Page 1

Oleiros Magazine

dezembro de 2018

Oleiros Magazine

www.oleirosmagazine.com

Jornal do Concelho de Oleiros • Diretora: Daniela Silva • Edição e propriedade: RVJ - Editores, Lda • Periodicidade: Trimestral www.rvj.pt • dezembro 2018 • nº69 • Ano XV • Preço: 1 Euro

oleiros, pampilhosa da serra e fundão

Siza Vieira desenha ponte suspensa na garganta do Zêzere Pág. 3

orçamento aprovado

15 milhões para o concelho em 2019

Jaguar XK construído em filigrana no Orvalho

Documento aprovado por unanimidade Pág. 5 igreja

Novo Bispo Auxiliar do Porto é natural de Oleiros Pub

estreito

Lusiaves investe milhões na criação de perus Pág. 7 © 2013 Bloomberg Finance LP

Deseja-lhe Boas Festas

valorização do território

Pág. 19

Boas Festas

AF NATAL262x48mm.pdf

1

22/11/18

16:01

Jorge Marquez, artista sediado na aldeia de Orvalho, concelho de Oleiros, construiu um Jaguar XK 120, à escala real, em filigrana, para o Museu Automobilístico e da Moda de Málaga, no sul de Espanha. Pág. 4

Dez Freguesias, Dez Experiências estão de volta em 2019 Pág. 6 e 19

junto à casa do padre antónio de andrade

Achados arqueológicos em Oleiros Pág. 8


2

Oleiros Magazine

Publicidade

dezembro de 2018


Destaque

dezembro de 2018

Editorial

Oleiros Magazine

3

Oleiros, Pampilhosa da Serra e fundão

Turismo e ousadia A construção de uma ponte suspensa na chamada garganta do Rui Zêzere, unindo os concelhos de Oleiros, Pampilhosa de Serra e Fundão, seria por si só uma aposta arrojada capaz de atrair muitos turistas, quer pela estrutura em si, quer pela singularidade do meio ambiente envolvente, no coração do pinhal. Mas se a isto juntarmos o nome de Álvaro Siza Vieira, um dos mais reputados arquitetos internacionais, a atratividade do espaço sobe patamares. Esta ousadia de desafiar o melhor dos arquitetos portugueses e mundiais, vencedor do nobel da arquitetura, deve ser sublinhada. O turismo pode ser uma das fontes de desenvolvimento do concelho de Oleiros, que em 2017 registou perto de 19 mil dormidas. A construção de infraestruturas que potenciem aquilo que a mãe natureza atribuiu ao concelho de Oleiros, preservando o meio ambiente e potenciando a ligação das pessoas ao território, deve ser vista como uma aposta importante. Caso estes projetos se concretizem (a construção da ponte suspensa e a requalificação do miradouro do Zebro), Oleiros entrará na rota do turismo internacional. O Trilho dos Apalaches já abriu algumas dessas portas, mas aquelas duas estruturas tornarão o concelho de Oleiros, o Rio Zêzere e a Serra do Moradal como espaços icónicos. O ano de 2018 termina, assim com uma notícia positiva para a região, à qual se associam outros investimentos privados. Que 2019 traga a bonança. A todos votos de boas festas! A direção

Boas Festas

Ponte suspensa de Siza Vieira junta concelhos no Zêzere

A chamada garganta do Zêzere, que une os concelhos de Oleiros, Pampilhosa da Serra e Fundão, vai ter uma ponta suspensa cujo projeto será da autoria do arquiteto Siza Vieira. O investimento é de cerca de dois milhões de euros, e a aposta é conjunta daqueles três concelhos, que têm a expetativa de poderem vir a usufruir de fundos comunitários. Em declarações ao Oleiros Magazine, Fernando Jorge, presidente da Câmara, revela que irá

ser uma estrutura que irá captar turistas de todo o mundo, pois também surge integrada na chamada Rota dos Apalaches. O autarca adianta que a ponte suspensa terá uma altura de 250 metros. “É uma obra que vai beneficiar os três concelhos”, assegura Fernando Jorge. De resto a verba correspondente ao concelho de Oleiros já está integrada no Orçamento do Município para 2019, aprovado por unanimidade na última Assembleia Municipal.

Recorde-se que Siza Vieira é um dos mais conceituados arquitetos do mundo, tendo vencido os prémios Pritzker e Wolf de Artes, Medalha de Ouro do RIBA, Medalha Alvar Aalto e Medalha de Ouro UIA. A aposta naquele território não se fica por aqui. Fernando Jorge explica que o Município de Oleiros vai recuperar o miradouro do Zebro. “É um miradouro que está na Serra do Moradal. A ideia fazer toda a requalificação desse

espaço, instalando ali uma plataforma que terá um salão com 70 metros quadrados a mais de 300 metros de altura que vai ser uma atração turística muito grande”, explica. Esta aposta vem reforçar ainda mais o já reconhecido Trilho dos Apalaches “que atravessa grande parte da Serra do Moradal, assim como o miradouro do cabeço Mosqueiro, no Orvalho, o qual depois também irá ser prolongado até à ponte suspensa”.

Álvaro

Oleiros registou 19 mil dormidas em 2017

Só em 2017 o concelho de Oleiros registou 19 mil dormidas nas suas unidades hoteleiras e de alojamento local existentes. Estes dados foram divulgados por Paulo Urbano, vereador da autarquia oleirense com o pelouro do turismo, durante uma caminhada solidária realizada em Álvaro. A estes números, o vereador acrescentou o facto dos turistas que pernoitaram no concelho pertencerem a 80 nacionalidades diferentes. Apesar dos bons resultados, o autarca considera que os incêndios de 2017 prejudicaram o setor, uma vez que 90% dos percursos pedestres ficaram danificados, o que obrigou à sua recuperação.

O autarca aproveitou ainda para divulgar o conjunto de percursos pedestres interpretativos “Dez Freguesias, Dez Experiências” que continuará em 2019 e para os quais convidou o Clube

Boas Festas

Boas Festas

de Atividades de Ar Livre a estar presente em qualquer uma das datas a anunciar em breve. A caminhada realizada em Álvaro foi promovida pelo Clube de Atividades de Ar Livre (CAAL)

que tem a sua sede em Lisboa e mereceu elogios do autarca de Oleiros. O objetivo passa por ajudar as populações afetadas pelos incêndios de 2017, mais precisamente na área do turismo de natureza/pedestrianismo. Este projeto solidário do CAAL já tinha começado na Aldeia de Belver (Gavião), tendo agora chegado a Álvaro pela ligação afetiva ao território que se estabeleceu numa visita aos trilhos locais antes do grande incêndio. A iniciativa permitiu a visita a espaços históricos e patrimoniais da freguesia, através de uma visita guiada e de um percurso de quatro quilómetros, como é explicado em nota de imprensa enviada pela autarquia oleirense.


4

Oleiros

Oleiros Magazine

dezembro de 2018

BREVES

turismo

Oleiros recebe empresários espanhóis

Pelo artista Jorge Marquez

Jaguar XK construído no Orvalho em filigrana vai para Espanha Jorge Marquez, artista sediado na aldeia de Orvalho, concelho de Oleiros, construiu um Jaguar XK 120, à escala real, em filigrana, para o Museu Automobilístico e da Moda de Málaga, no sul de Espanha. A obra está a ser destacada em termos internacionais, pela inovação e pela sua qualidade. Em declarações ao Oleiros Magazine, o artista, natural de Lisboa, e a residir há dois anos no Orvalho, onde tem o seu atelier, explica que “a realização desta peça surgiu de um desafio do próprio museu. Foi uma encomenda que aceitei de bom grado”. O resultado não poderia ser melhor. Com uma carreira de artista plástico com 40 anos, Jorge Marquez (61 anos) tem obras na área da pintura e da escultura e já realizou exposições nacionais e internacionais. “Com esta obra fiquei fã deste tipo de trabalho em filigrana e espero poder vir a desenvolver outros projetos nesta área”, acrescenta. A peça do Jaguar XK120 foi realizada totalmente no Orvalho, no atelier do artista situado em instalações cedidas pela Junta de Freguesia local. “O trabalho foi feito a partir de fotos do carro original”, esclarece, adiantando que a peça foi feita em arame e ferro. O trabalho de Jorge Marquez é também destacado pelo vereador da autarquia de Oleiros, Paulo Urbano, que desafiou o próprio artista a instalar-se no Orvalho. “Em 2015, desafiei Jorge Marquez a ficar no Orvalho. Assumi o compromisso de garantir instalações de qualidade para montar o seu atelier, mas também apoios para que o artista pudesse marcar presença assídua nas mais diversas feiras nacionais. E a aposta está mais do

Um grupo de empresários espanhóis, da região da Extremadura, visitou no passado dia 13 de novembro o concelho. O grupo ficou alojado em unidades de alojamento do concelho e pôde degustar a gastronomia da região num jantar que se revelou bastante interessante do ponto de vista do reforço da cooperação e competitividade transfronteiriça. O encontro, decorrido no Hotel Santa Margarida, em Oleiros, compreendeu uma apresentação por parte dos empresários, não faltando uma demonstração do produto gerado no território. Depois de se apresentarem e trocarem contactos e informações, os participantes, todos eles ligados ao setor turístico, puderam confraternizar num jantar, onde não faltou a partilha de vídeos promocionais do concelho de Oleiros, da região da Extremadura e do Tejo Internacional. Surpreendidos por imagens apelativas e um momento musical de fado que também os encantou,

pela fadista Ana Paula, acompanhada do Mestre Custódio Castelo, o ambiente não poderia ter sido mais favorável a um encontro ibérico que se espera bastante promissor. Paulo Urbano, vereador com o pelouro do Turismo do Município de Oleiros, reforçou o papel dos empresários Oleirenses, autênticos embaixadores deste território. “Em 3 anos, triplicámos o número de dormidas no nosso concelho, para além do investimento da autarquia na divulgação e valorização dos nossos recursos, esta é uma aposta ganha pela capacidade dos nossos empresários”. Recorde-se que encontro teve o apoio do Geopark Naturtejo e surgiu no âmbito do projeto REDES, integrado no programa Interreg España – Portugal. Espera-se agora uma maior aproximação entre os empresários do setor turístico da Extremadura e de Oleiros, tirando partido dos produtos de excelência gerados no território.

Ação de esclarecimento que ganha para ambas as partes: Jorge Marquez tem todas as condições necessárias para desenvolver e promover o seu ofício da melhor forma possível, ao passo que a aldeia de Orvalho e o concelho de Oleiros vêem os seus nomes elevados e representados ao mais alto nível por um artista que não pára de surpreender quem acompanha as suas obras”. Paulo Urbano adianta que “esta última e significativa encomenda do Museu Automobilístico

e da Moda de Málaga é a mais recente prova de que a parceria não podia estar a correr melhor, mas aguardam-se mais novidades surpreendentes para muito em breve. Não podemos deixar de congratular o nosso Jorge Marquez pela singularidade e espetacularidade do seu trabalho. É um orgulho para todos nós, tê-lo aqui na nossa aldeia de Orvalho a desenvolver o seu trabalho e a mostrar ao Mundo toda a dimensão e exclusividade da sua arte”.

Vespa do castanheiro juntou 60 pessoas A Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC), a Câmara de Oleiros e a Associação Portuguesa da Castanha promoveram no dia 6 de novembro, no auditório da Casa da Cultura de Oleiros, uma ação de esclarecimento sobre o problema da vespa do castanheiro. O evento, segundo nota de imprensa da autarquia, reuniu 60 participantes e teve como preletores Ana Manteigas, da DRAPC, e Cândido Henriques, da Associação Portuguesa da Castanha. Neste encontro foram esclarecidos diferentes aspetos deste problema, como a ecologia do inseto aos sintomas das árvores afetadas.

Foram ainda explicadas as medidas preventivas a adotar e os diversos meios de luta contra esta praga. Na mesma reunião foi reforçado o papel deste município na sinalização e monitorização dos casos no concelho e respetivo encaminhamento para as entidades competentes de modo a agir mais precocemente e, com isto, reforçar a aposta na floresta, valorizando-a pela melhor gestão dos seus recursos naturais. A autarquia revela que o Gabinete Técnico Florestal encontra-se ao dispor para esclarecimentos, no horário da Câmara Municipal.


Oleiros

dezembro de 2018

Oleiros Magazine

5

15 milhões 987 mil 109 euros para Oleiros

Orçamento aprovado por unanimidade O orçamento da Câmara de Oleiros para o próximo ano foi aprovado por unanimidade, primeiro em reunião de Câmara, e depois em Assembleia Municipal, no valor de 15 milhões 987 mil 109 euros. Esta verba corresponde a um acréscimo de 36% face ao ano passado, justificado por via da inscrição de verbas relativas à execução do Portugal 2020 e fruto também dos incêndios de 2017 que assolaram o concelho, nomeadamente, na requalificação de estradas e outras infraestruturas municipais. O presidente do Município, Fernando Jorge, assegura que este orçamento tem “objetivos muito concretos, dando prioridade absoluta ao investimento nas pessoas e empresas (taxa mínima de IMI, “IMI Familiar”, isenção da taxa variável de IRS, isenção de pagamento da taxa de derrama para empresas etc.) para além de programas sociais únicos a nível nacional de apoio às nossas populações. Continuamos com a ambição de, passo a passo, de forma estruturada, construir um concelho cada vez mais atrativo, competitivo e inclusivo”. Fernando Jorge acrescenta ainda que “em suma, o orçamento para 2019 continua a privilegiar os munícipes, tal como em orçamentos anteriores, sujeitando-os à menor carga fiscal possível e que a lei permite, com forte investimento social, mas que não esquece nem o mundo empresarial, nem o desenvolvimento integrado com a criação de infraestruturas na sede de concelho e nas freguesias. Só assim conseguimos atrair investimento e pessoas”. Já António Jorge Antunes, da bancada da oposição referiu o facto de, “pela primeira vez, os vereadores do Nós Cidadãos/ Mais Oleiros terem sido convocados a participar na proposta de orçamento municipal. A sua execução, ao longo do ano de 2019, irá demonstrar se as nossas propostas foram encaradas com seriedade. O nosso compromisso é também este: fazer uma oposição construtiva e, ao mesmo tempo, servir de estímulo a quem governa.” Em nota de imprensa, a autarquia destaca uma verba de um milhão 937 mil 897 destinada à Proteção Civil e luta contra incêndios. Nesta área o investimento

principal está destinado à requalificação das linhas de água afetadas pelo incêndio de 2017 (investimento financiado pela APA – Agência Portuguesa do Ambiente, com o projeto de estabilização de emergência dos incêndios florestais); com a beneficiação da manutenção da rede viária florestal; o apoio financeiro prestado à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oleiros, que desenvolvem um serviço cada vez mais relevante e indispensável às populações do nosso concelho e ainda com a ampliação do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Oleiros (obra inscrita numa candidatura ao PO SEUR – Portugal 2020). No âmbito do Plano de Defesa da Floresta contra Incêndios, é reforçada a aposta na preservação do ambiente, melhorando o acesso às áreas florestais e prevenindo o flagelo dos incêndios. O orçamento contempla ainda investimentos noutras áreas como a Educação (além de manter todos os apoios já criados, será criado um laboratório de aprendizagem/ sala do futuro no AEPAA e remodelada uma sala de estudo na Residência de Estudantes); a Ação Social (apoio na remodelação do Centro Social S. João do Sobral, apoio na ampliação do Centro Social Padre Tomás D’Aquino Vaz Azevedo, apoio na recuperação de casas); Ordenamento do território (projeto de elaboração de cadastro AA e SAR, Operação de Regeneração Urbana –ORU - de Oleiros por forma a dar continuidade ao projeto da Área de Regeneração Urbana – ARU/ORU da Vila de Oleiros, ARU em Estreito, Orvalho e Álvaro e a reorganização do trânsito na Vila de Oleiros); no que diz respeito à Rede de Saneamento, e no âmbito da candidatura ao PO SEUR, estão a decorrer obras em Rebisca, Roqueiro, Amieira, Retaxo, e desde Pombal até à Torna. O Turismo continua a ser uma das apostas do Executivo liderado por Fernando Jorge, pelo que haverá a reabilitação de percursos pedestres como o Trilho dos Apalaches e GeoRota do Orvalho, assim como a implementação de novas Rotas de Percursos Pedestres (Mosteiro, Isna, Amieira). O Miradouro do Zebro será requalificado, um projeto que em muito

virá contribuir para o desenvolvimento do Concelho e para a fixação de pessoas. Destaque ainda para a continuidade na aposta cultural, através da organização de eventos gastronómicos, concertos, teatro, passeios pedestres e um sem número de outras atividades que nos permitem sermos vistos como concelho ativo e com

qualidade de vida. A execução de algumas das obras e aquisições previstas estão relacionadas com o financiamento proveniente de candidaturas a fundos comunitários ou estatais, sendo que a sua concretização estará diretamente relacionada com os programas de financiamento.


6

Concelho

Oleiros Magazine

dezembro de 2018

Projeto tem valorizado o território

“Dez Freguesias, Dez Experiências” estão de regresso em 2019 O projeto Dez Freguesias, Dez Experiências, promovido pela Câmara de Oleiros, vai regressar em 2019 com mais cinco ateliês temáticos nas freguesias de Álvaro, EstreitoVilar Barroco, Orvalho, Sarnadas de S. Simão e Sobral, informou a autarquia, em comunicado enviado ao nosso jornal. Durante este ano, a iniciativa integrou cinco ateliês nas freguesias de Isna, Mosteiro, Oleiros-Amieira, Cambas e Madeirã, numa aposta que procurou valorizar o território. Inserida na ação Beira Baixa Cultural, na categoria ateliês temáticos de cultura e gastronomia, no ano 2018, esta iniciativa permitiu que 785 participantes pudessem vivenciar experiências diferenciadoras, através da reinterpretação dos costumes e tradições imateriais, tendo assim uma oportunidade única de fazerem parte do extenso e riquíssimo histórico patrimonial do concelho. “Percorrendo as freguesias do concelho, os ateliês foram pensados segundo um mesmo alinhamento: um passeio pedestre interativo (que proporciona experiências), uma recriação histórica (que promove a identidade das freguesias e um almoço temático (que promove o seu património gastronómico). Com a realização do passeio interativo, para além dos ativos histórico-culturais, são também valorizados os ativos naturais e paisagísticos”, refere a autarquia. Na mesma nota é revelado que “todos estes elementos são vetores de diferenciação, os quais, uma vez potencializados, têm contribuído para a projeção da região e desta forma, para a captação de fluxos turísticos”. Estes ateliês foram desenvolvidos em parceria com as respetivas freguesias e 14 associações locais, a saber: Agrupamento 1080 CNE Oleiros, Associação Desportiva de Caça e Pesca de Oleiros, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oleiros, Associação Recreativa e Cultural de Melhoramentos da Cava, Associação Recreativa e Cultural de Oleiros, Associação Recreativa e Cultural de Vale do Souto, Casa do Benfica em Oleiros, Isna Sport Clube e Alvélos, Grupo Desportivo Recreativo e Cultural da Pisoria, Grupo de Amigos da Freguesia da Madeirã, Grupo Maltez Desportivo do Mosteiro, Pinhal Total, Rancho Folclórico e Etnográfico de Oleiros e Sociedade Filarmónica Oleirense. O seu envolvimento tem sido fundamental para a concretização e sucesso da iniciativa, pelo que o Município aproveita

Foto: José Pio esta oportunidade para formular publicamente um agradecimento para todos, entre pessoas individuais e coletivas. De referir que o projeto Beira Baixa Cultural é promovido pela Comunidade Intermunicipal e Municípios que a constituem, sendo cofinanciado pelo Fundo de Desenvolvimento Europeu / Portugal 2020. Nestes três anos, até ao final de 2020, no

concelho de Oleiros, foram planeadas 16 ações distribuídas por quatro categorias. A operação visa construir uma rede de programação cultural destinada à valorização integrada do património, de modo a posicionar a região como um destino de excelência e atrativo para o turismo cultural, capaz de captar fluxos turísticos significativos e gerar emprego e riqueza no território.

Boas Festas

Boas Festas


Economia

dezembro de 2018

Oleiros Magazine

7

BREVES

Casinha do Pai Natal situada no Coreto do Jardim Municipal de Oleiros

Nas freguesias

Para a criação de perus

Oleiros promove concertos de Natal

Lusiaves investe milhões na freguesia de Estreito

À semelhança do ano passado, a Câmara de Oleiros vai promover quatro concertos intitulados “Sons de Natal” e dois “Concertos de Reis”. A autarquia explica que os primeiros dois tiveram lugar nos dias 15 e 16, no Estreito e na Madeirã, por elementos da Orquestra Filarmónica das Beiras - num Ensemble. Os concertos de Natal prosseguem dia 22 de dezembro, na Igreja Matriz de Sarnadas de S. Simão, pelas 21H00; 23 de dezembro, na Igreja Matriz de Mosteiro, pelas 16H00. Já os concertos de Reis es-

tão agendados para 5 de janeiro, na Igreja Matriz de Álvaro, pelas 17H00; e 6 de janeiro, na Igreja Matriz de Oleiros, pelas 15H00 (estando enquadrada na bênção episcopal e celebração eucarística em ação de graças pelo aniversário sacerdotal de D. Armando Esteves Domingues, Bispo Auxiliar do Porto). Recorde-se que esta iniciativa se enquadra na ação “Sonhos de Natal”, a qual inclui a animação da Casinha do Pai Natal (situada no Coreto do Jardim Municipal) com o trono do Pai Natal, a presença de figuras natalícias e a realização de vários ateliers.

Deseja-lhe Boas Festas

O Grupo Lusiaves vai investir entre 10 a 20 milhões de euros, na freguesia de Estreito, para a instalação de uma unidade de criação de perus. A notícia surge após o anúncio, no ano passado, por parte do presidente daquele grupo, Avelino Gaspar, ter divulgado a intenção da Lusiaves fazer investimentos de cerca de 60 milhões de euros para a construção de várias unidades produtivas, em territórios do interior afetados pelos incêndios florestais. Agora a notícia foi confirmada pelo próprio presidente

da Câmara de Oleiros, Fernando Jorge. No total deverão ser criados cerca de 40 postos de trabalho no Estreito. O projeto já deu entrada na autarquia e deverão ser construídos 12 pavilhões de dois mil metros quadrados cada um. “Todos os avais necessários, incluindo do Instituto Conservação Natureza e Florestas, e alteração do Plano Municipal contra Incêndios, estão tratados”, explica Fernando Jorge. Fernando Jorge está muito satisfeito com este investimento por parte do Grupo Lusiaves,

referindo que da parte do município houve total empenho para que ele se concretizasse. Uma das preocupações de Fernando Jorge passa por garantir a existência de mão de obra, até para poder salvaguardar futuros investimentos no concelho. “Estamos em contacto com lusodescendentes que estão na Venezuela com vista a terem a possibilidade de poderem regressar a Portugal e de se instalarem no concelho de Oleiros. Temos mantido contactos com a Embaixada e com associações de portugueses na Venezuela”.


8

Oleiros Magazine

Concelho

Oleiros

Achados arqueológicos na zona histórica

As intervenções arqueológicas realizadas em Oleiros, junto à Casa Padre António de Andrade, resultaram na identificação de 24 sepulturas escavadas na rocha. Em nota de imprensa, o Município explica que “as sepulturas apresentavam uma forma antropomórfica, ou seja, representando a forma humana. O resultado preliminar pode adiantar que a maioria dos enterramentos encontrava-se em decúbito dorsal e com os membros superiores cruzados na zona pélvica, seguindo aparentemente o ritual cristão”. Esta intervenção permitiu ainda identificar e recolher recolha 12 numismas (moeda cunhada), parte deles associados a restos osteológicos humanos, assim como um pendente em seixo de rio perfurado, e uma estela (coluna monolítica) de morfologia retangular com uma cruz insculturada talhada em pedra recolhida no topo de uma das sepulturas e uma outra, mais tosca e sem qualquer gravação, que foi colocada a marcar o limite da sepultura, junto aos pés da inumação. A autarquia revela que que “a partir do estudo preliminar dos materiais arqueológicos e da tipologia das sepulturas é desde já possível atribuí-las ao período medieval. No entanto, uma datação mais precisa estará dependente do estudo mais aprofundado do espólio, nomeadamente das moedas, que ainda necessitam de ser limpas e restauradas em laboratório específico da área”. Após a conclusão dos trabalhos de escavação arqueológico e de registo fotográfico e gráfico, toda a área das sepulturas foi coberta com geotêxtil, colocado de forma a revesti-las de forma a minimizar os impactos da futura construção do muro através da deposição de um nível de aterro, garantindo a preservação dos contextos arqueológicos escavados. Com esta intervenção arqueológica foi possível abrir uma janela para conhecer melhor o passado de Oleiros, nomeadamente para o seu período medieval.

dezembro de 2018

BREVES

Candidatura aprovada

Wi-Fi gratuito nos espaços públicos O Município de Oleiros teve a sua candidatura ao WiFi4EU aprovada, a qual prevê a instalação de Wi-Fi gratuito em vários espaços públicos. Esta iniciativa da Comissão Europeia, financiada através do “Mecanismo Interligar a Europa” (CEF- Connecting Europe Facility), vai atribuir um vale de 15 mil euros ao Município para a instalação dos hot spots, o que Junto à Casa Padre António de Andrade foram descobertas ossadas humanas

permitirá aos munícipes e visitantes ter acesso à internet de forma gratuita, rápida e prática. Para a autarquia, a aposta nas novas tecnologias é uma opção estratégica fundamental para o reforço da inovação e competitividade territorial, bem como para a valorização e qualificação de Oleiros enquanto destino turístico de excelência.

Farmácias

Dê troco a quem precisa De 17 a 25 de dezembro irá decorrer nas farmácias aderentes ao Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, uma campanha de angariação de fundos para este programa. “Dê troco a quem precisa” é o slogan da campanha que consiste em deixar o seu troco, ou a quantia que desejar, quando fizer as suas compras numa farmácia aderente. Os fundos recolhidos serão inteiramente utilizados para apoiar doentes em situação de carência na compra dos seus medicamentos. Um em cada dez portugue-

ses não tem meios para comprar os medicamentos de que precisa. Por isso nasceu o Programa abem, para dar apoio direto na aquisição destes bens essenciais. Por cada 1 euro investido, é gerado 7,8 euros de valor social. Recorde-se que o Município de Oleiros aderiu há um ano a este programa, tendo assinado com a Associação Dignitude dois protocolos de colaboração: um primeiro, referente à adesão ao programa e um segundo que o estende às pessoas afetadas pelos incêndios.

www.oleirosmagazine.com


dezembro de 2018

Suplemento do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

Oleiros Magazine

9

Oleiros Magazine Suplemento do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

Editorial Chegados mais uma vez a dezembro, época de paz e de felicidade, parece nascer na maioria das pessoas uma contagem decrescente para o reencontro com a família muitas vezes distante, mas que aproveita a época para estreitar laços. Os mais pequenos focam-se já nos presentes de Natal e nas tão desejadas “férias”. Hoje, no entanto, somos inundados pela violência entre os Homens. Gostaria que, neste tempo de Luz, a palavra inspiradora para a Quadra Natalícia pudesse ser a Tolerância. O Dia Internacional da Tolerância, celebrado anualmente a 16 de novembro, visa promover o bem estar, progresso e liberdade de todos os cidadãos, assim como fomentar a tolerância, o respeito, o diálogo e a cooperação entre diferentes culturas, povos e civilizações. Atualmente, a Intolerância parece começar a fazer escola, pois somos bombardeados pelos meios de comunicação social sobre este fenómeno, não sei se por isso mesmo e pelo papel que os “media” têm na formação da mentalidade dos nossos jovens, questiono se não passou a ser mero espetáculo. Quando vemos, ao vivo, as cenas de filmes de violência entre Homens, a pergunta é: Será mesmo necessário a informação-espetáculo? A escola é, depois da família, o espaço de fermentação dessa tolerância e deve assumir-se como difusora das boas práticas, do elogio à tolerância e o respeito por todos. A escola deve também sublinhar e acentuar os exemplos para que sejam estes a referência, mas, infelizmente, reconheço que a grande maioria da energia é gasta a condenar os exemplos menos bons. Deste modo, os Bons exemplos ficam relegados para segundo plano, devendo ser esses a sobressair. Cabe a todos nós promover a tolerância no nosso espaço e no mundo. Assim, destaco três artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos: • Todas as pessoas têm direito à liberdade de pensamento, consciência e religião. • Todos têm direito à liberdade de opinião e expressão. • A educação deve promover a compreensão, a tolerância e a amizade entre todas as nações, grupos raciais e religiosos. Assim, tentemos pôr em prática esta palavra muitas vezes esquecida e tentemos, nesta Quadra e no resto do Ano, ser um pouco mais tolerantes, e valorizar o que de melhor o Homem tem. Votos de um Feliz Natal

O Diretor do AEPAA, António Cavaco

Finalistas conhecem Sophia, Tony Blair, Diretor do Twitch e Fundador do Tinder

Oleiros foi à Web Summit Num mundo cada vez mais conetado onde mais de 50% da população mundial utiliza a Internet, uma megaconferência de tecnologia com mais de 70 000 visitantes e mais de 800 oradores é, certamente, um dos eventos do ano. A realizar-se desde 2016 em Lisboa, na FIL e, pelo menos, até 2028, tem como objetivos, e cito do site da Web Summit, “reunir os fundadores e diretores executivos de empresas de tecnologia, startups em rápido crescimento, políticos e chefes de estado para fazer uma simples pergunta: para onde vamos a seguir?”. Graças ao programa INSPIRE, da Web Summit, os alunos das turmas do 12.º A e 12.º B tiveram a oportunidade única de visitar a convenção no seu 2.º dia, quartafeira, 7 de novembro, livre de custos. Esta experiência permitiu ver os empreendedores e investidores de hoje e utilizar as suas ideias nos nossos negócios do futuro; algo extremamente útil num mercado ultracompetitivo onde só as melhores ideias e as mais originais conseguem brilhar. A primeira palestra que vimos na integra foi a de Helen Chiang, Chefe de Estúdio de Minecraft. Falou de como o jogo, após 7 anos e mais de 140 milhões de cópias vendidas, continua a vender e a inspirar novas gerações, de como é necessário encontrar equilíbrios para ter um jogo rentável e como, atualmente, mantém vendas imensas após o primeiro ano de lançamento. Para além disso, mostrou como o Minecraft, apesar de simples na superfície, estimula a criatividade, a capacidade de decisão e até a programação. De seguida, deu-se um diálogo sobre o estado atual da indústria da tecnologia entre o ex-Diretor Executivo do Twitter, Dick Costolo, o fundador do Tinder, Sean Rad, tendo como moderador, da Yahoo Finance, JP Mangalindan. Da conversa destacam-se os avanços da tecnologia nos últimos anos, como as redes socias mudaram as nossas vidas, como consumimos notícias e Fake News nas redes sociais e como Trump usa o Twitter. Para quem pensava em comprar um novo smartphone este foi o ponto alto do dia! Os youtubers Keaton Keller (TechSmartt), Tom Honeyands (The Tech Chap) e o blogger Kris Carlon (Android Authority) avaliaram e criticaram 5 smatphones em alta, enquanto Alex

Cranz (Gizmodo) “conduziu” a conversa. No fim, o Google Pixel 3 acabou vencedor e o iPhone Xs acabou derrotado por não ser um upgrade que justifique a diferença de preços da edição do ano passado, o iPhone X. Margrethe Vestager, Comissária Europeia para a Concorrência, veio informar-nos de como um mercado livre e justo é importante para o desenvolvimento de tecnologia e, como é imperativo acabar com monopólios para evitar a estagnação tecnológico. “More than Gaming” (Mais do que jogos), foi a conversa que se seguiu moderada por Josh Constine, TechCrunch, onde, Kristen Garcia Dumont, Diretora Executiva de MZ, e Emmett Shear, Diretor Executivo da Twitch, a 2.ª maior plataforma de streaming e vídeos, falaram sobre o modo como os jogos interferem com, por exemplo, a vida social e como os videojogos são como qualquer outro passatempo na vida de uma criança. Antes do almoço, houve tempo para a política. Tony Blair, Ex-Primeiro Ministro do Reino Unido, falou com Karen Tso, jornalista da CNBC. Tocaram nas incontornáveis midterms americanas que aconteceram no dia anterior: Trump e Brexit. Após o almoço, e com as energias recarregadas, foi altura de nove startups subirem ao palco e conquistarem as carteiras dos investidores. Ethan Agarwal de Aaptiv, Vasco Calais Pedro de Unbabel, Kirsty Emery-Laws

Deseja-lhe Boas Festas

Boas Festas

de Unmade, Kolton Andrus de Gremli, Mark Cummins de Point, Jill Layfield de Tamara Mellon, Jean-François Gagné de Element AI, Josh Luber de StockX e Sunil Sharma de Techstars subiram ao palco um(a) por um(a). Eram 14:00h e estava na hora da cabeça de cartaz “subir” ao palco! Sophia, a robot, o seu “irmão” Han e o criador de ambos, Ben Goertzel, mostraram ao mundo, com alguns percalços, como é que a inteligência artificial está nos nossos dias, como estará no futuro e como tecnologia em blockchain é usada em inteligência artificial. A penúltima apresentação do dia foi uma conversa entre investidores: Tom Stafford, de DST Global, Trae Vassalo, de Defy. vc e Juliet de Baubigny, de Kleiner Perkins, com moderação de Dan Brody, de Tencent. Uma conversa excelente para aqueles com qualquer tipo de negócio à procura de investimento, visto que os investidores falaram sobre o que é que eles procuram numa startup que necessita de alguns milhões para disparar no mundo nos negócios. Por último, Matt Brittin, da Google, e Krishnan Guru Murthy, do Channel 4. A conversa focou-se na Google que celebrará o seu vigésimo aniversário este ano, e na controvérsia que a rodeava naquela semana como em 20 anos a Internet e a tecnologia mudaram. Alexandre Dias 12.ºA


10 Oleiros Magazine

Suplemento do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

dezembro de 2018

BREVES

Mentes Empreendedoras

Alunos do ensino secundário participam em Workshop Cerimónia

Dia do Diploma 2018 No dia 12 de outubro, pelas 20h, o AEPAA realizou mais uma cerimónia do Dia do Diploma no auditório do Centro Paroquial disponibilizado pela paróquia para o efeito. A cerimónia de entrega de diplomas de conclusão de Ensino Secundário e de Mérito Escolar é já uma atividade habitual no Agrupamento. Na cerimónia estiveram presentes alunos, pais, professores, o pároco, o Diretor do agrupamento e respetiva equipa de trabalho e representantes da Câmara Municipal. A cerimónia iniciou-se com o discurso das entidades presentes e a presença do grupo musical Senza, com a qualidade a que já nos habituaram. Decorreu, de seguida, a entrega dos diplomas aos alunos que se distinguiram em vários aspetos da vida da escola: 1.º ano – 4 alunos – prémio de mérito académico Ana Rita Mendes Alves – EB1 Oleiros João Filipe Domingues – EB1 Oleiros Martim Salvador Martins – EB1 Oleiros Gonçalo Rafael Alves – EB1 Estreito 2.º ano – 4 alunos – prémio de mérito académico Ana Carolina Lopes Domingues – EB1 Oleiros Gabriel Ventura Paulo

– EB1 Oleiros Inês Mafalda Lourenço – EB1 Oleiros Rafael Antunes – EB1 Oleiros 3.º ano – 4 alunos – prémio de mérito académico Cristiana Farinha Nunes – EB1 Oleiros Duarte Miguel Alves Lopes EB1 Oleiros João Duarte Dias Fernandes EB1 Oleiros Matilde Gonçalves Ribeiro EB1 Oleiros 4.º ano – 5 alunos – prémio de mérito académico Guilherme Antunes José Miguel Lopes Mariana Lopes Fernandes Pedro Barata Simão Branquinho 4.º ano – 1 aluna – Prémio de reconhecimento de atitudes e valores Helena Iftime Pereanu 5.ºA – 2 alunos - prémio de mérito académico Guilherme Antunes Batista Guilherme Lages Milheiro 6.º A – 2 alunas - prémio de mérito académico Carolina Antunes Carmo Maria Inês Padrão Mateus 6.º B – 3 alunas - prémio de

mérito académico Maria Luís Rente Mariana Filipa Domingues Antunes Soraia Mateus Martins 7.º A – 2 alunas – prémio de mérito académico Beatriz Catarina Mateus Martins Catarina Ribeiro Mateus

Esta atividade teve lugar no dia 24 de outubro e contou com a presença de todas as turmas do ensino secundário, à exceção do 12.ºA, e com 6 formadores. O programa Mentes Empreendedoras é dirigido aos jovens do ensino secundário e, através de um modelo de formação experiencial, desenvolve nos alunos competências de Liderança, Autonomia e Talento, ativando o seu potencial para gerar impacto na comunidade onde vivem, na sociedade e a sua capacidade de se transformarem e superarem a si mesmos. Os alunos do ensino secundário do nosso agrupamento tiveram oportunidade de iniciar um ciclo de 3 workshops intitulados “Tu Podes,

7.º B – 2 alunas – prémio de mérito académico Camila Rodrigues Nascimento Joana Maria Barata Batista 8.º A – 4 alunos – prémio de mérito académico Ana Margarida Lopes Antunes Beatriz Alves Ferreira Filipa Ferreira Martins Henrique João Ventura Paulo 9.º B – 1 aluna – prémio de mérito académico Carolina Santos Pedroso 10.ºB – 1 aluna – prémio de mérito desportivo Liliana Gomes 12.º A – 2 alunos – prémio de reconhecimento de atitudes e valores Filipe Miguel Santos Paulo Patrícia Gonçalves Silva A coordenadora da equipa do PAA Emília Lages

Tu Queres, Tu Fazes”, nos quais irão desenvolver competências como a autonomia e liderança, o trabalho colaborativo e a comunicação. Neste primeiro workshop surgiram já diversos projetos a serem desenvolvidos pelos alunos: - dinamização da Associação de Estudantes; - melhoria do campo de futebol; - parcerias para aquecimento da escola; - dinamização da sala de alunos É chegada a altura dos nossos alunos reconhecerem o seu papel na construção da comunidade escolar de que fazem parte. Anabela Dias

Comemoração

Dia Mundial da Alimentação O “Dia Mundial da Alimentação” comemorou-se no dia 16 de outubro e tem como objetivo incentivar as pessoas a fazer uma alimentação equilibrada. Este dia transmite a necessidade de que devemos ter diariamente uma alimentação saudável, que deve ser completa, variada e equilibrada, ou seja, em que devemos incluir as sete unidades em todas as refeições. Devemos variar ao máximo os alimentos que incluímos em cada refeição diária e os alimentos devem ser ingeridos na proporção correta e indicada, tanto na Pirâmide Alimentar como na Roda dos Alimentos. Não esquecendo que devemos comer

fruta em todas as refeições. A Pirâmide Alimentar Mediterrânica acrescenta ainda o exercício e o convívio como fatores importantes para uma vida saudável. Para assinalar este dia a nossa turma elaborou alguns trabalhos que foram expostos no bloco A ou apresentados na aula de Ciências da Natureza e participou num kahoot sobre a alimentação saudável realizado pela professora bibliotecária. Alunos do 6.ºA: Afonso Alves, André Fernandes, Eva Ventura, Júlia Martins, Rodrigo Francisco

Boas Festas

Agente Jogos de Santa Casa


Suplemento do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

dezembro de 2018

Oleiros Magazine 11

BREVES

13.ª ED. DO CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

Fase de Escola e Virgínia Pires) que se disponibilizaram para o fazer, possibilitando o anúncio dos vencedores após um breve intervalo para o lanche. Os 4 melhores classificados da prova escrita passaram à prova oral, onde tinham de apresentar a obra lida e realizar a leitura expressiva de um poema. Foram selecionados dois alunos por nível de ensino para representar o nosso Agrupamento na fase intermunicipal. São eles: Inês Mafalda Lourenço, do 3.º ano, e Matilde Ribeiro, do 4.º ano, que irão representar o 1.º ciclo; Mariana Fernandes, do 5.ºA, e Pedro Raimundo Espinho, do 6.ºA, a representar o 2.º ciclo; Mariana Antunes, do 7.º B, e Beatriz Ferreira, do 9.ºA, no 3.º ciclo; e no ensino secundário, Maria Daniela Mendes, do 11.ºA, e Inês Ferreira, do 12.ºA. Parabéns aos vencedores e obrigada a todos os que tiveram a coragem de participar!! A professora bibliotecária Emília Lages

No dia 28 de novembro, pelas 14h, o Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade realizou a 13.ª edição do Concurso Nacional de Leitura – fase de escola. Inscreveram-se cerca de 50 alunos dos vários níveis de ensino, desde o 3.º ano até ao 12.º ano. A atividade foi preparada com a colaboração da Biblioteca Municipal de Oleiros, cedendo o espaço para o efeito e oferecendo um lanche a todos os participantes. Os alunos inscritos leram uma obra previamente selecionada e, no dia marcado, responderam a um questionário sobre a obra. O 1.º ciclo leu o conto “A Princesa e a ervilha”, de Hans Christian Andersen, o 2.º ciclo leu “A Viúva e o Papagaio”, de Virginia Woolf, o 3.º ciclo leu “O Conto da Ilha Desconhecida”, de José Saramago, e o ensino secundário dois contos da obra “Contos completos” de Gabriel Garcia Marquez. As provas foram imediatamente corrigidas, graças à colaboração das professoras de Português (Maria Piedade Ferreira, Cristina Raimundo

Educação Ambiental

Planetário do Ambiente A ação de Educação Ambiental, A Nossa Casa é Um Planeta contempla a produção de 3 filmes especialmente concebidos com conteúdos adequados para públicos-alvo diferentes. Numa iniciativa promovida pelo Gabinete do Ambiente da Câmara Municipal de Oleiros, o Plane-

tário do Ambiente visitou o nosso Agrupamento no dia 21 de novembro e todos os alunos puderam ver os filmes relacionados com a temática da Educação Ambiental e, mais especificamente, a regra dos 3 Rs (Reduzir, Reutilizar e Reciclar). O Clube Eco-Escolas

Projeto de empreendorismo

Troca por Troca No presente ano letivo, as turmas do 5.ºA e do 5.ºB do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade, juntaram-se na disciplina de Empreendedorismo e criaram o Projeto Troca por Troca. O Projeto tem como objetivo promover a reciclagem junto da comunidade educativa e consiste na recolha de vários materiais, como por exemplo: rolhas de cortiça, pilhas, caricas, cápsulas de café, tinteiros, garrafas e garrafões de plástico, tampinhas e latas. Na entrega destes materiais a reciclar (quartas feiras da parte da tarde), será dado em troca dinheiro AEPAA (aepaas), de acordo com uma tabela, tudo elaborado pelos alunos. Por sua vez, este dinheiro (aepaas) poderá ser usado para adquirir produtos numa feira mensal de produtos usados. Os alunos estão muito empenhados e, a fim de divulgar o projeto e angariar apoios, fizeram já contactos com a Câmara Municipal, a Junta de Freguesia de Oleiros e o Conselho Pedagógico do AEPAA. Divulgaram também o projeto junto dos professores, funcionários e restantes alunos do Agrupamento na esperança de ha-

ver uma grande participação de toda a comunidade educativa e assim todos contribuírem para a preservação da natureza e uma melhor qualidade de vida. O projeto irá desenvolver-se ao longo de todo o ano, podendo estender-se também ao próximo ano letivo. Os alunos do 5.º A e 5.º B

a pedagogia de projeto, permitem à escola, centrada na sua flexibilidade curricular, trabalhar a educação na sua transversalidade através da mobilização de um conjunto de valores construtores e fortalecedores de uma cidadania participativa (Educação Ambiental, Educação Financeira, Educação para o Consumo e o Empreendedorismo).

As diferentes ações pedagógicas resultantes do projeto, de acordo com

O professor responsável Alexandre Milheiro

Materiais Latas Latas

Unidade de medida 1 unidade(espalmadas) 1 unidade(intactas)

Preço/unidade de medida 2 aepaas 1 aepaa

Tampinhas

1 garrafão de 5L

30 aepaas

Garrafas de 0,5L ou menos Garrafas de 0,5L ou menos

1 unidade(espalmadas) 1 unidade(intactas)

2 aepaas 1 aepaas

Garrafas de 0,75L ou mais Garrafas de 0,75L ou mais

1 unidade(espalmadas) 1 unidade(intactas)

4 aepaas 2 aepaas

Rolhas de cortiça

1 garrafão de 5L

20 aepaas

Cápsulas de café

1 saco de plástico

15 aepaas

Caricas

1 garrafão de 5L

30 aepaas

Pilhas

1 garrafa de 0,5L

10 aepaas

Tinteiros

1 unidade

5 aepaas

Boas Festas

BOAS FESTAS


12 Oleiros Magazine

Suplemento do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

dezembro de 2018

BREVES

Exercício de treino

A Terra Treme O AEPAA participou no exercício nacional A TERRA TREME que se realizou no dia 5 de novembro, pelas 11h05. O exercício de treino teve a duração de apenas 1 minuto, durante o qual alunos e professores executaram os 3 gestos que salvam: BAIXAR, PROTEGER E AGUARDAR. A TERRA TREME é um exercício organizado anualmente pela

Autoridade Nacional de Proteção Civil que pretende alertar e sensibilizar a população sobre como agir antes, durante e depois da ocorrência de um sismo. Durante um sismo é importante ficar calmo e protegermo-nos debaixo de uma mesa ou cama. Por isso, devemos baixar-nos sobre os joelhos, para evitar uma queda e proteger a cabeça e o pescoço com

os braços e as mãos. Por fim, devemos aguardar até que a terra pare de tremer. Esta iniciativa procurou chamar a atenção para o risco sísmico e para a importância de comportamentos simples que os cidadãos devem adotar em caso de sismo, mas que podem salvar vidas. Guilherme Lages Milheiro – 6.ºA

Show cooking de alunos de cozinha e pastelaria

Mostra dos Frutos de Outono Os alunos finalistas do curso profissional de cozinha e pastelaria participaram na já habitual Mostra da Castanha e do Medronho, organizada pelo município de Oleiros entre os dias 2 e 4 de novembro de 2018. Os alunos, acompanhados do Chef Edmundo Boavista, seu professor, realizaram uma cozinha ao vivo, onde confecionaram trufas e biscoitos e deram uso aos protagonistas da mostra: o medronho e a castanha. Também o mel, o azeite e o vinho callum fizeram parte dos ingredientes utilizados por estes futuros chefs na confeção dos biscoitos de Oleiros. Este tipo de atividade é importante para os alunos, permitindo-lhes enriquecer os seus conhecimentos e ganhar experiência profissional.

Projeto Terra + O Projeto Terra+ surge de uma parceria entre a Associação Natureza Portugal (ANP|WWF), o parceiro nacional do World Wild Fund for Nature, a APMRA - Associação Portuguesa de Marketing Rural e Agronegócio, a Territórios Criativos e a Lousitânea – Liga dos Amigos da Serra da Lousã. De entre as várias ações do projeto apoiado pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambien-

te, também se realizam sessões de sensibilização ambiental dirigidas aos alunos com disciplinas de biologia e ciências. No passado dia 14 de novembro, os alunos do 3.º ciclo e secundário puderam alargar os seus conhecimentos sobre a Biodiversidade numa sessão que decorreu no auditório da escola sede. A coordenadora do Programa Eco-escolas Anabela Dias

Matemática no campo

Trigonometria à nossa volta

Os alunos do 11.º B

Educação Ambiental

Formações Ecovalor No âmbito da Educação Ambiental para a Sustentabilidade, o Agrupamento de Escolas, através do Programa Eco-Escolas, em parceria com a Valnor, implementou, mais uma vez, formações dirigidas aos alunos. Estas pretendem dar continuidade à promoção e dinamização de atividades de educação ambiental, desta

Eco-Escolas divulga projeto

vez através de jogos didáticos que as duas formadoras realizaram com os alunos no dia 29 de outubro. O Clube Eco-escolas No âmbito da Educação Ambiental para a Sustentabilidade, o Agrupamento de Escolas, através do Programa Eco-Escolas, em parceria com a Valnor, implementou, mais

Deseja-lhe Boas Festas Silvia Maria Afonso da Silva Garcia Guerra

uma vez, formações dirigidas aos alunos. Estas pretendem dar continuidade à promoção e dinamização de atividades de educação ambiental, desta vez através de jogos didáticos que as duas formadoras realizaram com os alunos no dia 29 de outubro. O Clube Eco-escolas

No passado dia 12 de novembro, no âmbito da disciplina de Matemática, na abordagem ao tema Trigonometria, a turma A do 11.º ano, por sugestão da professora Célia Martins da Equipa do PIICIE (Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar), realizou uma atividade de campo, em grupo, com o objetivo de determinar distâncias inacessíveis recorrendo a um quadrante, construído pelos alunos. A atividade teve início em

sala de aula com a construção de um quadrante. Posteriormente, os alunos foram para o exterior e, com auxílio do instrumento construído efetuaram medições para determinar a altura de árvores, de um candeeiro no espaço escolar e do centro de saúde. Esta atividade foi bastante proveitosa pois contribuiu para a promoção do gosto pela disciplina e permitiu aos alunos constatar a aplicação prática de conteúdos estudados em sala de aula.

Boas Festas


Publicidade

dezembro de 2018

Feliz Ano

Contactos Avenida do Brasil,4 r/c | Apartado 262 +351 272 324 645 | +351 965 315 233 rvj@rvj.pt | www.rvj.pt 6000-909 Castelo Branco - Portugal

Oleiros Magazine 13

atal & P rรณspero

Novo

Identidade Design Corporativa

Editorial

Design Produto

Web

Design


Cultura

14 Oleiros Magazine

dezembro de 2018

Universidade sénior

Teatro com Alma em Oleiros

O Grupo de Teatro da Universidade Sénior de Oleiros leva a cena no dia 22 de dezembro, pelas 21H30, e no dia 23 de dezembro, pelas 16H30, a peça Alma. O espetáculo tinha tido estreia em outubro e volta agora ao auditório da Santa Casa da Misericórdia de Oleiros, com entrada gratuita. Com encenação de Rui Espinho e um elenco composto por Alexandre Milheiro, Anabela Dias, António José Luís, Conceição Antunes, Elisa Alves, Emília de Deus, Helena Pedro, Maria Dias e Telma Veríssimo, a peça aborda a história, a memória e a identidade oleirense sob diversos cenários. Esta produção teve o apoio e

1 de dezembro

Banda Filarmónica no desfile nacional colaboração de várias entidades, organismos locais e particulares. Recorde-se que a Universidade Sénior é dinamizada pelo projeto CLDS 3G “Novos Desa-

fios” de Oleiros, um projeto de cariz social em colaboração com o município tendo como alvo de intervenção os habitantes do concelho.

A Sociedade Filarmónica Oleirense, participou, no dia 1 de dezembro, no 7.º Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas. A iniciativa reuniu bandas de todo o país, as quais fizeram o percurso entre Avenida da Liberdade e a Praça dos Restauradores. No final todas as bandas tocaram,

junto ao Monumento dos Restauradores, numa interpretação sequencial, como se de uma só orquestra se tratasse, os Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional. Entretanto, já no dia 8 de dezembro, a sociedade realizou o seu magusto anual.

Livros foram apresentados

Receitas das avós com muito afeto O livro “Receitas das Avós – 2ª Edição revista e aumentada”, que apresenta várias receitas de avós com ligações a Oleiros, foi apresentado, no passado dia 8 de dezembro, uma data em que noutros tempos se assinalava o Dia da Mãe. Coordenado por João Carrega, o livro procura homenagear as avós e as suas receitas. No fundo é um livro de afetos. O livro constitui também um património histórico. Foi uma cerimónia emotiva, com intervenções de Júlio Cruz, que teve a responsabilidade de moderar o debate; de Florinda Baptista, que falou do que as receitas das avós representam para os netos; de João Ruivo, que destacou a importância da obra; de Maria José Infante, docente da Escola Superior de Educação de Castelo Branco, que apresentou a obra; e do presidente do Município, Luís

Leitura

Crianças passam a noite na biblioteca

Correia, para além das palavras do coordenador da obra. Receitas dos avôs e daqueles que não o são Entretanto, no dia 21 de dezembro, está previsto o lançamento nacional do livro “Recei-

tas dos Avôs e daqueles que não o são”, também coordenado pelo jornalista João Carrega, onde são apresentados vários avôs e netos e as suas receitas/petiscos. Também aqui surgem avôs e netos com ligações ao concelho de Oleiros.

Vinte e duas crianças do 1ºciclo passaram a noite (23 de novembro) na Casa da Cultura de Oleiros no âmbito da atividade “Mãe...vou passar a noite fora, na Biblioteca”. A iniciativa estreou há dois anos e o êxito dessa edição assim como o retorno de pais e crianças incentivou a esta repetição de sucesso. Esta atividade teve como finalidade a criação de proximidade entre os participantes e a Biblioteca, dando a entender de forma divertida, a distribuição temática nas estantes, assim como o que podemos encontrar

neste espaço além dos livros, filmes e outros materiais. O facto de esta atividade funcionar em equipas com elementos de várias idades e anos escolares fomenta também o trabalho de grupo e a interajuda mediante as capacidades de cada um. Depois da ceia e de lavar os dentes, teve lugar uma pequena sessão de cinema seguida da história “Livro das Boas Noites” que serviu de embalo para uma dormida diferente. Na manhã seguinte e tomado o pequeno almoço, foi altura de arrumar as malas e esperar pelos pais.

www.oleirosmagazine.com


Freguesias

dezembro de 2018

Oleiros Magazine 15

Cardosa

Capela requalificada A Capela de Nossa Senhora da Conceição, na Cardosa, foi alvo de requalificação. A obra é da Fábrica da Igreja

com o apoio da Câmara Municipal de Oleiros e da Junta de Freguesia de Sarnadas de São Simão. A estrada de Selada das Pedras foi inaugurada pela autarquia

Cambas

Freguesia faz obras Sarnadas de S. Simão

Requalificação da Barragem A Junta de Freguesia de Sarnadas de São Simão procedeu à recuperação da Barragem. A requalificação desta infraestrutura,

que terá rebentado nos anos 90, foi feita pela Junta com o apoio da Câmara, numa obra de que envolveu um investimento significativo.

Sarnadas de S. Simão

Ginástica para seniores As sessões de ginástica para seniores promovidas pela Junta de Freguesia de Sarnadas de São Simão continuam todas as quartas-feiras.

A atividade, que tem sido um sucesso, decorre às 17 horas e visa estimular a atividade física junto da população, em particular do mais idosos.

Atividades

Sobral com magusto A União Regional da Freguesia do Sobral promoveu, no passado dia 17 de novembro, o seu tradicional magusto, numa iniciativa que pretendeu fomentar o convívio entre todos os associados e amigos. Esta atividade assinalou também o aniversário da popular coletividade de Sobral.

Entretanto, no dia 1 de dezembro foi inaugurado o presépio da associação, com a realização de um concerto de Natal, a partir das 21H00. Recorde-se que já em outubro, a coletividade participou num torneio de futebol, em Lisboa.

A Junta de Freguesia de Cambas tem procedido a obras de manutenção de ruas, valetas, aquedutos, cemitérios, espaço da praia fluvial e estradas florestais. Estas intervenções são consideradas de especial importância e visam a limpeza, conservação e be-

neficiação das infraestruturas que servem a freguesia. Também com o apoio do Município de Oleiros, a Junta de Freguesia tem realizado calcetamentos nos passeios da avenida em Cambas, outras calçadas nos Caneiros, Muro Fundeiro e Quinta

do Promourinho. Entretanto, a Junta de Freguesia, ainda em parceria com a Câmara de Oleiros, procedeu ao alcatroamento da estrada de Selada das Pedras, nas Brejeiras, e sua inauguração, a convite do Grupo Regionalista das Selada das Pedras.

Zêzere

Grande Rota de volta Os embaixadores da GRZ – Grande Rota do Zêzere voltaram a encontrar-se três anos após terem percorrido a rota em estafeta multimodal (de canoa, a pé e de bicicleta), aquando da inauguração em 2015. Esse reencontro foi dia 1 de dezembro, quando atletas como o alpinista João Garcia ou o canoísta Emanuel Silva reativaram o itinerário da GRZ, em conjunto, num troço que une Silvares a Cambas, em que há águas bravas, trail running e BTT. No final do evento, o convívio foi na Praia Fluvial de Cambas. Iluminação de Natal A sede de freguesia de Cam-

A freguesia pretende, desta forma, presentear todos os moradores com o espírito característico do Natal para criar um ambiente ainda mais acolhedor nesta época propícia ao conforto familiar.

bas encontra-se com mais brilho durante esta quadra festiva, graças à tradicional iluminação de Natal.

Pinhal Maior faz sensibilização A Pinhal Maior – Associação Desenvolvimento do Pinhal Interior Sul promoveu na freguesia de Cambas, no dia 28 de novembro, uma ação de sensibilização e informação sobre Recursos Naturais e Património Territorial, Valorização Agroflorestal e Produções Alternativas, Dinâmicas Locais e Defesa da Floresta Contra Incêndios.

Boas Festas


Freguesias

16 Oleiros Magazine

dezembro de 2018

Natal

Freguesia de Oleiros apoia comércio A Junta de Freguesia Oleiros – Amieira está a promover a atividade “Natal no Comércio Local”, através da qual quem fizer compras no comércio local se habilita a ganhar vales para compras, os quais variam entre os 250 e os 50 euros. A campanha é válida para as lojas aderentes, até ao próximo dia 28 de dezembro. Esta iniciativa que a Freguesia de Oleiros-Amieira tem vindo a desenvolver nos últimos anos, garante, no entender do presidente da Junta, Jorge Antunes, “uma aliciante distribuição de prémios, ao mesmo tempo que apoia duplamente o comércio do concelho. Além do estímulo à população para que faça compras a nível local, as lojas são diretamente beneficiárias com os valores atribuídos”. Esta campanha surge integrada no plano de atividades da Junta de Freguesia, o qual prevê a realização de iniciativas que se destinam à promoção, revitalização e dinamização do comércio no concelho. Outra das apostas passa por conseguir atrair habitantes de municípios vizinhos.

Natal no comércio local

PRÉMIOS:

Nº de bilhetes: 20 10 1

Valor do prémio em compras 50 euros 100 euros

Campanha válida em todas as lojas aderentes de 1 a 28 de Dezembro de 2018

250 euros

Pode consultar todo o regulamento em www.oleirosamieira.pt

Rua Dr. José Carvalho, nº9 | 6160-421 Oleiros | Telefone e Fax: 272 682 140 | e-mail: geral@oleirosamieira.pt

Junta Oleiros - amieira

Exposição Arte sem Stress A sede da Junta de Freguesia de Oleiros-Amieira inaugurou, no mês de outubro, a exposição “Arte Sem Stress” de Paulo Costa. A iniciativa foi uma excelente oportunidade para descobrir o trabalho do artesão de Oleiros, que se destaca pelo seu talento e criatividade. Durante o mês, muitos foram os visitantes que se deixaram conquistar pelas peças que encontraram na sede da Junta de Freguesia.

Freguesia Oleiros-Amieira

Educação ambiental em sessão pública A sede da Junta de Freguesia de OleirosAmieira acolheu, no passado dia 10 de dezembro, uma sessão de esclarecimento sobre “recursos naturais e património, valorização, agroflorestal e produções alternativas, dinâmicas locais e defesa da floresta contra incêndios”. A iniciativa foi promovida pela Associação Pinhal Maior, no âmbito do Fundo Ambiental “Educação Ambiental + sustentável – promover uma nova cultura cívica territorial”.


Concelho

dezembro de 2018

Voluntariado

BREVES

crónica

Da Serra ao mar O turismo tem sido decisivo para travar o avanço da desertificação, atraindo visitantes, mão-de-obra qualificada e moradores a territórios de baixa densidade que muitos teimam em chamar Interior - uma contrariedade, se virmos que nos situamos no Litoral da Europa - e o qual começa cada vez mais a ser percebido como “o luxo do século XXI”. A diversidade deste território tão autêntico, com inúmeras experiências para oferecer e gente tão ávida para receber - e se sabem receber bem..! - são ativos fundamentais para afirmar este país. No seu todo, Portugal é já uma referência e foi escolhido há dias, pelo segundo ano consecutivo, como o “melhor destino turístico do mundo”, de acordo com os prémios World Travel Awards. Como é que um país tão pequeno em área geográfica, consegue ser tão grande em identidade, tendo regiões que são um autêntico país dentro de outro país..? Este é o caso do Centro de Portugal, onde Oleiros se insere. Cada vez mais procurado por turistas e visitantes, mas também por investidores estrangeiros, aqui têm sido descobertos e explorados novos segmentos de mercado - vejase os casos de sucesso existentes no concelho que cada vez mais o afirmam como Destino

Mindfulness. Mas para além de se situar num território único e ainda preservado no seu estado mais puro, Oleiros tem uma localização estratégica que o pode distinguir, situando-se ao mesmo tempo no Litoral da Europa e numa região transfronteiriça que o aproxima do mercado espanhol. Por outro lado, o concelho fica no eixo de ligação de fortes vetores de atração de massas: a neve da Serra da Estrela e o mar (passando ainda por Fátima). Se soubermos potenciar esta oportunidade, criando as infraestruturas necessárias que vinculem esta ligação, poderemos tirar partido de alguns dos argumentos que nos caracterizam e que podem motivar uma paragem ou uma estadia, seja o Cabrito Estonado, o Trilho Internacional dos Apalaches ou qualquer outra imagem de marca deste território. Inês Martins

Oleiros

Seminário “Valorização da Cortiça” A Câmara de Oleiros, em parceria com a Pinhal Maior, promoveu a realização do seminário “Valorização da Cortiça”, o qual teve lugar no dia 13 de dezembro, no auditório da Casa da Cultura de Oleiros. A ação teve como orador

Boas Festas

Oleiros Magazine 17

convidado Joaquim Lima, da Associação Portuguesa da Cortiça (APCOR), e inseriu-se no projeto Pinhal Melhor, desenvolvido pela Pinhal Maior e cofinanciado pelo Ministério do Ambiente e Transição Energética.

Reflorestação no Orvalho Um conjunto de voluntários associados da Keller Williams Pr1me deslocou-se a Oleiros, no passado dia 7 de dezembro, com o intuito de ajudar a população e o território afetado pelos incêndios de 2017, através de uma ação voluntária de reflorestação. Recorde-se que já por essa altura, esta empresa de consultoria no ramo imobiliário havia contribuído com a oferta de eletrodomésticos às pessoas lesadas com esta calamidade. O local escolhido para a ação de reflorestação foi Cabeço Mosqueiro, onde está implantado o Miradouro do Mosqueiro, no Orvalho, o qual reunia a necessidade de fazer renascer um espaço

O presidente da Freguesia participou na ação

turístico e atraente do concelho e, simultaneamente, as condições ideais para o crescimento das espécies autóctones ali plantadas,

árvores essas obtidas através da candidatura “Floresta Comum”, efetuada pela Câmara de Oleiros e a qual teve aprovação imediata.

Oleiros

Natal para os mais novos O Município de Oleiros proporcionou, no passado dia 11, às crianças do concelho uma festa-concerto de Natal especial e bastante musical que encantou todos os presentes. No auditório da Santa Casa da Misericórdia de Oleiros, para além de um globo de neve insuflável que fez as delícias da pequenada, ou de um ateliê de bonecos de neve no qual podiam participar, o inesquecível espetáculo “Isto é a Selva”, pela Academia de Música de Coimbra, arrebatou o interesse do público, entre miúdos e graúdos. Em ambiente natalício, com banda e personagens ao vivo, o repertório baseou-se nas histórias e temas originais que constam na obra “Era uma Vez...”, da responsabilidade daquela Academia de Música. No final, os espetadores foram brindados pela presença

do Pai Natal e de várias figuras natalícias e foi entregue a cada criança um advento de chocolate e um exemplar do livro “Era uma vez..”, com o CD dos temas originais ali interpretados, oferta do Município. Durante aquela tarde, quem

quisesse poderia ainda visitar a Casinha do Pai Natal, habitada por simpáticas figuras natalícias. Esta acolhe durante dois fins-desemana ateliês temáticos e horas do conto que prometem encantar e encher de sonho e magia o Natal de Oleiros.

Oleiros

Bandeira Verde para a escola O Agrupamento de Escolas de Oleiros teve o reconhecimento da ABAE (Associação Bandeira Azul Europa - Educação Ambiental para a Sustentabilidade), no passado dia 7 de novembro, e pelo segundo ano consecutivo, pelo trabalho desenvolvido na melhoria do seu desempenho ambiental. Este reconhecimento só foi possível devido ao trabalho e o compromisso de todos os professores, educadores, técnicos municipais, alunos, famílias, comunidades educativas e demais parceiros que nestes dois anos deram o seu contributo de forma evolutiva para que possamos ter uma sociedade com melhor consciência ambiental.


18 Oleiros Magazine

Desporto

dezembro de 2018

Caminhada

Percurso pedestre junta 149 participantes

Cerca de centena e meia de participantes percorreram no passado dia 27 de outubro, o Trilho Internacional dos Apalaches, numa caminhada realizada na Serra do Muradal. No total a iniciativa juntou 149 participantes, a maioria de fora do concelho, os quais ao longo dos 11 quilómetros puderam apreciar bem de perto e ao vivo a escalada que acontecia nas 15 vias equipadas da Crista de Zebro, contemplar miradouros magníficos e assistir a uma interpretação geológica in loco de fósseis existentes e de todo o relevo apalachiano que caracteriza aquele território, a cargo da geóloga Joana de Castro Rodrigues, do Geopark Naturtejo. Ao longo da jornada, iam sendo revelados locais deslumbrantes, como o Poço de Fervença e foi ainda possível verificar a existência de novas vias de escalada, junto do Miradouro do Zebro, o qual será requalificado através de um projeto elaborado pelo Arquiteto Siza Vieira. Um ano após os incêndios que no verão passado atingiram a região, a atividade demonstrou que o Trilho dos Apalaches verifica elevado dinamismo, sustentabilidade e capacidade de atração, surpreendendo e garantindo a máxima superação a quem o percorre. A atestar este facto, a partir de agora, sempre no 3.º sábado de cada mês, vai ser possível experimentar gratuitamente a prática de escalada na Crista de Zebro. A próxima experiência de escalada gratuita está já agendada para o dia 17 de novembro. Recorde-se que a atividade foi promovida pelo Município de Oleiros, em parceria com o Geopark Naturtejo, tendo sido orga-

nizada pelo Clube Raia Aventura, contando com o apoio das associações Os Cucos do Vilar Barroco e Trilhos do Estreito e dos Bombeiros Voluntários de Oleiros. A ação inscreve-se no consórcio iNature, no âmbito das Estratégias de Eficiência Coletiva (EEC) do PROVERE (Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos).

António Belo foi distinguido

Águias do Moradal assinala 40 anos O Grupo Desportivo Águias do Moradal (GDAM) celebrou, no último mês, o seu 40º aniversário com um jantar comemorativo. O momento foi aproveitado para homenagear António Belo, antigo treinador e dirigente do clube, nos últimos 20 anos. Além de sócios e amigos do clube, estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Oleiros, a presidente da Junta de Freguesia Estreito-Vilar Barroco, o presidente da Associação de Futebol de Castelo Branco (AFCB). Aníbal Antunes, presidente da direção, recordou que ao longo de 40 anos, o GDAM foi quatro vezes campeão distrital, participou em duas terceiras divisões nacionais, em três campeonatos de Portugal, partici-

pou por cinco vezes nas eliminatórias da Taça de Portugal, venceu por nove vezes a Taça de Honra José Farromba e quatro vezes a Taça do Concelho de Oleiros. O presidente da Direção agradeceu ainda à Câmara Municipal as obras do relvado sintético no Campo do Ventoso. O presidente da Câmara Municipal, Fernando Jorge, felicitou a coletividade e frisou a importância da mesma, sendo “uma das mais conhecidas do concelho (...) que leva o nome de Oleiros pelo país fora”. O Grupo Desportivo Águias do Moradal é uma das 17 instituições que assinaram protocolo no Dia do Concelho com o intuito de desenvolver o Associativismo Ativo, neste caso na área desportiva.

Campeonato Nacional de Futebol

Oleiros em boa forma A Associação Recreativa e Cultural de Oleiros está a ter uma boa participação no Campeonato Nacional de Portugal, em futebol. A formação do Pinhal é uma das equipas que mais se tem destacado, e até à 14ª jornada somava já 22 pontos, ocupando um lugar tranquilo na tabela classificativa. A formação do Pinhal, comandada por Natan Costa (na foto) somava seis vitórias e quatro empates e já tinha apontados 19 golos. Com esta dinâmica a equipa de Oleiros está no bom caminho para alcançar o seu principal objetivo, que é a manutenção, evitando sobressaltos no que respeita à manutenção no Campeonato Nacional. Nesta caminhada a equipa de Oleiros tem contado com o apoio dos seus adeptos.


Atualidade

dezembro de 2018

Peditório

Oleiros apoia Liga contra o cancro O Núcleo de Oleiros da Liga Portuguesa Contra o Cancro recolheu, no ano 2018, 3163,35 euros resultantes do seu peditório nas freguesias do concelho. Assim, e de acordo com os dados enviados pelo Núcleo, foram recolhidos 1767,97 euros na freguesia de Oleiros; 139,97 em Álvaro; 35,90 euros na Amieira; 77,41 euros em Cambas; 164,12 no Estreito; 91,75 euros na Isna; 70,50 na Madeirã; 49,41 euros no Mosteiro; 426,32 euros no Orvalho; 108,27 euros em Sarnadas de S. Simão; 167,98 no Sobral; e 63,75 em Vilar Barroco.

Oleiros

Casinha do Pai Natal A Casinha do Pai Natal está a funcionar em Oleiros, de 15 a 23 de dezembro, das 10H00 às 18H00 e no dia 24, das 10H00 às 13H00. Visite-a junto ao lago do Jardim Municipal, em Oleiros. No seu interior, simpáticas figuras natalícias estão prontas para o receber a si e à sua família. Aos fins-de semana, realizam-se vários ateliês de manhã (das 10H00 às 12H00) e de tarde (das 15H00 às 16:30h) e assista a uma Hora do Conto natalícia, aos sábados e no primeiro domingo (dias 15, 16 e 22), das 16H30 às 17H00, em plena Casinha do Pai Natal.

Igreja

Novo Bispo Auxiliar do Porto é natural de Oleiros Realizou-se no passado dia 16 de dezembro, na Sé de Viseu, a ordenação episcopal de D. Armando Esteves Domingues, até então vigário-geral da Diocese de Viseu e agora Bispo Auxiliar da Diocese do Porto. Nomeado pelo Papa Francisco no passado dia 27 de outubro, D. Armando é natural do Cocharro, em Oleiros, sendo o oitavo de onze irmãos e tio de 17 sobrinhos e de 18 sobrinhos netos. Ordenado sacerdote a 25 de novembro de 1981, D. Armando Domingues conta com formação em áreas como a pastoral juvenil, a espiritualidade e a pastoral familiar, com especial incidência na preparação de noivos para o matrimónio. Entre o seu percurso pastoral sobressai o seu empenho na área socio caritativa, com a dinamização ao longo dos anos de várias iniciativas ligadas à inclusão social, ao combate ao desemprego, à recuperação de dependências e à habitação. Numa das regiões por onde passou, Nossa Senhora do Viso, contribuiu para a constituição desta comunidade como paróquia e para a construção de novas estruturas, entre as quais um novo centro social e uma nova igreja. O seu currículo inclui também a colaboração com vários movimentos e organismos católicos, desde os Escuteiros aos Educadores Católicos, passando pelos Cursilhos de Cristandade. Ainda inclui um tempo de trabalho como professor no Seminário Maior de Viseu, onde ajudou a formar várias vocações

Dez Freguesias, dez experiências

Madeirã faz ateliê dedicado ao medronho O quinto ateliê temático da iniciativa Dez Freguesias, Dez Experiências, desta feita dedicado ao Medronho, não poderia ter terminado de melhor maneira, afirmando definitivamente a freguesia de Madeirã como a capital daquele fruto vermelho do Pinhal. Realizada no passado dia 3 de novembro, a ação reuniu a presença de cerca de

Oleiros Magazine 19

160 participantes que puderam interagir em variadas experiências. A organização esteve a cargo do Município de Oleiros e da Junta de Freguesia de Madeirã, com o apoio da Associação Recreativa e Cultural de Melhoramentos da Aldeia da Cava (ARCA) e do Grupo de Amigos da Freguesia de Madeirã (GAFM), os quais estiveram de mãos dadas na concretização da atividade.

www.oleirosmagazine.com

sacerdotais, e um período de missão junto das Forças Armadas e de Segurança, como capelão da Força Aérea Portuguesa. Com esta ordenação, este será o segundo bispo natural de Oleiros, juntando-se a D. João Maria Pimentel, Bispo de Angra, autor da monografia Memórias da Villa de Oleiros e do seu concelho. Já como Bispo, D.

Armando visitará a sua terra natal, no próximo dia 6 de janeiro, onde pelas 15:00h, na Igreja Matriz de Oleiros, terá lugar uma bênção episcopal e uma celebração eucarística em ação de graças pelo seu aniversário sacerdotal. Enquadrado naquela ocasião, haverá um Concerto de Reis que abrilhantará o momento.


AF_240x335_Anuncio_Imprensa_Natal_Generg.pdf

20 Oleiros Magazine

AF_240x335_Anuncio_Imprensa_Natal_Generg.pdf

1

12/12/18

12:59

1

12/12/18

12:59

Publicidade

dezembro de 2018

C

M

Y C CM M MY Y CY CM CMY MY K CY

A magia natalícia tem energia especial A magia natalícia tem energia especial

CMY

K

Natal é esperança e alegria, união e família. É a vontade de ajudar que simboliza as nossas energias e o compromisso para dedicar a tradicional “Solidariedade em Época Natalícia” a 3 instituições: Natal é esperança e alegria, união e família. É a vontade de ajudar que simboliza as nossas o compromisso para dedicar Centro Social e energias Paroquial ePadre Filinto, Vouzela AMA (Associação deem Amigos doNatalícia” Autismo), Viana do Castelo aFundação tradicional “Solidariedade Época a 3 instituições: Obra de Socorro Familiar – Abrigo de S. José, Fundão Centro Social e Paroquial Padre Filinto, Vouzela Fundação AMA (Associação deum Amigos doeAutismo), Viana do Castelo Desejamos a todos feliz próspero natal, Obra de Socorro Familiar – Abrigo de S. José, Fundão com sustentabilidade e muita energia para 2019.

Desejamos a todos um feliz e próspero natal, BoaseFestas! com sustentabilidade muita energia para 2019.

Boas Festas! Av. Columbano Bordalo Pinheiro, nr. 75 • Piso 5.06, 1070-061 Lisboa • Portugal T +351 21 780 20 20 E geral@generg.pt • info@novenergia.com • www.generg.pt • www.novernergia.com Av. Columbano Bordalo Pinheiro, nr. 75 • Piso 5.06, 1070-061 Lisboa • Portugal T +351 21 780 20 20 E geral@generg.pt • info@novenergia.com • www.generg.pt • www.novernergia.com

Oleiros Magazine Publicação periódica nº 123920

Diretora: Daniela Silva • Edição e Propriedade: RVJ - Editores, Lda, Empresa Jornalística nº 221610 Gerência: Vitor Tomé, João Carrega e Rui Rodrigues (accionistas com mais de 10 por cento do capital social) Redacção, Serviços Administrativos e Comerciais: Av. do Brasil, 4 R/C • 6000-909 Castelo Branco • Telefone 272324645 • oleirosmagazine@rvj.pt • www.oleirosmagazine.com • Impressão: Gráfica Almondina - Zona Industrial de Torres Novas • Trimestral • 4000 exemplares de tiragem • Estatuto Editorial: www.oleirosmagazine.com

Profile for RVJ Editores

Oleiros Magazine Dezembro 2018  

Oleiros Magazine Dezembro 2018  

Advertisement