Issuu on Google+

INFORMAÇÃO - CULTURA - SAÚDE - GASTRONOMIA - MODA - VIDA SOCIAL - GUIA DE EMPRESAS

EDIÇÃO 01

Distribuição Gratuita

BASF

ajuda a transformar a educação em Guaratinguetá Dicas

Saúde

Gastronomia

Passeando com seu cão em Guaratinguetá

Benefícios do consumo de peixes

Guaratinguetá, grande produtora de arroz

08

página

24

página

30

página

Guia de Empresas 38

página


EDITORIAL

VOCÊ E GUARATINGUETÁ MERECEM O MELHOR! O Portal omelhordeguara.com está presente há mais de quatro anos na internet, onde conseguiu conquistar o carinho, respeito e confiança dos moradores da cidade de Guaratinguetá, sempre buscando mostrar o que a cidade realmente tem de melhor, com pitadas de entretenimento. Com este mesmo objetivo, trazemos para você com muita alegria a primeira edição da Revista omelhordeguara.com, que está recheada de conteúdos riquíssimos, colunas e matérias com diversos assuntos que podem colaborar para a melhoria de nossa cidade. O que temos de melhor são as pessoas e por isso nos preocupamos em trazer para integrar a equipe colunistas capacitados para escrever sobre família, saúde, bem estar, alimentação, moda, gastronomia, humor e outros assuntos interessantes. A primeira edição da Revista traz como matéria de capa a BASF, uma das maiores empresas do mundo, o qual marca presença aqui há 55 anos, colaborando para o desenvolvimento da cidade e seus habitantes. No interior da revista temos o privilégio de mostrar as empresas que são nossas parceiras, cuja credibilidade e confiança na cidade são reconhecidas, oferecendo os melhores produtos e serviços para a sua satisfação. Aproveitamos este espaço para fazer nossos agradecimentos à uma pessoa muito especial para nós: você! Boa leitura! Compartilhe com todo mundo e não se esqueça de nos enviar suas sugestões, elogios e críticas. Precisamos de você para trazer a cada dia o melhor de guara!

EXPEDIENTE

Honras e glórias desse projeto sejam dadas ao Senhor Jesus Cristo! [...] Até aqui nos ajudou o Senhor. - 1 Samuel 7:12

4

DIREÇÃO GERAL Tiago Morais Ana Verreschi JORNALISTA RESPONSÁVEL Luiza Andrini – MTB: 67235 DIAGRAMAÇÃO E DESIGN GRÁFICO Ana Pavão www.anapavaodesign.com.br contato@anapavaodesign.com.br DESIGN DE ANÚNCIOS Alice Felix m_lice@hotmail.com FOTÓGRAFOS Cris Amaral (12) 98812-3695 Júlio Parra jcpa.parra@gmail.com

EDIÇÃO 01

COLUNISTAS Daiana Morais, Luciana Maciel, Larissa Couto Donato, Carla Kelly, Michelly Ribeiro, Andréia Ribeiro, David Donald, Zéck Broca, Júlio Parra, Giovanni Bimestre Campiolo e Giuseppi Bimestre Campiolo. AGRADECIMENTOS Isabel Cristina, Vera Lucia Verreschi, Alice Verreschi, Leninha Peixoto, Naama Faria, Jenyfer Ramos, Hélcio Valter (Ná), Diego Morais, Mario Verreschi, Felipe Torres e Artur Amaral (DJ Tagarela). DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Guaratinguetá (principal), Aparecida, Potim e Lorena.

FALE CONOSCO Rua Duque de Caxias, 52 – Centro Guaratinguetá-SP (12) 99199-4467 contato@omelhordeguara.com Facebook: portalomelhordeguara www.omelhordeguara.com


08 Dicas de como passear com seu cão 10 A democratização da fotografia 12 Vale Ver Guará 14 Capa: BASF ajuda a transformar a educação em Guaratinguetá 17 Prefeitura de Potim 18 Cultura de Verdade! 20 ”Com Aspas” 21 Adoção é doação, uma atitude com amor 22 Termogênicos 23 SHIFT - Atividade física com prazer! 24 Benefícios do consumo de peixes 25 Social - Facebook 28 Aprendendo a valorizar seu guarda-roupa 30 Guaratinguetá, grande produtora de arroz 32 Histórico da cerveja 34 Peixe ao molho pesto 36 Os Pedágios da estrada chamada Vida 37 ”Amar ao próximo como a ti mesmo” 38 Guia de Empresas

6

EDIÇÃO 01

menu

14 BASF ajuda

34 Peixe ao molho pesto

25 Social


Foto: Claudio Fulas | Design & Fotografia

PETS

Dicas de como passear com seu cão em Guaratinguetá! por Samira Lescura

T

Sócia do Cão Andarilho/ Dog Walker, Monitora e Educadora Pet/ Especialista em Comportamento canino

odos os cães esperam pela hora do passeio, esse é o momento onde eles podem voltar às origens. O lobo, antepassado dos cães, sempre caminhava por horas e horas para suprir suas necessidades, principalmente a busca por comida e abrigo. O instinto do cão pede pela caminhada diária e hoje em dia muitos donos tem cães em apartamentos ou casas pequenas, realidade de muitos guaratinguetaenses, e desse modo, a necessidade só aumenta.

Tem cães que passam o dia todo presos em casa e muitas vezes só veem o dono pela noite, passam o dia inteiro ociosos e ansiosos, conclusão: problemas comportamentais à vista. Por isso, que as atividades físicas e mentais ajudam os nossos amigos cães a se tornarem mais relaxados, tranquilos, felizes e mais obedientes. A sensação de desafio e trabalho para o cão é muito satisfatória. Para quem passeia com seu cão sabe como os benefícios são inúmeros, você cuida da forma física e da saúde. Mas a principal dúvida de quem passeia com seu amigão é, como faço para evitar uma briga na rua? E se o cão dele vier para cima do meu, o que eu faço? Quando você estiver passeando com o seu cão e ele tentar atacar outro animal assim que este chegue perto, provavelmente seu cachorro está reagindo

8

EDIÇÃO 01

desse modo porque está com medo e inseguro com a situação. A socialização é a melhor opção para evitar esse tipo de situação, primeiro a socialização deve acontecer quando o cão ainda é filhote, apresentando-o para vários tipos de cães, de tamanhos e raças diferentes. Fique sempre atento ao seu cão e como ele reage quando vê outro cão na rua, muitas vezes o comportamento dele pode influenciar o outro cão. Por isso é importante você manter sua energia sempre calma e firme, não passe insegurança ou medo para ele quando estiver de frente com esse tipo de situação. A atenção dele deve ser direcionada a você, distraia com toques na guia ou simplesmente ignore o outro cão e continue a caminhada normalmente, premie-o com petiscos ou carinhos se ele passou por aquele momento tranquilamente e sempre que puder faça esse exercício com ele, isso o tornará sempre mais sociável, tanto com outros animais quanto com humanos.


melhor amigo em risco. E além da guia, deixe-o sempre com uma plaquinha de identificação na coleira, essa placa precisa ter o seu nome, o nome dele e um telefone de contato, dessa forma você estará protegendo sempre seu pet. Para ter um bom passeio é muito importante estar sempre alerta a tudo que acontece ao seu redor para evitar situações perigosas. Sua liderança deve ser trabalhada diariamente com seu cão, crie limites e dê disciplina, seu cão precisa de um líder. Outro ponto importante é sempre andar com seu animal na guia, mesmo que ele seja adestrado, uma distração pode colocar a vida do seu

A cidade de Guaratinguetá tem ótimos lugares para você passear com seu amigão e ele com certeza vai adorar! Um ótimo lugar que indicamos é o Bosque da Amizade, onde ele poderá ter mais contato com a natureza e curtir todo esse momento ao seu lado. Bom passeio!

Seguindo as dicas acima, guiando seu cão com responsabilidade e atenção, mantendo-o na guia, colocando a plaquinha de identificação e levando saquinhos para recolhimento de dejetos, você estará proporcionando a ele um momento satisfatório. Lembre-se: um cão cansado é um cão feliz!

EDIÇÃO 01

9


FOTOGRAFIA

A democratização da fotografia Por Júlio Parra

Graduado pela FATEC Guaratinguetá em Redes de Computadores. Administrador de Redes de Computadores e Fotógrafo por hobby. jcpa.parra@gmail.com / www.flickr.com/jparra

O

lá caros (as) amigos (as) leitores (as).

Nesta publicação inaugural gostaria de me apresentar. Meu nome é Júlio Parra, sou graduado pela FATEC Guaratinguetá, em Redes de Computadores e trabalho há 17 anos na área de Tecnologia e Informação. Fui convidado pela revista omelhordeguara. com para abordar neste espaço assuntos relacionados à fotografia. Com muita satisfação estarei empenhado em trazer notícias, dicas, tutoriais e uma infinidade de outras abordagens sobre o assunto, inclusive, disponibilizo meu e-mail e peço para que se sintam à vontade em perguntar e/ou sugerir assuntos que gostariam que fossem abordados por mim. Toda edição selecionarei algumas perguntas, com as dúvidas mais recorrentes para serem respondidas, para que você leitor

10

EDIÇÃO 01

possa aproveitar ao máximo este espaço. Hoje vamos falar um pouco sobre a democratização da fotografia. A fotografia que antes ficava restrita aos profissionais da área e com o passar do tempo, aos entusiastas abonados, hoje graças à tecnologia atual tudo está diferente, todos são convidados a fotografar, tornando a fotografia um hábito mais democrático e acessível. Olhe ao seu redor e veja quantas máquinas fotográficas, smartphones e tablets você irá encontrar sendo utilizados na obtenção de uma foto. Seja em casa, no ambiente de trabalho ou na rua, enfim, por todos os lados. Toda esta parafernália aliada às redes sociais impulsionou a fotografia como hobby a um patamar jamais visto, contribuindo para que uma grande quantidade de fotos em viagens, trabalhos e outros inúmeros

momentos sejam publicados diariamente nas redes sociais. Quero deixar bem claro que sou defensor de que um evento único, como por exemplo, um casamento, uma formatura, uma festa de 15 anos, entre outros, devem sim, se possíveis serem registrados por um profissional. Afinal, o fotógrafo profissional estudou muitos anos para dominar a arte e a técnica no intuito de entregar o melhor resultado possível. Contudo, paralelamente a isso, sou defensor da fotografia por hobby, aquela fotografia descontraída e descompromissada, cujo princípio básico é o apontar e disparar, também conhecido como point-and-shot. Não importa se você utiliza um equipamento profissional, semiprofissional ou amador. O importante é registrar o momento para que possa ser lembrado e admirado posteriormente.


E porque não utilizar algumas técnicas para que sua fotografia, mesmo por hobby, saia mais bonita e arranque elogios das pessoas mais próximas, além de ganhar muitas curtidas na rede social?

Em português point-and-shot significa aponte e dispare. Pode ser utilizado para descrever câmeras amadoras, também conhecidas como câmeras compactas e carinhosamente chamadas de ”saboneteiras” no mundo fotográfico. O termo também serve para descrever o modo automático, que permite ao usuário tirar fotos mais facilmente sem se preocupar com configurações indispensáveis no uso profissional.

Fotos: J. Parra

Na próxima edição, começaremos aprendendo alguns conceitos básicos de fotografia. Enquanto isso sugiro que você faça um passeio pela cidade e fotografe bastante. Uma dica? O Parque Ecológico Anthero dos Santos, localizado na cidade de Guaratinguetá. Além do verde e do colorido das flores, há pássaros, coelhos e outros animais que possibilitam um belo cenário para suas composições. Bons cliques e até a próxima edição!

O QUE É POINT-AND-SHOT?

EDIÇÃO 01

11


VALE VER GUARÁ

Por Zéck Broca www.facebook.com/ValeVerGuara No portal: www.omelhordeguara.com/valeverguara Colaboração: Foto Studio Imoto Praça Conselheiro Rodrigues Alves Guaratinguetá – SP • Praça bastante arborizada e com um coreto da época. • Lojas com toldos abertos • Observem uma carroça parada em frente a uma loja, onde hoje (2013) está localizada a Pernambucanas. • E os carros estacionados de ré.

Cooperativa de Laticínios de Guaratinguetá-SP • Frota de caminhões leiteiros FORD e GMC Chevrolet • Localizada na Rua João de Castro Coelho esquina com Rua Visconde do Rio Branco.

Rua Dr. Morais Filho – Guaratinguetá-SP Década de 1900 • Rua tranquila, vendedor com carrinho de mão parado na esquina. • Postes de iluminação pública fora da calçada e nem tinha os trilhos do Bondinho elétrico. • Nesta época, não existia a ligação da Rua Dr. Martiniano até a Catedral de Santo Antônio, era fechada com Casas de Comércio e ela morria na Rua Dr. Morais Filho, somente anos mais tarde que a rua teria seu prolongamento. • Já nesta época, as lojas tinham os ”toldinhos” na porta. • Observem que fato inusitado para o dia de hoje (2013), mas não para aquela época, um carro de boi subindo a rua vinda da Praça •Central em direção à parte alta da mesma.

12

EDIÇÃO 01


Rua Dr. Martiniano – Guaratinguetá-SP • Bondinho elétrico saindo da Rua Comendador João Galvão em direção à estação Ferroviária. • Ao fundo Catedral de Santo Antônio. • E a tradição da época, postes de iluminação pública, fora das calçadas.

Matadouro Municipal – Guaratinguetá-SP • Construído no final do século XIX e inicio do século XX, foi importante abatedouro para a cidade e região. • Abastecia os açougues (casas de carnes) e vendas da época, garantindo o escoamento da produção pecuária de corte e ajudando os pecuaristas na renovação da produção.

Alfaiataria – Guaratinguetá-SP – Década de 40 • Prédio onde funcionou por muitos anos a Alfaiataria do Sr. Paulo Teixeira (Paulo Alfaiate), um dos fundadores do Bloco Carnavalesco ”Os Tesouras” em 1935, onde os seus integrantes eram somente alfaiates. • Prédio demolido em 1950, hoje (2013) abriga a Pastelaria Serve Quente. • Localizado na Praça Dr. Benedito Meirelles esquina com a Catedral de Santo Antônio.

Rua Dr. Martiniano – Guaratinguetá-SP • Duas composições do Bondinho elétrico passando pela Rua Dr. Martiniano. • Ao fundo, torre d Estação Ferroviária. • Postes de iluminação pública dos dois lados da rua e fora das calçadas • E à direita da foto, um Comércio de Refrigeradores da época.

Empório Paulista – Guaratinguetá-SP • Enchentes alagando completamente a antiga Rua do Porto. • Homem de canoa passando na rua que mais parece um rio. • Na parede do Empório... ”Beber é bom e comer é melhor”, só comprando no Empório Paulista. • Entregas à domicílio, bebidas nacionais e estrangeiras.

Rua Marechal Deodoro – Guaratinguetá-SP • Antigamente conhecida como a Rua da Cruz Grande. • Era passagem obrigatória aos viajantes entre Rio de Janeiro, São Paulo e cidades vizinhas, no século XVIII e XIX. • Sobrado branco à esquerda, pertencia ao Major Bento Antônio de Campos, destruído por incêndio na década de 40. • Segundo lenda, o Major Bento teria sido assassinado pelos próprios escravos, por volta de 1879.

EDIÇÃO 01

13


CAPA

Projetos Socioeducacionais BASF ajuda a transformar a educação em Guaratinguetá Fotos: João Athaíde

H

á quase 55 anos em Guaratinguetá, que serão completados em 2014, a BASF continua a entrelaçar sua história com a da cidade. O parque industrial entrou em operação no ano de 1959 e hoje, com 382 hectares em sua área total, conquista a posição de maior Complexo Químico da BASF em toda a América do Sul. Atualmente, a localidade possui 13 unidades e disponibilização de mais de 1500 produtos utilizados em diversas aplicações que atendem as indústrias dos segmentos têxtil, papel, automobilístico, couros, tintas, agricultura, plásticos, embalagens, biodiesel, entre outros. Com o objetivo de formar a melhor equipe da indústria, a empresa conta com cerca de 2000 colaboradores, entre efetivos, estagiários e terceiros.

14

EDIÇÃO 01

Para demonstrar a importância da localidade em Guaratinguetá, desde 2003, a BASF já investiu mais de R$ 490 milhões no Complexo Químico, dentre estes, mais de R$ 47 milhões foram destinados à ações de meio ambiente, tema que está vinculado à estratégia e valores da empresa. Assegurar o desenvolvimento sustentável é o principal pilar ambiental em que a BASF sustenta sua produção. Além de garantir processos seguros e eliminar impactos ambientais, a empresa conta com a Mata Viva, uma área de preservação ambiental com 188 hectares, nos quais em 2013, a empresa comemorou 1 milhão de mudas plantadas em todo Brasil e destes mais de 220 mil em Guaratinguetá. A Mata Viva é considerada a maior reserva de proteção ambiental de Guaratinguetá e fica às margens do Rio Paraíba, dentro do perímetro do Complexo Químico.


A QUÍMICA COM A COMUNIDADE DE GUARATINGUETÁ Com os olhos voltados para a construção de um futuro sustentável, a BASF lembra que SUSTENTABILIDADE não se trata apenas de questões ambientais, por isso ela adota, desde 1990, o Programa Atuação Responsável®, que é gerenciado pela ABIQUIM (Associação Brasileira da Indústria Química). O Atuação Responsável® busca a melhoria contínua nas áreas de Segurança, Saúde e Meio Ambiente, contemplando todo o ciclo de vida do produto, desde a sua criação até descarte final das embalagens. E como participante deste programa, a BASF estabelece um diálogo contínuo e transparente com as comunidades de seu entorno e órgãos públicos interessados. Além do relacionamento com a comunidade, a BASF ainda apoia fortemente programas educacionais em parceria com instituições e município. Com o objetivo de potencializar a educação e o ensino de ciências, os projetos atendem diversas escolas públicas de Guaratinguetá.

INVESTINDO NA SOCIEDADE A BASF tem uma estratégia de investimento social que prevê sua contribuição para o desenvolvimento das comunidades em que está presente por meio de projetos socioeducacionais. Atualmente, a empresa é responsável por quatro projetos sociais realizados com recursos próprios. Além disso, também faz a gestão de outros cinco projetos aprovados pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que contam com destinação de 1% do Imposto de Renda da empresa. Veja quais são os projetos próprios e os incentivados pela BASF PROJETOS PRÓPRIOS: CRESCER O Projeto Crescer, instituído pela BASF há mais 30 anos, foi reformulado em 2012 e passou a ter foco na capacitação de adolescentes por meio da oferta de bolsas de estudo de curso preparatório para vestibular de escolas técnicas. O resultado foi 76 alunos aprovados nas melhores escolas técnicas de Guaratinguetá (SP) e São Bernardo do Campo (SP).

Nos últimos dois anos, o principal critério para concessão das bolsas foi desempenho. Em 2013, dos quase 400 alunos inscritos, foram selecionados os 110 alunos com as melhores notas em português, matemática e ciências nas escolas públicas de Guaratinguetá (SP) e São Bernardo (SP). Além das 10 horas de aulas extracurriculares semanais, o Projeto oferece encontros de orientação para escolhas, reforço escolar, parceria com os pais nos encaminhamentos das dificuldades identificados no desempenho dos alunos e apoio por meio do Programa de Voluntariado. A BASF acredita que o projeto Crescer pode contribuir para a valorização de jovens das escolas públicas, que estarão melhor preparados para acessar o mercado de trabalho e curso universitário. ACADEMIA DE CIÊNCIA Desde 2000, o programa era desenvolvido pelo Instituto Braudel e em 2009, iniciou-se a parceria com a BASF para atender alunos do ensino médio. Hoje, o projeto também é desenvolvido junto aos alunos do ensino fundamental II. O projeto tem o objetivo de despertar a curiosidade, identificar a vocação científica e melhorar o desempenho dos alunos das escolas públicas, a fim de atender a demanda crescente da sociedade do conhecimento e os desafios da economia global. Anualmente são beneficiados 5.200 estudantes entre o 6º. Ano e o 9º. ano do ensino fundamental II e 1º. ao 3º. ano do ensino médio. O projeto acontece em Guaratinguetá e São Bernardo do Campo.

EDIÇÃO 01

15


CAPA REAÇÃO Os professores da secretaria municipal de Educação de Guaratinguetá são convidados a usar a metodologia do Programa ReAção, educando para a vida, que desde 2006 vem mudando o jeito de ensinar e de aprender ciência. A capacitação dos professores foi iniciada em 2006, com 500 profissionais, e já permitiu que eles próprios elaborassem um manual que apresenta conceitos básicos de ciências e experiências práticas e simples. Em 2013, os professores interessados estão participando de curso de atualização. O conteúdo da capacitação está alinhado com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) do Ministério da Educação e Cultura e com a Metodologia São Paulo faz Escola, adotada pelo governo do Estado de São Paulo. Também este ano estão acontecendo oficinas no contraturno das aulas para os alunos de seis escolas municipais: Carmelita de Moraes, Heloisa Helena, Elvira Giannico, Maria Julia do Amaral, Dr. Guilherme Eugênio e Zezé Figueiredo. Nas atividades do programa, exercícios mentais, como a observação, descrição, comparação e classificação, são aplicados a sistemas muito simples, que desenvolvem no estudante a capacidade de pensar de forma organizada. Estamos preparando os alunos para um processo de aprendizagem contínua, que sem dúvida trará maior eficácia para a solução de problemas, contribuindo para a tomada consciente de decisões com independência. GURI Para superar desafios no desenvolvimento pessoal e profissional de crianças, adolescentes desfavorecidos economicamente do bairro Veraneio Ijal, em Jacarei, desde 1999 o projeto Guri

16

EDIÇÃO 01

na Roça contribui para a socialização por meio de processos educacionais e da identificação de alternativas de trabalho e fontes de renda. A BASF assumiu o Projeto em 2012. Em 2013 o projeto está beneficiando 84 crianças e adolescentes e suas famílias. Nos últimos 13 anos passaram pelo projeto 752 crianças. O objetivo do projeto é formar cidadãos conscientes e solidários por meio de ações que contribuam para a socialização de crianças e adolescentes e de suas famílias nas comunidades de Jacareí. Além da BASF, também são parceiros do Projeto a Viação Jacareí (doação do transporte diário dos beneficiados), o Instituto Camargo Corrêa (que capacita os jovens para o trabalho de multiplicadores de questões como prevenção à gravidez precoce e uso de drogas, além da Prefeitura Municipal de Jacareí, que doou o terreno para a construção da sede da ONG Guri na Roça, responsável pelo Projeto. PROJETOS INCENTIVADOS: PROJETO NATAÇÃO INCLUSIVA: cerca de 200 estudantes de Guaratinguetá

aprendem natação utilizando a metodologia do Gustavo Borges, um ícone do esporte no país. O mesmo espaço, a piscina da APAE, é compartilhado por crianças com e sem deficiência. Entidade: APAE e Escolas Municipais PROJETO SPORTLIFE: cerca de 700 crianças e adolescentes, a maioria de escolas municipais, participam de aulas de esporte, com prioridade para o basquete. Entidade: Obra Social Santa Cruz Projeto Caminhar: para 60 crianças da Vila Sapé, em Guaratinguetá, o projeto é a oportunidade de alimentação, reforço escolar, aula de informática e orientação para a vida. Entidade: Grupo Fraternidade Irmão Altino PROJETO EQUILÍBRIO: Cerca de 60 crianças e adolescentes com deficiência têm acesso à equoterapia, acelerando o processo de inserção na sociedade. Entidade: Arte e Vida PROJETO MAKANUDOS: Cerca de 400 jovens recebem orientações e esclarecimentos que previnem o uso de drogas e a gravidez precoce. Entidades: Escolas Municipais


O

Prefeitura de Potim foi contemplada pelo PAC 2 e receberá mais de R$ 7 mi para investimentos em infraestrutura

Prefeito Benito Thomaz esteve presente na Cerimônia de Anúncio do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), em Brasília, 24 de outubro. Durante o evento foi divulgado o resultado da seleção do programa e Potim foi bene-

ficiado com a liberação de recurso de R$ 7 milhões e 300 mil para investimentos em infraestrutura. Segundo informações da Diretoria de Planejamento, os investimentos serão realizados nos bairros:

Jardim Cidade Nova – pavimentação, iluminação, calçada e ciclovia; Jardim Alvorada – pavimentação e calçada; Centro, Chácara Tropical e Frei Galvão – recapeamento, pavimentação e calçadas; Via Miguel Vieira que dá acesso ao bairro Vista Alegre – iluminação, calçadas e ciclovia. ”Fiquei muito contente por mais esta conquista para Potim. Agradeci a Presidente Dilma, que também esteve presente, e aproveitei para fazer o pedido de urbanização para a Praça Francisco de Assis Galvão (raspadão)”, ressaltou o Prefeito Benito Thomaz. As obras estão previstas para iniciar no final de 2014. Para mais informações entrar em contato pelo telefone 3112-9200. Prefeito Benito Thomaz e Presidente Dilma durante Cerimônia de Anúncio do PAC 2

EDIÇÃO 01

17


CULTURA

Cultura de Verdade! Por Michelly Ribeiro

Michelly Ribeiro é Jornalista Especialista em Jornalismo Político e em Dança e Consciência Corporal. Atualmente, está estudando Psicologia em São Paulo. Ela também assina o blog www.michellyribeiro.com. Falar sobre cultura para uma cidade como Guaratinguetá não é tão complicado, quando se tem a memória de personalidades que marcaram a história da ”Atenas do Vale do Paraíba”, como Dilermando Reis, em meio a tantos pintores, poetas e artistas plásticos, como Virgilino Gomes, Marcelo Gomes, Manoel Beldroega e Ernesto Quissak. E a cultura abrange também outros setores, como, por exemplo, a política. Afinal, conta com o envolvimento intelectual da população da cidade a fim de que tenha condições de participar ativamente da política de forma consciente. Como pensar em um país evoluído sem cultura? Então, vale refletir e começar a expandir. Relacionar esses dois universos não é difícil. Basta verificarmos os investimentos que a cidade tem feito em Cultura e Educação, que teremos a resposta em nossas mãos. Cultura não é só arte, mas é Educação, Política, Cidadania, uma espécie de trampolim que impulsiona os cidadãos a irem adiante, com esse diferencial atraente. É um desafio falar de cultura para uma cidade pequena, mas ainda acredito na potencialidade de seu povo, que guarda em sua mais intrínseca pele, museus como o de Conselheiro Rodrigues Alves e o do primeiro santo brasileiro, Frei Galvão. Quer cultura mais íntegra que essa? Guaratinguetá faz parte da história política do Brasil, e isso é cultura!

18

EDIÇÃO 01

Cultura não é somente fazer o social entre amigos, dançar no carnaval bebendo até cair, ir ao melhor clube da cidade ou à balada aos finais de semana, se distrair ao som de Gusttavo Lima ou Paula Fernandes no Recinto de Exposições. Pode até fazer parte da composição cultural de uma pessoa, mas se engana quem pensa que somente isso é cultura. A cultura tem a capacidade de transcender a alma, promover a reflexão e o censo crítico, e é justamente aí que ela invade os espaços da política, educação, e por aí vai. A dança, por exemplo, surgiu há muito tempo, nas cortes européias. Era voltada para a elite e somente depois se expandiu. Com o tempo, dançar virou manifestação artística com o balé, além de uma forma de expressar a crítica à política com o passar dos tempos. Isso é arte! Mas, também é política, uma política inteligente para poucos, mas que, dependendo de quem a dirige, pode ser acessível a todos.

A cultura tem a capacidade de transcender a alma, promover a reflexão e o censo crítico, e é justamente aí que ela invade os espaços da política, educação, e por aí vai.


“A “A“A maioria maioria maioria das das das pessoas pessoas pessoas cometem cometem cometem oo erro oerro erro de dede pensar pensar pensar que que que design design design éé aéa aparência. aaparência. aparência. As AsAs pessoas pessoas pessoas pensam pensam pensam que que que aos aos aos designers designers designers éé entregue éentregue entregue algo algo algo ee dito: edito: dito: “Deixe “Deixe “Deixe bonito!” bonito!” bonito!” Isso Isso Isso não não não éé oéo que oque que achamos achamos achamos que que que seja seja seja design. design. design. Não Não Não éé só ésósó oo que oque que aparece aparece aparece ee sente. esente. sente. Design Design Design éé como écomo como funciona.” funciona.” funciona.” Steve Steve Steve Jobs Jobs Jobs

AANNAA PPAAVVÃÃOO

DESIGN CRIAÇÕES CRIAÇÕESGRÁFICAS GRÁFICAS MARKETING MARKETING WEBSITES WEBSITES

Diagramação Diagramação Diagramação Arte Arte Arte

Marketing Marketing Marketing Soluções Soluções Soluções

WebServiços WebServiços WebServiços

• • Sobre Sobre

• • Serviços Serviços

Mais Mais Mais de dede 55 5 anos anos anos de dede experiência experiência experiência em em em criação criação criação de dede identidade identidade identidade visual, visual, visual, publicidade, publicidade, publicidade, web web web sites, sites, sites, SEO, SEO, SEO, mídias, mídias, mídias, planejamento planejamento planejamento ee eno nonodesenvolvimento desenvolvimento desenvolvimentode dedeprojetos projetos projetosgráficos. gráficos. gráficos.Soluções Soluções Soluçõesde dede acordo acordo acordocom com comoo odiferencial, diferencial, diferencial,aa anecessidade necessidade necessidadeee eoo oobjetivo objetivo objetivode dede cada cada cada cliente. cliente. cliente.

• • • Criação Criação Criação ee gerenciamento egerenciamento gerenciamento de dede websites. websites. websites. • • • Edição Edição Edição de dede material material material gráfico. gráfico. gráfico. • • • Identidade Identidade Identidade Visual. Visual. Visual. • • • Criação Criação Criação de dede campanhas campanhas campanhas publicitárias. publicitárias. publicitárias. • • • Planejamento Planejamento Planejamento de dede marketing. marketing. marketing.

ccoo cn onn ttaat tatoot @ o@@ aan ann aap apa pavavavao aod ode desesisiggi n gnn ..cc.oo cm omm ..bb. rbr r ••• ((11( 2 12)2) )997 972 728 28-8-77 -3 731 313 133

wwwwww. a. annaappaavvaaooddeessi gi gnn. c. coomm. b. br r


COM ASPAS

”Com Aspas” Por David Donald - Gerente de T.I.

I

maginem a minha cara de surpresa, dúvida e desespero, tudo misturado, quando recebi o convite pra escrever uma coluna em uma revista... Uma Coluna! Por que eu? Sobre o que escrever?! Me falaram que a revista seria sobre Guaratinguetá, e ainda foram loucos de me deixar escolher sobre o que escrever! ”Só pode ser brincadeira!” pensei. O que escrever sobre a Terra das Garças Brancas? Que nesse ”caminho para as Minas Gerais” de tudo passou, mas nada ficou? Que a família imperial já passou por aqui... que uma imagem foi Aparecida por aqui... que até um Frei nasceu aqui e ainda se tornou primeiro santo brasileiro... só que ficou famoso mesmo fora daqui. Ah, tivemos também um time de futebol que já foi primeira divisão no campeonato paulista... até sair da cidade... Pois é, muita gente famosa já nasceu aqui: artistas, professor da Nossa Língua Portuguesa, ex presidente... Já fomos caminho para o ouro, já dominamos o açúcar, o café e temos até uma Catedral! Mas aposto que você não sabia que Guaratinguetá, na década de 80, já foi chamada de a capital do skate do Brasil! Pois é, temos até um ”Dia do Skate” guaratinguetaense, decretado em 2012 por lei de autoria do vereador Silvio Reis, comemorado todo 3º domingo de Agosto (dia em que comecei a escrever esta coluna). Dia 21 de junho já é o ”Go Skate Day” (ou dia mundial do skate), mas os descendentes dos Super Dogs (ou dos Oest Cost?) precisavam de um dia municipal e... Para tudo!!!

20

EDIÇÃO 01

Afinal de contas, qual é o tema dessa coluna? Guaratinguetá é uma cidade interessante, com comércio variado, alguma diversão, um lado turístico, religioso e histórico pouco explorado e que poucos conhecem. Mas confesso que já escrevi e apaguei umas cinco tentativas de falar sobre algum assunto porque, em todas elas, acabava tocando em algo ”delicado” digamos assim... Quando eu escrevia no blog (sim, o ”Com Aspas” já foi um blog) era mais fácil, na internet você tem certa liberdade pra tocar em determinados assuntos que em uma revista, principalmente sendo regional, acaba afetando essa ou aquela pessoa em particular. E muitas vezes sem intenção, você fala sobre um determinado tipo de pessoa, mesmo sem citar nomes ou grupos específicos, se pela internet ou outra mídia mais abrangente, as pessoas se identificam ou não sem se sentirem ofendidas, enquanto em um público mais seleto, fica sempre o pensamento se a intenção não era realmente afetar aquele grupo específico que se sentiu agredido com um comentário ou outro. Precisava então tomar uma decisão e tomei: Não vou me preocupar com isso. Obviamente as coisas que escreverei aqui, se tiver algum comentário mais específico, serão sim baseados em minha vida e nas pessoas e coisas que conheci e observei, mas já morei em tantos lugares, que se sentir agredido pessoalmente por algo que eu disse é opção de cada um. Mas não vou apanhar sozinho claro, vou querer a ajuda dos leitores!

A partir do lançamento desta revista estará no ar também, em nossa página no Facebook (www.facebook. com/portalomelhordeguara), um espaço para sugestões, perguntas ou o que se sentir à vontade pra dizer. E pode deixar o seu recado sem medo. Nós vamos ler (eu e todos os que entrarem no portal) e nas próximas edições vou sempre tocar nos assuntos mais interessantes e comentados. Independentemente do que for, política, religião, moda, novela, roubo de Hornet, preço do PS4... Fiquem a vontade, o importante é fazer barulho! Minha opinião vai aparecer sempre por aqui em cada edição, pode não agradar a todos, mas não faz mal. A gente põe lenha na internet e pega fogo por aqui (afinal, papel pega fogo mais rápido, igual o mato da aeronáutica que estão colocando fogo enquanto termino este texto. Gostaria inclusive de agradecer ao responsável pelo fogo pela sujeira que ficou aqui em casa e praticamente no bairro todo, eu tinha acabado de lavar toda a frente de casa... #chateado)! Um abraço a todos!


CANTINHO JURÍDICO

Adoção é doação, uma atitude com amor

A

dotar é um ato de coragem, generosidade e muito amor, sem preconceito, e com total respon-

sabilidade por aquele novo ser que entra na família e passa a fazer parte dela para sempre. De acordo com dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), existem atualmente 5.471 crianças e adolescentes à espera de um lar no Cadastro Nacional de Adoção (CNA), ferramenta criada no ano de 2008 para dar auxílio aos juízes das varas da Infância e da Juventude na condução deste tipo de procedimento.

Você gostaria de adotar uma criança? Conheça a seguir as etapas iniciais de um processo de adoção: 1) A idade mínima para se habilitar à adoção é 18 anos e independe do seu estado civil, desde que seja respeitada a diferença de 16 anos entre quem deseja adotar e a criança a ser acolhida. 2) Procure a Vara de Infância e Juventude do seu município com os seguintes documentos: identidade; CPF; certidão de casamento ou nascimento; comprovante de residência; comprovante de rendi-

O processo, em regra, leva em mé-

mentos ou declaração equivalente;

dia um ano, porém, pode demorar um

atestado ou declaração médica de

pouco mais de tempo, dependendo do

sanidade física e mental; certidões

perfil desejado pelos futuros pais.

cível e criminal.

Por Daiana Morais

Advogada - OAB/SP 268.891 Especializada em Direito Público Rua Lamartine Delamare, 326, Centro, Guratinguetá / SP 3) Será necessário fazer uma petição, preparada por um advogado, para dar início ao processo de inscrição para adoção (no cartório da Vara da Infância e Juventude), e posteriormente, caso seja aprovado, ter seu nome habilitado no cadastro para dar seguimento ao feito. A adoção é ato irrevogável, mesmo que os adotantes venham a ter filhos, aos quais o adotado estará equiparado, tendo os mesmos deveres e direitos, proibindo-se qualquer discriminação. Muito mais que os interesses dos adultos envolvidos, a finalidade é satisfazer o direito da criança e do adolescente, priorizando seu desenvolvimento físico, educacional, moral e espiritual dentro de uma convivência familiar sadia e harmônica.

EDIÇÃO 01

21


SAÚDE E BEM ESTAR

Termogênicos

Você sabe como os termogênicos funcionam? São inofensivos ou não à nossa saúde? Por Andréia Ribeiro

V

Nutricionista Clínica - Pós-Graduação em Nutrição Clínica CRN 35596-3 Fones (012) 3133-5396 e 99738-3388

ocê com certeza já ouviu falar que chá verde emagrece, que vinagre de maçã é melhor que o vinagre comum, que linhaça ajuda na dieta, dentre outras coisas. Mas você sabe se realmente estes alimentos ajudam a perder peso e como eles funcionam? Você já parou para pensar que, assim como remédios, pode haver contraindicação ou efeitos colaterais? Para isso, é importante saber como escolher e não ser enganado pelas propagandas que existem por aí. Quando falamos em emagrecimento, estamos falando consequentemente em gasto de energia corporal, que pode ser oriunda do gasto pela realização de trabalho (ou seja, exercícios físicos) ou pela produção de calor. Este processo é chamado de termogênese e pode ser influenciado pela temperatura ambiente e pela alimentação. A exposição ao frio, por exemplo, aumenta a produção de calor no corpo e consequentemente aumenta também o gasto de energia. Existem também substâncias usadas por atletas para melhorar a performance física e a concentração (substâncias ação ergogênica) que, além dos exercícios físicos com alta intensidade, aumentam consideravelmente a liberação de hormônios que ”queimam” gordura, pois serão usadas como fonte de energia. Em sequência vêm os alimentos termogênicos: pimenta vermelha, mostarda, gengibre, vinagre de maçã, acelga, aspargos, couve, brócolis, casca da laranja, kiwi, cafeína, guaraná em pó, água gelada, linhaça, gorduras vegetais, gorduras de coco e produtos derivados do chocolate. Hoje são encontrados no mercado muitos suplementos que prometem

22

EDIÇÃO 01

o emagrecimento rápido, como: cafeína, chá verde, guaraná em pó, dentre outros. Você sabe como os termogênicos funcionam? Eles realmente ajudam a perder peso e a queimar as gorduras indesejadas? Os termogênicos aumentam a produção do calor através da elevação dos batimentos cardíacos, consequentemente, eles aumentam o gasto de energia (principalmente da gordura). Em outras palavras, o consumo de termogênicos ajuda a emagrecer porque faz com que o organismo queime mais gordura. Os produtos mais utilizados para isso são: cafeína, efedrina, anfetaminas, pimenta, Pholia Negra, Pholia Magra, Citrus Aurantium, guaraná em pó ou em cápsula. No entanto, existem vários estudos conflitantes nos quais não se encontram tais efeitos na melhora da performance. Para que ocorra um emagrecimento é necessário que juntamente com o uso do termogênico seja realizada uma dieta de baixa caloria. A cafeína é uma substância que a literatura demonstra claramente os efeitos termogênicos, mas indivíduos com predisposição ao aumento da pressão arterial precisam ser cautelosos no seu consumo, pois é contraindicado em indivíduos hipertensos. O uso de substância termogênica requer uma avaliação individual considerando vários aspectos importantes, tais como: hipertensão, resistência a insulina, hipoglicemia, alterações na glândula da tireóide, depressão, fadiga crônica; uma vez que, devidos aos efeitos colaterais, o indivíduo submetido a tal uso poderá potencializar distúrbios preexistentes.

O horário do consumo do termogêncio também deve ser avaliado com cuidado. Pela manhã ocorre um aumento na pressão arterial devido à reação do corpo ao momento de despertar (há um aumento da liberação do cortisol com a finalidade de aumentar à temperatura corporal promovendo assim o despertar todas as manhãs). O consumo de termogênicos no mesmo horário da prática de exercícios físicos (principalmente pela manhã) pode representar um risco à saúde, especialmente em indivíduos que apresentam fatores de riscos cardiovascular, tais como: circunferência da cintura elevada >88/90cm, obesidade, hipertensão, apneia do sono, resistência à insulina. Portanto, o uso sem orientação adequada é um fator de risco cardiovascular. Todos nós, já lemos ou ouvimos alguma vez que não se deve tomar remédios ou começar uma dieta sem orientação de um profissional da área para isso é importante buscarmos informações de como estes produtos irão agir em nosso organismo para consumi-los de forma segura e sem riscos para a saúde.

http://omelhordeguara.com/outros/saude-bem-estar


SAÚDE E BEM ESTAR

SHIFT

Por Adriano Lima

Atividade física com prazer!

H

oje sabemos que a prática de atividades físicas nos traz inúmeros benefícios, principalmente no que diz respeito à redução do risco de doenças cardiovasculares, além de contribuir para o processo de perda dos quilos em excesso e manutenção do peso ideal. Porém, atualmente um dos problemas mais comuns para incorporarmos a atividade física em nosso dia a dia é a falta de tempo.  Juntamente a esse problema, outros tipos de reclamações são muito comuns em academias, como a falta de orientação na execução dos exercícios, a constante ”briga” por equipamentos, o barulho excessivo e a falta de motivação em relação aos treinos. Todos esses fatores acabam tornando a atividade física pouco prazerosa, gerando uma insatisfação por parte do aluno. A aderência a um plano de atividade seja ela para emagrecimento ou manutenção de peso adequado, só será alcançada se o prazer não for abolido.

Pensando nisso, foi que decidimos criar a SHIFT. Com um amplo espaço físico, equipamentos de qualidade e profissionais qualificados, conseguimos oferecer um modelo de atividade diferente das academias convencionais, principalmente no que diz respeito à saúde, qualidade de vida e bem estar. Possuímos programas de treinos personalizados, adequados à necessidade do aluno, respeitando o perfil de cada um, seja para aqueles que querem simplesmente melhorar seu condicionamento ou melhorar seu desempenho em determinado esporte, para tratar algum problema como hérnia de disco, artrose, tendinites e disfunções posturais ou até mesmo pelos simples fato de querer praticar uma atividade física, independentemente da idade.


SAÚDE E BEM ESTAR

Benefícios do consumo de peixes na alimentação

A

principal fonte de benefícios associados ao consumo de peixes ocorre pela presença de gorduras poliinsaturadas do tipo Ômega –3, a qual está associada à diminuição de doenças coronarianas, aumento dos níveis de HDL (bom colesterol) e LDL (mau colesterol), redução da agregação de plaquetas, prevenindo enfartes e melhor controle imunológico nas reações inflamatórias. Os peixes contêm ácidos graxos Ômega-3 e alguns são ricos em vitamina A, recomenda-se sempre que for possível substituir a carne vermelha pela do peixe, pois esta última é menos gordurosa e apresenta uma gordura mais saudável.

BENEFÍCIOS ASSOCIADOS AO CONSUMO DE PEIXES: •

Diminui a taxa de colesterol;

Atua nas células nervosas (deficiências nos nutrientes existentes nos peixes podem refletir em problemas de memória, alterações de humor e retardo na aprendizagem);

Diminui o risco de doenças coronárias e arteriosclerose (endurecimento e espessamento da parede das artérias);

Atua no processo das inflamações, controle da pressão alta e diminuição da agregação plaquetária;

Atua na manutenção do peso ideal, através do controle do apetite;

Fonte de proteínas de elevado conteúdo nutritivo que contribuem com o processo de digestão, ultrapassando às das carnes vermelhas;

QUAIS PEIXES SÃO MELHORES FONTES DE ÔMEGA 3 Veja a quantidade de Ômega 3 presente em 100g de alguns peixes: •

Arenque: 1,2 a 3,1 gramas.

Sardinha: 1,5 a 2,5 gramas.

Salmão: 1,0 a 1,4 gramas.

Atum: 0,5 a 1,6 gramas.

Bacalhau: 0,2 a 0,3 gramas.

Linguado: 0,2 a 0,3 gramas.

24

EDIÇÃO 01

Fonte de vitaminas (A, E, D e niacina) e micronutrientes (ferro, iodo, magnésio, cálcio, sódio, fósforo, potássio, flúor, selênio, manganês e cobalto); Em mulheres grávidas, evita a depressão pós-parto e auxilia no desenvolvimento cerebral do feto.

Por Andréia Ribeiro

Nutricionista Clínica - PósGraduação em Nutrição Clínica CRN 35596-3 Fones (012) 3133-5396 e 99738-3388 Esse consumo precisa ser estimulado em função da importância dos peixes na saúde humana: ele deve ser ingerido no mínimo duas vezes por semana, intercalando-o com outros tipos de carnes. Isso irá garantir uma alimentação saudável com repercussões em vários aspectos da saúde física e mental.

CUIDADOS COM A ESCOLHA DOS PEIXES •

É importante comprar o peixe sempre congelado e nunca fora do gelo;

Os olhos do peixe devem estar salientes, não profundos e evidentemente sem manchas;

O odor deve ser o característico, não podendo ser muito forte;

A carne do peixe deve estar firme sem se desfazer;

As escamas devem estar firmes no corpo do peixe.

Apesar de ser de conhecimento popular os benefícios dos peixes, o consumo desse alimento no Brasil é relativamente pequeno.

http://omelhordeguara.com/outros/saude-bem-estar


SOCIAL

www. facebook.com/portalomelhordeguara

XENIA PEREIRA PALANDI OLIVEIRA alterou sua foto da capa. 38 pessoas curtiram isso.

ALICE FELIX alterou sua foto da capa. 43 pessoas curtiram isso.

SAULO QUIRINO em 180 Graus Ubatuba 138 pessoas curtiram isso. DAVID ARAUJO DE PAULA alterou sua foto do perfil. 34 pessoas curtiram isso.

THALITA CASTRO  alterou sua foto do perfil. 26 pessoas curtiram isso.

CARLA KELLY alterou sua foto do perfil. 188 pessoas curtiram isso. LIDIANA DANIEL  alterou sua foto do perfil. 15 pessoas curtiram isso.

26

EDIÇÃO 01

GABRIELA CASTRO alterou sua foto da capa. 40 pessoas curtiram isso.


MODA NA JANELA

Aprendendo a valorizar seu guarda-roupa

Q

uem nunca olhou para o guarda-roupa e teve a sensação de não ter nada interessante

para vestir? Isso acontece com grande frequência, mesmo quando há várias roupas interessantes por lá. O maior causador desse problema é o fato de estarmos acostumados a consumir cada vez mais e de não pararmos para pensar nas novas possibilidades da combinação das peças que já temos. Para ter uma número maior de possibilidades, é importante apostar em peças certeiras, como os acessórios, que irão combinar com a maioria das suas roupas. Além disso, essa é uma boa opção para incrementar as peças básicas e não aparentar que esteja repetindo uma mesma peça.

28

EDIÇÃO 01

CONFIRAM A SELEÇÃO DE 7 PEÇAS CORINGAS QUE LEVANTAM QUALQUER PRODUÇÃO: 1- Meia-calça preta Embora pareça uma peça básica, muitas mulheres ainda preferem sair sem ela. A meia-calça preta é ótima para dar a impressão de pernas mais finas, ajuda a manter as pernas mais quentinhas, deixa o look mais comportado quando usada com saias e vestidos e ainda possibilita inúmeras combinações. 2- Maxi-colar Ele é a febre do momento e é fácil encontrar um que combine com você. Vale lembrar que ele não precisa ser colorido, pois aqueles em tons metálicos (como dourado e prata) combinam com mais peças e ainda não saem de moda. É um ótimo acessório para incrementar as produções mais simples.

Por Larissa Donato Couto Estudante de Moda

3- Bolsa coringa É sempre bom investir em pelo menos uma bolsa de melhor qualidade. O tamanho vai depender da sua necessidade, mas caso carregue mais ou menos coisas dependendo da ocasião, adquira uma peça maior e outra menor. Dica: As bolsas de couro têm uma aparência mais sofisticada e para não errar é só escolher uma cor mais neutra, como preto ou marrom. 4- Sapatilha clássica Sabe aquelas sapatilhas bem justinhas ao pé que vemos aos montes por aí? Esse também é um bom investimento. Além de encontrarmos de várias marcas diferentes, as sapatilhas deixam o look feminino e delicado. Você pode combiná -las com vestidos, saias, calças, shorts; ou seja, com praticamente tudo.

http://omelhordeguara.com/modanajanela


5- Lenço Os lenços ainda são, no geral, pouco utilizados. Entretanto, além de trazerem cor para look, deixam ele mais mais charmoso. Caso você tenha certa dificuldade na hora de utilizá-lo, tente pensar em outras opções, como amarrá-lo à bolsa, no rabo de cavalo, ou até mesmo como turbante. O uso desse acessório não é restrito ao pescoço. 6- Peep Toe preto ou nude O peep toe é um novo clássico e traz um ar mais sofisticado, principalmente se for preto ou nude. Como às vezes é difícil saber qual sapato combinar com sua roupa, ele também pode servir como uma peça amiga, que vai bem com tudo. 7- Jaqueta de couro preta ou blazer preto Esse último tópico tem duas peças, porque você pode escolher o que

combina mais com seu estilo, mas o essencial é pensar que os dois são peças nas quais você pode até investir um valor mais alto, pois nunca saem de moda e ainda deixam a produção mais chique e harmoniosa. Dá até para utilizá-los com sobreposição de vários vestidos, ao invés de pagar vexame tremendo de frio em eventos que pedem uma produção mais formal. Com essas dicas, tenho certeza de que seu guarda-roupa ficará ainda mais interessante. Não se esqueça, porém, de que o mais importante é estar sempre aberta para testar novas possibilidades com o que você já tem. Isso sim é ser estilosa e não consumir apenas o que está na moda. Se divirta e arrase!


Fotos: Marcos Santos / USP Imagens

GASTRONOMIA

Guaratinguetá, grande produtora de arroz

O

arroz é um dos cereais mais antigos consumidos em todo o mundo. Tudo começou há cerca de dez mil anos no sudeste asiático entre a China, Índia e Indochina. Existem várias versões sobre a origem das primeiras culturas de arroz, embora a mais aceita e difundida entre os historiadores, assinala a China como o país precursor da cultura deste cereal e reconhece a Índia como o país de origem onde foi encontrado o primeiro grão na sua forma selvagem. Através de análises com carbono 14 (medição dos valores de carbono-14 contida em qualquer matéria orgânica, podendo precisar até 50 mil anos, através de análise feita em laboratório, onde se conta o número de radiações beta produzias por minuto e por grama de material,

30

EDIÇÃO 01

Por Giovanni Bimestre Campiolo

Chef de Cozinha. Formado pelo Senac de Campos do Jordão e Pós-Graduação na Itália.

tendo como máximo 15 radiações beta, cifra que se divide por dois a cada período de 5730 anos de idade da amostra), realizadas em grãos de arroz encontrados em tigelas descobertas em escavações situadas em Pengtou Xiang, descobriu-se que o arroz foi cultivado em Hunan (província da República Popular da China, localizada no centro-sul do país, ao sul da província encontra-se o lago Dongting, daí o nome Hunan que significa ”ao sul do lago”) a partir dos anos de 8200 – 7800 a.C. O cereal chegou aos países mediterrânicos cerca de 350 anos a.C., devido ao seu grande valor era usado como moeda de troca entre os reinos, pois somente os nobres, reis e deuses podiam saborear este manjar. O rei persa Dário foi o grande propa-

gador desta cultura na Mesopotâmia. Os gregos e romanos reconheciam o cereal mais como planta medicinal do que como alimento. Foi através da bacia do Eufrates e do Tigre que os árabes introduziram o arroz nas costas espanholas, por volta do século VIII, onde ”Molsen, o Conquistador”, difundiu pela primeira vez o cultivo intensivo do cereal, com este feito, temse a procedência do nome ao cereal tal como o conhecemos hoje em dia ”arroz” que deriva da palavra árabe ”ar-rozz”. Portugal teve o arroz quase onipresente, fazendo parte do cotidiano popular, devido as suas inúmeras possibilidades de cozimento, sabores, texturas, aromas e ingredientes ao qual o grão podia se adaptar, fazendo com que o arroz fizes-

http://omelhordeguara.com/entretenimento/gastronomia


se parte da culinária do país, desde os fogões mais humildes até a requintada gastronomia dos reinos. Na América Latina o arroz chega à segunda metade do século XVI, durante a segunda viagem de Cristóvão Colombo. Arroz e presunto foram alimentos que os portugueses deram aos índios quando aqui chegaram em 1500, como informa Pero Vaz de Caminha em sua famosa carta. O arroz começou a ser plantado na capitania de São Vicente, o que corresponde atualmente ao litoral sul de São Paulo até o Sul do Rio de Janeiro. Esses relatos remontam aos anos de 1530 – 1540, mais tarde o cereal se espalha por outras regiões do litoral e especialmente no nordeste brasileiro. Todos esses locais tinham o cultivo em pequenas lavouras para subsistência. Somente com a abertura dos Portos por D. João VI, em 1808, é que o cereal começou a ser importado para o país, fazendo tanto sucesso a ponto de modificar hábitos alimentares da época.

CURIOSIDADE: Na antiguidade o arroz simbolizava fertilidade, riqueza e abundância e por este motivo tornou-se costume jogar por sobre as cabeças de recém casados o cereal para lhes desejar fortuna e uma inúmera prole.

No município de Pelotas surge a primeira lavoura empresarial já irrigada no ano de 1904. Mais tarde em 1912 uma empresa arrozeira revoluciona o mercado lançando a primeira embalagem de arroz dirigida ao consumidor com o peso de 1 (um) quilo. Hoje este cereal é produzido em mais de 42 países. A ONU proclamou 2004 como o Ano Internacional do Arroz (resolução 57 / 162 de 28 de Janeiro de 2003) devido a sua importância vital e trajetória histórica. No vale do Paraíba o arroz inicia sua história no final do Império com a criação de cinco colônias agrícolas, uma delas fundada em Guaratinguetá no ano de 1892, essas colônias surgiram pela necessidade de se ocupar as várzeas do rio Paraíba e as áreas livres dos municípios. O arroz foi introduzido nessas colônias por Monges Trapistas em terras que hoje se localiza o município de Tremembé. O arroz é o principal produto agrícola cultivado no Vale do Paraíba, com produção estimada em aproximadamente 24.000 (vinte e quatro mil) toneladas, Guaratinguetá é responsável por uma produção aproximada de 9.000 (nove mil) toneladas, ou seja, 37% do total de cereal produzido no Vale. As variedades mais cultivadas por nossas terras são EPAGRI de Santa Catarina (EP 109, EP 106, EP 114 e EP 113) onde a EP 109 é mais utilizada. Existem mais de 2.000 (duas mil) variedades de arroz, embora as cultivadas sejam bem menos. A maior parte delas procede de duas espécies selvagens, uma asiática (Oryza Sativa), que apareceu inicialmente nas montanhas do Himalaia e outra africana (Oryza Glaberrima), originária do delta do rio Níger. De acordo com o tamanho do grão o arroz pode dividir-se em vários tipos, como: de grão longo, médio e curto ou redondo. O primeiro é superior a 6mm

de comprimento, muito seco, ligeiro e permanece solto depois de cozido (ideal para saladas), exemplos dele são os aromáticos Basmati e Tailandês ambos com aroma de jasmin. O de grão médio mede entre 5 e 6mm, mais arredondado que o grão longo, sabor suave e textura macia como o arbóreo. Já o de grão curto ou redondo recebe este nome porque é quase tão comprido quanto largo, mais o menos 4 a 5mm de comprimento e 2,5mm de espessura, exemplos são o Júcar, Baía e o arroz Bomba. As variedades principais são: o arroz branco de grão alongado, onde se retirou a casca e o farelo. O arroz integral, onde se conserva a maior parte da cutícula que cobre o grão, o que lhe confere um tom castanho e um teor de fibra superior ao branco. O arroz parbolied (parboilizado) ou vaporizado, possui o mesmo valor nutritivo do integral e cor levemente dourada (este arroz é obtido através de um processo mecânico). Há também o arroz vermelho de procedência asiática e que recebe este nome devido a uma camada de farelo vermelho que cobre o grão e temos o arroz preto que também procede da Ásia, rico em vitamina B e oligoelementos. Aqui no Vale do Paraíba, há cerca de cinco anos são produzidos também arrozes especiais como o vermelho, preto, cateto, arbóreo, jasmin, mini arroz e espécies aromáticas. Dado esse crescimento do cultivo de arrozes especiais foi criado em Guaratinguetá um centro de pesquisas e desenvolvimento do cereal, mantido pela família Ruzene onde pode-se ver todas as etapas de pesquisas e as fases de desenvolvimento da planta, este centro privado contém entorno de 2.000 (duas mil) variedades de arroz e é responsável pela criação do Mini Arroz (arroz exclusivo da família Ruzene, produzido somente nas terras de Guaratinguetá e Pindamonhangaba). Dentre os arrozes especiais o mais famoso é o Arroz Preto Ruzene.

EDIÇÃO 01

31


GASTRONOMIA

Histórico da cerveja Por Giuseppi Bimestre Campiolo

Chef de Cozinha. Formado pelo Senac de Campos do Jordão e Pós-Graduação também pelo Senac.

9.000 A.C. - A DESCOBERTA DOS GRÃOS.

1.400 – O LÚPULO

No início da atividade agrícola no Oriente, descobre-se a propriedade dos grãos e desenvolve-se uma cerveja rudimentar, feita de cevada e trigo.

Começa a ser usado o lúpulo, planta aromática que dá sabor amargo e ajuda a conservar a bebida. Desde a antiguidade já eram usados outros aditivos como mel, gengibre, alecrim e cravo.

6.000 A.C. – A MOEDA DE TROCA. Na Mesopotâmia e no Egito, a cerveja servia como moeda de troca. Seu efeito inebriante era explicado de forma mística e religiosa, por isso a bebida era oferecida aos deuses. 3.500 A.C. – OS PRIMEIROS REGISTROS. Os primeiros documentos escritos pelos povos trácios (Europa e Ásia atual), germânicos e celtas mostram que a cerveja está difundida pela região da Europa e Oriente Médio. 1.040 A.C. – A CERVEJA MAIS ANTIGA DO MUNDO. O Mosteiro de Weihenstephan, em Fresing, na Alemanha, consegue licença para produzir cerveja comercialmente. Está em atividade até hoje e por isso é a cerveja mais antiga do mundo. SEC. 12 E 13 – O SURGIMENTO DAS FÁBRICAS DE CERVEJA. Com a urbanização da Europa, começam a surgir grupos de vizinhos que se reuniam para fazer a bebida. A prática foi se desenvolvendo até surgirem manufaturas. Daí nasceram as primeiras fábricas de cerveja do mundo.

32

EDIÇÃO 01

1516 – LEI DA PUREZA Promulgada a Lei da Pureza na Baviera, Alemanha, que valorizou o processo de fabricação local. Água, cevada e lúpulo seriam os únicos ingredientes permitidos. 1.645 A 1.654 – CHEGADA DA CERVEJA NO BRASIL. Ela chegou ao Brasil trazida pelos Holandeses, mas ficou pouco. Com a saída deles do país, o produto só reapareceu e 1.808, com a vinda da Família Real Portuguesa. 1.810 – FESTIVAL OKTOBERFEST O maior festival mundial de cerveja, a Oktoberfest, se torna um evento oficial da cidade de Munique, na Alemanha. 1.842 – SURGIMENTO DA PILSEN. Josef Groll, na atual República Tcheca, produziu uma bebida clara e com sabor refrescante, conhecida como pilsen. É hoje a mais consumida no mundo.

http://omelhordeguara.com/entretenimento/gastronomia


1.888 – CIA BRAHMA E CIA ANTARCTICA. Surgem a s duas cervejarias que fariam história no Brasil. 1.954 – NASCIMENTO DO GUINNESS BOOK Diretor da cervejaria Guinness cria um livro de curiosidades discutidas nos pubs do Reino Unido, nascia o Guinness Book. 1.967 – A PRIMEIRA LATINHA NO BRASIL. A Skol Pilsen vem da Europa para o Brasil. Quatro anos depois, essa é a primeira cerveja a ser vendida em latinha no país. Em 1980, surge a Kaiser. 1.970 A 1.990 – O MOVIMENTO CERVEJEIRO. Movimento de cervejeiros ingleses em favor da ”Ale” incentivou a criação de pequenas fábricas ao redor do mundo. 2.008 – A MAIOR COMPANHIA DE CERVEJA DO MUNDO. A belgo-brasileira InBev adquire a americana AnheuserBush e se torna a ABInbev, maior companhia de cerveja do mundo. 1º DE MAIO DE 2.013 – INAUGURAÇÃO DO MANGIARE RESTAURANTE. Mais de 40 rótulos de cerveja para você degustar.


GASTRONOMIA

PEIXE AO MOLHO PESTO

Receita enviada por Andréia Ribeiro

INGREDIENTES

MODO DE PREPARO

1/2 maço de manjericão

No liquidificador bata o manjericão, a salsa, o alho, o azeite, sal e pimenta até formar um creme.

1/2 maço de salsa 2 dentes de alho 1/2 xícara (chá) de azeite Sal e pimenta do reino a gosto 4 filés de peixe limpos (tilápia, pescada, merluza) 4 colheres (sopa) de nozes picadas

Corte 4 quadrados grandes de papel alumínio, e coloque um filé de peixe em cada, coloque uma colher (sopa) do molho sobre cada filé, esfregue por todo peixe, feche o papel alumínio, como um envelope. Coloque em uma assadeira e leve em forno médio pré -aquecido por 15 minutos, retire do forno, abra o papel com cuidado por causa do vapor, sirva com o molho restante e polvilhado com nozes picadas. Sirva em seguida.

34

EDIÇÃO 01

http://omelhordeguara.com/entretenimento/gastronomia


Foto: J. Parra

VIDA & REFLEXÃO

Os Pedágios da estrada chamada Vida

M

uitas rodovias do nosso país possuem pedágios. Usando essa metáfora, do mesmo modo que seguimos nosso caminho e construímos nossa história, na longa estrada da vida, nos deparamos com os ”indesejáveis” pedágios. Quando pensamos nisto, vem em nossa mente o quanto vai nos custar, cálculo e preços e filas de congestionamentos. Bom, isso tudo são fatores desfavoráveis, reconheço. Na estrada da vida não é diferente, estamos percorrendo nosso caminho, na velocidade que conseguimos, até que temos que parar no meio do percurso e por inúmeras vezes o que acontece sempre, devemos ”pagar” os pedágios que a vida nos impõe. Poderíamos nos esquivar e achar melhor evadir esse trajeto, o que poderia re-

36

EDIÇÃO 01

sultar em ”multas”, atrasos maiores no percurso, do longo tempo trafegando no desconhecido. Frequentemente passamos pelo pedágio do perdão, da empatia, da renúncia, sabendo que os valores que destinamos a isso, serão revertidos para o nosso conforto, segurança e boa convivência, sempre existirá um custo/benefício e, sobretudo sacrifício para seguir adiante na estrada da vida. O sábio rei Salomão registra em seus provérbios: ”O caminho dos corretos consiste em evitar o mal; o que vigia seu procedimento conserva sua vida” Provérbios 16:17. Sei que cada um de nós luta e deseja desfrutar o melhor da vida e é certo que quando procedemos sabiamente, sacrificialmente, desfrutamos da maturidade, do crescimento pessoal e conservamos a qualidade de

Por Carla Kelly

Cantora e Compositora contato@cantoracarlakelly.com.br vida. É uma escolha nossa ”pagar”, ou seja, investir nos pedágios da vida, assim nos tornamos preservadores de nossas emoções. Viveremos pegando um atalho qualquer? Ou faremos todo o possível de passar pelos ”pedágios” e custe o que custar, pagar o seu devido preço? Pense.

LANÇAMENTO Confira o Lançamento do CD de Carla Kelly - De Volta no site www.cantoracarlakelly.com.br


ELAS POR ELAS

Amar ao próximo... Por Luciana Maciel

Especialista em Psicóloga Clínica e Psicossomática Avenida Ministro Urbano Marcondes, 260 - Vila Paraíba – Guaratinguetá Clínica Medica São Francisco - Tel. 3125–7710

A

mar ao próximo como a Ti mesmo. Uma citação bíblica que nos diz muito, mas, será que sabemos entender e aplicá-la em nossa própria vida? Amar a si mesmo é um processo contínuo que aprendemos desde a primeira infância, e, melhor dizendo, recebemos essa informação desde a nossa gestação. Uma gravidez com amor e tranquilidade, faz muita diferença na formação do embrião. Uma primeira infância em que o afeto e o limite são transmitidos com amor e cuidado, nos mostra o nosso próprio valor. Desde pequeno o outro nos é referência. Se os pais pensam, ‘meu filho é importante’, e mostram isso através de atitudes e bons exemplos, a criança pega isso como autovalor. Se meus pais estão demonstrando que sou importante, eu acredito que sou, e passo e me comportar sabendo da minha real importância para meus pais, para o mundo e para mim mesmo. O amor é contagioso, é repassado como uma energia positiva, no qual, o ser que transmite e o ser que recebe são beneficiados. Tente entender o amor, e sinta ele em você. Quando puder feche os olhos e evoque essa energia, dependendo do momento, você pode até sentir que ela esquenta o coração. Quando for abraçar uma pessoa, encoste seu coração no peito da outra pessoa, e sinta que uma energia diferente é trocada, e por incrível que possa parecer, essa força renova, protege e nos edifica. Voltando à autoestima, um termo criado pelos americanos e que hoje, virou

um jargão, devemos pensar se ela está somente ligada a ir ao cabeleireiro, comprar sapatos ou maquiagem. Amar a si mesmo é sentir-se bem com suas qualidades e aceitar seus defeitos, para que você possa melhorar e evoluir como ser humano. Para se amar, é necessário, primeiro se conhecer. Dizer, ‘eu me amo’, como uma fala vazia e sem conteúdo é fácil. Só quero saber se quando você diz ‘eu me amo’, isso inclui todos os seus erros, todos os seus enganos, todos os seus defeitos e dificuldades. Amar a sua parte boa é fácil, difícil é aceitar e amar que você não é perfeito, que é humano e que comete erros com você mesmo e com os outros, pois, no mundo de hoje está mais fácil esconder a sujeira debaixo do tapete, e viver de aparência e futilidades. Temos três conceitos de Autoestima: 1. ALTA AUTOESTIMA Ao contrário do que o senso comum preconiza, ter autoestima é sair com o melhor cabelo e a maquiagem da moda. Desfilar com o carro novo e sair pisando nas pessoas que julgam estar a baixo. Vejo pessoas que se vestem de soberba e acham que tem autoestima. Andar na rua com a cabeça erguida pisando nas coisas simples, e distribuindo discursos inflamados do que se tem, não é ter autoestima. A Alta autoestima é um inflar do ego, no qual, a pessoa age como sendo superior, usando da prepotência para mostrar ao mundo que são mais do que os outros; 2. BAIXA AUTOESTIMA Sentimento de menos valia. Andam de cabeça baixa e sentem medo de viver e

estar bem. Procuram na vida bem menos do que merecem e em qualquer confronto, se sente culpado por tudo. Julgam que não merecem ser feliz, e inconscientemente, fazem de tudo para provar isso para si mesmo. São facilmente desrespeitados pelas outras pessoas, não sabem dizer não e respeitar seu próprio limite. Fazem de tudo para agradar os outros, deixando de atender as suas próprias necessidades em beneficio de pessoas estranhas e desconhecidas. Depreciam-se e não aceitam elogios; 3. MÉDIA AUTOESTIMA Esse é o verdadeiro conceito de autoestima, no qual a pessoa se observa como um ser com qualidades e defeitos. Uma pessoa que vive na real do seu ser. Valoriza o seu eu e sabe que, terá que reconhecer e lidar com suas dificuldades no decorrer da vida. Tem amor por si mesmo e quer melhorar e desenvolver suas potencialidades. Não precisa diminuir e nem bajular as pessoas, e reconhece a si mesmo e os outros como iguais e com possibilidade e limitações passíveis de evolução. Conversa olhando nos olhos e sorri com amor e afeto. Gostaria de concluir que a construção da autoestima é um processo que se define durante a vida. Apesar de haver buracos emocionais vindos da primeira infância, a estrutura do ser humano é plástica e pode ser modificada. Caso você leu esse texto e identificou que necessita melhorar sua autoestima, saiba que é possível. E lembre-se: não importa o que aconteça na sua vida, e sim, o que você diz a você mesmo o que isto significa, então, a ordem é RESSIGNIFICAR!

EDIÇÃO 01

37


GUIADEEMPRESAS omelhordeguara.com/guia Alimentação COMPANHIA DO LANCHE Sua melhor opção de lanche em Guaratinguetá! Companhia do Lanche tem um cardápio variado com deliciosos e caprichados lanches. Temos o Super X-Tudo!

Rua Olga Lourenço, 458 - Village Santana - Guaratinguetá-SP Tel: (12) 3125-2613

NO PORTAL: OMELHORDEGUARA.COM/CIADOLANCHE

Veículos DIRETO DO PROPRIETÁRIO - NEGOCIAÇÃO ENTRE PARTICULARES Anuncio e Venda de carros Particulares

Rua Comendador Rodrigues Alves, 171 Centro - Guaratinguetá - SP - Tel: (12) 3013-0075 Facebook: facebook.com/diretodoproprietario contato@diretodoproprietario.com.br NO PORTAL: OMELHORDEGUARA.COM/DIRETODOPROPRIETARIO www.diretodoproprietario.com.br

Festas e Eventos DIVÃ dos Salgados Buffet

DIVÃ DOS SALGADOS BUFFET Salgados, festas, decoração e happy hour.

Rua Olga Lourenço, 362 - Village Santana - Guaratinguetá-SP Tels: (12) 3132-1561 / (12) 99717-8665 / (12) 99768-2338

NO PORTAL: OMELHORDEGUARA.COM/DIVA

Saúde SHIFT PILATES E MUSCULAÇÃO Musculação, Reabilitação, Pilates, Nutrição e Estética.

Rua São Francisco, 195, Centro, Guaratinguetá-SP Tel: (12) 3133-3138 Facebook: shiftpilatesemusculacao

NO PORTAL: OMELHORDEGUARA.COM/SHIFT


GUIADEEMPRESAS omelhordeguara.com/guia Assistência Técnica D’PEDRO REFRIGERAÇÃO Instalação e manutenção de Ar Condicionado residencial e empresarial. Conserto de Freezer, Geladeiras e Máquina de lavar. Rua Cesário Antonio da Silva, 160 Parque São Francisco 1 - Guaratinguetá - SP Tels: (12) 3133-8937 / (12) 99751-0057

NO PORTAL: OMELHORDEGUARA.COM/DPEDRO

Festas e Eventos BUFFET DI LUXO Casamentos; Formaturas; Bodas; Aniversários; Festas temática; Festas de fim de ano; Confraternizações empresariais.

Rua Olga Lourenço, 225 - Village Santana - Guaratinguetá-SP  Tels: (12) 3125-6237 / (12) 3125-8882 / (12) 99218-5389

NO PORTAL: OMELHORDEGUARA.COM/DILUXO

Saúde STUDIO PILATES REINALDO CARVALHO O equilíbrio entre a boa forma e o bem estar! Amplo espaço, equipamentos Physio Pilates e profissionais certificados pela Polestar USA. Rua Dr. Mário de Moraes A. Silva, 35 - Chácara Selles Tels: (12) 3132-5922 / (12) 99162-8603 Facebook: Studio Pilates Reinaldo Carvalho

NO PORTAL: OMELHORDEGUARA.COM/STUDIOPILATESREINALDO

Veículos

MS ESTÉTICA AUTOMOTIVA

MS ESTÉTICA AUTOMOTIVA Serviço Leva e Traz - Lavagem A Seco E Convencional - Higienização De Ar Condicionado, Teto, Carpete, Estofado E Capacete - Polimento E Cristalização.

Rua João Batista Gonçalves Gusmão, 68 Parque São Francisco 2 - Guaratinguetá-SP Tel: (12) 99649 - 3631

NO PORTAL: OMELHORDEGUARA.COM/MSESTETICA



Revista omelhordeguara.com Edição 01