Page 1

9 4 O Pedregulho anos Edição especial - ANIVERSÁRIO DE PANCAS - Número 72 | Distribuição gratuita | www.opedregulho.com.br | Noroeste do Espírito Santo | Desde julho de 2006

PANCAS

o nosso papel é informar

fotos: GIGANTE

Uma festa para a história

Milhares de pessoas passaram pelo parque de exposições em Pancas nos quatro dias de evento. Páginas 3 a 6.

OBRAS

Cidade se torna canteiro de obras Em pouco tempo, Pancas se torna destaque pelo grande número de obras tanto nas zonas urbanas quanto nas rurais. Página 8.

CÉSAR MENOTTI E FABIANO

ANDRÉ VALADÃO

Dupla embala sábado a noite

Cantor evangélico abre festividades

A principal atração da festa de aniversário de Pancas reuniu cerca de 10 mil pessoas no parque de exposições. Página 5.

Como é de costume, o primeiro dia da festa de Pancas foi dedicado ao público evangélico, que contou com a presença de André Valadão. Página 3.

GOVERNADOR

Casagrande entrega casas nos distritos Foram 30 casas em Laginha e 20 em Vila Verde, eu um investimento de quase R$ 2 milhões. Foram entreguas também 26 despolpadeiras, 26 balanças analógicas e três minitratores para a comunidade. Página 7.


2

EDIÇÃO ESPECIAL - ANIVERSÁRIO DE 49 ANOS DE PANCAS-ES

UMA RICA HISTÓRIA Pancas completou 49 anos no dia 13 de maio. Mas foi às 15 horas e 30 minutos do dia 13 de maio de 1963 que Pancas se emancipou, desmembrando do município de Colatina, pela lei número 1837 de 21 de fevereiro de 1963. A emancipação se deu no governo do Dr. Franscisco Lacerda de Aguiar, então governador de estado do ES. Ficando assim o município de Pancas com os seguintes distritos: Laginha, Alto Rio Novo, Vila Verde, e em 1980 São Lourenço passa a ser distrito chamado Palmerindo. Em 1987 Alto Rio Novo passa a ser município com o distrito de Palmerindo. A COMARCA - No dia 14 de novembro de 1968 às 18 horas em sessão ordinária, a Assembléia Legislativa do Estado do ES, com a presença de 38 deputados, sob a Presidência do deputado José Moraes, aprovou a lei de organização judiciária do estado, que reza a criação das Comarcas de Pancas, São Gabriel da Palha e Montanha. A Lei foi sancionada pelo governador Christiano Dias Lopes Filho, no dia 23

de dezembro de 1968 que recebeu o número 2369. No dia 7 de novembro sob a Presidência do desembargador Vicente Vasconcelos, então presidente do Tribunal de Justiça do Estado, do Governador Chistiano Dias L. Filho, do Prefeito de Pancas José Nunes de Miranda, do Juiz de Direito instalados Paulo Nicola Capolilo, do Promotor de Justiça Dr. Luiz Silva Ferreira Neves e outras autoridades, foi inaugurado o prédio de nossa Comarca, que recebeu o nome de Fórum Desembargador José Cupertino de Castro Filho. Foram nomeados para exercer o cargo de Juiz de Direito e de Promotor de Justiça, os Drs. Paulo Nicola Capolilo e Luis Souza Ferreira Neves, respectivamente Juiz de Direito substituto e Promotor da Comarca de Pancas. A COLONIZAÇÃO - Afrontando febres, animais selvagens e índios, os mineiros começaram a ocupação da região no ano de 1918. Sebastião Cândido Barbosa (Sebastião Laurindo) e Sebastião Luiz de Souza foram os primeiros,

mas foi entre 1925 e 1930 que chegou o maior número de colonizadores, iniciando as origens da tradição familiar capixaba. Depois de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, através de Afonso Cláudio, Santa Tereza, Santa Leopoldina, vieram os alemães. Mais tarde, em 1940, os alegrenses descobriram Pancas. São da fase inicial do desbravamento: Carlos Roos, Januário Pedro Ribeiro, Franz Onesorge, Rodol-

de 5 de setembro de 1924 com sede no atual distrito de Vila Verde e transferido para a atual cidade de Pancas pela lei 1554, de 30 de junho de 1926. Santa Luzia foi seu segundo nome, depois Vila Pancas, para chegar a Pancas em 13 de maio de 1963.

Em 1937 Pancas era um vilarejo, com poucas residências. Nem a Igreja Católica da pracinha existia nessa época.

Expediente

A foto acima mostra Pancas em 1937, época em que era distrito de Colatina e, literalmente, tinha só uma rua. Na foto à esquerda, feita da atual rampa de voo livre no ano de 1969, mostra que a zona urbana começava a se desenvolver

O Pedregulho Ltda Avenida José Nunes de Miranda, Lírio dos Vales, CEP 29.750-000 - Pancas - ES. Edição especial de aniversário de 49 anos de emancipação político-administrativa de Pancas. Telefones: (27) 3726.1194 / 9790.8152 E-mail: contato@opedregulho.com.br CNPJ: 08.239.237/0001-31 Diretor Wilson Carioca - wilbat@opedregulho.com.br Editor Márcio Carreiro Fernandes marcio@opedregulho.com.br FOTOGRAFIA: Gigante, Márcio Carreiro, Wilson Carioca. Edição online: www.opedregulho.com.br Circulação Pancas, Alto Rio Novo, Mantenópolis, Águia Branca, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, Colatina, Governador Lindemberg, Marilândia, Baixo Guandu e Cuparaque-MG. --------------------------------Envie elogios, críticas e sugestões e ajude a fazer um jornal cada vez mais com o perfil da região.

fo Ferreira de Mendonça, José Alves de Souza, Alexandrino de Abreu e Silva, Antônio Olímpio da Rocha, Maria Melado Vogt, José Joaquim Pinto, José Sodré de Souza, João Ribeiro de Barcelos, entre outros. OS NOMES - Nossa Senhora da Penha foi o seu primeiro nome, instalado em 15 de janeiro de 1930, e criado pela lei 1486,

Hoje, o Centro de Pancas conta com uma população aproximada e 8 mil pessoas. O Município como um todo, incluindo Laginha, Vila Verde e a zona rural, segundo o último censo do IBGE, tem 21,5 mil habitantes


EDIÇÃO ESPECIAL - ANIVERSÁRIO DE 49 ANOS DE PANCAS-ES 3

O primeiro dia de evento foi marcado pela apresentação de bandas de estilo Gospel

André Valadão: sucesso total A festa de 49 anos de Pancas foi um grande sucesso, a começar pelo primeiro dia, dedicado ao público evangélico. A atração principal de quinta-feira, dia 10, foi o cantor André Valadão, que estava em Madri, na Espanha, na semana anterior ao show em Pancas. André Valadão é um dos cantores cristãos mais conhecidos do Brasil. Há 11 anos é pastor e há sete segue carreira solo na música. Ao todo já vendeu mais de 1,5 milhão de CDs, mais de 200 mil DVDs e foi duas vezes indicado ao Grammy Latino. Recentemente recebeu o Troféu Promessas na categoria de “melhor cantor”, eleito por internautas de todo

o Brasil. O cantor é pastor – voluntário – da Igreja Batista da Lagoinha (com mais de 40 mil membros) em Belo Horizonte (MG). Lidera há 11 anos uma reunião às terças-feiras, com público fiel de seis mil pessoas. Seu show em Pancas reuniu milhares de fãs, que cantaram grande parte de seus sucessos. Valadão trouxe toda sua banda. Trouxe também seu piano, e nele tocou alguns de seus sucessos, cantando junto com a eufórica multidão. Após o show, o cantor recebeu os fãs no camarim, autografando CDs, DVDs, livros e posando para fotografias.

márcio carreiro

André Valadão foi a atração principal do primeiro dia da festa de 49 anos de Pancas GIGANTE

Talentos locais abrem evento

Pr. Moreira, da Igreja Batista Fonte de Vida, fez a oração inicial para abençoar os quatro dias de evento

A festa de aniversário de Pancas prestigiou também os talentos locais no primeiro dia de evento. A abertura aconteceu com orações presididas por pastores das igrejas de Pancas. O primeiro show da noite foi do Ministério de Louvor da Igreja Evangélica Luterana do Brasil.

Ministério de Louvor da Igreja Batista Memorial

Logo após, foi a vez das bandas Via Sacra, Sal da Terra, Fonte de Vida e Ministério de Louvor da Igreja Batista Memorial mostrarem seus talentos. Depois da apresentação dos talentos musicais de Pancas André Valadão encerrou com chave de ouro o primeiro dia de evento.

GIGANTE

Banda Fonte de Vida, da Igreja Batista GIGANTE

Banda Sal da Terra, da Igreja Assembleia de Deus

GIGANTE

GIGANTE

Ministério de Louvor da Igreja Evangélica Luterana do Brasil


4

EDIÇÃO ESPECIAL - ANIVERSÁRIO DE 49 ANOS DE PANCAS-ES

O segundo dia foi marcado por música sertaneja, forró e axé

Ataíde e Alexandre agitam na sexta FOTOS: GIGANTE

Ataíde e Alexandre tocaram suas principais músicas que são sucesso nacional

Gabriel Ávila, com muito axé, animou a festa

A sexta-feira, segundo dia de atrações, foi de grande agito com ritmos variados. Logo cedo, no primeiro show da noite, às 19h30, o panquense Carlinhos & Seu Teclado, o Titito, abriu a noite de festividades. Em seguida, às 21h, a banda Forró Tropical fez os presentes dançarem com muita música animada. Às 22h30 a atração principal da noite entrou em cena. Ataíde & Alexandre tocaram seus principais sucessos conhecidos nacionalmente e fizeram o público cantar e dançar até a meia noite. Depois foi a vez da cantora Gabriela Ávila, que ao ritmo de axé fez o povo tirar o pé do chão. Já na madrugada, DJ The Julis encerrou as festividades.

Após os shows da noite, DJ The Julis finalizou a noite

A banda Forró Tropical colocou a galera para dançar

Carlinhos & Seu Teclado, o Titito, abriu o show no segundo dia de eventos


EDIÇÃO ESPECIAL - ANIVERSÁRIO DE 49 ANOS DE PANCAS-ES

5

FOTOS: GIGANTE

O principal show da festa foi produzido em grande estilo e marcou positivamente o aniversário da cidade

César Menotti e Fabiano levam 10 mil à festa No sábado o parque de exposições ficou lotado para assistir ao show da dupla, com muita gente de municípios vizinhos e até mesmo de cidades mais distantes A banda panquense Sinal Acústico também marcou presença no evento

Zé do Lino e Nicodemos

Nílson Lemos e Cleidi

Para quem esperava um grande show as expectativas foram atendidas. César Menotti e Fabiano foram a atração principal da festa não por menos: além de terem uma das vozes mais famosas do Brasil os dois possuem grande presença de palco e trouxeram para Pancas seu show completo. O público cantou e dançou os principais sucessos da dupla por cerca de duas horas, alegrando o sábado a noite de muita gente. Sucessos como “Como um Anjo”, “Leilão”, “Tentei te esquecer”, “Super fantástico - lindo balão azul”, “Me apaixonei (A primeira vez que eu te vi)” e “Ciumenta” foram cantados na noite de sábado.

Dupla formada em 2004, já vendeu quase um milhão de CDs e o mesmo tanto de DVD’s, um número bastante expressivo em época de pirataria musical. Além de César Menotti e Fabiano outras apresentações também animaram o sábado. Nílson Lemos e Cleidir abriram o show principal. Depois foi a vez de três panquenses seguidos: Zé do Lino e Nicodemos tocaram forró e sertanejo. Logo após foi a vez da banda Sinal Acústico, que tocou grandes sucessos da música pop rock nacional e internacional. Para fechar a noite, DJ The Julis colocou os presentes para sacudir o esqueleto.


6

EDIÇÃO ESPECIAL - ANIVERSÁRIO DE 49 ANOS DE PANCAS-ES

O último dia de festividades começou cedo com programação até a meia noite

Domingo cheio de atrações O último dia da festa, e dia de aniversário de Pancas, 13/5, foi marcado por uma variada programação. Logo cedo, às 9h, foi feita a entrega dos títulos de cidadão panquense, moção honrosa e Aluno Nota 10. Enquanto isso, cavaleiros e amazonas já se preparavam para mais uma cavalgada, que saiu do aldeamento e foi até o parque de exposições, onde aconteceram várias disputas no motocross, com um cenário espetacular ao fundo. Os shows começaram mais cedo. às 15 horas os Irmãos Seixas começaram o dia musical. Logo depois foi a vez de Evandro & Ranieri. À noite Carlinhos Rocha colocou o povo para dançar. Mais tarde Rony e Rick também agitaram os presentes. Para finalizar o dia e a festa, o DJ The Julis tocou diversos sucessos dançantes.

GIGANTE

O motocross foi feito na pista do parque de exposições, com cenário privilegiado GIGANTE

Irmãos Seixas

GIGANTE

Evandro & Ranieri

GIGANTE

Carlinhos Rocha entre Rony & Ricy prestigiando a dupla GIGANTE

wilson carioca

Carlinhos Rocha wilson carioca

Pela manhã aconteceu sessão solene, entrega de Título de Cidadão Panquense e Aluno Nota 10

A tradicional cavalgada desfilou pelo belíssimo cenário paisagístico de Pancas


EDIÇÃO ESPECIAL - ANIVERSÁRIO DE 49 ANOS DE PANCAS-ES

Desse número, 30 casas estão em Laginha e as outras 20 em Vila Verde

7

FOTOS: wilson carioca

Investimento na construção das moradias chegou a R$ 1,8 milhão

50 casas para distritos O governador Renato Casagrande entregou no dia 10 de maio, em Laginha, 50 unidades habitacionais do programa “Nossa Casa” e equipamentos agrícolas do programa “Vida no Campo”. Forambeneficiadas 50 famílias em situação de vulnerabilidade social no município. As obras foram custeadas totalmente pelo Governo do Estado, com investimento de R$1.817.802,19. No distrito de Lajinha foram entregues 30 unidades habitacionais, com investimento de R$1.344.507,39.

Já no distrito de Vila Verde, foram 20 casas no valor de R$ 473.294,80. Desde o início do ano já foram inauguradas casas populares em São Gabriel da Palha, Ibiraçu e Vila Valério, garantindo mais segurança e qualidade de vida aos beneficiados. Até o final do ano estão previstas a entrega de outras 1.000 residências em todo o Estado. Em 2011 foram entregues 1.332 casas oficialmente, beneficiando 18 municípios em todo o Estado. O valor total de investimentos do Estado foi de R$36.013.953,83.

Governador deu uma aula para as crianças e plantou a primeira árvore do residencial

Por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), o Governo do Estado entregou equipamentos do Programa Vida no Campo destinados à agricultura familiar de Pancas. Foram entregues 26 balanças analógicas, 26 despolpadores de frutas e três minitratores – um deles proveniente de emenda parlamentar estadual. Os equipamentos vão facilitar a vida dos produtores de Pancas pois, com os minitratores, eles serão atendidos com serviços de limpeza e manutenção de áreas de plantio, aração e gradagem, incorporação de calcário e demais tratos culturais com o auxilio da enxada rotativa, além do transporte de pequenas

cargas com o auxílio de implementos agrícolas. As 26 balanças analógicas serão disponibilizadas às associações de pequenos agricultores rurais para a pesagem, seleção e o devido embalamento da produção ainda em campo, reduzindo despesas com transporte e agregando valor aos produtos. Os despolpadores serão usados por associações de pequenos agricultores rurais no processamento da produção. Todos esses trabalhos serão realizados na zona rural de Pancas, por associações cadastradas no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), além das que atuam junto ao Polo de Manga, assentamentos de reforma agrária no município e demais produtores rurais.

Casagrande faz o teste de funcionamento em um dos três minitratores entregues à comunidade

Seag faz entrega de equipamentos


8

EDIÇÃO ESPECIAL - ANIVERSÁRIO DE 49 ANOS DE PANCAS-ES

Ao todo, foram R$ 10,5 milhões investidos somente no ano de 2011

O bairro Nílton Sá recebeu milhões de reais em investimentos

A rua Diamante, no centro da cidade, finalmente recebeu drenagem e pavimentação

FOTOS: CARIOCA

Prefeitura bate recorde de obras No ano de 2011 e início de 2012 Pancas se transformou num verdadeiro canteiro de obras. Ao todo, foram investidos mais de R$ 10 milhões. O bairro Nílton Sá, na entrada da sede do município, passou por uma grande mudança. A parte baixa, próxima à rodovia, já está toda pavimentada. Nesta primeira parte da obra já foram investidos cerca de R$ 500 mil. Os moradores da parte alta do

bairro também tem motivos para comemorar. O governador Renato Casagrande, em visita a Pancas, assinou a ordem de serviço no valor de R$ 2,3 milhões para terminar o calçamento do bairro e fazer obras de drenagem completa. O objetivo é terminar a obra até o final deste ano. Com isso o bairro, que até pouco tempo não tinha uma rua calçada, em breve terá calçamento e drenagem completos.

Outras conquistas Relação de investimentos no município com recurso próprio.

Relação de investimentos no município com recurso de convênios.

OBRAS CONCLUÍDAS SEDE Drenagem e pavimentação n Bairro Nilton Sá; n Bairro Nossa Senhora Aparecida; n Rua Diamante (Rua do Edson Machado); n Rua Adir da Silva; n Rua Alexandrita; n Rua Crisoberilo (Rua do Cibrazem); n Rua Daniel Lourenço da Silva; n Rua Turmalina I e II;

SEDE n Capela Mortuária; n Campo Bom de Bola; n Casa Lar; n Posto de Saúde Vila Nova; n Construção da Ponte do Palmital;

OUTRAS CONCLUÍDAS NA SEDE n Reforma e Ampliação da Escola Emílio Klug;

Reforma da Escola Emílio Klug

Rua Antônio Breda, que dá acesso ao hospital

LAGINHA n Calçamento da Rua Rodolfo Haese; n Drenagem e pavimentação de parte das Ruas Efraim Alcure; Franklin Pereira; Amazonas; Henrique Borcate; Lourenço Falke e Avenida Presidente Vargas; n Reforma da escola da Dadaia; n Reforma da escola de Montes Claros; n Reforma do Posto de Saúde de Laginha; n Reforma do Posto de Saúde de Montes Claros; VILA VERDE n Reforma do Peti.

Ponte que dará acesso rápido ao hospital

Rua Crisoberilo, próximo ao Cibrazem

Ao todo, o município investiu R$ 1,6 milhão em veículos, sendo a maior parte através de convênios

OBRAS EM ANDAMENTO n Drenagem e pavimentação Rua Vila Nova; n Drenagem e pavimentação Rua Antônio Breda (que dá acesso ao hospital); n Construção da Ponte que dá acesso ao Hospital; n Construção do bueiro da Rua Costa Silveira; n Pavimentação e paisagismo da capela mortuária; n Reforma e Ampliação da Escola “Pequeno Príncipe” n Tratamento de esgoto em Laginha; n Ponte do São José (Vila Verde); VALORES APROXIMADOS n Sede: R$ 4 milhões n Laginha: R$ 1,5 milhão n Vila Verde: R$ 700 mil

VILA VERDE n Drenagem e pavimentação de trecho da Rua Espírito Santo; n Drenagem e pavimentação das Ruas São Francisco e projetada; n Drenagem e pavimentação de parte da Rua Espírito e Projetada II; VALORES APROXIMADOS n Sede: R$ 1,7 milhão n Vila Verde: R$ 1 milhão Aquisição de veículos, máquinas e outros equipamentos. RECURSO PRÓPRIO n Aquisição de 3 motocicletas; n Aquisição de 1 veículo para educação; n Aquisição de 1 veículo para assitência social; n Valor aproximado: R$ 100 mil RECURSO DE CONVÊNIO n 1 Retroescavadeira; n 1 pá carregadeira; n 3 ônibus escolares; n 3 caminhões compactadores; n 1 ambulância; n Valor aproximado: R$ 1,5 milhão TOTAL EM INVESTIMENTOS RECURSO PRÓPRIO - R$ 6,2 milhões RECURSO DE CONVÊNIO: R$ 2,7 milhões AQUISIÇÕES COM RECURSOS PRÓPRIOS E DE CONVÊNIO: R$ 1,6 milhão. TOTAL EM INVESTIMENTOS R$10,5 milhões.

Edição 72  

Edição especial de aniversário de Pancas