Page 1

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 • Edição 1098 • ANO XXXII • www.operumo­lha­do.com.br

O MAIOR JOR­NAL

MACAÉ

BÚZIOS

PREÇO SUGERIDO: R$ 1

A CARA DA RIQUEZA É DESSA PLATAFORMA QUE AS MACAENSES GOSTAM MAIS!

Um jornal cego, surdo e mudo


L A I R O T I ED

E lá

vamos nós

O

namoro entre Búzios e Macaé não é de hoje. Frequentamos-nos em eventos turísticos, culturais e políticos. Macaé nos visita em nossos festivais de gastronomia e cinema e nós retribuímos participando de suas exposições de artesanato e feiras técnicas na área do petróleo e offshore. Macaé abre seu mercado de trabalho e formação técnica para os Buzianos e nós oferecemos nossos espaços na rede hoteleira para encontros na área de treinamento, atualização profissional e eventos de cunho corporativo em geral. O namoro sempre existiu faltava mesmo era incentivar este intercambio, para quem sabe um dia casar nossos interesses, apesar de que o Perù Molhado prefere uma relação mais aberta, do tipo ficando, deixando as formalidades do casório para os políticos que comandam as prefeituras, operarem na pratica este intercambio. Nossa chegada em Macaé tem exatamente esta finalidade, aproximar as duas cidades na oferta de eventos sociais, artísticos e culturais, possibilidades de investimentos e troca de experiências em políticas públicas em nossa área de influencia governamental. O Perú não chega a Macaé para ocupar ou disputar espaço com nenhuma mídia local, longe disso, respeitamos todos os veículos de mídia de que dispões a cidade e o gabarito de seus profissionais, queremos tão simplesmente pautar em conjunto nossos fatos e noticias, para melhor informar aos nossos leitores. Com todo respeito, queremos penetrar nessas águas profundas desta querida cidade,mas sabendo de antemão que o Perú é apenas Molhado, pois de mergulho ele tem ainda muito que aprender.

2

O nosso Macaé C Por Sandro Peixoto

om a chegada da riqueza, Macaé é atualmente representada em Búzios, por homens de negócios. A maioria estrangeiros, homens que trabalham com petróleo e que frequentam nossa cidade em busca de lazer e diversão. A maioria, são golfistas que elegeram o nosso campo de golfe como ponto de encontro. Eles são os embaixadores de Macaé em terras buzianas. Mas nem sempre foi assim. Ouve um tempo em que a cidade do petróleo era aqui representada por um legítimo filho da terra. Um ser tão original que carregava o nome da cidade em seu próprio nome. Seu nome era Claudionor Nunes Coelho, mas todo mundo em Búzios o conhecia apenas como Macaé. Apenas isso. Macaé era uma figura carismática e controversa. Quando bebia – e quase sempre bebia- ficava sentado num canto qualquer da cidade falando sozinho. Na verdade, ele nunca estava sozinho, pois quem prestasse atenção veria que ele ‘ conversava’ com mais de um interlocutor. O que ele tanto discutia era quase impossível para saber. Mas dava para ver, que o assunto era sério. De tão efusivo, um dia imaginei explicando a teoria da Relatividade. Anos atrás, quando ainda era pouco conhecido na cidade, foi escolhido como garoto propaganda da grife Benetton. Isso em 1986, quando a marca era uma das mais famosas do mundo. Só havia uma loja Benetton no Brasil. Ela ficava na Rua

das Pedras e pertencia a um amigo de Luciano Benetton- dono da marca. Macaé foi capa do nosso jornal e tirou a maior onda. Quando sóbrio, Macaé era um tanto introspectivo. De poucos amigos e poucas palavras. Mas era muito querido. Principalmente por malucos iguais a ele. Chegou a ser sócio do Editor do Perú Molhado Marcelo Lartigue num bicicletário. Digase de passagem, era um excelente mecânico de bicicletas. Faria sucesso com certeza no Tour de France. Fora disso, Macaé também fazia serviços de capina, limpeza de terrenos e pequenas mudanças em sua carroça puxada por um velho pangaré. Tinha ainda outro talento: gostava de plantar verduras e legumes. Fazia isso no quintal de sua humilde casa e em qualquer terreno vazio que lhe emprestassem. Quando faleceu em 2010, deixou dezenas de leiras de alfaces, cebolinhas e couve-flor.

O saudoso Macaé jantando no Don Juan, seu restaurante preferido em Búzios

Macaé em boa forma, foi até capa do Perú

Você caro leitor, macaense de origem, saiba que foi muito bem representado em nossa cidade por um cidadão simples, mas que cativou a todos que o conheceu.

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


Viva Macaé!!!

1 0 0 2

A turma do Perú com o empresário Glauco Lopes em Macaé

Marcelo, Sandro e Glauco que abandonou o sucesso da política para investir na economia privada, centrada no Turismo. O livro ao lado mostra novas alternativas para o turismo do estado do Rio Janeiro. Nós do Perú vamos relançar-lo com palestra do autor na nossa nova Livraria Máscaras, a partir de setembro no Espaço Domme

Glauco Lopes, amigo do Perú

A Da redação

cidade de Macaé completou 199 anos de emancipação político administrativa no dia 29 de julho. Até os anos 80 era uma cidade bastante interiorana, pobre mesmo. Atualmente, graças ao poder do petróleo (a Petrobras se instalou na cidade em 1978) ocupa a 8ª posição entre as dez maiores economias do Brasil. Campos dos Goytacazes por sua vez, onde está situada a maior bacia petrolífera do Brasil, é a 6º economia do Brasil. Lembremos que no final dos anos 90, Macaé ocupava apenas a 55ª posição do mesmo ranking. Mas nem tudo são flores nessa historia. Se por um lado a cidade ganhou importância econômica, empresas, fabricas, hotéis de luxo e bons restaurantes como O Boom, por exemplo, por outro lado assistiu o crescimento desordenado da população (triplicou em menos de 30 anos) e também da violência. Porém nada que a distinga tanto assim das outras cidades brasileiras. A prefeitura de Macaé tem mais de 1 bilhão de orçamento por ano. Mas como a cidade tem mais de 200 mil moradores, o prefeito Riverton Mussi tem menos de 5 mil reais para investir por habitante/ano. Nosso prefeito Mirinho por sua vez, tem 6.500 reais por habitante/ano e Búzios tá essa porcaria. É melhor nem imaginar como vai estar nossa cidade daqui a 180 anos se continuar as mãos desses incompetentes... De 1980 até hoje, quando a Petrobras escolheu a cidade para sediar sua sede, quase 5 mil empresas se instalaram no município e nas cidades vizinhas. A maioria, ligada ao setor petrolífero. A economia da cidade crescer incríveis 600%. Mais que a da China. Macaé não apenas cresceu e enriqueceu. Ela fomentou o crescimento ao seu redor e transformou a cidade de Rio das Ostras, por exemplo. Nos próximos anos, esse poderio econômico só tem a crescer com os investimentos do Pré-sal.

O futuro

A riqueza do presente e as perspectivas do futuro próximo não escondem uma preocupação entre os moradores da cidade: o que será de Macaé quando o petróleo acabar? Essa é a pergunta que não sai da cabeça de muita gente. Apesar das recentes descobertas, que dobraram as reservas brasileiras, o fato é que petróleo é um bem finito. Um dia, queiramos ou não, ele vai acabar. Antes do boom petrolífero, a economia de Macaé era voltada para a pesca o para o turismo. A cidade era conhecida como a capital do camarão. Seu mercado municipal de peixes era famoso em toda a região. Havia sempre peixes e frutos do mar frescos e baratos. Com o passar dos anos, com a consolidação do petróleo, a cidade mudou. Os barcos de pesca passaram a trabalhar para as empresas de petróleo e para piorar, a ocupação desordenada e a falta de regras ambientais, levaram a cidade a perde diversos ativos naturais como a Praia de Imbetiba e a Lagoa de Imboassica. Imbetiba, com suas areias fofas e vermelhas era bastante procurada para banho no passado. Hoje, é apenas um pólo de extração de petróleo. Não que isso seja ruim, mas quando o petróleo acabar, o que será de Imbetiba? Para o empresário Glauco Lopes (ex-deputado estadual ex-presidente da Comissão de Turismo da ALERJ e expresidente da Macaé Tur) uma das saídas para o futuro será o turismo: de negócios, ecológico, rural, marítimo e de lazer. Cita como opções o Vale do Sana, que pertence a Macaé e tem uma das áreas mais protegidas de nossa região com lindas cachoeiras, rios limpos e matas preservadas. Foi Glauco Lopes, quando ainda era presidente da Macaé Tur, quem construiu o Centro de Convenções Roberto Marinho - o terceiro maior do estado com 110 mil metros quadrados- e que hoje recebe feiras internacionais como a Brasil Offshore, a segunda mais importante feira de negócios de petróleo do mundo. Com o Centro de Convenções, a cidade passou a ser um

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

destino de Feiras e Eventos e junto a isso, chegaram os hotéis de bandeiras internacionais como o Sheraton, Íbis e Othon entre outros. - Quando fiz parte da comissão de turismo da ALERJ e também como presidente do I Fórum Estadual de Secretários de Turismo, percebi a importância do turismo em nossa região. Espero que o governador Sérgio Cabral, que está fazendo um excelente governo, trabalhe mais para o setor do turismo no interior do estado. Existe uma lacuna que ele pode ocupar com uma boa política de turismo através da TurisRio. Temos um Plano Diretor de Turismo que nunca saiu do papel. Um plano excelente que nunca foi utilizado. Também é importante a conscientização entre os políticos das cidades vizinhas em desenvolver o turismo de maneira regional. Criar um corredor cultural e de lazer entre as cidades. O grande momento da mudança é agora, na hora da eleição. Temos que eleger prefeitos que pensem o turismo de maneira séria, declarou o ex-deputado. A família Glauco Lopes tem diversos investimentos em Macaé. A Churrascaria Galope, uma emissora da rádio (95FM), a Concreto Engenharia (comandada pelo engenheiro Silvinho Lopes), uma empresa de eventos (Guia Eventos) a Grand Cru (importadora de vinhos) e a Hangar 3, uma lona cultural que já é sucesso na cidade. A Hangar 3 fica ao lado do Centro de Convenções, na Rodovia Amaral Peixoto numa linda fazenda que pertence a família Lopes. - Acho fantástico a chegada do Perú Molhado à Macaé. Sou fã do Perú e acho o jornal uma referencia em nossa região. Sempre que vou à Búzios, onde temos casa, fico ansioso para ler o Perú. Quero aproveitar a oportunidade para convidar os empresários de Búzios a investir em nossa cidade. E convidar os empresários macaense para investir em Búzios. As duas cidades tem tudo para ter mais conexão. Mais integração. Sonho em ver todas as cidades do entorno unidas e crescendo juntas. Esse é o nosso destino: crescer juntos, finalizou Glauco Lopes.

3


Fiat Valore na economia automotiva: Os números impressionam

C

om apenas três anos de idade em Macaé, a Concessionária Fiat Valore, uma empresa do Grupo Líder e uma líder que se destaque pelos números. Grupo Lider que atua nos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santos. Nas Concessionárias de automóveis trabalha com as marcas Fiat, Volkswagen, GM, Ford, Toyota e Hyundai. Com caminhões, trabalha com as Concessionárias Mercedes Bens e também com as Concessionárias de Moto Honda. Em Macaé, é proprietária da Fiat Valore e Ford Bracom. Para o Gerente Geral Alessandro Braga, A Fiat Valore tem como diferencial o grande potencial comercial, que segundo ele são frutos dos investimentos realizados por conta do petróleo, pela renda per capta maior que a região, em função da indústria petrolífera. A concessionária movimenta a economia da cidade, gera emprego e serviços, são mais de 70 funcionários para atenderem nas áreas de venda de automóveis novos e semi novos, serviços, peças e acessórios, tudo com a garantia da Fiat, afirma Alessandro.

Alessandro Braga

Um Talento Precoce Números diferenciados, metas ambiciosas exigem um profissional bem preparado e focado em resultados. Neste contexto, Alessandro Braga da Silveira um jovem executivo, natural de São José do Rio Preto, formado em Contabilidade, com apenas 14 anos de idade iniciou sua trajetória de sucesso como bancário trabalhando no Banco do Brasil, trabalhou 18 anos no Grupo Rodobens e mais 4 anos no Grupo Líder, hoje, gerencia duas grandes concessionárias, Recreio da Volkswagen em Campos dos Goytacazes e a Fiat Valore em Macaé. Alessandro se destaca pela sua ousadia e determinação em promover ações de marketing, com o objetivo de alavancar as vendas de automóveis na sua loja. Consegue motivar toda a agência e com boas parcerias viabiliza as ações comerciais e mercadológicas que resultam em bons resultados de venda, chegando a vender em um único dia o que seria um terço da média mês de venda de automóveis da Concessionária. A Valore é uma líder de venda de automóveis em Macaé, são em média 150 carros vendidos por mês. Você encontra a Valore Macaé no início da Linha Azul, ao lado do SENAI.

Fachada da loja Fiat Valore

Alessandro fechando mais uma venda

Peixes e frutos do mar

BÚZIOS | ORLA BARDOT, 500 TEL: (22) 2623-2691 | FAX: 2623-2081 4

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


O cantinho de Baco em Macaé

M

Por Sandro Peixoto acaé tem uma loja de vinhos de dar inveja a qualquer capital brasileira. A franquia Grand Cru, importadora internacional de vinhos já é a maior distribuidora de vinhos e espumantes na região. Inclusive em Búzios, onde já é a principal fornecedora de vinhos para o Pátio Havana, Sawasdee, Don Juan, Bar do Zé, Trattoria Primitivo e Hedonista. A Grand Cru Macaé (A matriz fica em Buenos Aires) representa em nossa região as principais vinícolas da Argentina, Chile, Uruguai, França, Espanha, Estados Unidos, África do Sul, Austrália, Hungria, etc. Márcia Camargo, Gerente administrativa da Importadora revelou ao Perú que em menos de seis meses a loja e a distribuidora já tem clientes de Campos a Saquarema. A loja vende para restaurantes, festas e para clientes comuns. Márcia diz que a casa tem como diferencial o custo beneficio muito bom e a grande quantidade de rótulos e de vinícolas. No próximo dia 11 de agosto, A Grand Cru vai organizar no Confort Hotel, o Grand Tasting, evento anual da franquia que chega a sua 5º Edição e trará para Macaé 10 produtos internacionais de vinhos. Em comemoração aos 10 anos da Grand Cru no Brasil, o evento passará ainda por Porto Alegre, Campinas, São Paulo, Rio de Janeiro, Belém, Natal, Salvador e Londrina. - Esse evento sempre foi feito nas capitais. jamais houve algo parecido em nossa região. É uma oportunidade única para quem gosta de vinhos. Os brasileiros nos últimos anos passaram e apreciar mais o vinho. Porem, por enquanto ainda preferem as castas chilenas e argentinas, mas temos excelentes vinhos franceses, italianos, californianos, es-

panhóis, uruguaios e até da Nova Zelândia. É preciso conhecer outros rótulos para apurar o paladar. Participar do Grand Tasting custará apenas 180 reais e o cliente poderá degustar 130 rótulos acompanhado de um Buffet maravilhoso, declarou Márcia. Aldo Mussi, filho de Silvio Lopes (e sócio na loja ao lado dos irmãos Silvio e Glauco e do empresário Deodônio) é um apaixonado por vinhos. Prefere os brancos e diz que quem bebe vinho consome mais que uma bebida alcoólica. Ingere acima de tudo cultura pois o vinho traz consigo histórias espetaculares de tradição, orgulho, guerras, dedicação e porque não dizer de geografia e política. - Nossa ideia ao abrir a loja, foi dotar a região de uma importadora que não se restringisse apenas à venda, mas também, na educação e na formação de um novo público para a área de vinhos e espumantes. Na criação de novos clientes. Aqui na loja fazemos palestras e jantares harmonizados para mostrar todo o potencial do vinho. Preparamos garçons, gerentes e sommeliers para que ele se sintam mais seguros frente ao cliente. Queremos fazer um trabalho de iniciação e de aprofundamento da cultura do vinho, um produto que está em ascensão em nosso país, finalizou Aldo Mussi.

Aldo e Márcia na recepção da Importadora Grand Cru

Aldo, Sandro Peixoto e Márcia

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

5


Os Lopes P

Por Sandro Peixoto ara tentar explicar o sucesso de Macaé, escolhemos a família Lopes como exemplo. O patriarca da família, o ex-prefeito Silvio Lopes nos recebeu em seu escritório no centro da cidade, num prédio onde tem uma emissora de rádio (95FM) e também seu escritório político. Por incrível que pareça, ao 81 anos e depois de ter sido prefeito por 3 vezes e deputado federal por duas, Silvio se lançou candidato a vereador. Diz que entrou mais uma vez no jogo para desta vez ajudar a cidade a fiscalizar o prefeito. Para Silvio, vereador tem que fiscalizar o executivo acima de tudo. Fazendo isso bem feito, nem precisa fazer mais nada.

“Nos últimos anos, aprendemos a discutir políticas públicas em Copenhagen. Sem conhecer os problemas viários das cidades vizinhas é impossível desenvolver uma macro solução para a região” Glauco Lopes, filho de Silvio, lembra que a idade do pai não deve ser vista como empecilho pois nesse caso a experiência é o que vale. Glauco cobra dos eleitores maior responsabilidade na hora do voto. - Eleição não é concurso. Não deve contar simpatia, parentesco, amizade, beleza ou mesmo fortuna. Devemos lembrar que prefeito, vereador, deputado, governador, senador e presidente são cargos de responsabilidade. De grande importância social. O eleitor é o principal responsável pela qualidade dos mandatários. É o eleitor quem decide quem vai lhe comandar, mas quem define o futuro dos políticos é o eleitor. Meu pai é um homem de sonho e de realizações. Ele sonha ser vereador para ajudar a cidade e tem propostas bastan-

6

Aldo Lopes

O empresário Silvio Lopes em seu escritório em Macaé Sylvinho Lopes

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


tes interessantes, como por exemplo, criar a Comissão Legislativa Participativa, que vai colocar a população junto ao governo, facilitando a interação entre o povo e o poder, declarou Glauco Lopes que assim como seu pai, está apoiando para prefeito, o candidato Christino Alves do PSD Filho de um português e neto de espanhola, carioca, natural da Praça VX, Silvio Lopes chegou à Macaé em 1957. Trabalhava numa empresa de terraplanagem. Logo conquistou amigos e em 1982, foi sondado por um companheiro da loja maçônica local. Ele perguntou ao Silvio se ele não queria ser prefeito. A resposta foi um sonoro não. O amigo então lhe perguntou se vitória em eleição era uma questão de quantidade ou de qualidade. “De quantidade”, respondeu Silvio. As perguntas continuaram.

Educação, bons modos se aprende em casa. Falta ainda um maior respeito pelas escolas. Se você olhar bem, mesmo nos bairros mais pobres, verá que as igrejas estão intactas e as escolas depredadas. Isso porque as pessoas enxergam a igreja como uma coisa sagrada, que pertence a ela, enquanto aas escolas é ‘do governo’. Então você não acha que a maioria das pessoas são boas, e que por causa da omissão dos bons, os maus estão todos na política? Que se quisermos mudar alguma coisa temos que eleger boas pessoas? O que você tem feito para mudar a situação? As perguntas funcionaram e Silvio foi para casa propenso a se candidatar ao cargo de prefeito. - Eu tinha uma empresa Funerária e odiava política, mas aquelas perguntas me deixaram encabulado. Quando falei com minha esposa, ela ficou brava. Disse que jamais imaginou ver seu marido misturado na política. Eu tinha na época, 51 anos e já estava meio decidido a virar político, mas tinha que ouvir a opinião dela. Quando perguntamos a nossos filhos, eles acharam o maior barato e foi assim que virei político e essa, será a minha última campanha eleitoral. Peço a meus eleitores para guardar meus santinhos como lembrança pois essa será a última vez que concorro a algum cargo eletivo, confessou Silvio Lopes. Na primeira tentativa, Silvio não se elegeu. Na segunda foi eleito e quando assumiu a prefeitura de Macaé pela primeira vez em 1988, o orçamento anual era de míseros 60 milhões de reais por ano. Hoje, passa de 1 bilhão.

Ontem e hoje Silvio Lopes viu a cidade de Macaé se transformar. Hoje, reclama muito da falta de mobilidade urbana. Reclama que faltou planejamento mas retira de seus ombros a responsabilidade. Lembra que em seu primeiro mandato, recebeu 60 milhões por ano para administrar a própria cidade, mais Carapebus e Quissamã, então distritos de Macaé. Para Silvio, existem coisas que você pode fazer mas não deve e outras que deve, mas não pode. Seu filho Glauco Lopes, presente a entrevista, concordou com o pai e foi adiante. - Na verdade não adianta apenas desenvolver Macaé. Investir em mobilidade urbana e em infra-estrutura viária na cidade. É preciso planejar o desenvolvimento da região. Não podemos criar ilhas, esquecendo o entorno. Criar corredores viários e tumultuar as cidades vizinhas. Se fizermos isso, a riqueza não circula. Nos últimos anos, aprendemos a discutir políticas públicas em Copenhagen. Sem conhecer os problemas viários das cidades vizinhas é impossível desenvolver uma macro solução para a região, defendeu Glauco. Silvio não se considera um ecologista, apesar de ser um defensor do meio ambiente. Prefere o termo natu-

Silvio Lopes já foi capa do Perú

rista esclarecido. Lembra que enquanto parte da sociedade recama da emissão de CO2, a outra parte solta fogos para os bilhões de barris de petróleo do Pré-sal. Para ele, alguém está mentindo nessa história. Principalmente gente do governo federal. Para o ex-prefeito, a bandeira da ecologia não deve pertencer a um partido, a um governo. Deve ser da sociedade inteira. Como a educação. -Deixar a criança na escola e esquecer é uma coisa absurda. A educação não deve ser de responsabilidade apenas dos professores, dos governos. O colégio é para se aprender a ler e a escrever. Educação, bons modos se aprende em casa. Falta ainda um maior respeito pelas escolas. Se você olhar bem, mesmo nos bairros mais pobres, verá que as igrejas estão intactas e as escolas depredadas. Isso porque as pessoas enxergam a igreja como uma coisa sagrada, que pertence a ela, enquanto aas escolas é ‘do governo’. E se o prefeito tiver mal entre o eleitorado, pior ainda. Temos que mudar essa relação. Fazer uma escola onde a sociedade tenha mais interação. Escolas que tenham teatros, ginásios, piscinas, igrejas, salão de festas, etc. Levar a sociedade, os pais para dentro da escola, mostrar que aquele prédio é deles, concluiu Silvio Lopes, que ainda continua pensando como prefeito.

Tempos difíceis A vida de Silvio Lopes nunca foi fácil. Ainda bem pequeno, perdeu o pai. Depois, a mãe faleceu de tuberculose. Foi morar com a avó, em Niterói. Que lavava roupa para fora e ele entregava em Niterói e no Rio. Morou por um tempo em Caxias. Os recursos eram pouco e

RECEPTIVO

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

faltava dinheiro até para uniforme escolar. Quando Silvio tinha camisa, faltava o sapato. Quando tinha sapato, faltava short e assim por diante. E ele doido para desfilar no 7 de Setembro. Um dia, conseguiu o uniforme completo e ficou efusivo com a possibilidade de marchar entre os alunos de sua escola. Dias antes do desfile, durante a preparação dos adereços, deu uma martelada na testa do filho da Diretora e foi expulso da escola. Um verdadeiro pesadelo: depois de tanto tempo, via seu sonho ir água abaixo. Logo ele, que nunca foi violento. Mas a verdade é que o moleque, filho da Diretora era perturbado. Nada disse em casa sobre o caso. No dia do desfile foi nas casas do amigos se mostrar todo uniformizado. A maioria coitados, não tinham uniforme completo para a festa. Quando o pequeno Silvio chegou a porta da escola, enxergou entre as grades do portão um imenso cesto de pão ao lado de outro cesto de bananas. Logo imaginou meia dúzias em sua mochila. A Diretora, porém, também o enxergou e lhe fitou com olhos fulminantes. Quando a turma montou fileira, ele entrou no meio. A Diretora o puxou pela orelha. Ele não desistiu. Na época, a banda seguia atrás das crianças e Silvio viu então a solução: quando os tambores rufaram, seguiu atrás da banda marcial marchando como se fosse um soldado de verdade. Passo a passo realizando seu sonho de criança. Como estava sozinho atrás da banda, logo passou a ser o destaque a todos apontavam para ele. A Diretora não teve outra opção a não ser incluí-lo entre os outros meninos e assim o pequeno Silvio Lopes seguiu feliz até o final do desfile. Anos depois, já prefeito de Macaé durante um desfile igual, ficou com os olhos marejados lembrado de si mesmo ao ver 16 mil crianças desfilando uniformizadas.

(22) 2623-2100 7


Deus não dá asas à cobra

Por Denis Kuck

O

início da colonização de Macaé ocorreu no século 17, quando Portugal (na época sob domínio espanhol) resolveu ocupar parte do litoral norte fluminense com índios catequizados, o que tinha por objetivo evitar invasões inimigas e a ação de contrabandistas que cobiçavam o pau-brasil. Outra ocupação primitiva da região ocorreu quando os jesuítas conseguiram catequizar (eufemismo para sequestrar a cultura) os índios goytacazes que viviam naquelas paragens. Foi esse povoado que deu origem ao que hoje é Macaé. Durante o século 18, esta colonização não impediu corsários franceses de roubar embarcações e assaltar comerciantes que levavam gado e mantimentos de Macaé para o Rio de Janeiro. Mais tarde, quando Marques de Pombal expulsou os jesuítas do Brasil, Macaé vivia um crescimento econômico devido à exploração da cana-deaçúcar e à custa da escravidão. Em 1813, o Príncipe Regente Dom João transformou o povoado na Vila de São João de Macahé, que 33 anos depois ganhou o status de cidade. Com o tempo, a exploração do açúcar entrou em decadência. Assim, era preciso inventar outras coisas para cobiçar. No início do século passado, Macaé experimentou certa prosperidade com a produção de café. No entanto, o boom econômico do município só ocorreu mesmo a partir dos anos 70, com a descoberta do petróleo na região. Até hoje, este é o principal produto explorado na cidade, que gira em torno do ouro negro. Gente de todo o Brasil e do mundo veio morar em Macaé. Milhares de postos de trabalho foram criados. A Bacia de Campos - onde se localiza Macaé - é responsável por 80% da produção de petróleo e 47% da produção de gás natural do país. De acordo com o IBGE, o PIB per capita do município é de R$ 42 mil e quase metade do PIB industrial do estado do Rio vem da região. Macaé é uma das cidades de maior desenvolvimento do Brasil. Uma potência. Mas Deus não dá asas à cobra. A cidade enriqueceu, mas não distribuiu e cresceu demais. O desenvolvimento trouxe problemas de gente grande, como violência, favelização, destruição do meio ambiente, pobreza, poluição... Invasores estrangeiros, pau-brasil, corsários, saqueadores, exploração, catequização, escravidão, guerras, contrabando, dinheiro, ganância. Como se vê, Macaé é uma cidade conturbada desde seus primórdios. Ao contrário de Búzios. Aqui, nunca acontece nada. É verdade que a cidade se sofisticou um pouco ao longo dos anos, ganhou notoriedade e fama internacional, mas as coisas por aqui são bem mais tranquilas do que na vizinhança fluminense. Por isso, se você está cansando de trabalho, venha para Búzios gastar o dinheiro obtido com o petróleo. Nossa península não foi feita para a labuta, e sim para quem pretende deliciosamente se espreguiçar a beira mar, comer uma anchova grelhada e viver a vida... Não temos a pujança econômica de Macaé, é verdade, mas como Deus não dá asas à cobra, em compensação temos um charme indescritível, tranquilidade, cultura, praias abençoadas, restaurantes maravilhosos, pousadas incríveis e um caldo cultural formado por loucos de todos os cantos do planeta que se refugiaram nessa ponta de terra que se destaca do restante do território do estado como que gritando: venham para Búzios! Mas take it easy...

8

Índios canibais, cana de açúcar, café, pescadora, hotelaria, crescimento econômico e petróleo. As riquezas de Macaé

Os prédios da praia de Cavaleiros lembram o começo da Barra da Tijuca

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


Os personagens

A

Por Sandro Peixoto ssim como qualquer cidade que cresceu muito nos últimos anos, Macaé também recebeu muita gente de fora. Pessoas de outras cidades que procuraram o eldorado macaense para mudar de vida. Para ganhar um pouco mais. Uma dessas pessoas é o simpático garçom Francisco Carlos da Silva. Cearense e natural da cidade de Nova Russas, Francisco está há um ano em Macaé. Trabalha na Churrascaria Galope (grupo Silvio Lopes) e traz sempre um sorriso no rosto. Sorriso não! Uma verdadeira gargalhada que a todos contagia. Parece que o simpático garçom nunca está de mal humor. Antes de chegar à Macaé, Francisco trabalhava na Pizzaria Patropi, na cidade de Casemiro de Abreu. Casado com uma carioca, pai de um filho (e esposa espera outro) e dono de uma casa própria em Itaboraí, Francisco diz que saiu de casa com um sonho: trabalhar para conquistar seu próprio negócio. Se depender do talento e do bom humor da rapaz, em pouco tempo ele com certeza terá sua própria pizzaria. O nome pode ser Pizzaria Alegria, pois isso ele tem

de sobra. A advogada Kátia Cristina Monteiro não veio morar em Macaé por vontade própria. Foi seu pai, quem saiu do norte do Brasil para trabalhar em Macaé com a Petrobrás. Antes, quando criança, morou em algumas capitais e achou estranho encontrar uma cidade cheias de carroças e bicicletas. Quase trinta anos depois, Kátia diz que conhece duas cidades. Antes e depois da riqueza do petróleo. Para Kátia, Macaé tem muitas oportunidades, mas somente para pessoas qualificadas, preparadas. -Macaé era muito interiorana. Todo mundo se conhecia. Era tudo muito diferente. Hoje está tudo diferente de antes. Silvio Lopes também mudou a cidade. A cidade recebeu gente de muitos lugares, outras culturas. O estrangeiros são fechados.Vivem do trabalho para a família. Acho que diferente dos brasileiros de outras cidades que viraram macaenses, os estrangeiros dificilmente criarão vínculos aqui. Mas a cidade é bastante legal. Temos uma boa qualidade de vida apesar do crescimento rápido e desordenado. Muita gente pensa que pode encontrar emprego fácil. Temos emprego sim, mas para pessoas qualificadas. E para piorar, Macaé é uma cidade cara. É difícil viver aqui sem capacitação.

O simpático Francisco, garçom da Churrascaria Galope

Nosso repórter Sandro Peixoto entrevistando a Advogada Kátia Cristina

s... e d nida u t r Opo raia !! s a P m Últi unto à J

A

VISITE O APARTAMENTO DECORADO

NÍVEL A

VENHA PARA O MELHOR EMPREENDIMENTO DE RIO DAS OSTRAS !

RUA BOM JESUS DE ITABAPOANA, COSTA AZUL, RIO DAS OSTRAS.

Segurança 24h Spa Sauna Espaço Gourmet Espaço Grill Espaço Festa Piscina Deck Espaço Fitness Playground Brinquedoteca

NBR ISO 9001:2008

TEL.: (22) 2760.8075 www.villarioempreendimentos.com.br

Financiamento sob análise de crédito. Imagens ilustrativas prevalece o memorial descritivo R.G.I. nº RO2-16673 do cartório de ofício único de Rio das Ostras - RJ.

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

9


ENFIM JUSTIÇA!!! A

Por Márcia Sobral mo esta cidade por residir nela há trinta e dois anos e ter participado dos seus primeiros passos quando emancipada. Recordo bem daqueles tempos, crédula de que a libertação da tutela de Cabo Frio representava nossa maior idade e que daí por diante, resultado do amor de aqui viver e usufruir, poderíamos avançar mais e mais na oferta de uma educação, saúde, saneamento, urbanização, enfim, no atendimento dos anseios de todos nós buzianos. A eleição de um filho da terra para guiar os destinos do jovem Município, foi, no meu entendimento, uma demonstração de amor pelas raízes, de crença em seus iguais, de esperança que fôsse capaz de realizar os sonhos de todos. Passados dezesseis anos, a realidade que me cerca entristece, desilude e me convoca a lutar por mudanças, na certeza de ter sido traída nos meus sentimentos mais puros, por um homem que parecia idealista nos primórdios, mas que hoje, revelou ser apenas individualista, mais um entre tantos políticos inescrupulosos que se aproveitam da bondade e humildade do povo para enganá-lo covardemente. Depois dessa reflexão, vamos voltar ao título destas linhas: “ENFIM JUSTIÇA”!. É certo que nossa precária situação decorre da incompetência administrativa e de uma política de troca de favores, que enriquece alguns em detrimento de todos. Vejam nos noticiários que esse calvário não é exclusividade de Búzios, na verdade é uma epidemia que assombra todos os cantos deste país. Sempre me senti indefesa para fazer prevalecer meus direitos de cidadania contra os abusos destes poderosos. Esta sensação de impotência, percebo hoje ser decorrente da inoperância da justiça, que dá como resultado a impunidade, sob a certeza da qual a ação dos maus políticos se ampliou e ganhou contornos de quadrilha. É nesse contexto de deseperança, tristeza e desânimo, que a Justiça de Búzios me surpreende favoravelmente, fazendo meu coração bater mais forte, ressurgir em mim a esperança e despertar um ânimo novo para lutar em busca de resgatar o futuro da cidade, que se confunde com a felicidade de meus filhos e futuros netos, pois amo isso aqui e não vou desistir de tentar. Duas Juízas prolataram sentenças condenando os crimes cometidos contra o povo desta cidade com tanta sabedoria, equilíbrio jurídico, destemor e sustentação, que não deixaram nenhuma dúvida para aqueles que leram as sentenças, de que o réu Prefeito Mirinho Braga, apesar de suas evasivas e alegações de irresponsabilidade, merecia ser condenado por ser impróbo, não ter qualidades indispensáveis àquele que ocupa cargos de confiança na administração pública. Vou me limitar a reproduzir trechos das sentenças “ipsis literis”, evitando desta forma, especulações quanto á mudanças introduzidas por mim no sentido das palavras das Magistradas. Primeiro reproduzirei partes da sentença da Drª Alessandra de Souza Araújo no processo 0004753-43.2009.8.19.0078. Após extensa arrazoado quando demonstra conhecer o processo em toda sua intimidade, já ao final, afirma: “ A MÁ FÉ DO PREFEITO PRIMEIRO RÉU, TAMBÉM RESTOU EVIDENCIADA NO PRESENTE PROCESSO, HAJA VISTA SUA INEXORÁVEL CIÊNCIA DA ILEGALIDADE DOS ATOS DE PAGAMENTO PRATICADOS. NÃO É CRÍVEL QUE UM CONTRATO DE TAL NATUREZA

10

(CONSTRUÇÃO DE CASA POPULARES) E DE CUSTO ALTO PARA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, NÃO FOI VERIFICADO PELO PREFEITO, QUE É ORDENADOR DE DESPESAS. PRINCIPALMENTE TRATANDO-SE DE PREFEITO QUE SE ENCONTRAVA EM SEU SEGUNDO MANDATO”. Mias adiante, a Magistrada ainda, na firmeza de seu convencimento, diz: “ O PODER JUDICIÁRIO NÃO PODE CHANCELAR A ALEGAÇÃO DO PREFEITO NO SENTIDO DE NENHUMA RESPONSABILIDADE POSSUI NOS PROCEDIMENTOS LICITATÓRIOS ALÉM DAS DO ART.38 DA LEI Nº 8666/93, NÃO PODE ACOLHER A ALEGAÇÃO NO SENTIDO DE QUE O PREFEITO COMO ORDENADOR DE DESPESAS NÃO

A estátua da Deusa Themis, na fachada do Palácio da Justiça de Porto Alegre

TEM O DEVER DE VERIFICAR SE AS DESPESAS SÃO EM PROL DA COMUNIDADE”. Em sequência, tenta ensinar a Mirinho o que ele deveria saber de há muito, lecionando: “ ADMINISTRAR SIGNIFICA DIRIGIR, ORGANIZAR, SUPERVISIONAR, COOPERAR”. Mais adiante, a Magistrada registra: ” ISSO JÁ INDICA DEVER SER PROIBIDO DE OCUPAR CARGO PÚBLICO, PRINCIPALMENTE MEDIANTE ELEIÇÃO POPULAR”, PARA ADIANTE NA SENTENÇA, CONDENAR OS RÉUS PREFEITO DELMIRES DE OLIVEIRA E EMPRESA CONTRATADA ORIENTE CONSTRUÇÃO CIVIL LTDA A PAGAR, CADA UM, MULTA EM FAVOR DO MUNICÍPIO DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS “ART.18 DA LEI 2.429/92, O VALOR EQUIVALENTE A TRES VEZES À REMUNERAÇÃO ATUAL DE PREFEITO. DECRETO SUSPENSÃO DOS DIREITOS POLÍTICOS DO PRIMEIRO RÉU PELO PERÍODO DE OITO ANOS. DECRETO A PROIBIÇÃO DOS PRIMEIRO E SEGUNDO RÉUS ACONTRATAR COM O PODER PÚBLICO OU RECEBER BENEFÍCIOS OU INCENTIVOS FISCAIS OU CREDITÍCIOS

PELO PRAZO DE CINCO ANOS”. É meus amigos, lamentavelmente, só agora o Rei ficou nu, exposto com toda a sua fragilidade, incompetência e irresponsabilidade que desfilou ao logo dos últimos dezesseis anos. A pena de uma mulher corajosa teve este condão. Abordaremos agora o processo nº 000178494.2005.8.19.0078, com data de sentença de 18/07/2012, portanto, semana passada, da lavra da Juíza Maira Valéria Veiga de Oliveira. O processo versa sobre dano ao erário/improbidade administrativa/atos administrativos, tendo como autor o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e como réu o Prefeito Delmires de Oliveira Braga. Este processo foi distribuído em 01/12/2005, portanto, sete anos decorridos para que fôsse exarada a sentença de 1ª Instância, não por culpa da Magistrada que sentenciou, mas por descaminhos que abalaram a credibilidade da Justiça em todo País. Voltemos à sentença da douta Magistrada, que após extensa fundamentação dos ilícitos e seus emquadramentos, termina ela por “CONDENAR O RÉU DELMIRES DE OLIVEIRA BRAGA NAS PENALIDADES PREVISTAS NO ART.12 DA LEI 8.429/90, QUAIS SEJAM: SUSPENSÃO DOS DIREITOS POLÍTICOS PELO PRAZO DE CINCO ANOS, BEM COMO NO PAGAMENTO DA MULTA CIVIL DE CINQUENTA VEZES O VALOR DA REMUNERAÇÃO PERCEBIDA PELO AGENTE QUE É A REMUNERAÇÃO DO PREFEITO. CONDENO AINDA O RÉU MENCIONADO NA PROIBIÇÃO DE CONTRATAR COM O PODER PÚBLICO ... CONDENANDOO FINALMENTE NA PERDA DA FUNÇÃO PÚBLICA, VISTO QUE ENCONTRA-SE ATUALMENTE EXERCENDO O CARGO DE PREFEITO DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS”. Para que o leitor imagine a gravidade da improbidade cometida, improbidade é crime, a multa aplicada contra o Prefeito é equivalente ao montante de 800 mil reais, que, acrescido dos 20% devidas ao Fundo do Ministèrio Público, soma desembolso no montante de 960 mil reais. Mas para o Prefeito Delmires, esta quantia é irrisória. Não param por aí as sanções que se abatem sobre o nosso prefeito em consequência seus desmandos acumulados, neste caso uma ação do Tribunal de Contas cuja sanção pecuniária já se encontrava inscrita na dívida ativa. Mais uma vez, a Drª Alessandra decide: “ A EXECUÇÃO FISCAL FOI DISTRIBUÍDA EM 2010. O EXECUTADO FOI CITADO PESSOALMENTE EM 27/09/11, CONFORME FLS.16, VERSO, QUEDANDO-SE INERTE. CONSTOU DO MANDATO DE CITAÇÃO QUE O NÃO PAGAMENTO IMPORTARIA EM PENHORA OU ARRESTO (FLS.16), CONFORME DECISÃO DE FLS.8. ISSO POSTO, COM FULCRO NOS ARTS. 7º, 9º e 10 DA LEI Nº 6.830/80 E 655, I e A, do CPC, DETERMINO A PENHORA “ON LINE” DO VALOR DE FLS. 12”. Ufa! É muita improbidade e condenação, mas vem muito mais por aí. Só para registro, reitero que a Juíza Maira CONDENA-O À PERDA DA FUNÇÃO PÚBLICA, uma vez que exerce o cargo de Prefeito de Armação dos Búzios. Perdeu mas não vai entregar, foi condenado por trair o povo de Armação dos Búzios e insiste em continuar pleiteando a confiança daqueles que desrespeitou. Sai daí Delmires, vai tentar sua cantilena junto a outro público. Aqui todos já o conhecem.

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


@çai.com

E

m pleno coração de Búzios, com um ambiente agradável, ar condicionado e um atendimento personalizado e uma casa cheia de variedades e serviços, o Cyber café @çaí. com é um diferencial no mercado.

A Empresária - Coragem e determinação são as principais características de Lílian Orellana Jimenez. Chilena jovem empresária, formada em hotelaria e mãe do Pedro, chegou ao Brasil à quatro anos atrás e foi trabalhar no segmento hoteleiro. Com sua visão empresarial e comercial, percebeu um mercado em franca expansão e não perdeu tempo, concentrou suas forças e energia e se dedicou a um novo mercado e sua nova casa. Fato esse que segunda Lílian só pode acontecer com a ajuda e apoio da sua família no Chile, segundo ela seu sucesso é também de responsabilidade de seus pais, “sou grata pelo apoio da minha família” disse a empresária. O grande diferencial do Cyber Café - Para Lílian, o mais importante é o cliente ser bem atendido, seja criança ou idoso, turistas ou moradores de Búzios. Para isso, criou um espaço agradável e aconchegante com o objetivo dos clientes se sentirem como se estivessem em casa. Tem a preocupação de manter um ambiente limpo e higiênico para provocar uma sensação de bem estar, além de todos os funcionários usarem luvas para manusearem os alimentos consumidos no café. “Nossos clientes são pessoas que se sentem em

casa e muitos deles quando chegam na loja são atendidos pelo nome”. O atendimento é um dos diferenciais da @çai.com, esse cuidado é diferente e presente tanto no tratamento aos funcionários, quanto aos clientes externos. O funcionário tem que está feliz, quando ele faz algo positivo e que agrada a todos, ele precisa saber que aquele trabalho foi importante e que a empresa ficou satisfeita com o seu desempenho e resultado, com esse reconhecimento ele se senti importante e trabalha feliz, essa é a visão da gestora que conta com os colaboradores, Nayara Luna, Luciano Ferreira, Neuza Massita, Gonzalo Feruto e Alzenyr Pereira. Para Ela, esses amigos funcionários estão preparados para fazer o cliente se sentir acolhido, orientado e satisfeito com a boa vontade e disponibilidade em atendê-los. Depoimentos - Um livro na recepção com os dizeres “Estimados clientes, nosso livro de sugestões, reclamações e elogios para melhorar cada dia nosso atendimento e dar um bom serviço”, chama atenção. A grande surpresa é que não existe reclamação, mais sim, bastante elogios, principalmente para o atendimento, como o depoimento de Henrique e Dani, clientes da loja, “Ótimo atendimento, adoramos o preço de 15 minutos para impressões, ideal e justo. O único cyber café que encontramos oferecendo este espaço.” E também a opinião da Carol que diz, Muito legal o espaço, de muito bom gosto, Sucesso!!!

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

Seus Serviços - Um delicioso açaí batido com frutas, banana ou morango, onde o cliente pode tomar na loja ou levar para casa em uma embalagem própria para viajem. Sucos naturais, sorvetes, salgados, refrigerantes e um café quentinho com pão de queijo, entre outras guloseimas você pode saborear no @ çai.com Pode também acessar a internet, imprimir documentos, tirar segunda via de documentos online, fazer download de arquivos, enviar e receber documentos via fax, scannear documentos, consultar SERASA, SPC. Além de locutório (cabine telefônica) e informações e trabalhos turísticos. Venha nos visitar, será uma honra atender você. O @çai.com fica na Rua Joaquim Pereira, n. 11, Centro – Búzios, em frente ao Banco do Brasil – Tel. 22 – 2623-3712.

11


Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas

Os botafoguenses Janice, Eva, Marcelo e Luquinhas seeforderam nos últimos jogos do Fogão

Búzios o paraíso. Parece até que as eleições nem começaram em Búzios. Poucos carros de propaganda circulando, com o som bastante civilizado, com horário restrito das 13 as 18 horas, sem incomodar os turistas e quem reside na cidade. Um verdadeiro oásis no contexto região dos lagos, onde a favelização das campanhas e o lixo eleitoral tomam conta das ruas. E ainda tem os candidatos Zé Ruelas que vivem reclamando da pouca quantidade de carros de som nas ruas de Búzios. Santa ignorância. O Facebook tá bombando. Ao contrario das ruas, graças ao bom Deus, a campanha eleitoral no facebook a cada dia que passa esquenta mais. Os simpatizantes das 5 candidaturas a prefeito estão mandando muito bem nas suas propagandas eleitorais, chegando em alguns casos a baterem doído nos candidatos. Nada que um compartilhamento não resolva. Bom seria se essa pancadaria ficasse restrita ao campo virtual.

12

Os suecos de Macaé Sara e Sven

Estranho. A prefeitura de Búzios deu a primeira licença de obra para a reforma da Marina de Búzios. Infelizmente a licença para a obra da garagem náutica, que deveria ser dada pela secretaria de Meio Ambiente, ainda não saiu e por isso, a reforma não anda. A nova Marina quando sair, terá a bandeira do grupo A.C Lobato, dono das melhores marinas do Brasil. Errado. A Festa de Sant`Anna mais uma vez virou uma feirinha de produtos baratos. Uma barraca de biquínis a dez reais foi montada em frente a uma loja de biquínis que durante o ano inteiro sofre para vender aos poucos turistas que por ali passam. Uma concorrência desleal contra um comerciante legal que paga seus impostos. Acabou. A bandeira SupperClubs já não comanda o hotel Breezes da Praia de Tucuns. Depois de quase dois anos à frente

Renatinha, Marcinha, Abigailzinha e Ottinho na Galeria TNT da Itanhangá

do resort, o grupo jamaicano bateu em retirada. O SuperClubs Já havia desistido da Costa do Sauípe, na Bahia e agora, desistiu de Búzios. O hotel já procura outra empresa para administrar o local.

deve pensar que a cidade não tem eleição este ano. Ou se tem, apenas um candidato concorre para prefeito. Até o momento não vimos quase nenhum cartaz dos outros candidatos.

Urna I. Começou a campanha eleitoral e o povo, também começou a fazer chacota com os candidatos. O vereador Leandro que busca a reeleição, espalhou pela cidade cartazes em que aparece ao lado do prefeito Mirinho de braços cruzados. O povo anda perguntando se ele quer se eleger para ficar mais 4 anos de braços cruzados. O vereador Felipe Lopes também é outro que cruzou os braços para pedir votos.

Vazio. Quem também sumiu foram os turistas. As aguardadas férias de julho ao que parece, também tirou ferias e foi para outro destino turístico nos deixando no mão.

Urna II. Já o vereador Lorran, que também busca a reeleição aparece com as mãos dentro do bolso. A pergunta dos eleitores é se ele está colocando ou tirando dinheiro. Afinal, perguntar não ofende. Urnas III. Quem chega em Búzios hoje

É grave a crise. O Obelisco, símbolo maior de Buenos Aires ficou apagado outra noite por falta de pagamento. Além da luz do pirocão, a empresa de energia ainda cortou a energia de diversas praças deixando a cidade às escuras. Para piorar, houve uma queda de 40% de brasileiros nestas férias de julho na cidade. Errata. O jornal Primeira Hora querendo fazer terrorismo, mostrou três lojas fechadas na Rua das Pedras, querendo

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas

A nossa pintora Abigail e seu marido Udo no conforto de sua mansão no Joá Alejandrita, Jorge Cresta Guingle e sua mulher na Vernissage da Exposição dele

Carol Caetano, Ana Clara Freitas, Juliana Almeida e Amanda Saber na Ferradurinha, na gravação do programa da Multishow

Amanda Chang e Bruno de Luca

a domme sempre deu um show na sala, agora está dando um show na cozinha. O Restaurante com gostinho de Búzios.

rua

dizer com isso, que a cidade estava falida. Faltou ao jornal oficial procurar se informar. As lojas estão fechadas porque o imóvel que pertencia a Noelza Guimarães foi vendido. Só isso. Na verdade, a procura por lojas na Rua das pedras não cessa dizem os corretores da cidade.

Reservas: 22 2623 0447

De segunda a se xta, almoço e xecutivo. De quinta a sábado aberto para Jantar.

Nova Domme Búzios. Sua casa merece. O Japonês com gostinho de Búzios.

Decoração | Móveis | Paisagismo | Gastronomia

Frutos do mar com gostinho de Búzios.

Domme Búzios: Av. José Bento Ribeiro Dantas, 2700 - Manguinhos - Búzios. Tel.: 22 2623 4775 | Domme Rio: CasaShopping - Barra da Tijuca. Tel.: 21 3325 0094 | www.dommerio.com.br

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

13


2 1 0 2 s e r Lond

Melhor morrer de Gim do que de tédio

A

ntes mesmo da abertura do XXX Jogos Olímpicos de Verão, conhecido aqui na terrinha como Olimpíadas de Londres, nosso correspondente Cabelada começou a trabalhar. Foi conhecer a área. Os pubs londrinos, as ruas e o comercio local. De cara, ficou amigo de um pernambucano que sabe tudo de Gim, a bebida preferida da Rainha Elizabeth. Como não tinha Brahma, Cabelada foi de Guinness mesmo. Pouca gente sabe, mas a rainha bebe todos os dias um drink feito com Gim e Dubonnet - um vermouth metido a besta. Todo mundo fala mal do presidente Lula porque ele gosta de uma cachacinha. Da Rainha ninguém fala nada que além de Gim é chegada numas taçinhas da Tattinger.

14

Já se sentindo em casa, bem a vontade mesmo, Cabelada desfilou pelas ruas londrinas sem camisa. Fumou charutos, leu os principais jornais locais (não entendeu nada e se fixou nas figuras) e depois de se refrescar ao lado do chafariz na Praça Trafalgar Square, correu para seu apartamento para assistir ao jogo da seleção do Brasil contra a seleção de Marrocos na TV, visto que o jogo seria no estádio Old Trafford, na cidade de Manchester. Cabelada ficou de enviar matéria sobre o jogo, mas a edição do jornal fechou antes e por isso apenas na semana que vem, os leitores do peru terão o prazer de ler as opiniões abalizadas do nosso correspondente que ainda está aprendendo a usar o laptop e está escrevendo a mão mesmo.

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


NINA: A LIÇÃO QUE VEM DA COZINHA PLIM! PLIM! PLIM!

N

Por Vilmar Madruga

Nina, personagem da novela Avenida Brasil

espectadores por um final feliz. Nina, uma das principais personagens da tal novela é uma chef de cozinha, abandonada pela madrasta num lixão que volta como empregada na casa de seu desafeto com um desejo de vingança tão grande, cuja ideia fixa, nem o encontro com sua grande e única paixão, o jogador Jorginho, é capaz de demover. A mocinha então, figura nos tabloides da realidade com manchetes do tipo: Cachorra – Nina pega Max, Jorginho e Tufão. Seu namorado a chama de vadia e bandida e sofre com seu plano de vingança que o coloca em segundo plano. Tudo isto, intercalado com tórridas cenas de amor e sexo do tipo assim-você-matao-papai. Não muito longe, a mocinha e o galã de novelas exalavam caráter e podíamos deixar as crianças na sala, pois eram os próprios baluartes da moral e dos bons costumes. Hoje se tornaram os chatos

e perderam o emprego nos anúncios de shampoos e dos carrões para as vilãs loiras e os psicopatas, estes sim, frutos da simpatia da moçada e até das senhorinhas de cabelo azul. No cinema os personagens maus eram tão definidos como o claro escuro das fitas em preto e branco. Ainda hoje há uma espécie de permissão poética da sala escura quando a miséria humana, a doença ou a indigência cultural é exposta. E, podemos ver beleza e contundência em dramas e cenas densas e até violentas. Mas, no cinema somos acordados para a realidade pela mágica da luz que nos despede da projeção. Até que um jovem qualquer psicopata saia da tela encarnando o vilão e, armado até os dentes, saia matando todos os espectadores como já se viu no Colorado e em São Paulo. O comportamento dos personagens criados para as novelas apoiam-se ainda na aceitação do grande público, que, ao que

parece, despreza cada vez mais os valores ditos positivos da “classe média” como honestidade, ética e educação. Valores que vem desaparecendo de instituições mais tradicionais como a escola, a família e a vida pública. Então, quando a empregada sai da cozinha não é para um panelaço por melhores condições de trabalho. Ela quer vingança, pagar, com a mesma moeda, a patroa que a humilhou. Assim, toma seu lugar no sofá, na cama e à mesa. E a exemplo do que se vê no romance de Eça de Queiroz, O Primo Basílio, ao invés do perdão, parte para a tortura: a vingança saboreada como prato frio que ela obriga a patroa a lhe preparar. O final só o autor sabe. Mas, vale arriscar: Nina casará novamente no lixão com Jorginho e Carminha se candidata à política, vence a eleição e vai morar em Brasília. Se você concorda pode curtir e compartilhar. Rsrs...

VALOR: R$ 650,00

unca fui afeito a novelas. Muito menos a escrever sobre elas. É impossível, no entanto, ficar alheio à invasão da arte imitando a vida no que se refere à atual ascensão da classe C aos folhetins televisivos. Guiados pelo marketing do alpinismo econômico a televisão brasileira tira da área de serviço para a tela plana, empregadas, motoristas, jogadores do subúrbio, peguetes de baile charme, rufiões e moradores mais resistentes ao extermínio do lixão social. No país das metáforas involuntárias e das piadas prontas, não por acaso leva o nome de Av. Brasil o título de uma das mais sintomáticas representações desta realidade. A novela de João Emanuel Carneiro, competentemente dirigida pela Amora Mautner mostra a ascensão da classe proletária não como os círculos de esquerda chegaram a imaginar há alguns anos: o poder tomado com uma olhar crítico sobre os desvios pequeno-burgueses da classe média. Não, nada de discursos inflamados sobre a cultura do trabalho, do esforço e da honestidade. Aqui prevalece o deslumbramento com o poder, com o que a felicidade, o sucesso e o dinheiro fácil, limpo ou não, podem trazer. No plano da ética e da moral também valetudo: vingança, bigamia, roubo, mentiras e toda sorte de perversões. Atos reprováveis provocados pelos vilões da história? Não, práticas comuns aos chamados mocinhos de outrora por quem torciam os

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

15


Cinema Cine Bardot - O ESPETACULAR HOMEM-ARANHA (EUA 2012) 2h 20 Ação, Aventura, Fantasia. De: Marc Webb. Com: Andrew Garfield, Emma Stone, Rhys Ifans. Dias: Sexta 21:00, Sábado 19:00, Domingo 19:00. AS NEVES DO KILIMANJARO ( Francês 2011) Drama, Romance. De: Robert Guédiguian. Com: Ariane Ascaride, Jean-Pierre Darroussin. Dias: Sábado 21:30, Domingo 21:30. FLORES DO ORIENTE (China 2012) Drama e Guerra / 2h 26/14 anos. De: Zhang Yimou. Com: Christian Bale, Paul Schneider, Xinyi Zhang. Dias: Quinta 21:00. Ingresso: Inteira R$ 20,00 Meia R$ 10,00. Tel: 22 26231298 / www.viladomar.com/cinebardot

Artes Plásticas Abigail V. Schlemm – Pinturas. Rua das Pedras 151. Vilmar Madruga – Atelier com exposição permanente da obra do artista. Porto da Barra. Tel.: 2623-7452 Anauê Mosaicos e Esculturas – Rua das Pedras, 266 – loja 04. Telefone: 2623-2225 Atelier Decor-Resina – Peças exclusivas em materiais nobres misturados com resina cristal. Rua Vila das Aroeiras, no 180. Tel.: (21) 9729-3795 Lula Moraes – Loteamento Pórtico de Búzios- lote 23, quadra 05. Atrás do Hospital Municipal. Bairro São José. 2623-5744. Atelier Flory Menezes - Rua das Pedras 168 lj 8 Búzios (2623-0264 - 9994-7831). www.florymenezesescultura.com Eduardo Sardi - Retratos artísticos, pinturas a óleo e pátinas - Vila Caranga, 32 - Telefone: 2623-4072 9223-0457 Julián Juaréz - artista plástico - Tel: 2633-7037 / 92096364. julian23artistaplastico@hotmail.com. Rua Nicolau Antônio Estevão, 68 • Alto da Boa Vista • Rasa. Sérgio Joppert - Pinturas e Desenhos. Rua Zaíras Street. Nº. 09 Baia Formosa - Lote 09. Quadra 05. sergiojoppert@hotmail.com. (21) 9559-0014 Eduardo Pieretti Atelier - Rua da creche Barbara Writh, Parque das Acácias. Tel: (22) 2623-6179 Atelier Maremato do André Cira - Tel 22 26291351 acira@wanadoo.fr Artista plástica Argina Seixas. Endereço: Centro Hípico de Búzios - Marina Porto. Horário de funcionamento: 10:00 às 18:00. Telefone contato: (22) 8843-6604 Ana Colombo - Na Galerida da Vimolagos

Comidas & Shows Sushi Jardin. Aberto de terça a domingo a partir das 18h La Spaghetteria da Mimi - Almoço executivo de quarta à segunda, das 12h ás 17h. O melhor lugar para sua festa. Praça Santos Dumont, 255. Tels: 2623-4764 / 2623-3000 / 2623-4439. Barceloneta - Todas as quartas feiras e sábados, a partir das 20,30h, presença do casal Kalu e Rodrigo, professores de música do Instituto Vila Lobos de Cabo Frio, tocando e cantando música popular brasileira ao som de guitarra classica e cavaquinho. Tel.: 2623-0035

Galeria Abigail Vasthi Rua das Pedras, 151 Tel.: 2623-2261 16

A região está

em festa Macaé faz festa pelos 199 anos e recebe nesta final de semana Caetano Veloso, Luan Santana na programação da XXXIII Exposição Agropecuária de Macaé, que entre os próximos dias 25 e 29, reunirá milhares de pessoas no Parque de Exposições Latiff Mussi. O evento, que este ano abrigará a Feira Institucional de Indústria e Comércio (FIIC) e a Feira Promocional (Fepro), tem entrada franca e outras atrações como o grupo baiano Chiclete com Banana, Restart e o pagodeiro Thiaguinho. Leo Gandelman se apresentou ontem em Cabo Frio,

Segundas Projeções Olá amigos, em esta terceira semana das SEGUNDAS PROJEÇÕES, e continuando a utilizar a escada em décadas, entramos nos anos ´80. Começamos com JANELA INDISCRETA (1954) de Alfred Hitchcock; ZORBA, O GREGO (1964) de Michael Cacoyannis; FEIOS PORCOS E MAUS (1976) de Ettore Scola e agora chegamos na década onde o cinema explode e parte para a aventura total. Epoca de Blade Runner´s, de E.T´s, Aliens e meninas vestidas de rosa, de voltas para o futuro e jovens mãos de tesoura; e a nave va... A SEGUIR, a escolha, como lindos “buzianos” que somos é: “IMENSIDÃO AZUL” (Le Grand Bleu - 1988) de Luc Besson. Com: Jean-Marc Barr, Jean Reno, Rosanna Arquette, Sergio Castellito, Johana Baker. Quem conhece o mar conhece a sensação de imensidão, aquela grande imensidão azul. E este filme, inspirado na vida de Jacques Mayol e Enzo Maiorca, nos leva nas profundeza das águas salgadas. Jacques e Enzo são dois apneístas que se conhecem desde crianças e cresceram juntos na Grécia compartilhando a mesma paixão pelo mar. Logo que o Jacques perder seu pai num acidente de mergulho, muda para França para a vida continuar. Mas a almas competitivas de Enzo e Jacques fará que, depois de 20 anos, se encontrem numa competição mundial de apnéia que ocorrerá nas terras si-

cilianas de Taormina. Explorando as suas próprias capacidades eles vão descer no fundo do mar onde o céu é só uma lembrança e o silencio se enche dos latido do mar. Acompanhado de uma trilha sonora maravilhosa, esperamos que compartam a vontade de rever este filme na telona do Gran Cine Bardot. Já sabem, Segundas Projeções, todas as segundas, 19:30hs no Gran Cine Bardot. Agradecemos a sua divulgação entre os amigos e especialmente para os jovens que esperamos comecem a ficar perto de curtir filmes de todas as épocas dentro cinema (que é outra coisa, rsrsrsrs!). Junto com o ingresso, degustação da Cerveja Artesanal LAVECCHIA, feita aqui em Búzios, e os bocadinhos temáticos da VILA DO MAR BISTROT ! Sejam bem-vindos! A Curta-Causa, “A CALMA DE ELIAS” agradece! - Shanah Y. Genaro, Stefano Moloni.

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


MPB Búzios foi demais!

E tem mais...

O

Por Sandro Peixoto

segundo final de semana do festival MPB Búzios mais uma vez foi um tremendo sucesso. Começou ainda na sexta-feira com um inesquecível show do grupo Casuarina que lotou a Praça Santos Dumont. O Casuarina, uma das maiores revelações musicais do Brasil, jamais havia se apresentado em nossa cidade e realmente provou que os elogios ao grupo se justificam. Na noite de sábado, foi a vez de Jards Macalé. O cantor não é muito popular, mas seus fãs compareceram em bom número e tiveram o privilégio de escutar o ‘maldito’ ao vivo por quase duas horas. Se o show não foi magistral, no final, o propósito foi alcançado e isso é o que importa. A última vez que Jards Macalé se apresentou em Búzios foi no longínquo ano de 1995. Na ocasião, ele cantou na saudosa Estalagem, com Bruce Henri. Na noite de sua apresentação, para a gravação da música Meu Amor me Agarra & Geme & Chora & Mata (Macalé/ Capinan) para o CD Búzios Live (gravado ao vivo na Estalagem) quase a tudo deu errado. Presente na platéia, o bicheiro Castor de Andrade sem se fazer de rogado, começou a pedir músicas em detrimento do set list escolhido pelos artistas. O simpático Castor se revelou na ocasião um verdadeiro mala. No outro dia, Macalé deu uma entrevista histórica na Rádio Búzios à Érica Ornellas, que segundo a própria, foi a melhor entrevista de sua vida. Macalé no entanto, disse não se lembrar deste fato. No domingo, quem se apresentou foi o grupo Época de Ouro, especializado em clássicos brasileiros, principalmente chorinhos. O Época de Ouro foi fundado em 1964 por Jacob do Bandolim, e teve grande importância na divulgação do choro. Os ‘ velhinhos’ do Época de Ouro deram um verdadeiro show e foram os mais aplaudidos. A platéia ovacionava o grupo após cada música. Findo a apresentação, foram necessárias mais duas musicas para a plateia ficar satisfeita. O Época de Ouro fechou a noite com o sucesso Carinhoso, de Braguinha. Meu coração, não sei por que, bate feliz, quando te vê, cantou a platéia em uníssono para delírio de todos. O MPB Búzios continua nesse fim de semana na Praia da Armação com shows da Orquestra Tabajara (sexta-feira, dia 27), Mart’nália (sábado, 28), e Diogo Nogueira (domingo, 29), coincidindo com a festa da Sant`Anna. O MPB Búzios é uma parceria entre a prefeitura de Búzios através da secretaria de Turismo e do agora novamente empresário Isac Tillinger, ex-secretário de Turismo e ex-presidente do Convention Bureau de Búzios que agora volta com tudo ao mercado de eventos e entretenimento.

Isac Tillinger, sempre afinado com Búzios

O mito Jards Macalé

Orquestra Tabajara

Diogo Nogueira

MPB4 - Grupo Casuarina

Mart`nalia dá show neste final de semana

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

17


A Perua

Julia, Daniela, Liliane, Fabiana e Tiago Modiano (neto do Eduardo)

Angela Barroso e o casal Andrea Saleto e Eduardo Modiano

Por Ângela Barroso

angelabarroso743@hotmail.com

Mário Orrego, Myrian Lantos, Patrícia Anderson, Edgar Otávio, a colunista e Claudinho Segtovich

Eduardo Modiano e sua amada Andrea Saleto

Eduardo Modiano, Miriam Leitão, Andrea Saletto e Sérgio Abranches

Alvaro Sá Freire e Miriam Kimelblat

Pedro Camargo, José Luiz Spicacci e Cid Sampaio

Alvimar e Cristiane Resende com Marilia Camargo

Miguel Sá, Ana Carolina Majdalani, Roberta Saletto e Jorge Gomes

Festa de Arromba

receberam elegantemente a todos os convidados. Eduardo vive uma fase em que é possível continuar sonhando, fazendo planos, se encantado ainda mais com a vida e vivendo apaixonado. Fase dourada, fase de entusiasmo, fase de novos desafios e o melhor de tudo, sem medo de ser feliz!

Top de Linha

Realmente foi um evento marcante, festa excelente e muito bem organizada. O cerimonial da festa, serviços de segurança e recepcionistas da Shdesign&Eventos (Sheila Costa e Sol Nisenson), a remodelação e decoração da casa pela arquiteta e decoradora Myrian Lantos e Mario Orrego, a gastronomia montada pelo Bar

do Zé, com a equipe do Bar do Zé, Soledad e claro do simpático Zé, DJ e músicos Cappelli(RJ), som e iluminação do Julien Archibald, fotografias da Raphaela e Rodney Bley. E coroando a linda noite de inverno, uma queima de fogos saudou o aniversariante. Eduardo teve o cuidado de mandar preparar até as ruas do bairro para os seus convidados. Tudo impecável! rua

O empresário Eduardo Modiano reuniu em sua casa na Marina, amigos, lideranças políticas, familiares e personalidades para comemorar seu aniversário em grande estilo. Foi bem movimentada a festa do Eduardo. O aniversariante junto à amada Andrea Saleto, suas filhas Julia, Daniela, Liliane e Fabiana

Ana e Filemon Boto

Av. José Bento Ribeiro Dantas, 2700, Manguinhos, Búzios.Reservas.: 22 26230447

18

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


Ana Elisa e Carlos Bertucceli com sua filha Maria Fernanda

Victoria Werneck, Andrea Saletto e Rogério Werneck

O arquiteto Carlos Horácio dos Santos e Claudia Bezerra de Mello

Paulo Cesar Parkinson e Arthur Parkinson

Mercedes e Eudes Orleans e Bragança

Maria Elisa e seu marido Ilka Tostes Francalacci, Ana Mendes Lumer, Carolina Majdalani e Daniela Modiano Camargo

Marcelo Lartigue e o advogado Sérgio Luiz, coordenador da campanha de Mirinho Eduardo Modiano e Miguel Miranda

Celina Guinle e Carlos Moura

Julia, Fabiana, Eduardo, Daniela e Alessandra Modiano Adriana Salituro e seu amado Clemente Magalhães

Miriam e Gilberto Prado

George Clark e Marilú

Soledad Garreton e seu filho Estevan (Zé)

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

19


DENUNCIA I Prezado Ramber, Mais uma denúncia do desrespeito ao direito do pedestre em caminhar pelas calçadas. Denúncia do desrespeito ao direito do pedestre em caminhar pelas calçadas em segurança, pois quando gramadas ocultam irregularidades podendo provocar danos pessoais, de consequÍncias imprevisíveis. A excessão do Bosque de Geribá, este fato se apresenta em quase todo o bairro, mas as autoridades... Segue a foto do que é difícil crer, só vendo até que ponto as coisas podem chegar quando o condomínio Brunaville, em Geribá, além de gramar a calçada, plantou vasta vegetação e a isolou com pesadas correntes presas em frades, em clara demonstração de privatização do patrimônio público. max maierhoffer

DENÚNCIA II Gostaria de denunciar mais esta da prefeitura de Búzios no último boletim a empresa AM DE CARVALHO ganhou mais uma vez como sempre para manutenção do chafariz, limpeza das esculturas e troca de lâmpadas por cem mil reais em seis meses. Esta empresa tem um carro saveiro vermelho caindo os pedaços só tem dois funcionários. A Christina Motta já reclamou e nada sempre a mesma empresa ganha tem alguma coisa errada gostaria que o jornal publicasse a parte deste boletim da prefeitura, pois não temos chafariz na cidade já tivemos a muitos anos atrás. Fabiano

CAROS AMIGOS DO PERÚ Primeiramente, gostaria de parabeniza-los pelo último trabalho que realizam na cidade. Observei que no B.O. no.540 (13 a 19/07/12), na pág. 04 existe um COMUNICADO informando que o secretário Carlos Henrique não é titular da pasta e foi exonerado desde 27/03/12. Mas ao acessar o site da prefeitura observamos que ele ainda aparece como sec. de serviços públicos. Será que eles se esqueceram de atualizar o site até agora??

20

CARTAS Esse tipo de ocupação irregular de calçadas é praxe na cidade

Búzios não tem chafariz. Já teve, 30 anos atrás na Praça Santos Dumont, construído pelo então prefeito de Cabo Frio Alair Corrêa. Chafariz da Praça Trafalgar Square. Foto enviada por Cabelada diretamente de Londres

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


ESTÁ CHOVENDO MERDA EM BUZIOS... SERÁ????? O Jornal Primeira Hora, edição do dia 14/07/2012, na coluna SOS Ferradura, eu li a entrevista feita com o Sr. Rafael Mika, Chefe de Gabinete do nosso Prefeito Mirinho Braga... Nesta mesma coluna, na pagina 16, foram publicadas fotografias maravilhosas com ângulos muito bonitos da Ferradura, mantidos pela iniciativa privada, mas, isso da uma falsa impressão aos cidadãos leitores sobre a real situação de abandono que se encontra a Ferradura. O Jornal Primeira Hora publicou pagina inteira (pág 16) contendo entrevista e fotos na coluna SOS Ferradura. Portanto, SOS é um pedido de ajuda, por isso, as fotos e as palavras do Chefe de Gabinete Sr. Rafael Mika, tentam convencer aos cidadãos buzianos de que a Ferradura é um PARAÍSO TERRESTRE, e, não um bairro que pede SOCORRO todos os dias... A realidade da Ferradura é essa, senão vejamos: _ 70% das ruas são de terra, esburacadas, sem nenhuma drenagem e infra-estrutura, sem iluminação publica suficiente, sem placa, sem serviços dos correios, sem capina, sem rede de esgoto, e, tem ruas que são quase intransitáveis ( Ex: Rua G-VI), etc... Todavia, posso afirmar o que digo, porque eu moro na Ferradura há um ano, e, venho enfrentando esses problemas todos os dias, por isso, devo contestar tudo o que foi dito pelo Sr. Rafael Mika na entrevista feita, e, dizer, ainda, que o Sr. Rafael Mika realmente não conhece o bairro Ferradura... Na Ferradura, as ruas, quando existem, estão cheias de buracos a cada metro, a drenagem da água da chuva também é inexistente. Nas ruas pavimentadas, cada vez que chove outras lagoas se formam, coisa que, certamente, não atrai os turistas ... O ESGOTO é visível e escorre a céu aberto em muitas ruas, e, deságua nas lagoas e nas nossas lindas praias. É surpreendente que o Chefe de Gabinete Sr. Rafael Mika, tenha tido a “cara de Pau” de contestar o resultado da análise do INEA, ao argumento de que a amostra de água foi tomada depois de dias de chuva ... Partindo dessa afirmação do Sr. Rafael Mika, devo concluir que : Devemos culpar a quem? A São Pedro, ou ao Sr. Prefeito???? Sr. Mika, os fluxos de merda com a chuva ou com a seca desaguam sempre nas ruas, lagoas e no mar, sem qualquer tratamento, pela simples razão de que não existe em Búzios rede de esgoto suficiente ou rede de tratamento de purificação do esgoto, porque temos uma Prefeitura, uma Prolagos, e, uma secretaria de meio ambiente INOPERANTES... Sr. Rafael Mika, te faço um apelo e um convite de vir comigo, pra fazermos um passeio no meu carro pela Ferradura, pra te apresentar o bairro e te fazer ver e conhecer de perto a real situação de abandono que se encontra. Frisando sempre que os moradores pagam impostos (IPTU) exorbitantes ... Pois é, Sr. Mika e Srs. Jornalista do Primeira Hora, não precisamos da intervenção da iniciativa privada, mas, sim de um chefe do executivo atuante e que tenha conhecimento das questões do meio ambiente e da vida dos cidadão, que pagam seus impostos e sustentam o poder executivo... Sr. Mika, precisamos também de funcionários públicos e políticos que tenham o compromisso de realizar todas as obras de infra-estrutura que são necessários em um país civilizado, para responder aos cidadãos que pagam seus impostos, dando-os dignidade, tirando-os da degradação de ter que acreditar que os problemas ambientais e estruturais de Búzios são por causa da CHUVA NATURAL DE MERDA QUE CAI SOBRE BUZIOS... Sr. Rafael Mika, não subestime a inteligência dos cidadãos buzianos. Salvatore Módica (Bairro Ferradura)

Esgoto correndo a céu aberto na Praia da Ferradura e também numa rua, próxima a Delegacia legal que fica no mesmo bairro. O prefeito Mirinho afirma que nossas praias estão livres da poluição, pena que a realidade mostre outra coisa

Nota de falecimento Os familiares de Paulo Antônio de Lima, falecido no ultimo dia 19 de julho em decorrência de insuficiência respiratória vem a público expressar sua gratidão ao Dr. Caio Serôdio pela atenção e dedicação dispensada e agradecer também a direção, os socorristas do resgate e toda à equipe do hospital municipal Rodolpho Perissé, do plantão dos dias 18 e 19 de julho pelo excelente e humano atendimento.

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

21


1) FERRADURA- ALTO DA FERRADURA- LOTE C/ 1.000M2, PRONTO P/ CONSTRUIR, RUA CALÇADA, VISTA DESLUMBRANTE, PROXIMO A PRAIA, DOCTOS OK. VALOR; R$320 .000,00 2) MANGUINHOS- LOTE LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA, PRONTO P/ CONSTRUIR A SUA CASA, RUA CALÇADA, ÁGUA, LUZ, TELEFONE, DOCUMENTAÇÃO OK. VALOR; R$ 135.000,00 3) MARINA – CANAL –LOTE EXCELENTE METRAGEM PARA CONSTRUIR SUA CASA FRENTE CANAL – LOTEAMENTO DO FUTURO. DOCUMENTAÇÃO OK. VALOR; R$ 380.000,00 4) BAIA FORMOSA – CASA EM COND. 03QTOS (01 SUÍTE), SALAS, COZINHA, ÁREA, COND. C/ PISCINA, SAUNA, CHURRASQUEIRA, SALÃO DE FESTAS, TERRENO C/ 420M2 – ÁREA CONSTRUIDA 170M2 VALOR: R$ 650.000,00 5) MANGUINHOS- CASA 03QTOS(01 SUÍTE)SALA, COZINHA, ÁREA DE SERVIÇO,BANHEIROS, HIDROMASSAGEM, RUA ASFALTADA, PROXIMO AO COMÉRCIO. VALOR: R$ 350.000,00 6)BOSQUE DE GERIBÁ– CASA C/ 04 QTOS(03 SUÍTES),SALA, COZINHA, COPA, BANHEIROS, VARANDA, CHURRASQUEIRA, JARDIM. VALOR: R$ 550.000,00 7)GERIBÁ – LOTE C/360M2, REALMENTE PERTO DA PRAIA, TOTALMENTE PLANO, DOCUMENTAÇÃO OK, RGI. VALOR: R$ 265.000,00 8)ALTO DA FERRADURA – EXCELENTE LOTE, PRONTO P/ CONTRUIR, VISTA EXUBERANTE, OPORTUNIDADE ÚNICA, MEDINDO 1.543M2. VALOR: R$ 420.000,00. 9) BRAVA- LOTE C/ 1.800M2, PRONTO P/ CONSTRUIR, PERTO DA PRAIA. DOCUMENTAÇÃO OK. VALOR: R$ 220.000,00 10) GERIBÁ – APTO C/ 01 QTO, SALA, COZINHA, BANHEIRO, COND. C/ PISCINA, SAUNA, A PRAIA FICA QUASE AO LADO., VALOR: R$ 300.000,00 11)GERIBÁ - COND. CASA C/ 04 SUITES, SALAS, COZINHA, LAVABO, VARANDA, ÁREADE SERVIÇO, COND. C/ PISCINAS, SAUNA E CHURRASQUEIRA. PERTO PRAIA DE GERIBÁ. VALOR: R$ 740.000,00 12) FERRADURA – EXCELENTE CASA NDEPENDENTE C/ 02 SUÍTES, + 02 QTOS AMPLOS, SALAS DE ESTAR E JANTAR, COZINHA, BANHEIROS, ÁREA, PISCINA, SAUNA, JARDIM, ÁRVORES FRUTIFERAS. VALOR: R$ 650.000,00

Tel/fax: (22) 2623-1329/4858 /Cel: (22) 9972-4080

Travessa dos Pescadores 314 - Centro - Armação dos Búzios - RJ fernandaimoveis@globo.com / betoimoveis@globo.com www.fernandaimoveisBúzios.com

22

7) Geribá -Casa c/ 03 qtos,(01 suíte), sala de jantar e estar,cozinha americana, banheiros, varanda, jardim, área de serviço, churrasqueira, garagem para 02 carros, 2) Ferradura- Casa c/ 04 suítes, cisterna 25.000lts, 03 canis, desendo 02 externa, salão em 02 pósito.Valor: R$ 360.000,00 ambientes, cozinha equipada, varanda, área de serviço, jardim, 8) Albatroz- Casa c/ 05 suítes, (02 Piscina, vista para o mar.Valor: externas), salão em 02ambientes, R$ 1.400.000,00 cozinha equipada, lavabo, varandas, jardim, piscina com vista pa3) Centro- Casa condomínio c/ ra o mar.Porteira fechada.Valor: 03 qtos,(01 suíte) sala, cozinha R$ 950.000,00 americana, banheiros, varandas. churrasqueira.Cond.c/sauna, pis9) Ferradura- Casa vista para o cinas, salão de jogos,academia. mar, 03 suítes, sala de jantar e Valor: R$ 480.000,00 estar, cozinha ampla e equipada, 4) Geribá- Casa c/ 04 qtos, (01 lavabo, varandas, jardim, piscina. suíte) sala de estar, jantar, cozi- Valor: R$ 850.000,00 1) Centro- Loft composto de 01 quarto, sala, cozinha americana, banheiro, varanda, frente a Rua das Pedras. Valor: R$ 350.000,00

nha, banheiros, varanda, jardim, churrasqueira, piscina. Valor: R$ 10) João Fernandes -Casa condomínio, 03 qtos,(02 suítes), hidro880.000,00 massagem, salão em 02 ambien5) Canto –Casa c/ 05 qtos,(03 su- tes, com varandas ao redor, coziítes), sala de estar, jantar e TV, nha americana, banheiro social, cozinha equipada, 02 varandas, área de serviço, dependências sacada, piscina, sauna a vapor, completas, churrasqueira, piscichurrasqueira, casa de caseiro. na.Valor: R$ 580.000,00 Valor: R$ 1.400.000,00 s/ mobília. Cláudio Rafael Imóveis.Email: 6) Baia Formosa- Casa em Con- contato@claudiorafaelimoveis. domínio, composta de 03 quar- com.br.Estrada da Usina –Nº tos, sendo 01 suíte, sala, cozinha 19 –Loja G –Centro –Armação americana, 02 banheiros, área dos Búzios.Tels: (22) 2623externa. Condomínio com sauna, 7540/ 9223-2678/ 7836-1109piscina, churrasqueira, 01 vaga. ID: 10*13911 Valor: R$ 260.000,00

www.claudiorafaelimoveis.com.br

Av. J. B. Ribeiro Dantas, 815 - Salas 7 e 8 - Portal da Ferradura (22) 2623-6393 / (22) 9235-2464 - semis-Búzios@uol.com.br

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO RIO DE JANEIRO Dr. ALBERT DANAN – Oficial e Tabelião Titular OFÍCIO ÚNICO DA COMARCA DE ARM. DOS BÚZIOS/RJ SERVIÇO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS

PROCLAMAS DE CASAMENTOS Em meu Cartório estão afixados os Editais de Proclamas de Casamento:

MAURICIO RODRIGUES DE CARVALHO e SILVANA AZEVEDO DO NASCIMENTO; Brasileiros, solteiros. Ele, Funcionário público, filho de: Sidinei Rodrigues de Carvalho e Ana da Silva Carvalho. Ela, Administradora, filha de: Silvano Domingos do Nascimento e Dionir Azevedo do Nascimento, ambos residentes neste Município/RJ. JULIO CESAR DA SILVA GUIMARAES e DEIZYELLE CANTO DA SILVA; Brasileiros, solteiros. Ele: Mecânico, filho de: Altair de Souza Guimarães e Zulmira

Helena Viana da Silva. Ela: Aux. de vendas, filha de: Raimundo Nonato da Silva e Abgail Alves Canto da Silva, ambos residentes neste Município/ RJ. JOÃO BORGES BARRETO NETO e JULIA MARTINS RIBAS; Brasileiros, Solteiros. Ele, Estilista, filho de: Jose Mauricio Linhares Barreto e Maria Helena Rocha. Ela, Designer, filha de: Mauro Sergio de Oliveira Ribas e Alay Martins Ribas, ambos residentes neste Município/ RJ.

Armação dos Búzios, 25 de julho de 2012.

Quem souber de algum impedimento, acuse-me Eu, Katharine Moreira Guimarães, Escrevente, a extraí.

Nara Parada – Tabeliã Substituta

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado


Classificados d' O Perú

1 Imóveis

Compra e Venda

2 Imóveis

1 - IMÓVEIS

Compra e Venda Alto de Búzios - Casa 4 suítes, piscina – jardim – caseiro – mobiliada – vista mar – R$ 900.000 22-2623-2056 - 9986-1646 - www. banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Loja - Rua das Pedras (galeria ao lado “Dom Juan” – R$ 270.000 22-2623-2056 - 9986-1646 - www. banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Sitio do Campinho : Lote 4.050m² - vista / mar – R$ 380.000 - 222623-2056 - 9986-1646 - www. banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Ossos : casa cond. Village – reformada - 4 quartos – piscina – vista / mar – R$ 900.000 - 22-2623-2056 - 9986-1646 - www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Enseada do Albatroz : casa nova, 4 suítes, vista/mar, mobiliada – R$ 820.000 - Telefax. 22-2623-2056 9986-1646 - www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Geribá : Casa 4 quartos (3 suítes) terreno c/ 720m² - vista lagoa/ mar perto praia - R$ 510.000 - Telefax. 222623-2056 - 9986-1646 - www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Baia Formosa : casa cond. 3 suítes - terraço - área de lazer - R$ 330.000 - Telefax. 22-2623-2056 - 9986-1646 - www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Morro do Humaitá : Casa cond. 5 quartos - esplendida vista “Orla” – R$ 530.000 - Telefax. 22-26232056 – 9986-1646 - www.banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753 Parque das Acácias : casa 4 suítes – jardim – terreno de 450m² - R$ 460.000 - Telefax. 22-2623-2056 – 9986-1646 - www.banbuimoveis. com.br – CRECI J 1.753 Geribá : Casa cond. perto/ praia - 5 suítes – decorada – completa - R$ 900.000 - Telefax. 22-2623-2056 9986-1646 - www.banbuimoveis. com.br – CRECI J 1.753 Sitio do Campinho : área 16.500m² - (8 lotes) - vista / mar – vende-se parcial ou no todo - 22-2623-2056 - 9986-1646 - www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Geribá : Lote 4.000m² no Cond. mais exclusivo da praia – vista deslumbrante c/ projeto casa – R$ 650.000 - Telefax. 22-2623-2056 – 9986-1646 - www.banbuimoveis. com.br – CRECI J 1.753 Para Locação Resi-dencial:Residência em condomínio, composta por 4 suítes, sala de estar e jantar,cozinha

Aluguel

& 3 Negócios Empregos

americana. Condomínio com piscina, quadra de esportes e salão. (22)26232467. www.celsoterra.com.br, cterra@ celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Manguinhos: Espetacular residência.Amplo jardim, piscina, churrasqueira, vagas para muitos carros, sala de estar,sala de jantar, ampla cozinha, despensas, jardins internos, 6 suítes,escritório, varandas, dependências para caseiro e motorista. (22) 2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra.com. br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Geribá: Casa emcondomínio. 3 dormitórios, sala de estar e jantar, varanda, cozinha americana. Condomínioco piscina e sauna. Pertinho da famosa praia de Geribá! (22) 26232467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Ferradura: Para viver debem com a vida! Linda residência composta por 3 suítes, ampla sala, varanda,piscina, sauna, churrasqueira, dependências de empregada. Suíte independentepara hóspedes. Grande jardim. (22) 2623-2467. www.celsoterra.com.br,cterra@ celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Praia Baia Formosa: Muitocharme nesta residência. Um único pavimento. 4 dormitórios sendo 1 suíte. Salade estar e jantar, cozinha, copa, varandão. Piscina, dependências paracaseiros, atelier, depósito. Garagem coberta. Pertinho da praia. (22)2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra. com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Condomínio na Ferradura: Lindoprojeto. 4 dormitórios sendo 3 suítes. Sala de estar e jantar, cozinha, dependênciaspara empregada, área de serviço. Condomínio com piscinas, saunas, sala dejogos, churrasqueira, quadra de tênis. Pagamento financiado pelo incorporador! (22)2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra.com. br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Marina: Casa em condomínio.Frente para o mar! Sala, dois dormitórios sendo 1 suíte. (22) 2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@ celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Porto da Barra! As melhoresofertas em lojas para o seu comércio! Venha fazer parte deste empreendimento,bonito, sofisticado

4 Veículos

e único! Junte-se aos campeões! Lojas para locação, para osmais variados tipos de comércio, a partir de 30m2. (22) 2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra. com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Vendo. Casa em Itacaré (Bahia). Situada no nobre bairro da Cocha, a 100 metros da Praia da Concha e a 5 minutos do Centro e da Pituba. Casa com 2 suítes, 1 quarto, salão e deck. Cozinha ampla, área de serviço, garage, depósito e jardim. Dois lotes com 970M² cada. Contatos através do e-mail riccidw@hotmail.com ou Eloisa_urrutia@hotmail.com Manguinhos casa yucas quadra perto da praia 200m porto da barra ,casa. 3 quartos 2 suites casa de caseiro,canil quintal .garagem 4 carros. quem vir compra otimo para transformar em hostel prec odireto com proprietario 450,000 tel 21 9697-1593 email nellyfer@ globo.com aceito carta de credito

5 Casa & Bazar

Anuncie:

(22) 2623-1422

Troco Doblo 1.8,ano 2008 completo, por terreno em São José em Búzios, os interessados entrar em contato: Tel: (22) 7814-2441

5 - CASA E BAZAR Por motivo de mudança vendo lindos móveis semi-novos, sofá 3 e 2 lugares, cama de casal, guarda-roupa, fogão, etc. Tratar com Isabela (22) 9289-0813

DE

ÚLTIMA UNIDA

Bairro Maria Joaquina - Rua da Paz - Casas novas com Habite-se e RGI. Mini-Condomínio sem taxa mensal - Entradas independentes. Sala, 2 Quartos, Cozinha e Banheiro com cerâmica até o teto e louça de cor. Janelas em vidro Blindex - Estacionamento para 2 carros. Documentação perfeita Preço R$ 106.000,00 - Sinal de reserva R$ 6.000,00. Final complementar R$ 8.000,00. Restante com financiamento CEF - Renda Familiar R$ 2.300,00. Prestação mensal de R$ 650,00 em valores decrescentes. Tels 22 2623-3509 - 22 7834-0106 - Nextel 131*371

Alugo casa anual Condomínio das Garças, 3 quartos (suíte),R$ 2.000,00 + taxas. Tratar: 2623-7334 / (22) 9916-2390 Quitinete em São José. Aluguel quarto e sala com ótima localização. Tel.: (22) 9224-3749 – ID 88*11816.

3 - NEGÓCIOS E EMPREGOS Procuro casal de caseiros com experiência mínima de 5 anos comprovados em carteira e referências para trabalho na Região dos Lagos. Entrar em contato pelo tel (22) 92854505 para agendar entrevista.” Contrata-se: RECEPCIONISTA e CAMAREIRA Enviar curriculo para o e-mail abaixo. contatobuzioshotel@ hotmail.com Buda Beach - Contrata cozinheiro e copeiro. Contato: Pablo 2623-6194 HOTEL EM BÚZIOS CONTRATA. RECEPCIONONISTA BILINGUE, CAMAREIRA, AJ.DE COZINHA, MANUTENCIONISTA, R.H., GARÇOM E GOVERNANTA. grupohotelbrasil@hotmail.com

4 - VEÍCULOS POUSADA PRECISA-SE *RECEPCIONISTA Sexo: Fem. 2º Grau, Inglês ou Espanhol, ótima informática, experiência em Vendas, Receptivo e Net Hotel. Tel: 22-2623-6501 pousadabzrj@hotmail.com

Vendo móveis de fibra sintética e tecido náutico impermeável novíssimos: - Sofá Oval com 1,70 m de diâmetro: R$ 1.500,00 - Sofá de 3 lugares comprimento 1,80m: R$ 1.000,00 - Mesa de centro com vidro e revisteiro abaixo: R$ 250,00 Contato: (22) 2623-3177 ou (22) 9781-1538

DR. ROBERTO CAVALCANTE

OAB/RJ 165.690

DR. JOSÉ VIEIRA SANTOS

OAB/RJ 75.490

www.advogadosbuzios.jur.adv.br

2623-0321

De 27 de julho a 3 de agosto de 2012 – O Perú Molhado

23


Eu só quero chocolate!

PAIXÃO POR CHOCOLATE Delicioso, nutritivo e viciante, o chocolate é matéria-prima de uma variedade imensa de doces, mas puro ele também é uma maravilha. Em Paixão por chocolate, Ana Maria Braga ensina várias receitas com essa delícia e explica quais são os tipos de chocolate, as ocasiões em que cada um deve ser usado e os cuidados que se deve ter com eles na cozinha.

Com todos os passos das receitas ilustrados, além de dicas incríveis.

Já à venda • www.ediouro.com.br

Conheça também: Cozinha Rápida de Ana Maria Braga e Massas e Molhos

O Perú Molhado  

Edição 1098