Page 1

Ecetistas em Luta Boletim

Edição Minas Gerais - ano IX- nº 976 - quarta-feira, 31 de julho de 2013

Órgão da corrente nacional Ecetistas em Luta

- Distribuição gratuita -

Entre em contato com Ecetistas em Luta na Internet: olhovivoecetista.wordpress.com Receba o boletim Ecetistas em Luta por e-mail, escreva para: olhovivoecetista@pco.org.br - fone: (31) 3224-0752

Se a ECT não negociar

Greve geral dos Correios está marcada para o dia 17 de setembro! A categoria ecetista está preparada para a maior greve de todos os tempos Os delegados do XXXI Conrep (Conselho de Representantes da Fentect) já decidiram seu calendário de luta. Se a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) não negociar e apresentar uma proposta que seja condizente com os anseios da categoria ecetista, os trabalhadores vão parar a partir do dia 17 de setembro. Motivos não faltam para uma grande greve geral da categoria. Há mais de uma década, os trabalhadores dos Correios acumularam perdas gigantescas dos seus salários e direitos, causadas principalmente pelas traições dos sindicalistas pelegos da “santa aliança” traidora PT-PCdoB-PSTU, serviçais da direção da ECT. É hora de lutar por reposição de parte dessas

perdas e por aumento real, lutar pelo reajuste de 47,8% no salário. É hora de lutar contra a tentativa dos patrões de destruir o convênio médico da categoria, através do Postal Saúde, lutar contra a exploração nos setores de trabalho, a contratação de 110 mil funcionários e contra a privatização da empresa. A situação política favorece a maior mobilização da categoria de todos os tempos. Os trabalhadores dos Correios são os mais preparados para sair às ruas. Protagonizaram as principais greves de trabalhadores na última década. A categoria já aprendeu com a experiência que não deve confiar nos patrões, não deve confiar no TST e para derrotar as investidas patronais é necessário superar também a

burocracia sindical. O momento político do país também é o mais favorável dos últimos anos. A juventude saiu às ruas contra o aumento abusivo dos transportes, realizando grandes manifestações que são o prenúncio de mobilizações ainda maiores da classe trabalhadora. Os ecetistas estão prontos para a mobilização e a greve com ocupação se for preciso. A força da mobilização nos Correios vai servir de combustível para a luta de outras categorias, por isso, desde já é necessário propor ações conjuntas com os bancários, petroleiros e outros, por uma campanha salarial unificada, que levante as principais reivindicações dos trabalhadores.

Ecetistas em Luta define ações para a Campanha Salarial Os delegados do XXXI Conrep (Conselho de Representantes da Fentect) já decidiram seu calendário de luta. Se a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) não negociar e apresentar uma proposta que seja condizente com os anseios da categoria ecetista, os trabalhadores vão parar a partir do dia 17 de setembro. Motivos não faltam para uma grande greve geral da categoria. Há mais de uma década, os trabalhadores dos Correios acumularam perdas gigantescas dos seus salários e direitos, causadas principalmente pelas traições dos sindicalistas pelegos da “santa aliança” traidora PT-PCdoB-PSTU, serviçais da direção da ECT. É hora de lutar por reposição de parte dessas

perdas e por aumento real, lutar pelo reajuste de 47,8% no salário. É hora de lutar contra a tentativa dos patrões de destruir o convênio médico da categoria, através do Postal Saúde, lutar contra a exploração nos setores de trabalho, a contratação de 110 mil funcionários e contra a privatização da empresa. A situação política favorece a maior mobilização da categoria de todos os tempos. Os trabalhadores dos Correios são os mais preparados para sair às ruas. Protagonizaram as principais greves de trabalhadores na última década. A categoria já aprendeu com a experiência que não deve confiar nos patrões, não deve confiar no TST e para derrotar as investidas patronais é necessário superar

também a burocracia sindical. O momento político do país também é o mais favorável dos últimos anos. A juventude saiu às ruas contra o aumento abusivo dos transportes, realizando grandes manifestações que são o prenúncio de mobilizações ainda maiores da classe trabalhadora. Os ecetistas estão prontos para a mobilização e a greve com ocupação se for preciso. A força da mobilização nos Correios vai servir de combustível para a luta de outras categorias, por isso, desde já é necessário propor ações conjuntas com os bancários, petroleiros e outros, por uma campanha salarial unificada, que levante as principais reivindicações dos trabalhadores.


Boletim Ecetistas em Luta - edição Minas Gerais - nº 976, quarta-feira, 31 de julho de 2013

2

A luta nos Correios

O que significa a proposta de “unidade” defendida pela Federação Anã Os primeiros que falaram em divisão, agora defendem a “unidade” para favorecer a manobra patronal divisionista da federação paraguaia

O PSTU/Conlutas e os grupos que fazem parte da FNTC, conhecida como Federação Anã, lançaram mão de um velho golpe cujo objetivo é confundir a categoria. O trabalhador informado sabe que a palavra “unidade” é muito bonita de se falar, e por isso, todos os sindicalistas adoram repetir esse jargão. Dessa maneira, o grupo mais divisionista do mundo é capaz de suficiente cinismo chamando todos à “unidade”. Mas o que significa isso? Para entender o que o PSTU e os grupos da Federação Anã querem dizer com “unidade” é preciso partir de algumas premissas. Primeiro, que a Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios) é a organização que unifica a categoria. Isso é muito óbvio, tanto o ponto de vista jurídico, mas principalmente do ponto vista político. Dito isso, é preciso lembrar que quem primeiro levantou a proposta de rompimento com a Fentect foi justamente o PSTU e seus aliado da FNTC. Eles queriam sair da federação e, com meia-dúzia de sindicatos, formar a Federação Anã. É ainda o que eles querem,

mas não conseguiram fazer. Daí, não é difícil de entender que justamente quem mais esteja falando em “unidade” é quem mais deseja dividir. Os grupos da Federação Anã explicaram que a “unidade” que eles querem é a que une a Fentect e a Findect (Federação Paraguaia). Ou seja, uma unidade abstrata, entre duas entidades que eles não explicam o que é, apenas repetem cinicamente a palavrinha mágica. Mas nós vamos nos dar ao trabalho de explicar. A Findect (Federação Paraguaia) é a nova federação criada pelo PCdoB. Esse grupo, que sempre foi a ala direita da Fentect, aproveitou a “deixa” do PSTU e saiu da federação. Por que? Porque ia perder o poder político que tinham junto com o PT, pois estavam sendo atropelados pelos trabalhadores. Dessa maneira, é preciso deixar claro que a Findect não é uma federação, não só juridicamente, mas também politicamente. Ela não aglomera os trabalhadores em torno dela. A Findect é uma manobra patronal que serviu para distanciar ainda da cate-

goria mais os sindicatos que fazem parte dela: Sintect-SP e Sintect-RJ, principalmente. É importante dizer ainda que a Findect é um elemento de confusão usado pela empresa para justamente evitar que os trabalhadores lutem. Portanto, a “unidade” que quer a federação anã é, em primeiro lugar, uma defesa da Findect, ignorando o fato de que ela é uma manobra meramente patronal. Meramente patronal significa que os trabalhadores estão fora do jogo. Em segundo lugar, a proposta da FNTC apenas favorece a confusão criada pelos divisionistas. É como deixar os trabalhadores a reboque da empresa, mas disfarçada de Findect. A única unidade possível para a categoria é a da luta contra a empresa e contra os elementos patronais dentro do sindicalismo. O sindicalismo patronal hoje está enfraquecido, sua única arma é a confusão gerada pela Findect, confusão que a FNTC faz questão de promover. A “unidade” falada pela Federação Anã é na realidade o divisionismo mais patronal, mais contrario aos interesses do trabalhador.

Companheiro trabalhador, mande suas denúncias para a corrente Ecetistas em Luta! converse com o companheiro que estiver distribuindo esse boletim ou escreva para olhovivoecetista@pco.org.br e acompanhe o blog www.olhovivoecetista.wordpress.com


Boletim Ecetistas em Luta, desta quarta-feira, 31/7/13  

Boletim de Minas Gerais. Leia, imprima e distribua.

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you