Page 1

2014 - Ano 8º - Nº 76

O Jornal das Montanhas Capixabas

Dezembro / Janeiro

Fotos: Julio Huber

Arthur: o especialista mais jovem do mundo em cafés de qualidade

Cinco municípios das montanhas terão CRAS móvel

Os municípios de Domingos Martins, Laranja da Terra, Santa Maria de Jetibá, Afonso Cláudio e Brejetuba receberão, da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (Seadh), unidades móveis do Centro de Referência em Assistência Social (Cras). O objetivo, segundo o secretário Helder Salomão, é levar atendimentos às famílias em situação de vulnerabilidade social das localidades mais afastadas. A unidade móvel será um ônibus adaptado e cada veículo terá o investimento estadual de aproximadamente R$ 700 mil. Os municípios também receberão automóveis e mais investimentos. 08

Filho de Evair Vieira de Melo, considerado um dos principais degustadores de café do mundo, Arthur Caliman Melo, de Venda Nova do Imigrante, aos 7 anos, está seguindo os passos do pai e já conhece os melhores cafés da variedade arábica. Em seu primeiro concurso oficial, ele acertou todas as provas. O pai se orgulha do filho, que é considerado o degustador de café mais jovem do mundo. E Arthur já fala como profissional. “O café ruim tem cheiro mais amargo e o café melhor é mais doce. O sabor do café de qualidade tem uma doçura melhor também”, destaca. 03

Prefeitura destinará R$ 160 mil para três entidades em 08 Alfredo Chaves

Venda Nova do Imigrante terá linhas de ônibus circulando diariamente em quatro bairros 07 Festas em três municípios animam o verão nas montanhas Em Domingos Martins, a tradicional Sommerfest, entre os dias 30 de janeiro e 2 de fevereiro, deverá reunir pelo menos 40 mil pessoas. Além de muito chope e mais de 20 pratos da culinária alemã, não faltará música, apresentações culturais e o desfile pelas ruas da cidade. Em Venda Nova do Imigrante, será sorteado um caminhão e uma Hilux durante a Festa do Tomate, realizada entre os dias 31 de janeiro e 2 de fevereiro na comunidade de Alto Caxixe e terá nove atrações musicais. Já a comunidade de São Bento de Urânia, em Alfredo Chaves, realizará os 50 anos da Festa da Uva e do Vinho nos dias 8 e 9 de fevereiro. A estimativa é que sejam vendidos mais de cinco mil quilos de uvas e centenas de garrafas de vinho. Haverá atrações musicais e a escolha da rainha e princesas da festa.

12

Onças começam a namorar e poderão se reproduzir em zoológico de Marechal Floriano

05

Hospital em Santa Maria de Jetibá irá investir R$ 1 milhão em reformas e ampliação

04

Preços de alimentos sobem até 260% devido às chuvas que prejudicaram lavouras

09

Colecionador de Marechal Floriano reproduz mais de 500 orquídeas brancas

06


02

R

Redação Artigo

Editorial O verdadeiro “Espírito Santo” do capixaba

O

final de 2013 marcou o Estado do Espírito Santo da pior forma possível. Cidades foram devastadas por inundações e desmoronamentos e mais de 50 mil pessoas de mais de 50 municípios tiveram que deixar suas casas. Muitos perderam tudo o que tinham, inclusive a própria casa. E o pior: 24 pessoas morreram. Em algumas cidades, o cenário foi de destruição total. Além de residências, os comércios e prédios públicos foram tomados pela água dos rios que transbordaram. Muitas famílias passaram vários dias ilhadas e incomunicáveis. Foi preciso o apoio do Exército, da Marinha e da Aeronáutica do Brasil, além da Força Nacional de Segurança, da Polícia Militar, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros do Estado para resgatar famílias e ajudar aos desabrigados e desalojados. O Espírito Santo virou notícia em todo o Brasil no final de ano por este motivo. Em meio a este cenário de devastação e calamidade, surgiu nos capixabas o verdadeiro “Espírito Santo do Natal”. Ginásios e locais adaptados para receber donativos ficam abarrotados de alimentos, produtos de limpeza, água potável, roupas e outros tipos de materiais destinados às famílias que foram prejudicadas pelas chuvas. Em determinado momento, foi preciso solicitar uma pausa nas doações, tamanha era a quantidade de materiais que chegavam de todos os municípios

Dezembro / Janeiro

capixabas, e alguns até de outros estados. Os meios de comunicações mostraram vários exemplos de pessoas que abandonaram o conforto de seus lares ou os dias de descanso das férias para contribuir na organização e distribuição desses donativos. Famílias inteiras, inclusive crianças, passaram dias inteiros, até mesmo no Natal, doando seu tempo em prol do próximo. Apesar das várias notícias tristes de pessoas desesperadas por perderem tudo, algumas lamentando a morte de parentes, vítimas de deslizamentos e outras consequências das chuvas, foi possível comprovar até onde vai a bondade do ser humano. Seria bom se esse espírito de solidariedade e bondade permanecesse presente no dia a dia de todos, não apenas nesses momentos de tristeza. E um simples gesto de parar o carro para o pedestre atravessar na faixa, o ato de não furar filas e outros tantos bons exemplos poderiam, literalmente, mudar o mundo. No campo político, se não houvesse tantos desvios de dinheiro público e corrupção, com certeza também teríamos um mundo melhor, mais humano e feliz. Momentos como o que presenciamos no Espírito Santo servem para refletirmos, cada um da sua forma, se estamos realmente agindo da forma como Deus gostaria que estivéssemos. Infelizmente, mesmo em momentos de dificuldades como estes, mesmo com muitas pessoas

se doando ao próximo, assistimos e lemos notícias de pessoas que não queriam deixar suas casas - que estavam tomadas por água - com medo se serem assaltadas, como ocorreu em vários locais. Comerciantes também foram assaltados, mesmo com seus estabelecimentos repletos de lama. Nos engarrafamentos formados por causa das enchentes, motoristas também foram assaltados. Diante de fatos como estes, entendemos porque o mundo não é melhor. Existem bandidos e pessoas sem coração, ou sem Deus no coração, que se aproveitam dos momentos de fragilidade do próximo em benefício próprio e, consequentemente, causam mal a quem mais precisa de apoio e ajuda. Para muitas famílias, o Natal de 2013 não será esquecido, não por ter sido bom, mas por ter sido um dos piores momentos das vidas de muita gente. Para outros, o verdadeiro espírito natalino se fez presente. Para esses, que também não esquecerão o Natal de 2013, também ficará uma das melhores sensações que o ser humano pode ter, a sensação de amor ao próximo. Esperamos que situações calamitosas como esta que presenciamos em nosso Estado não se repitam, mas esperamos sim, que gestos de bondade sejam multiplicados, em qualquer época do ano e em qualquer situação. Ótimo 2014 para todos!

Envie um e-mail para: onoticiariomc@gmail.com ou mande sua carta para o endereço

Julio Huber

Apoiando o desenvolvimento turístico das montanhas capixabas

Av. Pres. Vargas, nº 590 - Sala 305 - Centro - Domingos Martins - ES CEP 29260-000 - Tel.: (27) 3268-3389 / (27) 99988-7860

Telefone: 28 3546 2049 www.montanhascapixabas.com

Acesse o portal de notícias

Anuncie e torne seu produto, empresa ou serviço ainda mais conhecido (27) 3268-1996 / 99989-3487

Material escolar: orientações e limites Todo início de ano é a mesma coisa: o corre-corre dos pais para pesquisar e comprar material escolar para os filhos. A lista varia muito de uma escola para outra e o ideal para economizar é pesquisar bastante os preços e as marcas e, é claro, orientar as crianças e os adolescentes antes de saírem de casa. Uma boa alternativa também é tentar reaproveitar alguns materiais do ano anterior, tais como mochila e estojo de lápis. Com essa ação mais específica, os alunos poderão começar o ano letivo colaborando com muitas ações sustentáveis realizadas por várias escolas, que estão tentando mudar a cultura ainda dominante de consumismo exagerado e supérfluo. Atualmente, as papelarias e as grandes lojas do setor fazem de tudo para conquistar pais e alunos. Algumas lojas entregam o material escolar na casa dos clientes, enquanto outras se especializam em encapar cadernos e bordar toalhas com o nome das crianças. Em tempos em que as famílias se sentem cada vez mais desafiadas a equacionar a relação tempo e compromissos dentro e fora de casa, os serviços de entrega de materiais têm sido muito bemvindos. Para tentar ajudar os pais neste momento de grande importância na vida escolar das crianças e adolescentes, alguns noticiários exibem reportagens com o tema, ressaltando que, para “economizar”, uma das grandes dicas é não levar os filhos à papelaria no momento da compra! Ora, ainda que essa dica tenha seus méritos, é preciso analisá-la com cuidado, pois ela pode esconder a fragilidade dos adultos em relação à orientação e à necessidade de impor limites às crianças e adolescentes. Uma criança bem orientada em todos os momentos, ao solicitar a compra de algum presente, por exemplo, saberá reconhecer e respeitar esses limites no momento da compra dos materiais escolares. O grande segredo para não ter problemas quanto

aos insistentes pedidos das crianças, que tendem a desejar sempre produtos mais caros e de marcas reconhecidas, é trabalhar isso com elas durante todo o tempo. Se esse trabalho de orientação e limites ainda não tiver começado, não desanime, pois você pode iniciá-lo agora mesmo, aproveitando a ocasião de compras de materiais como ponto de partida. Mas, é preciso ressaltar: a frustração de crianças e adolescentes dentro da papelaria é uma demonstração clara de que há pontos que devem ser melhorados no relacionamento entre pais e filhos ao longo do ano. Hoje, é comum os pais trabalharem o dia todo, deixando as crianças em creches, com avós ou babás. Muitos se sentem culpados por permanecerem ausentes o dia inteiro, e, como forma de “suprir” essa ausência, permitem que seus filhos façam tudo o que têm vontade e não os repreendem porque sentem 'dó' das crianças. Como se não bastasse, há casos de pais que, para não ter que aturar o choro dos filhos depois de um dia exaustivo de trabalho, acabam cedendo a todas as vontades deles! Já outros, infelizmente, preferem 'suprir' essa ausência presenteando seus filhos com bens materiais (brinquedos, jogos, bonecas, carrinhos, entre outros). Qualquer um desses casos, acredite, pode dificultar não apenas o momento da escolha conjunta dos materiais escolares, mas também muitos outros aspectos que envolvem a vida das crianças e adolescentes. Bem, depois de tudo isso, resta-nos questionar se estamos, de fato, orientando nossos filhos em suas reais necessidades. Toda criança e adolescente tem direito a receber de suas respectivas famílias as orientações e os limites que tanto farão falta a elas durante toda a vida. Daniele Vilela Leite Orientadora Educacional na empresa Planeta Educação e experiência em trabalhos relacionados à educação

Aumente suas vendas e amplie seus negócios anunciando no Jornal

O Jornal das Montanhas Capixabas

Nova Comunicação - Av. Pres. Vargas, nº 590 - Sala 305 -B - Centro - Domingos Martins - ES - CEP 29260-000

Tel.: (27) 3268-3389 / 9 9988-7860 onoticiariomc@gmail.com Todas as artes produzidas pelo Jornal O Noticiário são de uso exclusivo do mesmo.

Fundação: Junho de 2007 Diretor, editor e Jornalísta Resp.: Julio Huber - JP 2038 - ES Revisão: Evandro Albani Matérias: Julio Huber Colaboração: Roberly Pereira e Renato Coan Distribuição: Municípios das Montanhas Capixabas e Grande Vitória

Tiragem: 7.000 exemplares Impressão: Parque Gráfico de A Gazeta Data de impressão: 31/12/2013 Diagramação: Marcelo Santanna (27) 99807 7822

Este te dáados! result o! Não perca temp ! gora Ligue a Tel.: (27)

O conteúdo das matérias e os artigos assinados, bem como as páginas de publicidade e os anúncios, são de inteira responsabilidade de seus autores.

Filiado ao Sindjores - Sindicato das Empresas de Jornais Revistas e Similares do Espírito Santo

3268‐3389 / 99988‐7860

Av. Presidente Vargas, nº 590 ‐ Sala 305 ‐ Centro Domingos Martins ‐ ES ‐ CEP 29260‐000 onoticiariomc@gmail.com


M Especialista em café aos 7 anos

Matéria da Capa

Dezembro / Janeiro

S

e os melhores vinhos normalmente são os mais caros, com o café não é diferente. Um bom café pode custar mais de 10 vezes o preço pago por um cafezinho tradicional. Mas, diferente do vinho, já que os melhores são importados de vários países, os melhores cafés capixabas são exportados para todo o mundo. A tarefa de classificar os melhores cafés é dos degustadores, profissionais que se qualificam e aprimoram os sentidos gustativos e olfativos. Em Venda Nova do Imigrante, o pequeno Arthur Caliman Melo, 7 anos, está se destacando e cada vez mais dominando as técnicas dessa importante e difícil tarefa de saber as várias diferenças entre os cafés arábicas. Arthur é filho do administrador de empresas e um dos principais degustadores de café do mundo, Evair Vieira de Melo, que também é presidente do Instituto Capixaba de Assistência Técnica e

Extensão Rural (Incaper). Filho de cafeicultores, Evair atua como degustador há 16 anos. Ele já participou dos principais concursos nacionais e mundiais de qualidade. Orgulho do pai, Arthur começou a gostar da mesma atividade de Evair aos cinco anos, por vontade própria. “Eu sempre saía com meu pai e o via degustando cafés. Comecei a gostar e me interessar cada vez mais pelo que ele fazia. Antes ele me deixava apenas cheirar os grãos torrados, mas agora comecei a degustar também”, contou o garoto. Evair afirmou que não existe no mundo um degustador com a idade do filho que consegue identificar um bom café. “Eu já viajei por todos os continentes participando de concursos e não tenho conhecimento de uma criança com as habilidades do meu filho. Espero que ele siga o que eu faço”, disse sorridente Evair. O degustador e comprador de cafés especiais Rafael Marques, que aprendeu com

Menino começou provando água

Grãos de má qualidade são identificados

Antes de começar a provar café, o pequeno Arthur Caliman Melo começou degustando diferentes águas. O pai dele, Evair de Melo, conta que uma água com

má qualidade pode estragar totalmente um bom café. Água com cloro, por exemplo, não pode ser usada para degustação. “Quando percebi o interesse do meu filho pela degustação, comecei a dar diferentes águas para ele provar. Algumas com mais cloro, água com sal, com açúcar, enfim, quis mostrar a ele que a água tem muita diferença e pode interferir muito no momento do preparo do café. Depois ele começou a cheirar os grãos de café torrados. O objetivo era estimular o sistema olfativo dele, que é primordial para uma degustação”, contou. Apenas após vários testes foi que Arthur começou a degustar cafés. “Como ele era muito novo, eu esperei mais um pouco para deixá-lo degustar o café. Arthur começou degustando café como brincadeira”, contou Evair. Arthur já fala como profissional quando o assunto é café. “O café ruim tem cheiro mais amargo e o café melhor é mais doce. O sabor do café de qualidade tem uma doçura melhor também”, destacou o pequeno, que é fã de café expresso, sem açúcar.

Fotos: Julio Huber

Orgulhoso, Evair observa o filho Arthur degustar e avaliar amostras de cafés arábica de qualidade

Evair, aos 14 anos, como conhecer um bom café, também afirmou que Arthur tem talento. “Aprendi com o pai dele o que sei, quem sabe no futuro o Arthur trabalhe comigo”, brincou Rafael. O primeiro concurso em que Arthur participou oficialmente na classificação de cafés ocorreu durante a 20ª Festa do Café, na comuni-

dade de Santa Maria, em Marechal Floriano, no dia 16 de novembro de 2013. Mesmo o pai tentando confundi-lo, ele acertou em todas as provas qual amostra era a melhor entre as 13 que foram provadas. “Ele passou no teste e agora vai se aprimorar cada vez mais”, comentou Evair.

Profissão exige estímulo diário aos sentidos Considerado um dos principais degustadores de café do mundo, Evair de Melo destaca que a profissão exige muita técnica e dedicação. Ele contou que em sua casa, seu filho Arthur e a filha Sara, de cinco anos, são estimulados a cheirar tudo, como alimentos, perfumes, sabonetes e líquidos. “Em casa temos mania de cheirar tudo. O análise sensorial é igual para qualquer produto. A diferença é que cada um se especializa em uma área. A degustação é a etapa final de um processo que começa com a análise visual, olfativa e chega ao sabor. Por isso que é importante estimular o cheiro”, destacou. Quanto maior o treino e a prática, mais detalhes podem desvendar os “segredos” de um café, sejam aspectos positivos ou negativos. O degustador consegue descobrir, durante o processo de degustação, informações curiosas refe-

Especialista começou aos 14 anos O degustador e comprador de cafés especiais Rafael Marques, de Venda Nova do Imigrante, começou a aprender mais sobre cafés de qualidade aos 14 anos, quando ele era estagiário na Cooperativa dos Cafeicultores das Montanhas (Pronova), onde Evair já era degustador. Em 2010 Rafael abriu uma cafeteria em Venda Nova do Imigrante, em parceria com Carol Carvalho, e atualmente ele também possui a Prove Café, um escritório que comercializa cafés especiais e fornece consultoria aos produtores. O café arábica mais caro comercializado em 2013 no Espírito Santo, do produtor Marcos Antônio Nalli, do Sítio Sertão da Bateia, em Castelo, foi descoberto por Rafael. “Estávamos degustando esse café e identifiquei um ótimo produto. Falei com o produtor e o café dele ficou classificado como o 14º melhor do Brasil”, contou. O café foi vendido a R$ 2.290,00 a saca de 60 quilos.

03

rentes ao produto que está sendo provado. Evair contou que em um determinado concurso de café, há alguns anos, ele identificou que uma amostra estava com gosto de vinagre e cheiro de bananas estragadas. Após sua revelação, um dos organizadores disse que realmente o produtor mantinha cachos de bananas no mesmo cômodo onde armazenava o café. “O café consegue absorver muito fácil os cheiros dos mais variados produtos. Cheiros de perfumes, combustível e até de carro novo já conseguimos identificar durante uma degustação. Para se ter uma ideia, se os grãos que forem levados para o teste de degustação estiverem em uma sacola de supermercado onde havia produtos perfumados, por exemplo, o bom degustador conseguirá perceber esses cheiros”, revelou Evair.

Trabalhamos de segunda a sábado, de 07:00 às 17:30.

Experiência em coleta infantil Fazemos coletas a domiciílio na sede.

O laboratório mais bem equipado da região serrana.

Trabalhamos com qualidade e agilidade na entrega de seus exames laboratoriais. Certificado de excelência pelo programa nacional de controle de qualidade.

(27)

3268‐3155

Profissionais qualificados com especialização nas areas de bioquimica e hematologia.

Av. Koehler, nº230 ‐ Térreo ‐ Centro ‐ Domingos Martins ‐ ES

Soluções para a indústria e agricultura

A mais completa linha de motores e motobombas das montanhas Tel.: (28) 3546-1361 Avenida Alberto Zavarize, 282 - Vila Betânia Venda Nova do Imigrante - ES www.cgcnascimento.com.br Conheça nossos produtos e faça um orçamento

es e proteção de motor s i né Pai

Venda e assistência técnica autorizada


04

G

Geral

Dicas para evitar doenças após as enchentes

Dezembro / Janeiro

de acordo com os sintomas apresentados. Os casos leves podem ser tratados em ambulatório, mas os casos graves precisam ser internados. Além de evitar contatos com água da enchente, outro cuidado que as pessoas que estão nas regiões afetadas pela chuva devem ter é evitar o consumo de alimentos perecíveis, aqueles que precisam ser mantidos em condições especiais de temperatura para serem conservados. Água Depois de uma enchente, é preciso ter cuidado com a água que será usada para beber. Primeiro, filtre a água com coador de papel, pano limpo ou um filtro doméstico. Depois ferva bem. Somente com a fervura da água, serão eliminados vírus, bactérias e parasitas causadores de doenças. Caixa d'água Fazer uma limpeza profunda na caixa d'água da casa é imprescindível. Primeiro, feche o registro e esvazie todo o reservatório, depois esfregue as paredes e o fundo sem usar sabão ou detergentes. Retire toda a água suja. Depois, encha a

A

s fortes chuvas que atingiram a região Sudeste do país causaram enchentes e deslizamentos. Além dos danos materiais, a saúde pode ser prejudicada de diversas formas após o contato com a água. Um dos problemas mais comuns neste período é a leptospirose. A doença é transmitida pela urina do rato que se mistura com a água da chuva e contamina a população. Os sintomas mais frequentes são parecidos com os de outras doenças, como a gripe. Os principais são: febre, dor de cabeça, dores pelo corpo, principalmente nas panturrilhas (batata-daperna), podendo também ocorrer icterícia (coloração amarelada da pele e das mucosas). Nas formas mais graves são necessários cuidados especiais, inclusive internação hospitalar.

Se você apresentar febre, dor de cabeça e dores no corpo, alguns dias depois de ter entrado em contato com as águas de enchente ou esgoto, procure imediatamente uma unidade de saúde. Não se esqueça de contar ao médico o seu contato com água ou lama de enchente. Somente o médico é capaz de diagnosticar e tratar corretamente a doença. A leptospirose é uma doença curável, e o diagnóstico e o tratamento precoces são a melhor solução. Entretanto, é preciso ficar atento, pois os primeiros sintomas podem aparecer de um a 30 dias depois do contato com a enchente. Na maior parte dos casos, aparece entre sete e 14 dias após o contato. O tratamento é baseado no uso de antibióticos, hidratação e suporte clínico, orientado sempre por um médico,

CRM 4000 ES

Prepare‐se para o verão! Diminua suas medidas! Conheça o melhor tratamento para gordura localizada da região serrana.

Kavix® ‐ O mais potente aparelho de ultra som cavitacional do mercado, para redução da gordura l o c a l i za d a . Re s u l ta d o s c o m p ro va d o s e surpreendentes sem lipo.

caixa d'água e misture a cada mil litros de água um litro de hipoclorito de sódio de 2,5%. Alimentos Todo alimento que ficou submerso ou umedecido, mesmo que não apresente alteração de aparência e cheiro, não deve ser consumido. Devem ser descartados todos os alimentos que tiveram contato com água da enchente, até mesmo os embalados com plástico e não abertos, como leite, grãos ensacados e os guardados em garrafas pet. Animais Em situações de alagamentos, os animais peçonhentos, como cobras, aranhas e escorpiões ficam desabrigados e procuram locais secos para ficar. Por isso, após enchentes, é muito comum encontrar esses bichos dentro de casa. É preciso ter muito cuidado. Observe atentamente em cada canto de sua casa, sacuda os colchões, antes de deitar, e olhe atentamente roupas, sapatos, toalhas e lençóis. Fonte: www1.folha.uol.com.br e www.cb.es.gov.br

Hospital em Santa Maria de Jetibá terá R$ 1 milhão para reforma

Hospital Concórdia atende a pacientes de oito municípios da região serrana Com recurso do Ministério da Jair Bergamaschi. Ele ainda acrescentou Saúde, por meio de emendas federais, o que durante as obras o atendimento será hospital Filantrópico Concórdia, em Santa integralmente mantido. “É o único hospital Maria de Jetibá, terá R$ 1 milhão para ser da cidade e não pode parar. Já temos o utilizado em reformas e adaptações, com planejamento para que as melhorias o objetivo de melhorar o atendimento à aconteçam sem interferir no atendimento população. No hospital também funciona à população”, garantiu Jair. o Pronto Atendimento do município, além Dados do hospital são que cerca de internações dentro do Sistema Único de 55 mil pessoas passam pela unidade de Saúde (SUS). O recurso é proveniente hospitalar anualmente. Além de Santa de emendas do deputado federal Lelo Maria de Jetibá, o hospital recebe pacienCoimbra. O dinheiro, que já está empetes também de Santa Teresa, Santa Leonhado no Orçamento da União, será poldina, Domingos Martins, Itarana, Itarepassado diretamente para o Hospital guaçu, Afonso Cláudio e Laranja da Terra. Concórdia. Entre os serviços oferecidos estão maternidade, clínica médica, clínica pediátrica, “Já encaminhamos a documeninternações, cirurgias vasculares, atenditação à Caixa Econômica Federal para mentos ginecológicos, otorrinolaringolórecebermos o dinheiro. Nossa expectatigicas, entre outras. O hospital também va é que ainda em janeiro as obras sejam atende a convênios e particulares, mas a iniciadas”, informou o presidente da Funmaioria dos atendimentos é do SUS. dação Hospitalar Beneficente Concórdia,

Hertix®

‐ Radiofrequência de última geração com efeito imediato e duradouro na flacidez do corpo e da face.

Smartilipo® ‐ Lipoaspiração a laser para modelagem corporal e facial.

Venha nos visitar

sem compromisso faça a sua escolha e combine

seu orçamento.

Fisioterapeuta responsável: Viviane Rodrigues Dermato Funcional / crefito 2/67423‐F

Domingos Martins e Venda Nova do Imigrante (27) 3268‐1281 / 3268‐1176 / 8822‐0043 Vitória (27) 99719‐7779 Brevemente aVenha disposição em Venda oNova do Imigrante, na Ceneste. decidir conosco seu orçamento.

12 anos de experiência e credibilidade conquistada. 12 anos de compromisso e seriedade com a saúde da população serrana.

Título Excelente emitido pelo Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ)

Maria Nazaré de Oliveira Trarbach

Fátima Nespoli Nassar Pansini

Bioquímica - CRF 879

Bioquímica - CRF 423

(27) 3288-1975 Marechal Floriano (27) 3268-1365 / 3268-2418 Domingos Martins

Documentários Casamentos Aniversários Clip musical Telão

Filmagem e edição de casamentos

3288‐1857 99748‐9672

(27)

nielsonstein@hotmail.com

Rua Emílio Gustavo Hülle, 124 Centro ‐ Marechal Floriano ‐ ES


Geral G Onças começam namoro em

05

Dezembro / Janeiro

zoológico de Marechal Floriano Fotos: Julio Huber

Pé de

José Renato Coan Cel.: (27) 8810-4810 renato218@hotmail.com

Laranja tro. Na ocasião também lhe foram entregues as chaves da cidade pelo prefeito Joadir Loureço Marques. Depois de ter conversado com as crianças e de serem distribuídas as balas, Papai Noel partiu para visitar crianças em outras cidades da região que também o aguardavam. A visita do Bom Velhinho foi promovida pela Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo de Laranja da Terra.

Natal de solidão e o Natal de solidariedade

O casal poderá reproduzir os primeiros filhotes de onça em cativeiro do Estado

F

inalmente o casal de onças pintadas do Zoo Park da Montanha, em Marechal Floriano, iniciou um namoro que pode render os primeiros filhotes da espécie de felinos reproduzidos em cativeiro no Estado. Zagaia, a primeira onça a chegar ao zoológico, em fevereiro de 2012, precisou ser substituída por uma mais nova, que foi estrela do filme brasileiro Tainá 3. A nova onça, que leva o nome do filme em que ela teve participação, chegou ao zoológico há cerca de cinco meses. Após um período de adaptação, ela foi solta junto com Café, uma onça preta macho. Apesar de o casal ser da espécie Panthera onça, Café tem a plumagem preta, diferente dela, que é pintada. O macho chegou de Salvador, capital da Bahia, logo após Zagaia, mas o romance entre os dois não foi bem sucedido. O fundador do zoológico, Romeu Nunes Vieira, disse estar muito feliz com a possibilidade de o atual casal de onças reproduzir no Zoo Park da Montanha. “Esse é um importante papel que os zoológicos cumprem, que é a reprodução de espécies que estão ameaças de extinção no Brasil. Nossa expectativa é muito boa com a reprodução em cativeiro das primeiras onças pintadas do Espírito Santo”, destacou. Do cruzamento poderá nascer filhotes pintados ou pretos. A gestação do felino é de três meses e normalmente nascem entre dois e quatro filhotes. Elmir Rodrigues, um dos responsáveis pelo zoológico, contou que Tainá tem cerca de três anos de idade e poderá ter muitas crias. Tainá veio do zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), que é mantido pelo Exército Brasileiro e que fica localizado em Manaus, em plena

Floresta Amazônica. “A onça recebeu o nome de Tainá devido a participação dela no 3º filme da série, e que foi lançado em 2011. No filme, ela aparece pequena, dentro de uma cestinha. Temos uma estrela dos cinemas em nosso zoológico”, brinca Elmir. Ele contou que a intenção do Zoo Park da Montanha é participar de um programa nacional de reprodução de espécies raras. Várias espécies de animais já foram reproduzidas em Marechal Floriano, como macacos, antas, lhamas e diversos tipos de aves. Para chegar ao Zoo Park da Montanha, basta entrar no quilômetro 49 da BR-262, em Barra de Rio Fundo, passar atrás do Posto Ipiranga e seguir por uma estrada pavimentada até o zoológico, distante cerca de 800 metros da rodovia. O local funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 17h. Entenda Zagaia – A primeira onça pintada chegou ao zoológico em fevereiro de 2012 e recebeu o nome de Zagaia. Café – Menos de um mês depois, chegou Café, um macho com plumagem preta e que veio de Salvador (BA). Namoro – Foram feitas várias tentativas de juntar os dois, mas sem sucesso. Tainá – Com o objetivo de criar em cativeiro os primeiros filhotes de onças pintadas do Estado, este ano chegou Tainá, que participou de um filme brasileiro com o mesmo nome, em 2011. Namoro – Em dezembro Café e Tainá foram soltos no mesmo espaço e iniciaram um romance. Apesar de carinhos selvagens, os dois estão se adaptando bem juntos.

Chuvas e prejuízos marcam o fim de 2013 em Laranja da Terra Depois de passados os momentos difíceis do fim de 2013 com as chuvas que castigaram o município e causaram grandes transtornos, agora o município de Laranja da Terra contabiliza os prejuízos que foram produzidos com um dos maiores desastres naturais que os capixabas já enfrentaram. As famílias desabrigadas e desalojadas já estão voltando para as suas residências, no entanto, muitos ainda estão se recuperando das perdas que tiveram com os deslizamentos e com as fortes chuvas. Segundo o coordenador da Defesa Civil de Laranja da Terra, Sargento Geraldo Perozini, o maior prejuízo foi com as 25 pontes e os 45 bueiros danificados e que precisam ser reconstruídos, além de milhares de quilômetros de estradas. O secretário municipal de Obras, Bráulio Jarske, informou que os esforços vão se concentrar na recuperação de estradas e na abertura de passagens principalmente para as pessoas que estão no interior do município. Outra frente de trabalho se concentrará na limpeza da cidade, que ainda tem uma grande quantidade de terra, gerando poeira e transtornos. O prefeito Joadir Lourenço Marques, em recente pronunciamento, lamentou os prejuízos causados, mas ressaltou que em Laranja da Terra não houve nenhuma vítima. “Prejuízos materiais recuperamos com o tempo. O nosso trabalho era para que não houvesse perdas de vidas de Laranjenses, que são os bens mais importantes que o município possui”, destacou.

Papai Noel faz sua visita anual No dia 14 de dezembro, aconteceu a visita anual que o Papai Noel faz à cidade em razão das comemorações de fim de ano. Depois de um desfile em carro aberto em companhia do prefeito e do presidente da Câmara, o bom velhinho recebeu as crianças para a distribuição de balas na Praça Carlos Tesch, no Cen-

Duas contradições marcaram as comemorações do Natal de 2013. A solidão e a solidariedade. Parece estranho, mas realmente foi assim em Laranja da Terra. A maioria não pôde se deslocar para visitar os parentes, amigos e conhecidos, passando seu Natal sozinho. No entanto, poucas vezes na história do município se viram tantas manifestações de solidariedade em prol daqueles que tinham sido vítimas das chuvas. Ressaltamos aqui as doações que foram organizadas por Leda Souza, Tarcilia Tresmann e Deolin Schultz, que foram encaminhadas para Itaguaçu. Também merece destaque o grupo de Joatuba, coordenado por Rodrigo Crauser e Sonia Pizzaia Crauser. Em época de perda de valores como estamos atravessando, esses exemplos, entre muitos outros, dão a dimensão exata da importância da solidariedade entre os homens. A “solidão” do Natal foi superada pela solidariedade e com certeza esse foi um Natal para ser lembrado ainda por muito tempo. A frase usada por Sonia Pizzaia em uma rede social reflete bem o espírito de Natal: “diferenças à parte, agora é hora de nos unirmos para que os sofrimentos dos nossos irmãos sejam amenizados. Está ai o espírito do Natal de 2013”.

Ano letivo em Laranja da Terra já movimenta a educação A Secretaria Municipal de Educação já está envolvida com o ano letivo de 2014 em Laranja da Terra. A tradicional escolha de DT´s já aconteceu no dia 30 de dezembro e também a remoção dos professores da Rede Municipal. Assim, quando fevereiro iniciar, todos já sabem onde irão lecionar. Uma ótima ideia a da Secretaria de antecipar a escolha. Até os pais ficam sabendo logo quem serão os professores de seus filhos.

Entrega de presentes em janeiro Em razão dos acontecimentos dos últimos dias do mês de dezembro de 2013, que inviabilizaram a distribuição dos brinquedos pelo projeto “Água Viva”, a mesma irá acontecer no mês de janeiro de 2014, em data a ser ainda acertada pela coordenação. A coordenação esclarece aos colaboradores, doadores e às crianças que em breve será feita a entrega dos brinquedos e que os moradores serão previamente comunicados.

Pontes construídas nos últimos anos resistem a enchentes Municípios da região serrana que sofreram com enchentes e deslizamentos de terra calculam que será preciso mais de um mês para reconstruir os milhares de quilômetros de estradas vicinais que foram danificadas. Em Laranja da Terra, o prefeito Joadir Lourenço Marques estimou que passam de 2,5 mil quilômetros de vias que tiveram o trânsito obstruído por deslizamentos de barreiras e desmoronamentos. Ele informou, ainda, que 20 pontes e 45 bueiros também foram destruídos. “Nos últimos anos, construímos 25 novas pontes em nosso município, essas não foram afetadas, pois as obras foram bem feitas. Agora, precisamos de apoio do

governo estadual para que especialistas analisem alguns locais onde ainda há risco de desmoronamentos”, disse Joadir. “Todo o nosso maquinário e funcionários trabalharam diariamente, inclusive feriados e finais de semana, para conseguir retirar as barreiras das estradas, que são os únicos acessos para o transporte de mercadorias do agronegócio”, contou o prefeito. Em Santa Maria de Jetibá, a estimativa da prefeitura é que pelo menos 10 mil quilômetros de estradas foram danificados. Além das máquinas da prefeitura, empresas particulares também foram contratadas pela prefeitura para agilizar os trabalhos.

O prefeito Joadir Marques informou que irá reconstruir todas as pontes e bueiros


Geral G Colecionador consegue produção inédita de orquídea branca 06

O

orquidófilo Vital Schunk, o Nego, de Marechal Floriano, conseguiu mais uma façanha para os apaixonados por orquídeas. Ele reproduziu, por meio de sementes, mais de 500 plantas da espécie Miltonia spectabilis alba. Segundo ele, não há registros no Brasil de quem tenha conseguido reproduzir quantidade parecida. “Normalmente, essa planta é reproduzida através de cortes de alguma planta alba. Nesse caso, só é possível poucas plantas de cada vez, já que é preciso cortar parte de um orquídea para conseguir outra com as mesmas características”, explicou ele. Para chegar até esse feito inédito, Nego adquiriu uma Miltonia alba há cerca de oito anos. Há seis anos Nego fertilizou uma flor alba e se desenvolveu uma cápsula com milhares de sementes, que foram levadas a um laboratório especializado para que se formassem as mudas. “Esse processo de fertilização de plantas é manual. Pegamos o pólen de uma flor e levamos a outra, como os insetos fazem na natureza. Apesar de simples e de ser um processo usado por todos os orquidófilos para fertilizar plantas, ninguém havia conseguido tantas Miltonias albas dessa forma”, enfatizou Nego.

Dezembro / Janeiro

Foto: Julio Huber

Muito utilizada para o cruzamento com orquídeas de outras variedades, a maioria das Miltonias encontradas são de outras cores, como lilás, semialbas, entre outras variações. O orquidófilo, que já descobriu diversas variedades na natureza e já reproduziu outras espécies raras, disse que também é preciso sorte. “Sempre acompanhei meu avô e meu pai e acho que herdei uma boa mão para cuidar de plantas. Também faço tudo com muito carinho e amor, o que acho fundamental. Essa variedade que consegui reproduzir não era muito disseminada entre os orquidófilos, já que para se conseguir uma alba, só era possível por meio de um corte”, explicou. Agora, com as mais de 500 plantas floridas, cada uma à venda pelo preço de R$ 50,00, Nego acredita que a espécie seja propagada entre os apaixonados pelas plantas. “Em 2012, quando uma planta dessa sementeira floriu e confirmei que era alba, fiquei na expectativa para ver as outras florirem. Esperei mais um ano e tive essa grata surpresa”, disse sorridente.

Especialista confirma reprodução inédita O presidente do Núcleo Orquidófilo de Domingos Martins e Marechal Floriano (NODMMF),

Vital Schunk conseguiu reproduzir mais de 500 plantas da espécie Miltonia spectabilis alba Leodério Velten, confirmou que o cruzamento natural conseguido por Nego Schunk é algo inédito no Brasil e, segundo ele, talvez em todo o mundo. “Não tenho conhecimento de algum orquidário que tenha esse grande número de Miltonia spectabilis alba. Essa planta é muito usada para cruzamentos entre outras espécies, mas nunca vi tantas albas

como aqui no orquidário do Nego. Isso é algo que precisa ser registrado e ficará na história da orquidofilia", destacou. Leodério, que já escreveu dois artigos sobre Miltonias em revistas especializadas, contou que é encantador ver tantas plantas floridas em um mesmo local. Ele destacou que a atitude de Nego, de reproduzir tantas

plantas, torna a espécie mais acessível a quem admira a flor. “Já vi algumas albas no Espírito Santo e em orquidários pelo Brasil, mas nessa quantidade é algo realmente único. A Miltonia é considerada a espécie que produz a mais perfeita flor entre as orquídeas. Entretanto, é comum vermos lilás e semialbas”, relatou Velten.

Língua pomerana em 100% das escolas em Santa Maria de Jetibá Foto: Divulgação

Santa Maria de Jetibá é considerada a cidade mais pomerana do Brasil Todas as 48 escolas e creches municipais de Santa Maria de Jetibá passaram a contar com o ensino da lín-

gua pomerana, dentro do Programa de Educação Escolar Pomerano (Proepo), implantado em 2005. As atividades em

pomerano vão desde o uso da língua, oral e escrito, e no estudo da cultura.Santa Maria de Jetibá é considerada a cidade mais pomerana do Brasil. “Hoje são 22 professores bilingües envolvidos diretamente nos trabalhos. E neste ano(2013) criamos o 'Professor Itinerante' que faz o Proepo chegar em todas as escolas e creches”, contou a coordenadora do progrmal, Gerlinda Westphal Passos. O Proepo alcança os “pequeninos” a partir de seis meses nas creches com atividades lúdicas e oralidade. A partir do 1º ano do Ensino Fundamental são iniciadas as atividades com a escrita e o programa segue até o 9º ano, quando atende adolescentes de 14 anos ou mais. Em 2013 aconteceu o primeiro processo seletivo para professores bilingues, o que está previsto também para 2014. Ao todo, a Rede Municipal conta com 3.344 alunos e 549 profissionais. Para o secretário municipal de Educação, Charles Moura Netto, a consciência de que o fortalecimento e permanência da cultura pomerana também passam pela Educação é gratificante para toda a Rede Municipal. Até se chegar ao Proepo, um longo caminho foi trilhado desde a vinda

dos pomeranos pioneiros, em meados do século XIX, para o Espírito Santo. Entre os problemas enfrentados, uma das maiores agressões foi a proibição do uso das línguas. A situação se radicalizou durante a Segunda Guerra Mundial e avançou após a primeira metade do século XX. Mas o pomerano manteve sua língua viva. E nisso, a Igreja Luterana teve importância determinante. Ao longo das décadas finais do século XX, uma tarefa foi a de superar a “vergonha” e os problemas de ser descendente. Já no início deste século XXI, no ano de 2001, todo o movimento de revalorização cultural se desdobrou numa mobilização formal de cinco municípios capixabas com presença de pomeranos: Laranja da Terra, Vila Pavão, Pancas, Domingos Martins, além de Santa Maria de Jetibá. Daí nasce a ideia do Proepo, que surge em 2005. Em 2006 é publicado o Dicionário Pomerano, momento essencial na transição da língua pomerana estritamente oral para sua forma grafada. Em 2014, Itarana e Afonso Cláudio passam a integrar o grupo dos municípios de presença pomerana. Foto: Divulgação

Voluntários doam mais de R$ 40 mil em Domingos Martins Durante o ano de 2013, a Associação das Voluntárias Martinenses arrecadou R$ 40.690,01, principalmente por meio de venda de materiais confeccionados pelo grupo ou vendidos no brechó da instituição. Do total, R$ 18.335,91 foi repassado para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Já o Hospital e Maternidade Dr. Arthur Gerhardt (HMAG) recebeu R$ 22.354,10. Com o recurso recebido pelas voluntárias, a direção da Apae efetuou pagamentos de despesas mensais e adquiriu alguns equipamentos para a instituição. Já o valor

repassado ao hospital foi usado para a reforma da sala de fisioterapia, para a compra de mesas, cadeiras e outros materiais de uso no hospital. A secretária da Associação, Ilsa Zilda Erlacher, disse que além de diversos bordados feitos pelos mais de 30 voluntários, também são comercializados, no brechó da entidade, que fica em uma loja na rodoviária de Campinho, Sede de Domingos Martins, diversos materiais doados por moradores, principalmente peças de roupa. “Aos sábados, domingos e feriados vendemos nossos diversos tipos de borda-

dos, como panos de pratos e jogos de cama, em uma barraca ao lado da praça Dr. Arthur Gerhardt. Os preços partem de R$ 10,00”, informou Ilsa. Já o brechó fica aberto todos os dias da semana, das 8 horas às 16 horas. No mês de maio, a entidade também promove um café colonial, no pavilhão da Igreja Luterana, na praça de Campinho. Os encontros das voluntárias são semanais e o próximo será na primeira semana de fevereiro. Quem quiser fazer parte da entidade, pode obter mais informações no brechó, que fica aberto todos os dias da semana.

Associação de voluntárias arrecadou mais de R$ 40 mil em 2013


Geral G Venda Nova do Imigrante

Dezembro / Janeiro

07 Foto: Leandro Fidelis / Rádio FMZ

terá transporte público

M

oradores de Venda Nova do Imigrante terão um novo serviço público à disposição a partir do próximo dia 13 de janeiro. Um ônibus irá circular na área urbana do município em quatro horários, de segunda a sexta-feira, sendo dois horários pela manhã e dois durante a tarde. Aos sábados haverá dois horários pela manhã e no domingo e feriados o serviço não será oferecido. De acordo com o prefeito Dalton Perim, inicialmente o transporte público será gratuito, pois entre 30 e 60 dias será feito um diagnóstico da demanda no município, que servirá de base para que as empresas interessadas em explorar o serviço participem de uma licitação. “Nesse período em que o transporte será gratuito, faremos o levantamento da demanda em cada horário. Com isso, teremos informações concretas para apresentar às empresas que queiram participar da concorrência de concessão”, contou o prefeito. Segundo Perim, a demanda do transporte público está crescendo entre a população. “Nosso municí-

pio está se desenvolvendo e precisamos instituir transporte público na cidade. Acreditamos que em 30 ou 60 dias tenhamos um diagnóstico para que possamos fazer a licitação. A partir daí, o serviço será cobrado pela empresa vencedora”, informou. Ainda não há previsão do valor da passagem, pois irá depender do estudo que a prefeitura fará. Entretanto, já foi confirmado que idosos não pagarão. O primeiro itinerário sairá às 6h15 do Posto Venturim, em São João de Viçosa, com previsão de chegada às 8h15 no bairro Santo Antônio da Serra. A segunda viagem sairá às 09h15 do bairro Santo Antônio da Serra e chegará ao abrigo de ônibus do bairro Tapera às 11h15. O terceiro horário partirá às 12h15 do bairro Tapera e chegará ao bairro Pé da Serra, em Lavrinhas, às 14h15. O último trajeto do dia será entre o bairro Pé da Serra, em Lavrinhas e São João de Viçosa. A partida será às 16h15 e chegada às 18h15. De acordo com o prefeito Dalton Perim, os horários poderão ser modificados se houver necessidade.

Entregue auditório para 170 pessoas em Alfredo Chaves

Foto: Secom/PMAC

Auditório será utilizado para cursos, capacitações, palestras e apresentações culturais

Alfredo Chaves ganhou um novo auditório que será usado, principalmente, para as atividades da Secretaria Municipal de Educação. Com capacidade para 170 pessoas sentadas, o novo espaço servirá também para a capacitação de professores, eventos escolares e pela comunidade. De acordo com a secretária de Educação, Vera Lúcia Bona, para a edificação do auditório foram gastos cerca de R$ 300 mil. “O espaço foi construído em etapas, só agora que conseguimos finalizar. É um local moderno, confortável

e que será muito utilizado pela educação”, disse. O local, de acordo com Bona, está de acordo com as normas de segurança e possui lugares para pessoas portadoras de deficiência física e é climatizado. O auditório fica na sede da Secretaria Municipal de Educação, no Bairro Santa Terezinha. “Palestras, cursos, capacitações, apresentação de peças teatrais e outras atividades desenvolvidas pela Educação e pelas escolas poderão ser realizadas no novo espaço”, lembrou o prefeito Roberto Fiorin.

Pronto Atendimento em novo endereço em Alfredo Chaves O prédio onde funcionam o Pronto Atendimento (PA) e a Policlínica Municipal de Alfredo Chaves será reformado e os atendimentos médicos estão funcionando temporariamente em novos endereços. O PA e todos os servidores foram transferidos para o Centro Educacional Infantil José de Anchieta (Cmei). Já a Policlínica terá o atendimento no antigo prédio da Escola Municipal Ana Araújo, no centro. A secretária de Saúde, Gabrielle Roveta Melo, informou que todos os servi-

ços funcionarão normalmente nos prédios das escolas para onde foram encaminhados os equipamentos necessários para atendimento médico. “Foi necessária a desocupação do prédio para iniciar e garantir a reforma. Os serviços de saúde oferecidos não serão prejudicados porque estamos trabalhando para dar ótimas condições aos usuários”, disse. A reforma dos prédios contará com melhorias nos telhados e salas de atendimento, com pintura e outras intervenções.

Uma das linhas irá transitar pela Avenida Domingos Perim, no centro da cidade “Vamos fazer um teste, mas podemos fazer esse estudo, pois achamos melhor a modificar os itinerários e horários depenprefeitura organizar esse serviço antes dendo da demanda. Fizemos questão de que ele passe a ser cobrado”, enfatizou o não contratarmos uma empresa para prefeito.

Curso ajuda a estudantes de Alfredo Chaves a passarem no Ifes Quatorze estudantes de Alfredo Chaves, que frequentavam as aulas do curso Preparatec, oferecido pela Secretaria Municipal de Educação, foram aprovados no Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e irão iniciar os estudos em fevereiro. Desses, quatro alunos conseguiram conquistar os primeiros lugares nos cursos de eletrotécnica e administração. Houve aprovados também nos curso de aquicultura e pesca. De acordo com Martha Ferreira, coordenadora do Preparatec, nenhum aluno que prestou o exame na instituição estadual foi eliminado. “Alguns estão na suplência e têm a chance de serem chamados”, disse. O projeto funciona desde 2008 e ajudou a diversos

jovens a ingressaram em cursos técnicos ofertados pelo Ifes. Segundo Martha, o Preparatec oportunizou que cerca de 70% dos alunos que frequentavam as aulas conseguissem ser aprovados. De acordo com a coordenadora, o projeto é destinado para alunos da rede municipal de ensino, devidamente matriculados, que frequentam o 8º e o 9º anos do ensino fundamental. Para 2014, as inscrições começam no início do ano letivo. Para os alunos do 8º ano, serão selecionados aqueles que no ano anterior não tiveram notas vermelhas e demonstraram bom desempenho e comportamento. Para estudantes do 9º ano, as vagas serão ofertadas a todos que têm interesse.


Geral G Unidades móveis levarão assistência social para cinco municípios 08

Dezembro / Janeiro

Foto: Julio Huber

O

final de 2013 foi marcado por anúncios de vários investimentos na área de ação social para cinco municípios da região de montanhas do Estado. Uma das novidades que será implantada em 2014 em Domingos Martins, Laranja da Terra, Santa Maria de Jetibá, Afonso Claudio e Brejetuba é a implantação de unidades Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Móvel. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Helder Salomão, em visita a Domingos Martins, quando se reuniram representantes dos municípios que serão beneficiados pelos investimentos sociais. O Cras Móvel é um ônibus adaptado para levar atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social das localidades mais afastadas. Cada veículo terá o investimento estadual de aproximadamente R$ 700 mil. Outro anúncio importante para a assistência social foi que também chegarão veículos para as equipes de acompanhamento do Programa Capixaba de Redução da Pobreza (Incluir). Com os automóveis será possí-

vel melhorar o serviço de atendimento domiciliar e o de busca ativa pelas famílias vulneráveis que estão desassistidas. O secretário também confirmou a liberação do Fundo Estadual de Combate à Pobreza e às Desigualdades Sociais (Funcop). São R$ 1,6 milhão para os municípios serranos investirem em serviços de relevante interesse social, como a construção de unidades habitacionais, aluguel social, investimentos e custeio de obras de Centros de Referência de Assistência Social (Cras e Creas). Seguindo na proposta de reduzir as desigualdades no Espírito Santo, o Programa Bolsa Capixaba sofreu uma ampliação. Passou a beneficiar, a partir de novembro de 2013, mais de 30 mil famílias extremamente pobres com crianças de zero a seis anos.

Capacitação profissional Desse total, 591 grupos familiares estão na Região Serrana e poderão usufruir de oportunidades geradas pelo Governo, como exemplo o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técni-

Serviços oferecidos pelo CRAS serão levados a comunidades do interior em um ônibus adaptado co e Emprego (Pronatec) Brasil Centros de Referência, foi desti- ao Estado na hora de definir as Sem Miséria, que oferece capacinado à Região Serrana R$ 1,8 estratégias de atendimento aos tação profissional em diversas milhão. usuários e ao corpo técnico que áreas.Nos municípios serranos O encontro com os executa a Política Pública de 107.679 pessoas estão inseridas gestores municipais em Domin- Assistência Social. no Pronatec, sendo qualificados gos Martins também teve como O secretário visitou para algum curso que vai gerar finalidade ouvir os anseios e as outros municípios com a mesma renda familiar. Para atender as dúvidas das equipes que desen- proposta que motivou a ida a famílias em situação de vulneravolvem os serviços socioassis- Domingos Martins. A intenção é bilidade social, em cada municítenciais. Segundo o secretário, juntar tudo o que foi apurado pio capixaba existe ao menos um cada região tem uma realidade durante os encontros e montar Cras. Para manutenção dos diferente e a troca de experiênci- um relatório com orientações serviços ofertados por esses as enriquece o debate e favorece para os 78 municípios.

Três entidades receberão R$ 160 mil em Alfredo Chaves A Associação Pestalozzi, a Escola Família Agrícola (Mepes) e a Casa Lar Aconchego do Idoso - todas instituições de Alfredo Chaves - receberão R$ 160 mil de ajuda de custo durante o ano de 2014. O repasse será feito com recursos da prefeitura e servirá para ajudá-las na manutenção de suas atividades.

Desse total, a Escola Família Agrícola receberá R$ 84 mil, e a Associação Pestalozzi e a Casa Lar Aconchego do Idoso, terão R$ 40 mil e R$ 36 mil, respectivamente. De acordo com o prefeito Roberto Fiorin, o convênio é uma forma para que as instituições consigam promover seus

objetivos e manter atividades de qualidade para o seu público. A Escola Família Agrícola poderá empregar o benefício em pequenas reformas, custeio de despesas administrativas e operacionais. Hoje, a instituição conta com 98 alunos matriculados. A escola funciona em regime de ensino integral, atendendo

Região Sudoeste Serrana. Laranja da Terra.

Para conhecer as novas obras do Espírito Santo nem precisa de mapa. É só olhar em volta. As obras e melhorias que o Governo do Espírito Santo está realizando em todo o Estado podem ser vistas na sua cidade, no seu bairro, na sua rua, gerando impacto no seu dia a dia. Em Conceição do Castelo, Domingos Martins, Laranja da Terra e Venda Nova do Imigrante quase R$ 800 mil foram investidos na construção de escadaria, na pavimentação e drenagem de ruas e no recapeamento asfáltico de estradas. É desenvolvimento, mobilidade, segurança e conforto. É o Governo do Espírito Santo levando mais qualidade de vida para todos os capixabas.

aos filhos dos agricultores, da 5ª a 8ª série do ensino fundamental e alunos do curso profissionalizante técnico em agropecuária, integrado ao ensino médio. Já a Associação Pestalozzi de Alfredo Chaves possui 41 alunos matriculados, desenvolvendo atividades pedagógicas, educação física, aulas de arte,

fisioterapia e visitas técnicas e de entretenimento. Os alunos ainda recebem serviço de transporte de casa até a unidade. A Casa Lar Aconchego do Idoso atualmente está com 15 internos. Além do acolhimento em regime integral, a Casa disponibiliza fisioterapia e outras atividades para os idosos.


Agronegócio 09 A Fortes chuvas fazem preços de alimentos subirem até 260% Dezembro / Janeiro

Fotos: Divulgação

D

evido às fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo nos últimos dias de 2013, os preços da maioria dos produtos agrícolas cultivados principalmente em municípios da Região Serrana do Estado, como as verduras, tiveram aumentos que podem passar de 200%. Alguns produtores tiveram quase 80% de perda da produção em suas lavouras, afetando diretamente os preços para o consumidor final. Um dos municípios que sofreu com o grande volume d'água foi Santa Maria de Jetibá, responsável por cerca de 35% dos produtos agrícolas que abastecem a Ceasa-ES. Mensalmente são produzidos 25 mil toneladas de alimentos. A atividade agrícola sofreu com os alagamentos, algumas estimativas da Secretaria de Agricultura de Santa Maria de Jetibá apontam prejuízos de até 80% na colheita de verão, nos próximos 90 dias. Parte dos

produtores trabalha em conjunto para evitar perdas maiores em momentos como esse. É o caso de Onofre Nicomedes, 51 anos, associado à Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Coopeavi) e morador da localidade de Rio Aparecida, em Santa Maria de Jetibá. Cerca de 70% da sua plantação de alface se perdeu devido às chuvas. O reflexo no mercado foi rápido. Em um mês, a variação de preço da alface na Ceasa (ES) foi de 361%, saltou de R$ 0,91/kg, no dia 2 de dezembro de 2013, para R$ 3,33/kg, em 2 de janeiro de 2014. Os pequenos produtores são os mais afetados com desastres naturais. Em propriedades menores a produção é a única fonte de renda das famílias. Esse impacto abala o cotidiano e o equilíbrio econômico da região, tanto na agricultura quanto no comércio. Essa é a situação de diversas famílias em todo o Espírito Santo.

A chuva deixou plantações submersas e o prejuízo em algumas propriedades chegou a 80%

Documento para transportar produtos agrícolas é emitido gratuitamente

Documento para transportar banana será emitido gratuitamente Produtores rurais de Domingos Martins não precisarão mais pagar para a emissão do Certificado Fitossanitário de Origem (CFO). O documento é exigido por lei para o transporte e comercialização de produtos agropecuários - especialmente

aqueles que estão sujeitos ao ataque de pragas - dentro do Estado. De acordo com técnicos do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), o CFO é obrigatório para o transporte de banana e

citrus (laranja, tangerina, e outros). O documento tem validade de 30 dias e começa a ser emitido gratuitamente a partir do cadastro da propriedade junto à prefeitura. A segunda etapa prevê a vistoria, medição da área produtiva e monitoramento mensal da lavoura. Todo o trabalho é supervisionado por técnicos do Idaf. Os produtores que transportam a produção sem o CFO podem ter os produtos apreendidos e destruídos, sem direito a ressarcimento, conforme previsto na legislação. “O certificado é uma exigência federal para atestar a sanidade da produção, comprovar a inexistência de doenças, como por exemplo, a sigatoka negra, que ataca bananais, além da pinta preta e a mosca negra, dos citrus. Com isso, conseguimos garantir a qualidade dos produtos”, explica o engenheiro agrônomo da prefeitura, João Vitor Santana, técnico responsável pela emissão do CFO no município. Até então, para conseguir o certificado o produtor

precisava pagar pelo serviço de inspeção na propriedade e emissão do documento, que tem validade de 30 dias. “Os custos são muito altos, podem chegar a R$ 500,00 por mês. Para o pequeno produtor, fica inviável, por isso a prefeitura uniu esforços para oferecer este serviço gratuitamente”, destaca o secretário de Desenvolvimento Rural, Darci Schaefer. Caso a produção seja comercializada para outros estados, o documento obrigatório é a Permissão de Trânsito Vegetal (PTV), obtida nos escritórios do Idaf, mediante apresentação do CFO e da nota fiscal. No dia 27 de dezembro de 2013, foram entregues os primeiros Certificados Fitossanitários de Origem emitidos pela prefeitura a pequenos produtores de Domingos Martins. O prefeito Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, participou da reunião e destacou a importância do serviço que passou a ser gratuito. “Este é um momento histórico

COMUNICADO

COMUNICADO FM MINERAÇÃO LTDA ME, torna público que requereu do IEMA, através do processo n° 27509095, Renovação da LO, para Extração de blocos de rochas ornamentais no Cor. do Macuco – Zona Rural de Afonso Cláudio/ES.

Domaine Agroecológica Ltda ME torna público que requereu ao IEMA, através do processo 22361898 Licen‐ ça Ambiental de Regularização (LAR) para Complexo de agroturismo inclusive com produção industrial de alimen‐ tos e bebidas, no município de Domingos Mar ns.

para a agricultura de nosso município. Pela primeira vez a prefeitura oferece gratuitamente este serviço para os pequenos produtores, um grande passo para fortalecer as atividades, que são representativas e importantes para a economia de Domingos Martins”, disse. Sete propriedades já estão cadastradas, mas a previsão dos técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural é a de que esse número chegue a 30. “Inicialmente vamos priorizar propriedades de pequeno porte e que emitam e nota fiscal de produtor rural”, completa João Vitor Santana. Os primeiros agricultores a receberem o certificado foram Mário Cesar Belshoff, de Biriricas de Baixo; Irene Proscholdt, de Chapéu e Amadeu Ferreira, de Biriricas de Cima, todos são produtores tanto de banana quanto de citrus. Informações podem ser obtidas na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, pelo telefone (27) 3268-1814.

COMUNICADO FM MINERAÇÃO LTDA ME, torna público que requereu do IEMA, através do processo n° 28339118, Renovação de LO, para Extração de Granito no Cor. do Macuco – Zona Rural de Afonso Cláudio/ES.

Mudas de Eucalipto Clonal, Eucalipto Sementes, Mogno Africano, Pupunha Peruana, Café Arábica, Cedro Australiano e outros

Autopeças e Acessórios Automóveis e Caminhões Tel.: (27) 3288-1369 (27) 99982-8350 Rua Thieres Veloso, n° 40 - Centro Marechal Floriano - ES - CEP 29255-000 e-mail: bkautopecas@hotmail.com

(27) 9902-1038 99871-3318 FAZEMOS Rua Henrique Eggert, Km 3 ENTREGAS! São Sebastião do Meio Santa Maria de Jetibá - ES (Sítio Eggert)

3288-1818

www.viveirosecomudas.com andersonpercilios@hotmail.com BR 262, Km 54 - Barra do rio Fundo Marechal Floriano - ES (próximo a entrada de Parajú)

Marechal Floriano


10

A

Acontece

Dezembro / Janeiro Foto: Vanildo Nunes

Glaucia Rissi

No dia 8 de dezembro de 2013, a delegação da seleção de futebol de Camarões se hospedou no Hotel Fazenda Parque do China. No dia seguinte, eles conheceram as instalações que estão sendo preparadas para receber uma seleção para a Copa do Mundo. Apesar de encantados com o que viram, os representantes de Camarões acharam longe do aeroporto. Na foto, o presidente da Federação de Futebol do Espírito Santo, Marcus Vicente (centro); o diretor do Parque do China, Valdeir Nunes (3º da direita para a esquerda); Vânia Nunes, do Parque do China e representantes da Fifa e da seleção de Camarões.

O prefeito de Alfredo Chaves, Roberto Fiorin, marcou presença na confraternização de 20 anos do Grupo da Melhor Idade do município, em dezembro. Na foto, o prefeito com a equipe da Secretaria de Assistência Social: Jacirley, Elisamélia e Verônica com sua filha Maria Luiza. Foto: Fábio Klippel

Domingos Martins ganhou um espaço de beleza com esmalteria, perfumes importados e as melhores maquiagens do mercado. Idealizado pela farmacêutica Emanoele Furlan Biancardi, o espaço fica anexo à Drogaria Domingos Martins, ao lado da Casa da Cultura de Campinho. Na foto, Emanole em uma recepção de inauguração com alguns convidados.

O casal Isabel Fardin Busato e Carlos Busato, da Fazenda Busato, em Venda Nova do Imigrante, mostra a cachaça artesanal Teimosinha, com alambique próprio e aberto para degustação, a rapadura e outras delícias produzidas na propriedade. Os produtos podem ser adquiridos diretamente na propriedade da família, que fica na rodovia que liga Venda Nova do Imigrante a Castelo.

Raquel Silva da Fonseca de Souza e Daniel Diony de Souza casaram-se no dia 30 de novembro de 2013, na Igreja Assembleia de Deus Ministério Jericó, em Marechal Floriano. Os dois usaram trajes da loja La Bella Noiva, de Domingos Martins. Nós, do Jornal o Noticiário e da La Bella Noiva desejamos felicidades ao casal.

DROG AR IA DO

M IN GO S M ARTIN

A CO U M A FA R M ÁCI

S,

M PL ETA PA R A

VO CÊ...

Especializada em Dermocosmé cos

Com atendimento personalizado por dermoconsultoras

Tel.: (27) 3268‐1656 Av. Presidente Vargas, nº 501 ‐ Loja 01 ‐ Centro Domingos Mar ns ‐ ES ‐ CEP 29260‐000

Durante a inauguração do Centro Cultural Villaggio d'Italia, em Pedra Azul, Domingos Martins, diversas autoridades políticas e empresariais prestigiaram o evento. O local promete ser um badalado atrativo turístico das montanhas. Na foto, o idealizador do Villaggio, Lucas Izoton; a princesa da Festa da Polenta, Jozélia Zandonadi e o prefeito de Domingos Martins, Carlinhos Borboleta.

Assistência farmacêu ca, Farmácia Popular e Programas de descontos de diversos Laboratórios.

Venha conhecer nosso novo espaço de beleza, com esmalteria, perfumes importados e as melhores maquiagens do mercado!


T

Turismo / Cultura

Dezembro / Janeiro

11 Foto: IA Comunicação

Região de montanhas ganhou complexo turístico em Pedra Azul

A

região de montanhas do Estado ganhou mais um complexo turístico. Foi inaugurado, em Pedra Azul, Domingos Martins, o Centro Cultural Villaggio d'Italia. O espaço público de lazer e convívio é inspirado nas regiões italianas clássicas e reúne delicatessen, cafeteria, orquidário, loja de artesanatos, confraria de vinho e capela. A delicatessen Specialitá Gastronomiché reúne todo o sabor do agroturismo das montanhas. O local oferece aos visitantes produtos típicos da região, como o famoso socol, queijos, geleias e bolos. Além disso, há um restaurante onde são servidos pratos preparados com os produtos vendidos na loja. A administração da Specialitá Gastronomiché fica por conta dos sócios Ricardo Feitosa e Raoni Perim. Os parceiros se dedicaram à busca pelas melhores referências na hora de projetar a delicatessen desde a arquitetura até o planejamento dos serviços oferecidos. Para a preparação dos pratos, ambos contam com a parceria do chef gourmet e consultor gastronômico Ari Cardoso. Quem aprecia o melhor em café gourmet, pode ir ao Caffè Villaggio d'Italia, administrado pelos baristas Rafael Marques e Carol Carvalho,

conhecidos por já manterem negócio consolidado no ramo. O Caffè oferece blends e cafés especiais, além de doces, salgados e acompanhamentos perfeitos para saborear juntamente com a bebida. Além disso, quem for à cafeteria poderá visitar um mini laboratório onde acontecem os processos de seleção, torrefação e degustação dos grãos selecionados para as bebidas. Já a Casa Dell'imigrante é um local rústico e aconchegante que retrata os aspectos característicos da cultura dos imigrantes italianos, revelando como as tradições perpetuaram de geração a geração. Nesse local são comercializadas peças artesanais confeccionadas pela equipe de voluntários do Instituto Jutta Batista da Silva (IJBS). Parte dos fundos arrecadados será destinada para a instituição, que destina a renda para obras de desenvolvimento de comunidades na região serrana. Os preços variam entre R$ 5 a R$ 1.800. Uma Confraria do Vinho também esta à disposição no Centro Cultural. O local foi projetado com a forma de uma pipa de fermentação e dispõe de vinhos nacionais e importados perfeitos para quem quiser relaxar e degustar a melhor seleção da bebida.

O Villaggio d'Italia possui restaurante, cafeteria, orquidário e loja de artesanato Quem gosta de flores, a dica é apreciar e comprar as famosas orquídeas do “Orchidário Villaggio d'Italia”, que possui desde espécies puras a híbridos raros das mais variadas orquídeas. O espaço é administrado por Mônica de Oliveira Costa, especialista e administradora de um famoso orquidário local. O Centro Cultural foi projetado pelo Grupo Izoton e fica no quilômetro 96 da

BR-262, em Pedra Azul, Domingos Martins. A solenidade de inauguração, no dia 14 de dezembro de 2013, foi prestigiada por importantes autoridades políticas e lideranças locais. O prefeito de Domingos Martins, Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, discursou enaltecendo e agradecendo ao espírito empreendedor do empresário Lucas Izoton, presidente do Grupo Izoton.

Casa decorada vira atração e ganha prêmio em Alfredo Chaves Foto: Julio Huber

a eles a primeira colocação do Concurso de Decoração Natalina 2013, que contou com 12 concorrentes. Os proprietários da residência faturaram R$ 1 mil. O casal Edson Guardia e Fabiana Gama, de Linhares, elogiou a criatividade de Ilson e da família dele. “Eu sou daqui de Alfredo Chaves, mas atualmente moro em Linhares. Não tem como vir aqui nessa época e não visitar as casas decoradas, que já viraram tradição na cidade”, comentou Edson. Ilson, que possuía uma serralheria e fabricava peças para tropas de burros, contou que a ideia de montar a decoração natalina surgiu há sete anos. “Desde que começamos, apenas em 2012 não montamos nada porque a enchente invadiu nossa rua e nossa casa. A cada ano invento uma coisa diferente”, informou. A ornamentação da residência da servidora Dorley Brandy Nascimento ficou em segundo lugar e faturou o prêmio de R$ 600,00. Muitas luzes fizeram de sua residência ponto de parada para fotografias e admiração dos moradores e visitantes. A casa da professora aposentada Maria de Lourdes Bonela ficou com a terceira colocação e ela ganhou de prêmio R$ 400,00. A ornamentação da residência da família de Ângela Maria Cetto Giori, na localidade de Cachoeira Alta, foi destaque e recebeu o título de honra ao mérito. Presépio,

O casal Ilson e Erly promete novidades para a decoração de 2014 A decoração natalina da residência de Ilson Buback, 72 anos, e Erly Pompermayer Cezari, 69, virou um atrativo turístico na Sede de Alfredo Chaves. A decoração é composta por 24 presépios - de diversos tamanhos-, uma árvore giratória, sinos que tocam ao serem acionados por controle remoto, uma maquete com uma composição de trem, entre outros enfeites. O capricho e dedicação do casal renderam

s ivos, pajen o n a r a p s Traje hos ara padrin p s o n r e t e

ntes Vestidos de debuta e de damas

Os melhores preços você só encontra aqui!

o ã es de janeiro ç es m os o te an ur D m Pro iro, alugue seu vestido de e fevere festa a partir de R$

100

,00

Ligue e agende seu horário de visita (27)

3268-1485 / 99988-8408

Rua João Baptista Wernersbach - Centro - Domingos Martins - ES (Rua de Lazer, em cima da Farmagia) - e-mail: labellanoiva@gmail.com

renas e muitas luzes cobriram o quintal da casa da família, que esbanjou criatividade.

Na nossa Região Serrana, venha saborear a gostosa Cozinha Típica Alemã, Suíça, Hungara e Brasileira. Aberto de terça-feira a Domingo, a partir das 10h. À noite abrimos para casais , encontros, aniversários, confraternizações, etc.

Faça sua reserva pelo telefone

(27) 99829-1168 BR 262 - Km 42,6 - Marechal Floriano - ES

Visite www.grossmutter.com.br


Turismo / Cultura T Festa alemã anima o verão em Domingos Martins 12

Dezembro / Janeiro

Programação das Festas

Foto: Julio Huber

D

SOMMERFEST Dia 30 de janeiro 17h30 – Celebração Ecumênica – Marco da Colonização (BR-262, em Biriricas) 20h - Eleição do Rei e Rainha da XXV Sommerfest 21h – Apresentação Cultural Grupo de Dança Grupo de Dança Etnias 22h – Show com Os Tradicionais Pomeranos

omingos Martins é um dos principais roteiros turísticos do Estado durante o inverno. Entretanto, durante o verão acontece uma das mais tradicionais festas do município, que é a Sommerfest Festa da Imigração Alemã. A 25ª edição do evento será realizada de 30 de janeiro a 2 de fevereiro. Além de poder degustar os mais de 20 tradicionais pratos da cultura alemã, acompanhados de um chope bem gelado, os mais de 40 mil visitantes que estão sendo esperados poderão se divertir com muita música, atrações culturais, concurso do lenhador e desfiles pelas ruas da cidade. No cardápio estão o einsbein (joelho de porco), kassler (carré suíno) e Wurst (salsichas alemãs servidas com chucrute e batatas). A sobremesa alemã mais famosa, o apfelstrudel (folhado de maçã) também estará à venda, além do Kuchen (pão coberto com açúcar e canela). As iguarias serão servidas na Praça de Alimentação, montada no Espaço Cidade do Verde, ao lado da Praça Dr. Arthur Gerhardt, onde acontecerá toda a programação, que será gratuita.

Dia 31 de janeiro 17h - Abertura do Concurso do Lenhador 19h – Abertura oficial da XXV Sommerfest 20h – Apresentação cultural - Grupo de Dança Bloss Mäd Chen 21h – Show com a Banda Frölich 23h30 – Show com Os Germanos

Rei e rainha Com o tema "Lustig sein heisst leben!", que significa: “Ser feliz é viver!”, as celebrações em homenagem à cultura trazida pelos imigrantes alemães começam no dia 30 de janeiro, às 20h, com a escolha do rei e rainha da Sommerfest 2014. As inscrições estão abertas até o dia 24 de janeiro. Para concorrer é necessário ter entre 15 e 25 anos, ser morador do município, ter descendência alemã comprovada e procurar a Casa da Cultura, na Avenida Presidente Vargas, levando os documentos pessoais.

O desfile cultural Sommerfest é a principal atração da programação de domingo mesmo dia, às 19h, os comerciantes do nau (SC) para apresentar seus hits, inclumunicípio realizam seu primeiro desfile indo o sucesso da Oktoberfest “Fritz, Tu pelas ruas da cidade. Perdeu”. No domingo (2), o destaque fica Em seguida, às 20h, acontece a por conta do desfile cultural com alegorisolenidade de abertura, com apresentaas e adereços que relembram a trajetória, ções musicais da “Banda Fröhlich” e “Os a história, tradição dos imigrantes aleGermanos”. No sábado estão previstas mães. alvorada pelas ruas da cidade, apresentaDepois, o "Grupo Cultural Martições de grupos de dança alemã e bandas nense", grupos folclóricos e bandas locade metais. À noite, os grupos “Os Tradiciis animam o dia de quem passar por Concurso do Lenhador onais Campinho. À noite, "Banda Fridas" e "Os No dia 31 de janeiro é a vez do início do tradiPomeranos” e “Os Germanos” Tradicionais Pomeranos" voltam ao cional Concurso do Lenhador, competição que premia realizam shows. Em seguida, o grupo palco principal da festa para encerrar a os mais ágeis cortadores e serradores de madeira. No feminino “Banda Fridas” chega de Blumeprogramação.

Sorteio de caminhão e caminhonete na Festa do Tomate Foto: Julio Huber

Festa com venda de uva e vinho em São Bento de Urânia Foto: Secom/PMAC

Dia 1º de fevereiro 7h – Alvorada pelas ruas da cidade com a Banda Frölich 12h – Show com a Banda Pommerchor 13h – Show com a Banda Pommerweg's 14h30 - Apresentação cultural 15h30 – Show com a Banda Frölich 16h – 2ª etapa do Concurso do Lenhador 17h 30 – Apresentação cultural 19h – Show Banda Fritz Freunde 21h – Apresentação do Grupo de Dança Bergfreund 21h30 - Show com Os Germanos 23h30 – Apresentação do Grupo de Dança Blumen der Erde 0h – Show com a Banda Fridas Dia 02 de fevereiro 9h30 – Desfile Cultural 11h – Show com Grupo Cultural Martinense 12h30 – Show com a Banda Frölich 14h – Apresentação do Grupo de Dança Etnias 14h30 - Apresentação do Grupo de Dança Bloss Mäd Chen 15h – Show com a Banda Pommerchor 16h – Apresentação do Grupo de Dança 17h – Apresentação Cultural Lea do Acordeon 17h – Final do Concurso do Lenhador 18h - Show com a Banda Fridas 20h - Show com Os Tradicionais Pomeranos FESTA DA UVA E DO VINHO Dia 08 de fevereiro 11h- Torneio de bocha 12h- Concurso de Vinho - Degustação e classificação dos vinhos participantes 12h- Classificação da produção de uva 15h- Tradicional desfile de microtratores 20h- Desfile e eleição da Rainha e Princesas da 50ª Festa da Uva e do Vinho 22h- Show com Gang Brasil 01h- Show com Juninho Xavier

Mais de 5 mil quilos de uva serão vendidos durante a festa

Alto Caxixe é uma das maiores produtoras capixabas de tomate Muita música irá marcar a 28ª Festa do Tomate da localidade de Alto Caxixe, em Venda Nova do Imigrante, que será realizada entre os dias 31 de janeiro e 2 de fevereiro. Nove atrações musicais se apresentarão nos quatro dias de programação. Também haverá o sorteio de uma caminhonete Hilux e de um caminhão Ford Cargo. O Concurso do Tomate de Qualidade, cujo resultado seria divulgado no dia 25 de janeiro, foi cancelado pela prefeitura devido às chuvas que prejudicaram as lavouras. No dia 31 haverá a celebração de uma missa, às 20 horas e, em seguida, a eleição da Rainha do Tomate. O encerramento da noite será com

LR A S S E S S O R I A A M B I E N TA L

o show de Donato e Eduardo. No dia 1º de fevereiro a programação será reaberta às 14 horas, com o passeio do 3º Tomajipe. Também haverá shows com Musical Valli, Gabriel Gava e Banda Calistones. No domingo, dia 2, a festa será reiniciada às 10 horas, com a missa dominical. Também haverá almoço típico e shows musicais. Uma das principais atrações da festa será o sorteio de uma caminhonete Hilux cabine dupla e automática e de um caminhão Ford Cargo, modelo 816, ambos zero quilômetro. Para cada prêmio haverá dupla chance de ganhar e cada cartela já está sendo vendida a R$ 150,00.

• LICENÇAS AMBIENTAIS EM GERAL • ASSESSORIA JURÍDICA • RECURSOS DE MULTAS AMBIENTAIS

A Festa da Uva e do Vinho, realizada no distrito de São Bento de Urânia, em Alfredo Chaves, completa seu cinquentenário este ano. Nos dias 8 e 9 de fevereiro será realizada a 50ª edição do evento, que celebra a colheita da uva e do vinho na localidade. O concurso para escolher o melhor vinho, o desfile de microtratores, a eleição da rainha da festa e shows com Musical Prateado e Gang Brasil irão animar o evento. Os agricultores se preparam para comercializar pelo menos cinco toneladas da fruta durante os dias da festa. O evento é promovido pela Associação de Produtores Rurais de São Bento de Urânia e pela prefeitura. De acordo com o presidente da Associação, Lauro Cebin, a comunidade pretende

promover uma grande festa, cujo objetivo é agradecer a colheita da fruta e preservar a cultura local. O padre que celebrará a missa pela manhã, no dia 9, benzerá as uvas. Apresentações culturais, shows e palestras técnicas para os produtores de uva e vinho fazem parte da programação do evento. Ainda no domingo, às 17 horas, haverá o sorteio de uma rifa de três motos zero quilômetro. Técnicos do Incaper de Alfredo Chaves e de municípios vizinhos, além de funcionários da prefeitura, visitarão propriedades locais para avaliar os aspectos de boas práticas de produção nos parreirais, quando são analisados 10 itens, que somarão pontos para os participantes do Concurso da Uva e do Vinho. Os produtores das melhores uvas e vinhos serão premiados no dia 9.

• EXTRAÇÃO DE AREIA (DNPN-IEMA) • SONDAGEM • LOTEAMENTOS • GEOLOGIA • TOPOGRAFIA / TERRAPLANAGEM • ENGENHARIA

CONTROLE À PRAGA DA MOSCA CASEIRA

Dia 09 de fevereiro 10h- Celebração em agradecimento pela colheita 11h- Benção da uva e dos produtos da exposição 12h- Premiação do Concurso de Uva e Vinho 13h- Apresentação de moda de viola 15h- Apresentação do grupo de música italiana Giocco di Mora 17h- Sorteio da rifa de três motos zero quilômetro 18h- Show com Musical Prateado 28ª FESTA DO TOMATE Dia 31 de janeiro 20h – Santa Missa em louvor à festa 21h – Eleição da Rainha do Tomate 2014 22h30 – Show com a dupla Donato e Eduardo Dia 1º de fevereiro 14h – Passeio do 3° Tomajipe 21h – Show com Musical Valli 23h – Show com Gabriel Gava 01h – Show com a Banda Calistones Dia 2 de fevereiro 10h – Missa dominical 11h – Almoço típico ao som de Wagner e Edmar 13h – Apresentação do 3° Tomajipe 13h30 – Toni Boni 15h30 – Show de forró com musical Valli 17h – Sorteio fechado de uma Hilux cabine dupla, automática, a diesel e de um caminhão Ford Cargo 816, zero quilômetro. 18h30 – Show com Musical Prateado 20h30 – Show com a banda Mania de Vanera

(27)

9840-1000

contato@lrambiental.com.br

www.lrambiental.com.br

Edição 76 - Dezembro/Janeiro  

O maior e melhor jornal impresso da região serrana do estado do Espírito Santo.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you