Page 1

Oleiros Magazine

agosto 2021

Oleiros Magazine

www.oleirosmagazine.com

Jornal do Concelho de Oleiros • Diretora: Daniela Silva • Edição e propriedade: RVJ - Editores, Lda • Periodicidade: Trimestral • agosto 2021• nº79 • Ano XVIII • Preço: 1 Euro

Estrelas de Álvaro com certificado internacional

Pág. 3

INVESTIMENTO SUPERIOR A UM MILHÃO DE EUROS

O que está a mudar no centro da vila de Oleiros

Bombeiros inauguram Quartel e exigem mais viaturas de combate a incêndios

Pág. 4

oleiros

Madeirã coloca bocas de incêndio

OLEIROS

Orçamento participativo tem 24 projetos

Pág. 8

Pág. 3

LAZER

Álvaro e Cambas têm praias vigiadas

rede viária

Sardeiras e Abitureira com estradas melhoradas

Pág. 8

estreito

Pág. 9

Rotas encenadas animaram freguesia

FREGUESIAS

Mosteiro e Sobral com obras Pág. 9

futebol

Oleiros com novo treinador

Pág. 11

campeonato distrital

Estreito prepara época

AF_CA_CampanhaB05-21_ROD_262x48mm_cv.indd 1

P. 2

Pág. 11

CANDIDATURA Ao centro 2020

Pág. 8

Margens da Ribeira vão ser requalificadas

Pág. 4

oleiros - amieira

AGIP do Caniçal com contrato assinado

Pág. 10

agrupamento de escolas

Escola dinâmica

Suplemento

17/05/2021 17:43


2

Destaque

Oleiros Magazine

agosto 2021

Obras de requalificação inauguradas pela Secretária de Estado

Quartel dos Bombeiros está como novo O quartel dos Bombeiros Voluntários de Oleiros foi inauguardo dia 5 de junho, pela Secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, depois de ter sido requalificado e ampliado, num investimento de mais de um milhão de euros. “Criar uma obra destas é fundamental sobre diversos pontos de vista: confere aos que cá estão melhores condições de trabalho e convívio; garante maior nível de operacionalidade; e ajuda a criar condições para os bombeiros se afirmem como um todo do país. São por isso, também, um foco de coesão territorial”, disse a Governante. A Secretária de Estado, na sua intervenção, e respondendo ao pedido do presidente da direção dos Bombeiros, Albino Caldeira, disse que “no Plano de Recuperação e Resiliência (recentemente apresentado à Comissão Europeia) estão destinados 12 milhões de euros para a aquisição de 90 viaturas, as quais irão ser distribuídas, com rigor, no país”. Patrícia Gaspar classificou o setor dos bombeiros como “fundamental para o país”. Recordou ainda 2017: “foi o ano que nenhum de nós queria ter vivido, mas que nos levou a mudar. Esta é uma luta que levarei até onde puder e onde ninguém está a mais. Estamos a reaprender a cuidar dos nossos espaços rurais, a alterar comportamentos. Mas este é um processo que não tem resultados em dois ou três anos. É um caminho longo”. Na sua intervenção elogiou o papel dos bombeiros num período de pandemia: “o último ano veio por à prova o trabalho que temos feito. Os bombeiros estiveram, 24 horas por dia, no combate à pandemia. E esta é a prova que temos que dar solidez ao sistema de Proteção Civil. Ao nível do Governo não tem sido fácil governar em pandemia. Percebemos que isto teria efeitos na resposta operacional e na saúde financeira das instituições”. Fernando Jorge, presidente da Câmara considera que os Bombeiros “passaram a ter um quartel amplo e eficiente, em que os carros podem sair sem constrangimentos. Para além da melhoria das condições de habitabilidade, é permitida uma resposta mais célere às solicitações”. O autarca destacou o facto do “município estar sempre disponível para apoiar todas as associações e em

especial a AHBVO, a associação mais acarinhada do concelho. As várias direções que passaram por esta coletividade, sempre tiveram no Município um parceiro indiscutível, à semelhança do que sempre ocorreu entre as duas instituições, servindo o interesse público”. As obras foram cofinanciadas em 733 mil euros pelo Programa Opera-

COOPERAÇÃO

Pinhal assina com China A Pinhal Maior – Associação de Desenvolvimento do Pinhal Interior Sul assinou com a Câmara de Comércio de Pequenas e Médias Empresas Portugal-China (CCPC-PME), um protocolo de cooperação. O acordo rubricado no passado dia 14 de maio, em Mação visa a procura e seleção, em cada país, de projetos e iniciativas que possam conduzir a ações de cooperação conjunta; apoio na organização e participação mútua em Feiras e Mostras, Conferências Temáticas e ações de transferência de bolsas de contactos empresariais; colaboração em ações que configurem oportunidades de entrada em mercados externos;

e apoio no desenvolvimento de projetos inovadores conjuntos de cooperação. Na assinatura do referido protocolo marcaram presença, enquanto representantes dos diferentes concelhos do território de intervenção, os presidentes dos municípios de Mação e de Vila de Rei, Vasco Estrela e Ricardo Aires, respetivamente, os vice-presidentes dos municípios de Oleiros e Proença-a-Nova, Victor Antunes e João Manso, respetivamente, o adjunto do presidente do município da Sertã, António José Simões e o secretário executivo da Pinhal Maior, Augusto Nogueira.

cional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR) e tiveram o apoio da autarquia e de empresas que se associaram. Albino Coelho Caldeira, presidente da direção, classificou esta intervenção como “fundamental e necessária”. No seu entender, a anterior estrutura não dava resposta às necessidades dos bombeiros. A intervenção permitiu a requalificação do edifício existente e da zona envolvente. De acordo com Albino Caldeira, “o salão nobre foi reconvertido em três salas de formação. A secretaria, a sala de direção e um espaço que servirá de futuro museu dos Bombeiros foram melhorados, assim como as instalações sanitárias”. Foi ainda construído um novo edifício, onde estão instaladas camaratas para homens e mulheres, com uma capacidade para 37 pessoas, tendo sido construídos novos balneários e sanitários, assim como uma zona para cacifos individuais. Ainda antes da inauguração foram benzidas pelo Bispo Auxiliar do Porto, D. Armando Esteves Domingues seis viaturas. Na ocasião, aquele oleirense recordou os tempos de juventude em que quando tocava a sirene corria, com os co-

legas da sua idade, ao quartel para ajudar no que fosse preciso. Na cerimónia intervieram ainda o presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Duarte da Costa (apelou aos bombeiros para que andem sempre seguros. Só é possível dar segurança aos portugueses se vocês estiverem em segurança, disse); o secretário da Liga dos Bombeiros Portugueses, José Requeijo (abordou a questão do voluntariado: o difícil é termos bombeiros voluntários. Estes homens e mulheres precisam de incentivos. Ter 19 novos estagiários significa que

a dinâmica e a vida na sociedade é grande. Agora há que fazer tudo para que eles se mantenham, sublinhou); Luís Antunes, comandante dos Bombeiros de Oleiros (mostrouse satisfeito com as novas instalações e elogiou o esforço de toda a corporação, no dia a dia, e em momentos mais complicados como os vividos nos incêndios florestais); e de José Guedes, do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos - POSEUR (aproveitou a ocasião para referir que este é um investimento concluído, e que a entidade de gestão está a cumprir a sua


Destaque

agosto 2021

Oleiros Magazine

3

Astroturismo

Estrelas de Álvaro ganham certificado internacional O astroturismo parece ter vindo para ficar na aldeia de Álvaro, onde ver as estrelas no céu ganha cada vez mais adeptos. A novidade é que lhe foi atribuído o certificado internacional de “Destino Turístico Starlight” no âmbito do projeto Dark Sky Aldeias do Xisto. As “excelentes condições de visibilidade, transparência e escuridão do céu, e ainda a prontidão e a qualidade dos serviços turísticos” foram argumentos decisivos para a atribuição deste certificado, que no passado dia 8 de julho foi reforçado com a assinatura de um protocolo entre a autarquia de Oleiros e a ADXTUR- Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto, Associação Dark Sky® Alqueva e a Comunidade

Intermunicipal da Região de Coimbra. Na iniciativa, realizada na Pampilhosa da Serra mais 19 municípios aderiram. Álvaro, onde é possível usufruir da piscina fluvial, do barco-casa e de todo

o património histórico e religioso, ganha agora um novo atrativo: as estrelas. Em nota enviada ao Oleiros Magazine, a Câmara considera estar-se perante um “novo caminho para a relação deste território

com o céu, que extravasa a mera observação para se assumir como uma aposta estratégica que concilia o desenvolvimento turístico, a integração com o Sistema Científico e Tecnológico, a sustentabili-

dade social e ambiental, a capacitação das pessoas e o estímulo à economia”. O acordo e a certificação pretende agora “preparar o território e os seus agentes para a afirmação de um destino de astroturismo e a construção de produtos turísticos. As temáticas abordadas passam pelo astroturismo, astronomia e poluição luminosa”, diz a mesma nota. A importância deste novo produto é também sublinhada por Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal. Citado na mesma nota, aquele responsável destaca o percurso realizado no âmbito do projeto Dark Sky Aldeias do Xisto. “Este é um trabalho extraordinário de singularidade em relação a um território, que contribuiu para que mesmo numa

fase difícil, territórios da baixa densidade e do interior tivessem ombreado e até mesmo tido resultados superiores a destinos turísticos mais maduros e mais clássicos”. Pedro Machado lembrou ainda que o “tempo, o silêncio, a segurança e condições naturais para estruturar o produto Dark Sky, encarados como verdadeiros luxos do século XXI, são fatores que podem ajudar a reinventar estes territórios”. Por sua vez, Apolónia Rodrigues, presidente da Associação Dark Sky, também citada na mesma nota, assegura que o mais importante é “valorizar, fazer crescer o território e ter sempre presente que tem de haver cooperação, liderança e sobretudo qualidade no produto que é desenvolvido”.

teca; Baloiço de Madeira; Pedalar para Contemplar; Oficina dos Sabores e das Tradições; Requalificação da Entrada SO da Vila de Oleiros; Requalificação da Fonte Antiga - Foz do Giraldo; Reconstruir Memórias; Miradouro; Estação de Serviço para Autocaravanas; Beneficiação da Zona Envolvente do Açude da Estacada e Levada entre Mosteiro e Vale do Souto; e IsnaFit. Já no Orçamento Participativo Jovem foram aprovadas as candidaturas “Chapéus e Espreguiçadeiras nas Margens do Rio; Associação de Voluntariado Internacional; Zêzere ConVida; Cais Fluvial no Rio Zêzere; e Apoio à Formação Jovem. Recorde-se que tendo em conta o regulamento do Orçamento Participativo, os objetivos da iniciativa passam por “contribuir para uma maior aproximação das políticas públicas e da governação local às reais e expectantes necessidades dos jovens e da comunidade em

geral; fomentar e contribuir para o exercício de uma cidadania participativa, ativa e responsável que potencie a credibilidade das instituições e a qualidade da própria democracia, com o envolvimento dos jovens e da população em geral; e incentivar a interação entre eleitos, técnicos municipais e cidadãos na procura de soluções para melhorar a transparência da gestão pública e a qualidade de vida no concelho, especialmente, em benefício das áreas do território mais afastadas e dos grupos sociais mais vulneráveis”. As candidaturas aprovadas estão integradas numa das áreas temáticas específicas, como Democracia e Cidadania; Solidariedade e coesão social; Ecologia, ambiente e energia; Cultura e arte urbana; Educação e Juventude; Património material e imaterial; Desporto, saúde e bem-estar; Mobilidade; Qualidade de vida; e Inovação e Empreendedorismo.

Oleiros

Orçamento participativo com 24 projetos a votação A primeira edição do Orçamento Participativo, promovido pela Câmara de Oleiros, terá 24 projetos a votação. Segundo apurou o Oleiros Magazine, foram aprovados 24 dos 33 projetos candidatados, dos quais cinco dizem respeito ao Orçamento Participativo Jovem. As propostas definitivas serão votadas entre 9 e 31 de outubro e

Visite a nossa freguesia mas seja responsável...

os resultados finais serão divulgados em novembro. Em nota enviada à nossa redação, a autarquia revela que foram aprovadas as seguintes propostas na categoria geral: Miradouro Meandros do Zêzere; Rede Wi-Fi na Aldeia de Estreito; Requalificação da Fonte Centenária do Souto; Requalificação da Fonte Centenária com Criação de Zonas de Lazer em Roqueiro; Geradores para as nossas Freguesias; Recuperação de Moinho e Forno Comunitário; Combate à Falta de População Jovem; Ponte Suspensa, tipo Himalaia; A Minha Freguesia tem uma Biblio-


4

Concelho

Oleiros Magazine

agosto 2021

Candidatura ao Centro 2020 aprovada

Margens da Ribeira de Oleiros vão ser requalificadas

As margens da ribeira de Oleiros vão ser requalificadas com o recurso a fundos comunitários. A aposta passa por garantir melhores condições de mobilidade e de lazer. A candidatura da autarquia de Oleiros “Valorização do Património Natural da Ribeira de Oleiros”, no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro – CENTRO 2020, foi aprovada”. O investimento total será de 344 mil 527 euros e a comparticipação dos fundos europeus é de 230 mil euros. Segundo o Oleiros Magazine apurou “numa primeira fase, prevê-se a beneficiação das condições de acessibilidade e segurança do percurso pedonal ‘À Descoberta da Ribeira’, através da instalação de passadiços” Com esta medida pretende-se garantir que “quem tenha mobilidade reduzida possa percorrer aquele corredor verde entre a Ponte Grande

da Torna e a Praia Fluvial de Açude Pinto”.

O projeto prevê que aquele espaço possa ser utilizado ao longo

de todo o ano, estando previstas a instalação de plataformas para pes-

Devesas altas

breves

O que muda no centro da vila

As obras de requalificação da zona das Devesas Altas, junto à autarquia, onde semanalmente se realizava o mercado e onde em anos anteriores se realizou a Feira do Pinhal, estão em fase adiantada. A parte final dos trabalhos tem obrigado ao corte do trânsito na rua Dr. Barata Relvas. Na rua referida mantém-se a passagem de pessoas, tanto para moradores, como para acesso à Caixa de Crédito Agrícola. Está também assegurada a saída dos veículos do Centro de Saúde assim como do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Oleiros. A requalificação daquele espaço é um dos objetivos do executivo de Oleiros presidido por Fernando Jorge, e representa um investimento de 1,8 milhões de euros. Além da área de construção, o espaço envolvente divide-se por três zonas: a zona do anfiteatro, a zona do parque infantil e juvenil, e ainda uma zona de estadia associada aos seniores.

ca desportiva e para a observação e contemplação da fauna e flora; e também de papeleiras e bancos em locais estratégicos, e a colocação de QR Code nos painéis interpretativos existentes, entre outras mais-valias. Na segunda fase do projeto vai ser desenvolvido um programa de dinamização e sensibilização para a conservação e valorização do património. Em nota, o município revela que esta intervenção “tem como finalidade promover a conservação e valorização do património cultural e natural, enquanto instrumentos para a sustentabilidade – deverá arrancar no final do 3.º trimestre de 2021”. Recorde-se que esta valorização é cofinanciada pela União Europeia, através dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento e pelo Estado Português, no âmbito do Portugal 2020 – CENTRO 2020.

O projeto prevê ainda a colocação de vegetação de maior porte, promovendo o ensombramento natural.

A memória descritiva revela que “a requalificação deste espaço tem por objetivo promover o enqua-

dramento de um novo edifício a construir, possibilitando simultaneamente a implantação de espaços de estadia e lazer adequados a diferentes estágios etários. A articulação entre os diferentes espaços é assegurada através dos percursos pedonais que de uma forma contínua fazem a ligação de todo o espaço”. Diz o mesmo documento que o objetivo passa por “transformar esta zona num espaço exterior multiusos, onde se pretende que os utentes do espaço possam usufruir de recreio ativo e passivo, bem como acontecimentos culturais que irão acontecer nos diferentes espaços para o efeito propostos (anfiteatro e espaço juvenil)”. A requalificação das Devesas Altas representa um investimento de 1.844.291,95 euros, sendo cofinanciado pelo Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020 e o fundo de comparticipação FEDER, no valor de 381.573,48 euros.

OLEIROS

Experimenta paisagem Os municípios fundadores do Experimenta Paisagem – Oleiros, Proença-a-Nova, Sertã – e o escritório de arquitetura e urbanismo Mag – Marques de Aguiar, juntaram os parceiros numa reunião de trabalho para a expansão desta rede territorial. O Experimenta Paisagem, que teve como formato de estreia o Cortiçada Art Fest em agosto de 2020, pretende a afirmação da região do centro como destino internacional de arte na paisagem. Segundo Fernando Jorge, presidente da Câmara de Oleiros “esta iniciativa é de extrema importância e projetos como este permitem atrair pessoas aos lugares”. No entender do autarca oleirense, “este projeto traz ganhos em termos de escala e benefícios para todos de forma integrada. É importante afirmarmo-nos pela diferenciação e pela positiva. Só assim marcamos uma posição a nível nacional e internacional”.


Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

agosto 2021

Oleiros Magazine

5

Oleiros Magazine Suplemento

Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

Fases intermunicipal e nacional EDITORIAL Um dia, uma criança em conversa com um sábio (de experiência feita e de idade válida) perguntou-lhe: “Que tamanho tem o universo?”. O sábio olhou primeiro para a criança, depois para o infinito e respondeu: “O universo tem o tamanho do teu mundo”. Intrigada, a criança voltou a perguntar: “E qual é o tamanho do meu mundo?”. O sábio, então, respondeu-lhe prontamente: “Tem o tamanho dos teus sonhos e da esperança que tiveres quando enfrentares os teus dias.” (Adaptado de Augusto Curry) ESPERANÇA… Felizmente, conseguimos voltar a uma certa normalidade nesta longa reta final e com tantas linhas de meta distintas. O espelhado neste suplemento é o reflexo de muito trabalho, de todos e com todos. Este ano foi e pareceu bem maior que o habitual, nem tanto pelo tempo, mas, sim, pelas suas formas. Pareceram dois ou três anos letivos num só. Parte Parte presencial, presencial, parte à distância e ainda mista para alguns. Tivemos de enfrentar uma nova realidade na sala de aula. Regras de circulação entre blocos e edifícios, intervalos desfasados, quase ausência de convivência entre alunos de blocos diferentes entre muitas outras limitações. Desapareceram visitas de estudo e outras atividades de grupo. Desapareceu, por isso, um pouco da Escola… Houve alunos e professores a aprender e a ensinar a partir de casa, fosse por confinamento ou fosse por isolamento profilático. Perdemos muito neste caminho e não me refiro apenas às aprendizagens em contexto sala de aula. Todos fizemos o melhor em cada momento. Quando digo todos, refiro-me a todos os agentes envolvidos neste processo: professores, alunos, encarregados de educação, assistentes técnicos, assistentes operacionais e autarquia. Infelizmente, a realidade deste ano escolar não deverá ser muito diferente do próximo, que se aproxima rapidamente. O sucesso almejado deverá procurar o seu alicerce na capacidade de resiliência de todos e de cada um. O desafio proposto a todos nós, será o de proporcionar uma Escola para além da sala de aula, mas entre portas. Juntos, somos capazes! Portanto, sim, ESPERANÇA!. O Diretor Filipe Domingues

No dia 14 de abril, realizou-se, na Biblioteca Escolar do Agrupamento, a prova escrita de fase intermunicipal do CNL, pois devido à pandemia os alunos não puderam deslocar-se a outras escolas/bibliotecas. Este ano, a prova intermunicipal foi organizada pela Biblioteca Municipal de Castelo Branco. Participaram 13 alunos dos vários níveis de ensino do AEPAA, num conjunto de cerca de 80 alunos da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa, através dos Formulários do Google. Os 5 alunos mais pontuados de cada nível de ensino ficaram apurados para a prova oral que ocorreu no dia 21 de abril. No nosso agrupamento, ficaram apuradas as alunas Ana Rita Mendes Alves, da turma do 4.º ano da EB1 de Oleiros, e Inês Mafalda Lourenço, da turma A do 5.º ano, que conseguiram passar à prova oral. A prova oral consistiu na leitura expressiva de um excerto da obra literária estudada e a apresentação de argumentos sobre a temática da obra. As nossas duas representantes ficaram classificadas em 1.º lugar em cada um dos níveis de ensino e passaram à prova escrita da fase nacional, o que irá permitir à Biblio-

teca Escolar receber prémios monetários para aquisição de novos livros para a coleção. O agrupamento e o concelho de Oleiros estiveram representados, mais uma vez, na fase nacional desta festa da leitura. A fase nacional do CNL é constituída por uma prova escrita que decorreu no dia 19 de maio, online, e uma prova oral, em Oeiras, presencial, no dia 5 de junho. Infelizmente nenhuma delas esteve presente na prova oral, mas a sua prestação foi

fantástica. O empenho e a dedicação destas alunas aos livros e à leitura é de louvar, bem como os resultados que alcançaram. A prof.ª bibliotecária agradece o tempo que as alunas dedicaram à preparação para esta atividade. É a prova de que o trabalho árduo compensa... O agrupamento espera que muitos outros sigam o exemplo e que, no próximo ano, muitos se inscrevam na 15.ª edição do Concurso Nacional de Leitura.

Campeonato SuperTmatik

Cálculo mental e quiz matemático No dia 20 de maio, 16 alunos da escola participaram na final Online do Campeonato Internacional SuperTmatik que se realiza anualmente e envolve milhares de finalistas de diversas nacionalidades. Os alunos Diana Lourenço, Inês Lourenço, Ana Domingues, Tomás Afonso, Rodrigo Alves, Mariana Luís e Nuno Garcia, da turma A do 5.º ano, participaram na modalidade Cálculo Mental tendo atingido as posições números 726, 785, 838, 926, 937, 968 e 1021, respetivamente, do ranking, num total de 75 810 alunos participantes. Os alunos Duarte Lopes, João Fernandes e Cristiana Nunes, da turma A do 6.º ano, participaram na modalidade Quiz Matemático tendo atingido as posições números 11, 40 e 41, respetivamente, do ranking, num total de 3 450 alunos participantes. Também os alunos Diogo Rodrigues e Leonardo Almeida das turmas de 7.º ano participaram na modalidade Cálculo Mental, nível 7, tendo obtido os respeitosos lu-

Representante dos Jogos santa

gares 531 e 519, respetivamente, num total de 37 590 participantes! O aluno Guilherme Lages Milheiro, da turma A do 8.º ano, participou na modalidade Cálculo Mental, tendo atingido a posição número 23 do ranking num total de 29 260 alunos participantes.

As alunas Mariana Antunes, Beatriz Martins e Mariana Victória, das turmas do 9.º ano, participaram na modalidade Quiz, tendo atingido as posições números 17, 46 e 55, respetivamente, do ranking, num total de 4 425 alunos participantes. Estão, sem dúvida, todos de parabéns!


6

Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

Oleiros Magazine

Projeto

BREVES

“A Arte Contada às Crianças” Este projeto teve como objetivo desenvolver com as crianças do Jardim de Infância de Oleiros atividades na área da expressão e comunicação no domínio da expressão plástica. As atividades programadas tiveram como base a brochura, “As artes no Jardim de Infância”, textos de apoio para Educadores de Infância, pretendendo-se contribuir para o conhecimento cultural e artístico e para a sua integração, de forma cada vez mais ativa, no currículo do Jardim de Infância, promovendo o contacto com a obra de arte e o seu criador e ainda incentivar a criação de contextos artísticos em ambiente pré-escolar. Os artistas e temas escolhidos pretenderam familiarizar a criança com a Arte da Pintura desde das primeiras representações artísticas pré-históricas, “Arte Rupestre”, passando por vários artistas de diferentes épocas, tais como Vincent Van Gogh, Henri Matisse, Wassily Kandinsky. O

agosto 2021

2º e 3º cicloS

Origamis na sala de aula Ao longo do ano letivo, em ensino presencial, a professora Alina Reis desenvolveu com as turmas do segundo e terceiro ciclos a atividade “Origamis em sala de aula”. Aproveitando a arte de dobrar papel, relembraram-se as características e a classificação de alguns polígonos. Com um passo de magia todos construíram um cubo a partir de um quadrado!

9º ano objetivo foi que a criança se expressasse através da mesma, descobrindo as mais diversas formas de expressão e técnicas, num equilibrado desenvolvimento pessoal. As atividades estimularam as crianças a desenvolver respostas criativas perante os desafios propostos, assim como a capacidade de improvi-

sação, o desenvolvimento da expressão pessoal, a imaginação e a sensibilidade, o respeitar as manifestações de arte dos colegas e as diferenças. As crianças conheceram a vida e obra de alguns pintores famosos. Com eles aprenderam e divertiram-se! As educadoras do JI de Oleiros

Olimpíadas Portuguesas de Biologia Júnior No dia 12 de maio, alguns (quinze) alunos do 9.º ano realizaram online a eliminatória única das Olimpíadas Portuguesas de Biologia Jú-

nior 2021. Não houve alunos apurados, mas seis ficaram apenas a um ponto de se classificarem, foi uma participação muito gratificante!

27 de abril

Miúdos a votos 2021 A Rede de Bibliotecas Escolares e a revista VISÃO Júnior organizam anualmente a eleição na qual é dada a possibilidade às crianças e jovens de todas as escolas, de votarem no livro de que mais gostam, replicando os procedimentos e as normas de uma eleição real. Esta iniciativa constitui um exercício ímpar de cidadania, valorizando a responsabilidade do ato de votar. Fez-se campanha eleitoral pelos livros favoritos, tentando convencer os outros alunos a votar no livro que cada um mais gostava. No dia 27 de abril, realizaram-se as eleições. Dada a pandemia, optou-se por uma urna eleitoral móvel que

a professora bibliotecária levou a todas as salas de aula, para que todos tivessem oportunidade de votar. Em cada turma, com a colaboração dos Diretores de Turma e Pro-

fessores Titulares de Turma, no 1.º ciclo, foram eleitos os membros da mesa eleitoral de modo a que o procedimento eleitoral decorresse sem sobressaltos.

Conversas com Cientistas

“Animais: revestimentos e ovos”

Décadas de ciências para dias de vacinas No dia 21 de abril, os alunos do 7.º ano de escolaridade participaram numa videoconferência com o cientista Diogo Faria, que tinha como principal objetivo desmistificar a vacina. Nesta videoconferência, os alunos ficaram a saber, historicamente, como surgiu a vacina, os tipos de vacinas existentes nos dias de hoje, como elas são concebidas e testadas a nível mundial, sendo alertados para a sua importância. Houve também um espaço para

Exposição

Ao longo do 3.º período, o Departamento de Matemática e Ciências Experimentais realizou uma exposição com exemplos de revestimentos e de ovos de animais. Nesta podemos encontrar: ovo de

avestruz, revestimento da cobra, penas de pavão, entre outros. A exposição foi visitada por grande parte dos alunos do Agrupamento, os quais puderam admirar as curiosidades da natureza.

9º ano

Uma aula diferente... dúvidas onde os nossos alunos colocaram questões muito pertinentes! E se no início da sessão muitos

Silvia Maria Afonso da Silva Garcia Guerra

tinham receio de ser vacinados contra a Covid-19, no final todos se sentiam mais seguros!

No início do 3.º período, as turmas do 9.º ano puderam realizar uma aula diferente “Observação dos principais órgãos do porco”.

Ao princípio estavam um pouco renitentes, mas, passado pouco tempo, mostraram-se muito empenhados e participativos.


agosto 2021

Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade

Jardim Zoológico de Lisboa

6º A

Matemática ao ar livre PIICIE, foi à descoberta do número π pelo recinto escolar. Vejamos o que encontraram…

Estreito

Escola de sorrisos Numa época em que os afetos tanta falta nos fazem, e em seguimento ao projeto “Abraço COm VIDa” da EB1/ JI do Estreito, surge o projeto “Escola de Sorrisos” com o objetivo de colocar toda a comunidade educativa a sorrir. A ideia foi a de colocar um sorriso nas máscaras que fazem agora parte dos nossos adereços diários e que escondem o que de mais belo temos, o sorriso. Este projeto conta também com um hino “Vamos sorrir”, que

os alunos do 1.º ciclo trabalharam durante as aulas de música com os professores Márcio Cabral e Ana Catarina. Toda a comunidade educativa participou com entusiasmo e os sorrisos espalharam-se… O projeto que se iniciou na escola, saiu também às ruas e conseguiu fazer com que todos sorrissem. O objetivo estava conseguido e o sorriso garantido. EB1/ JI do Estreito

EMOCIONÓMETROS NA ESCOLA

Medir as emoções? Em ano de pandemia, o Agrupamento esteve atento ao estado emocional dos nossos alunos. Para conseguirmos aprender também temos que nos sentir bem! A psicóloga do agrupamento lançou o desafio, o diretor, a coordenadora dos diretores de turma e o professor de Complemento à Educação Artística (CEA) aceitaram. No 1.º período (1.º desconfinamento), o Professor Pedro Rocha e os alunos de CEA começaram por construir os emocionómetros. No 2.º período, durante o 2.º confinamento, com a colaboração de todos os docentes, os alunos responderam todos os dias de manhã à pergunta “Como te sentes?” através de um link confidencial. As respostas foram observadas diariamente pela psicóloga que construiu este emocionómetro online.

7

Visita Virtual

BREVES

No dia 27 de abril, na disciplina de Matemática, a turma do 6.º A do AEPAA, em articulação com o

Oleiros Magazine

Alunos e psicóloga da escola mantiveram-se em contato. No final, quando questionados, os alunos perceberam que as emoções estão relacionadas com a forma como nos comportamos e gostaram de participar. No 3.º período, os emocionómetros contruídos nas aulas foram distribuídos a cada uma das turmas (salas) e a psicóloga aproveitou o momento para aumentar a literacia em saúde mental. No 1.º ciclo, dinamizou uma sessão sobre “empatia” e cada aluno construiu o seu mini-emocionómetro com a ajuda das suas professoras. No 2.º e 3.º ciclos, dinamizou uma sessão sobre “PSA: Pensar, Sentir e Agir” na qual os alunos teatralizaram interações do dia a dia para resolver conflitos. Temos uma escola SaudavelMente!

No dia 3 de março, celebrou-se o Dia Mundial da Vida Selvagem que pretende promover a consciencialização sobre os múltiplos benefícios que a conservação da fauna e da flora do planeta proporcionam às pessoas. No âmbito da disciplina de Ciências Naturais, as professoras Sílvia Costa e Joana Vinhas celebraram este dia com os seus alunos, através da participação numa visita virtual ao Jardim Zoológico de Lisboa. Este passeio foi guiado por um técnico educativo do Centro Educativo do Jardim Zoológico e permitiu conhecer

melhor algumas espécies selvagens atualmente ameaçadas, bem como as principais causas dessa ameaça.

Também foram convidados para esta iniciativa os encarregados de educação, bem como os alunos do primeiro

Ler em família

Semanas da leitura 2021 Tendo em conta as diferentes datas de terminus do ano letivo, a Biblioteca Escolar organizou atividades ao longo de 3 semanas para os vários níveis de ensino. A 1.ª atividade, encontro online com o escritor José Fanha e com Daniel Completo, foi dedicada aos mais novos (alunos da educação pré-escolar e do 1.º ciclo). Seguiu-se a apresentação do grupo Váatão com base no livro “Meninos de todas as cores” de Luísa Ducla Soares que abordou temas como a diversidade e a multiculturalidade, com a colaboração da Biblioteca Municipal. Esta atividade foi dedicada aos alunos do 1.º ciclo de todo o concelho. Os alunos mais novos são, sem dúvida, os melhores leitores do Agrupamento e, por isso, tiveram direito a um maior número de atividades, participando ainda na Hora do Conto, seguida de uma caça aos livros. Na escola sede, foram várias as

atividades: desafios de leitura (quiz sobre livros e escritores) para os vários ciclos de ensino e também para professores e funcionários; sorteio de leituras (ler um excerto de um livro consoante o título sorteado); Biblioteca doce Biblioteca; exposição de trabalhos relativos ao projeto Ler em família (pré-escolar e 1.º ciclo); en-

trega dos diplomas de participação na fase intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura e dos prémios às duas alunas que passaram à fase nacional. Nunca são demais as atividades que promovem a leitura... Devemos LER SEMPRE e LER EM QUALQUER LUGAR!!

Projeto sensibiliza para a solidariedade e ecologia

A minha escola planta esperança As turmas do 9.º ano e alguns alunos do Curso Profissional de Cozinha e Pastelaria juntaram-se à Associação Make-a-Wish, uma ONG que tem como missão realizar desejos de crianças com doenças graves. Desta colaboração nasceu a ideia de perguntar aos colegas como é que a nossa escola poderia criar esperança. As turmas do Agrupamento responderam entusiasticamente com palavras, desenhos e colagens. Estas reflexões dos nossos alunos deram origem a uma exposição que assinalou o Dia Mundial dos Desejos. Por esses dias, Oleiros encheuse de estrelinhas azuis na lapela de todos os que quiseram contribuir

para esta causa. O resultado desta iniciativa totalizou 1160,00€ que foram entregues à Make-a-Wish e que ajudaram a realizar os desejos do Afonso, uma criança de 6 anos que tinha o sonho de conhecer o Pizzi assim como a Mia, de 12 anos, cujo maior desejo era ter um telemóvel com capacidade de tirar boas fotografias e fazer os seus vídeos. Plantámos esperança nas crianças Make-a-Wish, mas plantámos também esperança nos alunos que dinamizaram este projeto. “Dizíamos que ninguém ajudava sem receber em troca, mas estávamos enganados. Foi muito bom conhecer o Afonso e ver como estava fe-

liz com o que nós fizemos”, dizia uma aluna, enquanto os colegas pediam à professora para repetir o projeto no próximo ano. Num concelho com um historial tão dramático de incêndios, os desejos dos nossos jovens passam também por uma região mais verde e viva. Por isso, quisemos continuar a criar esperança e pedimos a colaboração da Câmara Municipal para tornar a nossa escola mais verde. No último dia do ano letivo plantámos azereiros, medronheiros e oliveiras, porque acreditamos na valorização da floresta autóctone e diversificada como caminho de esperança.

Estrada Nacional 112 - Telefone: 272 746 136 6185 - 302 Orvalho


8

Oleiros Magazine

Freguesias

Cultura

Estreito recebe visitas encenadas

O Estreito recebeu, no passado dia 24 de julho, a primeira rota de visitas guiadas e encenadas promovida pelo Município de Oleiros, no âmbito do projeto Beira Baixa Cultural 2.0. O evento coincidiu com as festas de Nossa Senhora da Penha. A iniciativa foi ainda brindada com a primeira atuação ao vivo do Grupo de Cavaquinhos do Estreito, o qual fez as delícias dos presentes. A visita teve como guia local Ana Paula Mateus. A Igreja Matriz, o alambique da resina, o património arquitetónico, o linho, o bordado de Castelo Branco, o cruzeiro da Ordem de Malta, o centenário e monumental castanheiro, as típicas cavacas, ou a Torre do Adro, foram alguns dos aspetos em destaque na iniciativa. A rota contou ainda com a disponibilidade da proprietária da casa Torgal Mendes (Maria João Torgal Pedroso) que enquadrou este imóvel, bem como o espólio documental existente, no espaço e no tempo. Ao nível da Igreja Ma-

breves

Prevenção

triz e da Torre, as intervenções do Padre José António Gonçalves vieram complementar toda a informação de uma forma bastante enriquecedora. Em nota enviada à nossa redação, a autarquia explica que “ao longo do percurso, o grupo de teatro Váatão recriou algumas situações, onde se incluiu ainda um momento de fado”.

As tradições e ofícios de outrora, como a taberna de Luís Abílio, o barbeiro (Jaime Alves), o alfaiate (Amândio Mateus), o caldeireiro/latoeiro (António Miguel Ferreira - já falecido), ou o sapateiro (José Trindade Mateus) foram também destacados, ao longo da Rua Pedro Vasques.A atividade terminou de forma animada, com uma produção cénica a cargo do grupo Váatão.

ESTREITO-VILAR BARROCO

Transporte de doentes assegurados

A Junta de Freguesia de Estreito-Vilar Barroco tem a funcionar o serviço de transporte de doentes não urgentes, através de uma viatura adquirida recentemente pela Junta. Esta aquisição tem como objetivo conseguir dar uma maior resposta ao número de solicitações. PLACAS Em nota enviada ao Oleiros Magazine, a Junta de Freguesia informa que procedeu à substituição de todas as placas danificadas pelo incêndio ocorrido em setembro do ano passado. Também foram colocadas placas toponímicas nas localidades de Pião, Vale, S.Torcato, Retaxo e Rebisca. PASSEIOS Na mesma nota é referido que

agosto 2021

de modo a melhorar as condições de circulação pedonal, procedeu-se à beneficiação dos pas-

seios na Senhora da Penha, e proximidade da Escola Básica e Jardim de Infância do Estreito. Foi também levantada e reposta toda a calçada da rua principal do Estreito. AÇUDES Já com o intuito de criar pontos de água e ao mesmo tempo espaços de lazer a Junta de Freguesia, com o apoio do Município de Oleiros, tem vindo a recuperar alguns açudes na freguesia. Foi também adquirida ÁGUA Entretanto, a Junta de Freguesia adquiriu também recentemente um reservatório de DFCI. O mesmo já se encontra instalado no Ventoso, junto do campo de futebol, constituindo assim uma mais valia para toda a freguesia.

Madeirã coloca bocas de incêndio na freguesia

A Junta de Freguesia de Madeirã colocou equipamentos de bocas de incêndio periféricas nas localidades da freguesia. Em nota enviada ao Oleiros Magazine a Junta de Freguesia refere que aquelas estruturas estão equipadas com kits para uma primeira intervenção em caso de incêndio. A Freguesia considera esta uma mais valia em prol da segurança das pessoas e bem, e surge numa perspectiva de prevenção face a eventuais acidentes.

Lazer

Praias de Cambas e Álvaro com nadador salvador As Praias Fluviais de Álvaro e Cambas, no concelho de Oleiros, têm garantida a presença de nadadores salvadores até ao dia 12 de setembro, entre as 12 e as 19 horas. De acordo com a autarquia, “esta vigilância será garantida por nadadores salvadores credenciados pelo ISN, num contingente que este ano foi reforçado através de um apoio do município à capacitação de jovens do concelho nesta área, traduzindo-se

Cumpra as normas da DGS

numa medida que se replicará no tempo”. Aqueles dois espaços terão também, a partir de agosto, aulas de Localizada, às terças e quintas-feiras, pelas 18 horas. A iniciativa inserese na ação Verão em Movimento, dinamizada pelos técnicos de desporto do Município. Estas medidas vão ao encontro do aumento do número de visitantes que aquelas duas praias têm tido.


Freguesias

agosto 2021

Oleiros Magazine

9

Cambas

opinião

Bom Censo

Freguesia com várias obras

Numa altura de reflexão em torno dos dados demográficos do chamado Interior e do seu futuro, verificando os fluxos e factos que têm ocorrido na região, será pertinente referir que todos somos responsáveis pelo meio onde nos inserimos. Parte de nós, em primeira instância, a sua valorização. Todos os que vivem o território (porque nele residem, trabalham, investem ou porque o visitam), independentemente do ideário de cada um, têm uma quota-parte de influência no acréscimo de valor que nele é gerado ou no fomento da sua atratividade. Quem aqui vive, beneficia de um ecossistema de afetos e emoções de proximidade, o que amplia o impacto da sua pegada social. Entre as mais-valias associadas ao modus vivendi dos territórios de “baixa densidade” (apenas em termos demográficos!), destaca-se o potencial de empatia que pode ser gerado entre a comunidade. Desde sempre, este tem representado uma das marcas identitárias de várias vilas e aldeias, conferindo-lhes uma alma própria. A terminar, reforço que os indivíduos que se inserem num habitat, para além da questão

A Junta de Freguesia de Cambas realizou um conjunto de intervenções significativas no último ano. Em nota enviada ao Oleiros Magazine a autarquia revela que Admoço procedeu-se ao alargamento e calcetamento da rua da Pereira; alargamento da rua do Carrascal; reparação do caminho pedonal na Ladeira; manutenção de espaço balnear junto ao rio e limpeza de ruas e estradas florestais. Em Cambas foi feita a manutenção da praia fluvial, onde será feita atividade física, duas vezes por semana, durante o verão, e no restante tempo no edifício da Junta. Diz a freguesia que “em parceria com a Oleimed, temos a vinda de um fisioterapeuta à freguesia uma vez por semana”. Foram ainda executadas a limpeza de ruas e manutenção de espaços verdes; e vedação em madeira na estrada da praia fluvial e junto ao cemitério. “Ainda durante o verão vamos proceder à pintura e reparação de todo o gradeamento da ponte sobre o rio Zêzere. Estamos tam-

da pertença ao mesmo meio, são simultaneamente influenciados por ele e seus influenciadores. A capacidade de acolher e incluir, de criar conexões e de estabelecer sinergias, dependerá muito do envolvimento e da empatia coletiva que se for gerando. Só assim se conseguirá, a uma escala significativa, afirmar uma comunidade e discriminá-la positivamente. Haja boa-vontade e bom senso.

bém a proceder, com o apoio do município, à georreferenciação de todos os terrenos e edifícios para proceder à sua legalização e registo. Além disso estamos ainda “a planificar o desenho e projeto para proceder futuramente à ampliação do Cemitério e construção de arrumos necessários às funções da Junta de Freguesia”. Nas restantes localidades foi feita a abertura e manutenção de estradas florestais; limpeza de ruas e bermas; arranjo de calçadas; abertura de estradas florestais, criando passagens de acesso entre aldeias de forma a criar saídas em situações de emergência; e aplicação de manilhas em vários pontos e linhas de água. Paralelamente foi dado apoio à população ao nível de transporte de utentes para a vacinação COVID; marcação de consultas, exames, pedidos de prescrição de medicamentos e transporte de utentes ao centro de Saúde; e participação de avarias na iluminação pública na freguesia, entre outros apoios.

Inês Martins

Turismo

Orvalho acolhe bloggers A freguesia de Orvalho acolheu uma Blog Trip organizada pelo Turismo Centro de Portugal. O grupo, composto por oito bloggers e fotógrafos, percorreu o território da Beira Baixa durante a última semana. Em Oleiros, os bloggers foram recebidos pelo vereador Paulo Urbano, conheceram o percurso da GeoRota do Orvalho com paragem

Investimento

Sardeiras e Abitureira com estradas melhoradas A Câmara de Oleiros procedeu ao arranjo da estrada municipal entre Oleiros e as Sardeiras de Baixo, num investimento que ultrapassou os 466 mil euros. Para além desta obra, já concluída, a autarquia está também a intervencionar a Estrada Municipal 527 (EM527), o que obrigou ao corte de trânsito entre o cruzamento de Oleiros (EN238) e o cru-

zamento da localidade de Abitureira. A alternativa faz-se pela Nacional 238. Os trabalhos de requalificação incluem a limpeza da plataforma da estrada com vassoura mecânica; aplicação de emulsão betuminosa; e a aplicação de camada de misturas betuminosas na totalidade da plataforma da estrada, utilizando toda a largura da via.

Obras

Sobral em bom ritmo A Junta de Freguesia de Sobral realizou, no último ano, um conjunto significativo de obras. Em nota enviada ao Oleiros Magazine aquela autarquia dá conta da beneficiação da estrada de acesso ao Rio Zêzere; da limpeza e arranjo das estradas rurais da Freguesia (num total de 100 quilómetros de motoniveladora e 50 quilómetros de Máquina de rastos); e da colocação de novas placas de toponímia, em todas as ruas da Freguesia, e de sinalética, nas estradas municipais.

EN238 e Vale do Souto

Mosteiro beneficia vias A Freguesia de Mosteiro, com o apoio do Município de Oleiros, procedeu à execução e revitalização de marcas rodoviárias na Estrada Municipal que faz a ligação entre a Estrada Nacional 238 e a localidade de Vale do Souto, nomeadamente marcações longitudinais. Em nota enviada ao Oleiros Magazine, a Junta de Freguesia revela que se encontra em processo de adjudicação “ Valorização de Rotunda em Cunqueiro - Mosteiro”.

na cascata de Água d’Alta, degustaram vários produtos regionais como o cabrito estonado, compota/licor/geleia/aguardente de medronho, e o Vinho Callum. Terminaram a visita na Moon Gate, uma obra de arte contemporânea inserida no roteiro experimenta Paisagemeste local esteve presente a arquiteta Marta Aguiar co-autora da obra que fez uma visita guiada à obra.

Oleiros

Ações de sensibilização na Praia Açude Pinto O Serviço Municipal de Proteção Civil em parceria com os Bombeiros Voluntários de Oleiros, irá realizar ações de demonstração de Suporte Básico de Vida todas as sextas-feiras do mês de agosto (6, 13, 20 e 27), entre as 14 e as 16 horas na praia fluvial de Açude Pinto. Para participar não é necessária inscrição. Ainda na praia Açude Pinto, numa ação concertada entre a autarquia e a Farmácia Garcia Guerra está a realizar-se a atividade “Não te Escaldes”, a qual visa alertar sobre os perigos da exposição excessiva ao sol. A próxima ação tem lugar no dia 16, pelas 14 horas.


Freguesias

10 Oleiros Magazine

agosto 2021

Oleiros-amieira

AIGP do Caniçal com contrato assinado A Junta de Freguesia de Oleiros-Amieira assinou, no passado dia 19 de julho, o protocolo relativo ao programa das Áreas Integradas de Gestão da Paisagem (AIGP). O acordo foi rubricado pelo presidente da freguesia, António Antunes, conforme nota enviada por aquela Junta ao Oleiros Magazine. Na cerimónia de apresentação da componente Florestas do Plano de Recuperação e Resiliência foram assinados 47 contratos-programa das Áreas Integradas de Gestão da Paisagem (AIGP), no Centro de Meios Aéreos da Pampilhosa da Serra. O evento contou com a presença do Primeiro-ministro, António Costa, e do Ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes. Esta AIGP diz respeito à primeira, que se

pretende implementar na freguesia de OleirosAmieira, envolvendo uma área de 2131,32 héctares. Na mesma nota é explicado que “esta Área situa-se a sudeste da freguesia, fazendo fronteira com o concelho de Proença-a-Nova. Tem como limites a Serra do Caniçal e a serra das Mougueiras e é serpenteada pelas emblemáticas ribeira da Roda e ribeira do Caniçal. Esta rede hidrográfica poderá constituir um elemento de compartimentação do espaço e servir de assento a áreas de valorização ambiental com objetivos de proteção e conservação”. A AIGP tem como principais objetivos: a promoção do investimento, aumento da produtividade agroflorestal do seu território e da rendibilidade dos seus proprietários; transformação da paisagem atualmente existente, promovendo a sua diversificação; aumento da sua resiliência contra incêndios, sustentabilidade e coesão territorial. O investimento inicial previsto ascende a cerca de seis milhões de euros de comparticipação do PRR (Plano de Recuperação e Resiliência). Os contratos-programa foram assinados entre a Direção-Geral do Território, o Fundo Ambiental, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, e os Municípios e Entidades envolvidas.

BREVEMENTE DISPONÍVEL

OLEIROS-AMIEIRA

Trilho do Callum melhorado

www.oleirosamieira.pt 272 682 140

geral@oleirosamieira.pt

Freguesia de Oleiros Amieira

A Freguesia de Oleiros-Amieira está a requalificar e beneficiar o percurso pedestre “Trilho do Callum”. O trilho parte das proximidades do parque de campismo e da praia fluvial do Açude Pinto, cuja sua distância é de aproximadamente, 12 quilómetros. Também é constituído por uma variante, com 300 metros, que permite aos pedestrianistas, menos experientes, realizar uma versão curta do percurso, realizando apenas 3,2 quilómetros.


Desporto

agosto 2021

DISTRITAL DE Futsal

breves

Casa do Benfica é campeã

maior evento ciclístico português

Oleiros recebeu a Volta

A 82ª Volta a Portugal em bicicleta, passou no concelho de Oleiros no dia 7 de agosto, já depois do fecho da nossa edição. O percurso anunciado pela organização previu a passagem no centro da Vila de Oleiros – Praça do Município, Rua Dr. Barata Relvas e Rua dos Bombeiros Voluntários – assim como na Praia Fluvial de Cambas e no Orvalho. A Volta terá 1568 quilómetros no total, com um prólogo e

10 etapas. Oleiros integrou-se na 3ª etapa que conta com um percurso de 170,3 quilómetros entre a Sertã e a Covilhã, terminando o dia na Torre, o ponto mais alto de Portugal Continental. A 82ª Volta a Portugal Santander decorre de 4 a 15 de agosto, com início em Lisboa e término em Viseu. Fazem parte deste evento 130 corredores que integram 19 equipas em que nove são portuguesas.

Estreito prepara época Quinzinho. Na sua página oficial de Facebook o clube adianta que já assinaram pela coletividade os jogadores Valente, Carafala, Alexandre Martins, Ricardo Simões, Delvany, Walter Gomes, Luís Figo e William Pães.

GINÁSIO DE OLEIROS

Horário alargado no verão O Ginásio Municipal de Oleiros encontra-se a funcionar no horário de verão: de terça a sexta-feira entre as 9 e as 13 horas e as 14 e as 20 horas, e sábado no período entre as 9 e as 13 horas e as 14 e as 18 horas. A inscrição prévia via telefo-

A Casa do Benfica em Oleiros sagrou-se Campeã Distrital de Futsal Seniores Masculinos na época 2020/2021. António Mendes, presidente da coletividade, mostra-se satisfeito com esta conquista e faz um balanço positivo da época. “Depois de uma paragem em janeiro, altura em que era para começar o Campeonato Distrital, voltámos aos treinos em abril e em maio começou o Campeonato Distrital. Foi um Campeonato diferente, mas onde a entrega e a dedicação de todo o grupo estiveram ao nível dos anteriores e não deixaram dúvidas sobre a melhor equipa”. António Mendes recorda que “depois do título distrital veio a nova Taça Nacional de Seniores, prova que a FPF decidiu criar para dificultar a entrada no Nacional às equipas do Interior de Portugal e assim transferir, cada vez mais o Futsal, à semelhança do Futebol, para o litoral do país. A prova não correu como esperávamos, acabando em 3º lugar, mas mostrámos que um dos dois primeiros lugares podia ser perfeitamente nosso”. O presidente da Casa do Benfica diz que a aposta passou pela continuidade “do mesmo grupo de jogadores, comandados pelo mis-

ter Bruno Santos e apenas integramos na equipa sénior alguns jogadores juniores da nossa formação. Destaque aqui para o júnior Francisco Fernandes, que depois de ser Campeão de Juvenis na época passada, este ano foi Campeão de Seniores”. Para além deste triunfo, a casa do Benfica voltou “a obter a certificação de Escola de Futsal 2 Estrelas pela FPF, tendo tido a melhor nota a nível nacional neste patamar. Um reconhecimento pelo trabalho que temos vindo a desenvolver na formação ao longo destes 13 anos e

que temos vindo a melhorar cada ano no sentido de dar todas as condições aos nossos jovens”. Além do futebol também o karaté e o yoga tiveram atividade a partir de maio. Aquele responsável adianta ainda que “neste momento a Casa do Benfica em Oleiros está a passar por dificuldades em arranjar uma Direção, pelo que os tempos que se avizinham podem não ser fáceis. Esta direção já prolongou o mandato por um ano, e vamos ver se até à data da saída do Oleiros Magazine conseguimos resolver o problema”.

ARCO

futebol distrital

O Águias do Moradal está a preparar a nova época no campeonato distrital de futebol. O treinador João Mateus, que terá como adjunto Ricardo Costa, tem já asseguradas as renovações de Dani Gomes, David, Bruno Taborda e

Oleiros Magazine 11

ne (272 681 062) é obrigatória e os utentes devem cumprir todas as regras de utilização do espaço, sendo que são permitidas apenas quatro pessoas por hora nas instalações do ginásio, com higienização após cada utilização.

Porto Gomes treina Oleiros

Porto Gomes é o novo treinador da Associação Recreativa e Cultural de Oleiros. Natural de Santa Maria da Feira, chega a ARC Oleiros, para a primeira experiência nos Campeonatos Nacionais de Seniores. Ao seu lado terá como preparador físico, Ricardo Dias; como treinador adjunto, Bruno Lopes; e como treinador de guarda-redes Francisco Santos. A equipa de Oleiros que na época passada fez um excelente campeonato nacional parte para esta competição com o objetivo de alcançar a manutenção. No que respeita ao plantel, da época passada apenas transitam Rafa Gonzalêz (defesa) e Rodrigo Caetano (médio). Assinaram já pelo clube os guardaredes, Rúben Loureiro (ex - Oliveira do Douro), Ayoub (ex - Sernache) e Kula (ex - Ataiense); os defesas Marco

(ex - Gondomar), Duque (ex - Leça), Diogo Nascimento (ex - Moreirense), Diogo Rodrigues (ex - Esmoriz), Nuninho (ex - Fiães), Vasco Coelho (ex - Canedo), Anderson (ex - São João de Vêr) e Enzo (ex - 1º Dezembro), os

médios, Luíz Grando (ex - Vitória Sernache), Valentine (ex - Lixa), Gabi (ex - Vista Alegre) e Ruca (ex - Canedo) e os avançados, Yemi (ex - Canedo), Nhaga (ex - Gafanha), Batistuta (ex - Ideal) e Aliu Baldé (ex - Malveira).


Publicidade

12 Oleiros Magazine

agosto 2021

QUERES ESTUDAR EM OLEIROS? te

nÃO CUSTA NADA!

Projeto

OLEIROS EDUCA alojamento transporte viagem ao estrangeiro piscina e ginásio apoio individualizado

curso profissional cozinha e pastelaria ensino regular (pré ao secundário) O projeto Oleiros Educa cria todas as condições necessárias para que alunos de outros concelhos e até de outros países possam estudar no nosso Agrupamento de Escolas. Estes alunos beneficiam, de forma gratuita, de estadia numa moderna Residência de Estudantes com equipa técnico-pedagógica de apoio, transporte de e para a sua localidade de origem, manuais e livros de atividades gratuitos.

sem custos

para as família

Quais são as principais vantagens do projeto Oleiros Educa? √ Alojamento e alimentação gratuitos na Residência de Estudantes de Oleiros; √ Transporte semanal gratuito do local de residência para Oleiros e vice-versa; √ Transporte diário gratuito do local de residência para Oleiros e vice-versa, para os alunos que não se √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ √

encontram na Residência de Estudantes; Manuais escolares e cadernos de atividades gratuitos; Parque escolar de excelência, com a possibilidade de cedência para uso de PC’s e tablets; Ambiente escolar seguro e acolhedor; Integração em turmas onde se desenvolve um acompanhamento mais individualizado; Apoios educativos diversos (sala de estudo, aulas de apoio pedagógico, projetos); Níveis de aproveitamento escolar bastante elevados nos diversos ciclos de ensino; Participação em projetos escolares extracurriculares de âmbito nacional e internacional; Alimentação saudável e confecionada na própria cantina da escola; Apoio ao estudo diário e gratuito para os alunos da Residência de Estudantes; Utilização, de forma gratuita, do ginásio e piscinas municipais, pelos alunos da Residência de Estudantes; Atividades lúdicas desenvolvidas na Residência de Estudantes para ocupação dos tempos livres.

oferta educativa 2021-22 Pré-Escolar 1º Ciclo 2º Ciclo 3º Ciclo Secundário

s

10º ano – turma de ciências e tecnologias e profissional de cozinha e pastelaria 11º ano – turma mista de ciências e tecnologias e de línguas e humanidades 12º ano – turma mista de ciências e tecnologias e de línguas e humanidades

Oleiros Magazine

agrupamento de escolas padre antónio de andrade aepaa Oleiros

272 680 210

272 680 210

Diretora: Daniela Silva • Edição e Propriedade: RVJ - Editores, Lda, Empresa Jornalística nº 221610 Gerência: Vitor Tomé, João Carrega e Rui Rodrigues (accionistas com mais de 10 por cento do capital social) Redacção, Serviços Administrativos e Comerciais: Av. do Brasil, 4 R/C • 6000-909 Castelo Branco • Telefone 272324645 • oleirosmagazine@rvj.pt • www.oleirosmagazine.com • Impressão: Gráfica Almondina - Zona Industrial de Torres Novas • Trimestral • 4000 exemplares de tiragem • Estatuto Editorial: www.oleirosmagazine.com

Profile for RVJ Editores

Oleiros Magazine - Agosto 2021  

Oleiros Magazine - Agosto 2021  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded