira

Phil Veras no Devesa Sunset, depois de Maro

O presidente da Concelhia de Famalicão do PSD, Paulo Cunha, congratulou-se, a semana passada, pela decisão da Direção e Conselho Nacional do partido de integrar o famalicense Jorge Paulo Oliveira, em quinto lugar da lista de candidatos à Assembleia da República por Braga, nas eleições legislativas de outubro próximo. “É uma boa notícia para Famalicão e para o distrito de Braga, uma vez que assegura a eleição de uma pessoa que tem mostrado uma enorme competência técnica, uma grande disponibilidade e entrega às missões políticas que lhe têm sido confiadas pelos cidadãos e um grande compromisso para com o distrito que o tem

eleito”, congratula-se Paulo Cunha, que participou na aprovação das listas de candidatos na qualidade de membro do Conselho Nacional. O advogado famalicense ocupa, ao que tudo indica, um lugar elegível. Nas duas eleições legislativas em que concorreu e foi eleito, Jorge Paulo Oliveira ocupou o 7º lugar em 2011 e o 8º lugar em 2015. Paulo Cunha não esconde o “sentimento de gratidão” à direção do partido presidido por Rui Rio, pela confiança depositada no famalicense que “é também sinónimo de confiança e reconhecimento no próprio trabalho que tem sido desenvolvido pela concelhia”.

Bombeiros Famalicenses têm novo adjunto de comando A cantora e compositora portuguesa Maro abriu a edição deste ano do Devesa Sunset, com um concerto que decorreu ao final da tarde da passada sexta-feira. Em agosto vai ser sempre assim, todas as sextas-feiras, a partir das 19 horas, há música ao vivo para ouvir e descontrair junto ao lago do Parque da Devesa. Para esta sexta-feira, dia 9, o convidado é Phill Veras, naquela que será a primeira passagem por Portugal do cantor e músico brasileiro, que conta com milhões de ouvintes e seguidores nas plataformas digitais. Todos os concertos são de entrada livre. pub

Verão tem sabor especial na esplanada do Restaurante Dragão

Joaquim Miguel Araújo Maciel é o novo adjunto de comando dos Bombeiros Voluntários (BV) Famalicenses. A tomada de posse aconteceu no passado sábado, no quartel da corporação. Joaquim Maciel, bombeiro há mais de 20 anos, atualmente exercendo funções de chefe do corpo ativo e distinguido em 2017 pela Liga dos Bombeiros Portugueses com a Medalha de Serviços Distintos Grau Prata, foi o escolhido para completar o Quadro de Comando, liderado pelo comandante Bruno Alves. A cerimónia contou com a presença do corpo de bombeiros e órgãos sociais, do vice-presidente da Câmara Municipal de Famalicão, do vice-presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses, do co-

mandante operacional distrital, do presidente da Federação dos Bombeiros de Braga, bem como amigos e familiares do empossado.

Na cerimónia foi ainda benzida uma nova viatura destinada ao transporte de doentes apadrinhada por Amadeu Marques, cidadão e empresário famalicense.

Mário Jorge Machado preside à ATP

FICHA TÉCNICA CONSELHO EDITORIAL:

Alexandrino Cosme, António Cândido Oliveira, António Jorge Pinto Couto, Artur Sá da Costa, Cristina Azevedo, Feliz Manuel Pereira, João Fernandes, Manuel Afonso e Almeida Pinto.

ESTATUTO EDITORIAL:

disponível em www.opiniaopublica.pt

DIRETOR: João Fernandes (CIEJ TE-95) jfernandes@opiniaopublica.pt

CHEFE DE REDACÇÃO:

PAN promoveu aula de yoga na Devesa O Partido Pessoas, Animais, Natureza (PAN) de Famalicão organizou, no passado domingo, uma aula de yoga, seguida de um piquenique vegetariano, no parque da Devesa. “Foi com grande satisfação que recebemos cerca de 40 pessoas que durante uma hora, se permitiram

Cristina Azevedo (CPJ 5611) cristina@opiniaopublica.pt

GRAFISMO:

informacao@opiniaopublica.pt Carla Alexandra Soares (CICR-248), Cristina Azevedo (CPJ 5611) e Sofia Abreu Silva (CPJ 7474).

Domingos Peixoto, Gouveia Ferreira, J. Mário Teixeira, José Luís Araújo, Sílvio Sousa, Vítor Pereira.

REDACÇÃO:

DESPORTO: Jorge Humberto, Filipe Jesus, José Clemente (CNID 297) e Pedro Silva (CICR-220).

reção cessante, liderada por Paulo Melo. Engenheiro de Polímeros pela Universidade do Minho, mal acabou o curso deitou mãos à tarefa de relançar a Estamparia Adalberto, transformando-a hoje numa das empresas mais modernas e inovadoras do seu subsector, e na disputa da liderança à escala global. Foi agraciado com a Comenda de Mérito Industrial pelo Presidente da República, em 2015, e, mais recentemente, com a medalha de ouro de mérito empresarial pela Câmara Municipal de Santo Tirso.

Foto: Jornal T

Após completar 4 anos nas novas instalações, o Restaurante Dragão não passa despercebido no mercado dos snack bares do concelho de Famalicão. Na verdade, muitos são os que se deslocam das cidades vizinhas para saborear as especialidades do restaurante, nomeadamente, os cachorros e francesinhas, cujas receitas se mantêm intactas desde que as portas se abriram há 37 anos. Foi precisamente em 2015 que a gerência do Restaurante Dragão se deparou com a necessidade de novas infraestruturas, junto ao Intermarché de Calendário, mais amplas e funcionais. Os clientes têm agora maior facilidade de estacionamento, desfrutando de um espaço aprazível, tanto interior como exterior. Aproveite e desfrute das tardes e noites de verão na renovada esplanada do restaurante Dragão.

O administrador da Estamparia Adalberto, Mário Jorge Machado, é o novo presidente da direção da Associação Têxtil de Portugal (ATP), com sede em Famalicão. O novo dirigente, de 57 anos, foi eleito, no passado dia 31 de julho, para o triénio 2019-21, à frente de uma lista única, que mantém os presidentes dos outros dois órgãos sociais: Eduardo Moura Sá (Idepa), na Assembleia Geral, e António Falcão (Têxtil António Falcão), no Conselho Fiscal. Mário Jorge Machado, natural e Braga, era o vice-presidente na di-

Carla Alexandra Soares e Pedro Silva.

OPINIÃO: Adelino Mota, Barbosa da Silva,

GERÊNCIA: João Fernandes

CAPITAL SOCIAL: 350.000,00 Euros.

DETENTORES DE MAIS DE 10% DO CAPITAL António Jorge Pinto Couto

TÉCNICOS DE VENDAS:

comercial@opiniaopublica.pt Agostinha Bairrinho, Maria Fernanda Costa e Sónia Alexandra

PROPRIEDADE E EDITOR: EDITAVE Multimédia, Lda. NIPC 502 575 387

desligar do stress do dia a dia e conectar com a natureza envolvente”, refere a concelhia famalicense do PAN, em nota à imprensa. O almoço foi de partilha, em vários petiscos vegetarianos foram divididos e apreciados por todos.

SEDE, REDACÇÃO E PUBLICIDADE: Rua 8 de Dezembro, 216 Antas S. Tiago 4760-016 VN de Famalicão

INTERNET

www.opiniaopublica.pt

CONTACTOS Redacção:

Tel.: 252 308145 • Fax: 252 308149

Serviços Administrativos:

Tel.: 252 308146 / 252 308147 • Fax: 252 308149

IMPRESSÃO:

Celta de Artes Gráficas, S.L. Gárcia Barbón, 87 Bajo - Vigo

DISTRIBUIÇÃO:

Editave Multimédia, Lda.

TIRAGEM DESTE NÚMERO: 20.000 exemplares, nº 1422

NÚMERO DE REGISTO: 115673 DEPÓSITO LEGAL: 48925/91


opiniãopública: 8 de agosto de 2019

PUBLICIDADE

03


04

CIDADE

opiniãopública: 8 de agosto de 2019

Frutivinhos alarga base exportadora da sua marca D. Sancho I

Vinho verde famalicense chega à Rússia Cristina Azevedo O vinho verde famalicense D Sancho I, assim batizado em honra do Rei Povoador que atribuiu o foral a Famalicão, vai chegar à Rússia. Esta semana, a Frutivivinhos - Cooperativa Agrícola de Famalicão que comercializa a marca – vai enviar para aquele país o primeiro de dez contentores, com cerca de 18 mil garrafas cada. Com esta encomenda, a Frutivinhos inicia um novo capítulo da sua história, que nos últimos anos não tem sido fácil. A nova direção, que tomou posse há três anos, restruturou a dívida da cooperativa e iniciou o processo de retornos dos produtores, considerado essencial para a sustentabilidade da cooperativa e para a projeção do vinho D. Sancho I. “Quando assumimos a direção, em 2016, recebemos 80 toneladas de uvas. O ano passado, que não foi um grande ano, recebemos perto de 500 toneladas”, salientou Alberto Carvalho, presidente da Frutivinhos, na apresentação do novo rótulo D. Sancho I, que aconteceu a semana passada, integrada no Roteiro pela Inovação de Famalicão, promovido pelo presidente da Câmara, Paulo

nalização dos produtos dos seus associados. “Um importador da Rússia gostou do nosso vinho e do nosso rótulo e o negócio concretizou-se”, concluiu Alberto Carvalho. Para o presidente Paulo Cunha, a gama D. Sancho I apresenta “vinhos muito bons e com enorme potencial para serem apreciados no mundo inteiro”, acrescentando que “o concelho – e a Frutivinhos, em particular – tem hoje para oferecer são vinhos jovens, frescos e leves, que evidenciam a variedade e qualidade das castas autóctones, espelhando a riqueza do nosso território no setor dos vinhos”. Com uma produção anual próxima dos 400 mil litros de vinho, a Frutivinhos também quer reforçar a implementação da marca D. Sancho I, que apresenta três verdes e três espumantes (branco, tinto e rosé) no mercado nacional e, sobretudo, no mercado local. Para o enólogo da Vercoop, João Paulo Gaspar, trata-se de um vinho “com Momento da apresentação do vinho que esta semana segue para a Rússia frescura, com alguma doçura… Cunha. lecer na região e também no portadora, que até aqui se limi- um vinho social, que nos proporAtualmente, são já perto de marcado internacional, sendo tava ao mercado da saudade e a ciona prazer tanto num convívio 50 os produtores locais que en- esta exportação para a Rússia Inglaterra, foi possível graças à como numa refeição”. tregam a sua produção à coope- importante para rentabilidade e intermediação da Vercoop, uma rativa famalicense, que está credibilidade da marca”, adian- união de adegas da qual faz veja em www.famatv.pt também “a conseguir que o tou Alberto Carvalho. parte a Frutivinhos, que tem em ou vinho D. Sancho comece a fortaEste alargamento da base ex- curso uma política de internaciopub

Decorre de 30 de agosto a 8 de setembro

Feira de Artesanato já tem programa Já é conhecido o programa da 36ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão. O certame vai decorrer de 30 de agosto a 8 de setembro, no antigo Campo da Feira. Com quase uma centena de expositores, entre representante do artesanato de norte a sul do país, até aos restaurantes e tasquinhas, a Feira famalicense aposta também num programa diário de animação musical, com os talentos locais em evidência. Este ano destacase, como novidade, a música de câmara com o concerto da JOF – Jovem Orquestra de Famalicão. Pelo palco vai ainda passar a habitual animação dos ranchos folclóricos e grupos etnográficos, da música popular e dos cantares ao desafio. Haverá também uma noite dedicada ao público mais jovem com o rap e o hip-hop de Jimmy P. Assim, no primeiro dia, 30 de agosto, a noite será preenchida pela música de Galadum Galundaina e pela exibição dos finalistas do

concurso nacional de bandas “Rock na Devesa”. No dia 31, sábado, a tarde será de folclore e à noite atuam o Grupo Quatro Claves e a banda The Goodies Jazz Gang. No domingo, dia 1, a música tradicional animará a tarde. Às 17 horas atuará o grupo Lend a Hand, de S. Tomé e Príncipe e a noite será preenchida com dança pela Academia Gindança e Alunos de Apolo de Famalicão. Duranate a semana, vão passar pelo palco, o Grupo Terceira Dimensão (dia 2), o conjunto Alvorada Musical

(dia 3), Sandy Kilpatrick (dia 4), Jimmy P (dia 5). Para o último fim de semana, o certame reserva para a noite de sexta-feira, dia 7, os Folc d’Ave e a Orquestra Sinfónica do Ave. No dia 7, á tarde, atua o Grupo de Cavaquinhos do Liberdade e, á noite sobem ao palco a Jovem Orquestra de Famalicão e o grupo Pedra d’Água. No último dia, há cantares ao desfio, a partir das 15 horas, e folclore a partir das 16 horas. A animação fecha com um concerto pela Banda Marcial de Arnoso.


opiniãopública: 8 de agosto de 2019

Até 26 de agosto pode deixar sugestões ou recomendações

PDM de Famalicão está em processo de revisão Arrancou na passada segundafeira e decorre até 26 de agosto o período de participação pública no âmbito da 2.ª revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) de Famalicão. Durante este período, os munícipes podem apresentar sugestões ou recomendações. A decisão desta segunda revisão foi tomada em reunião do executivo municipal e decorre da necessidade de adequar o PDM às alterações verificadas no quadro legislativo do ordenamento do território, com a publicação da Lei de Bases Gerais da Política Pública de Solos, de Ordenamento do Território e de Urbanismo e do Regime Jurídico dos Instrumentos de Gestão Territorial (RJIGT). Em nota à imprensa, a Câmara Municipal salienta que “não se pretende que esta revisão seja um momento de alteração da linha estratégica do município, ou que seja uma revisão crítica global, mas antes uma oportunidade para tornar o plano mais ajustado à reali-

dade territorial do município”. Segundo a Lei de Bases dos Solos, estes só poderão ser ou rústicos ou urbanos, deixando de haver os solos urbanizáveis, que geralmente correspondem a terrenos expectantes. Agora o solo urbano corresponde ao que está total ou parcialmente urbanizado ou edificado. Por sua vez o solo rústico corresponde àquele que, pela sua reconhecida aptidão, se destine, nomeadamente ao aproveitamento agrícola, pecuário, florestal, à conservação e valorização de recursos naturais, à exploração de recursos geológicos ou de recursos energéticos, assim como o que se destina a espaços naturais, culturais, de turismo e recreio (preâmbulo do Decreto Regulamentar n.º 15/2015, de 19 de agosto). Esta revisão vai permitir ainda o aperfeiçoamento de algumas normas, a correção das incongruências detetadas e a adequação à evolução das condições ambientais, económicas, sociais e

culturais, identificadas no Relatório de Avaliação do Ordenamento do Território, e nos Termos de Referência, disponíveis para consulta na página eletrónica do Município em www.famalicao.pt, e no Balcão Único de Atendimento. Os interessados poderão formular sugestões, apresentar observações ou informações, em qualquer momento do processo da 2.ª revisão do PDM de Vila Nova de Famalicão, através do site oficial do município, do correio eletrónico camaramunicipal@famalicao.pt, por via postal ou por entrega pessoal no Balcão Único de Atendimento. Refira-se que o PDM de Famalicão está no quarto ano da sua vigência, tendo a primeira revisão ocorrido em 2015. De acordo com os últimos dados disponíveis, 59,1 por cento do território de Famalicão é solo rural e 36,4 por cento é solo urbano, sendo que existe uma percentagem de 4,6 por cento de solo urbanizável.

CIDADE

05

Projeto Desperta e Brinca realizou sarau cultural

O Projeto Desperta e Brinca, em parceria com a Liga de Profilaxia e Ajuda Comunitária (LIPAC), realizou o seu Sarau Cultural, no auditório da Escola Secundária D. Sancho I, no passado, dia 31 de julho. O Sarau teve como o objetivo apresentar as atividades que foram desenvolvidas ao longo do mês de julho, com os responsáveis das suas áreas: yoga com a professora Maria José Dias; o espetáculo de teatro "Alice no Pais das Maravilhas" com encenação de Diogo Freitas e Filipe Gouveia; ilusionismo com Luís Barroso e malabarismo com Eddy. O espetáculo foi o culminar do final das férias de verão. A LIPAC aproveita para agradecer à Escola Secundária D. Sancho I e ao Centro Escolar Luís de Camões, bem como a todas as entidades que colaboraram neste projeto.

Programa evocativo arranca esta sexta-feira, 9 de agosto

Famalicão assinala 150 anos do nascimento de Júlio Brandão Esta sexta-feira, 9 de agosto, passam exatamente 150 anos sobre a data do nascimento de Júlio Brandão, o poeta, cronista, comentador literário, dramaturgo, professor e jornalista famalicense, que se distinguiu pelo contributo que deu ao panorama literário nacional. Nesse dia, pelas 9h30, o presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, vai descerrar uma placa comemorativa do nascimento de Júlio Brandão, localizada na rua de Santo António, precisamente a rua onde o poeta nasceu. De seguida será depositada uma coroa de flores na glorieta dedicada a Júlio Brandão, na rotunda 1.º de Maio. A efeméride será, entretanto, comemorada pelo município com ourtas iniciativas de cariz cultural que pretendem valorizar a me-

mória desta ilustre figura famalicense. Ainda para este ano, está prevista uma intervenção artística mural na Escola Básica Júlio Brandão e uma exposição sobre a “Vida e Obra de Júlio Brandão”, que ficará patente na Biblioteca Municipal, assim como o lançamento de uma edição fac-similada da sua obra poética “O livro de Aglaïs”. Para 2020, fica a realização de uma conferência nacional comemorativa e evocativa dos 150 anos do nascimento de Júlio Brandão. Júlio de Sousa Brandão nasceu a 9 de agosto de 1869, num prédio (já demolido) da rua de Santo António, no coração da cidade famalicense. Em 1874, com 5 anos de idade, Júlio Brandão foi morar para o Porto com a sua família, embora nunca tenha perdido a ligação à sua terra natal. No Porto lecionou na Es-

cola Infante D. Henrique e ocupou o cargo de diretor do Museu Municipal do Porto. Foi sócio correspondente da Academia de Ciências de Lisboa, da Academia Nacional das Belas Artes, do Instituto de Coimbra e da Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto. Pertenceu ao grupo dos "Nefelibatas", tal como Raul Brandão, com quem colaborou noutros projetos literários. Da sua obra, destaca-se “O Livro de Aglaïs”, uma obra poética que inclui uma carta-prefácio de Guerra Junqueiro. Alguns dos seus escritos encontram-se dispersos por diversas publicações periódicas portuenses e famalicenses, como as prestigiadas revistas “A Águia”, órgão do movimento de ação sociocultural autodenominado Renascença Portuguesa, e “Atlântida”. Dirigiu ainda, em

parceria com Álvaro de Castelões, “A Revista Internacional: O Soneto neo-latino”, uma publicação periódica que contou com a colaboração de poetas nacionais e internacionais. Júlio Brandão faleceu no dia 9 de abril de 1947, na sua casa do Porto e foi sepultado em jazigo particular no cemitério de Agramonte, também no Porto. pub


06

FREGUESIAS

opiniãopública: 8 de agosto de 2019

Falecimentos António Pereira da Cruz, no dia 16 de julho, com 76 anos, casado com Maria Palmira da Costa Pereira, de Santiago de Bougado (Trofa).

Lúcia Fernandes Pinto, no dia 6 de agosto, com 84 anos, solteira, de Nine.

Adriano Andrade dos Santos, no dia 22 de julho, com 66 anos, casado com Laura da Cunha e Silva Santos, de Esmeriz.

Agência Funerária Arnoso - José Daniel Pereira Arnoso Santa Eulália - Telf. 91 724 67 03

Manuel Augusto Moreira Gonçalves, no dia 21 de julho, com 44 anos, casado com Lurdes Manuela de Sá Carvalho, de Ribeirão.

Joaquim Carvalho de Faria, no dia 3 de agosto, com 62 anos, casado com Rosa Maria da Silva Fernandes Faria, de Landim.

António da Silva Pereira, no dia 25 de julho, com 54 anos, solteiro, de Santiago de Bougado (Trofa). Amávia Sá Pereira, no dia 26 de julho, com 86 anos, viúva de Augusto da Silva Carvalho, de Calendário. Cândido Pinto de Matos, no dia 28 de julho, com 80 anos, casado com Maria Celeste da Silva Pereira, de Ribeirão. Olívia de Jesus Maia, no dia 4 de agosto, com 101 anos, viúva de Manuel da Silva Reis, de Santiago de Bougado (Trofa). Funerária Ribeirense Paiva & Irmão Lda Ribeirão – Telf. 252 491 433

Maria Aurora Alves da Costa e Silva Abreu, no dia 30 de julho, com 69 anos, viúva de Joaquim de Abreu, de Pedome.

Alexandrina Maria Marques de Carvalho, no dia 4 agosto, com 59 anos, casada com Júlio Sampaio de Carvalho, de Delães. Elisa Silva Dias, no dia 6 de agosto, com 89 anos, viúva de David da Costa Fernandes, de Avidos. António Mendes Sousa Santos, no dia 6 de agosto, com 82 anos, casado com Rosa Costa Pontes Gomes, de S. Martinho do Campo (Santo Tirso). Agência Funerária da Lagoa Lagoa – Telf. 252 321 594

Maria de Jesus Pereira do Couto, no dia 4 de agosto, com 82 anos, solteira, de Oliveira S. Mateus.

Joana Marques de Freitas, no dia 31 de julho, com 82 anos, viúva de Agostinho Pereira, de Pevidém (Guimarães).

Joana Pereira da Cunha, no dia 3 de agosto, com 93 anos, viúva de José Machado, de Moreira de Cónegos (Guimarães).

Agência Funerária S. Jorge Pevidém– Tel.: 253 533 396

Agência Funerária Carneiro & Gomes Oliveira S. Mateus – Telm. 91 755 32 05

Adelaide Rosa Pontes, no dia 1 de agosto, com 91 anos, viúva de Narciso Pereira da Costa Oliveira, de Brufe.

Carlos Oliveira da Costa Rocha, no dia 6 de agosto, com 79 anos, de Airão S. João (Guimarães).

Agência Funerária do Calendário Calendário – Tel.: 252 377 207

Agência Funerária da Portela Portela (Sta Marinha)– Tel.: 252 911 495

Projeto do adro foi apresentado no Dia da Freguesia

Vale S. Martinho ganha nova envolvente à igreja A comunidade de Vale S. Martinho assinalou, no passado sábado, o Dia da Freguesia e a sessão solene comemorativa ficou marcada pelo anúncio e apresentação do projeto de requalificação da zona envolvente da igreja. Trata-se de “um novo espaço de bem-estar para a comunidade, um novo palco que vem dar uma nova centralidade a Vale S. Martinho”, disse o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, no decorrer da cerimónia. A proposta apresentada reúne um conjunto de infraestruturas e acessibilidades que permitem tanto a requalificação do espaço envolvente da igreja, como a sua ligação com os espaços exteriores do Centro Paroquial, através da criação de uma nova via paralela à Avenida Padre José Ferreira Correia e de um parque de estacionamento, com aproximadamente 40 lugares, conseguindo assim uma harmonização e ligação do espaço público daquele local.

O dia foi de comemoração em Vale S. martinho

Com este arranjo urbanístico, explicou Paulo Cunha, “vamos dar uma imagem de conjunto e valorizar estas duas unidades – Igreja e Centro Paroquial - que queremos que sejam os elementos fortes deste projeto”. O autarca lembrou que este projeto é ainda “um esboço” e que a Câmara Municipal está disponível para ouvir sugestões e outras propostas para que o resultado final seja o ideal para a comunidade de Vale S. Martinho. O presidente da Junta,

Manuel Oliveira, lembrou que esta intervenção estava no topo das prioridades do seu executivo e agradeceu o apoio da autarquia, sem o qual a concretização desta intervenção não seria possível. A sessão solene do Dia da Freguesia ficou ainda marcada pela homenagem a vários cidadãos, nomeadamente aos bombeiros voluntários naturais da freguesia, e pela homenagem póstuma a Augusto Correia da Silva, presidente da Assembleia de Freguesia.

Junta de Vermoim promove ações de formação profissional No passado dia 31 de julho, foram entregues Certificados de Formação Profissional, na Junta de Freguesia de Vermoim, aos formandos que frequentaram o curso de “Folha de Cálculo – funcionalidades avançadas”. O evento contou com a presença dos formandos; do presidente da Junta de Vermoim, Manuel Carvalho; do administrador da GTI, António Oliveira, e do formador Carlos Santos. Este curso, resultante da parceria entre a Junta e a GTI, é o primeiro e marca o início de um projeto pioneiro no concelho de Famalicão, que visa proporcionar formação profis- através do programa PO ISE/Portugal 2020. Dada a recetividade, estão agendadas sional a todos os trabalhadores que pretendam aumentar as suas competências, novas ações a iniciar nos meses de setembro de forma gratuita, pois são 100% financiados e outubro na autarquia de Vermoim.

Novais inicia construção do centro paroquial A paróquia de S. Simão de Novais vai avançar com a construção de um centro paroquial. A bênção da primeira pedra está marcada para o próximo dia 1 de setembro), pelas 18h00, na Igreja Paroquial. Após a celebração da eucaristia, haverá um jantar convívio na Academia de Culinária Aesacademy, em Ruivães, sendo que as inscrições devem ser efetuadas até 18 de agosto, através dos seguintes contactos: 916900139, 252931189, 919947329 ou 910160815.

Festival Calça-Ferros é este fim de semana Plutónio, Mc Zuka e Supa Squad são alguns dos nomes que, este fim de semana, vão subir ao palco principal do festival CalçaFerros, que se realiza de 9 a 11 de agosto no parque de lazer Calça-Ferros, em Pedome, com as margens do Rio Ave como pano de fundo. Plutónio sobe ao palco no primeiro dia do festival, sexta-feira, assim como os Last Chance e Rosamate. A sua sonoridade equilibra-se entre o Rap, o RnB e o Afro-Trap. No segundo dia, sábado, o Calça-Ferros recebe a sonoridade de Cálculo, do brasileiro MC Zuka e Supa Squad. O último dia do festival é dedicado às

famílias, com os habituais espaços de exposição de artesanato e de associações. Não faltará também animação para os mais novos, bem como atividades educativas sobre a temática do meio ambiente. Apesar de ser já a 4ª edição, esta será a primeira vez que a organização do festival será da responsabilidade do Grupo Recreativo Amigos de Calça Ferros, com os apoios da Câmara de Famalicão e da Junta de Freguesia de Pedome. O bilhete diário custa 5 euros, enquanto o passe geral para 9 e 10 de agosto tem um custo de 8 euros. No dia da família, a 11 de agosto, o festival tem entrada livre.


opiniãopública: 8 de agosto de 2019

Paulo Cunha foi ver o resultado do trabalho que envolveu 16 jovens

Projeto “Urban Youth” pinta mural em Gavião Cristina Azevedo As lendas, tradições e histórias populares das freguesias de Famalicão estão a colorir murais por todo o concelho, através do “Urban Youth”, um projeto de intervenção artística promovido pelo município, em conjunto com A Casa ao Lado. A mais recente intervenção aconteceu em Gavião, com a pintura de um mural no Parque das Ribeiras, que envolveu 16 jovens. “Trata-se de um projeto que permite levar a várias comunidades referências identitárias das suas freguesias, sob a forma de pinturas ou gravuras, em espaços centrais frequentados por pessoas, como é o caso deste parque em Gavião”, salientou o presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, numa visita que efetuou ao local, na quarta-feira da semana passada. Em Gavião, o mural interligou a imagem da águia “Gavião” com a imagem do nascimento de uma árvore e do seu crescimento, como que a proteger a população da freguesia. A imagem da árvore surgiu de uma lenda da freguesia, que foi descoberta pelos jovens. Esse conto relatava a existência de que a árvore de grande porte que não passava despercebida a ninguém, era o marco da freguesia. “Representa bem a história de Gavião”, observou o presidente da Junta, Emídio Brandão, satisfeito com o resultado final e com o envolvimento dos jovens no projeto. Precisamente, Gonçalo Lopes, de 16

O mural foi apresentado no decorrer de uma visita do presidente da Câmara ao local

anos, foi um dos participantes nesta experiência, que considerou “bastante enriquecedora”. “Gosto muito de pintar em espaços grandes, mas mais importante do que a pintura, foi o ambiente que criamos uns com os outros a criar a pintura. Formamos quase uma pequena família”, contou o jovem, realçando ainda ter ficado “a conhecer melhor a história de Gavião”. O projeto “Urban Youth” arrancou em 2016. Desde daí, já foram criados oito murais em freguesias do concelho, que envolveram 120 jovens, no total. Neste momento, estão ainda em execução os murais de Mogege, Louro/Mouquim e Vale S. Cosme. Ricardo Miranda, diretor artístico da Casa ao Lado, faz um balanço muito posi-

tivo da iniciativa, que “não é só o ato de pintar, mas é o ato de conhecimento da história de cada local e o ato de se relacionar”. Para o responsável, este projeto representa “um espaço de encontro e de trabalho em conjunto, que proporciona aos jovens envolvidos a oportunidade de ficarem a conhecer melhor o território do concelho”. Refira-se que o projeto “Urban Youth” é desenvolvido através do pelouro da Juventude do município e tem como objetivo promover o encontro e diálogo, entre jovens dos 12 aos 35 anos, no sentido de reforçar a coesão social e territorial através da arte.

FREGUESIAS

07

Castelões: peregrinação ao S. Bento reuniu 100 participantes Cerca de 100 pessoas participaram, no passado fim de semana, na peregrinação ao S. Bento da Porta Aberta organizada pela secção de montanhismo da Associação Desportiva de Castelões (ADECA). Esta foi a oitava edição da iniciativa, que desde o segundo ano adotou o nome de Peregrinação Francisco Martins, em memória de um dos percursores do evento que faleceu, no ano a seguir à primeira peregrinação. Os caminhantes saíram de Castelões às 7h00 da manhã de sábado e chegaram a S. Bento da Porta Aberta por volta das 7h00 de domingo. Durante o trajeto, foram apoiados pela organização com fornecimento de água e ainda com um jantar volante na Póvoa de Lanhoso, antes de retomarem a estrada durante a noite. Já na chegada ao S. Bento foi servido um pequeno almoço. Jorge Correia, da organização, faz um balanço positivo da iniciativa, que “de ano para ano vai crescendo em número de participantes”. “Tudo correu muito bem, sem percalços, e são cada vez mais as pessoas que se querem juntar a esta peregrinação”, referiu.

veja em www.famatv.pt ou pub


8

PUBLICIDADE

opiniãopública: 8 de agosto de 2019


Erros defensivos e ineficácia ofensiva ditaram a eliminação, no primeiro jogo oficial da época

Frieza serrana trama Famalicão na Taça da Liga 0-2 Estádio Municipal de Famalicão Árbitro: Cláudio Pereira Auxiliares: Cristiano Araújo e Diogo Mesquita

FC Famalicão S. Covilhã Defendi Lionn Nehuén Pérez Patrick William (Diogo Gonçalves 68’) Josh Tymon Gustavo Assunção Guga Pedro Gonçalves (Toni Martinez 59’) Fábio Martins Rúben Lameiras Anderson (Walterson 78’)

Igor Araújo Tiago Moreira Kiko Zarabi Brendon Lucas Daniel Martins Gilberto Rodrigues (Filipe C. 85’) Miranda João Bonani (Joel 76’) A. Castanheira Jean Batista Silva (Daffé 90+2’)

Treinadores João Pedro Sousa

Ricardo Soares

Go los: Jean (29’) e Silva (33’). Cartões Amarelos: Patrick William (53’), João Bonani (60’), Gilberto Rodrigues (62’ e 90+5’), Fábio Martins (73’) e Gustavo Assunção (91’).. Cartões Vermelhos: Gilberto Rodrigues (90+5’).

Pedro Sousa Sporting da Covilhã apresentou um bloco baixo e dificultou a tarefa aos O emblema famalicense dominou a comandados de João Pedro Sousa. posse de bola, mas foi incapaz de Com apenas um lesionando – Nico criar perigo junto da baliza de Igor. Shiappacasse lesionou-se numa Ricardo Soares montou a equipa sessão de treino -, João Pedro Sousa com bloco baixo e aproveitou os es- mudou apenas uma peça face ao paços concedidos pelos homens da jogo frente ao Rio Ave. Patrick Wilformação minhota. Com este resul- liam rendeu Riccieli, jogador que tado, FC Famalicão está fora da Taça ainda não obteve certificado. da Liga. O Sporting da Covilhã alinhou O Futebol Clube de Famalicão re- com uma formação montada para cebeu o Sporting da Covilhã, em jogar no contra-ataque e impediu o jogo a contar para a 2ª Fase da Taça FC Famalicão de chegar com perigo da Liga. A exibição foi pobre e o re- à baliza de Igor. Só com remates de sultado castigou a passividade de- longa distância, a equipa da casa fensiva e a ineficácia ofensiva dos conseguiu incomodar o guardião da homens de João Pedro Sousa. O de- formação serrana. Pedro Gonçalves saire por 0-2 deixa a formação fa- e Guga foram os homens que testamalicense fora da Taça da Liga, logo ram a atenção de Igor. A equipa fana primeira partida. malicense dominou a posse de Depois da vitória no último jogo bola, porém, contra a corrente do da pré-época frente ao Rio Ave, o Fu- jogo, duas distrações de Rafael Detebol Clube de Famalicão foi sur- fendi, em apenas quatro minutos, preendido em casa por um colocaram o FC Famalicão em desemblema da segunda divisão. O vantagem por duas bolas a zero.

No primeiro lance, o guardião brasileiro ainda reclamou infração de Jean, mas o árbitro da partida não atendeu ao pedido de Defendi. O segundo tento forasteiro surgiu de uma má saída do camisola 1 do FC Famalicão. A bola sobrou para Silva, que só empurrou para a baliza deserta, ampliando a vantagem. Entre os tentos da formação serrana, Pedro Gonçalves teve nos pés, na altura, o golo do empate. A reta final da primeira etapa trouxe um FC Famalicão mais pressionante, mas sem conseguir finalizar as jogadas de ataque. No segundo tempo, João Pedro Sousa mexeu no esquema tático e colocou Patrick William a jogar mais adiantado, somente no processo ofensivo. A equipa da casa demorou a adaptar-se e sofreu alguns contraataques perigosos. Adriano Castanheira teve nos pés uma clara oportunidade para o terceiro tento. Os minutos iam passando e só

Guga, através de um livre direto, esteve perto do golo. As bancadas ainda gritaram, mas a bola embateu nas malhas da baliza do lado de fora. A ineficácia famalicense continuou e os homens de João Pedro Sousa foram incapazes de evitar a derrota no primeiro jogo oficial da temporada. A próxima partida do FC Famalicão vai marcar o regresso ao primeiro escalão do emblema famalicense. O jogo frente ao Santa Clara, no sábado, às 16h30, no Estádio São Miguel, vai ser o primeiro jogo no principal escalão em 25 anos. João Pedro Sousa já não vai contar com Feliz, que se transferiu para o CD Feirense, mas já pode fazer alinhar Riccieli. Nico Shiappacasse continua fora das opções do técnico. veja em www.famatv.pt ou pub


10

FUTEBOL

opiniãosport: 8 de agosto de 2019

Manuel Crespo é o novo Feliz deixa FC Famalicão técnico da AD Oliveirense e ruma ao CD Feirense Através de um vídeo nas redes socias do Futebol Clube de Famalicão, Feliz Vaz disse que vai deixar o emblema famalicense. Num vídeo curto de 30 segundo, o jogador assumiu que pediu para sair porque considera ser a altura ideal para o fazer. “Pedi para sair porque senti que era o momento certo e o melhor para mim. Deixo o clube no lugar que merece e isso já me deixa muito feliz. Agradeço a todos, em especial aos adeptos, o apoio que me deram. A partir de hoje, serei um de vós”. Algumas horas depois, o atleta foi anunciado como reforço do CD Feirense.

Está escolhido o treinador que vai orientar a Associação Desportiva (AD) Oliveirense na próxima temporada. Manuel Crespo é homem que vai comandar o plantel da equipa de Oliveira Santa Maria. O espanhol de 38 anos tem no seu currículo uma passagem pelo departamento de scouting do Bétis de Sevilha. A juntar a isso, Manuel Crespo treinou a equipa de sub-19 do Colo Colo (Chile), na temporada 2017/2018, e a formação do Gibraltar Scorpion. O técnico terá como auxiliares Carlos Veliz (treinador adjunto), Marcos González (preparador físico) e Ricardo Andrade (treinador de guarda-redes).

Talocha assina pelo Atromitos Talocha, jogador formado no Futebol Clube de Famalicão, rubricou contrato com o Atromitos da Grécia. O defesa-esquerdo natural de Vila Nova de Famalicão deixa os axadrezados do Boavista e prossegue a carreira no campeonato grego. O jogador tinha mais um ano de contrato com o emblema boavisteiro e assina até 2021 pelo Atromitos. Talocha já representou o FC Famalicão, Vizela e o Boavista.

Equipa feminina do FC Famalicão começa a treinar em setembro A formação de futebol feminino do Futebol Clube de Famalicão já tem data para o início dos trabalhos para a época de estreia. A equipa famalicense começa a treinar no dia 1 de setembro, pelas 10 horas. O plantel liderado por João

Marques já tem várias partidas amigáveis agendadas. Porém, o jogo de mais relevo é frente ao CD Feirense, que vai servir de apresentação aos sócios e simpatizantes do clube. A partida está marcada para dia 6 de outubro, às 16 horas. O

primeiro jogo oficial da temporada está agendado para 13 de outubro e será referente à Taça de Portugal. O FC Famalicão vai competir na II Divisão Nacional feminina na época de estreia do futebol feminino no clube famalicense.

AD Ninense inicia trabalhos para a nova época O AD Ninense iniciou os trabalhos de preparação para a nova época desportiva. Com muitas caras novas e outras mais conhecidas, o plantel iniciou os trabalhos com alguns atletas ainda a gozar férias. Neste primeiro dia foram apresentados 15 jogadores. A direção, juntamente com o treinador, ainda se encontra no mercado à procura de mais reforços. A Divisão de Honra só se inicia no próximo dia 7 de setembro. pub


De regresso, a prova trouxe o espetáculo do desporto automóvel e muito público ao centro de Famalicão

Luís Silva vence a 3ª Especial Sprint BVF Pedro Sousa A 3ª Especial Sprint dos Bombeiros Voluntário de Famalicão (BVF) levou às ruas da cidade o espetáculo do desporto motorizado. No passado sábado, muito público vibrou com a perícia dos pilotos. Foram horas de adrenalina e de muita habilidade dos pilotos que conduziram os carros pelas estradas do centro de Famalicão. A prova teve início perto das 20 horas e terminou já madrugada a dentro. Com muita disputa pela vitória, Luís Silva, no BMW M3 E30, foi o mais rápido no somatório das duas passagens. O piloto famalicense teve como navegadora a sua sobrinha, Joana Silva. No final da competição, o condutor referiu que “não há vitórias fáceis” e sabia que “tinha uma concorrência muito forte”. O principal objetivo da dupla famalicense era apenas participar, mas a vitória ficou mais perto depois de uma excelente primeira passagem. “Depois da primeira passagem vi que era possível ganhar. Arrisquei tudo na segunda passagem e correu bem”. As principais dificuldades que encontrou no percurso foi a luminosidade. “A luminosidade para ver as chicanas complicou um bocadinho”, revelou, afirmando, no entanto, que foram “uns justos vencedores”. Os valores da terra levantam-se quando é chamado a participar numa prova organizada em Famalicão. “Eu costumo dizer que é a obrigação dos famalicenses participar. Enquanto conseguir, tiver carro e tudo permitir, cá estarei presente para participar”, confessou. Comentando a prestação da sobrinha, que fez o papel de navegadora, Luís Silva admitiu que ela acreditou no triunfo desde do início. Joana Silva, navegadora do BMW M3 E30, quer mais corridas e confessou que pode vir a pilotar um carro. “Agora quero mais corridas. Quantas mais corridas participar, mais experiência ganho e depois nunca se sabe se daqui a uns anos não mudo de banco”, sublinhou a navegadora de 16 anos. No KartCross, Márcio Araújo conseguiu subir ao degrau mais alto do pódio. O condutor do AG Sport foi mais rápido que a concorrência, mas destacou a dureza da prova. “Estas vitórias são sempre difíceis. A concorrência é sempre muito

Classificações Geral absoluta 1 - Luís Silva e Joana Silva – BMW M3 E30 2 – Pedro Almeida e Sofia Dias – Skoda Fabia R5 3 – Sérgio Nogueira – Renault Clio RS 4 – Pedro Nogueira – Citroen Saxo 5 – Duarte Freitas e Diogo Freitas – BMW E36 Classe 8 1 – Bruno Gomes e Georgina Pires – Fiat Punto 2 – João Silva e César Silva – Nissan Micra 3 – Pedro Carvalho – Nissan Micra Classe 9 1 - Pedro Nogueira – Citroen Saxo 2 – Domingos Silva e Gonçalo Silva – Peugeot 106 GTI 3 – Nuno Carvalho e Sónia Silva – Honda Civic Classe 10 1 – Sérgio Carvalho – Renault Clio R5 2 - Tiago Fontão e Ivânia Loureiro – Toyota Starlet 3 – Bruno Silva e Paulo Neto – Opel Astra GSI Classe 12 1 – Luís Silva e Joana Silva – BMW M3 E30 2 – Duarte Freitas e Diogo Freitas – BMW E36 3 – Jacinto Oliveira – Renault Megane Classe 13 1 - Bruno Costa e Diogo Costa – Mitsubishi EVO IX 2 – Daniel Pacheco e Inês Pacheco – Subaru Imprensa 3 – Jacinto Torres - Mitsubishi EVO VIII Classe 15 1 - José Carlos Magalhães e Eva Laranjeira – Fiat Punto R3D Classe 16 1 – Pedro Almeida e Sofia Dias – Skoda Fabia R5 2 – Ramiro Brito e Luís Roby – Citroen DS3 RS 3 – Paulo Pinheiro e Márcio Pinheiro – Renault Clio 3RS Classe 19 1 – Ricardo Ferreira e Nuno Carneiro – BMW E30 2 – André Araújo e Daniel Gonçalves – Mini Austin 3 – Rui Ralha – Citroen AX GTI Categoria Iniciados 1 – João Silva e César Silva – Nissan Micra 2 – Filipe Martins Jr e Nuno Costa – Fiat Cinquecento

difícil”, confessou. O percurso da 3ª Especial Sprint BVF foi elogiado pelo piloto, considerando o trajeto “espetacular”. A organização também mereceu um louvor de Márcio. “A organização é sempre excelente e o Team Baia agrada-nos sempre com estas organizações”, afirmou, lamentando o facto de a prova não ser realizada todos os anos. Porém, Manuel Lemos, representante dos BVF, deixou a garantia qua a prova é para continuar. “É uma iniciativa para continuar no próximo ano. Temos a consciência que a prova está num nível que é para continuar. Já não é só a nossa vontade. Temos definido que o primeiro sábado do mês de agosto é para esta prova e o município concordou connosco”, referiu. Relativamente a esta edição, o ele-

mento da organização da prova considerou que o balanço foi “extremamente positivo”. “Estamos muito satisfeitos. Foi uma prova que nos deu muito gozo organizar e foi mais um evento que serviu para aproximar a nossa associação da população”. Do lado da Câmara Municipal (CM), Vítor Pereira refere que o desporto motorizado é “uma aposta ganha” no concelho. O representante da CM de Famalicão afirma que a “organização da prova está a evoluir e isso é muito importante para o concelho”. A 3ª Especial Sprint dos BVF contou 81 pilotos que lutaram pela vitória em diversas classes. veja em www.famatv.pt ou

KartCross – Classe 18 1 – Márcio Araújo – AG Sport 2 – José Pereira – AG Sport 600 3 – António Gonçalves – AG Sport 1000 4 – António Silva – AG Sport 600 5 – Gabriel Monteiro – AG Sport 600 Taça BVF 1 – Sérgio Nogueira – Renault Clio RS 2 – Álvaro Pérez e Brainx Carnes – Mitsubishi EVO X 3 – Pedro Nogueira – Citroen Saxo Melhor Famalicense 1 – Luís Silva e Joana Silva – BMW M3 E30 Melhor Estrangeiro 1 – Álvaro Pérez e Brainx Carnes - Mitsubishi EVO X Categoria Feminina 1 – Rita Faria e Ana Leão – Fiat Uno 45S ver fotos pag. 14


12

ESPECIAL

opiniãosport: 8 de agosto de 2019

André Araújo e Daniel Gonçalves - Mini Austin

Daniel Silva e Márcio Moreira - Mitsubishi Colt

António Reis - Datsun 1200

Filipe Martins JR e Nuno Costa -Fiat Cinquecento

Fotos: Rui Couto; Beatriz Couto (www.digitalracingphoto.com)

Artur Cortinhas - AG Sport 1000

Filipe Moreira - BMW M3

José Azevedo e Sandra Silva - Nissan Micra

José Pereira - AG Sport 600

Bruno Costa e Diogo Costa - Mitsubishi EVO IX

João Faria e José Costa- Peugeot 205 Rally

José Carvalho - Honda Civic

Luís Silva e Joana Silva - BMW M3

Bruno Silva e Paulo Neto - Opel Astra GSI

João Silva e César Silva - Nissan Micra

José Freitas -Opel 1204 SL

Márcio Moreira e Daniel Silva - Fia


opiniãosport: 8 de agosto de 2019

E30

at Cinquecento

ESPECIAL

Vítor Pereira, Jorge Lopes, André Oliveira e Francisco Machado- Ford Mustang

Álvaro Laino e Isidro Ferreiro - Citroen Saxo Vts 16v - convidados estrangeiros

Octávio Carneiro - Seat Marbelha

Alvaro Perez e Braix Carnes - Mitsubishi Evo X - - convidados estrangeiros

Nuno Carvalho e Sónia Silva Silva - Honda Civic

Pedro Almeida e Sofia Dias - Skodia Fabia R5

Ricardo Ferrão e Claúdia Martins - Opel Corsa A

Nuno Rodrigues e Ricardo Sousa - Volkswagen Polo

Pedro Carvalho - Nissan Micra

Ricardo Ferreira e Nuno Carneiro BMW E30

Paulo Costa -Datsun 1200

Ricardo Azevedo e Rita Martins - Peugeot 205 Rally

Vítor Costa e Vítor Silva - Peugeot 106 XSI

13


14

ESPECIAL

opiniãosport: 8 de agosto de 2019

Pódio Absoluto Automóveis

Pódio Classe 8

Pódio Classe 9

Pódio Classe 10

Pódio Classe 12

Pódio Classe 13

Pódio Classe 15

Pódio Classe 16

Pódio Classe 19

Pódio categoria de Iniciados

Pódio Absoluto Kartcross

Vencedor Taça BVF

Pódio Melhor Famalicense

Pódio Melhor Estrangeiro

Pódio Melhor Equipa Feminina

Agradecimento BV Famalicão ao Ave Motor e Team Baía

Volta da Consagração Feita num Packar de 1927


opiniãosport: 8 de agosto de 2019

PUBLICIDADE

15

LIMPEZAS FLORESTAIS

Faço serviço de limpeza com roçadora de terrenos, quintais etc Preço sob consulta. Tenho uma vasta experiência em limpezas florestais

Paulo Oliveira : 910 026 596

SAMPULAU CONSTRUÇÕES

TROLHAS DE 1ª - TROLHAS DE 2ª SERVENTES

CONTATO: 917 770 182

VENDE-SE

imóvel composto de casa de R/C, destinado a habitação e quintal, em Sequeirô STS CONTATO: 919 589 223

PART-TIME DAS 16H ÀS 20H 300€/MÊS FIXO M/F

ZONA:FAMALICÃO/STºTIRSO/TROFA

CONTACTO: 252 044 173

T3 PARA VENDA

ZONA DO TALVAI CONTATO: 918 233 732


16

MODALIDADES

opiniãosport: 8 de agosto de 2019

A poucos dias de competir na prova de fundo do Campeonato Europeu de Estrada, César Costa sente-se preparado para a competição

“Representar o meu país não é todos os dias” Pedro Sousa Em semana de Volta a Portugal em bicicleta, há um famalicense, no escalão de juniores, que vai levar as cores da seleção nacional ao estrangeiro. César Costa, ciclista de apenas 18 anos, vai participar no Campeonato Europeu de Estrada, em Alkmaar, na Holanda. O jovem vai correr 115 quilómetros da prova de fundo, nesta sexta-feira (9 de agosto). O corredor da Vito-Feirense-PNB vai ter a companhia de Daniel Dias, Pedro Silva, Diogo Narciso, João Carvalho e João Macedo, no escalão de juniores. Em entrevista ao OPINIÃO PÚBLICA, César Costa disse que já conhece muito bem o trajeto. “É um percurso bastante plano, com bastantes curvas técnicas, onde a colocação vai ser fundamental”, confessou o jovem, mantendo a esperança num bom resultado. O ciclista descreveuse como um corredor “com bastante técnica”. Isso pode ser um fator crucial para ter uma boa prestação na prova. “As maiores dificuldades são a rapidez do percurso e ter bastante técnica. Se não nos colocarmos bem, vai ser uma prova complicada. Pode haver muitos cortes no pelotão e depois é complicado recuperar”, realçou. A conquista de um pódio não está descartada, mas o principal foco é aprender com a participação nesta competição europeia.

“Espero correr bem e aprender muito, vai ser uma grande aprendizagem”, sublinhou, frisando que é um orgulho representar Portugal e que vai dar o “máximo porque representar o país não é todos os dias”. Falando um pouco da comitiva que também vai para a Holanda, César Costa referiu que pode haver supressas. “Nós podemos ter uma boa prestação. Há muita experiência e com capacidade de lutar pelos lugares cimeiros”, confessou. Para já, as atenções estão centradas na prova, mas o jovem famalicense referiu que pretende seguir a vida de ciclista. Porém, já está a preparar o futuro para além do ciclismo. “Gostava de levar a vida de ciclista. Contudo, a carreira de um ciclista é curta e tenho de pensar mais para o futuro”, admitiu, revelando que se inscreveu no curso de Engenharia Mecânica. “Espero conseguir tirar o curso e conciliar com o ciclismo”, referiu. A paixão pelo desporto apareceu porque tinha uns primos que praticavam esta modalidade. “O ciclismo surgiu na vida como encargo familiar. Tinha uns primos que praticavam o desporto e foi por aí que despontou”. O apoio familiar é um fator importante para levar a vida de ciclista. César sempre teve esse o apoio. “Se a família não ajudar é muito complicado de seguir em frente”, aludiu. Apesar da tenra idade, o famalicense

deixa um conselho a quem está a pensar iniciar-se nesta modalidade. “Que pensem neste deporto como uma escapatória para os problemas. Que é como eu faço. Não tenham medo e que a família não os trave porque isso é um grande problema hoje em dia”, aconselhou. A Volta a

Recorde do Mundo na performance Elo batido no VII TICF

Decorreu, dos dias 28 de julho a 3 de agosto, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco Vila Nova de Famalicão, o VII Torneio Internacional Cidade de Famalicão (TICF) organizado pelo Clube de Xadrez A2D, contando com o apoio da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Didáxis, Cooperativa de Ensino da Didáxis, Asso-

ciação Académica da Didáxis, Associação de Xadrez do Distrito de Braga, Federação Portuguesa de Xadrez e Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. O diretor do torneio foi Mário Oliveira, coordenador do CX A2D, e a arbitragem foi chefiada pelo árbitro internacional Eduardo Viana, coadjuvado pelo árbitro internacional Paulo

Rocha e pelo árbitro nacional Carlos Dias, presidente da AXDB, a quem foi atribuída uma norma de Árbitro FIDE. O grande vencedor foi o Grande Mestre de Xadrez arménio Karen Grygorian, cabeça de série nª 1, que alcançou 9 pontos em 9 jogos e um prémio monetário de 1000 euros. Com uma performance 100% vitoriosa foi estabelecido em Vila Nova de Famalicão o recorde do mundo, no que diz respeito à performance de Elo, isto é, ranking da FIDE de 3103 de Elo. O anterior record pertencia ao atual Vice-Campeão Mundial, GM americano Fábio Caruana, que em 2014 alcançou uma performance de Elo 3098 na Sinquefield Cup (Estados Unidos da América). Este Torneio Internacional contou com a participação de 98 atletas, representantes de 10 países, entre os quais 18 eram Mestres de Xadrez.

Portugal está a decorrer e César Costa não perde uma etapa. “Gosto de acompanhar. Tento puxar pelos ciclistas da terra”, confessou. A aventura pelo país das tulipas começou a ser preparada com muita antecedência. O jovem partiu esta quarta-feira

para participar na prova de sexta-feira (9 de agosto). Juntamente com César, Portugal vai estar representado por outro famalicense, mas no escalão de sub-23. André Carvalho participou no contrarrelógio na quarta-feira e vai correr na prova de fundo, na sexta-feira.

Sofia Oliveira conquista bronze em Zagreb Sofia Oliveira ficou em terceiro lugar no Europeu Universitário - EUSA Combat Championship, em Kickboxing, na categoria de -60kg, na disciplina K1. A atleta representou a Universidade do Minho e foi a única que conquistou uma medalha na comitiva portuguesa. Durante a participação, a famalicense teve um percurso difícil, tendo, contudo, eliminou a atleta da Sérvia, que é a atual campeã da Europa de K1 -60kg. O campeonato incluiu quatro desportos, 36 países, 404 universidades, 1300 participantes de Kickboxing, Karaté, Judo e Taekwondo. Foi o primeiro ano que a modalidade de Kickboxing teve neste tipo de evento.

Sérgio Silva ajuda ACRSD Napo no título nacional da II divisão Sérgio Silva, atleta famalicense, sagrou-se, no passado fim de semana, em Leiria, campeão nacional da II divisão, ao serviço do ACRSD Napo. O atleta esteve em destaque ao vencer a competição de salto em comprimento, obtendo a pontuação máxima.

Profile for Editave Multimédia

Opinião Pública - 1422  

Edição 1422 de 8 de Agosto de 2019 do Semanário Regional Opinião Pública.

Opinião Pública - 1422  

Edição 1422 de 8 de Agosto de 2019 do Semanário Regional Opinião Pública.