Issuu on Google+

De 10 a 17 de abril de 2014 • Edição 1189 ANO XXXIV • www.operumo­lha­do.com.br

r i v e d Po e t n e u q u e e u q estou ! o d n ferve Bianca Gusmão, estudante de psicologia, apaixonada por Geribá.

O MAIOR ­ AL JORN BÚZIOS

Foto: Fred Rozário

UM JORNAL CEGO, SURDO E MUDO


Pensar cansa

Por Luisa Barbosa - Cientista social, mestre em Ciências Humanas (UFRJ) e professora da rede pública de ensino

N

a minha última aula de filosofia, antes da prova do bimestre, fiz uma proposta de trabalho que deixou os alunos do 1o ano atordoados. Pedi, no final da aula, que eles fizessem um trabalho dissertativo, individual, de no mínimo sete linhas, relatando quando foi a última vez que eles pararam para pensar, e como tinha sido essa experiência. Revolução na sala de aula. Daqueles que prestavam atenção e dos que não prestavam: “o quê?”; “pensar?”; “faltam 15 minutos para acabar a aula professora!”; “vale ponto?”... Diante de tantas indagações, uma sintetizou o que todos eles queriam dizer. Uma estudante, no auge de seu brilhantismo, disse: “ah professora, pensar cansa”. De fato. Ela estava certa. Pensar cansa. Pressupõe reflexão, conhecimento acumulado, energia. Etimologicamente, significa avaliar o peso de alguma coisa. Poderia tirar uma conclusão simplista desse episódio, típica do senso comum: “os alunos são preguiçosos. Não fazem esforço... Essa geração não quer nada”. Com isso, terminaria esse artigo e a reflexão que tem me consumido há dias com um também simples ponto final. Mas me nego a acreditar nisso. Esses mesmos estudantes que questionam, gritam e às vezes até dançam na sala de aula, não tem preguiça. Eles são capazes de passar 50 minutos tentando beijar um colega, colar chiclete no cabelo de outro, ou assistindo vídeos eróticos no you tube, ali, ao alcance do celular. Não, eles não são preguiçosos. São dinâmicos, conectados e cheios de energia. Há pouco mais de um século atrás no Brasil (teoricamente até o final do século XIX), coronéis e traficantes de escravos não queriam que os negros pensassem. Refletir poderia levá-los a entenderemse como humanos, sujeitos de direito. Queria-se que os negros se sentissem bichos e aceitava-se que no máximo eles se vissem como ferramentas, meios de produção, propriedade de outrem. Estes sim, humanos. Bem antes, René Descartes (1596-1650) já dizia

Não vamos tapar o sol com a peneira. O atual sistema de ensino é chato pra cacete!

que a essência do homem é pensar. Karl Marx (1818-1883), que o pensar distingue o ser humano dos outros animais. Foi por pensar que, num dado momento da história, os humanos começaram a produzir os seus próprios meios de exis  tência e realizaram o trabalho. Antonio Gramsci (1891-1937), mais tarde, disse que todos os homens e mulheres poderiam ser intelectuais, já que todos possuem a faculdade do pensar. No entanto, mesmo após as reflexões desses e de mais filósofos, a espoliação da população negra e de outros tantos povos, continuamos a rejeitar nossa essência e nos assemelhar mais aos animais. Sentimos prazer não com uma música complexa, bem executada, ou com uma obra de arte, atos que exigem pensamento. Nossas principais fontes de deleite são aquelas compartilhadas pelo elefante ou pelo cão: o ato sexual e o ato de se alimentar. E vibramos quando conseguimos fazer as três refeições do dia, conforme recomenda a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura). Na mesma semana da aula o Marcelo (Lartigue)   me ligou, num misto de ânimo e desânimo (sen-

timento complexo, da dialética, mas permitido a todos os humanos mortais, como é o caso). Ele falava para escrevermos sobre uma pesquisa realizada em São Paulo pelo Instituto Data Popular, a pedido do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp). A pesquisa identificava que quase a metade dos alunos da rede estadual de ensino do estado paulista (46%) admitiam já ter passado de ano sem ter aprendido a matéria. Atravessavam as série escolares sem pensar. Terminavam o ensino básico sem refletir. A pesquisa de São Paulo ajudou a conectar a experiência em sala de aula, aqui em Búzios, à realidade educacional do país. O não pensar é um problema da humanidade, que se intensifica de tempos em tempos. A escola, reflete e é refletida por essa realidade oca. Aprender em sala de aula e pensar é um ato de bravura e vitória. A conclusão que se chega é complexa, e dedicouse a ela dias de reflexão: enquanto continuarmos agindo sem pensar, professores, estudantes, todos, nunca teremos a educação que merecemos, por simplesmente sermos humanos.

  2

De 10 a 17 de abril de 2014 – O Perú Molhado


Prefeitura de Búzios

trabalhando com competência

Pela primeira vez, em 14 anos que resido nesta bela e amada Cidade, vi a Prefeitura trabalhando e o Prefeito, em pessoa, inspecionando e interagindo com os moradores e comerciantes do local e sem fingir falar ao telefone para não ter que conversar com as pessoas. Os funcionários da Empresa Terra e Mar, simpaticamente e com competência iniciaram os serviços para refazer as calçadas que cheias de buracos, num recado simples de que a Prefeitura e o Prefeito respeitam os cidadãos buzianos e turistas, para que não caiam e não se machuquem ao andar pelas calçadas da cidade. Fotos by Beth Braga

Fomos tratados com respeito

O

i meu nome é Luz Bres, e sou a mãe de Valentino Echezarreta Bres, (7 anos) e Uma Irina Teixeira Bres (4 anos), eu gostaria de contar uma boa noticia sobre a Secretaria de Educaçao de Buzios, já que sempre destacamos o lado ruin das coisas, mas eu quero contar o lado bom também. Eu enviei um e-mail solicitando ajuda a respeito de que não conseguiamos vaga para meu filho Valentino no segundo ano do Ensino Fundamental aqui em Buzios. Nós morávamos no Rio de Janeiro (faz pouco tempo que estamos morando aqui) e a escola em que estudava fechou e a diretora foi morar em outra cidade, as professoras de lá me deram o telefone da antiga diretora, mas quando eu liguei pra ela o telefone dava como inexistente. Quando cheguei aqui fui a Secretaria de Educação e falaram que só ia matricular com o protocolo ou histórico, que não tinha outra opção. Então eu fui direto nas escolas, para explicar minha situação, que não temos nenhum protocolo ou histórico. Eu fui na Alipio *que não tem vaga nem para segundo ano, nem jardim, pré I, eu fui na José Bento *. A pessoa que me atendeu não foi muito fléxivel a respeito, realmente não tinha vaga para minha filha, e a que mas gostei foi a escola na entrada da Ferradura, Emigdio, que guardaram a vaga para meu e filha. Eu falei pra as escolas que eu tenho do primeiro ano que ele estudava: a constância de aluno regular no inicio das aulas 2013, a carteirinha de estudante dele, as avaliações finais do primeiro ano da escola, e os livros e cadernos que ele utilizou, como prova. Mas sem o histórico ninguém pode matricular.

Então recebei uma resposta dias depois e ligaram da Secretaria da Educação pra minha casa, e falaram que o secretário estava no Rio fazendo um curso e que na segunda feira, 31 de Março, ele voltava e poderia conseguir uma vaga pra ele, e que ia se comunicar conosco para saber o que aconteceu, se houve alguma solução, mas não recebemos novidades. Então eu mandei outro email mais exigente e com mas hostilidade. Meu filho e filha não podem ficar sem ir na escola, é a obrigação que tem todas as crianças né. E eu, e meu esposo não estamos em condições de pagar uma escola particular. Eu acredito na escola pública. No dia seguinte do meu email, na terça feira, recebemos outra ligação do Marquinhos, que foi procurar vaga pra nossos filhos na escola da Ferradura, dizendo que fossemos na Escola para matricula-los. Quando chegamos lá todos sabiam os nomes deles, nos trataram com respeito e fizemos a matricula dos dois. Eles començaram no outro dia, na turma da tarde como queriamos. Eu Luz Bres e meu esposo Diego Teixeira Gomes queremos agradeçer a Secretaria da Educação e a Escola Emigdio Gonçaves Coutinho por receber os meus filhos com muito carinho. Obrigada de coração. Aqui eu mando a primeira foto com felicidade que eles començaram seu primeiro dia da Escola, e com nosso terceiro filho do segundo ano acompanhando.

Beth Braga agora pode fazer cooper sem medo de quebrar as ancas

Luz Bres - Rua Celeste da Costa n.33, casa 3 fundos - Manguinhos

A maior empresa da região para guardar sua embarcação! Canal Norte, Rua Alamaeda João de Barros, 41 - Baia Blanca (22) 2629-1590 • azulmarina@azulmarina.com.br • www.azulmarina.com.br De 10 a 17 de abril de 2014 – O Perú Molhado

3


Notificação

André, você quer um beijo? Entrevista bomba com Nani Mancini

4

De 10 a 17 de abril de 2014 – O Perú Molhado


Da redação

O

empresário Nani Mancini recebeu uma notificação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Pesca para apresentar a licença ambiental do prédio onde hoje funciona a boate Pacha, na Rua das Pedras, no prazo de três dias. O que acontece é que Nani, segundo ele mesmo, não é proprietário do prédio em questão. O empresário naturalizado brasileiro conta que antes disso foi intimado pela justiça de Búzios a uma audiência de conciliação com o prefeito André Granado. Confiram a entrevista que o Perú fez com ele. Antes de falarmos da notificação gostaríamos de perguntar sobre do que se trata o processo que o prefeito André está movendo contra você, tudo bem? Sim. Tivemos uma audiência de conciliação na qual aceitei um acordo diante da acusação que ele, André, me fez. Ele me acusa, tendo apenas um empreiteiro da prefeitura como testemunha, de ter afirmado que o contrato do lixo é uma roubalheira e que o bairro de Cem Braças alagou porque ele não pagou a conta de luz que mantém as bombas de sucção de lá funcionando. Eu nunca disse isso, então aceitei o acordo proposto pelo juiz Gustavo Arruda de que eu deveria publicar esse esclarecimento em jornal. Disse ao juiz que aceitava e que iria publicar no Perú Molhado, mas o prefeito disse que tenho influência no jornal. Então disse a ele que escolhesse o jornal, e ele não quis escolher. Disse a ele ‘o Globo está bom?’ Ele disse que sim, mas fez uma ressalva, que teria de haver uma multa caso eu não cumprisse o acordo. Eu concordei de novo, afinal não tenho tempo a perder, já estou com 60 anos e estava na frente de um juiz, acho que ele como prefeito também não deve ter tempo a perder. O juiz fixou a multa em R$5 mil, sabe o que o André disse? ‘Isso não

paga nem a minha viagem para Miami!’. Disse isso na frente do juiz. Mesmo diante de uma afirmação leviana como essa, eu me mantive quieto, não repliquei. E que desfecho teve isso? Eu cumpri o acordo, o esclarecimento foi publicado no O Globo e não foi barato $$$$$$$. É importante ressaltar que não se trata de uma retratação, mas um esclarecimento e que diante do juiz eu disse que aceitava o acordo, mas que queria expor minha situação neste país e nesta cidade. Sou empresário, moro em Búzios há 25 anos, sou cidadão buziano e cidadão carioca, recebi esses títulos. Mas acima de tudo sou cidadão brasileiro, tenho passaporte brasileiro. Fui ex-presidente da Associação Comercial de Búzios (ACB), ex-secretário de governo, recebi título de empresário do ano, fui candidato a vereador e serei de novo, e faço oposição declarada ao prefeito. Sou membro do PT do B, do vereador Gugu de Nair, presidente do partido. Acho que mereço respeito, já escrevi diversas matérias para os jornais locais falando abertamente o que penso e nunca recebi notificações por elas, não participo de conversas de bêbados em bar, por isso não tive problema em expor no Globo, repito que custou muito caro, que nunca disse o que o contrato do lixo é uma roubalheira e que a Cem Braças alagou porque o André não pagou a conta de luz, como o empreiteiro afirma que eu teria dito. E do que exatamente se trata a notificação que você recebeu recentemente? Apresentar a licença ambiental do prédio nº 151 na Rua das Pedras, construído em 1991. Eu não sou dono desse prédio, onde está à boate Pacha, que eles estão me notificando. Não sou dono do prédio da Pacha e nunca fui. Estão me cassando na rua para me notificar de algo que não é meu. Há 21 anos que existe esse prédio comercial com habite-se e alvará. Estou vendo que por ser oposição estou sofrendo,

me parece, uma perseguição política. Por que estaria sofrendo perseguição política? Quando fui secretário de governo, na mesma época que André, apoiei o prefeito Toninho Branco a mandar essas pessoas embora: Kleber, Jurandir, Henrique DJ, Natalino e outros, que estão de volta, direta e indiretamente, no comando da gestão atual da prefeitura. Quando fui secretário de governo eu não quis me aliar a ele, por isso estou sendo perseguido, querem se vingar de mim. Uma das discordâncias com André, quando ele era secretário, foi com a ONEP, disse pra ele que teria de fechá-la, era uma ONG que fazia tudo na área da saúde e eu era contra. Na prefeitura de Magé, a Polícia Federal prendeu todo mundo que tinha ligação com esta ONG na época. Sobre a retirada dos vasos e as ameaças dos fiscais contra meu filho, é bom lembrar que fizemos uma ocorrência na delegacia da cidade com o apoio do Dr. Marcelo Villas. O processo ainda será julgado. Estou preocupado, não tenho a menor ideia do que se passa na cabeça deles. Repito que estou há 25 anos nessa cidade, sou brasileiro. Nos últimos 10 anos não tenho recebido uma notificação e agora está chovendo notificações. Estou vivendo sobre pressão. Teme pela sua integridade física? Está começando a ficar preocupante. Sou refém. Mas agora chega. Quero expor à comunidade a perseguição da qual estou sendo vitima. Isso abala sua permanência na cidade? Vivo e quero morrer aqui. Essa é minha cidade, contribuo há 25 anos para o crescimento dela. Basta, não vão me calar. Como diz Tostoi: “Às vezes não queremos guerra, mas a guerra nos quer”.

Nani Mancini, do Buda Beach, oferece o Silk Beach Club a Federação Nacional de Policiais Federais A FENAPEF (Federação Nacional dos Policiais Federais) tem a satisfação e a honra de convidá-lo para a cerimônia de homenagem às personalidades que se destacaram nos cenários político, social, econômico e cultural no ano de 2013. Data: 28 de Abril de 2014. Horário: 19:30. Local: Silk Beach Club – Praia Brava – Armação dos Búzios. Homenageados: EXMO. SR VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA MICHEL TEMER (PMDB-RJ). EXMO. SR VICE-GOVERNADOR DO RIO DE JANEIRO LUIZ FERNANDO PEZÃO (PMDB-RJ). EXMO. SR PRESIDENTE DA ALERJ – ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO- DEPUTADO ESTADUALPAULO MELO (PMDB-RJ) EXMO. SR SENADOR JARBAS VASCONCELOS (PMDB-PE).

EXMO. SR PREFEITO DE ARMALÇÃO DOS BÚZIOS ANDRÉ GRANADO (PSC). EXMO. SR PRESIDENTE DA ANPR – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PROCURADORES DA REPÚBLICA- DR. ALEXANDRE CAMANHO. EXMO. SR JUIZ DA SEGUNDA VARA DA COMARCA DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS DR. MARCELO ALBERTO CHAVES VILLAS. EX-PRESIDENTE DA OAB-FEDERAL DR. CEZAR BRITTO.

PRESIDENTE DA ACEB- ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DE BÚZIOS – ENGENHEIRO SALVIANO LÚCIO MARTINS LEITE. VICE-PRESIDENTE DA ACEB- ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DE BÚZIOS- EMPRESÁRIO JACQUES JACKY SITBON. DIRETORA DA ACEB- ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DE BÚZIOS- PSICÓLOGA DRA MÔNICA GOUVEIA DE AQUINO NETO. MAJOR DA POLÍCIA MILITAR CLAUDIO ANDRADE SUCUPIRA PERINI.

AGENTE FEDERAL APOS. ADVOGADO DIRETOR DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DE BÚZIOS – ACEB, CHEFE DO DETRAN-BÚZIOS DR. VALDELIR PINNA.

PRESIDENTE DA CSB- CENTRAL DOS SINDICATOS BRASILEIROS – ANTONIO FERNANDES DOS SANTOS NETO.

PRESIDENTE DA CÂMARA DOS VEREADORES DE SÃO PEDRO D’ALDEIA LUCIANO DE AZEVEDO LEITE (PMDB).

PRESIDENTE DO SINDSOL– SINDICATO DOS HOTÉIS E MEIOS DE HOSPEDAGEM DA REGIÃO DOS LAGOS – THOMAS WEBER.

EXMO DEPUTADO FEDERAL OTONIEL LIMA (PRB-SP) PRESIDNTE DA FRENTE DE APOIO À REESTRUTURAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL.

EX-PREFEITO DE CABO FRIO MARQUINHOS MENDES (PMDB).

PRESIDENTE DO SINFFAZ- FEBRASFICO – MARCUS VINÍCIUS BOLPATO.

EXMO. SR DEPUTADO FEDERAL DÉCIO LIMA (PT-SC).

EMPRESÁRIO GEORGES ANTONIE JEAN MANCINI.

CARTÓRIO DE DISTRIBUIÇÃO DO DISTRITO FEDERAL – OFICIAL MC ARTHUR DI ANDRADE CAMARGO.

EXMO. SR SENADOR RANDOLFE RODRIGUES (PSOL-AP) EXMO. SR DEPUTADO FEDERAL WELITON PRADO (PT-MG)

EXMA. SRA DEPUTADA ESTADUAL ANA PAULA LIMA (PT-SC).

De 10 a 17 de abril de 2014 – O Perú Molhado

5


O pôr do sol de Búzios

Uma nova onda para o turismo Por Victor Viana

C

om certeza, o pôr do sol está entre um dos maiores espetáculos da natureza, mas em alguns lugares, o “show” é ainda melhor. Em Búzios, é consenso que esse momento cotidiano e, no entanto, tão especial pode ser observado em várias praias, como Azeda, Azedinha e Rasa. Porém, quem já está fora da areia, pode acompanhá-lo dos bares e restaurantes da Orla Bardot (praia da Armação) ou do Porto da Barra, em Manguinhos. Vai soar clichê e, talvez, até gasto, mas é preciso afirmar e reafirmar nossa vocação turística e ele, o turismo, é dinâmico. Já se tornaram comum nas ruas as afirmações de que só teríamos praia e restaurantes a oferecer a quem se decide por Búzios na hora de dar uma passeada, então que busquemos novas experiências para oferecer aos nossos “patrões” (é assim que devemos ver o turista), e o pôr do sol pode ser uma boa iniciativa. Em algumas cidades do mundo o pôr do sol, além de sua beleza por si só, passou a ser acompanhado de verdadeiros “acontecimentos” que transformam o espetáculo natural em um verdadeiro evento.

Pelo mundo A revista Forbes elegeu as 10 regiões do mundo onde o pôr do sol é palco para belas e grandes celebrações. Foram citados lugares como a Ilha de Oia, em Santorini, na Grécia onde além de vislumbrar o cenário da ilha, os espectadores podem ver um espetacular show de luzes, e Ibiza, na Espanha, onde na faixa de areia da badalada praia, os turistas e locais também aplaudem o espetáculo da natureza e ainda podem observar paraquedistas e shows de luzes com muitas batidas

6

comandadas por DJs. A revista destaca a manifestação semelhante que acontece no Rio de Janeiro, onde uma multidão se junta para aplaudir o belo pôr do sol da praia do Arpoador, como também no país vizinho, Uruguai, onde uma multidão se propõe a aplaudir a bela vista do sol que começa a se esconder nas margens da praia. Como vemos no Brasil, apenas o Rio de Janeiro ganhou destaque na publicação americana, mas outras cidades brasileiras têm investido na propaganda de seu pôr do sol, como Porto Alegre. O pôr do sol do Guaíba recebe sempre destaque nas ações turísticas da capital gaúcha e pode ser contemplado durante um chimarrão na Usina do Gasômetro, um passeio pelo Cais do Porto, uma caminhada pelo calçadão ou até mesmo flutuando no próprio lago com o famoso Cisne Branco, que realiza passeios pelas principais ilhas e happy hours a bordo. O Nordeste não poderia ficar de fora, e o pôr do sol ganhou trilha sonora em João Pessoa. Todos os dias, quando o astrorei dá os últimos suspiros na praia fluvial do Jacaré, o saxofonista “Jurady do Sax” entoa nada menos que o “Bolero”, de Ravel. O espetáculo acontece por volta das 17h e atrai moradores e turistas que lotam os vários bares à beira-rio. Mas famoso mesmo é o pôr do sol do Key West, onde os americanos afirmam que é o ponto onde o sol se põe na América. Milhares de pessoas são atraídas a esse evento, especialmente uma grande quantidade de navios. Bem mais que os dois permitidos em Búzios, ficam atracados para festejar o pôr do sol, uma verdadeira festa. Key West é uma badalada cidade gay (eles foram, aliás, os principais responsáveis pelo “renascimento” da ilha e pela restauração de muitas casas históricas a partir dos anos 1970), de frente para a ilha de Fidel.

Ah por do sol de Manguinhos... Que une os amigos a te brindar Que une os lábios dos amantes Que encanta o nosso olhar Que inspira o artista Que hipnotiza o espectador Tu és intenso!!! Te amo!!! (Adriana Lucena) Dr. Domênico e sua esposa Adriana Lucena

E Búzios? Uma movimentação nesse sentido já começa a acontecer na cidade, no Porto da Barra já se pode ver a aglomeração de pessoas no fim da tarde, em especial de sexta a domingo, fotografando o poente e batendo palmas de admiração pelo espetáculo que se forma na Praia de Manguinhos. O Bar do Gordo e o Anexo têm sido os mais procurados, assim como o Bar 77. O anexo oferece um ambiente de lounge para seus frequentadores e foi pioneiro nesta “celebração” ao pôr do sol e, há alguns anos, tem a tradição de também tocar o Bolero de Ravel na hora em que o sol se põe. Mas o pôr do sol também é destaque nos estabelecimentos da Orla Bardot, desde o badalado Bar do Zé (que está no Guia dos guias do Boni e do

Amaral), o happy hour do Salt e o Satyricon. Na Armação, o pôr do sol também é lindo e pode ser apreciado degustando um delicioso peixe no restaurante A Peixaria. Quem está em busca de romantismo, uma boa pedida é o pôr do sol visto do Hotel Vila d’Este, um refúgio com a essência de Búzios, um lugar que preserva a autenticidade e a tradição. A promoter e fotógrafa profissional, Sylvana Graça, conta que há cerca de seis anos se apaixonou pelo pôr do sol e desde então vem registrando, em especial o das praias de Búzios. Mas Sylvana também atenta para outra opção de contemplação da beleza do fim de tarde na península: contemplar o nascer da lua nas praias da Brava, no Silk Beach Club (que já se tornou o point) e também Geribá, onde o Fishbone já é uma tradição no fim de tarde.

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado


O sol, a pedra, o Arpoador Texto e fotos de S3: Janir Júnior De dreadlocks bem cuidados e loiros, a menina de olhos azuis, tatuagem nas costas e pele branca tingida pelo sol do Rio, enrola tranquilamente seu baseado. Quase ao lado, um grupinho arranha acordes no violão. Cachorros correm sem coleiras. Senhores circulam com desenvoltura pelo local dominado pela juventude bronzeada. Tem quem ande a bordo da cerveja. Outros, espumante. Na água, surfistas aproveitam uma esquerdinha que se forma depois de bater nas rochas. Um dia clássico no Rio – céu azul, calor e mar caribenho – chega ao fim. Na pedra do Arpoador, tipos se misturam para acompanhar o pôr do sol emoldurado pelo morro Dois Irmãos e a praia. Na cidade em que os preços levam o cidadão a sobreviver em vez de viver, ainda é possível ser feliz sem gastar um tostão. O pôr do sol é, para mim, uma visão que limpa a alma. Aquele toque final, a última pincelada no quadro de um dia típico do Rio. Que venha a noite, pois o dia se foi, “o sol mimiu”, como diz José no auge dos seus três anos. Obrigado, ó Deus, por mais um dia. E que dia. As mazelas, crimes, desigualdade social do Rio. Por alguns minutos, deixar-se cegar pelos feixes de luz. O sol nasce para todos. E se põe para todos. E, além de ficar centralizado ao meio-dia, o sol vai para os dois lados. Da ponta até a última ponta. Do nascer ao adeus. Rio, 5h50m: do Leblon se olha para o Arpoador. Ao raiar do dia, o sol começa a aparecer bem mais ao fundo da pedra do Arpex, passando pela Praia do Diabo, lá na direção do Leme. Rio, 18h30m: o sol se põe em direção às barbas do Leblon. Olha-se do Arpoador. A ordem dos fatores -

dos horários, do Leblon ou do Arpex - não altera o resultado. O sol indo, o azul colorindo, o laranja tingindo, dia e noite se confundindo, com o perdão da pobre rima. Se médico fosse, eu receitaria doses semanais de um pôr do sol carioca. Com o forte calor em janeiro, a cidade transpirava. A praia chamava. E, em pleno Rio de Janeiro de 2014, virou moda ir à praia no verão. Entre os selfies da vida (menos selfie, mais portrait), uma das imagens mais postadas em redes sociais retratava o pôr do sol visto das areias de Ipanema, o sol caindo ao lado do morro. (Dica: faça uma foto sem se demorar. Olhar através da câmera não é olhar. Registre na alma antes de postar na rede social.) Sobe-se a serra, roda-se o Brasil e o mundo. Sou de poucas fotografias em viagens. Tenho amor pela arte de fotografar. Já tentei entender o motivo de tamanho desleixo, de tamanho contrassenso, mas quando paro, penso e lembro, as imagens aparecem na parte interna da testa – como um cinema do EU interior. Tenho tudo fotografado na lembrança: pôr do sol em São Pedro da Serra, lindíssimo em Trindade, incandescente na África do Sul, frio em Santiago, estonteante nas praias de Salvador, Arembepe, singelo em Portugal, com chuva e sol laranja no Suriname. Um sol, vários “pôr”.

Em dias de lua cheia, estende-se o happy hour solar direto para o luar, seja na pedra do Arpoador ou na areia. Tem quem bata palma para o pôr do sol em Ipanema. Um gesto de outras épocas e décadas que resistiu. Implico. Dia desses, noite dessas, estive lá na pedra do Arpoador observando a loira hiponga rastafari fashion da PUC, os novos, os mais velhos, os cães. Mas a pintura das fotos ao lado foi feita num dia menos agitado. E de rara beleza. E com cena de filme. Um casal – ele de terno, ela vestida de noiva – se equilibrava com uma mão na pedra, outra na(s) cintura(s), outra mais para segurar um balão rosa metálico em forma de coração. O fotógrafo em ação. Pensei: um edital de moda. O casal se beijava apaixonadamente. Trocavam olhares. Carinhos. Faziam poses sem medo do que pensaria alguém que pudesse achar tudo aquilo ridículo. Chegaram a discutir em certo momento: uma onda mais forte respingou na noiva. Era real de mais para ser casal de edital de moda. E era mesmo um casal com personagens da vida real. Estavam ali, com fotógrafo e assistente pagos com uma gorda quantia, para fazer o book de casamento. Ao fundo, o pôr do sol, lá ao longe do morro Dois Irmãos. Registrei o momento com uma foto. Confesso que, em vez de ridículo, fiquei sensível com a cena. Casamentos foram feitos para durarem para sempre. O sol, a pedra, o Arpoador. Ali estarão juntos para toda eternidade. E, no fim da tarde de um lindo dia no Rio, era uma vez um casal que se amava, que prometeu estar junto na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, mas que um respingo de uma onda mais forte separou. O mar e o sol como testemunhas. Que sejamos todos felizes para sempre.

e d a d i c a d o d i r o l o c s i a m l o s o d r O pô Rua das Pedras • Tel.: 2623-4681

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado

7


Um verdadeiro Astro Por Sandro Peixoto

Q

ue me desculpem Mário e Ana Paz. Que me desculpem Bebeto Karolla; Fernandinha Ramos; Caverna e Alexia Deschamps. Hoje para mim, o melhor ator de Búzios se chama Bruce Henry. Bruce. Ou apenas Bruce, nosso querido contrabaixista da saudosa Estalagem que está em cartaz no canal Max Prime 2 ( cana 80 na SKY) na série Destino: Rio de Janeiro. Neste episódio da série, Bruce vive Vince Summer, líder de uma banda de rock americana em turnê pelo Brasil. Em sua segunda passagem pela capital, o músico fica sabendo que tem um filho já adulto, fruto de uma noite de amor com uma carioca durante sua primeira turnê no Brasil. Por lei, os canais internacionais com programação no Brasil são obrigados a produzir conteúdos locais. Essa regra abriu espaço para novos diretores e também para novos atores. A série Destino: Rio de Janeiro aborda pequenas historias que acontecem na cidade maravilhosa. Envolvendo pessoas de fora e moradores locais. Como os canais pagam reprisam bastante sua programação, basta procurar no menu da operadora que assistir um Bruce digno de uma estatueta do Oscar. Ele dá um show e em nenhum momento (como alguém possa imaginar, já que ele mesmo é músico) interpreta a si mesmo. Bruce conseguiu assimilar todos os nuances de um líder roqueiro velho, mas atual. Reza a lenda que em Búzios todo mundo é artista. Ou se comportam como tal. Temos heróis, heroínas e vilões e vilas a dar com o pau. Se fossemos fazer um filme sobre nossa cidade, usando os próprios moradores como personagens, teríamos um Drama em tanto. No passado, esta mesma película poderia ser uma Comédia ou mesmo um Romance, mas hoje, com tudo que assistimos no dia-a-dia, o ideal seria um Drama mesmo. Com muita sacanagem, roubalheira, drogas e traições de ambas as partes. A seguir o roteiro, em breve todos os buzianos estarão escalados para um filme de terror, ou daqueles de fim do mundo.

8

Bruce Henry desde pequeno sabia que seu futuro era ser ator

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado


China foi um dos primeiros a fotografar José Wilker DOIS ATORES NÚS NA GRUTA DE PARQUE LAGE - (1969/1970) Foto by Armando Rozário (China)

Amigo Marcelo, Fui designado para fazer as fotos dos atores da peça de Arabal que iria estreiar no Teatro Ipanema em 1970. Sugeri para o meu Luis Sergio, divulgador das peças do teatro de Ivan Albuquerque que as fotos deveriam ser bem differentes das cenas comuns de ensaios da peça (no palco). Escolhi o Parque Lage como cenario para as fotos dos atores José Wilker e Rubens Correia. Quando chegamos no parque, fizemas algumas fotos com as roupas da peça, com poses dinamicas, como nos ensaios no palco. Logo em seguida, lembrei da pequena caverna/gruta do parque. Sugeri que os dois atores (meus amigos) possasem nus dentro da gruta. Eles toparam na hora! Tinha pouca luz dentro da gruta, e fui obrigado a registrar uma sequencia de fotos com uma velocidade de obturador baixa com a abertura total

da objetiva. Os atores veteranos fizeram um serie de poses, e consegui algumas fotos marcantes. Ampliei o melhor da serie para um cartaz fotográfico de um metro por um metro e meio. A foto foi exposta no Teatro Ipanema. Foram impressos mil exemplares offset no formato 50 x 70 cms. O meu filho Frederico viu a foto exposta numa cena de um jornal da TV ontem, que estava fazendo a cobertura do velorio de Jose Wilker. Esta mesma foto fui publicada no livro de Rui Castro “Ela é Carioca”

Fotos by Ferd Rozário

Um grande abraço Armando Rozário Barra de São João

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado

9


Fernando de

Ana Paula e sua filha adoraram Fernando de Noronha

Ir a Fernando foi a realização de um sonho. Destino apaixonante, praias paradisíacas, pessoas simpáticas, bom serviço apesar de caro (aceitável por estarmos numa Ilha). Sensação de que o valor pago pelas altas taxas de conservação ambiental e marítima compensam a visita. Serviço de transporte urbano funciona bem, mas vale a pena alugar um Buggy.

10

Senti falta de informação turística local, pois infelizmente perdemos a possibilitade de visita à Praia da Atalaia, onde é preciso pegar uma autorização no ICM Bio logo que chegar à Ilha. A procura é grande e o acesso é limitado. Destino super recomendado, maravilhoso. Espero voltar em breve!” Ana Paula Cuiñas - Dpto de Operações - Del Bianco Travel Experience

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado


Te amo mil vezes. Obrigada por existir!

F

ernando de Noronha te amo, mil vezes obrigado por existir...obrigado por meus olhos terem a oportunidade de admirar este pequeno Paraiso, não sei mais viver um dia sem pensar em estar de novo em tuas areias, praias de sonhos e descanso...Deus deve ter tirado a famosa Ciesta Argentina bem depois do Almoço,,,Será??? foram dias maravilhosos, seremos sempre agradecidos por toda a vida, este lugar nos deu de presente os mais belos dias ensolarados e mágicos que tivemos nesta viagem, muito obrigado A Praia da Conceição que me fez chorar enquanto entrava neste mar azul Céu, destas lembranças lindas voltamos para casa, em Búzios sabendo que aqui também podemos ser cuidadosos com nosso pedacinho de Paraiso, mas se deixarmos de querer este lugar, tão pronto não terá mais beleza nenhuma.

Gisele, seu filho e as belezas de Noronha

Noronha

Giselle Pereira

Búzios copie Noronha! Por Marcelo Lartigue

C

hegamos a Fernando de Noronha pela segunda vez quase no mesmo dia, a empresa aérea Azul não teve teto para pousar, sobrevoamos o arquipélago durante uma hora e tivemos que retornar a Recife. Mas tudo que imaginávamos referente a Noronha foi superado pala magia do lugar. Lá está tudo muito bem cuidado e protegido, aliás a natureza manda, dá as ordens, e nos “obriga” a visitála o tempo todo para chegar às praias espalhadas pelas pequenas ilhas, desde a praia dos surfistas, com ondas que Búzios sonha ter, como na praia da Conceição, ou a belíssima praia do Sancho, de difícil acesso, só é bom pelo mar. A Mônica teve coragem de descer por um buraco que parecia ir ao fundo de uma mina, buraco cercado de animais e bichos. A praia do Sancho foi escolhida a mais bonita do mundo. Fomos lá para confirmar essa categoria e realmente não há praia em Búzios mais bela que ela. Lá confirmamos que aquela reunião em Málaga dois anos atrás, classificando como sendo Búzios o melhor destino de praia era uma tremenda cascata. Além de que Fernando de Noronha é bem cuidada pelos próprios moradores, as numerosas pousadinhas parecem competir em limpeza e arrumação das calçadas cheias de flores. Difícil achar lá “nosso” perfume de esgoto ou qualquer tipo de violência. Visitar Noronha para nós, buzianos, é uma obrigação.

Mônica caiu no buraco Marcelo, o rei do mar

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado

(quinta a domingo / thursday do sunday 10:00 - 19:00)

11


Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas Calçada Livre. Apesar da iniciativa da prefeitura em reformar as calçadas do centro, a população não colabora. Já podem ser vistos afundamentos e rachaduras nas novas calçadas, principalmente próximo a SEB. Motivos: A péssima qualidade do material empregado em alguns pontos e a falta de civilidade e educação da população e não de turistas, ao colocar seus automóveis em cima das calçadas. Demissão. Para quem não sabe, não foi o prefeito quem demitiu o secretário de meio ambiente e sim seu próprio partido, o PT. Por desentendimentos com o secretario, André Granado entregou o cargo a direção estadual do PT, por se tratar de cota de participação partidária em seu governo. A direção estadual não titubeou, sarrafeou o secretario e indicou imediatamente seu substituto. Desburocratização. Em reunião com representantes do conselho de meio ambiente, o atual secretario da pasta, noticiou sua intenção de desburocratizar os processos de licenciamento. Como esse filme já conhecemos, vem muito trabalho para o Ministério Público por ai.

João taxista com a jornalista mais bonita da secretaria de turismo, Tatiana Costa

“Benvenuti à Búzios“

Pode isso, Arnaldo? Com as mudanças ocorridas com a saída do secretário de meio ambiente, a secretaria virou um pandemônio. É visível a guerra entre os petistas, para saber quem sai, quem entra e quem permanece na secretaria de meio ambiente. Mas o pior mesmo é ver o presidente do partido local trocar o comando da agremiação partidária por um cargo no governo. Há bem pouco tempo, quando o PT primava pela ética em suas fileiras, essa situação era tornada pública, com o afastamento do presidente da direção partidária e sua imediata substituição. É esperar pra ver. Aliens. Com a saída de mais de 700 petistas do governo de Sérgio Cabral por conta da candidatura própria do PT ao governo do estado, quem esta acomodando os “Sem Cargo”, são as prefeituras do interior, onde o PT tem participação. Com isso, quem paga a conta da falta de conhecimento do “modus operandi” da administração pública e do ritmo da cidade é a população, pois os quadros do PT local não tem nenhuma memoria do funcionamento da maquina pública, para informar ao novo secretário que nada conhece também. Festa do Cabide. Está tramitando na Câmara dos Vereadores um projeto de lei de iniciativa do governo e gestado na Secretaria de Desenvolvimento Social que regulamenta as feiras livres no município. Chama a atenção neste projeto, a criação do cargo de Gerente de Feira. Como é feio um chefe mandar nele mesmo, vem por ai mais cargos para o contribuinte pagar. Nas feiras livres em quase todo o estado, o simples deslocamento de um fiscal de posturas para realizar o trabalho de fiscalização dá conta do recado. Mudam os atores mais o cenário permanece o mesmo. UPP em Búzios. Enquanto o Beltrame, o exército, as policias civil, militar e federal e a marinha dão um sacode nas favelas, nos morros e conjuntos habitacionais da capital, a bandidagem e os milicianos sentindo que a chapa tá quente, resolveram entrar em férias coletivas e descansar na região dos lagos. Para não ser importunados em seu descanso, a rapaziada decretou toque de recolher em parte de Vila Verde e Maria Joaquina. Afinal, estamos em baixa temporada e tá na hora da população ir pra caminha mais cedo. Com a palavra, o Conselho comunitário de Segurança. Campanha salarial 2014. Se depender dos funcionários da prefeitura de Búzios, a campanha salarial deste ano promete grandes emoções. Varias categorias estão se mobilizando, no melhor estilo do sindicalismo de luta e vão partir pras cabeças. Enrolados pelas sucessivas administrações, os funcionários públicos resolveram dar um basta e prometem fechar o 12

tempo na relação patrão e empregado. Mangue de Pedra. O primeiro embate do novo secretário de meio ambiente com o movimento social será, com certeza, pela criação da unidade de conservação do mangue de pedra. Sem paciência com a falta de posição da prefeitura de Buzios, os articuladores deste movimento vão partir com tudo em cima do novo secretário. Como ele e seu substituto desconhecem a força do movimento social na cidade e o PT local não tá nem ai pra luta, vai ser o primeiro teste de resistência do novo titular do meio ambiente. Aliás, como é que se fiscaliza o meio ambiente com apenas três fiscais concursados. Volta Morel, nosso Rambo Buziano. Meia sola. A investida do governo municipal em cima dos quiosques da ferradura, acabou ficando mesmo no campo das ações espetaculosas. Foram retirados os decks e nada mais. Vem chumbo grosso por ai por parte do Ministério Publico Federal e da Justiça Federal de São Pedro da Aldeia. Começamos mal. O novo secretario de meio ambiente de Búzios, Fabio Jorge Dantas de Sousa foi candidato a vereador pelo PT no município de São João de Meriti em 2012, alcançando a cifra de 891 votos e ficando na suplência do cargo. Até ai, nada de anormal. Um detalhe importante: O nobre edil

suplente, teve suas contas de campanha desaprovadas pelo Ministério Publico Eleitoral. Pelo menos até o julgamento final de todos os recursos ele é ficha suja para o mais desavisado dos eleitores. Puta que pariu. Aproveitando que a baixa temporada já tomou conta da cidade afetando principalmente o comércio, pousadas e hotéis, vários empresários resolveram aceitar a sugestão do Perú Molhado e estão organizando uma delegação para conhecerem de perto esta cidade mineira. Segundo uma liderança expressiva do setor empresarial, que pediu para ter sua identidade preservada, melhor ir a puta que pariu e dar férias coletivas para seus funcionários do que ter a integridade de seu furico comprometida. Uai sô, num é qui todo ano é a messssssma coisa. A Universidade Veiga de Almeida disponibiliza curso de Turismo para quem deseja ingressar na área. O turismo é uma das atividades mais rentáveis da Região dos Lagos, que é um destino muito procurado por visitantes de todo o mundo. O curso de Turismo da UVA possui nota quatro no ENADE, sendo essa nota até cinco, além de contar com uma oficina especializada. O curso tem duração de três anos. Na noite da última quarta feira, dia 09 de abril, os times cariocas Flamengo e Botafogo foram elimina-

De 10 a 17 de abril de 2014 – O Perú Molhado


Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas dos da Libertadores. O Flamengo bateu recorde de eliminações de uma equipe brasileira na primeira fase da competição. No Botafogo, Eduardo Hungaro deve ser demitido na volta ao Brasil. Aqui na redação tem gente fazendo bico... Ainda falando de futebol, acontece no domingo, dia 13 de abril, a segunda partida da final do Campeonato Cariosa. A primeira partida da final terminou em 1 a 1. O Flamengo joga por um empate, por ser o mandante do próximo jogo, enquanto o Vasco precisa de uma vitória simples. E aí, pintou o vice? Prefeito de Búzios, André Granado, reuniu a imprensa buziana para café da manhã comemorativo ao dia nacional do jornalista na última quinta feira, dia 10 de abril. O dia nacional do profissional da informação aconteceu na última segunda feira, dia 07 de abril. A confraternização acabou virando uma coletiva de imprensa, onde André Granado foi bombardeado por perguntas, inclusive sobre a CPI do B.O. Também na última quinta feira, dia 10, foi lançado o projeto Flor&Ser Cultural, no Centro Comercial Porto Bello, em Búzios. O projeto consiste na criação e divulgação de produtos artesanais e está sendo organizado pela Colonial Búzios Eventos & Projetos. O Flor&Ser acontecerá todas as quintas feiras de 11h às 17h no mesmo local de lançamento e, contará ainda, com a intervenção de renomados artistas plásticos da região uma vez por mês. Ainda na última quinta feira, Carlos Henrique Alves, de 45 anos, foi preso em Cabo Frio suspeito de atuar como falso médico e falso professor de educação física. O homem foi denunciado por uma aluna da academia Bioforma e acabou sendo preso em flagrante.

O dia 10 de abril realmente bombou de notinhas. Durante entrevista para o RJTV sobre os assaltos na Presidente Vargas, no Centro, menor passa e tenta arrancar o cordão da senhora que cedia entrevista em frente às câmeras. O repórter ainda tentou correr atrás do bandido, mas não conseguiu alcançá-lo... Policiais da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) prenderam, na quinta-feira da semana passada, dia 03 de abril, em Búzios, um homem suspeito de estuprar uma mulher em Cabo Frio. Adalton Apolinário da Silva foi reconhecido pela vítima, uma mulher de 32 anos. A rede hoteleira de Búzios tem muito o que comemorar. O fato é, que os hotéis da cidade já estão com 50% das vagas reservadas para o período da Copa do Mundo, que acontece a partir do dia 12 de junho até 13 de julho. A procura se deve aos visitantes quererem fugir dos altos preços da capital do estado. Dentre esses 50% das vagas preenchidas, 80% são brasileiros. A Prefeitura de Búzios, por meio das Secretarias de Turismo e Educação, está com as inscrições abertas para os cursos de inglês e espanhol, nos Centros de Idiomas da Ferradura e da Rasa. As inscrições vão até o dia 30 de abril e devem ser feitas no Pórtico da cidade, contando com cerca de 100 vagas. Já está eleito! Descobrimos que um conhecido exfuncionário do governo de Mirinho está definitivamente em campanha para 2016. Uma própria eleitora dele disse ao Perú que ele tem uma estratégia muito grande e que está dando certo. Com sua poderosa ferramenta de marketing, tem conquistado os votos da mulherada. Há quem diga que Já foi flagrado de madrugada na Praia de Tucuns com uma eleitora casada, foi visto saindo de madrugada da casa da exmulher, andou visitando uma beata na Rasa e agora está transferindo o título de uma repórter da Intertv. Até Moia vota nele. Homem é preso em Arraial do Cabo suspeito de estuprar a irmã desde que ela tinha oito anos de idade. Hoje, a jovem possui 17 anos. A polícia procurava o rapaz quando ele aca-

bou sendo preso em flagrante por cometer um furto em um supermercado na cidade. Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o elemento foi preso devido a uma denuncia da própria mãe. Do dia primeiro de maio até o final de agosto deste ano, a Associação Búzios Convention & Vistour Bureau (BC&VB), em parceria com a Autoviação 1001, vai distribuir nos embarques Rio x Búzios, Rodoviária Novo Rio e aeroportos Tom Jobim e Santos Dumont, o Mapa de Vantagem do BC&VB, ferramenta comercial que divulga os serviços prestados pelos associados. O mesmo será feito na linha São Paulo x Búzios. A ideia promete aumentar o movimento de turistas na região, principalmente em época de Copa do Mundo. Mais um Roubado. Desta vez foi O Rei do Churrasquinho do alto da Rasa. Dizem que ele ao ficar comentando que guardava dinheiro em casa para comprar um carro, o lalau ouviu e fez uma visita a casa dele, enquanto ele trabalhava. Pesquisa. Com intuito de contribuir com a municipalidade (Governo Municipal e Câmara de Vereadores) a Associação de Hoteis de Búzios (AHB) e Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SindBúzios – SindSol) realizam pesquisas de avaliação sobre turismo de cruzeiros marítimos que visitam Búzios. A ferramenta utilizada é a SurveyMonkey, um dos mais populares sites de pesquisa do mundo, com 15 milhões de clientes. De acordo com o presidente do SindBúzios-SindSol, empresário Thomas Weber, a intenção é estimular a população, principalmente as residentes em Búzios, a responder questionário de múltipla escolha e direito a comentários, a opinar sobre esse tipo de turismo em nossa cidade. Basta acessar o facebook do SindSol e participar da pesquisa, que leva menos de um minuto. Óbito. O executivo escocês, Scot Peter Campsie, de 48 anos, foi morto a tiros na rodovia Niterói-Manilha, segundo a polícia, em uma tentativa de assalto. O caso ganhou repercussão na imprensa internacional. A Divisão de Homicídios de Niterói afirmou que a vítima estava em um carro da empresa quando foi abordada por dois supeitos que vinham em um Cross Fox. O Perú fez várias entrevistas com Scot que gostava de descansar em Búzios.

Porto da Barra • Reservas: 2623-3731 De 10 a 17 de abril de 2014 – O Perú Molhado

13


“Eu quando chego a um lugar busco ser humilde, me comportar o mais próximo possível das pessoas locais, me inserir no ambiente. Trago meus livros, é natural, é orgânico, se é pra ser burro, eu realmente me deixo ser um pouco burrinho. Fui para Madagascar e as pessoas lá vivendo em um primitivismo danado, na beira dos manguezais, procurei me inserir naquilo, participar. Aqui em Búzios eu fico procurando pessoas legais, (mas não encontra - disse Marcelo, rindo), acho que o efeito do sol deixa as pessoas menos propensas a papos cabeça, mas a noite em Búzios as pessoas tomam um vinho e ficam mais felizes (mas não ficam cultas - disse Marcelo, rindo mais uma vez)”.

Vamos apavorar!

Uma entrevista com a maior referência em jornalismo gonzo do Brasil

Arthur Veríssimo, o jornalista mais macumbeiro do mundo, veio a Búzios matar a saudade do Perú e dar um passe no Marcelo

Por Victor Viana

E

scapando totalmente ao que vem sendo chamado de jornalismo fordista ou pós fordismo, em referência a produção padronizada de conteúdo noticioso, impessoal, frio e desassociado de ações de criatividade e imaginação, Arthur Veríssimo vem há 30 anos fazendo um jornalismo pessoal e vibrante, em que ele se inclui sem cerimônias nas reportagens, se envolvendo diretamente com os personagens e vivendo pessoalmente as experiências que busca narrar. Arthur nasceu no Rio de Janeiro, em 1959, mas seu sotaque e a disciplina denunciam que foi criado em São

14

Paulo. Já tendo sido casado por quatro vezes, tem uma filha que mora em Búzios. É bom registrar que seu pai é pernambucano e a sua mãe é acreana de Xapuri, como o ativista Chico Mendes e o ex-prefeito de Cabo Frio, Ivo Saldanha. É dessa essência de semente jogada ao vento que se formou a culta e excêntrica personalidade do cara que se tornaria a principal referência em Jornalismo Gonzo¹ do Brasil. Aluno matador de aulas que adolescente foi de carona até o Ceará, e de tanto aprontar, acabou sendo colocado em um colégio interno de orientação Adventistalá teve contato pela primeira vez com a alimentação vegetariana, “ minha família, pela origem dela, comia umas comidas mais exóticas”, conta.

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado


Antes de ser jornalista, com apenas 18 anos, Arthur Trabalhou na extinta Vasp interessado no bilhete de viagem grátis que a empresa dava aos seus funcionários após um ano de casa. Conta que Juntou dinheiro o ano todo, pegou o bilhete e se mandou para a Califórnia. Gargalhando contou que lá passou a integrar a comunidade dos Rajneesh do mestre Osho², onde andava só de vermelho. “Então me envolvi diretamente com a espiritualidade e nunca vi em um só lugar tanta mulher bonita. Fez parte dessa comunidade o Gilberto Gil, a Luiza Brunet e outros. Fiquei por dez anos vivendo em comunidades alternativas para desespero dos meus pais que queriam que eu fosse diplomata. Imagina um Hunter Tompson no Itamarati?” Passado esses anos “vermelhos”, Arthur pulou para o “preto”. É que se tornou DJ em Londres e se vestia a maior parte do tempo com roupas de cores escuras. Lá na capital inglesa viu nascer a cena punk a que ele chama de “Renascença da Música” e ficou amigo dos integrantes do The Clash. Escrevendo na Revista Trip há quase 28 anos, também escreveu para a Folha de São Paulo, Estadão, Galileu e até para O Perú Molhado. “Escrevi diversas crônicas no Perú. Tem uma incrível que fiz quando fui atacado por águas vivas e minha filha me salvou. Tem também aquela entrevista com o apresentador de TV, Ratinho, que disse que um dia seria prefeito dessa porra, se referindo a Búzios”. Mas Veríssimo é polivalente e também cai matando no Rádio: Rádio Bandeirantes, USP FM, 97 FM, e já passou por quase todos os canais de TV do país: 1996 - Programa H (Rede Bandeirantes) 1998 - Programa do Ratinho (SBT) - 2000 - Fantástico (Rede Globo) - 2001 - Domingo Legal (SBT) - 2009 - Manhã Maior (RedeTV!) - 2012 - Sexo no Sofá (Glitz*/Futura) E o trabalho mais recente, em 2013, com o Na Fé com Arthur Veríssimo (Discovery Channel) onde em nove episódios viveu intensamente as experiências espirituais e culturais de festas religiosas de diferentes lugares da América Latina. Lançou o livro Karma Pop, em 2010, uma compilação de suas matérias sobre a Índia publicadas na TRIP. Na entrevista que fiz com ele, adiantou que está preparando um novo livro (corre boatos não confirmados de que a ilustração ficará por conta dos grafiteiros “Gêmeos” ou do chargista Angeli).

Interessado por magia e filosofia hinduísta desde muito jovem, Arthur acabou levando isso para seu trabalho. Se pensadores como Castaneda de Fernão Capelo Gaivota, Helena Blavatsky³ e Henry Miller faziam sua cabeça desde moleque, seu mergulho na espiritualidade e no misticismo de diferentes partes do mundo fez dele uma espécie de antropólogo autodidata, sem os ranços do academicismo e, como ele mesmo gosta de dizer, passou a investigar os arcabouços do inconsciente coletivo.

“Os DJs de hoje são uns fracassados. Esses DJs mongoloides de agora, que não estão tocando nada”. Fazia tempo que não vinha a Búzios e, principalmente, que não escrevia para o Perú, o que te fez voltar? Eu tenho uma filha aqui, a Vitória. Fui casado com a Mônica, da Pousada Blue Marlin, e escrevia com muito orgulho para o Perú Molhado, esse jornal genial. O que me fez dar um tempo é a alta carga de trabalho a que me submeti nos últimos anos, tenho gravado muito. Vida de comunicador, jornalista, repórter é insana. Muitas contas e ainda tenho três filhos, pensões. O foda foi recentemente gravando o último episódio no Acre, o Cacique Bira, de 48 anos, tem apenas 32 filhos. Sem noção! Hoje, depois de quatro anos eu dormi sete horas cravado. Isso se tornou raro pra mim. Nós que trabalhamos investigando os arcabouços do inconsciente coletivo, acabamos dormindo pouquinho. Em alguns lugares há uma diferença de 8 á 10 horas de fuso. E os temas ligados a experiências espirituais e a forma como você se entrega também colabora para dar essa desorientada? Sim, há um desgaste maior. Quando chego em casa estou sempre destrambelhado. Você é um aventureiro, um viajante. Búzios ainda é um bom lugar para descansar? Há alguns anos atrás o Marcelo (Lartigue) me perguntou o que eu mais gostava em Búzios e eu disse que adorava a Praia de Geribá. Búzios tem lugares singulares, estou aqui hospedado no coração de Geribá nesse hotel aconchegante, o Casa Colinas, e é muito silencioso. Mas ao mesmo tempo vi que a ci-

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado

dade está muito movimentada, a Rua das Pedras e a Turíbio de Farias estão cheias de comércios. Mas isso não é só aqui, em Pipa, na Bahia, e em outras cidades praianas a situação é a mesma. Mas nada se compara a Bali, é comércio por todas as artérias. E o que vejo por todo o mundo é que todos estão visando o lucro: Os lojistas, as grandes marcas, estilistas, restaurantes, pousadas, pequenas marcas e ao mesmo tempo em toda parte há falta de saneamento e sobra imundície em todos esses lugares. Mas posso dizer que em Geribá vi uma praia muito mais limpa que as de Bali, por exemplo. Lá é plástico para todos os lados. Dizem que vem de Javá, mas outras pessoas me disseram que são os próprios locais que sujam, isso é outra coisa que se repete no mundo todo, as pessoas não cuidam do que é delas. Mas falando do seu trabalho, o que te motiva e em quem se inspira? Sou fascinado pela vida do Coronel Harrison Fawcett, que se perdeu aqui no Brasil, lá na Serra do Roncador, esteve nos Andes, e inspirou, pouca gente sabe disso, a história do Indiana Jones. E leio muito e também é incrível o Richard Burton, que traduziu o Kama Sutra, isso no período vitoriano, e as Mil e Uma Noites também, olha que revolução o cara fez! Esses caras inspiram a gente a sair do lugar comum. Hoje as pessoas se tornaram todas comerciantes. Ficam naquela redoma, adquirem bens, a casa na praia e na montanha... Ou muitas vezes nem adquirem. Uma pergunta importante pra mim, na verdade importante pra cacete, você alguma vez teve de fazer as pautas chatas do jornalismo? Eu sempre consegui dar a volta por cima (gargalhando)! De tutu eu não tenho muito, mas de possibilidade de realizar e materializar as coisas eu tenho. Eu quero ir para um canto e eu vou. Agora, por exemplo, eu vou ao Tibete. Já está marcado! A parada do jornalismo Gonzo, eu não sabia o que estava fazendo, eu lia muito o Hunter, foi algo natural que deu certo. É porque ficar no blablá é muito interessante, mas temos quer ir mais fundo em tudo que fazemos. Muito cedo eu, como disse, me dediquei à leitura de livros como O Despertar dos Mágicos, As confissões de um comedor de Ópio, de Thomas De Quincey, e também Paul Bowles, autor do Livro Sheltering Sky, que morou em Tanger, no Marrocos,

15


e que inspirou os Beatniks. Logo vi que o mundo tinha muito a me ensinar. Para que eu ia ficar perdendo tempo com o que ensinavam nesses colégios? O problema é a escola ou sociedade? A escola é o reflexo da sociedade. É fundamental a juventude estudar, mas estudar direito. No ensino médio tinha de ser como nas universidades americanas, você faz a sua grade, primeiro aquilo que você tem mais paixão, e é claro que depois você terá de suprir com as suas deficiências, as matérias e temas que não te agradam. Por que você irá fugir das tuas sombras? Mas voltando a sociedade, é uma coisa generalizada essa questão de um conhecimento superficial das coisas. O Jornalismo mesmo está passando por um momento de questionamentos profundos, tem dias em que a capa do Globo, da Folha e do Estadão tem a mesma foto, que isso? A televisão tem esse lance de ter uma programação, e o que é uma programação? É justamente programar as pessoas! Agora que começou o uso de uma nova tecnologia, que já permite cada um montar sua grade com as coisas que quer assistir. Por falar em TV, você está com um novo programa e há boatos de que há mais coisas para acontecer, é isso mesmo? Acabei de gravar a série de nove episódios chamada Na Fé, que foi um trabalho hercúleo, que realizei junto com a Mix para a Discovery, em que viajei pela América Latina em nove festas religiosas. Sempre estive na TV fazendo coisas para canais abertos e por assinatura. Trabalhei com o Ratinho, meu amigo. Rodei tudo na TV brasileira. Fiz Record, consultoria pra a Globo, no Amor e Sexo da Fernanda Lima. Já estou fazendo o projeto de um novo programa que se chamará Arthuroscópio. Nesse programa estarei soltão, porque na TV sempre faço coisas temáticas, mas esse será um programa de temas livres. Vamos rodar pelo Brasil atrás dos grandes personagens, vou pra Brasília, participar de rituais xamânicos, desfiles de moda, vou apavorar! Estou também em outro baita projeto com o Richard Rasmussen, que é o biólogo que apresenta o Mundo Selvagem, Daniel Botelho, que mergulha com tubarões, Karina Oliani e Alexandre Frota, que, por incrível que pareça, é um sábio mesmo. Acho que esse é o maior furo dessa entrevista, descobrir que Alexandre Frota é um sábio, não acha? (risadas) Que isso... Algumas pessoas se perguntam por que não encontram mais seus textos na TRIP, seu nome ainda está no expediente, o que está acontecendo? Tenho o maior prazer em escrever e estou na Trip há 28 anos. Eu escrevi pra caramba, Victor. Escrevi tanto que tive uma conversa com meu chefe, Paulo Lima, e estou fazendo uma coletânea para um livro que se chamará GONZO, cobrindo os meus 30 anos nesta seara. Fiz um levantamento junto com minha assistente e tenho cerca de 800 textos escritos no geral, contando só as grandes reportagens. Estou fazendo esse livro com a Editora Realejo, terá uns 40 textos grandes, com reportagens como as dos crucificados das Filipinas, o festival de Khumba Mela, na Índia, e tantas outras. Dá para aproveitar alguma coisa dos textos publicados no Perú? Claro, claro. No segundo semestre vou fazer uma mega exposição e terá textos do Perú nela. Os temas de ocultismo e rituais considerados mais primitivos sempre fazem parte das suas reportagens, você vive isso com muita intensidade, é sempre assim? Sempre. Claro que sempre consciente do que o meu corpo aguenta. Vou te dar um exemplo, fui ao México participar da semana santa com os Índios Tarahumara, que conservam um verniz de catolicismo e que por trás disso está uma camada muito profunda e sofisticada de espiritualidade que guardaram de suas tradições. Só para ter uma idéia, eles guardaram as danças e giram mais que os Dervixes. E

16

eles correm muito, são ultramaratonistas, um pique acelerado mesmo, tanto que são conhecidos também como Los Pies Ligeiros. Eles me disseram, ‘vamos dar uma corridinha’, eu disse, ‘vamos!’. Aquele calor, aquele perfume que sai dos minerais, era pura magia e eles correndo de sandálias. Então deram uma paradinha, tomaram uma bebida e fumaram um cigarrinho, tabaco, e eles correram de novo, ‘vamos à casa de um conhecido’, disseram e era há uns 80 quilômetros (risadas). Continuei de caminhonete! Essa região é no estado de chihuahua, que dá nome ao cachorro, e é enorme e violento, é onde Pancho Villa se escondia, onde o lendário Jerônimo vivia nas cavernas vigiando os coiotes (risos). É bem conhecido todo o trabalho que faço com a Índia. Essa história toda com a Índia está no meu código genético, já estava na corrente sanguínea antes de eu ter nascido. Mas teve esses sinais na minha vida, a biblioteca do meu pai, ele era um literato, foi ator da TV Rio, jornalista, secretário de Ademar de Barros, então tinha livros incríveis, como os de fotografia do Cartier-Bresson, todos os livros de Mário de Andrade, Erico Veríssimo, toda a coleção da Revista Planeta. A partir das fotos do Bresson da Índia, do Khumba Mela, isso foi tomando conta de mim. Minha mãe era professora de ioga também. Eu tinha por volta de 11, 12 anos e também surgiu na minha vida o Osho nessa história, mergulhei profundamente, com uns 18, 19 anos. Mas olha que incrível, foi em Cuba que a coisa clareou mais para mim. Fui cobrir a Festa de São Lazaro, os peregrinos pagando promessas, e conheci uma senhora fascinante, 87 anos, discípula de Pierre Verger, a Sra. Natalia Boliva, que é tataraneta do Simão Boliva. Faz parte daquela aristocracia venezuelana que se transferiu para Cuba. Ela continua a obra da grande Ligia Cabrera, que é do mesmo nível do nosso Câmara Cascudo. Ela me mostrou todo o movimento dos Africanos que vieram para o Brasil e Haiti. Ela me levou a um Babalawo do Oráculo de Ifá, o mais infalível que já vi. Aqui jogamos os búzios e temos na maioria mães de santo, mas lá são todos homens e pais de família, não por sectarismo ou tabu, mas não há homossexuais fazendo parte. Participei de alguns trabalhos nessa confraria e o culto tem muito haver com a roupa de entidades nigerianas, o próprio oráculo é muito semelhante com o oráculo pessoal de sua santidade, o Dalai Lama lá no Tibete. Até as roupas são muito semelhante, como pode isso? Há uma ligação de toda essa teia mística que move o mundo. Essas coisas estão disponíveis a quem quiser saber, estudando ou pelo caminho mais difícil, sendo um autodidata. Porque conhecimento você adquire com a experiência pela vida, e vai liberando isso se estressando, cagando, até que de repente dá aquela clareza... E as manifestações religiosas do Brasil? Participei de muitos rituais, alguns ritos de passagem. No Santo Daime tomei Ayahuasca. Mas o mais foda foi passar a secreção do sapo, com ela você não passa mal como dizem, você morre! Fiz o Círio de Nazaré, onde levitei, e é uma festa única. Muitas manifestações, a última delas foi lá em Condó, onde é a Meca do Tericô, dos encantados e do Tambor de Mina. Lá realmente tem ciências ocultas. O Mestre Bita do Barão, não sei como o Brasil ainda não o descobriu em grande proporção, é um personagem etnográfico incrível das Áfricas brasileiras. Porque o Brasil tem pelo menos umas 700 Áfricas, basta ver que não há uma instituição que tenha o controle rígido dos terreiros de Umbanda e Candomblé. Há o Culto da Jurema, Batuque, Xambá, Quimbanda... O Brasil desmerece muito sua parte espiritual. O João de Deus, por exemplo, é totalmente desprezado pelos brasileiros, preferem saber da banda Psirico. Você vai a Abadiânia e só dá gringo procurando seus dons de cura, uma loucura isso! O Tericô é uma religião muito singular e cheia de segredos, acha que ela sobreviverá após a morte do Mestre Bita? Sim, porque há muitos adeptos que pertencem aos mais altos graus da maçonaria. Dizem que até o poderoso e famigerado, José

Arthur agradecendo sua boa vida de viajante. Abaixo, encoxando um indiano

Con­se­lho edi­to­rial Bri­git­te Bar­dot, Clau­dio Kuck, Ivald Gra­na­to, Jo­ mar Pe­rei­ra da Sil­va, Fi­no Quin­ta­ni­lha, Re­na­ta Des­ champs, Ota­vi­nho, Umberto e Clau­dio Mo­dia­no, Er­nes­to Za­bo­tinsky, Tra­ja­no Ri­bei­ro, Re­na­to Pa­co­te, Jor­ge Te­des­co, Clau­dio Co­hen, Lau­ritz Lach­man, Gui­lher­me Araú­jo, Pe­dro Pau­lo Bul­cão, Pau­lo Ma­ ria­ni, Al­ber­to Fan­ti­ni, Ma­rie Anick e Jac­ques Mer­ cier, Ara­guacy da Sil­va Mel­lo, Luis Ed­mun­do Cos­ta Lei­te, Mar­cos Pau­lo, Elie Sha­ye­vitz, Jo­nas Suas­su­na, Gló­ria Ma­ria, Ruy Castro, Heloisa Seixas, Márcio Fortes, Luiz Fernando Pedroso, Lula Vieira, Antônio Pedro Figueira de Melo, Eduardo Modiano, Ancelmo Góis, Etevaldo Dias, Joaquim Ferreira, Thomas Sastre, Adriana Salituro, Armando Ehrenfreund, Mário Pombo, Nelson Bellotti e José Leão Portinari.

Di­re­tor Mar­ce­lo Lar­ti­gue

Copydesk Eva Lartigue

Editor Adjunto Janir Hollanda

Fun­da­do­res Ma­rio Hen­ri­ques e Pe­dro Luis Lar­ti­gue

Jor­na­lis­ta res­pon­sá­vel Alessandra Cruz (reg. prof. 27662/RJ) Editor de fotografia Photoshop Re­pór­ter Victor Viana Sandro Peixoto Mônica Casarin Alessandra Cruz Denis Kuck Janir Junior Arthur Veríssimo

Ge­rên­cia de Ven­das Tráfego Publicidade & Marketing Ltda. (21) 2532-1329 (21) 9100-7612 Me­ce­nas Umberto Mo­dia­no Im­pres­são Gráfica DMC

Diagramação Caroline Moreira

Diretor de Distribuição Muchacho Bicho Doido

Diretora Comercial Alessandra Cruz

Depto. Jurídico Dr. Ulisses Tito da Costa

O Pe­rú Mo­lha­do / Edi­to­ra Mi­ramar CNPJ: 02.886.214/0001-32 Rua Alfredo Silva, 226, casa 4 Cep 28 950-000 – Brava - Ar­ma­ção de Bú­zios –  RJ Celular/redação: (22) 8128-3781 / 2623-1422 Comercial: (22) 7814-2441 E-mail: operu­mo­lha­do@globo.com operumolhado@gmail.com Si­te: www.operu­mo­lha­do.com.br

De 10 a 17 de abril de 2013 ��� O Perú Molhado


Sarney, já passou pelas mãos do Mestre Bita, são mesmo muitos políticos que recorrem ao tericô? Muitos, mas os nomes não são divulgados e existem coisas que não posso revelar, mas ele diz o seguinte: ‘Quando toco o meu maracá, boto qualquer político na cadeira que ele quiser’. E realmente o trabalho dele é muito eficaz, porque ele faz essa mistura das tradições afro e indígenas do Brasil, é infalível. Não sei como o Brasil e a TV ainda não popularizaram o Mestre Bita do Barão, a Rede Globo deveria ter uma série sobre ele. Você participou de um trabalho do Tericô, há alguma troca do pedinte com as entidades? Essa troca faz parte de toda religião, quando você vai a um templo budista, fazendo seus mantras ou em uma igreja orando, está acontecendo uma troca. É inevitável.

Arthur dando um confere no cabelo do amigo punk

“Falta em Búzios um turismo de pegada!”

A

o final da entrevista oficial vem à hora da troca de ideias, ao menos acontece quando o entrevistado é interessante como o Veríssimo, e no papear animado, junto ao meu editor Mister Lartigue, perguntamos o que nosso amigo gonzo achava do turismo e Arthur, que afirmou também curtir os pontos tradicionais do turista comum, como Arpoador, Torre Infel, Cristo Redentor. “Búzios tem um magnetismo, mas está ficando cada vez mais difícil vir aqui, e olha que eu tenho uma filha aqui. Um voo por semana é pouco, nós paulistas, temos outro tempo que é diferente do carioca. O paulista quer chegar e já por a sunga e ir correndo para a praia, e pode ser que ele volte para Sampa no outro dia. Ele quer chegar e já se inserir na natureza, vocês cariocas já estão inseridos com a natureza, é uma relação diferente” Mas Arthur levanta uma questão muito importante que impressiona por apontar uma saída criativa a que chamou de “turismo de pegada”. “Eu vejo as agencias de viagens e as secretarias de turismo com muito blablá, sempre agregam o elemento Rede Globo, que é legal, eles dominam a cena brasileira, mas não é trazendo galã de novela que se vai vender uma imagem forte de Búzios. É trazendo para cá representantes, criar uma espécie de embaixadores de Búzios pelo mundo, uns cinco personagens que se tornem representantes da cidade. Pessoas de talentos diversos”.

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado

Perguntado sobre como seria o perfil desses “representantes”, Arthur explica que se podem mesclar locais e personalidades. “Daqui há o Bimba, por exemplo. Mas há outros como o próprio Marcelo (Lartigue), é ícone. Mas pessoas de fora como um esportista, um grande artista, eu mesmo acho que me enquadro nisso. É muito leviano não usar os talentos para representar a cidade. Imagina eu estando lá no Tibete e depois eu dizer que depois que terminar a expedição irei descansar em Búzios: Isso vai repercutir. São figuras que curtem Búzios. O Armando Ehrenfreund, grande amigo, já tentou fazer isso, a Patrícia, que é dona da Blue Marlin, já tentou fazer também. Uma figura bacana seria a Karina Oliani, uma mulher que subiu o Everest, isso tem uma peso, e ela diz que vai descansar em Búzios. Uma declaração destas tem mais força que uma propaganda de um ano na Rede Globo. Isso vale um milhão de dólares, mas os caras não pensam com frescor”. 1 Jornalismo Gonzo: O originador do estilo foi o jornalista norte-americano Hunter S. Thompson que quebra todas as normas rígidas do jornalismo tradicional 2 Osho: O título é relacionado com o controverso filósofo indiano e líder religioso, originalmente conhecido como Bhagwan Shree Rajneesh 3 Helena Blavatsky: prolífica escritora, filósofa e teóloga da Rússia, responsável pela sistematização da moderna Teosofia e co-fundadora da Sociedade Teosófica.

17


O HOMEM DA CAPA PRETA Por Alessandra de Souza Araujo.

I

nvariavelmente chama a atenção o fato de Magistrados utilizarem, no exercício da função, as vestes talares, que são capas da cor preta, previstas em lei (Código de Organização e Divisão Judiciárias – CODJERJ), que compõem um conjunto de símbolos da Justiça. A toga do Magistrado foi criada na comunhão da relevância e respeito de sua função. Muitos estranhariam se o Padre não ministrasse a missa sem a vestimenta própria: talvez não seria a mesma missa, talvez José Wilker fez história não teria tanto efeito em nossas mentes. Na Magistratura, com a divulgana tv, cinema e teatro ção pela imprensa televisiva das frequentes sessões dos tribunais superiores, durante inclusive considerável lapso temporal, já que a Justiça cada vez mais vem mostrando-se atuante na sociedade, a apresentação da toga está-se tornando algo natural para a população. E entre a toga e a caneta, esta última chama mais a atenção. A caneta do juiz não é uma arma, não é instrumento utilizado para ataque ou defesa. A caneta do juiz é o veículo através do qual ele profere decisões que modificam vidas. Com isso, porém, na maioria das vezes o juiz atinge interesses de jurisdicionados e não jurisdicionados diretos – que, se prejudicados, restam muitos inconformados, ao passo que, em verdade, a preocupação do juiz reside em um pronunciamento justo, obedecendo a Constituição e a sua própria consciência, que significa ter independência funcional, garantida por lei a todos os magistrados. Reflete o que lhe é direcionado e, tal como a cor que emite todas as demais, sua capa é preta. Apenas por curiosidade, a toga, que é a vestimenta combinada com uma faixa na cintura, é utilizada para a posse, remoção e promoção na carreira, bem como para sessões plenárias de Júri, ao passo que no dia-a-dia de seu trabalho, mormente na realização de audiências, o juiz veste-se com uma capa aberta na frente, longa e pregueada, com um pequeno cordão que, para as costureiras, chama-se “cordão de São Francisco”. Ressalta-se que a faixa de sua toga e o cordão da capa são brancos, cor da paz, haja vista que a jurisdição é a função estatal de solucionar conflitos, para o restabelecimento da paz social e bem-estar comum. Compreendendo o labor do juiz, cada vez mais teremos uma sociedade com o Judiciário presente, de forma que tenham ciência de que existe um homem togado, num prédio localizado nas cidades, ou seja, nos fóruns, de portas abertas para receber demandas de quem teve um direito violado, violação que deve ser corrigida. Jurisdição é isso: “jurisdiccionis”, “dizer” (diccionis) o Direito (juris), aplicar a lei ao caso concreto, com força de definitividade, solucionando conflitos, sendo o ordenamento jurídico o meio para se atingir o valor justiça. Entretanto, esta consagrada expressão “O Homem da Capa Preta” reporta-nos não às vestes judiciárias, mas sim precisamente ao filme interpretado pelo nosso (é nosso sim, do Brasil e do mundo) saudoso José Wilker, com a qual o referido protagonista era um polêmico político, que assim ambulava. O cinema brasileiro sofre uma perda com sua recente morte, mas o seu empenho, trabalho, dedicação, profissionalismo e competência, fatores essenciais para a construção de alicerces, permanecem. É com essa base genérica que um país se sustenta.

18

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado


É com muito prazer que convidamos vocês, nossos queridos clientes e amigos, para a Páscoa Festa Àustriaca. Dia 19 de Abril de 2014 (sábado) - a partir das 20h.

Cinema

MÚSICA AO VIVO Freddy e Renate CHOPP ARTESANAL PILSEN

Cine Bardot - Festival Varilux de Cinema Francês 2014. Informações: Tel.: (22) 2623-1298

* Cordeiro Supremo * Versailles , salmão com espinafre e queijo * Gulasch segedin de Vaddisznó (de javali Hungria) para uma grande resposta dos últimos festivais repetem * Chardonnay - Caldeirão de peixe ao Chardonnay * Suflair de Salmão San Petersburg * Recheio De Páscua * Kasseler ,lombo defumado * Filé mignon defumado * Salada Prima Vera * Salada de Pepino yogurte * Chucrute roxo * Salada Fresca Italiana * Konigsberger Klopsen * Tchalamada Hungria * Ovos coloridos de pàscoa * Carnes Defumados acompanhar c/Mostarda

Artes Plásticas

íaca r t s u A a o c s á P a Festa d

Abigail V. Schlemm – Pinturas. Rua das Pedras. Vilmar Madruga – Atelier com exposição permanente da obra do artista. Porto da Barra. Tel.: 2623-7452 Anauê Mosaicos e Esculturas – Rua das Pedras, 266 – loja 04. Telefone: 2623-2225 Atelier Decor-Resina – Peças exclusivas em materiais nobres misturados com resina cristal. Rua Vila das Aroeiras, no 180. Tel.: (21) 9729-3795 Lula Moraes – Rua A - Lote 3 - Alto de Búzios. Tel: 2623-5744. Atelier Flory Menezes - Rua das Pedras 168 lj 8 Búzios (2623-0264 - 9994-7831). www.florymenezesescultura.com. O Perú recomenda a Mostra da pintora e escultora Ana Clara Martins até fim de julho. Eduardo Sardi - Retratos artísticos, pinturas a óleo e pátinas - Vila Caranga, 32 - Telefone: 2623-4072 - 9223-0457 Julián Juaréz - artista plástico - Tel: 2633-7037 / 92096364. julian23artistaplastico@hotmail.com. Rua Nicolau Antônio Estevão, 68 • Alto da Boa Vista • Rasa. Sérgio Joppert - Pinturas e Desenhos. Rua Zaíras Street. Nº. 09 Baia Formosa - Lote 09. Quadra 05. sergiojoppert@hotmail.com. (21) 9559-0014 Eduardo Pieretti Atelier - Rua da creche Barbara Writh, Parque das Acácias. Tel: (22) 2623-6179 Atelier Maremato do André Cira - Tel 22 26291351 acira@wanadoo.fr Artista plástica Argina Seixas. Endereço: Centro Hípico de Búzios - Marina Porto. Horário de funcionamento: 10:00 às 18:00. Telefone contato: (22) 8843-6604 Ana Colombo - Na Galerida da Vimolagos

Alemã e Ravenburger Salsichões e Linguiças Weisswurst, Bratwurst serão servidas em conjunto para combinação e grelhado no chapa

Estará incluído para todos um Buffet Frio com muitas saladas típicas alemãs,também Sauer Kraut (chucrute) e aperitivos típicos. Preço por pessoa: R$ 59,00. Esperamos vocs nesta festa e façam suas reservas c/antecedência. (22) 2623-1605 (022) 9254-0974

O Perú recomenda!

Comidas & Shows Barceloneta - Todas as terças festival de tortillas espanholas. No sábado tem feijoada. Reservas tel.: 2623-0035

Perca 800 kcal em 1 hora de treino de boxe na academia SEB com o professor Alexandre Batista. Treinador Bernard Baruque. Treinos segunda, quarta e sexta nos horários: 7h30 - 8h30, 9h - 10h, 17h30 - 18h30 e 19h - 20h. Contato 99872 7519

Buda Beach - Todas as quintas Show de Samba a partir das 21h. Rodizio de massas e pizzas. Orla Bardot. Reservas 2623-6307. O Perú recomenda! Crêperie Chez Michou - Deliciosas crepes e exóticos drinks. 14 monitores para assistir os mais novos DVD´s e todos os eventos esportivos. Programação musical com Dj´s. Venha a comemorar seu aniversário no point mais badalado de Rua das Pedras. Aberto todos os dias do meio dia ao ultimo cliente. Tel. (22) 2623-2169 – www.chezmichou. com.br – Rua das Pedras, 90. Centro. Pátio Havana - De frente para o mar, gastronomia contemporânea. Programação de shows ao vivo, quintas feiras Salsa para bailar e domingos roda de samba. Aberto todos os dias a partir das 18h e até o último cliente (exceto terças feiras). Reservas: (22) 2623-2169 – Ramal 6 – www.patiohavana.com.br - Rua das Pedras, 101. Centro. Estância Don Juan - As melhores carnes de importação com a melhor seleção de vinhos, no restaurante mais aconchegante de Búzios. Shows de tango são apresentados todas as terças feiras. Aberto todos os dias do meio dia até o ultimo cliente. Reservas: (22) 2623-2169 – Ramal 5 – www.estanciadonjuan. com.br – Rua das Pedras, 178. Centro.

Leia o Perú

na internet

operumolhado.com.br

Galeria Abigail Vasthi

Rua das Pedras, 151 Tel.: 2623-2261

De 10 a 17 de abril de 2013 – O Perú Molhado

Av. José Bento Ribeiro Dantas, 1778 Próximo a Policlinica Reservas: (22) 98839-6396

19


Maria Maria Por Abigail Vasthi Schlemm

O

Maria Maria é uma confeitaria, e não é por dinheiro que fiz isso aqui, é o desejo de criar um lugar onde as pessoas podem chegar, sentar, trabalhar, escrever, pensar. Um espaço para o

Inauguração

descanso. Búzios está uma cidade muito agitada. Quem chega aqui está a mil por hora, bem animado, e as vezes precisamos de um lugar assim. Sentei em Nova York na mesa do Paulo Francis, onde ele escrevia, em Portugal na mesa do Saramago, há um lugar que frequento em Paris em que há cerca de seis anos sempre enquanto o mesmo escritor escre-

Tetê, Cristina, Salviano Leite e Guido Campanatti

Abigail, Udo e Rodrigo

vendo, não o conheço, mas ele está sempre lá. Búzios pode ter um lugar assim também, e esse lugar é o Maria Maria. Há como ver e ser visto na Rua das Pedras, mas há o outro lado da confeitaria onde se pode assistir o pôr do sol maravilhoso da Praia do Canto.

Bia, Udo e Jorginho Cresta Guinle

Cleber Abigail, Susan e Werner Rodrigo e Natália

Av. J. B. Ribeiro Dantas, 815 - Salas 7 e 8 - Portal da Ferradura (22) 2623-6393 / (22) 9235-2464 - semis-Búzios@uol.com.br 20

De 10 a 17 de abril de 2014 – O Perú Molhado


Quebradeira anunciada nstrução civil Da redação

E

Recessão na co

m economia, recessão é uma fase de contração no ciclo econômico, isto é, de retração geral na atividade econômica por um certo período de tempo, com queda no nível da produção, aumento do desemprego, queda na renda familiar, redução da taxa de lucro e aumento do número de falências e concordatas, aumento da capacidade ociosa e queda do nível de investimento. Resumindo, é o caos! A voz das ruas está afirmando que no momento em Búzios estaríamos passando por uma das maiores crises econômicas dos últimos cinco anos. Com o objetivo de publicar uma série de matérias ouvindo diferentes setores econômicos do município, começamos pelo comércio de produtos para atender a construção civil, ouvindo alguns dos principais empresários do setor em nossa cidade. “No geral o comércio já está ruim, mas em material de construção vem desde o início de 2013 vem caindo vertiginosamente. Digo pela minha empresa que houve uma queda de 60%. Não há perspectivas de melhoras. Acredito que a Secretaria de Planejamento é uma das principais responsáveis, devido a dificuldade de aprovação dos projetos. Quando a legalidade de cada um dos projetos não se discute, queremos que esteja tudo dentro da lei, ninguém quer que Búzios cresça de forma desordenada. A questão é apenas agilidade maior na aprovação dos projetos que estão dentro das leis. Não só o ramo de material de construção, mas tudo está ligado, é uma teia. O comércio como um todo perde. Não sou político, não estou fazendo política e acho que deve haver uma atenção melhor neste setor. Não discuto a competência dos secretários, mas não é possível que a pessoa entre com um projeto e leve um ano para ser aprovado. Estou há 25 anos na cidade e infelizmente tive de demitir

três funcionários. Na verdade tinha de demitir cinco, mas não posso fazer isso, atrás de cada funcionário tem de quatro a seis pessoas que dependem dele. A situação é muito seria neste sentido, além disso, uma equipe não se forma de uma hora para outra”. Denis - Arcturo. “Da parte dos arquitetos e engenheiros, todos estão reclamando que a demora é muito grande na resolução dos projetos pela Secretaria de Meio Ambiente e a de Planejamento, com isso o nosso movimento caiu já nesse ano em 40%. A solução é sentar para conversar para sabermos se o problema é na prefeitura ou se é realmente nos arquitetos, mas é bom lembrar que são todos os arquitetos”. Anderson - Engeluz “Precisa mesmo dessa reunião para que nós, empresários da construção civil, dos empreiteiros, arquitetos para que a cidade volte a crescer. A construção civil é o carro chefe do PIB de nossa cidade, claro que há a hotelaria, mas a construção civil gera empregos e essa reunião precisa acontecer porque a cidade está parada. Um maior problema está na liberação de obras, embargos, é importante que se entenda que não queremos aprovações fora da lei, mas temos de equacionar isso de alguma forma que todos fiquem. Eu aqui tenho 20 funcionários, e a empresa do meu pai e do meu irmão tem cerca de 60 funcionários. Quantos empregos diretos e indiretos a gente dá aqui? Ao todo são 80 empregos diretos e quase 400 indiretos. Nosso lucro de janeiro para cá caiu cerca de 40% em relação ao ano passado. Luto para não demitir e preciso admitir, mas as contas não param de chegar e renda diminuindo é preciso diminuir os custos”. Ivair Madeireira Ita. Na última quinta (10) o prefeito André Granado se reuniu com os empresá-

Ivair, Denis e Anderson confirmam a queda no comércio da construção civil Nota da Redação: A Prefeitura de Búzios e a Secretaria de Planejamento reuniu os arquitetos e proprietários de comércios de material de construção civil para debaterem as baixas nos lucros por conta da dificuldade na liberação de obras no balneário. Nosso repórter foi barrado na reunião.

rios da construção civil, arquitetos, engenheiros, Associação Comercial de Búzios (ACB) e outros representantes do setor para discutirem o problema e possíveis saídas para a atual situação.

allanvaq@hotmail.com Tels.: (22) 2623-0321 (22) 9 9222-3314 | id: 958*26413 Estrada da Usina Velha, nº 444 GR. 7 - Centro - Búzios

Experiência? Temos como comprovar! * Instalações Elétricas e Hidráulicas * Telefonia, Áudio e Vídeo * Aquecedores e Geradores * Aprovação na Ampla * Subestação abrigada * Instalações de Incêndio * Central de Gás * Entrada de Luz * Manutenção * Reformas, Consultoria e Gerenciamento

Agende uma visita Miguel Pereira - (22) 2623-3250 / (22) 9-9738-7571 / 7839-2018 pereiramiguelbz@gmail.com Rogério Amaral - (22) 9-9865-2470 / rioamaral@gmail.com

De 10 a 17 de abril de 2014 – O Perú Molhado

21


REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO RIO DE JANEIRO Dr. ALBERT DANAN – Tabelião e Oficial Titular

OFÍCIO ÚNICO DA COMARCA DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ SERVIÇO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS Av. Jose Bento Ribeiro Dantas, nº 2.000, Manguinhos Armação dos Búzios/RJ - CEP: 28950-000 Telefax: (22) 2623-6093 adm@cartoriobuzios.com.br

3) Geribá: - Cláudio Rafael Imóveis: Lote com pequeno aclive, medindo 700 m², totalmente regularizado, lindas residências nas laterais, próxima a Praia de Geribá! VALOR: R$ 550.000,00 4) Brava - Cláudio Rafael Imóveis : Terreno de esquina medindo 2.200 m² podendo alcançar uma boa vista no segundo piso para as praias do Centro, Rua calçada, telefone, água e luz a 300 metros da Rua das Pedras! VALOR: R$ 700.000 5) João Fernandes- Cláudio Rafael Imóveis: Terreno c/linda vista para o mar rua calçada luz, telefone, água, totalmente urbanizado, medindo 1.800m2 onde se constrói uma bela residência de 351,00 m².VALOR: R$500.000 6) Ferradura- Cláudio Rafael Imóveis: Lote totalmente regularizado, Vista Para o Mar! Medindo 2.543 m², Rua calçada, água, luz, telefone e esgoto, IPTU: Ok, RGI: OK! VALOR: R$ 850.000,00 7) Centro- Cláudio Rafael Imóveis: Ótima Oportunidade! Terreno medindo 2.000 m², onde se pode construir duas casas! VALOR: R$ 600.000,00 8) Marina- Cláudio Rafael Imóveis : Lote plano, medindo 20,00 m² de frente por 50,00 de lateral, totalizando 1.000,00m2, Pronto para Construir! VALOR: R$ 150.000,00 9) Ossos- Cláudio Rafael Imóveis s: Lote com vista panorâmica para o Praia dos Ossos, com infraestrutura, Rua calçada, água, luz e telefone! VALOR: R$ 700.000,00 Tel: (22) 2623-7540 / (22) 9223-2678 (22) 8129-1331/ (22) 9883-7867 Nextel: (22) 7836-1109 / ID:10*13911 Site:claudiorafaelimoveis.com.br Skype: Claudio Rafael Imóveis

www.claudiorafaelimoveis.com.br

22

3. Ótimo apartamento com quarto, sala, banheiro e cozinha americana localizado no Condomínio Buzios Loading próximo a igreja Católica em Manguinhos - Búzios - RJ, Primeira locação valor: R$ 250.000,00 4. Vendo lote com 400 m², situado no final da rua 22, Vila Verde - Cabo Frio. Valor à vista R$ 25.000,00 ou R$ 10.000,00 de entrada e R$ 500,00 mensais. 5. Excelente imóvel situado em Geribá a 400 mts da praia. Com 5 quartos, piscina, churrasqueira e garagem para 8 carros. No valor de R$ 850.000,00. 6. Linda casa em condomínio de frente para a praia de Manguinhos situada na Baia Formosa, com total segurança e área de lazer com 3 quartos sendo 2 suítes. Valor R$ 2.200.000,00) 7. LANÇAMENTO! Rasa residencial clube. Apartamento 3 quartos sendo 2 suítes de frente para a praia. A partir de 280.500,00 código imóvel 034 8. Bela casa localizada no Condomínio Dom Diogo - Praia Rasa, com total segurança, piscina, sauna e quadra de vôlei, contendo 3 quartos todos com vista para o mar. Valor R$ 550.000,00. Também esta disponível para locação anual R$ 2.500,00 + a taxa de condomínio

Imobiliária de Búzios - Vende - Casas: Baía Formosa. Casa independente, a 50m da praia (Baia Formosa ao lado de Manguinhos) 6 suítes mais 1 quarto e 1 banheiro. Sala espaçosa, copa, área de serviço, canil. Casa de caseiros. Jardim todo gramado e plano. Piscina, churrasqueira. Ideal para família grande e amigos ou comercial (aluguel de suítes). Valor: R$700.000,00. Cód. 782. Baía Formosa. Casa em excelente condomínio de somente 16 unidades. Todo arborizado e muito charmoso. A casa é composta de 1 suíte principal, 3 quartos (todos com ar cond.), 2 banheiros, sala em L, cozinha, área de serviço, varanda, jardim com churrasqueira, ducha externa, vagas para 3 carros. Sistema de água com aquecedor solar. O condomínio tem piscina, sauna, jardins e segurança. Valor: R$550.000,00. Cód. 886. Imobiliária de Búzios - Vende - Terrenos: Marina. Terreno com 1.000m² a passos do Marina Porto Búzios. Plano, fácil de construir! Vai andando para a praia da Marina. Agende uma visita! Valor: R$240.000,00. Cód. 1018. Centro. Terreno de 1000m². Todo murado! Arborizado e já com laudo de topografia. Água da prolagos na porta. Ideal para quem quer ficar pertinho do Centro e fazer tudo a pé. Vai andando para a Rua das Pedras e Orla Bardot. Valor: R$470.000,00. Cód.1008. Imobiliária de Búzios - Vende - Pousada na Tartaruga: Pousada com 12 quartos. Todos com vista para a mata atlântica! Quartos do andar superior com varanda, amplos e aconchegantes. Piscina com desenho árabe, jardim com gazebo e muito verde para contemplar. Espaço para café-damanhã, bar, lavanderia e estacionamento. Terreno de 2.078m². Valor: R$1.800.000,00. Cód. 989. Temos amplo cadastro de pousadas e guest-houses. Consulte-nos!

Hernán Barbosa

www.imobiliariadebuzios.com.br imobiliariadebuzios@gmail.com (22) 2623-1867 / (22) 9914-4098 Av. José Bento Ribeiro Dantas, 2591. Manguinhos, Búzios - RJ. Creci: 21019

JHONATA DA CONCEIÇÃO PAREDES e PATRICK VERNON SPROUT; Solteiros. Ele, Brasileiro, Radio Operador, filho de: Damiana da Conceição Paredes, residente neste Município - RJ. Ele, Americano, Aposentado, filho de Ralph Vernon Sprout e Kathleen May Peters, residente neste Município - RJ. Processo nº 2461/14. GERSON PEREIRA DA SILVA e SEVERINA GOMES DA SILVA; Brasileiros. Ele, Divorciado, Pedreiro, filho de Albertino Simas da Silva e Naara Pereira da Silva, residente neste Municipio-RJ. Ela, Solteira, Aposentada, filha de Manoel Gomes da Silva e Julia Meireles da Silva, residente neste Município - RJ. Processo nº 2471/14 LUCAS ALVES SIMAS e LAINA PIRES DE SOUZA ALVES; Brasileiros, Solteiros. Ele, Professor, filho de Cirlei Conceição Simas e Roseli Alves Simas, residente neste Municipio-RJ. Ela, Do lar, filha de João Carlos Carracena Alves e Vania Pires de Souza, residente neste Município - RJ. Processo nº 2462. JOSÉ HENRIQUE DIAS PEREIRA e LAÍS EMANUELE DE MOURA EMILIANO; Brasileiros, Solteiros. Ele, Construtor, filho de Cypriano Pereira Pinto e Gessy Dias Pereira, residente neste Municipio-RJ. Ela, Do lar, filha de Eduardo Jorge Emiliano e Claudia Rodrigues de Moura Emiliano, residente Coronel Fabriciano-MG. Quem souber de algum impedimento, acuse-me. Eu, Thamires Oliveira da Costa, Escrevente, a extraí. Búzios, 10 de abril de 2014. Albert Danan – Tabelião Titular

operumolhado.com.br

2) Manguinhos- Casa composta de 03 quartos, sendo 01 suíte, sala grande, cozinha, 02 banheiros, varanda, gramado, jardim. Terreno com 900,00m2. Área construída: 250,00m2. Valor: R$ 750.000

2. Linda casa em bairro com alta valorização, José Gonçalves, em rua pavimentada e próxima ao comércio com 2 quartos, sala e cozinha americana 2 banheiros garagem para 3 carros. Valor R$ 250.000,00

?

QUANTO VALE SEU IMÓVEL AVALIAMOS CONSULTE-NOS

PROCLAMAS DE CASAMENTOS

Neste Ofício estão afixados no local de costume, após a apresentação dos documentos exigidos pela Lei, os seguintes Editais de Proclamas de Casamento:

Leia o Perú na internet

1) Manguinhos –Cláudio Rafael Imóveis: Casa 05 qtos,(03 suítes) sala ampla, cozinha, banheiros, varandas, academia, garagem 03 carros, piscina,quiosque. Terreno 800m²-Área construída: 300m2 VALOR: R$ 800.000,00

1. Casa em final de construção localizada no Condomínio Jardim do Lago na Baia Formosa - Búzios RJ, por apenas R$ 750.000,00

De 10 a 17 de abril de 2014 – O Perú Molhado


Classificados d' O Perú Compra e Venda

2 Imóveis

1 - IMÓVEIS Compra e Venda CONDOMÍNIO “OCEANIC RESIDENCIAL” - OBRA PRONTA - SOMENTE 4 CASAS - JUNTO “CENTRO HIPICO DE BÚZIOS” 5 QUARTOS - ÁREA PRIVATIVA - VISTA DESLUMBRANTE – ULTIMAS 2 UNIDADES - Tel. 22-26232056 – 9-9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Alto de Búzios : magnífico lote 1.156m² - deslumbrante vista Ferradura – excelente topografia – R$ 450.000 - Tel. 22-2623-2056 9-9986-1646 -www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 --Golf Club : Lote 1.000m² - excelente topografia – lindo visual – R$ 270.000 - Tel. 22-2623-2056 9-9986-1646 -www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Enseada do Albatroz : casa 200m² terreno c/ 1.750m² - magnífica vista / mar – R$ 650.000 - Tel. 22-26232056 – 9-9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Sitio do Campinho : 3 lotes de 1.500m² - 1.750m² e 1.950m² – R$ 230.000,00 cada - Tel. 22-26232056 – 9-9986-1646 – www.banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753 Cond. Kailua – Casa 4 suítes – reformada – clube c/ excelente área de lazer – R$ 580.000 - Tel. 22-2623-2056 – 9-9986-1646 -www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Marina Porto Búzios : excepcional lote – 2ª quadra 818m² - murado – com cisterna - vista mar – R$ 280.000 - Tel. 22-2623-2056 9-9986-1646 -www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Centro : Casa cond. - suíte + quarto - mobiliada - completa excelente estado - R$ 380.000 Tel. 22-2623-2056 - 9-9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br CRECI J 1.753 Marina / “Le Corsaire” : duplex - 2 suítes - frente/canal - R$ 380.000Tel. 22-2623-2056 – 9-9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br CRECI J 1.753 Centro Hípico de Búzios : lote 2.988m² - R$ 300.000 - Tel. 22-2623-

Aluguel

& 3 Negócios Empregos

2056 – 9-9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Cond. Camurupim: casa 5 quartos (3 suítes) piscina, sauna, porteira fechada – R$ 1.500.000 - Tel. 22-26232056 - 9-9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753

4 Veículos

próxima á praia. Piscina, sala de estar e jantar, cozinha americana, suíte para hóspedes, área de serviço. CELSO TERRA IMÓVEIS. Estrada da Usina Velha, n° 350, Centro, (22)2623-2467,www.celsoterra.com.br, CRECI-RJ148

5 Casa & Bazar

Grande cozinha, completa, área de serviço, casa de caseiro e garagem. CELSO TERRA IMÓVEIS. Estrada da Usina Velha, n° 350, Centro, (22)2623-2467,www.celsoterra.com.br, CRECI-RJ148

Geribá : casa cond. 2 quartos (suíte) - mobiliada - perto praia - R$ 400.000 - Tel. 22-2623-2056 – 9-9986-1646 -www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Balneário da Raza : casa c/ 27m frente/mar – lote c/ 1.300m² - 5 suítes – piscina- R$ 850.000 Tel. 22-2623-2056 – 9-9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br CRECI J 1.753

Forno : lote 1.000m² - plano - perto /praia – R$ 250.000 - Tel. 22-26232056 – 9-9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753

Manguinhos: Jardim com vagas para vários automóveis. 2 suítes, cozinha gourmet, varanda interna com deck, sala de estar e jantar, varandão, jardim interno, lavabo, 1 suíte no pavimento superior com varanda e vista para o lago. Lindo condomínio com quadra polivalente, piscina, sauna, jardins e um grande lago. CELSO TERRA IMÓVEIS . Estrada da Usina Velha, n° 350, Centro, (22)26232467,www.celsoterra.com.br, CRECI-RJ148

Terreno plano em Araras - Vale das Videiras, 5.100 m², em condomínio fechado, ao lado da estrada asfaltada Petrópolis-Paty do Alferes. Cercado, riacho aos fundos, luz e água instalados, lago artificial e cascata já construido, arborizado. R$ 135.000,00. Alexandre, fones (22) 99947 5398 ou (22) 992018153.

Raza : lotes / 1000m² - à 100 metros / mar – vista deslumbrante - R$ 220.000 -Tel. 22-2623-2056 – 9-9986-1646 – www.banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753 Geribá : casa cond. perto / praia – 5 suítes – decorada – R$ 900.000 –Tel. 22-2623-2056 – 9-99861646 – www.banbuimoveis.com. br – CRECI J 1.753

Vendo casa em Manguinhos Parque das Acácias, na Rua das Flores de Maio próximo a lagoa de Geribá, Salão, lavabo, 6 quartos, sendo (5 suítes), cozinha, banheiro de empregada, garagem coberta para 2 carros, jardim e quintal pergulado. Tratar com o proprietário Cel.: (22) 9-9227-4002

Acabamento de primeira qualidade. Condomínio com ambiente wifi, saunas, piscinas, churrasqueira, salão e quadra de tênis de saibro. CELSO TERRA IMÓVEIS. Estrada da Usina Velha, n° 350, Centro, (22)2623-2467,www.celsoterra.com.br, CRECI-RJ1485

Geribá: Lindinha! Residência

(22) 2623-1422

Geribá: Grande gramado, piscina, churrasqueira, grande varanda, salão de estar e jantar, cozinha americana, área de serviço, quarto de serviço, lavabo, 2 suítes com saída para o jardim, mezanino, 1 suíte grande com grande banheiro e closet. Casa para hósédes com sala de estar e jantar, cozinha aberta, 1 suíte com armário (PODE SER CASA DE CASEIRO). CELSO TERRA IMÓVEIS . Estrada da Usina Velha, n° 350, Centro, (22)2623-2467,www.celsoterra.com.br, CRECI-RJ148

João Fernandes / Ossos : 2 lotes – 2.200m² e 2.700m² - frente rua principal – vendem-se junto ou separado. Tel. 22-2623-2056 – 9-9986-1646 -www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753

João Fernandes: Espetacular! Residência com 4 suítes, sala de estar, sala de jantar, cozinha, área de serviço, atelier, apartamento para hóspedes, varandão,, vagas para dois automóveis, linda vista. CELSO TERRA IMÓVEIS. Estrada da Usina Velha, n° 350, Centro, (22)2623-2467,www.celsoterra.com.br, CRECI-RJ148

Anuncie:

Vendo casa. Búzios original. Frente ao mar, Praia dos Ossos. 6 dormitórios e 5 banheiros. mtgeurts@ hotmail.com

Enseada do Albatroz: Sensacional residência, sobre o mar! Vista indescritível! Hall de entrada, 2 salões, sala de jantar, bar, 4 suítes com vista, sendo 1 master com terraço privativo e escritório. Jardim com grande piscina e linda vista, com saída privativa para a praia.

Praia Baía Formosa: Pertinho da praia! Terreno de 900m2. Sala, varanda, dois dormitórios, banheiro social completo, cozinha, área de serviço com banheiro. Depósito com varanda. CELSO TERRA IMÓVEIS . Estrada da Usina Velha, n° 350, Centro, (22)26232467,www.celsoterra.com.br, CRECI-RJ148 Brava: Um sonho! DESLUMBRANTE!! Residência com piso em tábuas corridas, 400m2 de área construída, hall, lavabo, sala de estar com vista, sala de jantar, grande deck com piscina, grande cozinha com armários e ilha central, 1 suíte grande com 2 banheiros e closet, 2 suítes com linda vista e armários. Casa de caseiro conjugada com vista, lavanderia, 3 reservatórios de 10.000 l, distribuição de água por gravidade. SKY, parabólica e placas solares e boiler de 500mil litros. CELSO TERRA IMÓVEIS . Estrada da Usina Velha, n° 350, Centro, (22)2623-2467,www.celsoterra. com.br, CRECI-RJ148

De 10 a 17 de abril de 2014 – O Perú Molhado

Centro - Vendo apartamento em pequeno Condomínio com 2 suítes, uma de casal e a outra de solteiro, lavabo e área de serviço. R$ 150.000,00. Telefone: (22) 997301419 Vendo loja – No melhor ponto de Búzios – Oportunidade Única – No centro de Búzios - Loja de Esquina na Rua Manoel Turíbio de Farias em frente ao Restaurante Bananaland. Tratar pelo tel.: (22) 99227-4002 Vendo terrreno bem localizado em José Gonçalves 700 m2. Apenas 50 mil. Tel 99923-7025 Vende-se um terreno com casa, todo murado com alguns pés de frutas, perto de vários comércios, com duas entradas com portão de correr. Valor: R$ 200.000,00 (á combinar), Telefone: (22) 999138533 / 2623 7314 - Oliveira

2 - ALUGUEL Aluguel - Trevo da Barbuda: Casas germinadas, 2 quartos, sala/ cozinha, área de serviço e varanda. Contato: (22) 98813-6295 / 99958-1616

3 - NEGÓCIOS E EMPREGOS Vendo salão de beleza no melhor ponto de Búzios, próximo a Rua das Pedras, com clientela formada e uma equipe de funcionários altamente qualificada. Só 50.000 reais. Aceito carro como parte do pagamento. 99839-3327. Ana ou Roberts. Pousada Terra do Mar, na Ferradura, contrata arrumadeira, camareira, faxineira, com experiência. Assinamos a carteira. Contato (22) 99807-3230 - Isabel Restaurante - Passo no Centro, pequeno, muito bem montado em excelente ponto. R$ 25.000,00. Telefone: (22) 997301419. Lanchonete - Passo no Centro, bem montado em ótimo ponto. R$ 15.000,00. Telefone: (22) 99730-1419. Precisa-se de motoqueiro com habilitação, telefone: (22) 998577979 / 2633 7424

ANUNCI AQUI! 2623-1422

1 Imóveis

Centro de Búzios a três quadras da Rua das Pedras. Aluga se apto por temporada, mobiliado/decorado. Sala, 1 quarto + 1 suíte, móveis demolição, cozinha grande e equipada c/área de serviço. Ocupação máxima: 6 pessoas. Tratar: Márcia 21-99999-0327.

23



1189