__MAIN_TEXT__

Page 3

quaRta-feiRa

18 de NOVeMBRO

3

www.OLaJORNaL.cOM

2020

SAÚDE COMO PRIORIDADE DO NOVO PREFEITO JARBAS DA ROSA manda até a construção de Centro Administrativo da Secretaria Municipal de Saúde. Para além dos projetos, o novo prefeito afirma que o foco será a humanização do atendimento. “As pessoas precisam ser ouvidas e bem atendidas”.

PRIMEIROS DIAS

Nos primeiros dias, Jarbas se concentrará em conhecer a situação da máquina pública em relação a serviços, capacidade de investimento, gastos previstos na peça orçamentária, entre outros. Além disso, deve cumprir uma das principais promessas de campanha que é a redução de 30% dos Cargos em Comissão (CCs) e de secretarias. De acordo com o novo gestor, a ideia é enxugar até três pastas e acumular até duas em um mesmo secretário. Encaminhar as obras de pavimen-

tação e atuar para zerar a falta de vagas em escolas infantis ainda fazem parte das metas da primeira semana de trabalho. Durante o ano, incrementar recursos para qualificação profissional de desempregados em vários setores e discutir maneiras de incrementar o desenvolvimento econômico. Apoiar agroindústrias, incentivar pequenas e médias empresas, investir na matriz produtiva revitalização e modernização do distrito industrial, suprindo carência de energia, e início do novo distrito industrial. Jarbas pretende atuar em diversas frentes já no primeiro dos quatro anos para evitar atrasos. “Focar 2021 para retomar coisas paradas, trabalhar de forma contínua durante os quatro anos, não deixar para último ano”, prevê o novo prefeito.

PARA JUSTIÇA ELEITORAL, CAMPANHAS Sem casos de propaganda eleitoral irregular em Venâncio Aires e área de abrangência da 93ª Zona Eleitoral, a Justiça classifica a marca como histórica. Sem despejo de santinhos ou outras formas de publicidade não previstas na legislação, o juiz eleitoral, João Fransciso Goulart Borges, classifica o pleito municipal como importante para a consolidação das leis eleitorais. “A legislação quase se encaminha para proibir a propaganda eleitoral, ou restringi-la. Isso também ocorre com a delimitação de gastos para as candidaturas. Hoje a propaganda está muito mais limpa, e se decidindo em outra plataforma que é nas mídias eletrônicas,” destaca. O magistrado afirma que a cidade no domingo e nos dias que antecederam a eleição, não registrou problemas com poluição sonora ou visual. “As campanhas mudaram ao longo do período. Estamos trabalhando para evoluir. Agora os crimes que envolvem propaganda irregular estão nas redes, que exigem um outro olhar da Justiça, de forma a garantir agilidade,” afirma.

RECURSOS

Borges avalia que a legislação

Guilherme Siebeneichler

EVOLUÍRAM NAS PROPAGANDAS ELEITORAIS

Juiz eleitoral João Franscico Goulart Borges avalia legislação eleitoral e atualizações necessárias

eleitoral terá que evoluir na divisão dos recursos públicos para financiamento das campanhas. “A legislação sempre caminha no sentido para tratar os candidatos na mesma condição, na mesma igualdade por isso aqueles financiamentos públicos de campanha. Até não questiono muito o recurso mas acho que a legislação deveria prever mais a capitalização desse recurso para que ele chegasse em todas as comunidades, por exemplo aqui em Venâncio. Não se vê que tenha chegado parte desse recurso porque o dinheiro é distribuído para os partidos de acordo com as cadeiras

que ocupa no congresso, ficando as maiores parcelas para grandes centros,” argumenta. Para o magistrado, a legislação terá que garantir o encaminhamento de recursos para obrigar a aplicação em todos os locais do país. “Talvez fosse adequado que fizesse de acordo com o número de eleitores de cada estado. Ainda que se leve em conta o número de deputados, mas também o número de eleitores nos estados e obrigar que cada diretório municipal receba parte daquele recurso porque acho que sem partido forte, sem recurso, a democracia não se fortalece,” conclui.

Izaura, enfermeira, e Jarbas, médico, vão levar experiência profissional para a administração

ALGUNS PLANOS PARA A SAÚDE - Realizar mutirões periódicos para consultas e cirurgias eletivas - Habilitar o HSSM como referência no Serviço de Traumato/ortopedia de Alta Complexidade - Habilitar o HSSM como referência em Oncologia, com serviço de quimioterapia - Implantar o Serviço de Atendimento Odontológico junto ao prédio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) - Implantar o Centro de Especialidades Odontológicas – CEO e ampliar o número de profissionais auxiliar de saúde bucal - Implantar e colocar em funcionamento o Centro de Recuperação para Dependentes Químicos, local este que ofertará tratamento as pessoas dependentes e seus familiares

MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL DE OLHO

NAS PRESTAÇÕES DE CONTAS DOS ELEITOS Passado o período eleitoral, a Justiça Eleitoral foca ações agora para concluir as análises judiciais dos eleitos no último domingo. O mesmo ocorre com o Ministério Público Eleitoral, que passa a realizar um pente fino nas prestações de contas dos candidatos que garantiram cargos públicos. Os relatórios financeiros de campanha foram publicados, de forma parcial, no dia 25 de outubro. Já o relatório final de receitas e despesas das candidaturas ocorre até o dia 15 de dezembro. Conforme o promotor eleitoral, João Afonso Beltrame, a prioridade é análise dos candidatos eleitos, para garantir a diplomação. “A gente vai trabalhar com as prestações de contas dos candidatos eleitos num primeiro momento, acredito que a Justiça Eleitoral também faça esse filtro para a gente ver se há alguma irregularidade. Eventualmente, se há algo para esclarecer encaminhamos as ações para buscar os esclarecimentos dos eleitos. Se isso não for o suficiente, a gente tem as pertinentes medidas que podem, eventualmente, até gerar a cassação de algum candidato. Mas vamos fazer essa análise com toda tranquilidade buscando sempre priorizar os eleitos,” explica.

RECURSOS

No total as candidatos de Venâncio Aires, tanto para a majoritária, como proporcional, declararam até o momento em receitas R$ 1.102.981,82. Em despesas contratadas a soma é de R$ 181.182,53. Metade dos valores recebidos para as campanhas é público (fundo partidário ou fundão eleitoral), que somam R$ 570.778,61 (51,75%). Já em recursos privados são R$ 532.113,21 (48,25%).

Guilherme Siebeneichler

O novo prefeito Jarbas da Rosa (PDT) concentrará esforços em ampliar, melhorar e humanizar os serviços de saúde. Segundo o futuro gestor, a saúde é a principal prioridade para 53% da população e, por isso, merece toda atenção. “Muitas são as prioridades, mas a saúde é a que mais preocupa as pessoas”, avalia. Também é nesse setor onde os eleitos atuam, Jarbas como médico e a vice Izaura Landim (MDB) como enfermeira, o que lhes dá condições de terem um completo Raio-X da situação e, assim, implantarem ações que aprimorem os serviços. É o que faz desta a área com o maior número de ações no plano de governo que vão desde a ampliação do horário de atendimento de Unidades Básicas de Saúde (UBS), com um terceiro turno, nos bairros ou regiões de maior de-

Guilherme Siebeneichler

Embora muitas sejam as áreas consideradas prioritárias no novo governo, foco será naquela que é a área atuação do médico e enfermeira eleitos. Gestão de recursos e de pessoas são os passos já na primeira semana

João Afonso Beltrame concentra ações para avaliar prestação de contas dos eleitos

Profile for Olá Jornal

Confira a edição desta quarta-feira, 18 de novembro de 2020, do Olá Jornal  

Confira a edição desta quarta-feira, 18 de novembro de 2020, do Olá Jornal  

Profile for olajornal
Advertisement