Issuu on Google+

10

barra bonita, sábado, 23 de junho de 2012

Alerta vermelho Ex-secretária do PT da Barra denuncia suposta fraude nas eleições internas do partido; presidente diz que ela era responsável por documentação Sandro Alponte Denúncias de suposta fraude nas eleições internas do PT de Barra Bonita, no ano de 2009, feitas pela ex-secretária do PT, Valéria Vallim Coutinho, tumultuaram os bastidores políticos do município nesta semana e apimentaram ainda mais o momento de definições de grupos políticos para as eleições deste ano. De acordo com Valéria, o presidente municipal do PT, Marcelo Cavinato, teria falsificado assinaturas de membros do PT para se eleger no PED (Processo de Eleições Diretas). Das 112 assinaturas, segundo ela, 57 foram falsificadas. “Logo depois de ser eleito presidente, Marcelo me empossou como secretária geral junto com a executiva municipal. Porém, não tive acesso a documentação da eleição. Todo esse material ficou com ele”, ressalta Valéria. “E quando esses documentos chegaram até mim, eu simplesmente arquivei. Só depois de dois anos é que um filiado se demonstrou descontente com a direção do partido e comentou que não havia votado no PED. Estranhei e comecei a fazer uma investigação. Foi aí que fui sabendo das assinaturas falsas”. Valéria fez a denúncia ao diretório estadual do partido e diz que ainda não recebeu nenhuma notificação. Ela foi

Valéria diz que há falsificação na documentação do PED do PT de 2009

destituída do cargo de secretária. O outro lado O presidente do PT de Barra Bonita, Marcelo Cavinato, acredita que Valéria queira criar um clima hostil contra ele e o partido. “Ela está conspirando contra o partido desde o ano passado apoiando a candidatura do padre Mário (Teixeira

– PC do B)”, comentou Marcelo. “Encaminhamos toda a atitude dela para a comissão de ética do partido e se for preciso também vamos encaminhar o caso para a Justiça”. Marcelo disse que quanto a falsificação de assinaturas há pessoas que irão testemunhar conta Valéria e que será pedida a expulsão dela do PT.

PTB vai sozinho

Convenção define que partido não estará com o PT e lançará candidatura própria Sandro Alponte

Ficou definido em convenção partidária realizada na terça-feira, 19, na Câmara de Vereadores de Barra Bonita, que o PTB terá candidatura própria nas eleições deste ano no município. O nome aclamado durante o encontro é do comerciante Alexandre Hermida para prefeito e o de Deise Iaia, do PRTB, para vice. O partido chegou a divulgar, inclusive

aqui no Jornal de Sábado, que o advogado Afonso Bressanin, seria o vice na chapa do PT, com Celso Aranha. Porém, questões internas envolvendo o presidente da sigla, Paulo Martini, mudaram os rumos do partido. Nós tentamos contato com o pré-candidato, mas segundo fomos informados por um dos militantes petebistas só depois de uma reunião entre todo o time é que ele irá falar.

Outras convenções Nestes próximos dias todos os partidos devem realizar suas convenções. O prazo estipulado pela Justiça Eleitoral é até o dia 30 de junho. Hoje a tarde, por exemplo, é a convenção do PSDB. Até o fechamento desta edição o PT ainda não havia definido se a convenção é no domingo ou na terça-feira. Outros partidos não informaram o jornal sobre suas convenções.


Página 10