__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 6

6

WWW.OLAJORNAL.COM

24 DE FEVEREIRO

2021

COM MERCADO INTERNACION AGRÍCOLA EM 2021 TEM PRO

CONTRATAÇÃO CHEGA ANTES E DEVE

GERAR 4,5 MIL EMPREGOS NAS FÁBRICAS Janeiro bate recorde de contratações em safra que terá novo perfil de trabalhador

Apesar da safra passada registrar prejuízos no ínicio do ano, por conta da estiagem,

A contratação de trabalhadores na indústria neste ano é considerada a maior para um mês de janeiro em Venâncio Aires. Em 2021, já são 1.620 pessoas atuando nas fábricas somente no mês de janeiro, quando no ano passado eram 200. O número demonstra que a safra está antecipada pois em outros anos as contratações eram intensificadas a partir de março. A previsão do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo, Alimentação e Afins de Venâncio Aires é que o total na safra, entre temporários e efetivos, chegue a 4,5 mil trabalhadores. O volume é maior que o ano passado, que em função da pandemia e da quebra na produção com a estiagem, ficou em 4 mil trabalhadores. Na avaliação do administrador do sindicato, Ricardo Sehn, a contratação de temporários está maior no início da safra devido à pandemia. “As empresas buscam antecipar a produção frente as incertezas da pandemia, pois a qualquer momento o cenário pode mudar restringindo as operações. Inclusive se houver a manutenção da atual bandeira preta, onde o funcionamento de creches não é permitido, as contratações podem ser afetadas porque as mães não terão onde deixar os filhos”, avalia. De acordo com o presidente do sindicato, Rogério Siqueira, as previsões são feitas a partir de impressões da entidade pois não houve posição por parte das empresas. “Não há segurança sobre como será essa safra, não houve indicativo para com o sindicato. Esperamos que a safra seja mais tranquila apesar do aumento de casos do novo Coronavírus e de toda indefinição governamental com a doença”.

A projeção para 2020 na produção agrícola era de queda drástica, por conta da seca prolongada no início do ano. Entretanto, a elevação de preços dos principais produtos garantiu a recuperação das perdas iniciais. Com isso, o Valor Bruto da Produção (VBP) Agropecuária fechou em R$ 262 milhões, redução de 4%, frente a projeção inicial de queda superior aos 20%. Em 2019 as riquezas geradas pelo setor primário totalizaram R$ 272,8 milhões. A alta do dólar e a ampliação de vendas para a Ásia devem aumentar os negócios de tabaco. Mas o impacto direto para o setor primário engloba a produção de proteína, com grande crescimento nas exportações, a comercialização de arroz e de soja. O tabaco, que concentra mais de 52% da produção agrícola de Venâncio Aires, deve encerrar a safra 2020/21 com 20.250 toneladas colhidas. O ciclo atual ainda está em comercialização. A área total de cultivo ocupou 9 mil hectares no município.

PANDEMIA

Guilherme Siebeneichler

NOVO PERFIL

O perfil do trabalhador desta safra também deve mudar. Com os protocolos de segurança da Covid-19, que prevêem o afastamento de pessoas dos grupos de risco, como idosos e aqueles que possuem alguma comorbidade, os funcionários temporários poderão ser mais jovens e com menos experiência. “Muitos dos trabalhadores contratados tradicionalmente nesse período são experientes e que possuem idade mais avançada, até acima dos 60 anos, o que neste ano pode ser diferente porque fazem parte dos grupos de risco. Então, abre espaço para quem não tem tanta experiência na área e para os mais jovens”, prevê Sehn.

QUARTA-FEIRA

Na avaliação do chefe do escritório local da Emater/Ascar, engenheiro agrônomo Vicente Fin, a pandemia afetou as vendas diretas, entre pequenos agricultores e agroindústrias. “Produtos como verduras, de agroindústrias, ou por meio de programas federais [Pnae e Paa], foram os mais afetados durante 2020, o ano da pandemia. Além disso, tivemos redução de vendas na feira do produtor, porque os consumidores acabaram ficando mais em casa. Passado este período mais restritivo, a produção agrícola conseguiu se adaptar a nova realidade do mercado,” argumenta.

INTERNACIONAL

O aquecimento no mercado internacional garantiu no ano passado recuperação de perdas na agricultura, cenário que deve se repetir este ano, em função da pandemia. “A seca influenciou muito a produção de milho, silagem e safrinha, assim como re-

s p v s A ç v z

P

P a a p t ç ú r c

N

O r b e s d r 7 b n p ( r

Profile for Olá Jornal

Confira a edição impressa do Olá Jornal desta quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021  

Confira a edição impressa do Olá Jornal desta quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021  

Profile for olajornal
Advertisement