Page 1

Suplemento do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

dezembro de 2017

Oleiros Magazine

9

Oleiros Magazine Suplemento do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

10.º aniversário da integração da BE na rede de bibliotecas escolares

Editorial Futuro, por vezes, é presente e, hoje, que tantas vezes ouvimos falar da tecnologia como algo prejudicial, principalmente em meio escolar, devemos observar o nosso mundo e ver a sociedade que está a florescer embebida deste “espírito” tecnológico. Crianças de três anos brincam com a tecnologia com uma facilidade que abala o mundo dos adultos. Jovens, que parecem viver dentro dos seus telemóveis, revolucionam o modo como socializam. Sim, também eu tenho medo deste mundo. No entanto… A escola, como local onde se constrói o Futuro, deve perceber isso mesmo… urge aprender o papel destas novas sinergias neste mundo de aprendizagem acelerada, em que os adultos tem dificuldades em entrar. Mesmo para as famílias, o “educar nos valores” continua a ser fundamental; mas, também, a forma como a tecnologia domina a atenção dos seus educandos deve ser alvo de atenção. Basta olhar para os nossos filhos, perceber o tempo que eles dedicam aos seus telemóveis e tablets, para ter algum receio. Será mau? Talvez a regra seja e tudo o que é em demasia é prejudicial. No entanto, considerar que tudo é negativo nesta era digital é o mesmo que acreditar no Adamastor, monstro que aterrorizava as almas que tentavam dobrar o Cabo da Boa Esperança. De facto, o Mostrengo, como lhe chamava Fernando Pessoa, era alimentado pelas nossas fraquezas, o medo do desconhecido. Assim, neste tempo em que este medo “não físico” e até generalizado surge numa “terra” digital e ameaça engolir as nossas crianças, o nosso mundo, mergulhando-o na escuridão, devemos perguntar-nos apenas uma coisa: Não será antes uma oportunidade de a escola se reinventar? Não será o tempo de educar e ensinar os jovens, juntamente com as suas famílias, a navegar por este oceano, novo, feito de números e de pequenos milagres, que tanto atemoriza as escolas e as famílias? Estamos convencidos que é

este o caminho. Assim, em parceria com Município de Oleiros, no próximo ano, iremos ver nascer dois novos espaços no Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade: as cognominadas “Salas do Futuro”. Trata-se de dois laboratórios de aprendizagem, onde esta realidade será o ponto de partida para novas aprendizagens, novos modos de apreender e percecionar para aplicar, o nascer de uma nova escola, em que o centro é o aluno e o docente a ferramenta, que ensina a gerir aprendizagens. Conceitos como a aula invertida, já domínio de formação por parte de alguns docentes do Agrupamento, professores e alunos a preparar conteúdos, ao mesmo tempo, e sobretudo alunos a gostar de aprender serão as nossas prioridades, pretendendo que os resultados sejam ainda melhores na sua globalidade. Votos de um Feliz Natal

O Diretor do AEPAA, António Cavaco

Boas Festas

A 23 de outubro, data em que se comemora o Dia Internacional da Biblioteca Escolar, a BE do AEPAA celebrou o 10.º aniversário da sua integração na rede de bibliotecas escolares (RBE). A turma do 11.º ano do Curso de Cozinha e Pastelaria confecionou um delicioso bolo e todos foram convidados a cantar os parabéns. A vela de aniversário foi apagada por um dos professores mais antigos do agrupamento, o professor Fernando Naves.    PARABÉNS BE!!!

Halloween na BE No passado dia 31 de outubro, o Agrupamento voltou a comemorar o Halloween. Esqueletos, abóboras, fantasmas, aranhas, gatos pretos e morcegos foram alguns dos elementos utilizados para decorar a Biblioteca Escolar. Alguns dos alunos de Educação Especial colaboraram na decoração e pintaram um painel a desejar um “Happy Halloween”. Respondendo ao desafio lançado pelas docentes de inglês, os alunos puseram mãos à obra para apresentar o animal de Halloween mais criativo e original. Muitos foram os trabalhos apresentados que estiveram expostos na Biblioteca da escola para que todos os pudessem apreciar. Aos visitantes da exposição coube a árdua tarefa de escolher os vencedores. Contados os votos, ficou em primeiro lugar o morcego articulado do aluno Guilherme Lages Milheiro, do 5.ºA. Ex-aequo, em segundo lugar, foram classificados os trabalhos da aluna Carolina Antunes, do 9.ºA, e das alunas Beatriz Martins, Carolina Carmo, Carolina Gaspar, Elsie Mcleod e Maria Inês Mateus, do 6.ºA. Em 3.º lugar ficou a coruja da aluna Mariana Simões, do 9.ºB. Os nossos agradecimentos a todos os que tão empenhadamente participaram nesta iniciativa e muitos parabéns aos vencedores. A prof.ª bibliotecária Emília Lages

Deseja-lhe Boas Festas

Boas Festas

1º Lugar

2º Lugar


10 Oleiros Magazine

Suplemento do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

dezembro de 2017

BREVES

EB1 e jardim de infância

O magusto no Estreito aec expressão plástica

Exposição sobre o Medronho e a Castanha Na AEC de Expressão Plástica, os alunos do 1.º ciclo e do pré-escolar realizaram trabalhos, que consistiram na decoração de castanhas e que foram expostos na biblioteca escolar do agrupamento. Os alunos do 2.º ciclo elaboraram poemas relacionados com o tema e enfeitaram-nos com motivos alusivos à castanha e ao medronho. É claro que a castanha foi o fruto mais escolhido! Apesar de mais velhas, algumas alunas do 8.º ano também quiseram participar e brindaramnos com belas quadras.

tiram no Estreito e como diziam duas das quadras: São Martinho, querido santo, Dos magustos padroeiro, Alegria para mim E para o Estreito inteiro. De ti lembramo-nos hoje, Porque é dia da castanha, Mas aqui no Estreito Há a Sra. da Penha.

14 de novembro

A professora bibliotecária Emília Lages

Dia Mundial da Diabetes

iniciativa

Comemoração do São Martinho na escola sede do AEPAA

O Magusto da escola sede realizou-se no dia 10 de novembro entre as 16h e as 17h30, no recinto escolar. A atividade foi organizada pela Equipa do Plano Anual de Atividades, com a colaboração dos alunos com Necessidades Educativas Especiais e respetivos

Já há uns dias que se preparava o magusto... No Estreito é uma festa rija. A Junta de Freguesia organiza e convida todos os habitantes para celebrar o São Martinho. Assam-se castanhas e a comida não falta, toda a gente come até se fartar. No salão da Junta de Freguesia, estiveram os alunos da EB1 e do Jardim de Infância, os utentes do Lar de idosos e os moradores do Estreito. A festa começou por volta das 15:30h, cantaram-se canções e recitaram-se quadras dedicadas ao São Martinho. Fez-se, ainda, uma moldura gigante para tirar fotografias e relembrar este dia tão divertido. Ao pescoço levavam-se Marias Castanhas para guardar as castanhinhas assadas. Os alunos aprenderam a história desta personagem, assim como a Lenda de São Martinho. Foi um dia bem passado, aprendeu-se, conviveu-se e todos se diver-

professores na elaboração dos cartuchos de papel, assim como dos alunos do curso profissional Técnico de Cozinha e Pastelaria do 11.º ano que retalharam todas as castanhas e as transportaram para a cantina, auxiliando também na distribuição das castanhas assadas.

O grupo de Educação Física realizou mais uma edição dos “Jogos com Maneiras”. Os alunos, divididos por equipas, participaram com empenho e alegria em todos os jogos. A coordenadora da Equipa do PAA Emília Lages

No dia 14 de novembro, celebrase o Dia Mundial da Diabetes. Para assinalar a data, realizou-se uma palestra no Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade. Atentos às informações transmitidas pelo presidente da Associação de Diabéticos da Beira Baixa (ADBB), Carlos Farinha e por um profissional de saúde, cujo filho adolescente também é diabético, estiveram alunos das turmas dos 7º, 8º, 9º e 10º anos da escola sede. Os presentes foram informados acerca da existência de dois tipos de Diabetes (Tipo 1 e Tipo 2) e alertados

para as causas, sintomas, riscos e tratamento desta doença silenciosa, que afeta uma considerável percentagem da população portuguesa. O Presidente da Associação deu o seu testemunho enquanto pessoa portadora da doença e relatou as mudanças ocorridas no seu quotidiano após ser diagnosticado. Os alunos e professores que assistiram a esta palestra foram, igualmente, alertados para os procedimentos a tomar no caso de presenciarem uma situação de emergência. Alunos do 9ºB

Boas Festas

Agente Jogos de Santa Casa


dezembro de 2017

Suplemento do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

Oleiros Magazine 11

BREVES AEPAA

Dia do Diploma 2016 No dia 27 de outubro, pelas 21h, realizou-se mais uma cerimónia do Dia do Diploma no auditório do Centro de Oleiros. Esta atividade pretende reconhecer o mérito e o esforço dos alunos do agrupamento. Cada diploma entregue representa, não só o culminar de um percurso individual, mas também o reconhecimento do Mérito e Excelência. Na cerimónia estiveram presentes alunos, pais, professores, o Diretor do agrupamento e respetiva equipa de trabalho e o presidente do Conselho Geral. A cerimónia iniciou-se com o discurso de boas vindas e de felicitação do Diretor do agrupamento. Decorreu, de seguida, a entrega dos diplomas aos alunos que se distinguiram em vários aspetos da vida da escola: Diploma de mérito e excelência 1.º ciclo Duarte Miguel Alves Lopes João Duarte Dias Fernandes Guilherme Jorge Serafim Antunes José Miguel Batista Lopes Mariana Lopes Fernandes Pedro Miguel Salgueiro Barata Simão Pedro Mota Branquinho Tiago José Antunes da Silva Bispo Guilherme Antunes Batista Guilherme Lages Milheiro Júlia Ribeiro Martins Mariana Matias Matilde Alves Fortunato Grade Pedro Alexandre Raimundo Espinho

2.º ciclo Carolina Antunes do Carmo Carolina Isabel Mendes Gaspar Mariana Filipa Domingues Antunes Soraia Mateus Martins 2.º Ciclo Afonso Manuel dos Reis Mendes Dias Beatriz Catarina Mateus Martins Catarina Ribeiro Mateus Tomás Miguel Antunes da Silva Bispo Joana Maria Barata Batista Margarida Muralha Silva 3.º ciclo Ana Margarida Lopes Antunes Beatriz Alves Ferreira Filipa Ferreira Martins Henrique João Ventura Paulo João Pedro Ventura Barata Maria Daniela Afonso Mendes Ana Rita Lopes Antunes Prémio de valor Helena Cláudia Pereanu – 4.º ano Filipe Paulo – 11.º A Rodrigo Batista – 11.ºA Louvor desportivo Liliana dos Santos Gomes José Joaquim A cerimónia foi enriquecida com um momento musical, proporcionado pelos alunos do 1.º ciclo, e por momentos de poesia. A coordenadora da equipa do PAA Emília Lages

Agrup. de Escolas Padre A. de Andrade

Alunos foram às Olimpíadas da Matemática A Sociedade Portuguesa de Matemática convidou o Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade para participar nas XXXVI Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM). O convite foi aceite e, no dia 8 de novembro, pelas 15h30, alguns alunos resolveram a prova que lhes

foi proposta, por categoria, de acordo com a respetiva faixa etária. Aguardamos os resultados para saber se algum aluno passará à próxima fase. O grupo de Matemática, em nome da escola, agradece e congratula estes alunos pela sua participação neste concurso.

Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

A arte rupestre vista pelo 5ºA Entre os dias 30 de novembro e 13 de dezembro, esteve patente, na Biblioteca da nossa escola, a exposição: “A arte rupestre vista pelo 5ºA”. Tratou-se de um conjunto de trabalhos realizados pelos alunos da turma A, do 5º ano, no âmbito da disciplina de História e Geografia de Portugal. Os alunos revelaram-se verdadeiros artistas da pré-História, pintando e gravando, sobre pedra e cartão, os temas próprios da Arte Rupestre: mãos, cenas de caça, animais (bisontes, cavalos, bois, etc.), cenas de dança e desenhos geométricos. Alunos do 5ºA

iniciativas

Mês da Biblioteca Escolar Outubro é o mês para assinalar, a nível internacional, a importância das bibliotecas escolares na formação dos alunos. Ligando Comunidades e Culturas foi o tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para o Mês Internacional da Biblioteca Escolar (MIBE) 2017. A nossa Biblioteca comemorou este mês com a realização de diversas iniciativas: sinalização de datas especiais como a Implantação da República, o Dia da Alimentação, o Dia do Diploma, o Halloween. O Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabeleceu a data de 23 de outubro como Dia da Biblioteca Escolar em Portugal. Os alunos do 5.º ano participaram numa sessão de esclarecimento sobre as diversas áreas funcionais da biblioteca: zona de atendimento; zona de leitura impressa; zona de produção multimédia; etc. Os alunos

ficaram ainda a saber que os livros expostos nas estantes e prateleiras obedecem a regras internacionais de classificação, encontrando-se dispostos segundo a “Classificação Decimal Universal”. Esta classificação contém os índices de 0 a 9, que cobrem todos os ramos do conhecimento. Os alunos tiveram a oportunidade de por à prova as aprendizagens realizadas, participando no

Boas Festas

bibliopaper - “À Descoberta da BE”. As 2 equipas mais pontuadas (André Fernandes/ Guilherme Lages Milheiro e Pedro Espinho/ Guilherme Batista) receberam como prémio um livro oferecido pela Biblioteca Escolar. Esta atividade teve como principal objetivo a formação dos utilizadores no que diz respeito às funções da BE, no âmbito da Literacia e Aprendizagem na Biblioteca Escolar.


12 Oleiros Magazine

Suplemento do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

alunos do pré-escolar

Requisitam, semanalmente, livros na BE Os alunos do Jardim de Infância de Oleiros vão, semanalmente, à Biblioteca Escolar requisitar livros para lerem em casa com a ajuda dos familiares. Todas as quintas feiras, os alunos mais novos do agrupamento dirigem-se à BE para devolver o livro da semana anterior e requisitar um novo. Esta atividade pretende promover a leitura junto dos mais novos, envolvendo as famílias, e, ao mesmo tempo, dar-lhes a conhecer o espaço da biblioteca, mostrando-lhes um pouco do seu funcionamento e das suas regras de utilização.

dezembro de 2017

BREVES Jardim de Infância Orvalho

Atividade de Articulação, Escola EB1 do Orvalho Dia Mundial da Alimentação: Começámos a nossa vivência com a aprendizagem da canção “Os bons alimentos” (com gestos realizados por uma criança de cada vez, que todos tínhamos que imitar):

Na be do AEPAA

Hora do Conto Solidária No dia 5 de dezembro, no âmbito da comemoração do Dia da Pessoa Portadora de Deficiência, realizou-se uma hora do conto solidária sobre a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), na Biblioteca Escolar do AEPAA. Os alunos da educação pré-escolar e do 1.º ciclo ouviram a história da borboleta que tinha ELA, participaram numa dança para explicar aos mais novos a evolução desta doença e, no fim, construíram uma borboleta, em origami, para se lembrarem da borboleta com ELA que visitou a escola. A história aborda temas como o respeito, a amizade, a esperança, a ajuda e a solidariedade. Parte das receitas da venda dos livros será doada à APELA.

e ainda a história da Lagartinha comilona, da qual fizemos um registo em que só se poderiam pintar os alimentos saudáveis:

Construção do cantinho da tristeza Da exploração do meio que nos rodeia trouxemos algumas coisas que foram resultado dos incêndios. As mesmas foram observadas, utilizadas para a realização de registos e também fizemos o cantinho da tristeza. Observar:

Em seguida, fomos ver um vídeo educativo no computador…….

Fizemos desenhos com o carvão das árvores ardidas:

Deseja-lhe Boas Festas Silvia Maria Afonso da Silva Garcia Guerra

No final, com melão, fizemos uma Lagartinha comilona, saborosa a saudável!

Criámos um novo cantinho na nossa sala, o “Cantinho da tristeza”:

Boas Festas

Suplemento Oleiros Magazine Dezembro 2017  
Suplemento Oleiros Magazine Dezembro 2017  

Suplemento Oleiros Magazine Dezembro 2017

Advertisement