Issuu on Google+

Edição Rio Grande do Norte - segunda-feira, 9 de setembro de 2013

- Distribuição gratuita -

Órgão da corrente nacional Ecetistas em Luta

Entre em contato com Ecetistas em Luta na Internet: olhovivoecetista.wordpress.com Receba o boletim Ecetistas em Luta por e-mail, escreva para: olhovivoecetista@pco.org.br - fone: (11) 3637-3273

Trabalhador dos Correios do Rio Grande do Norte não é traidor

DIVIDIR A CAMPANHA SALARIAL É A TRAIÇÃO TODOS JUNTOS NA GREVE NACIONAL UNIFICADA DOS CORREIOS DIA 17 DE SETEMBRO Moacir Soares e a direção pelega do Sintect-RN querem dividir a categoria para ajudar a direção da ECT a liquidar a greve, não vamos aceitar. Juntos com os trabalhadores dos País vamos impedir o ataque ao nosso plano de saúde e conquistar um aumento salarial de verdade

A categoria dos Correios no Rio Grande do Norte não foge à luta. Não tem medo “de cara” feia dos chefes e patrões. Muito menos cai na conversa de sindicalistas traidores que só querem defender seus interesses, nas costas da categoria. Chega de deixar o Rio Grande do Norte para trás! Todo mundo sabe que a direção do nosso Sindicato age como se fosse dona da entidade e da categoria e, falando em nosso nome, tem feito a categoria ficar para trás na luta nacional. Foi assim em 2009, quando a diretoria do Sintect-RN foi uma dos responsáveis pela assinatura do maldito acordo bianual, que deixou nossa categoria sem reajuste por dois anos (0,1% em 2010). O acordo foi rejeitado na maioria dos sindicatos do País e graças ao golpe que deu na categoria o traidor que assinou o acordo, ficou conhecido dos ecetistas de todo o País como “Ronaldão bianual”, amigo do peito

da atual diretoria do Sintect-RN. Em 2011, a diretoria do Sintect-RN – que na época comandava a Fentect junto com a turma do PT/Articulação (Talibã e Cia) -, fez a categoria voltar ao trabalho sem conquistas e sem nem mesmo negociar os dias parados, baixando a cabeça para a direção da ECT e o TST. Centenas de companheiros tiveram de pagar 28 dias de greve, trabalhando sábados e domingos. No ano passado, a vergonha foi ainda maior. “Diviza Onista” e o traidor do Rio de Janeiro, Ronaldão Bianual, romperam a unidade da categoria, dividiram para ajudar o patrão. Esse ano, Moacir e seus pelegos do sindicato seguiram os passos desses traidores divisionistas. Minas Gerais e o Pará entraram em greve no dia 11 e aqui no Rio Grande do Norte só houve uma greve “meia boca” que durou dois dias. Por pouco não perdemos o nosso plano de saúde, que foi defendido pela nova direção da Fentect e pelos sindicatos que garantiram a greve desde cedo.

Qual é o golpe de 2013? Todo trabalhador do Rio Grande do Norte precisa saber a verdade e saber o golpe que esses sindicalistas traidores e a direção da ECT armaram para este ano. 1) Primeiro, a turma do Moacir


Boletim Ecetistas em Luta - edição Rio Grande do Norte

Soares e do PCdoB, junto com a direção da ECT, tentou aplicar o golpe de que estaria negociando com a direção dos Correios e dividindo a categoria, por meio de uma falsa federação que eles criaram e ficou conhecida em todo o País como “federação paraguaia”, a Findect. O golpe era tão absurdo que o Ministério do Trabalho suspendeu o registro dessa federação. Uma vergonha total! Com o fracasso desse golpe sujo, a base do Rio Grande do Norte só não está sem representação na negociação porque companheiros da Fentect estão participando das negociações e defendendo os interesses dos trabalhadores de todo o País, bem como distribuindo o jornal da Fentect, o boletim Ecetistas em Luta e o boletim da oposição (MOPE) para informar a categoria do que está acontecendo.

nenhuma greve de verdade fica claro pelo fato de que chamam uma “greve” para os dias do pagamento do tíquete, que pode ser cortado pelos patrões se a greve começar dia 12. Eles não querem luta, querem enganar o trabalhador e afundar a nossa campanha salarial.

pág. 2

preciso ter prazo para que os trabalhadores de todo o País, façam assembleias, avaliem a proposta e organizem a mobilização. Moacir e o PCdoB querem dar o golpe: ou aprovam um acordo miserável no dia 10 e pressionam outras bases a aceitarem uma proposta que vai levar à perda do plano de saúde e a um aumento A data que une toda a cate- miserável ou declaram greve angoria, de Norte a Sul: 17 de se- tes dos outros sindicatos para ditembro vidir os trabalhadores. Quando a nossa união é a nossa força! A direção da ECT foi ficanNão vamos cair nessa armadido cada vez mais desesperada, lha. Os divisionistas, os traidores vendo crescer a firme decisão da que tentarem semear a divisão categoria de entrar em greve no vão receber da categoria o repúdia 17 de setembro. dio que merecem. A categoria mostrou claramenAs negociações com a direção te que não tem a menor dúvida: da empresa estão marcadas até a união de todos é o caminho o dia 12. A categoria já decidiu. para conquistar as reivindica- Os representantes dos trabações dos ecetistas, como a re- lhadores dos Correios de todo o posição das perdas salariais. País votaram pela unidade da caEla sabe que esta pode ser a tegoria, pela GREVE NACIONAL 2) Os “Judas” diretores do maior greve da categoria de to- DOS CORREIOS NO DIA 17 DE Sintect-RN não estão nem aí dos os tempos. Que a insatisfa- SETEMBRO, se a empresa não para a mobilização da categoria ção de todos os trabalhadores é atender nossas reivindicações. na campanha salarial. Enquan- enorme. Por isso, está tentando São mais de 30 sindicatos e to “puxam o saco” da direção da de tudo para evitar a greve. cerca de 70% da categoria se ECT, a Fentect e representantes Não há a menor dúvida entre organizando para a greve do de sindicatos de quase todo o os trabalhadores de todo o País: dia 17! País ocuparam a sede da empre- se a empresa não atender as reiChamamos a todos os trabasa em Brasília, o que obrigou a vindicações, DIA 17 É GREVE lhadores a que rejeitemos a DIempresa a apresentar a propos- GERAL DOS CORREIOS. Isso VISÃO, a repudiar com todas as ta miserável de 5,27%, que está ficou claramente aprovado por forças a política de TRAIÇÃO e a sendo rejeitada em todo o País 99,9% das centenas de delega- defendermos a todo custo a unipelas assembleias. dos que se reuniram no Conse- dade da categoria. lho de Representantes da FenNão à traição! 3) Agora, em uma jogada ca- tect (CONREP) – em julho - e foi Se a empresa não atender as sada com a direção da ECT es- reafirmado, por unanimidade por nossas reivindicações, vamos tão chamando a greve para o dia todos os presentes na Plenária parar todos juntos, entrar em gre11 de setembro, ou seja, uma Nacional, do dia 31 de agosto e ve no dia 17, a partir das 22 hosemana antes da data discutida pelo Comando Nacional de Ne- ras, e a denunciarmos, na base em todo o país por mais de 30 gociação e Mobilização que re- da categoria, os traidores. sindicatos! úne representantes de todas as Seu plano é empurrar goela bases sindicais dos Correios do Uma só categoria uma só abaixo um acordo miserável que Brasil e participa das negocia- luta. Abaixo a divisão! nada mais é do que a proposta ções com a direção da ECT. Os trabalhadores do Rio atual mais algumas migalhas. Com medo da greve geral da Grande do Norte não correm categoria, que vai ser a maior do pau. Não são traidores 4) Se RJ, SP e RN aceitam o dos últimos tempos, diante da A traição não vai ter perdão! acordo e dão por encerrada a enorme revolta dos trabalhado- A união é nossa arma, a divicampanha salarial, a empresa e res, a direção da ECT e os seus são é a arma do patrão! os elementos vendidos vão ten- afilhados da direção do SintectVamos rejeitar o golpe. Detar amedrontar os trabalhadores -RN e outros traíras (como o nunciar os divisionistas traido resto do país a entrar em gre- PSTU/Conlutas, sempre do lado dores. ve e aí teremos mais uma cam- do PCdoB) passaram a pregar Dia 17, todos juntos na greve panha salarial derrotada. a divisão defendendo a greve a nacional dos Correios. partir do dia 12. 5) Que a intenção dos peleNesta data está previsto o enFENTECT gos do Sintect-RN não é fazer cerramento das negociações. É 9 de setembro de 2013


Boletim Ecetistas em Luta Rio Grande do Norte - 9/09/2013