Issuu on Google+

2014 - Ano 8º - Nº 78

O Jornal das Montanhas Capixabas

Fevereiro / Março

Fotos: Julio Huber

Festival de samba e choro com atrações nacionais em Marechal Floriano

Chocolate será produzido em Marechal Floriano para todo o Brasil

Com a instalação de uma fábrica da empresa Loly Balas, prevista para iniciar as atividades até o final deste ano em Victor Hugo, Marechal Floriano, chocolates e outros doces serão vendidos em todo o Brasil. Com investimento inicial de R$ 10 milhões, a empresa irá gerar mais de 50 empregos. Os produtos também serão vendidos em uma loja temática, ao lado da fábrica. Segundo os proprietários, Suzani Mirandoli e Jorge Alfonso Molinare Naveillan, a produção própria de chocolate poderá incentivar o surgimento de pequenas fábricas na região. O terreno, com oito mil metros quadrados, foi doado pelo agricultor Elias Cosmo.

03

Entre os dias 19 e 26 de abril, Marechal Floriano terá uma vasta programação musical voltada para samba e choro. Haverá shows com cantores famosos como Neguinho da Beija-Flor, Dudu Nobre (foto), Denise Pontes, Rogerinho do Cavaco, Raimundo Machado e Grupo, entre outras atrações durante os oito dias de programação gratuita. Também haverá 14 oficinas musicais gratuitas. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas por meio do site oficial da Prefeitura de Marechal Floriano. De acordo com a organização do evento, já estão confirmadas 30 atrações, que se apresentarão na Sede do município. 12

Prefeitura de Domingos Martins poderá funcionar no antigo prédio da LBA 05

Vilas de 50 anos serão demolidas em Santa Maria de Jetibá e Santa Leopoldina 08 Investimentos na educação, esportes e telefonia em Laranja da Terra Moradores de Laranja da Terra tem motivos de sobra para comemorarem investimentos públicos realizados no município nos últimos anos. Os últimos anunciados foram melhorias em estruturas de três escolas, construção de quadras de esportes e implantação de laboratório de informática. A cidade também ganhará reforço na sinalização viária. No distrito de Sobreiro, em breve estará em funcionamento uma torre de telefonia móvel, que também fornecerá acesso à internet 3G aos moradores. Os investimentos são do governo estadual, em parceria com a prefeitura.

09

Curso de informática e oficina de chocolate gratuitos em Venda Nova do Imigrante

06

Moradora de Marechal Floriano escreve livro sobre o imaginário extraterrestre

12

Campeonato de sinuca chega à 15ª edição em Santa Maria, Marechal Floriano

05

Mais duas médicas reforçam o atendimento aos moradores de Alfredo Chaves

04


02

R

Editorial C

Redação Artigo

Cateterismo e nomes de família

Exemplos de turismo a serem seguidos

ada vez mais se confirma a vocação turística da região de montanhas do Espirito Santo. Muitos dizem que Domingos Martins é a futura “Gramado Capixaba”. Entretanto, como já publicamos em matérias anteriores neste jornal, o município ainda tem muito a aprender com outras regiões turísticas brasileiras e internacionais. Não só Domingos Martins, mas os principais municípios de montanhas do Estado têm se desenvolvido turisticamente nos últimos anos, mas ainda há muito a ser feito. Muitos se perguntam o que é preciso para que o desenvolvimento turístico de fato aconteça. Mais apoio político? Mais empenho do poder privado? Empresários locais entenderem que esse é o mercado que mais cresce em todo o mundo e é preciso investir no turismo? Bom, é isso tudo e mais um pouco. Apoio político é fundamental, principalmente no que se refere à infraestrutura turística, manutenção dos acessos a empreendimentos, cursos de qualificação, realização e apoio a eventos que tragam turistas às cidades, entre outras ações. A futura duplicação da BR-262 é um bom exemplo de apoio público ao desenvolvimento turístico local. Sobre os empresários e a iniciativa privada, é preciso que todos que possuem empreendimentos voltados a este segmento entendam, de uma vez por todas, que o principal elemento para que uma cidade ou região seja reconhecida turisticamente é a união dos empreendedores e o investimento nessa área. Para não citarmos exemplos de outros estados ou países (temos muitos), vamos citar

alguns bons exemplos locais. O primeiro, que pode ser considerado um dos pioneiros em Domingos Martins, é o Restaurante Delícias da Tilápia, fundado pelo empreendedor Cláudio Huver e que hoje é administrado por ele, sua esposa e seus dois filhos. Tudo começou com a produção de tilápias. Com o crescimento na procura pelo peixe, surgiu a ideia de se montar um restaurante, tendo a tilápia como a estrela principal. Deu certo e logo a família Huver resolveu montar uma pousada. Novamente foi sucesso. Atualmente, principalmente aos finais de semana, o restaurante tem estado sempre lotado. O pioneirismo de Cláudio, cuja propriedade fica distante cerca de seis quilômetros de Campinho, Sede do município, fez com que surgissem diversas outras pousadas e restaurantes nesse trecho de estrada. Isso demonstra que bastou a iniciativa e o sucesso de um, para que outros enxergassem oportunidades. Outro empresário de visão e empreendedor é Lucas Izoton. Apesar de muito ousado, com a criação do Villaggio d'Italia, em Pedra Azul, em Domingos Martins, que será uma vila italiana nas montanhas, Lucas enxerga o desenvolvimento turístico nos próximos anos. A primeira vila “Veneza”, será concluída em 2015, e será um marco para a região. Com certeza isso impulsionará o surgimento de muitos outros empreendimentos. Nesta edição do jornal O Noticiário, na página 3, ao lado, publicamos uma matéria sobre um novo e grande empreendimento da região, que será construído em Victor Hugo, Marechal Floriano. Trata-se da fábrica de

chocolates e balas Loly, que gerará de 50 a 150 empregos diretos e terá um investimento inicial de R$ 10 milhões e outros R$ 70 milhões nos próximos 10 anos. Os produtos serão enviados para todo o Brasil. Segundo o casal empreendedor, além da necessidade de construir a fábrica, a instalação em Marechal foi impulsionada pela visão de desenvolver turisticamente a região. Os empregos gerados serão preferencialmente de moradores locais. Além disso, a fábrica, que ficará às margens da BR262, poderá fornecer chocolate para pequenas produções locais, o que incentivará a abertura de novos empreendimentos e fará com que Marechal Floriano se transforme na capital estadual do chocolate. Para que a fábrica se instalasse em Marechal Floriano, é preciso destacar a visão empreendedora e bem à frente de seu tempo do agricultor Elias Cosmo, que doou parte de seu terreno para a instalação da fábrica. Isto mesmo, DOOU o terreno. Se todos pensassem como ele, com certeza a nossa bela região estaria até à frente de Gramado. Poderíamos citar outros exemplos bem sucedidos e que devem ser seguidos, como o Aroso Paço Hotel, Parque do China, Pousada Pedra Azul, Pousada Peterle, outros tantos empreendimentos que acreditaram no turismo há alguns anos e impulsionaram o surgimento de outros tantos. Vamos ficar na torcida para que daqui a alguns anos possamos escrever outro editorial elogiando ainda mais pessoas e mostrando o salto turístico de nossa região. Julio Huber

Acesse o portal de notícias

Apoiando o desenvolvimento turístico das montanhas capixabas Telefone: 28 3546 2049 www.montanhascapixabas.com

Fevereiro / Março

Envie um e-mail para: onoticiariomc@gmail.com ou mande sua carta para o endereço Av. Pres. Vargas, nº 590 - Sala 305 Centro - Domingos Martins - ES CEP 29260-000 Tel.: (27) 3268-3389 / (27) 99988-7860

Anuncie e torne seu produto, empresa ou serviço ainda mais conhecido

Quarta-feira, 26 de fevereiro, 7 horas da manhã, chego ao Hospital das Clinicas, ao lado do Centro Médico da UFES, em Maruipe, em Vitória. Constato que, ao contrário da escola Politécnica de Engenharia, que se transportou para o Campus Universitário lá pelos idos dos anos 70, esta Escola que era a nossa rival, nos esportes universitários e nos bailes de então, continua ali, firme, em sua majestade histórica, palco dos procedimentos clínicos dos médicos estudantes que por ali passaram, hoje professores e profissionais médicos, que ali permanecem. Venho de Domingos Martins, encaminhado pelo seu Conselho Municipal de Saúde, para fazer um exame de CATETERISMO, pago pelo SUS, nosso Sistema Único de Saúde. Penso comigo, entre preocupado e apreensivo, na minha leiga ignorância: será que vai ser um estudante de medicina, a fazer o meu exame? A atendente me chama e me introduz em uma sala grande onde se encontram quatro senhores, que pelo visto, já tinham passado pelo mesmo exame, no dia anterior. Respiro aliviado: estão todos vivos e sorridentes. Manda-me para o banheiro tirar a roupa e colocar um daqueles aventais, que ficam entreabertos de cima abaixo. Troco-me, colocando o avental aberto às costas e mal satisfeito por ter que sair de bumbum à mostra. Logo a enfermeira manda-me voltar dizendo, que a parte aberta é para frente. O constrangimento não foi menor. Já deitado, raspa-me as duas virilhas, para caso de necessidade. Passam-se poucos minutos e lá vou eu, para o interior do Centro Cirúrgico. Fiquei sabendo que um dos médicos chama-se Alaor. Pergunto ao enfermeiro se era o filho do Dr. Alaor Queiroz de Araujo, saudoso reitor da UFES, nos tempos em que eu era Presidente do Diretório. Retira-se o enfermeiro e logo retorna perguntando: “como é mesmo o seu nome?”. Falo agora nome e sobrenome “Carlos Sá Pinto”. Em poucos minutos, surge o médico Alaor, que é realmente filho do meu então reitor. Feliz, digo a ele que enquanto estudante tive uma relação estreita com o pai dele e... namorei com a irmã dele, por ocasião dos Jogos Universitários Brasileiros em Piraciba, em 1967, quando a Universidade havia acabado de comprar dois ônibus Mercedes Benz, monoblocos, azulzinhos. Simpático, Alaor disse-me que eu era um Don Juan, naquela época. Logo depois entra o Dr. Alfredo Nunes Ferreira Filho, que vai fazer o meu exame. Vejo pela sua fisiono-

mia que também ele não me era estranho. Tiro perguntas e logo ele quer saber o meu nome, ao que respondo que era conhecido como o “Sápinto”. Para minha surpresa, ele vai dizendo: “então você é o Sápinto?... mas, como você mudou!...”. É, disse eu, os anos passam, a barriga cresce e os cabelos branqueiam. Vi que estava em casa. Lembrando de nossa juventude, falou dos nossos queridos e inesquecíveis amigos daquela época de Praia do Canto – os irmãos Abreu, Afonso, Álvaro Cabeção, Claudio Banal - grandes nadadores, Cidinho, João Luiz Sandri, Duarte Aquino. E não tardou a pergunta: “quem é o seu médico?”. Ah! disse eu, não o conheço bem, mas chamase Smith, judoca da Emescam, contemporâneo de Parú (Britz Bar) e de Paulinho (técnico da Federação). Bem, daí pra frente não preciso dizer mais nada, tal o carinho e a solicitude com que o bom Dr. Alfredo me cercou. Lá pelas tantas, perguntei se eu iria sentir aquele fio com câmera na ponta, passeando dentro do meu corpo. Respondeu ele: “Já estou no seu coração e você não sentiu nada”. Passei a refletir no mundo de hoje, em que os valores da família estão sendo vulgarizados e lembrei-me dos meus filhos e noras escolhendo o nome dos meus netinhos, de forma a ficarem apenas, bonitinhos. Nada de nome de Pai, quem sabe só de mãe, mesmo assim se encaixar na sonoridade. Perplexo com estes novos costumes penso comigo que, ainda prefiro os da minha infância, em que nossos pais se preocupavam em colocar o último nome da mãe e o último nome do pai nos filhos. Benditos dias aqueles. Não sabem nossos filhos o quanto perdem por não chancelarem em seus nomes, os de sua família. Quantas portas deixam-se de abrir e quantos momentos felizes se esvaem, porque hoje infelizmente, nossos netos não trazem consigo a história de sua família. Fico melhor com a autocracia da amizade, aquela que inclui não a elite endinheirada, mas os valores éticos e morais de todas as gerações, como o Seu Zé da esquina e o Seu Joaquim do açougue. Que o diga o finado emérito jornalista Roberto Marinho, que nasceu, viveu e morreu no Cosme Velho, na casa de seus pais. Ali nasceram seus filhos, Roberto Irineu, José Roberto, João Roberto e Paulo Roberto, todos MARINHO. Carlos Sá Pinto Domingos Martins Fevereiro de 2014

Aumente suas vendas e amplie seus negócios anunciando no Jornal

(27) 3268‐1996 99989‐3487 O Jornal das Montanhas Capixabas

Nova Comunicação - Av. Pres. Vargas, nº 590 - Sala 305 -B - Centro - Domingos Martins - ES - CEP 29260-000

Tel.: (27) 3268-3389 / 9 9988-7860 onoticiariomc@gmail.com Todas as artes produzidas pelo Jornal O Noticiário são de uso exclusivo do mesmo.

Fundação: Junho de 2007 Diretor, editor e Jornalísta Resp.: Julio Huber - JP 2038 - ES Revisão: Evandro Albani Matérias: Julio Huber Colaboração: Roberly Pereira, Anderson Percilios, Renato Coan, Fabrício Ribeiro e Evandro Albani Distribuição: Municípios das Montanhas Capixabas e Grande Vitória Tiragem: 7.000 exemplares Impressão: Parque Gráfico de A Gazeta

Data de impressão: 28/02/2014 Diagramação: Marcelo Santanna (27) 99807 7822

O conteúdo das matérias e os artigos assinados, bem como as páginas de publicidade e os anúncios, são de inteira responsabilidade de seus autores. Representante Comercial em Brasília Linkey Representações e Publicidade Tel.: (61) 3202-4710 / 8289-1188 E-mail: linda@linkey.com.br

Filiado ao Sindjores - Sindicato das Empresas de Jornais Revistas e Similares do Espírito Santo

Este te dáados! result o! Não perca temp ! gora Ligue a Tel.: (27)

3268‐3389 / 99988‐7860

Av. Presidente Vargas, nº 590 ‐ Sala 305 ‐ Centro Domingos Martins ‐ ES ‐ CEP 29260‐000 onoticiariomc@gmail.com


Fevereiro / Março

M

Matéria da Capa

03

Chocolates e balas de Marechal Floriano para todo o Brasil

M

arechal Floriano poderá se transformar em referência estadual na produção de chocolates. Além de produção para distribuir nas mais de 40 lojas da empresa Loly Balas espalhadas em 14 estados brasileiros, os proprietários da futura fábrica que se instalará em Victor Hugo, Marechal Floriano, pretendem fornecer chocolate para pequenas produções locais de doces. Com previsão de início de operação até o final deste ano, a primeira fábrica da empresa Loly Balas deverá gerar entre 50 e 150 empregos diretos. O investimento para a instalação será de R$ 10 milhões, com previsão de investimento de mais R$ 70 milhões nos próximos 10 anos. Apesar de ser considerado um grande investimento para a região, os proprietários da empresa pensam muito além da necessidade de terem sua produção própria: eles querem contribuir com o desenvolvimento turístico e econômico local. Além da contratação de mão de obra regional, eles querem servir de estímulo para a abertura de novos negócios. Para a diretora da Loly Balas, Suzani Mirandoli, que é natural do Rio Grande do Sul, após o início das atividades da fábrica, o número de pequenas produções de chocolates e doces poderá

ser impulsionado e a região poderá se transformar em um polo de chocolates, a exemplo do município gaúcho de Gramado, que possui mais de 100 fábricas de chocolates, entre pequenas e grandes. “Vamos produzir nossos chocolates, balas e sorvetes de diversos tipos para abastecer a nossa rede. Mas estamos pensando no desenvolvimento turístico dessa linda região de montanhas. Para isso, abriremos uma loja temática ao lado da BR-262, anexo à nossa fábrica, onde venderemos nossos produtos”, informou ela. Apesar de possuir uma rede de lojas espalhadas por vários estados brasileiros, a Loly Balas, que foi criada há 14 anos no Rio Grande do Sul, por Suzani e o marido, o chileno Jorge Alfonso Molinare Naveillan, ainda não conta com uma fábrica, já que 95% de seus produtos, principalmente o chocolate, são importados. As balas de gelatina são da Espanha, Marshmallow da Itália, chicles dos Estados Unidos e Canadá, entre outros países. Atualmente, o mix de produtos ultrapassa 600 variedades e sempre está se renovando. “Vamos produzir nosso próprio chocolate. Manter nossa qualidade será o diferencial para a expansão de nossa empresa e a conquista dos clientes”, enfatizou Jorge Naveillan.

Montanhas capixabas encantam empresários

Fotos: Julio Huber

Suzani e Jorge, ao lado do agricultor Elias Cosmo, no local onde ficará a fábrica

Agricultor doou terreno para construção de fábrica Entre os motivos que levaram ao casal de empresários a decidirem montar a fábrica de chocolates em Marechal Floriano, destaca-se a boa vontade do agricultor Elias Cosmo, que doou o terreno com mais de oito mil metros quadrados para a instalação da empresa em Victor Hugo, distrito de Marechal Floriano. O local, que fica ao lado do quilômetro 70 da BR-262, contará com uma área construída de mil a dois mil metros quadrados, apenas para o setor de fabricação. Haverá, ainda, segundo a previsão dos empresários, uma loja temática, lanchonete e até um restaurante. “Quan-

do eu comprei o meu terreno, há cerca de oito anos, eu já tinha a vontade de contribuir com o desenvolvimento da comunidade. Eu sempre pensei que aqui poderia ser instalada alguma empresa grande ou fábrica, mas nunca pensei que poderia surgir um projeto do porte da fábrica Loly”, destacou Cosmo. Elias conta que doou o terreno pensando no futuro de toda a região. “Disponibilizei o meu terreno justamente para despertar em empresários o interesse de investir. Todos ganham com isso. Estou muito satisfeito com o andamento de tudo. Se não fosse a doação, provavelmente essa fábrica estaria em outro município”, acrescentou o agricultor.

Prefeitura incentiva a instalação de empresas

A Loly Balas possui mais de 40 representações em 14 estados brasileiros Originária do Rio Grande do Sul, a Loly Balas se desenvolveu, durante os 14 anos de sua existência, e os empresários Suzani Mirandoli e Jorge Alfonso Molinare Naveillan perceberam que construir uma fábrica no Sul do Brasil poderia dificultar os planos de expansão. Foi pensando nisso que eles decidiram procurar outra região, inicialmente no Sudeste, para a implantação da fábrica, o que facilitaria a distribuição dos produtos para todas as regiões brasileiras. Ao saberem de incentivos do governo estadual para atrair investimentos para o Espírito Santo, o casal veio conhecer o Estado - há três anos e meio - e se encantou com a região de montanhas. “Começamos a procurar uma área para implantar nossa empresa e, desde o ano passado, estamos em negociação com o município de Marechal Floriano. A iniciativa do Elias Cosmo em doar o terreno foi fundamental para nossa decisão. O clima agradável e o potencial

turístico da região, que se parece muito com o Rio Grande do Sul, nos fizeram definitivamente apostar em Marechal Floriano”, contou Suzani.

Para o prefeito de Marechal Floriano, Lidiney Gobbi, a instalação de empresas no município é bem vinda. Ele informou que sua equipe já está realizando um estudo que apontará as formas de incentivo que o município poderá oferecer a empresários que queiram investir em Marechal Floriano. “Com a queda na arrecadação em que estamos passando nos últimos anos, temos que buscar alternativas para alavancar a economia local. Com a instalação de empresas, como é o caso da

Loly Balas, além de gerar empregos, haverá um aumento na arrecadação municipal”, destacou o prefeito, que acrescentou que o município implantou a nota fiscal eletrônica recentemente. Segundo Lidiney, pelo menos outras três empresas já iniciaram contatos para possíveis instalações em Marechal Floriano. “No caso da Loly Balas, o setor turístico também ganha. Pensando nisso, vamos melhorar cada vez mais a infraestrutura local e apoiar os circuitos turísticos”, afirmou.

Trabalhamos de segunda a sábado, de 07:00 às 17:30. Na nossa Região Serrana, venha saborear a gostosa Cozinha Típica Alemã, Hungara e Brasileira.

Trabalhamos com qualidade e agilidade na entrega de seus exames laboratoriais. Certificado de excelência pelo programa nacional de controle de qualidade.

Faça sua reserva pelo telefone BR 262 - Km 42,6 - Marechal Floriano - ES

Visite www.grossmutter.com.br

Fazemos coletas a domiciílio na sede.

O laboratório mais bem equipado da região serrana.

Aberto de quarta-feira a domingo, a partir das 10h. À noite abrimos para no mínimo 6 pessoas, para encontros, aniversários, confraternizações, casamentos

(27) 99829-1168

Experiência em coleta infantil

(27)

3268‐3155

Profissionais qualificados com especialização nas areas de bioquimica e hematologia.

Av. Koehler, nº230 ‐ Térreo ‐ Centro ‐ Domingos Martins ‐ ES


04

G

Geral

Fevereiro / Março

Cosméticos - Antes de fazer o uso de cosméticos, é essencial que a grávida consulte um especialista, já que, algumas substâncias presentes nas fórmulas podem ser absorvidas pelo corpo e cair na corrente sanguínea.

Vida de gestante: as dúvidas mais frequentes durante a gestação Uma gravidez vem sempre acompanhada de medo, dúvidas e anseios, afinal, é nesta fase da vida que a gestante vive situações únicas e que jamais serão esquecidas. A fim de descobrir todos os segredos da maternidade, as mulheres acabam trocando ideias com as mães, com familiares, com amigas que já são mães e, certamente, com seu médico. Mas, até que chegue o momento do parto, tudo será novidade, e mesmo diante de tantos conselhos e recomendações, algumas dúvidas acabam sendo inevitáveis. Portanto, para falar um pouco mais sobre a vida das gestantes, a ginecologista especialista em Reprodução Humana da Criogênesis, Dra. Mariana Garcia Martins, comenta os principais questionamentos das futuras mamães. Confira abaixo o que a médica diz. Posição para dormir - O mais indicado é que a grávida durma virada para o esquerdo. Esta posição ajuda na circulação do sangue, porém, vale lembrar que a melhor posição é aquela em que a gestante se sinta mais confortável e que a faça relaxar. Peso - A média de quanto a gestante deverá engordar é de 9 a 12 quilos. Entretanto, isso depende muito de quanto a mulher pesava antes de estar grávida. Sendo assim, o melhor a fazer é conversar com o médico para que ele calcule seu Índice de Massa Corporal (IMC) antes da gestação. Alimentação - Uma das grandes dúvidas que a gestante tem é saber se está se alimentando adequadamente, de forma

saudável, e se o bebê está recebendo todos os nutrientes necessários. Por isso, é essencial manter uma dieta balanceada, bem colorida e repleta de frutas, legumes e verduras. É importante que a grávida reduza o consumo de açúcar (por conta dos riscos com o diabetes gestacional e ganho de peso) e de sal para que a pressão não suba acima do normal. Atividade física - Para as mulheres que já praticavam alguma atividade física, é importante mantê-la, porém, sempre com a supervisão de um profissional, que poderá dizer a necessidade de se diminuir o ritmo. A hidroginástica e a caminhada são boas alternativas para as mulheres que não realizavam exercícios antes da gestação. Sexo na gestação - Ter relações sexuais durante a gestação não prejudica o bebê. As relações só devem ser evitadas em casos de contrações e sangramentos. Fumo - O hábito de fumar já é prejudicial à saúde, principalmente durante a gravidez. A gestante que fuma pode ter sérios problemas de circulação sanguínea em nível de placenta. Isto pode prejudicar muito a chegada de oxigênio para o bebê, causando não só retardo de crescimento do feto, como um descolamento prematuro da placenta. Bebida alcoólica - O álcool é prejudicial ao bebê e não deve ser consumido durante a gravidez. A ingestão contínua de bebidas alcoólicas próximas ao parto pode levar o bebê a ter a síndrome de abstinência alcoólica fetal.

CRM 4000 ES

Câncer de pele não melanoma é uma doença predominante na faixa etária acima dos 50 anos. A terapia de renovação da pele com laser fracionado ajuda a corrigir a ação ruim do raio ultra violeta do sol; protegendo, prevenido e reduzindo o câncer de pele não melanoma associado ao envelhecimento. (J Invest Dermotol. 2012 Faculdade de medicina da universidade de Indiana, Indianópolis, Estados Unidos da América).

Estrias - É possível combater as estrias com tratamentos ou cremes específicos, sempre recomendados por médicos

especialistas. Uma pele hidratada é sempre mais elástica e com menos chances de formar novas estrias. Salto Alto - À medida que a barriga cresce, o ponto de equilíbrio da mulher também se altera. É recomendável usar sapatos confortáveis de salto baixo e de base larga, evitando chances de quedas.

Alfredo Chaves terá mais duas médicas O município de Alfredo Chaves conta com mais duas médicas de clínica geral para atender à população. Lorena Calente e Lorena Pavan irão compor o quadro de profissionais da Secretaria de Saúde de Alfredo Chaves. O município conta com sete clínicos gerais, além de outras 11 especialidades que atendem nas Estratégias de Saúde da Família e na Policlínica Municipal. Uma das médicas irá atuar na Estratégia de Saúde da Família do Cajá. Já a outra, na Policlínica Municipal, até iniciar as atividades da quarta ESF do município, que será em São João de Crubixá, quando o novo prédio da unidade ficar pronto. De acordo com a titular da pasta,

Gabrielle Roveta Melo, o município disponibiliza nas unidades de saúde pediatra, ginecologista, obstetra, fonoaudiólogo, nutricionista, dermatologista, cardiologista, psiquiatra, ortopedista, urologista, neurologista, duas psicólogas e duas fisioterapeutas, além de outras especialidades oferecidas por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde. “Além dessas especialidades, disponibilizamos atendimentos de oftalmologistas, gastroenterologista, pneumologista, ultrassonografista, entre outros, por meio do Consórcio, em cidades vizinhas”, disse. Mello lembra ainda que além desses profissionais, o município conta com o Pronto Atendimento Municipal. “No PA temos médico 24h por dia”, conta.

Expansão de hospital poderá contar com mais recursos estaduais O projeto de expansão do Hospital e Maternidade Dr. Arthur Gerhard (HMAG), em Campinho, Domingos Martins, foi apresentado ao governador Renato Casagrande, durante uma visita dele ao município. Com uma breve apresentação, o superintendente do HMAG, Marcelo Queiroz Coutinho, mostrou ao governador a evolução do hospital em termos de qualidade e quantidade de atendimento nos últimos anos. Também foi mostrado que a quantidade de médicos, funcionários e colaboradores do hospital cresceu consideravelmente e que o demonstrativo financeiro do HMAG comprova que sua gestão está organizada e com todos os pagamentos em dia. “Somos um dos poucos hospitais deste porte que possui uma equipe de pediatria 24 horas por dia, todos os dias da semana. Queremos ser um hospital de referência no Estado, passando a realizar também atendimentos de média complexidade, principalmente em ortopedia, para que nossos pacientes não precisem ir para a Grande Vitória em busca destes procedimentos”, disse Marcelo. O superintendente do HMAG explicou que, para a expansão pretendida, o hospital precisa de recursos da ordem de R$ 2,8 milhões. Com estes recursos, seria possível ampliar a estrutura física do hospital, que passaria a ter 148 leitos, inclusive com 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), ao invés dos atuais 124 leitos. Segundo Marcelo Queiroz Coutinho, o Estado já assinou um convênio

com o hospital para a implantação da Rede Bem Nascer, que garante um investimento de R$ 600 mil. Portanto, ficaria faltando ainda o aporte de aproximadamente R$ 2,2 milhões para tornar possível a ampliação do quarto andar do hospital e a compra dos equipamentos necessários. “Já temos o projeto arquitetônico aprovado na Vigilância Sanitária e estamos em busca dos recursos necessários para realizar este, que é um sonho de toda a população de Domingos Martins, Marechal Floriano e região”, destacou Marcelo. Após a apresentação, o governador Casagrande afirmou que conhece bem o hospital e acompanha de perto os investimentos do Estado nesta unidade. Ele afirmou ainda que é possível verificar que a direção do hospital, juntamente com a entidade mantenedora, a Fundação Hospitalar e de Assistência Social de Domingos Martins (Fhasdomar) e com o Instituto Solidário, vem realizando um bom trabalho de gestão. “É importante termos pacientes que se sentem bem acolhidos no ambiente hospitalar. O Governo do Estado tem investido muito em saúde nos últimos anos para que isto aconteça. Hoje posso dizer que é possível realizarmos estes investimentos pretendidos pelo hospital, mas teremos que colocar isto em nosso planejamento. Irei me reunir com minha equipe para podermos analisar esta possibilidade”, afirmou Casagrande.

A renovação da pele com laser fracionado produz redução significativa do número de câncer e melhora a qualidade da pele. (J Dermatolog Treat. 2012 junho centro médico universitário, Rotterdam, Países Baixos).

SmartXiDot - Laser de CO2 fracionado com a mais avaçada tecnologia do mundo. Você encontra na Clinica Roosevelt Tesch. Ligue e agende uma avaliação.

Av. Presidente Vargas - nº 423 - Centro - Domingos Martins - ES Av. Américo Buaiz, 501, Ed. Vitória Office Towers Torre Leste Sala 211, 213 - Enseada do Suá, Vitória - ES

Domingos Martins e Venda Nova do Imigrante (27) 3268-1281 / 3268-1176 / 8822-0043 - (27) 9719-7779 Venha Vitória decidir conosco o seu orçamento.

12 anos de experiência e credibilidade conquistada. 12 anos de compromisso e seriedade com a saúde da população serrana.

Título Excelente emitido pelo Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ)

Maria Nazaré de Oliveira Trarbach

Fátima Nespoli Nassar Pansini

Bioquímica - CRF 879

Bioquímica - CRF 423

(27) 3288-1975 Marechal Floriano (27) 3268-1365 / 3268-2418 Domingos Martins

Documentários Casamentos Aniversários Clip musical Telão

Filmagem e edição de casamentos

3288‐1857 99748‐9672

(27)

nielsonstein@hotmail.com

Rua Emílio Gustavo Hülle, 124 Centro ‐ Marechal Floriano ‐ ES


Favereiro / Março

G

Geral

Sede da prefeitura de Domingos Martins poderá funcionar no prédio da LBA Fotos: Julio Huber

05

Ivete Sangalo faz show pela primeira vez nas montanhas capixabasFotos: Divulgação

O prédio da LBA foi repassado pela União para ser utilizado pela prefeitura

A

sede da prefeitura de Domingos Martins poderá funcionar em um novo local. É o que prevê o prefeito Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, após a cessão para a prefeitura do terreno e do prédio da Legião Brasileira de Assistência (LBA), localizado na Sede do município. A LBA era uma entidade filantrópica fundada em 1942 por Darcy Vargas, primeira-dama naquela época. Com mais de 70 mil metros quadrados de extensão, o espaço, antes de Patrimônio da União, poderá ser utilizado para diversos fins pela municipalidade. O prefeito falou da alegria de ser contemplado com este patrimônio. “Hoje é um dia de muita alegria para todos nós, quando chegamos à realização de um antigo sonho da comunidade de Domingos Martins: a concessão desta área. A partir de agora buscamos concretizar um novo objetivo: trazer a sede da Prefeitura Municipal aqui para este espaço, reunindo diversos serviços em único lugar, e ainda transformá-lo em um cartão postal de nossa cidade”, disse. O superintendente da Secretaria do Patrimônio da União, Magno Pires da Silva, lembrou dos objetivos sociais que a instituição prima. “Esse é

um patrimônio sócio-ambiental que está passando para as mãos do município. Estamos aqui hoje destinando um bem público para que ele seja utilizado como tal em prol de iniciativas que beneficiem o bem comum. Esta entrega, por tudo que este espaço representa, é motivo de muita emoção”, ressaltou. Para o vice-governador Givaldo Vieira, a emoção de quem participou do evento pode ser muito bem compreendida. “Esse prédio tem história por tudo que ele representou para os martinenses, ele é um patrimônio do povo. E nós estamos aqui na cidade mais uma vez, reafirmando nosso compromisso com Domingos Martins”, destacou Givaldo, lembrando ainda que em breve o Hotel Imperador também será concedido ao município. O local abriga atualmente as Secretarias de Assistência e Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Rural, o Projeto Criança Cidadã nas Artes e no Esporte e as Gerências Municipais de Esporte, e Patrimônio. “Dois serviços assistenciais já estão confirmados para funcionar: O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS)”, revelou o prefeito.

Começa em março a 15ª edição do Campeonato de Sinuca de Santa Maria

A cantora baiana se apresentará no dia 20 de março em Venda Nova do Imigrante

A região de montanhas do Estado tem se tornado, cada vez mais, roteiro certo de grandes shows. No próximo dia 29 de março, em Venda Nova do Imigrante, mais um momento ficará marcado na história da região: a rainha do axé, a cantora Ivete Sangalo, uma das maiores e mais consagradas artistas da atualidade, fará uma apresentação no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman, o Polentão, na Sede do município. Ivete ganhou fama ao fazer parte da banda baiana Eva. Em sua carreira solo, tem mais de 15 milhões de cópias vendidas, com sete álbuns de estúdio lançados, e figura na lista de artistas com maior vendagem de discos no Brasil. Conhecida por sua irreverência e anima-

ção no palco, Ivete é uma figura adorada pelo povo capixaba, que sempre comparece em grande número nas suas apresentações. Dessa vez, fora da Grande Vitória, a expectativa da produção do evento é mais um grande show da cantora, já que o espírito do Carnaval ainda vai estar aceso. Durante o evento, se apresentarão também o grupo Tarados em Samba e a dupla Wellington e Rafael. Os ingressos da apresentação já estão sendo vendidos e podem ser adquiridos em pontos de vendas espalhados por diversos locais no Estado ou pelo site www.blueticket.com.br, nos valores: Pista Premium – R$ 50,00 (meia) e R$ 100,00 (inteira); Área Vip – R$ 80,00 (meia) e R$ 160,00 (inteira).

Inaugurada rodovia e anunciados investimentos em Domingos Martins

A rodovia, com 1,8 quilômetro, liga a BR-262 a Campinho, Sede de Domingos Martins

Laércio (à direita), foi homenageado em 2013 por ser um jogador disciplinado Já está tudo pronto para mais 32 jogadores que já estão inscritos. uma edição do Campeonato de Sinuca de A grande final será no dia 24 de Santa Maria, distrito de Marechal Floriano. maio e estamos preparando uma festa O primeiro jogo será no dia 26 de março, para comemorar os 15 anos do nosso no Bar do Mauro. As partidas serão realitorneio”, destacou Isaias. Segundo ele, zadas toda semana, nas segundas, quarserão 50 dias de jogos e confraternização tas e sextas-feiras, de 18 às 22 horas. De entre os participantes. “Famílias inteiras acordo com o organizador do torneio, torcem pelos seus favoritos. No ano pasIsaias Mognol, o “Xuxu”, os quatro primeisado, o morador Laércio Stein recebeu um ros colocados receberão troféus. O pior prêmio de jogador disciplinado. Ele particijogador, classificado como “Perebão”, pou de todas as competições e é um exemtambém ganhará um troféu. O vencedor plo”, informou Xuxu. Os 32 participantes ainda irá faturar uma televisão de 29 poleforam divididos em quatro grupos de oito gadas. A competição, segundo o organizaparticipantes. Serão classificados quatro dor, é patrocinada por empresários locais de cada grupo para as oitavas de final, e, e o objetivo é proporcionar uma atividade em seguida, para as fases finais do camfamiliar entre os moradores. “Participarão peonato.

Cerca de 300 pessoas da sede e do interior de Domingos Martins, deputados estaduais e federais, além de secretários do governo do Estado, participaram, com o governador Renato Casagrande e os prefeitos Luiz Carlos Prezoti Rocha, de Domingos Martins, e Lidiney Gobbi, de Marechal Floriano, da solenidade de inauguração da pavimentação asfáltica da Rodovia ES-376. A “Estrada Velha de Campinho”, como é denominada a via de 1,8 mil metros de extensão, que liga os dois municípios, foi construída em menos de um ano, com investimentos de R$ 2.093.113,91, procedentes do governo estadual. O governador Renato Casagrande participou ainda de um encontro com os moradores de Campinho e de outras cidades, no Espaço Cidade do Verde. Neste

local, Casagrande assinou convênios de obras, como a pavimentação asfáltica das ruas Kurt Lewin, Travessa Augusto Schwambach e Roberto Carlos Kautsky, na sede, e a construção da Escola Municipal de Ensino Fundamental Augusto Peter Berthold, em Melgacinho, distante 28 quilômetros da sede. Além disso, Renato Casagrande fez pessoalmente a entrega de uma viatura à 6ª Companhia Independente de Polícia Militar de Domingos Martins e de uma caminhonete para servir à Associação Comercial do município. O aposentado Osvaldo Wruck, morador de um trecho da rodovia inaugurada, afirmou que o trabalho realizado foi excelente e o governador, com isso, mostrou a responsabilidade dele com as comunidades.


06

G

Geral

Fevereiro / Março

Inscrições para dois cursos de pós-graduação em Domingos Martins Os professores interessados em aperfeiçoarem-se profissionalmente podem ficar atentos às duas oportunidades de especialização com inscrições abertas em Domingos Martins. A Universidade Aberta do Brasil em Domingos Martins (UAB) e a Universidade Federal Fluminense (UFF) promoverão os cursos de pós-graduação em Novas Tecnologias no Ensino da Matemática (10 vagas) e Planejamento, Implementação e Gestão da Educação à Distância (33 vagas). As inscrições prosseguem até 10 de abril e podem ser feitas pela internet, por meio do site: www.lante.uff.br, onde estão os editais de cada processo seletivo. A taxa é de R$ 72,00. Os cursos têm duração de dois anos e a aula inaugural acontece no dia 31 de maio de 2014.

Oficina de chocolate e curso de informática gratuitos em Venda Nova do Imigrante

Moradores de Venda Nova do Imigrante terão oportunidades gratuitas ganhar um dinheiro extra. O Serviço Social da Indústria (Sesi) de Venda Nova do Imigrante oferece curso de informática básica e oficina de chocolate, com foco na Páscoa. As inscrições para curso e a oficina podem ser feitas diretamente na sede da entidade. Aproveitando a Páscoa, os interessados podem se inscrever na oficina que ensinará a criar delícias consumidas nesta época do ano, como os ovos de chocolates. Os alunos também aprenderão a fazer arrumações de mesas para deixar os doces mais atrativos. Para participar da oficina, o único requisito é ter 16 anos completos. A oficina será nos dias 31 de março e 1º de abril. Serão oito horas de curso, e haverá duas turmas, uma de 13h às 17h e outra de 18h às 22h. Já para quem deseja aprender a usar o computador e a Internet, o Sesi oferece curso gratuito de informática básica, com duração de 17 dias. As aulas acontecerão de segunda à sexta-feira, totalizando carga horária de 68 horas. O início das aulas será no dia 3 de abril. Para se inscrever, é preciso ter 16 anos completos e ter concluído a quarta série do Ensino Fundamental. Mais informações podem ser obtidas no Sesi de Venda Nova do Imigrante, que fica na Avenida Ângelo Altoé, número 886 (Edifício Esmig), Sala 26. Os telefones para contato são o (28) 35461780 e (28) 99907-0830.


G

Fevereiro / Março

Prefeitura repassa dinheiro para Associação Pestalozzi Foto: Secom/PMAC

A Pestalozzi atende a 41 alunos

A Associação Pestalozzi de Alfredo Chaves receberá um reforço para custear as despesas durante o ano de 2014. O prefeito Roberto Fiorin assinou um convênio que irá destinar R$ 40 mil no decorrer do ano para a instituição utilizar no pagamento de alguns servidores e na manutenção de pequenos serviços, proporcionando o desenvolvimento de atividades de educação especial inclusiva oferecida pela entidade. Além do recurso financeiro, a prefeitura cede em tempo integral para a Pestalozzi uma profissional de assistência social, responsável pela coordenação de alguns programas e atividades. Outro recurso, oriundo do Estado, no valor de R$ 17 mil, também é repassado pela prefeitura para a Pestalozzi. Segundo o presidente Marcelo Henrique Meneghel, o convênio é essencial para a instituição desempenhar os objetivos e as atividades propostas. “Com o recurso, efetuamos o pagamento de alguns funcionários, incluindo um fisioterapeuta que atende aos alunos matriculados”, disse. Para o prefeito Roberto Fiorin, “a Associação Pestalozzi é uma grande parceria da municipalidade e cumpre um importante papel social na inclusão de pessoas portadoras da síndrome de Down à sociedade”. A Associação Pestalozzi de Alfredo Chaves atende a 41 alunos matriculados, desenvolvendo atividades pedagógicas, educação física, aulas de arte, fisioterapia e visitas técnicas e de entretenimento. Os alunos ainda recebem serviço de transporte de casa até a unidade. Comunicado A moradora de Alfredo Chaves, Claudete Montovaneli, vem, por meio deste, tornar público que perdeu, durante a enchente ocorrida no dia 30 de novembro de 2012, seu diploma escolar.

Acesse o portal de notícias

Informações do seu município diariamente

Geral

07


G Vilas de meio século 08

Geral

Fevereiro / Março Foto: Fabrício Ribeiro

serão demolidas em Santa Maria de Jetibá e Santa Leopoldina Fabrício Ribeiro

D

uas vilas de casas e de prédios de mais de meio século, onde já existiu até escola, estão para desaparecer. Uma é a vila da usina de energia elétrica de Rio Bonito, em Santa Maria de Jetibá, com 12 casas e dois prédios. A outra é a vila da usina de Suíça, em Santa Leopoldina, com três casas e prédio administrativo. Ambas pertencem à empresa Energias do Brasil (EDP) Escelsa, que já anunciou a demolição, e estão localizadas próximas da rodovia ES-355 que liga os dois municípios. Claudina Herzog mora há 51 anos na Vila da Usina de Rio Bonito, no local que foi onde nasceu. “A barragem, usina e a vila foram inauguradas em 1959 e algumas casas foram concluídas um pouco depois. A construtora foi uma firma alemã, a AEG. Agora a EDP vai demolir tudo, menos o prédio da usina. As casas já estão todas vazias, menos uma, que é de um sitiante de lazer”, contou Claudina. Ela lembrou que estudou na escola local, assim como seus filhos. “É muito triste ver que o local da nossa vida pode ser destruído”, desabafou. Proprietário de um

posto de combustíveis e restaurante na ES-355, Paulo Fujisawa conta que a vila da Usina de Rio Bonito tinha uma comunidade ativa. “Deveria ser feito alguma coisa para aproveitar todo aquele patrimônio, até para um projeto de turismo”, apontou. Dona de um bar e açougue em Suíça, Vera Vervloet não concorda com a demolição. “Essas casas poderiam estar sendo utilizadas como abrigo para quem perdeu tudo com a inundação pelas chuvas. Na Vila de Suíça há um prédio grande que poderia ser utilizada até para substituir a creche que a chuva destruiu”, queixou-se, frisando que a Vila de Suíça já começou a ser demolida. Já o missionário evangelizador Último Roberto de Oliveira defende o valor histórico das vilas. “Já têm mais de meio século e representam uma parte da história do Estado. É um patrimônio do povo capixaba que merece ser tombado”, propôs. Conforme o site da EDP, no início dos anos 50, no pós 2ª Guerra Mundial, para controlar a inflação que corroía as tarifas, o Governo do Estado lançou um programa de eletrificação, dando início à construção da Usina de Rio Bonito, criando

Em Santa Maria de Jetibá, a vila na região da Usina de Rio Bonito possui 12 casas e até uma escola

assim a Espírito Santo Centrais Elétrica SA, a Escelsa. A prefeitura de Santa Maria de Jetibá, segundo o secretário de administração Wanderley Sthur, procurou a empresa, manifestando interesse na vila de Rio Bonito, mas sem êxito. A assessoria de comunicação da prefeitura de Santa Leopoldina informou que o município também procurou a empresa para tratar da demolição da Vila de Suíça e, também sem êxito, manifestou o interesse na área da Vila.

Novas pontes facilitam tráfego em seis comunidades rurais Foto: Ascom/PMDM

mentos dependerão das obras necessárias em cada ponte”, explica o secretário. Uma das pontes construídas foi a que fica localizada no trecho que liga São Miguel a Pedra Branca, destruída pelas fortes chuvas no fim do ano passado. Por lá, as atividades contemplaram a construção de base em concreto, instalação de vigas e pranchões, além de preenchimento das extremidades com pedras para garantir mais segurança à estrutura. “Nós, sem essa ponte, não somos ninguém. No tempo em que ficamos sem ela, tivemos que fazer um percurso bem maior, o que dificultava transportar nossas mercadorias. Por dia, centenas de pessoas precisam utilizá-la”, diz o agricultor Elias Schwambach, morador da região. Lote em Marechal Floriano

Uma ponte entre São Miguel e Pedra Branca já foi reconstruída Seis comunidades rurais de Domingos Martins serão beneficiadas com melhorias na infraestrutura de pontes. A Secretaria Municipal de Interior e Transporte está construindo pontes de madeira reforçada e, conforme a necessidade, substituindo estruturas de madeira, por alvenaria. Biriricas, Melgaço, Galo, São Miguel, Pedra Branca e Bom Jesus são algumas das localidades contempladas.

Segundo o secretário de Interior e Transporte, Euvaldo Schneider Velten, o planejamento da prefeitura objetiva atender diversos pontos do município, priorizando os mais comprometidos e as comunidades em que o fluxo de carros, transporte escolar e pessoas é maior. “Essas estruturas são reforçadas e são de extrema importância para as famílias que residem nos arredores. As intervenções e os investi-

Vende-se lote nº 03 quadra "A" do Loteamento Paraiso da Montanha, em Marechal F l o r i a n o . Te l e f o n e : ( 2 7 ) 99999-7427. COMUNICADO THAI CAFÉ LTDA torna público que requereu do IEMA, através do processo n° 24704792, Renovação de LO, para torrefação/moagem de café e outros grãos, bairro da Grama – Afonso Cláudio/ES. 07 de março de 2014

EDP afirma que prefeitura não questionou Conforme a assessoria de imprensa do Grupo EDP, o processo de demolição das antigas vilas das Usinas Rio Bonito e Suíça visa garantir a segurança da população, uma vez que as vilas encontram-se ao lado de subestações de alta tensão e que as casas estavam desativadas há anos e com suas estruturas comprometidas. A EDP destacou que as referidas áreas serão objeto de implantação de Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD), com plantio de espécies nativas das regiões. A assessoria

acrescentou que em outubro de 2013 foi realizada reunião com a Prefeitura de Santa Leopoldina sobre a utilização da área após a demolição. Já em relação à Prefeitura da Santa Maria de Jetibá, informou que não houve questionamento por parte da mesma. O Grupo EDP informa ainda que a demolição das casas e a destinação dada à área estão devidamente aprovadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (IEMA).

Convênio entre Bandes e associação comercial beneficia empreendedores Um termo de cooperação técnica assinado entre o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) e a Associação Comercial Domingos Martins (ACE-DM) vai facilitar o acesso dos empreendedores locais ao crédito do banco. Para a presidente da ACE-DM, Geruza Lúcia Reinholz de Nazareth, este convênio com o Bandes ajudará a promover o desenvolvimento do comércio e da iniciativa privada em Domingos Martins. “O acesso ao crédito com taxas menores é mais um produto que oferecemos para nossos associados, num momento em que o cenário da atual conjuntura nos leva para circular mais nossa moeda”, afirma. Para o diretorpresidente do Bandes, Guilherme Henrique Pereira, parcerias como essa ajudam a gerar mais emprego e mais renda para a população do município. “O banco investe nesse tipo de parceria, pois elas atendem uma demanda de mercado por crédito, melhora o fluxo de informações e estrutura negócios por meio do crédito produtivo”, destaca. De acordo com o diretor de crédito e fomento do Bandes, Carlos Magno de Barros, essa parceria visa promover um atendimento mais estruturado ao empresariado local. Com as soluções de crédito do Bandes, empreendedores do município

podem ampliar e modernizar seus negócios, além de contar com o apoio financeiro para abertura de novos empreendimentos. Empresários de diversos segmentos e atividades produtivas, do comércio, indústria e serviços podem financiar valores de R$ 16 mil até R$ 15 milhões, com cadastro desburocratizado e fluxo simplificado. As taxas de juros são atrativas e as condições de pagamento são facilitadas. Os interessados podem encontrar maiores informações na sede da ACE-DM, que fica na Rua Francisco dos Santos Silva, 28, Centro, Domingos Martins, ou através do telefone: (27) 3268-3380. Os encargos variam entre 10,5% e 11,3 % ao ano, com 1% de desconto na taxa de juros para pagamentos em dia. Os prazos são de até seis anos para pagar e até dois anos de carência, calculado de acordo com a capacidade de pagamento. RODOLFO EUGÊNIO PEDRUZZI, torna público que obteve da SEMMA, através do processo nº 0148/2014, Licença Ambiental Municipal Simplificada (LMS) nº 001/2014 SEMMA/GLA, para Movimentação de Terra, Terraplanagem (corte e aterro), no Sítio Nosso Canto, Chapéu, S/N, Domingos Martins-ES.


Fevereiro / Março

P

Política

09 Fotos: Thiago Guimarães/Secom-ES

Melhorias em escolas no município de Laranja da Terra

U

m convênio entre o governo do Estado e a prefeitura de Laranja da Terra levará importantes melhorias para a rede de ensino no município. Em solenidade que contou com a presença do governador Renato Casagrande, do prefeito Joadir Lourenço Marques, de secretários de Estado, de autoridades locais e de moradores, foram assinadas importantes ordens de serviço no município. Um dos investimentos será a construção de ginásio poliesportivo, a manutenção na infraestrutura e a instalação de laboratório de Informática em unidades da rede. Os investimentos em educação superam o valor de R$ 777 mil e são direcionados para as Escolas Luiz Jouffray, Joaquim Caetano de Paiva e Sobreiro. Sobre as obras nas escolas, o secretário estadual da Educação, Klinger Barbosa Alves destacou que com esses investimentos, o ano começou com todas as escolas do município passando por obras de infraestrutura. “Essa é uma importante ação de valorização que o Governo demonstra à população de Laranja da Terra”, frisou. A Escola Estadual Luiz Jouffray irá receber um ginásio poliesportivo coberto, estimado em R$ 322.282,46. O local foi projetado para atender diversas modalidades esportivas, como vôlei, basquete, handebol e futebol de salão. Para evitar a incidência de chuva ou sol na área dos jogos, as laterais do espaço esportivo serão fechadas com telhas metálicas. O projeto do ginásio contempla ainda a cobertura em telha termo acústica de forma a evitar altas temperaturas para

os alunos e professores, assim como a estrutura metálica com proteção anticorrosão e pintura epóxi na estrutura e no piso, alguns métodos que ajudam evitar a deterioração acelerada do ambiente. A substituição da cobertura predial, recuperação da quadra poliesportiva, urbanização da área externa, melhorias na sala dos professores e pintura são ações que fazem parte das obras de manutenção destinadas à Escola Estadual Joaquim Caetano de Paiva. As intervenções, no valor de R$ 302.430,13, visam melhorar ainda mais a funcionalidade escolar em diversos setores. A implantação de um laboratório de informática, avaliado em R$ 153 mil, será o mais novo espaço de estudos que irá favorecer aos alunos da Escola Estadual Sobreiro. No local, os estudantes poderão fazer pesquisas sobre diversos assuntos da atualidade, além de trabalharem de maneira diferenciada os conteúdos ministrados em sala de aula. Construção de quadras O ginásio poliesportivo coberto foi projetado para atender diversas modalidades esportivas, como vôlei, basquete, handebol e futebol de salão. Para evitar a incidência de chuva ou sol na área dos jogos, as laterais do espaço esportivo serão fechadas com telhas metálicas. “Nas quadras é possível descobrir novos talentos esportivos, além de permitir aos usuários uma alternativa contra as ameaças da violência urbana. É importante destacar também que o esporte pode favorecer o bom desempenho escolar dos

Campo Bom de Bola II em Joatuba

O governador Renato Casagrande assinou as ordens de serviço para início das obras

alunos, e promover a inclusão social”, frisou o gerente de Rede Física da Secretaria de Estado da Educação (Sedu), Alexandre Aquino. O programa de construção de quadras poliesportivas, desenvolvido Sedu, tem como finalidade estimular a prática de esportes e recreação em ambiente escolar, individual ou coletiva. Outra meta, que também contribui para as ações do Programa Estado Presente, idealizado pelo Governo do Espírito Santo, é intensificar a integração entre escola e comunidade, tendo em vista que o espaço poliesportivo também é usado para a realização de pequenos eventos. Reforço em sinalização viária Com o objetivo de dar assistência às cidades que precisam de melhorias no trânsito, o Governo do Espírito Santo, por meio do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES), realizará investimentos na sinalização viária – horizontal e vertical - no município de Laranja da Terra. Serão investidos R$ 112.926,19 em pinturas de faixas de pedestres, de retenção e faixa dupla amarela, placas de sinalização vertical e demarcação de áreas de estacionamento, entre outros. “A sinalização viária é essen-

cial para manter a ordem no trânsito. Além de oferecer mais fluidez no tráfego, ela garante a segurança dos cidadãos”, afirma Tarcílio Deorce, diretor-técnico do Detran-ES. Telefonia e internet em Sobreiro Moradores de Sobreiro, em Laranja da Terra, em breve poderão falar sem dificuldades via telefone celular e, ainda, acessar a internet 3G. É que foi assinada a ordem de serviço para a implantação de uma torre de telefonia móvel na localidade. O investimento faz parte da segunda fase do Programa 'Comunicação no Campo', que levará telefonia móvel e Internet 3G a 71 localidades de 60 municípios de todas as regiões do Espírito Santo. Os investimentos serão realizados pela Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). “Esses investimentos vão permitir às famílias de produtores rurais terem acesso às informações de mercado e clima, além de notícias, ciência e educação. Com esse projeto realizamos um trabalho de inclusão digital, social e econômica, que fará a comunidade de Sobreiro ficar conectada com o mundo”, afirmou o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli.

Alfredo Chaves

TURISMO Esse é o segundo campo construído pelo governo estadual em Laranja da Terra A comunidade Pão de Ló, no distrito de Joatuba, em Laranja da Terra, recebeu o Campo Bom de Bola II. Com investimentos de quase R$ 315 mil, o campo conta com grama sintética, alambrado, iluminação, drenagem e bancos para os jogadores reservas. O secretário de Estado de Esportes, Vandinho Leite, destacou a importância desta obra para a comunidade. “Estou muito feliz de entre-

gar mais uma obra como o Campo Bom de Bola. É importante para a comunidade de Pão de Ló, pois é uma grande opção de lazer para os moradores”, disse. Além dessa versão do Campo Bom de Bola em Laranja da Terra, as obras do Campo Bom de Bola I no bairro Recanto dos Poetas já foram concluídas, assim como a construção da quadra poliesportiva na localidade de Picadão.

Acompanhe:

“COOPERTEMAF” COOPERATIVA DE TRANSPORTE ESCOLAR DE MARECHAL FLORIANO

PrefeituraAlfredoChaves/facebook.com

CNPJ: 06.154.160/0001-71 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

@alfredo_pmac

O Diretor Presidente da Cooperativa de Marechal Floriano, inscrita no CNPJ sob n°. 06.154.160/0001-71, estabelecida na Rod. BR 262, s/nº, km 48, Centro, Marechal Floriano - ES, Sr. Cleocélio Bazílio Buback, no uso de suas atribuições conferidas pelo Estatuto Social, convoca os senhores cooperados para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária, que devido à falta de espaço físico adequado na sede, se realizará na Câmara Municipal de Marechal Floriano, no dia 26 de março de 2014, em primeira convocação às 13h00 (treze horas), com a presença de 2/3 dos cooperados, em segunda convocação às 14h00 (quatorze horas) no mesmo dia e local com a presença de metade mais um dos cooperados e em terceira e última convocação às 15h00 (quinze horas), com presença mínima de dez cooperados, para deliberarem sobre a seguinte Ordem do Dia: ORDEM DO DIA DA AGO I- Prestação de contas do exercício 2013 compreendendo: a) Relatório de Gestão; b) Balanço Patrimonial; c) Demonstração de Sobras demais demonstrativos; d) Parecer do Conselho Fiscal; II- Destinação das Sobras; III- Eleição dos componentes do Conselho Fiscal; IV- Eleição da diretoria V- Plano de Trabalho para o ano de 2014;

des

NOTA: 1 - Para efeito de quorum declara-se que o número de cooperados em condições de votar nesta data é 30 (Trinta). Marechal Floriano, 26 de março de 2014.

CLEOCÉLIO BAZILIO BUBACK Diretor Presidente

27 | 32692724

Info:

27 | 32692735 27 | 32692736

www.alfredochaves.es.gov.br


Agronegócio A Programa incentiva 10

Fevereiro / Março Foto: Julio Huber

produção de alimentos sem agrotóxicos em Laranja da Terra

F

oi iniciado, em escolas do município de Laranja da Terra, o projeto “Alimentação Escolar sem Resíduos de Agrotóxicos”. O objetivo é capacitar os professores da rede municipal para trabalharem em sala de aula o tema dos agrotóxicos em plantações agrícolas. Agricultores também serão orientados a produzir alimentos de forma saudável. O projeto é desenvolvido pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), em parceria com a Secretaria de Educação do município. A engenheira de alimentos do Idaf, Eliany d'Ávila, explica que na primeira etapa os docentes conhecerão o projeto e a metodologia proposta. “Em um segundo momento, realizaremos a capacitação dos professores especificamente sobre os agrotóxicos, seus riscos à saúde e ao meio ambiente e o uso correto dos

produtos”, explica Eliany. Para o engenheiro agrônomo do Idaf, Denevaldo Filete, é fundamental abordar o assunto nas escolas, sobretudo na zona rural, onde muitas famílias são formadas por produtores. “Precisamos que esse conhecimento chegue às pessoas que fazem uso do agrotóxico para que elas utilizem esses produtos de forma responsável. Como vários agricultores comercializam seus produtos para a merenda escolar, todos saem ganhando com a adoção de boas práticas no campo”, diz o engenheiro agrônomo. O projeto também prevê um trabalho com os produtores, com apoio do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Os agricultores receberão orientações sobre a correta utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e o cumprimento das exigências para aplicação de agrotóxicos.

O foco do programa é estimular os agricultores a produzirem verduras sem agrotóxicos no município

“Além da oferta de alimentos saudáveis, também temos uma preocupação com as pessoas que aplicam os agrotóxicos. Muitas vezes, pela falta de hábito mesmo, muitos dispensam o uso dos EPIs, colocando em risco sua saúde”, alerta Denevaldo. Outra abordagem será feita diretamente com os produtores rurais, com o auxílio da Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Programa Saúde da

Família (PSF). Os agentes de saúde também serão treinados para levar as informações aos produtores. “O apoio desses profissionais será de grande relevância, pois eles têm acesso direto aos produtores, contribuindo para a disseminação do conhecimento”, diz Denevaldo Filete. A última etapa do projeto irá contemplar a análise de resíduos de agrotóxicos em vege-

tais fornecidos pela agricultura familiar para a alimentação escolar. “O Idaf conta com um programa de monitoramento de resíduos que identifica, a partir de análises laboratoriais, se há excesso de agrotóxicos nos alimentos ou utilização de produto não autorizado para aquela cultura. Nossa busca é pela garantia de alimentos com cada vez mais qualidade”, diz a engenheira de alimentos, Eliany d'Ávila.

Produtores de Marechal Floriano recebem sementes de milho e veículo Foto: Divulgação/Seag

Foram distribuídos mil quilos de semente de milho da variedade Capixaba Para melhorar a estrutura de apoio aos agricultores familiares de Marechal Floriano, foi entregue uma pick-up à Prefeitura de Marechal Floriano pela Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). O recurso, de R$ 32,3 mil, é proveniente de uma emenda parlamentar estadual. A sole-

nidade de entrega ocorreu no dia 20 de fevereiro, no Centro de Agronegócios do município. Na oportunidade, cerca de 250 produtores rurais receberam mil quilos de sementes de milho, da variedade 'Capixaba', dentro de uma parceria do Incaper, da prefeitura e produtores rurais. O evento contou com as presenças do secretário de

Mudas de Eucalipto Clonal, Eucalipto Sementes, Mogno Africano, Pupunha Peruana, Café Arábica, Cedro Australiano e outros

Autopeças e Acessórios Automóveis e Caminhões Tel.: (27) 3288-1369 (27) 99982-8350 Rua Thieres Veloso, n° 40 - Centro Marechal Floriano - ES - CEP 29255-000 e-mail: bkautopecas@hotmail.com

(27) 9902-1038 99871-3318 FAZEMOS Rua Henrique Eggert, Km 3 ENTREGAS! São Sebastião do Meio Santa Maria de Jetibá - ES (Sítio Eggert)

www.viveirosecomudas.com andersonpercilios@hotmail.com BR 262, Km 54 - Barra do rio Fundo Marechal Floriano - ES (próximo a entrada de Parajú)

Estado da Agricultura, Enio Bergoli, do prefeito de Marechal Floriano, Lidiney Gobbi, de profissionais do Incaper, outras autoridades, lideranças locais e produtores rurais. “Essas ações têm o objetivo de contribuir para melhorar a renda e a qualidade de vida dos agricultores familiares de Marechal Floriano. Gradativamente o Governo do Estado realiza investimentos em áreas essenciais, como infraestrutura, pesquisa e assistência técnica, muito importantes para o desenvolvimento do interior capixaba”, destaca Enio Bergoli. “Só temos a agradecer essa parceria com o Governo e parabenizar a disposição dos produtores rurais de Marechal Floriano, que são verdadeiros empreendedores. O veículo que recebemos será uma importante ferramenta para o trabalho em nossa agropecuária”, ressalta o prefeito Lidiney Gobbi. O repasse de mil quilos de sementes do milho 'Capixaba' foi produzido em uma área de 1,5 hectare, cedida por um produtor rural. Além dessas sementes, foram produzidos cerca de 4.000 quilos de grãos que foram repassados ao produtor rural que cedeu a área para multiplicação. O modelo que adotamos aqui pode ser reproduzido em todos os municípios. O milho 'Capixaba' é um material que se adequa as condições do agricultor familiar, devido às propriedades que ele pos-

sui”, completa o pesquisador do Incaper, Marcio Adonis Miranda. As principais características do milho “Capixaba” são o alto valor nutritivo, resistência às principais pragas e doenças, alta produtividade, grãos duros, estabilidade de produção e a possibilidade de aproveitamento das sementes por até três plantios, o que favorece os produtores de base familiar.

Incentivo para a produção de cafés de qualidade em Alfredo Chaves Cerca de 50 produtores rurais de Alfredo Chaves participaram de um curso sobre café com qualidade – colheita e pós-colheita. A capacitação foi promovida no Centro de Referência da Assistência Social (Cras), e teve a realização do Incaper e da Secretaria Municipal de Agricultura. Técnicos do Incaper e de outros órgãos ministraram palestras e deram orienta��ões aos participantes. Tendência do mercado, alternativas de secagem, linhas de crédito, preparo certo do café torrado e moído foram temas abordados pelos profissionais. Ao final do dia também foi realizada uma visita técnica orientando os produtores sobre secagem, beneficiamento e armazenamento do café. De acordo com o secretário de Agricultura, Antônio Carlos Petri, foi um dia muito produtivo, onde o produtor pôde tirar diversas dúvidas com profissionais da área. “Foi um curso oportuno para orientar o produtor e incentivá-lo a qualificar a produção de café”, disse.Em Alfredo Chaves, segundo dados do Incaper e do IBGE, cerca de mil famílias cultivam os dois principais tipos de café: arábica e conilon. O município produz em torno de 59 mil sacas de arábica e 50 mil sacas de conilon, anualmente. “O curso objetiva que nossos produtores melhorem a produção para atender ao mercado que cada vez está mais exigente”, completou o técnico do escritório local do Incaper, Alcino Lamão Nazarino.


Fevereiro / Março

A

Acontece

11

Glaucia Rissi

Os municípios de Afonso Cláudio, Domingos Martins, Marechal Floriano, Laranja da Terra, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá e Santa Teresa, na região de montanhas, receberam um caminhãocaçamba do governo federal. Na foto, o delegado federal do MDA no Espírito Santo, Josean de Castro Vieira; o vice-governador, Givaldo Vieira; o prefeito de Domingos Martins, Carlinhos Borboleta; e o secretário estadual de Agricultura, Enio Bergoli; na cerimônia de entrega dos equipamentos.

Diversos empresários e autoridades políticas compareceram à 1ª Exposição Nacional de Orquídeas Villaggio d'Itália, em Pedra Azul, Domingos Martins. Na foto, o secretário de Turismo e Cultura do município, Wellington Bleidorn, o empresário Lucas Izoton e o presidente da Associação Turística Pedra Azul (ATPA), Jorge Uliana. Foto: Fabrício Ribeiro

Os servidores Fernando Volponi, da Secretaria de Turismo e Cultura de Alfredo Chaves; Dirceu Cetto, Brenda Breda e Clovis Rangel, da Secretaria de Comunicação Social, com o prefeito Roberto Fiorin, no último dia de Carnaval de Alfredo Chaves.

“Ripshi Bliver Huus”, que do pomerano para o português quer dizer Casa de Ficar Bonita, é o nome do salão de beleza na localidade de Alto Galo, em Domingos Martins, que está fazendo sucesso na região. Um diferencial da proprietária Celina Pagung é um atendimento bilíngue, já que ela também fala pomerano. Foto: Luciano Stein

Durante a inauguração da pavimentação da “Estrada Velha”, que liga a BR-262 a Campinho, Domingos Martins, o governador Renato Casagrande roubou a cena ao pedalar uma estilosa bicicleta na nova rodovia.

A jovem Eduarda Lorenzon, 15 anos, foi eleita a rainha da 50ª edição da Festa da Uva e do Vinho, em São Bento de Urânia, Alfredo Chaves. Já Rosana Gratieri e Dinalva Cebin foram eleitas 1ªe 2ª princesas, respectivamente. Mais uma vez, a festa foi considerada um sucesso.


T

12

Turismo / Cultura Foto: Divulgação

Evento nacional com shows de samba e choro e 14 oficinas musicais

E

ntre os dias 19 e 26 de abril, o município de Marechal Floriano se transformará na capital nacional do samba e choro. Haverá shows com cantores famosos como Neguinho da Beija-Flor, no dia 19; Dudu Nobre, no dia 26; além de Denise Pontes, Rogerinho do Cavaco, Raimundo Machado e Grupo, entre outras atrações durante os oito dias de programação gratuita. Já estão confirmadas mais de 30 atrações. Realizado pela primeira vez na cidade, o Festival Nacional de Samba & Choro de Marechal Floriano, promovido pela prefeitura, também contará com oficinas para a comunidade musical que é adepta aos dois ritmos.

De acordo com os organizadores, “o objetivo é oferecer à comunidade artística capixaba, em especial a comunidade local e da Grande Vitória, a oportunidade única de desenvolver um estudo musical a altura de grandes escolas nacionais, com acompanhamento didático e pedagógico e corpo docente de alto nível de expressão técnica e cultural”. Estão programadas oficinas de percussão, com Robertinho Silva; bateria, com Ronaldo Silva; violão 7 cordas, com Domingos Teixeira; violão 6 cordas, com Aleh Ferreira; cavaco, com Henrique Cazes; bandolim, com Luiz Barcelos; baixo, com Ney Conceição; trombone, com Rafael Rocha; clarineta,

Fevereiro / Março

Domingos Martins Março Vila da Páscoa Data: 22 de março a 22 de abril Local: ao lado da Praça Dr. Arthur Gerhardt

O cantor Neguinho da Beija-Flor se apresentará no dia 19 de abril

com Ademir Junior; dança, com Marcelo Alves (Chocolate) e Sheila Aquino; flauta, com Eduardo Neves; saxofone, com Zé Canudo; harmonia e arranjo, com Vittor Santos; e canto, com Moyseis Marques. As inscrições para as oficinas estão abertas e podem ser feitas no site da prefeitura

(www.marechalfloriano.es.gov.br). As aulas serão realizadas em diversos locais da cidade. O número de vagas é limitado a 30 pessoas para as oficinas de dança e harmonia e 15 pessoas para as demais oficinas. Os shows acontecerão na Praça José Henrique Pereira, no Centro da cidade.

Moradora de Marechal Floriano lança livro sobre extraterrestres

Lanamar Pimenta de Miranda está escrevendo o segundo livro Com 354 páginas, um uma mulher que foi abduzida e livro escrito por uma moradora levada para um planeta estranho. de Marechal Floriano é um conviA autora, Lanamar Pimenta de te para quem gosta de uma históMiranda, 59 anos, que é formada ria que narra aventuras envolem Letras pela Universidade vendo o imaginário extraterresFederal do Espírito Santo tre. O livro “Uma estranha esta(UFES) e trabalha no Núcleo de dia” conta a história de Hilda, Tecnologia da Informação da

Agenda Cultural Alfredo Chaves Abril 1º Festival de Viola e Sanfona Data: 26 e 27 Local: Parque de Exposições

Justiça Federal-ES, contou que a ideia de escrever sobre o assunto surgiu quando ela viajava de ônibus para o trabalho, como faz todos os dias. “Enquanto eu estava no ônibus, indo para o trabalho em Vitória, a ideia surgiu em minha cabeça. Ali mesmo já iniciei um roteiro e comecei a escrever. A história relata que a personagem passou a ter uma nova vida cheia de aprendizados, com muitas aventuras e grandes emoções. O livro é cheio de surpresas”, contou. A obra conta com prefácio de Moacir Sader, também escritor e terapeuta holístico. Com várias obras publicadas, foi ele quem deu à Lanamar o “caminho das pedras” para que ela publicasse seu livro em um site. Segundo a escritora, havia quatro anos que o livro estava pronto e parado

devido às dificuldades em publicar. No ano passado, indicada por Moacir, ela descobriu uma página na internet onde é possível publicar livros gratuitamente. O leitor pode baixar a versão online ou solicitar a versão impressa, que é enviada via Correio. O livro pode ser baixado e m : w w w. c l u b e d e a u t o r e s .com.br, no qual também pode ser solicitada a versão impressa. O custo para baixar a versão online é R$ 16,00. Já quem preferir a obra impressa deve pagar o valor de cerca de R$ 67,00. O prazo médio para a entrega é de 15 dias. Livro sobre fadas Entusiasmada com sua primeira história publicada, a escritora anuncia que já tem 300

ajens a noivos, p s r a p s je a r T ho ara padrin e ternos p

Marechal Floriano Abril Festival de Samba e Choro Data: 19 a 26 Local: Sede Laranja da Terra Maio Festa de Emancipação Política Data: 9 a 11 Local: Sede Venda Nova Do Imigrante Março Copa Brasileira de Marcha de Muares Pega Data: 27 a 30 Local: Centro de Eventos Padre Cleto Caliman

Divulgue a festa da sua comunidade:

Av. Presidente Vargas, nº 590 - Sala 305 Centro - Domingos Martins - ES CEP 29260-000 - Tel.: (27) 3268-3389 jornalismo@novacomunicacaoes.com.br

páginas escritas de uma nova aventura, que, na opinião dela, é ainda mais interessante que a primeira. A previsão é de que o livro esteja disponível até meados deste ano. “O segundo livro é mais fantasia. Ele relata a historia de uma moça que é filha de pai humano e mãe elfa (criatura mística). A história se passa em um continente na Terra, criado por mim, e haverá fadas, gnomos, gigantes, vampiros, lobisomem e outros seres”, adianta.

ntes

Vestidos de debuta e de damas

Os melhores preços você só encontra aqui!

o ã ç o m o Pr

eses Prorrogamos durante os m seu vestido de de março e abril: alugue ,00 R$ festa a partir de

100

Ligue e agende seu horário de visita (27)

3268-1485 / 99988-8408

Rua João Baptista Wernersbach - Centro - Domingos Martins - ES (Rua de Lazer, em cima da Farmagia) - e-mail: labellanoiva@gmail.com

LR A S S E S S O R I A A M B I E N TA L

• LICENÇAS AMBIENTAIS EM GERAL • ASSESSORIA JURÍDICA • RECURSOS DE MULTAS AMBIENTAIS

• EXTRAÇÃO DE AREIA (DNPN-IEMA) • SONDAGEM • LOTEAMENTOS • GEOLOGIA • TOPOGRAFIA / TERRAPLANAGEM • ENGENHARIA

CONTROLE À PRAGA DA MOSCA CASEIRA

(27)

9840-1000

contato@lrambiental.com.br

www.lrambiental.com.br


Jornal O Noticiário - edição 78