Page 1

Ecetistas em Luta Boletim

Edição Rio de Janeiro

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Órgão da corrente nacional Ecetistas em Luta

- Distribuição gratuita -

Entre em contato com Ecetistas em Luta na Internet: olhovivoecetista.wordpress.com Receba o boletim Ecetistas em Luta por e-mail, escreva para: olhovivoecetista@pco.org.br - fone: (11) 3637-3273 (11) 95106-0007

COMO AMPLIAR E APROFUNDAR A GREVE

Companheiro trabalhador, essas são as orientações da Fentect e da corrente Ecetistas em Luta para os ecetistas do Rio de Janeiro:

1.

A GREVE É GERAL E NACIONAL. A partir do dia 17, 29 sindicatos, sob a orientação da Fentect, decretaram greve em nível nacional, dando início ao movimento grevista unificado da categoria para lutar por 47,8% de reposição salarial e em defesa do nosso plano de saúde, além de outras reivindicações.

2.

O RIO DE JANEIRO É PARTE DESSE MOVIMENTO. O Sintect-RJ, dirigido por uma máfia patronal apoiada pela empresa, tentou nos excluir da luta nacional para desmobilizar toda a categoria. Em uma jogada casada com a direção da ECT, decretou uma greve antecipada, sem preparar nenhuma mobilização, para aceitar o acordo miserável da empresa e que vai destruir nosso convênio. Numa traição sem precedentes terminaram com a greve em menos de dois dias, inclusive desrespeitando a decisão dos trabalhadores. A Fentect denunciou o golpe patronal e tomou providências para colocar oficialmente a base do Rio de Janeiro na greve e para não deixar nossa categoria de fora do movimento nacional.

3.

NOSSA GREVE É UMA DECISÃO DA CATEGORIA ECETISTA DE TODO O PAÍS. Essa decisão é definitiva e não pode ser desfeita, a não ser por uma assembleia geral dos trabalhadores. Vale para toda a categoria, setor operacional, administrativo, centros de distribuição e atendimento, ou seja, toda a empresa.

4.

A GREVE É FORTE E VAI CRESCER AINDA MAIS. A greve já uma realidade no Brasil todo. No Rio de Janeiro, alguns companheiros já estão parando e todos querem parar. Na greve no Rio de Janeiro, por conta do boicote dos pelegos do Sintec-RJ e dos chefes, e da confusão e desinformação criadas por eles, é preciso que os trabalhadores paralisem as atividades em seu próprio setor e se desloquem para os demais setores para produzir um efeito em cadeia e uma greve que se mobilize realmente pela base. VAMOS PARAR TUDO! Pois só assim o patrão vai nos escutar.

5.

COMANDO DE GREVE. Para melhor organizar a nossa luta e parar 100%, vamos organizar um Comando de Greve, com os grevistas de todos os setores. Esse comando deve ser aberto a qualquer trabalhador e tem o papel de organizar a luta. O Comando de Greve deve organizar os piquetes, realizar reuniões para esclarecer os trabalhadores, distribuir os boletins e tudo o que for preciso para garantir a ampliação da greve.

6.

PIQUETES NOS CENTROS OPERACIONAIS E TODOS OS SETORES. Para lutar por 100% de paralisação vamos fazer piquetes em todos os setores. A greve não é uma decisão individual, mas coletiva, que deve ser respeitada por todos. Os piquetes servem para esclarecer os trabalhadores e fazer valer a vontade da maioria, pois com a nossa greve todos os trabalhadores ganham. Então vamos lutar

juntos. Todos unidos contra os patrões e os chefes, para garantir nosso convênio médico e a reposição das perdas salariais.

7.

CHEFE NÃO MANDA NA NOSSA GREVE, TEM QUE RESPEITAR A DECISÃO DOS TRABALHADORES. Nenhum trabalhador deve aceitar e muito menos se submeter a qualquer tipo de pressão. Quem manda na greve são os trabalhadores. Fora chefes!

8.

Os trabalhadores que já estão parados devem ajudar na paralisação de outros setores. As mobilizações diárias poderão ser feitas em diferentes setores, especialmente onde estiver tendo dificuldade para parar.

9.

A FENTECT está preparando uma assembleia para organizar a greve. O Rio de Janeiro não está fora da luta e os trabalhadores vão mostrar que não concordam com a decisão dos traidores do Sintect-RJ.

10

A categoria do Rio de Janeiro está mostrando que nunca foi e nunca será pelega. Não adianta os traidores patronais do Sintect-RJ tentarem deixar-nos de fora do movimento nacional. Nós faremos a greve e vamos parar. O Rio de Janeiro sempre teve um papel fundamental na luta nacional dos Correios e vamos continuar dando o exemplo.

11

A greve dos Correios sempre foi nacional e se depender de nós, trabalhadores do Rio de Janeiro, o movimento sempre será nacional e unificado!


Boletim Ecetistas em Luta - edição Rio de Janeiro

Não há motivos para dúvidas

A GREVE JÁ COMEÇOU

É preciso desfazer as dúvidas e as confusões criadas pelos chefes e pelos traidores da diretoria do Sintect-RJ, mobilizar e paralisar, de setor em setor, rumo à maior greve de todos os tempos, que só pode ser nacional e unificada com o restante do País. O trabalhador do Rio de Janeiro (...) sendo, nesta medida, parte legí- pode assinar e negociar os acordos Edição São Paulo -dissíano IX- nºcom 718 a - quinta-feira, Boletim não pode fazer a greve? tima para figurar no presente empresa. 29 de agosto de 2013 dio coletivo.” MENTIRA. Os trabalhadores dos Então o que é a Findect? Correios da base sindical do SintectPortanto, o trabalhador do Rio -RJ podem e devem aderir à greve deJaneiro tem até mesmo a OBRIA Findect foi uma organização crianacional da categoria. A FENTECT- Distribuição é a GAÇÃO de aderir à greve nacional, Órgão da da pela direção da empresa noLuta final corrente nacional Ecetistas em gratuita única representante legítima dos tra- pois não pode ficar de fora da luta dos anos 80 para tentar impedir a orbalhadores dos Correios EM NÍVEL que decidirolhovivoecetista.wordpress.com os rumos de nossa ganização livre eoindependente da caEntre em contato com Ecetistas em Luta navai Internet: Receba boletim Ecetistas NACIONAL e apor única que pode ASSIe a nossa sobrevivência, tegoria. Agora,(11) a empresa, junto com em Luta e-mail, escreva para: categoria olhovivoecetista@pco.org.br - fone: (11) 3637-3273 95106-0007 NAR O ACORDO COLETIVO da nos- como é o caso da manutenção do os velhos traidores que estavam densa categoria. Por isso mesmo, a base Convênio Médico, que os traidores tro da Fentect (CTB/PCdoB) tentaram do Rio de Janeiro está sob o respaldo aceitaram. ressuscitar a Findect que não à toa jurídico e legítimo da Fentect, que toficou conhecida como federação pamou todas as providência legais para Existe outra federação além da raguaia. A Findect é uma fraude que que o trabalhador de São Paulo e do FENTECT? sequer tem registro no Ministério do Rio de Janeiro pudesse aderir à greve. Trabalho e sequer cumpre o número Vários setores já pararam, e o seu? Não. A única representante nacio- de sindicatos exigidos para ser uma nal dos trabalhadores dos Correios é a federação. Existem outros absurdos A aceitação da proposta miseráublicamos aqui com maior Fentect. A Fentect funciona como um fraudulentos, como pode ser visto no vel da destaque ECT por parte do Sintect-RJ a decisão do Minis- verdadeiro Sindicato Nacional da nos- documento do Ministério do Trabalho, tem alguma validade? tério do Trabalho publicada no Di- sa categoria, pois é ela e só ela que abaixo.

Ecetistas em Luta

Os documentos que comprovam a fraude

“FEDERAÇÃO” DOS DIVISIONISTAS TEM REGISTRO CASSADO PELO MINISTÉRIO DO TRABALHO

P

ário Oficial, comprovando a fraude NÃO VALEpela NADA. A fraude na as-e promovida direção da ECT sembleia do Sintect-RJ para do aceitar a os sindicalistas pelegos bloco proposta da empresa contra vontade divisionista (PCdoB, nosa Sindicados nãoRio passou de um tostrabalhadores de São Paulo, de Janeiro golpe para acabar com a greve e tentar e Bauru). desmobilizar a greveParaguaia nacional. Tanto é A Federação é paverdade após a fictícia raguaiaque, mesmo! Só a assinatura Fentect é doquem acordorepresenta pelo Sintect-RJ, nada aconos trabalhadoteceu. Todosforça estão à aguardando res. Toda campanhaa decisalasão Fentectda e ocategoria desfecho em da greve rialdaunitária nível nacional. Além do mais, mesmo se o nacional! Sintect-RJ pudesse assinar o acordo coletivo, a empresa NUNCA poderia conceder aumentos diferentes no Rio de Janeiro e nos demais estados, já que os Correios é uma empresa estatal única e tem a obrigação de garantir a isonomia entre os empregados.

O Sintect-RJ e os demais sindicatos divisionistas podem assinar o Acordo Coletivo? De jeito nenhum. Somente quem pode assinar o Acordo Coletivo de Trabalho e negociar pela categoria é a Fentect, conforme está no próprio Acórdão estabelecido na campanha salarial do ano passado: “Registre-se que, em se tratando de dissídio coletivo de caráter nacional, a Federação de Trabalhadores suscitada (FENTECT) figura no polo passivo da ação coletiva, conferindo coerência supraestadual à representação coletiva e permitindo decisão unitária para toda a base empresarial e profissional envolvida. De todo modo, a FENTECT é entidade de âmbito nacional, representante dos diversos sindicatos de trabalhadores da ECT, conforme documentação acostada aos autos

A partir das 7h no Edifício-Sede

Queremos:

47,8%

Para relembrar: em agosto, o Ministério do Trabalho suspende o registro da fajuta Findect, revelando que as negociações com a empresa eram apenas jogo de cena para dar um golpe na nossa ccampanha, como de fato aconteceu agora

Greve de verdade é assim: NACIONAL e


Boletim Ecetistas em Luta RJ - 23/09/2013  

Boletim da Oposição Ecetistas em Luta à direção do Sintect-RJ

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you