Page 1

O MIRANTE | 30 Abril 2009

ESPECIAL DIA DA MÃE | 27

Uma mãe com uma neta quase da idade da filha mais nova Letícia é a jóia da família Caetano de Samora Correia

FAMÍLIA. O casal Caetano reformulou a sua vida com o nascimento de Letícia

A

Nelson Silva Lopes

cumplicidade de Maria de Lurdes com a filha é evidente ao primeiro contacto. A menina com dois anos e meio nasceu quando a mãe tinha 45 anos e é pouco mais velha que a sobrinha. Letícia tem nome de princesa e é a jóia da família Caetano, que reside numa vivenda junto do posto da GNR de Samora Correia. “Ela é a minha princesa. Foi muito desejada e trouxe-nos muita felicidade. Retrocedemos 20 anos”, explica a mãe, acompanhada do marido, ambos com 47 anos. José Caetano, bombeiro sapador, confessa a ansiedade que sente em cada regresso a casa com vontade de partilhar bons momentos com a sua filha mais nova. “Hoje temos mais paciência do que tivemos com os irmãos. Há maior tolerância”, descreve, enquanto partilha as aventuras do Noddy com a filha. Letícia tem dois irmãos de 23 e 29 anos, que foram os seus padrinhos de baptismo, e já tem uma sobrinha. Erica tem três meses e é a boneca preferida da “princesa”. Os pais garantem que há uma grande cumplicidade entre todos e “nunca houve ciúmes” porque os irmãos mais velhos compreendem e desejaram muito “ter uma mana”. Maria de Lurdes diz que Letícia foi uma dádiva para compensar a dor da perda de um filho. A parturiente foi forçada a abortar às 19 semanas depois de ter feito um exame, uma amniocentese, que detectou Trissomia 21 e más formações no bebé. O risco era elevado, dada a idade da mãe,

foto O MIRANTE

mas a parturiente acreditou que tudo iria correr bem e o resultado do exame foi um choque para toda a família. “Foi uma dor muito grande. Fiquei traumatizada e a minha médica disse-me que o melhor era mandar vir outro bebé. Corri um grande risco, mas tinha muita fé”, diz com emoção. A gravidez correu melhor que todas as anteriores, o parto foi normal e “a princesa é linda e perfeitinha”. O casal Caetano reformulou a sua vida em função da filha. Os desenhos animados, as bonecas e os peluches voltaram à sala que se enche de alegria com “as gracinhas” de Letícia. “Sou mãe para educar e avó para estragar com mimos”, confessa Maria de Lurdes

.

Especial Dia da Mãe  

Especial Dia da Mãe